Page 37

arrecadaÇÃO

REVISTA UBC

37

Vale quanto pesa Há muitas situações em que sua música é executada publicamente: em shows, filmes, programas de TV, rádio, sites de internet, quartos de hotéis, eventos, até mesmo em lojas e outros estabelecimentos com sonorização ambiente. Nessas situações, você terá valores a receber. Muita gente se pergunta como é feito o cálculo disso. Pois são os próprios autores, reunidos em assembleias das suas associações, como a UBC, que determinam o que o Ecad vai cobrar. Primeiro, leva-se em consideração o nível de importância do uso da música. Ela pode ser indispensável, necessária ou secundária. Os valores, claro, variam. Além disso, conta a periodicidade de utilização. Se o uso é permanente ou

Entenda como se calcula o preço pelo uso da sua música em execução pública do_ Rio

eventual, há diferenças. Ainda influi o tipo de utilização: radiodifusão, música mecânica, música ao vivo etc. De posse desses dados, recorre-se à tabela de preços. Por exemplo, um show com música ao vivo produzido por um usuário eventual deve pagar 10% sobre a receita bruta. Assim, se houver a cobrança de, digamos, R$ 20 e um público de 200 pagantes, o valor a ser repassado ao Ecad será de R$ 400. No caso de não haver cobrança de ingresso, pode ser utilizado o parâmetro da área do espaço físico do show ou o custo do evento. Outra situações que influem são se o evento é beneficente, se é religioso, e várias outras. No site do Ecad está disponível a tabela que permite os cálculos, a fim de que você tenha uma ideia dos usos em diferentes situações.

LEIA mais Conheça mais detalhes dessas regras no Regulamento de Arrecadação dos Direitos Autorais de Execução Pública em ubc.vc/RegArrecadacao Saiba como se calcula o preço dos direitos de reprodução em ubc.vc/PrecoAutorizacao

Revista UBC #34  

A Revista UBC é uma publicação trimestral direcionada a quem faz música.