__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 8

Nutrição

A importância do ovo na merenda escolar Segundo a Política Nacional de Alimentação e Nutrição, “Uma alimentação adequada e saudável é um direito humano básico

N

os últimos tempos, o Brasil passou por mudanças das mais variadas formas (políticas, econômicas, sociais e culturais), evidenciando as transformações no modo de vida da população. Os padrões de alimentação mudam rapidamente na maioria dos países, especialmente nos emergentes. As mudanças principais envolvem a substituição de alimentos in natura e processados de origem vegetal. Segundo a Política Nacional de Alimentação e Nutrição, “Uma alimentação adequada e saudável é um direito humano básico que envolve a garantia ao acesso permanente e regular, de forma socialmente justa, a uma prática alimentar adequada aos aspectos biológicos e sociais do indivíduo e que deve estar em acordo com as necessidades alimentares especiais”. Mesmo com uma intensa redução da desnutrição em nosso país, ainda existem deficiências de micronutrientes e a desnutrição crônica, que são

8

Revista do Ovo

prevalentes em grupos vulneráveis da população a exemplo das crianças. O ovo como um alimento completo, pode e deve estar presente nas merendas escolares. Em média, cada unidade do alimento fornece 6g de proteína completa, de alto valor biológico – ou seja, possui em sua composição, aminoácidos essenciais para o organismo. Outro benefício do ovo é sua fácil digestão e absorção pelo corpo, que aproveita muito bem a capacidade nutricional. Em média, cada unidade do alimento fornece 6g de proteína de alto valor biológico, ou seja, possui em sua composição, aminoácidos essenciais para o crescimento e desenvolvimento da criança. Fazem parte das demandas nutricionais da criança todos os micronutrientes, sobretudo as vitaminas e minerais, além de carboidratos e gorduras, necessárias ao fornecimento de energia. Os ovos são ricos em vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K) e do com-

plexo B, em minerais como ferro, fósforo, zinco e selênio, além de luteína e zeaxantina, e ácidos graxos essenciais para a boa saúde das artérias, além de nutrientes com função antioxidante, que combatem radicais livres. Além disso, o ovo contém ácidos graxos mono e poliinsaturados que são gorduras boas, vitaminas do complexo B como a vitamina B12 e colina, vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K), minerais como ferro, fosforo e selênio, carotenoides luteína e zeaxantina, importantes para o desenvolvimento da criança. além de carboidratos e gorduras, necessárias ao fornecimento de energia. Todo este conjunto de nutrientes colabora com melhor cognição e participa do desenvolvimento da criança O ovo pode ser de preparado das mais diversas formas, deve ser agradável ao paladar e seu preparo ajustado as condições da escola. A busca por receitas ajustadas as técnicas de preparo podem melhorar a aceitação deste alimento tão nobre.

Profile for Mundo Agro Editora

Revista do OvoSite - Edição 61