__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 12

Saúde Animal

Como está a ‘blindagem’ do Brasil contra a Influenza Aviária Ariel Mendes, FACTA e ABPA, comenta sobre o Plano de Contingência contra a Influenza Aviária

O

Ariel Mendes

“Para o setor de postura comercial, onde predomina a produção por produtores pequenos e médios, o fundamental é a conscientização dos mesmos e dos técnicos que atuam na atividade a fim de que redobrem os cuidados de biosseguridade nas granjas”.

12

Revista do Ovo

Ministério da Agricultura tem um plano de contingência contra a Influenza Aviária para o setor avícola que é atualizado periodicamente com base em discussões realizadas por um grupo de trabalho que conta com a participação do governo e do setor privado. Quem explica o tema é Ariel Antônio Mendes, Presidente da Fundação Apinco de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA) e membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Proteína Animal. Com exclusividade à Revista do OvoSite, Mendes afirmou que no plano de contingência são definidas as ações de prevenção para evitar a entrada do vírus no Brasil, o programa de monitoria passiva e ativa e os procedimentos para a erradicação de focos caso ocorram surtos em nosso país. “No caso do setor privado, especificamente, a ABPA, tem um Grupo de Trabalho chamado GPIA, ou Grupo de Prevenção de Influenza Aviária onde são detalhadas as ações de prevenção a nível das empresas”, disse Ariel Mendes. “Um robusto programa de treinamento foi realizado nos últimos anos para conscientizar as empresas sobre os riscos da enfermidade e para prepara-las para mitigar os prejuízos econômicos em caso de surtos. Uma parte importante do plano é o programa de comunicação onde são detalhados os procedimentos a serem adotados pela ABPA para apresentar para a sociedade e para os importadores

Profile for Mundo Agro Editora

Revista do OvoSite - Edição 61