Page 1

INFORMATIVO

senarms.org.br sistemafamasul.com.br ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO 2019

RASTREABILIDADE VEGETAL ALIMENTOS SEGUROS, SAUDÁVEIS E SUSTENTÁVEIS

LANÇAMENTO ESTADUAL DO PLANTIO DE SOJA

CURSO TÉCNICO EM AGRONEGÓCIO

BOVINOCULTURA DE CORTE


EDITORIAL

ÍNDICE

Caros produtor e produtora rural, Cada vez mais o agro sul-mato-grossense confirma que produzir com responsabilidade é um bom negócio. Somos protagonistas em vários aspectos e de diferentes atividades agropecuárias. A excelência dos nossos produtores rurais é inquestionável. O desafio do setor é simples. Temos responsabilidades com as demandas de mercado e a segurança alimentar. É por isso que, nesta edição, trazemos como destaque a rastreabilidade vegetal. A Instrução Normativa definida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento tem a finalidade de estabelecer um método que permita identificar a origem e o destino dos produtos vegetais in natura, por meio de etiquetas impressas com código único para cada lote comercializado. A iniciativa amplia o controle, a competitividade e, principalmente, vai garantir ao consumidor a qualidade do que é produzido aqui no Estado. A equipe técnica do Senar/MS tem percorrido os quatro cantos de Mato Grosso do Sul, durante consultorias nas propriedades, nos dias de campo, nas vitrines, feiras e palestras, levando orientações sobre a nova determinação. Muitos horticultores estão no caminho da eficiência e já aplicam a metodologia. Também vamos falar de conhecimento. O Centro de Excelência em Bovinocultura de Corte está ainda mais amplo, literalmente de portas abertas para o conhecimento. Além do Curso Técnico em Agropecuária, capacitação que prepara profissionais para atender a exigente demanda do mercado por mão de obra qualificada no campo, agora também é um espaço para outras modalidades que fazem parte do portfólio do Senar/MS. No Brasil e no mundo, a pecuária e a agricultura do estado ocupam lugares de destaque. A eficiência, a tecnificação, a sustentabilidade e o avanço dessas atividades elevam o patamar sul-mato-grossense nos quesitos produtividade e meio ambiente. Estamos diante de um aparato tecnológico, com possibilidades inovadoras e estratégicas para cada tipo de negócio e a simplicidade continua sendo primordial. A tomada de decisão, seja na escolha da semente ou no manejo mais adequado, influencia na entrega, que pode superar expectativas. O melhor que podemos fazer pelo futuro é cultivá-lo hoje! Boa leitura e até a próxima!

Legislação..........................................................................3 Difusão de Informações .......................................................3 Sustentabilidade Animal......................................................4 Bovinocultura de Corte ........................................................5 Aves .....................................................................................5 Capacitação................................................................6 Ensino a Distância..............................................................6 Saúde.................................................................................7 Educação............................................................................7 Agricultura ..........................................................................8 Senar/MS............................................................................9 Famasul em Ação .................................................... 10 a 12 Giro Rural ..................................................................13 a 18

EXPEDIENTE FAMASUL | Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul Presidente: Mauricio Koji Saito Vice-Presidente: Luis Alberto Moraes Novaes Diretor Secretário: Frederico Borges Stella | Diretor-Tesoureiro: Marcelo Bertoni | 2ª Secretária: Edy Elaine Biondo Tarrafel | 3ª Secretária: Maria Tereza Ferreira Zahran | 2ª Tesoureira: Thaís Carbonaro Faleiros Zenatti | 3º Tesoureiro: André Cardinal Quintino CONSELHO DE VICE-PRESIDENTES Rafael Nunes Gratão | Antonio Umberto Maran | Leonardo Leite de Barros | Saturnino Silverio Pereira | Lauri Dalbosco | Ronan Nunes da Silva | Leandro Mello Acioly | Lucio Damalia | Manoel Agripino Cecílio de Lima MEMBROS SUPLENTES DA DIRETORIA Luciano Cargnin Manfio | Claudio Antonio Straliotto | Robson Velos Ribeiro | Yoshihiro Hakamada | Moezis José dos Santos | Gilmar Siqueira de Miranda | Ivan Leal de Paula | João Firmino Neto | Jesus Cleto Tavares | Valter Dalla Valle | Ligia Francisco Ricardo | Ivan Roberto Carrato Junior | Launil José Marquesan | Massao Ohata | Edson Bastos | Rogério de Menezes | José Ricardo Casotti MEMBROS DO CONSELHO FISCAL Efetivos: Nilton Pickler | Ruy Fachini Filho | Janes Bernardino Honorio Lyrio | Suplentes: Nilo Alves Ferraz | Telma Menezes de Araújo | João Borges dos Santos Junior SENAR/MS | Administração Regional do Estado de Mato Grosso do Sul | Conselho Administrativo | Dirigente: Mauricio Koji Saito | Membros titulares: José Pereira da Silva | Marcio Margatto Nunes | Daniel Kluppel Carrara | Alaide Ferreira Teles | Conselho Fiscal: Paulo César Bózoli | João Batista da Silva | Juraci da Silva | Superintendência: Lucas Galvan INFORMATIVO SISTEMA FAMASUL Coordenação de Marketing: Flávio Gutierrez | Equipe: Giane Leite | Anahi Gurgel | Vitor Ilis | Ellen Albuquerque | Ronaldo Gibin | João Carlos Castro | Leandro Abreu | Redação: Anderson Viegas | Projeto Gráfico: Fixa Comunicação | Edição e Diagramação: Agilità Propaganda | Fotos da edição: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul FAMASUL: Rua Marcino dos Santos, 401 | Cachoeira II | Campo Grande/MS

Mauricio Saito

Presidente do Conselho Administrativo do Senar/MS Presidente do Sistema Famasul

Tel.: (67) 3320.9700 | Site: sistemafamasul.com.br SENAR/MS: Rua Marcino dos Santos, 401 | Cachoeira II | Campo Grande/MS Tel.: (67) 3320.6900 | Site: senarms.org.br

2

senarms.org.br


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

LEGISLAÇÃO

COM PALESTRAS E ASSISTÊNCIA TÉCNICA, SENAR/MS ORIENTA PRODUTORES SOBRE RASTREABILIDADE VEGETAL

O Senar/MS usa palestras e a Assistência Técnica e Gerencial em Horticultura para levar orientação aos produtores de hortifrutigranjeiros sobre a nova legislação que implantou o sistema de rastreabilidade vegetal no País. A Instrução Normativa conjunta do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) entrou em vigor no dia 1º de agosto de 2019 para as seguintes culturas: maçã, uva, batata, alface, repolho, tomate, pepino, além dos citros. Em 1º de agosto de 2020, entrará em vigência plena para outro grupo de produtos, como morango, banana, cenoura e couve, entre outros; e, em agosto de 2021, para um terceiro conjunto, que inclui abacaxi, mandioca, acelga e quiabo. “A instrução estabelece que os produtores precisam preencher o caderno de campo com todas as informações produtivas e manter os registros de cada lote comercializado por 18 meses. É preciso, também, na comercialização de cada lote, identificar o ente anterior e posterior da cadeia produtiva, com as etiquetas e informações da cultura/cultivar, data de colheita, número do lote e quantidade de produto no lote, bem como as informações do produtor e da propriedade”, explica o coordenador da assistência técnica e gerencial em Horticultura, Dorly Pavei. Além de orientar os produtores nas palestras em eventos sobre horticultura e durante o trabalho de Assistência Técnica, o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, explica que a entidade também oferece auxílio aos agricultores que queiram utilizar o sistema AgriTrace da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) para se adequar à normativa. Com a assistência técnica, o Senar/MS atende 809 produtores em 54 municípios de Mato Grosso do Sul.

DIFUSÃO DE INFORMAÇÕES

VITRINES SÃO USADAS PARA COMPARTILHAR CONHECIMENTO E TECNOLOGIA DE FORMA PRÁTICA O Senar/MS utiliza as vitrines tecnológicas como instrumentos para compartilhar conhecimento e tecnologias de forma prática com os produtores rurais de Mato Grosso do Sul. A instituição tem promovido os eventos em conformidade com as cadeias produtivas que atende, por meio de cursos e da Assistência Técnica e Gerencial. “O objetivo das vitrines é despertar no produtor o interesse por novas tecnologias e mais conhecimento, de modo que ele possa melhorar, de maneira sustentável, sua produção. Por isso, os eventos são sempre direcionados para atender uma cadeia de produção específica, que é destaque ou tem potencial para se desenvolver na região”, explica o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito. Saito comenta que, seguindo essa premissa, até o fim de 2019, o Senar/MS vai promover mais quatro vitrines tecnológicas. Em setembro, Rio Brilhante recebeu a de Bovinocultura de Leite e Nioaque, a de Piscicultura. Já para o mês de outubro, Fátima do Sul vai receber a de Piscicultura e Antonio João a de Horticultura.

sistemafamasul.com.br

3


SUSTENTABILIDADE ANIMAL

EVENTOS DISCUTEM O SISTEMA DE INSPEÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL EM MS Campo Grande sediou em setembro dois eventos que discutiram o Sistema de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA). O primeiro foi voltado aos gestores públicos e às agroindústrias e visou destacar as vantagens da participação neste processo. Já o segundo, foi voltado à capacitação de profissionais para atuarem no Sisbi-POA. O curso de inspeção higiênico-sanitária e tecnológica de carnes foi direcionado aos médicos veterinários dos serviços de inspeção do estado e dos municípios. Os dois eventos foram promovidos pela Superintendência Estadual de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (SFA/MS) e contaram com apoio do Sistema Famasul e de outras instituições do agro do estado.

CUMPRINDO CALENDÁRIO, ESTADO JÁ TEM VÁRIAS AÇÕES PARA SER LIVRE DE AFTOSA SEM VACINAÇÃO Mato Grosso do Sul está cumprindo o calendário definido com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para adquirir o status de área livre de Febre Aftosa sem vacinação, certificado pela Organização Mundial de Sanidade Animal (OIE). “O plano estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa) tem 4 componentes, 16 operações e 102 ações, sendo 42 destas de responsabilidade do Governo Federal. Atualmente, migramos para o Bloco 4 e já estamos cumprindo algumas etapas do plano”, diz o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito. Entre as ações, estão a redução da dose da vacina de 5 ml para 2 ml; ajuste de saldo feito pelo produtor, por meio do Programa de Atualização do Cadastro da Agropecuária e do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos (Proacap); ativação do fundo público por meio da Reserva Financeira para Ações de Defesa Sanitária Animal (Refasa); e a reestruturação da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro).

4

senarms.org.br


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

BOVINOCULTURA DE CORTE

CIRCUITO PECUÁRIO LEVA INFORMAÇÕES SOBRE MERCADO, EXPORTAÇÕES, SANIDADE E SUSTENTABILIDADE AO SETOR O evento é voltado para produtores rurais de pecuária de corte, técnicos de campo e todos os agentes que compõem a cadeia de produção de carne bovina. Na edição de Amambai, os produtores acompanharam palestras sobre legislação ambiental para confinamento, tendências de mercado, sanidade, cisticercose e raiva, sobre o programa de Assistência Técnica e Gerencial em Bovinocultura de Corte do Senar/MS e o Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (Pnefa). A próxima edição do evento será realizada em Três Lagoas. Para auxiliar no desenvolvimento da cadeia produtiva, o Senar/MS atende, com o programa de Assistência Técnica e Gerencial em bovinocultura de corte, 413 produtores, em 63 municípios de Mato Grosso do Sul. O Sistema Famasul e o Senar/MS estão levando aos polos da bovinocultura de corte em Mato Grosso do Sul o Circuito Pecuário. O objetivo do evento é apresentar, por meio de um ciclo de palestras, informações sobre mercado, exportações, sanidade e sustentabilidade para os integrantes da cadeia produtiva. A edição mais recente foi promovida em Amambai, em setembro, durante a 31ª Expobai. Antes, São Gabriel do Oeste, no norte do estado, já havia recebido a iniciativa. “O objetivo é oferecer palestras que agreguem ao produtor rural novidades e o mantenham sempre atualizado”, detalha o coordenador da Assistência Técnica e Gerencial em Bovinocultura de Corte do Senar/MS, Fabiano Pessatti.

AVES

ENCONTRO TÉCNICO LEVA INFORMAÇÕES ATUALIZADAS E IMPORTANTES PARA A CADEIA DA AVICULTURA O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Campo da Vacaria, em Sidrolândia, recebeu, em setembro, a 5 ª edição do Encontro Técnico da Avicultura. O evento, promovido pelo Senar/MS, Avimasul, CNA, UFMS, MAPA, Semagro e Sebrae/MS, reuniu produtores, médicos veterinários, administradores de granjas e profissionais da categoria para levar informações atualizadas e

importantes sobre o setor para toda a cadeia produtiva. Tendo a sustentabilidade como tema, foram abordadas questões sobre as estratégias para melhorar a produtividade das aves comerciais, sanidade, a importância da lei da integração, como melhorar as negociações na Comissão de Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadec) e a importância da gestão na propriedade rural. Mato Grosso do Sul, segundo dados do IBGE, é o 12º maior produtor de aves do Brasil. No ano passado, o abate foi de 163,6 milhões de animais, o que resultou na produção de 408,2 mil toneladas. As exportações de carne in natura foram de 127,1 mil toneladas, o que representou 31,1% do volume produzido, mostrando que 68,9% é para atender o mercado interno. O estado possui 539 núcleos de produção de avicultura. Para estimular o desenvolvimento da atividade, além de apoiar eventos como o Encontro Técnico, o Senar/MS oferece uma série de cursos e capacitações voltadas para a avicultura e também, disponibiliza aos criadores o programa de Assistência Técnica e Gerencial, o Granja Plus. “São 40 propriedades atendidas no setor da avicultura, nos municípios de Caarapó, Deodápolis, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Juti, Laguna Carapã, Rio Brilhante, Sidrolândia e Vicentina”, explica a coordenadora do programa, Fernanda Oliveira.

sistemafamasul.com.br

5


CAPACITAÇÃO

CURSO TÉCNICO EM AGRONEGÓCIO É INCORPORADO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM BOVINOCULTURA DE CORTE Além da oferta normal do curso técnico em Agropecuária, o Centro de Excelência em Bovinocultura de Corte do Senar/MS, de Campo Grande, incorporou o curso técnico em Agronegócio (Rede e-Tec) em suas atividades. “Toda a equipe interna e os oitos polos de ensino passaram a ser administrados pelo Centro”, explicou o diretor da instituição, Francisco Pereira Paredes. Também foi iniciado pelo Centro o programa Excelência no Campo, no qual dez alunos foram selecionados para estagiarem no próprio Senar/MS, na Assistência Técnica e Gerencial e nas unidades técnica e educacional. Foram iniciadas, ainda, várias atividades pedagógicas como: A voz do Produtor, Quartas Institucionais e De Técnico para Técnico. Estão sendo oferecidas, também, capacitações em Formação Profissional Rural, como atividades complementares para os alunos. Outra ação do Centro foi o início das atividades da RIAP (Rede de Inovação na Agricultura e Pecuária), novo projeto do Senar Central em parceria com o Senar/MS que está sendo desenvolvido pela equipe de Inovação do Centro, e que tem lançamento do projeto previsto para começo de outubro. Em relação ao curso técnico em Agropecuária, o diretor do Centro comenta que, atualmente, 270 alunos estão matriculados na capacitação, sendo que 130 são egressos do último processo seletivo e que iniciaram as

aulas em agosto. Os participantes da primeira turma desse curso do Centro de Excelência deverão concluir sua capacitação em junho do próximo ano.

ENSINO A DISTÂNCIA

OITO MUNICÍPIOS DE MS CONTAM COM POLOS DO CURSO TÉCNICO EM AGRONEGÓCIO DO SENAR/MS Oito municípios de Mato Grosso do Sul contam, atualmente, com polos do curso técnico em Agronegócio do Senar/MS: Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Ivinhema, Maracaju e Três Lagoas. A capacitação é oferecida na modalidade semipresencial de Educação a Distância (EaD), desde 2015, por meio de uma parceria do Senar/MS e dos sindicatos rurais. Já foram formados 304 alunos. No polo de Campo Grande, por exemplo, 62 pessoas estão participando da capacitação, sendo que 25 já estão no quarto semestre. A próxima turma a se formar na capital será em 2020. O superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, explica que o curso possui 1.230 horas/aula, sendo que, deste total, 20% são destinadas a atividades obrigatórias presenciais: correspondendo a 246 horas de atividades teóricas e práticas nos polos de apoio presencial e em propriedades rurais. “O curso pretende atender à demanda de formação profissional no que diz respeito à solicitação de mão de obra qualificada reclamada pelo setor. Dessa maneira, é possível ofertar ao meio rural um nível mais elevado de educação, abarcando uma parcela muito maior dessa população, através do uso da EaD como ferramenta de ensino”, comentou. Para o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, a formação de técnicos em agronegócio impulsionará a qualificação e profissionalização da força de trabalho do campo, além de gerar, no meio rural, ganhos com inclusão produtiva e social, geração de renda, fixação da juventude e preservação

6

senarms.org.br

da sucessão familiar. “Juntos, esses fatores representam esforços que potencializam o desenvolvimento do produtor e consequentemente do agro brasileiro”.


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

SAÚDE

PROJETO QUE LEVA ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO GRATUITO AO CAMPO JÁ BENEFICIOU 6,9 MIL PESSOAS O projeto Pingo D’Água do Senar/MS, Famasul e sindicatos rurais já levou atendimento odontológico gratuito ao campo em 19 municípios de Mato Grosso do Sul em 2019. Foram atendidas 6.985 pessoas, entre produtores e trabalhadores rurais, além da comunidade em geral, sendo realizados 33.572 procedimentos. O presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, explica que, atualmente, o projeto conta com duas unidades móveis de atendimento, totalmente aparelhadas com os equipamentos de um consultório odontológico convencional. “A unidade móvel se desloca até o município que demanda o projeto e faz o atendimento ao público durante três semanas (incluindo sábados e feriados). Neste período, até 396 pessoas podem ser atendidas pelo Pingo D’água. Cada pessoa pode receber até cinco procedimentos durante o atendimento”, detalha. Neste ano, o projeto já levou assistência odontológica gratuita aos municípios de: Miranda, Alcinópolis, Japorã, Água Clara, Camapuã, Três Lagoas, Naviraí, Laguna Carapã, Figueirão, Aparecida do Taboado, Ivinhema, Campo Grande (Dinapec), Jardim, Caarapó, Corumbá, Mundo Novo, Fátima do Sul, Coxim e Aquidauana.

Até o fim do ano, o Pingo D’Água deve ser levado para as cidades de Rio Brilhante, Campo Grande, Jaraguari, Iguatemi, Bandeirantes, Nova Andradina e Antônio João.

EDUCAÇÃO

CONCURSO AGRINHO REGISTRA MAIS DE 1,5 MIL INSCRIÇÕES PARA A EDIÇÃO 2019 O concurso do programa Agrinho registrou, até o início de setembro, mais de 1,5 mil inscrições para a edição 2019. A iniciativa visa premiar os cinco melhores trabalhos em quatro categorias: Desenho e Redação (para alunos), Experiência Pedagógica (para estudantes e professores) e Escola Agrinho (para colégios). Em 2019, o Concurso Agrinho tem como tema “A tecnologia no campo conectada com a cidade”. “A ideia é apresentar aos futuros gestores e alunos as inovações tecnológicas amplamente utilizadas no agro e que alcançam todas as cadeias produtivas. A abordagem permite a difusão dos resultados alcançados com a contribuição da ciência e das novas ferramentas, entre eles o aumento da produtividade, a sustentabilidade, o atendimento à demanda por alimentos, a preservação do meio ambiente, emprego, conhecimento”, explicou a coordenadora do programa, Maria Clara Del Puente. O superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan, ressalta que os temas do concurso sempre vêm ao encontro do que o professor trabalha em sala e estão voltados à sustentabilidade, à ética, à saúde e ao meio ambiente. “Possibilitam também a conscientização das crianças de como são as produções de alimento no campo, bem como toda a tecnologia que é envolvida para que possamos utilizá-la de forma consciente”, disse. Segundo o calendário do concurso, a avaliação dos trabalhos inscritos começou no dia 16 de setembro e vai até 25 de outubro. No dia 1º de novembro, está prevista a divulgação do resultado. De 4 a 11 do mesmo mês, vão ser organizadas as caravanas e, no dia 3 de dezembro, vão ser promovidas, em Campo Grande, a cerimônia de encerramento do Agrinho em 2019 com a premiação dos vencedores do certame.

sistemafamasul.com.br

7


AGRICULTURA

ÁREA DE PRODUÇÃO DE SOJA EM MS DEVE AUMENTAR 6% NA NOVA SAFRA, APONTA SIGA

A área cultivada com soja deve aumentar cerca de 6% em Mato Grosso do Sul na safra 2019/2020, que começou a ser semeada neste mês de setembro. A estimativa é que as lavouras da oleaginosa ocupem aproximadamente 3,1 milhões de hectares, segundo o coordenador do Departamento Técnico do Sistema Famasul, Justino Mendes. Ele aponta que a estiagem prolongada e a distribuição irregular das chuvas podem atrasar um pouco o plantio da safra, liberado desde o dia 15 de setembro. “Mesmo com o possível atraso das chuvas, existe a expectativa de que as condições climáticas sejam favoráveis no decorrer da safra, com o fim do ciclo do El Niño. Se essa expectativa se confirmar, teremos uma safra com altas produtividades – o que somado à estimativa de crescimento de área - deve levar a um crescimento da projeção de produção do ciclo”, analisou. Justino alertou que, mesmo com indicativos de uma boa produção, os agricultores do estado devem estar muito atentos à gestão do empreendimento, devido a um aumento dos custos de produção. “Entre os fatores que interferem na rentabilidade, está o elevado custo de produção, que foi impactado diretamente pelos altos preços dos fertilizantes, que alcançaram a marca de 38% de aumento para esta safra. Essa elevação se deve à valorização do dólar no mercado externo. Outro fator negativo é o tabelamento do frete”, explica. O coordenador reforçou a orientação de que os produtores devem ficar atentos quanto aos desdobramentos do impasse comercial entre os Estados Unidos e a China. “Uma vez que um acordo parece distante, mesmo com os países trabalhando para chegar a um consenso, portanto, num cenário em que o impasse comercial se mantenha, a China, como é o maior importador de soja do mundo, já se organiza para garantir seus estoques de soja para o próximo ano, concentrando a sua demanda por matéria-prima no Brasil”, concluiu.

8

senarms.org.br


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

sistemafamasul.com.br

9


FAMASUL EM AÇÃO

Lançamento Estadual do Plantio de Soja em, Caarapó

Diretor-tesoureiro participa de Seminário de Recursos Hídricos

Senar/MS recebe visita técnica do Senar Paraná

Mauricio Saito e Marcelo Bertoni participam da abertura da Expoac

10

senarms.org.br

Lideranças participam de evento do Mapa, em Campo Grande

Lideranças rurais prestigiam abertura da ExpoSidrolândia

Reunião dos Sindicatos Rurais da Região Norte

Sistema Famasul recebe visita de equipe do Senar Amapá

Mauricio Saito participa de reunião em Florianópolis/SC


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

FAMASUL EM AÇÃO

Senar/MS e Famasul realizam Vitrine de Horticultura e Circuito Pecuário em Amambai

Unidades sindicais participam de reunião com a Famasul

Presidente da Famasul e superintendente do Senar/MS reconhecem práticas de sanidade no sul do país

Superintendente do Senar/MS participa de ações em Amambai

Seminário de Sensibilização do SISBI-POA

sistemafamasul.com.br

11


FAMASUL EM AÇÃO

Assinatura do Termo de Cooperação do Controle de Pragas em MS

Abertura da Feira Agropecuária de Amambai

Diretora-técnica participa do Programa Saúde do Homem e da Mulher, em Rio Brilhante

Expoac reuniu lideranças rurais do estado

Lançamento do plantio fez parte da programação da Expoac

12

senarms.org.br

Diretoria participa de cerimônia de Feira Agropecuária em Amambai

Famasul e Aprosoja/MS anunciam início do plantio de soja

Mauricio Saito conhece Sistema de Vigilância Sanitária de Santa Catarina


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

GIRO RURAL SINDICATO RURAL DE ANGÉLICA FORMA NOVAS TURMAS PARA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GERENCIAL O Sindicato Rural de Angélica formou novas turmas de produtores para serem assistidos pelos programas de Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS. Segundo o presidente, Antônio Gisuatto, foram formados grupos para receberem orientação nas cadeias da Bovinocultura de Leite, Horticultura e Apicultura. Para mais informações sobre esse trabalho e outros projetos da entidade, ligue para: (67) 3446-1055 ou mande e-mail para: sindicatoruralangelica@bol.com.br

SINDICATO RURAL DE ÁGUA CLARA QUER FOCAR SUAS AÇÕES CADA VEZ MAIS NA ASSISTÊNCIA TÉCNICA AOS PRODUTORES O presidente do Sindicato Rural de Água Clara, Moacir Reis, destacou que na nova gestão à frente da entidade quer focar cada vez mais o trabalho na Assistência Técnica e Gerencial ao produtor, oferecida em parceria com o Senar/MS. “Já contamos com o programa de Bovinocultura de Corte, estamos fechando uma turma da Horticultura e estamos pedindo a abertura de mais uma voltada para a Ovinocultura.” Para mais informações, ligue para: (67) 3239-3430 ou mande e-mail para: sraguaclara@gmail.com

SINDICATO RURAL DE CAMPO GRANDE PROMOVE SEGUNDA EDIÇÃO DO PAPO DE MULHER O Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho, presidido por Alessandro Oliva Coelho, com apoio do Sicredi, promoveu neste mês de setembro a segunda edição do Papo de Mulher. O foco do encontro foi a comunicação assertiva para as mulheres no campo profissional, pessoal e dos relacionamentos; e a condução foi da artista, educadora e empreendedora Vilma Machado, que trouxe seu amplo conhecimento na área do design do pensamento criativo. Para mais detalhes, ligue para (67) 3341-2696 ou mande e-mail para: srcg@srcg.com.br

SINDICATO DE CASSILÂNDIA COMEMORA BONS RESULTADOS DE EXPOSIÇÃO E TRABALHO DA PATRULHA MECANIZADA O presidente do Sindicato Rural de Cassilândia, Cilas Alberto de Souza, está comemorando os bons resultados atingidos com a edição 2019 da Expo Cassilândia, realizada entre o fim de julho e início de agosto. Além disso, destaca o trabalho que vem sendo feito pela patrulha mecanizada do sindicato em atendimento aos associados e os cursos que vêm sendo promovidos em parceria com o Senar/MS e têm contribuído para melhorar a capacitação de trabalhadores e produtores do município. Para mais detalhes, ligue para (67) 3596-1391 ou mande e-mail para: srcassilandia@ hotmail.com sistemafamasul.com.br

13


GIRO RURAL SINDICATO RURAL DE CHAPADÃO DO SUL PROMOVE CURSO SOBRE GESTÃO DE PROPRIEDADE RURAL O Sindicato Rural de Chapadão do Sul promoveu neste mês de setembro um curso sobre Gestão de Propriedade Rural. A capacitação, segundo o presidente, Lauri Dalbosco, foi voltada para associados e seus funcionários e, ainda, para produtores atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS em Bovinocultura de Corte. A iniciativa ofereceu aos participantes os instrumentos para fazer o diagnóstico da propriedade e aplicar ferramentas para melhorar seu gerenciamento, como, por exemplo, aprimorar o planejamento de compras e comercialização, além do gerenciamento de recursos humanos. Para mais detalhes, ligue para: (67) 3562-1443 ou mande e-mail para: sindrural@outlook. com.br

SINDICATO RURAL DE DOURADOS VAI TRABALHAR COM PISCICULTURA NO PROJETO FAZENDINHA A piscicultura é a mais nova atividade do agro a ser trabalhada no Projeto Fazendinha, do Sindicato Rural de Dourados, presidido por Lúcio Damalia. A iniciativa nasceu em 2001 e já capacitou milhares de trabalhadores rurais e familiares em cursos voltados à Horticultura, Fruticultura, Apicultura, Bovinocultura de Leite, entre outros. Para mais detalhes, ligue para (67) 3424-6686 ou mande e-mail para: ruralddosrd@gmail.com

SINDICATO RURAL DE BATAYPORÃ PROMOVE CURSOS E FAZ ALTERAÇÃO NO ESTATUTO O Sindicato Rural de Batayporã, presidido por Altamir José Ramos Fonseca, está promovendo vários cursos de capacitação em parceria com uma usina sucroenergética da região. Também apoiou uma alteração no seu estatuto para possibilitar a locação do seu salão de festas para eventos, permitindo que a entidade tenha mais uma fonte de arrecadação de recursos para manutenção e desenvolvimento de projetos e ações. Mais informações pelo telefone: (67) 3443-1388 ou mande e-mail para: sindruralbata@gmail.com

SINDICATO RURAL DE FÁTIMA DO SUL PROMOVE COSTELÃO E LEILÃO A FAVOR DE PROJETO DE EQUOTERAPIA O Sindicato Rural de Fátima do Sul promoveu neste mês de setembro a terceira edição do Costelão e Leilão para arrecadar recursos para o projeto do seu centro de equoterapia. O evento, segundo o presidente, Dario Antonio Gomes Silva, foi realizado no parque de exposições da entidade. Para mais detalhes sobre este projeto e outras iniciativas da instituição, ligue para o telefone: (67) 3467-2440 ou mande e-mail para: sindicatofatimasul@hotmail.com

14

senarms.org.br


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

GIRO RURAL SINDICATO RURAL DE INOCÊNCIA ESTÁ PROMOVENDO EM MÉDIA 2 CURSOS DO SENAR/MS POR MÊS O Sindicato Rural de Inocência, presidido por Edir Pires Maia, está oferecendo em média dois cursos do Senar/MS por mês no município. Além disso, tem grupos de produtores rurais sendo atendidos por três programas de Assistência Técnica e Gerencial: o da Horticultura, o da Bovinocultura de Leite e o da Bovinocultura de Corte. Para mais informações, ligue para (67) 3574-1377 ou mande e-mail para: sindrural.inoc@gmail.com

SINDICATO RURAL DE ITAPORÃ ESTÁ PROMOVENDO ENTRE 1 E 2 CURSOS POR MÊS O Sindicato Rural de Itaporã está promovendo entre 1 e 2 cursos do Senar/MS por mês, segundo o presidente, Otávio Vieira de Mello. Uma das últimas capacitações oferecidas foi a de “Manutenção e Operação de Semeadoras e Calcareadeiras”, que ensinou aos participantes desde como trabalhar com os equipamentos, até utilizálos da melhor maneira para obter o melhor rendimento. Para mais detalhes ligue para (67) 3451-1357 ou mande e-mail para: s.r.itapora@brturbo.com.br

AGRINHO É DIVULGADO EM PALESTRA NA CÂMARA MUNICIPAL DE JARDIM O Programa Agrinho do Senar/MS foi tema de uma palestra promovida na Câmara Municipal de Jardim. Segundo o presidente do Sindicato Rural do município, Deny Meireles Nociti, o objetivo foi apresentar à comunidade todo o trabalho que vem sendo desenvolvido por meio da iniciativa, e a potencialidade do que pode ser discutido com o Programa. Para mais informações, ligue para (67) 9 9986-2482 ou mande e-mail para: sindicatoruraljardim@gmail.com

sistemafamasul.com.br

15


GIRO RURAL SINDICATO DE LAGUNA CARAPÃ INVESTE NA CONSTRUÇÃO DE SALÃO DE FESTAS EM SUA SEDE O Sindicato Rural de Laguna Carapã está investindo na construção de um salão de festas para sua sede. De acordo com o presidente, João Firmino Neto, a previsão é que os trabalhos estejam concluídos em outubro. Além da obra, o dirigente também comemorou os resultados da última safrinha de milho, em que a produtividade média do município atingiu cerca de 90 sacas por hectare. Para mais informações, ligue para: (67) 3438-1359 / (67) 9976-6061 ou mande e-mail para: sindicatorlaguna@top.com.br

SINDICATO RURAL DE MARACAJU REALIZA CARAVANA COM VISITAÇÕES À FUNDAÇÃO NISHIMURA, EM SÃO PAULO O Sindicato Rural de Maracaju, presidido por Christiano Souza Binz, levou uma caravana formada por produtoras rurais, profissionais de educação e vereadores para conhecer o complexo de educação da Fundação Nishimura, em Pompeia (SP). A entidade, junto com outras instituições, articula para implantar no município os princípios metodológicos inovadores da Fundação, que tem como preceito que o aluno tenha controle e responsabilidade pelo próprio aprendizado, propondo um modelo de autonomia ao estudante. Para mais detalhes, ligue para: (67) 3454-2565 ou mande e-mail para: sind.mju@terra.com.br

CAPACITAÇÕES E ORIENTAÇÃO MOVIMENTAM SINDICATO RURAL DE MIRANDA Vários cursos do Senar/MS e um do Sescon/MS movimentaram, em setembro, as atividades do Sindicato Rural de Miranda e Bodoquena, que é presidido por Massao Ohata. Entre os treinamentos oferecidos estiveram os de Fabricação Caseira de Derivados de Leite, Manejo de Pastagens, Plantio e Manejo de Pomar e Apicultura Avançada, por parte do Senar/MS. Já o Sescon/MS ofereceu uma capacitação sobre o novo livro caixa da atividade rural. Para mais detalhes ligue para (67) 3242-1266 ou mande e-mail para: sindruralnovamirandabodoquena@gmail.com

PROGRAMA AGRINHO MOBILIZA COMUNIDADE EM MUNDO NOVO O programa Agrinho do Senar/MS está mobilizando a comunidade em Mundo Novo, segundo o presidente do Sindicato Rural, Edílson Santos Pontelli. Recentemente a mobilizadora Katiuscia de Souza Julião, fez a entrega de certificados e medalhas a alunos e professores participantes. Outra ação foi uma palestra do programa Júnior Achievement, que oferece educação empreendedora para estudantes. Mais informações pelo telefone: (67) 98163-9453 ou mande e-mail para: sindicatomn@hotmail.com

16

senarms.org.br


ANO III - EDIÇÃO 37 - SETEMBRO DE 2019

GIRO RURAL CURSO DE PROCESSAMENTO DA CARNE DE PEIXE É DESTAQUE NA PROGRAMAÇÃO DE CAPACITAÇÕES DE NAVIRAÍ O curso de processamento caseiro de carne de peixe foi um dos destaques da programação de capacitações oferecidas pelo Senar/MS e pelo Sindicato Rural de Naviraí, entidade presidida por Yoshihiro Hakamada. Na programação, os participantes aprenderam métodos e técnicas de preparação deste tipo de proteína e como produzir embutidos e produtos derivados, além do aproveitamento dos resíduos da filetagem. Para mais informações sobre essa capacitação, ligue para: (67) 3461-2195 ou mande e-mail para: sirunav@uol.com.br/sind_navi@hotmail.com

SINDICATO RURAL DE NOVA ANDRADINA DESTACA IMPORTÂNCIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GERENCIAL O presidente do Sindicato Rural de Nova Andradina, Hemerson Israel dos Santos, destacou a importância dos cursos e dos programas de Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS e Sistema Famasul para a manutenção e suportes das entidades nos municípios. “Nos momentos mais difíceis, são eles que têm nos ajudado a manter o trabalho no sindicato e atendimento aos produtores e trabalhadores rurais”, ressaltou. Para mais informações, ligue para: (67) 3441-1014 / (67) 99668-5917 ou mande e-mail para: sindicatoruralnovaandradina@gmail.com

SINDICATO RURAL DE PONTA PORÃ MANTÉM PROGRAMAÇÃO DE CURSOS E ASSISTÊNCIA TÉCNICA O presidente do Sindicato Rural de Ponta Porã, André Cardinal Quintino, aponta que a entidade vem mantendo a programação de cursos de Formação Profissional Rural (FPR) e Promoção Social, que oferece em parceria com o Senar/MS, e também o trabalho de Assistência Técnica e Gerencial às cadeias da Bovinocultura de Leite e de Horticultura. Para mais informações, ligue para (67) 3433-3044 ou encaminhe e-mail para: pamelagarcia.sr@gmail.com

SINDICATO DE SANTA RITA DO PARDO PROMOVE CURSO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM DEFENSIVOS O Sindicato Rural de Santa Rita do Pardo e o Senar/MS promoveram diversas capacitações no município neste mês de setembro. Um dos destaques da programação, conforme o presidente, Florindo Cavalli Neto, foi o treinamento “NR 31.8 - Prevenção de Acidentes com Defensivos Agrícolas”, realizado na fazenda Santa Virgínia. A capacitação ofereceu desde informações sobre os tipos de produto, passando pela legislação e medidas de segurança na manipulação e aplicação dos materiais. Para mais detalhes, ligue para: (67) 3591-1201 ou mande e-mail para: sind.srp@uol.com.br

sistemafamasul.com.br

17


GIRO RURAL SINDICATO DE SÃO GABRIEL DO OESTE VAI OFERECER PACOTES DE SERVIÇOS PARA ATRAIR NOVOS ASSOCIADOS O presidente do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste, Vilson Mateus Brusamarello, adianta que está preparando um pacote de novos serviços para a entidade oferecer aos produtores rurais do município visando atrair novos associados. Uma das novidades, conforme ele, será um cartão fidelidade que vai assegurar descontos na aquisição de produtos e serviços no comércio da cidade. “Queremos mostrar para o produtor que os benefícios que ele tem se associando ao sindicato são muito grandes, tanto na representatividade, quanto nos serviços”, ressaltou. Para mais informações, ligue para: (67) 3295-1663 ou mande e-mail para: srsgo@terra.com.br

GALHO DE ÁRVORE PROVOCA INCÊNDIO QUE ATINGE VÁRIAS PROPRIEDADES RURAIS EM SETE QUEDAS O galho de uma árvore da espécie bocaiuva encostou nos cabos da rede de energia e provocou um incêndio que atingiu várias propriedades rurais neste mês de setembro em Sete Quedas. O presidente do Sindicato Rural, Paulo Maria Pereira, comenta que a estiagem que atinge o município facilitou a propagação do fogo. “O proprietário da fazenda Pecuária Santa Rosa, Elmar Vazata, mobilizou seu pessoal e maquinário para tentar fazer o controle das chamas através de movimentação de terra com arado e tratores. O incêndio, porém, se alastrou muito rápido com os ventos e atingiu outras propriedades, matas ciliares e reserva”, comenta. Para mais informações, ligue para (67) 3479-1171 ou sindicatorural7quedas@gmail.com

SINDICATO RURAL PROMOVE 21ª EDIÇÃO DA EXPO SIDROLÂNDIA O Sindicato Rural de Sidrolândia, presidido por Rogério de Menezes, promoveu, entre os dias 11 e 15 de setembro, a 21ª edição da Expo Sidrolândia. O evento contou com palestras, concurso de beleza, julgamento de animais, rodeio, capacitações e show com artistas de renome nacional, como Naiara Azevedo e Munhoz e Mariano. Na abertura do evento, Menezes fez uma série de agradecimentos. “Se tivemos muitas conquistas, elas ocorreram graças ao esforço de todos. Sidrolândia é sinônimo de trabalho e união”, afirmou. Para mais informações, ligue para: (67) 3272-1131 ou mande e-mail para: sindicatoruraldesidrolandia@gmail.com

SINDICATO RURAL DE TRÊS LAGOAS DISCUTE CAMPANHA DE NATAL E REIVINDICA CONTORNO RODOVIÁRIO O presidente do Sindicato Rural de Três Lagoas, Ivan Carrato Júnior, participou em agosto de uma reunião com o prefeito Angelo Guerreiro, secretários municipais, representantes da Associação Comercial e Industrial do município e verores para discutir a campanha de Natal deste ano e reiterar a necessidade da construção de um contorno rodoviário para o município, ligando as rodovias BR-158 e BR-262. Para mais detalhes, ligue para: (67) 3521-4049 ou mande e-mail para: srtreslagoas@terra.com.br

18

senarms.org.br


Profile for famasul

Informativo Sistema FAMASUL - Edição 37/2019  

Informativo Sistema FAMASUL - Edição 37/2019  

Profile for famasul
Advertisement