Revista Espaço Brinquedo & Papelaria #108

Page 1

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

|

ANO 16

|

Nº 108

|

2021

|

EP GRUPO

EPGRUPO.COM.BR

n0 108 Abril/Maio

OS ATUAIS MOVIMENTOS DO VAREJO DE BRINQUEDOS




editorial

SAINDO DA ZONA DE CONFORTO

em 3, 2, 1...

O

s aprendizados que chegaram e continuam chegando com a pandemia podem ser encarados como uma grande oportunidade de evoluir e crescer, seja no pessoal, seja no profissional. Os momentos de dificuldade nos impulsionam, nos levam a deixar a zona de conforto para buscar soluções e enfrentar os desafios. Também sabemos que as mudanças costumam gerar resistência, simplesmente pelo temor ao desconhecido e um futuro incerto. Por mais desafiador que seja o cenário é preciso prosseguir e não simplesmente se tornar refém dos problemas. Essa é a postura adotada aqui no EP Grupo e que nos leva a novas experiências, como manter conectado o mercado, ainda que seja virtualmente. Nos dias 23, 24 e 25, promovemos o EP Conecta Brinquedo, um evento totalmente on-line para que o varejo tivesse a oportunidade de conferir os lançamentos e as tendências da indústria de brinquedos e acesso a promoções exclusivas. Foram mais de 700 inscritos e uma ótima avaliação, tanto pela indústria quanto pelo varejo. Isso nos dá a certeza de que os nossos esforços estão valendo a pena. Também destacamos nesta edição as novidades que apresentamos em um outro evento on-line que promovemos em março: o LicensingCon – Marcas e Personagens. Fizemos um apanhado das incríveis apostas em personagens e marcas para o público infantil e que em breve estarão nas linhas de brinquedos e de artigos escolares. A maneira como o varejo vem se relacionando com o consumidor, conduzindo os negócios, o novo formato de vender... tudo isso é apresentado em uma matéria especial em que os lojistas compartilham suas experiências e comprovam que se reinventar é preciso. E tem muito mais nesta edição da Espaço Brinquedo & Papelaria: uma vitrine com acessórios para games; a história de superação e inspiradora da Casa do Bebê; entrevista com a psicóloga e especialista em infância e família, Caroline Leal, que avalia o comportamento infantil neste momento de distanciamento social e ressalta a importância do brincar; além da reportagem com a Dr. Bhorest, marca que traz um novo conceito para a categoria de massinhas de modelar. Aproveite que o conteúdo está incrível!

marici@epgrupo.com.br @epgrupo fb.com/epgrupo1 linkedin.com/company/ep-grupo @epgrupo1 Clique aqui e confira o editorial em vídeo.

Ano 16 // Ed. 108 // Abr./Mai. 2021 ESPAÇO PALAVRA EDITORA E ARTE LTDA. DIREÇÃO-GERAL E JORNALISTA RESPONSÁVEL Marici Rosana Ferreira (MTB 36727)

Aires Fernandes

CONSELHO EDITORIAL

Aires Fernandes Rogério El Ness Geraldo Zinato Alexandre Marques Germano Brandino

Diretor de marketing da Estrela

Rogério El Ness

REDAÇÃO

Camila Guimarães Lia Freire

Diretor do Grupo Barão

NOVOS NEGÓCIOS

Camila Guimarães REVISÃO

Geraldo Zinato

ARTE

Presidente da Lider Brinquedos

Lu Peixoto Wilson Alves MARKETING

Luiz Paulo Ferreira Luise Kipper ATENDIMENTO

Daiane Miranda

Alexandre Marques

Gerente nacional de vendas da Pais&Filhos

ASSISTENTES ADMINISTRATIVAS

Cristina Venâncio Brenda Andrelly

Germano Brandino Diretor da Novabrink

ADMINISTRAÇÃO, PUBLICIDADE E REDAÇÃO

Av. Rouxinol, 1041, conj. 1109 Moema – São Paulo/SP CEP: 04516-001 Tel.: (11) 5092-5588/(11) 5094-0403 E-mail: comercial@epgrupo.com.br ASSINATURAS

(11) 5092-5588 ou pelo site epgrupo.com.br As matérias assinadas são de responsabilidade dos autores e podem ser reproduzidas, desde que citada a fonte. As fotos utilizadas nesta edição pertencem ao banco de imagens da revista Espaço Brinquedo & Papelaria e podem ser utilizadas, desde que citada a fonte. A revista Espaço Brinquedo & Papelaria possui distribuição nacional para proprietários, diretores, gerentes, compradores, lojistas e demais pessoas envolvidas com lojas de brinquedos, artigos infantis, magazines, supermercados, atacadistas, fabricantes, papelarias, armarinhos e bazares.



26

/índice

8 Brinquedo.com 10 Opinando

18

12 Panorama 16 Em foco

18 Cobertura – EPConecta – Brinquedo 26 Capa – Foi preciso mudar 34 Licenciamento

38 Gôndola – É só dar o play 40 Perfil de loja – Casa do Bebê

38

42 Os 10+ 44 Lojista em foco 46 Empresa – Dr. Bhorest 48 Artigo – De brinquedos “socialmente conscientes” ao consumidor “kidult”



@brinquedo.com

Os destaques

EM NOSSOS CANAIS DIGITAIS A mais lida da EBP 107

A edição #107 teve 1.500 impressões e 750 leitores. Somente a matéria do prêmio Top Kids 2020 teve 600 leitores.

No www

Já no portal da EP Grupo, a notícia mais acessada (200) foi a que a apresentava o ovo de páscoa da Patrulha Canina.

Mande um inbox...

No Insta @epgrupo

Em nosso perfil do Instagram, o assunto com mais likes foi sobre a edição #107 da Espaço Brinquedo & Papelaria.

Escreva para a nossa redação! Se você tem sugestões para o conteúdo da Revista Espaço Brinquedo & Papelaria, envie um e-mail para jornalismo1@epgrupo.com.br ou uma mensagem por inbox. Lembre-se também de nos marcar em suas postagens sobre o mercado de brinquedos e papelaria!

8/

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/9


/opinando

AJUSTES PARA ENFRENTAR UM MOMENTO DE TANTAS MUDANÇAS por @Marcelo Mouawad

Como trabalhamos no atacado e varejo, a distribuição focou no e-commerce, farmácias e mercados, o que foi bastante positivo, mesmo num momento atípico e de incertezas como em 2020, inclusive com resultados melhores do que o esperado. Em 2021 os ajustes continuam para que o saldo seja, também, positivo, ainda que estejamos na pandemia. Em nossas lojas prevaleceram o delivery e o atendimento a distância, com forte atuação nas redes sociais. Nas lojas de varejo remontamos o e-commerce. No setor atacadista, que foi o mais prejudicado, investimos na venda a distância. A nossa área que mais sofreu foi o atacado voltado ao segmento de festas e eventos (carnaval, festa junina, halloween etc.), por outro lado, o ramo de distribuição surpreendeu bastante, pois as pessoas continuaram comprando produtos, como itens de puericultura. Termos uma atuação pulverizada permitiu que os impactos fossem amenizados. O maior aprendizado que tiramos deste momento foi a importância das decisões estratégicas. Em momentos como este, ajustar e mudar estrategicamente é fundamental para se adequar ao cenário. O “feijão com arroz” não basta! É preciso juntar as cabeças e chegar a resoluções que levem a empresa a ter bons resultados. Nosso departamento pessoal tem trabalhado incansavelmente, calculando e analisando alternativas benéficas aos funcionários, e elas são passadas para que o conselho administrativo e as gerências tomem as decisões de forma bem participativa. Em 2021, todos fomos surpreendidos com novas ondas e variantes da Covid, mas também foi quando a vacinação ganhou força. A esperança é que tudo se ajeite para que todos sejam vacinados o mais breve possível, mas, enquanto as coisas não retornam ao seu “normal”, a receita é seguir o que deu certo no ano passado e focar ainda mais em e-commerce, que é o motor principal neste período.

O maior aprendizado que tiramos deste momento foi a importância das decisões estratégicas. Marcelo Mouawad é diretor comercial do Grupo Semaan.

10 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 11


#panorama

Spin Master apresenta plano sustentável de reciclagem de brinquedos Patrulha Canina nos EUA e Austrália A companhia detalhou seus planos de parceria com a TerraCycle para realizar o trabalho de reciclagem de brinquedos nos mercados australiano e norte-americano, que entrará em vigor ao longo de 2021 e foi revelada no relatório anual de responsabilidade social corporativa da fabricante de brinquedos. Neste relatório a empresa destacou as medidas ambientais que fez nos últimos 12 meses, incluindo a compensação de 10 mil toneladas métricas de carbono em 2020. A Spin Master afirma que continuará a compensar 100% de sua geração de carbono em 2021. No relatório, também destacou seu compromisso de reduzir as embalagens de plástico em 50% até 2025. “Reconhecemos a necessidade de proteger o meio ambiente e minimizar o impacto de nossas operações, para as crianças e famílias de hoje e para as gerações futuras”, disse a empresa em seu relatório. “Para nós, isso significa desenvolver materiais e embalagens de produtos sustentáveis, levando em consideração todo o ciclo de vida de um produto, usando fontes renováveis de energia e reduzindo o desperdício em nossa fabricação e as operações.” Como parte do relatório, a Spin Master também destacou a nova parceria com a plataforma de reciclagem TerraCycle para fornecer serviços de devolução de brinquedos Patrulha Canina em seus mercados dos EUA e da Austrália. Por meio da parceria, os consumidores poderão enviar para a Spin Master brinquedos, jogos e pelúcias que não usam mais, que serão reciclados em materiais usados na construção de playgrounds, bancos de parque e decks.“Com o tempo, se o programa for um sucesso, iremos expandi-lo para outros mercados”, disse a Spin Master. “A longo prazo, gostaríamos de explorar maneiras de fechar o circuito do plástico para brinquedos, visto que eles são feitos de resinas de alta qualidade que poderiam ser usadas novamente em produtos.”

12 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Kits da Lego Education chegam ao Brasil

Voltados para alunos do Ensino Fundamental I (Lego Education BricQ Motion Essential) e ll (Lego Education BricQ Motion Prime), os kits foram desenvolvidos para engajar crianças e jovens na metodologia STEAM (acrônimo de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática). As novidades são distribuídas pela unidade de Tecnologia Educacional da Positivo Tecnologia, distribuidora oficial da Lego Education no País. “A aprendizagem STEAM, com recursos práticos, permite que os alunos explorem, construam e compartilhem a compreensão do mundo ao seu redor, ao mesmo tempo em que os mantém motivados para aprender dentro ou fora da sala de aula”, afirma Alex Paiva, head da Lego Education na unidade de Tecnologia Educacional da Positivo Tecnologia. Segundo Paiva, no caso da nova linha BricQ Motion, em que todos os projetos podem ser realizados sem o computador, a experiência é ainda mais rica. O kit Lego Education BricQ Motion Essential vem com 523 peças e 2 tipos de projetos com temas esportivos, sendo um para alunos de 1º e 2º ano e outro para alunos do 3º ao 5º ano. Já o Lego Education BricQ Motion Prime tem 564 peças e é para disciplinas do Ensino Fundamental II. Cada kit pode ser dividido por até 4 alunos, e, para facilitar o manuseio e a higienização, as peças ficam acondicionadas em bandejas com separações por cor.


Boneca Cry Babies ganha álbum de figurinhas da Panini

A novidade permitirá que os fãs explorem ainda mais o universo da personagem, descobrindo o mundo fantástico e cheio de aventuras de Lala, Nala, Coney, Lea, Dotty e suas amigas. A coleção possui 180 cromos, sendo 24 com purpurina prata, 12 raspadinhas cor de rosa e 24 adesivos holográficos. O álbum ressalta a fofura das pequenas bonecas da coleção, o cuidado, amor e o viver em harmonia com a família. Ao todo, o universo Cry Babies tem 70 personagens e 24 modelos de bonecas para colecionar. Cada bebê possui uma personalidade e cada casinha vem com a decoração de acordo com suas características. O livro ilustrado Cry Babies 2021 chega em versão capa brochura, por R$ 10,00; e os envelopes, com cinco figurinhas, por R$ 3,50, além de diversos kits especiais com o álbum e os cromos. O produto está disponível em bancas de jornal, nas melhores lojas e no site www.lojapanini.com.br.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 13


Foto: Divulgação

#panorama

Rodrigo Ebert Harsteln, presidente do grupo desde junho de 2020.

Grupo Xalingo comemora crescimento e nova fase

Com faturamento de R$ 150 milhões no último ano, empresa une tradição e inovação em novo ciclo. Em uma área de 36 mil m2, em Santa Cruz do Sul (RS), o Grupo Xalingo abriga três operações: Brinquedos (educativos, elétricos, jogos, licenciados, triciclos, playgrounds, entre outros), Soluções (produtos para o setor agrícola) e Miper (matrizaria). No último ano, a empresa obteve crescimento de 30% em relação a 2019 e pretende manter o mesmo ritmo em 2021. De acordo com a instituição, várias iniciativas auxiliaram nesse processo de expansão, entre elas, o novo centro de distribuição em Barra Velha (SC) e o lançamento do e-commerce da unidade de brinquedos. Em junho de 2020, a Xalingo também anunciou Rodrigo Ebert Harsteln como seu novo presidente. Há 4 anos na companhia, o executivo passou pelos principais departamentos do grupo. A empresa ainda tem Franz Semmelmann como diretor comercial e Ednei Aquino como diretor administrativo financeiro. A nova diretoria pretende auxiliar ainda mais na geração de empregos e renda em um momento tão delicado. Em plena pandemia, a companhia contratou mais de 100 pessoas, contando atualmente com cerca de 600 colaboradores. Para 2021, a empresa desenvolveu uma coleção incrível e deve apresentar ao mercado cerca de 100 lançamentos nacionais durante o ano, além dos importados, que devem chegar aos principais pontos de venda muito em breve.

Spielwarenmesse 2021 tem edição cancelada

Barbie é reconhecida como a marca com melhor desempenho em 2020, de acordo com o The NPD Group

No ano passado, a Mattel recebeu 5 prêmios globais de The NPD Group. A empresa reconheceu a icônica marca Barbie como a melhor propriedade global de brinquedos do ano. O carro básico 1:64 da Hot Wheels também foi reconhecido como o brinquedo mais vendido do ano. “Estamos honrados que duas de nossas maiores marcas, Barbie e Hot Wheels, tenham se destacado em um ano tão diferente como 2020”, disse Ynon Kreiz, presidente e CEO da Mattel. “Este é o reconhecimento de nossa missão de criar produtos e experiências inovadores que inspiram, divertem e ajudam a desenvolver as crianças por meio da brincadeira.” Segundo The NPD Group, a Mattel é há 5 anos a fabricante nº 1 de brinquedos da América Latina, mantendo o primeiro lugar em desempenho em todas as categorias premiadas globalmente; Barbie foi eleita a propriedade de brinquedos com melhor desempenho da América Latina durante 2020, e Barbie Color Reveal, como a boneca mais vendida em sua categoria na mesma região durante 2020. No ano passado, Barbie criou novas maneiras de se conectar com seu público por meio de inovação e plataformas digitais, continuando sua missão de inspirar o potencial ilimitado em cada garota. Os reconhecimentos globais entregues pelo NPD somam-se à atuação nos países Estados Unidos, Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Espanha, Bélgica, Brasil, México, entre outros. No Brasil, todas as categorias premiadas em nível global permanecem em primeiro lugar em desempenho.

A primeira edição de verão da Feira Internacional de Brinquedos de Nuremberg (Spielwarenmesse) estava programada para julho de 2021, após ter sido adiada em janeiro. Porém, com a incerteza em torno da pandemia em nível nacional e internacional, a organização decidiu cancelar o evento e se concentrar na Spielwarenmesse 2022. “Inicialmente, recebemos um excelente feedback sobre a edição de verão de expositores e visitantes”, disse Ernst Kick, diretor executivo da Spielwarenmesse eG. “Nas últimas semanas, no entanto, a melhora lenta e decepcionante da pandemia tem alimentado a incerteza em todo o setor. Nossa principal prioridade continua sendo a saúde e segurança de todos os nossos participantes.” A partir de agora, a Spielwarenmesse focará na edição programada para acontecer de 2 a 6 de fevereiro de 2022, que ocorrerá em paralelo com a Spielwarenmesse Digital. Pela primeira vez, o organizador vai unir a experiência das exposições física e a digital.

14 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 15


em foco/ Caroline

Leal

Brincar EM TEMPOS DE PANDEMIA

A

s medidas para conter a propagação da Covid-19 afetaram sobremaneira o cotidiano das famílias, a rotina das crianças e, consequentemente, o brincar, que é tão importante e assume um papel fundamental na manutenção da estabilidade física e emocional das crianças. Os pequenos deixaram de frequentar as escolas, perderam o contato com os amigos e os momentos de brincadeiras fora de casa; tiveram a rotina, tão essencial para o ser humano, modificada. Por isso, mesmo com as dificuldades de manter o cotidiano com os filhos em casa, é importante que os pais e responsáveis tentem resgatar e rotina e organizem o tempo para o brincar, mantendo os limites e as regras necessárias. Psicóloga e especialista em infância e família, Caroline Leal avalia o comportamento infantil neste momento e ressalta a importância do brincar. ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Quais são os reflexos do

distanciamento social na infância? CAROLINE LEAL – Após um ano de distanciamento, os reflexos começam a aparecer como parte do desenvolvimento desta nova geração. Atendo crianças que já não se lembram mais de suas vidas antes da pandemia. O contexto social no desenvolvimento da criança é essencial. Ela tende a repetir o comportamento dos iguais, por isso, muitas crianças se alimentam melhor, obedecem às regras e suportam mais as frustrações quando estão na escola ou em outro ambiente social. Em casa, elas têm a experiência do amor incondicional e testam muito mais os limites, por isso os pais têm se queixado de ver os filhos com comportamentos regressivos. Algumas crenças infantis têm sido reforçadas pelo contexto atual, de que o mundo é um lugar perigoso, que não se pode mais brincar livremente (sem os cuidados necessários), chegar perto das pessoas ou abraçar os amigos. Percebo as crianças mais inseguras e menos espontâneas na forma de agir. ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – O que representa e quais

os benefícios em brincar na infância e dentro deste contexto? CAROLINE LEAL – A brincadeira é essencial para o desenvolvimento saudável de uma criança. É através do brincar que ela elabora suas angústias, experimenta o mundo, reproduz situações e cria soluções.

16 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Quais tipos de brinquedos

e/ou brincadeiras que podem auxiliar neste atual momento? CAROLINE LEAL – Jogos que envolvam a família e explorem as emoções das crianças são muito bem-vindos neste momento e podem ser instrumentos facilitadores para a melhor expressão e comunicação assertiva entre pais e filhos. Brinquedos que estimulem a criatividade da criança também auxiliam no processo de canalização da angústia e ansiedade causadas por esta pandemia. Quanto mais a criança fantasiar, imaginar e criar, mais ela terá capacidade de encontrar soluções para seus problemas na vida adulta. ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Além do lúdico, quais as

opções de brinquedos que podem ser exploradas com o intuito de também auxiliar no aprendizado dos pequenos, já que estão afastados das escolas? CAROLINE LEAL – Desde o ano passado, muitas crianças tiveram que ser alfabetizadas em casa. Acho que esta fase foi a mais afetada, pois elas estavam desenvolvendo sua relação com a aprendizagem e é muito importante que esta seja construída da melhor forma, de preferência, lúdica, para que a criança se sinta estimulada a entrar nesse mundo novo da leitura e escrita, segura e confiante de que será capaz. Por isso, todos os brinquedos que envolvam letras, figuras, quebra-cabeça de palavras, dominó de animais e nomes correspondentes, lousas mágicas, livros de ímãs etc. podem ajudar os pais e as crianças a entrarem neste novo mundo de forma mais leve e segura.


ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Há um ano vivendo neste

ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Para a seleção dos brin-

cenário de pandemia, muitos pais encontram dificuldades em administrar o trabalho em home office, a casa e os filhos, que precisam de atenção, de brincar e de estudar. Qual a sua recomendação? CAROLINE LEAL – Tenho percebido que, após um ano, muitas famílias foram se adaptando a este novo modelo, mas isso ainda continua sendo uma árdua tarefa. Como falei, o contexto social nos ajuda a tolerar melhor as frustrações – dentro de casa, em um ambiente seguro e tendo a experiência de amor incondicional, as crianças sentem-se mais livres para expressar seus desagrados e não têm a motivação de se comparar aos colegas. Os pais, sobrecarregados, sentem que estão falhando por não conseguirem cumprir todas as funções. É importante que os pais saibam que eles não irão conseguir suprir da mesma maneira que aconteceria no contexto social. Porém, uma rotina bem estabelecida sempre acalma a criança. Não importa se o dia todo será dentro de casa, o importante é que ela visualize a rotina de como será o seu dia, da mesma forma que as professoras fazem na escola quando escrevem na lousa. Aliás, recomendo que os pais comprem lousas ou quadros de rotina, bem lúdicos, de forma que deixem as crianças estimuladas a cumprirem as tarefas. É importante ter os horários de refeições, banho, escovar os dentes, hora da escola, hora de brincar, dormir e sempre incluir o momento da família para que a criança entenda que, mesmo que os pais estejam trabalhando, em algum momento do dia estarão disponíveis para elas.

quedos que irão integrar a rotina das crianças, quais devem ser os critérios utilizados, seja pelos pais/responsáveis na hora de adquirir os brinquedos, seja pelos lojistas para compor o seu mix e impulsionar as vendas neste período tão difícil para os seus negócios? CAROLINE LEAL – Os brinquedos são essenciais para o desenvolvimento cognitivo e emocional da criança. Claro que em cada fase os interesses e necessidades são diferentes, mas, em linhas gerais, os principais critérios que os pais deveriam avaliar em um brinquedo são: que estimulem memória, raciocínio e criatividade; que sejam desafiadores e que permitam a identificação e projeção. Na fase em que estamos vivendo, a falta de interação e situações sociais que naturalmente ajudam no entendimento de regras e capacidade de tolerância, a frustração pode ser trabalhada através de jogos de tabuleiro com família – todo o universo de fantasia que permita a criança experimentar outras situações ajuda a canalizar necessidades não satisfeitas. Brinquedos que estimulem a criatividade, seja por meio do desenho, da arte, seja da montagem, ajudam a criança a desenvolver uma boa autoestima e capacidade de solucionar problemas. Por fim, sugiro os brinquedos que estimulem a empatia, que percebo hoje como característica principal a ser trabalhada na criança para uma sociedade melhor no futuro. Brincando a criança se inicia na representação de papéis do mundo adulto que irá desempenhar mais tarde.

ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Para manter os pequenos

ocupados e conseguir trabalhar ou cumprir suas obrigações, há pais que deixam os filhos passarem um tempo maior em frente do computador, da televisão ou smartphone. O quanto isso pode ser nocivo à criança? Qual a sua recomendação? CAROLINE LEAL – Infelizmente, tudo que os terapeutas sempre falaram sobre o limite das telas e menor exposição caiu por terra quando a tela virou nosso único recurso de comunicação com o mundo. Inclusive a própria terapia deixou de ser presencial e passou a ser uma experiência virtual. É claro que a recomendação de 1 a 2 horas por dia nas telas se tornou impossível, pois só o tempo da escola já ultrapassa isso. Sendo assim, o que tenho recomendado é que o lazer em frente às telas seja reduzido ao máximo que for “possível” pelos pais. Existem diversas preocupações médicas de muito tempo em exposição às telas, mas falando da minha área, me preocupa o fato de as crianças estarem em pleno desenvolvimento de funções executivas, como controle dos impulsos, autorregulação e planejamento futuro. O uso abusivo das telas pode afetar essas funções.

ESPAÇO BRINQUEDO & PAPELARIA – Qual a sua mensagem

para os pais/responsáveis neste momento que estamos vivendo? E para os lojistas? CAROLINE LEAL – Minha mensagem para os pais é: entendam que o que estamos vivendo é algo temporário, por isso, não se cobrem tanto. As crianças precisam do olhar seguro dos pais para confiar em si mesmas e no mundo. Estabelecer uma comunicação assertiva com os filhos é o mais importante neste momento. A alegria é uma emoção básica e de sobrevivência, muito mais presente nas crianças (como defesa natural do organismo em pleno desenvolvimento) e deve se manter assim, apesar das adversidades. Para os lojistas que trabalham com brinquedos, lembro que o brincar tem função essencial no processo do desenvolvimento saudável da criança e assim sempre será, por isso, estamos diante de um nicho com muitas oportunidades de negócios. Neste momento de isolamento, o brinquedo mais do que nunca tem exercido o papel de levar alegria e fazer companhia para criança.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 17


/EP Conecta Brinquedo - cobertura

O MERCADO conectado

Durante três dias, o varejo teve a oportunidade de conferir os lançamentos e as tendências da indústria de brinquedos e acesso a promoções exclusivas, criadas pelas marcas especialmente para o evento EP Conecta Brinquedo

S

empre em busca de inovação para oferecer as melhores experiências ao mercado, o EP Grupo promoveu durante três dias de março (23, 24 e 25) o Conecta Brinquedo, um evento totalmente gratuito e on-line, realizado na plataforma Zoom e conduzido por sua CEO Marici Ferreira. Foram mais de 700 inscritos; deste total, 80% eram lojistas, que conferiram as apresentações das empresas Apolo, Baby Brink, Cardoso Toys, Copag, Dr. Bhorest, Elka Brinquedos, Estrela, FUN Divirta-se, i9 Brinquedos, Líder Brinquedos, Nig Brinquedos, Pais & Filhos, Rosita, Sulamericana Fantasias e Xalingo Brinquedos. Marici iniciou o evento compartilhando alguns importantes dados do mercado brasileiro que foram obtidos no relatório do NPD Group. Em 2020, o faturamento total do setor foi de R$ 3,8 bilhões, uma queda de 14% em relação a 2019. De março a maio, primeiro período em que as lojas tiveram que permanecer fechadas por conta da pandemia, houve uma queda de 53% nas vendas quando comparado ao mesmo período de 2019. Com a reabertura dos pontos de venda, os índices foram melhores: outubro registrou melhor desempenho do que o mesmo mês em 2019 e dezembro foi melhor do que as expectativas, tendo apenas 2% a menos de faturamento do que o ano anterior. Um dado bastante importante desta pesquisa e que aponta uma mudança de comportamento é em relação ao e-commerce. Em 2019, de cada 4 brinquedos, 100 eram comprados pela internet; em 2020, esse número saltou para 10.Acredita-se que em 2021 esse número deva ser ainda maior. E como ficam as lojas físicas neste contexto? Marici lembrou que daqui para frente é fundamental oferecer razões para o consumidor ir até a loja.“Garanta que a sua loja seja a única a oferecer produtos mais experiência. Se o local fizer a criança se divertir, os pais irão voltar.”

O QUE VENDEU EM 2020 E AS TENDÊNCIAS PARA 2021

Ainda de acordo com o relatório do NPD Group, as categorias de brinquedos que ganharam evidência em 2020 foram:

18 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

• • • •

STEAM toys (kits de tecnologia com ciência e construção): cresceu 156%. Triciclos e totocas: cresceu 17% Bonecas fashion, acessórios e fantasias: cresceu 12% Quebra-cabeça: cresceu 15%

Sobre as tendências para este ano, devem continuar despontando os STEAM Toys e as figuras de ação geek (heróis vintage, mangás etc.), e os youtubers permanecem influenciando a venda de brinquedos − alguns deles são Luccas Neto, Gi Neto, Maria Clara e JP. Ao iniciar o terceiro dia de evento, Marici contou que o EP Conecta estava sendo muito bem avaliado tanto pela indústria quanto pelo varejo, inclusive, para a ocasião foram realizadas promoções e condições especiais, contribuindo para impulsionar os negócios. “Isso nos dá a certeza de que os nossos esforços estão valendo a pena. É incrível ver todos reunidos, buscando novidades e diferenciais para que o setor continue evoluindo e transpondo as dificuldades deste momento. Esta é uma das razões pela qual eu sou tão apaixonada pelo mercado de brinquedos. Ele é feito de pessoas que se reinventam e seguem em frente. Sim, nós estamos em um momento delicado, mas já estivemos em outros. Vamos superar e seguiremos levando a milhares de crianças brinquedos e brincadeiras para que sejam, no futuro, pessoas capazes de se reinventarem”, agradeceu Marici, que aproveitou a ocasião para contar uma novidade: em breve estará disponível no portal do EP Grupo uma área dedicada aos lançamentos de produtos, com vídeos e muita informação atualizada para o varejo.

CONFIRA O QUE VEM POR AÍ!

Foram inúmeros os lançamentos apresentados pelas 15 empresas que participaram do EP Conecta Brinquedo, totalizando mais de cinco horas de evento. Não conseguiremos reproduzir nas próximas páginas todos eles, mas dá para ter uma ideia do que este incrível mercado de brinquedos preparou e vem preparando para 2021. Aproveitem!


APOLO Belle – A linha vem com novidades como

na coleção Bailarina com a boneca na versão ruivinha e que veste roupa azul. Outro lançamento é a coleção Blogueirinha, com 4 versões de bonecas em diferentes tons de pele e estilos próprios. Manu e Lucca, Valentina e Theo – Os bonecos formam casais de bebês gêmeos, com corpo de fibra bastante macio e modernas roupinhas. Maju – A boneca tem diferentes tons de pele e vem com duas opções de estilos de cabelo, além de vestidos supercoloridos.

Belle

Theo

Valentina

Maju

BABY BRINK Totoy Kids – Os personagens José Comilão e Sara do canal

do YouTube direcionado às crianças de 2 a 6 anos tornaram-se bonecos interativos. Ao apertar suas barriguinhas, eles falam 10 frases e tocam as musiquinhas da série. Looney Tunes – Com o filme Space Jam: A New Legacy previsto para chegar às telonas em julho de 2021, os clássicos personagens Taz, Piu Piu, Patolino, Pernalonga e Frajola viram pelúcia, mas desta vez com uma pegada cartoon. Boneca Sara – Totoy Kids

Looney Tunes

CARDOSO TOYS Linha Pocoyo – A linha de vinil ganhou novos integran-

tes, Sonequita e Fred. Além disso, o boneco articulado Pocoyo chega na versão 30 cm. Sweet Fantasy − São dois grandes lançamentos para as meninas: Cozinha Sonho de Menina, que traz forno que abre e fecha, pia com torneirinha e o grande diferencial: o apoio para celular, imitando a mãe que na cozinha usa o aparelho para preparar as receitas; e a Gela Sorvetinho, a geladeira que traz na porta uma máquina de fazer sorvete. O brinquedo acompanha forminhas para a menina preparar sorvetes de verdade.

Linha Pocoyo

Sweet Fantasy

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 19


/EP Conecta Brinquedo - cobertura COPAG Pokémon – São 10 anos de parceria com o persona-

gem, que completa 25 anos, por isso, há muitas novidades, entre elas, o Blister Gigante (9 modelos com cartas gigantes, trazendo muita nostalgia para os colecionadores), Batalha de Liga (Pikachu e Zekrom | Reshiram e Charizard), Espada e Escudo 4.5 – Box Pikachu V., Batalha de Liga Zacian e muito mais! Está sendo preparada uma coleção comemorativa dos 25 anos da franquia. Sequence – O jogo de tabuleiro com mais de 10 milhões de unidades vendidas em todo o mundo chega ao mercado brasileiro para divertir e desafiar os jogadores a formarem sequências. Manual do Mundo – O canal do YouTube criado em 2006, que hoje tem 2,6 bilhões de visualizações – considerado o sétimo maior de tecnologia do mundo – e explora o segmento STEAM, ganhará uma versão do seu tradicional jogo de conhecimento geral, o SciTruco.

Sequence

Pokémon

DR. BHOREST Mole Mole Massa – Produzida com matérias-pri-

Mole Mole Massa

Massa de Brincar e Modelar

mas orgânicas e alimentícias, tem textura extramacia e aroma de morango e está disponível em 9 cores, com indicação para crianças a partir de 3 anos. Massa de Brincar e Modelar – Também produzida com matérias-primas alimentícias e totalmente atóxica, vem em 11 cores. Ambas as massinhas estão acondicionadas em potes de 150g que se decompõem 97% mais rápido em relação aos potes plásticos tradicionais.

I9 BRINQUEDOS Na coleção #euqfiz, as novidades para customizar e criar peças únicas são: Bijus – O novo kit para montar as peças vem com miçangas que trazem letras, além de várias opções de pingentes. Braceletes da Amizade ensina as meninas a produzirem suas próprias pulseiras para as melhores amigas. Tie Dye – O êxito da linha que permite fazer camisetas utilizando a colorida técnica foi tanto que chegaram novas versões licenciadas de Gato Galactico e Hello Kitty.

Bijus

Tie Dye


ELKA BRINQUEDOS Naruto – A propriedade chega à Elka com bonecos

articulados de Naruto Uzumaki, Naruto Chibi, kit Ninja Naruto Shippuden (com bandana e demais acessórios), jogo de cartas Rank Ninja com QR Code na embalagem para acessar o vídeo que ensina como jogar o e Puzzle Play com 100 peças. (As imagens ainda são protótipos e poderão sofrer alterações). L.O.L. Surprise – Outra importante franquia chega ao mix da Elka, com um mix desenvolvido e adaptado ao mercado nacional. Tem jogo de tabuleiro (Montando meu Look), kits de biju para montar pulseiras (nas versões Bolsinha Porta-Joias e Kit Bijus), o Puzzle Play com 100 peças, que vem com lupa mágica para encontrar objetos escondidos, e a cesta Pic Nic no Parque. Manual do Mundo – A parceria com o canal do YouTube considerado o sétimo maior canal de tecnologia do mundo, com mais de 14 milhões de inscritos e que trata do segmento STEAM (ciência, tecnologia, engenharia, matemática) trará muitas novidades, a começar com duas versões do Puzzle Play – com 100 peças (temática dinossauros) e 200 peças (planeta terra).

Naruto

L.O.L. Surprise

Manual do Mundo

ESTRELA Baby Sol – A boneca, quando exposta ao

sol, fica bronzeada e com marquinha do biquíni. Quando tirada do sol, volta à cor original.

Estrela Baby – Urso Conta Histórias

– O ursinho de pelúcia tem quatro sensores (braços e pés); ao apertar um deles, a criança escolhe o desfecho da história que quer ouvir. Stranger Things – A licença de grande sucesso na Netflix que já tem prevista sua quarta temporada ganha jogo de tabuleiro e quebra-cabeça.

Baby Sol

Estrela Baby – Urso Conta Histórias

Stranger Things

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 21


/EP Conecta Brinquedo - cobertura FUN DIVIRTA-SE Figuras de ação – Tem novos perso-

nagens, linhas ampliadas, novos sortimentos em coleções como Sonic, Fortinite, Cavaleiros do Zodíaco, Naruto, DragonBall Z, Mortal Kombat e DC. Coleção Adotados – Apresenta novidades com a linha Sereia. Ao lavar o brinquedo, que vem em uma concha, a criança descobre qual é o bichinho: coelho, cachorro e gatinho, sendo sua outra metade uma sereia. Studio Creator − Consiste no kit “blogueira”, composto por painel verde (chroma key), (ring light) e tudo o que é preciso para fazer vídeos e fotos incríveis para as redes sociais.

Coleção Adotados

Figuras de ação

Studio Creator

Tapetes de atividades e de amarelinha

Dedoches da Turma do Mickey

A Fazenda do Zenon

LÍDER BRINQUEDOS Tapetes de atividades e de amarelinha: – Servem para decorar e brincar. Disponíveis nas propriedades Turma da

Mônica, Patrulha Canina, Disney Junior – Mickey, O Show da Luna, Homem Aranha, Toy Story 4 e Disney Princesas. Dedoches da Turma do Mickey: – Trazem as miniaturas de Mickey, Minnie, Pateta, Pluto e Donald. A Fazenda do Zenon: – Chegaram os bonecos de vinil do personagem Zenon e dos bichinhos que compõem a franquia voltada a idade pré-escolar.

22 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


NIG BRINQUEDOS Menino Maluquinho – O personagem que

completa 40 anos e chega, em breve, na Netflix, aparece em kit pintura e em quebra-cabeça com 108 peças. Coleção Crescer – Lançada para incrementar a linha de madeira da NIG, a coleção educativa é apresentada em seis coleções: Alfabeto, Sílabas, Forma Bichos, Equilibra Bebês, Sorvete de Rimas e Cadê o Bicho. Turma da Mônica − Os quebra-cabeças dessa incrível turminha vem em trÊs opções o gigante Meu Sansão, com 20 peças; o Turma Animada, com 260 peças, incluindo os personagens Milena e Jeremias; e o quebra-cabeça Mônica Retrô, com 500 peças e uma pegada mais geek.

Menino Maluquinho

Coleção Crescer

Turma da Mônica

PAIS & FILHOS Mongo e Drongo – A volta dos licen-

ciados é uma das apostas da empresa, que traz um sucesso do YouTube, a duplinha do canal Abluba Desenhos Animados. Haverá bonecos de 20 cm, quebra-cabeça dos personagens, jogo da memória e dominó. Giramille – Vem em uma linha didática e escolar, tem quebra-cabeças, jogo da memória, alfabeto com letras e sílabas e muito mais com a simpática girafinha. #Vida de influencer – O novo jogo de tabuleiro da linha Top Line traz a temática que agrada em cheio a geração Z.

Giramille

#Vida de influencer

Mongo e Drongo

ROSITA Os Aventureiros

– Para a principal aposta do canal do Luccas Neto, a série de super-heróis que traz Super Foca e Super Serei, a Rosita desenvolveu os bonecos articulados de 27 cm que vêm acompanhados da tão requisitada pedra do poder. Minions – E já que em 2022 as criaturinhas amarelas voltam às telas dos cinemas, é hora de trazer novidades, como a bateria dos Minions e o boneco interativo que reproduz 10 frases em sua linguagem tão peculiar. Os Aventureiros

Minions


/EP Conecta Brinquedo - cobertura SULAMERICANA FANTASIAS Linha bebê – Ganha destaque no portfólio com mais

de 70 lançamentos e tem o reforço do retorno da licença Disney. Está dividida em duas categorias: Baby (0 a 1 ano) e Toddler (1 a 3 anos). Segura, confortável e com reproduções fiéis das franquias, apresenta coleções de Mickey & Friends, Princesas, Toy Story, Monstros S.A, Procurando Nemo, Moana, Frozen, Avengers e muito mais! Linha infantil – São mais de 15 lançamentos, com ênfase nos personagens de anime e destaque para o conceito kigurumi – uma tendência fashion japonesa. É algo como “vestindo um animal fofo”, uma fantasia que serve ainda como pijama. Nesta linha tem a coleção Looney Tunes. Outras novidades na linha infantil são Naruto, DragonBallZ, Justice League (DC), entre outros.

Linha bebê

Linha infantil

Categoria STEAM Batman Gato Galactico

XALINGO BRINQUEDOS Categoria STEAM – É considerada um novo conceito educativo. Mais evoluída, com mais elementos tecnológicos e divertida

a categoria é trabalhada pela Xalingo, que traz jogos com a finalidade de divertir e ensinar, como Playset Sistema Solar, Movimentos do Planeta Terra e Corpo Humano. Batman – A linha do personagem que terá novo filme em 2022 conta com um playset que lembra a Batcaverna, dominó com peças em madeira, além de quebra-cabeças em versões 3D e conceito DIY. Gato Galactico – A franquia continua sendo um grande sucesso, tendo no canal mais de 14 milhões de inscritos e terá novidades, como a tabela de basquete em madeira com serigrafia, o playset Sistema Solar e o quebra-cabeça 3D Aventuras na Mansão Miau, com 48 peças.

24 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 25


capa

A

FOI PRECISO

mudar

maneira como o varejo vem se relacionando com o consumidor, conduzindo os negócios, o formato de vender...tudo isso precisou ser revisto, mudado e adaptado com a pandemia. Como o varejo vem enfrentando estas mudanças? Quais os reflexos de mais de um ano de pandemia? Quais os desafios? E as perspectivas? Lojistas compartilham suas experiências e comprovam que se reinventar é algo que o brasileiro faz e muito bem!

O que não faria de novo: Não colocaria o pes-

ARMARINHO DELMAR | RIO DE JANEIRO – RJ Leonardo Belaciano, gerente operacional “Tivemos uma queda no faturamento de 30%, lembrando que não tivemos as principais festas sazonais como Carnaval, Festa Junina e Natal. Assim que a pandemia iniciou, colocamos todos os funcionários de férias e, posteriormente, fizemos a suspensão dos contratos de trabalho. Não deixamos de honrar nossos compromissos; pagamos fornecedores e funcionários em dia. Hoje, ainda atravessamos um momento de muitas indefinições, como um possível novo fechamento do comércio; estamos em compasso de espera, aguardando o avanço da vacinação para que possamos voltar ao velho normal. Estamos comprando somente os produtos indispensáveis, e negociando bastante com nossos fornecedores e aumentando o prazo de pagamento para termos fôlego.” 26 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

soal de férias, pois onera bastante a folha. Foco: Focamos no delivery porque, com o fechamento das lojas, essa foi a única opção de vendas. Priorizamos também o relacionamento com nossos clientes, principalmente de atacado, bem como fortalecemos nossa exposição nas mídias sociais e nossos canais digitais de vendas (site, Instagram e WhatsApp). Relação com os fornecedores: Foi muito difícil. Teve aumento abusivo de preços, piora nas condições de pagamento. Ficamos bastante decepcionados com muito fornecedores que se aproveitaram da crise sanitária para aumentar seus lucros. Vendas on-line: Remodelamos e atualizamos nosso site, fizemos parcerias com marketplaces como Magazine Luiza, Rappi e Americanas, aumentamos nossa exposição nas mídias sociais e passamos a vender também pelo WhatsApp. Lições: A maior lição é na verdade a constatação de que nosso modelo de negócio é bem estruturado e administrado, pois não precisamos demitir nenhum funcionário nem recorrer a empréstimos para honrar nossos compromissos. Trabalhamos capitalizados e isso nos proporcionou atravessarmos este período com relativa tranquilidade.


AZUL E ROSA BRINQUEDOS EDUCATIVOS | SÃO PAULO – SP Vítor Amorim Moreira Tribuna, sócio proprietário “A crise sanitária teve um impacto avassalador no meu negócio, derrubando pela metade, ou mais, todo o faturamento, fazendo migrar para o e-commerce a maior parte do volume de vendas que sustentava os negócios, sem qualquer aparato ou preocupação maior em brigar com as grandes plataformas de venda digital. A primeira ação foi desenvolver um site moderno e uma estrutura de vendas on-line funcional e mais agressiva, redesenhando todas as nossas experiências de vendas. A segunda preocupação foi começar a olhar com mais atenção todo o processo de compras, adequando melhor o estoque ao giro real dos produtos. Estamos acreditando num futuro próximo mais tranquilo, com algumas características diferentes. Um mercado mais exigente quanto a novas tecnologias, mas sempre valorizando e prestigiando aqueles que se valem da melhor prestação de serviços para abocanhar uma fatia interessante do mercado.” Foco: Não existe um modelo certeiro para superar esta

crise que assolou o mundo. Acho que a fé, o apego à religião de cada um, acreditar com afinco nos nossos princípios e, claro, adequar as nossas empresas à nova realidade do mercado: reduzir custos, ajustar o portfólio, intensificar o treinamento e, mais do que nunca, buscar uma aproximação cada vez maior com o nosso cliente visando a fidelização, com ações e medidas diferenciadas que, pesquisadas e testadas, possam garantir-nos uma lembrança na mente do cliente são imprescindíveis.

Relação com os fornecedores: Foi de uma parceria total, porque os dois lados foram afetados na mesma proporção. Vendas on-line: É clara a necessidade de atualização de todas as empresas, cada uma com a sua realidade. As que sobreviverem precisarão de uma adequação à nova realidade, porque o e-commerce vai continuar crescendo provocando o fechamento de muitas lojas física. Além da loja virtual, também investimos nas mídias sociais (Instagram e Facebook) para gerar tráfego e mais procura por nossos produtos. Mudanças no comportamento do consumidor: Será muito difícil recuperar esse cliente digital,

cheio de regalias, praticidades, preços justos, ofertas, ausência de filas, despreocupado com estacionamentos lotados, intempéries. Não se rema contra a maré, mas, se levantarmos as velas para a direção certa do vento, podemos chegar a uma ilha tranquila, com nativos fiéis ao nosso negócio. Além disso, para nossa sorte, há atributos oferecidos pelo nosso modelo de negócios que não se acham nessas plataformas digitais. Resumindo, qualquer compra é um verdadeiro namoro e todo o namoro precisa e deve ser presencial. Lições: Muitas lições podem ser colhidas deste triste momento que estamos vivenciando. As coisas mudam em uma velocidade vertiginosa e, cada vez mais, não há espaço para momentos tranquilos no comércio. Precisamos estar atentos a todo o momento porque um mar calmo, aparentemente inofensivo, pode transformar-se em algo revolto, agressivo, preocupante, que exija precauções planejadas para atitudes imediatas. O varejo físico vai precisar urgentemente rever e investir pesadamente em novas tecnologias sob pena de ser “engolido” por aquele que conseguiu se desenvolver digitalmente. Nesse sentido, acho que tivemos oportunidade de um ótimo aprendizado para adequarmos as empresas ao novo modelo que já está presente no mercado.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 27


Fotos: Renato Padalka

capa

BRINK-LÂNDIA | CARAZINHO – RIO GRANDE DO SUL Gustavo Lehnen, gerente-geral “Passado um ano do início da pandemia, acredito que o desafio do gestor permanece o mesmo: proteger os colaboradores e clientes com medidas sanitárias, bem como garantir que a empresa passe por este momento administrando da melhor maneira a parte financeira, no entanto, estamos mais preparados para lidar com problemas decorrentes desta crise. Sentimos fortemente os efeitos da pandemia, só neste ano de 2021 em nosso estado ficamos 20 dias com as portas fechadas sem poder receber clientes, apenas realizando negócios virtualmente. Visando manter o nosso fluxo de caixa, num primeiro momento reduzimos as compras rotineiras e a avaliação de compras se tornou mais criteriosa e estratégica – utilizamos negociações de prazos estendidos. Estamos nos posicionando para atender o cliente no canal que ele desejar e esperando que ele retome sua visita à loja com o decorrer do tempo; temos cautela com o futuro, mas estamos reforçando estoques na espera de uma retomada no consumo. Consideramos que a vacinação será o maior propulsor para a volta das atividades rotineiras.”

28 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Relação com os fornecedores: Da nossa parte,

a relação foi ótima; sempre honramos todos os compromissos.

Mudanças no comportamento do consumidor:

Observamos que o cliente está mais “digital”, fazendo uso de ferramentas como Facebook, Instagram e WhatsApp (esta última se consolidou como um canal oficial da empresa; não conseguimos imaginar hoje a falta dela para realizar as compras), e também percebemos que o cliente, ao entrar na loja física, está realizando o processo e compra de maneira mais ágil. Embora haja essa mudança comportamental, acreditamos que o consumidor sente a falta do PDV, ainda mais falando de brinquedos, que é uma compra sensorial, em que os pais gostam que o seu filho pegue e sinta o produto e escolha o seu preferido. Vendas on-line: A compra on-line e retirada na loja, para nós, já é algo bem rotineiro. Acredito que a integração entre os canais é fundamental, o cliente não enxerga o on-line e off-line, ele quer ser bem atendido independente do canal com agilidade e cordialidade. Tivemos um grande aumento nas vendas on-line, especialmente no início da pandemia. Há cinco anos trabalhamos com o e-commerce em nosso site e em marketplaces, mesmo assim buscamos diariamente nos adequar para melhorar a operação. Lições: A maior lição de tudo isso é que sempre temos que estar em movimento e melhorando nossos processos; a digitalização da empresa passou de uma opção para uma necessidade urgente.


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 29


capa Relação com os fornecedores: O bom relacio-

HAPPILY BRINQUEDOS | GUARULHOS – SÃO PAULO Andréia Rubbi, proprietária “O impacto da pandemia foi significativo. Com a loja física fechada, boa parte dos clientes apreensivos, aulas presenciais suspensas e festinhas de aniversário canceladas, o faturamento caiu bastante. Aderimos ao BEM (programa emergencial de manutenção de empregos), que foi fundamental para a manutenção dos empregos de nossos colaboradores; negociamos descontos nos custos fixos e mantivemos um estoque enxuto durante o período da quarentena, o que nos possibilitou permanecer em dia com o pagamento de todos os fornecedores e manter um fluxo de caixa saudável para investir no segundo semestre. Acreditávamos que a demanda seria expressiva, como realmente foi. O momento atual exige cautela. Mas estamos esperançosos de que, mais do que nunca, a sazonalidade do nosso ramo de atividades e a importância do brincar na vida das crianças serão vantagens a nosso favor. E, assim como no ano passado, que mesmo após um período de tantas incertezas, tivemos excelentes Dia das Crianças e Natal, esperamos repetir esse cenário, acreditando que dias melhores virão e estaremos lá!” Foco: Foi necessário desprender um esforço muito

maior no processo de vendas. Estando a distância, o atendimento personalizado a cada consumidor foi intensificado. Foi preciso passar ao cliente a certeza de que ele estava fazendo uma compra segura, principalmente com relação aos canais de venda. O uso das redes sociais como ecossistema nessa troca de informações foi indispensável.

30 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

namento com os fornecedores foi fundamental para que estivéssemos abastecidos no retorno das atividades, o que coincidiu com a temporada do Dia das Crianças. Pedidos antecipados, com a aposta de que haveria grande demanda, e o nosso histórico de pagamento sempre em dia – uma máxima que trabalhamos desde o início das nossas operações – nos possibilitaram ter os produtos nas prateleiras para atender os consumidores.

Mudanças no comportamento do consumidor: Percebemos que o atendimento híbrido, no qual o

cliente pesquisa previamente seus produtos, desfaz suas dúvidas por outros canais (site, telefone, direct, WhatsApp) e depois dirige-se à loja física apenas para retirar (take away, drive-thru), agilizando o processo de compra, veio para ficar. No entanto, a maioria dos nossos consumidores ainda prefere a compra física – em parte pelo imediatismo que ela proporciona e por uma desconfiança que persiste com alguns e-commerces que não cumprem o prometido, especialmente no prazo de entrega. Em parte, também, porque gostam de ver e escolher pessoalmente o que estão adquirindo, para conferir a qualidade, as dimensões e a funcionalidade dos brinquedos. Outro fator relevante é a vantagem do atendimento personalizado e especializado e, especialmente, a experiência agradável e lúdica que é estar dentro de uma loja de brinquedos, algo insubstituível. Vendas on-line: Já tínhamos a ideia de implementar nosso site, o que virou realidade na primeira fase da pandemia. Hoje, neste novo período de fechamento das lojas, este recurso tornou-se essencial, pois o site virou a grande vitrine virtual para que os clientes pesquisem detalhadamente e escolham seus produtos. Além disso, abriu-se um novo canal de vendas, com amplas possibilidades de ser explorado. Lições: É preciso estar preparado psicológica e financeiramente para imprevistos imediatos e futuros. A segunda lição é fundamental: sempre manter um fluxo de caixa saudável e um planejamento a médio prazo, visto que trabalhamos com um setor que depende muito da sazonalidade. E, por último, é preciso se reinventar e estar atento às necessidades do mercado e às mudanças de comportamento do nosso público-alvo que, com as mídias sociais, tem se alterado de maneira muito mais dinâmica.


EVENTO

SAVE 20 E 21 the date

OUTUBRO/2021

VILA DOS IPÊS

AVENIDA MOFARREJ, 1505 VILA LEOPOLDINA – SÃO PAULO/SP REALIZAÇÃO:

PUBLICAÇÃO OFICIAL:

APOIO:

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 31


capa

MY TOY | ARAÇATUBA – SP Karla Badaró Verbena, proprietária “Com as lojas fechadas, investimos em nossas redes sociais e no e-commerce para alavancar as vendas por esses meios; também colocamos 80% dos funcionários em férias até a aprovação do governo em subsidiar o afastamento. Renegociamos o aluguel durante o período que a loja se manteve 100% fechada e fizemos parcerias com empresas de entregas (motoboys). Não fazíamos ideia das proporções da pandemia; achávamos que tudo retornaria ao normal em um a dois meses e não foi o que aconteceu. Não tínhamos contrato com empresas de entrega, nem com os correios e não vendíamos nos maiores marketplaces do país –mas, já para este ano, estamos em todos. Fizemos alterações em nossa plataforma de e-commerce para facilitar a entrega e estamos muito mais ativos em nossas redes sociais, inclusive vendendo por todas elas.” O que não faria de novo: Eu não repetiria a programação de compras, pois os fornecedores tiveram falta de matéria-prima, a produção foi afetada pelas regras de distanciamento social e as entregas dos produtos ficaram comprometidas. Ou seja, além da dificuldade de vender também tivemos falta de produtos.

32 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Relação com os fornecedores: Foi muito difícil;

houve falta de matéria-prima, atraso nas entregas, falta de logística, redução de produção, falta de atendimento e o principal: aumento exorbitante de preços. Os fabricantes foram obrigados a trabalhar com apenas 30% de sua grade de funcionários.

Mudanças no comportamento do consumidor:

Houve uma significativa mudança no tipo de brinquedo consumido. Em vez de optarem pelos brinquedos que tradicionalmente são os mais vendidos, como bonecas Barbie, L.O.L. e pistas Hot Wheels, por exemplo, passaram a comprar jogos de tabuleiro, quebra-cabeça, entre outros que proporcionassem momentos em família. Vendas on-line: Embora as vendas pelo e-commerce respondam por 30% das nossas vendas em épocas normais, atualmente as redes sociais e e-commerce assumiram a importância de 100%. O consumidor aprendeu a ser “digital”, porém, o brinquedo é lúdico, atrativo e com muitas opções, levando crianças e pais para as lojas. O passeio em nossas lojas vai além; torna-se a lembrança na infância da criança. Quem aí não se lembra de seus passeios para comprar brinquedos? Lições: Tudo muda, é imprevisível e instável no comércio. Somado a isso, podemos ser acometidos por uma crise como esta que estamos vivendo. Temos que estar preparados com reservas financeiras. Vários empresários trabalham “alavancados” em empréstimos financeiros e, infelizmente, ficarão pelo caminho no futuro.


TOYS MANIA | PATROCÍNIO – MG Rogério Resende, gerente comercial e de marketplace “O principal impacto que sofremos foi o choque de realidade. Costumamos criar um ambiente mágico em nossa loja, com oficinas criativas, parcerias com escolas de idiomas, grupos de leitura, pecinhas teatrais e muito mais; de repente, não pudemos mais receber os consumidores em nossa loja. Já havíamos começado com as vendas on-line há cerca de 4 anos, mas só mesmo quando o comércio fechou é que demos a devida atenção para essa área e redirecionamos a atenção para as vendas na internet, que realmente salvaram o nosso negócio. Tivemos que montar uma estrutura para conseguir atender via redes sociais e demandas por telefone. Pessoas que eram da área administrativa migraram para o atendimento no WhatsApp; a equipe do estoque se adaptou às entregas; todos da área de vendas se transformaram em verdadeiros youtubers, fazendo “unboxes” e tentando se comunicar da melhor forma possível com o consumidor entediado em casa, sempre com o toque mágico do nosso marketing especializado. Foco: Agora precisamos consolidar o “novo normal”. Em

nossa unidade física estamos incentivando o delivery e o atendimento virtual, assim, geramos oportunidades de emprego para entregadores terceirizados. Também criamos um setor específico de atendimento virtual, tanto nas redes sociais como no Whatsapp. Estamos em constante adaptação com o “novo normal” e vamos continuar proporcionando

experiências únicas de compra para nossos clientes, seja no conforto e segurança de suas casas ou em nossa loja, colocando em primeiro lugar a responsabilidade social. Relação com os fornecedores: Foi muito tranquilo; houve uma compreensão mútua, prezando uma relação de reciprocidade. Fizemos nossa parte mantendo os compromissos em dia e, quando precisamos de um crédito aqui e outro ali, por conta da demanda crescente nas plataformas de venda on-line, eles nos atenderam. Tudo bem conversado.

Mudanças no comportamento do consumidor:

Uma mudança que achei bastante interessante foi a procura por brinquedos antigos e outros que estavam sendo deixados de lado por conta do adiamento dos lançamentos de filmes. Praticamente não tivemos “heróis ou princesas” nas telas, com isso, linhas como Barbie, que há algum tempo tinha perdido lugar no pódio para outras personagens foram alavancadas. Para os meninos, os carrinhos Hot Wheels também foram um sucesso. Além disso, ganharam evidência as brincadeiras ao ar livre e, consequentemente, foram impulsionadas as bolas de futebol, os kits de tacobol, jumpballs e a corda de pular, acrescentando os jogos, quebra-cabeças, blocos de montar ou qualquer outro brinquedo que conseguisse entreter ou gastar energia da moçada. Com isso, mudamos a programação normal de pedidos, em busca de um mix de produtos que atendesse a esta repentina mudança na demanda. Vendas on-line: Logo que conseguimos nos “estabelecer” atendendo os clientes da cidade e região, foi iminente o redirecionamento da atenção administrativa aos marketplaces. E agora, mais do que nunca, é a hora de nos estruturarmos fortemente em plataformas de vendas virtuais e nos espalharmos por todo território nacional. A pandemia foi uma “porta de entrada” para muitos consumidores que tinham receio de compras pela internet, portanto, cabe a cada um aproveitar a oportunidade e sair da zona de conforto para atender esse pessoal. Lições: A palavra-chave do ano foi empatia! Temos sempre que nos colocar no lugar do próximo. Com tudo o que temos passado, nunca se sabe o quão frágil e vulnerável o outro pode estar, então, qualquer tentativa de melhorar o dia de alguém é mais que válida!

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 33


/licenciamento

As apostas no universo

DAS MARCAS E PERSONAGENS INFANTIS

O

setor de marcas e personagens se reuniu virtualmente no dia 11 de março no evento LicensingCon – Marcas e Personagens promovido pelo EP Grupo e conduzido por Marici Ferreira para apresentar as novidades e tendências para o mercado brasileiro. Trouxemos aqui um apanhado das incríveis apostas para o público infantil e que, em breve, estarão nas linhas de brinquedos e de artigos escolares.

BOLOFOFOS

Fique por dentro do portifólio do Bolofofos por meio do Guia de Marcas.

Estas adoráveis criaturinhas criadas por Eduardo San Marino reúnem música, humor e muita fofice. Bolofofos tem o seu canal no YouTube, com mais de 4 milhões de views diários, e já pode ser encontrado em várias plataformas, como Deezer, Now, Prime Vídeo, e em diversos países. O ritmo contagiante das canções e o humor inteligente dos clipes vêm conquistando a todos.

MAURICIO DE SOUSA PRODUÇÕES

Fique por dentro do portifólio da Turma da Mônica por meio do Guia de Marcas.

Turma da Mônica Baby – O relançamento da marca é o grande lançamento do ano. Os personagens em suas versões baby vêm com novos traços, mais contemporâneos e leves, mantendo a fofurice da turminha.

34 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


UNIVERSAL STUDIOS

Fique por dentro do portifólio da Universal por meio do Guia de Marcas. Jurassic World é uma das grandes apostas do estúdio. Os investimentos seguem aquecidos com o lançamento do filme, previsto para junho de 2022. Também estão programadas novas temporadas, na Netflix, da série Acampamento Jurássico, destinada às crianças de 5 a 9 anos. A franquia conta com muitas outras ativações, como novos conteúdos digitais, ao longo do ano, no YouTube e Facebook; lançamento da atração Velocicoaster em Orlando, ainda neste ano; e a abertura de uma área inteira, neste ano, na Universal de Beijing (China) do Jurassic World; integrações com games, além dos próprios aplicativos do Jurassic World e uma campanha do Agosto Jurássico com lançamentos de produtos e ações digitais apoiados por campanhas de marketing e varejo.

Minions é outro grande destaque do estúdio, com lançamento do filme programado para 30 de junho de 2022. Também haverá novos guides para este ano, uma grande campanha de férias (junho/julho 2021) com ações entre licenciados e varejistas, maratonas de filmes (inclusive com conteúdos exclusivos) e novos conteúdos digitais, com 40 novos curtas.

Onde Está Wally? – Foi apresentada uma versão mais infantil, para o público de 4 a 7 anos, por meio de um seriado animado disponível em 20 episódios na Globoplay.

A Casa Mágica da Gabby – Recém-lançada no Brasil pela Netflix e número 1 em séries infantis na Netflix dos EUA, traz a história da garota Gabi que tem uma casa de bonecas no formato de gatinho e que, ao colocar uma orelhinha se transforma numa personagem animada e interage com os felinos, vivendo várias aventuras. Já estão sendo programados, para este ano, lançamentos no YouTube e no aplicativo da franquia, que é voltada para meninas de 2 a 5 anos.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 35


/licenciamento SANRIO

Fique por dentro do portfólio da Sanrio por meio do Guia de Marcas.

Hello Kitty – A clássica personagem em 2021 tem várias ações programadas, lembrando que ganhará filme live-action entre 2023 e 2024.

Hello Kitty & Amigos – A marca desenvolvida para unir os personagens mais icônicos e marcantes da Sanrio oferece várias possibilidades para os segmentos infantis.

Gudetama, o ovo preguiçoso e a panda Aggretsuko, que está na Netflix em sua terceira temporada, já com a quarta garantida, são as opções do portfólio da Sanrio para uma turminha geek, mas que também agradam bastante o público infantil.

TYCOON 360

Fique por dentro do portfólio da Tycoon 360 por meio do Guia de Marcas.

Love Diana – A personagem é a terceira maior criadora de conteúdo para YouTube no mundo – em janeiro de 2021, seus canais bateram 4,3 bilhões de visualizações. Com suas fantasias e aventuras inspiradas em brincadeiras, Diana é uma grande aposta.

36 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Among Us – Novo fenômeno mundial, o game lançado em 2018 tornou-se um fenômeno sendo o jogo mais buscado no Google e mais baixado em celulares em 2020. O jogo de sobrevivência que se passa no cenário espacial contabilizou 80 milhões de usuários ativos por dia (base: outubro de 2020) e foi lançado recentemente no Nintendo Switch, Epic Game Store, Xbox Game Pass para PC e está no Xbox em 2021.


VIACOMCBS BRASIL

Fique por dentro do portfólio da ViacomCBS Brasil por meio do Guia de Marcas.

Patrulha Canina terá novo filme com estreia prevista no Brasil em 2 de setembro e várias ativações no mercado e PDV.

A Fazenda do Zenon tornou-se sucesso na internet entre a turminha pré-escolar, com estreia no Globoplay e Paramount+, além de diversos conteúdos no YouTube.

Baby Shark terá com nova série, a Baby Shark’s Big Show, nas plataformas da Nickelodeon e os personagens em uma nova linha em 2022.

Bob Esponja ganha novas séries em 2021 e dois spin-offs, da série original: The Patrick Star Show e Kamp Koral, que traz a infância dos personagens da Fenda do Biquíni em um acampamento de férias.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 37


/gôndola

S

É SÓ DAR O play!

egundo levantamento da SuperData, braço de análise de entretenimento da Nilsen, o setor de jogos digitais teve receita de US$ 126,6 bilhões em 2020, representando 12% a mais do que 2019, muito por conta da pandemia, que obrigou as pessoas a passarem mais tempo em casa em isolamento social. O mercado de jogos mobile foi responsável por 58% do faturamento anual do setor. Além disso, os games premium de

console obtiveram 14% do faturamento anual em games digitais. Para este ano, a previsão é de uma volta à normalidade. Ou seja, os analistas esperam que o setor cresça menos, mas ainda feche no positivo. Com toda certeza é um nicho de mercado atraente e que pode ser explorado com vários itens, como os acessórios para games. Aqui apresentamos alguns deles!

HEADSET SEM FIO [HYPERX] Cloud II Wireless é um headset sem fio com autonomia de bateria de até 30 horas de uso contínuo e alcance de até 20 metros. Tem microfone removível com cancelamento de ruído e design flexível. É compatível com PC, PS4™ e Nintendo Switch. Funciona com o software gratuito HyperX NGENUIT.

NOVO VOLANTE [MULTILASER] Compatível com XBOX ONE, PS4, PS3, PC e Nintendo Switch, o volante JS090 (Warrior Artaxes Volante Gamer Multiplataforma) tem suporte de fixação para superfície de até 6 cm de espessura, pedais progressivos, manche para marcha manual e possibilidade de trocar para semiautomático, volante com giro de 270° e conexão USB.

38 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


TECLADO ULTRACOMPACTO [OEX] Ideal para jogos FPS, o miniteclado tem 60% do tamanho dos teclados padrão, possui 64 teclas retroiluminadas e 100% antighosting, backlight Rainbow com 17 efeitos de LED (ajuste da intensidade do brilho e velocidade das transições) e conexão USB.

AÇÕES PARA PRECISAS [RAZER] Ideal para jogadores que usam pegada “palm grip”, o DeathAdder V2 é um mouse ergonômico, leve (82 g), tem a lateral revestida com material emborrachado e resistente a suor. Equipado com o sensor óptico Razer Focus+, é otimizado para novos recursos, como rastreamento inteligente, cut-off assimétrico e sincronização de movimentos.

UMA NOVA EXPERIÊNCIA SONORA [I2GO] O Headphone Bluetooth Comfort Go une qualidade, resistência, acabamento premium e o som HD estéreo com graves da tecnologia BASS+, além da conexão bluetooth 5.0, proporcionando uma experiência sonora única e com total liberdade de movimentos.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 39


/perfil de loja

Casa do Bebê

Essa é uma daquelas histórias inspiradoras e que amamos compartilhar para que sirva de exemplo para tantos empreendedores deste Brasil afora

I

naugurada em 2015, no centro de Itaíba (PE), a loja especializada em artigos para bebê tem à sua frente Orlaneide Gomes Lima Ferreira, uma empreendedora de carisma ímpar que mesmo com todas as adversidades e após sucessivos erros administrativos, jamais desistiu de lutar pelo seu sonho e, hoje, possui três bem-sucedidas lojas. A empresária nasceu em uma família de comerciantes. Seus pais tiveram lanchonete, um pequeno mercado e um depósito de bebidas. Assim que casou, Orlaneide passou a cuidar do depósito de bebidas, mas a falta de conhecimento administrativo levou ao fechamento do negócio. Em 2001, o seu pai vendeu para ela e o seu marido o mercadinho que tinha um bom giro e clientela formada. “No entanto, cometemos um grande equívoco. Para realizar o sonho da casa própria, descapitalizamos o mercado. Mais uma vez faltou a visão estratégica e uma administração adequada, o que nos levou a encerrarmos as atividades e, para honrar as dívidas que contraímos, tivemos que vender a casa”, lembra a empresária. Era preciso recomeçar, mas, com pouco dinheiro, Orlaneide apostou no artesanato e começou a produzir algumas peças em biscuit. Foi aí o seu primeiro contato com o mercado para bebês. Confeccionava em casa as lembrancinhas, os kits de higiene e os vendia na faculdade que cursava. Em 2008, decidiu abrir o ateliê Tok e Retok fez aulas de bordado, de pintura, tudo para auxiliar no seu trabalho com biscuit. “Novos problemas na condução dos negócios, alguns calotes de clientes e, novamente, foi preciso fechar as portas”, recorda. Com o fechamento do ateliê, Orlaneide voltou a produzir as peças em sua casa, já que as clientes continuavam procurando seus produtos, inclusive pedindo outras peças, como quadros e demais peças decorativas, o que a levou a utilizar a antiga casa dos avós, que era maior, para o seu trabalho. Além de atender as clientes que batiam à sua porta, Orlaneide, com a sua simpatia e carisma, deixava em consignação os seus produtos em lojas de Caruaru, cidade onde comprava as matérias-primas. “Para a minha alegria, os negócios estavam indo bem.”

40 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Orlaneide Gomes Lima Ferreira está à frente da Casa do Bebê.

EM 2015 NASCE A CASA DO BEBÊ

Trabalhar no mercado para bebês era uma certeza para Orlaneide. Com pouco dinheiro, foi necessário um empréstimo para abrir em 2015 a Casa do Bebê, reformá-la, fazer a fachada, comprar mercadorias etc. “O dinheiro era curto, por isso, o guarda-roupa velho se transformou em prateleiras da loja, passei noites em claro produzindo as peças em biscuit para ter mais produtos expostos na loja e dar a impressão de variedade, já que fui para Caruaru somente com mil reais para comprar roupinhas e acessórios para revender. Mas eu não ia desistir do meu sonho, mesmo com todas as dificuldades. Anunciei a inauguração em carro de som, na rádio local e foi incrível!”, recorda. Nesta época em que contava com poucas mercadorias, o que ajudava muito era a criatividade para impulsionar as vendas. Tudo o que tinha na loja era fotografado com os preços, em um cenário caprichado, e postado na página do Facebook. “Isso nos ajudou a vender e, até hoje, especialmente a nossa página no Instagram contribui e muito para impulsionar as vendas. Também participamos de grupos de WhatsApp.”


Aos poucos, os negócios começaram a prosperar e, em 2018, a Casa do Bebê saiu de uma garagem e foi para a região central de Itaíba. “Para a nova loja, comprei uma quantidade de mercadorias como nunca havia feito e estava confiante. Fazia pouco mais de 30 dias que estávamos abertos quando houve na cidade um assalto ao Banco do Brasil e o movimento na cidade caiu absurdamente, mais de 60%. Comecei a ficar com as mercadorias encalhadas, pouco movimento e os boletos vencendo. Os débitos com os fornecedores foram aumentando, o que me levou a ficar um ano sem poder comprar mercadorias. Foi uma experiência dolorosa, ao mesmo tempo incrível, pois me ensinou a ser criativa e trabalhar com o que tinha; mudava a disposição das roupas e acessórios para dar a impressão de que eram peças novas, fazia novas combinações de roupas e usei outras importantes estratégias de vendas para conseguir superar as dificuldades, mais uma vez!”, explica Orlaneide, que quase desistiu de vez do negócio, chegando inclusive a arrumar um trabalho com carteira registrada. No entanto, sua fé e persistência se fizeram presentes e não a permitiram renunciar ao seu negócio. Buscou ajuda profissional, fez cursos no Sebrae, conseguiu enxergar os erros e aprender com eles. “Expus toda a situação financeira do meu negócio. Eu tinha certeza que havia uma solução, sem a necessidade de fechá-la, só não conseguia enxergar, por isso valeu muito a pena a consultoria. Foram apresentadas as ferramentas e um direcionamento para eu sair daquela situação. Por ser a líder da empresa, hoje tenho procurado investir muito em conhecimento e busco o autoconhecimento através do coaching, que vem agregando valor para que eu vença os meus vícios comportamentais e quebre paradigmas.”

PERSEVERANÇA, CORAGEM, CRIATIVIDADE E GRATIDÃO Orlaneide sempre exaltou a sua fé, dizendo que aí está o seu sustento e a sua fortaleza. Mas fé sem atitude não traz mudanças. Por isso, a empresária reforça que, para empreender, é importante que caminhem juntas a perseverança, a coragem, a criatividade e a gratidão. “A perseverança é indispensável neste caminho do empreendedorismo, porque as dificuldades sempre vão surgir e não dá para desistir nos primeiros obstáculos. Também é preciso coragem para dar o primeiro passo e recomeçar, se for necessário. A criatividade nunca pode faltar. No meu caso, quando faltavam os recursos financeiros, fazia uso dela para conduzir os negócios e, por fim, ser uma pessoa grata. A gratidão cabe em qualquer lugar e nos torna pessoas prósperas.”

Inauguração da mais nova unidade em Águas Belas, Pernambuco.

OS PASSOS DA BEBÊ Após 6 anos da primeira loja, hoje a Casa do Bebê tem outras duas unidades: uma em Arapiraca, Alagoas, e outra em Águas Belas, Pernambuco, ambas inauguradas em meio à pandemia, em novembro de 2020 e fevereiro de 2021, respectivamente, e contam com um enxoval completo, incluindo roupinhas para recém-nascidos até 10 anos, além das bolsas e kits para berço – estes dois últimos se destacam pelo preço bastante diferenciado, já que são comprados diretamente das fábricas da região, o que inclusive permitiu à Casa do Bebê passar a vender também para o atacado. Um trabalho bem bacana realizado pela Casa do Bebê e que traz um retorno incrível são as ações nos postos de Unidade Básica de Saúde do Programa de Saúde da Família (PSF), onde as gestantes realizam o pré-natal. “Vamos aonde estão o nosso público-alvo, entregamos panfletos, conversamos, apresentamos a loja, as formas de trabalho e pagamento, sorteamos brindes. Além disso, também vamos aos postos de Unidade Básica de Saúde em datas comemorativas como Outubro Rosa, Dia das Mães, Semana da Gestante, onde novamente levamos brindes e apresentamos a loja. O retorno é bastante positivo, com um número expressivo destas gestantes indo até a nossa loja para fazer o enxoval”, contabiliza. Orlaneide tem como propósito continuar expandindo o seu negócio e abrir lojas por outras regiões, beneficiando 100 famílias. “Meu desejo é crescer, mantendo o atendimento humanizado e diferenciado, tendo um preço justo e acessível, com a maior variedade em enxoval para bebês.” Quando perguntada se vale a pena sonhar e ir atrás do sonho, Orlaneide tem a resposta pronta: “Vale a pena acreditar nos seus sonhos e trabalhar para vê-los realizados. Tudo que passei contribuiu para o meu crescimento e me fortaleceu. Eu amo sonhar e amo mais ainda viver deste sonho realizado”, afirma a sonhadora e batalhadora empresária. ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 41


+

os 10

Top 10

Confira quais foram os brinquedos mais vendidos nos meses de fevereiro e março pelo Brasil

ARMARINHO DELMAR [Rio de Janeiro – RJ] 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Amoeba – Asca Kimeleca – Acrilex Jogo Uno – Copag Maxi Pega Varetas – Elka Carrinho de Boneca – Maralex Bingo Globo 48 Cartelas – Lugo Super Troca de Roupas Doll – Brincadeira de Criança Boneca My Hair Petit Banho – Milk Baby Alive Refil de Fraldas com 6 unidades – Hasbro Coleção de carros Baby Start Soft – Silmar

Armarinhos Fernando [SÃO PAULO – SP] 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

42 /

Bola de futebol – Sakes Comercial Herói de Fogo – Plaspolo Patins – DTC Patinete – New Top Dama e Trilha – Algazarra Carrinho de controle remoto – Candide Lap top para crianças – Candide Panelinhas com comidinha – Miele Boneca Babies Collection – Super Toys Boneca Little Jeans – Milk

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

AZUL & ROSA BRINQUEDOS EDUCATIVOS E CRIATIVOS [SÃO PAULO – SP] 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Jogo de xadrez – Mitra Zig-Zag – Bohney Feche a Caixa – Gui Gui Bloquitos Animais – Conceito Básico Kit Café – Newart Cachorra Bassê Grávida – Bichos de Pano Jogo de Memória Folclore Brasileiro – Araquarela Boliche Animais – Soft Mel Quebra-cabeça gigante Dinossauro 96 peças – SIMQUE Lousa Magnética – MagForma


Brink-Lândia [Carazinho - RS] 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Carrinho básico Hot Wheels – Mattel Irmã do Cachorrinho Aprender e Brincar Fisher-Price – Mattel Bonecos figuras de sção sortidos com 12 peças – Sunny Jogo Super Banco Imobiliário – Estrela Boneca Maria Clara – Rosita Boneca Sonho Azul 120 frases com cabelo – Cotiplás Baralho Jogo Uno – Copag Nerf Elite Disruptor – Hasbro Totokinha Bolinha Menino – Cardoso Fofomóvel Carros Tow Matter – Lider

pipoka brinquedos criativos [SÃO PAULO – SP] 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Lousa Magnética – Carimbras Boneca Chapeuzinho 3 em 1 – Baú do Pirata Torre de Equilíbrio – Junges Kit de pulseiras Life Charms – Multikidis Trenzinho de Letras – Artyara Bichos Grávidos – CAS Engrenagem Maluca – Steam Quebra-Cabeça Progressivo – Nig Brinquedos Kit Arqueologista – Ark Toys Cabana – Ciabrink

consulado dos brinquedos [SÃO PAULO – SP] 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Jogo Pandemic – Galápagos Jogos Jogo Dobble – Galápagos Jogos Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes Vol. 1 – V&R Editoras O Jogo do Ano com Gildo e os Amigos – Araquarela Jogo The Mind – Galápagos Jogos Jogo Dixit Odyssey – Galápagos Jogos Jogo Dobble Harry Potter – Galápagos Jogos Quebra-Cabeça Capadócia 500 peças – Pais & Filhos Quebra-Cabeça Gigante 36 peças Folclore Brasileiro – Araquarela Box Diário de um Banana 10 volumes – V&R Editoras

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 43


/Lojista em foco

Vendendo A DISTÂNCIA

Conheça a plataforma de Catálogo Digital Interativo Integrado com o WhatsApp

A

B2C Integrado se juntou com o maior distribuidor de brinquedos especializado do Brasil, além de outros principais players do segmento moveleiro, e criaram uma plataforma de catálogo digital interativo integrado com o WhatsApp. Basta cadastrar os produtos e catálogo em PDF, vincular os botões interativos, cadastrar o WhatsApp dos vendedores e então enviar os links personalizados dos catálogos para cada vendedor ou diretamente para os clientes, sites, redes sociais e mídias digitais.

Quando o vendedor envia este link para a sua rede, os clientes visualizam o catálogo como se estivessem folheando uma revista; selecionam os produtos desejados, que são armazenados em um carrinho de compras; então, enviam o pedido já estruturado automaticamente para o WhatsApp do vendedor. “Eu adorei! Ficou muito prático para fazer pedidos! Com certeza vamos comprar muito mais”, diz a lojista Bárbara, que já utiliza a solução.

Em apenas 8 dias o catálogo alcançou uma média de 30% de transações, em comparação com um período de 1 ano, de transações de um B2B tradicional implementado em um dos distribuidores parceiros da B2C Integrado.

44 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA


“Somos os maiores interessados em manter este ecossistema funcionando e sabemos que os lojistas precisam de ferramentas para atender seus clientes locais, de olho nas novas realidades e tecnologias. Neste momento, uma ferramenta de vendas por mídias digitais e o uso eficiente do WhatsApp tornam-se fundamentais”, diz o CEO da Barão Distribuidor Rogério Ness. Em apenas 8 dias o catálogo alcançou uma média de 30% de transações, em comparação com um período de 1 ano, de transações de um B2B tradicional implementado em um dos distribuidores parceiros da B2C Integrado. “Disponibilizar lançamentos de produtos e campanhas promocionais ficou muito mais fácil, dinâmico e intuitivo. Os botões interativos e a forma com que o cliente navega no catálogo aumentam a conversão das vendas” diz a gerente de marketing da Barão Distribuidor. A B2C Integrado também abriu frente com outros segmentos de distribuição, e a cada dia vem implementando novas funcionalidades para atender o varejo, tais como disponibilizar meios de pagamentos, templates para lojistas que não possuem catálogo em PDF, além de integração com sistema interno dos clientes. Diversos distribuidores estão se unindo à plataforma B2C Integrado com um único propósito de criar alternativas para adaptar os negócios a esta nova realidade de compra e venda. “Somos os maiores interessados em manter este ecossistema funcionando e sabemos que os lojistas precisam de ferramentas para atender seus clientes locais, de olho nas

novas realidades e tecnologias. Neste momento, uma ferramenta de vendas por mídias digitais e o uso eficiente do WhatsApp tornam-se fundamentais”, diz o CEO da Barão Distribuidor Rogério Ness. A B2C Integrado incentiva os distribuidores e lojistas a criarem seus catálogos oferecendo 7 dias de uso gratuito para avaliar o serviço. “Nossa intenção é disponibilizar para mercado uma plataforma B2B2C com conceitos de social selling, que ajude desde a cadeia de distribuição até os pequenos lojistas. Conhecemos as dificuldades enfrentadas pelo setor na transformação digital, e criamos uma solução acessível para o mercado com planos a partir de R$ 149,90, isentando nossos clientes de taxas de comissões, como ocorre na maioria das plataformas”, diz o fundador da plataforma B2C Integrado.

Você pode saber mais sobre a plataforma BC2 Integrado acessando o site www.b2cintegrado.com.br ou enviando um WhatsApp para o número (11) 99160-2635. Ah, ao entrar em contato, mencione #mariciferreira e ganhe um desconto exclusivo para obter a plataforma.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 45


/empresa

Marca traz um novo conceito para a categoria de massinhas de modelar

P

ara as crianças, elas representam uma brincadeira clássica e adorada. E não é só diversão! Além de entreter, a brincadeira com as massinhas traz benefícios como o desenvolvimento da criatividade e de habilidades motoras finas. Mas tem algo diferente neste estica, puxa, aperta e modela desde a chegada no mercado brasileiro da marca Dr. Bhorest. Para falarmos deste produto 100% nacional, temos que voltar ao tempo, mais precisamente a 1983, quando Ulysses Amorim de Oliveira, proprietário da Dr. Bhorest, fundou uma fábrica voltada à confeitaria fina e começou a trabalhar com a pasta americana (pasta de açúcar). Aí saltamos para 2013, quando Ulysses iniciou as pesquisas com matérias-primas alimentícias visando a produção das massinhas de brincar e modelar. “Nossa intenção era fabricar uma massinha livre de produtos nocivos à saúde, já que é muito comum as crianças levarem este tipo de produto à boca. Após um tempo de estudos e dedicação, chegamos a uma massinha bastante leve e macia, totalmente segura para brincar. No entanto, este trabalho ficou adormecido até que em 2019 notamos que era o momento de retomar o projeto, montamos a fábrica e fabricamos as massinhas para análise laboratorial, aprovação do Inmetro e solicitamos a patente do produto. Assim nasceu a Dr. Bhorest”, conta o empresário.

46 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Dr. Ulysses Amorim de Oliveira e Marici Ferreira, CEO do EP Grupo, em visita á Dr. Bhorest.

“Onde tiver comércio, nosso produto pode ser comercializado e, para uma exposição adequada e ‘vendedora’, desenvolvemos opções de displays de chão e balcão. Além disso, dependendo do negócio firmado com o lojista, podemos disponibilizar promotoras que estarão com pistolas para a experimentação das massinhas pelos consumidores”


MATÉRIA-PRIMA 100% ALIMENTÍCIA E POTES BIODEGRADÁVEIS Produzidas com matérias-primas orgânicas e alimentícias, as massinhas Dr. Bhorest passaram com 100% de aprovação em testes de análises químicas, mecânicas, microbiológicas, de toxidade oral aguda e de irritabilidade dérmica. Além de oferecer um produto seguro para as crianças, a marca também teve a preocupação de desenvolver embalagens biodegradáveis, neste caso, os potes de 150g se decompõem 97% mais rápido do que os tradicionais de plástico. Outra atenção dada pela marca foi a inclusão no rótulo de informações em braile.

AÇÕES E MIX O lançamento da marca ocorreu no início de 2020. Levando em conta um cenário totalmente atípico devido à pandemia, a Dr. Bhorest, mesmo sem publicidade, afirma que atingiu uma quantidade de clientes muito boa e inesperada. “Fizemos uso das redes sociais para divulgar os nossos produtos e firmamos parcerias com influencers, que apresentavam as massinhas para as suas audiências. Continuaremos com essas estratégias e estaremos por 2 meses com inserções publicitárias no canal SBT, nos programas Bom dia e Cia, Chiquititas, Sábado Animado e Domingo Legal (em algumas regiões). Também havíamos programado a participação na feira Abrin, mas temos que aguardar o desenrolar da pandemia, assim como pretendemos retomar as oficinas na parte de recreação infantil de hotéis como Bourbon Atibaia, Hotel Tauá e Fazenda Paraíso tão logo seja possível”, conta Dr. Ulysses.

As massinhas da Dr. Bhorest são produzidas com matérias-primas 100% alimentícias.

As massinhas são produtos bem aceitos em diferentes tipos de lojas, seja de brinquedos, papelaria, padarias, postos de conveniência, supermercados etc. “Onde tiver comércio, nosso produto pode ser comercializado e, para uma exposição adequada e ‘vendedora’, desenvolvemos opções de displays de chão e balcão. Além disso, dependendo do negócio firmado com o lojista, podemos disponibilizar promotoras que estarão com pistolas para a experimentação das massinhas pelos consumidores”, conta Dr. Ulysses. Atualmente o portfólio é composto por duas linhas: a Mole Mole Massa, com textura extramacia e aroma de morango, indicada para crianças a partir de 3 anos e disponível em nove cores, e a Massa de Brincar e Modelar, em 11 cores. Ambas não grudam, não mancham e não fazem sujeira. Dr. Ulysses, avisa: “Aguardem que, para 2022, traremos novidades”.

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 47


/artigo por @Steve Pasierb

De brinquedos “socialmente conscientes” ao consumidor “kidult” ESSAS SÃO AS TENDÊNCIAS A SEREM OBSERVADAS EM 2021

D

epois de um ano histórico que viu as vendas de brinquedos nos EUA dispararem com milhões de famílias reclusas em casa, em fevereiro, a US Toy Association revelou as principais tendências de brinquedos que devem impulsionar as vendas da indústria em 2021. Normalmente, nossa previsão de tendência anual é apresentada na Toy Fair New York, mas neste ano, com a feira adiada para fevereiro de 2022, ela foi compartilhada digitalmente. A equipe de tendências destacou o impacto contínuo da pandemia nas brincadeiras, o compromisso da indústria de brinquedos em ajudar as crianças a se tornarem melhores cidadãos globais, a ascensão do consumidor de brinquedos “kidult” e os benefícios socioemocionais de brinquedos e jogos conscientes. Muitas vezes somos questionados sobre como nossa equipe percebe as tendências. Tudo se resume a passar vários meses observando centenas de novos produtos inovadores de empresas de brinquedos e entretenimento juvenil e prestando muita atenção às tendências sociais que impactam a economia e os hábitos de compra dos consumidores. Tendências da mídia social viral, além de gostos e preferências infantis em evolução também são levados em consideração. Espera-se que 2021 seja outro ano histórico, já que os efeitos da pandemia continuam a reverberar em todos os aspectos de nossas vidas. Crianças e pais estão usando a brincadeira como uma ferramenta para desestressar e se reconectar uns com os outros, e a própria brincadeira está mudando (você já pensou que usar máscara, higienização de mãos e testes de Covid seriam comuns nas encenações das crianças).

48 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Como muitas crianças passam mais tempo aprendendo em casa, STEM/STEAM e outros brinquedos educacionais continuam a crescer em popularidade. Estamos vendo essa tendência evoluir, à medida que se vincula a novas tecnologias (codificação, realidade aumentada e virtual, composição musical etc.), marcas nostálgicas e aprendizagem sem tela e ferramentas de aprendizagem inclusivas voltadas para crianças portadoras de deficiência. Também estamos vendo um número crescente de brinquedos “socialmente conscientes” (pense em bonecos e pelúcias que promovem diversidade e consciência cultural, brinquedos e embalagens ecologicamente corretos, brinquedos STEAM com fontes de energia renováveis, conjuntos de brinquedos com elementos da fazenda, e assim por diante). As empresas que desejam alavancar essa tendência de crescimento são incentivadas a conferir nosso STEAM Toy Assessment Framework (https://bit.ly/3dKt1M2), que pode ser usado como uma lista de verificação para o desenvolvimento de brinquedos STEM/STEAM eficazes para as crianças.

"Há um número crescente de brinquedos 'socialmente conscientes' que promovem diversidade e consciência cultural, além de ecologicamente corretos.”


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 49


/sustentabilidade

“As compras on-line continuarão a crescer e os varejistas tradicionais encontrarão novas maneiras de deixar os consumidores entusiasmados com a chegada a suas lojas.” No ano passado, observamos um grande aumento nas vendas de brinquedos para atividades ao ar livre e vários tipos de equipamentos de playground para manter as crianças ativas em casa. Neste ano, estamos vendo um tipo diferente de brinquedo de “bem-estar” no centro do palco – produtos que ajudam as crianças a se concentrar, entender e dar nome às suas emoções e se envolver em atividades sensoriais e/ou conscientes que reduzem a ansiedade e o estresse. Os brinquedos fidget, que ficaram em segundo plano em 2020, com menos famílias entrando nas lojas e fazendo compras por impulso, devem retornar em 2021. No primeiro ano da pandemia, os adultos (mesmo aqueles sem filhos) passaram a brincar mais e se socializar com amigos de longe (por exemplo, noites de jogos via Zoom). A tendência “kidult” está crescendo em 2021, com mais adultos procurando colecionáveis ​​de última geração, jogos de tabuleiro, quebra-cabeças, escapismo e se conectar com sua própria “criança interior”. Brincar é benéfico em muitos níveis, algo sobre o qual falamos constantemente na Toy Association e por meio de nossas pesquisas na “Genius of Play”. Mas, recentemente, vimos realmente esses benefícios ganharem vida para aqueles que talvez não tivessem tempo para jogar antes da pandemia. A paralisação global do ano passado deu a todos nós a chance de desacelerar e aproveitar as pequenas coisas da vida e esperamos que esta tendência se mantenha, mesmo que o mundo gradualmente volte ao normal.

50 /

ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

Em termos de licenciamento, com muitos lançamentos migrando para serviços de streaming ou adotando uma abordagem híbrida, existem novas oportunidades para IPs originais apoiados por plataformas de mídia social (TikTok, YouTube etc.) e canais não lineares (Disney +, Netflix, HBO Max etc.) para eliminar o ruído e causar um impacto no varejo ao lado das licenças de entretenimento tradicionais. As compras on-line continuarão a crescer e os varejistas tradicionais encontrarão novas maneiras de deixar os consumidores entusiasmados com a chegada a suas lojas. Quer as famílias comprem em lojas físicas ou on-line, continuamos a educar pais e responsáveis ​​sobre como identificar e evitar a compra acidental de produtos falsificados. É um desafio contínuo que a Toy Association está enfrentando de ambos os lados – ao defender a proteção da IP nos corredores do governo americano, além de aumentar a conscientização do consumidor. Estes são apenas alguns exemplos do que está em alta agora e o que veremos nos próximos meses. Os compradores de varejo são convidados a visitar www.ToyFairEverywhere.com, o único mercado de B2B digital da comunidade global de brinquedos o ano todo, para novas oportunidades de negócios e para ver e comprar produtos que estejam de acordo com as tendências de brinquedos mencionados aqui. Também incentivo a todos conferir nosso resumo completo das tendências de 2021 e assistir ao Toy Trends Briefing da equipe de tendências em www.ToyAssociation.org/trends. Com o cenário de brinquedos, brincadeiras e varejo continuando a mudar em um ritmo rápido, a equipe também fornecerá uma atualização de tendências no meio do ano, à medida que entramos no importante quarto trimestre. Detalhes sobre o lançamento digital dessa discussão serão compartilhados nos próximos meses. Steve Pasierb é presidente e CEO da US Toy Association


ESPAÇO BRINQUEDO REVISTA

/ 51