{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1


Índice

MODA

14

CULTURA

MODA

16

Oscar 2015 celebrou o lado humano e premiou personagens realistas

4

TURISMO

6

Na baixa temporada, Madri torna-se irresistível e ainda mais sedutora

ESPECIAL

8

Selfie, todo mundo já fez, faz ou fará! Saiba mais sobre esta mania mundial

MODA

10

Famosas mostram que estilo “tal mãe, tal filha” está cada vez mais em alta

Sessentinha, sim! Grifes provam que a silhueta dos anos 60’s volta à cena fashion

O tradicional tricô chega com o frio, mas com muita novidade em suas tramas

GASTRONOMIA

18

Versões gourmet valorizam e requintam pratos e despertam outros sentidos além do paladar

COTIDIANO

20

Confira 10 dicas para minimizar o estresse no trabalho e ter mais qualidade de vida

ECOLOGIA

22

Sustentabilidade também se serve à mesa e traz benefícios às pessoas e ao planeta

Lojas parceiras: Anjinho, Azul Calçados, Casa Fucci, Dullius, Esporte Total, La Traviatta, Pasetto e Totonho. Contatos GBM Comunicação Rua 25 de julho, 670, Sala 203 Bairro Rio Branco | Novo Hamburgo/RS CEP 93310-250 | Fone: (51) 3593.2669 www.revistapar.com.br

Editores - Mauro Moraes e Milton Grabin Reportagem - Camila Veiga Design - César Bressane Fotos - Capa (Reprodução), Divulgação e SXC.hu


4 CULTURA

ARUTLUC

E o Oscar vai para...

OUTONO - 2015

a vida real! 2

3

4

Principal premiação do cinema mundial celebrou filmes e personagens mais próximos à realidade, com todas as imperfeições e belezas típicas da condição humana

Outros candidatos ao prêmio de Melhor Filme e que valem a pena ser vistos: Revista PAR

5

6

7

[

A edição 2015 do Oscar teve algumas peculiaridades que a distinguiram das de anos anteriores. O pouco usual tom de protesto - social e até político - nos discursos de agradecimento de alguns dos premiados foi a coroação de uma cerimônia marcada pela presença de filmes e personagens mais “humanizados”. Todos os candidatos a melhor filme do ano, por exemplo, contaram histórias mais próximas à realidade, fugindo de estereótipos perfeitos e sempre com final feliz. Esta aproximação do cinema com a vida real, segundo especialistas no assunto, reflete uma tendência comportamental em que se valorizam as coisas do cotidiano e na qual a idealização é refutada, ou pelo menos rebaixada em termos de importância. Assim como na moda o conceito normcore – tão em evidência no verão – é um contraponto à ostentação e ao luxo, no cinema as produções de apelo mais realistas e próximos ao cotidiano ganham espaço – e prêmios!


5 ARUTLUC

CULTURA

OUTONO - 2015

Melhor atriz: Julianne Moore, por “Para Sempre, Alice”

Birdman - o dilema entre sucesso ou realização profissional Filmado como se fosse uma sequência única - sem interrupções e com ação contínua -, Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) confirmou o favoritismo e levou a estatueta mais desejada da noite, a de Melhor Filme do Ano. Michael Keaton vive o personagem Riggan Thomson, um ator que no passado tornou-se ícone do cinema ao interpretar o super-herói Birdman. A trama se desenvolve a partir do momento que Riggan quer ser reconhecido por seu valor artístico e retomar o sucesso na carreira, que entrou no ostracismo quando ele recusou-se e fazer o quarto filme da franquia de Birdman. Ele decide, então, dirigir, roteirizar e estrelar a adaptação de um texto consagrado para a Broadway e enfrenta toda sorte de dificuldades ao lidar com o elenco e seu agente, tudo isso ouvindo uma misteriosa e constante voz interna. É o eterno dilema sobre o que é mais importante: o sucesso, mesmo que por meios e filmes de gosto duvidoso; ou o reconhecimento de seus pares e de especialistas, mas em produções de menor repercussão. Além do Oscar de Melhor filme, Birdman levou os troféus de Roteiro Original, Fotografia e Direção, que ficou com o cineasta mexicano Alejandro González Iñárritu.

Dos prêmios mais valorizados, somente um ficou com uma produção que não concorria ao Oscar de melhor filme. Aos 54 anos, Julianne Moore levou a estatueta de melhor atriz por sua atuação no filme “Para sempre Alice”, no qual ela interpreta uma renomada professora de linguística que é diagnosticada com Alzheimer, fato que a aproxima da filha e afasta do marido. Esta atuação brilhante já havia lhe garantido outras premiações importantes, como o Globo de Ouro e o BAFTA.

Melhor ator: Eddie Redmayne, por “A Teoria de Tudo” O Oscar de melhor ator para Eddie Redmayne causou uma certa surpresa – o mais cotado era Michael Keaton, por Birdman. Redmayne interpreta no filme “A Teoria de Tudo” a trajetória do físico Stephen Hawking, um dos maiores gênios da humanidade e também conhecido por ter a doença degenerativa que o confina a uma cadeira de rodas. A convincente e emocionante interpretação garantiu a estatueta ao inglês de 33 anos, que até então tinha uma carreira modesta.

]

1

Revista PAR


6 OUTONO - 2015

TURISMO

OMSIRUT

A charmosa arquitetura local encanta os visitantes

[ Capital da Espanha proporciona uma rara combinação de atrativos. Na baixa temporada, Madri brinda os visitantes com temperaturas amenas e torna-se ainda mais acessível.

Madri para todos! Localizada na Península Ibérica, no sul da Europa, a Espanha é o segundo país que mais gerou receita com turismo no mundo e o terceiro que mais recebeu visitantes estrangeiros, em 2014. Foram 65 milhões de turistas, que gastaram algo em torno de 63 bilhões de euros. A capital espanhola é um dos principais pontos de convergência deste enorme contingente de pessoas. E não é para menos, afinal Madri concentra uma rara combinação de atrativos. Para quem gosta de história e cultura, é impossível não ficar maravilhado com os diversos museus e com a arquitetura local, cheia de estilo e charme. Destaque especial para o Museu do Prado e o Museu Thysen Bornemisza, dois dos mais importantes da Europa, sendo o primeiro dotado da maior coletânea de arte da Espanha e o segundo caracterizado pela diversidade de seu acervo. Madri é linda o ano todo, durante o dia e à noite. Sua arquitetura, o charme de bares e restaurantes e a noite agitada e cheia de atrativos fazem parte deste incrível repertório. A Plaza Mayor, por exemplo, merece ser visitada. Tomar um café em um dos muitos estabelecimentos locais é uma experiência única – e os valores são bem menores que os praticados nas demais capitais europeias.

Fonte inesgotável de diversão

Palácio Real é parada obrigatória para os turistas Revista PAR

Pode-se percorrer a pé – tendo disposição, claro – por outros pontos turísticos locais, como as fontes de Cibeles e de Netuno, nas quais as águas remetem ao frescor desta capital cosmopolita. País de forte influência católica, a Espanha tem na Catedral de Almudenaum um de seus cartões postais. As pedras de tons azuis e cinzas dão um colorido


7 OUTONO - 2015

TURISMO

OMSIRUT

Os cafés da Plaza Mayor são uma ótima opção para curtir a cosmopolita capital espanhola

Fonte de Cibeles e o Estádio Santiago Bernabéu atraem milhares de visitantes

especial à igreja, localizada em frente ao Palácio Real, outra parada obrigatória. Residência oficial de famílias reais de Espanha, hoje o palácio serve mais como ponto turístico, e vale o esforço de se esperar em longas filas para visitá-lo. Já aos amantes do futebol, visitar o Santiago Bernabéu, lendário estádio do Real Madri, é obrigatório. De fácil acesso por intermédio de uma farta e eficiente malha de metrô, o estádio oferece visitas guiadas. E isso tudo é só uma pequena amostra do que a capital espanhola tem a oferecer. A facilidade da língua – o espanhol – e a hospitalidade local fazem de Madri um excelente destino para os que buscam muitos atrativos em um mesmo local. Catedral de Almudenaum

Período de temperatura e preços amenos O período compreendido entre os meses de março e junho é considerado como o de baixa estação na Europa, o que garante pelo menos três atrativos adicionais: temperaturas amenas, menor volume de visitantes - que se traduz em melhor atendimento em aeroportos, hotéis, restaurantes, etc - e preços e condições de viagens mais acessíveis. E sempre é bom lembrar que quanto maior a antecedência da reserva, maiores são os descontos. Da mesma maneira, cadastrar-se em sites de agência de viagens e turismo online permite receber avisos eletrônicos cada vez que o pacote entra em promoção. Ou seja, programe-se e boa viagem!!

]

Museus do Prado e Thyssen Bornemisza são dois dos mais importantes do mundo

Revista PAR


8 LAICEPSE

ESPECIAL

OUTONO - 2015

Todo mundo quer

#selfie Não tem hora, local ou situação que possa determinar sua ocorrência: os selfies estão por toda parte. Definidos pelo dicionário Oxford como a foto que alguém tira de si mesmo, geralmente com um smartphone ou webcam, e posta em uma rede social, eles vêm fazendo um sucesso estrondoso desde 2013, quando ‘selfie’ se tornou a palavra do ano e a hashtag #selfie somou 57 milhões de fotos no Instagram - em fevereiro deste ano, o mesmo dado saltou para 237 milhões. A palavra de origem inglesa, um diminutivo de ‘self ’, por sua vez

Revista PAR

redução de ‘self-portrait’, que significa autorretrato, caiu na graça dos brasileiros. Considerado por especialistas da psicologia e sociólogos como uma ferramenta moderna da autoafirmação pessoal ou exibicionismo, o selfie já faz parte da rotina de 90% do povo tupiniquim, de acordo com levantamento revelado no mês de janeiro. O clique é feito diariamente ou ao menos uma vez por semana por 58% dos entrevistados. As paisagens urbanas são panos de fundo para 19% das ações, enquanto o espelho auxilia em 12% das fotos. E também temos as derivações: 72% gostam de tirar

o retrato em grupo ou em família, fenômeno chamado de “wefie”. Por falar em categorias de selfie, no ano passado, veio à tona o “belfie”, a foto do bumbum, e, ainda, o “shoefie” e o “selfeet”, cujo foco são os sapatos e os pés, respectivamente. E quem não cruzou com o acessório mais comentado deste verão – o bastão de selfie? O gadget com cabo retrátil que aumenta o campo de alcance do clique chegou a ser pauta da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que informou a permissão para seu transporte na bagagem de mão durante os voos.


9 OUTONO - 2015

ESPECIAL

LAICEPSE

E agora? Estamos tratando de um fenômeno social contemporâneo, impulsionado por uma série de adventos que também seguem em constante desenvolvimento, como as redes sociais e as hashtags. Sendo assim, não há previsões garantidas sobre o futuro do selfie. O que já se sabe, porém, é que o setor de tecnologia está investindo forte em câmeras frontais cada vez mais qualificadas, que os famosos não perdem nenhuma oportunidade de se autorretratarem e que a nossa timeline segue cheia de #selfies.

Timeline do selfie Os autorretratos são muito mais antigos que pensamos. Pesquisadores creditam ao químico Robert Cornelius o primeiro selfie da história, feito em 1839; Mas há quem defenda que a pioneira do clique foi Anastasia Nikolaevna, filha do czar Nicolau II da Rússia, que se fotografou em frente ao espelho em 1914; Em 2004, o termo selfie já existia no Flickr; Em 2005, o fotógrafo Jim Krause descreveu o selfie como “uma dessas imagens que você tira virando a câmera para você”; A hashtag #selfie foi usada pela primeira vez no Instagram em janeiro de 2011, pela norte-americana Jennifer Lee; Em 2013, ‘selfie’ entrou para o dicionário Oxford como a palavra do ano; Em 2014, o selfie protagonizado por Ellen DeGeneres e artistas durante a cerimônia do Oscar bateu recorde no Twitter, ultrapassando 2 milhões de retuítes. Em novembro, a revista Times listou o bastão de selfie como uma das 25 melhores invenções do ano passado. Revista PAR


10 OUTONO - 2015

MODA

ADOM

03

Puxou à

mãe 02

04 Revista PAR


11

Combinações A top Alessandra Ambrósio

(01) e a fofa Anja são especialistas neste assunto. Desde os primeiros passos de sua primogênita, a musa promove uma harmonia incrível entre os looks que usam. E mesmo quando há alguma distinção de modelo ou cor, os estilos de ambas mantêm-se alinhados. Do pretinho básico ao festival hippie é assim. E a tendência vale para a hora da praia também. Prova disto é o clique da übermodel Gisele Bündchen e sua bebê Vivian (02) usando biquínis que levavam a mesma padronagem. No radar nacional, a apresentadora Ticiane Pinheiro e Rafaella (03) fazem bonito na combinação e não disfarçam

o gosto por vestirem-se iguaizinhas. Já na família da dançarina Adriana Bombom (04), alguns looks chegam em dose tripla. Mãe de Olivia e Thalita, ela compartilha com as duas meninas estampas idênticas.

01

Motivo nobre Com causa nobre, criações de roupas parecidas para mães e filhas – e para meninos também – integram a vertente fashion da “Born Free Africa”, campanha que visa zerar os índices de transmissão da Aids de mãe para filho em solo africano em 2015. Miuccia Prada, Victoria Beckham, Isabel Marant, Donatella Versace e Stella McCartney estão entre os designers que desenvolveram peças utilizando estampas do artista queniano Wangechi Mutu, em uma bela equação de amor, moda e solidariedade.

] Revista PAR

ADOM

[

Como se não bastasse todo o estilo que costumam esbanjar em eventos, capas de revista e programas de tevê, as famosas vêm mostrando que a moda “tal mãe, tal filha” está em alta, vestindo as pequenas herdeiras com looks semelhantes aos seus – e muito fashionistas. Reservadas algumas diferenças em termos de conforto e detalhes apropriados para crianças, as personalidades e suas meninas enchem de inspiração o guardaroupas das mamães Brasil afora. Seja na estampa ou na produção completa, o que se vê por aí é encanto puro!

MODA

OUTONO - 2015


14 ADOM

MODA

OUTONO - 2015

Inverno com toque sessentinha   Décadas passadas sempre têm vez nas passarelas modernas. Referências bem sucedidas na história da moda são trunfo para estilistas proporem uma nova temporada fashion nos guardaroupas femininos. E quando chegou a vez do inverno 2015 ser tema dos desfiles internacionais, fashionistas não tiveram dúvida: é da década de 60 que vem a estética vintage da nova estação fria.   Minissaias, botas com canos que vão até a altura dos joelhos, shapes mais soltos e a característica modelagem em “A” – mais justa na parte superior e com caimento amplo – sobressaíram no line-up das grandes capitais da moda. Contudo, o toque personificado de cada uma das grifes conferiu novas interpretações para o mood sessentinha e nos prepara para uma temporada cheia de charme. Let’s go 60’s! Revista PAR

Versace e sua versão barroca da silhueta com mood 60’s

A sofisticação de Valentino originou patchworks singulares


15 ADOM

MODA

OUTONO - 2015

Além de saias e vestidos, Gucci trouxe de volta a estética unissex

Na Dolce & Gabbana, bordados e pedrarias de encher os olhos

Dos tempos de Twiggy   A modelo Twiggy (foto) foi ícone dos anos 60, uma década de muitas revoluções no quesito estilo. O clima eufórico da juventude da época anunciou uma série de mudanças – que se refletiram na moda. As moças, mais independentes, deixaram as saias rodadas de lado e passaram a vestir calças cigarrete, a minissaia lançada por Mary Quant, os looks geométricos e o smoking feminino de Yves Saint Laurent, as estampas psicodélicas de Emilio Pucci e os metalizados futurísticos de Paco Rabane. Ou seja, tem atitude de sobra nesta tendência!

O look de Louis Vuitton aquece sem deixar o estilo para trás

Yves Saint Laurent mesclou a graciosidade do tricô com o futurismo do tom prata Revista PAR


16 ADOM

MODA

OUTONO - 2015

Tricô, para aquecer e fazer bonito Despojado, quentinho e confortável, o tricô é aposta certeira para o outono-inverno 2015. A indicação veio de marcas de peso, como Marc Jacobs, Miu Miu e Michael Kors. Quando subiram nas passarelas internacionais, as grifes exibiram pulôveres, suéteres e maxicasacos com o bom e velho conhecido ponto das vovós. E para quem adora o tecido de lã, fica a dica: produções completas com tricô também foram propostas nos desfiles, seja em vestidos ou em conjuntos de blusa e calça.

[

Alexander McQueen Revista PAR


17 ADOM

MODA

OUTONO - 2015

No embalo fashionista, o tramado queridinho da vez vem grosso, com pontos volumosos e valoriza o efeito handmade. Tal estética, afirmam os críticos de moda, vem ao encontro da referência prevista pelo maior portal de tendências do mundo, o WSGN, intitulada ‘Revolução Industrial’. Nesta temática, a ideia do ‘faça você mesmo’ e a customização representam uma maneira diferenciada de usufruir de toda a tecnologia que nos cerca.

Barbara Rui

Ralph Lauren Calvin Klein

Miu Miu

Chanel

Um pouco de história Acredita-se que a técnica de entrelaçamento de fios teve origem no Egito, na Antiguidade. Ossos e pedaços de madeira eram utilizados como ferramentas. Quando chegou à Europa, por meio dos belgas, o tricô se tornou popular na confecção de meias e cachecóis a partir da lã e seu toque macio conquistou também a nobreza. Foi neste período que sua imagem ficou atrelada ao frio. Porém, hoje, é também produzido com malhas têxteis, mais leves e frescas. Industrializada na Inglaterra, a arte pode ser feita em máquina apropriada, em grande escala. Mas ainda há quem prefira tecer seus pontos manualmente, com duas agulhas. E muito carinho.

]

Pringle of Scotland Revista PAR


18 AIMONORTSAG

GASTRONOMIA

OUTONO - 2015

De triviais

a requintados

Brigadeiros, hambúrgueres e - até mesmo - a pipoca são alguns dos alimentos envoltos por uma nova tendência da culinária, na qual recebem preparo especial e uma lista sofisticada de ingredientes. O movimento é chamado de ‘gourmetização’, termo derivado do substantivo ‘gourmet’, difundido pelo gastrônomo francês Jean Anthelme Brillat-Savari, em 1825, para designar “aquele que tem o paladar apurado”. Diferente da cozinha cotidiana, a nova onda dos restaurantes requer práticas criteriosas e uma boa porção de inovação. Afinal, os pratos gourmet não se destinam apenas à função instintiva de Revista PAR


19 AIMONORTSAG

saciar a fome, mas aguçam o desejo pelo consumo, compreendendo, além do sabor especial, aromas encantadores e um belíssimo apelo estético. Típica receita das vovós, o brigadeiro foi um dos primeiros alvos da gourmetização. A tradicional combinação de leite condensado com achocolatado foi cedendo espaço para a inclusão de chocolate belga, pistaches ou frutas exóticas. E no visual, nada de granulados: a moda são confeitos coloridos, diferenciados e, por que não dizer, artísticos. Em seguida, o hambúrguer dominou a cena gourmet. Do molho de ostras a queijos caríssimos e carnes de caça, como javali, o mais famoso dos fast foods ganhou como fãs os apreciadores da culinária mais seleta. E assim o luxo de especiarias alimentares espalhou-se pelas grandes cidades. Pipocas com aromas de trufas ou cobertas por macadâmias e servidas em latas decoradas já fazem fama. O cachorro-quente agora tem

GASTRONOMIA

OUTONO - 2015

como recheio salsichas de altíssima qualidade e molhos refinados. E, nas prateleiras de supermercados, leite, café e azeites podem levar o selo gourmet.

food trucks Outra reinvenção que agrada paladares por aí são os ‘food trucks’. Já ouviu falar? Este é o nome dos carros superestilizados que, além de fazer bonito pelas praças e parques, vendem comida rápida e com preço atrativo, mas sem perder o toque gourmet. Com opções para todos os gostos, as releituras das antigas barracas de comida já ganharam ponto de encontro em São Paulo, o Butantan Food Park – e devem invadir sua cidade também!

Pra fazer em casa: brigadeiro gourmet de limão 1 lata de leite condensado; 1 gema; 3 colheres de gotas ou raspas de chocolate branco belga; 50 ml de suco de limão; 100g de raspas de chocolate belga (para enrolar); Misture o leite condensado com a gema e as gotas de chocolate e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até ferver; Junte o suco de limão. Depois que começar a ferver e fazer bolhas, mexa por mais 5 minutos; Leve a mistura à geladeira e deixe repousar por 4 horas; Após, enrole as bolinhas e cubra com as raspas de chocolate branco belga. Revista PAR


ONAIDITOC

COTIDIANO

20

OUTONO - 2015

Sem EstressE no trabalho

Hábitos simples ajudam a reduzir carga negativa

[

Trabalhar pode e deve ser uma atividade prazerosa e pouco estressante. Especialistas afirmam que a adoção de hábitos simples ajuda a reduzir a carga negativa que costuma acompanhar a atividade profissional e torna a jornada mais produtiva. “Tenha em mente que você pode gerenciar sua postura no trabalho sem ferir as regras da empresa e diminuir significativamente o estresse, que compromete seu nível de satisfação e diminui seu grau de

produtividade, gerando ainda mais stress e comprometendo até mesmo a sua saúde”, afirma Mara Fernandes Maranhão, psiquiatra do Hospital Albert Einstein, de São Paulo. Gerenciar o estresse significa equilíbrio entre trabalho e vida pessoal ou social. Uma semana de trabalho, no Brasil, possui entre 40 e 44 horas, portanto é essencial postar-se adequadamente no trabalho e também fora dele. “Sua postura e suas atitudes é que

irão ajudá-lo a reduzir seu nível de estresse, bem como a encontrar o sonhado equilíbrio entre trabalho e vida pessoal”, afirma a médica do trabalho e pesquisadora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Margarida Barreto. Segundo ela, estresse provocado por jornadas prolongadas e crescentes exigências por metas no trabalho interferem, além da saúde, na vida familiar e no seu rendimento no trabalho.

Veja a seguir dez dicas muito eficazes: 1. Arrume sua mesa ou seu local de trabalho

4. Tire um intervalo

O simples fato de arrumar sua mesa pode limpar sua mente e

Fazer um intervalo pode oferecer uma nova perspectiva

aumentar seu foco.

e reduzir seu nível de estresse. Certifique-se de levantar

2. Defina prioridades

da sua mesa com certa frequência durante o dia e, mais

Faça uma lista de atividades prioritárias por dia ou semana.

importante, certifique-se de sair do escritório para tomar

Assim, você estabelece pequenos desafios que parecem

um ar fresco. Isso renovará suas energias e seu foco,

menos intimidadores e mais realizáveis. Dar foco às

bem como reduzir sua ansiedade.

prioridades permite que você faça claras progressões no seu

5. Prepare-se para a pressão

trabalho, sem desperdiçar seu tempo.

Pressão é algo rotineiro no trabalho. Se sabe que vai

3. Converse com seus colegas

enfrentar uma situação de muita pressão, prepare-se

Se você estiver se sentindo estressado, converse com seus

antecipadamente para isso. Dedique algum tempo para

colegas sobre isso. Eles podem oferecer dicas de como lidar

identificar a melhor maneira de administrar o que se

com seu estresse e, talvez, podem ajudá-lo a diminuir o seu

avizinha e procure, acima de tudo, manter a calma.

volume de trabalho.

Assim, terá melhores condições de enfrentar o problema.

Revista PAR


21 ONAIDITOC

COTIDIANO

OUTONO - 2015

6. Saiba quando dizer não

Este comportamento, por si só, é capaz de diminuir as

Aceitar muitas tarefas simultaneamente é o caminho mais

condições de estresse e de ansiedade.

rápido para criar situações de estresse e ansiedade no

9. Faça exercícios físicos

trabalho. Ao aceitar acumular todas as tarefas que lhe

Fazer atividades físicas antes ou depois do trabalho pode

são propostas, corre o risco de se tornar num profissional

aliviar o estresse, pois melhora seu estado de espírito. A

mediano, que apresenta um trabalho medíocre. Em vez

prática de exercícios físicos produz endorfinas, as quais

disso, aprenda a recusar determinadas tarefas.

afetam diretamente seus níveis de felicidade, bem como

7. Não faça uma tempestade num copo de água

seu sono, promovendo, portanto, melhores perspectivas e

Evite a qualquer custo transformar pequenos contratempos

resultados no trabalho.

em grandes problemas, que apenas vão aumentar a

10. Sociabilize-se

pressão sobre si. Antes de perder a calma, respire fundo

É fundamental que você tenha uma vida social fora do

e analise o conflito. Pense nas maneiras mais simples de

trabalho, desligando-se completamente das rotinas e do

resolvê-lo.

ambiente profissional. Organizar eventos sociais com seus

8. Pense positivo

amigos e/ou colegas de trabalho fora do escritório gera

Ver o lado positivo das situações pode ajudá-lo a

um meio em que não é preciso pensar em trabalho e no

melhorar o seu desempenho em qualquer situação.

qual você pode relaxar e descontrair.

]

Revista PAR


22 OUTONO - 2015

ECOLOGIA

AIGOLOCE

SUSTENTABILIDADE

NO PRATO Comer alimentos adequados e na quantidade certa é uma questão econômica e de sustentabilidade

[

Comer é um ato pessoal e particular, íntimo até, mas tem um grande impacto coletivo. Quando almoçamos em casa ou vamos a um restaurante, acionamos toda uma cadeia produtiva, que consome água, usa o solo, faz uso da biodiversidade, emite gases do esfeito estufa, gera empregos, etc. Por isso, torna-se cada vez mais necessário o consumo racional de alimentos, ou seja, na quantidade certa, para evitar o desperdício, tão comum na atualidade. Além da questão da ligada à sustentabilidade, a ingestão em excesso e inadequada de alimentos engorda e nos faz gastar mais dinheiro!

Como fazer isso? A consultora de alimentação consciente Nádia Cozzi, de São Paulo, afirma que o que comemos não determina só a nossa saúde, mas também o sistema de produção dos alimentos. Por isso, ele sugere dar preferência a alimentos orgânicos, priorizar a agricultura local, extrair tudo o que um ingrediente tem a nos oferecer e ingerir a quantidade certa de alimentos. “Esse é o primeiro passo para tornar o mundo muito mais sustentável”, destaca. Conforme ela, nossas posturas alimentares podem fazer uma verdadeira revolução sustentável. Pode-se, por exemplo, evitar o consumo de alimentos cultivados com Revista PAR

defensivos agrícolas e reduzir ingestão de carnes vermelhas, além de restringir alimentos industrializados com aditivos químicos, utilizados para fazê-los durar mais.

Números do desperdício No Brasil, 20% de toda comida que colocamos no prato acabam indo para o lixo, o que dá em média 39 mil toneladas por dia. Toda essa comida jogada fora daria para alimentar 19 milhões de brasileiros. Pensando nisso, em homenagem ao Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16 de outubro, a empresa EcoBenefícios, gestora de cartões de alimentação, criou uma campanha para alertar a população sobre o desperdício desnecessário de alimentos. Substituiu pratos comuns por pratos com 20% a menos do tamanho normal em restaurantes e refeitórios. No prato, estava explicado que 20% do que comemos vão para o lixo (foto acima). A revelação causou surpresa nas pessoas, que em princípio não entenderam muito bem o que estava acontecendo, mas que, depois de lerem a mensagem, acabaram com um sorriso no rosto. A ação foi feita em 2012, com criação da agência DM9Sul, mas a mensagem é atemporal. Na próxima vez em que for colocar comida no seu prato, pense se realmente vai conseguir comer tudo aquilo ou se está se deixando levar pela gula.

]


Profile for César Bressane

Revista PAR 05  

Revista PAR 05  

Advertisement