__MAIN_TEXT__

Page 1

Edição China China Edition


Índice / Index

04 - Editorial / Editorial 06 - Noticias / News 08 - Entrevista Y Ping Chow / Interview Y Ping Chow 11 - A Nova Rota da Seda / The New Silk Road 13 - CCDPC / CCDPC 14 - Dossier China / China File 18 - Economia Socialista de Mercado / Socialist Market Economy 22 - Relações Comerciais Portugal China / Portugal China Commercial Relations

Pag. 08

Y Ping Chow

26 - Movimento Associativo Empresarial / Business Associative Movement 30 - Entrevista Armando Lopes / Interview Armando Lopes 34 - Grupo Onebiz/ Onebiz Group 38 - EurAfrican Fórum / EurAfican Forum 42 - Entrevista Rodolfo Natário / Interview Rodolfo Natário 46 - Chongqing A Maior Cidade do Mundo / Chongqing The Largest City in the World 50 - Turismo China / China Turism 53 - Entrevista Alexandre Carvalho / Interview Alexandre Carvalho

Pag. 30 Armando Lopes

56 - Macau: O Tempo da História / Macau: The Time of History 61 - Entrevista Ana Cristina Fernandes / Interview Ana Cristina Fernandes 64 - Universidade para a Universalidade / University for Universality 66 - Entrevista Pedro António Costa / Interview Pedro António Costa 73 - Entrevista Augusto Castro Lopes / Interview Augusto Castro Lopes 76 - Quando a China despertar para o Golfe / When China Wakes up for Golf 78 - Corais Asiáticos em Perigo / Asian Corals in Danger 80 - Festival Internacional do Cavalo Lusitano/ Portuguese Horse Breed Festival

Pag. 34 Grupo Onebiz

82 - Próxima Edição: Senegal / Next Edition: Senegal

FICHA TÉCNICA:

Propriedade: Best Com Group

Colaboradores nesta Edição:

Tiragem: 5.000 Exemplares

Ana Lima, Andrea Lavareda, António Queiróz, Diogo

Director: Pedro Nunes Maduro

Barreto, João Ralão, João Rodil, Mário Máximo, Paulo

Editor: Gonçalo Terenas

Nunes de Almeida, Rita Assis Ferreira, Rui Portela, Tiago

Coordenador: Victor Sales Gomes

Gomes, Y Ping Chow

Director Técnico: Jaime Gonçalves Produção: Best Com Group Impressão: Nobre Brindes Isenta de Registo na ERC ao abrigo do Dec. Reg. 8/99 de 9/6 Art. 12º nº 1 - a)

DIPLOMATIC MAGAZINE | 3


Editorial Gonçalo Terenas

Gabinete de Expansão Económica de Africa Oeste Membro do Conselho da Diáspora Portuguesa - World Portuguese Network

/ Saudações A edição da Diplomatic Magazine (DM) que se segue tem no destino China o seu foco, um mercado incontornável e para o qual concorrem um sem número de oportunidades de negócios e parcerias que importa saber e ter o cuidado de enquadrar. O mercado português olha para um destino de negócios como o da China de forma muito alargada dada a sua influência e dimensão, o capital chinês cresce e não dá sinais de parar de crescer. A zona económica e marítima portuguesa joga um importante papel na equação das relações Portugal- China, as ligações históricas dos dois países assumem-se como um importante pilar nas relações de confiança e naturalmente também nas simetrias culturais de ambos os lados. Se tivermos em conta que Portugal é o segundo país europeu em que o investimento chinês tem mais peso em termos de PIB, será dedutível concluir que representamos uma posição estratégica no contexto europeu. Citando o Embaixador da China, M. Cai Run, “da educação ao mar, passando pela energia, a China está interessada em todas as frentes”, ou seja, Portugal está definitivamente no “mind-set” dos chineses. Portugal integra o ranking Top 10 dos países onde a China mais investiu entre os anos 2000 e 2017 (fonte: Baker & McKenzie), um elemento revelador do interesse dos empresários e governo chinês no “império luso”, e refiro-me a império na medida em que a língua portuguesa é um critério determinante nas estratégias chinesas quando falamos de internacionalização. Como poderão ver mais à frente na matéria dedicada à mega cidade de Chongquing (maior e mais populoso dos quatro municípios da República Popular da China que possuem o status de províncias, e o único deles que é localizado no interior da China) a Europa e as rotas comerciais históricas, onde se destaca a Rota da Seda, que ligam ambos os destinos, constituem-se como pontos (muito) importantes nas políticas e estratégias de governos europeus e claro está, do governo da China. Portugal terá na sua dimensão (pequena) um critério de dificuldade que obriga os empresários e organismos corporativos a um exercício criativo e dinâmico na procura de elementos atrativos para a economia e mercados chineses, somos demasiado pequenos para acompanhar outras potências europeias ou mundiais. Torna-se assim imperativo transformar esta descriminação negativa em oportunidades de negócio, principalmente em nichos onde as empresas e empresários portugueses possam fazer a diferença, no tempo, acredito que só pela qualificação, inovação e pela excelência seremos capazes de vingar nesta difícil, mas ambiciosa relação.

4 | DIPLOMATIC MAGAZINE

/ Greetings The following edition of Diplomatic Magazine has a focus on China, an inescapable market for which countless business opportunities and partnerships are important to know and take care of. The Portuguese market looks at a business destination like China’s in a very wide way given its influence and size, Chinese capital grows and shows no signs of stopping growing. The Portuguese economic and maritime zone plays an important role in the equation of Portugal - China relations, the historical connections of the two countries are an important pillar in relations of trust and of course also in the cultural symmetries of both sides. If we take into account that Portugal is the second European country in which Chinese investment has more weight in terms of GDP, it will be deductible to conclude that we represent a strategic position in the European context. Citing the Chinese Ambassador, M. Cai Run, “from education to the sea, to energy, China is interested in all fronts,” that is, Portugal is definitely in the “mind-set” of the Chinese. Portugal is part of the Top 10 ranking of the countries where China most invested between 2000 and 2017 (source: Baker & McKenzie), a revealing element of Chinese entrepreneurs and government’s interest in the “Portuguese empire”, and I refer to empire in as the Portuguese language is a determining criterion in Chinese strategies when we speak of internationalization. As you will see later in the article dedicated to the mega city of Chongquing (largest and most populous of the four counties of the People’s Republic of China that have the status of provinces, and the only one of them that is located in the interior of China) Europe and historical trade routes, including the Silk Road, linking both destinations, constitute (very) important points in the policies and strategies of European governments and, of course, the Chinese government. Portugal will have in its (small) dimension a criterion of difficulty that obliges entrepreneurs and corporate bodies to a creative and dynamic exercise in the search for attractive elements for the Chinese economy and markets, we are too small to accompany other European or world powers. It is therefore imperative to transform this negative discrimination into business opportunities, especially in niches where Portuguese companies and entrepreneurs can make a difference. In time, I believe that only by qualification, innovation and excellence will we be able to avenge this difficult


Não referenciando os primórdios das (fortes) relações entre Portugal e a China (Oriente), dir-se-á que estamos perante o momento mais favorável das relações comerciais e institucionais entre os dois países. Contudo alguns receios pairam no ar, de facto e não obstante as inúmeras vantagens dos investimentos e interesses chineses em Portugal, ecos existem sobre as reais consequências de médio e longo prazo do chamado, “soft power“ chinês. Os chineses têm “preferência” em entrar nos mercados por via de aquisições, assumindo posições de relevo em sectores importantes da economia, o que acaba por ter influências nas próprias politicas e na cultura das empresas e consequentemente nos mercados de destino. Tendo em consideração todos os fatores e variáveis em causa e como resumo de mais um editorial da Diplomatic Magazine, deixovos, com uma reflexão que em rigor cabe aos agentes e entidades que tem o dever de intervir e analisar estas matérias: China, Oportunidade e/ou Ameaça? Não poderia terminar este editorial sem endereçar os nossos reconhecidos agradecimentos a todos os colaboradores e parceiros que se associaram a mais uma iniciativa da Diplomatic Magazine e ciclo de Conferências Diplomatic Talks, em particular à CCDPCH, à Liga dos Chineses e à Fundação Oriente, dito isto, resta-me reiterar, como habitualmente, a convicção de que os temas e os conteúdos da presente edição serão do agrado de todos aqueles que nos dispensam a sua especial atenção.

Without referring to the beginnings of the (strong) relations between Portugal and China (East), it is said that we are facing the most favorable moment of the commercial and institutional relations between the two countries. However some fears hang in the air, in fact and despite the innumerable advantages of Chinese investments and interests in Portugal, echoes exist about the real medium and long-term consequences of the so-called Chinese soft power. The Chinese have a “preference” to enter the markets by way of acquisitions, assuming prominent positions in important sectors of the economy, which in turn has influences on the policies and the culture of the companies and consequently in the destination markets. Taking into consideration all the factors and variables in question and as a summary of another Diplomatic Magazine editorial, I leave you with a reflection that is strictly up to the agents and entities that have the duty to intervene and analyze these matters: China, Opportunity and/or Threat? I could not end this editorial without addressing our grateful thanks to all the contributors and partners who have joined in another Diplomatic Magazine initiative and the Diplomatic Talks Conference cycle, in particular the CCDPCH, the Chinese League and the Oriente Foundation, that said , it remains for me to reiterate, as usual, the conviction that the themes and contents of this edition will be to the liking of all those who give us their special attention.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 5


Notícias / News

Economia chinesa cresce 6,8% no primeiro trimestre do ano A economia chinesa cresceu 6,8% no primeiro trimestre do ano, em comparação com o período homólogo de 2017, segundo dados divulgados pelo Instituto de Estatística chinês. O Produto Interno Bruto (PIB) atingiu os 2,55 mil milhões de euros, com um crescimento de 3,2% no setor primário, de 6,3% no secundário ou industrial e de 7,5% no terciário ou de serviços, em relação ao ano passado.

Chinese economy grows 6,8% in the first quarter of the year The Chinese economy grew 6,8% in the first quarter of the year compared to the same period of 2017, according to data released by the Chinese Statistics Institute. Gross Domestic Product (GDP) reached 2,55 billion euros, a growth of 3,2% in the primary sector, 6,3% in the secondary or industrial sector and 7% in the tertiary sector or services, compared to last year.

6 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Criação da UJE No âmbito das estratégias de desenvolvimento da CE-CPLP, foi recentemente constituída a UJ E - U n i ã o d o s J o v e n s E m p r e s á r i o s e E m p r e e n d e d o r e s da CE-CPLP cujo grande objetivo é o de, pela união, reunir mais força, valorizando as empresas e os empresários. A UJE CE-CPLP constitui-se como um “braço” económico e dinâmico que atuará nos mercados do universo da CPLP mas não só, a visão da estrutura diretiva, liderada por Filipe Lourenço, está focada nas relações com outros mercados, designadamente francófonos e anglo-saxónios, bem como alguns dos países observadores da CPLP. No próximo número da Diplomatic Magazine, edição dedicada ao mercado do Senegal, país observador da CPLP, está prevista uma reportagem alargada a não perder.

Creation of UJE Within the framework of the CE-CPLP development strategies, the UJE - Union of Young Entrepreneurs and Entrepreneurs of the CE-CPLP has recently been set up, whose main objective is for the union to gather more strength, valuing companies and entrepreneurs. The UJE CE-CPLP constitutes an economic and dynamic “arm” that will act in the markets of the CPLP universe, but not only, the vision of the directive structure, led by Filipe Lourenço, is focused on relations with other markets, namely Francophone and Anglo-Saxon, as well as some of the CPLP observer countries. In the next issue of Diplomatic Magazine, an issue dedicated to the market of Senegal, an observer country of the CPLP, an extended report is planned not and to be missed.


Reservas de petróleo em Angola sobem Oil reserves in Angola rise As reservas comprovadas de petróleo em Angola estão atualmente avaliadas em 6.000 milhões de barris, equivalente ao ritmo atual a 10 anos de produção, mas apenas um terço com baixo custo. Angola’s proven oil reserves are currently valued at 6,000 million barrels, equivalent to the current rate of 10 years of production, but only a third with low costs.

Porto de Sines quer fazer parte da Rota da Seda Port of Sines wants to be part of the Silk Road O embaixador de Portugal na China reforçou o desejo de ver o Porto de Sines a fazer parte do projeto chinês “Uma Faixa, Uma Rota”. Esta iniciativa chinesa pode ajudar bastante a economia portuguesa já que o país tem “uma posição estratégica única na Europa, de facilidade de ligação ao continente americano e ao continente africano. The Portuguese ambassador to China reinforced the desire to see the Port of Sines being part of the Chinese project “One Belt, One Road”. This Chinese initiative can greatly help the Portuguese economy as the country has “a unique strategic position in Europe, ease of connection to the American continent and the African continent. FMI elogia medidas anticrise adotadas pelas autoridades moçambicanas IMF praises anti-crisis measures adopted by Mozambican authorities O representante do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Moçambique, Ari Aisen, elogiou em Maputo as medidas que as autoridades do país implementaram para travar a crise económica, apontando a queda acentuada da inflação como um grande ganho. The representative of the International Monetary Fund (IMF) in Mozambique, Ari Aisen, praised in Maputo the measures that the country’s authorities have implemented to stop the economic crisis, pointing to the sharp drop in inflation as a big gain.

Portugal é o quarto fornecedor europeu de vinhos importados pela China Portugal is the fourth European supplier of wines imported by China Portugal é já o quarto fornecedor europeu dos vinhos importados pela China, que deverá em poucos anos tornar-se o maior mercado do mundo do setor. Na lista dos países europeus, encabeçada pela França, Portugal ficou no 4.º lugar, atrás de Espanha e Itália, segundo dados da União Europeia. Portugal is already the fourth European supplier of wines imported by China, which in a few years is expected to become the world’s largest market. In the list of European countries that in 2017 exported more wine to China, led by France, Portugal ranked 4th, behind Spain and Italy, according to data from the European Union.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 7


DIPLOMACIA

Y Ping Chow EN T REVISTA / IN T ERVIEW

PRESIDENTE DA LIGA DOS CHINESES EM PORTUGAL PRESIDENT OF THE CHINESE LEAGUE IN PORTUGAL

8 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Y PING CHOW É UM CHINÊS COM NACIONALIDADE

Y P I N G C H O W I S A C H I N E S E N AT I O N A L W I T H A

P O R T U G U E S A E PA S S A P O R T E D E TA I W A N Q U E ,

P O R T U G U E S E N AT I O N A L I T Y A N D A TA I WA N E S E

A L É M D E D I V E R S A S AT I V I D A D E S E M P R E S A R I A I S ,

PA S S P O R T W H I C H , I N A D D I T I O N T O VA R I O U S

É PRESIDENTE DA LIGA DOS CHINESES EM POR-

BUSINESS ACTIVITIES, IS PRESIDENT OF THE LEAGUE

TUGAL E DE OUTRAS ASSOCIAÇÕES LIGADAS

OF THE CHINESE IN PORTUGAL AND OTHER

A O PA Í S A S I ÁT I C O .

A S S O C I AT I O N S L I N K E D T O T H E A S I A N C O U N T R Y.

NASCEU

NA

CHINA,

DE

H E WA S B O R N I N C H I N A , I N Z H E J I A N G P R O V I N C E ,

Z H E J I A N G , NA REGIÃO DE XANGAI E CHEGOU

IN THE SHANGHAI REGION AND CAME TO OUR

A O N O S S O PA Í S C O M 7 A N O S D E I D A D E , E M

C O U N T R Y AT T H E A G E O F 7 I N 1962 T O J O I N H I S

1 9 6 2 PA R A S E J U N TA R A O S PA I S E O S A V Ó S J Á

PA R E N T S A N D G R A N D PA R E N T S W H O A L R E A D Y

V I V I A M E M P O R T U G A L. O AVÔ F O I U M D O S

L I V E D I N P O R T U G A L . H I S G R A N D FAT H E R WA S

P R I M E I R O S C H I N E S E S A E M I G R A R PA R A

O N E O F T H E F I R S T C H I N E S E T O I M M I G R AT E T O

P O R T U G A L , O N D E C O M E Ç O U P O R M O N TA R

P O R T U G A L , W H E R E H E S TA R T E D B Y S E T T I N G U P

U M A F Á B R I C A D E G R A V ATA S , E M 1 9 3 3 .

A T I E S FA C T O R Y I N 1933.

EST U D O U N O P O RTO, N A ES CO L A P R I M Á R I A

H E ST U D I E D I N P O RTO, I N T H E P R I M A RY S C H O O L

DA CHÃ, E DEPOIS NO LICEU ALEXANDRE

O F C H Ã , A N D L AT E R I N T H E A L E X A N D R E

H E R C U L A N O . CASOU-SE EM PORTUGAL, COM

HERCULANO

UMA

EM

P O R T U G A L , WITH A CHINESE WOMAN FROM

P O R T U G A L , ENTRE VIAGENS REGULARES À

TA I WA N , A N D L I V E S I N P O R T U G A L , B E T W E E N

C H I N A , C O M O S F I L H O S E A S N E TA S .

REGULAR TRIPS TO CHINA, WITH HER CHILDREN

C O M E Ç O U P O R T R A B A L H A R C O M O PA I N O

AND GRANDCHILDREN.

R E S TA U R A N T E K I N G L O N G , U M D O S M A I S

H E S TA R T E D B Y W O R K I N G W I T H H I S FAT H E R AT

A N T I G O S DO PORTO.

K I N G L O N G R E S TA U R A N T, O N E O F T H E O L D E S T

CHINESA

DE

NA

PROVÍNCIA

TA I WA N ,

DEPOIS

MONTOU

UM

CENTRO

COMERCIAL

E

VIVE

R E S TA U R A N T E

IN

I N P O RTO. H E L AT E R S E T U P A R E S TA U R A N T AT T H E D A L L A S M A L L A N D T O D AY H E H A S S E V E R A L S H O P S , O F

N E G Ó C I O S , I N C LU I N D O R ESTAU R A N T ES.

D I F F E R E N T T Y P ES O F B U S I N ES S ES, I N C LU D I N G

TEMPO

TORNOU-SE

HOJE

MARRIED

VÁ R I A S LOJA S, D E D I F E R E N T ES T I P O S D E MESMO

E

SHE

TEM

AO

DALLAS

NO

LY C E U M .

UM

DOS

R E S TA U R A N T S .

MAIORES PROMOTORES DO INTERCÂMBIO

AT T H E S A M E T I M E H E B EC A M E O N E O F T H E M A J O R

LUSO-CHINÊS.

P R O M OT E RS O F T H E LU S O-C H I N ES E E XC H A N G E.

Y P I N G C H O W É TA M B É M P R E S I D E N T E D A

Y PING CHOW IS ALSO THE CHAIRMAN OF THE

A S S O C I A Ç Ã O PA R A A P R O M O Ç Ã O D A C H I N A

S I N G L E C H I N A P R O M O T I O N A S S O C I AT I O N W H O

ÚNICA QUE DESEJA A UNIÃO ENTRE A CHINA E

WA N T S T H E U N I O N B E T W E E N C H I N A A N D TA I WA N.

TA I W A N . U M A U N I Ã O Q U E E S P E R A C O N S E G U I R

A U N I O N T H AT H E H O P E S T O A C H I E V E T H R O U G H

PELA VIA DO DIÁLOGO E DO RESPEITO MÚTUO.

D I A L O G U E A N D M U T U A L R E S P E C T.

Quem é e o que representa para si a Liga dos Chine-

Who is and what does the Chinese League in Portu-

ses em Portugal?

gal represent?

A Liga dos Chineses em Portugal é uma associação

The League of Chinese in Portugal is an association

fundada há 21 anos, uma associação sem fins lucrativos,

fo u n d e d 2 1 y e a r s a g o, a n o n - p r o f i t a s s o c i a t i o n ,

reconhecida pelo governo português e representante

r e c o g n i ze d b y t h e P o r t u g u e s e g o v e r n m e n t a n d

da comunidade chinesa no ACM (Alto Comissariado

r e p r e s e n t a t i v e of the Chinese community in the

para Migração).

HCM (High Commission for Migration).

É constituído por associações e por personalidades

It is made up of associations and Chinese personalities

chinesas que trabalham pelo bem da comunidade.

who work for the good of the community. It has the

Te m a função pr i nc i pa l de a j uda r na i nte gra çã o,

main function of helping in the integration, dignification,

dignificação, participação, comunicação e desenvolvimento

participation, communication and development of

da comunidade chinesa em Portugal.

the Chinese community in Portugal.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 9


DIPLOMACIA

Considerando que a penetração chinesa no tecido

Considering that Chinese penetration in the corporate

empresarial em Portugal é cada vez maior, que papel

fabric in Portugal is increasing, what role does the

tem a Liga no desenvolvimento das relações bilaterais

League play in the development of bilateral relations

entre os dois países?

between the two countries?

A comunidade chinesa tem um papel cada vez mais

The Chinese community has an increasingly important

importante no tecido empresarial português devido os

role in the Portuguese business community due to

restaurantes chineses e às lojas chinesas mas também

Chinese restaurants and Chinese shops, but also

pelo facto de algumas das grandes empresas portuguesas

b e c a u s e some of the large Portuguese companies

terem capital chinês.

have Chinese capital.

O que falta é uma maior ligação com as pequenas

What is lacking is a greater connection with small

e médias empresas, esta é um desafio que temos neste

and medium-sized companies, this is a challenge we

momento, para melhorar as relações entre ambas

have at the moment, to improve relations between

partes.

both parties.

Quais as principais iniciativas ou manifestações da

What are the main initiatives or manifestations of

Liga em Portugal?

the League in Portugal?

A Liga tem funcionado como uma ponte que liga Portugal

The League has functioned as a bridge linking Portugal

e a C h i n a . Te m p ro m o v i d o o s c o nta c to s o f i c i a i s ,

and China. It has promoted official contacts, business

e m p re s a r i a i s e culturais. Tem promovido festas

contacts and cultural contacts. It has promoted parties

como as do Ano Novo Chinês, tem levado as empresas

such as the Chinese New Year, has led Portuguese

portuguesas a visitar e contactar com as empresas

companies to visit and contact Chinese companies,

chinesas, tem feito a ligação entre as universidades

has made the connection between Chinese universities

c h i n e s a s e a s u n i v e rs i d a d e s p o r t u g u e s a s e te m

and Portuguese universities and has actively

participado a c t i v a m e n t e n a s e s t r u t u r a s d a s

p a r t i c i p a t e d in the structures of some Portuguese

Associações portuguesas.

Associations.

Por todas estas razões a Liga goza de excelentes relações

Fo r a l l th ese r ea so n s th e Lea g u e en j oys excellent

com os partidos políticos e as entidades oficiais.

relations with political parties and official entities.

Projetos para o Futuro? Qual o maior desafio?

Projects for the Future? What is the biggest challenge?

A Li ga Part icipa ac ti va m e nte no g ra nde p ro j ec to

The League Participates actively in the great Chinese

político chinês - Uma Rota e um Caminho -promovido

political project - One Belt, One Road - promoted by

por Presidente Xi Jinping. Estamos também a

P r e s i d e n t X I . We a r e a l s o d e v e l o p i n g a b i l i n g u a l

desenvolver um projecto do ensino bilingue, um projecto

e d u c a t i o n project, a project in the area of industry

na área da indústria e um projecto na área de Cooperação.

and a project in the area of Cooperation.

Que tipo de cooperação a Liga desenvolve com as

What kind of cooperation does the League develop

instituições portuguesas?

with Portuguese institutions?

A Liga tem desenvolvido os projectos com as i n s t i t u i ç õ e s

The League has developed projects with institutions

na base de Cooperação cultural, industrial e

on the basis of cultural, industrial and commercial

c o m e r c i a l . Te m o s n o p l a n o d a c o o p e r a ç ã o com

cooperation. We have cooperation with a private

uma escola privada no ensino da língua e da cultura

school for the teaching of the Chinese language, a

chinesa, um protocolo com uma Câmara Municipal

culture a protocol with a City Council for the

para o desenvolvimento de um polo industrial e uma

development o f

parceria com uma associação empresarial para o

p a r t n e r s h i p with a business association for the

desenvolvimento de uma plataforma comercial.

development of a commercial platform.

10 | DIPLOMATIC MAGAZINE

an

industrial

pole,

and

a


One Belt, One Road - A Nova Rota da Seda

One Belt, One Road - The New Silk Road

A Nova Rota da Seda (“One Belt, One Road” em inglês

One Belt, One Road (or “ Yi Dai Yi Lu” in Mandarin)

– ou “ Yi Dai Yi Lu” em mandarim) apresentada pelo

presented by Chinese President Xi Jinping is a

presidente chinês Xi Jinping é um investimento

million-dollar investment.

milionário.

The Chinese government argues that its goal is the

O gove rno chinê s defe nd e qu e s e u o b j eti vo é a

prosperity of the regions involved, and does not want

pro spe ridade das regiões envolvidas, e não quer que

China to be seen as a conqueror.

a China seja vista como conquistadora.

Scholars claim that China, a very strong economy on

E st udioso s afirma m qu e a C hi na , um a e conomi a

the rise, is a possible rival of the United States in

fo rtíssima e m a s c e n s ã o , é u m p o s s í v e l r i v a l d o s

global hegemony.

E s t a d o s Unidos na hegemonia global.

Chinese political and economic power is not

O poder político e econômico chinês não é algo de

s o m e t h i n g to be ignored. However, it is not just a

se ignorar. E nt reta nto, n ã o é a pe na s u m pa í s que

country facing China, but the whole Western system

a C hina enfrenta, mas sim todo o sistema ocidental

created by the United States during the Cold War.

criado pelos Estados Unidos durante a Guerra Fria.

The initiative of the New Silk Road gives

A iniciativa da Nova Rota da Seda dá a impressão de

t h e i m p r e s s i o n that China wants to create its own

que a China quer criar um sistema próprio, não se

system, not caring to participate in the existing one.

importando em participar do já existente.

A sphere of geopolitical influence in Africa and Asia

Uma esfera de influência geopolítica na África e na

can provide this for the Chinese.

Ásia pode proporcionar isso aos chineses.

More than 110 billion US dollars of public and

Mais de 110 bilhões em dólares americanos, de capital

p r i v a te C h i n e s e c a p i ta l h a s b e e n i n j e c te d i n to t h e

público e privado chinês, foi injetado na iniciativa,

i n i t i a t i v e , w h i c h w i l l w o r k w i t h i n f r a st r u c t u r e s

que trabalhará com infraestruturas e comunicações

a n d c o m m u n i c a t i o n s i n t h e e a ste r n c o m m e r c i a l

na aproximação comercial oriental.

approach.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 11


DIPLOMACIA

A Rota da Seda original foi a inspiração simbólica do

The original Silk Road was the symbolic inspiration of

governo chinês.

the Chinese government.

De acordo com o governo chinês esta ambiciosa rede

According to the Chinese government, this ambitious

de conexões de infraestruturas, transportes e

network of infrastructure, transport and interchange

i n t e r c â m b i o visa estabelecer um laço entre a China

connections aims at establishing a link between China

e o re sto d o m u n d o, s e n d o e s s e n c i a l m e nte u m a

and the rest of the world.

i n i c i a t i va de cooperação internacional que estará

It is essentially an international cooperation initiative

aberta a todos os países e regiões que desejarem.

that will be open to all countries and regions that so

O plano abrange 68 nações, que somam 4,4 bilhões

wish.

de pessoas e 40% do PIB mundial. Inclui diversos

The plan covers 68 nations, totaling 4.4 billion people

p r o j e t o s , c o m o o t r e m M a d r i d -Y i w u , o c o r r e d o r

and 40% of world GDP. It includes several projects,

C h i n a - Pa q u i s t ã o e um oleoduto que ligará o sul da

such as the Madrid-Yiwu train, the China-Pakistan

China a Myanmar e ao Golfo de Bengala.

corridor and an oil pipeline linking southern China to

A prev isão é que di ve rs a s c i d a de s c hi ne s a s se

Myanmar and the Gulf of Bengal.

transfo rm e m em centros logísticos de transporte na

It is expected that several Chinese cities will become

nova rota. O Governo chinês pretende desenvolver

logistical transportation hubs on the new route. The

as províncias do oeste do país, mais pobres que as

Chinese government plans to develop the poorer

da costa, e criar novos mercados nos países da Ásia

provinces of the west of the country than to shore up

Central, tradicionalmente dominados pela Rússia. Por

new markets in the traditionally dominated countries

outro lado, também ambiciona aproveitar parte do

of Central Asia. On the other hand, it also aims to

excesso de produção que apresenta em setores como

take advantage of part of the excess production that

o aço, permitindo que as suas empresas de

it presents in sectors such as steel, allowing

i n f r a e s t r u t u r a s obtenham, no exterior, contratos

its infrastructure companies to obtain, abroad,

que já não conseguem no saturado mercado interno.

contracts that are no longer available in the

Para a China, o projeto também tem uma importância

s a t u r a te d d o m e st i c m a r ket .

geoestratégica uma vez que permitiria realizar o

For China, the project also has a geostrategic

desejo de abrir uma saída para a África, Europa e

i m p o r t a n c e since it would allow the desire to open

Oriente Médio que não passe pelo congestionado

a way out to Africa, Europe and the Middle East that

estreito de Malaca nem por um possível conflito no

does not pass through the congested Strait of Malacca

Mar do Sul da China.

or a possible conflict in the South China Sea.

12 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Câmara de Cooperação e Desenvolvimento Portugal China Chamber of Cooperation and Development Portugal China

A Câmara de Cooperação e Desenvolvimento Portugal

The Chamber of Cooperation and Development of Portugal

China (CCDPCH) é uma associação de direito privado,

China (CCDPCH) is a private-law association, legally

legalmente constituída em 2013, após um processo

constituted in 2013, after a seven-year process of

de sete anos de trabalho preparatório e de cooperação

preparatory work and cooperation of its foundation.

para a sua fundação. Os seus primeiros corpos sociais

His first Social Bodies were elected in May 3, 2014.

foram eleitos em 3 de maio de 2014.

Among its founders and members are personalities

Entre os seus fundadores e membros estão personalidades

who for more than 40 years have promoted the first

que há mais de 40 anos têm promovido as primeiras

cooperative relations with the People’s Republic of

relações de cooperação com a República Popular da

China and the main institutions in the country have

China e as principais instituições do país desenvolveram

developed these relations in recent decades.

essas relações nas últimas décadas.

The CCDPCH sent several delegations to People’s

A C C D PC H e nv io u vá r i a s de l e ga çõ e s à Re públ i ca

Republic of China - Guangdong, Guizhou, Zhejiang,

Po pular da China - Guangdong, Guizhou, Zhejiang,

Heilongjiang, Henan, Fujian, Jiangxi, Beijing, Macau,

Heilongjiang, Henan, Fujian, Jiangxi, Pequim, Macau,

Ta i w a n - a n d r e c e i v e d v a r i o u s m i s s i o n s f r o m

Taiwan - e recebeu várias missões destas regiões e

t h e s e r e g i o n s and cities, universities, companies

cidades, universidades, empresas e municípios.

and municipalities.

As missões da Associação são o estudo, consulta e

The Association missions are the study, consultation

pro m o ção do inte rcâ m bi o e co nó m i co, c i e ntí f i co,

and promotion of economic, scientific, political and

po lítico e cultural entre Portugal e a República Popular

cultural exchange between Portugal and the People’s

da China, desde a criação dos seus primeiros núcleos

Republic of China, from the creation of its first cores

na região Centro, Porto e região Norte, e Lisboa, em

in the region Centre, Oporto and the North region,

busca de reunir todas as organizações existentes que

a n d Li sb o n , seek i n g to b r i n g to g eth er a l l ex isting

trabalham com a China, inspiradas nos cinco princípios

organizations working with China, inspired by the

da coexistência pacífica: Igualdade, reciprocidade e

five principles of peaceful coexistence: Equality, reciprocity

benefício mútuo, respeito mútuo, não ingerência nos

and mutual benefit, mutual respect, non-interference

assuntos internos de outros países.

in the internal affairs of other countries.

Sua estratégia é complementar à atividade desenvolvida

Their strategy is complementary to the activity

anteriormente pelas instituições e personalidades

developed previously by the institutions and

que as uniram:

personalities that joined them:

Primeira Linha Estratégica: Orientar o intercâmbio

First strategic Line: Guide the exchange between the

entre os dois países para as províncias menos desenvolvidas

two countries to least developed provinces or with a

ou com um nível médio de desenvolvimento;

medium level of development;

S e g u n d a l i n h a e st raté g i c a : N a s p ro v í n c i a s m a i s

Second strategic Line: At the more developed

d e s e nv o l v i d a s da China, focar o intercâmbio nas

p r o v i n c e s of China, focus the Exchange in its strategic

s u a s c i d a d e s e st raté g i c a s , p o l o s d e e c o n o m i a ,

towns, poles of economy, research and education;

p e s q u i s a e educação;

Third strategic Line: Create an organic network based

Terceira Linha Estratégica: criar uma rede orgânica

o n th e p eo p l e th a t wo r k i n r esea r ch a n d training

baseada nas pessoas que trabalham em parcerias de

partnerships between Portugal and China;

pesquisa e formação entre Portugal e a China;

Fourth strategic Line: give a substantial contribution

Quarta Linha Estratégica: Dar um contributo substancial

for create a culture of political cooperation

para criar uma cultura de cooperação política e uma

and a culture of business between Portugal and

cultura de negócios entre Portugal e a China.

China.

https://www.ccdpch.com

https://www.ccdpch.com

DIPLOMATIC MAGAZINE | 13


NEGÓCIOS

Dossier China China File

Texto: AICEP Área: 9 561 000 km2 População: 1 366 milhões de habitantes Densidade populacional: 142 habitantes por km2 Designação oficial: República Popular da China Capital: Beijing (Pequim) - 19,3 milhões de habitantes Outras cidades importantes: Shanghai (Xangai); Guangzhou (Cantão); Tianjin; Chengdu; Shenzhen; Wuhan; Dongguan; Chongqinq; Nanjing; Foshan Religião: As principais religiões são o budismo e o daoismo. Existem minorias muçulmanas e cristãs Língua: A língua oficial é o putonghua, usualmente conhecido por mandarim. Existem também dialetos e línguas locais Unidade monetária: Yuan Renmimbi da China (CNY) 1 EUR = 7,876 CNY (Banco de Portugal - média / agosto 2017) Hora Local: Corresponde ao UTC/GMT mais oito horas. Em relação a Portugal, a China tem mais oito horas no horário de inverno e mais sete horas no horário de verão. Corrente Elétrica: 220 Volts AC, 50 ou 60 Hz. Tomadas de dois e de três pinos. Pesos e Medidas: É utilizado o sistema métrico. Horários de Funcionamento Serviços Públicos: das 8h30 às 11h30 / das 13h00 às 17h00 (de segunda-feira a sexta-feira) Bancos: das 9h00 às 12h00 / das 1 3 h 3 0 à s 1 7 h 0 0 ( d e segunda-feira a sexta-feira) Comércio tradicional: das 9h00 às 19h00 (todos os dias) Centros comerciais: das 9h00 às 21h00 (todos os dias) Supermercados: das 9h00 às 21h00 (todos os dias) Formalidades de Entrada O visto é obrigatório e pode ser obtido em qualquer representação diplomática da República Popular da China no estrangeiro. Existem 8 categorias de vistos: L (Viagem turismo), F (Negócios, Estágios, Intercâmbios Culturais ou Científicos) D (Residentes Permanentes na China) X (Estudo) Z (Trabalho) G (Trânsito) C (Tripulações de Companhias Aéreas e Náuticas) e J (Jornalistas).

14 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Area: 9 561 000 km2 Population: 1 366 million inhabitants Population density: 142 inhabitants per km2 Official name: People’s Republic of China Capital: Beijing - 19.3 million people Other major cities: Shanghai ; Guangzhou; Tianjin; Chengdu; Shenzhen; Wuhan; Dongguan; Chongqinq; Nanjing; Foshan Religion: The main religions are Buddhism and Daoism. There are Muslim and Christian minorities Language: The official language is putonghua, usually known as Mandarin. There are also local dialects and languages Currency: Yuan Renmimbi of China (CNY) 1 EUR = 7,876 CNY (Bank of Portugal - average / August 2017) Local Time: Corresponds to UTC / GMT plus eight hours. In relation to Portugal, China has eight more hours in winter time and seven hours in summer time. Electrical Current: 220 Volts AC, 50 or 60 Hz. Two and three pin sockets. Weights and Measures: The metric system is used. Hours of operation Public Services: from 8h30 to 11h30 / from 13h00 to 17h00 (from Monday to Friday) Banks: from 9:00 a.m. to 12:00 p.m. from 1:30 p.m. to 5:00 p.m. (from Monday to Friday) Traditional trade: from 9h00 to 19h00 (every day) Shopping centers: from 9am to 9pm (every day) Supermarkets: from 9am to 9pm (every day) Entry formalities The visa is compulsory and can be obtained from any diplomatic representation of the People’s Republic of China abroad. There are 8 categories of visas: L (Travel Tourism), F (Business, Internships, Cultural or Scientific Exchanges), D (Permanent Residents in China), X (Study), Z (Work) G (Traffic) C (Airlines and Navy Crews) and J (Journalists).


Situação Económica e Perspetivas A China regista o segundo maior produto interno bruto (PIB) mundial, em termos nominais, a seguir aos Estados Unidos da América (EUA) e situa-se na primeira posição em número de habitantes. Segundo dados estimados pelo EIU - The Economist Intelligence Unit, em 2016, a população era de 1 366 milhões de pessoas, sendo o PIB per capita de 8 220 USD. A China tem desempenhado um papel fundamental no panorama económico e financeiro mundial, nomeadamente por três motivos: o seu crescimento tem sido considerado um dos principais “motores” da economia mundial; a magnitude do seu setor produtivo sustenta em larga medida o andamento da oferta mundial, designadamente em termos de preços de matérias-primas; e, por último, detém o maior montante de reservas financeiras do mundo, encontrando-se uma componente significativa das mesmas investidas em obrigações de longo prazo do Tesouro norte-americano. Simultaneamente, a China passou de uma economia estatal e planificada para uma economia mais orientada para o mercado, encontrando-se num processo de transição de uma economia agrícola e rural para uma economia urbana, baseada na indústria e nos serviços, e de uma economia fechada para uma economia aberta às trocas internacionais de bens e de capital. No que se refere à composição do PIB por setores atividade, os dados relativos a 2016 indicam que os serviços foram responsáveis por 51,6%, a indústria por 39,8% e o setor agrícola por 8,6%. Registou-se um incremento do produto interno bruto de 6,9% no primeiro semestre de 2017, face ao período homólogo do ano anterior. Perspetiva-se, no entanto, que possa existir uma ligeira redução no ritmo de crescimento da atividade económica no segundo semestre do corrente ano, à medida que a política de crédito for sendo mais restritiva refletindo-se no mercado imobiliário, pelo que se prevê um acréscimo anual do PIB de 6,8%. Espera-se que possam contribuir para o ligeiro incremento do PIB em 2017, relativamente à percentagem do ano anterior, as elevadas despesas em infraestruturas e o aumento das exportações. O EIU prevê que possa ocorrer uma desaceleração do crescimento da economia da China, em 2018, perspetivando um acréscimo do PIB, em termos reais, de 5,8%, devido, sobretudo, ao menor incremento da formação bruta de capital fixo (as taxas de crescimento do PIB previstas pelo FMI - Fundo Monetário Internacional para 2017 e 2018, são, respetivamente, de 6,6% e 6,2%).

Economic Situation and Perspectives China registers the world’s second largest gross domestic product (GDP), in nominal terms, after the United States of America and is in the first position in number of inhabitants. According to data estimated by the EIU - The Economist Intelligence Unit in 2016, the population was 1,366 million people, with per capita GDP of 8,220 USD. China has played a key role in the global economic and financial landscape, for three reasons: its growth has been considered as one of the main “drivers” of the world economy; the magnitude of its productive sector largely supports the progress of world supply, particularly in terms of raw material prices; and, lastly, holds the largest amount of financial reserves in the world, a significant component of which is invested in long-term US Treasury bonds. At the same time, China has shifted from a planned state economy to a more market-oriented economy and is in the process of transition from an agricultural and rural economy to an urban economy based on industry and services and a closed economy for an economy open to international trade in goods and capital. Regarding the composition of GDP by activity sectors, data for 2016 indicate that services accounted for 51.6%, industry for 39.8% and the agricultural sector for 8.6%. There was an increase of 6.9% in gross domestic product in the first half of 2017 compared to the same period last year. However, it is expected that there will be a slight reduction in the growth rate of economic activity in the second half of this year, as credit policy becomes more restrictive, reflecting the real estate market. GDP growth of 6.8%. They are expected to contribute to the slight increase in GDP in 2017, compared to the percentage of the previous year, high infrastructure spending and increased exports. The EIU expects a slowdown in China’s economic growth in 2018, with a real GDP increase of 5.8%, mainly due to the smaller increase in gross fixed capital formation ( of GDP growth forecast by the IMF - International Monetary Fund for 2017 and 2018, are respectively 6.6% and 6.2%).

DIPLOMATIC MAGAZINE | 15


NEGÓCIOS

Relações Económicas com Portugal O mercado da China assume uma posição com algum relevo no contexto do comércio internacional português de bens e serviços. Em 2016, a quota da China foi de 1,1% enquanto cliente e de 2,4% como fornecedor. As exportações portuguesas de bens e serviços para a China aumentaram em 2013 (+7,1%, face ao ano anterior) e em 2014 (+10,4%), diminuindo em 2015 e em 2016 (variações percentuais, respetivamente, de -5,2% e -8,5%). O valor das exportações situou-se em 860,7 milhões de euros em 2016, tendo, nos últimos cinco anos, superado 900 milhões de euros os montantes de 2014 (991,6 milhões de euros) e 2015 (940,1 milhões de euros). O crescimento médio anual, no período 2012-2016, foi de 1,0%. No que concerne às importações de bens e serviços, diminuíram em 2013 (uma variação percentual de -1,5%), aumentaram 16,5% em 2014, registando incrementos em 2015 e em 2016 (respetivamente, de 10,3% e 1,4%). O montante das importações passou de 1 356,2 milhões de euros em 2012 para 1 741,3 milhões de euros em 2016. A taxa média de crescimento anual, de 2012 a 2016, foi de 6,7%. O saldo da balança comercial é desfavorável a Portugal. O défice era de 517,6 milhões de euros em 2012, desceu para 437,5 milhões de euros em 2013 e atingiu 880,7 milhões de euros em 2016

Contactos Úteis Em Portugal Embaixada da República Popular da China em Portugal Rua do Pau de Bandeira, 11-13 1200-756 Lisboa Tel.: +351 213 928 430 | Fax: +351 213 928 431 E-mail: Chinaemb_pt@mfa.gov.cn AICEP Portugal Global Rua Júlio Dinis, 748, 8º Dto 4050-012 Porto Tel.: +351 226 055 300 E-mail: aicep@portugalglobal.pt | http://www.portugalglobal.pt AICEP Portugal Global Av. 5 de Outubro, 101 1050-051 Lisboa Tel.: +351 217 909 500 E-mail: aicep@portugalglobal.pt | http://www.portugalglobal.pt Na China Embaixada de Portugal em Pequim 8 San Li Tun Dong Wu Jie Beijing 100600 - P.R.China Tel.: +86 10 653 23220/42 | Fax: +86 10 653 24637 E-mail: pequim@mne.pt / embport@public2.bta.net.cn

Economic Relations with Portugal The Chinese market takes a position with some relevance in the context of the Portuguese international trade in goods and services. In 2016, China’s share was 1.1% as a customer and 2.4% as a supplier. Portuguese exports of goods and services to China increased in 2013 (+ 7.1% in relation to the previous year) and in 2014 (+ 10.4%), decreasing in 2015 and 2016 (percentage changes, respectively, 5.2% and -8.5%). The value of exports amounted to EUR 860.7 million in 2016 and, in the last five years, amounted to EUR 900 million (EUR 991.6 million) and 2015 (EUR 940.1 million ). The average annual growth in the period 2012-2016 was 1.0%. As for imports of goods and services, they fell in 2013 (a percentage change of -1.5%), increased by 16.5% in 2014, with increases in 2015 and 2016 (respectively 10.3% and 1,4%). The amount of imports increased from EUR 1 356.2 million in 2012 to EUR 1 741.3 million in 2016. The average annual growth rate from 2012 to 2016 was 6.7%. The balance of trade is unfavorable to Portugal. The deficit was 517.6 million euros in 2012, fell to 437.5 million euros in 2013 and reached 880.7 million euros in 2016.

16 | DIPLOMATIC MAGAZINE

AICEP Portugal Global Pequim Embassy of Portugal 8 San Li Tun Dong Wu Jie Beijing 100600 - P.R.China Tel.: +86 10 653 20401/5 | Fax: +86 10 653 26746 E-mail: aicep.beijing@portugalglobal.pt AICEP Portugal Global Xangai Consulate General of Portugal - Economic Section 16th floor, Crystal Century Tower, 567 - Wei Hai Road Shanghai 200041 - P.R.China Tel. (geral): +86 21 628 86767; extensões: 501 e 505 Tel. (linha direta): +86 21 628 86570 | Fax: +86 21 628 86571 E-mail: aicep.shanghai@portugalglobal.pt


Investimento Com base nos dados do Banco de Portugal, o fluxo de investimento direto da China em Portugal, em 2016, foi de 518,8 milhões de euros, ficando aquém do montante registado em 2014 (724,5 milhões de euros), mas superando os valores registados em 2012 (um montante que não tem expressão), em 2013 e em 2015 (respetivamente, 133,5 e 495,8 milhões de euros). No primeiro semestre de 2017 (última informação disponível), o investimento direto da China em Portugal situou-se em 287,2 milhões de euros, verificando-se uma variação percentual de -12,3% relativamente ao período homólogo do ano anterior. O stock de investimento direto da China em Portugal era de 1 789,6 milhões de euros em dezembro de 2016, representando 1,6% do montante global do IDE (investimento direto do exterior). E m j unho de 20 1 7 , ati ng i u- s e o va l o r de 2 0 7 6 , 8 m ilhõ e s de e uro s e o peso no total do IDE subiu para 1,7%. Não podemos, ainda, deixar de referir alguns investimentos significativos da China em Portugal que se têm verificado, nos últimos tempos, como por exemplo, as operações de aquisição das participações na EDP e na REN pelos Grupos chineses China Three Gorges e State Grid, a aquisição pelo Grupo BEWG (Beijing Entreprises Water Group) da operação do Grupo francês VEOLIA no setor do tratamento de águas em Portugal, o Grupo chinês FOSUN que ganhou o processo de privatização de grande parte do capital relativo ao negócio segurador da Caixa Geral de Depósitos e tem uma participação no Millenium BCP e ainda a aquisição do Banco Espírito Santo Internacional pela Haitong.

Investment Based on data from Banco de Portugal, China’s direct investment flow to Portugal in 2016 was 518.8 million euros, falling short of the amount recorded in 2014 (724.5 million euros), but in 2012 (an amount that has no expression) in 2013 and 2015 (respectively EUR 133.5 million and EUR 495.8 million). In the first half of 2017 (last available information), China’s direct investment in Portugal stood at 287.2 million euros, a percentage change of -12.3% compared to the same period of the previous year. China’s direct investment stock in Portugal was 1,789.6 million euros in December 2016, representing 1.6% of the total amount of FDI (foreign direct investment). In June 2017, the value of 2 076.8 million euros was reached and the total SDI weight increased to 1,7%. We cannot fail to mention some of the significant investments made by China in Portugal, such as the acquisition of the shares in EDP and REN by China Three Gorges and State Grid, acquisition by the BEWG Group (Beijing Entreprises Water Group) of the operation of the French VEOLIA Group in the water treatment sector in Portugal, the Chinese Group FOSUN which won the privatization of a large part of the capital related to the insurance business of Caixa Geral de Depósitos and has a stake in Millenium BCP and the acquisition of Banco Espírito Santo Internacional by Haitong.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 17


NEGÓCIOS

A economia socialista de mercado da China, para uma Nova Era The socialist market economy of China for a New Age

António Queiróz Secretary General of CCDPCh Chamber of Portugal-China Cooperation and Development

O Sistema Político A visão adotada pelos observadores ocidentais sobre a República Popular da China, procurando sobrepor á realidade chinesa as suas próprias categorias políticas e económicas, constitui fator decisivo para explicar erros e incapacidade analítica. Foi assim com o epíteto de “vulnerable e co no my ”, l a nça d o p e l a rev i sta The Eco no mist, aquando do auge da crise financeira e é assim quando a Revista Times lhe chama “hybrid model of quasi-state capitalism and semi democratic authoritarianism”. Após a Fundação da República Popular da China (1949), o PCCh levou a cabo a transição da Nova Democracia para a primeira etapa do “socialismo com caraterísticas chinesa”, estabelecendo as suas bases teóricas e desenvolvendo-o, económica, política e culturalmente. Trata-se de um sistema político original, cooperativo, consultivo e democrático, assente nas Assembleias Populares e no sistema de Conferências Políticas Consultivas do Povo Chinês, que emerge durante a consolidação da frente única contra a ocupação e o imperialismo japonês, na fase final da II guerra mundial. Após a derrota do Japão, a China dividiu-se entre os partidários do Kuomitang, que pretendiam restaurar a hegemonia de uma classe dominante de senhores da guerra, grandes proprietários fundiários e comerciantes associados às empresas estrangeiras e, do outro lado, a burguesia nacional, empresários e intelectuais e, sobretudo centenas de milhões de camponeses pobres que exigiam a reforma agrária e dela já desfrutavam parcialmente nas regiões libertadas. A guerra civil, que se agudizou entre 1946 e 1949, colocou do lado do PCCh os oito partidos democráticos emergentes, incluindo uma parte do Kuomitang que cindiu com a sua direção e dividiu igualmente os aliados internacionais, conduzindo as potências ocidentais a apoiar militarmente o Kuomintang e a URSS o PCCh e a aliança política pela Nova Democracia. A aprovação da Constituição que fundou a República Popular da China (1954) instituiu a aliança política entre o PCCh e os 8 partidos democráticos, garantindo-lhe a presença nos comités dirigentes dos principais órgãos do estado, base da nova democracia.

The Political System

O Sistema Económico O Artº 6º da Constituição da República Popular da China (revisão de 1999), postula como base do sistema económico socialista da República Popular da China a propriedade pública socialista dos meios de produção, designadamente a propriedade de todo o povo e a propriedade coletiva do povo trabalhador, mas admite outras formas de propriedade e de distribuição da riqueza.

The Economic System

18 | DIPLOMATIC MAGAZINE

The view adopted by Western observers of the People’s Republic o f Ch i n a , seek i n g to ov er l a y Ch i n ese p o l i ti cal and econom ic categories, is a decisive factor in explaining errors and analytical incapacity. This was the epithet for the “vulnerable economy” published by the magazine The Economist, at the height of the financial crisis and this is when Times Magazine calls it “hybrid model of quasi-state capitalism and semi democratic authoritarianism”. After the founding of the People’s Republic of China (1949), the CCP carried out the transition from New Democracy to the first stage of “socialism with Chinese characteristics”, establishing its theoretical basis and developing it economically, politically and culturally. It is an original, cooperative, consultative and democratic political system, based on the People’s Assemblies and the Chinese People’s Consultative Policy Conferences system, which emerges during the consolidation of the united front against Japanese occupation and imperialism in the final phase of II world war. After the defeat of Japan, China divided itself among the Kuomitang supporters, who sought to restore the hegemony of a ruling class of warlords, large landowners and merchants associated with foreign enterprises, and on the other hand, the national bourgeoisie, entrepreneurs and intellectuals and, above all, hundreds of millions of poor peasants who demanded agrarian reform and who already enjoyed it partially in the liberated regions. The civil war, which worsened between 1946 and 1949, placed on the side of the CCP the eight emerging democratic parties, including a part of the Kuomitang that split with its leadership and also divided the international allies, leading the Western powers to militarily support the Kuomintang and the USSR the CCP and the political alliance for New Democracy. The approval of the Constitution that founded the People’s Republic of China (1954) established the political alliance between the CCP and the 8 democratic parties, guaranteeing it the presence in the leading committees of the main organs of the state, the basis of the new democracy.

Article 6 of the Constitution of the People’s Republic of China (1999 revision) posits as the basis of the socialist economic system of the People’s Republic of China the socialist public property of the means of production, namely the ownership of all people and the collective property of the people worker, but admits other forms of ownership and distribution of wealth.


Analisemos agora, sumariamente, a sua evolução concreta, no quadro do processo de Reforma e Abertura: A p ro p r i e d a d e d o e sta d o p re d o m i n a n o s s e to re s f u n d a m e nta i s da economia, transformando-se em c o r p o r a ç õ e s : Tr a n s p o r t e s fe r r o v i á r i o s e a é r e o s , c o r r e i o s , telecomunicações, abastecimento de carvão, água e eletricidade às zonas urbanas, investigação científica, educação, defesa nacional e finanças…. As empresas de propriedade não pública predominam no desenvolvimento sectorial da economia, representando entre 50 a 70% em 26 dos 40 setores da indústria.

Let us now briefly review its concrete evolution in the

A linha geral da economia socialista de mercado O Partido deve defender e melhorar o sistema económico básico, com a propriedade pública desempenhando um papel dominante e diferentes setores económicos desenvolvendo-se lado a lado, bem como o sistema de distribuição sob o qual a distribuição de acordo com o trabalho é dominante e uma variedade de modos de distribuição coexistem, encorajar algumas áreas e algumas pessoas a tornarem-se ricas primeiro, gradualmente eliminar a pobreza, alcançar a prosperidade comum, atender continuamente às crescentes necessidades materiais e culturais do povo com base no crescimento da produção e da riqueza social e promover o d e s e n v o l v i m e n t o geral das pessoas .

The general line of the socialist market economy

framework of the Reform and Openness process: State ownership predominates in the fundamental sectors of the economy, transforming into corporations: rail and air transport, postal services, telecommunications, coal supply, water and electricity to urban areas, scientific research, education, national defense and finance... Non-public-owned enterprises predominate in the sectoral development of the economy, accounting for between 50 and 70 percent in 26 of the 40 industry sectors.

The Party must uphold and improve the basic economic system, with public ownership playing a dominant role and different economic sectors developing side by side, as well as the system of distribution under which distribution according to work is dominant and a variety of modes of distribution coexist, encourage some areas and some people to become rich first, gradually eliminate poverty, achieve common prosperity, continuously meet the people’s ever-growing material and cultural needs on the basis of the growth of production and social wealth and promote people’s all-around development.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 19


NEGÓCIOS

Governance, as relações entre o governo e o mercado Princípios: O governo pretende que o mercado decida, mas não lhe concede todo o poder. O governo assegurará a estabilidade da macroeconomia. Continuará a prestar os serviços públicos. Defenderá a justa competência no mercado. Procederá à supervisão do mercado. Manterá um mercado ordenado. Promoverá o desenvolvimento sustentável. Intervirá quando o mercado falhar. Diagnóstico: O mercado está subdesenvolvido. Há uma excessiva intervenção governamental. Predomina o protecionismo de p a r ta m e nta l e gove r na m e nta l . A s upe r v isão do m e rca do é d é bi l . Orientação: Seguir as leis fundamentais do mercado. Desenvolver a concorrência. Reconhecer o primado do mercado sobre o governo, no que respeita à afetação dos recursos e à eliminação das fraquezas da economia.

Governance, the relationship between government and the market Principles: The government wants the market to decide, but it does not give it full power. The government will ensure macroeconomic stability. It will continue to provide public services. It will defend fair competition in the market. It will supervise the market. It will maintain an orderly market. It will promote sustainable development. It will intervene when the market fails. Diagnosis: The market is underdeveloped. There is excessive government intervention. Predominant departmental and governmental protectionism. Market supervision is weak. Guideline: Follow the fundamental laws of the market. Develop competition. Recognize the primacy of the market over government in terms of resource allocation and the elimination of economic weaknesses.

O socialismo de caraterísticas chinesas para uma Nova Era A China retirou da pobreza 800 milhões de cidadãos e em 2020 completará o objetivo de a erradicar. Traçou como orientação para os próximos 30 anos alcançar a prosperidade de uma nova classe média de mil milhões de cidadãos, com base na completa transição ecológica da sua economia e sociedade e na construção de uma Nova Rota da Seda para a Paz. O Presidente Xi nas tribunas do 19ºCongresso do PCCh, da 13ªAssembleia Nacional Popular e da 13ª Conferência Política Consultiva do Povo Chinês, clarificou as orientações económicas e políticas que traduzem essa Nova Era: Existem ainda várias restrições para o desenvolvimento do país, tais como a numerosa população, o baixo rendimento per capita, a fraca base ecológica… e novos desafios, o envelhecimento da população e a baixa de natalidade, o insuficiente abastecimento de energia, entre outros. Somente com o progresso dos países em desenvolvimento e dos países menos desenvolvidos do mundo, a China pode crescer. Somente com a prosperidade dos países em desenvolvimento, a China pode ser mais próspera.

20 | DIPLOMATIC MAGAZINE

The Socialism of Chinese Characteristics for a New Age China has lifted 800 million citizens out of poverty and by 2020 will complete the goal of eradicating it. It has set the course for the next 30 years to achieve the prosperity of a new middle class of one billion citizens, based on the complete ecological transition of its economy and society and the construction of a New Silk Road to Peace. President Xi in the stands of the 19th CPC Congress, the 13th National People’s Congress and the 13th Chinese People’s Political Consultative Conference, clarified the economic and political orientations that translate this New Age: There are still several restrictions for the development of the country, such as numerous population, low per capita income, weak ecological base... and new challenges, population aging and low birth rates, insufficient energy supply, among others. Only with the progress of the developing and least developed countries in the world can China grow. Only with the prosperity of developing countries, China can be more prosperous.


BRICS, Relações SuL-SuL e Portugal Os BRICS, representam 40% da população, 25% do PIB e mais de 50% das reservas internacionais, possuem o seu próprio banco e são credores dos EUA. Cooperação Sul-Sul: A assistência da China desenvolve-se nas áreas das infraestruturas, agricultura e desenvolvimento de recursos humanos bem como através da isenção de direitos aduaneiros e o “perdão da dívida” concedido aos países menos desenvolvidos (PMDs). A partir de janeiro de 2009, foram aplicadas tarifas preferenciais unilaterais para 41 países menos desenvolvidos. As autoridades pretendem aumentar a cobertura deste esquema para 95% das importações dos PMDs. Os países da Eurásia, desde o leste da China até ao ocidente da Europa, estão a constituir um mercado contíguo que cobre 60 países e 60% da população, 75% do s re cursos e ne rgéti co s e 6 0 % d o P I B, do m undo. Estima- se que dentro de dez anos o comércio em toda esta região poderá superar US $ 2,2 triliões por ano. Foi criado o AIIB The Asian Infrastructure Investment Bank (2015), a China anunciou que já foram planeados mais de 1 trilião de yuan (US $ 160 bilhões E.U.) de projetos de infraestruturas. O Banco tem um capital autorizado de US $ 100 bilhões, dos quais 75% serão provenientes de países asiáticos e da Oceânia. A China, detém 26% dos direitos de voto. Portugal ocupa o lugar estratégico de porta atlântica da Rota Marítima da Seda para a Europa, ligando os seus portos ao Corredor Ferroviário Atlântico, que atravessa o continente atá à República Popular da China.

BRICS, south-south-SuL Relations and Portugal BRICS accounts for 40% of the population, 25% of GDP and more than 50% of international reserves, have their own bank and are US creditors. South-South Cooperation: China’s assistance is being developed in the areas of infrastructure, agriculture and human resources development, as well as through the exemption from customs duties and the “debt forgiveness” granted to least developed countries (LDCs). As of January 2009, unilateral preferential tariffs were applied to 41 least developed countries. The authorities intend to increase coverage of this scheme to 95% of LDC imports. The Eurasian countries, from eastern China to western Europe, are a contiguous market covering 60 countries and 60% of the world’s population, 75% of the world’s energy resources and 60% of GDP. It is estimated that within ten years trade across this region could exceed $ 2.2 trillion per year. The AIIB was created The Asian Infrastructure Investment Bank (2015), China announced that more than 1 trillion yuan (US $ 160 billion) in infrastructure projects have already been planned. The Bank has authorized capital of US $ 100 billion, of which 75% will be from Asian countries and Oceania. China holds 26% of the voting rights. Portugal occupies the strategic port of the Atlantic Silk Road to Europe, linking its ports to the Atlantic Rail Corridor, which crosses the mainland to the People’s Republic of China.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 21


NEGÓCIOS

Relações Comerciais entre Portugal e a China

Commercial Relations Between Portugal and China Rita Assis Ferreira Associada Coordenadora PLMJ China Desk

Nos últimos 7 anos temos assistido a um crescimento do investimento e das transações comerciais entre Portugal e China. Portugal foi eleito um dos países europeus destinatário de grandes investimentos, seja por empresas detidas pelos Estado Chinês, seja por empresas privadas e particulares que se têm estabelecido no nosso país. É certo que as relações entre Portugal e China remontam há mais de 500 anos mas as atuais condições de investimento, o ambiente de negócios seguro e favorável à criação de empresas e a estabilidade social do país, têm intensificado o interesse por Portugal, que muito ultrapassa a notoriedade das suas estrelas de futebol. Ao longo da minha experiência dos últimos 7 anos na Ásia (primeiro residindo em Beijing e atualmente em Macau), tenho testemunhado este posicionamento de Portugal, no mercado chinês, como destino de investimento e de turismo, mas igualmente tenho assistido e partilhado experiências de empresas portuguesas que enfrentam adversidades quando pretendem explorar o mercado chinês. Que incentivos e apoios têm as empresas portuguesas para expandir a sua atividade para o mercado asiático? Que conhecimentos têm dos riscos e da concorrência naquele mercado? Estas são as perguntas mais frequentes que se sucedem, cujo esclarecimento pode potenciar investimentos de sucesso naquele mercado distante. O mercado chinês é complexo, pautado por diferentes formas de atuação dos seus “players” e de regimes legais e burocráticos muito específicos. A grande dimensão das empresas chinesas em comparação às portuguesas, os “timings” diversos de investimento e canais de financiamento, as formas de negociação contrastantes com o Ocidente, são alguns dos aspetos que devem ser conhecidos (e ponderados) antes de qualquer investimento neste mercado. Tentando sintetizar algumas regras que considero importantes para os empresários avaliarem um mercado tão vasto como é a China: Em primeiro lugar, o empresário deve fazer uma avaliação prévia do mercado em função da sua atividade e dimensão. Tal significa que, embora a China e a sua população de 1,5 biliões pareça apelativa à maioria dos empresários, é fundamental ter em conta a área de atividade, a dimensão e capacidade de investimento da empresa que pretende expandir o seu negócio para a Ásia. Os empresários devem procurar cautelosamente as oportunidades que se adequem à sua capacidade de produzir, de investir e de se manter de forma sustentável no mercado chinês a médio/longo prazo.

22 | DIPLOMATIC MAGAZINE

In the last 7 years we have seen an increase in investment and commercial transactions between Portugal and China. Portugal was chosen as one of the European countries to receive large investments, either by companies owned by the Chinese State or by private companies that have established themselves in our country. It is true that relations between Portugal and China date back more than 500 years, but the current conditions of investment, the business environment that is safe and conducive to business creation and social stability in the country, have intensified interest in Portugal, which far surpasses the notoriety of their football stars. Throughout my experience of the last 7 years in Asia (first living in Beijing and currently in Macau), I have witnessed this positioning of Portugal in the Chinese market as an investment and tourism destination, but I have also witnessed and shared experiences of companies Portuguese companies that face adversities when they intend to exploit the Chinese market. What incentives and support do Portuguese companies have to expand their business to the Asian market? What knowledge does you they have of the risks and competition in that market? These are the frequently asked questions that follow, the clarification of which can lead to successful investments in that distant market. The Chinese market is complex, shaped by different forms of performance of its players and very specific legal and bureaucratic regimes. The large size of the Chinese companies compared to the Portuguese, the various investment timings and channels of financing, the contrasting forms of trading with the West are some of the aspects that must be known (and weighted) before any investment in this market. Trying to synthesize some rules that I consider important for entrepreneurs to evaluate a market as vast as China is: Firstly, the entrepreneur must make a prior assessment of the market according to its activity and size. This means that while China and its 1.5 billion population seem appealing to most entrepreneurs, it is crucial to take into account the area of activity, size and investment capacity of the company that plans to expand its business to Asia. Entrepreneurs should carefully look for opportunities that fit their ability to produce, invest and sustainably remain in the Chinese market in the medium to long term.


Torna-se importante analisar as vantagens que algumas das “Free Trade Zones” que a China oferece às empresas estrangeiras, nomeadamente em grandes cidades como Shanghai, Tiajin, Fujian e Guangdong. Estas zonas de comércio livre são na China um tipo específico de zona económica especial, onde os bens podem ser importados, produzidos e exportados sem intervenção direta dos serviços Alfandegários. Estas zonas (que passaram recentemente a 11 zonas) têm desempenhado desde 2013 um papel importante na modernização do cenário empresarial da China, servindo de experimentação para as autoridades locais implementarem novas regulamentações “pró-negócios”. Cada Free Trade Zone é dedicada a uma indústria específica e combina incentivos para atrair investimento estrangeiro, que podem variar em função do plano de negócio apresentado pela empresa. Em segundo lugar, cabe analisar criteriosamente os aspetos da constituição e operação de uma empresa portuguesa na China, designadamente questões fiscais, alfandegárias, aduaneiras, registos comerciais e marcas, etc. Para tal sugere-se a contratação de especialistas legais, consultoria e financeiros que permitam o esclarecimento prévio das normas regulamentares e eventuais limitações legais existentes na lei Chinesa que possam afetar o investimento.

It is important to analyze the advantages that some of the “Free Trade Zones” that China offers to foreign companies, namely in large cities such as Shanghai, Tiajin, Fujian and Guangdong. These free trade zones are in China a specific type of special economic zone, where the goods can be imported, produced and exported without the direct intervention of the Customs services. These areas (which have recently moved to 11 areas) have played an important role in modernizing China’s business environment since 2013, serving as a test for local authorities to implement new “pro-business” regulations. Each Free Trade Zone is dedicated to a specific industry and combines incentives to attract foreign investment, which may vary depending on the business plan presented by the company. Secondly, the aspects of the constitution and operation of a Portuguese company in China, such as tax, customs, trade registers and trademarks, etc., should be carefully analyzed. To this end, it is suggested that legal, consulting and financial experts be hired to clarify prior regulations and possible legal limitations in Chinese law that may affect the investment.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 23


NEGÓCIOS

Este enquadramento legal e financeiro permitirá às empresas estrangeiras capitalizar as últimas reformas implementadas pela China ao investimento estrangeiro, que vieram simplificar um conjunto de medidas administrativas e regulatórias. Permitirá igualmente às empresas considerar o melhor local para o seu investimento dentro da China Continental, Macau ou Hong Kong, que se regem por leis e regras de investimento totalmente diversas. Por fim, os empresários devem estabelecer uma estratégia a médio/longo prazo para o seu investimento na China. Este plano de negócio pode passar por encontrar um parceiro local, credível e conhecedor da área de negócio ou pelo estabelecimento do negócio de forma independente. Em qualquer das opções, é essencial a contratação de uma Equipa local de qualidade e de Representantes de confiança com o perfil e as qualidades técnicas adequadas para residir na China e coordenar o negócio. O acompanhamento regular do negócio (com deslocações frequentes à China) ajudará a potenciar as boas relações com os colaboradores e as autoridades locais, ultrapassando algumas dissonâncias decorrentes da diversidade linguística e cultural. As regras agora abordadas que tenho vindo a partilhar com os nossos Clientes ao longo dos anos, pretendem alertar as empresas portuguesas para adotarem uma estratégia de investimento preventivo na China. No entanto, qualquer decisão de investimento naquele mercado deve passar por uma análise jurídica para a área de atividade do investimento a realizar. A PLMJ Sociedade de Advogados SP RL, no âmbito da sua política de internacionalização, mantém parcerias com prestigiados escritórios de Advogados locais na China, Hong Kong e Macau há mais 7 anos, sob a coordenação de uma Equipa de Advogados residente. Atualmente baseada em Macau, e em parceria com a DSL Lawyers, a PLMJ China Desk tem assistido jurídica e estrategicamente diversas empresas chinesas nos seus investimentos nos países de língua portuguesa, bem como empresas portuguesas que se pretendem internacionalizar na China, Macau e/ou Hong Kong.

24 | DIPLOMATIC MAGAZINE

This legal and financial framework will allow foreign companies to capitalize on the latest reforms implemented by China in foreign investment, which have simplified a set of administrative and regulatory measures. It will also allow companies to consider the best location for their investment within Mainland China, Macau or Hong Kong, which are governed by completely different investment laws and regulations. Finally, entrepreneurs should establish a medium/long-term strategy for their investment in China. This business plan may be to find a local partner, credible and knowledgeable in the area of business or by establishing the business independently. In any of the options, it is essential to hire a local Quality Team and reliable Representatives with the appropriate technical profile and qualities to reside in China and coordinate the business. Regular business monitoring (with frequent visits to China) will help to foster good relations with employees and local authorities, overcoming some dissonances arising from linguistic and cultural diversity. The rules now addressed that I have been sharing with our Clients over the years are intended to alert Portuguese companies to adopt a preventive investment strategy in China. However, any investment decision in that market must undergo a legal analysis for the area of activity of the investment to be made. PLMJ Sociedade de Advogados SP RL, as part of its internationalization policy, has partnered with prestigious local law firms in China, Hong Kong and Macao for over 7 years, under the coordination of a resident Lawyers’ Team. Currently based in Macau, and in partnership with DSL Lawyers, PLMJ China Desk has legally and strategically assisted several Chinese companies in their investments in Portuguese-speaking countries, as well as Portuguese companies that intend to internationalize in China, Macau and/or Hong Kong.


GABINETE DE EXPANSÃO ECONÓMICA Advisory Fund-Raising and Capital Structuring

Estruturação de Financiamentos e Obtenção de Fundos | Identificação de Concursos Internacionais | Consultoria Jurídica e Fiscal | Apoio à Internacionalização | Capacitação Técnica |

Numa relação estruturada entre o financiamento e a execução conquistamos dimensão para os seus negócios

Informações : info@senegalbusinesscluster.com

DIPLOMATIC MAGAZINE | 25


NEGÓCIOS

Movimento Associativo Empresarial

Business Associative Movement Paulo Nunes de Almeida Presidente da AEP

IMPORTANTE ALAVANCA NA INTERNACIONALIZAÇÃO

IMPORTANT LEVER IN THE INTERNATIONALIZATION OF

DA ECONOMIA PORTUGUESA

THE PORTUGUESE ECONOMY

Após um período de prolongada crise económica e financeira,

After a period of prolonged economic and financial

com consequências muito negativas, Portugal tem vindo a

crisis, with very negative consequences, Portugal has

observar um bom desempenho, que é reconhecido pelas

been observing a good performance, which is recognized

diversas instituições internacionais.

by the various international institutions.

Com uma trajetória de expansão económica ininterrupta,

With a trajectory of uninterrupted economic

desde 2014, a economia portuguesa deverá continuar

expansion, since 2014, the Portuguese economy

a apresentar, pelo menosaté 2020, um ritmo de crescimento

will continue to have a growth rate of around

em torno de 2%, em termos médios, continuando a

2% in average terms, at least until 2020, and

beneficiar de um enquadramento económico e financeiro

continue to benefit from a favorable economic

favorável.

and financial environment.

Uma das importantes alterações estruturais a assinalar

One of the important structural changes to be noted

é, sem dúvida, aforte progressão do grau de abertura

is undoubtedly a rapid progression in the degree of

da economia portuguesa ao exterior, em particular o

openness of the Portuguese economy to the outside

acréscimo notável do peso das exportações de bens

world, in particular the notable increase in the share

e serviços no PIB–que supera atualmente os 43%,

o f e x p o r t s o f g o o d s a n d s e r v i c e s i n G D P, w h i c h

quando em 2010 era de apenas 29,9% (idêntico ao

c u r r e n t l y exceeds 43%, when in 2010 was only 29.9

que Portugal observava por ocasião da assinatura do

per cent (similar to what Portugal observed at the

tratado de adesão à então Comunidade Económica

time of the signing of the Treaty of Accession to the

Europeia, em 1985).

then European Economic Community in 1985).

Para esta extraordinária evolução, em tão curto período,

For this extraordinary development, in such a short

é de sublinhar o papel crucial do movimento associativo

period of time, the crucial role of the business

empresarial, que liderou grandes campanhas de

associative m o v e m e n t , w h i c h h a s l e d m a j o r

i n t e r n a c i o n a l i za ç ã o , contribuindo, de forma decisiva,

i n t e r n a t i o n a l i z a t i o n campaigns, has been so

para que as empresas portuguesas pudessemalcançar

d e c i s i v e t h a t Portuguese companies could achieve

importantes ganhos de quota de mercado, acima do

important gains in market share, above expectations,

esperado, dado o elevado reconhecimento da qualidade

given the high recognition of the quality of its goods

dos seus bens e serviços nos mercados internacionais.

and services in international markets.

É de realçar que, em 2017, o comportamento mais dinâmico

It should be noted that in 2017, the behavior of Banco

do que o antecipado das exportações de bens e serviços

de Portugal is more dynamic than anticipated exports

é apontado pelo Banco de Portugal como sendo o principal

of goods and services as the main explanatory factor

fator explicativo do seu erro de projeção (subestimação)

for its error of projection (underestimation) of GDP

da taxa crescimento do PIB.

growth rate.

Esta é, seguramente, a forma mais saudável da economia

This is surely the healthiest way for the economy to

crescer, a acrescentar à substituição competitiva de

grow, to add to the competitive substitution of imports,

importações, onde as Associações Empresariais têm

wh er e Bu si n ess Asso ci a ti o n s h a v e a l so p l ay ed a

i g ua l m e nte de se m pe nha do um pa pe l de re l evo,

prom inent role, in particular through actions to value

no meadamente através de ações de valorização da

the national supply.

oferta nacional.

26 | DIPLOMATIC MAGAZINE


NEGÓCIOS

A intervenção das Associações Empresariais nestes

The involvement of Business Associations in these and

e nout ro s do m íni o s ( co m o é o ca s o da fo r ma çã o

other areas (such as the training and qualification of

e qualificação dos recursos humanos, em particular

human resources, in particular the assets employed)

dos ativos empregados) deve continuar a merecer um

should continue to be strongly supported by public

forte apoio das políticas públicas, não só pela sua

policies, not only because of their greater proximity

maior proximidade com o tecido empresarial, mas

to the business community, but also to the extent that

também na medida em que a sua atuação sobre um

its action on a broad range of companies tends to

c o n j u nto a l a rga d o d e e m p re s a s te n d e a p o te n c i a r

enhance synergies and ensure greater efficiency and

s i n e rg i a s e a a s s e g u r a r u m a m a i o r e f i c i ê n c i a e

effectiveness of resources.

e f i c á c i a dos recursos.

AEP knows that in the approach to more complex

A AE P sabe q ue na a bo rda ge m a m e rca do s m a i s

m a r ke t s Po r t u g u e s e co m p a n i e s h a v e a g r e a te r

co m plexo sas empresas portuguesas têm uma maior

d i f f i c u l t y in making an individualized approach.

dificuldade em efetuar uma aproximação

Over the past two years, within the framework of BOW

individualizada.

- Business OntheWay Program, AEP has completed 47

Nos dois últimos anos a AEP concretizou, no âmbito

internationalization actions in about 29 markets. In

do seu Programa BOW - Business OntheWay, 47 ações

the current edition, 2017/2018, BOW contemplates an even

de internacionalização em cerca de 29 mercados.

more ambitious calendar, with actions in 36 markets.

Na edição em curso, 2017/2018, o BOW contempla

Since the year of 1990 we have already counted more

um calendário ainda mais ambicioso, com ações em

than five hundred actions, involving support to more

36 mercados. Desde o ano de 1990 contabilizámos

than six thousand companies / participations.

já mais de cinco centenas de ações, envolvendo um apoio a mais de seis mil empresas/participações.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 27


NEGÓCIOS

A juntar a este balanço, temos vindo a implementar

Adding to this balance, we have been implementing

outras iniciativas, com propósitos distintos mas sempre

other initiatives, with different purposes but always

com um tronco comum, o de incentivar o processo de

with a common core, to encourage the process of

internacionalização das empresas.

internationalization of companies.

Só para citar alguns exemplos, relevo o Projeto “P3I

Just to mention a few examples, I highlight the Project

- Promoção de Iniciativas de Incentivo à

“P3I - Promotion of Incentive Initiatives for

I n t e r n a c i o n a l i z a ç ã o ”, com o objetivo de efetuar

Internationalization”, with the objective of carrying out the

o diagnóstico, mapeamento de necessidades e análise

diagnosis, mapping of needs and analysis of

de potencial de internacionalização das empresas da

i n t e r n a t i o n a l i z a t i o n potential of companies in the

região Norte de Portugal, agrupando-as por grupos

Northern region of Portugal, grouping them by groups

definidos por diferentes graus de internacionalização;

defined by different degrees of internationalization;

o Projeto “Global Contractors Channel”, destinado

the “Global Contractors Channel” Project, designed to

a capacitar as pequenas e médias empresas

enable small and medium-sized enterprises to compete

p a r a c o m p e t i r internacionalmente, operando em

internationally, operating in inter-company cooperation

cooperação interempresarial sobre uma abordagem

on an intersectoral approach where the ambition to

intersectorial onde é partilhada a ambição de

export via Global Buyers in three Channels is shared:

e x p o r t a r via Compradores Globais em três Canais:

i) Food Retail; ii) Contract Channel; (iii) Public Works;

i) Retalho Alimentar; ii) Canal Contract; iii) Obras

or projects supported by the Interreg Program, aimed

Públicas; ou ainda projetos, apoiados pelo Programa

at enhancing cooperation between cross-border

Interreg, destinados a potenciar a cooperação entre

r e g i o n s o f Po r t u g a l a n d S p a i n , n a m e l y N o r t h e r n

re g i õ e s t ra n sf ro nte i r i ç a s d e Po r t u ga l e E s p a n h a ,

Po r t u g a l and Galicia.

n o m e a d a m e nte Norte de Portugal e Galiza.

We will continue to be permanently attentive to the

Continuaremos permanentemente atentos às inúmeras

numerous opportunities in the various geographies,

oportunidades nas diversas geografias, prosseguindo,

continuing, day by day, strongly committed to the

dia a dia, fortemente empenhados na concretização

a cco m p l i sh m ent o f o u r Mi ssi o n - “ Defen d i ng the

da nossa Missão - “Defender os interesses das Empresas

interests of Companies and offering Services that

e oferecer Serviços que potenciem a sua

en h a n ce th ei r Co m p eti ti v en ess” - co ntr i b u ting to

C o m p e t i t i v i d a d e ” – contribuindo para que Portugal

Portugal achieving an export intensity of at least 50%

consiga alcançar uma intensidade exportadora de pelo

in a short time horizon.

menos 50% num curto horizonte temporal. I r ea f f i r m , i t i s su r el y th e h ea l th i est fo r m of the Reafirmo, é seguramente a forma mais saudável da economia portuguesa crescer!

28 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Portuguese economy to grow!


DIPLOMATIC MAGAZINE | 29


NEGÓCIOS

Armando Lopes EN T REVISTA / IN T ERVIEW

A sua experiência nas relações empresariais com o mercado chinês começou há quase duas décadas, momento em que poucos se atreviam a atravessar meio mundo para fazer negócios. Assim impõem-se a questão, qual foi a motivação ou principal razão para ter iniciado tão cedo esta relação comercial a oriente? Re c o rd o q u e t í n h a m o s d e p ro d u z i r u m a p e ç a e o re s p e c t i v o packaging para uma campanha promocional de um cliente, tratava-se de uma produção que e n v o l v i a uma quantidade elevada de peças, um budget reduzido e um timing a que apenas a China conseguia dar resposta. Na altura o habitual e o mais simples seria contactarmos e adquirirmos as peças através de empresas de trading da área do brinde promocional, mas vi a í um a exce le nte o p o r tuni da d e de po de r, pel a prime ira v e z , t e r u m c o n t a c t o d i r e t o c o m o fabricante, conhecer o país e acompanhar d i r e t a m e n t e a produção, dada a importância dessa campanha. Obviamente que, financeiramente, era muito mais vantajoso deixarmos de ter um i n t e r v e n i e n t e no processo. Your experience in business relations with the Chinese market began almost two decades ago, when few dared to cross half the world to do business. So the question arises, what was the motivation or main reason for having started this early business r e l a t i o n to the east? I remember that we had to produce a piece and the respective packaging for a promotional campaign for a client, it was a production that involved a high quantity of pieces, a reduced budget and timing to which only China could respond. At the time the usual and simplest would be to contact and purchase the pi ece s t hr ough t r a d i n g co mp a n i e s i n th e a r e a o f prom otional gifts, but I saw there an excellent opportunity to be able, for the first time, to have direct contact with the manufacturer, to know the country and production, given the importance of this campaign. Obviously, financially speaking, it would be far more advantageous to have an intervener in the process.

30 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Armando Lopes CEO PROMOGLOBAL


Embora tudo tenha corrido como planeado, e a campanha

Although everything went smoothly, and my client ’s

do meu cliente tenha sido um sucesso, reconheço

campaign was a success, I recognize that it took some

que foi preciso alguma coragem e sorte para o fazer

courage and luck to do so in a China 20 years ago in

numa China há 20 anos e nos moldes em que o fiz.

the ways that I did it. I found the right manufacturer

Tinha encontrado o fabricante certo que percebeu

who realized that nothing could fail in this production

que nada poderia falhar nessa produção e ainda hoje

and still have a business today.

mantemos relações comerciais. From an SME perspective, what were the biggest Numa perspetiva de PME quais foram as maiores

difficulties you faced in order to be able to claim to

dificuldades q u e e n c o n t r o u p a ra s e c o n s e g u i r

be a successful entrepreneur?

a f i r m a r como um empresário bem sucedido ?

When I created Promoglobal, I had well defined the

Quando criei a Promoglobal, tinha bem definido o

kind of company I would like to have and present to

tipo de empresa que gostaria de ter e de apresentar

potential clients. He knew very well the reality of the

aos potenciais clientes. Conhecia de perto a realidade

market and knew that he would be entering a very

do mercado e sabia que estaria a entrar numa área de

competitive business area, massive, in which only,

negócio de grande competitividade, massivo, em que

differentiation and the way of acting, always from

apenas, a diferenciação e a forma de atuar, sempre na

the perspective of the customer, would make us survive

óptica do cliente, nos faria sobreviver numa primeira

in a first phase and evolve continuously to this day.

fase e evoluir continuamente até aos dias de hoje. The business journey in relations with China has O percurso empresarial nas relações com a china,

suffered, it is imagined, significant changes from

sofreu, imagina-se, alterações significativas desde

the first businesses of Prmoglobal to the present

os primeiros negócios da Promoglobal até aos dias

day, in this measure the question is what the great

de hoje, nesta medida a pergunta-se quais as grandes

differences to point?

diferenças a assinalar?

Ch i n a i s a co u ntr y wi th g i g a nti c p o tenti al, with a

A China é um país com um potencial gigantesco, com

proportional evolutionary capacity that we all recognize.

uma proporcional capacidade evolutiva que

Today, being a much more open country in trade and

t o d o s r e c o n h e c e m o s . Hoje, sendo um país muito

social relations with the rest of the world, it has been

mais aberto nas relações comerciais e sociais com o

able to take advantage and impose itself as the greatest

resto do mundo, tem sabido aproveitar e impor-se

world power in my view.

como a maior potencia mundial na minha óptica.

The current new generation of entrepreneurs emerging

A atual nova geração de empresários que está a surgir

in China, especially in major cities, is in no way

na China, sobretudo nas principais cidades, em nada

c o m p a r a b l e , I venture to say, with the generation of

é comparável, arrisco a dizê-lo, com a geração de

a decade ago.

uma década atrás.

The present discourse and commercial position has

O discurso e postura comercial atualmente existente

evolved significantly, we find many young entrepreneurs,

e v o l u i u s i g n i f i c a t i va m e nte , e n c o nt ra m o s m u i to s

mostly with an academic background and looking for

j o v e n s e m pre sár i o s , n a s u a g ra nde m a i o r i a , com

specific training in their professional path, with a

fo rm ação académica e que procuram no seu percurso

discourse already very compatible with ours. There is

profissional formação especifica, com um discurso já

an enormous willingness to absorb information and

muito compatível com o nosso. Sente-se uma enorme

knowledge about what is happening in Europe and

vontade de absorver informação e conhecimento sobre

the rest of the world.

o que se passa na Europa e no resto do mundo.

To exp l a i n , o f ten , si m p l e d eta i l s, su ch a s that of

Explicar, muitas vezes, simples detalhes, tais como, o

having to always use a pantone color in a piece and

de termos de utilizar sempre uma cor pantone numa

not an approximate color or why we cannot change

peça e não uma cor aproximada ou o porquê de não

a logo, were some of the battles with which I had to

podermos alterar uma logótipo, foram algumas das

“debate”.

batalhas com que tive de me “debater ”.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 31


NEGÓCIOS

Uma das formas que encontramos para ultrapassar

One of the ways we have found to overcome

estas dificuldades e podermos dar aos nossos clientes

t h e s e d i f f i c u l t i e s and to give our customers a turnkey

um serviço “chave na mão” foi o de criarmos equipas

service was to create Promoglobal teams in china, in

da Promoglobal na china, nas cidades de Guangzhou,

the cities of Guangzhou, Ningbo and Yiwu. They are

Ningbo e Yiwu. Eles são responsáveis pelo

responsible for the monitoring of all our productions,

a c o m p a n h a m e n t o de todas as nossas produções, desde o o início de um projeto, no decorrer de uma produção in loco nas fábricas, pelo contínuo controle de qualidade, embalamento e terminando apenas com o selar do contentor. E sta s e q u i p a s re c e b e m u m a fo r m a ç ã o c o nt í n u a

from the beginning of a project, in the course of an on-site production in the factories, by continuous quality control, packaging and ending only with the container seal. These teams receive continuous internal training in

i nte r n a , no sentido de entenderem as necessidades

order to understand the needs of our market and the

do nosso mercado e o grau de exigência que temos

degree of demand that we have to put in our productions.

de colocar nas nossas produções. Têm entre outras

They have among other functions, to look for new

funções, a de procurar novos conceitos e novas ideias

concepts and new ideas that we can present to our

que possamos apresentar aos nossos clientes.

clients.

É difícil para um empresário português compreender

I s i t d i f f i c u l t f o r a Po r t u g u e s e b u s i n e s s m a n to

o mind set comercial de um homem de negócios

u n d e r sta n d the commercial mind set of a Chinese

chinês? A mentalidade empresarial que cada um de nós tem em relação à vida, depende de variadíssimos fatores. Diria que mostra a forma optimista ou pessimista de como encaramos os desafios profissionais. E aí, existem d o i s c a m i n h o s a s e g u i r, o f i xo o u e sta g n a d o e o p ro g re s s i sta .

businessman? The business mentality that each of us has in relation to life depends on many factors. I would say that it shows the optimistic or pessimistic way of looking at professional challenges. And then, there are two paths to follow, the fixed or stagnant and the progressive.

É muito fácil para um empresário chinês fechar hoje

It is very easy for a Chinese businessman to close one

uma empresa e amanhã abrir uma outra, de um negócio

company today and tomorrow to open another, from

completamente diferente.

a completely different business. Just to have an order

Fe l i z m e nte , n o s d i a s d e h o j e , a s c o i s a s tê m u m a

from a customer.

t e n d ê n c i a a m udar. Em m ui ta s s i tua çõ e s , ex i stem

Fortunately, these days’ things tend to change. In

ó pticas e posturas comerciais bastante diferentes

many situations, there are quite different opticians

entre nós e os empresários chineses. Não nos podemos

and commercial postures between us and the Chinese

esquecer que estamos perante duas culturas e

entrepreneurs. We must not forget that we are facing

s o c i e d a d e s completamente distintas.

two completely different cultures and societies.

Considerando as muitas viagens ao longo dos anos entre Portugal e a China, diria que é hoje mais fácil, para as empresas portuguesas ser bem sucedido num processo de internacionalização em território Chinês?

Considering the many trips over the years between Portugal and China, would you say that it is easier for Port ugue s e com panie s to be s ucce s sf ul in a n inte rnat ionalizat ion process in China?

Sem dúvida. A China de hoje é sedenta de inovação,

No doubt. Today ’s China is thirsting for innovation,

novos conceitos e novas tendências. Desde que lhes

n ew co n cepts a n d n ew tr en d s. Pr ov i d ed you are

seja apresentado um produto com estas caraterísticas,

presented with a product with these characteristics,

terá com toda a certeza enormes potencialidades de

you will certainly have huge potential to enter this

entrar neste mercado, no entanto, não nos podemos

market, however, we must not forget the size of China’s

esquecer da dimensão do mercado da China, ou seja,

m a r ke t , a n d t h a t i s , w e w i l l a l s o h a v e t o h a v e

teremos que ter igualmente uma excelente capacidade

e x c e l l e n t responsiveness.

de resposta.

32 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Se tivesse que aconselhar um empresário prestes a

I f y o u h a d to a d v i s e a b u s i n e s s m a n a b o u t to

partir à “conquista” do mercado chinês que conselhos

“c o n q u e r ” the Chinese market what fundamental

fundamentais lhe transmitiria?

advices would you passed to him?

Sugeria antes disso, visitar algumas feiras, criar alguns

I suggested before that, to visit a few fairs, to create

c o n t a t o s c o m e r c i a i s l o c a i s , fa ze r u m a p r i m e i r a

s o m e l o c a l b u s i n e s s co nta c t s , to m a ke a f i r st

e x p e r i ê n c i a comercial e obter o feedback da mesma

c o m m e r c i a l experience and to obtain the feedback

e, por último, mas não menos importante, conhecer

of the same, and last, but not least, to know a little

um pouco da cultura chinesa.

of the Chinese culture.

Na sua opinião em que medida as entidades

I n y o u r o p i n i o n , t o w h a t ex t e n t h a v e n a t i o n a l

corporativas

as

c o r p o r a t e entities, such as business associations

a s s o c i a ç õ e s empresariais e outras organizações

and other internationalization support organizations

de apoio à internacionalização contribuíram para

contributed to the performance of the promoglobal

a performance da promoglobal no mercado chinês?

in the Chinese market? Do you think these

C o n s i d era q u e p od e m e sta s orga n i za çõe s faze r a

o r g a n i z a t i o n s can make a difference when we talk

dife re nça quando falamos em oportunidades de

about business opportunities?

negócio?

So far nothing significant, we have been building our

Até ao momento em nada de relevante ou significativo,

way in an autonomous way over the years. I believe that

fomos construindo o nosso caminho de uma forma

if there is a closer and closer relationship between

autónoma ao longo dos anos. Acredito que havendo

the associations and the reality of the business network,

uma relação mais próxima e estreita entre as associações

I a m r efer r i n g to m i cr o, sm a l l a n d m ed ium-s ized

e a realidade da malha empresarial, refiro-me às micro,

com panies, we can find very positive synergies for

pequenas e médias empresas, possamos encontrar

both parties.

nacionais,

designadamente

sinergias muito positivas para ambas as partes.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 33


NEGÓCIOS

Grupo Onebiz celebra 20 anos de êxitos

Onebiz Group celebrates 20 years of success

O ES P Í R I TO E M P R E E N D E D O R E D E AV E N T U R A

THE ENTREPRENEURIAL AND ADVENTURE SPIRIT LED

L E V A R A M ANTÓNIO GODINHO E PEDRO SANTOS A

ANTÓNIO GODINHO AND PEDRO SANTOS TO EMBARK ON

ENVEREDAR PELO MUNDO DOS NEGÓCIOS.

THE BUSINESS WORLD.

ELEGERAM O FRANCHISING COMO MODELO DE

THEY CHOSE FRANCHISING AS A BUSINESS MODEL AND

N E G Ó C I O E D E F I N I R A M COMO OBJETIVO INICIAL O

DEFINED THE INITIAL OBJECTIVE OF EXPANDING THE COMPANY

D E E X PA N D I R A E M P R E S A A O N Í V E L N A C I O N A L E

TO NATIONAL AND INTERNATIONAL L EV E L .

INTERNACIONAL.

AFTER 20 YEARS, THE ONEBIZ GROUP HAS A PRESENCE IN

PA S S A D O S 2 0 A N O S , O G R U P O O N E B I Z , M A R C A

MORE THAN 30 COUNTRIES AND REPRESENTS AROUND 120

P R E S E N Ç A EM MAIS DE 30 PAÍSES E REPRESENTA CERCA

THOUSAND CUSTOMERS.

DE 120 MIL CLIENTES.

Entrevista a António Godinho e Pedro Santos,

Interview with António Godinho and Pedro Santos,

f u n d a d o r e s e a d m i n i s t ra d o r e s d o G r u p o O n e b i z .

founders and administrators of the Onebiz Group.

O Grupo Onebiz comemorou 20 anos de

Onebiz Group celebrated 20 years of existence during

ex i stê n c i a durante o mês de novembro. A

the month of November. The date was certainly

data foi certamente celebrada...

commemorated...

Pedro Santos: O e v e n t o , q u e d e c o r r e u n o

Pedro Santos: The event, which took place at Palácio

P a l á c i o do Freixo, pretendeu celebrar com os

do Freixo, intended to celebrate the 20 years of Onebiz

nossos franchisados, clientes, colaboradores

Group with our franchisees, clients, employees and

e parceiros os 20 anos do grupo Onebiz.

partners.

Acreditamos na importância de comemorar

We believe in the importance of celebrating remarkable

datas marcantes com as pessoas que ajudaram

dates with the people who have helped us to achieve

a alcançar os êxitos ao longo destes 20 anos.

success over the last 20 years.

A empresa faz-se com pessoas e o facto de

The company is made with people and the fact that we

vermos a equipa unida, a celebrar os êxitos

see the team united, celebrating the successes achieved

alcançados é um feito notável que reflete o

is a remarkable achievement that reflects the work that

t r a b a l h o q u e t e m o s v i n d o a d e s e n v o l v e r.

we have been developing.

Nesse dia houve lugar para o convívio, diversão e trabalho.

On that day there was room for fun and work.

Há 20 anos surge o grupo Onebiz. Fundaram a

Twenty years ago the Onebiz Group emerged. You

empresa juntos?

founded the company together?

Pedro Santos: Esta sociedade resultou de uma

Pedro Santos: This partnership resulted from a friends-

amizade que existe há mais tempo do que a

hip that existed before Onebiz. For 20 years we decided

O n e b i z . H á 2 0 a n o s d e c i d i m o s a v e n t u r a r- n o s n o

to venture into the business world and created a com-

mundo dos negócios e criamos uma empresa de

pany of national and international expansion.

expansão nacional e internacional.

34 | DIPLOMATIC MAGAZINE


NEGÓCIOS

Elegemos como modelo de negócio o franchi-

We chose as a business model franchising, that is, we

sing, ou seja, tornamo-nos um grupo de empre-

became a group of companies with our own brand, with

sas com marca própria, com um conceito que

a concept in witch we create, define and expand, using

c r i á m o s , d e f i n i m o s e q u e p a s s á m o s a e x p a n d i r, valendo o direito das nossas marcas como o Morangos na área da educação, a Acountia na área

the right of our brands, like “Morangos” in the area of education, “Acountia” in accounting, or “Exchange” in

da contabilidade ou a Exchange na área bancária

banking and insurance, among others. We develop con-

e dos seguros, entre outras. Desenvolvemos con-

cepts, projects, test and implement them in our units

ceitos, projetos, testámos e implementámo-los

and later franchise them.

nas nossas unidades e posteriormente franquiá-

Onebiz has grown and has branches o u t s i d e P o r -

mo-los.

t u g a l i n f o u r c o u n t r i e s : S outh Africa, A n g o l a ,

A Onebiz cresceu e tem filiais, fora de Portugal, em quatro países: África do Sul, Angola, Moçambique e China, com sede em Macau. Para

M o z a m b i q u e a n d C h i n a , w i t h h e a d q u a r ters in Macao. In addition to these countries we have

além destes países temos 25 mercados onde te-

2 5 m a r ke t s w h e r e w e h a v e f r a n c h i s e e s f r o m O n e -

mos franchisados do grupo Onebiz. Atualmente,

b i z G r o u p . C u r r e n t l y, a s a n i n v e s t m e n t h o l d i n g

c o m o h o l d i n g d e i n v e s t i m e n t o s , d e c i d i m o s a l a r-

c o m p a n y, w e h a v e d e c i d e d t o ex p a n d o u r b u s i -

gar as áreas de negócio.

ness areas.

Quais serão essas áreas de negócio?

What are these areas of business?

A n t ó n i o G o d i n h o : O grupo Onebiz começou por trabalhar duas áreas de serviços: uma dedicada à

António Godinho: Onebiz Group started by working two service areas: one dedicated to accounting and

contabilidade e de apoio à gestão e, ao mesmo tempo,

m a n a g e m e n t support and at the same time in the area

na área da educação com Jardim de Infância, Creche e

of education with kindergarten, daycare and free time

Atividades de Tempos Livres para crianças. Estes foram

activities for children. These were our first two deals

os nossos primeiros dois negócios que começamos a

that we began to develop into our own units.

desenvolver em unidades próprias.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 35


NEGÓCIOS

O crescimento da atividade ditou a criação das marcas e

The growth of the activity dictated the creation of the

posterior concessionamento em sistema de franchising,

brands and later concessioning in a franchising system,

foi nesta altura que a Onebiz se começou a expandir no

it was at this time that Onebiz began to expand in the

mercado nacional. A área dos serviços a empresas gerou a abertura a outras mais específicas, como a dos recursos humanos,

national market. The area of business services has opened up to more

das tecnologias de informação, redução de custos, compra

specific ones, such as human resources, information

e venda de empresas e fomos criando marcas

technology, c o s t r e d u c t i o n , b u y i n g a n d s e l l i n g

e s p e c í f i c a s para essas áreas de atividade que ainda

c o m p a n i e s , and we have created specific brands for

h o j e s e m a ntê m s e m p re n o m e s m o s i ste m a , o d e

these areas of activity that still remain today in the

re fe re n c i a r conceitos nossos numa perspetiva de os

same system, to refer our concepts to a perspective of

desenvolvermos dentro e fora de Portugal. Passados três anos do início da Onebiz Goup começamos a internacionalizar marcas nossas no mercado internacional,

developing them within and outside Portugal. Three years after the start of Onebiz Group we began to

vendendo o know-how português com marcas

internationalize our brands in the international market,

nacionais.

selling Portuguese know-how with national brands.

Na área de serviços para particulares temos a educação

In the area of services for individuals we have education

e a área financeira (crédito e seguros) como pontos

and the financial area (credit and insurance) as strong

mais fortes.

points.

A Exchange foi uma das nossas primeiras marcas e ainda hoje é uma das nossas referências dos últimos 20 anos. Mais recentemente decidimos diversificar e

“Exchange” was one of our first brands and is still one of our references for the last 20 years. More recently

apostámos em mais três áreas: turismo, alimentação e

we decided to diversify and bet on three other areas:

desporto, nomeadamente no Bom Sucesso Resort, um

tourism, food and sport, namely “Bom Sucesso Resort”,

aldeamento turístico com classificação de cinco estrelas

a tourist resort with a rating of five stars and classified

e classificado pelo Governo como um Projeto de

by the Government as a Project of National Interest.

Interesse Nacional.

This investment has to do with the tendency of Portugal

Este investimento tem que ver com a tendência de Portugal ser um destino turístico de eleição e que não se esgota nas grandes cidades.

36 | DIPLOMATIC MAGAZINE

to be a tourist destination of choice and that is not exhausted in the big cities.


NEGÓCIOS

O s o b j e t i v o s f u t u r o s d a O n e b i z p a s s a m p o r. . .

The future objectives of Onebiz are...

A n t ó n i o G o d i n h o : A s q u at ro á re a s o n d e i n c i d i m o s

António Godinho: The four areas where we focus our

o s n o s s o s i nv e st i m e nto s s ã o o s s e r v i ç o s , t u r i s m o,

investments are services, tourism, food and sports,

alimentação e desporto, setores que têm um

sectors that have a great added value.

grande valor acrescentado.

Fundamentally, in addition to the consolidation of the

Fundamentalmente, para além da consolidação do grupo Onebiz, prevemos crescer dentro e fora do país acrescentando peças dentro das áreas que temos hoje. Pedro Santos: Portugal é, cada vez mais, um país dedicado ao setor terciário e ao turismo, áreas o n d e j á te m o s a n o s s a re p re s e nta ç ã o d e v i d a m e nte

Onebiz Group, we plan to grow inside and outside the country by adding parts within the areas we have today. Pedro Santos: Po r t u g a l i s , i n c r e a s i n g l y, a c o u n t r y d e d i c a te d to the tertiary sector and tourism, areas where we already have our representation properly

cimentada.

cemented.

Na área do desporto, temos um campo de golfe

In the area of sports, we have a Golf Course in the

no empreendimento Bom Sucesso Resort e apostamos

“Bom Sucesso Resort” development and we bet on the

na SAD do Leixões Sport Clube, tornando-nos um

SAD of L ei xões S p or t C l u b e, ma ki n g u s one o f its

dos seus acionistas de referência.

referen ce shareholders.

Na área alimentar apostámos na qualidade e

In the food area we bet on the quality and tradition

tradição q u e m a r c a m o s n o s s o s p r o d u t o s

t h a t ch a r a cter i ze ou r g a st r on om i c p r od ucts, w ith

g a s t r o n ó m i c o s , com investimentos em duas

i nvestments in two factories, in the area of chocolates

fá b r i ca s , na área dos chocolates (CasaGrande) e

(CasaGrande) and charcuterie (Pampelido)..

de charcutaria (Pampelido). Como classifica o projeto desportivo da Onebiz? Que desafios? Pedro Santos: É uma nova área de negócio num negócio em franco crescimento onde Portugal tem um forte know-how sendo uma referência

How do you rate the Onebiz sports project? What challenges? Pedro Santos: It is a new business area in a fast growing business where Portugal has a strong know-how as a world reference.

mundial.

The Onebiz Group intends to bring its expertise in the

O Grupo Onebiz pretende levar a sua expertise na

financial and management area to a business where

área financeira e de gestão a um negócio onde

these themes have not always been well treated by the

nem sempre estes temas têm sido bem tratados

players of this activity.

pelos players desta atividade.

On the other hand, we will leverage our global network

Por outro lado, iremos potenciar a nossa rede

of partners in this new business.

global de parceiros neste novo negócio. The bet on the Chinese market comes at what time? A aposta no mercado da China surge em que momento? Qual foi o impulso para uma aposta num destino como a China? A n t ó n i o G o d i n h o : N a l ó g i ca de de s e nvo l v i m ento internacional, temos procurado os Países de expressão Portuguesa ou com uma presença a s s i n a l á v e l de Portugueses. Assim, Macau foi eleito com um destino natural

What was the impetus for a bet on a destination like China? António Godinho: I n t h e l o g i c o f i n t e r n a t i o n a l d e v e l o p m e n t , we have been searching for Portuguese speaking Countries or with a notable presence of Portuguese. T h u s , M a ca o wa s ch os en l i ke a n a t u r a l destiny to

para desenvolvermos as nossas atividades. Foi a

d evel o p our activities. It was the ideal platform for the

plataforma ideal para o mercado Chinês.

Chinese market.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 37


DIPLOMACIA

DS7 EurAfrican CrossbackForum

O Conselho da Diáspora Portuguesa vai inaugurar o

The World Portuguese Network will inaugurate the

EurAfrican Forum em Cascais, a 10 de Julho de 2018,

EurAfrican Forum in Cascais, on 10 July 2018, bringing

reunindo líderes europeus e africanos com o tema

together European and African leaders on the theme

“Construir Parcerias para a Mudança”.

“Building Partnerships for Change”.

Escassos quilómetros de Mediterrâneo separam África

Just a few Mediterranean kilometers separates Africa

da Europa, mas as diferenças entre os dois continentes

from Europe, but the differences between the two

ainda são profundas. Aproximá-los, agilizando mecanismos

continents are still profound. Bringing them closer

de colaboração, criando novas sinergias e, sobretudo,

together, streamlining collaboration mechanisms,

apostando na nova geração de empresários, políticos e influenciadores é o objetivo do EurAfrican Forum. Agregar o melhor dos dois mundos poderia ser o lema do encontro que se realiza sob o Alto Patrocínio do Presidente da República e do Governo e tem como responsáveis José Manuel Durão Barroso (Chairman do

creating new synergies and, above all, betting on the n ew g en er a ti o n o f entr ep r en eu r s, p o l i ti ci a ns and influencers is the aim of the EurAfrican Forum. Adding the best of both worlds could be the motto of the meeting held under the High Sponsorship of the President of the Republic and of the Government and is led by José Manuel Durão Barroso (Chairman of

EurAfrican Forum) e Filipe de Botton (Presidente da

the EurAfrican Forum) and Filipe de Botton (Chairman

Direcção do Conselho da Diáspora Portuguesa).

of th e Bo a r d o f Di r ecto r s o f th e Wo r l d Po r tugues e

Influenciadores, empresários e empreendedores

Netwo r k ) .

juntam-se em Cascais para explorar as potencialidades

Influencers, business man and entrepreneurs come

d o s d o i s b l o c o s g e o g rá f i c o s , te n d o e m v i sta u m

together in Cascais to explore the potential of both

d e s e nv o l v i m e nto sustentável e que vise a melhoria

geographic blocks, with a view to sustainable

objetiva da qualidade de vida dos povos.

d e v e l o p m e n t and aiming at the objective improvement

Com o foco em “Construir Parcerias Para A Mudança”,

of the quality of life of peoples.

e ste fó r u m i n a u g u ra l re u n i rá l í d e re s a f r i c a n o s e e u ro p e u s , decisores empresariais e institucionais, influenciadores, para explorar colectivamente novos tipos de parcerias num momento em que o contexto geopolítico global está em rápida transformação, trazendo consigo diversas promessas e riscos. Aposta sobretudo na nova geração de líderes empresariais e políticos.

38 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Focusing on Building Partnerships for Change, this inaugural forum will bring together African and European leaders, business and institutional decision makers, and influencers to collectively explore new types of partnerships at a time when the g l o b a l geopolitical context is rapidly changing, bringing with it promises and risks. Especially in the new g e n e r a t i o n of business and political leaders.


www.procifisc.pt www.procibuild.pt

CONSULTORIA TÉCNICA FISCALIZAÇÃO PROJETO

VIRGO TOWER | CHINA

HOTEL | SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

CONDOMINIO PRIVADO | ANGOLA

BARRAGEM DO ALQUEVA | PORTUGAL Revisão de Projeto

INSTALAÇÕES PORTUGAL (+351) 272 100 064 | (+351) 215 878 362 | geral@procifisc.pt

"Sermos diferenciadores torna-nos diferentes." (by Filipe Lourenço, CEO da PROCIFISC / PROCIBUILD)

Avenida do Empresário -Praça Nercab 6000-767 Castelo Branco Rua Damião Góis nº 5 - 3 Esq. 1400-086 Lisboa, Portugal

DIPLOMATIC MAGAZINE | 39


NEGร“CIOS

Rodolfo Natรกrio EN T REVISTA / IN T ERVIEW

Texto: Andrea Lavareda Fotos: Jaime Gonรงalves

40 | DIPLOMATIC MAGAZINE


RODOLFO NATÁRIO TEM 44 ANOS E ACTUA NO RAMO IMOBILIÁRIO HÁ MAIS DE 14 ANOS, A BATER RECORDES PESSOAIS, NACIONAIS E INTERNACIONAIS. É UM CASO DE SUCESSO NO IMOBILIÁRIO, QUE TEM ARREBATADO PRÉMIOS E INSPIRADO UM MERCADO QUE SE ENCONTRA EM PLENA EBULIÇÃO EM PORTUGAL.

Fale-nos um pouco sobre o seu percurso até aqui. Comecei a trabalhar aos 16 anos com o meu pai que trabalhou na área da construção civil. Desde então comecei a ganhar gosto por casas. Desde ler um projecto de instalações especiais ou um projecto estrutural, passando por conhecer os materiais e acabamentos. Quando o meu pai reformou-se eu entrei para o ramo imobiliário em 2003 e em Agosto deste ano vou completar quatro anos com a marca imobiliária que trabalho actualmente. Portanto, tem um conhecimento adicional que permite perceber a fundo o produto que vende. De facto isto é um valor agregado, principalmente na altura em que temos que acordar com o cliente o valor do imóvel. Conhecer bem a construção das casas, a qualidade dos materiais e o tipo de produtos usados na construção, perm ite -m e sab e r va l o r i za r o pro duto do c l i ente de maneira justa e profissional, sem avaliações infundadas. Além disso é preciso conhecer a mediação e os seus processos e não basta ter o melhor carisma do mundo ou usar os melhores métodos de Marketing para vender. É preciso dominar o conhecimento pelo produto e pelos processos de mediação e isso eu sei que tenho. Acredita que a tão falada bolha imobiliária será uma realidade futura? Estou sempre atento ao mercado e às suas tendências. Consumo muita informação e sinto que poderá acontecer algo que nos irá ultrapassar a todos, mas quando se fala na bolha, na minha opinião ela não deverá existir. Há dez anos atrás Lisboa estava despovoada. As pessoas saíram de Lisboa para as periferias, nomeadamente para Oeiras porque “era moda”. Hoje a realidade é bem diferente, as pessoas saem de Lisboa porque estão a ganhar dinheiro com a valorização e venda dos seus imóveis. Temos um mercado em ebulição devido à procura pelos compradores internacionais, que tem um poder de compra diferente do comprador português em média. No ano passado os preços tiveram uma grande elevação mas este ano estão a estabilizar.

R O D O L F O N ATÁ R I O H A S 44 Y E A R S A N D H A S AC T E D I N T H E R E A L E S TAT E F O R M O R E T H A N 14 Y E A R S , BREAKING PERSONAL, NATIONAL AND INTERNATIONAL RECORDS. I T I S A C A S E O F S U C C E S S I N T H E R E A L E S TAT E , WHICH HAS ENGAGED MANY PRIZES AND INSPIRED A M A R K E T T H AT I S F O U N D I N F U L L B O I L I N G I N PORTUGAL.

Tell us a little about your journey here. I started working at age 16 with my father who worked in the construction industry. Since then I started to gain a taste for houses. From reading a project of special installations or a structural project, to getting to know the materials and finishes. When my father retired I joined the real estate business in 2003 and in August of this year I will complete four years with the real estate brand that I am currently working on. Therefore, you have additional knowledge that allows you to fully understand the product you sell. In fact this is an added value, especially at the time when we have to agree with the client the value of the property. Knowing well the construction of houses, the quality of materials and the type of products used in construction, allows me to know how to value the client ’s product in a fair and professional manner, without unfounded evaluations. In addition, you need to know about mediation and its processes and not just have the best charisma in the world or use the best marketing methods to sell. You need to have a good knowledge of the product and mediation processes and this I know I have. Do you think the so-called real estate bubble will be a future reality? I am always aware of the market and its trends. I consume a lot of information and I feel that something can happen that will surpass us all, but when you talk about the bubble, in my opinion it should not exist. Ten years ago Lisbon was uninhabited. People l e f t L i s b o n fo r t h e o u t s k i r t s , e s p e c i a l l y fo r O e i r a s because it was “fashionable”. Today the reality is quite different, people leave Lisbon because they are making money from the valuation and sale of their real estate. We have a booming market due to the demand for international buyers, which has a purchasing power different from the average Portuguese buyer. Last year prices have risen sharply but this year they are stabilizing.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 41


NEGÓCIOS

O volume de negócios também estabilizou? Não. A especulação do preço do metro quadrado estabilizou. Com isso, o cliente estrangeiro efectua mais rapidamente a decisão de compra. É importante salientar que o perfil deste cliente estrangeiro é de um comprador bem formado e bem informado. A demanda gerou o fenómeno da escassez de produto,o que combinado com a estabilização de preços proporciona a concretização mais rápida do negócio quando temos o produto.A consequência é ver uma comparação de volume de negócio sempre ascendente.

Has turnover also stabilized? No. Speculation of the price of the square meter has stabilized. With this, the foreign customer makes the purchase decision more quickly. It is important to note that the profile of this foreign client is a well-formed and well-informed buyer. Demand has generated the phenomenon of product shortage, which combined with the stabilization of prices provides the quicker realization of the business when we have the product. The consequence is to see a comparison of ever increasing business volume.

Lisboa é uma das capitais europeias com maior procura estrangeira por imóveis. Estamos em franca recuperação económica e estamos na moda, mas que outros pontos fortes destaca para esta procura dos clientes estrangeiros, principalmente em Lisboa? Numa primeira análise, poderia dizer que o facto de Lisboa estar num ranking das cidades com o m2 mais barato da Europa, atrai investidores em busca de oportunidades de negócio. Abre-se aqui um leque de ofertas que visam o mercado do turismo, mas não só. Há perfis variados nestes compradores, desde o cliente investidor até o comprador do chamado mass market, que é no fundo, a base desta pirâmide e por vezes o comprador que recorre ao crédito bancário. Dentro desta equação eu acrescento o que na minha opinião, faz com que estejamos a viver este boom imobiliário em Lisboa: o clima, as praias, a gastronomia, a nossa cultura, a nossa história e principalmente as nossas gentes. Temos uma riqueza imaterial, chamada qualidade de vida e isto é um ponto assente para os meus clientes q u e c o m p ra m e m L i s b o a , q u e r s e j a m n a c i o n a i s o u internacionais. Num futuro próximo, a cidade terá um perfil de moradores que estão em busca de qualidade de vida, mas sobretudo, que têm alto poder de compra.

Lisbon is one of the European capitals with the

42 | DIPLOMATIC MAGAZINE

greatest foreign demand for real estate. We are in a frank economic recovery and we are in fashion, but what other strengths stands out for this demand from foreign customers, especially in Lisbon? In a first analysis, it could be said that Lisbon’s ranking in the cities with the cheapest m2 in Europe attracts investors in search of business opportunities. It opens here a range of offers aimed at the tourism market, but not only. There are varied profiles in these buyers, from the investor client to the buyer of the so-called mass market, which is basically the basis of this pyramid and sometimes the buyer who resorts to bank credit. Within this equation I add what in my opinion, makes us live this real estate boom in Lisbon: the climate, the beaches, the gastronomy, our culture, our history and especially our people. We have immaterial wealth, called quality of life and this is a consistent point for my clients who buy in Lisbon, whether national or international. In the near future, the city will have a profile of residents who are looking for quality of life, but above all, who have high purchasing power.


Na sua página de apresentação profissional, o Rodolfo afirma que um agente imobiliário é um membro valioso da nossa sociedade. Pode explicar-nos melhor este conceito? Eu como proprietário não gostava de comercializar o meu imóvel com qualquer pessoa (agente). Ponho-me na pele do meu proprietário e estou sempre atento às expectativas deles. Um agente imobiliário tem um papel importante, no sentido em que trabalhamos com as expectativas, as necessidades e os sonhos destas pessoas. É um papel de grande responsabilidade e o profissionalismo é a peça chave para exercer este papel. Tem desenvolvido o seu trabalho actualmente sob a umbrela de uma das maiores redes imobiliárias do mundo. Que prémios é que já conseguiu arrebatar na Century 21? Neste momento sou o número um da marca. O ano passado fui o número 1 da marca e considerado um dos melhores da Europa. Há dois anos fui o número dois e há três anos eu era o quarto colocado. Estou há 4 anos a trabalhar com esta marca e quero manter. É uma marca que me dá segurança a mim e aos meus proprietários, dá-me credibilidade internacional e acho que estamos muito bem representados a nível ibérico pelo nosso chairman e pelo meu CEO. O mercado de luxo começa a ganhar algum terreno em Portugal. Se falarmos no segmento prime e luxury, que perfil têm os clientes que procuram o Rodolfo para fazer negócios? Neste momento eu penso que o luxo, mesmo em Portugal, é um nicho extremamente reduzido. Atrevo-me a dizer que existe muito produto premium em detrimento do verdadeiro produto luxury, logo a proporção de negócios imobiliários de luxo é bastante reduzida. Mas este mercado existe e nele também os negócios acontecem. Cerca de 40% dos meus clientes são clientes em busca de produtos premium, alguns acabam por serem do segmento luxury mas a base da pirâmide é mesmo o mercado de clientes mass market. Eu dou a mesma importância a todos, a minha postura profissional e entrega será sempre a mesma, não importa o perfil do cliente.

On your professional presentation page, Rodolfo says that a real estate agent is a valuable member of our society. Can you explain this concept better? I as owner did not like to market my property with anyone (agent). I put myself in the shoes of my owner and I am always aware of their expectations. A real estate agent has an important role in the sense that we work with the expectations, needs and dreams of these people. It is a role of great responsibility and professionalism is the key piece to play this role. You have developed your work currently under the umbrella of one of the largest real estate networks in the world. What prizes have you been able to take away from Century 21? Right now I’m the brand’s number one. Last year I was also number one and considered one of the best in Europe. Two years ago I was number two and three years ago I was fourth. I have been working with this brand for 4 years and I want to keep it. It is a brand that gives me and my owners security, gives me international credibility and I think we are very well represented in the Iberian market by our chairman and our CEO. The luxury market begins to gain some ground in Portugal. Talking about the prime and luxury segment, what is the profile of the clients that look for Rodolfo to do business? At this moment I think that luxury, even in Portugal, is an extremely reduced niche. I venture to say that there is a lot of premium product at the expense of true luxury product, so the proportion of luxury real estate deals is greatly reduced. But this market exists and business also happens there. About 40% of my clients are customers looking for premium products, some end up being from the luxury segment but the base of the pyramid is even mass market customers. I give the same importance to everyone, my professional stance and delivery will always be the same no matter the customer profile.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 43


NEGÓCIOS

Já pudemos perceber que o Rodolfo é um estratega, conhece o produto e o mercado em que actua com profundidade e que utiliza técnicas de Marketing de guerrilha arrojadas. A nível de comunicação é importante estar em todo o lado. Invisto muito em material de Marketing e imprimo qualidade em tudo o que ponho na rua. De janeiro a Abril tenho um milhão de peças distribuídas em Lisboa inteira. Eu inspiro-me no modelo de negócio americano e estou a implantar algumas acções fora da caixa e nunca vistas em Portugal.

We have already realized that Rodolfo is a strategist, knows the product and the market in which he acts in depth and that you use bold techniques of guerrilla Marketing. At the level of communication it is important to be everywhere. I invest a lot in marketing and I impose quality in everything I put on the street. From January to April I have a million pieces distributed throughout Lisbon. I am inspired by the American business model and I am implementing some actions out of the box and never seen in Portugal.

Mesmo assim, há um qualquer segredo seu que será a cereja no topo do bolo. Qual é a característica pessoal do Rodolfo que fez nascer esta c o m b i n a ç ã o de sucesso? Chama-se profissionalismo, aliado a muita dedicação e muitas horas de trabalho. Eu escuto os meus clientes, estou sempre ao lado deles. Um dos ingredientes é ser humilde, persistente e ter paixão por aquilo que faço. Não sigo linhas rígidas, sou irreverente, fora da caixa e gosto de superar as expectativas dos meus clientes.

Even so, there is any one secret of yours that will be the icing on the cake. What is the personal characteristic of Rodolfo that gave birth to this combination of success? It’s called professionalism, coupled with a lot of dedication and many hours of work. I listen to my customers, I’m always by their side. One of the ingredients is to be humble, p er si stent a n d h a v e p a ssi o n fo r wh a t I d o . I do not follow rigid lines, I am irreverent, out of the box and I like to exceed the expectations of my clients.

Quando vislumbra Lisboa do topo, que horizontes vê desenhados para o futuro? Que marca quer deixar para o mercado imobiliário em Portugal e lá fora? O futuro pode ser risonho para quem é profissional. Estou nesta actividade há quase 15 anos e quero trabalhar no mercado imobiliário ao mais alto nível. Apesar de amar o meu país e ser apaixonado por Lisboa, eu viajo bastante pelo mundo fora e vou sempre em busca de um olhar diferente sobre o mercado. Quero trazer o conceito americano para Portugal, trazer ideias inovadoras e marcar pela diferença. A minha marca pessoal é ser o melhor dos melhores e ser fonte de inspiração para quem quiser seguir esta carreira.

When you see Lisbon from the top, what horizons do you see designed for the future? What mark do you want to leave in the real estate market in Portugal and abroad? The future can be promising for those who are professional. I have been in this activity for almost 15 years and I want to work in the real estate market at the highest level. Despite loving my country and being passionate about Lisbon, I travel a lot around the world and I always look for a different view on the market. I want to bring the American concept to Portugal, bring innovative ideas and make a difference. My personal brand is to be the best of the best and be a source of inspiration for anyone who wants to pursue this career.

44 | DIPLOMATIC MAGAZINE


ESPECIALISTAS EM FUSÕES E AQUISIÇÕES . Fusões & Aquisições . Corporate Finance . Reorganização Empresarial . Compra e Venda de Empresas . Joint Ventures e Expansão Internacional . Avaliação de Empresas e Projetos de Investimento

+351 229 395 009 | info@nbbadvisors.com

www.nbbadvisors.com

DIPLOMATIC MAGAZINE | 45


SOCIEDADE

A maior cidade do mundo - Chongqing - China

DS7The Crossback largest city in the world - Chongqing - China

Texto e Fotos: Gonçalo Terenas

Chongqing é mais do que “apenas” uma cidade, trata-se de umas das quatro municipalidades (com classificação de província) com dependência direta do governo central da China, um gigante que para a maioria é ainda uma ilustre desconhecida. Com mais de 30 milhões de habitantes, Chonqing é uma cidade que deixará mesmo os mais viajados, estupefactos pela sua dimensão, designadamente pelo facto de a mesma se desenvolver por entre colinas imensas e uma amalgama de asfalto que liga as margens dos gigantes Rios Jialing e Yangtzé.Chongqing é a principal cidade no sudoeste da China e uma das cinco cidades que são centros econômicos deste país. Chongqing é maior que Shanghai e Pequim, um colosso com somente 20 anos desde a sua fundação (apesar da sua história milenar) que se começa a destacar em termos mundiais. Chongqing é famosa na China como a ‘cidade quente’, capital do picante e do ‘Hot Pot ’, um prato típico com direito a interessante museu, o qual se constituiu como “prato” principal das celebrações das missões empresarias de visita à German Smart City . Com uma história e cultura significativa, a cidade representa um importante “berço” económico da bacia do Yangtzé, assumindo-se como um grande centro de produção e de transporte. Atualmente a efervescência de negócios e de crescimento económico faz desta cidade, organizada e limpa, um dos principais pontos estratégicos para o futuro da China, acredita-se que muito em breve terá um papel tão relevante como Shangai ou Pequim. Chongqing é um mega cidade desconhecida que cresce a uma taxa de 4.000 pessoas por semana, a construção de torres de habitação e novos aglomerados urbanísticos cresce com a mesma velocidade com que os antigos bairros são desmantelados e as obras de engenharia são impressionantes. Afinal não será um acaso que um país como a Alemanha esteja empenhada em marcar tão forte presença nestas latitudes, gigantes na área das tecnologias e não só, procuram a partir do centro da China ligar-se ao Centro da Europa. Aos empresários portugueses fará assim sentido olhar para “a Oportunidade”. A nossa língua tornou-se numa “arma” poderosíssima e fundamental. A China apercebeu-se à muito da importância desse factor, cabe-nos desta forma saber fazer o melhor uso da mesma e marcar posição.

46 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Chongqing is more than “just ” a city; it is one of four municipalities (with province classification) with direct dependence on China’s central government, a giant that for the most part is still an illustrious unknown. With more than 30 million inhabitants, Chonqing is a city that will leave even the most traveled, stunned by its size, esp eci a l l y a s i t d ev el o ps b etween huge h i l l s a n d a n a sp h a l t a m a l g a m th a t co n n ects the b a n ks o f g i a nt Ji a l i n g a n d Ya n g tze r i v er s.Ch o ngqing i s th e m a i n ci ty i n so u thwest Ch i n a a n d o n e of five ci ti es th a t a r e eco n o m i c center s o f th i s co u ntr y. Ch o n g q i n g i s b i g g er th a n Sh a n g h a i a n d Bei jing, a co l o ssu s wi th o n l y 2 0 yea r s si n ce i ts fo u n dation ( d esp i te i ts m i l l en a r i a n h i sto r y) th a t i s b eg inning to sta n d o u t i n wo r l d ter m s. Chongqing is famous in China as the “hot city”, capital of the hot and the “Hot Pot ”, a typical dish with the right to an interesting museum, which was the main dish of the celebrations of business missions visiting German Smart City. With a significant history and culture, the city represents an important economic “cradle” of the Yangtze River basin, assuming itself as a major center of production and transportation. Nowadays business and economic growth makes this city, organized and clean, one of the main strategic points for the future of China, it is believed that very soon it will play a role as relevant as Shanghai or Beijing. Chongqing is an unknown mega city that grows at a rate of 4,000 people a week, the construction of housing towers and new urban agglomerations grows with the same speed with which the old districts are dismantled and the engineering works are impressive. After all, it will not be a coincidence that a country such as Germany is committed to making such a strong presence in these latitudes, technological giants and beyond, seek from the center of China to connect with the Center of Europe. To Portuguese entrepreneurs it will make sense to look at “the Opportunity ”. Our language has become a very powerful and fundamental “weapon.” China has long realized the importance of this factor, it is up to us to know how to make the best use of it and to position it.


Quando a linha do metro atravessa a nossa casa! Á primeira impressão poderá parecer um lapso, mas não é, na verdade Chongqing surpreende por vários motivos e o seu rail way é, também ele único, atravessando colinas e até mesmo prédios. U m a c i d a d e fe i ta d e c o l i n a s o n d e a e n g e n h a r i a te m u m p a l c o p re fe re n c i a l n a p ro c u ra d e s o l u ç õ e s té c n i c a s q u e p o d e m a té p a re c e r s u r re a i s m a s q u e a c a b a m p o r s e t ra n s fo r m a r e m re a l i d a d e c o m o é o caso no metro que atravessa condomínios h a b i ta c i o n a i s .

Whe n t he m et ro line runs t hrough our hous e! The first impression may seem like a lapse, but it is not, actually Chongqing surprises for several reasons and its rail way is also unique, crossing hills and even buildings. A city made of hills where engineering has a preferential stage in the search for technical solutions that may even seem surreal but that turn out to be a reality as is the case in the subway that crosses condominiums.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 47


SOCIEDADE

Missão Portuguesa em Chongqing Integrada na comitiva internacional, liderada pela Alemanha no âmbito da apresentação da German Smart City - The Future of Smart Inovation, seguiu de Portugal, no passado mês de Janeiro, uma missão de empresários que a convite do Rone Group, da GMBA, German Macau Business Association, e da municipalidade de Chongqing marcou presença na referida iniciativa. Para além dos projetos relacionados diretamente com as empresas de origem germânica, onde a Siemens assumiu o papel principal, o programa incluiu um painel dedicado aos países de Língua Oficial Portuguesa, o qual, que pela mão do IPIM e seu Diretor António Lei, se destacou como um dos “ingredientes secretos” desta apresentação e iniciativa. A Plataforma China Países de Língua Portuguesa é uma realidade a partir de Macau enquanto pivot geoestratégico, porém valerá muito a pena olhar para a oportunidade que a mesma representa no seu todo, principalmente para os mercados onde se fala português. Aos empresários portugueses fará assim sentido olhar com ambição para esta realidade, a nossa língua tornou-se numa “arma” poderosíssima e fundamental, a China apercebeu-se há muito da importância desse factor, cabe-nos, desta forma, saber fazer o melhor uso da mesma e marcar posição. Port ugue s e M is s ion in C hongqing Integ r a ted i n th e i nter n a ti o n a l ento u r a g e, led by G er m a ny a s p a r t o f th e p r esenta ti o n o f G erman Sm a r t Ci ty - T h e Fu tu r e o f Sm a r t In n ov a ti o n, last Januar y Portugal followed a mission of entrepreneurs i nv i ted by th e Ro n e G r o u p o f G MBA , G er m a n Macau Business Association, and the Chongqing Mu n i ci p a l i ty wa s p r esent. In addition to the projects directly related to c o m p a n i e s o f G e r m a n o r i g i n , where S iem ens took o n th e l ea d i n g r o l e, th e p r o g r a m i n cl u d ed a panel d ed i ca ted to Po r tu g u ese-sp ea k i n g co u ntr i es, whic h, th r o u g h th e h a n d o f IPIM a n d i ts Di r ecto r António Lei , h a s sto o d o u t a s o n e o f th e “secr et i n g r edients ” o f th i s p r esenta ti o n a n d i n i ti a ti v e. T h e Ch i n a Pl a tfo r m Po r tu g u ese-sp ea k i n g Co untries i s a r ea l i ty f r o m Ma ca o a s a g eo -str a teg i c pivot, b u t i t wi l l b e wo r th l o o k i n g a t th e o p p o r tu n i ty that i t r ep r esents a s a wh o l e, esp eci a l l y fo r th e markets wh er e Po r tu g u ese i s sp o ken . It wi l l m a ke sen se fo r Po r tu g u ese entr ep r eneurs to l o o k wi th a m b i ti o n a t th i s r ea l i ty, o u r l a n guage has b e c o m e a v e r y p o w e r f u l a n d f u n d a m e n t a l “ w e a p o n ”, C h i n a h a s l o n g b e e n a w a r e o f t h e i m p o r ta n ce o f th i s fa cto r, i t i s u p to u s to do the b est u se i t a n d m a r k p o si ti o n .

48 | DIPLOMATIC MAGAZINE


DIPLOMATIC MAGAZINE | 49


LAZER E TURISMO

Turismo China

China Tourism

Turismo A China é atualmente um destino turístico bastante procurado. Por outro lado, o país ocupa a 15ª posição do ranking do Travel & Tourism Competitiveness Report 2017 (World Economic Forum) face a um total de 136 mercados considerados, tendo subido duas posições em relação a 2015 (neste caso, num conjunto de 141 mercados). Como mercado emissor, o número de turistas da China continental que se deslocaram ao exterior aumentou de cerca de 83,2 mil milhões de USD em 2012 para, aproximadamente, 116,9 mil milhões de USD em 2015.

Grande Muralha da China Great Wall of China

Tourism China is now a popular tourist destination. On the other hand, the country ranks 15th in the ranking of the Travel & Tourism Competitiveness Report 2017 (World Economic Forum) against a total of 136 markets considered, having risen two positions compared to 2015 (in this case, in a set of 141 markets ). As the issuing market, the number of mainland tourists traveling abroad has increased from about 83.2 billion USD in 2012 to approximately 116.9 billion USD in 2015.

Grande Muralha da China é uma série de fortificações feitas de pedra, tijolo, terra compactada, madeira e outros materiais, geralmente construída ao longo de uma linha leste-oeste através das fronteiras históricas do norte da China para proteger os Estados e impérios chineses contra as invasões dos vários grupos nomadas das estepes da Eurásia, principalmente os mongóis. É uma das Maravilhas do Mundo Antigo que serpenteia a China por mais de 8.800 km, com torres e passarelas. Huairou The Great Wall of China is a series of fortifications made of stone, brick, compacted earth, wood and other materials, usually built along an east-west line across the historical boundaries of northern China to protect the Chinese states and empires against invasions of the various nomadic groups of the steppes of Eurasia, especially the Mongols. It is one of the Wonders of the Ancient World that meanders China for over 8,800 km, with towers and walkways. Huairou

50 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Cidade Proibida Forbidden City

A Cidade Proibida, foi o palácio imperial da China desde meados da Dinastia Ming até ao fim da Dinastia Qing. Fica localizada no centro da antiga cidade de Pequim, acolhendo actualmente o “Palácio Museu”. É constituída por um complexo de palácios e museus imenso com tours, exposições de arte e restaurantes. Pequim The Forbidden City, was the imperial palace of China from the middle of the Ming Dynasty until the end of the Qing Dynasty. It is located in the center of the ancient city of Beijing, currently hosting the “Palace Museum”. It consists of a complex of palaces and immense museums with tours, art exhibitions and restaurants. Beijing

Yiheyuan Yiheyuan

O Yiheyuan, também conhecido como Palácio de Verão, é um palácio localizado em Pequim. “Yiheyuan” significa literalmente “Jardim da Harmonia Cultivada”. O Yiheyuan é dominado principalmente pela Colina da Longevidade e pelo Lago Kunming. Pequim The Yiheyuan, also known as Summer Palace, is a palace located in Beijing. “Yiheyuan” literally means “Garden of Cultivated Harmony”. Yiheyuan is dominated mainly by Longevity Hill and Kunming Lake. Beijing

Exército de Terracota Terracotta Army

Exército de terracota, Guerreiros de Xian ou ainda Exército do imperador Qin, é uma coleção de esculturas de terracota representando os exércitos de Qin Shi Huang, o primeiro imperador da China Shaanxi Terracotta Army, Xian Warriors or even Emperor Qin’s Army, is a collection of terracotta sculptures representing the armies of Qin Shi Huang, the first emperor of China Shaanxi

Floresta de Pedra Stone Forest

A Floresta de Pedra ou Shilin é um notável conjunto de formações calcárias com cerca de 500 km2 localizadas em Shilin Yi, Província de Yunnan, República Popular da China, perto de Shilin, a aproximadamente 90 km da capital provincial de Kunming. As rochas altas parecem surgir do chão de uma maneira que lembra um pouco as estalagmites, ou com muitas parecendo árvores petrificadas, criando assim a ilusão de uma floresta feita de pedra. Desde 2007, duas partes do local, a Naigu Stone Forest e a Suogeyi Village, foram classificadas como Património Mundial da UNESCO. Yunnan The Stone Forest or Shilin is a notable set of limestone formations about 500 km2 located in Shilin Yi Autonomous County, Yunnan Province, People’s Republic of China, near Shilin approximately 90 km (56 mi) from the provincial capital Kunming. The tall rocks seem to arise from the ground in a manner somewhat reminiscent of stalagmites, or with many looking like petrified trees, thereby creating the illusion of a forest made of stone. Since 2007, two parts of the site, the Naigu Stone Forest and Suogeyi Village, have been UNESCO World Heritage Sites. Yunnan

DIPLOMATIC MAGAZINE | 51


NEGÓCIOS

Alexandre Maia de Carvalho E N T R E VISTA / I NTE RV I E W

Texto: Andrea Lavareda Fotos: Jaime Gonçalves

DIRECTOR TIVOLI HOTEL PALÁCIO DE SETAIS 52 | DIPLOMATIC MAGAZINE


DURANTE O SEU PERCURSO DENTRO DO GRUPO MINOR

DURING HIS ACTIVITY WITHIN THE MINOR HOTELS GROUP

HOTELS QUE INCLUEM UMA PASSAGEM PELOS HOTEIS TI-

THAT INCLUDES A PASSAGE THROUGH THE TIVOLI LISBOA

VOLI LISBOA E TIVOLI JARDIM, ALEXANDRE MAIA DE CAR-

AND TIVOLI JARDIM HOTELS, ALEXANDRE MAIA DE CAR-

VALHO É AGORA O NOVO DIRECTOR DO EMBLEMÁTICO TI-

VALHO IS NOW THE NEW DIRECTOR OF THE EMBLEMATIC

VOLI HOTEL PALACIO DE SETAIS.

TIVOLI HOTEL PALACIO DE SETAIS.

COM A MISSÃO DE REALIZAR UM REBRANDING DESTA UNI-

WITH THE MISSION OF REBRANDING THIS UNIT TO THE

DADE PARA A MARCA AVANI, QUE É UMA MARCA MILLEN-

AVANI BRAND, WHICH IS A MILENNIAL BRAND OF THE MI-

NIAL DO GRUPO MINOR, ALEXANDRE RECEBEU A TAREFA

NOR GROUP, ALEXANDRE WAS GIVEN THE TASK OF REPO-

DE REPOSICIONAR ESTA UNIDADE, CONTINUANDO O TRA-

SITIONING THIS UNIT, CONTINUING THE UPWARD WORK

BALHO ASCENDENTE QUE ESTÁ A SER FEITO NO HOTEL E

THAT IS BEING DONE AT THE HOTEL AND CONSOLIDATING

CONSOLIDANDO A ENTRADA DO PRODUTO NA “VIRTUOSO”

THE ENTRY OF THE PRODUCT INTO THE “VIRTUOSO”,

QUE É UM SELO DE QUALIDADE INTERNACIONAL QUE UM

WHICH IS A SEAL OF INTERNATIONAL QUALITY THAT A HO-

HOTEL DESTE POSICIONAMENTO DEVE TER E AINDA TRA-

TEL OF THIS POSITION SHOULD HAVE, AND STILL DEFINE A

BALHAR UM CONJUNTO DE ESTRATÉGIAS PARA REPOSICIO-

SET OF STRATEGIES TO REPOSITION THE ENTIRE CULINARY

NAR TODA A PARTE CULINÁRIA DO HOTEL COM DINÂMICAS

PART OF THE HOTEL WITH DYNAMICS THAT AMBITION A

QUE AMBICIONEM UMA ESTRELA MICHELIN NOS PRÓXI-

MICHELIN STAR IN THE COMING MONTHS.

MOS TEMPOS.

Seteais é um local histórico. Explorar esta característica

Seteais is a historical site. Is exploring this feature one of

é uma das estratégias incluídas no vosso plano de acção?

the strategies included in your action plan?

Neste momento estamos a acabar um livro sobre Seteais

At the moment we are finishing a book about Seteais under

sob a consultoria de um renomado historiador português.

the advice of a renowned Portuguese historian.

É uma publicação que neste momento já se encontra com

It is a publication that at this time already stands with

cerca de 300 páginas e vai reflectir o que foi Seteais no pas-

about 300 pages and will reflect what Seteais has been

sado, contando a sua história até chegar a Seteais de 2018,

in the past, telling its story until arriving at the Seteais of

incluindo factos curiosos dos antigos proprietários, visitas

2018, including curious facts of the former owners, visits of

de famílias reais e personalidades de Hollywood,entre ou-

royal families and Hollywood personalities, among other

tras histórias destes mais de 200 anos de Seteais.

stories of these more than 200 years of Seteais.

Seteais além de despertar interesse como unidade

Seteais in addition to arousing interest as a hotel unit,

hoteleira, também tem este interesse turístico para

also has this tourist interest for visitors.

visitas.

The legend of the seven “ais”, which also has several ver-

A lenda dos sete “ais”, que tem também várias versões,

sions, among them the echo that was emitted under the

entre elas o eco que se emitia debaixo do arco repetindo

arc repeating seven times the word “ai”, among other cu-

sete vezes a palavra “ai”, entre outras curiosidades desper-

riosities always arouses the interest of visitors of the Serra

ta sempre o interesse de visitantes da serra de Sintra onde

de Sintra where Seteais is integrated within the historical

Seteais está integrado dentro dos parques históricos da Se-

parks managed by the Parques de Sintra - Monte da Lua.

rra de Sintra, geridos pela Parques de Sintra - Monte da Lua.

Although being closed to individual visitors, we limited

Embora estando fechado a visitantes individuais, limitamos

some areas abroad for visits so as not to disturb the pri-

algumas zonas no exterior para as visitas para não incomo-

vacy and exclusivity that our guests come to seek when

dar a privacidade e a exclusividade de que os nossos hós-

staying at our hotel.

pedes vêm em busca quando se hospedam no nosso hotel.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 53


NEGÓCIOS

Voltemos a falar da gastronomia. Há pouco falou de pla-

Let’s go back to gastronomy. You just talked about future

nos futuros para o restaurante do hotel.

plans for the hotel restaurant.

O próximo passo é tentar conseguir nos próximos 24 meses

The next step is to try to achieve a Michelin Star in the next

uma Estrela Michelin. Para nós é um caminho muito claro a

24 months. For us it is a very clear path to draw. We are

traçar. Estamos a trabalhar uma horta biológica para que a

working a biological garden so that the provenance and

proveniência e a qualidade dos produtos tenham um pata-

the quality of the products have a level of quality and re-

mar de qualidade e exigência reconhecido.

cognized requirement.

Acreditamos que com a entrada do novo chef nas próximas

We believe that with the entry of the new chef in the co-

semanas e a parceria com a adega de Colares que tem uma

ming weeks and the partnership with the Colares wine ce-

casta vínica única que é a casta Ramisco, pode ser uma con-

llar that has a unique grape variety that is the breed Ra-

jugação de factores para chegar a esse objectivo.

misco, can be a combination of factors to reach that goal.

“Virtuoso” é uma rede composta pelas melhores agên-

“Virtuoso” is a network made up of the best luxury travel

cias de viagem de luxo do mundo. Há pouco o Alexandre

agencies in the world. Alexander recently commented on

comentou acerca do vosso processo para obter este selo.

your process for obtaining this seal.

Estamos em fase de auditorias mistério e queremos aplicar

We are in the stage of mystery audits and we want to apply

estes standars no nosso ADN e forma de operar para atingir

these standars in our DNA and how to operate to achieve

este objectivo.

this goal.

Como é a relação com a Parques de Sintra - Monte da

How is the relation with the Parques de Sintra - Monte

Lua?

da Lua?

É uma relação fantástica. É uma empresa super dinâmica

It’s a fantastic relationship. It is a super dynamic company

que trabalha incansavelmente e de forma bem suportada

that works tirelessly and in a well supported way in all the

em todas as bases, para promover o património dos par-

bases, to promote the patrimony of the parks of Sintra. The

ques de Sintra. A recuperação do passeio Queirosiano é

recovery of the Queirosiano tour is one of the projects we

um dos projectos que estamos a desenvolver em conjunto

are developing together to go get this historical experience

para ir buscar esta experiência histórica para os visitantes,

for the visitors, for example. I can mention that a worldwi-

por exemplo. Posso citar que uma publicação de reconhe-

de publication such as Condé Naste Traveler, mentioning

cimento mundial como a Condé Naste Traveller, mencionar

and recognizing the natural park of the Serra de Sintra as

e reconhecer o parque natural da Serra de Sintra como dos

one of the best in the world is a great sign of prestige for

melhores do mundo é um grande sinal de prestígio para o

the work being done by Monte da Lua.

trabalho que está a ser feito pela Monte da Lua.

54 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Para si em termos pessoais, trabalhar em Sintra é uma

For you personally, working in Sintra is a different expe-

experiência diferente para quem veio de unidades hote-

rience for a person who came from more urban hotels?

leiras mais urbanas?

Working in Sintra and in a project like this is a gigantic

Trabalhar em Sintra e num projecto como este é um desa-

challenge. Seteais is a product that historically stands on

fio gigantesco. Seteais é um produto historicamente que está num patamar dos top 10 dos melhores hotéis de luxo nacionais. Há uma concorrência feroz neste segmento e para mim é um desafio enorme liderar este projecto onde estas paredes cheias de história são inspiradoras para alcançar os objectivos. É sem duvida uma experiencia muito marcante. Alguma história ou curiosidade particular do hotel que possamos divulgar nesta entrevista?

top of the top 10 best national luxury hotels. There is fierce competition in this segment and it is a huge challenge for me to lead this project where these walls full of history are inspiring to achieve the goals. It is undoubtedly a very remarkable experience. Any particular hotel history or curiosity that we can disclose in this interview? We have a funny story when the actor Johnny Depp was here when he was filming “The Ninth Gate” in Sintra.

Temos uma muito engraçada quando esteve aqui hospe-

He was staying in room number 13 and all the rooms in Se-

dado o actor Johnny Depp quando esteve a gravar “A Nona

teais have a wooden shoe box with a brass plaque with the

Porta” em Sintra.

room number engraved for the customer to put his shoes

Ele esteve hospedado no quarto número 13 e todos os

and at night our butler goes to shine the shoes and then

quartos em Seteais tem uma caixa de sapatos de madeira

delivers them back into the box.

com uma placa em latão com o número do quarto gravado

He liked the box so much he took her when he left.

e onde o cliente pode colocar os seus sapatos e durante a noite o nosso mordomo passa para engraxar os sapatos e depois os entrega novamente dentro da caixa. Ele achou tanta piada à caixa que levou a caixa com ele. Para finalizar e voltando ao tema do turismo de luxo. O facto de estarem a qualificar-se para o “Virtuoso” é uma clara aposta vossa neste mercado. Na opinião do Alexandre, como vislumbra o crescimento deste segmento no país?

To finalize, and returning to the theme of luxury tourism. The fact that they are qualifying for the “Virtuoso” is a clear bet in this market. In Alexander’s opinion, how do you see the growth of this segment in the country? I have two opinions on this topic. For some people luxury is qualified by the stars, and we know that luxury is much more than this. There are a number of factors that define what a luxury

Tenho duas opiniões sobre este tema. Para alguns o luxo

hotel is.

é qualificado pelas estrelas, e sabemos que luxo é muito

In the international scene there has been a lot of talk about

mais que isto.

stars to mention a luxury hotel.

Há uma serie de factores que definem o que é um hotel

Luxury in hospitality nowadays has other indicators apart

de luxo.

from price and stars.

No panorama internacional há muito que não se fala mais

In any case, I believe that this market has been consoli-

em estrelas para referir uma unidade hoteleira de luxo.

dating with the entry of international luxury brands and

Luxo na hotelaria hoje em dia tem outros indicadores para além do preço e das estrelas. De todas as formas penso que este mercado tem vindo a consolidar-se com a entrada de marcas e operadores de luxo internacionais no nosso mercado aumentando esta fasquia. A nível de luxo internacional, temos três a quatro hotéis a operar neste segmento em Portugal e felizmente com muito sucesso. O que é bom para o mercado, pois praticam preços médios de 400€ por diária. É uma altura muito interessante para o turismo de luxo em Portugal e acredito que estamos no bom caminho.

operators into our market by increasing this threshold. At international luxury level, we have three to four hotels operating in this segment in Portugal and fortunately with great success. What is good for the market, since they practice average prices of € 400 per day. It is a very interesting time for luxury tourism in Portugal and I believe we are on the right track.


SOCIEDADE

Macau: O Tempo da História… do Futuro!

Macau: The Time of History ... of the Future! Mário Máximo

Escritor e Gestor de Assuntos da Lusofonia

Macau é um daqueles lugares especiais onde a histó-

Macau is one of those special places where history

ria tem muito que contar e muito que apreciar. Terri-

has much to tell and much to enjoy. Territory belon-

tório pertencente à China, funcionava como uma por-

ging to China, it served as a gateway to the east: na-

ta de entrada para o oriente: nomeadamente a China

mely China but also Japan. The Portuguese, in their

mas também o Japão. Os portugueses, nas suas na-

navigations (which united territories that were sepa-

vegações (que uniam territórios que se encontravam

rated because they simply did not know each other),

separados porque, simplesmente, não se conheciam),

arrived there in 1557 They settled down at the mouth

lá chegaram em 1557. Instalaram-se e junto à foz do

of the Pearl River and built a duly constructed com-

rio das Pérolas foram construindo um entreposto

mercial warehouse that was capable of fostering dia-

comercial, devidamente edificado, que mostrou ca-

logue between Europe and the people of China and

pacidade para propiciar diálogo entre a Europa e os

Japan.

orientes (China e Japão).

Competition from Hong Kong (taken by the British)

A concorrência de Hong Kong (tomada pelos ingle-

created some difficulties for Macao’s warehouse and

ses) criou algumas dificuldades ao entreposto de

led to a long period of decline. However, in 1887,

Macau e gerou uma prolongada época de declínio.

China came to recognize Portugal’s sovereignty and

Todavia, em 1887, a China veio a reconhecer a sobe-

perpetual occupation of Macao. A treaty of Sino-Por-

rania e ocupação perpétua de Portugal relativamente

tuguese friendship and trade took place.

a Macau. Aconteceu a celebração de um tratado de

The Pataca (note) became the official currency of

amizade e comércio sino-português.

Macau in 1901. Notes issued by the National Over-

A Pataca (notas), veio a tornar-se a moeda oficial de

seas Bank in 1901. Only in 1995 the issue of bankno-

Macau em 1901. Notas emitidas pelo Banco Nacional

tes was also allowed to the Bank of China.

Ultramarino em 1901. Só em 1995 a emissão de notas

However, nothing in the story is perpetual. And the

veio a ser permitida também ao Banco da China.

sovereignty and perpetual occupation of Macau by

No entanto, nada na história é perpétuo. E a sobera-

Portugal ended up becoming limited in time. Some

nia e ocupação perpétua de Macau por Portugal aca-

riots happened in 1966, at a time when the Portu-

bou por se tornar limitada no tempo. Alguns motins

guese empire had lost almost all its vitality. These

aconteceram em 1966, numa altura em que o império

riots led Portugal to give way. It was already in 1987,

português perdera quase toda a sua vitalidade. Tais

after many negotiations, that the Portuguese gover-

motins levaram a que Portugal acabasse por ceder.

nment accepted to pass the sovereignty of Macao to

Foi já em 1987, após muitas negociações, que o go-

the Chinese in 1999, becoming a special administra-

verno português aceitou passar a soberania de Ma-

tive region.

cau para os chineses em 1999, vindo a tornar-se uma região administrativa especial.

56 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Luís Vaz de Camões passou por Macau. Consta-se que

Luís Vaz de Camões came through Macao. It is said

terá assumido as estranhas funções de Provedor dos

that he assumed the strange functions of Provider

Defuntos. E também se consta que a empresa não lhe

of the Dead. And it also appears that the task has

terá corrido da melhor maneira. E que até foi alvo de

not run smoothly. And that was even the subject of a

um processo na justiça portuguesa. Mas o mais impor-

lawsuit in the Portuguese court. But most important-

tante é que terá sido em Macau que se deu por amo-

ly, it was in Macao that he fell in love with the orien-

res com a oriental Dinamene. Um amor único por tão

tal Dinamene. A unique love for so extraordinary.

extraordinário. Um amor que evocou nos seus versos.

A love that he evoked in his verses. A love that we do

Um amor que não sabemos se foi real ou apenas len-

not know if it was real or just legendary. But it was

dário. Mas não foi o amor de Camões por Dinamene a

not the love of Camoes for Dinamene the only legend

única lenda a ficar para a história. Nasceu, também,

to stay for history. It was also born the legend of

a lenda da Gruta de Camões. Gruta onde teria escrito

the Grotto of Camões. Grotto where he would have

uma parte significativa das suas estrofes epopeicas.

written a significant part of his epic stanzas. Today,

Hoje, existe uma espécie de monumento que evoca

there is a kind of monument that evokes this Camo-

essa gruta camoniana. Quanto a Dinamene, que terá

nian Grotto. As for Dinamene, who died at the mouth

morrido na foz do rio Mekong, ao naufragar uma nau

of the Mekong River, when a ship was shipwrecked

onde seguia com Luís de Camões (nau de onde este se

(where Luís de Camões was also sailing and from

terá salvo a nado trazendo numa das mãos os manus-

where he would have saved himself and brought the

critos de Os Lusíadas…). Aliás, com essa perda amo-

manuscripts of Os Lusíadas in one hand). In fact,

rosa terá naufragado a última hipótese do vate maior

with this amorous loss will have shipwrecked the last

da língua portuguesa ser feliz no amor.

hypothesis of the greater vate of the Portuguese language to be happy in love.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 57


SOCIEDADE

Outras personalidades da língua portuguesa tiveram

Other personalities of the Portuguese language had

Macau como sua estação relevante de vida: Vences-

Macao as their relevant station of life: Venceslau

lau de Morais e Camilo Pessanha. Venceslau de Mo-

de Morais and Camilo Pessanha. Venceslau de Mo-

rais nasceu em Portugal, no ano de 1854, e veio a mo-

rais was born in Portugal in 1854 and died in Japan

rrer no Japão, em Tokushima. Viveu em Macau, onde

in Tokushima. He lived in Macau, where he married

casou com Vang-lo-chan e teve dois filhos. Mas uma

Vang-lo-chan and had two children. But everything

viagem diplomática ao Japão, onde conheceu o im-

changed on a diplomatic trip to Japan, where he met

perador Meiji, tudo mudou. Mas não foi só por cau-

Emperor Meiji,. But it was not only because of the

sa do imperador: ele veio a conhecer também duas

emperor: he came to know also two Japanese (Ó-Yo-

japonesas (Ó-Yoné-Fukumoto e Ko-Haru). Abandonou

né-Fukumoto and Ko-Haru). He abandoned his Chine-

a sua mulher chinesa e respetivos filhos assumindo

se wife and children by taking up relations with the

relacionamento com as duas japonesas. Não terá vol-

two Japanese women. He will not have returned to

tado a Macau.

Macau. Camilo Pessanha was born in 1867 and died in Macau in 1926. It is considered the greatest reference of Portuguese symbolism. He had a delicate family life. He graduated in law and won a competition to teach philosophy in Macau. He participated in the magazines ‘Orfeu’ and ‘Centauro’. His only published book is the celebrated ‘Clepsydra’. He met and held a relationship and friendship in Macau with Venceslau de Morais. Today, Macau is, for the Portuguese, a place where history has passed through navigations. A place whe-

Camilo Pessanha nasce em 1867 e virá a falecer em Macau no ano de 1926. É considerado a referência maior do simbolismo português. Teve uma vida familiar delicada. Licenciou-se em Direito e ganhou um concurso para ir lecionar filosofia em Macau. Teve participação nas revistas ‘Orfeu’ e ‘Centauro’. O seu único livro publicado é o celebrado ‘Clepsidra’. Conheceu e travou relacionamento e amizade, em Macau, com Venceslau de Morais. Hoje, Macau é, para os portugueses, um lugar por onde a história passou através das navegações. Um lugar onde os mitos e as lendas, foram substituídos pela realidade fria dos tempos atuais. A realidade da política real e dos negócios. Mas, caberá perguntar: não foram a política real e os negócios, sempre, a razão da ligação de Portugal e dos portugueses a Macau? Creio que se abrem excelentes perspetivas para que os negócios floresçam. Negócios entre portugueses e chineses e entre outros empresários e profissionais de diversas proveniências que escolheram Macau como entreposto privilegiado. Espero e desejo que a língua portuguesa seja tratada com a consideração e o carinho que merece e exige. Pelos portugueses…e pelos chineses. Para Macau, será o tempo de escrever a história do futuro!

58 | DIPLOMATIC MAGAZINE

re myths and legends have been replaced by the cool reality of modern times. The reality of real politics and business. But it must be asked: were not real politics and business always the reason for the connection of Portugal and the Portuguese to Macao? I think there are excellent prospects for business to flourish. Business between Portuguese and Chinese and among other businessmen and professionals from different backgrounds who chose Macau as a privileged warehouse. I hope and desire that the Portuguese language be treated with the consideration and affection that it deserves and demands. For the Portuguese ... and for the Chinese. For Macau, it will be time to write the history of the future!


DIPLOMATIC MAGAZINE | 59


SOCIEDADE

Ana Cristina Fernandes EN T REVISTA / IN T ERVIEW

Texto: Andrea Lavareda Fotos: Tiago Gomes

DIRETORA COLÉGIO BOM SUCESSO 60 | DIPLOMATIC MAGAZINE


UM EDIFÍCIO CENTENÁRIO, ENCRAVADO NA FRE-

A CENTURY-OLD BUILDING, EMBEDDED IN THE PA-

GUESIA DE SANTA MARIA DE BELÉM E CONSIDERA-

RISH OF SANTA MARIA DE BELÉM AND CONSIDERED

DO PATRIMÓNIO NACIONAL, ABRIGA UMA DAS MAIS

A NATIONAL HERITAGE, IT HOUSES ONE OF THE OL-

ANTIGAS INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS DO PAÍS. NA

DEST EDUCATIONAL INSTITUTIONS IN THE COUNTRY.

ORIGEM DO COLÉGIO ESTÁ O CONVENTO DO BOM SU-

AT THE ORIGIN OF THE COLLEGE IS THE CONVENT OF

CESSO, COM UMA HISTÓRIA MUITO RICA E ANTIGA,

BOM SUCESSO, WITH A VERY RICH AND ANCIENT HIS-

TENDO SIDO FUNDADO NA PRIMEIRA METADE DO SÉ-

TORY, HAVING BEEN FOUNDED IN THE FIRST HALF OF

CULO XVII, AINDA NO REINADO DE D. FILIPE III (IV DE

THE 17TH CENTURY, IN THE REIGN OF D. FILIPE III (IV

ESPANHA).

OF SPAIN).

DEVIDO À SUA PROXIMIDADE COM A ZONA DAS EM-

DUE TO ITS PROXIMITY TO THE AREA OF THE EMBAS-

BAIXADAS E RESIDÊNCIAS OFICIAIS, O COLÉGIO DO

SIES AND OFFICIAL RESIDENCES, THE BOM SUCESSO

BOM SUCESSO RECEBE FILHOS DE DIPLOMATAS E TEM

SCHOOL RECEIVES CHILDREN OF DIPLOMATS AND HAS

ALUNOS DE VARIAS NACIONALIDADES. EM ENTREVIS-

STUDENTS OF VARIOUS NATIONALITIES. IN AN INTER-

TA COM ANA CRISTINA FERNANDES, DIRECTORA DA

VIEW WITH ANA CRISTINA FERNANDES, DIRECTOR OF

INSTITUIÇÃO, A DIPLOMATIC MAGAZINE DESCOBRIU

THE INSTITUTION, DIPLOMATIC MAGAZINE DISCOVE-

MUITOS MAIS ASPECTOS INTERESSANTES DE UM DOS

RED MANY MORE INTERESTING ASPECTS OF ONE OF

COLÉGIOS MAIS TRADICIONAIS DO PAÍS.

THE MOST TRADITIONAL COLLEGES OF THE COUNTRY.

Fale-nos um pouco da história desta instituição.

Tell us a little about the history of this institution.

É uma história muito rica e antiga que remonta ao

It is a very rich and ancient history that dates back

século XVII quando começou por ser fundado aqui

to the 17th century when a Dominican convent began

um convento Dominicano. Fundação esta impulsiona-

to be founded here. The foundation is driven by a

da por uma condessa portuguesa que estava ligada à

Portuguese countess who was linked to international

política internacional quando Portugal estava sob o

politics when Portugal was under Spanish rule. The

domínio espanhol. A curiosidade é que, devido a um

curiosity is that, due to a “diplomatic incident ” this

“incidente diplomático” esta condessa viabilizou um

countess made viable an agreement between Por-

acordo entre Portugal, Espanha e Irlanda. O acordo

tugal, Spain and Ireland. The agreement was based

tinha por base abrir um convento para as irmãs Do-

on opening a convent for the Irish Dominican sisters

minicanas Irlandesas que eram perseguidas na altura

who were persecuted at the time and in return Por-

e em troca Portugal enviava soldados para a guerra

tugal sent soldiers to the war of Flanders. Over the

de Flandres. Ao longo dos séculos as relação entre

centuries the relationship between the Irish sisters,

as irmãs irlandesas, a comunidade inglesa e a proxi-

the English community and the proximity of the Por-

midade da casa real portuguesa, garantiu-lhes a so-

tuguese royal house ensured their survival during the

brevivência durante as perseguições e extinções das

persecutions and extinctions of religious orders.

ordens religiosas.

This convent survived because the king consented

Este convento subsistiu porque o rei consentiu que,

that as long as the Dominican sisters dedicated

desde que as irmãs Dominicanas se dedicassem ao

themselves to teaching, they could continue their

ensino, elas poderiam continuar o seu trabalho. A

work. From the nineteenth century onwards they de-

partir do século XIX dedicam-se ao ensino de rapa-

dicated themselves to the teaching of girls (internal

rigas (colégio interno e externo) e a partir da revo-

and external college) and from the revolution of April

lução de 25 de abril começaram o ensino misto. Nas

25 they began mixed education. In recent decades

últimas décadas temos tido alunos de vários países,

we have had students from various countries, parti-

nomeadamente da China. Na sua maior parte são

cularly China. For the most part they are students of

alunos do terceiro ciclo que se têm integrado mui-

the third cycle who have integrated very well, pre-

to bem, apresentam um grande desenvolvimento e

sent a great development and add the exchange of

acrescentam a troca de experiências, enriquecendo o

experiences, enriching the conviviality with the other

convívio com os demais alunos, dando um contributo

students, making a very rich contribution to what is

muito rico para aquilo que é o espírito Dominicano,

the Dominican spirit, which is the search for knowle-

que é a busca do conhecimento, que é o que nos per-

dge, which is what allows us to go much further.

mite ir muito mais além.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 61


SOCIEDADE

Sabemos que o Colégio participa na qualificação

We know that the College participates in the quali-

para o “Prémio Infante Dom Henrique”. Como é que

fication for the “Infante Dom Henrique Award”. How

incentiva os seus alunos a participarem?

do you encourage your students to participate?

O “Prémio infante Dom Henrique” tem características

The “Infante Dom Henrique Award” has characteris-

que se aproximam muito daquelas que nós entende-

tics that are very close to those we understand that

mos que são importantes na formação dos jovens. As

are important in the training of young people. The

vertentes do prémio estão perfeitamente alinhadas

aspects of the prize are perfectly aligned with our

com a nossa forma de estar: Cultura, desporto, so-

way of being: Culture, sports, solidarity and adven-

lidariedade e aventura. São estas as vertentes e nós

ture. These are the aspects and we encourage our

incentivamos os nossos alunos, a partir dos 14 anos

students, from the age of 14 (minimum age), to com-

(idade mínima), para concorrerem ao prémio e divul-

pete for the prize. We also publicize the award throu-

gamos o prémio também através de outros alunos

gh former students who have already participated,

que já participaram, dando o seu testemunho e in-

giving their testimony and encouraging students to

centivando os alunos a participarem.

participate.

É um prémio que dignifica a nossa instituição e tem

It is a prize that honors our institution and has in-

visibilidade internacional por estar ligado ao “Duke

ternational visibility for being linked to the “Duke

of Edimbourg Awards”. Isto permite que estes alunos

of Edimbourg Awards”. This allows these students

tenham uma marca, uma mais-valia que no estran-

to have a brand, an added value that distinguishes

geiro os distingue quando vão para universidades es-

them abroad when they go to foreign universities for

trangeiras por exemplo.

example.

O Bom Sucesso é portanto um colégio tradicional

Bom Sucesso is therefore a traditional college but

mas com uma visão moderna e olhos postos no fu-

with a modern vision and eyes on the future…

turo…

We have this concern to show our students that in

Temos esta preocupação de mostrar aos nossos alu-

fact it is necessary today to have a global vision and

nos que de facto hoje em dia é necessário ter uma

a broad perspective on life. For example, we recently

visão global e uma perspectiva ampla sobre a vida.

took our students to an international conference ca-

Cito por exemplo que há pouco tempo levamos alu-

lled SEforALL, which addresses issues such as sustai-

nos nossos para uma conferencia internacional o

nable energy. We have to prepare our young people

SEforALL, que aborda temas como a energia susten-

for the world, even because we know that most of

tável. Temos que preparar os nossos jovens para o

them will have international experiences.

mundo, até porque sabemos que a maior parte deles terá experiências internacionais.

62 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Quais são as áreas basilares do programa educativo

What are the basic areas of the Dominican educa-

Dominicano?

tional program?

O lema dos dominicanos é a verdade. Chegar até à

The Dominicans’ motto is the truth. Getting to the

verdade nem sempre é fácil, por isso usamos as vias

truth is not always easy, so we use the ways of work,

do trabalho, do estudo e da investigação para incentivar os nossos alunos através da curiosidade e da investigação para obter o conhecimento. Outra vertente dos valores Dominicanos é a vertente da solidariedade e da preocupação com o contexto social. Procuramos sempre envolver os nossos alunos em actividades de cariz social e de solidariedade, desenvolvendo ou associando-nos a iniciativas já exis-

study and research to encourage our students through curiosity and research to gain knowledge. Another aspect of the Dominican values is the solidarity and concern with the social context. We always try to involve our students in social activities and solidarity, developing or associating ourselves with existing initiatives, but always with the intention of provo-

tentes, mas sempre com o intuito de provocar esta

king this awareness of the duty and social role that

consciência do dever e do papel social que todos nós

we all have in society.

temos na sociedade. At a time when we have the world looking at PorNuma altura em que temos o mundo com os olhos

tugal, how do you see the state of education in our

postos em Portugal, como é que vê o estado do en-

country?

sino no nosso país?

It is not easy to generalize this question. Also becau-

Não é fácil generalizar esta pergunta. Até porque as escolas são todas muito diferentes, cada uma na sua realidade e contexto. De qualquer maneira, penso que há uma preocupação de desenvolver muitos projectos focados no empreendedorismo. O país saiu de uma fase deprimida para uma fase mais eufórica. Isto tem trazido uma elevação da autoestima e a camada jovem sente-se incentivada e mais confiante, com

se schools are all very different, each one in its reality and context. Anyway, I think there is a concern to develop many projects focused on entrepreneurship. The country has gone from depression to euphoria. This has brought a boost of self-esteem and young people feels encouraged and more confident, with more tools to create new ideas. I see young people

mais ferramentas para criar ideias novas. Vejo os jo-

very enthusiastic about their country. I think schools

vens muito entusiasmados com o seu país. Penso que

are concerned about training our young people with

as escolas se preocupam em formar os nossos jovens

European coincidence and with a global vision.

com a coincidência europeia e com uma visão global. What are the future projects for the College of Bom Quais os projectos futuros para o Colégio do Bom

Sucesso?

Sucesso?

Education is a very dynamic area. The changes in the

A educação é uma área muito dinâmica. As mudanças do mundo decorrem tão rápido que as escolas têm que ir atrás do mundo. As nossas crianças também impulsionam estas mudanças. Acabamos por ser mais reactivos do que proactivos. Estamos sempre a tentar projectos e novas formas dinâmicas de estar. Este ano o nosso grande tema foi a sustentabilidade, por exemplo. O desafio é olhar para os nossos alunos

world happen so fast that schools have to go after the world. Our children also drive these changes. We turn out to be more reactive than proactive. We are always trying projects and new dynamic ways of being. This year our great theme was sustainability, for example. The challenge is to look at our students as our great teachers and so every year we have a

como nossos grandes professores e por isso todos os

theme and we develop the projects to provoke them

anos temos um tema e desenvolvemos os projectos

to think and think not only academically but also as

para lhes provocar a reflexão e o pensamento, não só

citizens and human beings.

académico mas também como cidadãos e seres humanos.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 63


SOCIEDADE

Agostinho da Silva. Universidade para a Universalidade Agostinho da Silva. University for Universality

João Rodil Historiador

Agostinho da Silva (1906 - 1994) é uma das mais emblemáticas figuras da cultura portuguesa. E as razões da sua grandeza são muitas. Professor, criador de Universidades e Centros de Estudo, filólogo, filósofo e poeta, foi sobretudo um homem que rompeu barreiras, estéticas e sociais; que criou novos paradigmas e que trouxe, a Portugal e ao Mundo, uma nova utopia, uma nova capacidade de sonhar. Todos os que foram tocados, de alguma maneira, pelos seus ensinamentos e imensa sabedoria, jamais ficaram indiferentes. Porque o lastro do seu pensamento universalista, ecuménico e messiânico foi capaz de apaixonar até os espíritos mais empedernidos. Hoje, é certamente um dos filósofos mais estudados e debatidos em todo o mundo académico. George Agostinho Batista da Silva, de seu nome completo, nasceu no Porto a 13 de Fevereiro de 1906, posto que muito novo fosse com a família para Barca d’Alva, onde passou a sua infância. Voltou à cidade para fazer os seus estudos, onde se licenciou em Filologia Clássica na faculdade de Letras do Porto, com vinte valores. Um ano mais tarde, e apenas com vinte e três anos de idade, doutorou-se com louvor, defendendo a dissertação a que deu o título de “O Sentido Histórico das Civilizações Clássicas”. Em 1931, parte para Paris como bolseiro da Sorbonne e estuda ainda no Collège de France. Começa a sua carreira de docente no Liceu de Aveiro, mas em 1935 é demitido do ensino por Salazar, já que se havia recusado a assinar a chamada Lei Cabral. Consegue uma bolsa do governo espanhol e vai para Madrid estudar no Centro de Estudos Históricos. Regressado a Portugal, é preso pela polícia política em 1943. Assim que é libertado, parte numa viagem que o levará ao Uruguai, Argentina e Brasil, onde se fixa em 1947. É no Brasil que vai expandir a sua visão pedagógica, primeiro no Rio de Janeiro onde trabalho no Instituto Oswaldo Cruz e ensina na Faculdade Fluminense de Filosofia. No início da década de 50, vai leccionar para João Pessoa, em Pernambuco, na U. Federal da Paraíba. Funda a Universidade de Santa Catarina em Florianópolis, cria o Centro de Estudos Afro-Orientais e dá aulas de Filosofia do teatro na Universidade da Baía.

64 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Agostinho da Silva (1906 - 1994) is one of the most emblematic figures of Portuguese culture. And the reasons for its greatness are many. Professor, creator of Universities and Study Centers, philologist, philosopher and poet, was above all a man who broke barriers, aesthetic and social; which created new paradigms and brought to Portugal and the world a new utopia, a new capacity to dream. All those who were touched in some way by his teachings and immense wisdom never became indifferent. Because the backing of his universalist, ecumenical and messianic thinking was able to please even the most hardened spirits. Today, he is certainly one of the most studied and debated philosophers in the academic world. George Agostinho Batista da Silva, by his full name, was born in Porto on February 13, 1906, and he was very young when he went with his family to Barca d’Alva, where he spent his childhood. He returned to the city to do his studies, where he graduated in Classical Philology at the Faculty of Letters of Porto, with twenty values. A year later, and only at the age of twenty-three, he doctored himself with praise, defending the dissertation to which he gave the title of “ The Historical Sense of Classical Civilizations”. In 1931, he left for Paris as a fellow of the Sorbonne and studied at the Collège de France. He began his teaching career at the Aveiro High School, but in 1935 he was dismissed from teaching by Salazar, since he had refused to sign the so-called Lei Cabral. He obtains a scholarship from the Spanish government and goes to Madrid to study at the Center for Historical Studies. Returned to Portugal, he was arrested by the political police in 1943. As soon as he was released, he left on a trip that took him to Uruguay, Argentina and Brazil, where he settled in 1947. It is in Brazil that he will expand his pedagogical vision, in Rio de Janeiro where he worked at the Oswaldo Cruz Institute and teach at the Faculdade Fluminense de Filosofia. In the early 1950s, he taught in João Pessoa, in Pernambuco, at the Federal University of Paraíba. He founded the University of Santa Catarina in Florianópolis, he created the Center for Afro-Oriental Studies and taught Theater Philosophy at the University of Bahia.


Em 1961, é nomeado assessor do Presidente Jânio Quadros e participa na criação da Universidade de Brasília e do Centro Brasileiro de Estudos Portugueses em 1962. Dois anos depois, funda a Casa Paulo Dias, em Cachoeira, e será o grande idealizador do Museu do Atlântico Sul, em Salvador da Baía. Viaja até ao Japão, onde permanece algum tempo, e encontra aí, junto dos monges de um templo xintú, grandes semelhanças da sua religiosidade com o Culto do Divino Espírito Santo, afinal a grande utopia dos portugueses e alicerce da sua teoria do Quinto Império, a vinda de uma nova Era onde a harmonia e a cultura dominariam o mundo. De volta a Portugal após a morte de Salazar, em 1969, tratou de escrever e leccionar em diversas universidades, dirigindo o Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade Técnica de Lisboa e, em simultâneo, desempenha o papel de consultor no Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, hoje Instituto Camões. A 3 de Abril de 1994, faleceu em Lisboa. A vida e a obra de Agostinho da Silva não cabem em tão poucas linhas. Aqui fica apenas o registo pálido de um homem grande. Um criador de ideias, um propagador da cultura portuguesa, um unificador de povos e civilizações, um genial pensador de amanhãs, cujo alcance filosófico das suas palavras precisa ainda de ser muito estudado e aprofundado.

In 1961, he was appointed advisor to President Jânio Quadros and participated in the creation of the University of Brasilia and the Brazilian Center for Portuguese Studies in 1962. Two years later he founded the Casa Paulo Dia in Cachoeira and will be the great idealizer of the Atlantic South Museum, in Salvador da Bahia. He travels to Japan, where he remains for some time, and finds there, with the monks of a xintú temple, great similarities of his religiosity with the Cult of the Divine Holy Spirit, after all the great utopia of the Portuguese and foundation of his theory of the Fifth Empire, the coming of a new Age where harmony and culture would dominate the world. Back in Portugal after Salazar ’s death in 1969, he wrote and taught at several universities, directing the Center for Latin American Studies at the Technical University of Lisbon and, at the same time, he was a consultant at the Institute of Culture and Portuguese Language , today Instituto Camões. On 3 April 1994, he died in Lisbon. The life and work of Agostinho da Silva does not fit in so few lines. Here is only the pale record of a large man. A creator of ideas, a propagator of Portuguese culture, a unifier of peoples and civilizations, a brilliant thinker of tomorrows, whose philosophical reach of his words still needs to be studied and deepened.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 65


SOCIEDADE

Pedro Antรณnio Costa E N T R E VISTA / I NTE RV I E W

Texto: Andrea Lavareda Fotos: Jaime Gonรงalves

PROPRIETรRIO LOJA DAS MEIAS 66 | DIPLOMATIC MAGAZINE


A CENTENÁRIA MARCA DE RETALHO DE LUXO CONFUNDE-SE COM A HISTÓRIA DE LISBOA. AO LONGO DOS ANOS CONSOLIDOU-SE COMO UMA REFERÊNCIA NESTE SEGMENTO EM PORTUGAL E JÁ DEU PASSOS PARA O ESTRANGEIRO. NUMA DELICIOSA CONVERSA COM O FILHO DE UM DOS FUNDADORES DA LOJA DAS MEIAS, PEDRO ANTÓNIO COSTA REVELA-NOS UM POUCO DA HISTÓRIA E DO SEGREDO DO SUCESSO DESTA INCONTORNÁVEL REFERENCIA NA MODA DE LUXO NACIONAL.

Pode contar-nos um pouco sobre a sua visão histórica da Loja das Meias? Eu já não sou novo mas não tenho tantos anos como a Loja das meias. A Loja começou com o meu avô que tem uma história de muito trabalho. Ficou órfão, chegou à Lisboa vindo de Alhos Vedros para trabalhar e estudar. Como não tinha dinheiro empregou-se numa loja chamada Loja das Meias. Depois matriculou-se numa escola de comércio que ficava na Rua das Chagas. Isso numa altura em que começaram a deitar abaixo as grades do Jardim Público que hoje é a Avenida da Liberdade. Uma curiosidade desta altura é que os ritmos do comércio eram diferentes, o comércio abria entre as 8h30 e as 9h00 da manhã e só fechava às dez da noite e isso todos os dias da semana incluindo o sábado e o domingo. Passado uns anos e já como proprietário do estabelecimento, o meu avô levava para as viagens de compras o meu pai e o meu tio Horácio. Isto acabou por lhes incutir o gosto pelas marcas, pelas roupas, pela moda, pelo comércio em si. E depois nasci eu… Obviamente continuei o trabalho da minha família. Com o passar dos anos percebemos que a Loja apesar de muito bonita tinha uma envolvência que não condizia na altura, com o conteúdo do estabelecimento. Mudamos de loja e percebemos que Lisboa estava a expandir. Então em 1972 viemos para a Rua Castilho mas sempre a pensar em

T H E C E N T U R I E S-O L D LU X U RY B R A N D M I X E S W I T H T H E H I S TO RY O F L I S B O N. O V E R T H E Y E A R S I T H A S E S TA B L I S H E D I T S E L F A S A B E N C H M A R K I N T H I S S E G M E N T I N P O RT U G A L A N D H A S A L R E A DY M A D E S T R I D E S A B R O A D. I N A D E L I G H T F U L C O N V E R S A TION WITH THE SON OF ONE OF THE FOUNDERS O F T H E LO J A D A S M E I A S, P E D R O A N TÓ N I O C O S TA R E V E A L S TO U S A L I T T L E O F T H E H I S TO RY A N D T H E S E C R E T O F T H E S U C C E S S O F T H I S U N F O R G E T TA B L E R E F E R E N C E I N T H E N AT I O N A L LU X U RY FA S H I O N.

Can you tell us a bit about your historical view of the Loja das Meias? I’m not new, but I do not have as many years as the Loja das Meias. The store started with my grandfather who has a hard work history. He was orphaned, arrived in Lisbon from Alhos Vedros to work and study. Since he had no money, he was employed in a store called the Loja das Meias. Later it enrolled in a school of commerce that was in Rua das Chagas. This was at a time when they began to throw down the bars of the Public Garden that today is Avenida da Liberdade. A curiosity of this time is that the rhythms of the commerce were different, the commerce opened between 8:30 and 9:00 a.m. and only closed at 10 p.m. and this every day of the week including Saturday and Sunday. After a few years and already as owner of the establishment, my grandfather took my father and my uncle Horácio to the shopping trips. This ended up instilling in them the taste for the brands, the clothes, the fashion, the trade itself. And then I was born. Obviously I continued the work of my family. With the passing of the years we realized that the Lodge, although very beautiful, had an atmosphere that did not fit at the time, with the contents of the establishment. We changed shop and realized that Lisbon was expanding. So in 1972 we came to Rua Castilho but always thinking about expanding to the surroundings. And then my children came to work with me.

expandir para os arredores. E depois os meus filhos vieram trabalhar comigo.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 67


SOCIEDADE

Podemos dizer que a Loja das Meias está no vosso ADN. Tenho três filhos, o Pedro Miguel a Manuela e a Marina. Sempre lhes dei liberdade de escolha, mas eles é que quiseram vir trabalhar comigo. Eu aprendi que um pai tem que os deixar desenvolver ideias e até mesmo deixar fazerem asneiras para aprenderem com elas. Graças a Deus estas asneiras não tem sido muitas. Nesta altura, com a expansão de Lisboa nós andávamos à procura de um novo espaço nos arredores e foi quando adquirimos o espaço que seria a futura loja de Cascais. Hoje em dia o nome Loja das Meias remete-nos para palavras como luxo, sofisticação, griffes, tradição e história. Sente que enquanto marca portuguesa alcançou um patamar que poucas marcas portuguesas conseguiram? Seguramente e com muito orgulho posso afirmar que sim.

Para além de figuras proeminentes da nossa sociedade, quem é o cliente da Loja das Meias? Para além dos clientes portugueses nós somos muito conhecidos no Brasil por exemplo. Temos muitos e bons clientes brasileiros. Temos muitos clientes nos PALOP, muitos clientes de toda a Europa com destaque para os ingleses e franceses. Felizmente temos uma clientela fiel e sólida, estes que mencionei são apenas uma amostra. Ainda a falar sobre os clientes, nós sabemos que as grifes internacionais que a Loja das Meias vende são representativas do universo do mercado de luxo. Ao longo destes anos que personalidades a Loja das Meias pode dizer que tem como clientes? Posso dizer que o nosso presidente da República é um amigo e um cliente de há muitos anos, por exemplo. Nós temos um livro de ouro desde a altura da segunda guerra onde todas as personalidades que passaram aqui assinaram este livro, que não deixa de ser uma peça histórica. Temos clientes de grande importância, mas afirmo que todos os clientes são importantes.

68 | DIPLOMATIC MAGAZINE

We can say that the Stocking Store is in your DNA. I have three children, Pedro Miguel, Manuela and Marina. I always gave them freedom of choice, but they wanted to come and work with me. I have learned that a parent has to let them develop ideas and even let them screw around to learn from them. Thank God these blunders have not been many. At this time, with the expansion of Lisbon we were looking for a new space in the surroundings and it was when we acquired the space that would be the future store of Cascais. Nowadays the name Loja das Meias refers to words like luxury, sophistication, griffes, tradition and history. Do you feel that as a Portuguese brand it reached a level that few Portuguese brands have achieved? Surely and with great pride I can say yes.

Apart from prominent figures in our society, who is the customer of the Loja das Meias? In addition to the Portuguese clients we are very well known in Brazil for example. We have many good Brazilian clients. We have many clients in PALOP, many clients from all over Europe with a focus on the English and French. Luckily we have a loyal and solid clientele. The ones I mentioned are just a sample. Still talking about customers, we know that the international brands that Loja das Meias sells are representative of the universe of the luxury market. Throughout these years what personalities Loja dos Meias can say that it has as clients? I can say that our President of the Republic has been a friend and a customer for many years, for example. We have a golden book since the time of the Second World War where all the personalities who passed here signed this book, which is a historical piece. We have customers of great importance, but I assert that all customers are important.


A abertura da Loja na Avenida da Liberdade em Lisboa deixa-vos portanto numa posição cosmopolita. Foi uma questão de posicionamento ou uma condição sine qua non? Tratou-se de uma decisão de manutenção de posicionamento. As grandes marcas querem estar na Avenida da Liberdade. Algumas das grandes marcas com as quais trabalhamos estão niveladas com as outras marcas presentes na avenida. Posso dizer que na última festa que fizemos na loja da Avenida da Liberdade, acabamos por vender mais a clientes portugueses do que a estrangeiros. Cerca de 80% das vendas deste dia foram os portugueses que compraram, o que me deixou muito satisfeito. O que eu quero é fidelizar o cliente português e estar na Avenida da Liberdade foi uma decisão estratégica. No entanto não posso deixar de destacar que este facto traz muitas nacionalidades que compram connosco. Há alguns anos eram os russos, que desaparecerem por um tempo e agora já estão a voltar, os franceses e os britânicos são mais fiéis e depois veio a vaga de angolanos e brasileiros, estes ainda a manterem-se de forma equilibrada, mas não posso deixar de dar o destaque aos clientes chineses que estão a ser em número considerável e tem crescido de ano para ano.

The opening of the Lodge on Avenida da Liberdade in Lisbon thus leaves you in an even more cosmopolitan position. Was it a matter of positioning or a sine qua non condition? It was a decision to maintain positioning. The big brands want to be on Avenida da Liberdade. Some of the major brands we work with are flush with other brands on the avenue. I can say that, in the last party we did at the Avenida da Liberdade store, we ended up selling more to Portuguese customers than to foreigners. Around 80% of the sales of this day were the Portuguese who bought it, which left me very satisfied. What I want is to keep the Portuguese client loyal and to be on Avenida da Liberdade was a strategic decision. However I can not fail to point out that this fact brings many nationalities that buy with us. A few years ago it was the Russians, who disappeared for a while and now they are returning, the French and the British are more faithful and then came the wave of Angolans and Brazilians, these still to maintain themselves in a balanced way, but I can not fail to give prominence to Chinese customers who are to be in considerable number and has grown from year to year. When Chinese customers buy, they buy se-

DIPLOMATIC MAGAZINE | 69


SOCIEDADE

Fale-nos um pouco da abertura da loja em Moçambique. Nós tivemos uma aventura em Angola há alguns anos. Foi muito saudável e tudo o que chegava à loja vendia-se. Obviamente surgiu-nos este desejo de estar mais presentes em África e o mercado moçambicano também é apetecível. A loja de Moçambique está lindíssima e acredito que revolucionou este mercado em Maputo, sem contar que o povo de Moçambique tem uma forma de estar tão agradável que é mesmo um gosto para nós podermos ter lá uma loja. Há horizontes para o processo de internacionalização da Loja das Meias, pelo menos no mercado lusófono? Hoje em dia existe uma coisa que é o e-commerce. Estamos a entrar na Farfetch. Sou um homem de negócios e o e-commerce é um “must be” para acompanhar a velocidade que o mercado exige. Pessoalmente eu não gosto do e-commerce pois mesmo estando as compras à distancia de um clic há algo que foge ao espírito da nossa empresa, que é o atendimento personalizado, o receber, o encantar e o fidelizar os clientes. Só mesmo estando presencialmente na loja eles podem sentir esta experiência.

Tell us a little about the opening of the store in Mozambique. We had an adventure in Angola a few years ago. It was very healthy and everything that came to the store was sold. Obviously we have this desire to be more present in Africa and the Mozambican market is also attractive. The store in Mozambique is beautiful and I believe it has revolutionized this market in Maputo, not to mention that the people of Mozambique have a way of being so nice that it is even a taste for us to have a store there. Are there horizons for the internationalization process of the Loja das Meias, at least in the Portuguese-speaking market? Nowadays there is one thing that is e-commerce. We are entering Farfetch. I am a businessman and e-commerce is a “must be” to keep up with the speed that the market demands. Personally, I do not like e-commerce because even when shopping at a oneclick distance there is something that escapes the spirit of our company, which is the personalized service, the receiving, the enchanting and the loyalty of the customers. Only by being in person in the store they can feel this experience.

70 | DIPLOMATIC MAGAZINE


DIPLOMATIC MAGAZINE | 71


SOCIEDADE

Augusto Castro Lopes E N T R E VISTA / I NTE RV I E W

Texto: Andrea Lavareda Fotos: Jaime Gonรงalves

CEO HIT CONSULTING 72 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Augusto fale-nos um pouco sobre a Hit Consulting.

Augusto tell us a bit about Hit Consulting.

A Hit Consulting foi fundada em 2012, portanto es-

Hit Consulting was founded in 2012, so we have been

tamos há cerca de 6 anos no mercado. Tínhamos a

in the market for about 6 years. We had our head-

nossa sede no Chiado e em 2017 mudamos para a

quarters in Chiado and in 2017 we moved to Avenida

Avenida da Liberdade. O nosso core business é a ima-

da Liberdade. Our core business is personal image

gem pessoal e a imagem empresarial. Concentramo-nos não apenas na Consultoria de Imagem e Personal Shopping, ou seja tratar da imagem exterior dos nossos clientes particulares ou empresas. Vamos mais longe nesse desafio e trabalhamos toda a parte de estacionário, ou seja, todo o conjunto de produtos que incluem a identidade gráfica de uma instituição,quer seja em suporte papel quer seja em formato digital.

and corporate image. We concentrate not only on Image Consulting and Personal Shopping that is, dealing with the exterior image of our private clients or companies. We go even further in this challenge and work on all the stationary, that is, the whole set of products that include the graphic identity of an institution, whether in paper or digital format.

Trabalhamos igualmente a decoração, os odores e to-

We also work on the decoration, the smells and all

das as vertentes que possam diferenciar estas empre-

the aspects that can differentiate these companies

sas da concorrência e estarem de acordo com o seu

from the competition and be in agreement with their

público-alvo.

target audience.

Para que target direciona os seus serviços?

To which audience does your service target?

Os nossos serviços são vocacionados maioritariamen-

Our services are mainly aimed at an audience that

te para um público que mais do que moda quer vestir

wants to wear quality more than fashion. There are

qualidade. Existem os clientes particulares que têm objetivos pessoais, profissionais, sociais e existem as empresas que pretendem apostar numa imagem mais cuidada dos seus colaboradores. A maioria dos meus clientes são homens, talvez pela identificação de género, e diria que 40% são empresários ou chefias de empresas nacionais. 40% serão estrangeiros que procuram referencias de moda em

private clients who have personal, professional, social goals and there are companies that want to bet on a more careful image of their employees. Most of my clients are men, perhaps by gender identification, and I would say that 40% are national business owners or managers. 40% will be foreigners looking for fashion references in Portugal and about

Portugal e cerca de 20% são senhoras.

20% are ladies.

O mercado de luxo está a crescer em Portugal na

Is the luxury market growing in Portugal in your

sua opinião? O mercado de luxo esteve em alta, entretanto com a crise económica mundial houve alguns sectores económicos que sofreram quedas (e outras não) e agora estamos a ter uma franca recuperação em vários sectores desde o turismo ao imobiliário passando pela

opinion? The luxury market has been on the rise, however with the global economic crisis there have been some economic sectors that suffered falls (and others have not) and now we are having a frank recovery in several sectors from tourism to real estate to fashion

moda e lifestyle.

and lifestyle.

Relembro-me que o mercado dos automóveis de luxo,

I would like to remind you that the luxury car market,

por exemplo, não teve quebra de vendas em 2014 e

for example, did not lose sales in 2014 and 2015, on

2015, pelo contrário, vendeu mais. Contudo o ano

the contrary, it sold more. However last year, 2017,

passado, 2017, chegou a crise ao mercado dos au-

the crisis reached the luxury car market, that drop of

tomóveis de luxo tendo uma queda de cerca de 30%.

about 30%. While other sectors of the economy such

Enquanto que outros sectores da economia como o

as Luxury Tourism, Premium Real Estate and Inter-

Turismo de Luxo, Imobiliário Premium e Griffes Internacionais de Moda estão neste momento de muito boa saúde. E a Consultoria de Imagem é um negócio

national Fashion Griffes are currently in very good health. And Image Consulting is a booming business!

em expansão!

DIPLOMATIC MAGAZINE | 73


SOCIEDADE

O m u n d o d o s n e g ó c i o s p o d e , p o r ta n to, a l i a r- s e

Can the business world ally itself with image

à c o n s u l to r i a d e i m a ge m p a ra o b te r va n ta ge n s

c o n s u l t i n g to g a i n c o m p e t i t i v e a d v a n ta g e ?

c o m p e t i t i va s ?

No doubt that yes! When we work in a company and

Sem dúvida que sim! Quando trabalhamos numa em-

wear the “sweater ” of it, we aim for profit.

presa e vestimos a “camisola” da mesma, temos como

To get good earnings we have to have clients. What is

objetivo o lucro.

the company that, not betting on is image, knowing

Para obtermos bons ganhos temos que ter clientes.

that the image is one of the most effective ways to

Qual é a empresa que, não apostando na sua imagem, sabendo nós que a imagem é uma das formas de comunicar mais eficaz, poderá ter um futuro promissor? Nem precisamos de falar de mercado de luxo, qualquer ser humano gosta de estar rodeado de pessoas bem apresentadas, de uma boa decoração, de um ambiente ameno, um odor agradável no ar e um

communicate, can have a promising future? We do not even need to talk about the luxury market, any human being likes to be surrounded by well-presented people, good decoration, a pleasant environment, a pleasant smell in the air and an efficient, friendly and professional service.

atendimento eficaz, simpático e profissional.

All this has to do with the communication that we

Tudo isto tem que ver com a comunicação que todos

all develop, whether we are companies or individuals

desenvolvemos sejamos nós empresas ou particula-

because each of us is a brand. That ’s why we talk so

res pois cada um de nós é uma marca. Por isso se fala

much about Personal Branding. And the Image Con-

tanto de Personal Branding. E a Consultoria de Ima-

sulting is related to Personal Branding.

gem está relacionada com o Personal Branding ou, se quiser, em português, imagem de marca.

The current positioning of Portugal in the world is attracting more and more foreigners, whether for

O posicionamento actual de Portugal no mundo está

tourism or investments. How can the image consul-

a atrair cada vez mais estrangeiros, seja para tu-

ting market take advantage of this?

rismo ou investimentos. Como pode o mercado da

Portugal is a country of luxury because of the number

consultoria de imagem tirar proveito disso?

of attractions it brings together, from the climate, to

Portugal é um país de luxo pela quantidade de atrac-

the gastronomy, to the talent and the friendliness of

tivos que reúne, desde o clima, à gastronomia, pasando pelo talento e pela simpatia do seu povo. Geralmente os clientes estrangeiros têm um poder económico elevado, gostos subtis e alguns até exigências refinadas. Na Consultoria de Imagem podemos dividir os clientes estrangeiros em 4 perfis:

its people. Generally foreign customers have a high economic power, subtle tastes and some up to refined requirements. In the Image Consultancy we can divide the foreign clients into 4 profiles: Those given to our geographical positioning come

Os que dado a nosso posicionamento geográfico vêm

from their country of origin (for example north and

do seu país de origem (por exemplo norte e centro da

center of Europe or Asia) and decide to make a Per-

Europa ou Ásia) e decidem fazer um personal shop-

sonal Shopping for an event in the United States, for

ping para um evento nos Estados Unidos, por exem-

example. Those who come in tourism and want to ac-

plo. Os que vêm em turismo e querem adquirir peças

quire pieces of national designers to take a little of

de designers nacionais para levar um pouco da nossa

our culture to their country and opt for a Personal

cultura para o seu país e optam por um Personal Sho-

Shopping.

pping.

Also related to tourism are those who come to Portu-

Ainda relacionado com o turismo temos os que vêm a Portugal com um objetivo específico, por exemplo, vêm casar a Portugal, têm pouco tempo disponível e precisam de adquirir um vestido de noiva. Os que visitam pontualmente o país e têm casa cá (comprada ou alugada) e frequentam eventos e precisam sempre de aconselhamento de última hora para se vestirem a preceito nos eventos que frequentam.

74 | DIPLOMATIC MAGAZINE

gal with a specific purpose, for example, come to marry in Portugal, have little time available and need to get a wedding dress. Those who occasionally visit the country and have a house here (bought or rented) and attend events and always need last minute advice to dress according to the events they attend.


Existem ainda os que decidiram vir viver definitivamente

There are still those who decided to live permanently

para Portugal.

for Portugal.

Para estes, Portugal é um novo mundo devido ao cli-

For these, Portugal is a new world due to climate

ma e às tradições, entre outros. Querem socializar,

and traditions, among others. They want to socialize,

fazer amigos, casar... e precisam estar no seu melhor,

make friends, get married ... and they need to be at

bem apresentados para uma integração mais rápida

their best, well presented for a faster and more effi-

e eficaz. Como vêm morar para um novo país apostam na sua imagem como marca pessoal, o tal personal branding, para entrarem no mercado de trabalho ou porque estão em Portugal para assumirem uma posição de destaque, de chefia e um dos factores com o qual se

cient integration. As they come to live in a new country they bet on their image as a personal brand to enter the labor market or because they are in Portugal to take a prominent position, of leadership and one of the factors which

debatem é o facto de o clima ser diferente do que

they face are the fact that the climate is different

tinham nos seus países.

from what they had in their countries.

Neste caso especifico o papel de um Consultor de

In this specific case the role of an image consultant

Imagem é fundamental, portanto.

is therefore crucial.

Nesse caso o Consultor de Imagem vai fornecer as

In this case the Image Consultant will provide the in-

informações necessárias para que o cliente se sinta

formation necessary for the client to feel good.

bem.

Fashion, tourism and real estate are business areas

A moda, o turismo e o imobiliário são áreas de negó-

of great importance in the economy of all countries.

cio com uma enorme importância na economia de to-

Image Consulting and Personal Shopping help cus-

dos os países. A Consultoria de Imagem e o Personal

tomers feel happier and more framed in the context

Shopping ajudam os clientes a sentirem-se mais feli-

they ambition to integrate.

zes e mais enquadrados no contexto que ambicionam integrar.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 75


TURISMO E LAZER

Quando a China despertar… para o Golfe

When China wakes up... for Golf! Rui Portela

CEO GolfSport

“Quando a China despertar, o Mundo tremerá”, a

“When China awakens, the World will tremble,” the

profecia que, há mais de duzentos anos, foi atribuída

prophecy that was attributed to Napoleon Bonaparte

a Napoleão Bonaparte, seria recuperada no séc. XX

more than two hundred years ago would be recovered

para título de um livro cujo autor também antecipou

in the 20th century titling a book whose author also

o domínio do mundo por este gigantesco país. Não

anticipated the dominion of the world by this gigantic

se enganou.

country. He was not mistaken.

Os 10,1 trilhões de dólares do PIB fazem da China a

The $ 10.1 trillion of GDP makes China the second

segunda maior economia do mundo, atrás apenas dos

largest economy in the world, behind only the United

Estados Unidos.

States.

E, o que acontecerá, se este gigante despertar… para

And, what will happen if this giant awakens ... for

o Golfe?

Golf?

Em Portugal, apenas 0,15% da população joga Gol-

In Portugal, only 0.15% of the population plays Golf,

fe, pois o desporto ainda continua muito identificado

because the sport still remains very identified with

com as elites.

the elites.

Com uma base de recrutamento tão diminuta difícil

With such a diminutive recruiting base it will be diffi-

será aparecerem muitos e grandes campeões nesta

cult for many and great champions to appear in this

modalidade.

sport.

E na China? Se esta mesma percentagem do seu povo

And in China? If this same percentage of is popula-

tivesse acesso ao Golfe, quantos campeões aparece-

tion had access to Golf, how many champions would

riam de uma base de formação de mais de três mil-

appear from a training base of more than three mi-

hões de jogadores?

llion players?

A resposta não é muito difícil de descortinar saben-

The answer is not too hard to figure out knowing

do-se do que este país é capaz de alcançar quando se

what this country is able to achieve when it gets se-

mete a sério em qualquer projeto.

rious about any project.

Enquanto essa abertura não acontece por questões

While this opening is not possible due to ideological

ideológicas que ainda impedem a construção de

issues that still prevent the construction of more ac-

mais Campos de Golfe acessíveis, outras realidades

cessible Golf Courses, other realities and numbers al-

e números já colocam a China no topo do mundo, a

ready put China on the top of the world, namely:

saber:

- It already has the two largest golf resorts in the

- Já tem os dois maiores resorts de Golf do Mundo,

world, in Guangdong and Hainan (Mission Hills);

em Guangdong e em Hainan (Mission Hills);

- At the industry level China is already one of the lar-

- Ao níve l da indú str i a a C h i na j á é um do s m a i o res

gest exporters of Golf equipment and accessories;

expor tadore s de e qui p a m e nto e de a c e s s ó r i o s de

- Two European Tour events already appear in the Top

Gol fe;

Ten of the events with the highest Prize Money of the

- D o i s e v e n t o s d o E u r o p e a n To u r j á f i g u r a m n o

Circuit;

To p Te n d o s e v e n t o s c o m m a i o r P r i ze M o n e y d o

- At the premiere of Golf as an Olympic modality in

Circuito;

Brazil, a Chinese golfer has already given the first

- Na estreia do Golfe como modalidade Olímpica no

Bronze Medal to her country.

Brasil, uma golfista chinesa já deu a primeira Medal-

Only need to put more chinese to play so that this

ha de Bronze ao seu país.

country assumes the status of one of the largest

Só falta mesmo pôr mais chineses a jogar para que

world powers of this modality.

este país assuma o estatuto de uma das maiores potências mundiais desta modalidade.

76 | DIPLOMATIC MAGAZINE


DIPLOMATIC MAGAZINE | 77


SOCIEDADE

Corais Asiáticos em Perigo

Asian Corals in Danger Ana Lima

CEO ALC Comunicação

Se olharmos para as doenças dos recifes de corais asiá-

If we l o o k a t th e d i sea ses o f Asi a n co r a l r ee fs we

ticos verificamos que também estão ligados ao grande

f i n d th a t th ey a r e a l so l i n ked to th e g r ea t p r oblem

problema dos plásticos nos oceanos. De acordo com

o f p l a sti cs i n th e o cea n s. Acco r d i n g to a team of

uma equipa de cientistas que fez um estudo sobre este

sci enti sts wh o d i d a stu d y o n th i s to p i c a n d it was

tema e que foi publicado no Journal of Science desco-

p u b l i sh ed i n th e Jo u r n a l o f Sci en ce i t wa s d i s cove-

briu-se que cerca de 11 mil milhões de plásticos estão

r ed th a t a b o u t 1 1 b i l l i o n p l a sti cs a r e cl i n g ing to

agarrados aos corais de recifes ao longo da região da

r eef co r a l s th r o u g h o u t th e Asi a -Pa ci f i c r eg i o n. The

Ásia-Pacífico. A previsão é que este número cresça as-

n u m b er i s exp ected to g r ow a l a r m i n g l y - u p to 40%

sustadoramente - até 40% em 2025, o que significa 15,7

by 2 0 2 5 , wh i ch m ea n s 1 5 . 7 b i l l i o n p l a sti cs a t s ea.

mil milhões de plásticos no mar.

Co r a l r eefs, i n co nta ct wi th p l a sti c, i n cr ea s e the

Os recifes de corais, no contacto com o plástico, au-

p r o b a b i l i ty o f d ev el o p i n g v a r i o u s d i sea ses by 89% .

mentam em 89% a probabilidade de desenvolvervárias

If th er e a r e n o p l a sti cs i n co r a l s, th e p r o b a b ility is

doenças. Se não houver plásticos nos corais a probabi-

4 %. T h i s stu d y wa s d o n e o n 1 5 4 Asi a Pa ci f i c reefs .

lidade é de 4%. Este estudo foi feito em 154 recifes da

Sci enti sts a l so p o i nt o u t th a t th e d i sp a r i ty in the

Ásia-Pacífico.

a m o u nts o f a ccu m u l a ted p l a sm a ti c r esi d u es be-

Os cientistas referem ainda que a disparidade nas quan-

tween d ev el o p i n g a n d i n d u str i a l i zed co u ntr i es will

tidades de resíduos plasmáticos acumulados entre os

g r ow co n si d er a b l y. A g o o d exa m p l e o f p r ese r ving

países em desenvolvimento e os países industrializados

th e o cea n s i s Au str a l i a wi th ex tr em e ca r e in the

irá crescer consideravelmente. Um bom exemplo de

wa y i t p r eser v es i ts sea s.

preservação dos oceanos é a Austrália com um cuidado

T h e p r o b l em o f f i sh i n g a n d o th er ser v i ces l i n ked to

extremo na forma como preserva os seus mares.

th e sea a n d to u r i sm i s a l so r a i sed h er e, wi th a los s

Também aqui se levanta o problema da pesca e outros

o f a r o u n d 3 0 0 b i l l i o n Eu r o s i n g o o d s a n d ser vices .

serviços ligados ao mar eao turismo com uma perda de

We r em em b er th a t m o r e th a n 2 7 5 m i l l i o n people

cerca de 300 mil milhões de euros gerados em bens e

d ep en d o n wo r k i n g wi th co r a l r eefs.

serviços. Recordamos que mais de 275 milhões de pessoas dependem do trabalho com recifes de corais.

78 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Os riscos de surtos de doenças no oceano são já uma

T h e r i sks o f d i sea se o u tb r ea ks i n th e o cean are al-

realidade. É urgente eliminar a presença de plásticos

r ea d y a r ea l i ty. T h er e i s a n u r g ent n eed to elimi-

nos oceanos para que se reduzam também as doenças

n a te th e p r esen ce o f p l a sti cs i n th e o ceans in or-

que ameaçam a saúde dos ecossistemas e dos huma-

d er to r ed u ce d i sea ses th a t th r ea ten th e health of

nos. Cerca de 80% dos plásticos são originários da te-

eco system s a n d h u m a n s. Ab o u t 8 0 % o f th e plastic s

rra, pelo que é urgente diminuir os níveis destes de-

o r i g i n a te f r o m th e ea r th , so i t i s u r g ent to reduce

tritos melhorando as infra-estruturas de gestão destes

th e l ev el s o f th ese d eb r i s by i m p r ov i n g the waste

resíduos.

m a n a g em ent i n f r a str u ctu r es.

O governo da Noruega tendo consciência da importân-

T h e No r weg i a n g ov er n m ent, a wa r e o f the impor-

cia dos mares na sua economia, levou a dar início a uma

ta n ce o f th e sea s i n i ts eco n o my, h a s l ed to the

plataforma online apoiada pelas Nações Unidas e a que

l a u n ch i n g o f a n o n l i n e p l a tfo r m su p p o r ted by the

se vão juntar outros países criando uma liderança em-

U n i ted Na ti o n s a n d j o i n ed by o th er co u ntr ies , c rea-

presarial focada no crescimento, inovação e sustentabi-

ti n g b u si n ess l ea d er sh i p fo cu sed o n th e g rowth, in-

lidade do oceano.

n ov a ti o n a n d su sta i n a b i l i ty o f th e o cea n .

De acordo com as palavras do ministro norueguês dos

Acco r d i n g to th e No r weg i a n Mi n i ster o f Trans port

Transportes e da Indústria, Torbjørn RøeIsaksen, “a

a n d In d u str y, To r b j ør n RøeIsa ksen , “ th e economy

economia dos oceanos é particularmente importante

o f th e o cea n s i s p a r ti cu l a r l y i m p o r ta nt fo r N or way.

para a Noruega. O nosso oceano é seis vezes maior que

O u r o cea n i s si x ti m es l a r g er th a n o u r l and area.

a nossa área terrestre. E indústrias como a do petró-

An d i n d u str i es su ch a s o i l , f i sh er i es a n d the mariti-

leo, a pesca e a indústria marítima, empregam 214.000

m e i n d u str y em p l oy 2 1 4 , 0 0 0 p eo p l e i n th e countr y,

pessoas no país, e acreditamos que as economias do

a n d we b el i ev e th e o cea n eco n o m i es wi l l create 40

oceano criarão 40 milhões de empregos globalmente

m i l l i o n j o bs g l o b a l l y by 2 0 3 0 . “

até 2030”.

Fo l l owi n g u p o n th i s ch a l l en g e, th e U n i ted N ations

Dando seguimento a este desafio as Nações Unidas –

- Env i r o n m ent i s a l r ea d y p r o m o ti n g a f r ee cours e s o

Meio Ambiente estão já a promover um curso gratuito

th a t a ny ci ti zen a wa r e o f th e i m p o r ta n ce of their

para que qualquer cidadão consciente da importância

p a r ti ci p a ti o n i n th i s f i g ht a g a i n st th e wa ste of the

da sua participação nesta luta contra os lixos dos ocea-

o cea n s ca n a ct l o ca l l y i n th e r ecov er y a n d cons er-

nos possa atuar localmente na recuperação e conser-

v a ti o n o f m a r i n e eco system s.

vação de ecossistemas marinhos.

Ca n ea ch o f u s g et a l i ttl e b i t o f th i s r esp ons ibility

Será que cada um de nós consegue chamar a si um bo-

a n d h el p o u r f i sh sto p ea ti n g p l a sti c?

cadinho desta responsabilidade e ajudar a que os nos-

Her e’s th e ch a l l en g e!

sos peixes deixem de comer plástico? Fica aqui o desafio!

DIPLOMATIC MAGAZINE | 79


SOCIEDADE

Festival Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano Portuguese Horse Breed International Festival

REALIZA-SE NOS PRÓXIMOS DIAS 21, 22 E 23 DE JUNHO, NO HIPÓDROMO MANUEL POSSOLO EM CASCAIS A TRIGÉSIMA EDIÇÃO FESTIVAL INTERNACIONAL DO CAVALO PURO SANGUE LUSITANO QUE CONTA COM A COORGANIZAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAIS. O FESTIVAL TEM UMA PARTICIPAÇÃO DE CERCA DE 250 CAVALOS, NO CONCURSO DE MODELO E ANDAMENTOS, EQUITAÇÃO DE TRABALHO, ENSINO, EQUITAÇÃO À PORTUGUESA, SALTOS DE OBSTÁCULOS E PARA A REALIZAÇÃO DO ESPETÁCULO EQUESTRE.

T HE 3 0 T H EDIT IO N O F T HE INT ERNAT IO NAL FESTI VAL O F T HE PO RT U G U ESE HO RSE BREED W ILL TAK E PLACE O N 2 1 , 2 2 AND 2 3 JU NE AT T HE MA N UE L PO SSO LO HIPPO DRO ME IN CASCAIS, W HICH COUN TS O N T HE CO -O RG ANIZAT IO N O F T HE CASCAIS TOWN HALL. T HE F EST IVAL HAS A PART ICIPAT IO N O F ABO UT 250 HO RSES, IN T HE CO NT EST O F MO DEL AND MOVEMENT S, WO RK EQU ITAT IO N, T EACHING , PO RT UGUESE RIDING , JU MPING O F O BSTACLES AND FO R THE ACCO MPLISHMENT O F T HE EQU EST RIAN SHOW.

Conta com a presença de cerca de 20 Stands que preenchem o espaço dedicado aos expositores e tem com uma média de 5.000 visitantes por dia. No decorrer do espetáculo são entregues os Prémios aos Vencedores do Concurso e aos Lusitanos que se destacaram nas diferentes disciplinas no ano anterior. O evento tem como principais objectivos aproximar o Cavalo Lusitano do público em geral, avaliar e classificar os produtos apresentados, mostrar o que de melhor existe na Raça, promover o encontro entre os criadores e seus clientes, quer a nível nacional quer internacional, promover o diálogo entre os vários criadores e promover o contacto dos criadores com todos os participantes estrangeiros e a comunicação social.

It h a s a r o u n d 2 0 sta n d s th a t f i l l th e sp a ce dedicated to exh i b i to r s a n d h a s a n a v er a g e o f 5 , 0 00 vis ito r s p er d a y. In th e co u r se o f th e sh ow a r e p r esented th e Prizes to th e W i n n er s o f th e Co ntest a n d th e h o r se s who sto o d o u t i n th e d i f fer ent d i sci p l i n es i n th e p r evious yea r. T h e m a i n o b j ecti v e o f th e ev ent i s to b r i n g the Portu g u ese Ho r se Br eed cl o ser to th e g en er a l public , to ev a l u a te a n d cl a ssi f y th e p r o d u cts p r esented, to sh ow wh a t i s b est i n th e Ra ce, to p r o m o te a m e eting b etween b r eed er s a n d th ei r cl i ents, b o th n a tionally a n d i nter n a ti o n a l l y, to p r o m o te d i a l o g u e b etween th e v a r i o u s cr ea to r s a n d p r o m o te th e cr ea to rs conta ct wi th a l l fo r ei g n p a r ti ci p a nts a n d th e m edia.

80 | DIPLOMATIC MAGAZINE


Cavalo Lusitano O Cavalo Lusitano é único e dos produtos nacionais de maior sucesso e prestígio internacionais, a par do vinho da cortiça e do azeite. Nos últimos séculos o Lusitano destacou-se por ser o cavalo por excelência para a Arte Equestre e para o Toureio mas, para além de ser o cavalo que mais prazer dá montar, continuará a surpreender pela sua natural aptidão para o Ensino e Atrelagem de competição, onde aliás já obteve, por duas vezes, o título de Campeão do Mundo. Também na Equitação de Trabalho se distingue ao obter os mais importantes títulos internacionais. É actualmente procurado como montada de desporto e de lazer, e como reprodutor pelas suas raras qualidades de carácter e antiguidade genética. O Cavalo Lusitano mobiliza um vasto e heterogéneo público, desde os criadores particulares e institucionais aos equitadores e tratadores, passando pelos comerciantes nacionais e estrangeiros. No que se refere à sua utilização, é procurado pelos cavaleiros tauromáquicos, pelas escolas institucionais e privadas, pelas estruturas turísticas, de aprendizagem, desporto e lazer e pelo público em geral e é um cavalo que se distingue tanto na iniciação desportiva como na alta competição, nas diferentes modalidades: Ensino, Obstáculos, Concurso Completo, Atrelagem, Equitação de Trabalho, Equitação adaptada. O Cavalo Lusitano posiciona-se para as classes média alta e alta, sendo no entanto muito apreciado pelo público em geral, o que lhe confere a particularidade de suscitar o interesse e a paixão de todos.

Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano Com cerca de 400 associados que representam 91% dos lusitanos nascidos em Portugal a APSL apoia e representa os associados na actividade de criação de cavalos Puro Sangue Lusitano, supervisiona e monitoriza a criação dos cavalos, mantém o livro genealógico da raça, único a nível mundial, promove provas e concursos de vária índole, promove o conhecimento científico, divulga acontecimentos, forma e credencia juízes da raça e organiza anualmente o Festival Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano. Existem 19 associações congéneres da APSL, localizadas nos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Colômbia, Dinamarca, Espanha, Equador, EUA, França, Finlândia, Grã-Bretanha, Holanda, Itália, México, Noruega, Suécia e Suíça.

Port ugue s e H ors e B re e d T h e “ Lu si ta n o ” Ho r se i s u n i q u e a n d o n e o f the most su ccessf u l n a ti o n a l p r o d u cts, a l o n g wi th cork wine and olive oil. In th e l a st centu r i es, Lu si ta n o excel l ed at being th e h o r se p a r excel l en ce fo r Eq u estr i a n Art and for To u r ei o b u t, b esi d es b ei n g th e h o r se th a t gives the m o st p l ea su r e to r i d e, wi l l co nti n u e to surpris e by i ts n a tu r a l a pti tu d e fo r th e Tea ch i n g a n d Coupling o f co m p eti ti o n , wh er e i n fa ct h e h a s twi ce obtained th e ti tl e o f Wo r l d Ch a m p i o n . Al so i n th e Work Equita ti o n d i sti n g u i sh es i tsel f wh en o bta i n i n g the most i m p o r ta nt i nter n a ti o n a l ti tl es. It i s cu r r entl y so u g ht a f ter a s a sp o r t a nd leis ure set, a n d a s a b r eed er fo r i ts r a r e q u a l i ti es of c har a cter a n d g en eti c a nti q u i ty. T h e Po r tu g u ese Ho r se Br eed m o b i l i zes a vast and h eter o g en eo u s p u b l i c, f r o m p r i v a te a n d institution a l b r eed er s to h o r seb a ck r i d er s a n d h a ndlers , to d o m esti c a n d fo r ei g n m er ch a nts. W i th r eg a r d to i ts u se, i t i s so u g ht by b u llfighters , i n sti tu ti o n a l a n d p r i v a te sch o o l s, to u r i st struc tur es, l ea r n i n g , sp o r ts a n d l ei su r e a n d th e general p u b l i c a n d i s a h o r se th a t d i sti n g u i sh es i t s elf both i n sp o r ts i n i ti a ti o n a s i n h i g h co m p eti ti on, in the d i f fer ent m o d a l i ti es: Tea ch i n g , O bsta cl es, Complete Co m p eti ti o n , Co u p l i n g , Wo r k i n g Eq u i ta ti on, Tailor ed Ri d i n g . T h e “ Lu si ta n o ” Ho r se sta n d s fo r th e u pper and l ower m i d d l e cl a sses, b u t i s v er y m u ch a p prec iated by th e g en er a l p u b l i c, wh i ch g i v es i t th e partic ular i ty o f a r o u si n g th e i nter est a n d th e p a ssi on of all.

Association of Portuguese Horse Breeders With around 400 members representing 91% of “Lusitanos” born in Portugal, APSL supports and represents the associates in the Portuguese Horse Breed activity, supervises and monitors the breeding of horses, maintains the breed’s genealogical book, unique in the world , promotes evidence and contests of various kinds, promotes scientific knowledge, divulges events, forms and accredits judges of the race and organizes annually the International Festival of the Portuguese Horse Breed. There are 19 similar associations of APSL, located in the following countries: Australia, Belgium, Brazil, Colombia, Denmark, Ecuador, France, Finland, Great Britain, Sweden and Switzerland.

DIPLOMATIC MAGAZINE | 81


Próxima Edição: Senegal

Next Edition: Senegal

Senegal é o destino nomeado para a próxima edição da Diplomatic Magazine. O hub da região de Africa Oeste prepara, para 2018 e 2019, grandes projetos e oportunidades de negócio para o universo empresarial português. Num ano pré-eleitoral muitas são as novidades que na próxima edição iremos partilhar com os nossos leitores, um número a não perder. Temas como a criação da Câmara de Comércio e Industria Portugal - S e ne gal - A f r i ca O c i de nta l , a 4 ª Edi çã o do Salão Internacional da Construção e Infraestruturas do Senegal ou o Fórum de Negócios Portugal - Senegal que decorre em Outubro de 2018 no grande auditório da AEP (Porto- Leça da Palmeira) constituem conteúdos de elevado interesse. Com data prevista para meados do mês de Julho o lançamento da Diplomatic Magazine Senegal acontecerá em Sintra durante mais uma edição do ciclo de c o n fe r e n c i a s D i p l o m a t i c Ta l k s .

82 | DIPLOMATIC MAGAZINE

Senegal is the destination named for the next edition of Diplomatic Magazine. The hub of the West Africa region is preparing for 2018 and 2019 major projects and business opportunities for the Portuguese business world. In a pre-election year many are the news that in the next edition we will share with our readers, a number not to be missed. Themes such as the creation of the Portugal - Senegal - West Africa Chamber of Commerce and Industry, the 4th Edition of t h e I n t e r n a t i o n a l C o n s t r u c t i o n a n d I n f r a s t r u c t u r e T r a d e Show in Senegal or the Portugal Senegal Business Forum, which will take place in October 2018 in the large auditorium of AEP - Leça da Palmeira) are contents of high interest. S c h e d u l e d fo r m i d J u l y, t h e l a u n c h o f D i p l o m a t i c M a g a z i n e S e n e g a l w i l l t a ke p l a c e i n S i n t r a f o r a n o t h e r e d i t i o n o f t h e D i p l o m a t i c Ta l k s c o n fe r e n c e cycle.


TOLDOS - CORTINAS DE VIDRO - PROLONGAMENTO DE ESPAÇOS - PERGOLAS BIOCLIMÁTICAS - PARAVENTOS RETRACTÉIS ESTORES DE INTERIOR - PERGOLAS DE MADEIRA OU ALUMÍNIO WWW.ARQUITETOLDOS.COM.PT TEL.: 219 758 190 TELEM.: 936 441 165


Profile for BestComGroup

DIPLOMATIC MAGAZINE - CHINA  

DIPLOMATIC MAGAZINE - CHINA  

Advertisement