Page 1

31

DIAS TEM AGOSTO E A AGENDA 29HORAS TEM

124

JOÃO, O

MAESTRO

A INCRÍVEL HISTÓRIA DO PIANISTA E REGENTE

JOÃO CARLOS MARTINS

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE E DESEMBARQUE DE CONGONHAS

ESTREIA NOS CINEMAS

ESPECIAL

DIA DOS PAIS

CUIDADOS E REFLEXÕES PARA SER UM PAI DESCOLADO, TRANQUILO E SAUDÁVEL

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS


Os humanos evoluĂ­ram de novo.

reservas 24h: movida.com.br 0800-606-8686 somente nos cinemas

baixe o aplicativo:


wi-fi 4g móvel no carro e movida connect

tudo para conectar seu smartphone

movida express

voou, alugou

10x a partir de

R$

diária + proteção

7 ,50 *

sem juros

alugue na movida

aqui, seu cartão de embarque vale descontos **

retire e devolva diretamente no estacionamento vip de congonhas

© TM & © 2017 Twentieth Century Fox Film Corporation. All rights reserved. Imagem meramente ilustrativa. *Preço referente ao Grupo AX; o valor pode sofrer alterações de acordo com a ocupação de cada loja; consulte a tarifa regional em nosso site; proteção LDW inclusa. **Taxa única de R$ 30,00 por contrato. ***R$ 20,00 a diária; sujeito a disponibilidade. ****R$ 9,90 a diária.

Dessa vez, no jeito de alugar carro. ***

****


AGOSTO 2017

08

HORA H MUSAS MOBILIDADE EVENTO PERSONAGEM MÚSICA TEATRO

22

O MELHOR DO RIO

Ed. 94 Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Georges Henri Foz, Luiz Toledo, Pedro Barbastefano Júnior e Kike Martins da Costa Redação: Chantal Brissac (diretora de redação); Kike Martins da Costa (editor assistente); André Cordeiro (repórter); Ana Júlia Cano (estagiária); Rose Oseki (diretora de arte); Karen Suemi Kohatsu (designer) Gerente de produto: Ariovaldo Dias (ariovaldo@29horas. com.br) Colaboradores: Alexandre Kuma, Bianca Reis Verderosi, Camila Cordeiro, Carlos Monteiro, Didú Russo, Doroteia Fragata, Fê, Georges Henri Foz, Hênio Urtado, Leão Serva, Lu Gebara, Luiz Toledo, Maria Shirts, Sergio Luiz Pereira e Thaiz Leão

As novidades da Cidade Maravilhosa

08 22

20

Diretor escritórios regionais: Luiz Carlos Stein (stein@29horas.com.br)

58

Comercial (comercial@29horas.com.br): Gerente: Rafael Bove Equipe: Angela Saito, Flávia Moraes, Giovanna Barbastefano e Raphael Favilla

60

32

82

ADEGA

HORA LIVRE LUIZ TOLEDO é atropelado pela saudade

32

DESTAQUES CAPA Leia sobre a incrível trajetória do pianista JOÃO CARLOS MARTINS, que também é tema do filme “João, o Maestro”, que estreia dia 17 de agosto

39 54

ESPECIAL DIA DOS PAIS Para além de cuidar dos filhos, é necessário cuidar também de si mesmo. Veja em nosso especial dicas e cuidados para ser um pai antenado

Jornalista responsável: Chantal Brissac (MTB 15.064)

54

VIAGEM Uma viagem repleta de cores, aromas, sabores e ritmos no Pará, entre a exuberância de BELÉM e a calma da ILHA DE MARAJÓ

A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários. 29HORAS – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 11 Jd. Paulista - São Paulo - Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676 WWW.29HORAS.COM.BR

29HORAS NA REDE: twitter.com/revista29horas facebook.com/revista29horas

COMER, BEBER, VIVER

Vinhos para comemorar o dia dos pais, por DIDÚ RUSSO

Impressão e acabamento: Prol Editora Gráfica Ltda.

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE E DESEMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS

MOBILIDADE

GEORGES HENRI FOZ recomenda a Forneria Sant’Antonio

Assistência comercial: Silene Barbieri Ciciliato

29HORAS é uma publicação mensal da MPC11 Publicidade Ltda.

COLUNAS MARIA SHIRTS reflete acerca da mobilidade urbana

PUBLICIDADE

Brasília – Leonardo Freitas (leonardo.freitas@ootb.net.br) Curitiba – Alexandre Martins (alexandre.martins@29horas.com.br) Santa Catarina – Jean-Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br) Rio de Janeiro – Rodrigo Oliveira (rodrigo@rjmidia.com.br) Florianópolis – Sonia Meireles (sonia@yaguar.com.br) Campinas e Região – Marília Perez (marilia@imediataonline.com.br Ribeirão Preto – João Queiroz (comercial@bbipublicidade.com) Norte e oeste do Paraná – Marcelo Pajolla (pajolla@pajolla.com) Mato Grosso do Sul – Armando Miranda (armando@tmidiabrasil.com.br) Rio Grande do Sul – Leonardo Hoffman (leonardo@zigon.com.br)

SUMÁRIO

63

AGENDA 29H

124 programas para todas as horas de todos os dias do mês

A tiragem e distribuição desta edição de 65.000 exemplares é auditada pela BDO.

Capa – João Carlos Martins, fotografado por Lu Gebara


hora h

mUSaS

Ativismo AnimAl o Amor pelos Bichos trAnsFormou A VidA de luisA mell, que deiXou A tV pArA se dedicAr inteGrAlmente À proteção dos AnimAis

No celular, ela mostra a foto de um cachorro gravemente ferido. Em outra, um filhote com a pata cortada. Essas são as mensagens que Luisa Mell recebe diariamente como presidente do instituto que leva o seu nome. Fundado em fevereiro de 2015, o Instituto Luisa Mell atua no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. No abrigo, cerca de 300 animais, entre cães e gatos, todos resgatados das ruas, são protegidos, alimentados e aguardam a chance de serem adotados. Os pedidos de ajuda para resgate não param. “Estamos sempre apertados no orçamento, mas tentamos ajudar o máximo. Às vezes me xingam, mas eu não consigo pegar todos. É impossível. Priorizo os que estão em pior estado, estou sempre correndo atrás”, diz Luisa. A Luisa ativista nasceu na adolescência, quando a família adotou uma cadela doente. Foi nesse momento que a sua visão de mundo mudou. “Essa minha cachorra viveu 16 anos e eu digo que a missão dela era salvar outros animais”. Em 2002, Luisa apresentou o programa “Late Show”, na Rede TV. O objetivo era promover o resgate de bichos sob maus tratos, fazer campanhas de adoção e tirar dúvidas com especialistas sobre este universo. Hoje, ela não trabalha mais com televisão. A razão é ideológica: “Aos poucos eu fui me tornando uma ativista, no lugar de uma apresentadora, e aí não dá para ter qualquer patrocínio. Eu sei que fiquei uma pessoa chata, mas eu quero mudar o mundo”. E tem conseguido fazer sua parte. Com 2,5 milhões de seguidores no Facebook e mais 560 mil no Instagram, Luisa é protagonista de episódios importantes na defesa dos direitos dos bichos, como o ocorrido em São Roque em outubro de 2013. Junto a outros manifestantes, ela conseguiu resgatar 178 cães da raça Beagle que estariam sendo maltratados e sacrificados no Instituto Royal. Também, em outubro de 2016, foi a Brasília para acompanhar a audiência pública sobre a legalidade das vaquejadas. Essa conscientização é passada para o seu filho Enzo, de dois anos, que já é vegano como a mãe. “Eu realmente falo com os animais. Sinto que tenho uma conexão com eles, algo que qualquer pessoa pode ter. Não é só falar, é respeito por toda forma de vida. Então, às vezes, tem gente que pisa em formiga pelo simples prazer de matar. Eu faço justamente o contrário. Não precisa matar o pernilongo, é só abrir a janela do carro que ele sai. Os mosquitos estão na terra há muito mais tempo que a gente”. André Cordeiro

8 | 29HORAS | Agosto 2017


foto lu gebara

Luisa, com cães do seu instituto: resgate de animais feridos ou em situação de risco

9


hora h

mobilidade

foto lu gebara

David Tsai, do IEMA: estudo sobre as emissões de São Paulo

PArA resPirAr melhor

As conclusões de um recente estudo do instituto de enerGiA e meio AmBiente ApontAm A urGênciA de mudAr háBitos de moBilidAde Neste mês de volta às aulas, retornam também o volumoso número de carros e, consequentemente, as emissões nocivas para a saúde. Em São Paulo, segundo pesquisa do IEMA (Instituto de Energia e Meio Ambiente), os carros respondem por mais de 70% dos gases de efeito estufa. O estudo inédito “Inventário de Emissões Atmosféricas

do Transporte Rodoviário de Passageiros no Município de São Paulo” mostra a participação de cada modo de transporte e os combustíveis utilizados nas emissões de poluentes locais e Gases de Efeito Estufa (GEE), ao longo de 24 horas de um dia típico da cidade. Segundo o cientista David Tsai, coordenador da área de emissões do IEMA, a pesquisa mostra que o transporte público não é o principal vilão na emissão de poluentes. “É realmente o carro, e isso fica evidente quando se sabe que a média de pessoas por veículo em São Paulo é em torno de 1,7”, afirma David Tsai. “É preciso buscar soluções que desestimulem o uso do transporte individual motorizado”. Tsai lembra que movimentos que estimulam o pedestrianismo, como a organização Corrida Amiga, e o uso maior do transporte público – caso do projeto Pro Coletivo, que atua na quebra de preconceitos e paradigmas contra o ônibus – são de grande importância para mudar a cultura e os hábitos. “A poluição afeta o bem-estar das pessoas e impacta fortemente a saúde pública”, lembra Tsai. Segundo a epidemiologista Maria Neira, diretora do Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente da OMS, hoje a poluição do ar é o quarto principal fator de risco para doenças, só atrás de pressão alta, má alimentação e tabagismo. emissoes.energiaeambiente.org.br / www.corridaamiga. org.br / www.procoletivo.com.br

evento

AventurA gourmet

O Festival Brotas Gourmet nasceu em 2012 e já faz parte do calendário desta cidade famosa por sua natureza farta de rios e cachoeiras, ideal para o turismo de aventura. Lá, esportes como rafting, rapel e tirolesa abrem o apetite para conhecer as delícias da região. Segundo Yeda Lopes, diretora de marketing da Abrotur, o festival foi criado para mostrar a criatividade da gastronomia brotense somada à proposta de oferecer pratos maravilhosos a preços convidativos (entre R$ 15 e R$ 20). “Além disso, o evento traz gratuitamente atrações musicais, com bandas e grupos”, diz Yeda. As criações vão desde risotos e gratinados a sanduíches e sobremesas. Uma sugestão é a Tartiflette, proposta do restaurante Poção. Leva batatas, cebolas douradas e dois tipos de queijo: o Reblochon, originário dos Alpes, e o Canastra mineiro. Já o Risotto Mio, do Areia que Canta, é

10 | 29HORAS | Agosto 2017

foto divulgação

A 6ª edição do BrotAs Gourmet mostrA que A cidAde conhecidA pelos esportes rAdicAis é tAmBém crAque nA GAstronomiA

Risoto do restaurante Areia que Canta, um dos pratos do evento

feito com arroz arbóreo, caldo artesanal, alho poró orgânico, vinho branco, queijo parmesão gran mestri e servido com chip de linguiça calabresa picante com erva-doce. O evento também vai contar com a cerveja artesanal de Brotas, a Brotas Beer, marca que produz 50 mil litros por mês e já ganhou prêmios nacionais e internacionais. Brotas Gourmet - De 17 a 19 de agosto, das 19h às 23h. Av. Américo Piva, 150.


Antecipe-se ao Lançamento

PERSPECTIVA ILUSTRADA DO LIVING

A P E N A S 2 3 A PA R TA M E N T O S

3 SUÍTES

|

3 VAGAS

|

2 TERRAÇOS

R U A Q U ATÁ , 8 2 1 - S Ã O PA U L O - P R Ó X I M O À AV. FA R I A L I M A E A O S H O P P I N G J K I G U AT E M I Realização e Intermediação: Agende o seu atendimento exclusivo

2369-5849

epicresidences.com.br

15796-J

Intermediação:

CCDI 31 Empreendimento Imobiliário Ltda. R. Funchal, 418, 7º andar, Vila Olímpia, São Paulo - SP, CEP 04551-060 - CNPJ 14.458.646/0001-21. Memorial de Incorporação registrado sob o nº 6 (R.06/189.581), em 29 de junho de 2017, perante o 4º R.I. de São Paulo. Incorporação imobiliária submetida ao regime do Patrimônio de Afetação, nos termos dos artigos 31-A a 31-F da Lei Federal 10.931/2004. Imagens e perspectivas são meramente ilustrativas, podendo sofrer alteração sem prévio aviso. Comercialização: CCDI Vendas Imobiliárias Ltda. - R. Funchal, 418 - 7º Andar - Vila Olímpia São Paulo - SP CNPJ 12.714.661/0001-68 - CRECI/SP 22.403-J. LPS São Paulo - Consultoria de Imóveis Ltda. - Rua Estados Unidos, 1.971 - Jardim América - São Paulo - SP - CEP 01427-002 - Tel.: (11) 3067-0000 - www.lopes.com.br – CNPJ 15.673.605/0001-10 - CRECI/SP 24.073-J.


hora h

personagem

Sete inStrumentoS Considerado um dos guitarristas de blues mais importantes do país, Solon Fishbone é uma caixinha de surpresas. Além do trabalho com o blues, que hoje envolvem quatro projetos musicais, Solon é proprietário de uma loja de instrumentos vintage, onde também faz réplicas de guitarra vintage, tem uma marca própria de cerveja, a Ipa Blues by Solon Fishbone, e um programa de rádio. Este ano, ele comemora 33 anos de uma carreira musical que começou em 1984, como baixista da banda Prize, que fez parte de uma geração que marcou o rock gaúcho. Com o fim do grupo no final dos anos 80, Solon assumiu a guitarra e formou com seu irmão mais velho, André Coelho, uma das primeiras bandas de blues do Rio Grande do Sul, a Bluesmakers. Este ritmo é, segundo o guitarrista, seu “idioma musical”. “Ouvir Johnny Winter pela primeira vez, aos onze anos, marcou minha história. Aquilo me bateu na hora. O blues é a única linguagem com que consigo me expressar quando toco guitarra. Pode ser um funk, soul, algo latino ou jazzy, mas a linguagem blues é a que flui”, conta o músico, que tem contribuições importantes ao lado de artistas americanos como Billy Branch, Phil Guy, Kenny Neal, Johnny Nicholas e Eddie C. Campbell, com quem produziu o disco “Show de Bola”, gravado no Brasil e cultuado na cena blues de Chicago. Incansável, Solon também toca vários projetos com amigos músicos, como o Blues em Dobro, o Guitars for the Blues – uma reunião de quatro guitarristas –, e o Gruvorama, destinado a interpretar clássicos do funk e soul. O repertório é recheado de grooves hipnotizantes e melodias que convidam a dançar. Já a loja de instrumentos, a Guitar Vintage, nasceu em 2002, e conta com clientes internacionais como Sammy Hagar (Van Halen), Kenny Neal e John Primer. “Comecei a comprar e vender guitarras que apareciam, saía garimpando instrumentos, e o passo seguinte foi aprender a restaurá-los. Logo depois veio a linha de captadores para guitarra que buscam o som dos instrumentos antigos dos anos 50 e 60, e depois passei a fabricar o instrumento com a nossa marca”. As guitarras de Solon já chegam ao cliente como se

12 | 29HORAS | Agosto 2017

foto sean russel

RefeRência do blues no bRasil, o gaúcho solon fishbone se multiplica em pRojetos que incluem música, aRte, comunicação e até ceRveja

O músico Solon Fishbone: múltiplos interesses e muito talento

tivessem 50 anos de idade. “É um processo muito difícil, porque você tem que fazer algo parecer velho, mas tem que ser bonito e charmoso, não pode ser trash. É como uma calça jeans surrada, mas que tem que ser na medida certa”. Com seu programa de rádio, todas as segundas às 22h no estúdio Monostereo (www.estudiomonostereo.com), ele exercita o lado comunicador; já com a cerveja Ipa Blues, parceria com a cervejaria Maniba, de Novo Hamburgo, ele viaja pelo mundo das harmonizações e da gastronomia, outra paixão. “Conseguimos uma IPA bem ao estilo West Coast, aromática e com uma drinkability excelente”, define o múltiplo Solon Fishbone, definitivamente, o homem dos sete instrumentos. Chantal Brissac


hora h

MÚSICA

OTT! OTT! OTT! Nascido no agreste pernambucano, o compositor, cantor e percussionista Otto já passou pela Nação Zumbi, pelos metrôs de Paris e por gafieiras no Rio de Janeiro até conhecer Chico Science em Recife e finalmente mudar-se para São Paulo, onde lançou o bombástico “Samba pra Burro” em 1998, álbum que deu início a sua carreira solo. Sempre misturando o brasileiro e tradicional ao eletrônico e contemporâneo, Otto lança seu sétimo álbum, segundo o próprio, um resultado preciso de sua carreira: “Acredito que este seja o mais completo, se comparado aos anteriores. Desde a minha criação até a produção de Pupillo (Nação Zumbi), a harmonia de poesia e música, tudo parece estar mais maduro. As interpretações de cada música estão muito viscerais e verdadeiras. Me passa a impressão de algo genuinamente pronto”. Com participações especiais de Roberta Miranda, Céu, Manoel Cordeiro e Andreas Kisser, “Ottomatopeia” teve inspirações diversas, que atravessam continentes e épocas. O rock como sonoridade e comportamento, a África e a sua cultura ancestral, o romantismo alemão, o trabalho do fotógrafo japonês Araki Nobuyoshi, tortura política e o mundo contemporâneo são todos elementos que permearam o pensamento do artista para a criação conceitual do novo projeto. Como o nome indica, “Ottomatopeia” promete ser a sonorização do próprio Otto ou, mais precisamente, do estilo musical por ele desenvolvido ao longo de sua trajetória no universo da música. Verdade ou não, só há uma forma de descobrir: experimentando a obra, que já está disponível no Spotify. Ana Júlia Cano

foto DIVULGAÇÃo

Ottomatopeia: rock, ancestralidade e romantismo alemão

14 | 29HORAS | Agosto 2017

foto RoNALDo GUtIERREZ

conSiderado um doS eXpoenteS da noVa geraÇão da mpb, otto lanÇa maiS um diSco Solo

Os atores Flávio Tolezani, Natalia Gonsales e Vitor Vieira

TEATRO

A VEZ E A VOZ DE CARMEN em cartaZ no tHeatro alianÇa franceSa SÓ até o dia 20 de agoSto, “carmen” faZ uma leitura moderna deSSa emblemática perSonagem

A cigana Carmen, que surgiu avassaladora em 1845 no romance do francês Prosper Mérimée, já foi filme e novela. Mas foi na ópera homônima de Georges Bizet, lançada em Paris em 1875, que ela foi imortalizada. Dona de si, livre, intensamente volúvel e fiel aos seus desejos, ela se torna o céu e o inferno de seus amantes, como Don José. Agora, quase duzentos anos depois, uma nova montagem, no Theatro Aliança Francesa até o dia 20 de agosto, revive a cigana, mas em uma interessantíssima e intrigante versão. É a própria Carmen quem conta sua história. Sua vida sempre foi contada por uma ótica masculina e essa mudança de tonalidade apresenta novas cores e mais elementos para entender variações da paixão, do ciúmes, do machismo e da violência. Idealizada por Natalia Gonsales e Flávio Tolezani, nos papéis de Carmen e Don José, e com a participação muito especial do ator Vitor Vieira, “Carmen” consegue juntar o teatro, a dança e a música num espetáculo perturbador, sensual e muito bonito. A atriz Natalia está perfeita no papel, inclusive como bailarina. Já os atores Flavio, como o perturbado Don José, e Vitor como touro, toureiro e o primeiro marido de Carmem, dão um show à parte em termos de expressão corporal. A direção geral é assinada por Nelson Baskerville e as coreografias foram criadas por Fernanda Bueno, do Balé da Cidade. Sem dúvida, um ótimo espetáculo, no qual a voz de Carmem soa e ressoa muito forte nos corações e mentes dos espectadores. Sergio Luiz Pereira


PRODUZIDO POR 29HORAS BRANDED CONTENT

FOTOS DIVULGAÇÃO

O NEGÓCIO DA MODA DISCUTE O MERCADO E O FUTURO DO TRADE TERCEIRA EDIÇÃO DA CONFERÊNCIA SERÁ ENTRE OS DIAS 19 E 21 DE SETEMBRO, EM CAMBORIÚ (SC), COM IMPORTANTES NOMES DO SETOR

Segunda edição do evento ONDM

Inovação, tendências, geração de negócios e network. Estes são alguns dos pilares do evento O Negócio da Moda – ONDM, que chega em sua terceira edição nos dias 19, 20 e 21 de setembro, em Camboriú, litoral norte de Santa Catarina. A intensa programação do projeto já contou com personalidades como Flávio Rocha (Riachuelo), Paulo Borges (SPFW), André Carvalhal, Nina Giglio (WGSN) e mais outros 70 nomes que apresentaram-se nas edições anteriores. A programação será dividida em três dias temáticos: Business (19/09); Desenvolvimento e Design (20/09); e Marketing (21/09). O ONDM contará com a presença de importantes players e grandes marcas do mercado da moda, que estarão à frente de palestras, debates, workshops e painéis. O objetivo é o compartilhamento de trajetórias relevantes para o trade, cases de sucesso e tendências – para os apaixonados por moda e trendsetters respirarem as novidades antes das passarelas e revistas. “Pensar moda é um desafio diário para as pessoas e empresas que compõem essa rede. Nossa proposta é reunir o trade e personalidades do universo fashion com a finalidade de gerar compartilhamento de inteligência

e negócios”, explica Ivan Jasper (idealizador do ONDM). Para esta edição já estão confirmadas as seguintes presenças: Rozália Del Gaudio (C&A), Sônia Hess de Souza (ex-presidente da Dudalina), Enrico Cietta (economista, pesquisador de moda e consultor de Milão/Italia), Lucas Franzato (vice-presidente do Grupo Morena Rosa), Ronaldo Fraga (estilista), Betulla Vicentino (Recco), Vicente Donini (presidente dos Conselhos de Administração da MARISOL), Adriana Zucco(Colcci), Michele Gevaerd (Lua-Luá) e Emicida (rapper e estilista). A relação completa e atualizada, bem como outros detalhes da programação, está disponível no site oficial: http://ondm.com.br/. No endereço também é possível assistir a vídeos compactos das edições anteriores. “Os nomes selecionados corroboram com as necessidades manifestadas pelos empresários do setor – tanto em Santa Catarina quanto nacionalmente – que veem neste atual cenário econômico uma oportunidade de trocar experiências, profissionalizar e fortalecer ainda mais o mercado da moda, diante das frequentes mudanças nos hábitos de consumo da população”, contextualiza Jasper.

15


hora h

GASTRONOMIA

ALIMENTANDO A VIDA Em 2015, a Organização Mundial da Saúde publicou um relatório revelando uma elevação no peso corporal médio dos latino-americanos, fenômeno fortemente associado ao aumento do consumo de alimentos ultraprocessados nestes países, como refrigerantes, doces, salgadinhos, sucos e outros. Duas das sugestões da OMS para que aconteça uma inversão nessa tendência são incorporar mais alimentos frescos nas refeições e incentivar a culinária doméstica. Como todo paulistano sente na pele, o tempo é escasso e nem sempre é possível comer um prato caseiro e saudável. Hoje, no entanto, já existem diversos estabelecimentos preocupados em oferecer refeições funcionais que visam não somente o bem do estômago, mas do corpo todo. Um bom exemplo é a Urban Remedy. A ideia da marca é levar ao público alimentos gostosos, frescos, nutritivos e práticos. Dentro desses critérios, foram desenvolvidos sucos, saladas, leites, smoothies e uma infinidade de snacks. Todos os produtos são veganos, altamente nutritivos, livres de glúten, sem adição de conservantes e incrivelmente frescos e deliciosos. Mas, aos que preferem pratos quentes, uma boa referência é o Le Manjue Organique. O sócio e chef Renato Caleffi elaborou o cardápio respeitando a sazonalidade dos ingredientes sem perder em sabor. Com forte influência brasileira, o cardápio apresenta peixes amazônicos, castanha de caju, cúrcuma, pequi, açaí e pupunha talhe. Além disso, 70% dos legumes e verduras do restaurante são provenientes da horta orgânica Le Manjue, em Vinhedo. A conscientização também é importante e, por isso, no site do restaurante é possível baixar gratuitamente um e-book sobre como diminuir os resíduos dos agrotóxicos na alimentação. Ana Júlia Cano

16 | 29HORAS | Agosto 2017

fotoS DIVULGAÇÃo

Saciar a fome e comer alimentoS goStoSoS não Significa alimentar-Se bem. além do goSto, é preciSo penSar Se aquilo que comemoS eStá nutrindo o noSSo corpo

Acima, o chef Renato Caleffi na horta de seu restaurante, em Vinhedo; abaixo, algumas das bebidas oferecidas pela Urban Remedy


neste dia dos pais, cultive a sua essĂŞncia. PRESENTEIE COM CUMARU RAIZ.

loccitaneaubresil.com


hora h

CULTURA

ILUSTRAÇÃO FÊ

OS CAMINHOS DA LITERATURA Do Sítio Do PicaPau amarelo, PaSSanDo Pela caSa Do Sol, até a caSa DaS roSaS: como oS eScritoreS afetam e São afetaDoS PeloS lugareS Por onDe PaSSam, eScrevem e inSPiram Embora a literatura seja um gênero da ficção, um de seus elos mais fortes com a realidade são os lugares físicos por onde as histórias se passam ou até são concebidas, de acordo com a criatividade de quem observa os cenários do cotidiano. Não por menos, no ramo literário ser observador é um pré-requisito; isso, desde antes do tempo em que os livros de José de Alencar passaram a entediar gerações de vestibulandos brasileiros com suas ricas e densas descrições da flora e fauna do Ceará do século XVII. Mas não é só Alencar que tem como marca registrada as ambientações de seus romances. Um outro autor, reconhecido por trazer prestígio a uma localidade no interior de São Paulo, é Monteiro Lobato. Habitante do imaginário afetivo nacional, o Sítio do Picapau Amarelo se localiza em Taubaté, no Vale do Paraíba. Entre 1911 e 1917, foi o local onde o escritor passou sua infância e onde, em sua ficção, o personagem Visconde de Sabugosa encontrou poços de petróleo. Não é à toa que, na época de publicação do conto, Monteiro Lobato foi preso por criticar as políticas petrolíferas do governo de Getúlio Vargas. Hoje, o Sítio do Picapau Amarelo se mantém como museu e recebe milhares de aficionados pela literatura de Lobato todos os anos. Ali, qualquer um pode relembrar e imaginar com vivacidade as aventuras da boneca de pano Emília, Pedrinho, Cuca e Narizinho. Contudo, não existem só os casos em que o autor escreve sobre seu lugar e sua história. Há também quem construa um lugar para criar sua obra. Cansada da imagem de moça bonita com boa escrita, a escritora Hilda Hilst decidiu se isolar em uma chácara em Campinas. Assim nasceu a Casa do Sol, cujas características arquitetônicas foram planejadas pela própria autora. Nela, Hilda Hilst mantinha uma rotina

18 | 29HORAS | Agosto 2017

regrada. Passava até dez horas diárias lendo ensaios políticos, filosóficos e metafísicos, ou escrevendo uma cota estipulada de palavras. A visita de seus amigos era frequente, pessoas como o artista plástico José Toledo e os escritores Jose Luis Mora Fuentes, Caio Fernando Abreu e Lygia Fagundes Telles. A chácara também foi perfeita para os experimentos esotéricos de Hilda, que tentava captar vozes de outras dimensões; a “loucura e excentricidade” fazem parte do caráter de sua obra. Portanto, a literatura tem uma relação íntima com os espaços que afeta e pelos quais é afetada. A Casa das Rosas que o diga! Com endereço na icônica Avenida Paulista, o espaço foi rebatizado em 2004 para homenagear o poeta e tradutor Haroldo de Campos, falecido no ano anterior – mesmo ano em que a localidade obteve o reconhecimento enquanto patrimônio histórico-cultural de São Paulo. Quase como uma herança, todo o acervo pessoal do autor foi doado para a instituição, constituindo, assim, a primeira biblioteca brasileira com foco em poesia. E, fazendo jus ao nome, a Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura cumpre seu objetivo de auxiliar na formação de escritores e de um pensamento crítico sobre o ofício. A iniciativa oferece cursos gratuitos, oficinas, organiza saraus e divulga trabalhos em publicações próprias, como a Grafias e a Circuladô. Uma missão inspirada no legado de Haroldo de Campos, que destinou sua obra à reflexão de qual papel a literatura exerce em nossas vidas. Todos esses locais, presentes no imaginário dos leitores brasileiros, estão abertos ao público e são ótimas opções de viagens curtas para descobrir um pouquinho da geografia literária do Estado de São Paulo. Hênio Urtado


por Maria ShirtS

foto Lu gebara

mobilidade

A ciclovia na avenida Paulista virou o símbolo maior das pessoas que clamam por uma mobilidade mais inclusiva e humana

A ruA é de todos

InIcIatIvas como o aumento das velocIdades nas margInaIs e o IncentIvo ao uso do automóvel como transporte prIncIpal da cIdade alImentam um autorItarIsmo Inerente às pessoas, reforçando a IdeIa errônea de que a rua é exclusIva para o uso dos carros Há dois meses, um veículo entrou em uma via onde centenas de pessoas circulavam pacificamente, ferindo algumas delas e provocando pânico – certamente – em todas. Este poderia ser um relato sobre o atentado terrorista que ocorreu em Finsbury Park, em Londres, no dia 19 de junho. Mas aconteceu no último domingo do mesmo mês em São Paulo, na Rua Augusta. Alguns vídeos mostram o motorista de uma EcoSport acelerando contra skatistas que celebravam o “Go Skate Day” na manhã do dia 25. A cena é chocante. Segundo relatos, ele teria furado o bloqueio da CET, que havia reservado uma parte da via para a celebração. Se há alguma conclusão que podemos tirar desse episódio – que deixou dois feridos – é que a convivência entre automóveis e outros modais (da mobilidade ativa) não evoluiu. Em parte por causa da própria sociedade e também por erros crassos do poder público. Se a tentativa de estabelecer uma boa convivência com o programa de vias abertas e a implementação de ciclovias estava sendo bem-sucedida, o esforço parece ter caído por terra. Iniciativas como o aumento das velocidades, o sucateamento da malha cicloviária, o não investimento em outros

20 | 29HORAS | Agosto 2017

modais e o incentivo ao uso do automóvel são um erro. Fazem com que a sociedade entenda que a rua é para os carros e alimenta um autoritarismo inerente às pessoas. Em uma de suas colunas semanais na Folha, o jornalista Marcelo Coelho dá uma explicação que resume esse pensamento. No artigo “Meu fascista interior”, ele diz: “(...) o autoritário está na estaca zero: sempre foi como é, num mundo em que as coisas sempre foram como são. Por que surge tanta invencionice agora? / A situação é desconfortável. Ele se vê sem argumentos, está perplexo, o mundo lhe parece estar sendo tomado das mãos. A rua não mais lhe pertence. A cidade, o país tampouco.” E conclui o texto com uma provocação, mostrando como esse tipo de pensamento quer fazer da cidade um lugar anódino: “Sai então para ver a rua. Quanta pichação! Quanto ciclista! Quanto mendigo! Quantos dependentes de crack! Quer limpar tudo, evidentemente, com jatos d’água, tinta branca e gás lacrimogêneo. Assim, ninguém o ameaça.” Maria Shirts é cicloativista, pedestrianista e trabalha na Folha de S.Paulo. Email: maria.shirts@gmail.com


o melhor do rio

as novidades da cidade maravilhosa

FOTO divulgaçãO

evento

O vinho engrandece experiências como a visão panorâmica do Pão de Açúcar

Um brinde ao rio

EntrE os dias 21 E 27, o rio WinE and Food promovE jantarEs, FEiras E mastErclassEs Em rEstaurantEs E mErcados da cidadE A 5ª edição do Rio Wine and Food Festival (RWFF), evento que agitará vários pontos da capital carioca, prova que o vinho pode ser plural e estar ao mesmo tempo num mercadão, numa balada, numa feira de negócios, num jantar ultra sofisticado ou num ônibus de turismo. O grande destaque da programação é a feira Show de Vinhos, que este ano terá lugar no Clube Piraquê, na Lagoa, no dia 24. No mesmo dia e local, acontecem as concorridas Master Classes – que destacam bebidas produzidas no Uruguai e na Nova Zelândia – e o superdesafio às cegas: Brasil x Resto do Mundo, que vai confrontar os espumantes brasileiros com os de outros países. No hotel Gran Meliá Nacional, em São Conrado, a Wines of Chile vai armar uma grande mostra da excelente produção local. Depois teremos ainda os passeios do

22 | 29HORAS | Agosto 2017

Wine Bus (ônibus de dois andares que harmoniza um city tour pela Cidade Maravilhosa com degustação de vinhos) e o evento Wine Out – um descontraído outlet de venda, enriquecido com aulas, música ao vivo e comidinhas preparadas em food trucks. Ao longo da semana, a equipe de organização do RWFF realiza ainda outras várias ações, como wine dinners com menus harmonizados e vendas promocionais em supermercados, empórios de bebidas, bares e clubes de vinho. Nos mais de cem restaurantes que participam do projeto Rio Rolha Zero, a taxa de rolha não será cobrada durante os dias do festival. Para comprar ingressos para os eventos, veja a relação de estabelecimentos participantes, confira os endereços e horários da programação e acesse www. riowineandfoodfestival.com.br


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

energia susTenTável para projetos

inovadores

Gerar energia limpa através de um recurso natural como a luz do sol é um dos grandes desafios do mundo. A WEG está no mercado de Energia Solar utilizando toda a sua tecnologia para produzir, com o máximo de eficiência, soluções para o consumo inteligente de energia.

Eficiência e Sustentabilidade. Isto é WEG.

Transformando energia em soluções.

www.weg.net/solar


o melhor do rio do botafogo a copacabana

as novidades da cidade maravilhosa

LARANJEIRAS

HospedAgem descolAdA

villA 25 hostel & suites tem Ambiente modeRninho e pReços Acessíveis em constRução tombAdA pelo pAtRimônio históRico

Instalado em um belo casarão recheado de história, o Villa 25 Hostel & Suítes é uma opção deliciosa em Laranjeiras. Suas 112 acomodações têm diárias a partir de R$ 60 e fazem um mix de modernidade e tradição: contam com TVs de LED, wi-fi, ar-condicionado, frigobar e fechaduras eletrônicas, mas mantêm traços que remontam à época do Império, como as “rendas de ferro” que moldam os gradis das sacadas. As suítes privativas são alugadas como quartos de hotel. Já os quartos coletivos têm de seis a doze camas e são divididos em “cápsulas” individuais como as cabines de um navio ou de um trem. No térreo, ao lado da convidativa piscina, funciona um restobar com pergolado em aço, vidro e venezianas. Quem comanda a cozinha é o chef peruano Ernesto Carrillo, que prepara delícias como o ceviche e o hambúrguer de couve-flor com cebola caramelizada, crocante de azeitona e maionese caseira. O balcão do bar é o lugar para degustar aquela cerveja geladinha ou um dos drinques exclusivos da casa, como o que mistura rum, licor de maçã verde, essência de pimenta dedo de moça e maracujá. Villa 25 Hostel & Suites - Rua Gago Coutinho, 25, Laranjeiras, tel. 21 3596-2069. www.villa25.com.br

O charmoso restobar do Villa 25

GAMBOA

A intimidAde dos peixes

Que tal conhecer o backstage do Aqua Rio, o maior aquário marinho da América do Sul? Agora isso é possível. Nas quartas e nos sábados, a instituição abre seus bastidores para visitas guiadas em que os visitantes têm a oportunidade de conferir os equipamentos que tratam a água dos recintos e o trabalho de biólogos nos bastidores dos tanques onde vivem mais de três mil animais, de 300 espécies. A nova atividade acontece sempre das 15h às 16h e atende a grupos de até 15 pessoas. Antes de embarcar nesse tour, é bacana saber algumas curiosidades sobre o Aqua Rio: * A água dos tanques é coletada em alto mar e transportada em grandes balsas até a atração, sendo transferida até os tanques por meio de uma tubulação subterrânea que liga o cais das docas até o subsolo do Aqua Rio. * Com o volume presente nos 28 tanques – 4,5 milhões de

24 | 29HORAS | Agosto 2017

FOTOs divulgaçãO

AquA Rio AgoRA ofeRece A opção de conheceR os bAstidoRes dA instituição, vendo o tRAbAlho de biólogos e oceAnógRAfos

Atividades no Aqua Rio, onde vivem mais de três mil animais

litros -, seria possível encher 13 milhões de latas de refrigerantes. * A cada mês, cerca de 650 kg de pescado são consumidos pelos animais que vivem no Aqua Rio. Aquário Marinho do Rio (Aqua Rio) - Praça Muhammad Ali, s/ nº, Gamboa, tel. 21 3613-0700. Ingressos a R$ 80 (normal), R$ 70 (visita aos bastidores) ou R$ 130 (visita aos bastidores + circuito Aqua Rio).


o melhor do rio do botafogo a copacabana

as novidades da cidade maravilhosa

leme

PETiscaRia glObalizada

foto eduardo almeida

mundeco reúne o clássico da botecagem internacional, como ceviches, dadinhos de tapioca, hambúrgueres e fish’n’chips

Manteiga temperada com salsa trufada e azeite defumado da Plezi Gourmet

leblon

Recém-inaugurado no bairro do Leme, o Mundeco chega com a proposta de se um “bar do mundo”. O menu, assinado pela chef Ju Reis, brinca com referências de várias regiões do nosso país e de outras culturas gastronômicas. Ao lado dos brasileiríssimos bolinhos de feijoada recheados de linguiça, da carne seca acebolada com aipim frito e manteiga de garrafa e dos dadinhos de tapioca, figuram petiscos “gringos”, como o britânico fish’n’chips com molho tártaro, o peruano ceviche de peixe branco com leite de coco e os norte-americanos hambúrgueres com queijo, cebola caramelizada, bacon crocante, rúcula, maionese e batatas chips. Para bebericar, a carta de bebidas, assinada pelo expert Thiago Viana, tem como destaque as sangrias, o tradicional Mojito (feito com rum, hortelã, xarope de açúcar e gotinhas de Angostura), o Fernet Cola (bitter com coca-cola) e o Gim do Thiago, um gim-tônica incrementado com cardamomo, grapefruit, maçã, limão siciliano, gengibre, alecrim e pimenta rosa. Mundeco - Rua Roberto Dias Lopes, 25, Leme, tel. 11 2558-2149.

TEMPERO MOdERnO

a jovem plezi gourmet renovou o conceito de temperos e agora se espalha pelos principais empórios do rio

Plezi Gourmet - www.plezigourmet.com.br

26 | 29HORAS | Agosto 2017

foto filico

Fundada dois anos atrás pelo capixaba Lauro Carvalho em parceria com a publicitária Priscilla Menezes e com o engenheiro Guilherme Alves, a Plezi Gourmet oferece temperos finos produzidos de maneira artesanal e minuciosa. Manteiga de vinho e especiarias, manteiga de salsa trufada, gersal temperado com masala, azeite defumado e por aí vai a lista de delícias. A marca começou com pequenas encomendas entre amigos e atualmente produz cerca de 1700 unidades por mês. Mesmo com o nome crescendo e a fábrica três vezes maior, os sócios mantiveram os princípios de pequeno produtor e fazem questão de prosseguir com toda a linha de produção artesanal, sem aditivos químicos ou conservantes e de continuar tendo um contato estreito com o público. Os produtos Plezi Gourmet podem ser adquiridos pelo próprio site ou nos melhores empórios e supermercados do Rio. Os bolinhos de feijoada do Mundeco


o melhor do rio do botafogo a copacabana

as novidades da cidade maravilhosa

barra da tijuca

sabor lusitano no shopping

rede de comidA PortuguesA dA siLVA desembArcA no cAsAsshoPPing com seus bitoques, Leitões e bAcALhoAdAs

foto tomas rangel

É uma casa portuguesa, com certeza. Clássicos como o arroz de Farinheira (embutido típico da região de Entremoz), o bitoque à portuguesa (versão lusa do nosso famoso bife à cavalo) e o bacalhau com gemas (posta com batatas rosti, gemas, cebolas e molho de manjericão) são algumas das delícias servidas na rede de restaurantes Da Silva, que acaba de inaugurar mais uma filial, agora no Casashopping, na Barra. Em um amplo salão de 270 m² desfilam os pratos preparados pelo chef Caíque Nogueira – uma exclusividade desse novo endereço é o leitão DaSilva, que antes de chegar à mesa é lentamente assado em baixa temperatura durante 12 horas. Na hora da sobremesa, a patisserie francesa se une à portuguesa no mil-folhas de ovos moles, composto por finas lâminas de massa folhada intercaladas por um delicioso creme à base de gemas e açúcar. O Bacalhau do mar, com aspargos, polvo, vôngoles e batatas

Da Silva - Avenida Ayrton Senna, 2.150, bloco N, Barra daTijuca, tel. 21 2108-6403.

barra da tijuca

Doces momentos

A Le Vin PAtisserie serVe docinhos tíPicos frAnceses e gostosos sAnduíches no croissAnt ou nA minibAguette A quALquer horA

foto guto seixas

Além de ser uma confeitaria que fornece as sobremesas aos bistrôs do Grupo Le Vin, a Le Vin Patisserie é um charmoso café. Em seus balcões e vitrines, chamam a atenção os delicados e coloridos doces típicos da confeitaria francesa, como os coloridos macarons, as mousses, as tartelettes, os éclairs, as tartines, os petitsfours, os mil-folhas e os bolos – disponíveis em meigas versões mini ou em tamanhos maiores. Não faltam também alguns favoritos internacionais, como brownies e cheesecakes. Completam a linha de produtos da loja os pães de fermentação natural e as geleias artesanais. Aberta da manhã até a noite, a Patisserie é o lugar ideal para um café da manhã, para um chá da tarde ou para uma refeição leve – a casa serve também ovos beneditinos e sanduíches de queijo brie, presunto ou peito de peru no croissant ou em minibaguettes. Para beber, oferece sucos, chás e cafés. Le Vin Patisserie - Avenida das Américas, 4.666, Barra Shopping - Espaço Gourmet, Barra da Tijuca, tel. 21 2431-8898.

28 | 29HORAS | Agosto 2017

Seleção de gostosuras da confeitaria Le Vin


Acesse www.fecap.br/pos-graduacao e saiba mais. Ou ligue 11 3272-2222 e agende uma conversa com o time da FECAP para discutir as melhores opções para os seus objetivos de carreira. AUDITORIA | ASSESSORIA EXECUTIVA | CONTROLADORIA ESPECIALIZAÇÃO EM IFRS | FINANÇAS CORPORATIVAS GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS | GESTÃO TRIBUTÁRIA | MERCADO DE CAPITAIS MBA EM ACCOUNTING | MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA EM GESTÃO DE RISCOS E COMPLIANCE

Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado - FECAP 11 3272-2222 Campus - Liberdade | Pinheiros | Lg. São Francisco


o melhor do rio do botafogo a copacabana

as novidades da cidade maravilhosa

vidigal

baixa gastronomia por carlos monteiro

França tropicalista

CARlOS.mONTEiRO@SARAVAH.COm.BR

foto divulgação

O renomado chef francês Jean Paul Bondoux usa toda sua técnica e criatividade para fundir ingredientes franceses e tropicais na cozinha do restaurante l’Etoile, instalado na cobertura do Sheraton Rio Hotel & Resort. Desse casamento resultam delícias como o magret de pato com purê de abóbora e o carpaccio de vieiras com molho de maracujá. Outras criações do cardápio assinado por Bondoux são o steak tartare com saladinha da horta, as coxas de rã crocantes, os camarões VG em bisque aromatizado com gengibre e capim limão, o filé de robalo com purê de ervilhas, molho curry e espuma de agrião, o duo de cordeiro com nhoques de queijo de cabra ou ainda o filé mignon de Black Angus ao molho béarnaise, que pode ser incrementado com um escalope de foie gras. O chileno Félix Sanches, braço-direito de Bondoux há mais de dez anos, é quem comanda a cozinha do restaurante no seu dia a dia.

O Fuska é uma instituição no Rio

o Fantástico Fuska Bar

toda quiNta-fEira roLa o tradicioNaL Samba NESSE bar quE é uma LENda carioca

foto divulgação

L'Etoile - Avenida Niemeyer, 121, 26º andar, Vidigal, tel. 21 2529-1937.

Coxas de rã crocantes do L’Etoile

30 | 29HORAS | Agosto 2017

Sabe aquelas coisas que são bem cariocas? Pois é: uma roda de samba de primeira, o Cristo Redentor abençoando, decoração kitsch porém megasimpática, gente superdescolada. Estes são os ingredientes básicos para tornar as calçadas da esquina de Capitão Salomão e Visconde de Caravelas, em Botafogo, um espaço democrático e cheio de energia todas as quintas-feiras. O bar é muito simples e as comidinhas são as tradicionais: bolinhos de bacalhau, pastéis, caldinho de feijão, salsichão e até os famosos ovos cozidos. Tudo preparado com esmero e bem gostoso. Para beber, o de sempre. Cervejas estupidamente geladas num preço absolutamente honesto. Atendimento de primeira e bastante simpático. A dica é: chegue cedo, tipo 18h30. O espaço lota com “gente bronzeada que mostra o seu valor” e rola somente até as 24h. Não gosta de samba? Aparece lá aos domingos que tem chorinho. E pegue carona nesse Fuska, porque “o samba é natural do Rio de Janeiro, levando alegria para milhões de corações brasileiros...” “Já fui batizado na roda de bamba, o samba é a corda e eu sou a caçamba”. Afinal, “quem não gosta de samba...” Fuska Bar - Rua Cap. Salomão, 52, Humaitá, tel. 21 2266-3621.

foto carlos monteiro

No comaNdo do L’EtoiLE, Na cobErtura do ShEratoN, JEaN PauL boNdoux mEScLa rEfErêNciaS EuroPEiaS E braSiLEiraS


MINISTÉRIO DA CULTURA, GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO, SECRETARIA DA CULTURA APRESENTAM

/PLANO VERDE _Sem incentivo fiscal _Gratuidades e descontos em concertos, cinemas e museus _R$ 160 por ano1

/PLANO AZUL

_Com incentivo fiscal2 _Ingressos para palestras e concertos _ A partir R$ 500 por ano com opção de parcelamento R$ 90 estudantes e professores Pela Lei Rouanet, com recuperação de até 100% do valor investido, limitado a 6% do IR devido

1

2

Saiba mais: fundacao-osesp.art.br/souosesp APOIO

REALIZAÇÃO


caPa

MÃOS a incrÍvel traJetÓria do pianista JOÃO CARLOS MARTINS, que vem superando seguidos desafios para continuar tocando, É o tema do filme “JoÃo, o maestro”, que estreia dia 17 de agosto em todo o Brasil por CHANTAL BRISSAC fotos LU GEBARA

32 | 29HORAS |Agosto 2017


O maestro João Carlos Martins toca no piano de sua casa, em São Paulo: uma saga que envolve paixão, fé e teimosia

divinas

33


foto fernando mucci / platinum photoimagem

caPa

neste mês, a emocionante história de João carlos

Gandra da Silva Martins, de 77 anos, estará nos cinemas brasileiros. O filme “João, o Maestro”, dirigido por Mauro Lima, com produção da LC Barreto, conta a saga desse pianista e maestro que superou inúmeros percalços para prosseguir com a música, sua paixão. E revela nuances e passagens inesperadas para a maioria das pessoas. “Eu conhecia um pouco da história do maestro, mas não sabia de tudo que aconteceu com ele, coisas extraordinárias. É uma história que precisa ser contada porque ela é muito boa de sentar e assistir”, diz o diretor Mauro Lima. “Minha vida é um trem fantasma, cada curva é um susto”, brinca o maestro João Carlos Martins na sala de seu apartamento em São Paulo. O senso de humor faz parte da sua personalidade, assim como a doçura e a simpatia. “Estou feliz com esse filme, um projeto feito com muito amor por todos os envolvidos”, afirma, ressaltando que o longa, no que diz respeito à parte musical, é 100% fiel ao que aconteceu em sua vida. A trilha sonora é composta por gravações originais do músico nas mais diversas fases. “Em relação à dramaturgia, ele é baseado na minha vida, mas também entram o talento e a inspiração do diretor”, explica o maestro, contabilizando uns 70% de semelhanças com sua aparentemente inverossímil biografia. Na pele de João, Rodrigo Pandolfo e Alexandre Nero

34 | 29HORAS | Agosto 2017

esbanjam naturalidade, assim como Davi Campolongo, de dez anos. Fernanda Nobre é Sandra, que representa as primeiras mulheres do músico; Alinne Moraes vive Carmen, atual esposa de João (em seu quinto casamento); e Caco Ciocler faz o professor de piano russo José Kliass. Filho de seu José e dona Alay, João nasceu em um ninho musical. “Meu pai queria muito ser pianista, mas ele perdeu um dedo num acidente quando tinha dez anos”. Por isso, estimulou não só João, o caçula de seus quatro filhos, como também os outros três – entre eles, o jurista Ives Gandra Martins – a ter aulas do instrumento na casa do bairro paulistano de Santo Amaro. Aos cinco anos, João foi submetido a uma cirurgia de retirada de um tumor benigno do pescoço e a operação deixou o garoto com uma fístula na pele, por onde vazava pus constantemente: “Eu sofria bullying na escola e era muito complexado”. Só na segunda cirurgia, aos oito, a doença foi curada. O que salvou o menino foi o piano que o pai decidiu comprar e ele, aos sete, começou habilidosamente a dedilhar, ao lado da professora Aida de Vuono. Aos oito, ele já estudava com José Kliass e treinava seis horas por dia; aos treze, brilhava em concursos e concertos. Foi nesse período que uma distonia cerebral apareceu, um problema que provoca contrações involuntárias. “Até hoje isso não tem cura na ciência, só soluções paliativas.


Então, eu decidi mudar meu biorritmo. Como a distonia se manifesta de uma a duas horas depois que você acorda, passei a dormir até meia hora antes do concerto. Acordava para ir direto para o palco”. No auge dos vinte anos, João estreou no Carnegie Hall, em Nova York, com ingressos esgotados. Aclamado como um dos principais intérpretes de Bach de sua geração, ganhou páginas de jornais como o The New York Times e Washington Post, enquanto o francês Le Figaro definiu Martins como “possuído, livre, hipnotizante de uma forma até demoníaca. Suas interpretações são fulgurantes”. O primeiro acidente que desafiou sua relação com o piano aconteceu em 1965, quando ele, aos 25 anos, morava em Nova York. O time do seu coração, a Portuguesa, estava treinando no Central Park, e um alucinado João, casado e pai do primeiro filho, correu para ver os jogadores. Convidado a jogar, ele caiu e perfurou o braço direito na altura do cotovelo, atingindo o nervo ulvar, responsável pelo comando dos movimentos da mão. O resultado: atrofia em três dedos. “Foi um período difícil. Eu vinha em uma carreira vertiginosa durante oito anos, tocando e gravando com as principais orquestras do mundo. Comecei a fazer cirurgias e os médicos recomendaram dedeiras de aço”, ele conta. As dedeiras apertavam tanto que muitos concertos terminavam com sangue espalhado pelas teclas. O The New York Times, que sempre se derramava em elogios ao pianista, fez uma crítica dizendo que ele já não era o mesmo. Numa noite, recém-separado, sozinho em um quarto de hotel, João entrou na banheira com uma lâmina de barbear na mão. “Foi quando tocou o telefone e era meu professor de piano. Ele me animou, eu joguei a gilete fora e decidi que tinha que viver”, relembra o maestro. No filme, esta e outras cenas inacreditáveis seguem em uma velocidade espantosa. Como definiu o maestro, “é o

foto arquivo pessoal

Na outra pág., o maestro na Sala São Paulo; ao lado, aos oito anos; abaixo, o piano de cauda Petrof, tcheco, e a xícara com notas musicais, peças do apartamento onde vive com a esposa, Carmen

35


caPa

36 | 29HORAS | Agosto 2017

fotos arquivo pessoal

trem fantasma” em ação, um susto atrás do outro. “Quando eu penso que já fiz 23 operações para manter o sonho, parece incrível”, ele reconhece. A última cirurgia aconteceu em janeiro, com o objetivo de deixar a mão esquerda aberta para tocar músicas lentas. “Não vou desistir nunca. Na vida, a pessoa tem que correr atrás dos sonhos até o último minuto, porque, quando ela menos espera, o sonho começa a correr atrás dela”, ensina. Depois da queda no Central Park, das cirurgias e de longos períodos de fisioterapia, ele retomou a carreira e voltou a receber boas críticas. Mesmo com todas as sequelas, gravou toda a obra de Bach. Mas em maio de 1995, na Bulgária, João foi covardemente golpeado na cabeça com uma barra de ferro, em um assalto. Isso provocou uma sequela neurológica que comprometeu o braço direito. Tratamentos e mais cirurgias seguiram-se, além de fugas de hospitais para tocar em concertos. Na mais recente, em março, o maestro saiu “na marra” do Sírio-Libanês, onde estava internado devido a uma infecção pulmonar, para se apresentar na Sala São Paulo. “O palco e a música são a minha cura”, ele justifica, com um sorriso maroto. Reconhecido na rua até pelos motoristas de táxi, assediado para selfies nos aeroportos, o carismático João Carlos Martins é o maestro mais querido do Brasil. Nos espetáculos, mal pisa no palco e a plateia já está de pé. Foi assim em um concerto com a sua orquestra, no dia 11 de junho no Theatro Municipal. À frente da Bachiana Filarmônica Sesi-SP, ele regeu energeticamente várias peças de Gustav Mahler, anunciando uma surpresa para o final, quando fez o público delirar e cantar junto enquanto dedilhava Tom Jobim e Adoniran Barbosa. Homenageado pela Vai-Vai em 2011 com o samba-enredo “A Música Venceu”, o maestro, que passou a se dedicar aos estudos de regência em 2004, é um exemplo maravilhoso de fé e perseverança. Uma vez o jornal The New York Times escreveu que um novelista não conseguiria escrever história tão implausível como a de João Carlos Martins, cuja biografia rendeu dois documentários internacionais – o franco-alemão “A Paixão segundo Martins” foi visto por mais de um milhão de pessoas na Europa. Uma saga que impressionou o cineasta norte-americano Clint Eastwood, interessado em filmar as memórias desse brasileiro teimoso. “Quando contei isso para o diretor Bruno Barreto, ele me disse que a minha vida tinha que ser feita no Brasil, não nos Estados Unidos”, relembra. Bruno decidiu então fazer o longa, mas foi substituído pelo diretor Mauro Lima. Segundo Paula Barreto, produtora geral de “João, o Maestro”, a abordagem de seu irmão era mais pessoal, sobre o drama familiar, e o maestro não estava satisfeito. “Convidamos o Mauro, que colocou a música como o fio condutor dessa história linda do João, na minha opinião

foto fernando mucci

Os atores Rodrigo Pandolfo e Caco Ciocler em cena do filme; com o compositor argentino Alberto Ginastera, lendo os jornais de Nova York após a estreia no Carnegie Hall, aos 21 anos; e com o grande Heitor Villa-Lobos


um exemplo de herói brasileiro”, afirma Paula. Hoje o maior orgulho de João Carlos Martins é o projeto Orquestrando São Paulo, que ele toca com a Fundação Bachiana, criada em 2006 e celeiro de duas orquestras. “Com o Orquestrando, eu passo uns cinquenta dias por ano em cidades de até 40 mil habitantes, reunindo os maestros locais, juntando a banda do coreto, que é o coração da cidade, e os músicos que tocam violino nas igrejas evangélicas”. O trabalho consiste em formar e profissionalizar orquestras nessas cidades, que ganham o selo de qualidade da Fundação Bachiana. João quer levar esse projeto para comunidades do Brasil e formar, em cinco anos, uma orquestra filarmônica. “Meu pai foi até os 102 anos, então eu tenho mais 25 para queimar”, ele ri. Pai de quatro filhos e avô de seis netos, o maestro já trouxe para a música clássica, com a Fundação, cerca de dez mil crianças. “Se os artistas de ponta saíssem de encontro às periferias, como fazem músicos como o Arthur Moreira Lima, a música clássica estaria em outro patamar. Eu digo que a pior coisa que aconteceu na minha vida foi perder as mãos para o piano. E a melhor coisa que aconteceu na minha vida foi perder as mãos para o piano. Porque eu pude ver um outro lado da vida e mudar meus valores. Vi que tinha que continuar procurando a excelência, mas ela não seria nada se eu não assumisse a responsabilidade social”, afirma João, o Maestro com m maiúsculo, que rege em prol da educação e da música no Brasil.

foto fernando mucci / platinum photoimagem

foto arquivo pessoal

O último concerto com as duas mãos em Londres, ao lado da Royal Philharmonic Orchestra, antes da cirurgia nos Estados Unidos, e comandando a Bachiana como maestro, na Sala São Paulo

37


especial

dia dos pais PAI.

FOTO pixabay - CC0 publiC DOmain

Ser pai é algo complexo e permanente. Uma vez pai, para sempre pai será. Mas, para além de cuidar dos filhos, é necessário cuidar também de si mesmo. Descubra nas páginas a seguir reflexões, dicas e cuidados para ser um pai antenado.

39


dia dos pais

Vínculo essencial

Neste mês em que se comemora a paterNidade, cabe uma reflexão sobre essa figura tão importaNte em Nossas vidas por André Cordeiro

O pai é exemplo. O pai erra. O pai ama. Agosto é o mês dele e vale uma pergunta pertinente para a data que comemora o seu dia: afinal, para que Dia dos Pais? A resposta mais cética seria dizer que a data não passa de uma criação de marketing, no intuito de alavancar o comércio e a venda de produtos para um determinado perfil de consumidor. No entanto, independentemente de seu teor comercial, o fato é que foi convencionado pela sociedade que haveria um dia específico do ano para lembrar dessa figura, que é o pai. Alguns historiadores remontam a celebração da paternidade da antiga Babilônia, onde, há mais de quatro mil anos, um jovem chamado Elmesu teria moldado em argila um primeiro “cartão” desejando sorte, saúde e longa vida a seu pai. Já no que diz respeito ao conceito de Dia dos Pais como um festival anual, este foi introduzido pela primeira vez em 1909, por uma mulher, Sonora Louise Smart Dodd. Sonora tinha uma grande afeição por seu pai, William Jackson Smart, veterano da Guerra Civil Americana, e ela sentiu que era injusto honrar sua mãe no Dia das Mães, mas não ter um dia para honrar seu pai. Como resultado, o povo de Spokane, cidade no estado de Washington, EUA, em 1910, comemorou o primeiro dia do pai. Pela história da humanidade, as relações entre pai e filhos sempre foram recorrentes na arte. Talvez o mais antigo e mais estudado seja a peça “Édipo Rei”, escrita por Sófocles em 427 a.C., considerada por Aristóteles como a maior obra da tragédia grega. De fato, trágica, a história que narra o eventual assassinato de um pai por seu filho traz consigo elementos complexos da paternidade e das relações humanas. Não à toa, Freud desenvolveu verdadeira obsessão pelo mito de Édipo, o que veio a ser um dos pilares da psicanálise. Desde a época de Freud o conceito de pai mudou, sendo o Complexo de Édipo sempre revisitado. O psicanalista francês Jacques Lacan foi um dos responsáveis por modernizar a psicanalise freudiana, criando uma corrente própria. Conforme explica a psicanalista Liege Lise do Instituto de Psicanálise Lacaniana (IPLA): “Para a psicanálise, a paternidade é uma função, chamada de função paterna. Pode ser desempenhada pelo pai biológico ou por quem exerça essa

40 | 29HORAS | Agosto 2017

função fundamental de aliar o amor à transmissão da lei. Educar um filho inclui o exercício da frustração e da transmissão do “não absoluto”. Com a globalização, a função paterna ganhou outras características: se antes o pai era sinônimo de força, severidade e modelo de ideal a ser seguido, hoje é referência de apoio e flexibilidade que possibilita ao filho orientar-se nas escolhas”. No senso comum, a mãe era tida como a figura que cuida e o pai, a que reprime. Atualmente essas distinções estão cada vez mais tênues. O psiquiatra Paulo Beer reflete acerca desse tema: “O que é paternidade? Bom, para mim é criar um filho. E maternidade? Também. Os papéis previamente definidos não estão funcionando mais”. Torna-se uma tarefa árdua definir o que é um pai, ou o pai ideal. Existe um espectro vasto no que tange a paternidade porque no fundo não se torna apenas uma questão só sobre esse assunto, mas atinge também a humanidade como um todo. E pessoas são diferentes por natureza. ILUSTRAÇÃO CAMILA CORDEIRO Entre um pai kafkiano, que simboliza uma figura opressora e temorosa, até um pai como o da música “Father and Son” de Cat Stevens, amoroso e sábio, existe um leque muito amplo. E aqui retornamos à pergunta inicial: para que o Dia dos Pais? Luiz Cushnir, psicoterapeuta especializado nas questões do relacionamento homem/mulher, reflete: “Por que esse pai vai ser comemorado e por que esse filho vai comemorar? Porque o dia do pai é o dia do filho e o dia do filho é o dia do pai. E o significado é: vamos afirmar que eu sou seu pai, vamos afirmar que você é o meu pai. Então pra que afirmar? É para você enxergar”, explica. Para Cushnir, a importância do enxergar é constatar que o vínculo entre pai e filho existe dentro das pessoas. “E claro que o mais importante não é se você vai dar o relógio Rolex, uma meia ou um beijo. É a importância que esse vínculo tem. Quem tem pai e consegue valorizar isso é muito diferente de quem tem pai e não consegue valorizar isso, e é muito diferente de quem já teve pai e não tem mais. Então se o dia dos pais tiver esse sentido de poder ser um reflexo da importância que o vínculo tem na estrutura emocional de cada um, em função do que um é para o outro, a gente diz: ganhamos.”


Na Shirtstock você encontra o presente do Dia dos Pais que cabe no seu bolso

Rua João Cachoeira, 388 - itaim bibi - SP - (11) 3071-4185/98487-0883 Traga este anúncio e ganhe 30% de desconto no presente do seu pai. * Promoção válida até 30/08/2017 para camisas e acessórios. @shirtstock /shirtstock


dia dos pais

SUPERMÃES Mãe solo é o termo utilizado para designar a mulher que se encarrega sozinha da criação de seus filhos. São mulheres que engravidaram e seus companheiros não assumiram a responsabilidade, mulheres que se divorciaram e passaram a ser a única referência da criança; mulheres que, mesmo casadas, sempre foram o adulto responsável na educação dos filhos. Segundo pesquisa realizada em 2015 pelo Instituto Data Popular, o Brasil tem cerca de 67 milhões de mães, 31% delas estão solteiras. A partir deste dado, podemos ter uma noção básica de quantas mulheres se obrigam e são obrigadas a vestir a capa da “super- mãe” pelo Brasil afora. Thaís Marques é uma delas. Com 24 anos, cuida de seu bebê sozinha. Engravidou sem planejar aos nove meses de namoro e seu parceiro, que a convenceu a prosseguir com a gravidez, desapareceu após alguns meses de gestação. Desde que Enzo, hoje com dez meses, nasceu, o pai visitou-os somente três vezes. A paternidade não foi reconhecida e nenhuma pensão foi paga. "Mesmo com tudo o que eu passei, eu estou conseguindo criar meu bebê sozinha. Tive o apoio da família e de algumas amigas, com certeza isso foi importante, não só financeiramente como emocionalmente". Segundo Thaís, o mais difícil até agora foi passar pelo trauma de ser abandonada durante a gravidez, e o mais gratificante é ver seu filho lindo, saudável, grande e feliz. Do posto de mãe solo, ela conclui: "É muito mais fácil criar um neném tendo uma pessoa ao lado, seja o pai, o padrasto, uma amiga que mora junto ou os avós. Mas a vantagem de ser mãe solo é que eu crio meu filho do meu jeito". O conselho de Thaís para outras mães é certeiro. "Se apegue ao seu filho, quando a gente faz as coisas por eles, fica tudo mais fácil". A fisioterapeuta Aline Inf, de 43 anos, concorda: "O maior amor do mundo são os filhos. Você pode estar com dívida, febre ou gripe e a criança, mesmo sem entender muito essas coisas, te mostra o amor, te dá um beijo, um cheiro, um

42 | 29HORAS | Agosto 2017

afeto". Após o divórcio, há quatro anos, Aline passou a criar Enzo, de dez anos, e Antonella, de sete, definitivamente sozinha. “Quando você cria os filhos sozinha não há férias ou feriado, o trabalho é 24h por dia. É difícil e cansativo, você fica com pouco tempo para você mesma e para outras pessoas". A boa surpresa é que os vizinhos de Aline se tornaram grandes parceiros nessa jornada. "Quando alguém de casa está doente, recebemos sopa, chá e outros mimos dos vizinhos. Meus filhos são netos e sobrinhos postiços de avós, tias e tios postiços". Com a compreensão dos filhos a respeito da situação familiar, o laço entre os três se estreitou – um sempre está cuidando e agradecendo pela presença do outro. Todos os dias antes de dormir os três se juntam para uma breve meditação, quando agradecem pela família, pelos filhos, pelo irmão e irmã e pela "pãe" (mãe + pai). Já Thaiz Leão, de 27 anos, engravidou aos 23 por conta de uma interação medicamentosa de antibiótico com o anticoncepcional. Em meio à faculdade, estágio, morando em uma república universitária e sem muito dinheiro, ela enfrentou os nove meses de gravidez com a pequena presença do pai do bebê. Hoje, este tenta se aproximar mais do filho, mas, segundo Thaiz, "ainda assim as coisas estão longe do meio-a-meio na divisão de tarefas". De todo esse processo ficou a lição de que é importante ter uma rede. "Sozinha o baque é grande, mas com ajuda, parcerias e divisão, a gente consegue ir além de cuidadora, a gente descobre a maternidade de outro jeito; mais autêntica, com menos culpa e mais oportunidades de café da manhã, brincar no parque e aprender e crescer junto". Thaiz passou a transmitir ao mundo sua experiência como mãe solo através de tirinhas e ilustrações bem humoradas – e às vezes melancólicas –, como esta, logo abaixo. Elas estão reunidas na página do Facebook “Mãe Solo” e podem ser adquiridas na forma de produtos pelo site maesolo.iluria.com.

ILUSTRAÇÃO ThAIz LeÃO

Elas são mulhErEs dE todas as idadEs E, além dE mãEs,também são pais por AnA JúliA CAno


dia dos pais

DESCONSTRUINDO O SUPER-HERÓI

Mais do que os fatores genéticos, os hábitos saudáveis e o acoMpanhaMento Médico são fundaMentais para o beM-estar do hoMeM por chantal brissac

foto divulgação

Massagem do Espaço Kurma: solução para o stress, a insônia e dores no corpo

É corrente a ideia de que os homens não gostam de ir ao médico. Mas será? Infelizmente, esta não é uma mera suposição, mas um fato comprovado. Segundo pesquisa do Centro de Referência da Saúde do Homem de São Paulo, 60% deles só buscam especialistas de saúde quando precisam de tratamento intensivo ou intervenção cirúrgica, ou ainda quando estão em estado de doença avançada. O mesmo levantamento aponta que 70% dos homens que procuram um consultório médico tiveram a influência da mulher ou de filhos. Um descaso que acarreta uma série de problemas, entre eles a mortalidade mais alta que a das mulheres. De acordo com os dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, o homem vive em média sete anos a menos que a mulher. Para o endocrinologista Ricardo M. R. Meirelles, a negligência com a própria saúde tem raízes culturais. “A relutância muitas vezes está associada à ideia de que admitir a possibilidade de doença é uma "fraqueza" incompatível com a masculinidade. Isso faz com que as doenças nos homens sejam diagnosticadas mais tardiamente, acarretando pior prognóstico e encurtando a expectativa de vida”, ele reflete.

prevenção é essencial

Uma atitude que inclui exames periódicos a partir dos 18 anos, com visitas a clínicos gerais, urologistas e cardiologistas. As doenças relacionadas à próstata, ao coração, às articulações e à respiração estão entre as mais frequentes da população masculina.

44 | 29HORAS | Agosto 2017

Com 61 mil novos casos novos previstos para 2017 no Brasil, segundo dados do INCA, o câncer de próstata é o mais comum entre os brasileiros. Diretor da Sociedade Brasileira de Urologia, Carlos Sacomani, do A.C.Camargo Cancer Center, acredita que o acesso à saúde preventiva tem aumentado o número de diagnósticos e reduzido os casos fatais da doença. “Desde 2008, temos no A.C.Camargo o auxilio da cirurgia robótica, com técnicas cirúrgicas minimamente invasivas e tratamentos focalizados nas lesões”, explica o médico, ressaltando que 90% dos tumores de próstata são operados com robôs. O mais prevalente dos tumores urológicos, o de próstata é seguido pelo câncer de testículo, que tem alto índice de cura, e o de pênis, bem menos frequente. “Este último tem relação com a má higiene e é mais comum em algumas regiões mais precárias do Nordeste”, exemplifica. Segundo Sacomani, a circuncisão, procedimento corriqueiro entre os judeus, reduz drasticamente a chance de ter câncer de pênis. Sacomani lembra também que a atividade física regular e a nutrição adequada ajudam não apenas a evitar doenças como colaboram para a recuperação mais rápida nos tratamentos. “O homem precisa se cuidar”, enfatiza.

Bem-estar e estética no pacote

Entram nesse rol a manutenção do peso ideal, a distância de vícios – como cigarro, álcool e drogas – e check-ups regulares. Testes de visão periódicos e consultas ao dentista garantem saúde visual e bucal. Nesse campo, a Dra. Vânia


Viva esta experiência! A sua SAÚDE agradece.

Muito mais que um SPA Médico

0800 55 8878 (15) 9 9183 0420

www.spasorocaba.com.br Resp. Téc.: Dr. Manoel Carlos Beldi Castanho - Cardiologista - CRM 35119


Maria Guimarães Ferreira, especializada em Ortodontia e Ortopedia Facial, lembra da evolução dos tratamentos ortodônticos, que corrigem a posição dos dentes – hoje a estética inclui a busca do sorriso perfeito, cartão de visita para homens de todas as profissões e idades. “Eles não são desconfortáveis como os aparelhos de antigamente, repletos de fios e metais que causam irritações na boca. O sistema Invisalign utiliza uma abordagem inovadora e confortável, pois o aparelho é transparente e removível”, explica a dentista a respeito desta nova tecnologia computadorizada 3D, que possibilita a apresentação do antes e depois ao paciente, ou seja, uma simulação prévia do resultado final. E o stress, grande vilão da vida urbana? Antídotos para ele são a prática de exercícios, o sono restaurador e as terapias que trazem bem-estar. É por isso que tem aumentado o número de spas especializados em tratamentos masculinos. No Buddha Spa, por exemplo, há pelo menos seis serviços desenhados para os homens. Entre eles, a massagem Mencare, sessão de 50 minutos de relaxamento e hidratação, inclusive facial, e a Limpeza Facial Bora Bora, com um microesfoliante natural que remove as impurezas sem agredir a pele. Já no Espaço Kurma, no bairro paulistano do Alto de Pinheiros, o objetivo é oferecer uma atmosfera de paz e acolhimento. Um dos tratamentos mais procurados é a massagem terapêutica, que melhora a circulação sanguínea, ajudando bastante quem sofre de fadiga, insônia ou stress.

pele mais oleosa e menos sensível

Dra. Vânia com paciente: técnicas mais eficazes e confortáveis

Outro aspecto que deve ser levado em conta, segundo a dermatologista, é a necessidade que os homens têm de fazer a barba diariamente, produzindo microtraumas que acabam por aumentar os riscos de infecção secundária (foliculites). “Aqui a melhor solução é escolher um produto all-in-one que, ao mesmo tempo que faça a higiene facial, tenha ação anti-inflamatória e calmante. Para Ana Coutinho, os problemas que mais levam o público masculino aos consultórios dermatológicos são a acne; as dermatites, em especial a seborreica (couro cabeludo, face e tronco); a calvície e as foliculites. Até mesmo procedimentos como a aplicação de botox e cirurgias estéticas têm sido feitos com maior frequência em homens. . De olho nesse público interessado em se cuidar, novas marcas surgem no mercado. A Javali, idealizada por Graziela Heberlé, foca nos cabelos. Um dos produtos é o shampoo Javali Men’s Grooming, que tem tripla função: limpa os cabelos, barba e corpo. Já a cera capilar e a pomada fazem modelagem e estilização para cabelo e bigode e contêm ativos como proteína do trigo e óleo de coco, que melhoram o sensorial dos cabelos. Criações bem-vindas para o público masculino, que adora a praticidade e a alta performance.

fotos divulgação

foto giovane sebastiany

De acordo com a dermatologista Ana Coutinho, a pele do homem realmente precisa de cuidados especiais, já que é 25% mais espessa do que a feminina, apresentando mais colágeno, e mais e maiores folículos pilossebáceos com elevada produção de sebo, por conta da testosterona produzida. “Trata-se de uma pele geralmente mais oleosa e menos sensível. Assim, os produtos recomendados na higiene devem ser na forma de gel ou líquida, que reduzam a oleosidade”, explica. É o caso do sabonete de limpeza Cleanance Gel, da Avène, que pode ser usado no banho, daí sua praticidade, e com a vantagem de ser calmante e combater a acne.

foto bruno fujii

dia dos pais

A recém-lançada linha de produtos Javali, para cabelos, e a água termal e o sabonete Cleanance Gel, da Avène

46 | 29HORAS | Agosto 2017


PE N S E Pensar Neo é se sentir bem e ter autoconfiança para aproveitar tudo que a vida oferece. Afinal, só quem está preparado para o novo tem novos motivos para sorrir. Todo dia. Com mais de 20 anos de história, a Neodent é a segunda maior fabricante de implantes dentários do mundo. Por dois anos consecutivos, batemos o recorde de 1 milhão de implantes dentários vendidos por ano – só no Brasil. E o resultado disso tudo? Mais sorrisos no mundo. Quer pensar Neo? Acesse neodent.com.br.

+1

milhão de implantes dentários vendidos por ano.

neodent.com.br Televendas: 0800 707 2526 SAC: 0800 725 6363

2

ª

maior fabricante de implantes dentários do mundo.


fotos divulgação

dia dos pais

Um cheiro de sedUção

Além de ser um dos mAis poderosos sentidos, pois despertA sensAções e memóriAs sensíveis, o olfAto fAvorece umA comunicAção sutil entre As pessoAs “Uma característica peculiar dos odores é o seu poder de sedução, descrito em toda a história da perfumaria mundial”, diz Renata Ashcar, especialista em perfume com quase trinta anos dedicados ao estudo, à pesquisa e à difusão dessa cultura fascinante. Muitos relatos dão conta de rituais perfumados, como o da rainha Cleópatra, do Egito, que besuntava seu corpo com essências aromáticas para intensificar sua capacidade de seduzir. Autora de vários livros, entre eles o “Guia de Perfumes”, com informações sobre as melhores fragrâncias do mundo, Renata lembra que a família olfativa masculina é a dos perfumes aromáticos – assim como a feminina se concentra nos florais. “Falamos aqui do frescor da relva e de quase tudo que podemos encontrar numa “horta”: alecrim, lavanda, manjericão, tomilho, orégano etc. Não podemos esquecer da família dos amadeirados, que na ultima década ganhou força no Brasil, e também dos orientais, para os mais sedutores. Afinal, perfume e estilo têm tudo a ver”, observa. É por isso que os perfumistas – conhecidos como “narizes” – focam no estilo e na personalidade do público destinado. “Existe todo um perfil por trás da criação e isto já os ajuda na escolha dos ingredientes e na concentração a ser usada”, diz a especialista. Além das notas aromáticas e amadeiradas, Mathilde Champetier, diretora da empresa suíça Firmenich – que ocupa

posição de destaque entre as maiores companhias de essências do mundo – observa hoje um crescimento das notas orientais. “Elas vêm muitas vezes mescladas com notas frutais, oferecendo um frescor ou uma adição inusitada”, explica. São tantos tipos de fragrâncias que parece impossível encontrar o cheiro preferido. “Um só perfume pode conter até cinquenta notas diferentes que se mesclam para formá-lo”, diz Renata. “Por isso, recomendo sempre seguir sua preferência olfativa, mas nem todos, ainda, têm conhecimento disso. Então o ideal é testar na própria pele e aguardar o desenvolvimento da fragrância por meia hora, quando as notas de saída, corpo e fundo são reveladas”. Já o uso de loções pós-barba e desodorantes não é necessariamente um problema na hora de combinar com o perfume. “A concentração de fragrância nesses produtos é muito menor que a do perfume, portanto, sua duração na pele é menor”, diz Renata, que considera o homem brasileiro um consumidor cada vez mais vaidoso e interessado: “O país já está no topo do consumo mundial”. Dois fenômenos são o Malbec, da marca Boticário, amadeirado que é um dos perfumes mais vendidos do mundo; e o Kaiak, da Natura, fragrância superaromática que continua na lista dos mais vendidos do país. Para conhecer as famílias olfativas e descobrir os perfumes mais indicados para você, acesse www.brasilessencia.com. br. C.B.

No alto, Renata Ashcar, especialista em perfumes; acima, as fragrâncias Malbec, do Boticário, Cumaru, da L’Occitane au Brésil, e o lançamento The Secret Temptation, de Antonio Banderas

48 | 29HORAS | Agosto 2017


FOTOS DIVULGAÇÃO

DIA DOS PAIS

BARBAS DO TEMPO

RELEMBRE AS MODAS DA BARBA E DO CABELO NO FUTEBOL BRASILEIRO E DESCUBRA OS MELHORES POINTS DE SP PARA APARAR O BIGODE E ALCANÇAR A BARBA PERFEITA POR ANA JÚLIA CANO

Barba, cabelo e bigode sempre foram itens importantes da aparência masculina. O bigode de Dalí, por exemplo, é um dos mais conhecidos do mundo, assim como a barba do papai noel ou os dreadlocks de Bob Marley. Sem dúvida, os cabelos e pêlos faciais construíram a personalidade de inúmeros homens ao longo dos anos, atribuindo um tom de coragem e seriedade a cada um deles, fatores às vezes faltosos em muitos rapazes. O jogador Sócrates é um bom exemplo. Com sua barba cheia, um recorte de cavanhaque logo abaixo dos lábios e cachos hidratados e volumosos, não haveria outro destino para o doutor senão tornar-se um craque de seriedade e respeito, inspirando até hoje torcedores, especialistas do futebol e fãs de barba. É preciso, no entanto, falar de uma moda paralela que fisgou um número ainda maior de jogadores brasileiros: o bigode. Desde Rivelino, Toninho Cerezo e Biro Biro, passando por Vampeta e Valdir Bigode até chegar em Willian, este é um item que transcende as décadas, os séculos e continua ali, firme e forte, embaixo de incontáveis napas, escondendo o rosto de bebê e acrescentando alguns anos de experiência nas costas de muitos. Para além dos pêlos, há os cabelos. E estes, no futebol, são um mar sem fim. Basta pensarmos naquele corte clássico e absurdo de Ronaldo na Copa de 2002, que se perpetuou no cocuruto de muitos moleques brasileiros que sonhavam com os campos de futebol. Mas precisamos ser justos: alguns dos cabelos que corriam no gramado eram o badalo das discotecas, como o incrível black power de Paulo Cézar Caju, Jairzinho ou Júnior, do Flamengo. É justo citar também as marcantes trancinhas de Vágner Love ou os incríveis mini dreads de Zé Roberto. Mas chegou a hora de revelar que um dos jogadores foi deixado com carinho para esta altura do texto: Afonsinho. E ele foi guardado por um motivo muito peculiar: o jogador sempre esteve à frente de seu tempo. Entre a década de 60 e início

50 | 29HORAS | Agosto 2017

da década de 80, provavelmente muitos o consideravam um hippie de estilo desleixado. Vetado por oito meses de entrar em campo pelo Botafogo se não cortasse a barba e a cabeleira, hoje seu estilo de fios longos e rebeldes são o hit da juventude paulistana. Se Afonsinho foi ídolo de muitos pelos times que passou fazendo gols, hoje sua imagem da juventude pode ser consagrada como símbolo do estilo hipster.

TENHA UM VISUAL BACANA VOCÊ TAMBÉM

Relembrados os ícones do futebol, agora precisamos pensar em você, caro leitor. Se olhe no espelho. Se não tiver um espelho, se olhe na câmera selfie do celular. Você vê um cara que marca presença? Você reagiu a sua imagem com um "caramba" ou só viu mais um homem sério de terno e


Barbearia Cavalera: resgata a essência dos barber shops californianos de 1940 associado à referências mexicanas. Corte em navalha, toalhas quentes e cadeiras de couro reclináveis. Oferece cerveja e produtos da própria marca, como espuma de barbear, loção pós-barba e pomada para cabelo. Há quatro unidades espalhadas por SP: Rua Oscar Freire, Avenida Paulista, Vila Madalena e Bixiga. Casa Murdock: inspirada nas tradicionais barbearias londrinas. Cadeiras importadas, toalhas quentes, estudo do rosto, esfoliação, massagem e outros mimos. Além da barbearia, é tabacaria, bar e restaurante com cervejas, chopps importados, comidas de alta qualidade e TV com jogos pay-per-view. Espaço interno exclusivo para quem quiser fumar charutos. Alameda dos Jurupis, 413 - Moema - (11) 5051-2968/5051-3755. I Love Me: espaço inspirado em videogames e pop-art. Corte em navalha, toalhas quentes, óleos para hidratar antes e depois do barbear. Oferecem serviço de pigmentação de cabelo e barba e as pomadas inglesas Fudge Urban. A barbearia é voltada para o público LGBT e é aberta às mulheres. Rua Augusta, 1524 - Consolação - (11) 3284-9054.

Acima, os barbados, bigodudos ou cabeludos do futebol, Afonsinho, Sócrates, Biro-Biro, Júnior, Rivelino, Caju, Toninho Cerezzo e Jairzinho; abaixo, Barbearia Cavalera, I Love Me e Casa Murdock

FOTOS DIVULGAÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO

gravata entre tantos outros homens iguais esperando o voo para alguma reunião entediante em outra cidade? Seja qual for a resposta, o que importa é que, ao invés de estar perdendo tempo se olhando no espelho ou no celular, você poderia estar em uma das tantas barbearias incríveis que estão pipocando pelo Brasil tomando uma cerveja e vendo futebol enquanto dá um tapa no visual. Segundo a barbeira Juliana Félix, que já passou pelos melhores estúdios de São Paulo e hoje gerencia o setor de barbearia da Casa Murdock, em Moema, a moda da barba já está mudando. "O auge da barba grande no Brasil se fortaleceu em 2014; a maioria dos clientes apenas aparava, ao invés de tirá-la por completo." Juliana acrescenta: "a tendência hoje é aquela barba não muito cheia, sempre aparada e com desenhos mais naturais, seguindo as linhas do rosto, evitando fazer um desenho muito artificial". No entanto, a ressalva da barbeira é que cada formato de rosto e cada estilo de vida podem pedir um estilo de barba diferente, então o ideal é bater um papo com o especialista antes da navalha ser afiada, por isso, fique aqui com três dicas de boas barbearias:

Na outra página, Cavalera, ao lado, a barbearia Murdock e acima a I Love Me

51


DIA DOS PAIS

MALA SEM DRAMA

ALGUMAS DICAS E INSPIRAÇÕES PARA FAZER UMA MALA DE VIAGEM RÁPIDA, ENXUTA E FUNCIONAL Com a mudança no sistema de cobrança por bagagens despachadas, o segredo agora é fazer uma mala mais enxuta e menos desesperada. Segundo a especialista Ingrid Lisboa, da empresa Home Organizer, a maioria dos brasileiros retorna para casa após uma viagem com cerca de 40% das peças inutilizadas. Isso significa um peso a mais que você poderia ter poupado e substituído, por exemplo, por presentinhos de viagem. Acompanhe aqui algumas dicas da especialista que irão te ajudar na hora de fazer a mala.

1) Quantos dias você ficará no destino?

Essa pergunta é muito importante para pensar o número de peças a levar. Para viagens longas, de um mês, por exemplo, considere lavar suas roupas no local da viagem. Almoço, reunião, palestra, teatro, jantar ou passeio no parque. É preciso pensar no traje mais adequado para cada uma das situações que você planeja vivenciar. Se são 5 eventos, é preciso pensar em 5 combinações de peças.

pode excluir de antemão uma série de itens que ocupariam lugar desnecessário na mala.

Isso vai definir a presença de casacos pesados, meias mais grossas ou roupas de banho. Em algumas situações, já se

Esta informação é importante para saber quais peças levar, como casacos e cachecóis. A.J.C.

PREVISÃO DO TEMPO As pessoas se enganam com a temperatura dos aplicativos. Lembre-se de que a temperatura mínima geralmente equivale à temperatura da madrugada. Por exemplo, se a mínima é 12ºC e a máxima é 20ºC, quando estiver 12ºC, provavelmente será madrugada e você estará dormindo em um cantinho bem aquecido, ou seja, não precisará de roupas para essa temperatura. Neste caso, leve combinações de peças pensando em 16ºC para cima. Vale lembrar: ninguém precisa de mais de dois casacos, pois em destinos frios passamos pouco tempo em áreas externas.

O SUSTENTÁVEL PESO DA MALA Os objetos mais pesados devem ser colocados perto das rodinhas da mala e, os mais leves, mais acima em direção ao puxador. Isso garante que os objetos não vão se deslocar e, dessa forma, nenhuma roupa ficará amassada.

52 | 29HORAS | Agosto 2017

4) Vai ficar mais em espaço fechado ou espaço aberto?

O SEGREDO DA MATEMÁTICA O segredo de uma boa mala é a progressão aritmética. Explicando: quanto mais peças combinarem entre si, maior será o número de combinações e menor será o volume de roupas. Pense assim: cada peça de roupa precisa combinar com pelo menos mais duas ou três peças. Exemplo: cada camisa precisa combinar com pelo menos duas calças, cada gravata precisa combinar com pelo menos duas camisas. Nesse sistema, para uma viagem de três semanas você precisará de cerca de 16 a 20 peças no total, contando sapatos, camisas, gravatas etc.

PAIZÃO Se você é pai e viajará com seus filhos pequenos, precisará das mãos para segurá-los. Leve bagagens mais práticas e em menor quantidade.

ILUSTRAÇÕES KAREN SUEMI KOHATSU E FREEPIK.COM

3) Qual é a temperatura desse lugar?

FOTO SHUTTERSTOCK

2) Você participará de quais eventos?


ERICK JACQUIN chef

FOTO MAURO HOLANDA

O que eu sempre faço errado é levar muitas coisas na mala. Na maioria das vezes volto de viagem com grande parte das peças inutilizadas. Isso não é bom, não façam isso. No entanto, o meu segredo na hora de arrumar a mala é levar muitas camisas brancas, que são peças coringas em qualquer ocasião. Além disso, o que não pode faltar na minha bagagem é uma sacola grande vazia: espaço garantido para conseguir retornar com compras feitas na viagem.

ARRUMANDO A MALA COM... MARCOS PONTES FOTO MARIO CASTELLO

astronauta brasileiro

Devido às minhas atividades profissionais no Brasil e em outros países, viajo com grande frequência. A dica que eu dou sobre bagagem é a seguinte: Leve o mínimo necessário para os dias de viagem. Use duas malas pequenas que você possa levar na cabine, sem despachar. Uma delas é o “seu escritório”, a outra é o seu “quarto”. No escritório, tenha um laptop leve e fácil de retirar da mala. Leve somente o que é necessário, para reduzir o peso. Necessários, no meu caso, além do laptop, são os documentos, meu Ipod, o celular, um adaptador para tomadas de vários países, um caderno pequeno para notas e o livro que estou lendo naquela semana. No quarto, tenha uma necessaire especial sempre preparada para viagem, com recipientes pequenos para líquidos e géis dentro do padrão internacional. Ela deve ter uma parte transparente para expor esses itens na segurança. Deixe o casaco para fora da bagagem e boa viagem!

MÁRCIO UTSCH presidente da Alpargatas S/A

TA OL DO A V UN IAS M D AO 80 EM FOTO DIVULGAÇÃO

O que vou descrever abaixo aplica-se para viagens de curtas ou longas distâncias, nacionais ou internacionais. Varia tão somente a quantidade de camisas. Sempre viajo com mala de mão, que possa ser levada na cabine do avião. Nunca despacho bagagem, portanto, levo apenas o indispensável. Se a viagem for mais longa, superior a uma semana, prefiro lavar as roupas nos hotéis. O que não pode faltar: • um short, quatro camisetas e um tênis para a corrida diária • quatro camisas • duas calças • Havaianas • uma nécessaire com o mínimo essencial (escova, fio e creme dental; pente; espuma e aparelho de barbear; desodorante) • um pulôver de cashmere em cor básica, marinho ou cinza • um casaco impermeável ou sobretudo ou paletó (conforme a viagem e o clima) que vai na mão, junto com documentos, computador, celular e um bom livro (sempre). • sapato e cinto, só levo o que vai no corpo.

53


viagem

Belezas de Belém e marajó Confira uma viagem repleta de Cores, aromas, sabores e ritmos. voCê está no pará, entre a exuberânCia de belém e a Calma inesqueCível da ilha de marajó por Bianca Reis VeRdeRosi fotos alexandRe Kuma

Tudo é muiTo inTenso em Belém. da culinária ao carimBó,

o tradicional ritmo paraense, a capital do Pará cativa o visitante com sua exuberância. Porta de entrada para a Floresta Amazônica, Belém é um lugar para se degustar com calma, descobrindo sua riqueza cultural, sua arquitetura – são lindos os casarões centenários da época das invasões portuguesa e holandesa –, sua gastronomia e sua gente. Uma de suas principais atrações, o Círio de Nazaré, que acontece sempre no segundo domingo de outubro, é a maior expressão popular religiosa do país. Tudo começou com a primeira procissão em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, em 1793. De lá para cá, o Círio tornou-se patrimônio cultural. As comemorações têm início já no Aeroporto Internacional de Belém, onde os viajantes são recepcionados com apresentações de grupos de carimbó e recebem um mix de ervas aromáticas da região. O evento tem uma programação que se estende durante o ano todo, mas se intensifica na semana que antecede o domingo da grande procissão. Outro programa imperdível em Belém é o Mercado Ver -o-Peso. Localizado na travessa Boulevard Castilho Franca, na Cidade Velha, às margens da baía do Guajará, ele abas-

54 | 29HORAS | Agosto 2017


Praias de Barra Velha e Araruna na Ilha de Marajó; abaixo, as barracas do Mercado Ver-o-Peso e visão noturna da Estação das Docas

tece a cidade com variados tipos de alimentos e ervas medicinais do interior paraense, que chegam por via fluvial. Trata-se de um mercado colorido e aromático, com mais de três mil feirantes de frutos amazônicos, temperos, peixes, carnes e até poções que garantem trazer o amor de volta. Em Belém, come-se muitíssimo bem. Terra do açaí, do tucupi e do tacacá, o Pará propõe sabores amazônicos que estão presentes em todas as mesas. Um exemplo é o restaurante Lá em Casa, recheado de pratos típicos cuidadosamente elaborados – prove as receitas com tucupi, estrela paraense, presente na maior parte das casas. O açaí pode ser experimentado em sua feição mais pura, sem açúcar, no Point do Açaí. Sorvetes com a fruta também são vendidos na Cairu e na Ice Bode. Prove o sorvete de castanha do Pará depois de almoçar em um dos restaurantes na Estação das Docas. Vale muito a pena. Outra tradição na cidade, o tacacá – caldo quente, inspirado na cultura indígena –, aparece pelas mãos de tacacazeiras, que o servem em uma cuia. Feito de goma de mandioca, camarão seco, tucupi, pimenta e jambu – erva que causa

55


viagem

Cenas de Soure, a maior cidade da Ilha de Marajó: manguezal, revoada de guarás e a praia de Barra Velha

uma leve sensação de dormência na boca –, ele pode ser experimentado em lugares como Tacacá da Dona Maria, o Tacacá da Elaine, do Renato e da Jurídica. Outras deliciosas atrações de Belém são o Solar das Garças, a Casa das Onze Janelas, o Forte do Castelo e o Theatro da Paz. Já a travessia para a Ilha de Marajó é uma ex-

56 | 29HORAS | Agosto 2017

periência única. Entrar no terminal hidroviário em Belém, conversar com os outros viajantes, conhecer quem faz esse trajeto no dia a dia e sentir a realidade de uma vida à beira-rio: esse preâmbulo da viagem, por si só, é um presente. A ilha, que fica no encontro dos rios Tapajós e Amazonas e o Atlântico, abriga um visual que mistura a grandiosidade amazônica com mangues, rios, matas, campos e igarapés. Ao som dos tecnobregas vendidos pelo camelô a bordo, atravessa-se o rio admirando uma paisagem linda, três horas de muita água, vento no rosto e aves sobrevoando o pedaço de terra que se vê no horizonte. A chegada acontece no porto de Camará. Depois, mais 30 minutos de van até Soure, a maior cidade da ilha, onde se encontram as praias mais bonitas, como Barra Velha, Pesqueiro e Araruna. O interessante em Soure é alugar bicicletas para passear pela cidade. Existem poucos carros por lá, é mais comum um mototáxi do que uma carona de carro. Também é muito comum, ao andar pelas ruas, deparar-se com um búfalo pastando mansamente num gramado em frente às casas. A ilha abriga cerca de 600 mil cabeças do animal espalhados por fazendas em seus 16 municípios. O queijo de búfala está em toda parte por lá, além do tradicional filé marajoara, carne de búfalo com queijo de búfala derretido em cima. As praias de Barra Velha e Araruna têm acesso por uma propriedade particular. A do Pesqueiro fica a 13 km do centro e passa por fazendas que oferecem a montaria em búfalos, percorrendo manguezais esplêndidos e igarapés. Na ilha você encontra uma comida deliciosa, seja ela feita no boteco da esquina ou no restaurante mais transado da região. Iguaria local, o caldinho de turu tem poderes, segundo dizem, afrodisíacos. O molusco vive nos troncos de árvores em decomposição, derrubadas pela maré. A carne de filhote, um peixe que se transforma em delícias gastronômicas pelas mãos dos chefs de Belém, também é bastante comum. A melhor época para visitar Marajó é no segundo semestre, quando o período das chuvas já passou, fase que coincide com o Círio de Nazaré, celebração que leva mais de dois milhões de pessoas às ruas da cidade.


ROS M JU E S x 10

TO MEN A T E FR AL

CI ESPE

NA ILHA

teens Venha para o Transamerica Comandatuba escrever sua história de diversão e amizade com seus amigos e família. Programação Especial Fashion Weekend Teens

Desfiles, diversão e muita música!

De 06 a 10 de Setembro 4 noites

10x R$

agem Hosped

SIA** CORcTriE anças para

374*

por pessoa

*Valor válido por pessoa em apartamento superior duplo de 06 a 10/09/2017. O pacote inclui hospedagem com café da manhã e jantar (bebidas serão cobradas sob consumo), voo em fretamento LATAM partindo de São Paulo com destino ao Aeroporto de Comandatuba, transfer terrestre e taxas. Valores sujeitos a alteração sem prévio aviso. **Duas crianças de até 11 anos na mesma acomodação dos pais tem cortesia de hospedagem, pagam apenas transfer e parte aérea.

CENTRAL DE RESERVAS

11 5547 1166 0800 012 4400 SP e GRANDE SP

OUTRAS LOCALIDADES

transamerica.com.br

ACUMULE PONTOS. PARTICIPE!


fotoS Raul PeReiRa

comer, beber, viver PARA COMER ATÉ AS BORDAS

Forneria Sant' antonio Faz e enSina a Fazer uma maSSa de muita crocância e de Fácil digeStão

Na Forneria Sant’Antonio você pode experimentar as deliciosas pizzas feitas com farinha italiana de qualidade ou aprender a fazê-las

por georges henri foz

Que pizza é a preferência nacional todo mundo já sabe, tanto que São Paulo é a cidade com mais pizzarias no mundo. As únicas duas restrições do público em relação às redondas estão relacionadas aos seus efeitos: são pesadas na digestão e, claro, engordam. Mesmo assim, todos continuam loucos por elas. Também já é sabido que as massas com fermentação natural são mais leves e, portanto, de digestão mais fácil. Estas, somadas a alguns outros cuidados e a uma técnica especial, podem fazer com que o produto final fique muito mais agradável aos olhos, ao paladar e ao nosso organismo. E foi a isso que Roberto Rodrigues, ex-executivo de banco, resolveu se dedicar após ter sido fisgado pela gastronomia – já perto de seus 40 anos – a ponto de retomar os estudos e fazer diversos cursos na área. Roberto já se interessava pelo universo das massas (pizza e panificação) quando, em 2012, conheceu o mestre pizzaiolo Patrick Catapano. Daí em diante resolveu mergulhar na equação farinha x pizza. Junto ao importador da melhor farinha italiana, a famosa Le 5 Stagioni – farinha oficial da Scuola Italiana Pizzaioli –, ele abriu uma portinha no bairro de Moema, inicialmente só para promover a venda de farinha e dar treinamento aos pizzaiolos para sua correta utilização. Mas as pessoas do bairro foram chegando para degustar as pizzas mesmo de pé e Roberto e seu sócio Alfredo iniciaram uma operação delivery. Mesmo assim, o balcão continuava lotando e então decidiram reformar a forneria para dar espaço a 15 lugares (bem apertados), onde também acontecem as aulas para quem quer aprender a fazer pizzas conforme todas as etapas corretas. O segredo da massa começa pela utilização da farinha de trigo 00 da Le 5 Stagioni e pela fermentação natural, respeitando os processos de empastamento, fermentação, maturação, boleamento e assamento. A massa descansa por 48 horas e é assada no forno a uma temperatura de 400 graus. O resultado é uma massa leve, crocante e de alta digestibilidade, com o centro fino e a borda, chamada corniccione, alta, leve e crocante. Há, portanto, três opções para degustar os diferenciais desta incrível pizza: comer no local (funciona de quartafeira a domingo), pedir por delivery ou se inscrever no curso, que é dado ali mesmo, toda terça-feira. O telefone para inscrições é o (11) 50526571 e o curso acontece das 9h às 18h, mas, segundo Roberto, a aula vai até mais tarde, regada a vinho e a cervejas especiais… e eu acredito, porque o homem é apaixonado pelo assunto e, garanto, ele fala muito! Até! georges@29horas.com.br

58 | 29HORAS | Agosto 2017


AdegA foto divulgação

por didú russo

Os vinhos do Chile são uma gratíssima surpresa

brinde com seu pai

Comemore Com seu velho junto a um bom vinho Chileno. o Chile é um país extraordinário, Com vinhos idem. e seu pai também é, ConCorda? Com essa edição falando de pais, do homem atual, eu não posso deixar de falar de vinhos. Claro, é do que sempre falo, afinal não escrevo de parafusos... Hoje o homem conquistou definitivamente um espaço novo. Vejo isso quando me lembro que tenho a idade que meu pai tinha quando faleceu. Ele era um velhinho, eu não sou. Ao menos, penso que não sou... Eu me visto como meus filhos (exceto pela borboleta), não tenho programas que são de velhos, frequento os mesmos lugares deles e curto a alegria dos netos quase que de igual pra igual, não fosse a incrível e invejável disposição deles. O vinho tem muito a ver com isso, afinal está comprovado pela ciência que retarda o envelhecimento, melhora nossa pele, ajuda a memória, evita Alzheimer etc etc. Já tem uns trinta anos que consumo vinho cotidianamente. Para quem tem a sorte de ter o pai vivo, sugiro que programe uma viagem ao Chile, país civilizado de ótima culinária com frutos do mar deliciosos e gente muito educada. Ah, e com bons preços. Vá, nem que seja mesmo um “bate e volta” para curtir Santiago, visitar uma ou duas vinícolas, aproveitar os restaurantes e os magníficos vinhos chilenos. O Chile quase não usa produtos químicos, tem uma situação geográfica privilegiada que permite isso, com as Cordilheiras de um lado, oceano do outro, deserto acima e deserto gelado embaixo, sem contar a quantidade de cobre de seu solo. Tanto que 94% de todas as vinhas chilenas são plantadas sem enxerto, são pé franco! Péfranco é quando as raízes são da própria videira e não de

60 | 29HORAS | Agosto 2017

uma videira americana que é imune à praga Phyloxera. Você encontrará extremos no Chile. Desde vinhos comerciais bem feitos – como Casilero del Diablo –, até casos espetaculares, que eu listo a seguir: o recluso Louis Antoine Luyt, que só produz vinhos naturais, além de excepcionais vinhos da De Martino, feitos em “tinajas” (ânforas de barro); os Pipeños, vinhos de garrafão, feitos com a uva Pais, trazida por missionários; vinhos como o Erasmo, do meu amigo Conde Francesco Marone Cinzano, que se encantou com o Maule; os vinhos Errazuriz de Eduardo Chadwick, o responsável pelos altíssimos preços dos vinhos do Chile hoje, desde que desafiou degustar alguns de seus rótulos às cegas lado a lado com Grand Crus Classée e Supertoscanos e saiu-se em primeiro e segundo lugares; vinhos curiosos como o Caballo Loco, que mistura diversas safras e não para nunca de fazer isso; os experimentos de Gonzales Guzman da El Principal com as castas espanholas como Verdejo, Albariño, Graciano e Mencia, todos sem SO2, completamente puros e naturais de suas próprias leveduras; os Outer Limits da Montes, de leveduras indígenas; os surpreendentes Falernia (o seu Pinot Noir confunde até borgonheses); os simples e bem feitos vinhos da Quereu Fox Wines... Pois é, a lista é imensa, e tudo isso no Chile. Mas, caso a grana ande curta, brinde o Dia dos Pais com seu velho/ jovem com algum bom vinho chileno. Vocês não se decepcionarão! Saúde! Didú Russo é editor do site www.didu.com.br


5h às 11h

11h às 17h

64

71

A rede carioca Balada Mix abre sua 1ª filial paulistana

O It Sushi serve uma sequência de especialidades japonesas a bons preços

17h às 23h

23h às 29h

71

75

No Boteco Paramount, Netinho faz drinques que aquecem a alma

agenda 29h fotos divulgação

por kike martins da costa

O Republic Pub lança combos que harmonizam petiscos e cervejas

AGOSTO TEM DANÇA, MPB E EXPOSIÇÕES DE PRIMEIRA E MUITAS NOVIDADES NO DEPARTAMENTO DE COMIDINHAS PARA VOCÊ CURTIR ESSE FINAL DE INVERNO Setembro será um mês de muito rock, tanto no Rio como em São Paulo, com ótimas atrações internacionais, mas em agosto a cena musical paulistana será dominada por grandes artistas nacionais. Nos dias 4 e 5, o Citibank Hall apresenta o show “Trinca de Ases” – espetáculo que reúne em um mesmo palco Gilberto Gil, Gal Costa e Nando Reis. Já na Casa Natura Musical, no dia 17, Paulo Miklos interpreta as canções de seu primeiro álbum solo. Para completar, o Coala Festival, dia 12 no Memorial da América Latina, terá sua programação fechada com chave de ouro por Caetano Veloso. Do outro lado da cidade, no dia 4, o Grupo Corpo abre a Temporada de Dança 2017 no Teatro Alfa. Os bailarinos da companhia mineira estreiam uma coreografia com trilha

composta especialmente pelos músicos do Metá Metá. Ainda este mês, São Paulo ganha um novo centro cultural (o Sesc 24 de Maio, que abre no dia 19) e terá ótimas exposições no Ibirapuera: o MAM recebe “A Cidade da Língua”, e o Pavilhão da Bienal se converte em um templo geek com a megamostra “A Era dos Games”. E, se der fome, veja onde é possível encontrar delícias para aquecer esses dias de final de inverno. Temos as raclettes no hotel Grand Hyatt, a bagna cauda no Ca’D’Oro, o sukiyaki do Jun Sakamoto e as novas lasanhas do Dalva e Dito. Bom apetite e bom divertimento! kikecosta@uol.com.br

63


agosto

BaLada matinaL

estÉtica mente

Sucesso no Rio de Janeiro, com dezenas de unidades, a rede Balada Mix acaba de desembarcar em São Paulo, em um megaespaço com capacidade para 180 pessoas pertinho do Parque do Povo. No cardápio, sanduíches, saladas leves, grelhados, sucos naturais e delícias como o açaí na tigela e o creme de pitaya. Rua Tabapuã, 1.393, Itaim, tel. 3071-3881.

5h às 11h

02 quarta A MinD é uma marca-conceito nascida no Rio para oferecer uma experiência personalizada, acessível e divertida de decoração. Agora inaugura uma loja em São Paulo, a Casa MinD, com mais de 800 produtos como luminárias, almofadas, vasos, objetos, móveis outdoors e utensílios para cozinha e mesa. Rua Harmonia, 322-334, Vila Madalena, tel. 3068-0221.

11h às 17h

5h às 11h

01 terça

Acaba de ser inaugurado o Eurobike Café. O menu tem cafés especiais (feitos com grão de lotes premiados), produtos sem glúten e sem lactose, pipoca gourmet, bolos e salgados funcionais. Outro destaque é o Black Latte, bebida elaborada com carvão vegetal ativado, ingrediente de alto poder desintoxicante. Rua Clodomiro Amazonas, 1.012, Itaim, tel. 2924-8995.

steak comemoratiVo

caFÉ & saÚde

“A Cabala do Dinheiro”, em cartaz nas noites de terça e quarta até setembro no Teatro Eva Herz, é uma livre adaptação do livro homônimo do rabino Nilton Bonder. No palco, Letícia Tomazella e Marcos Reis encenam reflexões sobre o dinheiro e a relação do indivíduo e da sociedade com ele. Ingressos a R$ 50. Avenida Paulista, 2.073, Cerqueira César, tel. 3170-4059.

17h às 23h

Vinho dos irmÃos

sopas no ceasa

A importadora Vinci acaba de receber uma seleção de novos vinhos. Entre eles, os portugueses da Caves São João, do vale do Dão. O Irmãos Unidos Branco é fresco e aromático, e o Irmãos Unidos Tinto traz uma deliciosa combinação das castas Baga, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon. Cada garrafa custa US$ 13,90. Rua Pamplona, 917, Jardim Paulista, tel. 3130-4500.

A 9ª edição do Festival de Sopas da Ceagesp vai até o dia 27, oferecendo seis versões num bufê, ao preço de R$ 38,90 por pessoa. A clássica sopa de cebola — gratinada ou não — é a única fixa nos aparadores. As outras receitas variam, podendo ser de couve-flor com roquefort, de galinha caipira com legumes e de rabada. Avenida Dr. Gastão Vidigal, 1.946, Vila Leopoldina, Portão 4.

64 | 29HORAS | Agosto 2017

23h às 29h

23h às 29h

nÓs e a grana

No Les 3 Brasseurs, um dos petiscos mais requisitados nessas noites de temperaturas mais baixas frias é o camembert ao forno, servido com mel, chutney de cebola e uva e pão francês tostado. O queijo, típico da região da Normandia, chega fumegante e deliciosamente puxapuxa à mesa. E ele aparece também em alguns pratos do menu do gastrobar, como o medalhão de filet mignon suíno ao camembert, servido com molho de vinho tinto e guarnecido com legumes à provençal. Rua Jesuíno Arruda, 470, Itaim, tel. 3167-4145.

fotos divulgação

11h às 17h

O novo corte do Rubaiyat chega para celebrar os 60 anos do grupo, nas unidades Faria Lima e Alameda Santos. O suculento e saboroso Steak 60 é retirado do centro do noix d’entrecôte de bois da raça brangus com mais de 600 kg e é assado por 12 horas no forno a lenha e finalizado na churrasqueira. Acompanhado de batatas gratinadas e cogumelos à provençal, serve até três pessoas e custa R$ 260. Avenida Brig. Faria Lima 2.954, Itaim, tel. 3165-8888 | Alameda Santos, 86, Paraíso, tel. 3170-5100.

17h às 23h

QUeiJo derretido à Francesa


03 quinta

04 sexta

5h às 11h

5h às 11h

QUentUrinhas no Japa

deLÍcias da carmen

11h às 17h

O restaurante japonês Dô tem em seu cardápio alguns pratos quentinhos e próprios para esses dias, como o Salmão Kabotiá (salmão grelhado com purê de abóbora kabotiá), o harumaki (rolinho primavera) de legumes, a lula em anéis com molho teriyaki, as trouxinhas de camarão e o filé de St. Peter ao molho de laranja. Rua Padre Carvalho, 224, Pinheiros, tel. 3816-3958.

11h às 17h

paZ e caos na Ásia A galeria Andrea Rehder Arte Contemporânea apresenta a exposição “De Ásia a Z”, de Eduardo Colesi. Esta mostra é o resultado de uma profunda imersão na cultura asiática pelo fotógrafo. Foram 385 dias em 15 países, visitando desde grandes cidades até tribos remotas, vivenciando a paz e o caos. Avenida Brasil, 2.079, Jardim Paulista, tel. 3081-0083.

O Carmen La Loca é o novo restaurante dos donos do Maripili e do Museo Veronica. O destaque, como nas outras casas, é a comida espanhola, em porções para compartilhar e preços razoáveis. Tem testículos de boi na chapa ao molho de ervas, croquetas de queijo e rabada, rãs e lulas empanadas e ainda o arroz a banda, um risoto de frutos do mar. Rua Alexandre Dumas, 1.162, Chácara Santo Antônio, tel. 3539-9724.

17h às 23h

FaUna BrasiLeira A Galeria Aura Arte hospeda até o dia 5 uma exposição da Galeria Mezanino. Sob curadoria de Renato De Cara, a mostra “Sobre Homens & Ratos” reúne 20 pinturas, gravuras, vídeos, objetos e fotos de 14 artistas com diferentes linguagens que promovem uma reflexão sobre os problemas políticos e sociais que o país enfrenta. Rua Wisard, 397, Vila Madalena, tel. 3034-3825.

Estreia hoje nos cinemas o longa “O Filme da Minha Vida”, baseado no livro “Um Pai de Cinema” do chileno Antonio Skármeta, e dirigido por Selton Mello. Ambientado no sul do Brasil, na década de 60, mostra o processo de amadurecimento do jovem Tony (Johnny Massaro), a ausência do pai (Vincent Cassel) e sua amizade com Luna (Bruna Linzmeyer).

rito de passagem

corpo QUe gira

17h às 23h

Marcos Livi, criador da CGC (Cia. de Gastronomia e Cultura), acaba de fechar uma parceria com o mixologista Marcelo Serrano. O resultado pode ser conferido no bar Veríssimo, cuja carta de bebidas agora inclui o Moscow Mule (vodca, Angostura, limão e espuma de gengibre) e clássicos como o Negroni, o Bellini e o Mai Tai, além de uma grande variedade de caipirinhas. Entre as novidades autorais, o Catalão (vinho tinto, Aperol, xarope de sangria, gengibre e tônica) e o Braga City (cachaça com mel, frutas vermelhas, canela e limão). Rua Flórida, 1.488, Brooklin, tel. 5506-6748.

Na Temporada de Dança 2017 do Teatro Alfa, o Grupo Corpo estreia “Gira”, a nova coreografia com trilha musical composta e interpretada pelos paulistas do grupo Metá Metá, banda que tem marcante presença africana em suas criações. A temporada traz também “Bach”, uma das mais prestigiadas coreografias de Rodrigo Pederneiras, com trilha sonora inspirada em Johann Sebastian Bach. Um jogo entre o que se ouve e o que se vê, no qual o barroco do compositor alemão encontra o barroco de Minas Gerais. Ingressos de R$ 50 a R$ 160. Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro, tel. 5693-4000.

o macaco tÁ certo!

23h às 29h

23h às 29h

fotos divulgação

dUpLa dinÂmica

Em “Planeta dos Macacos: A Guerra”, que acaba de estrear nos cinemas, os caminhos de humanos e macacos se cruzam novamente. Os símios se veem forçados a guerrear contra um exército de soldados liderados por um militar doentio. Depois que vários macacos perdem suas vidas, César luta contra seus instintos e busca vingança. E, nessas, o futuro do planeta é ameaçado.

65


agosto

graFitti VirtUaL

a grande BeLeZa

5h às 11h

A exposição “Compulsivo Surreal” reúne dez obras inéditas do street artist Binho Ribeiro no Espaço Cultural Alma da Rua e tem também outras três visíveis apenas em realidade aumentada, via tablet ou celular, dentro da galeria e espalhadas pelo Beco do Batman. Elas ficam em cartaz até o dia 7. Entrada gratuita. Rua Gonçalo Afonso, 96, Vila Madalena.

5h às 11h

A Caixa Cultural São Paulo apresenta até o dia 24 de setembro a exposição “Além do Visível, Aquém do Intangível”, que reúne a produção artística mais significativa de Fábio Magalhães, desenvolvida entre 2007 e 2017. A mostra reúne 25 trabalhos de óleo sobre tela em grandes formatos. Praça da Sé, 111, Centro, tel. 3321-4400.

resistÊncia Francesa

endereÇo e cardÁpio sUrpresa

11h às 17h

05 sábado 06 domingo Baseado no best-seller autobiográfico do francês Joseph Joffo, “Os Meninos que Enganavam Nazistas” chega este fim de semana aos cinemas. O filme retrata a vida de dois jovens irmãos judeus que vivem na França durante a Segunda Guerra Mundial. Dirigido pelo canadense Christian Duguay, o longa combina imagens do conflito e deslumbrantes paisagens da França.

11h às 17h 17h às 23h

A Cinemark leva suas pipocas para fora dos cinemas. O primeiro carrinho da rede no Brasil fica no acesso do Shopping Boulevard Tatuapé ao metrô, vendendo pipocas salgadas e doces (inclusive as de lemon pepper e de chocolate), refrigerantes, sucos, café e cappuccino. Em breve, a novidade será implementada em outros pontos. Rua Gonçalves Crespo, 78, Tatuapé.

pipoca onipresente

gordoFoBia

hamBÚrgUer de costeLa

Buscar a perfeição ou aceitar seu corpo? Este é o dilema de João, um jovem acima do peso que busca na cirurgia bariátrica uma solução e um caminho para conquistar a garota que ama. Esse é o mote do monólogo “Maior que o Mundo”, em cartaz somente até hoje, às 23h59, no Espaço Parlapatões. Ingressos a R$ 40. Praça Franklin Roosevelt, 158, Centro, tel. 3258-4449.

A lanchonete Big X Picanha amplia o seu cardápio com o lançamento do Big X Costela. O sanduíche, que faz parte da linha gourmet da marca, é preparado com uma combinação de carne de costela bovina, mozzarella, maionese, cebola caramelizada, tiras de bacon e rodelas de tomate no pão tipo brioche. Avenida Henrique Schaumann, 656, Pinheiros, tel. 3064-7122.

66 | 29HORAS | Agosto 2017

fotos divulgação

Gilberto Gil, Nando Reis e Gal Costa são as estrelas do show “Trinca de Ases”, que acontece hoje no Citibank Hall. Além de se apresentarem juntos nessa turnê, os músicos continuam tocando seus projetos individuais: Gal divulga seu novo álbum “Estratosférica”, Nando segue fazendo shows de lançamento de seu novo CD “Jardim Pomar” e Gilberto Gil, após celebrar a Bossa Nova no álbum “Gilbertos Sambas”, prepara as canções que vão compor seu próximo disco. Ingressos de R$ 120 a R$ 400. Avenida das Nações Unidas, 17.955, Santo Amaro, tel. 4003-558

Após passar pela cozinha de restaurantes como Cantaloup, Spot, Arturito, DOM e Casa Europa, Raphael Arrigucci partiu para um voo solo e autoral. Ao lado da esposa, a jornalista Renata Reif, ele criou a Casa Comitê, onde serve degustações-surpresa em almoços e jantares especiais servidos em sua casa no Brooklin. Essas diferentes experiências gastronômicas incluem uma verdadeira imersão em sabores, aromas, bons vinhos, iluminação e décor diferenciados, além de mimos do chef. Reservas pelo tel. 96959-4328.

23h às 29h

23h às 29h

17h às 23h

reis & rainha


UM PASSO A ADIANTE

DESIGN & DECORAÇÃO

5h às 11h

A marcas de calçados masculinos CNS acaba de abrir a sua 1ª flagship store. A loja, batizada como CNS+, oferece serviços exclusivos. Lá, o cliente pode personalizar seus sapatos com uma tatuagem da artista Michelle Tomaz, cujo processo no couro é exatamente similar ao de uma tattoo na pele. A loja também conta com um bar. Rua Augusta, 2.770, Jardins, tel. 0800 773 2344.

5h às 11h

A High Design – Home & Office Expo é uma feira de mobiliário de alto padrão e soluções para projetos de arquitetura e design de interiores, com palestras e exposições. Como parte do DW! São Paulo Design Weekend, acontece até o dia 10 no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center. Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Jabaquara, tel. 5067-1717.

COMIDA BRASILEIRA NO TATUAPÉ

DOCE COMEMORAÇÃO

11h às 17h

07 segunda 08 terça Quibebe é o nome do novo restaurante do bairro do Tatuapé e é também o nome de um prato à base de abóbora que aparece de vez em quando no cardápio sazonal, acompanhando costelinhas de porco. Outras receitas bem brasileirinhas que sempre pintam no menu são a moqueca, o arroz de pinhão com queijo e o peixe grelhado com cuscuz. Rua Serra de Jureia, 698, Tatuapé, tel. 4883-2293.

11h às 17h 17h às 23h

Para comemorar os vinte anos do restaurante Mestiço, a chef Ina de Abreu criou receitas especiais. Entre as novidades, uma tendência vinda da Califórnia, o L.A. Bowl — prato composto de proteínas, grão, cereal, legumes e verduras (frango teriyaki, feijão fradinho com tomate, quinoa, brócolis, couve-flor, rúcula, alface, broto de feijão e cenoura) temperados ao estilo da casa. Outra aposta é novo curry tailandês, batizado de Panang (camarão, curry vermelho picante, leite de coco, vagem, especiarias e arroz de jasmim). Rua Fernando de Albuquerque, 277, Consolação, tel. 3256-3165.

Dois novos e irresistíveis bolos celebram o primeiro aniversário do Da Feira ao Baile Café. A doceira Roberta Julião acaba de introduzir no cardápio de delícias de sua simpática lojinha o bolo bombom de doce de leite (R$ 98/ kg, com massa de chocolate, recheio de doce de leite e cobertura de ganache de chocolate belga meio amargo) e a nova versão de seu tradicional bolo brownie, o bolo Branco com Cacau (R$ 100/kg, com brownie branco, recheio e cobertura de brigadeiro de cacau e coberto com raspas de chocolate branco, na foto). Rua Mateus Grou, 80, Pinheiros, tel. 3061-0450.

O Mozarteum recebe hoje na Sala São Paulo a soprano sul-africana Pretty Yende. A cantora de 32 anos será acompanhada pelo tenor mexicano Javier Camarena e pelo pianista cubano Ángel Rodriguez, e executa um repertório exclusivamente italiano, com peças de Donizetti, Rossini, Bellini e Verdi. Ingressos de R$ 105 a R$ 600. Praça Júlio Prestes, 16, Luz, tel. 3815-6377

CONEXÃO ÁFRICA-ITÁLIA

ALL THAT JAZZ

EVOLUÇÃO

O Jazz nos Fundos, que funcionava nos fundos de um estacionamento, agora está de endereço novo, em clima de speakeasy e com mais dois espaços: a Sala do Autor, com palco para shows de estilos variados (com ênfase na música instrumental), e o La Barceloneta, um restaurante de comidinhas espanholas. Rua Cardeal Arcoverde, 742, Pinheiros, tel. 3083-5975.

A lanchonete do Osnir passou por uma reforma e se modernizou. Recebe pedidos via internet e tem um popular perfil no Instagram. Mas o hambúrguer continua fininho como na época da abertura, em 1969. Outra boa pedida é o Bauru do Amauri, feito com peito de peru, provolone, alface americana, tomate seco e maionese na ciabatta. Avenida Jabaquara, 538, Saúde, tel.5581-8093.

23h às 29h

23h às 29h

fotos divulgação

17h às 23h

DUAS DÉCADAS DE MESTIÇO

67


agosto

5h às 11h

5h às 11h

O lendário fotógrafo documental franco-norte-americano Elliott Erwitt, prestes a completar 89 anos, é um agudo observador do mundo canino. É isso o que percebemos nas 50 imagens da exposição “Vida de Cão”, em cartaz na Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp até o dia 24 de setembro. Entrada gratuita. Avenida Paulista, 1.313, Bela Vista, tel. 3146-7439.

11h às 17h

noVo & VeLho Até o dia 13, a Casa Bossa, no Shopping Cidade Jardim, recebe a 4ª edição da feira Modernos Eternos. O evento apresenta centenas de itens de decoração. Este ano, aposta no estilo mix&match, que mistura mobiliário e objetos de design atual com peças vintage, antiguidades e obras de arte. Entrada gratuita. Avenida Magalhães de Castro, 12.000, Real Parque, tel. 3492-2530.

O restaurante Maria Farinha, perto do Largo da Batata, funciona em uma casa simples e aposta em uma cozinha de inspiração caipira. Entre os pratos, tem moela refogada na cachaça, arroz de pernil, carne moída com farinha de milho e baião de dois. De sobremesa, prove o sorvete de milho verde. Rua Padre Carvalho, 771, Pinheiros, tel. 3031-5496.

17h às 23h

decoraÇÃo & arte A 5ª edição da feira MADE (Mercado, Arte, Design) ocupa até o dia 13 o Pavilhão da Bienal. Este ano, o evento terá mais de 100 expositores, entre nomes nacionais e internacionais, de países como Bélgica, Coreia do Sul, Suíça, Holanda e Portugal. Ingressos a R$ 30. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/ nº, Ibirapuera, tel. 5576-7600.

11h às 17h

09 quarta 10 quinta

Estreia hoje nos cinemas o filme “Malasartes e o Duelo Com a Morte”, dirigido por Paulo Morelli, produzido pela O2 e estrelado por Isis Valverde e Jesuíta Barbosa. A trama gira em torno das aventuras do personagem lendário do folclore ibero-americano Pedro Malasartes (Jesuíta), que vive de pequenas trapaças e está sempre se safando de situações embaraçosas muitas vezes criadas por ele mesmo. Ao lado de sua amada Áurea (Ísis), ele enfrenta a Morte Encarnada (Julio Andrade), a bruxa Parca Cortadeira (Vera Holtz) e Esculápio (Leandro Hassum), assistente da Morte.

Fina ironia no oLhar

FoLcLÓricas conFUsÕes

FUsÃo perU-JapÃo-BrasiL

de nataL para o mUndo

O restaurante Osaka Cocina Nikkei oferece de segunda a quarta um menu-degustação com dez tempos, elaborado pelos chefs peruanos Carlos Alata, Miguel Ramos, Pedro Aguilar e o brasileiro Regis Sassaki. Destaque para o ceviche amazônico (com leite de tigre de tucupi) e para o niguiri de manjubinha frita com creme de ajís. Custa R$ 315 por pessoa. Rua Amauri, 234, Itaim, tel. 3073-0234.

A banda potiguar Far From Alaska apresenta hoje no palco do bar Z Carniceria o show de seu mais recente álbum, “Unlikely”. O novo trabalho do quinteto exibe uma sonoridade experimental sem perder a veia pop e a pegada rock da banda, caracterizada por marcantes riffs de guitarra. Ingressos a R$ 30. Avenida Brig. Faria Lima, 724, Pinheiros, tel. 2936-0934.

68 | 29HORAS | Agosto 2017

fotos divulgação

O chef Jun Sakamoto acaba de lançar três novidades em seu restaurante Junji, no Shopping Iguatemi: o Teishoku Gaiji (que inclui tataki de salmão batido, atum selado com gergelim, 8 sushis, salada com shimeji e missoshiru ao preço de R$ 83), o Sukiyaki (cozido tradicional de carne bovina com macarrão ito konnyaku, acelga, shiitake, shimeji, tofu e cebolinha, que custa R$ 72) e a merluza negra marinada em molho de missô e servida na companhia de gohan (arroz) e missoshiru por R$ 95. Avenida Brig. Faria Lima, 2.232, Jardim Paulistano, tel. 3813-0820.

23h às 29h

23h às 29h

17h às 23h

renoVaÇÃo no JUn

reFeiÇÃo caipirinha


arte em moVimento

agro É tech, agro É Vida

A arte de Claudio Alvarez nos conduz a uma poética de fenômenos cinéticos e óticos. As formas de suas obras despertam em quem observa sensações e ilusões por meio do movimento e da vibração. É isso o que pode ser conferido na mostra “Sobretempos”, em cartaz até amanhã Galeria Lume. Rua Gumercindo Saraiva, 54, Jardim Europa, tel. 4883-0351.

5h às 11h

12 sábado Acontece hoje, das 10h às 20h, no Tattersal do Parque da Água Branca, a 2º Feira Viva, que tem como tema central a carne, o fogo e o processo de ocupação do território brasileiro por meio da agricultura e da tecnologia. Participam, entre outros, os chefs Rodrigo Oliveira (do bar Mocotó) e André Mifano (do restaurante Lilu). Rua Ministro Godói, 180, Perdizes.

11h às 17h

5h às 11h

11 sexta

O açougue Feed serve almoços aos sábados em um sistema interessante: os clientes escolhem seu corte de preferência nas geladeiras da loja e o degustam no Espaço Gourmet com acompanhamentos cortesia das 12h às 16h. É cobrado apenas o valor da etiqueta da carne, preparada por um churrasqueiro especializado. Rua Dr. Mário Ferraz, 547, Itaim, tel. 5627-4700.

cULinÁria piaUiense

chUrrasco soB medida

11h às 17h

Um restaurante brasileiro com receitas e clima familiares — essa é a proposta do Fitó, casa que investe numa culinária de inspiração nordestina. Lá, a cozinheira piauiense Cafira Foz, a Fitó, perpetra clássicos regionais como a carne-de-sol, a paçoca, o arroz Maria Isabel, o carneiro no leite de coco fresco com cuscuz de milho, a peixada e a cajuína. Se o dia estiver bonito, busque um lugar no piso superior, um rooftop (ou laje) que se abre para o Largo da Batata. Rua Cardeal Arcoverde, 2.773, Pinheiros, tel. 3032-0963.

17h às 23h

caetano e os noVinhos

O festival Vermelhos 2017 promove apresentações de grandes artistas este fim de semana em Ilhabela. A atração de hoje às 20h no Anfiteatro da Floresta é o multi-instrumentista Egberto Gismonti, dentro da série de shows de música instrumental brasileira. Ingressos de R$ 10 a R$ 60. Avenida Gov. Mário Covas, 11.970, Baía dos Vermelhos, Ilhabela.

17h às 23h

diVersidade & animaÇÃo

Festa soUL

A recém-inaugurada Casa Baile é a mais nova baladinha do Centro de São Paulo. Em sua pista, os destaques são os sons dançantes dos anos 1970/80. Instalada em dois andares de um charmoso prédio dos anos 1950, tem paredes coloridas e grafitadas. Para bebericar, oferece criativos drinques servidos por bartenders transgêneros. Rua Araújo, 155, República, tel. 98197-6353.

A fórmula da festa Talco Bells inclui discotecagem com muito soul e talco no salão, para a galera deslizar e dançar. De Chicago vem a grande atração da noite: Rob Sevier, o homem por trás do Numero Group, selo que desenterra pérolas do soul há mais de 15 anos e já recebeu sete indicações ao Grammy. Ingressos a R$ 35. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3101-1305.

23h às 29h

23h às 29h

fotos divulgação

Boa mÚsica à Beira do mar

A edição 2017 do Coala Festival acontece hoje, a partir das 11h, na Praça Cívica do Memorial da América Latina. O festival é conhecido por reunir nomes da música popular brasileira, mesclando artistas consagrados com revelações, e também muita arte. O line-up desta edição traz Caetano Veloso, Rincon Sapiência, os rappers Emicida, Rael e Fióti, as cantoras Tulipa Ruiz e Aíla e a banda Liniker e os Caramelows, além de DJs. Ingressos a R$ 100. Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, tel. 3823-4600.

69


agosto

korean Fest

aLFaBeto de imagens

Acontece hoje das 11h às 21h no Bom Retiro a 11ª edição do Festival da Cultura Coreana. A programação inclui shows de dança do grupo B-Boys, concurso de covers de ídolos do K-Pop, competições de luta-livre, de peteca e de tuho (jogo com potes e flechas), desfile de trajes típicos e exposições de caligrafia, pintura tradicional e cerâmica. Entrada gratuita. Praça Cel. Fernando Prestes, Bom Retiro.

5h às 11h

A Biblioteca Mário de Andrade apresenta uma exposição de fotos inéditas cujo tema é a própria biblioteca. O cineasta e fotógrafo Marcelo Masagão ficou durante um ano fotografando o local, e o resultado são 25 fotos, reunidas na exposição “Alfabeto”, em cartaz até o dia 20. Avenida da Consolação, 94, Centro, tel. 3775-0002.

11h às 17h

5h às 11h

13 domingo 14 segunda Na padaria Fabrique tem pão francês, baguette, pão de queijo, croissants, pains au chocolat e au raisins, brioches, ciabattas, foccacias e o miche, pão rústico grande e redondo. Além disso, produz e vende muffins, cookies, french toasts, tartines, paninis e sanduíches, para serem consumidos com cafés especiais ou vinhos. Rua Itacolomi, 612, Higienópolis, tel. 4801-4318.

padaria ecLÉtica

BaBBo FeLice

O restaurante italiano MoDi introduz novidades em seu cardápio. Entre as criações do chef Diogo Silveira, destaque para os escalopes de filé empanados e servidos com cogumelos selvagens e fonduta de grana padano, para o risotto de abóbora com camarões ao molho bisque e para a lasanha à bolonhesa. Avenida Higienópolis, 618, Shopping Pátio Higienópolis, tel. 3823-2663.

17h às 23h

inVerno no modi

Vinhos paUListas

70 | 29HORAS | Agosto 2017

23h às 29h

23h às 29h

sai portUgaL, entra itÁLia O imóvel que até recentemente abrigava o restaurante português Antiquarius é o novo endereço da pizzaria Zi Tereza di Napoli. Em um espaço bonito e requintado, agora são servidas as pizzas napolitanas da consagrada e tradicional marca paulistana, criada em 1945. Alameda Lorena, 1.040, Jardins, tel. 2925-2030.

Com unidades no Itaim, na Vila Olímpia e nos Jardins, o Tatu Bola Bar & Grelha chega agora à região da Berrini. A nova casa tem algumas novidades no cardápio. Uma delas é a pizza para compartilhar com cobertura à carbonara, e outra é o bolinho de vaca atolada. O menu foi desenvolvido com consultoria da chef Lelena Cesar e apresenta ainda uma seção de grelhados, com o Mix de Churrasqueira (frango, linguiça suína, fraldinha e picanha) e a Espiral de Linguiça. Para bebericar, ótimas caipirinhas e chope gelado. Avenida Eng. Luís Carlos Berrini, 685, Brooklin, tel. 4371-1656.

Uma vinícola produzindo bebidas de qualidade no interior do estado de São Paulo? Isso mesmo! Assim é a Guaspari, de Espírito Santo do Pinhal. É ela quem produz os tintos Vista do Chá e Vista da Serra, dois deliciosos syrah que até já conquistaram prêmios no Brasil e no exterior. No site www.vinicolaguaspari.com.br, cada garrafa de 750 ml é vendida por R$ 160.

fotos divulgação

11h às 17h

Uma excelente opção para o almoço do Dia dos Pais é uma visita ao restaurante Pina. Lá, o chef italiano Riccardo Rossi perpetra delícias típicas da Toscana, como a battuta de filé mignon com lâminas de trufas negras, a polenta cremosa com ricotta fresca de búfala e camarão rosa ao Grand Marnier, o ravióli de cacio & pepe ao molho de açafrão, pecorino e pinoli, o risotto ao chianti com civet (ragu) de pato, damasco e queijo brie ou ainda o risotto de abóbora, parmesão e camarões. Rua Jacurici, 27, Itaim, tel. 3071-2501.

17h às 23h

Botecagem para eXecUtiVos


terça 15

5h às 11h

COMIDA É ARTE

Qual é o futuro da comida? Essa é uma das questões que o duo inglês Sam Bompas & Harry Parr tenta responder com a exposição de fotografias e instalações “A Cidade da Língua”, em cartaz no MAM até o dia 3 de setembro. Para desenvolver sua poética, eles trabalham com músicos, historiadores da alimentação, cientistas acadêmicos, artistas plásticos, desenhistas industriais de bebidas e alimentos e designers gráficos. O resultado é um conjunto singular de obras que redefinem a relação entre arte e comida. Ingressos a R$ 6. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/ nº, Parque Ibirapuera, tel. 5085-1300.

11h às 17h

Uma sequência com deliciosos pratos da culinária nipônica assinados pelo chef Cristiano Mori é a grande atração do It Sushi, do carpaccio de peixe branco no azeite trufado com raspas de limão siciliano e flor de sal ao spaghetti de frutos do mar. O almoço executivo custa R$ 79 e, no jantar, o menu degustação sai por R$ 109. Rua Pedroso Alvarenga, 1.026, Itaim, tel. 3213-0717.

17h às 23h

No descolado Boteco Paramount, o barman Netinho serve drinques criados especialmente para o inverno. Entre eles, o Quentão Paramão (cachaça, gengibre, Cointreau, canela e limão - R$ 16,90) e o Fireball Hot Toddy, feito com licor de whisky, mel, suco de limão siciliano, água fervente, canela e anis - R$ 16,90. Rua dos Pinheiros, 1.179, Pinheiros, tel. 3297-8185.

23h às 29h

BANQUETES JAPONESES

A Vila Mariana ganha mais um container gourmet: a hamburgueria Box St., onde são servidas nove opções de sandubas, como o Notre Dame (170 g de carne, queijo brie, geleia de pimenta e rúcula no pão de brioche). Para acompanhar, crocantes batatas rústicas temperadas com limão e páprica ou com alho e alecrim. Rua Joaquim Távora, 991, Vila Mariana, tel. 2495-9603.

DRINQUES A PREÇOS QUE DESCEM LEGAL

foto divulgação

BURGER IN THE BOX

71


agosto

pULa-pULa

arte peLa cidade

O Jump Mania acaba de inaugurar o maior parque de trampolins indoor do Brasil, no Shopping Aricanduva. Com uma área de 2.000 m², o parque possui 48 trampolins integrados que formam uma grande cama elástica, para até 160 pessoas pularem simultaneamente. Para cada 30 minutos, paga-se de R$ 35 a R$ 40. Avenida Aricanduva, 5.555, Vila Matilde, tel. 2193-3112.

5h às 11h

Até o dia 20, a Semana de Arte não se limita às exposições nas galerias, terá também espetáculos de artes cênicas, música, dança, cinema e literatura, debates, passeios arquitetônicos e uma feira de arte reunindo um seleto time de 36 galerias do Brasil e de países como Espanha, Estados Unidos, Itália e Inglaterra. Confira a programação completa emwww.semana.art.

11h às 17h

5h às 11h

16 quarta 17 quinta No Chefs Especiais Café, os atendentes são em sua maioria portadores de síndrome de Down, alunos do Instituto Chefs Especiais. E o menu avisa: ali se oferece respeito, oportunidade, amor e inclusão. No menu, tem café de coador, espresso, chá e chocolate quente, além de salgados, pães de queijo, bolos e tortas doces. Rua Augusta, 2.559, Jardins, tel. 99122-7780.

monte seU aLmoÇo

caFÉ com incLUsÃo

O restaurante Serafina serve um menu especial de inverno até o final deste mês, com creme de brócolis e batatas com croutons, sopa de feijões e pancetta com um toque de canela, creme de abóbora com gorgonzola e prosciutto crudo e a polenta trufada com creme de cogumelos. Alameda Lorena, 1.705, Jardins, tel. 3081-3702.

17h às 23h

caLdinhos no seraFina

noVidades etÍLicas

72 | 29HORAS | Agosto 2017

23h às 29h

23h às 29h

macarrÃo na tigeLa Está em cartaz no restaurante Kiichi a temporada de macarrão japonês. Os clientes podem escolher entre duas opções com lámen ou soba e caldos à base de missô ou shoyu. O valor é R$ 30. Para acompanhar, saquês da marca Hakushika e cervejas como a japonesa Sapporo. Alameda Lorena, 138, Jardim Paulista, tel. 3051-3330.

O ex-titã Paulo Miklos lança hoje com show na Casa Natura Musical seu primeiro álbum solo, “A Gente Mora no Agora”, de canções calcadas no violão de náilon, explorando profundamente o universo da música popular brasileira, terreno por onde sempre transitou. A direção artística é assinada por Marcus Preto, que guiou discos recentes de Tom Zé e Gal Costa. Ingressos de R$ 80 a R$ 200. Rua Cardeal Arcoverde, 2.120, Pinheiros, tel. 4003-6860.

Mudanças no staff do bar e restaurante Méz: a bartender catarinense Michelly Rossi assume oficialmente o comando do balcão. E ela imprime sua marca lançando três novos drinques. Um deles é o Mysterious Mississippi, que leva whisky, xarope de mel com especiarias e um toque de tintura de pimenta jamaicana. Rua Dr. Mário Ferraz, 561, Itaim, tel. 2538-8197.

fotos divulgação

11h às 17h

A cantina sustentável Jamie’s Italian tem um novo menu batizado de Almoço do Jamie. De segunda a sexta, das 12h às 17h, o cliente tem alternativas para personalizar seu prato, sendo 5 entradas, 4 principais, 8 acompanhamentos e 4 sobremesas. O menu inclui um de cada item e custa R$ 59. Nesse mix, podem entrar a salada de cenouras com especiarias e mel, o rump steak grelhado, o filé de frango com cogumelos, os chips de polenta com alecrim e parmesão e o brownie épico. Avenida Horácio Lafer, 61, Itaim, tel. 2365-1309.

17h às 23h

mikLos em VersÃo soLo


sexta 18 5h às 11h 11h às 17h

aLta cremosidade A Queensberry acaba de lançar a Glam, uma geleia intensamente cremosa que chega para ser uma referência inovadora de textura e sabor. Ideal para incrementar o consumo de pães, bolos, queijos e iogurtes, é um produto 100% natural e está disponível em quatro sabores: framboesa, morango, morango com goiaba e frutas silvestres. Cada pote com 270 g custa R$ 16.

A novidade nas lojas Kopenhagen é a Nhá Benta Caramelo Macchiato. Disponível em caixinhas com três unidades, é feita com duas camadas de chocolate Kopenhagen, wafer com marshmallow sabor cappuccino e recheio sabor caramelo. Cada “trio” custa R$ 29. Rua Oscar Freire, 900, Jardins, tel. 3061-9086.

Êta caFeZinho Bom

17h às 23h

O termo “raclette” vem do verbo francês “racler”, que significa raspar. Especialidade suíça, o prato consiste em uma superfície do queijo aquecida raspada diretamente sobre diversas guarnições, em uma mistura de sabores única. Ela é a estrela do Festival de Raclettes do Grand Hyatt Hotel, que fica até o final de agosto nas noites de sexta e sábado, no restaurante C-Cultura Caseira. A experiência custa R$ 86 por pessoa. Para finalizar, a indicação é a fondue Chocolat Du Jour. Avenida das Nações Unidas, 13.301, Brooklin, tel. 2838-1234.

23h às 29h

raspadinha chiQUe

O filme “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano, estreia este fim de semana nos cinemas e acompanha Elias (Kelner Macedo), um jovem que tenta equilibrar seu cotidiano entre o trabalho em uma fábrica de roupas e os encontros casuais com outros homens. Em cada cama que Elias se deita, um universo se abre a partir das narrativas contadas pelos personagens.

foto divulgação

deseJo pULsante

73


agosto

19 sábado 20 domingo 5h às 11h

5h às 11h

pet tamBÉm petisca

From Farm to taBLe

São Paulo agora tem um boteco só para cachorros, o Botecão. A iniciativa é da petshop Pata Natural. No cardápio de bebidas da casa figuram rótulos de cervejas e vinhos sem álcool e nem gás carbônico. Entre os petiscos, tem coxinha, linguicinha, bolinho de carne e porção de picanha. Avenida Águas de São Pedro, 167, Santana, tel. 2501-8077.

11h às 17h

O Unique Garden Hotel & Spa apresenta o novo menu do restaurante Chez Victor, assinado pelo chef Daniel Aquino. Muitos pratos são feitos com ingredientes produzidos ali mesmo no spa, como a alcachofra com molho de estragão, o creme de abóbora com gengibre, o lombo de cordeiro com crosta de ervas, painço e molho de vinho e a moqueca vegana com quinoa. Estrada Laramara, 3.500, Mairiporã, tel. 4486-8700.

17h às 23h

VoLÚpia no Frasco The Scent For Her é o novo e sensual perfume feminino da Hugo Boss. Sedutora, a fragrância tem notas frutadas e florais do pêssego e frésias, além de toques inebriantes de osmanthus oriental e de um enigmático elemento, o cacau torrado. Na loja virtualwww.epocacosmeticos.com.br, cada frasco com 50 ml pode ser comprado por R$ 455.

11h às 17h

doÇUras kosher A Nutty Bavarian acaba de obter o certificado Kosher para as suas nozes glaceadas. O selo é concedido por certificadoras que analisam e autorizam itens para o consumo da comunidade judaica. No Aeroporto de Congonhas, os amendoins, castanhas, amêndoas e macadâmias glaceados podem ser comprados em quatro quiosques.

Estreia neste fim de semana nos cinemas o filme “João, o Maestro”, dirigido por Mauro Lima. A produção leva às telas a trajetória de superação do pianista e regente João Carlos Martins, interpretado em diferentes idades por Alexandre Nero, Rodrigo Pandolfo e Davi Campolongo. O elenco traz ainda Alinne Moraes, Fernanda Nobre e Caco Ciocler.

tragicomÉdia sUBUrBana

a mÚsica VenceU

Na peça “Boca de Ouro”, o ator Malvino Salvador dá vida a um lendário bicheiro carioca e megalomaníaco que usa uma dentadura de ouro. Com texto de Nelson Rodrigues e direção de Gabriel Vilella, o espetáculo fica em cartaz até o final de outubro no Tucarena. Complementam o elenco as atrizes Lavínia Pannunzio, Mel Lisboa, Mariana Elizabetsky e os atores Claudio Fontana, Chico Carvalho, Leonardo Ventura e Cacá Toledo. Ingressos de R$ 50 a R$ 70. Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes, tel. 3670-8453.

No longa “Diário de Um Banana 2 – Rodrick é o Cara!”, em cartaz nos cinemas, Greg (Zachary Gordon) se apaixona por Holly (Peyton List), sua colega de escola, só que seu irmão mais velho Rodrick (Devon Bostick) faz de tudo para atrapalhá-lo nessa conquista. O péssimo relacionamento entre os irmãos é o mote desta comédia inspirada no best seller de Jeff Kinney.

74 | 29HORAS | Agosto 2017

23h às 29h

23h às 29h

comÉdia teen

A pizzaria Villa Roma é famosa por oferecer pizzas finíssimas e crocantes com mais de 50 opções de coberturas - desde os tradicionais Margherita, Caprese e Napolitana, até opções criativas e exclusivas como a Villa Roma, feita com mozzarella, parmesão, alho frito, manjericão e gergelim. Outras versões que fazem muito sucesso na casa são as pizzas doces, como a Lindt (com quadradinhos do chocolate suíço), a de Kit Kat, a de Kinder Ovo, a de Nutella e a de M&Ms’. Alameda Jaú, 1.191, Jardins, tel. 3060-9556.

fotos divulgação

17h às 23h

crispY piZZas


segunda 21

TEATRO

FOLHA

Quando estiver em São Paulo venha conferir.

Não dá pra não ir.

Veja SP

noVo centro cULtUraL

AMIGAS, PERO NO MUCHO Sextas às 21h30 - Sábados e Domingos às 20h

JURO QUE É VERDADE - Sábados à meia-noite

5h às 11h

foto divulgação

Veja RJ

O Centro de São Paulo ganha nesta semana a mais nova unidade do Sesc. Localizado na esquina da Rua Dom José de Barros, o Sesc 24 de Maio é um centro cultural, esportivo e de convivência completo, com projeto arquitetônico do premiado Paulo Mendes da Rocha. O local deve receber cerca de 5.000 pessoas por dia em seus 13 andares, que somam uma área construída de 28 mil m². Tem teatro, comedoria, espaço para exposições, área de tecnologia, biblioteca, quadras esportivas e, no topo do edifício, uma piscina de 500 m². Rua 24 de Maio, 109, Centro, tel. 3350-6300.

BRIMAS - Quartas e Quintas às 21h

TEATRO PARA BEBÊS

11h às 17h

O restaurante Coco Bambu agora tem um serviço de delivery sem taxa de entrega para pedidos feitos pelo aplicativo EntregaWeb. As unidades Anália Franco, Anhembi e JK aceitam os pedidos e cada uma atende um raio de aproximadamente 10 km. Entre as sugestões, estão as famosas receitas de camarão, peixes e frutos do mar criadas pela chef Daniela Barreira.

17h às 23h

No simpático e reduzido Casa Pitanga Café, recém-inaugurado em Perdizes, o cafés são feitos com blends do Santo Grão. Para acompanhar, tem bolo gelado de brigadeiro ou de coco e salgados como quiches, tortas, pães de queijo e croissants. Rua Caraíbas, 979, Pompeia, tel. 99905-4524.

23h às 29h

coco BamBU em casa

O Republic English Pub lança combos harmonizando seus petiscos com cervejas especiais. O combo Brazil, por exemplo, “casa” a american pale ale Coruja Otus Hop com o Pink Floyd – porção de mini-medalhões de filé mignon recheados com queijo coalho e empanados em amendoim e castanha de caju triturados. Rua Delfina, 110, Vila Madalena, tel. 3814-5581.

SCARATUJA - Domingos às 11h

Veja SP

coFFee Break O GRANDE CIRCO CIENTÍFICO - Sábados e Domingos às 16h

comBos no pUB

Veja SP

JOÃO E O PÉ DE FEIJÃO - Sábados e Domingos às 17h40 Verifique na porta do teatro a classificação indicativa de todas as peças em cartaz. Alvará Corpo de Bombeiros - 12/02/2018 e Alvará Municipal - processo 2014-01.130.552-7

Promoção:

75

Patrocínio:


agosto

Branco no preto

FotograFia em Foco

Na exposição “Luz e Sombra”, em cartaz até o dia 28 na Dan Galeria, o fotógrafo Christian Cravo apresenta 25 imagens feitas na Namíbia, na Zâmbia, em Botsuana, no Quênia, na Tanzânia, no Congo e em Uganda. Elas revelam a diversidade da África, a beleza e a majestade do continente, com suas várias paisagens, culturas e facetas. Rua Estados Unidos, 1.638. Jardim Paulista, tel. 3083-4600.

Até o dia 27, o Shopping JK Iguatemi sedia a 11ª edição da SP-Arte/Foto. O evento é uma excelente oportunidade para aproximar os artistas de galeristas e colecionadores. Este ano, reúne 30 galerias, não só de São Paulo, mas também de BH, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba e Ribeirão Preto. Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia.

araB eXpress

11h às 17h

23 quarta 5h às 11h

5h às 11h

22 terça

comida saUdÁVeL peLo ceLULar

O restaurante Saj acaba de ganhar uma casa-irmã, mais informal. O Saj Box não tem garçons: é o próprio cliente quem faz o pedido direto no caixa e retira a comida. O cardápio tem várias versões de hommus com faláfel, frango ou kafta, esfihas feitas na grelha e o Aarouss, sanduíche libanês de pão folha com várias opções de recheio. Rua Agostinho Cantu, 47, Butantã, tel. 3564-8731.

11h às 17h 17h às 23h

Até 3 de setembro, São Paulo sedia a 28ª edição do Festival Internacional de Curtas-Metragens, um dos cinco maiores do gênero em todo o mundo. O evento, dirigido pela produtora cultural Zita Carvalhosa, apresenta gratuitamente mais de 350 títulos de vários países, no MIS, no CineSesc, na Cinemateca, no Espaço Itaú Augusta, no Cinusp e no CCSP, entre outras salas.

cUrtindo cUrtas

tornare aLLa cULLa

Botecagem de inVerno

Como no ditado, “o bom filho à casa torna”. Após uma temporada no comando do bar do Peppino, o bartender italiano Fabio la Pietra está de volta ao balcão do SubAstor, endereço que o revelou em São Paulo. Os fãs de suas criativas e equilibradas criações e do agradável ambiente do speakeasy agradecem! Rua Delfina, 163, Vila Madalena, tel. 3815-1364.

Para estes últimos dias de inverno, o Pasquim Bar & Prosa tem vários petiscos quentinhos, como os dadinhos de tapioca em três versões (com calabresa, de quatro queijos ou de requeijão com carne seca), as iscas de filet mignon acebolado com molho, o filet parmegiana aperitivo, o caldinho de feijão com couve e bacon ou ainda o caldo verde com linguiça. Rua Aspicuelta, 524, Vila Madalena, tel. 2337-9487.

76 | 29HORAS | Agosto 2017

fotos divulgação

O restaurante Ca’d’Oro, instalado no térreo do hotel homônimo, acaba de incluir sugestões para o inverno em seu menu. Uma delas é a Bagna Cauda (caldo quente à base de manteiga, anchovas e alho no qual os clientes mergulham as tiras de legumes crus). Outras novidades são a polenta alpina com funghi, o casoncelli in brodo, os raviólis de lagostins ao molho de champagne e os agnolotti della nonna ao creme de parmesão e trufas. Rua Augusta, 129, Consolação, tel. 3236-4300.

A Garfo é uma start-up de entrega de pratos para quem se preocupa com a alimentação e tem falta de tempo. A cozinha própria é comandada pelo chef Léo Botto, e o menu tem quatro alternativas diárias, incluindo sempre uma opção vegetariana. Num dia pode ter estrogonofe, carne de panela e peito de frango com caponata de legumes, por exemplo. No outro, arroz de forno, peito de frango grelhado com quinoa e bifum oriental com cogumelos. Quarta é dia de feijoada. Tudo muito bem feitinho, no capricho, do fogão diretamente para o delivery feito em bicicletas, a preços entre R$ 34 a R$ 36 (já com a taxa de entrega incluída). Baixe o aplicativo no iTunes ou na Google App Store.

23h às 29h

23h às 29h

17h às 23h

inVerno à piemontese


Japan pop shoW

LYon É aQUi

A Daiso Japan, rede de lojas de bugigangas japonesas, acaba de abrir mais uma unidade, agora no Shopping Jardim Sul. Os milhares de itens à venda surpreendem pelo design simples e pelas inusitadas utilidades – na cozinha, no escritório ou nos momentos de lazer. Os preços variam entre R$ 7,99 a R$ 49,90. Rua Itacaiúna, 61, Vila Andrade.

17h às 23h

Após uma viagem a Lyon, na França, os sócios do Le Jazz Brasserie trouxeram o clima e algumas receitas dos bouchons (restaurantes simples da região) para São Paulo. Entre as novidades estão o Boeuf Braisé (bochecha de boi braseada com vinho tinto e cogumelos, servida com purê de batatas) e os Tournedos du Porc à Rossini (copa-lombo de porco com foie gras, torrada de brioche e molho de vinho do porto). Rua dos Pinheiros, 254, Pinheiros, tel. 2359-8141.

23h às 29h

5h às 11h

quinta 24 Jacob Collier é a grande atração de hoje no Cine Joia. Com apenas 23 anos, o músico londrino vem ao país lançar seu primeiro álbum “In My Room”, produzido por Quincy Jones. Apontado como prodígio da música, ganhou fama mundial na Internet por seu trabalho de “homem-banda”, combinando elementos de jazz, groove, folk, triphop, música clássica, gospel, soul, música brasileira e muito improviso. Até cuíca ele toca. Ingressos a R$ 140. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3101-1305.

menino-prodÍgio da mÚsica

11h às 17h

foto divulgação

Feira gastronÔmica Até o dia 27, a 2ª edição do festival Taste reúne 20 dos melhores restaurantes da cidade no Clube Hípico Santo Amaro. A lista de participantes inclui a Adega Santiago, a Casa do Porco, o Bar da Dona Onça, o grupo Fasano, o Mocotó e o Grupo Alex Atala (representado pelo Dalva & Dito e pelo Açougue Central), entre outros. Ingressos a R$ 60. Rua Visconde de Taunay, 508, Santo Amaro, tel. 5694-0600.


agosto

26 sábado 5h às 11h

BLack sUn O Paço das Artes apresenta até o dia 27 no MIS a exposição “Sol Preto”. A mostra parte da pesquisa de Daniel Frota sobre uma expedição científica britânica realizada em 1919 no Ceará para documentar um eclipse solar. Instalações, esculturas, gravuras e um vídeo evocam o choque de crenças e culturas. Entrada gratuita. Avenida Europa, 158, Jardim Europa, tel. 2117-4777.

11h às 17h

mestres do desenho A coleção de desenhos da Fundação Mapfre reúne obras produzidas por Pablo Picasso, Edgard Degas, Auguste Rodin, Henri Matisse, Egon Schiele, Joan Miró, Salvador Dalí, Sonia Delaunay, Paul Klee, Gustav Klimt, Juan Gris, George Grosz e Antoni Tàpies. A exposição, no Museu Lasar Segall, fica em cartaz até o dia 28. Rua Berta, 111, Vila Mariana, tel. 2159-0400.

Aberto em maio, o Café Habitual, aposta no brunch como opção para qualquer hora do dia. Uma das receitas mais pedidas na casa são os ovos beneditinos à moda turca (servidos sobre uma torrada, vêm com iogurte, peito de peru e hortelã fresca). Entre os doces, os destaques são os bolos e os muffins. Alameda Tietê, 602, Jardins, tel. 3062-3091.

17h às 23h

5h às 11h

25 sexta

A maior banda de heavy metal de todos os tempos está de volta. O Massacration, surgido num programa humorístico da MTV, faz hoje um show da Metal Milf World Tour no palco da Tropical Butantã, satirizando todos os clichês do rock pesado. Ingressos de R$ 100 a R$ 160. Avenida Valdemar Ferreira, 93, Butantã, tel. 3031-0393.

coneXÃo LUcca-iLhaBeLa-sÃo paULo

BrUnch o dia todo

11h às 17h

O Ristorante Famiglia Manzoli, de Ilhabela, subiu a serra do mar e desembarcou na Vila Madalena. Aqui, a cozinha é comandada pela chef Carina Manzoli, que estudou gastronomia e trabalhou em Lucca, na Itália. O cardápio oferece caprichados clássicos da culinária italiana, como as bruschettas al pomodoro, o conchiglione recheado com mozzarella, o tortelli Lucchese (recheado com carne de porco e vitela), o risotto al funghi porcini e o saltimbocca alla romana. Rua Mourato Coelho, 1.365, Pinheiros, tel. 2619-2500.

17h às 23h

o deUs metaL nos oUViU

Até o dia 27, a 7ª Virada Sustentável promove atividades gratuitas, como exposições, shows, palestras e aulas de meditação em espaços como o Parque Ibirapuera, o Unibes Cultural e o Centro Cultural São Paulo. O evento é o maior festival de mobilização e educação sobre sustentabilidade do país. Acessewww.viradasustentavel. org.br e veja a programação completa.

made in perU

Baseado em uma obra de Stephen King, o longametragem “A Torre Negra” chega aos cinemas neste fim de semana. No filme, o pistoleiro Roland Deschain (Idris Elba) viaja no tempo e pelo mundo todo em busca da famosa Torre Negra, um prédio mágico. Nessa busca, persegue também o poderoso Homem de Preto (Matthew McConaughey).

78 | 29HORAS | Agosto 2017

23h às 29h

23h às 29h

king’s toWer

A chef Marisabel Woodman incluiu várias novidades no cardápio do La Peruana. Entre elas, os tequeños de queijo (pastéis peruanos), o ceviche de polvo a la brasa, a papa rellena de lomo saltado (bolinhos de batata recheados com cubinhos de filé mignon), o arroz chaufa de porchetta e o sudado de pargo e vongoli (ensopado de tiras de peixe, pimenta ají panka e caldo temperado com coentro e gengibre). De sobremesa, prove o trio com alfajores, recheados de doce de leite, chocolate e creme de rapadura. Alameda Campinas, 1.357, Jardim Paulista, tel. 3885-0148.

fotos divulgação

tUdo peLa sUstentaBiLidade


mangia che ti Fa Bene A 91ª edição da Festa de Nossa Senhora da Achiropita acontece nos finais de semana até o dia 2 de setembro. A expectativa é receber 250 mil pessoas (20 mil por noite). Cerca de 30 barracas oferecerão opções gastronômicas (como fogazzas, polentas, massas e pizzas) e os palcos terão dança e muita música italiana. Rua Treze de Maio, 478, Bela Vista, tel. 3106-7235.

5h às 11h

Na China, Quan-Inn, Kuan Yin ou Guan Yin representa a compaixão ou misericórdia de todos os Budas. Aqui em São Paulo, Quann Inn é o nome de um bonito templo na Zona Sul dedicado aos ensinamentos do budismo chinês. O local, aberto à visitação aos domingos, tem estátuas pelo jardim e uma colorida arquitetura. Entrada gratuita. Rua Rio São Nicolau, s/ nº, Grajaú, tel. 3228-7910.

17h às 23h

saga dos games Dos toscos fliperamas à caçada de pokémons virtuais nas ruas: a saga dos videogames nessas últimas seis décadas, de brincadeira inocente a fenômeno cultural que movimenta bilhões, é o que pode ser visto na exposição “A Era dos Games”, em cartaz até novembro no Pavilhão da Bienal. Concebida pelo Barbican Centre de Londres, já passou por 25 países e foi vista por quase quatro milhões de pessoas. Nela, o público pode interagir com mais de 150 jogos da Atari, da Nintendo, da Sega, da Microsoft e da Sony. Ingressos a R$ 40. Avenida Pedro Alvares Cabral, s/ nº, Ibirapuera.

11h às 17h

domingo 27 piZZa hYpe

23h às 29h

foto divulgação

tempLo BUdista

A Napolino é a nova mania entre os fãs de boas pizzas. O local serve redondas individuais com treze opções de coberturas, como a de ricota, pancetta e erva-doce ou a de abobrinha com hortelã, manjericão e ricota. Para beber, tem poucos e bons vinhos e drinques como gim-tônica e negroni. Rua Amália de Noronha, 466, Pinheiros, tel. 3672-0018.

#EXPERIMENTEXD

CONFIRA OS CINEMAS PARTICIPANTES EM WWW.CINEMARK.COM.BR 79


agosto

BaiXo meretrÍcio soteropoLitano

pÃo “caseiro”

A exposição “Nada Levarei Quando Morrer” reúne 61 fotografias produzidas em 1979 por Miguel Rio Branco na área de prostituição de Maciel, na região do Pelourinho, em Salvador. A mostra captura cenas de rua e personagens marginalizados nos bares, nas casas e nos bordéis. Ingressos a R$ 30. Avenida Paulista, 1.578, Bela Vista, tel. 3149-5959.

5h às 11h

Comece o dia com um pãozinho assado na hora, em sua casa. Os pães congelados Panesse são feitos com farinha francesa, têm uma crosta fina, crocante e dourada e o miolo macio e aerado. Do congelador à mesa são apenas 10 minutos no forno. À venda emwww. panesse.com.br/compreaqui, cada caixa de 360 g com quatro pães custa R$ 21,90.

11h às 17h

5h às 11h

28 segunda 29 terça A fotógrafa Alessandra Rehder, baseada em Londres, expõe até outubro no Centro Cultural Correios seus trabalhos. A mostra “Todos os Olhos do Mundo” reúne inquietantes imagens capturadas no Camboja, na Índia, na Indonésia, nas Filipinas, na Jamaica, na Jordânia, no Japão, na Tailândia e na Turquia. Entrada gratuita. Avenida São João, s/ nº, Centro, tel. 2102-3690.

comFort Food

diVersidade & desigUaLdade

O restaurante Chácara Turma da Mônica promove até o fim de agosto um Festival de Sopas e Caldos. Elas aparecem em sabores como frango com macarrão, caldo verde, mandioquinha, legumes e outras opções leves, nutritivas e muito saborosas, bem ao gosto da criançada. Rua Ferreira de Araújo, 601, Pinheiros, tel. 3034-6251.

17h às 23h

drinQUes Vertiginosos

gorÓ na LaJe

Os drinques do bartender Jean Ponce e a magnífica vista que se tem do 26º andar do WZ Hotel são as grandes atrações do recém-inaugurado Tetto. A carta de bebidas tem 12 coquetéis concebidos por Jean e, para beliscar, prove os petiscos elaborados pelo chef Julien Mercier, como o tartare de atum com guacamole e wasabi. Avenida Rebouças, 955, 26º andar, Jardins, tel. 3069-0000.

A coquetelaria do Sky Hall Terrace Bar agora é comandada por Renan Tarantino, que já passou por casas como os restaurantes Ramona e Nakka Jardins e os bares Sub Astor e At Nine. O mixologista é conhecido por desenvolver fórmulas nada tradicionais para seus drinques autorais. Avenida Pres. Juscelino Kubitscheck, 1.327, sobreloja, Vila Olímpia, tel. 2828-9740.

80 | 29HORAS | Agosto 2017

23h às 29h

23h às 29h

oLha o aViÃoZinhoooo

No restaurante Brown Sugar, o chef Danilo Alves Varo prepara gostosuras quentinhas para este final de inverno. Bons exemplos disso são o fettucine Parma (massa fresca com molho cremoso de parmesão e presunto Parma, servido na cestinha de parmesão), o risotto de funghi fresco com queijo brie e a picatta - tiras de filet mignon com molho de mostarda em grãos, acompanhadas de um fumegante risotto de açafrão. Rua Padre João Manuel, 1.055, Jardins, tel. 3063-4249.

fotos divulgação

11h às 17h

O restaurante Dalva e Dito introduziu em seu cardápio quatro deliciosas e confortantes opções de lasanhas para aquecer estômagos e almas. Além da tradicional lasanha à bolonhesa, o chef Elton Junior criou uma brasileiríssima lasanha de taioba com queijo Serra da Canastra e castanhas de baru e do Pará e uma lasanha de cogumelos yanomami. Para os vegetarianos, oferece a parmigiana de berinjela com cogumelos yanomami, que no fundo é mais uma versão de lasanha, só que sem massa. Rua Padre João Manuel, 1.115, Jardins, tel. 3068-4444.

17h às 23h

QUentUrinhas


inFUsÕes premiUm

Boa Forma

A Leão, referência de chás desde 1901, apresenta a linha Leão Fuze Senses, uma linha que traz o melhor das infusões em tea bags (chás de saquinho). Os blends exclusivos – de amora, mirtilo e baunilha; de mate, cereja e hibisco; e de maracujá, laranja e gengibre – estão à venda em empórios e supermercados com preço sugerido de R$ 25 (caixinha com 16 sachês).

5h às 11h

A 18ª edição do IHRSA Fitness Brasil - o maior evento do setor de academias do país - ocupa de hoje até o dia 2 de setembro o Transamerica Expo Center, recebendo mais de 90 representantes da indústria, além de educadores físicos, donos de academia, atletas e 15 mil visitantes. Avenida Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387, Santo Amaro, tel. 5643-3000.

11h às 17h

5h às 11h

30 quarta 31 quinta O Organique-se é um espaço que reúne empório, restaurante, feira de produtos orgânicos e um jardim com mesas comunitárias. Carnes e peixes não aparecem no cardápio – mais pela dificuldade de encontrar fornecedores orgânicos com preço justo do que pela filosofia vegetariana. Para beber, há cervejas e vinhos naturais. Rua Gomes de Carvalho, 1.212, Vila Olímpia, tel. 3467-5110.

doce FestiVaL

organismo ViVo

11h às 17h

A Confeitaria Dama promove até o início de outubro a terceira edição de seu Festival do Mil-Folhas. Este ano, o doce de origem francesa aparece em três novos sabores: pistache, frutas vermelhas e maracujá com banana. Para completar a linha, a marca a ainda resgatou dois doces mais queridinhos do ano passado: chocolate intenso e caramelo salé crocante (massa tradicional e recheio de creme de caramelo com flor de sal). Cada receita do Festival custa R$ 14,50. Avenida Higienópolis, 467, Higienópolis, tel. 3661-5852.

17h às 23h

hereditariedade

A Croasonho – rede de franquias de croissants recheados – acaba de lançar, em parceria com a Nestlé, um pãozinho com recheio de Charge, o famoso chocolate da marca que é incrementado com amendoins e caramelo. A gostosura está disponível em todas as lojas da marca, como a de Pinheiros. Avenida Pedroso de Morais, 927, tel. 3032-7762.

17h às 23h

LÁmen no spot

agente eXpLosiVa

Novidade no Spot: o restaurante agora tem um lámen em seu cardápio. A receita é preparada com caldo à base de frango, alga kombu, shitake seco e macarrão japonês. E pode ser incrementada com fatias de barriga de porco assada, ovo cozido, alga nori e cebolinha. Cada bowl custa R$ 39. Alameda Min. Rocha Azevedo, 72, Cerqueira César, tel. 3283-0946.

Em “Atômica”, que estreia hoje nos cinemas, Lorraine Broughton (Charlize Theron), é uma agente disfarçada do MI6 enviada a Berlim durante a Guerra Fria para investigar o assassinato de um oficial e recuperar uma lista perdida de agentes duplos. Ao lado de David Percival (James McAvoy), chefe local, a assassina brutal usará todas suas habilidades nessa luta de espiões.

23h às 29h

23h às 29h

fotos divulgação

croissant caprichado

Dirigido por Laís Bodanzky e protagonizado por Maria Ribeiro, o filme “Como Nossos Pais” foi o grande vencedor do 19º Festival de Cinema Brasileiro de Paris, com o prêmio de Melhor Filme eleito pelo júri popular. O longa, que estreia hoje no país, conta a história de Rosa (Maria Ribeiro), que se vê diante de conflitos existenciais quando precisa, ao mesmo tempo, cuidar de suas filhas, manter seus sonhos e objetivos profissionais, segurar seu casamento e superar os conflitos com sua mãe (Clarisse Abujamra).

81


hora livre

por luiz toledo

Sozinho no elevador. Eu e o eu do espelho. Entra uma mulher. Logo ao me ver, ela sorri (e com covinhas!!!). Do 18º ao 14º andar, sinto seu olhar e sorriso me cutucando. Então ela diz: — Doutor Toledo? Desarmo minha pose de galã e paro de encolher a barriga. Isso já aconteceu antes: era mais uma ex-paciente do meu pai. — ...E ele cuidou do meu filho também... Você está a cara dele!... O elevador virou uma caixa no túnel do tempo. As minhas lembranças vieram em bloco. — Eu gostava tanto dele! Quando eu fiquei doente... Meu pai e eu gostávamos de caminhar. Andávamos horas conversando. Na praia, deixávamos a mesma pegada na areia, os pés em posição das 10 horas. Ríamos disso e de outras sutilezas do DNA. — Você sabe que, se não fosse o seu pai, eu não estaria aqui... — Eu também não – brinquei. Que profissão bonita a de pediatra! Apesar de minha opinião ser suspeita, acredito que os pediatras são pessoas especiais, têm uma nobreza a mais.

82 | 29HORAS | Agosto 2017

foto Divulgação

Dr. TOLEDO Eles, inclusive, se parecem. Gosto de quem se parece com pediatra, mesmo não sendo. Dr. Dorival Caymmi, por exemplo. Esta coluna seria sobre Caymmi – o tigre dócil –, sua música, voz e poesia, que nos emocionam e desconcertam. Mas fui atropelado dentro de um elevador pela saudade. De qualquer forma, quis mantê-lo presente. — ...Uma vez meu filho prendeu o pinto no zíper... Ele já era grandinho... — O pintinho? — Não, o meu filho (covinhas). Que sufoco! Graças ao seu pai... Saudade é uma palavra que deveria aparecer sempre em letra cursiva. E com a letra de quem a escreveu. Sal da idade. Sabendo usar, é um tempero da vida. Prova que estamos vivos e que tudo realmente aconteceu. No térreo, ela se despediu de mim e, principalmente, do meu pai, me dando um beijo no rosto. — Dois! – pedi. Ela deu e saímos os três. Beijados e gratíssimos. Feliz Dia dos Pais! yestoledo@gmail.com


revista 29HORAS - ed. 94 - agosto 2017  

Revista mensal com agenda cultural de São Paulo, distribuída no aeroporto de Congonhas. Capa: João Carlos Martins

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you