Page 1

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE DE CONGONHAS

29HORAS | MAIO 2014 ED. 55 | MARCELO FERNANDES

CENÁRIO GOURMET OS RESTAURATEURS MARCELO FERNANDES E GIL CARVALHOSA LEITE FALAM SOBRE O MERCADO QUE É O MAIOR E MELHOR CARTÃO DE VISITAS DA CIDADE DE SÃO PAULO

ESPECIAL DECORAÇÃO

PEÇAS COBIÇADAS, IDEIAS PARA MORAR BEM, OS DESIGNERS FESTEJADOS, AS NOVIDADES DA CASA COR E DO SALÃO DO MÓVEL DE MILÃO

MARCELO BRATKE

ENXERGA LONGE

A INCRÍVEL HISTÓRIA DO PIANISTA QUE RECUPEROU A VISÃO AOS 44 ANOS E AMPLIOU SEUS HORIZONTES

31

DIAS TEM MAIO. E A AGENDA 29HORAS TEM

124

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS


DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE DE CONGONHAS

GASTRO MANIA

29HORAS | MAIO 2014 ED. 55 | GIL CARVALHOSA LEITE

OS RESTAURATEURS GIL CARVALHOSA LEITE E MARCELO FERNANDES ANALISAM O CENÁRIO GASTRONÔMICO DE SÃO PAULO, MERCADO QUE É O MAIOR E MELHOR CARTÃO DE VISITAS DA CIDADE

ESPECIAL DECORAÇÃO

DA CASA COR AO SALÃO DE MILÃO, PASSANDO PELOS DESIGNERS, OBJETOS E MÓVEIS MAIS BOMBADOS! TUDO PARA VOCÊ VIVER MELHOR EM CASA

MARCELO BRATKE

E VILLA-LOBOS

PIANISTA INTERNACIONAL, ELE É O MAIOR DIVULGADOR DO GRANDE COMPOSITOR BRASILEIRO

31

DIAS TEM MAIO. E A AGENDA 29HORAS TEM

124

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS


MAJESTUR (11) 3024 5050

NASCIMENTO 0800 774 1110

AGAXTUR (11) 3067 0900

PARADISE (11) 5054 5474

SÃO PAULO

SÃO PAULO

SÃO PAULO

SÃO PAULO

TOTAL: Norwegian Getaway US$ 649,00 (Total a vista R$ 1519,00). Tarifas do cruzeiro por pessoa em cabine dupla com Varanda em dólares americanos. Tarifas em Reais sujeitas a variação cambial (US$ 1.00 = R$ 2,34 de 24/04/2014). Tarifas sujeitas a alterações e disponibilidade. Não incluso: tarifa aérea, taxas aeroportuárias e taxas de serviço. Financiamento em 10x no cartão de crédito, sujeito a aprovação e convertido para reais na data da compra. Consulte outras saídas e opções de pagamento. www.NCL.com.br


MAIO 2014 Ed. 55 Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior Redação (contato@29horas.com.br): Chantal Brissac (editora-executiva); Brunno Carvalho (editor de arte); Letícia Liñeira (repórter), Rafaella Finci (online) Gerente de produto: Ariovaldo Dias (ariovaldo@29horas.com.br)

HORA H

4 22

Rio de Janeiro – Leandro e Claudio Bartolo (bartolo@gestaodenegocios.com.br) Brasília – Eduardo Godoy (edugodoy@bew.net.br) Curitiba – Alexandre Martins Santa Catarina – Jean-Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br) Florianópolis – Sonia Meirelles (sonia@yaguar.com.br) Campo Grande – Rodrigo Perez (rodrigo.perez@waymidia.com.br) Belo Horizonte – Moacir Lopes (moacir@yesbh.com.br) Porto Alegre – Cláudia Weber (claudia@zigon.com.br) Recife – Luis Norfini (novosrumos@hotlink.com.br) Ribeirão Preto – Fernando Campos (fernando@fecampos.com.br) Cascavel, Foz do Iguaçu e Maringá – Marcelo Pajolla (pajolla@pajolla.com) Salvador – Junior (junior@salvadorneon.com.br) Campinas – Fabio Amaral Vitória – Dídimo Effgen (didimo.effgen@uol.com.br) Atibaia – Daniel Paladino (dpaladino@ld2comunicacao.com.br)

COLUNAS 18 26 36 44

ADEGA Didú Russo explica as condições de uma boa adega para manter o vinho em sua melhor forma

82

HORA LIVRE Luiz Toledo abre seu mapa-múndi e seu coração, desenha um novo continente e nomeia lugares e pessoas

DESTAQUES 28

CAPA Representantes do cenário gastronômico, os empresários Marcelo Fernandes e Gil Carvalhosa Leite falam sobre este setor

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS

38

MÚSICA O pianista Marcelo Bratke, um dos maiores divulgadores da obra de Heitor Villa-Lobos, conta como foi enxergar após passar 44 anos cego

29HORAS – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 12 Jd. Paulista - São Paulo - Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676

47

ESPECIAL DECORAÇÃO & DESIGN No mês da Casa Cor São Paulo, mostramos as novidades desse mercado e os nomes da nova geração de designers

29HORAS na rede: twitter.com/revista29horas facebook.com/revista29horas A tiragem e distribuição desta edição de 65.000 exemplares é auditada pela BDO.

COMER, BEBER, VIVER No mês das feiras e eventos em São Paulo, Georges Henri Foz dá dicas de boas churrascarias na cidade

29HORAS é uma publicação mensal da MPC11 Publicidade Ltda.

www.29horas.com.br

VOO PUBLICITÁRIO João Faria conversa com Cris Duclos, diretora de comunicação da operadora Vivo

Impressão e acabamento: Ibep

A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários.

NA MODA COM CHIARA Chiara Gadaleta reflete sobre a origem das roupas

Assistência comercial: Juliana Pessota e Silene Barbieri Ciciliato

Jornalista responsável: Chantal Brissac (MTB 15.064)

SP-RIO As novidades na 3ª maior ponte aérea do mundo

PUBLICIDADE

Equipe comercial (comercial@29horas.com.br): Ana Cristina Andrade, Ana Paula Teodoro, Angela Saito, Eduardo Pizzo, Giovanna Barbastefano, Rafael Bove, Stella Moreira Bella

HORA H MUSAS FOTOGRAFIA ARTE ESCAPADAS CINEMA MOBILIDADE

Colaboradores: Chiara Gadaleta, Daryan Dornelles, Didú Russo, Érico Hiller, Georges Henri Foz, Kike Martins da Costa, Letícia Ippolito, Luísa Dalé, Luiz Toledo, Moa Sitibaldi, Natale Giramondo

Diretor escritórios regionais: Luiz Carlos Stein (stein@mpc11.com.br)

SUMÁRIO

61

AGENDA 29H

124 programas para todas as horas de todos os dias do mês

Capa: Gil Carvalhosa Leite em foto de Luísa Dalé e Marcelo Fernandes em foto divulgação


HORA H MUSAS

NA PONTA DOS PÉS

BAILARINA E DIRETORA DO ESPETÁCULO DON QUIXOTE NO TEATRO GAZETA, KAREN RIBEIRO TAMBÉM DÁ AULAS DE DANÇA PARA FILHAS DE VICIADOS EM CRACK Sua escola, a BalletAdultoKR, funciona em um espaço do tradicional estúdio de dança flamenca Ana Esmeralda, na alameda Sarutaiá, nos Jardins, em São Paulo. “Queria montar um lugar para quem nunca fez balé ou que estivesse parada há muito tempo, e que pudesse calçar uma ponta e dançar balé de repertório”, diz. Suas alunas são mulheres comuns, que passam a semana na correria de suas rotinas e reservam o fim de semana inteiro – as aulas acontecem aos sábados e domingos – para dançar. Segundo Karen, o balé adulto vem ganhando seriedade. “Nos Estados Unidos isso sempre existiu, a gente que era carente e não olhava para a mulher adulta, que batalha todo dia para ganhar a vida. No nosso espaço ela pode se olhar, dançar, se cuidar”. Para os próximos anos, Karen planeja as montagens de A bela adormecida e O lago dos cisnes. Obstinada, ela também abraçou recentemente um belíssimo projeto social: comprou sapatilhas e ofereceu-se para ensinar filhas de viciados de crack. Hoje, 50 meninas com idade entre 5 e 12 anos frequentam as aulas de Karen duas vezes por semana. “É a possibilidade de elas voltarem a sonhar”, afirma. Letícia Liñeira

FELIPE LESSA/DIVULGAÇÃO

“Acho que você devia voltar a fazer aula, menina”. Foi o que Karen Ribeiro ouviu de um paciente de 98 anos durante um atendimento. Formada em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Medicina da USP, ela trabalhava com gerontologia, reabilitação cognitivacomportamental e saúde mental. “Ele disse que meus olhos brilhavam sempre que eu falava do balé”, relembra Karen, que seguiu o conselho e foi procurar uma escola em que se encaixasse. Ela era uma bailarina profissional parada há dez anos e acima do peso. Pequena – tem 1,52 m –, Karen nasceu com uma diferença de 6,5 cm nas pernas. “Mas isso nunca foi problema para mim nem para a minha professora”, afirma. Aos 37 anos, e no comando de sua escola há cinco, Karen tem muito a comemorar. Depois de voltar à dança e gastar muita sola de sapatilha em salas de aula (tem formação técnica reconhecida pelo MEC), ela prepara seu quinto e maior espetáculo, Don Quixote, que ficará em cartaz no Teatro Gazeta nos três primeiros sábados de maio (3, 10 e 17), às 13h45. O balé conta com a participação dos maestros Boris Storojkov, Natasha Zemtchenkova, Neyde Rossi, Ady Addor e Katiah Rocha.

4 | 29HORAS | Maio 2014


A diferença de 6,5 cm nas pernas de Karen nunca foi um obstáculo em sua carreira de bailarina; hoje ela dá aulas para mulheres adultas e crianças em situação de risco

5


HORA H

FOTOGRAFIA

Cena de São Paulo clicada por Cássio Vasconcellos, que tira fotografias aéreas desde 1996, pegando carona em helicópteros pelo mundo

ALTO RETRATO

CONHECIDO POR SUAS IMPACTANTES FOTOS AÉREAS, CÁSSIO VASCONCELLOS LANÇA LIVRO COM SEU MAIOR PANORAMA DE IMAGENS DO BRASIL Focalizar paisagens, pessoas e objetos a partir de diferentes perspectivas é a missão de qualquer fotógrafo. No caso de Cássio Vasconcellos, sua experiência como piloto lhe permitiu dar a diversos lugares do mundo – e, principalmente, do Brasil – uma nova forma de representação. Famoso por sua coleção de imagens do mundo visto de cima, Cássio lança em maio seu terceiro livro, Aéreas do Brasil, ˜ pela editora BEI. Parte de uma geração que na virada dos anos 80 para os 90 reinventou a fotografia nacional, este paulistano de 48 anos começou sua trajetória em 1981 na escola Imagem-Ação. Já participou de mais de 170 exposições em 20 países, ganhou diversos prêmios e suas imagens são parte do acervo de museus como o MASP, em São Paulo, e o Museum of Fine Arts, em Houston, nos Estados Unidos. Em Aéreas do Brasil, Vasconcellos procura apresentar paisagens e cenas de uma forma completamente imprevisível, a fim de oferecer ao leitor um novo olhar para lugares familiares, como a festejada praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, os arranha-céus paulistanos, ou ainda um ensaio inédito com imagens do Carnaval paulista de 2014, mostrando de cima a mistura das cores vibrantes das escolas de samba na avenida. De longe, as vistas se transformam em interessantes cenas abstratas ou painéis geométricos. Já um olhar mais atento desvela na imagem, por exemplo, os concretos da cidade de São Paulo sob a névoa do amanhecer. Com o seu mais completo panorama de fotos aéreas, registros feitos desde 1996, Cássio Vasconcellos oferece um voo inspirador sobre as coisas aparentemente comuns. O livro tem introdução do escritor e jornalista Xavier Bartaburu e projeto gráfico de Helio Rosas. O lançamento acontece no dia 17 de maio, às 11h, durante a abertura da exposição homônima no Paço das Artes, na Cidade Universitária. www.cassiovasconcellos. com.br Rafaella Finci

6 | 29HORAS | Maio 2014

Aérea da praia de Ipanema traz nova perspectiva de paisagem conhecida

Cássio em pleno voo, em uma de suas saídas fotográficas

Aéreas do Brasil foi impresso com duas capas, uma do RJ e outra de SP


HORA H

ARTE

Os retratos de Adriana Varejão pintados por artistas convidados tiveram intervenções indígenas feitas pela carioca

CORES, NOMES

ATÉ O DIA 17 DE MAIO É POSSÍVEL CONFERIR A MOSTRA POLVO, DE ADRIANA VAREJÃO, QUE TAMBÉM LANÇA LIVRO COM A ANTROPÓLOGA LILIA MORITZ SCHWARCZ

8 | 29HORAS | Maio 2014

resultado 136 termos, alguns deles inusitados, cujos significados são muito mais figurativos do que literais. A artista selecionou os 33 termos mais exóticos, poéticos ou vinculados a uma interpretação especificamente brasileira de cor como suposto social, e a partir deles criou as suas próprias tintas, inspiradas nos tons de pele. Assim, surgiram as cores Fogoió, Enxofrada, Café com leite, Branquinha, Burro quando foge, Morenão, Encerada e Queimada de sol, entre outras. Além de uma caixa de design arrojado, com 33 tubos de tinta e cuidadosa tecnologia industrial, em versão bilíngue, a artista expõe retratos dela feitos por pintores convidados – mas que tiveram a intervenção de Adriana, com pinturas de inspiração indígena e outras. A mostra leva à reflexão sobre a questão racial no Brasil, tema ainda envolto em preconceitos e inverdades. Para Adriana, cor é linguagem. “Há exemplos como o de uma tribo na Indonésia, cujos habitantes não nomeiam as cores, ou ainda o dos esquimós, que têm muito mais classificações para tons de branco do que nós. Quando nomeamos todos esses matizes de peles, a gente dilui a questão das grandes raças – conceito, aliás, já derrubado por terra pela biologia”, pontua a artista, que depois desse mergulho nas nuances de pele se diz “completamente a favor” do sistema de cotas no Brasil.  Galpão Fortes Vilaça – Rua James Holland, 71, Barra Funda, tel. 33923942. Até o dia 17 de maio. www.fortesvilaca.com.br

DIVULGAÇÃO

É a miscigenação brasileira o tema da nova mostra da carioca Adriana Varejão, um dos nomes mais importantes das artes plásticas. Há cinco anos sem realizar no país uma mostra apenas com trabalhos inéditos, ela está expondo no galpão da Galeria Fortes Vilaça, em São Paulo, desde o dia 5 de abril, uma série que é fruto de uma pesquisa feita ao longo de quinze anos – as cores de pele dos brasileiros e a maneira ambivalente como se define raça no Brasil são os motes da exposição. Adriana também acaba de lançar o livro Pérola imperfeita: A história e as histórias na obra de Adriana Varejão (Editora Cobogó e Companhia das Letras), em parceria com a historiadora Lilia Moritz Schwarcz. Megaprodutiva e em uma de suas melhores fases, a artista exibe na Lehmann Maupin Gallery, em Nova York, retratos da série Polvo até o dia 21 de junho. A primeira aparição desta série aconteceu em outubro do ano passado na Victoria Miro Gallery, em Londres. A artista conta que a alavanca desse trabalho foi uma pesquisa de campo feita pelo IBGE em 1976, e que consta na íntegra no livro Pérola imperfeita. Normalmente, o censo oficial brasileiro classificaria as pessoas em cinco grupos diferentes, de acordo com sua cor de pele: branco, preto, vermelho, amarelo e pardo. Naquele ano, no entanto, a pesquisa domiciliar introduziu uma questão em aberto: “Qual é a sua cor?”. O estudo trouxe como


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

A Solução Global com máquinas elétricas e automação para a indústria e sistemas de energia.

Tecnologias integradas e presença mundial representam a Solução Global WEG. As soluções WEG são adaptadas às necessidades do mercado, agregando serviços diferenciados através de uma ampla linha de produtos inovadores. Nós podemos dizer com segurança: estamos ao lado dos nossos clientes, onde quer que estejam e sempre que precisarem.

Transformando energia em soluções.

www.weg.net


HORA H ESCAPADAS

NO CICLO DO CAFÉ

PERTINHO DE SÃO PAULO, O ROTEIRO DAS FAZENDAS BANDEIRISTAS DE ITU ENVOLVE HISTÓRIA, NATUREZA E ALTA GASTRONOMIA A apenas uma hora da capital paulista, em Itu, se descortina um patrimônio histórico e cultural que deveria encher o brasileiro de orgulho. Trata-se de um belíssimo conjunto de cerca de 20 fazendas erguidas principalmente entre o fim do século 18 e o final do século 19, com construções perfeitamente preservadas e, muitas delas, abertas à visitação. Para João Pacheco Neto, presidente da Associação das Fazendas Históricas Paulistas, essas fazendas são os nossos castelos. “A exemplo dos castelos da Europa, nós temos um patrimônio incrível e muito rico. Uma pena que ainda não acordamos para isso, porque toda a cultura da história paulista está ligada a essas propriedades”, diz João, nascido na Fazenda Rosário e à frente de um grande projeto de turismo histórico e rural, que estimula a preservação e a visita dessas propriedades. Segundo ele, europeus e americanos já descobriram esse legado. “Cada vez mais estrangeiros que vêm morar em São Paulo têm participado dos nossos roteiros”. Realmente, conhecer essas fazendas é mergulhar em mais de trezentos anos de história, observados não apenas nas construções de taipa de pilão, de estilo bandeirista, mas também nos móveis, objetos e peças de arte que muitas delas guardam e compartilham. Na verdade, a história de São Paulo pode ser contada a partir dessas construções. As primeiras fazendas pertenceram aos bandeirantes, no período inicial da colonização. Em seguida, vieram os ciclos econômicos da cana-de-açúcar e do café, e as instalações foram adaptadas para essas atividades. É o caso da Fazenda Capoava – como a Rosário, uma das mais antigas de Itu. Construída por volta de 1750, ela se transformou, em 2000, em um dos mais charmosos e bem montados hotéis da região. Faz parte da Associação Roteiros de Charme e é o pouso predileto para quem curte boa gastronomia e não abre mão do conforto.

10 | 29HORAS | Maio 2014

A Cavalgada da Lua Cheia é um dos passeios mais requisitados na...

Cavaleiros passam perto do Bar da Cocheira, na Capoava

A comida servida na Capoava resgata a história da culinária de nosso país, com clássicos finamente orquestrados – a feijoada e o leitão a pururuca dos sábados têm um sabor especial, atraindo também não hóspedes do hotel. E os chalés e quartos remetem ao charme das antigas fazendas – com sala de estar, lareira e móveis clássicos –, só que agregam a modernidade e a tecnologia dos dias de hoje, com ar condicionado, wi-fi e TV de LCD. As primeiras referências à Fazenda Capoava são da


...Fazenda Rosário, que hoje em dia dedica boa parte de sua programação ao turismo rural

A mesa de doces da Fazenda Capoava, que produz uma série de delícias artesanais

época da formação da cidade de Itu. A região era ponto de partida das monções, as grandes expedições fluviais que partiam para o oeste. No início do século 18, a região vira passagem de tropas vindas do sul com destino às minas de ouro de Minas Gerais. A partir da segunda metade do século 18, quando Itu se

transforma em uma das principais regiões produtoras de açúcar, a Fazenda Capoava passa a produzilo. A escravidão africana em maior escala no interior de São Paulo deu-se justamente neste período. Os escravos eram a base do trabalho nos engenhos de cana. Foram construídas senzalas e roças de subsistências. Depois, em

11


HORA H

Sede da Rosário, que já foi uma das maiores produtoras de açúcar

meados do século 19, em pleno ciclo do café, a fazenda passa a produzir o grão, assim como outras propriedades de Itu. Em 1885, três anos antes da Abolição da Escravatura, a Capoava contava com 32 escravos. Hoje, objetos e documentos dessas épocas, como uma máquina de beneficiamento de café movida pela roda d’água, panelas, equipamentos de tulha, entre outras preciosidades, podem ser vistos no Espaço Memória, instalado em uma antiga senzala. Receitas de três gerações da tradicional família Almeida Prado, proprietária da Fazenda Capoava, podem ser consultadas em painéis que estampam a caligrafia original de quem as escreveu. A chef Heloísa Bacellar, do Lá da Venda, fez a releitura de algumas dessas antigas receitas, que integram o menu do restaurante do hotel. “O estado de São Paulo tem grande importância cultural e econômica para o nosso país. Quisemos revitalizar esse espaço para que as pessoas conheçam mais sobre a sua história, suas raízes”, diz a socióloga Neca Setubal, proprietária da Capoava e uma das maiores entusiastas desse resgate. Focada no turismo rural, nas cavalgadas e na realização de eventos – principalmente casamentos –, a Fazenda Rosário não hospeda, mas oferece uma programação sedutora para quem quer curtir passeios e roteiros. A Cavalgada da Lua Cheia é o mais procurado deles, e reúne à luz do luar, geralmente no sábado mais próximo do dia da lua cheia, pessoas interessadas em aproveitar uma experiência que mistura natureza, aventura, música e gastronomia. Recebidos na bela sede bandeirista da fazenda ao som de violeiros, os cavaleiros percorrem a região em

12 | 29HORAS | Maio 2014

A mesa farta do almoço na Capoava seduz também não hóspedes

passeios de uma hora. O programa inclui um delicioso jantar feito no fogão à lenha, além do clima de amizade e descontração que impera nesse lugar. Há cavalos adequados para os mais experientes e também para os iniciantes. “Deixar um pouco a vida urbana para apreciar o céu e o luar montado em um cavalo é uma das melhores coisas da vida”, diz João Pacheco, da Fazenda Rosário, mestre e guia dessas cavalgadas há dez anos. Outro passeio que vale a pena em Itu, e que pode ser feito de bike ou a cavalo (a Fazenda Capoava oferece as duas opções) é para o Armazém do Limoeiro, ponto de encontro de amigos que contam causos e de pessoas que relembram as histórias de sua infância, onde iam com os avós fazer “a compra do mês”. Parada de ciclistas, cavaleiros, romeiros e peregrinos do Caminho do Sol – um caminho preparatório para Santiago de Compostela, que passa por treze cidades – o Limoeiro é um daqueles lugares mágicos da região, que nos fazem repensar essa louca vida urbana. Fazendas Históricas de Itu – www.fazendashistoricasdeitu.com.br Ruraltur Turismo – www.rural.tur.br Fazenda Capoava – www.fazendacapoava.com.br Limoeiro da Concórdia – www.fazendalimoeirodaconcordia.com.br Fazenda Rosário – www.facebook.com/rosarioitu


E O PONTO MÁXIMO DO SABOR

É SURPREENDER O PALADAR, VOCÊ PRECISA CONHECER NOSSO MENU.

Paraíso: Al. Santos, 45 - Reservas: 3016-5333 w w w. d i n h o s . c o m . b r


HORA H CINEMA

SAMURAI BRASILEIRO

O restaurante Ímago tem vista panorâmica para a romântica Roma

COM ESTREIA NACIONAL NO DIA 8 DE MAIO, O FILME A GRANDE VITÓRIA CONTA A HISTÓRIA DO JUDOCA MAX TROMBINI No livro Aprendiz de samurai, Max Trombini relata sua luta pessoal e profissional até chegar a ser um dos grandes mestres de judô e jiu-jitsu do Brasil. Nascido em Ubatuba há 45 anos, Max é reconhecido como um dos maiores especialistas em luta de solo do país, e já ganhou diversos prêmios. Agora sua trajetória será mostrada no filme do diretor Stefano Capuzzi Lapietra, A grande vitória. O jovem cineasta leu o livro de Max e se interessou por sua história conturbada, marcada por desafios e perdas. Decidiu fazer o filme – é o seu primeiro longa – e contou com o apoio do premiado diretor Fernando Meirelles, da O2 Filmes, coprodutor do projeto. “O Stefano é um talento e o filme tem tudo para fazer sucesso, porque a história emociona e inspira”, diz o cineasta. Além de Caio Castro e Sabrina Sato, que vivem Max e Alice, o elenco tem Tato Gabus Mendes, Rosi Campos, Moacyr Franco, Suzana Pires, Domingos Montagner, Tuna Dwek e Felipe Folgosi, entre outros nomes. A trilha sonora foi feita pelo grande maestro e pianista João Carlos Martins.

Caio Castro e Sabrina Sato encabeçam o elenco de A grande vitória

14 | 29HORAS | Maio 2014

No 7˚ piso fica a suíte Penthouse Villa Medici, uma das mais luxuosas

HOTELARIA

ROMA A SEUS PÉS

O HOTEL HASSLER ROMA OFERECE LUXO E CONFORTO EM MEIO A UMA VISTA MARAVILHOSA DA CAPITAL ITALIANA Seja para conferir o WTA de Roma, concorrido torneio de tênis que acontece todo mês de maio, seja para aproveitar a agradável primavera na cidade, estação em que as ruas ficam mais vazias e o tempo mais ameno, o Hotel Hassler Roma é uma ótima opção de estadia. No topo da famosa Praça de Espanha, o hotel foi eleito uma das top hospedagens na Itália pela Condé Nast Traveller. Próximo a importantes pontos turísticos, o hotel, que tem ares românticos, foi “ninho” de lua de mel de vários pares famosos, entre eles o Príncipe Rainier e a Princesa Grace Kelly de Mônaco. Depois de bater pernas por Roma, os acolhedores quartos se tornam ainda mais bem-vindos – alguns têm uma vista tão extasiante que não dá vontade de sair dali. A beleza do Hassler Roma é perceptível logo da fachada, feita nos moldes antigos das construções romanas. O restaurante Ímago, três estrelas no Guia Michelin, fica no topo do hotel, o que se traduz em refeições irretocáveis em um ambiente pra lá de charmoso. Enquanto se admira o pôr-do-sol, é possível saborear ótimos pratos da cozinha italiana. Um dos únicos restaurantes com vista panorâmica da cidade, o Ímago é comandado pelo chef Francisco Apreda. www.hotelhasslerroma.com


HORA H MOBILIDADE

ISTO NÃO É UMA GUERRA CONTRA OS CARROS

“A gente não pode ficar incentivando o uso do carro porque ele é perigoso, ele é o assassino número um em mortes no trânsito, ele deixa as pessoas sedentárias, o que estimula doenças cardíacas, vasculares e diabetes. Se formos olhar para os números, veremos que o carro é um grande assassino”. A frase, fora do contexto, pode parecer uma grande ode para a extinção de carros na sociedade. Mas, calma, é somente parte de um dos debates mais calorosos que aconteceu durante o Fórum Mundial Urbano organizado pela ONU Habitat em Medellin, na Colômbia, entre os dias 5 e 11 de abril. Richard Florida, autor dessa fala, é um dos maiores teóricos urbanos da atualidade, professor da Universidade de Toronto e grande defensor de modelos de cidades que desestimulam o uso dos carros. Como? Com mais empregos (e que eles sejam melhores distribuídos pela cidades), com mais conectividade entre os bairros das cidades e com habitações a preços mais acessíveis que criam melhores condições de vida. Em Medellin, as falas de Florida eram seguidas de comentários do planejador urbano canadense Brent Toderian, usuário da bicicleta como meio de transporte, mas que faz questão de dizer que ele não é um “bike lover” (amante da bicicleta), mas um “city lover” (amante da cidade). Toderian destacou a questão da equidade nas cidades (tema central do Fórum), que é não só garantir direitos e acessos semelhantes entre os cidadãos, mas também garantir que as futuras gerações tenham acesso aos mesmos recursos e condições que as gerações

16 | 29HORAS | Maio 2014

Richard Florida (à esquerda) e Brent Toderian (à direita) durante o Urban Talk, no Fórum Mundial Urbano, na Colômbia

atuais. “E para isso, não existe nada mais equitável em uma cidade do que você poder ter acesso a tudo o que precisa andando ou pedalando, que é uma extensão da caminhada”, disse. Mas Toderian e Florida também ressaltam que “garantir que todos os cidadãos andem de carro também seria equitável, mas assim as cidades parariam”. Sim, imagine se todos os 19 milhões de habitantes de uma cidade como São Paulo resolvessem se locomover de carro diariamente. Ninguém sairia do lugar. Então, nessa lógica, certamente estimular o uso (apenas) do carro seria o recurso mais insustentável e infeliz para as cidades e para a vida das pessoas. No entanto, Toderian faz questão de destacar que esse discurso “não é uma guerra contra os carros, mas um argumento para as cidades”. O planejador lembra que estimular meios de transporte mais saudáveis, eficazes e alternativos como a caminhada, a bicicleta ou o transporte público é uma forma de melhorar a vida, inclusive de quem precisa andar de carro. Então, quando um corredor de ônibus ou uma ciclovia for construída perto da sua casa, do seu trabalho ou do seu caminho, antes de reclamar lembre-se de que esses recursos representam muitos carros a menos nas ruas e uma cidade mais equitável, equilibrada, saudável e democrática. oGangorra é um espaço de trabalho compartilhado onde organizações, movimentos e coletivos criam juntos soluções para melhorar a mobilidade urbana e a qualidade de vida em São Paulo – Rua Mourato Coelho, 1.344, Vila Madalena / chegamais@ogangorra.com.br

PREFEITURA DE MEDELLIN / DIVUGAÇÃO

DURANTE O FÓRUM MUNDIAL URBANO DA ONU HABITAT, NA COLÔMBIA, ESPECIALISTAS DEBATERAM QUE O FATO DE O CARRO NÃO ESTAR ENTRE AS GRANDES SOLUÇÕES URBANAS NÃO SIGNIFICA QUE HAJA UMA GUERRA CONTRA ELE


NA MODA COM CHIARA

POR CHIARA GADALETA

UMA REVOLUÇÃO NA MODA

No mundo todo, o mercado têxtil tem se deparado com questões nunca antes discutidas e que têm preocupado tanto empresários como consumidores finais: o impacto negativo gerado pela indústria na sociedade e no meio ambiente. Os números são alarmantes: mais de 50 toneladas de lixo têxtil são gerados por dia apenas no centro da cidade de São Paulo. Imaginem então no mundo... Além disso, o trabalho escravo, e até infantil, insiste em se perpetuar clandestinamente nas confecções. O desafio é grande e consiste em continuar produzindo e consumindo, mas de maneira mais responsável e consciente. Muitos acreditam que a forma mais efetiva é a mudança de comportamento e hábitos do consumidor final. E essa mudança se dá através de informação. Um bom representante desses movimentos de conscientização é o Fashion Revolution Day, movimento internacional que surgiu com o colapso do Rana Plaza, a confecção de roupas em Bangladesh que desabou no dia 24 de abril de 2013, deixando 1.133 mortos e 2.500 feridos. O Dia da Revolução da Moda propõe a reconexão com as nossas roupas com uma simples pergunta: “Quem fez e de onde vem a roupa que estamos usando? A partir dessa indagação básica, o movimento levanta um importante questionamento sobre a cadeia de produção da indústria de moda. O movimento é formado por uma equipe de peso, que envolve líderes globais da indústria de moda sustentável, ativistas e acadêmicos. Nomes como Livia Firth, criadora do Eco Age e do Green Carpet Chalenge, e Orsola de Castro, criadora e curadora do Esthetica no London Fashion Week, pioneira em up-recycling com sua marca From Somewhere, estão à frente desta luta importante, moderna e mais do que urgente. Afinal, é preciso conscientizar as pessoas sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases, desde o processo de produção

18 | 29HORAS | Maio 2014

ao consumo final. Mostrando que, com a união e a mobilização, essas mudanças são mais do que possíveis. No Brasil, esse movimento será lançando durante a programação do SP.ECOERA 4, nos dias 23 e 24 de maio, no Museu A CASA. Vá conferir de perto e se envolva nessa bandeira que é de todos nós. www.ecoera.com.br www.sersustentavelcomestilo.com.br

FOTOS DIVULGAÇÃO

VOCÊ SABE QUEM FEZ E DE ONDE VEM A ROUPA QUE VOCÊ ESTÁ USANDO? ESTA SIMPLES REFLEXÃO É SÍMBOLO DE UM MOVIMENTO QUE PODE MELHORAR BASTANTE A INDÚSTRIA DA MODA


O Fashion Revolution Day levanta um importante debate sobre o processo de produção das roupas

19


29H SP-RIO

A 3ª MAIOR PONTE AÉREA DO MUNDO

GASTRONOMIA

Polvo grelhado com alface americana e laranja e ravióli de robalo com molho fresco de azeitonas, alcaparras e tomates

REQUINTE ITALIANO

Na Barra da Tijuca, além do serviço com pães artesanais e patês, prove o polvo grelhado com alface americana e laranjas. Outras boas escolhas são o strigoli com cherne, berinjela, tomate cereja e hortelã; a sopa de romã com salada de frutas; e o sorvete de iogurte. Já em Ipanema, o restaurante lança pratos à la carte, como a salada de rúcula e maçã verde, queijo de cabra, croutons e avelã, e o carpaccio morno de namorado, tomate cereja e tomilho, como opções de entrada. Para o prato principal as sugestões são ravióli de robalo com molho mediterrâneo (azeitonas, alcaparras e tomates frescos), cherne em crosta de batatas e funch ou filé de vitelo assado com berinjela ao “funghetto”. Para arrematar, fique com as frutas ao forno com canela, acompanhadas de sorvete de leite e pé de moleque. Imperdíveis. Avenida Érico Veríssimo, 190, Barra da Tijuca, tel. (21) 3523-5700 | Rua Aníbal de Mendonça, 157, Ipanema, tel. (21) 2239-8158.

22 | 29HORAS | Maio 2014

Sopa de romã com salada de frutas e sorvete de iogurte

FOTOS DIVULGAÇÃO

UNIDADES CARIOCAS DO RESTAURANTE GERO LANÇAM NOVIDADES NOS CARDÁPIOS


CULTURA

ESPAÇO PARAS REFLEXÕES

EM UMA CHARMOSA CASA DO JARDIM BOTÂNICO, O POLO DE PENSAMENTO CONTEMPORÂNEO É PERFEITO PARA QUEM QUER ENTENDER A COMPLEXIDADE DO MUNDO ENQUANTO SABOREIA UM DELICIOSO BOLO COM CAFÉ Lá acontecem encontros que abrangem temas como a arte, o design, a economia, a filosofia, a literatura, a moda e a psicanálise – o objetivo é participar de um convívio intelectual e de uma reflexão motivadora. Os “maestros” desses encontros são grandes professores, filósofos, poetas e pensadores. Em maio a programação conta com os cursos Sinastria: relacionamentos e signos astrológicos, com a apresentadora do GNT e astróloga Claudia Lisboa; Homens, Mulheres, héteros e homos, com o psicanalista e pesquisador da UFRJ Antonio Quinet; e Oficina de figurino de época, com a figurinista Beth Filipecki. Recentemente o espaço ganhou o café La Furgoneta, do barista carioca Luiz Oliveira e de sua esposa dinamarquesa Maria Hirsch. Os sanduíches são montados no pão rústico, uma receita escandinava que leva linhaça, aveia, semente de girassol, mel e farinhas de trigo e de centeio – fabricado lá mesmo. Para acompanhar os cafés orgânicos, peça o irresistível bolo integral de cenoura coberto com creme de limão. Rua Conde Afonso Celso, 103, Jd. Botânico, tel. (21) 2286-3299. www.polodepensamento.com.br

EXPOSIÇÃO

Lanches, bolos e cafés orgânicos são servidos no La Furgoneta

No espaço acontecem cursos e debates inspiradores

A DIVERSIDADE DO MUNDO

PARA CELEBRAR SEU PRIMEIRO ANIVERSÁRIO, O MUSEU DE ARTE DO RIO (MAR) INAUGURA MOSTRA MONTADA SOMENTE COM OBRAS DE SEU ACERVO

Obra São Jorge, do alagoano Antonio de Dedé

Até o dia 25 de maio é possível conferir Encontro de mundos, que marca o primeiro ano do MAR. Com curadoria do diretor cultural Paulo Herkenhoff, a exposição reúne mais de 160 obras dos artistas Albert Eckhout, Aleijadinho, Guinard, Ione Saldanha, Mestre Valentim, Raul Mourão, Sergio Vega e Vik Muniz, doadas à instituição. A mostra será apresentada ao público dividida em núcleos: (Des) encontros com a natureza no imaginário de mitos e pseudo-ciência; Geo ou a hegemonia política na representação do espaço social; Creio! A tolerância e a diversidade das religiões; e Vontade construtiva – A abstração geométrica como dimensão da modernidade no Brasil. Terça, das 10h às 19h, e quarta a domingo, das 10h às 17h. R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia) – às terças, a entrada é gratuita para todos. Praça Mauá, 5, Centro, tel. (21) 3031-2741. www.museudeartedorio.org.br

23


29H SP-RIO

A 3ª MAIOR PONTE AÉREA DO MUNDO

EXPOSIÇÃO

A genialidade das obras de Vinícius de Moraes está exposta até o dia 15 de junho na Biblioteca Parque Estadual, no centro carioca

LEGADO POÉTICO

Reinaugurada há poucos meses, a Biblioteca Parque Estadual recebe até o dia 15 de junho, como parte do projeto Centenário de Vinicius de Moraes, a exposição Vinícius de Moraes – 100 anos. A mostra, que tem curadoria de Miguel Jost, consultoria de conteúdo da filha e da neta do poeta, Maria e Julia de Moraes, direção de arte de Batman Zavareze e cenografia de Suzana Lacevitz, apresenta letras de músicas, poesias, livros, fotos e vídeos, divididos em oito instalações. Na instalação Que seja infinito enquanto dure, canções, crônicas e poemas sobre o amor, impressos em folhas, podem ser levados como recordação. Outra instalação retrata a relação do artista com pessoas que influenciaram sua obra, como Baden Powell, Clarice Lispector, João Cabral de Melo Neto, Orson Welles, Pablo Neruda e Tom Jobim. O projeto ainda oferece mesas redondas com Eucanaã Ferraz e Luiz Schwarcz (7/5), Ruy Castro (14/5) e Antônio Cicero e Paulo Henriques Britto (28/5) – quartas, às 19h, com distribuição de senhas uma hora antes. Até 15 de junho. Terça a domingo, das 10h às 20h. Entrada gratuita. Avenida Presidente Vargas, 1.261, Centro, tel. (21) 2332-8647.

24 | 29HORAS | Maio 2014

FOTOS DIVULGAÇÃO

VINÍCIUS DE MORAES – 100 ANOS HOMENAGEIA O ARTISTA QUE TEM UMA DAS MAIS AMPLAS E RELEVANTES OBRAS DA CULTURA BRASILEIRA

Instalações retratam os momentos da carreira do poeta


Diversas companhias de teatro e circo se apresentam no Aterro do Flamengo

TEATRO

INVASÃO DE BONECOS

DURANTE OS FINAIS DE SEMANA, ATÉ OUTUBRO, O ATERRO DO FLAMENGO SERÁ TOMADO POR TEATRO DE BONECOS E OUTRAS ATIVIDADES LÚDICAS Com apresentações sempre às 11h, o festival terá show musical circense, teatro corporal sem palavras e contação de histórias com bonecos. Nos dias 3 e 10 tem o teatro de lambe-lambe, em que espetáculos de curta duração são encenados numa caixa cênica e assistidos por uma ou duas pessoas – lambe-lambe é uma alusão às antigas máquinas fotográficas presentes nas praças no início do século XX. Nos dias 4 e 11 de maio, a Cia. Mútua, de SC, apresenta a peça Felizes para sempre. Nos dias 17 e 18 de maio é a vez do Circo da Silva, do Rio, com o espetáculo HumAnimal; nos dias 24 e 25 de maio, eles voltam com o RIANTE! Para fechar o mês, nos dias 31 de maio e 1º de junho tem A árvore que contava sonhos, de Ilana Pogrebinschi. O festival acontece no Teatro de Fantoches e Marionetes Carlos Werneck de Carvalho – Subterrâneo 18 (altura do n˚ 300 da Praia do Flamengo).

CINEMA

SESSÃO AO AR LIVRE

UM DOS MAIORES FESTIVAIS DE CINEMA A CÉU ABERTO DO MUNDO, O VIVO OPEN AIR DESEMBARCA EM MAIO NA MARINA DA GLÓRIA De 15 de maio a 1º de junho (exceto às segundas), filmes serão exibidos numa gigantesca tela de 325 m². O evento, que reúne sessões com capacidade para até 1.300 pessoas, irá transmitir curtas, documentários, filmes independentes, nacionais e clássicos como Laranja mecânica, de Stanley Kubrick, e Grease, de Randal Kleiser, e a preestreia do filme O teorema zero, de Terry Gilliam. Ainda terão os shows da banda escocesa The Jesus and The Mary Chain, Autoramas e BNegão e Céu – que irá interpretar o lendário disco Catch a fire, de Bob Marley –, Carlos Malta e Pife Muderno, entre outros. Também estão programadas as festas Esbórnia e Do Leme ao Pontal (com a banda Vitória Régia, em homenagem a Tim Maia). Os ingressos do primeiro lote saem por R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). www.vivo.com.br/openair. Avenida Infante Dom Henrique, s/ nº, Glória, tel. (21) 2555-2200.

25


VOO PUBLICITÁRIO

POR JOÃO FARIA

MARKETING CONECTADO

De acordo com a Anatel, o país tem hoje 272,72 milhões de linhas ativas. A operadora Vivo abocanha a maior fatia de clientes, com participação de 28,62%. E a empresa não fica atrás quando o assunto é marketing: nesse campo, ela também está à frente de suas competidoras. Exemplos recentes são as campanhas feitas para a Copa do Mundo. Embora não seja patrocinadora oficial da Fifa e da Copa (a cota é da concorrente Oi), a Vivo é patrocinadora da CBF e da Seleção Brasileira. Em ações criativas com o técnico Felipão e o personagem Ruivo, ou ainda com o rei Pelé, a marca vai goleando a concorrência. Confira a entrevista com Cris Duclos, diretora da Vivo.  Quais os desafios do marketing da Vivo até a Copa? O grande desafio será reforçar nosso relacionamento com os clientes por meio de ações que promovam a experiência de marca.  Isso será feito por meio de uma estratégia que contemple ações digitais e de relacionamento, que traduzirão nosso posicionamento como patrocinador oficial da conexão com a Seleção. Isso aproxima e conecta os brasileiros com os bastidores do time – eles podem vivenciar experiências relevantes e momentos de intimidade com a nossa Seleção. A plataforma www.euvivoesporte.com.br, que conta com conteúdos exclusivos sobre a Seleção Brasileira, é a guardiã de todas as iniciativas e conteúdos exclusivos.    De que maneira a área vem contribuindo na liderança da operadora? Num mundo no qual estamos expostos a um grande volume de informações e marcas, nossa comunicação busca ser relevante para as pessoas. Por isso, mais que divulgar ofertas, buscamos aproximar a marca do cotidiano, desenvolvendo conteúdos e experiências divertidas e didáticas. Contamos histórias que as pessoas se identificam, que reforçam nossa crença de que “Conectados vivemos melhor” e traduzem como a conexão torna suas vidas mais humana, segura, inteligente e divertida. Também promovemos cada vez mais a participação do público nas nossas ações. No filme que criamos para a Copa, por exemplo, selecionamos quatro clientes reais para protagonizar a campanha. Eles, junto com jogadores da Seleção, tornaram-se animações 3D no enredo do filme.   Como surgiu a ideia do personagem Ruivo? João Cortês (Ruivo) chamou atenção desde o casting para uma nova linha de comunicação da oferta Vivo Sempre,

26 | 29HORAS | Maio 2014

que tinha o desafio de nos aproximar do público prépago. Ficamos encantados com o jeito espontâneo e carismático e próximo da figura de um anti-herói. A princípio, só o utilizaríamos para um filme, mas a identificação do público foi tamanha que decidimos dar continuidade às histórias protagonizadas por ele. A reação das pessoas e os comentários nas redes sociais logo o tornaram o “Ruivo da Vivo”. Várias pessoas passaram a compará-lo com o humorista Fábio Porchat e isso nos incentivou a montar um novo filme com a presença dos dois juntos. O Felipão dá muito trabalho nas gravações ou ele vai bem? Pelo contrário. Ele ficou muito à vontade durante a gravação. Acho que ajudou muito o clima de descontração trazido pelo próprio João e pela dupla de diretores Fernando e Quico Meirelles. Tudo transcorreu de forma muito natural e o resultado é o que todos assistiram na TV: um Felipão solto e engraçado. Praticamente um ator profissional!   E o universo lúdico da animação nos comerciais com a Seleção Brasileira? Ela retoma um formato de sucesso para a marca, baseado na animação em 3D, que utilizamos em 2012 para lançar a ampliação do portfólio da Vivo, marca que passou a representar todos os serviços da Telefônica no Brasil (móvel, fixo, internet e TV). É um recurso que traz inovação e proximidade com o cliente, além de traduzir muito bem a mensagem principal da campanha, de intimidade com a Seleção. A animação também reforça nosso posicionamento de empresa cada vez mais digital.

Cris Duclos, diretora de imagem e comunicação da Vivo *Especialista no mercado publicitário, João Faria é colunista da rádio BandNews FM e sócio-diretor da Agência Cidadã

DIVULGAÇÃO

UMA CONVERSA COM CRIS DUCLOS, DIRETORA DE IMAGEM E COMUNICAÇÃO DA VIVO, OPERADORA QUE LIDERA O MERCADO DE TELEFONIA MÓVEL NO BRASIL


SP.ECOERA 4 23 E 24 DE MAIO 2014 DAS 10 ÀS 20HS MUSEU A CASA AV PEDROSO DE MORAIS 1234 PINHEIROS SÃO PAULO SP LANÇAMENTO DA FASHION REVOLUTION BRASIL LANÇAMENTO OFICIAL DO ZINE ECO ERA DESFILES EXPOSIÇÃO EXIBIÇÃO DE VÍDEOS WWW.ECOERA.COM.BR


GASTRONOMIA

LUÍSA DALÉ

Gil, 31 anos, é proprietário do Le Jazz, hoje em três endereços em São Paulo

A CEREJA

OS RESTAURATEURS GIL CARVALHOSA LEITE E BASTIDORES DESSE NEGÓCIO QUE MOVIMENTA BILHÕES E

28 | 29HORAS | Maio 2014


DIVULGAÇÃO

Marcelo, 47 anos, está à frente de cinco restaurantes na cidade

DO BOLO MARCELO FERNANDES CONTAM OS

QUE É O VERDADEIRO CARTÃO DE VISITAS DE SÃO PAULO POR CHANTAL BRISSAC 29


GASTRONOMIA

O Clos de Tapas, no bairro da Vila Nova Conceição, tem pé direito alto, cores vivas na decoração e cardápio com preços saborosos na hora do almoço

mundo, a gastronomia já é hoje o setor que mais emprega no país – há dois anos, ela vem superando o mercado da construção civil. E a capital paulista é, sem exageros, o símbolo de todo este crescimento e sucesso. Segundo dados da entidade São Paulo Convention & Visitors Bureau, a cidade tem cerca de quinze mil restaurantes, que praticam e representam a culinária de 52 países. Em 2013, a cidade de São Paulo recebeu 13,2 milhões de visitantes, ávidos por conhecer a qualidade e a diversidade da nossa gastronomia. Mesmo com a queda de movimento dos últimos dois anos, por conta de um alerta de crise que envolve arrastões, a consequente insegurança em sair às ruas e os preços altos para o consumidor, este é um setor que, como um camaleão, vem se reinventando a cada dia. Os donos de restaurantes têm adequado seus cardápios, lançado novos serviços e diminuído os preços para manter a clientela e conquistar novos públicos. Entre dezenas de empresários bem-sucedidos e conscientes de sua missão, escolhemos dois deles, de gerações e estilos diferentes, para falar um pouco mais sobre a gastronomia paulistana. Confira as conversas com Marcelo Fernandes, 47 anos, dono dos restaurantes Attimo, Kinoshita, Clos de Tapas e Mercearia do Francês, e Gil Carvalhosa Leite, 31 anos, que está à frente do Le Jazz Brasserie.

30 | 29HORAS | Maio 2014

Com DNA gastronômico – seu avô materno tinha um restaurante na avenida São João – e uma paixão incontida por este setor, o paulistano Marcelo Fernandes já ouvia do avô, desde menino, que o bom produto é a essência de um bom prato. “Ele me falava que tinha que ter qualidade, não quantidade. Isso me marcou bastante”, diz Marcelo, que começou na gastronomia, como ele mesmo diz, “pela porta da frente”. Sua estreia foi com o chef Alex Atala – antes de ele ser um dos maiores expoentes da gastronomia mundial. Amigos dos tempos do colégio Regina Mundi, no Ipiranga, eles montaram o restaurante Dom juntos. Dono de uma empresa de produtos de higiene e limpeza, Marcelo já queria há algum tempo investir na gastronomia. “A proposta era a de um restaurante muito diferenciado e o Alex, na época à frente do Namesa, foi supercapaz de montar este conceito. Foi um equilíbrio saudável, trabalhamos muito bem e eu fiquei até 2005, quando vendi minha parte para um empresário italiano”. Como bom empreendedor e farejador de oportunidades, Marcelo inaugurou pouco tempo depois a Mercearia do Francês, em Higienópolis – marca que tem hoje uma unidade em Perdizes –, e abriu o japonês Kinoshita, com o chef Tsuyoshi Murakami, casa que é sinônimo da alta gastronomia japonesa. Depois vieram o Clos de Tapas, ibérico mediterrâneo no qual ele vem trabalhando pessoalmente, “para resgatar a hospitalidade”, e o Attimo, ítalo-caipira, em parceria com o chef Jefferson Rueda.

FOTOS DIVULGAÇÃO

UM NEGÓCIO GRANDIOSO E QUE ATRAI GENTE DE TODO O PAÍS E DO HEADHUNTER GOURMET


Marcelo Fernandes é um dos mais conhecidos empreendedores do setor

Aliás, um dos grandes motivos do sucesso de Marcelo Fernandes é sua facilidade para identificar talentos na gastronomia. Conhecido como um “caçador de chefs”, Fernandes investe nos talentosos cozinheiros, que se tornam parceiros e sócios promissores. O único restaurante do grupo que ele comanda sozinho é o Clos de Tapas. “Nas minhas casas, temos uma política mais participativa e a oportunidade de os chefs serem sócios. Isso é ótimo, porque eles se envolvem também na administração do negócio, na formação de equipe e no controle da matéria-prima”, explica. Hoje, quem tem o ajudado bastante no Clos de Tapas é a esposa Julianna, segundo ele “uma revelação”. Advogada de formação, Julianna conta que cansou de ouvir o marido reclamar da necessidade de uma pessoa especial para o restaurante, sem encontrar. “Um dia eu virei para ele e disse: ‘eu sou esta pessoa’. E a partir daí, as coisas têm melhorado”, diz ela, que imprimiu à casa do bairro da Vila Nova Conceição um astral mais acolhedor. Julianna circula nos almoços e conversa com os clientes, como uma anfitriã preocupada em mimar seus convidados. Além de investir mais na hospitalidade, Marcelo fez alguns ajustes nos cardápios do Clos e de suas outras casas, de olho na queda de consumo recente. O menu do meio-dia do Clos, por exemplo, custa R$ 48 e inclui entrada, prato e sobreme-

sa. No Kinoshita, ele tem dois menus: um de R$ 49 e um de R$ 65. E no Attimo, o “Zécutivo”, brincadeira com a vocação caipira da casa, custa R$ 49 e inclui, além dos três pratos, uma dose de cachaça Da Lage, de terça a sexta. Pratos como o ovo caipira e bacon de entrada, o filé mignon com batata bolinha e pimenta-verde, ou o pescado com farofa de tomate e capellini de manjericão têm atraído muita gente ao endereço da Vila Nova Conceição. Das casas de Fernandes, é uma das mais concorridas – e logo mais trará novidades. O Attiminho deve ser inaugurado em breve no mesmo bairro, com opções de pratos para serem levados para casa, como as massas, os molhos, os embutidos e os pães produzidos artesanalmente para o restaurante. Para Marcelo Fernandes, as estratégias com cardápios mais baratos são importantes para seduzir os clientes e trazer novos públicos, mas ele ressalta que a qualidade permanece a mesma. “Nunca vou mudar os ingredientes, o ambiente, as louças, por causa da redução de preços”, avisa. No Kinoshita, as louças vêm de Arita, no Japão, região conhecida por sua produção de cerâmica para a família imperial. O hashi também é especial. “Faço questão de oferecer, além da estética, um grande conforto. Todos os meus restaurantes têm banheiros climatizados e sonorizados, com água quente nas pias”. Na sua opinião, o clima tenso de São Paulo tem forçado os donos de restaurantes a investir pesado em segurança externa, em detrimento de outros valores, como o treinamento dos funcionários. “Isso me entristece, porque eu tenho canalizado 100% dos recursos para a segurança. Acabei deixando de lado a reciclagem das equipes, espero que a situação se reverta em breve”. Com a turma de restaurateurs mais preocupada, surgem novas fórmulas e tentativas de se reinventar. “Precisamos ser mais audaciosos e ousados. Os aplicativos são ótimos”, acredita o empresário, que tem buscado este recurso junto a parceiros de bebidas alcoólicas. A ideia é facilitar a chegada do táxi e diminuir custos para os clientes. Segundo Marcelo, é curioso que São Paulo seja reconhecida como uma das cidades mais caras do mundo. “Eu adoraria que toda essa fama ficasse para os donos dos restaurantes. Nós não temos toda essa receita. Pelo contrário, temos valores agregados de impostos, aluguéis, logística, matérias-primas... São valores altos, que encarecem a operação”. Um exemplo é a qualidade das vieiras usadas em suas casas. Elas vêm de um projeto sustentável tocado por pescadores em Picinguaba, litoral norte de São Paulo, e são transportadas vivas para os restaurantes em tanques com água do mar. Os pescados também chegam sem ter passado pelos principais entrepostos, como o Ceagesp. “Usamos peixes que vão para a exportação, com qualidade mais alta e preço idem”, diz. Criterioso e perfeccionista, Marcelo Fernandes é um empresário exigente, inclusive com ele próprio. Dificilmente se dá uma folga. Seu expediente começa cedo e termina bem

31


GASTRONOMIA

29H EM SP COM MARCELO FERNANDES

5H ÀS 11H – “Acordo em torno das 6h e muitas vezes vou caminhar com a minha esposa no Parque Ibirapuera. É um tempo que a gente usa para refletir. De vez em quando, tomo café da manhã na Marie Madeleine, que tem um excepcional croissant”. Parque Ibirapuera – Avenida Pedro Álvares Cabral, s/ n˚, Vila Mariana, tel. 5574-5045. Marie Madeleine – Rua Afonso Braz, 511, Vila Nova Conceição, tel. 2387-0017. O restaurante Attimo, criação de Marcelo e do chef Jefferson Rueda

11H ÀS 17H – “Almoço em um dos restaurantes do grupo. Depois, tem toda a dinâmica com a equipe e também o trabalho administrativo no escritório”. 17H ÀS 23H – “Quando consigo tempo, vou a alguma exposição de arte, que eu adoro. Também frequento os cinemas do Iguatemi e do JK e aproveito para jantar nos meus restaurantes”. Shopping Iguatemi – Avenida Brig. Faria Lima, 2.232, Jardim Paulistano, tel. 3816-6116. Shopping JK – Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Itaim Bibi, tel. 3152-6800.

23H ÀS 29H – “Não curto baladas, mas gosto de shows. De vez em quando vou a alguns concertos na Sala São Paulo, que é espetacular. E em alguns fins de semana fujo para a praia ou para o campo”. Sala São Paulo – Praça

tarde. Almoça e janta todos os dias em uma das casas do grupo. Gosta de cozinhar, mas quase nunca tem tempo para o hobby. Até nos fins de semana ele e Julianna fazem as refeições em uma das unidades. “Dá para fazer um equilíbrio me nutrindo, vendo a clientela e conferindo o serviço”, afirma Marcelo, que se diz apenas um pouco cansado desse basquete intenso. “Há dois anos não tenho feito exercício, porque estou com hérnia de disco, e também acho que nesse período eu fiquei mais vovozinho”, brinca, enquanto passa a mão na cabeça. “A verdade é que esse ramo, nos últimos três anos, judiou um pouco da gente”. Mas o empresário workaholic e megapreocupado com os seus 250 funcionários diretos – “Invisto em assistência médica, odontológica e seguro de vida, e quero que eles estejam bem nutridos, motivados e felizes” – tem um sonho. Aos 50 anos, quer fazer a pé o Caminho de Santiago de Compostela. “São 40 dias andando. Tenho esse objetivo e tomara que a saúde e os negócios permitam-me realizar esse desejo”. Se depender da garra de Marcelo, que começou a trabalhar aos 14 anos como office-boy do pai, advogado e contador, e aos 16 já era emancipado e abria sua primeira empresa, o caminho espanhol será o primeiro de muitas bem-sucedidas trilhas, desbravadas também no plano pessoal.

32 | 29HORAS | Maio 2014

Júlio Prestes, 16, Campos Elíse0os, tel. 3367-9500.

BIKE, JAZZ E STEAK TARTARE Gil Carvalhosa Leite comemora o sucesso do Le Jazz Brasserie, restaurante inaugurado por ele (na operação geral) e Chico Ferreira (na cozinha) em 2009, em um pequeno imóvel da rua dos Pinheiros, e que se transformou, em menos de cinco anos, em um case do mercado. Hoje são três Le Jazz na cidade – o segundo nos Jardins e o mais recente no Shopping Iguatemi – com a mesma proposta: oferecer, em um clima de bistrô, pratos da cozinha francesa a preços justos. “E tudo isso ao som de um ótimo jazz”, lembra Gil, que conversou com a 29HORAS na charmosa unidade do Iguatemi, decorada, como as outras, com fotos de lendas do jazz e objetos antigos do mundo da música. O paulistano Gil relembra sua trajetória na gastronomia, que começou cedo. Aos 15 anos, estimulado pelo avô materno, ele decidiu estudar hotelaria. Aos 19, após uma temporada como garçom no restaurante Ritz, o rapaz se mandou para a Suíça patrocinado pelo avô. “Fiquei três anos lá e depois trabalhei no Hyatt e no Four Seasons”. Em 2008, os dois amigos de adolescência se encontraram em Paris: Chico Ferreira estagiava no restaurant Villa Lys, dentro do Palais Royal, e Gil trabalhava no George V, da rede Four Seasons. “A gente pirou com a ideia de fazer em São Paulo um francês

FOTOS DIVULGAÇÃO

A Mercearia do Francês, em Perdizes: petiscos sofisticados e clima de boteco


LUÍSA DALÉ

Gil, no Le Jazz do Iguatemi: pratos triviais da cozinha francesa a preços justos

de burburinho, mais descontraído e com comida boa e honesta”, conta o empresário, que ainda trabalhou um tempo no México antes de voltar a São Paulo. O conceito foi rapidamente desenhado pelas dupla: informalidade, pratos triviais da cozinha francesa, jarras de água de graça (algo básico na Europa) e serviço atencioso. Pratos como o Ovo Mollet, poché empanado e frito com sauté de cogumelos, azeite de trufas e crocante de presunto cru (R$ 30,50), e a Tartine de Chévre e champignons, sanduíche aberto de tomate e cogumelos, gratinado com queijo de cabra e tomilho e salada verde (R$ 31,50), passaram a atrair, logo no primeiro ano de abertura, levas de jovens profissionais, famílias, executivos e empresários. Com filas na porta, o Le Jazz é campeão de vendas de pratos como o Steak Tartare e o Filé mignon com mostarda. “Só no primeiro trimestre deste ano, no restaurante de Pinheiros, vendemos 1.900 filés”, revela Gil, que tenta reproduzir em sua rotina paulistana o estilo de vida simples que levava na Europa. O empresário não tem carro e gosta de andar a pé, de bicicleta, de táxi, metrô e ônibus – mais ou menos nessa ordem. “Agora tem três estações em Pinheiros com carro compartilhado. Acho ótimo, especialmente quando a pessoa precisa fazer uma compra grande”, diz Gil. Para o restaurateur, a gastronomia paulistana evoluiu muito. “O mercado está muito mais concorrido. Hoje, se um restaurante não bombar em três, seis meses no máximo, ele não vai mais bombar, fica difícil fazer pegar depois. Antigamente era assim: abre o restaurante e luta. O bar Balcão ficou dois anos com os caras penando e até levando a família para fazer figuração, até que pegou e isso já tem 21 anos”. Gil acredita que, mesmo nesse cenário competitivo, tem

ainda muito espaço para restaurantes em São Paulo. “Coisas menores, mais focadas. Tem muita coisa equivocada, como o formato mais classudo com quatro garçons por mesa, além do maître e do assistente de maître. Uma estrutura cara, que não funciona mais. Outra coisa é o desejo de querer agradar todo mundo. Você vê lugares em que o chef vem na mesa para falar do prato e explicar os ingredientes, fica over. Se não é um Alex Atala, que realmente é uma marca e a gente quer ver, isso não funciona”. Este movimento de restaurantes mais simples e descomplicados vem da França, onde os grandes chefs perceberam que com os pomposos três estrelas não ganhavam dinheiro. “O bistrô gira mais, tem custo mais baixo e fluxo de dinheiro maior, com mais gente frequentando, pratos preparados de outro jeito, um cardápio inteligente e um número de produtos reduzido. É isso que funciona”, pontifica Gil. Não é exagero dizer que, em São Paulo, restaurante virou praia. E por isso as pessoas querem sair três, quatro vezes por semana. “Mas ninguém quer gastar R$ 200 por pessoa. Quer gastar menos, na faixa de R$ 80, R$ 100”, salienta Gil, lembrando que no Le Jazz a média é R$ 80, mas você pode comer um omelete (R$ 29) com salada e batata e tomar água de graça, gastando em média R$ 33. “Se quiser gastar R$ 250 e tomar um vinhaço, o melhor Dry Martini, ou se quiser gastar R$ 40, você consegue, essa é a ideia do restaurante de brasserie”. Com 130 funcionários nas três casas e um sistema que funciona das 12h às 24h, sem interrupções, o Le Jazz absorve a rotina de Gil em período full time – com pausas para jogar tênis, fazer academia e cuidar de sua vida pessoal. Solteiro, o jovem empresário alterna almoços e jantares em

33


GASTRONOMIA

Ovo Mollet, do Le Jazz: cogumelos, azeite de trufas e presunto cru

O Steak Tartare só perde em popularidade para o filé mignon com mostarda

O steak grelhado com fritas e molho secreto é outro favorito do bistrô

uma das três unidades do Le Jazz e refeições na concorrência. Além do Spot e do Ritz, gosta muito do Mocotó e do Tordesilhas. Só janta em casa quando recebe os amigos, ocasiões em que ama cozinhar – Fried Rice e massas com molhos diferentes são seu hit. De resto, a geladeira do seu apartamento só tem ovos e telefones de delivery colados na porta. No começo da operação do Le Jazz, Gil e o sócio, Chico Ferreira, se acabaram na rotina boemia, regada a muita bebida e comida. “Ele terminou o ano com uma úlcera e eu com um colesterol de um cara de 80 anos”. Focados e saudáveis, sem misturar as estações – “Já não encontro os amigos no restaurante para tomar uma cerveja, aqui é o meu trabalho” –, os dois têm se concentrado na consolidação do negócio, que ganhou sócios investidores nos últimos anos. “A ideia não é aumentar, criar uma rede, mas consolidar”. Gil explica que, como seu sócio Chico, ele não quer abrir mão dessa vida simples, em que se vai a pé ou de bike para o serviço. “Já tivemos convites para abrir franquias e unidades no Rio de Janeiro, mas não queremos. A vida está boa do jeito que está, não precisa ganhar mais. Não tenho a ambição de estourar e fazer um Outback, não é o caso”. A alegria da dupla está em montar o restaurante, escolher os quadros a dedo, comprar as fotos de ícones do jazz – muitas delas do fotógrafo Bob Wolfenson –, fazer a seleção do pessoal com todo o critério, investir em treinamento e coaching para as equipes, identificar os possíveis líderes, ficar feliz com o crescimento dos funcionários... Gil conta que al-

guns de seus principais nomes na casa, como o gerente geral e o chef executivo do Iguatemi, começaram de baixo, fazendo drinques e lavando pratos. “O Eduardo chegou da Bahia aos 20 anos para trabalhar na pia; quatro anos depois ganha oito paus por mês e está crescendo muito. Vou te falar, esse é o maior prazer que a gente tem no restaurante hoje em dia”.

34 | 29HORAS | Maio 2014

29H EM SP COM GIL CARVALHOSA LEITE

5H ÀS 11H – “Tomo suco de limão em jejum e depois de um tempo um café na Dengosa, do lado de casa. Gosto de pão na chapa, pingado... Depois vou para o escritório”. Dengosa Pães e Doces – Rua Melo Alves, 281, Jardim Paulista, tel. 3061-2919.

11H ÀS 17H – “Passo nos nossos restaurantes, almoço fora para conhecer outros. Comi outro dia no Obar e achei surreal. Gosto de comida picante e o festival tailandês lá estava incrível”. Obar – Rua Melo Alves, 205, Jardins, tel. 3086-4774.

23H ÀS 29H – “Vou dormir meia-noite, 1h. Às vezes janto com uma turma, em outras viajo no fim de semana. Também gosto muito de shows”.

FOTOS DIVULGAÇÃO

17H ÀS 23H – “Hora de reunião, pagamentos, RH, lances do escritório. Isso me toma umas quatro horas por dia. No final da tarde jogo tênis e relaxo antes de voltar ao expediente da noite nos restaurantes”.


COMER, BEBER, VIVER

POR GEORGES HENRI FOZ

QUE TAL UM RODÍZIO?

NO MÊS DAS FEIRAS E EVENTOS EM SÃO PAULO, AS CHURRASCARIAS DESPONTAM COMO A MELHOR OPÇÃO PARA SACIAR A FOME DE EXECUTIVOS E VISITANTES DE VÁRIAS PARTES DO BRASIL E DO MUNDO O mês de maio é decisivo no calendário de São Paulo. A começar pelo clima, que já abandonou de vez as altas temperaturas e vem anunciando o inverno. Este é o período em que o churrasco aparece como preferência unânime do público, justamente pelo friozinho, que dá o ar da graça, e também por um outro motivo: é em maio que o calendário de negócios da cidade está a todo vapor. Várias feiras ocupam os centros de exposições. Do Auto Show à Exposec (de segurança), passando pelas feiras Hospitalar e Adventure Sports Fair, não faltam eventos para os mais diferentes perfis de profissionais. Em dias de correria como são os de eventos, executivos do Brasil inteiro e do exterior só param de trabalhar e de trocar cartões de visita para almoçar e, normalmente, aproveitam para estreitar relações com clientes e parceiros. É por isso que nesta coluna vou passar a minha seleção de alguns dos melhores churrascos da cidade – e olha que não é fácil percorrer a enorme quantidade de boas opções que São Paulo oferece. Vou citar aqueles que estão relativamente perto dos grandes polos de feiras, mesmo porque, após o almoço, a grande maioria ainda volta para o evento. Todas as casas citadas servem mais de 15 cortes de carnes, incluindo cortes nobres nacionais e importados. Todas também oferecem buffets mais do que completos, no limite do exagero. Tanto que atendem muito bem os que não gostam de carne vermelha. Não faltam, por exemplo, camarões, lagostas e sushis. Para quem está pelos lados da Marginal Tietê, na zona norte, perto do Anhembi e do ExpoCenter Norte, a recomendação é o OK Grill ou o Boizão Grill. Já quem está perto da Barra Funda, a melhor opção é o Fogão Gaúcho. Se a avenida Rebouças estiver no seu caminho, pare no Vento Haragano, último vencedor da categoria pela revista Veja São Paulo. Voltando à Marginal, perto do Shopping Villa -Lobos, logo do outro lado da ponte do Jaguaré (que vai para Osasco), está o Ponteio Grill, que também vale a pena. Indo ou voltando do Centro de Convenções da Imigrantes, logo no comecinho da Avenida Bandeirantes, estão o Fogo de Chão e o Jardineira Grill, um quase em frente ao outro. Se você tem compromisso no Centro de Exposições Transamérica, que fica no lado mais desprovido de rodízios da cidade, o jeito é ir até o Fogo de Chão de Santo Amaro – aliás, considero o mais legal de todos dessa rede, que hoje conta com seis unidades em São Paulo. Talvez porque este é o menor e mais aconchegante

36 | 29HORAS | Maio 2014

Uma das fartas mesas de buffet é a do Vento Haragano

Carnes das churrascarias Fogão Gaúcho e OK Grill

de todos. Parece mais um Steak House do que um rodízio. Com esta meia dúzia de opções é possível comer bem e, principalmente, agradar quem não é de São Paulo, ainda mais os estrangeiros. Todas essas casas possuem ampla carta de vinhos. Só não espere comer em silêncio, porque todo rodízio é barulhento, mas faz parte do programa e é por isso mesmo que dá para fazer mesas grandes sem incomodar quem está por perto. Agora, se a intenção é curtir um almoço mais privativo, mas sem deixar de comer carne, existem muitas opções de restaurantes e steak houses bacanas. Mas isso é uma outra história, que fica para uma outra coluna... Até! OK Grill – Avenida Presidente Castelo Branco, 3.345, Canindé, tel. 33117070. Boizão Grill – Rua Pedro Vaz de Campos, 33, Pari, tel. 2.291-3536. Fogão Gaúcho – Avenida Marquês de São Vicente, 1.767, Barra Funda, tel. 3611-3008. Vento Haragano – Avenida Rebouças, 1.001, Jardim Paulista, tel. 3083-4265. Ponteio Grill – Avenida Jaguaré, 1.600, Jaguaré, tel. 3714-7788. Fogo de Chão – Avenida dos Bandeirantes, 538, Itaim Bibi, tel. 5505-0791. Jardineira Grill – Avenida dos Bandeirantes, 1.001, Vila Olímpia, tel. 3048-0299 georges@29horas.com.br


MÚSICA

38 | 29HORAS | Maio 2014


DE OLHOS BEM

ABERTOS UM DOS MAIORES PIANISTAS INTERNACIONAIS,

MARCELO BRATKE – QUE SE APRESENTA NO DIA 25 DE MAIO EM SÃO PAULO – VIVEU ATÉ OS 44 ANOS SEM ENXERGAR, QUANDO UMA CIRURGIA RESTITUIU SUA VISÃO E MUDOU SUA VIDA

POR CHANTAL BRISSAC FOTOS ROMULO FIALDINI

DONO DE UMA CARREIRA BRILHANTE NO MUNDO DA MÚSICA, O PAULISTANO MARCELO BRATKE,

Marcelo Bratke “brinca” de Villa-Lobos, que adorava jogar sinuca, e posa como o compositor

de 53 anos, também é protagonista de uma história de superação. Nascido com uma espessa catarata congênita e ambliopia, ele passou a infância sem enxergar a lousa e aprendeu a ler com os livros a três centímetros dos olhos. “Eu tinha 7% de visão no olho esquerdo e 2% no direito. Como eu não sabia o que era enxergar, não tinha um parâmetro. Eu só via que um outdoor deveria ter letras cem vezes maiores, porque para mim era impossível ver. No elevador eu tinha que ir no tato, eu tropeçava nas coisas. Desenvolvi a audição, o tato, o olfato, virei um grande farejador”, diz Marcelo, durante a entrevista em seu apartamento, em São Paulo. Há vinte anos, o pianista se divide entre Londres e a capital paulista, onde nasceu. A música entrou na vida de Marcelo de maneira inusitada. Quando ele tinha 14 anos, seu pai, o arquiteto Roberto Bratke, comprou um piano para praticar antigas lições. Marcelo ouviu-o tocando o Prelúdio n° 4 de Chopin e ficou fascinado. “Passei algumas tardes tentando imitá-lo. Mas meu sonho era tocar a marcha fúnebre. Adorava aqueles filmes de terror de Vincent Price e Bela Lugosi”, lembra. Vendo o interesse e a facilidade do filho, os pais chamaram uma professora de piano, Zélia Deri, que fez uns testes no menino e foi categórica: Marcelo iria ser um grande pianista internacional. “Eu pensava que ia aprender a marcha fúnebre e depois largar. Não imaginava ser pianista”. Mas a paixão pela música, incentivada por Zélia, tomou o coração de Marcelo. “Ela foi a minha grande professora. Foi quem me deu força para treinar a memória auditiva e tirar tudo de ouvido, já que eu não conseguia ler partitura”. Um ano e meio depois desse início, aos 15, ele fez sua estreia pública com o Maestro Eleazar de Carvalho e a Osesp, tocando o Concerto em Ré Menor de Bach – performance que lhe garantiu o prêmio de músico revelação da Associação Paulista

39


MÚSICA

Marcelo e sua mulher, a artista plástica Mariannita Luzatti, em um momento de descontração, tendo ao fundo uma tela da artista: paixão e parceria profissional

de Críticos de Arte. Aos 21, foi estudar na Juilliard School, em Nova York, uma das mais prestigiadas escolas de música e arte do mundo. “Foi uma época difícil, porque eu já estava apaixonado pela Mariannita. Gastei todo o dinheiro em telefonemas para o Brasil”, relembra, rindo. Mariannita é a artista plástica Mariannita Luzatti, com quem está casado há 25 anos. Foi com ela que Marcelo vivenciou alguns dos momentos mais importantes de sua história. O mais emocionante deles aconteceu logo após a cirurgia de alto risco que fez no Eye and Ear Hospital, em Boston, há nove anos. Ao tirar a bandagem dos olhos, ainda no quarto do hospital, Marcelo viu pela primeira vez o rosto da mulher amada. “Eu achei-a ainda mais bonita, e fiquei extasiado com a textura da pele, com os cabelos cacheados e a cor dos olhos”, conta o pianista, lembrando que saiu da bem-sucedida operação com 100% de visão no olho esquerdo (ele tinha 7%) e 10% no direito (tinha 2%). Este foi o dia em que Marcelo Bratke saiu às ruas de Boston sem acreditar no que via. “As cores eram tão fosforescentes, gritantes, que eu cheguei a ligar para o médico e falar: ‘tá maravilhoso, mas acho que as cores estão erradas, quando vai voltar ao normal?’. Aí ele me explicou que aquelas eram as cores que a minha retina nunca teve contato”. Com a nova visão, Marcelo também vislumbrou novos horizontes. Quatro meses após a operação, fez uma apresentação para 2.800 pessoas no Carnegie Hall, em Nova York, uma das mais famosas casas de concerto do mundo. Com Trilogia do Carnaval, que incluía músicas de Villa-Lobos, Ernesto Nazaré e do compositor francês Darius Milhaud, Marcelo quis juntar o erudito e o popular. Mas não só isso. O espetáculo, que mereceu a primeira página do The New York Times, já trazia uma semente que o pianista iria desenvolver logo depois. “Quando passei a enxergar, a situação

40 | 29HORAS | Maio 2014

de desequilíbrio social do Brasil ficou ainda mais evidente e decidi fazer algo com a música”. Marcelo levou ao palco do Carnegie Hall cinco percussionistas de São Paulo que aprenderam a tocar na rua. “Selecionei alguns meninos do Jardim Míriam, tivemos ensaios infindáveis, e eles tocaram esse concerto no Carnegie Hall e uma turnê na Argentina. Foi muito bacana, em todos os sentidos”. Depois dessa experiência, ele voltou ao Brasil decidido a montar uma orquestra. “Não uma orquestra tradicional, de música erudita simplesmente, mas uma orquestra que fosse mais solta e falasse de música brasileira, de Villa-Lobos, Ernesto Nazareth, Tom Jobim”, explica o pianista, que imaginava a união de músicos eruditos e populares, jovens que aprenderam a tocar nas ruas, nas igrejas e nas comunidades, sendo profissionalizados por ele ao longo dos concertos. Nasceu então, em 2006, a Camerata Brasil, formada inicialmente por jovens de baixa renda e que hoje também agrega músicos com alguma bagagem acadêmica, mas que não tiveram a chance de se lançar na carreira. “A gente criou uma coisa com mais diversidade, em que eles vão aprendendo uns com os outros. Muitas vezes falta espontaneidade no cara que estudou um pouco mais, e falta formação no jovem da comunidade pobre. Assim, há uma troca”, diz o idealizador do projeto. Atualmente com 16 integrantes, a Camerata já fez cinco grandes turnês nacionais, gravou CDs e DVDs e se apresentou na Europa, no Japão e nos Estados Unidos. A turnê Alma brasileira, em homenagem a Villa-Lobos, foi tema de um documentário da BBC de Londres e assunto para os principais jornais do mundo. A estreia internacional da orquestra aconteceu em 2008, no Japão, com a presença de Fernanda Takai como cantora convidada. Marcelo sempre gostou de misturar vertentes e estilos. Trabalhou com o pia-


“DEPOIS DA CIRURGIA, AS CORES ERAM TÃO FOSFORESCENTES QUE EU LIGUEI PARA O MÉDICO E FALEI: ACHO QUE AS CORES ESTÃO ERRADAS, QUANDO VAI VOLTAR AO NORMAL?”

Marcelo não fuma, mas neste ensaio em homenagem a Villa-Lobos ele encara um charuto, companheiro inseparável do grande compositor


MÚSICA

O pianista e o grupo da Camerata Brasil, formado por jovens instrumentistas: turnês concorridas no país e no exterior

nista britânico de jazz Julian Joseph, com o percussionista Naná Vasconcelos e com a cantora Sandy, entre outros nomes da música popular. Outro projeto empolgante do artista é o Cinemúsica, em parceria com Mariannita Luzzati. Certo de que a música clássica é para todos, e que pode ser transmitida em diferentes formatos, o casal já levou a 60 penitenciárias paulistas um espetáculo multimídia que mistura o piano de Marcelo ao filme-cenário de Mariannita. Enquanto há a projeção de mares do Brasil, o pianista dedilha músicas de Villa-Lobos, Ernesto Nazareth e Dorival Caymmi. Na Penitenciária Feminina do Butantã, a música de Villa-Lobos e as cenas de natureza provocaram uma catarse coletiva nas detentas, que se emocionaram e pediram bis. Desde 2012, o Cinemúsica também passou a ser visto em salas de concerto. Queen Elizabeth Hall, em Londres; Performing the World Festival, em Nova York; Teatro Municipal do Rio de Janeiro; e o Sarajevo Winter Festival são alguns desses lugares. Em abril, Marcelo fez concertos em Basel, na Suíça, e em Londres. Em maio, ele voltará à Suíça e se apresentará em Frankfurt, mas também fará um concerto em sua cidade natal. O espetáculo paulistano está programado para o dia 25 de maio, às 11h30, na Fundação Maria Luisa e Oscar Americano. Trata-se do concerto A volta ao mundo em 80 minutos, viagem imaginária inspirada no poema de Charles Baudelaire, L’invitation au voyage. “Vou tocar músicas de compositores que imaginaram um lugar, mas nunca foram a esse lugar. Debussy, por exemplo, compôs Pagodes, inspirado no Japão, que ele fez enquanto olhava um biombo japonês na sua sala. É uma viagem interessante, com treze peças e O samba do avião, de Tom Jobim, como fecho do programa”, explica o músico. O Rio de Janeiro terá a presença de Marcelo e sua Ca-

42 | 29HORAS | Maio 2014

merata Brasil em junho – no dia 1º, eles irão encerrar a turnê Tributo a Dorival Caymmi, que vem rodando pelo país e exterior. A agenda do pianista segue lotada até o final do ano, aqui e lá fora. Divulgador da obra de Villa-Lobos pelo mundo, ele também apresenta um programa semanal na rádio Cultura FM, Alma brasileira (no domingo às 11h, com reprise na sexta às 21h), em que fala desse que é o maior compositor brasileiro de todos os tempos. “O Villa-Lobos era um compositor erudito com alma popular, para quem não existia fronteira entre a música clássica e a do povo. Eu me divirto muito levando sua obra para lá e para cá”, diz. Para dar conta dessa produção intensa, um dos segredos do pianista é a prática de ioga. “Me deixa muito mais calmo, eu adoro, e além de tudo a Mariannita diz que se eu não fizer com ela todo dia ela se separa”, ele ri. Não é por acaso que a britânica Kate Snell, uma das biógrafas da Princesa Diana, decidiu escrever um livro sobre a história de Marcelo Bratke. Kate vem entrevistando o pianista há alguns meses, em Londres. Marcelo teve sua visão tolhida até os 44 anos, mas esse problema não impediu que ele se tornasse um dos maiores pianistas do mundo. E há nove anos, com a visão restituída, ele tem ampliado seus horizontes e enxergado cada vez mais longe. A história de amor e superação deste brasileiríssimo pianista, assim como a de outros mestres, nos mostra que a música pode transcender os sentidos. Não faltam exemplos. Beethoven, quase totalmente surdo, compôs a 9ª Sinfonia. Ray Charles, cego desde os sete anos, sempre nos encantou com suas canções. Realmente a arte, com toda sua carga emocional, ultrapassa as fronteiras do corpo humano. Um viva à música de qualidade e aos que se dedicam com tanta inspiração como Marcelo Bratke!


ADEGA

POR DIDÚ RUSSO

O CANTO DO VINHO PODE SER UMA SUPERADEGA OU UM LUGARZINHO AREJADO NA CASA. VINHO PEDE SOSSEGO, FRESCOR E TEMPERATURA ESTÁVEL. VEJA COMO MANTÊ-LO DA MELHOR FORMA

44 | 29HORAS | Maio 2014

Adega de Teresa Gouveia para uma das edições da Casa Cor

leve à mesa uns quinze minutos antes de servi-la. Isso antigamente se chamava “chambrer”, que é o ato de aclimatar o vinho da adega para a sala de jantar. Ele vai estar perfeito, acredite. Para vinhos brancos, que devem estar mais frios (cerca de 12ºC), é mais fácil usar um balde com gelo e água. Não é necessário o uso do sal se você providenciar isso com 20 minutos de antecedência. Aliás, é importante que o vinho não fique lá no balde durante todo o jantar, pois ficará muito frio e não mostrará seus aromas. Aromas se dispersam com a evaporação do álcool – se o vinho estiver muito frio, o álcool não evapora. Retire a garrafa do balde vez por outra. Não se esqueça de colocar água, além do gelo. Isso facilitará o resfriamento da garrafa e também o manejo do vinho dentro do balde. Saúde! www.didu.com.br

JOÃO RIBEIRO/DIVULGAÇÃO

Quando pensei na coluna deste mês, imediatamente atinei para o especial sobre decoração e design (na pág. 47) desta edição e me veio à cabeça a questão das adegas, muito importantes para manter a qualidade e as características originais dos vinhos. Aliás, nos últimos anos, este conceito se flexibilizou tanto que hoje estão chamando de adegas até as pequenas e práticas “wine coolers”. Ter uma “wine cooler” é legal e charmoso, mas saiba que isso não é uma adega. A adega de verdade deve contemplar diversas posições. Vinhos para guarda, de diversas procedências; vinhos para o dia a dia; uma boa compra de oferta; vinhos para festas; vinhos comprados “en primeur”, e assim por diante. Isso contemplaria umas 500 posições! Nesse caso, o ideal é ter mesmo um cômodo só para colocar os vinhos. Muita gente transforma um quarto em uma adega e fica muito bom, por que não?  Mas é importante você saber que o que o vinho precisa de algumas coisas para se manter em boas condições: ausência de luz, ausência de cheiros (inseticidas, por exemplo), boa umidade (por volta de 70%) e pouca variação de temperatura. A ideal fica em torno dos 13ºC. Se você tem algumas garrafas especiais que ganhou de presente ou que comprou para uma comemoração especial, elas não devem correr esses riscos. Nesses casos, seria oportuno uma “wine cooler” – inclusive, há as de bom porte. Se você, porém, não tem uma adega ou uma “wine cooler”, não há problema algum. Procure o lugar mais fresco de sua casa e é lá que deve deixar seus vinhos, tomando os cuidados descritos acima. Quando for beber seu vinho, coloque na porta da sua geladeira na parte de baixo, onde se costuma deixar as verduras – lá é menos frio do que a parte de cima. Coloque sua garrafa lá, desarrolhada, por meia hora. Depois,


Na edição de junho

ESPECIAL COPA DO MUNDO/ TURISMO DE LUXO fechamento: 23/05 contato: comercial@29horas.com.br tel 11. 3086 0088


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN Inédita e exclusiva, a Linha INO, da Evviva Bertolini, é a primeira cozinha planejada com portas e tamponamentos de aço inox do país; a proposta estará na Casa Cor deste ano, no ambiente da arquiteta Brunete Fraccaroli

A ARTE DE MORAR BEM NO MÊS EM QUE SE INICIA A 28ª CASA COR SP, CONHEÇA ALGUNS NOMES PROMISSORES DA ARQUITETURA E DO DESIGN E CONFIRA UMA SOFISTICADA SELEÇÃO DE PEÇAS PARA CASA POR LETÍCIA LIÑEIRA E RAFAELLA FINCI


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN

HISTÓRIA DE SUCESSO

A MAIS COMPLETA MOSTRA DE ARQUITETURA, DECORAÇÃO E PAISAGISMO DAS AMÉRICAS, A CASA COR SÃO PAULO CHEGA À SUA 28ª EDIÇÃO NO JOCKEY CLUB DE SÃO PAULO Sinônimo de tendência, conforto, sofisticação e tecnologia, a Casa Cor, mais do que um evento, se tornou um conceito. Nesta 28ª edição, que será realizada de 27 de maio a 20 de julho, serão apresentados ambientes focados 100% no conceito de morar bem. Serão 76 espaços criados por 96 profissionais, entre arquitetos, designers de interiores e paisagistas, eleitos pelo comitê curador, formado por Cristina Ferraz, Roberto Dimbério, Tuca Reinés e Waldick Jatobá. A mostra vai contar ainda com campo de golfe, espaço gastronômico, brinquedoteca, livraria, entre outras atrações. Este ano, o arquiteto e paisagista Marcelo Faisal vai projetar os “Jardins da Grécia”, um espaço de 500 m2 com pisos, decks, mobiliários, vasos, piscinas, pergolados, bancos, mesas e cadeiras, tudo branco. Já o arquiteto Guilherme Torres, em parceria com a Deca, criou uma casa de campo com jardim – um dos destaques deste espaço é o hamam turco, um formato de banho que usa saunas, vapores e água quente. Dos materiais utilizados, destaque para o novo acabamento para réguas de bambu em tom cinza que irá forrar tetos, paredes e móveis, tudo reciclável e reaproveitável. O lounge de entrada será projetado por Camila Klein e propõe um ambiente marcante por suas cores escuras, formas geométricas, obras de arte e tecnologia. O controle da iluminação e dos cenários é feito por reconhecimento de voz, que pode selecionar um cenário romântico ou uma festa intimista. Outra novidade é o projeto de Ayrosa & Co.

48 | 29HORAS | Maio 2014

A 28ª Casa Cor São Paulo irá mostrar 76 ambientes planejados

para o Estúdio Bruno Bezerra. Inspirado no móvel Banco Nuvem, que será lançado com exclusividade no evento, será criado um espaço multissensorial usando som, imagens, efeitos especiais e luz para despertar sensações. No comando do Grupo Casa Cor há seis anos, Angelo Derenze acredita que esse mercado vem crescendo cada vez mais. “A Casa Cor São Paulo reformulou o perfil e aumentou o faturamento do Grupo Casa Cor no ano passado, que foi de 13% com o recorde de quase 200 mil visitantes. Em 2013, reuniu mais de 8.500 visitantes e movimentou mais de R$ 9 milhões em vendas. Os brasileiros estão valorizando o design. Atualmente, a casa é para se usar. Os brasileiros estão viajando mais, veem o design lá fora e querem ter também”, diz. A visitação acontece de terça a sábado, das 12h às 21h30, domingos e feriados, das 12h às 20h. Avenida Lineu de Paula Machado, 1.173, Cidade Jardim. www.casacor.com.br


MECA DO DESIGN

MAIOR EM MAIS FAMOSO SALÃO DE MÓVEIS DO MUNDO, O ISALONI REUNIU EM SUA 53ª EDIÇÃO O QUE HÁ DE MAIS CRIATIVO E LUXUOSO DO SETOR Entre os dias 8 e 13 de abril, o mercado do design esteve de olho no Salão do Móvel de Milão, que reuniu milhares de visitantes e profissionais da área, vindos de diversos países. Um dos destaques desta edição foi a exposição Onde moram os arquitetos (Where architects live), com curadoria de Francesca Molteni e cenografia de Davide Pizzigoni. Lá foram montados espaços inspirados nas casas dos renomados arquitetos Bijoy Jain/Studio Mumbai, Daniel Libeskind, David Chipperfield, Marcio Kogan, Mario Bellini, Massimiliano e Doriana Fuksas, Shigeru Ban e Zaha Hadid. Entre as novidades apresentadas na feira estavam a linha Oni, da Docol, inspirada nos arquitetos Oscar Niemeyer, Santiago Calatrava e Zaha Hadid; a cama Corallo, feita com arames de inox com acabamento dourado pelos Irmãos Campana para a Edra; a luminária Fork, da Foscarini para a Diesel; a cadeira de Hella Jongerius para a Vitra; a poltrona Coccolona, de Marco Maran para a Parri; a coleção de peças Ming, da Stellar Works, feita em parceria com o estúdio chinês Neri & Hu, os vasos Utopia & Utility, de Pia e Moritz; e os artigos pretos e cromados de Tom Dixon, eleito o designer do ano pela Maison et objet, que estreou nesta edição com a linha

O Isaloni lança tendências na decoração, como as estampas coloridas

The club – que trouxe a cadeira Y e as luminárias Beat. Além do iSaloni, diversos outros eventos paralelos aconteceram nos bairros de Brera, Cadorna, Lambrate, Porta Garibaldi, Porta Romana, Porta Venezia e Tortona, como a International Furnishing Accessories Exhibition, EuroCucina, International Bathroom Exhibition, SaloneSatellite, Fuorisalone e Design Week. Há cinco anos o Brasil tem um espaço reservado durante a semana de design italiano. O Brazil S/A, evento que aconteceu no Fuorisalone, trouxe diversas exposições que representaram a diversidade cultural e a riqueza da arte popular brasileira, entre elas Origens do Brasil, 100% Brasil e o Artistartesão, com a mostra Um laboratório para sustentabilidade. Um dos ambientes do Salão do Móvel de Milão, que atrai milhares de visitantes do mundo todo

49


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN

Banco Machado, de Leo Capote (à esquerda) e aparador feito com CDs, de Marcelo Stefanovicz (à direita)

ENTRE PORCAS E PARAFUSOS

FERRAGENS E FERRAMENTAS SÃO A MATÉRIA-PRIMA DO DESIGNER INDUSTRIAL LEO CAPOTE E DO FOTÓGRAFO MARCELO STEFANOVICZ

EX-MODELOS, ELES SE CONHECERAM NAS PASSARELAS, NUMA ÉPOCA EM que desfilavam nas semanas de moda mais importantes do mundo. Ficaram amigos e hoje trabalham juntos na Outra Oficina, um galpão no centro de São Paulo. Marcelo já usava o espaço para fazer suas fotos, e Leo, que produzia peças antes de ser modelo, topou a parceria. Há dois anos, Marcelo mergulhou um pano no cimento e o resultado ficou incrível. Eles passaram a usar essa técnica para compor outras peças. Lá surgem peças produzidas a partir do uso de bugigangas sem glamour algum, como parafusos, pregos, martelos, porcas, lâmpadas, talheres, entre outros. Leo cresceu na loja de ferragens do avô, por isso tem bastante intimidade com esses materiais. E abusa da criatividade na hora de desenvolver seus projetos. O primeiro, feito quan-

do tinha dez anos, era uma luminária de discos de freio e molas de carro. Mas seu nome passou a se destacar depois que ele usou 233 colheres para construir uma cadeira. Entre as peças – que mais parecem obras de arte – estão uma cadeira feita com 18 martelos, uma pá que se transformou num banco, e 480 porcas de aço carbono com acabamento em níquel químico que deram forma à famosa cadeira Saarinen. Leo também bebeu da fonte dos Campana – os irmãos eram clientes da loja da família e convidaram o jovem para um estágio no estúdio deles em Milão. Leo soube tirar proveito dessa oportunidade: há poucos anos, ele já havia sido apontado como um dos cem jovens designers mais importantes do mundo, de acordo com a publicação And Fork, da editora inglesa Phaidon.


verticecom.com.br

“a primeira cozinha de aço inox do país” Conheça a linha INO no ambiente da arquiteta Brunete Fraccaroli, na Casa Cor São Paulo 2014.

Ambientes Personalizados Cozinhas . Dormitórios . Salas Escritórios . Lavanderias . Banheiros 60 lojas exclusivas em todo o Brasil 0800 702 8500 . www.evviva.com.br


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN PEQUENOS DETALHES NA HORA DE DAR AQUELE TOQUE DE ESTILO, SÃO OS DETALHES QUE FAZEM A DIFERENÇA. CONFIRA ALGUNS ITENS QUE SÃO BOAS OPÇÕES PARA TURBINAR A COZINHA E O BANHEIRO

Balança digital – Balança de cozinha Electrolux com design ultrafino e leve. Disponível nas cores preta e branca (R$ 179) e em inox (R$ 279). ww.electrolux.com.br

Cervejeira Consul Mais – Geladeira com capacidade para 75 latinhas de 350 ml, tem temperatura que varia entre 5º e - 4ºC. Disponível nas cores amarela, titanium e vermelha. Por R$ 2.199. www.consul.com.br/cervejeira

Batedeira Stand Mixer KitchenAid – Famosa batedeira colorida, sonho de consumo de qualquer cozinheiro de plantão. Por R$ 2.199. www.kitchenaid.com.br

Torneira Unic Black Noir – Linha da Deca com design e acabamento ideais para criar composições vibrantes, com cores profundas e ousar na sofisticação. Preço sob consulta. www.deca.com.br

Panelas KitchenAid – Conjunto de panelas de alumínio anodizado de seis peças e tampas de vidro para melhor visualização dos alimentos. Por R$ 1.999. www.kitchenaid.com.br

52 | 29HORAS | Maio 2014


Chuveiro Lumina Bordeaux – Tem acabamento de alta tecnologia, resistente à luz, calor e umidade – vem acompanhado de um restritor de vazão. Da Docol. Preço sob consulta. www.docol.com.br

Misturador Docoltech – Com tecnologia 100% brasileira, o sistema de misturador para chuveiros tem um aplicativo que permite controlar a temperatura e a vazão da água e o horário de início e término do banho. Preço sob consulta. www.docol.com.br

Mariscal Olympic – Cuba da Roca com ilustrações do designer espanhol Javier Mariscal, inspiradas nos esportes olímpicos. Preço sob consulta. www.br.roca.com

Torradeira kMix – Torradeira Kenwood que combina funcionalidade e estilos com diversas opções de cores e controle total sobre a tostagem do alimento. Por R$ 459. www.doural.com.br Forno Gaggenau Serie 400 – Dispensa puxadores com sistema que abre as portas do forno com um simples toque de botão. Por US$ 14.000, na Gaggenau Boutik Stok. www.skok.com.br/gaggenau

53


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN O MOTE DE MOTTA

PRINCIPAL NOME DA MARCENARIA CHIQUE, CARLOS MOTTA É DEFENSOR DA RESPONSABILIDADE AMBIENTAL NO DESIGN

UM “PROJETISTA DE MÓVEIS E CONSULTOR DE CASAS CONFORTÁveis”, segundo suas próprias palavras, Carlos Motta, 61 anos, é também surfista e pescador – o mar sempre foi a inspiração para este paulistano charmoso e inventivo, que adora trabalhar com a madeira reutilizada. “Não precisamos derrubar árvores para fazer móveis. Está tudo aí”, diz ele, que cria basicamente com madeira reciclada, ou “de redescobrimento”, como prefere dizer. Com madeiras já usadas e também com as certificadas, ele produz cadeiras, camas, mesas, aparadores, entre outros objetos – um dos mais famosos é a cadeira São Paulo, de 1982, ganhadora do 2º Prêmio Museu da Casa Brasileira. Em seu ateliê na Vila Madalena, criado em 1978, estão concentrados um escritório de arquitetura, um grupo de desenvolvimento de projetos e uma marcenaria. As novidades são as linhas Alvorada, com poltrona, sofás, mesinha de centro e chaise longue feitos com madeira cumaru, e as cadeiras da linha Brisa, também de cumaru – o assento e o encosto são de laminado moldado, estofados ou não. “Essa linha não recebe nenhum tipo de acabamento com vernizes químicos e industriais. É apresentada crua, permitindo respiração da madeira e o contato do usuário com sua bela textura”, explica Carlos. Sua mais recente exposição foi em conjunto com outros nomes em Design brasileiro – moderno & contemporâneo, que começou em Berlim, passou por Portugal e ficou em cartaz até o início de maio na Caixa Cultural do Rio de Janeiro e também em Londres, na Embaixada do Brasil.

Poltrona Alvorada e cadeira Brisa, ambas feitas com madeira cumaru


SPA Terapia O que o melhor SPA do Brasil pode oferecer!

to Relaxamen

Saúde

Beleza

Moderno centro de estética com atendimento personalizado e muito requinte Acompanhamento médico integrado Acompanhamento nutricional Academia com aparelhos de última geração Fisioterapia Parque aquático e pista de caminhada

Centro de relaxamento e estética Saídas diárias monitoradas Lazer. Muito Lazer Ambiente paradisíaco E muito mais

Reservas Terra Nosso pequeno planeta Preserve-o

0800 701 8878 www.spasorocaba.com.br Resp. Téc.: Dr. Manoel Carlos Beldi Castanho Cardiologista - CRM 35119


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN CONFORTO DENTRO E FORA DE CASA TODO MUNDO SABE A DELÍCIA QUE É APROVEITAR O CONFORTO DA PRÓPRIA CASA. SEJA NO QUARTO, NA SALA OU NA ÁREA EXTERNA, OS MÓVEIS CERTOS UNEM ACONCHEGO E VISUAL REFINADO

Abajur Íon.ab – Abajur da Bertolucci feito de alumínio extra (brilhante ou fosco). Preço sob consulta. www.bertolucci.com.br

Biombo NOI – Feito com freijó e outras madeiras, pela designer Juliana Llussá. Preço sob consulta. www.llussamarcenaria.com.br

Chaise Flat – Feita com limestone, madeira e espuma, pelo designer Marcus Ferreira. Preço sob consulta. www.decamerondesign.com.br

Shell Chair – Escultural e bonita, a cadeira foi projetada pelo designer Hans J. Wegner, em 1963. Preço sob consulta na Scandinavia Designs. www.scandinavia-designs. com.br

Rack New Vintage Designer – Estante de madeira desenhada por Eduardo Bortolai, da Carbono. Preço sob consulta. www.carbonodesign.com.br

56 | 29HORAS | Maio 2014


Cadeira Balanço L’oeil – Feita em aço inox e EVA, propícia para ambientes externos. Disponível em diversas cores na L’oeil, por R$ 2.442. www.loeil.com.br

Escultura Sandra Simonsen – Peça feita de resina em tons de vermelho da artista plástica Sandra Simonsen. Preço sob consulta. www.sandrasimonsen.com.br

Bicicleta dobrável Strida – Com design diferenciado, sem garfo, a Strida não enferruja, é leve, compacta e rápida de montar. De R$ 3.350 a R$ 4.920. www.stridabikes.com.br

Chaise Longue Four Seasons – Cadeira com estrutura revestida com fibra de bananeira e gomos com aquablock resistentes à água. Por R$ 7.271, na L’oeil. www.loeil.com.br

Sofá Carbono 113 – Com estrutura em lona estonada, é estofado com estampa da estilista Adriana Barra. Preço sob consulta na Carbono. www.carbonodesign.com.br

57


ESPECIAL DECORAÇÃO E DESIGN

Maquete do futuro pavilhão de Inhotim, que integra a coleção permanente do Centro Pompidou, na França; ao lado, projeto do RB12, primeiro prédio corporativo baseado em geração de energia no Rio de Janeiro

QUARTETO FANTÁSTICO O ESCRITÓRIO TRIPTYQUE DESENVOLVE PROJETOS QUE SE COMUNICAM COM A CIDADE E COM A NATUREZA

EMPRESA FRANCO-BRASILEIRA FUNDADA POR GRÉGORY BOUSQUET, Carolina Bueno, Guillaume Sibaud e Olivier Raffaelli, a Triptyque Arquitetura é um dos mais inventivos – e premiados – escritórios de São Paulo. O quarteto, na faixa dos 35, 40 anos, se formou na Ecole d’Architecture de Paris-La-Seine, na França, e decidiu montar o escritório no ano 2000, com uma base em Paris desde 2008. O objetivo é desenvolver projetos que tragam prazer e alegria aos moradores, e se comuniquem com as áreas externas, com a natureza. Luz natural, amplitude, ar fresco e verde são elementos básicos para este time de arquitetos. “Trabalhamos muito nas fachadas com os panos de vidro em estruturas de concreto”, explica Carolina, a única brasileira do grupo. Segundo ela, há uma grande preocupação do escritório com a responsabilidade social e ambiental, um foco que já é tradicional

na França, pela própria legislação mais avançada. “Lá, o interesse ambiental se sobrepõe ao individual”, afirma a arquiteta. Com obras de destaque como o edifício Harmonia, no bairro paulistano da Vila Madalena, e o prédio Colômbia 325, sede da agência de publicidade Loducca, o escritório já teve trabalhos apresentados na Bienal de Arquitetura em Veneza, na Bienal de Shenzen em Hong Kong e na London Festival de Arquitetura. Uma de suas novidades é o primeiro edifício corporativo baseado em geração de energia: o RB12, no centro do Rio de Janeiro. O prédio segue a tendência mundial de adaptar e melhorar edifícios antigos para que eles atinjam um padrão sustentável. Entre os requisitos ambientais exigidos, estão o conforto térmico, a gestão do consumo de água, o aproveitamento da luz natural e painéis fotovoltaicos e pilha combustível para a geração da energia.


ALÉM DA ESTÉTICA

A ARQUITETA E DESIGNER PAULISTANA CAROL GAY TRANSFORMA PEÇAS E OBJETOS DO COTIDIANO EM LUXUOSOS ACESSÓRIOS, MÓVEIS E LUMINÁRIAS

“SÃO PAULO ME INSTIGA. ESTAR NAS RUAS PRESENCIANDO A atitude e a criatividade das pessoas em encontrar soluções para suas necessidades me ajuda a refletir”, diz Carol, 37 anos, formada em Arquitetura e Urbanismo pelo Mackenzie e que descobriu no Design novas maneiras de expressão. Ela também cursou Linguagem Pessoal com o artista plástico Sílvio Dworecki e Cenografia com Paulo de Morais. Seu primeiro projeto foi a luminária Caracol, produzida durante o curso A construção do objeto, que frequentou no MuBe, ministrado pelos irmãos Campana – depois a peça ficou exposta na Pinacoteca, em São Paulo, e em Verona, na Itália. “Esta experiência foi a gênese do meu processo criativo atual. Refleti sobre questões além da estética, que me aproximaram do mundo do design e da sustentabilidade. E encontrei meu caminho de expressão”, diz. A partir daí, começaram a sair de suas mãos peças como a mesa de cobre, feita com tubos hidráulicos tratados com verniz; a poltrona Noar, com bexiga de borracha de pneus – a loja Carbono irá comercializar a poltrona em todo o país neste ano –, a cadeira Cinto, feita com fitas de cintos de segurança, inspiração que veio da tribo indígena Tukano e suas cestarias, segundo Carol, “a forma mais pura de artesanato do Brasil”, e o espelho Leque, que intercala pedaços de fita métrica com tiras de aço inox polido. Expoente dessa nova geração de designers, Carol já participou de feiras e exposições em Berlim, Frankfurt, Marselha, Milão, Rio de Janeiro, Rio Preto, São Paulo, Seoul e Verona.

Luminária Gonzaguinha e cadeira Cinto, inspirada no trabalho artesanal das cestarias da tribo indígena Tukano


POR KIKE MARTINS DA COSTA 5H ÀS 11H

11H ÀS 17H

76

67

Yayoi Kusama e suas bolinhas invadem o Instituto Tomie Ohtake

O restaurante TonTon tem boa comida e preços razoáveis

17H ÀS 23H

23H ÀS 29H

69

73

Trombone Shorty é uma das atrações do festival Samsung Best of Blues

AGENDA 29H

A Virada Cultural promete 24h de cultura e diversão na cidade

MAIO TEM ARTE, DIA DAS MÃES E HAMBÚRGUERES

FOTOS DIVULGAÇÃO

MÊS DA VIRADA CULTURAL TERÁ DESDE SHOWS DE EDDIE VEDDER A ROBERTO E ERASMO CARLOS Antes de a Copa dominar a cena na cidade e no país, a programação em São Paulo será bem intensa. Além das 24h ininterruptas de espetáculos da Vida Cultural (entre os dias 17 e 18), os palcos da cidade recebem shows incríveis, como os de Eddie Vedder (vocalista do Pearl Jam), das bandas britânicas Asian Dub Foundation e The Jesus and Mary Chain (como parte do Cultura Inglesa Fest), dos ídolos teen do One Direction e do 30 Seconds to Mars, dos instrumentistas do Samsung Best of Blues e do BMW Festival e dos dois maiores nomes da Jovem Guarda: o rei Roberto Carlos no Espaço das Américas e o tremendão Erasmo Carlos no HSBC Brasil. Montagens teatrais de musicais são outro destaque: estão em cartaz Rita Lee mora ao lado e, diretamente da Broadway, chega Nas alturas. Para a garotada, a diversão

fica por conta do espetáculo Disney on ice, no Ginásio do Ibirapuera. Nos cinemas, teremos as novas aventuras do Homem-aranha e dos mutantes de X-Men, sem falar de Wagner Moura brilhando em Praia do Futuro e Angelina Jolie literalmente enfeitiçando todo mundo em Malévola. Para quem curte arte, o Instituto Tomie Ohtake traz uma mostra sensacional com trabalhos da hypadíssima japonesa Yayoi Kusama – famosa por suas bolinhas. E, para a galera que só quer mesmo é saber de se entregar à comilança –, estimulada pelas noites mais friazinhas deste outono – a dica é aproveitar mais uma deliciosa edição do Burger Fest. kikecosta@uol.com.br

61


MAIO

01 QUINTA AMANHECER SAUDÁVEL

5H ÀS 11H

AVENTURA ELETRIZANTE

A Suplicy Cafés, famosa por suas bebidas preparadas com grãos de origem controlada – espressos, macchiatos, cappuccinos e frapês –, acaba de ter seu cardápio ampliado, ganhando sugestões de sucos e comidinhas saudáveis. Além dos sucos naturais de abacaxi, laranja e framboesa, entre outros, a casa agora serve smoothies, como o de banana, morango e maracujá. Há também açaí com frutas e granola, salada de frutas e coalhada fresca com frutas. Quer mais “sustança”? Prove as empanadas integrais, de espinafre e ricota ou de cogumelos, ou ainda os gostosos sanduíches. Alameda Lorena, 1.430, Jardins, tel. 3061-0195.

11H ÀS 17H

GOLPES DE JUDÔ O cara é um dos atores mais canastrões da TV, mas faz um sucesso incrível com a mulherada. Caio Castro – de novelas como Fina estampa e Amor à vida – agora ataca no cinema. Ele é o protagonista de A grande vitória, longa que estreia hoje nos cinemas e é dirigido por Stefano Capuzzi Lapietra. A trama é sobre a vida de um garoto abandonado pelo pai na infância, que encontra no judô um caminho para superar as dificuldades que a vida lhe impôs. E se você acha que os dotes dramatúrgicos de Caio são limitados, não viu nada ainda: ao seu lado no filme, a ex-BBB Sabrina Sato mostra todo seu talento na arte de atuar.

62 | 29HORAS | Maio 2014

17H ÀS 23H

Em O espetacular Homem-aranha 2: A ameaça de Electro, o herói aracnídeo enfrenta um poderoso vilão literalmente cheio de energia – o Electro, interpretado por Jamie Foxx. A superprodução, com exibição em 3D nos melhores cinemas da cidade a partir de hoje, é dirigida por Marc Webb (o mesmo da comédia romântica 500 dias com ela). Na trama do filme, Peter Parker (Andrew Garfield) tenta manter a promessa que fez ao pai de Gwen Stacey (Emma Stone), de que a protegeria sem chegar perto dela. Mas o herói está apaixonado e não consegue se afastar. Ao mesmo tempo, vários inimigos tomam conta da cidade, e a formatura da escola se aproxima.

FOTOS DIVULGAÇÃO

23H ÀS 29H

QUASE MOÇAS Com direção de André Garolli, a montagem de As moças é baseada em texto escrito por Isabel Câmara. No palco do Espaço Parlapatões, a plateia vê uma relação de amor, ódio e amizade entre duas mulheres. Uma é jornalista e a outra é uma “quase” atriz; uma é “quase” velha e a outra, jovem. Em algum momento entre os anos de 1965 e 1975, elas dividem o mesmo apartamento enquanto tentam se estabelecer profissional e afetivamente em meio à ditadura militar e à revolução sexual. Nos papéis principais, Ângela Figueiredo e Fernanda Cunha. Ingressos a R$ 40. Praça Franklin Roosevelt, 158, Consolação, tel. 3258-4449.


SEXTA 02 5H ÀS 11H 11H ÀS 17H

Dez restaurantes participam até amanhã do Circuito Gallo de Gastronomia. Nessa promoção são servidos menus exclusivos preparados com a linha de azeites especiais da Gallo. Inspirados na personalidade, nos sabores e nos aromas do Azeite Novo 2013/2014, do Grande Escolha, do Colheita ao Luar e do Colheita Madura, os chefs deram origem a criações únicas e inéditas, oferecidas em restaurantes como Bra.do, Coco Bambu, Estación Sur, La Mar, Le Vin, Marakuthai, Per Paolo, Sakagura, Tanger e Tasca do Zé e da Maria. No Circuito Gallo de Gastronomia, os cardápios têm prato principal, entradas e/ou sobremesas.

17H ÀS 23H

TOP KETCHUP A importadora La Pastina acaba de lançar o primeiro ketchup balsâmico do mercado brasileiro. O produto é uma boa amostra da criatividade gastronômica dos italianos: feito com tomates maduros da região de Piacenza, especiarias e aceto balsâmico, é 100% natural, não contém conservantes, corantes ou aromatizantes. O resultado é um condimento capaz de transformar um prosaico cachorro-quente em uma iguaria. Combina também muito bem com hambúrgueres e batatas fritas, adicionando a essas comidinhas um toque mais do que especial. No site www.emporiumgourmet.com.br, o frasco com 340 g está sendo vendido a R$ 23,80.

Outra grande estreia deste fim de semana nos cinemas é o longa nacional Getúlio, dirigido por João Jardim. Com o personagem-título interpretado pelo ator Tony Ramos, o filme retrata os 19 dias que antecederam aquele fatídico 24 de agosto de 1954, quando o presidente Getúlio Vargas resolveu se suicidar no Palácio do Catete – sede do governo federal à época. Pressionado por uma crise política sem precedentes, ele vinha sendo acusado de ter arquitetado um atentado contra o governador Carlos Lacerda (Alexandre Borges). No elenco, há ainda outros bons atores, como Drica Moraes, Daniel Dantas, Clarisse Abujamra e Adriano Garib. A produção é de Carla Camurati.

MENUS AZEITADINHOS

FIM DE UMA ÉPOCA

23H ÀS 29H

CONEXÃO CEARÁ-ALEMANHA Chega finalmente aos cinemas brasileiros o longa Praia do Futuro, dirigido por Karim Aïnouz e já exibido no Festival de Berlim, onde teve uma recepção morna. Estrelado por Wagner Moura, Clemens Schic, Jesuíta Barbosa e Sophie Charlotte, conta a história de Donato, um salva-vidas de Fortaleza que resgata um homem de olhos azuis, Konrad. Os dois começam um relacionamento e seguem para Berlim, onde Donato perde o contato com a família no Brasil. Anos depois, o irmão mais novo do salva-vidas chega à capital alemã em busca do irmão. O filme é marcado por cenas fortes de sexo entre o salva-vidas e o alemão.

63


MAIO

MARCHA DA NOVA FAMÍLIA

Até amanhã, dia 4, o restaurante peruano Killa promove um Festival de Anticuchos – espetinhos de carne, a mais tradicional comida de rua peruana, principalmente os feitos com coração bovino. No festival, além deste sabor típico, estão também disponíveis espetinhos de frango (asinha ou peito), polvo, carne bovina, legumes e o mix, composto por frango, coração e carne bovina. Georges Hutschinski, proprietário do Killa, explica que, na preparação desse prato, as carnes repousam em uma marinada que mistura temperos tradicionais peruanos, sendo a pimenta ají panca o mais marcante. Os espetinhos são servidos em trio e custam R$ 28. Rua Padre Chico, 324, Perdizes, tel. 98551-8511.

Acontece hoje, a partir das 14h na avenida Paulista, a edição 2014 da Parada LGBTT. O evento visa dar visibilidade à população de lésbicas, gays, bissexuais, trangêneros, transexuais e travestis, celebrando conquistas alcançadas e reivindicando, de forma irreverente, um país mais igualitário. Desfilam pela festa dezenas de trios elétricos, que agitam as centenas de milhares de pessoas que saem às ruas. Todo ano a parada é realizada no feriado de Corpus Christi, mas, por conta da Copa do Mundo, este ano foi antecipada. Wanessa Camargo e Pedro Lima fazem o show de encerramento, na Praça da República.

11H ÀS 17H

SÓ NO ESPETINHO

17H ÀS 23H

A montagem brasileira do musical da Broadway in the heights agora está em cartaz no Teatro Bradesco, no Shopping Bourbon. Considerado pela crítica especializada um dos musicais inovadores, e vencedor de quatro Tony Awards (o Oscar do teatro musical), Nas alturas retrata a vida de uma comunidade de latinos que vive em Washington Heights, na periferia de Nova York. Lá, as janelas estão sempre abertas e o clima é constantemente de festa, embalada ao som de hip hop, salsa, merengue e soul music. Ingressos de R$ 30 a R$ 180 à venda pelo site www.ingressorapido.com.br. Rua Turiassu, 2.100, Pompeia, tel. 4003-1212.

TUDO SOBRE TIRADENTES

BURRATA EM SANTANA

A Editora Nova Fronteira acaba de lançar 1789, escrito por Pedro Dória. O livro fala de quem eram e como viveram os brasileiros que tentaram no século 18 fazer do nosso país uma nação independente. Estudamos na escola a história de Tiradentes, mas sabemos muito pouco sobre o personagem e seus companheiros de luta. Neste livro, cujo texto flui como numa trama de boa literatura, o jornalista Pedro Doria narra a aventura de Tiradentes e dos contrabandistas, assassinos e poetas que foram classificados de rebeldes e perigosos pela Corte. Ele está à venda por R$ 39,90 no site www.livrariasaraiva.com.br

23H ÀS 29H

FIESTA EN NUEVA YORK

17H ÀS 23H

CASAIS EM XEQUE Clássico do teatro contemporâneo, a peça Quem tem medo de Virginia Woolf?, do norte-americano Edward Albee, é a atração no Teatro Raul Cortez. O elenco reúne Zezé Polessa, Daniel Dantas, Ana Kutner e Erom Cordeiro. No cenário criado por Gringo Cardia, Jorge e Marta recebem os jovens Nick e Mel para um drinque após uma festa. Os anfitriões, casados há mais de 20 anos, vivem uma relação de amor e ódio. Já os visitantes têm um relacionamento aparentemente perfeito, mas aos poucos deixam transparecer as mentiras que os cercam. Ingressos a R$ 90. Rua Dr. Plínio Barreto, 285, Bela Vista, tel. 3254-1700.

A charmosa Jullia, tradicional pizzaria da Zona Norte, tem novidades em seu cardápio. Como entrada, experimente a La Luna (mussarela de búfala com molho pesto) e, como atração principal, ataque a pizza de burrata (mussarela cremosa), que leva também molho de tomate rústico e manjericão. Outras boas pedidas são os famosos minicalzones ou as bruschettas de Parma. Entre as pizzas exclusivas da casa, as campeãs são a Bellíssima (mussarela, gorgonzola, geleia de figos e presunto cru) e a Finocchio (linguiça calabresa, erva-doce refogada e queijo petit suisse). Rua Francisca Julia, 465, Santana, tel. 2959-5077.

64 | 29HORAS | Maio 2014

FOTOS DIVULGAÇÃO

GELATOS SUPERPREMIUM A Cuordicrema agora tem um endereço nos Jardins. A nova flagship store traz para os moradores e para as pessoas que circulam pela região o verdadeiro sabor do gelato italiano artesanal. Todos os gelatos da Cuordicrema possuem um percentual de zero a até, no máximo, 8% de gordura. Para se ter uma ideia, um sorvete tradicional pode chegar a até 35% de gordura dependendo do sabor. Por falar em sabores, não deixe de provar os deliciosos de baunilha com Marsala, de caramelo com flor de sal, de pera com grana padano, de doce de leite, de pistache e de cioccolato al pepperoncino. Alameda Lorena, 1.501, Lorena, tel. 3062-3982.

5H ÀS 11H

DANÇAS ÉTNICAS Idealizado pela terapeuta e dançarina Betty Gervitz, o Festival de Música e Dança dos Bálcãs acontece até o dia 7, no SESC Pompeia. O evento traz grupos de várias nacionalidades e estudiosos representativos da área para workshops, shows e aulas de capacitação. Hoje, das 9h15 às 13h30, por exemplo, o professor paulistano André Trindade coordena com o turco Ahmet Lüleci uma oficina de danças circulares. Das 14h30 às 17h15, o búlgaro Yves Moreau comanda outra oficina, também sobre danças circulares. As atividades terão como cenário o 8º andar do Conjunto Esportivo. Rua Clélia, 93, Pompeia, tel. 3871-7700.

23H ÀS 29H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

03 SÁBADO 04 DOMINGO


SEGUNDA 05 5H ÀS 11H

AROMAS ARISTOCRÁTICOS A Secrets de Famille, marca especializada em objetos de decoração comandada pela condessa Bettina d’Archemont, lança com exclusividade no Brasil a linha de aromas Côté Bastide, originária da região de Provence, no sul da França. Fundada por Nicole Hoys em 1990, a Côté Bastide tornou-se uma marca símbolo de alta qualidade e luxo. Suas essências são criadas com base nos aromas de suavidade e frescor das manhãs nos campos das regiões da Provence e Toscana, que inspiram a sensação da alegria de viver com os prazeres simples da vida e doces lembranças. Rua Haddock Lobo, 1.260, Jardins, tel. 3083-7949.

11H ÀS 17H

IGUARIAS NO EMILIANO O restaurante do Hotel Emiliano apresenta a seus clientes uma culinária italiana preparada com o uso de técnicas modernas que valorizam e destacam o sabor dos ingredientes frescos. Neste outono, o menu traz novidades como a salada da polvo defumado artesanalmente e regada com molho de limão-siciliano (foto), as vieiras aromatizadas ao molho citronette com pupunha, quinoa e legumes orgânicos ou ainda o tartar de Black Angus ao molho de vinagre balsâmico, alcaparras e parmesão. Estas e outras premiadas receitas foram criadas e são executadas pelo jovem chef Stefano Impera. A adega possui mais de 296 rótulos de vinhos e champanhes. Rua Oscar Freire, 384, Jardins, tel. 3068-4399.

17H ÀS 23H

O SPAGHETTI É NOSSO Considerado um clássico da cena gastronômica paulistana nos anos 80, o restaurante Spaghetti Notte está de volta às redondezas das avenidas Santo Amaro e Juscelino Kubitschek. Após passar um tempo confinado em shoppings como Morumbi, Vila Olímpia e Anália Franco, está de endereço novo, um casarão de 1949 pertinho do Hotel Unique. O prato principal continua sendo o espaguete feito lá mesmo e servido com um molho de tomates frescos e folhinhas de manjericão. O carbonara leva gema de ovo, creme de leite fresco, pimenta-do-reino e bastante bacon frito. Rua Bento de Andrade, 693, Jardim Paulista, tel. 5181-4524.

23H ÀS 29H

CLIQUE CERVEJA A Cerveja Store é a maior loja virtual de cervejas especiais do Brasil, com mais de 800 rótulos procedentes de 31 países diferentes. Para os fãs de rock, o e-commerce trabalha com os rótulos de bandas como Titãs (brown ale), Iron Maiden (premium bitter), Raimundos (helles), Paralamas (german pilsner), Sepultura (weizen), Velhas Virgens (indian pale ale), Angra (bohemian pilsner) e Matanza (american IPA). A loja também oferece kits com vantajosas promoções, como a em que o visitante paga 2 e leva 3 garrafas da ambrée francesa Jenlain. Atendimento pelo site www.cervejastore.com.br ou pelo tel. 3743-0963.

65

Hotel na Copa? Confira nossos pacotes especiais para os jogos em São Paulo.


07 QUARTA CHEIRINHO DA KATY O Killer Queen é um perfume inspirado na cantora Katy Perry. O frasco é inspirado no cetro de uma rainha, em tons de vermelho e dourado. A realeza do frasco é reforçada com uma rica coroa dourada com brasão customizado, que captura a essência lúdica de Katy Perry: gatos, uma clave de música, corações e um punhal. Criada por Laurent Le Guernec, a fragrância de Killer Queen enfeitiça. Tem como notas de cabeça bergamota, ameixa e frutas vermelhas. As notas de coração são crista de galo e jasmim. As notas de fundo são madeira de caximira e patchouli. O frasco com 30 ml custa R$ 139,90 em www.thebeautybox.com.br

5H ÀS 11H

DIAS DE HOJE A galeria Nara Roesler apresenta somente até hoje uma mostra da produção recente de um dos ícones da arte brasileira, Antonio Dias. As telas em exposição atestam o vigor do trabalho do artista, que mantém sua inquietude na busca por uma pintura orgânica, viva e em consonância com o presente. O que se vê são assemblages de telas justapostas, sobrepostas, unidas caoticamente, desconstruindo a noção bidimensional da pintura por meio de seus volumes e da irregularidade do contorno. A obra de Dias transita entre a arte conceitual e a poesia concreta. Avenida Europa, 655, Jardim Europa, tel. 3063-2344.

ALMOCINHO NO IZAKAYA

A Cupcake Ito inova e cria para os amantes da velha e boa cervejinha de fim de tarde uma novidade – o Irish Cake. A receita, exclusiva, tem cerveja stout como principal ingrediente da massa, deliciosamente combinada com cacau. Na cobertura, uma ganache de chocolate meio amargo incrementada com Bailey’s – tradicional licor irlandês, feito a partir do uísque com nata. Comandada pelo publicitário e gourmand Mauricio Ito, a Cupcake Ito surgiu em 2009 e, desde então, seus produtos são preparados de forma artesanal e sem a adição de conservantes. Rua Julio Diniz, 39, Vila Olímpia, tel. 3044-1994.

As deliciosas comidinhas do Minato Izakaya – o boteco japonês mais bacana fora da Liberdade – agora podem ser apreciados na hora do almoço. De segunda a sexta, entre 11h30 e 14h30, Fabio Koyama e Sergio Kubo servem teishokus (refeições completas), em versões de frango,carne ou peixe. Revezam-se receitas como as tiras de filé-mignon no shoyu e gengibre ou a cavalinha grelhada com um toque de saquê. Como acompanhamento, há sempre arroz branco, missoshiru, verduras em conserva e um legume. A refeição inclui sorvete ou fruta como sobremesa. Rua dos Pinheiros, 1.308, Pinheiros, tel.3814-8065.

11H ÀS 17H

CUPCAKE COM CERVEJA

SOLO GRUNGE O vocalista Eddie Vedder, da banda Pearl Jam, faz hoje de noite no Citibank Hall um show solo. Em sua turnê solo, iniciada pela Austrália em fevereiro, Eddie já apresentou diversos set lists, sempre incluindo hits como I am mine, Better man e Just breathe. Ele conta com dois álbuns em sua carreira solo: Into the wild (2007) e Ukulele songs (2011 – que conta com participações da cantora Cat Power e do cantor Glen Hansard, que fará abertura dos shows no Brasil). Ingressos de R$ 100 a R$ 800 à venda pelo site www.ticketsforfun.com.br. Avenida Nações Unidas, 17.955, Santo Amaro, tel. 4003-5588.

17H ÀS 23H

ENOCONHECIMENTO A World Wine realiza vários cursos sobre vinhos, com aulas promovidas pela L’École e ministradas pelos sommeliers da importadora. Nessas aulas, os alunos provam vinhos e recebem materiais contendo todas as informações sobre as bebidas. Ao final, cada participante leva para casa um certificado e um voucher de 15% de desconto para compras de vinhos exclusivos do portfólio da World Wine. Hoje, das 19h30 às 22h30, acontece uma aula bem básica, a Essencial de vinhos, na qual os alunos se iniciam na prática e na teoria do universo dos vinhos. Cada participante paga R$ 190. Rua Amauri, 255, Itaim, tel.3186-1255.

BOTTEGINHA

SANTINHO DO PAU OCO

O Bottega Bernacca é um lugar perfeito para impressionar sua companhia na happy hour ou de noite. Seu pequeno salão de paredes revestidas de madeira abriga apenas sete mesinhas. A carta de bebidas oferece 33 tintos, brancos, rosés e espumantes, servidos em prosaicos copinhos de vidro. Entre os aperitivos, sanduíches e massas do cardápio, seis receitas foram cedidas pelos restaurantes Cipriani ao sócio Davide Bernacca, também sócio do Serafina. Exemplo disso é o il pierino (panini empanado de pão de miga recheado com creme de queijo suíço e presunto cozido). Rua Padre João Manuel, 826, Jardins, tel. 3586-7103.

O Coronel Santinho é um bar bem familiar e cheio de história. O cardápio oferece chopes, cervejas, cachaças artesanais, coquetéis à base de cachaça e comidinhas de botequim (como os dadinhos de tapioca com queijo de coalho, que podem ser lambuzados com geleias de açaí e cupuaçu), mas isso não é tudo. No almoço são servidos grelhados com acompanhamentos à vontade. O salão é decorado com objetos originais, que fizeram parte do antigo bar que funcionava no mesmo imóvel desde 1970. No Porão do Visconde, há mesa de sinuca, videogame e redes para descontrair. Rua Visconde de Pirajá, 153, Ipiranga, tel. 3477-3196.

66 | 29HORAS | Maio 2014

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

06 TERÇA

FOTOS DIVULGAÇÃO

MAIO


QUINTA 08 5H ÀS 11H 11H ÀS 17H

TELAS URBANAS A Mônica Filgueiras Galeria de Arte apresenta a exposição Paisagem concreta, com obras de Guilherme Secchin. A mostra traz criações da nova fase do artista, onde as cores e a natureza inspiradas pela cidade do Rio de Janeiro, onde mora, e pela mata da Serra Fluminense, onde mantém seu ateliê, dão lugar aos traços, linhas e planas pinceladas, que fazem emergir a paisagem urbana, mais identificada com as metrópoles. Estão expostos desenhos sobre papel e também pintura acrílica sobre linho. Cidades são retratadas em traços geométricos, com padrões tribais. Rua Bela Cintra, 1.533, Jardins, tel. 3082-5292.

Após anos rodando o mundo como personal chef e trabalhando com Edinho Engel no Manacá, de Camburi, Gustavo Rozzino se estabelece em São Paulo, num pequeno restaurante que leva a sério o conceito da “bistronomia” – com pratos de gastronomia boa e simples, bem executados e a preço acessível. Assim é o TonTon, com cardápio fixo bem sucinto que oferece bobó de camarão com arroz e banana grelhada, porchetta com couve, cuscuz de milho e feijão-fradinho ou ainda tentáculo de polvo guarnecido por palmito pupunha e agrião. De sobremesa, prove o salivante sticky toffee pudding feito com bolo de figo, calda toffee e sorvete de nata. Rua Caconde, 132, Jardim Paulista, tel. 2597-6168.

NO TOM DOS JARDINS

17H ÀS 23H

ANIMAÇÃO NO GELO Mickey, Minnie, Donald, Pateta e Margarida retornam ao Ginásio do Ibirapuera no espetáculo Disney on ice – Passaporte para a aventura. Junte-se a eles em uma jornada por quatro diferentes mundos da Disney: O Rei Leão, A Pequena Sereia, Peter Pan e Lilo & Stitch. Explore a África com Simba, Timão e Pumba; viaje ao mar profundo com Ariel; passeie por Londres e pela Terra do Nunca com Peter Pan e Wendy; e visite Lilo e Stitch no Havaí. Tudo com boa música e incríveis patinadores. Ingressos de R$ 50 a R$ 230 à venda pelo site www.ticketsforfun.com.br. Rua Manoel da Nóbrega, 1.361, Ibirapuera, tel. 4003-5588.

23H ÀS 29H

VALEU, WALESA! Está prevista para hoje a estreia nos cinemas do filme polonês Walesa, dirigido pelo premiado Andrzej Wajda. O filme traz em seu elenco os atores Robert Wieckiewicz, Agnieszka Grochowska e Iwona Bielska e conta a vida de Lech Walesda, líder sindical que ganhou o Premio Nobel da Paz e fundou do movimento social liberalizante Solidariedade, que usava os métodos de resistência civil para fazer avançar a causa dos direitos dos trabalhadores e da mudança social na Polônia. A luta desse movimento também tinha uma agenda antisoviética, e contava com o apoio da Igreja Católica e de dissidentes de Moscou.

67


10 SÁBADO IMAGENS SEM SOM Todos os espaços do Museu da Imagem e do Som estão tomados pelo projeto Maio fotografia no MIS 2014, que apresenta obras de artistas singulares como Gregory Crewdison, Josef Koudelka, Robério Braga e Valdir Cruz, além de uma mostra montada a partir do acervo do museu. O norte-americano Crewdson expõe a série Por baixo das rosas, com 16 imagens panorâmicas incisivamente teatrais e intensamente reais. Já o tcheco Koudelka exibe Invasão 68 – Primavera de Praga, com 75 imagens em preto e branco registradas nesse momento histórico. Entradas a R$ 6. Avenida Europa, 158, Jardim Europa, tel. 2117-4777.

5H ÀS 11H

IMPÉRIO BRITÂNICO NA ÁREA Começa hoje mais uma edição do Cultura Inglesa Fest, com uma vasta programação de exposições, peças teatrais, shows musicais, apresentações de dança e a exibição de filmes – tudo com entrada gratuita. Até o dia 25, a cena cultural paulistana será turbinada como a exposição de ilustrações das naturalistas Margaret Mee e Marianne North pelas ruas da cidade e dois projetos inspirados nos grafites do britânico Banksy: uma peça de teatro e uma exposição de arte. Haverá também um tributo a Amy Winehouse e vários eventos gastronômicos. Confira a programação completa em http://festival.culturainglesasp.com.br

ÓPERA NO CINEMA

O atelier Fôrma de Pudim comemora o Dia das Mães com o lançamento de um novo sabor – o pudim de laranja. A novidade pode ser encomendada somente neste mês. Ela pode ser comprada nos tamanhos pequeno, de 500 g (R$ 48, ideal para servir de 4 a 6 pessoas), médio, de 1 kg (R$ 77, para 8 a 10 pessoas), e grande, de 1,7 kg (R$ 99, para 16 a 18 pessoas). Além deste, o ateliê aceita pedidos em outros 12 sabores: tradicional, pistache, avelã, brigadeiro, café, doce de leite, chocolate belga, coco, chocolate branco, paçoca, ovomaltine e nozes. Rua Silvânia, 177, Vila Nova Conceição, tel. 2309-2030.

A sala 3 do complexo de cinemas UCI do Shopping Jardim Sul exibe hoje às 13h55 a montagem da Metropolitan Opera de Nova York para La Cenerentola, de Rossini. Para quem não sabe, Cenerentola é o “nome” italiano da velha e boa Cinderela. Joyce DiDonato canta no papel da personagemtítulo. O mestre do bel canto Juan Diego Flórez interpreta o príncipe. O maestro Fabio Luisi lidera um elenco que também inclui Pietro Spagnoli como o servo Dandini e Alessandro Corbelli como o padrasto de Cenerentola. Os ingressos custam R$ 60 no site www.ingresso.com.br. Avenida Giovanni Gronchi, 5.819, Morumbi, tel. 2164-7711.

11H ÀS 17H

DOCE DE MÃE

NA DIREÇÃO DO MORUMBI O grupo britânico One Direction, conhecido por megahits como What makes you beautiful e Live while we’re young, faz dois shows no estádio do Morumbi – hoje e amanhã. As fãs do quinteto formado por Zayn Malik, Harry Styles, Louis Tomlinson, Liam Payne e Niall Horan poderão curtir ao vivo a performance de seus ídolos, que já venderam pelo mundo mais de 4,4 milhões de cópias do CD Take me home. A boy band foi formada durante a 7ª temporada do reality show The X factor na Inglaterra, em 2010. Os ingressos custam de R$ 130 e R$ 600 e estão à venda pelo site www.ticketsforfun.com.br. Praça Roberto Gomes Pedrosa, s/ nº, Morumbi, tel. 4003-5588.

17H ÀS 23H

AS COROAS DO REI Acontecem hoje, amanhã e depois de amanhã no Espaço das Américas os já tradicionais shows de Roberto Carlos em homenagem ao Dia das Mães. Acompanhado por sua orquestra, o Rei interpreta clássicos de seu repertório, como Emoções, Além do horizonte, Eu te amo, te amo, te amo, Amor perfeito, Cama e mesa, Detalhes, Lady Laura, Dormi na praça, Desabafo, Mulher pequena, Proposta, O côncavo e o convexo, Como é grande o meu amor por você, Todos estão loucos e Jesus Cristo. Os ingressos custam de R$ 330 a R$ 540 e estão à venda pelo site www.ingressorapido.com. br. Rua Tagipuru, 795, Barra Funda, tel. 4003-1212.

TÔNICOS GINS

O PATRÃO DO REGGAE

A nova carta de GimTônicas do Astor explora o glamour do clássico coquetel e introduz novas marcas de gins, bitters, sementes, ervas, flores, cascas de cítricos, infusões a frio e chás. São cinco as novas criações do bartender italiano Fabio laPietra. O NRGTonic, por exemplo, é feito com gim infusionado com açaí e uma rodela de grapefruit para decorar. Já o MediterraneanTonic mistura o gim espanhol Mare com infusão de folha de limoeiro e iquiriba (uma aromática semente amazônica) e perfume de patchouli, usado na defumação da taça. Já o Kombu G&T tem gim com infusão de alga marinha kombu e, na decoração, chá matcha em pó e capim-santo. Rua Delfina, 163, Vila Madalena, tel. 3815-1364.

O jamaicano Roy Ellis, ícone do reggae e da cultura do skinhead reggae, se apresenta hoje à noite no palco do Clash Club. Conhecido mundialmente como Mr. Symarip, ele traz sua turnê The boss is back a São Paulo para promover o lançamento de seu EP You can’t leave now. O Clash Club funciona em um enorme galpão todo decorado com adesivos, cartazes e telões. A noite terá ainda a apresentação dos argentinos do The Crabs Corporation e discotecagem do Sound System Stereo All Stars. Os ingressos estão à venda pelo site www.gticket.com.br e custam de R$ 50 a R$ 150. Rua Barra Funda, 969, Barra Funda, tel. 3661-1500.

68 | 29HORAS | Maio 2014

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

09 SEXTA

FOTOS DIVULGAÇÃO

MAIO


PRANZO DELLA MAMMA No almoço do Dia das Mães, ofereça àquela que você tanto ama uma comida feita com o coração. Leve-a à cantina Jardim de Napoli, um clássico da gastronomia paulistana – sem frescuras, mas com comida e serviço excelentes. Do cardápio, além do tradicional polpettone (bolo de carne recheado com mussarela, empanado com farinha de rosca, coberto com molho de tomates e parmesão ralado), a nossa sugestão é que você experimente o fettuccine verde al giardino – massa fresca de espinafre, com molho à base de cogumelos shitake. Outra boa pedida é o fusili com braciola – massa em formato de canudo e braciola recheada com bacon e passas. Rua Martinico Prado, 463, Higienópolis, tel. 3666-3022.

11H ÀS 17H

MOMENTO DOÇURA Hoje é comemorado o Dia das Mães. Quer agradar a sua? Então passe na pâtisserie Ladurée e a presenteie com o lançamento da marca francesa para esta data: os macarons de avelã. A embalagem é uma linda caixinha com uma delicada carruagem florida dos tempos de Maria Antonieta. O gift está disponível em dois tamanhos: com oito unidades (R$ 102) ou com 18 macarons (R$ 209). Se não quiser ir até a loja, use o serviço delivery. Criada em 1862 por Louis-Ernest Ladurée, dono de um moinho e escritor, a confeitaria é um ícone parisiense. Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia, tel. 3152-6028.

SAMSUNG POP SHOW

GAROTAS MODERNAS

Hoje é o último dia do Samsung Galaxy Best of Blues, festival que nos dias 9 e 10 teve apresentações de artistas como Ana Popovic, Buddy Guy, Joss Stone e Jeff Beck. O line-up de hoje, no palco do WTC Golden Hall, conta com shows do carioca Marcelo D2, da explosiva banda de funk-rock Trombone Shorty & Oleans Avenue e do talentoso rapper norte-americano Aloe Blacc. Os ingressos para os shows custam de R$ 150 a R$ 900 (setor vip) e estão à venda pelo site www.livepass.com. br. Proprietários de celulares Samsung Galaxy têm direito a descontos nesses valores. Avenida Nações Unidas, 12.551, Brooklin, tel. 4003-1527.

O Cine Joia recebe hoje de noite as bandas Au Revoir Simone e Cibo Matto. Expoente da efervescência cultural de Williamsburg, no Brooklyn, a cult Au Revoir Simone é formada por três garotas e seus teclados, além de uma bateria eletrônica. O resultado é um dream-pop vintage e delicioso. O duo de avant-pop Cibo Matto era presença certa nas pistas das festinhas mais cool dos anos 90 e agora está de volta após um hiato de quase 15 anos. Formado pelas japonesas Yuka Honda e Miho Hatori, teve colaborações de Yoko Ono, Gorillaz e Sean Lennon. Ingressos a R$ 140. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3101-1305.

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

5H ÀS 11H

DOMINGO 11


MAIO

CHÁS GELADINHOS

O restaurante Mimo completa um ano e muda o cardápio. São 21 novas receitas assinadas pelo chef Volney Ferreira. Entre as entradas, estão a sopa fria de tomates, legumes e burrata, o peixe azul curado com cítricos e guacamole ou ainda a língua bovina com pesto e salada de feijão-fradinho. De prato principal, as novidades são o casarecce com ragu de cordeiro, o risoto orgânico de burrata, carpaccio de peixe e pó de alcaparras, a coxa de pato confitada com alho, mostarda l’ancienne e molho de tamarindo e as lulas recheadas acompanhadas de sorvete de rúcula. Rua Caconde, 118, Jardim Paulista, tel. 3052-2517.

O Outback Steakhouse oferece opções de refrescantes chás gelados para acompanhar a refeição ou para aquele relax na happy hour. Os clientes têm à sua disposição o iced tea tradicional e nos sabores limão, pêssego e cranberry (R$ 9,65), todos com sistema de refil e que podem acompanhar os principais carros-chefe da casa como a bloomin’ onion (a famosa cebola gigante dourada) e as ribs on the barbie (costelinhas de porco com molho barbecue). As novidades já foram incluídas nos cardápios dos 51 restaurantes da rede pelo Brasil, como o do Shopping Eldorado. Avenida Rebouças, 3.970, Pinheiros, tel. 2197-6387.

11H ÀS 17H

ANIVERSÁRIO DO MIMO

O RETORNO DO CYBERSAMURAI O Roppongi – restaurante japonês moderninho que marcou época nos anos 90 – está de volta, em novo endereço. O restaurante retorna com cardápio assinado pelo chef Carlos Ohata. A seção de sushis traz clássicos como shakimakis e uramakis. Na seção de especialidades, os destaques são o Kobe beef com molho de laranja e o asian steak tartar (servido com cebolinha e tobandjan). Entre o quitutes fusion, prove o shake yuzu – um exótico sushi de salmão, sal negro e creme yuzu. Há ainda pratos preparados no vapor e uma seção de receitas saudáveis, como o carpaccio de cruditès com gazpacho. Para acompanhar as refeições, a carta de saquês tem 30 rótulos. Rua Lopes Neto, 15, Itaim, tel. 3079-0283.

17H ÀS 23H

ANTES DA TRANSFORMAÇÃO Transgênero é um conceito que abrange grupos diversificados de pessoas que têm em comum a não identificação com comportamentos e/ou papéis esperados do gênero determinado no seu nascimento. Na série Trans formed society, o fotógrafo Thomas Baccaro expõe 24 imagens feitas em 2008, no Recife, de pessoas que estavam prestes a passar por cirurgia para a retirada do órgão masculino. Baccaro participou de reuniões no núcleo de psicologia da cidade para ganhar a confiança dos modelos, que depois foram ao seu estúdio. As fotos estão expostas no D4 Boteco Galeria. Rua da Consolação 3.417, Jardins, tel. 2338-8910.

ABSOLUTAMENTE GRANDE

PARA COMER QUIETO

A vodca premium sueca Absolut Elyx amplia seu portfólio com duas novas versões de garrafa: a de 1,5 litro e a de 4,5 litros. A marca é a primeira a disponibilizar no Brasil uma vodca nesses formatos. As novas versões mantêm a identidade já firmada da vodca de luxo e apresentam traços geométricos em cobre, que remetem ao processo single state handcrafted de destilação e catalisação da bebida, realizado em tubos de cobre. As novas garrafas estão disponíveis com preço sugerido de R$ 209 e R$ 599, respectivamente, em empórios e bons supermercados da cidade. Saiba onde encontrá-las pelo SAC 0800-014-2011.

O bar As Mineiras é um misto de bar, restaurante e empório dedicado às comidinhas de Minas Gerais. Serve almoço em sistema de bufê e, à noite, oferece pratos à la carte (como o Pirapora, feito com cupim assado na manteiga e acompanhado de arroz e mandioca cozida até ficar desmanchando, e o Triângulo Mineiro, composto de frango refogado com quiabo, arroz, angu e couve) e petiscos – como os pastéis de angu, o caldinho de mocotó e a moela ensopada. Para bebericar, há cervejas em garrafa e caipirinhas inusitadas, como a que mistura jiló com abacaxi. Rua França Pinto, 965, Vila Mariana, tel. 5083-5835.

70 | 29HORAS | Maio 2014

FOTOS DIVULGAÇÃO

CASA CHEIROSA Depois de transformar os sabores da manga, da baunilha e da romã em coleções de perfumes de ambiente – linhas Mangue Vert, Nilla e Romã da Turquia, lançadas em 2013 – a Antik foi buscar no Marrocos a inspiração para o sua nova fragrância: Jasmim & Mandarina. O aroma cativante e sedutor do jasmim aveludado funde-se à vibração picante e cítrica da mandarina e envolve qualquer ambiente em uma sedução naturalmente elegante. A coleção tem difusores de aromas, spray para ambientes, água perfumada para roupas e outros itens. Avenida Roque Petroni Jr., 1.089 (Shopping Morumbi), Brooklin, tel. 5189-6669.

5H ÀS 11H

MI SALÓN, SU SALÓN O Vila Nova Cabelo e Maquiagem é a casa de beleza fundada pelos cabeleireiros Augusto Evangelista e Fabbio Torres em sociedade com a maquiadora Priscila Pimentel. Lá, as clientes se sentem como se estivessem em casa. Móveis, salas de estar e piscina foram preservados no imóvel. Com 380 m² de área, o local proporciona experiências únicas: é possível fazer a unha na beira da piscina e as crianças podem curtir seu aniversário ali com as amiguinhas, fazendo penteados e maquiagens enquanto devoram doces, salgadinhos, bolos e sucos. Rua Padre Pereira de Andrade, 455, Alto de Pinheiros, tel. 3022-2365.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

12 SEGUNDA 13 TERÇA


NOVIDADES DAS ARÁBIAS O menu do Espaço Árabe está com novidades. Entre elas, vale destacar o quibe de abóbora com espinafre, o frango das arábias e o hambúrguer de cafta. O restaurante oferece também combinados, servidos a R$ 15,90, em três opções: hambúrguer de cafta no prato com tabule e arroz sírio, michuí de frango com salada fatuch e arroz sírio ou ainda quibe assado de abóbora com espinafre, batata rústica e tabule. Outra boa alternativa para um almoço rápido ou um lanche leve é o beirute. Para fechar a refeição, mais um lançamento: uma esfirra folhada de chocolate com damasco! Rua Inhambu, 683, Moema, tel. 5051-3974.

11H ÀS 17H

ESSA SIM, ESSA NÃO O Pivô apresenta a exposição Umas e outras, individual da artista plástica Lenora de Barros com 65 colunas de jornal publicadas no Jornal da tarde na década de 1990. Uma seleção dessas colunas deu origem a um livro que serviu de base para dois vídeos produzidos para a mostra – Jogo de damas e Em si as mesmas. Também está sendo exibida a instalação sonora Duplicar imagens, a qual repete ininterruptamente uma frase entoada pela artista em tom de voz infantilizado. A exposição tem curadoria de Glória Ferreira e é realizada em parceria com a Galeria Millan. Avenida Ipiranga, 200, Centro, tel. 3255-8703.

PENSAMENTOS SATÂNICOS

HAMBÚRGUER DO SUPER-HERÓI

São oito os pensadores convidados para a edição 2014 do Fronteiras do Pensamento. Eles vêm a São Paulo discutir a reinvenção do mundo com mais racionalidade e tolerância. E a primeira conferência, hoje no Instituto Tomie Ohtake, será realizada por um escritor que é um símbolo dos males da intolerância: o britânico Salman Rushdie, famoso por ser alvo de uma condenação à morte expedida pelo aiatolá Khomeini, autoridade máxima no Irã, em 1989. Por conta disso, viveu dez anos recluso. Os ingressos estão à venda pelo site www.ticketsforfun.com.br e custam R$ 2.664 (para todas as oito conferências). Rua Coropés, 88, Pinheiros, tel. 4007-1200.

Inspirado no novo filme da Marvel – Capitão América 2: O soldado invernal – o restaurante America criou o hambúrguer Patriota, um suculento sanduba feito com 200 gramas de carne, queijo gorgonzola derretido, fatias crocantes de bacon caramelizado com mel, tomate e maionese no pão de batata. Como acompanhamento, o cliente recebe batatas fritas com dips e molho barbecue. Outra novidade que incrementa o cardápio America só até o dia 18 é o Farofino Especial, que mistura frozen yogurt natural, farofa crocante, Nutella, calda de amora e creme chantili. Avenida Nove de Julho, 5.363, Itaim, tel. 3708-3620.

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

5H ÀS 11H

QUARTA 14

NOVAS SALAS CINEMARK BRADESCO PRIME Poltronas elétricas totalmente reclináveis.

Menu com opções de salgados e doces.

Menu Kids: especial para crianças.

Rótulos de vinhos para acompanhar seu filme.

Chegaram as salas Cinemark Bradesco Prime com mais conforto e sofisticação para você. Poltronas elétricas, iluminação individual, menu Kids, sanduíches e sobremesas especiais, além de uma carta de vinhos com rótulos cuidadosamente selecionados. Tudo isso com serviço exclusivo na sua poltrona. E, claro, os melhores filmes.

cinemark.com.br cinemarkoficial


16 SEXTA BELEZA À VENDA A Payot aproxima-se ainda mais de suas consumidoras. A novidade da marca de cosméticos é a sua nova lojaconceito, onde as mulheres encontram a linha completa de produtos para gestantes, para tratamento facial e capilar, para proteção solar e para maquiagem. O atendimento personalizado é feito por consultoras especializadas, que oferecem ainda tratamentos faciais e corporais, como limpeza de pele, hidratação, rejuvenescimento, revitalização, peelings, massagens, design de sobrancelhas e visagismo. Agende um horário. Há também cursos de automaquiagem. Alameda dos Nhambiquaras, 502, Moema, tel. 5081-7790.

5H ÀS 11H

AZEITE PARA BEBÊS Muito se fala sobre os benefícios do azeite. Estudos recentes demonstraram também a importância do azeite no crescimento das crianças, defendendo a necessidade de introduzir o produto na dieta desde os primeiros meses de vida. Pensando nisso, a Casa Aragão lança o azeite Alfandagh Kids, orgânico e exclusivo para crianças. Extraído de azeitonas da região de Trás-os-Montes (Portugal), tem baixa acidez, sabor suave, vitaminas A, D, E e K e ajuda a regular a flora intestinal, além de turbinar o sistema imunológico e ser um antioxidante poderoso. Contatos e vendas pelo tel. 2609-8979. www.casaaragao.com.br

COMIDA COM HISTÓRIA

Estreia hoje nos cinemas a comédia Do lado de fora, dirigida pelo cineasta Alexandre Carvalho. O elenco é encabeçado por Marcello Airoldi, André Bankoff, Titi Muller, Luis Fernando Vaz e Maurício Evans. A trama do filme acompanha dois adolescentes (Vaz e Evans) que decidem ir à Parada Gay na Avenida Paulista, incentivados pelo tio de um deles, um executivo bem-sucedido que vive uma vida dupla. Após presenciarem uma cena de agressão homofóbica, eles decidem fazer um curioso pacto: todos do grupo devem sair do armário até o evento do ano seguinte. A drag queen Silvetty Montilla faz uma participação especial.

O Paribar acaba de lançar um menu com pratos inspirados em momentos da história da cidade. O chef Luiz Campiglia criou pratos com ingredientes utilizados pelos índios quando os jesuítas chegaram na cidade – caso da coxa e da sobrecoxa de frango com creme de milho, da vitela sobre mandioca rostï com jacuba (espécie de pirão feito com café, farinha de milho e rapadura) e o risoto de leite com paçoca de carne-seca. A época da boêmia paulistana aparece no peixe inteiro ao forno com arroz de coentro com chips de mandioquinha e na já tradicional carne de panela Paribar, que traz porco, galinha e nhoques cozidos no molho das carnes. Praça Dom José Gaspar, 42, Centro, tel. 3237-0771.

11H ÀS 17H

EXPELIDOS DO ARMÁRIO

SEIS VEZES EMÍLIO O ator Emilio Orciollo Netto traz para o Teatro Eva Hertz (na Livraria Cultura do Conjunto Nacional) seu primeiro monólogo. A peça se baseia em cartas extraídas do livro Tudo que eu queria te dizer, da escritora gaúcha Martha Medeiros, que vendeu mais de 100 mil cópias. Emilio interpreta os desabafos de seis homens, que expressam mágoas, medos, revoltas, alegrias e diferentes opiniões sobre temas como culpa, traição, sexo, morte e vida, em situações hilariantes e inusitadas. Os ingressos para Também queria te dizer custam de R$ 40 a R$ 50. Avenida Paulista, 2.073, Cerqueira César, tel. 4003-2330.

17H ÀS 23H

VERA PIZZA O bairro de Perdizes acaba de receber uma nova unidade da pizzaria Veridiana. Localizada em um casarão totalmente restaurado com 700 m² de área, a terceira casa da rede tem fornos a lenha no salão principal, adega no charmoso subsolo, varandas, mezanino, um jardim vertical e um bar com um bonito balcão de madeira. No cardápio, deliciosas pizzas como a Cablanca (com queijo de cabra holandês, miniaspargos frescos e pinoli), a Della Nonna (de mussarela com fatias de linguiça calabresa artesanal) e a Pancetta al Mascarpone (com queijo mascarpone, pancetta e pinoli). Rua Turiassu, 98, Perdizes, tel. 3862-8111.

LETO BROTHERS ON STAGE

LAGARTÃO NIPÔNICO

Formada em 1998 em Los Angeles, a banda 30 Seconds to Mars se apresenta hoje no Espaço das Américas. O grupo é um fenômeno: gravou quatro álbuns de estúdio, ganhou prêmios como o Grammy e o MTV Music Awards e entrou para o Guinness Book of Records, em 2011, como o grupo que realizou mais shows numa mesma turnê – mais de 300 apresentações pelo mundo para divulgar o CD This is war. A banda é formada por Jared Leto (vocal), Shannon Leto (bateria e percussão) e Tomo Milicevic (guitarra e teclados). Ingressos de R$ 220 a R$ 360 à venda pelo site www.livepass.com.br. Rua Tagipuru, 795, Barra Funda, tel. 3864-5566.

A estreia mais aguardada deste fim de semana nos cinemas é sem dúvida a nova versão do filme Godzilla. O elenco da superprodução dirigida por Gareth Edwards traz Aaron Taylor-Johnson, Bryan Cranston (do seriado Breaking bad), Elizabeth Olsen, Ken Watanabe, Juliette Binoche e David Strathairn, mas todo mundo quer mesmo é ver o poderoso calangão, que renasce nesta aventura com exibição em 3D. Desenvolvido digitalmente, o monstro mais famoso do cinema japonês agora tem um aspecto repugnante e assustador. Como nas versões anteriores da história, a criatura ganha vida após um acidente envolvendo energia nuclear.

72 | 29HORAS | Maio 2014

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

15 QUINTA

FOTOS DIVULGAÇÃO

ABRIL MAIO


ABRIL

DE MADRI À MADALOCA Um novo evento gastronômico agita a rua Harmonia, na Vila Madalena. Trata-se do Movida Madaleña, que une os restaurante Che Bárbaro, Tanger e Banana Verde, o bar Jacaré Grill e a sorveteria Bacio di Latte hoje, das 12h à meia-noite. A ideia é oferecer a oportunidade dos frequentadores da região degustarem um item de cada estabelecimento, alguns criados especialmente para a data, por meio da aquisição de um tíquete no valor de R$ 60. O comensal visita todos os endereços participantes e pode provar pratos, sobremesas ou petiscos, como as miniempanadas de carne, queijo e frango do argentino Che Bárbaro.

11H ÀS 17H

MANHÃ NO MERCADÃO Para os visitantes que se interessam pelos sabores e aromas de São Paulo, a empresária Carolina Slemer oferece um tour gastronômico pelo Mercado Municipal. Em inglês, com duração média de 3 horas, o Taste of Mercadão une história, arquitetura, curiosidades do local e permite que o turista deguste o pastel de bacalhau, o sanduíche de mortadela, a legítima cachaça, uma boa salada de frutas, um brigadeiro e uma água de coco geladinha. Para participar, cada pessoa paga R$ 129. Os tíquetes para o tour podem ser adquiridos pelo site www.tasteofsp.com. Mais informações pelos telefones 2626-7325 e 9.9541-2233.

TREMENDÃO NA ÁREA

DE VIRADA É MAIS GOSTOSO

Gigante Gentil é um apelido criado pelos amigos mais próximos de Erasmo Carlos, por conta da personalidade amável do Tremendão, que mede 1,93 m de altura. Este é também o nome do 28º álbum do cantor e compositor carioca, que faz show hoje no HSBC Brasil para lançar o novo trabalho aqui em São Paulo. O CD traz parcerias de Erasmo com grandes artistas, como Caetano Veloso, Arnaldo Antunes e Nelson Motta. Celebrando seus 50 anos de carreira, Erasmo está escrevendo um livro sobre suas músicas. Ele é um dos raros cantores e compositores brasileiros que têm sua própria editora, produtora de shows e gravadora.

A Virada Cultural começa hoje e promete muitas atrações durante 24h ininterruptas de programação. Promovida pela Prefeitura de São Paulo, a Virada Cultural é um evento que ocorre uma vez por ano, transformando o Centro Velho da capital paulista em um ambiente que atrai milhões de pessoas para shows, peças teatrais e muito mais – e todas as atrações são gratuitas! A festa, que começa às 18h de hoje e só termina às 18h de amanhã, realiza um grande encontro cultural, que reúne pessoas das mais diversas tribos. A programação completa pode ser conferida no site www.viradacultural.prefeitura.sp.gov.br

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

5H ÀS 11H

SÁBADO 17


MAIO ABRIL

ALMOCINHO NA BARRA FUNDA

O cinema UCI do shopping Jardim Sul apresenta hoje às 17h a coreografia A era do ouro, encenada pelo Ballet Bolshoi. Em 1923, em uma cidade litorânea no sul da União Soviética, Bóris se apaixona por Rita, uma dançarina de cabaré que namora um gângster. Ambientada nos anos 1920, A era do ouro é um balé com jazz e paródias de músicas burlescas. Criado por Yuri Grigorovich, cativa o público com seu ritmo frenético, sua trama apaixonante e os vários estilos de dança (clássica, neoclássica, livre, grotesca, folclórica e acrobática). Ingressos a R$ 60. Avenida Giovanni Gronchi, 5.819, Morumbi, tel. 2164-7711.

Aberto recentemente na Barra Funda, o Limão Rosa Café é um misto de restaurante e café. Funciona somente no almoço, exceto às sextas-feiras, quando abre também para o jantar, em geral também acompanhado por uma atração cultural. A casa oferece pratos do dia a preços camaradas, incluindo entrada e sobremesa. Se você der sorte, vai ter a oportunidade de provar o ossobuco, a galinha caipira, o escondidinho de mandioca com carne-seca ou ainda a moussaka. Na sobremesa, torça para ser dia do bolo de açúcar mascavo e cerveja preta com calda de manga. Rua Brigadeiro Galvão, 990, Barra Funda, tel. 2506-7020.

11H ÀS 17H

JAZZ NO BOLSHOI

17H ÀS 23H

Marcelo Vasconcellos agora tem um espaço só seu para brilhar e exibir seus dons de mixologista. O restaurante Le Bilboquet acaba de inaugurar no mezanino o Lounge – um espaço ideal para degustar canapés caprichados, conversar e, ao mesmo tempo, vivenciar uma imersão na moderna coquetelaria e descobrir novos sabores, aromas e texturas. Lá, Vasconcellos prepara drinques clássicos e criações exclusivas. Vale a provar seu Bilboshot (vodca com mix de frutas amarelas e crosta de açúcar de jambú), seu gostoso Bellini, seu instigante Balsamic Bramble, seu aromático Mata Hari ou o picante e elegante Wasabi Martini. Rua Vittorio Fasano, 49, Jardins, tel. 2615-1510.

FESTA DO BURGÃO

VINGANÇA DA NATUREZA

Vai até o dia 31 o 4º SP Burger Fest. Mais de 50 restaurantes de diferentes especialidades participam do evento. Entre eles, Pobre Juan, PJ Clarke’s, Chef Rouge, Capim Santo, The Fifties, Baretto, Obá, Twelve Bistrot e Empório Sagarana. Cada um desenvolveu uma receita exclusiva. Na Embaixada do Hambúrguer – um endereço pop up, nos Jardins –, a renda da venda de sanduíches será revertida para ONGs. Haverá também duas edições da Feirinha Gastronômica na Praça Benedito Calixto totalmente dedicadas ao hambúrguer. E a Hellmann’s Burger Academy vai ter aulas sobre hambúrgueres e milk-shakes. Veja a programação completa em facebook.com/SPBurgerFest

23H ÀS 29H

TEMPLO DOS DRINQUES

17H ÀS 23H

BOSCO NÃO SE DISCUTE Dois pra lá dois pra cá, O mestre-sala dos mares, O bêbado e a equilibrista, Bala com bala, Falso brilhante, O rancho da goiabada, De frente pro crime, Kid Cavaquinho, Fantasia, Bodas de prata, Latin lover e O ronco da cuíca. Estes e outros sucessos inesquecíveis de João Bosco serão interpretados pelo próprio em um show solo no palco intimista do Tom Jazz, hoje a partir das 21h. Deleite-se com as melodias, o ritmo, a harmonia, os bonitos arranjos, o violão eletrizante e as levadas antológicas do cantor e compositor mineiro. Couvert artístico de R$ 180. Avenida Angélica, 2.331, Higienópolis, tel. 3255-0084.

A livraria Cultura está comercializando o recém-lançado DVD de Black Fish – Fúria animal, um hipnotizante thriller psicológico. O filme conta a história de Tilikum, uma baleia assassina performática, que matou várias pessoas em cativeiro. A diretora Gabriela Cowperthwaite acrescenta imagens fortes e emocionantes entrevistas para mostrar a extraordinária natureza da criatura, o tratamento cruel que os animais recebem no cativeiro, as vidas e mortes dos treinadores, além das pressões da multibilionária indústria dos parques aquáticos. Custa R$ 29,90. Avenida Paulista, 2.073, Cerqueira César, tel. 3170-4033.

74 | 29HORAS | Maio 2014

FOTOS DIVULGAÇÃO

PARA BEBÊS & MAMÃES A marca norte-americana de cosméticos naturais Burt’s Bees traz para sua loja no Morumbi Shopping novos produtos. A principal novidade é a linha Baby Bee, dedicada à pele dos bebês. A linha inclui pomada antiassaduras, sabonete, xampu líquido e loção hidratante à base de soro de leite (rico em gorduras e emolientes). Para as mamães, a marca lança a linha anti-idade, composta por loção facial para uso diurno, creme para área dos olhos e creme facial para uso noturno – todos feitos com óleo de romã, que combate os radicais livres e a flacidez. Avenida Roque Petroni Jr., 1.089, Brooklin, tel. 5181-3390.

5H ÀS 11H

RISO MATINAL O humorista Diogo Portugal apresenta hoje às 11h no Santana Parque Shopping o espetáculo Senta pra rir com a família. O horário é esse mesmo? Sim! O show de stand up visa trazer mais e mais clientes ao shopping nas manhãs de domingo, antes mesmo do almoço. O artista promete divertir a plateia com suas sacadas bem-humoradas sobre o dia a dia e sobre fatos do cotidiano. De cara limpa, sem figurinos, maquiagem ou personagens, ele vai provocar gargalhadas em todos que forem à sala 1 dos cinemas UCI, no 4º piso. A entrada é gratuita e a censura é livre. Rua Cons. Moreira de Barros, 2.780, Santana, tel. 2238-3002.

23H ÀS 29H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

18 DOMINGO 19 SEGUNDA


TERÇA 20 IOGURTES TOP

5H ÀS 11H

TODO DIA É DIA DE FEIJUCA

A Delicari inaugurou em março um ponto de venda no Shopping Pátio Higienópolis. Além dos clássicos iogurtes e sorvetes elaborados sem adição de conservantes, espessantes ou corantes, a loja conta também com sorvetes como o latte, o de figo com mel e o de framboesa com chocolate branco, além de seus sabores já clássicos, como baunilha da Polinésia, caramelo de Bali e morango. Uma seleção de produtos exclusivos também está disponível na nova loja, como a baunilha orgânica Heilalá, o açúcar de coco Big Tree Farms, as granolas, o pão de batata e bolos. Avenida Higienópolis, 618, Higienópolis, tel. 3823-2715.

17H ÀS 23H

VIOLINOS NA LUZ Hoje à noite, na Sala São Paulo, o público terá a oportunidade de ver o ouvir Stephan Barrat-Due com seu violino de 1751. Ele se apresenta com a Oslo Camerata e seus instrumentistas do Barratt Due Institute of Music. Stephan é um dos mais notáveis professores de violino da Escandinávia. O instituto, fundado pelos seus avós, é tido como a principal escola de música da Noruega, com cerca de 500 alunos de nível excepcional. O repertório do concerto de hoje promovido pelo Mozarteum inclui peças de Mozart, Grieg, Bach e Mendelssohn. Ingressos de R$ 80 a R$ 250. Praça Júlio Prestes, 16, Luz, tel. 3367-9500.

11H ÀS 17H

Desde 1946, o restaurante Bolinha serve uma das melhores e mais famosas feijoadas do Brasil. Uma das razões desse sucesso é o fogão a lenha que está no restaurante desde a inauguração. O local é um dos poucos da cidade onde a iguaria é oferecida de segunda a domingo. A feijoada tradicional conta com dez tipos de carnes na cumbuca (pé, rabo, orelha, costela, carneseca, linguiça portuguesa, paio, lombo defumado, língua defumada e bacon) e com mais 13 guarnições (arroz, couve, mandioca frita, banana à milanesa, linguiça frita, bacon torrado, torresminho, bisteca de porco, farofa, molho apimentado, laranja e batida de limão). Avenida Cidade Jardim, 53, Jardim Europa, tel. 3061-2010.

23H ÀS 29H

UÍSQUE DE GRIFE Glenmorangie, o single malt escocês mais premiado do mundo, acaba de lançar no Brasil o novo malte Quinta Ruban. A novidade trazida pelo grupo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy) tem textura aveludada e é envelhecida em barris de vinho do Porto. O Glenmorangie Quinta Ruban é um uísque “non chill filtered” (não filtrado a frio), sem alterações de sabor ou no corpo. Suave, tem equilíbrio entre sabores doces e secos, com notas de chocolate e menta. No bar Rooftop, dentro do restaurante Tempranillo, a dose é vendida por R$ 40, e a garrafa, por R$ 537. Rua Jacques Félix, 381, Vila Nova Conceição, tel. 3926-5121.


MAIO

11H ÀS 17H

A Gourmand Alimentos acaba de lançar um produto com sabor genuinamente brasileiro, a linha Roots To Go. Feito com raízes nativas do Brasil, combina texturas e temperos simples, com um resultado simplesmente delicioso. Cem por cento naturais, não têm colesterol, conservantes ou gordura trans. Os chips ainda são ricos em vitaminas, fibras e com baixa quantidade em gordura e calorias, quando comparados com batatas fritas comuns do mercado. A linha Roots To Go está disponível nos melhores empórios e supermercados a preços entre R$ 12 e R$ 14. Escolha o seu predileto: batata-doce, mandioca + beterraba, mandioca ou cará.

11H ÀS 17H

O ateliê Adoro Brownie, que está há um ano no mercado, oferece a seus clientes o docinho em várias versões, em receitas clássicas ou novidades criadas e desenvolvidas pela chef Tess Abreu. Além do brownie tradicional com nozes, há brownies sem nozes, com crocante, com Nutella, com brigadeiro, com doce de leite, com chocolate branco, com frutas vermelhas, com peanut butter e com Baileys. Todos podem ser adquiridos unitariamente e em pequenos volumes no ateliê ou em quantidades maiores sob encomenda antecipada pelo site www.adorobrownie.com.br. Rua Gomes de Carvalho, 116, Vila Olímpia, tel. 4112-4842.

A banda Fall Out Boy se apresenta hoje de noite no Citibank Hall. O grupo de Wilmette (Illinois) está em turnê para divulgar seu 5º álbum, Save rock and roll, que liderou a parada Billboard 200 no começo do ano passado. O disco quebrou um hiato de três anos da banda, durante o qual os integrantes se dedicaram a projetos individuais. O quarteto é formado por Pete Wentz (baixista e letrista), Patrick Stump (vocalista e guitarrista), Joe Trohman (guitarrista) e Andy Hurley (baterista). Ingressos de R$ 90 a R$ 450 à venda pelo site www.ticketsforfun.com.br. Avenida Nações Unidas, 17.955, tel. 4003-5588.

17H ÀS 23H

Na Pizza Bros, algumas cervejas especiais são indicadas para quem busca uma harmonização perfeita com as pizzas da casa. Para acompanhar a Caprese (mussarela de búfala, tomatinhos cereja e manjericão), a dica é a Paulistânia Clara; para a Carciofini (mussarela, tomates, alcachofrinhas e cebola), a sugestão é a Erdinger Urweisse; para quem prefere a pizza Bassoleil (queijo brie, camembert, roquefort, pera, nozes, uvas, endívia e mel), a melhor pedida para acompanhar é a La Trappe Tripel. Por fim, para quem apostar na pizza de carne-seca com banana e cebolinha, o melhor é pedir uma cerveja Speakeasy Prohibition Ale. Avenida Moema, 684, Moema, tel. 5052-5263.

CAMISETAS, CERVEJAS & SHOWS

MUTANTE EM VIAGEM NO TEMPO

Para quem curte camisetas vintage ou as que tenham estampas com aquele acabamento artesanal, a Hotel Tee’s já se tornou uma parada obrigatória. E a marca ainda tem um bar que, além de ponto de encontro para a galera, serve excelentes cervejas especias, com uma carta de bebidas que inclui os rótulos nacionais produzidos pela brasileira Colorado e importados como os da escocesa Brew Dog, da norte-americana Anderson Valley, da tcheca Bernard e da dinamarquesa Faxe. O local ainda recebe pocket shows de bandas como Jesus and the Groupies e Faca Preta. Rua Matias Aires, 78, Consolação, tel. 3081-4426.

23H ÀS 29H

MARRONZINHOS PARA TODOS

17H ÀS 23H

CHIPS BRASILEIRINHOS

Estreia hoje nos cinemas mais um episódio – o sétimo – da saga dos super-heróis mutantes mais adorados do planeta. X-Men: Dias de um futuro esquecido é dirigido por Bryan Singer e traz no elenco Jennifer Lawrence, Ellen Page, Hugh Jackman, Michael Fassbender e James McAvoy. No futuro, os mutantes são caçados impiedosamente pelos Sentinelas, gigantescos robôs criados por Bolívar Trask (Peter Dinklage). Os poucos sobreviventes precisam viver escondidos, caso contrário serão também mortos. O meio encontrado para resistir é enviar a consciência de Wolverine em uma viagem no tempo, rumo aos anos 1970.

GAROTO CAÍDO

PIZZAS & CERVEJAS

76 | 29HORAS | Maio 2014

FOTOS DIVULGAÇÃO

MADE IN ETIÓPIA A Etiópia é considerada o berço do café. Foi lá que um pastor no século 6 que conduzia suas ovelhas percebeu que elas ficavam mais espertas ao ingerirem frutinhos de coloração amarelo-avermelhada. O resto da história a gente já conhece. Para homenagear e trazer as sensações daquele país, a Nespresso criou o grand cru Bukeela ka Ethiopia, um blend refrescante, floral, que revela notas de madeira e um buquê com aromas de jasmim, lírio branco, bergamota e flor de laranjeira. O sleeve com dez cápsulas custa R$ 19 e pode ser encontrado nas butiques Nespresso. Rua Oscar Freire, 893, Jardins, tel. 0800 7777 737.

5H ÀS 11H

OBSESSÃO POR BOLINHAS A exposição Obsessão infinita, de Yayoi Kusama, chega a São Paulo, no Instituto Tomie Ohtake. A mostra revela o trabalho de uma das artistas mais originais e inventivas do pós-guerra em cerca de 100 obras produzidas entre 1949 a 2012, entre elas pinturas, esculturas, vídeos e instalações. A artista nasceu em Matsumoto, no Japão, em 1929. Nos anos 60, viveu em Nova York e teve contato com Donald Judd, Andy Warhol, Claes Oldenberg e Joseph Cornell. Em 1973, Kusama retornou ao Japão e, desde 1977, vive voluntariamente em uma instituição psiquiátrica. Entrada gratuita. Rua Coropés, 88, Pinheiros, tel. 2245-1900.

23H ÀS 29H

5H ÀS 11H

21 QUARTA 22 QUINTA


24 SÁBADO A ARTE DO ZERO Para celebrar a Temporada da Alemanha no Brasil, a Pinacoteca do Estado de São Paulo apresenta a exposição Zero. A mostra foca nessa vanguarda internacional que, no final da década de 1950 e início dos anos 60, por meio de arranjos pictóricos dispostos em série e estruturas de luz vibratórias, alterou de forma decisiva a arte do pósguerra. A exposição faz a ponte entre artistas alemães e sul-americanos de renome internacional, como o argentino Lucio Fontana, o brasileiro Almir Mavignier e o venezuelano Jesús Rafael Soto. Entradas a R$ 6 (aos sábados, é de graça). Praça da Luz, 2, Bom Retiro, tel. 3324-1000.

5H ÀS 11H

CIRCO GLOBALIZADO O Circos – Festival Internacional SESC de Circo realiza nova edição até o dia 1º de junho, nas unidades Belenzinho, Bom Retiro, Campo Limpo, Carmo, Consolação, Ipiranga, Interlagos, Itaquera, Pinheiros, Pompeia, Santana, Vila Mariana e Santo André. São 23 espetáculos – de oito companhias internacionais e 15 nacionais. Entre os destaques, está Belonging, uma coprodução do Sesc, British Council, People’s Palace Project, Graeae Theatre Company e Crescer & Viver, reunindo artistas ingleses e brasileiros portadores de deficiência física. Há ainda atrações da Austrália, da Bélgica, da Espanha, da França e muito mais.

LA BOTECAGE

Após rodar pela Europa e por Israel, chega ao Brasil a exposição As meninas do quarto 28, adaptada do livro homônimo escrito pela jornalista alemã Hannelore Brenner e lançado no Brasil pela editora LeYa. A exposição relata, por meio dos desenhos feitos por meninas judias que passaram pelo Quarto 28, o dia a dia das crianças do campo de concentração de Theresienstadt, próximo de Praga, durante a Segunda Guerra Mundial. São mais de 35 desenhos e uma réplica de 18 m² do quarto em que elas ficavam aprisionadas, além de painéis com dados históricos. Entrada gratuita. Avenida Europa, 218, Jardim Europa, tel. 2594-2601.

Após 60 anos de funcionamento, o restaurante francês La Casserole passa a abrir nos almoços de sábado. Para marcar essa novidade, a restauratrice Marie-France Henry apresenta um cardápio especial com o inspiração boêmia, além do menu regular da casa. Os destaques são os petiscos que combinam receitas francesas e brasileiras, como o cassoulet (conhecido como feijoada francesa), a brochette de crevettes et poisson du jour (espetinho com camarões e peixe do dia), as coxinhas de pato, o coq au vin servido como um escondidinho no parmentier, coberto com purê de batatas, e o sanduba de gigot d’agneau – perna de cordeiro assada. Largo do Arouche, 346, Centro, tel. 3331-6283.

11H ÀS 17H

HOLOCAUSTO A CORES

DISCO MUSIC NO JUVENTUS Acontece hoje no Clube Juventus o Think Music Festival, que reúne grupos musicais que fizeram enorme sucesso no mundo todo e agitaram as pistas de dança na era de ouro da Discothèque. Muita gente vai se emocionar ao ter a chance de ver ao vivo e dançar ao som de bandas como Earth, Wind & Fire (de hits como Fantasy, Getaway e September), Kool & the Gang (de Celebration e Ladies night) e KC & The Sunshine Band (de I’m your boogie man, Shake shake shake e That’s the way I like it). Os ingressos custam R$ 150 e estão à venda pelo site www.ingressorapido.com.br. Rua Juventus, 690, Mooca, tel. 2271-2000.

17H ÀS 23H

ANTES DE BARCELONA O Cine Joia recebe as principais atrações brasileiras que se apresentam entre os dias 28 e 31 de maio no Primavera Sound, em Barcelona. As bandas Móveis Coloniais de Acaju, Black Drawing Chalks, Boogarins e Single Parents se reúnem antes para um show esta noite. Realizado desde 2001, o Primavera Sound é atualmente o festival mais prestigiado de música da Europa. Este ano, terá artistas do mundo todo, como Arcade Fire, Pixies, The National, Slowdive, Disclosure, Nine Inch Nails, Haim, Metronomy, Queens of the Stone Age e Caetano Veloso. Ingressos a R$ 70. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3131-1305.

NOVOS BURGERS NO PJS

DÊ UM TAPA NAS TAPAS

O menu do P.J. Clarke’s com novas receitas exclusivas. Elas aproximam ainda mais o menu daqui ao da matriz do lendário bar & restaurante nova-iorquino, que comemora 130 anos de vida em 2014. Entre os hambúrgueres Deluxe, preparados com fraldinha da Wessel, são oito as novas opções, como o Patrick Joseph Clarke (com queijo cheddar e cebola com Guinness), o BBQ Bleu Burger (com queijo gorgonzola, cebolas fritas e molho barbecue), o B.L.T.E Burger (com bacon, alface, tomate e ovo frito) e o Au Poivre, com pimentas em grão e queijo emmental. O menu também apresenta “pratos do dia”, servidos de segunda a domingo. Rua Dr. Mário Ferraz, 568, Itaim, tel. 3078-2965.

Misto de restaurante, café e bar, investe na culinária espanhola, mas também serve um trivial sortido no horário do almoço. No cardápio há opções como o polvo à galega, os pintxos de presunto de pato com queijo de cabra, o gazpacho andaluz, os buñuelos de bacalao, as croquetas de jamón e queijo pecorino, as tâmaras com bacon, a salada de rúcula com tomates secos, presunto ibérico, queijo grana padano e azeitonas negras, as batatas bravas, os camarões na chapa com alho, os chipirones (tentáculos de lula) empanados e a xistorra (linguiça picante). Rua Desembargador do Vale, 1.090, Pompeia, tel. 2925-1157.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

23 SEXTA

77


MAIO

PIANO FORTE

SMOKY BURGER

A Fundação Maria Luisa e Oscar Americano recebe hoje às 11h30 o renomado pianista Marcelo Bratke para o recital A volta ao mundo em 80 minutos. Em uma viagem inspirada no poema de Charles Baudelaire L’Invitation au voyage, Bratke toca Debussy (Pagodes), John Cage (In a landscape), Gershwin (Prelúdio espanhol), Stravinsky (Tango), Villa-Lobos (As três Marias) e Tom Jobim (Samba do avião), entre outras obras-primas. No dia 1º de junho, o pianista, que reside em Londres, se apresenta no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. A Fundação Maria Luisa e Oscar Americano fica na avenida Morumbi, 4.077, tel. 3742-0077.

Ainda comemorando seu 3º aniversário, a Hamburgueria 162, comandada pelo chef Allan Prisco, traz de volta ao seu cardápio um dos hambúrgueres de maior sucesso disponível apenas em edições especiais do passado. O Fumaça Free Style (pão de hambúrguer tradicional, 162 g de hambúrguer bovino defumado, queijo emmental, crisp de cebola, picles e geleia de pimenta) agora faz parte do cardápio fixo da lanchonete. Outra novidade é o milk-shake Indian Superstar, feito com uma inusitada e saborosa combinação de chá-mate, sorvete de baunilha e canela. Rua Luís Coelho, 162, 1º andar, Cerqueira César, tel. 2738-5162.

23H ÀS 29H

MELHOR IDADE Idealizado pela agência Venturas, o programa Velhinho é a Mãe organiza viagens exclusivas para maiores de 60 anos que gostam de se aventurar pelo mundo sem deixar de lado o conforto a segurança. Todos os grupos são acompanhados por um guia brasileiro. Além de criar um ambiente propício para novas amizades, a iniciativa favorece os que não têm companhia para viajar. Há roteiros pela Espanha & Marrocos (maio), pelas províncias argentinas de Salta & Jujuy (junho), Lençóis Maranhenses & Jericoacoara (agosto), Pantanal & Bonito (setembro) e Israel & Jordânia (outubro). Reservas e informações pelo tel. 3872-0362.

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

25 DOMINGO

O teatro do MuBE (Museu Brasileiro de Escultura) apresenta às 20h a peça infanto-juvenil As paparutas, a primeira com texto escrito por Lázaro Ramos. As paparutas é uma associação de mulheres que têm forte relação com a comida. A história é narrada pelo garoto Jovi, e a aventura começa quando uma novata é

78 | 29HORAS | Maio 2014

enviada pela poderosa Dona Papona para aprender todos os ensinamentos das colegas. Com medo de perder a autoridade, a chefe das Paparutas usa uma flauta mágica que faz com que todos cheguem ao que ela julga ser o modelo de perfeição: ela mesma. Ingressos a R$ 30. Rua Alemanha, 221, Jardim Europa, tel. 4301-7521.

FOTOS DIVULGAÇÃO

17H ÀS 23H

COMIDA & PODER


CASA OUTONAL A Divino Espaço Boutique Decor trabalha com coleções sazonais. Sob o olhar cuidadoso de Amelinha Amaro, a loja lança a coleção outono/inverno 2014 com móveis e acessórios de decoração. Cores sóbrias e neutras como camelo, cinza, marrom e bege sempre são tendências em decorações de outono e inverno e estão por toda a parte, mas um toque vivo e alegre pontua os ambientes com tons de azul intenso e bordô. Móveis e acessórios como vasos, luminárias, sofás, poltronas e mesinhas viajam entre o clássico e contemporâneo, em materiais como madeira, metal e vidro. Alameda Jauaperi, 45, Moema, tel. 5051-126

5H ÀS 11H

FRUTAS A QUALQUE HORA A Frutaria Paulista opera em regime 24 horas e, lá, é possível comprar frutas e consumir sucos naturais, água de coco, saladas de frutas, smoothies batidos com iogurte, frapês, milk-shakes, sanduíches, tortas e bolos a qualquer hora do dia. Outras atrações do local são as especialidades amazônicas, como o creme de cupuaçu e o açaí na tigela, que pode ser servido com rodelas de banana e granola. Com um eficiente serviço delivery para quem mora ou trabalha na região, o estabelecimento é uma verdadeira instituição paulistana: funciona há mais de 25 anos! Rua Minas Gerais, 316, Higienópolis, tel. 3255-1751.

QUIOSQUE À ITALIANA

Em 1971, Missak Yaroussalian, armênio também conhecido como Carlinhos, montou seu primeiro restaurante, no Brás, especializado em carnes e massas. Em 1999, cresceu e mudou-se para o Pari. Em 1983, ele teve a ideia de rechear pão sírio com carne crua e cafta e, depois, grelhar o sanduíche. Nascia ali o Arais. Hoje as lanchonetes Arais do Carlinhos têm uma unidade no Bom Retiro e outra, recéminaugurada, na Vila Olímpia. Nesses endereços, o carrochefe é o sanduíche, servido com 26 opções de recheios (como cordeiro com hortelã ou basturmá com mussarela) e no tamanho de pizza – com 33 cm de diâmetro! Avenida Dr. Cardoso de Melo, 1.671, Vila Olímpia, tel. 4328-4666.

Paulo Baroni e Carlos Bertolazzi acabam de inaugurar o primeiro Per Paolo Chiosco, no Shopping Morumbi. O espaço, de apenas 11 m², é assinado pelo arquiteto Otávio de Sanctis e visa levar a qualidade das casas Per Paolo para os shoppings. O menu se compõe de massas, molhos, polpettones, pizzas e sobremesas. Penne, spaghetti, raviolis, gnocchi e mezzalunas podem ser acompanhados de polpettone e incrementados com quatro sugestões de molhos: emmenthal, calabresa, sugo e bolognese. Para beber, há água, sucos, refrigerante, café e três opções de vinhos: um branco e dois tintos em garrafinhas de 187 ml. Avenida Roque Petroni Jr., 1.089, Brooklin, tel. 7835-3721.

11H ÀS 17H

CONEXÃO ARMÊNIA-BRASIL

DISK-CERVEJA Para quem quiser servir em sua festa, churrasco ou reunião com os amigos o premiado chope da microcervejaria Bamberg, de Votorantim (SP), a dica é passar na loja Bamberg Express, em Perdizes. Essa loja oferece – além dos barris de chopes –, toda a linha da cervejas, chopeiras, kits para presentes, canecas de vidro e muito mais. Atualmente, a Bamberg dispõe de oito estilos de chope/cervejas diferentes: pilsen, weizen, munchen, rauchbier, schwarzbier, altbier, bock e helles. Faça já a reserva do seu barril ou agende uma entrega em sua casa pelo serviço delivery. Rua Cayowaá, 573, Perdizes, tel. 3672-4443.

17H ÀS 23H

FOME DE BOLA Após rodar as cidades-sede da Copa do Mundo, Ana Luiza Trajano estrela o programa Fominha, exibido toda segundafeira às 18h, no canal GNT. A chef prova os petiscos de bares, restaurantes e ambulantes onde os torcedores fazem uma “boquinha” antes, durante ou depois das partidas. Essa curiosa pesquisa revela a riqueza da gastronomia popular ligada ao futebol. Em BH, o feijão tropeiro é unanimidade até entre torcidas adversárias. Em São Paulo, o sanduíche de pernil e os canolli do Juventus são tradições. Fortaleza recebe o torcedor com espetinhos de miúdos do boi e, em Salvador, o acarajé é o quitute oficial.

CHAMPANHES PLENOS

UM BRINDE AO CELSO

O amadurecimento dos champanhes Dom Pérignon não se dá de maneira regular e linear, mas em planos sucessivos, chamados Plenitudes. Cada safra tem três Plenitudes. A safra 1996 já alcançou a primeira e a segunda, e uma quantidade de garrafas está ainda amadurecendo, para atingir a terceira Plenitude. A 1ª Plenitude da safra 1996, com sete anos de amadurecimento, é a Vintage 1996. A 2ª Plenitude, a Œnothèque 1996, tem 12 anos de maturação. O box Side by Side 1996, recém-lançado no Brasil, custa R$ 2.800 e contém uma garrafa de cada. Para saber onde encontrá-lo, contate o SAC da marca pelo tel. 3062-8388.

Inaugurado pelo ex-garçom Celso Ricardo, o Bar do Celso fica numa ruazinha paralela à avenida dos Bandeirantes. Suas paredes de azulejo são repletas de imagens de jogadores de futebol, sambistas, marcas de cervejas etc. O menu de petiscos tem como especialidade os espetinhos, como o de cafta, o de alcatra, o de corações de frango e o de linguiça apimentada ou com ervas finas. Outra boa pedida é o pastel de queijo com berinjela. Para beber, prove a caipirinha de maracujá com limão. Prefere uma cerveja? Escolha entre Original, Serramalte e Quilmes. Rua Brejo Alegre, 414, Brooklin, tel. 5506-6418.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

26 SEGUNDA 27 TERÇA

79


MAIO

LINDA E MALVADONA

De segunda a sexta, a paninoteca Brera agora serve almoço executivo a preços que vão de R$ 20 a R$ 34,90. São quatro opções, com o cliente escolhendo entre o kit panini com saladinha + bebida (água, suco ou refri) + sobremesa ou café, o combo prato (carpaccio ou tartare) + bebida + sobremesa ou café e, por fim, o menu com salada + bebida + sobremesa ou café. Na hora de escolher o seu panini, aposte no Montecristo (mortadela de Bolonha, queijo de cabra, manjericão e orégano) ou no Stirone (presunto de Parma, queijo brie, tomates e molho rosé). Alameda Ministro Rocha Azevedo, 1.068, Jardins, tel. 3804 7755.

Estreia hoje nos cinemas Malévola, a aguardada nova versão do conto da Bela Adormecida, estrelada por Angelina Jolie. Em vez de ficar só na história de amor entre a mocinha (Elle Fanning) e o Príncipe Encantado (Brendon Thwaites), a trama agora concentra-se na história da vilã Malévola, contando os fatos de sua vida que fizeram dela uma mulher amargurada e vingativa, capaz de amaldiçoar a jovem Aurora. Essa superprodução dos Estúdios Disney é dirigida por Robert Stromberg, o responsável pelos efeitos especiais de filmes como Piratas do Caribe, Jogos vorazes, As aventuras de Pi e Alice no País das Maravilhas.

11H ÀS 17H

PANINIS EXECUTIVOS

JAZZ À TODA VELOCIDADE De hoje até sábado, o HSBC Brasil sedia os shows do BMW Festival. O line-up de hoje inclui apresentações do pianista Ahmad Jamal e do saxofonista Kenny Garrett. Amanhã, é a vez do contrabaixista Dave Holland e do trompetista Chris Botti subirem ao palco. No sábado, tocam a orquestra SpokFrevo, o grupo Snarky Puppy e o cantor Bobby McFerrin. No domingo de tarde, o palco externo do Auditório Ibirapuera será o cenário do show gratuito ao ar livre, com uma das atrações do festival. Ingressos de R$ 50 a R$ 180 à venda pelo site www.ingressorapido.com.br. Rua Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antonio, tel. 4003-1212.

17H ÀS 23H

CEGO E CHEIO DE SABOR O Tigre Cego é um bar especializado em sanduíches 100% artesanais. Tudo é feito ali mesmo: os pães, as carnes de forno e de panela, os chutneys, o ketchup e outros molhos. O responsável pela cozinha é Pablo Muniz, engenheiro de som que começou a cozinhar quando morou em Londres. O menu enxuto tem caprichados sanduíches prensados a R$ 30. Não deixe de provar o Chicken Tika Masala (peito de frango desfiado com molho indiano e iogurte) e o Brisket (peito de boi assado à moda texana, com cebolas caramelizadas no vinho, provolone e maionese de jalapeño). Para beber, drinques criativos elaborados por Júnior WM e cervejas especiais. Rua Girassol, 654, Vila Madalena, tel. 3586-8370.

BEER BEATS

ALÔ ALÔ, MARCIANO

O Skol Beats Factory é um espaço pop up que reúne DJs, produtores musicais, talentos criativos e amantes da cultura eletrônica em festas inovadoras e workshops. O espaço é dividido em dois ambientes: na frente funciona uma área de coworking, que recebe workshops com profissionais da área e DJs. Dentro, o Beats Genius funciona como o único bar exclusivamente dedicado à música eletrônica da cidade, com um menu de sanduíches, pratos leves e cerveja Skol Beats Extreme. As festas rolam das 23h às 5h. Veja a programação do espaço em www.thump.com/ factory. Rua Pedroso de Morais, 1.036, Pinheiros.

Após nove anos de sucesso no teatro, estreia hoje nos cinemas Os homens são de Marte... E é pra lá que eu vou!, estrelado por Mônica Martelli. O filme conta a história de Fernanda, 39 anos, mulher independente, bem-sucedida, sócia de uma produtora de casamentos e solteira. Fernanda vive o grande dilema das mulheres solteiras: a busca de um grande amor. A direção é de Marcus Baldini (de Bruna surfistinha) e o elenco traz ainda Paulo Gustavo, Daniele Valente, Humberto Martins, Marcos Palmeira, Eduardo Moscovis, Herson Capri e José Loreto, além de participações especiais de Lulu Santos e Irene Ravache.

80 | 29HORAS | Maio 2014

FOTOS DIVULGAÇÃO

ATENÇÃO, RATOS! Uma loja dedicada exclusivamente aos queijos artesanais do Brasil. Assim é a Queijaria, na Vila Madalena. Lá, Fernando Oliveira oferece uma degustação com pequenas amostras para quem visita o espaço. A lista de produtos à venda e em exposição inclui alguns mais famosos (como o da Serra da Canastra) e outros menos badalados, como o Campo Redondo, o Araxá, o Casa Branca, o Serrano, o Salitre e o Mandacaru. Não conhece nenhum desses? Então deixe de lado ao menos por alguns momentos o brie, o gorgonzola e o grana padano para provar o produto nacional. Rua Aspicuelta, 35, Vila Madalena, tel. 3812-6449.

5H ÀS 11H

MEGAGRAVURAS A exposição Cheio de vazio reúne no Instituto Tomie Ohtake obras de duas artistas que trabalham a gravura em grandes dimensões. A paraense Elaine Arruda utiliza martelos, formões, solda e outras ferramentas de serralheria para trabalhar sobre amplas chapas metálicas. Essas chapas são as matrizes de suas enormes gravuras. Já Marcia de Moraes utiliza apenas lápis de cor sobre papéis de grande formato para criar áreas de cor vibrantes, as quais seguem curvas tão sinuosas que parecem resultar do escoamento de tintas. Avenida Brig. Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropés, 88), Pinheiros, tel. 2245-1900.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

28 QUARTA 29 QUINTA


31 SÁBADO FRAGRÂNCIA ESPORTIVA O novo perfume Kenzo Homme Sport Extreme foi desenvolvido para indivíduos do sexo masculino que têm como filosofia de vida o contato com a natureza, a prática de esportes e também momentos de relax e tranquilidade. Criada pelo badalado perfumista François Demachy, a nova fragrância traz notas olfativas de limão, pimenta, hortelã, cedro e vetiver. Seu aroma refrescante imprime todos os elementos do lifestyle de um homem jovem, arrojado, sexy e cool. A fragrância, acondicionada em um bonito frasco, pode ser encontrada na loja virtual www.shopluxo.com.br ao preço de R$ 234 (50 ml) ou R$ 319 (100 ml).

5H ÀS 11H

DELÍCIAS PÁ-PUM Eatsy é uma nova proposta de gastronomia fácil. Suas comidas vêm refrigeradas em saquinhos à vácuo. Basta mergulhá-los numa panela com água fervente e aguardar uns minutinhos para servi-las. São ideais para um jantar romântico, um grupo de amigos em casa ou uma família no dia a dia. Todas as embalagens são porções individuais. O menu, criado pela banqueteira Cecilia de Castro Cunha, inclui delícias como badejo ao limão-siciliano, lombo de leitão ao molho de tamarindo, arroz de pato, salmão marinado com ovas ou pad thai tailandês. Os pedidos são ser feitos pelo site www.eatsy.com.br ou pelo tel. 3392-2915.

BLOODY AFTERNOONS

O Bistrot de Paris está com um novo formato para seu almoço executivo, servido de terça a sexta. O cliente escolhe o prato principal entre oito opções e, pelo valor do prato principal (que varia de R$ 36 a R$ 72), ele tem direito a uma entrada e a uma sobremesa ou uma taça de vinho. Para a entrada, pode-se optar entre uma sugestão do dia ou uma salada da estação. Dentre os pratos principais, destacam-se: boeuf bourguignonne, steak tartare, moules frites au pastis, confit de canard e côtelettes d’agneau grillées. As opções de sobremesa incluem delícias como o crème brûlée e a musse de chocolate. Rua Augusta, 2.542, Jardins, tel. 3063-1675.

Hoje é o última chance para você curtir as tardes embaladas pela carta diabólica de bloody marys do bar e restaurante Ramona. As receitas foram criadas pelo chef Bruno Fischetti e pelo barman Renan Tarantino. Vale provar o Ramona Bacon (tradicional, mas guarnecido com fatias de bacon crocante), o Gazpacho Andaluz (com picles de quiabo), o Chicano (feito com tequila e picantes jalapeños) e o Andino (com pisco, ceviche de peixe branco, leche de tigre, batata-doce palito e um ramo de coentro). Há também uma degustação com quatro minidoses ao preço de R$ 66,60. Avenida São Luís, 282, Centro, tel. 3258-6385.

11H ÀS 17H

EXÉCUTIF DÉJEUNER

A PRESENÇA DE RITA Rita Lee mora ao lado – O musical é uma comédia estrelada por Mel Lisboa. A peça mistura realidade e ficção ao contar a trajetória da cantora desde a época dos Mutantes, nos anos 60, até os dias de hoje, por meio das divertidas confusões de Bárbara Farniente, uma vizinha que sempre acompanhou de perto a vida da família da cantora. Bárbara nasceu no mesmo dia de Rita e as vidas das duas se cruzam em vários episódios. A trama apresenta detalhes pouco conhecidos da vida de Rita sobre um pano de fundo que inclui estrelas como Tim Maia, Gil, Caetano, Ney Matogrosso, Elis e Gal. Ingressos a R$ 115 à venda pelo site www.ingresso.com.br. Avenida Rebouças, 3.970 (Shopping Eldorado), tel. 3034-3628.

17H ÀS 23H

CÔMICA FARSA O que o mordomo viu é uma farsa escrita pelo inglês Joe Orton. O espetáculo, que estreou em Londres, em 1969, está em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, estrelado por Miguel Falabella e Marisa Orth. O espetáculo começa com o psiquiatra dr. Arnaldo examinando sua secretária, Denise (Alessandra Verney). Ele a convence a se despir, e nesse momento entra em cena Mirta (Marisa Orth), esposa do médico. Aí começa um jogo de erros, pois Mirta também esconde algo: a promessa do cargo de secretário a Nico (Magno Bandarz), que a chantageia. Ingressos de R$ 50 a R$ 130. Rua Augusta, 2.823, Jardins, tel. 3083-4475.

ASIAN BEATS

ACARAJÉ 2.0

Com uma mistura eletrizante de dub, eletrônica, rock e jungle, o badalado grupo Asian Dub Foundation faz show hoje à noite no Cine Joia. A banda inglesa vem a São Paulo para mostrar o décimo álbum da carreira, intitulado The signal and the noise. O repertório do show contará com os principais sucessos da banda ao longo dos últimos 20 anos, misturando raízes indianas, ação política e vertigens eletrônicas. Além das apresentações explosivas, misturando ritmos pesados, o Asian Dub Foundation é conhecido pelas letras engajadas e reivindicativas. Ingressos a R$ 140. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3101-1305.

Julio Morillo – chef peruano que comanda a cozinha do Pé de Manga –, se inspirou na culinária afro-brasileira e incluiu o acarajé no cardápio do gastrobar. A novidade é que em vez de recheio de camarão seco e vatapá, o siri é a opção escolhida para trazer um novo sabor à especialidade. O quitute é vendido em porções com oito unidades ao preço de R$ 39,60. O Pé de Manga recebe este nome por conta das três centenárias mangueiras que cresceram na área externa da casa. O ambiente ao ar livre tem um clima praiano e capacidade para acomodar até 200 pessoas. Rua Arapiraca, 172, Vila Madalena, tel. 3032-6068.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

30 SEXTA

81


HORA LIVRE

POR LUIZ TOLEDO

Estou debruçado no fim do mundo, olhando para a Terra do Fogo. Meu gato está sentado sobre o Alaska, em posição de esfinge, com olhos fechados, nem aí para o mundo. Para sorte de uma pequena aranha que caiu do teto, no centro do continente africano. Como pode: cair de uma altura de centenas de vezes o seu tamanho e sair ilesa? Mais: cruzou o Oceano Índico aos pulinhos e se escondeu entre as Ilhas Marshall. Tudo isso acontece sobre um mapa-múndi aberto na mesa. Tenho uma relação afetiva com mapas por causa da Zezé, minha professora de geografia. Ela conseguia transformar a sala de aula num lugar tão interessante quanto a quadra de esportes. Embora os mapas me remetam a ela, suas aulas de geografia tratavam mais de pessoas do que de lugares. Às vezes ela convidava alguns de nós para ir à sua casa, pertinho da escola. Ela dizia que queria aprender com a gente. (Que hábil jeito de ensinar!) E atravessávamos a tarde conversando e dando voltas ao mundo. A casa da Zezé era uma escola de vida.

82 | 29HORAS | Maio 2014

Continuei visitando sua casa mesmo depois de adulto. Nunca saí de lá sem aprender alguma coisa nova e interessante. E com vontade de viajar. Com essa vontade, aproveito o mapa aberto na mesa e desenho um novo continente. Divido-o em novos países, batizando-os com nomes de amigos e parentes, pessoas de quem gosto muito, mas que visito muito pouco. Crio um arquipélago desconhecido, formado por pessoas que não conheço, mas quero muito conhecer. Cada ilha tem um nome. Uma delas, aliás, chama-se luiz toledo. yestoledo@gmail.com

GUSTAVO BOURGEAISEAU

O GATO, A ARANHA E O TURISTA.


revista 29HORAS - ed. 55 - maio 2014  

Revista mensal com agenda cultural de São Paulo, distribuída no Aeroporto de Congonhas. Capas: Marcelo Fernandes e Gil Carvalhosa Leite

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you