Page 1


2 | 29HORAS | 29 de novembro a 29 de dezembro 2009


3


4 | 29HORAS | 29 de novembro a 29 de dezembro 2009


5


>sumário

De 29 de maio a 29 de junho de 2011

>hora H 10

MUSA Cléo Pires roda filme em Hollywood e estrela adaptação para o cinema

12

CINEMA O humor de Woody Allen e do grupo inglês Monty Phyton é o destaque

14

PERFIL Uma entrevista com o ator Paulo Betti, que brilha em uma peça na cidade

16

SHOWS Um festival internacional de jazz agita o Auditório Ibirapuera

18

MÚSICA Confira o Gershwin Piano Quartet, atração da temporada do Mozarteum

20

WALKING DISTANCE A Praça General San Martin, nos Jardins, é opção para passeio

22

ESPORTE Conheça Kyra, única mulher do clã Gracie, de jiu-jítsu, a competir

24 26

BEBIDA Cervejas especiais encantam gourmets nos bares paulistanos

COMIDA Restaurantes que fazem delícias com um ingrediente básico: o arroz

28

REFÚGIO O Chez Airys encanta quem busca novas experiências gastronômicas

30

COMER, BEBER, VIVER Georges Henri vai em busca dos melhores drinks

32

ADEGA Vinho é para o ano todo, diz o expert Didú Russo

34

DIÁRIO DE UM FOTÓGRAFO Érico Hiller registra a África

36

MAIS QUE NÉCESSAIRE Móveis coloridos para dar um up na decoração

38

HORA LIVRE Reflexões de Luiz Toledo sobre a língua portuguesa

40

LOUNGE 29HORAS Quem faz e acontece em São Paulo e no mundo

49

RIO 29H As novidades do Rio de Janeiro

Agenda 29 horas 80

153 programas para todas as horas de todos os dias do mês

29 horas com... 114

FRANCISCO VENTURA, especialista em óculos


7


>SUMÁRIO

DE 29 DE MAIO A 29 DE JUNHO DE 2011

Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Fabio Sgarbi, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior, Wagner Carelli Redação (contato@29horas.com.br): Wagner Carelli (diretor); Chantal Brissac (editora-executiva); Brunno Carvalho (editor de arte); Letícia Liñeira e Vanda Fulaneto (repórteres) Colaboradores: Didú Russo, Dorotéia Fragata, Érico Hiller, Georges Henri Foz, Julio Vilela, Kike Martins da Costa, Letícia Ippolito, Luiz Toledo, Maria Cecília Maciel, Simone Galib Projetos editorial e gráfico, serviços editoriais: Studio San Floro

SÓCIOS-DIRETORES Clóvis Cordeiro, Ênio Vergeiro e Pedro Barbastefano Júnior MARKETING Diretor de marketing: Fabio Sgarbi (fabiosgarbi@meta29.com.br) Coordenador: Rodolfo Torrezan (rodolfo@meta29.com.br) Equipe de marketing: Bárbara Henrille (barbara@meta29.com.br), Camila Custódio (camilacustodio@meta29.com.br), Jeferson Nakano (jefersonnakano@meta29.com.br), Larissa Ramos Costa Rezende (larissa@meta29.com.br), Tatiana Ziliani (tatianalima@meta29.com.br), Vanessa Cristina de Oliveira (vanessa@meta29.com.br) Equipe de criação: André Yoshikawa (andreyoshikawa@meta29.com. br), Gabriel Funabashi (gabrielfunabashi@meta29.com.br), Rose Oseki (roseoseki@meta29.com.br), Thales Batista (thales@meta29.com.br) PUBLICIDADE Diretora comercial: Ana Passoni (anapassoni@meta29.com.br) Diretor escritorios regionais: Luiz Carlos Stein (stein@meta29.com.br) Equipe comercial: Flávia Moraes (flavia@meta29.com.br), Geraldo Mello Peixoto (gera@meta29.com.br), Marcelo Rocha (marcelorocha@meta29. com.br), Marcelo Kuperchmit (marcelok@meta29.com.br), Márcio Bignardi (marciooliveira@meta29.com.br), Maria Leda (marialeda@meta29.com.br) Oswaldo Maffei Jr. (wado@meta29.com.br), Paulo de Tarso (paulodetarso@ meta29.com.br), Rafael Bove (rafaelbove@meta29.com.br), Renato Albuquerque (renato@meta29.com.br) Rio de Janeiro – Diretora de publicidade – Gisele Evangelista (gisele@meta29.com.br), Executivo de contas – Antonio Carlos Maia Jr. (antoniocarlos@meta29.com.br) Brasília – Aloísio Nascimento (dbkn@uol.com.br), Campinas – Mario Estellita (marioestellita@uol.com.br), Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá – vendas29@uol.com.br, Minas Gerais – Moacir Lopes (moacir@yesbh.com.br), Paraná – Rogério Florenzano (florenzano@meta29.com.br), Rio Grande do Sul – Ricardo Rosa (ricardo@printsul.com.br), Santa Catarina – Jean Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br), Pernambuco – Luis Augusto Carvalhaes Norfini (novosrumos@hotlink.com.br), Vitória – Dídimo Effgen (effegen@uol.com.br) Assistente comercial: Danielle Ferreira (danielleferreira@meta29.com.br) e Silene Barbieri Ciciliato (silene@meta29.com.br) ADMINISTRAÇÃO

>DESTAQUES 52 MORENA LEITE A chef paulistana, que cresceu na Bahia, comemora os 25 anos do Capim Santo

60 LONDRES, ESQUINA DO MUNDO Um ensaio fotográfico de Daniel Chalfon da mais cosmopolita das capitais europeias

70 RESPIRE FUNDO Ar fresco e puro, alta gastronomia e atrações culturais recheiam as férias na montanha

ERRATA: Na edição n° 19 da 29HORAS, na agenda, a foto do restaurante Kiyo (pág.91), no Tatuapé, está incorreta. Por engano, foi publicada uma imagem do Sushi-Kiyo.

Administrativo e financeiro: João Carlos Vendramini (joaocarlos@meta29.com.br) Manutenção e logística de distribuição: Ronald Razori (ronald@meta29.com.br) Impressão e acabamento: IBEP Gráfica 29HORAS é uma publicação mensal sob encomenda da Meta 29 Serviços de Marketing Ltda. Editora contratada: San Floro Editoração Gráfica ME Jornalista responsável: Wagner Carelli (MTB 12986) Tiragem: 65.000 exemplares DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários. Meta 29 – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 41 - Jd. Paulista - São Paulo Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676 www.meta29.com.br; www.29horas.com.br

29HORAS na rede: 29horas.mobi (celular) twitter.com/revista29horas fecebook.com/revista29horas

A Meta 29, consciente das questões ambientais e sociais utiliza papéis com certificação FSC (Forest Stewardship Council) na impressão deste material. A certificação FSC garante que uma matéria-prima florestal provenha de um manejo considerado social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. Impresso na IBEP Gráfica Ltda. certificada na cadeia de custódia - FSC.


9


musa

Gata com pedigree A peça Qualquer gato vira-lata tem uma vida sexual mais saudável que a nossa, escrita por Juca de Oliveira, já contabiliza mais de 1 milhão de espectadores nos teatros do Brasil. Agora, em 10 de junho, antevéspera do Dia dos Namorados, a versão para o cinema da comédia chega às telonas do país todo, com um elenco encabeçado por Cléo Pires, Malvino Salvador e Dudu Azevedo. A direção é de Tomás Portella, que já trabalhou como assistente de Fernando Meirelles, Guel Arraes e Heitor Dhalia. Na trama, Cléo interpreta Tati, uma garota que passa a utilizar táticas do mundo animal para reconquistar seu ex-namorado, o infiel Marcelo (Dudu Azevedo). Nessa tarefa, ela é orientada pelo professor de biologia Conrado (Malvino Salvador), com quem acaba se envolvendo em um triângulo amoroso. É fácil imaginar Cléo no papel de uma gata sedutora, como indica o título, mas de vira-lata ela não tem nada. Filha da atriz Gloria Pires e do cantor Fábio Jr., Cléo tem um pedigree artístico invejável e vem construindo nos últimos anos uma consistente carreira na TV e no cinema. Até algumas semanas, ela protagonizava a novela Araguaia na faixa das 18h da Rede Globo. No cinema, já

10 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

atuou em sucessos como Benjamim (2003), Meu nome não é Johnny (2008) e Lula, o filho do Brasil (2009). “Eu comecei no cinema, e é o que realmente fala mais à minha alma. Eu amo o trabalho profundo que se pode fazer em todas as áreas de um filme que vai ser realizado, o estudo do personagem, os ensaios, e o tempo intenso e relativamente curto em que rodamos o filme. Eu sinto uma facilidade maior para me aprofundar no universo do personagem e expressar esse novo mundo que eu absorvi durante a preparação”, diz. Ainda este mês, ela embarca para Los Angeles para rodar sua participação em mais um filme, Open road, co-produção Brasil-Estados Unidos estrelada por Andy Garcia, Juliette Lewis e Ronaldo Fenômeno. Sobre as estratégias adotadas por Tati em Qualquer gato..., Cléo opina: “Acho que a biologia e a psicologia animal são, de fato, parte de todo indivíduo e de seu comportamento, mas, tão importantes quanto a consciência, o raciocínio, o bom senso e o ambiente que cercam cada pessoa são as aspirações e dons que nascem com ela antes mesmo de qualquer interferência social, econômica ou cultural”. –Kike Martins da Costa

Cléo Pires irá participar de um filme com Andy Garcia e Juliette Lewis

divulgação

Cléo Pires roda filme em Hollywood e, no Brasil, estrela a adaptação para o cinema da peça Qualquer gato vira-lata


11


cinema

O RETORNO DE WOODY ALLEN E MONTY PHYTON

No set de filmagem, Woody Allen e a primeira-dama Carla Bruni

Cineasta americano estreia Meia-noite em Paris; enquanto comediantes britânicos têm sua obra revista em ciclo no Cultura Inglesa Festival

12 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

momentos do grupo na TV segundo alguns de seus próprios integrantes, como Michael Palin, John Cleese e Graham Chapman. Os filmes serão exibidos no Centro Brasileiro Britânico, na rua Ferreira de Araújo, em Pinheiros, entre os dias 29 de maio e 6 de junho. A entrada é gratuita (os ingressos devem ser retirados no local uma hora antes da sessão). No circuito comercial, a estreia mais aguardada é a de Meia-noite em Paris, filme dirigido por Woody Allen e protagonizado por Owen Wilson e a canadense Rachel McAdams. Para completar o elenco, a estonteante primeira-dama da França, Carla Bruni-Sarkozy, faz uma ponta de luxo como uma guia do Museu Rodin. No filme, que teve sua première mundial em meados de maio no badalado Festival de

O grupo Monty Phyton tem sua obra exibida em festival

Cannes, Owen Wilson interpreta um escritor em crise criativa que viaja à capital francesa com sua jovem namorada e os pais dela. Certa noite, o moço sai para dar uma espairecida nas ruas da Cidade Luz e entra num verdadeiro sonho: de uma hora para outra ele passa a conviver com figuras míticas da literatura e das artes no século 20, como Scott e Zelda Fitzgerald, Ernest Hemingway, os pintores Pablo Picasso, Amedeo Modigliani, a crítica Gertrude Stein e o fotógrafo Man Ray. E aí? Como é que se volta à vida real depois de uma experiência dessas? O resto não dá para contar, mas pode ter

certeza de que o genial diretor – que também é o roteirista do filme – vai arranjar uma solução igualmente surpreendente, emocionante e engenhosa. Meia-noite em Paris entra em cartaz no dia 17 de junho e tem no elenco de apoio grandes artistas como Marion Cotillard (a estrela de Piaf ) e Adrien Brody (o astro de O pianista). Se ainda quiser uma dose extra de Paris nos cinemas, aproveite, porque neste mesmo dia 17 entra em cartaz também Potiche: esposa-troféu, comédia dirigida por François Ozon e estrelada por ninguém menos do que Gerard Depardieu e a divina Catherine Deneuve. –K.M.C.

divulgação

Muita gente diz que só existem dois tipos de humor: o engraçado e o sem graça. Nem todo mundo concorda com essa divisão, mas Woody Allen e o grupo Monty Phyton certamente estão entre os melhores artistas do gênero – sobre isso não há controvérsia ou discussão. E, para nossa alegria, junho começa com uma retrospectiva dos anárquicos britânicos e com uma nova comédia dirigida pelo neurótico nova-iorquino. Como parte do Cultura Inglesa Festival, alguns dos maiores sucessos no cinema do sexteto que pode ser definido como uma espécie de “Casseta & Planeta” inglês voltam às telas de São Paulo. Haverá sessões com os hilariantes Em busca do cálice sagrado (1975) e A vida de Brian (1979), além de coletâneas dos melhores


13


perfil

Humor e selvageria

Paulo Betti brilha em Deus da carnificina, premiada peça da francesa Yasmina Reza, que fala da intolerância das relações modernas

14 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Betti, com seu sorriso incomparável, no Teatro Maison de France, no Rio de Janeiro. Antes da temporada paulistana, a peça ficou seis meses no Rio e foi vista por cerca de 30 mil pessoas. Escrito pela parisiense de origem argelina Yasmina Reza, o texto teve montagens premiadas em Paris, Nova York e Londres e é um retrato divertido e irônico da classe média francesa. Crianças sem limites, pais que não sabem educar, individualismo extremado: o tema também é comum na sociedade brasileira. A peça criada por Yasmina, que vai ganhar versão para o cinema com Jodie Foster e Kate Winslet – o diretor é Roman Polansky – é uma rara oportunidade para apreciar esse ator no tablado paulistano. Não é

Paulo Betti contracena com Deborah Evelyn, Orã Figueiredo...

todo dia que Betti dá o ar da graça por aqui. Bem-humorado, o ator de 58 anos – e com 45 de aparência – é uma usina criativa, que trabalha com empolgação em várias frentes culturais e artísticas. Betti fica em Deus da carnificina até julho, acaba de estrear o filme As doze estrelas, prepara-se para finalizar mais um projeto cinematográfico com a ex-mulher, Eliane Giardini, e inicia as gravações de A casa da mãe Joana 2, com direção de Hugo Carvana. Ainda encontra tempo para escrever semanalmente para um

jornal e é um dos mais engajados integrantes da Casa da Gávea, instituição ligada à arte. Ah, e inclua aí muitas conversas e encontros com as filhas mais velhas, Juliana e Mariana, de seu casamento com Eliane Giardini, e brincadeiras e partidas de futebol com o caçula, João, de 8 anos, fruto de sua união com Maria Ribeiro. Agora Betti está solteiro, mas não sozinho. “Estou namorando”, conta, sem revelar quem é a eleita. Décimo quinto filho de uma família humilde – a mãe era doméstica e o pai, pedreiro – que morava em Sorocaba, Betti vislumbrou

fotos divulgação

No palco do Teatro Vivo, Betti vive Alan, um advogado obcecado pelo trabalho que não desgruda do celular e tenta resolver junto com a esposa Annette (Julia Lemmertz) um problema causado pelo filho do casal – Ferdinando brigou com um colega de classe e quebrou dois de seus dentes. O enredo aparentemente banal de Deus da carnificina se transforma em um espetáculo de ironia surpreendente com a interpretação de Lemmertz, Orã Figueiredo e Deborah Evelyn. Mas é o veterano Betti quem rouba a cena com sua atuação. Não à toa, ele concorre ao Prêmio Shell de Teatro como melhor ator. “É uma peça excelente que, acredito eu, vá ficar muito tempo em cartaz”, diz


...e Julia Lemmertz

Betti confere as imagens nos bastidores de uma de suas filmagens

sua profissão ainda criança. Sua mãe descobriu que uma das melhores escolas particulares da cidade oferecia curso gratuito de teatro. Ao ver o seu caçula armando palco no quintal, achou que a experiência poderia ser útil. E acertou. Quando voltava para casa, Paulo descobria o lado empírico de viver. Depois do jantar, a avó contava histórias para a família toda. “Ela tinha a cultura do medo, da época em que cresceu. Se estivesse ventando, ela garantia que os espíritos estavam se comunicando. Se havia barulho, era a

mula sem cabeça passando por ali. E o lobisomem, ah, o lobisomem morava do lado da minha casa! Era meu vizinho!”, lembra. Tudo isso enriqueceu um espírito como o dele, sequioso em ter um imaginário próprio. Adolescente, foi trabalhar como enfermeiro na Indústria Votorantim. “Cheguei a me inscrever em Medicina na PUC, mas acabei descobrindo o teatro amador. Interpretei o Zé do Burro em O pagador de promessas. A Eliane Giardini era a Rosa e começamos a namorar”. Depois disso, conseguiu uma bolsa de estudos na

Escola de Arte Dramática da USP. Várias peças e filmes marcaram este momento de carreira. Betti fez o espetáculo Na carreira do divino, dirigiu Feliz ano velho, com Marcos Frota (ganhou o Prêmio Moliére com a direção), participou de um festival de teatro nos EUA, Cuba, Itália e México, e só então foi convidado pela Globo para participar da novela Transas e caretas. Interessante foi o modo como esse convite aconteceu. “O diretor Paulo Ubiratan olhou bem nos meus olhos e disse: ‘você tem muitos prêmios, mas não estou te chamando

pelo que você pensa. Eu te chamei porque te vi no comercial do Close Up!’”, lembra, rindo. Betti adora interpretar, seja em novela, cinema ou teatro. “Mas no teatro a resposta é rápida. Você é colocado próximo de 400 pessoas que reagem e a repercussão é muito mais rápida do que os 400 milhões que podem ter lhe assistido desde o início da sua carreira”, diz Betti, que hoje se realiza com seu trabalho na Casa da Gávea, ao ajudar adolescentes a decolar no mundo das artes e da cultura. Como ele fez um dia. –Dorotéia Fragata

15


Shows

FESTIVAL DE JAZZ AGITA O

IBIRAPUERA Por três dias, São Paulo vai receber alguns dos principais nomes da cena jazzística internacional da atualidade. De 10 a 12 de junho acontece no Auditório do Ibirapuera e nas suas redondezas o BMW Jazz Festival. A escalação musical inclui apresentações de feras como os saxofonistas Wayne Shorter, Joshua Redman e Billy Harper, o baixista Marcus Miller e a cantora Sharon Jones. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Auditório ou pelo site www. ticketsforfun.com.br e

custam de R$ 30 a R$ 100. A programação começa às 21h e terá, no dia 10, Billy Harper Quintet, depois o Joshua Redman Trio e, para encerrar a noite, o Wayne Shorter Quartet. No dia 11, apresenta-se o grupo vocal de gospel Zion Harmonizers, seguido do compositor, arranjador e saxofonista Letieres Leite, acompanhado da Orkestra Rumpilezz e, por fim, a ex-carcereira Sharon Jones & The Dap-Kings, com sua voz poderosa e sua contagiante mistura de soul e funk dos anos 60 e 70. Os Dap-Kings ficaram

Sharon Jones & The Dap-Kings irão se apresentar no dia 11

16 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O baixista Marcus Miller é a atração do domingo, dia 12 de junho

famosos em 2006 ao participarem da gravação de seis das 11 faixas do antológico Back to black, o álbum que projetou mundialmente a cantora Amy Winehouse. No domingo, as atrações são o trio do pianista norueguês Tord Gustavsen, o contrabaixista francês Renaud Garcia-Fons e, o projeto Tutu revisited, homenagem do baixista e multiinstrumentista Marcus Miller ao lendário trumpetista Miles Davis. Durante o festival, o espaço onde funcionava a cantina do Auditório se transformará em um clube para receber, a partir das 19h, algumas atrações brasileiras ainda a serem definidas pelos curadores: o jornalista Zuza Homem de Mello, a cineasta Monique Gardenberg e os produtores musicais Zé Nogueira e Pedro Albuquerque. Além dos shows no Auditório, o festival inclui um workshop dos

consagrados saxofonistas aberto a estudantes, uma apresentação gratuita de Sharon Jones and the Dap-Kings na área externa do palco (dia 12 às 17h30) e, na sequência, às 19h, a exibição do filme Jazz on a summer´s day (rodado em 1960 por Bert Stern) na parede do prédio projetado por Oscar Niemeyer. Neste mesmo dia, às 10h, os frequentadores do Ibirapuera serão presenteados com um desfile pelas alamedas arborizadas de uma das melhores brass bands do planeta, a italiana Funk Off, famosa por apresentar releituras do folk de Nova Orleans, num coquetel sonoro com pitadas de funk, soul, jazz, R&B e influências de George Clinton, James Brown e Frank Zappa. Nos dias 13 e 14, algumas atrações se transferem para o Teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro. www.bmw.com.br –K.M.C.

fotos divulgação

EVENTO TRAZ AO PARQUE APRESENTAÇÕES MUSICAIS, WORKSHOPS, CINEMA AO AR LIVRE E UMA PARADA TÍPICA DE NOVA ORLEANS


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

A Solução Global com máquinas elétricas e automação para a indústria e sistemas de energia.

Tecnologias integradas e presença mundial representam a Solução Global WEG. As soluções WEG são adaptadas às necessidades do mercado, agregando serviços diferenciados através de uma ampla linha de produtos inovadores. Nós podemos dizer com segurança: estamos ao lado dos nossos clientes, onde quer que estejam e sempre que precisarem.

Transformando energia em soluções.

www.weg.net

17


música

Quadra de ases

O inusitado Gershwin Piano Quartet é a nova atração da temporada do Mozarteum

18 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Fundado por André Desponds em 1996, o quarteto já se apresentou em toda a Europa, na América do Sul e na China. Esteve no Brasil em 1999, também pelo Mozarteum Brasileiro. Neste espetáculo, o programa traz obras de Enrique Granados, Maurice Ravel, Igor Stravinsky, Astor Piazzolla, Fritz Kreisler, Sergei Rachmaninov, Cole Porter e Earl Wild, além de Gershwin, reunindo algumas das composições que ajudaram a construir a história da música da primeira metade do século XX. No repertório das apresentações constam músicas como Tango-Fuga, de Piazzola (arranjo de Wirth); La Valse, de Ravel, e Estudo Virtuoso, de Earl Wild, além de clássicos do ícone americano como I got rhythm e Rhapsody in blue.

Os quatro brilhantes pianistas tocam juntos na Sala São Paulo

Músicos e estudantes de música podem participar da masterclass gratuita que o quarteto faz em parceria com o Mozarteum, que promove encontros didáticos entre artistas internacionais e estudantes brasileiros. A aula irá acontecer no dia 8 de junho, das 10h às 13h, com todos os integrantes do Gershwin Piano Quartet, na sede da EMESP

Tom Jobim (Escola de Música do Estado de São Paulo), no Largo General Osório, 147, Campos Elíseos. Quem quiser participar deve se inscrever pelo telefone 3815-6377 (Mozarteum Brasileiro). –Chantal Brissac Gershwin Piano Quartet – Sala São Paulo, 7 e 8 de junho. Pça. Julio Prestes, s/nº, tels. 3815-6377 e 3223-3966. www.mozarteum.org.br

divulgação

Em duas únicas apresentações na Sala São Paulo, nos dias 7 e 8 de junho, quatro mestres do improviso apresentam um repertório vibrante do compositor novaiorquino George Gershwin e de oito consagrados contemporâneos do compositor. O repertório eclético vai de Petrushka, de Stravinsky, a Night’n day, de Cole Porter. É a oportunidade de ver de perto o Gershwin Piano Quartet, formado pelos pianistas André Desponds, Mischa Cheung, Benjamin Engeli e Stefan Wirth – os quatro não apenas tocam simultaneamente os quatro pianos de cauda, no palco da imponente Sala São Paulo (em uma visão impactante), como improvisam, rearranjam e emocionam a plateia com seu talento e capacidade técnica.


19


walking distance

Arte

ao ar livre

O General San Martin, libertador da Argentina, Chile e Peru, ganhou durante um período um colete salva-vidas – alvo de uma intervenção urbana do artista Eduardo Srur, para despertar a atenção das pessoas para a importância dos monumentos na cidade. No coração dos Jardins, faça um programa de arte e gastronomia a céu aberto. Por Letícia Liñeira

Galeria Melissa A fachada da loja-conceito da famosa marca de calçados de plástico, que já criou mais de 500 modelos no mundo, foi projetada por Muti Randolph em uma área de 445m². É uma galeria que já abrigou exposições do designer egípcio Karim Rashid, os irmãos Campana, o estilista Alexandre Herchcovitch, o artista plástico chileno Andrés Sandoval, a estilista inglesa Vivienne Westwood e os artistas do coletivo Choque Cultural. Seg. a sex.: das 10h às 19h e sáb.: das 10h às 17h. R. Oscar Freire, 827, tel. 3083-3612.

9 MIN.

Praça General San Martin Pça. Gal. San Martin, s/n˚.

20 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

8 min. 6 min. Amsterdam Tem mesinhas espalhadas pela calçada e oferece deliciosas opções de lanche: tortas de maçã e limão, cheesecake com calda de goiaba e tostex de presunto e queijo ou de rosbife, tomate temperado e queijo prato. No almoço também são servidos pratos, como folhas verdes, pêra marinada e queijo brie grelhado ou salmão em crosta de gergelim, acompanhado de salada, penne ao limone ou risoto. Seg. a dom.: das 12h às 15h30 e das 18h30 às 24h. R. Dr. Melo Alves, 506, tel. 3061-1676.

fotos divulgação

Chef Rouge É um charmoso restaurante, inaugurado em 1993, com decoração inspirada nos clássicos bistrôs parisienses. Entre as mesas que ficam na varanda, seringueiras centenárias. A cozinha fica sob o comando da chef Renata Braune, que prepara deliciosos pratos tradicionais, além de receitas sazonais feitas com iguarias da alta gastronomia. Almoço – Ter. a sex.: das 12h às 15h30, sáb. e dom.: das 12h às 17h. Jantar – Ter. a qui.: das 19h à 0h30, sáb.: das 19h à 1h e dom. e feriados: das 19h às 23h. R. Bela Cintra, 2238, tel. 3081-7539.


21


esporte

Suave na queda Única mulher do clã Gracie a competir profissionalmente, a jovem carioca Kyra vai em busca de mais um título mundial para o jiu-jítsu brasileiro

22 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

de tanto talento está, em parte, nas raízes. “Cresci nos tatames com os meus tios e primos”, diz a única mulher e única faixa-preta feminina da família que compete profissionalmente. Mas mesmo fazendo parte desse legado de lutadores brasileiros que se destacam nas artes marciais, Kyra nem sempre teve o apoio da família. “Comecei a lutar aos 11 anos. Meu avô, Robson Gracie, me inscrevia em diversos campeonatos. A princípio ninguém aprovava, mas com o tempo foram aceitando. Hoje todos me incentivam“, diz a jovem que se consagrou ao vencer, aos 16 anos, um Pan-Americano. Nos tatames, a musa de 1,69 m e 60 kg chama atenção não só pela eficácia de seus golpes, mas também pelo quimono, tingido de rosa. A ideia surgiu dela e o

Kyra embarca para os EUA para lutar pelo pentacampeonato

patrocinador aprovou a ousadia. Kyra já conquistou diversos títulos, entre eles quatro mundiais, cinco Pan-Americanos, cinco Brasileiros, seis Estaduais e um Asiático. A rotina de treinos é intensa: três vezes por semana, de seis a oito horas, ela faz uma preparação que intercala yoga, jiu-jítsu e judô. “E eu ainda tenho a vantagem de ter os melhores professores dentro de casa”, brinca. A atleta também acompanha o MMA (mixed martial arts), cujo crescimento recente desperta nela a vontade de também competir nessa modalidade. “Recebi propostas, mas ainda não tem nada definido”, diz ela, que tem como inspirações a conterrânea Cris Cyborg e americana Gina Carano.

Kyra acredita tanto no poder das artes marciais para tornar as pessoas melhores que há três anos mantém o Instituto Kapacidade, projeto social que, em parceria com a ONG Ação Social Frei Gaspar, ensina a arte suave para 150 crianças do município carioca de Vargem Grande. As raras horas vagas ela passa com a família e o namorado, o judoca Leonardo Leite. E também pratica kindsurf. Sua agenda é concorrida: até novembro ela irá ministrar seminários de jiu-jítsu em Cingapura – sede de uma das maiores academias de jiu-jítsu, a Evolve MMA –, Hong Kong, Bali, Paris, Londres, Estados Unidos, Canadá e México. –Letícia Liñeira www.graciekyra.com

divulgação

Na família Gracie, cujos patriarcas Carlos e Hélio foram responsáveis pela criação e desenvolvimento do jiu-jítsu brasileiro – ou brazilian jiu-jitsu, como é conhecido no mundo –, a luta começa desde cedo. “Já tinha um quimoninho me esperando assim que eu nasci”, brinca a tetracampeã mundial da “arte suave” e bisneta de Carlos, Kyra Gracie, de 26 anos, em entrevista, por telefone, à 29HORAS, durante um intervalo nos treinos no Rio de Janeiro para o campeonato mundial de jiu-jítsu que será realizado este mês em Los Angeles, nos Estados Unidos. Sua família ficou conhecida pelos famosos desafios lançados na década de 1920 para provar que os lutadores mais fracos poderiam derrotar os oponentes mais fortes, e de outras modalidades, usando apenas as técnicas do jiu-jítsu. A explicação


23


bebida

Cervejas

gourmet

Rótulos importados ou produzidos artesanalmente no Brasil seduzem chefs e atraem fãs com paladar refinado

24 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

tipo de cerveja que melhor harmoniza com cada prato – nas churrascarias da rede Fogo de Chão há mais de 20 opções dessa bebida e o menu indica que tipo é o mais apropriado para cada corte de carne. Após amargar décadas com a fama de “prima pobre” dos vinhos, a cerveja agora conquista o respeito dos gourmands e adquire um status que nunca antes usufruiu. Uma boa maneira de mergulhar nesse universo é fazer uma visita aos bares que oferecem degustações. O Frangó, na Freguesia do Ó, é um dos pioneiros nesse serviço. Lá é possível experimentar uma sequência de 10 cervejas, incluindo a “brown ale” belga Douglas Celtic, a “lager” holandesa Grolsch, a “weissbier” alemã Erdinger e a “premium ale” inglesa Ruddles County, com a orientação do proprietário, Cássio Piccolo. No Melograno,

Edu Passarelli, sócio e sommelier do Melograno

na Vila Madalena, o sócio e sommelier Edu Passarelli coordena viagens temáticas só com cervejas da Escócia ou uma festa de São Patrício (padroeiro da Irlanda) regada exclusivamente a chope escuro da irlandesa Guinness. Ele também vende com exclusividade cervejas aromatizadas com romã ou blueberries. Existem dezenas de bares oferecendo marcas importadas e cervejas de tipos diferentes. Um dos mais novos é o Bierboxx, em Pinheiros. Vale a pena passar lá para provar uma das 200 marcas, como o encorpado chope belga da La Trappe ou a “ale” inglesa Fuller’s. Há também microcervejarias que produzem a sua própria

cerveja e a vendem ali, ao lado dos tonéis, como é o caso da Fábrica do Chopp, na Vila Leopoldina. Além do tradicional chope claro, há o “porter” (feito com malte torrado) e o “weiss” (feito com trigo). As cervejas premium podem custar R$ 5 ou R$ 400. Fora dos bares, elas são encontradas em lojas que investem na variedade de sabores e procedências, como a Tortula (padaria no Campo Belo com mais de 300 opções de latas e garrafas nacionais e importadas) e o Empório Alto dos Pinheiros – que fica na rua Vupabussu e onde podem ser conferidas centenas de marcas brasileiras e trazidas de países remotos como Lituânia, Jamaica e Austrália. –K.M.C.

divulgação

Com o outono no seu auge, ganham destaque nos bares e restaurantes as cervejas especiais. Se o verão é época da loira estupidamente gelada, os meses mais frios, mesmo no Brasil, devem inspirar o costume europeu: na Inglaterra e na Alemanha, por exemplo, só se bebe cerveja e chope na temperatura ambiente. E quando essas bebidas são produzidas em algum país remoto ou feitas artesanalmente em microcervejarias do Brasil, a degustação fica ainda melhor. Várias marcas novas têm chegado ao país, ampliando a carta de cervejas para oferecer mais opções a um público que não para de crescer – além de estar com um paladar mais apurado. Algumas casas já contam com sommeliers para orientar sobre qual a melhor cerveja de acordo com os desejos de cada consumidor. E tem até cardápio que sugere qual o


25


comida

PROTAGONISTA DAS

REFEIÇÕES

Dois restaurantes paulistanos apostam em receitas caprichadas que têm o arroz como ingrediente principal e conseguem resultados surpreendentes e deliciosos

26 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Nam Thai. Nessa nova fase, o restaurante aposta em receitas da Malásia, de Cingapura, da Tailândia, do Vietnã, do Laos e do Camboja. Em tailandês, Bankao significa “casa do arroz”, e o ingrediente aparece em várias versões nos pratos. Da Malásia vem o arroz de coco com frango, iogurte e especiarias; do Vietnã, o chef Junior Messa trouxe o arroz Rio Perfume, aromatizado com capim-limão e camarão seco; enquanto os destaques da Tailândia são o arroz de jasmim, o pad thai (talharim de arroz com camarõezinhos e amendoim) e o arroz de cúrcuma, que escolta o magret de pato ao molho de tamarindo. Já no Oryza, a opção pelo arroz se deu por uma decisão da dupla de chefs Daniela Amendola e Márcio Silva. Eles não queriam limitar seu cardápio e seu trabalho

No Bankao, uma das receitas mais saborosas é o arroz...

O arroz de carreteiro do Oryza é uma das delícias do cardápio

na cozinha à culinária de um só país ou uma só região do globo. Acabaram incluindo receitas italianas, brasileiras, vienamitas, francesas e espanholas à base de arroz. O grão, cujo nome científico é sativa, é o que transmite a noção de unidade ao eclético menu. Esse é o primeiro restaurante de Daniela e

Márcio como proprietários, mas eles já passaram por cozinhas estraladas como a do Bouley nova-iorquino, a do conceituado Due Cuochi e a do premiado D.O.M., de Alex Atala. O resultado que se vê nos pratos servidos por eles no pequeno sobrado onde funcionava até o final do ano passado o AK Delicatessen é uma

fotos divulgação

Em vez de restaurantes que apostam em trufas, foie gras, carnes exóticas e modismos, o melhor mesmo é achar uma casa que tenha um cardápio com um conceito simples, facilmente assimilável e que resgata paladares que trazemos em nossa memória gustativa. Não precisa mais do que isso: esse é o caminho mais curto para o conforto e o prazer à mesa. Pensando nisso, dois restaurantes paulistanos com propostas bem distintas acabaram por tirar o arroz do eterno papel de coadjuvante e alçaram o cereal ao posto de astro principal de pratos e até de sobremesas: o asiático Bankao, no Itaim, e o recém-inaugurado Oryza, naquele agradável pedacinho de Higienópolis que ficou conhecido como Consoleta. O Bankao já tem quase dois anos e é um sucessor do tailandês


...frito vegetariano

sucessão de acertos. Cada item do cardápio é mais gostoso do que o outro, e os preços são bem razoáveis – destoando da atual tendência de “chutar lá para cima”, adotada por cada vez mais restaurantes da cidade. O arroz de pato é impecável; o arroz de carreteiro faz uma feliz mistura de sabores e tem aquele gostinho de comfort food; os rolinhos vietnamitas feitos com finas folhas de massa de arroz têm um frescor delicioso; o atum

em crosta de arroz negro encanta pela delicadeza, e o arroz thai com leite de coco, curry e camarões jumbo impressiona pela pimenta no ponto certo e pela fartura na porção de crustáceos. Para beber, não deixe de provar um dos drinques à base de saquê – fermentado japonês feito de...arroz! Para finalizar, o riz au lait (versão afrancesada do nosso velho e bom arroz doce) vem à mesa com uma calda de caramelo com flor de sal que dá

vontade de levar para casa, de tão gostosa. Dá vontade de provar o cardápio todo. Desse jeito, você certamente vai acabar voltando ao local para experimentar cada um dos itens oferecidos, tornando-se um contumaz freguês da casa, ou, como talvez seja mais adequado dizer, virando um “arroz de festa” do local. –K.M.C.

Bankao – R. Manuel Guedes, 444, tel.: 3168-0662. Oryza – R. Mato Grosso, 450, tel. 3151-4463.

27


refúgio

top secret

Com sua atmosfera acolhedora e decoração teatral, o Chez Airys propõe experiências gastronômicas

28 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

bonita e acolhedora, um lugar do qual não dava vontade de sair”. Rolavam comidinhas gostosas e bem apresentadas, junto com bebida de ótima qualidade. Enfim, um pequeno paraíso pulsante no coração de Londres. Airys voltou a São Paulo decidido a fazer algo parecido. “No mundo contemporâneo e padronizado, a viagem e a experiência são os únicos bens que diferenciam uma pessoa da outra”, define este administrador formado na Fundação Getúlio Vargas, ex-diretor de empresas, que teve uma passagem pela gastronomia, quando estudou com o chef francês Laurent Suaudeau. A partir daí ele começou a reunir parceiros e recursos para fazer de sua casa, em uma vila da região central paulistana, um refúgio tão inspirador quanto o que vira na capital inglesa. Nasceu assim o Chez

Airys Kury, o proprietário do restaurante

O clima intimista proporciona experiências inesquecíveis

fotos julio vilela

Foi depois de uma viagem a Londres que o executivo Airys Kury, de 46 anos, decidiu dar uma guinada na sua vida. Na capital inglesa, onde já havia passado várias temporadas, ele conheceu um lugar que chamou sua atenção: era uma casinha escondida em uma daquelas charmosas vielas britânicas, sem placa nem nada, que surpreendia quem nela entrasse. Na porta, nenhuma pista da vocação do lugar. Restaurante? Casa noturna? Galeria? Impossível descobrir. Um segurança de semblante amigável (coisa rara) controlava uma lista de nomes. Uma vez com os dois pés lá dentro, o mistério prosseguia – não havia um rótulo para enquadrar. “Mas a aura e o clima daquela casa eram incríveis”, conta Airys. “A música era ótima; as pessoas, modernas e das tribos mais diversas; e a decoração era elegante,


A decoração dos ambientes é feita com móveis originais franceses

Airys, restaurante e bar decorado com móveis originais franceses, quadros de artistas renomados e que oferece a possibilidade de um almoço ou jantar diferente, com a experiência de ser servido pelo próprio dono, Airys. “Depois de muita terapia, constatei que minha alma é servil”, diz o bem-humorado chef e empresário, enquanto serve uma taça de champanhe e anota o pedido de um prato. A ideia de Airys é servir um menu – as cozinhas francesa e italiana são o foco principal – sob medida, que

possa corresponder às expectativas dos clientes que ligam reservando lugares. Mas há quem deixe para o próprio chef a decisão da escolha do cardápio. “O objetivo é surpreender”, ele avisa. Na parede da sala principal, onde fica um belo lustre de cristal francês do século 17, uma tela da artista plástica Patrícia Magano dá um toque sensual ao ambiente, decorado com vasos de flores frescas. “Vou pessoalmente comprar no Ceagesp, são detalhes que eu faço questão.” Em outros espaços da casa, as

Detalhe das obras espalhadas pela casa

pessoas podem se sentar em sofás e poltronas confortáveis para apenas bebericar e degustar finger food. É incrível como a pequena casa se magnetiza e parece mais ampla – talvez pela iluminação bem pensada e a decoração teatral – e consegue acolher casais e grupos maiores em diferentes ambientes. Airys conta que já recebeu atrizes conhecidas (que querem ter privacidade e sossego), banqueiros, empresários, profissionais de áreas diversas, famílias, grupos de mulheres em busca de um recanto para papear

à vontade sem ter que se preocupar com o horário. “Aqui as pessoas ficam e ficam. Não é como um restaurante comum, onde é preciso vagar a mesa e persiste uma leve pressão de garçons e maitres. Recebo-os como amigos, afinal estão dentro da minha casa. Nesse mundo tão impessoal e padronizado, acho que essa atitude é que faz a diferença”, afirma. Ele tem razão. Pelo movimento de pessoas em uma fria quinta-feira de maio, o sonho que começou em Londres está se realizando na capital paulistana. –Vera Guyer

29


comer, beber, viver por georges henri foz

Night Bird

confira o Resumo de um voo noturno pelos bares de São Paulo. você terá boas surpresas

30 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

música competente (ótima seleção de jazz e soul music) e excelência na elaboração dos drinks. O barman ganhou, merecidamente, o prêmio de revelação 2010. Todos os drinks clássicos são caprichados e bem apresentados. Para ter uma ideia do capricho, o lugar tem um equipamento que produz quatro tipos de gelo diferentes, que resulta em tempo de derretimento de acordo com cada bebida. E mais, vira e mexe trazem barmen hypes de NY, agora que esta profissão ganhou notoriedade, para introduzir as mais frescas novidades da área. Interessante também é a disposição da área de fumante. É um aquário que, por menor que seja, permite não perder de vista a pessoa que foi fumar sem ter que sair da confortável poltrona de couro aonde fica sua mesa. Muito legal. Tanto que tem que querer muito continuar o seu night ride para não ficar ali a noite toda, porque a seleção

Visão do MyNY, que tem boa música e drinks caprichados

musical é bem competente. Dali, aproveitamos a proximidade e fomos para o recém-aberto She Rocks, também no Itaim. A ideia inicial desta casa era agradar preferencialmente ao público feminino. Confesso que não entendi muito bem, a não ser pelo porteiro todo galã e a decoração em vermelho “caliente”. Encontrei uma casa cheia de jovens (até 25 anos) e com bandas ao vivo, do tipo pop rock. A pista lotada dança qualquer som que rolar, aguardando a entrada de DJ’s na onda house e hip

hop. Fora um mezanino com camarotes “taylor made” para a playboyzada. No bar, confusão total. Tudo era difícil. Não era pra nós. Saímos para Pinheiros pela Faria Lima, em direção ao bairro da moda, a parte baixa de Pinheiros, também já chamada de “Rive Gauche” (entre a Pedroso de Moraes e a Faria Lima). É ali, perto do já conhecido Bar Secreto, que inaugurou o Tonk Club há 20 dias. Ali encontramos uma casa mais requintada, onde o Dj residente, Rodrigo Sant’Anna, mandou muito bem no

fotos divulgação

São nove da noite de uma quinta-feira em São Paulo. Marquei com Tony Montana, amigo e notável DJ da cena paulistana, para me acompanhar em uma noitada na cidade. O intuito é me atualizar sobre as novidades que andaram aparecendo este ano. A ideia é tomar uns drinks (esquenta) em um bar até chegar a hora (em torno de meia-noite) em que as casas noturnas dão início ao movimento. O bar escolhido foi o MyNY, no Itaim. Podia ser o bar Número, nos Jardins, que bomba de playboys e jovens executivos e que também tem ambiente bacana, gente bonita e um barman competente (o famoso Derivan), mas, devido ao nosso perfil, nem tão jovem e nem tão “paquera”, resolvemos optar pelo MyNY. Este bar, bem no estilo nova-iorquino como sugere o nome, reúne, no meu entender, os três ingredientes obrigatórios para o meu agrado. Ambiente aconchegante com conforto e boa luz,


gladstone campos/realphotos/divulgação

Drink Eclipse, do MyNY

som. A onda dele é tocar basicamente white labels (faixas de Dj’s gravadas e nunca tocadas). Claro que não rola só isso, mas vai muito bem. O bar e o serviço também se mostraram mais adequados ao nosso perfil, apesar de saber que, quanto mais adentra a madrugada e mais drinks já tomamos, o nível de exigência vai baixando... Normal. Duas da madrugada. A atração pelo downtown vai crescendo e a gente já sabe que só tem tempo para mais uma balada. Uma opção boa seria o Alberta #3, na avenida São Luiz, que é um lugar

Letreiro do Alberta #3, no Centro

imperdível para quem gosta de rock’n’roll. Além do endereço charmoso, é uma casa aconchegante, com uma pista pequena e acolhedora para quem está a fim de se esbaldar no rock’n’roll ou na black music. E a carta de cervejas importadas também é inusitada para uma balada. Acabamos pousando no clube Lions lá em baixo, na Brigadeiro. Ali, mesmo às três da manhã, nada faz você entrar em pânico. Pelo contrário. Casa lotada por diferentes tribos, impressiona pelo pé direito e pela decoração imponente.

Pegamos uma noite de black music deliciosa. Muito soul e muito funk. Excelente. No bar central, drinks corretos e simpatia no atendimento, o que faz muita diferença nesta altura da noite. A enorme varanda que rodeia a casa é ótima, seja para fumar sem se sentir de castigo, seja para dar um tempo no calor da pista. Um luxo, ainda mais com o visual do Centro que se abre por ali. E já que o dia seguinte é dia de branco, é quase impossível não sentir aquela ponta de culpa por ser tão tarde. Mas não o suficiente para ir dormir

com fome. Então, já que pisamos na jaca, porque não dar uma forradinha antes de dormir? Já estamos no Centro mesmo. Depois de saborear “o” sanduíche de pernil do Estadão, podemos voltar pra casa com a certeza de que a noite é curta para São Paulo. Bom dia! georges@29horas.com.br Alberta 3 – Av. São Luiz, 272, tel.3151- 5299. Beco 203 – R. Augusta, 609, tel.2339-0351. Lions Club – Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 277, tel.3104-7157. MyNY Bar – R. Pedroso Alvarenga, 1285, tel.3071-1166. Tonk Club – Av. Brigadeiro Faria Lima, 390, tel.3814-2229

31


adega por Didú Russo

Vinho o ano todo Esta importante bebida não deve ser degustada apenas no inverno. Consumido moderadamente, vinho é saúde, complemento alimentar, bem-estar A distância do brasileiro com a cultura do vinho é bastante grande ainda. Está mudando, mas lentamente. Os números mostram, por exemplo, que em apenas dois meses do ano o brasileiro compra 70% do volume anual! Por sorte são duas estações diferentes. Em dezembro, com ênfase nos espumantes, são vendidos no varejo 40% de todo volume anual e em julho, em função do inverno, outros 30%. Gente, vinho não é só no frio e em comemorações, por favor! Vinho é saúde, vinho é complemento alimentar, vinho deve ser consumido regular e diariamente, para benefício de nossa saúde. Meu amigo Dr. Jairo Monson conta que existem mais de dois mil estudos científicos respaldando os inúmeros benefícios do vinho à nossa saúde, quando consumidos regularmente e em pouca quantidade, diga-se. Não vá fazer como o Antonino, meu amigo que me disse: “Bem, Didú, se você está me dizendo

32 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

que uma taça de vinho durante as refeições faz bem à saúde, imagine o benefício de uma garrafa!” Outra coisa, não apenas de tinto que vive o mundo do vinho, aliás, saiba que nos queijos e vinhos, tão agradáveis e comuns nas recepções entre amigos no inverno, a maioria dos queijos harmoniza melhor com brancos e não com tintos... Por exemplo: Queijos frescos com lactose elevada mas

com baixa acidez e sal, como a mozzarella, brie, camembert e ricota, tornam os vinhos mais fortes. Eles se harmonizam melhor com vinhos brancos leves de Chenin Blanc, Sauvignon Blanc e estilos leves de Chardonnay (jovens e sem madeira). Queijos jovens com elevada acidez e pouco sal, como queijos de cabra, atenuam vinhos com alta acidez como o Sauvignon Blanc. Foram feitos um para o outro. Quando for daqueles que aderem muito às papilas gustativas, escolha um vinho de sabor mais intenso e/ou mais taninoso, uma vez que os taninos

Uma taça de vinho vai bem em qualquer estação: saúde!

coagulam as proteínas. Queijos com acidez e sal moderados, como o cheddar, o gruyère e o queijo de cabra maturado, podem ser acompanhados pela maioria dos vinhos, pois seus taninos são atenuados e os sabores de fruta realçados. Parmesão e queijos azuis como o roquefort, gorgonzola e stilton, ricos em sal e acidez, tornam vinhos tintos leves adstringentes. Estes queijos combinam melhor com vinhos mais pesados e doces, como o Porto (Vintage, LBV ou Tawny) e o Sauternes, ou tintos com teor alcoólico elevado como o Barolo e o Amarone. Saúde!


33


diário de um fotógrafo por érico hiller

isto é África O futuro vai ser passado no Kilimanjaro. Com a mudança climática, a grande montanha africana talvez seja o cartão postal que vai mudar mais radicalmente e mais rapidamente, perdendo justamente o que lhe tornou mais peculiar, o gelo. Imagine o Rio sem o Cristo. Paris sem a Torre Eiffel. Londres sem o Big Ben. Este degelo é um processo de difícil reversão, que vem sendo acompanhado com angústia por cientistas e pela comunidade internacional há um bocado de tempo. Na

34 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

internet é possível ver imagens comparativas e as diferenças da camada de gelo permanente que existia na montanha da década de oitenta pra cá, só pra dar um exemplo recente. É no mínimo desconcertante. Justamente o lugar que era conhecido pelos habitantes locais como a montanha branca, vai deixar de ser branca. Pela sua característica de uma montanha relativamente larga, plana, é possível caminhar até o topo e não escalar propriamente. Por isso é comum vermos jovens, grupos de amigos, casais

e até idosos indo encarar o desafio de pelos menos cinco dias de andança. Claro, deve-se dizer que o frio e a altitude pesam bastante, fazendo que grande parte desista pelo caminho. Eu mesmo acabei me sentindo mal e não cheguei ao ponto mais

alto. Mas valeu, e muito. Indiferente a todas essas dores, a viagem como um todo é lindíssima. À medida em que vamos caminhando para cima da linha das nuvens, as paisagens parecem ter sido extraídas de um filme recente de Tim Burton.

érico hiller

Sim. Encostas gigantes com gelo...na África. Este é o último gelo permanente que ainda é possível ver no continente e fica na Tanzânia, no topo do Monte Kilimanjaro, a mais de cinco mil metros de altitude


De encher os olhos. Este êxtase, aliado ao regozijo da subida, e com essas questões ambientais sendo lembradas a cada instante, tornam a escalada um algo a mais que uma caminhada normal. À medida que você vai subindo, seu oxigênio vai ficando escasso, e a

gente tende a falar menos. A trip vai ficando mais intimista, uma queda livre para dentro de nós mesmos. Bem, e eu continuo a minha jornada pelos lugares que estão mudando no planeta por causa da ação do homem e

das mudanças climáticas. Não deixem de seguir estas fotos e outras mais no meu site www.ericohiller.com. br. Vejo vocês!

MUNDI, que me deu um ótimo auxílio, fora que são muito legais e profissionais.

PS: Pra quem quiser ir, enquanto houver gelo, sugiro fechar um pacote com a empresa TERRA

Érico Hiller é fotógrafo, colaborador das antigas (e de várias capas) da 29HORAS e vai passar este ano visitando lugares, vidas e culturas do planeta que estão em risco.

35


mais que nécessaire

1

Cor

2

no décor As tonalidades vivas têm uma linguagem própria e trazem energia e aconchego na decoração, já que aquecem – e descontraem – o ambiente. Aqui, peças em cores vibrantes para alegrar a casa e a vida. Por Vanda Fulaneto

3

4

1. Luminária – Metal, plástico e tecido são os materiais desta peça, da Kare. R$ 1.116. Tel. 3061-3777. 2. Cômoda pink – Feita de madeira compensada, carvalho e verniz, é da marca alemã Kare e custa R$ 5.985. Tel. 3061-3777. 3. Poltrona Chic – O modelo, da Tok & Stok, é forrado de chenile ametista. R$ 1.399. SAC: 08007010161. 4. Azul da cor do mar – A poltrona Cake, da Mannes, tem essa tonalidade inspiradora. R$ 2.000. Tel. (47) 3373-9200. 5. Sofá da sala – Todo amarelo e com dois lugares, é da Mannes. R$ 3.500. Tel. (47) 3373-9200.

36 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

fotos divulgação

5


37


hora livre luiz toledo

OS PLURAL QUE SE DANE Eu ainda estava tentando me acostumar com a ideia de escrever idéia sem acento, vôo sem o chapeuzinho do meu avô e parar de acentuar o pára – ainda não parei – quando leio que estão mexendo na nossa língua. Na verdade, nos nossos ouvidos, porque é lá que dói. Para quem não tem acompanhado a polêmica, saiu um livro didático aprovado pelo MEC que defende não haver mais necessidade de seguir a chamada norma culta para a regra de concordância. Um exemplo: “Os livro ilustrado mais interessante estão emprestado” estaria correto. Outro: “Os menino pega o peixe” seria também correto. Podemos concluir corretamente que “Os menino pega o peixe, mas não pega os livro”.

38 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Quem discordar dessa concordância é linguisticamente preconceituoso. Como era de se esperar, a cizânia instalou-se na língua culta e o pau comeu na popular. Ou seja – e é esse o assunto desta coluna –, arrumamos mais um racha para nos dividir e desunir. Nem sempre foi assim. O erudito e o popular já conviveram e podem conviver com respeito e gentileza.

Uma história real: certa vez, nosso maestro Villa-Lobos foi convidado para conhecer um compositor da Mangueira. Ele subiu o morro e atentamente ouviu o homem cantar e tocar o seu violão. Terminada a música, o maestro saiu do seu solene silêncio e sentenciou: – Tá tudo errado, mas tá maravilhoso! O compositor mangueirense era

ninguém menos que o nosso Cartola. Autor, entre outras belezas, de “As rosas não falam. Simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti... ai”. Não quero dar ênfase nos plurais, mas aqui eles ajudam na música. E no perfume. Um exemplo inverso vem da Zona Leste de São Paulo. Onde vive o Arnesto, que nos “convidou prum samba, ele mora no Brás. Nóis fumo e não encontremo ninguém. Nóis fiquemo com uma baita de uma reiva. Da outra vez, nóis não vai mais. Nóis não semo tatu”. Conforme nos ensinou, maravilhosamente errado, nosso singular e querido Adoniran Barbosa. Viva os Brasil. yestoledo@gmail.com


39


dezembro 2009

por simone galib

simonegalib@29horas.com.br

Juan Esteves/Divulgação

GOL DE PLACA

O ex-jogador Raí lança seu primeiro livro infanto-juvenil

Quem disse que o talento de Raí, exjogador da seleção brasileira e dos clubes São Paulo e Paris Saint-Germain, era só com a bola? Aos 46 anos, que completou em 15 de maio, ele também estreia como autor na literatura infanto-juvenil e está lançando o livro Turma do infinito, pela Cosac Naify. A inspiração, conta Raí, surgiu depois que leu uma redação escrita por sua neta, Naira. A história narra a trajetória de quatro crianças (Sol, Filó, Sofia e Zen) que nascem no mesmo dia, vão estudar na mesma escola, tornando-se grandes amigas, e se propõem a espalhar a ideia de que “o mundo é uma coisa só, eterno e infinito; juntos, podemos fazer a diferença”, diz ele. Raí, que já realiza um trabalho social com crianças, reconhecido internacionalmente, por meio da Fundação Gol de Letra, vai doar toda a renda com direitos autorais do livro para a ONG, que fundou em 1998 junto com o também jogador Leonardo e que hoje atende 1,2 mil crianças e jovens. Empolgado com o resultado do projeto literário, ele já ensaia a continuação da história. Bem-vindo ao novo clube!

EMBALOS DO FINAL DE TARDE

divulgação

Quer esperar o trânsito dar uma aliviada ou se aquecer antes das baladas na Vila Olímpia? O L´Absolu, no número 1.715 da Gomes de Carvalho, é espaçoso, bonito, tem uma varanda com uma vista interessante e happy hour animada. A casa, de 450 m2 e dois andares, também abre para almoço – o cardápio, com 14 pratos de saladas, 13 pratos quentes e seis opções de sobremesas, é assinado pela chef Rosana Gatto, ex-Emiliano. Mas é a partir das 17h que o bar começa a esquentar. Nos finais de semana acontecem as Sunsets, festas no final da tarde regadas a house music, coquetéis diferenciados e muita gente bonita, que rolam até o último cliente. Ambiente do badalado L’Absolu, na Vila Olímpia

40 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011


BLACK TIE

Dois eventos deram o que falar em São Paulo: o primeiro, a Inspiration Gala, na casa do empresário Felipe Diniz, em prol da entidade amFar, que combate a Aids, reuniu celebridades internacionais, como as atrizes Claire Danes, Jennifer Hudson (também cantora) e Francisco Costa, o diretorcriativo da Calvin Klein, além do hi-society paulistano. A noite, que incluiu jantar de gala e leilão de peças criadas por alguns dos principais estilistas do mundo, foi regada a coquetéis da vodka francesa Grey Goose, preparados pelo embaixador da marca no Brasil, Pablo Moya. A turma da moda também prestigiou o lançamento da coleção de sapatos da estilista Gloria Coelho para a Shoestock, da Vila Olímpia. Ninguém saiu de lá sem comprar o seu par!

Felipe Diniz, Claire Danes e Kevin Frost

Jeniffer Hudson

Luisa Brunet e Bethy Lagardere

fotos Nina Jacobi / Grey Goose/divulgação e Charles Naseh/divulgação

Gloria Coelho e Amir Slama

Fabio Justus

Johnny Luxo

Cassia Avila e Jack Vartanian

Duda Deani

Marina de Sabrit

41


dezembro 2009

NEGÓCIOS DA MODA

Atenção, fashionistas: a Oca, no Ibirapuera, vai virar este mês palco da moda e de um salão exclusivo de negócios. Na paralela da primavera-verão do São Paulo Fashion Week que acontece na Bienal, Paulo Borges, idealizador do evento, fechou uma parceria com as empresárias Flávia Rotondo e Adriana Coutinho, do Grupo Galeria, para a realização de uma mostra multimarcas com expositores de todo o Brasil, de 14 a 18 de junho. Já confirmaram participação no evento os estilistas Reinaldo e Pedro Lourenço, Maria Bonita Extra, Gloria Coelho e Huis Clos, entre outros. O Grupo Galeria, criado há cinco anos, é itinerante, ficou famoso por lançar novos designers do segmento de luxo e movimenta cerca de R$ 30 milhões em cada uma de suas quatro edições anuais. “A ideia é levar para a Oca marcas que desfilam e criar um grupo forte que possa representar o Brasil em outros mercados”, diz Flavia.

VIDA LEVE

LUXO TOTAL

Nada como um casamento real para dar novo fôlego ao circuito do turismo de luxo em Londres. Que o diga o empresário Filippo Torriani, fundador e diretor da Queen of Clubs Lifestyle Luxury Services (www.qofclubs. com), um receptivo e concierge baseado na capital da Inglaterra, mas com extensão para toda Europa, e que oferece serviços glamourosos como jatinhos, helicópteros, carros com motoristas que falam várias línguas, os melhores lugares nos shows mais disputados e nos restaurantes estrelados. Filippo diz que trabalhou sem parar na ocasião do casamento de William e Kate Middleton para dar conta do aumento de 40% na procura por

42 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

seus serviços, que incluem hotéis cujas diárias podem chegar a 2,1 mil euros por pessoa e que recebem os hóspedes com tapete vermelho e champanhe. Segundo ele, alemães, japoneses e americanos são os mais interessados hoje nesse tipo de turismo, que deve continuar em alta nos próximos meses. Sim, o executivo, de 39 anos, tem bagagem de sobra: nascido em Milão, na Itália, já morou em sete países, fala cinco línguas e trabalha com turismo há 15 anos. “Eu viajei para os lugares mais bonitos, frequentei os melhores restaurantes e trabalhei para os hotéis mais top. Por isso, seleciono o que há de melhor para os meus clientes.” Alguém duvida?

Bicicletas para os clientes que querem pedalar antes ou depois da refeição

fotos divulgação

O italiano Filippo Torriani, diretor da Queen of Clubs Lifestyle Luxury Services

Para quem gosta de comidinhas saudáveis, tem endereço novo em São Paulo, com um serviço super diferenciado e que está fazendo o maior sucesso, principalmente entre a turma da malhação. É o restaurante Proteína, que fica em uma casa de 340 m2, na rua Canário, em Moema, cheia de plantas, cortinas d´água e um cardápio de pratos grelhados, muitas saladas e sucos. A ideia foi do empresário Mohamed Amg, que após rodar duas horas de carro procurando algo diferente para comer, acabou optando pelo lugar e pela comida de sempre. A partir desse instante, ele desenhou nas costas de um jogo americano que estava na mesa o restaurante que desejaria encontrar. Assim surgiu a casa, cujo carro-chefe são os smoothies (macio, em inglês), que misturam sucos de frutas, verduras, iogurtes, sorvetes – há 74 receitas deles. Os kebabs, no pão-folha com vários tipos de recheios, também são incríveis. Detalhe curioso: a casa empresta por meia hora bicicletas para quem quiser dar uma volta no parque Ibirapuera ou arredores. Ali, vale tudo por uma vida mais light!


43


michel angelo/Record

que joga há dois anos e não ganha nunca. Um dos integrantes então propõe que o grupo faça um pacto: se eles ganharem na loteria, metade do prêmio vai para a poupança. Para ter direito a esta parte do prêmio cada um terá que cumprir uma missão. A maioria protesta e acha a ideia maluca: quem guardaria metade de um prêmio na poupança? Mas seu Belmiro (Ricardo Petraglia) argumenta: as missões serão bem simples. Todos conseguirão cumprir suas metas e receberão o dinheiro ao fim de um ano! Um pacto pode atrair a sorte. A história repleta de conflitos, por causa da ganância de alguns personagens, será o grande trunfo da novela. É claro que romances, paixões e outras disputas também darão o tom à trama escrita por Cristianne Fridman e dirigida por Alexandre Avancini.

Bastidores da cena gravada na Marina da Glória

Munir Chatack/Record

Vidas em Jogo

Depois do futebol, a loteria talvez seja a maior paixão nacional. Quando um prêmio milionário acumula, formam-se filas quilométricas nas casas lotéricas. Este é o mote principal da novela Vidas em jogo. Na trama, um grupo de amigos acerta na loteria no sorteio da virada do ano e a vida de todos muda: para o bem e para o mal. Com a ambição de alguns, haverá casos de ganhadores assassinados, enganados por parentes, disputas judiciais entre pai e filho e outros casos de polícia. “A trama é ágil, com muito humor, ironia, romance, drama e suspense. É uma novela com personagens bem populares: motorista, taxista, empregada doméstica, garçom, cozinheira... Gosto deste universo mais popular”, conta a autora Cristianne Fridman. O enredo gira em torno do bolão da amizade

Munir Chatack/Record

A trama da novela gira em torno dessa turma de amigos que decide fazer um bolão para apostar no milionário prêmio da loteria

A novela tem personagens bem populares


Saúde em pauta

Em um clima de descontração e com uma plateia bastante curiosa, a nova atração E aí, doutor promete mostrar como se pode viver melhor com alimentação equilibrada, prática de exercícios regulares e tempo para o lazer. Questões ligadas à saúde psicológica também serão o mote do programa, que vai ao ar de segunda a sexta às 16h. A apresentação é de Antonio Sproesser – clínico geral e especialista em qualidade de vida há mais de 30 anos.

O programa leva para o palco casos reais – e a plateia se envolve com as emocionantes histórias de pessoas que se comprometem a mudar de vida para manter ou resgatar a saúde. Sproesser ainda vai desvendar os enigmas do corpo humano e divertir os telespectadores em animados jogos. “Quero que o público saiba definir a própria rotina, como está seu corpo e como anda a saúde. É tudo muito prático, focado no dia a dia de cada um”, diz o médico. Gugu Liberato está à frente do novo programa...

...que contará com a participação de 23 personagens

Uma turma aloprada fotos Edu Moraes/Record

O médico e especialista em qualidade de vida, Antonio Sproesser, comandará o E aí, doutor

O programa vai esclarecer dúvidas de saúde...

...e bem-estar e interagir com a plateia

Para os saudosos das tiradas de humor rápido, a Record estreou a Escolinha do Gugu, dentro do dominical Programa do Gugu. Numa sala de aula recheada de talentos, humoristas já conhecidos como Castrinho (Seu Geraldo), Marcos Plonka (Samuel Blaunstein), Geraldo Magela (Magela), João Elias (Salim Muxiba), entre outros, dividem espaço com as novatas Sylvia Design (Dona Sylvia) e Vanessa Zotth (Dona Fifi de Assis). Sob o comando do “professor” Gugu, os 23 personagens contam histórias com bordões específicos que prometem virar mania.


A cara do Rio

Um prêmio para coroar as personalidades que contribuem com o Rio de Janeiro. Idealizado pela Rede Record Rio, a segunda edição do prêmio Atitude carioca anunciou as 14 personalidades que são destaque em diversas áreas de atuação. “Hoje o Rio é centro das atenções mundiais por ter sido escolhido como sede da Copa de 2014 e

Último capítulo

dos Jogos Olímpicos de 2016, além de abrigar grandes eventos que estão transformando a cidade”, diz Thomaz Naves, diretor comercial e de marketing da Record Rio. “Com o Atitude carioca, a emissora fortalece sua relação com a cidade e seus cidadãos, estimulando o desejo do carioca de ser e fazer melhor através de suas atitudes”.

O elenco de Ribeirão do tempo se reuniu com toda a equipe para assistir ao último capítulo da novela. Cada cena foi aplaudida em clima de despedida. “Estou com a sensação do dever cumprido, depois de 250 capítulos. Vou tirar uns dias de férias e já rascunho uma série policial que foi encomendada pela emissora”, contou Marcílio.

Louise D’Tuani, Letícia Medina e Isabella Dionísio

Rodrigo Faro, Bianca Rinaldi, Bianca Castanho e Bruna Di Tulio

• Artes Plásticas Vik Muniz

• Gastronomia José Hugo Celidônio

• Cinema José Padilha

• Humor Chico Anysio

• Comunicação Luciano Huck

• Moda Lenny Niemeyer

• Educação Arnaldo Niskier

• Música Beth Carvalho

• Empresariado Luis Carlos Trabuco

• Responsabilidade Social Helena Gazolla

• Esportes Patrícia Amorim

• Teatro Paulo José

• Serviço Público Márcia Lins

• Turismo Antônio Pedro

Heitor Martinez e Iris Brüzzi

Michel Angelo/Record

Confira os vencedores 2011


Festa de Arromba

Antonio Chahestian/Record

O primeiro capítulo de Vidas em Jogo foi exibido para o elenco, equipe da novela e convidados. Dinâmica e envolvente, a trama de Cristianne Fridman gerou muito entusiasmo e elogios na noite de estreia. O elenco está confiante

Heródoto é a promessa de inovação da emissora

Informação, análise, humor e interatividade são a marca do Jornal da Record News. Ancorado por Heródoto Barbeiro, que divide a bancada com a apresentadora Thalita Oliveira, conta com uma renomada equipe de comentaristas e uma forma inédita de interação com a internet, que faz deste programa o primeiro telejornal transmídia do país. Editor-chefe e âncora do Record News, Heródoto traz para a emissora sua experiência, credibilidade e o desejo de fazer um jornal diferente. “Nossa missão é criar um espaço para o jornalismo que provoque reflexão, que prestigie a diversidade e trabalhe a interatividade, usando todas as ferramentas da internet. O apresentador muitas vezes só fala com o comentarista. Queremos um jornal mais ‘conversado’ com o telespectador”, explica o jornalista.

Betty Lago e Simone Spoladore

FOTOS Munir Chatack/Record

Credibilidade e inovação

Thais Fersoza

no sucesso. “A novela é muito ágil e acho que isso segura o telespectador. Só em uma semana minha personagem leva três tapas na cara e é sequestrada”, avalia Thais Fersoza, uma das protagonistas.


por andrea finzi

andreafinzi@29horas.com.br

Amantes artistas

O espetáculo Chopin & Sand: Romance sem palavras ganhou nova temporada devido ao grande sucesso de público e fica em cartaz até o dia 17 de julho no Centro Cultural Justiça Federal. Com direção de Jacqueline Laurence e direção musical de Roberto Duarte, o espetáculo conta a história da conturbada relação de um dos maiores compositores do mundo, o polonês Frédéric Chopin – que morreu precocemente aos 39 anos –, com a escritora francesa George Sand (pseudônimo de Amandine Aurore Lucile Dupin). Walter Daguerre narra esse romance por meio das correspondências que Chopin enviava à sua amada durante o período de 1838 a 1847. No elenco estão Marcelo Nogueira, como Chopin, Françoise Forton, no papel de Sand, e a pianista Linda Bustani. R$ 30. Sex. a dom.: às 19h. Av. Rio Branco, 241, tel. (21) 3261-2550. www.romancesempalavras.com.br

Françoise Forton está no papel da charmosa escritora francesa George Sand

49


Rock e filosofia

O CCBB Rio promoverá até novembro uma série de encontros para discutir filosofia e rock, com o objetivo de refletir sobre questões antropológicas e históricas que definiram o rock como fenômeno cultural. É a oportunidade de analisar as mensagens que estão além das músicas e relacioná-las com alguns dos principais conceitos do século XX. O segundo encontro da série Filosofia do rock, que acontece no dia 15 de junho, às 18h30, irá falar das canções de Bob Dylan e dos pensamentos do filósofo alemão Walter Benjamin. A mediação ficará por conta da filósofa Marcia Tiburi e terá a participação do músico Thedy Corrêa. A entrada é gratuita e as senhas devem ser retiradas com uma hora de antecedência na bilheteria. R. Primeiro de Março, 66, 4º andar, tel. (21) 3808-2020. Acompanhe a programação no www.bb.com.br/cultura e no www.twitter.com/CCBB_RJ

Bob Dylan

Thedy Corrêa

antonio guerreiro/Divulgação

Mulher de fé

Lyginha Durand

50 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Marcia Tiburi

Conhecida como Lyginha, a carioquíssima Lygia Durand foi modelo de sucesso nos anos 70 e musa de fotógrafos como David Zingg e Antonio Guerreiro. No século 21, afivelou as malas e rumou para a bela cidade mineira de Ouro Preto, onde produz braceletes de prata com vocação religiosa, com imagens santas, orações e preces. Para a papisa da moda Costanza Pascolato, Lyginha é puro talento. “Contei com ela para minha primeira incursão no mundo das joias, no que ela não só me apoiou como me deu norte. Aliás, o seu olhar capta todos os pontos cardeais, com paixão e força. Os braceletes são maravilhosos amuletos que, além de tudo, são de uma elegância incomparável”, define Costanza. As peças, que ficaram expostas recentemente na Galeria do Bispo, em SP, podem ser encontradas na loja Dona Coisa. R. Lopes Quintas, 153, tel. 2249-2336.


Toque chinês

Salão interno do Mr. Lam

Em uma noite em Nova York, o chef chinês Mr. Lam ficou surpreso com a quantidade de Ckicken Satay (espetinho oriental de frango) que ia para a mesa de um cliente e resolveu conhecê-lo. Encontrou o empresário carioca Eike Batista, que o convidou para abrir um restaurante no Rio. O chef respondeu que só abriria se gostasse do Rio, veio conhecer a Cidade Maravilhosa e se apaixonou. Foi assim que nasceu o Mr. Lam Rio, que serve a tradicional comida de Pequim. Todos os pratos são feitos na hora pela equipe de cozinheiros que veio de Hong Kong, e o cardápio todo é uma harmonia de cores, sabores e aromas. R. Maria Angélica, 21, tel. (21) 2286-6661. www.mrlam.com.br

Pato laqueado

Os filmes Xeque-mate (acima) e Potiche (à dir.); à esq. cartaz do festival

Fançois ozon/divulgação

Entre os dias 8 e 16 junho, 22 cidades brasileiras vão receber o Festival Varilux de Cinema Francês, que reuniu no ano passado mais de 25 mil espectadores. As projeções, que este ano serão simultâneas, apresentarão as mais recentes filmografias francesas, entre elas estão Potiche (Potiche: Esposa troféu), De vrais mensonges (Uma doce mentira), Une vie de Chat (Um gato em Paris), Joueuse (Xequemate). O Rio, assim como a capital paulista, receberá delegações com alguns dos artistas franceses e também terá encontros com profissionais do cinema, a fim de promover um intercâmbio entre as culturas dos dois países. www. festivalcinefrances.com

Caroline bottaro/divulgação

A França na tela

51


>capa


Morena: uma história pessoal contada na diversidade do meio, das pessoas e dos hábitos

Os sabores de Morena Paulistana que cresceu na Bahia e ganhou o mundo,

Morena Leite orquestra uma gastronomia

antropológica – ou seria uma antropologia gastronômica? – e comemora os 25 anos do Capim

Santo, que começou com seus pais, em Trancoso por chantal brissac Fotos Érico hiller


>capa

Aos sete anos, ela dizia que queria ser antropóloga – desejava entender os costumes e hábitos das pessoas, conhecer diferentes culturas. Algo que parece inusitado para uma criança pequena dizer, soava natural para Morena: afinal, a garota crescia em meio a gente dos mais variados cantos do Brasil e do mundo, em um caldeirão de pura diversidade. No Capim Santo, restaurante-pousada aberto por seus pais em 1985, em Trancoso, Morena começou muito cedo sua história multicultural, uma vivência recheada de aromas, sabores e sotaques. “Em casa sempre havia muitos europeus, americanos, além de gente de todo o Brasil. Eu ficava fascinada, observando o estilo de cada pessoa”, conta a chef, de 30 anos. Sua casa era o restaurante-pousada idealizado por Sandra e Nando, jovens paulistanos que no início dos anos 80, auge da era pós-hippie, buscavam uma vida alternativa em um cenário de sol e mar. A bordo de um jipe vermelho e com Morena a tiracolo (então um bebê de um aninho), eles aportaram no paradisíaco vilarejo de Trancoso, ao sul da Bahia, naqueles tempos uma paragem rústica – não havia água nem luz – que começava a atrair gringos e brasileiros descolados. Foi ali que a menina cresceu vendo a mãe comandar o fogão, com o azul do mar avistado da janela da cozinha, de onde saíam pratos com peixes, ervas, raízes e grãos integrais – culinária que misturava toques da macrobiótica, seguida pelos pais, com pitadas das cozinhas árabe e caipira, outras heranças da família. A moçada que frequentava Trancoso amava as criações de Sandra. “Minha mãe sempre teve um jeito artesanal de cozinhar, que guardo até hoje. Receber com amor, com carinho, isso é importante para toda a família. Eu me inspiro muito nessa cozinha saudável e natural, que me alimentou desde pequena, e nos ingredientes brasileiros”, diz Morena, lembrando que a técnica francesa, com todo seu rigor e planejamento, também a influenciou. Aos 17 anos, depois de uma tempo-

54 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho 2011

No alto, o café da Pousada Capim Santo, que existe há 25 anos em Trancoso, e onde tudo começou; acima, a quarta versão do restaurante, o Santinho, instalado no Instituto Tomie Ohtake

dosfranceses, só não aprendeu a sisudez. “Na minha cozinha faço concurso de piadas ”


Na cozinha do terceiro Capim Santo, o dos Jardins: herdeira de um jeito artesanal de cozinhar e da arte de receber com carinho

55


>capa

rada em Cambridge, ela rumou para a prestigiada escola de gastronomia Le Cordon Bleu, de onde saiu formada e com a ideia fixa de seguir nessa área. “Ali eu tive certeza do que queria fazer na vida”. Na volta, a jovem recém-chegada de Paris assumiu a cozinha do primeiro Capim Santo paulistano, àquela época na Vila Madalena. Foi lá que Morena pôde exercitar tudo o que aprendera na França – mas sempre colocando na panela o seu tempero natal: a infância baiana, a influência da avó libanesa, a liberdade de criar e experimentar. Alguns preceitos rígidos da escola francesa, como a sisudez na hora de preparar as comidas, chocavam a chef. “Na minha casa a gente fazia campeonato de piada na cozinha, como faço até hoje. O brasileiro é muito mais descontraído e alegre”, diz Morena, “mas isso não quer dizer que o trabalho não seja

56 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho 2011

Vou querer que minha filha aprenda a cozinhar, a lavar prato, a se virar


Nas fotos de seu novo livro (Receitas para receber amigos, ed. Boccato), Morena aparece em Trancoso. Na outra página, aos 9 anos; acima, junto ao pai, no Quadrado; à esq, no colo da mãe, recém-chegada à casa nova, onde passou infância e adolescência

sério e pesado. Ser chef é como ser pedreiro, é um trabalho braçal e que requer muita energia”. Fora as jornadas longas e diárias. Ela conta que começa a trabalhar às 8h e só vai para casa depois das 22h. No comando da equipe de 150 funcionários fixos, Morena funciona como um maestro que orquestra os mais variados ritmos. Hoje seu negócio inclui os dois restaurantes de São Paulo – além do Capim Santo, nos Jardins, ela está à frente do Santinho, aberto há seis meses no Instituto Tomie Ohtake –, uma escola de culinária e um bufê. É aí, no bufê, que a empresária e chef investe mais tempo. São eventos no Brasil todo, a maior parte deles do universo corporativo, além de casamentos, batizados e aniversários. “Às vezes acontecem cinco eventos por dia”. Muita coisa também tem rolado lá fora. Só este ano Morena fez dois

57


>capa

Nas cozinhas de Morena, o time de funcionĂĄrios tem sempre maioria de nordestinos que nĂŁo estudaram gastronomia. E ela os coloca para estudar


ser chef É como ser pedreiro. é um trabalho braçal que requer energia 29HRS em SP com Morena Confira os endereços preferidos da chef, que adora caminhar nos Jardins, onde mantém um de seus restaurantes, o Capim Santo

LIVROS “Gosto muito de ir à livraria do André Boccato, com quem fiz meu novo livro, Receitas para receber amigos. Lá tem títulos de gastronomia incríveis.” Livraria Gourmet – R. Augusta, 2542, loja 8, tel. 3062-6454.

FLORES

“Minha culinária usa muitas frutas e eu adoro enfeitar a casa com flores, a energia delas me revitaliza. Por isso vou ao CEAGESP nas quartas à tarde, dia de feirão, e também na sexta cedo.” CEAGESP – Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946, tel. 3643-3700.

COMIDAS “Peguei o hábito paulistano de tomar café da manhã fora de casa e curto muito o café do 7 Molinos, do antigo Oliviers & Co, que acabou de abrir na Lorena. Também não dispenso a pizza aos domingos: vamos bastante ao Primo Basílico, que tem uma pizza de burrata ótima.” Primo Basílico – Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1864, tel. 3082-8027. 7 Molinos – al. Lorena, 1914, tel. 3063-4433.

COMPRINHAS

“Sempre que tenho um tempinho vou ao Santa Luzia. Lá tem muita coisa bacana, novidades gastronômicas, e uma seção de verduras orgânicas de ótima qualidade.” Casa Santa Luzia – Al. Lorena, 1471, tel. 3897-5000.

eventos em Dubai, um no Chile e um em Washington. A demanda veio na esteira de um festival de cozinha em Chicago, onde foi levar seu tempero em 2001, e de um coquetel para 500 pessoas que organizou com seu time em Paris, em 2005, para comemorar o Ano do Brasil na França. É tanto trabalho que sua prioridade, a filha Manuela, de um ano e meio, acaba se encaixando em sua agenda de viagens. “Vou amanhã fazer um evento em Comandatuba e ela vai junto. Procuro curti-la nesses momentos, porque minha rotina é muito corrida”. Quando é possível, Morena também a leva para o exterior – recentemente, fez uma viagem à Turquia que uniu as três gerações: ela; a mãe, Sandra; e a filhinha. Manuela já gosta das receitas da mãe e a observa em ação. “Vou querer que ela aprenda a cozinhar, a servir as mesas, a lavar prato, a se virar. Mesmo que não siga a profissão. Hoje vejo um monte de jovens de classe média recém-formados em escolas de gastronomia que não querem se sujeitar a trabalhar, a ralar. Não têm paciência de ganhar pouco nos primeiros anos, porque têm uma ideia glamurizada da profissão”. Nas suas cozinhas, o time maior de funcionários é composto por nordestinos que não estudaram gastronomia. São eles que, com Morena, desenvolvem criações como o camarão com palmito pupunha e tapioca, o mexido árabe, o picadinho de mignon de cordeiro (acompanhado de purê de mandioquinha e farofa de banana), os mexilhões gratinados com molho de capim-santo, entre outras delícias que atraem levas de pessoas a seus restaurantes. Agora Morena firmou uma parceria com a Faculdade Anhembi-Morumbi na qual dá aulas de gastronomia em troca de formação para sua equipe. Um dos cozinheiros já está fazendo faculdade. “Sempre me preocupei com a parte social e só acredito em um negócio que seja bom para todos, sócios e funcionários. Fico feliz que eles estejam crescendo e ampliando seus horizontes culturais”, diz Morena, que, à sua maneira, cumpre o sonho de menina de ser antropóloga.

59


>turismo

Da cabine do London Eye, a visão deslumbrante do rio Tâmisa e do Palácio de Westminster, também conhecido como Casas do Parlamento


LONDRES Esquina do mundo Por dentro da metrópole que mescla modernidade e tradição ensaio daniel chalfon texto chantal brissac


>turismo

Com o casamento real de William e Kate, o mundo novamente volta os olhos para a capital britânica – mas a verdade é que Londres foi e sempre será uma cidade única, que mistura tradição e vanguarda, antigo e novo e, como um de seus símbolos modernos – a imponente roda-gigante London Eye –, mexe com as emoções de quem a visita. No verão, tudo fica ainda mais interessante, já que o sol e as férias convidam londrinos, indianos, turistas de todos os cantos do mundo, tribos e galeras mais variadas, para ganhar as ruas, praças, parques, galerias e museus. Há muito o que ver, fazer e descobrir. Os parques, por exemplo, são muitos. Ilhas verdes pontilhadas por toda a cidade, eles são imensos, como o Richmond e o Hampstead; majestosos, como o Regent’s; pequenos e elegantes, como o Green, Hyde e St. James. Nos dias quentes de verão, é comum ver executivos do mercado financeiro que tiram paletó e gravata para tomar sol no parque, enquanto almoçam um sanduíche de pastrami, um kebab de carneiro ou o popular fish and chips. É a celebração do sol, raro em toda a Inglaterra. À beira do rio Tâmisa, onde os romanos fundaram a

Acima, turistas se concentram no melhor ângulo do Big Ben, relógio que já foi folclorizado nas histórias do detetive Sherlock Holmes (à direita, o museu, na Baker Street), personagem criado pelo escritor Arthur Conan Doyle. À esq, miniaturas dos tradicionais ônibus de dois andares, outro símbolo da capital inglesa

62 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho 2011


63


>turismo

NO muro do Abbey Road Studio, onde os beatles gravaram vários álbuns, jovens fãs deixam mensagens

O sonho não acabou: beatlemaníacos deixam registros e lembram que All you need is love

64 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho 2011


65


>turismo

Músicos dão o tom em vários cantos da cidade, nas ruas, praças e metrôs. Ao lado, a roda-gigante London Eye; na outra página, a vida noturna de Piccadilly Circus, área rodeada de atrações turísticas, teatros, bares e restaurantes

66 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho 2011


67


>turismo Na loja Harrods, à direita, encontra-se moda, acessórios, perfumaria, marcas luxuosas e alguns espaços deliciosos, como o salão de chá rosa no último andar. São 92 mil metros quadrados, com 330 departamentos e 28 restaurantes. Abaixo, turistas se preparam para sair em tour no clássico ônibus londrino

“Londinium”, antiga Londres, há mais de dois mil anos, pode se observar a belíssima Tower Bridge, construída entre 1886 e 1894 no estilo gótico. Do outro do lado do rio, a Torre de Londres conta em suas fortalezas e muros a sombria história da Idade Média. Uma das melhores vistas de Londres é a que se tem da Ponte de Westminster. As Casas do Parlamento e o austero (e preciso) Big Ben fazem parte da capital da realeza. Mas há também museus imperdíveis na cidade, como o British Museum, a National Gallery, o Albert & Victoria, a Tate Modern – este último um museu de arte contemporânea fundado há onze anos, que virou hit na capital. E para quem acha que Londres é apenas tradição, há toda uma cultura pop que se estende por bairros como Shoreditch e Hoxton, de East London, que resgatam a vibe

68 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho 2011

do antigo Soho londrino. Na Hoxton Square, onde fica a White Cube Gallery, há bares e restaurantes descolados frequentados por gente da área de moda, músicos, designers, artistas plásticos. O bairro é o mais novo queridinho dos modernos e o clima do lugar é de intensa agitação e novidade. Os mercados também fervilham na capital inglesa, como o Borough Market, que reúne gostosuras do mundo todo, o Broadway Market e o anos 70 Camden Town, que continua a reunir nos finais de semana os tipos mais loucos e bizarros. Vale a pena visitá-los, assim também como é essencial tomar um “pint” em algum dos pubs de estilo vitoriano. Símbolo britânico, como o cricket, a monarquia, os telefones e ônibus vermelhos e o chá bebericado com leite, o pub (abreviação de “public house”) é mais uma das deliciosas instituições desta cidade inesquecível.


Hot spots Guias como o Time Out London Shortlist 2011, encontrado em qualquer banda de revistas da Inglaterra, e o Wallpaper City Guide, editado no Brasil pela Publifolha, são úteis para saber dos novos hotéis boutique, dos bares e restaurantes mais transados. Mas já podemos adiantar alguns hot spots: os hotéis boutique são o Hoxton (em Shoreditch), o The Halkin (em Belgravia) e o Saint Martins Lane (em Covent Garden). Um bar bombado é o The Cukoo Club, em Picadilly. Se tiver sorte, pode presenciar uma performance do cantor Prince no palquinho da boate. O restaurante mais acessível de Gordon Ramsay é o Maze, na Duke Street, pertinho do

metrô Bond Street. E há, lógico, os pontos clássicos, como a Fortnum & Mason, casa de chá que existe desde 1702 e onde é possível degustar o famoso scone (bolo pequeno que acompanha o chá); o restaurante San Lorenzo (www.sanlorenzo. com), um dos melhores italianos da cidade, que era o preferido da princesa Diana; e o L´Atelier Joel Robuchon, na West Street, recomendadíssimo restaurante que serve cozinha francesa e tem serviço impecável. Um hotel histórico e tradicional é o The Cadogan, que foi frequentado por Oscar Wilde e está situado na mesma rua do Tiffany e de outras marcas mundiais do luxo.–K.M.C. e V.F.

69


>especial inverno

Respire Você tem muitos motivos para subir a serra. Além do ar de opções culturais, gastronômicas e esportivas. Selecionamos do Jordão, Monte Verde, Santo Antônio do Pinhal, São tem mais a ver com o que você procura e coloque já o pé na

70 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011


GRANDE HOTEL O Grande Hotel Campos do Jordão é um hotel-escola do Senac e fica dentro de um bosque pertinho da agitação do centro de Campos, entre os bairros de Capivari e Jaguaribe. Em julho, vai promover no restaurante Araucária a terceira edição do festival Rota dos Sentidos, com jantares preparados por chefs renomados, degustações de vinhos e workshops gastronômicos. No auditório do hotel, todo sábado acontece uma etapa

da segunda edição do Festival do Humor, com apresentações de humoristas em performances de stand-up comedy. Para entreter os frequentadores do aconchegante Bar da Lareira, estão previstos pocket shows de novos talentos da MPB. Confira a programação completa acessando o site www.grandehotelsenac.com.br Grande Hotel – Av. Frei Orestes Girardi, 3549 – Campos do Jordão. Tel.: (12) 3668-6000.

O aconchego do bar da lareira (à esq.), e o conforto da suíte diplomata (à dir.) no Grande Hotel

fundo

fresco, irá encontrar uma temporada de inverno recheada treze bons argumentos para te convencer a visitar Campos Bento do Sapucaí e Gonçalves. Veja qual dessas estâncias estrada! por Kike Martins da costa 71


>especial inverno

SANTA TRUTA Para este inverno, a chef Anouk Vasconcelos, dos restaurantes Donna Pinha e Santa Truta, em Santo Antônio do Pinhal, apresenta algumas novidades. Uma delas é a inédita linguiça de truta com pinhão, um embutido para os que querem evitar as carnes suína ou bovina. Outra opção é a truta assada, escoltada por pinhões e legumes e servida na pedra. No romântico Donna Pinha, há uma ampla lareira que aquece o salão nas noites mais frias. No Santa Truta, o ambiente é mais rústico, e a opção para quem quiser se aquecer é uma gostosa fondue de queijo ou de carne. Donna Pinha – Estr. de Santo Antônio do Pinhal, 2006. Tel.: (12) 3666-1233. Santa Truta – Av. Antônio Joaquim de Oliveira, 594. Tel.: (12) 3666-2764. Santo Antonio do Pinhal.

Em São Bento do Sapucaí, a charmosa Pousada do Quillombo conta com...

TARUNDU Tudo começou há 25 anos, como um simples espaço para aulas de equitação. Hoje o Tarundu é o maior complexo de lazer de Campos do Jordão, com atividades como patinação no gelo, arco-e-flecha, arvorismo, paintball, minigolf, minibuggy, além de um completo centro hípico. Uma das atrações prediletas da garotada é a Orbit Ball – bola de plástico transparente que pula e rola pelo gramado com um ou dois “passageiros” em seu interior. O local também tem uma pousada com apenas quatro chalés onde inclusive os cães das famílias que lá se hospedam são muito bem recebidos. Na área gastronômica, há um restaurante completo, especializado em grelhados e saladas. À noite, o local é ideal para uma boa pizza e um gostoso vinho. O café tem a grife do paulistano Santo Grão. Truta com farofa de pinhão, do Santa Truta

72 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Turundu – Av. José Antônio Manso, 1.515 – Campos do Jordão. Tel.: (12) 3668-9595.

A Orbit Ball é uma...


POUSADA DO QUILOMBO A pousada fica em São Bento do Sapucaí e tem 28 apartamentos confortáveis, com varanda, cama king size e lareira. O spa Sequóia oferece tratamentos relaxantes e que renovam as energias. Há quem goste de simplesmente ficar meditando ou praticando yoga no deck à beira da piscina. Outros preferem descansar na jacuzzi com água aquecida ao ar livre. A vista para a Pedra do Baú é um dos principais atrativos, mas a gastronomia do restaurante Trincheira é o que faz a alegria dos hóspedes e visitantes. O chef André Luis Ferreira valoriza os sabores típicos da Mantiqueira, em pratos preparados com ingredientes locais, como as framboesas orgânicas, a mandioquinha, os cogumelos, as trutas, as alcachofras, a tangerina, o queijo Minas fresquíssimo e as bananas. Pousada do Quilombo – Estr. do Quilombo, 1.403 -– São Bento do Sapucaí. Tel.: (12) 3971-2688.

...28 quartos aconchegantes, além de um spa com tratamentos relaxantes

FESTIVAL DE MÚSICA

...das atrações preferidas no Turundu

O Festival de Inverno chega à sua 42ª edição

Em sua 42ª edição, o Festival de Inverno de Campos do Jordão terá 55 concertos de música erudita entre os dias 1º e 24 de julho. Além dos 164 bolsistas vindos de outros estados e do mundo todo, a cidade receberá também músicos consagrados como o violinista e maestro israelense Pinchas Zukerman e o violoncelista pernambucano radicado na Suíça Antônio Meneses. Entre as orquestras convidadas, vale citar a Filarmônica de Minas (que será regida por Isaac Karabtchevsky), a Orquestra do Porto (de Portugal), a Osesp (que será regida pelo britânico Frank Shipway) e a Petrobrás Sinfônica. Para ver a programação completa, visite o site www.festivalcamposdojordao.org.br

73


>especial inverno

A visão de algumas suítes do Mirante da Colyna privilegiam a belíssima paisagem de Monte Verde

MIRANTE DA COLYNA Esta pousada em Monte Verde fica no caminho do Pico Selado, o ponto mais alto da cidadezinha no sul de Minas, que pode ser acessada tanto pela Fernão Dias como pelo Vale do Paraíba. Dispõe de piscina aquecida e coberta, quadra de tênis, salão de jogos, salão de games, sala de cinema, sauna e restaurante. Além disso, o Samadhi Spa Holístico oferece terapias com foco no equilíbrio emocional, mental e físico. Alguns quartos têm decoração contemporânea e deck panorâmico com uma vista de tirar o fôlego – ainda bem que o local dispõe de bastante ar puro! Os pacotes de fim de semana, de sexta a domingo, custam de R$ 1.260 a R$ 2.400, dependendo do tipo de acomodação escolhido. Mirante da Colyna – R. do Selado, 187 – Monte Verde (MG). Tel.: (35) 3438-2613.

74 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

Voo livre no Pico Agudo, em Santo Antonio do Pinhal


FAZENDA BARONESA VON LEITHNER Quem ainda não conhece a Fazenda da Baronesa Von Leithner não sabe o que está perdendo: na enorme propriedade, que tem um café e um restaurante no Alto da Boa Vista, perto do Palácio do Governador, há uma plantação de framboesas, morangos, amoras, boysenberries e mirtilos, entre outras. No empório, é possível comprar geleias e doces de fatiar como goiabadas, bananadas e framboesadas, além da deliciosa torta do bosque, que leva massa de biscoito, queijo mascarpone, baunilha e frutas vermelhas fresquinhas. Para acompanhar, peça um espresso preparado na imponente máquina de café Marzocco. Fazenda Baronesa Von Leithner – Av. Alto da Boa Vista, 3025 – Campos do Jordão. Tel.: (12) 3662-1121.

Torta do bosque com as frutas plantadas na região da Fazenda Baronesa Von Leithner

ESPORTES RADICAIS Já pensou em fazer um voo duplo de paraglider ou de asa delta? Em Santo Antonio do Pinhal ou em Gonçalves existem agências especializadas neste tipo de passeio radical. Em Santo Antonio do Pinhal, procure Jeferson, da Prodelta, que também oferece cursos de paramotor e tem uma base no Pico Agudo. Em Gonçalves, entre em contato com os monitores da Tribo da Montanha, que também organizam cursos e excursões com trekking, boiacross, cascading (rapel em cachoeiras) e escaladas, além de voos em paraglider ou parapente. O preço de um voo duplo é algo em torno de R$ 200. Prodelta – Santo Antonio do Pinhal. Tels.: (12) 9157-1000 ou (12) 8148-7848. Tribo da Montanha – Gonçalves. Tels.: (35) 3654-1172 ou (12) 9993-2875.

Fachada do shopping Market Plaza

SHOPPING MARKET PLAZA Em sua 16ª temporada, a partir deste ano, o shopping sazonal passa a chamar-se Nestlé Market Plaza. O empreendimento trará outras novidades para seus vistantes: de 22 de junho a 31 de julho, o local vai reunir lojas de marcas consagradas, como Chili Beans, TNG, LG, Kasinski, Polishop, Ofner,

Trousseau, Oakley, Any Any, Amarula, Volkswagen, Timberland, Gant, Hugo Boss, Itautec, Dudalina, Faber Castell, Vivara, Kia Motors, C&C e, como evidentemente não poderia deixar de ser, Cremeria Nestlé. Shopping Market Plaza – Av. Macedo Soares, 499 – Campos do Jordão. Tel.: (12) 3663- 5144.

75


No topo, spa L’Occitane; acima, pôr-do-sol na piscina do luxuoso Toriba

HOTEL TORIBA O coquetel único que mistura tradição, tranquilidade e luxo sem pose oferecido pelo Toriba desde 1943 agora tem novos ingredientes: o hotel ganhou um spa montado em parceria com a marca francesa L´Occitane e inaugurou quatro novos chalés com decoração contemporânea, muito conforto e ainda mais privacidade. Mas tudo tem o seu preço: nos dois chalés criados para abrigar uma família com-

76 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

pleta, a diária é de R$ 3.000; nos dois construídos para casais em lua-de-mel ou simplesmente a fim de um idílio romântico, o final de semana não sai por menos de R$ 2.900. Mas pode ter certeza que será um dinheiro bem gasto! Para completar, o charmoso restaurante Toribinha, famoso por suas fondues, acaba de ser ampliado. Hotel Toriba – Av. Ernesto Diederichsen, 2.962 – Campos do Jordão. Tel.: (12) 3668-5000

As coxinhas de pinhão são a grande novidade da Baden Baden...


JANELAS COM TRAMELA

CHOPERIA BADEN BADEN Desde o final de março, a temporada do pinhão em Campos começa – literalmente – a render frutos. A novidade deste ano na Choperia Baden Baden, no centrinho do Capivari, é a coxinha de pinhão. A porção custa R$ 28,80 e os quitutes têm casquinha crocante e interior cremoso, com um toque de gorgonzola. O ideal é harmonizar o salgadinho com uma cerveja Baden Red Ale, produzida ali pertinho na cervejaria homônima.

Desde pequenos, os irmãos gêmeos Fernando e Juliano Basile, hoje com 20 anos, trabalhavam com os pais no Le Gourmet Bistrot, restaurante da cidadezinha de Gonçalves que ostenta uma estrela no Guia Quatro Rodas. Aos 14 anos, estudaram com o chef francês Laurent Suaudeau e, aos 16, estagiaram com Alex Atala no premiado D.O.M. Depois foram para a Espanha trabalhar na cozinha da chef Carme Ruscalleda, a única mulher espanhola a receber três estrelas no guia Michelin. De volta

ao Brasil, abriram em Gonçalves um boteco com delícias mineiras com um toque refinado, o Janelas com Tramela. Não deixe de provar a galinhada com pequi, o pernil louco, os bolinhos de bacalhau com pinhão e os pasteizinhos de angu. Há ainda uma boa oferta de cachaças, um reconfortante caldinho de feijão e doces de lamber os beiços, como o pudim de tapioca e a compota de ovos queimados. Janelas com Tramela – R. Coronel João Vieira, 65 – Gonçalves (MG). Tel.: (35) 3654-1259.

Choperia Baden Baden – R. Djalma Forjaz, 93 – Campos do Jordão. Tel.: (12) 3663-3610.

Deliciosas porções de caldo de feijão, torresmo e pastelzinho de angu do Janelas com Tramela

Outros curingas de Campos

...em Campos do Jordão

Quem vai esticar a temporada em Campos do Jordão deve também dar uma passada no Harry Pisek (av. Pedro Paulo, estr. do Horto, 857, Jd. Embaixador, tel. (12) 3663-4030), um ótimo restaurante alemão – estrelado no Guia Quatro Rodas – que tem como destaque um delicioso eisbein e 30 tipos de salsicha produzidos no local. Os amantes da parrilla argentina podem se deliciar no Libertango (r. José Manoel Gonçalves, 160, tel. (12) 3663-6218) e os que curtem fondue têm na cidade duas opções: o Ludwig (tel. 12-3663-5111) e o Le Foyer (tel. 12-

3663-2767), este instalado no ótimo hotel Chateau la Villette, que faz parte do Roteiro de Charme. Por falar em hotéis, o Blue Mountain (www. bmhs.com.br), a 1.700 m de altitude, é uma outra opção sofisticada, com um spa magnífico, além do Villa Casato (www.villacasato.com.br), charmosa guest house com seis suítes top para casais. À noite, bares como a Mercearia Campos, o Safári Café e a Villa di Phoenix são pontos de encontro badalados, e quem quer diversão madrugada adentro pode rumar para a Disco ou mesmo para a Phoenix. –Alfredo Cottini

77


Grant Thornton.

Para serviços de auditoria, tributos, consultoria e outsourcing, procure prof issionalismo, ética, qualidade e atenção personalizada. Na Grant Thornton, trabalhamos com metodologias próprias que se adaptam às suas necessidades.

www.GrantThornton.com.br © 2011 Grant Thornton Brazil. Todos os direitos reservados. Grant Thornton Brazil é uma firma membro da Grant Thornton International Ltd. (Grant Thornton International). Grant Thornton International e suas firmas membro não formam


Pessoas a serviço de pessoas.

Conte com nossa experiência local e o suporte global em mais de 100 países. Perto de você, no Brasil e no mundo.

São Paulo (Paraíso) São Paulo (Pq Paulista) São Paulo (Lapa) Campinas Rio de Janeiro Porto Alegre

+55 11 3886 4800 +55 11 3886 5100 +55 11 3643 5000 +55 19 3294 4950 +55 21 2292 5036 +55 51 3086 2600

uma sociedade internacional. Os serviços são prestados por firmas membro de forma independente.

Audit ∙ Tax ∙ Advisory


dezembro 2009

por maria cecília maciel e vanda fulaneto

111

82 O baixista Avishai Cohen se apresenta na Sala São Paulo

Coleção de moringas, do We Design Studio

Junho, um mês inspirador

além das festas juninas, este mês inaugura, no dia 21, a estação mais fria do ano e é também uma época propícia para curtir a cidade a dois Segundo dados do São Paulo Convention & Visitors Bureau, só nos quatro primeiros meses de 2011 foram cadastrados 1.075 eventos que irão acontecer até o final do ano na cidade. Este número representa 61,7% do total de 1.741 de 2010. E, se depender do mês dos namorados, essa porcentagem vai aumentar mais ainda. A programação está pra lá de especial para agradar os pombinhos. Não faltam restaurantes com jantares sofisticados e outras sugestões inspiradoras para quem quer curtir São Paulo a dois. Por exemplo: é possível visitar o novo e requintado café Sophie, no Itaim; curtir uma noite no Hotel Unique, com direito a um mimo da joalheria Tiffany; provar as delícias do recém-aberto St. Honoré, uma verdadeira fábrica

80 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

93 Amêndoas confeitadas, da Conti

gourmet; assistir ao 1° BMW Jazz Festival, no Auditório do Ibirapuera ou a peça Sem pensar, estrelada por Denise Fraga. Quer mais? Alice Cooper, Nando Reis, Billy Paul, Milton Nascimento, Gershwin Piano Quartet e o Skol Sensation 2011. Aproveite! mariacecilia@29horas.com.br, vandafulaneto@29horas.com.br


> agenda 29h no seu celular: www.29horas.mobi

105 Exposição Hereros Angola, no Museu Afro Brasil

88 Sobremesa do restaurante Piazza 36

os destaques do mês

O quê? 93ª Festa de São Vito, no Brás. Por quê? É a mais tradicional festa popular italiana de São Paulo, e a maior fora da Itália, em homenagem a São Vito, padroeiro da cidade de Polignano a Mare. Há 93 anos reúne visitantes e descendentes ávidos pelas iguarias italianas, preparadas pelas “mammas” da São Vito para mais de 80 mil pessoas. O evento, que tem música ao vivo com cantores típicos, é organizado pela Associação Beneficente São Vito Mártir, que destina a renda para a sua creche. Até 3/7. Sáb.: às 20h e dom.: às 19h. R. Polignano a Mare, 255, tel. 3227-8234.

23h às 29h

O quê? Manish. Por quê? Para provar uma genuína comida libanesa num belíssimo salão. A nova casa é de Paulo Abbud, dono do Farabbud, em Moema, e de seu filho, sócio do Saj, na Vila Madalena. O cardápio segue à risca a proposta das outras duas cozinhas da família, incluindo receitas deliciosas da vovó, como o Falafel à Bulino, um irresistível bolinho crocante de grão-de-bico e favas. Seg. a sex.: das 11h30 às 15h30 e das 17h30 às 23h30; sex.: até 00h30; sáb.: das 12h às 00h30; dom.: das 12h às 22h30. R. Horácio Lafer, 491, tel. 4301-5928.

17h às 23h

O quê? A primeira loja Kare das Américas. Por quê? A marca alemã chega ao país e apresenta o seu “Design para os Eternamente Jovens”: móveis e objetos cosmopolitas, sintonizados com a moda e a cultura pop. Outro conceito é o One-Stop Shopping, em que o cliente encontra tudo o que precisa num só local. São cerca de 1.500 peças lançadas por ano e marcadas por um desenho ousado e irreverente, como camas de dossel e cadeiras futuristas. O espaço de 1.000 m² é assinado pelo arquiteto parisiense Nicolas Chopiton, com projeto executivo da brasileira Zize Zink. R. Dr. Melo Alves, 641, tel. 3061-3777. www.kare-saopaulo.com.br

11h às 17h

5h às 11h

confira as sugestões que servem para todos os dias de sua semana O quê? NYC & Company – órgão responsável pelo marketing e promoção turística da cidade de Nova York. Por quê? Lançou o Guia Oficial de NYC para twitter e facebook com informações atualizadas diariamente pelo site www.nycgo.com. Trata-se de uma estratégia para promover a cidade e integrar todos os escritórios em uma única plataforma de dados, para que turistas possam saber, em tempo real e em sua própria língua, o que acontece na Big Apple: eventos, novas lojas e restaurantes, promoções, descontos e gratuidade, que podem ser adquiridos por meio de voucher impresso via twitter.

81


maio 2011

Avishai Cohen

5h às 11h

Festival O quê? Edição de aniversário do Sampa Music Festival. Por quê? Considerado o maior festival de rock nacional em São Paulo, reúne bandas do underground com sucessos do mainstream, em 11 horas de shows, apresentando esse ano alguns dos nomes que mais se destacam no cenário, como as bandas Fresno (pela primeira vez), Gloria, Mash, Granada, Quarter e Rancore. Dia 29, das 10h às 23h. R$ 25 e R$ 30. Espaço Victory. R. Major Ângelo Zanchi, 825, tel. 8216-5461.

criança

11h às 17h

Referência no jazz internacional, o músico israelense é um dos melhores baixistas da atualidade. Suas apresentações mesclam o jazz contemporâneo com melodias tradicionais judaicas. Avishai Cohen começou sua carreira como músico de rua em Nova York e logo tornou-se um baixista requisitado por artistas do naipe de Alicia Keys, Chick Corea, Bobby McFerrin, Herbie Hancock e Roy Hargrove. Em visita única ao Brasil, ele se apresenta na Sala São Paulo pela Série TUCCA de Concertos Internacionais, trazendo músicas do recémlançado Seven seas, como Dreaming, Ani aff, Hayo Hayta, entre outras. O concerto faz parte do projeto TUCCA Música pela Cura, realizado pela associação de mesmo nome. Dia 1/6, às 21h. De R$ 50 a R$ 140. Pça. Júlio Prestes, 16, tel. 3223-3966.

domingo, 29

O quê? Athletis. Por quê? Inspirado nos pensamentos do francês Pierre de Fredy, o Barão de Coubertain. Há mais de cem anos, o jovem Barão idealizou as Olimpíadas da Era Moderna. Sob o lema que elogiava “o mais rápido, o mais alto e o mais forte”, o evento resgatava o espírito esportivo dos antigos gregos. Agora, por meio de jogos de teatro, circo e animação com a plateia, o Barão de Coubertin volta para contar um pouco da aventura esportiva do homem – da préhistória à realidade virtual. Dia 29/5, às 17h30. R$ 24 e R$ 12. Teatro Alfa. R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, tel. 5693-4000.

17h às 23h

teatro O quê? Sem pensar. Por quê? Versão brasileira da peça Spur of the moment, da jovem escritora Anya Reiss. O texto, inédito no Brasil, encantou o cineasta Luiz Villaça, que assistiu à montagem em Londres, no ano passado, e faz sua primeira incursão como diretor teatral. O espetáculo trata das relações familiares, com olhar irônico para os conflitos e falta de percepção de si e do outro no cotidiano. Com Denise Fraga, Kiko Marques e outros. Dias 29/5, 3, 4 e 5/6. Sex.: às 21h30; dom.: às 19h (R$ 40); sáb.: às 21h30 (R$ 60). R. Monte Alegre, 1024, tel. 3670-8455.

23h às 29h

concurso

82 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Festival do Minuto. Por quê? Lançou dois concursos, um deles inédito. O Trailer da minha vida, aberto ao público, conta com proposta abrangente, que visa instigar a criação, para a qual serão destinados R$ 10 mil em prêmios. Já o Festival do Minuto Universitário, com foco em estudantes universitários de todo o país, acontece pela segunda vez e premiará os melhores vídeos com R$ 20 mil em prêmios. O objetivo é incentivar a produção audiovisual por jovens de todo o país. Com patrocínio da NET. Inscrições até 20/9. www.minutefestival.com/ festivaldominuto


segunda, 30

maio 2011 www.arezza.com.br ou 0800 771 7701 O quê? A história política do dinheiro. Por quê? Mostra com 460 itens entre moedas e cédulas da coleção particular “Spinola – Nomus Brasiliana”, que possibilita conhecer as primeiras experiências do uso da moeda na Ásia Menor e sua difusão por todos os cantos do planeta. A curadoria é de Claudio Marcos Angelini, ex-presidente da Sociedade Numismática Brasileira. Entre as raridades, há um exemplar Croesus de prata (561/546 a.C.), da Lídia, com mais de 2.500 anos. Até 26/8, das 10h às 17h. Espaço Cultural BM&FBOVESPA. Pça. Antonio Prado, 48, tel. 2565-6826.

5h às 11h

exposição

O quê? St. Honoré. Por quê? A nova casa dos sócios do Le Marais Bistrot é definida como “uma fábrica gourmet”. Alia boulangerie, pâtisserie, traiteur e bistrô francês, servindo as mais variadas delícias, de pães e doces a pratos rápidos para comer na hora ou levar para casa, tudo preparado no local com ingredientes de alta qualidade e técnicas francesas. Há espaço para guardar bicicletas e deixar animais de estimação. Seg. a dom.: das 8h às 22h. R. Pais de Araújo, 185, tel. 3071-2932. www.sthonoré.com.br

11h às 17h

gastronomia

show

Estamos presentes em todas as capitais. E na mente das pessoas também. 17h às 23h

O quê? Dulce Maria – Extranjera on tour. Por quê? A atriz, cantora e compositora mexicana fez vários trabalhos para a TV e cinema e participou de diversos grupos musicais, destacando-se no RBD, uma febre entre os adolescentes. Com o fim desse grupo, Dulce assinou contrato com a gravadora Universal Music, pela qual lançou seu álbum solo de estreia, Extranjera. No show, cheio de efeitos especiais e tecnologia, Dulce traz um repertório de grandes sucessos e novos hits. Dia 30/6, às 20. R$ 120 a R$ 500. Via Funchal. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300. www.viafunchal.com.br

O quê? Temporada de inverno no Konstanz. Por quê? A casa especializada em pratos alemães e suíços oferece diversas opções de fondues, sopas e cremes até a 1h da madrugada. Entre as melhores pedidas estão o Bourguignone de carne acompanhado de batata rosti e cesta de pães e o Fondue de queijo – eleito um dos melhores da cidade. O ambiente é dividido entre lado germânico, de clima descontraído, e lado suíço, de tom mais sofisticado. A fronteira é o bar da casa. Seg. a sab.: das 12h à 1h e dom.: das 12h às 18h. Av. Aratãs, 713, tel. 5543-4813. www.konstanz.com.br

23h às 29h

gastronomia

83

Arezza, no ano de 2011 Top Of Mind no setor de Recursos Humanos. Estar entre as cinco marcas mais lembradas é o reconhecimento do comprometimento e da qualidade na prestação de Consultoria Especializda, Outplacement, Headhuntere Gestão de Pessoas em todas as capitais do Brasil. São Paulo: Campo Belo | Centro | Brooklin Novo Grande São Paulo: Campinas | Mogi das Cruzes | | Santos | Taboão da Serra | | Aracaju | Belém | Belo Horizonte | Boa Vista | Brasília | Campo Grande | Cuiabá | Curitiba | Fortaleza | Florianópolis | Goiânia | João Pessoa | Juiz de Fora | Macapá | Maceió | Manaus | Natal | Palmas | Porto Alegre | Porto Velho | Recife | Rio Branco | Rio de Janeiro | Rondonópolis | Salvador | São Luís | São Paulo | Teresina | Vitória

| | | | | | |


maio 2011

15º Cultura Inglesa Festival

5h às 11h

exposição O quê? Individual de Amilcar de Castro. Por quê? Conhecido por suas obras tridimensionais, um dos autores do Manifesto neoconcreto, de 1959, tem em sua produção diversos desenhos e estudos para esculturas de difícil acesso ao público. É justamente um recorte desses trabalhos que poderá ser visto na Galeria Millan. Há desde desenhos inéditos até duas mesas de trabalho, construídas pelo artista, com seus objetos de desenho e pintura. Até 22/6. Seg. a sex.: das 10h às 19h; sáb.: das 11h às 17h. R. Fradique Coutinho, 1360, tel. 3031-6007. www.galeriamillan.com.br

11h às 17h

feira O quê? 2ª Expo Music Gospel – 2011. Por quê? Na maior feira de música cristã da América Latina também ocorre o Prêmio MR1 de Música Gospel, que é uma premiação para avaliar a técnica dos artistas que serão julgados por importantes nomes do meio. Dias 31 de maio, 1 e 2 de junho (das 13h às 21h), dias 3 e 4 de junho (das 10h às 22h). Centro de Exposições Imigrantes. Rod. dos Imigrantes, Km 1,5, tel. 5073-7799. www.expomusicgospel.com.br

gastronomia

17h às 23h

Reformulado e repleto de entretenimento e interatividade, o festival, que começou no dia 27 de maio e vai até 12 de junho, conta com cerca de 60 atrações em vários pontos da cidade, como a estação de metrô Paraíso, o parque da Independência, o Cine Livraria Cultura, os auditórios da própria Cultura Inglesa e casas noturnas da rua Augusta. Estão presentes artistas britânicos emblemáticos como a banda Gang of Four e o baixista da formação original dos Sex Pistols, Glen Matlock, que ataca de DJ. O festival traz ainda grupos nacionais, mostra de cinema, espetáculos teatrais, de dança e uma exposição multimídia de ficção científica. O show de encerramento será feito pelo grupo Gang of Four, que vem ao país só para essa apresentação. www.festival. culturainglesasp.com.br/blog

terça, 31

O quê? Passaporte do Morumbi. Por quê? A iniciativa do restaurante Era Uma Vez um Chalezinho, promove, por meio de vouchers inclusos num passaporte, 100% de desconto no prato do acompanhante ou 30% de desconto no valor final da conta; conforme o estabelecimento. São 16 restaurantes da alta gastronomia da região: Atmosphere, Babbo Giovanni, Camelo, Casa da Fazenda do Morumbi, Copa, Mercadinho Central, Mercatto, Padaria Sabor das Massas, Skapino Restaurante Bar, Sushi Jazz, Temaki by Noru, além do organizador. Até o dia 31/7. Tel. 3501.9322. www.chalezinho.com

23h às 29h

internet

84 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? True Originals. Por quê? Trata-se do novo site do rum Bacardi, uma comunidade virtual para bartenders, em que os membros podem interagir, compartilhar vídeos e fotos. O portal traz ainda informações e tendências do setor, técnicas, receitas e histórias de coquetéis. O True Original está integrado também ao twitter e ao facebook. Como promoção de lançamento, o país que recrutar o maior número de cadastrados até 19 de junho ganha um treinamento de cinco dias em Londres, com o embaixador global de Bacardi David Cordoba, para seis pessoas. www.trueoriginals.com


ARTE, UM INVESTIMENTO PRAZEROSO

O quê? Sônia Menna Barreto. Por quê? Até 28/6, quem visitar o Blue Tree Premium Faria Lima, em São Paulo, pode conferir a mostra da renomada artista, primeira pintora brasileira a ter uma obra na Royal Collection, da Família Real Britânica. Sua técnica origina-se nos pintores flamengos do século 15, e tem toques surreais divertidos. A mostra tem idealização e curadoria de Karin Aquino, da Galeria KA. A artista também desenvolve uma linha de joias para a grife Corsage e peças em porcelana Schmidt. Av. Brig. Faria Lima, 3989, tel. 3018-1848. www.mennabarreto.com.br

5h às 11h

exposição

www.bgarte.net

junho 2011

(11) 3993-2681 / 9690-5429

OBRAS DE ARTE DE RENOMADOS ARTISTAS BRASILEIROS

quarta, 01

11h às 17h

O quê? Cinema. Por quê? Estreia de Super 8. A ficção se passa em 1979. Um grupo de seis jovens usa uma câmera Super 8 para fazer seu próprio filme de zumbis. Numa fatídica noite, o projeto os leva para um solitário trecho de trilhos rurais, onde um caminhão colide com uma locomotiva em sentido contrário e um descarrilamento enche a noite com uma chuva de fogo. Então, alguma coisa emerge dos escombros, algo decididamente desumano. Com Kyle Chandler, Elle Fanning, Ron Eldard e outros. Direção: J.J. Abrams. Nos melhores cinemas da cidade, como Cinemark, PlayArte e UCI.

Rubens Gerchman

cinema

17h às 23h

O quê? Disney on ice – Aventuras em Walt Disney World. Por quê? Tudo começa quando a família dos super-heróis Os Incríveis vai passar férias na Disney e entra em diversas confusões. A batalha dos “Piratas do Caribe” e as xícaras de chá de “Mad Tea Party” são outras atrações recriadas neste show, bem como a presença de Mickey e sua turma, de personagens de Toy Story 3 e muitos outros. Dias 1, 3, 7, 8 e 10/6, às 20h; 2 e 9/6, às 15h e 20h; 4/6, às 15 e 19h; dias 5, 11 e 12/6, às 11h, 15h e 19h. R$ 55 a R$ 180. Ginásio do Ibirapuera. R. Manoel da Nóbrega, 1361, tel. 4003-0848. www.ticketsforfun.com.br

Tozzi, Cláudio

espetáculo

85

Aldemir Martins

O quê? Tonk Club. Por quê? É o novo point da cidade, criado para o público arrumadinho ouvir house music. O diferencial fica por conta do som feito pelo DJ residente Rodrigo Sant’Anna, que capricha nos white labels (faixas de DJS gravadas), não lançadas comercialmente. A iluminação da casa é moderna, com lustres coloridos e poltronas clássicas. Funciona às quartas, das 22h30 até o último cliente. Av. Brigadeiro faria Lima, 390, tel. 3814-2229.

23h às 29h

balada


junho 2011

cut copy

5h às 11h

exposição O quê? Lar Center Milão Design Week 2011. Por quê? Exposição fotográfica inspirada na 50ª edição do Salão Internacional do Móvel de Milão e nos demais eventos que ocorreram paralelamente. Apresenta as tendências de arquitetura, decoração e design, na percepção de cada um dos 30 profissionais premiados pelo plano de incentivo da Associação dos Lojistas do Lar Center, com pacotes e passagens aéreas para a semana de design na cidade italiana, em maio. Até 12/6. Seg. a sex.: das 10h às 18h. Av. Otto Baumgart, 500, 3° piso, tel. 2224-5959.

gastronomia

11h às 17h

O trio australiano de pop rock, formado por Dan Whitford, Tim Hoey e Mitchell Dean, em 2001, chega pela primeira vez ao Brasil. Com referências de rock, música eletrônica, rock alternativo e new wave, o som da banda foi muito elogiado em 2008, com o lançamento de seu segundo álbum, In ghost colours e após excursionar com bandas como Bloc Party, Junior Senior e Franz Ferdinand. Detalhe: é deles a trilha do quadro “Programa Amaury Dumbo” do Pânico na TV, a música Nobody lost, nobody found. Dia 10 de junho, a partir das 22h. De R$ 80 a R$ 250. HSBC Brasil – R. Bragança Paulista, 1.281, tel. 4003-1212. www.hsbcbrasil.com.br

quinta, 02

O quê? Proteína. Por quê? O novo restaurante, situado em Moema em um espaço de 340 m², é um verdadeiro sopro de ar fresco em todos os sentidos: da decoração, com abundância de plantas e objetos naturais e fachada com cortinas d’água, ao cardápio saudável e gostoso. São mais de 70 receitas de smoothies, pratos leves, grelhados, omeletes de claras, kebabs, sanduíches, saladas e sucos de todas as frutas possíveis, em combinações funcionais e inusitadas. Ter. a sex.: das 11h à 1h; sáb. e dom.: das 8h à 1h. R. Canário, 390, tel. 50511728. www.proteina.net.br

17h às 23h

show O quê? Alice Cooper. Por quê? Foi o primeiro rockeiro internacional a vir ao Brasil, há mais de 35 anos, retornando em 1995 e 2007. A nova tour, No More Mr. Nice Guy, passa pelo Canadá, EUA, Europa e América do Sul. Com mais de 40 anos de estrada, Alice Cooper tem dezenas de álbuns gravados e grandes hits, como Poison e Vengeance is mine, entre outros. Em breve, lançará o disco Welcome 2 my nightmare, uma continuação do Welcome to my nightmare, gravado em 1975. Dia 2/6, às 21h30. R$ 50 a R$ 400. Credicard Hall. Av. das Nações Unidas, 17981, tel. 40035588. www.ticketsforfun.com.br

23h às 29h

balada

86 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Tara McDonald no Kiss & Fly. Por quê? Balada imperdível. A vocalista conta com mais de 250 apresentações pelo mundo em apenas um ano. Tara foi eleita a “melhor voz de 2010” da cena dance music pela revista OnlyForDj. A artista é uma das mais solicitadas para faixas de electro dance, e já apareceu com gigantes do rock e pop, como Eric Clapton. Dia 2/6, a partir das 24h. R$ 250 de consumação ou R$ 140 de entrada (para homens) e R$ 90 e R$ 50 (para mulheres, respectivamente). Villa Daslu. Av. Juscelino Kubitschek, 2041, tel. 3044-6181. www.kissandflyclub.com.br


sexta, 03

junho 2011

O quê? Senninha GP Racing, no Shopping Iguatemi Alphaville. Por quê? Para os pequenos competidores (de 4 a 12 anos) sentirem a adrenalina de uma corrida “quase” de verdade, com direito a simulador, pista indoor, mini karts – miniaturas estilizadas dos carros Fórmula 1 – equipados com motor elétrico e até pódio. Na saída do circuito, a Senna Store oferece produtos das marcas Senna, Senninha e Bruno Senna. A réplica do capacete utilizado pelo piloto é um dos destaques. Até 6/6, das 11h às 22h. Av. Rio Negro, 111, tel. 2078-8000.

5h às 11h

criança

O quê? Cinema. Por quê? Estreia de Corações perdidos. Doug e Lois têm o casamento abalado por uma tragédia familiar. O tempo e o silêncio só os distanciam mais, até o dia em que Doug participa de uma convenção na agitada New Orleans e conhece Mallory, uma jovem dançarina em um strip club. Inesperadamente, essa jovem faz com que o casal se lembre do real motivo que os uniu. Com Kristen Stewart, Melissa Leo e James Gandolfini. Direção de Jake Scott. Nos melhores cinemas da cidade, como Cinemark, PlayArte e UCI.

11h às 17h

Cinema

O quê? A tempestade. Por quê? Último trabalho de William Shakespeare, criador de extraordinários personagens da dramaturgia universal, é uma de suas peças mais belas e amadas. A nova e luxuosa montagem conta com a tradução da grande conhecedora brasileira da obra do autor, Barbara Heliodora, projeto artístico do ator Emilio Di Biasi e a direção de Marcelo Lazzaratto. Até 26/6, qui. e sex.: às 21h30; sáb.: às 21h; e dom.: às 22h. R$ 40 e R$ 20. Teatro Raul Cortez. R. Dr. Plínio Barreto, 285, tel. 3254-1631.

17h às 23h

teatro

O quê? Colin Hay, do Men at Work, em Jaguariúna. Por quê? Para escutar o vocalista, guitarrista e principal compositor do grupo australiano, que estourou em 1982 com o hit Down under, hino extraoficial da Austrália que influenciou vários movimentos underground e musicais do país. Chegou ao primeiro lugar das paradas americanas junto com Who can it be now?, ambas do primeiro álbum Business as usual, que teve cerca de 15 milhões de cópias vendidas. Dia 3/6, às 23h59. R$ 30 a R$ 140. Red Eventos. Av. Antarctica, 1530, Jaguariúna, tel. (19) 38677001. www.redeventos.com.br/site

23h às 29h

show

87


junho 2011

SOMOS1SÓ FICÇÃO

5h às 11h

viagem O quê? Festa do Sol, no Peru. Por quê? O Peru já tem muitos atrativos e mistérios, como sua famosa trilha inca e lugares cheios de energia e misticismo. A Raidho tem um roteiro de nove dias para esse destino com um programa diferente, em que os visitantes participam de uma das celebrações locais mais importantes: o Inti Raymi, ou Festa do Sol. O evento acontece dia 24/6, na fortaleza de Sacsayhuamán, em um espetáculo artístico, com coreografias dos nativos vestindo trajes típicos, seguidas por rituais da tradição local. Saída dia 19/6. Tel. 33831200. www.raidho.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Piazza 36. Por quê? Nova opção gastronômica no Centro da cidade. A casa oferece gastronomia italiana em forma de bufê, com opções elaboradas e massas caseiras de produção própria. A mesa de saladas é farta e há quatro a cinco sugestões de pratos quentes, como fettucini com creme parmesão e presunto defumado, e gnocchi com creme de gorgonzola e brócolis, além de três tipos de grelhados (peito de frango, filet mignon e pernil de cordeiro). Os pratos quentes são servidos à la carte. Seg. a sex.: das 11h30 às 16h; sáb. e dom.: das 12h às 17h. Pça. da República, 36, tel. 3129-8748.

show

17h às 23h

No Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a SESCTV exibe, às 21h, o longa-metragem SOMOS1SÓ – FICÇÃO. O filme é um apanhado geral de trechos dos oito episódios da série de mesmo nome – idealizada pela TV Cultura e pela SESCTV –, que mostra a relação do homem com o planeta. De acordo com Ana Dip, idealizadora e diretora geral da série e responsável pela montagem do longa, o objetivo é abordar temas relevantes como sustentabilidade e socioambientalismo de uma maneira mais descontraída, “evitando a chatice do tom professoral”. O roteiro, escrito por José Roberto Torero, narra situações inusitadas, como uma conversa entre um homem e um macaco sobre as diferenças entre eles, a história de um casal de acidentados que se apaixona a caminho do hospital e a de um explorador português que tenta convencer uma sábia índia a trocar pequenos presentes por toras de pau-brasil. www.sesctv.org.br

sábado, 04

O quê? Anathema. Por quê? O grupo inglês de doom metal – ramificação do heavy metal, que tem a Black Sabbath como precursora do estilo – volta ao Brasil com a nova turnê mundial, onde divulga o seu mais recente trabalho, We are here because we are here, lançado no ano passado. Dia 4 de junho, às 19h. R$ 120 e R$ 80. Carioca Club. Rua Cardeal Arcoverde, 2899, tel. 38138598. www.cariocaclub.com.br

23h às 29h

teatro

88 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Depois daquela noite. Por quê? Entre dois solitários, que viviam isolados do resto da turma, nasceu uma sincera amizade que logo se transformou em namoro. Não imaginavam que, ao fugir de uma festa no centro acadêmico para o mirante onde costumavam namorar, colocariam suas vidas em risco. Algo aconteceu naquela noite e Laura sumiu na manhã seguinte, deixando apenas um recado na caixa postal do celular de Felipe. Texto e direção de Miro Rizzo, com Alfredo Tambeiro e Camila dos Anjos. Dia 4/6, às 23h59. R$ 30. Espaço Parlapatões. Pça. Roosevelt, 158, tel. 3258-4449.


domingo, 05

junho 2011

O quê? Julice Boulangére. Por quê? Instalada em um charmoso sobrado no bairro da Vila Madalena, a casa recém-aberta oferece uma grande variedade de pães tradicionais, integrais e gourmets, produzidos a partir do autêntico processo de fermentação Levain. Entre as delícias, há pães rechonchudos, baguetes, ciabattas, croissants, pão de azeite, pão de calabresa (de casca espessa e crocante), bolo de chocolate com gengibre acompanhado do café da casa, além de geleias, chutneys e mostardas. Seg. a sáb.: das 8h30 às 20h. R. Deputado Lacerda Franco, 536, tel. 3097-9144.

5h às 11h

gastronomia

O quê? Novo roteiro gastronômico em Barueri. Por quê? Vários restaurantes, cafeterias, docerias e redes de fast-food chegam ao munícipio com o recém-aberto Shopping Iguatemi Alphaville: a casa árabe Almanara; a rede “casual dining” Applebee’s de tex-mex; sorvetes artesanais argentinos Freddo; o tradicional Galeto’s; o hambúrguer especial do General Prime Burger; Pobre Juan com seus cortes nobres e parrillas; o festival de sushis do Sushi Kin Nagarê; e a cozinha portuguesa do Trindade são algumas das novas opções do local. Al. Rio Negro, 111, Alphaville, Barueri, tel. 2078-8000.

11h às 17h

gastronomia

O quê? O Grande Inquisidor. Por quê? Aos 40 anos de carreira, o ator Celso Frateschi estreia a versão de Rubens Rusche para o romance Os Irmãos Karamazov, de Fiódor Dostoiévski. Na Sevilha do século 16, no auge da Inquisição Espanhola, um homem (Mauro Schames) é visto fazendo milagres e seguido pela multidão como se fosse Cristo de volta à terra. É preso, torturado e condenado à fogueira pelo Grande Inquisidor (Celso Frateschi), um cardeal da Igreja. Até 27/6, sex. e sáb.: às 21h30; dom.: às 20h. R$ 30 e R$ 15. Teatro Ágora. R. Rui Barbosa, 672, tel. 3284-0290.

17h às 23h

teatro

O quê? Madreperola. Por quê? É o novo barrestaurante do empresário Walter Mancini, dono de várias casas da rua Avanhadava, como a cantina Famiglia Mancini e Walter Mancini Ristorante, entre outras. Desta vez, a proposta foca em peixes e frutos do mar, com um leque de opções no cardápio que vai desde um “prato feito” de bacalhau à portuguesa acompanhado de arroz até ostras frescas conservadas numa tina com gelo. No comando do bar está o expert barman Derivan de Souza. Seg. a qui. e dom.: das 11h30 à 1h; sex. e sáb.: das 11h30 às 2h. R. Avanhandava, 22, tel. 3258-4243.

23h às 29h

gastronomia

89


junho 2011

Mulheres no topo

5h às 11h

gastronomia O quê? Rotisserie Panela de Ferro. Por quê? Para surpreender seu (sua) amado(a) com uma massa caseira em formato de coração. Serve duas pessoas e tem embalagem pronta para ir ao forno. São quatro tipos de massas recheadas e três tipos de molhos, combinados de acordo com a sua preferência: brie com pistache (R$ 68,90/ kg); mussarela com tomate seco (R$ 38,90/ kg); mussarela com manjericão (R$ 38,90/ kg) e mussarela (R$ 38,90 /kg). E molhos: ao sugo com manjericão, bolonhesa ou branco com shitake. Encomendas até 10/6. www. rotisserie-paneladeferro.blogspot.com

11h às 17h

feira O quê? 27º Fispal Food Service. Por quê? Apresenta produtos e soluções para toda a cadeia produtiva do setor – restaurantes, bares, lanchonetes, sorveterias, supermercados, lojas de conveniência, hospitais, escolas, hotéis, bufês, instituições públicas e outros. Acontece simultaneamente à Fispal Hotel, à TecnoSorvetes e à Fispal Café, no Expo Center Norte, de 6 a 9/6, das 13h às 21h. Essas feiras mais a Fispal Tecnologia, que acontece de 7 a 10/6, das 11h às 20h, no Anhembi, formam a Semana Internacional da Alimentação e Hospitalidade. www.fispalfoodservice.com.br

gastronomia

17h às 23h

No dia 7 de junho, das 19h às 21h30, a jornalista Joyce Moysés lança na Livraria Cultura do shopping Villa-Lobos o seu primeiro livro: Mulheres de sucesso querem poder...amar (Ed. Gente). Editora de revistas femininas da Editora Abril, com experiência na área de comportamento, Joyce reúne no livro histórias de mulheres que buscam conciliar a jornada tripla, além de sua própria vivência como mãe, esposa e profissional. O resultado é um tratado bem-humorado e inteligente sobre os novos dilemas femininos. “Trato de uma questão atualíssima, já que cada vez mais mulheres acham que precisam escolher entre uma carreira de sucesso e o amor”, diz Joyce. O livro conta ainda com entrevistas com o psiquiatra Contardo Calligaris, o filósofo Jacob Pétry e o consultor de gestão Thomaz Wood Jr. Av. das Nações Unidas, 4.777. www.editoragente.com.br

segunda, 06

O quê? Le Bou. Por quê? Reabriu com novidades na decoração, no horário e no cardápio, desenvolvido pela consultora Ana Soares. A cozinha mescla sabores da França, Itália e Brasil, com pinceladas mediterrâneas, e é pautada pelo frescor e equilíbrio entre proteínas, carboidratos e fibras. No almoço, a Tarte Goiás e o Feijãozinho Temperado são sugestões atraentes. No café da manhã ou chá da tarde, uma linha especial de pães, doces e bolos caseiros. Seg.: das 12h às 16h; ter. a qui.: das 12h às 24h; sex. e sáb.: das 12h à 1h. R. Bandeira Paulista, 387, tel. 3078-6704.

23h às 29h

aviação

90 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Global Aviation. Por quê? Há mais de 16 anos no mercado de aviação executiva, detém uma das maiores frotas nacionais com quase 40 aeronaves de primeira linha. Com uma média de 18 voos diários, a Global também atua como intermediária na compra de aviões e helicópteros e oferece serviço de hangaragem e manutenção. É especializada no transporte aeromédico e conta com aviões configurados para UTI aérea e transporte de órgãos. Recentemente, conquistou o certificado Wyvern para operadoras de voo, o primeiro na aviação executiva brasileira. www.voeglobal.com


terça, 07

junho 2011

O quê? Lojas Mundo do Enxoval. Por quê? Além da nova coleção Inverno, Nuit d’Hiver 2011, composto por jogo de cama, mantas e edredons, há um verdadeiro festival de cobertas especiais nas prateleiras das lojas: mantas de tricô em lã 100% acrílica ou 100% algodão; edredom austríaco Hefel, 100% lã de ovelha merino; a versão meio a meio, cashmere e merino; além da colcha de pele sintética. Seg. a sáb.: das 9h30 às 19h. Rua Augusta, 2792, tel. 3064-1315. www.mundodoenxoval.com.br

5h às 11h

casa

O quê? Café Sophie. Por quê? Aberta na região do Itaim, a cafeteria chama atenção por sua decoração ousada. Sofisticada e sedutora, passeia pelo estilo clássico contemporâneo, exibindo volumosas cortinas de veludo, um imponente lustre de cristal e tradicionais cadeiras medalhão. No lounge, modernas mesas espelhadas ao lado de sofás capitonês e uma banqueta de acrílico by Marcel Wander. O café de sabor premium leva a assinatura da renomada barista Isabela Raposeiras, nas mais diferentes versões. Seg. a sáb.: das 8h às 23h. R. Tabapuã, 961, tel. 3071-2535.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Gershwin Piano Quartet, na Temporada Internacional do Mozarteum Brasileiro. Por quê? Composto pelos pianistas André Desponds Mischa Cheung, Benjamin Engeli e Stefan Wirth, que usam quatro pianos de cauda. O grupo faz arranjos e improvisa sobre algumas das peças orquestrais mais conhecidas de Gershwin. Fundado em 1996, já se apresentou em toda a Europa, América do Sul e na China. Nesse programa, o quarteto inclui obras importantes de Igor Stravinsky e Maurice Ravel. 7 e 8/6, às 21h. R$ 70 a R$ 200. Sala S. Paulo. Pça. Julio Prestes, 16, tel. 3815-6377.

17h às 23h

música

O quê? She Rocks. Por quê? A nova casa traz um enfoque mais feminino na decoração e shows ao vivo, atraindo homens e mulheres de bom gosto, no geral. O clima é intimista, apesar dos espelhos que dão amplitude e efeitos. Na pick-up, se apresentam DJs especializados em hip hop, house, dance e rock. Entre os drinques estão clássicos, como o Kir Royal (espumante e licor de cassis), e especiais, como o The Ultimate Ketel Cosmopolitan (vodka, cointreau, suco de crawberry e um gomo de limão. Ter. a sáb.: das 23h até o último cliente. R. Tabapuã, 1470, tel. 3044-7699.

23h às 29h

balada

91


junho 2011

slayer

5h às 11h

casa O quê? Jogos de fondue. Por quê? Para preparar a deliciosa iguaria em casa. A Dynasty alia beleza a sustentabilidade no aparelho de fondue de inox e bambu, com 23 peças. No modelo para fondue de chocolate, o bowl é de cerâmica e os pegadores têm formato de coração – uma inspiração para o Dia dos Namorados. Full Fit, tel. 35770585. Já a Tramontina Design Collection une cerâmica ao inox no recipiente que mantém o calor por mais tempo. Além do belo design do conjunto, os pegadores se diferenciam pelas letras que formam o nome Fondue. www.tramontinadesigncollection.com.br

11h às 17h

feiras O quê? Duas importantes feiras de negócios, no Expo Center Norte. Por quê? A 20ª ABF Franchising Expo oferece oportunidades de investimento de inúmeros segmentos – de alimentação à locação de veículos. Dias 8, 9, 10 (das 13h às 21h) e 11/6 (das 12h às 18h). www.abfexpo.com.br. Já a 11ª Brasilshop Sudeste 2011, da Alshop, recebe dezenas de conferencistas de renome mundial para debater sobre os principais temas do setor do varejo: sustentabilidade, moda, qualificação de mão de obra, marketing, entre outros. De 8 a 10/6, das 13h às 21h. www.alshop.com.br

teatro

17h às 23h

Considerado um dos melhores grupos de metal do mundo, o Slayer chega com a sua turnê World painted blood tour, em Curitiba, dia 8, no Master Hall, e em São Paulo, dia 9, na casa de shows Via Funchal. Formada em 1981, a banda lançou seu último disco em 2009 e está em turnê desde o ano passado. Em fevereiro de 2011, o guitarrista Jeff Hanneman teve que ser substituído por Gary Holt, do Exodus, por causa de uma cirurgia que sofreu no ombro. O estilo da banda envolve variados solos de guitarra, bumbo duplo na bateria e vocais pesados. Desde seu álbum de estreia, em 1983, a banda lançou dois álbuns ao vivo, um box, seis videoclipes, dois EPs e onze discos de estúdio – quatro deles renderam discos de ouro. O Slayer acumula cinco indicações ao Grammy, com duas estatuetas ganhas na categoria melhor performance metal (2007 e 2008). Dia 9/6, às 22h. De R$ 150 a R$ 250. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300.

quarta, 08

O quê? Celebração. Por quê? Três casais comemoram suas conquistas em um restaurante refinado, mas, à medida que vão ficando bêbados, começam a provocar situações embaraçosas e engraçadíssimas. Entre as músicas hilárias que cantam e os diálogos absurdos, eles vão revelando quem são na verdade. Direção de Vitor Mafra, texto de Harold Pinter, com Alexandre Freitas, Adriano Suto, Denise Machado, Eduardo Estrela e outros. Dias 8 e 9/6, às 21h. R$ 30 e R$ 15. Teatro Augusta. R. Augusta, 943, tel. 3151-4141. www.teatroaugusta.com.br

23h às 29h

bar

92 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Syndikat. Por quê? O jazzclub, numa ruazinha tranquila dos Jardins, é só descontração. Na decoração, balcão de madeira maciça, objetos garimpados em viagens pelo mundo, luz de velas e a confortável mobília, que inclui almofadas espalhadas pelo chão. A vasta seleção de CDs é bem servida de jazz e blues europeus, e é considerada a maior coleção dos clubes paulistanos. A variedade de destilados e os mais de 15 tipos diferentes de cervejas são destaque. Ter. a sáb.: das 22h até o último cliente. R. Moacir Pizza, 64, tel. 3086-3037.


quinta, 09

junho 2011

O quê? Conti Confetteria. Por quê? A rede italiana especializada em amêndoas confeitadas saiu do Morumbi e acaba de se instalar no miolo dos Jardins. Há 36 versões do confeito, como a “Avola Regina”, amêndoas selecionadas finíssimas e sem pele, embebidas em licor de laranja, de limão ou de Grand Marnier. Entre os novos sabores estão pistache e uva americana (que ainda está para desembarcar na loja). Saquinhos de seda ou caixinhas de acrílico são algumas das opções de embalagens. Seg. a sex.: das 10h às 18h30; sáb.: das 10h às 14h. Al. Franca, 1153, tel. 3742-1646.

5h às 11h

gastronomia

O quê? Restaurante Buttina. Por quê? Idealizada por Filomena Chiarella, chef e proprietária, a cozinha é especializada nos tradicionais pratos servidos no sul da Itália, onde nasceu. O ambiente romântico e acolhedor do Buttina é uma boa sugestão para o Dia dos Namorados. O menu, especialmente criado para a ocasião, começa com ninho de massa feita com tinta de lula, pedaços de salmão confit, azeite e vodka, na entrada, e segue com uma deliciosa seleção. Ter. a qui.: das 12h às 14h30 e das 20h às 23h30; sáb.: das 13h às 24h30; dom.: das 13h às 17h. R. João Moura, 976.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Mostra Conexões Sonoras 2, no MIS. Por quê? Durante quatro dias, cinco obras inéditas de jovens artistas que integram música experimental, tecnologia, poesia, dança e outras artes serão expostas no museu. O evento reforça a interação com o público por meio da internet e de mesas redondas. Dia 9/6, às 18h, abertura da mostra com a curadora Lilian Campesato; dia 10/6, às 20h, performance musical DeCapitu e mais; dia 11/6, às 20h, a obra Trio; e dia 12/6, das 11h às 21h, a dança multimídia Iluminações. Av. Europa, 158, tel. 2117-4777. www.mis-sp.org.br

17h às 23h

multimídia

O quê? Seven Six. Por quê? A casa, inspirada na art de vivre francesa, exibe uma cópia dourada da Torre Eiffel, entre outros cartões postais do país, e recebe clientes mais maduros às quintas-feiras. Nas sextas, são os jovens que lotam a pista superior iluminada por LED. Lounge, sofás confortáveis, bares e camarotes com acesso pelo elevador panorâmico fazem parte do reduto. Para beber, vodka com energético é o drinque campeão da balada. Qui. a sáb.: das 23h às 5h. R. Henrique Shaumann, 170, tel. 3624-1235.

23h às 29h

balada

93


junho 2011

O Paço das Artes

5h às 11h

beleza O quê? Secador Super Dry da Wahl Clipper. Por quê? É o primeiro secador da marca, especializada em kits para cortes de cabelo, máquinas de uso doméstico, aparadoras de bigode e barba, kits de cuidado pessoal e para pets. Ela traz a tecnologia tourmaline, que reduz a estática do cabelo e deixa os fios mais saudáveis. O secador tem formato ergonômico, motor AC profissional, baixo nível de ruído e é extremamente leve. Para comprar: SAC Wahl: 0800-772-2560 ou pelo site www.wahlbrasil.com.br

11h às 17h

cinema O quê? Cinema. Por quê? Dia de estreias. Em Namorados para sempre, o casal Cindy e Dean, em crise, tenta superar os problemas, buscando os motivos que os mantiveram unidos até este momento. Na comédia romântica O noivo da minha melhor amiga, Rachel, em seu aniversário de 30 anos, fica muito bêbada e acaba dormindo com o noivo da melhor amiga. Kung Fu Panda 2 traz o urso panda Po como o “escolhido”, que deve cumprir uma profecia enquanto precisa aprender mais sobre a arte do kung fu. Nos melhores cinemas da cidade, como Cinemark, PlayArte e UCI.

festival

17h às 23h

Nos dias nos dias 10 e 11 de junho, o Paço das Artes promove o um espetáculo inédito: o Performa Paço. Com a curadoria de Lucio Agra, o evento, que ocorre no Espaço Subsolo, conta com 11 apresentações de artistas brasileiros e venezuelanos, cujas performances exploram os limites do corpo humano: de cordas para escalada e lamas, a roupas difíceis de vestir (feitas de rosas e espinhos, por exemplo), passando por alto-falantes grudados ao corpo emitindo buzinas ou o mergulhar do rosto no irrespirável pó até situações de risco situações de risco em ações realizadas em lugares de “desova”, ermos, registradas em vídeo. Além das apresentações, haverá debates com os artistas e uma mostra de vídeos. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público. Dias 10 e 11/6, das 16h às 19h. Av. da Universidade, 1, tel. 3814-4832. www.pacodasartes.org.br

sexta, 10

O quê? BMW Jazz Festival, no Auditório do Ibirapuera. Por quê? Já na primeira edição apresenta grandes nomes do jazz internacional, unindo artistas consagrados às últimas revelações do gênero, entre eles Wayne Shorter, Billy Harper, Marcus Miller e Tord Gustavsen. Dias, 10, 11 e 12/6, a partir das 21h. R$ 100 e R$ 50. No domingo, Dia dos Namorados, apresentação de Sharon Jones (17h30), da banda Funk Off Brass Band Parade (10h) e do documentário Jazz on a summer’s day (19h), gratuitos, no Parque do Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n˚, tel. 4003-5588. www.ingresso.com

23h às 29h

balada

94 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Picnic. Por quê? O termo se traduz em festa no Alley Club. A noite segue sob o comando da figurinista, DJ e promoter Mari Leone e do DJ Mahle Robin. O som é indie rock, basicamente. Mas os hits da música pop e os rocks de pista também entram no menu sonoro – sempre tem aquele hit que todo mundo adora cantar, pois a ideia é deixar as sextas-feiras freneticamente dançantes. A partir das 23h. Quem apresentar o cupom disponível no site, durante a primeira hora (23h às 24h), entra grátis. R$ 30 de entrada ou R$ 60 de consumação. R. Barra Funda, 1066, tel. 3666-0611.


sábado, 11

junho 2011

O quê? Magic Eye Liner. Por quê? Trata-se de um lápis delineador de olhos que garante um contorno preciso em apenas uma aplicação, de textura macia e cremosa. Também pode ser usado como sombra. Neste caso, basta utilizar a pequena borracha que vem acoplada à outra ponta do lápis e esfumar. À prova d’água e de manchas, o Magic Eye Liner tem durabilidade prolongada. Novidade da coleção Beauty Desire, da marca alemã Artdeco para o outono/inverno 2011, chega na tonalidade Violet Diamond 63 para criar um olhar mais expressivo. R$ 59. Tel. 0800 773 3450. www.frajo.com.br

5h às 11h

beleza

O quê? D.O.M. Por quê? A Restaurant Magazine elegeu os 50 melhores restaurantes do mundo e, pelo sexto ano consecutivo, a casa de Alex Atala esteve presente na lista. Posicionado em 2010 no 18º lugar, o restaurante subiu 11 posições, ocupando agora a sétima colocação na categoria Melhor Restaurante da América Latina. Publicado anualmente pela revista britânica, desde 2002, o S. Pellegrino World’s 50 Best Restaurants é o mais célebre indicador de restaurantes nos cinco continentes. www.theworlds50best.com e www.domrestaurante.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? MTV Ao Vivo Bailão do Ruivão – Nando Reis e os Infernais. Por quê? O ousado projeto conta com músicas nacionais e internacionais que fazem parte do imaginário musical do cantor e de muitos brasileiros. Na primeira apresentação, em agosto de 2010, contou com participações especiais como Zezé di Camargo & Luciano. A abertura do show é com JC e Samba de Primeira. Dia 11/6 às 21h (abertura) e 22h (Nando Reis). R$ 30 a R$ 140. Credicard Hall, Av. das Nações Unidas, 17955, tel. 4003-6464. www.t4f.com.br

17h às 23h

show

O quê? Dia dos Namorados no Hotel Unique. Por quê? Onde mais o casal poderá curtir uma das mais belas vistas de São Paulo em apartamento Premium, com direito a uma garrafa de Veuve Clicquot Rosé, decoração romântica, e ganhar um chaveiro de prata da Tiffany & Co? E não para por aí. O pacote inclui um jantar com cardápio elaborado pelo Chef Emmanuel Bassoleil, no restaurante Skye, acompanhado por duas taças do mesmo champanhe. A partir de R$ 2.840, dia 11/6, com “late check-out” às 15h do dia seguinte, café da manhã e estacionamento. Reservas pelo tel. 3055-4710.

23h às 29h

dia dos namorados

95


junho 2011

Scott Stapp

5h às 11h

viagem O quê? Lake Villas, em Amparo. Por quê? Seu amor merece um fim de semana no melhor hotel de luxo do ano, de acordo com o prêmio Guia Brasil 2011, organizado pelo Guia 4 Rodas. O “charm hotel” conta com apenas oito villas de 200 a 500 m² de área privativa e toda a estrutura para quem quer relaxar, incluindo um completíssimo SPA, 12 lagos e duas cachoeiras em meio a uma vegetação exuberante. Há quadras de tênis, academia, piscinas (aquecida e natural), além do Lake View Restaurant, de cozinha gourmet e spaziana. Reservas pelo 0800 778 0808 e www.lakevillas.com.br

11h às 17h

passeio O quê? Parceria entre restaurantes de parrilla argentina, em São Paulo, e pousada em Brotas. Por quê? As casas – Bárbaro (www.barbarorestaurante.com.br), na Vila Olímpia, e Che Bárbaro (R. Harmonia, 277, tel. 2691-7628), na Vila Madalena –, são duas boas opções de almoço e happy hour para os pombinhos. E quem ficar para o jantar, em qualquer uma das duas, pode ser sorteado para um final de semana na Pousada Frangipani (www.frangipani.com. br), no interior de São Paulo. No mesmo final de semana, o hotel vai sortear dois jantares completos nos mesmos restaurantes.

show

17h às 23h

Pela primeira vez no país, o ídolo de rock faz uma parada no Brasil, passando por Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Os fãs poderão conferir sucessos como My sacrifice, With arms wide open, e One last breath, além de canções do seu trabalho solo. À frente da banda Creed, Stapp já vendeu mais de 35 milhões de álbuns no mundo, recebendo diversos prêmios. O disco Human clay chegou ao primeiro lugar das paradas da Billboard. Em 2005, lançou o primeiro álbum solo, The great divide, que recebeu disco de platina certificado pela RIAA (Recording Industry Association of America). A música With arms wide open, composta em 1998, por Stapp para homenagear seu primeiro filho, Jagger Michael, ganhou um prêmio Grammy na categoria melhor canção de rock e acabou virando nome da fundação beneficente de Scott Stapp, que já doou mais de um milhão de dólares em prol de crianças carentes ao redor do mundo. Dia 12/6, às 20h. De R$ 70 a R$ 250. Av. das Nações Unidas, 17.981, tel. 4003-5588.

domingo, 12

O quê? Billy Paul. Por quê? Ele está de volta ao Brasil para embalar mais uma vez o Dia dos Namorados dos cinquentões e dos amantes do grande soul man da música americana. Com 23 álbuns lançados, a voz suave e a simpatia lhe renderam parcerias com artistas como Stevie Wonder e Miles Davis, além de um Grammy de melhor performance rhythmn’n’blues masculina, em 1972, com a canção Me and Mrs. Jones, e o documentário I’m not black enough for you? – A história de Billy Paul. Às 20h. R$ 65 a R$ 130. HSBC Brasil. R. Bragança Paulista, 1281, tel. 4003-1212. www.hsbcbrasil.com.br

23h às 29h

gastronomia/exposição

96 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? PIX’ART, no Chakras. Por quê? Depois de saborear os pratos harmonizados de inverno do restaurante, aproveite para ver as obras da francesa Gasediel, na IQ Art Gallery, no espaço anexo. A mostra é uma homenagem à arte de rua de São Paulo e recria situações urbanas que se fundem a personagens símbolos dos grafites presentes na atmosfera da cidade. A artista produz com óleo, acrílico e spray. Até 31/7, de ter. a qui.: das 12h à 1h; sex. e sáb.: das 12h às 2h; dom.: das 12h às 24h. R. Dr. Melo Alves, 294, tel. 3062-8813. www.chakras.com.br


segunda, 13

junho 2011

O quê? 17ª Feicorte – Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne/ Exposição Nacional das Raças Bovinas de Corte. Por quê? É o maior evento indoor de pecuária de corte da América Latina, destacando-se como principal vitrine do setor, referência em qualidade, pesquisa, tecnologia, produtos e serviços. A feira oferece excelente oportunidade para contatos, fortalecimento da imagem institucional e realização de negócios e investimentos. De 13 a 17/6, das 9h às 20h. Centro de Exposições Imigrantes. Rod. dos Imigrantes, Km 1,5, tel. 5073-7799. www.feicorte.com.br

5h às 11h

feira

O quê? Pastifício Pissani. Por quê? A butique de massas frescas do chef Carlos Pissani abriu as portas no Shopping Center Iguatemi. Há pronta entrega de pappardelle extrafino ao merlot, tagliatelli extrafino ao chardornnay e tagliarini de finas ervas. Para quem prefere as recheadas, o destaque é a sofisticada tryptique – triângulos de massa fresca recheados com lagosta, lascas de trufas brancas na manteiga e ciboulette (sob encomenda com quatro dias de antecedência). Seg. a sáb.: das 10h às 22h; dom.: das 14h às 20h. Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, tel. 3081-6847.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Temporada 2011 da Filarmônica Bachiana SESI-SP. Por quê? Terceiro concerto, sob a regência do maestro João Carlos Martins, dos sete que acontecem até novembro. Nesta apresentação, o repertório inclui as Sinfonias nº 2 e nº 4 de Beethoven, o renomado oboísta Peter Apps interpretando Alessandro Mercello e, no final, o maestro João Carlos Martins como solista da peça Balada para un Loco, de Piazzolla. Dia 13/6, às 21h. R$ 40 a R$ 120. Teatro Bradesco. Bourbon Shopping São Paulo, R. Turiassú, 2100, tel. 4003-1212.

17h às 23h

concerto

O quê? Dois lançamentos da Editora Leya. Por quê? O romance Sangue quente, de Isaac Marion, será adaptado para o cinema em 2012 e teve lançamento simultâneo em 11 países. O autor apresenta um mundo pós-apocalíptico, em que homens e zumbis precisam sobreviver, cada um à sua maneira. Já em Dez anos que encolheram o mundo, Daniel Piza analisa fatos que marcaram o início deste século, como os desdobramentos de 11 de setembro, os governos Lula e os avanços tecnológicos. Ambos a R$ 34,90, nas principais livrarias da cidade. www.leya.com.br

23h às 29h

livro

97


junho 2011

Prometheus

5h às 11h

feira O quê? 14ª Expo Aero Brasil – 2011. Por quê? Traz um novo formato, não só voltado para os empresários, executivos e clientes do setor aeronáutico, como também para apaixonados e curiosos que queiram ingressar no mundo da aviação. A EAB apresenta ao visitante tudo o que ele precisa para decolar: equipamentos e serviços, exposição e comercialização de aeronaves, voos de demonstração, entre outros. De 14 a 17/6, das 10h às 18h. R$ 20 (entrada) e R$ 30 (estacionamento). CTA – Centro Técnico Aeroespacial. São José dos Campos. www.expoaerobrasil.com.br

11h às 17h

convenção O quê? 12ª Fórum Brasil – 2011. Por quê? É o mais importante encontro independente de negócios em programação de TV da América Latina. Há seminários com grandes nomes da TV do Brasil e do exterior; sessões “30 Minutos”, em que diretores de programação e aquisição apresentam suas demandas; encontro das TVs de língua portuguesa; o 2º Pitching Forum Brasil/History Channel de documentários e exposição. Dia 14/6, das 8h30 às 18h30, WorkShop TransMedia; dias 15 e 16/6. Centro de Exposições Frei Caneca. R. Frei Caneca, 569, tel. 3472-2082. www. forumbrasiltv.com.br

bar

17h às 23h

Tragédia lírica em três atos do compositor francês Gabriel Fauré (1845-1924), Prometheus foi sua primeira ópera e teve sua estreia em 1900. Apesar do enorme sucesso que teve, ficou esquecida. Esta primeira versão foi composta para orquestra de cordas e 15 harpas. Mais tarde, com a ajuda de seus discípulos, Fauré reorquestrou a peça para uma orquestra tradicional. A história é baseada no mito grego de Prometheus, um semideus que, desobedecendo as ordens de Zeus, roubou o fogo do Olimpo e deu aos homens. O espetáculo, concebido pelo Núcleo Universitário de Ópera, tem direção geral de Paulo Maron, preparação corporal de Marília Velardi e conta com coro e orquestra do NUO. A pré-estreia acontece no dia 12 de junho, às 18h, no Teatro Municipal de Indaiatuba (CIAEI). Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 3665, tel. (19) 3801-6415. Nos dias 2 e 3 de julho (às 20h30 e às 18h, respectivamente) o grupo se apresenta no Teatro Anhembi Morumbi. R. Dr. Almeida Lima, 1198 (próximo ao metrô Bresser), tel. 2872-1457.

terça, 14

O quê? Moça Bonita. Por quê? O conhecido boteco da Vila Olímpia mudou-se para o Shopping Jardim Sul, no Morumbi, levando toda a expertise na bagagem: picanha na chapa e chope com qualidade artesanal; garçons à moda antiga; petiscos como o bolinho de bacalhau feito na casa; e aperitivos de botequim, com 13 sabores de caipirinha. Na hora do almoço, oferece os Pratos Feitos Tradicionais, tais como picadinho e filé Oswaldo Aranha. Almoço – seg. a dom.: das 11h às 16h. Happy Hour – seg. a dom.: das 17h às 22h. Av. Giovanni Gronchi, 5819, tel. 3742-9600.

23h às 29h

internet/música

98 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Noisey.com no Brasil. Por quê? A nova plataforma de música, lançada pela Vice, traz vídeos originais filmados em mais de dez países, oferecendo aos visitantes acesso sem precedentes a bandas em ascensão ao redor do mundo. Os espectadores podem se juntar às turnês de vários grupos e compartilhar suas experiências à medida que eles se preparam para o show e encontros com fãs, e exploram a cidade e a cultura local. Com a ajuda da tecnologia Dell e Intel, a Vice possibilita ao usuário do site uma experiência inovadora em oito idiomas. www.noisey.com


quarta, 15

junho 2011

O quê? 18ª Hortitec – 2011. Por quê? Exposição técnica de horticultura, nos moldes das principais exposições do setor no exterior. Oferece aos participantes contato com empresas expositoras, informações e bons negócios. Há também palestras que discutem temas como a Resistência natural de plantas; Ligações entre plantas e seres humanos; e Conservação da produtividade e qualidade potencial de sementes e mudas. De 15 a 17/6, das 9h às 19h. Pavilhão de Exposição Expoflora. R. Maurício de Nassau, 675, tel. (19) 3802-4196. www.hortitec.com.br

5h às 11h

feira

O quê? Opakee Belgian Waffles. Por quê? O belga Jochen Stevens aportou há dois anos no Brasil para mostrar aos brasileiros por que o waffle é uma guloseima tão apreciada no seu país. Feita com uma massa leve e crocante, a especialidade de sua casa, na Vila Madalena, pode ser encontrada em várias opções doces e salgadas, como a Mont Blanc – que leva sorvete de creme, calda de chocolate e chantilly –, e a Marguerita. Para acompanhar, milk shakes, chás, café e cervejas belgas. Ter. e qua.: das 8h30 às 18h; qui. a sáb.: das 10h às 20h. R. Wisard, 396, tel. 2539-7944.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Pratos de inverno do Aguzzo. Por quê? Localizado em Pinheiros, o restaurante tem um ambiente acolhedor, muito confortável para os dias mais frios. Para esquentar a alma, uma das excelentes pedidas é o Ossobuco di vitello alla milanese – o tradicional chambão de vitela à moda da Lombardia, assado no molho de tomate fresco e ervas. Seg. a qui.: das 12h às 15h e das 19h às 24h; sex.: das 12h às 15h e das 19h à 1h; sáb.: das 12h às 16h e das 19h à 1h; dom.: das 12h às 17h. R. Simão Álvares, 325, tel. 3083-7363. www.aguzzo. com.br

17h às 23h

gastronomia

O quê? Wild Horse Music Bar. Por quê? Para escutar um bom pop rock e rock’n’roll ao vivo, num ambiente charmoso e confortável – o salão dispõe de várias mesas de frente para o palco. Para petiscar, canapés especialíssimos, como o Glamour (pasta de gorgonzola, copa e mostarda, molho inglês, azeitona e salsinha), e porções de lulas, camarão e isca de peixe. Na carta de drinques, sabores que marcaram época: Cuba Libre, Meia de Seda, Alexander, Cosmopolitan, Blood Mary e mais. Qua. a sáb.: a partir das 19h. Al. dos Pamaris, 54, tel. 5531-3292. www.wildhorsemusicbar.com.br

23h às 29h

bar

99


junho 2011

George V Residence

5h às 11h

feira O quê? 11ª Salão São Paulo de Turismo. Por quê? É a única feira de negócios, produtos e serviços turísticos exclusivos do Estado de São Paulo. Cada cidade é representada por sua Prefeitura, Comtur, consórcio, associações e empresas privadas, que mostram durante o evento suas hospedagens, gastronomia, cultura, artesanatos e festas tradicionais. De 16 a 18 de junho. Qui. e sex: das 14h às 20h; sáb.: das 10h às 17h. Rua Luís Coelho, 323, tel. 3138-9667. www.salaospturismo.com.br

11h às 17h

GAsTRONOMIa O quê? Taqueria Peppers. Por quê? A mais nova casa especializada em tacos da cidade investe em ingredientes orgânicos e misturas inovadoras nos recheios dos 12 sabores oferecidos no cardápio. Entre as novidades, há o Tacoveg (chilli vegetariano, quinoa, linhaça dourada, alface, tomate e salsinha picada). Por R$ 9,90, acompanhado de salsa, guacamole, sour cream ou cheddar. Para beber, sucos, smoothies e, naturalmente, cerveja gelada. Seg. a sex.: das 11h às 20h. Av. Moema, 324B, tel. 5051-1643. www.taqueriapeppers.com.br

show

17h às 23h

Localizados em dois bairros exclusivos de São Paulo, os hotéis George V Alto de Pinheiros e George V Casa Branca oferecem serviços personalizados e todos os mimos que tornam uma hospedagem pra lá de especial. Contam com amplas suítes, alta gastronomia, cuidadosa seleção de lençóis, fitness center, saunas (seca e úmida), piscina, room service 24h e business center. Os dois foram concebidos por arquitetos renomados, que criaram uma ambientação sofisticada e agradável, ideal para o relaxamento. O de Alto de Pinheiros tem projeto assinado por Ruy Ohtake, enquanto o Casa Branca foi projetado por Itamar Berezin e decorado por Sig Bergamin. Para o feriado de Corpus Christi, os hotéis dão até 60% de desconto sobre a tarifa balcão, com cortesia de café da manhã, uma vaga no estacionamento, internet Wi-Fi, early check-in e late check-out free (mediante disponibilidade). Reservas: 0800-773-4663. www.grupoaldan.com.br

quinta, 16

O quê? Temporada Demônios da Garoa, no Café Paon. Por quê? Do gênero samba/ pagode, é um dos grupos há mais tempo em atividade na música brasileira. Começaram a se destacar na década de 40, com interpretações autênticas de compositores como Adoniran Barbosa. Com o sotaque da Mooca, bairro de imigrantes italianos de São Paulo, o grupo contribuiu para o reconhecimento do bom samba da terra da garoa. Já gravou mais de 60 discos em seus mais de 60 anos de carreira. Dia 16/6, às 21h30. R$ 60. Café Paon. Av. Pavão, 950, tel. 5531-5633. www.cafepaon.com.br

23h às 29h

balada

100 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Festa Moving no D-Edge. Por quê? São noites dinâmicas, arrojadas e fundadas no firme propósito de reunir pessoas para oferecer o melhor do entretenimento, trazendo a nata da eletrônica nacional e internacional para as cabines do club. Nesta noite, quem agita a pista é o escocês radicado em Barcelona, Lars Sandberg, o chamado Funk D’Void, produtor e DJ que tem estado na vanguarda da cena da música eletrônica mundial desde meados da década de 90. A partir das 24h. R. Auro Soares de Andrade, 141, tel. 3665-9500. www.d-edge.com.br


sexta, 17

junho 2011

O quê? 11ª Broa Fly-in – 2011. Por quê? O evento nasceu da paixão do empresário Fernando Arruda Botelho e do seu desejo de reunir, em um único lugar, tudo e todos que se relacionam com aviação. Entre as atrações desta edição estão a aeronave Bufalo C115, que deverá ser restaurada e totalmente equipada para virar uma sala de cinema; a mais nova sensação da Embraer, o jato Legacy 650; e noite de autógrafos do livro Os balões de Santos-Dumont, de Rodrigo Moura Visoni. Das 8h às 18h. Aeródromo Dr. José Augusto de Arruda Botelho, Itirapina, SP. www.broafly-in.com.br

5h às 11h

evento

O quê? Cinema. Por quê? Dia de estreias. Na ação Contra o tempo, o capitão Stevens descobre que está fazendo parte de um experimento e tem como missão encontrar os responsáveis por um atentado que deixou milhares de vítimas. No brasileiro Estamos juntos, com Cauã Reymond e Leandra Leal e direção de Toni Venturi, uma jovem médica vê sua rotina se transformar quando uma grave e inesperada doença surge, e ela passa a se relacionar com um enigmático homem ao mesmo tempo em que se entrega a uma paixão com um músico. Nos melhores cinemas da cidade.

11h às 17h

cinema

O quê? Ao vivo é bem melhor!. Por quê? Último dia para ver Mauricio Torselli e Ricardo Madureira, da BME³ – que colecionam mais de duzentas apresentações para grandes empresas em todo o Brasil –, nesse espetáculo de mágica e humor, com um formato consagrado nos melhores comedy clubs dos Estados Unidos. O trabalho é focado na transmissão de ideias por meio da arte mágica. Dias 3, 10 e 17/6, às 20h. R$ 30. Teatro Livraria da Vila – Shopping Cidade Jardim. Av. Magalhães de Castro, 12000, tel. 3755-5811. www.livrariadavila. com.br

17h às 23h

espetáculo

O quê? Peter Hook, no Estúdio Emme. Por quê? O ex-baixista do grupo inglês Joy Division e fundador do New Order traz a turnê Unknown Pleasures: a Celebration of Joy Division by Peter Hook & The Light, homenagem a esse álbum de grande sucesso mundial. Além da banda, o show conta com a presença de seu filho, Jack Bates, no baixo. Dias 16 e 17/6, a partir das 23h30. R$ 80 a R$ 150. Av. Pedroso de Morais, 1036, tel. 3031-3290.

23h às 29h

show

101


junho 2011

Skol Sensation

5h às 11h

feira O quê? 3ª Natal Show – 2011. Por quê? Destina-se ao incremento dos negócios do setor de artigos e decoração de Natal do Brasil, apresentando os lançamentos do mercado para mais de 15 mil compradores de vários estados e do exterior. É uma boa oportunidade para se travar contato direto com fabricantes, otimizar negociações e se programar para as compras de final de ano. De 18 a 21 de junho, das 9h às 20h. Expo Center Norte. R. José Bernardo Pinto, 333, tel. 2089-8500. www.feiranatalshow.com.br

11h às 17h

criança O quê? Shakespeare Amarrotado - Cia Caso de Matraca. Por quê? Dirigido por Dagoberto Feliz, que se inspirou em Guerreiros da bagunça, de Guto Grecco, com livre adaptação da obra Romeu e Julieta, de William Shakespeare. Dois conceituados palhaços acadêmicos debatem em um simpósio sobre quem é o autor da mais universal história de amor. Para defender seus pontos de vista, cada um encenará sua versão. Com Bia Borin, Fabiano Amigucci, Luciana Ramanzini e outros. Até 19/6, sáb. e dom.: às 16h. R$10. Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, tel. 5573-3774.

SHOW

17h às 23h

A mega festa/balada deve levar um público de 40 mil pessoas para viver Os mistérios de Wonderland. Do palco central de 360º sai uma passarela que avança até o público, onde personagens de Wonderland farão performances pirotécnicas. O dress code da festa é branco, incluindo agasalhos. Line-up: trio britânico Above&Beyond, formado por Jono Grant, Tony McGuinness e Paavo Siljamäki DJ e Mr. White, o DJ residente internacional do Sensation. Dia 18/6: às 21h. De R$ 85 a R$ 170. Ingresso Premium Privilégios: acesso às áreas comuns do Skol Sensation e pista ao redor do palco, e direito ao open bar e lounge: R$ 370 e R$ 185. Arena Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209, tel. 4003-0848. www.ticketsforfun.com.br

sábado, 18

O quê? Milton Nascimento, ... E a gente sonhando. Por quê? A volta do cantor às origens, em Três Pontas, no sul de Minas Gerais, levou-o a gravar um disco com jovens músicos da sua terra, batizado de ... E a gente sonhando, lançado no final de 2010. Esse show homônimo leva aos palcos não só o canto e a música de Milton, mas procura recriar um ambiente onírico, no qual artista convida o espectador a sonhar com ele. Dia 18/6, às 22h. R$ 60 a R$ 150. Via Funchal. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300. www.viafunchal.com.br

23h às 29h

gastronomia

102 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Bravo! Pizza Bar. Por quê? A nova pizzaria já chega inovando. Uma das especialidades da casa, a pizza Verucci, é de fondue de queijo – mistura o sabor inconfundível do queijo derretido com vinho branco ao molho de tomate, pimenta biquinho e pesto de manjericão sobre a massa crocante. Instalada há poucos meses em Moema, a irreverente Bravo! oferece ainda o doce Fonduto, massa de pizza coberta com caramelo, fondue de chocolate, lascas de amêndoas e sorvete de creme. Dom. a qui.: das 19h às 24h; sex. e sáb.: das 19h à 1h. Av. Iraí, 516, tel. 23392334/2339-2337.


domingo, 19

junho 2011

O quê? 37ª FIT 0/16. Por quê? A feira internacional do setor infanto-juvenil/teenbebê conta com mais de 160 expositores que antecipam as tendências da primavera/verão 2011/2012 em moda, calçados, acessórios, puericultura, enxovais, móveis e decoração. Trata-se de uma excelente fonte geradora de negócios no setor. Dias 19, 20 e 21 de junho, das 10h às 19h; dia 22, das 10h às 17h. Expo Center Norte. R. José Bernardo Pinto, 333, tel. 2089-8500. www.fit016.com.br

5h às 11h

feira

O quê? Salão Design São Paulo. Por quê? Pela primeira vez a cidade recebe um evento internacional de design. O salão instalado na Oca no Parque Ibirapuera conta com a participação de 18 galerias, entre elas a Luiza Strina e 120 peças de designers como os irmãos Campana e Zanine Caldas. A mostra é uma realização da Luminosidade, empresa que promove a São Paulo Fashion Week, com curadoria de Maria Helena Estrada. De 15 a 17 de junho, das 14h às 22h e 18 e 19 de junho, das 12h às 20h. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n˚, portão 3, tel. 5572-0985.

11h às 17h

design

O quê? Espectros, da Cia. Mamba de Artes. Por quê? Último dia para ver a famosa peça de Henrik Ibsen, escrita em 1881 e adaptada por Ingmar Bergman (que inseriu trechos das peças O pelicano e Sonata dos espectros, ambas de August Strindberg, autor que Bergman venerava desde a infância). A mãe é o centro absoluto da trama, que se passa durante a volta do filho para a inauguração de um orfanato em homenagem póstuma ao pai. Direção de Francisco Medeiros. Dia 19/6, às 19h. R$ 32. Teatro Anchieta – Sesc Consolação. R. Dr. Vila Nova, 245, tel. 3234.3000.

17h às 23h

teatro

O quê? Pheros ball da Inside Cosméticos. Por quê? O produto propõe uma nova forma de massagem, com bolinhas gelatinosas. Recheadas de óleos minerais hidratantes, elas estão disponíveis em dez diferentes fragrâncias, inspiradas em perfumes importados. A versão Paixão, por exemplo, na cor vermelha, remete ao perfume de Dolce & Gabbana. Já a Amor, na cor vinho, puxa para o Flower by Kenzo. Outro diferencial é que os ativos encapsulados se mantêm inalterados e livres de contaminação. Tel. 3926-2600. www.insidecosmeticos.com.br

23h às 29h

bem-estar

103


junho 2011

Zodíaco do amor

5h às 11h

feiras O quê? 41º Encontro da Moda. Por quê? Este ano o evento comemora 20 anos e faz parte do calendário brasileiro da moda, apresentando as coleções de confecções de todo o país e recebendo a visita de lojistas de todas as regiões do Brasil e de outros países como África do Sul, Alemanha, Argentina, Bolívia, Chile, Emirados Árabes, Estados Unidos, França, Itália, México e Venezuela. De 20 a 22/6. Centro de Convenções Frei Caneca. R. Frei Caneca, 569, tel. 3472-2082. www.encontrodamoda.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Chácara Itaí. Por quê? A casa que alia um toque de alta gastronomia a alimentação saudável e cozinha rápida, na região do Itaim Bibi, agora oferece um menu de pratos semiprontos e congelados, elaborados pela chef Dayse Paparoto, como o cuscuz marroquino (R$ 10, 300 g) e o pastel assado recheado de filé mignon indiano com leite de coco, gengibre e curry, feito com massa de amaranto (R$ 7, a unidade). As encomendas podem ser feitas pelo telefone ou pelo site do restaurante. Seg. a sex.: das 12h às 15h. R. Ministro Jesuíno Cardoso, 104, tel. 38420782. www.chacaraitai.com.br

gastronomia

17h às 23h

A artista plástica Suzy Gheler, que já expôs seus trabalhos na Casa Cor e no Memorial do Imigrante, foi convidada para estrear o Espaço de eventos do recém-inaugurado shopping Iguatemi Alphaville. Sua mais recente exposição cenográfica, Zodíaco do amor, traz 24 personagens feitos em tecido em tamanho real para representar os signos do zodíaco, com suas respectivas previsões amorosas. A mostra poderá ser vista até o final de junho. A proposta de montar essa exposição veio de uma indagação de Suzy: “Quem nunca se pegou consultando o horóscopo para saber a quantas anda seu relacionamento amoroso?”. A exposição mostra detalhes dos signos, como a compatibilidade entre eles e o significado de cada um. Até 30/6. Entrada gratuita. Al. Xingú, 200/290 (esquina com a Al. Rio Negro). www.suzygheler.com.br

segunda, 20

O quê? Cardápio de inverno do Weinstube. Por quê? Num ambiente aconchegante, a casa alemã serve pratos tradicionais para a época, como a sopa Gulasch, que está presente em praticamente todas as cervejarias da Alemanha. O prato é levemente picante, com cubos de carne bovina, páprica e batatas. O Schwäbischer Sauerbraten – maminha marinada com vinho tinto ao molho cremoso com knödel de batata e repolho roxo – é outra das atraentes opções. Seg. a sex.: das 12h às 15h e das 18h às 22h30. R. José Guerra, 130, tel. 2133-8600. www.weinstube.com.br

23h às 29h

viagem

104 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Musicais em Nova York. Por quê? Quem já está de malas prontas para umas férias nos States, saiba que é possível comprar ingressos daqui mesmo para pelo menos cinco espetáculos clássicos que se apresentam atualmente na Big Apple – Chicago (Ambassador Theatre, até 3/7); The Lion King, da Disney (Minskoff Theatre, até 3/7); Mamma Mia! (Winter Garden Theatre, até 6/8); Mary Poppins (New Amsterdam Theatre, até 11/9); The Phantom of the Opera (Majestic Theatre, até 1/10). Compra pelo site www.ingressorapido. com.br e informações sobre a retirada dos ingressos pelo tel. 4003-1212.


terça, 21

junho 2011

1˚ festival de brincantes

O quê? Casabella, em São Carlos. Por quê? A empresa produz as chamadas casas de toras ou log homes, no mercado internacional. São moradias de alta qualidade, feitas com madeiras tratadas e roliças de eucalipto e pinus de reflorestamento. Além de preservar madeiras de matas nativas, esse tipo de construção, que ainda ocupa uma fatia muito pequena do mercado, traz vantagens como conforto térmico e acústico e baixo custo de manutenção na obra, e pode ser visto em cidades como Campos do Jordão, Monte Verde, Joanópolis, Ibiúna, Araraquara e Ribeirão Preto. www.casabella.etc.br

5h às 11h

construção

O quê? Hereros Angola. Por quê? A mostra de cem fotos de Sérgio Guerra, com curadoria de Emanoel Araujo, revela o modo de vida e as tradições do povo africano, e faz parte das comemorações do Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes. Responsável pela comunicação do governo angolano há quase 15 anos, Guerra estabeleceu uma relação de amor profundo com o país africano, que resultou em cinco livros, dentre eles o mais recente, Hereros. Até 24/7. Ter. a dom.: das 10h às 17h. Museu Afro Brasil. Pq. do Ibirapuera, Portão 10, tel. 3320-8900. www.museuafrobrasil.org.br

11h às 17h

exposição

O quê? Bar do Camarão. Por quê? Com 53 anos, a casa hoje conta com oito filiais, mas mantém a tradição. Tem drinques especialíssimos e variados, caipirinha de pinga, vodka ou champagne de frutas, com mais de 20 opções. Mas é o Festival do Camarão a grande atração do local, com uma autêntica sequência composta por opções como Camarão no Bafo, Camarão ao Alho e Óleo, Camarão Empanado e Bolinho de Camarão, além de um farto bufê de saladas. Ter. a dom.: das 18h às 24h; sex. e sáb.: das 18h até o último cliente. R. João Cachoeira, 245, tel. 3079-7578. www.bardocamarão.com.br

17h às 23h

bar

O quê? Museu da Pessoa. Por quê? É um museu virtual de histórias de vida, aberto à participação gratuita de todos que queiram compartilhar sua história, e tem como objetivo democratizar e ampliar a participação dos indivíduos na construção da memória social. Qualquer um pode registrar sua história de vida no Museu da Pessoa. As gravações são feitas em vídeo, e a história captada passa a fazer parte do acervo, que hoje conta com uma coleção de mais de 200 registros. Clique no www. museudapessoa.net e confira. R. Natingui, 1100, tel. 2144-7150.

23h às 29h

internet

105

O evento, que iniciou em maio e vai até julho, oferece ao público oficinas culturais com peças do folclore brasileiro, como cavalo marinho, maracatu rural, frevo e releituras contemporâneas. As aulas estão sendo ministradas por mestres tradicionais de Recife, PE. Dia 9/6, abertura às 15h para a Oficina de Frevo, com os bailarinos Flaira Ferro, Alisson Lopes, e Gil Silva e o dançarino Otávio Bastos. Dias das aulas: 10/6, 11/6 e 12/6, das 9h às 13h (somente para alunos do Brincante) e das 15h às 18h para o público geral. Dia 11/6 às 20h, apresentações de frevo com os professores e artistas convidados. Inscrições gratuitas pelo e-mail festival@institutobrincante.org. br. R. Purpurina, 428, tel. 3816-0575.


junho 2011

No mundo do circo

5h às 11h

casa O quê? Lojas de decoração na Vila Madalena. Por quê? O recém-inaugurado Estúdio Glória recebeu novidades. São cadeiras, sofás, armários, únicos, restaurados e repaginados. R. Girassol, 654, tel. 3097-9970. Já o despojado galpão Carbono de Marcus Ferreira, famoso por oferecer peças de jovens e ousados designers, ganhou novo layout, dividido em oito ambientes com conceitos contemporâneos para falar com tipos diferentes de consumidores, dentre eles o DNA Carbono, Urbano Brasileiro, Office Home, Girl’s Only e The New Teen. R. Aspicuelta, 145, tel. 3815-1699.

11h às 17h

gastronomia O quê? As Mineiras. Por quê? Os pratos e porções para dois geralmente servem três com apetite. Mas a escolha do prato muitas vezes não agrada a todos. A solução foi ampliar o cardápio, acrescentando seis pratos individuais a preços justos, como o Bacalhau Mineiro (lascas de bacalhau do Porto, acompanha arroz e purê de batata) a R$ 34 ou a Linguiçada (arroz, feijão, farofa e linguiça toscana) a R$ 20. O café coado, da marca Orfeu, é servido na mesa num suporte com coador de pano. Seg.: das 8h às 16h; ter. a dom.: das 8h às 23h30. R. França Pinto, 965, tel. 5083-5835.

show/teatro

17h às 23h

O espetáculo Turma da Mônica no mundo do circo é a mais nova produção do EntreteniMônica, departamento da Mauricio de Sousa Produções responsável pelos shows e eventos ao vivo. Em cartaz no Circo dos Sonhos, projeto fundado por Rosana Jardim, diretora do espaço, localizado na Pompeia, a turma toda se reúne em cinco esquetes circenses: Mônica é a mulher barbada e a mágica do Sansão; Cebolinha, o malabarista; Magali, a engolidora de sorvetes; Cascão, o equilibrista, e Jotalhão, o mestre de cerimônia, além de palhaços, dançarinos e performances dos artistas do Circo dos Sonhos. Segundo Mauro Sousa, diretor do espetáculo e da EntreteniMônica, a parceria com o Circo dos Sonhos tenta resgatar a diversão e a emoção que o circo proporciona às pessoas. Até 31/7. Ingressos: popular R$ 30, frontal R$ 60, numerada R$ 80 e camarote R$ 300. Sáb., dom. e feriados: às 16h e às 19h. Av. Nícolas Boer, 120, tel. 2076-0087. www.monicanocirco.com.br

quarta, 22

O quê? Banda Hamlet, no CCSP. Por quê? O grupo Hamlet “ressuscita” para fazer seu último show e recontar, com a música, episódios sobre como chegaram ao fim. Uma banda de “músicos/atores mortosvivos” formada por integrantes de diferentes coletivos teatrais da cidade de São Paulo. Às 19h30. Centro Cultural São Paulo. R. Vergueiro, 1000, tel. 3397-4002. www.centrocultural.sp.gov.br

23h às 29h

festival

106 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? 3° Eternal Festival. Por quê? O evento de música eletrônica GLS que ocorre entre os dias 22 a 26/6, durante a Parada Gay, promovido pela boate The Week traz dez convidados internacionais e 11 DJs nacionais. Dia 22/6, às 23h59 (na The Week); 23/6, às 23h59 (no Moinho Eventos); 24/6, às 23h59 (na The Week); 25/6, às 17h (no Clube de Regatas Tietê); 25/6 às 23h59 (na The Week); 26/6, às 17h (no Clube de Regatas Tietê). www.theweek.com.br


quinta, 23

junho 2011

17ª Maratona de São Paulo

O quê? Pousada Casa Turquesa. Por quê? Para quem gosta da praia nessa época do ano, eis uma boa sugestão. Localizada no centro histórico de Paraty, a pousada conta com nove suítes com vista das paisagens da cidade: a baía, as montanhas e a cúpula da Igreja de Santa Rita – construção religiosa mais antiga do lugar. O projeto de Renato Tavolaro recriou a fachada de um antigo sobrado do século 18, destruído pelo fogo há trinta anos. No pátio interno, piscina com hidromassagem, adega e jardim. Há também uma sala de leitura com uma lareira para os dias mais frios. www.casaturquesa.com.br

5h às 11h

viagem

O quê? Cinema. Por quê? Estreia A árvore da vida com Brad Pitt, Sean Penn e Jessica Chastain, direção de Terrence Malick. O drama aproxima o foco na relação entre pai e filho de uma família comum, e expande a ótica da rica relação, ao longo dos séculos, desde o Big Bang até o fim dos tempos, em uma fabulosa viagem pela história da vida e seus mistérios. Amanhã estreia a animação Carros 2, com vozes de Owen Wilson, Paul Newman, Richard Petty, Bonnie Hunt, Dan Whitney e direção de John Lasseter. Nos melhores cinemas da cidade, como Cinemark, PlayArte e UCI.

11h às 17h

cinema

O quê? Prof. Coimbra, ensino a curta distância. Por quê? Comédia que apresenta um bemhumorado programa de auditório, sob o comando da Srta. Boucinhas, mostra uma entrevista com o renomado cientista lusitano, Professor Coimbra. Homem que põe toda sua inteligência a serviço da humanidade, ele exibe seus inventos e comenta sobre os mais diversos assuntos contemporâneos. Direção e concepção de Luciano Fraga. Dias 23/6 e 30/6. R$ 15. Teatro Augusta. R. Augusta, 943, tel. 3151-4141. www.teatroaugusta.com.br

17h às 23h

teatro

O quê? L’Aperô. Por quê? O espaço é tranquilo, tem clima de bistrô francês e preço justo. Na decoração, confortáveis sofás e parede cor de vinho convidam a enlaces românticos. Enquanto isso, no menu, a grande pedida é o pastel de roquefort, a porção de lulas ou batatas fritas no alho que podem anteceder o imperdível Noix d’Entrecôte Sauce Roquefort. Na sobremesa, clássicos como o crepe suzette, tarte tatin e crème brûlée. Seg.: das 18h30 à 1h; ter. a sex.: das 18h a 1h; sáb.: das 12h às 17h e das 19h à 1h. R. Mourato Coelho, 1343, tel.3814-2445.

23h às 29h

gastronomia

107

A maior maratona do Brasil é realizada anualmente em São Paulo desde 1995, com distâncias de 42, 25 e 10 km, além de uma caminhada de três quilômetros. A prova larga da av. Roberto Marinho e tem sua chegada em diferentes pontos da cidade. Os atletas que participam da maratona e dos 10 km encontram a faixa de chegada no obelisco do parque do Ibirapuera. Nos 25 km, a reta final é a avenida Politécnica, próximo ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas. Já a caminhada termina na própria Avenida Roberto Marinho. Esse ano o pacote de vantagens aos corredores agracia todos os participantes. A corrida de 42 quilômetros oferece download do vídeo gratuito oficial, transporte gratuito da chegada para a largada, foto oficial para compra, camiseta em tecido tecnológico da Adidas, medalha pós prova, além da participação na Expo Marathon na entrega do kit. A Maratona de São Paulo acontece no dia 19 de junho, a partir das 7h40. www. maratonadesaopaulo.com.br


junho 2011

O queridinho de Congonhas 5h às 11h

livro O quê? Almanaque lá da venda. Por quê? Heloísa Bacellar sempre foi fascinada por uma “venda”, daquelas de antigamente, misto de armazém, minimercado e padaria: “um lugar para simplesmente entrar e puxar uma prosa, tomar um café com bolo ou pão de minuto feitos com farinha de trigo de moinho artesanal e ovos de galinha caipira”, diz ela. Depois de realizar o sonho de menina com a casa Lá da Venda, ela lança um livrinho com 53 páginas cheias de histórias e receitas para um dia a dia saudável e cheio de vida. R. Harmonia, 161, tel. 3037-7702. www.ladavenda.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Le Tire Bouchon, a Casa do Vinho. Por quê? Trata-se de um espaço bacana, na região de Higienópolis, onde é possível encontrar mais de 400 rótulos de vinhos de 14 países, com importação exclusiva de vinhos franceses, adegas climatizadas, jantares harmonizados, mercearia com produtos que fazem excelente companhia aos vinhos, cursos temáticos e organização de roteiros enogastronômicos para vários países, além de um bistrô com almoço executivo (R$ 34). Seg.: das 10h às 20h; ter. a sáb.: das 10h às 23h. R. Barão de Tatuí, 285, tel. 3822-0515. www.letirebouchon.com.br

gastronomia

17h às 23h

São Paulo é conhecida como a capital dos negócios, já que a todo momento acontece um evento por aqui. Para dar conta desse movimento frenético, o Quality Suítes Congonhas é uma ótima opção para os executivos que buscam facilidade no deslocamento e não querem perder o voo: o hotel fica exatamente ao lado do aeroporto. Inaugurado em 2003, é o terceiro maior hotel da capital em número de quartos – são 528 – e está próximo das regiões do Grande ABC, da Baixada Santista e a menos de uma hora de voo do Rio de Janeiro. A diária sai a partir de R$ 253 (mais 5% de taxas) e inclui um delicioso café da manhã – servido a partir das 4h, ideal para quem tem compromisso logo cedo –, além de acesso ao business center, internet gratuita e estacionamento. Para os esportistas, academia, piscina semiolímpica e quadra poliesportiva. O hotel também disponibiliza traslado gratuito para o aeroporto. Tel. 2137-4000. www.atlanticahotels.com.br

sexta, 24

O quê? Gaiana. Por quê? De frente para o mar da Riviera de São Lourenço, litoral norte de São Paulo, o restaurante conta com a experiência de Ricardo Trevisani, sócio do Tre Bicchieri, em São Paulo. Ao seu lado, o chef Julião Borges oferece um menu variado, com ênfase em peixes e frutos do mar. Um dos pratos mais pedidos é o Risotto de Camarão servido na flor de alcachofra, além das saborosas casquinhas de siri. Ter. a sáb.: a partir das 12h; dom.: das 12h às 18h. Nas férias, abre todos os dias. Largo dos Coqueiros, s/n, tel. (13) 3316-5700. www.gaiana.com.br

23h às 29h

balada

108 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Pub Crawl SP. Por quê? Trata-se de um tour de bares e baladas. A ideia é levar o turista para conhecer lugares legais da noite paulistana. Em grupos de 50 pessoas de diferentes países, o Pub Crawl sai andando pelas ruas da cidade às sextas (da Vila Madalena) e sábados (da R. Augusta) à noite, e termina o circuito numa balada, com entrada incluída no pacote. A taxa de R$ 50 dá direito a uma hora de cerveja e petiscos no primeiro bar da noite. Os paulistanos também podem conhecer a cidade dessa maneira diferente e cair na balada com os gringos. www.pubcrawlsp.com


sábado, 25

junho 2011

Fila store

O quê? São Paulo Airport Marriott Hotel. Por quê? O cinco estrelas localizado próximo ao aeroporto de Guarulhos reestruturou o seu Fitness Club. O espaço, com 520 m², recebeu modernos equipamentos cardiovasculares, que permitem acompanhar em uma tela touch screen de 19 polegadas o próprio treino e, ao mesmo tempo, assistir a uma programação de entretenimento ou utilizar recursos apenas no iPod ou iPhone. É possível até fazer aulas de kick boxing, jump, step, pilates, ginástica funcional na plataforma vibratória Holistic Training. www.marriott.com.br

5h às 11h

bem-estar

O quê? Play Games. Por quê? Os usuários e apreciadores dos games portáteis contam com o evento gratuito “Play Games”, realizado quinzenalmente desde junho no Raposo Shopping. A ideia, que promete virar uma nova febre, conta com montagem especial em uma área delimitada no Piso Raposo, exclusivamente para jogar, compartilhar ideias, truques e dicas. Os participantes têm à disposição equipamentos adequados à diversão virtual, como consoles XBox e Nintendo Wii. Sáb.: das 12h às 17h. Rod. Raposo Tavares, km 14,5, tel. 3735-0780. www.rapososhopping.com.br

11h às 17h

passeio

O quê? Rancor. Por quê? O ambiente cultural numa grande cidade é dominado por Berucci, o mestre da crítica, que exerce seu poder intelectual de modo implacável. A tradução do livro A angustia da influência, de Harold Bloom, é o estopim de uma rebelião capaz de reunir jovens poetas e jornalistas contra o domínio do velho crítico. Uma herdeira amiga das artes é a fonte feminina de vida em torno da qual lutam esses intelectuais, travando verdadeiros duelos verbais. Até 10/7, sáb.: às 21h e dom.: às 20h. R$ 30. Espaço Parlapatões. Pça. Franklin Roosevelt, 158, tel. 3258-4449.

17h às 23h

teatro

O quê? Mabella & Ton Ton. Por quê? O empresário Paulo Zegaib, herdeiro da rede Dinho’s e criador de restaurantes como o Narciso, reabriu sua steakhouse, após reforma no ambiente e no menu. Destaques da casa, os cortes de carne especiais ganharam uma nova opção: o Kobe Beef argentino – carne produzida a partir do famoso gado wagyu. Há também novas saladas, peixes e hambúrgueres especiais. Seg. a qui: das 12h às 15h e das 19h às 23h; sex.: das 12h às 23h59; sáb.: das 12h às 2h30; dom.: das 12h às 17h. R. Jerônimo da Veiga, 153, tel. 3079-1049. www. mabellasteakhouse.com.br

23h às 29h

gastronomia

109

Essa é a primeira loja-conceito da marca italiana, que este ano comemora seu centenário, na América Latina. Muito bem localizada na rua Oscar Freire, um dos endereços mais sofisticados da cidade, a loja, com área de 150m², está dividida em dois ambientes: um voltado para a linha esporte e outro para a style, com peças mais modernas, e conta com um espaço reservado para as coleções exclusivas e importadas. “Para o lançamento da Fila Store, foram designados cerca de U$ 2,5 milhões, como parte de investimentos globais da marca. Com a abertura da loja em São Paulo, a marca chegará ao total de sete lojas pelo mundo”, diz Francisco Machado, diretor do Grupo Dass. Está prevista também para ser inaugurada ainda este ano uma loja em Buenos Aires. R. Oscar Freire, 1.092, tel. 37989054. Seg. a sáb.: das 10h às 20h e dom.: das 13h às 17h.


junho 2011

O italiano Biondi

11h às 17h

5h às 11h

passeio O quê? Casa da Xilogravura, em Campos do Jordão. Por quê? Museu particular que preserva e divulga a xilografia, ou técnica de gravura na qual se utiliza madeira como matriz para a reprodução da imagem gravada sobre papel ou outro suporte adequado. Inaugurada em 1987, parte de seu acervo é exposta permanentemente ao público. Promove eventos culturais, oferece atelier xilográfico, biblioteca especializada e mais. Qui. a seg.: das 9h às 12h e das 14h às 17h (em julho: das 9h às 13h e das 14h às 17h). Av. Eduardo Moreira da Cruz, 295, tel. (12) 3662-1832. www.casadaxilogravura.com.br

gastronomia

O quê? P. Verger. Por quê? Elegantemente agradável, a casa exibe nas paredes imagens de cenas da vida brasileira capturadas pela lente do fotógrafo francês Pierre Verger. O cardápio, assinado pelo chef Patrick Ferry, foca em criações contemporâneas, com raízes francesas e influências brasileiras, mediterrâneas e orientais. O buffet oferece pratos frios, saladas, vegetais, sushi e frutos do mar. Entre os pratos principais está o Roballo ao molho de champanhe. Dom. a dom.: das 12h30 às 16h30 e das 19h às 23h45. Sofitel São Paulo Ibirapuera. Rua Sena Madureira, 1355, tel. 3201-0800.

gastronomia

17h às 23h

Inaugurado no final do ano passado pelo paulistano Bruno Previato – que trabalhou durante 11 anos com gastronomia na Europa – o restaurante tem como chef Rodolfo de Santis, jovem italiano da Puglia que passou alguns anos no La Pergola, em Roma, três estrelas no Guia Michelin. O cardápio renovado para o outono e o inverno apresenta três opções de massas: o gnocchi de batata trufado com ciboulette e cogumelos, o agnolotti de cabrito com fava, alcachofra e orégano fresco e o delicado garganelli ao molho de tomate do Vesúvio e lascas de parmesão. Para sobremesa, o Semifreddo de chocolate e avelã com calda de café é uma boa sugestão. Durante a semana, o almoço executivo (R$ 45) atrai profissionais do Itaim Bibi e de outros cantos da cidade, que podem escolher entre duas sugestões de entrada, quatro pratos (duas massas, um peixe e uma carne) e duas sobremesas. R. Pedroso Alvarenga, 1026, tel. 3078-5273.

domingo, 26

O quê? Pizzaria Bendita Hora, Pizza & Arte. Por quê? O cardápio é o mesmo nas três casas, Alphaville, Perdizes e Moema. Na entrada, delícias como crostinis, berinjela ao forno, minicalzone e saladas incrementadas com alcachofra e ricota com gergelim. Entre as redondas, a mais famosa é a Abobrinha, além das tradicionais, como a Calabresa Curada. Na sobremesa, pizzas doces como a Afrodite, de chocolate, creme de leite e morangos. A generosa carta de vinhos conta com mais de 110 rótulos de 12 países entre Novo e Velho Mundo. www.benditahora.com.br

23h às 29h

livro

110 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Guia Recantos & Requintes – Viaje com estilo. Por quê? Para buscar inspiração para as férias de julho. A grande novidade desta edição ampliada são as 418 páginas com 272 Pequenos Meios de Hospedagem (pousadas, pequenos resorts, spas e hotéis fazenda) de luxo do país, distribuídos em 127 cidades interessantes e agradáveis, na praia, serra ou campo. À frente do projeto editorial está Ricardo Pandolfi, jornalista especializado em viagens e que trabalhou no Guia 4 Rodas. À venda nas principais livrarias da cidade. www.recantoserequintes.com.br


segunda, 27

junho 2011

Sushi Kiyo

O quê? Azeite português Azal. Por quê? Acaba de desembarcar no país a linha de azeites virgens extra da marca, todos com acidez de no máximo 0,2%. São cinco versões premiadas que atendem na elaboração e finalização das mais diversas experiências da alta gastronomia, como o azeite virgem extra Azal Origem, resultante de uma criteriosa seleção de azeitonas Galegas, Cobrançosa e Arbequina; e o Azal Memória, medalha de prata no Concurso Nacional Português 2006 e medalha de ouro no Concurso Packaging 2008, entre outros. www.allfood.com.br

5h às 11h

compras

O quê? Paiol Grande. Por quê? Pioneiro absoluto em “acampamentos educativos”, comemorando 65 anos, lança um pacote especial para as férias de julho. Cercado pela bela paisagem montanhosa de São Bento do Sapucaí, próximo a Campos do Jordão, o local tem uma infraestrutura capaz de atender 240 participantes e múltiplas opções em lazer e esportes, como ginásio, quadras, teatro, lagos, piscina, discoteca, etc., além da diversificada programação. R$ 1.215 a R$ 1.935. Tel. 3078-9315/ 3078-8211; (21) 3119-5955 (Rio de Janeiro) e (12) 3971-1579 / 3971-1537 (acampamento).

11h às 17h

férias

gastronomia

17h às 23h

O quê? Bar, adega, importadora e restaurante Biesky e Cia. Por quê? A casa, especializada em vinhos, chispes e cervejas artesanais e importadas, também funciona como restaurante de comida italiana. O Filé à parmigiana e a Picanha são duas das especialidades servidas. Seg. a sex.: das 9h às 23h; sáb.: das 11h às 23h. R. Maria Otília, 244, tel. 2671-7221/2671-5556.

O quê? We Design Studio. Por quê? Desenvolve presentes com criatividade e bom gosto. Um exemplo é a coleção de moringas, entre elas as que servem duas e até três pessoas, como o modelo Viagem da foto. Ótima ideia para presentear nessa época do ano, uma vez que é difícil sair do cobertor quentinho, na madrugada, para matar a sede. Confira ainda a linha da We Águas da Phebo, que une o design de objetos, moringas, difusores e portavelas a cinco fragrâncias da marca: Íris, Neroli, Lavanda, Rosas e Citrus. www.wedesignstudio.com.br

23h às 29h

consumo

111

Tradicionalíssimo restaurante japonês da cidade, localizado na Vila Mariana, é conduzido pela família Watanabe desde quando ainda funcionava no Bixiga, há mais de 30 anos. O proprietário e sushiman é Kiyomi Watanabe, mais conhecido pela fiel clientela como seu Kiyomi, que trabalha ao lado do filho, Carlos Watanabe. Entre as especialidades da casa destacam-se os clássicos sushis, sashimis, batayaki, tempurá e sukiyaki. O tirashi zushi (misto de fatias de peixe com ovas e frutos do mar, acompanhados com arroz e servidos em uma caixa de laca), a enguia assada no carvão com molho tare, o omakassê – composto de sushi, sonomono (salada de polvo, camarão, pepino, kani e alga) e chawanmushi (pudim de ovo recheado com cogumelos e camarão) e o filé mignon com molho de gengibre também são outras delícias presentes no cardápio. Não deixe de provar as sopas agora no inverno. Seg. a sex.: das 11h30 às 14h e das 18h às 23h e sáb.: das 18h às 23h. R. Tutoia, 223, tel. 38879148. www.sushi-kiyo.com.br


junho 2011

Aves do Brasil

5h às 11h

moda O quê? Kosii. Por quê? Representante oficial dos óculos das marcas Tom Ford e John Galliano no Brasil, a butique vem chamando a atenção por sua proposta autêntica. A proprietária, Giovanna Parizi, desenvolve peças que reúnem referências de moda e arte. “Tento reunir nas criações o estilo de vida da mulher, a busca pelo belo, a fuga do óbvio e toques de humor”, comenta. O filme Encontros e desencontros, de Sophia Coppola, foi a inspiração para a coleção de inverno, que traz elementos de couro trabalhado. R. Peixoto Gomide, 1789, tel. 3063-3151. www.kosii.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Novo menu executivo do restaurante O Pote do Rei. Por quê? Cardápios mediterrâneos inéditos contemplam Marrocos, Grécia, Espanha, França, Itália e Portugal. Pelo valor de R$ 39, é oferecida, como entrada, uma salada de folhas verdes ao vinagrete de limão siciliano com tomate cereja e crocante de focaccia, duas opções de prato principal e uma sobremesa. Ter. a qui.: das 12h às 15h e das 19h30 à 1h; sex.: das 12h às 15h e das 19h30 às 2h; sáb.: das 12h às 17h e das 19h30 às 2h. R. Joaquim Antunes, 224, tel. 3068-9888. www.opotedorei.com.br

teatro

17h às 23h

O guia Aves do Brasil: Pantanal & Cerrado, lançado pela Wildlife Conservation Society (WCS) e pela editora Horizonte, conta com 1.832 espécies catalogadas. Esse primeiro guia da série tem linguagem simples e formato compacto, com o objetivo de popularizar a observação de aves aqui no país – um dos três países com maior número de espécies de aves do mundo. O livro apresenta 740 espécies de aves do Pantanal e do Cerrado, como a ema e a arara-azulgrande e espécies ainda pouco conhecidas pelos cientistas, como o pica-pau-do-parnaíba e o raríssimo tiê-bicudo. Quase todas as descrições são acompanhadas de ilustrações feitas por Guy Tudor, um dos mais renomados artistas especializados em aves. Simultaneamente à edição brasileira, foi lançada a edição americana, direcionada aos birdwatchers estrangeiros, com objetivo de incentivar o interesse na observação das aves brasileiras. R$ 44 (português) e R$ 79 (inglês). Tel. 3022-5599. www.edhorizonte.com.br

terça, 28

O quê? O monge e o executivo. Por quê? É uma adaptação original do livro que se tornou um dos maiores best-sellers da atualidade, com mais de três milhões de cópias vendidas no Brasil. John Daily é um bem-sucedido executivo que, apesar de ter conquistado muitas coisas importantes na vida, percebe que está fracassando como marido, pai, chefe e líder. De James C. Hunter, direção de Adriano Paixão, com Lia Antunes, Roberto Li Marques, Livia Lisboa e outros. Até 5 de julho, ter.: às 20h30. R$ 60. Teatro Cleyde Yáconis. Av. do Café, 277, tel. 5070-7018.

23h às 29h

gastronomia

112 | 29HORAS | de 29 de maio a 29 de junho de 2011

O quê? Crab Fest na Rede Yoi! Rolls e Temaki. Por quê? O Festival de Caranguejo oferece diversas opções de pratos à base do king crab. Para os fãs de temaki, há três opções: caranguejo japonês (caranguejo japonês com ovas de massagô, cream cheese e limão); siri (carne pura de siri com manga) e o king crab (caranguejo king crab com molho oriental). Dentre os pratos servidos está o California King (kani kama com manga e pepino, empanado no nori). A salada fica por conta da King Crab (king crab, folhas variadas e amêndoas e molho à escolha). Até 30/6. www.loucosportemaki.com.br


quarta, 29

junho 2011

FIPAN

O quê? Credeal. Por quê? Os cadernos, bloco de notas e cadernetas da empresa trazem layout interno com inovador sistema de gestão de tempo, desenvolvido em parceria com a Power Self – empresa especializada no tema –, o que facilita os hábitos de planejamento e reflexão, com foco em prioridades. A linha Flora oferece estampas florais e românticas; a Joy tem design clean e detalhes fosforescentes, e a Conect traz um apelo mais masculino, xadrez, ideal para o escritório. Tel. 0800 704 1366.

5h às 11h

compras

O quê? Dalva Salgados. Por quê? Eis uma boa indicação para quem pretende descer para a região da Riviera e Boraceia, litoral de São Paulo, nas férias: Dona Dalva é especialista em empadinhas feitas com uma massa especial à base de iogurte. O salgado desmancha na boca, sem o efeito seco da “massa podre”. Há vários sabores, que vão dos tradicionais palmito, camarão e frango até mais incrementados, como o de bacalhau. Av. Henrique Arturi, 283, ƒtel. (13) 3312-1332/9796-6374. dalvasalgados@gmail.com

11h às 17h

gastronomia

O quê? Torero Valese. Por quê? É um bar para tapear. O chef Juliano Valese prepara tapas selecionadas e menu degustação, oferecendo experiências únicas aos comensais que desejam se aventurar pelos sabores mediterrâneos. Nas noites de quinta-feira, Juliano cria na frente dos clientes suas novas e antigas criações, como o Salmão defumado ao vinagrete de framboesa e aspargos frescos. Seg. a qui.: das 12h às 15h e das 19h às 24h; sex.: das 12h às 15h e das 19h à 1h30; sáb.: das 12h30 às 16h e das 19h às 24h30; dom.: das 12h30 às 17h. R. Horácio Lafer, 638, tel. 3168-7917.

17h às 23h

gastronomia

O quê? Kia Ora. Por quê? É um dos melhores bares de música ao vivo de São Paulo. Com capacidade para receber até 500 pessoas e equipada com som de alta qualidade, a casa apresenta bandas de pop, rock, r&b, entre outros ritmos, em noites regadas a uma grande variedade de cervejas e chopes importados. No cardápio, pratos e petiscos típicos da Austrália e da Nova Zelândia, países de inspiração para o pub. Ter.: das 18h à 1h30; qua.: das 18h às 3h; qui.: das 18h às 3h30; sex.: das 19h às 4h; sáb.: das 20h às 4h30. R. Dr. Eduardo de Souza Aranha, 377, tel. 3846-8300. www.kiaora.com.br

23h às 29h

balada

113

Durante os dias 19 e 22 de julho, das 13h às 21h, acontecerá no Expocenter Norte a quinta maior feira do setor de panificação e varejo independente de alimentos do mundo, a FIPAN. Responsável pelo lançamento de tecnologias e tendências do setor de panificação e confeitaria, a FIPAN terá 300 expositores com cerca de 450 marcas e estão sendo esperados 56 mil visitantes para os quatro dias de feiras. “Teremos atrações como a 2ª Copa Paulista de Panificação, a Fipan Pizza e o Ciclo de Palestras Técnicas, esse último promovido pela FIESP junto do SINDIPAN-AIPAN-IDPC-SP (Sindicato e Associação dos Industriais de Panificação e Confeitaria de São Paulo e Instituto de Desenvolvimento da Panificação e Confeitaria), entidades promotoras do evento”, diz Antero José Pereira, presidente das entidades. Haverá expositores internacionais e já estão confirmadas participações de 12 empresas francesas que atuam no setor de panificação e 15 de países como China, Turquia, Itália, Colômbia, Portugal, Argentina, México, Espanha, entre outros. A feira terá 36 mil m² de área de exposição e o credenciamento pode ser feito online no site www.fipan.com.br


29 horas com...

Francisco Ventura jr.

Um dos maiores especialistas em óculos de São Paulo, Ventura é responsável pelos óculos de celebridades como Marília (Gabi) Gabriela, Adriane Galisteu e Jô Soares, entre muitos outros. Autor de um livro sobre o assunto – Olhar atento, ed. Senac – ele é também um anfitrião encantador em sua loja dos Jardins, onde recebe os clientes em clima familiar.

5h às 11h “A Gabi me indicou um Pilates ótimo que eu tenho frequentado. É um jeito bom de começar o dia. Em seguida, já vou à Ventura, onde fico até o último cliente.” The Pilates Studio Brasil – R. Oscar Freire, 2.066, tel. 3062-7927.

11h às 17h “Moro nos Jardins, trabalho nos Jardins, minha vida é toda aqui. Por isso, não saio na hora do almoço. Quando tenho pouco tempo, como o sanduíche natural do Pão de Queijo; em dias mais tranquilos, vou ao Zena. Pão de Queijo – R. Haddock Lobo, 1.408, tel. 3088-3087. Zena – R. Peixoto Gomide, 1.901, tel. 3081-2158.

17h às 23h “Gosto de prestigiar amigos atores em peças teatrais. Vou com Deborah, minha mulher, e Felipe, nosso filho. O cinema no Iguatemi também cai bem no final do dia.” Shopping Iguatemi – Av. Brig. Faria Lima, 2.232, tel. 3816-6116.

é para lá que vamos depois de alguma balada com amigos.” Paris 6 – R. Haddock Lobo, 1.240, tel. 3085-1595.

érico hiller

23h às 29h “Como o Paris 6 é ótimo e não fecha, em geral


Existem várias formas de garantir um futuro mais tranquilo. A melhor ainda é investir nele. Ilha Bocas del Toro - Panamá 9°N

Você já parou para pensar no seu futuro? No que pode fazer hoje para aproveitá-lo ainda mais? Com os Planos de Previdência do HSBC, você escolhe o produto ideal para suas necessidades e faz contribuições da maneira mais adequada para você. Converse com um de nossos consultores especializados para saber qual a melhor forma de planejar e garantir uma vida mais tranquila para você e sua família. Acesse hsbcpremier.com.br e agende a visita de um consultor.

HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo | SAC HSBC 0800 729 5977 | SAC e Ouvidoria HSBC Deficientes Auditivos 0800 701 5934 | Ouvidoria do HSBC 0800 701 3904 | hsbc.com.br/ouvidoria HSBC Vida e Previdência (Brasil) S.A. – CNPJ 05.607.427/0001-76. Processos Susep nos 15414.004739/2005-19; 15414.004737/2005-20; 15414.004736/2005-85; 15414.004824/2005-87; 15414.000108/2006-10. O registro deste Plano na Susep não implica, por parte da Autarquia, em incentivo ou recomendação à sua comercialização. Na contratação dos planos poderá haver opção ou não pelo critério de tributação por alíquotas decrescentes (regime regressivo).

revista 29HORAS - ed.20 - junho 2011  

Revista mensal com agenda cultural de Sao Paulo, distribuida no Aeroporto de Congonhas. Capa: Morena Leite, chef de Capim Santo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you