Page 1

31

gandhi

148

programas para todas as horas de todos os dias do mês

muito ricos e aos muito pobres, das grandes cidades aos mais distantes recônditos do país, a mensagem de liderança a serviço do próximo que o grande pacificador legou a todos os povos

De 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011 – distribuição gratuita e exclusiva no embarque de congonhas

29HORAS | 29 de dezembro a 29 de Janeiro de 2011 | joão signorelli

é brasileiro há sete anos o ator João signorellI encarna o mahatma e leva aos

dias tem Janeiro. e a agenda 29horas tem

são paulo zen janeiro é o mês para partir em busca

do sossego perdido. comece pelos quase inacreditáveis spas que a cidade oferece

à moda de Pedro

depois da conquista de paris, pedro lourenço traz a SP seus modos únicos de fazer - e ser - moda


101


ele está na moda Depois da conquista de paris,

FAZ UMA RENTRéE TRIUNFAL E mostra em sp seus modos únicos de fazer -- e ser -- moda

De 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011 – distribuição gratuita e exclusiva no embarque de congonhas

29HORAS | 29 de dezembro a 29 de Janeiro de 2011 | pedro lourenço

PEDRO LOURENÇO

gandhi

é brasileiro há sete anos o ator

João signorellI encarna o mahatma e leva aos muito ricos e aos muito pobres, das grandes cidades aos mais distantes recônditos do país, a mensagem de liderança a serviço do próximo que o grande pacificador legou a todos os povos

são paulo

zen

31

dias tem Janeiro. e a agenda 29horas tem

148

programas para todas as horas de todos os dias do mês

janeiro é o mês para partir em busca do sossego perdido. comece pelos quase inacreditáveis -- e maravilhosos -- spas que a cidade oferece


2 | 29HORAS | 29 de novembro a 29 de dezembro 2009


3


>sumário

de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

>hora H 8

MÚSICA Amy Winehouse faz em janeiro sua primeira turnê pelo Brasil

10

CINEMA Três comédias estreiam este mês e prometem boas gargalhadas

12

CULTURA Os museus podem ser uma ótima opção de passeio na cidade

14

WALKING DISTANCE Conheça os arredores do Parque do Povo

16

ARTE O escultor grego Nicolas Vlavianos celebra seus 50 anos de Brasil com nova obra pública

18

NEGÓCIOS A marca Diletto se espalha pelo Brasil e se prepara para conquistar o exterior

20

TURISMO Redes internacionais inauguram quatro mega resorts na costa brasileira

22

COMIDA Por dentro dos izakayas, botecos japoneses onde é gostoso petiscar

24

COMER, BEBER, VIVER Georges Henri Foz vai às charmosas boulangeries de SP

26

ADEGA Didú Russo diz por que o vinho faz bem à saúde

28

DAS 23H ÀS 29H Conheça a Dorothy Parker, a casa noturna

30

MAIS QUE NÉCESSAIRE Bagagem para as férias de verão

32

HORA LIVRE De Luiz Toledo à mulher amada

34

LOUNGE 29HORAS Quem faz e acontece

38

RIO 29H As novidades do Rio de Janeiro

Agenda 29 horas 64

148 programas para todas as horas do dia

29 horas com... 98

VÉRONIQUE CLAVERIE, diretora da Cartier


5


Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Fabio Sgarbi, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior, Wagner Carelli

>DESTAQUES

Redação (contato@29horas.com.br): Wagner Carelli (diretor); Chantal Brissac (editora-executiva); Brunno Carvalho (editor de arte); Letícia Liñeira e Vanda Fulaneto (repórteres) Colaboradores: Didú Russo, Dorotéia Fragata, Érico Hiller, Georges Henri Foz, Kike Martins da Costa, Luiz Toledo, Maria Cecília Maciel, Simone Galib, Tainá Azeredo, Telma Egle Projetos editorial e gráfico, serviços editoriais: Studio San Floro

42 NOS PASSOS DE GANDHI

Há sete anos, o ator João Signorelli anda pelo Brasil com o monólogo Gandhi, um líder servidor, no qual interpreta o líder indiano que é símbolo mundial da paz

50 PEDRO LOURENÇO ESTÁ NA MODA

Aos 20 anos, o estilista paulistano desfila coleção em Paris, é reverenciado pela crítica especializada e mira no mercado internacional

56 SÃO PAULO É ZEN

Massagens, hidratações, banhos aromáticos e outros mimos de bem-estar para começar o ano com o astral lá em cima

SÓCIOS-DIRETORES Clóvis Cordeiro e Pedro Barbastefano Júnior MARKETING Diretor de marketing: Fabio Sgarbi (fabiosgarbi@meta29.com.br) Coordenador: Rodolfo Torrezan (rodolfo@meta29.com.br) Equipe de marketing: Bárbara Henrille (barbara@meta29.com.br), Larissa Ramos Costa Rezende (larissa@meta29.com.br), Raianny Barbarioli Cunha (raianny@meta29.com.br), Vanessa Cristina de Oliveira (vanessa@meta29.com.br) Equipe de criação: André Yoshikawa, Cesar Valério, Karen Kohatsu, Rose Oseki PUBLICIDADE Diretoria comercial: Fabio Sgarbi (fabiosgarbi@meta29.com.br) e Luiz Carlos Stein (stein@meta29.com.br) Diretora de publicidade: Ana Passoni (anapassoni@meta29.com.br) Equipe comercial: Flávia Moraes (flavia@meta29.com.br), Marcelo Rocha (marcelorocha@meta29.com.br), Marcelo Kuperchmit (marcelok@meta29.com.br), Rafael Bove (rafaelbove@meta29.com.br), Renata Slama (renataslama@meta29.com.br) Clientes diretos: Oswaldo Maffei Jr. (wado@meta29.com.br), Paulo de Tarso Phenee (paulodetarso@29horas.com.br) Projetos especiais: Geraldo Mello Peixoto (gera@meta29.com.br) Rio de Janeiro – Diretora de publicidade – Gisele Evangelista (gisele@meta29.com.br), Executivo de contas – Antonio Carlos Maia Jr. (antoniocarlos@meta29.com.br) e Assistente comercial – Lorena Rocha (lorena@meta29.com.br) Representantes: Brasília – Aloísio Nascimento (dbkn@uol.com.br), Minas Gerais – Moacir Lopes (moacir@yesbh.com.br), Paraná – Rogério Florenzano (florenzano@meta29.com.br), Rio Grande do Sul – Ricardo Rosa (ricardo@printsul.com.br), Santa Catarina – Jean Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br), Pernambuco – Luis Augusto Carvalhaes Norfini (novosrumos@hotlink.com.br) Assistente comercial: Silene Barbieri Ciciliato (silene@meta29.com.br) ADMINISTRAÇÃO Administrativo e financeiro: João Carlos Vendramini (joaocarlos@meta29.com.br) Manutenção e logística de distribuição: Marcelo Mattos (marcelomattos@meta29.com.br) Impressão e acabamento: IBEP Gráfica 29HORAS é uma publicação mensal sob encomenda da Meta 29 Serviços de Marketing Ltda. Editora contratada: San Floro Editoração Gráfica ME Jornalista responsável: Wagner Carelli (MTB 12986) Tiragem: 65.000 exemplares DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários. Meta 29 – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 62 - Jd. Paulista - São Paulo Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676 www.meta29.com.br; www.29horas.com.br, www.29horas.mobi (celular)

29HORAS na rede: twitter.com/revista29horas @revista29horas ERRATA:

Diferentemente do que foi publicado na edição de dezembro de 2010, na pág. 106, a foto que acompanha a nota sobre o Bourbon Cataratas Convention Resort é do hotel Sauípe FUN, na Costa do Sauípe.

A Meta 29, consciente das questões ambientais e sociais utiliza papéis com certificação FSC (Forest Stewardship Council) na impressão deste material. A certificação FSC garante que uma matéria-prima florestal provenha de um manejo considerado social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. Impresso na IBEP Gráfica Ltda. certificada na cadeia de custódia - FSC.


7


divulgação

hora h

música

As tatuagens “old school” de pin-ups nuas, os cabelos enrolados em coques, os olhos bem delineados e o vozeirão de Amy prometem...

8 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011


Todos amam Amy

Com vozeirão de cantora negra e visual extravagante, diva pop britânica faz quatro showzaços pelo país este mês

...agitar o público na Arena Anhembi, no dia 15

A maior cantora de rhythm’n’blues da atualidade faz este mês sua primeira turnê pelo Brasil, com shows em Florianópolis (dia 8), Recife (11), Rio de Janeiro (13) e São Paulo (15), na Arena Anhembi, com ingressos entre R$ 200 e R$ 500. Ela não é uma matrona negra norte-americana, mas uma jovem branca de 27 anos, nascida em um subúrbio ao norte de Londres e filha de um taxista judeu e uma farmacêutica. Amy Winehouse cresceu ouvindo em uma jukebox as divas do soul da gravadora Motown e grandes damas do jazz, como Sarah Vaughan e Dinah Washington. Desde a adolescência chafurda na bebida e nas drogas como Billie Holiday. Como resultado desse background, revelou-se há sete anos uma grata surpresa da cena musical britânica e conquistou quatro Brit Awards, quatro Astronautas de Prata da MTV e cinco Grammys. Amy tem apenas dois álbuns lançados – Frank (2003) e Back to black (2006) –, mas é respeitada pelas canções que expõem dramas pessoais com rara sinceridade e pelo estilo de vida de quem não busca desesperadamente a fama, mas foge dela para ter um pouco de privacidade, cantar e amar em paz. Os paparazzi adoram ficar em sua cola. Ela sempre rende material para os tablóides: as bebedeiras, as brigas em público e seu casamento com um viciado em crack são um prato cheio para os fofoqueiros de plantão. Seu hit é a confessional Rehab. E de rehab ela entende. Mesmo com esse pandemônio particular, mantém um trabalho consistente e de alta qualidade. Os melódicos arranjos retrô e os vocais potentes compõem um estilo único. Seu visual mistura tatuagens “old school” de pinups nuas, roupas pós-punk, uma longa cabeleira negra enrolada em coques, uma pinta no rosto, uma boca bem desenhada com batom vermelho e o delineador que cria um exagerado olhar de Cleópatra. Não existe outra igual. Ame-a ou deixe-a em paz. –Kike Martins da Costa

9


cinema

2011 rindo

Ano novo, humor renovado. Aproveite esse alto astral e vá ao cinema dar boas risadas. Três comédias estão entre as principais produções de janeiro Quem chega primeiro é a nacional De pernas pro ar, com Ingrid Guimarães no papel de uma executiva workaholic que, após perder o emprego e o marido no mesmo dia, se associa à sua vizinha (interpretada por Maria Paula) para administrar uma sex shop falida. Dirigida por Roberto Santucci (de Bellini e a esfinge), essa comédia de erros trata com leveza e bom humor os dilemas das mulheres modernas. O elenco traz também Bruno Garcia e os veteranos Antonio Pedro e Cristina Pereira. Dia 7 chega ao circuito o terceiro episódio da

10 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Jack Black no papel de Lemuel Gulliver, em versão 3D

Ben Stiller e Robert De Niro entram numa fria pela terceira vez

comediante Jack Black (de Escola do rock e Rebobine, por favor) interpreta o jornalista Lemuel Gulliver, especialista em reportagens sobre turismo que viaja para uma ilha caribenha, mas é tragado pelo mar no Triângulo das Bermudas e vai parar na distante Liliput, uma terra habitada por pessoas minúsculas. Boa

praça, Gulliver se enturma e apronta todas, botando os pequeninos para jogar pebolim, para massagear seu corpo rechonchudo e para tocar rock em um palquinho em forma de caixa, como se estivessem dentro de uma TV. O filme ainda parodia filmes como Star wars e Transformers. –K.M.C.

fotos divulgação

Para iniciar

impagável cinessérie Entrando numa fria, estrelada por Ben Stiller, Robert De Niro, Barbra Streisand, Dustin Hoffman e Teri Polo. Agora, em Entrando numa fria maior ainda com a família, o atrapalhado enfermeiro Greg Fornika tenta mostrar ao seu sogro durão, o exagente da CIA Jack Byrnes, que pode ser um chefe de família responsável. Para incrementar a trama, a família ganha dois novos integrantes, os pequenos Henry e Samantha, os filhos de Greg e Pam – ele um menino dócil e sensível; ela, uma garotinha que gosta de “coisas de macho”, como carros e esportes. As gargalhadas vêm das cenas em que Stiller e De Niro reproduzem de maneira hilariante e absurda a tensão de filmes como Tubarão – em uma piscina de bolinhas repleta de crianças – ou o drama de sagas familiares como O poderoso chefão. Para completar, juntam-se ao elenco a sensual Jessica Alba, o bonitão Owen Wilson e o esquisitão Harvey Keitel. Imperdível! Por fim, dia 14 é a vez de As viagens de Gulliver, uma versão amalucada do clássico de Jonathan Swift. Nesta versão com incríveis efeitos visuais em 3D, o


27


cultura

Férias históricas

Confira um roteiro que inclui os principais museus da cidade e aproveite este mês para mergulhar em histórias incríveis antes de voltar ao batente um gerador de energia estática. Lá, até o dia 25 de janeiro, é possível conhecer a riqueza da biodiversidade brasileira e entender como os cientistas Charles Darwin e Alfred Wallace formularam suas teorias de evolução por seleção natural na exposição Evolução e natureza tropical, que reúne tartarugas e iguanas das Ilhas Galápagos em resina e instrumentos científicos, como microscópio e barômetro. No Museu Afro Brasil, localizado dentro do parque do Ibirapuera – outro passeio incrível – com acervo com mais de cinco mil obras, a mostra fotográfica São Paulo, terra, alma e memória, em cartaz até o 27 de fevereiro, presta homenagem à nossa cidade e relembra alguns dos principais nomes que fizeram história, como Carmen Miranda e Adoniran Barbosa. Para quem adora fotografia, a World Photography São Paulo é imperdível. Além de

12 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Imagem de Nossa Senhora das Dores, no Museu de Arte Sacra

Fachada do Catavento Cultural, no Palácio das Indústrias

apreciar belíssimos cliques, a mostra que fica em cartaz no MIS a partir do dia 25 permite interagir com alguns dos mais renomados fotógrafos em palestras e workshops. Um dos poetas mais conhecidos no mundo tem um espaço reservado

no Museu da Língua Portuguesa até o dia 30 de janeiro. A exposição Fernando Pessoa, plural como o universo é como um labirinto que permite transitar entre as vozes e os diferentes estilos de escrita de seus personagens e heterônimos – Alberto

fotos divulgação

Em janeiro, temos a sensação de que um sossego momentâneo se instala na cidade: menos carros nas ruas, menos filas, menos barulho, menos pessoas circulando por aí... E é a pura verdade. Este é o momento mais propício para explorar São Paulo e conhecer lugares que, normalmente, deixamos de lado por causa do burburinho e da correria. Como os museus, acervos recheados de história que podem ampliar seu conhecimento e dar um upgrade na rotina de paulistanos e visitantes de todos os cantos do país. O Catavento Cultural, conhecido também como Espaço Cultural da Ciência, está instalado no Palácio das Indústrias – antiga sede da Prefeitura de São Paulo – no centro da cidade. É um espaço repleto de atrações interativas ligadas à Ciência, Artes, História e Geografia, onde painéis e maquetes permitem observar os planetas do sistema solar e arrepiar os cabelos com


Fernando Pessoa, plural como o universo fica em cartaz no Museu da Língua Portuguesa até o dia 30

Caeiro, Álvaro de Campos e Ricardo Reis. Voltado para arte religiosa, o Museu de Arte Sacra abre seu espaço para a exposição Aleijadinho; arte e fé brasileira – Ofício divino, que conta com uma seleção de peças da coleção de Renato de Almeida Whitaker com 51 esculturas do mestre barroco Antonio Francisco Lisboa, popularmente conhecido como Aleijadinho, além de imagens e símbolos católicos dos diferentes períodos de criação do artista e dez obras inéditas, como a de Francisco de

Assis, de 6 cm, e uma de Sant’Anna Mestra, de 28 cm – quatro réplicas em resina também ficam expostas para que os deficientes visuais possam tocá-las. No Paço das Artes, centro de arte contemporânea que há 40 anos ocupa um espaço na entrada do campus da USP, fica em cartaz a partir do dia 25 o Zonas de contato, projeto que propõe uma aproximação maior entre artistas veteranos e jovens artistas por meio de uma linguagem de trabalho que possa unir as diferentes gerações e que nesta

segunda edição conta com os artistas Analivia Cordeiro e João Penoni. A Pinacoteca do Estado traz a exposição Desenhar no espaço: Artistas abstratos da Venezuela e do Brasil, que integra parte da coleção Cisneros de Arte Latino-americana e fica até 30 de janeiro com cerca de 80 obras produzidas por brasileiros e venezuelanos entre 1940 e 1990, como Hércules Barsotti, Mira Schendel, Hélio Oiticica, Judith Lauand, Alejandro Otero, Jesus Soto e Gertrud Goldschmidt. –Letícia Liñeira

Catavento Cultural – Pça. Cívica Ulisses Guimarães, s/n˚, tel. 3315-0051. www.cataventocultural.org.br Museu Afro Brasil – Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, tel. 5579-0593. www.museuafrobrasil.org.br MIS – Av. Europa, 158, tel. 21174777. www.mis-sp.org.br Museu da Língua Portuguesa – Pça da Luz, s/n˚, tel. 3326-0775. Museu de Arte Sacra – Av. Tiradentes, 676, tel. 3326-3336. www.museuartesacra.org.br Paço das Artes – Av. da Universidade, 1, tel. 3814-4832. www.pacodasartes.org.br Pinacoteca do Estado – Pça. da Luz, nº 2, tel. 3324-1000. www.pinacoteca.org.br

13


walking distance

Passeio no

parque

No verão, as áreas verdes são sempre muito bem-vindas para curtir em família. É o caso do Parque do Povo, inaugurado há dois anos entre as avenidas Cidade Jardim, Nações Unidas e Presidente Juscelino Kubitschek. Com quadras, trilhas, pistas de corrida e de ciclismo, brinquedos e uma academia para a terceira idade, ele fica pertinho de endereços imperdíveis nas áreas de gastronomia e cultura. Por Letícia Liñeira Empório Santa Maria Lá é possível encontrar de tudo um pouco: rotisserie, padaria, sushi bar, café e adega, além do supermercado bem sortido, com mais de 15 mil itens. Aberto em 1993, é uma sofisticada opção para quem quer comprar delícias nacionais e internacionais. Os sorvetes são a melhor opção para encarar o calor. São 17 refrescantes sabores, como o de açaí, cookies e nata, cupuaçu, doce de leite, limão, paçoca e pistache. Seg. a sáb.: das 8h às 23h e dom.: das 8h às 21h. Av. Cidade Jardim, 790, tel. 3706-5211. www.emporiosantamaria.com.br

8 min.

45 min. 5 min.

Galeria Choque Cultural Essa não é uma simples galeria, com o único propósito de comercializar grandes obras. A preocupação em aproximar o jovem do universo das artes plásticas é o seu principal foco. Por lá mais de 200 artistas brasileiros expuseram seus trabalhos, desde quando foi inaugurada em 2003. A partir deste mês a galeria recebe os artistas Adam Wallacavage, escultor e fotógrafo representante do pop surrealismo norte-americano, que mostra, em grande parte dos seus trabalhos, a influência que o oceano e as velhas igrejas exercem sobre ele, e Rafael Silveira, com seus trabalhos a óleo influenciados pelas revistas das décadas de 50 e 60, além do rock e do jazz. Ter. a sáb.: das 12h às 19h. R. João Moura, 997 e 1001, tel. 3061-4051. www.choquecultural.com.br

14 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Sweet Pimenta Esse restaurante, que tem outras quatro unidades na cidade, mantém o mesmo charme há 20 anos. O cardápio variado inclui pratos como o paillard de mignon recheado com queijo brie e o robalo com banana, além das famosas esculturas em chocolate e outras deliciosas sobremesas. Seg. a sex.: das 10h às 19h e sáb.: das 10h às 17h. R. Dr. Mario Ferraz, 577, tel. 3168-3479. www.sweetpimenta.com.br

fotos divulgação

Parque do Povo Seg. a dom.: das 7h às 19h. Av. Henrique Chamma, 590.


15


arte

Mestre do aço

O escultor grego Nicolas Vlavianos celebra 50 anos de trabalho no Brasil com mais uma de suas obras públicas na cidade Nacional. Nicolas Vlavianos tornouse igualmente um dos grandes nomes da escultura em espaços públicos, em São Paulo. A primeira foi Progresso, de 1973, que migrou da locação original, na rua 24 de Maio, para o Largo do Arouche. Depois veio Nuvens sobre a cidade, de 1978, para a Praça da Sé, e Homem pássaro para o Parque da Luz, em 1985. Sua obra pública mais recente, Ascensão, é uma das maiores que já fez. Está na Marginal Pinheiros, próxima à ponte Estaiada. Trata-se de uma obra de linhas diagonais e simples, que se contrapõem às linhas verticais dos prédios. Foi uma peça feita rapidamente – cerca de dois meses – e mede 10 m de altura por 5 m de largura, toda em aço inox, com a parte baixa em chapa de ½ polegada e as hastes de ¾ polegadas. “O aço inoxidável é um elemento que proporciona

16 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Rascunho da escultura Astronauta, de 1975

variações visuais durante o dia e a noite, pela incidência da luminosidade e das diferentes variações climáticas”, explica. A escultura nem sempre esteve presente na vida de Vlavianos, que chegou a cursar Direito, mas abandonou o curso para dedicar-se à arte. “Eu fazia pintura antes, quando ainda era adolescente, mas quando fui estudar em Paris fiquei fora de eixo, pois todo mundo fazia pintura abstrata e eu não conseguia acompanhar. Fiz amizade com uma uruguaia, que me convidou para conhecer o ateliê onde ela fazia peças com ferro soldado. Fui lá e gostei”. Desde 1969 ele dá aulas de Expressão Tridimensional na FAAP

– onde sua mulher, a artista plástica argentina Teresa Nazar (que morreu em 2001), também foi professora – e explica a evolução do processo de esculpir. “Durante séculos a pessoa esculpia o mármore, a madeira ou fundia no calor. Com a industrialização, a maneira de construir mudou e nós, escultores, aproveitamos as técnicas de ferro batido, de solda e de prensar. De 1920 em diante começamos a construir não somente com materiais nobres, como o ferro e o bronze, mas também com madeira, papel e arame”. A inventividade na arte sempre soube superar a falta de materiais, ele diz: “Hoje não faço mais escultura esculpida, faço

fotos divulgação

Ele deixou Atenas aos 27 anos, em 1956, e partiu rumo a Paris para fazer carreira como artista plástico. Desembarcou no Brasil em 1961 para participar da 6ª Bienal de São Paulo, ficou, e seu nome passou a figurar entre os mais influentes no universo das artes. “Foi uma jornada muito longa. Comecei a fazer trabalhos grandes, trabalhos públicos. É uma vida de muitas realizações”. Até hoje foram inúmeros trabalhos produzidos, prêmios conquistados, mostras retrospectivas, entre os quais o 2˚ Prêmio de Escultura do 1˚ Salão Esso de Artistas Jovens, no MAM do Rio de Janeiro, em 1965; a restrospectiva de seus 35 anos de trabalho, em 1993 no MASP; uma exposição na Kouros Gallery, em Nova York, em 1999, e a recente mostra de alguns de seus principais trabalhos, em novembro, no espaço da Caixa Cultural do Conjunto


rômulo fialdini

Vlavianos: longa jornada

Ascensão, recém-inaugurada na Marginal Pinheiros: falta o hábito da obra pública em São Paulo

escultura construída, dobrada na indústria com máquinas enormes”. A gestão cultural do país desanima o artista. “São Paulo é uma cidade que não tem muitas obras públicas. Nos Estados Unidos, qualquer universidade tem um jardim com uma porção delas. No México, é impressionante o número de esculturas nas ruas. Aqui ainda não temos esse hábito”. Para ele, são problemas difíceis de resolver porque dependem de mudança de padrões e não se dá continuidade a projetos. “Os programas culturais deveriam funcionar independentemente de quem têm à frente, seria uma política inteligente para todos os tipos de expressão plástica e artística, como o teatro e a música. Seriam programas contínuos, de longo prazo”, diz esse artista apaixonado pela cidade que adotou. “São Paulo é muito excitante, e realmente nos provoca”. –L.L.

17


negócios

picolé gourmet

MARCA DILETTO, QUE SURGIU HÁ APENAS DOIS ANOS, CHEGA A 13 ESTADOS DO PAÍS E SE PREPARA PARA CONQUISTAR A AUSTRÁLIA E A INGLATERRA

O urso é o símbolo da marca

expansão: no começo de 2010, esses sorvetes só eram encontrados em algumas dezenas de restaurantes e delicatessens; em dezembro, o total de pontos de venda superou a casa dos 800. Somente no mês de novembro, a marca vendeu mais picolés do que ao longo do ano todo de 2009! “Quando montei a Diletto, imaginava que só depois de muitos anos de trabalho iríamos chegar aonde estamos hoje”, confessa o jovem empresário Leandro Scabin, que em 2006 largou a importadora de produtos para pet shop que administrava para mergulhar no universo dos picolés. É que os sorvetes são uma tradição na família – seu avô, Vittorio Scabin,

18 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Leandro Scabin no quiosque da Diletto no shopping Cidade Jardim

tinha uma sorveteria na cidadezinha italiana de Sappada, na província do Vêneto (quase na fronteira com a Áustria), e Leandro quis recuperar esse legado. No entanto, de cara viu

que muitos dos processos ancestrais não poderiam ser reproduzidos, afinal, em vez de gelo, seu avô usava neve recolhida nas montanhas... Mas ele queria arranjar um jeito de adaptar

SORVETERIA ARGENTINA DESEMBARCA NO BRASIL A rede de sorveterias Freddo, muito popular entre os turistas brasileiros que viajam a Buenos Aires, acaba de inaugurar sua primeira filial em terras tupiniquins. No dia 18 de dezembro, abriu uma loja em Brasília, no shopping Iguatemi. Os argentinos anunciam que nos próximos meses vão chegar a São Paulo, onde pretendem instalar dois pontos de venda. Para 2012, a ideia é inaugurar mais um endereço, desta vez no Rio de Janeiro. O carro-chefe da sorveteria são os sabores à base de doce de leite.

fotos divulgação

No verão passado, São Paulo foi invadida pelas lojas e quiosques de frozen yogurt. Este ano, quem parece ter se multiplicado são as geladeiras dos picolés gourmet da Diletto. Os números da marca, lançada no Réveillon de 2008 para 2009, impressionam e comprovam essa incrível


“Quando montei a Diletto, imaginava que só depois de muitos anos de trabalho iríamos chegar aonde estamos hoje” Os picolés são uma adaptação brasileira de uma antiga receita familiar italiana

as receitas à realidade brasileira. Mudou-se então para a Itália e, durante dois anos, desenvolveu em parceria com Cristiano Ferrero (dono do império de indústrias alimentícias que fabrica, entre outros, os bombons Ferrero Rocher) uma fórmula que resultasse em picolés premium, feitos com matérias-primas de primeiríssima qualidade. Depois de muito trabalho, chegaram ao segredo do Diletto – o nome dos sorvetes que o nonno Vittorio vendia no século passado na sua extinta sorveteria e no caminhão que servia de balcão ambulante. Em fevereiro, será inaugurada uma fábrica

maior com 50 funcionários em Cotia, para dar conta da crescente demanda. Além de se popularizar em São Paulo, os picolés já são comercializados em outros 12 estados. Ainda neste primeiro trimestre, será exportado o primeiro lote para a Austrália, onde a marca está abrindo seis pequenos pontos de venda. No Brasil, a Diletto tem oito quiosques e se prepara para montar sua primeira sorveteria, com abertura prevista para março. A partir de junho, até os britânicos poderão provar essas delícias made in Brasil: durante o verão londrino, a marca terá um corner na elegante loja de departamentos Harrods.

Esse sucesso todo se deve a uma série de fatores. Um deles é preço de R$ 6 para cada picolé, um valor bem razoável se considerarmos que os produtos da Diletto são elaborados com matériasprimas importadas. O pistache vem da famosa região do Bronte, aos pés do vulcão Etna, as favas de baunilha são trazidas de Madagascar, as framboesas orgânicas chegam diretamente da Patagônia e as avelãs do sabor gianduia são colhidas no Piemonte. Quer mais? O gelato de chocolate é feito a partir de um blend de frutos de cacau originários da Venezuela, da Costa do Marfim, da

República Dominicana e de Java, enquanto o sorbet de chocolate é feito com matéria-prima de origem controlada, com chocolate 70% vindo do Togo. Para completar, tudo é edulcorado com açúcar de beterraba italiano, o que resulta em uma massa menos doce e de sabor mais delicado. Por fim, a Diletto lançou também neste verão seu sorvete de massa, que é usado na elaboração de sobremesas em sofisticados hotéis, lanchonetes e restaurantes paulistanos como P.J. Clarke’s, Due Cuochi, A Bela Sintra, Varanda Grill, Pomodori, Lanchonete da Cidade e The Fiftie’s. –K.M.C.

19


turismo

Relax, sol e sal Redes hoteleiras internacionais inauguram quatro mega resorts na costa brasileira

Dom Pedro Laguna, construído sobre uma lagoa de 15 mil m2

Vila Galé Cumbuco Depois de descobrir o Brasil em Porto Seguro, os portugueses agora conquistam o Ceará. O gigantesco complexo Vila Galé, inaugurado no final de outubro a 41 km a oeste de Fortaleza, tem 465 apartamentos e alguns chalés mais exclusivos encravados entre as dunas e a praia de Cumbuco,

O Grand Palladium Imbassaí oferece piscina com quatro jacuzzis

20 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

muito frequentada pelos praticantes do kite surf. O resort opera num cômodo sistema all-inclusive e tem um muito bem equipado spa da rede Satsanga com massagens, terapias relaxantes e outros mimos que deixarão bem zen os frequentadores mais estressados. Depois é só se refrescar na enorme piscina de 2.200 m2 de águas

cristalinas ou amarrar seu jegue na sombra do bar molhado para apreciar uma caipirinha de caju. As diárias são a partir de R$ 500. www.vilagale.com.br Dom Pedro Laguna A primeira fase do megaempreendimento português na cidade de Aquiraz, a 35 km a leste

Complexo Vila Galé Cumbuco, com piscina de 2.200 m2

fotos divulgação

Neste verão, quatro novos resorts abrem suas portas no litoral brasileiro e ampliam as opções para quem quer – e precisa – curtir uma despreocupada e gostosa temporada de dolce far niente. As novidades brotaram nas areias de Búzios, do norte da Bahia e das proximidades de Fortaleza. A propósito, os dois empreendimentos localizados no Ceará são os primeiros resorts do Estado. Escolha o seu destino, compre um bom protetor solar e boa viagem!


de Fortaleza, foi toda construída sobre uma lagoa de 15 mil m2. O hotel tem 64 apartamentos standard e 38 bangalôs que têm acesso diretamente pelos canais inspirados na cidade de Veneza. Os hóspedes podem ser levados à praia da Marambaia, às piscinas ou ao restaurante em minibarcos ou carros elétricos. No Beach Club, uma espécie de lounge à beira-mar, há grandes espreguiçadeiras cobertas por macias almofadas. Aproveite o sossego, pois no futuro o complexo vai incorporar um shopping center, um condomínio residencial, um campo de golfe e outros sete hotéis. Neste momento, as diárias começam em R$ 660. www.dompedro.com Grand Palladium Imbassaí Este é o primeiro empreendimento no Brasil do grupo espanhol Fiesta Hotel Group. Construído na paradisíaca praia de Imbassaí, tem 654 quartos e opera no sistema allinclusive. Além de esportes náuticos, oferece uma enorme piscina com quatro jacuzzis em anexo. Para quem gosta de variar na hora das refeições, há um restaurante especializado em pratos indianos, outro em comida japonesa e um terceiro dedicado à culinária brasileira, inclusive um bom churrasco. Se quiser perder os quilinhos

adquiridos, vá à academia ou ao spa fazer uma sauna ou uma massagem modeladora. O Grand Palladium fica a 45 minutos de carro de Salvador, pela Linha

verão do Breezes Búzios, que tem dez bangalôs, 314 apartamentos e projeto arquitetônico assinado por Philip Bodgal, famoso por desenhar empreendimentos na Flórida (para o grupo

comodidades de um hotel estrelado. As construções em tons de terracota ficam bem próximas à praia de Tucuns, a poucos minutos do centrinho de Armação de Búzios. Há 38 atividades

euRicO max é Ousada e diveRtida. euRicO max é mOdeRna e exclusiva. euRicO max é O seu númeRO!

calçados femininos do nº 40 ao 43 • masculinos até o nº 48

Rua OscaR FReiRe, 550 | JaRdins sãO PaulO | sP | FOne: 1 1 3061-3050 www.euRicOmax.cOm.bR Verde, logo após a Praia do Forte. As diárias neste verão começam na casa dos R$ 340. www.grandpalladium.com.br Breezes Búzios Inaugurado em maio pelo grupo jamaicano Super Clubs, este será o primeiro

Disney) e nas Bahamas. Aqui ele recriou a atmosfera da famosa rua das Pedras, charmosa viela eternizada por Brigitte Bardot nos anos 60, misturando um pouco da tranquilidade das aldeias de pescadores à sofisticação da Riviera Francesa e às

para os hóspedes, até mesmo uma pista de skate projetada pelo campeão mundial Sandro Dias, o Mineirinho. O hotel também opera no sistema all-inclusive e as diárias são a partir de R$ 350. www.breezesbuzios.com.br –K.M.C.

21


comida

Banzai! Estão chegando os

izakayas

A nova onda é petiscar e tomar saquê em botecos japoneses, que começam a aparecer na cidade Hoje já existe um izakaya em plena alameda Lorena e, nas próximas semanas, um outro abre as portas na badalada rua Mário Ferraz, no Itaim. Tá tudo dominado! O pioneiro dessa mania foi o Izakaya Issa, na rua Barão de Iguape, no coração da Liberdade. Tocado pela simpática dona Margarida Haraguchi, mulher do chef do conceituado restaurante Miyabi (que funciona no Top Center, na avenida Paulista), o Issa tornou a aventura rumo aos izakayas uma tarefa menos complicada. O carro-chefe da casa é o bolinho de polvo (takoyaki), preparado à vista dos clientes. O ambiente é simples e não há muitas variedades de saquê, porém os otoshis (entradinhas servidas em miniporções) são simplesmente divinos e fazem os frequentadores soltarem gemidos de

22 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Saquês do Itigo Sake House

prazer. Os preços são acessíveis, mas o ideal é ir até lá em um grupo de quatro pessoas, para poder compartilhar todas as especialidades da cozinha e, ao final, pagar uma conta mais baratinha. O sucesso do Issa estimulou a empresária

Ana Kanamura a abrir um bar nesses mesmos moldes no sofisticado quadrilátero dos Jardins. Assim surgiu o Itigo (garrafinha, em japonês), inaugurado em setembro. Aqui sim há uma grande diversidade de saquês, com variedades mais secas, mais suaves,

ITIGO OFERECE SAQUÊ ESPUMANTE PARA O VERÃO Com essa popularização do hábito de tomar saquê, o

Itigo Sake House decidiu importar uma variedade espuman-

te para que os paulistanos possam celebrar o verão e o Réveillon com uma bebida original e um toque oriental. O Dassai Hapou Nigori, elaborado com um método de fermentação semelhante ao do champanhe, está sendo vendido em garrafas de 720 ml a R$ 192,50 e também é ideal para o preparo de coquetéis. Mas corra porque apenas um pequeno lote foi trazido do Japão.

fotos divulgação

Primeiro foram os sushis e sashimis que saíram do gueto na Liberdade e, tal qual um tsunami, inundaram os quatro cantos de São Paulo. A invasão foi tamanha que hoje existem mais restaurantes japoneses do que churrascarias na capital paulista. Depois o bairro oriental expeliu yakissobas, udons e lamens como rios de lava saindo de um vulcão, e hoje essas variedades de macarrão podem ser encontradas em qualquer esquina da cidade. A mais atual mania é a dos izakayas, ou botecos japoneses, pequenas biroscas especializadas no preparo de petiscos e na venda de saquê. Até o ano passado, se você quisesse conhecer um legítimo izakaya, tinha que saber ler japonês e precisava se esgueirar pelas travessinhas mais escuras e suspeitas da Liberdade.


Mexilhões marinados do Izakaya Issa

Ana Kanamura, dona do Itigo

Ceviche sobre rodelas de batata doce

Takoyaki: bolinho de polvo do Izakaya Issa

mais baratas, mais caras, mais fortes e mais fracas. Elas são classificadas de acordo com seu nível de “secura”, com base na pureza do amido do arroz utilizado na fermentação e também pelo teor alcoólico. Há uma sommelier explicando as qualidades de cada tipo de bebida, e um bartender que prepara incríveis coquetéis à base de saquê ou de shochu (destilado japonês feito com batata, arroz ou trigo). Na cozinha do Itigo, o jovem chef Fábio Okamoto elabora petiscos como o ceviche servido sobre rodelas de batata doce, os delicados rolinhos natsumaki recheados com camarão e ervas

grande terraço, os clientes poderão beliscar petiscos e bebericar drinques de saquê, enquanto no andar superior, num balcão para poucos felizardos, toda noite Kanashiro executará pessoalmente algumas delícias de seu vasto repertório gastronômico. Quem já conhece o talento do chef, que comandou a cozinha de restaurantes como o By Aoyama e o Kinu (do hotel Grand Hyatt), sabe que vale a pena qualquer esforço para conseguir um lugar nesse balcão. Kampai! –K.M.C.

e o okonomiyaki, uma especialidade onipresente em todos os izakayas: parece uma omelete com frutos do mar e verduras, mas o que o distingue é a cobertura de finíssimas lascas de peixe desidratado que, de tão leves, se movem com o calor que reverbera do prato. Parece uma comida que chega “viva” à mesa. Por fim, o izakaya que está para ocupar o imóvel onde até pouco tempo funcionava o bar Le Roi, na rua Mário Ferraz, é uma sociedade entre o empresário Daniel Sahagoff (dono do restaurante Cantaloup) e o consagrado chef Adriano Kanashiro. No andar de baixo e no

Izakaya Issa – R. Barão de Iguape, 89, tel. 3208-8819. Itigo Sake House – Al. Lorena, 871, tel. 3062-7875.

23


comer, beber, viver por georges henri foz

Vai um croissant aí? Não é necessário ser descendente de gaulês para se deleitar em um café da manhã com baguetes crocantes e croissants que se desenrolam quando puxados pelas pontas necessário ser descendente de gaulês para se deleitar frente a um café da manhã com direito a baguetes crocantes e croissants que se desenrolam quando puxados pelas pontas. Por isso vou tentar resumir os poucos lugares, dentro da nossa megacidade, que merecem a nomenclatura “boulangerie”. A definição fundamental de boulangerie é aquela que pressupõe pães e viennoiserie de alta qualidade. A viennoiserie abrange os croissants amanteigados, que devem ser crocantes por fora e que derretem na boca; os pains au chocolat, aquele folhado enrolado e levíssimo com uma barra de chocolate de qualidade por dentro; os brioches; e outros itens menos conhecidos por aqui. Os pães devem incluir desde uma baguete crocante ao morder, mas que se rasga com facilidade, até uma banette ou uma ficelle, ambas com casca mais próxima

24 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

do nosso pão italiano. E até um pão de sete grãos com composição equilibrada e fermentação perfeita, a ponto de deixar este alimento tão rico em ingredientes com uma leveza sutil. Em São Paulo, os dois templos desta arte são Le Fournil, no Sofitel, e a Douce France, na alameda Jaú. Le Fournil, não por acaso, foi criado pelo próprio Sofitel, que é uma escola referência, no mundo todo, nesta arte. Não é à toa que em qualquer lugar do mundo os hotéis Sofitel têm como diferencial seus cafés da manhã. Toda

Interior da Douce France

Croissants da Marie Madeleine

viennoiserie e boulangerie ali é implacável. Imagine quando acompanhada de manteigas e geleias de alta qualidade. Portanto, faz sentido eu citar a premiadíssima Douce France como um desses templos. Seu proprietário, Fabrice Le Nud, chegou ao Brasil trazido pelo grupo Sofitel

fotos divulgação

Pois é: janeiro de 2011. Mas ainda assim, janeiro. Aquele mês atípico na nossa cidade e assunto da minha coluna há exatamente 12 edições. Na ocasião, citei o lado bom de não tirar férias junto com a maioria das pessoas. Isto porque, contrariamente ao resto do ano, é o momento em que podemos desfrutar de uma cidade mais tranquila, e onde de repente reaparecem paisagens e ângulos que o caos urbano normalmente não nos deixa apreciar. E, para quem faz questão de enxergar a metade cheia do copo, é inegável que durante este mês os protocolos são mais flexíveis. Ou seja, é o momento certo do ano para se dar o tempo de aproveitar os prazeres que pedem um determinado timing. A primeira coisa que me vem à cabeça (e ao paladar) quando baixa um pouco a pressão dos horários é poder curtir um verdadeiro “petit dejeuner”. Acredito que não é


Mil Folhas da Le Fournil

com a missão de montar esta área. Missão dada, missão cumprida. Seu lado empresário o fez montar o Matriz na Jaú, e mais tarde a filial no Morumbi Shopping. Aliás, ele foi além. Na alameda Jaú, montou uma verdadeira casa de chá, oferecendo não só boulangerie e viennoiserie, como também se esmerou no lado patisserie (são os melhores doces da cidade, experimente o incrível mil folhas montado na hora) e uma “sorbetaria”: tudo de bom! Nesses lugares vale a pena fazer um pitstop para uma larica imediata, ou para embrulhar algumas dessas delícias e consumir em casa numa daquelas atitudes que colaboram para o bem-estar de qualquer relacionamento. Já em outro estágio, mas ainda assim com certa competência, existem outros três lugares que merecem ser citados: o Marie Madeleine, que está mais para boutique gourmet e que desfruta da consultoria do famoso Jean Clémant, eleito o melhor boulanger de Paris em 2009; a boulangerie/ patisserie do Le Vin, situado

em frente ao restaurante que lhe deu nome, na Alameda Tietê, que trabalha bem nos mini doces; e, finalmente, o Le Patissier, tocado pelo Roberto Strongoli, com sede na Granja Viana e filhal no Shopping Villa Lobos. Esse se destaca por dois pães excelentes, ficelle e o 7 grãos: IMPERDÍVEIS! Conclusão, são poucos os lugares citados, mas a verdade é que definitivamente não é para qualquer um – tanto é que, seja em Paris ou em Nova York, o melhor croissant e o melhor pão da cidade provocam filas de virar o quarteirão. Ainda bem que janeiro tem hora pra acabar, porque se tivéssemos tempo para curtir esses cafés da manhã o ano inteiro, teríamos que enfrentar outro tipo de problemas. Aproveitem! georges@29horas.com Douce France – Al. Jaú, 554, tel. 3262-3542. Le Fournil – R. Sena Madureira, 1355, tel. 3201-0888. Le Patissier Boulangerie – R. José Felix Oliveira, 820, tel. 4612-0972. Marie Madeleine Boutique Gourmet – R. Afonso Bráz, 511, tel. 3045-4972.

25


adega por Didú Russo

Um brinde à saúde! Parece mesmo que nenhuma bebida faz tão bem à saúde quanto o vinho. Afinal, são mais de dois mil estudos científicos que comprovam os benefícios dessa bebida

lhe confere a cor e todas essas substâncias de nomes pouco conhecido dos leigos e que tanto contribuem para o nosso bem-estar. Termos esquisitos e desconhecidos de nós como resveratrol, quercitina, flavonóides, ácidos fólicos, polifenóis, estatinas, entre outros, são responsáveis por reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL), ajudam a combater a depressão, a anemia, reduzem riscos de Alzheimer, de demência, funcionam contra o diabetes tipo 1 e 2, além de serem anti-oxidantes, antiinfecciosos e retardarem o envelhecimento combatendo os radicais livres! Em recente pesquisa, o resveratrol mostrouse muito eficiente em desativar a proteína NF Kappa B de importância majoritária na iniciação do câncer, como nos explica o Dr. Antonio Carlos do Nascimento em seu livro Vinho: saúde e longevidade.

26 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Os polifenóis do vinho garantem bem-estar

O vinho tem proteínas, potássio, cálcio, magnésio, sódio, zinco, manganês, ferro, alumínio, flúor, silício, iodo, bromo, níquel, cobalto, cobre, vitaminas B1, B2, B5, B6, B12. Tintos e brancos ajudam na boa digestão. Os flavonóides combatem radicais livres e LDL. A quercitina é anticoagulante e antiinflamatória. O tirossol e o ácido caféico, encontrados principalmente nos vinhos brancos, previnem reumatismo e são também anti-oxidantes e antiinflamatórios. A estatina, encontrada em brancos e em tintos, aumenta a longevidade. Vale ressaltar que, quanto mais sofre uma videira, mais estatina ela produz. Portanto, os melhores vinhos contribuem mais para a longevidade.

Os polifenóis do vinho bloqueiam a ação da colagenase e da elastase, prolongando a elasticidade de nossa pele, além de melhorar a microcirculação e a hidratação da pele. Experiências com resveratrol em peixes e em insetos prolongaram a vida dessas espécies em até 50%! Recentemente, no Japão, uma pesquisa indicou que as pessoas que bebem vinho regularmente são justamente as que têm maior QI! Porém, vale ressaltar que em todos os casos a recomendação é a do consumo moderado. Não vá fazer como um amigo que me disse: “Bem, se uma taça de vinho com as refeições faz bem à saúde, imagine uma garrafa então...” Beba com moderação. Saúde!

divulgação

Quem diz isso é o médico cardiologista e enófilo Jairo Monson, estudioso dos assuntos que relacionam vinho e saúde. Mas a ligação dessa bebida com o bem-estar das pessoas vem de longe. Já no ano 460 a.C., Hipócrates receitava vinho como anti-séptico, diurético e digestivo. Em 1862, Pasteur proclamou ser o vinho: “… a mais sã e mais higiênica das bebidas”. Nos dias de hoje, com todos os recursos da ciência, o vinho vem conquistando mais e mais indicações de suas qualidades para a nossa saúde. O vinho tinto parece contribuir um pouco mais que o branco para a saúde, uma vez que a maioria das substâncias benéficas ao nosso organismo vem dos taninos presentes nas cascas da uva. Como se sabe, os brancos ficam pouquíssimo tempo em contato com as cascas durante a fermentação. Nos tintos acontece o contrário, é o contato das cascas com o mosto durante a fermentação do líquido que


Quem conhece, sabe a diferença.

Horário de Funcionamento Segunda a Sexta: das 19h00 às 04h00 Sábados e Feriados: das 21h00 às 04h00

Novo Endereço

Telefone

Web Site

Av. Juscelino Kubitschek, 373 Itaim Bibi - São Paulo - SP

11 2608-9666

www.cafephoto.com.br

27


das 23h às 29h

Dorothy parker está viva e mora em SP

Com ambiente retrô, repertório eclético e perfil exclusivo, uma casa noturna tem feito a diferença na cena paulistana Mais do que no Algonquin, você vai se sentir na casa da própria escritora. Todo ambiente faz referência a ela e ao seu estilo de vida. As longas cortinas vermelhas, o papel de parede rendado, a estante cheia de livros e os frames de quadros na parede dão ao ambiente um tom tão malicioso e original quanto o da verve de Dorothy-elamesma – e, claro, tudo sem jamais perder a elegância. A proposta de se “sentir em casa” é intensificada pela sensação acolhedora da lareira, atrás da qual fica a pick-up do DJ. Encontrei o Rick Fleury, um dos sócios. Sentamonos no sofá de veludo vermelho no lounge perto da entrada, que desfruta do conforto de ter um bar

28 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Sofás de veludo vermelho no lounge de entrada

A pista de dança é o segundo ambiente da casa

próprio. Fui apresentada ao drinque que leva o nome da casa e da escritora (copo alto com vodka Ciroc, suco de cramberry e uma pitada de Dorothy Parker, o segredinho do drinque, que

ainda não foi desvendado). Às 24h30, o ambiente começou a ficar mais animado, perdendo aquele ar clássico e com um clima mais hype. Iquinho Facchini e Paulo Bastos, dois outros

fotos divulgação

Já ouviu falar em Dorothy Parker? Boêmia assumida e vanguardista, Dorothy nasceu em 1893. Foi escritora, poetisa e crítica literária americana. Virou lenda quando entrou para o grupo de intelectuais que se reuniam diariamente no Hotel Algonquin, em Nova York, para discutir literatura tomando uísque em xícaras de chá. O grupo se autodenominou inicialmente “vicious circle”, ou seja, círculo vicioso; depois, ficou conhecido como Algonquin Round Table – a Mesa Redonda do Algonquin. Você pode sentir um pouco do ambiente witty, sofisticado e excêntrico da Round Table visitando uma casa noturna paulista, a Dorothy Parker, inaugurada há um ano.


Toda quinta-feira, da meia-noite à 1h, sobe ao palco uma banda diferente

O ambiente sempre se refere à escritora

sócios, me alertaram que era hora de curtir a música no segundo ambiente da casa, a pista de dança. O repertório foge do convencional, sem as manjadas batidas eletrônicas que já dominaram a cena noturna paulistana. Às quintas-feiras rola um som indie; sexta conta com um pout-pourri de batidas, incluindo uma pegada brasileira; e sábado é o verdadeiro rock & roll. Além de sócios, Emiliano Beyruthe e Rodrigo Lunardelli são DJs e agitam algumas das noites na balada. Porém, não é só de DJs que o cardápio musical da casa é constituído. O

Nada disso parece incomodar a pequena multidão (a casa acolhe 350 pessoas) que dança e circula animadamente por ali. E a experiência não termina cedo. As portas da inquieta Dorothy fecham lá pelas 6 da manhã. Como disse certa vez a Dorothy Parker original: “Quem conhece a tempestade, enjoa na calmaria”. Essa mistura de mundos e culturas me fez crer que realmente vivenciava o universo da sra. Parker. –Isabella Cury

lugar também oferece música ao vivo. Cada quinta-feira, da meia-noite à uma da manhã, sobe ao palco (localizado na pista de dança perto da parede de tijolinhos) uma banda diferente. Fazendo jus à fama de pioneiros, os donos da casa inovaram mais uma vez. Em uma das paredes, um VJ faz projeções animadas que acompanham a sonoridade musical, como em videoclipes de música. Além de envolver o sentido gustativo, passar a noite “at Dorothy’s” aguça os sentidos audiovisuais. Notei que o público também segue o conceito

eclético da casa. Rodeada de pessoas que variavam de formadores de opinião a festeiros, eu percebi que realmente não é possível rotular seus frequentadores. Um detalhe importante na história da Dorothy paulistana: ela é exclusiva. Para entrar, é preciso ligar pelo menos um dia antes para ter o nome na lista, ou corre-se o risco de não entrar. E, para ter o nome na lista, é preciso que pelo menos um dos sócios autorize. Isso não significa que é necessario conhecer os sócios – apenas que a entrada está sujeita ao seu crivo.

Dorothy Parker –Al. Lorena, 2.119, tel. 3081-6110

29


mais que nécessaire

Pé na estrada

Tempo de férias – oportunidade para relaxar, passear, conhecer lugares e se divertir. O astral da praia, o ar puro e o silêncio das montanhas e o burburinho das cidades (que não são as nossas) sempre trazem coisas boas. Nada como acordar em um lugar lindo e diferente. Confira o que levar para que a viagem seja bem equipada. Por Vanda Fulaneto

2

1 3

4

1. Câmera da Sony – O modelo Alpha Nex é compacto e da linha cyber shot. R$ 2.499. SAC: 4003-7669. 2. Mala Samsonite – Rígida, em polipropileno, ela tem rodinhas e suporta impactos. O modelo é o Cosmopolite, R$ 1.759. Na Samsonite, SAC: 5181-1617. 3. Lanterna Maglite – Para noites sem luar ou para quando a energia faltar. R$ 76 na Bayard. Tel. 3813-1593. 4. Moleskine City Notebook – Em formato pocket, o legendário caderninho auxilia a planejar e guardar recordações da sua viagem. R$ 80 na Livraria da Vila/Casa do Saber. Tel. 3073-0513. 5. Tênis Christian Louboutin – Em camurça, para passeios no circuito sofisticado. R$ 4 mil, na Christian Louboutin. Tel. 3032-0233.

30 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

fotos divulgação

5


ASSINE

www.assinerg.com.br

0800 777 1400

Elegância e poder há mais de 35 anos.

31


hora livre luiz toledo

MULHERES Minha primeira grande paixão chamava-se Maria Cecília. No primeiro dia em que a vi, pensei: é ela. E tive umas palpitações que hoje me fariam procurar um cardiologista. Ela apenas sorriu – com os olhos. Maria Cecília não falava, mas tinha um olhar capaz de adoçar o mar. Ou furar concreto. Ou algo ainda mais duro: me fazer calar.

Confissões de um apaixonado

Seus olhos falavam. E em estéreo. Durante anos fui apaixonado por ela – e por eles. Então conheci a Ciça. Ela gostava de falar “quiçá”. Gosto dessa palavra até hoje, que eu traduzo e vejo como uma formiguinha em dúvida. A dúvida é um privilégio de seres humanos especiais. Ciça foi especial. Durou até aparecer a sideral Marie, que conheci em Paris. Ela me ensinou que o mundo é pequeno, que

as noites são grandes (e tocam jazz) e que o infinito cabe num segundo. Marie foi um presente. Minha quarta paixão foi um amor de verão. Seu apelido era Cia. Uma excelente companhia. Era praia de manhã, praia à tarde, praia à noite (o resto é mar). Mas acabei casando com a Maria, simplesmente Maria. A mulher da minha vida. Que me deu o que um ser humano pode dar de mais precioso: seu tempo. Além de seus melhores pensamentos e mais

elevados sentimentos. E, sabendo que eu gosto de Maria, me deu outra Maria. O leitor de 29HORAS, se paciente de me ter lido até aqui, já pode estar desconfiado que estou falando de uma única mulher que, na verdade, são várias, como todas as mulheres. E, se generoso, vai entender eu ter transformado o espaço dessa coluna numa carta de amor. As colunas também amam. Feliz 2011.

divulgação

yestoledo@gmail.com

32 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011


33


dezembro 2009

por simone galib

simonegalib@29horas.com.br

Embaixadores urbanos

O carro Evoque, um dos lançamentos mais festejados da Range Rover e que só chega ao mercado no segundo semestre deste ano, já está provocando muito movimento mundo afora. Para causar uma espécie de frisson antes do lançamento, a marca convidou 40 formadores de opinião em dez grandes cidades para participar do projeto Pulse of the City, em que eles falam sobre os percursos que mais gostam de fazer onde vivem. São Paulo não ficou fora dessa: aqui foram eleitos como embaixadores a apresentadora de TV Mariana Weickert, os artistas plásticos conhecidos como Os Gêmeos, e Baixo Ribeiro, da galeria de arte Choque Cultural. O inusitado é que os percursos traçados por eles podem ser conhecidos por todo mundo por meio de um aplicativo que traça os roteiros com GPS e tem um site (www.helloevoque.com) onde todos interagem. O Evoque – o menor, mais leve, econômico e a grande aposta da sofisticada marca – vai custar em torno de R$ 200 mil.

fotos divulgação

Os artistas plásticos OsGêmeos e Mariana Weickert, embaixadores do novo carro Evoque

SE FOR DIRIGIR, NÃO BEBA.

JACK DANIEL’S and OLD NO. 7 are registered trademarks. ©2010 Jack Daniel’s. Tennessee Whiskey Alcohol 40% by Volume (80 proof).


sacada de hotel

Festa na floresta

A Livraria da Vila, uma das mais charmosas e bem frequentadas de São Paulo, fará este ano um programa inédito e com a cara do Brasil: um barco de luxo vai navegar pelas águas do rio Negro, no Amazonas, levando a bordo alguns dos nomes mais estrelados da literatura do país, como os autores Milton Hatoum, Laurentino Gomes, Cristovão Tezza e Mary Del Priore com direito a encontros, bate-papos e mesas-redondas. “Reunir autores, músicos, fãs, educadores e amigos é uma oportunidade para conviver com os livros de forma diferenciada”, diz Samuel Seibel, dono da livraria. Mas a viagem não será apenas cultural. O luxuoso barco Iberostar vai entrar floresta adentro, oferecendo atividades extras como barcos para passeios em igarapés, pescas, trilhas e observação de botos. O programa inclui a viagem até Manaus, quatro noites de navegação e uma no Tropical Hotel. Sim, navegar é preciso!

O olhar da tarimbada fotógrafa Dadá Cardoso entrou para a história do tradicional hotel Lutetia, que está comemorando cem anos com muita festa e repleto de convidados famosos em Paris. Dadá deu de presente ao hotel – com uma localização privilegiada, em pleno Boulevard Raspail, na Rive Gauche – uma coleção de 40 fotos, clicadas da janela de seu quarto enquanto estava hospedada ali, no ano passado. O resultado? O staff gostou tanto que as fotos viraram acervo permanentemente de algumas das centenárias suítes do hotel. Essa mesma coleção esteve recentemente exposta no sofisticado bar Baretto, no hotel Fasano, em São Paulo.

A fotógrafa Dadá Cardoso: olhar parisiense

Salto agulha

O Maralena, eleito o sapato mais sexy deste ano no concurso promovido pela rede americana Saks, acaba de aterrissar na loja brasileira de Christian Louboutin, um dos maiores designers de sapatos do mercado de luxo e o preferido das celebridades de Hollywood, como Angelina Jolie, entre muitas. O modelo, inspirado no fundo do mar, é repleto de strass Swarovski. Para a loja do designer francês do shopping Iguatemi, em São Paulo, vieram apenas seis pares. O preço do mimo? R$ 8,3 mil o par.

O sapato Maralena, de Louboutin: objeto de desejo


dezembro 2009

O ano foi dos melhores para Gil Carvalhosa Leite, 28 anos, um dos sócios do Le Jazz, a simpática brasserie, na rua dos Pinheiros, que comemorou em dezembro um ano com um feito e tanto: uma das maiores filas de espera de São Paulo. O moço, cujo primeiro emprego foi como garçom e barman do restaurante Ritz, no Itaim, mudou-se aos 19 anos para o exterior, onde cursou hotelaria e trabalhou como gerente em hotéis de luxo nos Estados Unidos, Espanha, México e França. Em Paris, conheceu o chef Chico Ferreira e juntos resolveram abrir aqui no Brasil uma brasserie simples, com ambiente informal, música alta e preço honesto. “Foi um tiro certeiro. No primeiro dia lotou e não parou mais”, diz ele. Sim, jantar no Le Jazz exige um pouco de paciência – leva-se em média duas

kiko coelho

Primeira fila

horas para se conseguir uma mesa depois das 20h, quando se encerram as reservas. Mas vale a pena: a comida é saborosa (pratos clássicos franceses); as sobremesas, uma delícia; a decoração, charmosa; e o lugar vive lotado de gente bonita. Quem entra para almoçar ou jantar demora a sair e quem está do lado de fora também custa a desistir. Ampliar o espaço? Nem pensar, por enquanto. “Restaurante bom é restaurante cheio, com comida fresca”, avalia Gil. Ele tem razão!

Ricardo Amaral em diversos momentos: ao lado de Brooke Shields (no alto); com Vanda Fulaneto, Henrique Amaral e Martha Rocha (acima). Ao lado, Lobão e Claudio Tognolli

SE FOR DIRIGIR, NÃO BEBA.

JACK DANIEL’S and OLD NO. 7 are registered trademarks. ©2010 Jack Daniel’s. Tennessee Whiskey Alcohol 40% by Volume (80 proof).

fotos divulgação

Jogo da memória

Para quem gosta de biografias, há dois livros interessantes sobre a vida de personagens repletos de vivências e que marcaram épocas distintas da história contemporânea do país. O primeiro é Vaudeville memórias (Ed. Leya Brasil), de Ricardo Amaral, o empresário da noite que viveu como poucos o mundo do glamour e do poder, transitando tanto no hi-society daqui, quanto no jet set internacional. Amaral foi dono de famosas casas noturnas, como Papagaio, Hippopotamus, Resumo da Ópera, Metropolitan, Clube A (Nova York) e Le 78 (Paris). Segundo o próprio autor, o livro “é um espetáculo com um pouco de tudo, um entra e sai de situações e personagens”. Só que da vida real, como artistas, políticos, modelos, jornalistas, empresários, bicheiros e até mafiosos. Histórias hilárias e muitas anedotas também são contadas por Lobão em 50 Anos a Mil (Ed. Nova Fronteira), escrito com a ajuda do jornalista Claudio Tognolli. A vida do roqueiro, que foi amigo de figuras importantes do showbiz, como o cantor Cazuza, é cheia de turbulências, relacionamentos, muitos afetos e desafetos. Bastidores apimentados não faltam por aqui.


os ilustres

O ano fechou com muito movimento em São Paulo. Figuras da moda, das artes e afins compareceram em peso na Daslu para prestigiar o desfile de Pedro Lourenço, que fez uma venda especial de sua coleção na loja multimarcas. E, por falar em moda, a modelo Lara Gerin lançou um vídeo para a marca de lingerie Verve. A cidade também recebeu personagens ilustres, como o cineasta Francis Ford Coppola, que veio prestigiar a preestreia de Tetro, seu mais recente longa. E, entre um compromisso e outro, o diretor circulou bastante por aqui. Lara Gerin

Patricia Carta

Pedro Lourenço

juarez malavazzi

Costanza Pascolato

Francis Coppola e Walter Strub

Lilian Pacce

Johnny Luxo

Jorge Elias


por Renata Suter

O biquíni de Mirla

Anote o nome dessa grife: ANK. Você ouvirá falar muito sobre ela em 2011. Criadora da marca, a bela carioca Mirla Sabino lançará seus biquínis no Fashion Rio depois de espalhar suas coleções, durante anos, por outros doze países. Nos Estados Unidos, Mirla vende para a Anthropology e Victoria’s Secret – onde é a número um em vendas, desde 2007. Em 2010, Mirla foi eleita uma das 100 personalidades latinas – entre outras, como Gloria Stefan e Ricky Martin – que mudaram Miami, onde ela mora nos últimos anos. www.ankswimwear.com

Brilho próprio

Designer de joias carioca radicada em Los Angeles, Patricia Candido cria peças que viram, do dia para a noite, objetos de desejo. Assim foi com a atriz Heather Graham – estrela de Austin powers – que durante tarde de compras em Los Angeles se apaixonou de tal forma por um bracelete – o Sunflower – criado por Patricia que arrematou logo dois: um para uso pessoal e outro

para o filme que está acabando de rodar, Judy Moody and the not Bummer Summer. Dirigido por John Schultz, o longa poderá ser conferido nos Estados Unidos na primavera americana e por aqui ainda sem data definida para a estreia. O site do filme, ainda em construção, mostrará a peça que encantou Heather e foi todo feito à mão, com jade amarela, granada turquesa africana e ouro 22 quilates. Um luxo!

38 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Braceletes Arizona e Goiaba, de Patricia Candido: cobiçados por estrelas

fotos divulgação

Criação para este verão da estilista Mirla Sabino, número 1 em vendas na Victoria’s Secret de Miami


Açougue e bistrô A CT Boucherie, do chef Claude Troigros, é o lugar do momento no Rio. Definido pelo próprio como um “misto de bistrô e açougue francês”, oferece menu com preço fixo. Também na badalada rua Dias Ferreira, no Leblon, pode-se desfrutar, além da conhecida competência do dono, do rodízio de acompanhamentos para as carnes, afinal elas são as estrelas do lugar. Além da decoração de Guilherme Secchin, Troigros mostrase sempre antenado com suas caçarolas Straub, a sensação do mundo gastronômico. CT Boucherie – R. Dias Ferreira, 636, tel. (21) 2529-2329.

O bistrô de Troigros tem menu a preço fixo

Pé na areia

Na hora do café

Dividindo o número 636 com Troigros, está o Leblon Spot, o primeiro hostel de design do Rio de Janeiro. O albergue funcionou alguns meses de forma discreta, mas o vizinho famoso tratou de torná-lo ainda mais atraente. Sem pretensão, funciona como todos os albergues, mas oferece estilo e uma rua lotada de opções sofisticadas, além, é claro, da praia do Leblon, a poucos passos dali. Leblon Spot – R. Dias Ferreira, 636, tel. (21)2137-0090.

Atração imperdível é o Painel da Manhã, na Rádio

Roquette Pinto, 94,1 FM, de segunda a sexta às 8h45. Apresentado por Jorge Ramos e Patricia Oliveira, o programa se tornou obrigatório. Os debatedores são escolhidos entre os melhores em cada profissão, como os cirurgiões Paulo Muller e Rawlson de Thuin, a editora fashion Dany Padilla, o jornalista José Ronaldo Muller e a especialista em boa forma Lygia Azevedo. O Leblon Spot é o primeiro hostel de design do Rio

39


delícias paulistas Um clássico da boemia paulistana vem conquistando a preferência carioca: o bar Astor. A elegância do décor e a qualidade da cozinha encontradas em São Paulo foram emprestadas ao Rio. Funciona no mesmo local onde era o tradicional Barril 1800, ou seja, de frente para o mar de Ipanema, pertinho do Arpoador. Não poderia ser mais inspirador. Astor – Av. Vieira Souto, 110.

Astor carioca: Gipsy Martini...

...e Cocotte (panelinha, em francês) de linguiça com gorgonzola

aquela empadinha As delicatessens vêm ocupando fatia cada vez maior no mercado gastronômico carioca. A Zona Zen, no bairro de São Conrado, virou parada obrigatória dos moradores e daqueles que seguem para a Barra e o Recreio. O café da manhã é ponto de encontro de surfistas, voadores de asa delta e de esportes mais radicais, como o surfista de ondas grandes, Eraldo Gueiros. O lugar conta ainda com uma bela adega e empadinhas de levar para casa e não dar um pedacinho para quem quer que seja. Sem contar os doces, como a flauta de chocolate, para chocólatras. Zona Zen – Estrada da Gávea, 636, São Conrado, tel. (21) 3322-0966.

um luxo só Binelli, da Petra

Mulheres no poder

Os sócios Ricardo Binelli e Fernando de Marsillac, da Petra Corretora, resolveram romper de forma radical o paradigma da maioria masculina no mercado em que atuam. Seus onze escritórios espalhados pelo país são dominados por uma brilhante equipe feminina, que tem feito a diferença entre a concorrência. No Rio, o escritório fica em Ipanema e é ponto de encontro de executivos, empresários e entusiastas do setor financeiro.

40 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro de 2011

Inaugurada há pouco no Leblon, na rua mais frequentada pelos milionários cariocas, a Dias Ferreira, a The Hits é o lugar perfeito para quem procura acessórios diferenciados. A dupla Erika Ichilevici e Flávia Anunziato, especialistas no mercado de luxo, criaram o lugar que vende peças atemporais das principais grifes brasileiras. A decoração charmosa quase nos faz esquecer de que estamos numa loja e oferece produtos que conquistaram celebridades internacionais como Sienna Miller e Cameron Diaz. Edifício Palm Beach. The Rits – R. Dias Ferreira, 64, loja 104. comercial@thehitsmultimarcas.com.br

The Hits: acessórios bacanas


41


>personagem

encarna o mahatma, peregrina pelo brasil como ele na índia e passa a mensagem do grande líder pacifista aos brasileiros no monólogo Gandhi, um líder servidor por chantal brissac fotos érico hiller


João Signorelli vive o pacifista indiano em apresentações em escolas, teatros, empresas e instituições de todo o Brasil


>personagem

João Signorelli interpreta Gandhi há sete anos, em um monólogo que já foi visto por milhares de pessoas em todo o Brasil. Ele já passou por vinte capitais, cruzou os rincões do Sul e do sertão mineiro, riscou Centro-Oeste, Norte e Nordeste, esquadrinhou o eixo São Paulo-Rio. Neste momento, ele caminha em plena Paulista, às 8h30 da manhã, ao meu lado e de pedestres e motoristas que não acreditam muito no que veem. Afinal, não é todo dia que um homem de traje branco indiano com um cajado na mão anda em passadas suaves pela frenética avenida-símbolo de São Paulo. E, detalhe principal: com um sorriso doce e uma expressão desarmada, algo que hoje (infelizmente) surpreende as pessoas. João é o próprio Gandhi, sem tirar nem pôr. A semelhança física entre ator e personagem é o que mais impressiona no primeiro contato. João é muito parecido com o grande pacifista. Tem o mesmo olhar puro, olhar que captura a atenção de vários passantes na rua, gente que interrompe o passo apressado para observar a sessão de fotos. “O Gandhi tem um astral que atrai crianças, jovens, pessoas de todas as idades”, diz o ator, que encenou 1.530 vezes o monólo-

44 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

Há sete anos, João raspou a cabeleira farta e cacheada que era sua marca para viver o eterno Gandhi – e a cada ano está mais parecido com o mestre


go escrito por Miguel Filiage e dirigido por Paulo Moretti, baseado nos discursos do líder pacifista. Uma vez, nas escadarias da praça da Sé, quando fazia uma apresentação para centenas de sem-teto, uma menina de cinco anos se virou para ele: “Você é Jesus?” Ele ri também ao lembrar do velhinho no asilo que o confundiu com Papai Noel. Na apresentação, de 45 minutos, João fala sobre liderança, conduta e princípios ético-filosóficos nas relações humanas. E, claro, fala sobre paz. “Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho”, dizia Gandhi, e diz agora João. Mais impressionante do que a semelhança física é a simbiose espiritual dos dois: João Signorelli e Mohandas Karamchand Gandhi, o Mahatma (que, em sânscrito, significa “grande alma”), são um só. “O Gandhi me deu um norte”, diz o ator nascido em Cambuquira (MG), que vive em São Paulo desde a adolescência. “Eu ficava na borbulha do champanhe, aquela coisa de fazer novela, teatro, cinema, tudo ao mesmo tempo e sem saber no que ia dar. Agora, aos 54 anos, estou pela primeira vez tomando conta da minha profissão. Porque não é vida para ninguém ficar com a ca-

becinha para fora do pântano esperando um diretor de TV te pinçar para fazer um trabalho”. Essa mudança se traduz em novas posturas. Dizer “não” para a TV Globo seria impensável há alguns anos para ele. Depois que começou a feliz parceria com Gandhi, o ator recusou um convite da emissora para um papel em novela. “Era um personagem muito violento e eu não posso fazer o que não acredito. Gandhi dizia: ‘Quando aquilo que você pensa, fala e faz estão em harmonia, essa é a verdadeira verdade’.” O feliz resultado: a Globo acabou por convidá-lo para fazer outro personagem no mesmo trabalho. O curioso é que essa história toda começou aparentemente por acaso, em 2003, quando Alexandre Garrett, publisher da revista Gestão & RH, pediu a Miguel Filiage e Benê Catanante que preparassem um espetáculo sobre liderança para a abertura de um fórum de RH, em São Paulo. Miguel pensou em Gandhi como grande líder e criou o monólogo. Convidado a encarnar o Mahatma, João amou a missão. E vislumbrou uma continuidade. No início, ele fazia o Gandhi em um bar na Vila Madale-


>personagem


Na pele de Gandhi, o ator atravessa a avenida Paulista e desperta a atenção de pedestres e motoristas

o líder servidor lidera horizontalmente, através do exemplo; experimenta antes de pedir para a pessoa fazer; respeita absolutamente o interesse do outro

na e em um restaurante nos Jardins. Depois migrou para o velho Teatro de Arena, e ainda para o Ruth Escobar. Hoje o monólogo está em cartaz no Espaço Cultural Alberico Rodrigues, na praça Benedito Calixto, em Pinheiros. O boca a boca do início logo se amplificou. Empresas, escolas, prefeituras, penitenciárias e a própria FEBEM – ele encenou para os meninos da instituição durante quatro anos e só parou porque a coordenadora foi demitida na gestão Serra – abriram as portas para receber Gandhi. “A peça acalmava a prisão, mas por uma contingência política pararam o projeto”, lamenta o ator. Empresários, altos executivos e outros papas do mundo corporativo também se renderam à verdade gandhiana transmitida pela sensível interpretação de João. O headhunter Robert Wong, autor do livro O sucesso está no equilíbrio, é um fã assumido. “No Natal de 2009, eu o convidei para encenar Gandhi para funcionários, clientes e amigos. Foi emocionante. O texto passa uma mensagem importante para o universo corporativo: a liderança generosa e tolerante.” Como explica Wong, a palavra homem vem do latim húmus, de onde deriva também o termo humildade. “Húmus é terra, e o que a terra nos ensina é ser humilde, servir os outros, ser tolerante e generoso. Mas somos egocêntricos, intolerantes e queremos ser servidos. No âmbito corporativo, a liderança servidora não é apenas essencial, mas urgentemente bem-vinda”. E como é o líder servidor? “Ele lidera horizontalmente, através do exemplo; acaba com a hierarquia rígida; experimenta antes de pedir para a pessoa fazer; respeita absolutamente o interesse do outro”, completa João. O ator se imbuiu tanto desse espírito de verdade e coerência ensinado por Gandhi que sofre quando fala, sem querer, alguma dita “mentira social”, coisa que se impregnou na cultura urbana moderna. “Essas mentiras são devastadoras. Como a desculpa de chegar atrasado e falar do trânsito... Outra coisa importante é prometer e cumprir. Quando você promete e cumpre, causa a felicidade no outro e a felicidade volta para você”. Nesses sete anos vivendo o líder pacifista, João Signorelli viveu todo tipo de experiência. Já encenou o monólogo na casa de um alto executivo que queria conscientizar o filho-problema; interpretou na favela de Heliópolis, em São Paulo, e da Maré, no Rio; já levou velhinhos de um asilo ao encantamento; atuou na festa de final de ano dos transplantados de pulmão no Incor; emocionou detentas de penitenciárias; mudou a visão de socialites em festinhas regadas a prosecco; suavizou os dias de médicos e enfermeiros de hospitais; atuou para um grupo de góticos no Parque

47


>personagem

João e o cajado do mestre Gandhi: um caminhante pelas ruas desse Brasil

Trianon; rodeou-se de crianças e jovens em escolas públicas e particulares; fez o espetáculo para 4.700 pessoas de uma vez só na usina de Itaipu – e também já se apresentou para apenas um espectador. Só um? “Sim, uma vez só havia um homem no teatro e eu representei. Ele sai de casa para me ver e eu não faço?”, questiona. E o que faria Gandhi hoje no Brasil, em pleno confronto no Rio? “Acho que ele subiria o morro pacificando, conversando com os traficantes, e proporia um diálogo para toda a sociedade. É uma hipocrisia fazer passeata pela paz no domingo de manhã em Ipanema e sábado à noite estar cheirando na mesa do Hippotamus”, diz o ator, que conta ter experimentado de tudo durante a juventude. “Tive a coragem de entrar em todas as estruturas e sair de todas ao mesmo tempo”. Há muitos anos, João é um ser disciplinado, que acorda cedo, faz duas horas de tai chi chuan e yoga – todos os dias – e depois estuda. Gosta de ler sobre economia, filosofia e espiritualidade. O ator acredita que só a junção de três coisas poderá curar a humanidade: educação, espiritualidade e ciência. “Isso levará à conscientização das pessoas e à paz. E a paz sem voz não é paz, é medo”, diz o Mahatma João. Namastê.

29 horas em sp com joão Signorelli

Veja os endereços preferidos do ator na cidade PASSEIO – “Adoro passear no Bosque do Morumbi. Ele é pequeno e tem um clima agradável. Quando acordo cedo, vou lá praticar tai chi chuan.” Bosque do Morumbi – R. Eng. Oscar Americano 480, tel. 3031-7052.

ALMOÇO – “Vou bastante ao Nutrisom, restaurante vegetariano com tantas opções que a gente come bastante e se sente leve.” Nutrisom – Viaduto Nove de Julho, 160, sobreloja, tel. 3255-4263.

JANTAR – “Para encontrar os amigos e ser recebido com todo o carinho, curto jantar na Cantina Generale, que tem massas deliciosas feitas na hora.” Cantina Generale –R. Pamplona, 957, tel. 3285-3574.

CINEMA – “A localização, a programação e a turma que frequenta o Espaço Unibanco são sensacionais e a cara de São Paulo.” Espaço Unibanco – R. Augusta, 1.475, tel. 3288-6780.

48 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011


49


>perfil


pedro lourenço está na moda Aos 20 anos, o estilista ele não foi um menino como outro qualquer. E hoje também desfila em Paris, arranca não é um jovem como qualquer outro. Afinal, quem, aos 20 é reverenciado pela crítica internacional ao mostrar elogios da crítica anos, sua primeira coleção, justamente na Semana de Moda de especializada e agora Paris? As roupas de Pedro Lourenço foram vistas e aplaudiquer conquistar o mundo da por quase todas as grandes editoras e jornalistas de moda mundo, como Anna Wintour, da Vogue americana, e Ca– do alto luxo do rine Roitfeld, a todo-poderosa editora da Vogue francesa, por simone galib Fotos Juarez malavAzzi

sentadas na primeira fila do Grand Palais. A estreia em grande estilo provocou uma situação rara na cidade, o grande palco dos criadores e também o centro da fogueira das vaidades, repleto de competições, e para onde todos os olhos se voltam quando o assunto é moda. “O jovem brasileiro seduziu a plateia com a sua ousada e excêntrica coleção em couro”, publicou o The New York Times. No final de novembro, Pedro trouxe a coleção ao Brasil para uma venda exclusiva, de apenas três dias e com hora marcada, na Daslu, um dos templos do consumo de luxo do país. A chegada à loja brasileira incluiu também um desfile, onde colocou suas amigas de infância na passarela, exibiu roupas ousadas, mas perfeitamente usáveis, e lotou a plateia de gente poderosa – não apenas do mundo da moda.

51


>perfil

A vocação e o talento de Pedro Lourenço vêm do berço, literalmente. Filho dos estilistas Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho, dois dos mais importantes do país, o garoto foi criado entre tesouras, feiras têxteis e agulhas. “Eu nunca entendia as outras crianças quando me diziam, ‘quero ser bombeiro’. Eu sempre quis ser estilista. Desde muito pequeno tive uma alma madura”, define. A brincadeira de infância era na fábrica, onde quebrava os lacres dos tecidos, cortava retalhos, misturava-os e colava um ao outro, dando vazão ao seu processo criativo. “Aos 5 anos, eu já fazia isso”. Precoce, aos 7 realizou seu primeiro desfile, entre amigos, na casa dos pais. Teve aulas domésticas de corte e costura dos 7 aos 10 anos. Aos 12, estreava no São Paulo Fashion Week, o maior evento de moda do país (que acontece agora de 28 de janeiro a 2 de fevereiro no Pavilhão da Bienal, em São Paulo), assinando a coleção para a Carlota Joaquina, a segunda marca da mãe. Este ano ele não desfila. O foco de Pedro agora é o mercado internacional. O estilista já estava com o caminho profissional traçado e aberto no Brasil, bastando seguir a trilha do sucesso percorrida pelos pais, mas a inquietação de sua “jovem alma madura” e a busca por novas referências levaram-no a Paris, cidade que frequentou desde os dois meses de idade e onde passou a morar em 2007. Na Europa, ampliou a visão, desenvolveu a disciplina, aperfeiçoou técnicas, estudou muito; foi assistente de Albert Elbaz, estilista da Lanvin, teve acesso a outros processos criativos e desabrochou. Estratégico, também entende que faz parte da cultura brasileira dar mais valor ao que já está estabelecido no mercado internacional, hoje a sua grande meta. “Quem está no Brasil precisa ser muito forte para vencer.” Perfeccionista e exigente, Pedro diz se cobrar o tempo inteiro e sentir falta da fase em que criava livremente. “Eu era mais livre quando comecei. Hoje preciso me esforçar muito mais, porque tenho vícios”, diz. Para o pai, Reinaldo Lourenço, o futuro do filho não poderia ser outro. “Ele está

52 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

Acima, flagrantes do desfile da coleção que Pedro Lourenço trouxe ao Brasil com exclusividade, na Daslu, em São Paulo. Na pág. oposta, abaixo, os pais Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, na origem genética do talento

Euasnunca entendia outras crianças quando me diziam,

‘quero ser bombeiro’. Eu sempre quis ser estilista


colhendo aquilo que plantou. Tem amor pela moda, gosta do novo, sempre procurou alternativas, leva a carreira a sério. É persistente, esforçado e muito focado para a sua idade. Até eu me surpreendo”. Pedro Lourenço é mesmo de surpreender. Pelas atitudes, pela desenvoltura com que coloca suas opiniões, pela personalidade madura e, claro, pela elegância que soa natural, geralmente estampada em um terno preto clássico com camisa branca – aliás, o branco é a cor predominante no seu closet. Vivendo hoje entre São Paulo, onde mora com a mãe, e Paris, onde vai uma vez por mês para movimentar seu network e fazer pesquisas, Pedro diz que respira moda, mas, entre uma criação e outra, também se diverte muito.

IMPério moderno Pedro Lourenço, conforme ele mesmo define, cria roupas para uma mulher segura, extremamente contemporânea, que não vive do passado, mas pode até reinventá-lo se quiser. Essas referências foram vistas na coleção da linha imperial, mostrada em Paris e adaptada para ser usada fora da passarela. O que se viu é, de fato, bonito, inusitado: cores, como o azul e o amarelo, misturadas aos clássicos do motocross com peças em couro. Os vestidos em organza, cetim, algodão italiano, tule e renda com fios de ouro são ousadamente discretos – e muito femininos.

Aos 30 anos, Céu é um dos nomes que cintilam na constelação de jovens cantoras

53


>perfil

Adora ler, principalmente literatura francesa e biografias. Entre seus livros preferidos está Crime e castigo, do escritor russo Fiódor Dostoiévski. Ele gosta de música clássica e rock – “Minha última fase foi The Doors mixado a Beethoven” – e, tanto na Europa quanto no Brasil, os seus programas prediletos são exposições, cinema, jantares e festas fechadas. “Preciso do ócio”. Na velocidade em que tudo está acontecendo, ele vai precisar mesmo trabalhar duro, já que o maior objetivo é fortalecer a marca no exterior. Suas peças estão sendo vendidas em lojas multimarcas de Milão, Londres, Boston, Las Vegas, Xangai e Berlim. Mas ele quer mais. Sonha alto. Quer fazer, quem sabe, vestidos de noivas, uma linha de acessórios e uma coleção masculina, sempre no segmento de alto luxo. Acredita que tudo isso é muito mais viável lá fora, porque o Brasil, apesar do talento de seus estilistas, está atrasado no que diz respeito à indústria têxtil. “Os estilistas deveriam se preocupar, porque é séria a situação. Não temos maquinário nem bons tecidos; os tecnológicos só são achados no Japão. Como vamos importar? Os impostos são muito altos.” Para Gloria Coelho, Pedro vive um dos seus melhores momentos. Ao final do desfile que ele fez em São Paulo, Gloria tinha os olhos brilhantes. “Fico superfeliz em ver tanta roupa linda. Ele é um talento. Faz coisas novas, frescas.” Palavras de quem entende – é mãe – do assunto.

54 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

29hrs em sp com pedro

Confira os programas de Pedro lourenço na cidade RESTAURANTE – “Fasano, porque tem diversas opções de comida que me agradam.” Fasano – R. Vittorio Fasano, 88, tel. 3062-4000.

DIVERSÃO – “Gosto de me reunir com meus amigos, independentemente do lugar.” CINEMA – “Minha própria coleção é inspirada no cinema, adoro. Um filme que gosto muito é L’année dernière à Marienbad.” PASSEIOS – “Vou bastante a museus. Gosto da Pinacoteca e do MASP. Todos agregam ao meu trabalho.” Pinacoteca – Pça. da Luz, 2, tel. 3324-1000. MASP – Av. Paulista, 1578, tel. 3251-5644.


Na pĂĄg. oposta, Pedro ĂŠ entrevistado por jornalistas na Daslu; aqui, feliz depois do desfile na loja paulistana

55


>especial spas

Desligue o celular, desacelere o ritmo e aproveite o mês mais tranquilo do ano para relaxar. confira o que oferecem alguns dos spas mais bacanas da cidade – e até mesmo um de passagem pelo porto de santos por chantal brissac

Você põe os pés em um desses templos do sossego e deixa para trás qualquer sombra de cansaço. O aroma suave no ar, a decoração calmante e a gentileza das pessoas, desde a entrada, já ajudam o mais sisudo dos mortais a entrar no clima. Depois vem a espera – doce espera – em uma chaise longue ou em uma poltrona projetada especialmente para que todas as suas juntas se encaixem (e relaxem) perfeitamente. Você se espreguiça, beberica um chá oriental e se desconecta do mundo lá fora para absorver o melhor da experiência. A seguir, veja sete lugares que oferecem programas relaxantes inesquecíveis. O bom é que eles podem ser feitos praticamente em qualquer horário: a maior parte desses spas – até mesmo o flutuante da Costa Cruzeiros – abre cedinho e funciona até as 22h. Mergulhe numa sessão de beleza e bem-estar e saiba o que é fazer uma viagem expressa para o Nirvana em plena São Paulo.

56 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011


Elements Spa By Banyan Tree

Facetas do Elements Spa: no alto, sala de massagem a dois; à esquerda e acima, massagem Royal Banyan; à direita, bacias para mergulhar os pés no início dos tratamentos

Depois de um escalda-pés aromatizado, as massagistas tailandesas conduzem o cliente à sessão de relaxamento, que pode incluir esfoliação corporal, massagem facial ou banho de ofurô. A sensação é de estar nas nuvens. O Banyan Tree, rede tailandesa de spas que fica dentro do hotel Mofarrej Tivoli, é um verdadeiro santuário para os sentidos. Os terapeutas do spa são treinados na Academia Banyan Tree Spa, em Phuket, na Tailândia, e os tratamentos, como o Ayurvedic Tradition, aliviam tensões do corpo e do espírito. Esta massagem é ideal para melhorar a circulação e acalmar a mente. A terapeuta derrama óleo aquecido sobre sua testa, abrindo o “terceiro olho”, que induz ao relaxamento. Outra boa técnica asiática é a massagem Royal Banyan, que mistura essências do limão e da maçã para remover impurezas da pele e clareá-la. Uma bolsa à base de ervas mergulhada em óleo de gergelim alivia tensões musculares. No tratamento conhecido como Chinese Tradition, pedras de rios aquecidas são usadas para massagear o corpo, juntamente com o óleo de gergelim, que atua nos pontos energéticos. Há ainda o Thai Classic, sessão que mistura alongamento com massagem rítmica e compressões. Os preços das sessões (entre duas e três horas) custam a partir de R$ 300. Elements Spa – Al. Santos, 1.437, 4° andar, tel. 3146-6420. Seg. a dom.: das 10h às 22h. www.banyantreespa.com

57


>especial spas

Instalações e serviços do Amanary Spa, baseados em quatro pilares: foco total no cliente, sensibilidade cultural, excelência de serviços e sustentabilidade

58 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011


Amanary Spa O spa do hotel Hyatt segue o conceito Hyatt Pure, desenvolvido pela rede internacional de hotéis que tem 70 spas nos destinos mais desejados mundo afora. É a valorização de quatro pilares, percebidos já nos primeiros minutos ali dentro: foco total no cliente, sensibilidade cultural, excelência de serviços e sustentabilidade. Em outras palavras: o seu bem-estar é a prioridade. Enquanto recebe massagens inspiradas em práticas indianas ou chinesas, você tem a sensação de que o tempo parou – e ali é o paraíso. Um tratamento gostoso é o feito com cosméticos da marca La Façon. A experiência começa com um escalda-pés com sais de banho, seguido de esfoliação corporal e, por fim, a massagem com produtos aromáticos, como os da linha Provence, com óleo de lavanda, aloe vera e camomila. Outra sessão revigorante é a Abhyanga, massagem milenar indiana com óleos aquecidos, feita por dois terapeutas. Promove relaxamento profundo porque atua diretamente nos sistemas linfático, nervoso e circulatório. Os preços variam entre R$ 130 (reflexologia) e R$ 260 (Abhyanga), mas há pacotes sedutores que combinam várias técnicas, como o Exuberância (R$ 560), que inclui escalda-pés, massagem de 90 minutos – que pode ser sueca, esportiva, pedras quentes, shiatsu ou aromaterapia –, sessão de beleza com aromaterapia e spa aromático, com duração de 4h10. Amanary Spa – Av. das Nações Unidas, 13.301, tel. 2838-3300. Seg. a sex.: das 6h às 22h; sáb. e dom.: das 7h às 22h. www.amanary.com.br

Roseli Siqueira

No alto, acima e abaixo, tratamentos da esteticista Roseli Siqueira. Acima, a atriz Tania Khalill faz nutrição de chocolate

Especialista em massagens e tratamentos faciais e corporais, a esteticista Roseli Siqueira é conhecida por sua fidelidade às técnicas naturais. Homens e mulheres de idades, estilos e perfis diversos (entre eles, muitos artistas, como Tania Khalill, Jairzinho e Guilhermina Guinle) gostam de se acomodar nas relaxantes macas da clínica para receber tratamentos e massagens no corpo e no rosto. O forte de Roseli é a massagem conhecida como esplendorosa, que tem o poder de levantar a expressão e alisar a pele, suavizando marcas de expressão. Mas o ambiente relaxante, com jardim interno e salas projetadas especialmente para tipos diferentes de técnicas, convida a conhecer outras sessões de beleza desse centro. É o caso do Feng Shui corporal, que tem a finalidade de promover desbloqueio energético e a harmonização dos órgãos. Ou ainda do banho de nutrição de chocolate e ouro, em que são passados no corpo e no rosto produtos à base desses ingredientes. Qualquer experiência de bem-estar ali ganha outra dimensão, já que a proprietária e esteticista é adepta da filosofia holística. Corpo, mente e espírito em harmonia. Roseli Siqueira – R. Artur de Azevedo, 437, tel. 3085-3981. R. Antonio Camardo, 41, tel. 22272348. Seg. a sex.: das 8h às 18h e sáb.: das 8h às 16h. www.roselisiqueira.com.br

59


>especial spas

Spa Cidade Jardim No quinto piso do shopping Cidade Jardim, em um ambiente cool e moderno, decorado pelo arquiteto Arthur Casas, este spa é um oásis para quem gosta do estilo sofisticado desse shopping paulistano. Os R$ 15 milhões de investimentos aparecem nos equipamentos, na decoração e em todo o projeto. O Pavilhão das águas, por exemplo, composto por um circuito de piscinas (uma para exercícios e relaxamento e outra com jatos ergométricos que funcionam como massagens subaquáticas), é imperdível. Na suíte termal, além de sauna finlandesa e banho a vapor, há uma cama para relaxar e um lounge com TV’s individuais com canais a cabo. No Pavilhão Corpo e Mente, o mote são os equipamentos italianos de última geração, e no Spa Suíte a proposta é relaxar a dois – e com luxo e privacidade. O spa oferece vários tipos de tratamentos, como massagens corporais e faciais, hidratações, sessões de aromaterapia e técnicas de beleza especiais como a facial high tech, que une massagem europeia (com ingredientes botânicos e águas termais) a uma microdermoabrasão, esfoliação feita com microcristais de hidróxido de alumínio. O spa atende também às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além de uma suíte adaptada, conta com banheiros próprios, pisos antiderrapantes e comunicação em Braille. A princípio aberto apenas para associados, como um clube, hoje o spa oferece programas que podem ser feitos individualmente. Os preços são salgados. O programa clássico, com cinco tratamentos ou massagens, custa R$ 1.200. Serviço – Shopping Cidade Jardim – Av. Magalhães de Castro, 12.000, 5º piso, tel. 3552-3575. Seg. a sáb.: das 10h às 22h e dom.: das 10h às 19h. www.spacidadejardim.com.br

60 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011


A arquitetura de interiores cool e moderna do Spa Cidade Jardim, no shopping do mesmo nome: antes exclusiva de associados; hoje, com programas que tambĂŠm podem ser feitos de forma avulsa

61


>especial spas

Acredite: estes ambientes de resort balinês, que se estendem por 40 salas e sete bangalôs, estão montados no Jardim Europa, e compõem o Hara Spa

Hara Spa O casarão de três mil m2 está em pleno Jardim Europa, mas você se sente na Índia. Nas quarenta salas e nos sete bangalôs ao ar livre, distribuídos ao redor de um lindo pátio, o astral é indiano – inspiração da proprietária, a massagista Ana Hara, que projetou esse espaço há quatro anos. No Hara, o forte é a drenagem linfática, massagem que relaxa, desintoxica e previne problemas vasculares e cardíacos. Ela pode vir agregada a sessões diversas, como a esfoliação com sais do Hima-

62 | 29HORAS | de 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

laia ou a terapia ayurvédica, que usa óleos essenciais e pó de cálamo, entre outras opções que podem ser desfrutadas também a dois – é o caso da vinoterapia, tratamento que inclui esfoliação, banho e drenagem com vinho. Suco de uva, vinho, uva e maçã são servidos nessa imersão total nos polifenóis, substâncias rejuvenescedoras. Interessante no Hara, além da alta capacitação das terapeutas, é o ambiente que envolve os sentidos: os aromas, a textura dos óleos, a trilha sonora, a maciez

das toalhas e lençóis, a beleza da decoração... Tudo conspira para que você saia de lá como se transportado em nuvens. A casa oferece pacotes de dez ou vinte massagens em que o preço da drenagem linfática é reduzido. Enquanto uma sessão individual custa R$ 197, o pacote com dez sai por R$ 1.340. Hara Spa – Av. Europa, 140, tel. 3067-5555. Seg. a sex.: das 7h às 22h; sáb.: das 10h às 18; dom. e feriados: das 10h às 15h. www.haraspa.com.br


À direita e ao centro, entrada e área de repouso do setor de saunas do Samsara, o spa flutuante da Costa Cruzeiros; abaixo, o visual relaxante da área de repouso do Renaissance Spa

Renaissance Spa

samsara Spa flutuante

Vera Rosenthal

Renaissance Spa – Al. Santos 2.233, tel. 30692081. Seg. a sex., das 7h às 22h; sáb., dom. e feriados, das 9h às 21h. www.renaissancespa. com.br

Vera Rosenthal

São mais de 40 tratamentos, que vão da tradicional massagem sueca ao trio indiano de terapias. O ambiente é de um hotel cinco estrelas elegante e com serviço impecável, onde vale a pena investir um par de horas para se energizar. Novidade deste verão é o tratamento batizado de drenagem linfática integrada, que combinou os benefícios da aromaterapia com os da reflexologia nos pés e mãos. Quem optar por esse tratamento também tem acesso ao Spa Lounge – a área de relaxamento do Renaissance Spa, com sauna seca e a vapor, jacuzzi e caminho de pedras para reflexologia. Cada sessão, que tem duração de 60 minutos, sai por R$ 180 e o pacote com dez custa R$ 1.300. Os casais que buscam relaxamento podem ser mimados no gazebo na área externa, onde um dos destaques é o ritual corporal de limpeza e desintoxicação (R$ 185 por pessoa). A esfoliação com argila da Amazônia, rica em minerais, agregada à sauna, age de forma profunda na pele, deixando-a mais macia e bonita.

O Samsara atribui-se o título de maior spa flutuante do mundo – sua área total é de 6 mil m2: está situado nos decks 8 e 9 do navio Costa Serena, da Costa Cruzeiros, que neste verão faz sua viagem inaugural à América do Sul. São 2,5 mil m2 só para as quatro salas de sauna, seca e úmida, às quais podem se seguir massagens balinesa, tailandesa, com pedras, programas de esfoliação, desintoxicação, aromaterapia, consultas com nutricionistas e personal trainers, tratamentos anti-celulite e academia com aulas de pilates, yoga e meditação. O spa só está aberto aos adultos e é um sossego total na agitada cidade de seis mil habitantes, entre passageiros e tripulantes, que é o navio. Se quiser acentuar a sensação de sereno isolamento, o passageiro pode optar por reservar uma das 99 cabines Samsara e ter livre acesso, durante todo o cruzeiro, a um pacote de tratamentos facial, corporal e espiritual, e a um restaurante exclusivo, em que os princípios da aromaterapia e cromoterapia são levados à alimentação. Dia 29 de janeiro, o Samsara se estende ao navio: o Costa Serena parte no cruzeiro Benessere, temático, de sete dias, inteiramente dedicado ao bem-estar. Samsara Spa – Infomações no site www.costacruzeiros.com. Cruzeiro Benessere: Santos, Rio, Salvador, Ilhéus, Ilhabela, Rio, Santos. Embarque em Santos ou no Rio.

63


dezembro 2009

por maria cecília maciel e vanda fulaneto

84

90

Pizza Cambury, da Soggiorno

O amor e outros estranhos rumores, em cartaz no teatro TUCA

Parabéns, São Paulo!

No mês de aniversário da cidade o paulistano tem muito o que festejar Janeiro. Eis um bom mês para curtir São Paulo. A começar pelo trânsito, bem mais livre com as férias escolares e de milhares de pessoas que descem para o agito do litoral ou seguem para descansar no interior. Só o fato de não precisar sair uma hora mais cedo de casa para pegar um cineminha, por exemplo, saber que não se enfrentará uma fila interminável para comprar os ingressos e guloseimas, poder escolher a poltrona preferida, inclusive a do restaurante, mais tarde, sem espera... Que delícia! E o melhor: a qualidade da programação não muda. Fora os shows de música que invadem, literalmente, as praias, há muito o que ver e fazer: estreias e reestreias de teatro, novos filmes em cartaz, exposições de arte, festas e eventos – mui-

64 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

87 Poltrona VC Thai, da Bali Express

tos de moda, fechando o calendário com o badalado SPFW. Na área de gastronomia, há casas recém-inauguradas, além de pratos e drinques especialíssimos para a estação. O esporte também é atração: a tradicional maratona São Silvestre; as 500 Milhas, clássica prova de motociclismo estilo Le Mans, neste ano em edição especial por causa dos 70 anos de Interlagos; e a corrida de 10 de quilômetros pelo XIV Troféu Cidade de São Paulo, que comemora 457 anos, no dia 25. Aproveite! mariacecilia@29horas.com.br, vandafulaneto@29horas.com.br


> agenda 29h no seu celular: www.29horas.mobi

66 O cantor Luiz Melodia se apresenta no SESC S. J. dos Campos

89 Lágrimas de São Pedro – Acalento ao sertão nordestino, na Caixa Cultural

os destaques do mês

O quê? O gastropub Vila Jardim. Por quê? Novo espaço para comer bem e ouvir boa música. O menu executivo inclui mimos como colherinha tailandesa, salada e caldinho que se alternam todos os dias, antes do prato principal. As massas são feitas na casa, assim como os pãezinhos que compõem o couvert. Aos sábados, paella com mesa de tapas, mais cerveja à vontade, por R$ 55. No bar, música ao vivo e, às terças, Bibba Chuqui – estrela do musical Emoções Baratas – traz repertório de clássicos do jazz e blues. Ter. a sex.: das 12h às 15h e das 18h à 1h; sáb.: das 12h às 24h e dom.: das 12h às 17h. R. Fidalga, 501, tel. 2645-5638.

23h às 29h

O quê? Empadas da Casa Godinho no Mercado Municipal. Por quê? O famoso empório de secos e molhados finos, com mais de 120 anos de história, inaugurou um box só para a venda dessas guloseimas. São treze sabores diferentes: palmito, camarão, alheira, frango, frango com milho, linguiça Blumenau, alhoporó, carne seca; além das opções doces na versão chocolate, Romeu e Julieta, banana e canela, maçã e nozes. As empadas spodem ser encontradas por R$ 3,80. Seg. a sáb., das 6h às 18h; dom. e fer.: das 6h às 16h. Fecha todo último domingo do mês para manutenção. R. da Cantareira, 306, rua F, box 2, tel. 3228-6895. www.casagodinho.com.br

17h às 23h

O quê? Casa Guilherme de Almeida. Por quê? Porque o museu literário, localizado na antiga residência do poeta modernista, voltou a funcionar no dia 11 de dezembro, depois de uma reforma, e é considerado o recanto da poesia. Recebe visitas monitoradas, desde que agendadas antecipadamente. Na biblioteca, é possível encontrar clássicos como Ulisses, de James Joyce, e do francês Paul Verlaine. São mais de 6 mil livros e 230 pinturas, esculturas e fotografias. Há também móveis, porcelanas e pratarias que pertenceram ao poeta. Cursos gratuitos estão programados para 2011. Ter. a dom.: das 10h às 17h. R. Macapá 187, tel. 3673-1883.

11h às 17h

5h às 11h

confira as sugestões que servem para todos os dias de sua semana O quê? Target Summer 2011. Por quê? Dos empresários e sócios Eduardo Poppo e João Vitor Brugnara, o Target Club atua nas temporadas de inverno em Campos do Jordão e de verão no Guarujá. Ali, no Delphin Hotel, a casa reabriu suas portas com a agenda recheada de atrações, nacionais e internacionais. São projetos que levam às pick ups nomes da música eletrônica, como Adriano Pagani, Marcelo D’Sá, Teclas; Milk, da black music; Max & Eduardo, do sertanejo; e Tom Keller, do house e eletro. Av. Miguel Estéfano, 1295, Praia da Enseada, Guarujá. Tel. (13) 8126-1902. www.targetclub.com.br

65


dezembro 2010

Maison de Marie

5h às 11h

arte O quê? Água na Oca. Por quê? A megamostra, em área de 8 mil m2, une arte, tecnologia e ciência, com obras e instalações interativas que convidam o visitante a refletir sobre o tema por meio de fotos, vídeos, peças do acervo de museus. Destaque para o cinema gigante, com poltronas tipo colchões d’água. Uma parceria do Museu de História Natural de Nova York com a curadoria de Marcello Dantas, do Museu da Língua Portuguesa. Até 8 de maio. Ter., qua. e sex.: das 9h às 18h; qui.: das 9h às 21h; sáb. e dom.: das 10h às 20h. Pq. do Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, tel. 3883-9090.

11h às 17h

gastronomia O quê? Linha premium da gelateria Stuzzi. Por quê? Inclui os deliciosos sabores Frutti di bosco (sorbetos de morangos silvestres, amoras, blueberry e framboesa) e Mora (sorbeto de amoras selecionadas), hits da casa. De propriedade da família de Vitorio Scabin, a marca foi fundada em 1922, na região do Veneto, época em que os gelati ainda eram preparados com neve. Seg. a sáb.: das 9h às 20h; dom. e fer.: das 12h às 20h. R. Paulistânia, 450, tel. 3816-0279. www.stuzzi.com.br

Música

17h às 23h

Na vizinhança do Instituto Tomie Ohtake, em Pinheiros, fica uma charmosa casinha lilás e branca que reserva delícias salgadas e doces no seu interior – todas podem ser acompanhadas por um ótimo café Nespresso. Quem pilota o espaço é a jovem Luiza Teppet, que desde criança gostava de participar das criações preparadas na cozinha da avó Maria. Formada em gastronomia pelo Senac, hoje ela produz gostosuras como a Tarte Marie, receita da família; o Sucrê; a Tarte Moulin Rouge; o Gâteau Folie, o Croque Monsieur, a Baguete Provençal... Sim, a inspiração é provençal e Luiza e suas sócias passaram um tempo na Provence pesquisando sabores e receitas. Vale a pena passa ali para degustar um bolo, torta ou docinho, ou mesmo encomendar e levar para casa. A massa é levíssima e as criações levam ingredientes de alta qualidade. Av. Brigadeiro Faria Lima, 272, tel. 2338-9380. www.maisondemarie.com.br

quarta, 29

O quê? Luiz Melodia no SESC S. J. dos Campos. Por quê? O cantor e compositor carioca lança o CD e DVD Estação melodia, em que presta homenagem aos sambas que embalaram sua infância. No repertório, Tive sim (Cartola), Linda Tereza e Não me quebro à toa (do pai Oswaldo Melodia) e Eu agora sou feliz (Jamelão/Mestre Galo). Hoje, 29, às 20h30. R$ 30. Av. Adhemar de Barros 999, São José dos Campos, SP, tel. (12) 3904-2000.

23h às 29h

moda

66 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? A primeira vending machine de óculos escuros. Por quê? Para quem esqueceu de colocar os óculos escuros na bagagem. A Chilli Beans instalou no Terminal D do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, uma máquina carregada com 40 modelos, ao preço médio de R$ 138 cada. Até 31 de dezembro opera usando uma tecnologia que permite projetar os óculos escolhidos em 3D, em tempo real, no rosto do cliente, para “experimentar” como ficam.


quinta, 30

dezembro 2010

O quê? Maison Mary Cohr Paris. Por quê? Para entrar renovada em 2011. Trata-se de um espaço conceito da renomada grife francesa de cosméticos no Brasil, no qual são oferecidos acompanhamento e tratamentos faciais e corporais para todos os tipos de pele, com produtos à base de óleos essenciais (aromaterapia científica), livres de parabenos (conservantes químicos) e organismos geneticamente modificados. R. Barão de Capanema, 418, tel. 3060-8292. www.maisonmarycohr.com.br

5h às 11h

beleza

O quê? Sarrasin Galetterie. Por quê? Opções trivias de galettes, crepe salgado feito com trigo sarraceno, queijos brie, ementhal e pont-l’évêque. Para acompanhar cada porção, salada de folhas frescas ao molho de mostarda Dijon. Na sobremesa, duas boas pedidas: crepes doces recheados com morangos caramelizados e calda de chocolate ou sorvete de creme e banana com canela. Seg. a qua.: das 12h às 15h, qui. e sex.: das 12h às 15h e das 19h30 às 24h e sáb.: das 19h30 às 24h. R. Costa Carvalho, 182, tel. 3031-1594.

11h às 17h

Gastronomia

O quê? Drinque de Uvaia do Hanoo Sushi Bar. Por quê? O restaurante, que tem um pé de uvaia na porta de entrada, aproveita seus frutos para elaborar um drinque exótico, mas suave, de sabor singular: o Sunset Hanoo. A novidade fica até meados de fevereiro. Pode acompanhar combos de sushis e sashimis ou pratos assados, marinados e fritos. Ter. a qui.: das 12h às 14h30 e das 19h às 23h; sex.: das 12h às 15h e das 19h às 23h30; sáb.: das 12h às 16h e das 19h às 23h30; dom. e fer.: das 13h às 16h e das 19h às 22h30. Av. dos Eucaliptos, 389, tel. 2478-0888. www.hanoo.com.br

17h às 23h

bar

O quê? Campanha 2011 com alegria. Por quê? Usando a arte do palhaço para estimular relações saudáveis no ambiente hospitalar, os Doutores da Alegria – ONG que já atendeu mais de 750 mil crianças em hospitais públicos brasileiros em 19 anos – lançam em parceria com a AlphaGraphics uma ação em todo o Brasil, para ajudar a divulgar o nobre trabalho. Basta acessar o site www.2011comalegria.com.br para realizar doações online ou enviar gratuitamente cartões postais personalizados aos amigos, que os recebem pelo correio.

23h às 29h

ação

67


dezembro 2010

Biquíni com cara de joia

5h às 11h

diversão O quê? Novo brinquedo no Acqua Mundo. Por quê? Chega pela primeira vez ao Brasil o GMAX, conhecido como Estilingue Humano. O brinquedo promete diversão e muita adrenalina no salto de mais de 50 metros, atingindo até 200 km/h em apenas dois segundos. A cadeira, que rotaciona em 360 graus, acomoda até três pessoas de uma única vez. Desenvolvido com tecnologia neozelandesa, o brinquedo atende aos mais rígidos padrões de segurança. Até 31 de março, ao lado do Acqua Mundo, na Avenida Miguel Estéfano, 2.055, na Enseada, Guarujá. www.acquamundo.com.br

esporte

11h às 17h

A fim de traduzir para a moda praia a sofisticação e a exclusividade das joias raras, chega ao mundo da beach couture a Copa Club, nova marca de biquínis. Com tons neutros e sofisticados, ferragens douradas e modelagens diferenciadas, as peças têm bojos impermeáveis, que não demoram para secar e nem retêm água. As modelagens não tão pequenas, mas cheias de charme, e os tops reforçados e forrados, são confeccionados à mão, em lycra “light” e “fluit”, para um toque macio, mas com firmeza e sempre com a preocupação de se adaptarem perfeitamente ao corpo da mulher, deixando-a mais elegante. As peças podem ser encontradas em butiques de todo o país. www.copaclubbeachwear.com.br

sexta, 31

O quê? 86ª Corrida Internacional de São Silvestre. Por quê? É a corrida de rua mais famosa e tradicional do Brasil. O evento que para a cidade no último dia do ano conta com a participação da elite de corredores internacionais, de ambos os sexos, entre outras variadas categorias. O percurso de 15 km, meia maratona, tem largada no MASP e chegada na Fundação Cásper Líbero – o jornalista que instituiu a prova –, os dois pontos na avenida Paulista. A partir das 14h45. www.saosilvestre.com.br

17h às 23h

Cinema O quê? Cinema. Por quê? É dia de estreia: tem Entrando numa fria maior ainda com a família. Comédia com Robert De Niro, Ben Stiller, Teri Polo, Jessica Alba, Owen Wilson e Dustin Hoffman no elenco, dirigido por Paul Weitz. Greg (Ben Stiller) e sua esposa Pam (Teri Polo) irão adicionar à família os irmãos Henry e Ashley Focker, gêmeos de cinco anos do casal. O garoto será gentil e bastante sensível, enquanto a garota será travessa e se interessará por atividades mais masculinas, como carros. Nos melhores cinemas como as redes Cinemark, PlayArte e UCI.

23h às 29h

Réveillon

68 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? As melhores viradas de São Paulo. Por quê? Para receber 2011 com muita festa: Private Party 2011 (Sirena – R. Sebastião Romão César, 418, Maresias, São Sebastião, tel. 12/3865-6681); Réveillon Casa da Fazenda (com show do sambista Thobias da Vai-Vai, festa infantil e café da manhã no dia 1º, Av. Morumbi, 5594, tel. 3742-2810); Réveillon Hotel Unique (com um belo skyline da cidade, no Bar Skye, Av. Brig. Luis Antônio, 4700, tel. 3055-4700); e Réveillon do Banana’s (Rod. Rio Santos, Km 174,5, Praia Preta, São Sebastião, tel. 12/3863-1644).


sábado, 01

janeiro 2011

O quê? Sala Vip no Porto de Santos. Por quê? Se os passageiros de avião têm, por que os que viajam de navio não podem ter? A ideia da Agaxtur Turismo beneficia quem compra uma suíte em qualquer navio da temporada 2010/2011. A sala especial de embarque serve aos passageiros dos cruzeiros que atracam em Santos durante o verão, dispondo de acesso à internet, bar, poltronas para descanso, posto de atendimento de câmbio e, de quebra, uma bela vista para o porto.

5h às 11h

turismo

O quê? Brisa do Caitá Praia Hotel. Por quê? Belo lugar para acordar no primeiro dia de 2011. O hotel está localizado na segunda praia do Morro de São Paulo, talvez a mais festejada do reduto, com sua faixa de areia larga e a Ilha da Saudade – que permite passagem entre esta e a terceira praia, quando a maré baixa. Um dos melhores custos/benefícios da região, todas as acomodações têm ar-condicionado e frigobar, e, a maioria, varanda e rede, além de vista para o mar. Destaque para o Café da Manhã Tropical. Tel. (75) 3652-1497. www.brisadocaitapraiahotel.com.br

11h às 17h

turismo

O quê? Temporada Oui Madame, La Bière! Moules et Frites no Chef Rouge. Por quê? Até o final do verão, os clientes do restaurante podem saborear o tradicional prato francês feito com mexilhões e batatas fritas, harmonizado com a cerveja artesanal italiana Baladin. Para acompanhar, há seis diferentes molhos, que incluem o Provençale, Au Vin Blanc, À La Moutarde e À La Crème de Champignons, criados pela chef Renata Braune. Sex.: das 12h às 15h30 e das 19h à 1h; sáb.: das 12h às 17h e das 19h à 1h e dom.: das 12h às 17h e das 19h às 24h. R. Bela Cintra, 2238, tel. 3081-7539.

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Ventania Bar em Ilhabela. Por quê? Recém-inaugurado, promete ser o novo point, durante e pós praia. A casa é grande, com três bares, e uma boa seleção de cervejas nacionais, a belga Stella Artois e um bem-tirado chopinho Devassa, para acompanhar tira-gostos como iscas de peixe, lula à doré e marisco ao vinagrete. Também há pratos como filé mignon, lombo de bacalhau e badejo, acompanhados de salada ou legumes salteados no azeite, além de boas massas. À noite, nos grandes decks da casa, a música ao vivo corre solta, com as melhores bandas da região. A partir das 16h. Pça. Coronel Julião, 74, tel. (12) 3896-1010.

23h às 29h

bar

69


janeiro 2011

Férias em família

5h às 11h

exposição O quê? Bandeira de Mello, Retrospecto. Por quê? Para apreciar as obras de uma das maiores referências da pintura moderna brasileira. São cerca de 65 obras, entre pinturas, desenhos, estudos e projetos, uma cronologia ilustrada do artista, além da exibição de um filme produzido pela Sambacine, que apresenta o próprio depoimento de sua vida e obra. Parte das peças selecionadas para a mostra é inédita e do acervo pessoal do artista. Até 16 de janeiro. Ter. a dom., das 9h às 21h. Caixa Cultural São Paulo (Sé) – Galeria Pedro II. Pça. da Sé, 111, tel. 3321-4400.

11h às 17h

música O quê? Quatro Cântaros. Por quê? O grupo desenvolve um trabalho de pesquisa e elaboração criativa de um repertório que envolve diversos gêneros e estilos musicais em diferentes línguas, focando a harmonia na diversidade. Com Fernanda de Paula (voz), Elisabet Just (voz), Marília de Zita (voz e percussão), Fernanda de Paula (percussão), Mirela Cogoni (violoncelo). Dia 2 de janeiro às 13h30. Grátis. SESC Vila Mariana – Pça. de Eventos. Rua Pelotas, 141, tel. 5080-3000.

gastronomia

17h às 23h

Diversão pra valer é ir ao hotel Bourbon Cataratas no mês de janeiro, quando acontecem as “Férias Circenses”, com atrações e oficinas com o Grande Circo Bourbon e a presença dos personagens da Turma da Mônica. O Bourbon tem o “Kid’s Club” e estrutura especial para crianças de todas as idades. As programações são especialmente desenvolvidas para a garotada, com recreadores e monitores. O resort também dispõe de baby-sitters (serviço sob solicitação). Com trilhas ecológicas, viveiro com aves nativas, horta e pomar cultivados organicamente pela equipe do hotel, piscinas, salas de jogos e quadras para esporte, o Bourbon oferece promoções especiais para famílias com crianças até 11 anos. Bourbon Cataratas Convention Resort - Férias Circenses. Rod. das Cataratas, km 2,5, Foz do Iguaçu. Central de Reservas: 0800-701-8181.

domingo, 02

O quê? Restaurante Zeffiro. Por quê? O cardápio, assinado pelos proprietários Eder Peres e sua mulher Vera Damaso, tem consultoria de Eduardo Scott, sócio do Bistrô Charlô, e as massas são feitas pelo chef José Bella Cruz, ex La Vecchia Cucina e Mercearia do Conde. Há ótimas seleções de carnes, saladas, molhos e acompanhamentos. Os molhos e as massas, com exceção do espaguete e penne, são todos caseiros. Destaque para o bife à parmegiana, já um hit da casa. Seg. a sex.: das 12h às 15h e das 18h às 24h; sáb. e dom.: das 12h às 24h. R. Frei Caneca, 669, tel. 3259-0932. www.zeffiro.com.br

23h às 29h

bem-estar

70 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Serviços gratuitos para auxiliar fumantes a largarem o vício. Por quê? É uma boa meta para uma vida mais saudável em 2011. No site www.activestop.com.br, desenvolvido pela Nicorette®, da Johnson & Johnson, há um programa baseado em princípios criados por especialistas em terapias comportamentais para parar de fumar. Já a linha de Suporte ao Fumante é um serviço gratuito para todas as pessoas que desejam mais informações sobre como superar a dependência do cigarro. Seg. a sex.: das 8h às 17h, pelo tel. 0800-722-4411.


segunda, 03

janeiro 2011

O quê? Cecília Prado. Por quê? Trata-se da primeira loja própria da designer e estilista, recém-aberta na cidade, com sua coleção alto-verão 2011. No mix estão tricôs, vestidos de festa, peças em alfaiataria como shorts, calças e bermudas, além de acessórios como bolsas e sapatos. No exterior, Cecília Prado está presente em lojas como Barney’s e Beams (Japão), Harrods (Inglaterra), Le Bon Marche (Paris), Saks 5th Avenue (Dubai) e Anthropologie (USA). Seg. a sáb.: das 10h às 22h; dom.: das 14h às 20h. Shopping Pátio Higienópolis. Av. Higienópolis, 618 ou R. Dr. Veiga Filho, 133, tel. 3823-3728.

5h às 11h

moda

O quê? Filet à milanesa do BottaGallo. Por quê? A bottega, conhecida por sua cozinha saborosa de petiscos inéditos e clássicos da cozinha italiana, servidos em pequenas porções, agora abre para almoço e apresenta pratos especialíssimos, como o Fileto Alla Milanesa con Tonnarelli al Limone. Melhor ainda se acompanhado por um bom vinho da casa, importado com exclusividade da Toscana. Seg. a qui.: das 12h às 15h e das 18h30 à 1h30; sex.: das 12h às 15h30 e das 18h30 às 2h30; sáb.: das 12h às 2h30; dom.: das 12h às 23h. R. Jesuíno Arruda, 520, tel. 3078-2858. www.bottagallo.com.br

11h às 17h

Gastronomia

gastronomia

17h às 23h

O quê? Bar Higienópolis. Por quê? Toda a decoração da casa é feita de papel e papelão reciclado. O steak tartar e o carpaccio de salmão com rúcula são supergostosos, e a casa conta com um cardápio de cervejas artesanais e importadas. Seg. a sex.: das 12h às 15h e das 17h às 24h; sáb.: das 13h à 1h. R. Pará, 2, tel. 3255-8676.

O quê? Aplicativo para iPhone da GOL. Por quê? Permite que passageiros sem bagagem a despachar efetuem check-in de voos domésticos, escolham sua poltrona, creditem milhas no programa de milhagem e recebam o cartão de embarque diretamente pelo aparelho iPhone. Para realizar o check-in pelo aparelho é muito simples: o passageiro insere seu código localizador, recebido no ato da compra da passagem, e os dados de documentação, para receber o cartão em código de barras 2D, que será lido pelo equipamento dos agentes de autoatendimento posicionados em frente aos portões de embarque. www.voegol.com.br

23h às 29h

tecnologia

71


janeiro 2011

Um clássico português

casa

5h às 11h

O quê? Wharehouse. Por quê? A loja é um paraíso exótico que lembra um mercado marroquino. Localizada em um espaço de três mil metros quadrados, oferece móveis e objetos importados da China, Indonésia, Tailândia, Marrocos, Vietnã e Índia. Seg. a sex.: das 9h às 18h; sáb.: das 10h às 13h. R. Herbert Alfred Landsberg, 135, tel. 5524-0476.

11h às 17h

Gastronomia O quê? Final de semana à francesinha no Le Poème Bistrô. Por quê? A casa do francês Petrit Spahija, marido da atriz Maria Fernanda Cândido, é um espaço acolhedor e cozy, que serve pratos deliciosos com uma pitada da cuisine de terroir. A novidade fica por conta do novo buffet de almoço aos finais de semana, a um preço bem especial: R$ 32 por pessoa, incluindo uma sobremesa do dia. Almoço – seg. a sex.: das 12h às 15h30; sáb.: das 12h às 17h. Jantar – sex. e sáb.: das 20h à 1h. R. Joaquim Antunes, 98, tel. 3083-6016. www.lepoemebistro.com.br

música

17h às 23h

O restaurante Antiquarius está completando 20 anos de sucesso em São Paulo, com o melhor da gastronomia portuguesa. A casa tem ambiente acolhedor, com belas antiguidades e obras de arte, e conta com o som de um delicioso piano que só levanta o humor dos clientes. Mas o melhor vem da cozinha: delícias da culinária lusitana magistralmente produzidas, como o arroz de pato, a cataplana, a açorda de frutos do mar e os vários pratos com bacalhau. A carta de vinhos é uma das melhores da cidade, com opções de qualidade não só de casas portuguesas. E, na hora da sobremesa, experimente os doces conventuais, como o toucinho do céu e a lampreia: incomparáveis. Al. Lorena, 1.884, tel. 30823015. www.antiquarius.com.br

terça, 04

O quê? Jack Daniel´s Studio Nº 7. Por quê? Plataforma criada para incentivar a produção musical brasileira, com performances ao vivo transmitidas pela Tv Trama. Durante 18 meses (desde 7 de dezembro), músicos se apresentam todas as terças, das 16h às 18h, no estúdio da Trama, em São Paulo. Cada artista ganha de Jack Daniel´s o material transmitido em áudio e vídeo, além de um kit especial. No fim de cada apresentaçaõ, happy hour com whisky para todos. As músicas ficam disponíveis, todas com downloads remunerados para os artistas. www.tvtrama.com.br

23h às 29h

turismo

72 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Salas Vip da TAM, no Aeroporto de Guarulhos. Por quê? Foram totalmente repaginadas e estão mais confortáveis, modernas e sofisticadas. A última a ficar pronta foi a sala destinada aos passageiros dos voos internacionais da Primeira Classe. Nela, há poltronas individuais e iluminação indireta, sala com TV de LCD e recepção de sinal digital, internet de banda larga e wireless, serviço completo de buffet, drinques, seleção de vinhos e de whiskies, piano, além de banheiros com infraestrutura para banho. As salas estão localizadas no Terminal 1/Asa B. www.tam.com.br


quarta, 05

janeiro 2011

O quê? Atelier Arte em Gotas D’Água de Andrea Laybauer. Por quê? A moça é especialista em macrofotografia Drop Shots, técnica na qual gotas de água em movimento são clicadas em alta velocidade, no momento do choque com uma superfície lisa. A gota se comporta como uma lente convergente, e gera um reflexo da imagem que está no pano de fundo. A novidade pode ser apreciada e comprada em um acervo de mais de 300 imagens, personalizadas em fotos, imãs para geladeira e mais. Seg. a qui.: das 10h às 19h e sex.: das 14h às 20h. R. Batataes, 196, tel. 2872-9309/8580-6459.

5h às 11h

arte

O quê? Cozinharia Gastronomia e Café. Por quê? Boa opção para o café da manhã, almoço e lanche da tarde. Após ter administrado a Cafeteria Gourmet e o restaurante Jardim Gourmet, ambos em Salvador, no Shopping Barra, Juliana Belfort resolveu montar esse estabelecimento em São Paulo, misto de bufê e cafeteria. O mote da empresária para abrir o restaurante foi a saudade de se alimentar com uma comidinha caseira, fresca e de qualidade em seus tempos de executiva de uma empresa. Seg. a sex.: das 8h às 17h. O serviço de bufê vai das 12h às 15. R. Iguatemi, 480, tel. 3071-1023.

11h às 17h

Gastronomia

O quê? Mesa da Sorte no Marakuthai. Por quê? De segunda a quarta, das 20h às 24h, a casa oferece um menu completo e especial, a R$ 68 por pessoa, para um grupo de quatro ou mais comensais. Na hora da conta, o maître sorteia uma das pessoas da mesa, que pagará apenas pela bebida e pelo serviço. Há duas opções de pratos principais: Romeu e Julieta (medalhão de mignon com molho de goiabada cascão e purê de queijo meia-cura) e o peixe em crosta de amendoim com pirão do mar ao perfume do capim-santo e arroz de coco. Al. Itu, 1618, tel. 3062-7556.

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Noite de jogos no Blue Velvet. Por quê? Todas as quartas-feiras, a casa vira um cassino, com mesas, fichas e crupiês profissionais treinados para auxiliar os clientes já experientes e treinar os que nunca jogaram. A moeda que circula é a Cassinera, distribuída aos frequentadores e depois trocada por fichas nas mesas. Entre os jogos, pode-se optar pelo black jack, roleta e pôquer. Os ganhadores recebem como prêmios garrafas de vodka, whisky ou valores em consumo na casa. Ter. a sáb.: das 20h até o último cliente. R. Bela Cintra, 1541, tel. 3063-5232.

23h às 29h

bar

73


janeiro 2011

Rodízio de temakis

5h às 11h

exposição O quê? Louça morena. Por quê? Assim foi apelidado por Cecília Meirelles o trabalho em barro feito pelas louceiras do povoado de Poxica, em Itabaianinha, Sergipe. A exposição e venda desse tradicional artesanato – que inclui travessas, pratos, panelas, xícaras, bules, sopeiras, flores, pássaros, moringas e alguidares – faz parte do projeto Sala do Artista Popular, do Programa do Promoart + Cultura, em parceria com A Casa museu do objeto brasileiro. Até 18 de fevereiro. Seg. a sex.: das 10h às 19h. R. Cunha Gago, 807, tel. 3814-9711. www.acasa.org.br

11h às 17h

moda O quê? Lygia & Nanny. Por quê? Já se encontram na loja dos Jardins as peças em neoprene da marca feitas para a Neon, que apareceram na última edição do São Paulo Fashion Week. São apenas 15 itens, de edição limitada, desenvolvidos em parceria com os estilistas Dudu Bertholini e Rita Comparato. A coleção 2011, inspirada nas ilhas do Pacífico, conta com três linhas: Women, Cruise e Linha Mais, todas bem charmosas. Haddock Lobo, 1396, tel. 3088-1346. www.lygiaenanny.com.br

gastronomia

17h às 23h

Os cones orientais conquistaram mesmo o paladar dos paulistanos: agora, no bairro do Itaim Bibi, já tem um rodízio especializado em temakis, com versões exclusivas e molhos gourmets que dão um toque todo especial ao prato. Do balcão comandado pelo chef Ricardo Yokota (ex Nagayama e Noyoi), hoje também à frente do Restaurante Wasabi, na Vila Mariana, saem vários sabores de temakis, como o de salmão ao azeite de ervas, cream-cheese e crocante de wassabi; o de lula à dorê, cream de cebolinha e molho de mostarda com wassabi; o de atum, rúcula e tomate confit e o de agulhão grelhado com damasco e lascas de amêndoas. São 20 opções no rodízio (R$ 37,50 ou R$ 43,90, com dez fatias de sashimi). R. Adolfo Tabacow, 269, tel. 3079-1373.

quinta, 06

O quê? Restaurante Bola Preta. Por quê? Para provar um tenro rosbife em cama de legumes, uma das novas sugestões de entrada ao lado do tentáculo de polvo grelhado, servido com uma salada morna de pupunha e especiarias. A especialidade da casa é o arroz – de bacalhau, de polvo, de pato e de tamboril –, mas há massas leves com molhos aromáticos e leves, como o spaguetti com lulas à provençal e o fettucini com camarões ao pesto e abobrinhas. Seg. a sex.: das 12h às 15h e das 19h às 23h; sáb.: das 12h às 24h; dom. e fer.: das 12h às 17h. Al. Campinas, 1021, tel. 2649-4840.

23h às 29h

ação

74 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Movimento Piloto da Vez. Por quê? Leva associados do Keep Walking e clientes de bares paulistanos para casa de táxi inglês. A ação criada pela Johnnie Walker pretende conscientizar sobre os riscos da aliança entre álcool e direção. Acontece às quintas, sextas e sábados, sempre das 20h30 até as 5h, nos bares Astor e Original. Aos sábados não há um estabelecimento fixo, porém o serviço atende apenas os associados do Keep Walking Club, que, ao ligarem para a Central Rádio Táxi (tel. 30350404), ganham uma corrida de até 10 km grátis. www.johnniewalker.com.br.


sexta, 07

janeiro 2011

O quê? Russ. Por quê? Nova loja da estilista Juliana Arantes em parceria com o artista plástico Fábio Russomanno, na Galeria Ouro Fino, nos Jardins. A marca oferece peças de decoração, acessórios e vestuário. As estampas, bastante diferenciadas, bem como os projetos marcados por referências urbanas levam a assinatura de Russomanno. “Minhas estampas exploram as cores vibrantes numa época em que a cor cinza é predominante no cotidiano das pessoas”, afirma o designer. R. Augusta, 269, loja 316, 2º piso, tel. 3061-5150. www.russ.basekit.com

5h às 11h

design

O quê? Cinema. Por quê? Estreia a animação Enrolados, com vozes de Mandy Moore, David Schwimmer, Donna Murphy, John Goodman, Zachary Levi e direção de Nathan Greno. Rapunzel, a princesa que foi raptada quando bebê e mantida presa em uma torre, agora uma adolescente determinada, realiza uma fuga de arrepiar os cabelos com ajuda de um ousado bandido. Também em 3D. Nas melhores redes de cinema, como Cinemark, PlayArte e UCI.

11h às 17h

Cinema

O quê? Peças de teatro. Por quê? Dia de estreia, Mambo italiano – Teatro Nair Bello (R. Frei Caneca, 359, 3º pis, tel. 3472-2414), e reestreias, como Mulheres alteradas – Teatro Procópio Ferreira (R. Augusta, 2823, tel. 3083-4475); Ensina-me a viver – Temporada Popular, Teatro das Artes, Shopping Eldorado (Av. Rebouças, 3970, 3º piso, tel. 3034-0075); Os 39 degraus – Teatro Shopping Frei Caneca (R. Frei Caneca, 569, 6º andar, tel. 3472-2229). Confira mais programações no www.guiadeteatro.com.br

17h às 23h

teatro

O quê? Estreia de Má companhia. Por quê? Apresenta uma colagem de textos e personagens dos atores Marcelo Mansfield e Carlos Farielo, consagrados com personagens de sucesso como Seu Lili, de Terça insana, ou o Seu Banana, do programa de TV Zorra total, entre tantas outra participações em espetáculos: Quinta Q pariu, Casal de segunda, Segundas intenções, Rashowbico e Cafi-break (Blue TV, da TVA). De 7 de janeiro a 19 de fevereiro, sex. e sáb.: às 23h59. R$ 30 e R$ 15. Espaço dos Parlapatões. Pça. Roosevelt, 158, tel. 3258-4449. www.ingressorapido.com.br

23h às 29h

teatro

75


janeiro 2011

Burberry no Iguatemi

5h às 11h

Viagem O quê? Pousada Saha, em Campos do Jordão. Por quê? É uma ótima alternativa para os que preferem o sossego das montanhas à badalação da praia. E o local oferece um pacote de relaxamento total: duas diárias para o casal, incluindo duas massagens relaxantes no espaço do spa Jacques Janine, uma cesta de piquenique repleta de salgados e doces, além do café da manhã servido no quarto. O valor do pacote é de R$ 1.273 (baixa temporada) e R$ 2.211 (alta temporada). Não aceita crianças com menos de 14 anos e não cobra taxa de serviço. Mais informações pelo tel. (12) 3663-2433. www.sahacampos.com.br

11h às 17h

Gastronomia O quê? Restaurante Suez. Por quê? Aberto recentemente, se inspira na cozinha mediterrânea e tem ambiente agradável. O cardápio traz como destaque finger food nas entradas, como o bolinho de arroz com queijo gorgonzola e pancetta. Para o prato principal, uma boa pedida é o defumado de polvo à galega. As sobremesas são caprichadas, como uma inédita trilogia formada por brigadeiro de canela, pera ao vinho e sorvete de limão siciliano. Seg.: das 12h às 15h, ter. a qui.: das 12 h às 24h; sex. e sáb.: das 12 à 1h; dom.: das 12h às 18h. R. Oscar Freire, 155, tel. 3081-7909.

gastronomia

17h às 23h

A marca inglesa fundada em 1856 abriu sua segunda loja no Brasil, no Shopping Iguatemi. A primeira foi inaugurada em Brasília no primeiro semestre de 2010. No luxuoso espaço, roupas masculinas e femininas da grife conhecida no mundo todo pelo seu xadrez em bege, preto, vermelho e branco, além de acessórios como gravatas, óculos de sol, chaveiros, abotoaduras, pastas, carteiras e perfumes. Para quem está indo para o inverno europeu, vale conferir os clássicos trenchcoats da grifes, assim como os suéteres. A Burberry é mais uma marca de luxo que aportou recentemente no Iguatemi, que está se transformando em ícone desse segmento. Av. Brig. Faria Lima, 2.232, tel. 3031-7424.

sábado, 08

O quê? Ristorante Mergellina em Maresias. Por quê? O Cheff Vincenzo Vessicchio comemora um ano de casa com pratos e preços especiais. No elenco, os três pratos mais pedidos, com direito a uma taça de vinho como cortesia para o brinde: Pappardelle à Avellinese (R$ 19,50) – bolonhesa, bacon, azeitona, ervilha e cebola; Nhoque de Batata à Sorrentina (R$19,50) – molho de tomate, mussarela e manjericão; e Fusilli à Salernitana (R$ 21) – camarão, lula, tomate e manjericão. R. dos Navegantes, 139, tel. (12) 3865-7272.

23h às 29h

Balada

76 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Festa Gambiarra. Por quê? É a mais badalada pelos artistas (Revista Quem acontece), Melhor do ano pela segunda vez (Época São Paulo) e, pela terceira vez, ganhadora do Prêmio Jovem Brasileiro como a melhor festa jovem do ano. Idealizada por amigos ligados ao teatro, é marcada por produções teatrais que iniciam, prorrogam e encerram suas temporadas. A seleção de hits da música brasileira é feita pelos DJs Talita Castro e Miro Rizzo, mas a cada semana conta com um DJ especial convidado. Denise Fraga, Danton Mello, Maria Gadú, Luana Piovani e muitos outros já comandaram suas pick-ups. www.gambiarraafesta.com.br


domingo, 09

janeiro 2011

O quê? A nova fragrância Chloé Eau de Parfum. Por quê? Ela combina rosa, freesia, cedro, âmbar, magnólia e lírio do vale em uma mistura suave e refrescante. O perfume brinca com a feminilidade e com as várias personalidades femininas. Concebido para as mulheres românticas, ele tem como representantes a atriz Chloé Sevigny e a bela modelo Anja Rubik e está à venda nas melhores perfumarias. 75 ml R$ 351. SAC: 0800-772-5500. www.rrperfumes.com.br

5h às 11h

beleza

O quê? Donna Ducca. Por quê? É o novo italiano do bairro de Tatuapé. De segunda a sexta é oferecido o almoço executivo, composto por couvert, Bracciola ou Porpeta, buffet de massas e sobremesa, a R$ 29,90 por pessoa. O principal trunfo fica para a qualidade das massas frescas feitas a toda hora na própria pasticceria – no piso de cima, 34 tipos, entre secas e recheadas, preparadas al dente. No cardápio a la carte, tentações como o Risoto de Frutos do Mar. Ter. a sex.: das 12h às 16h e das 19h às 24h; sáb.: das 12h às 24h e dom.: das 12h às 18h. R. Azevedo Soares, 1015, tel. 2094-6262

11h às 17h

gastronomia

O quê? Jazz com Samba Canção com Pamella Araujo. Por quê? Na apresentação, a paulistana de 28 anos e voz marcante, ex-integrante da Banda Zona Soul, interpreta músicas de grandes cantoras do blues e jazz como Billie Holiday, Diana Kross e Nina Simone, e ainda apresenta no repertório algumas canções de compositores brasileiros como Candeia, Cazuza, Dorival Caymmi, Elis Regina e Maysa. R$ 18 e R$ 20. Dias 9 e 16 de janeiro, às 21h30. Ton Ton Jazz. Al. Pamaris, 55, tel. 3804-0856. www.tontonjazz.com.br

17h às 23h

show

O quê? Saladas de verão do Tizziano. Por quê? De passagem pelo Rio de Janeiro e com aquela sensação térmica (ou real) de 40 graus? A casa italiana, na Barra da Tijuca, serve saborosas opções de saladas até a madrugada. Há, por exemplo, a Caprese (mozzarella Fior di latte, tomate e manjericão fresco), a Mista (mozzarella Fior di latte, alface, palmito, tomate e cenoura) e a Di Tonno (atum fresco, folhas verdes, cenoura e abobrinha raladas). Seg. a qui.: das 18h às 2h, sex. e sáb.: das 18h às 3h; dom.: das 12h à 1h. Av. Armando Lombardi, 1010, tel. (21) 24921878. www.tizziano.com.br

23h às 29h

gastronomia

77


janeiro 2011

Cão modelo

5h às 11h

exposição O quê? Índios Kayapós, do fotógrafo Rodrigo Petrella. Por quê? Mostra de estreia da Paralelo Gallery, um novo espaço cultural de Andrea Rehder e Flavia Marujo. Com curadoria do espanhol Amador Grinyo, são 11 fotografias de grandes dimensões que representam parte do projeto Guardiões da floresta, que o artista vem desenvolvendo na Amazônia nos últimos 10 anos, já exibidas no Smithsonian Museum New York e no Museu Imperial de Pequim. Até 5 de fevereiro. Seg. a sex.: das 10 às 19h e sáb.: das 11h às 15h. R. Arthur de Azevedo, 986, tel. 2495-6876. www.paralelogallery.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? O restaurante Svaden, dentro do Clube Escandinavo. Por quê? Porque além de um delicioso buffet executivo servido diariamente de segunda a sexta com 40 pratos, a casa oferece também, na sexta à noite e no sábado (19h30 às 23h30) e aos domingos (das 12h às 16h), um buffet de cozinha escandinava completa, com deliciosos smorgasbord, sanduíches abertos de pão preto com salmão, anchova, caviar e folhas. R. Moraes de Barros, 1009, tel. 5041-9883.

bar O quê? Dau Oliveira, no Piratininga Bar. Por quê? Dia de Bossa Nova e MPB na casa. Ao estilo “um banquinho e um violão”, o cantor interpreta canções de Vinícius de Moraes, Chico Buarque, João Bosco, Caetano Veloso, entre outros. Seg. a qui.: das 18h às 2h; sex. e sáb.: até o último cliente; dom.: das 18h às 24h. R. Wisard, 149, tel. 3032-9775.

17h às 23h

Referência no mercado publicitário e editorial, a agência Cão Modelo tem mais de mil animais cadastrados em todo país. A ideia da empresa surgiu quando a produtora de fotos Ana Paula Amaral passeava com seu filhote de beagle Lancelot e foi abordada para gravar um comercial com ele. Assim começou o novo negócio de Ana Paula, que hoje seleciona os cães e produz books fotográficos dos “modelos”. A agência tem equipe com adestrador, dog walker, motorista e profissional de estética canina para oferecer suporte ao dono e ao bichinho. Engajada socialmente, Ana Paula doa parte dos cachês para ONGS de Proteção Animal e sempre que possível seleciona cães SRD (sem raça definida) para campanhas publicitárias, incentivando a adoção. Para cadastrar acesse o site www.caomodelo.blogspot.com

segunda, 10

23h às 29h

consumo

78 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Gin Hendrick’s. Por quê? Produzido na Escócia pela destilaria William Grant & Sons, famosa pelos whiskies que produz há 120 anos, este gin não é nada comum. Feito artesanalmente com infusões de pepinos da Holanda e pétalas de rosa Damascena da Bulgária, que lhe conferem um caráter floral refrescante, é produzido artesanalmente em pequenos lotes de 450 litros. Preço sugerido: R$ 180. Distribuído pela Bacardi Martini, pode ser encontrado em lojas especializadas e bares voltados à coquetelaria. SAC: 28333333/2833-3200. www.hendricksgin.com


terça, 11

janeiro 2011

O quê? 40º Encontro da Moda Feminina – 2011. Por quê? É a principal feira de pedidos focada na visitação exclusiva de lojista e compradores, interessados em adquirir produtos de moda feminina. Aproxima empresários da indústria da confecção com foco exclusivo nos negócios e atrai lojistas e compradores nacionais e internacionais, impulsionando vendas, novos contatos, parcerias e oportunidades. De 11 a 14 de janeiro, das 10h às 20h. Expo Center Norte – Pavilhão Vermelho. R. José Bernardo Pinto, 333, tel. 2089-8500. www.encontrodamoda.com.br

5h às 11h

evento

O quê? Férias na Cozinha do Gastrô – Espaço Gourmet. Por quê? São cursos de férias para a criançada entrar em contato com diferentes culinárias: de sushis a coquetéis sem álcool, passando por minitaquitos e espetinhos de morango com calda de chocolate. Dia 11 de janeiro, Cupcakes do País das Maravilhas; dia 15 de janeiro, Brincando de mágica; dia 18 de janeiro, Culinária Mexicana – Arriba!; dia 22 de janeiro, Festa do Hawai; e dia 25 de janeiro, Sushi mania. Todos das 14h às 16h. R$ 90 cada. 20 vagas. Idade: de 5 a 10 anos. Rua Tinhorão, 122, tel. 3666-7111. www.gastrogourmet.com.br

11h às 17h

criança

O quê? Sacra Rolha Wine Bar e Champanheria. Por quê? A casa foi idealizada para quem gosta de apreciar champanhes, bons vinhos e espumantes a preços confortáveis. Na hora do almoço, serve pratos executivos; no happy hour e à noite, supreme de camembert (massa folhada com camembert e mel), ossobuco à milanesa, lombinho au jus, massas frescas servidas nas panelas cocote e o delicioso minifondue de chocolate. Ter. a dom.: das 11h à 1h. Happy hour: ter., qua. e qui., das 18h às 21h. R. Rio Grande, 304, tel.4304-0300.

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Bar Blá. Por quê? Para bater papo em noites quentes de verão, numa agradável área externa, saboreando finger foods, como pastéis de alcachofra e cogumelos salteados com queijo de cabra e pesto de manjericão, entre goles de chope ou drinques caprichados. Ou optar pelo menu contemporâneo do jantar, acompanhado de um bom vinho da variada carta. O Agnolotti de Camarão e Alcachofra (massa fresca recheada com camarão e alcachofra ao molho de legumes) é uma boa pedida. Seg.: das 12h às 15h30; ter. a sáb.: das 12h às 15h30 e a partir das 18h até o último cliente. Av. Brig. Luís Antônio, tel. 3052-2448.

23h às 29h

bar

79


janeiro 2011

Degustação de Johnnie Walker

5h às 11h

exposição O quê? Carlos Oswald – O resgate de um mestre. Por quê? Pela relevância do artista na história da gravura artística e sua contribuição às artes plásticas brasileiras. A retrospectiva conta com 70 itens: 58 obras pertencentes ao Museu Nacional de Belas Artes, 9 gravuras de coleções particulares e 3 livros ilustrados por ele em original. Curadoria de Paulo Leonel Gomes Vergolino e produção da Cult Arte e Comunicação. Até 20 de fevereiro. Ter. a sáb.: das 9h às 21h; dom. e fer.: das 10h às 21h. Caixa Cultural São Paulo – Galeria Vitrine da Paulista. Av. Paulista, 2083, tel. 3321-4400.

11h às 17h

exposição O quê? Arte Povera – obras da coleção do Mart (ITA). Por quê? A exposição faz parte da inauguração do Sesc Belenzinho, com obras dos expoentes da Arte Povera, movimento artístico que teve início na Itália em nos anos 60, marcado pela radicalização de formas e uso de materiais, com o intuito de quebrar a forte influência clássica presente na arte italiana até então. Todas as peças pertencem ao Museu de Arte Moderna e Contemporânea de Trento e Rovereto (MART). Até 8 de março. Ter. a sex.: das 10h às 20h; sáb., dom. e fer.: das 9h às 18h. Galpão Multiuso. R. Padre Adelino, 1.000, tel. 2076-9700.

bar

17h às 23h

Você sabia que o estoque de whisky da Escócia é mais valioso que a coleção de jóias da Coroa? De 14 de janeiro a junho de 2011, especialistas comandam inédita degustação de whiskies na ABS, Associação Brasileira de Sommeliers. O curso acontece sempre às sextas-feiras, às 19h, e diferentes versões do mais conhecido blend, Johnnie Walker, serão o “material didático” da aula. A inscrição custa R$ 70 e associados da ABS ou do Keep Walking Club, clube de relacionamento de Johnnie Walker, pagam meia. Dois especialistas se revezam no comando das aulas-degustação: o mixólogo Márcio Silva e o especialista em destilados Cesar Adames. Sede da ABS – R. Gomes de Carvalho, 1327/1329, cj. 21, tel. 3814-7853.

quarta, 12

O quê? Itigo Sake House. Por quê? Se intitula como o primeiro Izakaya (boteco japonês pequeno e familiar) fora do bairro da Liberdade. Instalado no miolo dos Jardins, a casa reúne a especialista em sakês Ana Toshimi Kanamura, a gastronomia do jovem chef Fábio Okamoto e os coquetéis do barman André Bueno. Ali é possível degustar ou comprar sakês nacionais, japoneses e americanos, entre mais de 30 rótulos, que podem ser apreciados ao lado de petiscos japoneses especialíssimos. Ter. a qui.: das 19h às 23h30; sex. e sáb.: das 19h à 1h30. Al. Lorena, 871, tel. 3062-7875.

23h às 29h

turismo

80 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Viaja Fácil Brasil. Por quê? Bom para quem quer viajar e anda meio “desprevenido”. O programa lançado pela ABAV Nacional em parceria com a administradora de consórios Gazin, regulamentado e normatizado pelo Banco Central, permite financiar uma viagem em até 36 vezes, sem juros. A listagem das agências que oferecem o produto pode ser conferida no site www.portalabav.com.br. Vania Rubens, 9446-6692. Mais informações no site www.viajafacilbrasil.com.br


quinta, 13

janeiro 2011

O quê? Adolfo Dominguez. Por quê? Presente em 27 países, o estilista preferido da princesa Letizia Ortiz, da Espanha, inaugurou no fim de novembro sua primeira loja no Brasil, no Shopping Villa Lobos. Traz quatro coleções com a sua marca registrada, luxo acessível, além de discrição e feminilidade em peças para diferentes ocasiões: ClassicChic, tradicional e sofisticada; Poètique, delicada e romântica; Essential, com peças práticas e básicas; e Tendance, mais fashion e ousada. Seg. a sáb.: das 10h às 22h; dom. e fer.: das 14h às 20h. Av. das Nações Unidas, 4777, tel. 3024-3738.

5h às 11h

moda

O quê? Restaurante Miyabi. Por quê? É um dos eleitos pelos japoneses residentes no Japão. A cozinha é pilotada por Masanobu Haraguchi e Shundi Kobayashi, responsável por pratos como o Hokkaindon (à base de filés e ovas de salmão, ouriços e arroz) ou o Dotenape (iguarias como ostras e legumes cozidos em panela de barro e pasta à base de missô). Quem assina o projeto da casa é o conterrâneo Ruy Ohtake, para quem a comida oferecida ali em nada difere da servida em seu país. É bom fazer reserva. Seg. a sáb.: das 11h30 às 14h30 e das 18h às 22h30. Av. Paulista, 854, tel. 3289-4708.

11h às 17h

Gastronomia

O quê? Kylix. Por quê? Além do wine bar e delicatessen, essa charmosa casa é um espaço para cursos, degustações e eventos ligados à arte do vinho. Mensalmente, oferece o Wine Day, quando é possível conhecer rótulos de várias importadoras, apresentados por especialistas, e o Wine Special, promoção e degustação de 3 rótulos em taça. Além da carta com mais de 700 rótulos, há uma boa seleção de whiskies, vodkas e produtos da La Pasta In Casa, de Sergio Arno. Seg. a qua.: das 10h às 22h; qui. a sáb.: das 10h às 23h; dom.: das 12h às 17h. Av. Angélica, 681, tel. 3825-4422. www.kylixvinhos.com.br

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Container. Por quê? O novo clube no Baixo Augusta, dos sócios Rodrigo Pitta e Magno Azevedo e com direção artística de Teodoro Cochrane, alia balada com performances de dança, teatro e mágica. A dançarina Alexandra Valença, que já mostrou seu talento até para o premiê italiano Silvio Berlusconi, integra o grupo de artistas. Na pista, muito pop e eletrônica, e no bar-lounge, coquetelaria molecular e mixologia. Qui. a sáb.: a partir das 22h30. De R$ 60 a R$ 90. R. Bela Cintra, 483, tel. 4305-0131.

23h às 29h

balada

81


janeiro 2011

Forneria do Santa

esporte

5h às 11h

O quê? 500 Milhas de Interlagos – Motovelocidade Endurance. Por quê? Edição especial que comemora 70 anos de existência do autódromo. A clássica prova em estilo Le Mans acontece entre 14 e 16 de janeiro, das 8h às 18h. Autódromo de Interlagos. Av. Senador Teotônio Vilela, 261, tel. 5666-8822. www.500milhasbrasil.com.br

11h às 17h

Cinema O quê? Cinema. Por quê? Estreia a comédia de Rosane Svatman, Desenrola, com Olivia Torres, Juliana Paiva, Daniel Passi, Vitor Thire, Lucas Salles e Kayky Brito. Priscila tem 16 anos e é uma garota mais normal do que gostaria. Sua mãe viaja a trabalho por 20 dias e, pela primeira vez, ela tem a casa só para ela. Nesse curto espaço de tempo, vive grandes mudanças e descobre que as coisas não são exatamente como esperava. Nas melhores redes de cinema como Cinemark, PlayArte e UCI.

teatro

17h às 23h

Para quem está com crianças em férias e não sabe onde leválas, este lugar é perfeito. Adepta da chamada ‘comfort food’ (pratos saborosos e reconfortantes), a casa oferece ótimas pizzas, antepastos, saladas, grelhados e uma opção sedutora para os pequenos: vestir um avental e montar a própria pizza com os seus ingredientes preferidos. O Kit Criança (R$ 20) é uma feliz ideia para manter os pequenos entretidos enquanto os pais curtem o jantar. Outra atração dessa casa acolhedora, que tem uma bela árvore florida logo na entrada, é a decoração, com velas coloridas e teto retrátil, perfeito para os dias de calor. Os objetos da casa, muitos de feirinhas de antiguidade e antiquários, podem ser comprados pelos clientes. R. Ministro Gabriel de Resende Passos, 319, tel. 5054-1199.

sexta, 14

O quê? Dueto para um. Por quê? Inspirado na história verídica da doença que impediu a violoncelista inglesa Jacqueline du Pré de exercer a arte no auge de sua carreira. Na tentativa de tratar a depressão que se instaura, ela procura um psiquiatra. O espectador acompanha seis sessões evolutivas de terapia, em que os personagens dialogam sobre temas como a impotência humana e a perda. Dias 14 e 15 (às 21h) e 16 (às 19h30) de janeiro. R$ 30 (sex. e dom.) e R$ 40 (sáb). Teatro Tucarena. R. Bartira esq. c/ R. Monte Alegre, tel. 26260938. www.compreingressos.com

23h às 29h

gastronomia

82 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Sakana Sushi e Espetaria. Por quê? A nova casa no Itaim Bibi oferece diversas opções de espetos (robatas), como de camarão, carnes, aves, peixes, shimeji, shitake e legumes. Não falta capricho na apresentação dos espetos, elaborados pelo chef Edvan Moraes. A pedida pode fazer parte do rodízio ou servidos a la carte. Destaque para o paisagismo da sócia Andreia Veeck, que forrou as paredes do ambiente externo, coberto com belas orquídeas e bromélias. Seg. a sáb.: das 12h às 15h30 e das 19h até o último cliente. R. Ministro Jesuíno Cardoso, 157, tel. 3842-6688.


sábado, 15

janeiro 2011

evento

5h às 11h

O quê? 5ª Edição do Showroom da Moda Select. Por quê? Apresenta as tendências de calçados, acessórios de moda, bolsas, entre outros, para o outono-inverno 2011. De 15 a 19 de janeiro, das 9h30 às 21h. Claire Eventos. Centro de Convenções Frei Caneca. R. Frei Caneca, 569, tel. 3472-2082. www.showroomdamoda.com.br

O quê? Cinema. Por quê? Estreia Amor por contrato, comédia com David Duchovny, Demi Moore, Gary Cole e outros; direção de Derrick Borte. O filme mostra uma família aparentemente perfeita, que se muda para um novo bairro e passa a ser o centro das atenções. Por trás desta perfeição escondese um segredo. A família perfeita na verdade é uma farsa, parte de uma campanha de marketing que pretende vender diversos produtos luxuosos às famílias de todo o mundo. Nos melhores cinemas, como Cinemarl, PlayArte e UCI.

11h às 17h

cinema

O quê? Festival Summer Soul 2011. Por quê? Traz Amy Winehouse pela primeira vez ao Brasil. A cantora chega como uma das principais atrações do festival de música Soul/R&B, e passa por Florianópolis, no dia 8; Rio de Janeiro, dia 11; e Recife, dia 13. No Brasil, Amy Winehouse deve cantar os hits como Rehab, Back to black, e músicas de seu último álbum. Além dela, se apresentam Janelle Monae e Mayer Hawthorne. Dia 15 de janeiro: às 18h. Arena Anhembi. De R$ 100 a R$ 500. Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 62240400. www.livepass.com.br

17h às 23h

show

O quê? Bar do Milton. Por quê? Depois de gerenciar durante oito anos o Bar do Léo e ter seu próprio bar no Ipiranga, o Bar do Nico, Milton di Francesco uniu-se ao seu primo Fábio e os dois idealizaram a nova sensação de Santana, Zona Norte. O bar conta com almoços executivos e a la carte, happy hour com direito a canapés à moda germânica e chope cremoso, pratos variados e ainda uma lista de pizzas salgadas e doces. Seg. a dom.: das 12h às 24h. R. Dr. César, 1.277, tel. 2283-0000.

23h às 29h

bar

83


janeiro 2011

Reserva Pessoal

5h às 11h

turismo O quê? Vagão Bicicletário do Expresso Turístico. Por quê? Para unir turismo e ciclismo. O vagão oferece 45 suportes para a fixação das bicicletas com segurança (R$ 3 cada). O destino do passeio (R$ 28 por pessoa, com descontos de 50%, na compra de 4 passagens) é Mogi das Cruzes, onde há paraciclos em vários pontos turísticos. O trajeto de 1h30 é realizado quinzenalmente aos domingos, com saída às 8h30 da Estação da Luz e retorno às 16h30, da Estação Mogi das Cruzes. A ideia deve chegar aos demais roteiros do Expresso Turístico, como o de Paranapiacaba. www.cptm.sp.gov.br

11h às 17h

Gastronomia O quê? Sorvetes sem açúcar da Amor aos Pedaços. Por quê? Para manter a forma. Uma das sugestões é o sabor Abacaxi com Coco da linha 0% de Açúcar (sorvete de creme combinando camadas de bolo branco, abacaxi, creme de coco e coco ralado); outra é o Sorvete Mousse de Chocolate 0% de Açúcar (sorvete de chocolate com camadas de bolo de chocolate, mousse de chocolate, calda de chocolate e raspas de chocolate). R$ 8,05 cada 100 gramas. R. Jeriquara, 109, Loja 4, tel. 2537-8985. www.amoraospedacos.com.br

gastronomia

17h às 23h

Quem gosta de belos artigos para a casa, lençóis de algodão egípcio, mimos decorativos, flores e perfumes para ambiente, entre outras novidades para o lar, doce lar, deve dar uma passada na Reserva Pessoal, loja do arquiteto e decorador Paulo Gazzola. Ele, que também faz restaurações de móveis, e é um dos participantes da tradicional Casa Cor, é um profissional antenado com tendências internacionais e um decorador de muito bom gosto. Uma novidade da loja são as malas e os baús decorativos. Antes utilizados apenas para viagens, as peças são agora oferecidas em diferentes estilos, para serem usadas como itens decorativos ou para guardar fotografias e outros objetos. R.das Margaridas, 147, tel. 5041-9747. www.reservapessoal.com.br

domingo, 16

O quê? Pizzaria Soggiorno. Por quê? A casa criou um cardápio com novas pizzas apelidadas com o nome das praias mais badaladas do litoral norte de São Paulo. A Juquehy, por exemplo, é feita de com alface americana picada, queijo brie derretido, palmito, tomate cereja e molho à base de mel. Na terça-feira, a pizza pedida vale uma garrafa de vinho. A promoção em parceria com a Mistral garante apenas uma garrafa por mesa, e está sujeita à disponibilidade do estoque. Em dois endereços, na Lapa e em Alphaville. www.soggiorno.com.br.

23h às 29h

viagem

84 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? O assento dos aviões A330-300 da primeira classe da Swiss International Air Lines. Por quê? Conquistou o prêmio Best Seat Design Award da revista Global Traveler. Ao toque de um botão, ela vira uma cama totalmente horizontal com dois metros de comprimento. E mais: tem um sistema que permite regular a maciez do assento e de entretenimento individual com tela de 23 polegadas (a maior de todas as companhias), uma mesa grande com espaço extra para pertences; abajur, edredon de plumas e até poltrona para convidado, permitindo receber visita para jantar ou trabalhar, como em um jato particular. www.swiss.com/Brasil


segunda, 17

janeiro 2011

O quê? 38º Couro Moda. Por quê? Para ver as últimas novidades em artefatos em couro. Aberta apenas para lojistas e pessoas ligadas ao setor. De 17 a 20 de janeiro. Seg. a qua.: das 10h às 20h; qui.: das 10h às 17h. Pavilhão do Anhembi. Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 3897-6100/6161. Também promovida pela Couro Moda, entre os dias 18 e 21 de janeiro, das 10h às 17h, a primeira São Paulo Prêt-àPorter deve contar com 400 expositores dos setores de confecções e acessórios de moda. Expo Center Norte – Pavilhão Verde. R. José Bernardo Pinto, 333, tel. 2089-8500. www.couromoda.com

5h às 11h

feira

O quê? Campus Party Brasil 2011. Por quê? Promovido anualmente pela Futura Networks do Brasil, é considerado o maior evento na área. Nesta edição, reunirá cerca de 6.500 participantes para compartilhar conhecimento, trocar experiências e realizar atividades relacionadas a computadores, às comunicações e às novas tecnologias. Participam Al Gore (ex-vice-presidente dos Estados Unidos), Steve Wozniak (cofundador da Apple) e o blog Jovem Nerd. De 17 a 23 de janeiro. Centro de Exposições Imigrantes. Rod. dos Imigrantes, km 1,5. www.campus-party.com.br

11h às 17h

evento

O quê? Novas sobremesas no Le Marais Bistrot. Por quê? São elaboradas pela Chef pâtissière Amanda Lopes, que estudou no Instituto Paul Bocuse trabalhou ao lado de Fabrice Lenud. Entre as delícias estão as novas versões para clássicos como o Mil folhas, servido com creme de baunilha e frutas vermelhas frescas (R$ 19) e o Cheesecake com pera ao vinho tinto. Almoço – seg. a sex.: das 12h às 15h; sáb.: das 12h às 16h; dom.: das 12h às 17h. Jantar – seg. a qui.: das 19h30 às 24h; sex. e sáb.: das 19h30 à 1h. R. Jerônimo da Veiga, 30, tel. 3071 4635.

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Greenvana. Por quê? Reúne e-commerce, loja e portal de conteúdo dedicados ao universo “verde”. Procura uma mochila com placas solares para carregar seu celular? Ou uma bola com minerais que lava a roupa sem detergentes? Essas e outras novidades estão presentes na Greenvana Eco Store (www.greenvana. com). A marca traz, por exemplo, uma linha de sabonetes com ingredientes orgânicos, embalados com papel semente. Basta plantálo que nascerão flores. A empresa possui um portal de conteúdo (style.greenvana.com) dedicado ao lifestyle eco-friendly e acaba de abrir sua primeira loja no Rio de Janeiro.

23h às 29h

consumo

85


janeiro 2011

Arte e filosofia

5h às 11h

feira O quê? 6º Shared Services Brasil 2011. Por quê? Combinando palestras de casos práticos, painéis exclusivos e round tables, o evento reúne empresas do naipe da Cosin, Totvs e Visagio, atraindo um público de alto nível, focado na estratégia global de serviços compartilhados e em busca de novas soluções que lhes permitam executar o seu departamento de modo mais eficiente. De 18 a 20 de janeiro: das 8h às 18h. Amcham Business Center. R. da Paz, 1431, tel. 33240194. www.cscbrasil.com

11h às 17h

exposição O quê? III Mostra do Programa de Exposições 2010. Por quê? Apresenta trabalhos inéditos dos artistas convidados Claudio Mubarac e Daniel Acosta, além de mostras individuais simultâneas de seis artistas selecionados em edital: Azeite de Leos, Bruno Caracol, Dirceu Maués, Jonathas de Andrade, Leandro Cardoso e Thiago de Melo. Até 27 de fevereiro. Ter. a sex.: das 10h às 20h; sáb., dom. e fer.: das 10h às 18h. Grátis. Centro Cultural São Paulo. R. Vergueiro, 1000, tel. 3397-4002.

curso

17h às 23h

Já estão abertas as inscrições para os cursos do 1º semestre de 2011 na Augôsto Augusta Cultural. São módulos de literatura, cinema, música e filosofia com renomados professores, como Olgária Matos, (Filosofia), Jorge Coli (Arte do Século XXI). Adma Muhana (A Ilíada e suas tragédias) e Evandro Carlos Jardim (Desenho), entre outros nomes de destaque no cenário cultural brasileiro. A Augôsto Augusta Cultural é um espaço para pensar, discutir, aprender, entender e viver a arte e suas manifestações. A cada semestre, oferece cursos de quatro meses, aula e módulos breves, ministrados por pensadores com conhecimento do campo da filosofia e das artes. R. Augusta, 2.161, tel. 3082-1830. www.augosto.com.br

terça, 18

O quê? Degustação de Cerveja com Higor Mergulhão. Por quê? O mestre é um gestor da área comercial e de mercados especiais da Cervejaria Burgman. O curso aborda a composição, história, tipos, processo de fabricação e diferenças entre cerveja e chope, peculiaridades das cervejas artesanais e especiais, formas de apreciação da bebida, harmonização e, ao final do curso, uma degustação de diversas cervejas. Em duas aulas, quatro horas: dias 18 e 20 de janeiro, das 19h30 às 21h30. Preço: R$ 300 (em duas vezes). Escola São Paulo. R. Augusta, 2239, tel. 3060-3636. www.escolasaopaulo.org

23h às 29h

tecnologia

86 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? O aplicativo Pad + Colibri do Bar Brahma, no Centro. Por quê? É uma forma de atendimento inovadora, permitindo mais interação entre garçons e clientes. Por meio do tablet da Apple, pode-se explorar as opções do menu de pratos, bebidas e sobremesas, e até mesmo visualizar o fechamento de sua conta sem a necessidade de vias impressas. E o serviço fica mais ágil, já que todos os pedidos escolhidos na tela do Pad são automaticamente direcionados ao bar e/ou cozinha do estabelecimento. Seg. a dom.: a partir das 12h30. Av. São João, 677, tel. 3333-3030.


quarta, 19

janeiro 2011

O quê? 3ª Première Vision Brasil. Por quê? O salão, que tem como intuito valorizar a indústria têxtil latino-americana, antecipa informações de moda para a temporada Primavera/Verão 2012. Seguindo o padrão realizado em Paris, o evento é dividido em seis universos: Denim & Sportswear, City & Glam, Sport & Beach, Yarns & Fibers, Designs, Accessories. Dias 19 e 20 de janeiro: das 10h às 19h. Transamerica Expo Center. Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, tel. 5643-3000. www.premierebrasil.biz

5h às 11h

evento

casa

11h às 17h

O quê? Poltrona VC Thai. Por quê? É uma daquelas poltronas charmosas para se ter na varanda ou terraço. Importada da Tailândia, é todinha feita de bambu, pintada em pátina vermelha. Para incrementar, ela tem um suporte articulável e muito prático para descansar as pernas. R$ 2.280. Bali Express. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 863, tel. 30626061. www.baliexpress.com.br

O quê? Outback Steakhouse no Shopping Pátio Higienópolis. Por quê? A mais nova casa da rede lança o Coral Sea Tizer, aperitivo criado especialmente para o cardápio Billabong Hour (o happy hour da rede). A opção combina cortes de lulas empanadas, pedaços de peixe também empanados, batatas fritas temperadas e molhos Tartare e Garlic Aioli Sauce. Durante o happy hour, a cada chope, drinque alcoólico ou vinho em taça pedidos, o cliente ganha mais um. Seg. a sex.: das 18h às 20h (exceto feriados). Av. Higienópolis, 618, tel. 3823-3796. www.outback.com.br

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Livro sucesso em palavras, do biógrafo e palestrante corporativo Elias Awad. Por quê? Trata-se da biografia da dama da hotelaria, Chieco Aoki, CEO da rede Blue Tree Hotels. Ao todo, Awad reúne 16 histórias contadas em primeira pessoa durante diversos episódios do programa Biografias, que leva ao ar às sextasfeiras na rádio Eldorado. Os biografados detalham os desafios que enfrentaram e como alcançaram a realização pessoal e profissional. www.eliasawad.com.br. O livro pode ser encontrado na Livraria Cultura. www.livrariacultura.com.br

23h às 29h

livro

87


janeiro 2011

Música erudita

5h às 11h

casa O quê? Tecidos Super Outdoor da Entreposto. Por quê? Parte da nova coleção de verão, eles são ideais para a área externa, pois não absorvem água – característica que evita desbotamento e criação de fungos, o que os torna mais duráveis. Outra novidade da grife são os tecidos que reproduzem motivos de tijolos, madeira e palha, indicados para revestir paredes. Produzidos com tecnologia inovadora, são ecologicamente corretos e oferecem conforto acústico ao ambiente. Seg. a sex.: das 10h às 19h e sáb.: das 10h às 14h. Av. Cidade Jardim, 187, tel. 2189-0000. www.entreposto.com.br

11h às 17h

beleza O quê? Produtos de beleza e aromaterapia Anasuil Amazon. Por quê? A linha composta por água termal aromática, creme para limpeza da pele, sabonete líquido, hidratante corporal, spray perfumado para a casa e para o carro, e aromas em sticks para perfumar o ambiente, combina essências extraídas de ingredientes naturais, selecionados e cultivados em fazendas próprias do laboratório brasileiro W.N.F. (World’s Natural Fragrances). Seg. à sex.: das 10h às 22h; sáb.: das 10h às 22h e dom.: das 14h às 20h. Av. Brig. Faria Lima 2232, piso Faria Lima, tel. 3032-3218. www.shopluxo.com.br.

bar

17h às 23h

Quem vai a Santa Catarina poderá se programar para curtir o 6° Festival de Música de Santa Catarina, que se transformará em palco de música erudita de 20 de janeiro a 5 de fevereiro. A cidade de Jaraguá do Sul irá reunir pela sexta vez professores, regentes de renome internacional, artistas e cerca de mil estudantes de música vindos de várias regiões do planeta. Idealizado por Alex Klein, diretor artístico do Teatro Municipal de São Paulo e maestro da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, único brasileiro a conquistar um Prêmio Grammy individual na música erudita, o festival terá participação de 21 países. Sophia Chan, solista prodígio chinesa, de apenas 11 anos, é um dos destaques. www.femusc.com.br

quinta, 20

O quê? Cabrito do Adoniran, no Bar Genial. Por quê? O prato presta uma homenagem ao compositor, cantor, humorista e ator brasileiro João Rubinato, que completaria 100 anos em 2010, mais conhecido por Adoniran Barbosa. Trata-se de uma honesta perna de Cabrito, assada e desossada, com molho de vinho e ervas, arroz de brócolis, batatas coradas e “um” torresmo à milanesa. Ela é servida numa louça com a caricatura do músico, criada pelo artista plástico Flávio Rossi, que você leva para casa. R$ 39. Seg. a sex.: a partir das 17h; sáb. e dom.: a partir das 12h. R. Girassol, 374, tel. 3812- 7442.

23h às 29h

consumo

88 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Mr. Beer Cervejas. Por quê? A rede de quiosques localizados nos shoppings centers e aeroportos tem o maior número de rótulos de cervejas por metro quadrado do Brasil. Reúne cerca de 200 rótulos de cervejas especiais, nacionais e importadas, diversos acessórios e até venda consultiva para presentes ou harmonizações com a alta gastronomia. Uma das sugestões da loja é a cerveja holandesa Urthel Hop It. De cor clara de malte de alta fermentação, a cerveja tipo Ale, refermentada na garrafa, tem teor alcoólico de 9,5% e tempo de guarda de três anos. www.mrbeercervejas.com.br


sexta, 21

janeiro 2011

O quê? Instalação Lágrimas de São Pedro – Acalento ao sertão nordestino. Por quê? É a segunda exposição individual do jovem soteropolitano Vinícius Almeida – o Vinícius S. A., de 27 anos –, já ganhador do prêmio de Menção Honrosa no Salão Regional de Artes Plásticas da Bahia. São seis mil lâmpadas incandescentes cheias d’água e cuidadosamente presas ao teto em alturas diferentes, evocando a relação de fé do sertanejo com a chuva. Até 20 de fevereiro. Ter. a dom.: das 9h às 21h. Caixa Cultural São Paulo – Galeria Octogonal. Pça. da Sé, 111, tel. 3321-4400.

5h às 11h

exposição

O quê? Duas estreias nos cinemas. Por quê? A aventura Caça às bruxas é sobre um cavaleiro que volta à Europa depois de anos lutando nas Cruzadas e a encontra devastada pela fome e peste negra. Neste cenário, ele se une a guerreiros encarregados de levar uma garota, suspeita de ser bruxa, para um monastério distante. Já Brasil animado é o primeiro filme brasileiro 3D. Conta a história de Stress & Relax: um empresário que só pensa em dinheiro e um diretor de cinema que vive insistindo pra que este invista em seus projetos. Nas melhores redes, como Cinemark, PlayArte e UCI.

11h às 17h

Cinema

O quê? Cada um com seus pobrema. Por quê? Para dar boas gargalhadas. Mais uma minitemporada da peça escrita e atuada por Marcelo Médici (o Mimi de Passione), com a colabração e direção de Roberto Rathsam. Há quase sete anos em cartaz, sucesso de público e de crítica, traz esquetes e cenários atualizados sobre um ator shakesperiano que tem pavor de enfrentar uma plateia. Dias 21, 22 (22h) e 23 (20h) de janeiro. R$ 50 a R$ 100. Citibank Hall. Av. Jamaris, 213, tel. 4003.6464. www.credicard.com.br/citibank-hall/casas

17h às 23h

teatro

O quê? Pirarucu na Yoi! Rolls & Temaki. Por quê? O chamado “Bacalhau da Amazônia”, por sua semelhança com o bacalhau norueguês, é considerado o maior peixe brasileiro de água doce. Agora ele compõe dois temakis da Yoi!: o tradicional, com cream cheese, cebolinha e furikake, e uma inovação, em que o peixe vem empanado com farinha panko e molho sweet chilli. Também é servido crocante em uma das versões dos Kroks da casa. Em uma das 33 casas da rede, incluindo o novo endereço no Morumbi. Shopping Florida Center. R. José Horacio Meirelles Teixeira, 999 - Loja 4, tel. 2769-0056. www.loucosportemaki.com.br

23h às 29h

gastronomia

89


janeiro 2011

Máximo Ravenna

5h às 11h

exposição O quê? Buracos, de Sonia Guggisberg. Por quê? A obra integra a coletiva Água na Oca e o Projeto (I)mobilidade. Na videoinstalação, cenas projetadas no piso simulam buracos reais e mostram uma nadadora submersa, sempre abaixo do nível da água. Vinda do fundo, ela se aproxima da superfície e, sem encontrar a saída, retorna aparecendo em outro buraco, confinada em uma situação sem saída. Até 8 de maio. Ter. a sex.: das 9h às 18h; qui.: das 9h às 21h; sáb., dom. e fer.: das 10h às 20h. R$ 20 e R$ 10. Pq. do Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 3, tel. 5572-0985.

11h às 17h

gastronomia O quê? Novidades do restaurante NOU. Por quê? A casa ampliou seu espaço e cardápio. Agora conta com área externa para os fumantes, na parte de trás do local, com cerca de 15 lugares. Também preparou algumas novas sugestões de pratos, como o vinagrete de lula grelhada ao chimichurri e o ravióli ao molho de amora e balsâmico recheado de gorgonzola com castanhas. Para a sobremesa, panna cotta com calda de frutas vermelhas. Seg. a sex.: das 12h às 15h e das 20h às 24h; sáb.: das 12h às 24h; dom.: das 12h às 17h. R. Ferreira de Araújo, 419, tel. 2609-6939. www.nou.com.br

teatro

17h às 23h

Com 14 unidades em países como Argentina, Paraguai, Espanha e Uruguai, o Centro Terapêutico Máximo Ravenna abre sua 2ª franquia no Brasil. A primeira foi aberta em 2009 na Bahia; a segunda, recentemente, em São Paulo, no bairro dos Jardins. O espaço é voltado ao emagrecimento e baseia-se em um sistema multidisciplinar, que envolve terapia, exercício e dieta. Método criado pelo médico Máximo Ravenna em 1993, em Buenos Aires, a novidade chegou a São Paulo pelas mãos da empresária Moema Soares. Ela passou pelo sistema de emagrecimento e conseguiu perder 47 kg. A clínica funciona como um spa, em que a pessoa pode passar o dia, se alimentar e se exercitar, além de participar de terapias em grupo. Av. Rebouças, 3909, tel. 3494-5000. www.maximoravenna.com.br

sábado, 22

O quê? O amor e outros estranhos rumores. Por quê? Ao completar seus primeiros cinco anos de atividades na cena brasileira, o Grupo 3 de Teatro traz para o palco a originalidade, o humor e o absurdo que marcam a obra do escritor mineiro Murilo Rubião, autor dos três contos, adaptados por Silvia Gomez, que compõem o espetáculo dirigido por Yara de Novaes e estrelado por Débora Falabella, Maurício de Barros, Rodolfo Vaz e Priscila Jorge. Até 13 de fevereiro. Sex. e sáb.: às 21h30; dom.: às 19h. R$ 30. Teatro TUCA. R. Monte Alegre, 835, 2626-0938. www.compreingressos.com

23h às 29h

gastronomia

90 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Athenas Café Restaurante. Por quê? Para sentar em uma de suas mesinhas na calçada, a poucos metros do Espaço Unibanco de cinema, e experimentar especialidades gregas, como o Moussaká (gratinado de berinjelas, carne moída, batata, coberto com molho bechamel), o Psari Plaki (bacalhau fresco ao forno com rodelas de tomate e cebolas caramelizadas, acompanhado de brócolis e arroz branco) ou a Salada Caesar com Calamares à Dorê. Seg. a dom.: das 7h às 2h30. R. Augusta, 1449, tel. 3262-1945.


domingo, 23

janeiro 2011

O quê? Amigos, amigos, micróbios à parte. Por quê? Exposição do Instituto Butantan coordenada por Gláucia Colli Iglez, que tem como objetivo alertar os visitantes sobre os perigos que rondam o mundo invisível. O grande diferencial é a possibilidade dos visitantes utilizarem óculos 3D para descobrir novos ângulos de imagens e realizar um contato virtual com os animais e doenças transmitidas ao ser humano. Ter. a dom.: das 9h às 15h30. R$ 6. Av. Vital Brasil, 1500, tel. 3726-7222/3726-1505.

5h às 11h

passeio

O quê? La Grassa. Por quê? A região da Bolonha, na Itália, serviu de referência para o sócio João Paulo Gentille – responsável pelo cardápio – criar massas e antepastos fatti in casa. A carta de vinhos tem cerca de 80 rótulos selecionados para harmonizar com pratos como o Raviolli di Zucca (recheio de abóbora na manteiga de sálvia com avelãs douradas). Destaque para os drinques do famoso barman Derivan de Souza. Almoço – ter. a sex.: das 12h às 15h; sáb. e dom.: das 12h às 17h. Jantar – ter. a qui.: das 19h às 24h; sex. e sáb.: das 20h à 1h. Av. Juriti, 32, tel. 2387-9624. www.lagrassa.com.br

11h às 17h

Gastronomia

O quê? Ilha das Flores. Por quê? Verdadeiro oasis dentro de São Paulo, esse misto de bar e restaurante fica escondido numa viela que sai da marginal Pinheiros, sentido Zona Sul, logo depois da ponte da Cidade Jardim. Ótima parada para o happy hour no caminho de muitos executivos. Embora os petiscos do bar sejam famosos, pratos como o Medalhão do Chefe (file, molho roti, funghi secchi e alcachofra) e o Bacalhau das sextas são bem apreciados. Seg. a sáb.: das 12h às 24h e dom.: das 12h às 23h. R. dos Curumins, 5, tel. 3031-5644. www.barilhadasflores.com.br

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Restaurante Pasta & Vino. Por quê? A casa, com grandes portas de vidro, atende durante 24 horas e tem uma das melhores comidas italianas da cidade. Os antepastos são imperdíveis. Experimente o Pasta&Vino: beringela napolitana, beringela portuguesa, feijão branco com bacalhau ou com atum, alcachofra, carne acebolada e carne ao vinagrete. Serve dez pessoas. O espaguete à Bolognesa, a lazanha e o merengue de morango são os pratos prediletos dos famintos depois da balada. R. Barão de Capanema, 206, tel.3081-8747.

23h às 29h

gastronomia

91


janeiro 2011

La Paillote nos Jardins

5h às 11h

design O quê? Phósphoro, de Gustavo Engelhardt. Por quê? O móvel tem um design inusitado. Pode ser usado como banco, apoiador, mesa de cabeceira... Como as outras criações da Desfiacoco, a peça prioriza a utilização de materiais de baixo impacto ambiental e recicláveis. Pode ser encontrada na Novo Ambiente. A loja também tem outro destaque: a poltrona Fago, primiada no If Design Award, na Alemanha. Assinada pelo grupo Em2 Design, segue a tendência de “cocooning”, que reflete a busca das pessoas por recolhimento, aconchego e sensação de conforto. www.novoambiente.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Boutique Bar Nespresso. Por quê? Sabe-se que ali é possível comprar as mais incríveis cafeteiras e os melhores cafés, blends exclusivos produzidos pela Nestlé com grãos selecionados em países como Colômbia, Costa Rica, Etiópia, Índia e Brasil ou experimentar cremosos capuccinos, machiattos e espressos. Mas algo improvável e delicioso, segundo o antenado colunista Georges Henri da 29Horas, como o Mojito de café com hortelã e limão, é uma novidade. R. Padre João Manuel, 1164, tel. 3061-6505. www.nespresso.com.br

gastronomia

17h às 23h

O restaurante La Paillote foi inaugurado em 1953 no bairro do Ipiranga e abriu recentemente sua primeira filial nos Jardins. No menu, clássicos da cozinha francesa como o camarão à provençal – prato, aliás, que deu fama à casa da avenida Nazaré, 1.946, fundada por Marie-Antoinette Docher Valluis, nascida na cidade de Sainte-Colombe. Hoje é sua bisneta, Aline Sophie, que comanda a casa. Além do prato mais procurado pela clientela, o do camarão fumegante feito com manteiga, salsinha e alho, há delícias como o Le Crevettes a L’indiene (camarão, curry, creme de leite, champingnon e arroz) e o Le Grenouilles Provençale (rã, salsa, alho e arroz). Uma boa carta de vinhos faz a alegria dos amantes da cozinha francesa. R. Dr. Mello Alves, 769, tel. 5063-3737.

segunda, 24

O quê? Sí Señor! Por quê? A rede, especializada em culinária tex-mex, inaugurou uma filial no Shopping Granja Vianna, em Cotia, a primeira dentro de um shopping center. O projeto inclui jardins e áreas abertas. Uma boa pedida é o Tequila Camarones, delicioso aperitivo de queijo fundido coberto de camarões salteados com tequila e coentro, servido no tacho de ferro fumegante, com minitortillas de trigo e nachos chips, hot sauce e guacamole. Seg. a sáb.: das 10h às 22h; dom. e fer.: das 14h às 20h. Rod. Raposo Tavares, Km 23, Cotia, SP, tel. 4612-8452.

23h às 29h

teatro

92 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Nunca feche o cruzamento, no teatro para alguém. Por quê? Trata-se do primeiro espetáculo de Lucimar Mutarelli, mulher de Lourenço Mutarelli, que escreve e atua neste grupo, o primeiro a produzir espetáculos na internet no país. Desde 2008, o Teatro Para Alguém já transmitiu ao vivo quase 40 peças inéditas, disponíveis gratuitamente para acesso a qualquer hora. O trabalho garantiu ao site a final do 22º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo 2009, na categoria Especial, pela iniciativa de criação cênica via internet. A peça aborda a necessidade de informação instantânea dos tempos atuais. www. teatroparaalguem.com.br


terça, 25

janeiro 2011

evento

5h às 11h

O quê? 457º Aniversário da Cidade de São Paulo. Por quê? Há diversos eventos acontecendo simultaneamente na cidade, como o XIV Troféu Cidade de São Paulo, com corrida de 10 km e caminhada de 6,1 km. Dia 25 de janeiro, às 8h. Obelisco Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n˚. Confira outras programações www.prefeitura.sp.gov.br

O quê? Feira da Gestante, Bebê e Criança. Por quê? É completa, com uma infinidade de artigos necessários para a criança, desde a gestação até os sete anos. Nela são apresentados produtos nacionais e importados de cerca de 100 expositores e mais de 400 fabricantes. De 25 a 30 de janeiro. Ter. a sex.: das 14h às 22h; sáb.: das 10h às 22h e dom.: das 10h às 20h. Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo. R. José Bernardo Pinto, 333, tel. 2089-8500. www.feiradobebe.com.br

11h às 17h

feira

O quê? A Casa do Sol e da Lua. Por quê? Pé na areia, fica em frente à Fortaleza, em Ubatuba, uma das praias mais belas e tranquilas do Litoral Norte de São Paulo. Uma Guest House criada para paparicar o “convidado”, não hóspede, com muita paz, conforto, boa conversa, leituras na sortida biblioteca e, especialmente, uma cozinha com sabor. Há quartos adaptados, aceitam crianças e você pode levar seu animalzinho de estimação. R. Refúgio do Corsário, 580, tel. (12) 3848-9412. www.acasadosoledalua.com.br

17h às 23h

viagem

O quê? Peixe Urbano. Por quê? O site pioneiro e líder em compras coletivas no país, com mais de cinco milhões de usuários cadastrados, tem novo sócio: o empresário e apresentador de TV Luciano Huck. Atuando em cerca de 35 cidades brasileiras, são mais de três mil promoções entre atividades, produtos e serviços, como restaurantes, spas, cursos, shows, bares e outros. www.peixeurbano.com.br

23h às 29h

internet

93


janeiro 2011

Museu do perfume

5h às 11h

Viagem O quê? 4ª Conferência Gestão por Processos 2011 da IQPC - International Quality & Productivity Center. Por quê? Aborda casos práticos e workshops inéditos sobre os três pilares essenciais da Gestão por Processos: tecnologia, pessoas e metodologia, além das transformações das empresas que adotaram. De 26 a 28 de janeiro, das 8h às 18h15. Amcham Business Center. R. da Paz, 1431, tel. 3324-0194. www.gestaoporprocessosbrasil.com.br

11h às 17h

GASTRONOMIA O quê? Santa Tereza. Por quê? Quando a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, essa padaria já existia há 16 anos – ativamente, é a mais antiga de São Paulo. O nome se deve ao seu primeiro endereço, uma rua que desapareceu com a reformulação da praça da Sé. Depois de passar por uma restauração em 2006, inaugurou o salão, decorado com imagens e detalhes que lembram uma São Paulo antiga. Bom lugar para almoçar pratos e sanduíches tradicionais e tomar um bom café coado. Seg. a sex.: das 6h às 22h; sáb.: das 6h às 21h; dom.: das 7h às 21h. Pça. Dr. João Mendes, 150, tel. 3241-1735.

Bar

17h às 23h

Um maravilhoso trabalho de memória foi feito com o apoio do Boticário, a organização da FSM – Faculdade Santa Marcelina – e a erudição da especialista em perfumes Renata Ashcar. O mundo deste fascinante universo foi desenhado de forma confortável, para que olfato, visão e audição sejam estimulados por um rico acervo de imagens, cores, sons e fragrâncias. O espaço é dividido em sete núcleos no térreo e três no mezzanino e conta com mais de 20 vitrines. No acervo, o percurso começa em 3000 a.C., quando os egípcios faziam suas cerimônias e acreditavam que a fumaça perfumada subiria ao céu para agradar aos deuses. O Espaço Perfume Arte + História tem entrada gratuita. R. Dr. Emilio Ribas, 110, Perdizes, tel. 2361-7728.

quarta, 26

O quê? Ensaios de Carnaval 2011. Por quê? Para já ir esquentando a bateria e conhecer os bastidores de algumas escolas campeãs, como Mocidade Alegre (a partir das 19h30, R$ 30; Av. Casa Verde, 3498, tel. 3857-7525, www.mocidadealegre.com.br); Nenê de Vila Matilde (a partir das 19h, R$ 30; R. Júlio Rinaldi, 1, tel. 6958-8248) e Escola de Samba Rosas de Ouro (a partir das 20h30, R$ 30; R. Cel. Euclides Machado, 1066, tel. 3931-4555).

23h às 29h

Beleza

94 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Bar BarO. Por quê? De noite animada até altas horas, a casa conta com cozinha com vista para o público, restaurante, pista de dança e palco para shows (às quartasfeiras, rockabilly e, nos demais dias, de MPB a Axé), visto de qualquer ponto da casa. O mezanino, geralmente, é alugado para festas e eventos e, para os dias mais quentes, há teto retrátil no jardim de inverno e lounge. No menu, pratos quentes, massas e pizzas. Entre os drinques, o coquetel da casa, feito com rum, suco de abacaxi, curaçao blue e triple sec é um dos mais pedidos. Qua. a sex.: a partir das 18h e sáb.: a partir das 21h. R. Pequetita, 179A, tel. 3842-6861.


quinta, 27

janeiro 2011

O quê? Linhas Premium da Faber Castell. Por quê? Uma das canetas da coleção Ambition, tipo roller ball, é uma verdadeira relíquia, com corpo exoticamente modelado na madeira de coqueiro, que lhe confere uma aparência única (R$ 480). Já o estojo da coleção Perfect Pencil (R$ 120) traz o “lápis perfeito”, com extensor que, além de proteger a ponta, acopla um apontador; e ainda vem com borracha substituível. Feito de madeira de cedro e extensor de alumínio, é um belo presente para profissionais e alunos. Faber Castell. SAC: 0800-701-7068. www.faber-castell.com.br

5h às 11h

Consumo

O quê? Queenstown Burger. Por quê? Porque o hambúrguer com 150 gramas de carne vem acompanhado com pão artesanal de fermentação natural, muito saboroso e que reflete em ótimos sanduíches, como o prússia real, com fraldinha, finas tiras de bacon, queijo emmental, alface, tomate e maionese temperada com salsinha e limão, feito com pão de linhaça. Para beber, uma sugestão é o milk shake com cupuaçú e iogurte. Seg. a qua.: das 12h às 21h; qui. a sáb.: das 12h às 22h. R. Girassol, 185, tel. 2537-8050.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Nagayama Itaim. Por quê? A “Bandeirinha” tornou-se a queridinha da família Nagayama e de seus clientes. Aberta em 1988 pelos irmãos Mário e Cecilia com apenas, não tardaram a aparecer mais. Hoje, a rede inclui mais quatro endereços: Nagayama Jardins, Nagayama Café, Naga e Sushi Dai. Todos abastecidos diariamente por uma central de peixes exclusiva, o que garante produtos frescos e selecionados. No variado cardápio, delícias como sukiyaki, teppan’yaki, batayaki e shabu shabu. Seg. a sáb.: das 12h às 16h e das 19 às 24h. R. Bandeira Paulista, 369, tel. 3079-7553. www.nagayama.com.br

17h às 23h

Gastronomia

O quê? Apresentação dos finalistas do concurso de DJs Play for Real. Por quê? Os três finalistas do concurso Play For Real, que levará o ganhador para tocar em altomar ao lado de astros da música eletrônica, apresentam um set de 60 minutos. Eles serão julgados por três jurados. Depois, ainda terão mais uma semana de votação on-line aberta ao público (de 31 de janeiro a 7 de fevereiro), antes do anúncio do vencedor no dia 8 de fevereiro. D-Edge. Al. Olga, 170, tel. 3666-9022.

23h às 29h

música

95


janeiro 2011

Dalva e Dito

5h às 11h

curso O quê? Curso de teatro para facilitar a comunicação da PUC-SP. Por quê? O curso tem como objetivo aprimorar a comunicação pessoal pelo trabalho de preparação de voz, explorando suas várias possibilidades; consciência corporal e eficácia argumentativa, além da vivência em grupo que ajuda a desinibição. Ideal para profissionais que precisam comunicarse com diferentes públicos, participar de reuniões, coordenar equipes. A partir de 1° de fevereiro, ter.: das 19h às 22 horas no Teatro TUCA. R. Monte Alegre, 1024, tel. 3124-9600. www.pucsp.br/cogeae

evento

11h às 17h

A tapioca com coco fresco ralado é mais nova sugestão de sobremesa do cardápio do Dalva e Dito, restaurante do premiado chef Alex Atala que privilegia a ótima cozinha brasileira. Com coco fresco ralado e leite condensado, servido com lascas de coco queimado por cima, o novo prato, de origem nordestina, segue a proposta da casa de oferecer receitas que trazem à tona a memória afetiva dos brasileiros. O restaurante, aberto no início de 2009, é a concretização do sonho de Alex, que sempre quis oferecer cozinha brasileira em um padrão internacional, preparada com a aprimorada técnica de baixas temperaturas. R. Padre João Manuel, 1.115, tel. 3068-4444. www.dalvaedito.com.br

sexta, 28

O quê? 28º São Paulo Fashion Week. Por quê? É o maior e mais importante evento de moda da América Latina e pode ser incluído no rol dos participantes da moda mundial, como as semanas de moda de Paris, Milão, Londres e Nova York. Além de estruturar toda a indústria têxtil do país, divulga criações bem brasileiras e promove campanhas pela fome, prevenção do câncer e da Aids, por exemplo. De 28 de janeiro a 2 de fevereiro. Pavilhão da Bienal do Ibirapuera. Av. Pedro Alvares Cabral, s/nº, tel. 5576-7600.

17h às 23h

gastronomia O quê? Dinner show Mooca Mia! Uma Noite na Itália do restaurante Don Carlini. Por quê? O evento acontece em uma vila italiana especialmente criada para a ocasião e conta com culinária típica, apresentações de teatro inspiradas na Commedia Dell’Art, música italiana e muitas outras surpresas. O preço do pacote por pessoa é de R$ 120. Há a opção de fazer reservas antecipadas de mesas com descontos, por meio do site www.moocamia.com.br (com 30 a 21 dias de antecedência, R$ 50 de desconto). Dia 28 de janeiro: a partir das 20h. R. Dona Néri, 265, tel. 2626-9547. www.moocamia.com.br

23h às 29h

show

96 | 29HORAS | 29 de dezembro a 29 de janeiro 2011

O quê? Banda Azúkar e DJ no Buena Vista. Por quê? Formada em 2006, a Azúkar apresenta shows bastante dançantes, nos quais é impossível não se contagiar pelos ritmos latinos que vão muito além da salsa e merengue. Para quem quer aprender, há aulas de dança das 22h às 23h. Seg., ter. e qui.: das 20h até o último cliente; sex. e sáb.: a partir das 21h; dom.: a partir das 19h. R. Professor Atílio Innocenti, 780, tel. 3045-5245.


sábado, 29

janeiro 2011

O quê? SMART Board série 800. Por quê? É a primeira lousa interativa multitouch do mundo e a primeira com projeção frontal a utilizar a tecnologia DviT, o que permite reconhecer um toque de dedo, caneta ou outro objeto na superfície. Com ela é possível que dois ou mais alunos façam tarefas juntos e interajam nas mesmas figuras, usando as duas mãos (como no iPhone), arrastem e joguem objetos de um lado para o outro. As câmeras instaladas nos cantos reconhecem gestos e funcionam até sem a necessidade de toques. www.smarttech.com

5h às 11h

tecnologia

O quê? São Paulo – A gigante em miniatura. Por quê? Para prestigiar os 457 anos da cidade, o fotógrafo Flavio Meyer captou imagens aéreas da arquitetura de alguns dos pontos turísticos da capital paulista durante um voo de helicóptero e utilizou a técnica tilt shift para transformar o MASP, o Banespa (foto), a Catedral da Sé e o Campo de Marte em miniaturas. De 25 de janeiro a 7 de fevereiro. Ter. a qui.: das 12h à 1h; sex. e sáb.: das 12h às 2h e dom.: das 12h às 24h. IQ Art Gallery – Espaço Cultural Chakras. R. Dr. Melo Alves, 294, tel. 3062-8813. www.chakras.com.br

11h às 17h

Gastronomia

O quê? All Time Low – ATL. Por quê? A banda de pop punk de Baltimore, Maryland, com três álbuns gravados e a mesma formação desde 2003, traz o vocalista e guitarrista Alex Gaskarth, o guitarrista Jack Barakat, Zack Merrick, no baixo e Rian Dawson, na bateria. O nome foi tirado da música do New Found Glory, Head on Collision. Participam da abertura do show o grupo de rock independente de 1997, Motion City Soundtrack, e a dupla College11. Dia 29 de janeiro: às 22h. R$ 120 a R$ 200. Via Funchal. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300. www.viafunchal.com.br

17h às 23h

show

O quê? Cardápio fixo de ostras no Bar São Pedro São Paulo. Por quê? É uma das únicas casas da cidade a servir ostras durante o ano inteiro, apesar dessa época ser a mais procurada pelos apreciadores do molusco. A iguaria está disponível em três versões: com limão, sal, tabasco e molhinho japonês; com molho de raíz forte; com molho de cebolinha; além de uma opção quente, gratinada, com molho provençal à base de alho, salsinha e manteiga. Seg. a dom.: das 12h até as 3h. R. Dr. Renato Paes de Barros, 127, tel. 3079-4028. www.saopedrosaopaulo.com.br

23h às 29h

gastronomia

97


29 horas com... Véronique Claverie

A diretora de marketing da Cartier do Brasil é francesa de Bordeaux, doutorou-se em Geopolítica pela Universidade da Sorbonne, em Paris, e mora há dez anos em São Paulo – onde sempre trabalhou para a marca francesa fundada em 1847, sinônimo de joalheria de luxo em todo o mundo.

com aula de ashtanga na Yoga Flow da Vila Nova. É ótimo para deixar a mente clara e recarregar as energias, saio de lá ligada em 220 volts! Levo meus filhos para escola, hora sagrada em que estou cem por cento disponível para eles. Na Cartier, cuido das pendências com França e Suíça“. Yoga Flow – R. Dina, 100, tel. 3849-6857.

11h às 17h “Às quintas,

17h às 23h

“Um dos meus programas preferidos é curso na Casa do Saber seguido de jantar no Kosushi. Os cursos são excelentes e abrem janelas na cabeça. Percebemos que, quanto mais aprendemos, menos sabemos!” Casa do Saber – R. Dr. Mário Ferraz, 414, tel. 3707-8900. Kosushi – R. Viradouro, 139, tel. 31677272.

23h às 29h

costumo ir à feira da rua Barão de Capanema comprar peixe fresquinho. Amo tudo lá, as frutas, as barraquinhas… Almoço com clientes no Nonno Ruggero: o bufê é ótimo e bem rápido. À tarde, cuido das pendências do Brasil e sento com as equipes de vendas.”

“Recebemos muitos estrangeiros da Cartier para conhecer e avaliar o mercado de luxo no Brasil. Vamos ao Bar Número – além de ver uma turma jovem e bonita, eles se impressionam com o design e com a integração do verde ao ambiente”.

Nonno Ruggero – R. Vittorio Fasano, 88,

Bar Número – R. da Consolação, 3.585,

tel. 3896-4000.

tel. 3061-3995.

érico hiller

5h às 11h “Começo o dia cedo


99


África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Área Autônoma Palestina, Argélia, Argentina, Armênia, Austrália, Áustria, Bahamas, Bahrein, Bangladesh, Bélgica, Bermuda, Brasil, Brunei Darussalam, Canadá, Catar, Cazaquistão, Chile, China, Cingapura, Colômbia, Costa Rica, Egito, El Salvador, Emirados Árabes, Eslováquia, Espanha, EUA, Filipinas, França, Geórgia, Grécia, Guatemala, Holanda, Honduras, Hong Kong, Hungria, Ilha de Man, Ilhas Cayman, Ilhas Cook, Ilhas do Canal, Ilhas Maurício, Ilhas Virgens Britânicas, Índia, Indonésia, Irã, Iraque, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Jordânia, Korea, Kuwait, Líbano, Líbia, Luxemburgo, Macau, Malásia, Maldivas, Malta, México, Mônaco, Nicarágua, Nigéria, Nova Zelândia, Omã, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polônia, Reino Unido, República Tcheca, Rússia, Sri Lanka, Suécia, Suíça, Tailândia, Taiwan, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Venezuela, Vietnã.

O HSBC tem 8 mil agências para você no mundo inteiro. O HSBC está no mundo todo. E, mais do que estar, nós procuramos viver e entender a realidade de cada um dos 87 países onde atuamos. Porque só assim é possível compreender as necessidades dos nossos mais de 100 milhões de clientes e oferecer produtos e serviços adequados às suas vidas. HSBC. O banco que conecta você com o que o mundo tem de melhor.

HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo

hsbc.com.br

revista 29HORAS - ed.15 - janeiro 2010  

Revista mensal com agenda cultural de São Paulo, distribuída no Aeroporto de Congonhas. Capas: João Signorelli e Pedro Lourenço

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you