__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

PRÉMIO ATLANTE

PRÉMIO ESCRITA

29 28 mai

jun

2020 ONLINE

#AZORESFRINGEFESTIVAL

uma explosão artística dos Açores para o mundo

NANCY MATOS

DIANA ZIMBRON

JOEL NETO

revista #23 magazine

PRÉMIO ESTRELA


Publicação #23 Maio - Julho 2020

WORLD MUSIC FESTIVAL

Associação MiratecArts tem por finalidade realçar o indivíduo, a equipa e a produtividade organizacional no mundo da cultura artística. MiratecArts organiza festivais, residências artísticas, roteiros e exposições na ilha do Pico. MiratecArts Galeria Costa é a sede ao ar-livre na propriedade de mais de 24 mil m2. O Governo Regional dos Açores declarou a MiratecArts como utilidade pública.

MiratecArts is an association created to enhance individual, team and organizational productivity in the artistic cultural world. MiratecArts organizes festivals, artist in residency programs, public art routes and exhibitions in Pico island. MiratecArts Galeria Costa is the open-air headquarters on the property of more than 24000sqm. The Regional Government of the Azores declared MiratecArts an entity of public utility.

@miratecarts #miratecarts

www.mirateca.com info@mirateca.com (+351) 963 639 996


2020 ONLINE #azoresfringefestival

The eighth edition of the Azores Fringe Festival will be known as "the one that went online". And so it will be. The programming will be presented 100% online and can be followed from anywhere in the world, through computer, tablet or even mobile phone. From May 29 to June 28, visit #azoresfringefestival to accompany the daily surprises in this artistic explosion from the Azores to the world. Art matters! Let's go Fringe! diretor artístico Terry Costa artistic director

A cultura é o conjunto de características espirituais, materiais, intelectuais e emocionais distintivas da sociedade ou de um grupo social e abrange, além das artes, estilos de vida, modos de viver, sistemas de valores, tradições e crenças. Assim, a cultura está no centro dos debates contemporâneos sobre identidade, coesão social e desenvolvimento de uma economia baseada no conhecimento. Nas nossas sociedades, cada vez mais diversas, é essencial garantir uma interação harmoniosa entre pessoas e grupos com identidades culturais plurais, variadas e dinâmicas, bem como a vontade de viverem juntas. Nesse sentido, a diversidade cultural é o património comum da humanidade e deve ser reconhecida e afirmada em benefício das gerações presentes e futuras.

Foto por Helder Gonçalves

A oitava edição do Azores Fringe Festival fica marcada como "a que foi online". Assim será a programação, que pode ser acompanhada de qualquer parte do mundo, através do computador, tablet ou mesmo telemóvel. De 29 de maio a 28 de junho visitem #azoresfringefestival para acompanhar as surpresas diárias nesta explosão artística dos Açores para o mundo. A arte vale a pena! Vamos ao Fringe!


ASSOCIADOS/MEMBERSHIP

ORGANIZAÇÃO

MIRATECARTS PARCEIROS FINANCEIROS

PARCEIROS PUBLICITÁRIOS

MIRATECARTS PARCEIROS DE APRESENTAÇÃO BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA MADALENA

PARCEIROS PROMOCIONAIS

DESIGN JOSÉ MIGUEL SILVA

Os projetos da MiratecArts são possíveis com o apoio, parcerias e ofertas dos nossos amigos... MiratecArts projects are possible with the support, partnerships and gifts from our friends...


AÇORES CANTA ONLINE

FRINGE JÚNIOR

CONTOS DE ANDERSEN EM CENAS AÇORIANAS

CONCURSO DE FOTOGRAFIA MONTANHA

SAUDADE POR MARTIM CYMBRON

ANDERSEN AZORICA DESIGN GRÁFICO

A MiratecArts chama os jovens açorianos para que cantem a sua canção regional tradicional favorita. Coloca o vídeo online e partilha via redes sociais @miratecarts, #miratecarts ou manda o link para info@mirateca.com pois os vídeos serão partilhados durante o #azoresfringefestival 2020 ONLINE e, depois de ultrapassarmos a pandemia, alguns dos jovens serão convidados a participar num programa ao vivo com workshops de canto, performance e experiência em estúdio.

O concurso de fotografia Montanha aceita trabalhos até 30 de setembro. A temática "Montanhas Submarinas & Montanhas no Oceano" não só enquadram a montanha do Pico como muitas outras pelo mundo fora. Desde imagens das grandes elevações, que se encontram dentro da água, como aquelas montanhas que lá começam e se elevam a grandes altitudes fora do mar, os fotógrafos têm, assim, duas categorias distintas para participar em três prêmios. Para os detalhes do concurso visite www.picofestival.com

Bebés, crianças e até adolescentes mostram o seu talento. Partilha connosco o que os vossos filhos e filhas fazem em casa artísticamente - em vídeo ou fotos. Serão atribuídos prémios aos projetos mais diversificados. Coloca no assunto da tua mensagem: Fringe Júnior e na mensagem o link para o teu video ou coleção de imagens/fotos, assim como o nome dos artistas júniores, as suas idades e a ilha de residência. azoresfringe@gmail.com

Saudade é uma série de 10 pinturas do artista Martim Cymbron. Este trabalho único e exclusivo com a MiratecArts, dedicado à planta florífera scabiosa, propõe um olhar diferente à majestosa flor, nas suas várias fases e variedades, pintado e destacado, num fundo acrílico, um realismo trabalhado a óleo, tendo a preocupação de conjugar estas dimensões com o elemento principal, em termos cromáticos. A exposição estreou no Pico e já visitou o Museu dos Baleeiros, Biblioteca Pública da Horta, Atelier de Kaasfabriek em São Jorge e o Museu das Lajes das Flores.

É mais um desafio da MiratecArts para a comunidade das letras açorianas. Adaptar contos clássicos de Hans Christian Andersen para cenas açorianas. Tens interesse? Contata através de info@mirateca.com para mais informação e com o conto que tens interesse em desenvolver com um cheirinho aos Açores. Hans Christian Andersen foi um escritor e poeta dinamarquês mais conhecido pelas suas histórias infantis. O Patinho Feio, Livro Mudo, A Pastora e o Limpa-Chaminés, O Soldado de Chumbo, Os Sapatos Vermelhos, e Sandman já estão sendo adaptadas por colaboradores MiratecArts, mas ainda tens dezenas de contos possíveis. Pesquisa e contata para ficares na lista oficial do projeto.

Hoje é quase impossível imaginar uma época em que o mundo - dos livros infantis à literatura, ao cinema e às brincadeiras do dia a dia - não estivesse saturado no legado persistente e robusto dos contos clássicos. A MiratecArts está a liderar um projeto de adaptação dos contos clássicos de Hans Christian Andersen para cenários açorianos. Assim, pretendemos abrir concurso para o cartaz do projeto ANDERSEN AZORICA. Além do título do projeto, o cartaz deve incluir a frase: "reinventar os contos clássicos de Hans Christian Andersen à moda dos Açores" e ser construído em design gráfico. Os trabalhos finalistas serão postos a voto em exposição pública e @ artista vencedora receberá um prémio de valor superior a 500€. Os participantes devem ter residência nos Açores e estarem registados na plataforma www.discoverazores.eu ou fazê-lo antes de submeter o seu trabalho para info@mirateca.com. A data limite de entrega de trabalhos é até 21 de junho de 2020.


Photographia by Davide Sousa | design ciberpico

moinho ruínas

www.mirateca.com Governo dos Açores

Encontramos mais de 30 moinhos, re-construídos ou em ruínas, a dar a volta à ilha do Pico. Cada vez mais é necessário dar o valor e vida a estas obras de arte que deliciam o olhar de quem as encontra. There are more than 30 windmills, reconstructed or in ruins, around the island of Pico. Nowadays, it´s important and necessary to give more value to these pieces of art that enchant anyone who sees them.


01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15

No Mundo da Lula, 2015 Verónica Melo (S. Miguel, Açores) Nascentes de Lava, 2014 Djervy (Pico, Açores)

Música nos Corações, 2015 Ana Paxeco (Lisboa, Portugal) A cor do talento, 2013 Djervy (Pico, Açores)

The Last Atlantean, 2015 Guilherme Gamito (Alentejo, Portugal) Quem me dera, 2015 Colectivo Nora (Águeda, Portugal) Paths, 2015 Paulo Ávila Sousa (Terceira, Açores) La Muse Bleu... l’amuse bleu, 2013 Carlos Farinha (França-Portugal) Guardião da Montanha, 2015 Rocio Matosas (Uruguai) Flora Azorica, 2015 Rocio Matosas (Uruguai)

A Picarota, 2014 Carlos Farinha (França-Portugal) Sorrisos de Pedra, 2015 Helena Amaral (Pico, Açores) Waiting for Camille, 2014 Luís Brum (Terceira, Açores) Portugal 2, 2015 Duarte Neves (Pico, Açores) A Travessia do Canal, 2013 Inês Ribeiro (Leiria) e C.A.O. (Pico)

16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28

“Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria”, 2013 Ruben Ferreira (Pico, Açores) Baco, 2014 Rocio Matosas (Uruguai) Titans do Mar, 2014 Luís Brum (Terceira, Açores) Ária de Fogo, 2015 Zara Diniz (Toronto, Canadá) Coletivo, 2015 Encontro de Ilustradores (vários) uma memória de som e mar, 2015 Sérgio Sequeira (Lisboa, Portugal) Choose your plate, 2015 Daniela Melo (São Miguel, Açores) Paisagem no Mar, 2015 Inês Ribeiro (Leiria-Açores) Vento Diatónico, 2015 Elena Valsecchi (Itália) e Laurent Geoffroy (França) Dea Della Montagna, 2015 Enea Mangili (Itália-Suíça) Pico Poseidonis, 2015 Mercé de Rande (Galicia) Polvo Tricrochet, 2015 50 mulheres participantes (Pico a Paris) Os Picarotos, 2015 Teresa Rego (Porto, Portugal)

29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41

Encontro, 2015 Paulo Neves (Porto, Portugal) The Farm, 2015 Sancho C (Pico, Açores) Projeto CiênciArte, 2016 Alunos da E. C. C. N. (Pico, Açores)

Nature Drops, 2016 Martim Cymbron (São Miguel, Açores) Adventure Time, 2016 NAVI (São Miguel, Açores) Pescando com Coração, 2016 Kas Art (Bélgica/Portugal) The Wave, 2016 Tse (Bulgária) Rabo de Baleia, 2016 Djervy (Pico, Açores) a long time ago..., 2017 Filipe Gomes (Pico, Açores) A Dream, 2017 Tse (Bulgária) Mãe Terra, 2017 Rocio Matosas (Uruguai) Stay Humble Human, 2017 NAVI (São Miguel, Açores) Gilberto Mariano, 2017 Rui Goulart (Pico, Açores)


mapa não à escala | map not to scale algumas peças só há vestígios | some works are only traces

BVM

30

Quinta das Rosas (~3km)

12

CASA DOS

BARCA

12

34

5 39 40 14 6-13 33

32

28 18

17

12

minibela

4

Av. Machado Serpa

16

38 35

27

41

15

2 37

20-26

Rádio Pico

3

Museu do Vinho Adega das Artes

Miratecarts (Estádio Municipal)

Biblioteca Auditório da Madalena Livraria D. Dinis

Bombeiros Voluntários da Madalena

Caffe Cinq

(~10km)

31

19

CellaBar

(~1km)

www.mirateca.com

29

FOTO_GALERIA

36

AREIA LARGA

Centro de Formação Artística

Jornal Ilha Maior Fotopico

1

Câmara Municipal da Madalena Casa do Povo

Porto Velho

Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico

Jardim dos Maroiços

Centro de Saúde

Escola Cardeal Costa Nunes Ancoradouro

O Petisca Atlântico Teahouse


INSTALAÇÕES INSTALAÇÕES - EM CONSTRUÇÃO | MiratecArts Galeria Costa - Candelária, Pico | visite a galeria ao ar-livre ao seu cuidado

Marina Mendonça Cerâmica

Pedra a Pedra by tc

Sorrisos de Pedra de Helena Amaral

Néveda por Vera Bettencourt

Janelas de Silêncio por Zé Dutra Branco

A Vinha e o Vinho por Violeta Dimitrova


2020 ONLINE #azoresfringefestival 29 maio a 28 junho volte na sua hora preferida para rever os programas sexta 29 maio 18h Abertura da oitava edição do Azores Fringe Festival 20 Anos de Literatura - Joel Neto sábado 30 maio durante o dia inteiro HOJE AÇORES TODAY vídeos de projetos musicais açorianos

sábado e domingo 30-31 maio durante o dia inteiro A FAJÃ ONDE O TEMPO NÃO MORA por Sara Leal | Documentário | 1h58m

domingo 31 maio durante o dia inteiro Artistas Açorianos de A a Z - vamos bisbilhotar no que andam a fazer online...

Um ensaio documental ao longo de quatro estações, um ciclo da vida neste lugar. Uma pequena comunidade planando no tempo, entre o árduo trabalho de subsistência, rituais festivos, histórias, lendas e momentos contemplativos em que a beleza fala por si só, agarrando-nos com a alma a este lugar. A fonte e a viola abrem as asas do seu coração - Álvaro Medeiros

Lançamento do livro de José Carlos Costa.

segunda 1 junho 18h É para os mais pequenotes... Inclui estreia dos BANG Awards ONLINE com filmes para os mais novos.

CONVERSAS COM ESCRITORES

terças 2, 9, 16, 23 junho 18h No decorrer do Azores Fringe Festival, a cada terça-feira um novo tema é debatido entre intervenientes da escrita: Os silêncios da literatura; A psicologia dos escritores; A invisibilidade dos leitores; Escrever versus omitir. Com moderação de Pedro Almeida Maia e os convidados (ordem alfabética) Carla Veríssimo, Carolina Cordeiro, Diana Zimbron, Diogo Ourique, Joel Neto, Leonor Sampaio da Silva, Luís Rego, Manuel Tomás, Nuno Costa Santos, Pedro Paulo Câmara, Urbano Bettencourt e Vamberto Freitas, assista à estreia de cada novo episódio terças-feiras às 18h00.

"Dá-lhe corda" - dedicado à divulgação da literatura açoriana e não só, apresentado por Diana Zimbron. Estreia uma nova emissão à segunda-feira, pelas 12.30h. Emissões nas rádios: Semanário Rádio, Rádio Pico, Rádio Ilhéu, Rádio Portugal USA, Rádio Lusolândia.

É FRINGE NA RÁDIO


sábado 30 maio

2020ONLINE #azoresfringefestival

Hoje Açores Today 20 projetos musicais dos Açores para o mundo O projeto promocional foi apresentado em Las Palmas (2018) e Katowice (2019) na maior feira de músicas do mundo, WOMEX, e no Kyoto Art Center para audiências da indústria. Hoje podem acompanhar online na partilha de vídeos desta lista eclética do que se faz nos Açores em termos musicais.


segunda 1 junho 18h

2020ONLINE #azoresfringefestival

Filme : Melty Hearts Autor: After Sky Studios (Patricio Cisterna / Manuel Cisterna) País: Argentina Duração: 03:54 Sinopse: "A penguin tries to save his family from the damage that global warming has caused to their habitat." Filme : Mr. Indifferent Autor: Aryasb Feiz País: Irão Duração: 02:44 Sinopse: A busy man who is always in a rush is reluctant to help others until one day he encounters an old woman in a crossroad... Filme : Esperando la lluvia Autor: Franco Lombardi País: Argentina Duração: 12:28 Sinopse: A boy moves from his home in the rainy forest into the sharp sunny windy desert. Filme : Com Amore Autor: Tianze Fan País: China Duração: 02:58 Sinopse: This is a fairy tale that happened on a desk. The little toy pianist fell in love with a music box ballerina who is sealing in the glass bell. However, he couldn’t wake her up because the key of the music box was lost.

Filme : Poética de Barro Autor: Giuliana Danza País: Brasil Duração: 05:04 Sinopse: Bucólico, delicado e sensível, o curta Poética de Barro, animado em stop motion com argilas do Vale das Viúvas de Maridos Vivos (Jequitinhonha), baseado no trabalho de ceramistas mineiras e com trilha original composta por instrumentos de cerâmica, retrata a saga de uma pequena criatura, que precisa sobreviver às vicissitudes da vida. Filme : Aquastory  Autor Marina Lobo País: Portugal  Duração: 06:22  Sinopse: A animação tem como protagonistas Hidro e a sua família e pretende sensibilizar para a necessidade de alteração de comportamentos no modo de consumo da água e para um uso eficiente deste bem, contribuindo assim para uma maior sustentabilidade hídrica.  Filme: O Malabarista Autor: Iuri Moreno País: Brasil Duração: 10:54  Sinopse: O filme reúne fragmentos do cotidiano e experiências de artistas de rua, que em meio à hostilidade das grandes cidades, buscam levar cores e sorrisos aos que cruzam seus caminhos. De forma lúdica, o traço, a direção de arte e efeitos sonoros fazem um contraste entre o monocromático das paisagens e a presença do pluralismo das cores neste híbrido entre animação e documentário.

Filme: Jacinta Autor Joana Pinto País: Portugal Duração: 02:47 Sinopse: A Jacinta é uma senhora oleira que passa uma vida solitária e repetitiva na sua isolada casa. É somente quando ela se deixa inspirar pela beleza da vida em seu redor que Jacinta se apercebe que ela mesma pode dar um novo significado à sua própria vida. Filme: PIP  Autor Bruno Simões País: Portugal  Duração: 04:04  Sinopse: A pequena Pip tem um grande sonho, graduar-se como uma cadela-guia de topo. Mas sendo ela a mais pequena da turma, nunca imaginou que seria tão difícil. Terá ela o que é preciso para se tornar numa heroína? Filme : Paper or Plastic Autor: Nata Metlukh País: EUA Duração: 07:37 Sinope: An immigrant comes to the first-world country to paint a mural on the tallest tower. He tries to adapt to the new reality, but xenophobia and odd rules force him to go back.


2020 ONLINE #azoresfringefestival 29 maio a 28 junho volte na sua hora preferida para rever os programas RÁDIO ONLINE ALTERNATIVAZORES AlternativAzores™ é um programa dedicado à divulgação da música original alternativa açoriana da atualidade, transmitido on-line na Internet quinzenalmente às terças-feiras pelas 21h, na Rádio Voz dos Açores em www.vozdosacores.com https://anchor.fm/alternativazores www.facebook.com/AlternativAzores www.instagram.com/alternativazores/ programas especiais: quinta 9 junho 21h com João Moniz quinta 23 junho 21h com Nina Soulimant

quarta 3 junho 18h Luna e a Bicicleta Vamos visitar com a palhaça Luna neste o Dia Mundial da Bicicleta. quintas 4, 11, 18, 25 junho 18h Contos da Luna A palhaça Luna vem ter connosco todas as quintas-feiras para nos deliciar com contos do mundo.

MÚSICA AO VIVO ONLINE

sábados 6, 13, 20 e 27 junho 15h estreia Sara Cruz Cantora e compositora que pegou na guitarra aos 8 anos de idade, e fez dela a sua companheira até hoje. Prémio NIT TOP 10 Talentos Nacionais; Novo Talento FNAC 2019. João da Ilha Dono de uma voz cálida e intimista, João da Ilha transpõe para sua música as raízes e o universo açoriano.

quarta 3 junho 18h30 AO VIVO na MiratecArts Galeria Costa ESTREIA: Simão Pereira + Daniel Ferro + Miguel Melo

Rafael Carvalho A Nossa Viola, novo concerto do compositor e músico virtuoso da Viola da Terra, a Viola de Arame dos Açores, a Viola dos Dois Corações. Grey City Augusto Baschera (guitarra); João Bernardo (piano); A fusão tímbrica desta formação singular conta com composições originais que apresentam influência de música popular, erudita e jazz.


2020 ONLINE #azoresfringefestival 29 maio a 28 junho volte na sua hora preferida para rever os programas Anja Schmid + Monika Schmid Interação de ondas | Interplay of waves| Wellen im Zusammenspiel

Sara Azad "Manuel Inácio de Melo e o mistério das cabras" - remexendo no baú de memórias da Salga, Nordeste.

sexta 5 junho 19h ON THE FLY Improvisation - painting and electronic music Violeta (Eti) & Pafel Vashev

domingo 7 junho 14h VISITARTE Vamos visitar o escritório, o atelier, a oficina, a casa, a loja - o local de trabalho de alguns artistas colaboradores... Adega das Artes; Adufes de Rui Silva; Estúdio Andreia Sousa; Artesanato Picaroto de Fátima Freitas.

segunda 8 junho 18h AÇORES OCEANO ARTE Celebramos o Dia do Oceano com projects na temática: Nuno Sá; Concurso de Fotografia Montanha; Prémio Escrita MiratecArts.

quarta 10 junho 18h NOVOS PROJETOS AKA 47 Vitor Oliveira - Mestre do Disfarce

o festival de artes em casas rurais

GENDA

sexta 5 junho 18h NOVOS PROJETOS Margarida Andrade A Décima Ilha


2020 ONLINE #azoresfringefestival 29 maio a 28 junho volte na sua hora preferida para rever os programas quinta 11 junho 18h30 VISITARTE Vamos visitar o escritório, o atelier, a oficina, a casa, a loja - o local de trabalho de alguns artistas colaboradores: Azulejos da Ponta da Ilha; Barro & Barro; Casa da Luna; Casa de Exposições Capitão Alves.

sexta 12 junho 18h Jardinagem, Gastronomia e Cocktails Sim, também podem ser arte com Ilda Costa-Sarnicki (Gorm3sa); Bruno Costa (Drink Lovers); Jardins do Mundo.

sábado 13 junho FLORES AO VIVO 10h00 - 11h00 - Aula de Yoga para famílias – um momento de yoga simples para tod@s 11h00 - 12h00 Criar uma salada selvagem: um passeio no Valzinho para reconhecer quais espécies de plantas comestíveis temos à mão na ilha e cozinhar com elas 12h00 - 13h30 Piquenique de partilha no jardim. Cada um traz um prato ou bebida e pomos tudo em comum 13h30 - 15h30 Tempo de criatividade coletiva: partilhar textos e poemas, tocar músicas, dançar, tecer, desenhar, sonhar...inventando e deixando expressar no momento o que querer emergir. 15h30 – 17h00 Quem tem corpo dança: uma sessão divertida de dança afro-pop-latina para tod@s 17h00- 19h00 Cházinho e Petiscos no Valzinho 19h00- 22h00 Partilha musical ao pé do Fogo

AGENDA

Valzinho Fazenda das Lajes das Flores

domingo 14 junho 10h Quem já passou por cá? Terry Costa, fundador do Azores Fringe Festival vai visitar as revistas programas das passadas edições do Fringe e procurar online artistas que já passaram pelo programa, partilhando algo que colocaram na sua página nos últimos dias... pode ser interessante, educativo e muito entretenimento rever centenas de artistas de 64 países...

segunda 15 junho 18h AO VIVO na MiratecArts Galeria Costa Sara Miguel & Marcos Fernandez

Bruno Rosa

terças 18h CONVERSAS COM ESCRITORES Moderado por Pedro Almeida Maia


2020 ONLINE #azoresfringefestival 29 maio a 28 junho volte na sua hora preferida para rever os programas

quarta 17 junho 18h Zé Dutra Branco Pintura Meditativa e Contemplativa.

quinta 18 junho 18h30 A Dança das Árvores - Joana Dias

Descalça, com a terra húmida sob os meus pés, ouço as árvores a chamarem por mim. Elas têm algo a dizer. Algo que elas só conseguem transmitir através do seu movimento, da sua dança. E eu danço com elas. Somos iguais, somos Uma. sexta 19 junho 18h Andreia Sousa "Fénix", uma homenagem à capacidade de transformação e renascimento das MULHERES, ao longo da história.

domingo 21 junho 14h VISITARTE Vamos visitar o escritório, o atelier, a oficina, a casa, a loja - o local de trabalho de alguns artistas colaboradores: HD Produções Estúdio; Escola Regional de Artesanato de Santo Amaro; Matéria47; Oficina d´Artes Manoel Costa; Sorrisos de Pedra de Helena Amaral.

segunda 22 junho 18h Mundo Internacional em Arte O que se passa por esse mundo fora em termos de arte, projetos interessantes, artistas únicos, histórias que se desenvolveram durante os últimos tempos e ainda alguns casos que se não tivesse sido pelas condições que a pandemia criou talvez nunca tivessem sido "descobertos"... é uma viagem pelo mundo em arte.

sexta 26 junho 18h AO VIVO na MiratecArts Galeria Costa André Paulo | Tiago Goulart | Daniel Pena sábado 27 junho 18h ESTREIA Amaro de Matos - Barcos de Pau

quarta 24 junho 18h AO VIVO na MiratecArts Galeria Costa Os Canarinhos | Henrique Dutra | André Ribeiro | Gonçalo Rodrigues quinta 25 junho 18h30 Gabriela Silva Artistas Florentinos de Ontem e Hoje Terry Costa Festivais Açorianos com foco em Arte e Artistas domingo 28 junho 14h

ENCERRAMENTO

Terry Costa faz balanço da oitava edição do Azores Fringe.

GENDA

segunda 15 junho 22h The Quarentines DJ & VJ - Nuno Costa Santos & Sara Leal


ROTEIRO DOS SORRISOS DE PEDRA SMILING STONES ROUTE Pico, Açores

"É no rosto, no olhar, no sorriso de cada um de nós que as emoções explodem, desenham e gravam as rugas das alegrias e tristezas da vida. Sorrir é comunicar sentimentos íntimos e privados, é partilhar silêncios e olhares que só o rosto pode divulgar. SORRISOS DE PEDRA pretende oferecer o enorme potencial que é o sorriso nos rostos das crianças, dos adultos e dos mais velhos..."

"It is in the face, in the eyes, in each of our smiles that emotions explode, draw and record the wrinkles of the joys and sorrows of life. Smiling is a way to communicate intimate and private feelings, a way to share silence and expressions that only the face can disclose. SMILING STONES hopes to convey the enormous potential that is the smile on the faces of children, adults and seniors..."

Helena Amaral www.mirateca.com Fotografia by Pedro Silva


39

36 35 34

40 3

38 37

ROTEIRO DOS SORRISOS DE PEDRA SMILING STONES ROUTE Pico, Açores www.mirateca.com

2

32

4-10 11

33

12 31

30

29

28

13

26

1

14

27 25

15 16

17

24

20 18

21

22

23

1 Casa da Montanha & Piquinho 2 Quinta das Rosas 3 Bombeiros Voluntários da Madalena 4 Alma do Pico 5 Museu do Vinho 6 Gare Marítima da Madalena 7 Praça da Madalena 8 Jardim dos Maroiços 9 Quatro Patas 10 Escola Cardeal Costa Nunes 11 Centro de Saúde da Madalena 12 CVIP - Picowines 13 Gruta das Torres 14 Vinhas do Calhau

15 Casa do Missionário 16 MiratecArts Galeria Costa 17 Parque Padre Joaquim Vieira da Rosa 18 Picoartes Artesanato 19 Café Galeão 20 Parque Florestal de São João 21 Aldeia da Fonte 22 Espaço Talassa 23 Vigia da Queimada 24 Miradouro das Ribeiras 25 Matos Souto 26 Cavalariça 27 Barro & Barro 28 Miradouro da Terra Alta

29 Magma - Lava Homes 30 Escola Regional de Artesanato 31 Parque Florestal da Prainha 32 Rotunda de SRP 33 Corre Água 34 Casa Preta de Fátima Madruga 35 Paim Bookhouse Gallery 36 Alto da Bonança 37 Casa dos Vulcões 38 Sede do Parque Natural do Pico 39 Cachorro 40 Aeroporto do Pico

Atelier Helena Amaral (+351) 918 320 036

Governo dos Açores

19


Paisagem da Ilha: Pico Whales on Ladders

A Luz da Montanha

Wanted

MADALENA

Rocha Roxa

A Quinta The Farm Find a piece for You

PICO

eu hei-de amar uma pedra negra Mundo das Tillandsias Tillandsias World

Vista das Janelas Windows View Caminho do Girassol Sunflower Route (IN)side Arte para Todos, Todos pela Arte

LAJES

N

Vimeiro Willow Field

Clayjelly MADALENA Candelária

Cemitério de Recordações Palco LUX Stage Da Pedra Nasceu o Vinho

meninas do José Mirror Wall The Green Forest

A Gruta do Cagarro Cory’s Shearwater Cave

please do not sit

Santuário Urze Sanctuary

O Altar Projeto Fábrica de Ideias

Projeto Life Vidália

Gigante Adormecido Sleeping Giant & Jardim do Chá Tea Garden

Mirateca LAJES

Utopia Pessoal

OCEANO ATLÂNTICO ATLANTIC OCEAN

Exotic Plastic Animals

Pink Tree

Laje The Rocky Beach

Floresta Musical Forest

+/-500m Trilho ao Mar Trail to the Sea

Forget me not in the Tub

Reflections O Pescador Pensativo Tás có olho

Entrada | Entrance House

Infinite Blessings

38°27'32.0"N 28°30'41.3"W

Roteiro de Instalações Artísticas - Artistic Instalations Route Locais de Interesse - Points of Interest

Cantinho das Suculentas Sucullents Corner

To Nest Magia da Montanha Palco Cabaça Stage My Own Private Blue Wall Together Language Theatron Lucky 7

A Saia da Barrica Barrel’s Skirt Wishing Wall Os Barris Montanha Telhado Diversidade


We are in Pico island, Azores. Between the center of Candelária and Mirateca localities, one can find MiratecArts Galeria Costa. A kilometre of art between the vinyards, bush and local forest: instalations, murals, sculpture and some points of interest with the objective to develop art in nature. It´s an experimentation field, and an experience you do not want to miss. pode visitar quando deseja - visit as you wish por favor respeite a propriedade - please respect the property visitas guiadas podem ser marcadas - 963 639 996 - to book guided tours www.mirateca.com

Da Pedra Nasceu o Vinho, Carlos Sousa

Estamos na ilha do Pico, Açores. Entre o centro da Freguesia da Candelária e o local da Mirateca, encontra-se a MiratecArts Galeria Costa. Um quilómetro de arte entre a paisagem da cultura da vinha, arbustos e floresta: instalações, pinturas, esculturas e locais de interesse com o objetivo de desenvolvimento de arte na natureza. É um campo de experimentação, e uma experiência que não queres perder.


20 Anos de vida literária de Joel Neto por VAMBERTO FREITAS crítico e ensaísta literário Só os artistas da palavra são capazes de nos levarem a outros mundos, muito para além de nomes, datas e acontecimentos colectivos oficializados e das classes dominantes que depressa esquecemos, ou até nos afastam das suas andanças, dizeres e afazeres. Nestas e noutras páginas ficcionais temos o contrário absoluto: a perpetuação da memória e um outro sentido das nossas próprias vidas.

As palavras que cito aqui na abertura desta homenagem ao meu amigo Joel Neto saíram do que eu então escrevi sobre um dos seus grandes romances, Meridiano 28: O poder redentor das grandes histórias, e já fazem parte de um dos meus livros de ensaios publicado o ano passado. A minha amizade com Joel vem de longe, penso que o conheci pela primeira vez num evento político na Terceira, e depois estive com ele em Lisboa, aonde passámos com outros amigos uma bonita noite no Bairro Alto, falando de literatura e das nossas comuns origens. Ele pertence “à geração seguinte” como já referi várias vezes noutros escritos, vem convivendo com a minha, o que me traz imensa alegria, uma satisfação muito profunda. Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo em 1974, o ano que os da minha idade viveram com uma desusada euforia sócio-política porque era a nossa libertação. Eu vivia nos EUA, foi o ano que me formei e comecei a dar aulas numa escola do ensino secundário no sul da Califórnia, mas acompanhava a par e par passo tudo quanto se passava neste lado do Atlântico, a nossa mãe-pátria finalmente

libertada do jugo de ditadores e de um partido único. Durante esse tempo eu já escrevia para jornais das nossas comunidades no Pacífico e na Costa Leste, e depressa entrava nas páginas dos periódicos portugueses no Continente e aqui nos Açores. Comecei a sentir-me parte de todo um grupo literário que dava continuidade aos nossos antecessores, que vinham de longe, muito especialmente aos modernistas em várias das nossas ilhas, desde o Faial e Flores até à Ilha Terceira e a São Miguel. Não vou mencionar nomes neste momento porque são muitos e muitas, alguns e algumas das quais conseguindo ultrapassar os nossos largos horizontes e chegar a outros leitores no outro lado do mar. De qualquer modo, Joel Neto passou a ser um dos nossos mais talentosos continuadores, o que eu durante algum tempo suspeitava não ir acontecer numa época dominada por meios de comunicação e maior escolha de profissões. Uma vez mais, não menciono mais nomes desse grupo, só quero afirmar, sem quaisquer reservas, que alguns deles nos deixam orgulhosos e nos deixam descansar sabendo que quase todos

eles estão a dar continuidade ao nosso trabalho. Trata-se da memória indelével de um lugar como o nosso, de um tempo, que tanto nosso como deles, cada geração tendo o dever de deixar a sua visão e a história do seu destino e sociedade. Joel Neto foi estudar para Lisboa, mas viria a decidir que a universidade não era para ele, mas sim a escrita em quase todos os seus géneros, desde a crónica, que continua a cultivar com desusada alteza, rádio e televisão, dramaturgia e enfaticamente o romance de grande fôlego que ombreia com os melhores do grupo a que pertenço em termos de idade. A sua bibliografia é já tão extensa que encheria todo o espaço que a revista da MiratecArts tem a delicadeza de oferecer a outros colaboradores. A nossa amizade mantêm-se inabalável até hoje, apesar de discordâncias pontuais que não se devem a questões literárias, mas sim a personalidades diferentes e naturais, que rapidamente são ultrapassados. Como já mencionei também noutros espaços, só leio os livros de que gosto, pois a vida é a curta demais para mal-gastar o tempo com o resto.


20 Anos de vida literária de Joel Neto por VAMBERTO FREITAS crítico e ensaísta literário Por certo que durante três décadas obrigatoriamente dividido entre as aulas na Universidade dos Açores nunca me foi possível chegar a todos os bons escritores dos Açores, ou de outros em geografias distantes, como a América e o Brasil, que fazem parte de mim com as suas vivências ou opções de vida em quadrantes diferentes, literatura ou não. No caso do Joel posso dizer com toda a certeza que recenseei quase todas as suas obras de ficção, e apresentei-as publicamente, uma na livraria Ler Devagar, então situada no Bairro Alto, e as restantes sobretudo na Livraria Solmar. No dia em que a minha esposa faleceu eu estava responsável pelo lançamento do romance Meridiano 28, e Joel, na sua decência e aconchego a nós os dois, queria cancelar a sessão. Felizmente optaram por não deixar passar em branco a minha dor, e dedicaram toda a sessão à memória daquela mulher que também muito o admirava e respeitava. Só me restou agradecer-lhes comovidamente. Joel viria mais tarde a ser reconhecido tanto nos Açores como em Lisboa por uma obra de inusitado vigor, resultado não só do seu talento, mas

mais ainda pela sua habilidade artística na manipulação (num sentido escrupuloso) da nossa língua e das suas próprias linguagens absolutamente originais. Todos os seus romances evidenciam este facto, mas foi o volumoso romance Arquipélago que, em primeiro lugar, o guindou em grandeza para junto dos nossos melhores escritores de todas as gerações antecessoras. Com A Vida no Campo, que junta as suas crónicas/ensaios do Diário de Notícias, receberia o Grande Prémio APE de Literatura Biográfica. Quase logo a seguir, foi tornado numa peça de teatro encenada por Luísa Pinto, “e protagonizou um documentário de rádio da autoria de Fernando Alves”. Nunca lhe disse nada, mas na minha casa senti a felicidade total pelo sucesso do meu amigo. Tinha sido eu a apresentar esse livro em São Miguel, e depois na ilha do Pico durante uma das suas festas, em que convivi uns poucos dias de contentamento com ele e com Duarte Freitas um pouco por toda essa ilha de pedras negras e a beleza dos seus mistérios e montanha. Noutra ocasião, ele foi o primeiro organizador de um painel de famosos escritores vindos de

Lisboa e arredores do Outono Vivo, festival anual das artes na Praia da Vitória. Nunca mais esquecerei esse gesto de pura generosidade por parte do Joel, e que levaria a um segundo convite o ano passado. Eu estava convencido que a minha ilha de nascimento nunca mais se tinha lembrado de mim para este e semelhantes eventos, mas Joel desfaria, com respeito e afecto, essa minha impressão. De resto, Joel Neto tem-me apanhando ultimamente em tempos complicados, mas nunca desatentos. Os seus livros estão todos em destaque nas minhas estantes, e há dois que, mesmo tardiamente, vão receber toda a minha atenção. Trata-se do 2º volume de A Vida no Campo e de um outro livro, para mim totalmente inesperado, Muito mais do que saudade; Do Que Falamos Quando Falamos De Regresso?, em co-autoria com Catarina Ferreira de Almeida. É uma edição luxuosa, de capa dura e cheia de fotografias a cores de imigrantes e lugares nos Estados, Canadá e noutras paragens, com textos escritos pelos autores, e sobretudo com entrevistas com as mais diversas pessoas e sua atitude perante

uma possível permanente volta, ou não, a casa aqui nas ilhas. Vem escrito por inteiro em Português e em Inglês, para que chegue, suponho, às gerações luso-descendentes ou a outros interessados nestes temas e gentes. Joel Neto merece todas estas homenagens, tendo ainda muito para dar à grande literatura portuguesa que agora parte dos Açores. Caso raro, a certa altura e depois de construir toda uma vida como escritor em Lisboa decide, com a sua companheira Catarina Ferreira de Almeida, regressar à sua casa ancestral na freguesia Terra Chã. O escritor Nuno Costa Santos, nascido em São Miguel, e do mesmo modo com longa residência em Lisboa, fez o mesmo quando optou por uma mudança para Angra do Heroísmo. Os que permanecem na nossa capital, quase todos eles, estão também ligados intimamente às ilhas e ao mundo da literatura e escrita-outra. Mais um sinal que Joel Neto representa toda uma geração, que cá dentro e lá fora fazem têm sempre os Açores na alma, tanto em termos emotivos como intelectuais.


ROMANCE: •2000 - O Terceiro Servo •2012 - Os Sítios Sem Resposta edição brasileira: Os lugares sem resposta •2015 - Arquipélago (6ª edição) finalista do Prémio Literário Fernando Namora 2015 •2018 - Meridiano 28 DIÁRIO: •2016 - A Vida no Campo (3ª edição) Grande Prémio APE de Literatura Biográfica 2019 •2019 - A Vida no Campo: Os Anos da Maturidade

BIBLIOGRAFIA

CONTO: •2002 - O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas edição brasileira: Nunca mais roubei gravatas •2019 - Só Tinha Saudades de Contar Uma História CRÓNICAS: •2003 - Al-Jazeera, Meu Amor •2007 - Todos Nascemos Benfiquistas – Mas Depois Alguns Crescem •2011 - Banda Sonora Para Um Regresso a Casa TEATRO: •2019 - A Vida no Campo (com Catarina Ferreira de Almeida; encenação original pela Companhia Narrativensaio) DOCUMENTÁRIO: •2019 - O Caminho de Casa (produção e co-autoria com Catarina Ferreira de Almeida e o realizador Arlindo Horta) PODCAST: •2020 – Meridiano 28 •2019-20020 – O Fio da Meada (RDP-Antena 1) OUTROS: •2004 - José Mourinho, O Vencedor (biografia) edição britânica: Mourinho, the true story •2008 - Crónica de Ouro do Futebol Português (obra colectiva) - autoria do primeiro volume, "A Equipa de Todos Nós" (história) •2011 - Bíblia do Golfe (divulgação) •2020 - Muito Mais do Que Saudade (reportagem/exercício semiótico em co-autoria com Catarina Ferreira de Almeida)

Prémio Atlante 2020: Joel Neto "...persistência e ousadia..." MiratecArts Prémio Atlante é atribuído pela associação cultural, com sede na ilha do Pico-Açores, pelo corpo de trabalho de um artista que segue as suas paixões, sem medo de ser diferente. O Prémio Atlante significa persistência e ousadia no mundo das artes e é da responsabilidade do diretor artístico da MiratecArts, sem data específica de atribuição ou qualquer candidatura da parte dos artistas. Terry Costa tem o prazer de apresentar o Prémio Atlante 2020 ao escritor Joel Neto.


EXPOSIÇÕES BODY LANGUAGE exposição de fotografia de artistas açorianos 29 maio - estreia online #azoresfringefestival Eduardo Branquinho José Franco Nuno Botelho Paulo Jorge Paulo Medeiros Sérgio Botelho

2020ONLINE #azoresfringefestival Arte na era COVID-19 | Art in the Era of COVID-19 - INTERNATIONAL PROJECT Em gesto de solidariedade com trabalhadores/as de saúde sobrecarregados e com falta de pessoal - os soldados nessa batalha - artistas constroem cartazes de gratidão e de incentivo para compartilhar com os hospitais e online. Participa neste movimento mandando teu cartaz para azoresfringe@gmail.com e constrói o álbum #azoresfringefestival Arte na era COVID-19. Participantes confirmados inclui: Courtney Sturgeo Eric Leiser Fillipo & Mariana Grace Miceli Harriet Salmon (imagem) Harmony Willow Jennifer Baer Karen Cunningham Lydia Okrent Melissa Eder

Penelope Sexton Phoebe Harris Rafael Gonzales Jr. Rachel Libeskind Raul de Nieves Reina Issa Riley Spencer Roberta Klug Ryder Bosson Susan Cianciolo

HOW-TO SURVIVE A DEADLY GLOBAL VIRUS Roupa íntima, legumes e sacolas podem ser usadas na luta contra o coronavírus, sugere o artista Max Siedentopf. Siedentopf, um designer alemão-namibiano radicado em Londres, criou uma série de imagens provocativas mostrando itens do quotidiano sendo usados como máscaras protetoras. A demanda global por máscaras cirúrgicas está crescendo, à medida que as pessoas tentam se proteger contra o vírus. As propostas de Siedentopf não fornecem proteção eficaz contra o coronavírus.


GALERIA * ARTE * AÇORES Tinhas férias planeadas e agora foram canceladas? Então chegou a hora de adquirirem uma peça de arte de um artista açoriano. Apoia o teu artista favorito ou encontra um artista que ainda não conheces e adquire uma nova peça de arte. Visita o álbum online, na página www.facebook.com/miratecarts para novas adições enquanto decorrer o festival.

2020ONLINE #azoresfringefestival

Incluí-se os artistas participantes: Ana Alves; Martim Cymbron; Lena Gal; Manoel Costa; Joana Fernandes; Inês Ribeiro; Ana Correia; A Cor da Coruja; Andreia Sousa; Ana Filipa Soares; AKA 47; Adriana Gonçalves; Sofia Sant´Ana; IRONART; Marina Mendonça; Sotero Drummond; Luis Parreira; MTomé Cerâmica; José Pedro Santos; Diana Silva; SUNNY; Aida Bairos; Margarida Andrade; Barro & Barro; Anja Schmid; Diana Ávila Silva; Inutilidades Essenciais; Violeta Dimitrova; Pieter Adriaans;


Prémio Estrela MiratecArts A associação MiratecArts apresenta o Prémio Estrela a uma pessoa que investiu do seu tempo e talento para desenvolver os objetivos da entidade cultural, com sede nos Açores, e a sociedade artística em geral. Em 2020 adicionamos à lista dos recipientes a editora/jornalista Nancy Matos que apoia mensalmente na edição inglês das traduções no Triângulo Magazine, e na produção de vários festivais incluindo AnimaPIX e Cordas, entre outros projetos. Recipientes do Prémio Estrela MiratecArts: A voluntária e épico geradora de ideias Cláudia Melo e o escultor, fotógrafo e permacultor, Nuno Gonçalves, que agora gerem as suas empresas de animação turística, Épico e atiPICO, respetivamente; a editora/escritora Carolina Cordeiro que

29 maio a 28 junho

também já venceu vários prémios de literatura incluindo o Prémio Escrita MiratecArts 2016; o fotógrafo Pedro Silva, que continua a ser um dos grandes colaboradores da MiratecArts, já venceu vários prémios fotográficos, e ainda o terceiro lugar de entre mais de duas centenas de fotógrafos de 52 países, no World Bodypainting em Áustria; o jovem Emanuel Silveira que foi muito além para apoiar os artistas no Fringe e completou seu mestrado "Associativismo e preservação identitária: o caso da ilha do Pico, nos Açores" na Universidade de Lisboa; a maior fã, participante de workshops e ser humano que a mais eventos MiratecArts já assistiu em pessoa, Elke Brockmann; o documentarista Pedro Canavilhas, por mais de 2 anos de pesquisa, produção e realização do documentário "2351" com imagens da ilha do Pico como nunca antes vistas... Sê voluntári@ MiratecArts - faça a diferença!

2020ONLINE #azoresfringefestival

Ilustrações e mais arte durante pandemia partilhados diariamente


ANGRA ANGRA DO DO HEROÍSMO HEROÍSMO Uma Capital no Coração do Atlântico

NATUREZA

HISTÓRIA PATRIMÓNIO CULTURA

www.exploreterceira.com

www.angradoheroismo.pt


cm-saoroquedopico.pt 292 648 700


ALÉM FRONTEIRAS - BEYOND BORDERS

Em dezembro de 2019, em passagem pela província de Ontário, Canadá, incluiu a promoção do livro "Ilustrar Açores" com visitas ao creativespin podcast, OMNI TV e com a comunidade portuguesa em Toronto; visitas com artistas e apresentações em universidades. Em Fevereiro de 2020, levámos o livro "Néveda nos Açores" a 8 livrarias da WHSmith em Doha, Qatar e a três cidades na Austrália, incluindo à livraria infantil mais antiga no mundo, The Little Bookroom, em Melbourne. A participação na conferência do World Fringe, em Adelaide, foi um momento alto em promoção do trabalho da MiratecArts a centenas de produtores e milhares de artistas, e incluiu reunião com o Primeiro Ministro Steven Marshall.


PRÉMIO ESCRITA MIRATECARTS

CONCURSO 2021

WHALEWATCHING, BALEEIROS, BALEAÇÃO, BALEIAS O Prémio Escrita MiratecArts já conseguiu 6 vencedores e agora está de volta para a sétima edição. A associação aceita trabalhos até 30 de janeiro 2021, sob o tema "Whalewatching, baleeiros, baleação, baleias". Escritores açorianos e escritores a viver nos Açores têm, assim, uma oportunidade para mostrarem os seus talentos neste concurso MiratecArts que oferece prémios aos vencedores, incluindo publicação da obra vencedora, num zine ou coletânea, e ainda uma participação de destaque numa futura edição do Azores Fringe no Encontro Pedras Negras (inclui viagem inter-ilhas e 2 noites de estadia para participar em cada programa). Qualquer forma de escrita, da poesia à prosa, é aceite. O texto a concurso deve ser original e ainda não publicado em qualquer meio, incluindo blog. A organização estabelece como condições de participação que o concorrente seja residente nos Açores, ou açoriano de nascença, e que seja

ilustração por Rúben Quadros Ramos

Os vencedores das edições anteriores foram Pedro Paulo Câmara, Almeida Maia, Nuno Rafael Costa, Carolina Cordeiro, Carla Lima e Diana Zimbron, jovens açorianos com várias obras publicadas. maior de 16 anos de idade, inscrito na plataforma www.discoverazores.eu e que não tenha vencido o Prémio Escrita MiratecArts; o texto deverá possuir um mínimo de 500 e um máximo de 20 mil caracteres, sendo que o trabalho deverá ser

apresentado em formato Word. O trabalho concorrente deverá estar subordinado ao tema da forma que o artista entender. Os trabalhos serão aceites através do email: info@mirateca.com até ao dia 30 de janeiro 2021, sendo que a mensagem de inscrição no concurso deverá incluir: nome, telefone e uma frase respondendo à questão: “Porque participa neste projeto?”. O documento do texto não deve ser identificado com o nome do autor. Os finalistas serão contatados no verão 2021 e apenas o/a vencedor/a do

prémio será anunciado/a em público como vencedor/a do Prémio Escrita MiratecArts 2021. “Esta é já a sétima vez que lançamos o Prémio Escrita, que teve início como parte da plataforma DiscoverAzores" explica Terry Costa, o diretor artístico da associação MiratecArts. Os vencedores das edições anteriores foram Pedro Paulo Câmara, Almeida Maia, Nuno Rafael Costa, Carolina Cordeiro, Carla Lima e Diana Zimbron, jovens açorianos com várias obras publicadas. A plataforma DiscoverAzores – Descobrir Açores com artistas, lançada em 2012 pela associação MiratecArts, inclui cerca de 500 artistas de todas as ilhas dos Açores, abrangendo as várias áreas artísticas. O projeto desenvolve oportunidades e divulga artistas açorianos, promovendo, assim, também, a região. Entre as diversas atividades onde investe inclui-se o festival de artes internacional - Azores Fringe, o Montanha Pico Festival, concursos, publicações e digressões de promoção, mostra e apresentação.


27 de Março World Theatre Day - Dia Mundial do Teatro

2 de Abril Dia Internacional do Livro Infantil

27 de Abril Dia Mundial do Design Gráfico

28 de Abril Dia do Sorriso & 5 Anos dos Sorrisos de Pedra de Helena Amaral

30 de Abril - #JazzDay Dia Internacional do Jazz

PORQUE MARCAMOS DIAS INTERNACIONAIS? Os dias internacionais são ocasiões para educar o público sobre questões de interesse, mobilizar vontade e recursos políticos para enfrentar os problemas globais, celebrar e reforçar as conquistas da humanidade. A existência de dias internacionais é anterior ao estabelecimento das Nações Unidas, mas a ONU adotou-os como uma poderosa ferramenta de advocacia. A MiratecArts marca alguns dias internacionais que tenham conexão com interesses ou artes praticadas por seus colaboradores.


© AZORINA, S. A. | Foto ©PHSilva // siaram.azores.gov.pt

Parques Naturais dos Açores Azores Nature Parks SOS AMBIENTE 800 292 800 parquesnaturais.azores.gov.pt


RNAVT: 4313

www.fontetravel.com +351 292 679 505 info@fontetravel.com

Destiny Management Company (DMC) specialized in the Triangle, The Azores, a cluster of three islands: Fayal, Pico and São Jorge. Agência local especializada na oferta turística do Triângulo: Faial, Pico e São Jorge.


Pre-booking required

+351 912 533 243

GUIDED TOURS WINE TASTING WINE&TAPAs Get to know the history of our wines, and become part of it. Avenida Padre Nunes da Rosa, nยบ 29 9950-302 Madalena Pico - Aรงores geral@picowines.com www.picowines.com

+351 912 533 264 / +351 292 622 262


discoverazores.eu é um projeto de promoção dos Açores através de arte e artistas das 9 ilhas do arquipélago - tu também podes participar! Faz parte da revolução artística dos Açores para o mundo...

Profile for MiratecArts

revista #23 magazine MiratecArts / Azores Fringe 2020  

revista #23 magazine MiratecArts / Azores Fringe 2020 Mai-Jul 2020

revista #23 magazine MiratecArts / Azores Fringe 2020  

revista #23 magazine MiratecArts / Azores Fringe 2020 Mai-Jul 2020

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded