Page 1


Conteúdo

CAPA

38 Profissionais da região Sul se reuniram em Novo Hamburgo

MARKETING

08

Como instalar sua creche ou hotel para cães

EVENTO

22

ENTREVISTA

GATOS

28

35ª Anclivepa reuniu o Brasil em BH

30

Empresa se qualifica e se adequa profissionalmente

Hipertireoidismo felino

PRODUTO SAÚDE

34

Seções

Obesidade, mantenha seu cliente informado

04 EDITORIAL

41

06 LITERATURA

VININHA

Localizando pets desaparecidos

42

Barrados nas festas juninas... e muito seguros!

07

10

16

CURSOS

NOTAS

LANÇAMENTOS


Diretoria Osmar Silva José Haroldo G. Santos

Luanda

petmagazine Edição 85 - Maio / Junho - Ano 2014

Editor Osmar Silva osmar@luanda.com.br

Redação Hylario Guerrero (Mtb 13.468) hg.noticia@luanda.com.br

Joelma Farias (Estagiária) redacao@luanda.com.br

Angela Davis V Silva angela@luanda.com.br

Colaboradores Vininha F. Carvalho Arte e Diagramação Bruno Ricardo M. Santos Diego Igor de Oliveira arte@luanda.com.br midia@luanda.com.br

Fotos Equipe Luanda Editores

Diretor Comercial José Haroldo G. Santos haroldo@luanda.com.br

Publicidade: Luanda Brasil Serviços de Publicidade Paulo Frederico paulofrederico@luanda.com.br

Editorial O mercado PET nacional ganha importância e destaque na mídia internacional impressionada com os números atuais apresentados. Eles apontam o crescimento no saudável hábito de alimentar os pets com produtos especialmente fabricados para este fim. Desta forma, diminuindo consideravelmente o aproveitamento de sobras de alimentos consumidos por humanos, o que sem dúvida aumenta o grau de saúde e bem estar dos animais. Por conta disso, há uma verdadeira guerra instalada no mercado pelas empresas produtoras de rações, principalmente entre as marcas multinacionais que disputam a preferência do consumidor. Um cenário muito próximo aos também disputadíssimos mercados norteamericano e europeu, onde cada casa decimal é alvo de permanente e incessante competição. Neste contexto, a americana Mars, dona de marcas como Pedigree, Whyskas e Royal Canin, ocupa o primeiro posto com 23,4% do mercado, seguida pela Nestlé, com 23,1% de vendas da Purina. A terceira posição, bastante atrás, fica com a Colgate-Palmolive e sua marca pet Hill’s Science Diet, com 5,3%. Outro destaque da imprensa, quando cita o mercado brasileiro e a paixão pelos animais domésticos aqui existentes, são os cuidados com a estética e higiene dos pets. Mesmo as famílias mais simples tutoras de animais, investem somas significativas em banho, tosa, compra de brinquedos, roupas e acessórios. Se os hábitos alimentares já estão em patamares elevados, bem como os de higiene, a área de medicamentos caminha de forma mais lenta, segundo os analistas internacionais. Assim, segundo as opiniões de articulistas estrangeiros, ainda existe um grande espaço a ser explorado pelos laboratórios e empresas dedicadas ao desenvolvimento e comercialização de produtos terapêuticos. No entanto, estes mesmos observadores alertam que é necessário criar o hábito da prevenção às possíveis doenças as quais os pets estão sujeitos. O brasileiro por costume procura os serviços médicos apenas quando já está acometido pelos sintomas de algum mal, não faz a prevenção periódica que seria normal e indicada, o mesmo ocorrendo quando se trata da saúde de seus pets. Em síntese, estas são avaliações que constantemente são publicadas quando o tema é o mercado brasileiro de animais de companhia. São considerações interessantes que devemos ponderar para construir bases em direção à continuidade sólida do mercado nacional.

Administração Caio Matheus Ventura de Paiva Fernanda Oliveira Juici Monteiro

Todos nós

luanda@luanda.com.br

Jurídico dra. Adriana Carla Gomes P. Silva Assessoria gráfica Pavaprint Impressão Northgraph

R. Joaquim de Almeida Moraes, 273 Jd. Magali - Cep 02844-000 - São Paulo/SP Tel.: + 55 (11) 3461-8400 / 3461-8401 Fax + 55 (11) 3923-5374 luanda@luanda.com.br www.luanda.com.br

Foto da Capa: Jessica Noble | divulgação Feipet A revista Petmagazine aceita matérias técnicas como colaboração para divulgação de projetos, trabalhos, novos produtos, etc. Os artigos deverão vir acompanhados de fotos ilustrativas com as respectivas legendas e curriculum do autor. A revista não se reponsabiliza por opiniões e artigos assinados que podem ou não expressar a mesma opinião do editor. As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade do autor. A Petmagazine não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem por aquisições em função destes. Todos os direitos reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio, sob pena de procedimentos legais. A revista Petmagazine é uma publicação bimestral da Luanda Editores Associados LTDA e tem sua marca registrada no INPI sob o número 820.994.286


Literatura

O BEM-ESTAR DOS ANIMAIS - PROPOSTA DE UMA VIDA MELHOR PARA TODOS OS BICHOS Nesta obra, Temple Grandin e Catherine Johnson mostram que tanto os animais como os humanos têm os mesmos centros de emoções básicas no cérebro. Ao analisar o comportamento de alguns animais, as autoras dão dicas para melhorar a relação das pessoas com os chamados seres irracionais e fazer com que esse contato seja o mais proveitoso possível. Autoras: Temple Gradin e Catherine Johnson Editora: Rocco

ENDOCRINOLOGIA CLÍNICA DE CÃES E GATOS 2ª EDIÇÃO Esta obra ilustrada reúne conteúdo sobre a endocrinologia , em todos os seus aspectos 06 petmagazine

clínicos. A abordagem do livro, centrada no órgão do animal e orientada ao estudo de casos científicos e , facilita a consulta das informações na prática diária no consultório veterinário. Autores: Ad Rijnberk e Hans S. Kooistra Editora: Roca

A VIDA É DO CACHORRO... MAS O TAPETE É SEU Escrito por uma veterinária apaixonada por cães, este livro oferece respostas concretas e bem-humoradas para algumas das questões que afetam a vida de nossos leais amigos que sempre quisemos saber, mas que às vezes nos sentimos constrangidos em perguntar. São conselhos sobre como educar os filhotes, soluções para mudar seus piores hábitos, explicações para manias extravagantes ou simplesmente para quem procura dar boas risadas, este livro irá informar e entreter a todos. Autora: Justine A. Lee Editora: Cultrix

FUNDAMENTOS DO COMPORTAMENTO CANINO E FELINO A ideia central deste livro é apresentar uma coletânea rica e variada de temas fundamentais sobre como os cães e gatos se comportam. É produto de trabalho coletivo, de distintos olhares, que propiciam esta contribuição para veterinários, acadêmicos e interessados no comportamento destes animais de companhia. Autores: Ceres Faraco e Guilherme Soares Editora: Med Vet Livros de Medicina


Cursos

APERFEIÇOAMENTO EM GESTÃO CLÍNICA, CIRÚRGICA E COMPORTAMENTAL DE FELINOS

Datas: 30 e 31 de agosto/ 20 e 21 de setembro/ 25 e 26 de outubro/ 22 e 23 de novembro/ 6 e 7 e dezembro/ 10 e 11 de janeiro de 2015 Horário: das 8h às 13h30 Duração total: 16 h Local: Hotel Mercure Pamplona – R. Pamplona 1315, Jardins. São Paulo. Informações: cat.cursosdefelinos@gmail.com

E.N.A.P.A. 2º MAX ENCONTRO NACIONAL DE APOIO A PROTETORES DE ANIMAIS

Data: 31 de agosto de 2014 Horário: das 9h às 17h. Local: Centro de Convenções Rebouças - Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 23 São Paulo. Inscrições: gratuitas e limitadas www.encontroenapa.com.br/faca-inscricao.php

V SIMPÓSIO DE CÃES E GATOS – COMPORTAMENTO, NUTRIÇÃO E SAÚDE

Data: 04 a 06 de setembro de 2014 Local: Anfiteatro da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), Fazenda Experimental Lageado, Botucatu (SP) Inscrições: www.fmvz.unesp.br

PREPARATÓRIO PARA ATUAÇÃO NA INDÚSTRIA VETERINÁRIA

Objetivo: orientar e preparar para a indústria veterinária e agronegócio. Data de início: de 19 de julho a 09 de agosto de 2014 Local: r. Dr Almeida Lima, 1134. São Paulo – (Campus Centro Anhembi Morumbi) Contato: quiron@quironcomunicacao.com.br

PROFISSIONALIZANTE DE TOSADOR

Procedimentos básicos de banho, tosa higiênica e tosa geral. Aulas teóricas e práticas. Duração: 5 semanas Inscrições: às segundas-feiras Horários: manhã, tarde e noite Local: Unipet - R. Herval , 438 - Belenzinho - São Paulo Contato: www.cursobanhoetosa.com.br

PET GROOMER

Duração: 12 meses Início: 05 de Agosto de 2014 Horários: manhã, tarde e noite Local: Unipet São Paulo Endereço: R. Herval, 438 - Belém - São Paulo Contato: www.unipet.com.br


Marketing

Alguns procedimentos são essenciais para implementação do seu negócio e fazê-lo dar certo. Grande parte das pessoas que procuram pela Dog Consult, consultoria especializada em creches caninas são empresários que já possuem um estabelecimento e que querem aumentar a gama de serviços para se diferenciar no mercado

08 petmagazine


Como instalar sua creche ou hotel para cães Texto: Renato Zanetti Imagens: divulgação

N

o entanto, ter um petshop ou apenas comercializar produtos para pet está muito distante de oferecer serviços práticos para o bem-estar animal. É necessário compreender que, embora também façam parte da esfera pet, são nichos totalmente distintos e que necessitam de conhecimentos específicos para que o negócio realmente funcione com a qualidade esperada e, que a aposta em ampliar o estabelecimento para um atendimento de creche ou hotel não seja um tiro no pé, afinal, existem protocolos rígidos a serem seguidos no que diz respeito à limpeza, segurança, estrutura física, layout do local e treinamento de funcionários. Por outro lado, também há questões de suma importância que se referem ao comportamento canino, técnicas de enriquecimento ambiental e padrões para o bem-estar animal que devem ser colocados em prática para que os bichos também recebam o devido tratamento, pois disponibilizar um local de hospedagem em que o cão fica enclausurado até que seu dono o retire de lá é completamente diferente de proporcionar ao animal uma diária em que ele conviva com outros animais num espaço plenamente satisfatório e tenha atividades especialmente selecionadas de acordo com seu comportamento. Um cão bem tratado e devidamente cuidado é o reflexo de um estabeleci-

mento que respeita o animal e seu dono, portanto, qualquer negócio deve atender os padrões mínimos necessários de uma creche ou hotel canino de primeira. Mas por onde começar, já que são tantos os pontos que devem ser levados em conta? Abaixo segue uma série de premissas que precisam ser atendidas à risca para que o serviço funcione satisfatoriamente e não ponha em risco o novo negócio. Qualquer creche canina que executar as considerações abaixo terá grande probabilidade de sucesso! Orientação – procurar orientação especializada de quem já está operando no mercado e tem experiência prática no assunto é de grande valia, pois o orientador já tem as bases teóricas e práticas e o know-how necessário para prover a melhor solução para o negócio. Comportamento canino – é necessário ter conhecimentos específicos sobre o comportamento dos cães e assim compreender suas necessidades básicas para atendê-los satisfatoriamente. Sanidade e protocolo de limpeza – todo e qualquer cão que frequente a creche ou hotel deve estar nos padrões de higiene para manter o local sempre dentro dos protocolos. Além disso, deve haver higienização diária dos locais que os cães convivem com produtos específicos que não façam mal à sua saúde. Layout e estrutura física – os locais onde os cães conviverão ou se hospedarão devem obedecer a padrões mínimos para que fiquem confortáveis. Também devem ser seguidos protocolos de segu-

rança, como por exemplo, a utilização de sistema de portões que impeça os animais de se aproximarem da rua. Treinamento de monitores – Treinar os funcionários que entendam sua importância e que estejam preparados para tratar os animais com conhecimento e carinho, mas que ao mesmo tempo saibam lidar com contratempos sem perder a paciência. Estratégia de negócio – identificar e definir as melhores soluções para guiar o negócio de maneira criativa e inteligente, criando um diferencial perante outros estabelecimentos. Enriquecimento ambiental – introduzir elementos no dia-a-dia dos cães para que eles expressem seu comportamento natural e tenham estímulos físicos e mentais como farejar, sociabilizar, brincar, caçar, se esconder etc. Assim, os animais terão maior capacidade física e mental, ficarão mais relaxados e menos destrutivos, equilibrando o comportamento e reduzindo uma série de comportamentos indesejados. Bem-estar – desenvolvimento de rotinas em conjunto ou individuais para os cães que trabalhem questões alimentares, cognitivas, sensoriais, físicas e sociais para que os animais sejam estimulados e se sintam bem o tempo todo. Elaboração e análise de fluxo de caixa – avaliação dos lucros e ônus gerados com a efetivação de novos serviços.• Renato Zanetti é zootecnista e proprietário do Centro de Convivência Canina Dog Solution e da consultoria para creches caninas Dog Consult

petmagazine 09


Notas

Pet South America A partir da edição 2014, a 13ª edição do Pet South America apresentará uma planta setorizada dimensionando o espaço de exposição em quatro importantes segmentos: Pet Foods, Saúde Animal, Higiene e Beleza, e, Acessórios. Uma planta desenhada para potencializar relacionamentos e oportunidades de negócios entre os vários profissionais do setor que visitam a feira. O evento acontece de 28 a 30 de outubro no Expo Center Norte (SP).

Medicina Veterinária e OAB firmam parceria para projetos

Vinte cirurgias em 11 cadelas, 2 cães, 4 gatas e 3 gatos foram as atividades desenvolvidas por alunos do 6º período do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Alagoas, marcou o Dia Estadual de Castrações em Pequenos Animais. A equipe teve o cuidado de realizar cirurgias gratuitas para pessoas carentes da zona rural do agreste e da cidade de Viçosa. A iniciativa é da Comissão do Meio Ambiente e Bem - Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Desconto no IPTU para quem adotar animal

Uma nova lei foi criada em Araquari (SC) e sancionada pelo prefeito João Pedro Woitexem. A lei vem em benefício dos

10 petmagazine

animais de rua e dispõem sobre o controle da reprodução de cães e gatos no município. Segundo ele, o objetivo é reduzir o número de animais de rua e também incentivar a população à adoção. A Prefeitura ainda não tem registros desses números e nem sabe se eles são altos, mas o objetivo é cuidar dos bichinhos que estão em situação de rua.

Casas para cães de rua

Moradores da cidade de Nova Lima (MG) estão produzindo casinhas comunitárias para cães que serão fixadas nas calçadas com a autorização dos moradores. O projeto é uma espécie de ‘Minha Casa Minha Vida’ para cães. Em cada unidade, cabe até quatro cachorros e do lado de fora tem espaço para as vasilhas de água e ração. A ideia é que todos sejam solidários com os bichinhos.

12º CONPAVEPA e a FIPPA aconteceram em São Paulo

O 12º Congresso Paulista de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais e a FIPPA, no Centro de Convenções do Anhembi (SP), proporcionam em único ambiente, a geração de negócios e plataforma de conteúdo técnico-científico para os importantes players que buscam soluções e novidades do setor pet. A edição do Congresso esgotou a venda de suas 2 mil inscrições, já a FIPPA reúne mais de 110 empresas expositoras.

Pets compõem trabalhos fotográficos

A fotógrafa Lidi Lopez tem seu trabalho voltado para retratar famílias humanas, recém-nascidos e principalmente grávidas. E o bichinho de estimação não pode ficar de fora dos seus ensaios fotográficos. Já clicou mais de 3 mil gestantes com trabalho diferenciado e personalizado através de ensaios lúdicos.


Notas

A arte de captar expressões dos cães

A fotógrafa norte-americana Kaylee Greer é especialista em capturar animais em seus melhores momentos o que resulta em fotos expressivas dos amigos de quatro patas. A profissional criou a série Dog Breath Photography e passa até 80h por semana viajando pelos Estados Unidos em sessões de fotos privadas e comerciais, mostrando que, independente da raça e da idade, os cães são criaturas dóceis. leza e higiene dos cães e gatos. Com uma linha completa de Sistemas Preservantes, são livres de substâncias sintéticas que podem ser prejudiciais à saúde do animal. A empresa é especializada no desenvolvimento de ativos e matérias-primas sustentáveis para os mercados de beleza, nutrição e saúde.

‘Programa Pedigree Adotar é Tudo de Bom’

Ações de orientação e combate à Leptospirose

Com a incidência de Leptospirose, a Merial alerta para os principais cuidados da população e participa de campanhas de conscientização, vacinação e doação de vacinas contra a doença pelo Brasil. A comunidade de Moriçaba, do Rio de Janeiro foi beneficiada com as ações. Até o momento cerca de 300 cachorros já puderam ser imunizados e protegidos contra a leptospirose e outras doenças infecciosas.

12 petmagazine

Iniciativa que completa 6 anos e já mudou a realidade de mais de 44 mil cães abandonados no Brasil por meio do estímulo à adoção e guarda responsável, promoveu o Dia da Adoção - feira que reuniu cinco ONGs em São Paulo e mais 25 em 11 diferentes Estados, batendo o recorde de adoções, dando lar a 354 cãezinhos no Brasil inteiro sendo 114 adoções somente na cidade de São Paulo.

Produtos naturais em prol dos pets

A Beraca conta com uma linha de ingredientes naturais com propriedades capazes de auxiliar nos cuidados de be-

Paraguai inaugura nova linha de extrusão

O grupo de empresas trociuk agronegócios do Paraguai, inaugurou a segunda linha de extrusão com equipamentos adquiridos da Ferraz Máquinas. A referida linha além de contar com todos os equipamentos já tradicionais para a produção de rações extrusadas, possui misturador de dois eixos para a incorporação de líquidos às rações. Este sistema possui imensas vantagens sobre os sistemas tradicionais de recobrimento de rações e é produzido no Brasil com exclusividade pela Ferraz. A empresa trociuk estreita assim cada vez mais os seus laços comerciais e de amizade com o fornecedor brasileiro.


facebook.com/portapetgravia Compre pelo:

portapetgravia.com Porta de passagem para c達es e gatos


Notas

Presentes exclusivos Especializada em acessórios PET, a Manuka inaugura seu segundo quiosque Shopping Villa Lobos. Instalado no térreo, a loja conta com artigos para os peludos e admiradores.

A WSPA agora é World Animal Protection

Há mais de 50 anos atuando na proteção dos animais de todo o mundo – e há mais de 20 anos no Brasil – a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal, da sigla em inglês) muda seu nome para World Animal Protection (Proteção Animal Mundial). A ONG com escritórios em 14 países e atuação em 50, possui sede em Londres, no Reino Unido. No Brasil, o escritório fica sediado em São Paulo. Fazem parte das suas principais linhas de trabalho: animais em comunidades e animais em situações de desastres.

14 petmagazine

Hotéis aceitam animais de estimação na hospedagem

O TRYP Higienópolis em São Paulo e a rede de hotéis Ibis e Ibis Styles de todo o Brasil abrem suas portas aos hóspedes acompanhados de seus pets. Animais de pequeno porte podem ficar hospedados junto aos seus donos em acomodações adequadas. Mas existem regras a serem seguidas pelos donos.

Pelo direito dos cães

Em Brasília, os proprietários de pets lutam para ser acompanhados por eles onde quer que estejam. Cerca de 500 pessoas participaram da Cãominhada do Parque da Cidade para protestar contra o projeto de lei que previa o uso obrigatório de focinheiras mesmo para raças de pequeno porte. O texto, vetado pelo governador Agnelo Queiroz, também impedia o ingresso de cachorros a áreas de lazer.


Lançamentos

CUSTOMIZÁVEIS A Mala Ideal apresenta a Linha Cristal de malas e mochilas em que o consumidor pode escolher a estampa/foto/imagem que desejar e assim criar produto exclusivo. As malas estão disponíveis nos tamanhos P, M e G. www.malaideal.com.br

NUTRIÇÃO E BEM-ESTAR ANIMAL A BioDog está lançando os petiscos Gourmet Sushi. São rolinhos de frango indicados para todas as raças de cães. Naturais e produzidos com frango desidratado, ricos em proteína e sem conservantes artificiais. www.biodog.com.br

16 petmagazine

COLEÇÃO DE SACOLAS A Zona Criativa lança sua coleção de sacolas e bolsas ecológicas. Confeccionadas em TNT ou em couro sintético, possui estampas divertidas que apresentam fotos de pets. www.zonacriativa.com.br

IBASA DESTACA O PODER DE AÇÃO DO IBATRIM Medicamento que reúne uma combinação de antibióticos para cães e gatos. Recomendado para doenças como pneumonia, salmoneloses, toxoplasmose, entre outras, o medicamento elimina diversas bactérias, por seu amplo espectro de ação. www.ibasa.com.br


PRODUTO QUE ATIÇA INSTINTOS DOS GATOS

TENDÊNCIA XADREZ A flexi apresenta a guia Glencheck, da linha Fashion. Com estampa xadrez que explora as cores cinza, preto, branco e vermelho, a guia possui ainda fita preta com detalhes em couro, mosquetão cromado e superfície de brilho envernizada. www.flexi-guia-retratil.com.br

TAGS PERSONALIZÁVEIS A empresa My Family lançou duas máquinas: a Tag e a Automática. Os clientes escolhem o conteúdo a ser inserido como nome, telefone, endereço e a tipografia, em placas tipo pingente, com formato de animais. www.myfamily.it

Pet Games apresenta o Cat Flat, kit suspenso com três almofadas interligadas que estimulam comportamentos naturais e divertidos dos felinos. O produto é confeccionado em algodão rústico de alta resistência que retém odores e produz sons ao arranhar. www.petgames.com.br

GUIA EM COURO A Flexi apresenta a guia retrátil confeccionada especialmente para o público masculino. Revestida em couro de cabra e costurada à mão, o acessório segue o padrão de qualidade da alta-costura, acentuando a exclusividade e acabamento refinado. www.flexi-guia-retratil.com.br

petmagazine 17


Lançamentos

LINHA PROTEÇÃO A Ourofino apresenta a linha Protetor Pet de combate às pulgas. Eficaz no controle do ectoparasita, o produto age pelo

simples contato do inseto com o animal, antes mesmo que ocorra a picada. www.ourofino.com

ESCOLHA CERTA PARA HORA DA BRINCADEIRA

PROTEÇÃO DIVERTIDA

O disco voador com apito da Duki foi desenvolvido especialmente para cachorros. Possui formato de óvni com cores chamativas, o que, aliado ao som, gera uma resposta positiva dos caninos, que se divertem com seus donos nas atividades com o brinquedo. www.petnanet.com.br

Os guarda-chuvas coloridos da The San Francisco Umbrella Company protegem os amantes de animais da chuva de maneira divertida. Possui silhuetas de várias espécies, principalmente de cães. www.sfumbrella.com

18 petmagazine


Lançamentos

FONTE DE VITAMINAS A linha Gran Plus eda Mogiana Pet é fonte de Ômega 3 e 6, proteínas, vitaminas e fibras especiais, garantindo assim saúde e muita energia aos cães e gatos. Os produtos são segmentados de acordo com a idade, peso e tamanho natural. Mogiana Alimentos é detentora das marcas premium: Gran Plus; Sabor & Vida; Guabi natural entre outras. www.mogianapet.com.br

PARA CÁLCULOS RENAIS EM GATOS A Royal Canin Urinary é alimento que atua como auxiliar no tratamento de doenças renais em gatos. A ração deve ser indicada por médico veterinário e utilizado como auxiliar, já que não substitui o tratamento convencional. www.royalcanin.com.br

20 petmagazine

ALIMENTAÇÃO ESPECÍFICA A Royal Canin apresenta quatro novos alimentos para cães que complementam a Linha Veterinary Diet. Os produtos lançados são: Skin Care Junior Small Dog, Skin Care Small Dog Adult, Hypoallergenic Small Dog e Hypoallergenic Canine na versão úmida. Os produtos devem ser prescritos por profissionais, uma vez que auxilia o tratamento de algumas doenças relacionadas à pele, hipersensibilidade e alergia alimentar. www.royalcanin.com.br


Evento

35ª Anclivepa reun O 35º Congresso Brasileiro da Anclivepa, em Belo Horizonte, MG, recebeu cerca de 5 mil participantes, entre palestrantes, veterinários, acadêmicos, expositores e equipe de apoio. Os Congressos apresentados durante o evento foram de suma importância para os presentes, que lotaram as salas de palestras, o auditório principal e participaram da Feira Texto e imagens: Hylario Guerrero

22 petmagazine


niu o Brasil em BH

O

varejo não perdeu tempo. De livros grossos, enciclopédias, histórias de cães e gatos, e almanaques, à tesouras, mesas para cirurgias, gaiolas, pinças, passando pelo que pode haver de mais eficaz e moderno no vestuário para o veterinário como máscaras, aventais, galochas, botinas, toucas, até as roupinhas, lacinhos, semi joias, ossinhos, vestidos para os pets. O público conheceu nova e extensa linha de fitoterápicos, novos perfumes e

fragrâncias, banhos secos, inibidores de odores, 'florais de Bach', e diversos outros produtos que podem ser utilizados tanto em domicílios, clínicas, canis, gatis e outros criadouros. Todas as empresas expositoras tiveram pelo menos 'um' lançamento em seu estande, sem contar aquelas que, embora não trouxeram lançamentos em produtos, apresentaram novas embalagens, outros tamanhos de apresentação, ou simplesmente, compareceram para marcar presença, meramente institucional . O auditório, bem como as salas de pales-

tras ficaram o tempo todo lotado de congressistas interessados nos mais variados temas clínicos trazidos por palestrantes renomados, de diversas nacionalidades, como foi o caso dos americanos Stephen J. Birchard; Stephen Ettinger e Theresa Fossum, considerados verdadeiras sumidades. Temas como “Complicações da Cirurgia Abdominal - como prevenir”; “Doença da Válvula do Coração”; “Relatório de Estudos de Casos Cardíacos” ; “Cirurgia de Correção da Hérnia Perineal”, e muitas outras.

petmagazine 23


Evento

AGENER UNIÃO Vitta 3.6, suplemento mineral vitamínico para cães e gatos que auxilia na melhora da mudança de pelagem, queda de pelos, e na deficiência de ácidos graxos essenciais. Com ômega 3e 6, Biotina e Selênio. AGRO INDUSTRIAL CATARINENSE Inseticida para tratamento de ambientes. Contra fungos, pulgas e carrapatos em canis, gatis, viveiros e outros, à base de Delta Metrina, ‘a zero quarenta’. ASTRO/SUPRA Linha de produtos Supra para cães acima de 7 anos de idade, classificados como seniors. Específico para gatos, o Astro Pet Gourmet que completa a linha premium especial. Sem qualquer tipo de corante artificial, não contêm mais a presença da soja, apenas o milho e o arroz em alguns produtos na linha. Pode dar alergia em algumas espécies de cães. Continua a mesma fórmula na linha Astro para cães, filhotes, pequenas raças, cães adultos, cães acima de 7 anos, e gatos. AVERT LABORATÓRIOS Suplementos alimentares super pre-

24 petmagazine

mium. Linhas CondroPlex 500; CondroPlex 1000; CondroPlex Stick’s; CondroPlex LB. Outros produtos: Hemolipet; L-Carnislim; Glicopet Caninu’s; Glicopet Felinus; Caninu’s protein; D-Calcium (cálcio liquido); Amino Cani’s; Demevert Caninu’s; Demevert Felinu’s; Probiótico Pet. BAYER Profender SpotOn – vermífugo completo tópico para gatos, contra vermes redondos e chatos. Aplicação externa e ação interna. Os dois princípios ativos penetram pela pele, atingindo a corrente sanguínea e chegando aos órgãos alvo. Com combinação de dois agentes: Emodepsida, em formas adultas, e em todos os estágios lavais, e com Praziquantel, contra os mais importantes vermes chatos. Advantage Max 3, que reduz o risco de doenças transmitidas por vetores em cães jovens com sistema imunológico em desenvolvimento. Drontal Plus, com seis fatores que agem sobre a Giardia. BIOCTAL Linha Schesir: alimento seco com a qualidade de alimento úmido, apresentação em latas. Pode ser usado na dieta diária.

Garante a administração de completa gama de diferentes proteínas que são a base para uma dieta balanceada. BIOFLORAIS Sistema de Terapia Floral, nos casos: aceitação de novo animal; adaptação de novo lar; adestramento; agressividade; aversão a banho; aversão a crianças; ansiedade; carência; síndrome do abandono; coprofagia; estresse; fase do cio; marcação de território; latido excessivo; hiperatividade; indisciplina; gravidez psicológica; lambedura; automutilação; medo; o bebê chegou; reequilíbrio alimentar; tristeza e depressão. É totalmente terapêutico. BIOVET Nutramono- produto imuno modulador pode ser usado pelo resto de vida do animal. A maioria de similares no mercado é imuno estimulante. Indicado em problemas de doenças crônicas. Probiótico de maior concentração com vitamina C. Mais palatável, sabor carne de fígado. Vernivet Iver, linha mais completa de vermífugo, com 4 bases: femantel, prafemantel, pirantel e invermicina.


CENTRAL VET Campos cirúrgicos, descartáveis com película adesiva. Evita o contato da luva com a pele do animal e evita que caia pelo dentro da cavidade cirúrgica. Totalmente descartável, no kit acompanha campo e avental. Colírio que estimula e lubrifica a lágrima do olho. Utilizado no tratamento de úlcera de córnea, que às vezes pode levar o animal à cegueira, em gotas – soro com solução de uso diário para limpeza dos olhos. Tratamento para o ouvido, retira a sujeira, protege contra a otite e a oleosidade, remove toda sujeira da orelha do animal.

dade de carboidratos que os animais são capazes de absorver. Mais proteínas que o animal necessita com antioxidantes naturais. O produto tem romã, cúrcuma, blueberry, chá verde, aloe vera, como fontes naturais de antioxidantes.

ELANCO Confortis – anti-pulgas, que age com 30 minutos de sua aplicação matando mais de 50% das pulgas. Com 4h de sua palicação tem uma ação de 100% e age durante 30 dias.

HERTAPE CALIER Leish-Tec – vacina contra a Leishmaniose Visceral Canina. Fiproline – proteção durante sessenta dias no tratamento anti-pulgas. Mais segurança com sua nova formulação estável com comprovada eficácia. Em pipeta graduadas e exclusiva, embalagem transparente para melhor visualização do produto, com fácil aplicação, rápida e aderência firme ao pelo e a pele do animal. Bronchimune – Antígeno da B., bonchiseptica inativado. Dá resposta imune precoce, específica, elevada e duradoura, possui adjuvante altamente seguro que potencializa a resposta vacinal do animal.

FARMINA Conceito nutricional próprio para carnívoros. É uma nutrição específica para a espécie canina e felina. Com restrição total de cereais (não contêm milho, arroz, nem sódio no produto). Adaptação da quanti-

HILL’S Prescoption Diet par distúrbios gastrointestinais, recomendado para gastroenterite em animais adultos e filhotes; colite; constipação; recuperação pós-cirúrgica, doença ou lesão; pancreatite não hiperli-

pidêmica. Nutrição Gastrointestinal: no caso de diarreia crônica responsiva à antibioticorapia. Náuseas e vômitos devido à dilatação gástrica; Colite crônica com histórico de pancreatite. IBASA Imagens foram rediagramadas. A Ibasa passou por transformação significativa, desde identidade visual, tanto de marca, embalagens, quanto de campanha. A empresa está com novo posicionamento de marca, sendo que a linha estética foi a que sofreu maiores transformações. LAVIZOO Linha Pássaros: Filhotes; muda de penas (pena encruada, muda normal e francesa); manutenção; pré-acasalamento; reprodução e temporada de canto. Cetodine - shampoo terapêutico antifúngico e antibacteriano com associação de clorexidine e cetoconazol. Distrimax Vet. Linha CatDog para cães e gatos: filhotes em crescimento, gestação, lactação, manutenção, animais idosos, animais debilitados, pele e pelagem, antibióticos e antiparasitários, dermatológicos, desinfetante e higienização.

petmagazine 25


Evento

MED SINAL Berço com fechamento lateral por inteiro. Fabricado todo em aço inox. MERIAL Novo protocolo de vacinação com a Recombitek 4 Lepto. Previne contra a leptospirose e a Leptospirúria. Protege por até 15 meses contra L.grippotyphosa. Recombitec C4/CV indicada primeira dose para filhotes (menor risco de reações pós-vacinais). Vacina polivalente sêxtupla (V6). Recombitec C6/CV – Indicada para a segunda e terceira doses de filhotes e revacinação de cães adultos. Vacina polivalente (V8). MUNDO ANIMAL Linha Nutricional, suplemento mineral aminoácido: NutriSana Spirulina, para cães, gatos adultos, e pequenos animais. Age na digestão cognitiva, crescimento, estresse, obesidade, desintoxicação e gestação. Também indicado para outras espécies: aves e roedores. Com ação probiótica, alto teor de proteína, combinação altamente selecionada de vitaminas, Beta-caroteno e matérias-primas de alta

26 petmagazine

qualidade. NutriSana Glutamina com 29 nutrientes essenciais. NutriSana Hep – com extrato de alcachofra, oferece suporte para manutenção da saúde hepática de cães e gatos. Good Care Haliclean – auxilia na higiene bucal. Mectal Plus – linha completa de vermífugos para cães e gatos. NOVARTIS Nova apresentação do Capstar com apenas um comprimido individual, com dose rápida para acabar com as pulgas. Bessantício, para dermatites alérgicas em cães. Patriossimolona, anti-histamínico , que é o segundo princípio ativo (maleato de carbinosalina). Duramune - vacina V10, para cães. Duramune Gato - tríplice para gato. NOVUMBIOTEC Testes Rápidos – quantitativos e qualitativos. Para doenças infecciosas - cinomose Ab e Parvovirose Ab. Trombose e Coração – Troponina I e D-dímero. Alergia – IgE ORGANNACT Nutricuper Dog – suplemento hipercalórico para cães que contém vitaminas,

minerais e aminoácidos. Composição básica: fosfato bicálcico, aditivo antioxidante, cloreto de colina, L-Lisina, ácido cítrico, vitamina C, extrato de Yucca, óleo de linhaça, óleo de soja degomado. Eritrós Dog Tabs – suplemento rico em ácido fólico, vitamina B6 (piridoxina), vitamina B12 (cianocobalamina) e ferro quelatado. Lactobac Cat, suplemento vitamínico composto por probióticos e prebióticos. OURO FINO Linha Proteção- prevenção a doenças: Topdog - vermífugo; Neo Pet - contra carrapatos e pulgas; Protetor Pet – contra pulgas, Limp & Hidrat – contra maus odores e otites; Herbal Vet T.A.- limpeza e desinfecção. PET GROOM Linha La Bella Shampoo; Deo-Colônia; Perfume; Leave In (mascara sem enxágue). Linha Shampoos: Campestre; Chocolate Branco; Clareador; Duda-Rose; Suave. Linha Condicionadores: Clareador; Duda-Rose; Soft. Pré Lavagem: Linha Sabonetes: Líquido e em Barra. Gel Limpador de


Ouvidos. Linha Eau de Toilette Extra Forte. Linha de Hidratação: Kit Cauterização, Hidrata, Máscara de Chocolate Branco. Linha de Silicones: 100% Desembaraçador, Spray Finalizador, Intensificador de Brilho.

SulfaVermífugo. Linha Aviarium para cães, gatos e pássaros.

PREMIER PET Raças Grandes Filhotes (felinos ambiente interno) – alimento super premium: rico em DHA com ômega 3; estimula o crescimento saudável, a pelagem mais bonita; o odor e volume das fezes são reduzidos. Raças Grandes Adultos (felinos ambiente interno) - alimento super premium com trato urinário saudável, rico em fibras que reduzem a formação das ‘bolas de pelo’; fornece pelagem saudável e bonita; odor e volume das fezes reduzidos.

PURINA Revena, nutrição PET. Linhas: Filhote Raças Médias e Grandes; Filhotes Digestão Sensível; Adultos Raças Pequenas; Adultos Raças Médias e Grandes; Adultos Digestão Sensível.

PROVETS SIMÕES AceProvets; Camavet; Colírio Veterinário; Colírio Cinerária Marítima; Família Canto Lindo (Pássaros) Cantolindo Antitóxico; Beleza; Energético; Fértil; Iodo; Minerais; ômega 3 e 6; Polivitam ínico; Saúde; Sarnicida; Vias Aéreas;

PRODEXIS Linha Aviário, específica para aves, com 13 produtos inovadores, de suplementação.

ROYAL CANIN Hypoallergenic Small Dog e Hypoallergenic Wet – Estudos Clínicos; atua na hipersensibilidade de alergia alimentar e na intolerância alimentar, diarreia aguda e crônica; doença inflamatória intestinal e diarreia por causas diversas. Linhas Skin Care Junior Small Dog; Skin Care Small Dog. Dermacomfort para cães saudáveis com coceira. SYNTEC Areia à base de Bentonita de soja, 100% natural, possui alta absorção, não gruda

na pata do animal. Smart Litter – areia exclusiva para gatos. Ampla linha de antiparasitários; suplementos; anestésicos; antibióticos; higiene e dermatológicos. VENCOFARMA Kit diagnóstico de parvovirose e cinomose. Para felinos a linha de repositor de flora intestinal, para cães e gatos. Linha de antibióticos para cães e gatos, e linha especificas para o tratamento de felinos. VIRBAC Cortavance – esteroide sem efeitos colaterais, sem prurido. Hidrocortisona aceponato – tratamento tópico das dermatopatias pruriginosas. Allermyl Glyco – alívio e proteção para animais alérgicos. Com ácido linoleico e ceramidas. Episoothe (antigo Allercalm) shampoo coloidal à base de aveia para peles sensíveis e irritadas, com novo nome, mas com a mesma formulação e qualidade. ZOETIS Linha Witner, linha completa de diagnósticos, produtos, vacinas e farmacêutica. •

petmagazine 27


Gatos

Hipertireoid

28 petmagazine


dismo felino Doença ainda pouco diagnosticada no Brasil, que vem se tornando cada vez mais comum entre os felinos. Aumenta o metabolismo e causa alterações em vários sistemas funcionais dos gatos. O seu cliente precisa estar informado para saber como reagir num caso como este

Texto: Hylario Guerrero Imagens: divulgação

Q

uando o veterinário se especializa em doenças felinas, e descobre, estuda e medica sobre o hipertireoidismo, mas muitas vezes, o seu cliente está lidando com esta doença dentro de casa, com o seu felino, e não imagina o que seja, o que está acometendo o seu pet. O hipertireoidismo é uma doença polis sistêmica que se caracteriza pela exposição crônica do organismo a altas doses de hormônios tireoidianos. Embora o aparecimento dos sinais seja rápido, no primeiro ano eles começam muito discretos. No caso dos gatos, eles acontecem no aumento ou formação de nódulos - em um ou ambos - os lobos da tireoide, que pode ser mais comumente uma hiperplasia adenomatosa funcional, mas também pode ser um carcinoma (de 1 a 2% dos casos). O metabolismo do animal ficará aumentado pelas concentrações circulantes elevadas de hormônios tireóideos. No Brasil é pouco diagnosticada ain-

da, mas é uma doença muito comum em gatos idosos, nos Estados Unidos é a doença hormonal mais frequente em gatos. Não há predisposição sexual e nem racial. É mais comum em gatos idosos e que costumam comer alimentos em lata, pois nessas latas contém iodo e bisfenol que são tireotóxicos. Também é comum encontrar gatos com tumor na tireoide que têm proprietários fumantes, pois os animais têm absorção da nicotina por aspiração e ao lamberem a pelagem. Os sinais clínicos que os felinos apresentam são multissistêmicos. Entre os quais está a perda de peso e dos pelos, que se tornam opacos. Há aumento no metabolismo, devido o aumento do gasto energético do organismo, sendo assim o animal apresenta mais apetite. E há também aumento do volume fecal, pois o peristaltismo vai ficar acentuado, não vai ter proveito de tudo o que come e pode até ter frequentes diarreias. Aumento de ingestão de água é outro sintoma, e fará com que o animal urine mais. A pelagem fica ressecada pela absorção alimentar inadequada. O gato vai ficar hiperativo e ansioso, podendo miar mais, chamar mais o dono, dormir em lugares diferentes do costume e fica impaciente, podendo brigar com outros gatos. Outro sintoma é a taquicardia, pois a pressão aumenta e consequentemente há aumento do coração, por isso começa a ter sinais de insuficiência renal. Pode ter problemas respiratórios e o nódulo da tireoide em 70% dos casos é palpável. Uma complicação comum é o tromboembolismo. Quando há letargia, fadiga e anorexia é um sinal de hipertireoidismo atrófico e o prognóstico nesse caso é ruim.

Diagnóstico O diagnóstico apresentado pelo felino é aumento da tireoide. Há alterações não patognomônicas no hemograma, exames bioquímicos e ecocardiograma devido às complicações da doença, que deverão ser acompanhadas ao longo do tratamento, mas o exame que pode confirmar o quadro é o ultrassom da tireoide e se houver massa deve sempre fazer biópsia e a dosagem de T4 total por radioimunoensaio felino. Tratamento O tratamento mais comum é feito com inibidores da síntese do hormônio tiroidiano que deve ser acompanhado com dosagem de T4 para ajustar a dose. Se o gato apresentar anemia, trombocitopenia, neutropenia, anorexia, vômito e diarreia o tratamento deve ser descontinuado. Fluido terapia também pode ser utilizada no caso de carcinomas, também pode ser necessário o uso de quimioterápicos ou destruição química da tireoide. Fora do Brasil também fazem radioterapia. Há a possibilidade de retirar a tireoide (uni ou bilateral) cirurgicamente também. Nesses casos os hormônios tireoidianos deverão ser repostos sinteticamente. Devem-se tratar também as complicações da doença como a insuficiência renal crônica, cardiopatias, diabetes mellitus, tromboembolismo, hipotireoidismo iatrogênico e hipocalcemia. Dieta Os hábitos alimentares devem ser mudados, pois a má absorção de nutrientes e o metabolismo aumentado sugerem uma dieta altamente digerível com boa disponibilidade de proteínas. •

petmagazine 29


Entrevista

Empresa se qualifica e se adequa profissionalmente Texto: Hylario Guerrero com entrevista de Osmar Silva Imagens: divulgação

Em busca da realização de um sonho, a dra. Mariza Fordellone Rosa Cruz, técnica veterinária, juntamente com o esposo Gabriel Fordellone Rosa Cruz, administrador, fundaram de forma cautelosa a INCOVET. O sonho era conseguir criar um produto em que os usuários, donos de pets, dos mais simples aos de melhores recursos pudessem ter acesso para cuidar de seus animais. Desde 1995 não mediu esforços para conseguir os registros necessários, e assim produziu em meados de 1999, o primeiro lote-piloto de produtos. Em 2003, veio a liberação para comercialização. Em 2004 deu início a um trabalho regional onde o funcionário vendia, fabricava e saía na pronta entrega. Hoje a empresa que busca sua adequação no mercado, possui parceiros em diversos estados. Se estruturando profissionalmente, optaram por trabalhar somente com distribuidores

30 petmagazine


Petmagazine: As estatísticas nos dão conta que o mercado está em ascensão. Qual a sua opinião a respeito, realmente existe um grande crescimento ou apenas tem se mantido estável? Gabriel Rosa Cruz: Segundo estudos e opiniões de renomados nomes relacionados ao mercado, observamos claramente o aumento nesses últimos anos do setor pet. Em janeiro deste ano, por exemplo, estava estimado em 100 milhões de animais de estimação, com crescimento estimado em 5% ao ano. Sendo assim, nossa empresa, a INCOVET, vem crescendo nesse mesmo ritmo, e estamos sempre investindo em infraestrutura e equipe, para um crescimento sustentável e acompanhar esse mercado expansivo e bem concorrido. Em sua região especificamente, como está se comportando? Como atendemos todo o Brasil, nossas vendas vêm se comportando de modo gradual positivo, assim como nossa região também, sempre investindo em estratégias de marketing e em busca de novos parceiros. Há que se deve esta situação? Acredito que seja a forma carinhosa que os animais de estimação invadem todos os dias mais os lares em todo o mundo. Essa busca por ter pet em casa, se dá pelo amor e companheirismo que os animais passam o tempo todo, sendo muitos pets considerados como verdadeiros membros das famílias. Quais são os produtos de maior volume de vendas em sua empresa? Os produtos que movimentam mais as nossas vendas são os da linha Pulkill, que são os anti-pulgas, carrapaticidas e piolhicidas, tanto em forma de shampoo, sabonete e loção. Em seguida, respectivamente, vem a linha Sarnakill (anti sarnas e fungos), Dermopex (cicatrizante e profilático com peróxido de benzoíla), Babypet (neutro e para filhotes - com

extrato de algas marinhas) e Shine (com vitaminas A+E). Petblue (clareador). Temos também as novas linhas de deo colônias, sabonetes líquidos e desodorizador de ambientes, que já estão vendendo com boa expressão. Os produtos mais procurados são os de baixo custo ou já existe boa demanda para os produtos de maior valor agregado? Os clientes sempre procuram os produtos de melhor custo benefício, sendo assim, a percepção dos usuários já se tornou mais maleável em relação ao preço, pois o produto que tem determinado propósito deve atender à expectativa do cliente. O preço e a ação do produto devem estar compactuados com o mercado, que também podem modificar de região para região. Concluindo, se conseguir atender às necessidades do cliente e uma boa apresentação do produto, mais se consegue agregar valor a este produto mantendo uma boa procura pelo mesmo. Qual é a sua estratégia de marketing para atrair a preferência do consumidor? Primeiramente, como uma de nossas principais estratégias, é disponibilizar, disseminar o produto para que todos possam ter acesso com facilidade e com preço acessível. Essa é a nossa primeira preocupação, onde sempre buscamos novas parcerias para atender todo o Brasil de forma igualitária. Podemos considerar os shampoos como produtos destinados à saúde do pet? Os tutores de animais tem esta percepção? Os produtos das linhas Pulkill, Sarnakill e Dermopex, são produtos destinados exclusivamente para a saúde dos pets, pois eliminam parasitas, tratam as sarnas e fungos, e tratam de forma profilática e curativa, respectivamente. Já as linhas Babypet e Shine, são destinadas mais ao tratamento dos pelos e da limpeza dos pets.

Quais são as diferenças entre um simples shampoo destinado ao embelezamento e de um produto (shampoo) indicado para a saúde do animal? Os produtos de embelezamento não têm os chamados ativos terapêuticos, que fazem as ações destinadas à cura e/ou tratamento de doenças e parasitas externos. Esses produtos devem ter um registro específico no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) nacional, que fiscalizam regularmente nossa indústria, mantendo organizada e dentro das normas estabelecidas pelo Órgão. Já os produtos destinados ao embelezamento, necessitam somente de um cadastro realizado pela mesma instituição, mas em nível regional. As marcas que produzem oferecem algo mais especial em relação à concorrência? Nosso primeiro diferencial é a eficiência de nossos produtos, seguido do trabalho dentro das leis com nossos registros a um preço acessível ao cliente. Assim, buscamos sempre a satisfação do cliente tentando, de maneira clara e objetiva, delimitar um traçado de alimentar a expectativa dos portadores e/ ou cuidadores de animais de estimação. Os produtos são indicados para cães e gatos, especificamente? Todos os produtos, no ato do registro, devem ser especificados para o tipo de animal a que serve, por exemplo, se o produto for destinado aos caninos, no rótulo é obrigatória a etiqueta dizendo que é para esse tipo de animal. Os órgãos competentes irão exigir testes para os tipos de animais que estão destinados. Se quiser fazer um produto para mais de um tipo de animal, é necessário que se faça testes específicos para cada tipo mencionado. Todos nossos produtos, com exceção do Shine – que também é para cavalos, foram testados e aprovados para cães e gatos.

petmagazine 31


Entrevista

Como os seus produtos estão posicionados no mercado nacional? Estamos melhorando de todas as maneiras possíveis para conseguir distribuir em todos os estados do Brasil, hoje podemos contar com RS, SC, PR, SP, RJ, ES, BA, AL, PA, PE, MT, MS, GO, SE, PI, CE e MA. Já visando projetos para melhorar o abastecimento nesses estados e para abrir pelo menos um representante em cada estado. As ofertas de produtos, sejam para a saúde ou embelezamento, são suficientes ou existem carências? Caso existam carências, quais são? Esse mercado é muito procurado por todos, já que com a visível expansão, muitos aventureiros tentam de maneira insustentável entrar nesse nicho, fazendo com que apareçam vários tipos de produtos, muitas vezes infundados e sem testes nesse mercado. Buscamos sempre apresentar e lançar produtos que estejam na realidade dos clientes, sabendo que essa necessidade deve ser consumida pelo produto. Assim, sabemos também que sempre há uma carência de produtos em todos os ramos. O segredo é saber achar e explorar esta carência de forma com que todos saiam felizes e satisfeitos. As suas vendas se dão através de distribuidores, são feitas diretamente aos lojistas ou ambos canais? Para conseguir parcerias firmes e du-

32 petmagazine

radouras, buscamos sempre os distribuidores, pois eles conhecem a verdadeira necessidade dos clientes de cada região, podendo atender a todos de forma muito mais eficiente. Para forçar nosso distribuidor a trabalhar nosso produto, fazemos o programa de fidelidade, dando somente a ele o produto para trabalhar naquela região, incentivando e cobrando um trabalho digno de nossos produtos, para que todos possam ter um acesso justo ao produto.

lote-piloto dos produtos. Em 2003, conseguiu a liberação para comercializar os produtos. Em meados de 2004 começou um trabalho regional, onde o funcionário vendia, fabricava e saía na pronta entrega. Passando os anos, a empresa conseguiu parceiros de outros estados e começou na televenda e também no varejo, depois de vista a necessidade, passamos a trabalhar somente com distribuidores. Com isso concluímos a faixa de aproximadamente 10 anos de mercado.

Os distribuidores são importantes para o balizamento do mercado? Os distribuidores são nossas principais ferramentas para medir a satisfação dos clientes, fazendo de tempos em tempos, questionários diretamente com os vendedores dos distribuidores, para saber as necessidades e a satisfação tanto dos clientes quanto de nossos fornecedores, com treinamentos sobre nossos produtos e motivando de maneira sustentável a demanda.

Quais são os seus objetivos atuais e futuros? Atualmente estamos trabalhando em uma expansão da planta estrutural da empresa, buscando um melhor processo de fabricação dos produtos, para poder atender de maneira eficiente nossos clientes. Nossos planos futuros são: ir incrementando nossa linha com produtos inovadores e melhorando nos processos para aumentar a qualidade, também, dos produtos que já oferecemos. Com isso nos tornaremos uma empresa sustentável e respeitada neste mercado. •

Há quanto tempo sua empresa atua neste mercado? Nossa empresa começou de modo muito cauteloso. A fundadora de nossa empresa também trabalhava em outros lugares e tinha o sonho de conseguir criar um produto em que todos pudessem ter acesso para cuidar de seus animais. Assim, ela buscou e estudou desde 1995 para conseguir os registros, onde saíram em meados de 1999, conseguindo produzir o primeiro

INCOVET Indústria e Comércio de Produtos Veterinários Ltda. Bandeirantes – PR


Saúde

OBESIDADE,

mantenha seu cliente informado Texto: Hylario Guerrero com colaboração de Angela Davis Imagens: divulgação

24 petmagazine 34


Como está o peso do animal do seu cliente, e quando ele o procura qual é a sua resposta? Temos aqui algumas dicas para combater o problema e perceber se o pet está acima do peso trazendo consequências graves para o animal

E

ntre as doenças mais frequente em cães e gatos, está a obesidade, que tem como causa principal a condução nutricional do animal - o que ingere e na quantidade que consome. Em média, 25% dos cães de companhia e 12% dos felinos domésticos são obesos. Estima-se que, se o cão ou gato consumir regularmente 1% mais calorias que o necessário, ficará quase 25% acima do peso na meia-idade. Muitas vezes os cães são alimentados com restos dos alimentos consumido pelos humanos. Uma contradição é que nunca veremos um cão de rua, sem tutor, ser obeso, embora ele coma o que recolhe de comida pela rua, ele está sempre em atividade, não é um cão sedentário, fechado dentro de um espaço limitado. Estes animais correm em busca de comida ou para se protegerem, buscam lugares seguros para dormirem, e este exercício físico é muito importante para a saúde do animal. O ideal é que se pudesse fornecer para

os animais somente ração própria e de boa qualidade. As rações em geral são balanceadas com todos os nutrientes que o pet precisa para ter uma alimentação saudável, além da praticidade e da facilidade, existe também a possibilidade de se estabelecer uma quantidade ideal de consumo diário. Os estilos de vida sedentária dos modernos animais de estimação e seus proprietários também podem desempenhar um papel no desenvolvimento da obesidade. Animais são obesos devido à superalimentação induzida pelo proprietário e pela quantidade inferior de exercícios. Quanto à alimentação - alimentos que contém açúcar, chocolate ou outras guloseimas são proibidos. Uma dica é utilizar petiscos saudáveis, como frutas não ácidas, talos de vegetais como cenoura ou brócolis, para substituir os petiscos industrializados.

COMO PERCEBER SE O PET ESTÁ ACIMA DO PESO? * ABAIXO DO PESO

PESO IDEAL

ACIMA DO PESO

OBESO

Costelas

Facilmente palpáveis, sob uma fina camada de gordura.

Facilmente palpáveis, sob uma discreta camada de gordura.

Difícil palpá-las sob camada moderada de gordura.

Difícil palpá-las sob camada espessa de gordura.

Base da Cauda

Ossos proeminentes sob uma discreta camada de gordura.

Contorno suave, com discreta camada de gordura.

Um pouco grossa, mas com ossos palpáveis sob uma camada moderada de gordura.

Grossa e de difícil palpação sob camada espessa de gordura.

Vista Lateral

Contorno abdominal.

Contorno abdominal visível.

Sem contorno abdominal.

Sem cintura, com gordura pendendo do abdômen.

Vista de Cima

Formato de ampulheta pronunciada.

Cintura proporcional.

Superfície dorsal mais longa na cintura.

Superfície dorsal acentuadamente mais larga.

* Dados baseados em análise escore de composição corporal, através do sistema de 5 pontos, a partir de critérios propostos por Burkholder (2000).

petmagazine 35


Saúde

Pet que se movimenta mais é mais saudável Cães que vivem sozinhos, isolados, sem a companhia de outro animal para brincar ou competir, ou sem espaço suficiente para correr e brincar tem maior chance de desenvolver a obesidade, por não gastarem energia. A obesidade pode ser facilmente corrigida, desde que conte com a boa vontade do tutor do pet. Passeios diários, brinquedos estimuladores, chacoalham o animal, e, atividades que façam o pet se movimentar e gastar calorias. Espaços como clubes, creches, hotéis fazendas exclusivos para cachorros, oferecem atividades e se atentam para a doença do sedentarismo. O agility é uma ótima oportunidade para o cão melhorar seu condicionamento físico e agilidade, capacitando o animal a superar um circuito de obstáculos, túneis, estacas em zigue-zague e pneus, eliminando inclusive o stress do animal. A natação também é ideal para cães com sobrepeso, pois além de promover um grande gasto calórico, não promove impacto nas articulações, e também combate o stress. Toda forma de socialização com o animal obeso é importante para ele obedecer ao comando do seu tutor e queira fazer exercícios, caminhadas, pois o fato de diminuir a quantidade de comida do animal é facilmente sentido por ele. A perda de peso deve ser lenta e gradual, assim como a diminuição de ração e outras mudanças de hábito que irão interferir diretamente em seu metabolismo, mas sempre buscando dar a ele uma nova forma física, mantendo sua vida tranquila e saudável, sem mudanças repentinas. É importante frisar que antes de iniciar uma dieta ou programa de exercícios, o pet tem sempre que passar por um check-up com o veterinário. Consequências da obesidade Problemas cardíacos: O coração é bastante afetado pela obesidade, pois tende aumentar a sua capacidade de distribui-

24 petmagazine 36

ção de sangue a muitos mais espaços gordurosos que vão se criando com a acumulação de massa. Como o sangue tem de percorrer caminhos mais longos, a força ou pressão com que é bombeado tem de aumentar. Problemas respiratórios: No pet obeso os pulmões têm menos espaço para se encherem de ar, e têm em contrapartida de aumentar a sua capacidade de captação de oxigênio para fornecer ar ao maior número de células no corpo. Problemas gastrointestinais: Diarreia e o aumento da f latulência ocorrem mais frequentemente em pets obesos, situação que não é agradável nem para o animal e nem para o tutor. Diabete: Doença sem cura que pode obrigar a injeções diárias e pode levar à cegueira. A incapacidade de produção de insulina para processar os níveis aumentados de açúcar está por detrás do desenvolvimento de diabetes. As doenças articulares podem ser agravadas: A artrite, por exemplo, provoca dores intensas e pode se desenvolver devido ao aumento da pressão sobre joelhos e cotovelos. Muitas vezes o seu cliente acredita que cães e gastgos sentem mais fome no inverno. Isso é mito! Os pets não têm o apetite aumentado no frio. Há quem defenda que eles precisam de maior aporte calórico para manutenção da temperatura corporal. Por causa dessas crenças, as pessoas aumentam a oferta de ração para cães e gatos durante a estação mais fria do ano. E, sem saber, contribuem para um desequilíbrio alimentar, que pode levar a um quadro de sobrepeso e até mesmo à obesidade. O inverno brasileiro é ameno, não implica em maior necessidade calórica. Ainda mais se levarmos em conta que a grande maioria dos cães e gatos que têm lar vive dentro de casa e não fica exposta por longos períodos às baixas temperaturas, além de ser comum o uso de roupinhas, cobertores e camas.

Cão obeso irá passar por dieta O labrador Alfie, considerado o cão mais obeso do Reino Unido, irá passar por uma dieta especial. O animal de 12 anos está pesando 80 quilos. Após o próprio dono desistir do cachorro, alegando não conseguir mais controlar a alimentação do animal de estimação, o pet foi entregue à Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade aos Animais (RSPCA), em Leybourne, Reino Unido.

A situação é diferente de países onde o frio é bem mais intenso e, de fato, o organismo do animal tem um gasto energético adicional para manter a temperatura corporal. Nesses locais, sim, cães e gatos podem necessitar de incremento alimentar para compensar, especialmente se frequentam áreas externas. Em país tropical, o inverno não é desculpa para aumentar a comida do pet! Exceto se o animal viver ao relento em local de frio intenso, por exemplo, um cão de pastoreio no Rio Grande do Sul. Também nos meses mais frios é importante não descuidar da hidratação do pet. Vale caprichar na oferta de água e evitar muita exposição a aquecedores. •


Anuncio_ContribuaGraacc_21x14cm copiar.pdf

1

05/12/12

09:45

Vooccêê ppooddee V

tra nsf orm ar s

so nho s eemm re alid ade

Contribua com

o

GRAACC..a.s

ianças ...e dê às nossas cr rem a chance de realiza seus sonhos.

Diariamente o GRAACC trata de crianças e adolescentes com câncer, como o Pedro, para que tenham uma vida saudável. E para que outras crianças, como ele, continuem sonhando com toda uma vida pela frente é que o GRAACC atua no limite do conhecimento, oferecendo chances de cura de cerca de 70%. Índice comparável aos melhores hospitais do mundo. Mas para manter tal excelência, sua contribuição é fundamental!

Torne-se um sócio mantenedor mensal do GRAACC! Mais informações acesse: www.graacc.org.br


Capa

Profissionais da regi達o Sul se reuniram em Novo Hamburgo 24 petmagazine 38


A FEIPET, Feira de Negócios para Animais de Estimação, atraiu mais de 4.500 visitantes em três dias de evento. Realizada na região sul do país, em Novo Hamburgo, nos pavilhões da FENAC (RS). Focada exclusivamente em profissionais do ramo, teve como objetivo a qualificação do setor Texto: Hylario Guerrero e Angela Davis Fotos: Divulgação

F

oi a 2ª edição, do evento que ocupou mais de 1 mil m², dobrando de tamanho em relação à edição anterior. Mais de 60 empresas expositoras nacionais e internacionais, totalizando as mais diversas marcas do setor. Outros atrativos que chamaram a atenção dos visitantes foram os círculos de palestras, campeonato de agility e shows de tosa estética canina com renomados ‘groomers’ do país, e do mundo inteiro. Profissionais das mais distantes cidades da região Sul lotaram os corredores da feira. Houve também a participação do veterinário Sérgio Lobato, que ministrou a palestra ‘Equipes Vencedoras, Equipes Sonhadoras’. Segundo o veterinário a Feipet foi bastante qualificada, bem organizada e planejada. “Os visitantes foram profissionais informados que elevaram o nível do

evento a um padrão de qualidade, favorecendo a concretização de bons negócios”. Participantes e expositores declararam terem tido suas expectativas superadas em relação ao público selecionado e a extrema organização da feira. Para Jussana Borel, da Magic Pipi: “o segmento ficou ainda mais forte em nossa região, são feiras como esta que atraem novos olhares para o Sul do país, proporcionando o crescimento e aquecimento do mercado”, disse. Segundo estimativas, 70% dos pet shops estão no Sul e Sudeste do Brasil, sendo que a região sulina é a segunda com maior poder aquisitivo. Isso justifica toda dedicação das pessoas envolvidas em organizar a feira exclusiva na região. No mercado pet, estima-se que o Brasil tenha faturado R$15,4 bilhões em 2013,

petmagazine 39


Capa

um aumento de 8,3% em relação ao ano anterior, o que demonstra o grande potencial do segmento pet. Entre os visitantes, proprietários de estabelecimentos pet eram maioria (46%). Também estiveram presentes funcionários de pet shops, agropecuárias, estudantes e veterinários, sendo que 32% estavam em busca de novos produtos e 31% de atualização profissional. A veterinária Sônia Ludwig, sócia-proprietária do Hospital Veterinário Cão e Cia achou esta edição da FEIPET bastante interessante: “o número de produtos variados apresentados no evento, tanto de nossa região como de outras regiões do Brasil. Foi importante termos em Novo Hamburgo uma feira direcionada para nossa área, pois, em geral, as grandes feiras estão no centro do país.

24 petmagazine 40 petmagazine

Pudemos nos atualizar com tudo o que o mercado pode nos oferecer, muitos dos presentes não tinham noção de como o mercado está atuante em novos produtos, formulações de remédios e do setor de higiene e beleza ". Entre as novidades apresentadas estavam joias para todos os gostos, linha de sanitários, GPS, softwares para visualização de tosa e gerenciamento de pet shops, comidas naturais, rações, florais e muitos outros produtos e serviços para pets. Quanto ao lado informativo do evento, o destaque ficou para ‘O Espaço de Palestras’. Foram apresentados diversos temas abordando o universo Pet, desde gestão de negócios até saúde e alimentação nutricional. Algumas das grandes entidades apoiadoras da FEIPET 2014 (Fenac, SEBRAE, CRMV-RS, Sindira-

ções, SOVERGS, AGAPET, CPEA, ACI - NH/CB/EV, GESPET) e empresas patrocinadoras como Nutrire, Pet Consult, Bioflorais, Alcon, Instituto Holisticavet se encarregaram da programação de palestras e seminários. Para Mariana Trevisan, sócia-diretora da MV Trevisan, as palestras de altíssimo nível, atraíram boa audiência e chamaram a atenção do público que veio à feira em busca de atualização profissional. “Para a próxima edição da FEIPET, teremos muitas novidades entre elas, espaço de palestras mais completo, pois muitas não conseguimos inserir em nossa programação devido o espaço de tempo e salas, e também contaremos com a participação de novos expositores que já reservaram seus espaços", comentou. •


Produto

Localizando pets desaparecidos Produto canadense, produzido no Brasil, funciona através de banco de dados e imagens de pets desaparecidos que ficam disponíveis na internet. O sistema oferece suporte ao cliente e promete o reencontro do dono com seu animal de estimação perdido Por Joelma Farias Imagem Hylario Guerrero

O

PetBack é o identificador para animais de estimação onde o consumidor adquire a Tag (pingente) em lojas especializadas e coloca essa peça na coleira do seu pet. Vem com código único que deve ser cadastrado no site da empresa, assim que estiver em uso, criando um banco de dados on line do animal. O dono do pet também cadastra suas informações e para cada animal perdido é possível postar até quatro fotos diferentes que o identifique. Numa eventual perda, o tutor acessa o site e comunica o seu desaparecimento. A partir dessa informação, o funcionário da empresa entra em contato com os pet shops, ONGs e Centro de Zoonoses da região onde o animal foi visto pela última vez, e procura saber se foi deixado em um desses locais por alguém. A empresa oferece todo suporte necessário para a localização do pet na região onde desapareceu. Uma equipe especializada distribui fotos no local e em alerta de desaparecimento é colocado no site deixando os atendentes em stand by, caso alguém o encontre. Com a tag de identificação (medalhinha), fica mais fácil de comunicar o paradeiro do

animal desaparecido pelo código impresso. A partir da certificação da identidade do pet desaparecido, imediatamente o contato é realizado com o dono que fica ciente de seu paradeiro. A chance de localização pelo sistema é de 72%. Os dados do tutor são confidenciais e são bloqueados para consulta de terceiros, e isso proporciona privacidade ao contratante do serviço. Enxergando oportunidade de negócio O PetBack é um produto canadense que foi adaptado para o mercado brasileiro pelo empresário Eduardo Santos, e está sendo produzido no Brasil com a autorização do fabricante. O empresário pesquisou em um Opsite e conseguiu ver uma oportunidade de negócio nesse mercado promissor. O produto é confeccionado por diversos parceiros que fornecem os materiais que compõe o produto (embalagem, tag, manual de instrução, etc). Dessa forma, Eduardo tem a missão de colocar o produto no mercado, pronto para ser comercializado. “Comecei em novembro do ano passado com vendas diretas ao público, mas descobri que os grandes varejistas são clientes que oferecem as melhores oportunidades

de negócios”, afirma a Eduardo Santos, diretor da empresa. A eficácia do produto já foi testada e animais perdidos que já foram localizados por intermédio desse sistema. “Geralmente, as pessoas que encontram o pet pelas ruas não sabem o que fazer. A partir da medalhinha de identificação, a possibilidade de comunicar a localização do animal é maior porque há um alerta de desaparecimento ativo e on line”, explica Eduardo. Não são cobradas taxas sobre a ativação do cadastro. Caso o cliente não possa ou não queira buscar o animal, pode solicitar o serviço de resgate personalizado onde paga uma taxa pela execução desse serviço. A receptividade do produto pelo mercado é positiva. Eduardo comemora o sucesso nas vendas e por ter acertado na escolha do seu novo negócio. “Há muita procura pelo produto porque é eficiente e no mercado ainda não existe nada semelhante. Nos pet shops só existe a boa e velha plaquinha de identificação onde fica impresso o telefone de contato com o dono. Vivendo nos dias de hoje, onde é possível identificar uma pessoa pelo número de telefone, é preciso um sistema que resguarde a identidade do dono desse animal”, finaliza. 

petmagazine 41


Vininha F. Carvalho

Editora do Portal Animalivre: www.animalivre.org.br *

Barrados nas festas juninas... e muito seguros!

A

s festas juninas vieram para o Brasil na época da colonização, trazidas pelos portugueses. Elas são consideradas o segundo maior evento popular comemorado no Brasil, perdendo somente para o carnaval. Este evento de celebração aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio, constitui parte importante do patrimônio cultural brasileiro e, já está se estendendo até julho. Segundo a crendice popular, o som dos fogos de artifício espanta maus espíritos e desperta São João para a festa. Mas, para os animais eles representam grande sofrimento. Cães e gatos têm a audição bastante sensível e potencializada em até seis vezes em relação à humana. Eles têm grande dificuldade para se adaptarem aos festejos muito barulhentos, principalmente aos sons provenientes dos rojões. Esse tipo de perturbação provoca na conduta do animal, por instinto, tentativas descontroladas de escapar ou lutar, incentivada pelo estado de pânico, podendo durar alguns minutos e, em casos severos, várias horas, dependendo do tempo que dure o estímulo. Alguns animais chegam a sofrer alterações de seu ciclo reprodutivo e há histórico de animais que, pelo trauma, mudam de comportamento para sempre, ficando apáticos ou agressivos. Os tutores responsáveis são aqueles que não permitem seus animais participem

42 petmagazine

deste tipo de evento. O ideal é permitir que eles se acomodem num lugar tranquilo, longe da movimentação das visitas e de alimentos e bebidas que possam provocar distúrbios gastrointestinais. As comidas típicas, símbolos juninos, como: curau, canjica, pamonha, bolo de milho, milho cozido, pé de moleque, paçoquinha, pipoca, entre outras, não devem ser oferecidas aos animais. Uma pequena quantidade de bebida alcóolica, o famoso ‘quentão’, por exemplo, em muitos casos é suficiente para causar o coma, podendo leva-lo à morte. O local adequado para ele ficar deve manter as janelas e portas vedadas, para reduzir o impacto do som alto. Quanto menos barulho houver, mais seguro ele se sentirá. A orientação do veterinário, é fundamental na hora de utilizar a medicação tranquilizante, pois assim, garantirá a administração na dose adequada. Dicas para manter os animais a salvo durante as festas juninas: - Nunca deixe o animal sozinho em local onde ele, ao se sentir desesperado possa escapar e se perder ou até mesmo se machucar tentando pular muros. A tendência de animais amedrontados é tentar fugir para lugares em que se sintam mais protegidos e, se estiverem sozinhos em casa, tendem a sair em busca de seus donos. Por isso, o ideal é não deixar o animal de estimação sozinho, principalmente se ele já tiver um histórico de medo.

- Se tiver mais que um animal, evite deixar os animais juntos no momento das explosões de fogos de artifícios para que não ocorram brigas. - Não o mantenha acorrentado, pois ele corre risco de enforcamento. - Portas e portões devem ser trancados para conter eventuais fugas do animal. - Permita que o animal, independente do porte, eleja o seu esconderijo, mesmo que seja dentro de casa ou até mesmo embaixo da sua cama. - Se for um filhote, poderá tentar acostumá-lo aos barulhos e associá-los a situações agradáveis. Poderá oferecer petiscos ou brinquedos que despertem o seu interesse, sendo capaz de criar uma boa expectativa sempre que ele ouvir os fogos de artifícios. - O responsável pelo animal deve fazer uma plaqueta, colocar um pedaço de esparadrapo, escrever na coleira bem forte, o nome do animal e telefone para contato em caso de fuga inesperada. Isso facilitará a localização do animal, se ele conseguir ultrapassar as barreiras. A quantidade de anúncios de animais desaparecidos provenientes deste tipo de evento é enorme e, a maioria poderia ser localizada se portasse uma identificação. Alguns animais ainda mais frágeis, como pássaros e animais silvestres, chegam a morrer de paradas cardiorrespiratórias em razão dos fogos de artifícios. Os pássaros, portanto, devem ficar de preferência em locais onde o som seja abafado e coberto. 


Petmagazine 85  

Revista Petmagazine 85

Petmagazine 85  

Revista Petmagazine 85

Advertisement