Page 1


Editorial Estamos próximos de mais um período eleitoral e com ele a presença em nossos lares de personagens que costumeiramente lembram do cidadão comum nesta época. Candidatos invadem nossos lares através dos programas de seus partidos, legendas que estão adotando novos nomes, retirando a palavra ‘Partido” de suas siglas como se isto fosse o suficiente para as radicais mudanças necessárias na política brasileira. Farão as mesmas promessas, repetirão bordões e posarão todos eles de ‘salvadores da pátria’. A Ficha Limpa não será preocupação, pois todos tem ilibada reputação. Fica como diferença a ideologia de cada um. Esquerda, direita, centro e suas ramificações, serão representadas como manda a democracia em vigor. Os esquerdistas vociferando contra as ‘elites dominantes’ em convocação de seus seguidores para a luta de classes que tanto desejam: o confronto dos pobres e os ricos. A preservação das estatais, maior taxação da riqueza pessoal da camada estabelecida no topo da pirâmide. Aumentar os impostos sobre heranças e ao lucro das empresas em nome da melhor distribuição de renda. Esta é a solução que encontram sempre. Taxar, sobretaxar, impor maior carga tributária, seguindo os dogmas de economistas, como o francês Thomas Piketty. Como se fosse possível que as empresas e consumidores nacionais suportassem mais e maiores impostos. De outra maneira, mesmo arcando com o volume de arrecadação que já acontece no País, o cidadão não se vê recompensado nos serviços ofertados pelo governo. Existem enormes carências na saúde, educação, segurança e infraestrutura, resultando em mais custos, pois não há opção senão recorrer aos serviços privados em as áreas que deveriam ser providas pelo governo. Os representantes de direita, por sua vez, acenam com medidas duras para combater a violência, aos costumes que consideram ‘degenerados’ com a evolução dos novos conceitos de gênero ou do politicamente correto. Proporão ampliar os programas sociais e transferência de renda para os menos favorecidos. Discurso semelhante aos da esquerda e completamente irreais. Privatizações de estatais e eliminação de cargos na estrutura governamental, com a eliminação de ministérios e cargos comissionados. Enfim, se nos detivermos aos discursos, veremos que são os mesmos historicamente e, sem que apresentassem qualquer alteração clara, palpável e com benefícios reais para a maioria dos cidadãos. Resta torcermos para que este momento de lucidez do povo, indo para as ruas contestando os maus políticos, exigindo punição àqueles que se locupletaram às custas dos cofres públicos e estatais, continuem no momento de depositarem os seus votos nas urnas. Todos nós


Expediente

Conteúdo

Diretoria Osmar Silva José Haroldo G. Santos

Edição 105 - Dezembro 2018 Diretor de Redação Osmar Silva osmar@luanda.com.br Redação Caroline Paiva (MTB 70.849) carol.noticia@luanda.com.br Joelma Farias (MTB 78.793) redacao@luanda.com.br joelma.noticia@luanda.com.br Design Editorial Bruno Ricardo Mello dos Santos Diego Igor de Oliveira midia@luanda.com.br arte@luanda.com.br

14 Motos Elétricas 34 SALÃO DUAS RODAS

Diretor Comercial José Haroldo G. Santos haroldo@luanda.com.br Publicidade Ana Paula Lima José Rubens Bizarro Michele Silva Denis Jorge vendas@luanda.com.br Skype: luandaeditores Administração Denis Jorge Eric Casemiro Thais Gonçalves luanda@luanda.com.br financeiro@luanda.com.br Assessoria Gráfica PavaPrint Impressão Grupo Santa Edwiges Endereço Rua Joaquim de Almeida Moraes, 273 Jd. Magali - CEP: 02844-000 São Paulo/ SP - Brasil Tel.: + 55 (11) 3921-7609 / 3921-8069 www.luanda.com.br

Representante em Taiwan

PRO MEDIA COMPANY LIMITED 500 彰化市公園路 一段 258 巷 8 號 6 樓 樓 6F., No.8, Ln. 258, Sec. 1, Gongyuan Rd., Changhua City, Changhua County 500, Taiwan Tel:+886-4-726 4437 Fax:+886-4-728 4657 www.motopromedia.com e.: promedia7@xuite.net info@motopromedia.com

20 CONFRATERNIZAÇÃO GILMAR REPRESENTAÇÕES

Seções

MERCADO BAIANO 46 EDITORIAL

03

MARKETING LANÇAMENTOS NOTAS

A revista Motomagazine aceita matérias técnicas como colaboração para divulgação de projetos, trabalhos, novos produtos, etc. Os artigos deverão vir acompanhados de fotos ilustrativas com as respectivas legendas e curriculum do autor. A revista não se reponsabiliza por opiniões e artigos assinados que podem ou não expressar a mesma opinião do editor. As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade do autor. A motomagazine não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem por aquisições em função destes. Todos os direitos reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio, sob pena de procedimentos legais. A revista Motomagazine é uma publicação bimestral da Luanda Editores Associados LTDA., e tem sua marca registrada no INPI sob o número 820.994.286.

Foto da Capa: YAHAMA - MOTOROiD

06 28 48


g n i t e mark rápidas de

(01)

(02)

(03)

(04)

06

(01) INDIAN MOTORCYCLE ENCERRA PRODUÇÃO EM MANAUS A marca anunciou o encerramento da produção em Manaus, durante a coletiva de imprensa no Salão Duas Rodas, em São Paulo. O processo de montagem era feito na região, onde a Indian chegou há dois anos e foi encerrado em 2017. A paralisação da produção se deu por conta da crise no setor de duas rodas. A produção local só deve ser retomada quando o mercado brasileiro der sinais de recuperação. (02) LEVORIN LANÇA PNEU ESPORTIVO Chega ao mercado o LEVORIN Street Runner, pneu 100% brasileiro, sem câmara, que proporciona excelente desempenho para motocicletas de até 160cc. Com design arrojado, o lançamento, disponível em todo país em cinco dimensões, é o novo pneu mais esportivo da categoria de uso urbano. (03) INDÚSTRIA SE PREPARA PARA CRESCIMENTO DE 5% EM 2018 A Abraciclo, prevê crescimento do setor de 5%, em 2018. Otimistas, as montadoras aumentaram em 5,6% a produção de motocicletas em novembro ante o mesmo mês do ano passado que registrou 70.320 motos montadas em Manaus (AM). No acumulado do ano, entretanto, a produção de 813.868 motos até o mês passado representa queda de 4,8% ante o mesmo período de 2016. Mesmo otimista, o setor ainda tem dúvidas sobre o comportamento da economia brasileira durante o ano de 2018. Dados da associação mostram também que houve recorde histórico de vendas de Scooters em 2017, com 53.284 unidades vendidas até o mês de novembro. (04) YAMAHA REGISTRA ALTA DE 26,8% NA PRODUÇÃO A produção da Yamaha no acumulado até outubro chegou a 104,6 mil unidades, registrando crescimento de 26,8% sobre o mesmo período do ano passado, ao mesmo tempo em que o setor como um todo recuou 7%. A comemoração coincide com o aniversário de 47 anos de sua primeira fábrica de motos no Brasil, inaugurada em Guarulhos (SP) em 1974, que também foi a primeira do gênero no País. O crescimento da Yamaha ocorreu por causa de sua participação no mercado de scooters.

motomagazine


Fonte: Exame

(05) ROYAL ENFIELD ESTABELECE O BRASIL COMO PRIORIDADE A marca indiana abriu sua primeira concessionária em São Paulo, no bairro de Moema, em abril deste ano – a segunda subsidiária fora da Índia, depois dos Estados Unidos – e aposta no segmento que mais cresce no mercado mundial, o de média cilindrada, de 250cc até 750cc. Enquanto as vendas de motos avançam cerca de 1% ao ano no mundo, as de média cilindradas crescem de 7 a 8% ao ano. A marca pretende abrir outras concessionárias no Brasil, mas não divulga prazos nem as localidades.

(05)

(06)

(foto 1)

(06) SALÃO DE MILÃO - O ator Keanu Reeves, sócio da Arch Motorcycle, foi até o Salão de Milão 2017 para lançar 3 novas máquinas que desenvolveu e produziu exclusivamente com o seu amigo, Gard Hollinger. Os modelos não saem por menos de US$ 80 mil e possuem motores com mais de 2.000cc de cilindrada. (foto 1) - A Vespa anunciou seu primeiro modelo elétrico que ganhou o nome de Elletrica e chegará ao mercado europeu no ano que vem. O motor elétrico rende até 4kW e, de acordo com a Vespa, tem desempenho superior a uma scooter tradicional de 50 cm3. (foto 2) (07) BMW MOTORRAD LANÇA PROJETO “1.001 DESCULPAS” A ação, desenvolvida pela Ogilvy Brasil, estreou no último São das Duas Rodas onde foi exibido no telão do estande da BMW Motorrad conteúdo digital com algumas das desculpas que os amantes da marca têm para pegar a estrada. O público foi convidado a participar da ação, compartilhando as suas próprias desculpas pela hashtag #1001desculpas. Em seguida, o conteúdo seguiu para o Instagram, onde o perfil @1001desculpas se transformou em verdadeiro catálogo virtual, com fotos e vídeos das melhores desculpas enviadas pelo público. A interação também pode ser feita pelo site: www.1001desculpas.com.br

(foto2)

(07)

07


g n i t e k r a m rápidas de

(08)

(09)

(10)

(08) VIPAL PNEUS PARTICIPA DO SALÃO DUAS RODAS A empresa marcou presença no envento dentro de um espaço em parceria com a Brandy, onde expôs a moto utilizada pelo motociclista Gustavo Leite, que realizou uma expedição de 40 dias por países da América Latina usando o pneu trail da Vipal Pneus de Moto, o TR300. Além disso, a empresa teve uma equipe presente no estande, distribuição de folhetos e divulgação de vídeos contando a história da viagem realizada por Gustavo Leite. (09) MOTOS COMPARTILHADAS A 4Ride Motorcycle chega ao mercado nacional com um novo modelo de negócio que permite aos amantes do segmento de duas rodas se tornarem proprietários de motos premium sem a necessidade de grandes investimentos. A empresa paulistana, fundada no início de 2017, atua como gestora de clubes de motos compartilhadas e oferece a seus clientes a possibilidade de terem à disposição diversos modelos de alta cilindrada por um baixo investimento. A frota inicial terá 10 motos, incluindo modelos da Harley-Davidson, Indian, BMW, Ducati e Triumph, divididas entre os três clubes administrados pela empresa. Informações: 4ride.com.br.

(10) ROYAL ENFIELD SEGUE MODELO GLOBAL DE PÓS-VENDAS NO BRASIL A fabricante anglo-indiana Royal Enfield anuncia seu modelo internacional de pós-vendas no Brasil, já implantado em mais de 50 países. A marca, que inaugurou sua subsidiária brasileira em abril, priorizou a disponibilidade de peças, a capacitação da equipe de atendimento, os planos de revisões, as parcerias estratégicas e a abertura de canais efetivos de comunicação com os clientes. Nesse primeiro momento estão disponíveis no país os modelos Bullet 500, Classic 500 e Continental GT 535cc. Para alcançar esse objetivo, a marca abriu um centro de distribuição que conta com 100% da linha de peças e acessórios para os modelos do Brasil, na região de Alphaville, na Grande São Paulo.

08

motomagazine


Denize Dutra é coordenadora do MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores da FGV, professora da IBEFGV e consultora em gestão e desenvolvimento de pessoas.

CADA LÍDER TEM O SUBORDINADO QUE MERECE

U

ma das premissas mais conhecidas no campo da psicologia é que toda ação gera uma reação. Também conhecido como efeito bumerangue, o dito popular aqui se faz, aqui se paga, também pode ser aplicado no mundo da gestão. Pesquisas de clima organizacional demonstram que a liderança e, consequentemente, a comunicação são os dois principais fatores que afetam o nível de satisfação dos colaboradores em suas organizações, sejam elas públicas ou privadas. Este fato é corroborado pelos diversos estudos sobre liderança e gestão, que apontam para a importância da mudança de modelo mental convencional, para um novo modelo de liderança cuja base está na atitude e no relacionamento, e não na autoridade. Como a gestão não pode ser entendida fora do contexto sociocultural e político, ainda temos uma herança forte de autoritarismo, centralização e paternalismo na cultura de nossas organizações, especialmente nas da administração pública direta. Neste sentido, já começamos a identificar uma série de iniciativas da administração pública de trazer as boas práticas de gestão das empresas de mercado para adequá-las à realidade da gestão pública. A Comissão Nacional de Justiça é uma delas. A definição de metas e um conjunto de mudanças estão sendo implementadas, pois o próprio governo reconhece a urgência nas mudanças da gestão pública para atender as atuais demandas da sociedade brasileira.

10

Hoje, a liderança precisa ser transformadora, ou seja, líderes precisam transformar as pessoas, que transformarão os ambientes corporativos. Mas de onde vem este poder de transformação? Esse poder vem de dentro, do sentir-se capaz para realizar algo, da crença na própria capacidade de fazer acontecer e de ter recursos internos, de ter potencial a desenvolver e, principalmente, ser capaz de superar os próprios limites. O verdadeiro líder tem esse poder e desperta esse mesmo “poder” nos outros. Benjamim Zander, maestro da orquestra filarmônica de Boston e diretor de um dos mais conceituados conservatórios de música, em sua obra ‘Liderança: a arte da possibilidade’, afirma que o líder é aquele que desperta o “brilho nos olhos” do outro. Este brilho é fundamental para obtermos o comprometimento das pessoas com os objetivos que perseguimos em nossas organizações. Para atingir os objetivos estratégicos e as metas definidas pelo CNJ para os tribunais, será preciso que suas lideranças (desembargadores, juízes, secretários, diretores) obtenham o comprometimento dos servidores. Desta forma, será fator crítico de sucesso, repensar o conceito de liderança dentro do contexto dessa organização, que, pela sua natureza, sempre foi pautado na autoridade das posições. No caso específico dos órgãos da justiça, a responsabilidade é ainda maior, pois a qualidade dos serviços prestados ao cidadão afetará direta-

motomagazine


mente a credibilidade da instituição. Se a sociedade não puder confiar na Justiça, confiará em quem, ou em o quê? Felizmente, sabemos que a liderança é uma competência que pode ser desenvolvida, e que também passa por diferentes estágios, face às funções e desafios inerentes a cada uma dessas etapas. Para ser líder dos outros, é preciso primeiro ser líder de si mesmo. Pessoas que não conseguem fazer a gestão de sua vida pessoal, de sua carreira, de seu tempo, de seus recursos financeiros, de suas emoções, de seus relacionamentos, não terão as condições básicas, para gerirem o outro. Quando se conquista, pela experiência e pelo aprendizado, tais condições, fica possível, influenciar o outro, porque as ações valem muito mais do que as palavras. Mais do que um discurso bem elaborado, a liderança precisa ser ‘exemplo’, precisa ter coerência entre discurso e ação. A habilidade na comunicação ajuda, de forma significativa, pois através dela, o líder vai alinhar objetivos e expectativas; vai instruir processos de trabalho; vai convencer; gerir conflitos, enfim, quanto mais assertiva e eficaz a comunicação, mais fácil será o processo de gestão e mais garantia de sucesso o líder terá.

A premissa da liderança é a influência, e esta se dá com base na reciprocidade, na empatia, na capacidade de perceber as necessidades de seus liderados e criar as condições para atendêlas e assim estabelecer a relação ‘ganha-ganha’ entre os servidores e a instituição. O aprendizado, que ocorre no exercício da maternidade ou paternidade, nos mostra que não devemos tratar filhos com idades e características diferentes exatamente da mesma forma. Isto nos ajuda a perceber que, também no âmbito das organizações, tão injusto quanto tratar pessoas iguais de forma diferente, seria tratar pessoas diferentes de forma igual. A necessidade de ter flexibilidade no estilo de gestão fica evidenciada no nosso dia a dia, quando percebemos que nossos liderados são diferentes. Por exemplo, quando estamos diante de liderados,

12

que ainda não estão devidamente preparados tecnicamente, ou que não funcionam bem em equipe, ou, até mesmo, que não estão ainda comprometidos, precisamos ser mais diretivos. No entanto, ser mais diretivo não significa ser autoritário, ser grosseiro, prepotente, tirano, apenas, quer dizer, dar direção, definir objetivos e metas, dar informações detalhadas sobre os processos de trabalho, entender que o que pode estar óbvio para o líder e para quem domina o assunto, pode não estar para um principiante em qualquer atividade. O efeito de não dar direção, a quem precisa dela, pode ser tão prejudicial, quanto o efeito, de dar direção demais a quem já não precisa, e criar um ambiente de dependência, falta de iniciativa, desmotivação, daqueles que já têm suficiente maturidade profissional para caminharem com suas próprias pernas. A empatia e flexibilidade são atributos importantes numa liderança, pois sem conseguir entender as perspectivas, necessidades, expectativas de seus liderados e, a partir disto, adequar seu estilo às diferentes situações, o líder não conseguirá obter das pessoas o seu verdadeiro comprometimento. Em pesquisa informal, realizada com alunos, a respeito de quem eles reconhecem como líderes e sobre as características dessas pessoas, sempre surgem características comportamentais, nunca técnicas, ainda que o conhecimento possa contribuir para gerar credibilidade. Acima de tudo, os líderes sempre são pessoas que se tornaram referência. E, nesse aspecto, além da coerência de que já falamos antes, a assertividade é fundamental. Ninguém confia em alguém que não demonstra o que pensa, o que é. Líderes precisam assumir posições claras; tomar decisões coerentes para que sejam bem aceitas, pois, nem sempre o são (de preferência deveriam ouvir, antes, as demais pessoas envolvidas); expressar suas ideias; definir rumos. Vários estudos sobre a inteligência emocional, especialmente nas lideranças, apontam para os reflexos da atitude do líder no desempenho de sua equipe e na ambiência da organização. Por isso, quando for avaliar sua equipe, olhe-se no espelho, e avalie a si mesmo: como estou agindo com as pessoas para estar colhendo tais resultados? Se os resultados forem bons, siga o seu caminho! Se não, mude! Você não vai obter resultados diferentes, neste caso melhores, fazendo “as coisas” do mesmo jeito!

motomagazine


YAH

-M AMA

OiD OTOR

Capa

A OPÇÃO DE MOTOS EL 14

motomagazine


LÉTRICAS

Recursos para geração de energia são irrisórios perante a falta de incentivos fiscais e descaso com o meio ambiente Texto: Carol Paiva Imagens: Divulgação

Ágeis, baratas e econômicas, as motos são a paixão de milhões de brasileiros. Não é à toa que ocupam cada vez mais o lugar dos automóveis, tanto nas cidades do interior, quanto nos grandes centros urbanos. Mas o que muitos usuários talvez ainda não saibam é que as motocicletas também são muito mais poluentes ao meio ambiente do que um carro. Por isso, há anos o mercado aguarda a popularização dos motores elétricos como um substituto não poluente aos tradicionais modelos a combustão. Seria uma solução inteligente tanto para a poluição ambiental tanto para a poluição sonora, já que esses motores são também muito mais silenciosos, entre outras vantagens, como a baixa demanda por manutenção. O relatório "Rethinking Transportatiom 20202030" (Repensando os Meios de Transporte) revela que os veículos elétricos são dez vezes mais baratos que os modelos com motor a combustão, possuem um custo de combustível insignificante e uma duração de até 1,6 milhão de quilômetros. “As pesquisas para o desenvolvimento de veículos movidos a eletricidade se iniciaram na Alemanha, em meados de 1894 com um projeto de automóvel. Mas, com o descobrimento do petróleo como energia, entre outras aplicações, estes estudos foram deixados de lado”, explica o jornalista e engenheiro automotivo José Luiz Vieira. De lá para cá muitas fabricantes investiram em pesquisas e criações de protótipos de veículos híbridos e elétricos. Todos os anos os principais salões especializados em duas rodas lançam tendências de modelos futurísticos inteligentes. Mas, mesmo depois de passado tanto tempo, pouca coisa de fato chegou ao nosso país, principalmente no que diz respeito a motocicletas.

15


HON

C DA -

UB

Capa Líder mundial na produção de motonetas, motocicletas e scooters, a Honda desde 2004 vem apresentando protótipos movidos a motores elétricos. Em 2010 começou a oferecer um scooter apelidado EV Neo, a empresas de entrega, mas ficou longe de causar impacto. Em 2016 divulgou a versão elétrica de sua motoneta Cub, a circular pela Ásia ainda esse ano. Mais recentemente, no final do ano passado, apresentou no Tokyo Motor Show suas novas versões, uma híbrida e outra totalmente elétrica com base na PCX Scooter, a mais vendida do Brasil em 2016. Um dos trunfos dos modelos é que as baterias eliminam quase que completamente o espaço sob o banco. Depois de trabalhar na dupla de motos elétricas chamadas PED1 e PES1 também esperadas para esse ano, A Yamaha usou a CES 2018, maior evento de tecnologia do mundo, para divulgar já no início desse ano seu novo projeto batizado de MOTOROiD. O conceito futurista e semiautônomo será equipado com um motor elétrico posicionado na roda traseira. O volume trata-se de um conjunto de baterias de íon lítio que fornecerá energia para o propulsor eletrificado. Outro recurso eletrônico

16

é o “AMCES” (Active Mass Center Control System), encarregado de estabilizar o veículo, atuando no centro de gravidade para ajudar no equilíbrio. A Harley Davidson também confirmou seu primeiro modelo elétrico LiveWire para daqui a poucos anos e, reconhecendo o Brasil como um dos maiores mercados de motocicleta do mundo, não descarta vendê-la por aqui. O fato é que no Brasil ainda não é fácil se locomover sem emitir monóxido de carbono e outros gases prejudiciais, sem desembolsar uma pequena fortuna. O que ainda torna a opção pouco viável para os brasileiros. Uma resolução da Camex (Câmara de Comércio Exterior), há cerca de dois anos, isentou do imposto de importação os carros elétricos. Até então a taxa adicionava 35% ao valor total do carro. A mudança em valores foi clara. O BMW i3 que chegava ao país por quase R$ 220 mil, passou a custar cerca de R$ 170 mil em sua versão mais básica. Mas infelizmente nada mudou para a importação de motos com propulsão alternativa, já que elas não foram contempladas com essa isenção.

motomagazine


ATACADO • VAREJO • SERVIÇOS E RETÍFICA Fone: (75) 3263-2977 / 9 8202-4237 / 9 9820-3350 / 9 9235-0635 BA 120 - KM 64, nº 871 - Valente - BAHIA


H

XS A - PC OND

TER COO

Capa Já na China o cenário é bem discrepante. Assim como também é diferente os incentivos que o governo dá para quem opta por esse tipo de energia, visando a diminuição dos níveis de poluição atmosférica. Nas metrópoles há inclusive restrições ao uso de veículos de duas rodas com motor à combustão. Só em 2016 quase 30 milhões de unidades elétricas foram vendidas por lá. Além de estarmos numa fase em que se retomou o debate sobre extinção dos combustíveis fósseis, uma pesquisa liderada por Tony Seba, economista da Universidade de Stanford dos Estados Unidos aponta que até 2025 todos os novos ônibus, carros, tratores, vans, motos, e qualquer coisa que se mova sobre rodas serão elétricos no mundo. Mas como de costume o Brasil parece estar na contramão desse fluxo. O Acordo de Paris, que pretende conter o aquecimento global abaixo dos 2 graus prevê a diminuição de subsídios dos governos ao uso de combustíveis fósseis, substituindo-os por alternativas mais limpas até 2025.

18

Reconhecendo essa necessidade, os países que compõe o G20 se comprometeram com a redução progressiva desses subsídios. Mas no Brasil está se fazendo o contrário, aumentando esses incentivos! “De custo barato e totalmente renovável, o Brasil tem abundância de água para produzir energia elétrica, além da opção eólica que vem sendo incrementada em regiões de intensos ventos. Também tem a possibilidade da utilização da energia proveniente do sol, de presença irradiante na maior parte do tempo em seu território tropical. Estas duas variáveis são realidade no fornecimento de energia para as habitações em muitas regiões do país”, comenta José Luiz. Com riqueza de recursos naturais e a ansiedade por um novo tempo do mercado das duas rodas, aguardamos que os velhos paradigmas sejam quebrados e o Brasil seja também contemplado com alta tecnologia e um trânsito mais limpo.

motomagazine


Comemoração

CELEBRANDO CONQUISTAS

A empresa Gilmar Abreu Representações, promoveu festa de confraternização como forma de agradecimento pela amizade e a confiança de seus parceiros e clientes ao longo de 2017. No evento, o empresário listou metas e acredita que o ano de 2018 será ainda melhor Texto e imagens: Divulgação

Para comemorar mais um ano de desafios superados, conquistas alcançadas, e ao mesmo tempo, compartilhar as perspectivas para 2018, a empresa Gilmar Abreu Representações, que atua nos estados do Pará e Amapá reuniu clientes no último dia 02 de dezembro de 2017, no Hotel Privê do Atalaia, para a primeira confraternização da empresa. Os convidados foram recepcionados pelos anfitriões Gilmar e Fabiana Abreu, embalados pela voz do cantor regional, Márcio Sena. Em seguida, houve a recepção da bailarina Luma Sabrina, da Cia de Kinema, que exibiu o show de balé solo. O evento foi realizado como forma de agradecimento aos clientes pelo ano produtivo. Estiveram presentes empresários de todo o estado do Pará, que viajaram mais de 1.000 km para prestigiar a festa que contou ainda com a participação dos fabricantes Fabiano D’Villio, da Tribal Moto Peças, Fernando Duarte, da Taurus Capacetes, Jefferson Pires, da Provision e Juan Boschetti, da Rafaela Amortecedores.

3 horas de estrada para prestigiar o evento, ‘a bailarina Luma Sabrina se apresentou e encantou a todos’. A Cia de Dança Kinema fez outras duas apresentações e uma delas foi ‘A Lenda do Boto’, com o coreógrafo Dylan Carlos, que apresentou aos convidados a lenda de origem indígena, originário da região amazônica, que faz parte do folclore brasileiro. Logo após o jantar, o representante Gilmar Abreu presenteou seus convidados com um troféu de participação. A festa foi encerrada com a apresentação da Cia de Dança Kinema, que dançou o carimbó com coreografia criada exclusivamente para o evento. Além de proporcionar entretenimento aos presentes, a confraternização foi a oportunidade de reunir todos os colaboradores e representados em um espaço repleto de atrações culturais.

De acordo com Marcelia, da loja Rally Motos de Santarém (PA), que viajou mais de uma hora de voo e cerca de

20

motomagazine


21


*André Romero

COMO AUMENTAR A INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS NO VAREJO?

O

ano mal começou, mas certamente a maior preocupação das empresas é aumentar as vendas num período ainda marcado pela crise. Nesse cenário, é comum que tanto a indústria quanto o varejo recorram a estratégias que vão muito além de promoções que liquidam mercadorias, mas aniquilam os lucros.

um está na ponta, analisando comportamentos e gerando informação, o outro é o que tem a capacidade produtiva, podendo criar produtos que realmente atendam às necessidades e desejos do consumidor. É preciso criar mais parcerias estratégicas entre as duas pontas, gerando ganhos para todos.

Sendo assim, o jeito é apelar para a inteligência de negócios, que é muito melhor aproveitada se vier carregada de tecnologia. O uso de softwares, por exemplo, é uma tendência. Por meio da captação de informação por sistemas fica muito mais fácil analisar o comportamento do consumidor a fim de influenciá-lo na tomada de decisão pela compra de um produto. Atualmente, até os pequenos varejos já estão investindo nesse tipo de ferramenta.

Contudo, infelizmente, tanto o varejo quanto a indústria tendem a achar que tecnologia e inteligência de negócio são ações caras e de complexa implantação. Mas, a verdade é que boas ações nesse sentido podem acarretar em ações estratégicas de marketing muito mais eficientes e financeiramente rentáveis. Para isso, basta realizar um estudo do impacto financeiro relacionado à economia que a assertividade traz quanto se tem informações mais qualificadas.

Outro recurso que vem expandindo muito são as câmeras escondidas. Elas são capazes de acompanhar o fluxo dentro de um ponto de venda e gerar mapas de calor, apontando os locais mais nobres para a exposição de um produto. Com elas, é possível descobrir para onde o consumidor olha e o que o atrai. Shoppings centers costumam usar essa tecnologia para negociar os melhores aluguéis para os pontos mais estratégicos de circulação.

Por fim, de nada adianta gerar informação se elas não forem muito bem processadas. O ponto mais importante na inteligência de negócio não é a tecnologia em si - essa é apenas um meio. O que realmente faz a diferença é a interferência humana, analisando as informações e criando ações que gerem resultados. A combinação perfeita entre tecnologia e gestão da informação é o que certamente vai garantir um 2018 com lucros melhores, mesmo em tempos difíceis. Pode apostar.

Há ainda a possibilidade de realizar “laboratórios” em lojas específicas com um estratégico e heterogêneo grupo de clientes. A ideia é fazer pesquisas focais utilizando tecnologia e criando um ambiente favorável para a exposição de ideias e troca de informações entre profissionais do varejo e consumidores. Dar voz ao cliente é barato, simples e muito eficaz.

* André Romero é diretor da Red Lemon Agency, agência especializada em comunicação, field marketing e ações promocionais

Cabe destacar também a importância de criar uma sinergia entre varejo e indústria. Enquanto

22

motomagazine


Evento

SINCOMOTOS REÚNE SETOR DE MOTOPEÇAS EM PORTO ALEGRE Feira de negócios promovida pelo Sincopeças-RS apresentou produtos de 40 marcas Texto e imagem: Divulgação

24

motomagazine


na cidade. A maioria dos expositores já expressou a vontade de que o Sincomotos se consolide no calendário e que aconteça nos próximos anos, pois tem muito potencial de crescimento", afirma o diretor. Para Pires, o melhor resultado da iniciativa é o estreitamento do relacionamento com os diversos players da cadeia de motopeças. "Este foi um evento motivado pelo 'coração'. As marcas estão aqui porque acreditaram nesse sonho do centro de treinamentos, nesse ideal", diz. LANÇAMENTOS E PROMOÇÕES Os expositores do 1º Sincomotos prepararam promoções exclusivas para a feira. José Paulo Mattos, da Paulinho Motopeças, de Pelotas, destaca que os lojistas puderam contar com vantagens em preços de diversos produtos. Fundada há 27 anos, a marca oferece mais de 22 mil itens, tem mais de 150 fornecedores e atende a todo o Rio Grande do Sul.

C

om estimativa de mais de R$ 2 milhões em negócios firmados, o 1º Sincomotos foi um sucesso para o setor de motopeças gaúcho. A feira reuniu 34 expositores e 40 marcas, entre distribuidores e indústrias de motopeças e acessórios. Na ocasião, visitantes de diversas regiões do Estado e lojistas do segmento puderam conhecer novidades em produtos e aproveitar condições especiais. Promovido pelo Sindicato do Comércio Varejista de Veículos e de Peças e Acessórios para Veículos do Rio Grande do Sul (Sincopeças-RS) e com o apoio do Sebrae-RS, o Sincomotos aconteceu no Centro de Eventos da instituição, em Porto Alegre. "A ideia surgiu com o propósito de equipar o Centro de Treinamento do Sincopeças-RS. Foi a forma que encontramos de arrecadar fundos para esse projeto. Também tem importância por aproximar esses integrantes do setor do Sindicato", comenta o diretor de motopeças, Auri Batista Pires. Segundo ele, o Sincomotos se destaca como uma feira de negócios, com marcas importantes e o convite a todas as empresas do Estado. "Inicialmente, vendemos a ideia para as marcas e todos gostaram, pois não temos este tipo de evento

25

O supervisor da EBF, Edson Spezia, ressalta o lançamento do modelo de capacete XTroy, durante o Sincomotos. A empresa de Indaiatuba (SP), consolidada há 25 anos no mercado, tem 15 modelos de capacetes, que se multiplicam com a aplicação de grafismos. Arthur Gomes, responsável por vendas na Total, considera que a primeira edição do Sincomotos interessante. "Nossa expectativa era alta, pois grande parte dos visitantes são nossos clientes. São eles que têm mais a ganhar e é por isso que estamos aqui." De acordo com Gomes, a Total preparou uma campanha específica para o evento, com benefícios de prazo e preço. "Trouxemos uma linha ampla e selecionamos de acordo com o público que estaria aqui. A Total tem um portfólio de 12 mil peças, equipe com conhecimento técnico e entrega rápida." Os principais produtos da Laquila foram apresentados na feira, no segmento de vestuário – jaquetas, calças, luvas e botas – e o de peças. O supervisor da marca, Paulo Sérgio Prado, afirma que o evento foi produtivo. "Trouxemos a nossa linha de produtos que está bem atualizada, com vários lançamentos deste ano", resume Ailton Rodrigues, supervisor de operações para as regiões Sul e Nordeste da Technic. Auri Batista Pires Diretor de Motopeças da Sincopeças


s o t n e m a ç n a l

MOTOSOUND

BOMBER ALTO FALANTES

É um dispositivo eletrônico que permite ao motociclista atender o telefone, ouvir músicas ou utilizar o GPS com segurança em seu trajeto. O aparelho transmite as funções do smartphone via bluetooth e é fácil de instalar e encaixar na parte anterior do capacete. www.bomber.com.br

CAPACETE EVOLUTION G5 FEMME PRO TORK

Novo design com grafismos em transfer mais agressivo e moderno. Viseira de dupla curvatura em policarbonato com 2 mm de espessura e fechamento micrométrico. Entradas de ar frontais, isopor interno com aletas para absorção e dissipação de choque, mais resistente e seguro. Novo aerofólio em material transparente e nova forração antialérgica. www.protork.com

VIRB 360 GARMIN Câmera compacta, robusta e totalmente esférica, ideal para aventuras. Fácil de usar, com comando por voz e à prova d´agua em até 10 metros de profundidade, a VIRB 360 captura vídeos de alta qualidade de até 5.7K/30fps, com quatro microfones incorporados. www.garmin.com

LINHA STREET ST600 VIPAL O novo pneu da marca não tem câmara. É o primeiro pneu tubeless para rodas de liga leve que proporciona bom desempenho quilométrico, tem alta durabilidade, bom rendimento, visual esportivo, além da robustez. Com tecnologia de Profundidade Variável, eleva a durabilidade dos pneus de baixa cilindrada. www.vipal.com.br


s o t n e m a ç n a l

PROTETOR 5 FUROS COROA M. FRIK Código 124 - Protetor 5 Furos Coroa Imp. 46 Dentes. Disponível nas cores: Preto, Vermelho, Azul, Laranja, Pink, Amarelo, Verde, Branco e Cinza. jeferson@mfrik.com.br

30

CALÇA TEXX FORCE LAQUILA

URBAN LIFE RIFFEL

ETE 26000 RAINHA DAS SETE

A Laquila apresenta, por meio da marca própria de vestuário TEXX, a nova calça Force. A calça possui sistema de impermeabilidade STOPWATER® e de refrigeração AIRTEXX®. O item também contém forro semi-térmico removível cortado a laser e zíper de acoplagem para as jaquetas. www.laquila.com.br

Cada detalhe foi cuidadosamente pensado para proporcionar mais conforto, segurança e flexibilidade. Os materiais utilizados na luva Urban Life garantem proteção. Em couro natural, possui reforço em amara, com flexores e grips de silicone nos dedos, borracha injetada no dorso e tecido Mesch na palma das mãos. www.riffel.com.br

Intercambiabilidade para linha duas rodas. Compatível com todos os modelos de motocicletas. Com partida elétrica. www.rainhadassete.com. br

motomagazine


s o t n e m a ç n a l

FAROL DO BLOCO ÓPTICO RAINHA DAS SETE Compatível com o modelo CG Titan - até 1999. www.rainhadassete.com.br

32

CAPA DE BANCO CB08-L/XL STALLION MOTO

Produto térmico preto com espessura extra. Impermeável, resistente e não esquenta. Tamanho L/XL. www.stallionmotos.com.br

CAPACETE CROSS VISION GRAFITE HELT Design inovador com casco em ABS, seguindo os mais altos padrões de qualidade. Forro removível e lavável. Pala e narigueira removíveis. Fecho de engate rápido com ajustes de precisão. Entrada de ar frontal, inferior e superior, saída de ar traseira. Viseira com dupla curvatura, 2mm de espessura de fácil intercâmbio. www.helt.net.br

PNEU LOAD STAR RINALDI Com a medida 4.50-12 LS 46, lançamento da marca garante qualidade e economia no transporte de cargas para triciclos derivados de motocicletas. Garante a versatilidade necessária no transporte de cargas cada vez mais utilizado no país. www.rinaldi.com.br

motomagazine


feira

SALÃO DUAS RODAS 2017: PARA TODOS OS GOSTOS E BOLSOS Em sua 14ª edição, o Salão Duas Rodas 2017 ampliou experiências para os visitantes que conheceram o novo espaço em que o evento foi realizado, o São Paulo Expo, localizado na capital paulista. Os participantes conferiram de perto as novidades das montadoras e interagiram com marcas expositoras através de diversas atrações especialmente preparadas para o público Texto: Joelma Farias Imagens: divulgação e equipe luanda

34

motomagazine


As principais empresas do setor de motos apresentaram novidades para 2018 no Salão Duas Rodas, em São Paulo, que aconteceu de 14 a 19 de novembro no São Paulo Expo. Em sua 14ª edição o evento saiu do Anhembi - onde era realizado desde a primeira edição - e está de casa nova, com amplo espaço interno e externo, maior acessibilidade ao público em modernas estruturas. A ORGANIZAÇÃO DIVULGOU NÚMEROS DA EDIÇÃO 2017: - Foram 242 mil visitantes; - Cerca de 17.600 test rides realizados; - Mais de 400 empresas envolvidas; - Aproximadamente 500 modelos de motocicletas foram expostas; - Quase 4 mil horas de experiências; - Com 15 novas atrações; - Mais de 9.500 pessoas trabalharam no evento; - Lançados cerca de 70 modelos na ocasião. Com apoio da Abraciclo e patrocínio da Petrobrás, o Salão Duas Rodas apresentou ao público o que há de mais moderno em tecnologia aplicada ao Universo de duas rodas.

O evento aconteceu no momento em que o setor apresenta números otimistas em relação à produção e venda do veículo ao longo de 2017. Dados apresentados pela Abraciclo, revelam que foram produzidas 77.076 motocicletas em outubro, o que representa estabilidade com relação às 76.668 unidades fabricadas em setembro. Se comparado com outubro de 2016 (71.520), houve alta de 7,8%. Na edição 2017, o Salão Duas Rodas destacou as motos de grande porte. Os principais fabricantes como Honda e Yamaha, apresentaram seus modelos mais potentes além das tradicionais 125 cilindradas com modificações importantes para uma melhor performance. A expectativa de grande parte dos expositores é com relação à retomada na concessão de crédito, para alavancar o financiamento de motocicletas novas e os expositores de motopeças de reposição e acessórios, esperam uma redução da carga tributária para impulsionar as vendas. O público participou de test-rides onde sentiu a emoção de pilotar máquinas potentes, conferiu de

35


feira perto novidades em acessórios e equipamentos que logo estarão nas ruas e também assistiu palestras sobre segurança no trânsito. Além disso, os seis dias de evento, foram pensados para que profissionais do setor expandissem sua rede de contatos que favorecem futuras oportunidades de negócios.

PRINCIPAIS LANÇAMENTOS

AWA MOTOS Bauleto AWA modelo PROOS de 26, 29, 34 e 41litros; Estribo CG/ Titan 125 modelo 83/00, 02/04, FAN 125 modelo 04/08 tubular; Estribo Titan 150 04/08, FAN 150 modelo 11 tubular; Estribo CG/ Titan 125 modelo 83/00, 02/04, FAN 125 modelo 04/08 tubular; Estribo Titan 150 04/08 FAN 150 modelo tubular e guidão, ideal para modelos Titan 2014, cromado e sem peso. A fabricante também apresentou piscas, retrovisores, bagageiros, borrachas e pedaleiras. BMW A fabricante alemã apresentou uma moto de R$ 490 mil que chamou atenção do público que passou pelo seu estande. Era a exclusiva superesportiva BMW HP4 Race com chassi de fibra de carbono e 215cv no motor de quatro cilindros de 999cc. Serão fabricadas apenas 750 unidades em processo artesanal. A montadora mostrou também a nova supertouring BMW K 1600 Bagger com motor de seis cilindros de 1649 cc e 160 cv e toda linha 310R e GS 800 e 1200. BOMBER Pensando sempre em produtos tecnológicos, a

36

Bomber apresentou o Motosound, dispositivo eletrônico inteligente que permite ao motociclista atender o telefone, ouvir músicas ou utilizar o GPS com segurança em seu trajeto. É o primeiro dispositivo multimídia do mercado destinado à motocicleta, com objetivo de facilitar o dia a dia do usuário, além de diminuir o risco de acidentes. CINBORG A empresa 100% nacional fabricante de pneus de moto até 300cc, apresentou os pneus de alto desempenho como: Style - Desenvolvido para uso urbano, com grande dirigibilidade e conforto; alto desempenho quilométrico, grande resistência na carcaça -; Fúria Racer - Desenvolvido para uso urbano, sem perder a esportividade para longas distâncias, estrutura reforçada que permite respostas rápidas com grande estabilidade, conforto e ótima frenagem-; Parrudo- Desenvolvido para uso On/Off road - : Irado - Desenvolvido, para ser usado por longos períodos, garantindo conforto, estabilidade, durabilidade e desempenho - ; Dalama - Pneus desenvolvidos para uso Off road, nas condições de trilha em pavimentos de terra, lama, areia e outras, estrutura reforçada que garante durabilidade, desempenho e resistência nas mais diversas condições. CHIPTRONIC Apresentou o Scanner Motodiag que é uma ferramenta para motocicletas com injeção eletrônica (baixa, média e alta cilindrada), desenvolvido com tecnologia inovadora para todos os profissionais da área. O aparelho indica valores dos sensores em tempo real, faz a leitura de defeitos e realiza teste nos atuadores, além de ser de fácil manuseio e proporcionar um diagnóstico rápido e preciso. O scanner pioneiro, mais completo

motomagazine


feira e líder do mercado que atende 21 montadoras (motocicletas) e 12 montadoras (OFF-ROAD). Dentro dessas montadoras ao total: 223 modelos, 18 módulos e 149 Sistemas de injeção eletrônica.

acoplado aos baús da linha Trekker e encaixado ao suporte fixado à moto.

DOMINATOR A empresa Dominator Premium Mufflers lançou o Dominator Eletronic, linha de ponteiras e escapamentos compatíveis com motocicletas de marcas como Harley-Davidson, Indian e Triumph. O Dominator Eletronic é um sistema inédito no mercado brasileiro que permite que o motociclista controle a intensidade do ronco do escapamento da sua moto por meio de um botão que fica no guidão, fácil de acessar pelo polegar.

GVS SPORT A empresa lançou novos piscas de LED, além de pisca compatível com o modelo Titan 2000 dianteiro e traseiro, com lente de cristal sem metalizar. A marca apresentou o retrovisor GVS Sport Mini GTX Cromado Rosca para modelos Yamaha, e diversos outros retrovisores compatíveis com outras marcas. O prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder, juntamente com os empresários Sival Bilica, Fernando Cavalcante e Raimundo Fernandes de Almeida, visitou o estande da GVS Sport. Os dias foram movimentados também por conta de celebridades convidadas que tiraram fotos com os clientes da GVS.

DUCATI Levou todos os modelos fabricados e apresentou a inédita Super Sport S, a moto para aqueles que desejam pilotar no estilo esportivo no dia a dia. Lançada no Brasil, a Super Sport S tem suspensão Öhlins. O motor é de dois cilindros de 937 cc, com 113 cv de potência e torque de 9,8 kgfm. A Ducati lançou ainda a naked Monster 797, que é semiesportiva, compacta e atualizada. Vem com motor L twin de 797 com 75 cv, refrigerado a ar, e farol redondo. É a mais acessível das Ducati.

HARLEY-DAVIDSON Na área de exposição da Harley-Davidson, eram vistas boa parte das customs do evento. A nova linha H-D 2018 era a sensação, com destaque para a Road Glide Special, que, segundo a fabricante americana, vem modernizada, principalmente, nas suspensões, mais amigáveis e com nova ciclística. Foi lançado também o novo Milwaukee-Eight 117 (de 1923 cc), o motor com maior cilindrada já utilizado em um modelo de produção da Harley, e que equipa as CVOs.

FISCHER A fabricante nacional especializada em pastilhas e freios especiais, apresentou suas linhas de pastilhas de freio em aramida, pastilhas de freio metálicas, pastilhas de freio em carbono, e demais produtos fabricados com a mais alta tecnologia do mercado.

HONDA A marca apresentou a nova Honda CBR1000RR Fireblade, verdadeiro ícone de esportividade em duas rodas, que está oficialmente de volta ao Brasil com fôlego totalmente revigorado. Em uma edição histórica, comemorativa aos 25 anos de produção do modelo no mercado mundial, a nova CBR1000RR versão 2017 está mais leve (redução de 15kg) e com 11cv mais potente. O modelo traz projeto onde 90% de seus componentes são totalmente novos, além de novos conjuntos ciclísticos e mecânicos

GIVI Para ajudar o motociclista a aventureiro a carregar o bauleto, a GIVI lançou o carrinho que permite transportar o baú sem esforço. O acessório é

38

motomagazine


derivados da RC213V-S, versão street do modelo RC213 utilizado na categoria MotoGP. Quem visitou o Salão Duas Rodas, também pode conhecer na prática os diversos modelos da marca.

temperatura de óleo, partes de arrefecimento do sistema de injeção eletrônica, reguladores de pressão de combustível para motos com injeção eletrônica.

INDIAN MOTORCYCLES A Indian Motorcycles apresentou a linha 2018 com três modelos inéditos no mercado brasileiro, os quais trazem um visual mais agressivo: a Scout Bobber 1133 cc (com refrigeração líquida), a Chief Dark Horse e a Chieftain Dark Horse, ambas de 1811 cc (refrigeração a ar). A Scout Bobber tem preços a partir de R$ 50 mil.

KTM A 200 Duke e KTM Duke 390 ABS 2018, as mais potentes do segmento. A KTM mostrou ainda as naked KTM 1290 Super Duke nas versões 1290 Super Duke R e 1290 Super Duke GT com motor LC8 V2 de 1.301cc com incríveis 177cv de potência. Na linha off-road, as estrelas dos pódios, teve as versões 2018 das motos de enduro. A versão 2T KTM 300 EXC, até as de 4T KTM 350 EXC-F e KTM 250 EXC-F, também foram expostas.

JOJAFER Antenas corta pipa fixas de dois e 6 estágios compatíveis para diversos modelos de motociclistas, bagageiros, guia cabo ferro CG/ Titan cromado, guia cabo ferro CG/Titan preto, guia cabo ferro YBR cromado, entre outros produtos da marca. Com sua qualificada equipe de vendas, a Jojafer recebeu clientes de diversas parte do Brasil onde fechou bons negócios. KAWASAKI Mostrou o último lançamento realizado no Salão de Tóquio, a avançada esportiva Ninja 400, que vem no fim de 2018 e a retrô naked Z 900 RS 2018. Em operação no Brasil desde outubro de 2008, a marca atua na importação, produção e comercialização de motocicletas, através de uma base operacional em São Paulo e uma fábrica no Polo Industrial de Manaus. A Kawasaki está ampliando a sua atuação no País com a abertura de concessionárias autorizadas nas principais cidades brasileiras. KRATER Apresentou toda a sua linha de juntas para motores, juntas para preparação de motores, flanges espaçadoras para potencializar motores, guarnições de borracha nitrílica, sensores de

MOTOCICLO Pneus Kenda Linha Cross Off Pró K775 Washougal, K785 Millville II, K781 Triple, K270/K270 Dual Sport, K761 Dual Sport e K760 Trakmaster. Linha Street (K674, K265, K434). Linha ciclomotor/Scooter K425A, K261A Moped, K201 e 202, K488, K6010, K707 e K348 e linha quadriciclo K299 Bearclaw. A marca também apresentou toda a sua linha de câmaras. PANTANEIRO CAPAS A fabricante de equipamentos impermeáveis para atividades profissionais, de lazer ou aventura, apresentou criações como: Conjunto PVC Tornado com Gola, jaqueta sem bolso, com refletivo peito e costas, punhos com velcro e fechamento frontal com zíper e velcro / Capa para mochila com elástico, com ajuste de tamanho e fechamento através de elástico e velcro / Conjunto PVC Tornado com capuz, jaqueta sem bolso, com refletivo peito e costas, punhos com velcro e fechamento frontal com zíper e velcro/ Conjunto PVC Tornado Feminino - jaqueta sem bolso com refletivo peito e costas, entre outros produtos.

39


feira PRO TORK Um dos estandes mais movimentados do Salão Duas Rodas foi o da Pro Tork. A fabricante apresentou linhas completas de capacetes, escapamentos, guidões, pedais, faróis, entre outros. Uma das atrações foi a picape com suspensão elevadíssima e pneus gigantes logo na entrada da feira, que chamou a atenção de quem passava por ali. 4RIDE MOTORCYCLE De olho no mercado Premium, empresa paulista abre plataforma para venda de motos compartilhadas no Salão Duas Rodas. O processo é simples, o interessado adquire cotas de uma moto e com elas passa a fazer parte de um clube, com outras motos de diversas marcas e modelos. As despesas com manutenção, impostos e seguros são compartilhados entre todos os membros do clube (de acordo com a utilização individual) o que permite que o associado tenha diversas motos, gastando até 70% menos se comparado a compra de uma moto da forma tradicional. A 4Ride cuida da manutenção, conservação, documentação, seguro e coordena a utilização entre os membros. RIFFEL MOTOSPIRIT Consolidada como fornecedora de peças para as principais fabricantes de motos no Brasil, a Riffel - empresa com sede em Blumenau, Santa Catarina - construiu sua história de sucesso na união do conhecimento industrial com a paixão pelo motociclismo. Mostrando novamente sua capacidade de ir além, a empresa passou a investir também em acessórios de segurança como jaquetas, calças, botas e luvas para motociclistas, linha apresentada pela empresa como “motowear", e que contribuiu para tornar a marca ainda mais reconhecida e admirada pelo consumidor.

42

ROYAL ENFIELD Apresentou as clássicas customs (e lendárias motos da marca inglesas), Bullet 500, Classic 500 e Café Racer Continental GT 500, todas com motorização de 500 cc modernizada, mas com o visual tradicional antigo. Os modelos são fabricados na Índia. SIMEFRE O Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários, esteve presente com estande no Salão Duas Rodas, prestigiando as empresas associadas que expuseram na feira. A organização defende a redução mais agressiva das taxas de juros, redução do spread bancário e destravamento do crédito, melhor infraestrutura para mobilidade e incentivos à exportação. STALLION A importadora apesentou lançamentos produzidos com a mais alta tecnologia disponível no mercado. São acessórios para moto, tais como: Retrovisores, piscas, lâmpadas de LED, capas para banco, farol de milha e similares. Além de auxiliares de partida para veículos de 12 volts com iluminação e potente carregador com saídas USB, luzes de alerta/ emergência e pinos adaptadores. Manoplas modelo Universal com peso e sem peso; suporte para GPS/ celular com carregador, entre outros produtos. STARPLAST Consolidada no mercado há mais de duas décadas, a Starplast emplacou no mercado com grandes marcas de capacetes, tais como: Bieffe, Peels e Fly. Apresentou modelos como: Capacetes B40, Icon, 3 Sport, Urban e X5.

motomagazine


TAURUS Lançou a linha San Marino Induma, primeiro capacete homologado no Brasil pelo Inmetro, foi relançado em edição de colecionador pela Taurus Helmets. Com casco injetado em ABS, o capacete possui viseira cristal em policarbonato de dupla curvatura 2mm, que proporciona maior resistência, além de apresentar o prático sistema de troca rápida de viseiras. Leve e confortável, o equipamento oferece forração e tecidos antialérgicos. Disponível na cor Champanhe (original). A fabricante apresentou também capacetes Zarref, Targa, Bullitz e Urban Helmets. TECHNIC Apresentou linha City Turbo sem câmara. Pneus da Iron, adaptáveis para a Harley-Davidson e motos grandes e pneus Citycom. A empresa possui 62 medidas de pneus diferentes e até o fim do ano serão, aproximadamente, 70 medidas no portfólio da marca. TRIUMPH Na parte destinada à Triumph, estavam as novas Tiger 800 e a Bonneville T100 Black de 900 cc, o mais recente lançamento. As duas serão lançadas no Brasil somente em junho de 2018. Foram expostas 24 motos trail e street da marca. VALFLEX - VALPLAS – SLYCK Apresentou seus últimos lançamentos de jogos de juntas, filtros de óleo e ar, piscas, lentes e lanternas e retrovisores. Com a marca Valplas, foram piscas, lentes e lanternas e retrovisores, e com a marca Slyck, retrovisores. VEDAMOTORS Lançamento da linha completa compatível com o modelo Honda CG 160 (ano 2016), além de kit cilindro, kit biela, disco de embreagem, válvulas de escape e admissão, linha metálica, filtros

de ar e óleo e retentores e itens de borracha. Anel de escape 26,0X33,0x 4,0/ Anel de escape 26,0X33,0X4,0 AMA/BRA/BUL/DAF/DAY/ HDA/ JIA/ SHI/SUN/ YAM (novo)/ Capa de banco Factory azul e cilindro D. 77,00 KAW KXF 250. VEDOX Novas linhas de manoplas e manetes, buchas, retentores, o'rings, borrachas, ilhós, peças para reparos de freio e guarnições. VESPA A marca fez a primeira paresentação no Salão Duas Rodas. Modelos Classic VXL 150 e Piaggio MP3 Yuorban Sport, dois ícones da marca italiana, foram os escolhidos para representar a fabricante italiana no evento. Participar da feira brasileira foi um momento histórico para a família Vespa-Piaggio. Apontada como uma scooter Irreverente e elegante a Vespa reflete um estilo de vida. VULCANBOR Linha de faróis Auroch, rodas completas, kits de transmissão, kit de transmissão Standard, kit de transmissão Premium, farol completo para motos, lâmpada LED super branca para farol de moto mod. H4/Hs1 20W P/ farol alto e 10W para farol baixo. Rodas completas das marcas Ultravision, Miura e Dominator. YAMAHA A Yamaha lançou a reformulada Fazer 250 ABS 2018. Outra novidade é a XTZ 150 Crosser Z que agora passa a se chamar Crosser S, e está mais aventureira e melhor adaptada para pegar estradas ruins e com lama. A nova YZ450F 2018 vem com maior eficiência com o novo chassi em alumínio. Além disso, permite mudar o gerenciamento do motor por telefone.

43


F SalĂŁo L Duas A Rodas S H feira

44

motomagazine


45


Mercado

MERCADO BAIANO O Mercado Baiano de Motopeças é muito amplo e oferece inúmeras oportunidades para empreender Texto Osmar Silva e imagem: Divulgação

V

árias empresas têm se destacado oferecendo serviços de qualidade, com estoques variados de produtos para atender as necessidades do também grande número de lojistas espalhados por este grande estado da federação. Empresários que desafiam as inconstâncias da economia brasileira, a enorme carga tributária que incidem sobre os valores dos produtos comercializados e falta de estrutura viária. O custo dos combustíveis, em escala constante de aumentos, onerando a logística necessária ao atendimento eficiente aos clientes, em sua maioria muito distantes, locados no interior da Bahia. Nada disto, porém, esmorece o ânimo e confiança de cada um destes empreendedores. Eles prosseguem obtendo excelentes resultados por intermédio da capacidade e tenacidade no embate diário das atividades profissionais. Conquistas que se deram em anos a fio, conhecendo cada cliente, analisando suas necessidades e entregando o prometido. São muitos os empreendedores, antigos e recentes, e expomos como exemplo geral as empresas a seguir.

MESSIAS MOTO DISTRIBUIDORA Instalada no centro da cidade de Ibipitanga, é dirigida por Leandro de Araujo Messias, há 17 anos. No início a empresa ocupava um espaço de 250 m2, e tinham 2 colaboradores. Atualmente, suas instalações abrangem 1.100 m2, e 10 colaboradores. Excelente crescimento! AD MOTOS Com cerca de 6 mil itens catalogados em seu portfólio e incrementando estratégias inovadoras em suas ações de marketing, vendas e administração, o empresário Ademicio Almeida Araujo, conseguiu junto aos clientes imagem de confiança e credibilidade para a sua AD Motos, instalada na cidade de Várzea da Roça, desde de 1993 e no mesmo

46

endereço. Juscilene Oliveira Araujo, é sua sócia que coopera para o desenvolvimento dos negócios que iniciaram com 2 funcionários, em 180m2. Atualmente, ocupa uma área de 10 mil m2 e exercem atividades 26 funcionários. O principal item em sua lista é o Kit de Transmissão ALSEH, marca própria a qual pretende aumentar o mix ofertado. “O mercado baiano de motopeças está em constante evolução, apesar das dificuldades que enfrentamos na logística e na enorme carga tributária imposta aos distribuidores, ainda assim conseguimos ofertar produtos com preços competitivos”, afirma Ademício. ZÉ CLEUTO MOTOS (ZCM IMPORTADORA E DISTRIBUIDORA) Ângelo Santos Mota, está cursando Ciências Contábeis, no nível superior para aplicar em sua empresa os conhecimentos teóricos e elevar a rotina de administração e estruturá-la de forma que supere os muitos obstáculos para quem empreende. “Encargos, impostos exagerados e a constante alta nos preços dos combustíveis, atrapalham muito as nossas atividades. Este cenário não deve se alterar esse ano. No entanto, como almejamos aumentar a nossa área de atuação, os números futuros deverão ser positivos para a nossa empresa”, alega Ângelo. Com sede na cidade de Valente, estão em atividades há 15 anos, em espaço de 100 m2. Atualmente ocupam 390 m2, em breve estarão em um centro de distribuição com 4.000 m2. Iniciaram com 3 funcionários, já são 20 com 4 vendedores externos. Além das atividades de atacado e varejo, também prestam serviços de retífica. Estão mais focados no atendimento aos clientes da região do sisal, e em breve ampliar para todo o estado da Bahia. Tem pouco mais de 8 mil itens em sua lista e os principais são os pneus Vipal, peças e acessórios. “O nome da empresa é uma homenagem ao seu fundador, senhor José Cleuto”, conclui.

motomagazine


Mototaxistas em JequiĂŠ

47


s a t no MONTADORA NORTE-AMERICANA COMEMORA AUMENTO NO MARKET SHARE E INVESTE EM ESTRATÉGIA

A Harley-Davidson continua apostando a longo prazo no Brasil, que é referência de mercado com grande potêncial em todo o continente latinoamericano. Mesmo com a economia recessiva e o segmento de motocicletas em queda, em dezembro do ano passado, entre as montadoras que fabricam modelos de mais de 600 cilindradas, a H-DB registrou o primeiro lugar em participação de mercado, com 21%. No acumulado do ano também houve crescimento, já que a marca teve 17,6% de participação, em comparação aos 13,7% de 2016. Com isso, a companhia torna-se uma das únicas que teve crescimento de market share no período anterior.

WAZE GANHA MODO MOTOCICLISTA

48

VENDA DE SCOOTERS BATE RECORDE Mesmo com a queda de vendas de motos em geral, o segmento de scooters não só continua com força como já bateu recorde histórico de comercializações em 2017. Com mais de 48 mil unidades vendidas no ano, o nicho supera o número de 2014, que havia sido o melhor momento dos scooters até então. Naquele ano, o patamar foi de 42,5 mil unidades .

fonte: G1

CCR RODOANEL E YAMAHA REALIZAM CHECK UP GRATUITO O check-up gratuito nas motocicletas que passaram pela praça de pedágio 7, na altura do km 16 do Trecho Oeste do Rodoanel (pista Interna – Sentido Bandeirantes/Perus), acesso à Rod. Castello Branco (SP 280), na região de Osasco (SP), foi realizado no dia 22 de novembro. A ação, que recebeu apoio da Polícia Militar Rodoviária, tinha o objetivo de conscientizar os motociclistas sobre a importância da manutenção preventiva e das boas práticas ao trafegar em uma rodovia.

Waze está lançando novos recursos para o seu aplicativo de navegação. Segundo informações do The Verge, a plataforma agora conta com um modo projetado especificamente para motociclistas, que fornece recomendações sobre a melhor rota com base em dados extraídos de outros motociclistas – que pode ser diferente dos cálculos

para carros. A ferramenta melhora a estimativa de horário de chegada e ainda adiciona informações de rotas em estradas estreitas, que não são acessíveis para os demais veículos.

motomagazine


HONDA ELECTRIC CAFÉ RACER Apresentado o Modelo Electric Cafe Racer 1, em um conceito em última instância, seria alimentado por um motor elétrico. O conceito teria uma estrutura completa de fibra de carbono com um motor de 7500W e uma capacidade de bateria de 2100 Wh, o que lhe daria uma distância máxima de 75 milhas e uma velocidade máxima de 62 mph. A e-bike personalizada também inclui um indicador digital no “tanque de gás” e uma área de armazenamento de engrenagens que desliza para fora da direita. O Modelo Electric Cafe Racer 1 foi desenvolvido para a Denzel, que espera colocar em produção no início de 2018.

MOTOCICLISTAS PARAM SP PARA PRESENTEAR MAIS DE 2 MIL CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL Papai e Mamãe Noel trocaram o tradicional trenó por uma moto e aceleraram a alegria de mais de 2 mil crianças da APAE-SP no último Natal. Essa foi a maneira inusitada que um grupo de motociclistas da Autostar Harley-Davidson encontrou para presentear crianças com deficiência intelectual na capital paulista. Em sua 6ª edição, o Natal Solidário reuniu mais de 200 motociclistas. Com o apoio e escolta da Polícia Militar e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o comboio percorreu cerca de 30 km, percurso entre a loja Harley-Davidson Autostar de Santo Amaro à APAE DE SÃO PAULO, na Vila Clementino.

VESPA NO BRASIL O ano de 2017 foi o grande marco na história do maior ícone da Itália, afinal, foi a primeira vez que a Vespa-Piaggio esteve presente no Salão Duas Rodas. Mais do que uma simples scooter, a pioneira Vespa é um estilo de vida. Uma das sensações do estande da marca italiana foi um modelo de três rodas. Mantendo o conceito revolucionário característico, a Piaggio apresentou a MP3 Yourban Sport. Ergonomia e segurança garantem potência e agilidade ao motor de 300cc da MP3 Yourban em todas as situações. O que faz do modelo único em sua categoria é a exclusiva e inovadora tecnologia das rodas frontais. A MP3 Yourban Sport faz curvas e contorna obstáculos com maior performance e aderência extraordinária nunca vista sobre três rodas.

49


s a t no HONDA POP ATINGE O MARCO DE 1 MILHÃO DE MOTOCICLETAS PRODUZIDAS Conhecida por sua praticidade, leveza e economia, a Pop, motocicleta democrática que integra o line-up da Honda há pouco mais de 10 anos, acaba de atingir o marco de 1 milhão de unidades produzidas na fábrica da empresa em Manaus-AM. A trajetória do modelo teve início em 2006, por meio da Pop 100, e atualmente está entre os mais vendidos da marca. No Nordeste a Honda Pop, é a motocicleta mais vendida do mercado. A região representa 69% das vendas do modelo, seguida pela região Norte, com 24%. Ao longo dos anos, a motocicleta apresentou evolução tecnológica, com sistema de injeção eletrônica, novo motor e adequação às normas de emissões de poluentes.

ALERTA PARA REGULAMENTAÇÃO DA CUSTOMIZAÇÃO

A portaria n°159 que foi publicada no fim de julho substitui o Anexo da Portaria DENATRAN nº 64, de 24 de março de 2016, que estabelece a Tabela Anexo da Resolução CONTRAN nº 292/2008, que trata das modificações permitidas em veículos, vem trazendo dúvidas ao mercado. A ANFAMOTO tem recebido muitas solicitações de informação a respeito do item 60 que estabelece alteração de espelhos retrovisores, guidões, de componentes do sistema de suspensão e assento (alteração dos pontos de fixação originais) – Observações 7 e 8*. Esse item informa que alterações nesses itens podem ser feitas, mas as motocicletas deverão ter o CSV – Certificado de Segurança Veicular. A nova determinação entrou em vigor em 1 de setembro de 2017. A Portaria 159 e a Resolução Contran Nº 682 e seus anexos estão disponíveis na integra no site da Anfamoto – anfamoto.org/links.php

50

DUCATI SERÁ TEMA DE PARTE DE ÀREA DE PARQUE ITALIANO O parque de diversões italiano Mirabilandia irá ganhar uma área temática exclusiva da Ducati. Localizado na região de EmiliaRomagna onde Ducati nasceu, o complexo prevê uma área de 35.000 onde será a Casa de Borgo Panigale chamado Ducati World, que promete ter simuladores, atrações para crianças, realidade virtual, um restaurante temático e, claro, uma loja de produtos oficiais da marca. Mas o brinquedo mais interessante mesmo deverá ser a montanha russa. De acordo com o comunicado da Ducati, ela será uma nova geração do gênero, que irá transformar cada visitante em um piloto.

motomagazine


Profile for Luanda Editores

Motomagazine 105  

Motomagazine 105  

Advertisement