Page 1

motomagazine

#104

www.luanda.com.br/motomagazine

DISTRIBUIDORA QUE SAIU DO LUGAR COMUM p.10

PRODUTO SEM PROMESSA VAZIA p.22

MERCADO DO SUL SE ENCONTROU EM BENTO /RS p.26


Editorial Este tem sido um ano especial. Um tempo de confirmação e reafirmações, quando as dificuldades pareciam que iriam nos superar e nos fazer vergar sob o seu peso. Vergar, não quebrar! Para a nossa felicidade, está finalizando como uma época de reconhecimento pelo nosso trabalho e iniciativas. De demonstrações de carinho e respeito. Nossos parceiros nos abraçaram e vieram conosco nesta trilha nos amparando com o seu prestigio e companhia. Nossas iniciativas foram aceitas e receberam apoios incondicionais. Estamos felizes e já preparando o próximo ano com expectativas mais otimistas. A crise não mais assusta o empreendedor que se reorganizou, agiu rápido analisando com critério as propostas que o mercado apresentou. Foi um tempo de reflexão e decisões ponderadas para minimizar riscos, investir em propostas sérias, já conhecidas e com histórico de bons resultados. Este período solidificou ideias que se transformaram em realidade com muito cuidado e seriedade, sem falsas promessas e com claras perspectivas para a convergência dos objetivos de mercado. Se isto nos trás orgulho, também nos aponta a necessidade de mais empenho e busca da excelência. Este será o nosso mote e obrigação para continuarmos merecendo a confiança e o respeito dos nossos pares. Agradecemos à aqueles que nos deram a mão, seguindo conosco, apontando o caminho certo. Exigindo o nosso melhor. Desejamos continuar merecedores de fazer parte deste seleto grupo de vitoriosos, fazendo sempre o melhor para que o sucesso seja constante em nossas parcerias. Todos nós.

100 95 75

25 5 0


Expediente

Conteúdo

Diretoria Osmar Silva José Haroldo G. Santos

Edição 104 - Novembro 2017 Editor Osmar Silva osmar@luanda.com.br Redação Caroline Paiva (MTB 70.849) carol.noticia@luanda.com.br Joelma Farias (MTB 78.793) redacao@luanda.com.br joelma.noticia@luanda.com.br Design Editorial Bruno Ricardo Mello dos Santos Diego Igor de Oliveira midia@luanda.com.br arte@luanda.com.br

26 27º ENCONTRO EM BENTO GONÇALVES 10 LM MOTO

Diretor Comercial José Haroldo G. Santos haroldo@luanda.com.br Publicidade Ana Paula Lima José Rubens Bizarro Michele Silva Denis Jorge vendas@luanda.com.br Skype: luandaeditores Administração Denis Jorge Eric Casemiro Thais Gonçalves luanda@luanda.com.br financeiro@luanda.com.br Assessoria Gráfica PavaPrint Impressão Gráfica Mundo Endereço Rua Joaquim de Almeida Moraes, 273 Jd. Magali - CEP: 02844-000 São Paulo/ SP - Brasil Tel.: + 55 (11) 3921-7609 / 3921-8069 www.luanda.com.br

Representante em Taiwan

PRO MEDIA COMPANY LIMITED 500 彰化市公園路 一段 258 巷 8 號 6 樓 樓 6F., No.8, Ln. 258, Sec. 1, Gongyuan Rd., Changhua City, Changhua County 500, Taiwan Tel:+886-4-726 4437 Fax:+886-4-728 4657 www.motopromedia.com e.: promedia7@xuite.net info@motopromedia.com

A revista não se reponsabiliza por opiniões e artigos assinados que podem ou não expressar a mesma opinião do editor. As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade do autor. A motomagazine não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem por aquisições em função destes. Todos os direitos reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio, sob pena de procedimentos legais. A revista Motomagazine é uma publicação bimestral da Luanda Editores Associados LTDA., e tem sua marca registrada no INPI sob o número 820.994.286.

Seções

EDITORIAL MARKETING NOTAS

03 06 12

motomagazine #104

www.luanda.com.br/motomagazine

A revista Motomagazine aceita matérias técnicas como colaboração para divulgação de projetos, trabalhos, novos produtos, etc. Os artigos deverão vir acompanhados de fotos ilustrativas com as respectivas legendas e curriculum do autor.

22 RESISTÊNCIA À ÁGUA X IMPERMEABILIDADE

DISTRIBUIDORA QUE SAIU DO LUGAR COMUM p.10

PRODUTO SEM PROMESSA VAZIA p.22

MERCADO DO SUL SE ENCONTROU EM BENTO /RS p.26

Foto da Capa: Arquivo

LANÇAMENTOS ESPORTES

18 44


g n i t e mark rápidas de

(01)

Fabiano Guma

(02)

(03)

(04)

(01) CONFENAR FIRMA PARCERIA COM A YAMAHA A Integramax, empresa contratada pela Confenar para a gestão de parcerias e negócios da Confederação, anuncia parceria com a Yamaha do Brasil. O acordo prevê condições especiais para as revendas associadas à Confederação Nacional das Revendas da Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição para a compra de motocicletas de 125 a 250 cilindradas. A união entre a Confenar e a Yahama ainda viabiliza às revendas associadas outros benefícios, como o Programa de Revisão Preço Fixo e a linha de peças Y-TEQ, com preços mais acessíveis e garantia de fábrica. Informações: www.confenar.com.br (02) 1ª CONCESSIONÁRIA HONDA DO BRASIL COMEMORA 63 ANOS A Cabral Motor, reconhecida em 2007 pela Fenabrave como a concessionária mais antiga da Rede Honda no Brasil, é, também, a líder em vendas de motos Honda em Curitiba (PR) e Região. A empresa construiu uma história de 63 anos e atua juntamente com seus colaboradores como uma concessionária de confiança e transparência no que faz. Possui uma grande estrutura e conta com mais de 80 colaboradores treinados para atender clientes internos e externos. (03) CRESCIMENTO DA TOTAL LUBRIFICANTES DO BRASIL Mesmo com as dificuldades enfrentadas pela indústria automotiva nos últimos anos por conta da crise, a Total Lubrificantes do Brasil reforça a sua aposta no segmento sobre duas rodas. Para isso, segue ampliando e consolidando as parcerias em sua rede de distribuição nacional a fim de estreitar, cada vez mais, o relacionamento com os consumidores por meio da linha ELF MOTO. A capacitação dos vendedores e aplicadores (mecânicos) é um dos passos da Total para alcançar 5% desse setor de lubrificantes. Responsáveis por orientar os consumidores sobre qual é o melhor produto, eles também levam informações precisas ao mercado. Em relação à distribuição, o esforço da companhia é no sentido de aumentar e fortalecer as parcerias em nível nacional. (04) 38º MEGACYCLE O encontro de motociclistas e famílias de várias partes do Brasil, aconteceu nos dias 22, 23 e 24 de setembro, no Areal do Pontal, próximo ao Centro Histórico da cidade de Paraty, no Rio de Janeiro. No local foi montada estrutura para receber exposição de motos, peças e acessórios, além de shows de Rock´n roll, acrobacias em motos, competição no dinamômetro, eleição da Garota Megacycle, concurso Barba e Bigode, braço de ferro, gincanas especiais, test ride e praça de alimentação.

06


(05) SALÃO DUAS RODAS Os apaixonados pelo universo das motocicletas esgotaram os três primeiros lotes antes mesmo da data prevista. Esse ano, a expectativa é de que o evento receba 260 mil fãs durante os seis dias do Salão Duas Rodas, que acontece de 14 a 19 de novembro no São Paulo Expo. Serão mais de 500 motocicletas expostas, 400 marcas presentes e mais de quatro mil horas de experiências exclusivas, shows, apresentações inéditas, performances e atrações de entretenimento. (06) CABRAL MOTOR HONDA EXPOE TWISTER CUSTOMIZADA A empresa traz uma novidade para os seus clientes. No showroom da primeira loja do Grupo, localizada em Curitiba (PR), está em exposição uma Scrambler 1701, projeto desenvolvido a partir de uma Honda Twister 250cc 0km. O projeto de customização é o mais novo lançamento da Machine Development Co., oficina de customização especializada em motos Honda, que está ampliando suas atividades com o objetivo de trazer para o mercado brasileiro motos 0km já customizadas com baixo custo e forte impacto visual. A motocicleta está em exposição por tempo limitado. Foram fabricadas apenas duas unidades do modelo que já estão à venda.

(05)

(06)

(07)

(07) PARCERIA ENTRE PIRELLI E MV AGUSTA Após décadas de colaboração, a Pirelli foi escolhida pela empresa de Schiranna como fornecedora única de pneus e, para celebrar o acordo alcançado, foi concebida uma versão dedicada da Brutale 800 RR em edição limitada que pode ser enriquecida com pneus coloridos exclusivos. A “Brutale 800 RR PIRELLI ” foi realizada pela MV Agusta em conjunto com Pirelli Design, o laboratório da Bicocca especializado na concepção de projetos de design em colaboração com parceiros de excelência, e será exposta no stand da MV Agusta na EICMA.

(08)

(08) BMW HP4 RACE A empresa mostra, no Salão Duas Rodas 2017, a superesportiva de edição limitada HP4 RACE. Apresentada no ano passado, no Salão de Milão, na Itália, a moto é fabricada em Berlim, na Alemanha, e tem produção limitada em 750 em um processo de montagem artesanal por especialistas da BMW Motorrad. O Salão Duas Rodas acontece entre os dias 14 e 19 de novembro no São Paulo Expo, na capital paulista. Sem preço para o Brasil, o modelo custa, na Europa, 80.000 € e US$ 78 mil nos EUA.

07


g n i t e mark rápidas de

(09)

(10)

(11)

(09) CONSÓRCIO HONDA APRESENTA NOVO POSICIONAMENTO A empresa pertencente à Honda Serviços Financeiros, apresenta megacampanha em todo o Brasil para reforçar a solidez e a força da empresa no mercado duas rodas no Brasil, que hoje representa 80% das vendas de motos da marca no país. Com o conceito “Consórcio Honda. É fácil e funciona”, a primeira campanha integrada, assinada pela agência Y&R, também valoriza o modelo de negócio como uma forma fácil e segura de realizar o sonho de adquirir uma motocicleta da marca. O modelo de negócio, concebido para facilitar a aquisição de motocicletas da marca, contabiliza mais de 35 mil contemplações todos os meses e já entregou cerca de 5 milhões de motos, ao longo dos últimos 35 anos. (10) NOVA DIRETORA DE MARKETING E COMUNICAÇÃO NA BORDOY A importadora espanhola Motos Bordoy, incorpora à sua equipe a publicitária Helena Delisle, que definirá e implementará estratégias de Marketing e Comunicação interna e externa, com o objetivo de aumentar a presença no mercado das marcas SYM, MACBOR e NIU, bem como o fortalecimento das marcas representadas em Barcelona, MV Agusta, Indian Motorcycles e Husqvarna. Helena Delisle é licenciada em Publicidade e Relações Públicas pela ESRP em Barcelona, tem treinamento em marketing digital e gerenciamento comunitário, branding e análise de mercado. (11) NOVO MODELO DE ATUAÇÃO A marca brasileira Dafra e o fabricante austríaco KTM anunciam o desenvolvimento de um novo modelo para atuação e gestão de negócios no mercado brasileiro, visando uma melhor sinergia entre as equipes, mais apoio aos concessionários KTM e um relacionamento mais eficaz com a imprensa. Segundo o comunicado distribuído pela Dafra, a KTM do Brasil passa a exercer função executiva da área de Marketing, sob responsabilidade de Rafael Vieira, Gerente de Marketing, e Luiza Pellicani, Assessora de Imprensa, com planejamento de ações em conjunto pelas duas empresas. Na área Comercial, a Dafra continua executando as atividades de nomeação de Concessionários KTM, bem como todas as atividades relacionadas à distribuição de motos da marca austríaca no país. A parceria entre as marcas é firmada desde 2014.

08

motomagazine


Publieditorial

FORA DO LUGAR COMUM

A

LM Moto é uma empresa voltada exclusivamente para o mercado de duas rodas. Fundada por Carlos Antônio Ribeiro, a história da LM começou em 1981, na cidade de Lagoa da Prata, interior de Minas Gerais, com a abertura de uma revenda de motos onde, posteriormente, teve início o comércio de peças originais e a distribuição de pneus Pirelli. Depois de se estabelecer no mercado como uma das maiores distribuidoras das melhores marcas nacionais de moto peças, em 2000 a LM Moto deu início ao trabalho de criação e desenvolvimento de suas marcas próprias. Para isso estruturou a abertura de um escritório na Ásia, estrategicamente localizado, que conta atualmente com 30 funcionários. Atualmente, quatro marcas próprias integram o vasto portfólio da LM: SCUD, X11, Power Racing e Maxtrava, sendo X11 e SCUD líderes em seus segmentos. Para deixar este portfólio ainda mais completo e conseguir atender as particularidades de cada cliente, produtos de mais de 50 marcas nacio-

10

nais e pneumáticos também são comercializados pela LM Moto. Além disso, a empresa possui exclusividade na distribuição de marcas de renome mundial, como Veloce, Choho e WRP. Na mesma época também teve início o processo de crescimento e estruturação dos operadores logísticos da LM Moto. A construção de centros de distribuição em áreas estratégicas do país foi pensada para otimizar ainda mais os serviços oferecidos aos clientes e assim proporcionar oportunidades de grandes negócios a todos. Cinco unidades com uma estrutura moderna e a mais alta tecnologia disponível no mercado são hoje responsáveis pela distribuição dos produtos em todo o país e estão localizadas taticamente em Lago da Prata – MG, Navegantes – SC, Cariacica – ES, Itupeva – SP e Aparecida de Goiânia – GO. Além disso, o setor comercial conta com quatro estruturas de vendas localizadas em Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e Goiás. Televendas capacitados estão prontos para a atender os lojistas de todos


Apostando no potencial do setor, LM Moto se transforma em referência na distribuição de Texto e imagem: Divulgação motopeças os estados brasileiros juntamente com representantes comerciais parceiros da Lagoa. WCO Logística (Aparecida de Goiânia)

LM Log Lagoa da Prata - MG

Para garantir a segurança e agilidade de todos os processos e oferecer uma adequada disponibilidade de estoque, a LM Moto possui um escritório corporativo em Belo Horizonte, onde trabalha um time de gestão estruturada e integrada, com gestores desenvolvidos na empresa e que estão aptos a sustentar todo o crescimento projetado para a LM. A LM Moto acredita muito no segmento de moto peças e no seu potencial de crescimento. A marca se orgulha de ser feita por pessoas que vivem o segmento de forma integral, utilizando os produtos distribuídos pela LM no seu dia a dia. Os investimentos em estrutura, serviços e produtos fazem com que cada dia mais a LM Moto seja reconhecida como uma distribuidora que saiu do lugar comum e que respeita seus clientes acima de tudo.

MB Distribuidora (Cariacica)

11


s a t o n

PIRELLI APRESENTA O NOVO DIABLO™ SUPERCORSA SP

Já na sua terceira geração e desenvolvido com os pilotos das classes Supersport e Superstock do Campeonato Mundial MOTUL FIM Superbike, este pneu race replica representa a solução homologada para uso nas ruas com o melhor desempenho concebido até hoje pela Pirelli. Ele conta com características idênticas em termos de desenho da banda de rodagem, perfis e estrutura em relação ao produto que é utilizado pela marca nas competições que, por regulamento, exigem a utilização de um pneu que não seja slick. Os pneus DIABLO™ SUPERCORSA SC, versão em composto do produto SP, são usados em todas as classes Supersport e Superstock do Campeonato Mundial para derivados de série e em todos os campeonatos nacionais nos quais a Pirelli participa como fornecedor único ou em regime de concorrência livre entre os fabricantes de pneus.

12

EXPOSIÇÃO DE MOTOS CLÁSSICAS Foi inaugurada em Matosinhos uma exposição sobre o motociclismo nacional no século XX. Trata-se de uma exibição que a ESAD-IDEA (Escola Superior de Arte e Design) conseguiu executar com a sua equipa e a curadoria do Professor Emanuel Barbosa. A exposição, que estará disponível até 31 de dezembro, tem lugar na Casa do Design de

Blog do Guma

ADVENTURE SPORTS FAIR Além de apresentar o que há de mais inovador em produtos, destinos, atrações e conteúdos em turismo e esportes de aventura para o público da América Latina, a 18ªedição da Adventure Sports Fair trouxe diversas atividades interativas em um único local. Quem garantiu o ingresso teve a oportunidade de experimentar modalidades destinadas para todas as idades, preferências e níveis de coragem. Simulador de Surf Indoor, Tanque de Mergulho, Pista Snowboard & Ski e Automóveis e Motos próprios para atividades de aventura foram algumas das atrações.

Em uma rota de mais de 25 mil quilômetros, passando por quase todos os países da América do Sul em uma Royal Enfield Classic 500, a engenheira alemã Simone Maria Richardt, foi da Colômbia ao Brasil. Depois de nove meses pelo continente ela chegou recentemente a São Paulo. Aos 36 anos, Simone já conheceu mais de 100 países, a maioria deles sobre duas rodas. Ela decidiu

deixar seu emprego em uma fabricante de peças automotivas para aproveitar melhor a viagem, sem pressa de voltar. O roteiro teve início em Medellín, na Colômbia, onde Simone adquiriu o modelo escolhido.

Matosinhos, no edifício dos Paços do Concelho, onde o visitante terá o prazer de viajar pelo século XX, gratuitamente. Fonte: Motociclsimo.

Pedro Pinto

VIAGEM PELA AMÉRICA DO SUL

motomagazine


MOTO AMIGA PROMOVE CURSO

Fonte: Site G1 Imagem: Arnaldo Félix

Em parceria com a Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (Destra) e com apoio da 4ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Caruaru e do Comitê Estadual de Combate aos Acidentes de Moto de Pernambuco (Cepam-PE), o projeto "Moto Amiga" realiza o curso de pilotagem defensiva para motociclistas em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O objetivo é disseminar os conhecimentos sobre o manejo eficaz das motos, sempre buscando a condução correta e segura, minimizando as possibilidades de acidentes de trânsito. A carga horária será de quatro horas/aula, das 8h às 12h. Entre os temas, serão abordados: definição e elementos da pilotagem defensiva; condução em condições adversas; condução em situações de risco; ultrapassagens; derrapagem; ondulações e buracos; cruzamentos e curvas; técnicas de frenagem; uso de EPIs; e manutenção correta das motocicletas. O curso é gratuito e acontece no Senai da cidade.

HARLEY DAVIDSON COMEMORA OS 60 ANOS DA SPORTSTER® Nascida a partir da crescente concorrência dos fabricantes britânicos, a Harley-Davidson Sportster® usou o modelo K (1952-1956) com seus cárteres únicos, mas substituiu as válvulas laterais do motor de 55 ci (883 cc) com válvulas de cabeçote. Também manteve a suspensão hidráulica dianteira e traseira, tecnologia avançada para aquela época. Nomeada de XL, a plataforma Sportster® demonstrou instantaneamente o seu valor, em termos de vendas e potencial de adaptação. E, como tal, é uma motocicleta que evolui constantemente, respondendo às necessidades do mercado e estabelecendo tendências. Um caso específico, a XLCH (Competition Hot) Sportster®, de 1958, tinha estilo e função off-road, além de um para-choque traseiro e o tanque peanut do modelo 5 125 cc de 1948 - e não seria um peixe fora d´água nos dias de hoje.

PRODUÇÃO DE MOTOS AUMENTA NO MÊS DE AGOSTO De acordo com a Abraciclo, a produção de motos no mês de agosto teve aumento de 12% em relação ao mês de julho, total de 80,2 mil unidades a mais. As vendas no atacado em agosto também registraram aumento, de 12,3% sobre julho, somando 72,8 mil motocicletas. Porém, os resultados de vendas e de produção na comparação com julho de 2016 e também no acumulado do ano estão em queda. Durante os oito meses deste ano foram repassadas às concessionárias 539,9 mil unidades, ou 11,1% a menos que em igual período do ano passado. Segundo a Associação, apesar da crise os resultados são animadores e devem melhorar até o fim do ano.

14

motomagazine


COMO GARANTIR UM BOM PREÇO DE SEGURO

De acordo com Jabis Alexandre, diretor geral de Automóvel e Massificados do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE, o valor do seguro varia conforme o perfil do cliente (sexo, idade, endereço etc.), perfil do uso (se utiliza para o trabalho, viagens e demais detalhes do deslocamento) e tipo do veículo (modelo, ano). Portanto, a dica é aproveitar da flexibilidade no momento da consulta. É possível escolher o total de indenização que julgar necessário para cada cobertura, incluir ou excluir itens, além de conferir a capacidade de parcelamento de pagamento sem juros.

O PADRÃO DE EXCELÊNCIA

MANUTENÇÃO PREVENTIVA As velas de ignição exigem atenção especial dos motociclistas, pois trabalham em circunstâncias mais severas nas motos do que nos automóveis. Por isso, é muito importante que a manutenção preventiva seja feita periodicamente. De acordo com a NGK, empresa especialista em sistema de ignição, é recomendável que isso seja feito a cada seis meses ou três mil quilômetros, para evitar problemas no veículo. A peça é responsável por conduzir a corrente elétrica sob alta tensão para o interior da câmara de combustão, convertendo-a em centelha que inflama a mistura ar/combustível. Hoje o mercado conta com velas especiais capazes de melhorar a eficiência dessa queima e, com isso, melhorar o desempenho do veículo, sem que sejam necessárias grandes adaptações no motor.

16

O alto padrão mundial que a Harley-Davidson Motor Company mantém há 100 anos requer um treinamento cuidadoso de todos os técnicos da rede de concessionárias de diversos países. A marca possui um moderno Centro de Treinamento localizado nas dependências da matriz, em Milwaukee, no estado norte-americano de Wisconsin. Lá, os técnicos aprimoram seus conhecimentos e se mantem atualizados sobre as mudanças de line-up e novos produtos. Atualmente, a HDU ocupa um espaço de mais de 2,8 mil m2, na sede da Motor Company, na Juneau Avenue, incluindo cinco laboratórios de aprendizado de alta tecnologia e quatro salas de aula. Todo ano, mais de mil técnicos e vários funcionários de outros departamentos, passam pelo local para se tornarem técnicos mestres, certificados pela HarleyDavidson. Para atingir esse patamar de reconhecimento, os funcionários precisam completar, pelo menos, 60 meses de serviço em uma concessionária autorizada, 263 horas de aula em treinamentos presenciais, mais de 50 aulas online, participação em fóruns técnicos, atualizações e avaliações.


s o t n e m a ç n la

LANTERNA 01 LED Stallion

Dupla com Luz de Freio, Pisca, e suporte para placa, Cores disponíveis: vermelho, fumê. www.stallionmoto.com.br

18

LANTERNA LED SIMPLES VERMELHA 2V Stallion

Lanterna de freio e de luz de placa. Luz avermelhada. Disponível na cor vermelha. www.stallionmoto.com.br

NOVAS CB 650F E CBR 650F 2018 Honda A Honda apimentou a linha 650 na versão 2018 dos modelos naked F e esportivo R. As novas 650 ganharam 1,5 cv e tiveram relações de marchas encurtadas, com novos grafismos, estarão disponíveis nas cores vermelho e azul perolizado. O motor, arrefecido a líquido, na versão 2018, a potência máxima passou de 87 cv a 11.000 rpm para 88,5 cv no mesmo regime. www.honda.com.br

CALÇA FORCE TEXX Com sistema de impermeabilidade STOPWATER e de refrigeração AIRTEXX. A calça é confeccionada em Poliéster 600D, painéis, localizados entre as pernas até os glúteos são em tecido 1600D para oferecer proteção e durabilidade. Com refletivo SHINE®, protetores EVOLUTION® em EVA nas laterais e no joelho, painéis em EVA EVOLUTION® na parte traseira, bolsos laterais de acesso rápido, ajustes na cintura em velcro e tecido com elastano no joelho e também na cintura. www.texx.com.br


CARCAÇA SUPERIOR PAINEL COM LENTES E CARENAGEM FRONTAL Rainha das Sete A carcaça superior painel com lentes ETE 2950, foi desenvolvida para modelos de motocicletas CG Titan 150 MIX até 2013. Já a carenagem frontal ETE 2513, é adaptável para CG Titan 150 Mix 2010, na cor laranja/preto. www.rainhadassete.com.br

ALLEGRO STYLISH Bieffe Design com casco alongado e injetado em ABS de alta absorção, verniz protetor e pintura mais resistente, grafismo em decal, revestimento interno removível e lavável em tecido antialérgico, viseira antirrisco em policarbonato de 2mm com dupla curvatura, viseira de troca rápida, anel antifurto, fecho micrométrico e viseira solar (Sun visor). Diversas opções de cores e tamanhos. www.bieffe.com.br

JAQUETA INFANTIL URBAN KIDS Riffel A peça conta com gola de neoprene, regulagem da cintura com velcro e ponto de ajuste com botão nos braços. Possui membrana resistente à água e forro interno removível em forma de colete para os dias frios. Com tecido resistente à abrasão em gramatura 300De, protetores homologados pela comunidade europeia localizados nos ombros, cotovelos e costas, refletivo para tornar a carona visível. www.riffel.com.br

19


s o t n e m a ç n la

LF-01 FAROL LED Stallion Lâmpada de Farol de LED de terceira geração, Universal para motos com aplicação H4, para uso em corrente contínua e alternada 3W/ 6W / (30W / 60W). B28. www.stallionmoto.com.br

20

CAPACETE FREEWAY WAVES Peels Casco injetado ABS, verniz protetor e pintura resistente, grafismo em decal, revestimento interno removível e lavável em tecido antialérgico, viseira antirrisco, viseira em policarbonato de 2mm com dupla curvatura, viseira de troca rápida, anel antifurto e fecho micrométrico. Tamanhos: 56, 58, 60 e 62. Cores disponíveis: Preto fosco/verde, preto/ vermelho, preto/rosa e preto/grafite. www.peels.com.br

QUADRICICLOS VERSÕES 2018 MXF Motors A MXF Motors do Brasil está renovando sua linha de veículos off road para o ano de 2018 e entre seus últimos lançamentos estão os novos quadriciclos off road da montadora, que são destinados para o público infantil, juvenil e adulto. Os produtos chegam ao mercado com melhorias no design e desempenho. Outra novidade é que a montadora agora nomeou os quadriciclos conforme o novo grafismo, que trazem os nomes Thor e Brave. www.mxfmotors.com.br


Harley Davidson

P roduto

Resistência à Água x impermeabilidade A Riffel Motospirit conversa com os consumidores de maneira transparente quando se fala em usabilidade dos produtos. Essa é uma forma objetiva de reafirmar compromisso da empresa com o consumidor. Pensando assim, a marca utiliza o termo “resistência à água” e busca mostrar a realidade para quem usa equipamentos de segurança Texto: Divulgação

22


e outras características. Mas para que o produto atenda às expectativas do usuário de 100% impermeável, alguns fatores externos, que influenciam na aplicação deste termo e no funcionamento do produto devem ser considerados. No conceito da Riffel, uma jaqueta para ser considerada 100% impermeável, ela deve garantir que, além da película estar com suas costuras perfeitamente estancadas, não entre água nem pelo colarinho, nem pelos punhos e nem pela cintura. Algo difícil de garantir, pois estas áreas não são lacradas. Desta forma podemos apenas informar que as jaquetas Riffel são resistentes a água no limite garantido pela película.

U

m acessório imprescindível e de grande importância para o motociclista. Ao pilotar uma moto, quem veste trajes resistentes à água, além de evitar que o corpo fique molhado, reduz o risco de hipotermia. Quem é ligado às duas rodas sempre busca alta qualidade e segurança nos produtos que utiliza. A Riffel Motospirit, marca conhecida no segmento, além de trazer o espírito do motociclista para os produtos, usa toda a usa experiência para desenvolver uma linha de roupas de segurança que ofereça o que o consumidor almeja, combinando a proteção que o motociclista precisa com o conforto, a tecnologia e o design que ele merece. Entre os elementos que envolvem a qualidade e usabilidade de um produto, está a impermeabilidade, que na Riffel é comunicada como “resistência à água”. Mas, porque a marca repassa para os consumidores que seus produtos são resistentes à água e não impermeáveis? Quando se fala nesse assunto, a Riffel busca conversar com o consumidor de maneira clara, objetiva e, é claro, transparente. A marca utiliza em vários de seus produtos a película com tecnologia Reissa®, uma tecnologia 100% impermeável (10.000mmH2O) e respirável. Todos os produtos passam por um teste rigoroso de qualidade, o que garante esta

motomagazine

Para garantir que o motociclista esteja protegido da chuva, a jaqueta deverá estar bem ajustada na cintura e conectada ao zíper da calça de segurança Riffel de forma a isolar esse ponto de abertura entre as peças. Nas mangas, o zíper deve estar bem ajustado. Recomenda-se o uso das luvas resistente à água para complementar o conjunto. O capacete também deve estar corretamente colocado. A barra da calça deverá ficar por cima da bota e bem ajustada. O uso somente de uma peça, sem as demais para formar o conjunto, aliado a intensidade da chuva, do vento e da forma de pilotagem, interfere diretamente no fator impermeabilidade, causando desconforto ao motociclista. Seguir todas as dicas de conservação e lavagem também é importante para aumentar a vida útil do produto. A resistência da película se mede por milímetros de coluna de água (mmH2O), ou seja, uma pressão aplicada a película. A quantidade de chuva, o vento e a velocidade de pilotagem, interferem neste fator de resistência da película. Para Charles Koschnik, diretor comercial da Riffel Motospirit, quando a empresa se comunica dessa forma, busca fazer com que os usuários estejam cientes sobre as diferenças entre esses dois termos. “‘Impermeável’ é algo difícil de ser atingido pelos motivos expostos. Já o termo resistente é o mais adequado, pois não temos os controles sobre os fatores climáticos e da correta utilização dos demais componentes do vestuário que formam o conjunto de segurança. Com esse posicionamento queremos reforçar a dificuldade imposta pelas características desse tipo de vestuário e em dominar os fatores externos mencionados no texto e, por isso, a Riffel optou em comunicar este atributo como resistente à água, sendo franca e clara com os consumidores”, expõe. Essas informações têm o objetivo de proporcionar ao motociclista os trajes mais adequados em dias chuvosos e o verdadeiro nível de proteção de cada um, tanto para homens quanto para mulheres que, por prazer ou para o trabalho, andam sobre duas rodas.

23


Encontro Bento

PAISAGENS NATURAIS EXUBERANTES E BONS NEGÓCIOS Bento Gonçalves, um dos belos destinos turísticos da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul, foi o cenário escolhido para a realização do 27º Encontro Motomagazine. O evento reuniu os principais fabricantes e distribuidores do setor em clima de descontração Texto: Joelma Farias Imagens: equipe luanda Patrocínio

Co patrocínio

26


O 27º Encontro Motomagazine, realizado de 20 a 21 de outubro, recebeu visitantes de diversas partes da região Sul, que se reuniram no hotel Dall’Onder interessados em bons negócios em motopeças e acessórios. O resultado não poderia ter sido melhor: a presença de empresários do setor foi superior ao esperado e o volume de negócios entusiasmou expositores. Mesmo diante de uma economia em recuperação, empresários comemoraram as vendas ao longo do ano e acreditam que o ano de 2017 será fechado com chave de ouro. Para 2018, depositam confiança em um crescimento significativo do setor. Segundo estimativas do Dieese, só o pagamento do 13º salário deverá injetar cerca de R$ 173 bilhões na economia brasileira. Mas mesmo antes desses dados, a economia brasileira já vinha apresentando sinais claros de recuperação. Logo após o pagamento do FGTS inativo, houve um aumento significativo de dinheiro em circulação no país, o que promoveu maior consumo pelos trabalhadores que tinham saldo para sacar. Foi nesse momento que muitos empresários aproveitaram para vender mais e investir em suas linhas de produção. Durante os dois dias do Encontro Motomagazine, as empresas participantes revelaram os desafios e a busca por soluções para os gargalos que ainda impedem o pleno desenvolvimento do setor, mas, mesmo diante de problemas, comemoram a fase positiva para os negócios. Para manter seus estoques repletos de opções de compras para o Natal, empresários compareceram ao evento com um único objetivo: realizar as melhores compras. Os expositores tinham as melhores condições para seus clientes, então, foi o casamento perfeito. As vendas de roupas, acessórios e outros produtos relacionados a duas rodas, aumentou expressivamente e isso tem explicação. Em toda a região Sul (Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina), segundo dados da Abraciclo, a frota circulante, em 2017, é composta por 3.745,748 de motocicletas. É um grande mercado que tem potencial para crescer ainda mais. MARCAS EXPOSITORAS E ENTREVISTADOS BATERIAS RAIOM No mercado desde 1995, a Raiom foi uma das pioneiras a produzir baterias reguláveis (VRLA), com alto teor de estanho (SN). A marca apresentou os modelos RTX 16- BS, RTX 14L-

BS, RTX12A-BS, entre outros. Para Vinícius Soares, diretor comercial da Raiom, o ano de 2018 pode ser muito promissor e pode marcar a recuperação da economia, mas independente disso, o trabalho continua para atingir, cada vez mais, a expansão da marca. “Espero que o próximo ano seja repleto de possibilidades de vendas. Sobre 2017, não tenho do que reclamar. As vendas corresponderam às nossas expectativas, mas esperamos que o próximo ano seja ainda melhor. Sobre as novidades da Raiom, Vinícius adianta. “A nova sede já está ficando pronta em Governador Valadares, Minas Gerais, onde teremos capacidade de produção 3x maior do que a que temos hoje. Precisávamos aumentá-la para suprir a demanda, até porque atendemos todos os estados brasileiros. Com essas reformulações na estrutura da empresa, esperamos atender nossos clientes com excelência”, conclui Vinícius. FABRECK No evento de Bento Gonçalves a fabricante apresentou grande mix de produtos, tais como: Baterias, pedal de partida, aro, guidão de alumínio, e também a linha de pastilhas, freios manetes, entre outros. A maioria dos itens fabricados pela Fabreck, são compatíveis com diversos modelos disponíveis no mercado, como a linha de nacionais e importados. Jaqueline Maciel, gerente de marketing da Fabreck, revela um cenário positivo esse ano e as perspectivas para o próximo ano são as melhores. “Tivemos um 2017 de crescimento, e para 2018 nossa meta é continuar crescendo e buscando avançar cada vez mais no mercado. Mas a velocidade do crescimento depende das estratégias que a empresa vai traçar, do que ela vai elaborar para poder continuar”, afirma. Jaqueline guarda suspense para as próximas novidades reservadas para o próximo ano. “Nossos produtos são fabricados no Brasil e atendemos exclusivamente ao mercado brasileiro, ainda não exportamos, mas para 2018, quem sabe?”. FISCHER FREIOS Com mais de 30 anos de tradição, e vocação para desenvolver tecnologia em produtos de frenagem, a Fischer apresentou toda a sua linha de freios compatíveis com todos os modelos de motocicletas disponíveis no mercado. Bruno Fischer, diretor da Fischer freios, adiantou novidades da marca no sentido de aumentar a

27


Encontro Bento sua produção. “Reativamos a nossa fábrica de discos de embreagem. Agora, temos discos de embreagem com composto de aramida, composto que proporciona um baixo coeficiente de dilatação para motos de maior potência, pois essas geram maior energia no funcionamento, então necessitam de materiais com maior resistência para à essa energia gerada. Então, montamos uma linha nova, uma fábrica nova, de discos e embreagens especificamente para essas baterias”, revela. Segundo o Bruno Fischer, os novos discos de embreagem com composto de aramida, vão custar um pouco mais que as embreagens padrões existentes no mercado, mas em compensação, terão um ganho maior de performance e qualidade. “Estamos também com uma linha de discos de freio toda em inox, com pastilhas de composto em carbono, que também é uma linha diferenciada voltada para alta performance desde a moto 125 como uma esportiva, motos de competição na qual utilizamos uma liga de inox especial com o tratamento que nós desenvolvemos dentro da Fischer no qual nosso objetivo é proporcionar o ganho de durabilidade do disco de freio e probabilidade quase 0 de trinca” Além das tradicionais pastilhas de freio, desde a linha básica até as pastilhas de cerâmica, carbono e aramida, a Fischer possui uma das maiores linhas de freios para motocicletas do país. “Nossos produtos são adaptáveis tanto em modelos nacionais quanto importados, mesmo porque temos de longa data uma política de exportação muito grande onde exportamos para países europeus como: Grécia, Portugal e Itália. Na África do Sul, Chile, Bolívia e Brasil, nesses países a variedade de modelos é enorme, então desenvolvemos uma linha de freios praticamente para o mundo inteiro. São cerca de

28

500 modelos diferentes, então é difícil haver uma motocicleta na qual a gente não atenda”, diz o diretor da Fischer. Para 2018 a Fischer promete novidades. “Não posso dizer nada ainda. Entendemos que se tudo der certo, será um grande sucesso. Aguardem!”, finaliza Bruno Fischer. PLASMOTO A marca lançou faróis da Burgman antiga, também uma linha de lanternas completas adaptáveis para Biz 125 da nova a antiga, linha de sinaleiras dianteira e traseira da Biz 125 e também da Pop. A empresa possui cerca de 400 produtos em faróis dos mais simples aos mais raros de serem desenvolvidos. Mesmo com a invasão chinesa, a Plasmoto conseguiu manter o seu espaço no mercado por conta da qualidade de seus produtos. O Encontro Motomagazine, proporcionou para a marca oportunidade de abrir horizontes e conquistar mais espaço na região sul. “A nossa participação nesse mercado representa cerca de 9% do nosso faturamento em relação ao mercado nacional. A feira nos ajuda explicar melhor a composição do produto que fabricamos e, dessa forma, ficamos mais próximos dos nossos clientes e fazemos outros tantos”, avalia Carlos Alberto, diretor da Plasmoto. A crise não foi problema para o avanço das vendas, que só crescem desde que a Plasmoto surgiu no mercado. “Esse ano conseguimos manter boas vendas devido a muitos lançamentos, foi um ano positivo nesse sentido. Houve também uma melhora na competitividade dos preços”, afirma Carlos Alberto. Para 2018, o empresário acredita que haverá uma melhora significativa nas vendas e fundamenta sua perspectiva pela investida da indústria automobilística no Brasil. “Acredito que

motomagazine


Encontro Bento será um ano muito bom, porque um sinal disso são os grandes investimentos que já estão acontecendo nas indústrias de automóveis, que estão investindo valores muito altos em plantas e modelos aqui no Brasil, isso significa que esses estão bem informados sobre a situação do país, pois eles têm consultores para fazer esse trabalho. Então, eu tenho certeza de que teremos um ano muito bom pela frente”, finaliza. ERBS A empresa especializada em baterias, apresentou modelos como ERX 6BS de 6Ah com nova tampa ergonomicamente projetada para melhor manuseio e manutenção. Também modelos como: ERX 4BS, ETX 5BS, ETX6LBS,ETX 7BS, ERX8BS, ETX8ABS, entre outras especificações. Para Everton Horn, gerente comercial da ERBS, houve uma retração no mercado nos meses de agosto e setembro. “Diante do problema, imaginamos na curva de anos anteriores uma recuperação em outubro, o que não aconteceu. O mercado em si é dinâmico e o movimento em lojas e distribuidores é intenso. A retração da produção de motos novas, sugerida para o ano de 2018 em 6%, nos favorece, pois trabalhamos no mercado de reposição. O que significa que mais revisões terão que ser feitas na frota circulante este ano. Mesmo com o desempenho de vendas um pouco prejudicado este ano, as perspectivas são de crescimento para 2018. “ Hoje respondemos por aproximadamente 10% do mercado nacional. A projeção para 2018 é buscar mais 8 a 10% número bem ambicioso frente ao cenário de retração. Estamos trabalhando forte em inteligência de mercado para encontrar o caminho mais curto e rápido para este aumento”, conclui Everton Horn. TECHNIC Com muitas novidades a marca destaca a linha City Turbo, sem câmara. Além de pneus da Iron, adaptável para a Harley-Davidson e motos grandes. Pneus

30

Citycom e pneus para passeio de linha automotiva (Kombi, Fusca militar e Opala. Outra novidade é a fabricação de pneus agrícolas com três medidas diferentes. “O mercado brasileiro é um campo fértil para a Technic, não temos do que reclamar. Estamos em pleno crescimento, apesar de toda a crise do País, inclusive exportando para vários países. São vinte e sete anos de história e temos um mix com 62 medidas de pneus diferentes, e até o fim do ano, serão, aproximadamente, 70 medidas em nosso portfólio. A Technic não vai parar por aí! A produção de novas medidas de pneus será mensal para atender às novas demandas que vão surgindo”, comemora Leonor Fernandes, gerente de marketing. FIREBREQ FREIOS Participou da feira com patins destinados para trilhas (adaptáveis para modelos CRF), cubo e mais opções de pastilhas para moto metálica. E com lançamentos de manetes adaptáveis para modelos Honda. “Aqui no Rio Grande do Sul, tivemos uma experiência muito boa com essa feira. Eu não imaginava que teria tanta gente. Para ter uma ideia, meus brindes acabaram hoje (no último dia do encontro) ao meio dia. Estou impressionado, pois fiz bons contatos, conheci muita gente boa, revi muitos clientes antigos e conversei com potenciais clientes. Estamos animados com os resultados que tivemos e que teremos”, comemora Luís Agnaldo, gerente de vendas da empresa. A marca ressalta a qualidade de seus produtos e o melhor custo benefício, como maior diferencial. KRATER Apresentou guarnições de borracha, flanges de alumínio, sensores de temperatura de água, óleo, arrefecimento, reguladores de pressão de combustível, jogos de juntas de motores, kits de preparação para motocicletas. Isso é importante para o mercado porque desde 2009 as motocicletas

motomagazine


A Studio Motos, empresa presente há mais de 30 anos no mercado gaúcho, conta com mais uma loja com um novo conceito em Porto Alegre. Além das motos esportivas, o mercado Big Trail vem tomando conta no RS, e porque não investir nesse estilo que só demonstra o quanto é importante aproveitarmos a vida de forma moderada e qualificada sem perder o espírito de aventura?! A Loja conceito tem como destaques: produtos de extrema importância para sua proteção e de sua moto, ambiente aconchegante e tranquilo para você avaliar as melhores oportunidades, lançamentos de produtos das principais marcas do mercado e ofertas exclusivas.

Filial (fotos)

Matriz

Av Souza Reis 340 Sao João T.: (51) 3061-0909

Av Protásio Alves 4632 Petropolis T.: (51) 3062-7072


já estão saindo com injeção eletrônica de fábrica, que devem ser reparadas semestralmente. “O ano de 2018 será bom desde que você trabalhe muito, se recicle, visite o seu cliente e utilize todos os tipos de mídias para apresentar seu produto e a sua empresa. A expectativa é de que será um ano melhor do que 2017”, revela Gislene Gianetti, diretora comercial da Krater. Fabricantes de autopeças desde 1991,a marca está há 7 anos no mercado de motopeças. LAQUILA Presente no mercado há mais de 20 anos, a Laquila, distribuidora de peças, acessórios e vestuário para motos de todas as cilindradas, street e offroad, apresentou diversas peças de reposição para motores e de vestuário, como jaquetas macacões e segunda pele. “Nos últimos quatro meses tivemos um crescimento surpreendente. Estamos muito otimistas em relação ao ano de 2018, mas com o pé no chão. O fato de crescermos tanto em meio à crise, cerca de 15% a 20%, nos dá essa impressão de que o próximo ano será bem melhor do que esse. Vamos trabalhar muito sempre para atingir os melhores resultados”, diz Charles Reis, gerente nacional de vendas. A marca se compromete a oferecer sempre os melhores serviços, e, dessa forma, estar à frente dos concorrentes. GVS A fabricante de piscas, retrovisores, guidões e acessórios adaptáveis as principais motocicletas do mercado. “O mercado sul para a GVS é gigantesco. Temos muitos parceiros e todos os grandes atacados e atacarejos dessa região têm uma parceria muito forte com a nossa marca há muitos anos. Essa feira muito bem movimentada veio a calhar, pois tivemos a oportunidade de fazer novas parcerias. Vieram clientes de praticamente todas as regiões do estado,

32

superou todas as expectativas e foi muito proveitosa para nós”, Edilson Tenório, gerente comercial da marca. A marca promete muitas novidades com bons preços e qualidade garantida para 2018, tanto para novos produtos quanto para a linha tradicional. KING MOTO PARTS A marca apresentou ao público seu KIT Transmissão. “O mercado está bem aquecido. Temos 27 milhões de motos circulando, e 2º maior mercado de auto peças, perdendo somente para os veículos”, explica Rafael Cintra, diretor comercial da King Moto Parts. O produto, que antes não existia do mercado está sendo bem aceito. “Criamos um produto de alta performance, qualidade e designer. Levando para o cliente o que ele sempre buscou, que ele sinta segurança em comprar. Porque o mercado está carente de produtos bons”, conclui. STALLION MOTO PEÇAS Expos acessórios para moto, tais como retrovisores, piscas, lâmpadas de led, capas para banco, farol de milha e similares. “O mercado é amplo e vem crescendo gradativamente com uma potência já prevista pelos investidores. Nossos produtos vêm sendo um referencial principalmente na linha de lâmpadas, atualmente conhecida como LF-01”, explica Denise Fignana, vendedora da marca. CHAPAM Destaque para os novos bauletos em alumínio, que entrou em fase de produção na mesma semana do evento. “O mercado não está legal para o ramo de motopeças. Essa crise que está demorando demais para passar está nos fazendo reduzir produção e investir pouco. A inadimplência está alta, temos medo de vender e não receber. Em contra partida a tributação está arroxada e não se vê a curto prazo

motomagazine


Encontro Bento uma melhora nesse sentido, pelo contrário, temos sinalização de aumentos tributários”, desabafa Jaimar Edson Meneghel, administrador e financeira da Chapam. Os produtos da marca tem boa aceitação, graças à seriedade e qualidade dos produtos apresentados ao consumidor final. VEDAMOTORS Juntas de motores, kits cilindro, pistões, bielas, retentores, guarnições, etc. “O mercado AFTER duas rodas têm se mostrado promissor, pois a economia atual tem levado à uma diminuição da aquisição de novas motos e consequentemente o aumento no investimento em manutenção das motos em circulação. Outro mercado em crescimento é das motos de alta cilindrada, o que gera demanda de peças de reposição para este segmento”, diz Hananias Espíndola, gerente de vendas da Vedamotors. Os produtos fabricados pela empresa, são bem recebidos pelo mercado e as vendas crescem a cada ano. JR MOTOS A marca apresentou novidades em pneus, peças e baterias. Para Silvio Cohn, diretor da JR Motos, o mercado de peças e pneus de moto nesse momento no Rio Grande do Sul está com desempenho abaixo do esperado, mesmo com a economia do país dando sinais de recuperação. Contudo, os produtos que distribui estão ganhando espaço no mercado devido à alta qualidade e melhor custo-benefício, se comparado a outras motopeças fabricadas ou distribuídas por outras empresas. “Somos distribuidores/atacadistas e temos um mix de produtos variado, trabalhamos com marcas

34

competitivas e conhecidas no mercado, por isso temos ótimos clientes e conseguimos manter boas vendas”, afirma Silvio Cohn. EMTECORP Lançamentos de Kit de relação, câmara de ar rolamento e itens de bike (movimento central e de direção). Mesmo diante de um cenário de crise, a Emtecorp cresceu em torno de 40% só este ano e espera crescer progressivamente nos próximos anos com a recuperação da economia brasileira. Em relação ao desempenho da marca no mercado, Fernando Carvalho, vendedor da Emtecorp, revela. “Este ano começamos a trabalhar com kit de relação e câmara de ar, o que alavancou bastante as vendas”. TOTAL MAXPARTS Produtos de marca própria, com destaque para a linha de óculos e jaquetas da Jet Adventure, correntes, kits de transmissão e baterias TKS, rodas de liga leve Cidaso e painéis e lâmpadas Tronik. Jacques Ribeiro, diretor da Total Maxparts, revela que a alta competitividade do mercado acaba beneficiando quem tem os melhores produtos e oferece os melhores serviços. “Com a demanda reprimida, empresas estão fazendo grandes ofertas para tentar manter os números de faturamento dos anos anteriores. Felizmente estamos conseguindo superar nossas expectativas, apesar de todas as dificuldades. Oferecemos ótimos preços e qualidade em nossos produtos. O cliente sabe reconhecer o que realmente é bom”. PANTANEIRO A empresa apresentou botas de PVC, polainas de PVC e nylon, capas para cobrir motos, capas para banco em PVC, jaquetas de frio Parka feminino e

motomagazine


Encontro Bento masculino, conjuntos em PVC infantil, feminino, masculino e transparente, conjuntos em nylon poliamida 70, feminino e masculino, macacão em nylon poliamida 70, conjuntos estilo feminino e masculino. Há 25 anos no mercado, a empresa Pantaneiro vem se consolidando dentro do cenário de 2 rodas. Com investimentos em novas tecnologias e qualidade, a empresa está conquistando o mercado de impermeáveis produzindo sempre os melhores produtos. Com sólidas parcerias a marca se destaca no mercado pelo trabalho dedicado de uma equipe com mais de 250 colaboradores internos e externos para atender clientes em suas necessidades. “Presente em todo território nacional e alguns países da América Latina, a marca se destaca a cada dia, sendo uma das 3 principais fabricantes no mercado de 2 rodas. Destacamos o endomarketing para melhorar a nossa participação entre todos os nossos processos de vendas, ou seja, encantar o cliente, gerando satisfação e aumento dos negócios”, revela Nivaldo Gutierre, coordenador nacional de vendas da Pantaneiro. Sobre o ano de 2017, Nivaldo está otimista em relação ao ano de 2016. “Esperamos atingir um crescimento mínimo de 7% em relação ao ano de 2016”. LM MOTO A LM Moto apresentou linha completa de vestuário x11, linha de peças de reposição SCUD, Yuasa, KMC. Augusto Munchen, supervisor de vendas da LM Moto, revela que o mercado está em recuperação e mostrando sinais de melhora, com isso a marca está lançando novidades para crescer ainda mais. “Tivemos diversos lançamentos que nos auxiliaram esse ano, e sempre focamos na qualidade dos produtos que comercializamos”.

36

JAYFEX CONSULTORIA E COMÉRCIO EXTERIOR A Jayfex apresentou kit de transmissão de alta tecnologia. Sobre o mercado, Karol Ravel, supervisora comercial, afirma que há muita concorrência, mas consegue se sobressair das demais marcas disponíveis no mercado por conta das constantes melhorias realizadas em sua linha de produção. “Nosso produto está muito bem posicionado, estamos ampliando o mercado nacional, com um crescimento expressivo, voltado para produto de alta qualidade”. FILTRAN ANDORINHA A empresa é especializada na comercialização de filtros para motocicletas (ar, óleo e combustível) Perla Volner, gerente de marketing da Filtran, fala sobre o posicionamento de seus produtos no mercado. “O mercado de motocicletas está em ascensão e o consumidor está cada vez mais consciente quanto a troca dos filtros, gerando demanda e resultando em crescimento. Estamos bem posicionados no mercado, junto aos principais distribuidores, além de forte participação no varejo”, afirma. A marca levou seus principais produtos para o 27º Encontro Motomagazine e recebeu em seu estande inúmeros clientes com cordialidade e o profissionalismo de sempre. PROTORK O 27º Encontro Motomagazine correspondeu às expectativas do Grupo Pro Tork, que participou da feira com várias de suas marcas: Pro Tork, Eninco, Cromo Forte e Mixs. O catálogo geral conta com mais de 30 mil produtos, entres eles, capacetes, escapamentos, plásticos, equipamentos de

motomagazine


Flash

38

baixe as fotos em: www.luanda.com.br/fotos-encontrosmoto


39


Encontro Bento proteção, entre outros. Foram expostos os principais itens de cada linha. Na avaliação de Marlon Bonilha, diretor-presidente do grupo Pro Tork, o sucesso das marcas está relacionado diretamente ao atendimento personalizado aos seus clientes, linha de produção com produtos de alta qualidade e tradicional respeito ao consumidor. As marcas relacionadas ao grupo Pro Tork, tradicionalmente apresentam ao mercado produtos inovadores, que são testados e aprovados pelos melhores atletas do motociclismo, e encontraram oportunidades mesmo diante de tempos incertos tanto na política quanto na economia brasileira. “Nosso mercado passou por uma crise, assim como todos os outros, mas agora está reagindo. Felizmente, o Grupo Pro Tork tem quase 30 anos de fundação, é bem estruturado, domina todos os processos de produção, tem parceiros comerciais fortes, não só no Brasil, como também no exterior. Enfim, estamos bem preparados para enfrentar momentos de adversidade, logo, não sentimos tanto”, revela Marlon Bonilha. Os investimentos em pesquisas e novas tecnologias, fazem parte da política da empresa, dessa forma conseguem manter o melhor custo-benefício oferecendo produtos com qualidade superior quando comparado aos principais concorrentes. PROTERCAPAS

40

A fabricante é especializada em capas de banco para motos, mochilas e roupas impermeáveis. Após alguns anos de pouco crescimento econômico, Herlanio Machado, sócio da empresa Protercapas, afirma que o mercado está se restabelecendo aos poucos, mas ainda cauteloso na hora de repor o estoque. O incontestável sucesso da fabricante é resultado do compromisso da marca com a qualidade de tudo o que produz. “Nosso produto tem excelente aceitação no mercado e avaliação acima da média e com preços competitivos”, afirma Herlanio.

ENCERRAMENTO

O término do 27° Encontro Motomagazine foi marcado pela apresentação do grupo Rastros do Tempo, na Casa Show Sauvignon, no próprio hotel do evento, que teve aproximadamente 45 minutos de duração, impressionou e animou o público presente com performances baseadas na cultura local. Queremos agradecer aos nossos patrocinadores e apoiadores, que acreditaram em nosso trabalho e participaram ativamente nos dois 2 dias de feira, o que reforça a credibilidade dos eventos promovidos pela Motomagazine. A contratação de artistas para o show de encerramento, que prestigiou a todos os participantes de mais uma edição de sucesso do Encontro Motomagazine, só foi possível pelo apoio de parceiros como: Binatti, Chapam, Erbs, Fabreck, Firebreq, GVS, Paulinho Motos, Plasmoto, Protork, Provision, Raiom, Renascença, Siverst, Stallion Moto, Technic e Valflex.


41


e t r o p es rápidas do

Copa EFX DE ENDURO

A Copa EFX Brasil encerrou a temporada 2017 em Guararema (SP). Entre os mais de 100 pilotos que disputaram a sexta e última etapa da competição de enduro, mais uma vez o português Luís Oliveira se sobressaiu, venceu a disputa na Geral e na categoria Elite conquistando os títulos de forma invicta. A temporada perfeita do piloto da Honda Racing Enduro Team chegou a ser ameaçada pelo seu companheiro de equipe, Júlio Ferreira, que começou o dia na frente. Na rodada final, as motos percorreram três voltas de aproximadamente 35 quilômetros por trilhas com trechos bastante lisos. No fim, Oliveira reagiu, superou Ferreira e manteve o domínio absoluto na competição.

REA VENCE NO GP DA ESPANHA E KAWASAKI CONQUISTA CONSTRUTORES A Kawasaki Racing Team teve um final de semana quase perfeito na disputa da etapa da Espanha do Mundial de SuperBike. O campeão antecipado, Jonathan Rea venceu as duas baterias no tradicional Circuito de Jerez e a Kawasaki confirmou o favoritismo e conquistou o campeonato na disputa entre fabricantes. A marca japonesa alcançou 549 pontos e comemorou mais um título nesta temporada. A

44

12ª e penúltima rodada da competição só não foi ainda melhor devido aos resultados de Tom Sykes (#66). Apesar de comemorar o centésimo pódio da carreira, o piloto britânico perdeu a vice-liderança do campeonato e agora ocupa a terceira posição, empatado em número de pontos com Chaz Davies (#7), da Ducati.


YAMAHA É CAMPEÃ MUNDIAL DE SUPERSPORT

Yamaha é campeã mundial da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) de Supersport de 2017. Ao guidão de uma Yamaha R6, o piloto da Equipe GRT Yamaha Lucas Mahias, fechou com chave de ouro a última rodada da temporada do campeonato destinado a motos esportivas de 600cc, na etapa realizada no Catar. Mahias, que precisava apenas terminar em décimo para garantir o título, não abriu mão de conquistar o campeonato com uma vitória. Demonstrando ter, além de grande habilidade e controle de sua Yamaha R6, um grande controle emocional, o piloto suportou a pressão das acirradas disputas e venceu a corrida por apenas 0.023s de vantagem sobre o segundo lugar Jules Cluzel.

GRANDE FINAL DO SUPERMOTO 2017 EM REGISTRO Durante o último fim de semana aconteceu a grande final do Campeonato Brasileiro e Paulista de Supermoto 2017 na cidade de Registro, no Vale do Ribeira, Estado de São Paulo. A categoria que deu início às atividades de domingo foi a SM Bikers e Bikers Pro. Mauriti Junior, que fez uma temporada impecável, levou o campeonato na SM Bikers, sendo Rodrigo Medeiros o Vice-Campeão. Na Bikers Pro, mais uma vez Juninho Trudes levou a melhor

e garantiu o Bicampeonato, seguido de Simão Lawant. Nas categorias de base SM3, com motos nacionais, Fabio Teixeira Florian, o adolescente de 12 anos de idade , foi o grande Campeão, seguido por Denis Ramos. Na SM3 Pro, Thiago Marques garantiu o Bicampeonato e Ruan Burdino o vice.

Fábio Coelho Amaral, da O2BH Yamaha, vence a Categoria Brasil e deixa mais azul o principal enduro do Brasil, que comemorou 35 anos de existência. Após rodar mais de 700 quilômetros em quatro dias de prova, largando da Basílica, em meio a terra, lama e as naturais dificuldades das trilhas, Fábio Coelho Amaral foi o grande campeão da Categoria Brasil, destinada às motocicletas nacionais. Para a Yamaha, a vitória é ainda mais especial: a primeira moto a vencer o Independência foi uma saudosa e igualmente valente Yamaha DT 180, em 1983.

Divulgação/Sampafotos

SBK BRASIL 2017

BRASILEIRO DE CICLISMO DE PISTA ESTÁ CONFIRMADO EM INDAIATUBA

Com expectativa de reunir cerca de 300 ciclistas de várias partes do país, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) anunciou a realização do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista, que acontecerá do dia 27 de novembro a 03 de dezembro, no Velódromo Municipal da cidade de Indaiatuba, em São Paulo. O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista 2017 irá adotar uma nova estrutura de programação, incluindo em uma única competição as categorias Elite, Junior, Juvenil e Infantojuvenil, todas nos gêneros masculino e feminino. A experiência já foi testada no ciclismo de estrada e está sendo estudado a sua permanência para as próximas temporadas.

45


e t r o esp rápidas do

CAMPEÕES COMEMORAM TÍTULO EM FARROUPILHA (RS)

O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM para motocicletas encerrou a temporada 2017 com grande festa em Farroupilha (RS). Após muita chuva e barro pilotos de 11 categorias comemoraram os títulos. Garantiram as taças o português Luis Oliveira (classe E1, equipe Honda Racing), os capixabas Bruno Crivilin (classe E2, equipe Orange BH KTM) e Tiago Wernersbach (E4, Moto Litoral Honda), os mineiros Rômulo Bottrel (E3, Orange BH KTM), Nielsen Bueno (E35 / Sacramento Racing KTM) e Pélmio Simões (classe E45 / Orange BH KTM) e o paulista Vinícius Calafati (EJúnior, Sacramento Racing KTM).

RIGOR RICO E RONALD SANTI SÃO CAMPEÕES BRASILEIROS DE HARD ENDURO

Os mineiros Rigor Rico e Ronald Santi são os primeiros campeões brasileiros de Hard Enduro da história. Pilotos do Team Rinaldi, eles garantiram de forma antecipada as taças das categorias Ouro e Prata, respectivamente. As conquistas foram confirmadas neste domingo (29) após a quinta e penúltima etapa do calendário, formada por dois dias de disputas nas trilhas de Caxias do Sul (RS). O Hard Enduro é uma modalidade cada vez mais praticada no Brasil. O campeonato nacional estreou em 2017 e reuniu grandes nomes do motociclismo off-road.

46

motomagazine


Motomagazine 104  
Motomagazine 104  
Advertisement