Page 1


Ficha Técnica Quadro MTB Hydroform em alumínio liga 6061-T6

Câmbio traseiro SHIMANO Acera 8v. Câmbio dianteiro SHIMANO ALTUS.

Garfo c/ suspensão Alum. Zoom 100mm c/ trava e regulagem PROMAX Alavanca de Câmbio Ezze-Fire plus Shimano EF-51 8v. Guidão DH 31.8mm Alumínio pto. PROMAX Suporte de Guidão 31.8mm Alum. Pto PROMAX Cassete 8v index SHIMANO HG41 Pedivela Alum. Prowheel Preto 24/32/42 Mov. Direção Ahead Set Mega Over Freio a Disco mecânico PROMAX

Selim MTB Gallo Pedal 9/16 alumínio MTB c/ esfera Pto Canote Selim Al. c/ carrinho pto. PROMAX


CONTEÚDO CAPA

38 Italiano vence o Tour de France 2014 PRODUTO

LOJA

36

18

Um empreendedor, dois endereços. O primeiro tradicional, o outro moderno e atraente

GENTE Cândido Peixoto

22

ARTIGO

EVENTO

26

Novo Alivio M4000

34

Uma convenção tradicional

Bikes recebem selo qualidade

SEÇÕES

Editorial Correio Notas

05 06 08

Tendência Marketing Nacionais

24 44 48


Luanda

Diretoria Osmar Silva José Haroldo G. Santos

Edição 196 - Julho 2014

Editor Osmar Silva osmar@luanda.com.br

Diretor José Haroldo G. Santos haroldo@luanda.com.br

Redação Hylario Guerrero (MTB 13468) hg.noticia@luanda.com.br Joelma Farias redacao@luanda.com.br Angela Davis V. Silva angela@luanda.com.br Arte e Diagramação Bruno R. Mello dos Santos Diego Igor de Oliveira midia@luanda.com.br arte@luanda.com.br Publicidade: Luanda Brasil Serviços de publicidade Ana Paula Lima José Ricardo Gomes vendas@luanda.com.br

EDITORIAL

Enfim, a Copa 2014 terminou! Nem foi um grande desastre como as previsões gerais, tão pouco a Copa de todas as Copas como preconizou a Presidente. Deixou sim um período que gerou um buraco nas vendas, principalmente no comercio de produtos industrializados. Até os aparelhos televisores que alcançaram bons números de vendas, não podem ser considerados como sucesso. O varejo tem promovido liquidações daqueles modelos gigantes. Cerveja, carne e carvão para a realização dos churrasquinhos antes, durante e após os jogos ‘bombaram’, como se diz popularmente. Mesmo no pós Alemanha houve reuniões para o consumo dos produtos que já estavam comprados. O fogo aceso, a carne na brasa e a cerveja gelada. Não dava para desperdiçar. Então, afogaram-se as mágoas, a bronca com o Felipão e digeriram os incríveis 7x1. Na próxima eles vão ver... O pior mesmo, foram os 3x0. Pô, nem o terceiro lugar! No fim, torcemos todos para os germânicos contra os hermanos. E todos foram comemorar. Onde já se viu eles pretenderem ser campeões no ‘Templo Sagrado do Futebol’, o nosso Maracanã? De qualquer maneira, pelo menos os vice-campeões de 50 já não são mais os únicos a perder em casa. Estão inocentados por esta geração do selecionado nacional. Agora, esperamos que 2014 realmente inicie. Que haja movimentação dos negócios, que a vida retorne à normalidade. O PIS/PASEP já está à disposição dos trabalhadores e outras verbas começam a ser liberadas, como sempre acontece em períodos eleitorais. Consequentemente, deverá acontecer um aquecimento no mercado, a produção voltará aos melhores níveis e os pedidos para a composição dos estoques idem. Daqui a pouco, teremos as datas promocionais, Dia das Crianças, Natal, o final de ano, presentes, etc... Assim esperamos. Todos nós

Administração Caio Matheus V. Paiva Fernanda Oliveira Juici Monteiro luanda@luanda.com.br

Jurídico Dra. Adriana Carla Gomes P. Silva Assessoria gráfica Pavaprint Impressão Nywgraf R. Joaquim de Almeida Moraes, 273 Jd. Magali - CEP 02844-000 - São Paulo/SP Tel.: + 55 (11) 3461 8400 / 3461 8401 Fax: + 55 (11) 3923 5374

A cyclomagazine aceita matérias técnicas como colaboração. Os artigos deverão vir acompanhados de fotos ilustrativas com as respectivas legendas e curriculum do autor. A revista não se reponsabiliza por opiniões e artigos assinados que podem ou não expressar a mesma opinião do editor. As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade do autor. A revista não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios veiculados, nem por aquisições em função destes. Todos os direitos reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio, sob pena de procedimentos legais. A revista cyclomagazine é uma publicação mensal da Luanda Editores Associados LTDA., e tem sua marca registrada no INPI sob o número 820.332.593

Foto capa: divulgação | letour.fr


CORREIO

INTERAJA COM A REDAÇÃO

Email: redacao@luanda.com.br Site: www.luanda.com.br

Endereço: R. Joaquim de Almeida Morais, 273 - CEP: 02844-000, São Paulo - SP

Procura de fornecedor

Preciso saber se fabricam bicicletas para ações promocionais. Bicicleta de 6 lugares. Jeane Dantas Rio de Janeiro RJ

Resposta da www.escoladebicicletas.com.br Aí no Rio de Janeiro tem alguém que está fazendo bicicletas em pequena escala. Tentei encontrar o endereço, mas infelizmente não consegui. Estou copiando um amigo daí que talvez tenha o contato. Aqui em São Paulo tem a Dream Bike, que faz qualquer coisa. http://www.dreambike.com.br/ Dependendo de como queira a bicicleta aqui em São Paulo tem o 'Tom Cox' que fazia os protótipos da Caloi e hoje está fabricando alguns modelos especiais. As referências que tenho dele, são as melhores possíveis. https:// www.facebook.com/pages/Tom-Cox-Oficina-deBicicletas/163476727084923 Sei que há mais fabricantes de bicicletas especiais, nomes novos no mercado que ainda não conheço pessoalmente, não posso falar sobre o trabalho e, novamente, infelizmente não tenho os contatos. Arturo Alcorta Escola de Bicicleta www.escoladebicicleta.com.br Gostaria muito que vocês me mandassem o endereço e/ ou telefone da fábrica WALDSTIK EXTENSORES PARA BAGAGEIROS DE BICICLETAS, pois perdi o contato, nota fiscal etc., e não me lembro de quem era o representante quando eu comprei. O telefone que consta na revista online; lista de fabricantes Cyclomagazine 2007 e 2011, respectivamente, o número que consta é de São Paulo, mas atende em uma residência e

06 | cyclomagazine

eles não sabem informar nada sobre a fábrica. Rogério Figueiredo Araruama-RJ

é assim, dinâmico. Enquanto uns saem outros procuram espaços e ainda outros oferecem oportunidades.

Resp.: Quem puder colaborar informando a ambas necessidades, agradecemos.

Oportunidade profissional

Estamos contratando representantes para diversos estados do Brasil. Quem se interessar enviar currículo para marcelomenezes@proxbike.com.br PROX IND. E COM. DE ARTS. ESP. LTDA São Paulo- SP

Despedida

Muito obrigado à Metalúrgica Duque, aos meus colegas de trabalho, representantes e clientes que ao longo desses três anos me deram a oportunidade de evoluir como profissional e como pessoa. Encerro o meu ciclo na empresa. Coloco-me à disposição da empresa no que ela precisar nesse processo de retomada. Dejair Micheluti (dj) METALÚRGICA DUQUE S.A.

Profissional disponível

Mais uma vez busco oportunidade e novos desafios, já que o projeto Bravvos não seguiu. Sendo assim, tenho minha experiência profissional muito focada ao segmento de duas rodas como Gestor na área comercial. José Roberto Di Cicco São Paulo- SP Resp.: Situações diferentes, mas que envolvem profissionais tarimbados, competentes. O mercado

Correção de informação no texto da matéria 'Uma loja do tempo dos nossos avós'

A SCATT BIKES é um bike shop com show room de mais de 450 m² onde o cliente encontra bikes, acessórios e componentes de diversas marcas do mercado. - Não trabalham com a marca Linus. - O ‘velho’ Oronzo, bisavô de José Scattone, passou a loja para os filhos Pascoal e Pedro. Com o passar dos anos Oronzo Scattone Neto, filho de Pascoal, também entrou para 'tocar' a empresa. Após o falecimento de Pascoal, os netos José Adelino e Oronzo Scattone se juntaram ao pai Oronzo Scattone Neto para dar continuidade à empresa. Em 2008, Neto como era conhecido pelos clientes faleceu. Assim, os filhos José e Oronzo passaram a administrar a empresa junto com a mãe Ângela e a esposa de José, Alesssandra. Hoje, juntos trabalham em prol do sucesso da empresa. Como serviço complementar, oferecem para o cliente como opção a cobertura de seguro. A bike sai da loja segurada pela empresa Estar Seguros.

Curta Cyclomagazine no face


NOTAS Projeto Maria Bicicleta conta a história das ciclistas de Lisboa Um documentário online busca retratar o cotidiano das mulheres ciclistas de Lisboa: esta é Maria Bicicleta, que une a paixão pelo uso das bikes com o cotidiano de diversas ciclistas da cidade portuguesa. Durante vinte semanas, 20 perfis foram disponibilizados na página, em uma série de cinco imagens para cada uma das ciclistas. Laura Alves e o fotógrafo Vitorino Coragem, são idealizadores do projeto. O documentário fala sobre a relação entre o ciclismo e as mulheres, além do uso da bicicleta em algumas cidades de Portugal.

Bicicletas como meio de transporte em BH As bicicletas estão ganhando as ruas do caótico trânsito de Belo Horizonte (MG). Os reflexos desse crescimento são sentidos em vários segmentos: o número de pessoas interessadas em aprender a usar esse meio de transporte e se informar sobre as melhores rotas aumentou de maneira expressiva. Dados da Pesquisa Origem e Destino – feita pela Secretaria de Estado

08 | cyclomagazine

de Transportes e Obras Públicas (Setop) – já revelou a adesão às ciclovias. Em 2000, no primeiro estudo, eram 25 mil viagens diárias. Há dois anos, o número saltou para 130 mil viagens/dia e a previsão é alcançar 250 mil viagens em 2020.O objetivo é debater incentivos fiscais e tributários para o uso da bicicleta no Paraná. Durante a audiência será lançada a campanha “Paraná apoia IPI Zero para bicicletas”.

III Fórum de Bicicletas O movimento Pedala Manaus realizará o Fórum de Bicicletas Manaus, encontro para discutir a magrela como uma das saídas para a crise de mobilidade nas cidades brasileiras. Em sua terceira edição, o evento reúne a sociedade civil, poder público

e iniciativa privada para discutir abertamente o uso da bicicleta na cidade, apresentando os problemas e propondo soluções. Com o tema "A cidade que temos, a cidade que queremos", o evento aborda questões como a falta de infraestrutura e campanhas de educação que garantam a segu- Bicicleta vai cair na rança dos usuários de bicicletas. prova do DETRAN O DETRAN-PE recebeu documento de ciclistas e do ex-secretário estadual Felipe Carreras em que Evento une ciclistas Todas as terças, exceto em noi- pedem a inclusão de perguntas tes de chuva, ‘Passeio Ciclísti- relativas às bicicletas no exame co Noturno’. Saída às 20h, na teórico para a obtenção ou rePraça da Liberdade, em frente à novação da Carteira Nacional de Igreja Matriz, em Rio Claro, SP. Habilitação (CNH). O pedido se Pedalada monitorada pelas ruas encaixa nas mudanças iniciadas e avenidas da cidade, percurso recentemente pelo DETRANde aproximadamente 15 km. -PE, que ampliou a quantidade No final na atividade, brindes de perguntas relacionadas ao são sorteados aos participantes. assunto no banco de questões, www.cbmtb.com e já feitas em outros estados.


NOTAS

Recall da GT Fury Team e Expert 2014 A GT Bicycles anunciou o recall das bicicletas de Downhill GT Fury Team e GT Fury Expert 2014. De acordo com o fabricante, os cubos das rodas destes modelos podem sofrer ruptura em suas paredes laterais onde os raios são fixados, causando a separação do rotor do freio, oferecendo sérios riscos de acidente ao ciclista. O problema afeta tanto a roda dianteira quanto a traseira. disputados locais para bikers e apreciadores da natureza. Com sistema de transporte descomplicado, é fácil carregar a magrela. O local é ideal para quem viaja em busca de novas experiências.

Paraíso dos bikers

Pedalar contra o desperdício alimentar

St. Moritz, na Suíça, é o destino certo para bikers. Com paisagens e trilhas únicas, se abre no verão para receber turistas. São 400 km de rotas desde Engadin, que mistura vales, alpes, lagos e regiões montanhosas. As rotas são acompanhadas por especialistas e oferecem infraestrutura e serviços para quem viaja com a própria bike. Hotéis especializados oferecem ainda suporte extra e amenities. Por do Sol a 3 mil m de altitude – Piz Nair é dos mais

Ricardo Mendes há mais de 12 anos pedalando sobre os diversos Caminhos de Santiago para gerar energia positiva que o levou a desenvolver 2 projetos de solidários: Terra do Fogo e a Terra dos Sonhos. Em 2014, é voluntário no projeto que distribui comida recolhida em restaurantes para famílias carentes, o ReFood. Mendes está doará seu esforço físico numa viagem que se iniciará no final agosto pedalando 3 mil km em autonomia, desde Roma

10 | cyclomagazine

até Fátima, por diversas vias de peregrinação. O objetivo é levar o conceito ao maior número de pessoas.

cânica em elétrica, gerando até 100 watts. Os próprios alunos pedalam e geram energia suficiente para ligar uma lâmpada.

Projeto Boa Energia nas Escolas

Passeio no Ibirapuera

Escolas municipais e estaduais da cidade de Guarulhos (SP) receberão a unidade móvel do projeto Boa Energia nas Escolas. Focado no incentivo à sustentabilidade e preservação do meio ambiente junto à comunidade escolar, é desenvolvido pela EDP. O laboratório sobre rodas beneficiará cerca 14 mil alunos no município com atividades lúdicas sobre a utilização consciente da energia elétrica. Uma das atividades é o movimento do pedal da bicicleta que transforma a energia me-

O Bike Tour SP lança sua terceira rota cicloturística na cidade de São Paulo. Depois da Avenida Paulista e do centro histórico, o projeto agora também tem a opção de passeio pelo Parque do Ibirapuera. Passando por pontos como o Monumento às Bandeiras, a Oca e o Obelisco, o passeio acontece aos sábados e as inscrições são gratuitas. Acompanhados por guias, os cicloturistas conhecem os locais mais famosos do Parque e recebem informações históricas de cada um deles.


NOTAS

Google Maps indica caminhos para ciclistas Uma nova atualização do Google Maps trouxe ao app novas funções e controle por voz e opções para aqueles que andam de bike. As opções para bicicleta adicionam o veículo à lista para ser escolhido antes da viagem e mostram algumas opções exclusivas, como a escolha do caminho com a menor inclinação até o destino.

Eletrolar Show 2014 Em sua 9ª edição, a Eletrolar Show será realizada de 15 a 18 de setembro no Transamérica Expo Center (SP), traz opções para quem gosta de se aventurar sobre duas rodas, com os mais variados modelos de bicicletas e acessórios de proteção para a prática desse esportes. Bicicletas já conquistam espaço inquestionável na vida dos aficionados por adrenalina e aventura e ganham

12 | cyclomagazine

visibilidade na feira. Expositores será preciso fazer cadastramento Mobilidade em BH das principais marcas e fabricantes prévio, que só poderá ser reali- Até 2016, 200 km de ciclovias estarão na feira mostrando as zado por maiores de 16 anos. devem ser implantados na cidade últimas novidades do mercado. de Belo Horizonte (MG), a fim de estimular o uso de bicicletas Alemanha volta por moradores e interligar os a usar bicicletas ciclistas diretamente ao sistema de carga de transporte coletivo, como o Com o objetivo de diminuir o metrô e o Move (nome dado ao nível de emissões de dióxido de BRT da capital, sistema rápido carbono, o Governo Alemão de transporte por ônibus). Até pretende voltar a usar bicicletas o fim do ano, serão 100 km de de carga para percursos inferiores ciclovias na cidade. Cerca de 340 a 10 km. Segundo pesquisas ¾ km de rotas cicloviárias estruNovo Bicicletário das viagens realizadas naquele turantes devem ser finalizados O Largo da Batata, em Pinheiros país correspondem a trajetos em 2020, das quais 150 km se(SP) inaugurou bicicletário. O pequenos. O plano para fazer rão interligados ao metrô e ao espaço vai funcionar 24 horas. renascer a bicicleta de carga já Move, e a iniciativa leva o nome São 102 vagas e com manobristas está em marcha. A ideia tem re- de PlanMobBH. para auxiliar na entrega e devolu- cebido interesse de empresas ção das magrelas. O serviço será privadas que já estão usando gratuito e para utilizar o espaço, este meio de transporte.


Ítala Karla Vendedora Balcão

Jeckson Santos Vendedor Externo

Lidiane Meire Serviços Gerais

Benny Separador

João Paulo Lima Gestor de TI

Laís Gomes Vendedora Balcão

Carlos Freire Filho Caixa

Cícero Heleno Embalador

Sonia Ivanice Financeiro

Nilton Embalador

Claudevan Separador

Edmárcio Separador

Edson Separador

Francisco Neto Gestor

Rosangela Vendedora Balcão

Karla Katiúscia Financeiro

Aqui você encontra todos os itens, das melhores marcas, para abastecer sua loja. Somos o seu estoque à mão, a qualquer instante, com o nosso serviço de entregas rápidas. Em Maceió e todo estado de Alagoas o mais completo atacado de bicipeças a sua diposição.

(82) 3324-6087 Conj. Osmam Loureiro, Qd. B-3, 141A Tabuleiro/AL CEP 57071-330


LANÇAMENTOS 02 01

04

03 01 BIKE ROCKHOPPER

A Rockhopper é a linha intermediária das bikes rígidas da Specialized. Modelo com rodas 29”. Quadro em alumínio M4SL, tubos de formas customizadas (formed) e espessura variável (butted), leves e duráveis possibilitam futuros upgrades. A geometria escolhida beneficia o All Mountain. Suspensão Rock Shox Recon Silver SL 29", funcionamento a ar, controle de retorno e trava para 80mm de curso. Aros DT Swiss 485D possuem ilhós e fazem par com pneus Specialized The Captain 2.0. www.specialized.com.br

14 | cyclomagazine

02 HEXO +

Com o auxílio do smartphone, o ciclista, mesmo pilotando a sua bike pode regular o produto a distância, altura e o ângulo de captação de imagens. O HEXO + segue o celular, comunicando-se com o dispositivo pelo protocolo Mavlink. O drone utiliza câmera GoPro e tem capacidade de voar até 70 Km/h. www.hexoplus.com

03 EDGE 1000 CICLOCOMPUTADOR COM GPS E WI-FI

A Garmin do Brasil apresenta o EDGE 1000. Ciclocomputador para ciclistas que não dispensam o uso da tecnologia aliada ao registro de seu desempenho com a bicicleta. Possui funções específicas, como GPS, Wi-Fi, indicadores de velocidade, distância de subida e descida, grau de inclinação, entre outros. www.garmin.com

04 TOPEAK

APRESENTA DYNAPACK DX

Porta-malas para bicicleta que carregam equipamentos e objetos. Com alforje traseiro para canote (não ocupa espaço), a fixação é feita através de engate rápido com apenas um clique. Medindo 40 cm de compr., 24 cm de larg., 23 cm de alt., o DYNAPACK DC tem capacidade para 9.7 lts. Outro ponto forte é a sua armação externa em alumínio, o que garante transporte seguro para cargas de até 4,5 kg. www.topeak.com.br


Revendedor: (85) 3215.2683

Rua Paulo Batista, 1030 - Pajuçara - Maracanaú - CE


LANÇAMENTOS

05

06

07 05 SAPATILHAS PARA ENDURO E ALL MOUNTAIN

A Specialized lança a linha 2FO (Foot Out, Flat Out), voltada para os praticantes de Enduro, All Mountain e Downhill. Os novos modelos da linha, do tipo flat e outro clipless, vem com três opções de cores por modelo, priorizam o conforto e a proteção do ciclista. www.specialized.com

16 | cyclomagazine

08 06 QUADRO GULLY DH

O quadro de Downhill da HUPI Bikes tem design geométrico agressivo com central baixo e ângulo de direção mais aberto. Conta ainda com as seguintes características: sistema four link bar com virtual pivot point; sistema simples com excelente funcionamento e leve; triângulo dianteiro rígido e compacto. www.hypibikes.com.br

07 FOKKER, NOVO QUADRO PRO-X

Fabricado com central Mid pode ser alterado para Spanish,uso de arruela adaptadora, o modelo é moderno para o mercado BMX. Indicado para várias modalidades: como o Street Park. Os preços variam de acordo com as cores. Preto Brilhante é mais em conta. As cores Camaleão e Cinza (lançamentos) são pinturas especiais que elevam o preço, mas compensam na beleza e exclusividade. www.proxbike.com.br

08 CAPACETE VANISH EVO MTB

Novo capacete da Scott eleva o nível quando o assunto é ventilação, ajuste e leveza. Equipado com a tecnologia ConeHead oferece tecnologia de ponta e segurança. Para o ajuste perfeito à cabeça, possui o sistema MRAS II, que oferece multi-ajustes. Peso 260g. Disponível em três cores: preto e cinza, preto e verde e preto e amarelo www.seppia.com.br


A EQUIPE YCLING ALE PRO C CANNOND ÁLIA IT GIRO DA CORRE O A! D EN SK COM PNEU

OS PNEUS QUE RODAM O MUNDO NAS COMPETIÇÕES AGORA NA SUA LOJA. Tenha em sua loja os pneus Kenda, utilizados em competições internacionais pelos melhores atletas do mundo. Kenda é uma marca exclusiva ISAPA, com uma linha completa que prioriza a durabilidade, a qualidade, a força, a agilidade e a resistência em seus produtos.

cód. 59139

cód. 59140

cód. 59143

Pneu Speed Kadence K.1081 700x23C – 60TPI, 120PSI, 260 g

cód. 5939

Câmara de Ar Kenda Speed 700

FALE COM A ISAPA E FAÇA AGORA SEU PEDIDO. CONHEÇA TODA A LINHA KENDA E OFEREÇA O MELHOR AOS SEUS CLIENTES. Disponível nas principais lojas.

www.isapa.com.br

VENDAS: 0800 702 8699 facebook.com/isapa.bicicleta

SAC: 0800 702 0801 youtube.com/user/ISAPABICICLETA

Pedalando e acelerando com você


LOJA UM EMPREENDEDOR, DOIS ENDEREÇOS. O PRIMEIRO TRADICIONAL, O OUTRO MODERNO E ATRAENTE Mesmo atuando em uma cidade que em sua opinião não privilegia os ciclistas e as bikes, Ciro de Almeida Rosado Costa empresário potiguar investe em duas lojas em Natal. A Ciclotec e a Best Bike Texto: Osmar Silva Fotos: arquivo pessoal

18 | cyclomagazine

A Ciclotec é uma loja com um layout mais tradicional, pois já existe há 24 anos e foi o início da história do empreendedor que vindo de uma cidade do interior (Mossoró) percebeu a oportunidade que existia em função das deficiências no atendimento aos consumidores de bikes na Capital. Recentemente, há apenas 2 anos, inaugurou a Best Bike, uma loja moderna, de fácil localização, estacionamento privativo e ambiente climatizado, entre outros itens de conforto para o cliente. Além disso, oferece instalações de oficina especializada, apta para atender todos os tipos de bicicletas, nacionais ou importadas, e com mecânicos treinados nas fábricas. “Um novo conceito em bikes e acessórios chegou a Natal. A Best Bike nasceu da necessidade em


BEST BIKE

atender uma clientela especializada”, afirma Ciro Rosado sobre o novo empreendimento. Na Best Bike estão disponibilizados produtos de marcas importantes como Mérida, Soul Cycles, Caloi, Totem Bikes, Cannondale, KHS, Shimano, Cateye, Thule, Pneus Maxxis, Kenda, Cst e Continental, entre outras. Porém, não tem sido ‘um mar de rosas’ atuar no segmento. Segundo o sócio-gerente da empresa as dificuldades são muitas. “A concorrência desleal da Internet e dos Grandes Magazines, com parcelamentos cada vez mais longos e a diferença de ICMS que pagamos aqui no estado”, são apontadas por Ciro Rosado como os principais problemas para a sua gestão nos negócios. Para superar estes obstáculos adotou como estratégia de vendas parcelamentos em

até 10x e procurou por bancos que cobrassem menos juros nas operações com Cartão de Crédito, reduzindo custos e melhorando o atendimento. As lojas empregam 13 funcionários atualmente, sendo 6 na Best Bike e 7 na Ciclotec. “Quando iniciamos empregávamos apenas 2 funcionários na Ciclotec e quando inauguramos a Best Bike tínhamos 3 funcionários”, conta. O prédio onde está instalada a Ciclotec é próprio e ocupa 300 m², enquanto que a loja Best Bike ainda está em local alugado, com 150 m². Fazendo uma análise do consumo em seus endereços, o sócio-gerente sintetiza: “A tendência atual é por produtos com maior valor agregado, a bike comum de transporte foi trocada pela motocicleta, a maioria das bikes hoje são utilizadas apenas para lazer e

Uma loja moderna, de fácil localização, estacionamento privativo e ambiente climatizado” Ciro Rosado

práticas de esporte.” Já no que diz respeito ao comportamento como mercado, Ciro Rosado é bastante crítico ao ponderar a situação da cidade: “Em comparação com as demais cidades brasileiras e principalmente as capitais, acredito que Natal esteja em último lugar. Nossa cidade quase não tem ciclovias nem ciclo-faixas. Não há incentivo por parte dos órgãos públicos para utilização da bike como meio de transporte. Existia uma Ciclovia aqui na Via Costeira e a mesma foi destruída para duplicação da via para automóveis. E foi pintada uma faixa na calçada como se fosse uma ciclovia”, conclui. www.bestbikenatal.com.br

cyclomagazine | 19


PROTEÇÃO

CAPACETES

PARA USO DE CICLISTAS A TAURUS é uma empresa reconhecida pela alta tecnologia na fabricação de capacetes. A companhia ingressa agora no segmento ciclístico Texto e imagem:divulgação

20 | cyclomagazine

T

AURUS CAPACETES estreia no segmento e apresenta três novos modelos de capacetes para ciclistas (adultos e crianças), em várias versões de grafismos, atendendo aos públicos masculino e feminino. “São fabricados em conformidade com os requisitos das normas ABNT NBR 16175 e desenvolvidos pelo processo in-mold”, no qual o isopor de alto impacto interno se expande moldando-se ao casco externo, que confere elevado grau de proteção e tornando os produtos mais leves. Estão disponíveis em dois tamanhos de casco, o menor atende aos tamanhos 54 ao 58, e o casco maior aos tamanhos 60 ao 62. Modelos bem ventilados devido às diversas aberturas existentes no casco, por isso são denominados capacetes

com 'Maximum Air Flow Ventilation'. "Além dos tamanhos de casco, os capacetes ciclísticos possuem regulagens finas efetuadas a partir de catracas. Em primeiro lugar valorizamos a segurança, com capacetes fabricados em conformidade com as normas. Aliamos a beleza à camada de absorção de impactos de dupla densidade, proporcionando conforto com as diversas ventilações e a ergonomia com ajustes finos na camada interna”, afirma Gianfranco Ugo Milani, gerente comercial e marketing. "A identificação do público alvo vem sendo consolidada há décadas, através da seriedade na trajetória da Taurus no mercado brasileiro, e pela garantia na fabricação de produtos com alto índice de segurança, dentro das normas internacionais e nacionais, e todos com a certificação do Inmetro", finaliza.


GENTE

O gerente geral de vendas da 3A Distribuidora Cândido Peixoto, 29, atribui a sua trajetória de sucesso ao fato de ter estudado e trabalhado na área de vendas desde cedo. Apesar da pouca idade, sua capacidade profissional conquistou espaços por onde trabalhou. Em entrevista, o otimista administrador e músico acredita que as vendas no segundo semestre de 2014 serão superiores as do primeiro e as mudanças na tributação desse veículo possam contribuir para o futuro de sucesso do mercado de bikes do Brasil

22 | cyclomagazine


CÂNDIDO PEIXOTO

COMPETÊNCIA: RESULTADO DE FORMAÇÃO Texto: Joelma Farias Reportagem: Hylario Guerrero Imagens: arquivo pessoal

J

ovem e talentoso para gerir negócios, Cândido Peixoto está há quase três anos como gerente geral de vendas na 3A Distribuidora, empresa que está no mercado de bicicletas desde 2007. Apesar da pouca idade não lhe falta experiência para cargos de comando. Sempre envolvido com vendas em sua vida profissional, teve oportunidade de gerenciar outras empresas em ramos diferentes, experiências que o preparou para a posição que ocupa hoje. Formado em Administração, fez diversos cursos que o ajudou a se preparar para assumir o seu atual cargo. "Tenho alguns cursos em Marketing e formação acadêmica em outras áreas. No meu curso de formação em Optometria, existem muitas matérias relacionadas à parte comercial, marketing, ética, e gestão. Tenho outros cursos mais específicos no SEBRAE, como de vendas e, muitos outros cursos paralelos em Instituições particulares, acabei juntando, somando um pouco de cada coisa e tento misturar com ‘meu’ talento. Tenho tocado a 3 A com bastante dedicação e esforço", diz. Com a Copa do Mundo e as incertezas de um ano eleitoral, o Brasil ficou com

a sua economia prejudicada durante o período. O comércio de modo geral, foi paralisado em dias de jogos da seleção brasileira, afetando o bom desempenho das vendas. Para o gerente geral, algumas dificuldades nesse sentido ficaram no passado, mais exatamente estacionadas no primeiro semestre. “Agora, as vendas estão retomando seu ritmo normal. Nosso mercado desacelerou, mas estamos conseguindo passar essa fase sem grandes complicações. Acredito em um segundo semestre de recuperação do mercado e, aqui na empresa estamos preparados para isso. Temos um time campeão! Já enfrentamos outras dificuldades e vencemos". Sobre o atual mercado ciclístico no país, o administrador demonstra muita confiança no futuro do segmento e acredita que ainda há muito a ser explorado no que diz respeito à mobilidade urbana nas grandes cidades. "Temos potencial que pode ser mais bem aproveitado se tivermos uma política tributária mais facilitadora, para que esse mercado se expanda de forma mais veloz e consistente, e uma melhor infraestrutura e conscientização da população sobre mobilidade urbana com uso maior da bicicleta como meio de transporte”. Uma das formações acadêmicas de Cândido é a música. Paixão que o acompanha desde cedo e que por conta de suas responsabilidades na empresa, tem pouco tempo para se dedicar a essa

forma de arte. “A paixão pela música começou quando tinha oito para nove anos. Hoje, tenho um ‘home estúdio’ em casa, que aos fins de semana me reúno com amigos para tocarmos. Nunca vou parar com a música. Enquanto viver vou me divertindo e me expressando através dessa maravilhosa arte, dividindo o que faço com minha esposa Thaiana Casalini, uma arquiteta também apaixonada pelo que faz na sua formação”. Com tantos desafios para se manterem aquecidas no mercado, as empresas se adaptam e se modernizam para atender todos os públicos e ainda são obrigadas a enfrentar a concorrência dos importados. Mas ao ser perguntado sobre o que pensa do futuro do setor, Cândido Peixoto não esconde a preocupação com os desafios que vem pela frente, mas está confiante que será bastante promissor. “Espero que as coisas se ajeitem em nosso país, que nosso mercado melhore e, consequentemente espero crescer com a 3A”. Para quem está entrando nesse segmento, o administrador dá dicas aos novos empreendedores e profissionais. “É um mercado muito concorrido e nada fácil, mas apaixonante e que ainda tem muito a crescer. Por isso, é necessário se preparar, saber onde está pisando, contribuir para o bem comum e o desenvolvimento desse mercado, procurando ter uma visão clara das coisas e dando o melhor de si”.

cyclomagazine| 29 cyclomagazine 23


TENDÊNCIA

BIKE QUE DOBRA NO TAMANHO DE UM GUARDA-CHUVA Um italiano revelou que está projetando uma bicicleta dobrável que pode ficar do tamanho de um guarda-chuva fechado em apenas um único movimento. O inventor teve a ideia de criar a bicicleta depois de se sentir decepcionado com os projetos que o mercado oferece Fonte: Época Negócios Imagem divulgação

A ideia de um italiano pretende facilitar a vida de muitas pessoas - ele desenvolveu uma bicicleta dobrável, que pode ser carregada em uma mochila. Quando dobrada, a invenção de Gianluca Sada, 30 anos, fica do tamanho de um guarda-chuva.

24 | cyclomagazine

De acordo com informações do jornal Daily Mail, Sada, que se formou em engenharia automotiva em 2010, decidiu criar o objeto depois de ficar decepcionado com os projetos de bicicletas portáteis que já foram criados no mercado. Após estudar muito e construir dezenas de protótipos, o engenheiro desenvolveu uma bicicleta com rodas sem raios e com quadro pequeno para que pudesse caber em uma mochila. A bicicleta, que teve sua patente registrada em março de 2010, é “fechada” em apenas um movimento. A invenção ainda não está à venda, mas o protótipo em alumínio já foi produzido. Agora, o designer busca por investidores para iniciar a produção em larga escala.


CÓD. 6088 - GANCHEIRA CÓD. 6091 - GANCHEIRA SPECIALIZED TARMAC DIAMOND BACK/HARO/JAMIS/KONA Nº 38 BIANCH/CALOI ELITE 30 Nº 41

CÓD. 6091 - GANCHEIRA DIAMOND BACK/HARO/JAMIS/KONA BIANCH/CALOI ELITE 30 Nº 41

CÓD. 6089 - GANCHEIRA CÓD. 6092 - GANCHEIRA SPECIALIZED HARDROCK/ROCKOPPER/CRAVE ALFAMEC CARVE/MYKA Nº 42 Nº 39

CÓD. 6092 - GANCHEIRA ALFAMEC Nº 42

CÓD. 6090 - GANCHEIRA CÓD. 6093 - GANCHEIRA SPECIALIZED ALLEZ CALOI ELITE 10 E 20 Nº 40 Nº 42

CÓD. 6093 - GANCHEIRA CALOI ELITE 10 E 20 Nº 42

CÓD. 6075 - GANCHEIRA GTX MX7 LM Nº 25

CÓD. 6076 - GANCHEIRA GTX M9 LM Nº 26

CÓD. 6077 - GANCHEIRA PREMIUM PRETO LM Nº 27

CÓD. CÓD.6075 6078- GANCHEIRA - GANCHEIRA GTX -MX7 LM LM CÓD. 6075 GANCHEIRA DEXTER BLAIZE GTXNº MX7 Nº2528LM Nº 25

CÓD. 6075 - GANCHEIRA GTX MX7 LM Nº 25

CÓD. CÓD.6076 6079--GANCHEIRA GANCHEIRA GTX LM MX5/GTX M6/SPRINTER R3 LM CÓD. 6076 -M9 GANCHEIRA Nº 26 Nº 29LM GTX M9 Nº 26

CÓD. CÓD.6077 6080- -GANCHEIRA GANCHEIRA PREMIUM PRETO26LM VIPER/DEXTER LM CÓD. 6077 - GANCHEIRA Nº 27 NºPRETO 30 PREMIUM LM Nº 27

CÓD. 6075 -- GANCHEIRA 6078 GANCHEIRA CÓD. 6081 - GANCHEIRA GTX LM LM LM DEXTER 29 X6078 980MX7 RAMPAGE CÓD. -BLAIZE GANCHEIRA Nº 25 NºBLAIZE 2831 LM Nº DEXTER Nº 28

CÓD.6080 6086-- -GANCHEIRA GANCHEIRA CÓD. GANCHEIRA CÓD. 6077 CANNONDALE F4/F5 VIPER/DEXTER 26 LM CÓD. 6080 - GANCHEIRA PREMIUM PRETO LM Nº27 36 26 LM Nº 30 VIPER/DEXTER Nº Nº 30

CÓD. 6076 - GANCHEIRA GTX M9 LM Nº 26

CÓD. 6077 - GANCHEIRA PREMIUM PRETO LM Nº 27

CÓD. 6075 - GANCHEIRA CÓD. 6078 GANCHEIRA GTX- MX7 LM DEXTERNº BLAIZE LM 25 Nº 28

CÓD. 6079 6082---GANCHEIRA GANCHEIRA CÓD. CÓD. 6076 GANCHEIRA XM6/SPRINTER FORCE LM R3 LM MX5/GTX CÓD. 6079 -M9 GANCHEIRA GTX LM Nº29 32 Nº MX5/GTX M6/SPRINTER R3 LM Nº 26 Nº 29

CÓD. 6076 - GANCHEIRA CÓD. 6079 - GANCHEIRA GTX M9 LM MX5/GTX M6/SPRINTER R3 LM Nº 26 Nº 29

CÓD. 6077 - GANCHEIRA CÓD. 6080 - GANCHEIRA PREMIUM PRETO LM VIPER/DEXTER Nº 27 26 LM Nº 30

CÓD. 6078 - GANCHEIRA CÓD. 6081 - GANCHEIRA DEXTER BLAIZE LM 29 X 980 RAMPAGE LM Nº 28 Nº 31

CÓD. 6082 - GANCHEIRA CÓD. X 6079 - GANCHEIRA FORCE LM CÓD. 6082 - GANCHEIRA MX5/GTX M6/SPRINTER Nº 32 LM R3 LM X FORCE Nº 29 Nº 32

CÓD. 6088 - GANCHEIRA SPECIALIZED TARMAC CÓD. Nº 38 CÓD.

CÓD. 6079 GANCHEIRA CÓD. 6082 - -GANCHEIRA CÓD. 6088 - GANCHEIRA MX5/GTX M6/SPRINTER R3 LM X FORCE LM SPECIALIZED TARMAC Nº 29 NºNº 3832

CÓD. 6082 - GANCHEIRA X FORCE LM CÓD. 6091 - GANCHEIRA Nº 32 DIAMOND BACK/HARO/JAMIS/KONA BIANCH/CALOI ELITE 30 Nº 41

CÓD.6086 6080- -GANCHEIRA GANCHEIRA CÓD. CÓD. 6089 - GANCHEIRA VIPER/DEXTERF4/F5 26 LM SPECIALIZED CANNONDALE HARDROCK/ROCKOPPER/CRAVE Nº36 30 Nº CARVE/MYKA

Nº 39

CÓD. 6086 - GANCHEIRA CANNONDALE F4/F5 CÓD. 6092 -NºGANCHEIRA 36 ALFAMEC Nº 42

CÓD.6087 6081- -GANCHEIRA GANCHEIRA CÓD. CÓD. 6090 - GANCHEIRA 29 X 980TRAIL RAMPAGE LM SIX CANNONDALE FIVE/TRAIL SPECIALIZED ALLEZ Nº37 31 Nº Nº 40

CÓD. 6087 - GANCHEIRA CANNONDALE TRAIL FIVE/TRAIL SIX CÓD. 6093 -Nº GANCHEIRA 37 CALOI ELITE 10 E 20 Nº 42

CÓD. 6082 - GANCHEIRA X FORCE LM Nº 32

CÓD. 6089 - GANCHEIRA CÓD. 6090 - GANCHEIRA SPECIALIZED HARDROCK/ROCKOPPER/CRAVE SPECIALIZED ALLEZ CÓD. 6087 - GANCHEIRA CARVE/MYKA Nº 40 CÓD. 6081TRAIL - GANCHEIRA CANNONDALE FIVE/TRAIL SIX Nº 39 CÓD. 6087 - GANCHEIRA

6086 - GANCHEIRA 6080 - GANCHEIRA CANNONDALE F4/F5 CÓD. 6086 - GANCHEIRA VIPER/DEXTER 26 LM Nº 36 F4/F5 CANNONDALE Nº 30 Nº 36

CÓD. 6091 - GANCHEIRA DIAMOND BACK/HARO/JAMIS/KONA BIANCH/CALOI ELITE 30 Nº 41

CÓD. 6087 - GANCHEIRA CÓD. 6081 GANCHEIRA CÓD. 6078 -- GANCHEIRA CANNONDALE TRAIL FIVE/TRAIL SIX 29 X 6081 980 RAMPAGE LM CÓD. -BLAIZE GANCHEIRA DEXTER LM NºNº 3137 29 X 980 Nº RAMPAGE LM 28 Nº 31

29 X 980 RAMPAGE LM Nº 37 FIVE/TRAIL CANNONDALE TRAIL SIX Nº 31 Nº 37

CÓD. 6092 - GANCHEIRA ALFAMEC Nº 42

CÓD. 6086 - GANCHEIRA CANNONDALE F4/F5 Nº 36

CÓD. 6093 - GANCHEIRA CALOI ELITE 10 E 20 Nº 42

CÓD. 6087 - GANCHEIRA CANNONDALE TRAIL FIVE/TRAIL SIX Nº 37


EVENTO

UMA CONVENÇÃ Propósitos é que não faltaram na 39ª Convenção da ISAPA. Dentro do Hotel Rancho Silvestre, Embu das Artes, SP, onde desta vez a empresa se viu obrigada a mudar de sala de reuniões, pois o espaço que ocupava há anos se tornou pequeno diante do número de representantes e participantes ao evento Texto e imagens Hylario Guerrero

26 | cyclomagazine

N

o evento anterior já se tinha visto o aumento de no vos profissionais, mas o número se elevou ainda mais. Tudo para atender com rapidez, eficiência e grande apoio no pós-venda a grande carteira de clientes espalhada Brasil afora. Como sempre, métodos de vendas foram revistos, novas técnicas foram colocadas e debatidas, e o momento mais esperado: premiação dos melhores diante das metas estabelecidas. A cada ano a Isapa tem inovado em suas convenções. Não é somente na cor da camiseta (este ano verde), mas

buscando se antecipar à todas as intempéries do mercado, que neste exercício tem se mostrado retraído, não só devido a Copa do Mundo, mas por ser um ano de eleições e algumas incertezas. Além da presença do grande número de novos representantes a Convenção ditou as novas metas a serem alcançadas, premiações em dinheiro e viagens, num esforço pleno para que os representantes se sintam motivados, com novo fôlego, prontos para ir a campo em busca de resultados. No evento foi discutido como melhorar a participação da empresa no mercado; malha logística; transporte; marketing; escoamento de produtos; embalagem e transportadoras.


CONVENÇÃO ISAPA

ÃO TRADICIONAL Isacco Douek lembra que são 52 anos de mercado “Estamos realizando a 39ª Convenção, buscando sempre trazer algo diferente para este evento, claro que muita coisa se repete, firmamos as parcerias com a Royal Ciclo, Pirelli, Shimano, produtos como os pneus Kenda, bicicletas elétricas, novos modelos da OGGI, etc. Todos os anos buscamos inovar”. “Brinco que a inflação está indo para a casa dos 7% e o PIB 1%, ou seja, outro ‘7 a 1’ para atormentar a nossa mente”, se diverte Isacco. Mercado “O mercado de bike mudou muito nos últimos anos, está mais técnico, o tícket

médio subiu , me refiro ao cliente que busca uma bike de maior valor agregado, que gasta no produto, que opta por qualidade na hora da compra. O mercado da bike de menor valor agregado, da bike de transporte não está mais tão ativo como antes. O lazer e o esporte foram esquecidos por um tempo, mas, isso mudou agora, o lazer e o transporte estão em alta. Acho que o setor de moto deu uma enfraquecida por conta dos financiamentos que estão mais difíceis de serem feitos. O setor de moto é completamente diferente do de bike. O perfil do usuário de bike está mudando, vemos o ciclista mais exigente, já no setor de motocicletas, o que muda são as condições econômicas do consumidor

desse tipo de veículo - o cara que tem mais dinheiro compra uma bicicleta e o que tem menos compra uma moto”. Porto de Itajaí “O Porto de Itajaí ainda é uma novidade, através dele pretendemos penetrar mais na região Sul. Nós tínhamos problemas de logística com esses locais por serem distantes do Porto de Vitória”. “O Porto de Itajaí nos trouxe uma série de vantagens competitivas com relação a outros portos como a chegada de navio mais próximo, preço mais econômico, instalações mais modernas. Lá, a iniciativa privada funciona melhor e é mais barata. Em apenas um dia conseguimos atender todos os clientes do Sul”.

cyclomagazine| 29 cyclomagazine 27


EVENTO

Alberto, Isacco e Daniel Douek “Durante as reuniões que acontecem anualmente, já havia a solicitação de clientes dessas regiões que tinham interesse em fazer mais negócios e comprar mais vezes conosco, caso houvesse uma maior facilidade para receber suas mercadorias. O que antes levava uma semana, agora temos a perspectiva de atendê-los em dois dias. Com o novo atendimento nestes estados sulinos o aumento de vendas já está sendo notório. Começamos a operar em maio e até agosto pretendemos atuar nos três estados. Boa parte das importações que fazíamos por Vitória já estão sendo feitas por Itajaí”. “O Estado de São Paulo será atingido no sentido de transferência de mercadoria, nada afetará na pronta entrega, na rapidez para o Estado. Infelizmente o Porto de Santos não é viável, tem muitos navios que chegam por lá e a taxa do desembargo é muito alta. Há ainda o problema da ST em São Paulo. É necessá-

28 | cyclomagazine

rio pedir um regime especial para vender em outros estados. É o maior MVA de todo o mundo e isso é um absurdo! Você fica com crédito de ICMS e ainda tem que pedir um regime especial”. Números da empresa “Até o mês de maio crescemos 15% e, depois tivemos uma queda em decorrência da Copa do Mundo. No mês de julho o crescimento da empresa girou em torno de 10%. Acreditamos que retomaremos o crescimento em agosto, mesmo com a economia não tão expressiva em comparação a outros anos. Quanto as eleições, elas atrapalham o mercado fazendo com que os números oscilem negativamente”. A nova bike OGGI “A marca é uma parceria que fabricamos em Manaus. É um lançamento nosso que possui design italiano, com preço bastante competitivo. Temos uma taxa

de retorno inferior a 00,1%, ou seja, a bike possui garantia de qualidade de peças e componentes. A Shimano foi até Manaus para dar um curso e, posteriormente, aprovou o produto final que saiu com mais alta qualidade”. “Na Convenção lançamos novos modelos da bike OGGI para aumentar a nossa gama de produtos no mercado. independente das nossas vendas (vendemos muito para montadoras). No segmento de marca própria teremos um preço com o qual não vamos concorrer com os nossos próprios clientes”. Expectativa de mercado “Minha expectativa para o mercado de bicicleta é que ele continue migrando para esporte, saúde e lazer. Para ajudar o setor, para aquecer as vendas, o governo precisa de: 1º Aplicar mais verbas em ciclovias, ciclofaixas, e promover a bicicleta como meio de transporte alternativo;


EVENTO

Representantes vencedores 2º Reduzir a taxação da bicicleta. Segundo pesquisas, o Brasil possui a maior taxação do mundo neste setor, isso sem contar as peças que são três vezes mais taxadas que a própria bicicleta”. “Por um lado, o governo sinaliza que a bicicleta é importante para a população, constrói ciclovias e por outro lado, taxa a bicicleta mais do que os outros veículos. Existem projetos no Congresso para a diminuição da carga tributária, mas sem sucesso. Deveria pelo menos isentar essa famosa Substituição Tributária que é o pior dos impostos e agrava o pequeno que antes pagava o Simples, justamente para não pagar ICMS. O valor das bicicletas e peças de reposição acaba ficando 30% mais caro. Mesmo com tantas dificuldades impostas pelo governo, o mercado continua crescendo, mas vamos continuar lutando por redução da taxa de impostos. Em junho o INMETRO impôs normas, como sempre muito confusas, até para eles mesmos.

30 | cyclomagazine

Minha expectativa para o mercado, é que ele continue crescendo, mgrando para o esporte, saúde e lazer, aquecendo as vendas ” Isacco Douek

A sorte é que a fiscalização nas lojas só começa em 2016, ou seja, temos mais ou menos um ano e meio para adaptar todos os produtos às novas normas. Mas existe uma consulta pública que nos dá mais seis meses de prazo, para entrar nos critérios com todas as dúvidas solucionadas. Somos favoráveis à prorrogação em detrimento do mercado em geral, porque as nossas 27 fábricas brasileiras seguem o INMETRO que vigora desde junho, mas, para evitar uma bagunça generalizada, prezamos pelo alinhamento de informações no mercado. Eu acredito nesse adiamento porque o INMETRO não tem laboratórios suficientes e, nem testes eficientes. Há muitos produtos que não têm norma definida ainda pelo órgão”. Fatia significativa na importação de pneus “Mantemos uma parceria com a Pirelli de quase 40 anos. Somos uma distribui-


EVENTO

Antonio Teixeira, Wagner Pitta e Antonio Carlos Oliveira

dora e devemos distribuir produtos que o mercado consome sendo ele importado, nacional ou os dois juntos. Nosso papel é disponibilizar para o mercado produtos que o nosso cliente consome”. Shimano e marcas High-end Daniel Douek, diretor de marketing da Isapa lembra a forte parceria com a Shimano que já dura cerca de seis anos. “Criamos dentro da ISAPA um departamento especial só para atender a Shimano, com profissionais técnicos, que entendem da marca. Sabemos a importância que a marca tem no mercado e, hoje é uma exigência de nossos clientes. E nos tornamos distribuidores exclusivos de outras marcas coligadas da Shimano, como a PRO, Pearl Izumi, óculos e Bike Fit, para tanto, temos este departamento específico, por conta da quantidade de marcas e produtos da Shimano”, comentou. A Shimano reconhece que a Isapa tem capacidade de distribuir para o mercado interno os seus produtos e, que se trata de uma empresa ética, que respeita a sua política de trabalho e pratica os preços corretamente. “Então a parceria é um ganha-ganha dos

dois lados, pois alcançamos todo o mercado e o abastecemos e, eles na parte da produção conseguem nos entregar os produtos que o mercado pede”, afirmou Alberto Douek, também diretor da Isapa, que frisou: “A empresa é muito dinâmica. Eu, meu pai Isacco, o Roland, o Antônio Momoli e o meu irmão Daniel, temos ‘know how’ de todas as áreas e acabamos decidindo sobre tudo, pois entendemos de todos os setores da empresa. Atualmente, estou bastante envolvido com a parte comercial. De vez em quando viajo para visitar alguns representantes e clientes. O setor de marketing é tocado no dia a dia pelo Francis Resende juntamente com o Felipe. Claro que fico supervisionando toda a movimentação, tudo o que acontece por lá”, diz Alberto. E reitera: “Também criamos um novo setor denominado high-end que é grande e precisa ser explorado. Na verdade é o ‘Middle’ e ‘High-end’. Acompanhamos as mudanças no mercado de bicicletas que está se sofisticando. Antigamente, o que se vendia eram bicicletas de trabalho do tipo barra forte. Quem usava esse tipo de bicicleta hoje usa a motocicleta para ir trabalhar, e não tinha a bicicleta como lazer”, explicou, lembrando


Antonio Momoli Antonio Izan

que atualmente, as políticas públicas melhoraram muito, mas estão longe de serem as ideais. “Pagamos muitos impostos, e a prefeitura diz que vai ajudar construindo mais ciclovias e ciclofaixas, para que o cidadão utilize a bicicleta como meio de locomoção, mas não é bem isso o que acontece. Por mais que exista muitas vias adaptadas para esse veículo, ainda há muito o que melhorar e muito o que se fazer”, enfatizou. Na opinião de Daniel, o Brasil é o único país no mundo que existe isenção de impostos para carros e cobram impostos mais altos de bicicletas. “Estamos batendo nessa mesma tecla há anos, mas até agora nada foi feito, mas vamos continuar defendendo a isenção de impostos para bikes, para o desenvolvimento do setor. Quanto mais acessível o preço, mais pessoas terão a oportunidade de utilizar esse veículo em todo o país”. Futuro “Tentamos nos antecipar às tendências. Meu pai, Isacco é um visionário que entende bastante do mercado. Tem vasto conhecimento do segmento e isso é o que faz a diferença”, finalizou Daniel Douek.

Com os meus 40 anos de Isapa participei da 39ª Convenção e também das 38 anteriores, e nesta oportunidade que temos a satisfação de receber os nossos representantes e consultores de todo o Brasil, e analisar com eles o resultado de um ano de trabalho, e graças a Deus tanto eles como a diretoria e os colaboradores internos valorizam muito esse evento, aproveitamos também para traçar novas metas para nosso ano comercial que se inicia em julho e termina em junho do próximo ano. Neste ano como todos os anos anteriores ficamos imaginando o que seria possível fazermos para tornar nossa convenção melhor do que a anterior, mas temos sempre conseguido apresentar alguma novidade. Posso garantir também que a Isapa foi a primeira empresa do ramo a realizar convenções desde o ano de 1975. Aproveitamos para premiar os representantes e consultores de vendas que mais se destacaram durante o ano que se findou, gostaria de enfatizar que nossos representantes não veem nossa convenção somente com olhar direcionado ao trabalho, mas aproveitam para conviver alguns dias com a diretoria e os colaboradores internos o que aumenta cada vez mais o bom relacionamento entre todos. Gostaria também nesta oportunidade de agradecer a todos os clientes que

são diretamente responsáveis para o nosso sucesso. Agradeço também toda retaguarda, colaboração e incentivo que recebi do diretor Isacco Douek e seus filhos Alberto e Daniel, dos representantes, consultores, colaboradores internos, da minha esposa e dos meus filhos para que eu pudesse realizar meu trabalho satisfatoriamente. Gostaria de terminar repetindo uma frase que foi dita na nossa convenção a todos da diretoria, colaboradores, representantes comerciais e consultores, pois tenho certeza que para uma empresa ter sucesso depende de todas as pessoas que dela participa: “NINGUEM É OU SERÁ MELHOR DO QUE TODOS NÓS JUNTOS”. Antonio Momoli,diretor comercial. Representantes premiados: 1º lugar – Antonio Izan da Silva 2º lugar – Jeovar Leitão de Sena 3º lugar – Sílvio Braga de Oliveira 4º lugar – Procópio P. de Sena 5º lugar – Edison de Matos Campeões por cor de equipe: amarela - Edson de Matos azul Antonio Izan branca - Jadir Petinari Reis verde - Ednilson S.Silva Call Center: 1º lugar – Ana Paula M, Esneide 2º lugar – Cleber S.Santos

cyclomagazine| 29 cyclomagazine 33


ARTIGO

BIKES RECEBEM SELO QUALIDADE Desta vez foi a Shimano que aprovou a nova marca de bicicletas ‘’OGGI’’ Texto e imagem:divulgação

34 | cyclomagazine

I

ntegrantes da equipe Shimano e da Isapa se reuniram em Manaus, onde visitaram a fábrica em que estão sendo produzidas as bicicletas da nova marca 'OGGI’. Nessa visita, todos os funcionários receberam orientação quanto à montagem correta da transmissão da bicicleta e os ajustes necessários para o seu perfeito funcionamento. O resultado foi bastante satisfatório: “Realmente o controle de qualidade da bike tem sido bastante rigoroso. Ficamos animados com o que vimos aqui’’,

afirmou Gleidson Slompo, da Shimano. Além disso, funcionários foram orientados quanto à certificação da campanha “Confiança tem nome”, onde as bicicletas equipadas com peças Shimano, têm o selo estampado no quadro pela marca aprovando a qualidade e garantindo perfeito funcionamento entre o conjunto. “Além da qualidade, podemos garantir que a OGGI tem ótimo custo-benefício Uma bike com design moderno e componentes de primeira qualidade com preço bastante acessível’’, finalizou Nildo Guedes, novo integrante da Isapa e gerente da marca.


PRODUTO

NOVO ALIVIO M4000 O grupo Alivio da Shimano, um dos mais populares para uso de Mountain Bike casual, ganhou uma bela repaginada com o modelo M4000 específico para MTB Texto e imagem:divulgação

D

iversas são as novidades deste grupo e o primeiro detalhe que chama a atenção é o design. Em comparação ao modelo anterior, a nova versão tem um visual mais agressivo e com características de perfil baixo. Além disso, destacamos o novo câmbio traseiro (RD-M4000), que recebeu a tecnologia Shadow RD do grupo Deore, diminuindo a chance de receber impactos durante uma trilha. Nos grupos de entrada, em geral, a coroa maior é muito pesada, especialmente em rodas maiores como a de 29’.

36 | cyclomagazine

O M4000, através da opção de pedivela integrado (FC-M4050) e com movimento central Octalink (FC-M4000), vem com a relação de 40-30-22 dentes, permitindo que ciclistas de todos os tamanhos de rodas de MTB (29, 27.5 ou 26) pedalem em qualquer lugar com a melhor eficiência. O grupo Alivio para MTB terá disponível freios a disco hidráulicos que podem ter manutenção por meio de rota única e funil para sangria. O cassete de nove velocidades apresenta quatro variações: 11-28T, 11-32T, 11-34T, 12-36T. Outra exclusividade deste grupo é o novo trocador integrado (ST-M4050), que possui força de frenagem igual ao freio BR-M447 e oferece um visual agradável, além de rota de cabeamento mais limpa, se comparado com o antigo trocador SL-M430 e BL-M445. O Novo Grupo Shimano Alivio também possui mais uma novidade: Grupo Alivio T4000 para Trekking! Por já ser

usado há muitos anos em bicicletas de Trekking, a Shimano desenvolveu um grupo de componentes que atende a esta modalidade: é o mais silencioso e de maior durabilidade já produzido para o esporte. Em comparação, com a versão de Mountain Bike, o produto se destaca por uma aparência mais clean (leve). Seu câmbio traseiro mostra um design inovador. O dianteiro possui elo mais largo, garantindo maior durabilidade e mudanças mais precisas. O pedivela está disponível nas relações (coroas) 48-36-26 e 44-32-22. Em linhas gerais, o grupo Alivio para Trekking tem nove velocidades, com mudanças de marcha leves, silenciosas e precisas, além de ser mais ergonômico. O novo Alivio é um grupo recheado de vantagens e que certamente será bastante popular entre os usuários de rodas 29 e 27.5. O Alivio M4000 estará disponível no Brasil a partir de Setembro. Prepare-se para esta tendência!


CAPA

ITALIANO VENCE O TOUR DE FRANCE 2014

Vincenzo Nibali, de 29 anos, oficializou o título de campeão do 101º Tour de France, posição que já havia tinha assegurado na penúltima etapa. Nibali chegou ao Champs-Elysées, fim do percurso da 22ª e última etapa do Tour, com 7min52s de vantagem sobre o francês Jean-Christophe Peraud na soma dos tempos de todos os trechos Texto e imagens: divulgação Pesquisa: Hylario Guerrero e Angela Davis

38 | cyclomagazine


TOUR DE FRANCE 2014

cyclomagazine | 39


CAPA

N

a última etapa do evento, entre Évry e Paris (131km), quem chegou na primeira posição foi o alemão Marcel Kittel, que levou a melhor no sprint parisiense com tempo de 3h20min50 e, conseguiu seu quarto triunfo neste Tour. Mas, não tirou o brilho do italiano Vicenzo Nibali. O alemão apenas empatou com o italiano em número de triunfos em parciais. Vincenzo Nibali oficializou o título de campeão do Tour de France, que já tinha deixado assegurado, quando venceu a penúltima etapa, e se tornou o sexto homem a conquistar as três principais voltas ciclísticas do mundo. Nibali chegou ao Champs-Elysées, fim do percurso da 22ª e última etapa do Tour, com 7min52s de vantagem sobre o francês Jean-Christophe Peraud, na soma dos tempos de todos os trechos, impondo a maior diferença de um campeão do Tour sobre o segundo

40 | cyclomagazine

colocado desde 1997, quando o alemão Jan Ullrich venceu com 9min09 de vantagem sobre outro francês, Richard Virenque. O italiano, da equipe Astana, completou o Tour em 89h59min06, contra 90h06min43 de Péraud, da AG2R, e 90h07min21 de outro francês, Thibaut Pinot, da FDJ. FR. Um dos favoritos ao título, o espanhol Alejandro Valverde, da Movistar, ficou na quarta posição geral, com tempo total de 90h08min46. Com a conquista, Nibali se juntou a outros cinco atletas que venceram as principais voltas ciclísticas (Tour de France, Giro d'Itália e Volta da Espanha): o belga Eddy Merckx, os franceses Bernard Hinault, Jacques Anquetil, o espanhol Alberto Contador e o italiano Felice Gimondi. Nibali venceu o Giro d'Itália no ano passado, e a Volta da Espanha em 2010. Mas ainda está longe de igualar o lendário Merckx em número de conquistas: 5 do Tour (1969,

1970, 1971, 1972 e 1974), 5 do Giro (1968,1970, 1972, 1973 e 1974) e um da Volta da Espanha (1973).

101º Tour de France A corrida marcou o retorno de pilotos franceses no pódio final com Jean-Christophe Péraud e Thibaut Pinot segundo e terceiro, respectivamente. Jens Voigt (Trek) foi homenageado com o que pareceu ter sido uma volta de honra de todos os competidores para o piloto, que anunciou sua aposentadoria, deixando as pistas, com 43 anos de idade. O veterano alemão venceu o último sprint intermediário de seu último Tour de France, logo após um acidente que ocorreu no pelotão. Sete etapas entre as vinte e duas do Tour foram ganhas por pilotos alemães. Aleid Wolfsen, Prefeito de Utrecht, se mostrou ‘orgulhoso’ devido a ‘grande corrida’ ter iniciado em sua cidade, “foi um sonho que sempre


CLASSIFICAÇÃO GERAL 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.

ITA NIBALI Vincenzo FRA PÉRAUD Jean-Christophe FRA PINOT Thibaut ESP VALVERDE BELMONTE Alejandro USA VAN GARDEREN Tejay FRA BARDET Romain CZE KONIG Leopold ESP ZUBELDIA AGIRRE Haimar NED TEN DAM Laurens NED MOLLEMA Bauke

vislumbrei e se tornou realidade”, disse. Christian Prudhomme, diretor do Tour de France, compartilhou do mesmo sentimento do prefeito, e acrescentou: “é ótimo ver o pelotão embalado com os melhores pilotos do mundo, seguido pelo comboio de carros e motos. Agora que o Tour é transmitido ao vivo, mostrando os competidores em ação, percorrendo nossas próprias ruas cheias de multidões entusiasmadas, a maioria dessas pessoas andam de bicicleta todos os dias, mas não como competidores. A lazer ou como meio de transporte”. “Utrecht, não é um local que possa oferecer provas de montanhismo. Mas é o local perfeito para se dar início à competição. Uma cidade com raízes romanas e medievais, histórica, com milhares de monumentos. Mas também é uma cidade onde jovens e velhos vivem com prazer, estudo e trabalho, uma cidade cheia de dinâmica sócio-econômicos, científicos e culturais. Todos os

nossos habitantes se juntam a mim neste sentimento de muito orgulho por sediarmos pelo menos uma etapa deste evento esportivo. Muitos nesta cidade e região contribuíram para a vinda do Tour, tornando esta uma festa para todos. ”, disse Aleid Wolfsen. Tour de France, um negócio rentável por Marco Rangi

Essa competição ciclística de longo circuito representa belo negócio para seus organizadores, para a mídia, as cidades participantes, os patrocinadores e as marcas presentes nas caravanas publicitárias... O Tour de France garante bom retorno financeiro para os municípios e para as empresas que participam do terceiro evento esportivo mais popular do planeta, depois dos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo de Futebol. A popularidade dessa corrida ciclística, sem igual, se mantem a cada ano. A competição é trans-

É o terceiro evento esportivo mais popular do planeta, depois dos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo de Futebol

mitida em mais de 190 países e é vista em média, a cada ano, por quase 3,5 bilhões de telespectadores. Nas beiras das estradas, quase 12 milhões de espectadores se aglomeram para ver o pelotão, mesmo que seja somente por alguns segundos. Em 2007, a ida à Londres bateu todos os recordes possíveis com quase 3 milhões de pessoas nas ruas. Agora podemos compreender melhor porque as cidades e as empresas se precipitam para participar dessa competição única nesse gênero. A ASO (Amaury Sport Organisation) é a primeira empresa a ser financeiramente beneficiada com o Tour de France, desde 1947. De fato, a competição permite a essa sociedade familiar francesa, que detém também os quotidianos L’Equipe e Le Parisien, registrar um volume de negócios em torno de 150 milhões de euros. France Télévision paga, sozinha, 24 milhões de euros a cada ano

cyclomagazine | 41


CAPA

para transmitir as imagens da corrida. As cidades implicadas nas etapas desse evento também devem retribuir financeiramente a ASO. O preço para sediar uma largada fica em torno de 100 mil euros. Um município que sedia o término de uma etapa deve desembolsar 60 mil euros. Esses valores podem parecer elevados, mas a cada ano quase 200 municípios correm para participar desse evento. Os retornos financeiros para as cidades que têm o privilégio de serem selecionadas são, sem dúvida, bem expressivos. Inúmeros retornos financeiros O Prefeito de Porto-Vecchio, na Córsega, e o Prefeito de Gap, nos Alpes, estimam que a passagem do pelotão tenha rendido muitos milhões de euros para o seu município. A aglomeração de Metz foi ainda mais longe e solicitou a uma empresa especializada no setor levantamento sobre os retornos financeiros ligados à presença da caravana da competição no último dia 6 de julho. Os resultados desse estudo são claros: graças a essa etapa, os donos de hotéis, donos de restaurantes e os prestadores de

42 | cyclomagazine

serviços da cidade tiveram como benefício um negócio rentável... de mais de 670 mil euros suplementares de receita . Dois terços dos turistas que vieram para a chegada do Tour declararam que esse evento os motivou a prolongar sua estada e 77% reconheceram que a escolha do seu destino foi influenciada pela competição. 30 % dos profissionais do município sentiram um impacto positivo durante esse dia particular. 38% dos empresários do setor hoteleiro da cidade registraram um aumento de 25% na sua taxa de ocupação, graças também à presença dos 2.300 jornalistas que acompanham a corrida dos ciclistas. Os patrocinadores das equipes também não tiveram nenhum problema quanto ao retorno de seus investimentos. O índice de notoriedade da AG2R-La Mondiale, que era de 30 % das pessoas entrevistadas quando do seu ingresso no ciclismo em 1997, passou desde então a 75 %. A seguradora, cujo investimento é de aproximadamente 8,3 milhões de euros a cada temporada, estima que o mesmo lhe traga algo em torno de 60 milhões de euros na compra de es-

Patrocinadores das equipes também não tiveram nenhum problema quanto ao retorno de seus investimentos

paços publicitários em diferentes mídias (TV, rádios, jornais, Internet). As empresas com recursos mais restritos podem, também, se beneficiar do Tour participando da caravana publicitária. Para estar entre as 37 marcas que colocam em circulação os 180 veículos publicitários que divertem as crianças e os adultos ao longo das estradas algumas horas antes da passagem do pelotão, existem duas opções. Os parceiros oficiais do Tour, tais como a LCL, PMU, Skoda e Vittel podem participar da caravana gratuitamente, como é estipulado pelo seu contrato de patrocínio. E as outras empresas devem pagar 37 mil euros à ASO para poderem colocar quatro veículos no desfile publicitário, diferentes dos outros. Os anunciantes devem também prever quantidades astronômicas de pequenos presentes para oferecer ao público. Assim, a Bic, por exemplo, distribui 400 mil objetos aos espectadores e a fabricante de biscoitos St-Michel, oferece 3 milhões de madeleines (bolinhos em forma de concha) durante o Tour de France. Acesse: www.letour.fr


RÁPIDAS DE MARKETING

Levorin fortalece time de marketing

Com o objetivo de estreitar relacionamento com clientes e consumidores, a Levorin está fortalecendo sua presença nas mídias sociais. Desde o mês de maio a nova gerente executiva de Marketing, Mônica Pasini, tem investido fortemente para que a marca seja

Governo do Paraná reduz ICMS cobrado na venda de bicicletas O governo do Paraná anunciou que vai reduzir o valor do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cobrado para a venda de bicicletas no estado. A carga tributária deve cair de 18% para 12%, o que deve reduzir o preço final das “magrelas” nas lojas. A medida, segundo o governo, busca incentivar o uso das bicicletas. Com a nova base de cálculo, toda a cadeia envolvida na venda e na manutenção das

44 | cyclomagazine

reconhecida tanto nas lojas, quanto fora delas. A nova linha de pneus MTB, Street e Urbana, já estão no mercado e tem embalagem, código de barras e estratégia de vendas diferenciadas. Mônica é formada em Propaganda e Marketing, com especialização e pós na área e mais de 20 anos de experiência profissional.

bicicletas deve ser beneficiada, já que a redução do imposto também será aplicado a peças e pneus. A redução do imposto será realizada a partir do método de substituição tributária. A medida, segundo o decreto do governador Beto Richa (PSDB), será válida até 30 de junho de 2016. Coberturas Básicas Na Trader Seguros o cliente tem acesso aos mais diferentes e necessários seguros que desejar. Roubo/furto qualificado enquanto pedala; cobertura para roubo/furto qualificado dentro da residência; cobertura para roubo/ furto qualificado enquanto transporta; danos no transporte, desde que devidamente alocada em racks, tule etc., com vestígios de danos ao veículo transportador.

Sistema público de bicicletas elétricas A cidade de Madri, na Espanha, lançou o BiciMad (sistema público de bicicletas elétricas compartilhadas). São 1.560 bicicletas elétricas distribuídas em 123 estações, uma a cada 300 metros. Os primeiros distritos a receberem o sistema são: Centro (inteiro), parte de Arganzuela, Retiro, Moncloa-Aravaca e Chamberi. As estações funcionam 24 horas, sete dias por semana, todos os dias do ano. O projeto

Shimano patrocina equipe de paraciclismo

dos Campos (SP). Composta pelos paratletas Jady Martins Malavazzi, 9º lugar no ranking mundial em 2013, e Josimar Sena da Silva, que ocupa hoje a primeira colocação no Campeonato Valeparaibano de Paraciclismo, a equipe tem diversos compromissos programados para o ano.

poderá ser expandido com base no desenvolvimento do Plano de Mobilidade Sustentável da cidade de Madrid.

objetivos do Plano Noronha Carbono Neutro. As bicicletas elétricas estarão distribuídas em três pontos da Ilha: Boldró, Sueste e Sancho. O Plano Noronha Carbono-Neutro visa transformar a ilha de Fernando de Noronha no primeiro território a reduzir e compensar as emissões de gases no Brasil, sendo referência de novas tecnologias sustentáveis.

A Shimano está patrocinando, pela primeira vez no Brasil, uma equipe de paraciclismo. A Vemex/Shimano/CCSJC/Univap foi lançada na 5ª etapa do Campeonato Valeparaibano de Paraciclismo, em São José

Bicicletas elétricas chegam a Noronha Turistas e a população local do Arquipélago de Fernando de Noronha (PE) receberam vinte bicicletas elétricas, do total de 50 que estarão disponíveis até o final do ano. Além de ser uma nova alternativa de mobilidade na Ilha, as bikes terão o papel de contribuir para redução de CO2 no Arquipélago, dentro dos

Nova assessoria de imprensa A ZDL é a nova assessoria de comunicação Soul Cycles, empresa que é uma das principais montadoras de bicicletas esportivas e de lazer do País.


RÁPIDAS INTERNACIONAIS

Froome deve disputar a Volta a Espanha 2014 Mundial de Paraciclismo de Pista no México Realizado em Aguascalientes no México, a competição foi vencida pelo brasileiro Soelito Gohr que conquistou o título mundial, na prova de Scratch, competindo pela Classe C 1-5. Este é o terceiro título mundial do atleta. O primeiro veio em 2009, pela disputa realizada em Bogogno, na Itália, e em 2010 no mundial de Estrada em Baie-Comeau, no Canadá.

O ciclista britânico Chris Froome, vencedor da Volta a França de 2013, deverá disputar a Volta a Espanha deste ano. Em declaração publicada no jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o diretor da equipe Dave Brailsford anuncia que Froome está completamente recuperado das fraturas nos dois pulsos que sofreu durante a quinta etapa do Tour de 2014, que o obrigaram a abandonar a prova. A 69ª edição da Volta será realizada no dia 23 de agosto, em Jerez de la Frontera, Espanha.

Brasileiros conquistam medalha de bronze

Mundial de BMX O atleta GT Bicycles Leandro Overall é o mais novo campeão mundial de BMX-Dirt. Com a prova realizada no circuito Zoobrücke, em Cologne, Alemanha, o piloto sagrou-se campeão da prova. No evento principal, participaram 16 atletas, que contaram com o apoio do público com mais de 1 mil torcedores. Subiram ao pódio junto com Leandro, o australiano Brandon Loupos e a estrela alemã, Michael Meisel.

46 | cyclomagazine

Os brasileiros Wellyda Rodrigues e Flávio Cipriano conquistaram a medalha de bronze no Keirim, em competição de pista disputada na Itália, válida pelo ranking da classe C1. Os dois integram intercâmbio promovido pela Confederação Brasileira de Ciclismo e treinam desde 2013 no Centro Mundial de Ciclismo da UCI, em Aigle (Suíça). Wellyda ainda conquistou a quarta colocação na prova de Velocidade Individual.


Uma nova iniciativa já está disponível ao segmento Programa semanal dedicado ao segmento bike é transmitido em emissora da cidade de Campina Grande em canal aberto e, nas cidades de São Paulo e Campinas (região) através de sistema pago

Leila Portto | Apresentadora

Paraíba - TV Borborema SBT canal 9 Domingo as 10hs São Paulo (Capital) Net Cidade canal 2 Sábado as 11hs Campinas e Região Net Cidade canal 26

Contato: haroldo@luanda.com.br vendas@luanda.com.br 11 3461-8400 /8401 www.luanda.com.br/seu_programa


RÁPIDAS NACIONAIS

Rally Piocerá 2015 está com roteiro definido O evento abre o calendário de competições do país em 2015 que além das provas tradicionais, também trará disputas do Campeonato Piauiense de Mountain Bike. Outra novidade ficará por conta dos cenários naturais que os competidores terão o privilégio de explorar. A 28ª edição será realizada entre os dias 25 a 30 de janeiro de 2015.

Iron Biker 2014: Desafio de aço nas montanhas de ouro mineiras A histórica cidade de Mariana na região Central de Minas Gerais sedia o Iron Biker Brasil. A competição acontece nos dias 19, 20 e 21 de setembro, e conta com a participação de mais de 1.200 atletas. Em sua 21ª edição serão140km de trilhas, muita emoção e paisagens deslumbrantes durante o percurso. O Iron Biker Brasil contará com atletas de todos os estados brasileiros, além de atrações internacionais, como o suíço Lukas Kaufmann e a colombiana Angelita Parra, campeões da categoria elite no ano passado.

Priscilla Carnaval é campeã brasileira de BMX A atleta Priscilla Carnaval, da seleção brasileira de BMX, sagrou-se campeã brasileira da modalidade, em corrida e tomada de tempo. Segundo Priscilla, o campeonato realizado na cidade de Americana, interior de São Paulo, é parte da preparação para o Mundial de BMX. Convocada pela CBC para ocupar a vaga brasileira na categoria Elite Women, a atleta espera pegar motivação de mais um título para disputar em alto nível o torneio.

48 | cyclomagazine

Copa São Paulo de Ciclismo: Alteração no calendário A direção da Copa São Paulo de Ciclismo informou que as etapas da Copa que seriam realizadas em julho ficaram sem local para serem realizadas. Sendo assim, a direção do campeonato pede a todos os atletas que aguardem a divulgação da próxima etapa, pois os diretores já estão em contatos com algumas cidades.


Cocuzzi e Jaqueline são campeões brasileiros de Cross Country Etapa gaúcha do Sesc Triathlon O Sesc-RS está com inscrições abertas para a etapa gaúcha do Sesc Triathlon – Circuito Nacional 2014. As inscrições devem ser feitas através do www.sesc-rs. com.br/triathlon. A prova, que ocorre no dia 23 de novembro, acontecerá no litoral norte gaúcho, na praia de Tramandaí. As categorias disputadas serão: Elite e Amador Olímpico; Faixas Etárias e Demais Categorias e Duathlon.

A cidade de Cotia-SP recebeu o Campeonato Brasileiro de Mountain Bike XCO, que somou pontos para o ranking internacional da UCI. Luiz Henrique Cocuzzi e Jaqueline Borba, atletas Scott, foram campeões nas categorias Sub-23 e Junior Feminino, respectivamente. Com a vitória, Cocuzzi somou cinco títulos brasileiros, dois na categoria Juvenil, um na Júnior e atual bicampeão Sub-23.

Big Biker Rei e Rainha da Cuesta no Brasil Ride Festival A região do Pólo Cuesta – formada por 9 municípios com relevo privilegiado no interior do Estado de São Paulo – ganhou novo Rei e Rainha, após a realização de 4 dias de eventos da Brasil Ride Festival 2014. Com a soma dos resultados, o novo Rei é Raphael Mendes, o “Catalão”, de Goiás, que venceu a prova de Estrada e figurou-se entre os 7 primeiros no mountain bike. Entre as mulheres, a nova Rainha é Roberta Sonia Sousa Rocha, também de Catalão (GO), que venceu o ciclismo na categoria 35-39 anos e terminou entre as 9 primeiras no mountain bike.

A terceira etapa do Big Biker teve o terceiro campeão na categoria Elite PRO, o atleta João Paulo Firmino conquistou a vitória em São Luiz do Paraitinga (SP). Em uma corrida disputada desde o início dos 84 km, o paulista de Franca se superou para estar no lugar mais alto do pódio. Mesmo sem ter participado da segunda etapa do Big Biker, João Paulo soma 22 pontos e está na quinta posição da Elite.

cyclomagazine | 49


RÁPIDAS NACIONAIS

1º Giro Brasil Japão de Ciclismo de Estrada e Mountain Bike O evento acontece na Rodovia SC 451 que liga Curitibanos/SC à Frei Rogério/ SC, passando por belas paisagens, especialmente no mês de setembro onde acontece a Florada na Colônia Japonesa. O percurso é alternado em trechos planos, subidas e descidas. A prova será realizada no dia 21 de setembro. Informações www.sprinta.com.br

MTB XCO Abraão Azevedo é heptacampeão brasileiro de Mountain Bike XCO, em prova disputada na cidade de Cotia, no interior de São Paulo. A vitória veio na categoria Master, voltada para atletas com idade entre 45 e 49 anos. Agora, Azevedo se prepara para disputar o Campeonato Mundial Master de XCO, que acontece em Lillehammer, na Noruega, entre os dias 21 e 26 de agosto.

5ª etapa da Copa Rio de Janeiro de Ciclismo A cidade de Itaipava, localizada na Serra dos Órgãos (RJ) foi palco da última etapa da Copa Rio de Janeiro de Ciclismo. A prova, tradicional pela diversidade, permite que atletas amadores e profissionais participem. Os melhores do país na competição se classificaram para o Tour do Rio, maior evento de ciclismo da América Latina, que acontece esse ano entre 26 a 31 de agosto.

50 | cyclomagazine

Copa Desafio das Cavernas de Mountain Bike O Desafio das Cavernas de MTB é uma prova idealizada pela Pousada Casa de Pedra com o objetivo de difundir o Mountain Bike nas cidades ao redor dos Parques Estaduais Paulistas. A 4ª etapa está marcada para o dia 05/10 na cidade de Ribeira (SP). Serão disputadas as categorias Junior, Sub 23, 30, 35, 40, 45, 50, Over 50, Feminino e Estreante. desafiodascavernas@gmail.com


Cyclomagazine 196  

Revista Cyclomagazine 196

Cyclomagazine 196  

Revista Cyclomagazine 196

Advertisement