Issuu on Google+

Nº.12 . Ano II . 2012 . PVP: 2 € (IVA incluído)

edição digital

passear by

sente a natureza

BTL

Turismo de Natureza em destaque BTT

A Angola profunda

Canoagem

Alto Douro Vinhateiro

Cicloturismo

À descoberta do Castelo do Redondo Ecovias de Portugal

De Lisboa à Costa da Caparica

CAMINHADA

Gradil, a terra do Lobo Ibérico


Praceta Mato da Cruz, 18 2655-355 Ericeira - Portugal Correspondência - P. O. Box 24 2656-909 Ericeira - Portugal Tel. +351 261 867 063 www.lobodomar.net

www.passear.com

Director Vasco Melo Gonçalves Editor Lobo do Mar Responsável editorial Vasco Melo Gonçalves Colaboradores Catarina Gonçalves, Luisa Gonçalves.... Publicidade Lobo do Mar Contactos +351 261 867 063 + 351 965 510 041 e-mail geral@lobodomar.net

Grafismo

Contacto +351 965 761 000 email anagoncalves@lobodomar.net www.wix.com/lobodomardesign/comunicar

2 Registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social sob o nº. 125 987 Direitos Reservados de reprodução fotográfica ou escrita para todos os países

Capa Fotografia Caminhada Gradil (pág.36)

Turismo de Natureza, a grande vedeta na BTL

O Turismo de Natureza foi um dos temas mais falados e divulgados na última edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL). Finalmente, as autoridades nacionais acordaram para este fenómeno internacional e começaram a valorizar este segmento do turismo. Portugal tem um grande potencial e apesar da sua reduzida dimensão geográfica, é grande na diversidade de paisagens, flora e na ocorrência de aves. Este “acordar” tardio do estado para esta realidade vem dar razão às muitas empresas que, ao longo dos últimos anos, têm vindo a apostar e investir neste segmento de mercado. Foi curioso verificar que as autarquias há muito que acreditavam no Turismo de Natureza e isso reflete-se na oferta diversificada que encontrámos nos stands e nas conversas que mantivemos com os responsáveis autárquicos. Portugal, no seu todo, possui condições naturais únicas para fazer crescer a oferta e para tal, deverá estruturar-se e sistematizar a divulgação. Há muito trabalho a fazer mas como diz o provérbio chinês, “uma grande caminhada começa por um pequeno passo”. Boas leituras e bons passeios

Diretor vascogoncalves@lobodomar.net


Edição Nº.12 Março 2012

14

26 36

Sumário

04 Notícias 08 Património 10 Equipamentos 12 ASSINATURA PASSEAR 14 Apresentação Specialized 11 17 Reportagem BTL 20 Luanda a Maputo by Bicycle PUB 26 De Bicicleta à Descoberta dos Castelos de Portugal 36 Caminhada Gradil 48 Canoagem 54 Ecovias de Portugal

20

54


notícias 4

Inauguração Centro BTT de Pampilhosa da Serra É inaugurado dia 14 de Abril o Centro BTT de Pampilhosa da Serra. São 122km de trilhos sinalizados, num local idílico com vistas sobre a Serra da Estrela, no meio de um corredor verde, entre o Rio Ceira e o Rio Zêzere e entre as Aldeias do Xisto de Fajão e de Janeiro de Baixo, perto da Barragem de Santa Luzia no Casal da Lapa. O município de Pampilhosa da Serra tem vindo sucessivamente a apostar na promoção e divulgação da sua marca “Pampilhosa da Serra: Inspira Natureza”. É neste sentido que surge este Centro de BTT, tornando-se mais um dos motivos de interesse para os turistas e aventureiros que visitam a região. Coordenadas GPS Centro de BTT Pampilhosa da Serra: 40º 5’29.71’’ N 7º 51’0.48’’ W

Outitude

O Outitude está a revolucionar a maneira como se planeia, reserva e partilha as atividades de lazer, aventura, desporto ao ar livre e natureza. O Outitude é um website que permite reservar online atividades ao ar livre diretamente com os prestadores das atividades. Online desde Janeiro de 2012, o Outitude é o maior mercado de atividades outdoor em Portugal, com mais de 200 ofertas disponíveis para marcação imediata. O Outitude já conta com mais de 80 prestadores em 30 categorias como Surf, Vela, Karts, e outras mais alternativas como Bridge Jumping, Canyoning, Bobcats, etc. No Outitude o utilizador encontra informação sobre as atividades, locais, datas, vagas, preços e informação sobre o prestador. Reserva diretamente do site, pode partilhar as atividades que reservou e convidar os amigos a juntarem-se. O prestador configura a sua oferta, preços e disponibilidades e é imediatamente notificado de todas as reservas que recebe num sistema de gestão de reservas pessoal fornecido pelo Outitude. www.outitude.com


Itinerários Equestres no Minho Lima Itinerários Equestres no Minho Lima – um projeto-piloto para a dinamização do Turismo Equestre em Portugal. A potenciação desta atividade contribui para a qualificação da oferta turística, nomeadamente, pela diversificação da animação turística associada à descoberta e fruição dos territórios e dos seus valores patrimoniais naturais e culturais, com efeitos na redução da sazonalidade e na dinamização das economias regionais. O Turismo de Portugal desafiou o Turismo do Porto e Norte de Portugal e a TURIHAB - Associação do Turismo de Habitação de Portugal a desenvolver o projeto-piloto “Itinerários de Turismo Equestre”, com vista à definição de uma metodologia e requisitos aplicáveis ao desenvolvimento desta atividade, um guia de boas práticas para os agentes turísticos e a identificação de quatro itinerários na região do Minho Lima, com capacidade de operacionalização imediata: “ Pelas Aldeias de Portugal”; “Do Minho ao Lima”; “Entre as lagoas e a Serra de Arga” e “Pelos Caminhos de Santiago”. A região piloto Minho-Lima, no Norte de Portugal, para além dos recursos naturais e culturais da região e da sua oferta turística complementar de qualidade reconhecida, possui uma grande concentração de cavalos da raça garrana que vivem em plena liberdade no Parque Nacional Peneda-Gerês e nas Serras de Arga, Boalhosa, Corno de Bico e Armada, bem como uma

grande concentração de centros equestres e instalações para a realização de importantes eventos, para além de um calendário diversificado de festividades regionais ligadas ao cavalo e profissionais competentes. Pretende-se com o projeto, o envolvimento dos agentes turísticos na dinamização, comercialização e promoção desta oferta diferenciadora, bem como a disseminação da metodologia e boas práticas a outras regiões do país, por forma a desenvolver, de forma sustentável, a atividade de Turismo Equestre e posicionar Portugal como um destino de referência internacional. Os documentos “Itinerários Equestres – Metodologia de implementação; Estudo de caso Minho Lima” produzido pela TURIHAB e “Itinerários Equestres – Guia de Boas Práticas para agentes turísticos” produzido pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal foram validados tecnicamente pela Federação Equestre Portuguesa e estão disponíveis em www.turismodeportugal.pt; www.portoenorte.pt e www.solaresdeportugal.pt. Descubra os Itinerários Equestres em www.solaresdeportugal.pt/PT/cavalos.php

5


notícias 6

TransPortugal Garmin No próximo dia 5 de Maio arranca a maior prova de endurance em todo-o-terreno por etapas em território português. Também já apelidada do maior evento de aventura em Portugal, a Transportugal Garmin Race ligará mais uma vez, Bragança a Sagres em BTT. É o 10º ano consecutivo e mais uma vez vai levar os atletas a percorrer todo o país de Norte para Sul, ao longo de 1200 km divididos em 9 dias de competição em plena Natureza e através dos locais mais recônditos e desconhecidos. Confirmadas estão, pois, inscrições de

atletas oriundos dos 6 cantos do mundo espartilhados por 15 nacionalidades diferentes. 70% dos inscritos são estrangeiros e até ao momento estão confirmadas as presenças de 6 atletas femininas, todas estrangeiras, e entre elas, a norueguesa Kate Aardal que vem participar pela segunda vez, tendo no ano passado terminado a prova num brilhante 4º lugar, o melhor resultado alguma vez alcançado por uma atleta. Toda a informação acerca da prova, regulamento, concorrentes e hotéis, pode ser consultada em www.trans-portugal.com/


Limpar Portugal

Pelo terceiro ano consecutivo o Município de Vila Real de Santo António adere ao Projeto “Limpar Portugal”, que irá decorrer no dia 24 de Março de 2012 (sábado). Este evento pretende, essencialmente, promover a educação ambiental e refletir sobre a problemática do lixo, do desperdício, do ciclo dos materiais e do crescimento sustentável, por intermédio da iniciativa de limpar as florestas, removendo todo o lixo depositado indevidamente nos espaços verdes. O Município de VRSA como coordenador local da iniciativa, e à semelhança dos anos anteriores, irá contribuir com a disponibilização de todos os meios logísticos necessários para a recolha

e encaminhamento de todos os resíduos recolhidos, nomeadamente, disponibilização de pessoal especializado, retroescavadora, camiões, trator, contentores, luvas, sacos, entre outros. No concelho de VRSA irão ser limpas duas zonas consideradas críticas relativamente à deposição incontrolada de resíduos, a zona poente de Monte Gordo, sendo o ponto de encontro às 9h junto da Junta de Freguesia de Monte Gordo, e a zona (junto à Ria) entre Cacela Velha e Manta Rota, sendo o ponto de encontro igualmente às 9h mas junto da sede da ADRIP, em Cacela Velha. Após as ações de limpeza irá realizar-se almoço convívio no Parque de Merendas de Monte Gordo, devendo cada participante levar a sua merenda. Durante a tarde realizar-se-ão jogos tradicionais e pinturas faciais para os mais jovens. Para mais informações poderão contactar os serviços técnicos da Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos, através do telefone 281 510 000, ou do correio eletrónico dasu@cm-vrsa.pt.

7


património 8

Do Património Mundial ao Património Local: proteger e gerir a mudança O DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS FOI CRIADO PELO ICOMOS A 18 DE ABRIL DE 1982 E APROVADO PELA UNESCO NO ANO SEGUINTE. ESTA COMEMORAÇÃO TEM COMO OBJETIVO SENSIBILIZAR O PÚBLICO PARA A DIVERSIDADE E VULNERABILIDADE DO PATRIMÓNIO, BEM COMO PARA O ESFORÇO ENVOLVIDO NA SUA PROTEÇÃO E PRESERVAÇÃO. Os temas anualmente sugeridos pelo ICOMOS pretendem promover o estabelecimento de uma ligação efetiva entre as realidades locais, regionais, nacionais e internacionais. Assim, através desta data comemorativa, pretende-se celebrar o património nacional, mas, também, a solidariedade internacional em torno da salvaguarda e da valorização do património

de todo o mundo. O tema proposto para este ano - Do Património Mundial ao Património Local: proteger e gerir a mudança - assinala uma relevante efeméride, o 40º aniversário da Convenção para a Proteção do Património Mundial, Cultural e Natural da UNESCO, no quadro da qual foi estabelecida a conhecida “Lista do Património Mundial”,


tendo-se tornado um precioso instrumento para a cooperação internacional e nacional ao serviço da proteção e da valorização do património. A organização e discussão do Património Mundial, a nível internacional, vem-se refletindo na evolução de conceitos e metodologias, revertendo para as distintas realidades nacionais e para as práticas concretas e mais locais da conservação. Ao mesmo tempo o tema proposto pretende chamar a atenção para o complexo desafio que hoje se coloca à proteção e gestão do património, numa época de marcada globalização económica e cultural, de profundas transformações sociais e de mudança de paradigmas. Os reflexos e relações entre as dimensões internacionais e as práticas locais, nos seus diferentes âmbitos e escalas, as necessárias novas abordagens perante os novos desafios que se colocam à salvaguarda do nosso património e à boa gestão dos inevitáveis processos de mudança darão, assim, o mote essencial para as atividades a organizar no Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que incluirão naturalmente as habituais ações de sensibilização para o património. O IGESPAR procurará, à semelhança dos anos anteriores, apresentar uma programação que inclua um conjunto de atividades atrativas ao público, convidando entidades públicas e privadas a associaremse a este evento. De igual modo, caberá ao IGESPAR promover a divulgação do Dia Internacional

de Monumentos e Sítios, de modo a que o público tenha conhecimento do programa nacional e possa participar nas atividades que se irão realizar nesta data. Exemplos de atividades a serem desenvolvidas: -workshops, palestras, conferências, debates e seminários; -exposições; -visitas guiadas e visitas temáticas; -ações de sensibilização com o objetivo de envolver as comunidades nas atividades ligadas à conservação e à proteção do património; -lançamento de publicações; -feiras e festivais; -exibição de documentários, filmes; -organização de rotas patrimoniais; itinerários culturais, peddy papers e rally papers; -espetáculos artísticos (música, dança, teatro, circo, teatro de marionetas/fantoches): -concertos e apontamentos musicais (música antiga e contemporânea); -animação de rua, recriações e encenações históricas; -maratonas fotográficas; -sessões de leitura; - ateliers lúdicos e oficinas pedagógicas; -jogos tradicionais, de época e jogos de descoberta. Dia Internacional de Monumentos e Sítios – 18 de Abril de 2012

9


s o t n e m a p i equ

100%

recom enda

do

Alforges Ortlieb Back-Roller Clássicos entre os alforges impermeáveis para viagens e turismo em bicicleta. O seu sistema de fecho robusto e funcional, com fecho hermético de rolo, leveza, material exterior resistente, alças de ombro (excepto versão City) e Sistema Ortlieb Quick-Lock, asseguram que a bagagem fica 100 % protegida mas acessível a qualquer altura. 40 L. Preço: 109,95 € Comercialização:http://cenasapedal.com/loja/alforges/306-back-roller-par.html

Kit Primeiros Socorros impermeável

10

Kit Tatonka de primeiros socorros impermeável, com o equipamento mínimo necessário. Desenvolvido para uma pessoa e pensado para utilização em actividades de um dia. O saco impermeável assegura que, mesmo em utilização em neve, chuva ou água (p.ex., canoagem), o material fique seco e utilizável. Características: Peso - 200g | Medidas - D:24 x 40 cm | Material - 420 HD Nylon | Contém: 5 pensos (7,2 x 2,5cm); 2 adesivos elásticos (10 x 6cm); 1 folheto (em alemão); 1 manta térmica; 1 par de luvas vinyl; 1 checklist; 1 rolo adesivo (5m x 1,25cm); 1 compressa. Preço: 24.99 € Comercialização: http://www.s-trail.com

Câmaras de filmar Go Pro HD Hero 2 Outdoor Edition

Principais caraterísticas: Sensor Profissional de 11MP; Full 170º, Médio 127º, Estreito 90º FOV em Vídeo 1080p e 720p; Vídeo WVGA 120 fps, 720p 60 fps, 960p 48 fps, 1080p 30 fps; Fotos Full 170º e Médio 127º FOV; Foto Burst de 10 fotografias 11MP por segundo; Modo Timelapse de 1 fotografia de 11MP cada 0,5 segundos; Entrada de 3,5mm de Microfone Stereo Externo; Controlo Remoto de Longo Alcance de até 50 Câmaras GoPro por Wi-Fi Remote; Streaming de Vídeo ao Vivo e Fotos para a Web. Preço: 349,00 € Comercialização: http://www.movefree.pt/pt/catalog/camaras-de-filmar/hd-hero2-outdoor-edition


edição digital

passear

Nº.12 . Ano II .

2012

by

COMPRE OU ASSINE a revista

reza

sente a natu

BTL

Turismo de Natureza em destaque Canoagem

A Angola profunda

ateiro Alto Douro Vinh

Cicloturismo

do À descoberta ndo do Re do Castelo Portugalrica Ecovias àde Costa da Capa De Lisboa

apresentação

BTT

SPECIALIZED 11 BICICLETA HARDROCK SPORT DISC PRETO/ BRANCO 19

Ideal para os iniciados SUSPENSÃO DIANTEIRA SUAVE, MELHORES TRAVÕES E BONS PORMENORES DE EQUIPAMENTO TORNAM A HARDROCK SPORT DISC AINDA MELHOR PREPARADA PARA TRILHOS DE MONTE E “SELVAS” URBANAS.

14

Este modelo da Specialized será a nossa companheira nas atividades fora de estrada. Estamos perante um modelo de entrada de gama destinada a todos aqueles que se querem aventurar por tilhos sem terem de despender muito dinheiro. Numa próxima edição iremos abordar novamente este modelo mas, dessa vez, de uma forma mais aprofundada e com maior conhecimento de causa.

terra Gradil, aIb o do Lobo éric

CAMINHADA

Ficha técnica:

Quadro - Alumínio A1 Premium Specialized, totalmente reforçado, TH formado, TD ORE duplo, Tubo de Direcção com relevos externos, Apoio de disco reforçado, dropouts forjados c/ suporte substituível, apenas para disco Forqueta - SR Suntour SF11-XCM-V3-26-

DS-MLO, 80mm, jarras em alumínio numa só peça, pernas interiores Hi-Ten de 30mm, LO mecânico, mola helicoidal/mcu c/ ajuste de pré-carga, vedantes assistidos por mola Caixa Direcção -Não roscado e de 1-1/8”, esferas soltas Avanço - Alumínio forjado em 3D, 4 parafusos, 10 graus de elevação, grampo de 25.4mm Guiador - Guiador elevado em alumínio, 25mm de elevação, 8 graus de recuo, 6 graus de elevação Punhos - Specialized Enduro, composto duplo em Kraton, sem flanco, 131mm Travão Dianteiro - Avid BB5, mecânicos de disco, disco de 60mm G2 Clean Sweep Travão Traseiro - Avid BB5, mecânicos de disco, disco de 60mm G2 Clean Sweep

15

Temas incluídos na versão paga 20

21

• Apresentação Specialized 11

LUANDA A MAPUTO BY BICYCLE

3º Dia em Angola

De Alto Dondo a Ndalatando EM 2010, PEDRO FONTES DECIDIU LIGAR POR BICICLETA LUANDA A MAPUTO. UMA AVENTURA QUE AQUI NOS CONTA NA PRIMEIRA PESSOA. Texto e Fotografia: Pedro Fontes

• Reportagem BTL

Era Sexta-Feira Santa… e quando acordei no meu quarto com AC e televisão, estava longe de imaginar o que seria o meu dia. Tinha programado sair às 8h00, mas devido a alguns imprevistos… às 10h00 ainda estava à espera do pequeno-almoço. Comecei a pedalar depois das 10h15 e nessa altura os termómetros já marcavam 40ºC o que fazia adivinhar que hoje seria um dia duro. Ao contrário do troço anterior, a estrada

entre Alto-Dondo e Ndalatando era estreita e apesar de ser alcatroada, não estava nas melhores condições.

Cedo começaram os problemas que me iriam atrasar para o resto do dia. 5Kms depois de ter iniciado a etapa, tive de parar e retirar a carga toda da bicicleta. Isto porque tinha o pneu suplente a raspar na roda traseira. Mais 5 minutos a pedalar e tive que parar novamente porque tinha

De Bicicleta à Descoberta dos Castelos de Portugal

Castelo de Redondo

Duração 1 Dia Distância 73 Km Dificuldade

Texto: Vasco de Melo Gonçalves e C.M. Redondo Fotografia: V.M.G.

Tipo: Circular Localização: Redondo (Alentejo) Apreciação Geral: Ciclo turismo (Natureza e Cultural) Monsaraz

Monsaraz

26

27

passeio biclicleta

• Luanda_Maputo em Bicicleta

Redondo

• De Bicicleta à Descoberta dos Castelos de Portugal - Castelo de Redondo

Caminhada no Gradil Na Terra do Lobo Texto e Fotografia: Vasco de Melo Gonçalves

O TEMA LOBO É OBRIGATÓRIO QUANDO CAMINHAMOS NA ZONA DO GRADIL (MAFRA) POIS, É NAS IMEDIAÇÕES QUE ESTÁ IMPLANTADO O CENTRO DE RECUPERAÇÃO DO LOBO IBÉRICO.

• Caminhada - Gradil

Duração 4 a 5 horas Distância 14,1 Km Dificuldade

36

Gradil

passeio

Gradil

• Canoagem

37

Tipo: Circular Localização: Gradil (Mafra) Apreciação Geral: Natureza e Cultural

Vista da aldeia piscatória da Trafaria, na foz do Rio Tejo

• Ecovias de Portugal 54

55

ECOVIAS DE PORTUGAL

De Lisboa à Caparica em bicicleta DESLOCAÇÕES EM BICICLETA ENTRE A CAPITAL E AS PRAIAS DE ALMADA GANHAM CADA VEZ MAIS ADEPTOS. Texto e Fotografia: Paulo Guerra dos Santos

A actual situação económica, os constantes engarrafamentos, os sucessivos aumentos do preço dos combustíveis, as portagens na Ponte 25 de Abril e os custos com a manutenção dos automóveis vieram condicionar a mobilidade dos lis-

boetas, nomeadamente nas deslocações em lazer até às praias da Costa da Caparica. Sendo esta deslocação efetuada tradicionalmente em veículo privado ou em

transportes públicos, está a ganhar cada vez mais adeptos uma forma divertida e saudáveis de se poder ir dar um mergulho às praias oceânicas da Caparica: deslocarmo-nos de bicicleta, utilizando as novas ciclovias de Lisboa e Almada em conjunto com o cacilheiro. Vejamos então: Lisboa tem já há algum tempo uma ciclovia que leva em segurança quem se faz deslocar de bicicleta do Cais-do-Sodré até ao Cais Fluvial de Belém. São 5 quilómetros totalmente em plano, junto ao rio e afastado das grandes vias de circulação automóvel. Em cerca de 25 minutos percorremos esta bonita zona ribeirinha,

com a Ponte e o Cristo Rei em pano de fundo, e o céu bem espelhado nas cada vez menos poluídas águas do Tejo. Uma vez chegado ao Cais de Belém podemos atravessar o Tejo num dos históricos cacilheiros, sempre com Lisboa à vista, até à margem sul na Trafaria. A viagem demora apenas 20 minutos, com direito ainda a uma paragem intermédia no porto de uma pequena aldeia piscatória, Porto Brandão. O bilhete ida-e-volta custa 2,30€, mais 0,50€ pelo cartão magnético recarregável e válido durante um ano. Por este preço temos ainda direito a vislumbrar


assinatura

Temos um Passado mas vamos caminhar juntos rumo ao Futuro! Após 11 edições gratuitas da revista digital Passear tomámos a decisão de começar a comercializar a publicação através da venda avulso ou assinaturas. Custo da revista avulso: 2 Euros. Pagamento por transferência bancária (ver elementos abaixo). O valor da Assinatura Anual (12 números) é de 12 euros o que perfaz um valor de

1 euro por revista!

É um preço simbólico mas que fará toda a diferença para que continuemos a evoluir neste nosso projeto editorial. Contamos com os NOSSOS LEITORES para nos apoiarem nesta nova etapa. Obrigado a todos.

Vasco de Melo Gonçalves Director

ASSINE JÁ Pagamento através do PayPal de 12€ que corresponde à assinatura de 12 edições da revista digital Passear.

ou Transferência bancária para a conta do

BPI 0010 0000 75906740001 04 em nome de LOBO DO MAR - SOCIEDADE EDITORIAL LDA, enviar comprovativo por email para geral@lobodomar.net com nome completo, morada e número de contribuinte.


edição digital gratuita

Nº.3 . Ano I . 2011

passear

passear

Destino Geoparque de

Equipamentos

sente a natureza

by

sente a natureza

Porto Santo

Bicicleta Cube Delhi Disc 2011 Mochila Deuter Kid Comfort II Mochila Eagle Creek Switchback Max 22 Ténis La Sportiva Electron Wenger Traveler Pocket Alarm 73015

Rota da Biodiversidade

Lisboa

Rumo a Cuenca Crónica de viagens

Equipamento

GPS Oregon 450 Gama Stormproof™ Camera Pouch Tenda Specula Alpine da Vaude Oregon Scientific ATC9K HD Walkies-talkies Cobra MT600

edição digital gratuita

Nº.4 . Ano I . 2011

passear by

sente a natureza

edição digital gratuita

Nº.5 . Ano I . 2011

Aldeia de Pedralva edição digital gratuita

Nº.7 . Ano I . 2011

passear by

Destino

passear by

sente a natureza

sente a natureza

Crónica de Viagens

tudo para viajar de bicicleta Equipamentos

Crónica de Viagens

Estrada da Morte

Bolsas Aquapac Bicicleta Specialized Crosstrail Deluxe Comp Garmin Montana™ 600

Bolívia II

Opinião

Ponte de Lima

Um lugar mítico

PRS3

PRS7 CABO DA ROCA edição digital gratuita

Nº.8 . Ano I . 2011

passear by

sente a natureza

Ecovia1 De Lisboa a Badajoz Canoagem Douro Internacional

À descoberta dos castelos de Monsaraz e Mourão

Reportagem II Ultra-rota dos Templários

Contacto

Specialized CrossTrail

ORVALHO

Passeio numa aldeia beirã

Gerês, o PNPG e o seu potencial

Destino

Crónica de Viagens

De MÉRTOLA por lugares adormecidos

CASTELO DOS MOUROS

Nº.10 . Ano

Nº.9 . Ano I . 2011

passear by

recome

ndado

sente a natureza

Caminhada Nas margens do rio Lizandro Crónicas do Gerês

O trilho de Carris Contato GARMIN Montana 650T

I . 2012

passea by

100%

DESTINO Allariz, no coração da Galiza

sente a

Destino

Cidades

e vilas m

edievais

Ecovia

Lisboa a Ba AS VIVÊNC dajoz IA FRANCISC S DE O MORAI S

edição digital

r

naturez

a

Crónica s Leitura ddo Gerês eturpa da Porta da ria

Évora e Montemor-o-Novo MonuMentos GRANDIOSOS

Ligação Angola a M

A melhor maneira de ler a sua revista digital No PC

A aventu oçambique ra em B d

e PEDRO

TT FONTES

Ericeira –S Uma CA. Lourenço – Ericeira MIN

HADA d e contra stes

Clique no link que lhe é enviado por email para aceder à sua revista numa plataforma online mais interactiva. Pode criar marcadores para as páginas que quer voltar a ler ou para apenas se lembrar mais tarde.

No Android

Abra o anexo que lhe é enviado por email num leitor de documentos pdf, recomendamos o seguinte leitor ezPDF Reader Lite para uma melhor leitura.

No

iOs

Abra o anexo que lhe é enviado por email num leitor de documentos pdf, recomendamos que abra no iBooks para uma melhor leitura.

assinatura

edição digital gratuita

Nº. 2 . Ano I . 2011

by


Revista Passear Número 12 VG