{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

ANTRAL ANO XXI * Nº 144 * SETEMBRO/OUTUBRO 2011 * PREÇO 2,24 EUROS

Revista

ÓRGÃO OFICIAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS TRANSPORTADORES RODOVIÁRIOS EM AUTOMÓVEIS LIGEIROS

Boas Festas


INSCRIÇÕES ABERTAS FORMAÇÃO DE RENOVAÇÃO DO CAP DE MOTORISTA DE TÁXI CURSOS EM REGIME À DISTÂNCIA CONTÍNUA (6 horas em sala)

CONTÍNUA e APERFEIÇOAMENTO (12 horas em sala)

CALENDARIZAÇÃO PARA 2011 FORMAÇÃO CONTÍNUA e APERFEIÇOAMENTO – Local: Delegações da ANTRAL LISBOA:

Periodicidade Mensal

Primeiros e Terceiros Sábados de cada mês

PORTO:

Periodicidade Mensal

Últimos Sábados de cada mês

COIMBRA e/ou VISEU:

Periodicidade Trimestral

Segundos Sábados dos meses de Janeiro/Abril/Julho/Outubro

ÉVORA:

Periodicidade Trimestral

Segundos Sábados dos meses de Fevereiro/Maio/Agosto/Novembro

FARO:

Periodicidade Trimestral

Segundos Sábados dos meses de Março/Junho/Setembro/Dezembro

A oferta formativa terá maior difusão geográfica, sempre que o nº de inscrições o justifique

PREÇOS DOS CURSOS E FORMAS DE PAGAMENTO Contínua + Aperfeiçoamento: € 85 Contínua: € 55 Aperfeiçoamento: € 55 * Os preços estão isentos de IVA Pagamento através de cheque passado à ordem de “Protaxisó, S.A.”

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES As inscrições deverão ser realizadas com antecedência de uma semana em função das datas programadas para o seu início, por meio de impresso próprio, disponivel em www.protaxiso.antral.pt LEMBRE-SE: O IMTT RECOMENDA QUE REGULARIZE A CERTIFICAÇÃO POR VIA DA FORMAÇÃO COM A ANTECEDÊNCIA DE 6 MESES EM FACE DO TERMO DA SUA VALIDADE Para mais informações contacte Sede LISBOA - Tel: 218 444 053 - Fax: 21 844 40 57 * E-mail: formacao@protaxiso.antral.pt Delegação PORTO - Tel: 225 323 350/9 - Fax: 226 162 209 * E-mail: porto@antral.pt Delegação COIMBRA - Tel : 239 822 008 - Fax: 239 822 473 * E-mail: coimbra@antral.pt Delegação VISEU - Tel: 323 468 552 - Fax: 232 469 141 * E-mail: viseu@antral.pt Delegação ÉVORA - Tel: 266 700 544 - Fax: 266 70 05 44 * E-mail: evora@antral.pt Delegação FARO - Tel: 289 827 203 - Fax: 289 806 898 * E-mail: faro@antral.pt

2

A inscrição só será considerada VÁLIDA E EFECTIVA após ENTREGA da DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA e PAGAMENTO DA INSCRIÇÃO


Director: José Monteiro Sub-Director: José Domingos Pereira Chefe de redacção: J. Cerqueira Colaboradores: TODOS OS SÓCIOS Edição e Propriedade: ANTRAL - Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros Design e maquetagem: Susana Rebocho Realização gráfica: Madeira & Madeira, SA - Rua Cidade de Santarém Quinta do Mocho - Zona Industrial 2005-002 Santarém Publicidade: Maria do Rosário (21 844 40 50) ÓRGÃOS SOCIAIS Mesa da Assembleia Geral Presidente: Adrião Mateus Vice-Presidente: José Canas Flores Vogal: Joaquim Tinoco Substituto: José Mário dos Anjos Conselho Fiscal Presidente: José Mamede Vice-Presidente: António Alves Vogal: António Alves Bastos Substituto: Henrique dos Santos Direcção Presidente: Florêncio Plácido de Almeida Vice-Presidente: José Monteiro Vogais: Armando Lopes; Manuel Silva; José Domingos Pereira Substitutos: HenriqueCardoso; Jorge Barreiros Alves Secretário Geral: João A. S. Chaves Sede: Av. Engº Arantes e Oliveira, 15 - 1949-019 Lisboa - Tel: 21 844 40 50 - Fax: 21 844 40 57 Telemóvel: 912 501 278/83/84 - 934 751 545 961 037 087 - 93 314 3733/39 Email: antral@antral.pt DELEGAÇÕES PORTO: Rua D. Jerónimo de Azevedo, 611 4250-241 Porto - Tel: 225 323 350/9 - Fax: 226 162 209 Telemóvel: 933 146 047 CASTELOBRANCO:Av.daCarapalha,2,LjEsq-6000-320 Castelo Branco Telf: 272 337 630 - Fax: 272 337 467 Telemóvel: 934 988 896 COIMBRA: Rua do Padrão Espaço D - 3000-312 Coimbra - Tel: 239 822 008 - Fax: 239 822 472 Telemóvel: 933 146 042 ÉVORA: Rua do Cicioso, 29 - 7000-658 Évora Tel: 266 700 544 - Fax: 266 700 544 Telemóvel: 933 146 041 FARO: Rua Engº José Campos Coroa, Lote 19, Loja Esq. - 8000-340 Faro - Tel: 289 827 203 Fax: 289 806 898 - Telemóvel: 914 492 898 - 933 146 045 VISEU: Rua Tenente Manuel Joaquim, Lote D 3510-086 Viseu - Tel: 232 468 552 - Fax: 232 469 141 Telemóvel: 933 146 043 Periodicidade: BIMESTRAL - Tiragem: 10.000 exemplares - Preço: 2,24 euros - DISTRIBUIÇÃO GRATUITAAOSSÓCIOS-Assinaturaanual:Continente - 29,93 euros - Estrangeiro - 44,89 euros - Inscrito na Secretaria Geral da Justiça com o nº 105815

Sumário

Revista nº 144 - Setembro/Outubro 2011

Editorial

• Ainda o benefício da dúvida .......................................................... 4

Nota de Abertura

• Trapalhada à moda do Porto ......................................................... 5

Vida Associativa

• Táxis de Loures passaram a aplicar tarifa única ..................... 6 • ANTRAL apoiou 12º Passeio do Grupo de cicloturismo de Campo de Ourique .......................................... 7 • Tomada de posse dos órgãos sociais da AITRAM ........................ 8 • Sorteio do Dia do Táxi .................................................................. 10 • Formação Protaxisó .................................................................... 12 • Teste os seus conhecimentos ..................................................... 14 • Agenda da direcção ...................................................................... 15

AntralMed

• Porquê ter um Seguro de Responsabilidade Civil Familiar? ........ 16

Mundo Automóvel

• Serviço de táxis de Lisboa entre os melhores da Europa ............... 20 • Projecto “low-cost – táxi à porta” arrancou em Matosinhos ............ 21 • Curtas .................................................................................................. 22 Combustíveis ................................................................................... 23

Ambiente

• Verdes ............................................................................................ 24 • Primeiro táxi 100% eléctrico de Espanha ........................................ 25

Notícias

• 11º Congresso da ANTRAM ............................................................ 26 • Fiscalidade ....................................................................................... 27 • Breves ............................................................................................ 28 • Nova Iorque aprova táxi Ford Transit Connect ............................ 30 • Campanha da ADENE sobre "Condução Eficiente" .................... 31

Raio X

• Honda Accord Sedan dinâmico e elegante ................................. 33

3


Editorial

Ainda o benefício da dúvida Como sabem, os órgãos sociais da Antral decidiram marcar uma paralisação de táxis, a nível nacional, para o dia 18 do próximo mês de Novembro, que só seria desmarcada se o governo apresentasse propostas concretas sobre as matérias reivindicadas. Como, naturalmente, se recordam esta paralisação é o corolário de uma proposta aprovada em assembleia geral, em 15 de Maio de 2008, que apresentou um caderno reivindicativo ao governo. Na sequência deste caderno reivindicativo, foi aprovado um pacote de apoio ao sector dos táxis, que, recordo, incluiu a majoração de custos fiscais (despesas com combustíveis), um incentivo fiscal à renovação de frotas, o congelamento do imposto sobre os produtos petrolíferos, a antecipação da renegociação da convenção de preços, a manutenção dos incentivos para a renovação de frotas para energias alternativas, e, ainda, a redução do valor da taxa de controlo metrológico do IPQ, quando ocorra mais que uma verificação anual. O pacote aprovado também previa a criação de três grupos de trabalho para revisão de matérias laborais, formação profissional e alteração do regime jurídico aplicável ao transporte colectivo de crianças em táxis. Este pacote de medidas, como se salientou, na altura, deu satisfação à maioria das reivindicações da Antral, o que levou a direcção a abster-se de convocar qualquer manifestação ou concentração, como tinha sido mandatada pela assembleia-geral da associação efectuada em 15 de Maio de 2008. Os grupos criados terminaram os trabalhos, em 2009, aprovando por unanimidade, projectos de diplomas que eliminavam a obrigatoriedade de registos no livrete individual de controlo, diplomas que simplificavam a formação profissional e outro que isentava os táxis de alguns requisitos no transporte contratualizado de crianças. Porém, nenhum dos diplomas aprovados foi publicado, o que levou a que fosse aprovada, por unanimidade, no Conselho de Delegados, em 27 de Janeiro p.p., uma proposta, nos termos da qual a direcção da Antral deveria convocar uma concentração de táxis, a ter lugar em 15 de Abril, se até lá o governo não apresentasse propostas concretas que contemplassem alterações significativas no âmbito das matérias já reivindicadas pela Antral, no que se refere, nomeadamente, ao livrete individual de controlo, à formação, ao transporte colectivo de crianças e ao transporte de doentes.

4

Florêncio Plácido de Almeida Presidente da Direcção

Entretanto, a dissolução da Assembleia da República e a queda do governo levaram à sua suspensão, ficando a aguardar-se o início das funções do novo executivo. Caros colegas, Como todos sabem, a direcção da Antral sempre privilegiou o diálogo e não convocará qualquer paralisação ou concentração sem antes esgotar todas as hipóteses de acordo e consenso. Registe-se que, quando este governo tomou posse, a direcção da Antral não deixou de transmitir a grande esperança que se depositava na sua capacidade para alterar e corrigir o que está mal. Decorridos seis meses da posse deste governo, não podemos, no entanto, deixar de concluir que se mantêm as condições que estiveram na origem da proposta de Maio de 2008. Mas temos de ser pragmáticos, temos de ser realistas. Na verdade, é da mais elementar justiça reconhecer a extremamente desfavorável conjuntura económica em que se desenvolveu a actividade do governo, desde que tomou posse, que tornou absolutamente prioritária a adopção de uma política de combate ao défice orçamental, e consequente imposição de algumas medidas impopulares. Neste contexto, e tendo em conta que, nestes últimos dias, foram marcadas reuniões no Ministério da Saúde e na Secretaria de Estado dos Transportes, que indiciam a vontade do governo em restabelecer o diálogo, a Direcção decidiu cancelar a paralisação marcada para o próximo dia 18, sem contudo baixar os braços na defesa dos legítimos interesses do sector. É, mais uma vez, o benefício da dúvida que nos leva a adoptar esta posição. Estamos, no entanto, algo optimistas pois permitimonos recordar que a satisfação destas reivindicações não envolvem qualquer custo para o Estado, podendo, até, contribuir para a redução dos encargos com o transporte de utentes e para o aumento do emprego. Quando esta edição vos chegar às mãos estaremos em plena quadra natalícia, o que me leva, desde já, a desejar, muito sinceramente, um Feliz Natal e um próspero Ano Novo.


Nota de Abertura

Trapalhada à moda do Porto Para se ser dirigente associativo, torna-se absolutamente imprescindível que, duas vontades estejam conjugadas, ou seja, em primeiro lugar a disponibilidade própria do candidato, seguidamente a da massa associativa que o elege conjuntamente com o elenco directivo que o mesmo integra. Ser dirigente associativo, implica enfrentar problemas e preconizar soluções para os mesmos, mantendo evidentemente a capacidade de diálogo e de argumentação, sempre com a consciência de que as mesmas nem sempre são fáceis, pois não raras vezes, durante o exercício do mandato, lidamos com vicissitudes e injustiças, para as quais temos que estar preparados. Vem tudo isto a propósito, do que se está a passar na cidade do Porto, com a intransigência deste município em não permitir desde o passado dia 22 de Setembro, o acesso dos táxis para tomar ou largar passageiros na Zona Histórica da Ribeira, a não ser nos normais períodos permitidos para carga e descarga, o que como é óbvio dificulta a operacionalidade e rendibilidade deste sector, e é gerador de instabilidade no relacionamento entre motoristas de táxi, e entre estes e os seus clientes. Quando fui chamado de urgência para uma reunião no município portuense, a menos de 24 horas da implementação desta reorganização do tráfego na Zona Histórica da Ribeira, longe do meu pensamento estava o facto de a câmara pretender alterar a solução acordada para esta zona em reuniões efectuadas ao longo de vários meses, que recordo-vos, previa o livre acesso dos táxis à Zona da Ribeira e um local de estacionamento na mesma situado na Rua de S. João no sentido descendente. Como justificação, os responsáveis autárquicos fundamentaram-se em pareceres das forças policiais, que invocavam problemas de segurança e de possíveis alterações da ordem pública para desaconselhar a presença dos táxis nesta zona. Estranhei esta atitude, tanto mais que da experiência recolhida ao longo dos quase dez anos que tenho no exercício deste cargo associativo, sempre encontrei por parte desta edilidade uma porta aberta ao diálogo, o que permitiu ao longo dos anos encontrar soluções, que não sendo por vezes as ideais para nós, foram as possíveis para servirem o interesse conjugado do sector, da autarquia e dos munícipes. Não consegui perceber esta alteração de intenções, contudo, e seguindo a política do mal menor, em con-

José Monteiro

sonância com outros representantes do sector presentes na mesma reunião, propusemos uma solução alternativa. Nesta abdicamos da criação da praça de táxis no perímetro de trânsito condicionado da Ribeira, e simultaneamente pedimos que se mantivesse a actual praça de táxis do Infante com a mesma capacidade. Pedimos também, a criação de uma nova praça de táxis na mesma rua com início junto à Rua de S. João com duas situações distintas de funcionamento, ou seja, uma de horário diurno com capacidade para 5 ou 6 lugares e uma outra em horário nocturno que deveria utilizar todo o espaço disponível entre a Rua de S. João e a Rua da Alfândega, aumentando assim a sua capacidade. Por último, reivindicamos para os táxis, a permissão destes poderem aceder livremente à zona da Ribeira, sempre que fossem solicitados via telefone pelos moradores desta zona ou pelos utilizadores das estruturas hoteleiras e restauração aí existentes. Aguardamos então que estas medidas fossem implementadas, contudo, pese embora a experiência já recolhida durante a vigência desta proibição os responsáveis autárquicos mantêm-se inflexíveis, alegando que estão a monitorizar a situação para efectuar eventuais correcções. Este episódio da Ribeira fez-me reviver um outro que aconteceu, quando a praça de táxis do Marquês foi deslocalizada temporariamente para permitir a construção da estação do Metro, e depois a edilidade pretendeu manter esta situação como definitiva. Foram quatro anos de reivindicações e argumentações até que, o tempo veio-nos dar razão e a mesma voltou ao seu local original. Por isso mesmo, espero que o bom senso também venha a prevalecer, e que a proibição do acesso dos táxis à Ribeira do Porto venha a ser revogada, pois só assim, estarão quanto a mim salvaguardados os interesses do sector, dos moradores e de todos os comerciantes que têm nesta zona o seu ganha pão. Para terminar, e porque quanto esta revista vos chegar às mãos estaremos a entrar na quadra natalícia, quero desejar a todos Festas Felizes na companhia daqueles que vos são mais queridos. Saudações associativas

5


Vida Associativa

Táxis de Loures passaram a aplicar tarifa única Os operadores táxi de Loures passaram a aplicar uma tarifa urbana única em todas as freguesias do concelho, a partir do passado dia 29 de Outubro. Esta alteração ao Regulamento Municipal de Transporte Público de Aluguer em Veículos Automóveis Ligeiros de Passageiros foi aprovada pela Câmara Municipal de Loures, e resulta duma proposta aprovada por unanimidade em Assembleia Concelhia da ANTRAL, realizada no passado dia 30 de Julho. Trata-se dum regime excepcional que irá funcionar por um período experimental de um ano, findo o qual será realizada nova assembleia concelhia para decidir ou não sobre a sua continuidade. Até agora, existiam em Loures duas zonas distintas (Norte e Oriental), o que implicava a aplicação de duas tarifas. Com esta alteração, para além dos benefícios em termos de custos de serviço de táxis para os utentes, o regime de

estacionamento no concelho é alterado de duas para uma coroa. A adopção do regime condicionado com tarifa urbana em todo o concelho, vem permitir que os táxis estacionem livremente em qualquer praça de táxis até aos limites dos lugares marcados e possam, também recolher passageiros na via pública sempre que circulem com a indicação de livre, desde que estejam a mais de 100 metros dos locais de estacionamento. No concelho de Loures prestam serviço cerca de 100 viaturas táxi. n

Abrigo de táxis da Póvoa do Varzim com direitos de exploração publicitária Fruto dum protocolo firmado entre a Câmara Municipal de Póvoa de Varzim e a ANTRAL, representada pelo seu Delegado Concelhio, Sr. Avelino Oliveira, aquele município concedeu a esta associação, os direitos de exploração de publicidade no abrigo de táxis dotado de instalações sanitárias da Praça do Almada, contíguo ao local destinado ao estacionamento de táxis. A afixação de qualquer mensagem publicitária naquele abrigo ficará, no entanto, sujeita a parecer prévio da câmara de Póvoa de Varzim. As receitas resultantes da publicidade serão geridas pelo nosso delegado concelhio, e servirão para custear o pagamento dos serviços de abastecimento de água, fornecimento de energia eléctrica, telefone, limpeza e conservação do equipamento, em conformidade com os termos acordados entre as duas partes. O protocolo vigora até 31 de Dezembro de 2013 e será automaticamente renovado por períodos de um ano, se nenhuma das partes manifestar intenções em contrário. n 6


ANTRAL apoiou 12º Passeio do Grupo de cicloturismo de Campo de Ourique Com o apoio da ANTRAL, realizou-se no passado dia 30 de Outubro o 12º Passeio do Grupo de Cicloturismo de Campo de Ourique (Lisboa). A concentração teve lugar no Jardim da Estrela, junto à estátua de Álvares Cabral, logo às primeiras horas da manhã. Durante cerca de três horas, os atletas percorreram várias artérias da cidade, totalizando cerca de 45 km a pedalar ininterruptamente, com uma única paragem para abastecimento. A chegada teve lugar junto às instalações dos Bombeiros Voluntários de Campo de Ourique, seguindo-se o habitual almoço de confraternização e convívio entre os adeptos da modalidade. Este evento foi organizado pelo Grupo Desportivo Cicloturismo de Campo de Ourique. O Grupo Desportivo de Cicloturismo de

Período de validade dos relatórios psicológicos Relativamente a uma dúvida levantada pela ANTRAL junto dos responsáveis da Direcção de Serviços de Formação e Certificação do IMTT, aquele organismo esclarece o seguinte: “os relatórios psicológicos têm a validade de um ano, uma vez que a legislação que lhe está subjacente é o Decreto-Lei n.º 209/1998 e não o Decreto-Lei n.º 313/2009, pois este ainda precisa de uma série de regulamentações e não anulou o anterior”.

Campo de Ourique conta, entre outros, com o patrocínio da ANTRAL e da Junta de Freguesia de Santa Isabel. Foi formado em 17 de Agosto de 1998, e é presentemente constituído por 21 elementos, que reúnem semanalmente para realizar passeios de cicloturismo de norte a sul de Portugal e também em Espanha. n

Jantar em Viseu Patrocinado pela Finiclasse 2002 – Concessionário Mercedes Benz em Viseu, teve lugar no passado dia 28 de Setembro na Quinta da Magarenha nesta cidade, o primeiro dos dois tradicionais jantares/convívios anuais, onde estiveram presentes os profissionais de táxi viseenses, bem como representantes da autarquia e das forças policiais. A excelente gastronomia beirã aliada ao excelente companheirismo, voltou a proporcionar um agradável convívio entre os presentes aproveitado por estes também para reforçar os seus laços de amizade. A ANTRAL, que neste evento esteve representada pela totalidade da sua direcção, felicita a firma patrocinadora e os convivas por esta iniciativa. n 7


Vida Associativa

Tomada de posse dos órgãos sociais da AITRAM Decorreu no passado dia 26 de Outubro no Salão Nobre da Câmara Municipal do Funchal, a Cerimonia de Tomada de Posse dos Órgãos Directivos da AITRAM (Associação dos Industriais de Táxi da Região Autónoma da Madeira), e que contou com a presença do Vice-Presidente do Município do Funchal, o Director Regional da Direcção dos Transportes Terrestres da Região Autónoma da Madeira, bem como, representantes das autarquias e forças de segurança. A ANTRAL fez-se representar nesta cerimónia pelo seu Vice-Presidente, José Monteiro. Na alocução que dirigiu aos presentes, o presidente da AITRAM, António Loreto que foi reeleito pela terceira vez consecutiva, elencou alguns dos problemas que afectam a classe transportadora em táxi da Madeira, nomeadamente a concorrência desleal de transportadores clandestinos, e a pretensão que esta associação tem em organizar o serviço de transporte de doentes, em colaboração com os organismos que superintendem nesta área para que este seja distribuído equitativamente pelos táxis madeirenses. De salientar ainda, as palavras proferidas pelo Director Regional dos Transportes Terrestres, Eng. Cruz Neves, que sublinhou o facto de, as reclamações dos serviços prestados pelos táxis terem diminuído consideravelmente, o

Falecimentos Faleceu no passado dia 22 de Outubro, Domingos Maria Massena, Sócio Gerente da firma Táxis Massena, Lda., associada da ANTRAL nº 9162. Este nosso colega desenvolvia a sua actividade profissional na Praça de Lisboa. A ANTRAL manifesta junto dos familiares do Sr. Domingos Massena sinceros votos de pesar e sentidas condolências.

8

Fotografias gentilmente cedidas por FOTO CANHAS - MADEIRA

que é demonstrativo da sua melhoria qualitativa e simultaneamente dignificante para a região madeirense. A ANTRAL deseja a este novo elenco directivo da AITRAM os maiores sucessos profissionais e pessoais no desempenho das suas funções. n

Ainda não renovou o seu CAP ou este está prestes a caducar? A PROTAXISÓ continua a aceitar inscrições e a dar cursos para a renovação do CAP. Para informação mais detalhada não hesite em contactar os nossos serviços. n


9


Vida Associativa Série

A

Série

B

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

1

SISTEMA DE GPS …DRIVE………….MAIS BRINDES OFERTA DA BCL CAR – REPARAÇÕES GERAIS EM AUTOMÓVEIS - PORTO

6323

1

KIT DE MÃOS LIVRES PARROT OFERTA DA GM IMPORTADOR OPEL E CHEVROLET PORTUGAL

3228

2

BATERIA DE 45 AMP OFERTA DE ANTÓNIO SARAIVA - COIMBRA

6376

2

3379

3

VINHO DO PORTO TAWNY RESERVA OFERTA CAVES GRAHAM’S (VN DE GAIA)

5321

Garrafa WHISKY FAMOUS GROUSE + VINHO DO PORTO OFERTA DA GRÁFICA DE SAPADORES - LISBOA

3

BATERIA DE 70 AMP OFERTA DE REIS & SILVA, LDA - V N DE OUREM

8453

4

RELÓGIO DE HOMEM OFERTA DA SOC. COMERC. C. SANTOS – CONCESSIONÁRIO MERCEDES BENZ - PORTO

6543

4

VINHO DO PORTO TAWNY RESERVA OFERTA CAVES GRAHAM’S - VN DE GAIA

3563

5

SISTEMA DE NAVEGAÇÃO OFERTA NORPSI – GABINETE DE PSICOLOGIA DE TRÁFEGO RODOVIÁRIO – PORTO

6421

5

RELÓGIO DE HOMEM OFERTA DA SOC. COMERC. C. SANTOS – CONCESSIONÁRIO MERCEDES BENZ PORTO

0710

6

1 GARRAFÃO DE 5 LITROS DE AZEITE SICÓLIVA OFERTA DA SERRAFINO, LDA - ANSIÃO

8499 2206

IMPRESSORA TAXITRONIC IR 30 OFERTA DE LUCAS & LUCAS, LDA DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL DA TAXITRONIC – PORTO

4046

7

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

6

8

VINHO DO PORTO BURMESTER RESERVA + Garrafa Wuisky OFERTA DA GRÁFICA SAPADORES – LISBOA

6342

7

SISTEMA DE SEGURANÇA COM CÂMARA DIGITAL OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

6358

8

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

7698

9

BATERIA DE 95 AMP OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA – LISBOA

8492

9

1 GARRAFÃO DE 5 LITROS DE AZEITE SICÓLIVA OFERTA DA SERRAFINO, LDA - ANSIÃO

2821

10

SACO DE VIAGEM OFERTA MERCEDES MERCEDES BENZ PORTUGAL

7617

10

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

3612

11

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2192

11

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

112

12

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

6340

12

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

6199

13

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

8231

13

8495

14

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2830

GARRAFA WHISKY FAMOUS GROUSE + VINHO DO PORTO BURMESTER RESERVA OFERTA DA GRÁFICA DOS SAPADORES – LISBOA

15

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

6221

14

CONJUNTO DE PASTILHAS OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA - LISBOA

8083

15

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2236

Série

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

C

Série

D

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

1

KIT DE FARÓIS XENON H7 OFERTA DA AMJ PEÇAS, LDA - LISBOA

8379

1

GPS VDO OFERTA DA TAXITRONIC ESPANHA

8497

2

GPS VDO OFERTA DA TAXITRONIC ESPANHA

6231

2

GPS N DRIVE MAIS BRINDES OFERTA DA BCL CAR AUTÓMOVEIS, LDA PORTO

9396

3

KIT DE MÃOS LIVRES PARROT OFERTA DA GM IMPORTADOR OPEL E CHEVROLET PORTUGAL

8424

3

TOALHA DE PRAIA TUDOR E JOGO DE DADOS OFERTA DA HEROELECTRICA LISBOA

5597

4

GARRAFA DE WHISKY FAMOUS GROUSE + VINHO DO PORTO OFERTA DA GRÁFICA DE SAPADORES - LISBOA

7783

4

BATERIA DE 70 AMP OFERTA DA AMJ PEÇAS, LDA LISBOA

9357

5

VINHO DO PORTO TAWNY RESERVA OFERTA CAVES GRAHAM’S - VN DE GAIA

6836

5

UM PAR DE BUZINAS BOSCH OFERTA DA AMJ PEÇAS, LDA - LISBOA

6337

6

GPS VDO OFERTA DA TAXITRONIC ESPANHA

6778

6

RELÓGIO DE HOMEM OFERTA DA SOC. COMERC. C. SANTOS – CONCESSIONÁRIO MERCEDES BENZ PORTO

2836

7

TOALHA DE PRAIA TUDOR OFERTA DA HEROELECTRICA LISBOA

5496

7

SISTEMA ANTI-ROUBO OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

8487

8

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

8457

8

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

9756

9

PLANO DE SAÚDE PELO PERÍODO DE UM ANO OFERTA DA ANTRALMED

2834

9

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

210

10

VINHO DO PORTO TAWNY RESERVA OFERTA CAVES GRAHAM’S - VN DE GAIA

4041

10

UMA BATERIA PARA AUTOMÓVEL OFERTA DE REIS & SILVA, LDA – ATOUGUIA (OURÉM)

1790

11

RELÓGIO DE HOMEM OFERTA DA SOC. COMERC. C. SANTOS – CONCESSIONÁRIO MERCEDES BENZ – PORTO

6368

11

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

3302

12

1271

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE – LISBOA

1483

12

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

13

7997

VINHO DO PORTO BURMESTER RESERVA OFERTA DA GRÁFICA DOS SAPADORES – LISBOA

8094

13

VINHO DO PORTO BURMESTER RESERVA OFERTA DA GRÁFICA DOS SAPADORES LISBOA

4093

CONJUNTO DE PASTILHAS OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA - LISBOA

2217

14

CONJUNTO DE PASTILHAS OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA - LISBOA

14

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

15

8731

6825

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

15

10

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.


Série

SORTEIO

E

Série

F

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

1

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

0835

1

AURICULAR PARA TELEMÓVEL OFERTA DA SUPER CORRENTE, LDA - LISBOA

6424

2

GPS NDRIVE OFERTA DA BCL CAR AUTOMÓVEIS, LDA PORTO

6304

2

ESPONJA DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA PPT DISTRIBUIÇÃO - LISBOA

6455

3

CÂMARA DE VIDEOVIGILÂNCIA OFERTA DA ELECTROSIS COMUNICAÇOES LISBOA

6538

3

UMA GARRAFA DE VINHO DO PORTO OFERTA DAS CAVES GRAHAM’S V N GAIA

2357

4

CONJUNTO DE PASTILHAS PAGID OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA LISBOA

6534

4

JOGO DE PASTILHAS ATE OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA LISBOA

2239

5

VINHO DO PORTO TAWNY RESERVA OFERTA CAVES GRAHAM’S - VN DE GAIA

4776

5

8490

6

RELÓGIO DE HOMEM OFERTA DA NASAMOTOR – CONCESSIONÁRIO MERCEDES BENZ PORTO

BATERIA DE 95 AMP OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA LISBOA

6439

6

GPS MIO OFERTA DA TELEMAX PORTO

6244

7

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

6434

7

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2370

8

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

6752

8

7666

9

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

7941

CARTEIRA DE HOMEM OFERTA DA NASAMOTOR – CONCESSIONÁRIO MERCEDES BENZ PORTO

9

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

6844

10

UMA BATERIA PARA AUTOMÓVEL OFERTA ALDEIAUTO – REP ELECT. AUTOMÓVEIS – VILA NOVA DE OURÉM

6838

10

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

6375

11

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

4098

11

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

9509

12

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

4036

12

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA AUTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

6435

13

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

8657

13

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

6240

14

CONJUNTO DE PASTILHAS OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA - LISBOA

8085

14

CONJUNTO DE PASTILHAS OFERTA DA GARAGEM INTENDENTE DO POMBO, LDA - LISBOA

3835

15

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

1954

15

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

4468

Série

G

Série

H

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

Prémio

Oferecido Por:

Premiado Nº.

1

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2729

1

1 -BATERIA OFERTA DA AMJ PEÇAS, LDA. LISBOA

8473

2

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2367

2

1 -BATERIA OFERTA DA AMJ PEÇAS, LDA. LISBOA

2178

3

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

3606

3

2366

4

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

2940

UMA MANUTENÇAO AUTO OFERTA DEAUTO COLONIAL JOÃO & AIRES MOTA LISBOA

5

CARTEIRA OFERTA DA MERCEDES BENZ

3339

4

UMA MANUTENÇAO AUTO OFERTA DEAUTO COLONIAL JOÃO & AIRES MOTA LISBOA

1964

6

CARTEIRA OFERTA DA MERCEDES BENZ

3329

5

UMA MANUTENÇAO AUTO OFERTA DEAUTO COLONIAL JOÃO & AIRES MOTA LISBOA

6979

7

LIMPA PARABISAS + COJUNTO LAMPADAS OFERTA DE AUTO PROGRESO DE MADRE DE DEUS,LDA

6332

6

UMA MANUTENÇAO AUTO OFERTA DEAUTO COLONIAL JOÃO & AIRES MOTA LISBOA

2230

8

LIMPA PARABISAS + COJUNTO LAMPADAS OFERTA DE AUTO PROGRESO DE MADRE DE DEUS,LDA

6295

7

UMA MANUTENÇAO AUTO OFERTA DEAUTO COLONIAL JOÃO & AIRES MOTA LISBOA

8480

9

LIMPA PARABISAS + COJUNTO LAMPADAS OFERTA DE AUTO PROGRESO DE MADRE DE DEUS,LDA

6309

8

UMA MANUTENÇAO AUTO OFERTA DEAUTO COLONIAL JOÃO & AIRES MOTA LISBOA

4087

10

SACO DEVIAGEM OFERTA DA MERCEDES BENZ

1553

9

2235

11

1 KIT COM 5 PRODUTOS DE LIMPEZA UTOMÓVEL OFERTA DA SUPERCORRENTE - LISBOA

2187

1 – CARREGAMENTO AR CONDICIONADO + 1 KIT LAMPADAS OFERTA DE RIBEIRO & BRITO, Lda.

10

3355

UMA ESFEROGRFICA OFERTA DA MERCEDES BENZ

4840

12

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

11

6198

UM PORTA CHAVES OFERTA DA MERCEDES BENZ

6448

13

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

12

BRINDES - OFERTADA AMJ PEÇAS, LDA. LISBOA

8455

14

BRINDE SURPRESA OFERTA DA BP

833

13

BRINDES - OFERTA DE AMJ PEÇAS, LDA.LISBOA

8039

15

BATERIA: OFERTA DE ANTÓNIO SARAIVA

6278

14

BRINDES - OFERTADE AMJ PEÇAS, LDA. LISBOA

8169

A ANTRAL agradece reconhecidamente a todas as firmas patrocinadoras que ofertaram os brindes que possibilitaram este sorteio. Aproveitamos também, para agradecer à firma TELEMAX e AUTO JUSTINO CARNEIRO que disponibilizaram transporte gratuito 11a todas as pessoas que a partir da cidade do Porto quiseram estar presentes neste X Dia do Táxi. Por último chamamos a atenção dos nossos associados que o direito à reclamação dos prémios que ainda se encontram na nossa sede em Lisboa termina no próximo dia 31/12/2011.


Vida Associativa A Protaxisó aguarda Autorização do IMTT para abertura de centros de formação

Formação para obtenção do Certificado de Aptidão de Motorista (CAM) e Carta de Qualificação de Motorista de Pesados de PAassageiros e Mercadorias (CQM) Decreto-Lei nº. 126/2009, 27 de Maio Estabelece, transposto para a ordem jurídica interna a Directiva n.º 2003/59/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de Julho, as regras de acesso e exercício da profissão de motorista de determinados veículos rodoviários afectos ao transporte de mercadorias e de passageiros. Habilitação e Qualificação de Motoristas • A posse de Certificado de Qualificação de Motorista (CQM) de veículos pesados de mercadorias e passageiros depende da posse de Certificado de Aptidão de Motorista (CAM) obtido por via de formação. • Ambos os títulos são emitidos pelo IMTT, com validade de cinco anos (a contar da data de exame no caso de formação inicial ou da conclusão da formação contínua), renovável. Formação MODALIDADE Formação Inicial Comum (FIC) ou Inicial Acelerada (FIA) Com aprovação em exame final DESTINATÁRIOS Motoristas com carta de condução obtida após 9 de Setembro de 2008 (autocarro) ou após 9 de Setembro de 2009 (veículo de mercadorias) DURAÇÃO —280 horas (FIC) Candidatos à profissão, a partir de 18 anos, que pretendam conduzir veículos das cat. C e C+ E, ou de 21 anos para as cat. D e D+E) —140 horas (FIA) Candidatos a partir de 18 anos, que pretendam conduzir veículos das sub-cat. C1 e C1+E, de 21 anos para as cat. C e C+ E e sub cat. D1 e D1+E; ou de 23 anos para as cat. D e D+ E) MODALIDADE Formação Contínua (FC) Frequência com aproveitamento 12

DESTINATÁRIOS Motoristas com carta de condução obtida antes das datas acima referidas DURAÇÃO —35 horas (FC) É obrigatória de 5 em 5 anos, devendo ser realizada antes do termo de validade do CAM (em caso de caducidade pode ser renovado por via de FC) Conteúdos Programáticos da Formação Inicial para Motoristas de Veículos Pesados de Mercadorias e Passageiros

1. APERFEIÇOAMENTO PARA UMA CONDUÇÃO RACIONAL BASEADA NAS REGRAS DE SEGURANÇA 1.1 MECÂNICA E ELECTRÓNICA 1.2 CONDUÇÃO ECONÓMICA E DEFENSIVA AMBIENTAL 2. REGULAMENTAÇÕES 49 h 21 h 2.1 REGULAMENTAÇÃO LABORAL 2.2 REGULAMENTAÇÃO DA ACTIVIDADE 3. SAÚDE, SEGURANÇA RODOVIÁRIA E SEGURANÇA AMBIENTAL, SERVIÇO E LOGÍSTICA 3.1 SINISTRALIDADE 3.2 PREVENÇÃO DA CRIMINALIDADE NO TRANSPORTE 3.3 SAÚDE, SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO 3.4 SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA E PRIMEIROS SOCORROS 3.5 RELAÇÕES INTERPESSOAIS E QUALIDADE DE SERVIÇO 3.6 CONTEXTO ECONÓMICO E ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL 3.7 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÂO 4. PRÁTICA - CONDUÇÃO INDIVIDUAL

Conteúdos Programáticos da Formação Contínua para Motoristas de Veículos Pesados de Mercadorias e Passageiros 1 LEGISLAÇÃO e PREVENÇÂO RODOVIÁRIA 2 CONDUÇÃO ECONÒMICA, DEFENSIVA e AMBIENTAL 3 REGULAMENTAÇÃO DA ACTIVIDADE 4 SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA e PRIMEIROS SOCORROS 5 ASPECTOS PSICOSSOCIOLÓGICOS da FUNÇÃO de MOTORISTA n


Balanço de Actividades Formação realizada em Setembro e Dezembro de 2011 Tipologia

Local

Nº Acções

Nº Formandos

CASTELO BRANCO

1

17

COIMBRA

1

12

Nº Acções

Nº Formandos

Formação Contínua

9

158

Formação Aperfeiçoamento

4

70

Formação Contínua tipo II

7

130

ÉVORA

1

15

Formação Inicial TCC

3

39

LISBOA

12

235

PORTO

7

111

Totais

22

373

PLANO DE FORMAÇÃO 2011 ACESSO AO CAP DE MOTORISTA DE TÁXI Outubro

Novembro

Dezembro

FORMAÇÃO INICIAL TIPO I

* Horário Diurno ** Horário Pós-Laboral

LISBOA

4 Nov - 6 Fev 2012 * FORMAÇÃO CONTÍNUA TIPO II

CASTELO BRANCO 3 Out - 10 Nov ** (Sáb)

LISBOA

LISBOA

14 Nov - 17 Dez * 28 Nov - 7 Fev 2012 **

LISBOA

5 Dez - FC ** 14 Dez - FC+FA *

ÉVORA

17 Out - 21 Nov * 24 Out - 20 Dez **

28 Nov - 4 Fev 2012 ** FORMAÇÃO RENOVAÇÃO DO CAP - motorista de táxi

PORTO

LISBOA

8 Out - FC+FA (*)

11 Nov - FC+FA (*) 14 Nov - FC (*)

LISBOA

14 Out - FC+FA(*) 21 Out - FC (*)

FARO

ÉVORA

PORTO

LISBOA

5 Dez - FC (**) 14 Dez - FC+FA (*)

11 Nov - FC+FA (*)

4 Out - FC (*)

A presente oferta formativa será assegurada desde que o número de candidatos o justifique, podendo ser alvo de alguns ajustamentos em termos de datas e horários.

12 Nov - FC+FA (*) 12 Nov - FC (*)

FARO

26 Out - FC (*) FORMAÇÃO DE TRANSPORTE COLECTIVO DE CRIANÇAS

LISBOA

28 Out - 12 Nov (** Sáb)

ÉVORA

26 Nov - 17 Dez (**Sáb)

CASTELO BRANCO 6 Dez - 17 Dez (** Sáb)

PORTO

6 Dez - 17 Dez (** Sáb)

LISBOA

6 Dez - 17 Dez (** Sáb)

As inscrições deverão ser realizadas com a antecedência de um mês em face da data programada para o seu início. A constituição dos grupos de formandos está limitada a 20 participantes por acção. Impresso de inscrição, conteúdos programáticos; objectivos e cargas horárias disponíveis para consulta em www.protaxiso.antral.pt

13


Vida Associativa

Dê lugar à curiosidade,

Teste os seus conhecimentos 1 – O número de matrícula da retaguarda dos veículos automóveis deve ser iluminado por uma luz de cor branca que permita a fácil leitura deste a uma distância de pelo menos: A 20 mts B 40 mts C 60 mts D 100 mts 2 – Quanto tempo tem simultaneamente o vendedor e o adquirente de um veículo para comunicarem a transferência da titularidade do mesmo à autoridade competente? A 8 dias B 15 dias C 30 dias D 60 dias 3 – Que habilitações literárias tem de ter um candidato à formação inicial de motorista que tenha nascido entre 1 de Janeiro de 1967 e 31 de Dezembro de 1980? A 4º ano B 6º ano C 9º ano D 12º ano 4 – As infracções ao artº 5 do DL 263/98 de 19 de Agosto, são processos de contra-ordenação que para além da coima podem ter como sanção acessória, a interdição do exercício da profissão de motorista de táxi pelo prazo máximo de: A 1 mês B 3 meses C 12 meses D 24 meses

5 – Um táxi que tenha o vidro separador instalado, pode transportar passageiros no banco da frente? A Não B Sim, se o cliente o exigir C Sim, se o motorista o autorizar 6 – Os táxis podem operar com quatro regimes de estacionamento (Fixo, Livre, Condicionado e Escala). A infracção a estes regimes de estacionamento é punida com um processo de contra-ordenação, cujo montante da coima é de: A 100 €, mais custas processuais B 150 €, mais custas processuais C 200 €, mais custas processuais D 250 €, mais custas processuais 7 – A portaria nº 311-A/2005 de 24 de Março, dispensou do uso obrigatório do cinto de segurança os motoristas de táxi: A Sempre que conduzem o táxi B Só quando transportam passageiros C Dentro da localidade, na qual o táxi está licenciado D Dentro de todas as localidades 8 – Mesmo que seja detentor do CAP, qual o valor da coima a pagar pelo motorista de táxi, caso não apresente o mesmo no acto de fiscalização ou no prazo máximo de 8 dias às entidades fiscalizadoras? A 50,00 €, mais custas processuais B 250,00 €, mais custas processuais C 625,00 €, mais custas processuais D 1250,00 €, mais custas processuais

Veja 14

as respostas na página

9 – Quantas horas prevê o Código de Trabalho de formação anuais para o trabalhador por conta de outrem? A 15 B 25 C 35 D 40

Horas Horas Horas Horas

10 – Quem proceder à colocação de pré-sinalização de perigo, à reparação do veículo imobilizado na faixa de rodagem, ou à remoção da carga deixada cair, tem que obrigatoriamente usar colete retrorreflector. A sua não utilização implica uma coima no valor a pagar pelo infractor no valor de: A De 60,00 € a 120,00 € B De 100,00 € a 200,00 € C De 120,00 € a 600,00 € 11 – A Tarifa à Hora (Tarifa 6) é utilizada por acordo mútuo para casamentos, baptizados, funerais e ouros eventos de carácter social ou desportivo. Qual o seu valor/hora para um veículo táxi de 4 passageiros? A 8,35 € B 13,35 € C 14,35 € 12 – A utilização de veículos táxis licenciados pelas Câmaras Municipais mas que não estejam averbados no alvará emitido pelo IMTT, IP é punido com coima de: A De 150,00 € a 449,00 €, mais custas processuais B De 1247,00 € a 3740,00 €, mais custas processuais C De 4498,00 € a 14964,00 €, mais custas processuais

24


Agenda Setembro 5 Reunião com responsáveis da Mazda 6 Júri Tripartido em Coimbra 8 Reunião com o Dr. David Lopes 13 Reunião dos Órgãos Sociais 14 Júri Tripartido em Aveiro 15 Júri Tripartido na Amadora Reunião com responsável da Repsol 21 Reunião com responsáveis da Adlight Júri Tripartido em Lisboa 22 Reunião na Câmara Municipal de Coruche 26 Júri Tripartido em Lisboa Reunião na Escola de Condução Estremocense 28 Reunião com responsáveis da Companhia de Seguros Ocidental Jantar da Mercedes em Viseu 29 Reunião da Comissão de Promoção do Transporte Público (CPTP) 30 Reunião com responsáveis do BES Reunião com a ATL e Antlitur

BP

Reunião com responsáveis da petrolífera, com vista ao reforço da cooperação entre a Antral e a BP.

Câmara Municipal de Coruche

Reunião com o presidente da autarquia, para análise conjunta dos problemas do sector e certos aspectos do regulamento municipal. Jantar oferecido pela Mercedes em Viseu

Outubro 3 Reunião com responsáveis da BP 6 Reunião da Comissão de Promoção do Transporte Público (CPTP) Reunião na Câmara Municipal de Ponte de Sôr 7 Júri Tripartido no Porto 8 3ª Grande Gala da Rádio Sim 10 Reunião com responsáveis da Honda 11 Reunião com responsáveis da Inosat 12 Reunião com Auto peças de João Barata Lda Conselho Fiscal 13 Reunião com a Associação Respira e Gess What 14 Reunião com responsáveis da Adlight Reunião no Aeroporto de Faro 17 Reunião com responsáveis da Galp Energia 18 Reunião com a Medial Care 20 Reunião com responsáveis da Interfacom Reunião na Associação Nacional de Municípios 26 Reunião com responsáveis do BPN em Faro Tomada de Posse dos Órgãos Sociais da AITRAM 28 11º Congresso da Antram em Leiria 29 11º Congresso da Antram em Leiria 30 12º Passeio de Cicloturismo

Mantendo a tradição, a concessionária da Mercedes Benz, Finiclasse, ofereceu um jantar/ convívio a todos os industriais do concelho, que, também, contou com a presença de responsáveis da autarquia. Reunião dos Órgãos Sociais Reunião dos órgãos sociais, para uma discussão alargada do caderno reivindicativo apresentado ao Governo. Em outro local desta edição, referiremos com mais detalhe esta reunião. Reunião com a Recheio

Reunião com o Dr. David Lopes, administrador do Recheio, com vista a um eventual apoio desta empresa à Fundação Antral.

15


Antralmed

Os seguros de que não nos lembramos…

Porquê ter um Seguro de Responsabilidade Civil Familiar? O seguro de Responsabilidade Civil Familiar cobre danos involuntariamente causados a terceiros pelo nosso agregado familiar, empregados domésticos (desde que ao nosso serviço) e animais de estimação. Imagine que, ao entrar com o seu filho(a) numa loja de electrodomésticos, ele(a) resolve fazer uma das suas traquinices e derruba uma televisão… Ou que o seu cão decide atacar um transeunte na rua… E porque não, um de nós, adultos, numa ida às compras, e num momento de distracção, estraga alguma peça em exposição… Nos dias de hoje é cada vez mais importante prevenir as eventualidades/acidentes para não sermos surpreendidos por responsabilidades que nos venham alterar/ reduzir drasticamente os nossos orçamentos. Acidentes no âmbito da responsabilidade familiar poderão originar indemnizações a terceiros bastante elevadas. Mesmo que pense que é bastante cuidadoso(a) e que nada poderá acontecer, o azar por vezes bate à porta… No caso de ter filhos menores, este é o melhor seguro para cobrir as suas traquinices. Pois basta uma pequena distracção dos pais para que o inesperado aconteça. O capital limite de indemnização normalmente é de 50.000 € mas poderá ir até aos 100.000 €. A companhia paga as indemnizações aos lesados e responde por despesas judiciais com a defesa do segurado até ao limite contratado. Para que fique como referência, este tipo de seguro varia entre os 16 € e 40 € de prémio anual.

Atenção: neste tipo de seguro estão excluídos os danos materiais e corporais causados ao tomador do seguro, agregado familiar, ascendentes e descendentes e cônjuge bem como quaisquer parentes. Não hesite! Efectue já um contrato de RC familiar e durma descansado.

Tem uma arma. Então necessita de um seguro de Responsabilidade Civil!

Se tem uma arma e respectiva licença, então necessita de fazer um seguro de RC Porte de Arma, pois este é um seguro obrigatório, funciona 24 horas por dia, durante todo o ano e pretende salvaguardar o manuseamento indevido de armas, protecção de armas em casa, respondendo por danos causados a terceiros. Se praticar o desporto de caça, não deverá ser este o seguro a realizar mas sim o RC Caçadores que é específico para a actividade de caça. O capital mínimo obrigatório para o RC armas de acordo com a portaria conjunta do ministério da administração interna e finanças é de 100.000 € por titular e por sinistro. A Antralmed dispõe deste tipo de seguros a preços bastante competitivos.

PPR 2011: Limite para benefícios fiscais…

Com o aperto que os Portugueses já começaram a sentir no decorrer do ano fiscal de 2011, é importante

Precisa de renovar o seu alvará de transportador? Então dirija-se aos nossos serviços acompanhado dos seguintes documentos: - Alvará de transportador em táxi (original) - Cópia (s) certificada (s) do alvará (Original) - Livrete e título de registo de propriedade ou Documento único automóvel (fotocópia) - Licença camarária (fotocópia) - Certidão do registo comercial actualizada e com validade (original) ou Código de Certidão Permanente - Bilhete de identidade do (s) gerente (s) que obriga (m) a sociedade (fotocópia) - Cartão de contribuinte da firma ou cartão de contribuinte fiscal, no caso de ser empresário em nome individual (fotocópia) - Registo (s) criminal do (s) gerente (s) da firma ou do empresário em nome individual para efeitos de alvará táxi (original) - Modelo 22 do IRC e respectivo Anexo A (só no caso de firmas com 5 ou mais viaturas) Não se esqueça de que o exercício da actividade de Transportador em Táxi com o alvará caducado, é punido com uma coima de 1247,00 € a 3740,00 € ou 4988,00 € a 14964,00 €, consoante de trate, respectivamente de pessoa singular ou colectiva.

16


tentar aproveitar os poucos benefícios fiscais que o Estado nos proporcionou e, ao mesmo tempo, reforçar um pouco as nossas poupanças para o futuro.. O PPR é um deles, e como se trata do último ano deste benefício, há que aproveitá-lo da melhor maneira. Se pretender transferir o seu PPR de instituição, poderá fazê-lo. Se transferir um PPR que não tenha garantia de capital não tem qualquer custo. No caso dos produtos com garantia de capital a comissão máxima prevista é de 0,5% do valor a resgatar. Consulte-nos. Existem diversas soluções na área dos PPR. Estudaremos o seu caso para lhe proporcionar a si as melhores vantagens. Faça como estes clientes não perca tempo, peça-nos uma simulação e comprove a poupança efectiva. Connosco zele pela sua vida e pela dos seus… n

17


18


19


Mundo Automóvel

Serviço de táxis de Lisboa entre os melhores da Europa De acordo com um estudo realizado pela Federação Internacional do Automóvel (FIA) o serviço de táxis de Lisboa figura entre no grupo dos melhores da Europa, ombreando com cidades como Barcelona, Berlim, Colónia, Milão, Munique e Paris, todas elas com a classificação “Bom”. Em Portugal, o estudo da FIA decorreu entre 16 de Maio e 8 de Junho, tendo sido testados um total de cinco percursos na capital portuguesa e analisados 60 itens, separados por três categorias distintas: motorista, veículo e fidelidade em relação ao percurso mais curto. Os pontos mais fortes apontados ao serviço de táxis lisboeta foram a apresentação e simpatia dos motoristas, o conhecimento dos percursos mais rápidos para o destino, o correcto funcionamento do taxímetro, a aceitação de cartões de crédito, o bom estado de manutenção e limpeza das viaturas táxi e licenças e dados sobre a empresa bem visíveis. Entre os pontos mais negativos a FIA aponta como principal a violação de algumas regras do Código da Estrada, com particular ênfase no excesso de velocidade, com alguns motoristas a ultrapassarem mesmo os 80 km/h dentro da cidade. A dificuldade de comunicação em língua inglesa, algumas facturas passadas de forma incorrecta e a falta de sinalização no veículo a alertar os clientes para a

obrigatoriedade de colocarem o cinto de segurança, são outros aspectos negativos revelados neste estudo. A FIA representa 71 clubes europeus tendo entre os seus membros o Automóvel Clube de Portugal (ACP). Neste estudo analisou o serviço de 220 motoristas de táxi de 22 grandes cidades europeias. Foram considerados “Aceitáveis” os serviços de táxi das cidades de Bruxelas, Genebra, Hamburgo, Oslo, Roterdão, Salzburgo, Zagreb e Zurique. A classificação de “Mau” foi atribuída a Amesterdão, Luxemburgo, Madrid, Praga, Viena e Roma. A capital eslovena, Ljubljana, foi a única conseguiu a proeza, pela negativa, de obter uma classificação de “Muito Mau”. n

PE propõe velocidade máxima de 30 km/h nas zonas residenciais O Parlamento Europeu propôs em sessão plenária a introdução em toda a UE de velocidades máximas de 30 km/h nas zonas residenciais que não apresentem faixa para os ciclistas. Num relatório aprovado pelos eurodeputados é proposto também a instalação obrigatória de dispositivos que impeçam o arranque dos veículos em caso de alcoolemia (“alcolocks”), como medida de reabilitação para os condutores que já tenham sido penalizados várias vezes por conduzir em estado de embriaguez. O Parlamento Europeu apela à elaboração, com carácter de urgência, de um novo programa de acção europeu para a segurança rodoviária. Entre as medidas propostas encontram-se ainda a harmonização dos sinais e regras de trânsito na UE e uma taxa de alcoolemia mais baixa e que a instalação de "alcolocks" seja tornada obrigatória em todos os veículos comerciais de carga e

20

de transporte de passageiros, pedindo à Comissão que apresente, até 2013, uma proposta de directiva neste sentido. Os eurodeputados sugerem a criação, até 2014, do cargo de coordenador da segurança rodoviária da UE, que deverá ajudar os Estados-Membros a pôr em prática o programa de acção europeu. O objectivo deste conjunto de propostas é reduzir para metade as mortes nas estradas europeias até 2020. O custo dos acidentes de viação para a sociedade está estimado em cerca de 130 000 milhões de euros anuais. n


Projecto “low-cost – táxi à porta” arrancou em Matosinhos O projecto “low-cost – táxi à porta” resulta da parceria entre vários restaurantes da cidade e os operadores táxi, e integra pacotes que incluem refeições e viagens de ida e volta em táxi, tanto do concelho de Matosinhos, como dos do Porto, Maia e Vila Nova de Gaia. Este serviço integrado refeição + táxi funciona com preço fixo, permitindo aos clientes saberem de antemão quanto é que vão gastar. O alojamento em hotéis e residências do concelho também vão passar a ter descontos.

A ideia visa fomentar o negócio da restauração e do serviço táxi no concelho e ajudar a classe média a usufruir duma boa refeição e do transporte em táxi a um preço conjunto mais apelativo. Até ao momento, já aderiram 12 restaurantes da cidade de Matosinhos a esta inovadora iniciativa. A ementa low-cost de cada restaurante pode ser consultada no próprio táxi durante a viagem, os clientes podem assim escolher e reservar os lugares que quiserem. n

Intenções do governo em relação aos combustíveis “low cost” preocupam ANAREC A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC) está preocupada com as intenções do governo, apontadas no Plano Estratégico de Transportes, para a criação de uma rede de combustíveis “low cost”. A ANAREC defende que todos os revendedores de combustíveis gostariam de praticar preços mais competitivos, nomeadamente através da venda de um produto mais barato, entendendo que com a disponibilização deste produto através da rede nacional de revendedores, o consumidor poderá passar a escolher, nos postos de revenda de combustíveis tradicionais, o produto com o qual quer

abastecer o seu veículo. Na prática, a ANAREC gostaria que os combustíveis “low cost” pudessem estender-se a todos os revendedores de combustíveis, cuja esmagadora maioria vive já com sérias e grandes dificuldades. Sobre a eventual intenção do governo em criar uma taxa de mobilidade, através de uma nova contribuição sobre os combustíveis, a ANAREC alerta para as dificuldades vividas pelo sector, o qual nos últimos anos foi vítima do encerramento de mais de 400 postos de combustíveis. n

21


Mundo Automóvel

Curtas

Smartphones Android e iOS já podem chamar táxis em Londres

A partir de agora, já é possível chamar táxis em Londres desde que tenha um telemóvel com OS Android ou Apple iOS. Trata-se duma aplicação extremamente útil numa cidade onde é muito difícil conseguir arranjar táxi, mas que, ao que parece, irá tornar-se fácil para todos aqueles que visitem Londres e tenham um smartphone com GPS e sistema operativo Android ou iOS. O novo serviço dá pelo nome de “Hailo” e vai localizar o utilizador via GPS, permitindo que todos os condutores de táxi que estejam perto saibam onde é que se encontra o cliente que chamou o táxi, Já aderiram a este novo serviço cerca de 2.000 táxis londrinos.

Pequim vai ter mais 100 táxis eléctricos no próximo ano A partir do mês de Maio de 2012, a cidade de Pequim vai colocar em circulação mais 100 táxis de propulsão totalmente eléctrica, elevando para 150 o número de viaturas táxi eléctricos a operar naquela cidade chinesa. As primeiras 50 unidades táxi da marca Foton foram colocadas em serviço faz agora precisamente 8 meses, não se tendo registado neste período qualquer tipo de avarias. Os 150 táxis eléctricos podem economizar cerca de 130 toneladas de combustível por ano. O modelo da Foton tem uma autonomia para 165 km e pode atingir uma velocidade máxima de 130 km/h.

Bruxelas quer explicações sobre portagens nas antigas SCUT A Comissão Europeia enviou um parecer fundamentado ao Governo, exigindo explicações, no prazo de dois meses, sobre a forma como está a aplicar a directiva Eurovinheta, e como calculou as portagens aplicadas nas antigas SCUT. Na prática, Bruxelas coloca em causa o facto das autoridades portuguesas não terem dado qualquer informação em relação ao método de cálculo que está a ser aplicado naquelas portagens, e avisa que este parecer é o último passo antes do recurso ao Tribunal de Justiça da União Europeia.

22

Foi vendido automóvel mais velho do mundo

O automóvel mais velho do mundo que ainda anda foi vendido pela módica quantia de 2,3 milhões de euros num leilão efectuado nos EUA. Trata-se de um veículo a vapor, baptizado com o nome “La Marquise”, construído em França em 1884, pelo fabricante Dion-Bouton e Trépardoux, capaz de atingir uma velocidade máxima de 61 km/h. Até hoje, “La Marquise” só teve dois proprietários e a identidade do novo comprador não foi revelada. Pesa 952 quilos, tem cor preta, mede 2,7 metros de comprimento, tem 4 lugares, rodas finas e está adornado com peças douradas.

Seminário: "Segurança Rodoviária em Meio Urbano" A gestão da segurança rodoviária em zonas urbanas e a integração da segurança da circulação nas políticas de intervenção urbana foram os dois temas-chave deste Seminário, que teve lugar no Centro de Congressos do LNEC, em Lisboa, nos dias 19 e 20 de Setembro, numa iniciativa conjunta Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), Câmara Municipal de Lisboa, Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e Centro Rodoviário Português. Teve como principal objectivo chamar a atenção para o problema da sinistralidade rodoviária dentro das localidades, através da caracterização das suas diversas vertentes e da divulgação de soluções fundadas em exemplos de boas práticas aos níveis nacional e internacional. Foram apresentadas várias medidas e ferramentas para mitigação de forma eficiente da sinistralidade rodoviária dentro de localidades, quer por intermédio de actuações correctivas nas infra-estruturas, quer através do aproveitamento de políticas de intervenção urbanas para potenciar os aspectos de segurança rodoviária.


InIR vai ser extinto e funções passam para o IMTT Com o objectivo de racionalizar recursos, simplificar procedimentos e aumentar a eficiência, o Plano Estratégico de Transportes PET) prevê a extinção do Instituto Nacional de Infraestruturas Rodoviárias (InIR) e do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM). No primeiro caso, o Governo entende que há um desperdício de recursos, uma vez que o InIR funciona, tal como o Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT), como uma entidade reguladora, fiscalizadora e gestora. Centrando-se unicamente na Rede Rodoviária Nacional, as funções do InIR acabam por se integrar no âmbito das do IMTT. Numa lógica de emagrecimento da estrutura do Estado e com vista à redução dos custos fixos e da despesa global, o PET pretende assim fundir o IMTT com o InIR, dando lugar a um instituto público que passará a congregar a missão, as competências e as atribuições daqueles dois institutos. n

Combustíveis

Consumo de gasóleo recuou 7% em Setembro

De acordo com dados da Rede Eléctrica Nacional (REN) e da Associação Portuguesa de Petrolíferas (APETRO), o consumo de combustíveis caiu 6% em Portugal no mês de Setembro em comparação com o período homólogo de 2010. A gasolina registou mesmo uma quebra de 10% na procura enquanto as vendas de gasóleo recuaram 7%. Estes dados reflectem sobretudo os consumos referentes às famílias, enquanto que no consumo das empresas os valores mantiveram-se inalterados. Vendas a crescer, só mesmo no combustível destinado aos sectores marítimo e da aviação. Em relação a outras fontes de energia, também o consumo de electricidade e de gás continua a decrescer em Portugal. n

Portugal vai exportar gasóleo O investimento de 1.400 milhões de euros que será efectuado pela Galp Energia nas refinarias de Sines e de Matosinhos vai permitir que Portugal deixe de importar gasóleo e passe a juntar-se ao clube dos países exportadores deste precioso combustível. O projecto de reconversão das duas refinarias já está em marcha e o futuro perfil de produção de combustíveis refinados irá permitir um benefício superior a 400 milhões de euros para a balança comercial portuguesa, até agora bastante deficitária no que diz respeito à importação de gasóleo. n

Advogados Viseu Drª. Conceição Neves 2as feiras - Manhã a partir das 9.30h Delegação Coimbra Dr. Joaquim Ribeiro 2as feiras - Manhã, 5as feiras -Tarde Delegação

Porto Dr. Vítor Oliveira Coelho 2as, 4as e 6as, de manhã Delegação Lisboa Dr. Carlos Nande Filipe Dr. Adelino de Sousa Dr. Oliveira Gomes Dr. Paulo Martins É agendada consoante as deslocações aos tribunais (É feito um mapa semanal)

Évora Dr. Marques Junqueira Terças feiras – manhã, a partir das 10h Delegação Faro Drª. Paula Coutinho Terças e quintas-feiras De tarde a partir das 15 h Delegação

Covilhã Dr. Fernando Dias Pinheiro Avª. da Anil, n.º 3 A, 1º Sala 7 - 6200-502 T: 275 334 719 Fax: 275 334 122 Dias úteis das 9.00h às 12.30h e das 14.00h às 19.00h Mirandela Dr. Paulo Bernardo Rua da Cadeia Velha, 8 Edif. dos Magistrados Sala 1/j; T: 278 265 300

23


Verdes

Ambiente

Mais de mil táxis londrinos movidos a óleo de cozinha Em Londres, o biodiesel feito a partir de óleo alimentar já abastece uma frota de cerca de 1.100 táxis. O óleo alimentar utilizado na produção de biodiesel tem origem em restaurantes, bares e cafés de dois bairros onde se encontram algumas das principais empresas do sector táxi. Para além de ser uma solução combustível mais amigável do meio ambiente e ser benéfica para os próprios motores, também resolve um problema de resíduos alimentares para os restaurantes da capital inglesa, que lidam com a necessidade de terem de se desfazer de uma média de 50 a 90 milhões de litros de óleo por ano. n

destaca-se com custos mínimos de energia (um euro para 100 km), um terço do peso de um automóvel utilitário moderno e velocidade máxima de 120 km/h. Ao mesmo tempo que revelou o protótipo eléctrico experimental RAK-e, a Opel faz quatro estreias mundiais no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt. A marca alemã apresentou pela primeira vez o coupé compacto Astra GTC, o versátil Zafira Tourer e a van compacta Combo. n

Citroën revela Tubik

Opel RAK-e: o ‘Carro Um Euro’ revelado em Frankfurt

Custos energéticos, eficiência e peso foram temas em destaque no Salão Internacional de Frankfurt deste ano. A Opel foi uma das marcas no centro das atenções ao apresentar um novo conceito de veículo eléctrico a bateria. O RAK-e abre um novo capítulo em matéria de mobilidade eléctrica e alarga o horizonte pioneiro da Opel em sistemas de motorização alternativos. O radical protótipo RAK-e

As

Estas

são as respostas correctas ao teste apresentado na página

conclusões são suas.

1 – A (alínea a) do ponto 13 da Portaria 851/94 de 22 de Setembro); 2 – C (pontos 3 e 4 do art.º 118 do Código da Estrada); 3 – B (nº 1 do art.º 4º do DL 263/98 de 19 de Agosto, alterado e republicado pelo DL 298/2003 de 21 de Novembro); 4 – D (ponto 3 do art.º 12º do DL 263/98 de 19 de Agosto, alterado e republicado pelo DL 298/2003 de 21 de Novembro); 5 – C (art.º 6º do DL 184/2006 de 12 de Setembro); 6 – B (alínea a) do nº 2 do art.º 30º do DL 251/98 de 11 de Agosto, alterado e republicado pelo DL 41/2003 de 11 de Março);

24 24

Com base na sua experiência inerente à filosofia "Creative Technology", a marca francesa dá à luz o Tubik, uma proposta de transporte de elevado cariz tecnológico assente num objectivo, o de tornar as viagens mais agradáveis. O desafio inerente ao Tubik é o de oferecer um veículo com 9 lugares com um estilo e nível de serviço que não sacrifica os códigos vigentes de uma moderna berlina. Com a sua generosa volumetria, o Tubik oferece um excepcional espaço interior e, através da adopção de tecnologia HYbrid4, consegue manter um nível de emissões de CO2 equivalente ao de uma berlina convencional. Este completo bloco ‘Full hybrid’ Diesel aumenta a autonomia do veículo, em comparação com a de um motor de combustão, permitindo uma tracção ideal no modo ‘4 Rodas Motrizes’ (a frente é impulsionada pelo motor térmico, a parte traseira pelo bloco eléctrico). n

14.

7 – D (alínea b) do ponto 3 do art.º 6 da Portaria 311-A/2005 de 24 de Março); 8 – C (art.º 10º do DL 263/98 de 19 de Agosto, alterado e republicado pelo DL 298/2003 de 21 de Novembro); 9 – C (ponto 2 do art.º 131º do Código do Trabalho); 10 – C (nº 7 do art.º 88º do Código da Estrada); 11 – A (Convenção de Preços); 12 – B (alínea a) do ponto 1 do art.º 30º do DL 251/98 de 11 de Agosto, alterado e republicado pelo DL 41/2003 de 11 de Março)


Primeiro táxi 100% eléctrico de Espanha Já se encontra em circulação nas ruas de Valladolid o primeiro táxi 100% eléctrico de Espanha, um Nissan Leaf Táxi, apresentado oficialmente junto à Cúpula del Milenio, onde foi instalado um posto de abastecimento eléctrico. Segundo o proprietário desta nova viatura táxi, cada carga de oito horas custa cerca de 1,30 euros, e permite uma autonomia de 120 km, o que constitui uma poupança muito significativa em relação a um táxi convencional a gasóleo. O Nissan Leaf foi adquirido ao abrigo de um programa do Ministério da Indústria, que apoiou com 6.000 euros a aquisição da viatura, a qual teve assim um custo final para o operador na ordem dos 30.000 euros. Roberto San José, o proprietário, refere mesmo o seguinte: “o veículo anterior que tive, de gama alta, custou-me 28.000 euros. Este custou-me mais 2.000 euros, mas com o que o poupo em gasóleo, em dois anos amortizo a diferença de preço".

Corunha subsidia até 4.000 euros táxis com energias alternativas

A autarquia da cidade galega A Corunha vai co-financiar, num montante total de ajudas na ordem dos 51.000 euros, os empresários do sector táxi que adquiram veículos que utilizem qualquer tipo de combustível alternativo. Os operadores que comprem um táxi eléctrico receberão uma ajuda de 4.000 euros. Por sua vez, aqueles que optem por um híbrido eléctrico, irão receber 3.500 euros de ajuda. Finalmente, para os restantes táxis híbridos ou a GPL, a ajuda é de 3.000 euros. Para ter direito a esta ajuda municipal, os industriais terão de apresentar toda a documentação que comprove a utilização duma viatura táxi com estas características e a respectiva idade do veículo. n

Na cidade de Valladolid já existem 34 postos de abastecimento para veículos eléctricos. n

Nissan mostra “Táxi do Futuro” em Nova Iorque O Salão “Taxi of Tomorrow Expo Design”, que abriu portas em finais de Outubro na cidade de Nova Iorque, serviu de palco para a apresentação oficial do Nissan NV200 Táxi, uma nova versão desenvolvida exclusivamente para servir aquela cidade norte-americana nos próximos anos. Desenvolvido a partir da versão furgão, ressalta desde logo no NV200 Táxi a sua ampla área de carga para transportar as bagagens de até quatro passageiros. Um painel de vidro no tecto proporciona uma vista única da cidade. A facilidade de acesso dos clientes é garantida por uma porta de correr com degrau na entrada e apoio de mão. O sistema de controlo independente do banco traseiro para ar-condicionado, contém filtros revestidos com aroma de uva. Estes são apenas alguns dos bons argumentos que convenceram as autoridades daquela cidade a votarem favoravelmente o incremento deste modelo. O projecto “Taxi of Tomorrow” teve início em 2007 enquanto iniciativa para estabelecer a visão para a próxima geração de táxis da cidade de Nova Iorque. O Nissan NV200 acabou por tornar-se o grande vencedor desta longa corrida, estando previsto que irá equipar a frota da cidade a partir de 2013. n

25


Notícias

11º Congresso da ANTRAM

Realizou-se entre 28 e 30 de Outubro, em Monte Real, o 11º Congresso da ANTRAM, subordinado ao tema “Transporte Rodoviário de Mercadorias. Novas Tendências. Que modelo de Desenvolvimento”. Em representação do Presidente da ANTRAL, marcou presença neste evento o Vogal da Direcção, Sr. Manuel da Silva. Logo na Sessão de Abertura, Paulo Júlio, Secretário de Estado da Administração Local e da Reforma Administrativa, revelou que estão a ser estudadas propostas de descriminação positiva no dossier das SCUT. Por sua vez, na Sessão de Encerramento, o Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, anunciou a discriminação positiva do transporte rodoviário de mercadorias no pagamento de portagens nas SCUTS, a disponibilidade para ponderar as especificidades do sector, na revisão do código do trabalho, a manutenção da majoração do custo com o combustível em 120% e a disponibilidade para acrescentar ao plano

estratégico de transportes as legítimas preocupações da ANTRAM. O Presidente da ANTRAM questionou este membro do Governo, relativamente à discriminação fiscal em sede do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISV), destacando também os problemas de concorrência com os nossos vizinhos espanhóis, devido à ausência de harmonização deste imposto, mais gravoso em Portugal. n

Quatro novos parques de estacionamento em Gaia O último dos quatro novos parque de estacionamento no centro histórico de Vila Nova de Gaia situa-se junto ao tabuleiro de baixo da ponte D.Luis I, na Rua General Torres e tem capacidade para 204 carros, vindo juntarse aos parques para 103 lugares em 3 pisos, do centro cívico (subterrâneo com 3 piso e capacidade para 265 automóveis), Largo Suares dos Reis (capacidade para 50 automóveis).

Encontram-se concessionados à empresa Parquegil e o investimento global ascendeu a 13 milhões de euros. Refira-se que ao contrário de Gaia, a cidade do Porto tem algumas deficiências graves ao nível do estacionamento no centro histórico, nomeadamente na Ribeira, que tem vindo a definhar devido à dificuldade de parqueamento próximo. n

Tome Nota Quando procurar contactar a Delegação do Porto utilize os seguintes números de telefone consoante o departamento que pretenda contactar: Geral: 225 323 350 / 933 146 047 Formação: 225 323 356 / 933 146 019 Seguros: 225 323 354 / 933 146 018

26


Realizou-se dia 21 de Outubro, no Auditório Fernando Lopes Graça - Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada, a conferência "O Transporte Flexível enquanto factor de inclusão social e de sustentabilidade do sistema de transportes". Esta iniciativa teve por objectivo debater e dar a conhecer o que está a ser feito a nível europeu em matéria de transportes urbanos flexíveis e os contributos que estes trazem para a coesão social dos territórios onde estão implantados. Em foco esteve também a sustentabilidade energética, ambiental e financeira associada a este tipo de transportes. A conferência foi co-organizada pela Câmara Municipal de Almada e pela Agência Municipal de Energia de Almada e contou com a presença de vários especialistas nacionais e estrangeiros e de operadores de sistemas de transportes flexíveis. Realiza-se no âmbito do projecto FLIPPER, coordenado pela Autoridade Metropolitana de Transportes de Bolonha, Itália, e do qual a autarquia de Almada é uma das 12 entidades europeias participantes. Este projecto tem como objectivo apoiar a concepção e desenvolvimento de serviços de transporte urbano flexível. n

Truques para poupar combustível Deve-se sempre encher o tanque durante as primeiras horas da manhã! Durante o período da manhã a temperatura do solo é mais baixa, e não podemos esquecer que os postos de abastecimento combustível têm depósitos subterrâneos. O facto do solo estar mais frio faz com que a densidade do combustível seja menor. Durante o dia, com o aumento da temperatura nos termómetros e também no solo os combustíveis tendem a expandir-se, logo, se o abastecimento for feito nas horas mais quentes do dia o litro de combustível não irá corresponder a exactamente um litro. Na indústria petrolífera a gravidade específica e a temperatura do solo desempenha um muito importante, pelo que deve ter em atenção este conselho, sobretudo nos meses quentes de Verão.

Inclusão do ISV na base tributável do IVA Foi proferida pelo Tribunal de Justiça da União Europeia a decisão no processo n.º C-106/10, referente a uma questão prejudicial que lhe foi dirigida pelo Supremo Tribunal Administrativo, em que esteve sob apreciação a inclusão do imposto sobre veículos (ISV) na base tributável do imposto sobre o valor acrescentado (IVA). De harmonia com a decisão tomada, a natureza e as características do ISV integram-no no conceito de "impostos, direitos aduaneiros, taxas e demais encargos" que devem fazer parte do valor tributável das operações sujeitas a IVA, nos termos da alínea a) do artigo 78.º da Directiva 2006/1l2/CE, do Conselho, de 28 de Novembro de 2006, relativa ao sistema comum do IVA vigente na União Europeia. Nessas circunstâncias, o Tribunal de Justiça da União Europeia concluiu que o valor tributável, para efeitos do IVA, das transmissões, aquisições intracomunitárias ou importações de veículos automóveis, ocorridas em território nacional, deve necessariamente incluir o montante do ISV que seja devido. n

Mensagens falsas supostamente enviadas pela DGCI O Ministério das Finanças tem vindo a divulgar que estão a circular e-mails falsos associados ao Portal das Finanças. Pretende-se a instalação de software malicioso no computador, pelo que se recomenda que o utilizador não siga as indicações constantes nesse tipo de e-mails, apagando-os de imediato. Informa o Ministério das Finanças que alguns utilizadores do Portal das Finanças têm recebido uma mensagem electrónica fraudulenta supostamente enviada pela Direcção-Geral dos Impostos (DGCI). As mensagens propõem a instalação de um software, mas, apesar da imagem e do endereço aparentemente apontar para o Portal das Finanças, não são enviadas por esse serviço. As mensagens de e-mail enviadas pela DGCI aos contribuintes referem sempre o nome completo e o número de contribuinte do destinatário, dados que podem ser confirmados no Cartão de Cidadão ou no Cartão de Contribuinte. A DGCI só envia mensagens por e-mail aos contribuintes que tenham senha de acesso ao Portal das Finanças e que tenham autorizado esse mesmo envio, sendo estas remetidas apenas para o endereço electrónico indicado pelo cidadão. n

27

Fiscalidade

Transportes urbanos flexíveis debatidos em Almada


Breves

Notícias

Nissan Leaf Táxi ataca Cidade do México No final deste ano, vão entrar em operação na capital mexicana cerca de 100 táxis eléctricos do modelo Nissan Leaf. Para o efeito, já foram colocados em funcionamento dois novos postos de abastecimento para veículos eléctricos. O projecto que agora arranca, conta com o apoio do governo do Distrito Federal da Cidade do México e prevê colocar em circulação 3.000 táxis eléctricos até ao final de 2014, estimando-se que nessa data a emissão de dióxido de carbono seja mais baixa em cerca de 50.000 toneladas, numa das mais poluídas cidades do mundo. Na Cidade do México estão licenciados mais de 13.000 táxis que percorrem diariamente uma média de 200 km e consomem 12% do combustível que se vende. n

Portimão e Sevilha querem criar pacotes ibéricos de turismo

necessário que a factura contenha o NIF do mesmo”. Sanciona ainda o entendimento que as facturas emitidas em nome dos pais relativas a despesas de saúde suportadas com os filhos, considerando que está em causa uma despesa do agregado familiar, deverão ser aceites como despesa do dependente, desde que a factura ou documento equivalente seja emitida com o nome do sujeito passivo e, ainda que manualmente, seja posteriormente introduzido o nome do dependente a quem as despesas/encargos dizem respeito. n

Balcão do Empreendedor disponível online através do Portal da Empresa O Balcão do Empreendedor (BdE), balcão único electrónico nacional, que permite aceder online às formalidades necessárias ao exercício de uma actividade económica, já está disponível a partir do Portal da Empresa. O BdE destaca-se por ser o ponto único de acesso a informação estruturada de um modo simples e uniforme sobre 462 serviços necessários ao exercício de mais de 450 actividades económicas, dos quais 130 podem ser realizados totalmente online. O documento define que a disponibilização de serviços online para todos os sectores da economia, através do Balcão do Empreendedor, deve estar concluída até ao terceiro trimestre de 2013. n

Bruxelas diz que linha de grande velocidade Lisboa-Porto vai mesmo avançar As cidades de Portimão e de Sevilha vão promover em conjunto diversos produtos turísticos, na sequência dum acordo entre as duas autarquias. O objectivo estratégico deste acordo é a criação de pacotes ibéricos de turismo, conjugando a história e monumentalidade de Sevilha com o lazer e as praias de Portimão, através de uma cooperação económica e empresarial que por si só assume moldes inéditos e onde se prevê uma aposta no desenvolvimento de programas conjuntos, em especial criando uma rota Portimão-Sevilha, com base no Porto de Cruzeiros algarvio. n

Dedução de despesas de Saúde em sede de IRS O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais emitiu um Despacho, no dia 31 de Outubro de 2011, relativamente à dedução de despesas de saúde à colecta de IRS. Nesse Despacho foi sancionado o entendimento que apenas as facturas emitidas com a identificação do adquirente podem ser utilizadas para estes efeitos. No entanto, o referido Despacho esclarece que “caso o adquirente não seja um sujeito passivo de IVA, não será

28

A Comissão Europeia apresentou na segunda quinzena de Outubro o novo mapa da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE) até 2030, onde volta a figurar a ligação ferroviária Lisboa-Porto de velocidade elevada (250 km/h) tanto para passageiros como para mercadorias. Fora dos planos de Bruxelas fica definitivamente a ligação ferroviária Porto-Vigo, a terceira travessia do Tejo e o novo aeroporto de Lisboa. n


Poesia Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá a falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma . É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um 'não'. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo... Fernando Pessoa

29


Notícias

Nova Iorque aprova táxi Ford Transit Connect

As autoridades da cidade de Nova Iorque aprovaram a utilização como viatura táxi do comercial Ford Transit Connect, cuja produção foi adjudicada recentemente à fábrica que o construtor norte-americano tem em Almussafes, na província espanhola de Valência. O Ministério de Fomento e a Ford Espanha estão a estudar a possibilidade de transportar por caminho-deferro da fábrica para o porto de Valência, os futuros táxis destinados à cidade de Nova Iorque. Para este efeito, deverá ser criado um ramal específico no corredor ferroviário

30

mediterrânico. Relembra-se que as primeiras unidades do modelo eléctrico táxi do Transit Connect, encontram-se já em serviço na cidade norte-americana de Chicago. n


Campanha da ADENE sobre "Condução Eficiente"

A campanha da ADENE - Agência para a Energia, que contou com o apoio do IMTT, transmitiu aos automobilistas conselhos úteis para poupar combustível, diminuir o desgaste dos veículos e reduzir as emissões poluentes. Ao adoptar técnicas eficientes de condução, o condutor pode tirar maior partido das capacidades do veículo, optimizar o consumo de combustível, reduzir a emissão de poluição e contribuir para uma maior segurança na estrada. A campanha da ADENE faz parte da medida “Ecocondução”, prevista no Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética (PNAEE), que define as metas de eficiência e diminuição dos consumos energéticos até 2015. Conselhos úteis para põupar energia e preservar o ambiente Preparar a viagem: Ter o automóvel em bom estado; estar, o próprio condutor, igualmente em boas condições físicas e psicológicas; e, durante a viagem, adoptar, desde logo uma condução defensiva. Estes são requisitos necessários para chegar são e salvo ao seu destino. Preparar o automóvel: Manter o veículo em bom estado é um elemento básico de segurança. Assim: • Deve ter em dia as revisões periódicas aconselhadas pelo fabricante; O próprio condutor pode fazer as suas revisões. Não interessa apenas cuidar dos factores que afectam directamente a segurança (travões, rodas,...), mas também de tudo o que possa causar uma avaria na estrada, pois, nesta situação, existe risco de colisão ou de atropelamento e pode facilmente ser evitado; • De 15 em 15 dias, convém rever os níveis de óleo, liquido refrigerador, limpa vidros, líquido de direcção assistida e líquido dos travões; de cada vez que utilizar o seu automóvel, faça uma rápida inspecção para ver, por exemplo, se as rodas estão em bom estado, ou se na parte exterior do veículo, não existe algo danificado. • Verifique, com os pneus frios, se estes têm a pressão

aconselhada. Uma pressão desadequada provoca falta de aderência e aumenta o consumo e o desgaste da borracha. Para um desgaste superior a 3 mm, o pneu piora o seu comportamento, aumentando o risco de "aquaplanagem" (quando o rasto de um pneu não é suficientemente profundo para escoar a quantidade de água que esteja sobre o pavimento da estrada). • Teste as luzes, em especial as de trás, que são as que mais dificilmente se repara que estão fundidas. Verifique também se os médios não encandeiam; • Limpe os vidros, para ter a melhor visão possível da estrada. As escovas do limpa vidros, devem ser mudadas uma vez por ano, de preferência com as primeiras chuvas após o verão (com o calor as borrachas ficam duras). • A correcta colocação dos passageiros, objectos e equipamentos no interior do veículo é de grande importância. As crianças são muito vulneráveis. Por isso, devem viajar sempre bem sentadas e seguras, com o cinto de segurança colocado. As mais novas (até aos 12 anos devem ter cadeiras adequadas à sua idade e peso. Todos os passageiros do veículo devem colocar o cinto de segurança. • Não deixe objectos soltos no interior do automóvel, pois podem converter-se em projécteis perigosos. • Cuidado com a tampa do porta luvas: não a deixe aberta. Confortável e com bons reflexos: Um condutor na plenitude das suas faculdades pode reagir melhor e mais rapidamente aos estímulos, antecipar-se a potenciais perigos e evitá-los. A comodidade é importante: o condutor deve ajustar os espelhos retrovisores, acentos, cintos de segurança, à sua altura. Além disso, o habitáculo deve estar bem ventilado. Em viagem: Quando viaja, o condutor pode ver-se obrigado a encarar diversas situações de perigo. Por isso, é

31


Notícias

essencial pôr em prática uma condução defensiva. Ou seja: evitar erros próprios e, também prever os actos dos demais condutores, agindo de forma a esquivar-se aos riscos enquanto está a circular, o condutor deve estar atento a todas as informações. O essencial é ver, analisar e agir. A visibilidade é fundamental: Olhe pelos retrovisores com frequência. Para controlar os ângulos mortos há que olhar por cima do ombro sempre que necessário (rotundas, entradas em autoestradas, mudanças de vias de trânsito). Ângulos mortos no veículo não permitem uma visualização do que se passa em redor. Rotunda: Ao colocar-se bem numa rotunda, de acordo com o destino que pretende, evita problemas: se vai sair da rotunda, coloque-se, de imediato, na faixa de fora, caso contrário, coloque-se no interior. Mas ao pretender sair da rotunda, mude de via com cuidado até encostar à sua direita antes da saída. Paragens: Evite parar em túneis e auto-estradas, o que aliás constitui contra-ordenação grave ou muito grave. Só o faça em caso de avaria. Evite também fazer mudanças bruscas de direcção, ou ziguezaguear em zonas não visíveis (cruzamentos e curvas com má visibilidade, por exemplo) para outros condutores. Evitar distracções: O uso do telemóvel aumenta 5 a 10 vezes o risco de sofrer acidentes. Só é permitido falar através de kit mãos livres ou auricular, sem manuseamento continuado das mãos, ou de um auto-rádio com GSM incorporado (o que mesmo assim, distrai o condutor). O rádio também é um factor de alheamento. Mudar de emissora obriga a desviar o olhar da estrada: a 120 km/hora percorrem-se, num segundo, mais de 30 metros. Imagine o que pode acontecer neste espaço de tempo. Evite igualmente, comer ou ler, mesmo que esteja parado numa fila bastante lenta. Colisões / Acidentes: O tempo de reacção (tempo que decorre desde que avistamos o perigo e o analisamos, até agirmos) é, em condições normais, de um segundo. Mas basta que o condutor tenha bebido um pouco para que a distância (e o tempo) de reacção aumente. O truque dos segundos: 3 segundos são uma boa margem de segurança entre viaturas, que possibilita reagir perante qualquer imprevisto. Tendo como referência um ponto qualquer (uma árvore ou um sinal), entre o andamento do carro da

32

frente e do seu, deve ter tempo, por exemplo, de contar 1, 2,3. Estes 3 segundos correspondem a determinada distância de segurança. Essa mesma distância corresponde ao que pode ser, o evitar de um condutor sofrer ou causar um acidente. Condições adversas: Quando chove, a distância de travagem (distância necessária para parar depois do condutor travar), multiplica-se por dois. Aumente a distância de segurança para três segundos. Se nevar, a distância pode multiplicar-se por dez: circule lentamente e, nas descidas, utilize o motor como travão, reduzindo a velocidade o máximo possível. Quando está nevoeiro: reduza a velocidade em função da visibilidade. Por exemplo, se o veículo da frente estiver a 10 metros, reduza para 20. km/hora. O nascer e o pôr do sol de frente, podem causar encadeamento. E qual a melhor postura na condução: O assento deve estar regulado, de modo que o campo de visão fique sempre por cima do volante e que o condutor possa conduzir comodamente com os braços um pouco flectidos. Se estiver bem colocado, o encosto para a cabeça é um elemento de segurança valioso. Senão, poderá ter o efeito contrário. A parte superior deve estar ao nível do alto da cabeça, pois em caso de choque frontal, o corpo sai disparado para a frente, sendo travado pelo cinto de segurança, que de seguida o empurra para trás. Se o encosto não estiver bem colocado, podem provocar-se sérios danos nas cervicais. O mesmo perigo existe num choque traseiro. Álcool e medicamentos: Os efeitos do álcool no comportamento do condutor, provocam desde redução de reflexos, que pode ser vital em algumas circunstâncias, à perda de atenção, percepção e visão, característicos da embriaguez total. A conclusão é óbvia: se tiver de conduzir, não beba, e se beber, não conduza. Quando tomar algum medicamento, leia o respectivo folheto. Se este avisar que o medicamento pode causar sonolência, é melhor não conduzir. Caso não tenha outra solução, deve tomar todas as medidas de precaução (descansar frequentemente, andar mais devagar e deixar uma maior distância de segurança entre o seu automóvel e o da frente) para compensar a perda de faculdades causada pelos fármacos. Sonolência: Se estiver cansado, não conduza. Em viagem, não ingira comidas pesadas, pois a sua digestão produz sonolência. Abra a janela do automóvel. Se sentir sono, pare e durma um pouco num lugar seguro (numa estação de serviço ou numa zona de descanso), fora da estrada. n


RAio X

Honda Accord Sedan dinâmico e elegante Com o objectivo de desafiar os concorrentes premium estabelecidos do segmento D, o novo Honda Accord Sedan oferece um estilo desportivo, maior elegância e um conjunto muito interessante de sistemas de segurança. As suas excelentes capacidades dinâmicas, conjugam-se com uma gama de motorizações que cumpre a norma Euro 5 de emissões, o que lhe confere fortes credenciais ambientais. Significativamente mais largo e ligeiramente mais baixo, o estilo é, agora, mais emocional e desportivo. O design estilizado, com cavas das rodas pronunciadas que enfatizam a maior via do veículo, conferem ao Accord um aspecto forte e sólido. A frente distinta e as linhas mais fluidas conferem-lhe uma forma mais robusta. Tal com o seu antecessor, o novo motor i-DTEC de 2,2 litros, que equipa as versões especificadas para TÁXI, é compacto, leve, refinado e silencioso. Utiliza a última tecnologia de injecção de combustível multi-fase piezoeléctrica, uma recirculação mais eficiente dos gases do escape e um filtro de partículas para emissões significativamente mais reduzidas. Ao mesmo tempo, tanto os níveis de potência como os de binário foram aumentados, para uma experiência de condução mais desportiva. A potência aumentou 10 CV, situando-se nos 150 CV, obtidos às mesmas 4.000 rpm, enquanto que o binário é, agora, de 350 Nm às 2.000 rpm. A maior flexibilidade do motor reflecte-se nos 9,6 segundos de aceleração dos 0 aos 100 km/h. O consumo de combustível em ciclo misto é de 5,6 l/ 100km e as emissões de CO2 são de 148 g/km. O motor i-DTEC é complementado por uma transmissão manual de 6 velocidades, a qual possui uma "luz indicadora de mudanças" (SIL - Shift indicator Light) localizada no centro do conta-rotações. O condutor recebe indicações "UP" ou "DOWN" que o alertam para o momento óptimo em que deve efectuar a mudança das velocidades. Os testes da Honda demonstraram ser possível atingir uma redução do consumo de combustível de 5% quando o condutor segue estas indicações. Outra novidade prende-se com a nova suspensão dianteira de duplos braços sobrepostos e traseira multi-link com amortecedores de relação variável, juntamente com a maior rigidez da carroçaria, fazem o Accord reagir mais facilmente aos comandos do condutor. A direcção assistida eléctrica sensível à velocidade é equipamento de origem em todas as versões e o novo sistema axial apresenta um novo motor eléctrico sem escovas, de elevada potência e baixa inércia, que fornece uma excelente sensibilidade à direcção a velocidades mais elevadas, conferindo maior estabilidade e confiança.

Segurança reforçada e bons níveis de equipamento Complementando o conjunto de sistemas de segurança passiva, temos uma série de sistemas dinâmicos que proporcionam uma segurança ainda maior. O sistema VSA (assistência à estabilidade do veículo) é de origem em toda a gama e foi desenhado para auxiliar o condutor a manter o controlo ao curvar, acelerar e em manobras repentinas, aplicando travagem às rodas esquerdas ou direitas e modulando o binário do motor, conforme necessário. O novo Accord também apresenta um sistema inovador, fazendo valer as capacidades do sistema VSA e da direcção assistida eléctrico do veículo. Denominado "Sistema EPS Adaptável ao Movimento", detecta a instabilidade em condições de piso escorregadio ao curvar e sob travagem, iniciando automaticamente acções sobre a direcção com o objectivo de induzir o condutor a virar o volante na direcção correcta. Disponível em algumas versões com motorização 2.2 i-DTEC, o Sistema Avançado de Assistência à Condução (ADAS) da Honda é um grupo de três tecnologias inovadoras que elevam a segurança a um novo nível. A primeira, o Sistema de Assistência à Manutenção na Faixa de Rodagem (LKAS - Lane Keeping Assist System), recorre a uma câmara para detectar se o veículo se desvia da faixa de rodagem, aplicando binário à direcção quando necessário, reduzindo dessa forma o esforço de condução em autoestrada e, ao mesmo tempo, melhorando a segurança. A segunda, o Controlo da Velocidade de Cruzeiro Adaptável (ACC - Adaptive Cruise Control), utiliza um radar de ondas milimétricas para manter uma distância consistente ao veículo que circula directamente à frente, proporcionando uma condução mais descontraída e menos cansativa. Por fim o Sistema de Travagem Atenuante de Colisões (CMBS - Collision Mitigation Brake System) monitoriza a distância de seguimento e a relação de aproximação entre o Accord e o automóvel à frente, alertando o condutor no caso de ser provável ocorrer uma colisão e ajudando a reduzir o impacto se a colisão for inevitável. As especificações do Accord incluem vidros eléctricos, tendo os dianteiros função de fecho e abertura automática, com dispositivo de detecção de obstrução; luzes e limpavidros automáticos nas versões Elegance e Executive; controlo automático da climatização de dupla zona e, nas versões de topo, grelhas de ventilação para os bancos traseiros, com uma derivação para o compartimento da consola central, permitindo refrigerar ou aquecer bebidas. Esta é sem dúvida uma boa alternativa para o mercado de TÁXI, assim a situação do sector o permitisse. Ficamos à espera de melhores dias… n

33


Vida Associativa Aufira das vantagens e regalias oferecidas pelas entidades com as quais a ANTRAL mantém protocolos de cooperação. Adlight

Publicidade no Tejadilho Av. Sabóia, n.º 159, 2.º, Monte Estoril, 2765-278 Estoril

Ambiformed, Ambiente, Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho, Unipessoal, Lda Medicina no Trabalho Edifício Nova Rotunda Vilarinho-Loja1, Bloco A 3680- 323 Oliveira de Frades Telf. 232 728 728 / 232 728 72 Fax. 232 728 730 Site: www. ambiformed.pt E-mail: geral@ambiformed.pt

AntralCamp

Exames Psicotécnicos Avenida Eng. Arantes e Oliveira, n.º 15 - 1900-221 Lisboa Telf. 218 444 050 / Fax: 218 444 057 Telm. 933 143 733 / 933 143 734 / 933 143 735

AntralMed

Aquisição de Seguros Av.ª Eng. Arantes e Oliveira, n.º 15, 1900-221 Lisboa Telf. 218 407 418

Associação de Turismo de Lisboa Táxi Voucher Rua do Arsenal, n.º 25, 1100-038 Lisboa Telf. 21 031 28 03

BBVA Finanziamento Financiamento na aquisição de equipamento Av.ª D. João II, Lote 1.16.05 3.º Piso, Edifício Infante, Parque das Nações, 1990-083 Lisboa BBVA-Banco Bilbao Vizcaya

Argentaria Conjunto de produtos e serviços financeiros com condições especiais Linha BBVA 800 208 208 E’mail: convénios@bbva.pt

Banco Santander Totta

Vantagens na constituição de produtos e serviços do Grupo Totta Praça Marquês de Pombal, n.º 22, 1250-161 Lisboa Telf. 707 212 424

BP Portugal

Descontos em combustíveis (Cartão BP Plus/Cartão Azul) Porto Salvo, Lagoas Park Edificio 3 Telf. 213 891 785

C. Santos Veículos e Peças

Clínica Columbano Prestação

de serviços de medicina dentária e outras especialidades, aos associados, funcionários e familiares Av.ª Columbano Bordalo Pinheiro, n.º 76 - 2.º Esq., 1070 Lisboa Telf. 217 264 455

Clínica Dentária Dr. Nuno Alves Pereira

Prestação de Serviços de Medicina Dentária Rua 5 de Outubro, n.º 18-R/C Esq., 2775-562 Carcavelos Telf. 214 576 251

Clinica Médica e Dentária Viseu Health Care

Descontos e ofertas na aquisição de serviços Quinta da Saudade, Lote 228, 1.º V 3500-225 Viseu (junto à rotunda de Nelas) Telf. 232 414 439 Telm. 961 050 461

ETM-Anestesia, Cirurgia e Medicina no Trabalho Medicina no Trabalho Av.ª de Roma, 86, C/V Dt.ª 1700-361 Lisboa Telm. 917278193 Fax. 218407704

Future Healthcare

Aquisição de Planos de Saúde Rua Artilharia Um, 51 Pateo Bagatella Ed. I, 3.º andar, 1250-137 Lisboa Telf. 707 30 82 83

Galp Frota

Descontos em vários produtos e serviços Rua das Flores, n.º 7, Lisboa Telf. 707 508 408

HS2 – Higiene, Saúde e Segurança do Trabalho, Lda Medicina no Trabalho Rua de Moçambique, n.º 14 r/c esquerdo e direito, Apartado 677 3800-022 Aveiro Telf. 234420970 Fax. 234420768 E-mail: hs2@hs2.pt

Mazda Motor de Portugal Venda de viaturas Mazda e descontos na mão-de-obra, peças e acessórios Concessionários Mazda Telf. 213 512 770 Fax. 213 512 771 E-mail: rcurro@mazdaeur.com Rui Curro (Gestor de Frotas)

Minisom

Descontos na aquisição de aparelhos, rastreios e testes auditivos Lagoas Park Rua das Lagoas Pequenas, Edifício 5 C , 2º 2740-265 Porto Salvo Telf. 211990000

Norpsi

Exames Psicotécnicos Porto: Rua Fernandes Tomás, 4246.º Piso, Sala 1,3 e 4 Telf. 225103132/ 4 Fax. 225188930 Filiais: Braga (Tlf. 253275925), Coimbra (Tlf. 239827371), Viseu (Tlf. 232468321), Viana do Castelo (Tlf. 258753165), Oliveira de Azeméis (Tlf. 225103132/4) e Ponte de Lima (Tlf. 225103132/4)

Oculista das Avenidas

Descontos na aquisição de produtos e serviços Av.ª 5 de Outubro, 122-B, Lisboa - Telf. 217 999 060 Campo Pequeno, 48-B, Lisboa Telf. 217 959 043

Opel

Aquisição e assistência de viaturas Opel EN n.º 3, Vila Nova da Rainha, 2050-306 Azambuja Telf. 263 406 000

Óptica da Estrela (Victor Almeida Oculistas, Lda)

Descontos na aquisição de produtos e serviços Rua Aurélia de Sousa, n.º 8, C/V Esq., Torre da Marinha, 2840-422 Seixal Telf. 212 276 153

Óptica Havaneza

Descontos e promoções na aquisição de produtos e serviços Rua da República, n.º 27, 7000-656 Évora; Telf. 266 757 506 Fax. 266 757 501 E’mail:ana.vieira@opticahavaneza.pt

Optimus Condições especiais nos tarifários e na aquisição de equipamentos Lugar do Espido, Via Norte, Maia Telm. 939 013 024 Oral Care Institute

Serviços de Medicina Dentária Lisboa: Lumiar, Alvalade, Campo Pequeno, Almada, Santo Tirso,Trofa, Ovar, Espinho, Guimarães, Loulé, Almodôvar Telf. 217 976 270 Telm. 925 008 689 www.oralcareinstitute.com

Psitráfego – Centro de Avaliação Médica e Psicológica de Santarém, Lda

Prestação de serviços na área de Psicologia do Tráfego Rodoviário (Testes Psicotécnicos) e Psicologia Clinica Avenida 25 de Abril, 50C, S. Nicolau, 2005-159 Santarém (Próximo do Presídio Militar e Rodoviária) Telefone/Fax: 243 352 666 Telemóvel: 937416295 Email: psitrafego@sapo.pt ou psitrafego@psitrafego.pt Site: www.psitráfego.pt

Reis & Oliveira

Prestação de serviços de contabilidade, gestão de pessoal e assessoria de fiscalidade Av.ª Eng. Arantes e Oliveira, n.º 15 – 3.º Esq., 1900-221 Lisboa Telf. 21 847 13 14

Repsol

Descontos em combustíveis (Cartão Repsol) Av.ª José Malhoa, 16, 1099-091 Lisboa Telf. 213 119 000

Siva/Volkswagen

Aquisição e assistência de viaturas Volkswagen Lugar do Arneiro, Quinta da Mina, Casal de S. Pedro, Vila Nova da Rainha, 2050-206 Azambuja Telf. 263 407 000

Sociedade Internacional de Promoção de Ensino e Cultura (SIPEC)

Descontos especiais em qualquer licenciatura ministrada pela SIPEC Estrada de Benfica, n.º 275, 1500-072 Lisboa Telf. 217 210 230

Táxi Interactivo

Publicidade no interior de viaturas Beloura Office Park, edifício 3, piso 1, Esc. 10, Quinta da Beloura 2710-693 Sintra Eng.º Paulo Vicente Telf. 21 9243694

Trafficenter, Lda

Serviços de Avaliação Médica e Psicológica Rua Cristóvão Pinho Queimado, Lote 6, Loja 6.9 Vera cruz, 3800-009 Aveiro Telf. 234 321 006 Telm: 917 523 436

Serviço de reparação e manutenção automóvel, fornecimento de viaturas de marca Mercedes-Benz Rua do Proletariado, 18, 2795-648 Carnaxide Telf. 214 245 800/66

MedialCare

Caixa Geral de Depósitos

Descontos na aquisição de viaturas da marca AbrunheiraSintra, Apartado 125 2726-901 Mem Martins Para informações detalhadas contacte a nossa sede ou delegações. Telf. 219 257 000

Vantagens nos produtos financeiros do grupo CGD Av.ª João XXI, n.º 63, 1000-300 Lisboa Telf. 213 526 656

34

Saúde no Trabalho (Rede a nível nacional) Campo Grande, n.º 460-1.º Esq. 1700-093 Lisboa Telf. 217 504 050 E’mail: info@medialcare.pt

Mercedes Benz Portugal

Palmatours Business & Pleasure

Viagens e Pacotes Turísticos Av.ª Fontes Pereira de Melo, n.º 35-11.º C, 1050-118 Lisboa Tel. 214 391 900/01 Fax. 214 391 421

Tranquilidade

Seguros Lisboa - Av.ª da Liberdade, 242 Porto- Rua D. Manuel II, 290 4050-344 Porto Telf. 707 240 707


35


36

Revista ANTRAL Nº144  

Revista ANTRAL referente a Setembro/Outubro 2011

Revista ANTRAL Nº144  

Revista ANTRAL referente a Setembro/Outubro 2011

Profile for antral
Advertisement