Page 1

Andrea Araújo

Em respeito a diversidade

Geração

Saúde Em busca da qualidade de vida

Londres A capital britânica que é alvo do mundo

Empresas

familiares Receita de sucesso e crescimento que ultrapassa gerações

Transtornos

mentais Como reconhecer e conviver em paz

Oswaldo Pires Realização profissional conquistada em 27 anos de carreira


4


5


6


7


Carta ao leitor //

Q

uando falamos em diversidade, diretamente ligamos o tema à sexualidade, quando, na verdade, ele se coloca de uma maneira mais

ampla e abrangente. Quando pensei na linha para seguir nesta edição, refleti sobre quem poderia ilustrar essa capa, pois teria que ser alguém que realmente fosse bem resolvido e levantasse a bandeira das igualdades e do respeito. Sou e sempre fui contra utopias e teorias ideológicas extremas. Não defendo classes específicas e nem acredito que com um processo impositivo uma sociedade baseada em moralismos fundados a séculos atrás será modificada,

É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Porque se você parar pra pensar Na verdade não há Sou uma gota d’água Sou um grão de areia Você me diz que seus pais não te entendem Mas você não entende seus pais Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo São crianças como você O que você vai ser Quando você crescer

Pais e Filhos - Renato Russo

mas por que não pensar na ideologia da proliferação do respeito? Se formos capazes de respeitar o próximo e de viver em harmonia, automaticamente seremos capazes de tolerar as escolhas alheias e lembrar constantemente de que o reflexo daquela escolha será diretamente ligado a pessoa que a fez. Se pudermos, de alguma maneira, passar boas mensagens e levar adiante a bandeira do respeito e da tolerância, estaremos respeitando uma sociedade diversificada em raças, cores, credos, sexualidades e transformidades. Já estamos caminhando no século XXI e ainda vivemos brigando por imposição de orientação sexual, enquanto tantos corruptos heterossexuais estão por aí roubando o dinheiro da nossa saúde e da nossa educação. Por que? Talvez porque dessa forma a nossa sociedade não seja capaz de refletir, como estamos fazendo agora, que uma sociedade sem educação é uma sociedade alienada. É isso que queremos para as próximas gerações? Respeite-se, ame-se, siga em frente. Com essas atitudes, o mundo certamente será melhor, pois felicidade gera felicidade.

Boa Leitura,

Maycow Montemor

Editor

8


ALTO 2014

ADRIANA DEGREAS • ANIMALE • BO.BÔ • BLUE MAN • CARINA DUEK • DASLU • JOHN JOHN • JULIA AGUIAR • LE LIS BLANC • LENNY • LILLY SARTI• MARISA RIBEIRO • MIXED • OSKLEN • SALINAS SEVEN • SUPER SUITE 77 • TIGRESSE • THELURE • TRIYA • VIX • 284 @IrianaBasico

Rua Azevedo Sodré, 89 - Santos/SP /IrianaBasico • www.iriana.com.br 9


Backstage // Colaboradores

Alexandre Prates

Ana Hirigoyen

Consultora de imagem

Gastrônoma e Apresentadora de TV

Beth Teani

Clara Monforte

Claudia Oliveira

Diego Martins

Eduardo Virtuoso

Fernanda Ventura

Dr. Guilherme Colombo

Juliana Góes

Dra. Karina Abbud

Márcia Atik

Mariana Camargo

Renata Bala

Dra. Renata Cavassa

Renata Kalaés Moreira

Renata Pierri

Rita Martins

Rodrigo Ramos

Dra Roseli Andrade

Master coach, especialista em liderança, desenvolvimento humano e performance organizacional

Someliere

CRM 124474 Médico oftalmologista, membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia

Consultora de estilo e blogueira

Jornalista e organizadora de eventos

Gestor de redes sociais e palestrante

Jornalista e blogueira de beleza e comportamento

Blogueira de moda e fashion lover

Profissional de marketing, professora e empresária

Taylor Matos

Radialista e fotógrafo

CRN 19444 Nutricionista, especializada em nutrição funcional e desportiva

CRO 55068 Dentista

Personal trainner

Graduado em Ciências Jurídicas, consultor executivo de Golden Beach, Flórida – EUA

10

Advogada, colunista social e escritora

Consultora de etiqueta e comportamento

Psicóloga especializada em terapia sexual e familiar

Empresária

CRM 91690 RQE 24843 Médica Dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia


BRINDE

vida à

ALTO VERÃO 2014

AS MELHORES MARCAS,

EXCLUSIVAS PARA ELES!

Rua Azevedo Sodré, 45 - Santos - SP @ConceitoIriana

/ConceitoIriana

@conceitoiriana

www.conceitoiriana.com.br

7 FOR ALL MANKIND • BLUE MAN • DASLU • ETIQUETA NEGRA • EVOKE • FRED PERRY • GANT • GUERREIRO • HUGO BOSS • JOHN JOHN LACOSTE • MANDI • NIXON • NOIR • OGIO • OSKLEN • PENGUIN • RICARDO ALMEIDA • ROCKSTTER • SERGIO K • VICTORINOX • VR • ZAPALLA


ph3

Feche os olhos e imagine como você quer a sua comemoração de Ano Novo.

12


Pronto, agora abra e realize.

Música ao Vivo | Ambiente Climatizado | Estacionamento Cardápio completo | Cascata de camarões | Buffet de frios e saladas Rodízio de carnes nobres e assados | Cascata de frutas | Bebidas

Ano novo merece uma festa inesquecível, e essa festa é na Churrascaria Tertúlia. Reservas e informações: Tel.: (13) 3261.1641 tertulia@churrascariatertulia.com.br

13


15


16


17


StudioBox no IPad Baixe já gratuitamente para seu tablet e smartphone todas as edições da Revista StudioBox e seja sempre o primeiro a acessar o conteúdo da publicação.

Maycow Montemor Diretor José Carlos dos Santos Tesoureiro Léya Santana Logística Silvia Souza Veiga Executiva de Contas Jornalistas

@revista_studiobox Em breve a StudioBox vai estrear seu Instagram. Através dele nossos seguidores ficarão integrados com os melhores eventos da região e o melhor, em tempo real. Siga já e não perca mais essa ferramenta. Não esqueça também de utilizar #studiobox nas suas postagens relacionadas s nós e concorra a prêmios muito em breve.

Letycia Queiróz Jaqueline Soares Revisão Juliana Justino Diagramação Juliana Reis

Facebook

Já curtiu nossa fanpage no facebook? Corre lá, curti e acompanhe antecipadamente todos os nossos eventos e videos. www.facebook.com/studiobox

Tiragem 15 mil exemplares Impressão COAN

Fala conosco Se quiser conversar conosco, sugerir pautas, interagir com nossos colunistas ou simp-lesmente mandar aquela bronca, estamos aqui para lhe ouvir, basta enviar um ou vários e-mails para contato@mmontemor.com.br

Opinião do leitor M. Editora de Publicações Corporativas M. Montemor dos Santos Editora - ME CNPJ 09.400.313/0001-01 IE 633.675.615-111 Av. Conselheiro Nébias, 703 conj. 1810 Vila Rica – Santos/SP www.mmontemor.com.br contato@mmontemor.com.br (13) 3028-1530 18

“A festa da StudioBox Platinum no Bikkini Barista foi maravilhosa, adorei. E as meninas da capa então? Um arraso na escolha. Parabéns !!!”

Juliana Damião de Lima


19


Índice //

32. Reflexão//Olhos nos 46. Vaidade //

Olhos

Consultoria de Imagem

Leia a crônica de Clara Monforte e veja como estar no lugar certo na hora certa pode mudar a vida das pessoas

Quer mudar o visual, mas ainda não sabe como? Conheça o trabalho do visagista com a ajuda de Ana Hirigoyen

34.

48. Vaidade // Moda

Reflexão//Sem Neuras Renata Moreira nos faz olhar para a velhice com outros olhos discutindo o filme Almoço de Agosto

36. Reflexão // Divã Lidar com preconceitos não é tarefa fácil, mas Márcia Atik mostra que desmistificar o assunto é o primeiro passo

38. Turismo//Cartão

Viagem

Não corra riscos viajando com dinheiro em espécie. A trabalho ou passeio, vá com Cartão Viagem

40. Turismo// Um dos roteiros mais procurados pelos brasileiros, a capital britânica reúne sofisticação e praticidade

68. Saúde//

Oftalmologia Óculos ou lente de contato? O Dr. Guilherme Colombo mostra a terceira opção, a cirurgia com laser de femtosegundo

Feminina

70. Saúde//Nutrição

Conheça as dez principais tendências para a estação mais quente do ano com as dicas de Renata Bala

Hábitos alimentares durante a gravidez podem afetar a saúde do feto e a predisposição às doenças na vida adulta

50. Vaidade // Moda

72. Saúde // Fitness

Masculina

Uma das peças mais curinga do guarda-roupa masculino, o blazer é indispensável para Mariana Camargo

Crianças e adolescentes podem praticar musculação? Rodrigo Ramos expõe os riscos e benefícios da questão

74. Saúde//

52. Vaidade // Beleza

Odontologia

Entenda o que acontece com a sua pele durante a limpeza com as orientações de Juliana Góes sobre o ritual

Implantes dentários são uma boa pedida, mas Renata Cavassa mostra que é preciso conhecer o tratamento

63.

76. Saúde//

Saúde// Transtornos mentais

Dermatologia

Reconhecer o problema e procurar ajuda são os primeiros passos para ter uma vida mais tranquila

Verão e fim de ano exigem cuidados especiais na hora de escolher o filtro solar, como mostra a Dra. Roseli Andrade


Índice //

a dia

98. Giro Cultural //

chocolate que vai agradar homens e mulheres

78. Saúde//

Marketing

108. Perfil//

Com a tecnologia CAD CAM, a Branemark traz rapidez e segurança na confecção de próteses dentárias

Estar preparado para receber o mercado gay faz a diferença. Rita Martins mostra como é fácil – e lucrativo!

Para a santista apaixonada pela noite Andréa Ruzsicska, o incomum sempre venceu o preconceito

80. Perfil//

100. Giro Cultural //

112. Negócios//

Odontologia

Com profissionalismo e carinho, Oswaldinho conquista a realização profissional aos 27 anos de carreira

88. Fitness//Geração

Saúde

Alimentação saudável e exercícios regulares são os maiores aliados de quem busca uma vida mais feliz

94. Giro Cultural//

Mochileiro

Saiba o que fazer na surpreendente cidade peruana com as dicas de Eduardo Virtuoso para viajar nas alturas

96. Giro Cultural//

Etiqueta

Deu aquela “bola fora” e não sabe como disfarçar? Fernanda Ventura te ajuda lidar com as gafes do dia

Mercado

Empresas familiares

Veja as dicas de Alexandre Prates para reconhecer suas capacidades profissionais e se destacar no mercado

Conheça a história de parentes que viraram colegas de trabalho em busca da fórmula do sucesso

102. Giro Cultural //

Hastag

O que esperar da interação social na web em 2014? Diego Martins traça o panorama das principais tendências

104. Giro Cultural //

Bebidas

Conheça algumas particularidades do autêntico champanhe com as dicas de Claudia Oliveira e arrase nas festas

106. Giro Cultural //

Gastronomia

Confira a receita de Beth Teani para fazer uma mousse de 22

118. Responsabilidade

Social //

Conheça o NUTRE, projeto que insere jovens com deficiência intelectual no mercado de trabalho

124. Novidade//My

Home

Franquia de móveis planejados do grupo Kappesberg chega à Praia Grande com a primeira loja do Estado

130. Giro Cultural //

Política

Somos todos plurais e originais no universo, mas Taylor Matos questiona: você se vê e vê os outros dessa forma?


23


SEU ESTILO COM AS CORES E O MOVIMENTO DA ESTAÇÃO

24

CONHEÇA AS TENDÊNCIAS DO ALTO VERÃO DA TRACK&FIELD.


@trackfieldsantos

SANTOS | SHOPPING LA PLAGE GUARUJÁ | SOFITEL JEQUITIMAR GUARUJÁ

25


26


27


28


29


foto: @edu_virtuoso

Reflexão // Sabedoria popular

“Não espere perfeição de mim, nem muito menos julgue minhas escolhas. Apenas espere minha sinceridade e respeito, assim como esperarei de você. Todos temos nossas verdades, e o que nos torna humanos é compreender que em meio a diversidade, sempre poderá haver respeito.” Adrian Gras

30


31


Reflexão // Olhos nos Olhos

Heroína anônima

por

Clara Monforte

O vento soprava com tanta fúria que Zelma tampou os dois ouvidos com as mãos para protegê-los da areia. Foi nesta hora que, olhando para a pista onde passavam carros e ônibus, viu que o vento havia carregado um carrinho de criança, com uma pequena menina de mais ou menos um ano, que foi lançada no asfalto. Quem será? O desespero tomou conta de Zelma em poucos segundos, sem deixar tempo para pensar.

S

antos, 21 de outubro de 2013. Era uma segunda-feira tão ensolarada que aquecia os corações. Estes estavam repletos de amor, como veremos no final desta história. Por volta das 21h, um terrível vendaval atingiu a cidade. O tempo foi curto demais para as pessoas correrem dentro dos apartamentos para travar janelas e fechar varandas. Mesmo assim, era necessário medir forças com a impetuosa intempérie para conseguir fechálas. Ao longe, viam-se nuvens de areia, sobrevoando as belas praias santistas. Aqueles que caminhavam passaram a correr, pedindo a Deus para chegarem em casa ilesos. Não é exagero, um pequeno esforço trará a

32

cena de volta, sobretudo para os que moram de frente para o mar.

O desespero tomou conta de Zelma em poucos segundos, sem deixar tempo para pensar. Zelma, a personagem desta verídica crônica, trabalha como doméstica nas imediações e estava sentada no ‘bondinho’ turístico que fica na Praça das Bandeiras, na praia do Gonzaga. Uma graça de visual para quem frequenta a cidade. Lá também há uma fonte jorrando uma refrescante água, cujos pingos chegam a atingir os transeuntes levemente.

Impetuosamente, ela correu na direção da pequena e atirou-se na rua para salvá-la. Entre o intenso movimento, um abençoado motorista freou a tempo. Quem será? A tensão entre os que viram foi enorme. Uma multidão se formou ao redor das duas. Uns gritando, outros chorando, mas todos muito envolvidos no propósito de salvar aquela criaturinha que nem imaginava o perigo que estava correndo. Em poucos instantes, a criança, sem nenhum arranhão, foi entregue à mãe, que foi levada ao hospital em estado de choque. Zelma, que veio do Nordeste há apenas um mês, partiu assustada e com o corpo trêmulo, mas feliz. Jamais havia imaginado que estaria na hora e lugar certos para salvar uma vida preciosa. Que, oxalá, tenha sempre a proteção que teve no dia 21 de outubro de 2013!


33


Reflexão // Sem Neuras

Uma cadeira a mais por

Renata Kaláes Moreira

sobre envelhecimento: relações intergeracionais, sexualidade na velhice e a longevidade das mulheres. Livres das famílias, as personagens se desvestem do papel de velhinhas frágeis, incapazes e doentes. Explodem em vitalidade, manifestam a subjetividade feminina e a dignidade que resiste entre rugas. Em cenas hilárias, elas comem, bebem, fumam, se enfrentam e sensualizam. Mostram que se mantém desejantes e desejáveis – cada uma a seu modo. A

A

cena é a seguinte: a família recebe o seu velho de volta. Revolução, confusão, adaptação bem difícil, para se dizer o mínimo. Mas como lutamos muito por vida longa, avós e bisavós ainda circulam por aqui e a mesa de jantar com gente chegando e gente que está partindo é o que temos para o momento. Se você está encarando esta fase, talvez valha a pena assistir a comédia Almoço de Agosto. Pela simplicidade narrativa e técnica, o filme impressionou o público, mas gerou críticas por ser o avesso das grandes produções americanas - cheias de truques e ação - e por escapar do modelo convencional das comédias italianas. Almoço de Agosto não arranca 34

gargalhadas, é um filme que provoca o sorriso e a ternura. É uma obra que trata do envelhecimento sob a ótica do gênero reunindo um grupo de mulheres que, “despachadas” por seus parentes, acabam passando juntas um dos tradicionais feriados italianos: o Ferragosto. O enredo é simpático e o grande mérito do diretor Gianni di Gregorio foi conseguir tratar de um tema difícil de forma singela. De tão simples e delicado, o filme revoluciona ao abordar uma velhice não-vitimizada, que contrasta com a imagem convencional de “crise do envelhecimento”. Almoço de Agosto atravessa com humor três temas que fazem parte das discussões

O grande mérito do diretor Gianni di Gregorio foi conseguir tratar de um tema difícil de forma singela. oportunidade de resgatar o comando dos seus atos revela personalidades que foram se tornando invisíveis com o passar dos anos. No final da temporada, a ordem é voltar para casa. Elas se recolhem, empalidecem, se sujeitam e obedecem em um desfecho que nos leva a refletir sobre o valor do tempo extra que tanto queremos. Se for para manter a visão tradicional que coloca a velhice como a manifestação viva e dolorosa da desesperança, talvez seja o caso de rever algumas convicções.


35


Reflexão // Divã

Guerra e Paz

por

Márcia Atik

ou agredimos aquilo que não compreendemos. A intolerância com que o mundo lida com as diversidades é diretamente proporcional à intolerância que reservamos aos nossos próprios desejos quando estes não correspondem à imagem que queremos fazer de nós. A liberdade é um sentimento que todos nós perseguimos, mas, na prática, só conseguimos quando nos permitimos viver em harmonia com o que desejamos.

É

importante que se fale em diversidade e diferenças, pois sabemos que “a unanimidade é burra” e, no que diz respeito ao entendimento e ao conhecimento das diferenças, a maioria de nós prefere adotar o “normal”, mesmo que ele não signifique felicidade.

a discussão sobre a diversidade de maneira integradora. Até bem pouco tempo atrás, isso era feito somente de forma achincalhada e desqualificada. Hoje já se admite a normalidade de sentimentos, emoções e desejos entre pessoas do mesmo sexo.

Escrever sobre isso me dá a oportunidade de desmistificar o fato de que todos nós desejamos, mas nem sempre temos o mesmo desejo. Heteros, homos, bis e trans são pessoas desejosas e amorosas, que precisam expressar esse amor.

Diferente é tudo aquilo que não compreendemos, pois não faz parte de nossa vivência pessoal. Mas é

A sociedade brasileira é liberal, mas só até o segundo capítulo. Ainda existe muito preconceito, e devo admitir que evoluímos bastante com relação à mídia, que dá espaço para reflexões como essa e fomenta 36

Heteros, homos, bis e trans são pessoas desejosas e amorosas, que precisam expressar esse amor. preciso conhecer e entender. Não raro desqualificamos, abandonamos

Ao fugir do padrão somos invadidos por um tsunami de culpas, sentimentos de imoralidade, sem nos darmos conta de que ao valorizar o afeto e o desejo seremos uma sociedade saudável e forte. Se a sociedade ainda não está pronta para integrar e aceitar as diferenças, o importante é que já está trazendo isso à discussão na mídia, nas escolas e em algumas famílias, permitindo a reflexão acerca da necessidade da desconstrução das diferenças e do preconceito. Quando falamos em diversidade – seja ela sexual, cultural ou religiosa –, na verdade estamos exercendo o nosso respeito pela nossa própria natureza e pela dos outros. E, neste sentido, também estamos falando e prescrevendo a paz tão almejada no mundo inteiro.


37


Turismo // Consumo

Cart천es Turismo s찾o mais seguros nas idas ao exterior

38


V

iagens ao exterior requerem alguns cuidados a mais no planejamento e, no quesito dinheiro, segurança nunca é demais. Transitar com um alto volume de dinheiro em espécie não é seguro em nenhuma ocasião e por isso, os Cartões Viagem se tornaram itens de suma importância na organização das vi Trata-se de um cartão pré-pago que pode ser carregado em moeda estrangeira, de acordo com o destino do passageiro, antes e durante a viagem, e funciona como um cartão de débito. Na região, a adesão tem sido grande. A Mendes Tur tem o Cartão Viagem em parceria com a Confidence Câmbio e chamase Confidence Travel Card. Com bandeira Visa, não tem custos de adesão e anuidade. Marcos Belline, do departamento de câmbio da Mendes Tur, conta que a procura vem de todos os viajantes, desde estudantes que vão para o exterior passar temporadas em curso, famílias em viagens curtas ou longas, até os executivos em viagens a trabalho. O maior atrativo é a segurança. “Os benefícios do cartão são vários, sobretudo, a segurança de não carregar dinheiro em espécie e o nosso respaldo em caso de perda ou roubo”, pontua. A ACR Corretora disponibiliza o Cartão Rendimento Visa Travel Money, para quem viaja a negócios,

lazer ou em intercâmbio. Sem incidência de taxas para aquisição, nem mensalidade, o cartão não sofre tarifação quando utilizado para compras nos mais de 30 milhões de estabelecimentos credenciados Visa. Emitido pelo Banco Rendimento, é um cartão internacional pré-pago que permite saques em espécie nos caixas automáticos credenciados à Rede Plus, distribuídos em duzentos países. Ao adquirir o Cartão ARC Corretora e Câmbio o cliente terá acesso à assistência especializada por profissionais com larga experiência no mercado. A economia é outro quesito bem atrativo nos Cartões Viagem. A taxa da moeda estrangeira utilizada é a do dia, o que deixa o cliente confortável, pois não haverá oscilação. Além disso, O IOF cobrado é de apenas 0,38%, já embutido na taxa cambial. O dos cartões de crédito convencionais é de 6,38%.

das viagens. Estar atento e aproveitar as taxas são oportunidades que agregam valor ao cartão e aos seus inúmeros benefícios”. Os Cartões Viagem podem ser adquiridos nas agências de turismo.

Para Maurício Simigoe, diretor da ACR Corretora, o cartão é uma excelente aquisição. “Se tratando de segurança e planejamento econômico, estes são atos que devem ser inseridos na organização

39


40


Turismo // Aonde ir

U

ma cidade que exige que os momentos sejam vividos com calma para se apreciar as cores e os movimentos que pulsam em cada canto. Nos roteiros turísticos mais realizados da atualidade, Londres vem ganhando espaço no gosto dos brasileiros. A cidade reúne o sofisticado e o moderno, com uma praticidade digna de uma cidade europeia. “Londres é uma das cidades com a maior densidade de pontos turísticos do planeta, sendo assim o destino é sempre procurado. Seja para compor a viagem com outras cidades da Europa ou para ser aproveitada de forma individual. A capital britânica é sempre uma excelente pedida”, afirma Alex Andrade, gerente comercial da Mendes Tur. Na famosa área de West End, na região central de Londres, estão os principais e mais famosos pontos turísticos da cidade, como os teatros, em generosa quantidade. A maioria deles pode ser identificada pela localização, em uma região que popularmente ganhou o nome de Theatreland.

Londres o alvo do mundo

Capital britânica passa a ser lembrada e procurada como um destino de quem quer unir lazer, sofisticação e muita beleza.

41


Londres é dona da terceira maior roda gigante do mundo, a London Eye, que chega a ser visitada por cerca de 4 milhões de pessoas por ano. Sua estrutura de 135 metros de altura possui mais de uma década e é a quinta maior construção da capital do Reino Unido. Atravessando o Rio Tâmisa, é possível chegar ao relógio mais famoso do mundo, o Big Ben, que no ano de 2012 passou a se chamar Elizabeth Tower em homenagem ao jubileu de diamante da Rainha Elizabeth II.

Entre os pubs mais famosos e dignos de uma visita está o The Audley, em Mayfair, onde o cineasta Woody Allen filmou com grandes celebridades como Anthony Hopkins e Scarlett Johansson. Personalidades como a primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, e suas filhas, já provaram o fish ‘n chips do restaurante, que por sinal é uma das comidas mais tradicionais da cidade. Os pubs gays também fazem muito sucesso, e os mais procurados são o G.A.Y. Bar e o Village, ambos em Soho, o bairro mais liberal de Londres. Mas de todos os pubs, o mais famoso é o The Spaniards Inn, que possui dez torneiras de cidras, cerveja e 42

uma típica cozinha inglesa, com peixes e carnes de caça. O local fica afastado do centro da cidade, por isso não é comum encontrar muitos turistas no lugar. E para os amantes de literatura que tiverem a chance de sentar na frente do bar, poderão contemplar a frase: “Charles Dickens achou inspiração bem aqui”. Para Alex Andrade, os pubs da cidade jamais podem escapar dos roteiros turísticos de quem a visita. “Ir a um pub em Londres não se trata de um passeio ocasional, mas de um compromisso britânico”, enfatiza. E a cidade não esbanja apenas cultura e cerveja de qualidade. Comidas deliciosas e diversificadas podem ser encontradas pelos bairros despojados de Londres. Os fãs de rock podem encontrar no

Sticky Fingers, em Kensington, o melhor hambúrguer da região. O dono do lugar é nada menos que Bill Wyman, ex-integrante da banda original dos Rolling Stones. Enquanto o cliente aprecia os sanduíches com fritas e saladas no local, admira também a decoração, que traz nas paredes e nos adornos

uma viagem pela história da banda. Transbordando sofisticação e tradição londrina na Villiers Street, o Gordon’s Wine Bar oferece o delicioso contato com vinhos de qualidade acompanhados de queijos maravilhosos. Na parte externa, o lugar conta com um amplo espaço com mesas embaixo de toldos e guarda-sóis, perfeitos para admirar o sol, ou mesmo as noites de verão. A decoração interna tem barris com as bebidas e recortes de jornais antigos pelas paredes. A iluminação é toda feita com velas, combinando em tudo com a música instrumental que preenche o ambiente. Mesmo com muitas referências sobre a cidade, quem visita Londres sempre viverá algo novo e único, que foge aos roteiros prontos. Ela sempre trará um detalhe novo e excepcional a ser descoberto.


43


44


Vaidade // Consultoria de Imagem

Visagismo e adequação da imagem pessoal

por

Ana Hirigoyen

O visagismo é comumente aplicado ao cabelo e à maquiagem, porém outras áreas se beneficiam da técnica. A medicina estética a utiliza como alternativa a tratamentos invasivos e cada vez mais cirurgiões plásticos recorrem a ela antes de realizar operações da face. A psicologia alia o visagismo ao tratamento de pacientes com depressão e a odontologia estética aplica a técnica na escolha de formatos e tamanhos de dentes que se encaixam perfeitamente no rosto do paciente. Pesquisas revelam que a imagem é o fator mais relevante na primeira impressão que temos de uma pessoa.

V

ocê já parou para pensar na imagem que deseja passar para as pessoas e escolheu uma estratégia para alcançar tal objetivo? O visagismo pode ser a solução, uma vez que ele possibilita a personalização da imagem pautada pelas características físicas, psicológicas e comportamentais. O termo visagismo vem da palavra francesa visage, que significa rosto. Esta é a base da técnica: analisar e personalizar a imagem a partir dos traços faciais. A análise é baseada em traços de personalidade, traços arquetípicos, temperamento e leva em conta aspectos como profissão, rotina e desejos. 46

O trabalho com o visagista começa com uma conversa sobre estilo de vida e preferências. Depois, é feita uma análise da geometria do rosto, das angulações faciais, do formato dos olhos, do nariz, das sobrancelhas, da testa, do queixo, dos lábios e do cabelo. O profissional interpreta estes traços e, a partir do cruzamento de dados, classifica as pessoas em quatro temperamentos: o colérico, o melancólico, o sanguíneo e o fleumático.

Pesquisas revelam que a imagem é o fator mais relevante na primeira impressão que temos de uma pessoa.

Neste processo, o rosto representa 70% e o corpo 30%. Assim, não dá para cuidar do corpo e da roupa sem alinhar este discurso com o rosto. O mundo está extremamente competitivo, e a imagem pessoal funciona como uma seleção natural. Por isso, não se deve fazer mudanças ‘ao acaso’ no visual. Chegar ao salão e dizer que quer o cabelo da protagonista da novela pode ser um equívoco, principalmente se o profissional não estiver preparado para lhe orientar sobre o que é favorável. Isto leva a crer que é questão de tempo para que os profissionais de beleza que não estudam e aplicam o visagismo tornem-se obsoletos.


47


Vaidade // Moda feminina

As dez tendências para o Verão 2013/2014

por

Renata Bala

Recortes assimétricos: aparece em saias, shorts, vestidos e blusas, com forte ênfase na bainha assimétrica de saias, com recortes mais geométricos, deixando para trás a modelagem mullet e assumindo formas mais retas e modernas. Metalizados: dourado, cobre, ouro rosé e prateado aparecem como pontos de brilho neste verão. Para quem não é de ousar muito, a saída é usar acessórios, sapatos ou bolsas metalizados.

Q

ue tal renovar o guardaroupa nesta estação com este top 10 de tendências de moda para o verão 2013/2014?

para as gráficas – principalmente as listras, as do tipo “azulejo português” e as estampas de flores, frutas e com inspiração tropical.

Preto & Branco: pode ser uma estampa com as cores mais clássicas da moda ou um mix de peças brancas com pretas. Looks completamente brancos marcam presença forte neste verão.

Mix de estampas: certamente é uma das tendências mais fortes da estação e a maneira mais fácil de usar é com tecidos que já mesclam

Cores vibrantes em contraste com tons pastel e neutros: tanto as cores fortes – azul-klein, amarelo, pink, verde esmeralda e verde limão – quanto cores mais suaves ou neutras – rosa pálido, azul claro, verde menta e nudes – são apostas para o verão, podendo vir juntas no mesmo look ou separadas. Estampas: estão presentes em quase todas as marcas, com destaque 48

camisetas, moletons, casacos e peças com jeito das usadas pelos esportistas estão em alta com uma releitura mais atual. mais de uma estampa ou os que “conversam” entre si, como florais em dois tamanhos e listras de vários tipos.

Barriga de fora: os tops tipo cropped deixam o visual charmoso e moderno, principalmente se usadas sem mostrar o umbigo e deixando apenas uma faixa de pele acima da cintura à mostra. Rendas e transparências: conferem leveza e frescor aos looks de verão, levando uma pitada de sensualidade e romance aos dias mais quentes. Aparecem em modelos inusitados, como camisetas com inspiração esportiva. Inspiração no esporte: camisetas, moletons, casacos e peças com jeito das usadas pelos esportistas estão em alta com uma releitura mais atual. Conjuntinhos: o que antes era considerado careta se tornou um elemento de forte apelo fashion, com um destaque especial para os conjuntinhos estampados e os compostos por shorts e top ou casaqueto. Qual das tendências acima você mais gosta?


Vaidade // Moda masculina

Está na dúvida? Vá de blazer!

por

Mariana Camargo

para arriscar com um modelo mais acinturado e curto. Os tecidos usados nestes blazers são sarja, couro, jeans, linho e moletom.

O

blazer é o tipo de peça que todo homem precisa ter em seu guarda-roupa. Quem vai comprar o primeiro deve optar pelo azul-marinho, que combina com tudo. Comece sempre pelas cores mais neutras, para depois apostar nos modelos coloridos, que são mais casuais. Com a chegada do verão, o blazer é uma aposta certeira quando o homem quer passar seriedade, mas ao mesmo tempo ter a liberdade de se vestir de uma maneira menos corporativa em uma cidade praiana como Santos. A peça pode ter dois estilos: social ou casual. O que determina onde ela se enquadra é o shape e, principalmente, o tecido. É importante para poder combinar com o resto do visual.

50

O social possui ombros mais marcados e é feito em chamois, lã fria, veludo ou tweed. O paletó jamais deve cobrir a camisa. O comprimento ideal é na altura da

Com a chegada do verão, o blazer é uma aposta certeira quando o homem quer passar seriedade articulação do polegar e as mangas na quebra do punho, cobrindo o osso. Não feche os botões de baixo. É importante que, no look social, o blazer cubra as nádegas. Já a lapela deve “abraçar” a nuca e deixar pouco mais de um centímetro do colarinho da camisa aparecendo. No casual, o homem tem liberdade

O linho tem tudo a ver com o verão, por ser um tecido fresco e confortável, e fica lindo com uma blusa de gola V. Indico também o blazer cáqui no look navy. Colocar uma calça jeans com uma blusa listrada em branco e azul-marinho e um blazer te deixa moderno e antenado. Camisas jeans também ficam estilosas com um blazer mais escuro. Os homens mais ousados gostam de usar o blazer com tênis, que pode ficar bacana. Mas prefiro combinálo com mocassim ou docksider. Fica mais elegante, mas jamais use estes modelos de sapato com meia. A gravata não é obrigatória com o blazer. Algumas pessoas optam por usá-la quando se trata de um modelo social, mas com o casual não combina. Nestes casos, dá para fazer o descolado e jogar uma gravata de tricô ou slim. No entanto, fica mais elegante deixar que o blazer se destaque sozinho. No verão, aposte em blazers estampados. Eles criam uma identidade diferenciada para o look, mas cuidado: para usá-lo tem que ter muito estilo.


51


Vaidade // Beleza

Limpeza de pele: mais benefícios do que se imagina

por

Juliana Góes

combinado com máscaras e ácidos, pode inclusive estimular a produção de colágeno com fins firmadores e rejuvenescedores. Existem procedimentos que compõe a limpeza de pele, como a extração manual, que deve ser feita pela profissional com o uso de luvas para evitar qualquer tipo de contaminação. Conheça alguns dos passos mais comuns num protocolo de limpeza de pele:

Para muitas pessoas, é um ritual sagrado, que costuma acontecer mensalmente. • Higienização

C

onhecida pela extração dos cravos, a limpeza de pele é um tratamento tradicional, reinventado com o auxílio de aparatos e cosméticos mais modernos. Esfoliantes e ácidos nem sempre são o suficiente para garantir uma pele renovada. A verdade é que as terapias combinadas podem trazer resultados surpreendentes. Para muitas pessoas, é um ritual sagrado, que costuma acontecer mensalmente. O processo de regeneração cutânea acontece a cada 30 dias, portanto esse é o intervalo mínimo entre sessões. Nos casos de poucos cravos e uso caseiro de esfoliante, pode ser realizada a cada dois ou três meses, de acordo com a recomendação do profissional.

52

• Esfoliante Imagine que sua pele, assim como seu quarto, precisa de uma faxina periódica. A diferença é que sua pele te acompanha 24 horas por dia, está exposta à poluição, resíduos, sujeira, maquiagem e, por isso, o cuidado deve ser ainda maior. A limpeza de pele promove um detox fundamental à cútis: remove células mortas, desobstrui poros, extrai cravos abertos (pontos pretos), cravos fechados (pontos brancos) e milium, aquelas bolinhas brancas que são cravos mais resistentes, cobertos por uma camada de pele. Apesar de não remover espinhas, a limpeza constante melhora a aparência da acne, a incidência de cravos, clareia a pele e devolve o viço à cútis. O tratamento, quando

• Ponteira de peeling de diamante •Emoliente para amolecer os cravos • Vapor • Extração manual • Extração a vácuo • Loção calmante • Alta frequência como bactericida e antisséptico • Massagem drenante • Máscara, peeling ou ácido Lembre-se de buscar profissionais capacitados, como uma esteticista ou fisioterapeuta especializada em dermatofuncional. As profissionais da Shape, por exemplo, frequentam diversos congressos e cursos nacionais e internacionais, dando credibilidade ao serviço prestado.


53


54


55


56


57


58


59


60


61


62


Saúde Mental //

Pacientes reconhecem doenças que afetam a parte mental, procuram ajuda especializada e vivem normalmente. Embora não seja simples, com ajuda e atenção, a cura pode ficar bem próxima.

Luta contra

TRANSTORNOS

MENTE DA

pode ter um final feliz

63


O

s transtornos mentais representam uma batalha diária para pessoas de diversas classes sociais e faixas etárias que estão distribuídas por todo o mundo. O diagnóstico é dado de acordo com cada paciente, dependendo de sua própria aceitação, que, por vezes, pode demorar a ocorrer. Esta luta interna contra o que os médicos chamam de depressão, síndrome do pânico, esquizofrenia, bipolaridade e outros distúrbios psiquiátricos, a cada dia acontece com mais frequência em pacientes que possuem algum comportamento diferenciado do que é comum. Motivos que desencadeiam os distúrbios são individuais, desde uma propensão hereditária até uma frustração por algo não conquistado. Mas a verdade é que, atualmente, as pessoas estão reconhecendo os sintomas e procurando ajuda especializada. Maria* descobriu que tinha bipolaridade aos 25 anos e hoje, com 33, considera-se bem melhor diante das situações em que viveu. “Procurei ajuda médica e, diante do quadro - eu era nervosa e tinha dificuldade de manter as minhas relações interpessoais e afetivas -, a médica diagnosticou o transtorno”, lembra.

Mas os percalços não estão somente em reconhecer a doença, tratála e conduzir uma vida normal. Há o fator da convivência com os semelhantes, que não deixa de ser predominante para a melhora da qualidade de vida da pessoa em tratamento. “Penso que o mais difícil para lidar com a doença é preconceito das pessoas. Comumente, se acredita que aqueles que apresentam transtornos não são aptos a terem um bom trabalho, a serem aprovados em concursos, manterem uma relação afetiva sólida e, ainda, que vivem geralmente isolados socialmente”, comenta Maria. Carlos Alberto* teve apoio para 64

identificar e buscar ajuda do seu problema. “A iniciativa partiu do meu pai, mas com a minha concordância. Estava há três meses sem querer sair de casa e ele me incentivou a ir a uma clínica especializada. Mas já havia tentado tratamentos ambulatoriais antes”, relata. “Descobri minha bipolaridade quando tinha cerca de 20 anos. Tinha histórico de crises de depressão antes disso, mas o diagnóstico do transtorno veio com esta idade. Estava mascarado com o uso de drogas, lícitas e ilícitas, e quando tentei parar com elas ficou evidente”, recorda. Carlos, que chegou a tentar o suicídio duas vezes em crises mais fortes de depressão, conta que hoje toma remédios antidepressivos, reguladores de humor e ansiolíticos (tranquilizantes) e faz acompanhamento com psiquiatra e psicólogo. Com apoio

e compreensão da esposa e de familiares, ele vive um momento mais controlado e tranquilo. “Estou me entendendo e lidando melhor comigo. Mas para esta doença não existe a cura, apenas o controle, a estabilização”, ressalta. De acordo com o médico psiquiatra, Dr. Décio Reimão, a psiquiatria atua no tratamento dos transtornos mentais com a utilização de remédios, mas estes tratamentos também devem incluir o acompanhamento psicológico para ter uma eficácia maior. “Quando eu trato um paciente eu sempre encaminho para a terapia, além da abordagem com remédios. Acredito que, assim como a base do diagnóstico tem várias origens, o tratamento também deve atingir todas elas”, destaca. “Os remédios, por sua vez, age


na produção da serotonina, que é um neurotransmissor que atua como regulador do sono, humor, depressão e saciedade. Eles trabalham com esse neurotransmissor regulando o nível de cada paciente para melhorar o estado clínico”, enfatiza o médico. Camilla Martinelli sofre de transtorno de ansiedade e síndrome do pânico. Sobre o que pode ter desencadeado estes distúrbios, ela conta que não foi apenas um fato isolado que resultou nas doenças, mas um conjunto deles. “A faculdade, as cobranças familiares, uma briga de família que foi muito grave e muito difícil. Sofri ameaças, humilhações, enfim, foi uma coisa terrível”, relembra Camilla, que é gestora na área de qualidade. O que reforça a hipótese de que a compreensão é um fator providencial para a melhora das pessoas que são diagnosticadas com transtornos mentais é o que a maioria dos pacientes relata quando se deparam com as doenças. “É muito comum as pessoas ao redor pedirem uma reação. Como se isso fosse possível, como se a pessoa ficasse nesse estado 65


porque quer. Essa incompreensão machuca, faz com que nos sintamos culpados por estarmos doentes. Só piora a situação”, afirma a gestora. Segundo os últimos dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão, que está entre os transtornos mais diagnosticados, atinge cerca de 700 milhões de pessoas no mundo. Isso representa aproximadamente 10% da população mundial, que segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) está em 7,2 bilhões de pessoas. Para o Dr. Décio Reimão, a medicina está avaliando medidas que melhorem o diagnóstico e o tratamento dos transtornos mentais. “Para a maioria das doenças, a 66

descoberta é feita através de exames preliminares e uma avaliação prévia. Para os transtornos mentais, este tipo de procedimento ainda não é adotado, embora e medicina esteja se esforçando e estudando medidas que façam essa questão ter um caminho mais evoluído e prático”, avalia. “Já existem estudos que caminham neste sentido e, no futuro, eu acredito que a medicina já poderá diagnosticar estas doenças através de exames”. Apesar das desestabilizações decorrentes dos transtornos mentais, todos, independente da doença, podem ter uma vida normal. Namorar, casar, ter filhos podem até ser um bom motivo para tornar

a vida mais sadia, agradável e feliz. “No momento, estou em tratamento a sete meses e bem mais consciente de tudo. Procuro não dar mais importância a doença do que ela merece. A terapia é saudável, ajuda a lidar com os problemas rotineiros e tira do coração e da cabeça coisas que não podemos ou não queremos falar para ninguém. Eu acredito na cura. Acredito na vontade e na fé de alcançar a cura. É um trabalho árduo e o caminho é longo, mas tenho certeza que um dia vou me livrar deste mal de uma vez por todas” completa Camilla. *Maria e Carlos Alberto são nomes fictícios. Ambos pediram que não fossem identificados.


67


Saúde // Oftalmologia

A era da independência dos óculos

por

Dr. Guilherme Colombo

maioria das vezes, retorna ao trabalho dentro de um a três dias e às atividades esportivas depois de uma semana. As chances de sucesso são altíssimas, e a maioria dos pacientes tem suas expectativas atendidas, ficando livres dos óculos para o dia a dia - trabalho, lazer, eventos sociais, dirigir e prática de atividade física.

N

o passado, a única alternativa para pessoas com erros refracionais, que afetam a visão de longe e de perto, era o uso dos óculos de grau para corrigir a diferença e garantir qualidade de visão. Depois vieram as lentes de contato, que se tornaram uma alternativa bastante interessante. Com a evolução da oftalmologia, as cirurgias refrativas a laser revolucionaram o conceito de correção destes erros, permitindo o acerto na curvatura da córnea e assegurando a independência dos óculos ou das lentes de contato. O laser dá às pessoas a opção de escolher entre usar ou não óculos, por corrigir o grau no próprio olho. Em tese, estão aptos para

68

realizar o procedimento os maiores de 20 anos, sem doenças oculares e sistêmicas e não gestantes. Porém, a palavra final sobre a indicação da cirurgia refrativa deve vir após exame oftalmológico completo.

As chances de sucesso são altíssimas, e a maioria dos pacientes tem suas expectativas atendidas, ficando livres dos óculos para o dia a dia De última geração, o procedimento é bastante preciso e dura alguns minutos. Usa-se anestesia em forma de colírio, o paciente não sente dor e não fica internado. Logo após a cirurgia, é liberado para casa. Na

A tecnologia cresceu tanto que vivemos na era do laser de femtosegundo, que proporciona uma cirurgia sem uso de lâminas e mais segura se comparada à técnica atual. Para ter uma ideia da eficácia do procedimento, a Nasa e a Força Aérea dos Estados Unidos aprovam que seus astronautas e pilotos se submetam exclusivamente ao laser de femtosegundo, por constatarem que a qualidade de visão dos profissionais estará garantida em suas funções. No universo do laser, há ainda outra inovação, a cirurgia personalizada, que consiste na correção dos erros refracionais de forma individualizada, oferecendo máxima precisão e melhor qualidade de visão. A medicina e a oftalmologia estão em evolução constante para oferecer mais saúde e mais qualidade de vida. Cabe a cada um de nós, com orientação médica, fazer as nossas escolhas.


69


Saúde // Nutrição

Diversidade na saúde do feto

por

Dra. Karina Abbud

Um dos maiores problemas relatados no pós-parto é o de choro excessivo, que pode ser causado pela deficiência de vitamina B12 durante a gravidez. encontrados em carnes, castanhas e grãos integrais. Também é preciso manter o nível de vitamina A para garantir o desenvolvimento dos pulmões e do sistema imunológico de forma adequada.

U

m dos sinônimos de diversidade é variedade. Por isso, veremos a importância de ter uma alimentação diversificada desde a gestação para auxiliar nossos filhos a terem hábitos alimentares mais saudáveis por toda a vida. Na gestação, os hábitos alimentares da mãe interferem na predisposição a doenças do filho na vida adulta. Esse processo é conhecido como imprinting metabólico e consiste na capacidade de silenciar ou não os genes que serão desenvolvidos na vida adulta. A dieta afeta os processos metabólicos do feto, podendo levar à obesidade, resistência à insulina e leptina (hormônio da

70

saciedade) e hipertensão arterial. Estudos mostram que manter uma dieta rica em gordura pode induzir um fenótipo mais obeso na prole, além de estimular o acúmulo de gordura no fígado e a diminuição da formação de ilhotas pancreáticas, levando a uma esteatose hepática e até à diabetes. Quando o assunto é micronutrientes, vitaminas e minerais, devemos avaliar cada gestante. Mas não é só de ácido fólico que a mãe precisa. Ferro e zinco, por exemplo, melhoram o desenvolvimento fetal e diminuem o crescimento das células de gordura, além de ajudar no funcionamento intelectual e motor do bebê. Estes micronutrientes podem ser

Um dos maiores problemas relatados no pós-parto é o de choro excessivo, que pode ser causado pela deficiência de vitamina B12 durante a gravidez. Alimentos como carne, ovos, algas e derivados do leite são fontes dessa vitamina. Alguns antioxidantes, como selênio, vitamina C e E, são encontrados em oleaginosas, óleos vegetais, frutas cítricas e vermelhas e diminuem a ocorrência de pré-eclâmpsia, além de reduzir a inflamação placentária. Já a vitamina D está diretamente relacionada à diminuição do aparecimento de asma e rinite alérgica em crianças até cinco anos. Em um capítulo à parte estão os ácidos graxos de cadeia longa ômega-3, que estão intimamente ligados à prevenção de doenças inflamatórias e ao desenvolvimento e manutenção da memória, da inteligência e da acuidade visual dos bebês.


71


Saúde // Fitness

Musculação para crianças e adolescentes: riscos versus benefícios

por

Rodrigo Ramos

no treino de força, mas estudos comprovaram que forças compressivas do treinamento de musculação são até 200% menores que as alcançadas em brincadeiras comuns que naturalmente envolvem saltos, quedas e corridas e que os jovens realizam o tempo inteiro. A Academia Americana de Pediatria concorda com esses resultados e ressalta que lesões que acontecem no treino de musculação são por falta de supervisão de um profissional capacitado a corrigir as técnicas de execução dos exercícios. Benefícios da musculação para adolescentes

O

treinamento de musculação para crianças e adolescentes ainda gera muita discussão entre pais e profissionais de saúde. Isso acontece porque ainda existe o mito que o treinamento de força nesta fase da vida possa atrapalhar o crescimento ósseo.

Se o programa de musculação for planejado não haverá prejuízo ao seu crescimento. A primeira recomendação sobre a prática de musculação para crianças e adolescentes aconteceu em 1985, quando a Associação Americana de Treinamento 72

de Força e Condicionamento recomendou que as crianças deveriam treinar de duas a três vez por semana com carga moderada. A partir dos anos 2000, vários institutos passaram a recomendar a prática dos exercícios resistidos como um componente importante dos programas de condicionamento físico para crianças e adolescentes. Dentre os institutos que passaram a recomendar o treino de musculação podemos destacar a Academia Americana de Pediatria e a Sociedade Ortopédica de Medicina Esportiva Americana. Riscos da  musculação para adolescentes A carga de trabalho é sempre colocada como o grande vilão

Um programa de musculação bem estruturado para crianças e adolescentes é eficiente no combate ao sedentarismo, obesidade, resistência muscular e desenvolvimento motor. Além disso, o desenvolvimento ósseo das crianças também é afetado positivamente em função do treinamento com pesos, o que é fundamental para prevenção da osteoporose no futuro. Se o programa de musculação for planejado para as necessidades das crianças e dos adolescentes não haverá prejuízo ao seu crescimento. Podemos afirmar que os exercícios de força são seguros desde que a carga de treinamento seja adequada à idade e ao nível de condicionamento e a atividade seja supervisionada por um profissional capacitado.


73


Saúde // Odontologia

Implantes dentários e suas diversidades

por

Dra. Renata Cavassa

A diferença entre os implantes bons e ruins está na instalação das próteses. esse dente se solte. Lembrando que desejamos obter um dente que devolva a estética e, acima de tudo, a função mastigatória. Ao iniciar o tratamento, é fundamental que o paciente possa conversar com o profissional e questionar todas as possibilidades do seu planejamento. Estar seguro é um passo importante para um trabalho de sucesso.

O

implante dentário é um cilindro de titânio colocado dentro do osso, abaixo da gengiva e que faz o mesmo papel da raiz do dente. Em cima do implante é instalado o dente, ou melhor, a prótese de porcelana. Ao falar de saúde, não podemos afirmar “nuncas” e “sempres”. Algumas vezes, o paciente não pode fazer o implante naquele momento, mas isso não impede que ele faça posteriormente. É preciso ter um bom estado geral de saúde, estar receptivo ao tratamento e conhecer as possibilidades dos implantes. Atualmente, existe uma variedade imensa de marcas e tipos de cilindros.

74

E quais são os melhores implantes, os nacionais ou importados? Existem ótimos implantes nacionais e importados, assim como existem importados péssimos e nacionais que também são. Como mencionei, todos os implantes são de titânio e as empresas são avaliadas e recebem licença para comercialização, o que deveria garantir a qualidade de todos. A diferença entre os implantes bons e ruins está na instalação das próteses. Quanto melhor a empresa, mais componentes protéticos e mais precisão. Um encaixe preciso entre a base desse implante e a prótese permitirá que o paciente tenha uma mastigação eficiente sem que

Cientificamente, o índice de sucesso desses implantes é de 98%, ou seja, a cada 100 implantes, dois não realizam a osseointegração e não se fixam, por motivos desconhecidos. No entanto, uma nova tentativa pode ser realizada. Os implantes representam o que há de melhor na evolução da odontologia. Devolver um dente perdido é como devolver a vida para o paciente, ressuscitando algo que ele havia perdido e que, geralmente, o incomoda bastante. Na clínica diária, percebo que nenhum paciente me questiona sobre a qualidade do produto que está sendo instalado no seu organismo. Pensem bem antes de questionar seus investimentos, perguntem-se o motivo pelos quais os mesmos se justificam.


75


Saúde // Dermatologia

Cuidados com a pele no final do ano

por

Dra. Roseli Andrade

Se você tem pele com tendência à oleosidade procure um filtro solar oil free, com toque seco, um sérum ou um produto com efeito mate. Para passar em todo o corpo prefira os filtros em spray. Os homens adoram, já que estes são mais fáceis de aplicar, principalmente em áreas com pelos.

O

verão e o fim do ano se aproximam e com eles chegam as festas, as férias, a praia, a piscina, as viagens e, como não poderia faltar, muita exposição ao sol. É natural que apareçam as dúvidas: Qual protetor solar devo usar? Qual o melhor protetor para pele oleosa? O que devo aplicar nas crianças? E para praticar esportes? Existe filtro que não cai nos olhos com a transpiração? Enfim, é grande a diversidade de filtros existentes no mercado, nos deixando ainda mais confusos com a escolha. Hoje se fala muito em filtro solar com cor, que tem efeito de base e já caiu no gosto das adolescentes e mulheres, pois cobrem marcas e manchas da pele. Será que eles

76

funcionam mesmo? A resposta é sim. Eles possuem proteção igual ou acima de FPS 30 e podem conter alguns ativos específicos para tratar a pele, como agentes antioxidantes, nutrientes e clareadores.

Enfim, é grande a diversidade de filtros existentes no mercado, nos deixando ainda mais confusos com a escolha. Outra dica importante é ficar atento se o filtro solar tem proteção contra os raios UVB e UVA, pois o UVB causa queimaduras e vermelhidão e o UVA é o responsável pelos danos ocasionados nas células.

As crianças contam com filtros KIDS específicos para as necessidades infantis e que deixam os pequenos à vontade. Eles têm maior aderência à pele, maior resistência à água e menor quantidade de produtos químicos, diminuindo a chance de alergias. O ideal é que tenham filtro entre FPS 30 e 50. Quem gosta de praticar esportes ao ar livre pode usar filtros com melhor fixação à pele e mais resistentes ao suor e à água. Com tantas opções de bons produtos e embasados com a orientação correta, não há desculpas para não usar o filtro solar ou utilizar filtros inadequados. Procure a orientação de um dermatologista para saber quais são os tipos mais adequados para a sua pele. Durante a exposição prolongada ao sol, é importante não esquecer de reaplicar o filtro solar com frequência, usar chapéu e sempre ingerir bastante líquido. Boas festas e ótimo verão para todos!


77


Saúde // Odontologia

Consultórios odontológicos Branemark implementam tecnologia nos tratamentos e produzem próteses dentárias em algumas horas

Tecnologia CAD CAM em tratamentos dentários

A

gilidade no atendimento à necessidades do paciente com alto nível de qualidade. Estes são os alguns dos benefícios proporcionados pelo uso do CAD CAM, uma tecnologia que permite a confecção próteses dentárias em apenas algumas horas. Utilizando um escâner 3D e uma unidade de fresagem, as peças protéticas são feitas no computador e ficam prontas quase imediatamente. “Processos que antes levavam semanas agora podem ser finalizados em poucas horas sem a necessidade da participação de um laboratório na confecção da prótese”, ressalta o Dr. Laércio Vasconcelos, implantodontista da Branemark, comentando os demais benefícios da implementação da tecnologia aos serviços oferecidos pelo consultório. “Lentes de contato odontológicas, coroas cerâmicas, próteses sem metal e coroas sobre implantes com estruturas em zircônia agora encontram-se disponíveis dentro do consultório, podendo beneficiar um número muito maior de pacientes”. 78

Esta otimização de tempo reflete direto no bolso do paciente. “A agilidade no tratamento se converte em redução de custos ao dentista e que pode ser repassado ao paciente. Além disso, dá a ambos o poder de opinar e decidir juntos sobre o resultado final de uma reabilitação do sorriso. Permite a finalização de casos em um número de sessões bem menores do que da maneira

convencional e, em muitos casos, em sessões únicas. Além do conforto em casos de carga imediata, com pós operatório com menores chances de intercorrências”, reforça o dentista. A versatilidade do sistema CAD CAM é grande. Ele pode ser utilizado em praticamente todos os casos de reabilitações protéticas, porém, sua utilização mais


essa tecnologia permite que o paciente participe mais do processo de confecção dos seus dentes, podendo opinar sobre o resultado final antes mesmo de o trabalho estar finalizado, bastando olhar para a tela do computador e decidindo junto com o dentista sobre as possibilidades do seu

inovadora são nos casos de carga imediata, onde o dente é extraído e no mesmo dia é instalado o implante e as coroas definitivas em porcelana. “O paciente se beneficia muito, pois além da agilidade no tratamento, essa tecnologia propicia mais conforto e um pós operatório bem menos traumático quando comparado ao método convencional”, pontua Dr. Laércio, que já acumula alguns cases de sucesso com o uso do CAD CAM. “Temos vários casos que comprovam a eficácia da tecnologia CAD CAM. Em especial, temos os casos de carga imediata em região estética, onde fizemos a extração dos quatro incisivos superiores com a colocação de quatro implantes em carga imediata com coroas em porcelana individualizadas feitas no CAD CAM e instaladas no mesmo dia da cirurgia”, explica o implantodontista. “O resultado final foi extremamente satisfatório, desde o pós operatório até o resultado final, quando pudemos observar uma excelente resposta biológica da gengiva e um resultado estético surpreendentemente bom”, diz Vasconcelos, recomendando a outros pacientes. Em meio a tantos benefícios, Dr. Laércio destaca o mais importante:

os benefícios aos pacientes. “Agilidade no tratamento. Próteses que antes levavam semanas para ficarem prontas podem ser agora feitas no mesmo dia. Além disso,

tratamento. Provas estéticas e quaisquer alterações na construção de um novo sorriso também podem ser feitas com muito mais rapidez”, conclui. Dr. Laércio Vasconcelos Implantodontista


Matéria de Capa //

Oswaldo Pires - o dono do

Div ã ’

drive thru mais concorrido da cidade

80


81


P

ode parecer um tanto quanto clichê, mas a máxima que remete sucesso profissional a uma base familiar sólida tem sido cada vez mais presente nas histórias de pessoas bem sucedidas na vida profissional e pessoal. Dentro deste cenário, a revista StudioBox traz nesta edição um case de sucesso de uma pessoa realizada em todos os âmbitos de sua vida. Estamos falando de Oswaldo Pires, o Oswaldinho, como é carinhosamente chamado por todos que compartilham do seu dia a dia.

“Sou exímio conhecedor da mulher” O personal hair stylist que intitula um dos espaços de cuidados estéticos mais renomados de Santos, gentilmente nos recebeu em seu apartamento em uma manhã de quinta-feira chuvosa, com o carinho e atenção de uma pessoa de hábitos simples e que prima pelo humanismo em todos os seus relacionamentos, sobretudo, com seus clientes, a quem ele dedica uma tratativa especial, que vai muito além da relação cabeleireiro/cliente. A educação como base para o sucesso Aos 44 anos - destes, 27 de carreira -, Oswaldinho faz questão de ressaltar suas raízes, a educação e os valores que recebeu de seus pais em sua formação pessoal, caraterísticas que ele preserva e emprega rotineiramente em sua vida profissional. A mais presente delas é o respeito ao próximo como principal pilar de uma educação tradicional. “Era um mini Lorde. Fui criado por idosos que primavam pela educação no tratamento com as 82

pessoas e isso se tornou uma marca em mim até os dias de hoje. Com pouca experiência, a gentileza, cordialidade e atenção extrema com que eu recebia e atendia os clientes foram meus diferencias nos salões por onde passei”, revela o cabeleireiro. Precoce e com o tino para o trabalho desde a pré adolescência De currículo invejável, com uma bagagem profissional construída mundo afora, a relação de Oswaldinho com o mercado de trabalho começou cedo. Com 14 anos era office-boy, dos 16 aos 17 anos foi vendedor de perfumes de porta em porta, quando pleiteou uma oportunidade no então recém inaugurado shopping Miramar, em Santos. “Pesquisei e descobri qual seria a melhor e mais cara loja deste shopping e fui em busca de uma oportunidade como vendedor ali.

Consegui. Sempre fui um péssimo vendedor, o lanterninha da equipe, mas as melhores vitrines foram as de minha autoria”, relembra, divertindo-se com a sua falta de perfil para vendas e da criatividade aflorada desde a infância. “Desde criança amo criar, construir o belo, enfeitar as mesas de natal. Via arte em tudo”. Com a maior idade, seu desempenho nas vendas não indo muito bem e a falta de perspectivas de crescimento profissional neste ramo de atuação, Oswaldinho decidiu que queria ter uma profissão promissora e foi em busca dela. A convite de Brasil Araujo Augusto, diretor do Brasil Coiffeur, teve sua primeira oportunidade no mundo dos salões de beleza como assistente de cabeleireiro. “Lá foi a minha primeira escola, um celeiro de bons profissionais”.


Já com alguma experiência, foi para Acabei optando pelo trabalho com São Paulo, onde se dividia entre os moda, fui para São Paulo e lá fiquei trabalhos com produção de moda por quinze anos”. durante o dia e os balcões de uma cafeteria de noite. “Percebi que já não tinha mais tempo para viver as Graziela outras coisas boas da vida. Por isso, Monteforte, com decidi voltar para Santos, desta vez sua experiência nos como assistente do Zé Maria, um outro celeiro de bons profissionais. negócios, pondera

meus desejos de Na época, estava começando o mercado e viceMega Hair e eu fui para aprender a técnica. Ganhei muita experiência”, versa. A gente se comenta ressaltando o quão valiosa completa!” foram essas vivências. “A experiência sempre foi meu maior ganho em todos os lugares que passei”. A construção de uma nova trajetória profissional As oportunidades não paravam de ir ao encontro de Oswaldinho. Passado Oswaldo conta que estes quinze esse período e com sua bagagem anos foram os mais intensos e profissional cada vez maior, já tinha desejados por qualquer profissional chances de atuar como profissional no salão do Zé Maria, mas, por insegurança, decidiu não aceitar a proposta e partiu para o desafio de ser proprietário, por alguns meses, de um pequeno salão de beleza no litoral norte de São Paulo. Um período em que aproveitou para fazer experimentos, se aperfeiçoar e planejar a volta às suas origens.

da área. Com produção de moda em todas as suas vertentes, ele teve a oportunidade de fazer os cabelos de modelos internacionais, entre elas, as tops Gisele Bündchen e Naomi Campbell e um time estrelar de top models em todas as temporadas da semana de moda mais importante do Brasil, a São Paulo Fashion Week. “Trabalhei ao longo desses anos com Adriana Lima, Alessandra Ambrósio, Emanuela de Paula, Izabel Goulart, Ana Claudia Michels e Isabeli Fontana”. Na TV, além de fazer parte do núcleo de produção de duas novelas Globais, apresentadoras como Ana Hickmann e Adriane Galisteu já passaram por suas mãos. Nas grandes telas, o longa ‘Castelo Rá-Tim-Bum’ contou com sua colaboração e nos filmes publicitários fez diversos trabalhos com o premiado diretor Fernando Meirelles. Já no show business, integram o currículo de Oswaldinho a turnê europeia com a cantora Gal Costa e, no Brasil, com a cantora Paula Lima, além da canadense Alanis Morissette. “Fiz tudo que um profissional da minha área sonhava em fazer”, diz o hair stylist que, aos 25 anos de idade, já figurava entre os 10 melhores profissionais de cabelo do Brasil. No auge de sua carreira, em meio a tamanho sucesso profissional,

Quando então, voltou para Santos como cabeleireiro profissional no Brasil Coiffeur. “Nesta época, me dividia entre o salão e uma agenda concorrida de trabalhos com produção de moda em São Paulo. 83


Oswaldinho sentia que lhe faltava algo, uma motivação sustentável pessoal, que refletia diretamente no seu lado profissional. “Aos 20 anos, você é seduzido por todas essas bolhas de sabão. Tinhas vezes que eu chegava em casa e só trocava de mala para partir para outro destino. Ia mais ao Rio de Janeiro, por exemplo, do que vinha a Santos visitar minha mãe. E, em meio a essa rotina maluca e fútil, parei para refletir e pensei: espera aí, no que isso me acrescenta? Trabalho com os melhores fotógrafos do mundo, as modelos mais belas e concorridas do mundo, todas muito jovens e o que pensam essas pessoas?”, relembra Oswaldinho, que acreditava estar fazendo parte de um movimento que não condizia com seus valores e pensamentos. “Um conceito de moda que agride a maioria para ser belo? Era uma conta que não estava fechando pra mim. Nesse momento da minha vida, o mais importante era estar ao lado de pessoas que eu amo e minha mãe, que vive em Santos até hoje, foi meu principal estímulo”. Foi então que o cabeleireiro decidiu parar tudo, voltar para Santos e se dedicar a algo que despertasse 84

orgulho em si próprio e não somente aos outros. E mais uma vez, Santos e os santistas lhe receberam de braços abertos. De volta a sua terra natal, o ponto de partida para a construção de uma carreira sólida se tornou o recomeço de uma nova linha de trabalho.

um convite especial de Graziela Monforte, a proprietária da Shape Estética e Beleza. Tal convite trazia consigo uma bela dose de ousadia e empreendedorismo de uma empresária bem sucedida e foi muito bem recebido por Oswaldo e sua visão futurista de mercado.

Aquela insegurança e timidez que o impossibilitou de assumir o posto de cabeleireiro profissional ficou pelo caminho percorrido nesses quinze anos de atuação no mercado. Antes de vir definitivamente pra Santos, Oswaldinho passou uma temporada em Portugal e no Rio de Janeiro na produção de uma novela Global e, em seguida, retornou a Santos no papel de principal cabeleireiro do salão Cosmopolitan, onde permaneceu por quase dez anos cuidando e fidelizando sua clientela.

Oswaldinho conta que este era um ‘namoro antigo’ e que viu ali a oportunidade do seu desejo de inovar em Santos se concretizar. “Trocar por trocar de salão de beleza não era do meu interesse, até porque minha relação com o Cosmopolitan sempre foi muito bacana. Por isso, fiz uma contra proposta que foi ao encontro dos reais interesses dela comigo: inovação. E assim surgiu o meu espaço de beleza na Shape II: a Sala Oswaldo Pires”.

Uma proposta “indecente”

Sensação de acolhimento e bem estar. Essa foi uma das principais preocupações de Oswaldinho na elaboração e no desenvolvimento

Já reestabelecido e consolidado na Cidade, Oswaldinho recebeu

A Sala Oswaldo Pires


Santos é o melhor bairro de São Paulo

“ 85


da Sala Oswaldo Pires. “Queria que fosse um lugar onde as pessoas chegassem e se sentissem acolhidas. Que o ambiente com o pé direito tão alto como o nosso não as intimidasse. Um lugar que desperte o desejo de estar ali sempre. Não podia ser um lugar prepotente, pois este não sou eu”, reforça Oswaldinho, que teve total liberdade para sugerir e interferir na criação de sua sala. Esses desejos foram empregados na construção do seu espaço de beleza com o aval de Graziela Monforte, sua sócia no empreendimento e com quem ele mantém uma relação de parceria, equilíbrio e respeito mútuo. “Grazi, com sua experiência nos negócios, pondera meus desejos de mercado e vice-versa. A gente se completa!”, orgulha-se. Todo o desenvolvimento da Sala Oswaldo Pires contou com um planejamento estratégico feito também por Oswaldinho. Ele identificou em sua pesquisa de mercado uma lacuna de empresas

do segmento na Cidade, que atendesse as necessidades de um público que está gradativamente migrando para a região e trazendo na bagagem referências das grandes capitais mundo a fora. “Nunca nos interessou a clientela dos meus colegas, mas sim quem vem de fora e não encontrava aqui um estabelecimento do nível desejado. Sabemos que boa parte das santistas que compõem o público A da Cidade vai a São Paulo pelo menos uma vez na semana e usam os serviços de beleza de lá”, revela o hair stylist, que diz que Santos é “o melhor bairro de São Paulo”. Sempre muito atento às relações interpessoais e a tratativa com seus clientes, Oswaldinho agregou a prática de ‘surpreender o cliente’ aos seus diferenciais de mercado. “Aquele tratamento diferenciado que eu prestava aos clientes enquanto assistente dos grandes cabeleireiros veio comigo e tento passar aos meus assistentes. Enfatizo sempre que simples atitudes podem agregar muito valor ao tempo que eles dedicam a estar conosco. Isso pode ser uma massagem durante

Vá além. Surpreenda. Isso é empreendedorismo de vida

86

a lavagem do cabelo ou um toque mais suave ao secá-los. Quero formar uma equipe com essa visão de tratamento especial ao cliente”. Exímio conhecedor da mulher, Oswaldinho diverte-se com as peculiaridades do dia a dia de um profissional da área. “Tenho um divã drive thru!”, brinca, com muito respeito e consciência dos papéis de cada um dos profissionais. “A satisfação no olhar da minha cliente me cativa, é um ganho diário. Vou além do “gostou? Que bom pra você!”. Quero surpreendê-la sempre. Escutando, compartilhando ideias e cuidando não somente da beleza e dos cabelos, mas também do que vem de dentro pra fora.” Oswaldinho completa: “Vá além. Surpreenda. Isso é empreendedorismo de vida”. Com agenda concorrida, Oswaldinho atende de quarta a sábado em seu espaço de beleza na Shape II, a Sala Oswaldo Pires. Às segundas e terças-feiras, se dedica as aulas da Faculdade de Visagismo e Terapia Capilar na Faculdade Anhembi Morumbi, em São Paulo.


• Amor aos Pedaços

• Haru

• Rei do Mate

• Bom D+

• Hirado

• Rizzo

• Burger King

• Liliana Pasta & Pizza

• Roasted Potato

• Cacau Show

• Mafia di Pasta

• Rockabilly

• Café Paris

• Mania de Churrasco

• Sabores do Mar

• Caracol Chocolates

• Saluá Esfihas

• Chocolates Brasil Cacau

• Mania de Churrasco Prime Steak House

• Desfrutti

• Mc Donald´s

• Subway

• Divino Fogão

• Patroni Premium

• Sweet Salt

• Giraffas

• Planeta Café

• Tottene

• Kopenhagen

• Praiamar Café

• Vivenda do Camarão

• Spoleto

87

EGO

Gastronomia Praiamar. A prova de que beleza pode se por à mesa, sim.


Fitness // Geração Saúde

Alimentação saudável aliada à prática de exercícios é o segredo!

88


A

combinação de dieta e prática de exercícios físicos está cada vez mais em alta. Se antigamente as pessoas consumiam alimentos altamente calóricos e acabavam na academia, agora as palavras reeducação alimentar, índice de gordura corporal e suplementos fazem parte da rotina de quem deseja ter não só uma boa relação com o espelho, mas também com a saúde. Existe um segmento no mercado dedicado especialmente para quem quer mudar seu estilo de vida e investir em uma alimentação mais saudável e que dá suporte para as atividades físicas. A diretora de Marketing da VitShop, Fabiana Carduz Conde, conversou com a StudioBox sobre este nicho de mercado em Santos. Fabiana conta que este é um segmento que cresceu muito nos últimos cinco anos, tanto na suplementação como na alimentação saudável. “Empresas focadas em alimentos orgânicos, sem glúten, sem lactose e suplementos de qualidade não param de crescer. O consumidor está mais exigente e muito mais informado. Antigamente só existiam produtos diet e light, hoje temos uma variedade enorme de alimentos saudáveis que se adequam

à necessidade de cada indivíduo. Além disso, os suplementos a base de proteína passaram a ser gostosos com a introdução do Whey Protein, que praticamente supriu a demanda que havia pela albumina. Agora, quando você toma um suplemento proteico, você quer mais”. Para Fabiana o público santista sempre teve interesse e dedicação especial à saúde, mas a quantidade de pessoas interessadas em praticar exercícios e cuidadosas com a alimentação aumentou significativamente. Ciente disso, Fabiana enxergou aí um nicho de mercado para apostar e inseriu o restaurante nos serviços da VitShop. “Não adianta só fazer dieta em casa e quando sair pra comer não se preocupar com isso. O que nos motivou a entrar neste novo negócio foi exatamente nosso desejo de vincular os suplementos à alimentação saudável. Quando pensamos em montar o restaurante foi justamente porque a cidade tinha essa carência”. O mercado se atualizou e agora comer saudável é também sinônimo de comer com sabor. “Fazemos tudo com muita dedicação e só utilizamos ingredientes de qualidade porque não focamos apenas o lucro, nossa visão de

negócios é sempre de longo prazo. Nos preocupamos com todos os detalhes para satisfazer e agradar nossos clientes, que também são nossos amigos”. Orientação médica “O primeiro passo para ter qualidade de vida é fazer uma autoanálise e incorporar mudanças no seu estilo. A seguir, você deve procurar um profissional qualificado para saber quais medidas devem ser tomadas”. Esta é a orientação do Dr. Thiago Ferreira, endocrinologista dedicado aos estudos sobre tendências para um estilo de vida mais saudável. Um dos aspectos observados por ele foi que os santistas estão mais antenados na questão de saúde preventiva e qualidade de vida e acredita que esta é uma crescente. “Pouco a pouco a população está ganhando novos conceitos a respeito da alimentação. Uma determinada faixa da população já esta se preocupando e adquirindo novos hábitos e, consequentemente, mudando seu estilo de vida”. Dr. Thiago acredita que o exemplo deve ser dado desde cedo, demonstrando preocupação com a saúde. Por exemplo, mostrar para as crianças que frutas e legumes, além de serem gostosos, são a opção ideal para quem quer viver mais e viver

Fabiana Carduz Conde é uma das responsáveis pela principal loja de suplementos e heath foods da cidade, a VitShop

89


de bem com o corpo. Até mesmo as redes sociais tem um papel importante para quem quer ter um corpo bonito e saudável. Na opinião do endocrinologista é fundamental mostrar para todas as pessoas os benefícios da vida saudável. “Temos que difundir os casos de sucesso para sensibilizar e motivar a população como um todo”, define. O médico frisou a importância da união dos exercícios físicos e alimentação saudável. Para ele, o sucesso de um depende do outro e não dá para seguir apenas uma vertente. “A máquina humana é muito complexa e cada segmento é de extrema importância. Não conseguimos resultados positivos se não associados a uma equipe multidisciplinar no tratamento de emagrecimento. O sucesso está na união de conhecimentos em prol do paciente”, pontua. Exercitando o corpo “Precisamos investir mais em atividades recreativas, elas são mais motivantes”. Esta é a opinião do personal trainer Rodrigo Ramos. Ele acredita que, dentro das academias, os santistas preferem a musculação, mas ainda existe muita gente que

Dr. Thiago Ferreira Lima médico endócrinologista e Dra. Thalita Longo, nutricionista, 90

gosta de atividades realizadas ao ar livre. “A praia é um cenário muito escolhido pelos santistas para caminhadas e corridas, que ainda estão entre as mais praticadas por nossos moradores”, comenta. Aliar a alimentação saudável à prática de exercícios físicos reflete também na prevenção de uma série de doenças como osteoporose, infarto do miocárdio, diabetes e hipertensão. E prevenir pode ser algo feito desde criança. O personal trainer explica que as crianças podem fazer atividades físicas desde cedo, para cultivar hábitos saudáveis para a vida inteira. “A partir dos três meses, a criança já pode começar a nadar e deve ser estimulada durante toda a infância e adolescência a realizar no mínimo 6 horas de exercícios vigorosos por semana”. Reeducação Alimentar A Nutricionista Thalita Longo falou sobre a importância de mudar os hábitos alimentares. “Qualquer idade é ideal para iniciar a reeducação alimentar, mas na infância seria mais fácil, pois a criança ainda está descobrindo os sabores dos alimentos. O corpo

humano é composto por 100 trilhões de células e 50 bilhões delas se renovam a cada dia, sendo assim, no período de um a dois anos todas as células que existem hoje no nosso corpo, não existirão mais. Serão células novas que foram formadas com o auxílio de nutrientes provenientes da digestão de alimentos. Então, o que você ingerir hoje, interfere na célula renovada amanhã e em cada órgão, para que execute suas funções da forma esperada”, ensina. Thalita é um bom exemplo de reeducação alimentar precoce. Ela conta que seu interesse pela alimentação saudável começou quando ela passou a acreditar que a nutrição estava muito além do valor calórico de cada alimento. Ela sempre quis entender o efeito dos alimentos no funcionamento do nosso corpo. Um dos pontos destacados pela nutricionista é a dificuldade da mudança dos hábitos alimentares, uma vez que a maioria das pessoas não entende que o seu comportamento em relação a alimentação está errado, querendo consumir apenas o que lhe agrada, sem se atentar às implicações das suas decisões. “A partir do momento que


Rodrigo Ramos, personal trainer

esse indivíduo toma consciência de que esse comportamento pode estar afetando sua saúde, disposição, qualidade de vida e até a autoestima, começa o processo de mudança e, na maioria das vezes, é neste período que o individuo recorre à ajuda de algum profissional - médico e/ou nutricionista - para orientação, e então inicia o processo na mudança desse comportamento”. Thalita ressalta que nem sempre a perda de disposição ou algum outro fator interno levam o paciente à buscar as mudanças necessárias. Em alguns momentos, é o próprio espelho ou as redes sociais, como Facebook e Instagram, que são os catalisadores da transformação. “O público jovem está mais sujeito a essa influência externa. Atualmente pessoas comuns, que não são modelos, atores e atrizes, compartilham seus resultados positivos obtidos por meio de atividade física e alimentação saudável na internet e, com isso, os jovens percebem que também podem conquistar o corpo tão desejado”. Se existe um lado positivo para estes exemplos online, a maioria das pessoas não pode levar esta rotina como um guia para suas vidas, principalmente quando estas atitudes não representam o que a pessoa realmente quer. A profissional salientou a importância de uma motivação concreta e pessoal para a conquista de um estilo de vida mais saudável. “A conquista desse corpo bonito não deve ser sofrida e encarada como um modismo. Você não 91


conseguiu retomar a alimentação equilibrada e fazer caminhadas, que se transformaram em trotes e corridas. Lucianne também decidiu se matricular em uma academia, onde começou a praticar outras modalidades de atividades físicas e se viu apaixonada por esse novo estilo de vida.

deve consumir um prato de salada torcendo o nariz apenas porque a garota de barriga sarada do blog ingeriu, postou e falou que é legal. Ou então comer determinado alimento, pois saiu na mídia que ele tem efeito de secar a barriga. A conquista de um corpo bonito deve ser consequência de uma reeducação alimentar e adoção de hábitos saudáveis, pois nenhum alimento faz milagre sozinho. Devemos mudar a forma de encarar o alimento”.

lutar contra o efeito sanfona. “Atingi o auge do peso em 2008 (75 quilos) por razões que são comuns para quem tem problema com peso: desleixo e principalmente, stress. Trabalhava tanto que me sentia no direito de não me privar do que tinha vontade de comer.

O acompanhamento médico é fundamental para quem quer fazer as pazes com o espelho e a balança. “Recomendo que as pessoas tenham consciência de que um hábito alimentar saudável não é consumir alimentos diet e light, mas alimentos de todos os grupos para que as funções sejam realizadas harmonicamente. Alimentar-se a cada três horas é fundamental para manter o metabolismo ativo e fornecer energia e nutrientes de forma constante ao longo do dia Além disso, realizar alguma atividade que ajude a acalmar a mente e controlar a ansiedade e o stress, evita que você recorra ao alimento para suprir essa necessidade”, orienta.

Junto com o ganho de peso surgiram os primeiros problemas de saúde. Ela começou a sofrer dores nos joelhos e a dormir mal. Durante uma viagem percebeu seus excessos na alimentação e mudou sua rotina, ingerindo alimentos mais saudáveis e fazendo caminhadas. Depois disso, ela emagreceu significativamente e conseguiu manter o peso até 2010.

Uma história de sucesso! A funcionária pública Lucianne Maeda, de 30 anos, sempre foi uma criança ativa. Mas só mudou sua rotina de exercícios e hábitos alimentares há dois anos, depois de 92

E essa vontade só aumentava conforme a quantidade de trabalho. As roupas GG já não serviam nos meus braços e os botões das camisas já não fechavam”, relembra.

“Passei por duas intervenções cirúrgicas num intervalo de seis meses (retirada de apêndice e uma videolaparoscopia) Tive que fazer repouso por um bom tempo e não tive disciplina para manter o peso só com o controle da alimentação. Não atingi o mesmo peso de antes, mas, para quem já havia perdido tanto peso, eu me sentia uma perdedora. Mais uma vez eu percebi que não adiantava arrumar desculpas, pois o período de repouso já havia acabado”. Graças a sua própria percepção sobre o ganho de peso, ela

Ela também destacou o papel da sua família, que a apoiou em todo esse processo. Inclusive seu namorado, que agora é seu marido. “Ele me falava muito sobre os beneficio da atividade física e me incentiva, até hoje, a sempre buscar um resultado melhor”. A funcionária pública está tão empolgada com seu novo estilo de vida que tem uma visão completamente renovada do ambiente da academia. “Eu treino diariamente e tenho que me policiar para não exagerar. Sinto prazer em me exercitar e é na academia que coloco a mente para descansar. Além da musculação e da corrida, comecei a fazer aulas de Body Pump, Power Jump e Funcional. Eu me divirto muito com os professores e os outros alunos e acabou virando uma terapia”. As consequências das suas novas escolhas refletem em todos os aspectos da vida de Lucianne, que recebeu um feedback positivo dos seus médicos. “Faço check-ups periódicos e, segundo os médicos, os resultados são excelentes. Meus exames de saúde melhoraram muito e hoje minha pressão arterial é excelente. Não sinto mais dores nos joelhos e uso a bicicleta como meio de transporte sempre que posso. Meus cabelos não caem como antes e sinto que eles crescem bem mais rápido. Fico orgulhosa quando meu corpo responde aos treinos e isso me faz querer melhorar. Posso dizer que minha qualidade de vida mudou 100% para melhor”, orgulha-se Lucianne, hoje com 60 quilos e muita saúde.


93


Giro Cultural // Mochileiro

Peru por

Eduardo Virtuoso

Cusco A uma hora de voo para quem sai de Lima, Cusco é aquela cidade que as pessoas têm receio de visitar por causa da altitude. Afinal, são 3.400 metros! O chá de coca e um remédio preventivo podem ajudar seu corpo a superar as dificuldades do ar rarefeito para que você possa aproveitar tudo que a cidade e a região têm a oferecer. E não é pouco, vale a pena!

Neste mercado tudo é negociável e, sem dúvida, vale a pena pechinchar. Gastronomia Por mais rústica que Cusco possa parecer, a gastronomia por lá é surpreendente. Existem bons bares e restaurantes por preços aceitáveis. Um deles é o Cicciolina, que serve pratos extremamente saborosos

Plaza de Armas É o ponto principal de Cusco. Pelas construções em madeira e o estilo interiorano, o visual lembra muito Campos do Jordão. Ali você pode observar a catedral da cidade. Vale parar e sentar por alguns minutos para observar o estilo de vida da população que vive ali. A Plaza de Armas é também um bom ponto de referência para quem procura um lugar para se hospedar. Quanto mais perto dela, melhor a localização! Mercado San Pedro Se você quer conhecer os costumes peruanos, este é o lugar certo! Lá, se encontra de tudo, literalmente! Artesanato, carnes, queijos, brinquedos, utensílios domésticos, CDs, flores, sementes, chás e também muitas outras coisas que você certamente nunca viu na vida. 94

em um ambiente pequeno, porém muito agradável e é o lugar certo para degustar o tradicional ceviche peruano. Já o Museo Del Pisco é um bar que oferece uma enorme variedade da bebida típica peruana, o Pisco. Além do ambiente descontraído, que sempre tem bandas ao vivo, cervejas locais e diversas opções de aperitivo estão no menu. Machu Picchu A três horas de trem para quem sai de Cusco, o Machu Picchu é

uma das sete maravilhas do mundo moderno. Para chegar, existem algumas empresas que fazem o transporte. Recomendo a Peru Rail que oferece trens de diversas categorias, para todos os bolsos. Do mais simples ao mais luxuoso. Vale ficar acordado durante o caminho para apreciar a vista. Ir e voltar para Cusco no mesmo dia pode ser muito cansativo. Para quem preferir, é só se hospedar na cidade que fica embaixo do Machu Picchu, a pequena Águas Calientes.


Giro Cultural // Etiqueta

“Ai que gafe!”

por

Fernanda Ventura

grávida! Eu não sabia, parabéns!”. Ainda completei dizendo que ela devia estar feliz, pois a criança já estava para nascer. Não contente em cometer a gafe apenas verbalmente, eu ainda acariciava a barriga da pobre coitada enquanto falava. Toda feliz. Um filme de terror passou pelos meus olhos quando ouvi a resposta. Não havia gravidez. Fiquei em silêncio pelo que me pareceu uns quarenta minutos. Foi um silêncio sepulcral, ecoando, embora sem palavras, ficando cada vez pior. Mas não parou por aí, porque obviamente tentei ser educada e consertar a gafe.

F

requentemente, nos colocamos em situações constrangedoras e acabamos cometendo gafes horrorosas. Quem nunca, afinal? O pior é que, na maioria das vezes em que isso acontece, não tem salvação e pioramos tudo ao tentar corrigir o constrangimento causado a outra pessoa. Por isso, é difícil dar uma dica que seja realmente útil nessas horas. De fato, algumas gafes acabam sendo até cômicas. O problema é que só percebemos isso quando contamos a história para alguém, muitas vezes, anos depois. Para quem comete o deslize, os minutos duram uma eternidade de embaraço. Um caso de constrangimento inesquecível foi o que passei

96

certa vez, quando encontrei uma conhecida por acaso em uma loja. Ela estava com a aparência de uma mulher grávida com uns sete ou

O conselho é que mudem de assunto, saiam correndo, peguem um avião para o Sri Lanka, simulem um desmaio ou tenham uma crise de pânico, mas não tentem consertar. oito meses de gestação, barriguda mesmo, com aquele jeito de bola de basquete característico. Eu, tagarela e extrovertida como sou, não contive a ansiedade e disparei: “Fulana, que graça, você está

Como ela disse que o bebê já tinha nascido e completado um ano e meio, peguei a deixa e arrematei. “Ah, então foi por isso. Eu sabia que tinha um bebê!”. Ou seja, depois chamá-la de gorda, disse que era desleixada e estava este tempo todo fora de forma e com cara de grávida pré-natal. Foi péssimo. Por isso, colegas, aprendam. O ideal é tentar evitar uma gafe, mas se não der, esqueçam os remendos. O conselho é que mudem de assunto, saiam correndo, peguem um avião para o Sri Lanka, simulem um desmaio ou tenham uma crise de pânico, mas não tentem consertar. Apenas lembrem-se dos detalhes para depois poderem se divertir contando o mico para as amigas, porque é só para isso que as gafes servem.


97


Giro Cultural // Marketing

Pink Money

por

Rita Martins

são poucas. Como conquistar este mercado? Diversos caminhos se apresentam e algumas empresas tentam adotar uma postura positiva, mas sinto que é necessário fazer mais e que o primeiro passo é ouvir, observar e perguntar. O consumidor não pode ser ignorado, nem se sentir constrangido num atendimento.

V

ocê sabe como funciona o processo de consumo? Em um determinado momento a gente se depara com uma necessidade ou surge um desejo. Nosso corpo e mente se preparam para sanar a tal necessidade/desejo e, em seguida, passamos pela fase de avaliação das alternativas para tomar a decisão de compra e avaliar efeitos pós-compra. A nossa decisão é influenciada por fatores culturais, sociais, pessoais e psicológicos. Sendo que os fatores culturais exercem a maior influência. Comecei com esse assunto para chamar atenção para o comportamento de consumo dos gays. Quais os fatores que levam em 98

Não precisa de tratamento especial, basta ser igual. Sim, o mercado tem que dar esse tipo de tratamento. E não apenas pendurar uma bandeirinha colorida do lado de fora. Vale a pena para empresários e profissionais de marketing enxergar essa nova situação e fazer o approach correto. consideração na decisão? Sentiremse representados e acolhidos pela marca faz diferença?

Não precisa de tratamento especial, basta ser igual. Trata-se de um mercado de forte demanda. Estudos econômicos apontam que homossexuais, em sua maioria, estudam e trabalham mais e gastam mais consigo mesmos (pelo fato de muitos não terem filhos). Eles investem mais em cultura, educação, lazer, vestuário e arte. No Brasil, é um público de mais de 18 milhões de pessoas. Quais empresas estão atentas a esse movimento? No Brasil, de fato,

Gays usam as mesmas roupas que todo mundo, comem a mesma margarina que todo mundo, compram o mesmo colchão. Não há diferenças. Não tem nada demais. E mais. Não é preciso ser homossexual para entender o comportamento de consumo deste público. Temos que estar atentos ao processo de consumo que citei no início e desenvolver a melhor experiência possível. A partir do momento em que os negócios forem friendly, receberem bem os diversos públicos e ofertarem aquilo que todos procuram, estaremos começando a criar a experiência de consumo mais próxima do ideal.


99


Giro Cultural // Mercado

Qual é o seu “algo a mais”?

por

Alexandre Prates

envolve seu trabalho. É importante aliar capacidade técnica à de relacionamento, já que minguém gosta de conviver com gênios indomáveis. Capacidade de liderança: nem sempre um líder precisa ser o mais genial do grupo, basta agregar as melhores cabeças. O mercado está aberto a estrategistas que saibam engajar equipes em prol de resultados.

H

á tempos percebo um cenário interessante no mercado. Apesar de vivermos na era do pleno emprego, ainda temos muitos profissionais fora do mercado, principalmente os que possuem um diploma universitário. Nunca tivemos no Brasil tantos universitários quanto temos hoje. Acontece que as organizações não precisam apenas de pessoas estratégicas, mas também de pessoas que executem. É preciso compreender que não há espaço para todos nas funções desejadas. Existe solução, mas nada confortável. Uma universidade, por mais conceituada que seja, tem carga horária para formar seus alunos e o conhecimento

100

transmitido é limitado. Isso resulta em profissionais parecidos, que precisam desenvolver um “algo a mais” para se destacar. E o que é esse “algo a mais”? Capacidade técnica acima da média: geralmente adquirida pela interação entre teoria e prática. Um profissional pode se destacar por ser brilhante nos fundamentos

as organizações não precisam apenas de pessoas estratégicas, mas também de pessoas que executem. da profissão. Um engenheiro, por exemplo, pode despontar na profissão por conhecer profundamente a ciência que

Capacidade de execução: profissional desejado e fundamental para qualquer negócio. São pessoas que fazem acontecer, arregaçam as mangas e fazem a roda girar. Em uma área comercial, por exemplo, precisamos daquele profissional que visita o cliente, negocia e fecha a venda. O profissional que tiver a capacidade da execução colherá grandes resultados. Capacidade estratégica: é importante a presença de profissionais para analisar cenários e pensar em longo prazo. Uma capacidade que depende de habilidades como visão sistêmica, obsessão por aprender e uma enorme facilidade de conectar as coisas. Se você se encaixou em alguma destas capacidades, parabéns. Se não se encaixou em nenhuma delas, é preciso encontrar a sua verdadeira aptidão, que muitas vezes só é revelada quando você está na profissão e no lugar certo. Em que você é bom?


101


Giro Cultural // Hashtag

Tendências em redes sociais para 2014

por

Diego Martins

Crescimento do Google+: ocupa o segundo lugar na audiência mundial e com a percepção dos analistas da diferença que faz o botão +1 no posicionamento da marca no buscador, deve ser o maior beneficiado pelo desgaste do Facebook, assim como o Twitter.

A

ntes de qualquer consideração sobre redes sociais, devemos avaliar duas tendências que vão avançar em 2014: pagamento por meio de celular e integração do digital com o varejo. Hoje, o concorrente não está do outro lado da rua. Ele está no celular do cliente, é onipresente e fornece muito mais informações e comparativos do que qualquer vendedor bem preparado. O que fazer para se prevenir? Avaliar os motivos que levam o cliente a comprar na sua loja e não na internet, agregar experiência ao processo de venda, expor a história da sua empresa e procurar deixar claros os valores envolvidos em cada produto. Mas, quanto a 2014, o que esperar? 102

Quais são as principais tendências nas redes sociais? Considero 2014 o ano da maturidade do segmento. Quem já não está nas redes sociais vai procurar estar e quem já está vai evoluir na avaliação e no uso.

Hoje, o concorrente não está do outro lado da rua. Ele está no celular do cliente Percebemos uma maior preocupação na eleição das ferramentas corretas e o início do entendimento de que números de seguidores são menos importantes do que a quantidade destes que são engajados. Analisando tendências:

as

três

principais

Produção de micro-vídeos: Começou com o Vine e se pulverizou com a adaptação do Instagram. São vídeos de seis a quinze segundos com edição rápida e sem cobrança por qualidade final. Pode ser ajudada pela democratização das ferramentas e, quem sabe, a inserção definitiva de publicidade em vídeo no Facebook. Sobe e Desce: Com o incremento das ferramentas de geolocalização do Instagram, Facebook e Twitter, o Foursquare pode sofrer quedas, apesar do seu sistema de cupom. Quem deve crescer e merece destaque é o ‘novo’ MySpace, que em nosso país não vingou devido a falta de cultura de artistas em usálo. Além do LinkedIn, rede social madura, objetiva e ótima para fazer bons negócios. Lembrando que toda ou qualquer análise ou tendência tem validade de 24 horas. E esperamos estar errados, já que a surpresa e as novidades são a razão do sucesso das redes sociais.


Gir Cultural // Bebidas

Wines of Chile 2013: um privilégio participar!

por

Claudia Oliveira

O rosé é obtido, geralmente, da maceração rápida da casta Pinot Noir. O champanhe pode variar o grau de doçura: Brut Zéro (zero açúcar); Extra Brut (até 6 g/l); Brut (até 15 g/l); Extra-Sec (de 12 a 20 g/l); Sec (de 17 a 35 g/l); Demi-Sec (de 33 a 50 g/l) e Doux (mais de 50 g/l).

N

ada mais elegante e chic do que brindar com um autêntico champanhe. Sim, autêntico. Porque outros vinhos espumantes são facilmente confundidos com esta bebida. O vinho intitulado champanhe foi descoberto por Dom Pérignon no séc. XVII e é único porque vem da região nordeste da França, Champagne, AOC (Apelação de Origem Controlada). É um espumante que contém grande quantidade de dióxido de carbono dissolvido em sua composição, que borbulha e forma uma camada de espuma, ou mousse, na superfície do vinho. As borbulhas têm o nome de perlage (colar de pérolas) e são conferidas pela efervescência do gás carbônico.

104

O método utilizado para obtenção desse gás é conhecido como champenoise ou clássico, onde a vinificação passa por duas fermentações distintas. Após a fermentação alcoólica, comum a todos os vinhos tranquilos – sem bolhas –, ocorre uma nova fermentação e o gás é obtido com o líquido já engarrafado. Deve ser elaborado com as uvas autorizadas na AOC Champagne: Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier. O champanhe pode ser branco ou rosé. Utilizando-se apenas a uva branca Chardonnay temos um champanhe blanc de blancs. Caso a composição seja das tintas Pinot Noir e/ou Pinot Meunier, teremos um champanhe blanc de noirs.

Uma dica: dizemos “o champanhe” para o vinho e “a Champagne” quando nos referimos à região francesa. Ditar as regras é bastante antipático, mas pior ainda é ouvir alguém pedindo “uma champanhe”. Na próxima edição, falaremos dos demais espumantes do mundo vinícola, tais como os crémants, cavas e proseccos, além dos nossos espetaculares espumantes brasileiros que têm sido tão premiados. “Só tomo champanhe quando estou feliz, ou quando estou triste. Às vezes bebo quando estou só, mas quando tenho companhia considero obrigatório. Eu me distraio com champanhe quando estou sem fome, e bebo se estou faminta. Fora isso nem toco nele, a menos que esteja com sede” - Lily Bollinger, 1961.


105


Giro Cultural // Gastronomia

Tudo é chocolate no mundo feminino

por

Beth Teani

capaz de aumentar a serotonina do que os doces, principalmente o chocolate. Por tudo isso, precisamos tanto dele.

O

chocolate foi descoberto pelos espanhóis durante a conquista da América. No México, os conquistadores pensaram em açucará-lo, ao invés de apimentálo como os índios faziam, e esta bebida passou a ser usada como um energético. Segundo a tradição, tanto os índios quanto os espanhóis ofereciam esta bebida aos hóspedes mais importantes. Na Espanha, a iguaria virou moda entre as mulheres da aristocracia e, aos poucos, foi introduzida na Europa. Durante a Revolução Industrial, o chocolate deixou de ser apreciado como uma bebida e passou a ser consumido na forma de tabletes sólidos. A tese já está comprovada. Somos todas loucas por chocolate, de todos os tipos: brancos, amargos, pretos... Não conseguimos ficar um mês inteiro sem comer chocolate. Nós,

106

mulheres, comemos chocolate por qualquer motivo. Seja na TPM, por causa de problemas profissionais ou quando brigamos com o namorado. Queremos chocolate quando estamos depressivas e também quando estamos felizes. Os homens conseguem sintetizar um neurotransmissor chamado

Atualmente, o chocolate saiu da mesa e conquistou espaço até na composição dos produtos de beleza serotonina, conhecido como hormônio da felicidade, mais rápido do que as mulheres, que ainda precisam lidar com a queda de estrogênio que acontece durante a TPM. E não há alimento mais

Atualmente, o chocolate saiu da mesa e conquistou espaço até na composição dos produtos de beleza. Cosméticos como máscaras de chocolate, shampoo, cremes hidratantes e maquiagens levam esta delícia da culinária para o universo feminino, onde tudo que é bom é de chocolate.

Mousse de chocolate 1 barra de chocolate meio amargo de 200 gramas 1 lata de creme de leite 3 claras batidas em neve 5 colheres de sopa de açúcar Pique o chocolate e coloque em banho-maria para derreter. Fure o fundo da lata de creme de leite, escorra o soro e acrescente ao chocolate. Na batedeira, bata as claras em neve e vá adicionando aos poucos o açúcar, até formar um suspiro grosso. Misture o suspiro ao chocolate com creme de leite. Despeje em uma tigela bonita ou em taças individuais e leve à geladeira para ficar firme. Se quiser dar um toque brasileiro à receita, acrescente um cálice de cachaça.


107


Perfil // Princípios

Andréa Araújo em respeito à

DIVERSIDADE

108

!


109


R

espeito. Esta é a palavra que melhor define a santista Andréa Ruzsicska de Araújo, de 40 anos. Formada em Publicidade e Propaganda e artista plástica por vocação, hoje é mãe e se dedica em tempo integral à criação e à formação de seus dois filhos. Mas, durante algum tempo foi responsável pela promoção de festas bem sucedidas em casas noturnas na Cidade, uma delas, voltada ao público GLS, a Liquid Love. Apaixonada pela noite, Andréa sempre foi atraída pelo incomum e desprovida de preconceitos. Na adolescência, já era considerada ousada e gostava de se vestir diferente dos colegas, chamando atenção de todos com seu visual no melhor estilo clubber. Na época da faculdade, quando começou a frequentar as mais cobiçadas festas raves do Estado, graças às boas influência de amigos, Andréa foi reafirmando seu estilo cada vez mais autêntico. “Lá tinha o melhor som para dançar, mas o que mais me atraía nesse ambiente era a liberdade e sua atmosfera alegre, poder se vestir da forma que me agradava, um lugar onde as pessoas podiam ser livres, sem preconceitos e, principalmente, sem violência ou confusão”, relembra. Foi neste período também que Andréa teve seu primeiro contato com a ‘comunidade homossexual’, um público cada vez mais presente em seu dia a dia. “As pessoas ainda se assustam, pois existem muitos tabus em relação ao homossexualismo, mas ele é uma realidade há muito tempo”, comenta, ressaltando sua ligação com gays. “Convivo com muitos amigos homossexuais que, inclusive, viajam comigo e minha família. Ser gay ou ser hétero são

110

duas coisas extremamente naturais. Acredito que caminho para a felicidade é ser você mesmo, ao lado das pessoas que você ama e aprecia”, pontua. Embora já tenha a opinião formada a respeito, Andréa reconhece que este é um assunto que ainda sofre muito preconceito. Para ela, os motivos são complexos e devem ser tratados com cuidado, sobretudo,

pela mídia. “Apesar do momento ser positivo ainda existe uma certa complexidade na sexualidade e muitos jovens não estão tentando se conhecer melhor antes de investir e assumir comportamentos que podem não ter a ver com eles mesmos, talvez, seguindo um ‘modismo’ ou um padrão atraente apresentado pela mídia. Isso não é legal”, alerta. Para Andréa, o clima das cidades


praianas tem características mais leves e ‘desencanadas’ e Santos, como tal, é um ambiente bem amigável para o público homossexual. “Eu acho que a gente tem uma aceitação muito boa, eu vejo isso pela balada que a gente faz. Não escuto muitos casos relacionados a homofobia”, orgulha-se. Seu trabalho no universo das baladas santistas começou na época da Breezy, hoje Capital Disco. O bom trabalho e a experiência adquirida por lá, lhe proporcionou uma parceria com os responsáveis pela balada gay Liquid Love, trazida por Andréa para a Capital Disco. “Não foi fácil trazê-los para cá, todos tinham medo de estereotipar a casa. Mas eu consegui mostrar que a gente só tinha a ganhar com um evento homossexual”. A chegada da Liquid Love na Capital Disco exigiu um amplo trabalho de pesquisa in loco feito por Andrea e sua equipe, que frequentaram várias baladas em São Paulo na busca por inspiração para montar um ambiente com a cara de Santos e bem sucedido. “Tenho imenso carinho pela Liquid Love. É um trabalho feito com muito respeito”. Ao longo desse período trabalhando na noite e para o público GLS, Andréa se tornou cada vez mais engajada nas questões contra o preconceito, mas, acima de tudo, a favor do respeito mútuo entre os seres humanos. Atualmente, Andréa dedica-se ao seu projeto favorito, ser mãe. Ela se afastou do ambiente das baladas para cuidar de seus filhos, Nicolas e Charlotte. “Minha profissão atual é ser mãe. Eu estou construindo dois seres humanos, não estou apenas criando filhos. Essas pessoas que vão fazer a diferença no futuro. Tento ensiná-los a não se preocuparem tanto com a vida alheia, pois acredito que esse é o caminho da felicidade. Cuidar de si mesmo e respeitar o próximo para ser feliz. O que falta no mundo de hoje é respeito ao próximo. Esse é o único jeito da gente ir para frente, cultivando as amizades e as coisas boas, sem preconceito. Todo mundo tem o direito de ser feliz e não dá para ser feliz não sendo você mesmo”, conclui.

111


NegĂłcios //

A familia Tedesco celebra em 2013 os 50 anos daempresa mais tradicional de iluminação do mercado

112


Fam铆lias unidas

empresas de

sucesso! Parentes que levam o relacionamento familiar para as empresas em que atuam e, juntos, provam que esta f贸rmula pode ser um grande diferencial para o bom andamento dos neg贸cios

113


T

rabalhar com familiares permite muito mais do que liberdade nos relacionamentos e confiança profissional. Maior dedicação e a certeza de que a empresa está sendo conduzida por pessoas com princípios conhecidos são algumas das vantagens de trabalhar em conjunto com tios, sobrinhos, irmãos, pais e outros parentes de convívio bem próximo. Há pontos positivos e negativos, que são amplamente reconhecidos pelos empresários que estendem a convivência familiar para os seus empreendimentos. A Leipzig Presentes foi comprada pela família Indes em 1972, tendo como fundadora Ivone Indes, uma

Samira e Fábia, uma nova geração a frente da tradicional e reuintada Leipzig presentes.

114

das tias que conduz a loja junto com a irmã, Marlene Indes, e as sobrinhas Samira e Fabia, que também são irmãs. “Um dos pontos fortes de se trabalhar em família é que você conhece o temperamento peculiar de quem está ao seu redor, sabendo tanto o que é positivo quanto negativo. Outro ponto forte é a dedicação, pois automaticamente acabamos priorizando os interesses da empresa”, comenta Fabia, que é responsável pela loja virtual e pela parte de comunicação e marketing da loja. Para conduzir o empreendimento, as sócias também tiveram uma preocupação importante com a tomada de decisões e estratégias

desenvolvidas na Leipzig: a formação. “A profissionalização também foi muito importante, pois sempre buscamos, além de cursar a universidade, fazer uma pós-graduação. Isso nos deu maior conhecimento nas resoluções dos problemas, de modo a agirmos de forma assertiva na empresa”, enfatiza a empresária. Ter à frente do negócio pessoas que estão comprometidas com o mesmo objetivo é, também, um fator primordial para alavancar uma empresa familiar. Um exemplo disso é a Buon Giorno, que surgiu com a determinação de três irmãs: Silvia, Ane e Luciane Guedes. “O ponto forte de se trabalhar com


familiares é a confiança e sincronia em relação aos investimentos e decisões a serem tomadas. Os objetivos das sócias são semelhantes, e isso torna muito mais fácil conciliar os interesses pessoais e profissionais”, comenta Luciane, que é Diretora de Marketing, Vendas e Compras de Produtos. A empresa teve início com uma floricultura, que era de uma tia das irmãs. As três então assumiram o negócio e se propuseram a criar diferenciais para elevar a empresa a um panorama único. “O pilar de sustentação da empresa foi a habilidade em descobrir o talento de cada uma nas diversas funções que uma empresa exige, principalmente no início, que estávamos sem capital para investir e para pagar mão de obra”, relembra. Embora a proximidade com os familiares na empresa seja importante para caminhar em um mesmo sentido, os conflitos também se tornam uma possibilidade no cotidiano. “Os laços afetivos extremamente fortes influenciam os comportamentos e decisões da empresa. Assim como a liberdade de colocar assuntos. Neste contexto, existe certa dificuldade na separação entre o que é emocional e racional, e a tendência é sempre partir para o emocional”, comenta Fabia. Na Buon Giorno, a questão é desenvolvida com muita análise e cuidado. “Cada sócia tem um perfil bastante diferente, uma mais disciplinada, a outra mais criativa e a outra comunicativa. Conciliar estes perfis em um projeto acaba sendo complicado. É difícil cobrar resultado de alguém que tem o mesmo poder que você na empresa. É necessário um poder de persuasão e conscientização para que a tarefa seja executada no prazo. Nossa estratégia para este problema é  mensurar o valor financeiro que a empresa está perdendo com o atraso do projeto, ajudando assim no desempenho de todas”, esclarece Luciane.

Body rendado e luvas Fruit de la Passion Brincos e colar Jóias Seraceni Calçado Stiletto

Av. Floriano Peixoto, 314 Pompéia - Santos 13 3205-3636 115


As irmãs e fundadoras da Buon Giorno celebram o crescimento da empresa

Na Guido Iluminação, toda a estrutura familiar composta por pai, mãe e irmãos, completa o quadro de funcionários da organização. Até os funcionários, que possuem um longo tempo trabalhando no local, passam a ser considerados como integrantes da família. Guido Tedesco, o patriarca da família, preside o negócio e está à frente de tudo, tendo como função principal o relacionamento social com os clientes. Uma das filhas de Guido, Adriana Tedesco, que é diretora na empresa, relata a importância da convivência profissional em família. “Meu pai tem total confiança no nosso trabalho e sempre nos apoia em novos investimentos. Sua experiência de longos anos no 116

negócio nos ajuda muito a sermos mais assertivos. Não somos apenas uma empresa familiar, mas também uma família empreendedora. Esta profissionalização nos ajudou a alcançar nossos objetivos e a certeza de que temos este reconhecimento do mercado”, ressalta. Sobre a extensão do relacionamento profissional para o ambiente familiar, a questão também é muito analisada pela família. “Temos que estar sempre atentos e nos policiar, pois esta barreira é muito estreita e com a intimidade fica perigoso. O relacionamento profissional é como de um sócio normal, mas estamos sempre juntos fora da empresa e tentamos não levar assuntos das

lojas para o convívio pessoal. É muito difícil, mas nascemos neste ambiente e tivemos muito tempo para aprender a separar as coisas”, reflete Adriana. A verdade é que o sucesso de um empreendimento sempre pode ganhar com a proximidade e os laços fortes que existem entre os familiares. Mas muito além disso, a visão estratégica e o espírito empreendedor devem ser constantes no cotidiano dos parentes que conduzem um mesmo negócio. Para estes empresários, não há uma fórmula perfeita. Eles souberam unir seus aspectos mais importantes para alcançar o que muitas empresas de estruturas comuns, e não familiares, algumas vezes não conseguiram: o sucesso nos negócios!


117


Responsabilidade Social //

NUTRE Um projeto da APAE Santos que insere jovens com deficiĂŞncia intelectual no mercado de trabalho

118


A

utonomia. Esta é uma palavra que ganha cada vez mais significado aos jovens frequentadores da APAE de Santos. Graças ao trabalho desenvolvido pelo NUTRE, o Núcleo de Trabalho, Renda e Emprego da Associação dos Amigos dos Excepcionais, a APAE. E é exatamente isso o que NUTRE desenvolve, um trabalho de capacitação de jovens com deficiência intelectual para o mercado de trabalho formal. Através de oficinas de confecção de doces e salgados, os aprendizes desenvolvem não somente habilidades culinárias, mas também outras questões que envolvem o ambiente de trabalho, seja ele gastronômico ou não, como disciplina, higiene e organização. Tudo acompanhado por uma equipe de cinco profissionais: pedagoga, terapeuta ocupacional, nutricionista e técnica em nutrição e dietética, sob a coordenação da psicóloga Lucilene Martorelli Ortiz Medeiros. Além das oficinas, os aprendizes participam de atividades complementares que auxiliam no processo de capacitação. Com a pedagoga, por exemplo, trabalham as questões comportamentais, documentais, de habilidades básicas e de gestão. “A equipe trabalha para que os aprendizes desenvolvam autonomia e independência nas atividades básicas e práticas da vida diária, habilidades sociais, de linguagem e comunicação, para promoção de sua inserção no mundo do trabalho”, pontua a psicóloga e coordenadora do NUTRE, Lucilene. Os aprendizes têm a faixa etária entre 16 e 30 anos e são divididos em três turmas (inicial, intermediário e avançado), além do grupo de famílias das pessoas com deficiência. São alunos da 120

APAE e jovens da comunidade com deficiência intelectual e/ou múltipla, encaminhados por outras instituições governamentais e não governamentais. As atividades acontecem de segunda à sexta-feira, no período da tarde com aprendizes, e terça e quinta-feira com as famílias no período da manhã. No mercado de trabalho! A jornalista e empresária Thays Corrêa Santini possui uma relação muito especial com a APAE. Seu irmão Leonardo Corrêa, de 23 anos, com Síndrome de Down, foi o elo entre a Associação e sua família. Leonardo é um dos aprendizes do NUTRE e recentemente ingressou no mercado de trabalho como auxiliar de atendimento em uma farmácia. “Tenho muito orgulho do meu irmão, que está ingressando no mercado de trabalho nesse ano e por isso vai sair da APAE, entretanto, meu envolvimento continua, pois minha família é muito grata por tudo que a APAE fez por ele e continua fazendo por muitas crianças que dependem deles”, ressalta a empresária que, sempre que pode, promove eventos aos frequentadores da APAE, pois acredita que seu papel por lá é trazer diversão, alegria e bom humor para os membros. Há mais de 50 anos se dedicando a prestação de serviços para crianças com deficiência, a APAE mantém áreas para educação, saúde e assistência social. Seu objetivo principal é garantir o desenvolvimento físico e mental dos alunos, que têm acesso a programas pedagógicos específicos, como oficinas de marcenaria e artesanato. Além de aulas complementares, como informática, música, atividades esportivas, expressão

corporal, jardinagem e horticultura. Apesar de não conviver diariamente na APAE, Thays entende as necessidades que o local possui e admira o trabalho das diretoras que batalham durante o ano inteiro para manter as atividades desenvolvidas na associação. Este ano, as festas organizadas por Thays aconteceram no dia 17 de outubro e contaram com o apoio da Academia Life Club, TV Tribuna, Mega Imagem, Restaurante e Pizzaria Kokimbos, Thays Corrêa Assessoria, grupo circense Rudá e da StudioBox, que contribuiu com brinquedos que foram distribuídos entre as crianças. A festa ainda teve a participação de Gustavo Lobo, ex-integrante do Cirque Du Soleil. “Eu gostaria de fazer muito mais, temos uma grande campanha no forno”, promete. Thays entende que a divulgação do trabalho desenvolvido pela APAE é muito importante mas, acima de tudo, acredita que eles precisam de muito amor, afeto e inclusão social. A empresária afirma que é muito importante dar oportunidades para eles se desenvolverem. “É necessário pensar no indivíduo, ouvir as famílias. Ainda falta incentivo para o mercado de trabalho, algum treinamento específico e campanha de encaminhamento curricular. No entanto, a prefeitura dá um bom aparato escolar e físico para o deficiente”. Na hora de falar sobre a importância da instituição, dá para notar a admiração que Thays sente por eles. “Ela é essencial, na vida das crianças e das famílias. As aulas são específicas, e as professoras estão preparadas para isso. Não adianta você querer tratar igual todas as deficiências, é preciso cuidado, carinho, respeitar o limite de cada um. E a APAE é campeã nisso. Me sinto extremamente realizada por poder contribuir, o amor que recebo deles é incondicional, e meu vínculo com eles é eterno”.


121


Giro Cultural // Social

Lançamento StudioBox O lançamento da ultima edição da Revista StudioBox foi um sucesso. O Bikkini Barista ficou lotado com a presença de muitos amigos que foram prestigiar Maycow Montemor, a banda Mekanika e os DJs Rafael Noronha e Brenno animaram a pista até a madrugada.

Angelo Silva foi a primeira atração da noite

Brenno Lucenna Assumiu também as pickups

Andréia Carduz

Paula Chad

Maria Pia Mehana, Laura Grecco, Melissa Cotrofe e Bruna Zager

Veridiana Sá, Evelin Neitske, Daniela Muniz, Maycow Montemor, Melissa Cotrofe e Bruna Rauscher 122

Ana Hirigoyen e Oscar Martins


ph3

Karina e Lupércio Conde

ANOS DE MUITA SAÚDE e

MUITO Gabriela Marasca e Diego Martins

TREINO.

Há 23 anos importando saúde. A Carduz e a Vitshop são pioneiras em nutrição e suplementação esportiva. Mais de duas décadas dedicadas a você que adora levar uma vida ativa e saudável. Maria Carolina Gardini Lagoa Loyo

Rua Mato Grosso, 418 - Boqueirão - Santos Dani Vellocet, Fernanda Gonzalez e Edmundo Pirajá

(13) 3284.5929 | 3286.1447

www.vitshop.com.br

123


Giro Cultural // Social

Inauguração My Home Silvio, Kamal, Saluá, Erkan da Emporio dos Colchões e o casal Souss

A Homes Ambientes inaugurou com muito sucesso a Mostra Homes de decoração. O coquetel de abertura, que teve a presença de mais de duzentos convidados nos mais de 1500 m² de showroom, contou com o Buffet Odilinha nos quitutes e o comando da equipe do DJ Brenno no som. A Mostra Homes marca um momento de evolução para a loja que, com este evento, expande seus horizontes e se consolida no mercado de decoração na Baixada Santista.

Ahmad Souss e Thiago Tiago Britz, gerente de marca da My Home

Durante o coquetel de inauguração, os convidados prestigiaram catorze ambientes idealizados por conceituados profissionais de arquitetura e design da região. Entre os profissionais que fazem parte da mostra, destacamos a participação de Carla Rodrigues, Claudia Viana, Rita Carrasco, Adriana Mantovani, Cris Fernandes, Márcia Negreiros e Cristina Ferraz. My Home - Família Souss

A loja, localizada na Av. Adhemar de Barros, 2519, em Guarujá, segue com a mostra aberta ao público até o dia 20 de novembro. A entrada para visitação é gratuita. Rodrigo Vasques, gerente do Banco Santander e a namorada 124


Lucia Hanna e Salua, da Emp贸rio dos Colch玫es

Lucy Duarte e Luziane Lavor, da Treze Marketing e Eventos

Ahmad Souss e sua esposa Erkan Souss 125


Giro Cultural // Social

#250afesta As amigas Tereza Boturão, Ana Lucia Boturão, Georgina Timm, Renata Oliveira Candido Gomes e Sylvia Timm freire tambem estrearam idade nova com a festa #250afesta que lotou o salão do Vasco da Gama com amigos de todos os cantos do Brasil. A descontração e a animação de todos os convidados foi sem dúvida o ponto alto da festa, que estava perfeita!!!

Festa dos 250

Outubro Rosa Artistas plásticos da região foram escolhidos para criar uma arte em uma escultura em molde de gesso feito no busto de algumas pacientes do Hospital. Cada artista recebeu um briefing de quem é a paciente que ele estava homenageando e cada um deles tentou criar uma escultura que traduzisse a personalidade do seu homenageado. O evento de apresentação das esculturas foi muito legal. Os pacientes e artistas ficaram muito emocionados.

126

Dra. Martha Perdicaris e Mônica Figo


Carlinhos Virtuoso

Carlinhos Virtuoso

Outro que entrou para o time dos cinquentões foi Carlos Virtuoso que fez um festao reunindo todos os seus amigos na Capital Disco, Carlos ao inves de presentes pediu doacoes para o Lar Espirita Mensageiros da Luz, que auxilia crianças com paralisia cerebral 

A Clinica Seven realizou uma super caminhada de 7 quilômetros para seus pacientes. Nas inscrições foram arrecadados brinquedos novos que foram doados para entidades da região. A caminhada encerra um ano de muito sucesso para o Dr. Thiago Ferreira Lima que abriu as portas do seu novo espaço na Rua Brasilia, no Gonzaga em Santos e promete ainda mais novidades para 2014.

127


Giro Cultural // Social

Roseli Andrade 40 anos A médica Dermatologista Dra. Roseli Andrade colocou suas pérolas assim como a roupa branca na gaveta e recebeu um seleto grupo de amigos e familiares no elegante Terraço Itália, na capital paulista. Em tons de vermelho, Roseli celebrou os 40 anos com muito estilo e animação. A festa foi até altas horas e certamente foi inesquecível tanto para a médica como para os convidados.

Roseli Andrade

Juliana Saturnino completou o primeiro ano da sua J&J Boutique com uma festa deliciosa lá mesmo no espaço que fica no Vistamar Premium Offices. Na noite de coquetel rolou também desfiles de moda íntima feminina e a novidade, moda íntima para eles. Desejamos cada vez mais sucesso a todos os envolvidos no projeto. 128


Casamento Thais e Roberto Santini foram os protagonistas do casamento do ano Mais de 400 convidados foram ao Vasco da Gama prestigiar os queridos amigos na festa que foi até às 6 da manha!!

Taís e Roberto Santini

Jantar por uma boa Causa A Causa é sem dúvida a festa mais esperada do ano na cidade. Comandada por Luiz Alca, que reune mais de 1.500 pessoas no Mendes Convention Center,  a festa é totalmente beneficente e ajuda as familias dos protadores do Virus HIV. A Causa é sem dúvida a festa mais esperada do ano na cidade. Comandada por Luiz Alca, que reune mais de 1.500 pessoas no Mendes Convention Center,  a festa é totalmente beneficente e ajuda as familias dos protadores do Virus HIV.

Vagner Bartié e Luiz Alca de Sant´Anna

129


Giro Cultural // Política

Diversidade é bom e faz bem

A

porque não se parece com a gente, não pensa como a gente, não age como a gente, não acredita nas mesmas coisas que a gente.

Somos responsáveis por valorizar a diversidade em nossas vidas. Somos muito pequenos no universo, mas também cada um de nós é um ser único. Cada um é uma das soluções que a vida encontrou dentro das muitas composições possíveis. Somos plurais e originais, sem igual em todos os tempos e lugares.

Há um padrão com base no qual julgamos quem é bonito, normal, sério, competente, confiável, honesto e correto? O padrão dominante para os homens nos faz acreditar que se for branco, masculino, heterossexual, adulto, sem deficiências, saudável, católico e magro, é alguém com quem a maioria das pessoas se identifica e alguém que reconhecem como pronto para nos governar.

diversidade é uma característica da vida. Sem ela, não há possibilidades e criação. A homogeneidade é morte, é impossibilidade, é o fim da vida. Cada um de nós é um entre sete bilhões de pessoas.

Estamos falando de todos e não de alguns. Você se vê assim e vê a todos os outros desta forma? Diversidade é essencial para a sociedade, mas temos dificuldades para colocar essa ideia em prática. Temos dificuldade em ver qualidade em quem é diferente 130

Todos que não são como o padrão dominante parecem ter menos valor na sociedade e merecer menos crédito ou confiança. Estas pessoas rejeitam o que são, sua origem, o que têm, o que podem, o que sabem. O inimigo não mora só ao lado, mas também dentro de si mesmo.

por

Taylor Matos

E como consequência, temos dificuldade em reconhecer qualidades em quem é diferente. Temos dificuldades em reconhecer a diferença como qualidade. Respeitar não é sumir com as diferenças, mas considerá-las para promover equidade. O princípio da equidade consiste em tratar de maneira distinta os que não se encontram em condições de igualdade, exatamente para que sejam construídas relações justas. A gestão da diversidade pode tornar nossas organizações mais dinâmicas e favorecer interações criativas com horizontes plurais, ampliando nossa capacidade de dar respostas aos desafios. Lidar com a diversidade nunca foi tão necessario. Não basta dizer não à discriminação, é preciso dizer sim à diversidade.


131


shop online at www.ellus.com

apresenta

Lindsey Wixson

Ellus shopping MiraMar | tEl.: 13 3288-3160

StudioBox #36  
StudioBox #36  

Oswaldo Pires

Advertisement