Page 1

www.revistastudiobox.com.br

Efeito

‘sanfona’ Acabe com esse pesadelo!

Carro

blindado Mais segurança no seu dia a dia

0 00 49 9 772176 249026

IS S N 2 1 7 6 - 2 4 9 X

A n o 1 2 Ed .4 9 R $ 1 5 ,9 0

a nova cara da

cozinha santista Dário Costa e Maísa Campos botam a mão na massa e são parte da mudança no cenário gastronômico de Santos 1


2


3


carta do editor

N

ão existe acaso e, diariamente, tenho provas disso. Se você está lendo este texto agora, certamente é porque o universo precisava te mostrar algo e o destino te trouxe até estas palavras. E algo vai te fazer pensar, refletir e até mesmo agir. Minha vida é uma sequência infindável de provas, vivo de coincidências, de acasos e de novas histórias escritas a partir disso tudo. Decepcionar-se acaba se tornando apenas mais um verbo na vida de quem vive. E recomeçar é algo que se conjuga com muita frequência por pessoas que não têm medo de se arriscar e mudar. Eu - como bom taurino que sou - preciso de um pouco mais de coragem para sair da estagnação e da monotonia da vida tranquila que insiso em querer construir. As pessoas que o acaso (ou destino) coloca em minha vida fazem com que eu tenha mais ímpeto para desbravar novos caminhos. Sair do trilho, romper a curva do óbvio e buscar aquele sonho mais escondido talvez seja o melhor remédio para a cura do câncer da sua infelicidade.

“Uma vez me disseram que sou forte, e parei pra pensar quando foi que eu decidi que ia ser assim. Nem reparei o momento em que blindei meu coração e determinei que certas coisas não o atingiriam mais, só sei que o fiz. E já passei por situações tão terríveis que quis morrer, mas suportei, me concentrando na ideia de que a dor sempre passa. E embora leve essa força aqui, a fragilidade a acompanha. Sou forte, mas choro. Não preciso esconder o que sinto, embora pareça mais seguro. Porque eu penso que a gente deve tentar, deve ir. Quem não vai não sente, não vive. Decidi: forte é quem não se esconde. Quem encara. Se já quebrei a cara por isso? Várias vezes. Mas acredito. Sempre! Não uma fé cega, mas esperançosa. Porque dentro de mim há sempre aquela mania de acreditar que todo mundo tem um lado bom. “Tem que ter algo bom, essa pessoa não pode ser essa merda toda”. Pode parecer loucura, mas eu penso com o coração. E coração não pensa. Quando vê, já foi. Já fui.” (Drica Serra - facebook.com/ameninaeoviolao)

Se der certo, vamos brindar. Se der errado, vamos chorar. Mas, o que importa é qual história vamos contar daqui a cinco, dez, vinte ou cinquenta anos. É disso que é feita a vida e é esse meu maior combustível. Nessa edição, contamos a história de pessoas que também saíram do conforto de uma vida linear e foram atrás do que lhes faz feliz. Você já tentou fazer isso? Pare de perder tempo e ‘bora’ ser feliz. Sucesso é questão de perspectiva e de história de vida. Reescreva a sua. Boa leitura,

Maycow Montemor Editor-chefe

mayco 4

wmon

temor


cia

2018

Todos juntos fazem um trânsito melhor.

SANTOS

Av. Campos Sales, 126 | Vila Nova | 13 3223.1353 ALPHAVILLE | SÃO PAULO | www.aktamotors.com.br 11 99240.4385 5


outono inverno 17

6

RUA EZEVEDO SODRÉ, 35 - BOQUEIRÃO, SANTOS


7


Leia online Locação SCA Santos Cenografia Leipzig Presentes Beleza Espaço Votre Fotografia Paula Castro

A revista Studiobox também pode ser lida em tablets e smartphones gratuitamente. Basta baixar o aplicativo Studiobox para iOS ou Android nas respectivas lojas virtuais.

Capa

Última edição

Fale conosco Nós queremos saber o que você acha de cada edição lançada, evento promovido e post publicado. Curta, comente, compartilhe ou nos envie um e-mail e ajude a deixar a Studiobox cada vez mais com a sua cara.

contato@revistastudiobox.com.br

Nossa última capa de 2016 (edição #47) foi sobre os empresários que se destacaram no mercado da cidade. Em um ano difícil para investimentos, eles souberam trabalhar para superar as adversidades. Parabéns a todos!

/studiobox

@revista_studiobox

@studiobox

Expediente M. Montemor Editora M.Montemor dos Santos Editora - ME CNPJ 09.400.313/0001-01 IE 633.675.615.111

8

Maycow Montemor Diretor

Juliana Justino

Av. Conselheiro Nébias, 703 conj.1810 Vila Rica - Santos/SP

José Carlos dos Santos

www.mmontemor.com.br contato@mmontemor.com.br (13)3028.1530

Léya Santana

Bruna Figo Paula Castro

Logística

Fotografia

Tesoureiro

Jornalismo, edição e diagramação


9


Índice :: studiobox 49

14

Reflexão

18

Arquitetura e Decoração

22 26 28 30 32 34 36 38 40 42

Juliana Abad

Ana Paula Gravina Crônica Clara Monforte

Divã Márcia Atik

Educação Regina Claudia Fuschinni

Reprodução assistida Por Mariana Rio

Imagem Ana Hirigoyen

Moda Masculina João Freire

Moda feminina Renata Bala

Beleza Claudio Piovesana

Festival Chilli Beans

64

Fitness Toni Rodrigues

Suplementação Luiz Fernando Miranda

66

Efeito ‘sanfona’

68

Marketing

70 72 74

Diego Martins

Direito Christiane Fatalla

Economia Vanessa Stelzer

Assessoria jurídica Paulo Faia

78

Carros blindados

80

Turismo

82 84

Eduardo Virtuoso

Vinhos Claudia Oliveira

Gastronomia Beth Teani

44

Santista na Cozinha

86

Anne Marie

54

Micropigmentação

88

#FalaBBHouse

90

Coluna Social

96

Aqui em Santos Tem

56 58 60

Por Juliana Justino

Dermatologia Dra. Roseli Andrade

Odontologia Dra. Rose Marques

Nutrição Maria Luiza Migotto

10

62

98

Daniela Muniz

Comer em São Paulo Maísa Campos


11


sca.com.br

TENDÊNCIAS QUE INSPIRAM TENDÊNCIAS.

Santos: 12 Rua Azevedo Sodré, 07 | Boqueirão | F: 13 3221.9142


13


foto: @okumura8071

reflexão

“A verdadeira medida de um homem não se vê na forma como se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas em como se mantém em tempos de controvérsia e desafio.” Martin Luther King

Quer ver sua foto publicada aqui? É só publicar uma foto de Santos no Instagram com a hashtag #revistastudiobox e torcer para ser a escolhida.

14


Um elogio, um sorriso, um olhar. Quantos segredos estão por trás da sua saúde e beleza?

Elixir Antiox

Elixir Beauty

Elixir Digest

Elixir Slim

Elixir Osteo

Elixir Vita

Conheça Elixir, a marca do Mundo Verde que ajuda as mulheres a se cuidarem.

Exclusividade

O cuidado por trás da beleza. Descubra mais sobre Elixir e encontre a loja mais próxima em

mundoverde.com.br

SANTOS Rua Doutor Epitácio Pessoa, 6 Boqueirão - Santos - SP (13) 3307-5556

MIRAMAR SHOPPING Rua Euclides da Cunha, 21, Loja 86 Gonzaga - Santos - SP (13) 3394-2875

/euamoomundo @mundoverde_brasil 15 /mundoverdeoficial


16


17


arquiteta

Casa de praia

Manutenção: com a casa pronta, programe uma manutenção constante durante o ano. Assim, as coisas não acumulam e você pode curtir a casa sempre que quiser.

A primeira coisa a analisar é: qual será o uso desta casa? Qual é o seu sonho? Relaxar e ter paz, curtir com a família, receber os amigos? Isto tem que estar claro no desenvolvimento do projeto. Imagine uma casa imensa, cheia de quartos e áreas de lazer, para você e sua família, que não gostam de receber. Terá muita manutenção e pouco uso. E pronto, está criado o pesadelo. Grande e ampla ou pequena e aconchegante, o que importa é a casa ter a função e o uso adequados ao seu estilo de vida. Não pense que será fácil. Surgirão problemas durante a obra, você terá que tomar decisões e fazer escolhas para adaptar o seu sonho ao seu orçamento. Mas quando projeto estiver finalizado e você começar a curtir a casa, tudo fica para trás. Aí sim, você criou um sonho.

É importante lembrar que todos estes itens são apenas diretrizes. Não há receita da felicidade e nem uma regra para não ter aborrecimentos durante a execução ou durante o uso.

Então chegou a hora de arregaçar as mangas, juntar suas economias e investir nesse sonho. No próximo verão você já estará curtindo seu cantinho, pensado para as suas necessidades!

sonho ou pesadelo?

O

verão acabou e mais uma vez você não concretizou o sonho de ter ou reformar a casa de praia. E quando você começar a pesquisar, vai encontrar reportagens com essa pergunta e opiniões variadas, umas de encantamento, outras nem tanto e várias desastrosas. Alguns itens são indispensáveis para o seu refúgio praiano ficar impecável: Estilo (rústico ou design): referências ao universo de praia são bacanas, mas isso pode - e deve! - ser agregado ao seu estilo. Cor: é o momento de ousar! Pode até ser em pequenos detalhes ou pinceladas de cor. Móveis: invista em materiais práticos e fáceis de lavar, como tecidos impermeabilizados e fibras sintéticas.

18

arquitetura e decoração

Juliana Abad

Revestimentos: práticos e funcionais. Áreas integradas: ambientes amplos e multiuso, que promovam interação. Quartos: a prioridade é o conforto, sem muitos móveis e armários suficientes. Área de lazer: aproveite áreas externas com churrasqueira, salão de jogos, piscina ou um terraço com rede.


19


arquitetura e decoração

Por Juliana Justino

ana paula gravina A designer de interiores une sofisticação e funcionalidade em seus projetos para tornar os sonhos de seus clientes possíveis

C

arinho e atenção aos detalhes podem fazer toda a diferença em um ambiente. Deixar tudo mais funcional, bonito e adequado ao gosto do cliente é uma das atribuições do Design de Interiores, área que tem crescido bastante em Santos e região, tanto em projetos residenciais como corporativos. Ana Paula Gravina é formada pela Escola Panamericana de Artes (EPA), apaixonada por design e por interiores e encontrou sua realização profissional unindo as duas paixões no Design de Interiores.

22

Ela começou na área ajudando um construtor na escolha de revestimentos e acabamentos de suas obras, sem compromisso. “Depois fiz um curso prático e adquiri um pouco de técnica e conhecimento para realizar mais alguns trabalhos. Fui me interessando cada vez mais e sentindo a necessidade de obter cada vez mais conhecimento, alpem de ter outras experiências na área”, conta Ana Paula, que começou então a trabalhar em uma loja de móveis convencionais e se apaixonou de vez pelo design de interiores.

A designer acredita que o diferencial do seu trabalho, assim como de qualquer bom trabalho, é o total comprometimento com cada um dos projetos que realiza. “Cada projeto é elaborado com muita atenção às necessidades e sonhos de cada cliente, por meio de muita pesquisa e dedicação”, afirma. Assim, com o seu trabalho de design de interiores, ela consegue desenvolver e transmitir ao projeto a personalidade e estilo de vida de cada cliente, criando espaços com funcionalidade, praticidade e harmonia.


E é isso que, a cada projeto, a deixa mais apaixonada e satisfeita. “Posso dizer que sou muito realizada profissionalmente e que cada projeto é um aprendizado novo”, ressalta a designer. “Acredito que todos os trabalhos que realizo tenham seu destaque, pois cada projeto tem sempre um diferencial, um desafio, uma nova experiência, dessa forma todos acabam sendo únicos e especiais para mim”, completa. Com tudo isso, quer saber qual é a parte do trabalho que ela mais gosta? “Superar as expectativas dos clientes, tornando possíveis seus sonhos”, pontua Ana Paula. O processo criativo da designer é dividido em três etapas, que fazem a gente até acreditar que é um trabalho simples. Primeiro, ela identifica a base essencial - as necessidades - para chegar no objetivo desejado. Em cima disso, pensa em ideias e soluções e, por fim, torna essas ideias e soluções factíveis.

E é nessa etapa - de tornas as coisas factíveis - que Ana Paula gosta de trabalhar com móveis planejados, que ela incorpora em seus projetos.

“Planejados resolvem desafios com melhor aproveitamento e adequação dos espaços, organizando e decorando os ambientes”

“Os móveis planejados resolvem desafios com melhor aproveitamento e adequação dos espaços, organizando e decorando os ambientes. Podendo ainda integrá-los ou até mesmo dividí-los com uma aparência mais sofisticada, padronizando e personalizando a mobília”, explica. Um exemplo é um projeto de Ana Paula com estilo contemporâneo que traz ambientes sofisticados, traduzido na personalidade dos clientes e na escolha de materiais e mobiliários. Foram utilizados produtos SCA em praticamente todos os ambientes, pela variedade de acabamentos em cores e texturas, e seu conceito inovador. “Uma peça chave do projeto é o balcão em Slimstone retroiluminado na varanda, que destaca o desejo do morador em ter um espaço de descontração, integração e sofisticação para receber os amigos”, ressalta a designer. 23


24


25


Clara Monforte

crônica

advogada, colunista social e escritora

amor

é dar ou recusar?

G

oethe dizia: “O verdadeiro amor é aquele que permanece sempre, se a ele damos tudo ou lhe recusamos tudo”. Será? Existe amor que resista à recusa total? Ao ler isso, pensei: “Como assim? Dando ou recusando tudo se constrói um grande amor? Como sustentar o amor sobre negativas?” A análise vem à cabeça como uma bomba que explode nas guerrilhas ou uma avalanche de água fria que inunda o coração. Jamais alguém, senão quem acreditou nesse pensamento, seria capaz de imaginar um amor desenhado com uma recusa total do afeto ou da admissibilidade de verdadeiramente estar amando ou, pelo menos, apaixonado. Darmos tudo, o melhor de nós, quando amamos é mais do que natural. O ser humano é frágil quando trata das 26

armadilhas do coração. Pensamentos diários, imagens como uma incrível arquitetura mental, projetos mirabolantes, saudade, dores, prazeres ocultos, sentimentos confusos, batimento acelerado dentro do peito, mãos geladas, intrépidas provocações... É o que chamamos de normal, quando há amor. Não há como recusar ou negar todas as sensações que fazem parte de algo real que grita, salta do olhar, faz calar as palavras, que quando por perto acalenta, envolve, satisfaz e faz sorrir. Ora, na cabeça e no peito de alguém que acredita nessa possibilidade, a ponto de descrevê-la e a divulgar, por certo é válida. Só pode ser. Mas, que triste sofrimento, que solidão, que perda de tempo e sentido pela vida. Quanta instabilidade e imaturidade!

Será? Ou quem assim consegue viver é maduro demais? É sofrido o suficiente para não se entregar? É tão inseguro que finge para si próprio não acreditar no amor, na paixão ou no prazer? Sabe-se lá. É preciso parar de questionar e responder: é claro que não deve ser fácil conviver com esses ‘fantasmas’ que pairam, corroem e sufocam aquilo que poderia lhes fazer o bem e lhes preencher a alma. A recusa ao amor é o mesmo que pairar sobre nuvens densas, soltas, sem destino ou razão para chegar a alguma conclusão. A recusa ao amor é navegar em um oceano sem fim, até morrer afogado nas ondas que escolheu. A recusa ao amor é ter dúvida sobre a própria existência, sobre ser ou não ser, sobre querer ou não querer, sobre se entender ou, sequer, saber se definir. É optar por sorrir quando quer chorar... É partir querendo chegar! Nada disso vale a pena. Prefiro pedir desculpas e discordar de Goethe. E dar tudo a um verdadeiro amor assumindo a existência plena, alegre e realizada!


27


Márcia Atik

divã

psicóloga

aprenda a ser feliz

P

artilho uma história que, apesar da dor, transmudou-se em nova possibilidade dando margem para a criatividade e a construção de uma linda poesia. Nossas avós diziam e nós diremos aos nossos netos: o tempo, muito mais do que curar, faz com que nos fortaleçamos. E é uma verdade absoluta. Helena* se sentia pequena e abandonada, com profunda dor pelo término de um casamento de 25 anos e pela surpresa da ida dos filhos para morar com o pai, provavelmente pela segurança financeira, e em cada encontro com eles revivia a dor. Um dia, sem muitas expectativas, Helena estava feliz em um reencontro de amigas e dá de frente com aqueles que não souberam entender seu amor. 28

Por obra de alguma força interior, surpreendentemente, mostra-lhes o que tem de melhor: seu sorriso, sua alegria e sua leveza diante da vida. E o milagre se fez! Os filhos, distantes afetivamente, acolheram-na, com beijos e abraços, e o ex-marido, que se via como o escolhido, se fez pequeno, envelhecido e atrapalhado. Essa história, com o afeto obscurecido pelas circunstâncias, é comum na sociedade do espetáculo em que vivemos. E vejo com alegria que está dando lugar às manifestações sinceras e verdadeiras. Helena, poeta que andava sem inspiração, pariu uma bela poesia que traduzia seu estado de espírito. Transcrevo aqui, pela constatação que dela exala a força e a certeza de que os medos são construídos por nós mesmos.

Basta ter a força do desejo de vida, para que possamos subir ao nosso altar e sermos vistas com grandeza.

Vitoriosa Fétida figura que meu coração não mais acusa Alquebrantado ser na sua sórdida mesquinhez Apopléctico restou ante a demonstrada altivez Triste foi a cena que sem ensaios protagonizou Cálida postura, a sorrir, a sua empáfia dilacerou. Murmúrios inaudíveis sua garganta dizer ousou Mas diante da esfinge, baixou os olhos e parou. Prazer dos poros transpirava a suave e meiga rosa Dorso altivo e confiante fez calar o mundo em volta Magnífico e ansiado momento, celebrou a reviravolta. Em tempo, todos podem ser vitoriosos nos medos e limites, basta que tenha decisão e atitude. Isso é ser feliz.


29


Regina Fuschini

Educação

pedagoga

participação

da família é essencial

A

s consequências da participação da família na educação de crianças e adolescentes são muito relevantes para o bom desenvolvimento escolar. O que esta afirmação representa para o dia a dia dos pais e, respectivamente, para seus filhos? Significa que o engajamento da família com a escola é essencial para melhorar o desempenho escolar de seu filho. Com tantas informações, tecnologias e cobranças, os pais, ao valorizarem os professores, as atividades propostas pela escola e o conhecimento propriamente dito, passam a demonstrar a seus filhos que se importam com o que eles estão aprendendo. E, assim, participam mais das atividades escolares, passando uma importante mensagem a eles: a de que valorizam a Educação! 30

Um dos assuntos sempre levantados pelos pais é a lição de casa. Como fazer? Como ajudar? Como cobrar? São preocupações constantes e importantes, mas a família deve ter certa cautela aos seus limites. A lição que é designada para casa, de uma forma ou de outra, já foi dada em sala de aula e, portanto, será a maneira pela qual o professor conseguirá saber se o conteúdo foi assimilado ou não. Por isso, o ideal é acompanhar e incentivar o aluno a não desistir nas primeiras dificuldades, mas evitar a tentação de dar as respostas ou de ensinar o conteúdo da atividade. As dificuldades virão e são importantes para o processo de aprendizagem! Se os pais interferem, eles podem interromper a estratégia do professor

de checar o desenvolvimento da autonomia do aluno. Por exemplo, com crianças pequenas: os pais devem auxiliar na leitura se for o caso, na interpretação de um enunciado, cabendo aos pais a tarefa de ‘ajudar’ e nunca de responder a questão proposta. Isso demandará paciência e interação com a criança e seus estudos. Outro ponto importante sobre a lição de casa é proporcionar condições para que a criança cumpra seus deveres com concentração e tranquilidade. O ambiente onde serão executadas as tarefas deve ser um cantinho organizado e silencioso, longe de objetos eletrônicos ligados a fim de que a concentração da criança seja realmente alcançada. Quando este contexto familiar é atingido - a participação dos pais nas tarefas e um ambiente adequado para a realização das mesmas - esses hábitos se tornam rotina. E, dessa forma, a importância que a família dá para a Educação ficará cada vez mais clara para as crianças.


31


Comportamento

reprodução assistida Mulheres que vão em busca do sonho de ser mãe Por Mariana Rio

N

é possível realizar inseminação intrauterina, atuando na estimulação ovariana - quando os espermatozoides selecionados são colocados no interior do útero.

A médica ginecologista e especialista em reprodução humana da clínica Pró-Genesis, Aparecida Waleska de Carvalho, afirma que a procura pelo tratamento tem aumentado.“Uma das causas é a infertilidade, que cresce a cada ano. Aproximadamente dois em cada dez casais são inférteis”, comenta.

Nos casos de alta complexidade, uma das técnicas é a injeção intracitoplasmática de espermatozoides. “É a mais utilizada, disponível desde 1994, e consiste na colocação de um espermatozóide dentro de cada óvulo. Estes espermatozoides são obtidos por masturbação na sala de coleta na clínica no mesmo dia da captação dos óvulos”, diz. Outra técnica é a fertilização in vitro, na qual a colocação dos espermatozoides é feita pelo contato direto com os óvulos em uma incubadora, para que ocorra a fertilização.

Segundo a especialista, o tratamento pode ser dividido em baixa e alta complexidade. No primeiro caso, existe a opção da indução da ovulação com coito programado: estimulação leve da ovulação e orientação do momento apropriado para ter relações sexuais. Além deste método, também

O tratamento de fertilização in vitro começa com a estimulação dos ovários, seguida de acompanhamento do desenvolvimento folicular. O processo termina com a transferência de embriões, que já foram desenvolvidos com os gametas dos pais em laboratório, para o útero

o Brasil, o número de pessoas que recorrem a tratamentos para engravidar cresce, também devido às diversas possibilidades que a medicina oferece, como o método da reprodução assistida (R.A), um conjunto de técnicas para viabilizar uma gestação eficaz e saudável.

32

da paciente. “Este procedimento é simples, indolor e sem necessidade de anestesia. Depois de 12 dias da transferência pode ser realizado o teste de beta gonadotrofina coriônica humana ou HCG, que equivale ao hormônio da gravidez ”, explica. A especialista ressalta que o número de embriões a serem transferidos depende da idade do paciente. Portanto, até 35 anos, vale no máximo dois embriões; de 35 a 40 é permitido disponibilizar três embriões e acima de 40 anos é liberado o uso de quatro embriões. E um alerta! O tratamento de reprodução assistida é contraindicado para pacientes com carcinoma ovariano, uterino e tumores do hipotálamo ou da glândula pituitária. Outra ressalva é que as taxas de gravidez estão relacionadas com a idade da paciente. Para mulheres com até 35 anos, a possibilidade por tentativa oscila entre 40 a 50%, de 35 a 40 anos a taxa é de 35% e para pacientes acima de 40 essa taxa cai


para 10% por tentativa. “Com a última normativa do CRM, as pacientes acima de 50 anos, não podem fazer o tratamento”, exalta. Vale ressaltar que alguns cuidados são imprescindíveis para uma gestação saudável: dieta balanceada, suplementação com ácido fólico e vitamina D, perda de peso - se necessário - e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, cigarro ou drogas. Além disso, alguns exames laboratoriais devem ser realizados, como sorologia para sífilis, AIDS, hepatite, toxoplasmose, rubéola e citomegalovírus, ultrassonografia transvaginal e ‘papanicolau’. “As técnicas de fertilização hoje são acessíveis à maioria da população. Existem vários programas, onde pacientes de baixa renda conseguem desconto significativo. Um desses é o Programa Acesso. A clínica PróGenesis faz parte desse programa junto com o laboratório Merck Serono”. A médica ginecologista recomenda ainda que durante o tratamento,

principalmente depois da transferência do embrião, é necessário repouso absoluto, pelo menos nos primeiros quatro dias. Ela também sugere que todos os medicamentos utilizados neste período devem ser prescritos pelo médico, não usando de foram alguma medicação por conta própria. Para as praticantes de exercícios físicos, pode haver desconforto na fase inicial. Por isso, é bom evitar impactos, e também a exposição ao sol, que pode causar manchas na pele pelo uso dos hormônios. “A duração do tratamento é de aproximadamente 20 dias, desde o início da indução até a transferência dos embriões”. A fotógrafa Ana Rente já se submeteu a este procedimento e conta que tomou a iniciativa após uma gravidez tubária. Depois disso, passou por diversos médicos ginecologistas que a indicaram a fertilização in vitro. “O processo é bem invasivo. Tomei muitas injeções de hormônios, aplicadas por mim mesma. Eram três por dia - uma na barriga e duas nas

pernas - durante 30 dias. Essa parte do tratamento é a mais complicada, porque além de doer, a região fica inchada. Mas, diante de um sonho, tudo vale a pena”, relata. Ana confessa que o maior desafio para ela, e para outras mulheres que também passaram por essa situação, é controlar a ansiedade na hora de receber o resultado. Ela diz que a expectativa é muito grande, pois há todo um investimento para isso, sem falar na parte psicológica que fica nitidamente abalada. “O médico que fez meu procedimento pediu três meses de pausa para reiniciar o tratamento, porque não tinha dado certo. Porém, por sorte, no mês seguinte fui surpreendida com uma gravidez natural. Tive um menino lindo chamado Pedro que nasceu com uma cardiopatia de alta complexidade. Acredito que quando temos um sonho, tudo a vale a pena para irmos em busca dele. Não me arrependo de nada que fiz e faria tudo novamente se precisasse”, finaliza.

.: 4733:.


Ana Hirigoyen

imagem

consultora de imagem

Misturando estampas

S

e misturar duas ou mais cores um um look já gera dúvidas, imagine então quando a proposta é misturar estampas e padronagens!

Vou mostrar para vocês que não é preciso ter um estilo muito ousado ou vanguardista para incorporar este mix nos looks do dia a dia! Todos podem tentar, então vamos às dicas: Aposte nos clássicos: Muita gente confunde estampa com padronagem, mas são elementos distintos. O que é conhecido por algumas pessoas como ‘estampas clássicas’ são, na verdade, padronagens: listras, bolinhas, piedde-poule e xadrez. Por serem clássicos da moda, estas são as mais fáceis de combinar. 34

Então, misturá-las é uma escolha com poucas chances de erro, principalmente se as cores forem neutras, como preto, branco, marinho, cinza e bege. Pode ir sem medo de ser feliz! Estampas de mesma cor: Misturar duas estampas coloridas é um risco, mas uma dica que ajuda a tornar a escolha mais assertiva é optar por estampas que tenham um tom em comum. Esta dica serve para estampas com vários tons ou aquelas em que há apenas um tom predominante. Equilíbrio de proporções: Se está usando uma peça com uma estampa muito exagerada, combine-a com uma estampa mais discreta. Não é errado misturar duas

estampas muito ousadas, mas buscar o equilíbrio entre elas sempre reduz as chances de erro. Estampa nos detalhes: Os acessórios são proporcionalmente menores que uma peça de roupa. Por isso, há mais sutileza no visual do mix de estampas quando uma das peças estampadas é um acessório. Pode ser um lenço, uma bolsa ou um sapato, por exemplo. Misture os temas: Seguindo as dicas acima, uma combinação que pode ser interessante é escolher duas estampas de temas distintos. Junte animal print e estampa gráfica, estampa étnica com padronagem clássica, e assim por diante. Mas, atenção! Os elementos da estampa - tamanho, formas e cor de fundo - podem aumentar ou afinar a silhueta. Então, conhecer seu tipo de corpo e saber como destacar alguma parte do corpo ou algum aspecto da personalidade é essencial para usar as diferentes estampas a seu favor!


EGO

Primeiro, você segue a tendência. Depois, os elogios seguem você.

35


consultor de moda e coolhunter

see now buy now

E

m um mundo da rapidez digital, compras on-line e entregas em poucos dias, surgiu o conceito ‘see now, buy now’ (veja agora, compre agora), que está invadindo o mercado da moda. No Brasil, o início foi na SPFWN43, com as marcas já adotando esse formato de vendas. Claro que nem todas as grifes tradicionais se adaptaram à nova proposta. Nesta edição, nomes conhecidos como Glória Coelho, Reinaldo Lourenço, Ronaldo Fraga e Valdemar Iódice não integraram o lineup do evento por não conseguirem se adaptar ao conceito. Nesse sistema, o tempo entre os desfiles e a chegada das peças às lojas se torna quase imediato - diferentemente do modelo antigo: o que se vê na passarela só chega às lojas seis meses depois.

36

Esse método evita cópias antes do lançamento e também estimula mais as vendas, pois o desejo de ter as peças ainda está na cabeça dos compradores. É um fenômeno controverso e que vai render muito debate. Os críticos enxergam na dinâmica algo nocivo, principalmente para marcas sem grande infraestrutura, que poderiam ser engolidas pelas maiores. No cenário internacional, a Paris Fashion Week já se posicionou contrária ao modelo e grifes como Dior e Chanel também. A opinião dos que estão contra é de que não há tempo hábil para antes dos desfiles terem a coleção pronta para venda com a mesma qualidade de fabricação. Os produtos levam meses para ficarem prontos após os desfiles, demandam processos handmade, com matérias-

moda masculina

João Freire

primas exclusivas e escassas. Além disso, há o trabalho editorial e jornalístico para divulgação e o tempo para os varejistas fazerem seus pedidos. Várias grandes grifes já adotaram esse sistema, e outras estão anunciando para o futuro. Mesmo com o novo cenário, acredito que algumas marcas vão conservar sua crença. O entendimento das características de cada marca, produtos e suas particulariedades de produção vão continuar sendo bem vistos por quem consome e entende o seu valor. Acredito que para garantir maior sucesso nas vendas, as marcas devem sempre atender os desejos dos consumidorese e buscar se adaptar às novas demandas. Em uma era onde a competitividade aumentou drasticamente, as grifes que não apresentarem maneiras de consumir imediatamente, seja por meio das tecnologias, com aplicativos de compras e e-commerce, ficarão para trás. O conceito ‘see now, buy now’ estimula a comprar o fresco, o novo. E você, o que acha desse sistema?


Levamos informação, entretenimento e cultura para Anas, Brunos, Sandras, Zenaides e milhares de pessoas. São elas que fazem nossa audiência aumentar a cada dia. Esse sucesso é real. É verdadeiro. A gente cresce há 15 anos. Mas o que aumenta mesmo é o nosso orgulho.

DSPA

Nosso agradecimento vai da aninha atÉ a zENAide.

VTV. HÁ 15 ANOS CRESCENDO DE A A Z

ANINHA, ADORA ASSISTIR BOM DIA & CIA

ZENAIDE, NÃO PERDE O RATINHO

facebook.com/redevtv

@redevtv

redevtv

37

www.vtv.com.br


blogueira e fashion lover

veludo molhado tendência suprema no inverno

E

le é chic, se bem colocado e combinado, e foi moda nos anos 70 e depois nos 90. Tirou um longo período de férias, mas voltou para brilhar como sempre brilhou. O veludo molhado é um sucesso e a grande aposta para o outono/inverno 2017. Além de ser puro luxo, o material também é extremamente versátil, podendo aparecer em looks casuais, descolados e até mais elegantes. Sem contar que é extremamente confortável e cheio de atitude e brilho. Outro ponto a favor deste hit é que, apesar de ser um tecido com fama de pesado e próprio para dias frios, a realidade agora é outra! Ele aparece em sleep dress, regatas e saias que podem ser usadas a luz do dia e em dias menos frios sem problemas.

38

O veludo molhado realça os movimentos e dá textura à produção. Apresenta-se em várias versões, com leveza em alguns momentos e um belo revival em estruturas e alfaiatarias como nos blazers. Ele é perfeito para o clima brasileiro, levando alma e atitude ao look de homens e mulheres. O tecido aparece em blusas, saias, pantacourts e vestidos, além de acessórios como bolsas, clutchs, sapatos, sandálias e botas. O nível mais avançado e ousado da escala fashionista talvez sejam os conjuntos no tecido com calça e paletó.

moda feminina

Renata Bala

2) Evite peças de veludo molhado muito justas, pois elas acabam com o glamour da peça. Sensualidade deve estar presente na medida certa; 3) Aproveite a versatilidade do tecido e brinque misturando outras tendências e texturas, como seda, transparências, rendas, peças esportivas e jeans; 4) As cores-desejo deste tecido são verde militar, esmeralda, marrom, rosa queimado, azul e rubi; 5) Lembre-se de que este tecido tende a brilhar e chamar a atenção, então use em áreas do corpo que queira destacar; 6) Cuidado na hora de combinar os acessórios, como sapatos, sandálias, botas e bolsas. A mistura pode ser perigosa.

Algumas dicas são valiosas na hora de escolher e desfilar sua peça neste tecido tão peculiar e atemporal:

Pode apostar sem medo! Eu amei e sou super fã deste tecido, mesmo quando utilizado apenas em detalhes.

1) Use oupas mais soltinhas para que tenha movimento e mostre a que veio;

Uma dica extra: fica maravilhoso combinado com renda! E você, curtiu?


39


Claudio Piovesana

beleza

cabeleireiro e maquiador

beleza

nos extremos

M

ãos e pés geralmente são as partes mais esquecidas na rotina de beleza. Um erro, pois mãos envelhecidas e pés ressecados podem acabar com a elegância de qualquer um. É vital manter a mãos tão hidratadas quanto o rosto. Imagine uma atriz de Hollywood, toda arrumada em um red carpet, com o calcanhar cheio de rachaduras aparecendo em uma sandália Christian Louboutin? A mão é a parte mais exposta no nosso corpo, e mesmo assim esquecemos de cuidar delas. Qual foi a última vez que você lembrou de aplicar protetor solar nas mãos? Proteção solar diária é essencial em um país tropical como o nosso. O ideal, inclusive, seria reaplicar ao longo do dia. Mas, quem lembra? 40

Antes de dormir, aplique um hidratante – os melhores são os que levam manteiga de karité ou óleos, como coco ou amêndoa - e capriche ao aplicar nas cutículas. Isso facilitará muito na hora da sua manicure. Um cuidado para se ter em casa é comprar uma caixa de luvas descartáveis e usar ao lavar a louça. Nada agride mais as mãos do que detergente. Incorpore as luvas ao seu dia-a-dia e veja a diferença! Já para os pés, uma dica fantástica é adquirir o hábito de fazer escalda-pé. Um ritual simples que, além de ajudar a relaxar, promove hidratação e diminui o inchaço na área. Pode ser só com água quente, pode colocar um pouco de sal ou algum produto especial. Tem uns com aromas que são uma delícia! Após 10 minutinhos na água, aproveite para esfoliar os pés. Há diversos produtos

especializados, mas algumas receitas caseiras são bastante conhecidas e eficientes. Pense na receita da vovó que levava mel e açúcar. Usar um hidratante poderoso antes de dormir também pode fazer maravilhas em um curto espaço de tempo. Besunte os pés e durma com meias para potencializar o resultado. Outra dica essencial é visitar a podóloga com regularidade. Só um profissional pode evitar calosidades e unhas encravadas. E nem pense em resolver a questão de unhas encravadas em casa. Muito menos cortar calos, por favor! No verão, não esqueça do protetor solar nos pés, enquanto estiver na praia, piscina ou usando sandálias. E tanto nas unhas das mãos quanto nas unhas dos pés, não fique um longo período sem trocar o esmalte. As unhas ficam enfraquecidas e começam a descamar. Agora a última - e mais manjada - dica de beleza: beba muita água. Esse líquido milagroso faz maravilhas para o corpo todo!


Textura www.evolus.com.br

13 3222.4973 Rua Mato Grosso, 404 BoqueirĂŁo | Santos - SP @evolusbrasil

@Évolus Brasil

41


Moda e beleza

Por Juliana Justino Fotos: Ignacio Aronovich

festival chilli beans

recebe mais de duas mil pessoas e sacode Atibaia

Evento no Tauá Hotel contou com a presença de Emicida, João Pimenta, Kéfera e Anitta nos três dias de confraternização no interior de São Paulo

A

conteceu em Atibaia, interior de São Paulo, na última semana de março, o Festival Chilli Beans, no Tauá Hotel. O evento recebeu mais de duas mil pessoas nos três dias de confraternização e contou com participações especiais como Emicida, Anitta e Kéfera.

No primeiro dia, as festas foram comandadas pelo DJ Dre Guazzelli e Venga Venga. Durante o ritual de abertura do festival, um óculos gigante foi queimado, sendo transformado em uma enorme fogueira, no intuito de renovar as energias para 2017.

Kéfera

42 .: 42 :.

No segundo dia do evento, a convenção da Chilli Beans apresentou para a rede e convidados os próximos passos da marca neste ano. Dentre as novidades, as parcerias com o estilista João Pimenta, a atriz e youtuber Kéfera e os cantores Emicida e Anitta.

Anitta

Emicida


Babi Gama, sócia das franquias da Chilli Beans na Baixada Santista, conta que a troca do cruzeiro pelo festival ofereceu uma vivência única.

Ela ainda completa, dizendo que “esse é um dos grandes diferenciais da Chilli Beans: saber como poucas marcas como conectar pessoas”.

“Saímos do navio e subimos a serra, trocamos o sol quente pelo friozinho para proporcionar mais uma experiência inovadora para nossa galera. Ver a fogueira em formato de óculos queimar abrindo o festival foi emocionante. Festa cigana com todos customizados e pool parties incríveis. A vontade era de que nao acabasse mais”.

Para encerrar o evento com chave de ouro, quem estava presente pode curtir os shows das bandas covers Kiss, Gus N Roses, Michael Jackson e Charlie Brown Jr, no palco Rock in Covers. A pool party foi até o amanhecer com os DJs Diego Fragoso e DJ Garcia.

Para ela, o destaque das atrações foi o cantor Emicida, que ficou no palco por muito mais tempo do que o programado e deixou a galera eufórica com suas letras de cunho social e político.

A Chilli Beans iniciou suas atividades no final dos anos 90, sob o comando do empresário Caito Maia. Vinte anos depois, se consolida como a maior rede especializada em óculos escuros da América Latina. A empresa tem mais de 700 pontos de venda, incluindo Brasil, Portugal, Estados Unidos, Colômbia, Kuwait, Peru, Chile, México, Tailândia e Caribe.

Babi destaca que esse tipo de evento promovido pela Chilli Beans é fundamental para manter a motivação e o engajamento de todos. “Compartilhamos as missões programadas para 2017, celebramos juntos as conquistas do ano que passou e mostramos aos nossos convidados o espírito que move a marca”, explica a empresária.

Dre Guazzelli

Sobre a Chilli Beans

Tendo o fast fashion como plataforma de negócios, com lançamentos de 10 novos modelos por semana, a Chilli Beans foi pioneira no conceito de ótica self-service, que permite ao cliente manusear e experimentar os produtos, e também a primeira marca

Babi Gama e Lilian Ponte Oliva do segmento a inaugurar uma máquina de customização, que permite que o cliente fabrique seus próprios óculos. Recentemente, Caito Maia, presidente da Chilli Beans, contou a história de sucesso da marca na Harvard Business School. Para saber mais, acompanhe o Instagram @chillibeansoficial SAC Chilli Beans: 0300 555 0300 Facebook: facebook/ChilliBeansBR Instagram: @chillibeansoficial www.chillibeans.com.br

43


matéria de capa

Locação SCA Santos Cenografia Leipzig Presentes Beleza Espaço Votre 44


santistas na cozinha Maísa campos e dário costa Chefs santistas mostram que participar de um reality show muda a vida, mas não para por aí Por Juliana Justino

S

e temos representantes da nossa cidade em um programa de TV, não tem como não se empolgar e torcer muito para que cheguem longe na competição e na vida. E, é claro, para que tragam os conhecimentos adquiridos de volta para a nossa terra. Assim, todo mundo sai ganhando! Foi o que aconteceu com Maísa Campos, que venceu a primeira temporada do programa ‘Cozinheiros em Ação’, do GNT, e com o chef Dário Costa, finalista da primeira temporada do Masterchef Profissionais, da Band. Conversamos com os dois sobre a participação nos programas, o amor pela cozinha e a gastronomia santista. Os jovens cozinheiros - os dois têm

Fotografia Paula Castro

29 anos - estão cheios de novidades e vontade de inovar pelas terras santistas!

MAÍSA CAMPOS Revista Studiobox - Como a cozinha surgiu na sua vida? Maísa Campos - Eu cozinho desde pequena, aos dez anos já me arriscava na cozinha e adorava preparar pratos salgados. Desde aquela época já gostava de cozinhar arroz, feijão, farofa, saladas... um pouco de tudo! Mas a sua primeira escolha profissional não foi a gastronomia. O que você fazia antes? Não, eu me formei advogada aos 22 anos. Saí de casa para estudar aos 18 e fui viver em outra cidade, em Campinas. Cursei direito e acreditava que me tornaria defensora pública federal.

Eu estudei para o concurso por um período de quase três anos com doze horas de estudos diários. E o que mudou? Uma amiga, que conhecia minha paixão pela cozinha, me inscreveu no primeiro reality show culinário do Brasil, o ‘Cozinheiros em Ação’, comandado pelo chef francês Olivier Anquier no GNT. Como foi participar do programa? Eu competi ao lado de 17 participantes de todo o Brasil. Dormíamos em um hotel ao lado do estúdio e gravávamos em um sistema muito doido, por quase 15 horas todos os dias. Foi a minha maior loucura já vivida até hoje. E depois de toda essa loucura, você ainda venceu o programa. 45


Após dias sem voltar para casa e vivendo a adrenalina de participar de um reality show, venci o programa. Foi incrível, e foi quando resolvi abandonar o sonho da defensoria pública e me dedicar totalmente à cozinha. Para isso, abri meu próprio negócio: um ateliê de cozinha. Dou aulas de culinária para turmas de alunos maravilhosos, faço eventos, presto consultorias e, neste ano, com o nascimento do meu primeiro filho, resolvi dar asas ao meu antigo sonho: vender minha comida. E deu super certo. Sim! O ateliê começou bem pequeno e pautado em um crescimento orgânico. Eu sempre acreditei no bom e velho ‘boca a boca’. Agora, depois de quatro anos no mesmo endereço, chegou uma nova conquista: nossa expansão, com a mudança para um casa ampla destinada às aulas, encomendas e muitas outras ideias que estão por vir. Aguardem as novidades! O ano passado foi um divisor de águas na sua vida pessoal e profissional, né? O último ano tem sido um período de grandes transformações e conquistas, especialmente na minha vida profissional. No meio de 2016, realizei o sonho de me formar na tradicional Le Cordon Bleu, em Paris. Como foi essa experiência? Vivi por alguns meses nesta cidade que respira muita gastronomia. Estudei, conheci restaurantes incríveis, visitei feiras de produtos orgânicos, comi ingredientes mais do que especiais. Foi também um marco muito importante. 46

Depois de todas essas experiências, qual é a sua especialidade na cozinha? Gosto muito da cozinha salgada, sempre gostei. Amo trabalhar com peixes, frutos do mar e vegetais. Nos últimos tempos, tenho tido um carinho especial pelos legumes no geral. É incrível o que podemos fazer a partir deles! Sua paixão pela culinária é nítida. Como é a Maísa na cozinha? Sou apaixonada pela cozinha. Amo muito o que eu faço e vibro com cada detalhe do que vejo. Até hoje, não deixo de me entusiasmar com as cores, com o aroma de um produto fresco, com a diversidade.

“Os programas de televisão democratizaram a gastronomia e levantaram a autoestima dos cozinheiros, que até então estavam escondidos atrás dos fogões” Você se diverte cozinhando? Toda vez que eu encontro algum ingrediente difícil fico feito criança, é como ganhar um presente. A feira é meu parque de diversão. Mas, ao lado desse romantismo, tem meu lado muito sério, que é exigente e obsessivo com o padrão. Manter o padrão é, de longe, uma das coisas mais difíceis na culinária.

O que você mais gosta no seu trabalho? O que te move? Essa coisa de aprender todo dia. A gente não para de lidar com novidades, o tempo inteiro, e não podemos parar de estudar. É preciso se renovar diariamente, porque a gastronomia não para. E isso é muito interessante, um desafio. Além disso, meu trabalho me propicia o contato com pessoas incríveis, o que é apaixonante. Gente que me direciona um carinho especial. Gente que parece que sente, lá no estômago, o amor que eu coloquei no prato. Você também apresentou o ‘Desafie o Chef ’, programa da VTV, afiliada do SBT, na região. Como foi isso? O programa de TV foi um convite que surgiu quando eu voltei da minha temporada de estudo em Paris. Foi uma experiência super rica, em que pude me desenvolver, além da cozinha, na frente das câmeras, desta vez como apresentadora. E foi gratificante demais saber dos resultados de audiência! Como você vê essa popularização dos programas de gastronomia na tv? Os programas de televisão democratizaram a gastronomia e levantaram a autoestima dos cozinheiros, que até então estavam escondidos atrás dos fogões sem ter o devido reconhecimento. Esses programas colocaram a gastronomia em outro nível de importância na vida do brasileiro. Valorizaram demais a profissão, eu acho muito bom! E falando regionalmente, temos aí alguns jovens santistas talentosos na


.: 6547:.


cozinha. Como você enxerga esse panorama em Santos? Santos é uma cidade interessante, que exporta muita gente competente e talentosa para o resto do Brasil, em várias áreas de atuação. Acho isso muito bom e, para mim, Santos tem muito mercado a ser explorado.

Foto: Bruna Figo

O santista adora sair para comer. Você acredita que Santos precisa disso, ter comidas cada vez melhores, aumentando o interesse pela gastronomia? A cidade precisa e merece isso! O santista tem mudado muito sua mentalidade quanto à gastronomia e eu percebo um constante avanço com relação a isso. Acho muito bom que exista esse interesse crescente. Quanto mais interesse pela gastronomia as pessoas

Chef Maísa Campos em seu ateliê 48

tiverem, melhor será para todos nós. Tanto para quem cozinha, como para quem come.

DÁRIO COSTA Revista Studiobox - Há quanto tempo e quando começou na cozinha? Dário Costa - São nove anos de cozinha profissional. Comecei por necessidade na Nova Zelândia, como qualquer outro brasileiro que vive no exterior e se dispõe a trabalhar nos supostos subempregos. O que fazia antes e o que te levou para a cozinha? Eu só queria saber de surfar! Tentei trabalhar em outras áreas, mas com nítida insatisfação. A cozinha profissional foi a única profissão em que

senti prazer por estar ali. Acho que foi por isso que deu certo. E como foi a partir daí? Escolhi essa profissão com o único interesse de poder viajar para onde quisesse, pois nessa área sempre há oportunidade. No fundo, no fundo, eu queria apenas um motivo para viver surfando nos países que eu sempre quis conhecer. Nunca imaginei o quanto psicótico apaixonado eu viria a ser pela profissão. No mesmo restaurante que comecei lavando louça, virei cozinheiro e desde lá passei por diversos países trabalhando, estudando e pesquisando pelo mundo inteiro. Países como México, Peru, Itália, Principado de Mônaco, Indonesia e Fiji foram locais que passei e que me ensinaram muito e me tornaram o profissional que sou.


Chef Dário Costa e auxiliares na cozinha experimental da Unimonte

Qual a sua formação como chef? Minha formação é na prática! Quando entrei na faculdade de gastronomia, eu já era cozinheiro. Mas, sem dúvida, a graduação foi muito importante, pois minha experiência era apenas no exterior. Estudei na Unimonte, onde, além de ganhar muitos ensinamentos, fiz grandes amigos que me ajudam muito até hoje. Fiz pós-graduação no Italian Culinary Institute for Foreigners (ICIF), no Piemonte, na Itália, e foi uma experiência que, sem dúvida, mudou a minha vida dentro da profissão e me deu a oportunidade de estar dentro de restaurantes estrelados pelo famoso Guia Michelin. Isso com certeza muda a cabeça de um cozinheiro. Qual é sua especialidade? Não tenho uma especialidade. Falam

muito por aí que sou um cozinheiro de frutos do mar, essas coisas. Confesso que tenho mais experiência em Cozinha de Mar, porém não me considero especialista. Você tem esse jeitão surfista, mas quando entra na cozinha as coisas mudam? Quando estou na cozinha sou um cara muito sério e concentrado. Cozinha tem que ser um ambiente agradável, mas também não é um lugar de brincadeira. O que estamos fazendo com as nossas mãos alguém vai por na boca, não podemos brincar com isso. E o que você mais gosta no trabalho de chef? Vou ser muito sincero. Ouvi muito por aí a seguinte frase “trabalhe com o que ama e nunca precisará trabalhar na vida”! Acho essa frase um baita

equívoco. Trabalho vai ser sempre trabalho. Se fosse para me divertir, eu estaria na praia surfando. Sem dúvida, cozinha profissional é a minha vocação, minha sina e não me vejo fazendo outra coisa, porém essa profissão tem muitas situações que fogem de ser agradáveis. O que eu mais gosto na profissão são os resultados, gosto de ver a expressão de prazer do cliente ao provar um prato que foi feito por mim e pela minha equipe. Isso é o que me alimenta e me estimula a sempre evoluir. Você está para abrir um restaurante aqui em Santos, o Madê. Qual vai ser a proposta da casa? O Madê é o restaurante em que eu gostaria de sentar para comer. Não existe nenhuma ligação com restaurantes de cozinha minimizada, de menus degustação. Serão pratos fartos com 49


diversas influências do mundo inteiro, baseado nas minhas experiências. Teremos um braseiro na cozinha, para fazer muita coisa na brasa: peixes, camarões, polvos, costelas, cortes bovinos extremamente macios, legumes e verduras. Tudo na brasa. Algo bem diferente do que já temos na cidade, tem tudo para dar certo. Sim! Quero dar um gostinho de refeições feitas na beira da churrasqueira com os amigos, porém, em um restaurante. Será um cardápio curto, mas bem completo! Dou destaque para o sanduíche de camarões grandes no pão de cará, coalhada seca, geleia de pimenta e folha de shisso, entre outros pratos que vão chamar muita atenção por vários aspectos além do visual. Como surgiu a ideia de participar do Masterchef? Já tinha acompanhado as edições de profissionais do exterior e achei muito legal. Nunca achei que seria chamado, pois o Brasil é um celeiro de grandes talentos da cozinha. Foi bem natural, fiz um vídeo, gravado por um amigo que filma imagens de surfe, editamos, enviamos e fui chamado pra diversas seleções antes do programa realmente começar. Como foi participar do programa? O que mudou depois? Sem dúvida, mudou tudo! Estou trabalhando dez vezes mais do que antes e conseguindo realizar o sonho de ter um restaurante do meu jeito. Mudou também a pressão em cima de mim. Hoje tenho mais visibilidade do que grandes chefes ultraexperientes e tenho a noção de que tenho que trabalhar muito para chegar perto 50

desses caras. Por isso, não posso e não vou fazer feio. Esses programas mudaram muito, não só a vida de quem participa, mas também a forma com que a gastronomia é vista pelo público geral. Como você vê isso? O que mais me encanta é o valor, não de dinheiro, mas do quanto se valoriza o ato de fazer uma boa refeição. As pessoas estão se reunindo pra cozinhar juntas, e isso une as pessoas, une a família. Falando de restaurantes, o público está aprendendo com isso a identificar o que é uma boa cozinha e está cada vez mais exigente. Muita gente não se deixa mais enganar apenas com uma boa decoração e um monte de queijo em cima de tudo.

“Eu e meus amigos de profissão estamos trabalhando duro para mudar a gastronomia na região. Lá na frente, queremos nos orgulhar do que fizemos” A Baixada Santista vem melhorando muito nesse aspecto, né? E cheio de gente boa nas cozinhas. Santos está cada vez melhor, mesmo. Posso citar vários nomes que vão muito longe: Frank Bin, Etore Melo, Daniel Alonso, Gui Salvadori, entre outros. Espero que esses caras tenham muito

sucesso e não tenham que sair daqui para sempre para conseguir viver bem da nossa profissão. A cidade precisa disso? Como você vê a relação do santista com a comida? Santos está vivendo uma verdadeira transformação gastronômica. Aconteceu um boom de restaurantes japoneses, o que, de certa forma, banalizou a tipologia. Os restaurantes tradicionais de frutos do mar e afins com seus cardápios infinitos estão cada vez mais fechando as portas.Não existe mágica. Se o cardápio é longo, está tudo socado e congelado em algum freezer, que provavelmente não tem limpeza periódica. Isso precisa mudar, né? Vivemos na época da comida fresca, confort food, pratos feitos realmente na hora que foram pedidos, sabe? Comida com cor, com vida, sem precisar tacar queijo e cream cheese em tudo para gostarem. E para isso, é primordial que o ingrediente esteja fresco, e o cardápio infinito não tem ingrediente fresco. Sem contar que esses restaurantes tem uma tipologia que foi imposta ao santista: de que precisamos comer o que o amigo do lado está comendo, pois são pratos que servem quatro, cinco ou até mais pessoas. Isso é aqui da Baixada. Os paulistanos, por exemplo, reclamam de ter que entrar em um acordo na hora de fazer uma refeição aqui na praia. Mas as coisas estão melhorando? Santos está mudando. E eu e meus amigos de profissão estamos trabalhando duro para mudar a gastronomia na região. Lá na frente, queremos nos orgulhar do que fizemos e do que a cena daqui virou!


51


52


53


saúde

micropigmentação Estéticas ou paramédicas, correções exigem um profissional qualificado

E

star bem com o seu corpo é estar de bem com a vida. Mas, o que te impede de estar bem? Às vezes, é uma falha na sobrancelha, uma cicatriz ou a calvície que acaba com a autoestima. Outras vezes, marcas mais traumáticas, como a perda do mamilo após uma remoção de mama ou condições congênitas, como a fenda palatina. A boa notícia é que isso - e muito mais - pode ser corrigido ou suavizado com a micropigmentação, um dos procedimentos mais procurados e recomendados no mercado estético. Ela é usada para corrigir falhas em sobrancelhas, aréolas mamárias, cicatrizes, vitiligo, fendas palatinas e couro cabeludo. Ainda é possível definir o contorno dos olhos e da boca, tratar estrias e melhorar a textura da pele do rosto.

54

Por Juliana Justino Fotos: Bruna Figo Diferentemente de uma tatuagem, a micropigmentação usada nas sobrancelhas, olhos, boca, mamas, couro cabeludo e vitiligo é um implante de capa dérmica - onde não se ultrapassa a derme - tendo assim uma durabilidade menor, diferenciada para cada região. Existem pigmentos e técnicas próprias para cada um destes procedimentos, onde é necessário um profissional que além de dominar o conhecimento em colorimetria subcutânea, melanina, reconhecimento de pele e peso molecular de pigmento, ainda possua equipamento e ambiente adequados para realizar tais procedimentos. Uma dessas profissionais é Andréia Brandão, que, além dos 25 anos de experiência como designer de sobrancelhas, trabalha como

micropigmentadora estética e paramédica há 15 anos. “Eu já trabalhava com sobrancelhas há muitos anos, e resolvi que gostaria de ter uma profissão onde as pessoas lembrassem de mim por muito tempo, então resolvi ser tatuadora”, conta Andréia. Mas, no decorrer do caminho, ela encontrou um tatuador que sugeriu que ela investisse na área de micropigmentação, também conhecida como ‘maquiagem definitiva’. Andréia gostou da ideia e foi atrás de uma boa formação nessa área. “Depois do primeiro dia do curso de Micropigmentação Básico, eu me apaixonei e descobri que queria fazer aquilo pra sempre! Então, comecei uma saga de especializações, me apaixonando e querendo conhecer ainda mais a cada uma delas”, diz. Ao longos destes 15 anos, Andréia se especializou em todas as áreas


da micropigmentação, chegando a formação Master Class, e apostou muito em investir cada vez mais em conhecimento, equipamentos de ponta, material de assepsia, no melhor pigmento do mercado europeu e tudo o mais que houvesse no Brasil e fora dele para oferecer sempre o melhor para seus clientes. “Esse conhecimento não para e atualmente procuro me especializar com quem tem know-how, buscando os melhores e mais renomados profissionais do mercado internacional e nacional para cada degrau deste conhecimento”, ressalta Andréia. Micropigmentação de sobrancelhas A antiga ‘maquiagem definitiva’ deu espaço para técnicas precisas e mais elaboradas, onde é possível preencher as sobrancelhas, melhorando as falhas e dando mais volume ou mais comprimento aos fios. São utilizadas técnicas como fio a fio, esfumada, compactada, shadow, ombré, pontilhado, microblanding e 3D, preenchendo assim os espaços

vazios ou mesmo reconstruindo uma sobrancelhas completa, de acordo com a necessidade do cliente. Hoje, encontramos no mercado estético o que existe de mais avançado para deixar as sobrancelhas perfeitas, sem falhas, mais longas e com o aspecto natural. Por isso, desde 2016, Andréia tem apostado ainda mais nas correções de sobrancelhas, pois, segundo ela, a quantidade de pessoas que buscam esse tipo de serviço é grande. “Todos os dias são muitos casos de clientes desesperadas por ajuda. Mulheres e homens com sobrancelhas azuladas, esverdeadas, acinzentadas, vermelhas, laranjas, pretas-carvão, tem de todas as cores. Sobrancelhas duplas ou triplas, isso mesmo. Algumas pessoas chegam na clínica com duas ou três sobrancelhas posicionadas uma encavalada na outra, acredite se quiser!”, conta indignada. Nesses casos, entra em cena a despigmentação para remoção de pigmentos, a neutralização de cores e as reformulações de formatos. E assim,

Paciente com duas sobrancelhas sobrepostas (antes do tratamento corretivo)

Sobrancelha grafite (alteração de cor e sombra de pigmento) antes do tratamento de neutralização

Andréia vai consertando o trabalho mal feito e salvando quem não acredita mais que pode encontrar salvação. “Sempre digo que existe solução pra todas as sobrancelhas, e é importante que as pessoas saibam o quanto é importante encontrar um profissional realmente preparado. Pois estamos falando de tipos diferentes de melanina e peles”, explica. E após qualquer um destes procedimentos é importante salientar a importância do pós-procedimento e seguir as orientações do profissional, voltando no prazo para nova avaliação e continuando o tratamento, caso seja necessário. Neste período, a assepsia e as coberturas com pomadas regenerativas são necessárias para melhor fixação do pigmento, além de uma pausa nas atividades físicas. A dica da micropigmentadora é: “busque o melhor para seu rosto, pois o bom trabalho vai lhe trazer um rosto mais descansado e rejuvenescido. Vale muito a pena o investimento de realizar o procedimento com um profissional qualificado!”. Micropigmentação fio a fio - ANTES

Micropigmentação fio a fio - DEPOIS

55


médica dermatologista CRM 91690 RQE 24843

o inverno e suas coceiras

O

inverno chegou e, com a diminuição da temperatura e da umidade do ar, aumentam as queixas relacionadas às coceiras, alergias, dermatites e descamações. Os principais afetados são os idosos, pois a gordura protetora que reveste a pele diminui, e as crianças, que não têm ainda esta proteção totalmente desenvolvida. Existem também fatores familiares e genéticos que alteram a barreira defensora da pele. As principais coceiras que aparecem no inverno são: Dermatite esteatósica: coceira e descamação na região entre joelhos e tornozelos, relacionado à diminuição da gordura protetora natural da pele. Pode estar associada a banhos quentes e

56

demorados, sabonetes abrasivos e exagero ao esfregar a pele com esponjas de banho. Se manifesta principalmente quando o paciente está em repouso, piorando após o banho e ao deitar na cama. Dermatite atópica: quadro de coceira na face, tronco e membros. Nos adolescentes e adultos, localiza-se preferencialmente na dobra interna do cotovelo e região posterior ao joelho. É comum em crianças, em geral associada a alergias respiratórias, e frequentemente há histórico da doença na família. Períodos de crise podem estar relacionados com alérgenos, como poeira, pelo de animais, ácaros e corantes alimentícios, intensificando-se no outono e inverno. A pele fica mais grossa, áspera e escura, necessitando de hidratação com cremes específicos. Deve-se procurar orientação médica para uso de medicamentos tópicos e orais.

dermatologia

Roseli Andrade

Dermatite seborréica: descamação, vermelhidão e esfarelamento no couro cabeludo, borda de implantação do cabelo, orelhas, supercílios, cantos nasais e no tórax. Ocorre por aumento da secreção da glândula sebácea da pele, estimulado por fatores como mudança climática, diminuição da umidade do ar, ansiedade e estresse. Psoríase: placas avermelhadas com escamas grossas no couro cabeludo, membros e tronco. Tem fator genético, é uma doença crônica que se agrava com o frio, banhos quentes, pouca hidratação e falta de exposição ao sol. Algumas dicas podem, literalmente, salvar a sua pele no inverno: - Evite banhos quentes e demorados e use sabonete apenas em áreas com odores, como pescoço, axila, genitais e pés. Após o banho, aplique um hidratante sem corantes e perfumes. - Evite usar roupas e tecidos sintéticos em contato direto com a pele. - Beba muita água! Se identificar algum dos sintomar acima, procure um médico. E bom inverno para todos nós!


emporiodoscolchoes

57


dentista CRO 49425

a saúde começa pela boca... da mãe!

I

sso mesmo! Centenas de estudos científicos publicados comprovam que o paladar da mãe é transmitido ao feto através do líquido amniótico. Portanto, é importante que a gestante inclua em sua alimentação legumes, frutas, verduras e carnes. Assim, quando o bebê começar a se alimentar vai reconhecer o sabor desses alimentos e crescerá estimulado a manter uma alimentação saudável. O efeito contrário também ocorre, se a mãe não gosta de determinado alimento o filho provavelmente também não gostará. Em sua tese de doutorado, a psiquiatra Eleanor Madruga Luzes, que pesquisou a concepção, a gestação, o parto e a amamentação, prova como

58

o comportamento da mãe, com suas escolhas, afeta essa nova vida. Podendo, inclusive, influenciar a criança a optar pelo uso ou não de drogas. Afinal, ao usar qualquer tipo de droga durante a gestação, você estará apresentando ao seu filho esse produto. Confira mais informações sobre esse estudo no site cienciadoiniciodavida.org. Eu, particularmente, dou nota zero para grávidas que fumam e para as que não amamentam, baseadas na crendice popular de que com a amamentação os seios irão ‘despencar’.

odontologia

Rose Marques

Para o seu filho crescer sorrindo: 1) Tenha uma alimentação balanceada durante a gestação. Evite refrigerantes, excesso de açúcar e cigarros. 2) Mantenha a amamentação exclusiva nos primeiros seis meses de vida (o ideal é até os dois anos de idade, segundo a Organização Mundial da Saúde). 3) Estimule o hábito de higiene no bebê, limpando a boca com gaze após cada mamada, para desenvolver na criança o prazer de ter a boca limpa. 4) Inicie a escovação após o nascimento do primeiro dente. Use creme dental sem flúor até a criança aprender a cuspir. 5) Não utilize achocolatados e açúcar no leite, evitando ‘cárie de mamadeira’. 6) Evite premiações com guloseimas.

Antigamente, a falta de informação até poderia justificar esse tipo de atitude, mas hoje, com a internet, esse comportamento é inadmissível! Onde foi parar o amor incondicional?

7) Escolha um odontopediatra e siga suas orientações. 8) Sorria sempre!


opticacto

opticacto 59


nutricionista clínica e esportiva CRN-3 26562

proteína

é a base de tudo

U

ma alimentação equilibrada e um corpo saudável dependem de muitos nutrientes, mas um especificamente não pode ficar de fora: as proteínas. Elas participam das estruturas do corpo e contribuem com a formação de músculos e muitas funções do sistema nervoso e de defesa. As proteínas são divididas em dois grupos: de origem animal (carnes, aves, leites e derivados) e de origem vegetal (leguminosas e cereais), e são compostas por diversos aminoácidos, que atuam de diferentes maneiras no organismo. Uma vez que o corpo humano não tem a capacidade de produzir 20 desses aminoácidos essenciais, e o único meio de obtê-los é por meio da alimentação. As proteínas animais estão concentradas principalmente nas carnes, sendo que 60

as proteínas do frango têm um valor biológico mais alto. Por isso, quem quer ganhar massa muscular incorpora essa carne na dieta. A proteína do soro do leite - usada na produção de suplementos como o Whey Protein - também tem um valor biológico muito alto. Já nos vegetais, elas são encontradas principalmente na soja, que é a única proteína de origem vegetal de alto valor biológico. Ela contém todos os aminoácidos essenciais em quantidades suficientes, com bom aproveitamento pelo corpo e alta digestibilidade. As funções das proteínas vão além de fazer ganhar massa muscular, como a maioria das pessoas julga. Algumas das mais importantes são: reconstruir tecidos lesionados, regenerar musculatura, realizar transporte de substâncias no organismo, fonte de energia, regular

nutrição

Maria Luiza Migotto

hormônios e compor o citoesqueleto das células, além do importante papel no sistema imunológico. A insulina, por exemplo, é um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue, e além de ela mesma ser uma proteína, a quantidade de insulina produzida também é controlada por proteínas. Resumindo, quase tudo em nosso corpo é controlado por elas, desde a contração muscular, que só acontece por causa das proteínas actina e miosina. Mesmo que as funções das proteínas sejam as mais variadas e importantes, evite fazer dietas da moda, principalmente aquelas que são à base de proteínas. Quando elas são quebradas (já que não há carboidratos e gorduras suficientes nessas dietas), liberam amônia no organismo, que em alta concentração é tóxica para o corpo e acaba comprometendo diversos órgãos, principalmente os rins. O segredo é não exagerar. Alimente-se de modo equilibrado e pratique exercícios físicos. Assim, dificilmente você terá algum problema no futuro!


61


Toni Rodrigues

fitness

especialista em fisiologia do exercício CREF 050480

atividade física na infância

S

e acreditamos que um adulto saudável vive melhor, por que não iniciarmos esse trabalho desde a infância? Um estilo de vida ativo em adultos reduz a incidência de doenças crônico-degenerativas e a mortalidade cardiovascular. Em crianças e adolescentes, um maior nível de atividade física contribui para melhorar o perfil lipídico e metabólico e reduzir a prevalência de obesidade. É mais provável que uma criança fisicamente ativa se torne um adulto também ativo. Então, do ponto de vista de saúde pública e medicina preventiva, promover a atividade física nessa idade estabelece a base para a reduzir o sedentarismo na idade adulta. Antes de pensarmos em saúde física, devemos lembrar que tudo o que 62

fazemos deve gerar prazer, e isso é ainda mais importante para a criança. Quando ela pratica uma atividade, não pensa nos benefícios fisiológicos e aproveita apenas a satisfação momentânea. A incorporação dos benefícios desta atividade deve ocorrer de maneira natural. Por exemplo, durante uma aula de natação, a criança não vai analisar se sua capacidade pulmonar está melhorando, mas, em outra situação, pode perceber que saber nadar evitou um momento desagradável. Até a puberdade (por volta de 12 anos), é indicado que a criança tenha várias experiências esportivas, e o aprimoramento de sua consciência corporal irá permitir-lhe a escolha do esporte mais indicado para as suas capacidades físicas.

A criança explora o mundo que a rodeia com olhos e mãos por meio das atividades motoras, e isso faz com que ela desenvolva-se física e socialmente. Esportes individuais, como natação e tênis, não geram vivência em equipe, em que um depende do outro para obter um resultado, mas, por outro lado, desperta maior responsabilidade. Já as atividades coletivas, como futebol e basquete desenvolvem tanto o ‘viver em grupo’, quanto as capacidades e habilidades físicas. Analise qual é a característica principal de seu filho antes de escolher uma prática esportiva. O que ele mais precisa desenvolver? Sua capacidade de viver em sociedade ou aprender desde já a ser responsável pelos seus próprios atos sem ter o grupo para atribuir ou dividir seus erros e acertos? Talvez a combinação entre essas duas práticas esportivas gere um ponto de equilíbrio para que a criança possa desenvolver-se como um todo.


63


fisiologista CREF 064042-G/SP

whey protein

mais que um suplemento

C

om certeza você já questionou algum amigo ou parente sobre o uso de Whey Protein: “É pra ficar forte? É bomba?”. Estamos acostumados a ouvir falar desse suplemento nas academias, mas sua utilização pode ser mais abrangente. Antes de ir direto ao ponto, vamos entender um pouco sobre os nutrientes. Nosso metabolismo não faz ideia do que seja frango, carne, batata doce ou ovo, então, não adianta você comer frango com batata doce o dia inteiro, mesmo que o seu objetivo seja exclusivamente hipertrofia muscular ou emagrecimento. O que você precisa incluir na sua dieta, seja qual for o objetivo, são nutrientes: proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais. 64

As principais proteínas que encontramos nos cardápios são frango, carne, ovos, peixes, soja e, em menus mais fitness, Whey Protein. Quando o Whey Protein foi desenvolvido, a principal indicação realmente era para o esporte. Todos os praticantes de atividade física precisam de uma quantidade um pouco maior de proteínas do que os sedentários, para o aumento de massa muscular e consequentemente aumento da força e resistência. Muitas vezes não era possível conseguir tais quantidades com os alimentos e, por isso, era indicado o uso de Whey Protein. Após muita pesquisa, chegaram à conclusão de que o Whey Protein era muito mais do que um suplemento para atletas, ele era um super alimento!

suplementação

Luiz Fernando Miranda

O Whey Protein é uma proteína retirada do soro do leite, que passa por alguns processos de filtragem até alcançar o grau de pureza desejado. Cada processo dessa filtragem entrega um ‘nome’ para o produto: concentrada, isolada e hidrolisada. Dessa forma, podemos classificar o Whey Protein como um alimento, pois foi retirado do leite! Muitos pesquisadores também buscaram informações sobre o uso dessa proteína em pessoas comuns, como sedentários, crianças e idosos, e encontraram total segurança para o seu consumo. Tanto é, que você encontra Whey Protein nos complementos nutricionais menos esperados; Sabe aquela lata de leite em pó específico para recém-nascidos? Pois é, tem Whey Protein! Quando o seu nutricionista prescreve Whey Protein na sua dieta, não tenha medo, ele pode estar pensando apenas em completar a quantidade necessária de proteína do seu dia!


65


saúde

Por Juliana Justino

Acabe de vez com o

‘efeito sanfona’ Exercício físico regular e alimentação balanceada acompanhados por profissionais garantem os resultados por mais tempo

A

busca por um bom condicionamento físico requer a prática regular de atividade física e também uma alimentação saudável, que quando bem orientados, podem garantir a saúde, a qualidade de vida e um ótimo resultado físico. E, para isso, a nutricionista da Clínica Seven, Talita Longo, explica que a interação dos profissionais de educação física e de nutrição são essenciais. “De acordo com cada objetivo, é necessário fazer um tipo de treino e uma alimentação e/ou suplementação que complemente 66

esse treino, com base nas necessidades de cada indivíduo”. E foi isso que aconteceu com a Pryscilla Spinola Armoa, que procurou a Seven depois da sua segunda gravidez. “Eu sempre fui magra e nunca achei que precisava emagrecer, mas, depois que tive minha filha, me sentia muito inchada. Quando a gente é mais nova, parece que tudo é mais fácil, inclusive emagrecer. Eu nunca tinha ido para a academia, ou em uma nutricionista, e o tratamento deu super certo”, conta Pryscilla, que emagreceu oito quilos durante os três meses do tratamento.

“Eu senti muita diferença quando conheci o Toni e comecei a associar o treino com o tratamento da clínica, acelerou bastante o resultado”, completa. Mas Pryscilla ficou realmente satisfeita quando ganhou os oito quilos de volta, só que, é claro, de outra forma. “Mudei completamente a minha composição corporal. O que eu perdi de gordura, ganhei quase tudo em massa magra, coisa que eu praticamente não tinha, porque nunca treinei e nem me preocupava com isso”, afirma. Ela ainda conta que todo o processo do tratamento foi ótimo, e até mesmo


uma descoberta. “Eu pensei que não fosse ser capaz, principalmente pela idade, porque comecei a treinar pela primeira vez na vida com 30 anos. Mas, com muita disciplina - eu treino todos os dias sem falta e controlo a dieta - e acompanhamento de ótimos profissionais, os resultados são incríveis”, ressalta. Hoje, quase dois anos depois do tratamento inicial para emagrecer, Pryscilla ainda faz o acompanhamento nutricional na Seven e treina na Toni Rodrigues Square, mantendo os resultados obtidos. Exercício físico Manter uma rotina de exercícios é essencial não só para emagrecer enquanto faz o tratamento, mas também para manutenção do peso e da saúde.

Vale destacar que o desenvolvimento e a definição muscular do paciente são fundamentais para aumentar o metabolismo, impedindo que ele volte a engordar. A prática de exercícios para fortalecer os músculos é, então, uma ótima forma de combater o temido ‘efeito sanfona’. Por isso, a equipe da Clínica Seven estimula a prática de exercícios

A prática de exercícios para fortalecer os músculos é uma ótima forma de combater o temido ‘efeito sanfona’

regulares acompanhados de profissionais de ponta, que saibam reconhecer as necessidades individuais e consigam manter o paciente focado com programas específicos e pensados para cada caso. E é assim que funciona a parceria com a Toni Rodrigues Square, que funciona no mesmo endereço da clínica. Como os profissionais dos dois estabelecimentos conhecem o trabalho uns dos outros e trabalham em sintonia, o tratamento - seja de emagrecimento ou de manutenção - acontece de forma mais rápida e eficiente. Acompanhamento nutricional No entanto, é importante que o paciente que passou pela etapa de emagrecimento com a Seven continue com o acompanhamento da clínica durante o processo de desenvolvimento muscular, pois as orientações nutricionais são essenciais para o sucesso do tratamento. “A manutenção do peso após o emagrecimento, é uma etapa muito importante, pois consolida tudo o que foi aprendido durante o emagrecimento”, destaca Talita. Nesta etapa é natural que o paciente encontre dificuldades em conduzir a alimentação no dia a dia, em eventos sociais ou em viagens, e é muito mais fácil consumir diversos alimentos, o que, a longo prazo, pode acarretar no ganho de peso. “Então ele terá que dar continuidade nas mudanças de hábitos alimentares e comportamentais, e cabe a nós, nutricionistas, identificar as dificuldades, orientar o paciente e garantir o sucesso obtido durante o tratamento”, finaliza. 67


Diego Martins

marketing

gestor de redes sociais e palestrante

chatbot o futuro das relações

E

screvendo para a Studiobox, algumas vezes cometi o erro do ‘timing’. Muitas vezes o escrito ainda estava em fase ‘beta’ e demoraria mais de seis meses a um ano para impactar diretamente a vida dos leitores. Contudo, nesse caso, peço licença para errar novamente. Enfim algo que vale a pena falar na história recente do marketing digital, até porque não envolve apenas o marketing digital, mas big data, inteligência artificial e customer relationship marketing. Pense em algo que vai permitir sua interação com sua casa, fazer um pedido ao room service do hotel, solicitar um Uber num chat com amigos e até mesmo informar a perda do seu cartão de crédito.

68

Mas, por qual motivo isso é realmente novo? Primeiro você não vai precisar de 50 aplicativos para fazer 50 coisas diferentes. Vai conseguir resolver tudo pelo Messenger do Facebook. Segundo, a parada toda é movida pela computação cognitiva e machine learning. Terceiro, seus feedbacks são rápidos e precisos. E quarto, você vai reduzir sua frustração e realmente será bem atendido.

Eu testei os serviços da Bot SmartX. E se você adicioná-los no Facebook vai conseguir testar também. Vale a pena a experiência, e como é algo realmente novo, só testando para entender a amplitude! Se você trabalha com marketing, vendas, atendimento, prestação de serviço ou simplesmente ficou curioso, por favor, não deixe de testar. Você vai ficar surpreso com o que verá e, olha, eu não sou uma pessoa que costuma se surpreender com qualquer coisa.

Mas, enfim, eu, como empresário, como posso usar isso para melhorar a minha empresa?

Procurei escrever esse texto mais como um marco, um ponto de atenção, e para que você vá atrás da informação e da prática do Chatbot. Como eu disse, são tantos elementos perfeitamente integrados reunidos em um só lugar, que não tem como dar errado!

A tecnologia deve baratear com o tempo e, assim, se popularizar. Não que hoje seja cara, mas o custo não se justifica para implementar em uma empresa pequena.

Anota esse nome: Chatbot. Em breve você falará com seu banco, operadora de celular, seguradora, agência de viagens e tudo que você imaginar via esse novo canal de atendimento.


69


advogada

a nova lei da terceirização

A

terceirização é um processo pelo qual uma empresa contrata outra para prestar um determinado serviço. A primeira remunera a segunda, terceirizada prestadora de serviços, que fornecerá funcionários para a realização das atividades da tomadora de serviços, que se beneficia da mão de obra, mas não cria vínculo empregatício com o trabalhador. O vínculo de emprego se estabelece somente entre a empresa terceirizada e o trabalhador. Anteriormente a nova lei, as empresas somente poderiam terceirizar as chamadas atividades-meio, tais como limpeza e segurança, que não estivessem vinculadas com sua atividade principal. A nova Lei de Terceirização, qual seja, Lei 13.429/2017, irá permitir que as empresas terceirizem sua mão de obra, 70

não só de atividade-meio, mas também de atividade-fim. Um hospital poderá terceirizar a mão de obra dos médicos e enfermeiros e um restaurante poderá terceirizar seus garçons e cozinheiros, funções essas ligadas à atividade preponderante da empresa. E o vínculo empregatício desses funcionários será somente com a terceirizada. A nova lei permite a terceirização de qualquer atividade em todos os setores da economia, no entanto, funcionários que já possuem vinculo empregatício com a empresa tomadora de serviços não poderão ser terceirizados, para evitar fraudes a seus direitos trabalhistas, coibindo a demissão para esse fim. Antes da nova lei, a empresa contratante era solidária às obrigações trabalhistas que eventualmente não fossem arcadas pela terceirizada.

direito e cidadania

Christiane Fatalla

Ou seja, se o trabalhador acionasse a justiça por qualquer motivo, prestadora e tomadora de serviços respondiam igualmente à ação. Pela nova lei de terceirização, a empresa contratante responde somente de forma subsidiária na justiça, o que equivale dizer que, ambas as empresas continuam responsáveis por eventuais débitos trabalhistas. Mas, primeiro será feita a cobrança da empresa terceirizada e após se comprovar a impossibilidade de pagamento é que a contratante será responsabilizada de forma subsidiária e poderá ser acionada judicialmente. Esperamos que a nova legislação não sirva de desvio ou artifício para reduzir ou suprimir direitos dos trabalhadores e sim que seja utilizada como estratégia fundamental para gerar competitividade no mercado internacional. Caberá aos empresários e ao Poder Judiciário a aplicação da nova legislação sobre a matéria com bom senso e discernimento, dentro dos princípios legais que regem o direito em nosso país, em especial o da boa-fé, que deve ser a base de todos os negócios jurídicos realizados.


desde 1997

Há 20 anos com você! Líder absoluto em colunismo social eletrônico da região.

www.programajb.com.br

Segunda à sexta às 21:00 Sábado às 22:30 Domingo às 18:00 e 23:3071


jornalista especializada em Economia

o verão da crise

A

Baixada Santista seguiu sendo um destino popular neste verão, mas os turistas vieram com menos dinheiro e dispostos a gastar o mínimo possível.

Na temporada anterior, foram 1.118.206 veículos, mas a contagem foi feita no período entre 21 de dezembro de 2015 e 3 de janeiro de 2016, alguns dias a mais. Ou seja, o movimento foi similar.

Quatro pontos da região estiveram no ranking do Ministério do Turismo das 20 cidades mais procuradas pelos brasileiros para viagens no verão - entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017.

Mas isso não se transformou em vendas satisfatórias para os comerciantes que tiram a maior parte de suas rendas da temporada.

Praia Grande ficou em 4º lugar, Guarujá em 12º lugar, Peruíbe em 5º lugar e Santos em 17º. De fato, houve movimento de veículos. A Ecovias registrou a passagem de 996.373 veículos em direção ao Litoral durante as festas de final de ano - entre 21 de dezembro de 2016 e 1º de janeiro de 2017. 72

Os aluguéis de casas e apartamentos para o verão não foram tão bons quanto se esperava. Houve uma demanda um pouco menor e, principalmente, negociação de preços. Outro setor que sofreu foi o de carrinhos de praia. Segundo os comerciantes, em geral, 2014 foi bom, 2015 trouxe lucros, e esperavase o mesmo do fim de 2016 para o

economia

Vanessa Stelzer

começo de 2017. Mas as expectativas foram frustradas. De acordo com eles, se em 2015 as contas de turistas podiam ter uma média de até R$400, nesta temporada muitas contas não chegaram nem à metade. Além disso, neste verão, alguns banhistas nem consumiam, o que fez com que alguns carrinhos começassem a cobrar pelas cadeiras. Ainda assim, eles fechavam o caixa com frustração. Um baque para quem apostou no movimento e adquiriu um carrinho para esta temporada, tendo na cabeça que até não muitos anos atrás era possível comprar um apartamento com o lucro de um verão. Não é para menos. Dados de emprego do IBGE mostram que a população desocupada no Brasil chegou a 13,5 milhões no trimestre encerrado em fevereiro, a maior da série histórica iniciada em 2012. Foi realmente o verão da crise.


PRESENTES CRIATIVOS

NA IGIFT VOCÊ ENCONTRA PRESENTES CRIATIVOS, DIFERENTES E DIVERTIDOS PARA TODAS AS OCASIÕES...

SHOPPING BALNEÁRIO SUPER CENTRO BOQUEIRÃO 73


advogado

empreendorismo brasileiro

M

esmo diante da grave crise econômica que estamos enfrentando, o movimento empreendedor no Brasil é bastante relevante, principalmente, porque temos aqui um elemento de grande destaque: a criatividade. E a criatividade é a palavra chave para superar o momento crítico do cenário econômico. De acordo com dados do Sebrae, as pequenas e microempresas somam 11,5 milhões de negócios no país, o que representa 98,5% de todas as empresas brasileiras. Ao todo, elas são responsáveis por 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e 41% da massa salarial. Outro segmento que começa a crescer no Brasil é a startup. O Nubank é provavelmente a startup

74

mais popular do Brasil, gerando uma fila de milhões de pessoas querendo o cartão de crédito da marca – administrado totalmente on-line e sem taxa de administração. A Associação Brasileira de Startups (ABStartups) estima que 7% das suas quatro mil empresas cadastradas tem atuação global. Segundo recente matéria publicada no jornal Valor Econômico, o “Google chinês” pretende investir U$$ 60 milhões em startups brasileiras. Segundo a matéria, esse é o primeiro fundo de capital de risco investido pelo Baidu fora da China. O Diretor da empresa no Brasil afirma que a crise brasileira, ao invés de diminuir o interesse em investimento no Brasil, abre novas oportunidades para investidores.

assessoria jurídica

Paulo Faia

Como parte da aposta neste segmento, a Baidu comprou o Peixe Urbano em 2014 e, segundo o Diretor, após um ano a empresa cresceu 100%. Portanto, o mercado chinês manifestou o interesse em investir no mercado brasileiro, apostando nas oportunidades de negócios diante de um grande números de pessoas cada vez mais conectadas na rede mundial de computadores. De outro giro, não podemos de deixar de mencionar o Agronegócio do Brasil, hoje responsável por um quinto da alimentação de nosso planeta, razão pela qual é considerado o setor mais importante da economia nacional. Para o Agronegócio, mesmo diante do cenário econômico desfavorável, estima-se uma projeção de crescimento de 2% no ano de 2017. A criatividade e a inovação têm o potencial de afetar diretamente o setor produtivo no Brasil. Com isso e muito trabalho, o empreendedorismo no Brasil vai alavancando o desenvolvimento da economia do país.


Turismo . Eventos . Escolares . Eventos Corporativos . Feiras . Excursões

FRETAMENTO E TURISMO Curta e Compartilhe nossa Fan Page: �anslitoral �iagens e �ansportes

Siga nosso �anslitoral�iagens

Locação de ônibus, microônibus e vans.

Mais informações: (13) 33443011

www.translitoral.com.br

75


publieditorial

Porto Seguro possibilita cobertura de

motos a partir de 90 cc Pela economia e praticidade, motos a partir de 90cc fazem sucesso em Santos e podem contar com um seguro completo

O

Brasil possui uma frota com mais de 23 milhões de motocicletas nas ruas e estradas, o que representa 33% dos veículos emplacados, segundo a Fenabrave.

os mais diversos estilos de motos a partir de 90cc. A campanha define exatamente o produto que a Porto Seguro oferece aos motociclistas, uma vez que a empresa conhece bem o seu universo.

motociclistas, com coberturas contra colisão, incêndio, roubo ou furto e danos a terceiros, e cobertura adicional para acessórios - capacete, luvas, botas, jaquetas, calça ou macacão.

O crescimento da frota Duas Rodas foi 84% maior que o da frota Geral nos últimos 10 anos. “Isso porque o veículo é ágil, tem pequeno porte, há menos dificuldade de encontrar vagas para estacionar, além de ser uma opção para diminuir os gastos com combustível”, explica Rogério Freeman, da Janco Corretora de Seguros.

“Conhecemos esse público e sabemos o quanto ele merece um seguro completo e com coberturas adaptadas às suas necessidades e que contribuem para o seu dia a dia.”, afirma o corretor.

Além disso, possui vantagens e benefícios como guincho 24 horas sem limite de quilometragem, assistência em caso de pane seca e serviços emergenciais à residência. Clientes do Porto Seguro Moto têm outros benefícios, como descontos em oficinas especializadas, acessórios e serviços de despachante.

Segundo dados do mercado, as motocicletas mais vendidas são as de baixas cilindradas, e esse público, até pouco tempo atrás, não contava com opções de seguros. Pensando nisso, a Porto Seguro lançou a campanha “Todo mundo merece”, que possibilita assegurar 76

“Esse já se tornou um dos principais meios de transporte dos brasileiros. Andar sobre duas rodas também pode ser uma atividade de hobby, um esporte, uma diversão aos finais e semana. Nossos clientes esperavam por esse produto Porto Seguro”, complementa Freeman. O Porto Seguro Moto é um dos diversos produtos do Porto Seguro Auto. A garantia oferece tranquilidade e segurança aos

E; por fim, quem não tiver pontos na Carteira de Habilitação (CNH), será beneficiado com 7% de desconto na contratação desse seguro. “Essa é uma prática tradicional da Porto Seguro. Motoristas e motociclistas que não sofrem penalizações no trânsito já garantem o desconto na contratação dos seguros”, lembra Freeman.


Todo mundo

merece um

seguro assim.

O Porto Seguro Moto é a proteção completa para sua moto a partir de 90 cc. Você conta com guincho sem limite de quilometragem, além das coberturas para colisão, incêndio e roubo, podendo contratar também para acessórios. Para mais informações, consulte-nos:

(13) 3222-6867 Informações reduzidas. Consulte regras e condições gerais no site www.portoseguro.com.br/moto. Para mais informações, consulte seu Corretor de seguros. Automóvel – CNPJ: 61.198.164/0001-60 – Processo Susep: 15414.100233/2004-59 – Valor de Mercado e Valor Determinado. 333-PORTO (333-76786 – Grande São Paulo e Rio de Janeiro); 4004-PORTO (4004-76786 – capitais e grandes centros); 0800 727 0800 (demais localidades) | 0800 727 2766 (SAC – cancelamento e reclamações) | 0800 727 8736 (atendimento exclusivo para deficientes auditivos) | 0800 727 1184 ou (11) 3366-3184 (Ouvidoria). O registro deste plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização.

Moto 77


Por Juliana Justino

Motor

Fotos: Divulgação/Bélico Blindagens

carro blindado

mais proteção e segurança ao alcance de todos Para melhorar ainda mais a segurança de seus carros, a Akta Motors, em parceria com a Bélico, oferece blindagens 20% mais leves

T

er um carro blindado pode parecer coisa de Hollywood, ou algo que está disponível apenas para donos de veículos de luxo. Mas, o fato é que hoje essa realidade mudou e, com a violência crescendo nas ruas, é uma proteção extra que pode ser considerada por qualquer pessoa.

Segundo ele, isso também se deve aos preços cada vez mais acessíveis. “O acréscimo no valor do carro sai a partir de 39 mil reais, o que é um preço bem justo, se comparado com as blindagens mais antigas, que custavam cerca de 100 mil reais”, explica. Na Akta, modelos a partir do Cerato já têm a opção de pronta-entrega blindados.

O diretor da Akta Motors, Gustavo Gotyfrid, explica que não há uma indicação específica para blindagem de carros. “Hoje, todos nós estamos suscetíveis a um assalto ou uma pedrada na estrada, por exemplo. Então, recomendamos para todos. Até os nossos modelos mais baratos já estão recebendo blindagem”.

A blindagem oferecida pela Akta Motors é a de nível III-A, que é a máxima permitida para uso civil. Ela aguenta disparos de todas as armas de mão, como as .40, Magnum 357, pistolas .380 e revólveres calibre 38.

78

Durante o processo de blindagem, o carro é desmontado para que seja feito o

revestimento com plástico de proteção em itens como bancos, forrações de portas, pestanas, alto-falantes, tampão traseiro, forro do teto, colunas A, B e C, retrovisores e fechaduras. Depois, é feita a instalação do painel balístico, feito de manta de aramida. As portas, por exemplo, são blindadas com nove camadas, fixadas com cola de alta performance. A manta de aramida é um dos principais componentes da blindagem, substituindo parte do revestimento em aço e reduzindo até 130 kg do peso final do carro blindado. Além do peso reduzido, a manta ainda apresenta outra excelente característica: a flexibilidade. Isso possibilita que ela se


acomode perfeitamente nas diferentes partes do carro. O aço inoxidável, que antes revestia todo o veículo, agora é colado e parafusado apenas nas molduras das portas, espelhos retrovisores, fechaduras, maçanetas e nas pontas dos vidros.

A redução de peso no resultado final é imprescindível para melhor dirigibilidade e menor consumo de combustível

Os vidros originais são substituídos por vidros de 19mm, que, graças à tecnologia de laminação com duplo policarbonato de alta resistência, oferece o mesmo nível de proteção dos vidros de 21mm (padrão utilizado pelo mercado), mas com a vantagem de ser 27% mais leve. Os vidros dianteiros ficam com abertura de 80%, enquanto os vidros traseiros são fixos.

dão conta do recado mantendo a dirigibilidade do carro e permitindo o escape seguro da zona de perigo por até 20 quilômetros.

Ainda estão incluídas a troca das molas traseiras originais por molas reforçadas, a instalação de uma sirene e as cintas de aço inox para as rodas. Assim, caso os pneus sejam pefurados, as cintas

A redução de peso no resultado final é imprescindível para uma melhor dirigibilidade e menor consumo de combustível. Tudo isso com a melhor relação custo-benefício do mercado.

As empresas blindadoras são regulamentadas pelo Exército Brasileiro, e a Bélico possui todos os certificados necessários para montar e comercializar carros blindados, assim como o processo de blindagem. Com cinco anos de garantia, as revisões do serviço são feitas junto com as revisões do veículo, a cada 10 mil km rodados, e custam em média mil reais. “Além da garantia de cinco anos, nosso diferencial é o acabamento, que é muito superior ao que é feito pela concorrência, e o preço, que é bastante atrativo para um serviço que oferece tanta proteção” ressalta Gustavo. Quer testar antes de blindar seu carro? Faça um test drive na Akta Motors, concessionária Kia em Santos, que fica na Av. Campos Sales, 126.

79


Fotos: Eduardo Virtuoso

Eduardo Virtuoso

turismo

radialista e fotógrafo

jericoacoara Ceará - Brasil

O

paraíso é aqui!, diz o slogan de Jericoacoara, no Ceará. A frase faz jus à beleza e tranquilidade da praia que fica a quatro horas de Fortaleza. O Parque Nacional de Jericoacora atrai turistas de todos os gostos, pois de dia é possível fazer diversos passeios, enquanto não faltam barzinhos e restaurantes para desfrutar durante a noite. A vila foi construída no meio das dunas, o que significa que o chão da cidade é de areia. Portanto, para caminhar, basta um chinelo. A praia do Preá é procurada por quem pratica kite ou wind surf. Iniciantes podem ter aulas com instrutores que, com paciência, ensinam as primeiras 80

manobras. Por lá, o restaurante Rancho do Peixe reúne a boa gastronomia e a vista das dezenas de velas coloridas que se movimentam no mar. Para visitar as lagoas Azul e do Paraíso é preciso um pouco de sorte, visto que elas secam em determinadas épocas, sem regras, dependendo do nível de chuva. Se tudo der certo, você poderá tomar banho em uma água fresca e doce. Passear de jangada também é uma boa opção. O caminho até a lagoa de Tatajuba é divertido e com emoção! De quadriciclo ou de buggy, descidas inclinadas no meio das dunas são inevitáveis. E vale o frio na barriga! Você também pode ver cavalos marinhos de perto durante o caminho. Ao remar sobre o mangue, vários podem ser encontrados.

Chegando na lagoa, o programa é escolher a dedo o peixe que deseja comer. Ele será preparado na hora, super fresco e cheio de sabor. Depois do almoço, uma pausa para deitar nas redes que ficam em cima d’água é mais do que agradável. A Pedra Furada é muito visitada pelos turistas por causa de seu formato diferenciado. Ver o mar através desse buraco, de fato, traz uma outra perspectiva. O caminho até a pedra também é interessante, já que vai costeando a praia. A Árvore da Preguiça é outro marco. Embora seja apelidada de preguiçosa, ela é sinônimo de força e resistência uma vez que o forte vento da região não permite que uma árvore cresça. Por isso, ela cresceu de lado, praticamente deitada! O entardecer em Jeri tem lugar certo: na duna do pôr do sol! Minutos antes do sol partir, todos caminham para o topo da duna. Ali, uma salva de palmas é dada quando a última ponta de sol vai embora.


81


Claudia Oliveira

vinhos

sommelière

vinhos kosher tradição milenar

S

anté! Você conhece o vinho kosher? Pois bem, a palavra kosher (que pronuncia-se cácher) significa bom, algo digno de confiança, em hebraico. No caso do vinho - e do alimento em geral - significa que o produto é elaborado sob a rigorosa supervisão de um rabino. A cultura judaica detém tradições históricas muito difundidas e, dentre as mais conhecidas, pode-se destacar a religiosa e a alimentar. O sistema kosher é definido pelo Torá, a bíblia dos judeus, e estabelece toda a íntima ligação entre a alimentação e a religião judaica. O vinho kosher segue nesse sentido sob os mesmos preceitos. Israel detém o topo do ranking na produção de vinhos kosher. Mas,

82

nem todo vinho que vem de Israel é kosher e, além disso, há ainda outros países - como França, Itália, Espanha, Estados Unidos, Austrália, Argentina e Chile - que produzem vinhos kosher sempre respeitando os preceitos religiosos judaicos. As regras para a produção de um vinho kosher são: - As videiras devem ter mais de quatro anos de vida; - Nada, vegetal ou fruto, se cultiva no vinhedo, além das vinhas; - Shmita, espécie de lei sabática para o vinhedo. Exige que depois de sete anos o vinhedo descanse por um ano, sem produzir (sabe-se que nesse período alguns produtores vendem suas uvas para não-judeus);

- Todo o maquinário e utensílios, inclusive os ingredientes, como sulfitos, leveduras, utilizados na produção devem ser kosher; - O manuseio das uvas e a fiscalização de todo o cumprimento dessas leis é feito por judeus mais ortodoxos, seguidores à risca do Torá, chamados de haredim; - Uma quantidade simbólica do vinho (1%), representando o dízimo pago ao templo em Jerusalém nos dias bíblicos, o maser, deve ser jogada para fora dos tanques ou da barrica onde estão sendo produzidos. Observo que kosher não deve ser considerado um processo que define a qualidade do vinho, e sim um certificado emitido aos que seguem suas leis religiosas. Aqui no Brasil, você pode degustar os rótulos orgânicos da Golan Heights, da pequena cidade de Katzrin, alto das Colinas de Golã, em Israel, importados pela Inovini. Desfrute e até a próxima taça!


83


gastrônoma e apresentadora de TV

a volta

para a cozinha

H

oje, a importância dada à gastronomia e à qualidade da alimentação para a saúde, além das dificuldades na contratação de profissionais para o trabalho caseiro, levam cada vez mais pessoas a aprender a preparar suas próprias refeições. Para quem não tem tempo, há receitas fáceis, saudáveis e práticas. Livros, internet, cursos e programas de TV disponibilizam informação culinária o tempo todo, então é só começar e, com um pouco de prática, você logo encontrará o ponto e o tempero certos. Se você não tem muita prática, comece pelo mais simples, como o preparo de saladas com temperos de sua preferência. São tantas possibilidades de associar sabor e as propriedades dos alimentos para se obter uma 84

gastronomia

Beth Teani

detalhe importante: trazendo inúmeros benefícios para uma vida mais saudável, além de passar para os seus filhos o hábito de cozinhar. Quer uma sugestão para começar? Essa torta de abóbora deliciosa!

salada saborosa e saudável! E não se esqueça da apresentação, pois também comemos ‘com os olhos’. O segundo passo é partir para os alimentos que requerem maior atenção no fogão. Comece com pratos básicos, como o nosso arroz com feijão. Procurei no Google “como preparar arroz integral” e me surpreendi com a quantidade de instruções, receitas e até vídeos no YouTube. Certamente, você encontrará a receita ideal! Não desanime, pois nas primeiras tentativas poderá acontecer de “passar do ponto”, ficar muito salgado ou até queimar a comida. Mas, é fazendo que se aprende! O importante é cozinhar e voltar às nossas origens, de nossas avós, dos nossos antepassados. E com um

Torta de abóbora 250g de doce de abóbora caseiro 250g de amêndoas moídas 4 ovos 100g de açúcar 1 colher de café de canela Manteiga para untar a forma Misture o doce de abóbora caseiro, a canela, os ovos, o açúcar e mexa muito bem. Forre uma forma com papel vegetal untado com manteiga, coloque a mistura e leve ao forno bem quente até ficar dourada. Decore com as amêndoas. Para fazer o doce de abóbora caseiro: Ao comprar a abóbora, escolha uma que seja para doce. Coloque em uma panela, no fogo baixo, 700g de abóbora em pedaços, 100g de açúcar, canela em pau e cravo. Mexa até o doce apurar.


85


lifestyle

Por Juliana Justino Imagens: Divulgação

O som de

Anne Marie do rock ao eletrônico De Guarujá, cantora ganhou o mundo das pick-ups com parceria com DJ FTampa

A

cantora e compositora Anne Marie, de Guarujá, conquistou o País quando se classificou para participar do programa The Voice Brasil, da Rede Globo, em 2013. Com interpretações viscerais e cheias de rock ‘n’ roll, a cantora se destacava e caia no gosto do público a cada apresentação. Não deu para vencer a competição, mas cantar na TV deu resultados positivos para a carreira de Anne Marie, que multiplicou o número de show da sua banda e lançou trabalhou autorais. Desde então, ela conseguiu se dedicar integralmente à música. Primeiro com a banda da qual fazia parte e com a qual trabalhou por 86

quatro anos, a Reles Relíquias, e depois em carreira solo.

Is All We Need’, que ficou incrível e é um sucesso!”.

Junto com o amigo Jefferson, que também tocava na banda, Anne Marie decidiu fazer algo diferente e partir para a carreira solo. “Comecei a escrever músicas em inglês, trabalhamos nos arranjos e mostrei para o Léo, da DJP, que na hora já achou o máximo! Ele pediu para mostrar para alguns DJs e a gente autorizou”, conta.

Anne explica que seu projeto solo é mais Pop/Indie Alternativo, mas que sentia a necessidade de fazer algo novo. E a parceria com o FTampa veio para somar. “Eu sempre gostei muito de música eletrônica mas nunca me aprofundei no estilo, só ouvia mesmo o que tava rolando no rádio. Mas hoje eu faço parte disso com muito orgulho”, diz a cantora.

A partir daí, Leonardo Araújo, que é empresário da cantora, mostrou o trabalho dela para alguns DJs que ele acreditava que poderiam se interessar pela parceria. “O FTampa foi um deles, e ele realmente abraçou a ideia, fazendo a versão dele de ‘Love

O DJ e produtor musical FTampa, nascido em Conselheiro Lafaiate (MG), já é um nome de referência no meio da música eletrônica. Em 2016, ele foi o primeiro brasileiro a se apresentar no palco principal do maior festival de música eletrônica do mundo - o Tomorrowland, na Bélgica.


“O Léo falou que tinha uma vocalista muito legal, que tava com umas músicas novas muito bacanas e que ele queria me apresentar”, conta FTampa. “Só que eu fiquei com medo, porque eu queria mexer em muita coisa da música... Ainda bem que ela confiou em mim e topou”, completa o DJ. Anne Marie ficou muito feliz com a escolha da música, que a foi a primeira que ela compôs para o projeto solo e que tem uma significado muito especial para ela “Eu escrevi para um grande amigo, que é o meu amor: Jesus. É do amor dele que eu falo na canção”, explica. Já FTampa ficou encantado com a música de primeira. Para ele foi a música certa, na hora certa. “Não tinha momento melhor para ela aparecer. Hoje, vivemos uma situação no mundo de muito preconceito e muita intolerância. Quando a Anne me enviou essa letra, eu fiquei muito impressionado! Porque, realmente, ‘love is all we need’, a gente só precisa de amor”, ressalta o DJ. “Era

“Eu escrevi para um grande amigo, que é o meu amor: Jesus. É do amor dele que eu falo na canção” o que a gente buscava. Tentamos sempre passar uma mensagem legal em todas as músicas, mas essa foi uma mensagem especial para o momento. Fico muito feliz de lançar esse som agora, e acho que muita gente vai se identificar com ela”, completa. Nas primeiras 24h depois do lançamento da versão no Spotify, em março, a faixa já era uma das mais ouvidas na plataforma. Agora, ‘Love Is All We Need’ já soma mais de cinco milhões de reproduções no Spotify e mais de duas milhões de visualizações no Youtube.

Aliás, gravar o vídeo foi uma experiência única para Anne Marie. “O melhor para mim foi gravar o clipe, na verdade. Foi em um fábrica de tecidos com uma equipe muito boa, que trabalha com Anitta, Claudia Leitte... Só artistas que já fazem muito sucesso e têm um tempão de estrada. Fazer parte disso foi um presente de Deus para mim. E o clipe é demais!”, relembra a cantora. Agora, Anne segue escrevendo músicas em inglês, negociando com uma gravadora e está cheia de planos, inclusive de mais parcerias com DJs. Para acompanhar o trabalho dela e saber das novidades, é só seguir a fanpage dela no Facebook, o perfil do Instagram (@annemoficial) e o canal do YouTube, cheio de vídeos bacanas - inclusive, o clipe da música original, para quem curte um som mais pop. E já sabe, né? Corre pro Spotify e já adiciona ‘Love Is All We Need’ nas suas músicas favoritas! A gente já avisa que é impossível ouvir uma vez só.

.: 91 :.87


Lifestyle

@pedropeugeot @luhsicchierolli @hdelarosa @davijrr @gusmusa

#falabbhouse

Winter Edition: Campos do Jordão

É

possível juntar influenciadores e marcas de uma forma descontraída, transformando negócios em um encontro de amigos?

aproveitaram a oportunidade única para criar um laço entre influenciadores e marcas de forma espontânea e rápida. Descolados, jovens e muito bem relacionados, Pedro e Gustavo conhecem muito bem o seu público e sabem exatamente o que eles (e seus seguidores) querem ver: novidades!

É, sim. E foi o que fizeram Pedro Peugeot e Gustavo Musa, quando lançaram a #FalaBBHouse, que aconteceu no mês de junho, em Campos do Jordão. “Sempre tivemos vontade de criar um ambiente onde pudéssemos reunir os amigos que trabalham com suas redes sociais, para uma criação de conteúdo em massa. Não um final de semana patrocinado ou algo do tipo, mas um momento único para compartilhar lançamentos, novidades e uma rotina inusitada”, conta Pedro.

88 .: 42 :.

@pedropeugeot

@rodolfocorradin

Essa foi a primeira edição do evento, mas outras já estão programas, como a Royal Edition, que acontecerá nos melhores resorts do País. @marinaapeixoto

@maycowmontemor

@gusmusa

Em um lugar com aquela atmosfera de filme e uma vibe incrível, eles

@luhsicchierolli

O canal FalaBB (youtube.com/ canalFalaBB) já é um portal de criatividade e um lugar para extravasar risadas. E foi daí que nasceu o #FalaBBHouse, que traz, com patrocínio da Chilli Beans, Fila e Peugeot e apoio de Absolut, Karsten, Blondine e Jim Beam, muitas novidades para os olhos curiosos dos influenciadores e seus seguidores.

@luangalvao_


89


@pedropeugeot lifestyle

Coquetel de lançamento revista Studiobox: edição 48 A arquiteta Carina Fontes – capa da nossa última edição – e nosso editor-chefe Maycow Montemor receberam amigos, parceiros e clientes no coquetel de lançamento da edição #48 da revista Studiobox, que aconteceu na SCA Santos. O coquetel foi servido pelo restaurante Geração Fit, com uma proposta diferenciada de buffet saudável, no estilo americano. A iluminação e o som ficaram por conta da SB7 Som e Luz. Fotos: Bruna Figo. Veja a galeria completa no site revistastudiobox.com.br.

Walid Abdouni, Carina Fontes e Lolla Abdouni

Felipe Torelli, Priscila Vivo, Everton Justus e Sérgio França

Carol Mendes, Dani Muniz, Fabi Cruz e Renata Arraes

John Tinoco

Buffet americano oferecido pelo restaurante Geração Fit 90


Maycow Montemor e Carina Fontes

Irene Torre e Carina Fontes

Charlles Robert e Rafa Ferraz

Caroline De Vita e Diego Bispo dos Santos

Maria Luiza Migotto 91


um Quarto para surfistas

no Sofitel Guarujá Jequitimar O resort Sofitel Guarujá Jequitimar preparou uma suíte temática com o espírito de aventura do surfe. A suíte ‘Aloha’ inclui serviços especiais, como aulas de surfe, e acesso às peças do acervo, que ficarão disponíveis aos hóspedes até outubro.

O esporte e seu universo foram escolhidos pela sinergia com o resort, situado na Praia de Pernambuco, uma das principais para a prática do esporte na região e pela história e trajetória de Gabriel Medina, um dos mais renomados atletas do circuito mundial. A inspiração para o apartamento de categoria superior, que possui 38m² com varanda, foi o estilo de vida dos surfistas, que se preocupam com a natureza e são conectados com a simplicidade e sustentabilidade. Os materiais usados seguem cores neutras e tons de azul, fibras naturais, madeiras e linho, além de pranchas de duas lendas do esporte, Gabriel Medina e Tom Curren e livros de acervo da marca Rip Curl. O projeto é assinado pela arquiteta Carla Arigón Felippi com curadoria da Rip Curl para adequar a suíte as necessidades dos surfistas. Na suíte, eles podem contar com roupões, lycra e medidor de marés Rip Curl. Ao longo da programação também serão realizadas aulas de surfe e luau. A gastronomia do hotel também ganha mimos especiais para os fãs do esporte com um corner do Surfe no café da manhã no restaurante Brisa, que terá cupcakes e macarons, e sugestões de pratos inspirados no tema havaiano, além de menu exclusivo disponível no serviço da suíte.

Para mais informações para reservas, ligue (13) 2104-2000 ou acesse sofitel.com

92


Ateliê Maísa Campos em novo endereço

A chef Maísa Campos está fazendo suas delícias agora na Rua Tocantis, 147, no Gonzaga. A nova casa é maior, mas mantém o mesmo clima de ‘cozinha de casa’, tem até uma jabuticabeira na porta! Maísa recebeu seus convidados na inauguração com muito carinho. Para saber mais sobre cursos, receitas e encomendas, curta a fanpage no facebook.com/ateliemaisacampos.

Alice Rabelo, Maísa Campos e Maristela Macedo

Creme de abóbora com quinoa vermelha e queijo de cabra

Maísa com sua equipe: a confeiteira Beatriz Requena e Camila Alves

Rafaela Horn, Juliana Colaço, Ana Cristina Tahan, Maísa Campos, Marcia Barbosa, Naiene Cavalli, Luana Segatto e Adriane Tsujita 93


Outback steakhouse

abre as portas em Santos

A inauguração mais esperada da Cidade nos últimos anos finalmente aconteceu. O Outback Santos abriu as portas no Praiamar Corporate e já é um sucesso. O restaurante - que é o 85º da marca no Brasil - é o terceiro no país com o novo conceito Outback, trazendo referências a lugares turísticos, cidades e mais pontos importantes da cultura australiana. A novidade chega com decoração e identidade visual renovadas e diferente apresentação de alguns pratos. Além do cardápio tradicional, a rede conta com um menu desenvolvido para o almoço com opção de entrada e prato principal por um preço especial. Esse menu é servido das 12h às 15h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados).

Alegria e superação com o

time de corrida da the one Os professores Henrique Almarza e Bruna Scarlate, da academia The One Fitness Club, prepararam para os 10 Km A Tribuna os 108 participantes, divididos em Elite B, Pelotão de corrida e Caminhantes! Os treinos iniciaram logo após o Carnaval e foram divididos em treinos de subida (nos morros), tiro e longa distância, além das aulas de funcional na praia.

94


Revo Coffee co.

a revolução do café

Sabe aquele conceito de “sentar para tomar um café com os amigos”, na cozinha de casa? Pois é, esqueça tudo que você sabe sobre isso, porque os meninos da Revo Coffee Co. revolucionaram o ato de tomar café aqui em Santos. A magia acontece em uma garagem na Ponta da Praia. Garagem mesmo, tem que tocar a campainha pra entrar!

Pães de fermentação natural, lanches deliciosos e doces incríveis tudo feito artesanalmente - acompanham os cafés orgânicos, que são torrados e moídos na casa e servidos em diversos tipos de filtragens. O atendimento e o ambiente completam a experiência, pois tudo é feito com muito carinho, qualidade e técnica. Não dá para explicar, tem que experimentar! Revo Coffee Co. Av. dos Bancários, 108A (tocar a campainha na porta vermelha). Funciona aos sábados, domingos e feriados, das 14 às 20h30. Fique de olho na programação em facebook.com/ revocoffeeco. 95


advogada e blogueira

Fish

F

Bar

ui conhecer o novo cardápio feito para o inverno do Fish Bar, do Diogo Junqueira. A decoração é inspirada no clima praiano sofisticado, moderno e aconchegante, perfeito para curtir de dia ou à noite. Todos os móveis são de madeira de demolição, e o deck na área externa é super charmoso.

Uma opção é o bar americano, para quem quer só tomar uns drinks e jogar conversa fora. Dentre as entradas, destaco o Trio de Causas Peruanas: madalenas de purê de batata inglesa, batata doce roxa e batata doce recheadas de abacate, cobertas com siri, camarão e polvo, regadas ao molho huancaína (R$ 43). Uma novidade entre os pratos é o Terra e Mar: contra-filé alto 100% Angus grelhado no chair-broil, gratinado com creme de queijos e camarão rosa,

primeira Mesa

A

idéia do Primeira Mesa, projeto que começou no interior e foi trazido ao litoral pelos santistas Paulinho Vilhena e Rodrigo Marzagão, é oferecer opções com preços atrativos aos consumidores e ainda preencher horários ociosos de restaurantes. O site garante que o consumidor que comprar o voucher pague 50% do valor de qualquer prato do restaurante 96

aqui em santos tem

Daniella Muniz

servido com batata recheada de cream cheese e presunto parma crocante (R$ 69), uma incrível e deliciosa mistura de sabores. Para finalizar, sugiro a torta de ganache com limão siciliano (R$ 25). Uma boa pedida é o drink Moscow Mule, que leva vodka, suco de limão siciliano e uma espuma de gengibre com xarope de rapadura (R$ 28). Fish Bar. Av. Rei Alberto I, 280, Ponta da Praia, Santos. Telefone: (13) 3261-1881.

credenciado. O custo para realizar a reserva vai de R$ 12 a 18 e a única exigência é que o cliente chegue cedo, para ocupar a primeira mesa durante o início de cada expediente. É preciso ficar atento ao horário da reserva , pois a tolerância é de 30 minutos. O desconto é válido para qualquer item no cardápio, entrada, prato principal e sobremesa, com exceção das bebidas. Acesse o primeiramesa.com, escolha o restaurante e faça sua reserva! Instagram: @primeiramesa013


97


chef de cozinha

Jesuíno

brilhante

M

anteiga de garrafa, carne de sol, feijão de corda e refresco de caju. Estas são algumas das delícias nordestinas de dar água na boca que você pode encontrar no Jesuíno Brilhante. Rodrigo Levino e seu pai, João Batista Rodrigues, executam, no pequeno salão, uma cozinha afetiva que resgata suas origens do Rio Grande do Norte.

A carne de sol, artesanalmente curada pelo próprio Sr. João Batista, é muito saborosa. A cozinha sertaneja aqui executada é simples e bem feita, com preço super justo. O cardápio não é muito extenso, mas traz clássicos muito apreciados por quem já conhece a culinária nordestina: paçoca de carne seca (com a carne refogada em deliciosa manteiga de garrafa), vinagrete de feijão de corda, cuscuz de milho, arroz vermelho cozido em leite, carne de sol preparada pelo dono da casa, pirão de queijo, bolinho de arroz de leite.

tordesilhas uma viagem gastronômica pelo Brasil, com pratos icônicos de norte a sul do país.

H

á quase 30 anos em São Paulo, o restaurante especializado em comida brasileira é tiro certo! Comandada pela incrível chef Mara Salles, a casa tem um cardápio que faz 98

Mara é estudiosa e conhecedora de nossos produtos típicos, o que fica bastante claro após degustarmos algumas opções do cardápio. Bobó de camarão, moqueca capixaba e pato no tucupi são alguns dos pratos tradicionais servidos. A feijoada, saborosa e bem executada, é

Comer em são paulo

Maísa Campos

O cardápio é simples, porém arretado e substancioso. E a comida, caseira e saborosa. Caso haja fila de espera, não se ‘avexe’ não! A espera pode ser bem agradável com uma cerveja servida em copo de alumínio estupidamente gelada acompanhando um ótimo queijo coalho com melaço ou bolinho de arroz. O Jesuíno Brilhante funciona de segunda à sexta, das 12h às 15h, e aos sábados das 12h às 16h. Jesuíno Brilhante. Rua Arruda Alvim, 180, Pinheiros, São Paulo. Telefone: (11) 2649-3612.

ótima opção para desfrutar bebericando alguma das cachaças servidas na casa. Caso queira provar algo novo, invista no Robalo ao Molho de Moqueca, Caruru, Acaçá e Farofa de Dendê! É muito gostoso e traz sabores únicos de terras baianas. O guisado de cordeiro com cuscuz de farinha ovinha de Uarini e legumes é também excelente opção para os amantes dos sabores da Amazônia. Tordesilhas. Al. Tietê, 489, Jardins, São Paulo. Telefone: (11) 3107-7444


ALGUMAS HABILIDADES QUE OS GESTORES MAIS BUSCAM EM CANDIDATOS: Inteligência emocional Visão estratégica Faro para oportunidades Inglês fluente

Seja um profissional mais competitivo. Desenvolva seu inglês na Wizard.

UNIDADES // POMPEIA – RUA EUCLIDES DA CUNHA, 232 – TEL.: (13) 3225-2750 PONTA DA PRAIA – AV. DOS BANCÁRIOS, 69 – TEL.: (13) 3261-2027 SÃO VICENTE I – AV. PRESIDENTE WILSON, 1026 – TEL.: (13) 3467-9229 SÃO VICENTE II – AV. ANTONIO EMMERICH, 519/521 – TEL.: (13) 3561-2812

99


100

Studiobox #49  

A nova edição da Studiobox já está no ar, e está uma delícia! Falamos com os chefs de cozinha Maísa Campos e Dário Costa sobre a participaçã...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you