Page 1

9 772176 249026

000 47

www.revistastudiobox.com.br

2016 Empresรกrios de

destaque


carta do editor

N

esta edição celebramos a coragem, a ousadia e o amor. Empreender é uma escolha de vida, é arriscar acordar todos os dias com um novo problema sem solução e torná-lo pequeno e ‘resolvível’ diante de todas as adversidades. Criar suas próprias oportunidades sem passar por cima de ninguém e assim gerar o crescimento de outros que também acreditam nos seus sonhos.Empreender é aprender todos os dias e sofrer desilusões, sejam estas com o mercado ou com as pessoas em quem você depositou parte da sua fé e esperança. Nesta edição também celebramos onze anos dessa revista que é um sonho de um garoto que não sabia que era impossível e por isso arriscou e conseguiu. No meio do caminho, esse garoto se tornou homem e desbravou as palavras amargas e as portas fechadas, revertendo-as em sorrisos e portas abertas. No meio do caminho, é óbvio que chega o cansaço e é repetido dizer que passa pela cabeça desistir... mas isso é tão rápido que não consigo dizer quantas e em quais momentos isso aconteceu. A vida é um ciclo tão perfeito que entre as voltas que a vida dá, muitas vezes ela te leva pro mesmo lugar,. Não exatamente o mesmo lugar, se é que você me entende, mas a mesma situação. Quando tudo começou, eu ouvi palavras que me machucaram demais. Mas foram essas palavras que me empurraram pra frente não sei se por gana de provar que eu era maior do que aquela pessoa esperava. E não é que, dez anos depois, ouvi as mesmas palavras? Só que desta vez o arranhão foi mais fundo e doeu mais. Acho até que chorei um pouco mais e pensei em desistir, pensei que dez anos já haviam sido suficientes e que eu já havia me provado que era capaz de tudo o que eu quisesse. Mas resolvi levantar a cabeça e agradecer por esse tapa que a vida me deu.

“Não é sobre chegar no topo do mundo E saber que venceu É sobre escalar e sentir Que o caminho te fortaleceu É sobre ser abrigo E também ter morada em outros corações E assim ter amigos contigo Em todas as situações A gente não pode ter tudo Qual seria a graça do mundo se fosse assim? Por isso, eu prefiro sorrisos E os presentes que a vida trouxe Pra perto de mim Não é sobre tudo que o seu dinheiro É capaz de comprar E sim sobre cada momento Sorrindo a se compartilhar Também não é sobre correr Contra o tempo pra ter sempre mais Porque quando menos se espera A vida já ficou pra trás” (Trem Bala - Ana Vilela)

Mais uma vez, um pontapé me empurrou pra frente e cá estou, fazendo disso mais um trecho da minha história e mais uma lição pra minha vida. OBRIGADO. Como diz a letra da música que escolhi pra essa edição, da jovem Ana Vilela: “Não é sobre tudo que o seu dinheiro é capaz de comprar, mas sobre cada momento sorrindo a se compartilhar. Porque quando menos se espera, a vida já ficou pra trás”. Que 2017 seja um ano maravilhoso para todos nós e que mesmo quando surgirem os problemas e os desafios, tenhamos coragem de continuar, persistir e vencer. Como já disse Augusto Cury: “Não tenha medo do caminho, tenha medo de não caminhar”. Boa leitura,

Maycow Montemor Editor-chefe

@m a y c o

wmon

temor


Leia online A revista Studiobox também pode ser lida em tablets e smartphones gratuitamente. Basta baixar o aplicativo Studiobox para iOS ou Android nas respectivas lojas virtuais.

Novo colunista! Toni Rodrigues é o mais novo colaborador da Studiobox. Especialista em Fisiologia do Exercício e Atividade Física Adaptada e Saúde, Toni estreia em nosso caderno de saúde com uma ótima reflexão sobre os hábitos que cultivamos. Confira!

Última edição

Fale conosco Nós queremos saber o que você acha de cada edição lançada, evento promovido e post publicado. Curta, comente, compartilhe ou nos envie um e-mail e ajude a deixar a Studiobox cada vez mais com a sua cara.

A matéria de capa da edição #46 da Studiobox foi com o incrível Claudio Piovesana, cabeleireiro e maquiador queridinho na cidade, que contou como alcançou o sucesso com muita ousadia. O ensaio de street style com a blogueira Carol Valladão também foi um sucesso e inspirou vários de nossos leitores!

contato@revistastudiobox.com.br

/studiobox

@revista_studiobox

@studiobox

Expediente M. Montemor Editora M.Montemor dos Santos Editora - ME CNPJ 09.400.313/0001-01 IE 633.675.615.111 Av. Conselheiro Nébias, 703 conj.1810 Vila Rica - Santos/SP www.mmontemor.com.br contato@mmontemor.com.br (13)3028.1530

Maycow Montemor Diretor

Juliana Justino Jornalismo, edição e diagramação

José Carlos dos Santos

Rafael Vaz Bruna Figo

Tesoureiro

Fotografia

Léya Santana

Bruna Figo Bill Rodrigues

Logística

Agradecimentos Coluna Social


Índice :: studiobox 47

16

Reflexão

20

Informal Móveis Externos

24 28 32 34 36 38 42 44 46 48 50 52 62 74 76 78

Por Felipe Goulart

André Santana Por Juliana Justino

Residencial Antônio Pissolati Crônica Clara Monforte

Divã Márcia Atik

Educação Regina Claudia Fuschinni

Filosofia Darrell Champin

Richards Santos Por Juliana Justino

Imagem Ana Hirigoyen

Moda Masculina João Freire

Moda feminina Renata Bala

Beleza Claudio Piovesana

Editorial de moda Empresários de destaque 2016 Por Juliana Justino

Emagrecer com saúde Por Juliana Justino

Oftamologia Dr. Guilherme Colombo

Dermatologia Dra. Roseli Andrade

80 82 84 86 90 92 94 96 98 100 102 104 106

Nutrição Maria Luiza Migotto

Fitness Toni Rodrigues

Suplementação Luiz Fernando Miranda

Cirurgia plástica Dr. Alexandre Nunes

Novo Empório Santa Marta Por Juliana Justino

Marketing Diego Martins

Direito e cidadania Christiane Fatalla

Economia Vanessa Stelzer

Kia Sorento 2017 Por Juliana Justino

Turismo Eduardo Virtuoso

Vinhos Claudia Oliveira

Gastronomia Beth Teani

Eurotrip Por Juliana Justino

110

Coluna Social

116

Aqui em Santos Tem

118

Daniela Muniz

Comer em São Paulo Maísa Campos


sca.com.br

TENDÊNCIAS QUE INSPIRAM TENDÊNCIAS.

Santos: Rua Azevedo Sodré, 07 | Boqueirão | F: 13 3221.9142


foto: @pneuduro

reflexão

“Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.” Mahatma Gandhi

Quer ver sua foto publicada aqui? É só publicar uma foto de Santos no Instagram com a hashtag #revistastudiobox e torcer para ser a escolhida.

.: 16 :.


PRAIAMAR SHOPPING


negócios

Por Felipe Goulart Fotos: Bruna Figo

informal

móveis externos com elegância e aconchego

A

as áreas e segmentos. Hoje eu vejo como isso foi importante, pois consigo enxergar a empresa como um todo, e cada setor com sua particularidade”.

para áreas externas como sacadas, jardins, piscinas, terraços e varandas gourmet, que a cada dia ganham mais destaque, unindo charme e conforto ao ambiente.

“Enquanto meus amigos do colégio jogavam futebol na praia, eu descarregava caminhões de entrega. Foi uma espécie de trainee que fiz na empresa, passando por todas

Vitor é um dos proprietários da Informal Móveis Externos, uma empresa com seis anos de existência, que surgiu justamente para suprir uma necessidade de mercado na Baixada Santista em oferecer móveis modernos, sofisticados e exclusivos

A Informal trabalha com diversos fornecedores renomados no mercado nacional e até mesmo internacional, trazendo móveis confeccionados em madeira certificada, alumínio, telas, fibras naturais e sintéticas, por vezes feitos artesanalmente e

pesar da pouca idade, o empresário Vitor Simões tem experiência de veterano nos negócios. Trabalhando com seu pai desde o início da adolescência, Vitor aprendeu cedo os ossos do ofício.

.: 20 :.


sob medida, capazes de garantir beleza, leveza e muito conforto para o seu espaço. Apesar de ser uma empresa considerada ‘jovem’ ainda, Vitor traz o know-how da família, que atua no segmento há mais de quatro décadas. Há pelo menos metade desse tempo, Vitor já vivenciava a rotina do mercado, o que lhe trouxe experiência suficiente para oferecer versatilidade e satisfazer as exigências de projetos arrojados de arquitetos, paisagistas e decoradores, com a beleza e o conforto que o cliente certamente exige. Mas não é só de móveis externos que vive a Informal. “A qualidade do acabamento e dos materiais aplicados permite que essas peças sejam também usadas internamente, com toda elegância e aconchego de um móvel considerado interno”, ressalta Vitor Simões. E foi por esse e outros motivos que ele resolveu criar um departamento exclusivo de marketing na loja, agora no final de 2016, para melhorar o relacionamento com clientes, fornecedores, arquitetos, decoradores, síndicos e condomínios, criando ações de engajamento, turbinando as redes sociais e diversas outras surpresas que estão sendo preparadas para o ano de 2017. “Estamos procurando a melhor forma de atender a todos, mas também estamos abertos a todo tipo de parceria. Queremos que a Informal seja, além de referência no segmento na Baixada Santista, um case de sucesso que sirva de exemplo para as outras lojas do grupo”, revela Vitor. Para a virada de 2016 para 2017, a loja resolveu apostar na paixão e no bairrismo do santista. Trouxe da França as cadeiras Athena, da Grosfillex, que lembra bastante a tradicional marca registrada de Santos: as muretas da orla da praia. Com encosto translúcido feito em policarbonato e o acento fosco em polipropileno, a linha Athena é importada diretamente de Oyonnax, no coração do Haut-Bugey, região francesa quase na fronteira com a Suíça.

Seu design contemporâneo e exclusivo se adapta a qualquer espaço, acrescentando um toque de frescor e modernidade a sua estética. Com proteção UV, ela pode ser usada tanto em ambientes externos quanto internos. Vai bem dentro de casa ou em estabelecimentos comerciais. De geometria simples mas forte identificação, foi justamente isso que chamou a atenção de Cíntia Marcacini, Gerente de Aquisições da Informal Móveis Externos. “Precisamos ficar sempre antenados com o que há de tendência pelo mundo, tanto em design quanto em materiais. Quando bati o olho nessa cadeira meu coração acelerou, me senti em casa! É a cara da minha cidade, o lugar que escolhi para morar e construir minha família há 20 anos”.


P

R

O

M

O

Ç

Ã

O

PisosVinílicos Kyowa Aproveite os preços especiais para deixar sua casa linda e receber muitos elogios.

5X

PARCELE EM ATÉ

SEM JUROS*

*Parcelamento disponível em cheque, débito em conta ou boleto através do sistema de financiamento Santander (disponível para correntistas de diversas instituições bancárias), sendo 1+4. Sujeito a aprovação bancária. Condições válidas por tempo limitado.

Castilla m R$

90,

2

Oxformd

185,

2

Piso Vinílic Beaulieu o

- Réguas co lado - Instalação inclusa

o Piso Vinílic Beaulieu

lick - Réguas c inclusa - Instalação

R$

/KYOWAONLINE

/KYOWAONLINE

KYOWAONLINE.COM.BR

WASHINGTON LUÍS, 370 • 13 3223.3227 | SENADOR FEIJÓ, 355 • 13 3223.2415 | PRAIAMAR SHOPPING 3º PISO, LOJA 314 • 13 3227.4888


DSPA

TAPETES CORTINAS E PERSIANAS TOLDOS, COBERTURAS E GUARDA-SÓIS CARPETES E PISOS PAPEL DE PAREDE ACESSÓRIOS DE DECORAÇÃO

É PRA TODA CASA


arquitetura e decoração

Por Juliana Justino

Studio A+B André Sant’Ana e Bruno Neves Usando planejados para criar soluções integradas, arquitetos do Studio A+B criam projeto com espaço e conforto para a família

C

riado a pouco mais de um ano, o Studio A+B é resultado da parceria entre os arquitetos André Sant’Ana e Bruno Neves. Depois de atuarem em alguns escritório em Sâo Paulo e empresas da região, os sócios acumularam bagagem para seguirem como autônomos. O ponto de partida de ambos, desde pequenos, foi o grande interesse pelo desenho e pela arte. André foi influenciado pela mãe, que é professora .: 24 :.

de artes, e Bruno, pelos pais que atual na área civil. O escritório atende diversos tipos de projetos, desde o desenho de mobiliário até o desenvolvimento de projetos residenciais, comerciais e corporativos.

de nossos projetos, seja residencial ou comercial”, conta André. “Nossa missão é traduzir as necessidades e sonhos de nossos clientes, proporcionando bem-estar e qualidade de vida unidos a sustentabilidade e novas tendências”, completa.

Influenciados por um estilo modernista e contemporâneo, eles seguem uma linha conceitual, sempre agregando arte e design aos seus projetos. “Para nós, é muito especial poder apresentar nossa identidade em cada detalhe

O arquiteto explica que a busca é constante e se renova a cada dia, a cada projeto. “Faz parte do processo criativo essa inquietude e renovação, sempre à procura do novo, do singular. Nossas expectativas estão sempre


ligadas às expectativas do cliente e, se conseguimos alcançá-las ficamos muito satisfeitos”, explica. A base desse processo criativo é sempre muita pesquisa, reunindo informações que possam inspirar e atender as necessidades do cliente e, a partir daí tornar o trabalho único e surpreendente. E, muitas vezes, a facilidade dos móveis planejados é imprescindível para realizar a tarefa. André diz que é um prazer para o Studio A+B poder contar com a parceria da SCA, que sempre oferece soluções integradas que atendem todo o projeto aliando design e tecnologia ao produto final. Quem sai ganhando, é claro, é o cliente. No projeto que mostramos aqui, realizado em Santos pelo Studio A+B, o principal ponto para a

execução foi proporcionar muito espaço e conforto para a família, pois o casal desejava espaços mais amplos e integrados para poder receber os amigos e desfrutar com os familiares. “Na varanda, trabalhamos com móveis com linhas horizontais bem marcadas, mesclando tons claros e escuros, cheios e vazios. Para acomodar a família, trouxemos uma mesa com tronco de madeira e pés de aço que acabou se tornando um destaque, junto com as cadeiras assinadas pelo designer Guto Índio da Costa”, explica o arquiteto.

“Nossa missão é traduzir as necessidades e sonhos de nossos clientes, com bemestar e qualidade de vida unidos a sustentabilidade e novas tendências” André Sant’Ana e Bruno Neves

No home theather, os arquitetos contaram com uma iluminação pontual, dando destaque e personalidade ao desenho do mobiliário, que foi desenvolvido junto com a SCA. A estante composta com nichos e gavetas para livros e objetos de decoração completam o projeto. .: 97 :.


Arquitetura e decoração

Residencial

antônio pissolati Localizado em Praia Grande, o empreendimento alia arquitetura moderna com o aconchego do estilo clássico

O

primeiro empreendimento da MGQ Construtora, o Residencial Antônio Pissolati, será entregue no início de 2017. O projeto frente à praia, localizado no bairro Campo da Aviação em Praia Grande, alia o conceito da arquitetura moderna com o estilo clássico.

Construtora JR; e Priscila Menezes, que como arquiteta cuida dos detalhes do processo construtivo ao produto final.

A empresa também traz essa proposta de agregar a tradição com os novos tempos. Com o histórico de peso de seus fundadores: Rafael Garcia de Queiróz, que já entregou milhares de metros quadrados construídos como sócio da

Apesar de jovens, levam na bagagem a experiência de mais de 15 anos atuando no mercado da construção civil, e hoje, com os pés no chão, sonham com vôos mais altos. Sonham em ver a Praia Grande como cidade

.: 28 :.

O legado construído por suas famílias na cidade de Praia Grande desde 1960, virou exemplo e referência para esses jovens empreendedores.


grande, mas sempre com a sua essência acolhedora, e por isso, trabalham para ver essa mudança. O Residencial Antônio Pissolati é um convite para viver essa mudança. Sua fachada clássica e imponente contempla nobres diferenciais, com a preocupação de unir elegância e sofisticação nos detalhes de cada ambiente. O apartamento decorado de 123 m² tem três dormitórios, sendo uma suíte. O projeto de decoração é

assinado pelos arquitetos de interiores Gabriel Fernandes e Gil Medeiros, que conduziram o projeto com extremo bom gosto e sensibilidade. O universo litorâneo que faz parte de nosso dia a dia foi uma das principais inspirações que Gabriel e Gil usaram para traçar o norte do projeto final do apartamento decorado. Eles passearam entre texturas, toques e formas e trouxeram detalhes, ideias e propostas acessíveis para despertar e mostrar ao visitante o que é possível.

.: 47 :.


Para as salas, pensaram na melhor forma de aproveitar o espaço com conforto, um estar cheio de personalidade, através de misturas equilibradas, passando entre as diferenças dos tons e dos veios das madeiras, diferentes texturas para os estofados, assim como os pufes de crochê, que trazem um toque handmade. A sala de jantar, propõe uma brincadeira de cheios e vazios através de uma estante posicionada de forma que a mesa encaixa em uma de suas extremidades, mas aparece totalmente fluída ao tampo vidro incolor. .: 30 :.

A cozinha é integrada com as salas, em um balcão do estilo americano, com banquetas giratórias, para que a integração dos espaços fosse algo funcional também por meio dos usos. O terraço gourmet, se transformou em mais uma alternativa de lazer para a família, com uma mesa confortável, com acabamento de alumínio com vidro, e cadeiras em madeira com encosto em tela, que lembra os acabamentos das cadeiras das nossas avós. O paisagismo complementa o espaço com a vida natural e a luminosidade

se faz presente de forma deliciosa para dentro do apartamento. Na suíte do casal, a decoração retrata uma intimidade aconchegante, em tons mais claros, metal bronze e brincando com os estilos das peças escolhidas para o projeto. Já o quarto da menina surgiu através da concepção de se ter um ambiente que fosse delicado e reversível ao mesmo tempo, uma vez que, por se tratar de um apartamento decorado, o projeto mostra bem como utilizar os espaços ao invés de apenas retratar um estilo de decoração em si.


O quarto do rapaz, um verdadeiro convite a morada da casa de praia, vem com o mesmo conceito de ser algo básico a todos os olhares e de fácil transformação. Para visitar o decorado, basta ir até a Avenida Presidente Castelo Branco, 4772. Para saber mais sobre o empreendimento acesse www.mgqconstrutora.com.br/ pissolati

Arquitetura Empreendimento: Adriana Santa Rosa e Priscila Menezes Perspectivas 3D: Michel M. Bellot Fotos: André Monteiro Decoração: Gabriel Fernandes e Gil Medeiros


Clara Monforte

crônica

advogada, colunista social e escritora

coração bandido

E

ra apenas uma conversa informal. Final de tarde, em um dia como outro qualquer. O assunto decorreu de uma pergunta que fiz por pura falta do que falar, ou por curiosidade. Disse eu, à profissional que, naquele momento, prestava-me um serviço: “Como você está com o seu novo namorado?”. “Bem, ele é muito bonzinho”, respondeu. Confesso que a resposta me soou mal. Pensei comigo: “Só isso?”. Diante à fria resposta, continuei. “E o outro? Você não viu mais?”. Foi o bastante! O despretensioso bate-papo transformouse num desabafo, numa confissão de amor rara nos dias de hoje. Disse-me ela, como se lágrimas tristes quisessem saltar: “Ah, eu havia perdoado a primeira traição e, com isso, veio a segunda, daí o fim”. Continuou:

.: 32 :.

“Mas, não há um dia que eu não pense nele, você acredita?”. “Claro que acredito!”, disse eu. Nosso diálogo prosseguiu por mais de uma hora. Era tamanho o sentimento que ela demonstrava, que me envolvi de cabeça na sua história. Tudo o que me dizia era real e sincero. O único apoio atual é o novo namorado, que fora seu bom amigo. E ela, com a notícia de que o “ex” ficara noivo, contou-me detalhes do relacionamento com aquele que foi o seu amor e a razão de seus suspiros. Pois bem. Chego agora aonde quero chegar. Num determinado momento, disse-me num tom de lamento: “O coração é bandido”. Jamais ouvi tal expressão! Continuou, então, contando promessas em vão, conversas e fatos ocorridos ao

longo da marcante convivência apaixonada. E eu, quedei-me a pensar naquela simples e expressiva frase que martelou o meu pensamento: “o coração é bandido!”. Que verdade irrefutável: um dos mais importantes órgãos do nosso corpo trai até quem o conduz! É malfeitor dos sentimentos mais puros, é cruel, não se importa com o sentimento de quem o leva no peito, age somente a seu belprazer e não se comove com o choro de quem sofre. Ele, o coração, comete o crime da indiferença, traz o sofrimento e fica impune até parar. Daí, nada mais importa, não há mais vida, não há mais chance de ir buscar um novo amor tão satisfatório quanto “aquele” que faz a minha interlocutora sofrer! A gente ama com o coração, sofre pelo coração, vive graças aos seus batimentos, vibra quando ele acelera. A gente morre porque você desiste, coração. Ela, aquela moça com quem há tempos eu não conversava, tem razão: “Você é bandido, coração!”.


Márcia Atik

divã

psicóloga

um presente para você

A

psicologia da saúde há anos vai além do biopsicossocial, incluindo também o espiritual e o ecológico entre os aspectos importantes para o bem-estar emocional e desenvolvimento social do ser humano.

Diversas pesquisas atuais revelam como o nosso corpo reage quando colocado em ambientes naturais, ativando o sistema nervoso parassimpático, que está intimamente relacionado a uma resposta de tranquilidade física do nosso organismo.

Hoje, uma nova área da psicologia, denominada de ecopsicologia - ainda pouco conhecida, mas que teve seu início em 1992 - defende e mostra a importância do bem-estar planetário no nosso bem-estar pessoal.

Nesse sentido, podemos refletir até onde essa concretização das cidades e de nosso dia a dia não seja um dos inúmeros motivos presentes na vida moderna pelo aumento das situações de tensão e quadros de estresse, depressões e pânicos apresentados pelos pacientes que lotam os consultórios de psicologia.

“Poucas pessoas têm uma compreensão emocional de que a perda das espécies significa que vão ficando cada vez mais sozinhas e tristes!”, diz o precursor da ecopsicologia no Brasil, Marco Aurélio Bilibio. .: 34 :.

Segundo uma matéria da revista ‘Bons Fluidos’, já existe no Japão um programa do governo chamado de banho de floresta.

Achei pertinente levantar esse assunto, principalmente por que nós temos a nossa disposição quilômetros de jardins belíssimos e perfeitos para esse banho. Banho de natureza, de conexão sensorial com cheiros, cores e movimentos, além de uma sensação de pertencimento ao universo. Segundo Bilibio, esse distanciamento do mundo natural acaba gerando um modo de funcionar focado no intelecto e, assim, pagamos um alto preço por isso com os sintomas de ansiedade, estresse e ficamos presos nesse círculo vicioso. Vamos lá! Nós, santistas, somos muito privilegiados nesse quesito. Seja verão ou inverno, temos os nossos jardins – os mais belos do mundo – que estão a nossa disposição. Vamos nos integrar à natureza e às pessoas. Esse é o convite, ou melhor, o presente que nos damos.


Regina Fuschini

Educação

pedagoga

criar e educar são a mesma coisa?

C

riar e educar uma criança significam a mesma coisa? De imediato, podemos responder que sim, porém se analisarmos minuciosamente chegaremos à conclusão que não. São ações e atitudes bem diferentes. Basta analisarmos o significado de cada um dos verbos: criar é “fazer existir ou dar origem a partir do nada a alguém ou alguma coisa, formar, gerar”, enquanto educar é “dar a alguém todos os cuidados necessários ao pleno desenvolvimento de sua personalidade, transmitir o saber , dar ensino, instruir”. A partir dessa análise começa a diferença: dar banho, dar alimentação, levar à escola, às atividades extras e manter as roupas limpas é cuidar! Mas educar, mesmo com os afazeres e cobranças do dia a dia, exige mais; educar vai além das ações de cuidar. .: 36 :.

Mesmo que o tempo seja curto, o mais importante é a qualidade do tempo e momentos em que pais e filhos estão juntos. Educar é dar o melhor: sentar, conversar, saber o que passa na escola, saber o que fez durante o dia, com quem brincou, se está em dia com as tarefas escolares, saber o que aborreceu e porque; enfim, é participar e interessar-se com o dia a dia da criança. Para então orientar, ensinar, explicar e fazer o papel que cabe aos pais: a educação. Para formar o caráter é muito importante dar bons exemplos. E uma das palavras mais importantes na educação de um filho é “não”. Tão pequena e de tanta importância na formação da criança e, apesar de parecer fácil, os pais encontram muitas barreiras para manterem-se firmes no “não”. O principal desafio na educação de uma criança é a fase construtora,

quando as bases da personalidade são estabelecidas, por isso dar limites de forma coerente é muito importante nos seus primeiros sete anos de vida. Por vezes os pais ficam receosos em exagerarem e serem autoritários demais, mas a insegurança de errar atrapalha a construção de uma autoridade saudável e necessária. E o resultado serão crianças que não amadurecem devidamente, impacientes , intolerantes e inseguras. Educar um filho não é tarefa fácil. Não há um manual específico ou uma receita, como de bolo, de como deve-se educar uma criança. Porém, é importante que haja coerência na hora de dizer sim e não, respeitando os limites, que vão se modificando conforme o tempo vai passando e a criança crescendo. Os pais devem estar sempre na mesma sintonia. Por mais duro que os pais sejam, eles educam com amor. Se a criança não tiver limites em casa, vai acabar aprendendo os limites fora de casa e da escola; pois a própria vida irá impor- lhe limites! “Não” também é amor! É educar!


Darrell Champlin

Filosofia

antropólogo

você está pronto para (finalmente) acordar?

P

14) Amo meu parceiro e tenho certeza que é a pessoa certa para mim? 15) Quando foi a última vez que me diverti? Por que esperar pelas férias anuais? 16) O que faço ajuda as pessoas? Em especial os menos afortunados?

assamos a vida tão focados em outras coisas que deixamos de concentrar em nossa saúde emocional e espiritual. Não olhamos para dentro e perdemos a oportunidade de amadurecer e nos libertar. Reflita sobre essas perguntas. Você está pronto para acordar para a vida?

6) Por que me ligo para o que falam de mim, quando palavras não me definem?

8) Tenho alimento, abrigo e uma família amorosa, por que ainda sinto mal-estar?

18) Quando foi a última vez que desacelerei, não fiz nada e não senti culpa por isso?

1) Faço o que eu amo todos os dias? Posso dizer que acordo todo dia e me divirto?

9) Quando finalmente consigo algo que queria ainda me sinto infeliz. Por quê?

19) Quando foi a última vez que disse à minha mãe que a amo?

2) Quando tudo acabar, vou olhar para trás e saber que fui quem eu devia ser?

10) Posso fazer algo mais produtivo do que ficar navegando pelas mídias sociais?

20) Acredito em Deus, alienígenas ou vida após a morte? Posso dizer que acredito em algo maior do que minha vida?

3) Posso dançar e comemorar como se ninguém estivesse olhando?

11) Devo me esforçar tanto para encontrar o amor ou deixar o amor me encontrar?

4) Minha felicidade é controlada por outra pessoa?

12) Quando tiver 90 anos, alguém lembrará de mim? Deixo um legado?

5) Estou deixando meu emprego ou nível educacional definir quem sou?

13) De que tenho medo? Afinal, ele não deriva apenas de minha imaginação?

.: 38 :.

7) Preciso tanto de dinheiro para ser feliz? A felicidade deriva só disso?

17) Se outros podem fazer algo com muita facilidade, também posso, certo?

21) Posso parar, relaxar e reconhecer que não preciso estar tão irritado e frustrado com as coisas o tempo todo? Se suas respostas não lhe agradarem, não é melhor começar uma mudança interna hoje mesmo? Nem é tão difícil assim.


opticacto

opticacto


moda

sabor de férias

no cotidiano

A Richards completa quatro anos em Santos levando aos clientes aquilo em que acredita: um estilo de vida autêntico

H

á quatro anos presente em Santos e uma das principais marcas de moda masculina da Cidade, a Richards é uma marca genuinamente carioca que nasceu em Ipanema de forma despretensiosa. Foi no ano de 1974 que Ricardo Ferreira resolveu abrir uma boutique masculina que fosse totalmente diferente das lojas existentes .: 42 :.

no mercado e completamente associado a um estilo de vida que ele valorizava: informal, porém requintado e verdadeiro. Quando Ricardo era jovem, descobriu que o Arpoador era o melhor local para se pegar jacaré, não existia surfe ainda. Lá era a praia dele e foi ali que ele iniciou sua trajetória na caça submarina, no surfe e mais tarde nos movimentos culturais e na liberdade.

O local foi palco de uma convivência democrática entre gente de todos os níveis: pescadores, mergulhadores, intelectuais, artistas, esportistas, entre outros. Ali todos eram iguais. Com todo aquele movimento de emancipação e criatividade acontecendo no bairro, nasceram várias boutiques com manifestações artísticas autênticas desvinculadas da moda. E a Richards foi uma dessas


boutiques, com estilo focado em um ideal de vida. Quando Ricardo idealizou abrir aquela pequena loja em Ipanema, não estava pensando apenas em dinheiro. Na verdade, ele estava entusiasmado em oferecer para os seus clientes alguma coisa que fazia um verdadeiro sentido para ele. “Nossa missão é oferecer prazer. Só obteremos sucesso e criaremos esse valor se o vivenciarmos e sentirmos de fato o

“Definimos nosso negócio como um jeito de se levar a vida, uma forma de se viver guiada por valores, e não regras”

que é isso. Definimos nosso negócio como um jeito de se levar a vida, uma forma de se viver guiada por valores, e não regras”, diz Ricardo. A ideia é que a loja fosse um oásis, um espaço para fazer uma pausa na correria do dia a dia e ouvir uma música em meio a roupas incríveis. Conheça as coleções feminina, masculina e infantil na Richards Santos – Rua Azevedo Sodré, 35.

.: 47 :.


Ana Hirigoyen

imagem

consultora de imagem

O poder da terceira peça

G

eralmente, quem busca uma consultora de imagem, busca - entre outras coisas - aprender a lidar com suas formas e proporções, valorizá-las por meio das roupas.

A terceira peça é a que vamos acrescentar a este visual básico: blazers, coletes, jaquetas, cardigãs, entre outras.

Uma dica simples e útil que eu imprescindivelmente passo para clientes e amigas é para que elas tentem sempre incorporar uma terceira peça à produção. É um item incrível e que se adapta a quase todos os estilos.

Este elemento extra pode transformar a proposta e estilo de uma produção. Por exemplo: um look básico com calça e camisa neutros, pode virar uma produção para o trabalho quando complementado com um blazer de alfaiataria, pode ser um look de festa se complementado com casaqueto bordado ou pode ter um estilo mais rocker se usado com uma jaqueta de couro. As possibilidades são infinitas.

Chama-se terceira peça, pois, geralmente, um look básico conta com duas peças (calça e blusa, por exemplo) ou uma peça única (vestido e macacão).

Sua utilidade vai além do estilo, pois ela pode funcionar como um truque certeiro para afinar visualmente a silhueta, criar ilusão de cintura, alongar o tronco... Basta saber usar

E também, é claro, aprender algumas dicas de moda e truques de estilo!

.: 44 :.

formas e cores a seu favor. E aqui vão algumas dicas: Para afinar: Ao usar jaquetas, cardigãs e outras sobreposições abertas, cria-se duas linhas verticais no centro do tronco, o que visualmente afina a silhueta, principalmente se houver contraste de cor entre a blusa e a terceira peça. Para acinturar: Com uma peça de baixo mais ajustada, as sobreposições de tecido estruturado devem ter uma modelagem sequinha e acinturada. Já as peças de modelagem ampla e solta devem ser de tecido fluido e leve. Em ambos os casos, quando usadas abertas, além de afinar, irão acinturar a silhueta. Para alongar: A dica aqui é escolher peças mais compridas e também usá-las abertas. As linhas verticais e longas criadas irão deixar visualmente a silhueta mais longilínea. Aproveitem as dicas!


ร‰ tempo de vestir a vida com

EGO

esperanรงa, alto-astral, alegria e positividade.

EM

ENTRE NA MODA DA FELICIDADE.

shoppingpraiamar

shoppingpraiamar

#praiamarshopping

praiamarshopping.com.br


consultor de moda e coolhunter

milan Fashion Week

M

inha semana de moda favorita é, sem dúvidas, a de Milão. É incrível como a cidade fica nesta época do ano e adoro observar com cuidado todos os detalhes. Além dos desfiles, o street style é imperdível, assim como os outros eventos que circundam essa intensa semana. Vamos falar dos meus pontos favoritos e tendências para os próximos meses. Bottega Veneta A marca completava 50 anos de maison e pela primeira vez abriu suas portas para digital influencers. Foi um privilégio assistir ao desfile ao lado de tantos nomes renomados do mundo da moda. Segue fiel ao conceito de alto luxo e exclusividade, mantém a simplicidade, mas ressalta o savoir-faire dos artesãos. A coleção é composta por roupas simples, .: 46 :.

leves e soltas, mas que se tornam especiais e adaptáveis aos clientes da marca. O segredo é a preciosidade dos materiais aliada à expertise da maison. A paleta de cores transitou entre rosa, vermelho, marrom, preto, bege e creme. Entre os materiais utilizados podemos destacar algodão, seda, couros variados, fios metálicos e denim. Combinações como calça de alfaiataria alta e tradicional com camiseta e jaqueta de couro foram muito utilizadas. Modelos de calças mais inusitadas com amarrações na cintura e barra dobrada foram destaque, além de shapes mais larguinhos e confortáveis. Diesel Black Gold A Diesel é uma de minhas marcas queridinhas. Nesta temporada apostou muito em tons escuros, mas o jogo de proporções quebrou a dureza da paleta e deixou tudo mais cool. O denim em

moda masculina

João Freire

diferentes cores e estilos renovou o que temos como padrão de jeans! Vimos também muitos looks de jeans com jaquetas de couro. Jaquetas com corte que remetem a quimonos também foram sucesso na passarela, e aliadas ao bom e velho jeans skinny formaram o combo perfeito. Tod’s A Tod’s como sempre transbordou sua elegância e luxo. Os clássicos revisitados em cores mais atuais e shapes mais sequinhos fizeram o sucesso da coleção. Blazers, calças de alfaiataria, camisas e até parkas foram muito vistas. A bomber jacket segue em alta! Os acessórios e sapatos são sem dúvidas o ponto alto quando se fala de Tod’s. Mochilas e malas de mão ficaram entre meus favoritos. Antonio Marras O estilista, famoso por contar histórias em suas coleções, surpreendeu demais. A coleção - inspirada na Independência do Mali - transitou com muito mix de estampas, cores, tecidos e texturas embalando a audiência para um mood de verão africano. Queremos o verão já!


blogueira e fashion lover

top five

para o verão 2017

C

ada vez mais democrática, a moda traz muitas tendências para 2017, como estampas florais e étnicas e metalizados. Muitas das peças que estarão em alta no verão já podem estar em nossos armários, e esse é a hora de colocá-las no sol! Gargantilhas ou chokers Hit do inverno 2016, as gargantilhas continuam fortes na moda primavera/ verão 2017. Em pedraria ou couro, douradas ou prateadas, finas ou grossas o acessório tem tudo para bombar nos dias quentes. Pode investir já! Para não errar use com top Bardot, aqueles de ombro a ombro ou com camisas básicas com super golas. Sandálias de tiras Sai gladiadora e entra sandália de tiras. .: 48 :.

O toque colorido fica por conta dos pompons, que deixam o calçado com pegada divertida e adiciona um toque despretensioso à produção. Aliás, as bolinhas fofas estão com tudo como complemento de acessórios com pegada fun, como brincos. A sandália de tirinhas é uma forte candidata ao calçado favorito do verão 2017. Para quem não curte muito cores e prefere ser mais básica, aposte em tons terrosos, assim você tem mais liberdade para usar. Slip dress É uma espécie de “camisola de sair”, feita com tecidos bem leves e fluidos e que traz bastante feminilidade e sensualidade para a composição. Nos pés, é possível equilibrar a sensualidade e deixar a produção mais esportiva e arrojada, bem 2017:

moda feminina

Renata Bala

a proposta é usar com sapatos mais fechados, botinhas de cano curto ou tênis. Mas a versatilidade é tanta que eles ficam perfeitos com as sandálias de tiras,por exemplo. Oversized na medida As peças “grandes demais” vão reinar absolutas no próximo verão. São blusões, jaquetas e até calças largas. Para fazer bonito, aposte no oversized em mangas largas, calças soltas e coletes compridos, que apesar de serem grandes, encaixam-se perfeitamente em suas medidas e proporções! Pantacourt É uma das principais peças do verão 2017 para a mulher contemporânea. Elas já tinham dado as caras no verão passado, mas prometem aparecer muito agora em 2017. Elas também vêm na versão mais curta, lembrando as bermudas femininas dos anos 90. Ficam bem acompanhadas das sandálias de tiras e os tênis, principais hits da estação nos pés. Anote aí o top five para o verão 2017 e curta seu verão!


Claudio Piovesana

beleza

cabeleireiro e maquiador

a moda deles

O

s homens finalmente perderam o medo de se cuidar. Cada vez mais, eles estão confortáveis e se sentem mais à vontade ao frequentar espaços como salões de cabeleireiro. Também, pudera: antes território exclusivamente feminino, muitos salões notaram o potencial da grande clientela masculina e alinharam seus estabelecimentos para receber essa nova turma. Em quase todos, há profissionais treinados para cortes masculinos, antenados nas últimas tendências e altamente informados sobre produtos específicos para os cabelos deles. E olha, quanta variedade! Se, até então, um simples shampoo bastava... .: 50 :.

Hoje, eles escolhem entre uma infinidade de pomadas, cremes, gel e afins. Na rotina atribulada dos tempos modernos, se esticar no lavatório e receber uma massagem relaxante enquanto lava os cabelos virou um rito relax para muitos homem, que encontrar no salão um lugar para se desconectar no dia a dia.

Alguns escolhem seguir o caminho das esposas ou namoradas e frequentam o mesmo lugar que elas. Outros buscam afinidade com o profissional e experimentam diversos estabelecimentos até encontrar exatamente o que procuram. O fato é que o homem moderno não quer deixar de se cuidar. Fazer as unhas das mãos e dos pés e aparar as sobrancelhas também são serviços muito buscados. E qual melhor lugar para conseguir fazer tudo isso do que em um salão?

Outra mudança: mundo masculino descobriu que tem muito mais opções além do batido estilo militar. Cortes, tinturas e reflexos estão na mira deles, que fizeram da ida ao salão um hábito.

Outra grande vantagem de ir ao salão é ter acesso a informações e produtos. Seu cabeleireiro de confiança poderá auxiliá-lo sobre quais produtos levar para casa e como usá-los.

Ninguém mais precisa engolir os fios brancos ou deixar de testar tons mais iluminados. As cadeiras dos melhores profissionais de beleza agora são um espaço bastante democrático para eles e para elas.

A indústria de cosméticos já percebeu o grande filão do mundo masculino e passou a lançar linhas exclusivas para homens. Enfim, um novo mundo para eles que as mulheres já conhecem muito bem.


COLEÇÃO

CORPORAL

Visite nosso site: www.evolusbrasil.com.br

13

3222.4973

Rua Mato Grosso, 404 | Boqueirão | Santos - SP contato@evolusbrasil.com.br

@evolusbrasil


moda

tyrol Com histórico de mais de 45 anos, a Tyrol é uma empresa de moda premium para crianças de zero a 12 anos presente em todo território nacional. Com a chegada do verão, a marca aposta em looks infantis vibrantes, cheios de leveza, conforto e muita cor! Em Santos, a Tyrol está presente no Miramar Shopping desde 2004, mas agora está sob novo comando: Luana Zambrotta, que já era responsável pela franquia da marca em Praia Grande, assumiu a loja de Santos e está cheia de novidades para encantar o público santista. Fotos: Paula Perrier Beauty e styling: Anderson Honnorato


Isabela Dominguez Leticia Morais dos Santos Marina Cotovio Sammarco Catharina Duarte


Matheus Carvalho Maria Carvalho


Catarina Mendes Nicole Mendes

Uma proposta bem moderna e divertida! Faรงa o contraponto de cores com partes de baixo monocromรกticas em cores vibrantes ou com crash de estampas, como floral na parte de cima e listrado na parte de baixo.


Leticia Morais dos Santos Miguel Morais dos Santos

O vestido de renda é uma das peças desejo da temporada. Ele surge longo, curto e midi e é uma tendência forte para deixar os pequenos ainda mais estilosos!


Manoela Zambrotta


Ana Beatriz Hoehne Luiz Bernardo Hoehne


Marina Sammarco Cotovio

O longo está com tudo nessa estação! Seguindo a tendência dos listrados e detalhes incríveis nas costas. Impossível não amar!


Isabela Dominguez


Milena Sammarco Cotovio

Uma fase tão linda e lúdica! Os looks devem apenas traduzir esse momento tão importante da vida de todo ser humano: a infância.


matéria de capa

Por Juliana Justino Fotos: Bruna Figo

2016 Empresários de

destaque

Conheça quem soube traçar estratégias para contornar as dificuldades do mercado

O

ano de 2016 não foi muito fácil para ninguém. Em meio a crise política e a insegurança econômica, muitas empresas reduziram ou encerraram suas operações. Mas, para alguns empresários, esse cenário foi uma oportunidade para rever os negócios e se destacar no mercado. É o caso dos sócios Adriana Rodrigues Faria, Luciana Rodrigues Faria e Paulo Rodrigues Faia, do escritório Rodrigues Faria Advogados. A santista Adriana Rodrigues Faria formou-se advogada por aqui, onde também concluiu os cursos de pósgraduação em Direito de Trabalho e do Consumidor. Filha de feirantes, Adriana não teve nenhuma influência familiar para escolher o curso de Direito, mas sempre admirou os profissionais da área.

.: 62 :.

Com a graduação concluída em 2002, surgiu a oportunidade de abrir um escritório próprio, o Rodrigues Faria Advogados. “Convidei minha irmã Luciana para trabalharmos juntas e, após seis meses, estendemos o convite ao Dr. Paulo Faia, que foi meu colega e amigo durante a faculdade e hoje é um grande advogado e sócio”, conta Adriana, que além de sócia-fundadora também é responsável pela administração dos quatro escritórios da Rodrigues Faria Advogados. A advogada não imaginava chegar onde chegou, mas tinha certeza que teria sucesso com um escritório dessa natureza atingindo o resultado esperado para seus clientes. “Nos primeiros seis anos de advocacia eu não tive vida social. Não ia a praia, dificilmente frequentava bares e restaurantes e trabalhava de segunda a sábado sem hora para sair. Era o começo de tudo, não tínhamos tantos

colaboradores e nem recursos financeiros para ajudar com a demanda. Hoje vejo que valeu à pena o esforço”, explica. O escritório não passou ileso pela crise financeira do País. Adriana ressalta que os clientes estão mais cautelosos com a crise. “Hoje, o trabalhador dispensado espera ser admitido em outro emprego para requerer seus direitos na justiça da empresa que o demitiu sem direito a nada. Primeiro pensam no sustento familiar e depois em exigir da justiça algo que é seu por direito”. Assim, espera que 2017 seja ainda melhor. “Ano que vem continuaremos confiando na justiça, acreditando cada vez mais no nosso potencial. Nossos advogados são altamente qualificados, sempre participando de cursos, palestras e congressos na sua área de especialização para, cada vez mais, atendermos melhor os nossos clientes”.


Os sรณcios Luciana, Paulo e Adriana, do escritรณrio Rodrigues Faria Advogados


Seu sócio Paulo Rodrigues Faia sempre foi apaixonado pela ciência jurídica e pela possibilidade de buscar a reparação ao cidadão que sofreu uma violação ao seu direito junto ao Poder Judiciário e foi isso que o incentivou a escolher o Direito como profissão. “Meu pai foi o meu grande incentivador, sempre dizendo que por meio do estudo e muita dedicação seria possível conquistar o meu sonho. Por isso, dediquei-me com muito afinco, superei as dificuldade e consegui chegar onde estou hoje”, conta o advogado. Para ele, o fundamental é, e sempre foi, muito estudo da ciência jurídica, tanto no aspecto da doutrina como no campo jurisprudencial (estudo das decisões judiciais). Paulo integra o escritório junto com a sócia Adriana, sua colega de universidade, desde 2003. “Tínhamos

Eduardo Montejano, da Chilli Beans

.: 64 :.

uma visão futurista e um planejamento para alçarmos o nosso espaço no difícil e concorrido mercado da advocacia, em razão dos renomados profissionais e grandes bancas de advocacia existentes na nossa Cidade”, explica. A empresa começou com um pequeno escritório e hoje possui quatro unidades duas em Santos (Centro e Gonzaga), uma em São Paulo e uma em Brasília. “2016 foi um ano muito difícil, pois a economia do país passou por uma grande dificuldade, mas como atuo no Direito do Trabalho, tivemos um aumento da demanda, provocado, sem dúvida pelo alto número de demissões e encerramento de atividade de diversas empresas”. O advogado conta que o escritório está concluindo diversos projetos que trarão resultados em 2017 e, por isso, acredita que será um ano de grande

crescimento profissional, mas também de muitos desafios. Paulo dá a dica para os empreendedores: “não tenham medo e acreditem em seus sonhos, pois com árduo trabalho é possível construir uma sólida carteira de clientes e conquistar seu espaço”. Luciana Rodrigues Faria é irmã de Adriana e sócia do escritório, e, assim como a irmã, teve uma convivência próxima com pais de amigos que atuavam na área jurídica e se apaixonou pela profissão. “Enfrentei os desafios das redes públicas de ensino na adolescência e ao ingressar no curso de Direito, percebi que a profissão era respeitada e que com muito estudo e dedicação eu poderia almejar e conquistar uma carreira valorosa e cheia de conhecimentos e oportunidades”, diz. Comprometida com os ideiais da empresa, Luciana concorda com seus


Bárbara Gama, da Chilli Beans

sócios quanto ao diferencial do escritório. “Sempre tratar os problemas dos nossos clientes como se fossem nossos e buscar os melhores resultados possíveis. É isso que faz a diferença no nosso trabalho”. Ela conta que não teve uma estratégia definida para 2016, o que não a impediu de alcançar ótimos resultados. “Sempre soube que, se eu acordasse cedo todos os dias para trabalhar e me dedicasse, um dia não seria igual ao outro e tudo simplesmente foi acontecendo”. Realista, ela destaca para quem está começando que diploma e talento não são suficientes para garantir sucesso profissional. “Não pode parar de estudar e nem esquecer que tudo se aprende na prática. O mundo corporativo é uma selva, e você decide se quer ser o vencedor ou o perdedor. Ninguém é obrigado a conhecer suas qualidades, então cabe a você mostrá-las. Corra

atrás, faça o melhor, aperfeiçoe-se, prepare-se e mostre confiança”. Eduardo Montejano e Bárbara Gama são franqueados da Chilli Beans em Santos e sabem muito bem como levar os negócios em tempos difíceis. Afinal, o desafio de expandir os negócios na Cidade surgiu exatamente quando a marca não ia muito bem por aqui.

vendas e consultor de franquias, até que decidiu passar para o outro lado e se tornar um franqueado da marca. “As coisas foram acontecendo, mas eu não imaginava chegar onde estou hoje”, afima. “Acredito que, por ter sido vendedor, gerente e supervisor, consigo falar a mesma língua dos meus funcionários, e assim os negócios caminham melhor”, completa Eduardo.

Eduardo é paulistano, mas mudou-se para Santos em 2007 para ficar mais próximo dos negócios e alcançar um bom resultado. “Meu sonho era ser fisioterapeuta da Seleção Brasileira! Mas tive que largar a faculdade no primeiro ano, por falta de grana. Acabei virando vendedor no shopping porque era o que me restava”, conta. O empresário começou na Chilli Beans em 2001 como vendedor no Shopping Eldorado, em São Paulo, e foi crescendo dentro da empresa. Foi gerente, supervisor de

Segundo ele, 2016 foi um ano ruim para a empresa, com crescimento estagnado e despesas aumentando. “Focamos ainda mais em treinamentos da nossa rede de vendas. O fluxo das lojas diminuiu, mas aumentando a conversão conseguimos manter os números dos anos anteriores”, explica. Mas as previsões de Eduardo para 2017 são positivas. “2016 foi o pior ano do varejo na década, então não acho que teremos um ano pior que esse. Estou motivado e acredito que o Brasil voltará a crescer no ano que vem”. .: 65 :.


Priscilla Braga, do Espaรงo Votre


E ele tem uma ótima estratégia para quem está pensando em empreender: Tenha um bom contador, um bom advogado e se cerque de profissionais melhores do que você. Foque no que você é bom e coloque alguém ótimo para fazer as coisas em que você é ruim! Assim como Eduardo, a mineira Bárbara Gama chegou a Santos em 2007. Babi era supervisora de vendas da marca em Minas Gerais e Espírito Santo quando decidiu, junto com seu atual sócio, procurar um local para empreender. Depois de pesquisar cidades com potencial de crescimento, estava tudo certo para irem para Palmas, em Tocantins, quando Caito Maia, dono da Chilli Beans, sugeriu que assumissem as lojas de Santos. “Confesso que a ideia me assustou demais, foi uma mudança de planos inesperada. Na época, o dinhero era contado para montar um quiosque em Tocantins, e não para comprar duas lojas em Santos”, conta a empresária. Mas Caito foi incisivo e apostou no diferencial da dupla, inclusive financiando a diferença. “Nunca vi um empresário fazer o que ele fez por nós. Além de visionário e talentoso, o Caito tem alma e envolvimento com as pessoas, e é esse amor que mantém todos nós conectados fielmente à marca”, completa. Babi sonhava com uma carreira internacional, cheia de viagens e focada na diplomacia, estudou para entrar no Instituto Rio Branco e se formou em Direito pela UFMG. E foi nessa época que descobriu seu talento para lidar com vendas. “As coisas foram surgindo naturalmente. Fui vendedora de loja em um natal,

tive um emprego temporário em uma feira e acabei descobrindo a Farm, que era uma marca pequena na época. Levava roupas para vender para as minhas amigas, fiquei amiga do dono e me tornei gerente da loja que o incentivei a abrir em Belo Horizonte. Quando me dei conta já estava totalmente imersa nesse universo”, explica. A influência familiar se desenvolveu de uma forma conturbada para Babi. Seu pai é administrador de empresas e depois de muito tempo com um ótimo emprego, decidiu empreender e abriu e fechou várias empresas, o que levou a família a passar por alguma situações difíceis. “Lembro de estar em casa assistindo televisão e o oficial de justiça chegar para penhorar o sofá em que estava deitada. São coisas que te marcam e te fazem prometer a si mesma que jamais passará por isso novamente. Aprendi com os erros dele, a poupar, não gastar o que não tenho, a ter os pés sempre no chão”. No meio disso, a grande inspiração de Babi sempre foi a mãe, professora e autora de livros didáticos. “Ela foi o meu equilíbrio e me ensionou que independentemente do que você fizer, se for com dedicação, você terá destaque. Até hoje ela é meu alicerce, minha parceira e confidente”, ressalta. Mesmo assumindo uma operação que trabalhava no vermelho, Babi sempre sonhou alto. “Na nossa primeira reunião com a equipe de Santos, colocamos no slide um mapa da Baixada com todos os pontos onde gostaríamos de estar. O título do slide era ‘nós vamos sominar o mundo’, com a foto do Pink e do Cérebro”, brinca. “É fundamental saber onde queremos chegar e direcionar as pessoas para isso. Todo o nosso time comemora a cada novo ponto de venda como uma batalha

vencida. Isso me motiva e nos faz um time forte e unido”. Em 2016, Babi acredita que o diferencial da Chilli Beans foi ser uma opção estratégica nos tempos de crise. “Temos um preço justo, bem acessível, e com muito conceito de moda. Somos uma marca cool, jovem e antenada, então conseguimos atender tanto quem busca preço como quem busca um produto mais exclusivo”. Com treinamento da equipe e coleções cada vez mais elaboradas, a marca conseguiu se destacar no mercado. Para 2017, a empresária aposta nas lentes para óculos de grau, que ainda tem muito potencial para crescimento. “Quando as pessoas fizerem seu primeiro óculos de grau na nossa loja, vão se surpreender com as opções e o custo-benefício e nunca mais procurarão outra ótica”, afirma. Falando em aposta, a de Priscilla Braga foi uma ousada e que deu certo. A engenheira veio de Natal para Santos há 15 anos e mesmo gostando muito de ‘botar a mão na massa’ nas obras, resolveu entrar em um novo segmento e, em novembro de 2015, abriu o Espaço Votre, um espaço de beleza completo em Santos. Priscilla enxergou o potencial de crescimento da Ponta da Praia, que não tinha muitas opções para quem procurava esse tipo de serviço especializado, e pensou em um conceito de salão que oferece tudo para todos com preços acessíveis e profissionais altamente capacitados e já reconhecidos na Região. “O diferencial do Espaço Votre é agregar todas as comodidades que hoje se tornaram necessidades: .: 67 :.


beleza, espaço kids, alimentação, estética, barbearia, estacionamento próprio... Todo mundo sai satisfeito”, afirma Priscilla. Se 2016 foi difícil para quem já estava estabelecido no mercado, imagine para quem está começando. Priscilla conta que o primeiro ano de vida do Espaço Votre foi produtivo. “Foi um ano de muitas turbulências e, como todos os segmentos, sentimos essa instabilidade. Mas foi bem acima das expectativas. Nos consolidamos na Cidade e crescemos, ampliando espaço e quadro de profissionais e mostramos que o comprometimento faz toda a diferença nessa hora”, explica a empresária. E deu certo. Santos acolheu logo de cara o Espaço Votre, que abrange uma área até maior do que era esperado, com clientes de bairros mais distantes e até de outras cidades. Para Priscilla, a principal estratégia é ter disciplina e foco, com muita pesquisa e busca de conhecimento. “A dica é ter o máximo de entendimento no segmento escolhido e minimizar os enganos”. E as coisas não param em 2017. O Espaço Votre está ampliando os espaços de acordo com a necessidade e a funcionalidade e está cheio de projetos técnicos para profissionais. Vem novidade por aí! A citação “a qualquer momento, a decisão que tomares pode mudar o curso da sua vida para sempre”, de Tony Robbins, cai como uma luva para a trajetória da micropigmentadora .: 68 :.

estética e paramédica Andréia Brandão, nascida e criada em Santos. A reviravolta econômica da década de 90 descortinou um cenário totalmente novo para Andréia, e trouxe a necessidade de reinventarse profissionalmente. Foi quando veio seu primeiro contato com o mundo da estética. Do dever veio o gosto, e Andréia passou a empenharse na busca por conhecimento e na obtenção de especializações. “Do esforço veio o trabalho, e os atendimentos passaram a multiplicarse em outras áreas do segmento, como penteados, maquiagem, depilação e sobrancelhas”, relembra Andréia. Paralelamente, ela também trabalhou no comércio, mas sem jamais abandonar seus atendimentos de cuidados pessoais e beleza. Dedicava-se nos períodos matutino e vespertino ao comércio, e no período noturno à estética, incansavelmente. Com o tempo e a experiência, passou a concentrar-se ao que mais se afinava, investindo nas sobrancelhas definitivamente. Atualmente, Andréia ostenta 25 anos de experiência como designer de sobrancelhas, 15 anos de experiência como micropigmentadora estética e paramédica e atua como master class, executando procedimentos e ministrando treinamentos e cursos. Apesar de acreditar plenamente na qualidade do seu trabalho e na sua dedicação, Andréia não imaginava um dia chegar onde chegou e tornarse tão renomada trabalhando com sobrancelhas. “Acredito que isso se deve a uma boa percepção para design, bom senso, bom gosto,

cuidado de ouvir suas clientes e por acreditar no quão importante é a opinião das pessoas que me procuram”, explica a profissional. Há muitos profissionais no mercado estético e uma gama de serviços e novidades sempre crescente, mas Andréia confia que prezar pela qualidade do serviço e do atendimento continua sendo seu maior diferencial, e a chave para driblar quaisquer adversidades que apareçam no caminho. Mesmo com as dificuldades que abalaram o País em 2016, Andréia acredita que o segredo é insistir sempre na excelência e na qualidade, e não se limitar pela crise. “No último ano, não houve espaço para este assunto na minha vida pessoal e profissional, e isso se refletiu na minha agenda, que permaneceu sempre cheia, com listas de espera, e clientes sempre satisfeitas”. Aliás, quando o assunto é sucesso por meio de empreendedorismo Andréia é categórica: “faça o melhor investimento que puder em si mesmo, transforme-se no melhor investimento e você poderá oferecer o melhor serviço. Utilize sempre os melhores produtos, aposte na qualidade e dê credibilidade ao seu conhecimento, à sua capacidade. Se você não o fizer ninguém o fará”, ressalta a designer de sobrancelhas. “Por último, mas não menos importante, não faça aos outros aquilo que não gostaria que fosse feito com você”, completa. Para 2017, Andréia planeja, como sempre, continuar se atualizando e buscando inovações no mercado


Andréia Brandão, micropigmentadora estética


Andrea Zuffo, da Zuffo Paisagismo

de beleza e micropigmentação. E já antecipa que vem novidade para o público masculino. Com uma experiência de 27 anos no mercado, Andrea Zuffo também conseguiu contornar as dificuldades desse ano com excelência. No Natal de 1989, ela abriu seu negócio para vender pinheiros natalinos, mas já imaginava que poderia chegar onde chegou, acreditando que fazer o que gosta é a chave para alcançar nossos objetivos. E foi assim que nasceu a Zuffo Paisagismo. “Nossos diferenciais são a criatividade e o entusiasmo, que aliados com comprometimento, melhor preço e qualidade no serviço nos trouxeram onde estamos hoje, estabelecidos em um mercado concorrido como o de Santos”, comenta Andrea. .: 70 :.

Mas, será que esse padrão se manteve durante o ano difícil que passamos? A empresária diz que sim. “Foi um ano de reajustes e adequações nas operações, porém com muitas conquistas. Para nós foi um ano muito satisfatório”, afirma. Para quem enfrentou dificuldades financeiras este ano, parece impossível estar satisfeito, mas Andrea garante que com planejamento e organização é possível se destacar. “Precisamos rever conceitos e preços e trabalhar muito para desenvolver projetos que se encaixassem melhor com a realidade atual dos nossos clientes. Quem está tentando empreender, seja iniciante ou experiente no mercado, precisa inovar sempre e ficar atento às necessidades do cliente”, explica a empresária.

Seguindo as tendências da decoração, os planos de Andrea para 2017 já estão encaminhados: ampliar o setor de paisagismo natural e importar artigos diferenciados de jardinagem para poder oferecer sempre um serviço com total qualidade e preço justo para os seus clientes. Como vocês podem ver, não é fácil conquistar uma nova clientela - e até manter a antiga! - em tempos de crise financeira, mas com muito trabalho, planejamento e uma boa dose de ousadia é possível transformar as adversidades em oportunidades e se fortalecer no mercado. Torcemos para que 2017 seja um ótimo ano para os empreendedores da Baixada Santista. Afinal, queremos continuar contando as histórias de quem faz a região crescer!


the one


e

TREINOS DE VERÃO NA THE ONE: VOCÊ VAI QUERER FAZER EM TODAS AS ESTAÇÕES DO ANO. APROVEITE O VERÃO E FAÇA SEU CORPO SUAR. VENHA FAZER NOSSOS TREINOS INDOOR NA ACADEMIA E OUTDOOR NA PRAIA.

O verão chegou trazendo muita energia, vibração e uma óóma oportunidade: aulas na praia! São treinos dinâmicos de corrida e funcional, que vão fazer você aproveitar ao máximo toda a sua disposição. Esperamos por você.

Av.dos Bancários, 106 - Ponta da Praia - Santos/ SP Tels.: (13) 3261-4231 • (13) 3261-4173 facebook.com/theonefitnessclub


saúde

Por Juliana Justino

emagrecer com saúde

Juntos, Ju Goes e Crica perderam 17 kg em um mês

E

magrecer é, muitas vezes, visto como uma ação estética, mas pode ser muito mais. Estar bem com o corpo, cuidar da saúde e ter mais disposição para realizar as tarefas do dia a dia são resultados ainda mais importantes do que ficar com um corpo sarado para o verão. E foi pensando em qualidade de vida que a blogueira Juliana Goes e seu marido Crica resolveram entrar em uma ‘dieta de casal’. “Depois do casamento, eu dei uma relaxada. Com a correria do trabalho, a gente recorria muito a comer fora, delivery... E aí surgiram alguns excessos. Acredito que nossa saúde reflete demais .: 74 :.

nosso dia a dia, e a alimentação influencia muito nisso, inclusive no trabalho, disposição e humor”, explica a blogueira. Para eles, somar as forças para se motivar foi imprescindível para alcançar os resultados. O tratamento começou com a dieta, que apesar de restritiva se encaixou muito bem nas expectativas do casal. “A gente cortou algumas coisas para ter um resultado rápido. Foi muito melhor ter um pouco mais de regras e um resultado mais rápido, porque isso mentava a gente muito motivado”, conta Juliana, que emagreceu 6 kg em um mês. Já o Crica conseguiu perder 11 kg com algumas semanas a mais.

O responsável pelo tratamento, Dr. Thiago Ferreira, da Clínica Seven, explica que tudo foi pensado de forma individualizada e respeitando os compromissos profissionais e o estilo de vida do casal. Porque não adianta fazer um tratamento que não se adequada a sua rotina e acaba virando uma ‘tortura’. “Como a rotina dos dois é bem agitada, montamos um programa dinâmico, motivador e com resultados eficientes, mas que não prejudicasse a agenda profissional deles”, conta o médico. Os desafios, nesse caso, foram o emagrecimento e, posteriormente, o


aumento da massa muscular, seguido da manutenção de um corpo saudável. A solução foi o programa de reestruturação metabólica da Clínica Seven. “Na consulta, entendemos o estilo de vida do paciente e analisamos seu metabolismo por meio de exames de sangue e bioimpedância. Normalmente, essa análise não mostra os índices ideais para um bom metabolismo. Então, utilizamos nossos tratamentos para promover a reestruturação desse metabolismo de forma individualizada”, explica Dr. Thiago. O tratamento é acompanhado de perto. No caso da Juliana e do Crica, as dietas foram alternadas, modificadas a cada sete dias, com suplementos alimentares, acompanhamento da equipe Seven e exames de bioimpedância realizados semanalmente. Assim, são feitos pequenos ajustes que potencializam os resultados, estimulando o paciente a se manter focado na dieta. A Ju nunca nunca acreditou muito em dieta, especialmente aquelas mirabolantes de internet, mas começou a confiar quando se viu guiada por

profissionais que analisaram todos os exames, estilos de vida e objetivos. “A equipe da Seven me virou do avesso para entender o que estava acontecendo comigo, meu corpo e minha saúde para traçar um plano que fosse efetivo sem deixar minha saúde vulnerável”, ressalta Juliana. “Vi que tinha um carinho e um cuidado muito maior do que só seguir uma dieta”, completa. Para a nutricionista clínica Pamela Zacharias, que também participou do tratamento da Juliana e do Crica, a melhor forma de se manter focado é não pensar que está de dieta, mas em como mudou o seu hábito alimentar para melhor, mais saudável, comendo ‘comida de verdade’. “Quanto mais natural o alimento, mais rico em nutrientes, vitaminas e minerais que ajudam a acelerar o emagrecimento e manter o peso saudável”, explica a nutricionista. “A dieta só funciona a curto prazo, então pensar que vai ficar em dieta a vida toda só vai te levar ao fracasso”, diz. Juliana confessa que não achou tão difícil seguir a dieta. “Encarei como algo que era muito positivo para mim. Fiquei

focada nos resultados e os fitoterápicos me ajudaram muito a ter mais saciedade e manter meu humor. Foi bem tranquilo. o tratamento é bem integrado, não é só o que comer e deixar de comer”. Além do resultado rápido, o acolhimento da equipe de profissionais também foi importante durante o tratamento. “Apesar da dieta ser bem restritiva, eles não queriam ver a gente sofrendo. Fizeram o possível para que a gente ficasse feliz, e foi o que acontecer”, conclui Juliana. Depois do processo de emagrecimento, é fundamental trabalhar no aumento saudável da massa muscular para manter o peso. Afinal, como diz o Dr. Thiago, “os músculos são os nossos verdadeiros queimadores de calorias”. Ele ainda reforça a importância de ter acompanhamento profissional em todas as fases do tratamento. “Durante anos pensávamos que emagracer rápido era prejudicial ao organismo. Mas, na prática, percebemos que o problema é voltar a engordar rapidamente, o que acontece facilmente se não há um acompanhamento adequado. Sabemos que não existe milagre”.


médico oftalmologista CRM 124474

É verão

no país tropical

O

cantor e compositor Jorge Ben Jor sabia bem o que estava dizendo quando escreveu: “Moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza (mas que beleza)”.

A conseqüência de tamanha vontade de curtir o verão é sentida pela visão. A exposição excessiva dos olhos sem a devida proteção pode causar coceira, lacrimejamento, aversão à luz e inchaço nas pálpebras, sintomas que desaparecem em um ou dois dias de afastamento da luz solar.

Estamos em pleno verão em um país tropical, onde a maior incidência dos raios ultravioleta (UVA e UVB) aliada à exposição natural das pessoas ao sol e ao calor faz aumentar a preocupação dos oftalmologistas brasileiros com a saúde ocular dos seus pacientes.

A exposição crônica ao sol ainda é responsável por pinguécula e pterígeo, que são elevações amareladas da conjuntiva, sendo que o segundo apresenta uma invasão sobre a córnea.

Somos um povo que adora ficar na praia, curtir sol, mar e piscina, mas que, nem sempre, se prepara para aproveitar tudo isso como deve: com protetor solar, óculos de sol, viseira ou boné e evitando o horário de pico, entre 10 e 15 horas.

Pessoas com intensa exposição ao sol sem proteção têm ainda 60% mais chance de desenvolver catarata precoce, já que os raios ultravioleta em excesso aceleram o envelhecimento do cristalino, a lente natural do olho.

.: 76 :.

oftalmologia

Guilherme Colombo

Novas pesquisas, no entanto, sugerem que outros tipos de radiação solar, como a chamada luz azul, podem aumentar consideravelmente o risco de degeneração macular, que pode levar à cegueira ou à diminuição da visão. Ela penetra profundamente no olho causando prejuízos à retina. Para aproveitar bem o verão em nosso país tropical, devemos fazer uso contínuo de óculos de sol que bloqueiem 100% dos raios ultravioleta e que também absorvam a chamada luz azul. Os óculos devem estar combinados ao boné ou chapéu e ser de boa qualidade, com lentes com proteção UVA e UVB, que são necessárias para filtrar os raios que a córnea (lente ocular com a função de focar as imagens na retina) não é capaz de absorver e de filtrar. Desta forma, podemos aproveitar plenamente o verão no país tropical de Ben Jor e de todos nós.


médica dermatologista CRM 91690 RQE 24843

o temido

envelhecimento cutâneo

O

conceito de beleza atual e procurado pela maioria das pessoas é o da pele jovem, sem manchas ou rugas. Entretanto, com o avanço da idade, a pele começa a sofrer alterações que modificam seu aspecto, caracterizando assim o envelhecimento da pele. Os motivos de tal transformação são alterações decorrentes do envelhecimento intrínseco e extrínseco da pele. O envelhecimento intrínseco é decorrente do desgaste natural do organismo, causado pelo passar dos anos, sem a interferência de fatores externos. É responsável pelo envelhecimento de todos os órgãos do corpo, inclusive nossa pele. Todas as células passam por este processo: .: 78 :.

nosso cabelo perde a cor, nossas células cardíacas, renais e intestinais também envelhecem e com isso temos diminuição do nosso metabolismo e aparecimento de algumas doenças típicas do processo degenerativo natural que ocorre com o passar do anos. O envelhecimento extrínseco - ou fotoenvelhecimento - é aquele ocasionado pela radiação do sol sobre a pele durante toda a vida. O sol que propicia momentos de prazer e que nos dá o bronzeado que consideramos modelo de saúde e beleza, é também o principal responsável pelo envelhecimento cutâneo. Sua ação acumulativa sobre as células da pele antecipa o aparecimento de manchas, rugas, lesões précancerígenas e até mesmo alguns tumores de pele.

dermatologia

Roseli Andrade

A pele fotoenvelhecida tem como características a perda da elasticidade, manchas escuras ou brancas, rugas finas e profundas e alteração da superfície da pele, que fica ressecada e descamativa. Dessas alterações as mais preocupantes são as ceratoses solares - lesões que atingem a camada superficial da pele e formam “casquinhas ou crostas” e que podem se transformar em um câncer de pele. A principal forma de prevenir o envelhecimento da pele é a proteção solar, que deve ser iniciada na infância. A responsabilidade da proteção da pele das crianças é dos pais, que devem também estimular os adolescentes a se protegerem. A educação desde cedo cria o hábito saudável da proteção solar, que deve continuar por toda vida. Vamos começar bem o verão, com a ótima companhia do filtro solar? E lembre-se: procure sempre um dermatologista para saber qual o tratamento adequado para sua pele!


emporiodoscolchoes


nutricionista clínica e esportiva CRN-3 26562

dá para ficar sem carboidratos?

C

arboidratos são a principal fonte de energia para os sistemas vivos e participam na formação de estruturas de células e de ácidos nucléicos. Há muitos anos, o Dr. Atkins criou e difundiu a “Dieta da Proteína” pelo mundo, defendendo a redução drástica do consumo de carboidratos para perder peso, pois, teoricamente, essa restrição evitaria o acúmulo de gordura. Nada contra esse pensamento, mas também não tenho muita coisa a favor. Com o tempo, percebemos que era inviável ingerir tão pouco carboidrato e que fraquezas, tonturas, falta de disposição e compulsão alimentar eram comuns durante a dieta. Teoricamente, os carboidratos deveriam constituir de 55 a 65% do valor calórico da nossa alimentação (carboidratos .: 80 :.

derivados de tubérculos e raízes, os carboidratos do bem). Como a fonte energética que nosso cérebro mais gosta é o carboidrato, quanto cortamos esse nutriente da alimentação o organismo começa a gastar todos os estoques do corpo para fornecer energia ao cérebro. Com isso, inicia-se a perda de peso, pois, para estocar carboidrato, também estocamos água. E assim, o metabolismo começa a queimar mais gordura e proteína (quase toda de origem muscular) do que o de costume para fornecer energia ao órgão mais vital do corpo. A proteína dos músculos é a primeira fonte de energia consumida, então o peso corporal diminui rapidamente. Depois, perde-se gordura também. O cérebro com falta de glicose dispara uma vontade enorme de comer carboidratos, como é comum acontecer

nutrição

Maria Luiza Migotto

quando entramos em uma restrição deste tipo. A compulsão vem da bagunça hormonal que se instala no corpo e, é claro, varia de pessoa para pessoa. Mas é por isso que muitos médicos, ao restringir carboidratos, receitam remédios para controlar desse enorme desejo alimentar. Teoricamente, o mais comum é que um corpo sem carboidratos fique sem energia para fazer atividades, falta de atenção, concentração e péssimo humor, além da perda de tecido muscular, deixando o corpo relativamente mais flácido porém não mais magro! É lógico que nesse tipo de dieta perdese, mas não gordura. Os adeptos da deita adoram ver os números caindo na balança, mas é muito importante ingerir carboidratos, e só assim conseguimos queimar gordura. Não é tão simples. Não sou a favor de excessos. Sou totalmente a favor e defendo, com muita propriedade, o equilíbrio e a sintonia entre todos os macro e micronutrientes, pois todos eles exercem papéis importantes para o bom funcionamento do nosso organismo.


13. 3252.3757 13.99822.2222


Toni Rodrigues

fitness

especialista em fisiologia do exercício CREF 050480

exercício físico e mudança de comportamento

É

muito comum em minha rotina atender pessoas resistentes a aderirem a um programa de exercício físico. A maioria apresenta histórico de frustração com experiências anteriores, nas quais não alcançaram seus objetivos ou alcançaram mas não conseguiram manter o novo padrão. A todo momento, a mídia apresenta a importância da associação do exercício físico com outros hábitos saudáveis, mas as pessoas ainda acreditam que somente com o exercício físico pode-se obter grandes resultados. Até é possível, mas haverá limitação. E esse pensamento leva as pessoas para longe dos resultados e elas abandonam a prática do exercício, botando a culpa pelo fracasso no treinador ou no programa proposto.

.: 82 :.

Hoje, dedico muito dos meus estudos a entender o comportamento e os diferentes perfis com que me deparo em minhas práticas diárias. Nesse entendimento, vejo um cenário onde muitas pessoas têm dificuldade em aderir ao exercício. Dificuldade em mudar e principalmente sustentar novos comportamentos. Mudar hábitos e mantê-los é desafiador e exige determinação e comprometimento com seus objetivos. Mas qual é o seu objetivo? Você sabe? Faça a reflexão. Escolha um dos objetivos para programa de exercícios: hipertrofia muscular, emagrecimento ou bem-estar/condicionamento físico. Continue refletindo e imagine-se daqui a seis meses atingindo esse objetivo, qual seria sua percepção ao alcançá-lo? Alegria, conquista, felicidade, auto-

estima elevada, bem-estar, melhora do sono, melhora da vida funcional, alegria em colocar uma roupa... Seria bom, né? Para que esse objetivo seja alcançado é muito importante que você faça a seguinte análise: quais as principais barreiras que preciso quebrar para esse objetivo ser alcançado? Uma vez diagnosticado quais as barreiras, reflita mais uma vez: quais novos comportamentos você deve adotar para buscar esse objetivo? Nessa reflexão surgirão inúmeras situações, como: começar exercício físico, mudar hábitos nutricionais, de sono, de lazer, comportamento social, buscar auxílio médico, psicológico, quebrar zona conforto, aumentar diálogo com treinador, buscar auxílio de um coaching... O ponto de partida é começar e sempre se indagar: este comportamento está coerente com o meu objetivo? Um grande abraço, boa reflexão e bons treinos!


fisiologista CREF 064042-G/SP

carboidrato vilão ou mocinho?

C

om certeza você já leu algo relacionando os carboidratos com doenças, obesidade, entre outros... Realmente, os carboidratos, quando em excesso e fora de uma programação de acordo com as necessidades do indivíduo, podem trazer vários malefícios para a saúde, inclusive para o atleta!

e aeróbio. Com certeza você também já ouviu falar nesses dois nomes. No sistema anaeróbio (glicolítico), nosso corpo quebra a glicose até um processo chamado piruvato e, enfim, lactato! Esse sistema, é conhecido como independente de oxigênio e muito eficiente em gerar energia de forma rápida, porém, por curto espaço de tempo.

suplementação

Luiz Fernando Miranda

tempo que a atividade perdurar. Dessa forma, podemos entender que os carboidratos são de extrema importância para a produção de energia para a atividade física! Pense só, um corredor de rua (provas entre 5 km e 15 km) para ter eficiência, é dependente do sistema oxidativo para manutenção da velocidade média e dependente do sistema glicolítico para a aceleração no último trecho da prova. Caso falte algum dos nutrientes citados, ele não conseguirá manter sua prova, nem muito menos finalizar da forma esperada!

O que muitos desconhecem, é que o nosso corpo depende de carboidratos - inclusive para sobrevivência! Tanto que na falta deles, nosso corpo transforma outros nutrientes em glicose - resultado da quebra do carboidrato - por um processo chamado gliconeogênese.

No sistema aeróbio (oxidativo), nosso corpo utiliza dois caminhos: glicose e gordura. É um sistema com menor eficiência em gerar energia rápida, porém, o mais eficiente em manter nosso sistema funcionando por muito mais tempo.

Para isso, podemos usar as estratégias possíveis que encontramos no mercado. Uma delas é a suplementação: Pré, intra e pós treino/ prova! Encontramos carboidratos como o Accelerade, Acce Gel e Endurox R4 (Pacific Health) que podem ser utilizados de acordo com o entendimento do nutricionista.

Na performance, podemos dividir nossa atividade física em dois principais caminhos para gerar energia: anaeróbio

Dentro de uma dieta balanceada para a performance, a ideia é fornecer energia de forma eficiente e pelo

Lembrando sempre de procurar profissionais atualizados para tal organização em seu plano nutricional!

.: 84 :.


cirurgião plástico CRM 86508

chegou a hora de operar a face?

N

o consultório do cirurgião plástico, é comum a vontade do paciente de levantar as sobrancelhas, revujenecendo a aparência do rosto. O que muitos não sabem é que, pela mesma incisão, é possível levantar toda a face. No entanto, a face é a região que gera mais dúvidas no paciente na hora de operar, por medo da cirurgia ou de ficar ‘artificial’. Embora o resultado da cirurgia se mantenha por mais tempo que o da aplicação de toxina botulínica e preenchimento, vem sempre a dúvida: devo operar? Existe uma técnica com cicatriz reduzida e que traduz o desejo da maioria: menos trauma e sem o estigma de ‘face operada’. A cirurgia de lifting facial é indicada se há o desejo de ficar com uma aparência mais natural.

.: 86 :.

Durante a consulta, com a paciente diante do espelho, o médico simula o resultado da cirurgia com uma leve tração para cima com o dedo, reposicionando os segmentos da face (foto). A diferença é clara na sobrancelha e centro da face, melhorando problemas como bochechas caídas, sulcos pronunciados e a famosa ‘cara de buldogue’. Os tecidos reposicionados pela tração vertical mostram que “sim, o importante é reposicionar o que caiu”. É diferente da técnica onde se traciona a face para os lados no sentido da orelha. O princípio é que, elevando na vertical, os tecidos passam da região inferior para a região que esse tecido ocupava, mas que se tornou frouxo com o tempo. A técnica consiste em um descolamento amplo do centro da face e sobrancelha, sem incisões visíveis, em um plano bem

cirurgia plástica

Alexandre Nunes

profundo da face, e tração da região. Naturalmente, a face fica preenchida pelo tecido que estava caído. Esse é o segredo para ficar natural, sem o aspecto de esticado. O melhor? Tudo isso é feito por uma incisão de 1,5 cm no couro cabeludo, sem videocirurgia. É uma inovação dentro do conceito de lifting facial que me rendeu um prêmio no Congresso da Sociedade Britânica de Estética e Cirurgia Plástica que ocorreu em outubro deste ano em Londres. O paciente pode ser submetido à sedação e anestesia local, e o descolamento é preciso, poupando grandes vasos e nervos da face. Com uma incisão tão pequena, o tempo de cirugia é bastante reduzido e o inchaço é menor do que nas cirurgias clássicas da face. Outras técnicas podem ser associadas, como laser fracionado de CO2 ou enxerto de gordura facial, para dar volume ao lábio e melhorar a textura da pele. Beleza e idade podem andar lado a lado com mais harmonia, menos cicatrizes e menos trauma.


negócios

Por Juliana Justino

casa santa marta novo conceito sob nova direção Em breve, a nova Casa Santa Marta estará de volta a uma das melhores esquinas de Santos. E ainda melhor!

S

e você passou pela esquina da Avenida Washington Luiz com a Rua Azevedo Sodré, já está sabendo da novidade: um dos queridinhos dos santistas que frequentam o Canal 3, a Casa Santa Marta volta à ativa, agora sob nova direção. O empório fechou as portas em agosto de 2016 e agora o grupo responsável pela sua reabertura é o Broker Group, especialista em assessoria em comércio exterior. .: 90 :.

Fundada por profissionais com grande experiência no ramo alfandegário e logístico, a empresa santista assume a Casa Santa Marta e promete um estabelecimento moderno, com mudanças significativas no interior da loja, amplicação da cozinha e que irá agradar o público da Cidade.

base de água de coco), importação de móveis e utilidades domésticas para as duzentas lojas do Grupo Marabraz, distribuição do energético Life para São Paulo e Rio de Janeiro e conta com oito escritórios no Brasil e um em Nova Iorque, além de frigorífico para manipulação dos produtos a serem exportados.

O grupo já trabalha com exportação de carnes bovina e frango para Ásia e Europa, importação e distribuição da Roar (bebida isotônica americana a

Em breve, também estarão comandando oito shoppings populares destinados a produtos chineses que serão inaugurados em


São Paulo, São Bernardo, Osasco, Guarulhos e Campinas. A nova Casa Santa Marta estará pronta para receber os clientes no café da manhã, almoço, happy hour e até madrugada afora. Isso mesmo: a casa funcionará 24h! O nome à frente do novo empório é o do empresário Eduardo Cardoso, que junto com o o sócio Marcelo Ignacio, tocará as operações do novo Santa Marta em Santos. “Somos uma empresa exportadora e temos demanda de produtos genuinamente brasileiros para a Ásia e Europa, e vimos na Casa Santa Marta a oportunidade de exportar esses produtos com a marca Casa Santa Marta”, conta Eduardo. “A casa oferecerá toda a linha de produtos importados - alguns de importação exclusiva do Broker Group - além de vinhos, espumantes, pães de fabricação própria, cortes especiais de carnes bovinas, suínas e frango e toda a variedade de queijos e embutidos nacionais e importados”, completa o empresário.

Segundo Eduardo, bom atendimento e preços competitivos serão prioridades, pois querem atender todos os públicos. Com projeto da arquiteta Adriana Paiva, o local tem a proposta de ser um empório sofisticado, confortável, onde as pessoas sintam o prazer de ir para estar com os amigos, consumir no local ou comprar algo gostoso para levar para casa.

A nova Casa Santa Marta estará pronta para receber os clientes no café da manhã, almoço, happy hour e até madrugada afora. Isso mesmo: a casa funcionará 24h!

O novo Santa Marta será um mix de empório, bar, adega e sorveteria. A proposta é aliar venda de produtos com um espaço onde as pessoas tenham prazer em ficar, seja para uma refeição rápida, tomar um chopp ou mesmo apreciar um bom vinho.

“Deixamos para trás a ‘cara de padaria’ para dar lugar a um empório de luxo, atendendo as exigências do público preocupado com alimentação de qualidade, com orgânicos e comida fresca, mas sem deixar de lado quem vai apenas para consumir algo mais básico no dia a dia”, ressalta a arquiteta.

No espaço de fresh food, por exemplo, será possível montar sua própria salada ou fazer um mix de frutas para levar para casa ou consumir no local.

“As pessoas estão ansiosas para o retorno deste ponto tão querido da Cidade. Durante a idealização do projeto, ouvi diversas sugestões do que as pessoas queriam - ou não

queriam. A ideia do deck suspenso, por exemplo, é uma dessas coisas que o santista gosta, para ver e ser visto. Vai ser bem charmoso e gostoso”, conta. O deck, que ficará na lateral da casa, é a estrela do projeto, segundo Adriana. Ela conta que o espaço será totalmente repaginado, com ar sofisticado e, ao mesmo tempo, rústico. “Usamos tijolo de demolição, fizemos o contraste com ladrilho hidráulico em algumas áreas, combinamos madeira de demolição e ferro forjado, tudo entrando em perfeita harmonia com o espaço de cervejaria”, explica. Adriana adianta que toda a proposta do projeto é inovadora, de um espaço que agrega diversas funcionalidades, algo como um Eataly, em um escala menor. “Não existe nada semelhante em Santos”, garante. O número de gôndolas será reduzido e será implantada uma cozinha gourmet no interior da loja, para que os fornecedores realizem degustações de seus produtos para os clientes. A cozinha principal será transferida para o primeiro andar e será visível para o público, que poderá acompanhar as preparações sendo feita pelos profissionais. Haverá ainda uma sorveteria externa, com acesso pela Av. Washington Luiz, e uma deck externo ao redor da casa, ocupando o atual estacionamento da Rua Azevedo Sodré. Já adiantamos que será adotado o serviço de vallet para suprir a necessidade constante de mais vagas de estacionamento. .: 91 :.


Diego Martins

marketing

gestor de redes sociais e palestrante

marketing digital: alguma coisa mudou

F

ico à vontade para comentar quando o assunto é marketing digital. Com uma vivência prática de quase uma década, posso dizer que o investimento de muitas empresas só cresce no segmento, mas as dúvidas do pequeno e médio empresário continuam as mesmas. A grande maioria caiu na onda da ‘moda’ e investiu no segmento sem entender os motivos! Essa ainda é a maior dica e tendência para você ter sucesso nas redes, saber por qual motivo você está posicionando sua marca nela. Você quer vender mais, estabelecer relacionamento com já clientes ou simplesmente criar um novo canal de atendimento. Nos últimos dois ou três anos trocamos as fotos por vídeos, migramos algumas

.: 92 :.

buscador que não traz resultado! #partiuinvestirnopanfleto.

ações para o Instagram, poucas para o Snapchat, usamos virais diários com humor para demonstrar que temos nossas marcas com pegada ‘moderna’, mesmo as mais conservadoras adoram entrar nas ondas que surgem quase diariamente nas redes.

Meu conselho aos que empreendem e querem conhecer ou investir em marketing digital, comecem lendo, usando, façam um curso básico, assistam vídeos e palestras. Definam as expectativas e investimento, feche um período de uma semana com investimento e uma semana sem investimento, mensure, readeque a estratégia e comece de novo, sempre com um teste A/B simples.

A democracia chegou aos anúncios, bem como a possibilidade de elaboração por qualquer mortal no Facebook e Instagram. A definição dos funis de venda e captação de lead, bem como a nutrição dos leads, ainda são os principais ralos de dinheiro dos pequenos empresários.

Acredite, fotos e vídeos são incríveis, mas uma boa escrita fará toda diferença, o que chamamos “call-to-action” (chamar o consumidor para uma ação) e um conteúdo envolvente, fruto de pesquisa e misturado com humor, isso sim, poderá surpreender o usuário e dar uma nova cara para sua marca!

A falta de cultura do relacionamento com consumidor, fomento a novos negócios e mensuração dos resultados trazem a fórmula do fracasso e jogam toda culpa na agência, freelancer ou na “porcaria” da rede social ou

Dica, assista o vídeo “The Story of Content: Rise of the New Marketing”, você entenderá a importância do conteúdo e principalmente de contar histórias envolventes para criar afinidade com a sua marca.


Por 16 anos consecutivos, a cBn é a rádio mais admirada do País. este ano, tamBém é o

3º veículo mais admirado do mercado. 1º rede gloBo 2º gloBonews 3º cBn

99,7 FM Saiba tudo o que acontece na Baixada Santista, no Brasil e no mundo com a rádio que toca notícia 24 horas por dia. Sintonize na 99,7 FM e escute a maior rede de emissoras all news do país. CBN Santos – 99,7 FM. É rádio. Está em Santos. Só toca notícia.

Pesquisa “Veículos Mais Admirados: Indíce de Prestígio de Marcas” realizada pelo Grupo Troiano de Branding, especialmente para o Jornal Meio & Mensagem.


advogada

direito do idoso

P

ouco se fala em abandono afetivo e material dos filhos com relação aos pais na velhice. O sentimento de abandono faz com que o idoso se sinta desvalorizado, desamparado e excluído, fazendo com que muitos precisem buscar através da lei esse amparo. A entidade familiar é considerada a base da sociedade e, portanto, tem o dever de coibir a violência, o abandono e a discriminação no âmbito de suas relações. A necessidade de auxílio moral entre pais e filhos é tão essencial quanto a prestação de auxílio material. Assim como a criança, o idoso também tem a necessidade de um maior amparo legal. Por tal fato, buscando maior defesa de seus direitos, o Estatuto do Idoso acentua a obrigação .: 94 :.

da família, da sociedade e do poder público, assegurando ao idoso a efetivação do direito ao bem maior, assim como a saúde, educação, ao esporte, ao lazer, a cultura, ao trabalho, a cidadania, a liberdade, a dignidade, ao respeito e a convivência familiar e comunitária, enfim, o dever de cuidado, o qual se não observado gera uma conduta lesiva ao idoso. A Constituição Federal também prevê que os filhos maiores tem o dever de assistir os pais na velhice, carência ou enfermidade, proporcionando convívio familiar baseado no afeto e reconhecimento ao princípio da solidariedade. Quase ninguém sabe e pouco se divulga que os pais podem pedir pensão aos filhos, direito assegurado pelo artigo 1.696 do Código Civil, e com fundamento no art.

direito e cidadania

Christiane Fatalla

229 da Constituição Federal e no citado Estatuto do Idoso. Aqueles com mais de 60 anos que precisem de ajuda para manter o mínimo de dignidade humana para seus cuidados e sobrevivência, podem recorrer ao Judiciário para acionar os filhos ou, em alguns casos, parentes próximos, para a garantia de seus legítimos direitos. Infelizmente em muitos casos, esta tem sido a única solução para resolver os conflitos existentes entre os idosos e seus entes queridos. Importante destacar que não é só em asilos que se encontram idosos abandonados, muitos são deixados em suas próprias casas sem o convívio familiar, não há espaço para troca de carinho, amor, atenção. São esquecidos e vivem a espera de uma visita ou um telefonema, que nunca chega. Vivemos em uma sociedade que luta e preza muito pela longevidade, portanto precisamos refletir sobre nossas atitudes com relação ao que esperamos para nossas vidas, devendo tal reflexão ter consequência direta nas ações que praticamos com relação as nossos velhos pais.


SEMPRE

JUNTO

COM

VOCÊ

Líder absoluto em colunismo social eletrônico da região. Nove entre dez pessoas da região assistem o Programa JB, além de ser o o mais assistido é o preferido entre os programas do mesmo segmento. Possui um público amplamente qualificado, formadores de opinião com grande poder de compra e renda pessoal acima da média. Nas redes sociais não poderia ser diferente, o Programa JB possui o maior engajamento do segmento na região com mais de 25 mil fãs no Facebook, quase quatro mil seguidores no Instagram e mais de duas milhões e quinhentas mil visualizações no youtube.

WWW.PROGRAMAJB.COM.BR

Segunda à sexta às 21:00 Sábado às 22:30 Domingo às 18:00 e 23:30

Domingo à Domingo às 00:00


jornalista especializada em Economia

economia

do entretenimento

A

pesar de alguns baques gerados pela internet, a indústria fonográfica continua sendo parte importante da economia. Isso acontece porque novos artistas surgem, os já bem estabelecidos continuam produzindo e alguns antigos voltam à ativa. Na parte musical, o Brasil recebeu este ano uma das mais aguardadas reuniões do mundo: a volta da banda de hard rock Guns N’ Roses, que não tocava com sua formação clássica desde 1993. Sucesso no exterior, os shows que aconteceram em novembro aqui tiveram seus ingressos vendidos rapidamente, contribuindo para que a volta seja uma das mais bemsucedidas da música. .: 96 :.

A reunião de outra banda de rock, o The Police, continua sendo a maior quando o assunto é o sucesso financeiro. A turnê que rodou o mundo com 151 concertos rendeu mais de 300 milhões de dólares entre 2007 e 2008. Segundo levantamento de meio de ano da Pollstar, o reencontro do Guns N’ Roses aparecia entre as dez turnês mais rentáveis de 2016 nos Estados Unidos, ficando atrás apenas de nomes como Beyoncé, Bruce Springsteen, Justin Bieber, Garth Brooks e Rihanna, todos artistas bastantes consagrados ou de grande apelo popular. De acordo com a Billboard, a turnê do Guns N’ Roses de dois meses nos Estados Unidos - entre junho e agosto -, arrecadou mais de 110

economia

Vanessa Stelzer

milhões de dólares, quantia bastante elevada para uma banda de rock nos dias de hoje. Em Las Vegas, outro importante retorno financeiro: em dois dias foram mais de 6 milhões de dólares, colocando a banda atrás apenas dos Rollings Stones, segundo a Billboard. Para se ter uma ideia, uma apresentação do Guns N’ Roses em Houston, nos EUA, em agosto, teve vendas brutas de mais de 6 milhões de dólares, com a presença de cerca de 50 mil pessoas. Um show do Metallica - banda que está na estrada há mais de 30 anos - no mesmo mês em Minneapolis rendeu mais de US$ 5 milhões, enquanto o Kiss - outra banda de longa data -, vendeu em Youngstown US$ 472 mil para cinco mil pessoas. Números e mais números que podem ser traduzidos de uma forma simples: reencontros são bons para os fãs saudosos, mas, principalmente, para os bolsos dos artistas.


motor

Por Juliana Justino

Kia sorento

Novos recursos facilitam o dia a dia do motorista Completamente novo e redesenhado, o Sorento chega a sua terceira geração e não cansa de nos surpreender

O

O novo visual ficou a cargo do estúdio de design da Kia em Namyang, na Coreia do Sul, e contou também com a contribuição dos estúdios da marca na Califórnia e na Alemanha.

O modelo que chegou ao Brasil tem transmissão automática de seis velocidade com opção de troca sequencial e sistema de condução eco drivo/sport e normal, com motor de 3,3 litros, V6 e capaz de desenvolver 270 cavalos de potência a 6400 rpm. Tudo isso com cinco anos de garantia total.

Com isso, o modelo ganhou novos faróis e uma grade frontal maior e com padrão tridimensional diferenciado. O capô continua longo, e combinado com o teto baixo e a linha de cintura mais elevada dá ao Sorento uma postura robusta. Na parte traseira, mudanças significativas surgiram graças às novas técnicas de fabricação de solda a laser, introduzidas pela primeira vez em um modelo da marca, que tornam as linhas de solda

Sorento já era um sucesso mundial da Kia, e ficou ainda melhor. Ainda mais sofisticado, o SUV de sete lugares chega com um modelo mais espaçoso, seguro, com inúmeros recursos inovadores e uma aparência mais ousada e atual.

.: 98 :.

invisíveis. O modelo 2017 também já vem rodas aro 19, para uma direção mais esportiva e com mais aderência. O que era grande ficou maior: a SUV cresceu 95 mm de comprimento, 5mm de largura e ficou mais baixo, com 1,69 m de altura. A distância entre-eixos ganhou mais 80 mm, liberando mais espaço para os ocupantes da cabine. Embora o teto tenha ficado mais baixo, os encostos de cabeça reposicionados dão a impressão de que há mais espaço e aumentam o conforto. Disponível na versão sete lugares, a segunda fileira é rebatível


com o console central dobrável, deixando o modelo ainda mais versátil para o uso no dia a dia. Mas é no interior do novo Sorento que estão as melhorias mais significativas. As mudanças foram lideradas pela equipe europeia de design da Kia, em Frankfurt, e deixaram a cabine ainda mais luxuosa, com a utilização de materiais de qualidade superior. Um diferencial incrível é o teto solar panorâmico (foto abaixo). O Sorento estreou uma série de tecnologias de bordo, melhorando o conforto e a experiência de condução. Novos recursos, como detecção de ponto cedo e um sistema de abertura do porta-malas por aproximação também foram acrescentados ao modelo. Uma das preocupações dos engenheiros durante o desenvolvimento do

Ainda mais sofisticado, o SUV chega mais espaçoso, seguro, com inúmeros recursos inovadores e uma aparência mais ousada e atual carro, além de reforçar a estrutura de carroceria, foi melhorar as características de NVH - ruído, vibração e aspereza, criando um ambiente mais agradável com novos materiais para isolamento acústico, melhor acústica para o motor e transmissão. Com isso, o ruído da cabine foi reduzido entre 3 e 6%, dependendo das condições de condução. A estrutura do novo Sorento é significantemente mais forte, graças a maior utilização de aço de alta

resistência, dando mais segurança no caso de um impacto, além de colaborar com a rigidez torcional e redução de peso. Segundo Gustavo Gotfryd, diretor do grupo Kia Akta Motors, o Sorento é um dos carros que mais sai blindado da loja. Ou seja, o carro pode sair já com blindagem nível IIIA, também com cinco anos de garantia e feita pela Bélico Blindagem (empresa homologada pela Akta Motors). O incremento na segurança adiciona apenas 180 kg ao peso do veículo, o que é bem pouco para um carro desse porte, e é a blindagem mais resistente disponível para uso civil. Faça um test drive e conheça todos os diferenciais do novo Sorento na Akta Motors, concessionária Kia em Santos, que fica na Av. Campos Sales, 126.


Fotos: Eduardo Virtuoso

Eduardo Virtuoso

turismo

radialista e fotógrafo

algarve Portugal

P

ortugal te surpreende ainda mais quando se tira um tempo para conhecer a região do Algarve! A costa que fica no extremo sul do país traz uma paisagem surpreendente e praias que são consideradas as mais bonitas do mundo. Para visitar o Algarve, você pode alugar um carro em Lisboa e pegar uma estrada de aproximadamente três horas. Se quiser ir de avião, o aeroporto de Faro é o que te leva mais facilmente até a região. Uma boa orientação é: Programese! Passar menos de quatro dias em Algarve será pouco para conhecer tudo de bacana que a região oferece. São muitas praias imperdíveis e uma afastada da outra. Então, vale lembrar

.: 100 :.

que alugar um carro é indispensável para desbravar a costa. Imagine que irá visitar o litoral de São Paulo e precisa conhecer diversas praias. Assim será em Algarve. A dica é se hospedar em Vila Moura. Quanto mais perto da marina você ficar, mais bem servido estará. Isso porque ao redor da Marina de Vila Moura você encontra diversos bares, restaurantes e baladas. Assim, ao voltar de um longo dia de praia, você tem diversas opções para aproveitar. É em Vila Moura também que está o sunset mais animado da região. Na praia da Falésia, procure pelo No Solo Agua. São muitas as praias que você precisa, mesmo, conhecer. Porém, comece pelas praias de Lagos. A

Ponta da Piedade é um mirante com formações rochosas que vai te impressionar. Ali do lado já está a pequena Praia do Camilo. Dividida por uma rocha, por dentro da qual os turistas precisam passar para acessar o outro lado da praia. Maior e com mais estrutura, a Praia da Dona Ana é uma boa pedida para passar o dia. Lá, marinheiros oferecem passeios rápidos de barco que valem muito a pena. Além de entrar em pequenas grutas, observar as rochas pelo lado do mar te trará outra perspectiva. Já na Lagoa, a Praia da Marinha é a mais procurada. E com razão! É paradisíaca, ainda mais vista de cima. A Praia Benagil é escondida pois é debaixo de uma caverna. Um imenso buraco permite com que o sol entre. Só se chega de barco ou a nado. Ainda na Lagoa, as praias Cova Redonda, Albandeira e do Carvalho devem ser vistas. Em Albufeira, as praias dos Arrifes e de San Rafael são as preferidas.


Claudia Oliveira

vinhos

sommelière

Andrea Bocelli e seus vinhos toscanos

S

anté! O tenor Andrea Bocelli fez turnê pelo Brasil este ano e nos brindou também com o lançamento de seus vinhos por aqui. Participei da degustação exclusiva para profissionais no Sheraton SP WTC Hotel e, para minha surpresa, o próprio Andrea nos deu as boasvindas ao lado do irmão Alberto e da equipe da Bocelli. A Boccelli, hoje Bocelli Family Wines (bocellifamilywines.com) foi fundada por Bartolomeu Bocelli, em 1730, e atualmente, após quase três séculos de atividade, mantém as raízes da família e sua relação com a terra. Além dos vinhedos, eles cultivam também grãos, criam animais, produzem mel e azeite de oliva.

.: 102 :.

A tradição da família Bocelli se faz presente até nos nomes dos seus herdeiros, visto que lá nos idos de 1930, Alcides Bocelli - avô paterno dos irmãos - teria seu primogênito e para não ter que mudar as iniciais que marcavam o gado da propriedade decidiu que o menino se chamaria Alessandro. Ele seguiu o legado do pai e nomeou seus dois filhos Andrea e Alberto, atuais proprietários e responsáveis pela continuidade, expansão e modernização da empresa. Localizada na região da Toscana, na Itália, a azienda possui vinhas de mais de 70 anos, onde se cultivam uvas Sangiovese, Canaiolo, Colorino, Malvasia,Trebbiano, Pinot Grigio e ainda a francesa Cabernet Sauvignon.

Degustei e me surpreendi com o branco Pinot Grigio IGT 2013 com aromas de limão e menta. É um vinho personal com refrescância marcante, para abusar nos dias ensolarados e nos chuvosos também. Me encantei com o Sangiovese IGT 2013, grande vinho. Pudera, 80% das uvas é vinificada na primeira fermentação, enquanto que as 20% restantes são uvas que passam por secagem em salas ventiladas, para maior madurês, e todas se mesclam na segunda fermentação, resultando em muita estrutura e equilíbrio. Provei ainda o Sangiovese IGT 2015, o Poggiocino IGT 2013 e o Tenor Red IGT 2015. São todos vinhos de excelência elaborados com muita paixão, à altura do grande tenor. Acesse enoamigos.com.br e leia minha análise dos vinhos. A CH2A foi a organizadora do evento e os vinhos são trazidos pela ItaliaMais Importadora (italiamais.com.br). Até a próxima taça!


gastrônoma e apresentadora de TV

peru

iluminado

C

omemorar o nascimento de Jesus nos traz uma sensibilidade diferente, onde se afloram nossos sentimentos de solidariedade, de repensarmos a vida e valorizarmos o próximo. E neste clima ‘do bem’ confraternizamos com amigos e familiares esta festa de renovação da vida, onde a troca de presentes foi introduzida pelo papa Bonifácio a partir do século VII e se tornou uma tradição cristã, junto com a ceia de Natal com seus costumes e pratos. O panetone, por exemplo, foi criado graças ao erro de um padeiro, em Milão, na Itália, nos anos 900. Diz a lenda que o padeiro Toni, na véspera de Natal, precisava ainda assar mais uma fornada de pães e preparar uma torta para seu chefe, porém, exausto, confundiu-se e colocou uvas passas da torta na massa de pão. Na .: 104 :.

tentativa de salvar a situação colocou ainda frutas cristalizadas, manteiga, ovos e os demais ingredientes do recheio que seriam usados na torta. Toni assou a mistura e entregou para o patrão. Foi um sucesso e seu chefe decidiu dar o nome à massa de pane di Toni (pão do Toni, em italiano), que com o tempo tornou-se panetone. O Brasil é o segundo maior produtor de panetone do mundo, só perdendo para a Itália. Em cada país a ceia de Natal tem preferências distintas. Em Portugal, além do peru assado e do polvo, o bacalhau com batata e couve cozida é um dos principais pratos. Na França, além do tradicional peru assado, os franceses juntam outras iguarias como a lagosta, as ostras, os escargots e o fois gras. Já na Austrália, como o Natal é celebrado no verão, a ceia de natal converte-se em piquenique, onde é comum comer

gastronomia

Beth Teani

peru, carne de porco e pudim de ameixa flambé. Na Espanha, a grande festa realiza-se no dia de Reis, e não pode faltar à mesa o tradicional presunto serrano, o roscón de Reyes (semelhante ao bolorei), marisco e borrego ou peru assado. O hábito de comer peru no Natal surgiu em Plymouth, Massachusetts, nos EUA, em 1621, quando no Dia de Ação de Graças serviu-se peru selvagem, criado pelos índios mexicanos, como prato principal. No Brasil, desde a época colonial, o peru tornou-se também a maior tradição no jantar de Natal, seguido pelo chester (criado para ser uma alternativa mais barata ao peru, por meio do cruzamento de linhagens especiais de aves), o abacaxi com tender (dos costumes indígenas e africanos), frutas cristalizadas e uvas-passas (dos países mediterrâneos), além dos pratos tradicionais de Natal de origem portuguesa, como o bacalhau, os bolinhos de bacalhau e as deliciosas rabanadas. Quer a receita completa do Peru Iluminado para a sua ceia de Natal? Você encontra em www.bethteani. com.br/salgados/peru-iluminado


turismo

Por Juliana Justino

Eurotrip

Suíça e Holanda foram os destinos escolhidos por Luh Sicchierolli

V

iajar com os amigos é sempre uma delícia, ainda mais se for para conhecer lugares incríveis, não é? O blogueiro e youtuber Luh Sicchierolli embarcou em uma eurotrip com o nosso editor-chefe Maycow Montemor, com patrocínio da companhia aérea KLM, e falou para a gente sobre as maravilhas da Suíça. Luh já começou dando uma boa e uma má notícia. “Primeiro, a Suíça é o lugar mais lindo que eu já visitei na vida. Mas a parte ruim é que também é o lugar mais caro em que eu já estive. Mas, sinceramente, vale a pena pegar leve nas compras, guardar uma graninha e conhecer esse país maravilhoso”. O primeiro lugar que visitaram foi Schaffhausen, uma cidade com cerca de 33 mil habitantes onde mora a Cacau, uma amiga do Luh. Quase na divisa com a Alemanha, a cidade é pequena, pitoresca e cercada de paisagens naturais incríveis. “O rio tem a água mais límpida que já vi na vida, e o lugar é cheio das construções antigas características de uma boa cidade europeia. O centro me .: 106 :.

lembrou Bolzano, na Itália. É o tipo de cidade pequena que encanta com seu charme único”, relembra. O centro da cidade é repleto de lojinhas, cafés, restaurantes e sorveterias. Dá pra fazer tudo a pé e explorar as pequenas surpresas, as vielas, tirar um monte de fotos lindas e aproveitar para se refrescar nas fontes de água natural que ficam espalhadas pela cidade. “Um super conselho é levar uma garrafinha de água e ir enchendo nessas paradas, porque até a água é bem cara por lá”, recomenda o blogueiro.


Outra recomendação é que se você pretende visitar outras cidades da Europa, como foi o caso do Luh e do Maycow, compre apenas o que for realmente necessário na Suíça. “Por mais que eu tenha visto várias coisas bem fofas na cidade, os preços não eram nada convidativos”, conta. O Rio Reno passa pela cidade e traz uma paisagem linda, perfeita para andar de bike, caminhar ou fazer passeios de barco. “A gente não teve tempo suficiente para fazer este passeio de barco, mas, sem dúvidas, se um dia eu voltar para Schaffhausen vou fazer. As paisagens são deslumbrantes!”, lamenta Luh.

“A Suíça é o lugar mais lindo que eu já visitei na vida. Mas a parte ruim é que também é o lugar mais caro em que eu já estive” O ponto turístico mais famoso da cidade são as Cataratas do Reno, conhecido por lá como Rheinfall. É a maior cachoeira da Europa e fica dentro de um parque com vários

mirantes, um elevador panorâmico e um museu. Ou seja, dá para aproveitar a paisagem incrível, sentir a força das águas, tirar um monte de fotos maneiras e ainda conhecer um pouco mais a história da Rheinfall e da própria cidade de Schauffhausen. Para quem pretende visitar a Suíça, o conselho é alugar um carro. Apesar da cidade contar com um bom transporte público, não se compara a praticidade do metrô de Londres, por exemplo. De carro, é possível otimizar o tempo e conhecer cada pedacinho das cidades e parques sem estresse. A

Rafael Vaz


princípio o gasto pode parecer maior, mas como assim você consegue conhecer mais lugares e acaba valendo a pena. Claro que não dá para visitar a Suíça sem ver de perto a neve dos Alpes. Apesar de ser verão quando estiveram por lá, o Jungfrau estava cheio de neve branquinha e fofa. Como ele é considerado o pico mais alto, com fácil acesso, foi o escolhido para o passeio. O Jungfrau é considerado o “topo da Europa”, pois é a montanha com mais fácil acesso a uma altitude tão alta (3454 metros). Todo o caminho é feito de trem, que existe desde 1912. De carro, a montanha fica a pouco mais de duas horas de distância de Zurique e só o caminho já faz valer a pena. “Cada curva revela uma paisagem com muito verde e águas cristalinas, é a coisa mais linda de se ver”, conta Luh.

“No caminho do Jungfrau, cada curva revela uma paisagem com muito verde e águas cristalinas, é a coisa mais linda de se ver” No pé da montanha você encontra alguns restaurantes, a bilheteria e a primeira estação de trem. Os ingressos para subir até o topo não são baratos, e dependem da quantidade de tempo que se pretende ficar lá em cima. No caso dos meninos, pagaram 170 francos por pessoa para passar 40 minutos no topo. “É dinheiro pra caramba, especialmente quando

convertido em reais. Mas, acredite, é uma experiência incrível, que você vai levar para o resto da vida, então eu vi como um investimento”. Na subida, já dá para sentir o clima esfriando e o oxigênio ficando mais escasso, mas não é nada que um pouco de calma para respirar não resolva. “Na última parada encontramos várias atrações! O observatório, o Palácio de Cristal (que só rola no inverno, infelizmente) e a área externa, onde dá para esquiar - ou só se divertir rolando na neve mesmo. Tem coisa mais divertida?”, questiona o blogueiro. Segundo ele, o frio é bem tranquilo de aguentar, pois o sol é bem quente lá em cima. Confira os vídeos da eurotrip em vídeo no canal do YouTube do Luh Sicchierolli.

Luh Sicchierolli no Jungfrau


Coluna Social

Studiobox #46 O lançamento da edição 46 da Studiobox aconteceu no salão da estrela da capa, no Claudio Piovesana Cabeleireiros (Av. Washington Luiz, 465). A festa foi animadíssima e embalada pelo som do DJ Angelo.

Maycow Montemor e Claudio Piovesana

Andrea Muniz, Carina Mendes e Larissa Nakagawa

Márcia Atik, Christiane Fatalla e Renata Queiroga

Natália e Márcia Pinheiro

Claudia Duarte e Angelo


Por Maycow Montemor

Novo showroom SCA SAntos Sob a gestão do casal de empresários Walid e Lolla Abdouni, o empreendimento fica na R. Azevedo Sodré, 7 e apresenta 470 m² e 14 ambientes de soluções em mobiliário. Segundo Paulo Cardoso, do Escritório traço68 arquitetura+design, responsável pelo conceito da rede SCA no Brasil e exterior, o novo showroom traduz a sofisticação e versatilidade da marca, resgatando o conceito e linguagem que sempre foi trabalhado na cidade.

Walid e Lolla Abdouni

Roseli Feijó

Ariel Bispo, Raul Domingues e Luciana Claro

Jadir Battaglia, Daniel Cardozo, Edgar Pistelli e Ricardo Figueira


burlesque

Paris 6 by Night

Burlesque Paris 6 By Night é único: na síntese e em toda a sua essência. Primeiro no Brasil com formato e programa como os das casas de espetáculo e cabarés internacionais, alia gastronomia e artes a uma forte interação do público.

Expande as referências de entretenimento a partir de inúmeras atrações, sob as assinaturas de Sandro Chaim – Chaim Produções (idealização e direção artística) e Isaac Azar – Paris 6 (direção gastronômica). Em aproximadamente 1.000 m², incorpora dois ambientes independentes, que se complementam numa experiência surpreendente e multissensorial. É o cenário das melhores noites do mundo em São Paulo! Os ingressos para o espetáculo estão disponíveis em www.ingressorapido.com.br


Encontro de Blogueiros praiamar fashion day Com a presença de mais de 6 mil pessoas, o Praiamar Fashion Day foi um grande sucesso. O maior evento de moda da Baixada Santista contou com desfiles, workshop sobre a história da moda com Dudu Bertholini e o Encontro de Blogueiros, mediado por Maycow Montemor, realizado pela Studiobox com patrocínio de Akta Motors, Espaço Votre, Fila, Kidz Shoe Store e Porto Seguro Conecta e apoio de Amor aos Pedaços e Haru Temakeria e Sushi.

Diego Mortati, Karen Bachini, Claudinha Stoco, Maycow Montemor, Carol Valladão, Luh Sicchierolli, Karol Pinheiro e Davi Morilla Jr.

Bruna Sousa e Karol Pinheiro

Carol Valladão, Stephany Paschoal e Luh Sicchierolli

Fã com Mariana Nóbrega (Maqui)

Ale Santuti como @tiaveraronzella


pizza hut volta a santos Depois do sucesso com a franquia de Praia Grande, a Pizza Hut volta a Santos. Com investimento de mais de R$ 2 milhões e criação de mais de 30 empregos, a unidade santista fica na Av. Siqueira Campos, 606, no Boqueirão.

Marcos Freire, Alex Piton e Alex Videira

nova Kidz Shoe STore

A loja de calçados infantis Kidz Shoe Store inaugurou sua mais nova unidade no Praiamar Shopping. Lá você encontra uma incrível variedade de sapatinhos infantis, para meninos e meninas, em um ambiente agradável e com atendimento de primeira! A loja fica no piso térreo do Shopping Praiamar (Loja 184), na Rua Alexandre Martins, 80. Telefone: (13) 3227-4703. Leia mais no site revistastudiobox.com.br


Praiamar agora tem My Gloss! A grife de jóias contemporâneas colecionáveis MyGloss chega a Santos com a sua primeira franquia no Praiamar Shopping. São mais de 350 charms temáticos para escolher e montar seu próprio colar, pulseiras e brincos!

Carolina Chaud e Nelson Fernandes Filho

Simone Ribeiro Soares

Mari e Mariana Alves

Lyarah

Ana Paula Franco Toledo, Renata Queiroga e Isabela Toledo


advogada e blogueira

TIKI BAR Santos

I

magine uma casa de praia, onde você pode ir bem à vontade ou mais arrumado, pode levar seu animal de estimação, um lugar lúdico, onde os garçons servem dançando... É o Tiki Bar Santos, que abriu as portas em novembro. Bruno Farah Barreto é o chef do Tiki Bar Santos e Rick Taylor, sushiman

aqui em santos tem

Daniella Muniz

especializado em pescados, é o souschef. A prosposta gastronômica do local é a comida do pacífico, pratos leves, com inspiração na culinária do Japão, Havaí, Califórnia, México e Peru.

do cardápio de bebidas, assim como os drinks, servidos em copos temáticos especialmente trazidos do exterior, como o refrescante Naked Beach: rum, lichia, frutas vermelhas e coco.

A maioria pratos são individuais, destaco o Sanduíche de Carnita: Carnita Assada, cheddar, aioli verde, na broa de milho e a porção com cinco minitemakis: salmão, califórnia, philadelfia, atum e patê de salmão. Cervejas importadas e nacionais fazem parte

De noite, o Tiki Bar Santos vira uma baladinha, com música agitada que contagia os clientes. Para o alto verão a casa promete novidades no cardápio.

Kidzup

O

espaço KidzUp chegou ao Shopping Pátio Iporanga em julho de 2015 com a proposta de trazer diversão para bebês e crianças com segurança. Lá, a criançada se diverte em um super brinquedo com tobogã e piscina de bolinhas. A novidade do momento é o ‘Sumo Bumper Boppers’, além da cama elástica, games, camarim fashion, fantoches, boliche e toda a

Tiki Bar Santos. Av. Epitácio Pessoa, 124, Santos. Telefone: 3394-2839

programação especial com a presença de personagens e também os eventos temáticos. Para os menorzinhos, o KidzUp preparou um Espaço Baby totalmente acolchoado. O Kidz Up conta com uma equipe de monitores treinados para a tranquilidade dos pais e um salão de festas para comemorar o aniversário dos pequenos com conforto e praticidade. KidzUp. Shopping Pátio Iporanga - Piso térreo. Av. Ana Costa, 465 - loja 222, Santos.


Neste final de ano Desejamos que a sua caixinha esteja repleta de novas energias e realizações O China In Box Santos deseja a você um Feliz Natal e um Ótimo Ano Novo.

chinainbox.com.br

Santos: 3289-5060

Estaremos abertos no jantar do dia 1º de Janeiro


chef de cozinha

saint marie Gastronomia O restaurante é de comida libanesa e seus pratos são deliciosos. Além de restaurante, é também rotisseria e você pode levar as delícias do restaurante para casa. Praticamente tudo é feito na casa e sob o comando e o olhar doce de seu chef e proprietário, Stephan Kawijian, que encanta e conquista o coração de seus clientes assíduos. A casa lota e tem fila de espera. Por isso, vá sem pressa e relaxado. Enquanto espera,

Comer em são paulo

Maísa Campos

você se delicia com uma coalhada e uma cestinha de pão árabe, que são cortesia da casa. Assim, a espera é mais gostosa!

crie expectativas. O espaço é simples e não perde tempo com os detalhes de organização e decoração.

Das tradicionais esfihas e kibe ao polvo, tudo é maravilhoso. Se você estiver em grupo, dá para se empolgar e pedir um pouco de cada coisa. O kibe desconstruído, a kafta artesanal de cordeiro, a esfiha de cebola, a moussaka e o polvo são pratos surpreendentes e, todos são de comer de joelhos.

Quando se programar para conhecer o espaço, não esqueça que a casa é muito requisitada e aos finais de semana está sempre lotada. Por isso, o ideal é chegar às 12h ou às 16h para evitar as filas. Mas não desanime, pois a comida faz valer a pena! Seus sabores ficam guardados no estômago, no coração e na memória. É comida de afeto. É comida de verdade.

Para encerrar, aposte na mousse de chocolate! Textura e sabores perfeitos, dignos das técnicas francesas clássicas. Quanto ao ambiente do restaurante, não

Town

Sandwich Co. Para quem ama sanduíches, existe uma parada obrigatória em São Paulo: Town Sandwich Co. Sanduíches criativos e um ambiente agradável e descolado fazem do local um acerto de Lucas Bassoleil, filho do renomado chef francês Emmanuel Bassoleil. Dentro das deliciosas opções, você encontrará um inesquecível sanduíche de ragu de costela, o Calamar

Saint Marie Gastronomia. R. Dom João Batista Costa, 70. Jardim Taboão, São Paulo. Telefone: (11) 3501 7552.

(um excêntrico sanduíche de lulas com bacon no pão de hot dog), pernil desfiado e o inesquecível choripán, feito com linguiça parrillera e chimichurri de ervas. Para iniciar os trabalhos, não deixe de pedir as fritas com fondue de queijo e costela – crocantes e quentinhas, elas valem cada caloria adquirida! Town Sandwich Co. R. Melo Alves, 445 - Jardim Paulista - São Paulo Telefone: (11) 3062-6757


Encontre a Dois Pontos B na loja da Tyrol :


Nova

Santa Marta Casa

Gastronomia

Em breve de portas abertas para você! Av. Washington Luiz, 500 - Boqueirão

Santos - São Paulo 11055-000

Studiobox #47 - Destaques 2016  
Studiobox #47 - Destaques 2016  

Já está no ar a última Studiobox do ano! E como já é costume, nesta edição, falamos sobre os empresários que se destacaram na Cidade em 2016...

Advertisement