__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

RE VI ST AT E XT I L . COM. BR| Nº7 6 5 / 7 6 6| E DI ÇÃODUPL A

8 9ANOSI NF ORMANDOAI NDÚS T RI AT Ê XT I L

SUSTENTABI LI DADENOSETORTÊXTI L OME I OA MB I E N T EF O I OP R O T A G O N I S T AN A 3 2 ªE D I Ç Ã OD A C O L O MB I A T E X


TÃœYAP FAIRS INC. P : + 90 212 867 11 00 F : + 90 212 886 66 98 www.tuyap.com.tr

editorial.indd 6

OWNERS

Teknik

TEKNiK FAIRS INC. P : + 90 212 876 75 06 F : + 90 212 876 06 81 www.teknikfuarcilik.com

AUTHORIZED EXCLUSIVE SALES REPRESENTATIVE IN CHINA

SHANGHAI TENGDA EXHIBITION CO.,LTD. Ph:+86-21-60493344 - Fax:+86-21-58499947 info@textenda.com

/itm2020

Download ITM 2020 App Store & Google Play

Whatsapp Communication Line

+90 530 264 19 19

28/03/2020 02:46:12


EDITORIAL

A REVISTA TÊXTIL é uma publicação da

R. da Silva Haydu & Cia. Ltda. Inscr. Est.: 104.888.210.114 CNPJ/MF: 60.941.143/0001-20 MTB: 0065072/SP

Diretor-Presidente: Ricardo Haydu Diretora de Redação: Clementina “Vivi” Haydu Jornalista: Renata Martorelli Designer: Carlos C. Tartaglioni Foto da capa: Arquivo Representantes Comerciais Europa: International Communications Inc. Andre Jamar 21 rue Renkin: 4800: Verviers: Belgium Tel/Phone: + 32 87 22 53 85 / Fax: + 32 87 23 03 29 e-mail: andrejamar@aol.com Ásia (Asian): Buildwell Int. Co., Ltd. Nº 120, Huludun, 2nd St., Fongyuan, Taichung Hsien: Taiwan 42086: R.O.C. Tel/Phone: + 886 4 2512 3015 / Fax: + 886 4 2512 2372 Coréia (Korea): Jes Media International 6th Fl., Donghye-Bldg.: 47-16, Myungil-Dong Kandong: Gu: Seoul 134-070 Tel./Phone: + (822) 481-3411/3 / Fax: + (822) 481-3414 Correspondente na Argentina: Ecodesul Av. Corrientes, 3849: Piso 14° OF. A. Buenos Aires: Argentina Tel/Phone: (541) 49-2154 / Fax: (541) 866-1742 Órgão Oficial das entidades

Órgão de divulgação das entidades Abint: Associação Brasileira das Ind. de NãoTecidos e Tecidos Técnicos; Núcleo Setorial de Informação do SENAI/CETIQT; Redação/Administração Rua Albuquerque Lins, 867 8º andar - Santa Cecília São Paulo/SP - Brasil - CEP 01230-001 Tel/Phone: +55 (11) 3661.5500 E-mail: revistatextil@revistatextil.com.br Site: www.revistatextil.com.br Publicação bimestral com circulação dirigida às fiações, tecelagens, malharias, beneficiadoras, confecções nacionais e internacionais, universidades e escolas técnicas. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a filosofia da revista. A reprodução total ou parcial dos artigos desta revista depende de prévia autorização da Editora. Redação Releases, comentários sobre o conteúdo editorial, sugestões e críticas a matérias. Pedidos de informação relacionados às matérias e à localização de reportagens: e-mail: revistatextil@revistatextil.com.br Publicidade Anuncie na REVISTA TÊXTIL e fale diretamente com o público leitor mais qualificado do setor têxtil no Brasil e no mundo: e-mail: revistatextil@revistatextil.com.br

O MUNDO EM ALERTA De acordo com o último relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), o Covid-19 causará recessão econômica em alguns países, e a desaceleração do crescimento anual global, que deverá ficar abaixo de 2,5%. A doença já impactou diversos setores, como bolsa de valores, turismo, e agora está chegando no comércio. A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) realizou enquete com empresários do setor sobre os efeitos do Coronavírus na atividade e 77,4% dos entrevistados ainda sentiram impactos em seus processos produtivos, porém, 22,6% já percebem consequências, dentre elas a ampliação da demanda doméstica por produtos de suas empresas. O cenário mundial é preocupante, no quesito saúde, como também nos negócios e desenvolvimentos. O que resta é a prevenção e os cuidados com a saúde e higiene pessoal, para tentarmos conter uma epidemia que chega a passos largos no Brasil. Saindo um pouco do problema global, a Revista Têxtil foi convidada e esteve presente na Colombiatex 2020 para a cobertura do evento, que ressaltou a importância da sustentabilidade para os negócios e para o mundo. Falando nisso, o modelo de negócios e responsabilidade ambiental e social da Fabricato, uma das maiores indústrias têxteis da Colômbia, serve como exemplo a ser seguido mundialmente. Conhecemos a fábrica e acompanhamos de perto todos os processos ambientais seguidos pela empresa. Outro destaque desta edição é a cobertura do Inspiramais, que aconteceu no Centro de Eventos Pro Magno, em São Paulo, nos dias 14 e 15 de janeiro, também focado no meio ambiente e em tecnologia. A feira Agreste Tex, que aconteceria em março, no Polo Caruaru, em Pernambuco, foi cancelada. No fechamento desta edição, com a gravidade do Coronavírus, os eventos nacionais e internacionais, inclusive desfiles, foram cancelados. Boa leitura e até a próxima!

Assinaturas Para renovação e outros serviços, escreva para: e-mail: revistatextil@revistatextil.com.br

Revista Têxtil #765 I 03

editorial.indd 3

28/03/2020 02:40:10


SUMÁRIO

COLOMBIATEX

04

COLOMBIATEX 2020 COMEMORA SUCESSO SUSTENTÁVEL

ABIT

21

O CORONAVÍRUS NO PLANETA VICA

INTERNACIONAL

22 22 22 22 23 23 23 24 24 24 25

SAURER APRESENTA TECNOLOGIAS NA ITME AFRICA RIETER DIVULGA INFORMAÇÕES SOBRE O EXERCÍCIO DE 2019 RIETER NO EGITO PICANOL NA ITME AFRICA 2020 ANDRITZ FORNECE TECNOLOGIA PARA A POLONESA NOVITA BENNINGER AG ADQUIRE A LAB-PRO GMBH SUSTENTABILIDADE NA MONFORTS BCF S8 CONQUISTA INDÚSTRIA DE CARPETES COM O NOVO CPC-T OERLIKON NONWOVEN APRESENTA TECNOLOGIA ESQUEL SE BENEFICIA COM O USTER® QUALITY EXPERT SWISS DE OLHO NA SUSTENTABILIDADE

INOVAÇÃO

26

EPSON INAUGURA SOLUTIONS CENTER NO BRASIL

EVENTO

29

TURQUIA RECEBE ITM 2020

TECNOLOGIA

30

5ª EDIÇÃO DA AGRESTE TEX

SUSTENTABILIDADE

32

INSPIRAMAIS COMEMORA UMA DÉCADA DE INCENTIVO À MODA

ARTIGO

36

COLORIMETRIA

04 I Revista Têxtil #762

editorial.indd 4

28/03/2020 02:40:11


COMUNICADO

REVISTA TÊXTIL E A COVID 19 Neste momento de pandemia mundial, a Revista Têxtil está buscando as melhores soluções para vocês, nossos leitores. O atraso da edição 1 teve um motivo: a união das edições 1 e 2 de 2020 em uma única publicação, devido a situação de retração e quarentena que vivemos no país. Empresas fechadas, algumas indústrias com produção reduzida, tudo para evitar a propagação do vírus entre a sociedade. Esse cenário origina a redução de conteúdo para a revista, que é especialista em tecnologia, inovação e sustentabilidade no setor têxtil e de moda. Notícias sobre o panorama da COVID 19 estão sendo divulgadas na imprensa em geral diariamente. A nós cabe a missão de continuar em busca do melhor conteúdo do setor. A equipe da RT está trabalhando em home office para continuar acompanhando o mercado. Aproveitamos este momento para reestruturar nosso site para que você encontre muitas novidades. Vamos inaugurar um Blog e um espaço dedicado para as últimas notícias do setor têxtil, além de reestruturar nossas redes sociais para estarmos mais tempo juntos no dia a dia da nossa indústria. Você pode acompanhar os anúncios dos nossos parceiros nas páginas da revista, em banners no nosso site e nas nossas redes sociais. Esperamos que esse momento seja breve, que possamos retomar a rotina e que o mercado volte a caminhar, com fé e esperança de dias melhores. Nos vemos na próxima edição!

Vivi Haydu Editora e Diretora da Revista Têxtil

Revista Têxtil #765 I 03

comunicado.indd 3

30/03/2020 23:38:42


COLOMBIATEX

COLOMBIATEX 2020

COMEMORA SUCESSO SUSTENTÁVEL Evento reafirma a importância da sustentabilidade para o mercado global VIVI HAYDU E RENATA MARTORELLI

A

32ª edição da Colombiatex de las Americas aconteceu entre os dias 21 e 23 de janeiro de 2020, na Plaza Mayor, em Medellín, na Colômbia, e apostou em uma indústria têxtil mais sustentável, por meio de espaços de educação e discussão em torno da sustentabilidade ambiental. O evento teve três dias cheios de tendências, conhecimento e negócios para projetar o caminho para a indústria em 2020. Mais do que uma tendência, a sustentabilidade ambiental chegou para ficar. Na moda, para alcançar a sustentabilidade, é essencial que os processos têxteis, suprimentos e produção se tornem mais amigos do meio ambiente. Pensando nisso, a Colombiatex de las Américas 2020 apresentou avanços nesse tema, como reciclagem de materiais como PET e roupas usadas para criar novas fibras; tratamento de água para reutilização no processo produtivo ou voltar aos rios; uso de novas fontes de energia, como telas solares e a implementação de substâncias e produtos químicos certificados para não gerar impacto ao meio ambiente. “A sustentabilidade ambiental não é uma opção para as empresas, é uma obrigação, estamos entrando em uma era na qual a sustentabilidade econômica dependerá da sustentabilidade ambiental das empresas”, comentou Carlos Eduardo Botero, CEO da Inexmoda.

04 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 4

ROTA DA SUSTENTABILIDADE A Rota da Sustentabilidade Ambiental, protagonista da Colombiatex de las Américas, também teve uma abertura oficial e contou com a presença de Saúl Pineda Hoyos, vice-ministro de Desenvolvimento Empresarial; Maritza López Parra, Secretária de Produtividade e Competitividade de Antioquia; Daniel Quintero Calle, Prefeito de Medellín; Diana Osorio, gerente social de Medellín e esposa do prefeito Daniel Quinteros; entre outras autoridades nacionais. “É por isso que a Colombiatex de las Américas 2020 evidencia como as organizações estão transformando seus modelos de negócios e melhorando suas cadeias de suprimentos, a fim de reduzir os impactos ambientais, melhorar a eficiência da tecnologia e as condições sociais da indústria”, destacou Carlos Eduardo Botero Hoyos. A feira teve como principal eixo de discussão a sustentabilidade por meio da Rota da Sustentabilidade Ambiental, iniciativa dos organizadores para destacar os processos e novos modelos de negócios que estão sendo desenvolvidos por 57 expositores, com participação da Colômbia com 55%, Brasil 27% e Espanha 7%. Na Rota, foram mostradas algumas tendências imporFotos: Divulgação/Inexmoda

29/03/2020 21:43:28


COLOMBIATEX ALMOÇO COM IMPRENSA DESTACA IMPORTÂNCIA DA COLOMBIATEX

tantes, como tecnologia ecológica, reciclagem, controle de emissões e tratamento de água, cada vez mais fortes dentro da indústria.

TENDÊNCIAS DE MODA Durante o evento, o Fórum de Tendências apresentou informações de moda para a temporada primavera-verão 2020, começando em janeiro e terminando em julho, através da exposição de tecidos e suprimentos pertencentes aos expositores da feira, e contou com palestras diárias sobre o tema, com a participação de cerca de 2000 pessoas durante os três dias do evento. As principais tendências destacadas no Fórum de Tendências foram: têxteis com aparência borrada, aparência de celofane, gráficos derretidos e estampas de bola inspirados na Califórnia; tecidos ultrafinos, texturizados, plissados e ​​ naturais; impressão com aparência granulada, estilo pedra-pomes, ou aquarela floral clara e frutas com formato retrô; e malhas e correntes, superfícies foscas, aveludado de luxo, estampas de animais e grafites. Além disso, como de costume, a Inexmoda fez uma homenagem ao Denim, com o Denim Day, um convite para todos, desde assistentes, até visitantes da Colom-

Um dia antes do início da Colombiatex 2020, aconteceu uma coletiva de imprensa no restaurante Pesqueira, em Medellín, que contou com a presença de Saúl Pineda Hoyos, vice-ministro de Desenvolvimento de Negócios; Maritza López Parra, Secretária de Produtividade e Competitividade de Antioquia e Daniel Quintero Calle, prefeito de Medellín, entre outras autoridades nacionais e locais que acompanharam Carlos Eduardo Botero Hoyos, presidente executivo da Inexmoda, que agradeceu agradeceu a presença e o apoio das autoridades nacionais e locais, e enfatizou a importância das demandas de um consumidor mais consciente, informado e crítico de suas decisões de compra. O prefeito de Medellín, Daniel Quintero Calle, revelou que Colombiatex de las Américas significa 86% de ocupação hoteleira da cidade e deixa um resultado econômico de US$ 11,6 milhões nos três dias da feira, mas, acima de tudo, gera conexões de valor. Por outro lado, Maritza López Parra, Secretária de Produtividade e Competitividade de Antioquia, disse que o setor de vestuário contribui para o departamento cerca de 3% do PIB e oferece oportunidades para 100.000 antioquenos que obtêm sua receita da indústria têxtil e seus derivados. O vice-ministro de Desenvolvimento de Negócios, Saúl Pineda Hoyos, valorizou a importância de promover o crescimento da indústria por meio de uma intensa agenda que foi desenvolvida com os empresários do setor. “Hoje, temos que dizer que a Inexmoda e suas feiras são um dos 27 projetos que estão caminhando para os mercados internacionais e que isso foi algo que nos propusemos a fazer”. A escolha da peixaria Pesqueira para a coletiva de imprensa de abertura da Colombiatex 2020 não foi por acaso. A peixaria de 10 anos trabalha com sustentabilidade. São distribuidores e atacadistas que trabalham com peixes ancestrais do pacífico e caribe colombiano, e é a única peixaria certificada em todo território colombiano, já que cumpre todas as normas de pescas, respeitando as épocas de pescas, sem agredir o meio ambiente, além de colaborar com o desenvolvimento de pescadores.

Revista Têxtil #765 I 05

colombia.indd 5

29/03/2020 21:43:29


COLOMBIATEX biatex usarem sua melhor roupa feita com este material e aproveitar as diferentes atividades propostas pela feira para celebrar a existência desse tecido icônico.

O FUTURO DA MODA A Inexmoda e a Universidade Pontifícia Bolivariana-UPB abriram as portas para o Pavilhão do Conhecimento, onde 28 especialistas compartilharam seus conhecimentos sobre sustentabilidade e negócios da moda, através de palestras e workshops, que reuniram cerca de 7.000 pessoas e 7.400 pessoas conectadas via streaming. Além disso, durante o evento, a Inexmoda comemorou 10 anos de trabalho lado a lado com a UPB, criando o Pavilhão do Conhecimento, e ambos reafirmaram seu compromisso com esta iniciativa. Entre o conteúdo apresentado, destaque para a conferência Fortes ações contra o contrabando de têxteis e roupas, realizada pelo coronel Oscar Cortes Dueñas, vice-diretor da Polícia Fiscal e Aduaneira, que anunciou as realizações da Polícia Fiscal e Aduaneira na luta contra o contrabando de têxteis e vestuário, por meio da implantação do Centro Integrado de Combate ao Contrabando de Calçados, Têxteis e Confecções CIC2CT e as estratégias das Zonas Legais de Comércio e Canteiros de Legalidade da ZCL. Outro destaque foi a palestra de Luis Felipe Salom, consultor de logística e operações, que falou sobre Como gerar valor no setor têxtil por meio de terceirização, onde abordou a geração de valor em processos logísticos e o papel dos operadores na estratégia, tornando conhecido o mercado dos operadores, as tendências mais importantes do mercado e um estudo de caso de terceirização e geração de valor para o setor têxtil.

LIGANDO A AMÉRICA LATINA AO MUNDO Durante a feira, 546 expositores de 21 países apresentaram suas inovações em sustentabilidade e tecnologia. A Colômbia contou com 328 expositores vindos da Antioquia (46%), Cundinamarca (44%), Valle del Cauca (6%), entre outras regiões. A participação internacional contou com 218 expositores vindos principalmente da Índia (24%), Brasil (22%), Itália (10%), entre outros. A exposição recebeu 13.682 compradores, dos quais 12.587 eram colombianos de regiões como Antioquia (48%), Cundinamarca (20%), Valle del Cauca (5%), entre outros; e 1.542 compradores internacionais

06 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 6

29/03/2020 21:43:34


COLOMBIATEX de países como Equador (21%), Peru (17%), México (13%), entre outros. A 32ª edição da Colombiatex de las Américas também destacou a criatividade e a produção feitas 100% na Colômbia. Por isso, 18 designers e ilustradores apresentaram suas criações no Mercado Gráfico. Além disso, os organizadores do evento promoveram os negócios dos expositores colombianos por meio do selo Origen Colombia, diferenciando 114 marcas com linhas de produtos produzidas na Colômbia.

INEXMODA E MESSE FRANKFURT Durante a feira, a Inexmoda e a Messe Frankfurt anunciaram sua aliança para conquistar as Américas. Carlos Eduardo Botero Hoyos, presidente executivo da Inexmoda e Claudia Franz, diretora de Gerenciamento de Marcas para Têxteis Domésticos e Moda da Messe Frankfurt, apresentaram a primeira edição da Heimtextil Colombia, uma plataforma de negócios para decoração e design de interiores, que chegará a Medellín de 27 a 29 de abril de 2021, e que impactará as Américas. O Heimtextil é o evento global mais importante da indústria e a maior feira internacional de têxteis para o lar realizada em Frankfurt, na Alemanha. Medellín, uma das cidades mais importantes da Colômbia e diferenciada por sua inovação, ficará encarregada de receber a primeira edição da Heimtextil Colombia, representando as Américas, um alto potencial no mercado mundial. A Inexmoda e a Messe Frankfurt apontam a Colômbia como uma plataforma de negócios para residências, móveis, hotéis e outros produtos relacionados à indústria têxtil, que reunirá expositores da linha de frente e compradores profissionais da região.

BRASIL NA COLOMBIATEX 2020 As inovações mais importantes brasileiras na área de têxteis, máquinas e equipamentos, calçados e materiais para calçados do Brasil foram apresentadas durante a Colombiatex 2020. Ao todo 44 empresas compuseram a delegação brasileira que participou do evento, graças ao apoio dos programas de promoção internacional: Texbrasil; Brazil Machinery Solutions e By Brasil Components, Machinery and Chemicals, parceiros da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil); e os sindicatos do setor: Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Associação Brasilei-

ra da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (ASSINTECAL). A Colômbia é atualmente o terceiro parceiro comercial mais importante do Brasil na América Latina, com um importante processo de crescimento. O Brasil é um dos principais produtores têxteis do mundo e tem mais de 25 mil empresas de diversos segmentos para a indústria têxtil e de vestuário. 32 empresas brasileiras do setor mostraram suas inovações, texturas, cores, tipos de tecidos, entre outros detalhes para o mercado colombiano. “A Colombiatex é a vitrine perfeita para as

Revista Têxtil #765 I 07

colombia.indd 7

29/03/2020 21:43:35


COLOMBIATEX

empresas brasileiras apresentarem avanços tecnológicos em materiais e suprimentos para roupas. Desde a assinatura do livre comércio entre a Colômbia e o Brasil, o número de exportações aumentou consideravelmente, como a demanda por insumos na indústria têxtil. Dado este cenário de crescimento, esta foi a maior delegação brasileira que participou da Colombiatex”, revelou Lilian Kaddissi, gerente executiva do Texbrasil e representante da Abit. As empresas do setor têxtil que participaram através do Texbrasil foram: Bonor, Berlan, Canatiba, Cataguases, Cedro Têxtil, CMJ Têxtil, Coltex, Covolan Têxtil, Dalila Têxtil, Draft, Ecotag Lacres, Estrela Aviamentos, Expor Manequins, Hudtelfa, Creora, J. Serrano, La Estampa, Latina Têxtil, Lunelli Têxtil, Linhas Trichê, Macias Têxtil, Nicoletti Têxtil, Paramount, Paranatex Têxtil, Rosset, Salotex, Sancris, SantaConstancia, Santana

Textiles, Santanense, Santista Jeanswear, TBM Têxtil e Vicunha Têxtil. No setor de máquinas e acessórios para a indústria têxtil, oito empresas participaram da Colombiatex 2020 e levaram suas inovações para o mercado Colombiano. A participação das empresas brasileiras do setor de máquinas e acessórios têxteis contou com o apoio do programa Brazil Machinery Solutions, resultado da parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), que visa a promoção das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos. A edição de 2020 da Colombiatex contou com a presença da Audaces, Castilho Máquinas Têxteis, Censi Máquinas, Comelato Roncato, Delta Equipamentos, Inarmeg, Orizio e SocioTec.

08 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 8

29/03/2020 21:43:39


COLOMBIATEX O setor de couro e calçados levou 4 empresas para o evento, que mostraram as principais tendências em suprimentos para calçados, com materiais de qualidade e na vanguarda do design e da tecnologia. As empresas participantes foram: Conexão Malhas, LCM Foils, SMS Metais e Alpargateria Cervera. “A indústria de couro, calçados e artefatos no Brasil é uma das mais importantes do mundo. Atualmente exportamos para mais de 70 países e somos uma indústria que consegue usar mais de 3.500 componentes diferentes em cada coleção, o que nos torna muito criativos e inovadores”, comenta Cariani de Souza, analista de relacionamento da ASSINTECAL.

NEGÓCIOS BRASIL - COLÔMBIA Durante a Colombiatex 2020, as 44 empresas brasileiras do setor têxtil e de confecção, máquinas e equipamentos, e calçados e suprimentos realizaram negócios com empresários colombianos e pensaram em ações para melhorar o fluxo de negócios entre os dois países. Durante os três dias do principal evento do setor têxtil da América Latina, as empresas brasileiras firmaram um total de US$ 8,96 milhões em negócios, com projeção de fechar US$ 62,84 milhões adicionais nos próximos 12 meses. A chegada da delegação brasileira ocorreu um ano e meio após a assinatura do Acordo de Complementação Econômica nº 72, assinado entre a Colômbia e o Mercosul, em julho de 2017. O contrato mantém uma troca comercial mais ativa com procedimentos mais simples, e no caso de produtos têxteis e de vestuário, as tarifas de exportação do Brasil para a Colômbia foram zeradas. Hoje a Colômbia é o terceiro maior aliado comercial do Brasil na América Latina, com um processo contínuo de crescimento, o que melhora a perspectiva para que o relacionamento se intensifique. Esta foi a maior delegação do Brasil presente nas 32 edições da Colombiatex. “Enquanto a Colombiatex permite que empresas brasileiras façam negócios com um potencial de mais de 15 mil compradores de 60 países, a Colômbia continua sendo para o Brasil um dos principais mercados de exportação da indústria têxtil. Continuamos trabalhando para fazer nossa troca comercial cada vez mais eficaz. A Colômbia é para nós um parceiro de negócios muito importante na região”, declarou Lilian Kaddissi, gerente executiva do Texbrasil e Representante de Abit.

Em 2019, o Brasil vendeu US$ 53.023.669 em produtos têxteis para a Colômbia. Nesse mesmo período, o Brasil importou da Colômbia US$ 37.863.183 em produtos têxteis e relacionados. O Brasil é o sexto maior fornecedor de produtos têxteis da Colômbia, depois da China (46%), Índia (13%), EUA (7,5%), México (4,9%) e Peru (3,2%). O Brasil fornece para a Colômbia inúmeros materiais têxteis, especialmente fibra de algodão. No caso de máquinas e equipamentos para o setor têxtil, o fluxo de comércio entre os dois países, é extremamente positivo. Em 2019, o Brasil vendeu para a Colômbia US$ 1.369.329. O número representa um aumento de 39% em comparação com as exportações brasileiras dos mesmos produtos em 2018, quando a Colômbia comprou US$ 987.930 do Brasil. A Colômbia está em 11° lugar no ranking de exportações “O Brasil é referência no setor de máquinas e acessórios para a indústria têxtil na América Latina. Trabalhamos duro em inovação, principalmente em tecnologias que aprimorem as máquinas e equipamentos voltados para o setor. O resultado vem aparecendo a cada ano, prova disso é o expressivo aumento das exportações brasileiras em 2019, comparado ao volume de 2018”, diz a diretora executiva de mercado externo da ABIMAQ e gerente da BMS, Patrícia Gomes. Em 2018, a produção de calçados na Colômbia foi de US $ 1,6 bilhão. Considerando o período 2012-2018, o crescimento médio foi de 3,3% ao ano. Sendo assim, têxteis, acessórios, saltos, couro e produtos químicos são os principais componentes para calçados exportados para a Colômbia. Foram importados do Brasil US$ 80 bilhões em 2019 de componentes para calçados, um crescimento de 7,5% em relação ao ano anterior.

EMPRESAS DO BRASIL Conheça as empresas participantes da Colombiatex 2020 e confira alguns dos lançamentos apresentados por elas. Audaces: A Audaces desenvolve sistemas e equipamentos inteligentes, integrados à automação de processos. Um conjunto que expande a produtividade, dando asas à criação, acelerando o desenvolvimento e otimizando a produção no segmento da moda. A empresa é líder tecnológico na América Latina e está presente em mais de 70 países.

Revista Têxtil #765 I 09

colombia.indd 9

29/03/2020 21:43:40


COLOMBIATEX

Cataguases

Cedro

Berlan: Há 60 anos, em São Paulo, começou a história de Malharia Berlan, marcada por muito trabalho e investimentos. A empresa se estruturou e cresceu através do estabelecimento de parcerias leais com seus clientes, fornecedores e funcionários. Bonor Acessórios de Moda: A Bonor iniciou a produção de botões em 1966 com máquinas automáticas, se preocupando desde o início com tecnologia. A primeira exportação foi feita em 1975 e, em 1980, a empresa saiu de Recife rumo a Parnamirim, no Rio Grande do Norte. Canatiba: A Canatiba Denim Industry apresentou na Colombiatex 2020 sua linha exclusiva Bio Soul Eco Denim e uma nova tecnologia na vanguarda da elasticidade e conforto, o Trio Core. Além do toque macio, do conforto e da secagem rápida, a fórmula do fio de poliamida Soul Eco, da Amni, Rhodia, reduz consideravelmente a decomposição das peças, já que o jeans se decompõe em um período de três anos, processo que chegava a levar 50 anos, antes dessa inovação. O Bio Soul Eco Denim chega em bases de 7 Oz, com 76% algodão, 20% poliamida e 4% elastano (1,51m de largura e 35% de stretch). O tecido é mais um produto com o Tag Éko Sustainable Denim que reúne bases com fibras recicladas, oriundas da madeira

de reflorestamento, algodão com selo de origem de procedência (BCI), tingimentos livres de anilina e com o princípio Eco Dye (economia de água, energia e químicos). Já o Trio Core, tecnologia desenvolvida nos laboratórios da Canatiba, consiste em um fio com três almas: um filamento de PES (bi componente) e mais dois elastanos, todos recobertos com algodão. O resultado são três fios elásticos dentro do fio de algodão, o que possibilita uma grande elasticidade e menor compressão. Entre as bases, destaque para o Axado Trio Core, com 10,5 Oz, 1,70 m de largura e 40% de stretch e o Meteoro Trio Core, com 9,5 Oz, 1,52 m de largura e 70% de stretch. Castilho: A Castilho nasceu da ideia de fabricar peças de reposição para máquinas importadas de atar urdume. Desde a produção do primeiro fixador mecânico, a empresa conquistou o mercado. Em 2009, ele lançou o Aquila, um novo conceito de atador de Urdidura, compacta, robusta e, ao mesmo tempo, fácil de manusear. Cataguases: A Companhia Industrial Cataguases destacou o lançamento dos tecidos Oxford Stretch, muito utilizados na camisaria do dia a dia, traz mobilidade e conforto; e  Pietra, piquet delicado encontrado em cores sólidas e curingas, além dos micro prints geo-

10 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 10

29/03/2020 21:43:43


COLOMBIATEX métricos, que acompanham a tendência de superfícies contemporâneas para o universo masculino e é a aposta da estação. A nova coleção da empresa está sendo exportada para 24 países. “Estamos colhendo os frutos do acordo bilateral Brasil x Colômbia, que zera a alíquota de importação, o que vem facilitando muito os negócios com o país. Em 2019, fechamos com o triplo do volume de vendas que realizamos em 2017 na Colômbia. As perspectivas são muito positivas e esperamos aumentar as vendas no país entre 15 e 20% ao ano nos próximos três anos”, explica Suzana Lobo, Head de Estilo & Marketing da Cataguases. Cedro Têxtil: A fabricante brasileira de denins e sarjas, Cedro Têxtil, apresentou para a América Latina a coleção Corpo, com 10 novos produtos e destaque para os três novos artigos da linha Duo: os denins Duo Volpi e Duo Ventura e a sarja Duo Lira, feitos com fio T400 Dual FX, da LYCRA®, constituído de dois polímeros em cada filamento, recobertos com Dual FX. Com isso, as peças oferecem stretch de até 80%, menor laceamento, maior flexibilidade e conforto, e melhor modelagem no corpo. Censi Máquinas: A Censi Máquinas é especializada no desenvolvimento de equipamentos para auxiliar na produção de artigos nos setores têxtil, de vestuário e decoração. A Censi apresentou na Colombiatex a etiquetadora Tagpress, compacta e com alta capacidade de produção, podendo finalizar até 2.000 peças por hora, que não utiliza energia elétrica e se adapta a todos os tipos de etiquetas. Cervera Alpargateria: Desde 1983, a legítima alpargata Cervera foi apresentada às mãos de Ana Delia, que conseguiu reproduzir fielmente a alpargata original de sua terra natal, Espanha, trazendo a legítima Cervera Alpargata para o Brasil. A empresa produz e comercializa insumos para a produção de calçados masculinos, femininos e infantis. CMJ Têxtil: Com 29 anos de experiência no mercado têxtil, produz tecidos para moda e moda íntima, desenvolvendo produtos que se destacam em qualidade, conforto e estilo. Coltex: A Coltex Têxtil, com mais de 30 anos no mercado, investiu no desenvolvimento de tecidos tecnológicos, alguns com UV 50+, antibacterianos e ecológicos (feitos de fios reciclados para garrafas pet e fios biodegradáveis), Emana Infrared (que reduz sinais de celulite e melhora a circulação da pele), entre outros.

Também apostou em tecidos e texturas Jacquard; nos desenhos digitais em poliamida e poliéster; e em uma série de tecidos aerodinâmicos próprios para a prática de esportes, feitos de materiais resistentes, como o Amni Soul Eco da Rhodia, fórmula aprimorada de poliamida que permite a fabricação de peças de vestuário que se decompõem rapidamente quando descartadas. Comelato Roncato: A Comelato Roncato desenvolve e fabrica máquinas têxteis, com soluções inovadoras em busca de maior produtividade e qualidade. Apresentaram na feira urdiduras, teares de urdidura, tensores, entre outros destaques. Conexão Malhas: Há 27 anos fabrica tecidos de alta qualidade para os segmentos de colchões, roupas, calçados e automóveis, em todo o mercado nacional e América Latina. Apresentou tricô e tecido circular para o segmento de roupas femininas e infantis. Covolan Têxtil: A Covolan Têxtil, única empresa brasileira que obteve o certificado internacional STeP (Produto Têxtil Sustentável), e que trabalha para a eliminação de produtos químicos perigosos na cadeia produtiva têxtil e cultiva algodão de maneira sustentável, apresentou o mix zero anilina na paleta de azuis mais intensos. Os produtos Pergamo e Belga que levam 2% de fio Lycra® na composição, diferenciados pelas medidas de 1,62m de largura; e o Bruto 100% algodão, com as dimensões de 1,76m de largura, foram os destaques da empresa no evento. Creora®: A marca sul-coreana Hyosung é a maior produtora de elastano do mundo. Em 1992, a empresa iniciou a produção do Creora® e, atualmente, possui fábricas em 9 locais em todo o mundo. A Hyosung trabalha com fibra 100% regenerada, com destaque para o primeiro nylon sustentável do mundo, o MIPAN Regen®. “Temos concorrentes que possuem fibra regenerada, porém na quantidade de 25%, e a nossa fibra é 100% regenerada”, revela Jessé Ruiz de Moura, engenheiro têxtil da Hyosung Corporation.A empresa levou para a Colombiatex o spandex de alto desempenho Creora® ActiFit, que oferece alta durabilidade, resistência aos raios UV e ao cloro, e recuperação para roupas de ciclismo, natação e etc, esportes que passam por desafios ambientais, como água salgada, sol e asfalto. Dalila Têxtil: A Dalila Têxtil participou pela quinta vez do evento, com destaque para as coleções masculina e infantil. “Sempre temos a preocupação de criar te-

Revista Têxtil #765 I 11

colombia.indd 11

29/03/2020 21:43:43


COLOMBIATEX

Delta

cidos diferenciados para o mercado masculino e nosso produto é muito bem recebido para exportação. O acordo Brasil-Colômbia facilitou os negócios no país. Hoje nosso mercado principal está na Argentina, Uruguai, Paraguai, Estados Unidos, Colômbia, Peru e Equador, e esses dois últimos estão sempre em busca de novidades”, revela André Luis Klein da Silva, diretor da Dalila Têxtil. A companhia apostou no Jacquard, nos listados em tecidos de piquet de rappport, nos clássicos com cores sofisticadas e listras, desenhos coloridos com estampas tropicais e diferenciadas e índigo. A empresa também destacou a Linha Renova, composta por produtos com algodão orgânico, sem substâncias químicas ou agrotóxicas, produtos com fios desfibrados, tecidos produzidos com plástico reciclado de garrafas PET, e tecidos desenvolvidos com fio naturalmente colorido, gerado pelo cruzamento da fibra branca com espécies selvagens da natureza. Delta Equipamentos: A Delta apresentou na feira o Relaxador de tecidos RLX600 iConcept Relax, capaz de preparar a malha e tecidos com elastano para o enfesto e o corte, eliminando o descanso convencional de 24 a 48 horas, monitora e gera informações do enfesto devido ao princípio de relaxamento da malha do rolo para rolo, garantindo a qualidade da peça final. Outro destaque foi a Lavadora de Amostras DWM555 iConcept Smart, desenvolvida especialmente para agilizar a resposta nos testes de laboratório. A máquina determina, por meio de ciclos

de lavagem e secagem, o percentual de encolhimento da malha, facilitando o monitoramento do processo produtivo que resulta em uma maior qualidade final do produto. O equipamento substitui as lavadoras e secadoras domésticas, reduzindo o tempo de teste de 3 horas para apenas 20 minutos, e ainda otimiza o uso das malhas e tecidos ao contribuir para a redução do desperdício de material. Draft Manequins: Foi a primeira empresa do mercado a oferecer um produto com medidas segundo o biótipo brasileiro, depois de ter vendido mais de 20.000 manequins em mais de 15 anos. Ecotag: A Ecotag Lacres, a mais nova empresa participante brasileira da Colombiatex, é especializada em criar selos personalizados para produtos, contribuindo para o combate à falsificação de produtos têxteis, e 75% da sua produção é feita com materiais reciclados. No evento, a Ecotag apresentou sua mais recente inovação: selos para proteção de transações de produtos adquiridos em compras online. Estrela Aviamentos: Há 50 anos produz materiais para diversos segmentos do mercado, como vestuário, ortopédico, médico hospitalar, automotivo, entre outros, e possui portfólio com 400 produtos. No evento, a Estrela apresentou uma coleção de elásticos confortáveis, com texturas diferenciadas, renda elástica com direitos autorais e brilho acetinado; além de elásticos biodegradáveis ​​de microfibra, lançados recentemente no mercado, que se dissolve em 3 anos após o descarte. Expor Manequins: Fundada em 1969, a Expor foi a primeira empresa no Brasil a produzir bonecas de fibra, de plástico, a digitalizar modelos reais em 3D, e foi a primeira a pintar os manequins com robôs. Hudtelfa: Fundada em 1933, pelo casal Carlos Zabani e Maria Hunger Zabani, em Americana, iniciou suas atividades na fabricação de fitas de seda e rayon, e em dois anos, apostou na fabricação de tecidos, gerando crescimento para a empresa. As novidades da empresa apresentadas na Colombiatex foram os jeans leves para confecção de peças fluidas e camisaria, além das viscoses. “Trabalhamos com tecidos sustentáveis e reciclados, com redução de consumo de energia na produção, troca constante de maquinários, algodão certificado, fibras recicladas e viscose da Lenzing”, comenta Renata Pagani Louzada, gerente comercial da Hudtelfa. Inarmeg: Presente no mercado há 30 anos, a Inarmeg possui uma ampla gama de produtos, que se

12 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 12

29/03/2020 21:43:44


COLOMBIATEX destacam entre os diversos segmentos. Apresentou na feira alguns produtos do seu portfólio, como a máquina de costura longitudinal Sewing Speed 1500, com baixo consumo de energia e alta produtividade; a Towel Speed 2000 com configurações específicas para costura transversal de toalhas de felpa, panos de copa com formação de bainhas, panos de copa overlock e costura de sacaria e flanelas; a Double Towel 1900 máquina de dobra automática de produtos têxtil, que faz onze tipos de dobras e produz até 750 toalhas por hora; a Pack Speed 2400, máquina embaladora automática; a Cutting Speed 1000, máquina de corte transversal, para resolução de problemas de lesões por esforço repetitivo; e a Bags Speed 3000, máquinas de enfestamento e corte transversal para sacaria de algodão. J. Serrano: Empresa têxtil com mais de 50 anos no mercado, visa garantir padrões históricos de crescimento de maneira sustentável, mantendo seu pioneirismo tecnológico. Oferece produtos na linha doméstica e industrial, como carpetes, tapetes, colchas, percintas, persianas e tecidos. La Estampa: Há mais de 16 anos são guiados pela paixão de criar e produzir impressões para tecidos. Durante a Colombiatex 2020, apresentou impressões exclusivas criadas especialmente para a feira, além do lançamento Engage, uma linha de base sustentável (certificada pelo cuidado com a cadeia produtiva e/ou produzida a partir de fibras naturais e orgânicas). LCM Foils: A empresa apresentou uma coleção diversificada em designs e alternativas de em diferentes acabamentos. Entre seus produtos estão os transfoils ou películas termoadesivas com diferentes formas e desenhos que permitem a aplicação em várias bases (tecidos planos, tricô, couro e sintéticos); foils ou lâminas metalizadas que conferem ao produto uma cor única ou multicores; e lacas estampadas, com formas ou figuras da natureza. Lunelli Têxtil: A Lunelli Têxtil apresentou sua coleção para o verão apostando em itens modernos e sofisticados para mulheres e homens. Destaque para o Linho Fantasy Stripe, tecido listrado sofisticado, viscose e fibra de linho e poliéster brilhante nos detalhes das listras, com um toque super macio; Palazzo, estrutura em algodão cru, viscose e poliéster preto com elastano, onde a fibra de algodão pode ser tingida em qualquer cor; Athens Stripe, feito com fios de poliéster e viscose para uma aparência listrada amassada; e Albany, que

combina o visual com nervuras com transparência sob a forma de listras. A Coleção de Impressões Digitais “Flores para Iemanjá” combina o frescor da brisa do mar com flores leves, folhagens e elementos tropicais marinhos, como conchas, corais e animais marinhos. Já a coleção “Maré Alta”foi desenvolvida focada no segmento masculino, com flores e folhagens com o clima tropical. Em parceria com a Lenzing, a Lunelli é a primeira empresa têxtil do Brasil a utilizar a viscose de menor impacto ambiental com a fibra EcoVero™. Nicoletti Têxtil: A sustentabilidade foi a palavra-chave da Nicoletti Têxtil com seus produtos de algodão certificado BCI e fibras de garrafa pet, além do processo de adequação ao regulamento ZDHC (Zero Descartes de Produtos Químicos Perigosos) através da substituição da anilina por elementos químicos naturais. Os artigos com alta elasticidade, entre eles os produtos da linha Extra Life, como o Mônaco, com 3% de elastano Dual Core e algodão, fizeram sucesso durante o evento. Orizio: A Avanço é uma empresa que fabrica máquinas circulares da marca Orizio no Brasil há mais de 50 anos, e é responsável pelo mercado latino-americano. A Orizio – Avanço está pronta para as novas direções e desafios do mercado mundial globalizado. Paramount: Fundada em 1893 pelo imigrante libanês Nassib José Mattar, o grupo Paramount Textiles é um dos maiores conglomerados têxteis da América Latina, e opera em quatro divisões comerciais: Lansul e Pingouin, Collezione Paramount, Alfaiataria e Tops de Lã. Paranatex: A Paranatex Textil apresentou coleções exclusivas de alta qualidade para o público feminino e para moda casa. A empresa possui equipamentos de última geração, seus próprios laboratórios de análise e rotinas rigorosas de inspeção, um processo certificado pela ISO 9001 que garante o gerenciamento da qualidade. Rosset: A Rosset, fundada em 1939, apresentou uma variedade de fios, elastanos e poliamidas, itens de moda biodegradáveis e diferenciados, como roupas com acabamento em Cire, que lembra o couro. Apostou no fio Lycra® preto aprimorado com grandes benefícios; no fio de poliamida biodegradável Amni Soul Eco, usado em tecidos e texturas simples; e no fio Emana®, que contém microcristais que estimulam a circulação e favorecem a saúde.

Revista Têxtil #765 I 13

colombia.indd 13

29/03/2020 21:43:44


COLOMBIATEX Salotex: A Salotex levou para a feira uma variedade de tecidos versáteis. O Impressão Dupla é um tecido cuja principal característica é a impressão dupla face rosto, que permite um uso diversificado da peça, é resistente e tem secagem rápida. A coleção traz impressões de textura 3D, animal print e efeitos da natureza. Já a coleção Ultra Power foi desenvolvida em tecido de urdidura não desatado, o que permite cortar a fio. A principal característica deste tecido é a sua linha que lhe confere um brilho tridimensional e sofisticado. Sancris: A Sancris produz fios e linhas para costurar e bordar, e também é a empresa líder no mercado com capital 100% nacional a produzir zíperes no Brasil. Possui 3 unidades de fabricação, sendo elas: Sancris Linhas e Fios, Sancris Zíperes e Sancris Tingimento. SantaConstância: A SantaConstância oferece produtos que combinam moda e estética associados a novos valores, hábitos e comportamentos que emergem das ruas, como esportes e bem-estar. Mostrou uma moda plural e aberta, abrangendo vários segmentos, como moda feminina, beachwear, sportwear, moda íntima, masculina e infantil. Santana Textiles: Há mais de 55 no mercado, a Santana Textiles apresentou durante a Colombiatex tecidos de denim elástico e acetinado em preto azulado e corantes índigo; tecidos leves, ideais para uso em camisas jeans, como Livius e Lyra; e tecidos da família Matrix em azul, azul bebê e preto azulado com 98% algodão e 2% elastano, confortável e resistente a laser e processos de detonados. Santanense: Com 121 anos de experiência, a Santanense coleta uma história de desafios, espírito pioneiro e sucesso. As três unidades industriais da empresa abastecem o mercado todos os anos com 60 milhões de metros lineares de tecidos. Santista Jeanswear: A Santista Têxtil apostou nos artigos mais pesados com fio T400, como o Bardot, para o evento. A empresa apresentou os produtos ecológicos das  linhas Eco Soft, Eco Tuber e Acquasave, com destaque para o uso integral de amaciantes com origem 100% natural à base do fruto de cupuaçu, e a utilização de resíduos de amido de mandioca e batata para a goma utilizada nos processos de lavagem, reduzindo em até 75% o uso de água na produção.

SMS Metais: A empresa, que começou a operar em setembro de 1999, produz metais para sapatos, bolsas, acessórios e roupas, além de peças técnicas. A empresa está localizada em Novo Hamburgo e em 2014 atingiu produção mensal de 60 toneladas de produtos. SocioTec: A SocioTec transforma a tecnologia em dispositivos práticos e simples, sem a necessidade de mão de obra especializada. Na Colombiatex a empresa apresentou o MST-AA, conjunto automático para costurar bolsos traseiros, com aplicação em calças jeans, esporte e roupas profissionais, podendo trabalhar com material médio ou pesado. Possui baixo custo de gabaritos de bolsos, permitindo ao confeccionista se adequar rapidamente às novas tendências de moda. A programação é simples, podendo ser efetuada na máquina com costuras paralelas ou não, com acabamento de travete e costuras decorativas. TBM Têxtil: A Têxtil Bezerra de Menezes é uma marca global preparada para executar os tipos mais diversificados de negócios nacionais e internacionais, indo além da produção e comercialização de seus próprios produtos. Tecelagem Macias: A Tecelagem Macias, especialista na produção de tecidos e tecidos de nylon e poliéster, apresentou opções de tecidos sustentáveis, como poliamidas biodegradáveis e poliéster produzidos a partir de garrafas de plástico recicladas (PET). A tecelagem produz tecidos para workwear, fardas militares, sportwear e uniformes escolares, além de tecidos com filtro solar incorporado. Trichê: Fundada em março de 1981, a Linhas Trichê oferece uma ampla gama de produtos acabados, para a indústria de vestuário e comércio em geral. Vicunha: A Vicunha Têxtil apresentou para o mercado latino-americano o primeiro denim brasileiro feito com algodão 100% reciclado. Os lançamentos SS21 da linha V. Eco Absolut, Timber e Cypress, são os únicos denims brasileiros que não possuem algodão virgem, compostos pela Refibra®, uma fibra inovadora que coloca em prática o conceito de economia circular na moda. Destaque também para as sarjas ecológicas, como o brim White Jeans 9,5oz da macrolinha  V. Eco, que economiza água e químicos em seus processos.

14 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 14

29/03/2020 21:43:44


COLOMBIATEX EXEMPLO DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL A Fabricato, empresa integrante da Origen Colombia, comemorou no início de fevereiro deste ano seu centésimo aniversário. Empresa de capital aberto, com ações na bolsa de valores da Colômbia, nasceu há 100 anos com uma sociedade firmada entre três colombianos comerciantes de tecidos, que decidiram montar uma fábrica. O brasileiro Carlos Alberto De Jesus está na presidência da Fabricato há seis anos, após passar por grandes empresas têxteis brasileiras. “Somos certificados, exportamos muito, inclusive produtos confeccionados por nossos clientes, e esses mercados requerem certificações”, revela De Jesus. A empresa hoje fabrica entre 3,5 e 4 milhões de metros ao mês de tecido plano, entre sarjas, denim e popelines; e 700 mil metros de malha por mês. 74% da produção é destinada para o mercado interno, e 26% para exportação. A empresa conta com capacidade de tratamento de água de 100 mil metros cúbicos ao mês. “Neutralizamos os poluentes através de um sistema de tratamento. Deixamos de ter processos químicos, aproveitamos o CO2 da atmosfera e neutralizamos o PH da água antes do tratamento. Unificamos nossas fábricas, o que trouxe impactos positivos, como menos utilização do solo, menor emissão de CO2 na atmosfera e reutilização de recursos. Hoje temos a capacidade de auto gerar 100% da energia elétrica que consumimos, dessa energia uma porcentagem vem de fontes renováveis. Em 2019 deixamos de consumir 460 mil libras de carbono, graças aos processos, eficiências, tecnologias e boas práticas que temos, esse foi nosso investimento em termos de responsabilidade ambiental”, explicou Diana Marcela Arias, gerente de sistema de gestão da Fabricato. A Fabricato conta com um investimento programado anual dedicado para a responsabilidade ambiental. “Em 2019 recirculamos 1.500.000 metros cúbicos de água, temos uma represa de 300 hectares, conservamos 150 mil árvores, recirculamos 100% da água dos processos de tingimento e 97% dos resíduos sólidos da Fabricato foram

reutilizados e transformados em matérias primas”, comentou Diana, que ainda reforçou a economia circular realizada pela empresa. “Reincorporamos as fibras no nosso processo têxtil, graças a isso 2.336 mil toneladas de fibras em 2019 deixaram de ser resíduos sólidos e foram reutilizadas, transformadas em matérias primas”. Sobre a relação comercial com o Brasil, o presidente da Fabricato diz ter duas frentes. “Somos clientes, compramos fios, produtos químicos, e também vendemos tecidos para o Brasil. Essa relação se intensificou a partir do início do ano passado, com a assinatura do tratado de livre comércio e a redução de impostos de importação de país a país”. Carlos Alberto De Jesus deixa um recado para as futuras gerações e para os empresários. “O que mais mudou no mundo foi a cabeça do ser humano, perdemos o limite do impossível, pode ser mais caro, pode ser que demore, mas tudo que quisermos desenvolver hoje, vamos acreditar que é possível. Outro tema principal é o meio ambiente, que passou de ser valor agregado e para ser uma exigência. É necessário buscar outros valores agregados. Temos esse conceito na Fabricato. O ambiental é uma exigência”. Revista Têxtil #765 I 15

colombia.indd 15

29/03/2020 21:43:46


COLOMBIATEX

Coats

COATS APOSTA EM SUSTENTABILIDADE E TECNOLOGIA NA COLOMBIATEX 2020 A Coats é conhecida mundialmente pelas suas práticas sustentáveis. Entre seus processos sustentáveis destacados estão as certificações ISO 14001, ISO 9001 e ISO 45001, estação de tratamento de águas residuais, programa de recuperação e reutilização de cones de plástico, adoção da Lista de substâncias ambientalmente restritas do grupo Coats em todo o mundo, pesquisa e desenvolvimento de produtos fabricados com material reciclado e investimento em desenvolvimento de tecnologia para tingimento digital de fios. “Uma companhia israelense desenvolveu para a Coats, no ano passado, uma tecnologia capaz de tingir o fio digitalmente, sem o uso de água, e na escala industrial, isso será incorporado futuramente na Coats”, destaca Felipe Franco, gerente de performance e materiais da região Andina. A empresa conta com uma estratégia sustentável que deverá ser atingida até 2022, que prevê 40% de redução do consumo de água, 7% da redução do consumo de energia com a incorporação de fontes alternativas de energia renovável, 25% de redução de resíduos em suas produções, e realizar atividades destinadas a garantir ambientes e comunidades de trabalho mais seguros e sustentáveis. “A Coats tem parâmetros exigentes de preservação ao meio ambiente, maiores do que as exigências de alguns governos”, revela Franco. A Coats se preocupa com a sustentabilidade mundial, por isso fez parte da Rota da Sustentabilidade, durante a Colombiatex. “Já contamos com produtos

reciclados, como o poliéster reciclado, que já estamos vendendo para grandes clientes. Agora estamos trabalhando produtos biodegradáveis e no futuro estamos em pesquisas para lançar o poliéster biodegradável”, comenta Franco. Em 2019, outro destaque da Coats foram os investimentos realizados no campo digital para melhorar a produtividade dos clientes e o aproveitamento dos recursos. As soluções de software especializadas da Coats Digital foram apresentadas durante a Colombiatex e são específicas para o setor de moda. Rápidas de instalar e fáceis de usar, oferecem melhorias significativas e mensuráveis de custo, velocidade e produtividade para marcas de moda, varejistas, fornecedores e fabricantes. O VisionPLM é uma solução intuitiva de gerenciamento do ciclo de vida do produto (PLM) para desenvolvimentos rápidos e eficientes do produto. O GSDCost tem padrão internacional para comparações de custo x tempo de produtos costurados, para custos otimizados e sustentáveis do vestuário e excelência da cadeia de suprimentos. Já a Intello3C é uma plataforma de comparação e negociação científica para custos otimizados e sustentáveis baseados em fatos. Foi comprovado que a cadeia de valor da fabricação, com a ajuda da Coats Digital, pode ser transformada, desde o desenvolvimento do projeto, passando pelo custo, até o planejamento, o controle e a execução dos pedidos. O IntelloBuy é uma solução de compra de tecido orientada a dados para um consumo preciso de

16 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 16

29/03/2020 21:43:48


COLOMBIATEX

Jeanologia

tecido; o FastReactPlan é uma ferramenta dinâmica e altamente visual de planejamento e controle de produção para otimizar a entrega, a eficiência e o lead time; já o IntelloCut é uma solução de planejamento em tempo real para utilização otimizada da malha.

JEANOLOGIA CONQUISTA COLÔMBIA COM O MISSIONZERO A empresa espanhola, Jeanologia, líder no desenvolvimento de tecnologias sustentáveis ​​e eficientes, investiu na Colombiatex e no compromisso com a indústria têxtil colombiana, acompanhando e orientando para uma produção com zero consumo de água. A Colômbia se uniu ao MissionZero da Jeanologia para alcançarem juntos a desidratação e desintoxicação total da indústria de jeans até 2025. “Temos a tecnologia necessária para atingir esse objetivo, então chegou a hora das empresas colombianas darem um passo adiante e completarem a transformação já iniciada ao se juntarem ao nosso desafio”, diz Jesús Blay, gerente na América Latina da Jeanologia. Durante a Colombiatex, a Jeanologia mostrou seu processo produtivo inovador que marca o início de uma nova era e oferece cinco benefícios fundamentais para a indústria têxtil: é ecoeficiente, tem custo neutro, é escalável, ágil e digital; conectando design, produção e consumo. Esse novo modelo de fornecimento combina o hardware e o software Jeanologia, conectando toda a sua tecnologia para obter 100% de produção orgânica sem comprometer a autenticidade

do produto, além da adaptação às novas necessidades do mercado, ou seja, produzir o que vender em vez de vender o que produzir. O Laundry 5.Zero, o primeiro centro de produção completo que inclui toda a tecnologia da empresa, garante uma produção com zero poluição e economia de 85% da água. Esse centro operacional produz de forma sustentável em escala industrial, combinando com eficiência laser, G2 ozônio, eflow, Smart Boxes e o primeiro sistema de reciclagem de água H2Zero; eliminando todos os processos prejudiciais aos trabalhadores e ao meio ambiente. “É hora de mudar a mentalidade conforme os consumidores exigem e o nosso planeta precisa, não apenas a qualidade e o design devem ser levados em consideração, mas também o impacto ambiental do produto. Na Jeanologia, estamos liderando essa mudança e continuaremos até alcançarmos o MissionZero, que é desintoxicação da indústria, que será uma realidade em 2025”, revela Blay. A Jeanologia fez parte da Rota da Sustentabilidade como exemplo de sustentabilidade e colaboração com a indústria têxtil colombiana em seu caminho para a transformação sustentável. A empresa está presente na Colômbia há mais de 15 anos e 95% dos processos de acabamento de jeans do país são desenvolvidos com suas tecnologias. Os principais fabricantes e marcas colombianas, como Army, Be Kool, Studio F, Kenzo, entre outros, escolheram a Jeanologia como parceira de tecnologia para lançarem suas coleções. A exportação de suas máquinas e serviços representa 90% de seu faturamento, internacionalizando seus produtos para 61 países. Mais de 35% dos 5.000 milhões de jeans produzidos anualmente no mundo são fabricados com tecnologias da empresa.

SPGPRINTS NA COLOMBIATEX 2020 A SPGPrints lançou na Colombiatex 2020, em Medellín, a nova versão da impressora digital têxtil JAVELIN2 e a tecnologia Archer®. A conhecida impresora digital têxtil JAVELIN foi atualizada para agregar valor ao produto final. Com facilidade de utilização, ciclo de limpeza das cabeças de impressão otimizado e uma gama de tintas com qualidade superior, a impressora têxtil digital JAVELIN2 chega mais robusta e também permite ciclos de impressão mais rápidos, ao mesmo tempo que reduz os custos de manutenção. Revista Têxtil #765 I 17

colombia.indd 17

29/03/2020 21:43:48


COLOMBIATEX

Lenzing

Para proporcionar aos usuários uma capacidade superior, o software de cabeças de impressão também foi atualizado. A nova versão da tecnología Archer® permite aos usuários alcançar uma resolução inigualável de impressão, garantindo os melhores resultados nos desenhos mais complexos e detalhados ao mesmo tempo em que melhora a uniformidade de impressão em um menor número de passadas. A tecnologia Archer® permite o aumento da capacidade de impressão, com velocidade de impressão muito maior, resultando em maior rentabilidade. Outro destaque da empresa foi o desenvolvimento da tecnologia inovadora Ortascreen®, que oferece altas capacidades de resolução de problemas, como a redução dos efeitos moiré, melhor uniformidade, definição e meios tons com alta qualidade. A formação ortagonal permite melhor fluxo de pasta, parâmetro fundamental para a qualidade da impressão. “A Colombiatex é hoje umas das principais feiras na América Latina, participamos todos os anos e acompanhamos seu crescimento. É um evento estratégico para nós, já que hoje a Colômbia representa nosso maior mercado depois do Brasil. Vem crescendo também sua participação no mercado têxtil, ao qual atendemos principalmente em impressão digital têxtil. Neste ano a feira atendeu as nossas expectativas em negócios. Aproveitamos também a oportunidade para atender nossos clientes de países como Peru e Argentina, que são

fortes visitantes também”, comentou Simone Lourenço Dela Antonia, comunicação e marketing da SPGPrints.

LENZING APOSTA EM SUSTENTABILIDADE E ECONOMIA CIRCULAR A Lenzing, que há 80 anos tem seu olhar além da fibra, participou da Colombiatex 2020 e apresentou seus produtos e soluções sustentáveis para o setor têxtil. A principal marca da Lenzing para o setor têxtil, a fibra TENCEL™, pode ser utilizada para uma variedade de aplicações, e tem capacidade excepcional de regulação térmica e absorção de umidade. Mas o grande destaque da Lenzing no evento foi apresentar a tecnologia REFIBRA™. Com base no premiado processo de produção eficiente em circuito fechado, a fibra de Lyocell TENCEL™, com a tecnologia REFIBRA™ é o primeiro passo da Lenzing para contribuir com a economia circular na indústria têxtil. A tecnologia pioneira REFIBRA™ envolve a reciclagem de uma proporção substancial de restos de algodão, por exemplo da produção de vestuário, além da polpa de madeira, onde a matéria-prima é transformada para produzir novas fibras virgens TENCEL™ Lyocell para confecção de tecidos e roupas. Outra novidade apresentada pela empresa durante a Colombiatex foi o novo padrão em viscose

18 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 18

29/03/2020 21:43:49


COLOMBIATEX eco-responsável, LENZING™ EcoVero™. Derivadas de fontes renováveis de madeira certificadas, utilizando um processo de produção ecologicamente responsável, atendendo a altos padrões ambientais, as fibras LENZING™ EcoVero™ adaptam-se a um estilo de vida sustentável, contribuindo para um ambiente mais limpo. A introdução das fibras de viscose EcoVero™ marca um novo marco na jornada de sustentabilidade da Lenzing, já que são ambientalmente responsáveis e têm um baixo impacto ambiental. Derivadas de madeira e celulose sustentáveis, provenientes de fontes certificadas e controladas, as fibras EcoVero™ foram certificadas com o rótulo ecológico da União Europeia por cumprir altos padrões ambientais: da extração de matéria-prima à produção, distribuição e descarte. Esse rótulo de excelência ambiental é concedido apenas a produtos e serviços, que têm um impacto ambiental significativamente menor ao longo de seu ciclo de vida. A fabricação das fibras EcoVero™ gera até 50% menos emissões e impacto na água em comparação com a viscose genérica.

NOVA VICE-PRESIDENTE ASSUME A THE LYCRA COMPANY NA AMÉRICA DO SUL Adriana Saliba Morasco é a nova vice-presidente da The LYCRA Company na América do Sul e assume o papel de Denise Sakuma na liderança da empresa e da marca LYCRA® na região. Com formação em Engenharia Têxtil, Adriana construiu sua carreira nas indústrias química e têxtil, atuando mais especificamente nos mercados de plásticos de engenharia e especialidades químicas, tendo sido responsável pelo desenvolvimento de novos mercados no Brasil e no exterior, com passagens pela França e Estados Unidos, onde residiu por quase três anos. Adriana ficará sediada nos escritórios da The LYCRA Company em São Paulo, de onde comandará os negócios da empresa na América do Sul.

THE LYCRA COMPANY NA COLOMBIATEX 2020 A The LYCRA Company apresentou durante a Colombiatex 2020 tecnologias que buscam satisfazer as necessidades do consumidor em todos os segmentos da moda, incorporando ciência e tecnologia no desenvolvimento, trazendo produtos com diversos benefícios, como durabilidade, ajuste ao corpo, recuperação da forma e leveza. Entre os novos desenvolvimentos a empresa apresentou na feira a tecnologia LYCRA® FitSense™, uma substância à base de água que não contém solventes e inclui a mesma molécula que o fio LYCRA®, e é ideal para ser aplicada em peças como leggings, sutiãs, bralettes, tops esportivos, peças modeladoras e trajes de banho, pois a tecnologia proporciona maior suporte e firmeza em áreas localizadas, além de realce das formas do corpo e conforto. Já a nova tecnologia LYCRA® MyFit™ oferece ajuste personalizado para todos os tipos de corpos dentro de uma escala de tamanho variável sem comprometer o conforto ou o suporte, além de propriedades de alongamento que permitem que a peça se mova durante o uso, mantendo a modelagem. Os

produtos elaborados com tecidos que contém este fio oferecem um ajuste personalizado, além de serem fáceis de vestir. Este fio é ideal para roupas desportivas, modeladoras, meias e moda íntima. No espaço de moda da marca LYCRA®, além da apresentação das novas tecnologias, foram exibidos também tecidos e peças revolucionárias, além de 12 desfiles com as coleções das companhias mais importantes da América Latina, como Santanense, Cedro e Canatiba, do Brasil; Leonisa, Lafayette, Protela e Encajes, da Colômbia; do México as marcas Ilusion e Fiorentina, e a mostra de têxteis de Tavex; e da Argentina a marca Class Life.

Revista Têxtil #765 I 19

colombia.indd 19

29/03/2020 21:43:51


COLOMBIATEX SUSTENTABILIDADE E TECNOLOGIA

Lycra

THE LYCRA COMPANY A The LYCRA Company comemorou dia 31 de janeiro seu primeiro aniversário como subsidiária independente do The Ruyi Group. “O The Ruyi Group tem sido um forte parceiro, que entendeu os desafios que enfrentamos como uma nova empresa, incluindo o impacto que as tendências econômicas globais tiveram no desempenho de nossos negócios”, afirmou o CEO da The LYCRA Company, Dave Trerotola. “Este ano de transição também nos trouxe muitas vitórias, à medida que construímos uma base sólida de crescimento futuro, mantendo nossa tradição de investir em inovação”. A The LYCRA Company inaugurou recentemente um laboratório de pesquisa e desenvolvimento de úl-

A Lycra expandiu seu portfólio EcoMade de produtos sustentáveis, abriu novos caminhos com sua primeira oferta de tecnologia de impressão e está pronta para revolucionar o caimento de peças de vestuário novamente, com uma nova fibra do tipo stretch, que estica para se adequar a mais formatos de corpo dentro de uma mesma faixa de tamanho. Os produtos lançados incluem, além dos apresentados na Colombiatex, o LYCRA® EcoMade, que é a primeira marca de elastano da empresa, que oferece o mesmo desempenho que o fio LYCRA® original, mas é fabricado com conteúdo reciclado pré-consumo. A fibra LYCRA® T400® EcoMade é feita de 50% de PET reciclado e 18% de materiais vegetais, e fornece um alongamento moderado com excelente retenção de forma. Já o fio LYCRA HyFit® T859, que é uma nova formulação para produtos de cuidados pessoais, permite que os clientes tenham mais tempo de uso e menor consumo elástico, além de reduzir custos de distribuição e armazenamento. Outros destaques são as fibras COOLMAX® EcoMade e THERMOLITE® EcoMade são feitas de 97% de PET reciclado. Essas fibras dão nova vida aos plásticos, proporcionando conforto fresco e seco e calor leve. A empresa reafirmou seu compromisso com sua plataforma de sustentabilidade, a Planet Agenda, que abrange todos os aspectos do negócio, desde responsabilidade corporativa e excelência de produção até sustentabilidade de produtos. A Planet Agenda é a plataforma de sustentabilidade que mostra seu trabalho e compromisso de fazer a coisa certa para o planeta, as pessoas e a indústria

tima geração em Foshan, na China, e lançou várias soluções promissoras, projetadas para agregar valor às coleções e atender às necessidades dos consumidores por conforto e desempenho duradouros. RT

20 I Revista Têxtil #765

colombia.indd 20

29/03/2020 21:43:53


ABIT

O CORONAVÍRUS NO

PLANETA VICA FERNANDO VALENTE PIMENTEL*

B

olsas despencando em todo o mundo, dólar subindo na relação cambial de vários países, desabastecimento de peças, acessórios e componentes eletrônicos fabricados na China ameaçando linhas de montagem em várias nações e colocando em risco o emprego de milhares de trabalhadores... Tais efeitos colaterais do novo coronavírus na economia reacendem o conceito de acrônimo difundido há 30 anos para alertar sobre as incertezas e riscos do mundo pós-guerra fria: Planeta VICA, ou Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo. No contexto do temor global relativo à nova doença,  é oportuno analisar  a perda de competitividade de nossa indústria nas últimas décadas, por conta dos altos impostos, insegurança jurídica, infraestrutura deficiente, burocracia e tantos outros entraves responsáveis pelo estratosférico “custo Brasil”, o qual foi calculado em um adicional de R$ 1,5 trilhão por ano, quando comparado com a média dos 36 países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).  O problema, que se reflete, dentre outras consequências, na queda das exportações de bens com maior valor adicionado, na perda de investimentos, na redução da participação do setor no PIB e no aumento da importação de numerosos produtos manufaturados, pode agravar-se ante fatores como a ameaça de uma pandemia. Se países de alta renda e elevada capacidade competitiva estão apreensivos, o que dizer daqueles

que, como o nosso, ainda estão em busca do desenvolvimento e vêm enfrentando crises e prolongada retração do nível de atividade? Não está ao nosso alcance impedir o surgimento de novos vírus. Porém, podemos e devemos buscar soluções para “imunizar” ou pelo menos reduzir substancialmente a suscetibilidade de nossa economia frente a riscos circunstanciais do Planeta VICA. Daí a importância das reformas estruturais já realizadas e das que precisam efetivar-se, em especial a tributária.  Assim, é muito importante neste momento a sintonia entre os Três Poderes, de modo que prevaleçam os interesses de toda a Nação. Afinal, é premente fortalecer a indústria e todos os setores de atividade, recuperando nossa capacidade de disputar mercados em todo o mundo, por meio do aumento de nossa produtividade e competitividade sistêmica, retomar altos níveis de investimentos e criar empregos em larga escala, mantendo-nos fortes na bonança e nas tempestades.  Não construiremos uma nação rica, mais justa e menos desigual se seguirmos com baixa competitividade e demasiadamente sensíveis a fatores inusitados ou extraordinários. Se vivemos no Planeta VICA, precisamos estar sempre preparados para suas intermitentes surpresas, tendo um projeto de nação bem fundamentado e executado com precisão. 

É MUITO IMPORTANTE NESTE MOMENTO A SINTONIA

ENTRE OS TRÊS PODERES, DE MODO QUE PREVALEÇAM OS

INTERESSES DE TODA A NAÇÃO

*Fernando Valente Pimentel é o presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

Revista Têxtil #765 I 21

abit.indd 21

28/03/2020 02:18:21


INTERNACIONAL SAURER APRESENTA TECNOLOGIAS DE FIAÇÃO E BORDADO NA ITME AFRICA

RIETER DIVULGA INFORMAÇÕES SOBRE O EXERCÍCIO DE 2019

Entre os dias 14 e 16 de fevereiro de 2020, a Saurer, membro da Associação Suíça de Máquinas Têxteis, apresentou durante a ITME Africa uma visão geral das suas tecnologias em fiação e bordados. A empresa esteve presente no Pavilhão Suíço da feira, no Millennium Hall, em Addis Abeba, na Etiópia. Na exposição, os visitantes aprenderam mais sobre a fiação da Saurer, que oferece uma ampla variedade de fibras, usando tecnologias de anel, fiação compacta ou rotação do rotor. A Autoairo, a nova máquina giratória de ar dupla face do grupo também foi apresentada no evento. A Saurer também apresentou informações sobre a Epoca 7, sua máquina de bordar shuttle. Desenvolvida com mais de 150 anos de experiência, essa tecnologia permite embelezar tecidos, criando uma variedade de designs entre o tradicional e a alta costura. Acessórios adicionais para a aplicação de cordões, fitas e lantejoulas e padrões de corte a laser ampliam ainda mais a variedade de criações.

O Grupo Rieter encerrou o exercício de 2019, como esperado, com vendas consideravelmente mais baixas do que no ano anterior. De acordo com os primeiros números não auditados, no total foram alcançadas vendas de 760,0 milhões de francos suíços, uma redução de 29% em relação ao ano anterior. Como já relatado, 2019 como um todo foi caracterizado pelo conflito comercial entre os EUA e a China, excesso de capacidade nas fábricas de fiação, bem como incertezas econômicas em regiões importantes para a Rieter. No setor de Máquinas e Sistemas, com um declínio de 42% em 2019, as vendas de novas máquinas alcançaram um nível muito baixo. Acima de tudo, isso afetou as atividades comerciais da SSM e da Suessen. O setor de peças continuou em um nível normal. A Rieter publicará o relatório anual completo com as demonstrações financeiras e o Relatório Anual de 2019 no dia 10 de março de 2020.

RIETER NO EGITO

PICANOL NA ITME AFRICA 2020

No Swiss-Egyptian Investment Forum, realizado no dia 03 de fevereiro, em Cairo, no Egito, a Cotton & Textiles Holding Company e a Rieter assinaram contratos adicionais relacionados ao programa de modernização da indústria têxtil egípcia. Na presença de H.E. Hisham Tawfik, Ministro do Setor Público do Egito e do conselheiro federal suíço Guy Parmelin, chefe do Departamento de Assuntos Econômicos, Educação e Pesquisa do governo federal; os contratos foram assinados pelo Dr. Ahmed Moustafa, Presidente da Cotton & Textiles Holding Company, e pelo Dr. Norbert Klapper, CEO da Rieter. O volume total dos contratos soma cerca de 210 milhões de francos suíços, incluindo os contratos que foram assinados na ITMA 2019, em Barcelona, que representam um volume de cerca de 180 milhões de francos suíços. A Rieter espera que o valor total dos pedidos seja para o primeiro semestre de 2020. Até agora, 165 milhões de francos suíços foram reservados. “Faremos nosso melhor para apoiar a Cotton & Textiles Holding Company e tornar o programa de modernização um sucesso”, comemorou Klapper.

De 14 a 16 de fevereiro, a Picanol participou da Exposição de Máquinas Têxteis ITME Africa 2020, no Millennium Hall, em Addis Abeba, na Etiópia. O evento foi organizado pela India ITME Society em parceria com a Câmara de Comércio Etíope e as Associações Setoriais. A ITME África tem a ambição de se tornar o ponto focal e catalisador do crescimento econômico, geração de emprego e atualização tecnológica na Etiópia e em outros países da África. A Etiópia, em particular, oferece muitas vantagens para os investidores. O país possui as fontes hidrelétricas mais baratas do mundo, favoráveis ao meio ambiente, um potencial de mão-de-obra competitivo em termos de custo e disponibilidade, uma vasta produção de algodão orgânico, e gozam de isenção de impostos / cotas para a União Europeia e os Estados Unidos. Esses resultados já resultaram em um crescimento econômico médio anual de 11% nos últimos 12 anos. A Picanol esteve presente no evento com a nova máquina de tecelagem a jato de ar Omniplus-i, da Optimax-i, a máquina de pinças de maior reputação no mundo, e com a GTMax-i 3.0, a geração mais jovem e com melhor desempenho da famosa família de rapier GTMax.

22 I Revista Têxtil #765

inter.indd 22

Fotos: Divulgação

29/03/2020 21:43:06


INTERNACIONAL ANDRITZ FORNECE TECNOLOGIA PARA A POLONESA NOVITA O grupo internacional de tecnologia ANDRITZ iniciou com sucesso uma nova linha de spunlace neXline eXcelle na Novita, com sede em Zielona Gora, na Polônia. A linha é dedicada à produção de uma ampla variedade de tecidos spunlace de 30 a 100 g/m² e até 25 g/m² para produtos ultraleves, permitindo que a Novita entre no mercado de higiene e medicina com uma capacidade instalada total de quase 3.000 kg/h. A ANDRITZ forneceu seu sistema de formação de bobina de alto desempenho com duas placas TT, sua conhecida unidade JetlaceEssentiel de hidroentrelaçamento, incluindo o sistema de economia de energia neXecodry, os sistemas de filtragem e retratamento de água e um secador a ar de tambor duplo neXdry. A linha completa de spunlace foi comissionada muito rapidamente e alcançou 250 m/min após apenas algumas semanas. As sessões de treinamento com os especialistas da ANDRITZ possibilitaram aos técnicos da Novita operar a linha a um ritmo estável de 300 m/min.

BENNINGER AG ADQUIRE A LAB-PRO GMBH A Benninger AG adquiriu 100% da LAB-PRO GmbH. A Benninger oferece soluções completas para os principais processos de acabamento têxtil e a LAB-PRO GmbH, fundada em 2003, oferece uma gama completa de produtos tecnológicos. Em especial, as máquinas de tingimento a jato e jiggers da LAB-PRO são conhecidas por terem o menor consumo de água e energia, e menor alongamento de tecido em comparação com as máquinas dos concorrentes. O portfólio da Benninger será ampliado por máquinas de tingimento descontínuas tecnologicamente avançadas, tais como máquinas de tingimento Jet e Jigger, bem como equipamentos de tingimento por feixe e tingimento de laboratório, e sistemas de dosagem de produtos químicos, sal, refrigerantes ou corantes totalmente automáticos, que garantem a mais alta precisão e reprodutibilidade, preencherão o portfólio. Ao combinar o know-how e a experiência de ambas as empresas, a Benninger se torna o principal fornecedor de sistemas em tecnologia de tingimento e acabamento contínuo, e agora também descontínuo.

SUSTENTABILIDADE NA MONFORTS No último curta-metragem lançado no canal Monforts YouTube – gravado no último Denim Première Vision, em Londres, alguns dos principais fabricantes mundiais discutiram suas iniciativas para uma produção mais sustentável de jeans. A Cone Denim, com sede em Greensboro, Carolina do Norte, por exemplo, pode reivindicar a implementação de suas primeiras medidas de controle ambiental nos anos 1940, quando a empresa começou a reciclar sua água. Conhecida por seus jeans denim S Gene®, que tradicionalmente incorporam componentes de poliéster para proporcionar o estiramento, a empresa estabeleceu uma parceria com a Intrinsic Advanced Materials of Gastonia, também na Carolina do Norte, para introduzir fibras de poliéster CiCLO com patente pendente em suas coleções de jeans, que embora ainda seja de base sintética, é capaz de biodegradar em ambientes marinhos, estações de tratamento de águas residuais e condições de aterros, a taxas semelhantes às fibras naturais, como a lã. Essa solução mais sustentável para estiramento também está sendo introduzida na China pela primeira vez por outro fornecedor líder de jeans, Advance Denim. Já a Berto é uma empresa familiar com sua principal fábrica de jeans em Bovolenta, uma pequena cidade rural perto de Pádua, no nordeste da Itália, onde o respeito ao meio ambiente sempre foi uma obrigação. A Soorty do Paquistão recebeu recentemente a certificação Cradle to Cradle Gold - o padrão sustentável mais rigoroso e exigente atualmente existente - por sua linha de jeans Pure D, produzidos com a tecnologia de tingimento Zero Waste Water da empresa, em combinação com as mais avançadas máquinas de acabamento Monforts. Revista Têxtil #765 I 23

inter.indd 23

29/03/2020 21:43:06


INTERNACIONAL BCF S8 CONQUISTA INDÚSTRIA DE CARPETES COM O NOVO CPC-T A líder de mercado Oerlikon Neumag saiu na frente com a nova unidade de compactação de pop de cores (CPC-T) para o fio de carpete BCF S8 agora disponível para o processo Poliamida 6. A nova solução, que estava em exibição de 10 a 13 de janeiro de 2020, no Domotex 2020, em Hannover, atraiu o interesse de muitos visitantes comerciais. Seguindo a tendência dos tapetes multicoloridos, o BCF S8 estabelece novos padrões em relação à separação de cores. A planta, lançada como uma solução tricolor na ITMA do ano passado em Barcelona, torna tudo possível - de mélange a fortemente separados. Promete aos produtores de fios de carpete uma mistura de cores ainda mais flexível e variantes para diferenciação do produto. O componente principal desse processo, a unidade de compactação de pop de cores (CPC-T), oferece mais de 200.000 tons de cores diferentes em três cores. A inovação, que tem pedido de patente, está disponível para polímeros de polipropileno e poliéster, bem como para a poliamida 6.

OERLIKON NONWOVEN APRESENTA TECNOLOGIA MELTBLOWN E SPUNBOND Os especialistas da Oerlikon Nonwoven apresentaram soluções eficientes e know-how abrangente de tecnologia para tarefas desafiadoras de filtragem no FiltXPO 2020, em Chicago, EUA, que aconteceu entre os dias 26 e 28 de fevereiro. A tecnologia Meltblown é um dos métodos mais eficientes para produzir peças muito finas e meios filtrantes feitos de fibras sintéticas. Novos meios de filtro exclusivos e altamente sofisticados são fáceis de fabricar graças à tecnologia otimizada por sopro fundido da Oerlikon Nonwoven. Esse processo é caracterizado por sua distribuição constante da pressão de fusão e tempo de permanência consistente em toda a largura. Além disso, a tecnologia Oerlikon Nonwoven impede os chamados hotspots, que em geral, garantem propriedades não tecidas particularmente homogêneas e pesos base, mesmo no caso de matérias-primas delicadas.

ESQUEL SE BENEFICIA COM O USTER® QUALITY EXPERT É necessário um tipo especial de foco para uma empresa alcançar o status de reconhecida ‘líder da indústria’. Manter essa posição é ainda mais desafiador, com uma busca constante pela máxima eficiência, qualidade otimizada e satisfação total do cliente. A empresa chinesa Esquel tem exatamente esses atributos. Seu compromisso com processos e métodos de negócios inovadores o torna um parceiro ideal para a Uster Technologies, que ajuda a Esquel a oferecer alta qualidade e produtividade por meio da análise e transparência de dados de classe mundial. “Durante os numerosos anos de cooperação entre Esquel e USTER, aprendemos que ambas as empresas têm muito em comum: compartilhamos a busca pela qualidade”, diz Li Guanghai, gerente geral da Xinjiang Esquel Textile Co., Ltd. A Esquel está novamente na vanguarda da inovação, capaz de compartilhar sua experiência positiva com a Quality Management PlatformTM. Em vez de processar informações de instrumentos de laboratório não conectados separadamente, o USTER® QUALITY EXPERT combina dados. “Agora podemos agrupar todos os dados, da matéria-prima aos fios, combinando testes laboratoriais e em linha. Isso nos permite responder mais rapidamente, reagir durante a produção e garantir qualidade consistente no resultado”, diz o gerente geral. Desde a sua criação em 1978, a Esquel sempre vinculou seu objetivo de liderança de mercado ao compromisso de cuidar das pessoas e do meio ambiente. Na Uster Technologies, encontrou um parceiro de longo prazo que compartilhava um foco em qualidade e responsabilidade.

24 I Revista Têxtil #765

inter.indd 24

29/03/2020 21:43:09


INTERNACIONAL SWISS TEXTILE MACHINERY ASSOCIATION DE OLHO NA SUSTENTABILIDADE Os processos de lavagem, solventes e corantes na fabricação representam um quinto da poluição industrial da água, de acordo com o relatório ‘State of Fashion 2020’ da consultoria McKinsey. Esse é o tipo de evidência que desencadeia apelos urgentes à ação dirigidos a políticos - assim como a marcas têxteis. Mas as empresas suíças de máquinas para acabamento não precisam desse tipo de alerta: há anos, muitas delas desenvolvem e lançam ativamente inovações com a preocupação com o meio ambiente como requisito primordial. Um exemplo é a pesquisa de processos de tingimento que funcionam sem produtos químicos perigosos. Na ITMA 2019, o tingimento de denim com tecnologia verde se tornou realidade com o Smart-Indigo ™, uma inovação suíça da Sedo Engineering, introduzida na feira. O avanço subjacente foi a capacidade de industrializar o processo eletroquímico para reduzir o índigo, usando apenas eletricidade. O corante é produzido por um processo eletroquímico, consumindo consideravelmente menos recursos do que os métodos existentes. O método utiliza apenas pigmentos índigo, soda cáustica, água e eletricidade. Em um sistema totalmente automatizado, o corante limpo é produzido, medido e alimentado diretamente no banho de corante. Smart-Indigo ™ é a maneira mais sustentável de tingir denim para jeans. Atualmente, a indústria de acabamento exige máquinas que atendam aos requisitos ecológicos ao mesmo tempo em que permitem que as usinas operem com lucro. Essa foi a motivação por trás do desenvolvimento da ESC (Câmara de Economia de Energia) sob a marca Santex do Santex Rimar Group. Ao reutilizar o ar de exaustão do secador Santashrink, o ESC aumenta a capacidade de produção em 15 a 17% a partir da mesma quantidade de energia de aquecimento. O desempenho máximo com baixo consumo de energia, para baixo encolhimento residual, toque suave das mãos e brilho da superfície é o objetivo das máquinas Santex. Os sistemas especializados de tratamento de superfície de tecido de largura aberta sempre oferecem opções de economia de energia para produção sustentável e baixos valores de CO2 - juntamente com a promessa de retorno do investimento em 1,5 anos.

Na Jakob Muller, os parâmetros técnicos de alta qualidade andam de mãos dadas com a necessidade de produção ecológica em seus esforços inovadores. Por exemplo, seu novo módulo de lavagem atende às necessidades ambientais e do produto, graças aos melhores resultados de lavagem com menos consumo de energia e água. É importante para a empresa que qualquer processo de tingimento use água reciclada sempre que possível. “A água é o recurso mais crítico no tingimento. Os mercados avançados e os menos desenvolvidos são forçados a enfrentar esse desafio, que oferece aos fornecedores inovadores novas oportunidades em mercados que foram fechados anteriormente”, diz Christian Lerch, diretor de vendas e marketing globais da Jakob Muller AG Frick. Produzindo instrumentos de laboratório e de teste, bem como máquinas de produção personalizadas, a Mathis possui uma forte base de conhecimento nos setores de tingimento e revestimento. A empresa entende a importância da garantia de qualidade relacionada ao desempenho e durabilidade em aplicações como esporte e lazer. E igualmente vital é o papel do teste eficaz da sustentabilidade do produto, como um elemento-chave na satisfação do cliente. O tingimento e acabamento de têxteis é uma das indústrias com maior intensidade química - fato reconhecido pelos fabricantes de máquinas suíços. Como Beat Meienberger, CEO do Benninger Group, afirma: “Investimos muito em gerenciamento de recursos e nossos equipamentos oferecem recursos valiosos para tornar esse setor mais sustentável. As soluções são personalizadas, baseadas em tecnologias sofisticadas e mostrando alta qualidade por uma vida útil longa”. Processos de acabamento sustentáveis são a única maneira de salvar o planeta. As empresas podem tornar a sustentabilidade real com soluções inovadoras de membros da Swiss Textile Machinery Association. Com desenvolvimentos que minimizam o consumo de água e energia e enfrentam o desafio de solventes perigosos, a tecnologia suíça está pronta para a mudança.

Revista Têxtil #765 I 25

inter.indd 25

29/03/2020 21:43:09


INOVAÇÃO

EPSON INAUGURA

SOLUTIONS CENTER NO BRASIL O primeiro Centro de Soluções da empresa na América Latina é dedicado à pesquisa, assistência, treinamento e promoção em impressão digital industrial RENATA MARTORELLI

A

Epson instalou no Brasil o seu primeiro Centro de Soluções na América Latina focado na transformação digital da indústria têxtil, de olho na sustentabilidade. O Solutions Center é o único que utiliza tinta pigmentada e vem para mostrar ao setor as inovações em maquinário têxtil e impulsionar a digitalização e a sustentabilidade nos processos de estamparia. “O Solutions Center foi desenvolvido para acelerar a expansão global dos negócios da Epson no setor têxtil. É uma instalação totalmente dedicada à pesquisa, assistência, treinamento e promoção em impressão digital industrial no setor. Localizado na planta da Epson do Brasil em Barueri, São Paulo, o centro trata de todo o processo de produção em impressão digital – desde o pré até o pós-tratamento – em escala industrial, com soluções inovadoras para atender às demandas do mercado, rompendo as barreiras do design de estampas e permitindo a criação de produtos cada vez mais personalizados”, explica Fábio Neves, presidente da Epson do Brasil. O centro de soluções foi projetado para apoiar os negócios de impressão digital. Neste ambiente recém-inaugurado, clientes e futuros clientes poderão participar de demonstrações de equipamentos e testar tecnologias. “O espaço foi projetado para oferecer uma

26 I Revista Têxtil #765

epson.indd 26

imersão tecnológica completa. Os visitantes poderão trazer seus próprios arquivos para explorar ao máximo as inovações da Epson, ver as diversas aplicações inovadoras para vários tipos de projetos, obter ideias para expandir as fronteiras do seu negócio”, revela Neves.

Fotos: Divulgação

28/03/2020 02:18:55


Fรกbio Neves, presidente da Epson do Brasil.

epson.indd 27

28/03/2020 02:18:58


INOVAÇÃO

SUSTENTABILIDADE EM FOCO Além de ocupar um espaço físico dez vezes maior, a estamparia analógica consome em média de 80 a 200 litros de água por quilograma de tecido estampado enquanto a impressão digital com tinta pigmentada utiliza apenas 2 litros. Além de promover a sustentabilidade, a impressão digital têxtil concilia três fatores primordiais para as indústrias: economia de custos, redução de tempo e aumento de qualidade. Segundo Neves, a Epson busca promover a sustentabilidade de toda cadeia produtiva, por isso, as tintas utilizadas nos processos de estamparia possuem duas certificações ambientais essenciais para indústria: a ECO PASSPORT da OEKO-TEX®, que leva em consideração os aspectos químicos, e o ECOCERT, certificador para o GOTS (Padrão Têxtil Orgânico Global), que avalia a sustentabilidade desde a produção da fibra, até a manufatura levando em consideração

questões ecológicas e sociais. Já o sistema bluesign® garante que o produto final atende a requisitos segurança do consumidor. O Centro de Soluções foi equipado para atender a todas as etapas do processo de impressão têxtil. Entre os equipamentos estão: a Monna Lisa Evo Tre 16, impressora têxtil digital industrial com base em Solução Total, equipada com 16 avançados cabeçotes de impressão Epson PrecisionCore®, que imprime em qualquer tipo de tecido com os diferentes tipos de tinta Genesta®; a SureColor F9370, impressora de sublimação ideal para impressão de grandes volumes em alta velocidade, até 108 m²/ hora; e as SureColor F2100 e F3070, projetadas exclusivamente para impressão direta em vestuários de algodão. A F3070 estará disponível no mercado brasileiro a partir de agosto de 2020. Para conhecer o Solutions Center basta acessar: https://epson.com.br/solutions-center RT

28 I Revista Têxtil #765

epson.indd 28

28/03/2020 02:19:01


EVENTO

TURQUIA RECEBE

ITM 2020

Evento acontece em Istambul e ganha espaço dedicado para o denim RENATA MARTORELLI

A

ITM 2020 (International Textile Machinery), organizada pela TUYAP Tüm Fuarcılık Yapım e Teknik Fuarcılık, e em cooperação com a TEMSAD (Associação de Industriais de Máquinas e Acessórios Têxteis), acontece entre 14 e 18 de julho, em Istambul, na Turquia. A ITM deu um passo à frente este ano e lançou o salão Especial Denim Technologies, voltado para fabricantes de denim, tecidos e confecções, que mostrarão as mais recentes inovações tecnológicas na produção de jeans, desde máquinas até corantes utilizados na produção. O jeans, considerado um dos produtos atemporais do mundo da moda, efetua uma economia considerável desde a fabricação até o varejo. O sucesso das empresas têxteis na Turquia na produção e comercialização e sua proximidade com os países europeus é considerado uma vantagem geográfica. A Turquia é quarta no ranking mundial em exportações de jeans. No país, aproximadamente 350 milhões de metros de jeans são produzidos anualmente. Com produtos de valor agregado, produtores e varejistas estão se preparando para investir em exportação. A Turquia se tornou um país que cria suas próprias marcas e molda a moda jeans do mundo com seus designs e produtos tecnológicos. A Turquia é um país têxtil e um dos principais países compradores de máquinas têxteis do mundo. De acordo com os registros da ETI (Instituto Estatístico da

Turquia), o valor total das máquinas têxteis importadas em 2018 foi de US$ 1,9 bilhão.

HIGHTEX 2020 ATRAI INTENSA ATENÇÃO DE SEUS PARTICIPANTES A Feira Internacional de Têxteis Técnicos e NãoTecidos, HIGHTEX 2020, será realizada pela oitava vez simultaneamente com a ITM 2020. A feira contará com têxteis técnicos, matérias primas para nãotecidos, produtos intermediários e finais, e tecnologias de produção. RT Revista Têxtil #765 I 29

itm.indd 29

29/03/2020 21:42:41


TECNOLOGIA

5ª EDIÇÃO DA

Feira que aconteceria em março é remarcada para outubro A 5ª edição da Agreste Tex que aconteceria de 24 a 27 de março, no Polo Caruaru, foi adiada e será realizada de 27 a 30 de outubro de 2020, no mesmo local, em Caruaru, Pernambuco. Com os recentes acontecimentos com o aumento de casos do coronavírus no país, o Febratex Group seguiu as orientações do Ministério da Saúde sobre o COVID-19, e decidiu não realizar o evento neste momento. Até o fechamento desta edição outros eventos nacionais e internacionais também foram cancelados.

AGRESTE TEX Feira contará com palestras, novidades tecnológicas e troca de experiências em Caruaru RENATA MARTORELLI

A

5ª edição da Agreste Tex acontece de 24 a 27 de março, no Polo Caruaru, e promete levar ao Polo de Confecções do Agreste de Pernambuco todas as novidades tecnológicas da indústria têxtil. Com uma estimativa de injetar mais de R$ 300 milhões na economia da região, a feira é uma realização da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), que completa 100 anos em 2020, com a promoção do Febratex Group. “O evento apresenta para a região as novidades em tecnologia para as várias etapas do processo produtivo da indústria de confecção, além de fornecer informações privilegiadas sobre tendências para um público segmentado e ávido por conhecimento. A feira contribui diretamente para a competitividade do Polo de Confecções do Agreste à medida que proporciona aos produtores locais contato com tecnologias e conteúdos que agregam valor à produção e à gestão dos negócios”, declara o presidente da Acic, Luverson Ferreira. Uma das novidades da Agreste Tex para 2020 é o aumento da capacidade da feira, que destacará mais de 300 marcas nacionais e internacionais e ocupará área maior do que na edição do ano passado. Segundo o presidente do Febratex Group, Hélvio Pompeo Madeira, o evento trará para o Agreste pernambucano os últimos lançamentos em equipamentos e tecnologias utilizadas no setor, com cada vez mais qualidade e velocidade de produção. “Nossos expositores trarão equipamentos que estão revolucionando a indústria têxtil nacio-

30 I Revista Têxtil #765

agreste.indd 30

nal, como grandes máquinas bordadeiras e de costura, além de tecnologias para o segmento jeanswear, que são utilizadas em todo o mundo”.

CONHECIMENTO EM DESTAQUE Algumas atrações já estão confirmadas na programação da quinta edição da Agreste Tex. No dia 25 de março, uma das atrações será o Denim Eco Talks, organizado pelo GBLjeans, que abordará todo o processo desenvolvido pelas lavanderias de jeans, as tendências em criação com o tecido e a sustentabilidade trazida pelas novas marcas do segmento. Já no dia 26, a Avil Tecidos e Aviamentos irá promover um painel durante o fórum com o tema “O segredo das confecções familiares que atravessam gerações”, ministrado pela consultora Georgina Santos. No dia 27, às 17h, é a vez de Karine Liotino abordar a “Nova Regulamentação de Etiquetagem”. O treinamento irá detalhar o passo a passo das etiquetas dos produtos, destacando as alterações decorrentes da nova publicação do Inmetro.

STARTUP CORNER O espaço Startup Corner reunirá empresas com soluções para o setor têxtil e de confecções. A iniciativa traz para a feira um nicho crescente em Caruaru, o da inovação, representado pelo Armazém da Criatividade, também localizado no Polo Caruaru. Oito empresas já foram escolhidas para ocupar o espaço. Segundo a diretora-executiva do Febratex Group, Giordana MadeiFotos: Divulgação

28/03/2020 02:19:19


TECNOLOGIA ra, a proposta é apresentar aos visitantes da Agreste Tex as soluções em serviços para a indústria têxtil, de confecção e varejo, desenvolvidas pelas startups de todo o Brasil. “A gente acredita que as startups são novos modelos de ideias e formas de gestão. Queremos promover essa interação entre visitantes e expositores. Acreditamos que é algo muito positivo e deve ser conhecido e servir de exemplo a todo o mercado em sua reinvenção”, diz a executiva. Serão selecionadas para participar da Agreste Tex até 12 startups. Já garantiram vaga: Etiqueta Certa, Vende Moda, Coleção.Moda, Molde.me, Line Ateliê Criativo, Tá na Sulanca, Topti e a Encontre o Fabricante. A Agreste Tex conta com o patrocínio das empresas Santana Textiles, Avil, Silmaq, Makital e Vicunha; é aprovada internacionalmente pela UFI; e conta com o apoio da ABIMAQ, Abit, ABTT, ACIT, ASCAP, NTCPE, Sinditêxtil-PE, GBLJeans, CDL Santa Cruz do Capibaribe e Santa Cruz na Moda.

SANTANA TEXTILE INVESTE EM SUSTENTABILIDADE Fundada em 1963 por Raimundo Delfino, em Jaguaruana, interior do Ceará, a Santana Textiles é hoje uma multinacional. Com um amplo portfólio, a Santana Textiles trabalha com o denim, que se divide em mais de 67 tecidos diferentes, desde artigos rígidos até opções elastizadas. Entre as novidades, está o lançamento de 10 novos tecidos: Tairon, Aruba, Troia, Bahamas, linha Matrix (composta por 3 artigos que possuem o tingimento Baby Blue, Blue e Black Blue), Castor Dark, Sucesso e Sucesso Dark. A linha Sustentare, em que há redução de até 85% de corante índigo no tingimento, economia em 50% de água durante o processo produtivo e diminuição de 66% na geração de carga orgânica no efluente é o grande destaque sustentável da empresa. A novidade proporciona ainda melhor performance no beneficiamento têxtil realizado na lavanderia. “A linha em prol do meio ambiente é composta por nove artigos com composição, construção e gramatura diferentes, atendendo assim as diversas necessidades e demandas dos clientes, aliado ao compromisso em garantir a preservação do planeta com o alto padrão de qualidade nos tecidos”, explica a analista de marketing da Santana Textiles, Bárbara Farias. RT Revista Têxtil #765 I 31

agreste.indd 31

28/03/2020 02:19:19


SUSTENTABILIDADE

INSPIRAMAIS

COMEMORA UMA DÉCADA DE INCENTIVO À MODA Evento aliou diversidade, sustentabilidade e tecnologia, reafirmando compromisso ambiental RENATA MARTORELLI

O

Centro de Eventos Pro Magno, em São Paulo, recebeu nos dias 14 e 15 de janeiro, o Inspiramais, Salão de Inovação e Design de Materiais, ponto de referência para todo o mercado, que atende aos setores calçadista, moveleiro, automotivo, de confecção, acessórios e bijuterias. Com entrada gratuita para profissionais do setor, o evento contou com mais de 180 empresas expositoras. “Hoje falamos com toda a indústria nacional, responsável pela produção dos mais diversos itens. Estamos estabelecendo um padrão de produtos mundialmente consumidos, dentro de tendências internacionais e inserindo uma cartela de cores ‘Made in Brazil’, com referências de nossas culturas e elementos regionais, tudo seguindo um conceito de consumo que também fala com o mundo. Assim, levamos o Brasil para um patamar de excelência”, comenta Ilse Guimarães, superintendente da Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), uma das entidades responsáveis pela realização do Inspiramais. A Sustentabilidade é o assunto principal da temporada que traz Sincronia como palavra-chave. O tema discute a conectividade entre os vários aspectos da moda, com interpretação e reinterpretação de conceitos, uma reflexão de quem somos e as camadas que nos constroem.  

32 I Revista Têxtil #765

inspira.indd 32

Sincronia também marca presença nos projetos especiais do Salão. O Espaço de Sustentabilidade 2021_I foi criado para dar visibilidade e estímulo a trabalhos e empresas que creem na sustentabilidade como um diferencial para seus produtos. Participaram do espaço empresas com inclinação explícita para a inovação e que têm como tema principal o engajamento sustentável como diferencial de produto, fatores que potencializam a busca de competitividade e qualidade no mercado de moda nacional. Ligando o tema Sincronia ao mood dos anos 1970, o Projeto +Estampa chegou à sua décima terceira edição com participação de seis estúdios. O projeto é uma plataforma de apresentação de trabalhos de estúdios de design de superfície, por meio dos quais são comercializados ilustrações, designs, padrões e estampas, e não a impressão do tecido. Já o Preview do Couro apresentou o amplo trabalho de pesquisa de materiais e cartela de cores, traduzindo assim as referências para as próximas coleções, para as produções de looks e produtos para os segmentos calçadistas, confecção, acessórios, moveleiro, automotivo e de bijuterias. As Startups ganharam visibilidade em um espaço dedicado só para elas, onde puderam mostrar soluções para o mercado, unindo sustentabilidade, impacto social e inovação, e a integração da grande indústria brasileira e internacional – em uma oportunidade de troca de experiência, informações e possibilidade de negócios.

Fotos: Divulgação. Foto: Fios Coloridos de Juta da Castanhal – Crédito foto: Ricardo Fazzi

28/03/2020 02:19:34


SUSTENTABILIDADE

Com foco em sustentabilidade e tecnologia, a Programação de Apresentações do Inspiramais contou com profissionais experientes da indústria e abordou assuntos pertinentes a todo o mercado, como responsabilidade e compromisso como tendência global, design sustentável e diferencial competitivo, resgate de técnicas ancestrais com apelo sustentável e novos materiais, patrimônio imaterial e jornada das startups sustentáveis, entre outros. “É possível contabilizar nessa década, a influência positiva do Salão no setor de moda brasileiro. Em primeiro lugar, foi estabelecido um padrão de lançamentos, onde a cada seis meses novos materiais são apresentados, facilitando o trabalho de designers e empresários na criação de suas coleções. O Inspiramais é também uma plataforma de lançamentos inovadores, de desenvolvimento, conteúdo e, claro, inspiração. Hoje, o Salão também é uma referência quando se fala em negócios em toda a América Latina”, acrescenta Walter Rodrigues, designer, pesquisador e coordenador do Núcleo de Design do Inspiramais. 

CURTUMES NO INSPIRAMAIS O couro teve espaço privilegiado no evento, que completou 10 anos nesta edição. Ao todo 16 curtumes expuseram seus desenvolvimentos com atributos de moda, qualidade e sustentabilidade, dentro do concei-

Revista Têxtil #765 I 33

inspira.indd 33

28/03/2020 02:19:35


SUSTENTABILIDADE to Sincronia, que reflete a influência da conectividade associada à velocidade da informação e à inteligência artificial, sugerindo o futuro como algo imediato, combinando simultaneamente referências do passado e do presente. As empresas participantes foram: Baby Leather, Casa Romeu, Couroquímica, Curtume Cacique, FAF Couros, Finileather, Fuga Couros, Nova Kaeru, OCM Best Brasil, Ravagnani e Cia e Curtume Andradina, Romicouros, Santa Croce, Secctrade Leather, Tre Anytry, Treat Couros, Zitty Couros. O Preview do Couro, que apresentou uma antecipação de tendências feita sobre couros trabalhados pelos curtumes participantes do salão, contou com um lounge com mobiliário em couro, realizado em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel). O Brazilian Leather, projeto setorial de internacionalização do couro brasileiro, também promoveu durante o evento a Certificação de Sustentabilidade do Couro Brasileiro (CSCB), um marco no setor de couros mundial que tem promovido grandes mudanças na indústria do Brasil.

CASTANHAL: SUSTENTABILIDADE EM FOCO A Castanhal Companhia Têxtil foi um dos destaques do Inspiramais 2021_I. Em harmonia com o tema do evento, a empresa levou os lançamentos com a fibra de juta como a Tela V7,com trama e urdume com o fio 7 lbs, que promove um tecido mais uniforme e fechado, mais adequado para a impressão de estampas, menor desfiamento ao corte, toque mais suave e que viabiliza o desenvolvimento de artigos mais elaborados e recortados para uso em cabedais. “A Tela V7 é um lançamento que busca atender as exigências do setor calçadista, que busca, a cada estação inovação, matérias-primas sustentáveis e ao mesmo tempo tecnológicas. Além disso, nosso portfólio de produtos é focado em artigos sustentáveis e ecologicamente corretos, esse é o DNA da  Castanhal”, revela Mauricio Vasques, Gerente Comercial e Marketing da empresa. Os fios engomados mais lineares, com menor pilosidade, mais maleáveis e com melhor desenrolamento também foram destaques no evento. E, para reforçar a ampliação da coleção de fios fantasia com a fibra de juta, a Castanhal lançou uma nova cartela de cores e produtos, apresentando a diversidade de títulos e mis-

34 I Revista Têxtil #765

inspira.indd 34

28/03/2020 02:19:35


SUSTENTABILIDADE turas com outras fibras, como algodão reciclado, multifilamentos e fio de lurex ouro e prata. A empresa também expôs sete looks elaborados com Juta Castanhal, finalistas do concurso Juta – Fibra Sustentável na Moda, feito em parceria com o SENAI CETIQT. Em 2019, a  Castanhal  e o  SENAI CETIQT desenvolveram um laboratório de experimentação para utilização dos tecidos feitos com a fibra de juta para o vestuário do dia a dia, apresentando soluções sustentáveis, ecológicas e 100% biodegradáveis para o universo da moda. O concurso Juta – Fibra Sustentável na Moda lançou o desafio aos alunos para criar ideias inovadoras com o uso da juta e transformar em peças versáteis, práticas, funcionais e atraentes, oferecendo sustentabilidade na moda, de forma verdadeiramente Amazônica. A dupla vencedora, formada por Amanda Brêtas e Flavia Tampeli, ganhou uma viagem para visitar a fábrica da Castanhal no Pará e conhecer um pouco mais sobre o processamento da juta, do plantio ao produto final. Os demais finalistas foram: Maria Clara Brodbeck e Thalita Costa (2º lugar); Pedro Louzada e Joana Litiman (3º lugar); Gustavo Souza e Karine Mello; Daniel Gomes e Larissa Alves;João Carvalho e Thaynara Bragança; e Arad e Gabriel Dau.  

FIO TÊXTIL AMNI® SOUL CYCLE ESTREIA NO SETOR DE CALÇADOS

A Rhodia (Grupo Solvay) e um grupo de empresas apresentaram ao mercado o primeiro protótipo de um calçado que utiliza materiais sustentáveis em todas as suas partes. Resultado de um projeto colaborativo de empresas interessadas em incrementar a sustentabilidade e o conforto voltados para o setor calçadista, o protótipo foi apresentado durante o Inspiramais 2021 _I. O projeto marca a entrada no setor de calçados do fio têxtil Amni® Soul Cycle, a única poliamida têxtil biodegradável reciclada do mundo, que é o mais recente desenvolvimento de fios têxteis sustentáveis da Rhodia no Brasil. A Amni® Soul Cycle é reciclada a partir de resíduo têxtil industrial (pré-consumo), regenerada e transformada novamente em fio têxtil. O desenvolvimento desse produto tem o objetivo de incrementar e promover a economia circular no setor têxtil/calçadista, iniciativa em que a Rhodia está empenhada em promover em todas as suas operações.

O protótipo do calçado foi desenvolvido com design do estúdio Top Shoes Brasil, que utilizou o fio Amni® Soul Cycle da Rhodia, aplicados à técnica Knit, processo novo de tecelagem 3D, que faz parte da indústria 4.0. Esta técnica reduz processos, permitindo que entre o fio e saia o cabedal pronto, resultando em redução de lead time e o uso de outros recursos. Além da Rhodia - com fios têxteis de poliamida e ácido adípico - e da Top Shoes, o projeto colaborativo reuniu as empresas Adatex (tecnologia sustentável em borracha revestida e tingimento dos fios de poliamida), Tecpol (matriz e injeção do solado e entressola), Basf (poliuretano da entressola), FCC (TPU do solado), Linhasita (linha de costura e cordão para amarrar com Amni Soul Eco®), Stickfran (Gorgurão), LabelTag (etiquetas) e Ambiente Verde (materiais sustentáveis para os PDVs - pontos de vendas). RT   Revista Têxtil #765 I 35

inspira.indd 35

28/03/2020 02:19:37


ARTIGO

COLORIMETRIA

Dificuldades em Medir a Cor de Amostras Pequenas ou Detalhes de uma Estampa?

PAULO STUCCHI

V

ocê já ouviu a máxima histórica: “À mulher de César, não basta ser honesta. Tem que parecer honesta». Atualmente, em uma realidade extremamente visual, em que o apelo do «parecer» é decisivo para a decisão de compra dos clientes, elementos como design e cor ganham importância renovada. No caso do segmento têxtil, com um volume cada vez maior de roupas produzidas em escala industrial a partir de diferentes designs elaborados em cantos diferentes do mundo, essa realidade também se faz presente. Afinal, poucos mercados são tão sensíveis ao fator cor como o vestuário. Por outro lado, poucos também apresentam tantas nuances a serem consideradas. Quando se fala em assegurar consistência de cor (ou seja, que a cor pensada em um design seja realmente aquela que se encontra no produto final) há tecnologias que, hoje, permitem obter essa precisão – os chamados espectrofotômetros, aparelhos com sistema óptico especial que capturam digitalmente referências de cor de uma amostra e, por meio de softwares, permitem criar padrões para que essa mesma cor se repita com fidelidade, mesmo em produtos fabricados em escala industrial (como as roupas). Essas tecnologias de medição estão disponíveis para as mais diferentes demandas (e dificuldades) presentes nesse segmento, como por exemplo, medição

em alguns tipos ou formatos de amostras são praticamente impossíveis de medir, como um detalhe em uma estampa, etiquetas, bordados, aviamentos, um botão ou a pintura de um ilhós. Indo um pouco mais à fundo nessa tecnologia, esses equipamentos oferecem sistema óptico sem contato (ou seja, a captura da referência de cor ocorre sem contato do sensor com o tecido). Com isso, pequenos detalhes, ou amostras miúdas, podem ser medidos sem problemas e ter sua cor padronizada em escala de produção. Além disso, existe a vantagem de regular a abertura da área de medição de 2 mm a 12 mm, em focar o ponto a ser medido, eliminar sombras da área a ser medida e salvar a imagem do ponto medido. Um recurso de correção superficial para eliminação de sombras permite medir produtos mais complexos como rendas, lã, veludos, linhas, eliminando as sombras causadas pela textura do material com resultado de cor mais próxima do visual e melhor repetibilidade do que instrumentos por contato normalmente utilizados. Incrível, diria.

BIBLIOTECA DE CORES Biblioteca de cores nada mais é do que amostras predefinidas de cores, muitas vezes as chamadas cores especiais ou de marcas (como o famoso vermelho Coca Cola). Atualmente, existem bibliotecas de cores

36 I Revista Têxtil #765

color.indd 36

28/03/2020 02:19:52


completas, como a Pantone e sua ferramenta PantoneLIVE Production, que permite pesquisar cores, baixá-las para formular a cor ou mesmo usar no controle de qualidade com apenas alguns cliques. Esse recurso facilita as empresas certificadas que operam com submissões eletrônicas a utilizarem exatamente os mesmos padrões de cor para uma aprovação e troca de informações entre fornecedores e clientes muito mais rapidamente. Também há novidade em software de formulação de cores e cabine de luz. Novos recursos de software permitem a formulação mais rápida e otimizada com o apoio de registros de desenvolvimentos anteriores considerando os comportamentos dos corantes em uma combinação, as correções também ficam reduzidas. Na análise visual é sabido que variações na luz do dia e no nível de energia UV acarretam metameria por iluminação dificultando o consenso entre empresas, principalmente no tocante a avaliações de brancos. Uma cabine de luz eletrônica com ajuste de luminância, autocalibração e registro de perfil das configurações permite o compartilhamento dos parâmetros

color.indd 37

de utilização entre as empresas e departamentos que trabalham certificadas e fazem parte da mesma cadeia de fornecimento. Um sistema de geração de luz do dia através de filtro e lâmpada halogênia é considerado o de maior precisão segundo os critérios de qualidade CIE, A/B, na reprodução da luz do dia e UV padrão. Esta tecnologia possui homologação internacional em vários segmentos como o automotivo, de couros, papel e têxtil. Com a publicação da CIE-015_2018 no ano passado, ficam disponíveis os novos iluminantes em LED para os softwares e cabines de luz. A fonte correspondente ao LED BH1 já está disponível para troca em algumas cabines atuais, assim como existe uma especificação Wal-Mart para quem é certificado e opera com esta empresa. As tecnologias sempre trazem novos recursos e/ou aumentam precisões e é muito gratificante poder estar apresentando as novidades. RT

*Paulo Stucchi é diretor da Parla Assessoria.

28/03/2020 02:19:53


editorial.indd 6

28/03/2020 02:45:12


editorial.indd 7

28/03/2020 02:45:13


A paixão dele pela velocidade é nossa referência Descubra a nossa visão em vídeo, escaneando este anúncio com o nosso novo app. ESCANEIE E FAÇA O DOWNLOAD DO APP

editorial.indd 5

Let’s grow together

www.picanol.be

28/03/2020 02:40:11


22 a 25 julho Expo Center Norte São Paulo

2020

A FEIRA PARA OS MERCADOS DE SERIGRAFIA, SIGN E TÊXTIL

Faça sua inscrição gratuita

www.feirafutureprint.com.br /FeiraFuturePrint

PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO:

editorial.indd 6

FILIADA À:

LOCAL:

AGÊNCIA DE VIAGENS OFICIAL:

TRANSPORTADORA OFICIAL

APOIO INSTITUCIONAL

28/03/2020 02:47:11


editorial.indd 6

06/11/2019 00:14:21

Profile for Revista Textil

Revista Têxtil - Edição Especial Dupla - 765 766  

Revista Têxtil - Edição Especial Dupla - 765 766  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded