Page 1

II SÉRIE N.º 02

BT-KAPA COOKING 1:BK-KAPA COOKING 31 5/26/11 4:51 PM Page 2

BIMESTRAL €3.20 PORTUGAL - CONTINENTE

RECEBER, COZINHAR E PARTILHAR

02

II SÉRIE - MAIO/JUNHO 2011

www.blue.com.pt

ALTA COZINHA ★ DESCUBRA O NOVO TERREIRO DO PAÇO NUMA LISBOA RENOVADA

QUE VALORES DEFENDE? Os nossos protegem as próximas gerações...

Venha connosco! [ Veja pág. 08 ]

Viva bem 30 RECEITAS COM + SAÚDE

Ideias frescas e saborosas – Saladas para o calor – Limões para doces e salgados

N.º 02 - II SÉRIE

RECEITAS

low-cost – Com assinatura de Chefes

+

CONHEÇA A ROTA DAS ESTRELAS UM ACONTECIMENTO ÚNICO NO FUNCHAL


PUB (230x275):Layout 1 5/24/11 3:05 PM Page 1

nata para bater BATEM-SE DEPRESSA E FICAM SEMPRE BEM NATAS SEMPRE FOFAS E CONSISTENTES Para que possa preparar sobremesas depressa e bem, a Mimosa oferece-lhe uma gama de Natas especiais para bater. A melhor e mais prática solução para fazer as delícias da sua família. Vai ver como se tornará num verdadeiro chef em 3 tempos. Um toque especial nas suas sobremesas… chantilly de morangos 1. Bata 1 embalagem de nata Mimosa para bater até obter um creme alto e fofo. 2. Triture alguns morangos com a varinha mágica. 3. Envolva, com cuidado, a polpa de morango nas natas já batidas, até a cor ficar homogénea. Obterá um chantilly macio, saboroso e natural, para decorar os seus bolinhos e fazer as delícias de pequenos e graúdos. Recomendação: as natas cremosas devem ser refrigeradas durante pelo menos 12 horas antes de serem batidas.

batimen batimento imento to rápido rápi á ido i id chantilly chan ntilly fofo ffo ofo fo e consistente consisten onsistente


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 10:36 AM Page 1

qlink

www.parmalat.pt


BK02- EDITORIAL :BK51- EDITORIAL 5/26/11 11:03 AM Page 4

blue Cooking n.º 02 (II Série) www.blue.com.pt CALOR E CRISE ATÉ PARECE QUE NÃO COMBINAM, mas a verdade é que por vezes basta um raio de sol para nos animar, ficamos imediatamente mais bem dispostos, com mais vontade de agarrar o mundo e de fazer tudo o que temos por fazer.

Nesta edição da Cooking, delicie-se com saladas para os dias quentes, todas elas originais e fora do comum, para que o seu dia-a-dia não seja monótono. Descubra, também, o poder do limão e a enorme variedade de receitas, doces ou salgadas, que pode fazer com este simples fruto.

Para quem está em maré de poupança, sugerimos 3 receitas de frango e, em seguida, o que fazer com os restos, aproveitando assim tudo para renovar o seu reportório culinário. Se é grande apreciador de framboesas, não deixe de provar as delícias que lhe propomos.

Saiba ainda que de tudo um grande Chefe é capaz. A equipa do restaurante Pedro e o Lobo aceitou a nossa proposta e criou um menu low cost, mostrando assim que nem só de produtos gourmet se rodeiam os reputados cozinheiros.

Para os amantes da alta gastronomia, temos duas propostas. O renovado restaurante Terreiro do Paço e a Rota das Estrelas, que teve lugar na Madeira, mais exactamente no Cliff Bay, no Funchal... um desfile de estrelas que vale a pena rever.

Margarida Magalhães mmagalhaes@blue.com.pt

4

B L U E

C O O K I N G


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:40 AM Page 1

qlink

www.nestle.pt


BK-SUMARIO:BK-SUMARIO 55 5/26/11 4:42 PM Page 7

?????????????????????? | ???????????????????????

Sumário blue Cooking n.º 02

(II Série)

48 | Produto da Estação - Limões Massa cabelo de anjo com limão e ervas Mousse rápida de limão A tarte de limão merengada Risotto de limão, ervas,bacon e parmesão Limonada de verão Pão de limão e papoila Camarões panados com aioli de limão

58 | Ideia do Mês - Parmalat Fritatta de caldo verde, bacon, feta 4

Salada de mozzarella, tomate, rabanetes e

e salsa

mistura de sopa deliciosa

Copos de fruta, natas e avelãs

Salada de quinoa com feta e pimentos

Enrolados de beringela com

Salada de cotovelos, bacon, queijo de

espinafres, presunto e queijo

Vitaminas

cabra e coentros

mozzarella

Yo ! Sushi!

Salada de arroz com camarões

SushiCafé Avenida

Salada de couve-flor, tomate, brócolos

Torre do Frade

e cebola

Editorial

7 O Manual do dIAZ

10 | Isto é Blue

64 | Low-Cost - Pedro e o Lobo Ervilhas estufadas com lulas, berbigão, bacon e hortelã

16 | Sugestão do Mês - Tefal

36 | Continente

Salada de pés de porco, orelha de

Espargos e cogumelos salteados com

Sopa de beterraba, pimentos amarelos e

porco, agriões e maionese de cerveja

bacon e malaguetas

creme de soja com sementes de abóbora

preta

Salada de batata salteada com presunto

Salada de massa integral com legumes e

Merengue com morangos e gelado

e mostarda

fiambre de peru

de nata

Pizza de legumes da estação

26 | Ideias Frescas - Saladas

Salteado de tofu com soja

74 Rota das Estrelas 2011

Salada de bife com vinagreta de gengibre,

Hambúrgueres de atum com coentros

86 Alta Cozinha

lima, chalotas e coentros com malaguetas

Omeleta de rúcula, queijo fresco e frango

95 Vinhos

Salada de pimentos assados, alcaparras,

Sobremesa de morangos e tomilho

98 Lista de compras

alho, cebola, queijo feta e croutons


BK02-MANUAL-by Dias.qxd:BK52-MANUAL-by Dias 5/26/11 4:29 PM Page 7

O manual do dIAZ

Uma Estória Simples DA RUA DO POÇO DO BORRATÉM, transposta a esquina onde está o Coentrolis (ou Chen), supermercado chinês que importa deliciosos tesourinhos, há umas escadas que levam ao aromático oriente. POR NUNO MIGUEL DIAS

Asim é um homem simples. Atestam-no

pormenores, diz a Sharia que o animal

para me seguir até ao topo das

alguns pormenores que saltam à vista.

deve ser morto com uma faca bem afiada

escadinhas e ir preparando o meu prato,

O aprumo de quem não é escravo dos

e que corte, de um só golpe, as carótidas,

que leva sempre mais malaguetas

ditames da moda, mais aquele à antiga,

as jugulares e a traqueia, tornando assim

(verdes), o korma de camarão ou

o das camisas a condizer com as calças

a oxigenação do cérebro impossível

o vindaloo de borrego (ou de “burégue”,

bem vincadas ou o bigode sempre

e a morte mais rápida e indolor).

como diz Ahkim), que devem ser comidos

aparado com uma precisão médica, não

Os preços são, para não dizer baratos

com a paratha (pão ázimo, que serve de

fosse ele de onde é. O jeito cândido que

(o Asim pode começar com ideias),

talher). A maioria delas é para dois dedos

vem mais da boa educação de base que

justíssimos. Isto faz com que a clientela

de conversa, acompanhados por um chá

de uma escola de hotelaria qualquer.

seja maioritariamente paquistanesa.

(com cardamomo e canela) e um ou dois

O despojamento do restaurante que gere.

Alguns sikhs. E a comitiva diplomática

pakoras de vegetais. É assim que sei que

Mas só no que toca à decoração.

iraniana. Mas já há portugueses assíduos.

o homem está cá há 14 anos. Que já teve

A exigência que coloca em cada prato,

Nas minhas primeiras incursões, já lá vão

uma empresa de construção civil, que

essa, faz com que o Taste of Punjab,

mais de seis anos, eu era o único

deixou em 2004, para abrir este espaço.

no Beco dos Surradores, 18, à Mouraria,

caucasiano (embora um pouco escurinho

Que em Mandi Baha Uddin (ou Mbdin),

seja um daqueles lugares onde se pode

a la alentejana, esse Rajastão luso,

perto de Gujarat, vive ainda a família.

comer “comida da avó”. Uma avó

reconheço). Fiquei logo a saber que

Que não trás para cá: “Para quê? Entro

paquistanesa, claro. Os ingredientes são

se comia ali Mão de vaca com grão (caril

aqui às onze da manhã e saio, com sorte,

sazonais e comprados, diariamente, em

de). Hoje, sou amigo da casa.

às onze da noite. Não poderia estar com

pequenas quantidades. A carne é halal

E gosto. Passo por ali inúmeras vezes.

eles. Assim, ao menos, estão com

(permitida) – não é haraam (proibida),

Nem sempre para comer um dos muitos

a família mais próxima. Mando

portanto – ou seja, está em conformidade

pratos deliciosos (quase todos) como

o dinheiro.”. Não deve ser muito. Porque

com a Sharia, a lei islâmica que rege,

a mítica carne picada com ervilhas

o restaurante nunca está muito cheio.

entre muitas outras coisas,

(unânime best seller da casa, graças

Nestas coisas, os apreciadores são poucos.

o método de abate dos animais e que,

à mágica mão de Mohammad,

Mas bons. Como o Asim. Sim, o Asim é,

se não for cumprida, torna a carne

o cozinheiro que, quando me vê passar

sobretudo, boa pessoa. Que também já

impura (sem querer entrar em grandes

no Martim Moniz deixa os seus afazeres

são poucas. Ou então é de mim.


MK2011-VALORES BLUE.qxd:BT- ISTOÉBLUE-00.qxd 5/26/11 4:33 PM Page 4

M I SS ÃO B LU E | O S N O SS O S VA LO R E S

PORQUÊ MUDAR?… Revendo-se na mudança que desponta no mundo, a Blue será mais solidária com os valores inerentes às “boas práticas”. Solidariedade, Sustentabilidade e Consciência, são algumas das palavras de ordem. Mantendo a qualidade que o mercado sempre lhe reconheceu, responderá através da sensibilização e da criação de soluções ajustadas à realidade, quer para o universo dos seus leitores, quer para as marcas que estiverem a seu lado. Juntos percorreremos esse caminho.

CONSUMO INTELIGENTE O novo paradigma do mercado assim o exige.

PRÁTICAS CONSCIENTES Por uma sociedade mais verdadeira.

SUSTENTABILIDADE Para um Mundo à escala humana.

SOLIDARIEDADE Porque não estamos sozinhos.

MÉRITO Premiar e promover quem merece.

DEFESA DO PLANETA Um bom testemunho para as próximas gerações. Os nossos filhos merecem e aí seremos intransigentes!


MK2011-VALORES BLUE.qxd:BT- ISTOÉBLUE-00.qxd 5/26/11 4:33 PM Page 5

…POR UMA VIDA NOVA!

II SÉRIE

II SÉRIE

II SÉRIE

MENSAL

BIMESTRAL

BIMESTRAL

New! UMA NOVA MARCA, UMA NOVA REVISTA

[ BY BLUE ]

Mais do que querer muito, do que ser grande ou mesmo enorme, é ser IMENSO. É ter vontade de mudar, de fazer, de ser, de estar, de marcar cada momento do dia-a-dia, criando à nossa volta um movimento de boas atitudes, boas práticas e maior consciência, uma corrente com uma aura positiva, generosa, universalista e aglutinadora que chegue a muitos, a todos!

Mensal IMENSO é tudo o que já se faz e tudo o que falta fazer!


BK02-ISTO É BLUE:BK-BOAS IDEIAS1 5/26/11 12:56 PM Page 10

Isto é blue | Vitaminas

Saladas e sanduíches do Vitaminas reconhecidas como “Sabor do Ano 2011”

VITAMINAS | SABOR DO ANO

Vitaminas dentro de si… Os consumidores provaram e aprovaram as duas saladas, Frango e Legumes e Havaiana, e as duas sanduíches, Frango e Ananás e Mozzarella e Pesto, como “Sabor do Ano 2011”. Ao serem distinguidas com esta certificação, nas categorias de “Saladas” e “Sandes”, respectivamente, por aqueles que verdadeiramente os apreciam, os consumidores, as saladas e sandes “Sabor do Ano” do Vitaminas, passaram com distinção na mais rigorosa prova em análise sensorial, a prova cega, que teve como critérios de avaliação o aspecto, o odor, a textura e o gosto. Comentários como “aspecto excelente, extremamente saborosa, legumes de qualidade, muito saborosos, massa com boa textura” ou “uma salada fria de comer e chorar por mais”, foram algumas das observações feitas pelos consumidores relativamente às saladas. As sanduíches também não foram excepção na escolha dos consumidores, “a textura é muito boa, o pão é excelente e os ingredientes parecem bastante frescos” ou “o molho pesto e a rúcula conferem-lhe um odor bastante agradável e é extremamente saborosa”. O Vitaminas posiciona-se com um restaurante de alimentação saudável e o seu conceito passa por oferecer uma refeição rápida e equilibrada, a partir de uma vasta selecção de ingredientes frescos e de qualidade. Com uma rede de 53 restaurantes espalhados por todo o país, o Vitaminas tem ao dispor dos seus clientes um menu que inclui saladas variadas, sandes, sopas, sumos naturais e sobremesas light.

10

B L U E

C O O K I N G


BK02-ISTO É BLUE:BK-BOAS IDEIAS1 5/26/11 12:56 PM Page 11

Yo! Sushi | Isto é blue

YO! SUSHI | NOVIDADE EM PORTUGAL

YO!!!! Venha conhecer! Fundado em 1997, YO! Sushi tornou-se na mais original e famosa marca de sushi no Reino

Para acompanhar todas as suas delícias

Unido, tendo aberto o seu primeiro restaurante no Soho, em Londres. Sempre localizado

o YO! Sushi disponibiliza vinho a copo

nos bairros mais atractivos de Londres, o YO! Sushi tornou-se uma referência para

ou de garrafa, sake, cerveja japonesa

as celebridades e até para as emissões televisivas da MTV.

ou chá verde.

Actualmente, a marca possui 54 restaurantes no Reino Unido, dois na Irlanda

Para experimentar, basta sentar-se

e oito no Médio Oriente. Agora, acaba de chegar a Portugal, com a abertura do primeiro

e tocar na campainha que “gritará” uma

restaurante no Forum Sintra. Entre sopas, arrozes, noodles, saladas, pratos japoneses, frios

ordem em japonês até que o empregado

e quentes, o YO! Sushi oferece cerca de 80 pratos que pretendem democratizar a cozinha

o atenda!

japonesa. O preço está definido de acordo com a cor dos pratos, que são levados ao cliente num

www.yosushi.com

tapete rolante, podendo este tirar os pratos que mais lhe agradam. Preparados diariamente por uma equipa liderada pelo Chefe Miguel Oliveira, os pratos percorrem o kaiten, nas suas diferentes cores e de acordo com o preço (verde: 1,50€; azul: 2€; roxo: 2,50€; laranja: 3€; rosa 3,50€; vermelho: 4€ e cinzento: 5€), para facilitar a escolha. Mas também existe serviço a la carte.

B L U E

C O O K I N G

11


BK02-ISTO É BLUE:BK-BOAS IDEIAS1 5/26/11 12:57 PM Page 12

Isto é blue | SushiCafé Avenida

HORÁRIO: Almoço, de segunda a sábado, das 12h30 às 15h30 Jantar, de segunda a quinta, das 19h30 às 24h Sexta e sábado, das 19h30 às 2h Fecha ao domingo

Concebido pelo reputado atelier de arquitectura Saraiva & Associados, assim que se entra no SushiCafé Avenida sente-se o conforto e o ambiente cosmopolita. Mas a originalidade não fica por aqui... O SushiCafé Avenida está organizado em quatro ambientes distintos: o Bar, o Sushi Bar, a zona de refeições e a zona japonesa. Atendendo à privilegiada localização, o Bar é o cartão de visita do restaurante. Os dourados e o branco predominam, tornando este local ideal para um after-work drink ou um copo antes do jantar. O primeiro Sushi Bar, logo à entrada, está desenhado para os amantes de sushi e da sua confecção, que preferem optar por uma refeição mais rápida ou mesmo para tirar dicas sobre a cozinha japonesa. O SushiCafé pretende com este Sushi Bar criar a nova “barra” da Avenida da Liberdade. Mais recatada, ao fundo, a zona SUSHICAFE AVENIDA | SUSHI NA AVENIDA DA MODA

Inovação, modernidade e sushi Preparada pela equipa principal do Grupo SushiCafé, um sólido conjunto de Chefes com formação superior, experiências profissionais em hotéis de cinco estrelas e passagem por reputados restaurantes japoneses, a carta inclui pratos que oferecem experiências gastronómicas singulares, baseadas em cozinha molecular e texturas várias. O resultado final é uma ementa eclética, que inclui especialidades da gastronomia japonesa que não existem em Portugal, entre elas, Guindara Goma, bacalhau de pele negra com molho de sésamo, e Buta Shoga, barriga de porco cozinhada a baixa temperatura. As palavras do Chefe Daniel Rente, responsável pela cozinha do SushiCafé Avenida, no grupo desde 2007, mostram a dedicação que a carta do novo restaurante representa: “A partir da experiência que eu e a minha equipa temos vindo a desenvolver, preparámos um conjunto de pratos exclusivos para que os nossos clientes possam conhecer e apreciar a verdadeira cozinha japonesa.”.

12

B L U E

C O O K I N G

de Refeições do SushiCafé Avenida tem diferentes moods unificados por um candeeiro que predomina numa oval assimétrica conferindo um dinamismo discreto às mesas e cadeiras e aos sofisticados sofás que completam o ambiente. A zona Japonesa é um local descontraído, com um fundo de contraste da chapa metálica escura de onde sobressaem luminosas flores de cerejeira. O SushiCafé Avenida é o novo espaço da Lisboa urbana, de qualidade reconhecida e com uma imagem forte e singular. Definitivamente um local a não perder. www.sushicafe.pt


BK02-ISTO É BLUE:BK-BOAS IDEIAS1 5/26/11 12:57 PM Page 13

Torre do Frade | Isto é blue

Um vinho de sentido gastronómico com estrutura e equilíbrio bem conseguido

UM SABOR INESQUECÍVEL A herdade da Torre do Frade representa uma sociedade agrícola familiar no Alto Alentejo e tudo o que produz tem a garantia de elevada qualidade. Carne, cereais, cortiça, mel e vinho são verdadeiros produtos gourmet, que orgulham Portugal e deliciam os mais refinados apreciadores. Em final de Abril, a herdade presenteou o mercado com o seu rótulo Torre do Frade Viognier, Colheita 2010, e o lançamento, que contou com o acompanhamento da arte culinária do Chefe Gemelli, revelou uma óptima prova e características irrepreensíveis. Um vinho de sentido gastronómico com estrutura e equilíbrio bem conseguido, onde a frescura do vinho e a vivacidade da fruta se fundem de forma harmoniosa com a madeira e a untuosidade do Viognier. Esta casta, com origem na região francesa da Cote du Rhône, tem ganho destaque no Alentejo, pelo intenso aroma e estrutura. E, no que toca ao Torre do Frade Viognier 2010, apresenta um nível de frescura acima da média. Disponível na versão Reserva, para os tintos, e Viognier, para os brancos, o preço ronda os 19 euros nas lojas especializadas, mas encontra-o também nas cartas dos melhores restaurantes de Portugal. Um vinho especial para grandes momentos, a merecer rasgados e sentidos elogios.


PUB (230x275):Layout 1 5/26/11 2:24 PM Page 1

Medalhas de Ouro: International Wine Challenge 2008 Decanter World Wine Awards 2009 Vinalies Internationales 2009 e 2010 Challenge International du Vin 2011

Porto Ferreira Tawnies Velhos

UM DIA QUEREMOS COISAS ÚNICAS

Um dia sentimo-nos preparados para vivências mais exigentes. Em que o paladar nos pede gostos mais apurados, maior elegância e complexidade de aromas. Dias em que queremos apreciar o melhor, só o melhor, como o carácter de excepção dos Vinhos do Porto Ferreira Tawnies Velhos.

Seja responsável. Beba com moderação.


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 10:59 AM Page 1

qlink

www.sograpevinhos.eu


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:16 PM Page 16


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:04 AM Page 1

qlink

www.tefal.pt


PUB

BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:16 PM Page 18

Espargos e cogumelos salteados com bacon e malaguetas TEMPO DE PREPARACAO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 15 MIN. RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

2 molhos de espargos 300 g de cogumelos 150 g de bacon 3 dentes de alho picados 1 malagueta verde 1 malagueta vermelha Salsa q.b. 1 c. de azeite Sal e pimenta q.b.

1. Retire os talos aos espargos, corte em pedaços pequenos, os cogumelos em quartos e as malaguetas em fatias ou, se não gostar de comida picante, corte-as ao meio e, com a ajuda de uma colher de café, puxe as sementes.

2. Coloque uma colher de azeite na Actifry, em seguida adicione os dentes de alho, e programe 2 minutos. Junte o bacon, os espargos, as malaguetas e os cogumelos. Programe mais 12 minutos.

3. Polvilhe com salsa picada, tempere a gosto com sal e pimenta, e sirva com torradinhas.

18

B L U E

C O O K I N G


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:17 PM Page 19

A sua Actifry permite-lhe cozinhar inúmeras receitas saudáveis, ideais para preparar a chegada do verão!


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:18 PM Page 20


PUB

BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:18 PM Page 21


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:18 PM Page 22


PUB

BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:19 PM Page 23

Escolha ingredientes frescos, combine-os com critério e faça acompanhamentos deliciosos para as suas refeições. Tudo, num abrir e fechar de olhos!

>>>

Salada de batata salteada com presunto e mostarda

1. Corte as batatas em quartos, deixando a casca, e as cebolas em fatias finas. Verta para dentro

TEMPO DE PREPARACAO 45 MIN. | TEMPO TOTAL 45 MIN.

da Actifry a colher de azeite. Adicione as cebolas

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

e o alho, e programe 2 minutos. Em seguida, junte as batatas e programe 40 minutos.

1 kg de batatas para assar 150 g de presunto

2. Minutos antes do tempo terminar, adicione

2 cebolas roxas

o presunto rasgado em pedaços e o cebolinho picado.

2 dentes de alho picados

Tempere com um pouco de sal e pimenta.

2 c. sopa de mostarda

Quando o tempo terminar, junte a mostarda

Cebolinho q.b.

e programe mais um minuto. Sirva de imediato.

Sal e pimenta q.b. 1 c. de azeite

>>>

B L U E

C O O K I N G

23


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:19 PM Page 24

SALADA DE BATATA PRESUNTO E MOSTRARDA Sugestão doSALTEADA mês COM | Tefal

24

B L U E

C O O K I N G


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 5/25/11 4:20 PM Page 25

Sugestão do mês | Tefal

B L U E

C O O K I N G

25


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:27 PM Page 26

SALADA DE BIFE COM VINAGRETA DE GENGIBRE, LIMA, CHALOTAS E COENTROS COM MALAGUETAS


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:28 PM Page 27

I D E I A S

F R E S C A S

|

S A L A D A S

Frescura à sua mesa

NESTA ÉPOCA DO ANO, apetece-nos receitas leves, com ingredientes frescos, e que nos deixem de bem com a vida e com o calor. Escolha uma destas receitas para cada dia da semana e sinta-se em forma por muito mais tempo. RECEITAS E PRODUÇÃO MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTIDA POR ALEXANDRA DURÃO E MARIANA CASTELLO-BRANCO

B L U E

C O O K I N G

27


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:38 PM Page 28

Ideias frescas | Saladas

Salada de bife com vinagreta de gengibre, lima, chalotas e coentros com malaguetas

Salada de pimentos assados, alcaparras, alho, cebola, queijo feta e croutons

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 20 MIN.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

2 bifes da vazia com 250 g cada

1 embalagem de pimentos assados

2 cháv. de rúcula

1 cebola vermelha picada

1 lima

2 dentes de alho picados

2 chalotas

3 c. sopa de azeitonas pretas às rodelas

2 c. sopa de gengibre ralado

2 c. sopa de alcaparras

3 c. sopa de coentros picados

Sal grosso q.b.

1 malagueta vermelha

Azeite q.b.

8 c. sopa de azeite

Vinagre q.b.

2 c. sopa de vinagre de cidra Sal e pimenta q.b.

1. Corte os pimentos em tiras. Pique a cebola, os dentes de alho, e misture tudo numa taça. Junte as azeitonas

1. Tempere os bifes com sal e pimenta. Grelhe numa

e as alcaparras.

frigideira ou grelhador num fio de azeite. Corte em fatias. Reserve.

2. Tempere a gosto com sal grosso, azeite e vinagre. Deixe descansar durante cerca de 10 minutos e sirva

2. Pique as chalotas, coloque numa taça e, para dentro dela, rale a casca da lima, junte os coentros picados, o gengibre ralado e a malagueta vermelha em fatias. Junte o vinagre e o azeite em fio, mexendo com a ajuda de um batedor de varas.

3. Misture a carne na vinagreta, em seguida coloque numa travessa a rúcula, e, por cima, coloque a carne. Sirva de imediato.

Página

28

B L U E

C O O K I N G

26

simples, com atum, queijo feta…


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:28 PM Page 29

MOUSSE RAPIDA DE LIMAO


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:28 PM Page 30


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:37 PM Page 31

Ideias frescas | Saladas

Salada de mozzarella, tomate, rabanetes e mistura de sopa deliciosa TEMPO DE PREPARAÇÃO 10 MIN. | TEMPO TOTAL 10 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

2 mozzarellas 4 tomates médios 5 rabanetes Mistura de verdes q.b. Sal e pimenta q.b. Azeite q.b. Vinagre balsâmico q.b.

1. Corte as mozzarellas em fatias, assim como os tomates e os rabanetes. Coloque numa travessa a mistura de verdes e por cima os restantes ingredientes.

2. Tempere com sal e pimenta, e regue com azeite e vinagre balsâmico a gosto. Deixe arrefecer e guarde no frio até servir.

Salada de quinoa com feta e pimentos TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

200 g de quinoa 200 g de feta Cebolinho picado q.b. 1/2 pimento amarelo

1. Cozinhe a quinoa conforme as instruções

1/2 pimento verde

da embalagem. Pique os pimentos e a cebola.

1 pepino pequeno

Corte os tomates e o pepino ao meio, depois em quatro,

100 g de tomate cereja

e corte em fatias finas.

1 cebola Sal e pimenta q.b.

2. Numa taça junte todos os ingredientes e tempere

Azeite q.b.

a gosto com sal, pimenta, azeite e vinagre. Sirva fria

Vinagre q.b.

ou à temperatura ambiente.

B L U E

C O O K I N G

31


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:30 PM Page 32

Ideias frescas | Saladas…

>>>

1. Cozinhe a massa conforme as instruções da embalagem. Escorra, regue com um fio de azeite e deixe arrefecer. Enquanto a massa coze, frite numa frigideira antiaderente o bacon, até ficar bem tostadinho.

2. Coloque a massa numa taça. Junte o bacon, o queijo esfarelado, os coentros e as azeitonas. Tempere a gosto com sal e pimenta, e sirva fria ou à temperatura ambiente.

Salada de arroz com camarões TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

2 cháv. de arroz paraboiled cozido 300 g de miolo de camarão cozido 1 lata de milho 3 c. sopa de salsa picada 1 pimento vermelho picado 1 cebola picada Sal e pimenta q.b. Azeite q.b. Vinagre q.b.

1. Numa taça, disponha o arroz previamente cozinhado.

Salada de cotovelos, bacon, queijo de cabra e coentros TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

Junte o camarão, também ele cozido e temperado com sal e pimenta. Adicione o milho escorrido, o pimento bem picado, assim como a cebola e a salsa.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

2. Tempere tudo a gosto com sal, pimenta, azeite e 400 g de massa cotovelos

vinagre. Sirva fria ou à temperatura ambiente.

200 g de bacon 150 g de queijo de cabra 4 c. sopa de azeitonas pretas às rodelas 2 c. sopa de coentros picados Azeite q.b. Sal e pimenta q.b.

32

B L U E

C O O K I N G

dica blue Pode servir esta salada com

>>>

maionese ou molho cocktail.


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:30 PM Page 33


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:30 PM Page 34

34

B L U E

C O O K I N G


BK02-IDEIAS FRESCAS.qwd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:36 PM Page 35

Ideias frescas | Saladas

Opte sempre por legumes nacionais e consuma o que é próprio da estação.

>>>

Salada de couve-flor, tomate, brócolos e cebola

1. Arranje os brócolos e a couve-flor em floretes, cozinhe em água a ferver temperada com sal.

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

Não deixe cozer muito para não se desfazerem.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

Escorra e deixe arrefecer.

300 g de brócolos

2. Corte os tomates em fatias, assim como a cebola.

300 g de couve-flor

Junte aos brócolos e couve-flor e tempere a gosto com

4 tomates

sal, pimenta, azeite e vinagre. Leve ao frio até servir.

2 cebolas vermelhas Sal grosso q.b. Sal e pimenta q.b. Vinagre q.b. Azeite q.b.

>>>

B L U E

C O O K I N G

35


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:41 PM Page 36

7 I D E I A S PA R A A S UA SAÚ D E N O C O N T I N E N T E

Viva com equilíbrio Siga as nossas dicas e cuide diariamente da sua saúde: coma cinco frutas e/ou legumes por dia e escolha produtos ricos em vitaminas, minerais e antioxidantes.Tenha uma vida hiper saudável. RECEITAS E PRODUÇÃO MARGARIDA MAGALHÃES ASSISTIDA POR MARIANA CASTELLO-BRANCO

| FOTOS NUNO CORREIA

A BLUE CONTA COM O


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:09 AM Page 1

qlink

www.continente.pt


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:41 PM Page 38

7 receitas Continente | Ideias para a sua saúde

Sopa de beterraba, pimentos amarelos e creme de soja com sementes de abóbora

Salada de massa integral com legumes e fiambre de peru

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

400 g de esparguete integral Área Viva Continente 6 beterrabas

2 beterrabas

2 cenouras

1 cháv. de ervilhas cozidas

2 pimentos amarelos

1 alho francês

2 cebolas

200 g de fiambre de peru Equílibrio Continente

1 dente de alho

Hortelã q.b.

Azeite q.b.

Azeite q.b.

Sal e pimenta q.b.

Vinagre q.b.

Creme de soja Área Viva Continente q.b.

Sal e pimenta q.b.

Sementes de abóbora q.b. 1. Cozinhe a massa conforme as instruções 1. Descasque os legumes e corte a cenoura,

da embalagem, escorra, verta um fio de azeite,

os pimentos e as beterrabas em quadrados,

misture e deixe arrefecer.

e as cebolas em meias-luas. Esmague o alho e leve tudo a refogar em azeite, durante cerca

2. Descasque as beterrabas e corte em quadrados.

de 5 minutos, em lume brando.

Lave bem o alho francês e corte em fatias finas. Numa taça grande, misture todos os legumes, a massa

2. Cubra com água, tempere com sal e leve a cozinhar

e as fatias de fiambre de peru. Tempere a gosto com

durante cerca de 20 minutos. Quando os legumes

hortelã, sal, pimenta, azeite e vinagre.

estiverem cozidos, bata tudo num liquidificador ou com a ajuda de uma varinha.

3. A sopa deverá ficar com uma consistência grossa. Sirva fria com um pouco de creme de soja e sementes de abóbora.

3. Sirva à temperatura ambiente ou fria.


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:42 PM Page 39

SOPA DE BETERRABA, PIMENTOS AMARELOS E CREME DE SOJA COM SEMENTES DE ABÓBORA

Encontre todos os produtos em www.continente.pt ou num Continente perto de si.

SALADA DE MASSA INTEGRAL COM LEGUMES E FIAMBRE DE PERU


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:43 PM Page 40

7 receitas Continente | Ideias para a sua saúde

40

B L U E

C O O K I N G


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:44 PM Page 41

Ideias para a sua saúde | 7 receitas Continente

Aproveite os legumes da estação para fazer inúmeras receitas criativas. Escolha produtos Equilíbrio e conjugue com os legumes de forma surpreendentemente saborosa.

Pizza de legumes da estação TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 embalagem de massa filo Equlíbrio Continente 4 fatias de queijo flamengo Equilíbrio Continente 1 cebola roxa 1 courgette pequena 1 pimento verde pequeno 1 pimento amarelo pequeno Tomilho q.b. Azeite q.b. Sal e pimenta q.b.

1. Coloque quatro folhas de massa filo pinceladas com azeite em formas pequenas de tarte. Por cima, coloque uma fatia de queijo. Repita o processo por mais 3 formas.

2. Corte os legumes a gosto e divida pela formas, regue com um pouco de azeite, polvilhe com tomilho e tempere com sal e pimenta.

3. Leve ao forno por cerca de 20 minutos. Sirva com uma salada.

B L U E

C O O K I N G

41


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:44 PM Page 42

7 receitas Continente | 100% Nacional

Salteado de tofu com soja TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 20 MIN.

Hambúrgueres de atum com coentros

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 50 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 embalagem de soja congelada Área Viva Continente

2 latas de atum ao natural Continente

Molho de soja Área Viva Continente q.b.

2 abacates médios bem maduros

300 g de brócolos

1 cebola roxa

2 dentes de alho picados

1 dente de alho

1 malagueta verde

Coentros q.b.

Coentros q.b.

2 batatas

Manjericão q.b.

Farinha de trigo Área Viva Continente

1 embalagem de tofu fumado

Azeite q.b.

Azeite q.b.

Sal e pimenta q.b.

Sal e pimenta q.b. 1. Coza as batatas sem casca. Descasque os abacates, 1. Arranje os brócolos de forma a obter pequenos pés.

a cebola e o alho. Escorra o atum e coloque

Corte o tofu aos quadrados, a malagueta em fatias finas

num robot de cozinha ou numa taça.

e pique os coentros e os alhos. 2. Ao atum, junte as batatas, o abacate, a cebola e o alho, 2. Numa frigideira, salteie num pouco de azeite o alho,

assim como meio molho de coentros e duas colheres

junte os brócolos e a soja congelada. Deixe cozinhar

de sopa de farinha. Bata no robot ou com a ajuda

em lume brando por cerca de 5 minutos.

de uma varinha. Se não tiver um destes instrumentos à mão, esmague com um garfo.

3. Junte o tofu, a malagueta verde, envolva bem e junte molho de soja a gosto. Polvilhe com os coentros

3. Polvilhe as mãos com farinha e forme

e tempere a gosto com sal e pimenta. Sirva de imediato.

hambúrgueres. Coloque-os num tabuleiro e leve ao frio, durante cerca de 20 minutos.

dica blue

4. Frite os hambúrgueres numa frigideira num fio Consiga todo o sabor da cozinha caseira e tradicional com pratos super equilibrados. Escolha produtos saudáveis e tempere-os com as ervas, o azeite e os condimentos de sempre!

de azeite. Deixe cerca de 2 minutos de cada lado. Sirva com uma salada.


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:45 PM Page 43

SALTEADO DE TOFU COM SOJA

Encontre todos os produtos em www.continente.pt ou num Continente perto de si.

HAMBÚRGUERES DE ATUM COM COENTROS


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:46 PM Page 44

SOBREMESA DE MORANGOS E TOMILHO

Encontre todos os produtos em www.continente.pt ou num Continente perto de si.

44

B L U E

C O O K I N G

OMELETA DE RÚCULA, QUEIJO FRESCO E FRANGO


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:48 PM Page 45

Ideias para a sua saúde | 7 receitas Continente

Prepare-se para o verão na companhia do seu Continente, que lhe oferece inúmeros produtos para fazer uma alimentação saudável, mas plena de sabor!

Omeleta de rúcula, queijo fresco e frango

Sobremesa de morangos e tomilho

TEMPO DE PREPARAÇÂO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 15 MIN.

TEMPO DE PREPARAÇÂO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 3H15 MIN.

RECEITA PARA 2 PESSOAS | DIFICULDADE e

RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

4 ovos ómega 3/vitamina E Continente Equilíbrio

1 lata de condensado de soja Área Viva Continente

100 g de cubos de frango Continente Equilíbrio

1 embalagem de creme de soja Área Viva

2 queijos frescos baixo teor em sal Continente

Continente

Equilíbrio

1 pacote de gelatina neutra

1 a 2 cháv. de rúcula

500 g de morangos

Sal e pimenta q.b.

3 c. sopa de açúcar fino

Cebolinho, coentros e salsa q.b.

Tomilho q.b.

Azeite q.b. 1. Lave e escorra os morangos . Reduza a sumo no copo 1. Bata os ovos juntamente com sal e pimenta a gosto.

liquidificador com um pouco de açúcar e tomilho,

Junte as ervas picadas e reserve.

passando, em seguida, por um passador de rede fina. Misture os morangos com o condensado.

2. Corte os queijos em fatias. Aqueça um fio de azeite numa frigideira antiaderente. Verta os ovos batidos

2. Aqueça ligeiramente o creme de soja e dissolva

e deixe que solidifique no fundo e nos lados.

a gelatina com a ajuda de batedor de varas.

Com uma espátula, empurre dos lados.

Junte esta mistura à mistura anterior de morangos.

3. Quando achar que já consegue dobrar um lado por

3. Verta esta mistura em formas de silicone

cima do outro, coloque numa das metades

e coloque no frigorífico. Quando estiverem bem geladas,

do ovo, o queijo, o frango aos cubos e a rúcula.

desenforme e sirva simples ou com mais morangos.

Com a ajuda de duas espátulas vá fechando ou enrolando. Sirva de imediato.

B L U E

C O O K I N G

45


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:48 PM Page 46

Através do que ingerimos e da prática regular de exercício, podemos prevenir e afastar um vasto número de doenças. Mas não é só o físico que colhe boas influências da prática de uma alimentação mais saudável, variada e equilibrada, rica em vitaminas, minerais e fibras. Quem cuida do organismo apercebe-se que a nível psicológico também se dão positivas melhorias. A capacidade de concentração, de atenção e de resposta aumenta, e as emoções são mais prazenteiras. Tudo se traduz num melhor bem-estar e maior qualidade de vida.

Comer bem não tem, porém, de implicar dietas, privações e restrições ao enorme prazer que é apreciar a comida. O Continente, além de oferecer uma vasta gama de produtos saudáveis e naturais, bem especificados, com que pode elaborar receitas saborosas e diferentes, conta com um site exclusivamente pensado para o ajudar a planear uma alimentação equilibrada.

Com o apoio de profissionais de saúde, o http://hipersaudavel.continente.pt disponibiliza informação útil, sugestões e dicas saudáveis,

Saudável e feliz!

receitas, jogos educativos para os mais novos, e outros temas da área da saúde, muitos dos quais em e-books de que poderá fazer o seu download.

46

B L U E

UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL beneficia

Dá-lhe ainda a possibilidade de efectuar

o organismo e garante o bem-estar físico.

aconselhamento nutricional on-line ou,

O corpo ganha uma nova energia e sentimo-nos

simplesmente, tirar dúvidas ou colocar uma

mais aptos a enfrentar o dia-a-dia e os seus desafios.

questão a um nutricionista. O objectivo

O stress e a vida agitada a que hoje não escapamos,

do “Hipersaudável” é motivá-lo a optar por bons

são os principais causadores de distúrbios

hábitos alimentares e a ver, por si próprio, que

alimentares e de uma nutrição deficiente,

a aventura de adoptar uma dieta mais sã faz toda

e quem vive nas zonas urbanas encontra-se ainda

a diferença na sua vida. Um site à sua disposição,

mais vulnerável às consequências.

todos os dias, sempre que quiser. e

C O O K I N G


BK-RECEITAS-CONTINENTE2011.qxd:BK-AMBIENTE 2 5/25/11 4:48 PM Page 47

Ideias para a sua saúde | 7 receitas Continente


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 5:10 PM Page 48


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:59 PM Page 49

P R O D U T O

D A

E S T A Ç Ã O

|

L I M Õ E S

Acidez q.b. ÁCIDOS, SUMARENTOS E MUITO VERSÁTEIS, os limões são um dos ingredientes chave nas nossas cozinhas. Descubra como tirar partido deste fruto em receitas mais e menos elaboradas. RECEITAS E PRODUÇÃO MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTIDA POR MARIANA CASTELLO-BRANCO


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 5:13 PM Page 50

Produto da estação | Limões

dica blue Pode adicionar bacon, tomates secos, chouriço picadinho e frito

>>>

1. Coza a massa conforme as instruções da embalagem. Enquanto a massa cozinha, rale fininha a casca dos limões. Pique as ervas a seu gosto.

2. Escorra a massa, volte a colocar no tacho onde a cozinhou junte as ervas a raspa de limão, o queijo parmesão e um pouco de natas, apenas para ligar.

Mousse rápida de limão TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 15 MIN. RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

Massa cabelo de anjo com limão e ervas

1 frasco de lemon curd 1 pacote de natas para bater frias

TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 20 MIN.

1 c. sopa de açúcar

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

Bolachas q.b.

400 g de cabelos de anjo

1. Bata as natas com a ajuda de uma batedeira eléctrica.

2 limões

Quando estiverem bem firmes adicione a colher de sopa

2 c. sopa de ervas picadas (tomilho, orégãos, salsa,

de açúcar.

coentros, alecrim...) Natas q.b.

50

B L U E

2. Junte aos poucos o lemon curd às natas

Queijo parmesão q.b.

batidas, envolvendo com cuidado. Sirva de imediato

Sal e pimenta q.b.

com bolachas.

C O O K I N G

>>>


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 5:14 PM Page 51

MOUSSE RÁPIDA DE LIMÃO


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 5:17 PM Page 52


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:55 PM Page 53

Produto da estação | Limões

A tarte de limão merengada TEMPO DE PREPARAÇÃO 1H | TEMPO TOTAL 1H

Risotto de limão, ervas, bacon e parmesão

RECEITA PARA 6 A 8 PESSOAS | DIFICULDADE e

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 embalagem de massa quebrada pronta 10 ovos

2 mãos cheias de arroz Arborio

3 c. sopa de maizena

1 cebola picada

1 cháv. de sumo de limão

150 g de bacon

1 ½ cháv. de açúcar

2 limões (sumo e raspa)

Raspa de 2 limões

Ervas q.b. (tomilho limão, salsa, orégãos…)

125 g de manteiga

Parmesão q.b.

2 c. sopa de açúcar

1 copo de vinho branco Caldo de legumes q.b.

1. Coloque a massa da tarte numa tarteira e coza-a

100 g de manteiga

sem recheio, colocando dentro dela feijões

Sal e pimenta q.b.

ou grão seco. Reserve. 1. Refogue a cebola em 2 colheres de sopa de manteiga. 2. Numa panela misture 3 ovos, mais 5 gemas, junte

Quando a cebola estiver translúcida, junte o arroz,

o açúcar, a maizena e o sumo de limão. Leve ao lume

envolva bem e adicione o vinho branco. Mexa sempre

e mexa sem parar, até obter um creme.

até o vinho evaporar. Adicione em seguida o sumo dos

Logo que começar a ferver, retire do lume e continue

limões e mexa sem parar até evaporar. Em seguida vá

a mexer. Verta esta mistura para dentro da tarte

adicionando o caldo de legumes, mexendo sempre

previamente cozida.

até evaporar. Repita este processo até o arroz estar cozinhado, cerca de 20 minutos.

3. Bata em castelo 7 claras, até ficarem bem espessas. Junte duas colheres de sopa de açúcar. Coloque por

2. Enquanto isso, frite o bacon numa frigideira

cima do creme e leve ao forno pré-aquecido a 160ºC

antiaderente. Quando o arroz estiver pronto, junte

durante cerca de 5 minutos.

o bacon, as ervas picadas, raspa de um limão, a restante

Deixe arrefecer e guarde no frio.

manteiga e queijo parmesão a gosto. Sirva de imediato.

B L U E

C O O K I N G

53


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:55 PM Page 54

Produto da estação | Limões >>>

1. Numa panela, dissolva o açúcar na água, em lume médio. Retire, acrescente o sumo, a raspa e as folhas de limoeiro. Deixe arrefecer e guarde no frio.

2. Para fazer a limonada, misture 1/4 do xarope de limão em 3/4 de água fresca. Misture bem, se gostar, junte gelo e umas folhas de hortelã ou de manjericão.

Pão de limão e papoila TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 1H 30 MIN. RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

350 g de farinha 1 c. chá de fermento ¼ c. de chá de bicarbonato de sódio 1 embalagem de natas azedas 125 ml de leite 3 c. sopa de sumo de limão 2 c. sopa de raspa fina de casca de limão 220 g de açúcar fino 2 c. sopa de sementes de papoila 125 g de manteiga 2 ovos

1. Numa taça, misture a farinha o fermento e o bicarbonato. Reserve. Noutra taça, bata a manteiga juntamente com o açúcar, a raspa de limão e os ovos. Bata até obter uma mistura homogénea.

Limonada de verão TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 20 MIN.

2. Em seguida, junte as nata azedas, o leite e o sumo

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

de limão. Bata bem e adicione as sementes de papoila. Junte aos poucos a farinha e verta esta mistura para

250 g de açúcar

dentro de uma forma de bolo inglês, previamente

½ cháv. de água

untada.

Raspa de um limão 1 cháv. e meia de sumo de limão

3. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante cerca

2 a 3 folhas de limoeiro pequenas

de 50 minutos ou até quando inserir um palito

Folhas de hortelã ou de manjericão

54

B L U E

C O O K I N G

>>>

e este sair seco.


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:56 PM Page 55


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:56 PM Page 56

56

B L U E

C O O K I N G


BK02-LIMOES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/25/11 4:57 PM Page 57

Produto da estação | Limões

Prefira limões da praça e peça sempre que puder em rama... depois faça sumo para refrescar os dias quentes que aí vêm.

>>>

1. Tempere camarões com o sumo de limão, os dentes

Camarões panados com aioli de limão

de alho bem picados, sal e pimenta. Deixe repousar,

TEMPO DE PREPARAÇÃO 10 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

no mínimo, 10 minutos. Em seguida, passe por farinha,

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

clara de ovo e pão ralado. Coloque num tabuleiro e leve ao forno pré-aquecido, até estarem dourados.

500 g de miolo de camarão cozido Sumo de dois limões

2. Para a maionese, coloque num robot de cozinha

3 dentes de alho picados

o sumo de limão, o ovo e os dentes de alho. Combine

Sal e pimenta q.b.

e, em seguida, verta o azeite em fio, continue a bater

Farinha q.b.

muito devagar. Caso não tenha um robot de cozinha

Clara de ovo q.b.

faça a maionese com a ajuda de um batedor de varas.

Pão ralado q.b. 3. Adicione à maionese as alcaparras ou os cornichons muito bem picados. Sirva os camarões com este molho.

MAIONESE DE ALHO E LIMÃO Raspa e sumo de 1 limão 1 ovo 3 dentes de alho 1 cháv. de azeite Sal e pimenta q.b. 1 c. sopa de alcaparras ou de cornichons

>>>

B L U E

C O O K I N G

57


BK55-PARMALAT.qxd:BK-PARMALAT 50 5/26/11 9:43 AM Page 58


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:13 AM Page 1

qlink

www.parmalat.pt


BK55-PARMALAT.qxd:BK-PARMALAT 50 5/26/11 9:44 AM Page 60


BK55-PARMALAT.qxd:BK-PARMALAT 50 5/26/11 9:44 AM Page 61

Parmalat | Sugestão do mês

Fritatta de caldo verde, bacon, feta e salsa TEMPO DE PREPARACAO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 45 MIN. RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 embalagem de Nata Levíssima Parmalat | 8 ovos 1 cebola | 1 dente de alho | 200 g de bacon 1 cháv. de queijo feta | 1 embalagem de caldo verde Sal e pimenta q.b. | Salsa q.b. | Azeite q.b.

Copos de fruta, natas e avelãs TEMPO DE PREPARACAO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 20 MIN.

1. Corte a cebola em fatias e pique o dente de alho.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

Numa frigideira, refogue num pouco de azeite a cebola e o alho, quando tiverem amolecido, junte o bacon

1 embalagem de Nata para Bater Parmalat, fria

e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos. Por fim, junte

4 c. sopa de açúcar fino | 1 c. sopa de whisky

o caldo verde e cozinhe em lume brando por mais

2 nectarinas | 50 g de aveia

5 minutos, até o caldo verde perder todo o seu volume.

50 g de avelãs picadas | 50 g de açúcar amarelo

2. Numa tigela, bata os ovos, junte as natas e tempere

1. Num tabuleiro de ir ao forno, coloque as avelãs

com sal e pimenta a gosto. Pique um pouco de salsa

picadas, a aveia e o açúcar amarelo. Leve ao forno

e junte aos ovos.

por oito minutos, mexendo de vez em quando.

3. Unte uma forma rectangular e disponha dentro dela

2. Retire as natas do frio, bata com a ajuda de uma

a mistura do caldo verde. Em seguida, espalhe por cima

batedeira. Junte o açúcar aos poucos e a colher de sopa

o queijo feta esfarelado e, por fim, verta a mistura

de whisky. Corte as nectarinas em fatias. Reserve.

de ovo e natas. 3. Divida as natas por copos baixos, por cima coloque 4. Leve ao forno pré-aquecido durante cerca

fatias de nectarinas e, em seguida, polvilhe com

de 30 minutos, a uma temperatura de 160ºC. Estará

a mistura das avelãs. Sirva de imediato ou guarde

pronto quando o ovo tiver solidificado.

no frio até servir.

B L U E

C O O K I N G

61


BK55-PARMALAT.qxd:BK-PARMALAT 50 5/26/11 9:45 AM Page 62

Enrolados de beringela com espinafres, presunto e queijo mozzarella

>>> 2. Enquanto isso, corte as mozzarellas e retire a gordura às fatias de presunto. Num prato de forno, faça um fundo com o Béchamel Parmalat. Em seguida,

TEMPO DE PREPARACAO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 40 MIN.

coloque por cima de cada fatia de beringela, uma fatia

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

de presunto. Na ponta coloque uma fatia de mozzarella e algumas folhas de espinafres. Tempere a

500 ml de Béchamel Parmalat

gosto com sal e pimenta.

2 beringelas médias 8 a 12 fatias de presunto

3. Coloque os rolos no prato de forno e regue com mais

2 queijos mozzarella

Béchamel. Antes de ir ao forno, polvilhe com queijo

2 cháv. de folhas de espinafres

parmesão. Deixe cozinhar por cerca

Sal e pimenta q.b.

de 20 minutos, em forno pré-aquecido a 180ºC.

Queijo parmesão ralado q.b.

1. Corte as beringelas em fatias finas. Polvilhe com sal e coloque a escorrer durante cinco minutos. >>>

62

B L U E

C O O K I N G


BK55-PARMALAT.qxd:BK-PARMALAT 50 5/26/11 9:46 AM Page 63

?????????????????????? | ???????????????????????

B L U E

C O O K I N G

63


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:06 AM Page 64


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:06 AM Page 65

R E C E I T A S

L O W - C O S T

|

P E D R O

E

O

L O B O

Maravilhas low-cost com assinatura RECEITAS DE CHEFE a baixo custo, para mostrar a todos que nem só de ingredientes topo de gama se rodeiam os grandes cozinheiros, para fazerem a sua melhor cozinha. Diogo Noronha e Nuno Bergonse, do Pedro e o Lobo, foram os primeiros a aceitar este desafio... e maravilharam-nos!


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:06 AM Page 66

Receitas low-cost | Pedro e o Lobo

Procure ingredientes mais em conta, que sejam da época e que possam ser trabalháveis.

NUNO BERGONSE E DIOGO NORONOHA, são dois

para Londres e Barcelona, onde trabalhou no Moo e aí

jovens chefes que têm uma vivência que eu chamaria da

conheceu Diogo. Ainda teve tempo para passar por

nova geração, a vivência e a vontade de perseguir os seus

Menorca, onde trabalhou no restaurante Anakena.

sonhos. Ambos percorrem caminhos distintos no mundo da cozinha. Diogo, tirou Comunicação Social na

A vontade de regressar e de ter um negócio próprio foi

Universidade Católica, viajou pelo mundo, tirou ideias,

meio caminho andado para os dois criarem o conceito

abriu horizontes e acabou por fazer o curso no Natural

do Pedro e o Lobo. Um restaurante sofisticado, onde

Gourmet Institute for Health an Culinary Arts, em Nova

fazem uma cozinha de topo com técnicas modernas e

Iorque. Seguiu-se um estágio no aclamado três estrelas

valores da alta gastronomia, tudo isto a um preço

Michelin Per Se, de Thomas Keller, e, em Barcelona,

acessível, com um ambiente moderno dos amantes da

passou pelo Moo, dos irmãos Roca, e, em seguida, pelo

nossa Lisboa.

Alkimia de Jordi Vilá. Nuno Bergonse, fez uma caminhada mais tradicional. Tirou o curso na Escola de

LISBOA

Lisboa, passou pelo Hotel Polana, em Maputo, e pelo

TEL.: 211.933.719

Eleven e Vírgula, ambos em Lisboa. Foi então que rumou

B L U E

RUA DO SALITRE, 169

Hotelaria de Lisboa, fez escola no Ritz Four Seasons de

Penha Longa, em Sintra. Seguiram-se os restaurantes

66

RESTAURANTE PEDRO E O LOBO

C O O K I N G

WWW.PEDROEOLOBO.PT


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:06 AM Page 67

MOUSSE RAPIDA DE LIMAO


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:07 AM Page 68

Ervilhas estufadas com lulas, berbigão, bacon e hortelã TEMPO DE PREPARAÇÃO 1H30 MIN. | TEMPO TOTAL 1H30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 kg de ervilhas frescas | 800 g de lulas limpas 500 g de berbigão | 100 g de bacon fumado 1 molho de hortelã | 500 ml de óleo vegetal 4 cebolas | 4 cebolas novas | 4 ramas de aipo 3 alhos franceses | Sal fino q.b. | Azeite q.b.

CALDO DE ERVILHAS 1,5 l de água | Vagens de 1 kg de ervilhas 4 cebolas | 4 ramas de aipo 3 alhos franceses | 4 ramas de hortelã com folhas

BERBIGÃO: utilizar 500 g para 4 pessoas

ÓLEO DE HORTELÃ: Utilizar 500 ml de óleo vegetal e 40 g de hortelã

1. Cortar as cebolas, o aipo e os alhos franceses no mesmo tamanho. Suar a cebolas num tacho, sem que ganhem cor, e até atingirem um aspecto translúcido.

Basta utilizar ingredientes

2. Em seguida, adicionar as vagens das ervilhas e envolvê-las com a cebolas, durante um minuto. É importante que as vagens não percam a sua cor vibrante.

base da nossa cozinha e prepará-los

Num processo rápido, continuar a adicionar

de uma forma mais técnica, para

os restantes ingredientes, menos as ramas de hortelã. O alho francês e as ramas de aipo são introduzidos

obter pratos com esta qualidade.

no tacho ao mesmo tempo e envolvidos na restante preparação, segundos antes de introduzir a água, para preservarmos a frescura dos seus aromas.

>>>


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:07 AM Page 69

Receitas low-cost | Pedro e o Lobo

>>>

>>>

3. Uma vez introduzida a água, deixar levantar uma leve

arrefecer dentro de um banho de água gelada,

fervura e manter a mesma durante 30 minutos. Após

de forma a não perdermos a cor viva da erva.

os 30 minutos, apagamos o lume e introduzimos as ramas de hortelã, deixando infusionar o seu aroma

2. Escorremos muito bem a hortelã e colocamos num

no tacho fechado com uma tampa, durante 10 minutos.

robot de cozinha, juntamente com o óleo, e trituramos

Passados 10 minutos, passamos o caldo e reservamos,

a erva até conseguirmos chegar à textura e cor

para se utilizar na preparação das ervilhas. Com este

desejadas.

caldo, conseguimos intensificar o sabor das ervilhas na PREPARAÇÃO FINAL:

receita e damos uso às suas vagens.

1. Depois de termos todos os outros ingredientes já LULAS E BERBIGÃO:

preparados para introduzir no estufado, damos início

1. Se comprarmos as lulas já limpas, basta lavá-las para

à preparação do estufado. Começamos por picar duas

limparmos alguma sujidade que possa ter ficado

cebolas novas e intoduzimos num tacho com um fio de

e, em seguida, cortá-las da forma desejada,

azeite. Novamente, suamos a cebola, de forma a atingir

neste caso, em tiras.

um ponto translúcido. Em seguida, introduzimos o bacon e deixamos saltear até que o seu sabor se comece a sentir e a misturar com a cebola.

2. No caso do berbigão, deixamos de molho durante uma hora, mudando de água várias vezes, de forma a retirar toda a areia e sujidade que possa existir. Uma

2. Uma vez chegados a esse ponto, introduzimos

vez limpo, introduz-se num tacho com água a ferver,

as ervilhas e damos duas voltas ao tacho para

até que a sua concha abra.

misturarmos todos os ingredientes. Puxamos todo o preparado durante um minuto e depois cobrimos com

3. Retirar imediatamente da água e colocar num banho

o caldo das próprias ervilhas e adicionamos sal.

de água e gelo para arrefecer. Tanto as lulas, como o

Levantamos fervura, baixamos a intensidade do lume,

berbigão, reservamos no frigorífico até voltarmos a

para que fique muito leve, e deixamos apurar e cozer

utilizá-los na preparação final.

as ervilhas, durante 10 minutos.

BACON:

3. Passados 10 minutos, introduzimos os restantes

1. Retiramos o corato da peça de 100 g de bacon fumado,

ingredientes. As lulas, o berbigão e mais umas 4 ramas

cortamos primeiro em tiras e depois seguimos para

de hortelã com folhas, provamos e rectificamos de sal.

os cubinhos mais pequenos. Reservamos, também,

Deixamos cerca de 7 minutos ao lume, novamente

até necessitarmos para a preparação final.

a ferver, muito leve, para que cozam as lulas, o berbigão, e para apurar todos os sabores. Para finalizar, numa

ÓLEO DE HORTELÃ:

frigideira, salteamos duas cebolas novas, cortadas

1. Colocar num tacho água, sem adicionar sal. Uma vez

em quatro. Aqui, queremos atingir alguma cor e sabores

levantada a fervura, colocamos as 40 g de hortelã,

mais caramelizados, tostados. Adicionamos ao estufado

durante 30 segundos. Retiramos e colocamos para

>>>

e está pronto a servir.

B L U E

C O O K I N G

69


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:07 AM Page 70

70

B L U E

C O O K I N G


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:08 AM Page 71

Receitas Low-cost | Pedro e o lobo

Salada de pés de porco, orelha de porco, agriões e maionese de cerveja preta TEMPO DE PREPARAÇÃO 1H30 MIN. | TEMPO TOTAL 1H30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

>>>

CARPACCIO DE PÉS DE PORCO

1. Para o carpaccio de pés de porco, deixar os pés de

1,5 kg de pés de porco

porco de molho em água e gelo com um pouco de

2 cebolas

vinagre, durante 30 minutos. Escorrer bem e colocar

1 cenoura

numa panela com os restantes ingredientes. Cozer

1 alho francês

aproximadamente durante 3 horas, em fogo lento.

Louro q.b.

Assim que estiverem cozidos, desossar muito bem e

Sal e pimenta q.b.

colocar numa terrina rectangular, previamente revestida com película aderente. Deixar arrefecer no

ORELHA DE PORCO

frio durante 2 horas, até estar compacta. Assim que

200 g de orelha de porco (1 orelha)

estiver um bloco, corte na fiambreira em fatias finas.

2 cebolas 1 cenoura

2. Para a orelha de porco, coza a orelha numa panela,

1 alho francês

com todos os aromáticos durante 2 horas. Arrefecer e

Louro q.b.

cortar em juliana. Temperar com azeite, vinagre, sal,

Coentros q.b.

pimenta e pimentão doce, e, por fim, acrescentar os

Sal e pimenta q.b.

coentros picados.

SALADA DE AGRIÕES E MAIONESE

3. Para a maionese de cerveja preta, emulsione o ovo

DE CERVEJA PRETA

juntamente com o óleo, pouco a pouco. Junte a cerveja

70 g de agriões

preta e continue a emulsionar até chegar à consistência

30 g de rabanetes

desejada. Tempere com sal, pimenta e o vinagre.

50 g de alho fresco 1 ovo inteiro

4. Empratamento: Colocar o carpaccio na base do prato,

500 ml de óleo

a salada de agriões no centro, temperada com a

0,5 cl de vinagre

maionese de cerveja preta , os rabanetes e o alho fresco,

100 ml de cerveja preta

e, por fim, a orelha de porco. Colocar um pouco de

Pimentão doce q.b.

pimentão doce.

>>>

B L U E

C O O K I N G

71


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:08 AM Page 72

Receitas low-cost | Pedro e o Lobo

Nunca se esqueça que os produtos da estação são os melhores para os seus cozinhados e procure optar pelo que é português.

Merengue com morangos e gelado de nata

>>>

TEMPO DE PREPARAÇÃO 1H | TEMPO TOTAL 1H

1. Faça uma calda com a água e o açúcar, até chegar

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

aos 118º C. À parte, bata as claras em castelo e junte a este preparado a calda de açúcar em fio. Coloque

MERENGUE

uma parte do merengue num saco pasteleiro e faça

100 g de claras

pequenas esferas. Coza no forno a 100º C, durante

300 g de açúcar

40 minutos, e reserve.

50 g de água 2. Para o gelado de natas, misture bem os três 500 g de morangos

ingredientes, a ferver. Deixe arrefecer e processar este preparado numa máquina de gelados.

GELADO DE NATA 200 g de natas 30 g de açúcar 50 g de leite.

72

B L U E

C O O K I N G

>>>

3. Sirva com morangos.


BK02-PEDRO E LOBO.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 10:08 AM Page 73

B L U E

C O O K I N G

73


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:34 AM Page 74

ROTA DAS ESTRELAS

2011

À SEGUNDA EDIÇÃO, a Rota das Estrelas já é um evento obrigatório no calendário dos palatos mais afinados. Nesta primeira paragem, Benoît Sinthon, Chefe Executivo do The Cliff Bay, o anfitrião, convidou os melhores. A nata. Gente com uma agenda preenchida que não hesitou em aceitar juntar-se a esta troika de virtuosos por uns dias. É Portugal na rota dos destinos da Alta Cozinha. TEXTO NUNO MIGUEL DIAS FOTOGRAFIA NUNO MIGUEL DIAS E HENRIQUE SERUCA


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:34 AM Page 75


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:34 AM Page 76

Tour com os Chefes | Rota das Estrelas

ACEITO QUE EXISTAM OUTRAS CONCEPÇÕES de um

para palatos mais refinados. Ou, deixemo-nos de

fim-de-semana perfeito. Até porque nestas coisas do

esquisitices, para quem gosta de comer. Bem.

romantismo, cada um toma para si o que quer. E, não

Apaixonados pela cozinha que queiram conhecer a

querendo aqui fazer um extenso tratado sobre

penthouse daquilo que se faz na Alta Cozinha

assuntos mais mundanos, ao mesmo tempo que peço,

portuguesa. A anterior edição, que foi também a

desde já, desculpa, pela poesia de cariz popularucho,

primeira, deixou no ar, de imediato, a evidência de um

há sensualidade que baste no palato. Depois, prazer é

futuro auspicioso. Benoît Sinthon (Il Gallo d’Oro), José

prazer. Uns mais sobrevalorizados que outros. Mas

Avillez (Tavares), Hans Johann Neuner (Ocean), Albano

escrevia sobre “O Fim-de-semana perfeito”. Que, para

Lourenço (Arcadas), Vincent Farges (Fortaleza do

mim, passa por apanhar um avião até à ilha da

Guincho) e Joachim Koerper (Eleven), foram as Estrelas

Madeira. Onde me espera um quarto no The Cliff Bay,

da Rota 2010. Cada um destes Chefs, em cada um destes

com vista para a baía do Funchal e, lá ao fundo, as

restaurantes, preparou um menu de degustação que

Desertas. Por baixo, o restaurante Il Gallo d’Oro, um

resultava de um brainstorming conjunto, tendo em

marco da Alta Cozinha na Ilha Florida, com Benoît

conta factores como a sazonalidade, a localização

Sinthon (1 estrela Michelin em 2008) a dirigir a

geográfica, aquilo em que cada um é especializado ou,

cozinha. E, pelos vistos, a direcção (certa) da Alta

pura e simplesmente, aquilo que lhes ia na real gana,

Cozinha em Portugal. É que, não contente com tão

que é uma expressão não muito bonita (nem condizente

conceituada (e almejada por tantos) distinção,

com o assunto), mas que explica bem o que, muitas

resolveu convidar alguns dos seus “colegas de armas”,

vezes, se passa no interior de uma cozinha. Ou mesmo

e logo os melhores, para a primeira paragem da

no mercado, a cada manhã, olhando para os produtos do

edição de 2011 da Rota das Estrelas, que passará,

dia. O que interessa, afinal, é o resultado. E, a este nível,

ainda, por outros locais estratégicos. Eu, pelo menos

esse é, quase sempre, exímio. Tanto que obrigou à

(que compro, anualmente, o Almanaque Borda

repetição do evento. António Trindade, CEO do grupo

d’Água), não estava advertido para a possibilidade de

Porto Bay e um dos mentores do projecto, referiu no

ocorrência desta chuva de estrelas, capaz de iluminar

prefácio do livro (Na Rota das Estrelas, Livraria Fernando

os céus da boca mais exigentes.

Machado, www.1922LFM.com), que o objectivo era, para ele, como parte integrante de um grupo de pessoas que

76

B L U E

VAMOS POR PARTES. O que é, afinal, a Rota das Estrelas?

acreditam nas qualidades lusas, “encontrar factores de

É, no fundo, um festival gastronómico itinerante, mas

diferenciação que contribuam para o bom nome de um

C O O K I N G


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:35 AM Page 77

GILLES MARSHAL E MICHEL ROTH, DOIS GIGANTES PARISIENSES NA MADEIRA

BENOÎT SINTHON ULTIMANDO O SEU GENIAL BIFE KOBE


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:35 AM Page 78

GILLES MARSHAL, DIETER KOSHINA, BENOÎT SINTHON, MICHEL ROTH, DIEGO GUERRERO E YVES MICHOUX. HÁ TROIKAS MAIS SIMPÁTICAS QUE OUTRAS.


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:35 AM Page 79

B L U E

C O O K I N G

79


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:36 AM Page 80

Tour com os Chefes | Rota das estrelas

destino, como o é Portugal” e, pois, “juntar num percurso

porque lhe traz alegria sob a forma mais simples, esteja

por Portugal seis chefes estrelados por essa referência

mortinha por experimentar coisas tão diferentes das

mundial que é o Guia Michelin”. É claro que eu poderia

suas criações, como um corriqueiro Prego no bolo do

ter perguntado tudo isto ao próprio. Mas estávamos

caco. É que, em boa verdade, quem está obrigado a um

todos (ele também) muito ocupados a comer.

rigor extremo dá muito mais valor às coisas simples.

A EDIÇÃO 2011 DA ROTA DAS ESTRELAS teve a sua

CÂMARA DE LOBOS, Ribeira Brava (não consigo deixar

estreia neste sítio onde agora estou. The Cliff Bay,

de pensar na irónica toponímia quando ainda são bem

Funchal. E subiu uns degraus quantitativos no que às

visíveis os estragos do 20 de Fevereiro), Ponta do Sol,

estrelas concerne. Basta chegar à sala Navegantes, com

Calheta, Madalena do Mar e Jardim do Mar. O trajecto

vista para o Atlântico, onde decorre o cocktail de

não é longo mas deve fazer-se com tempo. A maresia do

apresentação, para percebê-lo. E adivinhar a intensidade

Atlântico, omnipresente do lado esquerdo, para inspirar.

dos próximos dois dias que, mesmo assim, saberão a

Lugares de paragem obrigatória, demorada, vilas ou

pouco. O Chef anfitrião, Benoît Sinthon, com uma estrela

aldeias, lugarejos e praias onde a vista é para trás, em

Michelin, conversa com Dieter Koschina, o Chef do Villa

direcção às falésias gigantescas de onde brotam

Joya, Algarve, o único restaurante português

cascatas, para gáudio (e viço) dos bananais cá em baixo.

duplamente estrelado pelo guia francês, e Diego

Há sempre um pequeno restaurante (como o Rocha Mar,

Guerrero, o Chef do restaurante El Club Allard, o novo

Sítio da Vila da Calheta, Tel.: 291.823.600), com peixes

hype madrileno, com uma estrela Michelin. Num outro

enormes na montra (ao contrário de tantos restaurantes

foco de atenção, conversam Yves Michoux, o Chef

sobredimensionados do Continente que servem peixes

Pasteleiro do Il Gallo d’Oro, e Gilles Marchal, detentor da

diminutos, de aquacultura, que raramente estão à

“patente” de todas as criações do La Maison du Chocolat,

mostra), chernes e garoupas e imperadores que são

Paris. Michel Roth, Chef do Ritz Paris, com duas estrelas

sempre uma alternativa saudável (na grelha) ao típico

Michelin, só chega amanhã, para a grande noite de

(mas pesadíssimo) Espada preto com banana. Estou

iguarias memoráveis. Sim, são estrelas. Mas ninguém se

tentado mas decidido a guardar-me para mais logo.

nega a responder a perguntas dos mais curiosos,

Talvez um pires de caramujos (burriés mas em grande).

entrevistas a estações televisivas, sempre com um

Com uma cerveja Coral, claro. Ou uma mais “correcta”

sorriso e uma boa disposição que subentende duas coisas

Brisa maracujá. Este artigo não está a muito gourmet,

numa só: a grande noite é só amanhã. O stress fica, assim,

pois não? É sol de pouca dura. Vai uma aposta?

para depois. Agora é hora de ir experimentar a famosa

80

B L U E

Espetada (com osso) com milhos fritos, no restaurante

O IL GALLO D’ORO é um restaurante despojado. Não há

Santo António (Estrada João Gonçalves Zarco, Estreito

exuberâncias decorativas que possam desviar a atenção

Câmara de Lobos, Tel.: 291.910.360). Mais uma

do prato ou do copo. Espere sempre grandes

degustação de champagne Pommery (Royal Brut, Blanc

experiências do palato de lugares assim. É regra sem

des Blancs ou Spring Rosé) e já o caminho se faz em

excepção. Ainda nem tive tempo de dissertar um pouco

amena cavaqueira. Não se estranhe se estes ilustres

mais sobre este assunto e já aí vem o primeiro prato. É

estrelados, gente realmente importante no mundo,

uma surpresa a cargo de Benoît Sinthon, não vem no

C O O K I N G


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:36 AM Page 81

DIETER KOSCHINA E DIEGO GUERRERO NUMA PROVA DE VINHO DA MADEIRA NA EMBLEMÁTICA CASA BLANDY’S E A SALA DO IL GALLO D’ORO

B L U E

C O O K I N G

81


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:36 AM Page 82

MEDALHÃO DE BIFE KOBE, DE BENOÎT SINTHON

Tour com os chefes | Rota das estrelas

MEDALHÕES DE LAVAGANTE AZUL, DE MICHEL ROTH

82

B L U E

C O O K I N G


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:37 AM Page 83

Tour com os Chefes | Rota das Estrelas

menu, esta Geleia de gaspacho com tartar de salmão e

que decidimos experimentar, extrínsecos ao certame e

lagosta e sushi de atum. Come-se de uma virada. E vira-

que integram, diariamente, a carta do restaurante, dão

se já um Anselmo Mendes Alvarinho Contacto 2010, que

mostras de genialidade a toda a prova e não só à do Guia

deverá acompanhar, também, o primeiro prato, uma

Michelin. Que se escreva, para que um dia se veja quão

entrada de Michel Roth, Medalhões de lavagante azul,

certos estávamos, aguardamos, a qualquer momento,

riviera de manga e cebola roxa. Uma ligeira variação de

algum reconhecimento adicional, o nome de Benoît

um prato que lhe concedeu as duas estrelas. Exímio. Mas

Synthon num escaparate superior, o “seu” Il Gallo d’Oro

há que esperar grandes coisas do que nos chega, agora, à

integrando uma lista que obrigue a um voo propositado

mesa. Diego Guerrero reinterpreta uma receita

até ao Funchal. E já tardaria. Até este Dão Quinta da

tradicional espanhola de uma forma, no mínimo,

Falorca Garrafeira 2003, que escolheu para acompanhar

original: Ovo surpresa com pão e pancetta sobre creme

a sua criação, foi genial. Porque foi muito bem com a

ligeiro de batata. À primeira vista, uma espécie de

carne, mas é perfeito para embalar conversa e papilas,

folhado apetitoso que, uma vez cortado, solta a gema

enquanto esperamos pela sobremesa, a cargo do

que estava no seu interior, o tal ovo surpresa que

chocolateiro de serviço, Gilles Marshal. Mousse de

conjuga, como que por magia, todos os outros sabores.

chocolate (com fumo) e avelãs. Pouco sonante? Digamos

Muda-se a corrente, muda-se o vinho e este branco

que seria preciso toda uma vida para voltar a provar

duriense Aneto Reserva 2009 auspicia os bons

algo igual. E ainda falta o Saint Honoré de framboesa em

momentos seguintes. Até porque o próximo nome é

cloche de açúcar, da autoria da prata (ou ouro?) da casa,

sonante. E não é todos os dias que podemos provar do

Yves Michoux, e já os charutos Montecristo e balões de

génio de Koschina. Hoje é o dia. Filete de salmonete,

Remy Martin vsop (sugestão do Chef) rodam pelos

ragout de polvo da costa e ravioli de alho negro, um

convivas. Nesta fase, já a noite vai alta e as conversas

espectáculo de pirotecnia gustativa, o “Grande Chefe”,

são como as luzes de um Funchal noctívago, lá ao fundo.

como lhe chama o colega mas, sobretudo, amigo Sinthon

Sinthon e Koschina, mais que colegas, amigos,

(uma analogia aos índios e cowboys que fizeram o seu

conversam. Ambos fazem parte da prestigiada

imaginário de criança), a puxar dos seus galões. Sinthon,

Associação Internacional dos Discípulos D'Escoffier e o

esse, é, na minha opinião, demasiado humilde. Há nele,

primeiro é o seu representante oficial em Portugal.

durante estes dias, um sorriso pueril de quem olha para

Mesmo depois de um dia inteiro em estreita

os seus ilustres convidados como se estes fossem, sim,

colaboração, pensando e preparando (imagino que com

colegas, mas também um pouco os seus heróis. Por outro

uma minúcia de invejar engenheiros aeronáuticos)

lado, pode ser apenas que o homem seja, de facto, um

criações para o serão, têm coisas que pôr em dia. Diego

daqueles anfitriões cuja primeiríssima preocupação é

Guerrero e Michel Roth conversam no inglês possível. As

fazer com que os amigos se sintam como em casa. Acabo

papilas gustativas de todos os presentes, porém, sabem

por optar pela segunda. De qualquer forma, Benoît, meu

bem que falam uma linguagem universal. E eu sei

caro, o Medalhão de bife kobe, batatas maxim com

agora... Se, com a Rota das Estrelas, Portugal não fizer

cogumelos morille e bacon com legumes da primavera

parte do calendário gastronómico mundial... é porque há

foi, na sua simplicidade e minimalismo, muito mais

gente muito distraída!

surpreendente que apenas cumpridor. Os outros pratos

B L U E

C O O K I N G

83


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:37 AM Page 84

Tour com os Chefes | Rota das Estrelas

A CONSTELAÇÃO, ESTRELA A ESTRELA BENOIT SINTHON, RESTAURANTE IL GALLO D’ORO É francês mas tinha uma avó italiana. Foi ela que, em incursões ao Vieux Port de Marselha, para escolher peixe, lhe transmitiu a paixão pela cozinha mediterrânica, ainda em muito tenra idade. Rechegude e Joigny, com uma e três estrelas Michelin, respectivamente, foram os dois restaurantes mais sonantes onde esteve, antes de 1994, quando passou pelo Funchal, no hotel Reid’s, e onde regressou em 1998, para assumir o comando da cozinha do hotel Savoy e, mais tarde, pela Casa Velha do Palheiro. Em 2004, torna-se o Chef Executivo do The Cliff Bay, e, bastaram quatro anos para que os “inspectores” do Guia Michelin acordassem em conceder-lhe uma estrela, distinguindo, essencialmente, três pratos presentes no menu do Il Gallo d’Oro: Trio de lavagante, espargos verdes e cogumelos selvagens, Filete de pregado curado recheado com vieiras, molho de caviar e medalhão de lavagante, e a inesquecível Sinfonia de chocolate. www.portobay.com

austríaco mas prefere falar em português (inglês não). Não admira, estando a trabalhar no Vila Joya desde 1991. Já é tão algarvio, que um dos seus restaurantes predilectos, quando de folga de toda a complexidade e exigência que incute à sua cozinha, fica na Guia e serve franguinhos. O extremo oposto a isto é quando, todos os meses de Janeiro, reúne os melhores chefes do mundo na sua cozinha para fazer o Tributo a Cláudia, um dos mais importantes festivais gourmets da Europa. www.vilajoya.com

DIEGO GUERRERO, EL CLUB ALLARD Com formação na escola Zalbáburu, de Bilbao, este jovem Chef já está à frente da cozinha do El Club Allard desde 2003. Já recebeu inúmeros prémios e distinções mas a estrela Michelin, ganha em 2009, projectou o seu nome para outro nível. Agora, o El Club é o restaurante mais falado da capital espanhola. www.elcluballard.es

CALENDÁRIO DA ROTA DAS ESTRELAS

MICHEL ROTH, HOTEL RITZ PARIS

A Rota das Estrelas não se fica pelo Funchal. Até

Dá os primeiros passos no ano em que eu nasci, 1975 (só

Novembro, ainda há hipótese de desfrutar do melhor

podia), no L’Auberge de la Charue d’Or, famoso

que, actualmente, se faz por cá.

restaurante de Sarreguines. Dois anos bastaram para que

28 e 29 de Maio – No restaurante Ocean, do Vila Vita

fosse reconhecido como Melhor Aprendiz de França. Está

Parc, Algarve, Hans Neuner convida Albano Lourenço.

como Chef Executivo do Ritz Paris desde 2001, para o qual

22 e 23 de Junho – No Arcadas, da Quinta das Lágrimas,

já arrecadou duas estrelas Michelin, mas, para trás

Coimbra, Albano Lourenço convida Vítor Matos.

ficaram galardões igualmente importantíssimos como o

8 e 9 de Julho – No Largo do Paço da Casa da Calçada,

Meilleur Ouvrier de France e o Bocuse d’Or, para além de

Amarante, Vítor Matos convida Vincent Farges.

uma condecoração como Chevalier de l’Orde de la Légion

28 de Outubro – No Vila Joya, Algarve, Dieter Koschina

d’Hononneur.

convida Benoît Sinthon.

www.ritzparis.com

18 e 19 de Novembro – Na Fortaleza do Guincho, Cascais, Vincent Farges convida Hans Neuner.

DIETER KOSCHINA, HOTEL VILA JOYA O nome incontornável da Alta Cozinha portuguesa é

84

B L U E

C O O K I N G


BK02-TOUR COM OS CHEFES:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:37 AM Page 85

MOUSSE DE CHOCOLATE E AVELÃS, DE YVES MICHOUX

Tour com os chefes | Rota das estrelas

B L U E

C O O K I N G

85


BK02-ALTA COZINHA.qxd:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:57 AM Page 86


BK02-ALTA COZINHA.qxd:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:57 AM Page 87

Alta Cozinha | Terreiro do Paço

NO PÁTIO DAS IGUARIAS RENOVADO DOS PÉS A CABEÇA e com um novo conceito, o restaurante Terreiro do Paço surge renascido no novo Pátio da Galé. Um lugar que se quer que seja um dos mais emblemáticos da nossa bela Lisboa.

TEXTO E FOTOS NUNO MIGUEL DIAS

B L U E

C O O K I N G

87


BK02-ALTA COZINHA.qxd:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:57 AM Page 88

Alta Cozinha | Terreiro do Paço

NO CORAÇÃO DA BAIXA POMBALINA, onde em tempos

beber um copo depois do jantar ou antes de ir para a

se localizava o Paço da Ribeira, morada da família Real,

noite lisboeta. Aos almoços, durante a semana, o

eis que a cidade tem de volta um dos seus restaurantes

restaurante tem um buffet variado e saboroso, ideal

mais fascinantes, e que reabre depois de dois anos de

para quem quer comer bem e rápido, por apenas doze

obras na praça e no Pátio da Galé. O Terreiro do Paço é

euros por pessoa.

imponente pela sua estrutura arquitectónica, cheia de charme que alia uma decoração alegre e original

O ambiente do restaurante é descontraído, confortável e

recheada de obras de arte evocativas da herança

acolhedor, como todos os restaurantes devem ser, ideal

multicultural que este local sofreu. O mobiliário foi

para estar a dois ou com um grupo de amigos, com boa

especialmente desenhado para o restaurante, aliado a

música dos DJ residentes, um serviço de verdadeira

outras peças vintage. O espaço traz-nos à memória as

hospitalidade e uma localização imbatível.

antigas tabernas da época com um cunho muito tradicional, onde as toalhas de quadrados ganham

Sede do poder em Portugal desde há séculos, o Terreiro

algum destaque num espaço moderno, com um atlas

do Paço é também o local de confluência das diversas

feito de postais que ganha grande destaque enquanto

culturas do mundo português, que desde sempre teve

viajamos no tempo.

aqui a porta de entrada na metrópole. Aqui, ficava situado o Palácio Real, assim como os entrepostos

Neste novo conceito, para além da renovada decoração, a

comerciais da Casa da Índia e da Casa da Mina e da

carta também foi alvo de uma grande revolução. A ideia

Guiné. O Pátio da Galé, onde o restaurante se insere, foi

é servir comida que conforta a alma, comida de “bem-

criado na época pombalina, deve o seu nome às funções

estar” de inspiração mediterrânica e portuguesa, feita

originais, isto porque servia de albergue ao arsenal da

com base em produtos frescos e de grande qualidade,

Marinha. Um lugar cheio de história que queremos

que irão dar lugar a petiscos e pratos de fazerem crescer

agora revitalizar e fazer dele o novo ponto de encontro

água na boca.

dos amantes da nossa Lisboa.

Criada pelos chefes do Grupo Lágrimas, a ementa do Terreiro do Paço tem alguns dos pratos mais célebres

B L U E

LISBOA WELCOME CENTER

destes grandes cozinheiros, e novas criações elaboradas

LISBOA

para este projecto, que tem um cunho baseado na dieta

TEL.: 210.995.679

mediterrânica.

DAS 12H30 À 1H

De quinta a sábado, o Terreiro do Paço funciona como bar

FECHA AOS DOMINGOS

até às duas da manhã, sendo um local perfeito para

88

PRAÇA DO COMÉRCIO

C O O K I N G

TERREIRODOPACO@LAGRIMASHOTELS.COM


BK02-ALTA COZINHA.qxd:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:57 AM Page 89


BK02-ALTA COZINHA.qxd:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:58 AM Page 90

Alta cozinha | Sea me


BK02-ALTA COZINHA.qxd:BK-ALTA COZINHA 5/26/11 10:59 AM Page 91

SOPAS Creme de espargos verdes e menta Sopa do dia

ENTRADAS Carpaccio de rosbife com molho de mostarda antiga Mosaico de polvo com coulis de pimentos e aneto Pissaladiére do dia Pissaladiére de peperonata e queijo cabra Pissaladiére de cebola caramelizada, tomate e anchovas Pissaladiére de pesto de tomate seco e parmesão

MASSAS E ARROZES Arroz negro de choco Risotto de balsâmico com cogumelos e foie Raviolis negros de bacalhau com broa

PEIXES E CARNES Salmão (mi-cuit) com açorda de caranguejo, lima e gengibre Bacalhau com puré de grão e pak choi Tentáculo de polvo com batata doce e grelos Rabo de boi estufado com esmagada de batata e

SOBREMESAS

espinafres

O melhor pão-de-ló do Universo, de ovo ou de chocolate

Pernil de borreguinho com polenta cremosa

Tortinha de Azeitão com compota de maçã e lima

Bochecha de vitela com tagliatelle trufado

Mousse de chocolate com salame de chocolate

Bife de novilho, espinafres e batata frita

Tarte tatin de maçã e caramelo com gelado de yogurt

- Molho de cogumelos

O clássico leite creme da Quinta das Lágrimas

- Molho chimichurri

Tarte fina de chocolate belga e frutos vermelhos, gelado

- Molho de queijo

de baunilha Frutas

B L U E

C O O K I N G

91


BK02-CARNE ALENTEJANA.qxd:BK52-PEQUENO ALMOÇO 5/26/11 12:03 PM Page 28

À mesa com a Carnalentejana! ESTE MÊS, PROPOMOS-LHE uma receita de Chefe, para fazer para toda a família, com a sua Carnalentejana de sempre! Directamente do campo para a sua mesa, a Carnalentejana traz-lhe o melhor que se faz em Portugal. E, para que seja criativo e saiba trabalhar todas as peças de carne, a receita que sugerimos é de Rabo de Boi, uma aposta bem tenra e aveludada. Voltar às origens é sempre um prazer e, acima de tudo, um privilégio. A Carnalentejana dá-lhe isso e muito mais. Saboreie um sabor único, sob as dicas de Augusto Gemelli.

A NOSSA QUALIDADE PROVA-SE!


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:22 AM Page 1

qlink

www.carnalentejana.pt


PUB (230x275):Layout 1 5/24/11 4:49 PM Page 1


BK02 (2ÂŞ serie)-VINHOS - 5 vinhos:BK51-VINHOS 5/26/11 4:22 PM Page 95

18 vinhos | 18 receitas

C

O

M

B

I

N

A

Ç

Ăƒ

O

P

E

R

F

E

I

T

A

5

vinhos para 5 receitas Casamentos

perfeitos entre o vinho e a gastronomia.

Vinhos que melhor combinam com as receitas Cooking, para surpreender os seus convidados na hora de os abrir. Aromas e sabores para uma verdadeira harmonia.

95

B L U E

C O O K I N G


BK02 (2ª serie)-VINHOS - 5 vinhos:BK51-VINHOS 5/26/11 4:23 PM Page 96

5 receitas | 5 vinhos

Camarões panados com aioli de limão

Gazela Vinho Verde Com uma cor amarela citrino muito leve, com um ligeiro desprendimento de gás que realça os aromas, sabores e frescura do vinho. O vinho Gazela é aromático e cativante, alia às notas de citrinos e frutos tropicais uma acidez viva e estimulante, muito bem equilibrada pelo ligeiro sabor adamado. pág. 57

Massa cabelo de anjo com limão e ervas

Planalto Branco | Douro De aroma intenso e de boa complexidade, sobressaindo os citrinos, os frutos tropicais e uma ligeira mineralidade. O Planalto revela na boca uma grande harmonia e bom volume, estando novamente presentes os sabores minerais e cítricos. O seu final é longo e delicado. Deve ser servido fresco, entre 8º C e 10º C. pág. 50

Salada de bife com vinagreta de gengibre, lima, chalotas e coentros com malaguetas

Esteva Tinto | Douro Com uma forte cor rubi e um aroma com boa intensidade e harmonia, com evidência para os frutos vermelhos e os componentes balsâmicos, como resina e esteva. Na boca, tem um ataque suave e uma boa estrutura com taninos bem integrados, notando-se ainda a presença de frutos vermelhos. A acidez pág. 28

encontra-se muito bem envolvida e o seu final é elegante e harmonioso.

Salada de quinoa, com feta e pimentos

Vinha Grande Branco | Douro O Vinha Grande tem uma cor brilhante, com nuances esverdeadas. O seu aroma revela boa intensidade e complexidade, sobressaindo os frutos brancos, como a pêra e o melão, ligeiras notas florais e ainda notas de madeira. Na boca, tem boa acidez e estrutura, estando mais uma vez presentes os frutos brancos e os aromas florais, bem como a madeira muito bem envolvida. O seu final é longo e complexo. pág. 31

Salada de arroz com camarões

Duque de Viseu Branco | Dão Com uma bonita cor amarela citrino, este Duque de Viseu revela aromas muito finos, dominando os frutos maduros e citrinos, harmoniosamente combinados com notas tropicais e minerais. Na boca, é vivo e seco, com uma estrutura muito envolvente e bem equilibrada com a acidez e o álcool, predominando novamente os frutos maduros e os citrinos. O seu final pág. 32

é longo e elegante.


BK-FICHA TÉCNICA 2011:BK-FICHA TÉCNICA 2010 5/26/11 5:02 PM Page 10

OFEREÇA UMA ASSINATURA BLUE COOKING CONTACTOS PARA ASSINATURAS: Tel.: 214 142 909; Fax: 214 142 951; E-mail: assinaturas@jmtoscano.com

6 Edições

16€

6 X 3,20€ = 19,20€

12 Edições

POUPE 3,20€

31€

12 X 3,20€ = 38,40€ POUPE 7,40€ FOTOCOPIE ESTE CUPÃO E ENVIE PARA: JMTOSCANO LDA; Rua Rodrigues Sampaio N.º 5; 2795-175 Linda-a-Velha; todos os preços incluem portes de correio. NOME: MORADA: LOCALIDADE: TEL. | TELEMÓVEL:

CÓDIGO POSTAL: IDADE: PROFISSÃO:

E-MAIL: N.º DE CONTRIBUINTE

Cheque à ordem de: JMTOSCANO-Comunicação e Marketing Lda Transferência Bancária: N I B 0 0 4 5 4 0 6 0 4 0 1 0 2 9 7 2 0 7 3 1 9 , da Caixa Crédito Agricola

BLUE MEDIA Rua Vera Lagoa, n .º 12, 1649 - 012 Lisboa, Tel.: 217 203 340 | Fax geral: 217 203 349 | Contribuinte nº 508 420 237 DIRECTOR GERAL Paulo Ferreira | DIRECTORA Margarida Magalhães, margaridacooking@gmail.com DIRECTOR DE ARTE E PROJECTO GRÁFICO Pedro Antunes, pantunes@blue.com.pt | ARTE Susana Alcântara, blue.susanavaz@gmail.com; DIRECÇÃO COMERCIAL Paulo Ferreira, pauloferreirablue@gmail.com PRÉ-IMPRESSÃO Nuno Barbosa, blue.nbarbosa@gmail.com IMPRESSÃO União Europeia | DISTRIBUIÇÃO Logista | DEPÓSITO LEGAL n.º 233776/05; Registado no ERC n.º 124796 PROPRIEDADE: MBC Lazer, S.A. | Tiragem: 20.000 exemplares { INTERDITA A REPRODUÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS POR QUAISQUER MEIOS }

O seu comentário é fundamental para melhorarmos a blue Cooking a cada edição. Assim, criámos este e-mail para que nos possa apontar todos os defeitos que for encontrando na sua revista. Muito obrigado! qualidade@blue.com.pt


BK-LISTA-CONTINENTE2011:BK-INDICE 5/26/11 11:23 AM Page 98

LEGUMES/ERVAS – Beterrabas – Pimentos amarelos – Alhos – Alho francês – Cebola roxa – Courgette – Tomilho – Brócolos – Malagueta verde – Coentros – Batatas – Rúcula – Salsa – Cebolinho

FATIADOS – Fiambre de perú Equilíbrio Continente – Cubos de frango Equilíbrio Continente

FRUTAS – Abacates – Morangos

ENLATADOS – Atum ao natural – Condensado de soja Área Viva

CONGELADOS – Ervilhas – Soja congelada Área Viva

MASSAS E ARROZ – Massa integral Área Viva – Massa filo Equilíbrio Continente

SECOS (FARINHA, ACÚÇAR, OUTROS)

Fomos ao Continente e encontrámos…. Fazer as compras não tem que ser uma obrigação! Compre com critério, compre a pensar em si. Compre produtos frescos, produtos especiais, e mime-se, a si e à sua família. Faça deste ritual um despertar dos sentidos, em cada prateleira, em cada cheiro a fruta e a legumes! Programe as refeições da semana

– Sementes de abóbora – Azeite – Vinagre de cidra – Farinha de trigo Área Viva – Gelatina neutra – Açúcar

LACTICÍNIOS – Creme de soja Área Viva – Queijo flamengo Equilíbrio Continente – Tofu – Ovos Equilíbrio – Queijo fresco + cálcio Equilíbrio Continente

e vá ao Continente, onde encontra tudo o que precisa para tornar a sua casa o lugar onde todos gostam de ir!

98

B L U E

C O O K I N G

* Produtos sujeitos ao stock existente


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:29 AM Page 1

qlink

www.continente.pt


blue LINK (pub):Layout 1 6/2/11 11:33 AM Page 1

qlink

www.sograpevinhos.eu

blue cooking 2  

30 receitas com + saúde; Ideias frescas e saborosas; Receitas low-cost; A rota das Estrelas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you