Issuu on Google+

BK-BASE KAPA COOKING:BK-BASE KAPA COOKING 1/11/11 10:13 AM Page 1

N.º 54 | www.blue.com.pt

Poupar { 40 RECEITAS A 6 EUROS } Compras inteligentes Receitas familiares Ideias originais a baixo custo

SAIBA COMO SURPREENDER À MESA ROLOS DE CARNE – 6 sugestões suculentas MASSAS NO FORNO – A delícia de miúdos e graúdos FOLHADOS E TARTES – Gourmet no dia-a-dia

ALTA COZINHA

Descubra peixe fresquíssimo em Lisboa


Sensacional

Os jantares em sua casa marcam-nos sempre. Pelo bom gosto e simpatia ímpares, mas sobretudo, pela excentricidade.

Seja Responsável. Beba com Moderação.

sograpevinhos.eu


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 10:12 AM Page 1

qlink

www.sograpevinhos.eu


BK54- EDITORIAL:BK51- EDITORIAL 1/10/11 5:16 PM Page 4

blue Cooking n.º 54 www.blue.com.pt EM ANO DE CRISE E DE SUBIDA DO IVA, percorre no nosso pensamento um único propósito: POUPAR! Poupar, mas com sabor e originalidade. Assim sendo, pensámos em receitas diferentes para que possa, todos os dias, ter à sua mesa pratos diferentes, mas sempre muito saborosos.

Se é adepto de massas, surpreenda todos lá em casa com massas no forno. Receitas que pode ter prontas no congelador e que são perfeitas para servir com uma saudável salada. São pratos feitos a pensar em miúdos e graúdos, e que, com certeza, farão as delícias de toda a família.

Para os mais carnívoros e os que estão em idade de crescimento, sugerimos rolos de carne. Todos com um toque especial e que podem, igualmente, ser feitos e congelados. Assim, basta tirar pela manhã, temperar com vinho, azeite e louro, deixar a descongelar e, à noite, enquanto dá banho ou brinca com os seus filhos, terá a sua refeição pronta. Sirva com puré de batata, massa, arroz ou batatas fritas.

Se gosta de se aventurar na cozinha, aconselhamos que faça uma ou todas as receitas de massa folhada, quebrada ou filo. Tartes, empadas e afins, para quebrar a rotina e surpreender convidados exigentes.

Por fim, com o frio ainda bem presente, nada como um bolo acompanhado de um chá. No Pecado do mês, descubra algumas receitas de bolos de perder a cabeça.

Até à próxima edição, siga as nossas dicas e poupe sempre que puder, mas sempre com sabor e saúde. Margarida Magalhães mmagalhaes@blue.com.pt

4

B L U E

C O O K I N G


BK-FICHA TÉCNICA 2010:BK-FICHA TÉCNICA 2010 1/10/11 5:19 PM Page 10

OFEREÇA UMA ASSINATURA BLUE COOKING CONTACTOS PARA ASSINATURAS: Tel.: 214 142 909; Fax: 214 142 951; E-mail: assinaturas@jmtoscano.com

12 Edições

30€

12 X 3,20€ = 38,40€ POUPE 8,40€

24 Edições

55€

24 X 3,20€ = 76,80€ POUPE 21,80€ FOTOCOPIE ESTE CUPÃO E ENVIE PARA: JMTOSCANO LDA; Rua Rodrigues Sampaio N.º 5; 2795-175 Linda-a-Velha; todos os preços incluem portes de correio. NOME: MORADA: LOCALIDADE: TEL. | TELEMÓVEL:

CÓDIGO POSTAL: IDADE: PROFISSÃO:

E-MAIL: N.º DE CONTRIBUINTE

Cheque à ordem de: JMTOSCANO-Comunicação e Marketing Lda Transferência Bancária: N I B 0 0 4 5 4 0 6 0 4 0 1 0 2 9 7 2 0 7 3 1 9 , da Caixa Crédito Agricola

BLUE MEDIA Rua Vera Lagoa, n .º 12, 1649 - 012 Lisboa, Tel.: 217 203 340 | Fax geral: 217 203 349 | Contribuinte nº 508 420 237 DIRECTOR GERAL Paulo Ferreira | DIRECTORA Margarida Magalhães, mmagalhaes@blue.com.pt DIRECTOR DE ARTE E PROJECTO GRÁFICO Pedro Antunes, pantunes@blue.com.pt | ARTE Susana Alcântara, salcantara@blue.com.pt; DIRECTOR COMERCIAL Paulo Ferreira, pferreira@blue.com.pt DEPARTAMENTO DE MARKETING & PUBLICIDADE Maria Reis, mreis@blue.com.pt; Fax publicidade: 217 203 349 PRÉ-IMPRESSÃO Nuno Barbosa, nbarbosa@blue.com.pt IMPRESSÃO União Europeia | DISTRIBUIÇÃO Logista | DEPÓSITO LEGAL n.º 233776/05; Registado no ERC n.º 124796 PROPRIEDADE: MBC Lazer, S.A. | Tiragem: 20.000 exemplares { INTERDITA A REPRODUÇÃO DE TEXTOS E IMAGENS POR QUAISQUER MEIOS }

O seu comentário é fundamental para melhorarmos a blue Cooking a cada edição. Assim, criámos este e-mail para que nos possa apontar todos os defeitos que for encontrando na sua revista. Muito obrigado! qualidade@blue.com.pt


BK54-SUMARIOrever:BK54-SUMARIO 1/11/11 10:45 AM Page 6

Sumário blue Cooking n.º 54 40 | Faça agora - Massas Macarrão com espinafres e queijo Laços no forno com fiambre Conchas recheadas Lasanha de cogumelos e espinafres Canelones de salmão e espinafres Penne bolonhesa no forno Massa com atum e brócolos no forno Macarrão com frutos secos

52 | Ideia do Mês Pimentos recheados Rolo de carne com pimentos Rolo de carne, maçã e abóbora Rolo de carne com couscous, salva e bacon Rolo de carne com queijo e mostarda Rolo de carne Wellington Rolo de carne com azeitonas

28 | Sugestão do mês - Parmalat

4

Editorial

7

Manual do dIAZ

Linguini com courgette e camarão

Strudell de queijo de cabra

Beringelas no forno com queijo

Pithivier de abóbora

10 | 3 receitas com... pêras Saltimboca de pêras

64 | Todos os dias

Tarte fechada de carne

32 | Bebidas de inverno

Folhados do campo

Gratinado de batata e pêra

Chá Indiano

Tarte de couve-flor

Tarte de pêras e roquefort

Vinho quente

Tarte aberta de legumes

Chocolate quente com menta

16 | Ambiente - Norge

Irish coffee

72 Alta Cozinha

Tarte de bacalhau

Café chocolate

82 Tour com o Chef

Ceviche de bacalhau

Chocolate quente com vienense

94 Vinhos

Affogato

98 Última Hora

20 | Ambiente - Tefal Trança de sementes Buns de sementes

6

B L U E

C O O K I N G


BK54-MANUAL-by Dias:BK52-MANUAL-by Dias copy 1/10/11 5:11 PM Page 7

O manual do dIAZ

Era o vinho, era o vinho... "NAO BEBAS JOVEM, que o vinho não é ser homem, o vinho é ser animal. Cruel destino, traiçoeiro, falso amigo deste nosso Portugal", Irmãos Catita POR NUNO MIGUEL DIAS

Não é que venha a propósito. É pelo simples

é indissociável. Os sintomas são óbvios mas,

Assim assim de Chardonnay. Certo é que não

prazer de citar gente que, apesar do inegável

admitindo que possamos ter leitores mais

são as nossas castas. E não somos nenhuma

mérito, tem défice de valorização, ao contrário

distraídos, esclarecemos: Em primeiro lugar,

California, África do Sul, Chile, Argentina

do que acontece com 90% dos que têm direito

os pratos tradicionais de determinada região

ou Novo Mundo, que não têm outra hipótese

a airplay nacional. Porque alguém tinha de

só dão (ou ficam melhores, se optarmos por

senão fazer grandes vinhos com castas dos

o dizer, por muito despropositado que seja.

uma exposição menos radical), com os

outros. Portugal tem, sem qualquer dúvida

Mas vamos ao que interessa. Que é, pois,

respectivos néctares. Não vale tanto a pena

(que, a haver, só poderia advir da invejosa

o vinho. E se, por um lado, principalmente

acompanhar uma chanfana com um

Rioja ou da Bordeaux tendenciosa), dos

durante tempos difíceis (como agora), ele foi

monovarietal castelão, assim como um queijo

melhores vinhos do mundo. Que nascem,

um dos grandes inimigos de Portugal, por via

de Serpa ou da Valorosa e Fiel Vila Nogueira

como desde há séculos, das Tourigas

das suas capacidades inebriantes e potencial

de Azeitão acompanhados por um duriense

e Trincadeiras. Avançámos, critico agora,

amnésico, também foi o responsável por selar

nunca saberão ao que deviam. Isto dá-nos

com a razão que é muito minha, no sentido

amizades perpétuas e amores desmedidos,

uma certeza de refinamento gastronómico

errado. Antes de nos termos debruçado sobre

desencadear e cimentar as mais

cujo pioneirismo remontará, provavelmente,

a inclusão de uvas "alienígenas" em vinhos

apaixonantes subculturas populares (o que

a mil anos atrás, quando ainda a Velha

nacionais, deveríamos ter unido esforços pelo

seria do fado sem a Touriga Nacional) e até

Senhora "apanhava" do seu filho, corajosa

que é genuinamente nosso. Travar, lá fora,

por trazer à luz do dia incontornáveis obras

e austera figura que deveria inspirar-nos

uma feroz batalha em nome do Vinho

de arte (uma piscadela de olho ao Malhoa

ainda hoje, quando um valente tau-tau já

Português ao invés de continuar com

e ao Pessoa, que fez do Martinho da Arcada,

tarda. Chegámos, pois, no que ao vinho toca,

as mesquinhas picardias entre regiões

por via do tinto, um poiso muito mais

a um estado de perfeição que leva agora

demarcadas, que só provam a nossa

recorrente que A Brasileira, que nem a sua

a algumas "aventuras" por parte dos enólogos

pequenez. Nem sei se o Duriense é melhor

estátua impede que seja uma das piores

que os nossos vitivinicultores empregam

que o Alentejano. Sei apenas que, para

recordações que os turistas levam da capital).

e que os mais tradicionalistas criticarão.

um país com 92 mil quilómetros quadrados,

Da gastronomia portuguesa, expressão

Com a razão deles. Não é a minha porque

não é a isso que deveríamos brindar. Seja com

suprema da cultura de um país (por isso é que

gosto muito de Shiraz e Alicante Bouschet.

Castelão, Baga, Alvarinho ou Arinto!

outros há onde o hambúrguer é o rei), o vinho

Menos de Merlot ou Cabernet Sauvignon.

B L U E

C O O K I N G

7


Cozinhar de forma original por apenas quatro euros pode ser tarefa difĂ­cil, mas com a nossa ajuda tudo fica mais fĂĄcil e saboroso... siga a nossa receita do mĂŞs.


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 10:51 AM Page 1

OUTROS INGREDIENTES

"ACALHAUDES½ADO 0ACq½COCONGELADO %MBG % 

,EITE5(4 -EIO'ORDO 3ELECCIONADO #ONTINENTE %MB, % 

&ARINHASEM FERMENTOb %MB+G % 

!ZEITE b 'ARRAFA, % 

0RElOSVfLIDOSDEA DE$EZEMBRODE NOS(IPERMERCADOS#ONTINENTE SALVO RUPTURADESTOCKSOUERROTIPOGRf½CO

qlink

®

www.continente.pt

4ORTADEBACALHAU 4EMPODEPREPARAljOMIN 4EMPOTOTALMIN 2ECEITAPARAPESSOAS\$I½CULDADE„ GDEBACALHAUDEMOLHADO DES½ADOECOZIDO

EENVOLVABEM!DICIONE ENTjOOS{LTIMOS

GRDEFARINHA

EPOR½MASCLARASEMCASTELO

 DLDELEITE

5NTEUMTABULEIROEFORRECOMUMAFOLHA

GRDEFERMENTOEMPv

OVOS

DLDEAZEITE

GDECEBOLAMEDIA GDEALHOPICADO

NOZ MOSCADA PIMENTA SALQB GDEMAIONESE GDEKETCHUP

GDEAZEITONASPRETASSEMCAROlO ,EVEAOLUMEOAZEITECOMACEBOLAEOALHO

DEIXEALOURAR RETIREDOLUMEEJUNTEASGEMAS

$EPOISDEFRIO DEITEPARAUMATIGELAEJUNTE

AFARINHA OFERMENTO OLEITE OBACALHAU

INGREDIENTESNOZMOSCADA PIMENTAESAL

DEPAPELVEGETALUNTADACOMMANTEIGA

EPOLVILHADACOMFARINHA,EVEAOFORNO

gTEMPERATURADE›#DURANTEMINUTOS $ESENFORMESOBREUMPANOH{MIDO

ERETIREOPAPEL2ECHEIECOMMAIONESE

KETCHUPEAZEITONASPICADAS

%NROLECOMAAJUDADOPANO COLOQUE

SOBREUMATRAVESSA3UGESTjODECORE

COMRAMINHOSDESALSAETOMATECEREJA


BK54-PERAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 1:08 PM Page 10

3 receitas com... | Pêras

3

R E C E I T A S

C O M . . .

| P Ê R A S

E pêras! SÃO FRUTA DA ÉPOCA e encontram-se facilmente em qualquer lugar, seja na mercearia ou no supermercado. As pêras fazem as delícias de todos e, neste caso, podem ser uma sugestão diferente e surpreendente à sua mesa.

RECEITAS MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTENTES ALEXANDRA DURÃO

10

B L U E

C O O K I N G


BK54-PERAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 1:08 PM Page 11

3 receitas com... | Pêras

B L U E

C O O K I N G

11


BK54-PERAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 1:08 PM Page 12

3 receitas com... | Peras

SALTIMBOCA 12 B L U DE E PÊRAS C O

O K I N G


BK54-PERAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 1:09 PM Page 13

3 receitas com... | Pêras

Escolha o tipo de pêras que mais lhe agradar, tendo em conta que o mais comum em Portugal é a pêra rocha.

Saltimboca de pêras

>>>

TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 1H

1. Tempere os bifes com sal, pimenta e alho em pó.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

Deixe tomar gosto durante cerca de meia hora. Em seguida, coloque uma fatia de presunto sobre

8 bifes finos de vaca

o bife e numa das pontas coloque um quarto

2 pêras descascadas e em quartos

de pêra juntamente com uma folha de salva.

8 fatias finas de presunto

Enrole e prenda com um palito.

12 folhas de salva Sal e pimenta q.b.

2. Repita o processo para os restantes bifes.

Alho em pó q.b.

Frite os bifes em azeite de forma a ficarem corados.

Vinho Marsala q.b.

Regue com um pouco de vinho ou aguardente

ou aguardente Macieira

e aumente o lume de forma a evaporar.

Azeite q.b.

>>>

3. Coloque os bifes num prato de forno, junte mais algumas folhas de salva e regue com um pouco de azeite. Leve ao forno por mais 30 minutos. Sirva com batatinhas.

B L U E

C O O K I N G

13


BK54-PERAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 1:09 PM Page 14

>>>

1. Corte as batatas em fatias muito finas e coloque-as de molho. Unte com manteiga um prato de forno rectangular.

2. Faça camadas de batata alternadas com camadas de pêra e, em cada uma delas, coloque algumas fatias de alho. Tempere cada camada de batata com sal e pimenta, e de pêra, com canela e noz-moscada.

3. Regue com natas, polvilhe com queijo e leve ao forno a 180ºC, durante cerca de 1 hora.

Tarte de pêras e roquefort TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 35 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

4 pêras 4 folhas de massa filo 4 c. sopa de roquefort 4 c. rasas de sopa de açúcar amarelo Manteiga q.b.

1. Derreta um pouco de manteiga, pincele as 4 folhas

Gratinado de batata e pêra

de massa filo e disponha uma por cima da outras.

TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 1H30

Corte em quatro quadrados.

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

2. Coloque cada quadrado dentro de uma forma 6 pêras em fatias

pequena, pode ser um prato de forno, formas

4 batatas grandes em fatias finas

de tarte pequenas, etc.. Em cada uma delas coloque uma

4 dentes de alho em fatias finas

pêra descascada e cortada em quartos, uma colher de

Canela q.b.

sopa de queijo roquefort esfarelado, e polvilhe

Noz-moscada q.b.

com açúcar amarelo.

Sal e pimenta q.b.

14

B L U E

400 ml de natas

3. Repita o processo para os restantes quadrados.

2 c. sopa de queijo emmental ralado

Leve ao forno durante cerca de 30 minutos até o queijo

Manteiga q.b.

derreter e a massa ficar dourada.

C O O K I N G

>>>


BK54-PERAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 1:09 PM Page 15

TARTE DE PÊRAS E ROQUEFORT


BK54-NORGE.qxd:BK52-NORGE.qxd 1/10/11 12:57 PM Page 16

Do mar do Norte EXISTEM MIL E UMA RECEITAS, formas de cozinhar e de adaptar o bacalhau. Basta dar asas à sua imaginação e criar receitas saborosas como estas. Ideias fáceis e práticas, como, aliás, deveriam ser todas, e com bacalhau da Noruega.

16

B L U E

C O O K I N G


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 11:07 AM Page 1

qlink

www.mardanoruega.com


BK54-NORGE.qxd:BK52-NORGE.qxd 1/10/11 12:58 PM Page 18

18

B L U E

C O O K I N G


BK54-NORGE.qxd:BK52-NORGE.qxd 1/10/11 12:58 PM Page 19

Em copos ou tacinhas de vidro transparente, pode servir como entrada ou prato principal. O Ceviche de bacalhau fica sempre bem na sua mesa.

Ceviche de bacalhau TEMPO DE PREPARAÇÃO 1H | TEMPO TOTAL 1H

>>>

1. Cozinhe o bacalhau numa panela grande com leite

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

e água suficiente para o cobrir, sem tampa e em lume 1 kg de bacalhau da Noruega demolhado

médio, por 45 minutos. Escorra e deixe arrefecer.

2 chávenas de leite 1 cebola vermelha cortada em rodelas finas

2. Desfie o bacalhau para dentro de uma tigela.

1/4 chávena de salsa picada

Junte a cebola, a salsa e o tomate cereja.

1 chávena de tomate cereja

Numa outra tigela, bata com um batedor de varas

1/2 chávena de azeite

o azeite, o vinagre e o sumo das limas, e tempere

1/4 chávena de vinagre de vinho tinto

a gosto, com sal e pimenta. Adicione o molho

2 limas, sumo

ao bacalhau, misture bem e sirva de imediato.

PUB

Sal e pimenta preta moída de fresco q.b. >>>

B L U E

C O O K I N G

19


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:36 AM Page 20


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 11:15 AM Page 1

qlink

www.tefal.pt


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:36 AM Page 22

Tefal | Ambiente


PUB

BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:36 AM Page 23

TRANCA DE SEMENTES


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:37 AM Page 24

>>>

2. Quando o programa terminar, certifique-se de que a massa duplicou de tamanho. Caso não tenha levedado o suficiente, deixe mais alguns minutos dentro da cuba. Depois de estar no ponto, retire-a para uma superfície enfarinhada e divida-a em 3 partes iguais, com cerca de 250 g cada. Cubra com um pano húmido e deixe levedar por mais 20 minutos.

3. Em seguida, com as mãos enfarinhadas, bata cada bocado de massa, dobre em dois, e repita várias vezes este processo. Depois role a massa até formar uma baguete de 45 cm de comprimento. Repita este processo para as outras duas porções de massa, obtendo assim 3 rolos.

4. Divida as sementes por 3 taças diferentes. Pulverize as baguetes com água e passe-as

Trança de sementes

pelas três taças. Uma para cada tipo de semente.

TEMPO DE PREPARAÇÃO 2H | TEMPO TOTAL 2H

Faça uma trança, começando pelo meio, e entrance

RECEITA PARA 8 PESSOAS | DIFICULDADE e e

para um lado e para o outro. Calque bem as extremidades e coloque num tabuleiro de ir ao forno.

500 g de preparado de farinha de brioche

Cubra com um pano húmido e deixe levedar

300 ml de água tépida | Farinha q.b.

por mais 1 hora no forno aquecido a 40ºC.

20 g de sementes de sésamo 20 g de sementes de papoila

5. Retire a massa do forno, passe a temperatura

20 g de sementes de linhaça

para os 240ºC e, na parte debaixo do mesmo, coloque uma taça com água (cerca de 50 ml).

24

B L U E

1. Siga as instruções da embalagem e na sua máquina

Retire o pano húmido, coloque o pão no forno

de pão escolha o programa "massa".

e deixe cozer durante cerca de 30 minutos.

C O O K I N G

>>>


PUB

BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:37 AM Page 25

Escolha as sementes que mais gostar e polvilhe a parte de cima do p達o, antes de o colocar no forno.


BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:38 AM Page 26

Buns de sementes TEMPO DE PREPARAÇÃO 2H | TEMPO TOTAL 2H RECEITA PARA 8 PESSOAS | DIFICULDADE e e

500 g de preparado de farinha de pão completo ou de sementes 300 ml de água tépida Farinha q.b. 20 g de sementes de sésamo 20 g de sementes de papoila 20 g de sementes de linhaça 20 g de flocos de aveia picada

1. Siga as instruções da embalagem e na sua máquina de pão escolha o programa "massa".

2. Quando o programa "massa" terminar, certifique-se de que a massa duplicou de tamanho. Caso não tenha levedado o suficiente, deixe mais alguns minutos dentro da cuba. Depois de estar no ponto, retire a massa para uma superfície enfarinhada e divida-a em 2 partes iguais com cerca de 300 g cada. Cubra com um pano húmido e deixe levedar por mais 20 minutos.

3. Unte uma forma rectangular, de 13 x 9cm, com manteiga e coloque duas tiras de papel vegetal a fazer uma cruz no fundo da forma. Assim será mais fácil retirar os pães.

4. Em seguida, divida cada parte da massa em 6 bocados do mesmo tamanho e peso. Forme bolas e coloque na forma. Tape com papel aderente e deixe repousar por mais 1 hora.

5. Por fim, polvilhe as bolas com água e salpique cada uma delas com sementes a gosto. Leve ao forno pré-aquecido a 220ºC e, na parte debaixo do mesmo, coloque uma taça com água (cerca de 50 ml). Coza o pão por cerca de 30 minutos.


PUB

BK54-TEFAL:BK52-TEFAL 1/10/11 11:38 AM Page 27

B L U E

C O O K I N G

27


PUB

BK 54-PARMALAT:BK-PARMALAT 50 1/10/11 11:18 AM Page 28

S U G E S T Ã O

D O

M Ê S

|

P A R M A L A T

Para começar bem o ano… RECEITAS PARA TODOS OS DIAS, para que a sua rotina mude, nem que seja na cozinha. Recorra a produtos simples e práticos para que consiga cozinhar sempre algo de diferente para a sua família e amigos. RECEITAS MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA PRODUÇÃO MARIANA CASTELLO-BRANCO


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 11:27 AM Page 1

qlink

www.parmalat.pt


PUB

BK 54-PARMALAT:BK-PARMALAT 50 1/10/11 11:18 AM Page 30

30

B L U E

C O O K I N G


BK 54-PARMALAT:BK-PARMALAT 50 1/10/11 11:19 AM Page 31

Parmalat | Sugestão do mês

>>>

Beringelas no forno com queijo

1. Num tacho refogue a cebola num pouco de azeite

TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H

até esta ficar translúcida. Junte o alho picado

RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

e as folhas de louro. Deixe cozinhar por mais 1 minuto. Adicione o tomate, o manjericão e os orégãos.

2 beringelas

Tempere a gosto, com sal e pimenta. Deixe cozinhar

2 latas de tomate cubos

durante cerca de 5 minutos em lume brando.

1 embalagem de molho béchamel 500 ml 1 c. sopa de orégãos

2. Entretanto, corte as beringelas em comprimento.

2 folhas de louro

Aqueça um grelhador e grelhe brevemente as fatias

Manjericão q.b.

num pouco de azeite. Tempere com sal, azeite

3 dentes de alho picados

e pimenta.

1 cebola picada 250 g de queijo de cabra

3. Unte um prato de forno com azeite. Coloque

50 g de queijo mozzarella ralado

no fundo algumas fatias de beringela. Cubra com

Queijo parmesão q.b.

um pouco do molho de tomate, e algumas porções

Sal e pimenta q.b.

dos queijos. Repita o processo até acabar com

Azeite q.b. >>>

os ingredientes. Regue com o molho béchamel e polvilhe com queijo parmesão.

4. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por cerca de 30 minutos ou até estar dourado.

B L U E

C O O K I N G

31


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:33 PM Page 32

B E B I D A

|

B E B I D A S

Q U E N T E S

Ideal no Inverno DIAS FRIOS, mãos geladas, nada melhor do que uma bebida quente para aquecer o corpo e a alma. Faça uma viagem à volta do mundo e descubra que existe uma enorme variedade de bebidas para lhe reconfortar o espírito.

RECEITAS MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTENTES ALEXANDRA DURÃO E MARIANA CASTELLO-BRANCO


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:34 PM Page 33


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:34 PM Page 34

Bebida | Bebidas quentes CHÁ INDIANO

34

B L U E

C O O K I N G


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:34 PM Page 35

Bebida | Bebidas quentes

Chá Indiano TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 2 PESSOAS | DIFICULDADE e

2 sacos de chá indiano ou preto 2 paus de canela 6 sementes de cardamomo esmagadas 1 cravinho 1/2 c. chá de gengibre em pó 2 1/2 cháv. de leite 1 1/2 cháv. de açúcar

1. Numa panela junte 1 chávena de água, os paus de canela, o cardamomo, o cravinho, o gengibre em pó e os sacos de chá. Deixe ferver. Tape e deixe infundir por cerca de 5 minutos.

2. Adicione o leite e deixe levantar fervura novamente, durante 1 minuto. Junte o açúcar e misture para que se dissolva.

3. Pode servir com canela em pó e paus de canela.

Vinho quente TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

2 c. sopa de açúcar castanho 2 paus de canela Casca e sumo de 1 laranja 6 cravinhos 1 garrafa de vinho tinto

1. Numa panela, dissolva o açúcar numa chávena de água a ferver. Junte os 2 paus de canela, assim como a casca e o sumo de laranja, os cravinhos e a garrafa de vinho tinto.

2. Deixe ferver lentamente por 20 minutos e sirva quente, em copos, com as especiarias.

dica blue Pode acrescentar mel, fatias de limão, cardamomo ou noz-moscada a gosto

B L U E

C O O K I N G

35


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:35 PM Page 36

Irish coffee TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 15 MIN. RECEITA PARA 1 PESSOA | DIFICULDADE e

40 ml de whisky irlandês 1 c. sopa de açúcar castanho 1 café expresso Natas espessas q.b.

Num copo misture um café expresso com o whisky e o açúcar castanho, mexa para o açúcar se dissolver. Cubra esta mistura com as natas espessas e sirva de imediato.

Chocolate quente com menta TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 15 MIN. RECEITA PARA 2 PESSOAS | DIFICULDADE e

200 g de chocolate preto 500 ml de leite 150 ml de natas 4 after-eight 2 rebuçados de mentol

1, Numa tachinho, derreta o chocolate preto em pedaços juntamente com o leite, as natas e os after-eight. Mexa bem com um batedor de varas.

2. Verta a mistura para um recipiente e sirva com um rebuçado de mentol, para adoçar.


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:36 PM Page 37

Bebida | Bebidas quentes

Café chocolate

TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 15 MIN. RECEITA PARA 2 PESSOAS | DIFICULDADE e

500 ml de leite | 4 paus de canela 3 cravinhos | 1 c. sopa de essência de baunilha 100 g de chocolate preto 125 ml de café expresso

1. Numa panela leve o leite a ferver com os paus de canela, os cravinhos e a essência de baunilha.

2. Divida o chocolate em pedaços por dois copos. Verta por cima metade do café expresso bem quente e do leite com as especiarias. Sirva de imediato com uma colher, de forma a derreter o chocolate.

B L U E

C O O K I N G

37


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:36 PM Page 38

CHOCOLATE QUENTE VIENENSE

38

B L U E

C O O K I N G


BK54-BEBIDAS DE INVERNO:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 12:37 PM Page 39

Bebida | Bebidas quentes

Chocolate quente vienense TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 2 PESSOAS | DIFICULDADE e

1/3 de cháv. cacau 1/3 de cháv. de açúcar 2 1/2 cháv. de leite 1 1/2 cháv. de café forte

1. Numa panela, junte o cacau e o açúcar e vá vertendo leite e dissolvendo, cerca de meia chávena de leite é suficiente. Junte o café e, por fim, o resto do leite.

2. Mexa continuamente até estar quase a ferver, mas não pode borbulhar. Sirva em canecas ou chávenas grandes.

Affogato TEMPO DE PREPARAÇÃO 10 MIN. | TEMPO TOTAL 10 MIN. RECEITA PARA 1 PESSOA | DIFICULDADE e

2 cafés expressos 1 shot de licor 1 bola de gelado de nata ou baunilha

Numa chávena grande juntar o café com o licor e adicionar, mesmo antes de beber, a bola de gelado. Beber de imediato.

B L U E

C O O K I N G

39


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:36 PM Page 40


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:36 PM Page 41

F A Ç A

A G O R A

|

M A S S A S

N O

F O R N O

Práticas e deliciosas PODEM SER CONGELADAS, podem ser feitas de véspera. As massas no forno são a refeição ideal para uma família, um jantar de última hora, mas sobretudo, são perfeitas para quem quer poupar. RECEITAS E PRODUÇÃO MARGARIDA MAGALHAES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTIDA POR ALEXANDRA DURÃO E MARIANA CASTELLO-BRANCO


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:37 PM Page 42

MACARRAO COM ESPINAFRES E QUEIJO


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:37 PM Page 43

Faça agora | Massas no forno

Macarrão com espinafres e queijo TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

400 g de macarrão pequeno cozido 500 ml de leite 250 ml de natas 180 g de cheddar 150 g de espinafres 1 1/2 c. sopa de mostarda de Dijon Sal e pimenta q.b. Extra queijo para polvilhar

1. Coza a massa conforme as instruções da embalagem. Num tacho misture o leite, as natas, o queijo e os espinafres. Deixe ferver e retire de imediato.

2. Numa tigela misture a massa com o molho de natas e espinafres, tempere com sal e pimenta, envolva bem e, em seguida, coloque num prato de forno. Polvilhe com queijo.

3. Leve ao forno durante cerca de 15 minutos com o grill a funcionar. Sirva com uma salada.

Laços no forno com fiambre TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

>>>

400 g de laços cozidos e escorridos

1. Numa tigela, misture o béchamel com a mostarda

300 ml de molho béchamel

em grão. Junte o fiambre, a salsa, o queijo parmesão

2 c. sopa de mostarda com grão

a gosto e tempere com sal e pimenta.

250 g de fiambre aos cubos 3 c. sopa de salsa picada

2. Coloque a mistura anterior num prato de forno

Queijo parmesão ralado q.b.

e leve a gratinar durante cerca de 15 minutos, com

Sal e pimenta

o grill ligado. Sirva com uma salada de rúcula.

>>>

B L U E

C O O K I N G

43


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:38 PM Page 44

Faça agora | Massas no forno

Faça estas receitas e congele embrulhando os pratos em papel aderente. Assim terá refeições sempre prontas no seu congelador.

Conchas recheadas

>>>

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

1. Numa frigideira, refogue em azeite a cebola

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

com os dentes de alho. Quando estiverem amolecidos, junte o chouriço picado, deixe fritar durante 2 minutos

400 g de conchas cozidas

e por fim adicione a couve em fatias finas.

1 cebola picada

Deixe cozinhar em lume brando até a couve estar

2 dentes de alho picados

cozinhada. Tempere a gosto, com sal e pimenta.

1 chouriço picado 1 couve portuguesa em fatias

2. À mistura da couve, junte o requeijão e a mozzarella

1 requeijão

em cubos. Recheie as conchas com esta mistura.

1 mozzarella em cubos 1 frasco de molho de tomate a gosto

3. No fundo de um prato de forno coloque molho

Manteiga q.b.

de tomate pronto, disponha as conchas recheadas

Sal e pimenta q.b.

por cima, espalhe manteiga , polvilhe com queijo

Queijo parmesão q.b.

parmesão e leve ao forno por cerca de 20 minutos.

Azeite q.b.

44

B L U E

C O O K I N G

>>>


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:38 PM Page 45


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:38 PM Page 46


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:39 PM Page 47

Faça agora | Massas no forno

Lasanha de cogumelos e espinafres >>> TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 1H

2. Num prato rectangular, coloque no fundo um pouco

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

de béchamel. Por cima, coloque 1 a 2 folhas de lasanha e, em seguida, a mistura de cogumelos e queijo

300 g de cogumelos

mozzarella. Por cima desta mistura coloque mais folhas

250 g de bacon

de lasanha e cubra com molho béchamel. Em seguida,

1 cebola picada

faça uma camada de folhas de espinafres, polvilhe

2 dentes de alho picados

com o queijo mozzarella e cubra com folhas

1 queijo mascarpone

de lasanha e molho branco.

Sal e pimenta 400 ml de molho béchamel

3. Repita este processo até acabarem os ingredientes

300 g de espinafres em folha

e termine com folhas de lasanha, béchamel e queijo

300 g de queijo mozzarella ralado

mozzarella ralado. Leve ao forno durante cerca

Azeite q.b.

de 30 minutos.

1 embalagem de lasanha fresca

1. Refogue a cebola e o alho em azeite. Quando a cebola estiver translúcida adicione o bacon, deixe saltear por mais 2 minutos e adicione os cogumelos. Deixe cozinhar durante mais 5 minutos. Tempere com sal e pimenta. >>>

B L U E

C O O K I N G

47


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:39 PM Page 48

>>>

1. Num robot de cozinha, misture o salmão, os espinafres, o requeijão, as natas e as ervas, até obter uma pasta. Tempere a gosto, com sal e pimenta.

2. Recheie os canelones com esta mistura, coloque num prato de forno, regue com o molho béchamel, polvilhe com o queijo parmesão e leve ao forno durante cerca de 30 minutos.

Penne bolonhesa no forno TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 cebola grande picada 2 dentes de alho picados 1 talo de aipo em fatias 400 g de carne picada 1 copo de vinho branco 1 frasco de molho de tomate 2 folhas de louro 500 g de penne cozido 200 g de mozzarella ralado 1 cháv. de parmesão Sal e pimenta q.b.

Canelones de salmão e espinafres

Azeite q.b.

TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 50 MIN.

1. Refogue em azeite a cebola, o alho, o aipo e a folha

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

de louro. Deixe cozinhar em lume brando, durante cerca de 4 minutos. Junte a carne picada, envolva bem e deixe

12 canelones

tomar gosto durante 5 minutos.

300 g de salmão fumado 300 g de espinafres frescos

2. Refresque com vinho branco, deixe evaporar

2 requeijões

e adicione o molho de tomate. Deixe cozinhar por mais

300 ml de natas

10 minutos. Misture a massa com este molho de carne

Cebolinho, aneto, salsa q.b.

e, em seguida, coloque num prato de forno.

Sal e pimenta q.b.

48

B L U E

Queijo parmesão q.b.

3. Polvilhe com queijo parmesão, queijo mozzarella

200 ml de molho béchamel >>>

ralado e leve ao forno por cerca de 20 minutos.

C O O K I N G


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:39 PM Page 49

B L U E

C O O K I N G

49


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:40 PM Page 50


BK54-MASSAS :BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:40 PM Page 51

Faça agora | Massas no forno

Massa com atum e brócolos no forno TEMPO DE PREPARACÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

400 g de massa cozida 300 g de brócolos cozidos 2 latas de atum 1 lata de anchovas 2 c. sopa de alcaparras 25 g de manteiga 25 g de farinha 600 ml de leite 1 queijo mascarpone Sal e pimenta q.b.

1. Num tacho, em lume médio, misture a manteiga, a farinha e o leite, até engrossar. Junte o mascarpone.

2. Numa tigela, misture todos os ingredientes e coloque num prato de forno. Cozinhe por 20 minutos em forno pré-aquecido.

Macarrão com frutos secos TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

>>>

1. Num tacho, e em lume médio, misture o leite 800 ml de leite

com a noz-moscada, a manteiga e a farinha, até obter

Noz-moscada q.b.

uma mistura cremosa.

50 g de manteiga 50 g de farinha

2. Numa taça, misture a massa com o molho cremoso

400 g de macarrão cozido

o queijo azul, metade do queijo da ilha, o queijo

80 g de queijo azul

com ervas, a salsa e os frutos secos.

90 g de queijo da ilha ralado 80 g de queijo creme com ervas

3. Coloque a mistura anterior num prato de forno

Salsa q.b.

e polvilhe com o restante queijo da ilha.

200 g de frutos secos picados

>>>

Leve ao forno por cerca de 20 minutos.

B L U E

C O O K I N G

51


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:55 PM Page 52

I D E I A

D O

M Ê S

|

C A R N E

P I C A D A

Rolos de prazer CONTENÇÃO NA DESPESA é uma das artes dos dias que correm e começa na conta do supermercado. Siga as nossas sugestões e transforme um simples rolo de carne numa suculenta e deliciosa refeição.

RECEITAS E PRODUÇÃO MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTIDA POR ALEXANDRA DURÃO E MARIANA CASTELLO-BRANCO


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:55 PM Page 53

ROLO DE CARNE COM PIMENTOS


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:55 PM Page 54

54

B L U E

C O O K I N G


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:55 PM Page 55

Ideia do mês | Carne picada

Pimentos recheados

Rolo de carne com pimentos

TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20

TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 kg de carne picada

1 cebola picada | 1 pimento verde picado

1 cebola picada

1 pimento encarnado picado | 2 dentes de alho

3 dentes de alho picados

Tomilho q.b. | 1 kg de carne picada

1 c. sopa de orégãos

1 cháv. de queijo da ilha ralado

6 pimentos

2 fatias de miolo de pão | 1 ovo

Queijo mozzarella q.b.

Sal e pimenta q.b. | Paprika q.b.

Queijo parmesão q.b.

1 copo de vinho branco

Azeite q.b.

Azeite q.b.

1 copo de vinho branco

2 folhas de louro

Sal e pimenta q.b.

Pão ralado q.b.

1. Pique muito bem a cebola e os dentes de alho.

1. Salteie num pouco de azeite a cebola com os dentes

Numa tigela, misture a carne com a cebola, o alho,

de alho picados, adicione os pimentos verdes,

os orégãos e tempere a gosto com sal e pimenta.

os pimentos vermelhos e o tomilho. Deixe que fiquem bem amolecidos.

2. Corte o topo dos pimentos, retire as sementes do interior e recheie-os com a mistura de carne.

2. Numa tigela, misture a carne picada, o queijo da ilha

Regue com um pouco de azeite e o vinho branco.

ralado, o miolo de pão e o ovo. Tempere a gosto com sal,

Cubra cada pimento com o queijo mozzarella e polvilhe

pimenta e paprika. Junte os pimentos e faça um rolo.

com queijo parmesão ralado.

Caso ache que ficou um pouco molhado, adicione um pouco de pão ralado para que a carne e os restantes

3. Deixe repousar, no mínimo, por 15 minutos, e leve

ingredientes adiram bem.

a cozinhar em forno pré-aquecido a 200ºC, durante 30 a 40 minutos. Logo que o queijo tostar tape cada

3. Regue com vinho, azeite e junte as folhas de louro.

pimento com a tampa que cortou de cada um deles.

Deixe repousar, no mínimo, por 15 minutos e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, durante 40 minutos, regando sempre que necessário com água, azeite ou um pouco mais de vinho.

Página

53

B L U E

C O O K I N G

55


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:56 PM Page 56

Ideia do mês | Carne picada

Escolha carne a gosto no seu talho e mande picar. Assim, terá a certeza da qualidade e de que é fresca.

Rolo de carne, maçã e abóbora TEMPO DE PREPARACAO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20 RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

>>>

1 maçã granny smith aos cubos

1. Numa frigideira salteie a cebola picada, com os dentes

150 g de abóbora aos quadrados cozida

de alho e, quando a cebola estiver translúcida, adicione

1 cebola picada

a maçã e a abóbora. Tempere a gosto com sal,

2 dentes de alho picados

pimenta e tomilho.

tomilho q.b. 1 kg de carne

2. Numa tigela, junte a carne, o queijo mozzarella ralado,

1 cháv. de queijo mozzarella ralado

o miolo de 2 fatias de pão e o ovo. Envolva bem

2 fatias de pão

e adicione a mistura de maçã com a abóbora.

1 ovo Azeite q.b.

3. Tempere a gosto com sal, pimenta e faça um rolo.

Sal e pimenta q.b.

Caso a mistura esteja molhada, adicione um pouco

1 copo de vinho branco

de pão ralado para que os ingredientes se liguem

2 folhas de louro

entre si. Regue com vinho, azeite e 2 folhas de louro.

Pão ralado q.b.

Deixe repousar e leve ao forno por cerca

>>>

de 40 minutos, a 200ºC.

56

B L U E

C O O K I N G


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:56 PM Page 57

Ideias do mês | Carne picada, rolos de carne, legumes recheados...

B L U E

C O O K I N G

57


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:56 PM Page 58

Ideias do mês | Carne picada, rolos de carne, legumes recheados...

58

B L U E

C O O K I N G


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:57 PM Page 59

Rolo de carne com couscous, salva e bacon TEMPO DE PREPARACAO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20 RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 kg de carne de vaca 1 1/2 cháv. de couscous cozido 3 dentes de alho picados | 1 c. sopa de salva picada 1 cebola muito bem picada | 1 c. sopa de coentros Sal e pimenta q.b. | 10 fatias de bacon | Azeite q.b. 1 copo de vinho branco | 3 folhas de louro

1. Numa taça, combine todos os seguintes ingredientes: carne, couscous, alhos, salva, cebola e coentros. Tempere a gosto com sal e pimenta.

2. Faça bolinhas com a mistura anterior e enrole fatias de bacon à sua volta. Coloque-as num prato de forno e regue com azeite, vinho branco e adicione as folhas de louro. Deixe repousar, no mínimo, por 15 minutos.

3. Leve ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante cerca de 45 minutos, regando sempre que necessário com água, azeite ou um pouco mais de vinho. Sirva com mostarda e rúcula. >>>

1. Numa tigela misture a carne com o ovo, o pão, os dentes de alho e a cebola picados. Tempere a gosto com sal e pimenta.

Rolo de carne com queijo e mostarda

2. Forme dois rolos, regue com um pouco de azeite

TEMPO DE PREPARACAO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20

e deixe tomar gosto, no mínimo, por 15 minutos.

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

3. Numa taça, misture o ketchup com a mostarda, 1 kg de carne de vaca picada | 1 ovo

o mel e o molho inglês. Misture bem com um batedor

Miolo de 2 fatias de pão | 2 dentes de alho picados

de varas e, mesmo antes de levar os rolos ao forno,

1 cebola bem picada | 1/2 cháv. de queijo ralado

pincele-os com esta mistura e polvilhe-os com queijo.

Sal e pimenta q.b. | 4 c. sopa de ketchup 4 c. sopa de mostarda | 1 c. sopa de mel

4. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, por cerca de 30

1 c. chá de molho inglês | Azeite q.b.

a 40 minutos. Logo que o queijo derreter e tomar cor,

Sal e pimenta q.b. >>>

cubra os rolos com papel de alumínio.

B L U E

C O O K I N G

59


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:57 PM Page 60

Ideia do mês | Carne picada

>>>

Rolo de carne Wellington

1. Numa frigideira, salteie num pouco de azeite, a cebola

TEMPO DE PREPARACAO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20

com o alho, até ficar translúcida. Em seguida, adicione

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

o bacon, as ervilhas, a cenoura e os cogumelos. Deixe cozinhar durante cerca de 5 minutos, em lume médio.

1 kg de carne picada

Tempere a gosto com sal e pimenta.

1 cebola picada 3 dentes de alho picados

2. Numa tigela, misture a carne com o ovo e um pouco

1 cenoura picada

de pão ralado. Tempere com sal e pimenta e adicione

200 g de cogumelos picados

a mistura de vegetais. Faça um rolo, coloque num prato

1 cháv. de ervilhas

de forno, regue com azeite, vinho branco e adicione

100 g de bacon

as folhas de louro. Deixe tomar gosto por cerca

Tomilho q.b.

de 15 minutos.

1 ovo Sal e pimenta q.b.

3. Leve ao forno pré-aquecido durante 30 minutos.

Pão ralado q.b.

Retire, escorra bem e coloque o rolo por cima da massa

1 embalagem de massa quebrada

quebrada aberta. Feche a massa sobre o rolo como

1 ovo para pincelar

se fosse um embrulho. Pincele com ovo batido e leve

Azeite q.b.

ao forno mais 15 a 20 minutos.

1 copo de vinho branco 2 folhas de louro

60

B L U E

C O O K I N G

>>>


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:57 PM Page 61

Ideias do mês | Carne picada, rolos de carne, legumes recheados...

B L U E

C O O K I N G

61


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:57 PM Page 62

Ideia do mês | Carne picada

62

B L U E

C O O K I N G


BK54-IDEIA DO MES:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 2:58 PM Page 63

Ideia do mês | Carne picada

>>>

Rolo de carne com azeitonas

1. Numa frigideira, salteie num pouco de azeite

TEMPO DE PREPARACAO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H20

o alho francês, os alhos picados e meio pimento

RECEITA PARA 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

vermelho picado. Quando a alho francês estiver translúcido, adicione as azeitonas em fatias.

1 kg de carne picada

Deixe tomar gosto por cerca de 1 minuto.

1 alho francês médio em fatias finas 2 dentes de alho picados

2. Numa tigela, misture a carne com a mistura anterior,

1 cháv. de azeitonas verdes recheadas e pretas

acrescente o pão e o ovo. Tempere com sal e pimenta,

sem caroço

envolva bem e faça um rolo. Coloque num prato

1 ovo

de forno e coloque o restante pimento em fatias por

2 fatias de miolo de pão

cima. Regue com azeite, vinho branco e adicione

6 fatias de pimento vermelho

as folhas de louro.

Azeite q.b. 1 copo de vinho branco

3. Deixe repousar, no mínimo, por 15 minutos.

2 folhas de louro

Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, durante

Sal e pimenta q.b.

>>>

30 a 40 minutos. Sempre que achar necessário, vá regando com azeite, água ou vinho.

B L U E

C O O K I N G

63


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:18 PM Page 64

T O D O S

O S

D I A S

|

T A R T E S ,

F O L H A D O S ,

S T R U D E L L S

E

A F I N S

Folhados e aconchegos para dias sem tempo SAO DELICIOSOS, simples, práticos e feitos com ingredientes que temos sempre à mão. Folhados, tartes, empadas, ideias para todos os dias e para todas as bocas.

RECEITAS E PRODUÇÃO MARGARIDA MAGALHÃES | FOTOGRAFIA NUNO CORREIA ASSISTIDA POR ALEXANDRA DURÃO E MARIANA CASTELLO-BRANCO


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:18 PM Page 65

PITHIVIER DE ABÓBORA


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:18 PM Page 66

66

B L U E

C O O K I N G


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:19 PM Page 67

Strudell de queijo de cabra

Pithivier de abóbora

TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN.

TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 45 MIN.

RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

1 embalagem de massa filo

2 embalagens de massa folhada

1 queijo de cabra em rolo

400 g de abóbora em fatias

300 g de cogumelos laminados

200 g de roquefort

2 alhos franceses

1 c. sopa de salva picada

150 g de bacon

2 dentes de alho picados

Manteiga q.b.

2 fatias de miolo de pão

Azeite q.b.

1 ovo para pincelar

Sal e pimenta q.b. 1 clara de ovo

1. Estenda uma das massa folhadas. Numa taça, misture

Sementes de sésamo q.b.

o roquefort com o miolo de pão, os dentes de alho bem picados e a salva igualmente bem picada.

1. Numa frigideira, salteie num pouco de azeite o alho francês em fatias, o bacon e os cogumelos picados.

2. No centro da massa coloque em forma de círculo

Deixe cozinhar em lume brando durante cerca

parte da abóbora em fatias, por cima espalhe parte

de 10 minutos. Tempere a gosto com sal e pimenta,

da mistura de roquefort, e cubra com mais abóbora.

e junte o queijo em pedaços.

Prossiga até terminar os ingredientes.

2. Coloque quatro folhas de massa filo umas por cima

3. Cubra com a outra massa folhada e faça alguns cortes

das outras, pincele-as com manteiga derretida e corte

em redor da base e outros em altura, onde já tem

de forma a obter quatro rectângulos. Repita o processo

recheio. Pincele com ovo e leve ao forno pré-aquecido

para as restantes folhas.

a 200ºC.

3. Numa das extremidades de cada rectângulo, coloque

4. Sirva com uma salada de espinafres ou rúcula.

um pouco da mistura de cogumelos. Enrole e feche as laterais, obtendo um rolo. Pincele o topo com clara

Página

65

de ovo e polvilhe com sementes de sésamo.

4. Leve ao forno pré-aquecido, durante 15 a 20 minutos, ou até a massa estar dourada.

B L U E

C O O K I N G

67


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:19 PM Page 68

>>>

2. Deite a mistura anterior numa taça e junte o requeijão, o queijo da ilha e o mozzarella, assim como os dois ovos bem batidos e o cebolinho. Misture e tempere a gosto com sal e pimenta.

3. Forre uma tarteira com uma das embalagens de massa quebrada e coloque no fundo o miolo de pão. Deite a mistura no centro da forma e espalhe bem. Cubra com a restante massa e prenda bem as bordas. Com um garfo faça furos no topo da tarte e verta por cima o restante ovo batido com o leite.

4. Leve a cozer em forno pré-aquecido a 200ºC durante 10 minutos e, em seguida, a 160ºC , por mais 45 minutos.

Folhados do campo TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 45 MIN. RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

500 g de carne picada | 1 cebola picada 3 dentes de alho picados | 4 tomates secos picados 1 1/2 cháv. de ervilhas | 1 copo de vinho branco 1 embalagem de quadrados de massa folhada Ovo para pincelar | Azeite q.b. Sal e pimenta q.b.

Tarte fechada de carne TEMPO DE PREPARAÇÃO 20 MIN. | TEMPO TOTAL 1H

1. Numa frigideira, salteie a cebola e o alho num pouco

RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

de azeite. Quando a cebola estiver translúcida, adicione a carne, deixe cozinhar em lume médio, regue com

400 g de carne de porco | 200 g de bacon

o vinho e vá mexendo de vez em quando,

1 cebola picada | 2 dentes de alho picados

por cerca de 10 minutos.

250 g de requeijão | 150 g de queijo da ilha ralado 70 g de queijo mozzarella ralado | 2 ovos

2. Adicione o tomate seco picado e as ervilhas, envolva

Cebolinho q.b. | Sal e pimenta q.b.

bem e retire do lume. Coloque um pouco da mistura

Miolo de duas fatias de pão | 2 c. sopa de leite

anterior num dos lados do quadrado de massa folhada,

2 embalagens de massa quebrada | 1 ovo

e dobre a massa por cima do recheio, de forma a obter um triângulo. Repita o processo para os restantes

68

B L U E

1. Numa picadora, pique a carne de porco com o bacon,

quadrados de massa e recheio. Pincele com ovo.

a cebola e o alho. Coloque esta mistura numa frigideira

Leve ao forno por cerca de 15 minutos, até a massa estar

e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos. >>>

dourada. Sirva com arroz.

C O O K I N G


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:19 PM Page 69

Ideias do mês | Carne picada, rolos de carne, legumes recheados...

B L U E

C O O K I N G

69


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:20 PM Page 70

Ideias do mês | Carne picada, rolos de carne, legumes recheados...

70

B L U E

C O O K I N G


BK54-TODOS OS DIAS:BK52-PEQUENO ALMOÇO 1/10/11 3:20 PM Page 71

Tarte de couve-flor TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 45 MIN. RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

400 g de couve-flor cozida | 150 g de bacon 1 dente de alho picado | 1 cebola picada 1 embalagem de massa quebrada 200 ml de molho béchamel | 2 ovos 1 a 2 c. sopa de mostarda (a gosto) Queijo parmesão ralado q.b. Sal e pimenta q.b. | Azeite q.b.

1. Numa frigideira, salteie num pouco de azeite a cebola e o dente de alho. Junte o bacon e a couve-flor em pedaços previamente cozida. Tempere a gosto com sal e pimenta.

2. Estenda a massa numa forma ou tarteira. Coloque a mistura de couve-flor dentro da forma, espalhe bem e reserve.

3. Numa taça, misture o molho béchamel com os 2 ovos, a mostarda e queijo parmesão, a gosto. Verta por cima da couve-flor e leve a tarte ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante cerca de 20 minutos.

Tarte aberta de legumes TEMPO DE PREPARAÇÃO 15 MIN. | TEMPO TOTAL 45 MIN. RECEITA PARA 4 A 6 PESSOAS | DIFICULDADE e

>>>

1. Corte a courgette em fatias de grossura média, o pimento em fatias finas, os cogumelos a gosto,

1 embalagem de massa quebrada

o tomate e a cebola em meias-luas.

1 courgette 1 pimento verde

2. Desenrole a massa quebrada e coloque os legumes

1 cebola vermelha

no centro deixando uma margem a toda a volta.

100 g de cogumelos

Polvilhe os legumes com o alho picado, as ervas

1 a 2 tomates

e um pouco de azeite.

2 dentes de alho picados Orégãos q.b.

3. Dobre a margem da massa para cima dos legumes

Tomilho q.b.

e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, até os legumes

Sal e pimenta q.b. | Azeite q.b.

>>>

estarem cozinhados a gosto.

B L U E

C O O K I N G

71


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:33 PM Page 72


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:33 PM Page 73

Alta cozinha | Sea me

Peixaria Moderna

SEA ME Um mar de sabores a mar A falta que fazia um restaurante como o SEA ME só é mensurável por quem não trata o peixe com a devida reverência. Todos os outros ansiavam, há muito, por um lugar assim. Mesmo que não soubessem. Restaurante e peixaria aberta até às duas da manhã, o Sea Me é muito mais que, apenas, um conceito gourmet. É podermos ser portugueses a sério, numa capital realmente lisboeta!

POR NUNO MIGUEL DIAS | FOTOS NUNO CORREIA

B L U E

C O O K I N G

73


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:34 PM Page 74

Alta cozinha | Sea me

SEA YOU, SEA ME, sea it together, naturally, diria o Lionel

seria mau, caso o fenómeno se desse pelas melhores

Ritchie, nos idos anos 80, se a esses coubesse o mínimo

razões. Negativo! Lisboa continua a ter poucos

de bom gosto inerente ao espaço sobre o qual aqui se

estabelecimentos, muito particularmente restaurantes,

cura de seguida (convenhamos, os brinquinhos do Billy

direccionados para um público upscale e que reflictam,

Idol ou os blusões dos Bros poderiam, e com razão, ser

simultaneamente, a nossa identidade. É por isso que,

barrados à entrada). Não que este início de texto seja,

ainda antes de começarmos, gostaríamos de aplaudir, de

também ele, o esplendor máximo (ou sequer relativo) do

pé, o Sea Me – Peixaria Moderna.

bom gosto de quem o escreve. Mas serve, enfim, para mostrar que Lisboa, e muito particularmente o Chiado,

Há alguns anos, uma incursão, em trabalho (para uma

essa zona premium olissiponense, poderão estar a

revista de viagens infelizmente extinta), Turquia

evoluir no sentido certo.

adentro, juntou-me a Ahmet, guia de profissão e estudioso da língua portuguesa por vocação. Vivera um

74

B L U E

De vez em quando, lá aparece um lugar que nos faz

ano por terras lusas e apaixonara-se, perdidamente, por

voltar a acreditar que a oferta lisboeta reflecte, de facto,

monumentos em geral e vilas piscatórias em particular.

uma identidade própria, ao invés de perpetuar essa

Decidido a possibilitar uma estadia memorável, que se

letargia em que a capital cai de cada vez que é

traduzisse numa reportagem capaz de levar hordas de

inaugurado um espaço perfeitamente wannabe, que vão

turistas portugueses a Istambul, Ankara, Capadócia,

desde um bar ao estilo do novo hipe Londrino, um lounge

Izmir e Monte Ararat, reservava os melhores

à semelhança do club “x” ou “y” em Nova Iorque, um

restaurantes de cada lugar por onde passávamos. Até

restaurante inspirado num outro qualquer em São Paulo,

que, com pezinhos de lã, para não ferir tão prestável

Paris ou Madrid. Lisboa quer ser alguma coisa que não é

esforço, perguntei porque razão, ao décimo dia de

e, nessa busca inglória, acaba por não ser ela própria. Um

estadia num país banhado por dois mares, ainda não

sintoma? É a única capital europeia onde os locais

tinha provado nada que se parecesse com peixe. A

frequentam os mesmos sítios que os turistas. O que não

resposta foi esclarecedora: “Quando estive em Portugal,

C O O K I N G


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:34 PM Page 75


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:35 PM Page 76

Alta cozinha | Sea me


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:36 PM Page 77

Alta cozinha | Sea me

Todos deliciosos, alguns pratos são fabulosas criações do Chef Filipe Rodrigues, outros, recriações fiéis do receituário costeiro português

comi muito do vosso peixe. Compreendo, por isso, o culto

que, andando sobre carris, pode transformar-se em

que lhe prestam. Seria louco se te desse a provar do

várias mesas mais pequenas (o que se perde em

nosso. Não sou um suicida.”. Agora, sem parágrafo, para

convívio ganha-se em concentração nos sabores que aí

que o leitor possa compreender o propósito deste

virão). Imagine que todos os empregados calçam os

intróito, falemos do Sea Me. Um templo do tal culto de

Sanjo vintage e o chapéu do pessoal da cozinha é uma

que Ahmet falava. Prestar uma homenagem digna e

boina da Fábrica dos Chapéus da Rua da Rosa, um grito

séria às espécies da nossa costa, teleósteos e condrósteos

de sustentabilidade em jeito de patriotismo. Imagine

de todas as formas e feitios, cefalópodes com tinta, ovas e

que há um DJ tratando de sobrepor ritmos dançantes

tudo a que se tem direito, crustáceos de sabor a mar,

descontraídos ao natural burburinho de uma sala

bivalves de repetir até à exaustão. Quando se entra, é o

grande e onde os convivas estão a passar um bom

característico aroma a Portugal, talvez algarvio, talvez da

bocado. Imagine que o Chef a cargo dos pratos (alguns

Ericeira, talvez de Viana do Castelo, uma coisa de nos

indiscutivelmente inovadores e criativos, outros

apaixonarmos perdidamente, sem que possamos, um

seguindo à risca, com estima, o receituário tradicional) é

dia, sofrer de amor.

Filipe Rodrigues, um jovem cujo nome, a ser ainda desconhecido por alguns (pura distracção), não tardará a

Imagine um lugar onde pode comer peixe e marisco de

justificar vénias. Imagine que o marisco chega,

uma forma que inclui, simultaneamente, a solenidade de

diariamente, de Olhão e que o peixe só é comprado pela

tal acto e a descontracção de uma típica marisqueira

empresa subcontratada depois de um telefonema para

lusa. Imagine que, no mesmo local, pode também

o cozinheiro fazendo um relatório (também diário) da

comprar peixe para levar para casa, até às 0h. Às quintas,

oferta nas lotas de Sesimbra, Setúbal, Peniche e Olhão.

sextas, sábados e vésperas de feriado, até às 2h. Imagine

Imagine ainda que, na cave, de um imaculado branco (e

que esse sítio fica no centro nevrálgico lisboeta, entre o

um único congelador do mesmo tamanho dos que

Largo do Camões e o Calhariz, a “boca” para a Rua da Bica

costumamos ter em casa que abri e atesto: estava

de Duarte Belo (“a Bica é liiiiiinda”), entre as ruas da

praticamente vazio!), há viveiros de mariscos, com o

Atalaia e do Norte, nessa Loreto que é a porta de entrada

objectivo de prosseguir com a oferta mesmo fora da

para o incontornável Bairro Alto, rei e senhor do serão e

estação ou em tempo de defeso, fabricados pela mesma

noite olissiponense. Imagine pormenores decorativos

empresa que concebeu o Oceanário de Lisboa e

deliciosos, do bar (que convida à demorada degustação

supervisionados, diariamente, por um biólogo marinho,

de entradas), “forrado” com as tábuas da embarcação de

que também controla a chegada do marisco fresco. Já

pesca Tia Anica (N23-08-1953LX), à longa mesa corrida

imaginou? Agora vá!

B L U E

C O O K I N G

77


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:36 PM Page 78

Alta cozinha | Sea me

O Chef Filipe Rodrigues é algarvio. É informação basta. Se não me tivesse presenteado com a sua simpática companhia ao jantar. E, para além do prazer de ver o gosto com que o cozinheiro come aquilo que confecciona, há o outro, que vem com uma conversa que, inevitavelmente, vai incidir em nostálgicas recordações de sabores que ficaram, desde crianças, pelas mãos das respectivas avós. Porque é por isso mesmo que Filipe Rodrigues, especializado em cozinha japonesa (com influentes passagens pelo Bonsai, do Fontana Park, e pelo Midori, da Penha Longa), confecciona tempuras, hosomakis, tatakis e uramakis de fazer inveja a muitos restaurantes nipónicos, mas está a desenvolver um estudo sério e exaustivo que lhe permita dispor, na mesma carta, de pequenos segredos lusos que não se querem desvanecidos, ou sequer alterados, com o tempo. Mas o resto do planeta também está contemplado na carta, através de pequenos grandes tesouros cipriotas (Tranche de robalo braseado finalizado com choquinhos estufados), de Hong Kong (Pregado salteado em soja doce, cebolo e gengibre) ou sicilianos (Carbonara do Mar – Penne Nero di seppia, mexilhão e camarão), pela mão do subchefe, Tony, norte-americano cidadão do mundo.

O menu espalha-se por “categorias” que são, no mínimo, apelativas: Os Petiscos da Peixaria, “Para começar ou continuar”, vão da Assadura de cavala com o nosso vinagrete, ao Carpaccio de atum com parmesão, pimenta preta e vinagrete de lima/limão. A mim calhou-me, por escolha de António Querido, um dos três sócios e outro conviva ao nível deste acontecimento, Choco frito com shisô em tempura preta, Pataniscas ninja de marisco, Vieiras coradas, tártaro de manga e flor de sal e Salsichas de marisco grelhadas. Tudo sem ponta de defeito apontável. E a confiança total numa casa percebe-se quando o vinho foi, afinal, a escolha da quinzena, por Marta Chepas, que recusa o epíteto de escanção porque se considera “apenas enófila”, diz,

78

B L U E

C O O K I N G


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:36 PM Page 79

B L U E

C O O K I N G

79


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:37 PM Page 80


BK54-ALTA COZINHA SEA ME:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 3:37 PM Page 81

Alta cozinha | Sea me

continuando a servir às mesas, um ainda desconhecido

sinceridade declaro: Não sei como eleger o melhor

Herdade da Calada, de 2009, um fabuloso casamento

prato. António, Filipe e eu já somos companheirões. O

entre Verdelho e Arinto. Reparo que os preços dos

Chef fala de como nasceram as Pataniscas ninja do

vinhos são pefeitamente comportáveis. António

menu (numas férias em que fez um arroz de polvo para

justifica: “Queremos mesmo diferenciar-nos da restante

os amigos que de polvo só tinha a sobra aromática do

oferta, inflaccionada em muitos casos, do Chiado. Aqui

cefalópode que, na véspera, estivera num tabuleiro, à

os vinhos são quase ao preço das lojas. E pode-se beber a

lagareiro), de como se lembra bem do pão que o seu avô

copo. Qualquer um. Estamos equipados para que o

cozia à quinzena, do xarém com conquilhas da avó, da

vinho não perca as suas características. O mesmo

cabidela de galo do Barlavento, a única do país que

acontece com o peixe. Se somos uma peixaria, os preços

substitui o arroz por batata, de como começou a servir

têm que ser os justos.”. Depois de tudo provado (ainda

às mesas no Vila Lisa ou nas famosas sardinhas da

viriam as especialidades japonesas e mais um vinho

Ponte, em Portimão, de onde é natural, não que se note

inesquecível e que António Menino fez questão que eu

pela pronúncia (ironia). E o serão faz-se noite alta e a

provasse, um monovarietal Dom Diogo, da Quinta da

conversa está boa e a Tarte de alfarroba com gelado do

Raza, concebido por Leonor Queirós de Andrade) posso

tradicional queijo de figo está divinal. Mais um café,

afirmar, com o devido conhecimento de causa: O Sea Me

mais umas risadas, chove a potes na Rua do Loreto e a

– Peixaria Moderna não é só detentor de um dos

música convida à demora. Assim seja. Assim é quando

melhores rácios qualidade/preço da cidade, chega

os lugares apetecem. Afinal, Lisboa ainda é ela própria.

mesmo a ser mais barato do que seria expectável. É com

Basta procurar bem. Agora que, em boa hora, passou a

grande agrado que o declaro, com alguma confiança

existir, o Sea Me – Peixaria Moderna fazia-nos muita

que espero que assim se mantenha e com muitos

falta.

desejos que aguardo que outros sigam o exemplo. SEA ME – Peixaria Moderna

Até Marta Borges, a manager do sítio, se atarefa entre cozinha, escritório e bar. Aqui, todos dividem tarefas, uns mais especializados que outros, mas com uma

Rua do Loreto, 21 Lisboa Tel.: 213.461.564 www.peixariamoderna.com

expressão facial que deixa adivinhar um grande agrado. É tudo “malta nova” que gosta do que faz, avento eu. Os sorrisos espalham-se e reflectem-se nos “convidados”, pelas mesas, visivelmente agradados com os sabores. O Sea Me está, ainda, em soft opening, ou seja, não houve apresentações à imprensa, inaugurações com fausto ou, à excepção de mim e mais um ou outro privilegiado, publicações em jornais e revistas. Ainda assim, com mês e meio depois das portas abertas, há repetentes a voltar pelos mesmos pratos. Principalmente, as vieiras. São a perdição dos clientes. Não a minha, que no auge da

B L U E

C O O K I N G

81


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:06 PM Page 82

Sabores

vizinhos O CHEF LJUBOMIR STANISIC contou com a preciosa ajuda do Vinagre de Jerez para que, gota a gota, os seus pratos sejam extraordinariamente realテァados, convertendo-se assim numa inconfundテュvel explosテ」o de aroma e sabor. A experimentar! POR MARGARIDA MAGALHテウS | FOTOS CEDIDAS POR VINAGRE DE JEREZ


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:07 PM Page 83

Tour com o Chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

B L U E

C O O K I N G

83


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:07 PM Page 84

Tour com o Chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

O CHEF LJUBOMIR STANISIC elegeu o Vinagre de Jerez para fazer parte integrante da sua cozinha. Tanto pela qualidade como pelo toque inovador que insiste em imprimir aos seus pratos, o Chef Ljubomir Stanisic manifestou a sua preferência pelo Vinagre de Jerez, associando-se a este ingrediente único de tradição. Com originalidade e tendência procurou sempre inovar as propostas apresentadas nos seus restaurantes, o 100 Maneiras e o 100 Maneiras Bistro. E, assim, sendo o Chef Ljubomir inclui a partir de agora na sua cozinha um produto no qual a história e o sabor se juntam num condimento único da gastronomia universal.

O Vinagre de Jerez, com travos do vinho com o qual partilha a origem e o seu aroma forte, passará a fazer parte de uma ementa que o Chef jugoslavo insiste em

SOBRE O VINAGRE DE JEREZ

manter em permanente renovação. Entradas, pratos de

Pelas suas características únicas, o Vinagre de Jerez

carne e de peixe, ou mesmo sobremesas, contarão agora

é um condimento sem igual na gastronomia universal. Oriundo da região do Marco de Jerez, este vinagre adquire

também com o sabor do Vinagre de Jerez, que promete surpreender e agradar.

as suas características genuínas mediante um processo de envelhecimento tradicional e único: o sistema de soleras e criaderas. Destacam-se dois factores, em virtude dos quais se classificam os Vinagres de Jerez:

Ljubomir, chegado a Portugal há cerca de 10 anos, afirma que não gosta de definir a sua cozinha. O Chef conta que se “limita a cozinhar com gosto, relegando o papel de crítico para os clientes que serve”. Por isso, procura novas e originais ideias para as suas criações gastronómicas. “Inovar é a palavra-chave na minha cozinha”, acrescenta.

84

B L U E

C O O K I N G

• O grau de envelhecimento: a idade distingue aqui três variedades exclusivas – Vinagre de Jerez, Vinagre de Jerez Reserva e Vinagre de Jerez Gran Reserva. • O grau de doçura: nesta categoria, encontram-se duas variedades: o Vinagre de Jerez al Pedro Ximénez e o Vinagre de Jerez al Moscatel. A origem, a autenticidade e a qualidade do Vinagre de Jerez são garantidas pelo Conselho Regulador da Denominação de Origem.


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:34 PM Page 85


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:08 PM Page 86


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:08 PM Page 87

Tour com o Chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

Queijo grelhado com mel de vinagre de Jerez TEMPO DE PREPARAÇÃO 30 MIN. | TEMPO TOTAL 30 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

Carpaccio de vitela, redução de laranja e Jerez e lascas de foie gras TEMPO DE PREPARAÇÃO 40 MIN. | TEMPO TOTAL 40 MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

Ingredientes: 4 queijos de ovelha de meia-cura (125 g cada)

Ingredientes:

Ervas aromáticas: alecrim, alfazema, tomilho

200 g de lombo de vitela

e louro (cerca de 1 molho de cada)

250 ml de sumo de laranja natural | 30 ml Cointreau

50 g de avelãs torradas

30 ml de vinagre de Jerez Moscatel

100 g de mel de laranjeira

2 c. sopa de açúcar

30 ml de Vinagre de Jerez Pedro Ximenez

1/2 l de vinagre de Jerez Grande Reserva

Azeite q.b.

30 g de açúcar | 1 dl de água | 100 g de foie gras fresco

1. Aqueça previamente o grelhador, pincele o queijo com azeite e coloque-o na grelha. Grelhe durante cerca

1. Limpe o lombo de todas as gorduras e nervos,

de 1 minuto de cada lado.

embrulhe em película aderente como se fosse

À parte, prepare o mel e o vinagre de Jerez, misturando

um cilindro, e congele. Quando congelado, corte

bem os dois ingredientes.

na fiambreira em fatias de 2 mm de espessura, aproximadamente.

2. Numa tábua de madeira, coloque a mistura de ervas, queime-as um pouco com um maçarico e, por cima,

2. Num tacho, coloque o sumo, o Cointreau, o vinagre

coloque o queijo grelhado. Polvilhe-o com as avelãs

de Jerez e o açúcar e deixe reduzir em lume brando

picadas. Sirva o mel de vinagre de Jerez à parte.

até ficar um molho espesso. Congele o foie gras,

Pode ser servido com pão torrado ou grelhado.

e quando congelado, corte-o em lascas longas utilizando um descascador de batatas. Volte a colocar as lascas no congelador para ficarem firmes.

3. Coloque várias fatias de carpaccio sobre o prato raso, por cima adicione as lascas de foie gras e tempere com a redução de Jerez e de laranja. Termine com umas pitadas de flor de sal. B L U E

C O O K I N G

87


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:08 PM Page 88

Tour com o Chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

>>>

Vieira marinada em azeite noz, picado de trufa e puré de aipo

1. Laminar e marinar vieiras. Reservar no frio. Descasque, corte em cubos e coza o aipo em leite e água

TEMPO DE PREPARAÇÃO 40 MIN. | TEMPO TOTAL 4O MIN.

com o tomilho. Depois de cozido, retire o tomilho,

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

escorra, triture bem e ligue com um pouco de natas. Rectifique os temperos e reserve no frio.

Ingredientes:

(é servido frio a cerca de 5º).

PARA A MARINADA: 1 c. 1/2 de sopa de vinagre de Jerez

2. Pique bem a trufa e envolva-a em azeite, sal

3 c. de sopa de azeite de noz

e pimenta. Salteie a farofa com cebola e alho,

Sal e pimenta q.b.

junte a alface e o chá musgo da Irlanda.

PARA O PURE DE AIPO: 1/2 bolbo de aipo

3. Num prato rectangular, coloque duas colheres

3 dl de leite

de puré, achate um pouco, adicione a vieira marinada

1 dl de água

por cima e decore com a farofa e a trufa picada.

Nata q.b. 1 haste de tomilho Sal q.b. PARA O PICADO DE TRUFA: 1 trufa 2 c.de sopa de azeite Sal e pimenta q.b. PARA A FAROFA DE ALGAS: 30 g de farofa 1 c. de chá lechuga 1 c. de chá musgo da Irlanda 1/4 de cebola picada 1 alho

88

B L U E

C O O K I N G

>>>


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:08 PM Page 89

Tour com o chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

VIEIRA MARINADA EM AZEITE NOZ, PICADO DE TRUFA E PURE DE AIPO

B L U E

C O O K I N G

89


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:09 PM Page 90


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:10 PM Page 91

Tour com o Chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

>>>

Tosta de sardinha marinada com tártaro legumes TEMPO DE PREPARAÇÃO 40 MIN. | TEMPO TOTAL 4O MIN. RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

1. Lave e seque bem as sardinhas, corte-as em filetes e retire a espinha da barriga. Deite-as numa travessa de maneira a que a pele fique voltada para cima e cubra-as de sal grosso. Tape com película aderente e guarde no frigorífico durante 30 minutos.

Ingredientes:

Retire do frigorífico, lave em água fria para remover

20 sardinhas

o sal em excesso e seque bem. Disponha novamente

500 g de sal grosso

sobre um tabuleiro fundo, cubra com a marinada e

300 ml de azeite extra virgem

reserve no frio. Deixe a marinar durante 2 horas.

Raspa de 1 lima 100 ml de vinagre de Jerez

2. Combine todos os ingredientes e reserve. Corte o pão

1 c. de sopa de pimentos chipotle secos

ao meio e, em seguida, com a ajuda de um aro de cerca

3 dentes de alho fatiados (sem gérmen)

de 10 cm (ou de um copo largo), corte-o em forma

6 hastes de tomilho

de rodela. Em seguida, toste-o no forno a 180ºC,

1 c. de chá de pimenta rosa

temperado com sal, pimenta e azeite. Reserve.

2 fatias de pão tramezzini ou de forma sem côdea Azeite, sal e pimenta q.b.

3. Num tacho fundo, aqueça o mel. Junte as anchovas,

100 g azeitonas sem caroço

o alho e o tomilho. Mexa sempre até que as anchovas

20 g de mel

se desfaçam, junte as azeitonas, tempere e deixe

1 dente de alho fatiado

caramelizar. Reserve até que arrefeçam e triture

1 haste de tomilho

grosseiramente num robot de cozinha. Verifique

4 filetes de anchovas

os temperos e reserve.

Sal e pimenta q.b. 1/2 funcho

4. Corte todos os legumes numa brunesa fina.

1/2 pepino, descascado e sem sementes

À parte, faça uma vinagreta de sal, pimenta, vinagre

1 tomate chucha, descascado e sem sementes

de Jerez e azeite. Junte os legumes em brunesa,

1 pimento vermelho, descascado e sem sementes

verifique os temperos e reserve.

1 cebola roxa

Sirva todos os preparados como na imagem ou a gosto.

Vinagre de Jerez, sal, pimenta e azeite q.b. >>>

B L U E

C O O K I N G

91


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:11 PM Page 92

Tour com o Chef | Vinagre de Jerez e Ljubomir Stanisic

>>>

Tábua de Legumes com vinagrete de Jerez

1. Lave bem os legumes e corte-os a seu gosto. Junte o ananás e, num recipiente, coloque os legumes em

TEMPO DE PREPARAÇÃO 40 MIN. | TEMPO TOTAL 4H40

camadas, o alho picado, o azeite e o vinagre de Jerez

RECEITA PARA 4 PESSOAS | DIFICULDADE e

DOP. Deixe marinar durante 4 horas.

Ingredientes:

2. Aqueça o grelhador e grelhe os legumes

1 pimento vermelho

dos dois lados, sem deixar queimar. Num tabuleiro,

2 cogumelos portobelo

coloque os legumes e a fruta cortada e leve-os ao forno,

2 cebolas roxas

durante cerca de 10 minutos, a 180ºC.

1 courgette média 4 tomates maduros

3. Paralelamente, descasque a banana-pão

1 funcho

e a mandioca, corte-as em lâminas muito finas

4 rabanetes

e frite-as em óleo abundante, a 140ºC. Retire

1 beringela

e escorra-os em papel absorvente.

2 cenouras 2 maçãs

4. Para a vinagreta, junte, numa tigela, o sal

1 ananás

e a pimenta, por cima o vinagre, o vinho

1 banana-pão

de Jerez e o mel. Bata continuamente com a ajuda

1 mandioca

de uma vara e adicione aos poucos o azeite em fio.

1 l de óleo 50 ml de azeite

5. Num prato raso, disponha os legumes

50 ml de vinagre de Jerez DOP

de forma harmoniosa, regue com a vinagreta

3 dentes de alho picados

e acabe o prato com a mandioca e banana-pão.

PARA A VINAGRETA: 100 ml de azeite 30 ml de vinagre Jerez DOP 20 ml de vinho Jerez 20 ml de mel Sal e pimenta q.b. >>>

92

B L U E

C O O K I N G


BK54-TOUR COM O CHEF:BK-ALTA COZINHA 1/10/11 4:21 PM Page 93


BK54-VINHOS:BK51-VINHOS 1/10/11 5:31 PM Page 94

18 vinhos | 18 receitas

C

O

M

B

I

N

A

Ç

Ăƒ

O

P

E

R

F

E

I

T

A

8

vinhos para 8 receitas Casamentos

perfeitos entre o vinho e a gastronomia.

Vinhos que melhor combinam com as receitas Cooking, para surpreender os seus convidados na hora de os abrir. Aromas e sabores para uma verdadeira harmonia.

94

B L U E

C O O K I N G


BK54-VINHOS:BK51-VINHOS 1/10/11 5:31 PM Page 95


BK54-VINHOS:BK51-VINHOS 1/10/11 5:32 PM Page 96

8 vinhos | 8 receitas

Pithivier de abóbora

Grão Vasco Dão | Branco Este vinho pode ser bebido simples, como aperitivo, ou a acompanhar pratos de legumes, saladas ou marisco. Deve ser servido entre os 9º C e os 11º C e, como estamos no Inverno, não se preocupe se a temperatura rondar os onze graus. pág. 67

Strudell de queijo de cabra

Planalto Douro | Branco Ideal para acompanhar saladas, pratos leves, peixe e marisco, ou até para saborear simplesmente como aperitivo, o Planato é produzido a partir de castas tradicionais, nomeadamente Malvasia Fina e Viosinho. Deve ser servido fresco, entre 8º C a 10º C. pág. 68

Cannelonis de salmão e espinafres

Vinha Grande Douro | Branco É excelente servido como aperitivo ou acompanhamento de pratos de peixe e marisco, saladas, massas e mesmo com algumas carnes brancas. Não necessita de ser decantado e deve abrir-se um pouco antes de ser consumido para que respire e se desenvolva no seu melhor. Deve ser servido fresco, entre 12º C e 15º C. pág. 48

Lasanha de cogumelos e espinafres

Duque de Viseu Dão | Branco Fresco, elegante e versátil, é uma óptima escolha para acompanhar uma grande diversidade de pratos de peixe, marisco, saladas, massas e todo o tipo de aves. É um agradável vinho para aperitivo e deve servir-se fresco, entre 10º C e 12º C. Uma vez aberto, reage bem à oxidação, pelo que se pode guardar no frigorífico um ou dois dias, sem que a sua qualidade se altere. pág. 47

96

B L U E

C O O K I N G


BK54-VINHOS:BK51-VINHOS 1/10/11 5:33 PM Page 97

Conchas recheadas

Vinha do Monte Alentejo | Tinto Este vinho alentejano é uma excelente opção para acompanhar carnes e fumeiro, aves, massas e queijos variados. Elaborado a partir de uma selecção de uvas das castas tradicionais da região, nomeadamente Aragonês, Alfrocheiro, Trincadeira, Syrah e Alicante Bouchet, deve ser servido a uma temperatura entre 15º C e 17º C. pág. 44

Rolo de carne com couscous, salva e bacon

Esteva Douro | Tinto O Esteva é um vinho muito versátil, ideal para acompanhar todo o tipo de aves, carnes variadas, fumeiro e queijos, alguns peixes, como bacalhau e uma variedade de massas e saladas ricas. Idealizado para um consumo jovem, Esteva não necessita de ser decantado, excepto se for guardado por pág. 59

alguns anos. Servir entre 16º C e 18º C.

Rolo de carne com pimentos

Vinha Grande Douro | Tinto Esta é uma excelente opção para acompanhar pratos de cozinha tradicional portuguesa, uma grande variedade de carnes, queijos e massas apuradas. Experimente como aperitivo com queijos curados e picantes. Deve abrir-se um pouco antes de ser consumido, para que respire e se desenvolva no seu melhor. Com o tempo, pode criar sedimentos, requerendo decantação. Servir entre os 17º C os 18º C. pág. 55

Rolo de carne, maçã e abóbora

Grão Vasco Dão| Tinto Versátil, ideal para acompanhar pratos ligeiros, em particular carnes frias, queijos e alguns pratos de peixe, o Grão Vasco Tinto Dão foi elaborado a partir de uvas de castas tintas da região, nomeadamente a Jaen e o Alfrocheiro. Deve ser servido entre 14º C e 16º C. pág. 56 B L U E

C O O K I N G

97


BK54-Ultima hora:BK52-Ultima hora 1/10/11 4:43 PM Page 98

Última hora | Brindar

Brindemos! Com a chegada do novo ano, propomos um brinde feito com um vinho do Porto, acompanhado de uns chocolates irrestíveis que, com certeza, darão outro alento ao ano que agora começa.

98

B L U E

C O O K I N G


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 11:36 AM Page 1

qlink

www.fluxograma.com


blue LINK (pub):Layout 1 1/14/11 11:39 AM Page 1

qlink

www.sograpevinhos.eu


blue cooking 54