Rotary Brasil - Julho de 2022

Page 1

I

I

nº 1201 Julho 2022 Ano 97

Brasil

www.revistarotarybrasil.com.br

O PRÓXIMO

CAPÍTULO

Jennifer Jones assume a presidência do Rotary International com um estilo diferente de liderança NESTA EDIÇÃO

Começou a contagem regressiva para o centenário do Rotary em nosso país 20 Candidate-se às comissões que apoiam o Rotary e a Fundação Rotária 34 Bullying: como educadores e familiares podem combater esse problema 44




Rotary International One Rotary Center - 1560 Sherman Avenue - Evanston, Illinois, EUA

Conselho Diretor 2022-23

Curadores da Fundação Rotária 2022-23

PRESIDENTE Jennifer Jones

CHAIR Ian Riseley

Rotary Club de Windsor-Roseland, Canadá

Rotary Club de Sandringham, Austrália

PRESIDENTE ELEITO Gordon McInally

CHAIR ELEITO Barry Rassin

www.rotary.org

Rotary Club de South Queensferry, Escócia

Rotary Club de East Nassau, Bahamas

Quantos somos Em todo o mundo

VICE-PRESIDENTE Nicki Scott

VICE-CHAIR Larry Lunsford

Rotary Club de The North Cotswolds, Inglaterra

Rotary Club de Kansas City-Plaza,

juntos, vemos um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo

QUEM SOMOS

O Rotary é uma rede global de líderes comunitários, amigos e vizinhos que se unem para causar mudanças positivas e duradouras em suas cidades e pelo mundo. Para resolver problemas reais, é preciso compromisso e visão. Com dedicação, energia e inteligência, nossos associados vêm ajudando a humanidade há mais de 100 anos. Por meio de projetos sustentáveis em diversas áreas, como alfabetização, paz, saúde, meio ambiente e recursos hídricos, estamos sempre procurando maneiras de criar um mundo melhor:

Número de clubes: 37.125; Total de rotarianos: 1.209.662 (74,2% de homens, 25,1% de mulheres, 0,7% não reportou); Países e regiões onde o Rotary está presente: 219; Número de distritos rotários: 530; Rotaract Clubs: 11.300 (reunindo um total de 231.258 associados, dos quais 42,4% são homens, 51,2% são mulheres e 6,4% não reportaram); Interact Clubs: 17.782 (reunindo um número estimado de 408.986 interactianos); Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitário: 12.184 (reunindo um número estimado de 243.680 voluntários não rotarianos).

No Brasil

Número de clubes: 2.374; Total de rotarianos: 50.321 (69% de homens, 30,5% de mulheres, 0,5% não reportou); Número de distritos rotários: 31; Rotaract Clubs: 786 (reunindo um total de 8.433 rotaractianos, dos quais 44,9% são homens, 49,5% são mulheres e 5,5% não reportaram); Interact Clubs: 691 (reunindo um número estimado de 15.893 interactianos); Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitário: 388 (reunindo um número estimado de 7.760 voluntários não rotarianos). Fonte: Escritório do Rotary International no Brasil (dados de junho de 2022).

COMO SE ASSOCIAR

O ingresso no Rotary se dá por meio de convite. Nós podemos colocá-lo em contato com o clube que melhor atende a suas necessidades e interesses:

www.rotary.org/pt/get-involved/join

OBJETIVO DO ROTARY

O Objetivo do Rotary é estimular e fomentar o Ideal de Servir, como base de todo empreendimento digno, promovendo e apoiando: Primeiro: o desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir; Segundo: a difusão de altos padrões éticos na vida empresarial e profissional, o reconhecimento do mérito de toda ocupação útil e a valorização da profissão de todos os rotarianos como oportunidade de servir à sociedade; Terceiro: a aplicação do Ideal de Servir na vida pessoal, profissional e comunitária de todos os rotarianos; Quarto: a propagação da compreensão, boa vontade e paz entre as nações através de uma rede mundial de profissionais e empresários unidos pelo Ideal de Servir.

A PROVA QUÁDRUPLA

Do que nós pensamos, dizemos ou fazemos: 1) É a VERDADE? 2) É JUSTO para todos os interessados? 3) Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES? 4) Será BENÉFICO para todos os interessados? A Prova Quádrupla foi criada em 1932 pelo rotariano Herbert J. Taylor, que posteriormente presidiu o Rotary International. Fonte: Manual de Procedimento do Rotary International

4

Rotary Brasil JULHO de 2022

Estados Unidos

TESOUREIRO Ananthanarayanan “Venky” Venkatesh Rotary Club de Chennai Mambalam, Índia

CURADORES Marcelo Demétrio Haick Rotary Club de Santos-Praia, Brasil

DIRETORES Alberto Cecchini

Akira Miki

Rotary Club de Roma Nord-Est, Itália

Aziz Memon

Drew Kessler

Rotary Club de Karachi, Paquistão

Rotary Club de North Rockland (Haverstraw),

Bharat Pandya

Estados Unidos

Rotary Club de Borivli, Índia

Elizabeth Usovicz

Dean Rohrs

Rotary Club de Kansas City-Plaza, Estados Unidos

Rotary Club de Langley Central, Canadá

Jeremy Hurst

Geeta Manek

Rotary Club de Grand Cayman, Ilhas Cayman

Rotary Club de Muthaiga, Quênia

Jessie Harman

Greg Podd

Rotary Club de Wendouree Breakfast, Austrália

Rotary Club de Evergreen, Estados Unidos

Julio César Silva-Santisteban Ojeda

Holger Knaack

Rotary Club de El Rímac, Peru

Rotary Club de Herzogtum Lauenburg-Mölln,

Lena Mjerskaug

Alemanha

Rotary Club de Enebakk, Noruega

Hsiu-Ming Lin

Mahesh Kotbagi

Rotary Club de Taipei Tungteh, Taiwan

Rotary Club de Pune Sports City, Índia

Jorge Aufranc

Rotary Club de Himeji, Japão

Muhammad Faiz Kidwai

Rotary Club de Guatemala Sur, Guatemala

Rotary Club de Karachi Karsaz, Paquistão

Mark Daniel Maloney

Patricia Merryweather-Arges

Rotary Club de Decatur, Estados Unidos

Rotary Club de Naperville, Estados Unidos

Martha Peak Helman

Patrick Chisanga

Rotary Club de Boothbay Harbor,

Rotary Club de Nkwazi, Zâmbia

Estados Unidos

Urs Klemm Vicki Puliz

SECRETÁRIO-GERAL John Hewko

Rotary Club de Sparks, Estados Unidos

Rotary Club de Kyiv, Ucrânia

Rotary Club de Aarau, Suíça

Won-Pyo Kim Rotary Club de Gyeongju South, Coreia do Sul

Yoshio Sato Rotary Club de Okayama-South, Japão

SECRETÁRIO-GERAL John Hewko Rotary Club de Kyiv, Ucrânia


Mensagem dA presidente do Rotary International

Contando nossas histórias

T

odos os meses, desde que me associei ao Rotary, aguardo ansiosamente a leitura da nossa revista – e, especialmente, desta mensagem de abertura. Admito que, por mais que eu reconheça os benefícios da versão digital, ainda gosto de sentar e folhear as páginas da revista impressa. A sensação é de uma caça ao tesouro de fotos e histórias memoráveis sobre essa grande organização que tanto amamos. Ao longo dos anos, aprendi muito com os projetos de serviço que vocês realizam e com as vidas que ajudam a transformar. Como profissional de comunicação, sempre sonhei com o dia em que as nossas histórias passariam a aparecer regularmente na mídia convencional e as revistas do Rotary seriam vistas e lidas por muitas pessoas em consultórios médicos, lanchonetes e outros lugares públicos. É ótimo que os associados ao Rotary estejam mais bem informados sobre o que fazemos, e seria melhor ainda se mais pessoas conhecessem as nossas histórias. Isso estava na minha cabeça quando eu pensava em como promover o Rotary globalmente durante a minha presidência. Ao longo dos próximos 12 meses, lançaremos uma luz sobre projetos que colocam o trabalho do Rotary em destaque mundo afora, e faremos isso de forma estratégica. Nessa turnê planetária que estamos chamando de Imagine o Impacto, Nick e eu chamaremos atenção para iniciativas desenvolvidas nas nossas áreas de enfoque notáveis por seus bons resultados, sustentabilidade e capacidade de ampliação. Estamos convidando jornalistas de alto nível, pensadores e influenciadores para utilizar seus canais de comunicação e nos ajudar a aumentar a conscientização das pessoas sobre nossa organização, nos aproximando daqueles

que querem servir, mas ainda não perceberam que podem fazê-lo por meio do Rotary. Havia outra questão importante a considerar nesse planejamento: nossa pegada de carbono. Eu levo muito a sério a emergente posição de liderança do Rotary nas questões ambientais. O exemplo dado por nossos associados durante a pandemia de Covid-19 é fundamental para moldarmos nosso futuro. Isso significa que aproveitaremos a tecnologia digital para contar nossas histórias – vamos tuitar, postar e falar com todos que quiserem nos ouvir. Devemos levar o meio ambiente em conta e parte disso significa nem sempre viajar, mas continuar a nos manter conectados de forma significativa, como temos feito nos últimos dois anos. Naturalmente, somos seres sociais e ainda temos necessidade de estar juntos, mas precisamos ficar mais atentos às nossas decisões e pensar em como nos reunir de forma um pouco diferente. Por exemplo, se viajarmos para visitar um projeto, planejaremos outras visitas nas redondezas. Então, quais são suas histórias e quem poderia ajudar a contá-las? Espero que você também colabore com o esforço Imagine o Impacto – suas histórias podem ser levadas às pessoas com a ajuda das mídias sociais ou durante uma chamada pelo Zoom. Pense em maneiras de mostrar projetos notáveis em seus clubes e distritos. Todos nós sentimos o impacto causado pelos valores e serviços do Rotary. Agora, temos a oportunidade de compartilhar esse sentimento com outras pessoas.

Jennifer Jones

Em 2022-23,

lançaremos uma luz sobre projetos que colocam o trabalho do Rotary em destaque mundo afora

JENNIFER JONES Presidente do Rotary International

Rotary Brasil

JULHO de 2022

5


Você tem companheiros aqui

6

Rotary Brasil JULHO de 2022


Petrolina, PE (distrito 4500)

H

á pelo menos três versões para a origem do nome Petrolina. Uma delas aponta que o topônimo seria uma homenagem ao então imperador dom Pedro 2º e a sua esposa, Dona Leopoldina. Outra indica que o nome derivaria da expressão “pedra linda”, em referência à pedra utilizada nas obras de cantaria da Catedral do Sagrado Coração de Jesus, um dos maiores monumentos históricos da cidade (que pode ser visto na foto, tendo à frente a escultura representando Padre Cícero e o bispo Dom Malan, idealizador da catedral). Uma terceira versão é creditada ao escritor Santana Padilha. Ele teria escrito que, ao celebrar o casamento de Pedro e Lina, os dois primeiros moradores da cidade, o frei Henrique, de origem italiana, teria pronunciado o nome dos noivos de um modo que soou como Petrolina. Fundada em 1870, Petrolina, localizada no sertão de Pernambuco, é a quarta maior cidade do interior nordestino. Estimativas de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística indicam que 337.683 pessoas vivem no município, o sexto mais rico do estado. Em setembro de 2010, Petrolina foi apontada pela revista Veja como uma das 20 cidades brasileiras do futuro. A produção de vinhos no Vale do São Francisco é um dos pontos que impulsionam o desenvolvimento econômico e turístico na região, e Petrolina é o segundo polo vitivinicultor do país. É também uma das maiores exportadoras de manga do Brasil. No artesanato, uma tradição é a fabricação de carrancas. O Museu Ana das Carrancas, fundado em 2000, homenageia a maior representante local dessa atividade artesanal e é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, conhecida também pelas belezas naturais. Na culinária, o bode assado é o principal prato típico. Por sinal, em Petrolina está localizado o maior complexo gastronômico ao ar livre da América Latina dedicado à carne de bode. RB

Número de Rotary Clubs: 02 Ano de fundação do clube mais antigo: 1985 iStockphoto

Rotary Brasil

JULHO de 2022

7


Monika Lozinska

24 34

Oportunidade Candidate-se a uma comissão: as inscrições vão até 15 de agosto

Capa Uma contadora de histórias assume o comando: presidente do Rotary International em 2022-23, Jennifer Jones está ansiosa para levar nossa narrativa adiante Diana Schoberg

20

Marcos Spagnoli Rotary Brasil JULHO de 2022

Edmílson Caminha

44

Educação O bullying retorna à sala de aula: como educadores e familiares podem combater esse tipo de violência

8

Centenário Rotary no Brasil, 100 anos de história: criação do primeiro clube brasileiro se deu entre o respeito ao passado e a confiança no futuro

iStockphoto


Preço deste exemplar: R$ 8,00

I

I

nº 1201 Julho 2022 Ano 97

BRASIL

www.revistarotarybrasil.com.br

O PRÓXIMO

CAPÍTULO

JENNIFER JONES ASSUME A PRESIDÊNCIA DO ROTARY INTERNATIONAL COM UM ESTILO DIFERENTE DE LIDERANÇA NESTA EDIÇÃO

Começou a contagem regressiva para o centenário do Rotary em nosso país 20 Candidate-se às comissões que apoiam o Rotary e a Fundação Rotária 34 Bullying: como educadores e familiares podem combater esse problema 44

JULHO 2022 05 M

nº 1201 ensagem da presidente

Contando nossas histórias

Jennifer Jones

13 M

ensagem do diretor

Feliz ano rotário 2022-23

Julio César Silva-Santisteban Ojeda

17 M

ensagem do curador

Qual o valor da proposta da Fundação Rotária?

Marcelo Haick

18 N

osso tempo

Considerações em torno de verdades nem sempre verdadeiras: a importância das revistas do Rotary diante das novas tecnologias

Jorge Bragança

22 A

voz dos leitores

Como o Rotary pode fortalecer a sua comunidade em 2022-23?

40 P

rojetos que inspiram

Incentivando o gosto pela leitura: clube de Indaial, em Santa Catarina, doa livros de literatura para escolas da cidade há nove anos Renata Coré

41 M

ensagem do chair

A soma dos nossos números Ian Riseley

Capa: design de Armando Santos com foto de Monika Lozinska

Convite ao leiTOR

Todos os nomes de Jennifer Jones

N

o Rotary, este mês marca o começo de um novo ciclo de trabalho e amizade. Seguindo uma antiga tradição, em julho nossas mais de 30 revistas mundo afora trazem a mesma foto de capa, saudando a liderança internacional que, pelos próximos 12 meses, inspirará nossos associados. Tudo isso já faria desta uma edição especial. Mas ela é, sem dúvida, muito mais que isso: entrará para a história. Jennifer Jones é a nova presidente do Rotary International. Pela primeira vez desde que foi criada, há 117 anos, nossa organização será comandada por uma mulher. Temos aqui a resposta para uma pergunta que fizemos e ouvimos durante muito tempo: quando, afinal, o Rotary terá uma associada ocupando seu posto máximo? Esta é uma edição inesquecível porque a pessoa na capa é Jennifer Jones, mas não apenas. Ali estão as pioneiras que, geração após geração, abriram esse caminho. Jennifer é Sylvia Whitlock, líder do movimento iniciado nos Estados Unidos na década de 1980 que acabou resultando na entrada da mulher no Rotary. É a saudosa Emma Hildinger, primeira rotariana do Brasil e da América Latina. Jennifer Jones é Adelia Villas, primeira governadora de distrito do nosso país, e tantas outras mulheres que fizeram, fazem e farão história em seus clubes e distritos até o dia em que a presença e a liderança femininas no Rotary sejam uma realidade não mais celebrada de tão corriqueira. Jennifer Jones é uma gigante que chegou até aqui sobre os ombros de outras gigantes. E cujo papel simbólico servirá de inspiração para que nós e as próximas gerações sigamos construindo um Rotary cada vez mais diverso e inclusivo em todos os sentidos. Boa leitura e uma feliz jornada em 2022-23! Equipe de Jornalismo

Seções 06 Você tem companheiros aqui 12 Cartas e recados l Saudades l No Facebook 14 Curtas 16 A seu serviço 38 Giro global 42 Subsídios Globais 45 Quarta tela 48 Clubes e distritos

59 Rotaract 60 Casas da Amizade l Rotary Kids 61 Reconhecimentos da Fundação Rotária 62 Rotarianos que são notícia l Os 50 mais 64 TecSocial 65 Aconteceu 66 Relax Rotary Brasil

JULHO de 2022

9


Revista de Propriedade da Associação Editora Brasil Rotário CNPJ: 33.266.784/0001-53  Inscrição Municipal: 00.883.425 Av. Rio Branco, 125, 18º andar CEP: 20040-006 – Sede própria Rio de Janeiro – RJ  Tel.: (21) 2506-5600 / Fax: (21) 2506-5601 SAC-Ouvidoria: 0800-6068-138 (ligação gratuita)

DIRETORIA EDITORIAL E EXECUTIVA 2021-23 Presidente: Jorge Bragança Vice-presidente: Pedro Loureiro Durão Diretor de Finanças: Claudio Dutra de Aboim Diretor Administrativo: Eduardo Costa Garcia Diretor de Logística: Paulo Mauricio de Oliveira Macedo Diretor de Jornalismo: Alexis Cavichini Teixeira de Siqueira Diretor Jurídico: Paulo Lanari Prado CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 2021-23 Presidente: Ricardo Franco Teixeira Suplente: Adelia Antonieta Villas Membros titulares: Juarez Machado Garcia, Marcílio Marques Moreira e Raphael José de Oliveira Barreto Neto Suplentes: Frederico Price Grechi, Eduardo Correa de Almeida e Sebastião Porto CONSELHO FISCAL 2022-23 Titulares: Bemvindo Augusto Dias, Reynaldo Vilardo Aloy e José Carlos de Almeida Gouvêa Suplentes: Fabrício Fernandes de Castro, Eduardo Muniz Werneck e Maria Odete Henriques de Sá CONSELHO CONSULTIVO DE BENEMÉRITOS Mário César Martins de Camargo, José Ubiracy Silva, José Antonio Figueiredo Antiório, Antonio Hallage, Themístocles Américo Caldas Pinho, Luiz Coelho de Oliveira, Alceu Antimo Vezozzo, José Alfredo Pretoni, Gerson Gonçalves, Mário de Oliveira Antonino, Luiz Carlos Fávaro (suplente: Pedro Dalbone), Alexis Cavichini Teixeira de Siqueira, Ricardo Vieira Lima Magalhães Gondim e Milton Ferreira Tito

EXPEDIENTE Presidente: Jorge Bragança Editor-chefe: Nuno Virgílio Neto – Jorn. Prof. MTB 24490 RJ Editor adjunto e jornalista responsável: Luiz Renato Dantas – Jorn. Prof. MTB 25583 RJ Redação e site: Luiz Renato Dantas, Manoel Magalhães, Maria Lúcia Ribeiro de Sousa, Nuno Virgílio Neto e Renata Coré Diagramação e digitalização: Armando Santos (coordenador), Alex Mendes e Maria Cristina Andrade Impressão: Log&Print (Empresa do Grupo Print Laser) Distribuição: Power Log Tiragem desta edição: 41.300 exemplares E-mail da Redação: jornalismo@revistarotarybrasil.com.br Homepage: www.revistarotarybrasil.com.br Facebook: www.facebook.com/revistarotarybrasil Instagram: www.instagram.com/revistarotarybrasil Twitter: www.twitter.com/revistarotarybr ATENDIMENTO AO ASSINANTE SAC-Ouvidoria: 0800-6068-138

As matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos seus autores. As visões expressas nesta publicação não são necessariamente aquelas do Rotary International ou da Fundação Rotária. São de propriedade do Rotary International e usadas sob licença as marcas ROTARY,

e

A REVISTA

Publicada ininterruptamente desde 1924, a Revista Rotary Brasil é a publicação oficial do Rotary em nosso país. Aqui você conhece um pouco do trabalho voluntário dos rotarianos brasileiros e de outros países. COMO FUNCIONA SUA ASSINATURA De acordo com o Regimento Interno do Rotary International, todo associado a qualquer Rotary Club deve assinar a revista oficial do Rotary International (Rotary) ou uma revista regional do Rotary que tenha sido aprovada e prescrita para sua região pelo Conselho Diretor (no caso do nosso país, a Revista Rotary Brasil). Os assinantes podem optar por ler a revista em formato impresso ou digital. Dois rotarianos que morem no mesmo endereço têm ainda a opção de assinar a revista conjuntamente. Para mais esclarecimentos, entre em contato com nosso Departamento de Logística. SUSPENSÃO POR ATRASO DE PAGAMENTO Também de acordo com as normas do Rotary International, o atraso no pagamento da revista pode resultar na suspensão do seu clube. Para mais esclarecimentos, entre em contato com nosso Departamento de Cobrança. Sobre o uso e a publicação de textos e imagens O leitor que contribui com a Revista Rotary Brasil por meio do envio de conteúdo – tais como fotos, informações, textos e frases, entre outros – aceita e se responsabiliza pela autoria e originalidade do material enviado à revista, bem como pela obtenção da autorização de terceiros que eventualmente seja necessária para os fins desejados, respondendo dessa forma por qualquer reivindicação que venha a ser apresentada à Revista Rotary Brasil, judicial ou extrajudicialmente, em relação aos direitos intelectuais e/ou direitos de imagem, ou ainda por eventuais danos morais e/ou materiais causados à Revista Rotary Brasil, à Associação Editora Brasil Rotário ou a terceiros. Entre os direitos da Revista Rotary Brasil incluem-se, também, os de adaptação e condensação dos textos e imagens enviados à revista. Para mais esclarecimentos, entre em contato com nosso Departamento de Jornalismo.

Conheça os canais para falar com nossa equipe

Com o objetivo de ficar ainda mais perto dos leitores, a Revista Rotary Brasil criou o SAC-OUVIDORIA. Gostaríamos de conhecer suas ideias, reclamações e esclarecer dúvidas.

Ligue gratuitamente de qualquer parte do Brasil para 0800-6068-138. Horário de atendimento: dias úteis, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 17h. Se preferir, envie um e-mail para ouvidoria@revistarotarybrasil.com.br Para entrar em contato com o Gabinete da Presidência, escreva para gabinete@revistarotarybrasil.com.br

CONTATOS DOS DEPARTAMENTOS JORNALISMO Para enviar notícias do seu clube, entre no site www.revistarotarybrasil.com. br, clique em Envie sua notícia no alto da página e siga as instruções. Ou envie o material para jornalismo@revistarotarybrasil.com.br LOGÍSTICA Se precisar atualizar o número de assinantes, o endereço para envio de revistas ou pedir informações sobre a entrega das edições e o acesso à nossa versão digital, escreva para logistica@revistarotarybrasil.com.br COBRANÇA Para obter informações sobre o pagamento de assinaturas ou o envio de boletos, o e-mail é cobranca@revistarotarybrasil.com.br MARKETING Para anunciar sua empresa na revista e atingir um público de mais de 200 mil leitores em todo o país, entre em contato com marketing@revistarotarybrasil.com.br facebook.com/revistarotarybrasil

ÉTICA: UM PRINCÍPIO QUE NÃO PODE TER FIM.

10

Rotary Brasil JULHO de 2022

twitter.com/revistarotarybr instagram.com/revistarotarybrasil


OLÁ, PRESIDENTE 2022-23!

RECADASTRE SEU CLUBE

PARA CONTINUAR RECEBENDO A REVISTA ROTARY BRASIL NO ENDEREÇO CORRETO E SEMPRE EM DIA.

Acesse nosso site

www.revistarotarybrasil.com.br e clique em RECADASTRAMENTO. Mais informações:

digital@revistarotarybrasil.com.br


cartas e recados Leitora assídua da revista Quero parabenizar a revista Rotary Brasil, sou leitora assídua e fã de vocês! Trabalho com educação de jovens e adultos e repasso as informações da revista para meus alunos, professores e entidades parceiras. Solange Maliska Haack, associada ao Rotary Club de Chapecó-São Cristóvão, SC (distrito 4740), e coordenadora distrital das Entidades de Senhoras de Rotarianos

NO FACEBOOK iStockphoto

Edição de junho: programa Visão para Sempre

Na cidade gaúcha de Dom Pedrito, um projeto do Rotary envolvendo o poder público municipal avalia a acuidade visual da população infantil de até cinco anos de idade matriculada em unidades de ensino. Trata-se do programa Visão para Sempre, tema da nossa principal reportagem em junho. Nossos seguidores assim receberam a postagem de lançamento da edição na rede social:

Projeto espetacular! Neuza Rodrigues, pelo Facebook Maravilhoso e destacado projeto! O Rotary em ações e destaques! Inauzuir Franca, pelo Facebook Parabéns pelo maravilhoso trabalho oferecido! Janes Esteves, pelo Facebook

Saudades Roberto Ferreira da Silva, governador 1994-95 do antigo distrito 4520, atual 4521, e associado ao Rotary Club de Sabará, MG.

Seu clube bem na foto!

2.900

Vai realizar uma ação de serviço e gostaria de enviá-la para publicação? Não se esqueça de caprichar nas imagens.

reações

175

Selecione a opção alta resolução da câmera. Evite fotos posadas, mostre o que aconteceu no projeto. É fundamental que as imagens tenham foco.

compartilhamentos

Não crie montagens nem aplique filtros ou logos. Envie as fotos como anexo de e-mail. iStockphoto

Os comentários publicados nesta página são extraídos das páginas da revista nas redes sociais e de cartas e e-mails enviados ao nosso Departamento de Jornalismo. No caso das correspondências, elas devem ser enviadas para o e-mail jornalismo@revistarotarybrasil.com.br ou para a Avenida Rio Branco, 125/18º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ/CEP:20040-006. Em razão do seu tamanho ou para facilitar a compreensão, os textos poderão ser editados.

12

Rotary Brasil JULHO de 2022

24

comentários Curta a página da revista no Facebook e acompanhe as nossas atualizações frequentes, enquetes e muito mais:

www.facebook.com/revistarotarybrasil


Mensagem do diretor do Rotary international

Feliz ano rotário 2022-23

E

stimados companheiros rotarianos, Chegamos ao fim de 2021-22, um extraordinário ano rotário no qual os rotarianos do mundo, e especialmente os da América Latina, desenvolveram um trabalho digno de ser destacado e reconhecido. Realizamos ações para o bem de milhões de pessoas que precisavam de mãos solidárias em diversas áreas. Isso é confirmado por nossa solidariedade com a Ucrânia e a ajuda humanitária que prestamos às populações vulneráveis diante da crise de saúde que o mundo vive. Meus parabéns aos Governadores de Ouro e às suas equipes por sua entrega e dedicação para obter o sucesso alcançado, aos coordenadores por seu magnífico trabalho, aos presidentes de clube pelo compromisso que assumiram e, especialmente, a cada um dos rotarianos que se envolveram com paixão para transformar vidas, impulsionar a paz positiva e construir um mundo melhor sob os nobres e excelsos ideais do Rotary. Agora que estamos entrando nos primeiros dias deste ano rotário 2022-23, um novo grupo de líderes assume a condução do Rotary, a maior e mais importante organização de ajuda humanitária do mundo, tendo ao seu lado 1,4 milhão de voluntários que já estão executando planos e projetos para o bem da humanidade. Em parceria com a Organização Mundial da Saúde, continuamos comprometidos com a erradicação da pólio e a conscientização sobre a vacinação para evitar a perda de vidas. Ao lado do Unicef, avançamos nosso compromisso com a alfabetização. E, com a Organização das Nações Unidas em geral, desenvolvemos nossa colaboração com a Agenda 2030 por meio das ações que realizamos em nossas sete áreas de enfoque. Tudo isso com a firme convicção em nossos princípios, valores e postulados filosóficos. São eles que nos iluminam e indicam que o objetivo supremo de todas as nossas ações é a pessoa humana e seu sagrado direito à dignidade e à paz. Por isso o Rotary é o caminho da beleza abraçada à justiça em permanente ação por um mundo inclusivo e equitativo que alcance a convivência harmoniosa, despojada do interesse individual e em prol do interesse superior que constitui o bem comum. Feliz ano rotário 2022-23.

Julio César Silva-Santisteban Ojeda

Um novo grupo

de líderes assume a condução do Rotary tendo ao seu lado 1,4 milhão de voluntários que já estão executando planos e projetos para o bem da humanidade

Rotary Brasil

JULHO de 2022

13


iStockphoto

Curtas Convenção 2023

Bom dia, Melbourne

C

om o encerramento da Convenção de 2022 em Houston – a primeira no formato presencial desde o início da pandemia de Covid-19 –, as atenções agora se voltam para a cidade que sediará o evento no ano que vem: Melbourne, na Austrália. A Convenção de 2023 será de 27 a 31 de maio na Rod Laver Arena e no Centro de Convenções e Exposições de Melbourne, localizados em bairros à beira-rio. Essa é a segunda vez que Melbourne sedia a Convenção do Rotary. A primeira foi em 1993. Melbourne é a capital do Estado de Victoria. É a segunda maior cidade da Austrália e da Oceania, com mais de 5 milhões de habitantes na região metropolitana. Melbourne também é uma das cidades mais culturalmente diversificadas do mundo. De acordo com o governo local, cerca de 140 culturas estão representadas em Melbourne, de aborígenes

Revistas do Rotary reunidas

l Durante a Convenção de Houston, no dia 5 de junho foi realizado um seminário em formato híbrido com os editores das mais de 30 revistas do Rotary, atualmente publicadas em 130 países e 24 idiomas. A Rotary Brasil foi representada pelo presidente Jorge Bragança e pelo editor-chefe Nuno Virgílio Neto, que participaram do encontro via Zoom. Formulado a partir de reuniões prévias em âmbito regional e mundial, o programa abordou temas e desafios comuns às publicações que compõem a chamada Rotary Global Media Network, como a necessidade de ampliar a sinergia entre os formatos impresso e digital, as propostas de emendas relativas às revistas que foram votadas no Conselho de Legislação deste ano e tópicos sobre produção de conteúdo e estratégias globais de comunicação, como a importância da fidelidade à marca Rotary. O seminário teve a participação de convidados como o jornalista Colin McMahon, ex-editor-chefe do jornal Chicago Tribune.

14

Rotary Brasil julho de 2022

a imigrantes mais recentes da Europa, Ásia e África. Considerada a capital cultural da Austrália, Melbourne foi proclamada como Cidade da Literatura pela Unesco e abriga teatros, casas de shows e atrações culturais. A Economist Intelligence Unit classificou Melbourne como uma das “cidades mais habitáveis do mundo”, graças, em parte, aos seus atributos culturais. Mary Barry, ex-presidente do Rotary Club de Melbourne, preside a Comissão Anfitriã do evento. O Rotary Club de Melbourne, o primeiro australiano, foi fundado em abril de 1921. Atualmente, o país tem mais de 1.000 clubes e cerca de 25 mil associados. A Austrália já sediou quatro Convenções do Rotary: a de Sidney, em 1971; Melbourne, em 1993; Brisbane, em 2003; e Sidney, em 2014. (Matéria para a edição deste mês da revista Rotary) Saiba mais e inscreva-se em convention.rotary.org/pt


Homenagem

Bhichai Rattakul, presidente 2002-03 do Rotary l Há 64 anos, Bhichai Rattakul se tornava um dos fundadores do segundo clube de Rotary da Tailândia: o Rotary Club de Dhonburi. Mais tarde, ele admitiria que, a princípio, era apenas “um rotariano no papel, mas não um rotariano em espírito. O Rotary ainda não estava em meu coração”. Tudo mudou quando, a pedido do então presidente do clube, ele concordou, com relutância, em acompanhar um grupo de órfãos à praia. Uma das crianças se apegou a Rattakul e, ao final do dia, tanto o rotariano quanto o menino acharam difícil se despedir. Bhichai Rattakul, presidente do Rotary International em 2002-03, o primeiro tailandês a ocupar o cargo, faleceu em Bangcoc em 28 de fevereiro, aos 95 anos. Em entrevista para a revista Rotary, em 2002, ele avaliou que a participação ativa em projetos em prol da comunidade era a melhor maneira de envolver – e reter – os associados de um clube. Rattakul

e sua esposa, Charoye, foram Doadores Extraordinários e Benfeitores da Fundação Rotária. Ele também recebeu a Menção da Fundação Rotária por Serviços Meritórios e o Prêmio por Serviços Eminentes. Rattakul era conhecido pela modéstia, integridade e habilidades diplomáticas, e sua visão de vida foi moldada por experiências marcantes. A educação infantil em uma escola particular em Hong Kong foi interrompida pela Segunda Guerra Mundial, e sua notável carreira empresarial começou com a tarefa de varrer o chão na empresa farmacêutica onde o seu pai trabalhava. “Comecei de baixo e fui subindo, o que me ajudou a considerar as dificuldades das pessoas menos afortunadas do que eu”, declarou o rotariano. Rattakul se tornaria presidente da empresa, bem como presidente da Associação de Fabricantes Farmacêuticos da Tailândia, cargo que ocuparia por mais de 10 anos.

Antes de se tornar presidente do Rotary International, Rattakul teve uma notável carreira no governo como vice-primeiro-ministro da Tailândia – de 1983 a 1990 e de 1997 a 2000 – e como ministro das Relações Exteriores. Condecorado por diversos chefes de Estado, ele foi membro do parlamento tailandês por nove mandatos, tendo, inclusive, o presidido. Igualmente marcante foi sua atuação como presidente da Comissão Organizadora dos Jogos Asiáticos de 1998, em que ele atuou como mediador, eliminando a divisão de vários grupos para que, juntos, organizassem e sediassem a competição na capital tailandesa. Em reconhecimento ao seu trabalho, em 1999 o Comitê Olímpico Internacional conferiu a Rattakul a Ordem Olímpica – a maior distinção individual outorgada pelo comitê. Ele deixa uma filha, dois filhos e vários netos. (Adaptado de matéria publicada este mês na revista Rotary).

Imersão de oratória l Os rotaractianos do distrito 4540, que cobre parte de São

Paulo e de Minas Gerais, foram responsáveis pela primeira edição da Imersão de Oratória, em 22 de maio. O evento, em formato online e transmitido pelo Zoom, reuniu 15 participantes, selecionados pelos clubes do 4540, e se dedicou ao treinamento e troca de experiências tendo como base o desenvolvimento de habilidades de oratória e apresentação em público. A ideia é prepará-los para os concursos distritais e de âmbito nacional. Entre os presentes, a fonoaudióloga Caroline Gomes, diretora da Equipe Distrital de Logística e Conteúdo do 4540; o campeão de oratória e professor de teatro Igor Pereira, representante distrital de Rotaract 2022-23; o instrutor de oratória e rotariano Aristeu Silva; e Larissa Nascimento, ex-rotaractiana, campeã de concurso de oratória e professora de filosofia. RB Rotary Brasil

julho de 2022

15


A seu serviço notícias do escritório do Rotary international no brasil

Fatura da per capita internacional

N

iStockphoto

este mês, o valor de referência da fatura da per capita internacional dos clubes será de US$ 35,50, acrescidos de U$ 1 por associado para o custeio do Conselho de Legislação. A fatura será emitida diretamente em reais, convertidos e fixados pelo valor do dólar rotário na emissão. A mesma tem como vencimento original o mês de julho, e os clubes dispõem de um prazo de tolerância de até 120 dias, a contar do início do semestre, para realizar o pagamento. Por fim, é importante lembrarmos que apenas dirigentes com cadastro ativo no Meu Rotary poderão realizar o pagamento. Assim, certifique-se de que os dirigentes tenham sido indicados e que eles tenham acesso ao site.

escritório do Rotary international no brasil

www.rotary.org.br

Endereço Condomínio Comercial Casa das Caldeiras Avenida Francisco Matarazzo, 1752 14º andar / Conjunto 1421 Água Branca – São Paulo – SP CEP: 05001-200 Tel: (11) 3217-2630 Atendimento: de 2ª a 6ª, das 8h às 17h Departamentos Gerente e Fundação Rotária Edilson Gushiken edilson.gushiken@rotary.org Suporte a Clubes e Distritos Débora de Oliveira (supervisora) debora.deoliveira@rotary.org Financeiro Carlos Eduardo de Araujo (supervisor) carlos.araujo@rotary.org Administrativo Clarita Urey (supervisora) clarita.urey@rotary.org

Muito obrigado!

Comunicação Aurea dos Santos (especialista) aurea.santos@rotary.org

C

om a conclusão do ano rotário 2021-22, queremos agradecer a todos vocês pelo trabalho em prol do Rotary. Por meio do seu compromisso de Servir para Transformar Vidas, arrecadamos nacionalmente mais de US$ 3 milhões para a Fundação Rotária e apoiamos milhares de pessoas não só no Brasil, mas também ao redor do mundo. Apenas em nosso país, a Fundação investiu mais de US$ 2,6 milhões, auxiliando vítimas de enchentes, promovendo melhorias nas comunidades e ajudando mães e filhos. Contamos com seu apoio para seguirmos fazendo a diferença neste 2022-23! RB

Perfis oficiais do Rotary Brasil nas redes sociais facebook.com/rotarybr twitter.com/RotaryBrasil Sede mundial do Rotary International 1560 Sherman Avenue, Evanston, Il 60201 USA Phone: 00-21-1847 866-3000 Fax: 00-21-1847 328-8554 Atendimento: das 8h30 às 17h (horário de Washington)

photo

iStock

Estamos prontos para ajudá-lo!

16

Rotary Brasil JULHO de 2022


Mensagem do curador da fundação rotária

QUAL O VALOR DA PROPOSTA DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA?

R

ecentemente, fui indagado sobre como poderiam ser definidas as prioridades da Fundação Rotária a partir de 1º de julho. Passei alguns dias refletindo, mas no fundo gostaria de responder com um comentário além das expectativas. O mais importante para um líder no Rotary é, sem dúvida, desenvolver uma comunicação eficiente, clara e objetiva, que sensibilize o coração e desafie a mente dos nossos associados. Os programas da Fundação Rotária oferecem um valor significativo a todos os envolvidos, e é por meio da comunicação carismática, empática e apaixonada que demonstramos nossos diferenciais e vantagens – e os impactos para os beneficiados, definindo o valor da nossa proposta. Com a ajuda de histórias inspiradoras, narradas com emoção e lógica, os líderes demonstram os benefícios de nossos programas. Com a emoção desenvolve-se o desejo e, por meio da lógica, cria-se a confiança. Dessa forma, está formado o binômio desejo-confiança, tão importante para o estabelecimento de prioridades, como nesses exemplos de boas narrativas: “Um clube realizou pela primeira vez um projeto financiado por Subsídio Global. Uma equipe de associados identificou as necessidades da comunidade, desenvolveu parcerias e implantou um programa para melhorar a capacitação dos professores de uma escola pública na periferia, tendo como resultado aulas mais dinâmicas e menor evasão escolar.” “Vários clubes definiram a estratégia para melhorar a cobertura vacinal em sua cidade. Para isso, seus associados visitaram

as autoridades públicas de saúde e lideranças comunitárias, incentivando a imunização das crianças nas escolas e creches, trabalho que, após seis meses, levou a um aumento de 12% dos índices iniciais.” “As lideranças distritais definiram uma meta ousada de arrecadação, combinando as iniciativas dos clubes a uma grande campanha distrital com práticas criativas, como a vaquinha eletrônica e, via Associação Brasileira da The Rotary Foundation, doações empresariais de grande porte. Com isso, desejam atingir US$ 100 mil em doações totais.” “Um clube desenvolveu parceria com uma escola e, por meio dos Prêmios Rotários de Liderança Juvenil, identificou alunos com grande potencial, oferecendo-lhes bolsas educacionais em empreendedorismo, solução de problemas e liderança. Cinco desses alunos já iniciaram estágio remunerado.” Respondendo à indagação, entendo que as experiências tornam os clubes mais dinâmicos e atrativos, e os associados, mais engajados. Isso significa maior retenção e a possibilidade de atrairmos novos associados, alcançarmos maior visibilidade e efetuarmos novas doações para nossa Fundação. Ao visitar os projetos e interagir com os envolvidos, os líderes conversam com os beneficiados e, ao escutar os testemunhos, se emocionam com os resultados alcançados, como a melhoria de vida para centenas de pessoas e comunidades que se tornam, cada vez mais, braços e vozes atuantes no compartilhamento dessas boas histórias, determinados a modificar a realidade que se apresenta.

Marcelo Haick diretoria@hso.com.br

Com a ajuda

de histórias inspiradoras, que descrevam com emoção e lógica os benefícios dos programas da Fundação, os líderes demonstram aos nossos associados os impactos positivos desse trabalho

Rotary Brasil

JULHO de 2022

17


NOSSO TEMPO

Considerações em torno de verdades nem sempre verdadeiras

A importância das revistas do Rotary diante das novas tecnologias

FATOS

Jorge Bragança* “Contra quem é reputado, só com muita dificuldade se conspira.” – Nicolau Maquiavel

D

ois fenômenos sociais têm apresentado expressivo protagonismo nos tempos atuais: as narrativas e as tecnologias. O primeiro deles, a narrativa (novo nome para “discurso”), é um velhinho de barbas brancas que circula pelo mundo desde tempos imemoriais. Atuou na religião, mitologia, política e na vida social. Mobilizou, seduziu e continua a criar “fatos” até hoje. O segundo, a tecnologia, vem impressionando as mentalidades e, para muitos, deixou de ser uma ferramenta importante para, na atualidade, contribuir com a funcionalidade e a administração das coisas, tornando-se a gloriosa solução para nossos grandes desafios, para o progresso e outros avanços notáveis. Tanto as narrativas como a tecnologia constituem frequente e simultaneamente o meio e a mensagem daquilo que se chama, com credibilidade frequentemente duvidosa, tanto de parte do “jornalismo profissional” como de expressão da liberdade de qualquer indivíduo por intermédio das redes sociais, como as conhecidas “tias do zap”, sendo assim difícil avaliar quem veicula, com acabamento de maior ou menor qualidade, as famigeradas fake news. Com sua rede de revistas, o Rotary International tem o privilégio de possuir seu próprio veículo de imprensa, que conecta, informa e divulga sua importante missão, construindo a cada dia sua marca e firmando

18

Rotary Brasil juLho de 2022

sua grife. O rotariano tem assim o privilégio de ostentar esse símbolo, pode-se afirmar, idôneo e duradouro, gozando de um jornalismo próprio, que divulga com precisão nossos valores e ações. Recentemente, com alguma frequência alguns poucos rotarianos têm procurado extinguir esse importante veículo, enquanto outros sugerem que ele seja mantido apenas em formato digital, e outros ainda defendem a opção de subscrição voluntária. Ao que parece, esses companheiros ainda não se detiveram na avaliação da importância de se ter um veículo de imprensa próprio, com a força e a penetração da mídia impressa, de forma a gerar uma imagem com a plenitude, o alcance, o tamanho e a importância da nossa instituição. Outros revelam uma certa ingenuidade ao pensar que o formato digital não tem custos, esquecendo das imprescindíveis atividades para se produzir uma revista, mesmo em formato eletrônico, como pautar os temas, apurar e escrever as matérias, produzir o design, as imagens e revisar todo o conteúdo antes de publicá-lo numa plataforma confiável, o que demanda, como na versão impressa, o trabalho de uma equipe técnica qualificada, constituída por editores chefe e adjunto, repórteres, redatores, coordenador de arte, designers e fotógrafos, além de profissionais de marketing e vendas, administração e, acrescido a tudo isso, o suporte do time de tecnologia da informação.

Os argumentos são de toda ordem, como “o ‘custo Rotary’ está alto por causa da revista” (que atualmente equivale ao preço de um café expresso ao final de uma reunião) ou “o uso do papel agride o meio ambiente” (sendo que temos prezado pela utilização de papel certificado, recomendado pela legislação ambiental). Há até aqueles que afirmam que “ninguém lê a revista”... Uma narrativa? Teria ocorrido aqui uma narrativa conduzida por alguém que pensa desse modo e que, por esse caminho, alcançou certos grupos, induzindo as propostas de extinção da revista ou de sua substituição exclusiva pela versão digital? Creio que seria o caso de refletir e avaliar melhor a respeito. No último Conselho de Legislação, realizado no mês de abril, o Brasil apresentou algumas proposições contrárias às revistas. Pois bem: colocadas em votação, essas proposições foram rejeitadas, tendo prevalecido o bom senso e demonstrando-se que a imprensa do Rotary é particularmente relevante. Mais: em inédita pesquisa de opinião realizada pelo Rotary International com os leitores de suas revistas no mundo inteiro, 74% dos brasileiros disseram ler a Rotary Brasil do começo ao fim ou pelo menos alguns artigos – a maioria daqueles que não leem a revista alegou a falta de tempo como principal motivo. Dos que leem a revista,


MITOS

iStockphoto

um total de 90% avaliou como excelente ou boa a relevância do conteúdo da publicação em sua experiência no Rotary; 85% concordaram totalmente ou de certa forma com a afirmação de que a revista fortalece sua conexão com o Rotary; e 88% concordaram totalmente ou de certa forma que a revista os ajuda a entender melhor o Rotary. Esses e outros resultados da pesquisa foram publicados em nossa edição de abril de 2021. Cumpre reconhecer que a leitura da edição digital deve crescer com o tempo, sobretudo pelas seguintes razões: o aumento do custo do papel e da tinta para produzir a versão impressa; o fato de os rotarianos mais jovens tenderem a preferir a versão digital; e as dificuldades que se ensaiam no mundo relativas a outros insumos. Não há dúvida de que a mídia digital é uma tendência e tem um protagonismo no presente que somente se incrementará no futuro próximo. Mas uma certa cautela deve ser observada. A mídia digital tende à superficialidade, a “uma passada de olhos”, na maioria das vezes, sem aprofundamento. A neurocientista cognitiva americana Maryanne Wolf costuma ser abordada em suas palestras por pessoas que se queixam de não conseguir mais se concentrar em textos mais longos ou “mergulhar profundamente” na leitura como antes. Ela conclui que, dispendendo longo tempo diante das telas de computadores, celulares e tablets, estamos

mudando a forma como processamos as informações que adquirimos, e afirma que esses hábitos digitais “podem estar dilapidando nossa capacidade de entender argumentos complexos, de fazer uma análise crítica do que lemos e até mesmo de criar empatia por pontos de vista diferentes do nosso”. Já na primeira metade do século 20, Aldous Huxley sugeria em seu livro Admirável mundo novo que a ciência e a tecnologia deveriam ser usadas pelo homem, e não como fazemos no presente, como se o homem tivesse de ser adaptado e escravizado por elas. Na obra Ansiedade: como enfrentar o mal do século, o brasileiro Augusto Cury define a questão nos seguintes termos: “Estamos na era do conhecimento, da democratização da informação, mas nunca produzimos tantos repetidores de informações, em vez de pensadores (...). Por não termos investigado o fenômeno fundamental que nos torna seres pensantes, vivenciamos ainda hoje erros grosseiros e gravíssimos na sustentabilidade das relações humanas, inclusive na inserção social.” O Brasil tem sofrido muito com o panorama cruel traduzido no desinteresse pela leitura. Monteiro Lobato já pregava que “um país se faz com homens e livros”. Eis então uma importante missão, oportuna para os rotarianos do Brasil: estimular os jovens a ler profundamente, discutindo e debatendo os temas abordados. Cabe novamente citar a professora Maryanne Wolf, para quem “em um cenário de leitura apenas superficial, o circuito da leitura no cérebro não vai alocar tempo suficiente para um conhecimento cognitivo necessário para um processamento crítico”. Ideias para novas mídias Feitas essas considerações, informamos que a Rotary Brasil está trabalhando em novas modalidades de oferta de conteúdo aos leitores. Em breve, facultaremos aos nossos assinantes a versão impressa da revista e a digital como opção, como já vem sendo feito há alguns anos, e ainda a alternativa de enviar a edição impressa diretamente ao domicílio do assinante que assim nos solicitar – atualmente a revista é remetida aos clubes. Estamos trabalhando também no projeto de um podcast que levará conteúdo de áudio, a

O importante é desfazer mitos inconsistentes, ideias desprovidas de fundamentos concretos, divorciadas do interesse da nossa instituição

exemplo do antigo rádio, ao número cada vez maior de adeptos desse tipo de programa. A produção de conteúdo para o YouTube é outro projeto próximo. O importante é desfazer mitos inconsistentes, ideias desprovidas de fundamentos concretos, divorciadas do interesse da nossa instituição e, também, afugentar os “fantasmas” que surgem, ideias que diminuem o protagonismo da importante marca que nós ostentamos. Amadurecer ideias e compreender o sentido da imprensa são fatores relevantes ao nosso trabalho. Citando um fórum de comunicação ocorrido na Escandinávia, nosso ex-diretor do Rotary International Mário César de Camargo informou que a mídia impressa recebeu o apelido de push (empurrar, em inglês) por ser aquela que impulsiona a notícia, enquanto a digital foi chamada de pull (puxar, em inglês) por servir como arquivo de informações para serem baixadas pelos consumidores. Uma coisa é a mídia com comunicação específica, de interesse e reflexão. Veículos digitalizados podem ter um reduzido índice de leitura, embora certamente cumpram o papel relevante de informar. Avaliar os méritos, conveniências e, certamente, os custos de todas as mídias é nossa obrigação. Escolher as mais eficientes para cada finalidade é trabalho da gestão competente. Dispender investimentos sem saber por que e para quem, mesmo que tenhamos recursos ou desejemos apenas um hobby, não é efetivamente o nosso caso. RB *O autor é presidente da revista Rotary Brasil, governador 1995-96 do distrito 4571 e associado ao Rotary Club do Rio de Janeiro, RJ. Rotary Brasil

juLho de 2022

19


CENTENÁRIO

Rotary no Brasil:

100 anos de história

Criação do primeiro clube brasileiro se deu entre o respeito ao passado e a confiança no futuro Edmílson Caminha*

E

m 1922, uma grande mostra internacional, com o que havia de mais avançado na ciência e na indústria de 14 países, comemorou, no Rio de Janeiro, o centenário da Independência do Brasil. A então capital da República também se tornaria, no ano seguinte, a sede do primeiro Rotary Club brasileiro, cuja fundação, em 1923, é plena de significado, porque se deu entre o respeito ao passado – os 100 anos da Independência – e a confiança no futuro, representado pelo que havia de mais moderno na tecnologia mundial, em exposição que entusiasmava o público. Como a própria linha do tempo, assim também começava a mover-se, no Brasil, a roda denteada do Rotary: do ontem para o hoje, do passado para o futuro, da história que se encontra nos livros para o mundo novo que todos queremos, em que a dignidade humana, a justiça social e a prosperidade deixem de ser privilégios de poucos para se tornar, definitivamente, direitos de todos. Este o ideal de Paul Harris, fundador da instituição que, criada nos Estados Unidos em 1905, chegaria ao Brasil 18 anos depois: uma realidade melhor para bilhões de pessoas vítimas da fome, da doença, do analfabetismo, da pobreza. Luta que haverá de ser vencida não com armas de guerra, mas com instrumentos de paz: o companheirismo e a prestação de serviços, valores que continuam a animar e a fortalecer os associados ao Rotary. Consciência planetária Como inspiração maior, o trabalho que inclui Paul Harris entre os maiores pacifistas

20

Rotary Brasil JULHO de 2022

Um dia histórico: em 5 de dezembro de 1922, 18 profissionais liberais se reuniram na antiga sede do Jockey Club, no Centro do Rio, para realizar o sonho de fundar o primeiro clube do Rotary no Brasil, que acabou oficialmente admitido pelo Rotary International em 28 de fevereiro de 1923. Assim nascia o Rotary Club do Rio de Janeiro, quarto clube da América do Sul – o primeiro foi o seu padrinho, o Rotary Club de Montevidéu, no Uruguai, surgido em 1918 – e o primeiro de língua portuguesa. O primeiro presidente do clube carioca foi o engenheiro e senador José Thomé de Saboya, que preencheu a ficha de associado nº 1


do século 20, ao lado de Mahatma Gandhi, Martin Luther King, John Lennon, Madre Teresa de Calcutá e Nelson Mandela. Homens e mulheres que não viam a paz como utopia inalcançável, sonho impossível, mas como construção dos povos, conquista da sociedade, obra das pessoas, a partir da generosidade humana, da solidariedade fraterna e do amor ao próximo sem os quais muitos não vivem, apenas passam pela vida. Com os clubes de Interact, nas escolas, e de Rotaract, nas universidades, plantam-se as sementes do humanismo rotário, verdadeiro farol a iluminar o caminho dos profissionais que, juntos, continuarão a trabalhar por um mundo melhor, em que a nenhum indivíduo se neguem a dignidade e o respeito como bens comuns a todos. Representantes dos mais diversos ofícios e profissões, homens e mulheres do Rotary são a prova de que a cada ser humano incumbe uma tarefa na construção da realidade em que queremos viver.

Em 1923, a então

capital da República se tornaria sede do Rotary Club do Rio de Janeiro, o primeiro do Brasil e dos países de língua portuguesa Move-os o que podemos chamar de “consciência planetária”, o sentimento de que, além das fronteiras que separam e das ambições que dividem, pertencemos todos a uma mesma espécie, a uma sociedade acima de diferenças e

de convenções, passageira da nave Terra, o magnífico planeta que silenciosamente viaja pela solidão do cosmos. Assim, cumpre-nos preservar a natureza, cuidar do meio ambiente, defender as florestas, zelar pela pureza do ar e das águas. Como frutos, colheremos uma vida saudável, ao vencer doenças como a poliomielite, luta que é marco na história do Rotary no Brasil. São 100 anos de idealismo e de trabalho desde que se fundou no Rio de Janeiro, em 1923, o primeiro clube rotário do país, sob a inspiração e o exemplo do fundador Paul Harris. Aos homens e mulheres que mantêm viva a chama desse belo ideal, o reconhecimento, a homenagem e o respeito de que são merecedores. RB *Jornalista e escritor, o autor é membro da Associação Brasileira de Imprensa, da Academia Brasiliense de Letras, do PEN Clube do Brasil e do Observatório da Língua Portuguesa (em Lisboa).

Sugestões?

Saiba mais sobre os eventos que estão sendo preparados pelo Rotary Club do Rio de Janeiro Site: rotaryrio100.com.br Facebook: facebook.com/rotaryrio100 Instagram: @rotaryrio100 Hashtags oficiais: #RotaryBrasil100 #CentenarioRotaryBrasil Baixe o logo oficial: cutt.ly/5FP7Toy

Se você, seu clube ou distrito têm ideias para as comemorações do centenário ou gostariam de compartilhar as ações que estão sendo planejadas em sua região para que elas também sejam divulgadas nos canais do evento, entrem em contato com a jornalista Mariana Caminha, gerente de comunicação do Centenário Rotary 100, pelo telefone/WhatsApp (61) 98135-1800 ou pelo e-mail mcaminha@me.com

Rotary Brasil

juLho de 2022

21


A VOZ DOS LEITORES

iStockphoto

Como o Rotary pode fortalecer a sua comunidade em 2022-23?

O

mês de julho chega trazendo mais um início de período no Rotary. Em todo o mundo, os associados planejam um novo ano de trabalho e projetos. Para saber como nossa organização pode continuar fazendo a diferença, lançamos a pergunta acima na página da revista no Facebook e no perfil no Instagram. Agradecemos a todos os leitores e leitoras que enviaram respostas. Veja a seguir algumas delas.

“Criar meios de fazer com que os associados voltem a se entusiasmar pelas causas do Rotary, visto que após a pandemia, em função das mudanças, muitos associados estão desmotivados, e uma das maiores causas, a meu ver, são as mudanças causadas pela pandemia e em especial o aspecto tecnológico.” José de Oliveira Filho, do Rotary Club de Taubaté-União, SP (distrito 4571) “Formando, capacitando para que retornem ao mercado de trabalho, trazendo métodos rápidos e favoráveis que transformem a vida do ser humano em todas as áreas.” Rotary Club Satélite de Ribeirão Preto-Hospital de Câncer, SP (distrito 4540) “Ampliando e conquistando mais associados predispostos a promover a paz por meio do atendimento humanitário nos enfoques com amor.” Antonella Cunha “Projetos humanitários para os mais necessitados.” Elaine Amorim, do Rotary Club de Ribeirão Preto, SP (distrito 4540)

22

Rotary Brasil JULHO de 2022


“Cursos rápidos de capacitação profissional, palestras e ações de prevenção de saúde bucal, palestras de empreendedorismo, educação financeira.” Carla Gimenez, Rotary Club de Ribeirão Preto, SP (distrito 4540) “Fazendo parceria com os colégios para os alunos terem palestra sobre o Proerd, também projeto Rumo e o Ryla. Só assim teremos os jovens preparados para os desafios da vida.” José Paulo Moraes, do Rotary Club de São Paulo-Artur Alvim, SP (distrito 4563) “Visitando as comunidades de sua cidade para ver quais são as suas carências.” Sandra Ramos Ayres, de São Borja, RS “Mostrar como o ser humano é parte das mudanças no processo evolutivo da educação.” Luiz Clemente “Com cursos e palestras sobre o amor ao próximo.” Terezinha Latanza, de Nova Odessa, SP “Com encontros virtuais para trocas de ideias, experiências e conhecimentos.” Renata de Castro Camargo, do Rotary Club de Cruzeiro-Mantiqueira, SP (distrito 4571) “Levando ações e projetos que oportunizam o contato entre a nossa organização e as pessoas que estão inseridas naquela comunidade. Pode ser uma palestra informativa, uma ação, um projeto ou mesmo o apoio a um parceiro que ora desenvolve determinada atividade no local. O importante é que quem deve determinar o que fazer não seja um rotariano, que seja de fato uma necessidade daquela comunidade, dita pela comunidade, e que seja algo que sanará ou pelo menos amenizará uma deficiência vivenciada pelos comunitários. Minha sugestão é que se vá até lá passar uma tarde, visitar um morador, participar e apoiar um evento da própria comunidade. Você sentirá se deve ou não fazer algo por eles. Essa sensação você não terá se estiver dentro da sua casa.” Gisele Castro, do Rotary Club de Santarém-Vitória-Régia, PA (distrito 4720) “Promovendo campanhas para atualização de bibliotecas escolares; criando programas alternativos para os pais dos estudantes em idade escolar, como rodas de conversas; fomentando a prioridade de atendimento nos postos de saúde a estudantes encaminhados pelas escolas, e com mais oportunidade de atendimento psicológico; promovendo campanhas de prevenção às drogas, à comunicação violenta.” Midiã Mônica Oliveira Cruz, de Curitiba, PR RB

Rotary Brasil

JULHO de 2022

23


CAPA

Uma contadora de histórias assume o comando

Presidente do Rotary International em 2022-23, Jennifer Jones está ansiosa para levar nossa narrativa adiante

D

Reportagem: Diana Schoberg l Fotos: Monika Lozinska l Design: Armando Santos

urante um evento de treinamento para presidentes de clube eleitos realizado em fevereiro deste ano num hotel em Dallas, no Texas, Estados Unidos, os sargentos de armas conduziam os participantes agrupados por distrito a uma sala onde tirariam fotografias com Jennifer Jones, presidente do Rotary International neste período 2022-23. À medida que entravam na sala, as pessoas rodeavamna em meio a apertos de mão, abraços e expressões de contentamento. Antes de cada foto, rotarianos usando chapéus ao estilo caubói indicavam onde as pessoas deveriam se posicionar. Então Jennifer, que estava na primeira fileira, se levantava para eletrizar os companheiros. “Este é o melhor distrito?”, perguntou ela a um dos grupos. Depois, balançando o corpo sobre o carpete cinza e bege do hotel, desafiou os integrantes de outro distrito a dançar. A outro grupo disse que ele era o mais bonito de todos. E depois veio o distrito festeiro, com integrantes muito animados. Clique. Clique. Clique. Após as fotos, os grupos saíam da sala, mas algumas pessoas permaneciam para tirar selfies com Jennifer e o marido, Nick Krayacich. Uma jovem vestida de azul cobalto gritou: “Parabéns e obrigada por ajudar a abrir as portas do Rotary para as mulheres!”. Mais aplausos enquanto Jennifer e a moça se despedem com um toque de mãos. “Ela é simplesmente incrível, uma estrela do rock”, diz Rhonda Walls Kerby, ex-governadora do distrito 5890. Ao final da sessão de fotografias, Jennifer assinou vários capacetes do filme Guerra nas estrelas que iriam a leilão numa Conferência Distrital em Houston, também no Texas. Logo depois, ela colocou um capacete da tropa de base do Império Galáctico. Ninguém perde a oportunidade e os celulares disparam juntos para capturar a cena. Clique. Clique. Clique.

24

Rotary Brasil JULHO de 2022

Jennifer Jones com o marido, Nick Krayacich, durante uma visita ao norte da Califórnia no mês de fevereiro


Rotary Brasil

JULHO de 2022

25


CAPA CAPA

“E

la faz com que todos se sintam especiais. É por isso que temos a sensação de que somos amigos íntimos de Jen”, afirma Eric Liu. Os dois se conheceram na Assembleia Internacional de 2016, quando ele era governador de distrito eleito e Jennifer, a vice-presidente eleita do Rotary International – e os dois se deram muito bem. As observações de Eric Liu foram repetidas por muitas pessoas durante o agitado final de semana em que viajamos na companhia da nossa presidente a partir de 1º de julho. Sobre ela, é bastante comum ouvir que tem facilidade em lidar com as pessoas, que certamente seria a primeira mulher a presidir o Rotary, que representa um novo tipo de liderança. Ou ainda: que ela é a líder de que o Rotary precisa agora. As risadas na sala onde estamos se transformam num bate-papo agradável enquanto Jennifer brinca com seus amigos – mesmo que este tenha sido um dia longo depois de uma viagem cansativa. Jennifer e Nick passaram nove horas no aeroporto na véspera devido a atrasos provocados pelo clima e depois ainda tiveram

26

Rotary Brasil JULHO de 2022

que resolver problemas logísticos envolvendo a ida a Dallas. Eles se retiram para o quarto às 11 da noite. Farão uma breve pausa antes que os deveres presidenciais recomecem na manhã seguinte. Raízes em Windsor Jennifer Jones, 55 anos, nasceu em Windsor, no Canadá, cidade onde viveu por toda a vida, a não ser durante o período em que, cursando a universidade, trabalhou nas Ilhas Turcas e Caicos e em Manhattan. Mais velha de três irmãos, ela cuidava das barracas de limonada para arrecadar dinheiro para ações de caridade e se recorda de preparar uma festa no quintal de casa em benefício de crianças com distrofia muscular. “Meus irmãos e eu crescemos com os meus pais dando asas para servirmos à nossa comunidade”, ela diz. Hoje, seus pais, um dos irmãos e sua cunhada também fazem parte do Rotary. Seu outro irmão pintou um quadro que serviu de inspiração para as gravatas e echarpes com o lema presidencial 2022-23. Apesar de Jennifer e Nick serem de Windsor, eles se conheceram no

Caribe. Esgotada depois de anos de estudos universitários e de trabalhar na redação de uma estação de rádio, ela decidiu tirar uma folga mais longa e trabalhar em um resort no Caribe na mesma época em que o médico Nick, que tinha acabado seu estágio em Toronto, resolveu viajar para praticar mergulho no mar caribenho. Lá os dois ficaram amigos e, quando voltaram a Windsor, começaram a namorar, casando-se pouco depois. Em muitos aspectos, Nick, governador indicado do distrito 6400, é o oposto da esposa. Mais quieto e sério, ele prefere conversas individuais, um traço dos profissionais de sua área. “A Jennifer, por outro lado, parece que colocou o dedo na tomada. Ela é bem extrovertida e uma grande conectora”, ele conta. “Nós nos complementamos muito bem.” Jennifer montou sua própria produtora de TV quando estava na casa dos 20 anos. Ela impressionou os funcionários do banco com seu plano de negócios, firmou um contrato de aluguel e investiu centenas de milhares de dólares em equipamentos. “Eu sempre quis traçar meu próprio caminho”, diz. “Às vezes, isso significa


correr riscos e estar aberta a novas vivências.” Uma delas foi o Rotary. No final da década de 1980, quando era uma repórter de rádio novata, Jennifer fez uma matéria sobre o Rotary e recorda-se de ter ido a reuniões de clube onde quase todos os participantes eram homens. “Lembro de me sentir muito intimidada com aquela experiência”, ela diz. “Eu só tinha 20 e poucos anos e aquelas eram pessoas muito influentes onde eu morava.” Avancemos para 1996. Meses depois de Jennifer abrir seu próprio negócio, a Media Street Productions, o gerente da estação local de TV a cabo convidou-a para uma reunião de clube. Foi quando ela percebeu que havia encontrado um lar no Rotary. “Sem dúvida, aquele foi um dos maiores presentes que já recebi”, Jennifer Jones afirma. “Não sabia que, ao entrar pela porta naquele dia, mudaria a trajetória da minha vida.”

“Ela faz todo mundo se sentir especial”: esse foi o comentário mais ouvido durante o agitado final de semana que Jennifer e Nick passaram com companheiros do Rotary em três cidades dos Estados Unidos. A partir da página ao lado, da esquerda para a direita: Jennifer discursa a presidentes de clube eleitos em seminário de treinamento realizado em Dallas; posa para selfies em Los Angeles; celebra com rotarianas em Dallas; numa homenagem à Ucrânia, lidera uma apresentação da canção Imagine, de John Lennon; compara fotos de cães na tela do celular; e faz mais um discurso, agora em Danville, na Califórnia Rotary Brasil

JULHO de 2022

27


CAPA

28

Rotary Brasil JULHO de 2022


Final de semana agitado: a partir da foto maior, em sentido horário, Jennifer Jones desloca-se entre uma sala e outra do Seminário de Treinamento de Presidentes Eleitos realizado em Los Angeles. “Só consigo pensar na energia que ela tem”, comentou um participante do evento. No norte da Califórnia, a presidente 2022-23 reúne-se com seu aide, Brad Howard, e a esposa dele, Marcia; discursa para uma plateia em Los Angeles; prepara-se para uma sessão fotográfica; sorri na primeira fileira de um evento; repassa a agenda com os compromissos do dia numa suíte de hotel em Dallas. “Ela é tão sincera e receptiva”, elogia Lakecia King, presidente do Rotary Club de East Honolulu e da Comissão de Diversidade, Equidade e Inclusão do distrito 5000, no Havaí

Jornada de emoções Durante um almoço realizado no dia seguinte no seminário de treinamento em Dallas, a canção Celebration, sucesso da banda Kool & The Gang lançada no começo dos anos 1980, toca nos alto-falantes, levando boa parte dos presentes a dançar e bater palmas. Entre eles está Jennifer, que acena com um bastão de luz colorido acima da cabeça. Ela passa entre as mesas dançando, parando para uma selfie aqui, um abraço ali, sempre em meio à multidão. Um grupo de pessoas se posiciona perto do palco, com Jennifer ao centro. Quando a música termina, o ex-diretor do Rotary International Don Mebus anuncia a presidente 2022-23, que faz um coração com as mãos quando sobe ao palco. Seu discurso conduz a plateia numa jornada de emoções. Enquanto fala da cirurgia cardíaca pediátrica a que assistiu na Jordânia, a sala fica tão silenciosa que daria para ouvir o barulho de um distintivo de Companheiro Paul Harris caindo no chão. Quando Jennifer termina, todos se levantam e

a aplaudem efusivamente. Mas não há tempo para curtir o momento, já que ela precisa pegar um avião. O mestre de cerimônias pede aos presentes que deem passagem a Jennifer e não demora para que ela esteja a caminho do aeroporto, avançando a passos largos graças ao par de tênis em tom lilás que costuma calçar quando viaja (“Eu guardo o salto alto para quando estou fazendo apresentações”, revela). Por não gostar de comer antes de discursar, Jennifer então pega um saco de batatas fritas e se acomoda em seu assento para relaxar. Quatro horas depois, ela chega a Los Angeles para outro seminário de treinamento voltado a presidentes de clube eleitos. A agenda desta noite inclui um encontro com os rotarianos dos distritos presentes ao evento. Algumas pessoas estão tomando drinques tropicais ao som de música havaiana e, quando Jennifer entra na sala, muitas vão ao seu encontro. Randy Hart, governador 2022-23 do distrito 5000, no Havaí, entrega a ela um típico colar de flores havaiano. “A energia que emana de Jennifer é contagiante”, um homem comenta. “E imagine só, esta já é a terceira sala que ela visita!” Lakecia King abraça Jennifer calorosamente. “Ela é tão sincera e receptiva”, diz em seguida. Lakecia é a nova presidente do Rotary Club de East Honolulu e da Comissão de Diversidade, Equidade e Inclusão do distrito 5000. Embora tenha passado por uma cirurgia de menisco há apenas oito semanas, ela fez questão de estar presente ao seminário por saber do interesse de Jennifer em aumentar a diversidade no Rotary. “Eu não perderia isso por nada no mundo”, afirma. “Ela acredita em algo que é altamente necessário. Os tempos de hoje pedem paz e união, aceitação das nossas diferenças e foco no que temos em comum.”

Jennifer finalmente chega ao fundo da sala, onde é convidada por um grupo de sete mulheres para dar alguns passos de dança havaiana. Ela visita mais algumas salas ao longo da noite e termina na do distrito 5500, no Arizona. Quando levanta o copo para desejar saúde a todos e despedirse, uma mulher de cabelos brancos grita “Obrigada por ser a primeira!”, ao que Jennifer responde: “E não serei a última”.

Em 2000, Jennifer

e Nick estiveram na Amazônia brasileira para sua primeira viagem humanitária Viagem ao Brasil Em 2000, pouco depois de Jennifer ingressar no Rotary, ela e Nick fizeram sua primeira viagem humanitária. Devido a conflitos de horário, Nick tornou-se rotariano somente em 2010, com a abertura de um clube a dois minutos de casa que se reunia para o café da manhã. “Nem foi ela quem me levou para o Rotary”, ele diz, rindo. O casal passou cinco semanas na Amazônia brasileira, onde Nick administrou uma clínica médica e Jennifer produziu um vídeo destinado a arrecadar fundos para o projeto, além de ter criado um programa de capacitação para jornalistas locais. “Essa viagem que fizemos juntos a serviço do Rotary me marcou profundamente”, ela conta. “Eu sabia que Rotary Brasil

JULHO de 2022

29


CAPA aquilo era algo que eu queria repetir mais vezes: ajudar as pessoas a contar suas histórias, dar vida ao que estávamos fazendo e compartilhar essas experiências.” Em 2001-02, Jennifer assumiu a presidência do Rotary Club de Windsor-Roseland. A cada reunião, pedia aleatoriamente a um associado que se levantasse e dissesse por que ele ou ela era importante para o clube. “Semanalmente, todos compareciam para saber quem seria escolhido”, recorda. Essa rotina lhe mostrou a necessidade de cuidar dos associados, o que será uma prioridade em sua presidência. “Estávamos nos divertindo, fazendo um bom trabalho e gostávamos uns dos outros. Às vezes acontece de a gente querer elaborar demais a razão pela qual entramos e permanecemos no Rotary.” Até então, o distrito de Jennifer nunca havia sido governado por uma mulher. Com menos de 40 anos, ela pagou para ver. “Eu sabia que queria colocar toda a minha energia no Rotary e acabei adorando.” Após sua governadoria em 200708, ela presidiu a Câmara de Comércio local e o conselho da Universidade de Windsor. “Essa experiência foi perfeita e me preparou para integrar o Conselho Diretor do Rotary International. Cada experiência agrega mais ao nosso conhecimento.” Em 2009, quando Jennifer foi diagnosticada com câncer de mama aos 42 anos, sua atenção voltou-se à rotina de quimioterapia e radioterapia. Ela recebeu o diagnóstico e foi convidada para dar uma palestra na Assembleia Internacional de 2010, evento de treinamento para governadores de distrito eleitos realizado anualmente. Então presidente eleito do Rotary International, Ray Klinginsmith incentivou-a a comparecer. Após consultar seu oncologista, Jennifer decidiu ir. “No domingo anterior, perdi todo o meu

30

Rotary Brasil JULHO de 2022

cabelo”, recorda, “e apareci no evento usando peruca.” Apesar de o discurso ter sido interrompido por problemas técnicos, a experiência na Assembleia Internacional causou um forte impacto nela. “Em um dos momentos mais difíceis da minha vida, alguém acreditou em mim”, diz, em meio a lágrimas. “Eu só precisava de uma afirmação naquela época, de que eu tinha valor e podia contribuir. Ele me deu esperança na hora em que achava que jamais a teria.” Jennifer passou por oito rodadas de quimioterapia e 21 de radioterapia. Seus colaboradores uniram-se na missão de manter a empresa funcionando durante sua ausência. Isso foi fundamental. Quando a saúde melhorou e ela pôde voltar ao trabalho, pensou no que seus funcionários haviam realizado. “Meu retorno tiraria deles o ímpeto de liderança que haviam adquirido e posto em prática durante o tempo em que estive fora.” Ela decidiu então transferir as operações diárias da empresa à sua equipe para que pudesse dedicar-se ao Rotary quase em tempo integral. “Não quero ter câncer de novo, mas devo dizer que não estaria aqui hoje se não fosse pela parada forçada imposta pela doença e as coisas que se seguiram àquilo.” O choque da pandemia Quando a pandemia de Covid-19 parou o mundo em março de 2020, Jennifer Jones tinha acabado de voltar de uma jornada de um mês a serviço do Rotary. A viagem começou na Índia para as celebrações do centenário da organização no país, continuou no Nepal para a visita a um projeto criado por um bolsista Rotary pela Paz e terminou na Nova Zelândia, num Seminário de Treinamento dos Presidentes Eleitos para clubes do Pacífico Sul. No aeroporto a caminho de casa,

“Eu sabia que

queria colocar toda a minha energia no Rotary e acabei adorando”

ela reparou que as pessoas estavam usando máscaras, mas ainda acreditava que dentro de algumas semanas iria a uma Conferência Distrital em Nairóbi, no Quênia. Então, de repente, o mundo mudou. “Lembro-me de quando ouvi que a fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos tinha fechado, algo que jamais poderia ter imaginado.” Jennifer e Nick se isolaram em sua casa de campo no lago Erie, distante meia hora da residência do casal. “Eu acordava às três horas da manhã e lia avidamente no celular os feeds de notícia para ficar por dentro do que estava acontecendo. A sensação de incerteza que experimentamos naquela época foi horrível.” Na ocasião, Jennifer era curadora da Fundação Rotária e acompanhou com orgulho e admiração a rápida mobilização dos associados ao Rotary para solicitar Subsídios para Assistência em Casos de Desastres que resultaram em ações de combate ao coronavírus. Ela, no entanto, queria mais. Anteriormente, Jennifer havia usado sua experiência profissional para planejar grandes eventos de arrecadação de fundos para a Fundação Rotária, como uma partida de golfe em 2019 com o astro do esporte Jack Nicklaus. Em conversa


No norte da Califórnia, Jennifer e Nick posam ao lado de uma gigantesca sequoia

Rotary Brasil

JULHO de 2022

31


CAPA

Jennifer e Nick num momento de descanso da viagem do casal à Califórnia. Na outra imagem, a presidente do Rotary International segura cartões de agradecimento. Convidada para uma reunião de clube em 1996, Jennifer Jones encontrou um lar no Rotary. “Sem dúvida, aquele foi um dos maiores presentes que já recebi. Não sabia que, ao entrar pela porta naquele dia, mudaria a trajetória da minha vida”

32

Rotary Brasil JULHO de 2022


com o então presidente do Rotary International, Mark Maloney, ela propôs a realização de um evento de arrecadação de fundos nos moldes do Telethon, ideia que foi desenvolvida em questão de semanas. Jennifer pediu aos seus muitos contatos no mundo do Rotary que enviassem vídeos. “Nosso maior objetivo era destacar o que poderíamos fazer pelas pessoas naquele momento”, explica. “Claro que a arrecadação de fundos era importante, mas, acima de tudo, tínhamos a oportunidade de reunir pessoas do mundo inteiro e mostrar que somos pessoas em ação. Mesmo que estivéssemos todos isolados em nossas casas, passaríamos a mensagem de que temos capacidade de fazer algo significativo pelo outro.” Tendo à frente o ex-presidente do Rotary International Barry Rassin e o ex-diretor John Smarge, o evento teve mais de 65 mil participantes e arrecadou US$ 525 mil para a Fundação Rotária. Uma das pessoas que enviaram vídeos foi Anniela Carracedo. Participando do Intercâmbio de Jovens do Rotary no Mississippi, ela não pôde voltar para a Venezuela quando a pandemia foi decretada. Por ter que continuar nos Estados Unidos, Anniela lançou o Rotary Interactive Quarantine, uma rede global de interactianos e intercambistas. Durante um encontro online, Jennifer enviou uma mensagem a ela por chat pedindo que criasse um vídeo sobre a rede global para ser exibido no evento de arrecadação. “Depois disso, fiz uma pesquisa no Google para descobrir quem era Jennifer Jones”, Anniela recorda. “Queria saber quem era aquela pessoa e por que estava organizando tudo aquilo. Em conversa com minha mãe anfitriã, ela falou: ‘Estão dizendo que a Jennifer será a primeira mulher a presidir o Rotary.’”

Anniela e Jennifer mantiveram contato e, apesar de nunca terem se conhecido pessoalmente, formaram um laço forte. Jennifer falou em algumas reuniões de Anniela e convidou-a para a Assembleia Internacional. Durante uma entrevista realizada pelo Zoom, Anniela, que gravou vídeos sobre Jennifer para o TikTok, mostrou seu WhatsApp com apliques virtuais do lema presidencial 2022-23. “Acho que sou a maior fã dela. A Jennifer me inspira a continuar fazendo o que faço, que é normal ser mulher e líder ao mesmo tempo. Se ela chegou tão longe, eu também posso chegar.” E não é só Anniela que pensa assim. No perfil de TikTok @interactivequarantine, há um vídeo de Jennifer com uma narração declarando que “ela é um ícone, ela é uma lenda e ela é atual”. Energia boa A habilidade de Jennifer Jones para inspirar pessoas vai além das mulheres jovens. Após sua passagem por Los Angeles, ela compareceu a um jantar do distrito 5170 realizado no Museu Blackhawk, situado em Danville, na Califórnia. Antes do jantar, numa cerimônia voltada aos Doadores Extraordinários da Fundação Rotária, ela discursou numa sala de exposição sobre o Oeste Americano. O ambiente estava mais tranquilo que o dos seminários para presidentes eleitos ocorridos naquele final de semana. As pessoas se colocavam em fila para tirar fotos com Jennifer, muito elegante num traje creme com detalhes dourados que havia comprado em sua viagem à Índia antes da pandemia. “Em 2013, eu já sabia que um dia ela seria a presidente do Rotary International. Ela tem uma energia muito boa”, elogia Joe Hamilton, do Rotary Club de Cupertino. Clique, clique, clique.

“Não

subestime a importância do que você está fazendo hoje” É hora do jantar. Os doadores deixam a exposição sobre o Oeste Americano e rumam para a de carros clássicos no primeiro andar, onde mesas estão dispostas entre automóveis esportivos. O fim de semana pareceu um episódio do reality show The amazing race: a corrida milionária. Nas últimas 48 horas, Jennifer fez duas viagens aéreas, falou em três grandes eventos realizados em três cidades distintas e posou para centenas de selfies. Nick brinca que existem os paparazzi e também os rotarazzi. Mesmo com toda a correria, Jennifer Jones (de pé diante de um fundo preto com seu lema presidencial, Imagine o Rotary) está radiante enquanto discursa ao público. A guerra na Ucrânia se intensificou no final de semana e seu sua fala vincula as tribulações atuais ao potencial pacificador do Rotary. Ela ressalta: “Não subestime a importância do que você está fazendo hoje”. Jennifer convida ao palco os governadores atuais e eleitos para cantarem Imagine, de John Lennon, em homenagem à Ucrânia. As pessoas dão as mãos e, balançando suavemente, imaginam o poder do Rotary com Jennifer na liderança. Clique, clique, clique. RB Rotary Brasil

JULHO de 2022

33


Oportunidade

Candidate-se a uma comissão As inscrições vão até 15 de agosto

C

omo membros da Família do Rotary, somos pessoas em ação com influência e propósito. Anualmente, as comissões que apoiam o Rotary e a Fundação Rotária se concentram em colocar em prática as prioridades estratégicas da organização, visando ampliar nosso impacto, expandir nosso alcance, aumentar o engajamento dos participantes e melhorar nossa capacidade de adaptação. Você gostaria de contribuir para o sucesso do Rotary? Estamos em busca de rotarianos e rotaractianos qualificados que queiram aplicar suas habilidades de liderança servindo numa comissão no período 202324. Essa é uma oportunidade para você compartilhar sua experiência profissional e ajudar a garantir que haja diversidade de perspectivas em cada comissão. Os candidatos com áreas de especialização, conforme detalhado na página ao lado, são incentivados a se inscreverem. Como o número de vagas é limitado, quem não for selecionado desta vez é incentivado a se candidatar novamente no próximo ano. Todas as comissões se correspondem por e-mail e em plataformas virtuais, geralmente com uma reunião presencial obrigatória por ano. Pessoas com associação dupla (Rotary e Rotaract) são especialmente incentivadas a se candidatarem. Acesse on.rotary.org/application2022 se tiver interesse em se candidatar ou quiser recomendar alguém. Os candidatos devem estar cadastrados em my.rotary.org/pt e verificar se o perfil no Meu Rotary contém os dados de contato atuais. As inscrições vão até 15 de agosto.

O voluntariado abre portas para os nossos associados

Servir numa comissão internacional do Rotary utilizando as habilidades profissionais para o bem da organização é um excelente meio de fazer contatos e ganhar experiência. O candidato não precisa ter desempenhado cargo de liderença no Rotary, basta ter as habilidades e a vontade de servir. Vejamos como quatro rotarianos seguiram um caminho não tradicional para ganhar experiência em liderança internacional.

34

Rotary Brasil JULHO de 2022

Enedelsy Escobar-King Rotary Club de Panamá Norte, Panamá Comissão: Planejamento Estratégico, 2020-24 Histórico profissional: Trabalhei a maior parte da minha vida profissional na ONU/Unicef em funções nas quais o planejamento estratégico era parte principal da minha rotina. Como a minha experiência de trabalho me levou a vários continentes, achei que poderia empregá-la a favor do Rotary. Histórico no Rotary: Entrei para o Rotary em 2015 e me envolvi muito nos projetos do meu clube, inclusive desempenhando papel fundamental na organização de um Interact Club na escola de ensino médio que frequentei. Além da vivência adquirida em várias Convenções do Rotary, minha experiência tem se concentrado no âmbito de clube e distrito. Meu interesse em integrar uma comissão internacional: Essa oportunidade me permitiu ver a organização sob um novo prisma. Conheci rotarianos de outros distritos, que, de outra forma, poderia não ter conhecido.


ESPECIALIDADE

FUNÇÃO NA COMISSÃO

PRÉ-REQUISITOS

VAGAS E COMPROMETIMENTO

Auditoria

Prestar consultoria às lideranças quanto a relatórios financeiros, auditoria interna e externa e sistema de controle interno.

Independência, experiência profissional, conhecimento comprovado na área de finanças em contabilidade, auditoria, setor bancário, mercado de investimentos, gerenciamento de riscos, gestão executiva ou governança em auditoria.

Uma vaga com mandato de seis anos.

Comunicação

Prestar consultoria às lideranças na comunicação com diferentes públicos.

Formação profissional e experiência em estratégia de marca, planejamento estratégico, marketing, relações públicas, mídia ou área relacionada à comunicação.

Duas vagas com mandato de três anos.

Finanças

Prestar consultoria ao Conselho Diretor do Rotary International em assuntos financeiros da organização, incluindo política de investimento, orçamentos e medidas de sustentabilidade.

Formação profissional em área relacionada a finanças, preferencialmente com experiência em organizações sem fins lucrativos. Os candidatos devem ter experiência em assuntos financeiros no âmbito de clube e distrito.

Duas vagas com mandato de três anos.

Capacitação

Orientar as lideranças quanto aos treinamentos do Rotary para rotarianos, clubes e distritos, com ênfase no treinamento de governadores de distrito.

Experiência significativa nas áreas educacional ou de treinamento, preferencialmente em capacitação de líderes.

Duas a quatro vagas com mandato de três anos.

Revisão das Operações

Monitorar a eficácia e execução de operações e de todos os sistemas internos; orientar a Comissão Executiva em questões de remuneração; desempenhar outras funções de supervisão, conforme solicitado.

Experiência em gestão, desenvolvimento de lideranças ou gerenciamento financeiro; conhecimento abrangente das operações do Rotary. As indicações são limitadas a ex-diretores do Rotary International.

Uma vaga com mandato de seis anos.

Rotaract

Orientar as lideranças a respeito de questões relacionadas ao Rotaract.

Rotarianos: experiência de trabalho com o Rotaract; experiência direta como mentor ou conselheiro do Rotaract, ou como presidente da Comissão Distrital do Rotaract. Exrotaractianos são fortes candidatos.

Uma a quatro vagas com mandatos de diferentes durações.

Rotaractianos: liderança no âmbito de clube, distrito ou internacional. São fortes candidatos aqueles que serviram como representantes distritais do Rotaract, organizaram projetos ou participaram do Encontro Rotaract Pré-Convenção. Podem existir restrições de idade. Planejamento Estratégico

Analisar o Plano Estratégico do Rotary e medidas associadas a ele; aconselhar as lideranças em outras questões significativas de longo prazo.

Pelo menos 10 anos de experiência em desenvolvimento, monitoramento e execução de estratégias e forte compreensão dos programas e serviços do Rotary International e da Fundação Rotária.

Duas vagas com mandato de quatro anos.

Rotary Brasil

JULHO de 2022

35


Oportunidade

Amanda Wendt Rotary Club de Melbourne, Austrália Desde que ingressou no Rotary, em 2010, aos 26 anos, Amanda Wendt presidiu o clube e a Comissão Distrital de Imagem Pública, fez uma viagem humanitária ao Camboja e discursou na Convenção do Rotary. No entanto, no que diz respeito à vivência em funções formais de liderança na organização além do nível distrital, ela não tinha nenhuma. “Isso mudou rapidamente”, diz ela, que tomou conhecimento da oportunidade de participar das comissões internacionais do Rotary após uma conversa casual em 2017. “Agarrei a oportunidade de usar a minha experiência profissional.” Em sua carreira como especialista em marketing e comunicação, Amanda orienta empreendedores e líderes na construção de suas marcas. Desde que se formou em administração, com ênfase em marketing, em 2005, ela liderou campanhas de marketing – produzindo vídeos, fotografias, conteúdo digital, material para redes sociais, propaganda, entre outros. Ela gerenciou programas de mudança comportamental em larga escala para a reforma de política governamental e dá treinamento em organizações sobre como atrair millennials como clientes e funcionários. Amanda decidiu aproveitar sua experiência ao se inscrever para servir na Comissão de Comunicação do Rotary, na qual colaborou em 201821 e atuou como vice-presidente em 2019-20. “Essas oportunidades de ganhar experiência vão muito além do que a maioria dos jovens

36

Rotary Brasil JULHO de 2022

profissionais vivencia no local de trabalho”, diz ela. “É realmente uma das vantagens competitivas do Rotary.” Amanda Wendt diz que servir na Comissão de Comunicação foi uma de suas experiências prediletas no Rotary até agora. Ela aproveitou a oportunidade de trabalhar e aprender com associados de todo o mundo, colocando em prática iniciativas globais enquanto conhecia as nuances culturais e locais. “Isso me proporcionou experiências, habilidades e uma rede de contatos que os jovens profissionais anseiam ter, mas podem demorar para conquistar por outras vias.” O período que passou na Comissão de Comunicação abriu oportunidades a Amanda, como as apresentações sobre comunicações e Marca Rotary, além do entrosamento com associados mais jovens. Agora ela está iniciando mais uma jornada como líder: é a governadora do distrito 9800 em 2022-23.


Vino Sookloll Rotary Club de Phoenix, Ilhas Maurício Comissão: Comunicação, 2020-23 Histórico profissional: Sou consultor de branding e inovação, design e comunicação de marketing. Administro minha própria agência há 40 anos e presidi a Associação das Agências de Comunicação das Ilhas Maurício. Histórico no Rotary: Fui associado fundador do Rotary Club de Phoenix em 2003. Há anos lidero grandes projetos de comunicação para o meu clube e o distrito 9220. Além de membro da Comissão de Comunicação, em 2020 me tornei coordenador assistente de Imagem Pública da Zona 22. Meu interesse em integrar uma comissão internacional: Participar da comissão me permitiu transmitir meus pontos de vista quanto à melhoria das ferramentas disponíveis para a promoção da imagem pública àqueles que trabalham nesta área internacionalmente. Este ano estou presidindo a Subcomissão Construindo a Imagem Pública do Rotary. Eu me sinto em casa, cercado de associados dedicados. Espero que aqueles que ingressarem no próximo ano partilhem desse mesmo espírito de aperfeiçoamento contínuo.

Bobbe Barnes Rotary Club de Fair Oaks Ranch, Estados Unidos Comissão: Auditoria, 2020-23 Histórico profissional: Trabalhei na Price Waterhouse em Toronto e depois migrei para o meio acadêmico, lecionando contabilidade na Universidade do Texas e na Universidade do Colorado. Mais tarde, me mudei para a Ásia Central e me tornei a especialista técnica em contabilidade em um projeto da Usaid, colaborando ao lado de especialistas locais e internacionais no desenvolvimento de um programa de treinamento para contadores. O programa está em curso. Histórico no Rotary: Entrei para o Rotary Club de Bishkek, no Quirguistão, visando expandir minha rede de contatos e conhecer líderes locais e expatriados vivendo no país. No clube, ajudei a executar as práticas financeiras para os Subsídios Globais que recebemos e servi de elo com o Rotaract Club. Depois que voltei para casa, fui associada fundadora do Rotary Club de Fair Oaks Ranch. Meu interesse em integrar uma comissão internacional: Eu queria servir além do clube para retribuir ao Rotary o que ele me deu durante meus anos no exterior. Meu envolvimento em nível distrital foi como tesoureira e presidente da Subcomissão de Subsídios. Foi então que fiquei sabendo que o Rotary estava com vagas abertas para as suas comissões e acabei me candidatando para integrar a Comissão de Auditoria por estar dentro do meu campo de conhecimento. RB Rotary Brasil

JULHO de 2022

37


Giro global

Pessoas em ação pelo mundo

Um pouco do que o Rotary vem fazendo em outros países

Canadá O arenque serve de alimento para salmões, halibutes, bacalhaus, orcas, aves e mamíferos marinhos e há tempos o peixe faz parte da dieta dos povos indígenas canadenses. O problema é que a população de arenques está em declínio pela pesca excessiva e a degradação das superfícies para desova, como certas algas e plantas. Em fevereiro, rotarianos da província da Colúmbia Britânica instalaram cortinas na baía de Porpoise, a noroeste de Vancouver. Essas cortinas – feitas de material resistente cortado em pedaços de cerca de 2,5 metros que flutuam por meio de espumas, cordas de nylon ou tubos de PVC, e ancoradas com pedras – são a superfície ideal para a desova da espécie. Desde 2020, quase 30 voluntários instalaram mais de 100 cortinas, retornando semanalmente para monitorá-las durante o ciclo de postura. Liderados pelo Rotary Club de Sechelt, seis clubes do Rotary participam do projeto.

20 mil

É a quantidade média de ovas postas por uma fêmea de arenque do Pacífico a cada ano 38

Rotary Brasil JULHO de 2022

Colômbia A segurança pública em Cali melhorou desde meados dos anos 1990, época em que os cartéis de drogas dominavam a cidade. O Rotaract Club de Cali-Norte está promovendo a paz e a resolução de conflitos com o seu ReCréate, “uma iniciativa de intervenção social e psicopedagógica” que envolve atividades de dramatização, debates, atividades artísticas, música e atletismo numa escola local, conforme relatado por Diana Rivera, presidente 2021-22 do clube. Desde 2017, centenas de crianças já participaram do programa, que aborda temas como bullying, estabelecimento de limites pessoais e integração de equipe. “Fazemos duas visitas por semestre no sábado”, informa a rotaractiana. Embora a pandemia da Covid-19 tenha feito com que uma popular campanha de arrecadação de fundos com torneios de futebol fosse deixada de lado, a lacuna foi preenchida por doações individuais, venda de rifas e outras atividades, enquanto o clube vem se dedicando a incrementar o Re-Créate pelos canais digitais.

80%

Era o tamanho da participação do Cartel de Cali no mercado do tráfico de cocaína em meados da década de 1990


Inglaterra O Rotary Club de Boston mobilizou doadores e outros Rotary Clubs locais para auxiliar um serviço público de ambulância aérea. Com mais de US$ 20 mil arrecadados de setembro a fevereiro por meio do site de financiamento coletivo JustGiving, o clube excedeu em muito a sua meta de US$ 13.500 para instalar sinalização e uma biruta no heliporto do Hospital Pilgrim, em Boston. “A iluminação infravermelha alimentada por energia solar pode ser ligada a partir da cabine de comando do helicóptero”, explica Geoff Day, presidente 2021-22 do clube, acrescentando que o regulamento da aviação civil proibia voos de saída e chegada ao hospital antes da benfeitoria. Considerando-se que a central regional de trauma em Nottingham fica a mais de uma hora de viagem de carro, muitas vidas serão salvas graças a esse projeto. Além disso, os fundos arrecadados acima da meta serão utilizados na aquisição de um aquecedor para manter a qualidade do sangue durante o transporte aéreo.

39%

Área de Saipan coberta por floresta

80

Número diário de voos de ambulância aérea no Reino Unido

Uganda Embora a ilha de Buyiga se localize em um pântano junto ao lago Victoria, o maior da África, seus quase 20 mil habitantes enfrentam a falta de água potável – o único poço particular da ilha atendia apenas 10% da população. Foi então que os integrantes do Rotary Club de Rubaga Lake View uniram forças com os rotarianos do distrito sueco 2390 na campanha Adote uma Aldeia, uma iniciativa que contempla as ênfases do Rotary em Água e Saneamento, Saúde Materno-Infantil, Educação Básica e Desenvolvimento Econômico Comunitário. Dessa forma, no final de 2021, seis poços foram abertos em Buyiga, fornecendo água para uma escola e a única clínica médica da ilha. Paul Kagga, do Rotary Club de Rubaga Lake View, relatou que a transformação positiva começou em 2019 com a visita de Kristian Rankloo, associado ao Rotary Club de Burlöv-Karstorp, da Suécia. Kristian foi ao país africano a serviço da instituição de caridade Help at Hand, o que o motivou a solicitar os US$ 30 mil necessários ao projeto a rotarianos e empresas suecas. “A comunidade forneceu materiais como areia, tijolos e terra, e nosso clube se responsabilizou pelo monitoramento, execução e avaliação”, contou Paul. Agora o clube está concentrado em arrecadar US$ 25 mil para expandir a rede de escolas de Buyiga.

3.000

Número de ilhas existentes no lago Victoria

Ilhas Marianas do Norte Abençoada com temperaturas amenas durante todo o ano, a ilha de Saipan é a mais populosa desse arquipélago situado no noroeste do Pacífico e é considerada um tesouro tropical. Mas, como dizem os associados ao Rotaract Club de Saipan, até mesmo o paraíso pode precisar de alguma arrumação. “Já que alguns vilarejos não foram limpos pelos grupos de serviço comunitário, estabelecemos como meta limpar uma das localidades antes do final de 2021”, informou o presidente do clube, Richard Baleares. Assim, ele se reuniu com Joann Aquino, do Rotary Club de Saipan, para identificar o vilarejo a ser beneficiado, e o escolhido foi Chalan Kanoa, onde um mutirão da limpeza atuou em 2 de outubro. “Esperávamos que umas cinco pessoas comparecessem e, no final, mais de 30 vieram graças à participação de todos os nossos incríveis [quatro] Interact Clubs e estudantes da Faculdade Marianas do Norte”, comemorou Richard. RB

(Matéria de Brad Webber para a edição deste mês da revista Rotary)

Rotary Brasil

JULHO de 2022

39


Projetos que inspiram

Incentivando o gosto pela leitura

Clube de Indaial, em Santa Catarina, doa livros de literatura para escolas da cidade há nove anos Renata Coré

E

m abril foi a vez da Unidade de Educação Infantil Augusto Moser, localizada no bairro Rio Morto, em Indaial, Santa Catarina, e da Escola Estadual Básica Prefeito Germano Brandes Júnior, que fica no bairro Nações. A primeira recebeu 54 livros de literatura, entregues pelo Rotary Club de Indaial-Nações, do distrito 4652, com o apoio de um Subsídio Distrital da Fundação Rotária. A segunda foi contemplada com 61 obras literárias. Com essas duas ações, o clube totalizou 27 educandários atendidos pelo projeto Livros de Literatura, que, desde 2013, beneficia unidades de ensino locais de educação infantil e também de ensinos fundamental e médio. O projeto Livros de Literatura surgiu para incentivar e estimular o hábito e o gosto pela leitura como fonte de conhecimento e prazer. Nem sempre teve o aporte de subsídios, e para viabilizar a iniciativa,

40

Rotary Brasil JULHO de 2022

o Indaial-Nações realiza, sempre no mês de setembro, o projeto Pastelada, que faz sucesso na cidade. “Em média, são vendidos cerca de 4.000 pastéis em cada edição”, conta Morgana Nadine Teske, responsável pela imagem pública do clube. Uma pastelaria da cidade fornece os salgados ao clube a preço de custo, e o público tem a possibilidade de retirá-los em um ponto de entrega no centro da cidade, por ocasião do desfile cívico de 7 de setembro, ou na própria pastelaria, durante um período determinado. O resultado da venda dos pastéis é utilizado na realização de duas edições do projeto Livros de Literatura por ano. Antes de iniciá-las, o clube faz uma triagem entre os educadores das unidades de ensino para identificar aquela que apresenta maior carência de material literário ou pedagógico naquele momento. As condições das bibliotecas são levadas

Doações para a Escola Estadual Básica Prefeito Germano Brandes Júnior e a Unidade de Educação Infantil Augusto Moser: o projeto Livros de Literatura já beneficiou 27 unidades de ensino

A partir de 2016, o projeto começou a presentear as escolas também com jogos e brinquedos pedagógicos

em conta na escolha da escola a ser atendida. Uma vez selecionada a instituição de ensino, a indicação do material a ser doado é realizada com a participação dos professores. A partir de 2016, além dos livros de literatura, o projeto do IndaialNações começou a presentear as escolas também com jogos e brinquedos pedagógicos, de modo a contribuir com o desenvolvimento dos alunos de forma lúdica, divertida e motivadora. No total, até agora, o clube já entregou 1.350 livros, 70 jogos e 12 brinquedos pedagógicos à comunidade escolar da cidade. RB


Mensagem do chair da fundação rotária

A soma dos nossos números

C

omo contador, vejo o mundo como um sistema de entradas e saídas. Podemos planejar com precisão hoje para ter sucesso amanhã. Minha profissão também me ensinou que os números – essas entradas e saídas – às vezes rendem ótimas histórias.

Uma delas é a da Fundação Rotária: o que ela deu ao mundo, começando a partir de uma modesta contribuição de US$ 26,50, é nada menos que notável. Em 1918, esse valor, que era o excedente do orçamento da Convenção do Rotary em Kansas City, nos Estados Unidos, foi aplicado, por sugestão do presidente 1916-17 do Rotary, Arch Klumph, em um fundo com o propósito de fazer o bem no mundo. O fundo cresceu de forma modesta até 1947, quando ocorreu o falecimento do fundador do Rotary, Paul Harris, e várias doações foram feitas em sua homenagem. Naquele ano, a Fundação outorgou bolsas de estudo para 18 alunos – a primeira indicação da grandeza que estaria por vir. Mais tarde a Fundação se expandiu e passou a fornecer programas como o Intercâmbio de Grupos de Estudos e os Subsídios Humanitários, que impactaram inúmeras comunidades e a própria vida dos associados em todo o mundo. Em 1979, uma grande doação ajudou a imunizar 6,3 milhões de crianças nas Filipinas contra a poliomielite, o que levou ao estabelecimento do programa Polio Plus em 1985. O trabalho do Rotary com a erradicação da pólio – ajudando a reduzir o poliovírus selvagem de 1.000 casos diários estimados em 1988 para um total de apenas seis casos em 2021 – foi um dos empreendimentos humanitários mais ambiciosos já realizados por uma organização não governamental. Por si só, essa história de sucesso mostra o significado e o impacto generalizado do Rotary e da sua Fundação. O mais notável talvez seja que a erradicação da poliomielite corresponde a somente uma parte dos esforços realizados pela Fundação. Hoje, a entidade se tornou uma instituição beneficente multimilionária. Nosso robusto modelo de financiamento permite aos distritos flexibilidade para escolherem quais aspectos do Rotary gostariam de apoiar – erradicação da pólio, financiamento de bolsas de estudo, projetos de Subsídios Distritais e Globais, entre tantos outros. A Fundação de hoje causa impacto mundial por meio de assistência em casos de desastres, prevenção de doenças, promoção da paz e outras áreas. Todos no Rotary fazem parte desse grande legado, e é nossa responsabilidade mantê-lo vivo. Este ano, os curadores estabeleceram como meta arrecadar US$ 430 milhões. Sei que a expectativa é alta. Mas também sei da capacidade dos nossos associados. Para chegar lá, trabalharemos juntos como sempre fazemos, com cada clube e associado doando o que puder. Dessa forma, asseguraremos o cumprimento de nossa meta ambiciosa, mas alcançável, e levaremos a nossa Fundação adiante.

Ian Riseley

Todos no Rotary

fazem parte desse grande legado, e é nossa responsabilidade mantê-lo vivo

Rotary Brasil

JULHO de 2022

41


Subsídios Globais

Contemplando populações de cidades mineiras

Projeto de alto impacto permitirá ampliar oferta e qualidade dos exames radiológicos de hospital

U

m digitalizador de raio-X tem várias vantagens sobre um aparelho de raio-X analógico. Trata-se de uma tecnologia limpa, que não requer produtos químicos de fixação e revelação das chapas, e que produz imagens mais nítidas e de forma mais rápida – para cada exame radiológico convencional, podem ser realizados de três a seis exames digitais. Graças a um Subsídio Global da Fundação Rotária no valor de R$ 171.008,47, o Hospital Municipal Doutor Ênio Luiz de Almeida Sousa, de Estrela do Indaiá, localizada no centro-oeste de Minas Gerais, foi contemplado com o moderno equipamento, entregue em 2 de abril. Liderado pelo Rotary Club de Estrela do Indaiá (distrito 4760), o projeto permitiu ainda a aquisição de um ar-condicionado para a sala do aparelho e de uma cama hospitalar elétrica. O hospital também atende diversos municípios do entorno, como Serra da Saudade, Dores do Indaiá, Quartel Geral e Luz e estima-se que o digitalizador possibilitará o atendimento de, pelo menos, 2.500 pessoas por bimestre. O projeto foi elaborado no perío-

42

Rotary Brasil JULHO de 2022

O clube estima que, bimestralmente, pelo menos 2.500 pessoas serão atendidas com o novo equipamento. A cerimônia de entrega do digitalizador foi prestigiada pelos governadores do distrito 4760 Júlio César da Silveira (período 2014-15) e José Moisés Teixeira (2021-22), pela coordenadora regional da Fundação Rotária Edite Ferreira Antunes Campos, diretor do hospital municipal, o médico Juraci Santana, bem como por integrantes da Família do Rotary local

do 2020-21, após uma reunião do clube da qual participou um médico do hospital. A rotariana Maria da Consolação Moura Ribeiro, então presidente do clube, cita a fala categórica do profissional sobre a maior necessidade da instituição: “Com certeza, um digitalizador de raio-X para melhorar em muito a qualidade das radiografias”. O aparelho disponível era muito antigo, ele explicou, e as imagens, “de péssima qualidade”,

o que não colaborava para um diagnóstico preciso. “Temos que enviar as pessoas para localidades distantes para realizar as radiografias”, disse o médico na oportunidade. O subsídio envolveu as parcerias de dois outros clubes do distrito mineiro 4760: os Rotary Clubs de Belo Horizonte-Barro Preto e de Contagem-Cidade Industrial. O distrito argentino 4921 foi o parceiro internacional. A elaboração


do projeto também teve o apoio dos rotarianos do Estrela do Indaiá João de Oliveira Rodrigues e Belchior Ribeiro Neto e de sua presidente 2021-22, Maria Geralda de Oliveira, além da cooperativa de crédito Sicoob Crediluz. O clube estrelense tem um histórico de ações em prol do hospital municipal. Há dois anos, seus associados viabilizaram o aprimoramento da canalização de gases medicinais da instituição. RB

Você também pode mudar a vida da sua comunidade com um projeto de Subsídio Global! Saiba como em rotary.org Rotary Brasil

JULHO de 2022

43


Educação

O bullying retorna à sala de aula Como educadores e familiares podem combater esse tipo de violência Marcos Spagnoli*

O

s últimos anos trouxeram intensa mudança para o universo escolar. Salas de aula híbridas, uso de tecnologias para facilitar o aprendizado e cuidados com a saúde emocional e psicológica dos alunos são alguns dos elementos comuns à realidade da maioria das instituições de ensino em 2022. Entretanto, há temas que continuam a ocupar espaço na agenda dos educadores. Um deles é o bullying. Diversos autores já estão estudando os impactos da pandemia no comportamento e no desempenho dos alunos, mas não é preciso uma análise muito profunda para perceber que o isolamento afetou, e muito, crianças e adolescentes de todas as idades, em especial no que tange à socialização. O apego excessivo aos aparelhos celulares também se mostrou um agravante após o retorno, e a possibilidade de registrar um colega sem consentimento ou de divulgá-lo sem autorização, tudo com facilidade, tornou-se uma enorme preocupação da equipe pedagógica. O receio do aumento de casos de cyberbullying virou uma realidade. É fácil perceber um aumento em casos de indisciplina, principalmente no início do ano. Isso já era esperado

44

Rotary Brasil JULHO de 2022

iStockphoto

e o importante, então, é estar preparado e não negligenciar nenhuma situação do tipo. Para enfrentarmos alguns desses desafios é preciso muito envolvimento, trocas com os alunos e ações em conjunto como forma de resolução. O ponto principal é mostrar que o bullying é algo que afeta o coletivo e, portanto, tem de ser combatido coletivamente. Todo o grupo Quando é identificada uma situação em determinada turma ou grupo de estudantes, os encaminhamentos precisam ser feitos com os envolvidos, mas também com o restante do grupo, mesmo que os demais não estejam relacionados diretamente. Dessa forma, é possível aproveitar as vivências dos próprios estudantes para elucidar o trabalho de conscientização que deve ser feito. Nesse contexto, todos os colaboradores têm papel importante. O olhar cuidadoso e atento dos docentes continua a ser um fator diferenciado. Com pequenas intervenções em sala de aula, ou à frente de projetos interdisciplinares, o vínculo entre professor e aluno continuará a ser eficaz no combate ao bullying. Se há envolvimento, há, inevitavelmente, maior respeito entre todos e, com isso, há menos espaço para casos de bullying no dia a dia. Outro ponto fundamental no combate a esse tipo de violência é o envolvimento das famílias. Ter um diálogo aberto com os responsáveis, ga-

rantir a transparência das situações que ocorrem e estabelecer alinhamentos de condutas são atitudes primordiais para o sucesso e a eficácia das ações propostas pela escola. Acolhimento É possível também combater o bullying de uma forma mais ampla: criar ambientes acolhedores, nos quais os alunos sintam-se confortáveis e fomentem uma cultura de respeito à diversidade, ajuda a construir um senso coletivo de respeito e de não tolerância a esse tipo de violência. Diversas escolas têm incorporado à grade de aulas disciplinas como projeto de vida, que traz em sua proposta ações e reflexões para trabalhar temas diretamente relacionados ao assunto. Por esses motivos, se antes da pandemia o tema já não era fácil de ser vencido, agora, no pós, com as sequelas do isolamento, pode ser ainda mais difícil. Mas é possível, de fato, minimizar os episódios e fomentar uma cultura de não tolerância a esse tipo de conduta. Atuar na prevenção e na conscientização, constantemente, é fundamental. Afinal, educar é sempre o melhor caminho. RB *O autor é coordenador pedagógico da rede de colégios Luminova – unidade Barra Funda, tem MBA em gestão escolar pela USP Esalq e foi professor de geografia, empreendedorismo e projeto de vida por mais de 10 anos, com experiência em diferentes sistemas de ensino.


Quarta tela – O que assistir online

AMOR & GELATO Netflix

A

adaptação audiovisual do bestseller escrito por Jenna EvansWelch estreia na Netflix e é a aposta romântica do semestre. O filme foi escrito e dirigido por Brandon Camp, conhecido pela comédia romântica O amor acontece, e conta a história de Lina, uma jovem que se muda para a Itália após a morte da mãe com o objetivo de conhecer o pai e acaba encontrando, por acaso, o amor. Ou dois amores. O sucesso do livro original acabou gerando as continuações Amor e sorte, cuja história acontece na Irlanda, e Amor e azeitonas, ambientado na Grécia, deixando mais que aberta a possibilidade de novos filmes. O elenco tem Susanna Skaggs no papel principal e ainda Anjelika Washington e Owen McDonnell.

MALHAÇÃO

MENUDO: SEMPRE JOVENS

As duas temporadas iniciais de Malhação já chegaram ao catálogo da Globoplay. Realizadas em 1995 e 1996, as tramas do sucesso adolescente da TV Globo foram escritas por um grupo de cinco autores com redação final de Charles Peixoto e supervisão de Ricardo Linhares. A novela, um projeto desenvolvido pelo diretor Roberto Talma, apresentou nomes como Fernanda Rodrigues, Carolina Dieckmann, André Marques e Danton Mello. Após 27 temporadas e 25 anos no ar, a Globo encerrou a trama em abril de 2020, depois de diversas transformações no enredo. A primeira temporada produziu 179 episódios, com pequenas histórias que iniciavam a cada segunda-feira e se encerravam às sextas, e a segunda temporada teve 194 episódios, já com uma abordagem dramática mais extensa.

A série documental promete apresentar o lado controverso de uma das boy bands mais icônicas da história da música pop. O grupo latino-americano Menudo foi formado em 1977 pelo produtor Edgardo Díaz e trazia Nefty Sallaberry, Carlos Meléndez, Fernando Sallaberry, Óscar Meléndez e Ricky Meléndez na formação original. Diversas mudanças de integrantes se sucederam em uma engrenagem de empresa bastante lucrativa e a banda formou astros como o cantor Ricky Martin. Narrada em quatro episódios, a trama mostra a trajetória de ascensão e queda do conjunto, contrapondo as turnês mundiais, as capas de revista e os gritos das fãs com os bastidores de pressão e exploração dos jovens músicos.

HBO Max

Globoplay l

l

VITALINA VARELA Mubi

O lançamento mais recente do premiado cineasta português Pedro Costa estreia no Brasil com três anos de atraso. Depois de percorrer diversos festivais pelo mundo em 2019 e vencer o Leopardo de Ouro no Festival de Locarno, na Suíça, o drama finalmente fica disponível no catálogo do Mubi, serviço de streaming com curadoria que privilegia títulos mais artísticos. No filme, acompanhamos a saga de Vitalina, uma mulher de 55 anos que vive em Cabo Verde e esperou por 25 anos uma passagem para encontrar o marido em Portugal. O bilhete chega três dias depois do falecimento do companheiro. Chegando a Lisboa, ela tenta compreender tudo o que aconteceu e superar a perda. RB l

Rotary Brasil

JULHO de 2022

45


Quer enviar notícias para nós?

É simples

Os integrantes da Família do Rotary são pessoas em ação e mostrar suas realizações em prol da comunidade, já finalizadas, é o nosso objetivo. Com isso, estamos alinhados à Comunicação Global e às ênfases do Rotary International e da Fundação Rotária. Para colaborar conosco, basta conferir as dicas abaixo.

Ilustrações: iStockphoto

o que é indispensável

O que não publicamos

Envie sua mensagem com as seguintes informações: l Nome completo do seu Rotary Club – ou clube de Rotaract, Interact ou Casa da Amizade –, além do distrito ao qual ele pertence. l Breve relato da iniciativa já concluída, sem esquecer data e local de sua realização. l Nomes dos parceiros do projeto, caso eles existam. l Inclua um número de telefone (com DDD) para qualquer dúvida.

Por determinação do Rotary International, as revistas regionais não podem publicar fotografias que exibam marcas e logos do Rotary em desacordo com o Guia de Identidade Visual. Podemos abrir exceção somente a marcos rotários e demais monumentos criados por clubes ou distritos antes de 2012. Se você ainda tem dúvidas sobre esse tema, visite a área Brand Center do portal Meu Rotary e faça o download do guia. l Imagens que, de acordo com nossa avaliação editorial, possam expor desnecessariamente menores de idade ou as pessoas beneficiadas pelas ações. l Posses. l Visitas de governadores distritais e demais lideranças do Rotary. l Seminários, eventos de treinamento e conferências (exceto aquelas de alcance nacional ou internacional). l Palestras, celebrações e eventos de companheirismo restritos ao público interno dos clubes. l Textos literários, como, por exemplo, crônicas, poesias e trovas. l

sobre as fotos

Imagens com qualidade fazem toda a diferença. Por isso, ao tirar uma foto: l Selecione a opção alta resolução da sua câmera. Fotos tremidas ou com pouca luminosidade não serão publicadas. l Também não aproveitamos montagens. l Dê preferência a retratar o projeto ou o seu resultado. l Envie arquivos de imagem sempre como anexo de e-mail. Não cole as fotos na página da mensagem ou do Word.

Dom

Seg

O que publicamos

Ações em prol da comunidade que já tenham sido concluídas. Se o seu clube ou distrito ainda está desenvolvendo o projeto, aguarde a conclusão do mesmo. l Comemoração de aniversário de clube desde que haja ação em prol da comunidade incluída no evento. l Cerimônia de fundação de clube. l Fotos de marcos rotários se estes foram recentemente inaugurados ou reformados.

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Prazo de publicação

As notícias serão publicadas em ordem de chegada após um prazo mínimo de três meses por conta do volume de colaborações que recebemos diariamente.

l

Confirmação de envio

Envie sua colaboração para jornalismo@revistarotarybrasil.com.br Não recebemos notícias pelo Facebook, Twitter ou Instagram.

Enviamos mensagem de confirmação a todas as colaborações recebidas. Se você não receber tal mensagem é sinal de que seu e-mail não chegou até nós.


Rotary em Ação suplemento

Julho 2022

A

Família do Rotary é formada por pessoas comprometidas em apoiar e promover melhorias na vida de suas comunidades. Um exemplo disso deu o Rotary Club de São Manuel-Paraíso, SP, que, com o apoio de um Subsídio Distrital, instalou uma horta com estufa e minicisterna para coleta de água da chuva, composteira e miniestação meteorológica em uma escola municipal.

Consolidação da paz e prevenção de conflitos

Prevenção e tratamento de doenças

Água, saneamento e higiene

Saúde maternoinfantil

Educação básica e alfabetização

Desenvolvimento econômico comunitário

Meio ambiente

Rotary Brasil

JULHO de 2022

47


clubes e distritos

Considerados o coração do Rotary, os clubes são formados por pessoas dedicadas aos serviços comunitários e interligadas pelo companheirismo. Os Rotary Clubs estão agrupados geograficamente por distritos.

Sergipe e Bahia Distrito 4391 Alagoas, Governador: Claudio José Ferreira de Lima Canuto

Atendimentos para a população Em parceria com o Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário Alto do Papagaio, o Rotary Club de Feira de Santana-Princesa do Sertão, BA, realizou o Dia de Ação, que ofereceu atendimentos odontológicos e jurídicos, massoterapia, assistência social e terapia integrativa, além de distribuir mais de 100 kits de higiene bucal. l

Distrito 4420

Parte de São Paulo Governador: Antonio Henrique Medeiros Duarte

www.revistarotarybrasil.com.br/4420

Evento beneficente l O Rotary Club de Santo André-Campestre, SP, promoveu a sétima edição do Comida de Boteco na Casa de Portugal do Grande ABC. O evento reuniu 350 convidados e destinou a arrecadação para os projetos sociais do clube e para a Fundação Rotária.

48

Rotary Brasil JULHO de 2022

Rotary Club Satélite Flor de Lis, SP – Formado somente por mulheres, foi fundado em abril durante a festiva de 30 anos do Rotary Club de Santo André-Campestre. No mesmo mês, o clube realizou sua primeira ação solidária: arrecadou roupas e itens de higiene para instituições beneficentes.


Distrito 4440

Mato Grosso Governador: Felício José dos Santos

Ações de empoderamento feminino l Uma live que discutiu temas

relacionados à puberdade feminina e seus desafios deu início à campanha Empoderamento de Meninas Rosa Bororo promovida pelo Rotary Club de Rondonópolis-Rosa Bororo, MT. A transmissão teve a participação de profissionais de saúde e alunos da rede pública estadual. Outras iniciativas da campanha realizada pelo clube são: arrecadação de absorventes que serão entregues nas escolas de Rondonópolis, orientações para prevenção de doenças e diálogo sobre violência doméstica.

Distrito 4480 Governador: Gerson Januario Parte de São Paulo

Sexta das Esfirras e homenagem l O Rotary Club de Itápolis, SP, realizou o proje-

to Sexta das Esfirras com a venda de 3.150 unidades da iguaria da rede de restaurantes Habib’s. O valor arrecadado será investido em seus projetos sociais. Em outra ocasião, o clube recebeu uma Moção de Congratulação da Câmara Municipal de Itápolis pelos 60 anos de atividades em prol da comunidade. Rotary Brasil

JULHO de 2022

49


clubes e distritos Distrito 4500

Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco Governadora: Elequicina Maria dos Santos

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/4500 Rotary Club do Recife-Largo da Paz, PE – Entregou uma cadeira de rodas e 120 fraldas geriátricas a um morador da cidade de Paulista.

Arrecadação de alimentos em evento l Os Rotary Clubs da cidade de Caruaru, PE, ficaram

encarregados da coleta de alimentos durante o ABNOGG 2022, evento de cultura pop realizado no município pela TV Asa Branca e parceiros. Posteriormente, os mantimentos foram separados e doados para instituições beneficentes da cidade.

Espalhe sua ação pela web! Enviando uma colaboração, o projeto do seu clube pode também ser divulgado em nosso site e nos perfis da revista nas redes sociais, alcançando milhares de pessoas.

50

Rotary Brasil JULHO de 2022


Distrito 4510

Parte de São Paulo Governador: Murilo Alvarez Alves

União em projeto solidário Com o resultado do projeto Plantando Esperança, o Rotary Club de Presidente Prudente-Norte, SP, entregou uma cadeira de rodas e uma de banho para a União das Pessoas com Deficiência (foto). A iniciativa, realizada em parceria com as Escolas Estaduais de Ensino Integral Comendador Tannel Abbud e Professor Oracy Matricardi, envolveu a arrecadação de lacres de latinhas de alumínio, tampinhas de garrafas PET e embalagens de medicamentos. A mesma instituição foi beneficiada com uma cadeira de rodas e outra de banho para obesos pelos associados ao Rotary Club de Presidente Prudente-Alvorada, também resultado da venda de lacres de latinhas. l

Distrito 4521

Parte de Minas Gerais Governador: Aurelio Henrique Salles

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/4510 Os oito Rotary Clubs da cidade de Marília, SP, foram convocados para uma reunião pelo secretário municipal de Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior, com objetivo de definir estratégias para fortalecer as campanhas de vacinação contra a pólio e outras doenças.

Em benefício da população l O Rotary

Club de Caratinga, MG, reforçou seu Banco de Cadeiras de Rodas com 20 novas cadeiras. A aquisição foi possível graças ao apoio de um amigo do clube e ao almoço beneficente promovido em parceria com a Casa da Amizade local. O projeto passou a contar com 170 equipamentos para atender as necessidades da população de Caratinga e região.

Rotary Club de Marília-Pioneiro, SP – Entregou a Medalha do Pioneiro a Gislaine da Silva Cavina pelo seu trabalho precursor como primeira presidente do Grupo de Apoio às Crianças com Câncer e Hemopatias. www.revistarotarybrasil.com.br/4521 Rotary Club de Pedro LeopoldoCachoeira, MG – Revitalizou seu marco rotário para comemorar os 117 anos do Rotary International. Rotary Brasil

JULHO de 2022

51


clubes e distritos Distrito 4530 Governador: Washington Cardoso Alkmim

Distrito Federal, Tocantins e parte de Goiás

Distrito 4540

Parte de São Paulo e de Minas Gerais Governador: Vicente Gonçalves Martins Junior

Visita e doações para idosos O Rotary Club de Taguatinga-Ave Branca, DF, e a Casa da Amizade local levaram presentes, cestas básicas e roupas aos abrigados pelo Residencial para Idosos São Camilo de Lellis, localizado na cidade de Luziânia, em Goiás. l

Cursos e palestras para meninas O projeto Empoderamento das Meninas, desenvolvido pelo Rotary Club de Altinópolis, SP, com a ajuda de voluntárias, oferece aulas semanais de noções básicas de tricô, crochê, bordados e tear para alunas de escolas municipais. O clube disponibilizou sua sede e os materiais necessários para o curso. Além disso, as jovens e seus pais receberão orientações em várias áreas por meio de palestras ministradas por especialistas. l

52

Rotary Brasil JULHO de 2022

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/4530

Rotary Club do Gama, DF – Em conjunto com a Casa da Amizade local e em parceria com a Universidade Católica de Brasília, alfabetiza jovens, adultos e idosos na cidade de Santa Maria.


Distrito 4563

Parte de São Paulo Governador: Joaquim Flavio de Moraes Filho

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/4563

Rotary Club de São Paulo-Artur Alvim, SP – Realizou ações de limpeza, jardinagem e manutenção na Associação Beneficente de Amparo ao Idoso Carente – Caminho da Vida.

Equipamentos para unidade de saúde Por meio de um Subsídio Distrital da Fundação Rotária no valor de US$ 1.458, o Rotary Club de São Paulo-Vila Carrão, SP, entregou equipamentos à Assistência Médica Ambulatorial/Unidade Básica de Saúde Integrada Vila Carrão – Dr. Adhemar Monteiro Pacheco. Foram doados um monitor cardíaco, um roupeiro de aço com 20 portas, dois detectores fetais portáteis, três aparelhos medidores de pressão, três estetoscópios e um colchão hospitalar que beneficiarão cerca de 700 pessoas atendidas no local diariamente. l

Rotary Club de São Paulo-Morumbi, SP – Em parceria com o Núcleo de Aprendizagem Profissional e Assistência Social e a Enjoy Inglês Profissionalizante, iniciou um projeto para ensinar inglês a jovens de comunidades.

Seu distrito faz parte deste show!

Não deixe que ele fique de fora. Todos os meses queremos dar destaque aos 31 distritos brasileiros. Leia as nossas dicas ao leitor na página 46 e envie a sua notícia. Rotary Brasil

JULHO de 2022

53


clubes e distritos Distrito 4571 Parte do Rio de Janeiro e de São Paulo Governador: Luiz Carlos Fávaro

Instalação de padaria artesanal Apoiado por um Subsídio Distrital da Fundação Rotária, o Rotary Club de São José dos CamposSatélite, SP, entregou equipamentos para instalação de uma padaria artesanal à Obra Social Nossa Senhora da Glória, responsável pela Fazenda da Esperança Casa Logos, comunidade terapêutica que atua no processo de recuperação de dependentes químicos e está localizada no município paulista Santa Branca. O projeto também teve as parcerias do Rotary Club de Santa Branca e das empresas Universo Materiais Elétricos e Cipax Laboratório. l

Distrito 4590

Parte de São Paulo Governadora: Rosemeire Aparecida Pereira

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/4571

Mais conforto e segurança

O Rotary Club de São José do Rio Pardo-Oeste, SP, doou um guindaste hidráulico hospitalar ao Asilo Lar de Jesus. A entrega do aparelho foi possível graças a um Subsídio Distrital da Fundação Rotária e auxiliará no deslocamento dos idosos acamados com mais conforto e segurança.

O Prêmio Rotário de Liderança Juvenil (Ryla) do distrito 4571 ocorreu de forma presencial no Colégio Estadual Ministro Raul Fernandes, em Vassouras, RJ, em 13 de maio. Marcaram presença integrantes do Colégio de Governadores Distrital, intercambistas, associados de vários clubes e interactianos. www.revistarotarybrasil.com.br/4590

l

54

Rotary Brasil JULHO de 2022

Rotary Club de Mogi Mirim, SP – Em parceria com a Diretoria de Ensino – Região de Mogi Mirim, promoveu o 42º Torneio Cultural nas escolas estaduais da cidade, que premiou três alunos com tablets.


Horta e sustentabilidade em escola

Distrito 4621

Parte de São Paulo Governador: Sérgio Minniti Igreja

l Por meio de um Subsídio Distrital da Fundação Rotária, o Rotary Club de São Manuel-Paraíso, SP, instalou uma horta com estufa e minicisterna para coleta de água da chuva, composteira e miniestação meteorológica na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Augusto Reis. O projeto também teve as parcerias da Multiverde e de outras empresas, além do apoio técnico voluntário do pai de uma das alunas do colégio.

do Paraná Distrito 4640 Parte Governadora: Anne Cristine Gomes da Silva Cavali

Toucas que Aquecem

l O Rotary Club de Santa Helena, PR, doou

100 toucas de lã para os alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil da cidade. As peças foram confeccionadas pela associada Renate Berwig e aquecerão as crianças neste inverno.

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/4621

Rotary Club de Americana-Ação, SP – Entregou mais duas unidades da Geladoteca Francisco Carlos Napoleão, uma delas em parceria com o Rotary Club de Santa Bárbara D’Oeste-Progresso. Rotary Brasil

JULHO de 2022

55


clubes e distritos Distrito 4670

Parte do Rio Grande do Sul Governadora: Denise Helena Carvalho Pastori

A história do Rotary contada pelos jovens l Em parceria com a Escola Municipal de Ensino Fundamental

Prefeito Edgar Fontoura, o Rotary Club de CanoasIndustrial, RS, promoveu o evento de premiação do 1º Concurso Rotary de Redação, que teve como tema Rotary no mundo. Os vencedores receberam livros e bicicleta e a primeira colocada, Sarah Moreira, ganhou uma bolsa de estudos integral de inglês no Challenge Centro de Idiomas. Além disso, os alunos foram convidados para ler seus textos em uma reunião do clube e agraciados com diplomas de Honra ao Mérito. Em outro momento, o clube foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Canoas pelos seus 40 anos de serviços em prol da comunidade.

do Rio Grande do Sul Distrito 4680 Parte Governadora: Rosane Maria Bortolini

Corrida das celebridades l Aproximadamente mil pessoas participaram da 11ª Corrida das Celebridades

realizada pelo Rotary Club de General Câmara, RS, no Estádio General Argemiro Dornelles. Com objetivo de arrecadar recursos para os projetos sociais e estimular atividades físicas e diversão sadia, o clube convidou celebridades locais para a competição de 50 metros rasos, dividida por grupos. A disputa teve a participação do então governador do distrito, Tabajara Ramalho de Andrade, e entregou premiação em dinheiro para a vencedora.

56

Rotary Brasil JULHO de 2022


do Paraná Distrito 4710 Parte Governador: Geraldo Martins

Inverno mais quentinho O Rotary Club de ApucaranaCidade Alta, PR, promoveu uma campanha do agasalho que possibilitou a entrega de 50 cobertores à Casa de Misericórdia, 30 ao Centro POP – Centro de Referência Especializado para População de Rua, e 16 à Escola de Desenvolvimento Humano Casa do Caminho, instituições beneficentes de Apucarana.

l

Distrito 4720

Acre, Amazonas, Pará, Amapá, Rondônia e Roraima Governadora: Elaine Ruiz Ferreira

Dia das Mães especial O Rotary Club de Santarém-Vitória-Régia, PA, contribuiu com a homenagem do Dia das Mães organizada pela Escola Municipal de Ensino Fundamental Haroldo Veloso, com a entrega de lanches e vouchers para serviços estéticos na Fast Escova Santarém. As crianças do Rotakids e os jovens do Interact da cidade também participaram com distribuição de botões de rosa, leitura de mensagens e suporte na organização e logística do evento. l

Rotary Brasil

JULHO de 2022

57


clubes e distritos do Paraná Distrito 4730 Parte Governador: Sérgio Luiz Bellotto

Muitas atividades na capital paranaense Tendo como foco principal o empoderamento feminino, o Rotary Club de Curitiba-Fraterna, PR, promoveu iniciativas em prol da comunidade nos últimos meses. Uma delas foi o curso de corte e costura à mão e artesanato realizado na ONG Um Lugar ao Sol (foto). A mesma instituição recebeu ainda um projeto de inclusão digital com doação de tablets, projetor e lousas digitais, kits de material escolar, e cursos de artesanato de Natal, confecção de bijuterias e precificação dos produtos. O clube também ofereceu curso de produção de temperos, doou instrumentos musicais para fanfarra escolar, limpou as margens do rio Nhundiaquara, plantou árvores e criou hortas em escolas, instalou outdoors e cartazes em locais estratégicos sobre a prevenção ao câncer de mama, realizou palestras sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis em escolas e instituições, e organizou um Prêmio Rotário de Liderança Juvenil na Casa de Acolhimento de Meninas. l

Distrito 4760

Parte de Minas Gerais Governador: Luiz Antonio Oliveira de Lima

Equipamentos para cozinha de hospital Para auxiliar no preparo e conservação das 2.500 refeições diárias servidas aos pacientes do Hospital da Baleia, o Rotary Club de Belo Horizonte-Novas Gerações, MG, doou dois caldeirões e um descascador industriais e dois pass through, sendo um refrigerado e um aquecido (foto). Os equipamentos permitirão a elaboração de uma alimentação mais equilibrada nutricionalmente e a segurança do serviço prestado na instituição, referência estadual em saúde. l

58

Rotary Brasil JULHO de 2022


ROTARACT Clubes de prestação de serviços humanitários com foco na juventude. Neles, os rotaractianos podem participar de projetos voluntários, conhecer pessoas e fazer amizades, encontrar oportunidades de desenvolvimento profissional e integrar uma rede internacional de jovens.

IMAGINAR PARA TRANSFORMAR Higor Araujo*

N Fabricando Oportunidades Por meio de um Subsídio Distrital da Fundação Rotária, o Rotaract Club de Tenente Ananias, RN (distrito 4500), promoveu no bairro Projeto Crescer um minicurso de fabricação de doces como brigadeiro, beijinho, trufa, alfajor e cone trufado. A iniciativa, que recebeu o nome de Fabricando Oportunidades, teve a parceria da Doceria da Manú. l

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/clubes-em-acao

Rotaract Club de Matão-Terra da Saudade, SP (distrito 4540) – Em parceria com a Escola Técnica Estadual Sylvio de Mattos Carvalho, promoveu o evento Multiplicadorex com objetivo de capacitar pessoas para o mercado de trabalho.

este ano rotário, somos convidados a imaginar o Rotary com nossos sonhos, nossas transformações e diferenças que buscam tornar o mundo um lugar melhor. Estamos aqui porque imaginamos um mundo que merece o nosso melhor, um mundo sem a fome, sem a pólio, um mundo em que todas as crianças aprendam a ler. Nós não imaginamos o ontem, imaginamos o amanhã e este é um chamado à ação. Todos nós temos sonhos, mas agir para realizá-los é uma escolha pessoal. Quando uma organização como a nossa sonha que por meio de pessoas engajadas possui a capacidade de fazer as coisas acontecerem (seja com nossos projetos, ações ou campanhas), ela está contribuindo para que esse sonho se torne realidade. Qual é o seu sonho? Qual é o sonho do seu clube? De que forma ele pode transformar a comunidade? Convidamos você a realizar sonhos individuais e coletivos. Com nossa diversidade de pessoas, etnias e linguagens, podemos construir tudo aquilo que imaginamos. E aqui, meus caros, temos os valores mais essenciais para a transformação. Vamos juntos imaginar um mundo melhor e transformar nossos sonhos em realidade. *O autor é diretor de Imagem Pública da Rotaract Brasil e associado ao Rotaract Club de Três Lagoas, MS (distrito 4470).

Fique por dentro das novidades em nossos perfis nas redes sociais @rotaractbrasiloficial

@RotaractBrasilOficial Rotary Brasil

JULHO de 2022

59


casas da amizade Formadas por cônjuges de rotarianos e rotarianas, apóiam os projetos comunitários desenvolvidos pelos Rotary Clubs e realizam ações próprias.

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/clubes-em-acao

Doações para instituições beneficentes

l A Casa da Amizade de Itápolis, SP (distrito 4480),

entregou à Santa Casa de Misericórdia e Maternidade Dona Julieta Lyra 12 kits para bebês que serão oferecidos a mamães que chegam ao hospital sem enxoval. Colaboraram com o projeto a loja Cantinho da Criança e a Droga Itápolis Rede Multidrogas. Em outras iniciativas, as integrantes da Casa da Amizade doaram peças de crochê, artesanato e lenços para o bazar da Entidade Anna Marcelina de Carvalho, localizada em Jaú, e venderam pão de queijo em prol de suas ações sociais.

Casa da Amizade de Chapecó, SC (distrito 4740) – Promoveu o Chá de Outono com lucro destinado à confecção de fraldas geriátricas. Casa da Amizade de São Miguel do Oeste, SC (distrito 4740) – Doou uma cadeira de rodas à Apae com o resultado da arrecadação de lacres de latinhas realizada em parceria com a Unimed.

ROTARY KIDS Criado no Brasil em 1996 e hoje presente em todo o mundo, o movimento de Rotary Kids estimula a criação de clubes para crianças de até 12 anos. O programa ainda não foi oficializado pelo Rotary International.

Garotada em ação Com apenas três meses de fundação, o Rotary Kids do Rio de Janeiro-Pilares, RJ (distrito 4571), já realizou dois projetos: arrecadou lacres de latinhas e tampas plásticas, destinados a uma associação para compra de cadeiras de rodas, e organizou uma festa de Páscoa com distribuição de caixas de bombons para crianças de uma comunidade do bairro Cavalcante, que ficaram encantadas com a presença do coelhinho (foto). l

60

Rotary Brasil JULHO de 2022

Veja em detalhes no site e compartilhe nas redes sociais www.revistarotarybrasil.com.br/clubes-em-acao

RotaKids de Santarém-Vitória-Régia, SC (distrito 4720) – Foi fundado em março pelo Rotary Club local e com a presença do então governador do distrito, Gerson Yoshiharu Aoki.


O que significam

RECONHECIMENTOS DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA

Contribuinte Especial (l) Qualquer pessoa que contribui com 100 dólares é automaticamente reconhecida como Contribuinte Especial.

Distrito 4510

Companheiro Paul Harris (l) Uma pessoa, rotariana ou não, que contribui com o valor de 1.000 dólares rotários à Fundação Rotária, ou em cujo nome é feita tal contribuição, recebe como reconhecimento o título de Companheiro Paul Harris, que consiste de certificado e distintivo – com a opção de medalha, ao custo de 15 dólares rotários. Contribuições múltiplas O Companheiro Paul Harris que faz contribuições múltiplas de 1.000 dólares rotários à Fundação Rotária, ou em cujo nome elas são feitas, recebe distintivo com safiras (l), rubis (l) ou Major Donors (l) – Doador Extraordinário, com contribuição pessoal de 10.000 a 249.999 dólares –, de acordo com o valor do aporte acumulado. Sociedade Paul Harris (l) Pessoas que assumem o compromisso de contribuir anualmente com 1.000 dólares recebem distintivo especial e certificado do distrito. Este reconhecimento é válido para contribuições múltiplas. Benfeitor (l) Um doador se torna um Benfeitor da Fundação Rotária ao incluir um dispositivo em seu testamento em benefício do Fundo de Dotação, para o qual efetua uma contribuição de 1.000 dólares ou mais. O doador recebe um distintivo especial e diploma. Sociedade de Doadores Testamentários (l) A Fundação Rotária reconhece pessoas ou casais que se comprometem, em testamento, a doar no mínimo 10 mil dólares à entidade. Doadores recebem peça de cristal e distintivo de lapela a cada novo nível atingido. Sociedade Arch C. Klumph (l) Doadores que contribuem com 250 mil dólares ou mais qualificam-se para a Sociedade Arch C. Klumph. Eles são convidados para cerimônia de admissão na sede mundial do Rotary International, em Evanston, EUA, e podem escolher ter suas fotos colocadas na Galeria Arch C. Klumph e no terminal interativo. Esses doadores também recebem distintivo, certificado e convites para eventos especiais. Os fundos As doações formam diversos fundos. São eles: Fundo Anual de Programas, Fundo Polio Plus e Fundo de Dotações. Se as doações forem de empresas, serão encaminhadas à Associação Brasileira da The Rotary Foundation (ABTRF). As contribuições servem para projetos de Subsídios Distritais e Globais, que apoiam a missão da Fundação Rotária para promover a paz, a boa vontade e a educação, melhorar a saúde e combater a pobreza.

Interact Club de Pacaembu, SP l Taylor Seiti Miada Ferreira (título entregue pelo Rotary Club de Presidente Prudente-Alvorada, SP) Distrito 4560 Rotary Club de Itajubá, MG l Amaury Teixeira Feichas, com uma safira l Cândido Pereira dos Santos, com uma safira l Clésio Silva, com uma safira l Paulo Sérgio Azevedo, presidente 2021-22, com uma safira l Zilda de Castro Coelho, com uma safira Distrito 4571 Rotary Club de Guararema, SP l Ana Paula Kawaguchi Tamaki, com três safiras l Célia Maria Limongi Sterse l Ednilson Vieira Souza, com uma safira l Eduardo de Souza Dias l Fernando Freire Martins Costa, com três rubis l Irineu de Souza Monteiro, com três rubis l Pedro Roberto Cauvilla, com um rubi l Romeu Bonitatibus l Vanessa de Cássia Noronha Leite Rotary Club do Rio de Janeiro, RJ l Haroldo Ribeiro da Fonseca, com quatro safiras l Paulo Maurício de Oliveira Macedo, com cinco safiras l Paulo Sérgio Alves da Cruz, com quatro safiras Distrito 4640 Rotary Club de Toledo-Integração, PR l Robert Gordon Hickson, com duas safiras Distrito 4670 Rotary Club de Gravataí, RS l Célio Castelli, presidente 2020-21

Se você foi agraciado recentemente com algum desses títulos, informe-nos pelo e-mail jornalismo@revistarotarybrasil.com.br Rotary Brasil

JULHO de 2022

61


ROTARIANOS QUE SÃO NOTÍCIA

Com sua obra Eu não aceito ser mais ou menos, a escritora e associada ao Rotary Club de Lucas do Rio Verde, MT (distrito 4440), Leni Chiarello Ziliotto recebeu o prêmio de Melhor Livro Biográfico no Troféu Grand Prix 2021, do Institut Cultive Suisse Brésil – Art, Littérature et Solidarité de Genebra, na Suíça. Além disso, ganhou o Troféu Mulher Destaque 2021 da Câmara Municipal de Lucas do Rio Verde. l

Maria das Dores de Melo, associada ao Rotary Club de Pedro Leopoldo-Cachoeira, MG (distrito 4521), foi agraciada pela Câmara Municipal de Pedro Leopoldo como Mulher Nota 10 por sua atuação profissional, social e política no município. l

OS 50 MAIS

R

ichard Ihns completou 70 anos como associado ao Rotary Club de Nova Friburgo, RJ (distrito 4751). É Companheiro Paul Harris e, entre outros cargos exercidos no clube, foi presidente por dois períodos: 1958-59 e 1981-82.

Siga a Rotary Brasil no Instagram @revistarotarybrasil

62

Rotary Brasil julho de 2022

iStockphoto

Nós mostramos o trabalho dos clubes brasileiros

iStockphoto



TECsocial

Google for Startups realiza programa de formação de pessoas negras em carreiras de tecnologia

E

Divulgação

m parceria com o Instituto Vamo que Vamo, que apoia a inclusão e fomenta a diversidade em carreiras digitais no país, o Google for Startups Brasil criou um programa para apoiar a capacitação de 200 desenvolvedores negros, oferecendo ajuda de custo durante um ano para a formação dos profissionais de tecnologia. Ao final do treinamento, os novos desenvolvedores de software serão conectados com a rede de mais de 300 startups ligadas aos programas de aceleração do Google, possibilitando a inserção em um mercado de cerca de 500 vagas abertas atualmente. Além do curso e da ajuda financeira, os selecionados também contarão com apoio psicológico.

Clube gaúcho investe na capacitação de jovens programadores O Rotary Club de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, criou o Projeto Elevar, iniciativa que oferece um curso de programação e tecnologia da informação a jovens entre 14 e 24 anos. Os alunos são apadrinhados pelos associados do clube, que acompanham o desenvolvimento dos estudantes. O curso, que tem quatro meses de duração e carga horária de 120 horas, busca também suprir as necessidades de empresas locais por mão de obra qualificada na área de tecnologia. O projeto tem a parceria da Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Esporte e do Instituto Mix de Profissões, além do apoio do Centro de Referência de Assistência Social Bom Jesus, que realizou a seleção dos estudantes nas escolas públicas da cidade. https://www.facebook.com/rotaryclubsantacruzdosul l

Luiz Fernando Bertuol SECOM – Santa Cruz do Sul

Divulgação

Evento de inovação social celebra os 20 anos da ECO-92 e projeta ações até 2030 O Rio de Janeiro receberá o Glocal Experience, evento que planeja criar um laboratório permanente de inovação social para atuar no cumprimento dos 17 objetivos do plano de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) até 2030. A cidade foi escolhida pelo simbolismo da comemoração dos 30 anos da realização da Eco-92, a conferência histórica da ONU com o tema do meio ambiente como foco principal. Entre os dias 9 e 17 de julho, na Marina da Glória, o evento promoverá debates com personalidades como Adam Kahane, famoso por sua atuação na resolução de conflitos e processos de paz. l

64

Rotary Brasil JULHO de 2022

RB


ACONTECEU

A CARTA DA TERRA

D

e 3 a 14 de junho de 1992, ocorria na cidade do Rio de Janeiro a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, mais conhecida como Eco-92 ou Rio-92. Reunindo chefes de Estado de várias partes do planeta, o megaencontro se deu exatos 20 anos após a Conferência de Estocolmo, o primeiro grande evento internacional a debater as questões ambientais – já naquele momento, junho de 1972, alguns representantes do Rotary estiveram presentes. Na conferência de 1992, lideranças do Rotary promoveram painéis no Fórum Global, instalado no Aterro do Flamengo e que resultou na aprovação da Declaração do Rio, também chamada de Carta da Terra. Uma curiosidade: durante os dias da Eco-92, o Rio de Janeiro voltou a ser a capital do país, status que havia perdido em 1960.

l A nossa edição de julho de 1992 apresentava o presidente do Rotary International para o período

que se iniciava: Clifford L. Dochterman. Em sua primeira mensagem, o norte-americano explicava como havia surgido o seu lema presidencial, A Verdadeira Felicidade Está em Ajudar ao Próximo. “Ao longo dos anos, observei que alguns dos momentos mais satisfatórios na vida de uma pessoa encontram-se no servir aos outros sem qualquer expectativa de retorno pessoal ou recompensa. O serviço voluntário alegra tanto a vida dos ‘doadores’, quanto a dos ‘recebedores’”, ele escreveu. “Segundo essa linha de pensamento, escolhi as simples palavras ‘ajudar ao próximo’ como uma forma de transmitir o significado de muitas de nossas atividades relacionadas à pobreza, à fome, à doença, ao analfabetismo e à desesperança; e também de outras atividades do Rotary que proporcionam melhorias nas comunidades, altos padrões profissionais, boa vontade e preocupação com as crianças, jovens e com os mais velhos.” Então associado ao Rotary Club de North Stockton, no Estado da Califórnia, Estados Unidos, Clifford L. Dochterman iniciou sua trajetória na nossa organização em 1958, quando ingressou no Rotary Club de Berkeley. Ele era formado em ciências políticas, tendo sido vice-presidente da Universidade do Pacífico, bem como diretor do campus e administrador das bolsas de estudos da Associação dos Alunos da Universidade da Califórnia. No Rotary, sua história foi igualmente relevante. Em 1984, ele recebeu o Prêmio da Fundação Rotária por Serviços Eminentes por seu trabalho como um dos arquitetos do Programa Saúde, Fome e Humanidade (3H). Ele também concorreria para o lançamento no ano seguinte do programa Polio Plus, destinado à erradicação global da poliomielite. RB

Veja esta e outras edições antigas da sua Rotary Brasil em revistarotarybrasil.com.br/acervo Rotary Brasil

JULHO de 2022

65


RELAX

TRUQUE Em busca de emprego, um acrobata procura o dono do circo. – Como é a sua apresentação? – indaga o empresário. – Eu mergulho numa garrafa pulando de uma altura de 15 metros – explica o rapaz. – Não é possível – espanta-se o dono do circo. Deve haver algum truque nesse seu número. Meio sem jeito, o acrobata entrega o jogo: ­– Pois então, sendo bastante honesto com o senhor: eu uso um funil.

Arte: Armando Santos

“Entre Aspas”

66

Rotary Brasil JULHO de 2022

“A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para a frente.” Søren Kierkegaard, filósofo, teólogo, poeta e crítico social dinamarquês (1813-1855)

iSt

ock

ph

oto