__MAIN_TEXT__

Page 1

30 de Maio de 2018

EDIÇÃO Nº 32


Editorial Verão quente! Mais uma edição da Sekreta Magazine. Nada fácil, mas aqui está. O nome da publicação está muito bem escolhido: Sekreta! Um projeto que avança e isso só é possível graças a todos aqueles (e são muitos) e de uma forma ou de outra nos apoiam. Alguns, desde a primeira hora. Dezembro de 1999. Uma palavra muito especial para a Cecília Gómez Solórzano, a nossa nova colaboradora que é uma verdadeira “ponta de lança” e que assumiu, desde o primeiro minuto, uma verdadeira dedicação e cumplicidade a este projeto e já se nota uma grande diferença na nova dinâmica que queremos dar.

Claro que também não esquecemos todos aqueles que já são da “casa”, como o Paulo Esteves, a Lídia Esteves, e o Bruno Taveira, assim como às nossas “miúdas” parceiras do Ar-

mazém

de

Ideias

Ilimitada

(obrigado pela paciência). Mas são muitos mais que, cada um à sua maneira, colaboram e nos apoiam. Aliás, este é um projeto de pessoas para pessoas. Para muito breve traremos uma nova edição. Vamos assim melhorar a periodicidade. Continuamos a contar com tudo e com todos e estamos e estaremos sempre disponíveis para apoiar as boas iniciativas. Vamos trabalhar?

sekreta.geral@gmail.com / sekreta.redaccao@gmail.com

sekreta.geral@gmail.com


João Sousa Campeão dos Campeões Millennium Estoril Open 2018 ao rubro Um feito há muito esperado. Foi na quarta edição de Millennium Estoril Open que João Sousa fez a festa. Depois de nove dias de um torneio muito intenso, foi numa final muito disputada que, perante milhares de espetadores e ao vencer o norteamericano Frances Tiafoe, João Sousa sagrou-se vencedor, recebendo até a alcunha de “Conquistador”… conquistou e venceu. Uma alegria para todos os portugueses.

Com esta vitória neste Torneio que é o mais importante, em Portugal, valeu a João Sousa a subida de 20 posições no ranking mundial para 48º lugar conferindo-lhe a entrada no “Top 50”. Perante um estádio completamente rendido, coube ao presidente da Câmara de Cascais, Carlos carreiras e ao Ministro da Educação e Desporto, Tiago Brandão Rodrigues, á entrega do troféu. O resto do dia foi de festa. Para o ano, na sua 5ª edição o que estará reservado? É que a fasquia está muito alta...


FIM CEV Repsol regressa ao Circuito do Estoril Vitória histórica de Ivo Lopes, fez ouvir “ A Portuguesa” no Circuito do Estoril.

O Circuito do Estoril volta a receber o FIM CEV – Repsol, nesta que foi a primeira de oito provas. Marcaram presença mais de uma centena de pilotos, de várias nacionalidades, 51 na classe European Talent Cup; 23 na classe Europeu Moto2, e 45 na classe Mundial FIM Junior Moto3. A representação portuguesa esteve entregue a três pilotos, dois na European Talent Cup, classe destinada a jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos - Francisco ‘Kiko’ Maria e Pedro Fragoso. Ivo Lopes, aos comandos de uma Yamaha R6, foi o terceiro piloto luso, tendo sido o regresso ao FIM CEV nas Superstock 600, classe que venceu em 2016. O piloto da Amadora, partiu da 5ª posição da grelha, mas desde a primeira volta que liderou as 18 voltas, da primeira corrida da classe, batendo a concorrência e alcançando assim o primeiro lugar no pódio, fazendo-se ouvir “ A Portuguesa” no Circuito do Estoril. Devido às fracas condições climatéricas, o fim-de-semana também ficou marcado por uma centena de quedas, tendo sido intenso o trabalho dos comissários do Motor Clube do Estoril (MCE), que prestaram o melhor apoio com profissionalismo a todos os pilotos. Texto e fotos: Bruno Taveira


Charanga da GNR Desfilou e encantou… com uma surpresa acrescida Uma grande surpresa para os muitos transeuntes que andavam pela baixa de Cascais naquele domingo. A Charanga a Cavalo do Regimento de Cavalaria da Guarda Nacional Republicana desfilou e saudou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e Carlos carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais. Sob a chefia de um Sargento Chefe Mestre Clarim, a Charanga está sediada no 3º Esquadrão em Braço de Prata, foi criada há 42 anos e é composta por 20 elementos que utilizam instrumentos de sopro e percussão. Habitualmente, a Charanga da GNR é integrada em paradas militares e por vezes atuam isoladamente, mas é, sem dúvida um espetáculo único capaz de agradar a pessoas de todas as idades. E foi o que aconteceu...


25 de Abril em Cascais Atuação de Bandas e o Associativismo em exposição Para assinalar os 44 anos do 25 de abril em Cascais, seis bandas do concelho atuaram em vários locais, culminando com uma atuação em conjunto no Jardim da Parada. Foram as Bandas Filarmónicas da Sociedade Musical e Sportiva Alvidense, da Sociedade Familiar e Recreativa da Malveira da Serra, da Sociedade de Instrução e Recreio de janes e Malveira, da Sociedade Recreativa e Musical de Carcavelos, da Sociedade Musical União Paredense e do Grupo Solidariedade Musical e Desportiva de Talaíde. Com um número significante de público a acompanhar, o momento alto não deixou ninguém indiferente com todas as Bandas a tocarem em conjunto.

Associação com História - 1886|1974 Depois da atuação das Bandas do concelho de Cascais no Jardim da Parada, inaugurou-se uma exposição na Casa Sommer das “Associações com História—1886/1974”. Sabia que a Associação mais antiga do concelho é a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cascais? Foi fundada em 1886. Com peças cedidas pelas próprias associações, esta exposição tem como objetivo contar a história das

56 associações criadas em cascais antes de 1974. Até ao final da exposição, a 11 de novembro deste ano, será editado um livro pela Câmara Municipal de Cascais com fotografias e documentos depositados no Arquivo Histórico Municipal e que vão ajudar a contar uma história rica de todas estas associações. São muitas as peças ímpares que estão presentes na exposição, como um uniforme dos anos 40 da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cascais.


Forte Santo António da Barra Uma nova porta que se abriu em Cascais Dando continuidade ás comemorações do 25 de abril, em Cascais, o momento alto ficou reservado para a parte da tarde com a abertura oficial do Forte de Santo António da Barra. Com a presença do Secretário de Estado da Defesa, Marcos Perestrello, foi assim aberta a porta deste Forte, com Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais, visivelmente satisfeito depois do trabalho fantástico da sua recuperação, não deixando ninguém indiferente. Centenas de pessoas estiveram presentes com uma enorme vontade de serem também testemunhas desta cerimónia e saciar a curiosidade de tudo aquilo que fez correr tanta tinta nestes últimos meses. Depois de uma visita ao espaço, seguiram-se os discursos de circunstância, em plena sintonia na importância e simbolismo desta ação. Seguiram-se as velhas canções de abril com a atuação do Coro do Conservatório de Cascais, da Banda juvenil da Sociedade de Instrução e Recreio de Janes e Malveira e dos coros da Câmara de Cascais e do Grupo Vocal Discantus


Pela primeira vez AECC integra os Órgãos Sociais da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal Recentemente tomaram posse os novos órgãos sociais da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, para o quadriénio 2018-2021. Pela primeira vez, a Associação Empresarial do Concelho de Cascais (AECC) integra estes órgãos sociais, estando representada pelo Presidente da Direção, Armando Correia, no Conselho Fiscal. Com base em critérios de representatividade geográfica e setorial consagrados nos estatutos da Confederação, a lista eleita integra 36 associações. Muito importante esta presença da AECC na Confederação pois o grande desafio é a valorização dos setores do comércio e serviços no contexto de Portugal pós-2020. Esta Confederação integra mais de uma centena de entidades associativas e empresariais do setor terciário, representando mais de 200 mil empresas. Parabéns à AECC:

Comércio Seguro -

O Balanço

A Associação Empresarial do Concelho de Cascais (AECC), em colaboração com as forças de segurança do concelho, GNR e PSP, promoveu um conjunto de ações de sensibilização no âmbito do “Comércio Seguro”, que contou também com o apoio das juntas de freguesia. Esta iniciativa visou sensibilizar e informar os comerciantes sobre as medidas de segurança a implementar, para evitar furtos nos seus estabelecimentos e também qual o tipo de comportamento a adotar em caso de assalto. Estas sessões deram a oportunidade para os comerciantes darem conta dos seus receios e dificuldades, em matéria de segurança. Um passo importante para os aproximar os empresários e as várias forças de segurança e em conjunto construírem soluções.


Cascais abriu Época Balnear É já uma tradição que Cascais quer manter e com resultados bem visíveis que é uma época balnear com datas alargadas. Mais uma vez, o dia 1 de Maio fica marcado com a abertura oficial da Época Balnear em Cascais. Numa cerimónia na praia de Carcavelos e no ano em que Cascais é Capital Europeia da Juventude, o momento foi assinalado com uma coreografia realizada por cerca de 220 jovens formando um logotipo com a marca Cascais. Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais referiu que com este período alargado de 1 de Maio a 15 de Outubro (exceto as praias da Bafureira e Abano que mantêm de 1 de Junho a 30 de Setembro) os principais objetivos são a “qualidade e a segurança das nossas praias.” Presentes na cerimónia também estiveram presentes Joana Pinto Balsemão, vereadora da Câmara de Cascais e o capitão Rui Pereira Terra, Capitão do Porto.

Para Joana Balsemão, “o plástico que é o flagelo que afeta o nosso mar, gostava de contar convosco para reduzir o lixo do mar”. Também através do Orçamento Participativo de 2015, foram entregues à Capitania do Porto de Cascais, uma viatura Hilux e uma mota de água para reforço da segurança nas praias.

Mas a Época Balnear 2018 em Cascais não vai ser só sol e praia. Vai haver um vasto programa de animação cultural e de sensibilização ambiental. E no âmbito da Capital Europeia da Juventude, algumas dessas atividades também se destinam à sensibilização dos jovens em matérias como a ciência e a saúde.


Voluntariado Jovem IX Semana foi em grande

Mais uma vez e pela nona vez consecutiva, a Junta de Freguesia de Cascais e Estoril levou a efeito a Semana do Voluntariado Jovem. Como mote de abertura desta Semana, várias crianças juntaramse em frente da Junta de Freguesia de Cascais e Estoril, numa animação constante com dança, música e cor, culminando na formação de um logo humano alusivo à iniciativa.

Com muitos ilustres convidados, a cerimónia de abertura decorreu sempre em ambiente de festa e contou com as presenças do presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, do presidente da Junta anfitriã, Pedro Morais Soares, os vereadores Frederico Pinho de Almeida e Nuno Piteira Lopes e no ano 2018 muito especial para Cascais, também esteve

Presente a Comissária da capital da juventude, Catarina Marques Vieira. Esta iniciativa que contou também com a parceria da Associação Coração Amarelo e Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, levou os jovens a participarem em várias ações de solidariedade, cidadania ativa, combate à solidão, deficiência, pobreza, ambiente, preservação do património, segurança e alimentação saudável. E foi um sucesso.

No segundo dia, alunos da Escola Secundária da Cidadela (remoção de Grafittis na Escola e área envolvente)


Turma do 4º ano da Escola Básica de S. Pedro do Estoril no CRID “juntos pintamos o céu”

Alunos ENSR-Salesianas e alunos do 9º ano do Agrupamento de Escolas da Cidadela e participantes da Cercica—Arranque do Chorão na zona do Guincho

Alunos da EB 2, 3 da Galiza e Escolinha do Largo, com a Associação de Armadores e Pescadores de Cascais

Alunos do Agrupamento de Escolas da Cidadela - Limpeza de Praias

Alunos da Escola EB 2-3 da galiza e do Colégio Luísa Sigea, nos Bombeiros Voluntários dos Estoris

Alunos ENSR - Salesianas, alunos do 9º ano do Agrupamento de Escolas da Cidadela e e participantes da Cercica - Arranque do Chorão na zona do Guincho

Alunos da Escolinha do Largo, numa mini-operação Stop com a policia de Segurança Pública

Alunos do Agrupamento de Escolas da Cidadela, nos Bombeiros Voluntário de Cascais

Com a Associação de Estudantes da Escola Secundária de Cascais “Vamos limpar a Escola”

Alunos do Surf Club de Portugal - remoção de Grafittis na praia de S. Pedro


Prémio Rei D. Carlos E já na sua 4ª edição, mais uma vez o concurso “Prémio de Pintura e Aguarela Rei D. Carlos” foi um êxito. Esta iniciativa lançada pela Junta de Freguesia de Cascais e Estoril é dirigido à comunidade escolar dos 1º, 2º, 3º ciclos e ensino secundário das escolas públicas e privadas da freguesia, em que os jovens são desafiados a realizar trabalhos que representem a costa de Cascais e Estoril. Este ano, novo recorde foi batido em termos de participação, com 24 escolas públicas e privadas, de S. Pedro do Estoril até ao Guincho, 2500 alunos dos 6 aos 18 anos apresentando 184 obras que foram pré-selecionadas pelas escolas e depois pelo júri. Um projeto que tem o apoio da Câmara Municipal de Cascais, da Fundação D. Luís I e o patrocínio de Quadrimóvel/Ponto das Artes e Leitão e Irmão. Este ano os premiados foram: a escola EB1 Oliveira Marques; os Aprendizes; Colégio Sra. Da Boa Nova; Salesianos do Estoril; Escola Secundária de S. João do Estoril e a Cercica e o CRID com prémios de participação. Estes trabalhos podem ser vistos até 16 de Junho na Galeria da Junta, no Estoril.


"Jovem” equipa de Patinagem Artística GRFM

na Taça de Lisboa 2018 Decorreu nos pavilhões do Futebol Clube de Alverca e do União Desportiva Vilafranquense entre os dias 21, 22 de Abril e o feriado da “Revolução dos Cravos”, uma das provas mais importantes do planeamento da Associação de Patinagem de Lisboa – APL. Nesta prova participaram cerca de 350 atletas dos escalões de Benjamins a Séniores nas modalidades de Patinagem Livre e Solo Dance de cerca de 15 clubes do distrito de Lisboa. Entre os clubes participantes, a maioria com várias décadas de existência, destacamos o trabalho desenvolvido pelas treinadoras e dirigentes da equipa de Patinagem Artística

do Grupo Recreativo e Familiar de Murches que a poucos meses do seu quinto aniversário e contando com a presença de 24 atletas no evento, obteve resultados como 7º classificado em Patinagem livre de primeira categoria, 5º classificado em Patinagem livre de segunda categoria, 4º classificado em Solo dance de primeira categoria e por fim, na segunda categoria da mesma modalidade, uma merecida taça referente ao 2º lugar do pódio por equipas. É mais uma vez com excelentes resultados que esta jovem equipa de Cascais/ Murches mostra o seu nível de vitalidade e empenho provando assim o seu crescente fortalecimento."


Em Oeiras Leitores de Chip de Canídeos entregues à PSP Em Oeiras, a PSP já pode identificar os animais encontrados na via pública. A Câmara de Oeiras procedeu à entrega de leitores de chip de canídeos, de forma a dotar esta força de segurança de meios de primeira intervenção (triagem) que permitem a verificação imediata na via pública se os animais estão identificados e a contatar o proprietário. Assim, foi celebrado um Auto de Cedência a Título Definitivo entre a Câmara de Oeiras e a Divisão de Oeiras da PSP, para a entrega de 3 leitores de Micro Chip Halo. A cerimónia teve lugar no gabinete do Vereador Nuno Neto, responsável pelo pelouro do Ambiente - Serviço Veterinário e de Saúde Pública.

Na foto da esquerda para a direita - Intendente Domingos Antunes, Vereadora da CM Oeiras Joana Baptista, Vereador da CM Oeiras Nuno Neto.

XIX Festa do Cavalo de Porto Salvo Arte equestre, música, dança e gastronomia Na passada sexta-feira, dia 25 começou a tão esperada Festa do Cavalo, em Porto Salvo. Até 3 de Junho. Festa do Cavalo de Porto salvo é um evento anual, organizado pela Associação Equestre de Porto Salvo com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, que tem como objetivo estimular a prática do desporto equestre e proporcionar um espaço de convívio e competição, além de reavivar velhas tradições. Num programa recheado de muitas surpresas e novidades, referimos que no primeiro dia houve Prova de Equitação à Portuguesa e no

final da noite, a primeira Garraiada da Festa do Cavalo deste ano. Já no último dia, domingo 3, haverá uma Apresentação de carros de cavalos às 10h30. Refira-se que durante todos os dias da Festa haverá Demonstração de Siderotécnica, Exposição de Artesanato e Desfile de Amazonas, Cavaleiros e Atrelagens na Manga da Feira. Mas o melhor mesmo é consultar todo o programa em: festadocavalo.blogspot.pt. Muitas razões para não ficar em casa, e comparecer nesta grandiosa festa que já vai na sua XIX edição. “Da Tradição se faz a Festa”.


Em Oeiras vai haver Festa De 7 a 30 de Junho existem muitas razões para ir a Oeiras para as habituais Festas que , este ano, se prolongam por mais uma semana do que é habitual. Muitos nomes bem conhecidos do público em geral vão estar a animar todos estes dias nos dois palcos disponíveis, um nos jardins do Palácio Marquês de Pombal e outro na Feira, no Jardim Municipal de Oeiras, tais como Camané, 'Os Poetas' com Rodrigo Leão, Gabriel Gomes, Vitória Valdez, Sandra Martins e Rogério Samora (declamações); Capicua; Alexander Search; Resistência; DAMA; Nelson Freitas; Anjos e Emanuel . Para os miúdos, além dos carrocéis e divertimentos na Feira do Jardim Municipal de Oeiras (7 a 30 junho), destaque para o MÓ – Festival de Marionetas de Oeiras (7 a 10 junho), a decorrer no Largo 5 de Outubro e na Feira do Jardim Municipal de Oeiras. A 3ª edição do MÓ apresenta espetáculos de marionetas de companhias profissionais nacionais de marionetas do Norte e Sul do país e ainda companhias de Espanha e Inglaterra. Refira-se também que haverá entrada gratuita nos equipamentos culturais do

concelho, de 1 a 18 junho, nomeadamente no Centro de Arte Manuel de Brito (Algés), no Centro Cultural Palácio do Egipto (Oeiras), no Museu da Pólvora Negra (Barcarena) e no Palácio do Marquês de Pombal (Oeiras). A Feira das Festas de Oeiras decorrerá nos dias úteis das 17h às 24h e aos sábados, domingos e feriados, das 15h às 24h, no Jardim Municipal de Oeiras. A encerrar as Festas no último dia haverá como habitual, um espetáculo Piromusical, às 24h, no Porto de Recreio de Oeiras


Já estamos em abri mas a primavera chegou um pouco envergonhada! Nós adoramos as cores e os sons desta estação. E vocês? Por isso, vamos sair de casa e fazer coisas giras! Sim? Sugerimos uma ida, ou duas, ao Centro Cultural de Belém para assistirem ao Ciclo Belém Cinema que promete uma mão-cheia de clássicos. E se nos dias maiores temos uma outra disposição, porque não aproveitarem para dedicarem um pouco do vosso tempo a descobrirem boas receitas e depois testá-las num piquenique? Vai daí a Cláudia Silva Mataloto e o chef António Pires prepararam uma receita a quatro mãos cheia de histórias para vocês! Rosarinho

http://www.armazemdeideiasilimitada.com/

Grandes clássicos do cinema de volta ao CCB O ciclo Belém Cinema, do CCB, está de volta e, depois de “Spartacus”, do grande Stanley Kubrick, no passado dia 1 de abril, tem já agendadas as duas próximas exibições. E, uma vez que estamos a falar de tardes de domingo aquelas em que, às vezes, queremos fazer algo, mas ficamos sem saber bem o quê -, deixamos aqui esta que nos parece uma ótima sugestão. Até porque os filmes que aí vêm marcaram a história do cinema. Ah, e já referi que todos estes grandes clássicos são restaurados digitalmente?! Pois, pensavam que iam assistir a um filme cheio de “grão”, não era. ;-) Assim, a 31 de maio, o ciclo Belém Cinema - Grandes Clássicos recebe na sua tela “Breakfast at Tiffany’s”, de Blake Edwards e com a maravilhosa Audrey Hepburn, George Peppard e Patricia Neal.

Depois, serão Natalie Wood, Rita Moreno, Richard Beymer, Russ Tamblyn e George Chakiris, entre outros, a animar a tarde de 17 de junho com a exibição do clássico “West Side Story”, de Jerome Robbins e Robert Wise. Estas sessões cinematográficas decorrem sempre nas tardes de domingo, pelas 16h00, e têm um preço único de entrada de 7 euros. Porém, há uma possibilidade de assistir de forma gratuita… ora vejam lá as condições na página do ciclo Belém Cinema do CCB. ;-) Está na hora de recordar os Grandes Clássicos, não acham?! Susana Figueira


Um passeio, muitas histórias e uma receita... Se a vida te der laranjas azedas... fazes Marmelade No final de janeiro lançámos um desafio à Cláudia Silva Mataloto, da Fruta da Época (a responsável pelas receitas maravilhosas que aparecem no blog, todos os meses) e ao chef António Pires. Há muito que pairava no ar a promessa de um passeio especial por Lisboa. Um passeio cheio de histórias, daquelas que só alguns conhecem... Histórias curiosas, supersecretas, com alma...!! Estava na hora de concretizar este passeio lisboeta. Mas as miúdas do Armazém queriam muito mais do que histórias de reis, rainhas, judeus, elefantes, incêndios, governadores da Índia, terramotos... Queríamos uma receita com história!! Portanto, o desafio era: Deste passeio tinha de surgir a ideia para a receita de fevereiro da Fruta da Época. Uma receita a 4 mãos! E a coisa aconteceu! Durante o passeio as histórias foram sendo salteadas com alcachofras, ginjinha, bolo-rei, garum... E quase no fim do passeio, eis que surge a história que dá origem à receita tão desejada! Quem passa o Arco das Portas do Mar e segue em direção à Sé encontra uma subida ladeada por laranjeiras. Foi aqui que parámos para mais uma história que envolvia a D. Catarina de Bragança e as laranjas. Vocês já sabem que foi esta rainha quem levou para Inglaterra o chá e foi também esta mulher fantástica que criou o hábito do Chá das Cinco. O que talvez vocês não saibam é que ela recebia frequentemente carregamentos de laranjas de Portugal enviados pela mãe. Ora, durante a viagem algumas laranjas azedavam... E o que é D. Catarina fazia com essas laranjas? Marmelade! E depois oferecia às suas queridas inimigas da corte... As amantes do rei. Foi assim que surgiu mais uma tradição em Inglaterra. A Marmelade não se trata de um doce de marmelos, mas sim de uma variada gama de doces de citrinos muito apreciados e confecionados pelos ingleses, atualmente. Este tipo de compota aproveita as cascas dos frutos. E foi assim que chegámos à nossa receita deste mês. Mas como vocês são umas pessoas lindas, a nossa Marmelade será muito docinha!!! Que o diga o chef António Pires que aceitou partilhar com vocês a sua receita. A Cláudia Silva Mataloto fez os scones e juntámo-nos todos na sua casa para um five o’clock tea.

Ora experimentem lá a receita: Doce de Laranja (Marmelade) Ingredientes: 1,5 Kg de laranja 750 g açúcar 1 Cálice de vinho de Carcavelos

Modo de confeção: Lavar muito bem as laranjas, esfregando mesmo as cascas com um esfregão (metade). Descascar a metade das outras laranjas. Cortar as laranjas descascadas e a outra metade com a casca, em quartos de lua, muito fina. Levar ao lume médio com o açúcar, cerca de 45 minutos, até formar a consistência desejada (deitar uma colher de calda num prato e ver como desliza nele). Juntar o Cálice de vinho de Carcavelos e voltar a ferver novamente 5 minutos. Deitar em frascos previamente fervidos em água. Fechar hermeticamente os frascos e fervê-los novamente em água. Arrefecer e pode guarda-se durante vários meses. Acompanha com scones ou tostas, gelados ou bolos. Nota – Estas laranjas podem ser das doces ou mesmo das azedas. Chef António Pires Scones Ingredientes: Farinha trigo 55 – 400 g Açúcar branco – 60 g Fermento em pó – 40 g Ovos - 2 Leite - 100 g Manteiga c/ sal – 100 g 1 Gema para pincelar Modo de confeção: Envolva a farinha com o açúcar, o fermento, os ovos e o leite, sem dar muita liga à massa. Acrescente a manteiga derretida. Deixe descansar 30 minutos. Molde pequenos bolos e disponha num tabuleiro forrado com papel vegetal culinário. Pincele com a gema de ovo e deixe descansar mais 30 minutos. Leve ao forno, a 180º C até estarem levemente dourados. Cláudia Silva Mataloto Rosarinho


Lavandaria Self-Service É portuguesa, com certeza

Lavagem self-service Lavagem profunda e de excelente qualidade

Lave e seque aqui Em 40 minutos pode lavar e secar

Agora somos 3 a secar Todos os dias das 8h Ă s 22h Rua do Viveiro, 216-A - Monte Estoril Tel: 215 984 556 geral@lavandariaportuguesa.pt www.lavandariaportuguesa.pt


Organização/ Realização de Festas Mas não só…

Fica aqui a primeira “dica” sobre este espaço, em Oeiras, aberto à cerca de um ano. Um projeto de Maria de “La salete Mimoso” que pretende ser uma união entre 3 espaços que se conjugam entre si numa oferta de produtos e serviços. Arco-Íris organiza e/ou organiza festas de todo o tipo. Festas de aniversário adulto/criança, despedidas de solteiro/a, chás de bebé, batizados, inaugurações, etc. Insufláveis, Decorações, pinturas faciais… etc, etc… Na área do esoterismo, também oferece tudo aquilo que procura, com apoio e novos conceitos. Velas, incensos, ervas para banhos, bijuteria, caça-sonhos e também leitura de búzios, cartas mesa radiónica, reiki, meditação, massagem geotermal. Num outro espaço agregado, roupas de senhora para cerimónias, muito direcionado para Terreiros. Em termos de horário, de 3ª a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 20h. Encerra domingos e 2ªs feiras.

Avenida Embaixador Assis de Chateaubriand nº 47 A - Oeiras

Tel: 919 113 741 - 919 113 749 Facebook: fb.me/arcoiriscelebracoes Email: healingyou2017@gmail.com


No Casino Lisboa

“Dualidade” de Maria José Porto e Denis Cavalcanti Inaugurada recentemente na Galeria de Arte do Casino Lisboa, a exposição “Dualidade” é uma mostra de 24 obras de pintura da autoria de Maria José Porto e Denis Cavalcanti, sob a curadoria de Ana Maria Catarino Doria que, refere: “Da arte abstrata às pinceladas fluidas que narram as profundezas do Oceano, apresentamos aqui uma coleção de pinturas que nos transportam para um mundo de cor e movimento, de fisionomias e formas que se aglutinam, criando uma narrativa distinta. O título em si descreve completamente a fusão entre estes dois artistas. Uma convergência natural, mas ao mesmo tempo com os seus próprios estilos distintos. A elegante e graciosa interpretação de Maria José Porto das formas de vida oceânica, corais e algas, é, de certa forma, um reflexo da sua própria calma e serenidade. A representação subtil de suas obras

Leptogorgônia

Revolution

lembra-nos as esculturas etéreas e peças alegres da artista Mariko Kusumoto. Numa transição do sossego e da tranquilidade das obras de Maria José, passamos para as impressionantes pinturas geométricas de Denis Cavalcanti. A sua experiência e conhecimento é óbvia e transparece através da precisão e exatidão de sua técnica, trazendo à vida uma superfície estática numa composição que cativa a imaginação do espectador. Faz-nos naturalmente lembrar a Ruptura que levou o Brasil à celebração de uma nova identidade artística geométrica. Pavimentando o caminho para os artistas cultivarem os seus instintos e sentimentos primitivos através de um sistema de rede de ângulos retos e craticulações. A Galeria de Arte do Casino Lisboa tem o privilégio de mostrar estes dois talentosos artistas Brasileiros que se complementam dentro e fora da arena do artista. “ A exposição está patente até dia 10 de junho.

Space

Fish Eye

No Casino Estoril

Helder Guimarães em “Ponto de Fuga” O Auditório do Casino Estoril recebe, de 31 de Maio a 3 de Junho, “Ponto de Fuga”. Baseado em episódios reais, este espetáculo é a mais recente criação de Helder Guimarães, que resulta da reflexão e estudo sobre as práticas de ilusão que existem à margem da lei. Explorando as linhas de fronteira entre verdade e honestidade, o ser e o parecer, assim como aquilo que vemos e que queremos ver, “Ponto de Fuga” é uma bem-humorada visita guiada ao mundo alternativo de vigaristas, burlões e batoteiros, bons e maus malandros, cuja inteligência das artimanhas não pode ser negada. Um mundo onde realidade e ilusão andam de tal maneira entrelaçadas, que raramente sabemos onde termina uma e começa a outra, sem que seja já, tarde demais. Em palco, relatos sobre jogos ilegais, aulas de pickpocket, variadíssimos esquemas e até a participação de como consultor no filme Oceans 8, funcionam como pontos de partida para a Arte da Ilusão e o que ela significa, nos dias de hoje, para Helder Guimarães.


No Casino Estoril

Silêncio que se vai cantar o Fado Com Diana Vilarinho e Gonçalo Castelbranco Com entrada livre, o Fado chega ao Casino Estoril na quarta-feira, dia 30 de maio, pelas 22 horas. Com estilos bem distintos, Diana Vilarinho e Gonçalo Castelbranco serão os fadistas que estarão em palco, acompanhados pelas guitarras de Diogo Lucena Quadros e Francisco Gaspar e na viola, Luís Roquette. Considerada uma das grandes promessas do fado, Diana Vilarinho regressa ao Lounge D do Casino Estoril. A jovem intérprete apresenta uma maturidade musical surpreendente, fruto de uma carreira iniciada aos 10 anos e da muita tarimba adquirida nos inúmeros concursos de fado amador em que participou. Recorde-se que, Diana Vilarinho venceu, em 2008, a Grande Noite do Fado, realizada no Teatro São Luiz, em Lisboa. Já no mercado discográfico, a fadista estreou-se, aos 12 anos, com “Balada da Neve”. Gonçalo Castelbranco é considerado uma das referências da nova geração. Aos 27 anos, participou já em vários espetáculos musicais, tanto em Portugal como no estrangeiro, tendo sido aplaudido pelo seu protagonismo no musical “O Nazareno”. As raízes fadistas estão presentes na sua voz, muito por influência das suas ligações familiares a Frei Hermano da Câmara. Nos últimos dois anos, marcou presença assídua no “Arredar Bar”, histórica casa de fados, em Cascais, que foi recuperada para as grandes noites fadistas da região, e onde Gonçalo Castelbranco foi o artista residente.

“Jardim Suspenso” até dia 18 de junho No Casino Estoril Da autoria de Filipe Curado, está patente na Galeria de Arte do Casino Estoril, até ao próximo dia 18 de junho, uma exposição individual de escultura que dá pelo nome “Jardim Suspenso”. Filipe Curado nasceu em Leiria, em 1978. Escultor autodidata, iniciou o seu percurso em 1998. Desde então, tem vindo a colaborar com várias galerias de arte, expondo com frequência um pouco por todo o pais e também no estrangeiro. Está representado em varias coleções institucionais, particulares e conta também com algumas obras públicas. Realizou 18 exposições individuais além de ter participado em dezenas de coletivas.


41º Aniversário A saúde ocular elevada a outro nível A Solóptica, em Cascais dispensa grandes apresentações. Fundada em 1977, apresentou logo à partida um inovador conceito de óptica, direcionado para a saúde ocular e para a estética, apoiada nas melhores tecnologias. Os anos passaram e o que no inicio era um desejo de dois empreendedores passou a ser o espírito de uma equipa altamente especializada, com vasta experiência e não replicável. Hoje, a Solóptica, faz parte da história, mas também com uma ambição de fazer o futuro. Um outro apontamento é o facto de ser parceira da Sekreta Magazine desde os primeiros tempo… Muitos anos!! Parabéns e obrigado!

As novas gerações na área da dança Sediada em São Domingos de Rana, no concelho de Cascais, a Academia Sulydance participou recentemente no programa Portugal Got Talent. Uma excelente prestação que não deixou ninguém indiferente. Sem dúvida que deu grande visibilidade , mas esta Academia, desde 2003 que desenvolve um trabalho notável no mundo da dança, cujo grande objetivo é de formar as novas gerações na área da dança. A Academia Sulydance já foi vencedora de 1ºs, 2ºs e 3ºs lugares durante 2 anos consecutivos no Festival Internacional de Dança do Porto. Também já obteve 10 prémios no 1º Festival de Dança de São Domingos de Rana. Com professores de excelência, a Academia Sulydance leciona Ballet, Dança Contemporânea, Danças Latinas, Sevilhanas, Danças Orientais e Hip-hop. Muito mais há a dizer. Mas quem está por detrás desta Academia? É o que vamos saber numa próxima edição da

Sekreta Magazine!


Patrocinado por:

Grupo Gordinni


Editorial As primeiras palavras vão merecidamente para o Paulo Esteves e toda a sua equipa que em cada edição nos presenteiam com o que de melhor se vai passando na noite e nos ajudam a preencher este caderno do nosso “By Night”. Obrigado Paulo! Mas queremos mais. Para os menos atentos, o “By Night” que presentemente apresentamos vem na continuidade de um passado cheio de história. Um caderno que começou nos anos 80 no saudoso jornal “A Zona”.

Anos depois, no Jornal da Costa do Sol de antigamente, já nos anos 90 com “As Noites da Costa do Sol”. Desde finais de 1999, na Sekreta. Mesmo com todos os altos e baixos, sempre trouxemos a “noite” para dentro da revista. Uma fidelidade indiscutível ao “By Night” da Costa do Estoril e concelhos limítrofes. Vamos continuar a fazê-lo e edição após edição tentar melhorar e apresentar uma maior dinâmica. A noite não se limita às festas. Existem as pessoas e vamos conhecê-las melhor. Existem histórias e vamos contá-las. Existe uma grande variedade de espaços diferentes uns dos outros, para ir de encontro a um público cada vez mais exigentes. Vamos conhecer esses espaço.. E fica aqui um desafio. Colabore, participe, apoie…. Até já!

E continuam as Grandes Noites de Rock Bauhaus | Rockmix na Cidadela de Cascais

No caso das Noites de Rock Bauhaus | Rockmix que têm lugar na Cidadela de Cascais no primeiro sábado de cada mês, quase nada há a dizer, porque já quase tudo foi dito. Marcam as noites de Cascais com a qualidade e prestigio de quem anda nestas coisas há muitos anos. Recordar Bauhaus não é apenas isso. É trazer para o presente noites bem animadas sendo um verdadeiro ponto de encontro de várias gerações. Até à próxima! As fotos são do Paulo Esteves!


Lídea Esteves

Em Carcavelos, no Pips, as festas acontecem de uma forma discreta como uma reunião de amigos, sempre com gente bonita, simpática e muito animada. Frente a uma praia que nunca acaba e onde se sente uma maresia sempre fresca, o Pips oferece um calor q.b. para passar grandes e bons momentos. Mais uma vez, a Lídia Esteves fotografou uma das noites bem famosas do “Amazing Rock” que marcam já um calendário obrigatório nas noites da “linha”. As fotos dizem tudo (ou quase)… gente gira, muita animação e, é claro, mistério. Sim, mistério… O que são as noites sem um pouco de mistério?


Na Av. 24 de Julho, em Lisboa, um espaço que decidiu ser a melhor Poncha da Madeira na capital. E é! Mas não é só. Um espaço onde a animação acontece. Que digam as fotos do Leandro Esteves… Até breve!


Urban Beach Com fotos de Paulo Esteves, trazemos o Urban Beach, em Lisboa. Festas sucessivas que acontecem sempre com muita animação e gente gira. Tudo o que se quer para uma noite bem passada. Fica aqui um apontamento das quartas-feiras com muita EXTRAVAGANZA…. Aqui um “Back to University”… com música do Pedro Garrido, John Goulart e Master G. As “quartas” são assim, mas há mais...


Bosq encantado com imaginação q. b. Mais uma vez as fotos do Paulo Esteves num Bosq muito especial. As festas não param num espaço que é uma grande referência em Lisboa. Até o Verão chegou mais cedo e vestiu-se de Azul...


Revival... Uma paragem obrigatória nas noites no Estoril é o Jézebel. A “Linha” no seu expoente máximo. Com fotos de Paulo Esteves fica aqui o que se pode chamar a festa da Tradição: “Cascais Revival”!! Muita animação e gente muito gira. Música? Da melhor… Claro, com Rui Remix, Miguel Ventura e Miguel Assumpção… Até já!


PalmTree Diversidade numa oferta de excelência Dispensa apresentações. O Palm Tree é um espaço de excelência, situado no Largo Camões, em Cascais. São várias salas que se complementam, quer para almoços e jantares, quer para o bem animado Pub. Um destaque especial para as duas fabulosas esplanadas com grande conforto para todas as épocas do ano. Com uma cozinha internacional, os menus estão traduzidos em dez línguas. Um vasto menu que, é claro, inclui pratos tradicionais portugueses com destaque para o Leitão da Bairrada (que convém encomendar com antecedência de 2 a 3 horas). Para além dos pratos de peixes e carnes, também dispõe de pizzas & Pastas e pratos vegetarianos. Disponível nas esplanadas, pode ainda desfrutar das

diferentes Shishas, uma novidade muito procurada. Na esplanada da Marginal a partir das 22h e na esplanada principal, no Largo Camões, a partir das 24h até às 2h da manhã, hora a que encerra. O Palm Tree tem também serviço de Take Away. Quem ainda não conhece, TEM

Segunda a domingo das 7h30 às 2h

www.palmtree.pt Largo Camões - Cascais Tel: 214 830 807 - 914 020 902

Para encomendar leitão: encomendaleitao@palmtree.pt


Sugestão

Palm Tree - Cascais O difícil é mesmo escolher Só por si, o Palm

Tree

- Internacional & Pub Restaurante transporta-nos para momentos muito agra-

dáveis e inesquecíveis, quer nas duas esplanadas disponíveis, quer nas várias salas interiores. Para tomar um copo, para almoçar, lanchar ou jantar com uma cozinha aberta todo o dia e com um menu internacional, o difícil é mesmo escolher numa grande variedade de especialidades de excelência. Pelo cair da noite, sempre boa música com ou sem Dj num ambiente sempre fantástico. Está à espera de quê? Esta é uma sugestão da Sekreta Magazine...


Tasquinha do Luís Um cantinho muito especial à vista de toda a gente

U

ma casa com história que não se perde no tempo porque os atuais responsáveis fazem questão disso mesmo. Preservar a história e preservar a memória. Outrora uma Mercearia, hoje apresenta-se como um espaço de referência na Gastronomia em Cascais, mais exatamente nas Fontainhas. Falamos da “Tasquinha do Luís”. Depois de muitos anos como a “Mercearia do Luís”, referência num bairro tradicional, foi em 2007 que Rui Joaquim decidiu avançar com um projeto arrojado para aquele espaço. Nascia assim a “Tasquinha do Luís”. Ao longo de todos estes anos, o projeto foi crescendo e melhorando até aos dias de hoje. Duas salas e uma excelente esplanada compõem o restaurante, com uma decoração leve e acolhedora.

Mas é claro, que aquilo que todos querem saber é que pratos preenchem a ementa, que, digamos, é diversa dentro da cozinha tradicional portuguesa e onde o difícil mesmo é escolher. Carnes, peixes e mariscos numa vasta ementa que pode ser com menu completo ou “à carta”. Podemos escolher entre o Cabrito no Forno à Padeiro, os Filetes de Pescada com Arroz de Berbigão e a Posta de Novilho na Grelha. Mas também, que tal umas Gambas Tigre com Arroz de Alho ou um Arroz de Marisco com Lagosta? Um espaço que também vai de encontro a serviços para grupos e outros eventos especiais. Destaque para o primeiro sábado de cada mês com música ao vivo com os “Dóitenta”. A “Tasquinha do Luís” espera por si. Uma sugestão provada e comprovada pela “nossa” Sekreta Magazine!!


MAIS...

As noites animadas com os Nos primeiros e terceiros sábados de cada mês, a Tasquinha do Luís apresenta música ao vivo com a habitual atuação dos “Dóitenta”. Adão Santos na Guitarra e a voz de Marta Ferreira . Música com som acústico . Reportório variado com grande incidência nos anos 80. São noites bem animadas a não perder.


Tasquinha do Luís Onde o difícil é escolher

E Petiscos???!!!.... Veja na próxima edição...

Rua Catarina Eufémia Viv. Alice Pimentel, nº 180 Fontainhas - CASCAIS Telefone: 214 866 972 Encerra à 4ª Feira


No BAIUKA Grill Restaurante Mil sensações frente ao mar Quer chova, quer faça sol Numa paisagem fantástica, gigantesca e ímpar frente ao oceano, não é só no verão e em dias e noites quentes que sabe bem estar no Baiuka. Nos tempos chuvosos e frios, este espaço, na Praia das Moitas no Monte Estoril, oferece um ambiente diferente para se poder estar e sentir. O mar pode esconder o seu azul, mas é na prata que se reveste proporcionando uma paisagem única e inesquecível onde a “mantinha” está sempre presente. A gastronomia mantem o seu requinte numa cozinha tradicional portuguesa onde se destacam os grelhados, mas a ementa é muito mais vasta do que isso. Sempre com um serviço profissional e simpático de todos os seus colaboradores. Mas insistimos na paisagem. Estar, ver e sentir. Observar o mar, as ondas, as cores e a chuva que cai quando bem entende. Este espaço espera por si. Vai valer a pena.

A partir de 1 de Junho De terça a domingo Das 9h ás 23h30 Praia das Moitas—Monte Estoril


Um “clássico” a fazer 40 anos em Alcabideche Dispensa apresentações. É já em Junho que comemora 40 anos e é uma referência da restauração em Cascais, mais exatamente bem no centro de Alcabideche. O Restaurante Traquitanas é um clássico da restauração no concelho de Cascais e se aquelas paredes falassem, poderiam contar histórias infindáveis das várias gerações que por ali já passaram. Com uma decoração que mantém e que atravessa quatro dezenas de anos, são nos pormenores que ficamos a saber que é um espaço com história e tradição. Vale a pena “pesquisar” os vários testemunhos que deambulam pelas várias paredes. Com uma supervisão sempre presente e atenta de Alberto Alves, é José Sanfins que lidera uma equipa imbatível com o Nuno Alves e o Renato Afonso. Numa cozinha tradicional portuguesa, as iguarias são muitas e o difícil é escolher como a Paelha, as Pataniscas com Arroz de Pimentos ou o Coelho Frito com Arroz de Feijão. Aos Domingos, Cozido à Portuguesa. Encerra à 5ª feira. Rua de Cascais, 32 - Alcabideche 214 690 819 - 912014862 (É o Traquitanas que gere a bem conhecida Quinta dos Mações, esteja atento à Sekreta Magazine)


Alberto Alves

Um líder sempre presente

Pormenores Onde a história também se escreve


Quinta dos Mações Um espaço de excelência para todas as ocasiões Transmontanos de sete costados de antes quebrar que torcer , os três irmãos Alberto, António e César, conhecidos pelos “três Mações”, muito cedo deixaram as suas origens de Trás-os-Montes, concretamente de Bragadas, concelho de Ribeira de Pena, fixando-se em Cascais onde se sentem como seus filhos naturais. Juntos inauguraram um clássico da restauração em Cascais, mais exatamente em Alcabideche, o Traquitanas. Foi em 1978. Um sucesso provado e comprovado. Em 1994, nascia o ex-libris, Quinta dos Mações, em Manique, um espaço de excelência para todo o tipo de festas. Uma autêntica caricia visual e gastronómica onde não faltam nascentes naturais de água cristalina e jardins que se estendem por 20 mil metros quadrados. Um salão para cerca de 500 pessoas, dispondo de sofisticados equipamentos e sistemas, com um serviço personalizado e equipas especializadas. Para saber mais informações em pormenor, o melhor é mesmo contatar através dos números 214 453 162 e/ou 966 954 620. E fique atento à Sekreta Magazine.


Chegou e venceu - Aposta ganha

Aberto ainda não há muito tempo, o Gordinni Steak & Fish House, na marina de Cascais, já está a dar que falar. Um espaço pensado e preparado para proporcionar momentos calmos e tranquilos e saborear a verdadeira razão para esta casa existir: degustar, sentir e apreciar tudo aquilo que vem na ementa. Podemos destacar as entradas com o Tártaro de salmão e Manga, assim como os Cogumelos no Josper, entre outras, nas Carnes, o difícil é escolher. É um verdadeiro desafio: Fondue no Josper, Fondue de Lombo, Bife da Vazia, Bife do Lombo Charles,

Naco na Pedra, Naco de Picanha da Argentina… Os peixes também não ficam atrás: Dourada, Robalo, Linguado, Polvo, Moqueca de Peixe, Moqueca de Camarão. E para quem preferir “fugir” a isto tudo, pode optar pelos vários risotos E então? O Gordinni—Steak & Fish House espera por si!!


Choupana Gordinni Bar & Grill Palavras para quê?

Palavras para quê? As imagens falam por si. Em S. João do Estoril, mesmo junto à Marginal, com uma vista deslumbrante e ímpar sobre o mar e não só...É um projeto muito arrojado de Tiago Maccario. Um projeto que presentemente é reconhecido pela sua excelência. Pode dizer-se que o Choupana Gordinni fica entre o Sol e o Mar com uma vista fantástica. Para além dos peixes grelhados e a Cataplana de Marisco, é o Chef que apresenta as suas sugestões irrecusáveis, aliadas aos pratos já conhecidos dos Restaurantes Gordinni, bifes, picanha, pizzas e massas e os risotos. Aberto todos os dias das 12h às 24h, sempre com cozinha aberta, destacam-se também os lanches entre as 16 e as 18h. Durante a semana, aos almoços, dispõe de um Menu Executivo por 20€ por pessoa. No requinte que é já uma constante, apresenta aos jantares de sextas-feiras e sábados e também aos almoços de domingo, um ambiente mais romântico ao som de piano ao vivo.

Choupana Gordinni, ir e voltar… sempre!


O melhor de Cascais

Il Siciliano

2012 capital das Harley

Campeonato Mundial da Pizza É de Cascais. E na próxima edição vamos trazer tudo o que há a saber. Esteve no Campeonato do Mundo da Pizza, em Itália. Foi em Parma. Também sabemos que fez uma boa prestação. Ao Siciliano: Até já!

Apanhámos esta imagem, recentemente, no Facebook. Uma homenagem em 2015. É claro que não podemos esquecer o que foi Cascais 2012 com a concentração das Harley Davidson. Foi Bombástico! Fantástico! Para bom entendedor, meia palavra basta. Obrigado Fernando!

Sim. Quarenta e um anos!

Comentários… para quê? E qual é a novidade? Não dizem que uma imagem vale mil palavras?... E quantas palavras merece esta imagem?? Ou então será melhor dizer: Sem palavras...

Sim. E qual é a novidade? Baiuka certificado de Excelência 2018. Quem conhece sabe que é assim mesmo. Quem não conhece, não sabe o que perde...

Tasquinha do Luís

Que equipa!

Uma parede com vista para o mar… da zona do Guincho. A foto é de Luís Bento. Vão lá ver...

Uma referência no comércio de Cascais. Não é qualquer um que pode dizer que faz 41 anos de atividade. Cada vez mais, é tudo mais agressivo e muitas vezes sem sentido. A Solóptica Cascais marca a diferença por isso mesmo. Tem história, tem carisma, tem cumplicidade. Parabéns!!

Apresentações? Para quê? Quem não os conhece? Traquitanas diz alguma coisa? Pois diz… Mantêm a história e tradição de Alcabideche. Bem hajam…

Tiago Maccario Gordinni Relíquias do passado São trinta e quatro anos! Não é brincadeira. O Tiago não brinca em serviço. Apanhámos estas “relíquias” no facebook. Dispensa apresentações. A primeira foto, à esquerda, foi quando começou. Por piada publicou estas outras duas fotos. Foi miúdo. Foi criança. Hoje é GORDINNI! E… parceiro da Sekreta Magazine!


Profile for Revista Sekreta

Sekreta Magazine Nº32  

Sekreta Magazine Nº32  

Advertisement