Page 1

Máquina do Mundo

Ano 4, edição 12

O Universo é feito essencialmente de coisa nenhuma. Intervalos, distâncias, buracos, porosidade etérea. Espaço vazio, em suma. O resto é matéria. Daí, que este arrepio, este chamá-lo e tê-lo, erguê-lo e defrontá-lo, esta fresta de nada aberta no vazio, deve ser um intervalo.

15 de Junho 2012

António Gedeão (1961)

Boletim da ciência

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE CARRAZEDA DE ANSIÃES

Torna-te um cientista neste verão

O programa Ciência Viva no Laboratório - Ocupação Científica de Jovens nas Férias (OCJF) proporciona aos estudantes do ensino secundário uma oportunidade de aproximação à realidade da investigação científica e tecnológica. Em curso desde 1997, esta iniciativa já envolveu mais de 9000 alunos que frequentaram estágios científicos em laboratórios de instituições de todo o país. Quem pode participar? Esta iniciativa é gratuita e está aberta à participação de alunos que durante o presente ano lectivo frequentaram os 10º, 11º e 12º anos. Quando e onde decorrem os estágios? A edição de 2012 da Ciência Viva no Laboratório – OCJF decorre entre 25 de Junho e 31 de Agosto. Os participantes terão a oportunidade de realizar estágios nas mais diversas áreas científicas em laboratórios públicos e privados e centros de investigação de todo o país. http://www.cienciaviva.pt/estagios/jovens/ocjf2012/index.asp

Editorial

Findas as atividades deste ano letivo, é tempo de férias para alguns e de exames para outros. Este ano os exames contemplam também os alunos do 6.º ano do Ensino B á s ic o . O s qu e s e interessam pela ciência podem participar nas iniciativas Ciência Viva que decorrem um pouco por todo p País. Divirtam-se.

Nesta edição: Visita a Coimbra

2

Circuitos elétricos

4

Circuitos eletrónicos

5

Mudança Global

6

Chegou o Verão

7

Passatempos

8

Breves

8


Página 2

BOLETIM DA CIÊNCIA

Visita a Coimbra as malas e seguimos para o shopping (Fórum de Coimbra). No dia seguinte, vimos a Universidade “ o mundo dos estudantes”, onde visitamos o Museu da Ciência. Almoçamos numa cantina e, seguimos para o Museu Machado de Castro. Nos dias 12 e 13 de Abril realizou-se a Visita de Estudo do 9º ano a Coimbra Às 6:45h partimos de Carrazeda de Ansiães com destino a Coimbra. Chegamos por volta das 10:30 e fomos visitar a Quinta das Lágrimas. De seguida fizemos um grande piquenique junto ao rio Mondego, onde passamos a ponte para ver o Exploratório. Depois fomos visitar o Mosteiro de Santa Clara, onde vimos como era a vida religiosa da população naquela época. Chegando, finalmente, à Pousada guardamos

Por fim, conhecemos o Jardim Botânico. Gostamos muito da nossa viagem! A

Museu da Ciência da Universidade de Coimbra onde realizamos várias experiências. ” Pasta dos dentes”, constituída por líquido da loiça e corante azul. “A Ciência em acção””

“Nota a arder” - uma nota de 20€, molhada em água e álcool etílico, em seguida com um fósforo pôs a nota a arder!!! A nota ficou intacta!!!


ANO 4, EDIÇÃO 12

Página 3

Realizamos ainda outra experiência onde se encontrava azoto (N) numa caixa a temperatura negativa.

Museu da Ciência onde podemos ver a evolução da ciência.

"A evolução da Ciência no Museu de Ciência da Universidade de Coimbra”

Ana Luísa Lima nº 3 – 9ºA Ana Sofia Fernandes nº 5 – 9ºA Joana Magalhães nº 13 – 9ºA Sara Baptista nº 20 – 9ºA


Página 4

BOLETIM DA CIÊNCIA

Circuitos elétricos e eletrónicos CIRCUITOS ELÉCTRICOS Como é constituído um circuito elétrico?

CIRCUITOS ELÉCTRICOS Como é constituída a matéria?

“A descoberta da

A matéria é constituída por corpúsculos, podem ser: - átomos; - moléculas – grupos de átomos; - iões – resultam de átomos. Quando perdem eletrões originam iões positivos. Quando ganham eletrões originam– iões negativos.

eletricidade é a grande

Núcleo

responsável pelo

Nuvem eletrónica

bem estar que hoje usufruímos

CIRCUITOS ELÉCTRICOS A corrente elétrica tem sentido? Sim. O sentido convencional - do pólo positivo para o pólo negativo. O sentido real – do pólo negativo para o pólo positivo Sentido convencional Sentido real – sentido dos eletrões


ANO 4, EDIÇÃO 12

Página 5

Circuitos eletrónicos e aplicações da eletrónica A eletrónica estuda o movimento dos eletrões em pequenos circuitos eletrónicos onde têm um determinada função. Estes circuitos estão por todo o lado: nos comandos que permitem, à distância ligar e desligar o vídeo, a televisão e o leitor de CD, abrir e fechar as portas do automóvel e o portão da garagem; nos programadores das máquinas mais vulgares e até nos controladores de missões espaciais.

“ A eletrónica estuda o movimento dos eletrões em pequenos circuitos eletrónicos onde têm um determinada função

Circuitos eletrónicos e aplicações da eletrónica Componentes eletrónicos Os componentes dos circuitos eletrónicos são dispositivos muito pequenos que funcionam normalmente com corrente continua de baixa intensidade e diferença de potencial também baixa.

Ana Bragança 9ºB nº1 Ana Febre 9ºB nº2 Ana Machado 9ºB nº3 Arlindo Gonçalves 9ºB nº5 Catarina Vila Real 9ºB nº7


Página 6

BOLETIM DA CIÊNCIA

Impactos ambientais provocados pela poluição do ar: - O aquecimento global, em virtude do excessivo “efeito de estufa”; - As chuvas ácidas; - A destruição da camada de ozono. -Daniela Fernandes 8ºA nº8 -Joana Samões 8ºA nº11 -Joana Borges 8ºA Nº12

Devemos repensar as nossas atitudes, para que possamos preservar o nosso planeta para as gerações vindouras.

Catarina Cruz n.º 4 Daniela Araújo n.º5 David Violas n.º7 Diogo Pernes n.º8 8ºC

Conclusão Os poluentes lançados pelo Homem para a atmosfera, água e solos estão a contaminar o nosso planeta e a provocar importantes alterações climáticas. A exploração exaustiva dos recursos está a colocar em risco a sustentabilidade na Terra. Por isso devemos repensar as nossas atitudes, para que possamos preservar o nosso planeta para as gerações vindouras.


ANO 4, EDIÇÃO 12

Página 7

O Céu de Julho Para os aficionados da astronomia, que queiram observar o céu do mês de Julho, junta-se a carta astronómica deste mês.

http://www.heavensabove.com/skychart.aspx?SL=1&SN =1&lat=0&lng=0&loc=Unspecifi ed&alt=0&tz=CET

A astronomia define como Solstício de Verão o momento em que o Sol,

Chegou o Verão

assim como o vemos a partir da Terra, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do Equador, em Junho no hemisfério norte, e em Dezembro no hemisfério sul

Solstício de verão é o termo usado pela astronomia para descrever o momento que marca o início da estação conhecida como verão. O verão 2012 começou no dia 20 de Junho de

2012 exatamente às 23:09 horas em Portugal. Este momento é conhecido como Solstício de verão. http:// www.online24.pt/ solsticio-de-verao/

O que quer dizer Solstício de Verão? O termo "solstício" vem do Latim e é composto por duas palavras: sol (sol) e sistere (que não se mexe). Solstício significa portanto, "sol parado", uma vez que para o observador que está na Terra, o sol parrece manter uma posição fixa ao nascer e ao se pôr, durante algum tempo. Solstícios acontecem duas vezes por ano, em

junho e em dezembro, definindo as mudanças de estação. Em junho observamos o Solstício de verão, que coincide com o início do verão no hemisfério norte. Já no hemisfério sul acontece ao mesmo tempo o Solstício de inverno. Por volta de 20 de dezembro acontece o contrário: enquanto o hemisfério norte recebe o Equinócio

de outono, chega o Equinócio da primavera no hemisfério sul.

http://www.online24.pt/ solsticio-de-verao/


Ag r upa m e nto Ve r tica l de E s co la s de Ca r r a ze da d e Ans iã e s

Passatempos

Av. Camilo de Mendonça, 262 Tel: 278 618 190 (Geral) Fax: 278 618 198 (Fax) Email: geral@eb23s-cansiaes.edu.pt

http://www.eb23-carrazeda-ansiaes.rcts.pt/

Breves Minuto com 61 segundos!! O International Earth Rotation Service (IERS) que estuda com rigor a rotação do planeta Terra em relação a referenciais astronómicos e à escala do Tempo Atómico Internacional (TAI), constatou ser necessária a introdução de um "segundo intercalar" na escala do Tempo Universal Coordenado (UTC) que define a Hora Legal civil, no final de Junho de 2012. http://www.oal.ul.pt/index.php?link=destaque&id=261

Seringa sem agulha chega ao mercado no próximo ano Investigadores da Universidade de Coimbra apresentaram hoje o protótipo da seringa a laser, sem agulha, que deverá chegar ao mercado já no próximo ano. Ler mais: http://expresso.sapo.pt/seringa-sem-agulha-chega-ao-mercado-no-proximo-ano=f736987#ixzz1zVllgq3S

Meteorito que matou dinossauros deu cor vermelha ao tomate Há 65 milhões de anos um meteorito gigante chocou com Terra provocando a extinção dos dinossauros e de mais de 70 por cento das espécies que existiam. Uma equipa de cientistas holandeses acredita que foi esse meteorito o responsável por definir as características actuais do tomate, como a cor. Ler mais: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=54606&op=all

Gel de banho inovador dispensa uso de água O gel inovador, baptizado de DryBath é vendido em frascos ou saquetas individuais e cada uma equivale a um banho tomado sem precisar de uma gota de água, libertando ainda um odor agradável, segundo apágina oficial do produto. Ler mais: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=54618&op=all

Boletim da Ciência  

Ano 4, Edição 12

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you