Page 1

R E T N I l a n r O Jo Ã Ç A

01

Jornal dos Estudante da EEEP Alan Pinho Tabosa - Pentecoste – CE | 01 de JULHO - 2015 Nº VIII

II FEIRA PROFISSIONAL CULTURAL DA ALAN PINHO TABOSA No dia 12 de junho, nossa escola recebeu vários visitantes de escolas

Como não falar da presença significativa dos representantes de nos-

públicas e privadas, além de outros órgãos e instituições do município. Dentre os

sas escolas parceiras, nas pessoas dos diretores e gestores das escolas, Etelvina

que vieram nos prestigiar, e em número considerável, estavam os estudantes dos

Gomes Bezerra e Tabelião José Ribeiro Guimarães, respectivamente, Clayton

municípios de Apuiarés, São Luís do Curu, General Sampaio, São Gonçalo do

Menezes e Robério Estevam. Grandes escolas da região que sempre estão apoi-

Amarante e a população em geral, que durante todo o dia compareceram à II

ando e sendo apoiadas por nossa escola.

Feira Profissional e Cultural da EEEP Alan Pinho Tabosa.

E foi assim, mais uma vez nossa escola arrebentou com todo o seu

No segundo ano do evento, houve mais organização no que diz res-

show de cooperativismo! Agradecemos a todos os que participaram e se esforça-

peito a empenho, responsabilidade e interação entre as turmas. O dia teve início

ram para a realização da II Feira Profissional e Cultural da EEEP Alan Pinho

com a acolhida do nosso diretor, Elton Luz, e a apresentação dos coordenadores

Tabosa. Thiago Amorim / Agro 3

dos cursos de Agroindústria, Aquicultura, Informática e Acadêmico, respectivamente, Fábia Costa, Paulo Roberto, Júnior Fernandes e Tony Ramos. Os quatro se esforçaram e ajudaram suas turmas na coordenação das apresentações de trabalhos e minicursos disponibilizados para os estudantes, visitantes e demais. As turmas do primeiro ano se garantiram e deixaram toda a escola linda, com cartazes, diversas ornamentações e tudo mais. As turmas do segundo e terceiro ano se empenharam e trouxeram para nós todo o trabalho desenvolvido em seus respectivos cursos, com apresentações de trabalhos científicos e culturais. As turmas acadêmicas, com a ajuda do prof.º Tony, apresentaram projetos interligados à Aprendizagem Cooperativa, e também, com ajuda do prof.º de História, Magelo Braga, o maravilhoso Memorial do Prece. Claro que não poderia esquecer-me dos belíssimos trabalhos apresentados pelas turmas coordenadas pelas professoras de português, Alverbênia Alves e Aliny Portela. Foram lindas exposições sobre livros maravilhosos e que marcaram sempre a história da nossa biblioteca, sendo eles: O Quinze, de Rachel de Queiroz; O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna; Dias&Dias, de Ana Miranda; Dom Quixote, de Miguel de Cervantes; e O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry. E como não falar do trabalho desenvolvido por nossas bibliotecárias, Nicelly Marques e Vilma Teixeira. Nosso mundinho da leitura também foi apresentado por alguns estudantes do curso Promotores da Leitura. Lá foram expostos as atividades que ocorrem entre os estudantes e a biblioteca, como o nosso jornal, a oficina de marcadores feitos pelos estudantes, dentre outros. Tivemos a ilustre presença da secretária de cultura do município, Rosângela Góis, e toda a turma da Secult Pentecoste, que tem uma grande ligação com a escola devido a eventos culturais. Contamos com a presença de representantes da secretaria de agricultura, que dá apoio à escola com vagas de estágio para os estudantes do terceiro ano. Tivemos também a presença do vereador e grande parceiro da escola, Daniel do Zé Gomes, e a presença da vereadora e presidente da Câmara Municipal de Pentecoste, Valdelice Braga.

E

DITORIAL Gente, fechando o semestre está aí a nossa VIII edição recheada de assuntos interessantes. Na matéria de capa a inesquecível II Feira Técnica e Cultural da Alan Pinho; conheça mais da Fatinha, professora do curso técnico de informática, na coluna História de Vida. Saiba como funciona o projeto Estudante Cooperativo. E muito mais. Boas férias e até agosto com tudo que for notícia na nossa escola profissional. Jornal InterAção, você se vê aqui. Equipe Jornal InterAção.


2

02

PROJETO AUTOR VEM À ESCOLA

HISTÓRIA DE VIDA

Aceitando a um convite da EEEP Alan Pinho Tabosa,

Maria de Fátima de Azevedo, nascida

feito pela biblioteca da escola e intermediado pelo estudante

em 22 de Junho é natural na cidade de

do curso acadêmico 1º ano, Whallison Rodrigues, no dia 20 de

Vitória – ES, mas atualmente mora em

abril de 2015 a professora e escritora, Cristiane Patrícia Barros

São Gonçalo do Amarante. Filha de D.

Almada, esteve em nossa instituição de ensino para apresentar

Francisca Severina de Azevedo e do Sr. Francisco Rodrigues. Nos dias atuais é

a todos os estudantes do primeiro ano, seu livro, ―Amálgama‖. O momento foi poético, musical, artístico e cultural.

filha única, pois seu irmão faleceu em um acidente de moto, quando a mesma ainda era adolescente, o que ainda causa uma grande nostalgia.

Consequência do conteúdo que a escritora aborda em sua obra e da maneira com que o livro foi apresentado aos estudantes e

Fátima, teve sua infância marcada por momentos alegres.

a uma representação de professores que estavam presentes na

Recorda brincar, principalmente na casa da avó; declara ter aprovei-

amostra. A programação da apresentação da escritora Cristiane

tado intensamente esta fase. Passava a maior parte do tempo com a

Almada, contou com a presença ilustre do poeta Antonio Ro-

avó, por consequência dos pais precisarem trabalhar.

mário de Sousa Braga, que com sua beleza, serenidade e ro-

Aos 11 anos de idade passou por uma fase extremamente difícil, seu digníssimo pai, adquiriu uma séria doença, resultado de um longo período como fumante. Em decorrência desta eventualida-

mantismo, encantou a todos com seus lindos cordéis, poemas líricos.

de foi necessário que Fátima, começasse a trabalhar, e o seu primeiro

Amálgama é um livro de poesias de autoria da própria

ofício foi em uma confecção. Antes disto, prestou serviços voluntá-

escritora, e de músicas que a mesma compôs em parceria com

rios por um ano à antiga escola, na qual estudava.

o músico, Jonas Almeida. A obra também é constituída por

Aos 13 anos começou a trabalhar em uma loja de eletrô-

uma coletânea de pinturas produzidas por amigos da autora.

nicos, onde teve seu primeiro contato com a Informática, isto porque

―Eu vejo a necessidade de publicar as obras artísticas destes

o responsável pelo estabelecimento não dominava o aparelho. Mui-

grandes pintores. Destes grandes talentos escondidos, que por

tas foram as conquistas que esta jovem adquiriu, e hoje é portadora de vários títulos em diversas olimpíadas. No 9° ano do Ensino Fundamental, inscreveu-se para o ingresso em um Colégio Militar, a

não terem oportunidades de se mostrarem, se auto revelarem para o mundo, continuam no anonimato, isto porque as políti-

qual foi aprovada, mas não chegou a ingressar, pois optou por in-

cas socioculturais de nosso país não priorizam e não valorizam

gressar na EEEP Adelino Cunha Alcântara, na cidade de São Gonça-

a arte. Hoje ninguém sobrevive de sua Arte‖ – diz Cristiane.

lo do Amarante, e com esta oportunidade cursou Informática, seu principal fascínio.

Cristiane doou o livro ―Amálgama‖ à biblioteca de nossa escola, e é por esta doação que podemos ver os resulta-

Hoje faz faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistema, e almeja prestar concurso para Análise de Sistema do Tribunal de Justiça e o concurso da Petrobras. Sua expectativa é que seu avô, Assis, ainda esteja vivo, para ver o seu progresso. Declara que sua maior admiração é sua avó, Leda, que mesmo sendo rígida, e

dos de sua agraciada vinda ao nosso colégio, e de sua magnífica apresentação. Seu livro é emprestado frequentemente e está entre os mais requeridos de nosso acervo literário.

diante de circunstâncias aparentemente impossíveis que ela teve que enfrentar, a mesma nunca deixou de incentivá-la e era sempre a primeira a apoiá-la em tudo. Fátima, confessa que sente a falta de estar mais presente na igreja, e que um de seus desejos é se voltar mais para as práticas religiosas. No presente, se encontra sendo o sustendo da casa, pois seus pais estão impossibilitados de prestar ofício. A frase que a descreve é: “Deus nos concede, a cada dia, uma nova página no nosso livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta. Seja a mudança que você quer no mundo”. Chico Xavier.

Jordânia de Sousa – Agro 2.

Whallison Rodrigues – Ac 1


033 COM PEQUENAS ATITUDES PODEMOS

DIA DAS MÃES NA ALAN

MOVER GRANDES CAUSAS

PINHO TABOSA

Todo dia é 18 de Maio, foi uma campanha idealizada

A comemoração do dia das mães aqui na escola

por um grupo de estudantes da escola que já ingressaram na uni-

aconteceu dia 23 de maio. Esse dia foi marcado por ho-

versidade e sensibilizaram-se com a história de uma criança, por

menagens feitas pelos estudantes a todas as mães, e pelas

nome Araceli, que com apenas 8 anos de idade foi sequestrada e

brincadeiras realizadas pela professora Geisiane Andra-

vítima de abuso sexual. Por esta razão, a campanha teve esta no-

de, e sua equipe. Brincadeiras essas que concediam pre-

menclatura, isso porque em 18 de maio de 1973, ocorreu esta

miações, que foram doadas pelo nosso grupo de profes-

terrível fatalidade.

sores. O momento foi finalizado com o almoço.

Ao conhecer este caso e tantos outros existentes hoje,

Não poderíamos esquecer de parabenizar a todos

alguns alunos, liderados por Mônica Mota, resolveram tomar

os estudantes que se esforçaram na produção dos murais,

uma atitude para transformar essa triste realidade. De forma cora-

à direção da escola que está sempre à disposição, apoian-

josa e inovadora, esses estudantes articulam atividades dentro e fora deste espaço estudantil, para mostrar a importância de lutar pela vida. Neste ano, a campanha trouxe para uma conversa rápida com os alunos, a escritora do livro ―Pele de cristal‖, Helena Damasceno, que foi vítima de abuso e exploração sexual em sua infância e adolescência. O evento também contou com algumas autoridades municipais. A conversa destinada aos alunos do 3º ano, foi produtiva e construtora, e levou à compreensão de todos, o quanto é difícil sofrer abuso sexual, e que é preciso mudar a realidade que assola o nosso país. Jonas Peixoto AG 1º

do todos os projetos idealizados, e à equipe de professores que se empenhou para que esse momento de descontração e emoção fosse proporcionado. Congratulações também ao nosso amigo Renato, que como sempre arrasa na decoração, tornando nosso ambiente mais agradável e bonito. Enfim, parabéns a todos os que colaboraram para a realização do Dia das Mães na Alan Pinho Tabosa. Irisdara Gomes – Agro 2


4 04

ATIVIDADE CULTURAL: EXPOSIÇÃO “DA VINCI” No dia 27 de junho de 2015, um grupo de 35 estudantes e 4 professores saíam da escola E.E.E.P. Alan Pinho Tabosa rumo ao shopping Rio Mar, na cidade de Fortaleza–Ce, para visitar a exposição ―Da Vinci‖. Esta foi uma cortesia da 2ª CREDE à nossa escola, em parceria com a Biblioteca. Na qual tivemos a oportunidade de conhecer mais de Leonardo da Vinci, o italiano é considerado um dos maiores gênios de todos os tempos. Esta atividade cultural foi idealização da gestão da escola junto a bibliotecária Nicelly Marques e a professora Vilma Teixeira, como uma forma de recompensar os estudantes, que durante esses 5 meses de aula se envolveram em algum projeto desenvolvido na biblioteca e escola. Foi uma forma de proporcionar lazer aos estudantes sem que eles deixassem de levar um pouco de conhecimento, pois é a única coisa que podemos levar para o resto da vida. Assim que chegamos a exposição, fomos divididos em dois grupos, e conduzidos em uma visita guiada que durou em torno de 1h30min. Educadores treinados apresentavam sala por sala, objeto por objeto. Durante as visitas, algumas invenções podiam ser manuseadas pelos estudantes, tendo seus conceitos desvendados com grande detalhe, sempre em um ambiente interativo, informativo e lúdico. Na exposição mostrava de tudo um pouco que Leonardo da Vinci fez para a humanidade. Desde o seu nascimento, até os últimos dias de sua vida, suas grandes obras e invenções, um grande inventor, pintor, gastrônomo, filósofo, pesquisador, etc, idealizou quase tudo que temos em nossa volta hoje em dia e também um grande contribuinte para o conhecimento do corpo humano, pois na época do século XVI da Vinci dessecava cadáveres para estudá-los e assim fazia desenhos minunciosamente detalhados de como era o corpo humano por dentro, facilitando os estudos do mesmo, até chegar a complexidade que temos hoje em dia. Na sala das artes, para muitos o ápice da exposição, o quadro de Gioconda, a Mona Llisa e o afresco da Última ceia, duas das obras mais conhecida dele, cheio de enigmas que fascina a todos. Esta exposição fica em

nossa capital até o fim deste mês, após irá para o Rio de Janeiro e só voltará ao Ceará em 2022. Ao final da exposição os alunos se separaram em grupos e foram dar uma volta pelo shopping para dar uma olhadinha nas lojas, quem sabe até fazer umas comprinhas. Logo após voltaram pra escola no meio da tarde e tudo se saiu bem. Raiany Kelly Abreu de Oiveira AC 1º ano


05 5 PROJETO PARTILHA LITERÁRIA O projeto Partilha Literária, realizado pela biblioteca da escola, está de cara nova! O mesmo apresenta uma nova e diferenciada dinâmica de organização e de participação. Todas as quartasfeiras um curso fica responsável pelo encontro, sendo que os estudantes do 1º, 2º e 3º ano têm a oportunidade de socializar com os demais, as experiências de livros lidos e recomendá-los, gerando assim, o interesse pela leitura. O cronograma de apresentação no mês segue com: 1ª quarta: turmas / acadêmico; 2ª quarta: turmas / agroindústria;3ª quarta: turmas / informática; 4ª quarta: turmas / aquicultura. Contamos com a participação de todos! Precisamos construir uma escola de leitores! Por Willian Aráujo – Eng. De Alimentos - UFC ESTUDANTE COOPERATIVO O PEC I e III (Projeto Estudante Cooperativo) está sendo desenvolvido em nossa escola aos sábados por dois estudantes egressos, Willian Araújo aprovado na UFC em Engenharia de Alimentos e Letícia Galvão também aprovada na UFC em Pedagogia. O mesmo atende a dois públicos: o primeiro, aos estudantes do 3º, 4º e 5º ano (fund. I) e o segundo, a estudantes do 8º e 9º ano (fund. II). Ambos são desenvolvidos com o intuito de tirar as crianças e adolescentes da ociosidade, visando a consequente melhoria de vida advinda dos benefícios adquiridos através dos estudos, além de disseminar a aprendizagem cooperativa em nossa região. O PEC I, trabalha com ênfase em leitura, escrita e resolução de situaçõesproblemas (matemática), utilizando atividades lúdicas e pedagogia de projetos como estratégias norteadoras. O PEC III trabalha com cinco disciplinas, focando no trabalho em grupo e na preparação dos estudantes para o ingresso na escola. Em breve, provavelmente no mês de agosto, será desenvolvido o PEC II, que atenderá os estudantes do 6º e 7º ano. Os projetos são uma parceria entre o PRECE e a Escola Alan Pinho Tabosa. Por Willian Araújo—Eng. de Alimentos UFC


Dia do Desafio 2015: você se mexe, o mundo mexe junto

06

No dia 27 de maio, realizou-se mundialmente o Dia do Desafio, uma competição saudável entre cidades, onde a qualidade de vida e o bem-estar social são o maior prêmio. Aqui no Brasil este dia é promovido pelo Sistema Fecomércio / Sesc. O movimento propõe que as pessoas interrompam suas atividades rotineiras e pratiquem, por pelo menos 15 minutos consecutivos, qualquer tipo de atividade física. Pentecoste também participou do DIA DO DEASAFIO 2015, onde mais de 22.000 pentecostenses fizeram algum tipo de atividade física. Logo depois (03/06), recebemos a grande noticia que nosso município venceu o desafio frente a cidade de San Marcos na Guatemala. Nossa escola também contribui para essa vitória. Por iniciativa do professor de Educação Física Bruno Menezes, a convidada Jozimélia Barbosa, professora de Zumba na cidade, deu uma aula de zumba na nossa escola e colocou todo mundo para remexer. Confira as fotos. Nicelly Marques—Bibliotecária

NOVAS INICIATIVAS Projeto Jovens do Futuro: Trabalha com o protagonismo juvenil no desenvolvimento de projetos visando o bem comum da comunidade. Hierarquia Positiva: Um regime que trabalha de forma benéfica, onde é dividida cada função dos membros do grupo. Todos têm a mesma posição perante seus objetivos, divisão de deveres. Dúvidas falar com Marcelo Júnior— AQ 3º ano.

EXPEDIENTE Redatores: Jonas Peixoto - AG 1, Jordânia Gomes—AG 2, Irisdara Gomes—AG 2, Raiany Kelly AC 1, Whallison Rodrigues—AC 1, Andressa Martins—IF 3. Thiago Amorim—AG 3, José Arineto—IF 3. Revisor: Willian Araújo—AG 3 / Eng. de Alimentos– UFC. Diretores de Arte: Renato Corrêa (Coordenador Escolar), Nicelly Marques (bibliotecária). Colaboradores: Elton Luz, Ednaldo Firmiano, Vilma Teixeira, Geisiane Andrade. Gláucia Andrade, Janayna Maciel., Jocélio Moraes.

6

8ª edição Jornal InterAção  
8ª edição Jornal InterAção  
Advertisement