Ribatejo Invest - Junho 2022

Page 1

T o co VO eir gi t ló Ro eo us

Junho 2022 • Ano VII • Nº81

M

RIBATEJO

ENSAIO PIONEIRO EM BENAVENTE

Magos Irrigation Systems, Orivárzea e Rivulis querem revolucionar cultura do arroz com implementação de rega gota-a-gota P.26

RIBATEJO


NERSANT Seguros Ao serviço da competitividade e qualidade das condições de Seguros das empresas associadas da NERSANT. Experiência Credibilidade Inovação Cobertura Internacional

Soluções Especializadas e Personalizadas Seguros sobre Pessoas (Acidentes de Trabalho, Saúde, Vida, Acidentes Pessoais, Pensões e Assistência) Proteção do Património (Riscos Industriais e Comerciais, Seguros de Engenharia, Transportes de Mercadorias) Responsabilidades (Geral Exploração, Produtos, Profissional, Ambiental, Administradores) Proteção Financeira (Crédito e Caução)

Mais informações geral@nersantseguros.pt www.nersantseguros.pt 249 839 508

2

JUNHO 2022

www.nersant.pt


EDITORIAL

Migração versus Desenvolvimento Económico

Domingos Chambel

A

Presidente da Direção da NERSANT

s migrações dos povos têm-se verificado através da história milenar, quer por razões económicas, políticas, fome, catástrofes naturais, guerra ou razões climáticas. Portugal não fugiu à regra: a partir da década de sessenta iniciou-se o êxodo maciço para todas as partes do mundo por uma vida melhor. Os maiores fluxos emigratórios,

FICHA TÉCNICA Diretor: Domingos Chambel Conselho Redatorial: Cláudia Monteiro Elsa Duarte ribatejo.invest@nersant.pt

www.nersant.pt

América Anglo Saxónica, Europa ocidental Austrália e Países do Golfo, todos têm um fator comum, rendimentos per capita elevados ou salários mínimos altos. Portugal e vários países da Europa encontram-se numa encruzilhada demográfica, caracterizada pelo envelhecimento da estrutura etária da população, pela baixa taxa de natalidade e fecundidade, pelo aumento do índice de dependência, da esperança de vida à nascença e novos métodos contracetivos. Todos estes fatores, associados aos fluxos migratórios negativos, reflexo de um elevado custo de vida e salários pouco atrativos, reúnem assim as condições para uma perfeita tempestade demográfica com efeitos negativos, não só na economia, mas em toda a sociedade. O crescimento da população é um dos fatores mais importantes para a sustentabilidade económica e social. O nosso modelo de segurança social está arquitetado em contribuições deferidas, ou seja, os trabalhadores ativos estão a dar o seu contributo através dos seus impostos para a reformas e cuidados de saúde daqueles que mais precisam e já estão aposentados.

Publicidade: Maria João Rodrigues maria.joao@nersant.pt Propriedade: NERSANT, AE. Várzea de Mesiões - Apartado 177 2354-909 Torres Novas Tel.: 249 839 500 | Fax: 249 839 509 www.nersant.pt

Se não houver crescimento da população, como se tem vindo a verificar a nível nacional, isso implica não só falta de mão-de-obra nas empresas e redução da sua competitividade, mas também o desequilíbrio na sustentabilidade da segurança social, inevitavelmente mais impostos, menos regalias, idade da reforma mais tarde com coeficientes de cálculos menos confortáveis para os cidadãos. Como se pode depreender, a presente situação passa por uma forte abordagem à imigração, não por métodos paliativos, numa atitude passiva de estar à espera em receber todo o tipo de imigrantes, e atribuir-lhes alguns apoios financeiros e de inserção. A solução passa, inevitavelmente, pelas fontes de emigração, onde se deve promover as nossas potencialidades e compromissos entre as partes, motivando e captando os mais aptos, competentes e habilitados, promovendo assim o aumento da população, mitigando os efeitos da emigração da nossa juventude, aumentando a mão-de-obra, contribuições e impostos, mais competitividade às nossas empresas e um futuro mais próspero às sociedades vindouras.

Periodicidade: Mensal

Isento de registo na ERC ao abrigo do decreto regulamentar 8/99 de 9/6 artigo 12.º, n.º 1 a)

Tiragem: 250 exemplares

Capa por: Samuel Theo Manat Silitonga

JUNHO 2022

RIBATEJO

3


ABERTURA

RIBATEJO Junho 2022 • Ano VII • Nº81

14

24

16

30

26 Desenvolvimento Regional

46

Viver o Tejo

05 Notícias

30 Município de Tomar lança Roteiro Museológico

12

Empreendedorismo e Inovação

09 Poder Local Nacional

14 Resultado líquido da Altri cresce para 29,8 milhões de euros 16 461 PME Líder no distrito de Santarém em 2021 24 NERSANT mostrou heterogeneidade do tecido empresarial da região

26 Magos Irrigation Systems, Orivárzea e Rivulis querem revolucionar cultura do arroz com implementação de rega gota-a-gota

Informação e Apoio 28 Governo cria regime excecional de revisão de preços na construção 29 Comissão Europeia aprova apoio de 51 milhões de euros para agricultura portuguesa do âmbito do FEADER

4

RIBATEJO

32

Notícias

38 Governo dá luz verde para a instalação definitiva da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes no Tagusvalley

40 Casa Mendes Gonçalves vence Heróis PME na categoria Sustentabilidade

Internacionalização 44 Notícias

46 Digidelta conquista o bronze mundial em sustentabilidade

48 Hannover Messe’22: Aprofundamento das relações entre empresas portuguesas e alemãs tem potencial enorme 50 Zolve passa a operar com a marca comercial Logifrio

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Borrego Leonor & Irmão recebe visita da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social Por ser uma “empresa de referência na inclusão de todas as faixas etárias e igualdade de género”, a empresa Borrego Leonor & Irmão S.A., recebeu no dia 30 de maio a visita da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal, Ana Mendes Godinho. Na visita, a Ministra foi acompanhada pelo Secretário de Estado da Segurança Social, Gabriel Bastos, pelo Secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita, pelo Presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Miguel Ribeiro e ainda pelo Diretor da Segu-

rança Social de Santarém, Renato Possante Bento. “Valorizamos ambientes inclusivos que favoreçam todos, e cada indivíduo, com o conjunto das suas caraterísticas, e desta forma damos voz à diversidade”, comunicou a empresa na sua página da rede social Facebook,

a propósito da visita. De referir que a empresa Borrego Leonor & Irmão S.A. comercializa fatores de produção para a agricultura, especialmente fertilizantes sólidos e líquidos, sementes, rações para animais e uma grande diversidade de utensílios e acessórios. A empresa tem sede em Almeirim.

Grupo Interlog inaugurou unidade de Ourém O Grupo Interlog Portugal inaugurou no dia 5 de maio, Dia Mundial da Língua Portuguesa, a sua nova unidade de Ourém. A cerimónia de inauguração contou com cerca de 120 pessoas. No comunicado na sua página de LinkedIn, Jean-Marie Mascarenhas, presidente do Interlog Group, afirmou que Portugal foi escolhido “por causa da alta qualidade do trabalho, políticas governamentais atraentes e localização excecional”. Na mesma publicação, o grupo empresarial afirma que “atualmente, a empresa emprega 260 pessoas em todo o mundo, sendo 80 delas sediadas em Portugal, com o objetivo de aumentar exponencialmente esse número. Como o edifício foi projetado para acomodar 300 pessoas, atualmente há vagas em coordenação logística, administração, programadores e atendimento ao cliente”. A cerimónia de inauguração contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, clientes, fornecedores locais, a equipa de gestão francesa, membros da equipa portuguesa e ainda meios de comunicação nacional.

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

5


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Quinta da Lagoalva premiada no XI Concurso de Vinhos do Tejo

Raposo, Lda. testa semana de quatro dias de trabalho A empresa Raposo - Aplicação de Revestimentos iniciou no dia 1 de maio, Dia do Trabalhador, a fase de teste da semana de trabalho de quatro dias, sem qualquer perda de remuneração para os colaboradores, informou a empresa de Almeirim. “No passado dia 1 de maio (dia do trabalhador) a Raposo iniciou a fase de teste da semana de trabalho de quatro dias. Assim, sem qualquer perda de remuneração, todos os colaboradores passaram a ter a sexta-feira como descanso semanal”, começou por informar a empresa, acrescentando que a Raposo “tem-se esforçado para encontrar maneiras únicas de apoiar a saúde mental e a felicidade de seus funcionários procurando sempre manter o equilíbrio entre vida pessoal e profissional”. Para além disso, informa ainda a

6

RIBATEJO

A Quinta da Lagoalva, localizada em Alpiarça, acaba de anunciar a atribuição de prémios a várias referências dos seus vinhos, no XI Concurso de Vinhos do Tejo. De acordo com a empresa, receberam medalhas de ouro o “Lagoalva Reser va Tinto, o Pingo Doce Sauvignon Blanc e Verdelho Branco e também o nosso Dona Isabel Juliana”. Na categoria de “Melhores brancos - Colheita 2020” recebeu o prémio o “Lagoalva Sauvignon Blanc”, referiu a empresa, agradecendo o reconhecimento. De referir que a Quinta da Lagoalva de Cima é uma sociedade agrícola que produz quatro produtos nobres portugueses: vinho, azeite, cortiça e o cavalo lusitano.

nota, o avanço com a fase de testes da semana de quatro dias de trabalho, prende-se ainda com algumas vantagens que podem ser sentidas no âmbito da gestão da empresa. “A l g u n s d o s p r i n c i p a i s b e n e f í cios de uma semana de trabalho mais curta incluem maior produtividade, diminuição das despesas empresariais e acima de tudo uma menor emissão de carbono”, referiu a empresa. Para já, a semana de quatro dias vai ser estudada apenas para aplicação no setor privado, com experiências-piloto, de iniciativa voluntária. De referir que a Raposo, com sede em Almeirim, é uma empresa dedicada à aplicação de vários tipos de revestimentos de pavimentos, paredes e tetos, para a indústria, comércio e construção.

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

Zone Soft realiza evento anual com mais de 350 pessoas A empresa do Entroncamento Zone Soft realizou no dia 28 de maio, em Lisboa, o seu evento anual, que contou com a participação de mais de 350 pessoas. Na ocasião, a empresa apresentou as suas mais recentes inovações em soluções de gestão e faturação para os setores da Restauração e Hotel a r i a , C o m é rc i o a R e t a l h o , Mobilidade e Gestão Comercial.

www.nersant.pt

“A p ó s u m a l o n g a p a u s a devido à situação pandémica por Covid-19, reunir mais de 350 pessoas no nosso evento anual, enche-nos de orgulho e coloca-nos uma enorme responsabilidade. O nosso compromisso sai deste evento ainda mais reforçado: continuar a inovar para trazer soluções relevantes e parcerias estratégicas que tornam a nossa oferta única no mercado. Estamos verdadeiramente

JUNHO 2022

gratos pelo reconhecimento e pela confiança, fruto de uma parceria estabelecida em pilares sólidos”, comunicou a empresa, através da sua página na rede social LinkedIn. De referir que a Zone Soft é uma empresa com sede no Entroncamento dedicada ao desenvolvimento e comercialização de produtos de software para a área de restauração e bebidas, comércio em geral e mobilidade.

RIBATEJO

7


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Funpark recebeu jornada do campeonato nacional de supermoto 2022 O F u n p a r k - K a r t ó d ro m o d e Fá t i m a , recebeu no dia 28 de maio, mais uma jornada do campeonato nacional de Supermoto 2022, composta por uma temporada de cinco etapas. O evento foi organizado pela Associação do Clube Moto Galos de Barcelos, sob a égide da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP). De acordo com o regulamento estabelecido pela federação, tal como nos anos anteriores, as categorias de supermoto, mini supermoto e R12 foram as admitidas em prova, apresentando o evento como novidade a inclusão do supermoto feminino. A empresa Jouguinho - Empreendimentos Turísticos S.A., comercialmente designada por Funpark, apresenta-se essencialmente como kartódromo e parque aventura. A missão do Funpark é servir os outros, oferendo programas para empresas, clientes individuais e escolares num ambiente tranquilo. Com experiência e prestígio pretende proporcionar experiências únicas e momentos inesquecíveis, que ajudam a cimentar a personalidade e o carácter dos participantes.

Silvex integra debate sobre economia circular da Associação SmartWaste Portugal A Silvex participou num debate sobre o estado atual da economia circular na conferência “Smart Growth”, organizada pela Associação Smart Waste Portugal, em parceria com a Fundação de Serralves. “O papel da economia circular” contou com a participação de prestigiadas figuras e empresas do panorama nacional, entre elas o CEO da Silvex, Hernâni Magalhães. De acordo com o empresário, citado na página de LinkedIn da empresa, em Portugal “dos 9,3% que se reciclavam em 2015 passámos para os 8,6% em 2021”. “Para inverter esta tendência, a empresa está a trabalhar no desenvolvimento de bioplásticos. Paralelamente, a Silvex está a desenvolver um sistema de reciclagem em circuito

8

RIBATEJO

interno, em que recolhe plásticos de pós-consumo junto dos seus clientes e, após a sua separação, lavagem e transformação em novo polímero, voltam ao mesmo cliente, numa lógica de reutilização de recursos”, comunicou ainda a Silvex. De referir que a Silvex - Indústria de Plásticos e Papéis, S.A. é uma empresa com sede em Benavente, referência nacional e internacional no setor dos sacos de plástico

JUNHO 2022

e de papel, películas aderentes, rolos de alumínio e soluções biodegradáveis. A empresa produz e comercializa produtos de proteção, conservação alimentar, sacos para lixo e produtos de limpeza.

www.nersant.pt


DR

PODER LOCAL

Santarém prolonga isenção de pagamentos de taxas de ocupação da via com esplanadas abertas ou fechadas O Município de Santarém aprovou o prolongamento da isenção de pagamento de taxas sobre a ocupação de espaço público com esplanadas abertas ou

fechadas até 31 de dezembro. Dando continuidade à estratégia e incentivo das taxas no que concerne à ocupação da via por esplanadas abertas ou fecha-

das, Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, refere que “esta é mais uma medida de apoio à atividade económica, nomeadamente à restauração que durante a pandemia passou por uma difícil conjuntura económica, permitindo que mantenha o espaço, privilegiando o ar livre enquanto durar esta situação pandémica”. A aplicação da isenção do pagamento continua a obrigar o cumprimento das regras legais e regulamentares em vigor para o licenciamento ou comunicação relativa à ocupação do espaço público, bem como eventuais d i re t r i z e s q u e v e n h a m a s e r emanadas relativas ao combate à pandemia.

PUB.

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

9


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Santarém aprova projeto empresarial para construção e remodelação de estrutura para pessoas idosas... A Câmara Municipal de Santarém aprovou a proposta submetida ao programa “Via Expresso Investidor” da empresa em nome individual Solange Vieira para a construção de uma estrutura residencial para idosos, em Arneiro de Tremês. De acordo com o Município, este projeto visa também a remodelação de um edifício já existente para valência de Centro de Dia e Apoio Domiciliário. Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara de Santarém, refere que “o Município tem apoiado várias empre-

sas a instalarem-se no concelho. O “Espaço Empresa”, sediado no Loja de Cidadão, tem vários programas de apoio aos empresários e investidores”. “A i m p l e m e n t a ç ã o desta Estrutura Residencial para Pessoas Idosas vai proporcionar à população uma maior e melhor oferta de serviços e criar 15 postos de trabalho e, como tal, é importante o Município apoiar este tipo de projeto”, realça

Ricardo Gonçalves. Com este apoio, a empresa vai beneficiar da prioridade no encaminhamento do processo, redução das taxas camarárias inerentes ao processo em 25% e apoio técnico personalizado.

… e apoia empresa que vai criar 45 postos de trabalho O M u n i c í p i o d e S a n t a ré m v a i apoiar a empresa Marques Unipessoal, Lda., através da candidatura desta ao programa “Via Expresso Investidor”. O projeto visa a ampliação e centralização de todos os serviços no âmbito do conceito (MAR 2020) do contrato de concessão da marca Mercedes-Benz, na capital de distrito, permitindo a criação de 45 postos de trabalho. “O programa Via Expresso Investidor tem como objetivo a captação

de investimento para o concelho de Santarém, promovendo o desenvolvimento económico e a criação de emprego” referiu Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal.

Esta proposta da empresa contempla também a colocação de painéis solares com o objetivo de atingir a autossustentabilidade energética e a instalação de carregamento para viaturas elétricas.

PUB.

10

RIBATEJO

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

Município de Santarém promoveu captação de investimento privado na SIL A Câmara Municipal de Santarém inaugurou dia 12 de maio, o stand do Município na 25.ª edição do Salão Imobiliário de Portugal (SIL), que decorreu até 15 de maio, na FIL, em Lisboa. Santarém foi um dos quatro municípios presentes neste evento com impacto nacional e internacional, ao lado de Lisboa, Porto e Gaia, tendo a sua participação como objetivo atrair investimento privado, destacando os seus principais fatores competitivos: centralidade geográfica; qualidade de vida; educação de excelência; valor m2 dos mais competitivos e licenciamento urbanístico ágil e digital. Durante a cerimónia, Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, referiu que “Santarém está em crescimento e afirma-se cada vez mais como uma das melhores cidades para viver e investir. Temos tido muita procura, mas pretendemos captar ainda mais população jovem e investimento nacional e internacional”. O programa contou também com a intervenção de João leite, Vice-Presidente do Município, que destacou os investimentos em curso ao nível do turismo, grandes eventos, obras e projetos municipais onde afirmou que “o investimento na recuperação turística pós-pandemia que estamos a implementar vai incrementar valor com grande impacto a nível do investimento privado; a estratégia que estamos a desenvolver é transversal e multidisciplinar em diversas áreas: a requali-

www.nersant.pt

ficação do espaço público em curso, o investimento na educação, a aposta no turismo e grandes eventos, fazem do nosso território um concelho de elevada qualidade para viver, trabalhar e investir”. No primeiro dia do evento foi, também, apresentada a plataforma MyNet -Urbanismo 100% Digital, pelo Vereador Diogo Gomes, com o pelouro do urbanismo e obras particulares, que re f e r i u q u e “ e s t a n o v a f e r r a m e n t a permite uma maior interatividade e simplificação do relacionamento dos munícipes e empresas com os serviços camarários e uma aproximação da

JUNHO 2022

autarquia aos munícipes de forma mais rápida e eficaz. Atualmente, os munícipes preferem este serviço online, evitando as deslocações às instalações da Câmara”. Este projeto é uma aposta na modernização ao nível da prestação de serviços aos cidadãos, proporcionando um serviço de excelência numa sociedade cada vez mais digital. Ainda durante o certame, vários investidores privados apresentaram no stand do Município diversos projetos imobiliários, com o objetivo de apresentar aos visitantes da SIL empreendimentos de referência e elevada qualidade.

RIBATEJO

11


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

NACIONAL

Medida Compromisso e Emprego Sustentável apoiou mais de 4600 contratações A medida Compromisso e Emprego Sustentável, aplicada no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com incentivos especiais para quem vai para o interior, apoiou mais de 4600 contratações, disse a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. A Ministra falava à comunicação social, durante um almoço comemorativo do 1.º de Maio, com cerca de 200 trabalhadores da empresa João Tomé Saraiva, na Guarda, onde lembrou que a medida também tem “incentivos especiais” para quem vá trabalhar para o interior. Ana Mendes Godinho afirmou que o

Governo quer que esta estratégia apoie a contratação de trabalhadores “de uma forma permanente e não precária”, com incentivos de discriminação positiva em relação ao interior, aos jovens ou às mulheres, procurando “responder aos grupos mais vulneráveis e que foram mais afetados durante a pandemia”. Ana Mendes Godinho referiu ainda o caso concreto do concelho do Sabugal, no distrito da Guarda, que tem uma forte emigração e onde o Governo procu-

rou criar medidas “para discriminação positiva para contratação de trabalhadores”. “Todas as medidas que temos lançado no apoio à contratação de trabalhadores têm tido uma majoração diferenciada para o interior, como uma forma, também, de dinamizar e de criar aqui emprego de uma forma diferente, procurando criar oportunidades”, afirmou.

Portugal com a segunda maior redução da taxa de desemprego da UE Portugal registou, entre fevereiro de 2020 e março de 2022, uma diminuição de 0,8 pontos percentuais na taxa de desemprego, a segunda maior diminuição na União Europeia e a quarta maior entre países da OCDE. Segundo dados divulgados pela OCDE, Portugal foi dos países onde a recuperação do emprego foi mais acentuada quando comparado com o período pré-pandemia, acima dos -0,5 p.p. da média da UE. Segundo a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, estes resultados refletem o investimento na proteção e valorização do emprego, sobretudo o sucesso das medidas adotadas pelo Governo durante a pandemia. Em Portugal, a taxa de desemprego em março foi de 5,7%, o valor mais baixo, no mês de março, dos últimos 20 anos. DADOS DO INE REVELAM NÍVEL MÁXIMO DE EMPREGO DESDE 2011 Segundo dados do INE, divulgados a 11 de maio, no 1.º trimestre de 2022, a população empregada (4 900,9 mil pessoas) aumentou 0,4% (mais 21,9 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior e 4,7% (219,3 mil) relativamente ao mes-

12

RIBATEJO

mo período de 2021, com crescente participação das mulheres. A taxa de desemprego situou-se nos 5,9% (-1,2 p.p. face a 2021 e -0,4 p.p. em cadeia). MAIS IGUALDADE NO EMPREGO E REDUÇÃO DO DESEMPREGO JOVEM Estes indicadores refletem sinais de retoma no setor do Turismo, com impacto no desemprego jovem. A taxa de desemprego jovem foi de 20,6% (-3,5 p.p. face a 2021; -2,8 p.p. em cadeia), o que representa cerca de menos 14 mil jovens desempregados desde o trimestre anterior. No último trimestre, foi alcançado um novo máximo de trabalhadores com contrato sem termo (3.481,3), mais 196 mil face a 2021 (+6,0%) e mais 1,2% em cadeia. A taxa de jovens que não estudam, trabalham ou frequentam formação profissional (NEET), caiu 3,3 p.p. face a 2021, e situa-se nos 9,1%. Havia no primeiro trimestre de 2022 190,4 mil jovens nestas condições, menos 71 mil face a 2021. Estes números espelham a importância de continuar a adotar medidas de combate à precariedade,

JUNHO 2022

que afeta sobretudo os mais jovens. No 1º trimestre de 2022, o número de mulheres empregadas (2.430,4) aumentou (+115 mil) face a 2021 (+5,0%). As taxas de atividade e de inatividade prosseguem tendências positivas, com a população ativa (5.209,3) a aumentar 168 mil face a 2021 (+3,3%). A população inativa continua com tendência decrescente (5.057,9), -178 mil face a 2021 (-3,4%).

www.nersant.pt


DR

Investimento de 4,1 milhões de euros para barragem em Salvaterra de Magos A Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, homologou a aprovação do projeto da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia (ARBVS) referente à barragem de Magos, no concelho de Salvaterra de Magos. O montante total de investimento é de 4,1 milhões de euros, financiado a 100% no âmbito do PDR, estando inserido no capítulo “Melhoria das condições de segurança das barragens”. A albufeira de Magos ocupa uma área de 90 hectares e o investimento visa o cumprimento do Regulamento de Segurança de Barragens, com vista ao restabelecimento da total operacionalidade dos equipamentos. As obras abrangem a beneficiação do descarregador de cheias, da descarga de fundo e tomada de água, a substituição das comportas e implementação de comando à distância, a instalação de sonda de medição do nível da

albufeira e de medidor de caudal na conduta de descarga. Esta barragem, concluída em 1938, foi a primeira albufeira destinada ao regadio de grandes dimensões a ser construída em Portugal. Está em funcionamento há mais de oito décadas e permite a rega de cerca 500 hectares. A gestão eficiente da água é um dos fatores fundamentais de coesão e resiliência do território. Desta forma, as obras de requalificação e modernização na Barragem de Magos, inserem-se

numa estratégia global mais vasta no combate à seca e às alterações climáticas e permitem concretizar um compromisso com várias décadas, assumidos no Plano de Ordenamento da Albufeira de Magos (POAM) em 2008. É de sublinhar ainda que este projeto vem acrescer investimento suplementar ao Plano Nacional de Regadios, cujo investimento total até 2025 atinge 560 milhões de euros, representando a criação potencial de 10.550 empregos permanentes.

Conselho de Ministros aprova proposta de Lei no âmbito da Agenda do Trabalho Digno O Conselho de Ministros aprovou a proposta de Lei para alteração à legislação laboral, no âmbito da Agenda do Trabalho Digno. Na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, que decorreu em Algés, Oeiras, a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, afirmou que “esta é uma agenda ambiciosa, poderosa e de que o País precisa”. Ana Mendes Godinho disse também que “o recurso mais ambicioso e mais procurado, neste momento, é o talento, é a capacidade de atrairmos e retermos trabalhadores em Portugal”, acrescentando que esta proposta de Lei “visa dar aos jovens uma mensagem forte de que o mercado de trabalho os valoriza e de que Portugal é um país que promove emprego sustentável nas várias dimensões”. A Ministra destacou o facto de, em Portugal, a média de contratos a termo ser de cerca de 21%,

www.nersant.pt

enquanto a média da União Europeia se situa em 15%. No caso dos jovens, “a percentagem de trabalhadores que tem contratos não permanentes é de 62,2%, enquanto na União Europeia é de 49%”. Ana Mendes Godinho referiu ainda que a Agenda do Trabalho Digno que segue agora para a Assembleia da República - visa, sobretudo, “garantir aos jovens que estamos a promover relações de trabalho sustentáveis e que lhes permitam também ter a suas

opções de vida”. A Ministra disse que “esta é uma agenda que responde, de facto, a uma necessidade que o País tem” e é, acima de tudo, “desenhada para dar força aos trabalhadores”, tendo em vista “um mercado de trabalho são, com trabalhadores motivados, com formação e com a capacidade de serem determinantes para empresas competitivas e produtivas” e nas quais os trabalhadores se revejam.

Foto: Agência Lusa

JUNHO 2022

RIBATEJO

13


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Resultado líquido da cresce para 29,8 milhões de euros O Grupo Altri, através da Celbi, Biotek e Caima, alcançou no primeiro trimestre de 2022 um volume total de fibras celulósicas produzidas de 280,3 mil toneladas, um nível praticamente igual ao do período homólogo, informou o grupo empresarial em comunicado.

E

m termos de vendas de fibras celulósicas, o volume atingiu cerca de 298,1 mil toneladas, um ligeiro decréscimo de 2,1% quando comparando com o primeiro trimestre do período homólogo, com os mercados externos a absorverem 255,6 mil toneladas, o equivalente a 86% do total. O desempenho financeiro foi fortemente impactado pelo volume de produção de fibras, mas principalmente pelo crescimento das vendas num contexto de alta dos preços nos mercados internacionais. A procura, conjugada com um nível de stocks reduzido, tem

14

RIBATEJO

levado a uma subida dos preços, com o preço da Pasta (BHKP) na Europa a alcançar 1.200 dólares/ton no final do primeiro trimestre. “A procura por fibras celulósicas continua a apresentar uma dinâmica muito positiva, sendo particularmente importante a aceleração da procura na Europa Ocidental. Este contexto, associado aos reduzidos stocks, tem levado a sucessivos aumentos de preços. O preço ascendeu aos 1.200 dólares por tonelada no final do primeiro trimestre, mas desde então foram já anunciados ao mercado várias atualizações, totalizando 100 dólares”, diz José Soares de Pina. “Este resultado permitiu o

JUNHO 2022

crescimento das nossas receitas assim como do EBITDA e resultado líquido”, salienta o CEO do Grupo Altri. As receitas totais do Grupo Altri atingiram os 249,2 milhões de euros no primeiro trimestre de 2022, um crescimento de 46,5% face ao mesmo período de 2021. E apesar do aumento de custos com o gás natural, químicos assim como um maior nível de importação de madeira terem ditado um acréscimo relevante dos custos de produção por tonelada, o EBITDA atingiu 61 milhões de euros, um aumento de 85,6% face ao primeiro trimestre de 2021, com a margem EBITDA reportada a aumentar em 5,1 pontos percentuais para os 24,5%. Assim, o resultado líquido do Grupo Altri atingiu cerca de 29,8 milhões de euros, um aumento significativo face aos 12,2 milhões de euros registados no primeiro trimestre de 2021, já sem a GreenVolt que passou a ser considerada “operação descontinuada” em termos de reporte de informação financeira.

www.nersant.pt


DR

PROCURA POR FIBRAS COM FORTE da no início de 2022, especialmente DINÂMICA para uso final de Papel de Impressão No segmento das fibras celulósicas, e Escrita (P&W) assim como Tissue. enquanto a procura de pasta pela ChiA forte procura conjugada com a na continua ainda a ser afetada por baixa disponibilidade, visível pelos fatores já identificados em 2021, que níveis historicamente baixos de stocks restringem muitas das relações econos portos europeus, levou ao anúnnómicas com o país asiático, nomeacio de dois aumentos adicionais de damente fatores preços de Pasta (BHKP) logísticos (disponipara abril (50 dólares) bilidade de navios e maio (50 dólares), Uma e preços de fretes) para 1.300 dólares/ton. das empresas e f a t o re s d e s a ú do grupo Altri de (política Covid PROJETO DA GALIZA Zero), na América é a Caima, empresa AVANÇA A RITMO e na Europa registaELEVADO produtora de pasta -se uma aceleração O projeto da Galiza de papel localizada continua a avançar a da procura. em Constância, no A procura na ritmo elevado, agoAmérica do Norte distrito de Santarém. ra com a localização aumentou 10,8%, anunciada em abril. registando-se um A biofábrica de fibras crescimento de 3,7% na América Latisustentáveis será localizada zona de na e de 3% na Europa Ocidental duranPalas de Rei, na província de Lugo, te o primeiro trimestre. Na Europa, na Galiza. mantém-se a forte dinâmica registaApós este passo importante, o Grupo

www.nersant.pt

JUNHO 2022

Altri espera avançar para os passos seguintes que incluirão o estudo de impacto ambiental, o início do detalhe do projeto de engenharia e viabilidade económica, assim como a definição da estrutura de financiamento. “Estamos confiantes de que estamos a dar os passos necessário para criar as condições adequadas a um projeto ímpar de produção de fibras têxteis sustentáveis de base celulósica”, diz José Soares de Pina, CEO do Grupo Altri. O projeto da Galiza decorre de um Memorando de Entendimento (MdE) assinado com a Impulsa, um consórcio público-privado da região da Galiza, para estudar em exclusivo a construção de uma unidade industrial de raiz com uma capacidade produtiva anual de 200.000 toneladas de pasta solúvel e fibras têxteis sustentáveis. De referir uma das empresas do grupo Altri é a Caima, empresa produtora de pasta de papel localizada em Constância, no distrito de Santarém. 

RIBATEJO

15


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Ourém voltou a ser o concelho do distrito com mais empresas reconhecidas

461 PME Líder no distrito de Santarém em 2021

O

estatuto PME Líder é um selo de reputação criado pelo IAPMEI para distinguir o mérito das PME nacionais com desempenhos superiores. É atribuído em parceria com o Turismo de Portugal (no caso das empresas do setor do Turismo), um conjunto de bancos parceiros e as Sociedades de Garantia Mútua, tendo por base as melhores notações de rating e indicadores económico-financeiros. As PME agraciadas com este selo têm acesso a um conjunto de benefícios, como condições especiais a produtos fi nanceiros e a uma rede de serviços, a

16

RIBATEJO

facilitação da relação com a banca e o prestígio associado à marca PME Líder na relação com os seus stakeholders. No ano de 2021, informou o IAPMEI, foram reconhecidas 11.221 empresas com o selo PME Líder, sendo que deste universo, 461 pertencem ao distrito de Santarém, mais 64 do que o ano passado. O concelho do distrito que mais empresas PME Líder tem é, à semelhança do ano transato, o concelho de Ourém, com a atribuição de 109 selos, seguindo-se o concelho de Santarém, com 65 e o concelho de Rio Maior, com 34. Benavente tem 33 PME Líder 2021, Torres Novas, 28, Tomar, 23, Abrantes,

JUNHO 2022

22, e Almeirim e Cartaxo, 21 empresas PME Líder em cada um dos territórios. Segue-se o concelho de Alcanena, com 19, Salvaterra de Magos, com 18, Entroncamento e Ferreira do Zêzere, com 15 PME Líder em cada concelho. Coruche apresenta em 2021, 10 PME Líder, seguindo-se os concelhos de Constância e Mação, com 6 atribuições. No concelho da Chamusca têm sede 5 das PME Líder atribuídas, enquanto que Alpiarça, Sardoal e Vila Nova da Barquinha apresentam 3 PME Líder cada concelho. Para o concelho da Golegã, foram atribuídos 2 estatutos PME Líder. 

www.nersant.pt


DR

Empresas Estatuto PME Líder 2021 Distrito de Santarém Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

IAPMEI

A F C S TRANSPORTES - TRANSPORTES LDA

Benavente

IAPMEI

Américo Marques Duarte, Lda.

Ourém

IAPMEI

A Transportadora Ideal de Minde, Lda.

Alcanena

A. M. C. Cunha, Lda.

Andre Mesquita - Automóveis, Sociedade Unipessoal, Lda

Almeirim

IAPMEI

Salvaterra de Magos

IAPMEI

IAPMEI

A48 - Sistemas de Segurança, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Ângela Zeferino, Unipessoal, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

ABR, Equipamentos Industriais, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Anibal Carvalho & Filhos, S.A.

Santarém

IAPMEI

Abricantes - Comércio de Bricolage, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Anjo, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Acerplas - Tubos e Perfis Técnicos, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Ankix Systems, Lda.

Santarém

IAPMEI

Adega Cooperativa do Cartaxo C.R.L.

Cartaxo

IAPMEI

Antobetão - Betão-Pronto, S.A.

Ourém

IAPMEI

Adercereal - Transformação e Comércio de Cereais, Lda.

Ourém

IAPMEI

António Costa Dias, Lda.

Mação

TP

Antonio das Neves Marto e Filhos Lda.

Ourém

IAPMEI

Adoraflor - Floricultores, Lda.

Alpiarça Alcanena

António Fernando Neves - Eletricidade, Estudos e Projectos Elétricos, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

AFT Transportes Rodoviarios de Mercadorias Lda.

IAPMEI IAPMEI

António Filipe Neto, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Agriben - Sociedade Agro Comercial de Benavente, Lda.

Benavente

IAPMEI

António Nunes de Carvalho, S.A.

Alcanena

IAPMEI

Apolinários (Irmãos), Lda.

Almeirim

Agrimoço, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Arlindo Lopes Dias, Unipessoal Lda.

Ourém

IAPMEI

Armazém Confecções Sertã, Lda.

Tomar

IAPMEI

ARQUIJARDIM, S.A.

Ourém

IAPMEI

ASC - Artigos Sanitários do Centro, Lda.

Ourém

IAPMEI

Auto Mola Ideal Leiriense, Lda.

Benavente

IAPMEI

Autogirar - Sociedade Comercial de Automóveis, Lda.

Santarém

IAPMEI

Aviário do Resouro - Produção de Ovos, Lda.

Ourém

IAPMEI IAPMEI

Agripóvoa de Santarém, Lda.

Santarém

IAPMEI

Agripulve - Máquinas Agrícolas e Ferramentas, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Agro Alcanede - Produtos e Equipamentos para a Agricultura e Pecuária, Lda.

Santarém

IAPMEI

Agro-Alto - Transportes e Serviços Agrícolas, Lda.

Benavente

IAPMEI

Agrosport - Produtos Equipamentos e Técnica Agrária, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Avitrata - Sociedade de Tratamentos Fitosanitários, Aéreos, Lda.

Benavente

IAPMEI

Agrotécnica - Fly In Earth, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Barão & Barão, Lda.

Benavente

IAPMEI

Agrovinal - Produtos Para Agricultura, SA

Almeirim

IAPMEI

Bárbara Moura, Unipessoal Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Agrozel - Agropecuária do Zêzere, S.A.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Basrio - Metalomecânica e Equipamentos Rodoviários, S.A.

Rio Maior

IAPMEI

Alaço - Revestimentos Metálicos, S.A.

Ourém

IAPMEI

Bastos & Silva, Lda

Benavente

IAPMEI

Alcasuper, Lda.

Santarém

IAPMEI

Alcino Caseiro, Lda.

Sardoal

IAPMEI

Benatlregas - Comércio de Pivot e Material de Rega, Lda.

Benavente

IAPMEI

Alda Maria Felizardo Azinheira Lopes, Unipessoal Lda.

Santarém

IAPMEI

BH Portuguesa - Sistemas de Caixilharias para Arquitetura, Lda.

Constância

IAPMEI

Alfinetemágico, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Rio Maior

IAPMEI

Almeida & Companhia, Lda.

Almeirim

Bielco - Equipamentos para Veículos Industriais, Lda.

Almouroltec - Serviços de Informática e Internet, Lda.

IAPMEI

Bilreiros & Bilreiro da Silva, Lda.

Ourém

IAPMEI

Constância

IAPMEI

Ourém

IAPMEI

Alu-M - Alumínio e PVC, Lda.

Santarém

Bindopor - Indústria e Comércio Internacional, Lda.

IAPMEI

Álvaro Eletrodomésticos, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Chamusca

IAPMEI

Américo Duarte Paixão, Lda.

Santarém

Biocarbo - Comércio de Derivados de Madeira, S.A.

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

17


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

IAPMEI

Biogoma - Sociedade de Reciclagem de Pneus, Lda.

Santarém

IAPMEI

COSTA & PIMPÃO - PRODUTOS LACTEOS, UNIPESSOAL, LDA.

Tomar

TP

BODAS & FESTAS - ACTIV. TURISTICAS, LDA.

Ourém Cartaxo

Costa Martins & Dias - Indústria Metalúrgica, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Branco & Martinho - Tecnologia e Equipamentos, Lda.

IAPMEI IAPMEI

Cremilcar - Comércio de Viaturas Auto, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Bras Antunes, Lda.

Santarém

IAPMEI

Curtumes Benjamim, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Brico Corredoura - Sociedade de Distribuição de Bricolage, Lda.

Ourém

IAPMEI

Curtumes Boaventura, Lda

Alcanena

D, F, J Vinhos, S.A.

Cartaxo

IAPMEI

Bricoentroncamento - Sociedade de Distribuição de Bricolage, Lda.

IAPMEI

Entroncamento

IAPMEI

Constância

IAPMEI

C. E. D. E. - Centro Dentário do Entroncamento, Lda.

Dário Honório - Caixilharias para Arquitetura, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Deliquipe - Transportes, Lda.

Benavente

IAPMEI

C.P.P. - Comércio de Produtos Petrolíferos, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Demoscore, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Cabena - Cabinas de Benavente, Lda.

Benavente

IAPMEI

Alcanena

IAPMEI

Caixasuper, Lda.

Ourém

DERMA LEATHER - Comércio e Industria de Peles, S.A.

IAPMEI

Calçados Batista & Fonseca, Lda.

Benavente

IAPMEI

Dia e Sol - Comércio Alimentar, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Carbrica - Carvões e Madeiras, Lda.

Ourém

IAPMEI

Digidelta Internacional - Import, Export, S.A.

Torres Novas

IAPMEI

Carla Sofia Cardoso Rocha, Lda.

Benavente

IAPMEI

Dinazoo - Comércio de Produtos Pecuários e Agrícolas, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Carlos V. Rebelo, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Carvalho Lucas, Farmácia de Oficina, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Disterm - Distribuição de Equipamentos de Climatização, S.A.

Ourém

TP

Cascata - Indústrias Hoteleiras, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Districartaxo - Supermercados, S.A.

Cartaxo

IAPMEI

Centro de Diagnóstico Ecográfico de Abrantes, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Distrimação - Supermercados, Lda.

Mação

IAPMEI

Distrivente - Supermercados, Lda.

Benavente

IAPMEI

Chempass - Comércio, Importação e Exportação de Produtos Químicos, Lda.

Alcanena

TP

DOM GONÇALO HOTEIS - SOCIEDADE DE HOTELARIA E TURISMO, S.A.

Ourém

IAPMEI

Ciben - IT and Business Solutions, S.A.

Benavente

IAPMEI

Cisterluso - Equipamentos de Transporte, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Dr. Fernando Lagoa - Produtos Farmacêuticos, Unipessoal Lda.

Ourém

IAPMEI

CLINIFATIMA- SERVIÇOS MEDICOS LDA

Ourém

IAPMEI

Dra. Elisabeth Azedo G. Barreto, Lda.

Benavente

IAPMEI

COMET-CONSTRUÇÕES METALICAS, LDA.

Torres Novas

IAPMEI

Dreamfields, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Confidentia-Tecnologias Informáticas Aplicadas, Lda.

Santarém

IAPMEI

Drenoterras, Aluguer Máquinas Industriais e Agrícolas, Lda.

Coruche

IAPMEI

Construbel - Engenharia, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Ourém

IAPMEI

Construbuild - Services, Lda.

Santarém

Eco Demo - Demolições, Ecologia e Construção, S.A.

IAPMEI

Construções Divireis, Lda.

Ourém

IAPMEI

Ecodepur - Tecnologias de Protecção Ambiental, Lda.

Ourém

IAPMEI

Construções Francisco & Marco, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

EcoEdifica - Ambiente e Construções, S.A.

Torres Novas

IAPMEI

Construções Martins & Reis, Lda.

Ourém

IAPMEI

Electro Outeirão - Instalações Eléctricas, Lda.

Santarém

IAPMEI

Construções Saldanha Alves, Lda.

Santarém

IAPMEI

Electro-Marques - Reparações Eléctricas Auto, Lda.

Ourém

IAPMEI

Construmação - Construções e Terraplanagens, Unipessoal Lda.

Mação

IAPMEI

Empilopes, Lda.

Ourém

IAPMEI

Cooperativa Agrícola de Rio Maior, CRL

Rio Maior

IAPMEI

English Now - Escola de Línguas, Lda.

Ourém

Coremaq - Comércio e Reparação de Máquinas, S.A.

IAPMEI

EntrEnergy, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Santarém

IAPMEI

Escala-Ó-Metal - Metalomecânica, Lda.

Benavente

IAPMEI

Corifa - Construção Civil, Lda.

Ourém

IAPMEI

IAPMEI

CORREIA DE OLIVEIRA,LDA.

Almeirim

Espaço Mecânico Comércio e Manutrenção de Equipamentos de Terraplanagem, S.A.

Vila Nova da Barquinha

IAPMEI

Espertocar - Comércio e Importação de Veículos Automóveis, Lda.

Rio Maior

18

RIBATEJO

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

IAPMEI

Eurobatata - Comércio de Produtos Alimentares, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Fravizel - Equipamentos Metalomecânicos, S.A.

Santarém

IAPMEI

Frescura Aromática, Lda.

IAPMEI

Eurodemolições Industriais, Lda.

Torres Novas

Cartaxo

IAPMEI

EUROED II - Distribuição, Lda

Santarém

IAPMEI

Friofontes - Comércio de Produtos Alimentares, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Euromolding – Madeiras, Lda.

Ourém

IAPMEI

Fullmachine, Lda.

Tomar

IAPMEI

Europisol - Empresa de Trabalho Temporário, S.A.

Ourém

IAPMEI

Gameiros, Material Clínico, Lda.

Ourém

IAPMEI

Expal - Indústria de Caixilharia de Alumínio, Lda.

IAPMEI

Gaslar, Lda.

Entroncamento

Torres Novas

TP

GAUDÊNCIO E RODRIGUES, Lda.

Santarém

IAPMEI

GLOBALMAIS, LDA

IAPMEI

F. A. Cordeiro, Lda.

Benavente

Santarém

IAPMEI

F. do Vale - Construções, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Glória Sol - Supermercado, Lda.

F. J. M. P. C. - Informática, Comércio e Serviços, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Almeirim

IAPMEI

Gomel - Metalúrgica Gonçalves & Mendes, Lda.

Ourém

F. S. Silva - Comércio de Máquinas para a Indústria, Lda.

IAPMEI

Gonçalves & Grilo Lda

Almeirim

IAPMEI

Ourém

IAPMEI

Gracinda dos Santos Silveira Leal Mourisca

Tomar

IAPMEI

Fametal - Fábrica Portuguesa de Estruturas Metálicas, S.A.

Ourém

IAPMEI

Grazimadeiras - Comércio de Madeiras, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

FARLIGHTSTONE, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Green Apple - International Trading, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Farmácia Almeida Gonçalves, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Green Factory - Representações, Lda.

Benavente

IAPMEI

Farmácia Central de Almeirim - Sociedade Unipessoal, Lda.

Almeirim

IAPMEI

Grupo Frazão, S.A.

Santarém

IAPMEI

Gsp, Unipessoal Lda.

Sardoal

IAPMEI

Farmácia Central do Cartaxo, Sociedade Unipessoal Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Guias & Silva - Transformação e Comercialização de Mármores, Lda.

Tomar

IAPMEI

Farmácia Confiança Santarém, Lda.

Santarém

IAPMEI

HACL - Sociedade de Construções, Lda.

Chamusca

IAPMEI

FARMÁCIA MANUELA QUARTAU, UNIPESSOAL, LDA.

Ourém

IAPMEI

HELENO & SILVA - SIMILARES HOTELEIROS LDA.

Ourém

IAPMEI

Farmácia Ondalux, Unipessoal Lda.

Abrantes

IAPMEI

Henricarnes - Salsicharia Tradicional Portuguesa Comércio e Indústria, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Farmácia Palmeira, Unipessoal Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Henriques & Henriques, S.A.

Ourém

IAPMEI

Fátima Exporte, Lda.

Ourém

IAPMEI

Herdade Quinta do Manique, S.A.G., Lda.

Almeirim

IAPMEI

FBV - Construções, Lda.

Santarém

IAPMEI

Feitor, Unipessoal Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Hojer - Electromecânica, Sobressalentes Auto e Industriais, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Felix & Nogueira, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Hortas Joana & Ferreira, Lda.

Santarém

IAPMEI

Fernanda Isabel R. Salsa Castelo, Unipessoal Lda.

Ourém

IAPMEI

Horto Magos - Produtos Agrícolas, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Ferreira Baptista & Filhos, Lda.

Ourém

IAPMEI

Horto S. Silvestre, Sociedade Agrícola, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Ferreira Gomes & Filhos, Lda.

Tomar

IAPMEI

Hortounião, Lda.

IAPMEI

Filourém - Comércio de Peças Auto, Lda.

Ourém

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Filstone - Comércio de Rochas, S.A.

Ourém

TP

Ourém

IAPMEI

Fio Dourado - Transformação e Comercialização de Produtos Olivícolas, Lda.

HOTEL ALELUIA INVESTIMENTOS TURISTICOS, LDA

Santarém

TP

Hotel Coração de Fátima, Lda

Ourém

IAPMEI

Firmino Fernandes Bispo, Lda

Abrantes

TP

Hotel Santo Amaro, Lda

Ourém

IAPMEI

Flamma Vitae Lda

Santarém

TP

Hotel Três Pastorinhos S.A.

Ourém

IAPMEI

Florestalzezere- Exploração Florestal, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Ibermódulo - Aluguer de Módulos e Equipamentos, Lda.

Benavente

IAPMEI

Floripinhas - Exploração Florestal, Lda.

Coruche

IAPMEI

Ignoramus - Produtos Naturais, Lda.

Benavente

IAPMEI

Foresmad - Gestão Florestal, Lda.

Mação

IAPMEI

Indústrias VIP, Unipessoal, Lda.

Mação

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

19


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

IAPMEI

Infervias, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Josina - Comércio de Materiais de Construção, Lda.

IAPMEI

Instante Silvestre - Construção Civil, Lda.

Salvaterra de Magos

Ourém

IAPMEI

Joviquadro- Vidros, Espelhos e Quadros do Nabão, Lda.

IAPMEI

Insuflar - Manufactura, Comércio e Locação de Coberturas, Lda.

Tomar

Constância

IAPMEI

Julião Antunes da Luz & Filhos, Lda.

Golegã

IAPMEI

INTERALPIARÇA - SUPERMERCADOS, LDA

Alpiarça

IAPMEI

Justino Louro Fernandes & Filhos, Lda.

Tomar

IAPMEI

Interbarquinha - Supermercados, Lda.

Vila Nova da Barquinha

IAPMEI

Lança Encanto, Lda.

Ourém

TP

INTER-CHURRASCO ACTIVIDADES HOTELEIRAS LDA

IAPMEI

Laverde - Produtos Naturais de Cosmética, Lda

Coruche

IAPMEI

Lavricartaxo - Cooperativa Agro-Pecuária do Cartaxo, C.R.L.

Rio Maior

Cartaxo

IAPMEI

Interminde - Supermercados, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Intertomar - Supermercados, Lda.

Tomar

IAPMEI

LEAIS & OLIVEIRA,LDA

Torres Novas

IAPMEI

Ion Staci, Lda.

Benavente

IAPMEI

Linos & Faria, Lda.

Ourém

IAPMEI

Ipalere, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Lisoter - Isolamentos Térmicos e Limpezas Industriais, S.A.

Ourém

IAPMEI

Irmãos Marcelino - Sociedade de Exploração Agrícola, Lda.

Almeirim

IAPMEI

Logaritmodisseia, Lda.

Ourém

IAPMEI

Irricampo - Sistemas de Rega, Lda.

Santarém

IAPMEI

LOTEVIAS - Construções, Lda.

Ourém

IAPMEI

Isabel Apolinário - Farmácia, Unipessoal Lda.

Santarém

IAPMEI

Lourenço & Filhos, Lda.

Ourém

IAPMEI

Isuvol - Importação e Comércio de Peças e Acessórios Auto, Lda

IAPMEI

Lubrifátima Pneus, Lda.

Ourém

Cartaxo

IAPMEI

Ludevino Tavares António - Moldes de Fundição e Metalúrgica, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

J. C. Ramalho & Cª, S.A.

Alcanena

IAPMEI

J. J. M. Esperança, Lda.

Tomar

TP

LUIS AUGUSTO FERNANDES DA SILVA SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA.

Ourém

IAPMEI

Janelas de Frescura - Frutas e Hortícolas, Lda.

Santarém

IAPMEI

Luís Leal & Filhos, S.A.

Torres Novas

IAPMEI

Jianhua Yang

Abrantes

TP

LUIS MIGUEL PEREIRA NOGUEIRA SANTO

Rio Maior

IAPMEI

JL - Medirolo Portugal, Lda.

Ourém

IAPMEI

Luvifal Sociedade de Construções, Lda

Ourém

IAPMEI

JMCS-Comercio de Produtos Quimicos Unipessoal, Lda

Cartaxo

IAPMEI

M. A. Lopes D’Avó, Lda.

Santarém

IAPMEI

JN-MATERIAIS DE CONSTRUÇAO LDA

Sardoal

IAPMEI

M.A.E. - Peças para automóveis, Lda.

Ourém

Madeca - Madeiras de Caxarias, S.A.

Ourém

IAPMEI

João das Neves Vital Lourenço - Construção Civil, Lda.

IAPMEI

Chamusca

IAPMEI

Madeifátima - Madeiras, Lda.

Ourém

IAPMEI

João Francisco Avelino Branco & Filhos, Lda.

Santarém

IAPMEI

Madeiras Custódio & Filhos, Lda.

Chamusca

IAPMEI

João Luis Vicente, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Magos - Irrigation Systems, S.A.

IAPMEI

João Paulo Carlos Ribeiro dos Santos

Tomar

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Joaquim Francisco Inácio, Sucessores, S.A.

Alcanena

IAPMEI

Maiorpeças - Acessórios Automóveis, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Major - Santos & Filhos, Lda.

Ourém

IAPMEI

JOAQUIM MÓNICA - TRANSPORTES, LDA.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Santarém

IAPMEI

Joaquim Pinheiro Santos, Sucessores, Lda.

Alcanena

Manergy - Manutenção e Energia Industrial, Lda.

TP

JONATIFA -RESTAURANTE, LDA

Tomar

IAPMEI

Manuel Carlos Silva Pereira & Filhos, Lda.

Abrantes

Salvaterra de Magos

TP

Manuel das Neves Coelho, Filhos, Lda

Ourém

IAPMEI

Jorge Caseiro - Comércio de Produtos Alimentares, Lda.

IAPMEI

Manuel Jacinto da Martinha & Filhos, Lda.

Santarém

IAPMEI

José Arsénio Mota & Cª., Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Manuel Morgado, Lda.

Abrantes

IAPMEI

José Carlos de Jesus Cordeiro, Lda.

Santarém

IAPMEI

MANUEL VIEIRA & CIA ( IRMÃO) SUC. LTD

Torres Novas

TP

José Manuel Serralheiro da Costa, Lda

Almeirim

IAPMEI

Benavente

IAPMEI

José Reis Marques & Cª, Lda.

Alcanena

Maquesonda - Máquinas, Acessórios e Ferramentas Diamantadas, Lda.

IAPMEI

Marante - Materiais de Construção e Decoração, Lda.

Tomar

20

RIBATEJO

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

TP

Maria da Conceiçao da Costa Antonio, Unipessoal. Lda.

Santarém

IAPMEI

O POLICIA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, LDA

Rio Maior

IAPMEI

Maria da Nazaré Piedade Martins Constantino

Rio Maior

IAPMEI

Obrimofer - Construções, Unipessoal, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Okgrés - Materiais de Construção e Decoração, Lda.

IAPMEI

Maria d’Assunção T. R. Sousa e Silva, Lda.

Almeirim

Cartaxo

IAPMEI

Maria do Céu Vieira Reis, Lda.

Ourém

IAPMEI

Oleotorres, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Mário Brites de Faria, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Olitrem- Indústria de Refrigeração, S.A.

Santarém

IAPMEI

MARMITEK - EXPLORAÇÃO DE ROCHAS ORNAMENTAIS, LDA

Ourém

IAPMEI

Orcopeças - Organização Comercial de Peças e Acessórios para Automóveis, Lda.

Santarém

IAPMEI

Mármores Rosal, Lda.

Santarém Almeirim

Os Jerónimos - Industria e Comercio de Móveis e Electrodomesticos, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Marmotejo - Comércio Internacional de Mármores, Lda.

IAPMEI

IAPMEI

Martins & Martins, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Otar - Tecnologia Avançada de Recuperação, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Martins & Reis - Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho, Lda.

Ourém

IAPMEI

OUREPERFIL, LDA

Ourém

IAPMEI

OURIPALETES, LDA

Ourém

IAPMEI

Martins Oliveira Isolamentos Industriais Sociedade Unipessoal, Lda.

Ourém

IAPMEI

Ourividro - Vidreira Ouriense, S.A.

Ourém

IAPMEI

Matelmor - Comércio e Montagem de Material ELéctrico, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Overwan, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Pais Matias, Lda.

Santarém

IAPMEI

Maxicopia - Sociedade Equipamentos de Escritório, Lda.

Tomar

IAPMEI

Palcax - Fabricação de Paletes e Caixas, Lda.

Ourém

TP

MAXIWAY, UNIPESSOAL, LDA

Ourém

IAPMEI

Torres Novas

IAPMEI

Megapc - Informática e Software, Lda.

Ourém

Panificadora Marques Filipe - Indústria de Panificação, Lda.

IAPMEI

Melro, Martins, Salvador & Guia, Lda.

Santarém

IAPMEI

Papetarget, S.A.

Abrantes

IAPMEI

Melroliso, Unipessoal, Lda.

Ourém

IAPMEI

Paumami Construções, Lda.

Santarém

TP

Mendes Reis & Gonçalves, Lda

Ourém

IAPMEI

Pedra Alva - Sociedade Exploradora de Calcários do Centro, Lda.

Ourém

IAPMEI

Metalguia - Metalomecânica, Unipessoal Lda.

Tomar

IAPMEI

Pedra de Toque - Sociedade Unipessoal, Lda

Santarém

IAPMEI

Metalurgica Moderna de Caxarias, Lda.

Ourém

IAPMEI

Santarém

IAPMEI

Micronipol - Micronização e Reciclagem de Polímeros, S.A.

Ourém

Pedramoca - Sociedade Extractiva de Pedra, Lda.

IAPMEI

Mikroquímica - Produtos Químicos, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Pedro Esperancinha, Sociedade Unipessoal Lda.

Santarém

IAPMEI

Milhas do Futuro, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Tomar

IAPMEI

Mónica & Filhos - Exploração Florestal, Lda.

Ferreira do Zêzere

Perdicampo - Produção e Comercialização de Aves de Caça, Lda.

TP

PEREIRA & GUERRA LDA.

Ourém

IAPMEI

Monteiro & Filhos, S.A.

Ourém

IAPMEI

Coruche

IAPMEI

Monteiro, Lda.

Mação

Pereira Rouxinol & C.ª - Sociedade Distribuidora de Combustíveis, Lubrificantes e Gás, Lda.

IAPMEI

Moviportas - Fábrica de Móveis e Portas de Rio de Couros, Lda.

Ourém

IAPMEI

Petmaxi, S.A.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

MRFC - Armaduras, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Petrometal - Distribuição, Importação e Exportação, Lda.

Ourém

IAPMEI

Naturidade Rio Maior, S.A.

Rio Maior

IAPMEI

PharDevelopment Trials, Lda.

Ferreira do Zêzere

TP

NIETO & FERNANDEZ- ACTIVIDADES TURISTICAS DE TORRES NOVA ,LDA

Torres Novas

IAPMEI

Placodec - Sociedade de Revestimentos e Isolantes, Lda.

Ourém

TP

Ninho do Falcão - Actividades Hoteleiras, Lda

Tomar

IAPMEI

Planicieverde - Sociedade Agrícola, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

NIVONUC, S.A.

Ourém

IAPMEI

Plantiagro II - Agricultura e Silvicultura, S.A.

Almeirim

IAPMEI

NOC - Novas Construções, S.A.

Ourém

IAPMEI

Nutrileite - Sociedade Agrícola, Lda .

Rio Maior

IAPMEI

Plasbene- Tubos e Acessórios Plásticos, Lda.

Salvaterra de Magos

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

21


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

IAPMEI

Plastiagro - Maria Noémia Mauricio, Comércio de Artigos Plásticos, Lda.

Almeirim

IAPMEI

Rimol - Indústria Metalomecânica, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

RODALGÉS - Equipamentos Industriais, Lda.

IAPMEI

Plurivet - Veterinária e Pecuária, Lda.

Cartaxo

Coruche

IAPMEI

Pneusol - Sociedade de Pneus de Santarém, Lda.

IAPMEI

Rodirima - Sociedade de Armação de Ferro, Lda.

Santarém

Ourém

IAPMEI

Polirústicos - Extracção e Transformação de Pedra, Lda.

IAPMEI

Rodrigues & Neves, S.A.

Ourém

Rio Maior

IAPMEI

Rogério dos Reis Castanheira - Importação e Exportação de Utensílios de Vidro, Lda.

Benavente

IAPMEI

Pontes & Pontes, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Portal Rumo - Sociedade de Mediação Imobiliária, S.A.

IAPMEI

Ruipedra - World of Natural Stone, S.A.

Rio Maior

Entroncamento

IAPMEI

S.A.O.V. - Sociedade Agrícola Ouro Vegetal, S.A.

Abrantes

IAPMEI

Pregozêzere - Sociedade Construções, Lda.

Ferreira do Zêzere

TP

S.H.L. - Sociedade Hoteleira de Fátima, lda

Ourém

IAPMEI

Sabores do Ti Pereira, Unipessoal Lda.

Abrantes

IAPMEI

Primetool - Produção de Elementos de Comunicação, Lda.

Torres Novas

TP

Santo António De Fátima-Empreendimentos Hoteleiros, Lda.

Ourém

IAPMEI

Prodyalca - Comércio de Produtos Químicos, Lda.

Alcanena

TP

Santos Marto, Lda.

Ourém

IAPMEI

Sapor - Sociedade Portuguesa, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

PROFIAL-PROFISSIONAIS DE ALUMINIO, SA

Ourém

IAPMEI

Secagro - Secagem e Comercialização de Produtos Agrícolas, S.A.

IAPMEI

Prosaúde, Lda.

Almeirim

Santarém

IAPMEI

Protecnil- Sociedade Técnica de Construções, S.A.

Benavente

IAPMEI

Secal - Engenharia e Construções, S.A.

Alcanena

IAPMEI

Qualical, Unipessoal Lda

Santarém

IAPMEI

Segurmet - Higiene, Segurança e Medicina no Trabalho, Lda.

Ourém

IAPMEI

Quimirráia, Lda

Coruche

IAPMEI

Serve Barato - Supermercados, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Quinta da Alorna Vinhos, Lda.

Almeirim

IAPMEI

Quitério - Materiais de Construção, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Serviroad, S.A.

Benavente

IAPMEI

Servisantos - Terraplanagens e Nivelamentos, Unipessoal Lda.

IAPMEI

Quitério & Quitério, Lda.

Alpiarça

Coruche

IAPMEI

Rafaeis Mármores, S.A.

Santarém

IAPMEI

Sevefer-Industria De Pastelaria,Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Sifucel - Silícas, S.A.

IAPMEI

Rainbowvetor, Lda.

Santarém

Rio Maior

IAPMEI

Ramecel - Rede Abastecedora de Mercearias do Centro, S.A.

Ourém

IAPMEI

Silaco- Silicas, Abrasivos E Construções, Lda.

Ourém

TP

Silva & Paiva, Unipessoal, Lda.

Benavente

IAPMEI

Ramilo Gomes, Lda.

Alcanena

IAPMEI

Silvaluz - Sociedade Electrotécnica, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Ready Solutions, Lda.

Entroncamento

IAPMEI

Coruche

IAPMEI

Reclamo 2000 - Artigos Publicitários, Lda.

Torres Novas

Sitaco - Sociedade Industrial de Tacos de Coruche, Lda.

IAPMEI

REFORME - RECURSOS HUMANOS, LDA.

Benavente

IAPMEI

SNG - Garantia e Assistência Automóvel, S.A.

Santarém

IAPMEI

REMSA - ALUGUER, LDA

Benavente

IAPMEI

Sociconta - Informática e Gestão, Lda.

Almeirim

TP

Restaurante Bar “O Recinto” Lda.

Ourém

IAPMEI

Sociedade Agrícola da Alorna, S.A.

Almeirim

IAPMEI

Resulta - Publicidade , Unipessoal, Lda.

Benavente

IAPMEI

Sociedade Agrícola Militão (Herdeiros), Lda.

IAPMEI

Ribapeixe - Comércio de Produtos Congelados, Lda.

Salvaterra de Magos

Santarém

IAPMEI

Golegã

IAPMEI

Ribasabores - Indústria de Carnes, Lda.

Tomar

Sociedade Agro-Pecuária Herminio Minderico, Lda.

IAPMEI

Ribatubos - Tubagens e Acessórios, Lda.

Santarém

IAPMEI

Sociedade Agro-Pecuária Torre D. Diogo, Unipessoal Lda.

Coruche

IAPMEI

Ribeiro da Cunha & Filho, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Sociedade de Construções F Ferreiras, Lda

Ourém

IAPMEI

Ribeiro Esteves - Materias de Construção, Lda.

Santarém

IAPMEI

Sociedade de Destilação da Longra, Lda

Tomar

22

RIBATEJO

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

Org.

Nome

Concelho

Org.

Nome

Concelho

IAPMEI

Sociedade de Refrigerantes Baia, Lda.

Vila Nova da Barquinha

TP

TÓ DO FORNO, UNIPESSOAL, LDA

Almeirim

IAPMEI

Sociedade Panificadora Costa & Ferreira, S.A.

Rio Maior

IAPMEI

Tomarel - Electrodomésticos, Lda.

Tomar

IAPMEI

Soclabreport - Análises Laboratoriais, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Topeca - Produtos de Construção Civil, Lda.

Ourém

IAPMEI

Tracopol - Transportes & Construções, S.A.

Entroncamento

IAPMEI

Sofalca - Sociedade Central de Produtos de Cortiça, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Transfer - Transportes Ferreirense, Lda.

IAPMEI

Soladrilho - Sociedade Cerâmica de Ladrilhos S.A.

Ferreira do Zêzere

Entroncamento

IAPMEI

Ourém

TP

Somerali - Soc. de Empreendimentos Turísticos Meralis, SA.

Transgondemaria - Transportes e Comércio de Materiais de Construção, Lda.

Ourém

IAPMEI

TRANSJM - Transportes, Lda.

Ourém

Soudias - Carpintaria e Serralharia Sousa Dias, Lda.

IAPMEI

Transmosense - Transportadora, Lda.

Santarém

IAPMEI

Ourém

IAPMEI

Torres Novas

TP

ST - Serviços de Restauração, SA

Santarém

Transportadora Internacional Felício & Filhos, Lda.

IAPMEI

Steconfer, S.A.

Santarém

IAPMEI

Transportes Antonio Arroteia, Lda.

Santarém

TP

STEYLER FATIMA ACTIVIDADES HOTELEIRAS LDA

Ourém

IAPMEI

Transportes Guilherme Fernandes, Lda.

IAPMEI

Superabrantes - Supermercados, Lda.

Abrantes

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Supercoruche - Supermercados, S.A.

Coruche

IAPMEI

Transportes Vieira Vacas, Lda

Santarém

IAPMEI

Trigénius - Tecnologias de Informação, S.A.

Ourém

IAPMEI

Superforos - Supermercado, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

TRIMNW, Moulded Parts and Monwovens, Lda.

Santarém

Valcop - Sociedade Unipessoal, Lda.

Tomar

Supermarinhais - Supermercados, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

IAPMEI

IAPMEI

Valente & Marques, Lda.

Abrantes

IAPMEI

Supernove Ourém – Supermercados, Lda.

Ourém

IAPMEI

Constância

IAPMEI

Supertorres - Supermercados, Lda.

Torres Novas

Vedap - Espaços Verdes, Silvicultura e Vedações, S.A.

IAPMEI

Surpresa Simples, Unipessoal Lda.

Benavente

IAPMEI

Venda Melhor e Compre Bem, Cash & Carry Lda

Benavente

T. R. M. - Tratamento e Revestimento de Metais, Lda.

TP

Verde Pino - Agência Viagens e Turismo Lda

Ourém

IAPMEI

Abrantes

IAPMEI

Via Centro, Lda.

Cartaxo

IAPMEI

Tacofrota - Comércio de Tacógrafos, Lda.

Benavente

IAPMEI

Vieira Alves - Metalomecânica, S.A.

Abrantes

IAPMEI

Tagus PVC - Caixilharia em PVC Unipessoal, Lda.

Constância

IAPMEI

Vigobloco - Pré Fabricados, S.A.

Ourém

IAPMEI

VIPREMI- Pré-fabricados em betão, Lda

Ourém

IAPMEI

Taifeed - Tecnologia de Alimentos de Iniciação e Nutrição Animal, Lda.

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Virgílio Pereira & Lopes, Lda.

Ourém

IAPMEI

Taxa & Sousa, Lda.

Chamusca

IAPMEI

Ourém

IAPMEI

TECADI - Indústria e Comércio de Produtos para o Sector Agro-Alimentar, Lda.

Santarém

Virtualimit - Representação, Importação e Exportação, Produtos Reparação Automóvel, Lda.

IAPMEI

Vitor Almeirão, Lda.

Santarém

IAPMEI

Tecnoredes - Redes e Vedações, S.A.

Benavente

IAPMEI

Teletejo - Energia e Comunicações, S.A.

Almeirim

IAPMEI

Vitor Gomes - Transportes e Comércio, Unipessoal Lda.

Santarém

IAPMEI

Telmo Duarte - Comércio de Pedras Naturais S.A.

Ourém

IAPMEI

VOY - Transportes de mercadorias, Lda

Santarém

IAPMEI

Wegoshare, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

TemaHome Portugal, S.A.

Tomar

TP

Yohanisa - Restaurante Unipessoal, Lda.

Torres Novas

IAPMEI

Templar Aço, Lda.

Tomar

IAPMEI

Tepsol - Técnicas Protecção Solar, Lda.

Santarém

IAPMEI

Zêzereplant - Comércio de Plantas e Artigos para o Jardim, Lda.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Terras do Centro - Desaterros, Lda.

Ourém

IAPMEI

IAPMEI

The Grain Free Company, S.A.

Santarém

Zezerovo - Produção Agrícola e Avícola do Zêzere, S.A.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Tipografia Santos & Marques, Lda.

Rio Maior

IAPMEI

Zone Soft - Fabrico de Produtos Software, Unipessoal, Lda.

Entroncamento

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

23


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

24

JUNHO 2022


DR

FERSANT com a maior ocupação de sempre

NERSANT mostrou heterogeneidade do tecido empresarial da região A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém levou a cabo de 4 a 12 de junho, a XXXIII FERSANT, com um total de 63 empresas expositoras e 120 espaços ocupados. Nesta que foi a maior ocupação de sempre no certame, a Feira Empresarial da Região de Santarém constituiu uma importante mostra da heterogeneidade do tecido empresarial regional.

T

erminou no dia 12 de junho a 33.ª edição da FERSANT - Feira Empresarial da Região de Santarém, com um balanço muito positivo. No certame participaram 63 empresas expositoras, que promoveram os seus produtos e serviços em 120 espaços, a maior ocupação de sempre da FERSANT, com os associados da NERSANT a aderirem em força à participação em ações físicas de promoção empresarial. Nesta edição da FERSANT destacou-se a heterogeneidade do tecido empresarial da região. Em exposição estiveram empresas diversas, maioritariamente, do setor da indústria, comércio e serviços, e que relataram muitos contactos e diversas oportunidades de negócio, tendo o certame empresarial cumprido o seu objetivo: promover as empresas da região, os seus produtos e serviços, quer a nível nacional, quer internacional.

www.nersant.pt

FERSANT PROMOVE EMPREGO E FORMAÇÃO NA REGIÃO Sendo os recursos humanos um fator decisivo deste novo ciclo do crescimento da economia, a NERSANT decidiu este ano dar voz à oferta formativa regional para captar e reter “massa cinzenta” na região. Neste sentido, convidou a oferta formativa do distrito – escolas profissionais e institutos politécnicos – a marcar presença num stand conjunto da FERSANT. Neste stand, para além da oferta formativa regional, a associação decidiu ainda criar uma bolsa de emprego, onde divulgou ofertas de emprego das suas empresas associadas e onde os ativos da região puderam, de igual modo, deixar o seu Curriculum Vitae. FERSANT DIGITAL ATÉ AO FINAL DO MÊS Paralelamente à edição física do certame, e com o objetivo de promover os negócios da região junto daqueles que

JUNHO 2022

não puderam visitar a mostra empresarial, a NERSANT decidiu levar a cabo a FERSANT Digital, que se estendeu até ao final do mês de junho. O certame digital decorreu na plataforma Compro no Ribatejo (https:// compronoribatejo.pt/), um portal onde a NERSANT tem vindo a realizar diversas feiras digitais. De referir que esta foi a 33.ª edição da FERSANT - Feira Empresarial da Região de Santarém. O certame físico realizou-se em paralelo com a Feira Nacional da Agricultura / Feira do Ribatejo, tendo sido inaugurado no dia 4 de junho, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Os certames receberam 160 mil visitantes. Para mais informações as feiras da NERSANT, os interessados devem contactar o Departamento de Associativismo, Marketing e Eventos da associação através dos contactos dame@nersant. pt ou 249 839 507. 

RIBATEJO

25


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

ENSAIO PIONEIRO EM BENAVENTE

Magos Irrigation Systems, Orivárzea e Rivulis querem revolucionar cultura do arroz com implementação de rega gota-a-gota

26

JUNHO 2022

www.nersant.pt


DR

A Magos Irrigation Systems, a Orivárzea e a Rivulis deram início, no dia 19 de maio, a um ensaio pioneiro em Benavente que pretende implementar o sistema de rega gota-a-gota na cultura do arroz, com o objetivo de tornar a cultura mais rentável e sustentável, abrindo portas à produção deste cereal em novas áreas agrícolas em Portugal.

O

primeiro ensaio na Lezíria Ribatejana de rega gota-a-gota na cultura do arroz foi instalado no dia 19 de maio, em Samora Correia, concelho de Benavente, numa parceria tripartida entre a Magos Irrigation Systems, a Orivárzea e a Rivulis, contando com a validação científica do Instituto Superior de Agronomia, informou a Magos Irrigation Systems em comunicado. De acordo com a empresa, “o ensaio decorre numa área de 4 hectares, propriedade da Orivárzea, e visa testar e desenvolver métodos e técnicas de produção agronomicamente sustentáveis e pouco habituais na cultura do arroz, entre os quais, a sementeira enterrada à linha; a rega gota-a-gota (com fita T-Tape do fabricante Rivulis), e a adubação através da água de rega”. “Regar arroz com um sistema gota-a-gota revoluciona a cultura e traz enormes oportunidades para um uso mais eficiente da água num cenário de alterações climáticas, em que os anos de seca são cada vez mais frequentes”, afirma António Gastão, administrador da Magos Irrigation Systems e mentor deste projeto pioneiro em Portugal, citado no comunicado da empresa, publicado na sua página da rede social LinkedIn. Para a Orivárzea, empresa que produz 15% do arroz nacional, “o objetivo principal do ensaio é testar novos métodos culturais que contribuam para aumentar a rentabilidade dos produtores, reduzindo simultaneamente o impacto ambiental desta cultura cerealífera, que ocupa cerca de 30.000 hectares em Portugal”. “A nossa expetativa é conseguir obter uma poupança da ordem dos dois dígitos no consumo de água e uma redução proporcional do consumo de

www.nersant.pt

JUNHO 2022

energia”, adianta João Alegria, diretor de produção da Orivárzea. No sistema convencional, em canteiros regados por alagamento, a cultura do arroz consome em média 10.000 m3 a 15.000 m3/ hectare/ano. Nuno Sanches, Key Accout Mananger da Rivulis, revela, no comunicado, que “ensaios realizados pela Rivulis noutras regiões do mundo demonstraram que a rega gota-a-gota na cultura do arroz permite reduzir o consumo de água, comparativamente à rega por alagamento, mantendo uma boa produtividade da cultura”. “Esta nova forma de produzir arroz, caso se comprove viável, permitirá reduzir o número de intervenções no terreno, para aplicação de fertilizantes e herbicidas, e facilitará a operação da colheita do arroz, com as ceifeiras a operar num terreno mais seco e transitável. Do ponto de vista dos terrenos agrícolas, é expectável a otimização do uso das zonas improdutivas, como os muros das marachas e as estradas largas, uma vez que os canteiros deixam de ser necessários no sistema de produção de arroz com rega gota-a-gota, que poderá também vir a viabilizar a cultura em terrenos fora das zonas ribeirinhas. Atendendo à importância deste ensaio para o setor orizícola, juntam-se agora como parceiras do consórcio as empresas Lusosem, Syngenta, Timac Agro e Terrapro”, avançou ainda a Magos Irrigation Systems, em comunicado. De referir que duas das empresas parceiras deste projeto têm sede em Salvaterra de Magos, no distrito de Santarém. A Magos Irrigation Systems dedica-se aos sistemas de rega, enquanto que a Orivárzea se dedica à produção de arroz. A Rivulis é um fabricante israelita de sistemas de rega. 

RIBATEJO

27


INFORMAÇÃO&APOIO

Governo cria regime excecional de revisão de preços na construção

Foto: João Bica

O Conselho de Ministros discutiu na generalidade um Decreto-Lei que cria um regime excecional, facultativo e temporário para permitir a revisão de preços nas empreitadas de obras públicas e nos contratos de aquisição de bens e serviços, disse o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

O

Ministro, que falava na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, em Lisboa, acrescentou que as disposições do diploma poderão também “ser aplicadas de forma facultativa às obras particulares”. Pedro Nuno Santos referiu que “vivemos uma situação excecional, na qual

28

RIBATEJO

temos assistido a um crescimento muito acentuado do preço de matérias-primas, algumas delas duplicando o seu valor, o que está a causar grande constrangimento nas empreitadas públicas”. Por isto, o Governo sentiu “a necessidade de criar este regime excecional que permita rever os preços em contratos para garantir que não há

JUNHO 2022

interrupção no investimento público que está em curso em Portugal”. Após esta discussão na generalidade, “vão agora ser consultadas a Associação Nacional de Municípios, as regiões autónomas e o setor da construção, e em breve o diploma voltará a Conselho de Ministros” para aprovação, disse ainda. O regime irá vigorar até 31 de dezembro de 2022. 

www.nersant.pt


I&A

Comissão Europeia aprova apoio de 51 milhões de euros para agricultura portuguesa do âmbito do FEADER A Comissão Europeia apresentou, durante o Conselho Europeu dos Ministros da Agricultura e das Pescas da União Europeia (UE), uma medida excecional ao abrigo do FEADER, que vem complementar a anterior medida reserva de crise, sendo particularmente importante na capacitação de cada Estado Membro para, em igualdade e equilíbrio, responder aos desafios da atual crise.

E

ste apoio assume a forma de um pagamento aos agricultores e Pequenas e Médias Empresas (PME’s) afetadas pelos impactos provocados pela guerra na Ucrânia, podendo atingir um limite individual máximo de 15 mil euros (agricultores) e 100 mil euros (empresas). A Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, lembrou que esta é uma “medida que Portugal defendeu desde o primeiro momento para que, de forma robusta, equilibrada e justa, possamos ajudar os agricultores a fazer face aos aumentos dos custos de produção”. O presente apoio significa para Portugal um envelope de 51,1 milhões de euros, a que acresce a comparticipação nacional.

A Ministra salientou ainda que este apoio vai permitir que o “sistema alimentar possa ser garantido sem interrupções” e, por isso, “se reveste da maior importância porque vai ao encontro das pretensões dos agricultores”. Na reunião dos Ministros da Agricultura e Pescas da UE, Maria do Céu Antunes destacou ainda a importância de a UE discutir o problema da seca que afeta hoje os países do Mediterrâneo, mas também outros estados da UE. A Ministra alertou para o facto de este ser um problema estrutural que decorre das alterações climáticas e, por isso, pretende a criação de “medidas de médio e longo prazo que vão ao encontro de uma agricultura mais competitiva e eficiente e que possa contribuir para a autonomia estratégica da Europa”. 

Foto: Governo de Portugal

www.nersant.pt

JUNHO 2022

29


VIVER O TEJO

Município de Tomar lança

Roteiro Museológico

O

Complexo Cultural da Levada foi palco do lançamento do Roteiro Museológico de Tomar, um novo instrumento informativo que oferece ao público, (Inter)nacional, um guião com várias e novas opções a visitar no concelho. Apresenta, para além da oferta museológica convencional, outros projetos locais, equipamentos e coleções visitáveis, património rural e etnográfico de interesse cultural e turístico, desenvolvidos por Juntas de Freguesia e Associações locais. Este projeto desenvolvido pela Divisão de Turismo e Cultura do Município de Tomar, mais concretamente pela equipa técnica do Gabinete de Museologia, conta, por hora, com dezanove espaços visitáveis, mas, como referido pela Vereadora Filipa Fernandes, é um trabalho em constante desenvolvimento, prevendo-se para breve o aumento da sua oferta. Filipa Fernandes destacou a relevância desta nova ferramenta que não só divulga o concelho de Tomar como valoriza e promove o património histórico e cultural. A “Orientação Estratégica Para a Dinâmica Museológica Local”, foi apresentada por João Pinto Coelho, um documento que entre outras ações fundamenta a criação do Roteiro. Um trabalho que resulta de pesquisa exaustiva a casos nacionais e estrangeiros

30

RIBATEJO

bem como de visitas técnicas a vários espaços e contou com a colaboração de vários intervenientes internos e externos ao município, nomeadamente de vários agentes locais. Nesta primeira fase foram integrados no roteiro os seguintes equipamentos museológicos e coleções: Complexo Cultural da Levada de Tomar, Fundição Tomarense - Núcleo Museológico, Central Elétrica de Tomar - Núcleo Museológico, Moagem “A Portuguesa”, Moagem “A Nabantina”, Centro de Estudos em Fotografia de Tomar (CEFT), Igreja Santa Maria do Olival, Capela de Santa Iria, Núcleo de Arte Contemporânea (NAC), Igreja de São João Baptista, Sinagoga e Núcleo Interpretativo da Sinagoga de Tomar e do Museu Luso Hebraico, Casa Memória Lopes Graça, Centro de Interpretação e Sensibilização Ambiental, Museu dos Fósforos Aquiles de Mota Lima, Museu da Latoaria, Museu Etnológico do Caniçal, Museu Etnográfico de Carregueiros, Centro de Interpretação da Pedreira e Museu Etnográfico e Rural de Alviobeira. 

JUNHO 2022

Central Elétrica de Tomar - Núcleo Museológico (Foto: Câmara Municipal de Tomar)


VT

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

31


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

EntoGreen inaugurou unidade de I&D em Santarém A EntoGreen inaugurou no dia 31 de maio a sua unidade de I&D, informou a empresa através da sua página da rede profissional LinkedIn. A cerimónia de inauguração contou com a presença e intervenção da Diretora Geral de Alimentação e Veterinária, Susana Pombo e do Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Ricardo Gonçalves. “Este é um marco fundamental da história da EntoGreen e uma ferramenta essencial para o nosso futuro, sendo central na afirmação da nossa empresa como líder no desenvolvimento tecnológico na produção de insetos”, referiu a empresa, acrescentando que “esta unidade foi criada com base em colaboração e o seu papel é servir de centro de cooperação entre empresas e entidades do sistema científico e tecnológico nacional”.

32

RIBATEJO

Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém referiu-se à EntoGreen como “uma empresa cuja inovação e desenvolvimento são a base do projeto”, contando com “um investimento de 1 milhão de euros nesta unidade”. “Em Portugal, a produção e transformação em massa de insetos para a alimentação humana está a dar os primeiros passos. Esta é uma indústria em desenvolvimento sob o signo da sustentabilidade e Santarém fi cará marcado como o primeiro grande passo na área. Continuamos de mãos dadas com os nossos empresários, fazendo de Santarém um concelho para o futuro”, concluiu o edil. De referir que a EntoGreen é uma empresa especialista no desenvolvimento de soluções biotecnológicas para a produção de proteína animal e fertilizantes orgânicos, através da reutilização e valorização de subprodutos da indústria agroalimentar.

JUNHO 2022

Hidro Ibérica com nova unidade de negócio na área dos frutos secos A Hidro Ibérica - Estudo e Montagem de Regas Lda., com sede em Salvaterra de Magos, acaba de anunciar a criação de uma nova unidade de negócio destinada a instalar unidades fabris de limpeza e despelagem de frutos secos. O investimento da empresa prende-se com o facto de os frutos secos serem uma “cultura de oportunidade e em expansão, estando a seguir um percurso de crescimento excecional em Portugal, conquistando cada vez mais mercados internacionais”. De acordo com a Hidro Ibérica, “a produção de frutos secos terá de ser acompanhada pela instalação de unidades de processamento a implantar dentro ou próximo da exploração agrícola”. Para tal, continuou, “a Hidro Ibérica criou uma nova unidade de negócio destinada a instalar unidades fabris de limpeza e despelagem de frutos secos, consistindo numa representação das Marcas GARRIGA e ESTUPIÑA, dois fabricantes/industriais catalães, com largos anos de experiência nesta área e inúmeras unidades instaladas na Europa e algumas em Portugal, com dimensões que vão desde as pequenas unidades (500kg/h) às médias unidades (1000kg/h) e às grandes unidades de processamento (2.000 a 4.000kg/h ou maiores)”. “A Hidro Ibérica e a sua equipa de técnicos, em articulação com estes fabricantes, dimensiona, projeta e instala unidades de processamento em função das necessidades do cliente”, concluiu ainda a empresa de Salvaterra de Magos.

www.nersant.pt


E&I

Município da Chamusca disponibiliza dois novos Laboratórios de Aprendizagens Inovadoras e Criativas O Município da Chamusca tem em funcionamento dois novos Laboratórios de Aprendizagens Inovadoras e Criativas (LAIC). Os laboratórios estão a funcionar nas Escolas Básicas do 1º ciclo da Carregueira e de Ulme. O projeto executado prevê disseminar as novas abordagens pedagógicas como a criatividade e inovação junto das crianças do concelho. Quando pensamos em criatividade e inovação não o fazemos considerando somente a tecnologia, esta pode ajudar, mas são sobretudo as práticas pedagógicas inovadoras e criativas, em salas como esta ou muitas vezes com a organização e promoção do trabalho de grupo e projetos, que elevam o ensino a outro nível de interesse e valorização por todos os elementos da comunidade.

O Município da Chamusca e o Agrupamento de Escolas (AEC) possuem atualmente nas suas escolas nove LAIC’s, uma sala inclusiva e todas as salas de aulas do ensino pré-escolar e do 1º ciclo do concelho têm à disposição um painel ou quadro interativo. O próximo passo será

a criação de um LAIC Itinerante que irá facilitar o acesso a todas as crianças das escolas do concelho a equipamentos e metodologias inovadoras e diferenciadas, tendo como base o mote “Investir na Educação é garantir um futuro para todas as gerações”.

Município de Tomar lança portal de serviços Com o objetivo de melhorar a eficiência e a transparência dos procedimentos administrativos, o Município de Tomar desenvolveu um portal de serviços que permitirá aos munícipes iniciar e consultar os seus processos através da internet. De acordo com o Município de Tomar, nesta fase inicial está disponível um conjunto restrito de serviços nas áreas de Licenciamentos de Eventos e Atividades e de Pedidos e Licenciamentos Urbanísticos, mas progressivamente serão alargados a outras áreas já visíveis no portal. Para isso, basta aceder ao menu Serviços Online em www.cm.tomar.pt ou abrir diretamente o link: https://servicosonline.cm-tomar.pt Através desta plataforma, o Município de Tomar reforça a aposta na melhoria da qualidade dos serviços prestados ao munícipe e na desmaterialização de processos em papel, à qual

www.nersant.pt

está ainda associada uma preocupação ambiental, proporcionando uma melhor experiência e uma análise dos processos mais transparente, célere e eficiente, ainda que para quem deseje deslocar-se

JUNHO 2022

fisicamente, se mantenha o atendimento presencial no balcão único municipal existente nos paços do concelho. Para já, a plataforma vai funcionar em alternativa ao email, mas será entretanto a única via digital para tratar das questões dos cidadãos com o município. Esta é mais uma medida inserida na estratégia das smart cities ou cidades inteligentes, ou seja, aquelas que investem em tecnologia para melhorar a gestão autárquica e proporcionar aos seus cidadãos uma melhor qualidade de vida e sustentabilidade dos espaços. O Município de Tomar, na sua evolução como smart city, trabalha para o equilíbrio entre o desenvolvimento económico e a preservação do meio ambiente, recorrendo a tecnologia para melhorar a qualidade de vida dos tomarenses. Neste sentido, conta já com vários projetos inovadores tais como “Tomar WIFI” e as plataformas de “Estacionamento Inteligente” e de “Iluminação (pública) Inteligente”, este último, projeto pioneiro em Portugal.

RIBATEJO

33


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

Certame online decorreu de 1 a 31 de maio 9859 visitas registadas na Feira do Empreendedorismo, Emprego e Formação artigos em exposição, contou com 9859 visitas. No certame online, cada uma das empresas participantes contou com um stand virtual próprio onde qualquer visitante, sem necessidade de registo, pôde consultar a oferta e entrar em contacto direto com a mesma. Paralelamente à promoção do empreendedorismo e dos novos negócios na região, o certame apresentou este ano pela primeira vez, ofertas de emprego das suas empresas associadas, onde estiveram patentes oportunidades na área da informática e tecnologias, na área administrativa e gestão de negócios, bem como na área de serralharia.

Terminou dia 31 de maio a Feira do Empreendedorismo, Emprego e Formação, certame online dinamizado pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém com o objetivo de promover o empreendedorismo, o emprego e os novos negócios do Ribate-

jo. No total, foram registadas 9859 visitas ao certame. Encerrou com um balanço muito positivo a terceira edição da Feira do Empreendedorismo, Emprego e Formação. O certame online da NERSANT, realizado entre 1 e 31 de maio com a participação de 70 expositores e 460

CICLO DE WORKSHOPS COM 187 PARTICIPANTES A Feira do Empreendedorismo, Emprego e Formação dinamizou um conjunto de webinares temáticos sobre os temas do empreendedorismo e do emprego. Os seminários online iniciaram dia 10 de maio, com a sessão “Como criar Ideias de

pela associação empresarial, a NERSANT sensibilizou os alunos para o empreendedorismo, apontando a criação de empresas como uma saída profi ssional possível e viável. O processo de empreender, melhores práticas e exemplos de sucesso foram algumas das temáticas explicadas pela associação empresarial na sua palestra, tendo os conteúdos des-

pertado o efetivo interesse dos alunos pelo empreendedorismo. De referir que o apoio ao empreendedorismo e à criação das empresas junto dos mais jovens é uma das prioridades da NERSANT, que tem ao dispor da região diversos projetos de empreendedorismo para implementação nas escolas, nas suas diferentes fases de ensino.

Tomar NERSANT incentiva empreendedorismo na Escola Secundária Jácome Ratton Na tarde do dia 6 de junho, a NERSANT promoveu a prática do empreendedorismo junto dos alunos da Escola Secundária Jácome Ratton, em Tomar. Uma palestra da NERSANT sobre empreendedorismo realizada na Escola Secundária Jácome Ratton integrou a Semana Cultural, da Criança e do Ambiente do Agrupamento de Escolas Templários, de Tomar, no passado dia 6 de junho, iniciativa que contou com diversas atividades com o objetivo de promover a arte e a cultura entre os mais jovens. No workshop dinamizado

34

RIBATEJO

JUNHO 2022

www.nersant.pt


E&I

LeopolDina e Meethink em parceria Nasce o projeto SEE - Serviços Empresariais Especializados Negócio baseadas em Sistemas Alimentares Sustentáveis”, seguindo-se, dia 12 de maio, a realização de uma sessão de esclarecimentos relativa ao “Concurso de Aceleração de Startups VITAMINA”. “Oportunidades de negócio na minimização do desperdício alimentar - Como e Porquê?” foi o webinar que se seguiu no calendário da feira, dia 17 de maio, seguindo-se, dia 19, a sessão “Medidas de Apoio ao Emprego”, da responsabilidade do IEFP. Dia 24, realizou-se a sessão “A Transparência na Cadeia Alimentar e a implementação da Blockchain - Regras para o sucesso” e no dia 31, a encerrar os workshops online, teve lugar a sessão “Novas práticas e soluções inovadoras para a agricultura sustentável”. No total, marcaram presença 187 participantes. Para mais informações sobre as feiras digitais da NERSANT, os interessados devem contactar o Departamento de Associativismo, Marketing e Eventos através dos contactos dame@ nersant.pt ou 249 839 507.

Para o Ensino Secundário, está disponível o projeto EmpreEscola, que tem como objetivo o desenvolvimento da criatividade, da autonomia, do trabalho em equipa e do espírito empreendedor nestes estudantes, facilitando-lhes o acesso a um conjunto de competências que serão fundamentais à sua futura vida profissional. Com este projeto, não se pretende que os participantes criem obrigatoriamente empresas após a saída do ensino secundário, mas sim que fiquem sensibilizados para a importância do empreendedorismo e possam pôr em prática as suas ideias, desenvolvendo-as numa abordagem empresarial. Para mais informações sobre o apoio ao empreendedorismo da NERSANT em contexto escolar, os interessados devem contactar o Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da NERSANT através dos contactos datic@ nersant.pt ou 249 839 500.

www.nersant.pt

LeopolDina Reis Simões e a Meethink juntam-se em parceria no SEE - Serviços Empresariais Especializados, que se posiciona como um projeto estruturado e diligente para responder às necessidades de empresas, instituições e associações nas áreas do marketing, comunicação, relações públicas e formação. O SEE - Serviços Empresariais Especializados nasce da experiência profissional dos seus promotores junto de mercados diferenciados e da perceção da necessidade de serviços profissionais especializados. “No âmbito desta parceria empresarial, elegemos como primordiais as áreas de marketing, comunicação, relações públicas e formação por serem as áreas em que temos maior b a c k g ro u n d e c o m p e tências, mas vamos até onde necessitarem de nós”, referem a uma só voz Leopoldina Reis Simões, Carlos Silva e Margarida Oliveira, os três rostos do projeto SEE. LeopolDina Reis Simões, empresa que assume o nome da sua fundadora, foi constituída em Fátima em janeiro de 2016, resultado da experiência de mais de duas décadas em assessoria de imprensa, relações públicas e comunicação, com serviços prestados a empresas e entidades diversas em Portugal e no estrangeiro. Metthink, Lda, é uma empresa sedeada em Leiria desde 2015, fundada por Carlos Silva e Margarida Oliveira. Presta serviços de marketing, gestão de marca, internacionalização e estra-

JUNHO 2022

tégia, a nível nacional e internacional. Tem desenvolvido mercados nacionais e internacionais para empresas portuguesas e trazido marcas estrangeiras para Portugal. “O projeto SEE – Serviços Empres a r i a i s E s p e c i a l i z a d o s v a i p re s t a r de serviços nas áreas do marketing, comunicação, relações públicas e formação, com vista ao posicionamento, desenvolvimento e divulgação de marcas, produtos e serviços, e também na criação e promoção de eventos únicos direcionados”, referem os empresários. O SEE nasce nas cidades de Fátima e de Leiria, por serem as cidades-sede das duas empresas parceiras, porém estará onde o cliente necessita.

RIBATEJO

35


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

Prémio para Mulheres Inovadoras tem candidaturas abertas A Comissão Europeia, no âmbito do Horizonte Europa, abriu candidaturas para a 9.ª edição do EU Prize for Women Innovators. Este prémio, promovido pelo European Innovation Council (EIC) e pela SMEs Executive Agency (EISMEA), celebra as mulheres empreendedoras responsáveis por inovações revolucionárias na Europa. O EU Prize for Women Innovators é direcionado a mulheres de todos os Estados-Membros da União Europeia e países associados ao Horizonte Europa, que tenham fundado uma empresa inovadora. Este prémio pretende não só premiar mulheres empreendedoras, mas também inspirar outras a seguir os seus passos. Este é um concurso financiado pelo Horizonte Europa e irá atribuir três prémios de 100.000 euros às mulheres inovadoras mais inspiradoras. Para além disto, para assinalar o Ano Europeu da Juventude, o EIC vai atribuir mais três prémios de 50.000 euros a pro-

missores inovadores em ascensão com menos de 35 anos. “O empoderamento das mulheres e raparigas está no centro dos nossos valores e objetivos europeus. O nosso objetivo é promover ambientes que ajudem as mulheres a ter sucesso e a liderar nas suas áreas. Este ano, destacamos algumas das principais iniciativas realizadas para apoiar as mulheres na ciência, inovação, cultura e educação”, afirmou Mariya Gabriel, Comissária para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude. As candidaturas ao Prémio para Mulheres Inovadoras estão abertas até às 17:00 do dia 18 de agosto. A iniciativa é gerida pelo Conselho Europeu de Inovação e pela Agência Executiva PME e os vencedores são escolhidos por um júri independente de especialistas. De referir que em Portugal, o Pilar III do Horizonte Europa, programa no qual está inserido a EIC, é acompanhado pela ANI - Agência Nacional de Inovação.

Mais de 43.800 operações aprovadas nos Programas Regionais PT2020 Está disponível para consulta e download o novo Reporte Trimestral de Monitorização Territorial com dados até março de 2022, elaborado pela AD&C - Agência para o Desenvolvimento e Coesão. De acordo com o reporte, a 31 de março, os PO Regionais (Continente e Regiões Autónomas) contabilizavam um total de 43.887 operações aprovadas, correspondendo a um valor global de 10.399 M€ de fundo aprovado, 6.157 M€ de fundo executado e 6.354 M€ de pagamentos. No relatório, a AD&C informou que “o FEDER - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional apoiou 34.991 operações, correspondendo a 8.269 M€ de fundo

36

RIBATEJO

aprovado, 4.911 M€ de fundo executado e 5.006 M€ de pagamentos” e “o FSE - Fundo Social Europeu apoiou 8.896 operações, que correspondem a 2.130 M€ de fundo aprovado, 1.246 M€ de fundo executado e 1.348 M€ de pagamentos”. Quanto aos PO Regionais do Continente, os mesmos “registam uma taxa média de compromisso (112%) e de execução (64%), inferiores à das Regiões Autónomas (114% e 75%, respetivamente). No final do trimestre, todos os POR do Continente registavam taxas de compromisso igual ou superior a 109%, com a taxa mais alta a verifi car-se no POR Alentejo

JUNHO 2022

(116%). As taxas de execução variavam entre 61% no POR Algarve e 67% no POR Lisboa. O POR Norte foi o que observou uma evolução mais acentuada da taxa de compromisso no primeiro trimestre de 2022, com um aumento de 2,0 p.p. face ao trimestre anterior”. “As taxas de execução têm um comportamento semelhante em todos os PO Regionais do Continente com evoluções que variaram entre 2,6 p.p. no POR Alentejo e 3,8 p.p. no POR Algarve”, informa ainda o relatório. De acordo com a AD&C, “o presente Reporte acompanha,

www.nersant.pt


E&I

com uma periodicidade trimestral, o modelo de monitorização territorial, operacional e financeira dos instrumentos territoriais (ITI/PDCT, AIDUS/ PEDU e DLBC) bem como de outras intervenções e investimentos com forte incidência territorial (por exemplo, PARU para os centros urbanos complementares) e do investimento municipal. A dimensão de territorialização da aplicação dos fundos (PO Temáticos e Regionais) tem por base a localização das operações”. De referir que este reporte integra as atividades regulares da Unidade de Política Regional (UPR) da Agência para o Desenvolvimento e Coesão no âmbito das suas competências de acompanhamento, monitorização e avaliação das dinâmicas e políticas de desenvolvimento regional.

www.nersant.pt

PUB.

JUNHO 2022

RIBATEJO

37


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

A “

utilização das novas instalações da ESTA para ministrar os seus cursos dependia, por força de norma legal do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior, de prévia autorização do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que por sua vez, dependia do cumprimento de rigorosos requisitos respeitantes às condições disponibilizadas naquelas instalações. Com esta autorização por parte da tutela e após um longo trabalho em cooperação entre pro-

38

RIBATEJO

jetistas da Câmara de Abrantes e do Instituto Politécnico de Tomar (IPT), o projeto de construção do complexo pedagógico da ESTA, foi concluído e encontra-se pronto para servir de base à respetiva empreitada de obra pública, num futuro muito próximo”, revela o documento, enviado às redações. No texto, os remetentes informam ainda que “a Câmara Municipal de Abrantes vai ser a dona da obra, num investimento previsto de cerca de 5 milhões de euros, para a intervenção de reconversão de parte do edifício E9

JUNHO 2022

As novas instalações da ESTA “garantem as melhores condições para o crescimento da escola e do número de alunos e passam a reunir condições para reforçar o desenvolvimento económico da região”. MANUEL JORGE VALAMATOS Presidente da Câmara Municipal de Abrantes

www.nersant.pt


E&I

Abrantes recebe investimento de 5 milhões de euros

Governo dá luz verde para a instalação definitiva da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes no Tagusvalley A Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, homologou, no dia 3 de maio, o parecer favorável da DGES - Direção-Geral de Ensino Superior ao projeto final para a instalação definitiva da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) no Tagusvalley – Parque da Ciência e Tecnologia, em Alferrarede, informaram a Câmara Municipal de Abrantes e o IPT – Instituto Politécnico de Tomar, em comunicado conjunto.

(antigos pavilhões da CUF), integrado no conjunto edificado do Parque de Ciência e Tecnologia”. Citado no comunicado, João Coroado, presidente do Instituto Politécnico de Tomar acredita que “o complexo pedagógico da ESTA é uma peça fundamental no caminho das dinâmicas e da excelência da missão pedagógica e científica que cumpre ao IPT. O bem-estar institucional e os meios e recursos que o complexo pedagógico permitem, nomeadamente de implementação das melhores metodologias pedagógicas e de realização de proje-

www.nersant.pt

to científicos e de desenvolvimento, irão, certamente, possibilitar mais e melhor intervenção e responsabilidade na formação de ativos graduados e nos projetos de ID&i em benefício, de Abrantes, da região e do país, em contexto internacional.” Para o Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, este é um momento “de afirmação da dinâmica do ensino superior no concelho de Abrantes e na região do Médio Tejo”. O autarca sublinha a importância das novas instalações integradas no Parque

JUNHO 2022

de Ciência e Tecnologia, onde já se encontram a funcionar os laboratórios da ESTA, “porque garante as melhores condições para o crescimento da escola e do número de alunos e passa a reunir condições para reforçar o desenvolvimento económico da região já que vai instalar-se lado-a-lado com organizações e empresas que constituem um ecossistema de inovação e empreendedorismo, ganhando capacidade de alavancar as competências necessárias para o aumento e reforço da competitividade económica regional”. 

RIBATEJO

39


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

Golegã

Casa Mendes Gonçalves vence na categoria Sustentabilidade A Yunit Consulting, consultora nacional especializada em pequenas e médias empresas, acaba de anunciar os vencedores da 4.ª edição dos Prémios Heróis PME nas categorias Heróis PME, Sustentabilidade e Transformação Digital. Esta edição teve como objetivo premiar a visão, a coragem e a capacidade de inovação das PME portuguesas que ultrapassam as adversidades e inspiram outros empresários a dar o salto. A Casa Mendes Gonçalves, empresa produtora de vinagres, molhos e condimentos com sede na Golegã venceu na categoria Sustentabilidade.

A

candidatura da empresa goleganense à categoria Sustentabilidade, da qual saiu vencedora, prende-se com a criação do projeto Vila Feliz Cidade, “que pretende, numa perspetiva integrada, aliar a componente económica à responsabilidade social e ambiental. Para isso, tem um propósito e uma ambição extraordinariamente claros: a criação de um modelo de negócio regenerativo e resiliente que integra a comunidade em torno

40

RIBATEJO

do ambiente e da educação”, lê-se no portal da Yunit Consulting. De acordo com a candidatura da Mendes Gonçalves, o projeto Vila Feliz Cidade sustenta-se em quatro pilares fundamentais: educação, responsabilidade social, agricultura regenerativa e criação de oportunidades, pretendendo a empresa abordar os problemas da “valorização do desperdício de matérias-primas potenciando a valorização e oportunidades de integração numa cadeia circular”, da “diminuição da

JUNHO 2022

www.nersant.pt


E&I

disponibilidade de recursos hídricos e contaminação dos lençóis freáticos do Médio Tejo”, do “empobrecimento dos solos dos terrenos agrícolas do Médio Tejo devido a décadas de agricultura intensiva”, da “baixa literacia das populações em temáticas como a biodiversidade, a conservação dos solos e técnicas agrícolas de nova geração” e da “necessidade de dinamização da economia local e captação e manutenção de quadros jovens qualificados, gerando oportunidades de negócio baseado em conhecimento”. A diferenciação deste projeto, continua, centra-se numa visão regenerativa, resiliente e transversal, destacando-se características como a inovação agroindustrial e económica (contribui para a atividade agroindustrial da empresa de forma direta através da produção de produtos agrícolas biológicos), a inovação agrícola (o sistema produtivo utilizado na componente agrícola da VFC denomina-se agricultura regenerativa), a circularidade (a fábrica da Mendes Gonçalves, enquanto local de produção alimentar gera resíduos que cumprem todos os requisitos para alimentação humana, outros decorrentes de material de embalagem compostável e da atividade agrícola), inovação educativa (trata-se de permitir que as crianças sejam livres e que o contacto com a natureza crie uma relação forte com o ambiente, ao mesmo tempo que permite às crianças descobrir o mundo sem restrições. Trata-se de um espaço aberto e gerador de conhecimento, através de experimentação e aprendizagem, desde a creche até ao doutoramento), geração de oportunidades (a VFC pretende também ser um ecossistema gerador de novos negócios e aberto a parcerias com empreendedores. Para além disso, a investigação científica e a captação de fundos para esse propósito, está também no âmbito deste projeto. Enquanto espaço comunitário, a VFC é encarada como um espaço de promoção de oportunidades e experimentação), e verticalização da cadeia logística de alguns produtos, ao mesmo tempo que permite o controlo de todo o processo de qualidade. Neste momento, avançou ainda a empresa na sua candidatura, “já foram

www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

41


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

desenvolvidas no âmbito do VFC”, o projeto da escola, a nível social, e o projeto agroflorestal, a nível ambiental. Futuramente, referiu ainda a empresa, a Mendes Gonçalves pretende “aumentar o número de produtos com utilização direta na atividade agroindustrial da Mendes Gonçalves; quantificar a captura de carbono anual por forma a que esta seja equivalente a uma porção elevada das emissões da empresa; criar uma estrutura própria e com um propósito positivo e comunitário do projeto VFC”. “Esta distinção dá-nos um alento gigante para continuar a nossa senda rumo a um futuro completamente sustentável. A sustentabilidade não é mais um dos nossos objetivos, nem é um dos pontos da nossa agenda. A sustentabilidade é - e será sempre - a nossa forma de ser e de estar, a única que nos assegurará um futuro risonho. Foi por isso que redefinimos o nosso propósito há cerca de um ano atrás. Nesse

42

RIBATEJO

momento, assumimos o compromisso que nos move: ser uma referência na alimentação do futuro, com rentabilidade e exigência, impactando positivamente as nossas pessoas, a sociedade e o meio ambiente”, comentou a Mendes Gonçalves na sua página da rede social LinkedIn, aquando da atribuição do prémio. Lançada em 2016, esta iniciativa da Yunit Consulting tem vindo a divulgar e premiar as melhores histórias de inovação e empreendedorismo em Portugal, servindo muitas vezes como propulsor para voos mais altos de empresas com boas ideias, mas a quem falta o apoio certo para as transformar em realidade. A 4.ª edição dos Prémios Heróis PME contou com o apoio da VICTORIA Seguros, SoftFinança, Caixa Geral de Depósitos, SAGE, Grosvenor House of Investments, PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, OKsofás e Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa. FORteams Lab (Vizela), Motorline

JUNHO 2022

Electrocelos, S.A. (Barcelos), Fitness UP (Vila Nova de Famalicão), Sair da Casca (Lisboa) e Yelco (Aveiro) foram os vencedores na categoria Heróis PME. Altronix-Sistemas Eletrónicos (Trofa) foi o vencedor na categoria Transformação Digital, CASA MENDES GONÇALVES É EMPRESA AGRÍCOLA QUE MARCA Por ocasião da 9ª Edição do AGROIN, congresso agrícola de referência em Portugal, a Casa Mendes Gonçalves foi distinguida como a “Empresa Agrícola que Marca”. Segundo os responsáveis da Vida Rural, estes prémios têm como objetivo premiar as pessoas, empresas e projetos que mais se distinguiram na agricultura e agroindústria portuguesa. Os critérios que presidiram a esta atribuição foram inovação, pioneirismo e diferenciação, orientação para a sustentabilidade, partilha e parceria, investimento e orientação para o mercado.

www.nersant.pt


www.nersant.pt

JUNHO 2022

43


INTERNACIONALIZAÇÃO

petMaxi na Interzoo em Nuremberga A petMaxi, empresa de Ferreira do Zêzere dedicada ao fabrico de alimentos secos para cães e gatos, esteve de 24 a 27 de maio na Interzoo, em Nuremberga, na Alemanha, “naquela que é a principal exposição internacional da indústria pet”, avançou a empresa. De acordo com a petMaxi, a partici-

pação no certame teve como objetivo “receber a visita dos nossos clientes internacionais, promover as nossas marcas e trazer inspiração, uma vez que é neste evento que se encontram as tendências de todo o mundo para o setor”. “Foi com enorme prazer que estivemos presentes durante estes quatro

dias a apresentar as nossas marcas a diversos países. Agora é o momento de dar seguimento aos contactos iniciados, promovendo novos parceiros em todo o mundo. E é também tempo de permitir que a inspiração que trouxemos se comece a materializar em novos projetos”, referiu ainda a empresa, na sua página da rede social Facebook.

com real impacto na redução da vulnerabilidade dos cidadãos”, entre outros temas. De referir que a Ecodeal é uma empresa que atua na área do ambiente, designadamente em gestão de resíduos. A empresa detém a licença de explora-

ção do centro integrado de recuperação, valorização e eliminação de resíduos perigosos – CIRVER ECODEAL, assumindo-se como especialista em gestão de resíduos perigosos. A empresa localiza-se no Eco Parque do Relvão, na Carregueira, concelho da Chamusca.

Ecodeal na feira internacional Tektónica A Ecodeal - Gestão Integral de Resíduos Industriais esteve em exposição na Tektónica - Feira Internacional da Construção, que decorreu em Lisboa de 12 a 15 de maio. No âmbito do certame, a Ecodeal apoiou a realização de um workshop sobre Eficiência Energética na Construção: A Chave do Combate à Pobreza Energética, organizado pela Apemeta - Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais, e onde os participantes puderam informar-se sobre “os principais desafios e oportunidades de financiamento, as iniciativas nacionais

44

RIBATEJO

JUNHO 2022

www.nersant.pt


INT

Azeites da SAOV distinguidos em competição mundial de azeite Quatro referências de azeite da SAOV – Sociedade Agrícola Ouro Vegetal, de Abrantes, arrecadaram medalhas de ouro no NYIOOC World Olive Oil Competition, o maior e mais prestigiado concurso

do azeite, cuja lista de vencedores representa o guia oficial dos melhores azeites e produtores do mundo. Cabeço das Nogueiras Premium Cornicabra, Cabeço das Nogueiras Galega Veronica Foods Exclusive,

Cabeço das Nogueiras Cobrançosa Veronica Foods Exclusive e Cabeço das Nogueiras Premium foram as referências distinguidas com a Medalha de Ouro neste concurso internacional.

Vinhos da Adega do Cartaxo somam prémios internacionais Os vinhos da Adega do Cartaxo continuam a dar que falar em concursos internacionais. Só em maio, a empresa comunicou a atribuição de dezenas de distinções a diversas referências dos seus vinhos. Só no concurso International Wine Challenge, foram 14 os vinhos premiados. CTX Vinho Licoroso Abafado 2014, CTX Vinho Licoroso Superior 2014, Bridão Merlot 2017, Bridão Private Collection Branco 2020 e Terras de Cartaxo Clássico 2019 foram as referências às quais foram atribuídas Medalhas de Prata. Com Medalha de Bronze, foram premiados o Bridão Clássico Branco 2021 e o Bridão Touriga Nacional 2017. Ainda no âmbito deste concurso, foram atribuídas “Menção Commended” a diversos vinhos, sendo eles o Coudel Mor Reserva 2017, Coudel Mor Clássico 2019, Bridão Clássico Tinto 2019, Bridão Private Collection Tinto 2018, Bridão Trincadeira 2017, Bridão Syrah 2017 e Bridão Reserva Branco 2019. Quanto ao Concurso Internacional Wine & Spirit Competition – IWSC, a Adega do Cartaxo conseguiu 11 vinhos medalhados. Com a Medalha de Prata, foram distinguidos os vinhos Bridão Touriga Nacional 2017 e Bridão Private

www.nersant.pt

Collection Branco 2020. A distinção de Bronze foi atribuída às referências Coudel Mor Reserva 2017, Bridão Merlot 2017, Bridão Trincadeira 2017, Bridão Reserva Tinto 2017, Terras de Cartaxo Reserva 2018, Terras de Cartaxo Clássico 2019, Coudel Mor Clássico 2019, Bridão Syrah 2017 e CTX Vinho Licoroso Superior 2014. Também em Itália, os vinhos da Adega do Cartaxo dão que falar. No International Wine City Challenge – Concorso Enologico Internazionale Città del Vino,

JUNHO 2022

a referência CTX Vinho Licoroso Abafado 2014, conseguiu o Grande Ouro. Para além disso, a Medalha de Ouro foi atribuída às referências Coudel Mor Reserva 2018, Terras de Cartaxo Reserva 2018, Terras de Cartaxo Clássico Tinto 2019, Bridão Clássico Tinto 2019, Bridão Reserva Tinto 2018, Bridão Alicante Bouschet 2018, Bridão Private Collection Tinto 2018, Bridão Private Collection Branco 2020, Bridão Touriga Nacional 2018, Bridão Trincadeira 2017 e Bridão Sauvignon Blanc 2019.

RIBATEJO

45


INTERNACIONALIZAÇÃO

Certificação EcoVadis

DIGIDELTA CONQUISTA O BRONZE MUNDIAL EM SUSTENTABILIDADE A Digidelta, através da decal®, foi reconhecida com a medalha de Bronze da EcoVadis, o maior fornecedor global de classificações de sustentabilidade empresarial, informou a empresa no seu portal. A decal®, enquanto marca Digidelta, passa assim a integrar uma cadeia de fornecimento que integra, atualmente, mais de 90.000 empresas de mais de 200 indústrias.

46

RIBATEJO

A “

mazon, Johnson & Johnson, L’Oréal, Unilever ou BASF são algumas das grandes empresas de mais de 160 países com as quais passámos a partilhar o pódio da sustentabilidade mundial, após a avaliação das nossas políticas, medidas de implementação e resultados empresariais”, fez saber a Digidelta no portal da decal®, aquando da atribuição deste reconhecimento, acrescentando que “a conquista da medalha de Bronze, coloca-nos nos 50% das empresas com melhor avaliação”. Esta classificação, continuou a empresa, “é feita em quatro áreas (meio ambiente, práticas laborais e direitos humanos, práticas comerciais justas e compras sustentáveis) e é necessário cumprir os critérios baseados em padrões internacionais de desenvolvi-

JUNHO 2022

mento sustentável RSE (Responsabilidade Social Empresarial)”. “Os requisitos de sustentabilidade pesam cada dia mais nas decisões de compra e os consumidores tendem, em esmagadora maioria, a consumir produtos de empresas com reputação sustentável. Desta forma, o desempenho ambiental, social e ético - a sustentabilidade - são fatores essenciais para os negócios de hoje. Esta certificação coloca a decal® no topo da cadeia desses valores e permite que os nossos clientes se distingam nas escolhas dos materiais que usam, respeitando a essência da sustentabilidade no presente e para o futuro”, referiu Armando Mota, COO da Digidelta, quanto a este “importante passo” da empresa. A conquista da medalha de Bronze da EcoVadis, garantiu ainda a Digidelta no comunicado, “é o primeiro passo em

www.nersant.pt


INT

direção ao Ouro”. “Esta certificação ao fogo, anti deslizamento e controestimula a nossa motivação de aprelo de substâncias químicas (REACH e sentar agora as RoHs), tal como melhores soluos adesivos “Amazon, Johnson ções decal®, permanentes & Johnson, L’Oréal, Unilever garantindo um e removíveis amanhã melhor atestados pela ou BASF são algumas para todos”, FDA, o FSC e o das grandes empresas concluiu a ISEGA”, enumede mais de 160 países com empresa. rou a empresa. A c e r t i f i c a - as quais passámos a partilhar De referir ção da EcoVaque a EcoVadis o pódio da sustentabilidade dis junta-se às se destaca por mundial, após a avaliação que a Digidelta emitir “as clasdas nossas políticas, e a decal® já sificações de apresentam medidas de implementação sustentabilidacomo garantia de empresarial e resultados empresariais”, de ecologia, mais confiáveis informou a Digidelta. eficácia e segudo mundo”, rança. “Destareconhecencamos as matérias-primas europeias do as melhores práticas ambientais certificadas pela qualidade, resistência no setor industrial. A metodologia da

www.nersant.pt

JUNHO 2022

EcoVadis culmina numa avaliação com base os padrões internacionais de RSE, como os Princípios do Pacto Global, as convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT), a norma da Iniciativa de Relatório Global (GRI), o padrão ISO 26000, e os princípios CERES. A Digidelta, com sede em Torres Novas, é uma empresa dedicada ao mercado da Comunicação Visual, sendo distribuidora oficial de impressoras digitais de grande formato da marca MIMAKI, para o mercado português e espanhol. A decal ® foi criada pela Digidelta em 2009 e tem marcado as tendências da impressão digital na última década com o desenvolvimento e comercialização de consumíveis autoadesivos para os segmentos de comunicação visual, indústria têxtil, decoração e etiquetagem. 

RIBATEJO

47


INTERNACIONALIZAÇÃO

Hannover Messe’22

Aprofundamento das relações entre empresas portuguesas e alemãs tem potencial enorme

O Primeiro-Ministro António Costa e o Chanceler alemão Olaf Scholz afirmaram o desejo de aprofundamento das relações entre empresas de Portugal e da Alemanha, ambos afirmando que “o seu potencial é enorme”, em discursos aos empresários no auditório do Pavilhão de Portugal na feira de Hannover – que escolheu este ano Portugal como país parceiro.

A

ntónio Costa referiu que “mais de 600 empresas alemãs já estão a produzir e a inovar em Portugal”, sendo a Alemanha “o terceiro maior destino de exportações portuguesas”, acrescentando que “o potencial para aprofundar ainda mais os nossos laços é enorme, e a nossa presença aqui enquanto país parceiro mostra a nossa confiança mútua em parcerias futuras”. Quando “a Europa está a relocalizar uma parte da sua produção” para o Velho Continente, “Portugal é o sítio para se adquirir equipamento e inputs industriais para investir e para inovar”. “Neste momento, com as transições climática e digital, Portugal é o país para fazerem crescer os vossos negócios de uma maneira verde e digital”, disse, sublinhando que Portugal “é um dos países mais seguros no planeta” e “tem a terceira maior taxa de licenciados em engenharia na Europa”. O Primeiro-Ministro retomou alguns temas do discurso que fizera no dia anterior a empresários alemãs, apontando a produção elétrica por energias renováveis, e “uma conectividade digi-

48

RIBATEJO

tal de ponta”, referindo os cabos de comunicações submarinos, e acrescentando que “as nossas empresas trazem consigo know how, tecnologia e experiência em áreas chave para o futuro da Europa”. 600 EMPRESAS ALEMÃS O Chanceler alemão Olaf Scholz afirmou o seu contentamento por Portugal ser o país parceiro da feira. “António, o seu Governo, em particular, investiu imenso no apoio ao potencial inovador de Portugal, com grandes investigações a serem conduzidas em Portugal. Localizar o Fraunhofer Institut em Portugal, por exemplo, foi um grande sucesso”. Referindo as “cerca de 600 empresas alemãs estão a fazer negócios atualmente em Portugal, desde grandes empresas a pequenas e médias empresas”, Olaf Scholz disse esperar que “nesta feira, todos aproveitem a oportunidade para aprofundar ainda mais as relações económicas entre a Alemanha e Portugal”. “Estou ansioso para que façamos uma volta [à feira], para vermos os produtos novos e as inovações que representam a coluna vertebral da transformação industrial

JUNHO 2022

www.nersant.pt


INT

em curso”, disse ainda. Os dois Chefes de Governo visitaram alguns stands nacionais, nomeadamente os da Simoldes, do Centimfe, da Adira e da TSF, e pavilhões de outros países. GRANDES DESAFIOS SÃO GRANDES OPORTUNIDADES No final da visita, o Primeiro-Ministro declarou que, “neste momento, em que a Europa está tão marcada pela brutalidade da guerra da Rússia contra a Ucrânia, é muito bom ver como dois países reforçam a paz através da cooperação, do fortalecimento das relações

económicas e trabalhando em conjunto para termos um planeta mais verde, uma sociedade mais justa e uma indústria mais moderna e mais produtiva”. Através da visita “percebe-se como os grandes desafios da transição digital e da transição energética são uma enorme oportunidade para a modernização e o desenvolvimento da indústria que pode criar mais e melhor emprego, mais qualificado, com remunerações mais justas e uma sociedade mais inclusiva”. “A transição energética é fundamental para salvarmos o planeta, mas é também uma grande oportunidade para

Foto: Governo de Portugal

www.nersant.pt

JUNHO 2022

fortalecer as nossas economias”, disse António Costa. TRABALHAR EM CONJUNTO O Primeiro-Ministro afirmou que a Hannover Messe’22 é “um excelente exemplo de como Portugal e a Alemanha podem trabalhar em conjunto, é um excelente exemplo daquilo que 600 empresas alemãs já fazem, investindo em Portugal, e milhares de outras comprando produtos em Portugal”. Dirigindo-se assim ao Chanceler Scholz, agradeceu o privilégio de Portugal ter sido escolhido como parceiro da feira de Hannover: “Estou certo de que, a partir daqui, as relações económicas entre as nossas empresas vão ser cada vez mais fortes, porque não há economia a desenvolver-se sem empresas a modernizarem-se e a ganharem produtividade”. “É isso que nós queremos, é para isso que estamos a trabalhar, e é isso que vemos que a indústria está a fazer”, afirmou, acrescentando “todos juntos rumo ao futuro”. PROGRESSOS IMPRESSIONANTES DAS EMPRESAS PORTUGUESAS Antes, Olaf Scholz considerou “deveras impressionantes os desenvolvimentos e progressos” que estão a ser feitos por empresas portuguesas e alemãs, e que testemunhou durante a visita. Estes progressos “são muito necessários” para as economias portuguesa e alemã, “mas também para o mundo”, pois “vemos que está realmente a acelerar-se o processo rumo à redução de CO2, ao aumento da digitalização, da inteligência artificial e da utilização de hidrogénio para processos industriais que até aqui utilizavam indústrias fósseis”. “É, de facto, muito bom ver este desenvolvimento a arrancar, a acelerar cada vez mais, para termos economias neutras em carbono», «objetivo muito ambicioso”, disse, acrescentando ver “com bons olhos que já haja tantas pessoas a trabalharem nessas soluções”. “Vemos também o envolvimento de muitos técnicos e técnicas de Portugal neste desígnio”, concluiu. A Hannover Messe’22 – a maior feira de indústria do mundo – começou no dia 29 de maio e terminou a 2 de junho, tendo escolhido Portugal como país parceiro para a edição deste ano. 

RIBATEJO

49


INTERNACIONALIZAÇÃO

passa a operar com a marca comercial

Após a aquisição do grupo Logifrio em Espanha, a Zolve reposiciona agora a sua marca no sentido de operar sob a insígnia da Logifrio a nível global. A imagem da marca que já antes era utilizada no mercado espanhol, foi alvo de uma modernização, quer nas cores, quer no grafismo.

A

empresa localizada em Riachos, concelho de Torres Novas, Zolve, operador líder em serviços de logística de temperatura controlada em Portugal e Espanha, vai passar a operar com a marca Logifrio, informou a empresa em comunicado. De acordo com a empresa, “a Zolve continuará a ser a designação da entidade legal que em Portugal e Espanha gere a rede Logifrio. A entidade espanhola, que até agora operava sob o nome Transporte Garcia Villalobos, passa a designar-se por Zolve España - Logística y transporte, SAU”. “A Logifrio é uma rede que conta com 32 plataformas a nível ibérico. Temos um plano ambicioso de crescimento. Zolve continuará a ser a nossa designação legal. No entanto, focaremos todos os esforços de marketing e comunicação em redor da rede Logifrio. Com esta alteração, pretende-se potenciar a ideia de rede com uma cobertura irrepreensível. A unificação da marca permitirá comunicar de uma forma uniforme quer em Portugal, quer em

50

RIBATEJO

Espanha. Permitirá também mostrar aos clientes, atuais e potenciais, a nossa força enquanto operador logístico especializado em produtos alimentares perecíveis, que se diferencia pela sua dimensão, profissionalismo, nível de serviço e cultura” refere Vítor Figueiredo, CEO do grupo, citado no comunicado. AMPLIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES CTM DA LOGIFRIO EM MADRID Fruto do crescimento da atividade e necessidade de expansão, a Logifrio ampliou as suas instalações CTM em Madrid. Esta plataforma é um ponto estratégico de apoio a toda a área de Madrid, sendo inevitável a necessidade de ajuste de capacidade, para dar resposta ao aumento da procura. As instalações ampliaram a sua área, passando de 2000 para 4000 m2, permitindo uma capacidade extra na área de refrigerados. Também o número de cais de carga / descarga foram ajustados de 9 para 17, garantindo um maior fluxo e agilidade. Com esta ampliação e juntamente com a sua segunda localização, em Leganés

JUNHO 2022

- Madrid, a Logifrio pretende reforçar a sua presença e oferta de serviços. A rede Logifrio é uma referência enquanto operador logístico e de transporte focado nos produtos alimentares em temperatura controlada. Conta com uma cobertura de 32 plataformas, tem cerca 500 colaboradores e gere entregas em mais de 27.000 pontos na península ibérica. Enquanto membro da European Food Network, apresenta também uma cobertura europeia para movimentos de import e export Atualmente, o grupo tem uma faturação de cerca de 80m€. EMPRESA RECEBEU O ESTATUTO DE ENTREPOSTO ADUANEIRO A Zolve recebeu o estatuto de Entreposto Aduaneiro nas suas plataformas logísticas de Riachos e Modivas, informou a empresa na sua página da rede social LinkedIn. De acordo com a empresa, que opera agora sob a marca Logifrio, este estatuto permite assim “aumentar a nossa capacidade de prestação de melhores serviços aos clientes, através da agilização de procedimentos e de uma maior competitividade, confiança e segurança”. De referir que a Logifrio, com sede em Riachos, Torres Novas, é uma empresa líder em serviços de logística de temperatura controlada em Portugal e Espanha, dedicando-se ao armazenamento manuseamento e distribuição de produtos alimentares que requerem controlo de temperatura. 

www.nersant.pt


www.nersant.pt

JUNHO 2022

RIBATEJO

51