Page 1

r ça ve o ra Vi Tej G o ino st le Ce

RIBATEJO Junho 2019 • Ano IV • Nº45

30 anos a promover as empresas da região P. 50

Viagem de negócios ao Canadá com oportunidades de negócio para as empresas da região P. 44

RIBATEJO

RIBATEJO


2

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


ÍNDICE

RIBATEJO Junho 2019 • Ano IV • Nº45

18

24

20

22

36

46

Desenvolvimento Regional

Empreendedorismo e Inovação

05 Notícias

30 Notícias

12 91 PME Excelência 2018 no distrito de Santarém

36 Tomar: maratona tecnológica apresenta soluções de impacto social

18 Turrisconta celebrou 40 anos

38 Serviço inovador de estafeta da Recadex já circula em Abrantes

20 Bonduelle assinalou 30 anos em Portugal a reabilitar a Ribeira de Cabanas

Internacionalização

Informação e Apoio

22 Em vigor o regulamento da UE que estabelece um novo quadro para a análise dos investimentos estrangeiros 24 O futuro do trabalho: Conferência de alto nível debate formas de a UE enfrentar desafios e aproveitar oportunidades

40 Notícias

44 Viagem de negócios ao Canadá com oportunidades de negócio para as empresas da região 46 Polónia é o maior mercado de investimento para Portugal na Europa Central e do Leste

27 Alargamento do prazo para apresentação da declaração inicial do beneficiário efetivo

48 Presidente da República convidou Agrupalto, Caima e Filstone para jantar das maiores empresas exportadoras para a China

Viver o Tejo

FERSANT

28 Celestino Graça, um ribatejano singular

51 30 anos a promover as empresas da região 56 Mapa da FERSANT

58 Catálogo de Empresas na FERSANT

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

3


EDITORIAL

EDITORIAL

RIBATEJO

N

esta edição da Ribatejo Invest, damos particular destaque à FERSANT - Feira Empresarial da Região de Santarém que este ano comemora a sua 30.ª edição. Foi em 2010 que a FERSANT deixou o Pavilhão de Exposições da NERSANT, em Torres novas e se mudou para o CNEMA - Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, passando, desde então, a realizar-se em simultâneo com a Feira Nacional da Agricultura. Esta mudança foi muito positiva, resultando numa maior visibilidade e projeção das empresas participantes junto do seus públicos-alvo. Estima-se que passem diariamente na FNA e na FERSANT cerca de 200 mil visitantes por dia, nacionais e estrangeiros, número que elucida bem a grandeza deste evento. A FERSANT é, assim, um espaço privilegiado onde as empresas têm a oportunidade de dar a conhecer o que de melhor se produz na região, onde podem estabelecer contactos com outras empresas e com potenciais clientes ou fornecedores. O impacto extraordinário que a FERSANT tem tido no

FICHA TÉCNICA Diretora: Maria Salomé Rafael Conselho Redatorial: Cláudia Monteiro Sandra Pereira ribatejo.invest@nersant.pt

4

RIBATEJO

Publicidade: Maria João Rodrigues maria.joao@nersant.pt Propriedade: NERSANT, AE. Várzea de Mesiões - Apartado 177 2354-909 Torres Novas Tel.: 249 839 500 | Fax: 249 839 509 www.nersant.pt

desenvolvimento e na promoção das empresas e da região justifica claramente o destaque que lhe é dado nesta edição da Ribatejo Invest, através da inclusão de um suplemento especial. Recordamos, nas páginas que se seguem alguns dos momentos mais marcantes registados ao longo destes 30 anos. Disponibilizamos também um mapa da FERSANT, situada na Nave B, e um descritivo de todas as empresas presentes. Por fim, mas não menos importante, uma palavra para a primeira edição do Ribatejo investment Summit, evento organizado pela NERSANT, com o objetivo de promover as potencialidades da região e atrair investimento externo. Entre os dias 11 e 14 de junho, diversos importadores e investidores estrangeiros, e ainda representantes de entidades de relevo de diversos países, estarão na região para participar em várias reuniões de trabalho, visitar algumas empresas e conhecer um pouco do que a região tem para oferecer.

Maria Salomé Rafael Presidente da Direção da NERSANT

Periodicidade: Mensal Tiragem: 250 exemplares

JUNHO 2019

Isento de registo na ERC ao abrigo do decreto regulamentar 8/99 de 9/6 artigo 12.º, n.º 1 a)

www.nersant.pt


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

DR

tecnipec no 25º Festival do Queijo, Pão e Vinho A tecnipec marcou presença, juntamente com o distribuidor local Casa Balseiro, no 25º Festival Queijo, Pão e Vinho, que se realizou em São Gonçalo, na freguesia da Quinta do Anjo, em Palmela. Este festival - organizado pela Associação Regional de Criadores de Ovinos Leiteiros da Serra da Arrábida (ARCOLSA) em conjunto com o Município de Palmela - é um dos mais concorridos da região de Setúbal e nesta 25ª edição voltou a reunir produtores de queijo, vinho, pão e doçaria tradicional de Palmela e arredores. Complementando a promoção aos produtos de qualidade da região, ao longo dos três dias, os restaurantes do concelho de Palmela apresentaram ementas inovadoras, onde o queijo surgiu como apontamento de requinte. Para além da gastronomia e dos vinhos, do programa fizeram também parte espetáculos equestres, música, passeios, demonstrações de tosquia, atividades infantis e as sempre animadas corridas de ovelhas no “Ovinódromo”, consideradas “um dos pontos altos do Festival e algo único no nosso país”, segundo Francisco Macheta, da ARCOLSA. Num total de mais de meia centena de expositores, o evento expandiu a sua oferta a outras áreas e setores relacionados, como a produção animal, a agricultura, a alimentação animal e a maquinaria agrícola e pecuária.

Uma das 100 Melhores Ideias do Ano é da Renova O lançamento da gama de papel higiénico Renova Paper Pack foi distinguido na 41.ª edição da competição “100 Melhores Ideias do Ano”. Desenvolvida pela Renova, trata-se de uma embalagem em que o plástico é substituído por papel, sendo, por isso, uma opção mais sustentável para todos os consumidores. O galardão foi atribuído na categoria sustentabilidade. O prémio “100 Melhores Ideias do Ano” é promovido pela Atualidad Económica, em Madrid, e visa reconhecer marcas, produtos e serviços disponíveis no mercado espanhol, em áreas de atividades que vão desde a indústria alimentar à financeira, passando pela tecnologia, lazer e saúde, entre outras. De referir que a gama Renova Paper Back foi lançada inicialmente no Reino

www.nersant.pt

Unido, tendo só posteriormente chegado a Portugal, Espanha, França e Bélgica. Em comunicado, a empresa garante que esta é uma estratégia que será alar-

JUNHO 2019

gada a mais produtos, culminando no fim do plástico em todas as embalagens. Em breve, chegam os rolos de cozinha em embalagem de papel.

RIBATEJO

5


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Sem Ir organizou conferência de Tecnologia “Sustentabilidade nas Empresas, IPSS e Residências” A Sem Ir, empresa de engenharia e manutenção industrial e residencial com sede em Santarém, organizou no Auditório da Casa do Povo de Aveiras de Cima, a Conferência de Tecnologia “Sustentabilidade nas Empresas, IPSS e Residências”. Esta conferência apresentou as novas tendências ao nível da produção e armazenamento de energias limpas, com o

objetivo de reduzir os custos energéticos e garantir um ambiente sustentável para as novas gerações, numa Europa 2030 com 32% de energia renovável. Após a apresentação da empresa, o evento avançou para o tema “Relação da Sustentabilidade com o recurso a Energia Renováveis”, seguindo-se um testemunho empresarial por parte da empresa Gepack S.A., de Aveiras de Cima.

Tiveram ainda lugar comunicações sobre “Storage e Novas Tendências” e “Portugal e o Futuro das Energias Renováveis”.

Portugueses querem mais promoção de produtos regionais Os consumidores portugueses consideram que é prioritário promover o consumo de produtos locais. Esta é uma ideia partilhada pela maior parte dos europeus inquiridos para o Barómetro Europeu do Observador Cetelem, este ano dedicado ao tema “Pensar Local, Agir Local”. Para 53% dos consumidores portugueses, o incentivo à aquisição de produtos locais é um tema que deve ser encarado como prioritário, um valor elevado se se considerar que, em média, entre os inquiridos dos 17 países europeus, apenas 39% consideram esta promoção como prioritária. Já para 46% dos consumidores nacionais, esta é uma matéria importante, mas não prioritária (46%), e apenas 1% a considera pouco importante. Os italianos são os que se mostram mais favoráveis à necessidade de um esforço da sociedade neste sentido, com 58% dos cidadãos a considerar a promoção como prioritária. Os portugueses surgem na segunda posição, seguidos pelos franceses (49%). Checos (25%), belgas e polacos (26%) são os que menos consideram a promoção de produtos locais como prioritária. Para 65% dos portugueses, um produto local é um que tenha sido produzido na região em que vivem e 33% é da opinião que corresponde a um artigo produzido em território nacional. Apenas 5% considera como produto local um que seja fabricado num país europeu, o que sinaliza dúvidas sobre a coesão do mercado único. Na opinião dos consumidores, os pequenos comerciantes e artesãos (89%

6

RIBATEJO

dos portugueses e 80% dos europeus), as organizações não governamentais (78% e 76%) e os cidadãos (72% e 67%) são os mais envolvidos na promoção dos produtos locais. Além de Portugal, o envolvimento dos pequenos comerciantes e artesãos é particularmente reconhecido em Espanha (88%), sendo menos assinalado na Dinamarca e na Alemanha (59% e 66%). Os esforços desenvolvidos por ONG são amplamente reconhecidos em Portugal (78%), Espanha (82%), França (81%) e Noruega (81%), sendo menos evidente na República Checa (64%). Já o papel dos cidadãos é mais reconhecido na Eslováquia (80%) e na Suécia (74%), mas menos manifesto na Dinamarca (62%) e na Áustria (61%).

JUNHO 2019

Menos consumidores portugueses consideram os media (57%), o Governo/poderes públicos (52%) e a União Europeia (48%) como instituições participativas. Ainda assim, há mais portugueses a reconhecer a participação destas entidades do que entre os europeus (49%, 44% e 42%). A meio da tabela encontram-se as empresas, confirmadas por 67% dos portugueses e 56% dos europeus, e as marcas/distribuidores (62% e 59%, respetivamente). Embora reconheçam que há uma necessidade de fazer mais pelo consumo local, este é já uma realidade concreta aos olhos dos consumidores, com 66% a ter a opinião que se encontram disponíveis numerosos produtos deste tipo e 61% a afirmar que são facilmente identificáveis.

www.nersant.pt


DR

Rações Zêzere apresenta novas fontes de proteína na AVIS’19 A Rações Zêzere esteve nos dias 9 e 10 de maio no II congresso internacional de avicultura, realizado pela APEZ na Alfândega do Porto. O evento, uma referência no setor avícola nacional, contou com a presença de cerca de 300 pessoas. No congresso, o médico veterinário da Rações Zêzere, Rui Fortunato, realizou uma apresentação sobre a utilização de novas fontes de proteína. De referir que a Rações Zêzere fabrica e comercializa cereais, misturas e alimentos compostos para animais de criação. É uma empresa de capital 100% português, inserida num grupo com mais de 40 anos de experiência no setor agroalimentar. É sediada em Ferreira do Zêzere.

MOMSteel apoia o desporto em Abrantes A MOMSteel defende que a prática desportiva individual e coletiva desempenha um papel central na promoção de estilos de vida saudável e de uma sociedade sustentável e equilibrada. Neste sentido e no âmbito da sua política de responsabilidade social, associou-se à edição deste ano do Corvus Trail de Abrantes, iniciativa realizada a 5 de maio, composta por um Trail Longo, um Trail Curto, uma Caminhada e um Trail Kids, e no qual participaram mais de 500 pessoas. Esta prestigiada prova, que detém certificação ITRA - International Trail Running Association e é pontuável para a Taça de Portugal da ATRP - Associação de Trail Running de Portugal e CTR - Circuito de Trail do Ribatejo, foi organizada pelo Clube de Orientação e Aventura (COA), em parceria com a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes (EPDRA) e a Associação Cultural das Rotas de Mouriscas (ACROM). Sediada em Abrantes, a MOMSTeel

www.nersant.pt

iniciou a sua atividade em 2001 no setor das estruturas metálicas e alcançou uma posição de referência na conceção e execução de soluções metálicas para

JUNHO 2019

a construção sustentável de edifícios. Tem três grandes áreas de negócio: Gestão de Projetos, Produção Metalomecânica e Construções Metálicas.

RIBATEJO

7


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Taberna Ó Balcão é Garfo de Prata… O restaurante scalabitano Taberna Ó Balcão, do chef Rodrigo Castelo, foi mais uma vez distinguido com um Garfo de Prata no Guia Boa Cama Boa Mesa 2019 do Jornal Expresso. O conhecido restaurante de Santarém foi, de facto, um dos 15 distinguidos com este Galardão e o único do distrito de Santarém, estando já representado no Guia Boa Cama Boa Mesa 2019, que neste momento está já à venda.

…E Luz Charming Houses é chave de prata Quem também foi alvo de destaque no Guia Boa Cama Boa Mesa 2019 do Jornal Expresso, foi o Luz Charming Houses. O espaço de turismo rural de Fátima foi uma das 31 melhores unidades hoteleiras do país. Na sua página de facebook, o espaço agradeceu da seguinte forma esta distinção: “Obrigado do fundo do coração a todos os que nos apoiam,

hóspedes, amigos e àqueles que trabalham todos os dias para que o Luz Charming Houses seja cada vez mais um local de referência, de acolhimento e bem-estar”. De referir que o Guia Boa Cama Boa Mesa 2019 contou com o apoio/parceria da Galp - Evologic, Recheio - Cash & Carry, Caterplus, BPI, Europcar e TAP - Air Portugal.

PUB.

Fazer obras na sua empresa ou habitação é muito simples!

O SERVIÇO GRATUITO DE MEDIAÇÃO DE OBRAS HOUSE 360 É A SOLUÇÃO! FACILIDADE

RIGOR

Um só pedido para a execução de obra (ao Mediador HOUSE 360).

Todos os orçamentos dos parceiros / empreiteiros da HOUSE 360 são detalhados ao pormenor, pelo que sabe perfeitamente que os prazos de execução são cumpridos rigorosamente conforme o caderno de encargos. Sabe escrupulosamente o que está a contratualizar e a pagar.

CONFORTO Mediador HOUSE 360 trata de todo o processo de angariação de profissionais / empreiteiros, simplificando e acompanhando todo o processo da obra. Libertando tempo para si.

ECONOMIA Sem qualquer custo para si - quer de tempo, quer monetário. Parceiros / empreiteiros da HOUSE 360 competem entre si para proporcionar a melhor relação preço / qualidade do mercado.

CONTACTE-NOS: 8

RIBATEJO

GARANTIA De todas as obras executadas pelos parceiros / empreiteiros da HOUSE 360, com acompanhamento permanente do mediador HOUSE 360 desde a contratualização da obra, até ao final da garantia, com imparcialidade e isenção. Elaboração de inquérito de satisfação no final da obra.

914 609 138 | santarem@house360.pt | WWW.HOUSE360.PT/SANTAREM JUNHO 2019

www.nersant.pt


DR

Agro-Ribatejo está a recrutar

Semáforo tem nova loja em Lisboa A marca de roupa Semáforo, da empresa Ramos & Ramos, de Tomar, abriu uma nova loja em Lisboa. O objetivo principal do novo espaço é dar à SMF a notoriedade que a marca de 1987 merece. “Sendo Lisboa a capital do país onde se concentra grande parte da população e onde maior parte das pessoas se dirige para passear e fazer compras, sentimos que esta é uma boa aposta no sentido de ganhar a notoriedade merecida”, referiu João Ramos, Diretor Comercial da empresa, à Ribatejo Invest, justificando

esta nova aposta. Localizada na Avenida da Igreja, 17A, a nova loja é a flagship store da SMF, que oferece produtos de moda de senhora e homem apostando numa ótima relação qualidade-preço. É uma loja ampla com um design moderno, em tons de branco para destacar os produtos de qualidade que a marca tem para oferecer. O espaço mostra o conceito da marca e a imagem de próximas lojas e franchisings que a SMF terá futuramente.

A empresa de Santarém Agro-Ribatejo está em processo de recrutamento de um vendedor para peças de tratores agrícolas e industriais e de um empregado para balcão de peças. Os candidatos deverão ter aptidões na área comercial, habilitações ao nível do 12º Ano, dando-se preferência a candidatos com formação em mecânica, domínio de informática e conhecimento de inglês. Os interessados em candidatar-se devem responder às ofertas, enviando o seu Curriculum Vitae para analuisaeloy@agroribatejo.com. A Agro-Ribatejo, através de um conjunto de infraestruturas e uma equipa de profissionais qualificados, assume a sua missão de venda de peças e acessórios para tratores industriais e agrícolas, promovendo um atendimento eficaz dos clientes, fazendo o seu acompanhamento pós-venda de forma a assegurar a sua total satisfação e garantir o bom nome e prestígio das marcas que representa.

Torres Novas recebeu as Jornadas “Como Gerir um Condomínio?” A PL Solicitors International Office, com mais de 25 anos de existência e com escritório-sede em Torres Novas, e já presente em diversos mercados internacionais, tem como uma das suas premissas a literacia do público em geral para questões práticas, na qual é especialista, como o Regulamento Geral de Proteção de Dados e a Gestão de Condomínios. No dia 10 de maio organizou, no auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas, umas jornadas dedicadas à Gestão de Condomínios, uma obrigação legal e que por vezes não é devidamente cumprida, por falta de conheci-

www.nersant.pt

mento em diversas áreas. Estas jornadas, abertas por Pedroso Leal, CEO da PL Soclicitors International Office e Pedro Ferreira, Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, contaram com a intervenção de João Salcedas, especialista em Gestão de Condomínios da PL, de Miguel Silva (Diretor

JUNHO 2019

da Agência Bankinter de Torres Novas) e de André Leal, mediador de seguros na MLeal Seguros. O principal objetivo deste evento foi o de informar a população em geral acerca das suas obrigações enquanto condóminos. O evento teve como parceiros a MLeal Seguros e o Município de Torres Novas.

RIBATEJO

9


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Governo apresenta medidas para melhorar fiscalização de agentes económicos O Governo apresentou quatro medidas que pretendem tornar mais eficiente a fiscalização de agentes económicos, numa cerimónia que contou com a presença do Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, do Secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, e do Secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, Luís Goes Pinheiro. As medidas fazem parte do programa Simplex+ e vão ao encontro das prioridades do Programa do Governo de fortalecer, simplificar e digitalizar a Administração Pública com o propósito de a tornar mais eficiente e facilitadora da vida dos cidadãos e das empresas.

OBJETIVOS DAS QUATRO MEDIDAS A medida “Fiscalização de uma só vez” pretende harmonizar a atuação dos vários organismos fiscalizadores e promover ações de fiscalização conjuntas dos agentes económicos. A medida “Eventos fiscalizados de uma só vez” pretende que um interlocutor único

na Administração Pública interaja com os promotores, sirva de ponto de contacto e de elo de ligação com as demais entidades fiscalizadoras, evitando que o agente económico tenha de contactar inúmeros organismos aquando da preparação de eventos. A medida “Selo ASAE” é um projeto-piloto que será testado na área da restauração, tendo por objetivo estimular o cumprimento da legislação, encorajar as boas práticas e desenvolver nos empresários a autorregulação, transmitindo ainda aos

consumidores informação sobre o estabelecimento. A medida “+Fichas Técnicas de Fiscalização” pretende uniformizar os critérios inspetivos e torná-los transparentes para o público-alvo. Neste momento, já estão disponíveis nos setores da restauração e bebidas e alojamento local, e vão chegar às áreas dos empreendimentos turísticos, da indústria de pastelaria e panificação, dos talhos e das oficinas.

Bindopor procura administrativa A Bindopor, uma empresa industrial com sede em Ourém está a recrutar administrativa para a receção. A profissional a integrar deverá ter formação académica ao nível do 12º ano ou superior, capacidade de organização, método e iniciativa, bons conhecimentos gerais de informática e inglês falado e escrito. É ainda valorizado pela empresa experiência profissional anterior no desempenho de funções equivalentes e conhecimentos ao nível do software Primavera. O candidato a integrar terá como funções a execução de tarefas ao nível do trabalho administrativo geral, a receção, atendimento telefónico de clientes e fornecedores e o tratamento, receção e expedição de correio e encomendas. A candidatura deverá ser remetida para o endereço de e-mail jcr@

10

RIBATEJO

bindopor.com, acompanhada de CV detalhado com foto atual. De referir que a Bindopor opera na área da conceção, produção e instalação de soluções customizadas de Sina-

JUNHO 2019

lética, Artwork e Iluminação para o setor da Hotelaria & Turismo, tanto no mercado nacional como internacional. A empresa tem escritórios no Reino Unido.

www.nersant.pt


PODER LOCAL

DR

Tablets educativos reforçam literacia digital dos alunos do concelho de Tomar

Galheteiros promocionais dos azeites de Tomar já estão nos restaurantes Foram apresentados publicamente no dia 24 de abril no Complexo Cultural da Levada, os galheteiros de promoção dos azeites do concelho, mais uma iniciativa no âmbito dos Sabores de Tomar, com que o Município, produtores e restaurantes locais têm vindo a desenvolver uma campanha de valorização da produção local. No caso concreto, esta iniciativa foi realizada pelo Município em parceria com o Instituto Politécnico de Tomar, que desenvolveu o design dos galheteiros constituídos por quatro elementos, com azeite das marcas São Dorninho, Casal Martinho, Casal da Mourracha e 7 Montes. Trata-se de um acontecimento significativo num concelho em que a azeitona e o azeite são das mais antigas referências económicas, presentes na própria toponímia

e documentadas historicamente já desde os Templários e com especial importância nos tempos da Ordem de Cristo. Hoje, tal como tem acontecido com os vinhos, tem havido uma aposta forte dos produtores no incremento da qualidade, que o Município tem acompanhado com vista à sua divulgação e promoção. Os galheteiros promocionais estão, assim, presentes, desde 10 de maio, nos restaurantes do concelho que aderiram a esta ideia, e que são os seguintes: Abrigo da Alma, Azul Terrace, Beira Rio, Brasinha, Cafetaria do Castelo, Cervejaria Claustro, Cervejaria Noite e Sol, Convento do Leitão, Ginginha, Infante, Lúria, Manjar dos Templários, Marisqueira de Tomar, Picadeiro, Porta 45, S. Lourenço, Siciliano, Tabuleiro, Tasquinha da Mitas e 1.º de Maio.

O Município de Tomar entregou recentemente aos dois agrupamentos de escolas do concelho um total de 96 tablets com um conjunto de aplicações educativas visando o desenvolvimento da literacia digital dos alunos. A iniciativa surge na sequência do projeto “Miúdos Digitais”, laboratórios móveis de aprendizagem para o pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico, que está a ser levado a cabo pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, no âmbito de uma candidatura ao PEDIME. Deste modo, o Agrupamento Nuno de Santa Maria e o Agrupamento Templários receberam cada qual dois kits de 24 tablets e um armário de carregamento, transporte e segurança, amovível e que permite o carregamento simultâneo de todos os equipamentos. Os equipamentos incluem software educativo destinado não apenas a fornecer competências digitais aos alunos mas também a contribuir para o desenvolvimento de competências transversais na aprendizagem.

Abrantes apoia Feira Empresarial de Constância A Câmara de Abrantes vai apoiar a realização a II Feira Empresarial organizada pelo Núcleo NERSANT dos concelhos de Abrantes, Constância, Mação e Sardoal, que irá realizar-se em Constância nos dias 26, 27 e 28 de setembro, tendo sido aprovada na reunião de câmara de 02 de maio um apoio financeiro no valor de 1.500 euros. Este certame, cuja 1ª edição decorreu em 2018 no concelho de Abrantes, pretende divulgar o tecido empresarial dos quatro concelhos abrangidos por este núcleo, pelo que os respetivos municípios apoiam financeiramente a iniciativa.

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

11


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

91 PME Excelência 2018 no distrito de Santarém

12

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


DR

O IAPMEI, em parceria com o Turismo de Portugal, o Sistema Nacional de Garantia Mútua e os principais bancos portugueses, homenagearam, uma vez mais, as melhores PME portuguesas, que se evidenciaram pelos seus desempenhos e indicadores de gestão. Há 91 empresas do distrito galardoadas, com Ourém a assumir papel de destaque.

U

m total de 2378 empresas de Estatuto PME Excelência. todo o país, representativas De referir que a maioria das empresas dos vários setores de atividaPME Excelência 2018 encontra-se sediada de, foram distinguidas com nas regiões Norte e Sul do país. Os distritos com maior concentração de empresas o estatuto PME Excelência PME Excelência 2018 são Lisboa (21,4%), 2018, numa cerimónia que decorreu no Porto (18,3%), Aveiro (11,6%) e Braga (10,1%). Altice Forum Braga, onde estiveram presentes o Primeiro-Ministro e o Ministro Santarém detém apenas 3,82 % das PME Adjunto e da Economia. Em conjunto, estas Excelência a nível nacional. empresas são responsáveis por 86.606 postos de trabalho. PME EXCELÊNCIA É UMA MARCA REGISTADA DO IAPMEI No distrito de Santarém, há 91 empresas O Estatuto PME Excelência é atribuído distinguidas com o estatuto PME Excelência pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal (no 2018, mais 36 do que na passada edição, voltando o concelho de Ourém, à semelhança caso das empresas do Turismo), em parceria com nove bancos a operar em Portugal. do ano passado, a ser o que mais se destaca Trata-se de um selo de reputação que no âmbito destas distinções. permite às empresas distinguidas relacionaEste concelho foi o que mais estatutos rem-se com a sua envolvente - fornecedores, PME Excelência recebeu, com 32 empresas clientes, sistema financeiro e autoridades a acolher esta distinção. nacionais e regionais - numa base de conNo ranking regional, seguem-se o concelho de Santarém, com 10 empresas disfiança facilitadora do desenvolvimento dos tinguidas, Torres Novas com 8, Entroncaseus negócios. Para empresas exportadoras mento, com 6, e Rio Maior e Cartaxo, com e com ambição internacional, o estatuto 5 empresas galardoadas em cada concelho. PME Excelência é particularmente relevante, constituindo um Almeirim tem 4 PME Excelência 2018, seguindo-se os fator de diferenciação “No distrito de concelhos de Abrantes, Corue uma garantia da soliSantarém, há che, Benavente e Tomar, com dez e idoneidade das 3 empresas em cada um dos empresas. 91 empresas territórios. Estas empresas são distinguidas Os concelhos de Ferreiselecionadas pelo IAPcom o estatuto ra do Zêzere, Salvaterra de MEI e pelo Turismo Magos e Alcanena apresende Portugal a partir do PME Excelência tam duas PME Excelência universo das PME Líder, 2018, mais 36 do 2018 em cada um. Chamusobtendo assim o estaque na passada ca, Sardoal e Mação, apretuto PME Excelência edição, voltando o que tem como objetivo sentam apenas uma empresa distinguida com este selo concelho de Ourém, conferir notoriedade às do IAPMEI em cada um dos PME, num justo recoà semelhança do nhecimento do seu concelhos. ano passado, a mérito e do seu contriDe fora do ranking ficaram buto para os resultados os restantes quatro conceser o que mais se lhos do distrito de Santarém destaca no âmbito da economia. Alpiarça, Constância, Golegã O estatuto PME Excedestas distinções. ” lência tem a validade de e Vila Nova da Barquinha um ano.  que não receberam nenhum

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

13


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Vencedores PME Excelência 2018 no distrito de Santarém (A-L) Organismo

Nome

Descrição

Concelho

IAPMEI

2RID - Comércio de Máquinas e Acessórios Industriais, Lda.

Comércio por grosso de máquinas para a indústria extractiva, construção e engenharia civil

Tomar

IAPMEI

A Transportadora Central de Seiça, Lda

Transportes rodoviários de mercadorias

Ourém

IAPMEI

A Transportadora Ideal de Minde, Lda.

Transportes rodoviários de mercadorias

Alcanena

IAPMEI

A.F.C.S. TRANSPORTES TRANSPORTES, LDA

Transportes rodoviários de mercadorias

Benavente

IAPMEI

AGRI-MENDES-Agricultura e Comércio, Lda.

Comércio a retalho por outros métodos, não efectuado em estabelecimentos, bancas, feiras ou unidades móveis de venda

Santarém

IAPMEI

AGROTÉCNICA - FLY IN EARTH, LDA

Fabricação de máquinas e de tractores para a agricultura, pecuária e silvicultura

Cartaxo

IAPMEI

ALVARO ELECTRODOMESTICOS LDA

Comércio a retalho de electrodomésticos, em estabelecimentos especializados

Entroncamento

IAPMEI

ANDRE MESQUITA - AUTOMÓVEIS, SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA

Comércio de veículos automóveis ligeiros

Almeirim

IAPMEI

Anjo, Lda.

Comércio a retalho de relógios e de artigos de ourivesaria e joalharia, em estabelecimentos especializados

Torres Novas

IAPMEI

António Fernando Neves Eletricidade, Estudos e Projectos Elétricos, Lda.

Instalação eléctrica

Rio Maior

IAPMEI

ASC - Artigos Sanitários do Centro, Lda.

Comércio por grosso não especializado

Ourém

IAPMEI

Bielco - Equipamentos para Veículos Industriais, Lda.

Fabricação de outros componentes e acessórios para veículos automóveis

Rio Maior

IAPMEI

BRICO CORREDOURA - SOCIEDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE BRICOLAGE, LDA

Comércio a retalho de material de bricolage, equipamento sanitário, ladrilhos e materiais similares, em estabelecimentos especializados

Ourém

IAPMEI

Caniço & Companhia - Transportes de Mercadorias, Lda.

Transportes rodoviários de mercadorias

Benavente

IAPMEI

CHEMPRO - COMERCIO IMP EXP DE PRODUTOS QUIMICOS UNIPESSOAL LDA

Comércio por grosso de produtos químicos

Alcanena

IAPMEI

Chot - Centro Nefrológico Ourém Tomar, Lda.

Outras actividades de saúde humana, n.e.

Tomar

IAPMEI

CORIFA - CONSTRUÇÃO CIVIL, LDA.

Construção de edifícios (residenciais e não residenciais)

Ourém

IAPMEI

D. F. J. Vinhos, S.A.

Comércio por grosso de bebidas alcoólicas

Cartaxo

IAPMEI

Distrimação - Supermercados, Lda.

Comércio a retalho em supermercados e hipermercados

Mação

IAPMEI

Electro-Marques - Reparações Eléctricas Auto, Lda.

Manutenção e reparação de veículos automóveis

Ourém

IAPMEI

Eurodemolições Industriais, Lda.

Demolição

Torres Novas

IAPMEI

Euromolding – Madeiras, Lda.

Fabricação de outras obras de carpintaria para a construção

Ourém

14

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


DR

Organismo

Nome

Descrição

Concelho

IAPMEI

F. J. M. P. C. - Informática, Comércio e Serviços, Lda.

Comércio por grosso de computadores, equipamentos periféricos e programas informáticos

Almeirim

IAPMEI

FARMACIA ALMEIDA GONÇALVES, LDA.

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Entroncamento

IAPMEI

Farmácia Confiança Santarém, Lda.

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Santarém

IAPMEI

FARMÁCIA MANUELA QUARTAU, UNIPESSOAL, LDA.

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Ourém

IAPMEI

Farmácia Palmeira, Unipessoal Lda.

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Torres Novas

IAPMEI

Farmajaneiro, Unipessoal, Lda.

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Coruche

IAPMEI

Fátima Exporte, Lda.

Comércio por grosso não especializado

Ourém

IAPMEI

Ferplay - Fábrica de Portões, Lda.

Fabricação de portas, janelas e elementos similares em metal

Santarém

IAPMEI

Fleximan - Manutenção Industrial, Lda.

Outras actividades de serviços de apoio prestados às empresas, n.e.

Ourém

IAPMEI

FRUSEL FRUTOS SELECCIONADOS, LDA.

Preparação e conservação de frutos e de produtos hortícolas por outros processos

Torres Novas

TP

GAUDÊNCIO E RODRIGUES, Lda.

Restaurantes, n.e. (inclui actividades de restauração em meios móveis)

Santarém

IAPMEI

GSP, Unipessoal, Lda.

Fabricação de estruturas de construções metálicas

Sardoal

IAPMEI

Horto S. Silvestre, Sociedade Agrícola, Lda.

Outras culturas temporárias, n.e.

Rio Maior

TP

HOTEL ALELUIA INVESTIMENTOS TURISTICOS, LDA

Hotéis com restaurante

Ourém

TP

Hotel Três Pastorinhos S.A.

Hotéis com restaurante

Ourém

IAPMEI

Ilmet, Lda.

Actividades de mecânica geral

Abrantes

IAPMEI

Irmade - Indústrias de Revestimento de Madeiras, S.A.

Fabricação de outras obras de carpintaria para a construção

Ourém

IAPMEI

IRRICAMPO - SISTEMAS DE REGA, LDA

Comércio por grosso de máquinas e equipamentos, agrícolas

Santarém

IAPMEI

Isuvol - Importação e Comércio de Peças e Acessórios Auto, Lda

Comércio a retalho de peças e acessórios para veículos automóveis

Cartaxo

IAPMEI

Laverde - Produtos Naturais de Cosmética, Lda.

Fabricação de perfumes, de cosméticos e de produtos de higiene

Coruche

IAPMEI

Leais & Oliveira, Lda.

Fabricação de outros produtos de betão, gesso e cimento

Torres Novas

IAPMEI

LOTEVIAS - CONSTRUÇÕES, LDA

Construção de redes de transporte de águas, de esgotos e de outros fluídos

Ourém

TP

LUIS AUGUSTO FERNANDES DA SILVA - SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA.

Cafés

Ourém

IAPMEI

Luvifal - Sociedade de Construções, Lda.

Construção de edifícios (residenciais e não residenciais)

Ourém

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

15


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Vencedores PME Excelência 2018 no distrito de Santarém (M-Z) Organismo

Nome

Descrição

Concelho

IAPMEI

M.A.E. - Peças para automóveis, Lda.

Comércio a retalho de peças e acessórios para veículos automóveis

Ourém

IAPMEI

Magos - Irrigation Systems, S.A.

Comércio por grosso de máquinas e equipamentos, agrícolas

Salvaterra de Magos

TP

Manuel das Neves Coelho, Filhos, Lda

Hotéis com restaurante

Ourém

IAPMEI

MANUEL JACINTO DA MARTINHA & FILHOS, LDA

Comércio a retalho de outros produtos novos, em estabelecimentos especializados, n.e.

Santarém

IAPMEI

Manuel Reis Pereira, Unipessoal,Lda

Outras indústrias transformadoras diversas, n.e.

Ourém

IAPMEI

Manuel Vieira & Companhia (Irmão) Sucessores, Lda.

Comércio por grosso de produtos químicos

Torres Novas

IAPMEI

MARIA D´ ASSUNÇÃO T R SOUSA E SILVA UNIPESSOAL LDA

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Almeirim

IAPMEI

Mário Brites de Faria, Lda.

Comércio por grosso de vestuário e de acessórios

Entroncamento

IAPMEI

Maxicopia - Sociedade Equipamentos Comércio a retalho de máquinas e de outro material de escritório, de Escritório, Lda. em estabelecimentos especializados

Tomar

IAPMEI

Micronipol - Micronização e Reciclagem de Polímeros, S.A.

Valorização de resíduos não metálicos

Ourém

IAPMEI

Óptica Central de Abrantes, Lda.

Comércio a retalho de material óptico, fotográfico, cinematográfico e de instrumentos de precisão, em estabelecimentos especializados

Abrantes

IAPMEI

Otar - Tecnologia Avançada de Recuperação, Lda

Reparação e manutenção de outro equipamento

Torres Novas

IAPMEI

PALCAX - FABRICAÇÃO DE PALETES E CAIXAS, LDA.

Fabricação de embalagens de madeira

Ourém

IAPMEI

PANIFICADORA MARQUES FILIPE INDUSTRIA DE PANIFICAÇÃO, LDA.

Panificação

Torres Novas

IAPMEI

Pedra de Toque - Sociedade Unipessoal, Lda.

Extracção de mármore e outras rochas carbonatadas

Santarém

TP

PEREIRA & GUERRA LDA.

Hotéis com restaurante

Ourém

IAPMEI

PharDevelopment Trials, Lda.

Outras actividades de serviços de apoio prestados às empresas, n.e.

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Planicieverde - Sociedade Agrícola, Lda.

Culturas de produtos hortícolas, raízes e tubérculos

Rio Maior

IAPMEI

Plasbene- Tubos e Acessórios Plásticos, Lda.

Fabricação de chapas, folhas, tubos e perfis de plástico

Salvaterra de Magos

IAPMEI

Prosaúde, S.A.

Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabelecimentos especializados

Almeirim

IAPMEI

Rações Zêzere, S.A.

Fabricação de alimentos para animais de criação (excepto para aquicultura)

Ferreira do Zêzere

IAPMEI

Ribatubos - Tubagens e Acessórios, Lda.

Comércio a retalho de material de bricolage, equipamento sanitário, ladrilhos e materiais similares, em estabelecimentos especializados

Santarém

IAPMEI

Rodalgés - Equipamentos Industriais, Lda.

Comércio por grosso de outras máquinas e equipamentos

Coruche

IAPMEI

Rodirima - Sociedade de Armação de Ferro, Lda.

Outras actividades especializadas de construção diversas, n.e.

Ourém

16

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


DR

Organismo

Nome

Descrição

Concelho

IAPMEI

S.A.O.V. - Sociedade Agrícola Ouro Vegetal, S.A.

Produção de azeite

Abrantes

TP

S.T. - Serviços de Restauração, Lda.

Restaurantes tipo tradicional

Santarém

IAPMEI

SAMORINOX-MONTAGENS METALOMECANICAS, LDA.

Fabricação de estruturas de construções metálicas

Benavente

TP

Santo António de Fátima Empreendimentos Hoteleiros, Lda.

Hotéis com restaurante

Ourém

TP

Segmentoponto4 - Gabinete de Arquitectura, Lda.

Turismo no espaço rural

Ourém

IAPMEI

Segurança 24, Lda

Actividades relacionadas com sistemas de segurança

Entroncamento

IAPMEI

Selecções de Fátima - Arte Sacra, Lda.

Outro comércio por grosso de bens de consumo, n.e.

Ourém

TP

SEVEFER-INDUSTRIA DE PASTELARIA,LDA.

Pastelarias e casas de chá

Cartaxo

IAPMEI

Silvestrys - Serviços Agro-Florestais, Lda.

Actividades dos serviços relacionados com a silvicultura e exploração florestal

Chamusca

IAPMEI

SOCIEDADE PANIFICADORA COSTA & FERREIRA, LDA.

Panificação

Rio Maior

TP

Somerali - Soc. de Empreendimentos Turísticos Meralis, SA.

Hotéis com restaurante

Ourém

TP

STEYLER FATIMA ACTIVIDADES HOTELEIRAS LDA

Hotéis com restaurante

Ourém

IAPMEI

Telmo Duarte - Comércio de Pedras Naturais, S.A.

Fabricação de artigos de mármore e de rochas similares

Ourém

IAPMEI

The Grain Free Company, S.A.

Comércio a retalho de animais de companhia e respectivos alimentos, em estabelecimentos especializados

Santarém

IAPMEI

Tracopol - Transportes & Construções, S.A.

Transportes rodoviários de mercadorias

Entroncamento

IAPMEI

Transfor - Engenharia e Construção, S.A.

Construção de edifícios (residenciais e não residenciais)

Ourém

IAPMEI

Trigénius - Tecnologias de Informação, S.A.

Edição de outros programas informáticos

Ourém

TP

Verde Pino - Agência Viagens e Turismo Lda

Actividades das agências de viagem

Ourém

IAPMEI

VIA CENTRO, Lda

Comércio de veículos automóveis ligeiros

Cartaxo

IAPMEI

Vipremi - Fabricação de Produtos em Betão, Lda.

Fabricação de produtos de betão para a construção

Ourém

IAPMEI

Zone soft - Fabrico de Produtos Software, Unipessoal Lda.

Outras indústrias transformadoras diversas, n.e.

Entroncamento

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

17


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

celebrou 40 anos

A

Turrisconta, de Torres Novas, celebrou no dia 9 de maio, 40 anos de vida. Com esta longevidade, a empresa enquadra-se no painel das mais antigas do concelho de Torres Novas e da região. E esta antiguidade não é só no âmbito das empresas que prestam serviços de contabilidade, como também na generalidade do tecido empresarial regional. António Rodrigues, seu fundador, falou sobre o percurso da empresa: “Não é, nem foi fácil fazer o percurso e chegar aqui. Nestes 40 anos, encontrámos crises nacionais e internacionais e, muito em especial, cruzámos com toda a evolução da tecnologia. Começámos ainda na era mecânica e demos entrada na era dos computadores… das novas tecnologias. Percorremos todas essas etapas e, em todas elas, fomos pioneiros. Fomos confrontados com toda a evolução contabilística e fiscal e, em todas as circunstâncias, nos preparámos e adaptámos, para bem respondermos às empresas nossas clientes”, começou por dizer. “Hoje, graças às mulheres e homens que aqui trabalharam, somos a Turrisconta, referência nacional e até internacional na área da contabilidade e, muito em especial, através dela, conselheiros e consultores das empresas nossas clientes. Informamos e aconselhamos com base na realidade económica e financeira do nosso cliente”, referiu. António Rodrigues explicou ainda o sucesso da Turrisconta da seguinte forma: “Na Turrisconta, o cliente é acima de tudo um amigo com confiança mútua, assente nas premissas da ordem fiscal e contabilística. Por isso, mantemos os cientes que há 40 anos connosco começaram e que connosco continuam. A longevidade dos nossos

18

RIBATEJO

clientes é a base da longevidade da Turrisconta”. Quanto ao percurso ao longo dos tempos, a empresa iniciou a sua atividade “na Rua Miguel Bombarda”, tendo-se mudado para a Avenida 25 de abril. Dali seguiu para as antigas instalações da Casa de Saúde, no Largo José Lopes dos Santos e, de lá, a empresa mudou-se para a atual localização,

JUNHO 2019

na Avenida 8 de julho. “Mudámos de instalações, também fruto da evolução, crescimento e do desenvolvimento da empresa”, avançou António Rodrigues. Hoje, acrescentou ainda o empresário, a empresa continua a trabalhar “com a outra geração da família em ação, para continuarmos a ser atentos e competentes, honestos e trabalhadores”. 

www.nersant.pt


DR

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

19


DESENVOLVIMENTO REGIONAL

RTT – Reabilitar Troço a Troço

Bonduelle

assinalou 30 anos em Portugal a reabilitar a Ribeira de Cabanas

O

s trabalhadores da Bonduelle reabilitaram parte da Ribeira de Cabanas, junto ao rio Tejo na Ribeira de Santarém, como forma de assinalar os 30 anos da empresa em Portugal. A iniciativa inseriu-se na projeto do Município, Reabilitar Troço a Troço (RTT), tendo sido a empresa a primeira e envolver-se no projeto. A Câmara Municipal de Santarém, enquanto autoridade local e no cumprimento da Lei da Água, desenhou uma trajetória para melhorar o estado dos seus rios e ribeiras, assente numa visão integrada de gestão dos recursos hídricos, alcançando a dimensão da exemplaridade, com o projeto Reabilitar Troço a Troço (RTT). Regista-se o reconhecimento em 2016 pela academia no prémio UM-Cidades da Universidade do Minho como o melhor projeto autárquico de sustentabilidade na Região Alentejo. O projeto ambiental Reabilitar Troço a Troço (RTT) é hoje uma referência nacional na implementação das políticas públicas ambientais a nível local em que a participação pública é o fator

20

RIBATEJO

diferenciador na reaprendizagem de saber cuidar de um bem comum que pertence às gerações vindouras. A competitividade dos territórios exige um olhar sobre as questões da qualidade e quantidade da água, colocando o desafio para uma gestão de eficiência e inovação dos recursos hídricos a nível local, estimulando novos modelos de governança que potenciem a criação de valor centrada no património natural. No decorrer deste percurso de oito anos de desenvolvimento do RTT pela unidade orgânica de Ambiente e Sustentabilidade (EMAS) do Município, os indicadores de desempenho do projeto centram-se no aumento da cultura ambiental, na melhoria ecológica dos espaços fluviais intervencionados e na capacitação institucional criada, a qual permite, o saber fazer e fazer acontecer com a participação dos atores chave no modelo multinível de gestão da Água. Os resultados alcançados são demonstrados na Rota de Reabilitação de Rios (RRR) de cariz ambiental que já apresenta dezanove troços de rios e ribeiras reabilitados, com mais de dois quilómetros

JUNHO 2019

e meio de linhas de água conservadas (2617 metros), em mais de metade dos territórios das freguesias do concelho, designadamente, Pernes, Vaqueiros, Vale de Santarém, Ribeira de Santarém, Alcanhões, Arneiro das Milhariças, Gançaria, Casével, Romeira, Amiais de Baixo, Várzea e Abrã. O RTT já chegou às empresas e regista-se como resultado societal a mudança de mentalidades que fazem surgir uma nova lente na gestão empresarial. O caso concreto é a manifestação da empresa Bonduelle Portugal, sediada em Santarém, que no âmbito da sua Política Social

www.nersant.pt


DR

e Ambiental, aposta na participação e envolvimento dos quadros da empresa no projeto “Reabilitação Troço a Troço Bonduelle – 30 anos em Portugal”. Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara agradeceu à Bonduelle por ser a primeira empresa a associar-se a esta causa e por ser uma empresa de referência no concelho. Também António Manso, Administrador Delegado da Bonduelle referiu que “esta empresa tem como preocupação as causas sociais e ambientais do concelho, e que são preocupações que acompanham a empresa ao longo destes trinta anos”.

www.nersant.pt

Marcaram também presença, Inês Barroso, Vereadora da Proteção Ambiental, Carlos Marçal, Presidente da União de Freguesias da Cidade de Santarém e Miguel Alvela, Presidente do Clube de Canoagem Scalabitano. O RTT é um projeto de grande envergadura de limpeza e conservação de mais de 500 metros de reabilitação, com aplicação de técnicas de engenharia natural com uma forte componente de participação pública, em que os atores locais criaram as sinergias necessárias à concretização desta obra designadamente, a União de Juntas de Freguesia

JUNHO 2019

da Cidade e o Clube de Canoagem Scalabitano. Trata-se, ainda, de um projeto de aproximação dos cidadãos ao rio Tejo que alavancará uma abordagem inovadora, a qual recorre aos serviços prestados pelos ecossistemas, podendo criar valor social (desenvolvimento da população da Ribeira e espaço de bem-estar aos cidadãos que podem usufruir do rio Tejo e afluentes como a ribeira de Cabanas), ambiental (despoluição, aumento da biodiversidade e proteção do habitat da boga de lisboa) e económico (Turismo Natureza e particularmente o Desporto Náutico). 

RIBATEJO

21


INFORMAÇÃO&APOIO

Em vigor o regulamento da UE que estabelece

um novo quadro para a análise dos investimentos estrangeiros O novo quadro da UE para o escrutínio dos investimentos diretos estrangeiros entrou oficialmente em vigor em 10 de abril de 2019.

O

novo quadro baseia-se numa proposta apresentada pela Comissão Europeia em setembro de 2017 e será fundamental para salvaguardar a segurança e a ordem pública da Europa em relação aos investimentos diretos estrangeiros na União. Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia, declarou: «Este novo quadro ajudará a Europa a defender os seus interesses estratégicos. Precisamos de controlar as aquisições por parte das empresas estrangeiras que visam ativos estratégicos europeus. Quero que a Europa permaneça aberta às empresas, mas, não me canso de o repetir, não somos ingénuos. A adoção e a entrada em vigor desta proposta num período de tempo quase recorde são reveladores da nossa seriedade e da nossa determinação quando se trata de defender os interesses da Europa.»

22

RIBATEJO

O novo quadro: • instaura um mecanismo de cooperação em que os Estados-Membros e a Comissão poderão trocar informações e suscitar preocupações relacionadas com investimentos específicos; • habilita a Comissão a pronunciar-se sempre que um investimento ameaçar a segurança ou a ordem pública de mais do que um Estado-Membro, ou quando um investimento for suscetível de comprometer um projeto ou programa de interesse para toda a UE, como é o caso do Horizonte 2020 ou do Galileo; • incentiva a cooperação internacional no escrutínio dos investimentos, incluindo a partilha de experiências, boas práticas e informações sobre questões de interesse comum;

JUNHO 2019

• estabelece determinados requisitos para os Estados-Membros que pretendam manter ou adotar mecanismos próprios, cabendo sempre aos Estados‑Membros a última palavra sobre se uma operação específica deve ou não ser autorizada no seu território; • tem em conta a necessidade de agir dentro de prazos curtos que respondam aos imperativos das empresas e em condições de confidencialidade rigorosas. A partir de agora, os Estados-Membros da UE devem notificar à Comissão os seus mecanismos nacionais de escrutínio dos investimentos. Atualmente, 14 Estados-Membros dispõem de mecanismos nacionais deste tipo. Vários Estados-Membros

www.nersant.pt


I&A

estão a reformar os mecanismos de que dispõem ou a adotar novos. Nos próximos 18 meses, a Comissão e os Estados-Membros da UE tomarão as medidas necessárias para garantir a plena aplicação do regulamento na UE a partir de 11 de outubro de 2020. As medidas dizem respeito, em especial, à criação do novo mecanismo de cooperação ao nível da UE, que permitirá aos Estados-Membros e à Comissão trocarem informações e darem conta de preocupações relacionadas com investimentos estrangeiros específicos. As ações futuras incluem: • a criação de pontos de contacto formais em cada Estado-Membro

www.nersant.pt

e na Comissão, a fim de permitir o intercâmbio de informações e análises; • o estabelecimento de canais de comunicação seguros entre os Estados-Membros e a Comissão para a troca de informações sobre as operações de IDE; • a instauração dos procedimentos necessários para que os Estados-Membros e a Comissão reajam rapidamente e tomem posição relativamente aos problemas relacionados com IDE; • a prossecução da cooperação política em matéria de IDE com os países parceiros relevantes.

CONTEXTO A proposta de criar o primeiro quadro à escala da UE para analisar os

JUNHO 2019

investimentos diretos estrangeiros foi apresentada pelo Presidente Juncker no discurso sobre o Estado da União de 2017. Na sequência da sua adoção pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho em 19 de março de 2019, a nova legislação da UE entra agora em vigor. A UE tem um dos regimes de investimento mais abertos do mundo, tal como o reconhece a OCDE no seu índice de restritividade da regulamentação do investimento. A UE é o principal destino do investimento direto estrangeiro no mundo: no final de 2017, o volume de investimentos diretos estrangeiros detidos por investidores de países terceiros ascendia a 6,295 biliões de euros, proporcionando aos europeus 16 milhões de empregos diretos. 

RIBATEJO

23


INFORMAÇÃO&APOIO

O futuro do trabalho:

Conferência de alto nível debate formas de a UE enfrentar desafios e aproveitar oportunidades

O

rganizada pela Comissão Europeia, a conferência “O futuro do trabalho: Hoje. A m a n h ã . P a r a To d o s ” suscitou um debate aberto sobre as principais mudanças que ocorrem no mundo do trabalho. A conferência, sob a égide do presidente Jean-Claude Juncker, do vice-presidente Valdis Dombrovskis e da Comissária Marianne Thyssen, contou com cerca de 500 participantes, entre os quais ministros, representantes de instituições e agências da UE, governos nacionais,

24

RIBATEJO

parceiros sociais, sociedade civil, meios académicos e meios de comunicação, que exploraram formas de aproveitar melhor essas mudanças em benefício dos trabalhadores, das empresas, da sociedade e da economia. As rápidas transformações em curso levaram a União Europeia a tomar medidas para assegurar que as políticas sociais e de emprego da Europa continuam a corresponder às realidades do mundo de hoje e de amanhã. Com a proclamação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais, a UE definiu 20 princípios e direitos fundamentais para garantir mer-

JUNHO 2019

cados de trabalho e sistemas de proteção social justos e eficazes no século XXI. Atualmente, estão em curso trabalhos para garantir a sua aplicação na UE e nos Estados-Membros. O vice-presidente Valdis Dombrovskis declarou: “A rápida evolução tecnológica e a transformação digital encerram potencialidades para fomentar o crescimento económico. No entanto, este crescimento tem de ser inclusivo e, para tal, é fundamental manter a Europa na via de uma convergência ascendente. Só vencendo a corrida para o topo pode-

www.nersant.pt


I&A

remos reforçar a coesão económica e social na UE.” Marianne Thyssen, Comissária Europeia do Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade dos Trabalhadores, declarou: “Num mundo laboral em mutação, não podemos limitar-nos a esperar que as pessoas se preparem para as mudanças e a elas se adaptem. Enquanto responsáveis políticos, devemos também adaptar as nossas instituições sociais, as nossas regras e os nossos sistemas educativos para apoiar as pessoas e, assim, dar-lhes confiança no seu futuro e no futuro dos seus filhos, também no novo mundo do trabalho.”

PRINCIPAIS MENSAGENS Dos debates no âmbito da conferência emergiram dez mensagens: •

O mundo está a mudar: a União Europeia, tal como o resto do mundo, está a ser transformada e, muitas vezes, posta em causa por mega-tendências como a digitalização, a globalização, a migração, as

www.nersant.pt

alterações climáticas e a evolução demográfica, designadamente o envelhecimento. •

O futuro do trabalho é AGORA: as mudanças no mercado de trabalho estão a acontecer agora e são irreversíveis. A título de exemplo, refira-se a automatização e os novos modelos empresariais, como a economia das plataformas, que são possibilitados pela tecnologia digital.

A UE constitui um ponto de referência e apoio para fazer face a estes desafios: o Pilar Europeu dos Direitos Sociais é o quadro orientador para inspirar — de acordo com as competências existentes — uma nova legislação ou iniciativas políticas inovadoras a nível da UE, guiar reformas nos Estados-Membros através do Semestre Europeu e canalizar financiamento para fazer face as prioridades sociais mais urgentes.

JUNHO 2019

Temos de decidir como queremos configurar o futuro mundo do trabalho e como lá chegar: queremos o modelo social europeu salvaguardado e reforçado, mas este objetivo implica que sejamos capazes de responder aos novos desafios de um mundo globalizado e de tirar partido dos benefícios da inovação tecnológica. Para concretizar este propósito, há que definir um roteiro com ações concretas.

Precisamos de uma economia digital inclusiva: as pessoas que perdem os seus empregos ou enfrentam transições profissionais precisam de apoios abrangentes, assentes na aquisição de novas competências ou de outras mais adequadas, no acesso a serviços de emprego, no apoio ao rendimento e em serviços sociais ao longo da sua carreira profissional. O impacto da transformação digital nos mercados de trabalho da UE tem sido analisado no âmbito de um grupo

RIBATEJO

25


INFORMAÇÃO&APOIO

de alto nível específico, que apresentou propostas em preparação da conferência, em torno de três grandes temas: uma mão-de-obra especializada, novas relações laborais e um novo contrato social. •

26

Precisamos de financiamento adequado: para tal, será crucial aproveitar ao máximo o orçamento de longo prazo da UE para 2021-2027, incluindo o Fundo Social Europeu Mais destinado a financiar futuras políticas de competências e medidas de apoio às transições em curso no mercado de trabalho. Precisamos de políticas ativas do mercado de trabalho mais eficazes: políticas garantidas por administrações públicas de qualidade que prestem efetivamente os serviços de que os nossos cidadãos e as sociedades necessitam. Para tal, é necessário um maior envolvimento e uma colaboração mais estreita entre os serviços de emprego, as entidades responsáveis pela formação de competências, os serviços sociais e as empresas. Ninguém deve ser excluído: os benefícios económicos devem chegar a todos os europeus, inclusive aos que vivem em zonas desfavorecidas de uma grande metrópole ou numa zona rural remota. O êxito de qualquer política deve ser julgado à luz do seu impacto

RIBATEJO

nas pessoas mais vulneráveis e na coesão do tecido social. •

É crucial reforçar condições equitativas de concorrência a nível mundial: a UE está bem colocada para intensificar a cooperação com outras organizações e parceiros, incluindo a Organização Internacional do Trabalho, para promover o trabalho digno e assegurar progressos na concretização dos compromissos assumidos internacionalmente.

O futuro é a nossa responsabilidade conjunta: todos os níveis de governação (mundial, UE, nacional, regional/local) têm de trabalhar em conjunto com os parceiros sociais e a sociedade civil para satisfazer as expectativas dos cidadãos e dos trabalhadores da UE.

CONTEXTO Em 9 de abril de 2019, decorreu, sob os auspícios da Comissão Europeia, uma conferência de alto nível sobre o futuro do trabalho. No espírito da Cimeira Social, realizada em Gotemburgo em novembro de 2017, em que o Parlamento Europeu, o Conselho da União Europeia e a Comissão proclamaram o Pilar Europeu dos Direitos Sociais, a conferência de hoje teve por objetivo aprofundar a reflexão sobre o futuro do trabalho e formas de fazer

JUNHO 2019

face aos desafios, transformando-os em oportunidades. No âmbito da conferência, seis subgrupos discutiram diferentes aspetos do futuro do trabalho: a) Transformação justa - Oportunidades da digitalização para todos, b) Convergência ascendente - Emprego, coesão social e territorial, c) Responsabilidade global - A UE e a cena internacional, d) Capacitar as pessoas - Transições ao longo do ciclo de vida, desafios em matéria de educação e de competências, e) Proteger e investir - Modernizar os sistemas de proteção social, torná-los sustentáveis e inclusivos, f) Gerir a mudança - Governação e parcerias. Na véspera do evento, o grupo de alto nível que estuda o impacto da transformação digital nos mercados de trabalho da UE publicou um relatório com as suas conclusões. Entre as principais recomendações, contam-se a criação de contas pessoais de aprendizagem, a introdução de intermediários no mercado de trabalho para colmatar lacunas estruturais de competências, e uma proteção social acessível e independente da situação profissional. O presidente, Martin Goos, apresentou as conclusões do grupo aos participantes. Esta conferência de alto nível decorreu em antecipação do evento que assinala os 100 anos da Organização Internacional do Trabalho (OIT), a realizar em Genebra em junho, onde o debate sobre o futuro do trabalho será prosseguido numa perspetiva internacional. 

www.nersant.pt


I&A

Alargamento do prazo para apresentação da declaração inicial do beneficiário efetivo

N

um despacho conjunto, o Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais e a Secretária de Estado da Justiça determinaram que a obrigação, prevista no âmbito do Registo Central do Beneficiário Efetivo (RCBE), de apresentação, numa primeira fase, e até 30 de abril, da declaração inicial do beneficiário efetivo relativa às entidades sujeitas a registo comercial que já se encontravam constituídas em 1 de outubro de 2018, pode ser efetuada, sem quaisquer penalidades, até ao dia 30 de junho de 2019. A decisão de prorrogar o prazo surge por se ter constatado que a introdução

www.nersant.pt

da obrigação declarativa do beneficiário efetivo tem subjacente uma legislação nova com um grau de complexidade jurídica não negligenciável, e que as alterações legislativas em causa induzem a uma alteração dos comportamentos dos declarantes, sendo que muitos ainda desconhecem as obrigações a que estão sujeitos e todos os procedimentos que devem adotar. A obrigação de declaração do beneficiário efetivo no âmbito do RCBE - base de dados que pretende reunir informação suficiente, exata e atual sobre a pessoa ou as pessoas singulares que, ainda que de forma indireta ou através de terceiro, detêm a propriedade ou o controlo

JUNHO 2019

efetivo das entidades a ele sujeitas - foi estabelecida pela Lei n.º 89/2017, de 21 de agosto, e regulamentada através da referida Portaria n.º 233/2018, a qual entrou em vigor a 1 de outubro de 2018. O RCBE, criado no âmbito da Lei n.º 83/2017, de 18 de agosto, que transpôs parcialmente as Diretivas 2015/849/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de maio de 2015, e 2016/2258/ UE, do Conselho, de 6 de dezembro de 2016, é uma das medida de combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo. A apresentação da declaração pode ser efetuada através do endereço https:// rcbe.justica.gov.pt. 

RIBATEJO

27


VIVER O TEJO

Celestino Graça, um ribatejano singular

C

elestino Pedro Louro da Silva Graça, conhecido por Celestino Graça, foi um etnólogo português, estudioso e defensor do folclore ribatejano e impulsionador da agricultura e da Festa Brava. Nasceu a 9 de janeiro de 1914 e deixou-nos a 24 de outubro de 1975. Foi de facto um homem notável, quer pela intensa e qualificada intervenção, quer pela sua determinação, tendo sido ele um dos responsáveis por um dos períodos de maior desenvolvimento social, económico e cultural de Santarém e da sua região. O que é desconhecido para muitos de nós é que foi o responsável pela introdução do cânhamo em Portugal, sendo Autor do livro “A Cultura do Cânhamo”, publicado em 1945 pela Livraria Sá da Costa. Regente Agrícola de formação foi um dos mais conceituados técnicos da sua geração, tendo prestado serviço na X Brigada Técnica Agrícola. A sua determinação em defender a região do Ribatejo levou-o a intervir ativamente na imprensa e na rádio, no que sempre evidenciou uma enorme capacidade de comunicação. Celestino Graça, pelo empenho posto em tudo o que se propunha realizar e pelo exemplo que constituía a sua abnegada intervenção, exerceu grande influência a nível regional, despertando Santarém para um período de expressivo progresso, colocando-a a par das cidades mais desenvolvidas do nosso país. Não podemos deixar cair em esquecimento que o seu inestimável mérito da sua atividade na fundação da Associação Académica de Santarém (1931)

28

RIBATEJO

e a sua representação na Associação de Futebol de Santarém; na criação da Feira do Ribatejo, em 1954, certame regional de que Celestino Graça foi o principal obreiro e dinamizador e que dez anos volvidos sobre a edição inicial haveria de ver a sua importância reconhecida oficialmente com a elevação ao estatuto de Feira Nacional de Agricultura, durante 21 anos; na edificação da Praça de Toiros de Santarém, inaugurada a 7 de junho de 1964, e da sua exploração a favor da Santa Casa de Misericórdia local; na criação do Festival Internacional de Folclore de Santarém, no âmbito da Feira do Ribatejo, e na fundação do CIOFF – Conseil International des Organizateurs de Festivals de Folklore, em 1970, de que foi delegado nacional até à data da sua morte; e o seu valioso estímulo na constituição de diversos ranchos folclóricos no Ribatejo, para além dos que ele próprio fundou. Numa afirmação de inegável competência, Celestino Graça foi capaz de congregar em seu torno vontades e pessoas para desenvolver a nossa terra. Foi um Homem vanguardista no seu tempo, que continua a ser um desconhecido para muitos dos que o consideram retrógrado, apenas pelo facto de defender as nossas tradições culturais e de haver feito obra durante o regime deposto pelo 25 de abril, acusando-o de conivência com o regime político com o qual, bem ao invés, nunca se identificou e nunca serviu. Construir o futuro, com o respeito pelo passado, é a melhor homenagem que se pode prestar a um Homem como foi, é e será Celestino Graça, que continua presente no nosso coração e na nossa grata memória. 

FONTE: ANTÓNIO LÚCIO / BARREIRA DE SOMBRA

JUNHO 2019

www.nersant.pt


VT

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

29


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

petMaxi apresenta mais uma novidade para cães e gatos A petMaxi continua a trazer para o mercado novas marcas e produtos inovadores. Com os mesmos princípios de qualidade e seleção de ingredientes da com a happyOne MEDITERRANEUM, a empresa de Ferreira do Zêzere lançou agora a happyOne PREMIUM. Esta marca reforça o compromisso da empresa de promover a sua saúde, bem-estar e longevidade. De acordo com um comunicado remetido pela empresa, “a happyOne PREMIUM traz-lhe uma gama de produtos com fontes proteicas variadas, fontes de hidratos de carbono alternativos e ingredientes mais naturais, numa gama completa que se

adapta às várias etapas de vida de cães e gatos”. Esta nova marca “de imagem forte e apelativa, com os elementos que já são familiares”, acrescenta ainda a nota, “é uma aposta num segmento de mercado mais acessível à maioria dos consumidores com formulações de grande qualidade, baseadas nas recomendações de nutricionistas”. Nesta nova marca a petMaxi assegura que o cliente encontrará ingredientes frescos, antioxidantes naturais, suporte articular e ingredientes que garantem um suporte para um trato gastrointestinal saudável.

Para além disso, o cliente encontra ainda “soluções para as necessidades específicas em cada fase da vida dos animais, desde gatinhos/cachorros a séniores e com diversos sabores disponíveis: carne fresca; salmão fresco; salmão e arroz, e com uma novidade: hipoalergénico, de borrego. De referir que a petMaxi nasceu em 2015, numa altura em que 50% da ração para animais de estimação consumida em Portugal era importada, maioritariamente de Espanha. A empresa de Ferreira do Zêzere fabrica rações premium e super premium, com capitais e sócios 100% nacionais.

CIMLT inaugura o primeiro Laboratório Móvel de Inovação e Aprendizagens pela Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática do país A CIMLT – Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo inaugurou recentemente o primeiro Laboratório Móvel de Inovação e Aprendizagens pela Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (CTEM) em Portugal. O evento decorreu nas instalações da comunidade, em Santarém. O Laboratório Móvel de Inovação e Aprendizagens CTEM, integrado no Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Lezíria do Tejo (PIICIE LT), consiste num autocarro transformado, no qual serão desenvolvidas atividades e experiências inovadoras, planificadas e dinamizadas pelos professores, tendo como público-alvo crianças e jovens do pré-escolar ao ensino secundário. O Laboratório Móvel de Inovação e Aprendizagens CTEM irá circular pelos 19 agrupamentos de escolas integrados no PIICIE LT. Neste laboratório de aprendizagem, os alunos irão encontrar diversas áreas de trabalho, tais como ciências, robóti-

30

RIBATEJO

ca, fabricação digital – impressora3D, drones, mecânica, realidade aumentada, entre outras. Através da experimentação pretende-se fomentar a inovação e criatividade, aliando as tecnologias às ciências. Deste modo, pretende-se incentivar as aprendizagens por meio de experiências

JUNHO 2019

práticas e promover o desenvolvimento de capacidades para o século XXI, tais como pensamento crítico, criatividade, colaboração, resolução de problemas, comunicação, responsabilidade, autoconfiança, literacia digital e empreendedorismo.

www.nersant.pt


E&I

Nasce uma Comunidade Energética no Eco Parque do Relvão Foram concluídas as visitas técnicas individuais às entidades a laborar no Eco Parque do Relvão no âmbito do projeto “Comunidade Energética – CE.EPR”, avançou a associação. A CE.EPR nasce na Chamusca integrada no projeto EPR-COLAB desenvolvido com o apoio do Fundo Ambiental - 2018. Pretendeu-se com estas visitas individualizadas consolidar informação previamente recolhida, clarificar detalhes técnicos e mobilizar mais empresas a aderirem ao projeto. O projeto da responsabilidade da AEPR – Associação Eco Parque do Relvão e acompanhado por João Jesus Ferreira, especialista internacional, pretende analisar cada contexto empresarial e criar condições técnicas para implementar uma Comunidade Energética recorrendo à implementação de produção própria de sistemas centralizados de produção de energia térmica e de produção de energia elétrica, garantindo custos mais baixos e maior eficiência de utilização para todas as empresas instaladas. Para o responsável técnico do projeto, esta conceção de “nova cidade industrial” apresenta um potencial único em Portugal: projetam-se matrizes energéticas

individuais e coletivas existentes e futuras, resultantes de um planeamento a médio prazo que permitirá agregar e partilhar recursos energéticos. Esta “comunidade” parte do princípio estratégico de dar preferência a fontes energéticas endógenas. Gerida por plataformas digitais adequadas, esta “rede” autónoma, racional e eficiente, trará elevados benefícios aos seus membros/clientes. A AEPR congratula-se pelo sucesso desta fase do projeto atestado pela forte aderência das entidades instaladas face ao potencial existente neste clus-

ter ambiental. De referir que o grande objetivo do projeto “Comunidade Energética | Eco Parque do Relvão – CE.EPR” é implementar no seio do Eco Parque do Relvão uma Comunidade Energética que conduza a uma redução dos custos energéticos das empresas através do conceito de Economia Circular, conforme proposto pelo Plano Estratégico 2017-27 da AEPR. Urge, no entanto, transpor diretivas comunitárias para o direito nacional de modo a agilizar o enquadramento legal das sinergias pretendidas nesta “Comunidade Energética – Eco Parque do Relvão”.

Rachel Arraiolos empreende na arte dos tapetes Rui Marques e Raquel Rodrigues são os empreendedores por detrás do espaço abrantino Rachel Arraiolos. O espaço abriu portas a 15 de junho de 2018, depois de a ideia de negócio ter sido acompanhada pela equipa técnica de apoio ao empreendedorismo da NERSANT, que ajudou a montar a proposta de valor e o conceito do negócio. O espaço comercial, situado no Centro Histórico de Abrantes, tem por base a arte em arraiolos, aplicado em diversos processos criativos. Restauro de tapetes em arraiolos, tecelagem à moda antiga usando reciclagem de tecidos e/ou roupa e outros trabalhos por encomenda, são o core da loja. Para além disso, a Rachel Arraiolos organiza workshops para todas as idades e está presente em feirinhas pelo país. Os interessados podem consultar o trabalho da empresa, aqui: https://www. facebook.com/ruieraquel/

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

31


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

NERSANT ajuda empreendedores a melhorar proposta de valor da sua ideia de negócio A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, no âmbito do apoio ao empreendedorismo e à criação de novas empresas no distrito de Santarém, continua a sua missão de capacitar, melhorar e trabalhar as ideias de negócio dos empreendedores. Neste sentido, a associação realizou na Startup Santarém uma sessão onde colocou as ideias em ação, trabalhando e melhorando as propostas de valor das várias ideias de negócio. Além da proposta de valor, todos os empreendedores realizaram o seu modelo de negócio cumprindo as etapas e os passos para a composição da tela de negócio. No final os participantes apresentaram as suas ideias e estrutura de negócio pretendida. De acordo com a equipa de apoio ao empreendedorismo da NERSANT, “esta foi mais uma manhã de trabalho bastante

intensa, onde os empreendedores colocaram as suas dúvidas e preocupações e onde cada empreendedor beneficiou dos contributos de outros empreendedores e do apoio técnico da associação para a constituição do seu negócio”. A sessão de Ideias em Ação consiste num passo intermédio do ciclo de trabalho com os empreendedores, servindo para validar

e colocar em estrutura de negócio as ideias inicialmente pensadas e que têm vindo a ser acompanhadas pela equipa de empreendedorismo de forma personalizada. Para mais informações, os interessados podem contactar a equipa de apoio ao empreendedorismo da NERSANT através dos contactos sitiodoempreendedor@nersant.pt ou 249 839 500.

“Prémio de Inovação Empresarial” recompensa inovação das PME da região A inovação também está ao alcance das PME. Esta foi a premissa para o lançamento da 1.ª edição do concurso “Prémio de Inovação Empresarial”, que pretende galardoar as iniciativas inovadoras das empresas da região. O concurso é direcionado para as PME sediadas na sub-regiões do Médio Tejo e Lezíria do Tejo, e tem como objetivo a promoção e divulgação da inovação em contexto empresarial. A iniciativa pretende, especificamente, apoiar o desenvolvimento de iniciativas inovadoras e contribuir para a promoção da inovação nas PME do Ribatejo, reconhecer publicamente projetos inovadores que apresentem resultados mensuráveis, valorizar o bom desempenho das PME inovadoras do Ribatejo, disseminar, junto das PME do Ribatejo, os bons exemplos de iniciativas inovadoras e, por fim, promover o Ribatejo enquanto região que apoia e promove o espírito inovador. O “Prémio de Inovação Empresarial” está, neste sentido, orientado para premiar iniciativas inovadoras num estado de maturação avançado, que possam já apresentar resultados mensuráveis, permitindo evidenciar o seu impacto, atual ou potencial, em termos de competitividade empresarial. Estas iniciativas inovadoras deverão consistir em novas ou significativamente

32

RIBATEJO

melhoradas soluções para a empresa, quer seja um novo produto, processo, método organizacional ou de marketing, implementadas nos últimos 3 anos. No âmbito deste concurso, que tem já candidaturas abertas, serão destacadas três ideias inovadoras, sendo que o júri pode ainda atribuir, no caso de se justificar, menções honrosas a outras iniciativas empresariais inovadoras candidatas. Deve referir-se que a organização e os membros do júri do concurso garantem a confidencialidade relativamente a toda a informação disponibilizada pelos proponentes durante o processo de candidatura e avaliação da mesma. Os interessados podem desde já remeter

JUNHO 2019

a sua candidatura através do portal http:// www.inovfin.pt/inovacao_empresarial.aspx. Para outras ou mais informações estão disponíveis os contactos 249 839 500 ou inovfin@nersant.pt. De referir que o Ribatejo InovFin é um projeto apoiado pelo COMPETE 2020 e promovido pela NERSANT, que visa a promoção da inovação como um instrumento fundamental para o aumento da competitividade das empresas, nomeadamente através da aproximação entre estas e as entidades do sistema nacional de inovação, da promoção de estruturas financeiras mais equilibradas e da melhoria das condições de acesso ao financiamento das PME.

www.nersant.pt


Em parceria com:

Carteira de clientes; Rede de distribuição; Qualidade da gestão da empresa; Marca, patentes e outros activos.

Projecções /Cenários de Avaliação da Empresa, em função de: - Perspectivas económicas - Opções de Investimento - Melhorias Operacionais,

Riscos: - Conjunturais, - Sectoriais, - Concorrenciais

Inscreva-se

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

33


34

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


E&I

Portugal quer duplicar financiamento na investigação e inovação após 2020 O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, afirmou que “Portugal tem uma estratégia para duplicar para a próxima década a participação e atração de financiamento”. Em Braga, na ERC Summit 2019, da Agência Executiva do Conselho Europeu de Investigação, o Ministro salientou que Portugal tem atraído 1,65% do orçamento europeu mas referiu o objetivo de chegar aos 2%. “Se olharmos para o período atual, para o Horizonte 2020, devemos atrair cerca de mil milhões de euros e queremos, no período seguinte atrair dois mil milhões de euros”, acrescentou. O plano de duplicar a meta de financiamento no próximo programa-quadro europeu de investigação e inovação (Horizonte Europa de 2021-2027) está dependente do envolvimento ativo de empresas, da sofisticação crescente e

www.nersant.pt

da capacidade empresarial portuguesa. “É preciso ter recipientes, nomeadamente uma atividade empresarial sofisticada, e isso faz-se com emprego. Por isso, a relação entre a ciência e o emprego é crítica para a construção do projeto europeu”, disse.

FINANCIAMENTO ANUAL DE 250 MILHÕES DE EUROS Depois de atrair 174 milhões de euros de financiamento europeu em 2018, Portugal prevê atrair cerca de 250 milhões de euros de financiamento por ano a partir de 2020. “Por isso estamos a trabalhar não só com Espanha, mas com outros países. Porque para atrair mais financiamento europeu e para termos na Europa mais presença portuguesa, temos de criar consórcios com todos os países, e temos também de ter empresas”, afirmou.

JUNHO 2019

Manuel Heitor sublinhou a convicção que a ciência “ajuda a criar mais empregos” e consegue “criar mais riqueza” ao colaborar com as empresas, potenciando o investimento no setor. Portugal tem a meta de alcançar os 3% da despesa do PIB em investigação e desenvolvimento até 2030, o que implica “duplicar a despesa pública e multiplicar por quatro a despesa privada”. “Por outras palavras, isto quer dizer que há cerca de dois mil novos empregos qualificados nas empresas, e por isso é que esta relação entre as empresas e a comunidade científica é tão importante”, referiu. O Ministro acrescentou que “a colaboração empresa/universidade e universidade/empresa é cada vez mais crítica para o desenvolvimento económico”.

RIBATEJO

35


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

TOMAR: maratona

tecnológica apresenta soluções de impacto social Aconteceu nos dias 11 e 12 de maio, no Complexo da Levada, em Tomar, o CityHack, uma maratona tecnológica de 24 horas que juntou 84 jovens talentosos e com vontade de mostrar as suas ideias, num total de 17 equipas, oriundas de 15 instituições de ensino superior diferentes e de 27 cursos diferentes.

E

sta edição foi vocacionada para soluções a desafios com impacto social, como o envelhecimento ativo, a integração dos refugiados e migrantes nas sociedades de acolhimento, o bem-estar das crianças e jovens,

36

RIBATEJO

pessoas com necessidades especiais e minorias bem como a transformação sustentada do mercado de trabalho. O evento foi superiormente apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian no âmbito do projeto Hack for Good, inserido no progra-

JUNHO 2019

ma Gulbenkian de Coesão e Integração Social, e apresentou este ano, a novidade de não utilizar qualquer tipo de plástico. Durante estes dois dias existiu ainda a recolha de equipamento tecnológico obsoleto feita em parceria com uma empresa certifica-

www.nersant.pt


E&I

da. Todas as atividades inerentes ao CityHack 2019 foram orientadas em concordância com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU. A edição deste ano contou também com o apoio dos parceiros tecnológicos do IPT - Instituto Politécnico de Tomar, nomeadamente a Softinsa, a Critical Software, a Compta e a Noesis. O júri, constituído pelos parceiros tecnológicos do evento e pelas instituições organizadoras anunciou a 12 de maio as equipas vencedoras: • 1.º lugar – Equipa EcoThinking (Instituto Superior Técnico) Projeto EcoThinking Project: Um projeto que tem em mente a economização e gestão energética de uma casa. Com a EcoThinking será possível gerir de forma fácil e prática o consumo energético de uma habitação ou empresa, fornecendo dicas e recomendações de modo a que o cliente consiga atingir os objetivos energéticos (custo men-

www.nersant.pt

sal) propostos por ele mesmo. • 2.º Lugar – Equipa: Kozaks (Instituto Superior de Engenharia de Coimbra e Sumy State University – Ukraine) Projeto Get Stronger 3D Game: é um jogo educacional virado para as crianças com idade de 5 a 9 anos. O objetivo principal do jogo é mudar o modo de pensar das crianças em relação à alimentação e impor de uma maneira simples e mais ilustrativa do que descritiva o bom de uma alimentação saudável e o mau de uma alimentação desequilibrada. • 3.º Lugar –Equipa: Banana da Madeira (Instituto Politécnico de Tomar)

JUNHO 2019

Projeto: Volunteer Verse – For Volunteering: Plataforma que faculta um acesso transparente e personalizado a todos os utilizadores, das campanhas realizadas pelas Instituições da região, de acordo com os seus interesses, podendo anunciar a sua intenção de participar e recebendo em troca a respetiva valorização. Desta forma, tanto as instituições de cariz social, os potenciais voluntários e as instituições patrocinadoras poderão inscrever-se na plataforma e anunciar os seus interesses procurando benefício mútuo, seja através de visibilidade e representação para as patrocinadoras, colaboração para as instituições ou benefícios e construção de currículo para os voluntários. 

RIBATEJO

37


EMPREENDEDORISMO&INOVAÇÃO

Serviço inovador de estafeta da Recadex já circula em Abrantes Foi há cerca de dois anos que o serviço de apoio ao empreendedorismo da NERSANT conheceu Licínio Neto, o empreendedor por detrás do projeto Recadex. 2000 quilómetros depois, o serviço, implantado em Torres Novas, está já a circular em Abrantes.

S

im, já comecei há dois anos esta aventura, e tenho novidades. Uma delas é que a Recadex vai estar presente em breve em Abrantes, sobretudo na zona de Alferrarede e São José, graças à empatia que o conceito Recadex provocou no meu amigo Davide Marques, que se torna assim o primeiro cofundador da expansão da marca”, começou por referir na sua página Licínio Neto. E continuou, explicando de que forma vai funcionar a Recadex naquela cidade do Médio Tejo: “o Davide vai gerir a equipa de futuros estafetas nesse concelho e ser estafeta em part-time em horário pós-laboral, portanto Abrantes, como cidade inegavelmente inovadora, vai passar a ter uma gama de serviços que facilita a vida de muitos habitantes e empresas, de uma forma eco-sustentável. Para além disso, e ao mesmo tempo que as bicicletas circulam, expõem através de bandeiras, um espaço publicitário que se destaca de todos os outros”, referiu.

38

RIBATEJO

De facto, e ao que parece, a Recadex está mesmo predisposta ao crescimento. Licínio Neto fez questão de afirmar: “já agora aproveito para assinalar que estou completamente aberto a candidaturas de outros interessados que desejem ser co-fundadores da marca e conceito Recadex noutras cidades, podendo vir a gerir uma equipa de estafetas, ou ser apenas o único estafeta em regime de part ou full-time por conta própria”. E acrescentou ainda os benefícios de aderir ao grupo Recadex: “para além de tornar a tua cidade mais sustentável e simpática, incluem o meu apoio e acompanhamento, partilha gratuita de site, de e-mail, parceiros, uma futura aplicação para telemóvel, divulgação nacional, e diversos descontos, sem qualquer contrapartida financeira inicial”. O empreendedor, que fundou o negócio há cerca de 2 anos em Torres Novas, concluiu mesmo: “procuro, a curto prazo, interessados em tornarem-se estafetas ciclistas em Abrantes, para complementar

JUNHO 2019

www.nersant.pt


E&I

o horário do Davide, e também em Entroncamento e Guimarães onde já tenho outros potenciais co-fundadores. Candidatos ou candidatas que d e s e j a m o b t e r u m re n d i m e n t o extra promovendo o uso da bicicleta, como verdadeira alternativa ao automóvel, pedalando no horário que desejarem, com resistência física, habituados a circular em meio urbano de bicicleta, comunicativos, responsáveis, com algum perfil

www.nersant.pt

comercial necessário para angariar parcerias e clientes, serão muito bem-vindos ao grupo Recadex!” Neste momento, a Recadex está já a funcionar em Abrantes em horário pós-laboral (das 19h às 22h de segunda a sábado) com os serviços disponíveis de entrega de refeições e compras (até um carrinho de compras cheio). Os contactos do serviço nesta cidade são 938041793 e abrantes@ recadex.pt. 

JUNHO 2019

RECADEX TEM PARCERIA COM A APP TAKEAWAY.COM Sabia que em Torres Novas já é possível encomendar comida, via uma aplicação, ir buscar quando estiver pronto, ou ficar comodamente em casa, sendo a sua refeição entregue pela Recadex? Para isso, basta instalar a app Takeaway.com e escolher um dos restaurantes aderentes. Pode também sugerir o seu restaurante preferido nesta aplicação.

RIBATEJO

39


INTERNACIONALIZAÇÃO

PUB.

40

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


INT

Empresas da região podem integrar missão empresarial com financiamento comunitário

Gana e Costa do Marfim são destino de negócios para a NERSANT Entre os dias 07 e 13 de julho, a NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém vai estar no Gana e Costa do Marfim com um conjunto de empresas da região, a fazer prospeção de negócios. A missão é financiada pela União Europeia e as inscrições já estão abertas. A missão empresarial da NERSANT tem um carater multissetorial e engloba a identificação de oportunidades de negócio de acordo com os interesses das empresas participantes, a realização de reuniões institucionais e a concretização de reuniões bilaterais com empresas locais, que possam vir a ser potenciais clientes, parceiros ou fornecedores. Com incidência na capital do Gana, Acra, e na capital económica

da Costa do Marfim, Abidjan, a viagem de negócios realiza-se de 07 a 13 de julho, contando com organização e apoio técnico da NERSANT. De referir que a missão empresarial ao Gana e Costa do Marfim é uma iniciativa do projeto financiado pela União Europeia Negócios no Mundo. O mesmo resulta de uma candidatura da AIP, ao Aviso N.º 28/SI/2017 Sistema de Incentivos “Internacionalização das PME”, na modalidade de Projetos Conjuntos, em copromoção com sete associações empresariais, entre elas a NERSANT. Os interessados em participar podem contactar a NERSANT para mais informações ou inscrições através dos contactos negociosnomundo@nersant.pt ou 249 839 500.

Vibeiras Maroc com duas novas adjudicações A Vibeiras Maroc, empresa do grupo Vibeiras, com sede em Torres Novas, tem duas novas adjudicações no mercado marroquino. Parc Velodrome d’Anfa e Stade d’Honneur de Khouribga são os locais a intervencionar. O Parc Velodrome d’Anfa, no centro de Casablanca, verá a requalificação dos seus espaços verdes, iluminação, sinalética, mobiliário urbano, áreas de jogo e sistema de rega. Construído em 1922, este equipamento histórico está inscrito no património nacional. A empresa terá também a seu cargo a manutenção do Stade d’Honneur de Khouri-

www.nersant.pt

Sugal partilha experiência de internacionalização no Growth Forum ‘2019

bga, sede do OCK, clube da primeira liga marroquina. Este será o primeiro trabalho em Marrocos no que diz respeito a relvados desportivos naturais. A Vibeiras dedica-se ao projeto e obra no âmbito da Arquitetura Paisagista.

JUNHO 2019

A empresa Sugal, com escritórios e fábrica em Benavente, esteve no Growth Forum ‘2019 - Portugal como catalisador do desenvolvimento internacional, evento internacional organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, onde integrou uma mesa redonda sobre experiências de internacionalização. João Ortigão Costa, CEO do Sugal Group, Paulo Portas, Vice-Presidente da CCIP e Rui Paiva, Presidente Executivo co-Fundador da WeDo Technologies, partilharam, assim, a “Mesa Redonda 2: Experiências de internacionalização na primeira pessoa. Empresas portuguesas em destaque nos mercados internacionais”, oferecendo insights originais baseados nas experiências de internacionalização das suas empresas. De referir que o evento decorreu na Fundação Champalimaud, em Lisboa, tendo reunido figuras internacionais e nacionais de destaque do mundo da política e dos negócios com o objetivo de consolidar e projetar o papel de Portugal num cenário global, presente e futuro.

RIBATEJO

41


INTERNACIONALIZAÇÃO

Atto é representante exclusiva de Feira Internacional na Ásia

A Atto Creative Solutions, agência de design e comunicação com escritório em Fátima e Lisboa, fechou negociações com a organização da Jakarta Stone Fair, tornando-se representante exclusiva e oficial deste certame na capital da Indonésia, cuja próxima edição acontecerá entre os dias 21 e 23 de novembro deste ano.

Com uma vasta experiência em internacionalização, tendo já levado várias empresas a feiras profissionais em duas dezenas de destinos diferentes, a Atto lança-se agora em novos voos. Para além da inscrição e reserva de espaço na feira, os interessados poderão continuar a contar com os serviços de

design de stand e comunicação; montagem de desmontagem; transporte de material; marcação de viagem e alojamento e acompanhamento personalizado durante todo o evento. Para mais informações, os interessados devem visitar o site da empresa em www.atto.pt.

Turrisconta organiza sessão sobre oportunidades de negócio em Cabo Verde A Turrisconta, de há muitos anos a esta parte, tem mantido de forma discreta, uma atividade e interação com empresas do universo da CPLP, muito em particular de Angola, Timor e Cabo Verde. Fruto, também, da ação do seu sócio fundador, António Rodrigues, essa interação e relações de trabalho, têm-se estendido ao universo político e institucional daqueles países. No âmbito deste trabalho, a empresa organizou em Torres Novas, uma iniciativa em parceria com a Cabo Verde TradInvest, com o objetivo de promover oportunidades de negócio naquele país. Estiveram presentes os responsáveis da Cabo Verde TradeInvest, muito em particular a sua presidente, Ana Barber, entre outros. O seminário realizou-se em Torres Novas, nas instalações da NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém.

42

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


INT

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

43


INTERNACIONALIZAÇÃO

Viagem de negócios ao Canadá com oportunidades de negócio para as empresas da região A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém esteve no final de abril no Canadá e regressou depois de cinco dias de intenso trabalho de prospeção de negócios em Toronto. A viagem empresarial teve como objetivo reforçar a atração de investimento e identificar oportunidades de exportação. Em carteira, a associação trouxe para as empresas da região oportunidades de negócio muito interessantes.

O

trabalho de prospeção de negócios iniciou no Município de Toronto, com a realização de uma sessão sobre as oportunidades de negócio deste mercado para as empresas portuguesas, e onde esteve presente Raúl Travado, delegado da AICEP em Toronto. De seguida, a NERSANT prosseguiu com a apresentação das oportunidades de investimento no Ribatejo, sessão onde marcaram presença, Ana Bailão, Vice-Presidente do Municí-

44

RIBATEJO

pio de Toronto e Marisol Ribeiro, representante da Caixa Geral de Depósitos de Toronto, bem como diversos empresários e investidores canadianos. No dia seguinte, realizaram-se no Toronto’s Chelsea Hotel, sessões abertas à visita dos agentes económicos, onde a NERSANT aproveitou para dar a conhecer a região do Ribatejo e as oportunidades de negócio inerentes à mesma e onde esteve também presente Eduarda Lee Sousa-Lall, Presidente da Federation

JUNHO 2019

of Portuguese-Canadian Business & Professionals. Foi ainda realizada uma sessão em parceria com a Brampton Board of Trade e com a Brampton City Council, promovida e potenciada por Anurag Sinha, um empresário canadiano que tem sido presença assídua, nos últimos anos, no NERSANT Business, encontro internacional de negócios organizado pela associação empresarial e realizado anualmente em solo ribatejano, mais propriamente em Tomar.

www.nersant.pt


INT

Durante toda a viagem de negócios, a NERSANT procurou sempre a atração de investimento para a região, bem como a identificação de oportunidades de investimento no Canadá. No cumprimento deste objetivo, e paralelamente aos encontros realizados, a associação marcou também presença na SIAL, onde procurou oportunidades de negócio, desta feita ao nível dos produtos alimentares. De referir que esta ação de internacionalização foi realizada ao abrigo do projeto Ribatejo Global, que visa promover a imagem, capacidades e potencialidades da região junto de importadores, subcontratantes e investidores, permitindo aumentar as exportações e subcontratações por via do reconhecimento da qualidade da oferta de produtos e serviços e atrair investimento estrangeiro para a região. O projeto é financiado pelo Compete 2020 no âmbito do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Para mais informações sobre o plano de internacionalização da NERSANT, os interessados devem contactar a associação empresarial através dos contactos datic@nersant.pt ou 249 839 500. A calendarização de ações está ainda disponível na agenda do portal da NERSANT, em www.nersant.pt.

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

45


INTERNACIONALIZAÇÃO

Polónia é o maior

mercado de investimento para Portugal na Europa Central e do Leste A Polónia é o maior mercado de investimento para Portugal na Europa Central e do Leste. As exportações para o país têm vindo a crescer ao longo dos anos, o que denota o potencial do mercado para as empresas portuguesas. As conclusões são de um estudo elaborado pela NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, e que está disponível de forma gratuita para as empresas portuguesas.

46

RIBATEJO

www.nersant.pt


INT

A

tualmente a Polónia é um dos principais captadores de investimento direto estrangeiro, o que contribui muito para a sua posição de destaque entre as economias europeias e mundiais. O país é hoje um investimento muito atrativo para os investidores estrangeiros, devido à dimensão do seu mercado interno, boas perspetivas de desenvolvimento económico e ao seu mercado de trabalho competitivo com baixos custos de trabalho. Esta oportunidade não tem sido esquecida por Portugal. De facto, com um mercado com cerca de 40 milhões de consumidores e uma taxa de crescimento acima de 2%, a Polónia é um país que oferece inúmeras possibilidades de negócio e investimento para as empresas portuguesas. O país é mesmo o maior mercado de investimento para Portugal na Europa Central e do Leste. “Segundo os dados do Banco de Portugal, até ao final de 2013 as empresas portuguesas investiram na Polónia cerca de 153,5 milhões de euros (um aumento

www.nersant.pt

de 18,5% relativamente a 2012)”, começou por referir o estudo da NERSANT, acrescentando que “as exportações portuguesas de bens para o país, entre 2012 e 2016, têm uma taxa média anual de crescimento de 9,4%, enquanto as importações tiveram um crescimento médio anual de 16%”. No ranking de produtos exportados para a Polónia, destaque para “as máquinas e aparelhos, na 1ª posição (23,4%), seguindo-se os produtos agrícolas (12,9%), as pastas celulósicas e papel (12%), os veículos e outro material de transporte (9,5%) e os plásticos e borracha (8,2%)”. Para além das informações sobre o mercado da Polónia (caracterização socioeconómica, relações económicas e comerciais com Portugal, comércio internacional e carácter fiscal da Polónia), o documento aponta ainda caminhos para exportar para este país, nomeadamente documentação necessária, regimes aduaneiros, principais custos associados à exportação, certificações e vistorias necessárias, requisitos de

embalagem e rotulagem, principais custos associados às exportações e, por fim, regime pautal do país. O estudo referente ao mercado polaco também disponível para mercados como Austrália, Canadá, Chile, Colômbia, Gana, Marrocos, México, Moçambique e Turquia, integra o conjunto de atividades do projeto Export Intelligence - Promoção da internacionalização da região, financiado pelo COMPETE 2020 no âmbito do SIAC, que tem por objetivo o levantamento dos principais procedimentos (e eventuais barreiras) de acesso a mercados, para facilitação do acesso das empresas da região, dando-lhes ferramentas de prévia análise e preparação antes de se abordarem esses novos mercados. Todos os estudos estão disponíveis no portal www.exportribatejo.com. Para mais informações, os interessados devem contactar o Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da NERSANT, através dos contactos datic@nersant. pt ou 249 839 500. 

RIBATEJO

47


INTERNACIONALIZAÇÃO

Presidente da República convidou Agrupalto, Caima e Filstone para jantar das maiores empresas exportadoras para a China Agrupalto – Agrupamento de Produtos Agropecuários, de Samora Correia, Caima, de Constância e Filstone, de Fátima, foram as empresas do distrito de Santarém convidadas pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a integrar um jantar onde o chefe de Estado reuniu com os maiores exportadores portugueses para o mercado chinês.

N

este encontro, que decorreu na residência do embaixador de Portugal na China, José Augusto Duarte, estiveram também representantes da cervejeira Super Bock, das construtoras Mota-Engil e Teixeira Duarte e o grupo têxtil TMG.Nuno Correia, presidente do conselho de administração da Agrupalto - Agrupamento de Produtores Agropecuários, situada em Samora Correia, e Agostinho Dolores Ferreira, administrador da Caima, situada em Constância, foram dois dos convidados para um jantar do chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, em Pequim, com alguns dos maiores exportadores portugueses para o mercado chinês. Os administradores de empresas portuguesas que vendem carne de porco e têxteis para a China, Agrupalto e Caima,

48

RIBATEJO

Três empresas da região de Santarém - Agrupalto, Caima e Filstone - integram o painel das maiores empresas exportadoras para a China, tendo sido convidadas para um jantar com o Presidente da República na residência do Embaixador de Portugal em Pequim.

advertem que é preciso quantidade para exportar para este mercado e recomendam também um parceiro local. Em declarações aos jornalistas à margem do jantar, Nuno Correia referiu que a Agrupalto só conseguiu começar a vender carne de porco para a China no ano passado, após dez anos a “tentar entrar neste mercado”, e salientou a importância da capacidade de produção. “A China, se não tivermos capacidade de fornecimento, nem sequer quer iniciar

JUNHO 2019

o negócio. Nós decidimos juntar-nos ao segundo maior produtor [de carne de porco em Portugal]. Atualmente produzimos cerca de 27 mil animais por semana, e cerca de 10 mil vêm para aqui”, disse. A carne de porco chega à China “por via marítima”, com os animais “congelados, em contentores” e o trajeto leva 35 dias, adiantou. Por outro lado, de acordo com Nuno Correia, “é fundamental” ter “um parceiro forte” local entrar na China, “não há dúvida de que também um dos segredos é esse”. “Esse é um conselho que eu dou”, acrescentou. Agostinho Dolores Ferreira, administrador da indústria de celulose Caima, que desde 2012 vende pasta solúvel para

www.nersant.pt


INT

a China utilizada para a produção de visO administrador da Caima realçou a cose, subscreveu que “é preciso ter quanimportância de visitas como as do Pretidade”. “Se não, não vale a sidente da República, pena vir para cá. E depois Marcelo Rebelo de Os administradores Sousa, à China, “para é preciso arranjar o parceiro. Pode não ser necesgarantir que o contexto de empresas sariamente local, mas tem político é saudável, isso portuguesas que de ser um parceiro que é muito importante, é vendem carne de conhece a China e que tem preciso ter muito cuidaporco e têxteis para do com o risco político”. os contactos. Para fazer Quanto ao potencial negócios cá, é preciso falar a China, Agrupalto de crescimento da sua chinês, alguém que o trae Caima, ambas duza e em quem tenhamos empresa, declarou: “Nós situadas no distrito não temos problemas confiança”, aconselhou. No caso da Caima, até nenhuns em crescer, só de Santarém, foi um parceiro escandique Portugal tem um advertem que é navo. “Depois disso a relaproblema para crescer, preciso quantidade é que a indústria de ção com a China é muito para exportar estável. Conheço os clienpasta vive basicamente tes todos, visito-os todos para este mercado de uma coisa chamada os anos duas vezes pelo eucalipto, e com a guere recomendam ra toda que se faz aos menos, já foram todos a também um eucaliptos, eu acho que Portugal mais do que uma não vai haver grande vez”, relatou. parceiro local.

www.nersant.pt

JUNHO 2019

crescimento, não é?”. Nuno Correia, por sua vez, salientou como a exportação para o mercado chinês fez a Agrupalto “crescer em Portugal”, contribuindo para a criação de emprego e para a diminuição das importações nacionais de carne de porco de Espanha. “Se os chineses agora nos pedem cerca de mil toneladas de carne e querem duplicar a quantidade para o ano que vem, nós temos de crescer, para abastecer estes mercados”, disse. Quanto ao longo processo de tentativa de entrada da Agrupalto na China, que só se concretizou em meados de 2018, considerou que o que fez a diferença “foi trabalhar em equipa junto com o Governo”. Numa curta intervenção antes deste jantar, o Presidente da República defendeu que a presença na China de empresas portuguesas “é muito mais importante” do que a das empresas chinesas em Portugal e expressou a ambição de “exportar mais” para o mercado chinês. 

RIBATEJO

49


FERSANT

30 anos a promover as empresas da regiĂŁo

50

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

51


FERSANT

1990

Realiza-se a 1.ª FERSANT, nas instalações da Metalúrgica Costa Nery, em Torres Novas

A missão das empresas no mercado é crescer. Para apoiar o tecido empresarial da região do Ribatejo nesta demanda, a NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém organiza anualmente em Santarém, a par da Feira Nacional da Agricultura, o seu certame empresarial, que constitui uma das formas mais eficazes de angariar novos contactos para o seu negócio.

A

aposta da NERSANT na realização de um certame empresarial aconteceu logo após a sua fundação. Fundada em maio de 1989, a associação realiza a sua 1.ª edição FERSANT logo em 1990, apenas um ano após a sua constituição formal, nas instalações da Metalúrgica Costa Nery, S.A., em Torres Novas.

52

RIBATEJO

Estava dado o primeiro passo para esta que viria a ser um dos maiores certames regionais no âmbito do apoio às empresas da região. O sucesso da primeira edição da feira levou a associação empresarial a pensar num espaço próprio para a realização do certame. Em 1991, é iniciada a construção do seu pavilhão de exposições, em

JUNHO 2019

1994 www.nersant.pt


FER

A FERSANT passa a realizar-se no novo Pavilhão de Exposições, em Torres Novas

1993

1997

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

53


FERSANT

2002

2000 Torres Novas, que viria a ser inaugurado a 23 de setembro do ano seguinte. Este pavilhão de exposições, que começou por ser também sede administrativa da NERSANT, foi de facto a casa da FERSANT durante muitos e bons anos. Centenas de empresas aqui expuseram os seus negócios, num certame que, à data, se completava com a realização seminários e conferências, mas também de uma parte lúdica importante, com a realização de concertos e mostras gastronómicas. A FERSANT, que comemora 30 anos nesta edição, tornou-se um certame de renome no panorama empresarial regional.

54

RIBATEJO

2004 A feira cresceu e realiza-se desde 2010 – data do seu 20.º aniversário – no CNEMA, em Santarém, em conjunto com a Feira Nacional da Agricultura. O certame tem aumentado anualmente o seu número de visitantes, tem tido cada vez maior visibilidade, assumindo-se, portanto, como um espaço privilegiado para o encontro entre empresas e realização de negócios na região do Ribatejo. Anualmente, são, o certame recebe, em média, mais de 200 mil visitantes provenientes de todo o país. Nesta 30.ª edição, a FERSANT pretende continuar a ser um centro privilegiado de contactos comerciais interempresas. 

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

FERSANT passa a realizar-se no CNEMA, em Santarém

2010

2016

www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

55


FERSANT

Mapa da FERSANT Comércio

56

Associação

Indústria

Serviços

Ensino

36

A.M.C. Cunha

54

Garval - Soc. de Garantia Mútua

33

Next Step | Próximo Passo

26

Abílio David

4

Gina Botequim

28

Ponto Aventura

3

Agrocluster Ribatejo

60

Greenmil

22

Primetool

57

Alexandre Venero

17

Grupo Dosch (TRM)

56

Rachel ( Arraiolos)

25

Amagrinabão

24

Grupo P&M Moreira Maxical

34

Rações Zêzere

23

Aziagri

13

Haven V (Grupo Varandas)

15

Remax Vantagem

53

C. Rebelo

37

Iberbaterias

1

Renova

44

Casa e Jardim

59

Iberscal

27

Resitejo

45

Cedilha Certa (Grupo Varandas)

30

Instituto Politécnico de Tomar

20

Ribatubos

16

César Castelão e Filhos, Lda.

5

InterPerfil

35

Rodoviária do Tejo

7

Cimetal

21

J.M Cordeiro

39

Sem Ir

46

Citywater

50

Joaninha - Fabrica de Fogões a Lenha

47

Sondagens Casola

19

Coverpool International

51

Jomafix

52

StartUp Torres Novas

41

CTIC

9

Júlio Murta

11

SudEuro Ski

48

Destresa e Vantagem (Grupo Varandas)

49

Kartódromo de Almeirim

18

Tagusgás

32

Diamantino Coelho & Filho S.A.

61

MaiorLux

29

Tagusvalley

2

Digital Solution

42

Manuel Alexandrino Coelho

12

Virtualvent

38

ECL, Lda.

55

Margem Efusiva (Grupo Varandas)

62

Ecoveg

58

Marília Teresa Duarte Reguinga

6

Equitejo

24

Maxical

31

FC2Tec

2

Micromineiro

8

Fonteval

40

MIL, de Mendes & Irmão

10

Frigoríficos Brígido

63

NERSANT - Associação Empresarial

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

15

46

47

48

49

Saida Emergência

55

45

13

26

44

50

12

25

11

27

42

24

10

23

28

41

22

29

40

9 8

51

56

52

57

61

Entrada / Saída

30

21

7

58

39

31 20

59

38

62

60

6 37

5

53

19 36 18

4 32 17 3

Privado com Stand Antigo

www.nersant.pt

16

2

35

54 34

33

Entrada / Saída

1

JUNHO 2019

RIBATEJO

57


FERSANT

Catálogo de Empresas na FERSANT

AGROCLUSTER RIBATEJO

ALEXANDRE VENERO / ISMAELLO ROLANDO Ismaello Rolando apresenta um espaço de “criatividade na cozinha”, onde dará a conhecer aos visitantes a arte que é trabalhar a comida.

Ismaello Rolando Rua dos Cingeleiros, N.º 44 2350-354 Riachos 965 654 175 ismaello@sapo.pt

AMAGRINABÃO

Casa e Jardim de João Dias da Cruz Unipessoal, Lda. é uma empresa dedicada à atividade de venda de estufas domésticas, artigos para casas agrícolas e hortos, e material decorativo de casa e jardim.

Contatos Albergaria-a-Velha - Aveiro - Portugal E-mail: geral@casajardim.pt Site: www.casajardim.pt. Facebook: CasaJardim.PT Instagram: casajardim2015 234525160 | 910337156 | 910337153 www.casajardim.pt

Contactos Agrocluster Ribatejo Pavilhão de Exposições da NERSANT Várzea de Mesiões 2350-433 Torres Novas +351 249 839 500 * +351 249 839 509 www.agrocluster.com geral@agrocluster.com

Contactos

CASA E JARDIM

O Cluster Agroindustrial do Ribatejo (Agrocluster) surge em 2009 com a aprovação da candidatura promovida pela NERSANT ao programa Operacional Fatores de Competitividade, enquadrado na Estratégia de Eficiência Coletiva (EEC) para projetos de constituição, dinamização e concretização de Polos de Competitividade e Tecnologia e de Outros Clusters. Com a aprovação da candidatura surge o reconhecimento formal do Cluster Agroindustrial do Ribatejo.

Amagrinabão – Máquinas e Acessórios Agrícolas do Nabão, Lda. é uma empresa dedicada ao setor agrícola e industrial, sediada em Tomar desde 2005. O seu foco principal é a área do trator, onde representa com grande intensidade a marca Solis e Tym. Como complemento ao trator, fornece todo o tipo de alfaias das mais variadas marcas com Joper, JGuimarães e Galucho. Para pequenas áreas conta com motoenxadas e motocultivadores Grillo bem como com uma gama mais económica da Weima.Tem ainda uma linha de jardim da Vito, motoroçadoras da Kawasaki e é distribuidora Tomix onde encontra todo o material necessário para pulverização. Resumindo, tem peças para todo o tipo de máquinas agrícolas e industriais, com oficina de assistência própria bem como viatura.

Contactos Amagrinabão – Máquinas e Acessórios Agrícolas do Nabão, Lda. Quinta do Falcão Nº 20 A 2300-184 São Pedro de Tomar 249 321 850 937 852 120

58

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

A.M.C. CUNHA

AZIAGRI

A A.M.C. Cunha foi fundada em 1986 tendo como objeto a importação, exportação, comercialização e distribuição de produtos de drogaria, higiene e limpeza. No setor de atividade em que atua tem vindo a consolidar uma posição de liderança no mercado nacional e uma presença crescente no mercado externo. Embala e vende por grosso centenas de produtos do ramo da drogaria doméstica. Enquanto operador no mercado de abastecimento deste setor a A.M.C. Cunha visa a satisfação e segurança das famílias, através da qualidade e diversidade dos seus produtos e respetivas embalagens. No mercado nacional a marca “PRODUTOS SODACASA” é líder no setor específico.

Somos uma empresa que atua sobretudo no mercado nacional, ao nível da serralharia civil e agrícola…. Desenvolvemos trabalhos de fabrico e montagem de estruturas metálicas; Montagem de coberturas. Fabrico de pavilhões; telheiros; Reparações de coberturas, etc. Ao nível da serralharia agrícola, fabrico e a reparação de alfaias agrícolas. Assistência técnica no terreno; Manutenção e assistência aos secadores de cereal.

Contactos A.M.C Cunha, Lda. Estrada dos Almocreves, 653 a 659 2120-060 Salvaterra de Magos 263 851 446 geral@amccunha.pt

CANDILUZ

Contactos Aziagri, Lda. 962 656 237 R. do Curral 2, 2150-017 Azinhaga

CARLOS V. REBELO

Somos uma empresa com mais de 20 anos no ramo do mobiliário rústico e ferro forjado. Damos orçamentos por medida grátis.

A empresa dedica-se a serralharia civil, fabrico, manutenção e montagem de estruturas metálicas, comercialização de máquinas agrícolas e prestação de serviços de corte (plasma, oxicorte e guilhotina), quinagem, soldadura, punçonagem, perfilagem e calandragem.

Contactos Candiluz Sede: Rua D. Sancho 1 N.º 48 3250-110 Alvaiázere Loja: Rua General Guerra Almeirim Abílio David 916886119

www.nersant.pt

Contatos Carlos V. Rebelo, Lda. Estrada dos Luízes - Casais dos Penedos, Santarém 2070-367 Pontével Portugal Tel. +351 243 799 783 Carlos Rebelo: 917 597 043 Vasco Rebelo: 914 743 811 E-mail: geral@carlosvrebelolda.com

JUNHO 2019

RIBATEJO

59


FERSANT

CÉSAR CASTELÃO E FILHOS

CIMETAL

A Persistente atua em cinco grandes áreas: Design, Pré-impressão, Impressão, Acabamento e Multimédia. Apresenta produtos no âmbito das Artes Gráficas: Folhetos pequeno, médio e grande formato; Impressão em quadricomia até 500gr em 70x100; Livros com e sem capa dura; Revistas; Flexografia - Papel de embrulho em bobine; Cartazes pequeno, médio e grande formato; Desdobráveis; Brindes; Logótipos e linhas gráficas; Flyers; Catálogos promocionais ou de produto; Rótulos; Posters; Envelopes; Trabalhos comerciais; Arquivos; entre outros.

A Cimetal - José Arsénio Mota & Cª, Lda. é uma empresa fundada em 1978 com sede em Torres Novas e com as seguintes áreas de negócio. Comercializa e instala soluções para vedação de propriedades rurais, industriais e cercas para animais, soluções para estruturas de condução e proteção de pomares (Fruticultura, Viticultura e Olivicultura) e comercializa e manutenção de máquinas e alfaias agrícolas com diversas soluções e representações.

Contactos

Contactos

Cimetal, Lda. 249 835 321 geral@cimetal.pt

César Castelão e Filhos, Lda. Quinta do Nicho 2140-120 Chamusca 249 760 263/436 geral@apersistente.pt

COVERPOOL

DIAMANTINO COELHO & FILHO

A Coverpool International é uma marca portuguesa, fabricante de um variado leque de soluções para coberturas de piscinas. Coberturas altas, baixas, fixas ou telescópicas. Todas as coberturas são feitas por medida e poderão ser adaptadas a qualquer espaço, não havendo modelos préfabricados. A Coverpool International tem a sua unidade industrial sediada em Loures, tendo já instalado milhares de coberturas quer em Portugal, quer além-fronteiras.

A Diamantino Coelho & Filho, SA é uma empresa certificada pela norma ISO 9001 dedicada ao fabrico de alimentos compostos para animais e ao comércio agropecuário. Pioneira na elaboração de misturas alimentares em Portugal, a DCF inaugurou em 2015 uma unidade de desidratação e peletização de forragens, tendo iniciado recentemente o fabrico de granulados de forragem certificados para o modo de produção biológico.

Contactos Contactos Coverpool International Rua Cidade de Beja, N.º 28 2660 – 019 Frielas Loures 219 376 110 // 219 370 106 geral@coverpoolinternational.pt

60

RIBATEJO

Diamantino Coelho & Filho, SA Parque Empresarial de Tomar, rua C, lote 20 2305 - 127, Madalena – Tomar 249380050/8 diam@diaco.pt

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

DIGITAL SOLUTION – SOLUÇÕES DIGITAIS

ECL

A Digital Solution comercializa e presta assistência técnica a equipamentos de impressão e soluções informáticas.

Contactos Digital Solution, Lda. Avenida Madre Andaluz, nº 6 A 2000-210 Santarém 243 326 807 dsolution@digitalsolution.pt

ECOVEG

Tecnioveg, S.A. 243 570 040 // 243 570 041 geral@ecoveg.pt // comercial@ecoveg.pt Zona Industrial de Almeirim, Lote 80 – Apt. 26 2081-901 Almeirim www.ecoveg.pt

www.nersant.pt

A ECL Lda. é uma empresa que comercializa, instala, presta assistência e dá formação aos equipamentos dos nichos de mercado dos combustíveis e lubrificantes. Para além dos equipamentos, realizamos projetos de licenciamento para combustíveis, inspeções periódicas e intercalares a GRG, testes de estanquidade a depósitos, realizamos todo o processo para Gasóleo Profissional, desde a licença de exploração ao processo ENMC e viabilidade da autoridade tributária para o reembolso do ISP.

Contactos ECL-Equipamentos para carburantes e lubrificantes, Lda. Rua de Moçambique, N.º 6-A 2080-096 Almeirim Tel.: +351 243 596 290 Fax.: +351 243 597 121 www.ecl.pt

EQUITEJO

Nascida no ano 2000, a Ecoveg, S.A., é uma empresa familiar especializada na venda de inputs para agricultura. A Ecoveg, SA, é especializada na importação e distribuição de produtos para utilização agrícola. Oferece uma gama própria, que passa por produtos fertilizantes sólidos granulados, fertilizantes solúveis, fertilizantes organominerais, fertilizantes peletizados, corretores de carências, aminoácidos, estimulantes e bio estimulantes, trufas e substratos, plásticos agrícolas e tabuleiros.

Contactos

Baseada na experiência de dezanove anos, a empresa encontra-se altamente especializada em equipamentos conetados, tendo já conquistado uma posição de referência neste setor de atividade. A sua principal estratégia é, através da Konica Minolta Portugal Print, a busca contínua de novos produtos e soluções de alta qualidade, de forma a podermos satisfazer as necessidades do mercado assim como a evolução do mesmo.

Contactos Equitejo – Sociedade Comercial de Equipamentos de Escritório, S.A. Rua Dr. Virgílio Arruda, 6 Cave / Loja 2000-217 Santarém 243 309 200 geral@equitejo.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

61


FERSANT

FONTEVAL – SISTEMA DE FILTRAGEM DE ÁGUA

FRIGORÍFICOS BRÍGIDO

A Fonteval dedica-se à comercialização e assistência técnica de sistemas de filtragem e tratamento de água. Está integrada no mercado nacional com equipamentos e métodos (descalcificação, osmose inversa, filtragem, desferrização, desinfeção e esterilização) que fornecem água de qualidade à habitação e à indústria, envolvendo a colaboração indispensável de laboratórios externos devidamente certificados.

Produtos: Frio Industrial; Câmaras frigoríficas, tuneis de ultracongelação, Salas Brancas; Equipamentos Hoteleiros; Frio Transporte; Obras Chave na Mão. Marcas: BRÍGIDO, FRIOBAC, THERMO-KING, CENTAURO

Contactos Frigoríficos Brígido, Lda. Rua das Mangas, 16- Valverde 2025-213 Alcanede +351 243 408 297 anafbrigido@mail.telepac.pt anabrigido@fbrigido.pt www.fbrigido.pt www.frigorificosbrigido.com

Contactos Fonteval – Sistema de Filtragem de Água, Lda. Rua Principal, 7 Cabeça Veada 2480-203 Mendiga - Porto de Mós 244 450 298 geral@fonteval.com

GARVAL – SOCIEDADE DE GARANTIA MÚTUA

GINA BOTEQUIM - ATELIER DE DECORAÇÃO

A Garval tem como objetivo facilitar às PME o acesso à Garantia Mútua, um sistema sólido e fiável que visa impulsionar o crescimento das empresas, prestando-lhes todo o tipo de garantias necessárias para a concretização dos seus projetos e facilitando o acesso ao crédito. Apresenta serviços de apoio à Linha de adiantamento de Incentivos – Portugal 2020; à Linha de Crédito Capitalizar; à Linha de Crédito com Garantia Mútua IFD 20162020; à Linha de Crédito para as empresas portuguesas com processo de internacionalização em Angola; à Linha de apoio ao Empreendedorismo e Criação do Próprio Emprego; e a todo o tipo de Garantias Financeiras e Bancárias.

Bem-estar e prazer de usufruir o interior de sua casa, são a razão do trabalho do atelier de decoração Gina Botequim. O sucesso desta empresa assenta numa filosofia baseada no dinamismo, profissionalismo e experiência, obtendo como maior gratificação do seu trabalho, o momento mágico em que a sua criação supera as expetativas dos seus clientes. Atua no setor do mobiliário, decoração e venda a retalho, elaborando projetos de decoração personalizada.

Contactos Garval – Sociedade de Garantia Mútua, S.A. Praceta João Caetano Brás nº 10 2005-517 Santarém 243 240 080 garval@garval.pt

62

RIBATEJO

Contactos Gina Botequim – Atelier de Decoração Rua D. Nuno Álvares Pereira, 2 - r/c Esq. São Domingos 2005-163 Santarém 243 370 585 geral@ginabotequim.com

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

GREENMILL

GRUPO CH

Estações meteorológicas, internet de satélite para zonas rurais, dataloggers para estufas, routers industriais, bombas solares.

Contacto Luís Miguel de Sousa 917765421 Rua Plácido Abreu, 8 A - Miraflores 1495-152 Algés – Portugal M (+351) 917 765 421 T (+351) 214 105 376 F (+351) 214 105 376 luismi@greenmill.pt www.greenmill.pt

O Grupo CH é o mais importante grupo de Consultoria português, com operações à escala mundial e uma oferta global de serviços integrados, multissetoriais e altamente especializados, operando desde o segmento das PME aos mais importantes grupos económicos nacionais e companhias multinacionais. É constituído por cinco empresas que trabalham no sentido de oferecer aos clientes soluções integradas. Dele fazem parte a CH Business Consulting, especialistas na Gestão de Pessoas e Organizações; a CH Academy focalizada nas áreas da Formação e Desenvolvimento Pessoal; KWL, empresa direcionada para a implementação de Sistemas de Gestão; Monstros & Companhia, Agência de Comunicação; e Burocratik, especializada em Design e Branding. Tem como Missão resolver problemas partilhando as melhores práticas de gestão, levar entusiasmo e paixão às organizações e ser um exemplo positivo para a Sociedade.

Contactos Grupo CH - Edifício Taurus, Campo Pequeno, 48 – 4º Esquerdo 1000–081 Lisboa 213 866 226 // info@grupoch.pt

GRUPO P&M MOREIRA

ECOVEG

Empresa jovem e dinâmica que se destina ao fabrico/comércio de máquinas para o setor alimentar/ oleícola e Agrícola no geral. Projeto/comércio de máquinas e equipamentos para linhas contínuas e processos tradicionais, ambos para extração de azeite, bem como melhoria de processos tradicionais. Assistência técnica especializada “24h/dia para todo o País. Serviço de transportes: transporte de fruto/ equipamentos. Trabalhamos consoante as necessidades dos nossos clientes. Possuímos marca própria e registada.“A satisfação dos nossos clientes é o nosso maior sucesso…….”

Nascida no ano 2000, a Ecoveg, S.A., é uma empresa familiar especializada na venda de inputs para agricultura. A Ecoveg, SA, é especializada na importação e distribuição de produtos para utilização agrícola. Oferece uma gama própria, que passa por produtos fertilizantes sólidos granulados, fertilizantes solúveis, fertilizantes organominerais, fertilizantes peletizados, corretores de carências, aminoácidos, estimulantes e bio estimulantes, trufas e substratos, plásticos agrícolas e tabuleiros.

Contactos Contactos Grupo P&M Moreira M.A.E.MOR Lda. Estrada Nacional 118, n.º 1688 2205-645 Tramagal comercial.maemor@pmmoreira.pt www.pmmoreira.pt

www.nersant.pt

Tecnioveg, S.A. 243 570 040 // 243 570 041 geral@ecoveg.pt // comercial@ecoveg.pt Zona Industrial de Almeirim, Lote 80 – Apt. 26 2081-901 Almeirim www.ecoveg.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

65


FERSANT

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR

J. M. CORDEIRO

O IPT é uma Instituição de referência no Ensino Superior. A sua oferta formativa permite a escolha de percursos de formação variados e especializados desde o nível 5 profissional ao grau de mestre. O IPT possui um campus em Tomar que acolhe os alunos da Escola Superior de Gestão de Tomar (ESGT) e da Escola Superior de Tecnologia de Tomar (ESTT) e, em Abrantes a (ESTA) Escola Superior de Tecnologia de Abrantes.

Contactos Instituto Politécnico de Tomar Quinta do Contador – Estrada da Serra 2300 – 313 Tomar 249328100 gab.com@ipt.pt

JOMAFIXA

Contactos JOMAFIXA de José Lourenço Garcia Unip. Lda. Rua do Bairro novo nº 37 2140-519 Parreira geral@josegarcia.pt www.jomafixa.com

66

RIBATEJO

A J. M. Cordeiro, Lda. é uma empresa que opera no mercado há mais de 30 anos, dedicando-se ao comércio de combustíveis líquidos e gasosos.

Contactos J.M. Cordeiro, Lda. Zona Industrial de Santarém, Lote 38 2005-001 Várzea 249 812 553 243 351 263 geral@jmcordeiro.pt

KARTÓDROMO DE ALMEIRIM

A marca JOMAFIXA, propriedade da firma José Lourenço Garcia Unip. Lda., é uma empresa com 22 anos e fornece diverso material industrial e máquinas e consumíveis para a construção civil metalomecânica e carpintaria.

O Kartódromo de Almeirim organiza eventos de karting, desde o transporte para chegar ao kartódromo, inscrições, prova e restauração.

Contactos Kartódromo de Almeirim Quinta da Conceição 2080-501 Almeirim 910 257 399 geral@kartalmeirim.com

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

LUÍS MURTA / BORNER IBÉRICA

MAIORLUX RENOVÁVEIS UNIPESSOAL

Porta Cabides e Cabides para organizar e poupar espaço no roupeiro.

A MaiorLux Renováveis Unipessoal, Lda. realiza inúmeros trabalhos ligadas à indústria agropecuária, avicultura, bem como em locais públicos e ainda em habitações particular, ao nível da montagem, remodelação e/ou reparação de instalações elétricas, canalizações, sistemas de aquecimento e painéis fotovoltáicos. Desde a sua constituição, a empresa encontra-se muito ligada à indústria avícola, onde elabora todo o sistema de controlo ambiental (aquecimento, refrigeração, etc.), bem como toda a instalação de linhas de alimentação e todos os acertos, montagens e reparações necessárias a um correto funcionamento. Recentemente a empresa celebrou um contrato de prestação e execução de trabalhos com a Alferpac, uma empresa subcontratada pela EDPC, com a qual realiza manutenção e assistência de solares térmicos, bem como a instalação de painéis fotovoltaicos em locais públicos e em habitações particulares.

Contactos Borner Ibérica Rua Andrade Corvo, N.º 11 r/c 2750-297 Cascais 919293438

Contactos MaiorLux Renováveis Unipessoal, Lda. Estrada Nacional N.º 1, Nº 10, Arroteias, 2040-032 Arrouquelas 916 745 232 maiorluxrenovaveis@gmail.com

MARÍLIA REGUINGA – PINTURA EM TECIDO E AJOUR

MICROMINEIRO

Criação personalizada de pinturas em tecido, recortes em panos e toalhas, ajour, rendas, bordados, ponto cruz, criação completa de peças com ajour e pintura em tecido, escolha personalizada de tecidos. Revenda e venda ao público.

Fundada em outubro de 1990, a empresa centra a sua atividade no fornecimento, manutenção e assistência técnica a equipamentos informáticos e na prestação de serviços na área de networking e comunicações. Como representantes do Software de gestão empresarial PHC e Sage, a empresa tem na informatização de empresas o objeto principal da sua atividade, através da implementação de sistemas integrados de faturação, contabilidade, gestão de pessoal, manufacturing, gestão de clínicas, gestão de lojas e restauração, etc.

Contactos Marília Reguinga – Pintura em tecido e Ajour Rua Coronel António Manuel Baptista, nº38 2080-537 Fazendas de Almeirim 243 599 770 geral@pinturaemtecidoeajour.com

www.nersant.pt

Contactos Micromineiro – Informática e Comunicações, Lda. Av. Madre Andaluz, N.º 1 2000-210 Santarém 243 305 120 geral@micromineiro.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

67


FERSANT

NEXT STEP

PONTO AVENTURA

Impressão digital de pequeno e grande formato, impressão digital uv led, vestuário promocional, decoração de viaturas, decoração de interiores e exteriores, branding, logótipos, flyers, websites, lojas online, landing pages promocionais, campanhas publicitárias e consultoria.

Contactos Next Step Zona Industrial Torres Novas - Edifício Farben Business 249 156 901 939 700 436 www.next-step.pt comercial@next-step.pt geral@cimetal.pt

PRIMETOOL - GRUPO FILIPE FARIA

Praça da Cerrada – Polo Filipe Faria Zona Industrial Cerrada Grande 2350-483 Torres Novas 249 824 323 contacto@primetool.pt // www.primetool.pt

68

RIBATEJO

A Ponto Aventura é uma empresa de Animação Turística, que se dedica à organização de atividades de Desporto de Natureza e Aventura. É especializada na adaptação do desporto de aventura para fins pedagógicos e formativos, focada nas necessidades dos clientes, valorizando a personalização dos seus programas, que são seguros, contribuindo para a preservação da natureza e sustentabilidade. Realiza eventos baseados em experiências únicas na água, no ar e na terra que fazem pessoas felizes.

Contactos Ponto Aventura Rua Cabral Moncada, n.º10 2250-040 Constância 960338359 carlos.pontoaventura@gmail.com

RAÇÕES ZÊZERE

Empresa especialista na produção de elementos para comunicação institucional com mais de 35 anos de experiência e know-how. Pertence ao Grupo Filipe Faria e tem evoluído fortemente em soluções para o mercado B2B. A Primetool concebe soluções eficazes e criativas, onde a tecnologia, a inovação e o design são a filosofia assumida por uma equipa coesa onde o factor humano é a chave para o sucesso. Desde o planeamento, à preparação e execução, envolvemo-nos em cada projecto como se fosse único, e procuramos todos os dias melhorar o nosso desempenho e performance a fim de corresponder e superar as expectativas dos nossos clientes. Apresentamos um portefólio de produtos bastantes variado desde: reclamos luminosos, sinalética, expositores, reclamos monobloco, impressão digital, merchandising, painéis digitais LED e outdoors.

Contactos

Empresa 100% Portuguesa de fabrico e comercialização de cereais, misturas e alimentos compostos para animais de criação, inserida num grupo com mais de 40 anos de experiência no setor agroalimentar. Empresa certificada pela norma 9001 de Gestão de Qualidade, desde 1999; pela norma 22000 de Segurança alimentar, desde 2010, e pela norma 14001 de Responsabilidade Ambiental desde 2012, tendo sido sempre a primeira empresa do setor a obtê-las. Alguns dos seus produtos contam também com a certificação eurofins, como o Top Zêzere e a Mistura de Aves, que certifica a qualidade do produto durante todo o ano.

Contactos Rações Zêzere S.A. www.racoeszezere.com www.facebook.com/racoeszezere

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

RENOVA

RESITEJO

A Renova é uma marca europeia de produtos de grande consumo no segmento de papel tissue. Desde sempre marca líder no nosso país, está presente nos cinco continentes desenvolvendo uma estratégia de inovação constante e lançamento de novas soluções. A Renova ambiciona ser cada vez mais uma marca do quotidiano, capaz de oferecer propostas exclusivas e diferenciadoras, disponíveis em todo o mundo.

Contactos Renova S.A. 2354-001 Torres Novas Portugal 249 830 200 www.myrenova.com

RIBATUBOS

Contactos Resitejo - Associação de Gestão e Tratamentos dos Lixo do Médio Tejo Rua do Ferro de Engomar – Eco Parque do Relvão 2140-271 Carregueira – Chamusca 249 749 010 // geral@resitejo.pt

SEM IR

A empresa Ribatubos – Tubagens e Acessórios, Lda., é uma empresa familiar que iniciou a sua atividade em 1997, depois do seu fundador e a sua filha terem ficado desempregados. Assim, e depois de ter trabalhado 29 anos numa empresa da mesma área, na qual iniciou a comercialização de material PVC para a construção e jardinagem e fazendo uso dos seus conhecimentos tanto a nível de fornecedores como de clientes, decide, em conjunto com os seus dois filhos apostar no mercado e criar a sua própria empresa. A empresa tem vindo a consolidar-se ao longo dos anos, começando apenas com 4 colaboradores, empregando atualmente 11. Inicialmente a Ribatubos tinha apenas uma loja na cidade de Santarém mas em 2008 abriu um armazém também com venda ao público na zona Industrial de Santarém.

Contactos Ribatubos, Lda. Prolongamento da Praceta Jaime Cortesão Lote 4, c/v Esq.Santarém2000-228 Santarém 243 391 533 geral@ribatubos.pt

www.nersant.pt

A Resitejo é o sistema de gestão e tratamento dos resíduos urbanos de 10 concelhos - Alcanena, Chamusca, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Golegã, Santarém, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha. O seu complexo sediado na Carregueira-Chamusca é constituído pelas seguintes infraestruturas estratégicas: Aterro Sanitário e Unidade de Produção de Energia Elétrica (Biogás); Estação de Triagem; Unidade de Tratamento Mecânico; Oficinas e outras unidades de apoio; Malha de Ecocentros e de Unidades de Transferência. Cada munícipe produz cerca de 1 kg de RU por dia que tem de ser valorizado e/ ou tratado. Mais de 260 funcionários garantem o seu devido processamento em cumprimento com o quadro legal vigente.

A Sem Ir Lda., é uma empresa de conhecimento e formação. A sua grande determinação está no desenvolvimento de Soluções Inovadoras ajustadas as necessidades dos seus clientes. Objetivo: promover a empresa e apresentação de equipamentos e soluções. Exposição: equipamentos inovadores e produtores de energia com elevada eficiência. Vídeos promocionais da empresa e de várias tecnologias.

Contactos Sem Ir, Lda. Sede: Largo Santa Catarina-Romeira 2005-076 Santarém Tel.243 469 199 Escritório: Rua 18 de Dezembro nº 34 2050-407 Vale do Paraíso

JUNHO 2019

RIBATEJO

69


FERSANT

SUD.EURO.SKI,LDA.

TAGUSGÁS

Empresa de venda e instalação de nebulização (“brumização”), com produtos 100% europeus, e que opera em todo o território nacional e nas diversas atividades e setores, desde esplanadas, restaurantes e fábricas, passando pela pecuária e horticultura.

A Tagusgás – Empresa de Gás do Vale do Tejo, S.A., é a empresa distribuidora de gás combustível canalizado da área de concessão correspondente aos distritos de Santarém e Portalegre. Tem como missão acelerar o crescimento do mercado de distribuição de Gás Natural nos distritos de Santarém e Portalegre, garantindo de forma eficiente, segura e competitiva a exploração, manutenção e desenvolvimento da rede de distribuição.

Contactos SUD.EURO.SKI,Lda. Rua. 1 De Maio nº 17 - Apartado 28 7480-999-Avis-Alcorrego-Portugal Tel: +351.938.204.837 / Fax: +351.242.413.106 geral@ses-nebulizacao.com pierre-brumi@hotmail.com www.ses-nebulizacao.com

Contactos Tagusgás – Empresa de Gás do Vale do Tejo, S.A. Parque de Negócios do Cartaxo EN 114-2 - Lote 26 a 29 Apartado 191 2070-046 Cartaxo 243 350 300 ltabreu@tagusgas.pt

TAGUSVALLEY - TECNOPOLO DO VALE DO TEJO

VIRTUALVENT

O Tagusvalley - Tecnopolo do Vale do Tejo é um Parque de Ciência e Tecnologia, localizado em Alferrarede, Abrantes, desde 7 de novembro de 2003. Este Parque resulta da aposta da Câmara Municipal de Abrantes (em 2000) em estimular o empreendedorismo e a competitividade na Região, tendo por base a Inovação e a Tecnologia. Teve como parceiros fundamentais para o arranque deste projeto, de promoção do Vale do Tejo, a Associação Empresarial da Região de Santarém (NERSANT) e o Instituto Politécnico de Tomar (IPT). A estratégia do Tagusvalley - Tecnopolo do Vale do Tejo assenta nos setores das Tecnologias da Informação e Comunicação, Energia, Metalomecânica e Agroalimentar, áreas onde se procura identificar as oportunidades e as sinergias junto dos atores regionais, com vista à criação de um sistema potenciador de inovação e de empreendedorismo, a par de uma política de atração e estímulo à fixação de recursos humanos qualificados.

A Virtualvent é perita em animações. Com uma dúzia de anos no mercado a percorrer Portugal de Norte a Sul do País, trabalha com uma grande variedade de insufl áveis. Além disso, tem animadores que percorrem as festas infantis fazendo pinturas faciais e esculturas em balão. Disponibiliza matraquilhos humanos, saltitões, andas e monociclos. A VirtualVent trabalha com particulares e também com empresas que habitualmente organizam atividades para os seus funcionários, tais como desportos radicais, escalada, rappel, slide e paint ball.

Contactos

Contactos Virtualvent Rua Nova dos Pinhais, N.º 35 2005-085 Póvoa da Isenta 965 228 114 virtualventeventos@sapo.pt

Tagusvalley - Tecnopolo do Vale do Tejo Rua José Dias Simão 2200-062 Abrantes 241 330 330 // geral@tagusvalley.pt

70

RIBATEJO

JUNHO 2019

www.nersant.pt


Multiplicamos soluções e oportunidades, visões e possibilidades. E para que a sua empresa tenha financiamento e também futuro, Multiplicamos Valor. Em teoria, prestamos garantias financeiras. Na prática, fazemos muito mais: Assumimos o risco do crédito com outras entidades financeiras, facilitando o acesso das empresas a financiamento em condições e prazos mais vantajosos. A nossa história sempre se caracterizou pela Multiplicação de Valor, e ao longo do nosso trajeto, apoiámos, impulsionámos e modernizámos milhares de PME nos setores da Agricultura, Indústria, Comércio, Serviços, Construção e Transportes.

Garval - Sociedade de Garantia Mútua, S.A. Praceta João Caetano Brás, nº 10, 2005 - 517 Santarém Geral + 351 243 240 080 Fax + 351 243 240 089 www.garval.pt www.nersant.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

71


FERSANT

CITYWATER

CTIC

A Citywater é uma empresa especializada na comercialização de sistemas de tratamento de águas, sejam eles no setor doméstico, industrial, alimentar, farmacêutico, entre outros.

O CTIC é uma infraestrutura tecnológica, promotora e catalisadora da valorização e inovação tecnológica da indústria de curtumes nacional, visando a competitividade do sector.

Contactos

Contactos

Rua Dr. Carlos Azevedo Mendes, 26 - 2350-814 Torres Novas 963446644 | 918418933 comercial@citywater.pt contabilidade@citywater.pt

FC2TEC

Apartado 158 - São Pedro 2384-909 Alcanena Tel: +351 249 889190 Fax: +351 249 889199 info@ctic.pt www.ctic.pt

GRUPO DOSCH / TRM LDA

Fabricação de estruturas de construções metálicas e fabricação de portas, janelas e elementos similares em metal, trabalhos de serralharia civil/ mecânica; reparação e manutenção de máquinas e equipamentos e instalação de máquinas e de equipamentos industriais, nomeadamente, de máquinas e equipamentos da indústria alimentar e do papel.

A TRM - Tratamento e Revestimento Metais, Lda. desenvolve a sua atividade no âmbito do tratamento e revestimento de metais, dedicando-se especifi camente à produção de travões. A empresa de Abrantes integra o Grupo Dosch (Domingos Chambel).

Contactos Contactos Rua Nascente da Fonte do Duque de Loulé Lote 5 - 2200-479 – Abrantes Tel: +351241377034 Mob: +351960241907 geral.fc2tec@gmail.com

72

RIBATEJO

TRM - Tratamento e Revestimento Metais, Lda. Rua José Régio (Poeta) - Parque Industrial Zona Norte 2200-480 Abrantes 241 372 906 geral@dosch.pt

JUNHO 2019

www.nersant.pt


FER

Grupo Varandas Import & Export GRUPO VARANDAS

IBERBATERIAS

O grupo Varandas está focado na comercialização de utensílios para a casa, no ramo da preparação e apresentação dos alimentos, que satisfaçam as necessidades dos seus clientes. A variedade é uma das características do grupo, pelo que tem sempre uma grande variedade de produtos atualizados. O grupo varandas tem como base a comercialização e distribuição no espaço europeu de utensílios de cozinha quer no ramo doméstico, como no profissional.

Grupo Varandas 917 562 766 cerapiel@live.com

LAREIRAS JOANINHA

A Interperfil – Indústria de Produtos Metálicos, S.A. foi criada em 2014, fruto da colaboração de um grupo forte e coeso de várias empresas com experiência no sector. Atualmente posiciona-se como uma empresa de referência num mercado altamente competitivo e exigente. A Interperfil tem como missão fabricar e comercializar perfis, dotados de elevado nível de qualidade apostando na tecnologia de ponta, na proximidade com o cliente e na formação dos seus Recursos Humanos.

Contactos Parque Industrial Vale da Aveleira, Lote 6 3250-394 Pussos (+351) 236 027 491 geral@interperfil.pt

www.nersant.pt

Contactos Estrada Nacional 3 Gaio de Cima 2070-214 Cartaxo Tel. - 243 799 241 Fax - 243 799 242 Email - geral@iberbaterias.

Contactos

INTERPERFIL

A Iberbaterias é uma empresa que desde o ano 1999 se dedica ao comércio e assistência a baterias e carregadores industriais. Vocacionada sobretudo para as baterias de tração, que são a nossa principal atividade, o leque de produtos engloba as baterias estacionárias, solares, arranque, carregadores de baterias e acessórios. Consideramo-nos uma mais valia para os nossos clientes e parceiros.

Atividade incide no fabrico e comercialização de fogões a lenha, churrasqueiras e variados equipamentos de aquecimento, como recuperadores de calor, salamandras, combinados e caldeiras.

Contactos Zona-Industrial de Mundão, Lote 4 3500-459 Viseu Telefone: (+351) 232 921 246 Fax: 232 921 342 geral@joaninha.com.pt

JUNHO 2019

RIBATEJO

73


FERSANT

MENDES & IRMÃOS, S.A.

NERSANT

A Mendes & Irmãos, S.A. foi fundada em 1973 na cidade de Loures, tendo como horizonte de mercado a venda a retalho de materiais para a condução de água, saneamento e eletricidade. Hoje, graças aos conhecimentos que fomos adquirindo, e ao acompanhamento sistemático do mercado que fomos consolidando, temos clientes em todo o País (Municípios, grandes, médios e pequenos Empreiteiros de Obras Públicas, Instaladores e Venda a Retalho) e é gratificante para nós constatarmos que os nossos estimados clientes sabem que estamos firmemente empenhados em lhes prestarmos serviços cada vez com mais qualidade, o que temos feito desde a fundação da nossa empresa em 1973 e que continuaremos a fazer.

NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém Várzea de Mesiões Apartado 177 2354-909 Torres Novas 249 839 500 geral@nersant.pt www.nersant.pt

Travessa do parque 2 Apartado 17 2671-901 Loures 219839950 | 938450240 geral@mendesirmaos.pt

STARTUP TORRES NOVAS

Serviço de perfurações e sondagens. Aluguer de máquinas e equipamentos para a construção e engenharia civil. Construção civil. Agricultura e produção animal combinadas.

Contactos Qta. de Cima S/N, 2350-486 União das Freguesias de Torres Novas Telefone: 915 907 803 acimuiq@sapo.pt

74

RIBATEJO

Fundada em julho de 1988 como delegação da Associação Industrial Portuguesa, a NERSANT adquire autonomia jurídica em 1989 passando a denominar-se NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém. A forte capacidade empreendedora dos seus corpos sociais e colaboradores, permitiu a dinamização da Associação e a realização de iniciativas concretas no sentido de promover a capacidade empresarial do distrito e de se afirmar como a principal associação empresarial do distrito. Todas as grandes empresas do distrito fazem parte da sua estrutura associativa e estão representadas nos corpos sociais.

Contatos

Contactos

SONDAGENS CASOLA

A Startup Torres Novas é um espaço dedicado a todos os empreendedores locais e de âmbito nacional e internacional. Tem como principal objetivo apoiar empreendedores de todas as idades no processo de desenvolvimento de empresas, desde a ideia de negócio até à sua implementação.

Contactos 249 839 489 startup@cm-torresnovas.pt

JUNHO 2019

www.nersant.pt


O Ribatejo vai premiar as iniciativas empresariais inovadoras das PME Concurso dirigido a PME sediadas na região de Santarém que tenham implementado, nos últimos 3 anos, novos produtos, processos, métodos organizacionais ou de marketing inovadores e com impacto na competitividade e no desempenho da empresa.

Candidaturas até ao dia 28 de Junho de 2019.

Participe! Mais informações e candidaturas www.inovfin.pt/inovacao_empresarial.aspx

Profile for NERSANT Associação Empresarial

Ribatejo Invest - Junho 2019  

Nesta edição da Ribatejo Invest, damos particular destaque à FERSANT - Feira Empresarial da Região de Santarém que este ano comemora a sua 3...

Ribatejo Invest - Junho 2019  

Nesta edição da Ribatejo Invest, damos particular destaque à FERSANT - Feira Empresarial da Região de Santarém que este ano comemora a sua 3...

Profile for nersant
Advertisement