__MAIN_TEXT__

Page 1

relatório de ações 2016


sumário Apresentação

06

Dados Gerais do Programa APRENDE QUEM ENSINA

CLIQUE NOS TÍTULOS PARA IR AOS TÓPICOS

09

12

CRESCENDO JUNTOS

45 49 52 58 59 60

Destaques 2016 Mapa Social

Núcleo de Gestão e Formação

PROJETOS ESPECIAIS

Profissional

Destaques 2016

Destaques 2016

14 21

Formações Musicais

Orquestra Plástica

Rede de Projetos Orquestrais

Núcleos de Prática Orquestral e Coral DESTAQUES 2016

35 41

Dados dos Núcleos

66 68 71

Neojiba nos Bairros

TRANSPARÊNCIA E VISIBILIDADE Amigos do Neojiba

63


72 74 77 81

Campanha #DiaDeDoar Pesquisa de Público

Neojiba na Mídia

Neojiba nas Redes Sociais

83 86 88 89

AGRADECIMENTOS Onde estamos Equipe

Ficha Técnica


Música enquanto instrumento de transformação social. Oferecer aos jovens a oportunidade de ser aquilo que quiserem ser. Valorizar sua autoestima, ensinar-lhes um ofício, capacitá-los para o mercado de trabalho e, mais ainda, para a vida. Ao longo dos últimos 9 anos, o NEOJIBA ensinou o que é respeito e cidadania ao garantir todos os anos o acesso de quase 5 mil crianças, adolescentes e jovens, em toda a Bahia, aos seus direitos básicos e fundamentais. Mais do que um orgulho e satisfação, é um grande prazer poder fazer parte disso. O apoio a projetos como o NEOJIBA endossam a prioridade do Governo do Estado da Bahia em assegurar mais qualidade de vida a quem mais precisa. Em especial, aos jovens, porque eles são o nosso presente e não apenas o futuro do país. A juventude nasceu para brilhar e é isso que o NEOJIBA proporciona: que as crianças e adolescentes sejam protagonistas de suas próprias vidas. Empoderamento e protagonismo juvenil são palavras de ordem, que transcendem o discurso com ações que reforçam e fortalecem os laços familiares e com a comunidade. O NEOJIBA atua em mais de 40 municípios,

4

alcançando 15 Territórios de Identidade e priorizando localidades com altos índices de vulnerabilidade social. Mais de 80% dos beneficiários do Programa são negros ou pardos, o que evidencia o seu papel social, inclusive, na redução da violência. O Programa faz, efetivamente, o acompanhamento social das ações nas comunidades onde atua. Além do ensino e prática musical coletivos, capacitações, entrega e manutenção de instrumentos, o NEOJIBA ainda promove intercâmbio com instituições internacionais, permitindo aos jovens contato com outras realidades e a troca de conhecimentos e vivências. Também realiza um trabalho de resgate das nossas tradições culturais, com fomento às fanfarras e qualificação de mestres e maestros. O NEOJIBA é da Bahia para o Brasil e o mundo! Eu não tenho dúvidas do potencial deste Programa em se tornar referência. Vida longa e com toda arte! CARLOS MARTINS Secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social


“Lugar de plateia é no palco” Em 2016, o Programa NEOJIBA completou 9 anos de existência. Festejamos nosso aniversário no mês de outubro com um concerto emblemático para a história da música na Bahia, tocando pela primeira vez em solo baiano A Sagração da Primavera de Igor Stravinsky. No mesmo dia, lançamos nosso novo lema, o que está entre aspas no inicio desta carta. Foi mais um ano de conquistas e realizações. Muitas delas descritas neste relatório, que espero suscitará orgulho e satisfação a todos vocês, leitoras e leitores. Sempre que posso, caminho de manhã cedo na beira do mar da Bahia, primeiro Estado dessa nação chamada Brasil, tão cheia de belezas e capacidades, mas também de injustiças e desigualdades. Mesmo com esse dilema no coração, a cada caminhada experimento o milagre da vida. Nós, seres vivos, o mar, a natureza, tudo em harmonia, evidenciando nossa imensa capacidade de vivermos em paz. A música sempre me acompanha nessas caminhadas, e é incrível perceber como os grandes compositores souberam e ainda sabem transmitir em sons organizados tudo que existe de visível e invisível, provocando em nós

5

a sensação de participarmos de um grande banquete, dando enfim sentido a nossa curta existência no plano terrestre. Guardiões desse legado transformado em linguagem artística por seres iluminados, crianças e jovens, apoiados por uma equipe comprometida e competente, dedicamse diariamente para que as futuras gerações possam viver em um mundo mais harmonioso e justo. O NEOJIBA trabalha sem descanso desde 2007 para quebrar o muro entre a plateia e o palco, com a mesma convicção dos que já entenderam que não deve haver muro entre os irmãos e irmãs que somos. Acreditamos num futuro melhor investindo na universalização das oportunidades. Estamos fazendo a nossa parte, oferecendo a experiência transformadora da prática artística, coletiva e de excelência ao maior número de pessoas possível. Junte-se a nós! Ricardo Castro Fundador e Diretor Geral do NEOJIBA


O

Programa NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) promove o desenvolvimento e integração social de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos na Bahia. A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Governo do Estado em parceria com o Instituto de Ação Social pela Música, são responsáveis pela execução do Programa, que é uma política pública pioneira e reconhecida nacional e internacionalmente.

6

Constituído por Núcleos de formação e de iniciação musical, amparados por equipes técnicas e pedagógicas, no NEOJIBA, os integrantes recebem formação musical e acompanhamento social e são estimulados a atuarem como multiplicadores de conhecimento em suas comunidades. O Programa conta também com formação em áreas técnicas correlatas à atividade musical, como Lutheria e produção técnica.


Em 2016, ano que marcou a celebração de seu 9º aniversário, o NEOJIBA ampliou sua atuação, passando de 8 para 12 Núcleos e agregou mais um município, Vitória da Conquista, além de Salvador, Simões Filho, Feira de Santana e Porto Seguro. Outro saldo positivo foi a expansão no apoio a projetos musicais desenvolvidos no interior do Estado, com a ampliação de 26 para 48, através da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia. Desde a sua criação, em 2007, o impacto causado pelo surgimento do Programa na Bahia transforma a trajetória de vida de crianças, adolescentes e jovens e também dos familiares e das comunidades onde estão inseridos os Núcleos e projetos do NEOJIBA. A mobilização realizada pelo Programa conta com o apoio de muitos parceiros: organizações governamentais, instituições privadas e membros da sociedade civil que acreditam na potencialidade das ações do presente e na sua exitosa continuidade.

7


áreas de atuação

Desenvolvimento Social, Educação e Cultura

missão

Promover na Bahia o desenvolvimento e a integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade por meio do ensino e da prática musical coletivos.

visão

A prática artística ao alcance de todos e reconhecida como meio de desenvolvimento humano.

valores

Comprometimento, solidariedade, inovação e transparência.

8

excelência,


dados gerais do programa em 2016 1.751 ações de formação musical em 13 bairros de Salvador, que atenderam diretamente 672 crianças e adolescentes

48 9

crianças, adolescentes e jovens beneficiários diretos em 12 Núcleos em 5 cidades

162 projetos musicais de 38 cidades do interior apoiados

158 atendimentos psicossociais, entre escutas individualizadas e visitas

624

apresentações musicais para 73.012 pessoas

1338 encaminhamentos à rede de proteção social.


NÚCLEOs DE PRÁTICA ORQUESTRAL E CORAL Salvador Simões Filho Feira de Santana Trancoso Vitória da Conquista CONFIRA EM DETALHES NO MAPA INTERATIVO CLICANDO NO ÍCONE

10


MUNICÍPIOS ATENDIDOS ATRAVÉS DA REDE DE PROJETOS

11

Irecê São Gabriel Vitória da Conquista Salinas da Margarida Juazeiro Caetité Teixeira de Freitas Jacobina Senhor do Bonfim Porto seguro Santo Amaro Serrinha Jequié Conceição do Coité

Capim Grosso Wenceslau Guimarães Santa Cruz Cabrália Ibipeba Pilão Arcado Remanso Pé de Serra Belmonte Alcobaça Caravelas Itanhém Central João Dourado Cachoeira

CONFIRA EM DETALHES NO MAPA INTERATIVO CLICANDO NO ÍCONE

Manoel Vitorino Mundo Novo Itaberaba Dias D’ávila Mata de São João

Itiúba Riachão do Jacuípe Luís Eduardo Magalhães Itabuna Rui Barbosa


aprende quem ensina Núcleo de Gestão e Formação Profissional

C

riado em 2007, o Núcleo de Gestão e Formação Profissional é o Núcleo central do Programa e é responsável pela gestão pedagógica dos Núcleos de Prática Orquestral e Coral e pela formação dos multiplicadores. Nele, também residem as principais formações musicais do Programa: a Orquestra Juvenil da Bahia, a Orquestra Castro Alves, os Coros Juvenil e Sinfônico e os Grupos de Câmara.

12


O Núcleo é formado por integrantes com idades entre 06 e 29 anos e realiza uma série de atividades, com foco na prática musical coletiva, através de orquestras e coros, e na formação de jovens multiplicadores. Além disso, abriga as áreas técnicas: Atelier Escola de Lutheria (AEL) e o Centro de Documentação e Memória (CDM). Ambas são responsáveis pela conservação e preservação das ferramentas teóricas e práticas do Programa, através do reparo de instrumentos, formação de jovens no ofício da lutheria e da salvaguarda de partituras, registro dos concertos e de outras atividades pedagógicas e musicais.

13


Turnê Europa

destaques de 2016

14

A Orquestra Juvenil da Bahia viajou por três países (Suíça, Itália e França), com 110 músicos, que executaram 20 obras sinfônicas, em 13 concertos, durante 19 dias da turnê. A Orquestra foi pela 2ª vez residente no prestigioso festival Septembre Musical, em Montreux, e contou com a participação de Midori e Martha Argerich como solistas.


Destacamos a importante presença da ASANBA (Associação Suíça de Amigos do NEOJIBA) na Turnê Europa. A residência em Montreux contou com a participação de membros da Associação, que além de promover e fomentar o intercâmbio entre os dois países, facilita a integração de músicos brasileiros durante sua estadia na Europa.

Assista a um vídeo sobre a Assanba na Turnê

Assista a um vídeo sobre a Turnê Europa 2016

15


TurnĂŞ Europa 2016

16


17

ciclo Beethoven O ano foi marcado por 16 apresentações (8 na sala principal do TCA e 8 em Igrejas de Salvador) da Orquestra Juvenil da Bahia com a temporada temática Ciclo Beethoven – Jovens solistas e maestros do NEOJIBA.

constituição de um coro infantil Composto por 31 crianças, com idades entre 8 e 13 anos, em 2016 foi formado o Coro Infantil do NEOJIBA, ligado ao Núcleo da Federação.


18

Estudantes da Suíça realizam intercâmbio com o NEOJIBA Dando continuidade ao intercâmbio, em seu 5º ano, cinco músicos do curso de mestrado em Pedagogia da Escola Superior de Música de Genebra (Haute École de Musique) vieram entre os meses de agosto e setembro ministrar aulas em Salvador, nos Núcleos SESI, Bairro da Paz e Federação e, em Simões Filho, no Núcleo CESA.

PROMS Implantação do Programa de Orquestra e Coral com Monitoria Supervisionada. A nova proposta de formação para os músicos multiplicadores do NEOJIBA é na área de regência, desenvolvimento social, além de oficinas de Composição e Arranjo, Metodologia em Educação Musical e Treinamento em Solfejo.


O NEOJIBA recebeu em 2016 vinte músicos internacionais, que visitaram o Programa e compartilharam seus conhecimentos com nossas crianças, jovens e adolescentes.

MICHEL BELLAVANCE (FLAUTA, CANADÁ) DIEGO HERNADEZ VIDAL (VIOLONCELO, COLÔMBIA) CRISTIANO ALVES (CLARINETE, BRASIL) WILHELMUS SANDERS (TROMPETE, HOLANDA) GABRIEL MARIN (VIOLA, BRASIL) ANDRE GEIGER (CONTRABAIXO, BRASIL) RAÏFF DANTAS BARRETO (VIOLONCELO, BRASIL) GIANETTA BARIL (HARPA, CANADÁ) CATHERINE LARSEN-MAGUIRE (FAGOTE, INGLATERRA) RUBÉN ZUÑIGA ROJAS (PERCUSSÃO, CHILE) ELDEVINA MATERULA (OBOÉ, MOÇAMBIQUE) OLIVIER ROHRER (LUTHERIA, SUÍÇA) AHMAED FARAG (REGÊNCIA, GRÉCIA) LUIZ SERRALHEIRO (TUBA, BRASIL) FELIX KRIEGER (VIOLINO, ALEMANHA) GERARD METRAILLER (TROMPETE, SUIÇA) LUISA FLOREZ RIOS (REGÊNCIA, COLÔMBIA) SERGIO SCALERA SORIA (PIANO, BOLÍVIA) JAVIER FERNANDO SCALERA (VIOLINO, BOLÍVIA) GABRIEL MARIN (VIOLA, BRASIL)

19


PROCEC Em 2016, o NEOJIBA contemplou 40 jovens multiplicadores em seleção pública para acesso ao Programa de Capacitação em Ensino Musical Coletivo (PROCEC) com monitoria supervisionada. O Programa visa a formação de músicos multiplicadores do interior do Estado por meio de práticas musicais e pedagógicas, que podem ser exercidas em todas as áreas fins da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia e do NEOJIBA nos Bairros. Durante 10 meses de capacitações, os 40 jovens executaram um plano de ensino coletivo nos projetos musicais que já integram nas suas cidades. Ao todo foram 23 projetos beneficiados, de 18 cidades baianas, localizadas em 12 territórios de identidade.

20


21

FORMAÇÕES MUSICAIS 21


22

Orquestra Juvenil da Bahia Primeira formação do NEOJIBA, a Orquestra Juvenil da Bahia foi criada em 2007 e conta com cerca de 90 músicos, com idades entre 14 e 29 anos. Sob a direção artística de seu fundador, o maestro e pianista Ricardo Castro, a orquestra já realizou várias turnês nacionais e internacionais, com mais de 200 apresentações para mais de 160 mil pessoas, no Brasil, nos Estados Unidos e em vários países da Europa. Artistas como Martha Argerich, JeanYves Thibaudet, Midori Goto, Maxim Vengerov, Maria João Pires, Colin Currie, Cesar Camargo Mariano e Orkestra Rumpilezz são alguns dos nomes que já tocaram ao lado da formação. Em 2016, a Orquestra realizou inúmeras apresentações, com destaque para a Turnê Europa e o Ciclo Beethoven. regente titular: ricardo castro

22


Primeira formação do NEOJIBA, a Orquestra Juvenil da Bahia reúne 90 musicistas, com idades entre 14 e 29 anos.

23


24

orquestra castro alves - oca É a segunda formação do NEOJIBA e surgiu em 2009, inicialmente como uma formação de cordas. No ano seguinte, se transformou em orquestra sinfônica e recebeu o nome em homenagem ao poeta baiano. Formada por jovens entre 14 e 22 anos, a orquestra já realizou mais de 70 apresentações para mais de 40 mil pessoas. Em 2016, o grupo apresentou pela primeira vez uma sinfonia completa no Teatro Castro Alves. A estreia foi marcada pela apresentação da Sinfonia nº 8 de Dvořák. O ano também foi marcado pela apresentação conjunta e inédita da OCA com o Coro Juvenil do NEOJIBA. regente 2016: marcos rangel


A Orquestra Castro Alves é a segunda formação do NEOJIBA e é formada por jovens entre 14 e 22 anos.

25


Coro Juvenil Criado em 2010, para promover a formação de jovens através da prática coral de excelência, o Coro Juvenil é formado por 55 jovens, na faixa etária entre 14 a 23 anos. A formação musical do NEOJIBA começou suas atividades sob a regência do maestro Obadias Cunha e com a participação de estudantes da instituição ICEIA. Já em 2011, passou a ser coordenado por Yuli Martinez. Em 2016, além de cantar a Fantasia Coral e a Nona Sinfonia de Beethoven, o Coro Juvenil executou obras corais de diversos estilos e gêneros do continente americano, com o Concerto Viagem pelas Américas COORDENAÇÃO: yuli martinez

26


O Coro Juvenil ĂŠ formado por 55 jovens, na faixa etĂĄria entre 14 a 23 anos e executa obras corais de diversos estilos e gĂŞneros.

27


Coro Sinfônico Fundado em 2012, o Coro Sinfônico está ligado ao Núcleo de Gestão e Formação como uma atividade de extensão. Ele surgiu especialmente para a execução da 9ª Sinfonia de Beethoven, na ocasião do quinto aniversário do NEOJIBA e sob a regência do maestro Paulo Novais. O Coro é formado por voluntários, que atualmente recebem treinamento vocal da equipe coordenada por Yuli Martinez, que conta com Claudia Santos e Andréa Alves na preparação vocal. Em 2016, o Coro Juvenil, além de cantar a Fantasia Coral e a 9a Sinfonia de Beethoven, executou obras corais de diversos estilos e gêneros do continente americano, com o Concerto Viagem pelas Américas. COORDENAÇÃO: yuli martinez

28


O Coro Sinfônico é formado por familiares de integrantes do NEOJIBA e voluntários, e desde 2012 executa obras corais em Salvador

29


30

Grupos de câmara Os grupos de Câmara são um capítulo importante da história e construção individual e coletiva do NEOJIBA. Em 2016, os grupos formados por músicos contemplavam quartetos de cordas, grupos de compositores, quintetos de metais e de madeiras, cantores e violonistas, dentre outros. Eram eles: Quarteto Carybé, Wood Tropicales, Bahia Brass, Trio Multifaces e MODAP - Quarteto de Trombones do NEOJIBA. Neste ano, eles seguiram se apresentando nos palcos baianos e deram seguimento à Segunda Temporada do Concertando no Sesi – projeto iniciado em 2015. No Teatro Sesi Rio Vermelho, os grupos de música de câmara levaram ao público um repertório formado por uma variedade de estilos e famílias de instrumentos sinfônicos e populares, em um formato intimista e didático. Quarteto Carybé | Wood Tropicales | Bahia Brass | Trio Multifaces | MODAP - Quarteto de Trombones do NEOJIBA

30


Atelier Escola de Lutheria O Atelier Escola de Lutheria (AEL) tem um papel fundamental no NEOJIBA, uma vez que todos os instrumentos, antes de chegarem na mão das crianças, adolescentes e jovens nos Núcleos e nas formações orquestrais, passam por reparos e ajustes no AEL. Além de realizar serviços de reparação, reforma e manutenção de instrumentos de cordas e sopros, o Atelier também é um centro de formação de luthiers, que pratica os mesmos princípios e valores do Programa, entre eles o efeito multiplicador e a integração social. Em 2016, a Escola contou com a participação de 17 luthiers e aprendizes. Além disso, foi o ano também para a realização da primeira experiência de parceria entre o AEL e o SENAI CIMATEC. A iniciativa gerou como resultado o primeiro “Apontador de Cravelhas”, fabricado na Bahia. O instrumento de precisão auxilia o músico a afinar seu instrumento e foi criado por estudantes da instituição com a assessoria técnica da equipe do Atelier e ganhou o Prêmio SENAI TheoPrax. Coordenador do Atelier Escola de Lutheria (AEL): David Matos

31


Centro de Documentação e Memória Responsável pela organização da memória física e digital do NEOJIBA, o Centro reúne toda a história e trajetória do Programa, conservando partituras, CDs, DVDs e livros, além do registro de todas as atividades realizadas pelo Programa, com arquivos de áudio e vídeo, fotos, artigos, revistas, jornais e boletins. No CDM, existem três bancos de dados, um para concessão ou empréstimo de partituras, um para CD e DVD e outro para catalogação. O processo de documentação é realizado por músicos bolsistas. Coordenadora do Centro de Documentação e Memória: Gilnéia Carvalho Gonçalves

32


33

Núcleos de Prática Orquestral e Coral

A

o todo são onze Núcleos de Prática Orquestral e Coral localizados em todo o estado da Bahia. Estes centros de iniciação e prática musical coletiva e cotidiana reúnem mais de mil crianças, jovens e adolescentes com idades que variam de 5 a 22 anos. Nos Núcleos, eles têm o primeiro contato com a prática musical coletiva através de atividades no contra turno escolar.

33


Assista a um vídeo sobre os núcleos

Os Núcleos funcionam em cooperação com organizações governamentais, como prefeituras e escolas públicas ou entidades não governamentais como associações, institutos, empresas e escolas privadas. Em Salvador, são sete Núcleos, localizados nos bairros de Pirajá, Itapagipe, Nordeste de Amaralina, Bairro da Paz, Liberdade, Federação e Nazaré. Outros quatro Núcleos estão nos municípios de Simões Filho, Vitória da Conquista, Feira de Santana e Porto Seguro. Além da prática musical cotidiana, a excelência de cada Núcleo é conquistada através do cuidado multidisciplinar e integral com cada integrante. Esse trabalho é realizado por equipes pedagógicas e técnicas, que gera como resultado o desenvolvimento social que permeia o seio familiar e as comunidades onde cada Núcleo está inserido. Sob a supervisão do Núcleo de Gestão e Formação Profissional, os Núcleos criam e coordenam grupos orquestrais e corais, oferecem ensino musical através da prática orquestral e coral, preparam seus integrantes para audições de ingresso nas principais formações musicais do Programa e difundem seus resultados para a população em geral.

34


35

Abertura de 3 novos Núcleos

destaques de 2016

35

Os bairros Pirajá e Liberdade, em Salvador, foram os locais que receberam a instalação de dois novos Núcleos de Prática Orquestral e Coral. Fora da capital, foi a vez do município de Vitória da Conquista. Os três Núcleos iniciaram suas atividades em 2016 com a soma de 286 integrantes, com idades entre 6 a 22 anos.


36

Equipe de Desenvolvimento Social atua dentro dos Núcleos Em 2016 o Setor de Desenvolvimento Social foi ampliado e esteve presente de forma mais frequente nos doze Núcleos, o que permitiu um olhar integral e mais próximo a cada integrante e família envolvida com o Programa. A iniciativa permitiu o fortalecimento das ações e atividades de acompanhamento e desenvolvimento social.

Readequação da Orquestra Pedagógica Experimental A Orquestra Pedagógica Experimental (OPE), uma das formações musicais do Núcleo de Gestão e Formação Profissional até 2015, passou por uma mudança no seu desenho institucional em 2016, que deu origem a um novo Núcleo de Prática Orquestral e Coral, o Núcleo Federação. Neste novo retrato, o Núcleo engloba tanto a OPE quanto o Coro Infantil, como formações musicais e atende crianças e adolescentes, entre 6 e 15 anos, no desenvolvimento de atividades práticas com instrumentos de cordas, madeiras, metais e percussão e de canto coral.

36


37

30 instituições recebem as Práticas Sociais do NEOJIBA Jovens músicos das orquestras, grupos de câmara e dos Núcleos realizaram atividades musicais em 30 instituições beneficentes de Salvador. Entre elas, o Hospital Ana Nery, a Organização de Auxílio Fraterno, o Hospital Infantil Martagão Gesteira e o Hospital Reitor Edgard Santos (Hospital das Clínicas). Nas Práticas Sociais, os integrantes do NEOJIBA doam seu tempo e alegria a dezenas de pessoas por meio da música.

núcleo nordeste de amaralina Em outubro de 2016, no mesmo mês de aniversário do NEOJIBA, o Programa reabriu o Núcleo de Prática Orquestral e Coral no bairro Nordeste de Amaralina, com um novo formato. A primeira turma do Núcleo começou com cerca de 60 vagas para crianças e adolescentes entre 8 a 18 anos e foi criado a partir da parceria com o programa Pacto Pela Vida do Governo da Bahia. O Núcleo desenvolve atividades de iniciação musical, percussão e instrumentos de sopro: flauta, clarineta, saxofone, trompete e trombone, no Centro Social Urbano (CSU) do bairro.

37


38

Semana Brasileira Em abril de 2016, os Núcleos de Prática Orquestral e Coral do NEOJIBA realizaram uma série de atividades e concertos para disseminar o repertório de música brasileira entre crianças, adolescentes e jovens. Além das apresentações, a Semana Brasileira contou com workshops com convidados sobre estilos e técnicas específicas de instrumentos populares da música brasileira.

Atividades comemorativas Independência da Bahia

38

Uma das datas mais emblemáticas do Estado, a Independência da Bahia, foi celebrada pelo NEOJIBA com a realização do I Encontro das Filarmônicas, no dia 3 de julho, no Teatro Castro Alves, em Salvador. A atividade foi promovida pelo Programa em conjunto com a Federação das Bandas Filarmônicas da Bahia (FEBAF), com o apoio do Instituto Anísio Teixeira (IAT), da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) e do Teatro Castro Alves (TCA). O encontro reuniu a filarmônica 4 De Janeiro (Itiúba), e também a Minerva Cachoeirana (Cachoeira), Guerreiros do Sol (Dias D’Ávila), a Banda da Escolinha da Filarmônica 25 de Dezembro (Irará), além de duas formações musicais: a Banda Sinfônica da Paz (do Núcleo Bairro da Paz) e a Banda Sinfônica do NEOJIBA.


39

São João nos Núcleos Em sete dias, durante o mês de junho, nove Núcleos de Prática Orquestral e Coral do NEOJIBA realizaram uma série de apresentações em celebração aos festejos juninos, por diversos espaços de Salvador e Simões Filho.

Sagração da Primavera A antológica composição de Stravinsky, coreografada por Oscar Araiz, foi apresentada pela primeira vez na Bahia com música ao vivo e balé. Os músicos da Orquestra Juvenil da Bahia e os dançarinos da Escola de Dança da FUNCEB apresentaram, nos dias 15 e 16 de outubro de 2016, o balé A Sagração da Primavera na sala principal do Teatro Castro Alves. Crianças, adolescentes e jovens dos Núcleos do NEOJIBA participaram do ensaio geral do espetáculo.

39


Núcleos de Prática Orquestral e Coral

Antônio Gasparini - Feira de Santana Bairro da Paz - Salvador CESA - Simões Filho Conquista Criança - Vitória da Conquista Cordas Dedilhadas - Salvador Federação - Salvador Liberdade - Salvador Nordeste de Amaralina - Salvador Pirajá - Salvador SESI Itapagipe - Salvador Trancoso - Porto Seguro

40


DADOS DOS NÚCLEOS NEOJIBA

Núcleo de Gestão e Formação Profissional Núcleo SESI Itapagipe

Núcleo CESA

Ano de Fundação: 2007 Número de Beneficiários em 2016: 345 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 29 anos Atividades: Prática Orquestral, Canto Coral Formações Musicais e técnicas: Orquestra Juvenil da Bahia, Orquestra Castro Alves, Coro Juvenil, Grupos de Câmara Atelier Escola de Lutheria, Centro de Documentação e Memória PARCEIRO: Ministério da Cultura/Lei Rouanet Município: Salvador Ano de Fundação: 2011 Número de Beneficiários em 2016: 237 Faixa etária dos beneficiários: 8 a 44 anos (inclui alunos de educação especial do projeto CAIS) Atividades: Iniciação Musical, Prática Orquestral, Canto Coral, Educação Musical Especial Formações Musicais e técnicas: Orquestra Infantojuvenil do SESI, Grupo Instrumental do CAIS, Coral Infantil do SESI PARCEIRO: SESI/FIEB Município: Salvador

Ano de Fundação: 2011 Número de Beneficiários em 2016: 302 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 18 anos Atividades: Iniciação Musical, Prática Orquestral, Canto Coral, Prática de Percussão Formações Musicais e técnicas: Orquestra Irmã Dulce e Coral Irmã Dulce PARCEIRO: Obras Sociais Irmã Dulce Município: Simões Filho

41


42

Núcleo Trancoso

Ano de Fundação: 2011 Número de Beneficiários em 2016: 116 Faixa etária dos beneficiários: 8 a 18 anos Atividades: Iniciação Musical, Prática Orquestral, Prática de Música de Câmara, Canto Coral Formações Musicais e técnicas: Orquestra Jovem Trancoso, Orquestra Infantojuvenil, Orquestra Sinfônica Escola PARCEIRO: Instituto Trancoso Município: Porto Seguro

Núcleo Antônio Gasparini

Ano de Fundação: 2014 Número de Beneficiários em 2016: 100 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 29 anos Atividades: Iniciação Musical Prática de Instrumentos de Percussão e de Cordas, Prática Orquestral Formações Musicais e técnicas: Banda Sinfônica, Orquestra de Cordas e Orquestra Escola, Orquestra Juvenil de Feira de Santana PARCEIRO: Instituto Antônio Gasparini (IAG) Município: Feira de Santana

Núcleo Bairro da Paz

Ano de Fundação: 2012 Número de Beneficiários em 2016: 123 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 18 anos Atividades: Teoria Musical, Canto Coral e Prática de Instrumentos de Sopro e Percussão Formações Musicais e técnicas: Banda Sinfônica da Paz, Banda Experimental Pedagógica PARCEIRO: Santa Casa da Bahia Município: Salvador


Núcleo Cordas Dedilhadas

Núcleo Liberdade

Núcleo Nordeste de Amaralina 43

Ano de Fundação: 2015 Número de Beneficiários em 2016: 31 Faixa etária dos beneficiários: 8 a 18 anos Atividades: Prática orquestral Formações Musicais e técnicas: Orquestra de Cordas Dedilhadas PARCEIRO: Centro Juvenil de Ciência e Cultura Município: Salvador

Ano de Fundação: 2016 Número de Beneficiários em 2016: 120 Faixa etária dos beneficiários: 5 a 18 anos Atividades: Iniciação Musical e Canto Coral Formações Musicais e técnicas: Coro Juvenil da Liberdade PARCEIRO: Embasa Município: Salvador

Ano de Fundação: 2016 Número de Beneficiários em 2016: 74 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 16 anos Atividades: Iniciação Musical e Prática de Instrumentos de Sopro e de Percussão Formações Musicais e técnicas: Coral Nordestino, Grupo de Iniciação e Orquestra Nordeste PARCEIRO: Centro Social Urbano Município: Salvador


Núcleo Pirajá

Núcleo Conquista Criança

Núcleo Federação 44

Ano de Fundação: 2016 Número de Beneficiários em 2016: 22 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 22 anos Atividades: Iniciação Musical e Prática de Instrumentos de percussão e de sopro Formações Musicais e técnicas: Grupo de Percussão Afrobeat e Orquestra de Flautas PARCEIRO: Centro Cultural de Pirajá Município: Salvador

Ano de Fundação: 2016 Número de Beneficiários em 2016: 144 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 15 anos Atividades: Iniciação Musical, Prática Orquestral com instrumentos de corda Formações Musicais e técnicas: Orquestra de Cordas Conquista Criança PARCEIRO: Programa Conquista Criança Município: Vitória da Conquista

Ano de Fundação: 2016 Número de Beneficiários em 2016: 103 Faixa etária dos beneficiários: 6 a 14 anos Atividades: Iniciação Musical, Prática Orquestral, Prática Coral Formações Musicais e técnicas: Orquestra Pedagógica Experimental e Coro Infantil PARCEIRO: Universidade Católica de Salvador (UCSAL) Município: Salvador


45

crescendo juntos DESENVOLVIMENTO SOCIAL

E

ste foi o terceiro ano de atuação do Setor de Desenvolvimento Social dentro do Programa NEOJIBA. Um ano marcado pela consolidação do NEOJIBA enquanto política pública de desenvolvimento social e sua integração com a rede de proteção social, em prol dos integrantes e suas famílias.

45


A partir do levantamento de dados socioeconômicos sobre os integrantes e seus familiares, traçado pelo Mapa Social, o Setor promoveu uma série de intervenções socioeducativas, oficinas e acompanhamentos psicossociais contínuos, entre outros, durante o ano de 2016. O Setor ampliou sua atuação por meio da contratação de duas profissionais de Serviço Social. A integração das atividades musicais com o acompanhamento social ajuda no fortalecimento de vínculos das crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. O Mapa Social possibilita a mobilização da rede de proteção instituída pela Política Nacional de Assistência Social (CRAS, CREAS e Conselhos Tutelares) e também de uma rede de Amigos do NEOJIBA, formada por voluntários e representantes do setor privado.

46


47

PRINCIPAIS FRENTES DE ATUAÇÃO • Elaboração de Mapa Social anual com dados socioeconômicos de todos os integrantes dos Núcleos do Programa; • Encaminhamento, dentre os beneficiários, do público identificado como elegível para atendimento, em articulação com o CRAS, CREAS e outras instâncias da rede de proteção social; • Realização de encontro de integração com os familiares dos jovens atendidos com o serviço; • Acompanhamento do percurso formativo escolar dos integrantes; • Oferecimento de orientação, profissional e/ou social, a integrantes em situação de iminente de desligamento do Programa; • Promoção de oficinas na área de desenvolvimento social com multiplicadores e lideranças pedagógicas do Programa; • Atendimento individual, através de profissionais especializados, (assistente social e psicólogo), a integrantes e familiares; • Acompanhamento social em ações transversais e em parceria com médicos particulares e instituições acadêmicas de promoção à saúde coletiva e individual.

47


NÚMEROS DO SETOR DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

1338 atendimentos psicossociais para a Rede de Proteção 624 encaminhamentos Social e a rede de Amigos do NEOJIBA 10 intervenções técnicas socioeducativas (palestras, 43 atividades doações, etc.) 48


49

destaques de 2016

49

Na perspectiva da integração entre as atividades do NEOJIBA e as atividades pedagógicas da escola, o Núcleo Federação firmou, por meio de Débora Rios, mãe de um dos integrantes do Núcleo, parceria com professoras voluntárias de um projeto de extensão da UFBA intitulado “Geocientistas do Amanhã”. A parceria consiste na elaboração de uma proposta de atividade lúdica e pedagógica de incentivo à aprendizagem, tendo como foco o estímulo à leitura e escrita prioritariamente dos integrantes identificados com baixo rendimento escolar.


ATIVIDADES REALIZADAS COM PARCEIROS E AMIGOS DO NEOJIBA A fim de fortalecer as redes de proteção socioassistenciais e de saúde, o NEOJIBA manteve importantes parcerias com instituições públicas e/ou privadas e amigos, que deram suporte ao Setor e ao Programa durante o ano de 2016:

50

Arte de Viver

A organização internacional realizou o curso RAS (Respiração, Água e Som), utilizando: Exercícios respiratórios; Técnicas de meditação; Informações sobre dieta saudável; Exercícios físicos e lúdicos, com técnicas de relaxamento em diversos Núcleos do Programa;

EMA

Clínica Comunitária de Atendimento Psicopedagógico - a instituição, através da profissional responsável Ósia Matos e equipe, atende crianças, adolescentes e jovens que apresentam problemas de aprendizagens ou mesmo desinteresse pelo ensino regular.

Bahiana

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública - A parceria ocorre desde 2014, onde a instituição é responsável por acompanhar e assistir gratuitamente integrantes com necessidades relacionadas às áreas de Odontologia, Fisioterapia, Psicologia, atendimento médico e laboratorial, através dos ambulatórios docentes assistenciais mantidos pela entidade;

Instituto Sabin

Realiza exames laboratoriais, vacinação e palestras educativas com os integrantes e familiares do NPO Bairro da Paz.


51

Dra. Vanessa Dybal

Pelo segundo ano consecutivo, a médica clínica Dra. Vanessa Dybal atende no Consultório na Clínica AMO e realiza atendimento ambulatorial gratuito para integrantes, familiares e funcionários do NEOJIBA;

CEFAC

Fundado em 1985, o CEFAC (Centro de Estudos da Família e do Casal) é uma instituição de ensino voltada para a formação em psicoterapia sistêmica de família, casal e individual e para a prestação de atendimentos à clínica social. O Centro oferece acompanhamento psicológico gratuito para integrantes e famílias encaminhadas pelo setor de Desenvolvimento Social do NEOJIBA.

Hospital Humberto de Castro Lima

Parceiro na disponibilização de consultas e exames na área de Oftalmologia para integrantes do NEOJIBA;


52

mapa social

I

niciado em 2014, o Mapa Social é um instrumento utilizado pelo setor de Desenvolvimento Social do NEOJIBA para identificar e diagnosticar o perfil socioeconômico de cada integrante do Programa, assim como para observar quais são as crianças, adolescentes e jovens que estão expostas a situações de vulnerabilidades sociais e/ou risco social. Através da coleta de dados com o próprio integrante e/ou com seus responsáveis, a equipe do setor tem acesso às demandas emergentes do seio familiar, traçando assim um atendimento específico para acompanhar

52


53

e ampliar o acesso ao desenvolvimento social, à saúde, à educação e à cultura. O Mapa é o ponto inicial para o olhar social e multidisciplinar do NEOJIBA. Com ele, o Programa propicia uma ação integral e sensível à cada integrante, respeitando e colaborando com a vida social de cada criança, jovem e adolescente. O diagnóstico de 2016 foi realizado por uma equipe qualificada e capacitada nas áreas de Assistência Social e Psicologia, que realizaram uma série de entrevistas, escutas e aplicação de questionários com os integrantes.

53


ANO 2016 - DADOS SOBRE O PERFIL SOCIAL ANO 2016 - DADOS SOBRE O PERFIL SOCIAL

GÊNERO

85%

COR/RAÇA

SE AUTODECLARAM PARDOS OU NEGROS

51% 49%

SÃO DO SEXO MASCULINO

SÃO DO SEXO FEMININO

15%

IDADE

80%

ESTÁ NA FAIXA ETÁRIA ENTRE 04 A 17 ANOS

54

54

18 A 24 ANOS

29% 13 A 17 ANOS

4 A 12 ANOS

1%

ACIMA DE 29 ANOS

3%

25 A 29 ANOS

1%

NÃO DECLARARAM

Em 2016, o Programa implantou 03 novos Núcleos que contemplam aulas de iniciação musical, portanto, a idade mínima para ingresso nas atividades do programa passou de 06 para 04 anos.


COMUNIDADES TRADICIONAIS

27

INTEGRANTES SE DECLARARAM PERTENCENTES ÀS COMUNIDADES TRADICIONAIS

2

SÃO CIGANOS

5

10

SÃO QUILOMBOLAS

SÃO DE TERREIROS

10

SÃO INDÍGENAS

DADOS SOBRE ESCOLARIDADE

1%

DESISTIRAM OU TRANCARAM A MATRÍCULA

6%

CONCLUÍDO

93%

SITUAÇÃO ESCOLAR

CURSANDO

93% INTEGRANTES ESTÃO CURSANDO O ENSINO REGULAR E/OU SUPERIOR

55

GRAU DE ESCOLARIDADE

TIPOS DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO

64% 36% PÚBLICA

PRIVADA

48% 23% 16% 7% 3% 1% 1% 07

ENSINO FUNDAMENTAL I ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO MÉDIO ENSINO SUPERIOR E PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO ESPECIAL ENSINO TÉCNICO EDUCAÇÃO INFANTIL INTEGRANTES ESTÃO NO CPA E NO EJA

71%

SÃO ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL I E II


DADOS SOCIOECONÔMICOS E HABITACIONAIS

RENDA MENSAL*

INTEGRANTES

11% ATÉ MEIO SALÁRIO MÍNIMO 32% ATÉ UM SALÁRIO MÍNIMO 29% ENTRE 1 E 2 SALÁRIOS MÍNIMOS 12%

ENTRE 2 E 3 SALÁRIOS MÍNIMOS

6% 4% 6%

ENTRE 3 E 4 SALÁRIOS MÍNIMOS 5 OU MAIS SALÁRIOS MÍNIMOS NÃO DECLARARAM

72%

FAMÍLIAS POSSUEM UMA RENDA MENSAL DE ATÉ DOIS SALÁRIOS MÍNIMOS

FAMÍLIAS QUE RECEBEM BENEFÍCIOS SOCIOASSISTENCIAIS

45% RECEBEM

56

48% NÃO RECEBEM

7%

NÃO INFORMARAM

* Considerou-se como salário mínimo o valor que vigorava nos meses de referência da pesquisa até Novembro de 2016: R$ 880,00 (oitocentos e oitenta reais).

FAMÍLIAS INSCRITAS NO CADÚNICO

53%

ESTÃO INSCRITAS

43%

NÃO ESTÃO INSCRITAS DOS 34% QUE DECLARARAM QUE RECEBEM BENEFÍCIO SOCIOASSISTENCIAL, 85% SÃO DO BOLSA FAMÍLIA

4%

NÃO INFORMARAM


Bairros onde vivem os integrantes do NEOJIBA em Salvador

CONFIRA EM DETALHES NO MAPA INTERATIVO CLICANDO NO ÍCONE

Cada integrante do NEOJIBA é uma semente que vai sendo cultivada, a partir de um conjunto de ações multidisciplinares que o Programa realiza. A medida que esta semente cresce e se desenvolve, esta transformação reverbera também na família e na comunidade desta criança, adolescente e/ ou jovem. É a partir desta rede que se constitui através de um atendimento integral, que o NEOJIBA alcança 137 bairros de Salvador de forma indireta.

57


58

projetos especiais

E

m 2016, nosso Programa deu seguimento à expansão do acesso à prática musical em bairros de alta vulnerabilidade social de Salvador e em cidades do interior do Estado através de projetos especiais.

58


59

Caravanas Pedagógicas

destaques de 2016

59

As Caravanas Pedagógicas são uma ação permanente do NEOJIBA, realizada através da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia. Em 2016, as atividades tiveram início em outubro, quando jovens multiplicadores e instrutores do Programa iniciaram as visitas aos projetos parceiros para realização de atividades intensivas de técnica instrumental, prática orquestral e coral, manutenção de instrumentos e regência. Em 2016, também teve início o projeto ‘Música de Câmara no Interior’, que beneficiou municípios onde estão sediados as filarmônicas e projetos musicais membros da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia.


60

rede de projetos orquestrais Instituída em 2013, a Rede de Projetos Orquestrais da Bahia compartilha o conhecimento e multiplica o acesso à música, através de ações formativas, voltadas para a capacitação dos integrantes dos projetos musicais parceiros e suas lideranças. O apoio pedagógico e orientação para qualificação de projetos musicais existentes acontece por meio do Encontro Anual de Gestores de Projetos Orquestrais, da oferta de bolsas para jovens multiplicadores, capacitação de monitores, intercâmbio pedagógico, orquestras regionais e das Caravanas Pedagógicas.

60


61

Em 2016, o NEOJIBA realizou atividades com 48 projetos membros da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia, atuantes em 38 municípios de 17 Territórios de Identidade. Além disso, foram realizadas 24 caravanas, 2 encontros de capacitação de monitores, um importante intercâmbio com as filarmônicas filiadas a FEBAF (Federação das Bandas Filarmônicas da Bahia), durante as comemorações do 2 de Julho, finalizado com um grande concerto do Teatro Castro Alves. Outro avanço conquistado no ano de 2016, foi a ampliação das bolsas oferecidas aos integrantes do projetos parceiros, que passou de 20 para 40, através do PROCEC.

Acesse: http://neojiba.org/rede-de-projetos/

61


REDE DE PROJETOS ORQUESTRAIS DA BAHIA - RESULTADOS 2016

310 1421

horas de atividades pessoas atendidas, entre crianças, adolescentes, jovens e adultos

35 gestores de projetos musicais atuantes em 29 municípios e 18 territórios de identidade do interior do Estado participaram do IV Encontro de Gestores de Projetos Orquestrais

62


63

orquestra plástica Música, inovação, sustentabilidade e educação são os conceitos que permeiam a Orquestra Plástica do NEOJIBA. A tecnologia social que envolve a construção de instrumentos sinfônicos de cordas com canos de PVC, desde 2013, amplia e facilita o acesso de crianças, jovens e adolescentes à prática musical coletiva. O projeto Orquestra Plástica do NEOJIBA, em mais um ano de atuação, articula, por meio da música, os campos da sustentabilidade e da inclusão socioprodutiva, pois capacita jovens de Salvador e do interior da Bahia no ofício da lutheria.

63


64

Em 2016, a formação musical do projeto realizou 12 apresentações públicas para mais de 6.500 pessoas incluindo concertos didáticos para escolas. As apresentações públicas realizadas no formato de música de câmara, servem para disseminar informações sobre esta tecnologia inovadora.

assista a um vídeo sobre o segundo ano da orquestra plástica

Conheça mais sobre a orquestra plástica

64


Realizações da Orquestra Plástica em 2016 • Produção de 99 moldes e 1.800 peças e acessórios de instrumentos • Doação de violinos e violas de plástico para o projeto ICIMA, membro do NEOJIBA nos Bairros • Concertos na São Paulo Fashion Week, no Salvador Shopping e no Teatro Cidade do Saber, em Camaçari • Fabricação de 123 violinos, violas e violoncelos de PVC • Qualificação de 5 aprendizes e formação de 3 novos aprendizes

65

65


66

assista a uma matéria sobre o neojiba nos bairros

NEOJIBA nos Bairros O NEOJIBA nos Bairros foi criado para oferecer apoio pedagógico e na área de gestão a projetos musicais comunitários atuantes em regiões de alta vulnerabilidade social de Salvador e Região Metropolitana e realizar concertos para formação de plateia. Em 2016, 13 bairros de Salvador, receberam 162 ações, que beneficiaram diretamente 672 pessoas. As apresentações musicais e as oficinas de musicalização com canto coral, iniciação musical, violão, instrumentos de cordas, metais e percussão estão entre as ações que contemplaram 13 projetos parceiros.

66


NEOJIBA nos Bairros PROJETO

AULAS OFERECIDAS

BAIRRO

Berimbanda do Brasil

Oficina de violão

Calabar

Primeiro Som

Oficina de metais Oficina de violino e flauta transversal Oficina de percussão e iniciação musical Oficina de violão Oficina de musicalização com coral

Calabar

Primeiro Som Arte é Vida Primeiro Som UNJIRA-QUINÃ Banda Marcial da Escola Municipal Solange Coelho Primeiro Som Lar Fabiano de Cristo Música na Comunidade Música com Incentivo à Leitura Primeiro Som Instituto Comunitária Iniciação Musical e Arte Educação Alice

67

Fazenda Coutos Bairro da Paz Rio Sena São Caetano

Oficina de metais

Itinga

Oficina de musicalização com coral Oficina de musicalização com coral Oficina de violão Oficina de musicalização com coral Oficina de violão

Uruguai Periperi Liberdade Paripe Águas Claras

Oficina de instrumentos de corda

Tancredo Neves


68

TRANSPARÊNCIA E VISIBILIDADE Transparecer para o nosso público direto e indireto, aos nossos patrocinadores, parceiros, apoiadores e à sociedade em geral, os dados financeiros e resultados do Programa é nosso dever enquanto política pública do Estado da Bahia.

68

Este compromisso assumido e cumprido anualmente pela instituição gestora do NEOJIBA – a organização social IASPM (Instituto de Ação Social pela Música) – nos fortalece na promoção da educação, do desenvolvimento social e cultural de milhares de crianças, adolescentes e jovens de toda a Bahia.


69

Em 2016, o orçamento total do NEOJIBA foi de R$13.985.450,68*, sendo 73% deste valor oriundo do Contrato de Gestão com o Governo do Estado, através do Fundo Estadual de Combate à Pobreza, e 27% provenientes de outras fontes de recurso, através de patrocínios, prêmios, captação de recursos por projetos, doações e geração de receita própria.

69

*Os valores apresentados são baseados em todos os recursos destinados às ações do ano referência 2016 - incluindo captações realizadas por instituições parceiras ou correalizadoras de atividades do Programa, adiantamento de parcelas do contrato de gestão e outras situações similares - podendo não corresponder necessariamente às informações contábeis presentes no balanço financeiro.


captação de recursos

CAPTAÇÃO DE RECURSOS X CONTRATO DE GESTÃO

30%

FONTES DOS RECURSOS CAPTADOS

8%

27%

1%

PRÊMIOS E OUTROS

DOAÇÕES

8%

GERAÇÃO DE RENDA

16%

83%

70

ANO DE 2016

ANO DE 2015

ANO DE 2014

PATROCÍNIOS


71

AMIGOS DO NEOJIBA Aprende quem ensina. O lema do NEOJIBA orienta seus integrantes e também uma rede de pessoas extraordinárias que doam seu tempo, suas experiências, formações e habilidades para que o Programa alcance cada vez mais crianças, jovens e adolescentes, em diferentes espaços da Bahia e do mundo. Amigos do NEOJIBA é o programa de voluntariado que agrega inúmeras pessoas que se mobilizam para colaborar com esta ação governamental, através da doação de seu trabalho, dentro ou fora da sua especialidade, com dedicação e compromisso. São mais de 70 entusiastas localizados em várias parte do mundo.

71


72

Campanha #DiaDeDoar Pelo terceiro ano consecutivo, o NEOJIBA aderiu à ação mundial #diadedoar, que incentiva as pessoas a exercitar sua solidariedade e generosidade. Acreditamos que as doações e o voluntariado são essenciais para que o trabalho seja mais efetivo e possa contar com a participação ativa da sociedade. A campanha #diadedoar #quemdoatransforma foi realizada durante o mês de novembro e dezembro de 2016. Na data que marca a campanha global, 29 de novembro, os integrantes da Orquestra Castro Alves realizaram uma Prática Social no Hospital Martagão Gesteira. A campanha conseguiu arrecadar R$10.830,30, originados pela mobilização da equipe envolvida e recebidos através do blog lançado especialmente para divulgar a campanha: colabore.neojiba.org.

72

Em 2016, R$ 281.218,19 dos recursos captados pela instituição gestora do NEOJIBA – a organização social IASPM (Instituto de Ação Social pela Música) – foram provenientes de doações e taxas associativas de pessoas físicas e jurídicas.


73

73


pesquisa de público Todos os anos, o NEOJIBA aplica uma pesquisa de perfil e satisfação dos espectadores das apresentações públicas promovidas em Salvador. A pesquisa realizada em 2016 contemplou o público dos concertos das principais formações musicais do Programa (orquestras, coros e grupos de câmara) e também de alguns dos seus Núcleos. A pesquisa foi aplicada em 42 apresentações realizadas no Teatro Castro Alves, nos Núcleos de Prática Orquestral e Coral, no Teatro SESI Rio Vermelho e em Igrejas da capital baiana. O público total das apresentações foi de 18.700 pessoas, destas, 2.790 pessoas responderam ao questionário. Para realização da pesquisa, o Programa contou com o apoio dos voluntários do Programa, os “Amigos do NEOJIBA”, que gentilmente nos cederam seu tempo para aplicação das pesquisas nas apresentações. Agradecemos à participação de cada um deles. Os resultados da pesquisa, que você verá abaixo, mostram a diversidade de público e o impacto do NEOJIBA para a formação de novos públicos.

74


PERFIL DO PÚBLICO

GÊNERO

IDADE

46,5% FEMININO

29,75% MASCULINO 0,5% OUTRO 23,25% SEM RESPOSTA

RENDA FAMILIAR

14,75% ATÉ 1 SALÁRIOS MÍN. 30,5%1 ATÉ 3 SALÁRIOS MÍNIMOS

75

13,75% ACIMA DOS 60 ANOS

12,75% 3 ATÉ 5 SALÁRIOS MÍN.

17,25% 50 A 59 ANOS

14,75% ATÉ 10 SALÁRIOS MÍN.

33,5% 30 A 49 ANOS

9,25% 10 ATÉ 20 SALÁRIOS MÍN.

28,25% 18 A 29 ANOS

4,75% MAIS DE 20 SALÁRIOS MÍN.

5,5% ATÉ 17 ANOS

3,25% SEM RENDA

1,75% SEM RESPOSTA

SEM RESPOSTA


ESCOLARIDADE 36,5% 24,75% 22,25% 9,25% 4% 3,25%

MÉDIO COMPLETO/SUPERIOR INCOMPLETO PÓS-GRADUAÇÃO SUPERIOR COMPLETO FUNDAMENTAL COMPLETO/MÉDIO INCOMPLETO SEM INSTRUÇÃO/FUNDAMENTAL INCOMPLETO SEM RESPOSTA

TEM AMIGO OU FAMILIAR INTEGRANTE DO PROGRAMA?

47,75% 51,5% 2,75%

SIM NÃO SEM RESPOSTAS

SATISFAÇÃO DO PÚBLICO QUALIDADE ARTÍSTICA

DIVULGAÇÃO

LOCAL

HORÁRIO

83% ÓTIMO

23% ÓTIMO

79% ÓTIMO

67% ÓTIMO

38% ÓTIMO

15% BOM

37% BOM

17% BOM

28% BOM

48% BOM

2% MUITO RUIM

31% REGULAR

4% REGULAR/RUIM

5% REGULAR/RUIM

10% REGULAR

6% RUIM

76

PREÇO DO INGRESSO

3% MUITO RUIM

4% RUIM


77

neojiba na mídia Através dos meios de comunicação e das mídias sociais, nos comunicamos diretamente ou indiretamente com as pessoas envolvidas no Programa e com o público em geral. O saldo deste ano permitiu uma ampliação na interação social e a circulação positiva de nossas atividades e ações.

77


78


acesse reportagem no jornal hoje sobre turnĂŞ europa

79


acesse aqui a primeira parte da Entrevista com Eduardo Torres sobre Ciclo Bethoven

acesse aqui a segunda parte da Entrevista com Eduardo Torres sobre Ciclo Bethoven

80


81

81

neojiba nas redes sociais


5.381

novos seguidores

746 posts

Eu nunca tinha ouvido falar de vocês antes de ontem na Filarmônica de Paris. Nunca tive um momento musical tão poderoso e bonito. Eu toco piano e flauta desde os sete anos e vocês me inspiraram tanto! Martha Argerich é a número um para mim, e vocês merecem tocar com ela, foi maravilhoso, vocês são MARAVILHOSOS, três horas de felicidade! Continuem tocando com essa energia! E obrigada pelo final!! Nós queríamos dançar com vocês a noite inteira!

82


83

agradecimentos A consolidação do Programa ao longos destes nove anos é possível porque existem pessoas que acreditam que a música pode transformar as histórias de vida de milhares de crianças, jovens e adolescentes. Nosso muito obrigado a cada uma dessas pessoas que caminham ao nosso lado:

83

Equipe da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social; Teatro Castro Alves, Fundação Cultural e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia; Fundo Estadual de Combate à Pobreza - FUNCEP (Casa Civil); Secretaria de Administração do Estado da Bahia; Embasa; Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD; Janela do Mundo; Fagna Freitas; Conselheiros e Associados do IASPM; Association Suisse des Amis de NEOJIBA - ASANBA; Festival Septembre Musical; Old & New Montecarlo; todos os parceiros, patrocinadores, doadores e apoiadores; toda a equipe do IASPM, integrantes e suas famílias.


Parceiros institucionais

Núcleo Trancoso

Correalização Patrocínio

Núcleo SESI - Península de Itapagipe apoio

Correalização

Núcleo federação Núcleo CESA

Parceria

Correalização Patrocínio

Realização

Núcleo pirajá

Núcleo Bairro da Paz

Patrocínio

Correalização

Núcleo Antônio Gasparini Apoio

Parceria

rede de projetos orquestrais da bahia Produção Executiva

Patrocínio

Patrocínio

Realização

Realização


ciclo bethoven Produção Executiva

Apoio

concertando no sesi Parceria

european tour 2016

Realização

Produced by Supported by

concertos da oca Produção Executiva

Apoio

Realização

orquestra plástica do neojiba Parceria Patrocínio

reforma das salas do bairro da paz Patrocínio Correalização

Núcleo de Gestão e Formação profissional Produção Executiva

Realização

núcleo SESI Correalização


ONDE ESTAMOS

NÚCLEO DE GESTÃO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL TEATRO CASTRO ALVES Telefone | (71) 3117-4843 | (71) 3117-4844 Endereço | Praça Dr. Mario Macedo Costa, s/n, Campo Grande. Salvador - BA. SEDE ADMINISTRATIVA Telefone | (71) 3032-1073 Endereço | Rua Monte Castelo, nº 62, Barbalho. Salvador - BA. ATELIER ESCOLA LUTHERIA Telefone | (71) 3033-8124 Endereço | Rua Monte Castelo, nº 80, Barbalho. Salvador - BA. ATELIER DE LUTHERIA DE PLÁSTICO E-mail | orquestraplastica@neojiba.org Endereço | Av. Engenheiro Walter Aragão de Souza, s/n, Centro. Simões Filho - BA. NÚCLEO DE PRÁTICA ORQUESTRAL E CORAL NÚCLEO ANTÔNIO GASPARINI Telefone | (75) 9 9228-0106 E-mail | nucleofeiradesantana@neojiba.org

86

Endereço | Caminho Lamarão n°1, Cidade Nova - Feira de Santana – Bahia NÚCLEO BAIRRO DA PAZ Telefone | (71) 9 9327-0065 e (71) 9 9304-5148 E-mail | nucleobairrodapaz@neojiba.org Endereço | Rua Nossa Senhora da Paz, Programa Avançar, nº 15, Bairro da Paz – Salvador – Bahia NÚCLEO CESA Telefone | (71) 99327-0067 E-mail | nucleocesa@neojiba.org Endereço | Av. Engenheiro Walter Aragão de Souza, S/N – Centro – Simões Filho – Bahia NÚCLEO CONQUISTA CRIANÇA Telefone | (77) 9 9173-0034 E-mail | nucleoconquista@neojiba.org Endereço | Rua D, s/n, Cidade Modelo – Vitória da Conquista Bahia NÚCLEO CORDAS DEDILHADAS E-mail | nucleodecordasdedilhadas@neojiba.org Endereço | Colégio Central, R. Francisco Ferraro, Nazaré – Salvador – Bahia


NÚCLEO FEDERAÇÃO Telefone| (71) 99302-2039 E-mail | nucleofederacao@neojiba.org Endereço | Av. Cardeal da Silva, 295, Federação (Campus UCSAL) – Salvador – Bahia

NÚCLEO SESI ITAPAGIPE Telefone| (71) 99327-0069 / (71) 3254-9946 E-mail | nucleosesi@neojiba.org Endereço | Avenida Tiradentes, 1454 - Caminho de Areia, Salvador - BA, 40415-145 SESI Itapagipe

NÚCLEO LIBERDADE Telefone | (71) 9 9657 5401 / (71) 9 9182 8335 E-mail | nucleoliberdade@neojiba.org Endereço | Largo do Queimado, s/n. Caixa D’água, SalvadorBA, 40.325-260

NÚCLEO TRANCOSO Telefone | (22) 9 9897-4957 E-mail | nucleotrancoso@neojiba.org Endereço | Estrada para Trancoso s/ nº - Bairro Maria Viúva Trancoso - Porto Seguro - BA CEP 45818-000

NÚCLEO NORDESTE DE AMARALINA E-mail | nucleonordeste@neojiba.org Endereço | Centro Social Urbano – Beco da Cultura, s/n, Nordeste de Amaralina. NÚCLEO PIRAJÁ Telefone | (71) 99304-0162 E-mail | nucleopiraja@neojiba.org Endereço | Centro de Cultura de Pirajá, Parque São Bartolomeu. Rua 24 de Agosto, Pirajá.

87


Equipe Direção Geral Ricardo Castro Direção Musical Eduardo Torres Direção Institucional Beth Ponte Assistentes de Direção Ana Luiza Altmann | Fabiana Braga Assessora Artística Renata D’Urso Gerência Pedagógica Fabien Lerat INSTITUTO DE AÇÃO SOCIAL PELA MÚSICA

Secretaria Pedagógica Adriana Cerqueira Gerência Administrativo-Financeiro Suzana Viana

Conselho de Administração

Assistentes Financeiros Fabiana Luz | Ricardo Silva de Oliveira | Ramon

Presidente Roberto Figueira Santos

Queiroz* | Lais Lima dos Santos*

Vice Presidente Manoel Joaquim F. Barros Sobrinho

Estagiário Financeiro Luã Diógenes* | Victor Carvalho Faria da Silva

Conselho ADM Anna Helena Mariani Bittencourt | Augusto Sampaio

Coordenação Administrativa Thiago Barreto

de Souza | Edivaldo Machado Boaventura | Jorge Oliveira Sampaio |

Assistente Administrativo Raimundo Cesar dos Santos | Carla Silva dos

José Sérgio de Oliveira Andrade | Lucia Leão Jacobina Mesquita | Luiz

Santos* | Tamires Gonçalves Ramos

Fernando Studart R. Queiroz | Maria Caetana Cintra Santos | Paulo Porto

Estagiário Administrativo Flávio de Souza Santana Silva

Maciel

Coordenação de Desenvolvimento Social Joana Angélica Rocha

Conselho Fiscal Denise Bastos Salles | Maria Quitéria Castro de Oliveira |

Assistente de Desenvolvimento Social Tansir dos Santos | Milene

Maria Virginia Ribeiro Lima

Bastos Rocha | Olgair Marques da Silva

Associados Alberto Caldas Campos Filho | Ana Elisa Ribeiro Novis | Ana

Inspetoria de Orquestra Carpejanne Andrade | Émerson Pereira

Paula Gordilho Pessoa | Aristides Maltez Filho | Bruno Mariani | Cassio

Coordenação de Canto Coral Yuli Martinez Gaitan

Augusto Macedo | Eduardo Mariani Bittencourt | Eloisa Maria Rodrigues

Coordenação de Instrumentos Adauri Oliveira | Guilherme Teixeira |

Campos | Gisela Maria Moreau | João Carlos O. Teixeira G. Fonseca |

Isaac Falcão | Jhonatan dos Santos* | Jamberê Cerqueira | Laís Tavares |

Joselita Cardoso Leão | Lilia Maria Gomes Falcão | Luiz Gustavo Libório

Orlando Afanador | Sandra Paola Romero | Valter Pedro | Michele Girardi

Vianna | Mariana Moreau | Marina Pedreira Munne | Mauricio Ganem

Coordenação de Núcleo Esdras Efraim | Elizane Priscila* | Gileard

Pitangueira | Paulo Novais de Almeida | Paulo Maciel Fernandes Filho |

Teixeira | Hosana Ibarra* | Leilane Araújo | Vladimir Bomfim* | Luiz

Pedro Henrique Pozza | Renato Augusto Ribeiro Novis | Urânia Tourinho

Felipe Nogueira Prado | Bruna Denise Garofalo De Souza

Perez | Victor Calixto Gradin | Virginia Maria Veiga de Senna | Yvonilde

Supervisão de Núcleo Samuel Egidio dos Santos

Dantas Pinto Medeiros

88


Instrutores Doris Leandra da Silva | Everton Isidoro* | Felipe Almeida |

Coordenação de RH Marta Moreno | Rose Dallacort*

Indira Dourado | Leandro Barbosa | Maiana Abdon* | Priscilla Figueiredo

Assistente de Recursos Humanos Talita Rocha Santos

| Washington Pereira | Ednei Ipojucan | Michele Girardi | Yaiza Prieto

Coordenação de Compras Marivalda Brito

Coordenação de Teoria e Iniciação Musical e Coordenação de Núcleo

Estagiárias Compras Rosane Cruz Souza | Ana Bárbara Aquino*

Andre Felipe

Motorista Jéferson Araújo Santos

Coordenação NEOJIBA nos Bairros Ana Julia Bittencourt

Serviços Gerais Silvana Freitas de Jesus | Zaneide Cruz

Estagiários do Pedagógico Rodrigo Guedes Almeida* | Alex Chaves

* Funções exercidas durante 2016

Gomes* Maestro Coordenador Helder Passinho | Marcos Rangel Produção Técnica Rogério Lima | Daniel Machado

Ficha Técnica - Relatório de Ações - 2016

Montadores de Orquestra Diego Bacelar | Alânderson Silva | Enoque Souza de O. Júnior | Tauan Caique dos Santos Almeida*

Projeto Editorial Beth Ponte

Analista de Tecnologia da Informação Mateus Ross

Coordenação Editorial Christiane Sampaio

Centro de Documentação e Memória Gilnéia Gonçalves | Ivis Lois Coordenador Pedagógico de Lutheria David Matos

Conteúdo

Coordenador Técnico e Pedagógico Orquestra Plástica Alan Jonas

Redação Juliana Dias

Assistente de Lutheria Jessica Silva Almeida

Criação e Projeto Gráfico Aline Cardoso

Coordenação de Comunicação Christiane Sampaio Analista de Comunicação Marcelo Argôlo | Mônica Schütz Designer Gráfico Filipe Lopes Estagiárias de Comunicação Raissa Ribeiro Silva Santos | Luana Carmo da Silva | Taylla Veiga de Paula* | Vitor Laihiri* Fotógrafo e Produção Audiovisual Lenon Reis Coordenação de Desenvolvimento Institucional Juliana Almeida Assistente de Desenvolvimento Institucional Paula Ribeiro Estagiárias de Desenvolvimento Institucional Julia Andrade Oliveira | Alice Marques Santos* | Alana Silveira Coordenação de Rede de Projetos Orquestrais da Bahia Adriano Cenci

89


neojiba.org

Profile for NEOJIBA

Relatório de Ações 2016  

Em 2016, ano que marcou a celebração de seu 9º aniversário, o NEOJIBA ampliou sua atuação, passando de 8 para 12 Núcleos e agregou mais um m...

Relatório de Ações 2016  

Em 2016, ano que marcou a celebração de seu 9º aniversário, o NEOJIBA ampliou sua atuação, passando de 8 para 12 Núcleos e agregou mais um m...

Profile for neojiba
Advertisement