Page 1

Roteiro cultural do municĂ­pio da amadora

out | nov | dez 18

biblioteca e bedeteca cineteatro e recreios museus e galeria


b

biblioteca e bedeteca

#amadoracultura #amadoracidade


|

2 Biblioteca e Bedeteca

Séniores n@ net Visa proporcionar aos seniores do concelho a aquisição de conhecimentos na área das tecnologias da informação, ajudando-os a desenvolver competências de utilização e navegação na Internet. Potencia o contributo da Internet como estratégia de combate à solidão e à info-exclusão, proporcionando aos munícipes seniores, conhecimentos na área das tecnologias da informação e da comunicação.

Ateliê de Origami

Manualidades japonesas O origami é uma técnica oriental que consiste em criar determinadas figuras dobrando uma folha de papel, sem a cortar ou colar. Normalmente o papel usado é quadrado, e as faces podem ou não ser de cores e/ou estampas diferentes.

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 1 e 8 de outubro 5 e 12 de novembro 3 e 10 de dezembro segundas das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00 Formação Sénior Para séniores Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 2, 9, 16, 20, 23 e 30 de outubro 6, 13, 17, 20 e 27 de novembro 4, 11, 15 e 18 de dezembro terças às 16h00 sábados das 14h30 às 16h00 oFICINA Para público em geral Entrada: 5€ Inscrição: ver última página

Música para bebés

Bebeteca

Um percurso sonoro, no qual ritmos, melodias e outros sons misteriosos aparecem para dizer “Olá!”. Como verdadeiros pescadores de sons, os bebés vão absorvendo tudo em seu redor, enriquecendo o seu vocabulário musical e partilhando a sua alegria com quem está à volta.

Sábados em família Para bebés dos 12 aos 36 meses Comparticipação: 5€

Sementes de leitura

13 de outubro, 3 de novembro e 15 de dezembro sábado das 10h30 às 11h15

(bebé/2 adultos)

Dinamização: Conservatório de Música de Sintra /Nuno Cintrão


BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 8 de outubro segunda das 21h30 às 23h00 TEATRO Para público em geral Entrada: Gratuita Organização: CMA e Associação Amadora, Passado, Presente e Futuro

Luís de Camões, Alexandre Dumas e Gabrielle D’Annunzio Encontros imaginários

Aqui não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação, apenas o confronto de ideias através de personagens marcantes da história da humanidade. Desta vez estarão em palco: Luís de Camões (?-1579 ou 1580) Se sobre o grande autor da língua portuguesa pouco se sabe ainda hoje, a começar pela data de nascimento, o mesmo não pode dizer-se da sua produção literária. Em vida, a sua obra foi desconhecida e o reconhecimento chegou tarde demais para que pudesse apreciar o prestígio e a influência que teria a nível mundial. Alexandre Dumas (1802-1870) Romancista e dramaturgo francês. As peças de teatro e os romances que escreveu granjearamlhe um tão grande sucesso que criou e dirigiu um estúdio que produziu um número elevado de textos, cuja autoria lhe foi atribuída. A sua atividade não se resumiu á escrita e em 1930 apoiou o Duque d’Orléans que seria rei com o nome de Luís Filipe de França. Gabriele D’Annunzio (1863-1938) Escritor e poeta italiano. Autor de uma teoria de supremacia racista - expressa na Carta del Carnaro, escrita com Alceste de Ambris – é considerado um precursor do fascismo italiano e uma das fontes de inspiração de Mussolini. No início da I Grande Guerra defendeu a posição de Itália como potência europeia e alistou-se como piloto voluntário. |

outubro novembro dezembro 3


|

4 Biblioteca e Bedeteca

Queridos livros, de Ana Faria

Hora do Conto e ateliê Com a obra Queridos livros, de Ana Faria, integrada no Plano Nacional de Leitura e recomendado para leitura autónoma no 4º ano de escolaridade. Uma história sobre a importância dos livros para o estímulo da imaginação e da criatividade nas crianças.

Embrulhos Japoneses ou Orikata

Manualidades japonesas No Japão diz-se que dar um presente é como embrulhar o coração daquele que o recebe. A arte Orikata obedece a inúmeras regras que determinarão o tipo de embrulho. Nesta oficina ensinamos a utilizar diferentes materiais e a transformar simples lembranças em presentes únicos.

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 9 e 23 de outubro 13 e 27 de novembro 11 de dezembro terças das 14h00 às 16h00 Hora do conto 1º Ciclo e famílias com crianças maiores de dos 6 anos Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 13 de outubro sábado das 14h30 às 16h00 oFICINA Para público em geral Entrada: 5€ Inscrição: ver última página


BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 15 de outubro segunda às 17h30 Debate Para público em geral Entrada: Gratuita Organização: CMA e Instituto de História Contemporânea da FCSH da Universidade Nova de Lisboa

Nelson Mandela e Direitos Humanos

História ao fim do dia por Paula Borges Santos* Por ocasião da celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos do Homem, reflete-se sobre o que foi a construção histórica desses direitos desde 1789. Aborda-se o surgimento da ideia e como os direitos do homem cedo se constituíram como uma política e também uma diplomacia, afetando todo o tipo de regimes políticos, autoritários e democráticos. Discute-se ainda se as atuais instituições estão bem preparadas para a defesa deste património imaterial e se assistimos a processos de emancipação de novos direitos ou não. *Doutorada em História Contemporânea pela NOVA FCSH e Investigadora de pós-doutoramento

|

outubro novembro dezembro 5


|

6 Biblioteca e Bedeteca

Dia Mundial da Alimentação

As cozinheiras de Livros

de Margarida Botelho* E se um dia não houvesse livros novos para lermos? E se já tivéssemos lido todos os nossos livros de trás para a frente, de baixo para cima e até de pernas para o ar? Como iríamos viver sem novas histórias, aventuras e heróis? Unindo os prazeres da leitura e da alimentação saudável, esta performance ao vivo é realizada em parceria com o público, como se fosse uma oficina de criatividade coletiva. Pelo seu carácter interativo todas as animações resultam em experiências diversas e inesperadas.

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 16 de outubro terça das 14h00 às 15h00 21 de novembro quarta das 14h30 às 15h30 Hora do conto Crianças dos 5 aos 12 anos Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

* Licenciada em Arquitetura e Mestre em Design e Sequential Illustration, desde 2005 que publica livros para a infância onde constrói as palavras e as imagens dessas casas/livros, numa perspetiva de arte-educadora.

Alimentação saudável pelo Chefe Fábio Bernardino*

Animação de cozinha ao vivo dirigida às crianças por um Chefe de cozinha que também é professor, consultor gastronómico, formador e organizador de eventos. Um jovem Chefe cuja excelência o fez passar por grandes hotéis e restaurantes portugueses. * Doutorando em Turismo e Gastronomia no Instituto de Ordenamento do Território, da Universidade de Lisboa.

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 16 de outubro terça das 15h00 às 16h00 “Show cooking” para crianças e com degustação Crianças dos 5 aos 12 anos Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página


BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 27 de outubro sábado das 15h30 às 16h30 Teatro infantil Famílias com bebés dos 12 aos 36 meses Entrada: 5€

(bebé/2 adultos)

Inscrição: ver última página Dinamização: Teatro Os Muzumbos

O Sr. Pardal e a alimentação Sábados em Família

O Sr. Pardal adora comer batatas fritas todos os dias. Consome muitos chocolates, doces e tem especial apetite para as pizzas congeladas! Não gosta de fruta e come poucos vegetais, já para não falar da sua aversão às sopas! Bebe pouca água, que substitui pelos açucarados e viciantes refrigerantes. Todos o tentam convencer a mudar os seus hábitos alimentares antes que algo aconteça... Mas, certo dia, tudo muda e o desastrado Sr. Pardal terá que reconhecer que, para ter uma saúde de ferro, existem hábitos alimentares e de exercício físico mais saudáveis. No âmbito do Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, uma peça de teatro cheia de humor, diversão e muita aprendizagem!

|

outubro novembro dezembro 7


|

8 Biblioteca e Bedeteca

George Orwell, Eva Braun e John Lennon Encontros imaginários

Aqui não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação, apenas o confronto de ideias através de personagens marcantes da história da humanidade. Desta vez estarão em palco: George Orwell (1903-1950) De seu nome Eric Arthur Blair, ficaria conhecido pelo pseudónimo que adotou para a sua atividade de jornalista e escritor. É o autor de “1984”, um dos mais fascinantes livros do séc. XX, uma ficção premonitória, escrita em 1949, sobre a espionagem que se abate sobre todos os cidadãos, eliminando qualquer privacidade. Eva Braun (1912-1945) Modelo e fotógrafa, Eva Braun tinha 17 anos quando conheceu Adolf Hitler e logo integrou o círculo restrito dos mais próximos. Casaram em 29 de Abril de 1945 e, diz-se, suicidaram-se 40 horas mais tarde, quando o exército vermelho entrou em Berlim. John Lennon (1940-1980) Músico e compositor britânico, autor de Imagine, foi fundador de “Os Beatles”, uma das bandas de pop rock mais icónicas do séc. XX. O seu nome está ainda associado à defesa e promoção da Paz e dos direitos das mulheres e dos trabalhadores.

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 12 de novembro segunda das 21h30 às 23h00 TEATRO Para público em geral Entrada: Gratuita Organização: CMA e Associação Amadora, Passado, Presente e Futuro


Bebeteca 24 de novembro sábado das 15h30 às 16h30 Sábados em família Famílias com bebés dos 12 aos 36 meses Comparticipação: 5€ (bebé/2 adultos)

Inscrição: ver última página

CaracUlisses, Ulisses e a Floresta das Mil Árvores Sementes de Leitura

Numa bela manhã de Primavera, o jardim acorda sobressaltado com o som ensurdecedor das máquinas cortadoras de árvores. Em pouco tempo, Ulisses e os seus companheiros da Horta assistem, incrédulos, ao corte de muitas das suas amigas árvores. Rapidamente, começam a testemunhar os efeitos nefastos do desaparecimento das grandes amigas. O som dos pássaros deixa de ser ouvido e o lago dos peixes começa a encolher, por falta de água. Para onde foram todas as árvores? E o que vai acontecer depois? Com a chegada do Verão, as únicas árvores que moram na, outrora bela, floresta das mil Árvores, começam a pegar fogo. Perante tamanho desafio, Ulisses, os amigos do jardim e todas as crianças, irão juntar-se para perceber como podem salvar o resto da floresta e toda a vida que dela depende! Porque as árvores fazem parte de nós e nós fazemos parte delas.

|

outubro novembro dezembro 9


|

10 Biblioteca e Bedeteca

Flores japonesas ou Hana Kanzashi

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos

Em tempos, as Hana Kanzashi foram produzidas para enfeitar os complexos penteados das japonesas.

oFICINA Para público em geral

Manualidades japonesas

Ciência e Tecnologia na Grande Guerra (1916-1918)

História ao fim do dia por José Luis Assis* Esta comunicação irá centrar-se no armamento utilizado pelo Corpo Expedicionário Português durante a sua participação na Grande Guerra (1916-1918), e nos desenvolvimentos científicos e tecnológicos ocorridos durante o mesmo conflito, enfocando os seguintes tópicos: química, armamento, inovação, modernidade e tecnologia de guerra. *Doutor em História pela Universidade de Évora e Investigador integrado da Fundação para a Ciência e Tecnologia, do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa

24 de novembro 15 de dezembro sábados das 14h30 às 16h00

Entrada: 5€ Inscrição: ver última página

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 29 de novembro quinta às 18h30 Debate Para público em geral Entrada: Gratuita Organização: CMA e Instituto de História Contemporânea da FCSH da Universidade Nova de Lisboa


BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 10 de dezembro segunda das 21h30 às 23h00 TEATRO Para público em geral Entrada: Gratuita Organização: CMA e Associação Amadora, Passado, Presente e Futuro

Diderot, Maria Félix e Verdi

Encontros imaginários Aqui não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação, apenas o confronto de ideias através de personagens marcantes da história da humanidade. Desta vez estarão em palco: Denis Diderot (1713-1784) Fez parte do movimento intelectual e filosófico europeu do século XVIII, o Século das Luzes, conhecido por Iluminismo. A sua maior obra é a edição, do “Diccionaire Raisonné des Sciences, des Arts, et des Métiers”, mais conhecido por “Encyclopédie” (1750-1772), e que pretendia reunir, nos seus 28 vol, todo o conhecimento produzido pela humanidade até então. María Félix (1914-2002) Conhecida atriz e cantora mexicana dos anos 40. Da sua carreira constam 47 filmes produzidos não só no México, mas também na Argentina, Espanha e França. Mulher de fortes convicções, protagonizou alguns filmes inspirados pela Revolução Mexicana e rejeitou papéis em filmes marcantes em Hollywood. Giuseppe Verdi (1813-1901) É um dos maiores compositores italianos e um dos mais influentes na Europa do Séc. XX. As suas óperas são, ainda hoje, das mais aplaudidas em todo o mundo, vejam-se por exemplo “Rigoletto”, “Nabucco “, “La Traviata” ou “Aida”. |

outubro novembro dezembro 11


|

12 Biblioteca e Bedeteca

O misterioso desaparecimento do Sr. Natal Sementes de Leitura

Certo dia, o Reino do Natal acorda agitado com o inesperado desaparecimento do Sr. Natal. As dúvidas começam a surgir e muitas questões se levantam! Será que o Reino faz sentido sem a presença do Sr. Natal? Olívia e Artur, dois amigos super curiosos e detetives nos tempos livres, decidem embarcar numa grande aventura em busca do peculiar Sr. Natal. Onde se terá ele metido? Quando o Reino está prestes a perder todo o sentido natalício, eis que os dois amigos descobrem algo que irá mudar o rumo da história! Quem é, afinal, o Sr. Natal? Uma peça de Teatro cheia de momentos fantásticos que não deixarão ninguém indiferente!

Bebeteca 15 de dezembro sábado das 15h30 às 16h30 Sábados em família Famílias com bebés dos 12 aos 36 meses Comparticipação: 5€ (bebé/2 adultos)

Inscrição: ver última página


BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos 15 de dezembro sábado das 16h30 às 17h30 MANUALIDADES Crianças dos 6 aos 10 anos

Oficina de Natal Atividade dedicada à época natalícia que tem por objetivo ensinar a criar e a reciclar decorações de Natal

Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos outubro, novembro e dezembro de segunda a sábado

Horário For@ de Horas

atividade Para público escolar e geral

No Piso 0 da Biblioteca Segunda e sábado: das 18h00 às 24h00 De terça a sexta: das 19h00 às 24h00

BIBLIOTECA MUNICIPAL Fernando Piteira Santos

Há Arte na Cabine

outubro, novembro e dezembro terças das 10h30 às 11h30 visita guiada Para público escolar e geral Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

Visitas Guiadas na Biblioteca e Bedeteca Pretende-se dar a conhecer a arte urbana criada para a biblioteca e feita em redor dela, assim como sensibilizar os jovens para a utilização da Biblioteca e Bedeteca, dando-lhes a conhecer o espaço, formas de organização dos fundos documentais nos diversos suportes da informação existente.

|

outubro novembro dezembro 13


cineteatro e recreios

#amadoracultura #amadoracidade


|

16 Cineteatro e Recreios

O Amor Falou Mais Alto Esta é uma comédia muito divertida que conta a história de quatro personagens e os seus encontros e desencontros amorosos. Um jantar que, inicialmente era para dois, acaba por se transformar numa noite de grandes confusões. Um elenco fabuloso com Vítor de Sousa, Paula Marcelo, Cláudia Negrão e Augusto Portela. Direção de Celso Cleto.

Últimas Palavras

por Rafinha Bastos Rafinha Bastos está pela primeira vez em Portugal, para apresentar o seu terceiro solo: Últimas Palavras. Neste novo espetáculo, o comediante, com a sua verve ácida, transforma fatos do quotidiano e da sua vida pessoal, em piadas. Os processos judiciais, as polémicas, a relação com o filho e a vida amorosa são os ingredientes para a comédia.

CINETEATRO D. JOÃO V 5 de outubro sexta às 21h30 Teatro de Comédia Para maiores de 16 anos Entrada: 12,50€ Organização: CMA e PEGC

CINETEATRO D. JOÃO V 6 de outubro sábado às 22h00 Standup Comedy Para maiores de 16 anos Entrada: 12€ Organização: CMA e PEGC


CINETEATRO D. JOÃO V 12 de outubro sexta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA e PEGC

Bandida

por Marta Dias e Carlos Barreto Xavier Raivas, dores, doçuras e contradições. Uma voz forte e timbrada que afirma a condição de mulher na união entre o fado e o jazz. Marta Dias e Carlos Barreto Xavier criaram doze canções, em português, para cantar com ternura, atrevimento e ousadia. Ah, Bandida!

|

outubro novembro dezembro 17


|

18 Cineteatro e Recreios

7º amadora Fado 2018 maura Apesar de muito jovem, Maura transmite uma força e magnetismo que não passam despercebidos. Com apenas 18 anos, apresenta os clássicos que a avó lhe mostrou mas que só recentemente se ”autorizou” a cantar. Foi premiada na categoria de Melhor Talento, num festival internacional, com uma interpretação de fado, perante um júri com representantes de 60 países. Venceu a 1ª edição do concurso ``O Meu Fado´´, da Rádio Sim e é considerada a grande revelação da edição de 2016, do Festival Caixa Alfama. Em 2017 participou no Festival de Fado de Marrocos e NOS Alive Festival no palco EDP Fado Café. 2018, será o ano do lançamento do seu primeiro álbum.

Aldina Duarte É uma das grandes vozes do fado, pela sua personalidade artística inconfundível e singular capacidade interpretativa. Tem uma intensa carreira de atuações em Portugal e no estrangeiro, e destacam-se as conferências nos Festivais de Fado de Madrid, Sevilha, Bogotá e Buenos Aires. A paixão pela literatura levou-a a aliar ao repertório musical dos fados uma escolha cuidadosa dos poemas que canta, sendo também autora de muitas das letras.

RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 11 de outubro quinta às 15h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 7€ Organização: CMA

RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 12 de outubro sexta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA


Colabora em projetos interdisciplinares que cruzam o Fado com outras expressões artísticas e culturais e coordena, no Museu do Fado, a entusiástica Comunidade Fado Para Todos, um espaço privilegiado de partilha e reflexão crítica sobre o universo poético-musical do Fado. “Quando Se Ama Loucamente”, é um espetáculo único, um encontro do fado com diversas artes, em palco dos Recreios da Amadora. RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 13 de outubro sábado às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA

Gonçalo Salgueiro Beatriz da Conceição chamou-lhe “o príncipe do Fado” e foi o protagonista de um dos maiores êxitos do teatro musical em Portugal deste século “Jesus Cristo Superstar “! Numa carreira dividida entre o Fado, o Teatro Musical e tantos outros géneros (que vão do folclore nacional e internacional, à canção ligeira e à ópera), Gonçalo Salgueiro recusa-se a ser rotulado, assume-se como um artista versátil, com alma de Fadista! Com um percurso de já quase 20 anos, Gonçalo Salgueiro é interprete, ator, letrista e produtor, valências que o levaram aos grandes palcos nacionais e internacionais, a solo ou em projectos inovadores, como “OPERFADO” – uma fusão entre Opera e Fado. Depois de no ano passado a crítica o ter aclamado por ter tido um dos melhores espectáculos do ano no Grande Auditório do CCB desta vez é no Auditório de Recreios da Amadora que Gonçalo Salgueiro cantará o seu Fado: Como sempre...”inovador, rumo à evolução sem perder a tradição!” |

outubro novembro dezembro 19


|

20 Cineteatro e Recreios

O Maior Show Infantil Um musical especialmente concebido para os mais pequenos. Às personagens bem conhecidas como: Olaf, Elsa, Phineas e Ferb, Esponjebob, Mickey e Minnie, juntam-se as artes circenses. Um espetáculo que não deixará ninguém indiferente, sejam crianças ou adultos...

Da Revista ao Musical No ano em que António Calvário comemora 60 anos de carreira, aquele que é conhecido como o rei rádio portuguesa, mostra a sua faceta menos conhecida no espetáculo “Da Revista Ao Musical”. Ao seu lado tem Maria Mendes e um corpo de cantores e bailarinos que interpretam melodias do teatro de revista e marchas populares. Uma ideia original e encenação de Diogo Novo, com coreografia de Daniel Cascão, para homenagear à Cidade de Lisboa e as suas personalidades e tradições musicais.

CINETEATRO D. JOÃO V 14 de outubro domingo às 16h00 Música Infantil Para maiores de 3 anos Entrada: 10€ / 8€ Organização: CMA e PEGC

CINETEATRO D. JOÃO V 20 de outubro sábado às 21h30 Teatro de Revista Para maiores de 6 anos Entrada: 12,50€ Organização: CMA e PEGC


RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 20 e 21 de outubro sábado às 16h00 domingo às 16h00 Teatro Infanto-Juvenil Para maiores de 6 anos Entrada: 5€ Organização: CMA

Há Festa na Floresta Uma comédia musical para toda a família que salienta o valor e a importância da amizade e do trabalho em equipa, onde cada um dá o melhor de si, onde e quando é necessário, para salvar um amigo em apuros. “Há Festa na Floresta”, é a 33ª produção da GATEM - Espelho Mágico, e promete ser mais uma viagem pelo mundo da fantasia!

|

outubro novembro dezembro 21


|

22 Cineteatro e Recreios

Aprendiz de Feiticeiro, Imagens e Canções por Zeca Medeiros

Este é o mais recente trabalho de Zeca Medeiros músico, compositor, ator e realizador. O criador açoriano, português, universal, apresenta um espetáculo que é uma mistura de sensações e onde é possível viajar pelos seus mais de 40 anos de carreira. José Medeiros, foi o realizador e compositor musical para as séries “Mau Tempo no Canal”, “Xailes Negros” ou “Gente Feliz com Lágrimas”, que deram voz a intérpretes, como Minela, Dulce Pontes ou Susana Coelho.

CINETEATRO D. JOÃO V 26 de outubro sexta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA e PEGC

Voz Zeca Medeiros Piano, Acordeon, Teclado Jorge A. Silva Flautas, Glockenspiel, Tumbadoras Gil Alves Guitarras, Baixo Rogério Cardoso Pires

Encontros por Dora Maria

O espetáculo “Encontros”, apresenta o mais recente álbum da fadista Dora Maria, um projeto dirigido por José Cid e Custódio Castelo. É uma actuação cheia de cor e ritmos, em que o fado «namora» com outras musicalidades portuguesas, brasileira, árabes e pop rock além, claro, do fado tradicional.

CINETEATRO D. JOÃO V 27 de outubro sábado às 21h30 FADo Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA e PEGC


RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 27 de outubro sábado às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 7€ Organização: CMA

Tentos invenções e encantamentos

por Luís José Martins

Esta estreia foi sujeita a um preparo meticuloso e demorado e surge na sequência de alguns dos seus valiosos projetos, Almost a Song, Powertrio ou Deolinda. O conjunto de peças compostas para este espetáculo resulta de uma compilação feita ao longo do seu percurso musical. Os processos e as construções musicais mais técnicas, o guitarrista chama-os de Invenções. Já nos Encantamentos busca uma poética mais pessoal e contemplativa. Quanto às suas composições, elas encontram eco nos Tentos, uma forma renascentista e pré-barroca ibérica instrumental, onde a música nasce da pesquisa exploratória dos próprios instrumentos. Tentos - Invenções e Encantamentos é toda uma vida dentro desta maravilhosa música.

|

outubro novembro dezembro 23


|

24 Cineteatro e Recreios

Caelum A banda “Caelum”, formada em 2012, pertence ao universo de artistas Sony Music. Desde que venceram, em 2014, a primeira edição do EDP Live Bands, o seu percurso musical tem sido conotado com o sucesso. Em 2016, editaram o disco “Enigma”, que contém as primeiras canções da banda em português. Após uma primeira tour em 2015, encetaram a digressão “Rising Tour” até final do ano de 2017, na qual partilharam palco com Guano Apes, Cock Robin, Kaiser Chiefs e vários nomes da música portuguesa como Richie Campbell, Virgul ou Atoa.

CINETEATRO D. JOÃO V 2 de novembro sexta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA e PEGC


CINETEATRO D. JOÃO V 3 de novembro sábado às 21h30

Saídos da Casca

Entrada: 12,50€ Organização: CMA e PEGC

Esta comédia tem no seu elenco os consagrados atores Luís Aleluia e o Vítor Emanuel. Este hilariante texto original de Guilherme Leite e Luís Aleluia, aborda a temática do humor na televisão: Como se constrói um Programa; onde se inspiram os autores; o que é que se pode dizer e o que deve ser evitado em televisão...

RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL

P´rá Frente Que Atrás Vem Gente…Gira!

Teatro de Comédia Para maiores de 12 anos

4 de novembro domingo às 16h00 Teatro Para maiores de 6 anos Entrada: 8€ Organização: CMA e Grupo Gente Gira

Uma Revista à Portuguesa bem divertida e popular, onde textos de crítica política e social, convivem com músicas orelhudas, envolvidas em guarda-roupa e cenários de grande beleza visual, é a proposta do Grupo Gente Gira para este ano de 2018. Muitos são os momentos de comicidade e boa disposição nesta nova revista, intercalados com momentos de fado e boa música.

|

outubro novembro dezembro 25


|

26 Cineteatro e Recreios

Grand Pulsar Os “Grand Pulsar”, um improvável duo de guitarra acústica e bateria, apresentam num formato moderno um toque alternativo que prima pelas emoções das melodias e da mensagem que transmitem. Em 2015, Diogo Brandão e Alexandre Reis criaram o grupo, escreveram temas originais e estrearam a sua música no Teatro Loucomotiva. Desde 2017, que o programa Masterclass da Antena 1, a sociedade Portuguesa de Autores, a TSF e a RTP, reconhecem o seu valor e valorizam o espírito criativo da banda e a sua originalidade. “Meia Lua” é o novo single da banda, que fala da urgência de estar bem com quem nos faz bem.

CINETEATRO D. JOÃO V 9 de novembro sexta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA e PEGC


CINETEATRO D. JOÃO V 16 de novembro sexta às 21h30 Tango Argentino Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ Organização: CMA e PEGC

Tango Manso y Otras Yerbas Volver “Volver”, é o novo espetáculo interdisciplinar de Tango Argentino, dirigido pelos maestros, bailarinos e coreógrafos, Juan Capriotti & Graciana Romeo. Sob a forma de concerto/espetáculo, Volver percorre diferentes géneros populares com interpretações e arranjos originais, joga com a partilha, onde o que cada um traz, se dilui e se transforma, criando algo novo, único e, inevitavelmente, original. Um “Tango íntimo” que se mescla com a “Milonga Criolla” e, nas voltas que dá, se transforma em “Valsecito encantador”.

|

outubro novembro dezembro 27


|

28 Cineteatro e Recreios

Tristezas & Alegrias Esta é uma peça do ator e dramaturgo sul-africano, Athol Fugard (1932), feita de monólogos, memórias e desabafos num vai-vem entre o presente e o passado. Em palco estão duas mulheres numa velha casa de uma aldeia do Karroo depois do funeral de David, o homem que ambas amaram. Uma é branca e é a sua esposa. A outra é preta e mãe da sua filha. David, que fora levado ao exílio por causa do seu ativismo político contra o apartheid, reaparece nas memórias das mulheres como que registadas a ferro. Durante uma tarde de verdade e reconciliação, os pactos de amor são dolorosamente marcados. O novo confronta-se com o velho e a esperança destas pessoas é a esperança numa nova África do Sul.

Em Modo Jazz por Quorum Ballet

“Quando me foi lançado o desafio de criar um novo trabalho coreográfico inspirado na música e na cultura Jazz, fiquei imediatamente interessado em perceber como este tipo de sonoridade iria influenciar a forma como olho e sinto o meu trabalho. Sendo a minha linguagem coreográfica maioritariamente sustentada e inspirada pela música e pelo som, deixei-me contagiar pelos ambientes, pelos sentimentos, pelas emoções e pelo caos organizado, presente neste estilo musical. O trabalho literário da poetisa Maya Angelou teve um peso enorme em todo o processo, pela forte ligação com a vida, a sociedade e o sentimento humano”.

Daniel Cardoso

RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 21 de novembro a 2 de dezembro quarta a sábado às 21h30 domingo às 16h00 Teatro Para maiores de 12 anos Entrada: 10€ (consultar a tabela de descontos da companhia) Organização: CMA e Teatro dos Aloés

CINETEATRO D. JOÃO V 24 e 25 de novembro sábado às 21h30 domingo às 16h00 Dança Para maiores de 6 anos Entrada: 10€ (consultar a tabela de descontos da companhia) Organização: CMA e AQK


CINETEATRO D. JOÃO V 28 e 29 de novembro quarta e quinta às 10h30 e às 14h30 (sessões para escolas sujeitas a marcação prévia, através do telf: 919028243) RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 12, 13, e 14 de dezembro quarta, quinta e sexta, às 10h30 e às 16h30 (sessões para escolas sujeitas a marcação prévia, através do telf: 919028243) 15 e 16 de dezembro sábado e domingo às 16h00 (sessões para o público em geral)

A CIDADE VERDE E A CIDADE AZUL Era uma vez… a cidade verde e a cidade azul… Duas pequenitas cidades, rodeadas por uma floresta assombrosa, afastadas de qualquer outra localidade. Apesar de se encontrarem lado a lado, apenas separados por uma ponte, a comunicação entre as duas era proibida. Ambas as cidades viviam independentes uma da outra, porém tinham tanto em comum como de diferente, a cor... Até que um dia algo de inédito aconteceu, mudando por completo a vida dos seus habitantes... E a vida de cada cidade.

Dança Para maiores de 6 anos Entrada: 4€ Organização: CMA e AQK

RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 29 de novembro quinta às 19h00 Música Para maiores de 6 anos Entrada: Gratuita (limitada à lotação da sala) Organização: CMA e THE4TET

Jazz à Quinta THE4TET

Viagens pela História do Jazz Este trabalho é fruto de uma investigação que visa promover o interesse pelo Jazz. No formato de concerto comentado, os Professores Ricardo Pinheiro, Massimo Cavalli e o músico João Silva explicam em 6 concertos distintos as transformações do papel de cada um destes instrumentos ao longo da história do jazz, ilustrando-as com exemplos musicais. |

outubro novembro dezembro 29


|

30 Cineteatro e Recreios

Boss AC Um dos pioneiros do rap em Portugal, dono de uma extraordinária capacidade de descrever sentimentos e de os transformar em música, Boss AC. Um assumido melómano, invulgarmente eclético, teve sempre o mérito de arriscar ao procurar novos horizontes e quebrar barreiras do género Hip Hop. Muitos milhares de discos vendidos, centenas de espetáculos realizados um pouco por toda a parte, tudo conquistado pelo seu inegável talento. Com 5 álbuns de originais editados, ao longo dos quase 20 de carreira, a sua música já percorreu os 5 cantos do mundo, mas continua a medir o sucesso por tudo o que ainda falta fazer. No final de 2017, iniciou as gravações do seu sexto disco de originais que deu origem ao EP “Patrão” lançado em Maio de 2018, cujo single de avanço foi “Queque Foi” alcançou mais de um milhão de visualizações logo no primeiro mês. O novo disco tem lançamento previsto para o último trimestre de 2018.

CINETEATRO D. JOÃO V 30 de novembro sexta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 12,50€ Organização: CMA e PEGC


RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL 9 de dezembro domingo às 16h00

Orquestra Municipal Geração Amadora

Organização: CMA

Música de jovens para jovens, ou o desafio de mostrar os resultados de um projeto que usa a música como elemento para a integração e para o sucesso pessoal e escolar de muitos adolescentes e crianças em escolas do 1º, 2º e 3º ciclo. O Projeto Geração | Sistema Portugal teve início na Amadora, em 2007. Fruto da dedicação dos jovens foi possível constituir esta orquestra composta por três escolas, Agrupamento de Escolas Miguel Torga, Agrupamento de Escolas Almeida Garrett e Agrupamento de Escolas Pedro D’Orey, e o apoio da Câmara Municipal da Amadora.

RECREIOS DA AMADORA ESPAÇO CULTURAL

Orquestra Câmara Cascais e Oeiras

Música Para maiores de 6 anos Entrada: Gratuita (limitada à lotação da sala)

20 de dezembro quinta às 21h30 Música Para maiores de 6 anos Entrada: 5€ Organização: CMA

Camille Saint-Saëns (1835-1921), conhecido como “O Mozart francês”, era já aos dez anos de idade, um virtuoso do piano. Compositor com uma vasta obra, desde a oratória à ópera, de peças para piano a sinfonias, como “O Carnaval dos Animais”, tem um repertório que raramente é executado, sendo por isso desconhecido do grande público. Em 1858, foi-lhe pedido que escrevesse para as festividades natalícias da Igreja da Madalena, onde era o organista. Em 12 dias, compôs a Oratória de Natal Op. 12, uma obra-prima onde as melodias se sucedem com elegância e simplicidade, numa diversidade de estilos que parece colocar em diálogo e árias de ópera, polifonia coral e até cancioneiros populares. |

outubro novembro dezembro 31


Màmía a pintar no caminho da Falagueira, início da década de 20, do século XX. Fotografia. Coleção particular.


mg museus e galeria

#amadorapatrimรณnio #amadoracultura #amadoracidade


|

34 Museus e Galeria

ver tudo Màmía Roque Gameiro (1901-1996) Pintura e Ilustração

Esta é uma exposição alicerçada num trabalho de investigação que decorrerá até 24 de Fevereiro de 2019, na Casa Roque Gameiro, onde a artista nasceu. Tem por objectivo dar a conhecer a trajectória de Màmía (Maria Emília) uma das filhas do excepcional aguarelista Alfredo Roque Gameiro. A lenda familiar relata que o pai a terá incentivado a pintar a óleo, pois no clã «já bastava de aguarelistas». Estudou pintura, sobretudo com Mily Possoz, e talvez por isso, e certamente pelo tempo em que viveu, o seu modo de ser plástico seguiu primordialmente a tendência modernista. Esta exposição retrospectiva tenta ver de perto o que Màmía fez, inclusivamente o invisível. Encontra-se disposta em duas salas e estrutura-se em cinco núcleos: «Màmía – modelo»; «Serenidade e silêncio: interior(es)»; «Pintar à luz do sol»; «Desenho e Ilustração: Màmía artística e científica» e «Naturezasmortas, flores, folhas, conchas». O catálogo que acompanha a exposição, contém um estudo inédito, o primeiro realizado sobre a pintora. A mostra contará ainda com workshops, conferências e visitas guiadas. Além da sua pintura e ilustração exibem-se diversas obras a que deu origem como modelo. Observam-se, assim, trabalhos de Alfredo, Raquel e Helena Roque Gameiro, Mily Possoz, Cottinelli Telmo, Hebe Gonçalves Gomes e Jaime Martins Barata, com quem casou em 1926. Sandra Leandro (Comissária da Exposição)

CASA ROQUE GAMEIRO até 26 de fevereiro de 2019 Exposição temporária Para público em geral Entrada: Gratuita


Màmía a pintar no caminho da Falagueira, início da década de 20, do século XX. Fotografia. Coleção particular.

|

outubro novembro dezembro 35


|

36 Museus e Galeria

Ser eclécticA Oficina de Ilustração com Ana Dias

CASA ROQUE GAMEIRO 13 de outubro sábado às 15h30 OFICINA Para público em geral Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página Limite: 15 participantes

Um nome maior: Màmía Roque Gameiro (1901-1996) Pintura e Ilustração Conferência, seguida de visita guiada, por Sandra Leandro (Universidade de Évora; IHA, FCSH, Universidade NOVA de Lisboa).

O surgimento da imprensa infantil e juvenil em Portugal Durante a primeira metade do século XX. Novos públicos, novos universos para a ilustração

Conferência por Daniela Simões (IHA, FCSH, Universidade NOVA de Lisboa)

CASA ROQUE GAMEIRO 17 de novembro sábado às 15h30 Conferência Para público em geral Entrada: Gratuita

CASA ROQUE GAMEIRO 15 de dezembro sábado às 15h30 Conferência Para público em geral Entrada: Gratuita


CASA ROQUE GAMEIRO até dezembro terça a sábado das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 domingo das 14h30 às 17h30 encerra à segunda e feriados Exposição Permanente Para público em geral Entrada: Gratuita

CASA ROQUE GAMEIRO até dezembro terças das 14h00 às 17h30 Tertúlia Literária Para público em geral

Vida, Obra e Família de Alfredo Roque Gameiro Na casa que construiu e onde viveu mais de duas décadas, está patente ao público uma exposição de desenhos e aguarelas originais, manuscritos e fotografias do álbum de família e objetos pessoais do pintor. Roque Gameiro, artista da segunda geração do Naturalismo, e atento sobretudo à realidade rural, às tradições populares e também às paisagens, registou o mundo em que viveu e que desejou preservar nos seus desenhos e aguarelas.

Tertúlia Literária Tertúlia Literária pelo Grupo de Leitores da Casa Roque Gameiro com a monitora Feliciana Caleiro.

Entrada: Gratuita

|

outubro novembro dezembro 37


|

38 Museus e Galeria

Visitas Guiadas e oficinas temáticas Visita Guiada à Casa - Monumento de Interesse Público e às Exposições: “Vida, família e obra de Alfredo Roque Gameiro” “Ver tudo: Màmía Roque Gameiro (1901-1996) Pintura e Ilustração”

CASA ROQUE GAMEIRO até dezembro terça a sexta das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 Visitas guiadas e oficinas temáticas Grupos do pré-escolar até ao 3º ciclo, secundário, superior, associações culturais, grupos organizados. Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página Limite: 25 participantes

Oficina de Artes Decorativas Pintura em Porcelana com a professora Albertina Jorge.

CASA ROQUE GAMEIRO até dezembro terças das 14h00 às 17h30 (pintura em porcelana) Ateliê de artes decorativas Para público em geral Entrada: Gratuita


MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] terça a sábado das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00 domingos das 14h30 às 17h30 Exposição permanente Para visitantes individuais, grupos e famílias

Antes da Amadora A ocupação do território da Amadora remonta ao Paleolítico e desde essa altura, diversas foram as gentes que, atraídas pelas matérias-primas, água abundante, ou bons terrenos para a agricultura e a pastorícia, foram deixando a sua marca. Com um discurso acessível e atrativo poderá conhecer os vestígios que deixaram e a forma como fizeram sua, esta nossa cidade.

Entrada: 1€ Gratuita aos sábados de manhã

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] terça a sábado das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00 domingos das 14h30 às 17h30 Exposição Permanente Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: 1€ Gratuita aos sábados de manhã

O G.E.A.R.

Grupo de Esquadrilhas Aviação República Criado em 1919, o G.E.A.R. Grupo de Esquadrilhas de Aviação República, estava sediado na Amadora e aqui funcionou até 1938. Durante quase 20 anos a Amadora foi o palco da partida e de alguns regressos, de várias viagens aéreas com destino às colónias portuguesas em África e na Ásia. Nas instalações do G.E.A.R. decorreram também grandes festivais aéreos que trouxeram à Amadora inúmeros visitantes. Propomo-nos recordar os acontecimentos mais relevantes que decorreram nesta unidade e que espalharam o nome da Amadora pelo país e por vezes, além-fronteiras. |

outubro novembro dezembro 39


|

40 Museus e Galeria

AmadorA RURAL Em tempos remotos o território da Amadora foi um espaço maioritariamente rural, o povoamento na região consistia em pequenas aldeias, quintas e casais agrícolas, numa paisagem pontilhada por moinhos de vento.

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] terça a sábado das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00 domingos das 14h30 às 17h30 Exposição Permanente Para visitantes individuais, grupos e famíliass Entrada: 1€ Gratuita aos sábados de manhã

Av. da República A primeira rua da Amadora

A Av. da República definiu-se, a partir de 1887, quando da inauguração da Linha de Sintra, como via de ligação entre a Estação da Amadora e a então Estrada Real, atual Rua Elias Garcia. Em outubro de 1910 a nova Comissão Administrativa Republicana da Câmara Municipal de Oeiras, deliberou atribuir a esta artéria a designação de “Av. da República”. A abertura do Parque Delfim Guimarães, em 1937, e do Mercado, em 1940, reforçaram a centralidade da avenida, onde, nos anos de 1960, se concentravam importantes serviços e estabelecimentos comerciais. Nesta exposição, os visitantes poderão fazer uma viagem sobre evolução desta artéria, que pautou o quotidiano de várias gerações de amadorenses, através de fotografias antigas, objetos referentes ao caminho-de-ferro, cedidos pela Fundação do Museu Nacional Ferroviário, e ainda de elementos recolhidos de edifícios já demolidos ou requalificados.

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] até dezembro terça a sábado das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00 domingo das 14h30 às 17h30 Exposição temporária Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: 1€ Gratuita aos sábados de manhã


MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] terça a sexta das 10h00 às 12h00 e das 14h30 às 16h30 Oficinas pedagógicas e visitas guiadas Escolas e grupos organizados

Museu em Ação Projeto de mediação cultural que organiza visitas guiadas e oficinas pedagógicas de temática patrimonial para escolas e grupos organizados no ano letivo 2018/2019.

Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] 6 de outubro sábado das 10h00 às 12h00 Oficina Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

Pãozinho quentinho Sábados em família

Gostas de pãozinho quentinho? Sabes que a nossa casa tem um forno? Vem aprender a amassar a farinha e a fazer pão como faziam os antigos. No final podes deliciar-te com um pedaço barrado com manteiga.

|

outubro novembro dezembro 41


|

42 Museus e Galeria

Romanos na Amadora? Visita aos sítios romanos da Villa da Quinta da Bolacha e Moinho do Castelinho na Amadora, considerados relevantes no panorama nacional e regional, e apresentação dos últimos resultados obtidos nas escavações que decorreram em 2018. PONTO DE ENCONTRO: Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira

O caminho da água Dois aquedutos, o mesmo percurso, com histórias separadas por séculos. Venha conhecê-los e descobrir os seus segredos. PONTO DE ENCONTRO: Mãe d’Água Nova

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA 13 de outubro sábado das 15h30 às 16h30 Visita orientada Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA 27 de outubro sábado das 09h30 às 12h30 (sujeito a confirmação) passeio pedestre Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página Organização: CMA e ARQA - Associação de Arqueologia da Amadora

Mutatis Mutantis Mudar o que deve ser mudado

As portas do mundo dos mortos estão abertas... temos de proteger o Museu das almas penadas... através de um jogo de pistas ficarás a saber como se festejava esta data em épocas passadas... Os fantasmas contam-te tudo. NOTA: É obrigatório o uso de fatos horrendos e máscaras assustadoras

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] 31 de outubro quarta das 21h00 às 23h00 Jogo de pistas Para crianças dos 4 aos 12 anos (acompanhados de 1 adulto) Entrada: Gratuita


MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOlógiCO DO MOINHO DO PENEDO] A inauguração será oportunamente divulgada

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA 24 de novembro sábado das 15h00 às 17h30 (sujeito a confirmação) Peddy Paper Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página Organização: CMA e ARQA

Núcleo Museológico do Moinho do Penedo O crescimento de Lisboa ao longo dos séculos XVII e XVIII levou à instalação massiva de moinhos de vento nos arredores, para suprir as necessidades de fornecimento de farinha à capital. Após um período áureo na primeira metade do século XVIII, a industrialização dos processos de moagem levou ao seu progressivo abandono. Os moinhos do Penedo são dois moinhos de vento situados na freguesia da Mina d’Água. Um deles foi recuperado em 1998, e aí estará patente uma exposição sobre o ciclo do pão, o funcionamento e a vida nos moinhos.

Peddy Paper

Viaja ao passado pelos teus pés Um percurso à descoberta do património histórico ao qual estão associadas questões sobre os diferentes sítios com história, e que vão determinar a passagem à parte seguinte do percurso. |

outubro novembro dezembro 43


|

44 Museus e Galeria

Ui, mas que cheirinho! Sábados em família

Há certas coisas que nunca deveriam passar de moda. Gavetas a cheirar bem, por exemplo. Vem criar a tua prenda de Natal repleta de aromas natalícios.

Núcleo Monográfico da Necrópole de Carenque Exposição permanente sobre a Necrópole de Carenque e sítio arqueológico localizado no topo da Av. Luís Sá, Serra das Brancas, Mina de Água.

MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MUSEOGRÁFICO DO CASAL DA FALAGUEIRA] 15 de dezembro sábado das 10h00 às 12h00 Oficina Para visitantes individuais e famílias Entrada: Gratuita Inscrição: ver última página MUSEU MUNICIPAL DE ARQUEOLOGIA [NÚCLEO MONOGRÁFICO DA NECRÓPOLE DE CARENQUE] abertura regular INVERNO: sábado das 13h00 às 17h00 domingo das 10h00 às 15h00 VERÃO: sábado das 14h00 às 18h00 domingo das 09h00 às 14h00 Exposição Para visitantes individuais, grupos e famílias Entrada: Gratuita


GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL - CASA APRIGIO GOMES até 14 de outubro terça a sábado das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 domingo das 14h00 às 18h00 Exposição e Homenagem Para público em geral Entrada: Gratuita

GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL - CASA APRIGIO GOMES 17 de outubro quarta às 17h00 Lançamento de livrO Para público em geral

Exposição de Pintura de Dorindo Carvalho

Zero Figura de Homenagem a Dorindo Carvalho São centenas os artistas e amigos que através da pintura, poesia, fotografia e outras expressões artísticas vertidas na pequena tela do formato Zero Figura - se associaram à homenagem ao artista plástico Dorindo de Carvalho. Em simultâneo, é apresentada uma exposição do próprio autor que, ao longo da sua vida artística, marcada pelo talento e pela experiência de décadas, nos presenteou com uma obra invejável, nomeadamente, na área do desenho gráfico.

Dorindo Carvalho Lançamento do livro “Dorindo Carvalho”, o 13.º volume da Coleção D, editada pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, sob direção do designer Jorge Silva.

Entrada: Gratuita

|

outubro novembro dezembro 45


|

46 Museus e Galeria

Gente da Amadora, História e Memória Ilustradas Exposição

Nuno Saraiva, ilustrador e autor de BD, mudou-se da Casa Roque Gameiro para a Galeria Artur Bual, a Casa Aprigio Gomes. Este encontro fictício protagonizado por dois ilustradores separados por mais de 100 anos, Gameiro nasceu em 1864 e Saraiva em 1969, terá nova apresentação. A ilustração continua a ser o pretexto para tão inusitado acontecimento: Gameiro desenhou os tipos e costumes lisboetas, a partir da sua casa na Amadora, e Saraiva construiu as figuras da Amadora, a partir do seu ateliê em Lisboa. E são essas personagens da Amadora que dão corpo a esta mostra, num novo espaço, repleto de História e de histórias, acolhendo, uma vez mais, a magia que resulta dos encontros entre a cidade e os seus habitantes, de ontem e de hoje. Durante duas semanas, vão andar por aqui os ilustres representantes da Amadora pré-histórica, a família Gameiro e amigos, o Pedro dos Coelhos, o Chico Carteiro, o António Cardoso Lopes e o José dos Santos Mattos, o Álvaro Justino Matias, os desenhadores de histórias aos quadradinhos e alguns dos homens e mulheres da cidade que se distinguiram no desporto, na música, na ciência, nas letras e nas artes plásticas. Passe por cá, vai gostar de os (re)ver!

GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL CASA APRIGIO GOMES de 27 de outubro a 11 de novembro Exposição temporária Para público em geral Entrada: Gratuita Organização: CMA Colaboração: Fundação Portuguesa das Comunicações, Arquivo Municipal de Lisboa e colecionadores particulares.


GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL CASA APRIGIO GOMES de 22 de novembro a 6 de janeiro de 2019 Inauguração dia 22 de novembro quinta às 18h30

Exposição Para público em geral Entrada: Gratuita

GALERIA MUNICIPAL ARTUR BUAL CASA APRIGIO GOMES até 31 de julho de 2019 Exposição de ar livre no espaço envolvente da Galeria Para público em geral Entrada: Gratuita

Coletiva de Outono

Pintura e Escultura Em novembro, quando o outono, já vai alto recebemos, na Galeria Municipal Artur Bual, a “Coletiva de Outono”. Aqui, os artistas expressam o seu sentir perante o cair das folhas, a exaltação do adormecimento que antecede um novo ciclo de criatividade. Os artistas aqui representados, perpetuam esse ciclo através de formas e processos de contínua aproximação e interpretação das texturas da época.

Diálogos com a Cidade Homenagem ao Escultor João Limpinho Escultura de Ar Livre Amadora 2018

Sete escultores mostram a sua arte que tem como matéria-prima desperdícios de diversos materiais dos Estaleiros Municipais.Até julho de 2019, as várias peças escultóricas vão sendo mostradas nesta iniciativa. Está patente a escultura de Andreia Mateus, e a próxima, da autoria de Afonso Matias, será apresentada a 30 de novembro. Esta mostra, comissariada pelo escultor Carlos Andrade, tem lugar no espaço envolvente da Galeria Municipal Artur Bual.

TODA A PROGRAMAÇÃO E HORÁRIOS podem sofrer ALTERAÇÕES SEM AVISO PRÉVIO

|

outubro novembro dezembro 47


Informações úteis Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos - Bedeteca (piso 2) Avenida Conde Castro Guimarães, nº 6, 2720-119 Amadora Tel. 214 369 054 | Fax. 214 948 777 | bibliotecas@cm-amadora.pt | bedeteca@cm-amadora.pt Coordenadas GPS: Latitude de 38.75250 (38º 45’ 9’’ N) e Longitude de -9.2331 (9º 13’ 59’’ W) Horário: (Piso 0) segunda e sábado: 10h00-18h00 | de terça a sexta: 10h00-19h00 (Piso -1 e 2) de terça a sábado: 10h00-18h00 For@ de Horas (Piso 0) de segunda a sábado: 20h00-24h00 Inscrições: Tel: 214 369 054 ou pelos E.mails: bibliotecas@cm-amadora.pt / isabel.arsenio@cm-amadora.pt Transportes: CP e Autocarros 114 e 20 - Algés Autocarros: 113 - Belém; 154 e186 - Hospital Amadora-Sintra; 107 - Marquês de Pomba Cineteatro D. João V Largo da Igreja, nº 5B/C/D - Águas Livres (Damaia), 2700-295 Amadora Tel: 214 975 187 | E.mail: cultura@cm-amadora.pt Coordenadas GPS: N38.746029º, W9.218823º Horário da Bilheteira: Quinta e sexta (exceto feriados): 10h00-12h30 e 13h30-18h00. Dias de espetáculo (sexta e sábado): 10h00-12h30 e 13h30-19h30 e ainda das 20h30 até 30 minutos após o início do espetáculo. Domingos, quando há espetáculos: 10h00-12h30 e das 13h30 até 30 minutos após o início do espetáculo. Horário sujeito a alterações sem aviso prévio Reservas (PEGC): 914 015 894 ou 967 123 399 Transportes, Táxis e Parque Público de Estacionamento Comboio da CP: Estação Santa Cruz-Damaia (500 mts. / 7 minutos a pé) | Carris: nº 711 (Alto Damaia - Terreiro do Paço) | nº 764 (Damaia de Cima - Cidade Universitária) Lisboa Transportes: nº 108 (Reboleira - Caxias) | nº 109 (Reboleira - Damaia de Cima) | nº 144 (Belém - Cacém) | nº 162 (Algés - Falagueira) | nº 185 (Amadora - Lisboa) | nº 1 86 (Amadora - Falagueira) | Táxis: Praça de táxis (a 500 mts.) | Parque público de estacionamento (a 20 mts.) RECREIOS DA AMADORA - ESPAÇO CULTURAL Avenida Santos Mattos, nº 2, Venteira, 2700-748 Amadora E.mail: cultura@cm-amadora.pt | Tel: 214 369 055 Coordenadas GPS: N38.758323º, W-9.235262º Horário da Bilheteira: De quinta a sábado (exceto feriados): 10h00-13h00 e 14h00-19h00 Dias de espetáculo à noite: também aberta das 20h00 ao início do espetáculo. Domingo, quando há espetáculos: das 14h00 até ao início espetáculo. Horário sujeito a alterações sem aviso prévio. Não há lugares marcados nem reservas.


Transportes, Táxis e Parque Público de Estacionamento CP: Estação da Amadora - Linha de Sintra - Lisboa | Vimeca: n.º 20 - Amadora - Algés Lisboa Transportes: n.º 114 trajeto Amadora - Algés | n.º 113 trajeto Amadora - Belém Táxis (Praça de táxis a 100 mts.) Parque público de estacionamento (a 20 mts.) Galeria Municipal Artur Bual - Casa Aprígio Gomes Rua Luís de Camões, nº 2, Venteira, 2700-535 Amadora | Tel: 214 369 059 Horário: Terça a sábado: 10h00-13h00 e 14h00-18h00 | Domingos: 14h00-18h00 Casa Roque Gameiro Praceta 1º Dezembro, nº 2, Venteira, 2700-688 Amadora | Tel: 214 369 058 Horário: Terça a sábado: 10h00-12h30 e 14h00-17h30 | Domingos: 14h30-17h30 (Encerra segundas e feriados) Inscrições: Tel: 21 436 90 58 E.mails: veraferreira@cm-amadora.pt / eugenia.ribeiro@cm-amadora.pt Museu Municipal de Arqueologia núcleo museográfico do casal da falagueira Parque Aventura, Beco do Poço, Falagueira - Venda Nova, 2700 Amadora Tel: 214 369 090 E.mail: museu.arqueologia@cm-amadora.pt Horário: Terça a sábado: 9h00-13h00 e 14h00-17h00 | Domingo: 14h30-17h30 Inscrições: Tel: 214 369 090 | E.mail: museu.arqueologia@cm-amadora.pt Edição: Câmara Municipal da Amadora Departamento da Educação e Desenvolvimento Sociocultural Divisão de Intervenção Cultural Produção gráfica: Literal, Comunicação e Serviços Lda. Design e paginação: Estrelas de Papel, Lda.

Avenida Santos Mattos, nº 2, Venteira 2700-748 Amadora Tel: 214 369 055 cultura@cm-amadora.pt

Tiragem: 2.000 exemplares Impresso em papel Coral Book Ivory


Mais informaçþes: www.cm-amadora.pt/cultura www.facebook.com/amadoracidade www.facebook.com/municipioamadora

Agenda Cultural Amadora - outubro a dezembro de 2018  
Agenda Cultural Amadora - outubro a dezembro de 2018  
Advertisement