Page 1

Nov.Idade Jornal do Projeto Gugu - Edição nº 6 - Dezembro/2011 Publicação da FUNCAB

Pedidos ao bom velhinho Pags. 2 e 3

É chique ter 90 Pag.8


2 Natal

N

Já mandou a cartinha pro Papai Noel?

atal é tempo de juntar a família, os amigos queridos, muita comida, festa e … presentes! Tudo começa com a tão famosa cartinha para o Papai Noel. Depois, é só torcer para ele apareça com os pedidos. Como diz a música, “seja rico, seja pobre, o bom velhinho sempre vem”. Pensando nisso, NOV.IDADE convidou os alunos do Projeto Gugu, do núcleo de Icaraí, a escrever cartinhas para o Papai Noel com seus desejos. Vamos ver o que as meninas e os meninos esperam ver depositado em suas meias, na noite de Natal? Marilza Quintaneira espera que o bom velhinho traga “paz, saúde e amor”. E não se esquece dos “professores, professoras e amigas do Projeto Gugu de Icarai”. Para estes, ela pede “muita saúde, paz e amor, para que nosso grupo continue sempre assim, unido, por longos anos. Um Feliz Natal e Feliz Ano Novo”, deseja. Já Emilia Carvalho Mori diz que quer “poder andar sem medo”. Ela declara: “Queremos viver sem violência. Queremos um bom governo e policiais competentes. Queremos um mundo sem tráfico, sem prostituição e crianças na rua. Queremos amor. Queremos paz. Feliz Natal”. Sônia, que não pôs seu sobrenome na cartinha, pede ao Papai Noel “um presente para a minha neta”. Vovó-

coruja, como se percebe, ela gostaria que a netinha “ganhasse um computador, pois ela merece. É uma menina muito estudiosa, e cumpre com todas as obrigações e atividades. Peço, também, muita paz, saúde, felicidade e harmonia para todos. Um Feliz Natal”, entusiasma-se. Grata por tudo que tem “recebido todos esses anos”, Rita de Cássia pede ao Papai Noel que Deus traga “muita saúde, em primeiro lugar, com a certeza de que as demais coisas serão acrescentadas. Um último pedido: paz. Espero que nossos dirigentes olhem melhor para a nossa segurança. Obrigada”. Independente de religiões ou do que cada um peça individualmente, tudo que nós esperamos é que o Natal de todos seja uma noite de paz, alegria e muito amor.

Seu negócio na internet!

Criamos e administramos o perfil de sua empresa nas redes sociais mais bacanas. Mago Ideias

Tel. 2622-4531


3

“Papai Noel, peço que Deus me dê muita saúde, em primeiro lugar, com a certeza de que as demais coisas serão acrescentadas” Rita de Cássia


4 Saúde Implantes dentários

T

odos nós sabemos o quanto é importante ter uma boca bonita e saudável. Porém, por mais que sigamos a vida toda aqueles regulamentos básicos de escovar os dentes depois das refeições, usar fio dental etc, muitas vezes os problemas são mais complicados, e exigem uma intervenção maior. Quem tem as raízes fraturadas ou a mordida torta, ou mesmo quem faz uso de dentaduras, pode enfrentar ainda mais transtornos para ter o sorriso perfeito. E não é só a estética que padece. Próteses dentais impróprias afetam mastigação, fonação e, em alguns casos, podem causar até neoplasias malignas. Mas existe uma solução definitiva: o implante dentário. Opção ideal em termos de reabilitação oral, o implante oferece maior estabilidade e segurança para o paciente mastigar, sorrir e falar, recuperando sua autoestima e favorecendo seu convívio social. Perfeito para quem deseja repor alguns, ou mesmo todos os dentes, o implante é uma cirurgia feita através da colocação de pinos de titânio com dentes artificiais, que são fixados no osso da boca (maxilar, sob a gengiva), substituindo as raízes. “Por serem integrados ao osso, os implantes oferecem um suporte estável para os dentes artificiais. Dentaduras parciais e próteses montadas sobre implantes não escorregarão nem mudarão de posição na boca, um grande benefício durante a alimentação ou a fala. Esta segurança ajuda as dentaduras parciais e pontes, assim como coroas individuais colocadas sobre implantes, que proporcionam uma situação mais natural do que pontes

ou dentaduras convencionais. Para algumas pessoas, as próteses e dentaduras comuns são simplesmente desconfortáveis ou até inviáveis, devido a pontos doloridos, entre outros fatores. Com as próteses inferiores, que são somente encaixadas, é ainda mais frequente. Pouco menos de 10% se adaptam bem às gengivas dos pacientes. Isso dificulta a fala e a mastigação, e deixa o rosto precocemente envelhecido, além de prejudicar a saúde. O uso contínuo de uma dentadura inadequada ou mal ajustada pode lesar a mucosa e até originar uma neoplasia maligna (câncer), devido ao trauma constante nos tecidos moles da boca. Além disso, as pontes comuns devem ser ligadas aos dentes em ambos os lados do espaço deixado pelo dente ausente. Uma vantagem dos implantes é não ser necessário preparar ou desgastar um dente natural para apoiar os novos dentes substitutos no lugar”, diz o dentista especialista em implantes, dr. José Djalma. Pesquisas indicam que

NÚCLEOS DO PROJETO GUGU www.projetogugu.com.br Ginástica Icaraí I (praia, em frente à Pça. Getúlio Vargas), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h, e sáb. e dom., de 8h30 às 9h30. Santa Bárbara (Pça. João Saldanha), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Gouveia - Pça. da Palmeira), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Cafubá (Pça. da Rótula), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Ititioca R. Padre José Euger, n° 35 (Sec. Regional ), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Caramujo (Ciep), de 2a a 6a, de 8h30 às 9h30.

Hortifruti (estacionamento da loja na Av. Marquês de Paraná), de 2ª a sáb., de 7h às 8h.

Preventório (Praia de Charitas, em frente ao Hospital Psiquiátrico), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

S. Rosa (Posto de Saúde Santa Rosa - Vital Brazil), de 2ªª a 6ªª, de 7h às 8h.

Barreto II (Pça. Enéas de Castro ), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Ilha da Conceição (Clube Azul e Branco), de 2ª a 6a, de 7h às 8h.

Rio do Ouro (Centro Comunitário Paulo Henrique), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

S. Lourenço (Igreja do Ponto Cem Réis), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Barreto I (Parque Palmir Silva) de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Fonseca (Horto Florestal), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

São Francisco (praia, em frente ao Restaurante A Mineira), de 2ª a 6ª, das 8h30 às 9h30.

Cubango (ao lado do Colégio Dr. Memória), de 2a a 6ª, de 8h30 às 9h30. Ingá (Pça. em frente às Sendas) de 2ª a 6ª, de 8:30 às 9:30h. Bay Market (Centro) de 2ª a sáb. de 8h30 às 9h30h Maria Paula (Pça Tancredo Neves), de 2a a 6ª, de 8h30 às 9h30. Ponta da Areia (Pça. Dr. Vitorino), de 2ª a 6ª de 8h30 às 9h30. Jacaré (Est. Frei Orlando 124 A /Qd Comunitária), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. Coronel Leôncio (Campo de Futebol), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. Bairro Chic Pça. Guadalajara, de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30h. Campo de São Bento (Qda. cimentada), de 2a a 6a , de 17h. às 18h.

Largo da Batalha (Pça. Levi Carneiro - Est. Caetano Monteiro s/nº), de 2a a 6ª, de 7h às 8h.

Largo do Marrão (Pça. Raul de Oliveira Rodrigues), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Morro do Castro R. Teixeira de Freitas (pátio da Igreja Evangélica), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Engenho do Mato (Pça. Irene Lopes Sodré, em frente ao Médico de Família), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Piratininga (praia, em frente ao quiosque Loura Gelada), de 2a a 6ª, de 7h às 8 h.

Rink (Praça ), de 2a a 6a, de 7h às 8h.

Caio Martins - 2ª, 4ª e 5ª feira, de 13h às 18h, e 6ª, de 13h às 17h.

Jurujuba (Centro de Saúde), de 2a a 6ª, de 7h às 8h.

Coral

Cantagalo (Ciep do do Cantagalo), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Palmeiras (R. Célio

mais de 500 mil implantes dentários são realizados no mundo anualmente, e que as taxas de sucesso são de aproximadamente 95 a 98%, sendo que as próteses e os pinos nacionais estão entre os melhores do mundo. “Esse procedimento é seguro, eficaz e não tem limite de idade ou contraindicações definitivas. A osseointegração (a aderência do pino definitivamente ao osso) leva de 2 a 6 meses. Depois desse período, o resultado é garantido, além de bonito e discreto’’, garante o dentista. Planeje seus próximos sorrisos Segundo a dentista Tatiana Erthal, que

Engenhoca (Clube 11Unidos), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

trabalha com o público mais idoso, certos passos são importantes para ter um sorriso de sucesso: Exames necessários Antes de colocar um implante, o dentista deverá pedir uma radiografia panorâmica de face, uma tomografia e um exame de sangue. “Com isso, o profissional obtém informações importantes, como a medida entre os dentes, o tamanho ideal para o pino, e se há algum nervo passando por ali”, diz. Medicamentos Geralmente, o procedimento é bem tranquilo. “Antes da operação, o paciente toma antibióticos, antiinflamatórios ou analgésicos. Depois da

Madureira (Pça. Armando Cruz - Shopping Tem Tudo), de 2ª a sáb., de 8h às 9h. Dança de Salão

ASPERJ - Rua Dr. Celestino, 107/4º, 2ª e 6ª, das 14h às 17h.

cirurgia, pode continuar com os remédios por até cinco dias. Dependendo do caso, o rosto pode inchar ou ficar um pouco roxo, mas melhora em até duas semanas”, esclarece a dentista. Dieta especial - A cicatrização total da gengiva demora entre 15 e 25 dias. “Por isso, durante uma semana o paciente deve se alimentar apenas de líquidos, sorvetes e purês frios. A partir da segunda semana, aproximadamente, a rotina normal pode ser retomada”. Serviço Dr. José Djalma 2620-2381 Dra. Tatiana Erthal 2611-7615 Dr. André Salgado Tel. 9659-7439


6 Sabor O

Os benefícios do tomate

riginário da América do Sul, mas levado pela Europa com os conquistadores, no século XVI, o tomate foi estudado, apreciado e se adaptou, conquistando o paladar de todos e um lugar cativo nas mesas mundo afora. Mas além de delicioso, o tomate também é uma rica fonte dos mais variados nutrientes, e seu consumo é praticamente um ato de automedicação: ajuda a prevenir uma porção de doenças, além de ser uma fonte de beleza para a pele. Mas de onde vem esse poder todo milagroso do tomate? Rico em vitaminas C, D, E e betacaroteno, o tomate tem um segredinho extra: o licopeno, que é antioxidante e ajuda a prevenir doenças do coração e o câncer. Um grande estudo feito na Itália na década de 80 mostrou uma relação inversa entre o consumo de tomate e o risco de câncer do trato digestivo. A ingestão de tomate também foi inversamente correlacionada com o câncer colo-retal, de mama e de ovário. Uma dieta rica em tomates pode reduzir o dano oxidativo ao DNA, de leucócitos e de células da próstata em pacientes diagnosticados com câncer de próstata, sugerindo que estes alimentos podem ser usados também no tratamento desta doença e não apenas na sua prevenção. A pressão alta é um fator de risco para doenças cardiovasculares. Cinquenta e cinco estudos realizados em humanos encontraram redução nas pressões máxima e mínima em pessoas que tiveram uma alimentação rica em tomate. Tem mais: o tomate é uma boa fonte de vitamina K. 17,8% do valor diário de vitamina K são encontrados numa xícara de tomate cru, o que é importante para a manutenção da saúde óssea. Além dos benefícios médicos, muita gente não sabe que o tomate também é um elixir antienvelhecimento. A polpa deste fruto tem uma importância nutricional muito grande, rica em vitaminas, alfa-hidroxiácidos, fibras e sais minerais (magnésio, fósforo e potássio) – substâncias fundamentais para combater a ação dos radicais livres e o processo de envelhecimento precoce dos tecidos. E melhor: o tomate é fonte muito baixa de calorias e gorduras, ajudando também no controle do colesterol e um grande aliado nos programas de redução de peso. Quem não gosta de tomate puro pode fazer maravilhas com ele. Mas as receitas ficam para uma próxima vez. Convencidos a colocar de vez o tomate na dieta?

Dieta rica em tomates pode reduzir o dano oxidativo do DNA


7 Fala,

Negócios Trabalho na terceira idade

Os postos são adequados às possíveis limitações dos idosos

U

ma das grandes questões das pessoas que se aposentam é descobrir atividades para ocupar o tempo. Porém, com a terceira idade, o problema acaba sendo maior. Os postos de trabalho diminuem, os disponíveis exigem qualificação, e a velha competição do mercado acaba por desestimular essa grande fração da população, que ainda tem muito a oferecer, e está cada vez mais disponível para trabalhar. Segundo dados do IBGE,

o número de idosos no Brasil cresceu muito, desde a última década, chegando a 14,5 milhões, e passando a representar 9,1% da população brasileira. E essa grande parcela da população tem chegado à idade madura cada vez mais saudável e cheia de energia. Esse exército, pelo fato de ter trabalhado a vida inteira, ou mesmo de estar ingressando agora no mercado de trabalho, não tem medo de pegar no pesado. Pensando nisso, algumas empresas têm

MODA MODA BELEZA BELEZA DECORAÇÃO DECORAÇÃO GASTRONOMIA GASTRONOMIA

desenvolvido programas de contratação específicos para pessoas na terceira idade. Valorizando o conhecimento em detrimento da força, os postos são adequados às possíveis limitações. E o resultado é sempre genial. Um exemplo disso é Marilene Conceição, de 73 anos. Costureira desde os 15 anos, há aproximadamente dois anos ela integra o quadro de funcionários de uma grande confecção em São Gonçalo. “Aprendi a costurar com minha mãe, que aprendeu com a mãe dela. Quando soube que a confecção estava contratando pessoas com experiência, independente da idade, me animei a recomeçar”, conta. Outra empresa que desenvolve um trabalho semelhante é a rede Bob’s, que criou o “Projeto Melhor Idade”, que tem por objetivo capacitar e inserir no mercado de trabalho pessoas para exercerem a função de anfitrião de loja.

VEM VEM AÍ AÍ O O MERCADO MERCADO ALTERNATIVO ALTERNATIVO MAIS MAIS BACANA BACANA DA DA CIDADE. PARA QUEM CIDADE. PARA QUEM PRODUZ PRODUZ MODA MODA ARTESANAL ARTESANAL (ROUPAS (ROUPAS E E ACESSÓRIOS) ACESSÓRIOS) E E QUER QUER FAZER FAZER BONS BONS NEGÓCIOS, NEGÓCIOS, COM COM FOCO FOCO NA NA TERCEIRA TERCEIRA IDADE. IDADE. FAÇA FAÇA SEU SEU DESFILE, DESFILE, MOSTRE MOSTRE SEU SEU PRODUTO. PRODUTO.

NITERÓI COROA FASHION

TEL. TEL. 2611-9855 2611-9855 RAMAL RAMAL 223 223

E

Gugu! Então é Natal!

ntramos no mês mais alegre do ano, o do Natal, e que termina com os festejos do Réveillon. Este mês me lembra a infância, meus pais, meus avós, minhas tias idosas, meus tios mais moços, as reuniões familiares, os festejos e os presentes de Natal, a gostosa irresponsabilidade da infância e da adolescência, a felicidade natural desta época, e que a gente nem se dava conta dela. Hoje, nem meus oitenta e poucos anos mudaram esta alegria que me acompanha há tanto tempo e que me é tão cara. Este mês me traz o sabor de férias, mesmo trabalhando bastante, e todos os dias, a sensação persiste e o tempo parece que passa mais rápido, até rápido demais. Acho que estou ficando velho, porque parece que este mês está me fazendo sentir mais saudade daqueles que foram embora e me deixaram aqui. Abri o álbum de minha formatura em Medicina, e vi com quantos amigos já não posso mais brincar e conviver, como naqueles velhos e saudosos tempos. Uma coisa engraçada: você nota que está ficando velho e que está chegando a sua hora, quando você pergunta a um cliente em que rua ele mora e ele diz o nome de um amigo ou de um professor ou de um político com quem você conviveu por muitos anos. E como tem acontecido isto comigo, ultimamente. Mas o Natal não é só saudade é também muita alegria e felicidade. Vamos aproveitar. Feliz Natal a todos e um ótimo 2012 cheio de saúde!

Personal trainer Muitos idosos não estão em forma física como poderiam porque seus responsáveis ainda relutam em contratar um personal trainer para ajudar em seu indispensável treinamento. A maioria não consegue sozinho fazer os exercícios físicos necessários, não só por sua incapacidade física, como também por não saberem realizá-los corretamente, e principalmente por falta de alguém para incentivá-los na hora certa. Tenho observado, em minha clínica, que certos responsáveis por esse tipo de paciente resistem, indevidamente, a aceitar esse tipo de ajuda, apesar de financeiramente poderem fazê-lo, sem sacrifícios maiores, e o pobre do idoso não melhora, fica sedentário - isto sim, é a pior coisa que pode acontecer a ele. Minha experiência como médico me mostra, a todo instante, a melhoria extraordinária alcançada pelo paciente, em seu estado geral e psíquico, quando a família opta pela ajuda de um personal. Às vezes, este pequeno obstáculo impede que o paciente se recupere plenamente, e o trabalho do personal o vence facilmente. O resultado é muito bom, compensa o sacrifício.


8 Vitalidade

D

izem que a vida começa aos 50 anos. Se essa máxima é verdadeira, aos 90 se atinge a tão esperada maturidade e se acumula experiências. No passado, era difícil encontrar pessoas com 90 anos e, quando isso acontecia, normalmente estavam bem doentes. Mas isso mudou. Hoje, com os avanços na medicina e na mentalidade das pessoas, está cada vez mais comum ir bem além dos 80, com saúde e vitalidade. No Projeto Gugu, não são poucas as pessoas que já contam mais de 90 na carteira de identidade, e todas esbanjam saúde, alegria e energia. Pessoas que não se conhece pela idade, mas pelo largo sorriso que carregam no rosto. Agazil Miriam Estevez, 94 anos, participa há 11 do coral do Projeto Gugu, onde está há 16 anos. Recentemente, foi eleita musa do coral. “Sempre fui muito assídua nas aulas, por vários motivos: além de ver em mim mesma os progressos de se fazer exercícios com regularidade (já tive alguns problemas de saúde e me recuperei quase totalmente deles com a progressão das atividades), depois de uma certa idade, precisamos estimular a cabeça. E a melhor forma de fazer isso é distraindo a mente, conversando e se divertindo com pessoas que tenham afinidades. É isso que o projeto nos traz. Saúde plena. Tento me manter sempre muito informada, leio muito, e isso me ocupa, mas o que me realiza são as atividades que desenvolvo com o Projeto Gugu. Agora, tenho me dedicado quase exclusivamente ao coral, pelo ritmo de ensaios e de apresentações, que é muito acelerado. Mas a satisfação que tenho em fazer algo bonito, e com pessoas tão queridas, não tem igual. Fiz amigos para uma vida, entre alunos e professores, todos sempre muito profissionais, carinhosos e atenciosos conosco. Posso dizer que minha vida mudou depois do Projeto Gugu. E mudou para muito melhor”, testemunha. Neuza de Oliveira, 94 anos, aluna do núcleo do Campo de São Bento, entrou para o Projeto Gugu há dois anos. Já fazia exercícios, mas não era nada regular. “Com o tempo, era ainda menos frequente. Quando comecei no núcleo, vi as atividades que eram feitas, a dedicação dos professores e a forma carinhosa com que eles cuidavam dos alunos, e gostei muito. Ganhei mais vigor

É chique ter 90 Agazil, 94 anos, é a musa do coral do Projeto Gugu Gugu com a primeira mulher, a saudosa Thelma Nobre Machado Bittencourt Silva

físico, as dores do corpo diminuíram, e hoje tenho muito mais energia para fazer as coisas normais do dia”, conta. Dulce de Mello Martins, 92 anos, do núcleo Icaraí, sempre foi assídua. “Na verdade, comecei desde que se chamava ‘Ginástica da terceira idade’. Fazia parte do grupo há 16 anos e não deixava de ir um dia sequer”, diz ela, que anda afastada, em tratamento de saúde nada grave. “As aulas fazem muito bem, não só para a saúde, mas para a mente. Os professores são fantásticos e o fato de dedicarem esse espaço para os idosos é uma iniciativa maravilhosa. No núcleo do qual faço

parte, fiz grandes amizades que levo para a vida toda”. Laurinda Fernandes da Silva, 91 anos, do núcleo Ilha da Conceição, mais conhecida como Lilica, faz parte do projeto desde que tinha 70 anos. “Comecei a fazer ginástica em 1995. Nunca cheguei a ter problemas sérios, mas principalmente por causa da minha disposição. Sou muito ativa, e desde que entrei no Projeto Gugu, tudo na minha vida mudou. Tenho muito mais energia, e minha saúde só melhorou. Faço tudo sozinha e não perco nenhuma aula”. Como estas acima citadas, o Projeto Gugu tem inúmeras outras

alunas com mais de 90. Outros exemplos são Calcides Barbosa, 92, do núcleo Rink, Alcy Nunes Leal, 91, núcleo Icaraí, Deuzuite Pereira Silva, 90, núcleo Engenhoca, e Valdorina Cysne Gomes da Silva, 90, do núcleo Santa Rosa. Todas rumo ao centenário.


Moda E no réveillon, você vai usar branco ou preto?

H

Tem gente que não abre mão do branco na virada do ano

á quem diga que virar o ano vestido de preto dá a maior sorte! Mas tem gente que faz muxoxo, e não abre mão do bom e velho modelito branco. O fato é que não importa a cor, o que conta mesmo é esperar o romper do ano com espírito leve. As vitrines da cidade já estão repletas de opções e, se confirmar o que diz a meteorologia, o tempo será incerto: pode fazer calor, pode fazer frio. Em ambos os casos, a palavra de ordem é conforto. Timtim. Feliz 2012!

Você romperia o ano vestida de preto?

Mente sã, corpo são... O cérebro também precisa ser exercitado Quem pratica exercícios conhece a sensação de bem-estar que a tarefa constante proporciona. Bastam alguns minutos de atividade física para nosso corpo ser inundado por endorfina, um hormônio que provoca sensação de euforia e relaxamento. Mas para alcançar benefícios realmente duradouros e positivos, não só o físico deve ser estimulado. Numa visão holística do ser humano, o potencial interno também é muito (talvez mais) importante, sendo necessário estimulá-lo e desenvolver suas capacidades. E é isso que o Supera - Ginástica para o Cérebro - faz. Assim como os músculos, o cérebro também precisa ser exercitado para aumentar a capacidade mental. Estudos mostram que as células nervosas crescem, se modificam e se fortalecem em resposta aos estímulos e experiências vividas, indicando que a estimulação cerebral tem um grande impacto sobre as capacidades cognitivas. Sem uso, o cérebro fica preguiçoso e demora a dar resposta quando solicitado. O Supera - Ginástica para o Cérebro - é um curso com metodologia própria, desenvolvido a partir de exercícios de lógica e da prática de cálculos por meio do ábaco. Ábaco é o principal instrumento de estimulação do cérebro. Inicialmente, ele deperta o lado esquerdo, e à medida que a metodologia evolui, começa a estimular o lado direto, aumentando o potencial de utilização de suas potencialidades, promovendo assim o desenvolvimento de competências, como concentração, atenção, raciocínio lógico, rapidez de raciocínio, perseverança, disciplina e habilidade motora. O Supera também aplica outras ferramentas que

estimulam o desenvolvimento dos alunos, como atividades “abrindo horizontes”, jogos estratégicos, dinâmicas em grupo, neuróbicas (aeróbicas dos neurônios, que têm por objetivo quebrar rotinas e, com isso, estimular o desenvolvimento de novos padrões e conexões cerebrais) e vídeos motivacionais. Estas outras ferramentas se complementam ao favorecer o desenvolvimento de competências como criatividade, pensamento lateral, estratégias, habilidade em resolver problemas, relacionamentos interpessoal e intrapessoal, capacidade de expressão e liderança, bem como ativa o cérebro, exercitando as inteligências múltiplas. Essas habilidades permitem aprender mais em menos tempo, melhorando o rendimento superior nos esportes, no trabalho, nos estudos e na vida de um modo geral. Tudo propiciando ganhos na qualidade de vida, e trabalhando de forma intensa a aquisição da autoestima. As aulas são oferecidas para pessoas de todas as idades, em duas horas semanais de prática. O curso tem duração média de 18 meses, podendo variar, de acordo com o desempenho individual. E os benefícios são logo observados. Mas, apesar do método ser revolucionário, uma grande parte depende da mudança de hábitos. Dormir bem, beber com moderação, ter alimentação balanceada, e pensar sempre positivo são algumas das sugestões para que tudo funcione em perfeita harmonia.

Serviço Tel. 2704-0012

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt Diretora-Presidente: Rosana Nobre Machado Bittencourt Silva Diretor de Administração e Finanças: Sérgio Emilião Diretora de Desenvolvimento de Projetos: Regina Célia Corrêa Bittencourt Silva

Nov.Idade Jornal do Projeto Gugu

Edição nº 6 - Dezembro/2011 10 mil exemplares Impressão: Gráfica Monitor Mercantil Editor: Marcio.G Repórter: Fellipe Dias Criação, Projeto Gráfico, Diagramação e Comercialização: Mago Ideias NOV.IDADE é uma publicação da Assessoria de Marketing da FUNCAB Assessor de Marketing: Marcio Gomes Assessor de Imprensa: Fellipe Dias Tel. 2611-9855 E-mail: marketing@funcab.org

FUNCAB

Niterói: Rua Presidente Backer, s/nº, Complexo Caio Martins. Icaraí CEP 24220-040 Brasília: SHN Q 2 - Bl F, Sala 825, Edifício Executive Office Tower - DF CEP 70702-000

www.funcab.org www.projetogugu.com.br

9


10Segundo Tempo Programa do Ministério do Esporte/Funcab, em Niterói e SG, fecha o ano com grande festa

P

ara muitas pessoas, o fim de um ciclo é ruim, e despedidas, ainda que por um pequeno espaço de tempo, podem ser bem dolorosas. Não para os milhares de alunos do Programa Segundo Tempo, da FUNCAB, que estiveram presentes ao evento de fim de ano e encerramento dos trabalhos do convênio 2009 (4º convênio da bemsucedida parceria com o Ministério do Esporte), que aconteceu no dia 2 de dezembro, no Fonseca Atlético Clube. Com representantes dos 60 núcleos, a grande festa deixou saudade. Tudo começou às 9h30, com um desfile “olímpico” de todos os alunos, organizado pelos seus núcleos de atividades. Em coro, a turma cantou, com emoção, o Hino Nacional Brasileiro. “Os países do mundo” foi o tema da festa, comandada pela coordenadora geral do Programa Segundo Tempo/ Funcab, Carla Augusta Bittencourt Silva Vilaça. Sendo o Programa Segundo Tempo não só um projeto poliesportivo, mas também pedagógico e cultural, pesquisas de costumes, leituras sobre hábitos e diferença entre os povos fizeram a diferença, conhecimento este que permeou todas as apresentações. A segunda atividade do dia foi uma apresentação de mosaicos de torcidas feitos pelos alunos de cada núcleo, e os seus respectivos “gritos de guerra”. Logo em seguida, outro desfile se deu, mas este, com roupas típicas. Foi um show à parte – de criatividade e desenvoltura. O Programa Segundo Tempo é fruto de uma parceria da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt - FUNCAB - com o Ministério do Esporte. Trata-se de um programa pioneiro e de excelência, sendo exemplo para todo o País. Tem por objetivo democratizar o acesso à prática e à cultura do esporte entre a população, de forma a promover o desenvolvi-mento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social. Ao todo, mais de seis mil crianças e

adolescentes, distribuídos em mais de 60 núcleos, são beneficiados hoje pelo Programa Segundo Tempo, da FUNCAB, entre as cidades de Niterói e em São Gonçalo. Estamos no fim do 4º convênio (sendo o primeiro assinado em 2004, e os seguintes em vigência até a data atual), e a FUNCAB é citada como referência, pelo próprio Ministério do Esporte, como exemplo de gestão e transparência. Por ser uma iniciativa com subvenção federal, todas as contas são analisadas minuciosa e periodicamente pelo Tribunal de Contas da União.

Campanha de doação de brinquedos, feita com integrantes do Projeto Gugu, rendeu milhares de presentes para as crianças do Segundo Tempo. Viva!

Com representantes dos 60 núcleos, a grande festa deixou saudade


Artigo

Publique seu artigo. Temas variados. Tel. 2611-9855 Ramal 223

Aposentados e pensionistas do INSS podem ter até 80% de aumento com revisão Novos reajustes têm beneficiado muitos pensionistas e aposentados do INSS. Os aposentados que tiveram benefícios concedidos após a entrada em vigor da lei

do fator previdenciário, Lei n° 9.876/99, têm cinco novas possibilidades de revisão que já tramitam na Justiça. O reajuste pode chegar até 80%, isto porque, as

aposentadorias por tempo de serviço que tiveram a incidência do fator previdenciário estão erradas, beneficiando grande público que ganha acima do salário

mínimo. Cumpre lembrar que no caso do benefício ter sido pago de forma errada, é garantido também direito ao recebimento das diferenças não

percebidas nos último 5 (cinco) anos. Além desse reajuste, há outros tipos de revisões que podem ser requeridas junto ao INSS, administrativa ou judicialmente, tais como: “buraco negro”, “buraco verde”, “revisão pelo teto”, ORTN. Questiona-se muito se o pensionista tem direito ao reajuste, caso o aposentado não tenha recorrido. A resposta nesse caso é positiva, pois o direito é extensivo aos pensionistas, ou seja, o viúvo, inventariante, espólio, beneficiário em geral podem entrar com ação para receber o benefício atualizado, e receber as diferenças retroativas. Para aquelas pessoas que ainda não possuem o benefício previdenciário, nem tudo está perdido. Pois grande parte deixa de requerer por falta de conhecimento de seus direitos. Além da aposentadoria por tempo de serviço, a mais comum, há inúmeros benefícios que podem ser conquistados: aposentadoria proporcional para mulheres que têm ao menos 25 anos de contribuição e, no mínimo, 48 anos de idade, e para homens com 30 anos de contribuição e, no mínimo, 53 anos de idade; aposentadoria por idade para pessoas com idade avançada, acima de 65 anos, que possuam no mínimo 15 anos de contribuição; aposentadoria especial para pessoas que tenham trabalhado em condições prejudiciais à saúde ou à integridade física, pelo período contínuo e habitual de 15, 20 ou 25 anos, não havendo limite de idade; aposentadoria por invalidez para segurados com agravo físico ou psíquico, cuja consequência seja a incapacidade laboral permanente. Os benefícios podem ser requeridos ao INSS, embora a via administrativa não seja a mais aconselhável e a mais célere. No entanto, o Poder Judiciário tem deferido grande número de benefícios e revisões, havendo ainda, para os pleitos inferiores a 60 salários mínimos, maior celeridade trazida pelos Juizados. Logo, é mais prudente entrar na Justiça Federal para requerer o direito.

Victor Figueiredo OAB/RJ 122186 Serviço Tel. 2594-0839

11


JORNAL NOV.IDADE Nº 6  

Jornal do Projeto Gugu, voltado para a terceira idade. Projeto Gugu é uma iniciativa da Funcab que atende mais de 8 mil idosos de Niterói (R...

Advertisement