Issuu on Google+

Jornal do PROJETO GUGU e da melhor idade de Niterói e São Gonçalo/RJ Edição nº 8 - Julho/2012 - Publicação da FUNCAB

Nov.Idade Apoio

COLUNA DO GUGU: Toda Niterói conhece nosso progresso. Pág. 3

Namorar é bom, até nos 80... Pág. 2

A festa junina mais animada da cidade! Págs. 6e7


2 Capa

O

Namorar faz bem à saúde

O idoso, apesar do envelhecimento fisiológico, pode se manter jovem psicologicamente, expandindo vínculos e participando de grupos de convivência

namoro na terceira idade, ao contrário do que muitos pensam, especialmente os mais jovens, não é algo para ser guardado no fundo do baú, como lembrança de um passado distante. Sim, o envelhecimento traz modificações importantes no aspecto físico e emocional das pessoas, mas isso não significa que os sentimentos e as sensações sofram deterioração. A necessidade de atenção, amor e companhia é inerente a qualquer idade. Foi quando entendeu isso que Maria Helena Araújo Silva, de 69 anos, decidiu deixar o luto e tentar ser feliz de novo. Deprimida em função da morte do marido, seu companheiro de longos anos, que aconteceu em 2001, não encontrava mais razão para se divertir. “Minha única missão era terminar de criar meu neto Rodrigo, hoje com 22 anos”. Jornalista aposentada do jornal “O Globo”, Maria Helena voltou a ver sentido na vida quando começou a frequentar os chamados bailes da terceira idade. Foi numa dessas ocasiões que

por Janaina Bernardes

conheceu Roberto Filho, de 76 anos, também viúvo. “No início, apenas nos cumprimentávamos, e eu nem pensava em namoro. Mas com o tempo fui sentindo que era uma amizade diferente, e percebi que ele era um homem muito educado e especial”. Foi a partir de um convite para saborear um vinho na companhia de um casal de amigos que o namoro começou. “Começamos a nos ver com frequência, até que não podíamos mais ficar sem nos ver todos os dias. Já vai fazer cinco anos”, conta Roberto. Maria Helena e Roberto moram em casas diferentes, mas vivem rotina de casal, compartilhando café-damanhã, almoço e jantar. A família reagiu bem ao

relacionamento, e dá a maior força. Além de participarem do Projeto Gugu há dois anos, frequentando as aulas de dança de salão e os bailes, também viajam e curtem praia. “Nada de ficar sentada em frente à televisão”, orienta Maria Helena. O casal resume o amor que sentem um pelo outro como “um sentimento consciente, um tempo de zelo, cuidado e atenção. “Quando se é jovem, o amor é uma expectativa, uma tentativa. Na maturidade há a consciência do que se quer”, ela reflete. Cuidar do companheiro e manter uma atitude zelosa faz parte do relacionamento afetivo na terceira idade. O exemplo do casal de pombinhos mostra que realmente não se pode

eliminar a velhice, mas se pode mudar a maneira de envelhecer. Eles entenderam bem isso, e demonstram que a necessidade de receber ajuda do companheiro não é apenas indispensável, como também é agradável. Aqueles que estão sendo amados ficam mais felizes e

manifestam sua vontade de viver. E você, está esperando o quê? Namorar faz bem à saúde!

Maria Helena e Roberto (acima) moram em casas diferentes, mas vivem rotina de casal

O envelhecimento traz modificações importantes no aspecto físico e emocional das pessoas, mas isso não significa que os sentimentos e as sensações sofram deterioração


Sexo na terceira idade: tempo de rever valores e conceitos A atividade sexual, em qualquer idade, é demonstração de um estado de boa saúde, tanto física como mental. Além da satisfação física, o sexo na terceira idade reafirma a identidade de cada parceiro, demonstrando que cada pessoa pode ser valiosa para a outra. Segundo João Roberto D. Azevedo, autor do livro “Ficar jovem leva tempo... Um guia para viver melhor”, da Editora Saraiva, o homem e a mulher continuam a apreciar as relações sexuais durante a terceira idade, porém as alterações que ocorrem, tanto no homem quanto na mulher, podem prejudicar o prazer sexual. Para que não haja prejuízo nas relações afetivas, é necessária uma adaptação às mudanças ocorridas nesta fase. Com o avanço da idade, há uma tendência à

diminuição da função sexual, havendo uma queda na frequência das relações sexuais. Após a menopausa, a mulher pode apresentar problemas sexuais como a diminuição da libido, falta de orgasmo, diminuição da lubrificação da vagina e dor durante a relação sexual, distúrbios estes plenamente corrigidos com o uso de medicação apropriada. O homem pode apresentar impotência devido a problemas circulatórios e à diminuição da sensibilidade na região do pênis, mas na grande maioria das vezes a impotência se deve a fatores emocionais. É muito importante que o casal discuta sobre os problemas referentes à sua sexualidade, e reflita sobre todos os sentimentos que se referem a ela. A terceira idade pode ser a oportunidade para rever ou, se for preciso, mudar alguns aspectos da própria vida sexual, o que inclui a reformulação dos conceitos.

O

Fala, Gugu!

Projeto Gugu nasceu pequeno, trinta e poucas senhoras reunidas na praia de Icaraí, um rádio pequeno, alguns bastões. Em 10 de abril de 1995 dávamos a primeira aula. O progresso que tivemos já é do conhecimento de toda Niterói, e também os benefícios que todos os seus participantes usufruíram. Tudo na vida tem sempre dois lados. O lado negativo deste aumento de participantes e a quantidade de núcleos novos (estamos chegando a São Gonçalo!) fizeram com que nossa comunicação e nossa convivência se tornassem muito mais difíceis. Sinto necessidade de estar junto de todos vocês que formam este grande conjunto de pessoas exemplares que trocaram o comodismo de ficar em suas casas por comparecerem com o maior entusiasmo a

todas nossas atividades. Como pensei em resolver este problema que me aflige bastante? Como poderia falar de tudo aquilo que julgo da maior importância e que acho que vocês devem saber? A solução veio, agora, com a publicação regular do nosso jornal. Ele é o veículo de tudo que planejo, dos novos caminhos a seguir, das tarefas que eu e todos vocês poderemos fazer para beneficiar, ainda mais, a sociedade niteroiense e a dos municípios vizinhos, onde já estamos com novos núcleos. O início o Projeto Gugu surgiu com a finalidade de melhorar a saúde dos que acreditaram em nós e vieram para as nossas aulas de exercícios físicos. A verdade é que conseguimos isso, e os resultados apresentados são promissores. Mas o fato é que, com a experiência adquirida e a observação, não só minha, mas também de todos os professores que trabalham comigo, é que está em nossas

O que quero de vocês? Cada um vai ter o maior empenho em conseguir, pelo menos, uma pessoa nova para integrar nosso projeto

mãos transformar nosso trabalho numa coisa muito mais abrangente e de utilidade social ímpar. Observamos que a maioria, principalmente dos idosos, sentia falta de um convívio social mais amplo e solidário. Só o fato de fazerem ginástica juntos já é uma satisfação grande. As festas, os bailes, os passeios a outros municípios, como vimos fazendo vários, é um fator de aproximação muito relevante. O Projeto Gugu terá um proveito social muito maior se vocês, que sentiram todas as melhorias de saúde, de satisfação, autoestima, de orgulho de se sentirem melhores como gente, de conseguirem muitas amizades novas, entrarem de coração e com coragem a me ajudar na campanha que pretendo iniciar. Ainda existem muitos idosos que, podendo fazer nossa ginática e as outras atividades, não fazem pelos mais variados motivos, todos sem importância: vergonha, timidez, falta de alguém que lhe dê a mão e o leve ao núcleo mais perto de sua casa. Noção errada. Como crer na impossibilidade de melhorar, como pensar que não vai conseguir fazer as amizades que as outras fizeram, e por aí vai. O que quero de vocês? Cada um vai ter o maior empenho em conseguir, pelo menos, uma pessoa nova para integrar nosso projeto. Tenho certeza, pela confiança que deposito em todos, que será um enorme sucesso.

3


4Alimentação

E

Comida que retarda o envelhecimento

les ficaram famosos pela capacidade de combater os radicais livres no organismo e com isso retardar o envelhecimento das células. Mais recentemente, pesquisas indicam que, inseridos na alimentação diária, os antioxidantes auxiliam na boa saúde do organismo e podem inclusive ajudar a protege-lo do câncer e de doenças do coração. Os efeitos dos antioxidantes na prevenção de doenças crônicas têm sido estudados há alguns anos, informa a nutricionista Milene Amarante Pufal. “A função deles é combater os chamados radicais livres, que afetam negativamente o organismo e são produzidos naturalmente pela respiração e na produção de energia”, explica Milene. Entre os alimentos mais ricos em antioxidantes estão os vegetais verdes folhosos – especialmente as ervas aromáticas. Sobre isso, aliás, a nutricionista dá uma dica importante: eles são melhor aproveitados quando o alimento que os contém é ingerido in natura. As principais vitaminas antioxidantes

são A, C e E, ensina a nutricionista Karina Barros. Portanto, frutas e verduras em geral são alimentos ricos nestas substâncias. “Entre elas, algumas são capazes de agir combatendo os radicais livres, como o licopeno, encontrado no tomate, e os polifenóis, encontrados em chás, suco de uva, azeite de oliva e frutas oleaginosas” diz Karina. Os cientistas do Instituto Nacional do Envelhecimento, uma divisão dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, criaram um método para medir a capacidade antioxidante de alimentos, a tabela ORAC (do inglês, Oxygen Radical Absorbance Capacity). “O método ORAC é interessante para saber

NÚCLEOS DO PROJETO GUGU www.projetogugu.com.br

NITERÓI

Ititioca R. Padre José Euger, n° 35 (Sec.

9h30h

Ginástica Regional ), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Icaraí I (praia, em frente à Pça. Getúlio Vargas), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h, e sáb. e dom., de 8h30 às 9h30.

Caramujo (Ciep), de 2 a 6a, de 8h30 às 9h30.

Santa Bárbara (Pça. João Saldanha), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Preventório (Praia de Charitas, em frente ao Hospital Psiquiátrico), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Hortifruti (estacionamento da loja na Av. Marquês de Paraná), de 2ª a sáb., de 7h às 8h. S. Rosa (Posto de Saúde Santa Rosa Vital Brazil), de 2ªª a 6ªª, de 7h às 8h. Ilha da Conceição (Clube Azul e Branco), de 2ª a 6a, de 7h às 8h. S. Lourenço (Igreja do Ponto Cem Réis), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

de 8h30 às 9h30. a

Barreto II (Pça. Enéas de Castro ), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. Rio do Ouro (Centro Comunitário Paulo Henrique), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. Barreto I (Parque Palmir Silva) de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. São Francisco (praia, em frente ao Restaurante A Mineira), de 2ª a 6ª, das 8h30 às 9h30.

Fonseca (Horto Florestal), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Largo do Marrão (Pça. Raul de Oliveira Rodrigues), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Largo da Batalha (Pça. Levi Carneiro - Est. Caetano Monteiro s/nº), de 2a a 6ª, de 7h às 8h.

Engenho do Mato (Pça. Irene Lopes Sodré, em frente ao Médico de Família), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30.

Morro do Castro R. Teixeira de Freitas (pátio da Igreja Evangélica), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Piratininga (praia, em frente ao quiosque Loura Gelada), de 2a a 6ª, de 7h às 8 h. Cantagalo (Ciep do do Cantagalo), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Palmeiras (R. Célio Gouveia - Pça. da Palmeira), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h. Cafubá (Pça. da Rótula), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Maria Paula (Pça Tancredo Neves), de 2a a 6ª,

Ponta da Areia (Pça. Dr. Vitorino), de 2ª a 6ª de 8h30 às 9h30. Jacaré (Est. Frei Orlando 124 A /Qd Comunitária), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. Coronel Leôncio (Campo de Futebol), de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30. Bairro Chic Pça. Guadalajara, de 2ª a 6ª, de 8h30 às 9h30h. Campo de São Bento (Qda. cimentada), de 2a a 6a , de 17h. às 18h. Madureira (Pça. Armando Cruz - Shopping Tem Tudo), de 2ª a sáb., de 8h às 9h. Dança de Salão Caio Martins - 2ª, 4ª e 5ª feira, de 13h às 18h, e 6ª, de 13h às 17h. Coral ASPERJ - Rua Dr. Celestino, 107/4º, 2ª e 6ª, das 14h às 17h.

Rink (Praça ), de 2a a 6a, de 7h às 8h.

SÃO GONÇALO

Jurujuba (Centro de Saúde), de 2a a 6ª, de 7h às 8h.

Patrocínio da Drogaria Tamoio

Engenhoca (Clube 11Unidos), de 2ª a 6ª, de 7h às 8h.

Ginástica

Cubango (ao lado do Colégio Dr. Memória), de 2a a 6ª, de 8h30 às 9h30. Ingá (Pça. em frente às Sendas) de 2ª a 6ª, de 8:30 às 9:30h. Bay Market (Centro) de 2ª a sáb. de 8h30 às

Praça Zé Garoto (7h às 8h) Praça do Rodo (8h30m às 9h30m) Calçadão de Alcântara (em frente à drogaria Tamoio), das 7h às 8h QUER PATROCINAR UM NÚCLEO? TEL. 26119855 R. 223 (MARCIO)

Nozes e castanhas contêm polifenois, importante antioxidante presente também na alface roxa, na couve, chocolate, canela, orégano, azeite etc... a capacidade de antioxidação de um alimento, mas ter uma dieta saudável e variada já é capaz de garantir o equilíbrio entre as substâncias oxidantes e antioxidantes no organismo”, ressalta a nutricionista Karina Barros, lembrando que é importante haver equilíbrio entre os compostos oxidantes e antioxidantes para a manutenção da boa saúde. “Quando há um desequilíbrio entre essas substâncias e um excesso de radicais livres formados, ocorre o estresse oxidativo. É ele que danifica as células e os tecidos, e pode ser responsável pelo início do envelhecimento precoce e de muitas doenças”, esclarece a nutricionista.

Conheça os principais compostos antioxidantes encontrados nos alimentos: Vitamina E – também previne a oxidação do LDL, o mau colesterol. É encontrada em avelãs, nozes, sementes, óleo de peixe etc. Vitamina C – também age nutrindo as células e protegendo-as de danos causados pelos oxidantes. É encontrada em morango, laranja, abacaxi ou kiwi. Carotenoides – o betacaroteno e o licopeno pertencem a este grupo. São encontrados em cenoura, frutas vermelhas, tomate, abóbora, damasco, beterraba, pitanga, mamão, manga

e batata-doce. Polifenois – o resveratrol e os flavonoides são os principais integrantes do grupo. São encontrados em alface roxa, couve, chocolate, canela, orégano, azeite, chá, rúcula, espinafre, brócolis, uva, banana, goiaba, gengibre, nozes, cravo e vinho tinto.


Campanha 5

Saúde Auditiva. Está ouvindo?

O

Projeto Gugu vai promover uma Campanha de Saúde Auditiva gratuita durante os meses de julho, agosto e setembro. Com apoio de empresas do ramo, entre elas, Telex Soluções Auditivas, Audioton e Otosons, a campanha vai beneficiar os mais de sete mil usuários do projeto com testes de Audiometria, método que constata o tipo e o grau da surdez. A partir do resultado dos testes, será indicado o tratamento mais adequado. Muitas vezes, o uso de aparelho auditivo resolve o problema. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 15 milhões de brasileiros têm problemas de audição, mas apenas 40% reconhecem que ouvem mal. Neste balanço, estão incluídos os 12 milhões com mais de 65 anos que sofrem algum grau de perda auditiva causada por mudanças degenerativas naturais do envelhecimento, chamada de Presbiacusia. O professor Carlos

na comunicação acaba por afastar os deficientes auditivos do convívio em sociedade, podendo até mesmo levar à depressão. Atualmente, existem aparelhos modernos, pequenos e quase imperceptíveis, com tecnologia digital, que não ofendem a vaidade de quem usa. Além de devolver a audição, o aparelho auditivo contribui para a melhora da autoestima, proporcionando bemestar, liberdade, alegria e qualidade de vida. Os idosos que quiserem participar da campanha, mesmo aqueles que não integram o Projeto Gugu, devem se informar no tel. 26119855, Ramais 223 e 228. É de graça. Augusto Bittencourt, 86 anos, fundador do Projeto Gugu, que é gerido pela Funcab, fundação sem fins lucrativos que leva seu nome, diz que “a falta de audição retrai o idoso, ele passa a se sentir um zero à esquerda, deixando de interagir com a família. Por isso, queremos fazer com que todos os idosos de Niterói tenham, sem duplo sentido, como diz a expressão popular, ouvido de tuberculoso”, brinca o médico. A falta de informação e o preconceito fazem com que a maioria demore, em

30% desconto em pilhas e acessórios.

Audioton Aparelhos Auditivos Rua da Conceição 188/ loja314 Niteroi Shopping - Centro Tel/fax :21-2722-0090 E-mail: audioton@audioton.com.br

Recorte o anúncio e leve na loja.

50% desconto na compra do 2º aparelho para os associados do Projeto GUGU.

média, seis anos para tomar uma providência, atitude que agrava ainda mais o quadro, não só físico, mas também psicoló-

gico. Pessoas com surdez têm problemas de relacionamento na família, no trabalho e entre amigos. A dificuldade

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 15 milhões de brasileiros têm problemas de audição


6

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt Diretora-Presidente: Rosana Nobre Machado Bittencourt Silva

Badalação Este ano, o evento teve patrocínio da Drogasil e do laboratório Galderma

Fotos: Marcio Gomes

Diretor de Administração e Finanças: Sérgio Emilião Diretora de Desenvolvimento de Projetos: Regina Célia Corrêa Bittencourt Silva

Nov.Idade Jornal do Projeto Gugu Edição nº 8 - Julho/2012 5 mil exemplares/mês Editor: Marcio.G Criação, Projeto Gráfico, Textos, Diagramação e Comercialização: Mago Ideias

APOIO

NOV.IDADE é uma publicação da Assessoria de Marketing da FUNCAB

A quadrilha estava linda e animada

Assessor de Marketing: Marcio Gomes Assessora de Comunicação: Janaina Bernardes Tel. 2611-9855, R. 223 E-mail: marketing@funcab.org FUNCAB Niterói: Rua Pres. Backer, s/nº, Complexo Caio Martins. Icaraí CEP 24220-040 Brasília: SHN Q 2 - Bl F, Sala 825, Edifício Executive Office Tower - DF CEP 70702-000 www.funcab.org www.projetogugu.com.br

As crianças também foram com os vovôs

As tortas mais deliciosas de Niterói

Quitutes saborosos não faltaram


A festa junina mais animada de Niterói O Bloco do Gugu levou milhares de pessoas à Praia de Icaraí no Carnaval (foto maior). Gugu e Regininha (ao lado) estavam animados

Gugu com a equipe Drogasil - o gerente regional David Paschoal,à esq., prestigiou a festa

7

Gugu e Regininha, os anfitriões

A marca Cetaphil, do laboratório Galderma, ganhou lugar de destaque

A equipe da Telex Soluções Auditivas

Seu negócio na internet!

Criamos e administramos o perfil de sua empresa nas redes sociais mais bacanas. Pacotes a partir de R$ 100 por mês.

Jornais e revistas para empresas. Mago Ideias: 2622-4531

Mago Ideias

Tel. 2622-4531


Evento

Estreamos em São Gonçalo!

Projeto Gugu chega à cidade vizinha com apoio da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, da Prefeitura local e patrocínio da Drogaria Tamoio e do laboratório Medley

D

emorou mas chegamos! O Projeto Gugu inaugurou três núcleos de ginástica em São Gonçalo. Agora, com apoio da Prefeitura e patrocínio da Drogaria Tamoio e do laboratório Medley, a turma da terceira idade poderá cuidar da boa forma em três endereços: Praça Zé Garoto (7h às 8h); Praça do Rodo (8h30m às 9h30m) e Calçadão de Alcântara (em frente à Drogaria Tamoio), das 7h às 8h. É só chegar!

Gugu deu a aula inaugural

Acima, Sebastião Mascarenhas, gerente de Marketing da Tamoio, Regina Bittencourt, coordenadora do Projeto Gugu, Michele Souza, representante do Medley, e professor Gugu, o médico Carlos Augusto Bittencourt Silva, criador do Projeto

A Tamoio deu boas vindas

Houve apresentação de dança de salão

Uma animada banda musical desfilou pelas ruas de Alcântara, seguida por muitos e animados idosos

Os patrocinadores mediram a pressão da turma e distribuíram brindes


JORNAL NOV.IDADE Nº 8