Deccs Skateboarding Magazine #72 - Revista Skate

Page 1


[02] - DECCS MAGAZINE


F OTO G RA F O : @ S U RGE S KATE MAG M A N O BRA : NOLLIE HE E L DECCS MAGAZINE - [03]


indice Editorial

CHECK

34

FOTOGRAFO: @ALLANCARVALHO

CAPA

FLOW/AM

FLOW/AM

FLOW/AM

pagina

pagina

pagina

pagina

12-21

08

09

10

Agradecimento e Novidades

ANDRE PAIVA

[04] - DECCS MAGAZINE

Salve!! Meu nome é Andre Paiva satisfação total, Chegamos na edição N72, gratidão a todos que estão abraçando a Revista Deccs Magazine de uma maneira incrível e acolhedora, Gratidão por todos que estão na edição N72 e aceitaram o desafio de tão pouco tempo. Gratidão também a todos os Fotógrafos e todos os leitores que estão sempre marcando presença nas edições Semanal.

CAPA THIAGO MONTEIRO Esta em nossa Capa - 07/NOV- N72 - Com um BS NOUSESLIDE - Acompanhe a entrevista - inédita. Corre lá - Pag, 04-03 / 12-21


indice

Editorial

LONGBOARD CLASSIC

24-25

F OTO G RA F O : @ S I D P I C SFOTOGR AFO

CHECK

CHECK

CHECK

CHECK

pagina

pagina

pagina

pagina

32

35

31

22-23

EDITORIAL DIRETOR: ANDRE PAIVA REVISÃO: DECCS MAGAZINE EDIÇÃO: NOV DIA 07 ED: N72 REDAÇÃO: DECCSMAGAZINE CORREÇÃO: DECCS MAGAZINE ANUNCIE: DECCSMAGAZINE@GMAIL.COM ASSINE: WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR

INDICE

A REVISTA DECCS MAGAZINE É UMA PUBLICAÇÃO SEMANAL DCS

CAPA - THIAGO MONTEIRO: ABERTURA REVISTA - DEDICADO AO CAPA: IND & EDIT CHECK - MILANO CARVALHO: CHECK - IGOR BALIEIRO: FLOW/AM - DOUGLAS ARAUJO: FLOW/AM - GUSTAVO DAVANZO: FLOW/AM - PETERSON RUIVO: FLOW/AM - VINICIUS GARCIA: CHECK - RAIAN BUGAGLIO: FLOW/LONGBOARDS- MARCEL CARBONERI:

WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR 12-21 2-3 4-5 06 07 08 09 10 11 22-23 24-25

CHECK - JOÃO VICTOR: FLOW/GIRL - ÁGATHA MONYK: FLOW/GIRL - EMILLY OLIVEIRA: CHECK - MARCOS AUGUSTO: CHECK - MATHEUS TEIXEIRA: CHECK - ANDERSON BATATA: CHECK - : CHECK - GUSTAVO GIMENES: CHECK - HIGOR CRUZ: CONTRA CAPA - IGOR SMITH:

26-27 28 29 30 32 32 33 34 35 36 DECCS MAGAZINE - [05]


CHECK [06] - DECCS MAGAZINE

MILANO CARVALHO 31 anos, 18 de skate Insta:@millanoc_ Cidade: Samambaia - (DF) Patrocínio: Aberto a propostas. Fotógrafo: @dennesferreira Manobra: Backside nollie 180⁰


21 anos, 8 de Skate Insta: @igaobalieiro Cidade: Guarulhos - (SP) Patrocínio: @dessupply & @ghostwheels Fotógrafo: @me.vinyreis

Manobra: B/S Tailslide

CHECK

IGOR BALIEIRO

DECCS MAGAZINE - [07]


FLOW AM

FLOW/AM

DOUGLAS ARAUJO

27 ANOS, 15 ANOS DE SKATE, ITAPETININGA – (SP) / @DORGGASS Com surgiu o interesse de ser skatista? Na época de infância, um amigo da rua que era um pouco mais velho que eu, comprou um skate e ali despertou uma vontade de ter um skate também, e quando tive já gostei muito e nunca mais fiquei sem skate. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? No início foi bem difícil, fiquei sem um lugar certo para andar, com o tempo fui me adaptando e consegui voltar ao ritmo de manobrar todos os dias. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu não faço treinos fora do skate, mesmo sabendo que ajudam muito , a real é que só ando de skate todos os dias. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Não estou trabalhando em uma vídeo parte, mas estou sempre tentando fazer imagens de rua , que não solto em redes sociais para quem sabe uma futura part. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Todas as trips marcam tanto de roles de rua como para campeonatos, porém uma trip que não esqueço é a de um campeonato em Guarulhos - SP que levei uma moeda boa para casa, campeonato muito nipe com vários nomes pesados do skate nacional foi uma trip que marcou bastante. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Não penso em profissionalização ainda, estou fazendo o corre de andar de skate, filmar, correr campeonatos acredito que esse seja o caminho para quem quer viver do skate um dia. Como está o trabalho em Competições? Devido à pandemia foram poucas competições, ano passado participei do circuito paulista, alguns campeonatos por vídeo, mas agora que as coisas estão melhorando vou estar participando com mais frequência. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? No momento estou apenas com o patrocínio da Impossible Skateshop que me dá todo suporte e estou trampando filmando , fazendo fotos para estar conseguindo novas parcerias. Influências no skate? Gosto muito dos skatistas Brasileiros, Tx, Tiago Lemos, Carlos Ribeiro e muitos outros e também os amigos que andam comigo que acompanho a evolução e me inspira a evoluir também. Mensagem e Agradecimento... Agradeço a todos que me apoiam, fortalecem, acompanham o corre e também agradeço a Deccs pelo espaço. Uma frase? Vamo anda de skate!!! [08] - DECCS MAGAZINE

Fotografo: @arthurgomesdasfotos Manobra: Bs Crooked grind


FLOW AM

GUSTAVO DAVANZO

FLOW/AM

25 ANOS, 17 ANOS DE SKATE, RIBEIRÃO PRETO – (SP) / @GUSTAVODAVANZOO Com surgiu o interesse de ser skatista? Essa é a essência de tudo, para todo skatista eu acho, todo mundo tem aquela mesma história: "Ah! um parceiro tinha um skate e eu pedi pra ver se conseguia andar". Comigo não foi diferente, eu sempre morei no mesmo condomínio de Cohab e a molecada toda estava começando - os mano mais velhos - .. Demorou pra eu ter idade pra descer sozinho pra 'quadrinha' onde tinha um corrimão laranja, onde foi eu peguei toda base... Vários manos da cena, o Michael Bermudes, por exemplo, meu amigo de infância que também destrói nas truco, começou nessa mesma quadrilha. Bem isso; Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Olha... particularmente eu não senti muito o impacto da pandemia nos meus treinos e tal... Pois eu esperava parado e voltei quando o covid estava sim, bastante em alta, mas eu colava só nos picos mais de boas, pra não machucar né, e voltar a pegar as bases de novo. Então não me afetou muito pessoalmente. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu sempre treinei várias vezes a mesma manobra, pra pegar ela no pé - particularmente grava-la no inconsciente, no DNA, se é que me entende. haha Mas sério, sempre tentei observar onde eu estava errando, sempre ouvindo os conselhos dos amigos que estavam observando eu tentar as manobras e enxergando melhor o que eu estava errando.. Quando comecei, mal tinha câmeras para que nós pudéssemos gravar e ver onde está o erro, uma técnica muita usada hoje em dia e muito eficaz, porém, eu ainda continuo ouvindo os parceiros me corrigir e meditando sobre o que poder ser mudado, aquela velha história de estudar o obstáculo. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? No momento não. Mas pretendo! aqui na periferia a gente

carece muito de equipamento em geral, filmagem também. Mas eu tenho uma Promo Vídeo no YouTube no ano de 2012 (posso estar enganado). Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Mano!! Isso daria um livro.. Pois todos os campeonatos que corri, que corremos na região, marcou muito minha caminhada no skate, mas não apenas nele, marcou minha vida, até hoje trago amigos verdadeiros dessas viagens - a maioria através dos campeonatos - que admiro imensamente. Sem falar das pérolas e risadas, momentos inexplicáveis que passamos juntos! Como está sua caminhada para se profissionalizar? Ultimamente ando tentando me divertir, sinceramente nunca passou pela minha cabeça passar de Amador para Profissional, justamente pela falta de atenção que é dada ao skate e pelo fato de eu nunca ter contado com um patrocínio ou apoio... Então acabou que eu simplesmente continuei fazendo por amor, por aquela sensação que dá quando acerta uma manobra difícil e os parceiros aplaudem, dizem que é inspiração, isso não há o que pague. Basicamente continuei andando por que eu tentei parar várias vezes e nunca consegui, sempre volto, por que amo. Ainda mais que está em alta e eu já estou velho, sinto uma certa responsabilidade de ajudar os mais novos e os mais velhos que estão começando, isso é muito importante nesse esporte, a sintonia faz toda diferença. Como está o trabalho em Competições? Não tenho cogitado por conta da rotina de estudos, e sempre pela questão financeira, que, infelizmente é precária. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Desde moleque, quando comecei eu lembro do Samuel Jimmy me dando uns Traxart gigante, daqueles bem

original mesmo... Lembro também do Leonardo Spanghero fortalecendo shapes e tudo mais. Os mano da MKD SkateShop também sempre ajudou numas camisetas etc. Fora nós daqui os meninos da quebrada sempre trocando tênis, o regular trocando com o goofy, aquela velha história. Graças a Deus nunca faltou, mas infelizmente eu e muitos amigos que trabalharam duro ainda carecem de um patrocínio próprio. Nunca tive uma firma que chegasse com um contrato bacana de progresso. Mas o skate prevaleceu! Influências no skate? Rodrigo de Souza, Max Junior, Maik Bermudes, Wallace dos Anjos, Tallys Jr, Claudio Junior, Ruan Felipe, Iuri Martins, Leão, os menino aqui.. Mas curto o rolê do Wade Desarmo, Sewa Kroetkove, Filipe Mota, Felipe Gustavo... Se deixar eu não paro de falar. Muito skatista monstro! Mensagem e Agradecimento... Eu fico extremamente feliz de poder agradecer à todos os manos, todo mundo sempre colou junto, no skate nunca teve picuinha, quando tinha, eram bobagens e a gente sempre soube que o amor e o skate a união é maior do que qualquer desavença, é um esporte que realmente ensina a respeitar e principalmente amar aos outros. Penso sempre numa situação "hipotética" em que seria o seguinte: Quando um skatista machuca na sua frente, você sofre junto, quer levá-lo pro hospital. Não se trata de competição, diferentemente da maioria dos esportes, é isso que diferencia o skate. E de forma alguma isso o faz melhor do que os outros, sério, é simplesmente sincero e coletivo. Agradeço aos meus amigos mais próximos, e pra não esquecer de ninguém vou citar as crews aqui: @ somalako @interiorniggas #interdependênciaskatecrew @ chokeonthebeat @augustodomingos - E por aí vai... Uma frase? Não importa como você fará o que deve ser feito, você terá de fazer qualquer jeito, pois faça!

FOTOGRAFO: ARQUIVO PESSOAL DOMANOBRA: OLLIE OVER THE STAIRS DECCS MAGAZINE - [09]


FLOW am

FLOW/AM

PETERSON RUIVO 22 ANOS, 15 ANOS DE SKATE, CANOAS – (RS) / @PPDAOLARIA

Com surgiu o interesse de ser skatista? Conheci o skate ainda quando criança através do meu pai que andava desde pequeno, ele passou esse esporte pra mim e sempre me incentivou. Com 2 anos eu já tinha meu skate e pedia todos os dias pra andar quando ele chegasse do trabalho, com o passar dos anos o interesse foi aumentando e o skate nunca deixou de estar no topo da minha lista de esportes.

Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Acredito que a trip que mais tenha me marcado no skate foi a primeira vez que fui pra São Paulo (SP) eu aprendi muito e encontrei muitas pessoas que vivem esse corre, tanto profissionais quanto amadores, fiz muitos amigos lá e pude conhecer vários picos legais que eu só via pelos vídeos.

Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Durante a pandemia foi difícil conciliar, pois foi um período de se cuidar e respeitar os decretos e protocolos sanitários e apesar da pausa ter atrasado nossos projetos, eu aproveitei para cuidar do corpo, rever os projetos e fazer uma reavaliação das coisas importantes.

Como está sua caminhada para se profissionalizar? Essa é uma caminhada longa, esforçada, difícil e o caminho é mais estreito pra quem não está no eixo principal do skate no Brasil (São Paulo), mas o foco sempre vai ser influenciar os outros e incentivar quem está vindo depois de mim principalmente as crianças. É um sonho poder viver do skate, então seguimos no corre, fortalecendo sempre e independentemente de onde isso vai dar o skate é um estilo de vida.

Conte sobre seus treinos e preparos físicos? É difícil conciliar o trabalho com o treino físico e técnico, acredito que a maioria dos atletas amadores devam passar por isso, contudo eu tento fazer o melhor possível e dividir o tempo, mas sempre acabo priorizando o role. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Estamos sempre no corre, alguns projetos no forno sem data de lançamento ainda, mas o primeiro será em breve. Quem quiser fortalecer, ficar por dentro e acompanhar as filmagens, basta seguir no Instagram, estamos sempre atualizando pra galera que curte e procuramos fazer um conteúdo bacana.

[10] - DECCS MAGAZINE

Como está o trabalho em Competições? As competições estão começando a voltar e eu estou me preparando pra representar bem, o último que participei foi ainda antes da pandemia, fiz uma boa colocação e estava me dedicando bastante, vamos ver nos próximos. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Na real mesmo é que o skate apesar de ser um esporte individual ele se constrói na coletividade, não conto com nenhum apoio ou patrocínio, conto com

aquele brother que te cede um shape ou te fortalece num tênis e com amigos que tem talento com as câmeras e te doam tempo e paciência. Patrocínio e apoio, assim dizendo são difíceis de conseguir e a concorrência é grande, pois tem muito skatista bom por aí. Meu desejo é que todos que amam e se dedicam possam viver do esporte, torço para que todos possam se realizar através daquilo que amam fazer. Influências no skate? Minhas referências e influências são meus amigos que estão sempre na sessão comigo, me inspirando e me ajudando a melhorar a cada dia. Mensagem e Agradecimento... Agradeço à minha família e aos amigos que acreditam em mim e demonstram isso todos os dias, é por eles que eu faço esse corre. Obrigado à equipe Deccs Magazine por ceder este espaço e deixar eu contar um pedacinho da minha história. Quero deixar um salve especial pro meu pai @vagner_ruivo, minha mãe @alecoutoss, para os videomakers e fotógrafos @graelskt, @isoppogui, @luizjvsen, @ mk.quadros e para todos os skatistas da minha cidade, tamo junto família. Uma frase? O maior talento que alguém pode ter é a dedicação.

FOTOGRAFO: @LUIZJVNSEN MANOBRA: BS CROOKED


FLOW AM

VINICIUS GARCIA

FLOW/AM

19 ANOS, 8 ANOS DE SKATE, INDAIATUBA – (SP) / @VINICIUSGARCIASKATE Com surgiu o interesse de ser skatista? Conheci o skate através de um amigo de infância, lembro como se fosse hoje a gente andando pelas ruas do bairro pela primeira vez depois desse primeiro contato nunca mais parei de andar de skate. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Ah houve algumas barreiras nesse tempo, pista local fechada, reformas inadequadas. Mas não foi problema pra mim continuei andando... Claro respeitando o distanciamento. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Busco sempre acordar de manhã e fazer um alongamento para o corpo se preparar ao longo do dia, além do mais convivo com uma massoterapeuta minha mãe ela me ajuda bastante. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? No momento estou filmando para um projeto

próprio independente da loja. A ideia do movie e mostrar picos clássicos da cidade com meus amigos.

suporte da minha loja a World Skate shop, skate shop local de Indaiatuba interior de São Paulo.

Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Uma das viajem que marcou foi quando eu fui a primeira vez a São Paulo, fiz diversas conexões, amizades que tenho até hoje.

Influências no skate? Acho que influencia e algo bem forte na vida do skatista, acabamos carregando um pouquinho de cada inspiração. Mas influencia mesmo e com quem você costuma andar posso dizer que aprendi e venho aprendendo muito com o Juneka uma das pessoas que me fez olhar o skate de outras maneiras, me ajudou a entender um pouco mais do corre do skate.

Como está sua caminhada para se profissionalizar? Sigo bem tranquilo, ando de skate por amor. Como está o trabalho em Competições? Recentemente fizemos acontecer um evento local realizado pela WORLD SKATE SHOP x NPN CREW - TRICK FOR PEÇA. Foi bem legal ver todo mundo participando muita energia boa. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? No momento sigo sem patrocínio porém tenho o

Mensagem e Agradecimento... Primeiramente venho agradecer a jah, minha família que me apoia 100% e meus amigos. Uma frase? SKATE SEM AMIGOS NÃO É SKATE

FOTOGRAFO: @ODBER_ NOBRA: WALLRIDE NOLLIE OUT DECCS MAGAZINE - [11]


FLOW AM

Quando você decidiu que gostaria de ser skatista profissional e embarcou na jornada, como foi esse início? Tudo iniciou quando um amigo apareceu com um estranho brinquedo de 4 rodas na rua hahaha Tivemos sua entrevista no Flow/Am no passado, o que mudou dela para hoje? Nao mudou muita coisa família , continuo no corre sempre. Família , trabalho e skate .

THIAGO

Estamos ainda em meia Pandemia, como está a adaptação? Me deparo que o pessoal estão um pouco malukos , parece que os animais se soltaram hahaha toda doida na rua. Como está a cena do skate em sua região? Está sempre a milhão, sempre vejo evolução. Skate está em um nível muito alto. Conte como estão os projetos de sua vídeo parte? Está a caminho , logo menos lanço qualquer coisa . Fale um pouco sobre a vídeo parte? O pouco tempo que tenho faço o que gosto e é muito importante deixar registrado para vida uma parte a cada ano que passa. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Não tenho patrocinadores, em Portugal as coisas funcionam diferente , mas agradeço imenso de coração aos que tinha no Brasil. ( RUA 1 e CÓDIGO 3 )

THIAGO MONTEIRO Eu tenho 26 Anos, 15 de skate, sou skatista AMADOR da cidade de Braga - Portugal Meu instagram - @thiagomonteirosk8 [12] - DECCS MAGAZINE


O R I E T N O M

F OTO G RA F O : @ S U RG E S KATE MAG M A N O BRA : S H O V I T N O US E GR IND DECCS MAGAZINE - [13]


FLOW AM Alguns projetos em desenvolvimento além do vídeo parte para soltar ainda em 2021? Vivências em Portugal Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Campeonato de skate na Estónia um campeonato para convidados que nem eu sei como fui parar lá , enfim com meu esforço de trabalho juntei meu próprio dinheiro e fui com meu suor uma experiência incrível. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Está um pouco fora de controle, mas nunca se sabe o dia de amanhã. Conte um pouco sobre suas correrias em competições? Sempre que posso vou aos campeonatos, lembrando que ter uma família e faltar em trabalho não é nada fácil. Mas eu adoro estar nos campeonatos a vibe e estar com a malta antiga a skatar avontade. Quais suas influências no skate? NYJAH , LUAN , PAUL RODRIGUES Oque o skate proporcionou para sua vida? ando de skate metade da minha vida agradeço desde já tudo que esse carrinho me proporcionou, graças a ele consigui viver minha vida na Europa.

THIAGO F OTO G RA F O : @B M_FILMMAKE R MANOB R A: FLIP

Oque você está buscando hoje para sua Realização no skate? Estabilização e manter sempre ativo Fale um pouco mais sobre pontos importantes em sua História? Um simples menino que fez a vida no Brasil durante 8 anos em cima do skate e resolveu se jogar para Europa viver o seu sonho sem depender de patrocínio e dependendo do seu próprio corre. Deixa sua Mensagem e Agradecimentos? Bom primeiramente agradecer a Deus pela grande oportunidade e segundo a revista Deccsmagasine por oferecer essa oportunidade a muitos skatistas e terceiro aos verdadeiros que continua me insentivando.

[14] - DECCS MAGAZINE

F OTO G RA F O : @TIAGOJLGOME S M A N O BRA: B S CR OOKE D


FOTOGR A FO: @BM_ FILMM AK ER MA NOB RA: FRONT NOS EGRIN D

MONTEIRO F OTO G RA F O : @ BM _ FILMMAKE R DECCS MAGAZINE - [15]


R I E T N O M O THIAG [[16] [16 16] - DECCS MAGAZINE 16]

F OTO G RA F O : @ G I O RG I O _OUR MONE Y M A N O BRA : B S CR OOKE D


F OTO G RA F O :@ G I O RG I O_OUR MONE Y M A N O BRA: B S 50-50 DECCS MAGAZINE - [17]


F OTOGR A FO: @BM_ FILMM AK ER M A NOB RA : OLLIE

[18] - DECCS MAGAZINE


DECCS MAGAZINE - [19]


FOTOGR AFO: @BRENNDEL MA NOB RA: FS NOUS ES LIDE [20] - DECCS MAGAZINE


F OTO G RA F O : @ BM _ FILMMAKE R M A N O BRA : B S FE E B LE DECCS MAGAZINE - [21]


CHECK [22] - DECCS MAGAZINE

RAIAN BUGAGLIO

18 anos, 7 de skate Insta: @raian_rbs18 Cidade: Guarulhos - (SP) Patrocínio: Ilusãosk8/Dinoskateshop/ Salvaskateshop Fotógrafo: @leandro.grafias Manobra: Ollie to fakie


DECCS MAGAZINE - [23]


FLOW Longboards

Se apresente aos leitores? Me chamo Marcel, empresário sou skatista de classic longboard. Gosto também de andar outras modalidades Skateboard é assim, uma terapia todos os dias na minha vida muita animação vê toda alegria com a chegada da realidade num imenso caldeirão, devolvendo a rotina da vida ao coração. Sou organizador dos encontros surfista de asfalto na ladeira do café na cidade de Jundiaí sp.

LONGB

Quando você começou a andar de skate? Como foi esse começo no longboard? Foi no início de 1999 aonde o skate chegou na minha vida o tempo foi passado 2005 sem dúvida melhor ano da minha vida aonde foi o começo do longboard. Qual foi o maior incentivo? Douglas da lua. Qual manobra que se destaque em suas sessões? Back side Han ten Front side. Que tipo de som você curte ouvir para andar? Charlie Brown Jr. Você tem patrocínios ou apoios? HAWAIIAN DREAMS HD Tênis ollie. Esta filmando para alguma vídeo Parte? Qual? Jundiaí skt. O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? Estou treinando muito para chegar no Brasileiro de classic longboard.

Manobra: Frontside

Qual sua maior dificuldade em ser skatista na sua área? Estou treinando muito para chegar no campeonato brasileiro de longboard classic. Para finalizar, deixe uma mensagem e agradecimentos? Sinto gratidão no coração e por isso enxergo com mais clareza a maravilha que é a vida e as bênçãos que Deus coloca no meu caminho. Uma frase? Eu nem preciso de muito pra viver na paz. Só do meu skate e dos meus amigos anormais.

MARCEL CARBONERI Eu tenho 29 Anos, 22 de skate, sou

skatista longboard classic da cidade de Jundiaí - (SP) Meu instagram - @Vicendo_longboard_

[24] - DECCS MAGAZINE

Manobra: Hang ten


C I S S A L C D R BOA

Manobra: Frontside

@SIDPICSFOTOGRAFO DECCS MAGAZINE - [25]


CHECK

JOÃO VICTOR

29 anos, 9 de skate Insta: @joao_kabelo Cidade: São Paulo - SP) Patrocínio: Skate com Propósito

Fotógrafo: @me.vinyreis Manobra: Bs Tailslide

[26] - DECCS MAGAZINE

Jarbas Neto ( @jahrbless) Fotografo: @a.juneka


DECCS MAGAZINE - [27]


FLOW Girl

Flow/Girl

ÁGATHA MONYK

13 Anos, 1 Anos de skate, Porto Alegre – (RS) / @meninas_skateboard Se apresente aos leitores? Oi meu nome é Agatha monyk oliveira.tenho13 ando de skate dês do dia 27 de fevereiro de 2021 ando na modalidade street . Como foi o começo no skate? No mês de fevereiro nosso pai Eduardo comprou 1 skate para min e para meus outros 6 irmãos e começamos a andar na pista do nosso bairro restinga . Mas 1 skate se tornou pouco para nós todos aí nosso pai chamou o Edson Moreira (Edinho) amigo dele de skate e o Edinho vendia peças e tênis e disse sobre nós . Mas o Edinho nem deu bola quando viu nós sentiu a energia do skate em nos e conversou com nós para saber oque nós queríamos e eu e minha irmã Emilly e kauan queríamos ser pró e patrocinados então ele criou a marca krya skate board made tinga. E começou a apoiar nós no esporte junto ao nosso pai treinando apoiando em peças e evolução aí nosso pai começou a mostrar vídeos da Rayssa ,buffoni , Pâmella , Karen feitossa e a Pamela rosa e a Karen Feitosa chamou minha atenção no street mas nem uma das outras menos importante aí tamo aí na evolução diária e buscando competir e buscando apoios e patrocinadores. Para estarmos mantendo o esporte com coração e garra. Qual sua maior influencia no skate? Depois do nosso pai Dudu e o Edinho a Karen Feitosa. Qual manobra que se destaque em sua sessões? Gosto muinto de pular Gaps altos de hell e de flip mas tenho no pé board slide de from e back. Playlist da sessão? Matue ,Charlie Brown Jr e muskito do beat. Você tem patrocínios ou apoios? Temos nosso pai e o Edinho que montaram a krya para nós mas temos apoio da stronger trucks que apoia trucks e a hocks que nós apoia tênis mas estamos em busca de shape rodas lixa e para custear os eventos fora e dentro do sul Qual o seu maior sonho? Terminar meus estudos e ser proficional no skate e ir pra SLS O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? Hoje hoje eu ganhei segundo lugar no campeonato da drop do bem hoje hoje .nosso treinos são todos os dias menos em horários da escola. Treinamos todos os dias tricks novas sempre pasando as que fazemos e acertamos todos os dias. Maior dificuldade em se manter no skate? Valor das peças tá caro .e apoiadores e Bem difícil nosso pai tá desempregado e tá todos os dias com nós nós incentivando mas a grana anda curta. Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Totallll focooo onde tiver campeonato nós queremos estar certoo mostra do a essência do nosso bairro restinga e levando o podium pro nosso bairro. Mensagem/Agradecimento... Agradecemos a todos que nós ajuda em primeiro lugar deus nosso pai Dudu que nos apresentou o esporte que hoje somos apaixonadas e dedicas a ele, ao Edinho segundo pai amigo irmão e apoiador master e a a deccs que nós chamou pra está entrevista e atidos que apoiao não só a nós mas ao esporte ao estilo de vida do skate. Uma frase? Cair, levantar, seguir em frente e sempre mantendo as basses fortes para evoluírem buscar o melhor. [[28] 28]] - DECCS MAGAZINE 28

F OTO GR AF O : @ A M A N D 4.C O M .BR MAN OB R A : O L L I E P U L A N D O E S C A D A


Flow Girl

EMILLY OLIVEIRA

Flow/Girl

11 Anos, 1 Anos de skate, Porto Alegre – (RS) / @meninas_skateboard Se apresente aos leitores? Oii meu nome Emilly Oliveira Como foi o começo no skate? Comecei nesse ano no dia 27 de fevereiro quando nosso pai Carlos Eduardo (Dudu) comprou um skate para min e meus outros 6 irmão dividir, aí fomos pra pista do bairro restinga onde moramos. E começamos já no primeiro dia eu dropei as mais baixas .e depois nosso pai chamou uma amigo dele que vendia peças e é amizade antiga do nosso pai aí era cara as peças aí nosso pai chamou ele pra ver eu e minha irmã e nosso irmão Kauan andar e ele diz que sentiu um essência diferente em nós e apoiou 2 skates que ele tinha dês de então começamos a nós encarnar a andar evoluir puxar todas as manobras aí nosso pai mostrou outras mulheres meninas que andava aqui no bairro tinha. A porque única menina que andava na época dele aí vimos Rayssa , Pâmela Rosa , Letícia bufonni,e a Karem Feitosa aí nos queria ser patrocinada aí o Edinho Edson amigo do nosso pai resolveu criar a marca krya skateboards, apoiava nós em peças e tal . Hoje ele nos treina junto com nosso pai e nos leva em eventos em outros lugares pra treinar. Qual sua maior influência no skate? Karen Feitosa e a Pamela rosa. Qual manobra que se destaque em suas sessões? Blunt rock reverse. Playlist da sessão? Moskito do beat, matue ,teto e Charlie Brown Jr. Você tem patrocínios ou apoios? A marca que patrocina nós e do nosso pai e do Edinho a krya skateboards made em tinga , a stronger trucks nos apoia em material de trucks e a hocks em tênis mas tamo procurando apoiador pra nós poder ter shape rodinha rolamento e pra podermos i pra campeonatos que tem custo. Qual o seu maior sonho? Chegar nas olimpíadas e ser profissional. O que você tem feito hoje? Tem algo a nos contar sobre os seus treinos e planos futuros? Hoje eu e minha irmã corremos um campeonato aqui no bairro eu tirei primeiro e minha irmã segundo. Meus treinos e o dia todo menos quando tô estudando e no futuro quero anda na gringa e na SLS Maior dificuldade em se manter no skate? Grana tá tudo caro nosso pai saiu do serviço pra foca em ajuda nossa e as peça tão tudo cara. E e difícil conseguir apoiador porque shape gast rápido nós andamos todos os dias. Rolamento também estoura direto. E apoio pra nós tá indo em eventos. Fale um pouco sobre seu foco para 2021? Pegar patrocínio de alguma marca e ajuda em casa e poder ter peça pra anda sem se preocupar. Mensagem/Agradecimento... Obrigado a todos que ajuda nos no skate os guris da Pampa life o Edinho segundo pai amigo irmão ao nosso pai Dudu que mostro o skate e treina nós e corre atrás pra não deixa falta nada pra nós e pra nossa mãe greyce a todos. Uma frase? Cair, levantar, manter as bases fortes e nunca desistir dos sonhos somos todos capazes.

F OTO G RA F O : @ A M A N D 4.COM. B R M A N O BRA : H E L L L F L I P P U L A N D O E S CAD AR IA [29] [29 DECCS MAGAZINE - [29] 29]


CHECK [30] - DECCS MAGAZINE

MARCOS AUGUSTO 43 anos, 28 de skate Insta: @mask1378 Cidade: Guarulhos - (SP)

Patrocínio: Biscoito Fotógrafo: @will_otano Manobra: Ss backside tailslide


26 anos, 12 de Skate Insta: @matheustx_skt Cidade: São Bernardo - (SP) Patrocínio: Bratt e Danad Fotógrafo: @me.vinyreis

Manobra: B/s Lipslide

CHECK

MATHEUS TEIXEIRA

DECCS MAGAZINE - [31]


CHECK [32] - DECCS MAGAZINE

ANDERSON BATATA 43 anos, 27 de skate Insta: @imperioskates Cidade: Osasco - (SP)

Patrocínio: Aberto a Proposta Fotógrafo: @picpeu Manobra: SS BS Grind


17 anos, 5 de Skate Insta: @black_buiu.sk8 Cidade: Itú - (SP) Patrocínio: Mongo Company; Your Face ; Purple O Fotógrafo: @sbgotinha

Manobra: Backside Nose slide

CHECK

LEONARDO MONTEIRO

DECCS MAGAZINE - [33]


CHECK

GUSTAVO GIMENES

23 anos, 9 de skate Insta:@gskatee Cidade: São Paulo - (SP) Patrocínio: @vishfi @strongertrucks @ dgc_sp @kombskateboard @foxxacademia

[34] - DECCS MAGAZINE

Fotógrafo: @allancarvalho Manobra: B/s Flip


23 anos, 10 de Skate Insta: @higorcruzb Cidade: São Paulo - (SP) Patrocínio: Cheersskate e Haiizstyle Fotógrafo: @me.vinyreis

Manobra: HardFlip

CHECK

HIGOR CRUZ

DECCS MAGAZINE - [35]