Issuu on Google+

e informação Boletim informativo da Biblioteca Escolar/ Centro de Recursos Educativos Horário: 2ª a 6ª das 9h às 17:30m* *4ª encerra às 16h

Editorial “Olh’ó Boletim!” Como vai longe o eco do ardina a trazer impresso em algumas folhas o conhecimento do mundo, que parecia estar tão distante! Tudo mudou, mas parece-nos que continua a fazer sentido dar esta “voz” e este “corpo” à nossa biblioteca. Somos uma equipa – professores e alunos – com vontade de fazer chegar o Centro de Recursos mais perto dos seus utilizadores. Vamos aparecer pelo menos uma vez por período e trazer notícia daquilo que vai acontecendo na BE, bem como, dar espaço à participação dos nossos leitores. Como o CRE é de todos, e o nosso Boletim também, ficamos à espera da vossa colaboração:para ajudar a melhorar o próximo número com os seus artigos ou sugestões; para nos ler e passar a quem está ao lado (nunca deite fora o Boletim, deixe-o num lugar em que possa ser lido por outros). Até breve! A equipa responsável

Neste número Novidades do acervo

2

Ah! Isto é que é poesia?. 2

Bibliopaper

2

Prémio Nobel 2008

3

Ciências e Tecnologias

3

Perguntámos

3

Sabiam que...

4

10 anos do Nobel

4

Alterações de normas

4

Http://biblblog.blogspot.com Visitem!

Nº1

Novembro de 2008

Espaço Poesia

Falando de…

O LIVRO DA VIDA

A Biblioteca Escolar e a aprendizagem

A Vida é um livro Que leio, releio, Aberto entre as mãos. E com as suas letras, Eu traço caminhos De sombras no chão.

São conhecidos estudos que estabelecem a correlação entre o sucesso educativo e a Biblioteca Escolar.

E abro com jeito Esse livro de versos Que não sei compor. Magoado o Luar Deixou-se ficar Escondido de dor.

- Melhores resultados em geral;

E nem apareceu Nesse livro de versos De folhas já lidas. Só veio abraçar O silêncio da noite Num apelo à Vida. Mas na última folha Dos livros que leio Existe um barco. Vagueia nas ondas Do mar ondulante E não deixa rasto. Ao Sol da manhã Ergue-se o mastro E vai à deriva. Escrevendo no azul As letras que leio No livro da Vida. Ana Maria

Ken Haycock (2003) identifica os seguintes contributos da BE para o processo de ensino aprendizagem: - Maior motivação para a aprendizagem; - Mais competência ao nível das várias literacias; - Maior igualdade entre alunos de diferentes níveis sócio-económicos. A sociedade de informação e do conhecimento coloca à escola novos desafios. Não se pretende apenas facilitar o acesso à informação mas, também, apetrechar o aluno de uma série de ferramentas que o tornem capaz de transformá-la em conhecimento. Termino com uma questão: “A nossa Escola seria muito diferente se a Biblioteca Escolar não existisse ou fechasse? Em quê?” Marisa Reis Mendes


e informação

Página 2

Algumas novidades do acervo documental– consulta as novidades no Blog, no Moodle ou na BE/ CRE na zona de leitura informal .

Ah! Isto é que é poesia?” Nos dias 23 e 24 de Outubro, de-

Esperemos que o Fili-

correu no Auditório da nossa es-

pe tenha conseguido

cola um recital de poesia, activi-

deixar naqueles que o

dade que contou com o apoio da

escutaram – e nos que

Biblioteca Municipal de Peniche .

com ele colaboraram

O objectivo d’O Contador de His-

(como mostra a foto) –

tórias – Filipe Lopes – foi desmis-

o caminho que leva à

tificar a forma como, na maior

poesia mais liberto de

parte dos casos, vemos a poesia:

preconceitos.

algo inacessível, que só alguns

A Ana e o Pedro aceitaram o desafio do Filipe , o Contador de Histórias.

conseguem exprimir e uns poucos mais conseguem entender.

Bibliopaper – Formação de utilizadores Através de uma prova que conduziu os alunos do 1º Ano dos Cursos Profissionais pelos diferentes espaços da BE foi possível levá-los a identificar diferentes recursos bem como a recolher, de forma eficaz e precisa, informação exigida. Esta actividade decorreu no início do ano lectivo e teve como objectivo formar

os nossos alunos para uma melhor utilização do CRE. Qualquer professor, que considere necessário para os seus alunos uma actividade similar, pode solicitar à equipa da BE a realização da mesma. Esta poderá abranger informação geral ou informação específica.

Atenção! Este boletim reutilizável!

é

Antes de o deitar fora, outros poderão lê-lo. Pense no ambiente.


Http://biblblog.blogspot.com Visitem!

Página 3

Prémio Nobel da Literatura 2008 O Prémio Nobel Mundial. da Literatura foi Regressou a Nice atribuído ao escrie formou-se em tor francês JeanLetras. Trabalhou Marie Gustave Le na Universidade Clézio, cuja obra é de Bristol e de considerada como Londres, em Inuma crítica ferreglaterra. nha à civilização urbana e ao OciEm 1967 cumpriu dente materialista o serviço militar e uma atenção na Tailândia, coconstante aos mo cooperante, Jean- Marie Gustave Le Clézio mais fracos e aos donde foi expulso por excluídos. denunciar a prostituição infantil. Le Clézio nasceu a 13 de Abril de 1940, em Nice, França, filho de um cirurgião britânico e de uma francesa da Bretanha. Com oito anos, foi viver para a Nigéria, onde o seu pai foi colocado durante a II Guerra-

Desde muito jovem, o escritor viajou muito pelos EUA, Tailândia, Marrocos, Ilhas Maurício e por toda a América Latina. Sempre se declarou um apaixonado pelo México e pelo Panamá. Com o passar dos anos, todo

Departamento promove a leitura Departamento promove a leituraO Departamento de Ciências e Tecnologias divulga, em cada reunião, uma obra de carácter cientifico ou literário. Falámos com a Prof. Heroína Blanco, autora da ideia, que nos disse como esta surgiu: “ Foi no momento de propor actividades para o Departamento. Achei que era uma forma gira de partilhar aquilo que se lê e que achamos

Música no Átrio No dia 27 de O ut u bro , D ia Nacional da Biblioteca Escolar, o Adriano e o Nando ( antigo aluno da Escola ) partilharam connosco a sua paixão pela música.

que vale a pena ser lido por outros. ” O Prof.Orlando Figueiredo, o primeiro a apresentar um livro, conta como aconteceu: “ Foi quando a “ s tora ” Leonor foi operada a um pé. Resolvemos oferecer-lhe um livro ( O Livro de Darwin ) e aproveitei para o ler, resumir e apresentá-lo ao Departamento.

esse mundo de viagens e estudo das civilizações passaram a convergir nos seus textos para uma exploração mais intimista da vida - através de lembranças da própria infância e da sua história familiar. A obra Le Clézio ultrapassa os 50 títulos estando traduzidos para português «O Processo de Adão Pollo», «O caçador de tesouros», «Deserto» ( considerado a sua obra-prima ) , «Estrela errante», «Diego e Frida» e «Índio branco». A nossa Biblioteca dispõe de uma única obra, não traduzida: “ M ondo et autres histoires ” . "Escritor de ruptura, da aventura poética e do êxtase sensual". "Um explorador da humanidade além e por baixo da civilização reinante". Foi assim que o texto do anúncio oficial da Academia Nobel na Suécia se referiu a Le Clézio.

Perguntámos: Porque vais à Biblioteca?

☺“

Buscar livros para ler para o contrato de leitura. ” Paula, 12º TI 1

☺ “ G osto de ler Banda Desenhada, revistas e pesquisar na Internet. ” Mário Pinto, 10º CPE

☺ ” P ara

obter informação. É um espaço bastante agradável. ” Hugo, 11CT4

☺ “ P ara ir para os computadores. ” Rúben, 11º CPR

☺ “ C omputadores,

requisição de Dicionários. ” Sandy, 11LH2

☺ ” I r à net. ” Vanessa 10 CPF ☺ “ T em livros. Para ler o Jornal Pú-

blico. Gostava que tivesse o Correio da Manhã. ” Marcelo, 12 CPG

“ V e nho por causa computador. ” Mykhaylo Teodoresw, 10 CPE

do


Horário: :30m* 2ª a 6ª das 9h às 17 *4ª encerra às 16h

Sabiam que… Os livros mais requisitados durante o mês de Outubro foram:

Equipa do e-informação

Beatriz Brás Diana Amador Isabel Lopes Joana Ferreira Celeste Freitas Marisa Mendes

Este

Ana Maria Ivan Baptista Lúcio Rosário

assuntos, literários

Participação especial

espaço

reservado publicação

é à de

-”História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar” de Luís Sepúlveda -”Crónica dos bons malandros” de Mário Zambujal

textos dos nossos

-”Novas cartas portuguesas” de Maria Isabel Barreno

leitores

-”O Monte dos vendavais” de Emily Brontë

sobre

d i f e r e n t e s ou outros.

10 anos do Nobel de Saramago Passaram agora 10 anos desde a atribuição do 1º Nobel da Literatura a um autor português: José Saramago. Este autor, definitivamente consagrado, não tem parado de nos surpreender. A adaptação ao cinema da obra “Ensaio Sobre a Cegueira” constitui um novo reconhecimento da sua originalidade. Mais uma vez, a obra vem suscitar a polémica, sinal de que o autor é uma voz que incomoda.

-”A fórmula de Deus” de José Rodrigues dos Santos -”Metamorfose” de Franz Kafka -”A filha do capitão” de José Rodrigues dos Santos -”Eficiência sem fadiga no trabalho mental“ de Narciso Irala -”A ilha das trevas” de José Rodrigues dos Santos -”O sétimo selo” de José Rodrigues dos Santos -”Memorial do convento” de José Saramago -”Capitães da areia” de Jorge Amado -”Rio das flores” de Miguel Sousa Tavares

Parabéns, Saramago! Existimos em formato digital Http://bilblog.blogspot.com

Alterações às Normas ctividades de funcionamento da Próximas a BE/ CRE na BE/ CRE Empréstimo domicitura  Clube de Lei liário -Passam a poder ser re-  Oficina de Escrita quisitados, simultaneamente, 5 em vez de 3 documentos.

-O número de dias de empréstimo foi alterado de 8 para 10 dias úteis, com a possibilidade de renovar a requisição por mais 10 dias úteis.

ro  Feira do Liv vros de Na Exposição li tal e Postais  Exposição d de Natal


Boletim nº1 ano i novembro de 2008