Page 1

O jornal de comunidade luso-venezuelana • Caracas, 02 a 08 de Junho de 2011 • Publicação Semanal Nº 409

www.correiodevenezuela.com

Rif.: J-31443138-2

Prémio Talento da Comunicação Social 2009 Facebook: Correio de Venezuela • Twitter: @correiodvzla • website: www.correiodevenezuela.com

Gonçalo Nuno Santos: “Não deixem de olhar para o vosso país”

Ano 11 • Depósito Legal: 199901DF222 • BsF. 3,00

Afinal é possível votar no domingo

O candidato a deputado pelo Círculo Fora da Europa manteve vários encontros com alguns grupos da comunidade portuguesa. P.04

Cônsul Pedro Ferreira condecorado por Falcón

No quadro das comemorações do dia de Jacinto Lara, o Governador do Estado Lara, Henry Falcón, condecorou o cônsul honorário de Portugal em Barquisimeto com a máxima distinção da região. P.05

Asoludeven vai eleger novos directivos nacionais A Associação de Luso Descendentes da Venezuela vai levar a cabo as eleições para a Junta Directiva Nacional no domingo, 5 de Junho. P.11

IPOSTEL começou a distribuir esta semana os boletins de voto para as Eleições Legislativas de Portugal, que se realizam este domingo, 5 de Junho. Não se esqueça de exercer o seu direito. P.03

ESPECIAL

CULTURA

desporto

Invedin luta conta o silêncio

Festival de Teatro Interclubes está de regresso aos estrados

Jogador do Marítimo FS vence no “CEFODAR”

A fundação, com 37 anos de história, oferece educação especial a dezenas de crianças e adolescentes que sofrem de incapacidades de desenvolvimento pessoal e psicológico. P.08

O Centro Português participará no XIX Festival de Teatro Interclubes, que este ano será organizado pelo Centro Ítalo Venezuelano, de Caracas. Este ano apresentase com “La Visita del Obispo”. P.19

Marcelle Cestero, membro activo do plantel do quadro luso-venezuelano do Marítimo FS de Nueva Esparta, assegurou uma presença na Gira Itália 2011. P.29

pub


2 a semana

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

clasificação

editorial Uma associação activa... Neste fim-de-semana teremos as eleições para a Direcção Nacional da Associação de Luso-Descendentes da Venezuela (ASOLUVEN – Asociación de Luso Descendientes de Venezuela), instituição criada há 11 anos por um grupo de jovens empreendedores filhos de portugueses que há muitos anos se fixaram neste País. É mais um acto eleitoral, dirão alguns, que coincide com dia de eleições também em Portugal. Não pela coincidência, mas pela importância achamos que temos de destacar este acontecimento, já que marca uma nova fase na vida da ASOLUVEN, hoje com oito núcleos regionais na Venezuela, mas que pretende estender-se para toda a América Latina, chegando a todos os países onde existam lusodescendentes. É a continuação da obra dos fundadores da associação, homens e mulheres jovens, empreendedores, que descobriram na força dos seus laços pátrios, uma nova oportunidade de cooperação, de convivência e de colaboração, capaz de dinamizar a amizade entre eles e potenciar os mercados em que se encontram. É esta mensagem, importante sob todos os pontos de vista, que interessa agora sublinhar, pois corresponde a uma ambição perfeitamente legal de quem, nesta década esteve à frente dos destinos da associação. É nestes pontos de contacto, que hoje se espalham por todo o mundo, não só no continente americano, que reside um potencial importante, de descoberta e de criatividade, que poderá contribuir, no futuro, para o desenvolvimento de capacidades e de eventos, que, além de nos unir a todos, contribuirá certamente destruir barreiras e fronteiras, abrir caminhos e fortalecer a comunidade lusitana, pela mão dos seus descendentes, hoje comprometidos, também, com o progresso mundial. Este movimento, além de resgatar as raízes, mostrará a sua força e dinâmica se tiver o apoio declarado de todos, se estiver bem estruturado, se contar com a colaboração desinteressada daqueles que pretendem incluir-se no projecto, cujos resultados serão, depois, compensadores para todos. Não é difícil estruturar o sonho, o que é necessário agora é que todos se capacitem do seu trabalho, da sua contribuição imprescindível. Porque num projecto desta dimensão as tarefas não são fáceis, pois têm de ser assumidas com determinação e com atitude. Ao anunciarem a expansão da ASOLUDEVEN, os actuais responsáveis estão a mostrar essa determinação e essa atitude que engrandecem os homens. Estão a lançar um projecto que, certamente, ganhará muitos seguidores. Na Venezuela já conhecemos a sua força e empenho. Esperamos agora que o esforço seja bem acolhido noutros países e entre as entidades oficiais e diplomáticas que poderão facilitar os contactos e abrir portas para que se tirem proveitos da globalização que a todos envolve.

www.correiodevenezuela.com Rif.: J-31443138-2

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Editor Sergio Ferreira Endereço: Av. Veracruz. Edif. La Hacienda. Piso 5, ofic. 45H-3. Urb. Las Mercedes, Baruta Caracas. Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: correio@cantv.net

▲▲ Muito Bom

▼▼ Muito mau

A condecoração entregue pelo Governador do Estado Lara, Henry Falcón, ao Cônsul Honorário de Portugal em Barquisimeto, Pedro Ferreira, no âmbito do 233º aniversário do Herói Epónimo General de Divisão Juan Jacinto Lara. Um reconhecimento ao trabalho realizado por este insigne português que tem lutado não só pelo bem-estar da comunidade portuguesa na região, como também pelo desenvolvimento da Venezuela; um prova do contributo da colónia lusa e um incentivo para que prossigam os esforços de todos em benefício do nosso país.

Na nossa edição da semana passada, demos a conhecer a preocupação e o desânimo dos representantes de alguns partidos lusos na Venezuela porque os boletins de voto não iam chegar ao país a tempo das eleições. Contudo, o Ipostel informou esta semana que já estava a distribuir os envelopes, pelo que a comunidade poderá exercer o seu direito ao sufrágio. Podiam ter chegado mais cedo, é verdade. Mas também não podemos deixar de lamentar a precipitação dos políticos, que assim pouco contribuíram para apoiar o processo eleitoral. Agora só resta esperar que os portugueses não deixem de votar.

FOTOFLASH: Espaços livres de fumo

A lei anti-fumo que começou a vigorar na Venezuela, este mês, está a ser bastante contestada por alguma pessoas menos sensíveis aos malefícios do tabaco. Isso aconteceu também em Portugal e em Espanha, nos últimos três anos, onde uma legislação semelhante entrou em vigor. Contudo, hoje já ninguém contesta o que foi uma grande conquista para a saúde das populações, e um acto de justiça, já que os não fumadores não devem fumar os cigarros que outros teimam em não deixar, embora saibam que faz muito mal à saúde... Espaços públicos livres de fumo, sim. Pela saúde de todos nós.

Chefe de redacção Sergio Ferreira |Jornalistas Shary Do Patrocinio, Andrea Guilarte, Carla Salcedo, António da Silva, Jean Carlos de Abreu |Correspondentes Edgar Barreto (Punto Fijo), Carlos Balaguera (Valencia-Maracay), Trinidad Macedo (Barquisimeto), Silvia K. Gonçalves (Guayana), Sandra Rodriguez (La Victoria), Ricardo Santos (Margarita), Fernando Urbina (Higuerote) |Colaborações Raúl Caires (Madeira), Arelys Gonçalves, Victoria Urdaneta, Antonio López Villegas, Luís Barreira, Álvaro Dias, Luis Jorge, Carlos Agostinho Perregil R. |Administração Gloria Cadavid |Publicidade e Marketing Carla Vieira |Paginação Elsa de Sá |Fotografia Paco Garret, Silvia Di Frisco |Secretariado Anaís Salazar |Distribuição Enrique Figueroa |Impressão Editorial Melvin C. A, Calle el rio con Av. Las Palmas, Boleita Sur. Caracas -Venezuela |Tiragem deste número 15.000 exemplares |Fontes de Informação Agência de Notícias Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa, de diferentes partes do Mundo.


ACTUAL

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

POLITICA|Eleições para a Assembleia da República 2011

IPOSTEL começou a distribuir boletins de voto esta semana CORREIO DA VENEZUELA correio.prensa@gmail.com

O Consulado Geral de Portugal informou, em comunicado de imprensa emitido na passada terça-feira, 31 de Maio, que os serviços do IPOSTEL já estavam a proceder à distribuição, ao nível nacional, dos envelopes com os boletins de voto para as eleições para a Assembleia da República de Portugal de 5 de Junho de 2011. Como é do conhecimento público, os cidadãos portugueses residentes no estrangeiro que estejam recenseados votam por correspondência, ou seja, recebem na sua casa um envelope com o boletim de voto que depois de preenchido correctamente de acordo com as instruções que a seguir se indicam, deve ser devolvido a Portugal até 5 de Junho (carimbo do correio tem de ter a data limite de 5 de Junho) e dar entrada no centro de apuramento até 15 de Junho, sob pena de ser considerado voto nulo. Junto com esta folha explicativa acaba de receber mais dois sobrescritos (um verde e outro branco) e ainda um boletim de voto que lhe vai permitir votar na próxima eleição para a Assembleia da República, participando dessa forma na escolha dos Deputados do seu círculo eleitoral. No boletim de voto estão indicadas as forças políticas que apresentam candidatos.

Como votar Para votar correctamente proceda do seguinte modo: No boletim de voto marque com uma cruz o quadrado que está à frente da força política que escolheu. Faça uma cruz, desenhando-a o melhor possível sem sair dos limites do quadrado. Não escrever mais nada no

breves nacionais

3

Vandalizam imagens religiosas Várias imagens religiosas foram vandalizadas nas últimas semanas. Enquanto que em Lara foram registados cinco casos contra a Divina Pastora, em Portuguesa foram arrancados os braços à Virgem de Coromoto. Em Yaracuy foram profanadas as imagens de Santa Lucía, Virgem do Rosário e José Gregorio Hernandez.

47 mortes violentas no fim-de-semana Os serviços do IPOSTEL iniciaram a distribuição dos envelopes esta semana.

boletim de voto. Depois de fazer a cruz, dobre o boletim de voto em quatro e, de seguida, introduza-o no sobrescrito verde. Feche esse sobrescrito e não escreva nada nele. De seguida pegue no sobrescrito branco – onde já está impresso o seu nome, morada, consulado e País – e preencha o espaço destinado ao seu n.º de eleitor (n.º que consta do seu cartão de eleitor ou da certidão comprovativa da inscrição no recenseamento eleitoral). Atenção: Não copie para este espaço o n.º inscrito à direita da etiqueta do remetente (trata-se do n.º de registo postal do nosso envio). Se não indicar correctamente nesse espaço o seu n.º de inscrição o voto será considerado nulo. Depois disso, introduza o sobrescrito verde devidamente fechado dentro do sobrescrito branco. Introduza, também, dentro do sobrescrito branco, uma fotocópia do seu cartão de eleitor, se o tiver ou certidão comprovativa da inscrição no recenseamento eleitoral. Se não introduzir a cópia do seu cartão de eleitor ou da certidão comprovativa da inscrição no recenseamento eleitoral o voto será considerado nulo. Feche agora o sobrescrito branco.

Foto:Cortesia

Está tudo pronto para seguir para o correio. Mas, antes disso, não se esqueça de pôr os selos de correio necessários e, se possível, registe. Não utilize outro tipo de sobrescritos. Dentro de cada sobrescrito branco só pode ser introduzido um único sobrescrito verde (com um único boletim de voto) e uma única cópia do cartão de eleitor ou da certidão comprovativa da inscrição no recenseamento eleitoral, respeitantes ao eleitor identificado no remetente. Cada sobrescrito branco deve ser enviado individualmente; não junte vários sobrescritos brancos dentro de qualquer outro.

Remessa do voto A remessa para Lisboa deve ser feita por via aérea. Envie o mais cedo possível. Não necessita esperar pelo dia da eleição. Tenha em atenção que o seu voto será considerado válido se, além das condições atrás referidas, a correspondência respeitar os seguintes requisitos: ter sido expedida do país de origem o mais tardar no dia da eleição (5 de Junho); e ter chegado ao centro de apuramento em Lisboa, até o mais tardar, no dia 15 de Junho.”!

Pelo menos 47 pessoas perderam a vida em Caracas, durante o passado fim-de-semana. Muitos das mortes resultaram de confrontos entre grupos criminosos que residem nos bairros de lata que rodeiam a cidade.

Maldonado exige fim das expropriações O director da Câmara de Comércio de Caracas, Victor Maldonado, teceu duras críticas às expropriações que têm sido promovidas pelo Governo nacional, indicou que “não põe dar a uns o que se tira aos outros”. Maldonado apelou ao Executivo para cessar com as expropriações, pois tomar estacionamentos para resolver o défice habitacional não é a solução.

Comissão Eleitoral para as primárias da MUD A Mesa da Unidade Democrática instalou a Comissão Eleitoral que vai organizar as eleições primárias em 2012, num acto que decorreu sob o signo da unanimidade dos seus membros, segundo anunciou o seu secretário Geral, Ramón Guillermo Aveledo. PUB


4 ACTUAL

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

Portugal pode “Os portugueses do mundo facilitar relações inteiro têm de ter os olhos entre Caracas postos em Portugal” e Washington politica|Gonçalo Nuno Santos, candidato a deputado pelo PSD

No âmbito da campanha eleitoral, Gonçalo Nuno Santos visitou a Venezuela para saber das opiniões de uma das maiores comunidades de portugueses no mundo

Jennifer McCoy destaca “papel activo muito importante” das autoridades políticas portuguesas

Carla Salcedo Leal

Portugal pode ter um “papel activo muito importante” na melhoria das relações e em “pontes” de diálogo entre os Estados Unidos e a Venezuela, defendeu, quinta-feira, 26 de Maio, em Caracas, a directora do Programa para as Américas do Centro Carter. “Eu diria que sim, todos os países que têm boas relações com os dois (EUA e Venezuela) podem ter um papel muito importante para fortalecer e facilitar a comunicação e o entendimento”, disse. Jennifer McCoy respondia à Agência Lusa após um fórum promovido pelo Últimas Notícias, o jornal de maior tiragem na Venezuela, sobre as “Relações Entre os Estados Unidos - Revisão e Perspectivas”, que reuniu especialistas, empresários e o antigo vice-ministro de Relações Exteriores venezuelano, Milos Alcalay. “Muitas das diferenças (entre Caracas e Washington) estão baseadas na falta de en-

CORREIO/LUSA

csalcedo@correiodevenezuela.com

O candidato a deputado pelo Círculo Fora da Europa pelo PSD e actual responsável pelo Centro das Comunidades Madeirenses na Região Autónoma da Madeira, Gonçalo Nuno Santos, esteve de visita à Venezuela, onde manteve diversos encontros com alguns grupos da comunidade portuguesa. Durante a sua visita, Gonçalo Nuno Santos dirigiu a sua atenção a uma das comunidades mais influentes da sociedade venezuelana, com especial ênfase nos temas que preocupam os portugueses, conforme explicou ao Correio. Veio ouvir as inquietudes e eleitores e depara-se com o facto de os boletins de voto não terem chegado a tempo à Venezuela. Que pode dizer sobre esta situação? As primeiras dificuldades que encontrei na Venezuela é que há um grupo importante de portugueses que quer exercer o seu direito de voto e não pode, o sistema literalmente não funciona. Esta situação é inconstitucional, a Constituição da República prevê o voto e os mecanismos com os quais o mesmo é exercido, e estão a impossibilitar o voto. São cerca de 5000 votos que se perdem com esta situação, somado à apatia política dos cidadãos devido à crise económica que o país atravessa. Que opiniões reuniu nas comunidades portuguesas que visitou? Vemos um exemplo de

Nuno Santos manteve diversos encontros com a sociedade civil

construção nestas pessoas. Saíram de Portugal há décadas mas contribuíram para o crescimento da nação. Quem na Madeira não sabe que Câmara de Lobos e Ribeira Brava foram construídas por emigrantes na Venezuela? Esta gente levou uma vida inteira a confiar profundamente em Portugal, e qual foi a resposta do governo? A falência, depender de outros. Até quando esta situação se vai prolongar? Porque não se vê o espelho da Holanda? Este desatino faz com que as pessoas estejam tristes e todos os dias vêem um espectáculo dos partidos políticos que os desanima. Como descreveria a situação actual de Portugal, depois de ter pedido ajuda ao FMI? A situação é grave, os portugueses do mundo inteiro têm de ter os olhos postos em Portugal. Há que mudar o paradigma. Esta não é uma opinião contra o Partido Socialista, é sobre a falência do Estado. Não acredito no que se decidiu no campo económico, acredito na participação democrática nas eleições, e que os portugueses dirão ‘não’ a estas formas de governo. Não se trata de uma medida contra as pessoas mas sim contra o processo, contra o método. Há que mudar a solução,

FOTO: Paco Garrett

porque um dia poderemos não conseguir pagar os salários aos nossos funcionários. Esta situação é para que pensemos, reestruturemos e reprogramemos os planos para sermos um país melhor. De que forma os emigrantes podem contribuir para o crescimento do país? Devem continuar a confiar em Portugal. Continuem a vê-lo como um país de investimento, como país amigo, como país de coração. Assim pode-se salvar a pátria portuguesa. Que percepção tem da comunidade portuguesa que reside na Venezuela actualmente? A Venezuela continua a ser um grande país, no qual se podem fazer grandes negócios, não obstante, não há no mundo nenhum país perfeito. A Venezuela e Portugal são países amigos, o povo venezuelano é muito nobre, não nos chamam emigrantes mas sim irmãos. No que diz respeito à insegurança, acredito que as autoridades estão a tratar de solucionar a situação, que estão a trabalhar para combater a delinquência, creio que as autoridades são pessoas que estão interessadas em que a Venezuela seja um país melhor para todos.!

tendimento e quando não se conhece a outra” (parte) então pode-se salientar os lados mais negativos, disse, vincando que “há estereótipos que cada país quer mudar”. McCoy, que também é professora de Ciências Políticas da Georgia State University e especialista nas relações dos EUA com a América Latina, é da opinião que entre Caracas e Washington existe “um matrimónio por conveniência” em que as relações bilaterais estão marcas pela ideologia e dinâmica política “Este é o momento para que ambos os países busquem um bom conselheiro matrimonial e encontrem um regime de convivência favorável para ambas partes”, disse. No seu entender desde que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, assumiu o poder, em 1999, tem tentado criar um novo modelo desafiando o domínio político dos EUA na região e no mundo, com uma estratégia de confrontação, de aliança mundial e integracionismo. “Nos últimos 10 anos a Venezuela tem procurado uma redistribuição do poder e dos recursos, enquanto que os Estados Unidos têm estado consumidos em questões de segurança”, frisou.!

McCoy acompanhada pelo ex-presidente dos EUA, Jimmy Carter

FOTO: CORTESIA


venezuela

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

COMUNIDADE|Governação do Estado Lara

Cônsul honorário de Barquisimeto condecorado por Henry Falcón Trinidad Macedo

5

Espetada de Barqusimeto celebrou o mês das mães

tmacedo@correiodevenezuela.com

Trinidad Macedo

No passado sábado, 28 de Maio, no quadro da comemoração do dia de Jacinto Lara, na cidade de Barquisimeto, a governação do Estado Lara condecorou as personalidades que mais se destacaram no último ano, num acto que teve lugar no Teatro Juárez. O cônsul honorário de Portugal nesta cidade, Pedro Ferreira, recebeu a máxima condecoração que é atribuída pelo estado, na sua Primeira Classe, por ocasião das celebrações do 233º aniversário do Herói Epónimo General de Divisão Juan Jacinto Lara. A insígnia foi entregue directamente pelo Governador do Estado, Henry Falcón. Pedro Ferreira expressou a sua satisfação por ter sido agraciado com tão alta honra e por estar rodeado de grandes personalidades da sociedade de Barquisimeto. Mas fez questão de sublinhar

As amigas da Academia da Espetada de Barquisimeto reuniram-se para a tertúlia mensal, dedicada às mães, e que contou com a presença de todo o grupo familiar. O evento teve lugar no salão Os Navegantes, do Centro Luso Larense. Uma canja de galinha e a tradicional espetada foram os pratos servidos, e que agradaram os participantes. A espontaneidade de algumas crianças fez com que os mais velhos desfrutassem de um mini show, em que os mais novos mostraram o seu talento com poesia, violino e canções. A direcção da Academia da Espetada salientou o êxito do encontro, onde Conceição de Sousa tomou posse como vice-presidente; e Leonilde de Abreu e Nathaly Figueiredo tomaram posse no comité de apoio.!

A insígnia foi entregue directamente pelo Governador do Estado Lara

que o reconhecimento estava dirigido a toda a comunidade portuguesa radicada na região. Apesar de Pedro Ferreira já ter recebido outras condecorações e sido alvo de vários reconhecimentos, assegurou

FOTO: TRINIDAD MACEDO

que nesta ocasião de foi apanhado de surpresa, o que também lhe deu muita satisfação. Considera que em Barquisimeto, entre a comunidade portuguesa há muitas pessoas que também merecem este reconhecimento.!

PUB


6 VENEZUELA

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

COM informações úteis

Consulado de Caracas já está na Internet

O sítio conta com um espaço para perguntas frequentes e outras informações de interesse geral Sergio Ferreira Soares

sferreira@correiodevenezuela.com

O Consulado Geral de Portugal em Caracas lançou o tão esperado portal da instituição, no qual se disponibiliza informação sobre os mais diversos actos consulares e se procura dar respostas às dúvidas dos utentes. Para aceder ao sítio virtual da entidade, que vai ter uma versão em espanhol, basta apenas visitar http://www. consuladoportugalcaracas.org/ e ‘navegar’ entre as múltiplas opções oferecidas a partir do menu disponível na página principal. Este novo portal permite os utentes conhecer os requisitos

relativos aos diversos processos consulares, os programas sociais disponíveis e esclarecer questões relacionadas com estudos, equivalências, língua portuguesa, pensões e contactos, entre muitas outras opções. Está dividido em diferentes categorias: consulado, serviços consulares, apoio social, comunidade portuguesa, associativismo português, educação, língua e cultura portuguesa, recomendações, sobre Portugal e sobre Venezuela. O objectivo desta iniciativa é “facilitar a vida aos milhares de portugueses e luso-descendentes que se encontram na área desta jurisdição consular mas também proporcionar uma primeira janela de contacto a todos os venezuelanos.” Nesta mensagem, que aparece na homepage do sítio, acrescenta-se ainda que o propósito é que todos os internautas “possam encontrar aqui informações úteis e clarificar

Para aceder ao sítio virtual da entidade basta apenas visitar http://www.consuladoportugalcaracas.org/

eventuais dúvidas pelo que tentaremos manter actualizados os conteúdos mas desde já se sublinha que a informação disponibilizada não exclui a consulta da legislação aplicável a cada situação. Por essa razão, além dos textos preparados, estão indicados também os links que permitirão aceder a outros portais de interesse público em Portugal e na Venezuela”. Um quadro denominado “Perguntas mais frequentes” permitirá aos utentes encontrar as respostas para as dúvidas mais comuns, sem necessidade de deslocações até à sede física do consulado.

Criado espaço infantil O consulado revelou ainda que foi criado um espaço de infantil nas suas instalações com a finalidade de entreter as crianças enquanto os pais tratam dos assuntos determinaram a ida à entidade consular. Baptizado como “Portugal dos Pequeninos”, este espaço permite que as crianças possam brincar com computadores, participar em vários jogos e até aceder a livros com histórias em língua portuguesa. Esta medida foi concretizada graças ao apoio das editoras portuguesas “Porto Editora” e “LIDEL”, que doaram os livros

FOTO: CORREIO

infantis, e ao contributo do consórcio Youtsu, que ofereceu dois computadores Canaima para a serem utilizados pelos mais pequenos. Apesar de o Consulado estar a esforçar-se para reduzir os tempos de atendimento, este espaço permitirá que as crianças possam desfrutar melhor o tempo que irão permanecer nas instalações enquanto os seus padres esperam ou tratam de processo. Ao mesmo tempo, procurou-se facilitar o acesso ao mundo através da Internet e também à cultura e língua portuguesa.!

Septuagenários partiram com “Portugal no Coração” Beneficiários deste ano são naturais de Arco de Valdez e da Ribeira Brava S.F.S Os beneficiários da edição deste ano do programa “Portugal no Coração” viajaram, no passado domingo, 28 de Maio, para Portugal, informou o Consulado Geral de Caracas através de um comunicado de imprensa. José Rodrigues da Costa, de 75 anos, natural de Arcos de

Valdevez, no Norte de Portugal continental, e João Pereira da Silva, 73 anos, oriundo da Ribeira Brava, ilha da Madeira, nunca tinham voltado ao seu país desde que emigraram para a Venezuela, em 1954 e 1957, respectivamente. Recorde-se que o programa “Portugal no Coração” tem por objectivo proporcionar una breve estadia em Portugal a cidadãos portugueses, maiores de 65 anos e residentes fora da Europa, que há mais de 20 anos não visitam o seu país. Domingos Pinto de Menezes Guimarães, natural de Espinho,

também tinha sido seleccionado, mas, por razões pessoais, decidiu abdicar da viagem e participação no programa. O Programa é composto por uma viagem a Portugal e um programa turístico e cultural em Portugal, no regime de pensão completa, com a duração aproximada de duas semanas. De assinalar que após os compromissos do programa, os participantes poderão prolongar a sua estadia em Portugal junto de familiares ou amigos, desde que os acolham e suportem eventuais encargos daí decorrentes.!

José Rodrigues da Costa e João Pereira da Silva nunca tinham voltado ao seu país


7 dia de portugal › venezuela

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

comunidade|Sociedade de Beneficência de Damas Portuguesas

42 anos de trabalho junto de quem precisa

Maurílio dos Santos condecorado A Associação Civil Centro Português, em Caracas, entrega a máxima condecoração da instituição ao conhecido comerciante português Maurílio dos Santos, no âmbito da celebração do Dia de Portugal.

Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

A Sociedade de Beneficência de Damas Portuguesas celebrou mais um ano de trabalho com a sua tradicional tarde de bingo, junto com as colaboradoras e amigas da casa, que contribuíram com o seu grãozinho de areia para uma actividade que teve lugar no Salão Nobre do Centro Português, no passado dia 26. Mais de 500 damas e alguns cavalheiros responderam ao apelo da instituição, com a finalidade de conviver entre amigos ao mesmo tempo que colaboraram na recolha de fundos para fazer face aos gastos do Lar Padre Joaquim Ferreira. O sorteio mais esperado da tarde foi o bingo com cartão cheio, dando oportunidade aos participantes de ganhar uma bela Virgem de Coromoto, que atraía os olhares do público. A ocasião serviu para a celebração do 42.º aniversário da Sociedade, com

Corrida Especial em Miranda O Município Cristóbal Rojas em parceria com a Fundasi e a Ingaraziel, realiza uma Corrida Especial para assinalar o Dia de Portugal no próximo domingo 5, entre as 7 de manhã e a 1h30 da tarde. Mais de 500 mulheres participaram no evento

a alegria e o entusiasmo de sempre que caracteriza este grupo que serve a comunidade. “Sentimo-nos muito bem. Sinto-me muito feliz que as damas tenham depositado a sua confiança em mim por seis anos consecutivos, e tenham fé em que posso seguir em frente. Convido a que participem nos nossos eventos, as

FOTO: Paco Garrett

portas estão abertas, não apenas à nossa comunidade mas a todas as comunidades. A única forma de conseguir dinheiro é contar com a participação de muita gente”, disse Mary Monteiro, presidente da instituição, que se preparara agora para os seus tradicionais almoços de Setembro a Novembro.!

Ordem de Mérito em Aragua A grande família da Casa Portuguesa do estado Aragua celebra o Dia de Portugal com diferentes actividades. A jornada começa com oferendas florais, pelas 10 da manhã; continuará a partir das 8 da noite com um acto protocolar e a entrega da Ordem Heróis do Mar. PUB


8 venezuela

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

responsabilidade social

Responsabilidade social é uma secção aberta para dar a conhecer aos leitores o trabalho que as grandes empresas fazem para além da vertente comercial.

Uma instituição que luta contra o silêncio

Invedin: 37 anos a ultrapassar diferenças Através do programa ‘Corazones Blancos’, a fundação aspira ajudar 50 famílias mensalmente

Carla Salcedo csalcedo@correiodevenezuela.com

Na urbanização El Marques, a noroeste da capital venezuelana, a Invedin, uma fundação com 37 anos de serviço, hasteia a bandeira todas as manhãs para receber e ajudar dezenas de meninos e adolescentes, e às suas famílias, que padecem de algum problema de desenvolvimento, como o síndrome de Down, atraso mental leve, dificuldades de aprendizagem, entre outros. A Invedin nasceu da união de esforços de um grupo de pais e especialistas para que as crianças especiais dos 0 aos 18 anos tenham a possibilidade de receber, num só lugar, os apoios necessários para receber os tratamentos e terapias que os ajudem a continuar com o seu desenvolvimento. Hoje em dia, contam com dois centros de diagnóstico e tratamento, e um centro de educação especial no qual atendem um total de 80 alunos regulares. Não são loucos

Durante muito tempo, a sociedade preferiu esconder as crianças e jovens que padeciam de algum destes problemas, por os considerarem loucos, sem imaginar o grande potencial que se desperdiçava ao não ocupá-los e ao não ajudá-los a encontrar as ferramentas necessárias para levar uma vida digna em frente. A Invedin conseguiu, com muito esforço, sensibilizar a

A instituição atende cerca de 500 casos mensais

sociedade sobre o papel destes seres especiais e dar-lhe o lugar que merecem nela. “Muitas vezes, no colégio, os pais dizem que a criança é solta, que é agressiva ou distraída, e castigam-na por isso, sem imaginar que a criança pode ter alguma deficiência. Se os pais mudam a forma de ver a criança, e as coisas em volta alterarem, a criança pode mudar as suas capacidades na totalidade. Na Invedin, há pessoal capacitado para detectar estes problemas. Com uma marcação, a criança é submetida a uma triagem e é atendida por especialistas que fazem um diagnóstico”, adianta Conchita Caires, coordenadora do ‘Corazones Blancos’. Para além da atenção à criança, a família também se envolve na terapia, e na instituição são dados workshops para pais, professores e grupos de formação, de forma a sensibilizar a sociedade para estas condições especiais. “Esta é uma instituição de excelência, altamente recomendada, onde

há um conjunto de pessoas que darão um tratamento adequado ao paciente. Estas são condições que levam na vida. O projecto é atender desde problemas de desenvolvimento até condições transversais na família, como o divórcio, perda de um familiar, etc. No que tem a ver com problemas no desenvolvimento, o objectivo é que quando a criança sair, tenha a capacidade de evoluir nalguma actividade na sociedade, que tenha as ferramentas necessárias para desenvolverse em determinadas áreas, que possa ir e vir sozinho num transporte, que possa fazer um pagamento”, destaca Mónica Castro, directora executiva da instituição. Padrinhos de toda natureza

Actualmente, a população apoiada pela instituição oscila entre os 450 e os 500 pacientes mensais, dos quais cerca de 250 são apadrinhados por pessoas jurídicas ou humanas, o que se traduz na certeza de tratamen-

FOTO: CORTESIA

to completo, doado a quem não tem recursos económicos. Sendo certo que esta é uma associação civil sem fins lucrativos, privada, que subsiste com o que cobra nas actividades ordinárias da instituição (consultas, colégios, terapias, etc.), também existem actividades extraordinárias como bazares, o ‘bodegón’, torneios e padrinhos jurídicos. “ O que é ordinário tem um custo estabelecido, enquanto o programa ‘Corazones Blancos’ é para as famílias que não podem custear o tratamento, a quem é feita uma avaliação para comprovar que estão aptos a entrar no programa, e que se alimenta das actividades extraordinárias”, sublinha Castro, acrescentando que este mês há mais de 50 famílias em lista de espera para entrar no programa. “Procuramos padrinhos de toda a natureza, e agora precisamos de bastante apoio de padrinhos corporativos. Todo o grãozinho de areia ajuda. Não podemos negar que te-

mos despertado essa energia de solidariedade de empresas e pessoas naturais da comunidade portuguesa e tem corrido muito bem, mas não é suficiente”, disse Caires, sobre a ajuda económica pretendida. Sem distinção

Para além das necessidades económicas da instituição, os porta-vozes destacam a importância de ajudar todas estas crianças e jovens que durante muito tempo permanecem no silêncio. Portanto, desenvolveram uma série de programas para que aqueles se sintam úteis nas actividades da sociedade, sem importar a sua idade. “O convite é que sejam sensíveis a estas crianças especiais, que tanto podem dar. Assim, se suspeita que o seu filho ou algum familiar padece de algum destes problemas, pode pedir a nossa ajuda através dos nossos telefones: 02122421147/2421798, ou da nossa página na Internet, em www. invedin.org”, concluiu Castro.!


venezuela

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

casos do dia|Assassinos eram rivais dos irmãos

Abatidos dois raptores de Camen Joaquim

Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Dois indivíduos que estavam referenciados pela polícia venezuelana como os autores do rapto e homicídio da comerciante Carmen Joaquim, natural da Calheta foram assassinados a tiro por desconhecidos, na passada terça-feira. Os dois irmãos, de 22 e 17 anos de idade, foram baleados mortalmente por um grupo de homens armados quando se deslocavam num motociclo na estrada que liga Capayita e Araira, onde residiam. Segundo o jornal El Universal, os autores deste crime integram um grupo criminoso rival do que faziam parte os irmãos, e que também se dedica a perpetrar raptos e outros crimes

CICPC resgata comerciante raptado em Caracas Os captores conseguiram fugir Carla Salcedo csalcedo@correiodevenezuela.com

na zona. Carmen Joaquim, que foi raptada a 14 de Março, foi encontradaferida quatro dias depois à beira da estrada que leva ao sector El Trompillo de Reventón, na paróquia Araira de Guatire. Citando uma fonte próxima da família da vítima, os raptores entraram contacto imediatamente depois do rapto, para exigir o pagamento de uma determinada quantia em dinheiro

pela libertação da comerciante. A mesma fonte assegurou que o resgate foi pago na totalidade. No entanto, Carmen só foi libertada, na berma de uma estrada, depois de ter sido ferida com gravidade. Apresentava pelos menos 20 cortes em vários zonas do corpo. O crime gerou uma profunda consternação em Araira, a leste de Caracas, onde a comerciante era conhecida e apreciada.!

9

Acabou o pesadelo de Manuel Isidro da Silva. O comerciante madeirense que havia sido raptado no passado 2 de Maio, na Avenida Intercomunal de El Valle, localidade de Coche, em Caracas, foi libertado na noite da passada quinta-feira, 26, pela polícia venezuelana. O anúncio da libertação do septuagenário, que esteve 24 dias em cativeiro, foi feito no dia seguinte pelo director do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC), comissário Wilmer Flores Trosel. Silva foi resgatado por

agentes do CICPC na zona alta de uma montanha do sector Campo Claro, no Estado Miranda. Uma corrente, colocada num dos membros inferiores, prendia-o a uma árvore. À chegada das viaturas policiais ao lugar onde o cidadão estrangeiro estava a ser mantido em cativeiro, os captores começaram a disparar na direcções dos agentes. A forte troca de tiros que se seguiu não impediu, contudo, que os captores encetassem a fuga para uma zona mais alta da montanha e de difícil acesso, explicou Flores Trosel. Contudo, o responsável fez questão de sublinhar que raptores já estão “plenamente identificados”, pelo que se espera que, nas próximas horas, sejam capturados.! PUB


10 venezuela

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

Victor Dias dirige os destinos do clube

Centro Marítimo tem nova junta directiva A melhoria das infraestruturas e a captação de novos sócios são alguns dos desafios que o nova equipa enfrenta

Andrea Guilarte aguilarte@correiodevenezuela.com

Após um ano de gestão, a junta directiva do Centro Marítimo de Venezuela, presidida por Teresa Brito, culminou as suas funções, e no passado dia 28 de Maio, deu posse aos novos membros da direcção, desta vez encabeçada por Victor Dias. “Foi um grande grupo de trabalho. A Teresa foi a pessoa que levou a batuta. Obrigada por nos ter ouvido e por manter o equilíbrio no grupo”, disse Marisol Teixeira, secretária da junta directiva de saída, depois

de ser reconhecida por Brito pelas suas funções. Amélia Lopes, directora de Cultura, Domingo Teixeira, vice-presidente, Laura Pulido, tesoureira, entre outros membros, também receberam palavras de agradecimento da parte de Brito. “Quero agradecer também aos sócios que colaboraram durante as minhas funções. Não está fechada a possibilidade de que volte a candidatar-me como presidente do Marítimo”, disse Brito, assegurando que está disposta a colaborar com o novo grupo de dirigentes. “Estamos aqui para contar com todos vós, preciso do apoio de todos neste novo cargo”, apelou Dias, nas primeiras palavras como presidente de um dos clubes luso-venezuelanos mais antigos do país. Dias felicitou a junta directiva que cessou funções pelo trabalho realizado e referiu que trabalharão para criar no clube

A junta directiva pediu o apoio dos sócios para exercer as funções da melhor forma

de Turumo “um ambiente familiar” para toda a comunidade que ali convive. Tomaram ainda posse Rosa de Tavares, vice-presidente; Alfredo Amaral, secretário; Manuel Marques, tesoureiro; Severiano Rodrigues, director de Cultura e Relações Públicas; Duarte Neves, director de Desportos, e Ivo Serrão como director suplente. O processo eleitoral no Centro Marítimo de Venezuela foi objecto de críticas e suposições, no entanto, Severiano Rodrigues, novo director de Cultura e Relações Públicas, clarificou que a polémica ficou a deverse ao facto de nenhum sócio do clube ter querido assumir a responsabilidade de perten-

Hatillanos honraram a Virgem de Fátima Andrea Guilarte aguilarte@correiodevenezuela.com

A degustação de pratos típicos portugueses, a actuação de grupos folclóricos e a interpretação de cantos marianos de Adrián Guacarán foram apenas algumas das expressões de cultura que se levaram a cabo durante os dias 28 e 29 de Maio em El Hatillo para adorar a Virgem de Fátima. A alcaldia do município e a Confraria da Virgem da Fátima começaram a festa no sábado, pelas 5 da tarde, com a celebração da Santa

Missa, presidida pelo pároco hatillano monsenhor Carlos Rodríguez. Depois, os fiéis participaram numa procissão de velas em redor da Plaza Bolívar, acompanhados da Banda Madeirense. No domingo, a jornada terminou com os mesmos rituais e às 9 da noite o público pôde elevar as suas preces à Santa, com um espectáculo de fogo-de-artifício. Durante a procissão, a Banda Recreativa Madeirense da Venezuela acompanhou a peregrinação realizada nos arredores da igreja do povo hatillano. O padre convidado,

Armelim de Sousa Andrade, pároco de Petare, ficou encarregue de celebrar a eucaristia de domingo. “É a primeira vez que venho e estou surpreendido pela beleza da festa; foi uma grande experiência e podemos partilhar a devoção que todos temos pela Virgem Maria”, disse Sousa, acrescentando sentir-se alegre ao ver que os portugueses trabalham para manter vivos os costumes, tradições e a fé pela Santíssima Virgem Maria. “Foi uma prenda muito bonita que os portugueses deram à Venezuela”, finalizou.!

cer à direcção da instituição. “Fomos a única lista, foi sendo constituída a pouco e pouco com os que estavam dispostos a continuar com o clube aberto”, disse. Assegurou ainda que a nova direcção procurará manter as portas do centro abertas e manter as tradições portuguesas. Rodrigues aproveitou a oportunidade para recordar que a 9 de Julho, o centro recebe o Festival da Canção FECEPORVEN. “Todos os clubes da Venezuela vão participar e isso é um grande desafio para nós e vamos cumpri-lo”, disse. Aquele responsável aceita o facto de que a nova direcção enfrenta também outros grandes desafios, nomeadamente

Foto: A.G.R.

devido à deterioração das instalações do clube. “A infra-estrutura já tem quase 40 anos e há coisas a melhorar, manter ou demolir para fazê-las de novo”. Rodrigues adiantou que actualmente trabalham na construção de novos campos de bolas crioulas e estão a procurar trazer mais sócios e público luso-descendente ao clube. Rodrigues convidou ainda a comunidade lusa, luso-descendente e a população venezuelana a visitar as instalações do centro. “Continuamos a apoiar a comunidade portuguesa, já que estamos muito longe da nossa pátria, mas aqui neste clube temos uma pequena porção da nossa terra.”!

Lar Padre Joaquim Ferreira celebrou a Virgem de Fátima Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

O núcleo regional de Los Valles del Tuy da Associação de Luso-Descendentes da Venezuela (ASOLUDEVEN) levou a cabo, no passado domingo, as festas em honra à Virgem de Fátima no Lar Padre Joaquim Ferreira de Los Anaucos, estado Miranda. O evento contou com o apoio do comerciante luso Carlos Marques e do grupo criado no fa-

cebook Filhos de Portugueses Nascidos na Venezuela. A celebração começou pelas duas da tarde com uma missa e uma procissão nas instalações do lar. Seguiu-se uma festa onde não faltaram comida e bebidas. A tarde contou a actuação do grupo Coral e grupo folclórico do Colégio Coromoto de Charallave, de Luisana Andrade e do grupo folclórico do Centro LusoVenezuelano de Los Valles del Tuy.!


venezuela

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

11

Votos presenciais e pela Internet

Asoludeven elege nova direcção a 5 de Junho

Tomada de posse da junta directiva acontece no final do mês, por altura do aniversário da associação Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A Associação de Luso-Descendentes da Venezuela (ASOLUDEVEN) levará a cabo as eleições da junta directiva nacional para o período 2011-2013 no próximo dia 5 de Junho. As urnas vão estar no Centro Marítimo de Venezuela, e há também a modalidade de voto online para aqueles que residem no interior do país. À hora do fecho desta edição, estava inscrita apenas uma lista, denominada

‘Unidos somos mais’, formada por Mário Miguel da Silva (presidente); Pedro Valente (vice-presidente); Maria Tomaz (secretária); Álvaro Aguiar (director de Finanças); Carlos Marques (director Regiões); Luisana Andrade (directora de Juventude); Dubraska Ollarves (directora TIC); Carla Vieira (directora de Relações Públicas); Greily Sousa (directora de Desportos); e Gustavo Gonçalves (director de Educação e Cultura). Em entrevista, Jany Augusto Moreira, fundador e presidente por cinco períodos consecutivos, defendeu que a nova direcção deverá continuar a fortalecer os núcleos regionais. “Actualmente temos oito núcleos formados e devemos chegar à meta de que cada estado ter a sua delegação”. No que diz respeito a projectos futu-

Dia da Madeira será celebrado durante três dias

Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A comissão criada para a celebração do Dia da Madeira na Venezuela está a organizar as habituais festas para assinalar a data, com um programa que este ano inclui três dias de eventos. As celebrações começam a 30 de Junho, pelas sete e meia da noite, com a inauguração da exposição ‘Entre águas de Portugal’, com obras da artista luso-venezuelana Paula Abreu Pita. A 1 de Julho, pelas sete da noite, missa

de acção de graças celebrada pelo cónego Alexandre Mendonça, na capela do Centro Português, e a festa anual a partir das oito e meia, no salão nobre, com um espectáculo do grupo de música tradicional madeirense Banda d’Além. No domingo, dia 3, pelas seis da tarde, o salão nobre acolhe um evento cultural denominado ‘Unidos ao júbilo pela comemoração dos 200 anos da independência da Venezuela’, no qual a Orquestra Sinfónica da Venezuela e a cantora Cecília Todd prometem encantar o público.!

A nova direcção deverá continuar a fortalecer os núcleos regionais

ros, Moreira explicou que se vão orientar para a formação de direcções da ASOLUDEVEN nos países Ibero-americanos, para que se cruze as fronteiras venezuelanas e expandir-se pelo conti-

FOto: ARQUIVO

nente. A tomada de posse da direcção está marcada para finais de Junho, no âmbito da celebração do seu aniversário. Para mais informações, visite o sítio http://www.lusodescendentes.org.ve/.! PUB


12 PERFIL

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

A indústria farmacêutica premiou o esforço e a constância desta luso-venezuelana

Noreles Mendonça, farmacêutica

O mérito deve ser reconhecido pelas empresas Silvia C Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

Noreles Mendonça Mendes nasceu em Caracas a 22 de Agosto de 1978. A sua família é de origem madeirense, a mãe do Funchal e o pai do Porto da Cruz (concelho de Machico). Conta que teve a oportunidade de visitar Portugal em três ocasiões, tanto no Inverno como no Verão, e gosta de ambas as temporadas. Esta jovem luso-descendente iniciou o curso de Farmácia na Universidade Central de Venezuela. Em 2002, saiu já licenciada, com especialização em Análise de Medicamentos. Posteriormente, fez uma pósgraduação também na UCV, juntando ao seu currículo uma especialização em marketing de empresas. Começou a trabalhar de imediato numa farmácia, para depois integrar a equipa de profissionais de um laboratório nacional. Mas também se manteve durante pouco

tempo, pois, passado menos de um ano, assinou um contrato para trabalhar na Sanofi–Synthélabo. Isto foi em 2004, e até à data, trabalha nesta empresa farmacêutica, que hoje em dia se chama Sanofi-Aventis. O cargo que Noreles sempre desempenhou no terceiro grupo farmacêutico mais importante do mundo e o primeiro da Europa é o de representante de vendas, o que se conhece comummente como delegado de propaganda médica. Actualmente, trabalha com linhas de produtos específicos para tratar deficiências respiratórias. “Nós oferecemos melhorias aos pacientes através dos nossos produtos. Também oferecemos aos médicos todos os dados necessários para recomendá-los, demonstrando-lhes, mediante resultados de estudos clínicos, a eficácia dos mesmos”.

Orgulho luso Recentemente, Noreles obteve um reconhecimento por

parte do laboratório no qual exerce funções. Este prémio é entregue aos melhores representantes de todas as linhas de comercialização, pelo rendimento obtido durante um ano. O referido mérito inclui conseguir os números mais altos das vendas, em participação e em representação dos produtos. “Desde que entrei na equipa de trabalho da Sanofi–Synthélabo, motivam-nos a trabalhar bastante. De facto, desde que soube deste prémio, interesseime por ele e propus-me ganhar (…) São poucas as companhias que fazem este tipo de reconhecimentos, muitas cumprem com o pagamento de um salário e já está. Recebê-lo é realmente reconfortante e lisonjeador.” De todos os representantes que foram reconhecidos pela Sanofi-Aventis no país, foi feita

uma segunda selecção para decidir quem iria a França receber o prémio das mãos do director mundial da empresa. A selecção foi feita entre 26 e 30 de Abril, e o reconhecimento compreendeu uma estatueta, um valor em dinheiro e um passeio por Paris. “Estivemos uma semana a conhecer e a conviver com membros da Sanofi-Aventis de todo o mundo”, disse. Noreles referiu ainda que uma das experiências mais agradáveis da viagem para receber o prémio foi o facto de conviver com pessoas do mesmo sector laboral mas de outras regiões do mundo. “Uma mais-valia de pertencer à comunidade lusa foi dominar a língua portuguesa, já que o presidente da Sanofi-Aventis na América Latina é do Brasil. Logo que cheguei, reconheceu

o meu apelido e pudemos conversar. Surpreendeu-me que soubesse da grande quantidade de portugueses que vive na Venezuela e que ajudaram o país a seguir em frente. Fiquei muito orgulhosa que ele tivesse essa visão.” Noreles gostaria de continuar a trabalhar na indústria farmacêutica, já que considera que ainda há muito por onde desenvolver a sua carreira. “Gosto muito do meu trabalho como representante de vendas, mas gostava de conhecer mais a parte do marketing (…). Essas coisas não nos são ensinadas no curso de Farmácia. Quero aprender mais sobre gestão de produtos, posicionamento de marcas, etc. E adoraria que fosse na Sanofi, porque é uma empresa grande, que sabe fazer as coisas bem”.!

ENCONTRE O CORREIO DA VENEZUELA ATRAVÉS DOS SEGUINTES CONTACTOS Victor Vieira

Centro Portugués de Guayana

Trinidad Macedo José E. De Abreu

Casa Portuguesa de Maracay

Antonio Dos Santos

Programa radial "Así es Portugal"

(0286) 962.6802 / (0414) 8776547

Puerto Ordaz - Edo. Bolívar

(0251) 262.8768

Barquisimeto - Edo. Lara

(0414) 345.6709

Maracay - Edo. Aragua

(0261) 755.7018

Maracaibo - Edo. Zulia

Carlos Balaguera

(0414) 341.2422

Valencia - Edo. Carabobo

Sandra Rodríguez

(0412) 434.5017 / (0412) 756.5448

La Victoria - Edo. Aragua

322.4246

Los Teques - Edo. Miranda

Jorge Ruíz Gabriel Ferreira

Programa radial "Mocedades Portuguesas"

(0414) 244.5611

Los Teques - Edo. Miranda

Joao Nolasco

Consulado de Portugal en Margarita

(0414) 794.8239

Margarita - Edo. Nueva Esparta

Carlos Marques

(0274) 271.6658

Mérida - Edo. Mérida

Fernando David Urbina

(0414) 293.8170

Higuerote - Edo. Miranda

Restaurant El Fogón

(0261) 743.2142

Prolongación Maracaibo

Emisora @lfa 100.9 FM

Programa Gente de Portugal y Venezuela

Valles del Tuy


portugal

02 a 08 de junho DE 2011 • correio de venezuela

13

economia|foram homenageados

Empresários aproveitam a crise para investir

Nóbrega amplia Negócios na Madeira, Anacleto Teixeira entra no mercado cubano Patrícia Gaspar DN-MADEIRA

“Nos momentos de crise é quando os empresários devem aproveitar”. A máxima de Anacleto Teixeira é corroborada por António Nóbrega. Ambos os empresários estão a aproveitar a conjuntura para ampliar os respectivos negócios e ambos foram homenageados, a 23 de Maio último, nas comemorações do ‘Dia do Empresário’, organizadas pela Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF), desde 2001. Anacleto Teixeira emigrou para a Venezuela aos seis anos. Formou-se em gastronomia judaica ortodoxa. Esteve em Israel durante alguns meses para se especializar na área. Hoje é o maior empresário da Venezue-

la no segmento de ‘gourmet’ e prepara-se para entrar, este ano, no mercado cubano. “Receber esta homenagem da ACIF é, para mim, um grande orgulho”, afirmou, o empresário que dedicou a distinção aos pais. Depois de formado, Anacleto Teixeira viu nos 50 mil judeus radicados na Venezuela uma oportunidade de negócio. Evoluiu no sector do ‘gourmet’ e hoje é reconhecido por toda a comunidade, com a marca ‘Rey David’. Actualmente, o Consórcio ‘Rey David’ é constituído principalmente pelos capitais sociais subscritos e pagos pelos activos fixos de cada uma das suas filiais - 12 empresas nacionais e 5 internacionais, tanto na Venezuela como na União Europeia e Estados Unidos -, tendo o seu capital alcançado em 2006 a quantia de 120 milhões de dólares e os seus rendimentos brutos rondando a ordem dos 30 milhões de dólares. Em tempo de crise, Teixeira

Anacleto Teixeira ladeado pelos presidentes do Governo Regional e da ACIF.

apela aos portugueses para que invistam na Madeira e lembra que o País já passou por conjunturas piores. Homenageado foi também António Nóbrega. O empresário prepara-se para avançar com a construção de um interposto na freguesia do Caniço um investimento da ordem dos 7.500 milhões de euros - e tem em curso as obras de remodelação do hotel Oasis, no valor de 10 milhões de euros. Nóbrega é co-proprietário do grupo ‘Fourviews’, accionista e administrador do grupo ‘Oásis Atlântico SGPS’ e dono das empresas ‘António N. Nóbrega, S.A.’, ‘António N. Nóbrega II - Indústria e Comér-

cio Alimentar, S.A.’ e ‘Madeira Cash - Comércio de Produtos Alimentares e Flores da Madeira, S.A’. A cerimónia do ‘Dia do Empresário’ decorreu no Centro de Congressos da Madeira sob o

tema ‘A Inovação Empresarial’. No evento participaram Daniel Bessa, director-geral da COTEC, João Cruz, director manager da Exictos e Vítor Pereira, director-geral de Marketing do Barclays Bank Portugal.! PUB


14 portugal

correio de venezuela • 02 a 08 de junho DE 2011

A’troika’ vai transferir, até final de Junho, mil milhões de euros para uma conta específica do Banco de Portugal, valor que ficará imediatamente disponível para ser usado pelos bancos com vista à sua capitalização, de acordo o FMI.

bREVES

Cópia do cartão de eleitor no telemóvel Cerca de dez mil portugueses aderiram a uma solução tecnológica que permitirá já nas próximas eleições de 5 de Junho aceder a uma réplica do cartão do eleitor no seu telemóvel, através de uma aplicação descarregada no aparelho. A solução é “simple e gratuita” e foi concebida pela empresa Cardmobili para dar resposta aos “problemas levantados pela extinção do cartão de eleitor” nas últimas eleições.

Vendas de veículos desceram 23,9% As vendas de automóveis ligeiros novos desceram 23,9% nos primeiros cinco meses do ano, face ao período homólogo, afirmou à Lusa a associação de comerciantes, que admite que o sector vive “momentos de grande dificuldade”. A crise económica está a reflectir-se também nas oficinas automóveis, segundo Jorge Nunes da Silva, da Associação Nacional das Empresas do Comércio e Reparação Automóvel (Anecra).

Vendas de materiais caem quase 50%

As vendas no sector dos materiais de construção registaram uma queda de quase 50% no primeiro trimestre de 2011, relativamente ao mesmo período de 2010, segundo a Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC). De acordo com os dados fornecidos à agência Lusa pela APCMC, neste sector o volume de vendas em 2011 caiu 48,8% relativamente ao primeiro trimestre de 2010.

ECONOMÍA|Ajuda Externa

Portugal está de mão estendida para a UE Economista Jorge Landeiro de Vaz alerta que este modelo actual “não tem futuro” CORREIO/LUSA

Portugal tem um “relacionamento de mão estendida” com a União Europeia (UE), quando o que precisa é de “investimentos reprodutivos”, critica o economista Jorge Landeiro de Vaz, alertando que este modelo “não tem futuro”. Este professor do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) afirma, em declarações à Agência Lusa, que “o relacionamento de Portugal com a UE é de mão estendida”, quando eram necessários “investimentos reprodutivos”. Como exemplifica: “Nós importamos centeio da Alemanha. Inacreditável! Fechamos as fábricas de açúcar de beterraba de sacarina e somos subsidiados pela UE para fechar essas fábricas”. Landeiro de Vaz acentua que, apesar de este ser “um modelo sem futuro”, não há “ninguém a falar sequer das alterações do modelo ou do relacionamento de Portugal com a UE”. Referindo-se ao resgate da ‘troika’ (Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia), alerta ainda que “é obvio que - num programa de médio prazo como este que apenas prevê baixar rendimentos e preços - daqui a muitos poucos anos” Portugal vai estar “novamente a bater à porta [da Europa]”. Landeiro de Vaz acredita

Landeiro de Vaz acredita mesmo que, “daqui a um ano”, Portugal vai “estar na situação da Grécia.

mesmo que, “daqui a um ano”, Portugal vai “estar na situação da Grécia e isto conduz a uma reestruturação da dívida, a um rescalonamento e a uma situação de eventual saída do próprio euro”. Para o economista, “não há nenhuma inevitabilidade no caminho das coisas”. Mas mostra-se “pessimista” por não detectar mudanças neste sentido no discurso político. O economista lançou, quarta-feira, 1 Junho, no ISEG, o livro “A Insustentável Leveza do Euro”, uma compilação de artigos de opinião que escreveu entre 30 de outubro de 1998 e 07 de abril de 2011, dia em que Portugal formalizou o pedido de resgate da dívida à Europa.!

Foto: dn

Limites apartados na dívida A dívida pública portuguesa não pode exceder os 175,9 mil milhões de euros a partir do final de junho até dezembro, limite que aumenta para 189,4 mil milhões durante todo o ano de 2012. De acordo com o conjunto de documentos publicados esta semana pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), acordados também com Bruxelas, o limite de 175,9 mil milhões de euros terá de ser cumprido durante as três revisões do cumprimento do programa que a ‘troika’ irá realizar em Portugal este ano. Em 2012, a troika continuará a fazer revisões trimes-

trais ao cumprimento dos objectivos do programa e nas quatro revisões que fizer Portugal não poderá exceder um máximo de 189,4 mil milhões de euros de ‘stock’ de dívida pública. No próximo ano, Portugal terá um limite máximo de 1,7 mil milhões de euros de défice que pode atingir até final de março, 3,8 mil milhões de euros no final de junho, 5,9 mil milhões de euros no final de setembro e 7,6 mil milhões de euros no final do ano, igual valor ao estipulado em contabilidade nacional.


portugal

02 a 08 de junho DE 2011 • correio de venezuela

15

O Observatório da Justiça entregou em 2010 um relatório ao Governo que recomendava a “urgente execução” de um Plano de Prevenção da Delinquência Juvenil, para pôr a funcionar um sistema que “falha” aos primeiros sinais de pré-delinquência.

Sindicato admite suspender greve na TAP se empresa quiser negociar

SOCIEDADE|Segurança Social

185 milhões de euros recuperados em cobranças de dívidas

Governo reforçou medidas para combate à fraude e evasão contributiva

Registada taxa de crescimento de cerca de 12% face ao período homólogo CORREIO/LUSA

A Segurança Social recuperou até maio 185 milhões de euros na sequência de acções de cobrança de dívidas, registando uma taxa de crescimento de cerca de 12% face ao período homólogo, segundo dados oficiais. De acordo com o Ministério do Trabalho e da Segurança Social, a cobrança coerciva contribuiu para o crescimento

da receita, fruto das medidas introduzidas no início do ano no âmbito do combate à fraude e evasão contributiva. No âmbito das receitas, o ministério destaca ainda o crescimento verificado ao nível das contribuições nos primeiros cinco meses do ano, com especial relevância para a taxa de crescimento verificada durante o mês de maio. As receitas da Segurança Social em contribuições e quotizações registaram um crescimento homólogo face ao mês de maio de 2010 de cerca de 4,3%. Em declarações à Lusa, o

CORREIO/LUSA

O Sindicato Nacional de Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) admitiu suspender os 10 dias de greve marcados para Junho e Julho caso a TAP queira negociar a redução de um tripulante por voo. “Nós continuamos disponíveis para negociar, mas foi a TAP que abandonou as negociações sem responder à nossa proposta, por isso terá de ser ela a contactar-nos para retornarmos o processo negocial”, disse em conferência de imprensa o presidente do sindicato Luís Parente. O SNPVAC anunciou esta

Foto: dn

presidente do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, José Gaspar, explicou que este resultado “revela-se ainda mais importante tendo em conta a conjuntura difícil”, contribuindo assim “para as contas públicas e para a estabilidade da Segurança Social”. Este bom desempenho, segundo o ministério, revela que as entidades empregadoras continuam a cumprir as suas obrigações contributivas perante a Segurança Social, e por outro lado, uma maior eficiência no processo de cobrança de dívidas à Segurança Social.!

madrugada uma greve de 10 dias, cinco em junho e outros cinco em julho. Em declarações à Agência Lusa, Ricardo Andrade, da direção do SNPVAC, disse, após a assembleia-geral do sindicato, protestos para os dias 18, 19, 20, 25 e 26 de junho e nos dias 1, 8, 15, 22 e 29 de julho. Esta tarde, o presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, afirmou que a companhia aérea não tem condições financeiras para suportar a greve de 10 dias dos tripulantes de cabine anunciada na terça-feira. “Nenhuma empresa área tem condições para aguentar 10 dias de greve”, disse.!

IC assume presidência de rede dos institutos nacionais de cultura CORREIO/LUSA

O Instituto Camões (IC) vai presidir à rede dos institutos nacionais de cultura da União Europeia (EUNIC) no período 2011/2012, anuncia um comunicado da instituição. A presidente do IC, Ana Paula Laborinho, será indicada para presidir à EUNIC na próxima reunião de dirigentes da rede, que vai decorrer em Lisboa nos dias 8 e 9 de junho. A EUNIC foi fundada em 2006 e congrega actualmente 29 insti-

tutos nacionais de cultura de 25 países da União Europeia. O objectivo principal da EUNIC (http://www.eunic-online.eu) é promover a cooperação cultural, através de parcerias entre os sectores cultural, educativo e da juventude. Os membros da EUNIC agrupam-se em núcleos através do mundo, realizando localmente projectos culturais conjuntos. A EUNIC tem actualmente cerca de 60 núcleos: 30 na Europa, sete nas Américas, dez na Ásia e Oceânia e cinco em África.!


16 publireportagem

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

Mercado Quinhentista Uma Viagem pela História

6ª edição está subordinada ao tema 'O Açúcar e o Brasil'

O

'Mercado Quinhentista volta a Machico entre 3 e 4 de Junho para a sua 6ª edição, a qual estará subordinada ao tema 'O Açúcar e o Brasil'. Este iniciativa que está Integrada no programa do 'Município da Cultura Machico 2011', é promovida pela Câmara Municipal e pela Escola Secundária de Machico e levada a cabo pela empresa Vivarte. O presidente do Município, Emanuel Gomes, considera que o 'Mercado Quinhentista' é a segunda actividade mais importante do Concelho em termos de dimensão cultural: "É de facto uma actividade com grande aceitação, quer pela escola e comunidade educativa (...) mas está já também a criar raízes no comércio local, nas pessoas, nos visitantes. Está-se a tornar um cartaz bastante interessante". Caso esteja a pensar em visitar o nosso concelho, consulte o programa de actividades que apresentamos nesta página. Lançamento do livro A Câmara Municipal de Machico lançou, no dia 24 de Maio, no Forte de Nossa Senhora do Amparo, o Livro “Mercado Quinhentista. Uma Viagem pela História”. O lançamento contou com a presença do Presidente da Edilidade machiquense, Emanuel Gomes, José Maria Dias, Director da Escola EBS de Machico e Ricardo Caldeira, Comissão organizadora do Mercado Quinhentista. Esta publicação, a oitava da colecção “Patrimónios”, editada pela Câmara Municipal, conta com textos de várias figuras da Comissão organizadora do Mercado Quinhentista, que terá este ano, a sua 6 ª edição. Os textos, realizados maioritariamente por professores da Escola EBS de Machico, abordam a importância do evento e o crescimento que este vem adquirindo no Concelho. Este livro teve a participação activa da Escola EBS de Machico, organizadora e impulsionadora do Mercado Quinhentista no Concelho. A colecção “Patrimónios” visa deixar uma memória Futura sobre o património cultural, institucional e social de Machico.

PROGRAMA MERCADO QUINHENTISTA 2011 3 de Junho “O Ciclo do Açúcar” 16h00 Abertura oficial e leitura do auto do Mercado (visita às tendas do mercado das entidades oficiais) 16h30 Animação (Grupo de Música, Grupos de Dança, Saltimbancos, Jogos...) 17h30 Torneio Apeado 18h00 Animação (Grupo de Música, Grupos de Dança, Saltimbancos, Gaitúlia com Fakir, etc.) 19h30 Auto do Senhor do Engenho e dos Pães de Açucar 21h00 Cortejo contra as pragas da cana-de-açúcar (do Largo dos Milagres até ao Forte de N. Srª do Amparo) 22h00 Salvas e Folguedos em honra de Diogo Teixeira, 4º capitão-donatário de Machico 24h00 Encerramento do Mercado

4 de Junho “A Vinda do Brasil” 16h00 Reabertura do Mercado e leitura do Auto do Mercado 16h30 Chegada de Terras de Vera Cruz – Nau de Santa Maria 17h30 Cortejo das gentes e doutros achados em terras de além-mar (Cais de S. Roque, R. Ribeirinho, R. Árvore, Forte N. Srª do Amparo) 18h00 Auto dos Feitos nas Índias Ocidentais e Amostra/Conversão de Ameríndios Cativos 18h30 Animação (Música, Dança, Saltimbancos, Jogos…) 19h00 Missa em Latim (Igreja Matriz de Machico) 20h30 Manjar dos Bandeirantes (Forte N. Srª do Amparo) 22h30 Ritos e Feitiços de Além-mar 24h00 Encerramento do Mercado


02 a 08 de junho DE 2011 • correio de venezuela

publireportagem

17

O Património Cultural Imaterial e Material de Machico

A

Sala de Cinema do Fórum Machico recebeu o IV Colóquio "O Património Cultural Imaterial e Material de Machico", no passado 28 de Maio. Este ciclo de conferências, muito concorridas, tiveram como tema principal o Açúcar. A organização deste colóquio esteve a cargo da Câmara Municipal de Machico e da Escola Básica e Secundária de Machico (Comissão Organizadora do Mercado Quinhentista). A sessão de abertura contou com a Presença do Presidente da Câmara Municipal de Machico, Emanuel Gomes, Élvio Sousa, do Gabinete de Arqueologia da Edilidade machiquense e Ricardo Caldeira, da Comissão organizadora do Mercado Quinhentista. Entre os convidados, o destaque vai para Jorge Freitas Branco, Professor do ISCTEIUL, Instituto Universitário de Lisboa, que na conferência de abertura deste IV

Colóquio falou sobre a “Cana doce: Açúcar e ressignificações madeirenses”. A parte da Manhã continuou com o açúcar como tema principal, com a comunicação “O Açúcar na História de Machico, da responsabilidade de Filipe Santos, Técnico Superior da Secretaria Regional de Educação E Cultura. Hugo Vieira, investigador na área do Património Cultural, abordou as “Memórias do Açúcar em Machico”. A tarde, foram apresentadas duas comunicações: “A conserva de Casquinha no século XVI”, da Responsabilidade de Isabel Gouveia, Presidente da Archais e “As recolhas de António Aragão: Etnografia relacionada com o Açúcar” que teve como oradora Alexandra Nepomuceno. Este IV Colóquio terminou com uma visita guiada à Companhia dos engenhos do Norte, Lda, no Porto da Cruz. Visita esta conduzida pelo Engenheiro Luís Clode.

Moda Machico regressa entre 17 e 18 de Junho

No âmbito do Município da Cultura, a autarquia de Machico em colaboração com a agência 4Affection organiza o evento Moda Machico, nos dias 17 e 18 de Junho, no Fórum Machico, iniciativa que contará com a participação de manequins regionais e nacionais. O intuito deste evento é proporcionar ao comércio de pronto a vestir local uma forma de dinamizar as suas marcas e respectivos espaços, assim como, dinamizar um concurso para Jovens Criadores, na área do design de moda. Para abrilhantarmos o mesmo evento, fecharmos ambos os

dias, com desfiles de criadores regionais conceituados. A passagem contará com a presença de manequins regionais que serão seleccionadas num casting, a agendar em Junho, e com a participação de manequins nacionais. Ainda no quadro de realização do Moda Machico, haverá um casting para a selecção dos manequins no dia 13 de Junho, no Fórum Machico, entre as 18h e as 20h30m, aberto a todos os interessados, com idades compreendidas entre os 16 e os 28 anos.


18cultura breves culturais

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

gastronomia| Festival luso-venezuelano

› Restaurante CarniVino, Wine & Grill, organiza Festa da Espetada

Aniversário musical em Valência

Os membros da Estudantina do Centro Social Madeirense de Valência vão celebrar, no próximo 23 de Junho, mais um ano de existência com uma actuação especial no Salão Campestre do clube, a partir das 7h00 da noite.

‘Festival Ni Tan Nuevas Bandas’ A segunda edição do ‘Festival Ni Tan Nuevas Bandas’ realiza-se a 9 de Junho. Esta iniciativa musical reúne 10 bandas ente elas Viniloversus, que é liderada pelo luso-descendente Rodrigo Gonçalves, Los Pixel, entre outras. O evento será realizado no estacionamento do centro Comercial Ciudad Tamanaco. Entradas à venda em www.tuticket.com.

El Conde regressa ao Centro Português El Conde del Guácharo, Amilcar Ribero e o ‘Portu’ de la Rochela, vão estar juntos no cenário do Salão Nobre do Centro Português, em Caracas, no próximo 16 de Julho. O espectáculo produzido por “Portugal Ao Vivo”. Para reservar a sua entrada, pode comunicar através do endereço portugalaovivo@ hotmail.

Dudamel em digressão sul-americana A Sinfónica da Juventude Venezuelana Simón Bolívar vai realizar, a partir de 15 de Junho, uma digressão pela América do Sul para comemorar o bicentenário da independência da América Latina. Sob a batuta do maestro Gustavo Dudamel, a orquestra actuará em Salvador de Baía, São Paulo, Santiago de Chile, entre outras.

Os comensais podem desfrutar, até 12 de Junho, do típico manjar

Silvia Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

O restaurante CarniVino, Wine & Grill, em Las Mercedes, organiza a Festa da Espetada, uma iniciativa que teve início a 26 de Maio e que decorre até 12 de Junho. Passados cinco meses sobre a inauguração do restaurante, os proprietários decidiram fortalecer a presença do nome no competitivo mercado dos restaurantes de carnes, enfatizando a tendência para a gastronomia portuguesa. Desenvolvendo projectos como este, o CarniVino aponta para uma permanência no tempo, projectando-se como um lugar de qualidade e de inovações culinárias. Carmen Alicia Sanabria, assessora gastronómica e gerente do restaurante, referiu que seleccionaram a espetada como eixo fundamental do festival por ser uma das principais colunas vertebrais do menu. “Nesta oportunidade vamos

Os comensais podem desfrutar de diversos pratos típicos da cultura portuguesa, com alguns toques venezuelanos

percorrer os diferentes tipos de espetadas. Tanto na sua apresentação como na sua técnica de cozinha, são fiéis à forma tradicional, mas decidimos inovar no que diz respeito à variedade de carnes (…), temos coisas novas”, assegurou. Por seu turno, o director do restaurante, David Neves, mostrou-se entusiasmado por oferecer ao público uma alternativa que funde, uma vez mais, a tradição portuguesa com a venezuelana. “Misturamos pratos típicos lusos com ‘arepitas’ e

queijo de mesa (…). Sentimos uma grande alegria por contribuir com mais um grão de areia para a união da nossa cultura com a da Venezuela”. A proposta gastronómica deste festival tem ainda uma ligação com vinhos de diferentes colheitas, que permitirão satisfazer todos os paladares. A oferta de licores portugueses e chilenos acompanhará os 17 tipos de espetadas disponíveis ao longo do festival. Mas esta iniciativa não é apenas gastronómica: Os pro-

prietários também investiram no entretenimento da sua clientela, pois nas noites de quinta, sexta e sábado, há música ao vivo. Para preparar os pratos de forma mais fiel à tradicional, o CarniVino, Wine & Grill, conta com a experiência de um chefe treinado em gastronomia espanhola e portuguesa, Mizael Escalante, para além da assessoria permanente de Francisco Aguiar, chefe do restaurante O Navegante, do Centro Português, em Caracas.!

Fundação Plaza’s apoia Aldeias Infantis Num evento que pretende fundir um inesquecível jantar de beneficência com um excelente espectáculo de humor Nathalie Mendonça Mendes nmendonca@correiodevenzuela.com

A Fundação Plaza’s, da reconhecida cadeia Automercados Plaza’s, organiza um jantar de beneficência para apoiar o trabalho das Aldeias Infantis SOS Venezuela, no próximo

dia 16, pelas 7 da noite. O evento vai ter lugar no salão Gales do Centro Comercial Ciudad Tamanaco. Neste serão, que se prevê agradável, os assistentes poderão desfrutar da melhor gastronomia preparada pelo chefe internacional Víctor Moreno, acompanhada de uma distinta selecção de vinhos. A diversão chegará pela mão do humorista Laureano Márquez, com um espectáculo de humor. Para além disso, haverá arte para apreciar, rifas para sortear e muitas mais surpresas.

Segundo os organizadores, esta combinação tão peculiar tem por fim alegrar a alma, agradar o paladar de todos os participantes e oferecer milhões de sorrisos a todos os meninos e meninas das famílias que vivem nas Aldeias Infantis SOS Venezuela. O custo da entrada para o jantar e para apoiar esta causa nobre é de 1000 Bs. por pessoa. As entradas podem ser adquiridas através da realização de um depósito bancário ou transferência em nome da ‘Fundación Plaza’s Alimen-

tando Conciencia’, na conta corrente n.º 0138-0023-53023001-2710, do Banco Plaza. Depois envie o comprovativo com os seus dados (nome completo, nº de cédula e n.º de telefone) para o 944.54.39 ou para o endereço electrónico atencionalcliente@elplazas. com. Para mais informações pode ligar para os telefones (0212) 903.14.46 / 903.14.71 / 903.15.93. O valor arrecadado destina-se a financiar o trabalho realizado pelas Aldeias Infantis SOS Venezuela.!


cultura

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

TEATRO| organizado pelo Centro Ítalo Venezuelano

LusoScena actua no Festival Inter-clubes O grupo, do Centro Português, vai apresentar a peça ‘La Visita del Obispo’ Nathalie Mendonça Mendes nmendonca@correiodevenezuela.com

Os centros voltam a engalanar-se para apresentação das suas peças de teatro no XIX Festival de Teatro Inter-clubes, que este ano é organizado pelo Centro Ítalo Venezuelano de Caracas e que decorre entre 10 e 25 de Junho. O grupo LusoScena, do Centro Português em Caracas, estará sobre os palcos nos dias 15, 16 e 17, pelas oito da noite, no salão nobre do referido clube, com a peça ‘La visita do obispo’ (‘A visita do bispo’). A responsável do grupo, Natália de Abreu, explicou que apesar destas três actuações consecutivas, a exposição crucial será a 17 de Junho, quando o júri avaliar os 13 actores que estarão em cima do palco a apresentar a obra escrita e dirigida por Gerardo Blanco. O grupo LusoScena cumpre 25 anos de existência e participou em todos os festivais de teatro inter-clubes que foram organizados, conseguindo o prémio máximo uma vez, o que lhes valeu a organização do festival no ano seguinte. Para além disso, foi vencedor de vários prémios, como o de melhor ac-

triz, melhor actor, melhor vestuário, entre outros. A abertura do Festival está marcada para 10 de Junho, às 8:30 pm, e está por conta do grupo Maschere, do Centro Ítalo Venezuelano de Caracas, por ter obtido o primeiro lugar em 2010, com a peça ‘Así es, se os parece’ (‘Assim é, se o parece’), de Luigi Pirandello. Este ano o grupo apresenta ‘La Posadera’, de Carlo Goldoni: Um espectáculo baseado na Valência antiga, sob a direcção e adaptação de Giovanni Reali.

Sobre a edição 2011 A 25 de Junho, dia do encerramento, todos os grupos participantes vão estar no Centro Ítalo Venezuelano de Caracas, para a entrega de prémios. Os bilhetes para o Festival podem ser adquiridos naquele centro, bem como em cada clube participante no mesmo dia da apresentação, e terão um custo de Bs. 50 por pessoa, com estacionamento gratuito em cada centro, pois trata-se de um modelo de Festival Itinerante, ou seja, cada grupo apresenta-se no seu próprio centro. Este é o único festival que actualmente é organizado na cidade e sempre contou com profissionais reconhecidos no meio teatral como membros do júri. Entre eles podemos mencionar Javier Vidal, América Alonso, Carlos Omobono, Rosario Prieto, Solveig Hooges-

Andrea Guilarte Rincón aguilarte@correiodevenezuela.com

Os amantes do cinema terão a oportunidade de desfrutar das melhores produções cinematográficas de Portugal durante a celebração da II Mostra de Cinema Português Con-

temporâneo, que será inaugurada a 3 de Junho, pelas 5h00 da tarde, e que se estende a até 11 do mesmo mês, no Centro de Estudos Latino-americanos Rómulo Gallegos (CELARG). A obra de Manoel de Oliveira, “O estranho caso de Angélica”, é o filme que inaugura a mostra. Trata-se de uma produção que surpreendeu o mundo da sétima arte, e até porque foi produzida por um realizador que contava com 102 anos de vida (celebra em Dezembro

breves culturais Noite de fados no Centro Marítimo

No próximo 11 de Junho, o grupo Estrelas Lusitanas vai oferecer uma noite de Noite de Fados no Centro Marítimo da Venezuela, para comemorar o Dia de Portugal. As pessoas interessadas em reservar uma mesa para assistir ao espectáculo deverão contactar o centro através dos telefones: 244.1937 ou 2441437.

Mostra fotográfica em Macaracuay A exposição “Saudades da Madeira”, uma mostra da obra fotográfica de Joaquim Pereira, será inaugurada no próximo 8 de Julho. Esta iniciativa terá lugar no Cantinho da Cultura, do Centro Português, em Caracas, no âmbito das celebrações do Dia da Madeira.

FIA tomará cidade de Caracas Os centros voltam a engalanar-se para apresentação das suas peças de teatro

teijn, Douglas Palumbo, entre outros. Na sua edição XIX, o festival leva o nome da pioneira nas actividades culturais do Centro

Italiano Venezuelano, Marcella Mosca; para além disso, contará com a participação de 200 actores e 100 pessoas a apoiar na parte técnica.!

II Mostra de cinema luso contemporâneo Embaixada garante continuidade a iniciativa criada pelo consulado

19

103). “O estranho caso de Angélica” estreou nas salas de cinema portuguesas em finais de Abril de 2011, depois de ter sido integrado na selecção oficial dos Festivais de Cinema de Cannes, Toronto e Nova Iorque York, em 2010. A mostra cinematográfica é uma iniciativa da Embaixada de Portugal em Caracas, entidade que seguiu os passos do Consulado Geral de Portugal na capital, que lançou a

I Mostra no ano passado. Este ano, a Embaixada trabalha em conjunto com a Fundação Cinemateca Nacional, com o apoio do Instituto Camões, do Instituto do Cinema e do Audiovisual de Portugal e o Instituto Português de Cultura. A II Mostra de Cinema Português Contemporâneo também incluirá as produções de João César Monteiro, António Pedro Vasconcelos, Luís Galvão Teles, João Canijo e António Ferreira.!

A Feira Ibero-americana de Arte (FIA) 2011 cumpre 20 anos e, para assinalar a data vai tomar espaços públicos da capital venezuelana com intervenções a partir do próximo 15 de Junho. O evento contará com 33 expositores provenientes da Colômbia, Argentina, México, Panamá e Venezuela. A FIA só contará com expositores do continente americano.

‘Festival Sonamos Latinoamérica’ Decorre, entre 1 e 12 de Junho, nos espaços do Teatro Teresa Carreño e da Universidade Nacional Experimental das Artes, o ‘Festival Sonamos Latinoamérica’, que contará com a participação de artistas da Argentina, Colômbia e Venezuela. A entrada para os concertos e demais actividades do festival é totalmente gratuita.


20 cultura breves culturais

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

teatro|Victor Hugo Gomes, actor

› “Os homens têm que

Festival de Coimbra com 40 eventos subordinados ao tema “Paixões”

Cerca de 40 eventos integram o programa do Festival das Artes de Coimbra, que compreende a 15 de julho um espectáculo da soprano Iréne Theorin acompanhada pela Orquestra Gulbenkian, dirigida por Joana Carneiro. Organizado pela Fundação Inês de Castro, o festival decorre entre 14 e 31 de julho e integra eventos divididos pelos ciclos da música, cinema, artes e conferências.

Cristina Branco canta em Moscovo, Vilnius e Andorra A cantora Cristina Branco apresenta o novo álbum, “Não Há só Tangos em Paris”, cuja edição internacional se intitula “Fado/ Tango”, no próximo domingo em Moscovo, seguindo para Vilnius e Andorra, anunciou a produtora. A intérprete canta domingo na Casa da Música, em Moscovo, espaço que já acolheu outras cantoras nacionais.

Festim com 20 concertos de música do mundo até final de julho A terceira edição do Festim – Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo arranca sexta-feira, 3 de Junho, em Ovar e, até 22 de Julho, apresenta oito grupos de vários países num total de 20 concertos. O evento é uma iniciativa da associação D’Orfeu e, para Luís Fernandes, director do festival, um dos maiores desafios que se lhe coloca é garantir uma programação equilibrada entre os concelhos de Águeda, Albergaria-a-velha, Estarreja, Ovar e Sever do Voga.

ceder um pouco e...” O jovem lusodescendente lança-se no teatro para adultos, interpretando ‘Bernabé’ Acela Santamaría Carla Salcedo Leal

Desde há alguma semanas que se apresenta, na Sala de Teatro do Luisela Díaz, a obra de Maria Gabriela González, ‘Apartamento de solteiro’, na qual o luso-descendente Victor Hugo Gomes interpreta um personagem que rouba sorrisos à assistência, afastando-se dos papéis aos quais acostumou o público. Nesta nova faceta, o actor de teatro infantil desdobra-se para transformar-se em ‘Bernabé’, um solteiro pouco convencional que guarda como tesouro mais apreciado um segredo que o público a pouco e pouco irá descobrindo na obra. A obra sobe aos palcos de quinta a sábado às 10 da noite, em San Román. ‘Apartamento de solteiro’ é uma obra para adultos. Como tem sido a experiência, já que antes trabalhava no teatro infantil?

Tem sido diferente, definitivamente. Há anos que faço teatro infantil com José Manuel Ascensão e o grupo Colobri, fiz trabalhos em televisão, mas não é o mesmo. O teatro tem uma magia, uma interpretação totalmente diferente. Estou muito contente, estou a divertir-me muito com uma personagem super original e divertido. Também é escritor. Como desenha os personagens que interpreta?

Com ‘Bernabé’, fico muito satisfeito, gosto muito que não seja o papel mais convencional de todos, ele é o mais jovem do elenco, tem cerca de 25 anos e vive uma situação difícil para um homem da sua idade nesta época. Vou criando no momento e o meu personagem vai evoluindo durante os ensaios. O que é maravilhoso no teatro é que nenhuma sessão é igual à outra, e é disso que trato de desfrutar. O que é que o público de ‘Apartamento de solteiro’ vai encontrar?

A história tem muitas cores, musica, dança, comédia, drama, diversos tons e os personagens bem caracterizados, cada um totalmente diferente.

É uma obra para desfrutar em casal. Como definiria a situação de solidão de ‘Bernabé’?

Quando se aponta o dedo a alguém, há outros quatro dedos que se apontam a nós. Os homens têm que ceder um pouco e perguntar às mulheres o que é que querem, do que gostam, o que precisam, onde querem que as levemos, como querem desfrutar dessa convivência em casal, que nunca é fácil, mas que pode ser muito mais simples se ouvirmos a outra pessoa. Quais são os seus novos projectos?

Há dois projectos infantis para este ano com o grupo Colibrí e várias surpresas na televisão como actor, uma série juvenil e um programa infantil.!

Aileen Celeste é uma “solteira indisponível” Um grupo de amigas deleitam a audiência com as mais inesperadas situações Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

As noites das quartas e quintas-feiras no Teatro Premium de Los Naranjos enchem-se de belezas indomáveis com a presença das actrizes Ivette Domínguez, Odalis Rengifo, Susej Vera, Paula Bevilacqua e a lusodescendente Aileen Celeste. O grupo arrasador leva ao públi-

co a sua mais recente peça teatral “Solteiras Indisponíveis”. Trata-se de uma obra em que um grupo de amigas, todas

bem sucedidas nas suas carreiras, com características de personalidades muito particulares, reúnem num apartamento para

conseguir namorado para uma delas, que está solteira desde há um ano, na sequência de um divórcio traumático que a levou a desistir de querer apaixonar-se de novo. Sob a direcção de Carlos José León, este grupo de mulheres vai despindo a alma por entre situações hilariantes e delirantes, que se desenvolvem até chegar a um final que surpreenderá as próprios e estranhos. As entradas estão à venda nas bilheteiras do teatro. As funções realizam-se às 9h45 pm.!


cultura

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

21

radio|Portugal a partir do Estado Bolívar

‘Vive Portugal’: Um espaço dedicado à nossa cultura Ciudad Bolívar volta a contar com um programa radiofónico exclusivo para a comunidade portuguesa

Nathalie Mendonça Mendes nmendonca@correiodevenzuela.com

O estado Bolívar conta novamente com um programa radiofónico dedicado à comunidade portuguesa; trata-se do ‘Vive Portugal’, transmitido às segundas-feiras entre as 5 e as 6 da tarde, pela Orinokia 105.1 FM. A iniciativa surgiu no meio de um grupo de amigos que, ao verem que não existiam programas dedicados à comunidade lusitana, decidiram reunir-se e montaram a estrutura que desejavam que o programa tivesse. O projecto foi aprovado numa emissora da região, mas

por questões de orçamento não puderam continuar. Apresentaram-no então à emissora Orinokia 105.1 FM, e o projecto já se tornou um êxito. A condução do programa está a cargo de António Rodrígues e Lisando Aray, enquanto que a assistência técnica está nas mãos de Júlio e Ricardo Rodrígues. ‘Vive Portugal’ dedica cada uma das suas emissões a transmitir secções culturais, nas quais se fala sobre cidades específicas de Portugal; também conta com secções nas quais querem poder ter convidados que representem a comunidade. Através do ‘Vive Portugal’, pode-se ouvir a melhor música tradicional portuguesa, para além de fados e outros géneros musicais. Outro dos temas abordados no programa é o que acontece no desporto português e com os atletas lusos

‘Villa del Cine’ procura histórias Convocatória oferece a oportunidade de concretizar o sonho de realizar um filme Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

O Ministério do Poder Popular para a Cultura anunciou, através de um comunicado de imprensa, que foi aberta a 3ª Convocatória de Ideias para a Produção de Guiões, no âmbito da iniciativa ‘Villa del Cine’, actividade em que guionistas, escritores, dramaturgos e criadores terão a possibilidade de ver os seus trabalhos ao grande ecrã. Os candidatos deverão apresentar os trabalhos até

à próxima sexta-feira, 17 de Junho, sendo que os mesmos deverão incluir um título tentativo, sinopse, exposição argumentativa da ideia e a declaração de aceitação preenchida, qual pode ser descarregada na página da Internet de ‘Villa del Cine’. Este material deverá ser entregue na sede desta Fundação, no Final da Auto-estrada Gran Mariscal de Ayacucho, Pista Norte, Complexo Villa del Cine, Guarenas, Estado Miranda; Coordenação Geral de Projectos Estratégicos. Os resultados serão publicados no domingo, 17 de Julho de 2011. Para mais informação, visite o sítio da Internet de ‘Villa del Cine’ (www.villadelcine.gob.ve).!

pensa verde

Corais em perigo Silvia Di Frisco

mais destacados do país e do mundo. A equipa do programa agradece a todos os ouvintes o apoio recebido até agora, já que os comentários são bons. Os ouvintes podem entrar em contacto com o programa através de SMS através dos

números de telemóvel 04121849585 e 0416-2994061. Para efectuar uma chamada telefónica pela rede fixa, está disponível o número 02856181651; e por correio através do endereço electrónico viveportugal2011@ gmail.com.!

Gavo Figueira procura oportunidade no cinema crioulo Sergio Ferreira Soares asferreira@correiodevenezuela.com

Depois do êxito internacional obtido com a participação no dramático colombiano “Oye bonita”, telenovela que se transmite pelo canal Venevisión, o actor luso-venezuelano, Gavo Figueira regressou à Venezuela para tentar a sua sorte em projectos nacionais. O jovem que já participou em projectos como “Mujeres al límite” e “Tu voz stereo”, mostrou-se interessado em conseguir um papel de vilão, pois assegura que tal lhe daria grande satisfação. Radicado há mais de três anos em Bogotá, Gavo não descarta a possibilidade de tra-

balhar na Venezuela; ainda que o apoio que lhe foi dado pela Caracol TV durante toda a sua estadia na Colômbia obrigue Figueira fazer as malas para regressar à ‘República irmã’, onde tem à espera propostas para interpretar novos personagens. Segundo o actor, apesar de Colômbia lhe ter aberto várias portas, sente saudades do calor do povo venezuelano e de trabalhar na sua terra natal. “Sempre sonhei em fazer coisas positivas no meu país, por isso é que não me esqueço da minha mi gente. Apenas tenha a oportunidade de escapar e tocar as portas em Caracas, faço-o com o maior orgulho e com a mais completa disposição”, assegurou!

Uma nova espécie de coral foi identificada, recentemente, no Panamá. A descoberta teve lugar no Parque Nacional Coiba, localizado no Oceano Pacífico, e baptizado com o nome científico ‘Pacifigorgia Marviva’, em honra dos membros da Fundação MarViva, que se dedica a proteger as águas e a fauna marinha da zona. O coral pertence à família Gorgoniidae, sendo que o seu habitat natural consiste nas águas superficiais, entre 35 e 40 metros de profundidade, numa extensão que abarca 270.125 hectares. No final de 2009, um estudo conduzido por cientistas do Panamá identificou 75 aespécies de coral, chegando à conclusão que a distribuição das várias espécies num dado espaço do oceano supera a que se conhece em águas tropicais que se estendem desde o México até ao Equador. Os recifes e barreiras de corais correm um risco elevado de poder vir a desaparecer devido ao aquecimento global. Esta situação deve-se a que as emissões dos gases que contribuem para o efeito de estufa estão acidificando a água do planeta, tornando impossível a sobrevivência destes seres. O desaparecimento dos corais pode ocasionar um forte impacto económico na área do turismo, sector que gera perto de 6.800 milhões de dólares, além de um colapso ambiental e ecológico que resultaria da extinção desta espécie no quadro da cadeia alimentar. Mais uma razão que recordemos que é urgente proteger o que temos hoje de modo a garantir o futuro as próximas gerações.


22 opiniÃo

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

TEMPO DE JOVENS

Insegurança e falta de emprego Irene Gonçalves tdejovenes@correiodevenezuela.com

N

ós, os jovens lus o-des cendentes da Ve n e z u e l a , estamos cada vez mais preocupados em apoiar a comunidade em todas as suas necessidades e carências. Temos formado associações, temos assistido a eventos de formação e cultura e continuamos a participar cada vez mais e com mais entusiasmo. E concluímos, por todas as nossas experiências, que os jovens lusos têm dois problemas fundamentais na Venezuela, que são: A insegurança e a falta de emprego. Muitos são os jovens que procuram diariamente as empresas para conseguirem um

aLta tribuna

Somos activos na sociedade! Mas aqui encontramos o primeiro problema. Qual? Não há emprego na Venezuela

emprego que seja digno para sustentar as famílias e os estudos, pois muitos continuam a estudar. Porque as coisas são assim, os jovens não ficam com uma carreira só, continuam a estudar para conseguir outra ou fazemos cursos, nunca estamos parados. Somos activos na sociedade! Mas aqui encontramos o primeiro problema. Qual? Não há emprego na Venezuela para os novos profissionais que saem todos os dias das universidades. Muitas empresas pedem experiência de 3 ou 5 anos; o que podemos fazer se estamos a iniciar as nossas vidas profissionais? E existem muitos outros profissionais que, com experiência, estão a trabalhar em áreas para as quais não estudaram! Existe uma base de dados no

consulado onde as empresas podem consultar dados sobre os jovens em toda a Venezuela, sabiam disso? Mas precisamos de mais apoio para a difusão, nas empresas, deste novo sistema. Com tudo isto, ainda temos um segundo problema, que é o facto de todos estes jovens profissionais se verem afectados pela crescente insegurança que existe nas localidades venezuelanas. É uma preocupação dos nossos pais e nossa sair de casa para o trabalho, para as escolas ou para as universidades sem complicações. Acresce que os jovens lusos querem contar com o apoio das entidades, não só venezuelanas mas também portuguesas. Muitas vezes por medo, não são feitas as denúncias nas autoridades co-

rrespondentes, e isto é um grave erro que acontece todos os dias porque, por falta de uma denúncia, perdemos a oportunidade da nossa liberdade nas estradas do nosso belo país. Quantas vidas de jovens empreendedores são interrompidas semana a semana nas estradas quando vão de volta para as suas casas? É possível ver nos olhos dos nossos pais o medo de nos deixar ir embora para estudar ou trabalhar. Nós temos conseguido muitos objectivos juntos como jovens, porque não lutar agora para resolver as necessidades mais importantes de quem, num futuro próximo, será a geração de relevo? Temos a certeza que podemos conseguir!!! Deixamos aberta a porta a quem nos queira apoiar nesta iniciativa...

curso carregado de solenidade. Desta vez não foi explosivo nem violento, tampouco foi malcriado, mais bem foi muito emotivo; pois, se me descuidasse, ainda acreditava nele e até conseguia arrancar-me lágrimas, porque também, é um excelente actor que nos tem comovido a todos. E fê-lo com o concurso de todos os meios de comunicação, sem que tenha havido necessidade de o impor como sempre o tinha feito. Eram aproximadamente as 2 da tarde de aquele Setembro, próximo das eleições, demasiado próximo mas adequado, para as decisões que estava em vias de tomar: “Eu, que me sa-

crificado totalmente, que entreguei toda a minha vida em prol da conquista de uma vida melhor para todos vocês, que tenho padecido na minha própria carne todos os sensabores de quem me enfrentam. Eu que me superei a mim mesmo em malabarismos comunicacionais nestes tempos de crise que jamais se acabam, que recorri a tudo o que se me ocorreu nessas longas noites de insónia e desvelo, que escapei a tantas tentativas para acabar comigo, que saí airoso de tantos protestos a todos os níveis, desde os cantos mais longínquos do país até aos mais próximos, decidi renunciar ao cargo”.

Movimento magistral Antonio López Villegas altatribuna@yahoo.com.mx

Q

ue a crise em Portugal não nos impeça de acompanharmos com atenção o que se está a passar na Venezuela!... Não podemos deixar de olhar com preocupação para o acentuar duma tendência de crescimento galopa E foi então que ele, vendo que as sondagens, inclusive as dos seus próprios compinchas, iam por ‘água abaixo’, se precipitou para oferecer aquilo que qualificou como “um magistral movimento”, o que ninguém se

Reuniu a todos os seus adoradores e começou o seu discurso carregado de solenidade

teria atrevido a fazer. E fê-lo quiçá sob a influência de algum medicamento; ou talvez foi o desespero por sentir-se perdido. Ou quiçá ainda, depois de ter reflectido mil vezes e esperado pelos “volte-faces milagrosos” que sempre tinham dado resultado. O que tenho dúvidas é que o tenha feito por recomendação dos seus assessores porque, isso sim, ele nunca se deixa assessorar por ninguém. Ele estava consciente já de que as responsabilidades não se delegam por mais que tivesse tratado de o fazer. Reuniu a todos os seus adoradores e começou o seu dis-

"Se queres ser colunista de opinião neste meio de comunicação, candidata os teus textos através do correio electrónico correio.prensa@gmail.com. Necessitamos do teu nome completo, um título para a coluna e um texto de 2500 caracteres máximo"


opiniÃo

02 A 08 DE JUNHO de 2011 • correio de venezuela

Cartas

23

Favor enviar as suas cartas e comentários ao endereço electrónico: correio.prensa@gmail.com

O que é que se passa na mente dos nossos jovens? É com preocupação que vejo como os nossos jovens, os venezuelanos, luso-descendentes, todos sem distinção, adoptaram costumes e hábitos simplesmente detestáveis. Começando pela sua forma de falar, de dirigir-se ao outro, de desrespeitar os mais velhos. Pertenço a um clube da comunidade, sobre o qual prefiro não dizer o nome, onde descubro que a nossa cultura está em perigo. Se bem que há muitos que são o nosso orgulho, há outros que nos envergonham com a sua conduta. Os culpados: Os pais. Nós descuidamos esses seres tão débeis de mente e deixámo-los no mundo. Ainda vamos a tempo. Reajamos.

Mara Conceição

Um país livre de fumo

Explosão cultural

Desde 31 de Maio que está terminantemente proibido fumar em espaços públicos fechados. Esta nova lei caiu como anel no dedo de todos os que acham repugnante o hábito do cigarro, já que não só é desagradável o odor que o fumo deixa na pele, roupa e cabelo, como acaba por fazer muito mal a todos, pelo que nós, os não fumadores, agradecemos esta nova decisão. A partir de agora, ninguém poderá contaminar com cigarro o ar que todos partilhamos: As pessoas sãs e aqueles que sofrem de problemas respiratórios, que nos cuidamos; os idosos; e sobretudo as nossas crianças, que deveriam permanecer alheias a todo o vício. Sinceramente sinto-me satisfeita com esta nova medida tomada pelo governo, no entanto, acho que a lei deveria garantir também aos fumadores a existência de espaços específicos para satisfazer a sua necessidade. Tudo é uma questão de ser tolerante e de respeitar os limites dos outros.

Sou um grande fã das artes, da música, da fotografia, enfim, de toda a expressão artística. Estou fascinado com a repentina explosão de iniciativas dos nossos clubes, das nossas instituições que no dia a dia inventam algo novo para exibir o talento dos seus conterrâneos. Que continue a emoção, que ultrapassemos fronteiras e façamos de Portugal e da Venezuela países reconhecidos pelos seus frutos artísticos, e não pela crise em que estão submersos

Paulo Colmenares

Cristina Figueira

inquérito

Esperança para o Marítimo Estou fora da Venezuela mas sigo as notícias da minha comunidade através do sítio do semanário na Internet, e que montanha de emoções encontro ao ler que os lusos estão cada vez mais activos no país. Faço parte de uma das primeiras famílias que se juntaram ao Marítimo da Venezuela, um centro que reuniu, na sua altura, a grande maioria de portugueses na Venezuela. Vi e ouvi a deterioração a que chegou, não por culpa dos dirigentes, mas dos anos e do desinteresse do Governo, e está a pagar a factura. Sonho em poder regressar e voltar a jogar com os meus amigos nos campos do clube. Oxalá os bons desejos de muitos contagiem quem tem poder para que resgatem esse pedaço de Portugal em Turumo.

Victor Neira

No passado 31 de Maio, Dia Mundial de Não Fumador, entrou em vigor na Venezuela uma resolução que estabelece a proibição de fumar nos espaços fechados. Segundo a ministra para a Saúde, Eugenia Sader, o número de fumadores no país caiu 24% em relação a 2009. Acredita que esta medida vai contribuir para reduzir ainda mais o número de fumadores e está de acordo com o seu objectivo?

Didiana Moreno, Estudante

Gabriela Colucci, Estudante

“Parece-me injusto que obriguem as pessoas a sair dos seus lugares de trabalho, de reuniões ou de qualquer encontro só porque fumam. Estávamos bem com as restrições e a delimitação de zonas para os fumadores. Mas acho que, no final, será más ruído que outra coisa.”

“Estou de acordo com a lei. Não gosto que as pessoas fumem perto de mim. No entanto, não creio que a solução seja proibir de fumar, mas antes que os fumadores sejam obrigados a fumar num lugar público”.

Albert Cley, Administrador

Genevieve Saint Surin, Comunicadora Social

“Não estou de acordo. Costumo fumar e creio que a lei deveria ser equilibrada e não restringir o direito que uma pessoa tem de possuir hábitos de sua preferência e com liberdade”.

“Oxalá possam redireccionar a atenção para os que violam esta lei. Creio que o fumador costuma ser muito abusador com as suas condutas e desrespeita o espaço do que não o é. Quiçá agora possam controlar esta situação e evitar moléstias para os restantes cidadãos.”


24 lazer

correio de venezuela • 02 a 08 de junho de 2011

Horóscopo

SUDOKU

Carneiro

Touro

21/03 - 20/04

21/04 - 20/05

Gémeos

EMPREGO: À medida que vai apren-

EMPREGO: Não caia em ‘diz que dis-

dendo, será tida (o) mais em conta.

se’ porque isso prejudica.

AMOR: O seu companheiro está à es-

AMOR: Leve as coisas com calma.

AMOR: É necessário que deixe fluir o

pera que lhe dê amor.

SAÚDE: Problemas na vista ou com

sentimento.

SAÚDE: Problemas na vista.

lentes.

SAÚDE: Bem-estar.

CONSELHO: A sinceridade pode aju-

CONSELHO: Agradeça a Deus.

CONSELHO: Amor com amor se paga.

dar.

Caranguejo

Leão

22/06 - 21/07

EMPREGO: Excesso de trabalho.

22/07 - 22/08

Virgem 23/08 - 22/09

EMPREGO: Descobriu o seu lado for-

EMPREGO: A sua entrega vão abrir-lhe

EMPREGO: Pressão, trabalho atrasa-

te.

novas portas.

do.

AMOR: Aposte na estabilidade.

AMOR: Os que têm companheiro estão

AMOR: Não tape os erros.

SAÚDE: Tem que controlar os nervos.

a lutar para se entenderem.

SAÚDE: Dores nos olhos.

CONSELHO: Sabe gerir as circunstân-

SAÚDE: Dores de cabeça.

CONSELHO: Se que uma mudança na

cias com a mão esquerda.

CONSELHO: Cuide sua alimentação.

sua vida, leve-a a sério.

Balança

Escorpião

23/09 - 22/10

23/10 - 21/11

Sagitário 22/11 - 21/12

EMPREGO: Termina uma etapa difícil.

EMPREGO: Propõem-lhe um trabalho.

EMPREGO: Através de uma velha ami-

AMOR: Pensará que nada é perfeito.

AMOR: teme que a relação não fun-

zade, conseguirá a oportunidade da

SAÚDE: Cuidado com a tensão.

cione.

sua vida.

CONSELHO: Cuide muito da sua saú-

SAÚDE: Trate de comer de forma mais

AMOR: Sente-se um pouco só.

de, pode somar as suas emoções.

saudável.

SAÚDE: Dores de cabeça.

CONSELHO: fora os medos.

CONSELHO: Pense nas coisas a frio.

Capricórnio

21/12 - 20/01

Aquário

21/01 - 19/02

20/12 - 20/03

EMPREGO: Actividades extra estarão

EMPREGO: Oferta laboral.

seguir o que quer.

na ordem do dia.

AMOR: Quer pôr à prova o amor.

AMOR: Muitos casam-se ou legalizam

AMOR: Mais coisas bonitas vão acon-

SAÚDE: Dores de cabeça.

relações.

tecer.

CONSELHO: Há um vazio que só su-

SAÚDE: Ansiedade.

SAÚDE: Check-up de rotina.

perará quando ver as duas faces da

CONSELHO: Pense antes de falar.

CONSELHO: Aposte em grande.

moeda.

labirinto

musica! os mais vendidos ... na Venezuela

Drama Y Luz Mana

Femme Fatale Britney Spears

Sale El Sol Shakira

Déjate Amar Camila

The Cherry on my Cake Luísa Sobral

Cai o Carmo e a Trindade / Amor Electro

... em Portugal

Best of Fado Vários

21 (Edição Especial) Adele

Leva-me aos Fados Ana Moura

Solução anterior - Edição 406

Peixes

EMPREGO: Caminho aberto para con-

Sin Otro Sentido Lasso

Nivel: Facil

21/05 - 21/06


PUBLICIDADE

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

A tristeza das “comédias” Aconteceu uma destas noites. Outra vez. Enquanto víamos televisão, actividade geralmente pouco recomendável para a saúde mental, e saltitávamos de canal em canal esbarrámos com um programa de um canal nacional. Santo Deus! como diria um amigo que já partiu. Aquilo nem era comédia nem era nada.Todo era de uma enorme pobreza intelectual. Confrangedora, diríamos. Mas isso é normal na esmagadora maioria da programação da televisão de aqui, de ali e de mais além. Agora, com essas modernices dos satélites e da televisão por cabo, temos dezenas, quando não centenas, de canais ali mesmo à mão de semear. O que continuamos sem ter é qualidade, porque, afora quatro ou cinco estações, o resto é a mesma pobreza franciscana de sempre. Mas, afinal, de que programa é que estamos a falar? De uma “comédia” onde nos aparece um casal português do mais boçal possível e com os clichés de sempre. Falam mal o castelhano. Ela é gorda, feia, cabeluda e sem o mínimo de graça feminina. Ele, o exemplo acabado de burgesso, além de libidinoso dedicado a inventar expedientes rascas para ver as pernas da empregada doméstica, numa casa onde dificilmente seria credível a sua existência. Não é a primeira vez que nos vemos “retratados” dessa forma nesses ditos programas cómicos, nesse e noutros canais da televisão venezuelana. Existem muitas formas de enxovalhar uma pessoa ou um povo. Esses programas são uma delas.

Não é que não haja portugueses e portuguesas como os que ali aparecem. Há tantos como francesas e franceses, alemães e alemãs, venezuelanos e venezuelanas ou de qualquer outra das muitas nacionalidades que povoam este planeta. Por quê somos nós o bombo da festa? Talvez porque não protestamos ou não o fazemos com a contundência necessária. Ou quiçá porque alguns portugueses e portuguesas até acham piada a esses sketches onde a nossa Comunidade é enxovalhada de forma bastante grosseira. Claro, esta não é a primeira vez. Mas a repetição não justifica, antes avilta ainda mais. Realmente somos como nos pintam nesses programas de tão mau gosto? É assim a grande maioria da nossa Comunidade a viver neste país? Claro que não. Temos nascidos em Portugal e luso-descendentes altamente preparados em todas as esferas da vida científica, académica, artística e política do país. E até temos um professor universitário e poeta de va-

lor como Indivíduo de Número na Academia da Língua. Mas isto não vende. Mas há ainda outro caso de desconchavo gritante. O anúncio comercial de um chá. Aquilo é mesmo falta de vergonha ou de... chá! Lá volta a aparecer um portuguesinho, desta vez padeiro ou algo parecido, a fazer um papel ridículo para vender o tal chá gelado. Gelados ficamos nós quando vermos até onde se pode ser lorpa para fazer esses papéis. O que é que podemos fazer? Primeiro que nada, não rir com essas parvoíces. Nós podemos rirmo-nos de nós mesmos. Contudo, que o façam outros é louça de outra porcelana. Mas podemos fazer mais e que isso doa a quem faz chacota de nós. Num caso, não ligar esse canal. No outro, não comprar esse produto. Lamentavelmente, quem escreve estas linhas não pode fazer mais do que escrevê-las. Primeiro porque não costuma ver esse canal. Segundo porque acha que a água fresca é melhor que o chá frio.

25

Portugal em destaque no FESTin Portugal foi o país em destaque no FESTin - Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, que decorreu, recentemente no Cinema S. Jorge, em Lisboa. A sessão de abertura inclui a exibição do filme Lixo extraordinário, de Lucy Walter, uma co-produção brasileira e inglesa que mereceu nomeação para o Oscar de melhor documentário. Este ano na segunda edição, o festival prestou merecida homenagem ao realizador Manoel de Oliveira, o

mais universal dos cineastas portugueses. A sala onde decorreu a cerimónia passará a ostentar o nome do cineasta. Manoel de Oliveira tem 102 anos e é o mais velho realizador do Mundo ainda em actividade. O tributo é uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa. Esta homenagem vasta ao cinema português no FESTin passou igualmente por uma retrospectiva do realizador João Botelho, com a exibição de quatro dos seus filmes, três longas-metragens e uma curta.

Escritor António Torrado candidato prémio internacional O escritor António Torrado é candidato ao prémio ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil deste ano. O próximo livro de António Torrado faz parte da colecção de “... e outra história” publicada pela Civilização Editora, que já conta os títulos “Vamos contar um segredo... e outra história”, “Uma história redonda... e outra história” e “Uma história assim... e outra história”. Com 40 anos de vida literária e vencedor do Grande Prémio Gulbenkian da Literatura Infantil, o autor tem mais de uma centena de livros

publicados, muitos dedicados à infância, e é pelo conjunto da obra nesta vertente que é o candidato de Portugal à sétima edição do prémio internacional. O prémio, no valor de 20 mil euros, é atribuído pela Fundação SM, e destina-se a promover “o trabalho de escritores vivos com obra de reconhecida relevância literária dedicada a jovens e crianças”, referiu a Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas (DGLB). O vencedor será anunciado no final do ano na Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no México.

Visite o nosso blogue! www.institutoportuguesdecultura.blogspot.com Informações em português, castelhano, inglês e francês. Actualizações diárias


26 saúde

correio de venezuela  02 a 08 de junho de 2011

ACTUAL|Medida entrou em vigor a 31 de Maio

Saúde ao día

Já é proibido fumar nos espaços públicos Venezuelanos deverão adequar os comportamentos à resolução do Ministério da Saúde Andrea Guilarte Rincón aguilarte@correiodevenezuela.com

O consumo de tabaco causou 100 milhões de mortes no século XX e, a não ser controlado, as mortes aumentarão em mais de oito milhões por ano em 2030. Considerando estes números e outros efeitos, desde 31 de Maio que os venezuelanos estão obrigados a acatar a resolução n.º 14 do Ministério do Poder Popular para a Saúde, publicada na Gazeta Oficial n.º 39.623, que promove ambientes livres do fumo do tabaco, com o objectivo de proteger a população das consequências graves que este tipo de fumo provoca

na saúde. Durante um encontro promovido nas vésperas do Dia Mundial do Não Fumador (31 de Maio), Eduardo Morales destacou que “a regulação de ambientes 100% livres de fumo do tabaco favorece a saúde da população, tanto de adultos como de crianças, e permite, ao mesmo tempo, que se diminuam os gastos no sector da saúde no que toca a complicações derivadas do consumo do tabaco.” Por seu turno, Xiomara Giménez, odontologista, expressou que “os pacientes fumadores que fazem uma séria tentativa de deixar de fumar diminuem as linhas de expressão ao nível dos lábios, conseguem uma grande mudança na coloração e uma maior hidratação dos mesmos. Tudo isto em conjunto com uns dentes mais brancos e boca mais saudável.”!

Pepinos espanhóis ‘ilibados’

Não foram estabelecidas multas para os fumadores que não cumprem a legislação FOTO: CORTESÍA

As implicações Desde esta terça-feira que já não é possível fumar em locais de trabalho nem em determinados espaços públicos, ainda que estejam ao ar livre. ✓A resolução limita os lugares em que os fumadores poderão fumar. Por exemplo, não o poderão fazer em parques, praças, estádios, campos ou locais destinados a actividades recreativas, cultura e desportos, por isso, os funcionários de vigilância ou que trabalhem neste tipo de instalações poderão mandar sair as pessoas que estejam nestes recintos a fumar. ✓Não poderá fumar em espaços encerrados (bares, discotecas ou restaurantes), locais de trabalho nem em espaços delimitados, ainda que não sejam fechados, como terraços e balcões. ✓Apesar de não estar estabelecida uma multa para a prática, o fumador deverá apagar o cigarro ou retirar-se do local. ✓Um estabelecimento poderá ser multado caso alguém acenda um cigarro, se tratar-se de algo recorrente ou se não possuir os avisos exigidos pela lei. A sanção será aplicada também àqueles que destinem um espaço específico para fumar.

A sida continua a ser investigada A.G.R

A 5 de Junho de 1981, o Centro de Controlo de Doentes de Atlanta, Estados Unidos, descobriu em cinco jovens homossexuais uma estranha pneumonia que até então afectava apenas pessoas muito imunodepressivas. No ano seguinte, a doença foi baptizada com o nome de Síndrome de Imunodeficiência Adquirida, ou Sida, uma doença incurável que já provocou 30 milhões de mortos. No passado dia 24 de Maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou a adopção de uma estratégia para combater o vírus como parte das suas linhas anuais de trabalho. "Especificamente,aestratégia tem como objectivo conseguir

o acesso universal à prevenção, tratamento e atendimento daqui até 2015 e alcançá-lo”, assim como vários dos ‘Objectivos de Desenvolvimento do Milénio’, como a redução da mortalidade materno-infantil, explica a OMS no documento em que a estratégia é detalhada. A Organização comprome-

te-se à promoção dos avanços registados na prevenção, diagnóstico, tratamento e serviços de atendimento da sida em todo o mundo.

Na Venezuela Segundo a directora do programa nacional de sida do Ministério da Saúde, Deisy Matos,

já teve início, à escala regional, na Venezuela, uma nova estratégia para o fortalecimento de vigilância epidemiológica da sida, e para determinar o perfil actual da doença no país. A nova estratégia não está limitada à realização de testes de sangue para determinar a quantidade de pessoas afectadas, mas pretende sim identificar quais os comportamentos que deixam a população mais vulnerável. “Não se trata de saber se uma pessoa é homossexual, de um homem ter sexo com outro homem ou que uma mulher seja trabalhadora sexual, tratase de saber dos seus comportamentos para a prevenção, não apenas da sida mas de qualquer doença sexualmente transmissível”, explicou a directora.!

Os pepinos espanhóis não são afinal a origem do surto da variante da bactéria E.coli, revelou uma responsável da Saúde Pública de Hamburgo. A epidemia dos pepinos já matou 15 pessoas na Alemanha e uma na Suécia e provocou focos de infeção na Dinamarca, Grã-Bretanha e Holanda. Todos são cidadãos alemães ou turistas que estiveram na Alemanha.

41 novas drogas na Europa Em 2010 bateu-se o recorde de novas drogas descobertas na Europa, com 41 substâncias psicoativas identificadas pelo sistema de alerta rápido, muitas à venda por vias legais, revelou o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência. O relatório relativo a novas drogas descobertas em 2010 surge no dia em que se reúne em Lisboa o primeiro Fórum Multidisciplinar Internacional de Novas Drogas e nele se destaca o "ritmo sem precedentes" a que são comunicadas novas drogas no sistema de alerta da Europol e do Observatório, o Reitox.

Venezuelanos preferem comida caseira Um inquérito elaborado pelo Banco Central da Venezuela, o Instituto Nacional de Estatística, a Universidade de Los Andres e a Corporação Venezuelana de Guayana indica que a população venezuelana prefere tomar o pequenoalmoço e jantar alimentos de preparação caseira, ao invés de comer em estabelecimentos de comida rápida. A grande maioria da população inclui, alimentos essenciais pelo seu contributo proteico e calórico.


desporto

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

27

FUTEBOL|Liga Zona Sagres

FC Porto também venceu “campeonato” das multas Campeões nacionais foram seguidos de perto pelo “vice” Benfica

LUSA/CORREIO

O FC Porto, campeão português de futebol, foi igualmente o líder do “ranking” das multas aplicadas pela Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), seguido de perto pelo “vice” Benfica. Ao longo da época 2010/2011, os “dragões”, contabilizando 60.606 euros em multas, foram os maiores “contribuintes” para o total de coimas impostas a clubes, treinadores e jogadores pela LPFP (491.760), respeitantes à Liga principal, Liga de Honra e Taça da Liga.

A maior fatia (51.241 euros) ficou a dever-se a sanções impostas ao próprio clube, enquanto o técnico André Villas-Boas foi o elemento mais castigado, com 1.590 euros, à frente do seu pupilo João Moutinho, que pagou 1075. Longe dos portistas na classificação (a 21 pontos), mas perto no “ranking” das multas, ficou o Benfica, que totalizou 58.525 euros, sendo que, à semelhança do rival portista, a maior fatia pertenceu ao clube (37.850 euros). O treinador Jorge Jesus (7.500), o director desportivo Rui Costa (1.750) e os jogadores Maxi Pereira (1.425), Javi Garcia (1375) e Luisão (1.200) foram os elementos que mais contribuíram para o “bolo” benfiquista. Na terceira posição dos mais castigados surge o Sporting de Braga, com 52.500 euros. O clube, com 42.200 euros,

Os ‘dragões’ também bateram as ‘águias’ no título das multas

é, novamente, o principal responsável, seguido pelos jogadores Sílvio (1.125), Miguel Garcia (1.075) e Alan (1.000). Atrás dos bracarenses aparece o Sporting, mas com uma distância considerável, somando 40.150 euros. Deste valor, 24.575 euros dizem respeito a multas aplicadas ao clube, sendo João Pereira o futebolista mais penalizado (3.175). Vitória de Guimarães (23.250), Académica (16.100), Vitória de Setúbal (16.075) e Nacional (14.850) seguem no encalço dos “leões”, enquanto o BeiraMar foi o menos castigado entre os clu-

FOTO: DN

bes da primeira Liga, com 6725 euros. Por outro lado, o Estoril-Praia (11.565) e o despromovido Varzim (11.253) foram os emblemas da Liga de Honra que mais contribuíram para os cofres da LPFP, ficando mesmo à frente dos primodivisionários Olhanense (10.925), Naval 1.º de Maio (8275) e o já referido Beira-Mar. O “lanterna vermelha” do “ranking” de multas foi o Moreirense, que terminou a época com 3777,50 euros, sendo que a jornada 18 foi a mais penalizadora para a formação de Moreira de Cónegos (387,50).! PUB


28 desporto

correio de venezuela  02 a 08 de junho de 2011

FUTEBOL| Liga Orangina

Gil Vicente regressa ao escalão principal Barcelos festejou em grande a conquista do campeonato LUSA/CORREIO

O Gil Vicente garantiu o regresso a Liga principal do futebol português, ao vencer, no domingo 29 de Maio, o CD Fátima em Barcelos por 3-1, resultado que lhe assegurou igualmente o título de campeão da Liga de Honra. A equipa de Barcelos terminou o campeonato com os mesmos 55 pontos que o Feirense, que já tinha garantido a subida na semana passada e na 30.ª e última jornada não foi além de um empate 0-0 em casa com o Leixões. O Gil Vicente é líder das assistências no seu escalão e sétimo na soma das duas ligas profissionais. Com 61.118 espectadores no total da época, o que dá 4074 por jogo, o clube de Barcelos ficou apenas atrás de Benfica (572.197), FC PUB

Porto (554.800), Sporting (372.864), Sp. Braga (217.630), V. Guimarães (209.235) e Académica (68.375). Este acumulado é, ainda, mais do dobro do registado pelo Trofense, segundo clube com mais assistências na II Liga (28.012). O Feirense, que também subiu ao principal escalão, é oitavo, com 15.721 espectadores. Só na última jornada, que decidiu a promoção e a conquista do título, o Gil Vicente encheu o estádio com 12 mil adeptos (lotação esgotada). Foi o jogo com maior assistência no campeonato e um dos sete dos minhotos entre os dez mais concorridos em termos de adeptos. A conquista do título de campeão da Liga de Honra de futebol e a consequente subida de divisão originou uma onda de euforia em Barcelos, com milhares de pessoas em festa nas ruas da cidade minhota. O epílogo da festa estava marcado para o Largo da Porta Nova, onde tinha sido montado um palco

O Gil Vicente também foi líder das assistências no seu escalão

para receber os jogadores que fizeram o clube regressar à Liga principal após cinco anos de ausência. O presidente António Fiúza estava radiante e considerou que este triunfo meramente desportivo, obtido dentro das quatro linhas, “é uma bofetada de luva branca aos senhores do Conselho de Justiça da Federação que despromoveram o Gil Vicente há cinco anos atrás”, pois consideraram que um contrato de trabalho é um assunto estritamente desportivo e não administrativo. Apesar de ter ganho ao Santa Clara

Foto: DN

nos Açores por 1-0, o Trofense terminou o campeonato no terceiro lugar, com 54 pontos, num dia em que o Varzim foi despromovido à II Divisão, juntandose ao CD Fátima, que já tinha o destino traçado. Antes, Sp. Covilhã garantira a permanência na II Liga ao bater o D. Aves, por 1-0. O golo da vitória, apontado por Nilton, chegou no quarto minuto de descontos. Desse modo, os serranos ficam na II Liga, enquanto o Varzim cai na II Divisão, apesar de ter vencido em casa da Oliveirense.!

Portugal tem tudo para garantir o 1º lugar LUSA/CORREIO

O médio Raul Meireles afirmou, esta semana, que Portugal é uma das “melhores selecções” e tem todas as condições para garantir o primeiro lugar do Grupo H de qualificação para o Europeu de futebol de 2012. “As perspectivas são boas, estamos concentrados e queremos ganhar para passar para primeiro. Vai ser um jogo difícil. A Noruega é uma equipa forte, mas nós somos das melhores selecções e temos todas as condições para passar em primeiro”, afirmou Raul Meireles, em Óbidos, na unidade hoteleira onde Portugal estava a estagiar. O médio do Liverpool garantiu que os jogadores “nunca” deixaram de acreditar na qualificação para o Euro2012, apesar do mau início de campanha (4-4 com o Chipre e 0-1 na Noruega). “Somos uma selecção forte e jogamos sempre para ganhar. Estamos numa melhor posição que há uns meses atrás e esperamos conseguir a vitória e o primeiro lugar”, disse.

Meireles alertou que a Noruega é uma equipa “forte” e que deverá entrar no relvado do Estádio do Luz com uma mentalidade defensiva. “Perdemos com eles no primeiro jogo. Provaram que têm uma boa equipa. Esperamos uma equipa defensiva, mas temos as nossas armas e estamos focados em fazer um bom jogo”, referiu o médio. O jogador de 28 anos, que está perto de cumprir 50 jogos pela principal selecção nacional, destacou ainda os novos métodos de trabalho, desde que o técnico Paulo Bento ingressou na equipa. “Os jogadores sabem o que têm que fazer e o que o treinador pede”, considerou Raul Meireles, negando contudo que isso seja uma crítica ao antigo seleccionador Carlos Queiroz: “Passado é passado e não vale a pena falar mais sobre isso”. A selecção nacional defronta sábado a Noruega, no Estádio da Luz, às 21h00, e em caso de vitória sobe ao primeiro lugar do Grupo H de qualificação do Euro2012, que vai decorrer na Ucrânia e Polónia.!


desporto

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

29

FUTSAL|As pré-inscrições continuam abertas

Jogador do Marítimo FS ganha bolsa no ‘Acampamento CEFODAR’ Antonio Da Silva adasilva@correiodevenezuela.com

O primeiro dos quatro acampamentos da Gira Itália 2011, organizado pela fundação CEFODAR e pela Futsal TV, chegou ao fim com êxito na UCAB, em Caracas, e beneficiou com uma bolsa um jogador do Marítimo FS. Um júri encabeçado por Álvaro Guevara (DT Campeão Mundial de Futebol de Salão em 1997), Robinson Romero, Mike Guerra e José Leonardo Peña (jogadores activos no futsal italiano) e Edgar Pedroza, da Fundação CEFODAR, supervisionaram dois dias de

intenso trabalho físico, desenvolvimento técnico-táctico e realidade de jogo, que deixaram exaustos quase 50 ‘salonistas’. Chegaram para prestar provas na capital vindos de localidades tão longínquas como Puerto Ayacucho, Acarigua, San Felipe ou Juan Griego. O júri seleccionou 12 atletas que integram um grupo denominado ‘Selecção Caracas’, que nos próximos meses vão medir-se com outras selecções regionais que irão surgindo dos próximos acampamentos, a realizar no interior do país, para assim se poder formar um grupo final de entre 10 e 12 atletas, que seja talentoso e bem

representativo, integrado por jogadores com as características apropriadas para disputar uma ronda de jogos amigáveis em Itália, com a intenção de facilitar a sua contratação por algum dos emblemas europeus. Quem já assegurou a sua presença na Gira Itália 2011 foi o jovem margaritenho de 19 anos, Marcelle Cestero, escolhido pela equipa de jurados pela sua mistura de talento, velocidade e juventude. Marcelle já trabalhou sob as ordens do professor Álvaro Guevara no último módulo de preparação da Vinotinto sub-20, com vista ao sul-americano da categoria disputado em Medellín, e ac-

Marcelle Cesteros vai tentar a sorte em Itália

tualmente é jogador activo do plantel luso-venezuelano do Marítimo FS de Nueva Esparta, clube que compete na Liga Nacional no Grupo Oriente e que é dirigido por Ismael Andrade. O dirigente luso-descendente custeou os gastos da inscrição e deslocação do talentoso jovem, que acabou por levar

FOTO: CORTESÍA

o prémio final. O segundo acampamento deste ambicioso projecto realiza-se a 18 Junho em Barquisimeto. As pré-inscrições continuam abertas para os próximos acampamentos, que decorrem na zona oriental e ocidental do país, através do sítio www. futsaltv.com.ve.! PUB


30 desporto

correio de venezuela  02 a 08 de junho de 2011

FECEPORVEN 2011 já tem organização

EVENTO|Comissões da Direcção do Desporto contribuíram para a jornada

Verbena do Desporto para fortalecer o Centro Português Andrea Guilarte Rincón aguilarte@correiodevenezuela

Sócios e trabalhadores do Centro Português em Macaracuay contribuíram para que, a 29 de Maio, as instalações do clube recebessem as centenas de participantes na Verbena do Desporto. Música, actividades desportivas e a venda de pratos típicos de Portugal animaram a jornada, enquanto nos campos, os fãs do desporto celebraram um dia onde a prática desportiva foi o ponto de encontro para todos. Manolo Pinto, director de Desporto do centro social, agradeceu a colaboração das Damas, que apostaram nos quiosques de venda de comida, e as comissões que parti-

Cultura e diversas disciplinas desportivas animaram a jornada recreativa

ciparam nas actividades que foram levadas a cabo com a finalidade de arrecadar fundos. “Há 18 comissões na Verbena do Desporto, entre elas a da natação, bolas crioulas, futebolito, canasta, praticamente todas as disciplinas que existem no Centro Português”, especificou.

Recordou que se preparam para participar, no próximo dia 30 de Junho, em dois torneios em Madrid, pelo que organizaram diversos eventos, encontros e rifas para arrecadar o dinheiro necessário para custear a viagem. Pinto assegurou que também está à procura de patrocinadores

Sergio Ferreira Soares sferreira @correiodevenezuela.com

para poder levar a actividade com êxito. O director de Desporto destacou a participação da equipa de futsal da Casa Portuguesa de Maracay na Verbena, cujos jogadores disputaram um jogo com a equipa da casa para dar passagem a um campeonato interno do clube social. “Colaborem e apoiem o desporto do Centro Português porque é uma das bases fundamentais para que se mantenha o centro. Tudo o que os sócios possam fazer para apoiar todos os desportos do clube será bem-vindo”, concluiu. O evento contou com a apresentação do grupo LaTribu, um espectáculo de dança árabe, hip-hop e outras manifestações culturais.!

A Casa Portuguesa do estado Aragua tem estado a ultimar os preparativos para a realização dos XIII Jogos Nacionais da FECEPORVEN que terão lugar entre 13 e 16 de Outubro. Neste sentido foi criada a direcção que terá a seu cargo a organização dos jogos, integrada por David Alcaria (presidente), Enrique Abreu (vice-presidente), Jose Esteves (administração e finanças), Agustin Ramos (relações públicas), Jose Melin (desporto), Oswaldo Corredor (director técnico), Jesus Roldan (imprensa), Ricardo Sales (estatísticas e informática), Evenny Castillo (logística), Soly Ivlovic (comissão médica), Juan Carlos Adante (protocolo e eventos). Esta equipa será supervisionada pela Junta Directiva da Feceporven.!

PUB

Na nossa próxima edição, a 15 de Junho, desfrutaremos no Venezuela Contacto de um programa que promete deixar muitos com água na boca, já mostraremos como se preparam os doces portugueses mais reconhecidos em todo o mundo, os pastéis de nata ou pastéis de Belém. De igual maneira, visitaremos a Padaria Ângela, em La Candelaria, a qual se encarrega de fornecer os portugueses residentes na Venezuela com o melhor da pastelaria portuguesa. Desde ali, conheceremos o processo de elaboração destes pastéis no país, assim como compartiremos a história de vida do Sr. Diamantino Martins, dono deste estabelecimento. Finalmente, desde o Hotel Meliá Caracas compartiremos com

clientes e amigos do Banco Banif num jantar organizado por esta instituição financeira. Quarta-feira, 15 de Junho de 2011 Horários de transmissão em os seguintes canais: RTPI Venezuela (cada 15 dias): As quartas-feiras 4:30am - 3:30pm 9:30pm RTPI América | 21:30h RTPI Ásia | 15:00h Sábados por RTP Madeira | 16:27h

roteirofilms@gmail.com

venezuelacontacto@gmail.com

Todas as sextas-feiras, a Academia de Campeões mostra-lhe uma escola diferente, sendo testemunhas do crescimento e desenvolvimento contínuo do nosso futebol jovem venezuelano. Esta ocasião coube à escola de futebol do Clube Hebraica, fundada em 1972. O seu longo trajecto futebolístico demonstra-se semana após semana nos torneios nacionais onde participa, como nos jogos disputados na Liga Desportiva Colegial de Caracas na divisão A, onde as categorias Pré-B, Pré-A e Inf-C enfrentaram o Colégio Santiago de León, dirigidos pelo seu coordenador desportivo, Walter Champone. No encontro para a categoria Pré-B, o Clube Hebraica disputou a classificação no seu grupo para a Copa na divisão A, e tanto na

Sexta-feira às 5:00 p.m.

Pré-A e na Inf-C, lutaram também pela classificação para a Copa, de cujo resultado final dependerá a sua participação na Recopa. Acompanham-no com muito carinho todas as sextas-feiras às cinco da tarde, pela Meidiano Televisión, Bibiana Vieira e Gisell de Sousa. Lembre-se de tornar-se amigo da Academia de Campeões e visitar a nossa página no facebook, ou escreva-nos para o nosso endereço electrónico academiadecampeones@gmail.com.

academiadecampeones@gmail.com

Av. Principal San Luis,Torre Mayupan, Piso 1, Ofic. 1-4, Urb. San Luis El Cafetal. Distrito CApital. Caracas-Venezuela. Zona Postal 1061


desporto

02 a 08 de junho de 2011 • correio de venezuela

desporto|Centro Português homenageia saudoso atleta

Prossegue a Copa Víctor Ferreira de futsal Silvia Cristina Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

O Centro Português A.C. acolhe a Copa Victor Ferreira, um torneio de futsal dedicado a esse sócio e atleta do clube. Durante a sua vida, o desempenho de Ferreira sobressaiu nas categorias Master, Super-veteranos e Veteranos, razão pela qual estas foram as primeiras a jogar. A copa teve início em Fevereiro e a sua primeira etapa terminou a semana passada. Agora é a vez da Segunda Categoria, que se joga no próximo dia 12 de Junho, e a Primeira Categoria no dia 26. É desta forma que encerra a segunda etapa da Copa Victor Ferreira.

Resultados da 1ª Fase Categoria veteranos

Campeão Marítimo

15 jogadores representam o CP na Costa Rica Carla Salcedo csalcedo@correiodevenezuela.com

Sub-campeão - Braga Terceiro lugar - Sporting Fair play - Marítimo Campeão eliminatória - Braga Defesa menos batida - Manuel Gonçalves Goleador - Daniel da Rocha

Super-veteranos

Campeão - Gama Club Sub-campeão - Tercer Tiempo Fair play - Marítimo Goleador - Willian Chico terceiro tempo

Defesa menos vencida - Albino Soares - Marítimo

Máster

Campeão - Gama Club Sub-campeão- Marítimo Terceiro lugar- Nacional Fair Play - Camacha Campeão ronda eliminatória Gama Clube Defesa menos batida - José Brito - Gama Club Goleador – Flávio da Gama Camacha.!

31

Quinze jogadores de dominó partem este domingo, 5 de Junho, do Aeroporto Internacional Simón Bolívar com destino a San José de Costa Rica, para tentar entrar na lista dos 10 melhores jogadores do mundo no Campeonato Mundial de Dominó, que decorre entre 8 e 10 de Junho. A selecção do Centro Português A.C. terá a responsabilidade de representar a Venezuela, juntamente com a conhecida selecção venezuelana, com quem não descartam enfrentar-se em algumas das categorias a desenrolar-se neste torneio. Dos 15 jogadores, dez são sócios da instituição e outros

cinco são convidados que se destacaram nas diferentes competições. “Preparamonos praticando, e dessa prática temos conseguido equipas com as quais esperamos conseguir pontos suficientes para nos tentarmos destacar entre os 10 melhores”, disse Moisés Rodrigues, presidente da comissão.

Jogadores: Bernardo Pereira. Camilo Hermo. António Araújo. Giovanni Araújo. Sidónio Rodrigues. Francisco Fágiles. Moisés Rodrigues. Carlos Sánchez. Gregório de Abreu. Aníbal Almeida. Fernando de Andrade. Horácio Mendes. José Carlos Rodrigues. Ramón Rodrigues. Fernando da Silva.! PUB


O jornal da comunidade luso-venezuelana Caracas,

02 a 08

de Junho de 2011

www.correiodevenezuela.com

encontro com: Maria Antonieta Duque, actriz

“Nunca é tarde para começar a fazer o que gostamos” Carla Salcedo Leal Foto: Guillermo Felizola

Uma margaritenha levanta o olhar à sua passagem; a sua naturalidade e simplicidade definem-na numa altura em que o principal objectivo é ser o centro das atenções. No entanto, ela passa tranquila, sem levantar muita poeira, mas deixando marcas profundas. Maria Antonieta Duque prepara-se para celebrar, a 1 de Agosto, 20 anos de percurso artístico, trabalhando sem parar. Actualmente participa na novela estrela do canal da colina, ‘La Viuda Joven’, e protagoniza a obra TOCTOC no Teatro Trasnocho. Para além das suas actividades artísticas, mantém-se perfeita nas outras actividades quotidianas, ao dirigir o seu próprio restaurante, manter o seu casamento no tom, e comunicar com os seus seguidores através das redes sociais. Como entrou no meio?

‘Bienvenidos’ foi à ilha fazer o seu programa especial de praia, e convidaram uma agência de modelos de lá, da qual eu fazia parte com extras. Convivi com eles e quase um ano depois, vim viver para Caracas, onde cruzei

com um dos actores, e começaram a incluir-me no programa a pouco e pouco, fazia pequenos papéis. Quando me dei de conta, davamme um papel todas as semanas e no final já estava fixa no programa. Assim passaram oito anos, que me deram uma família bonita e uma projecção internacional. Que marcas lhe deixou essa experiência?

Sinto que de alguma forma fomos como embaixadores, fazíamos um programa que esteve em horário nobre durante 19 anos. Nunca esteve nos meus planos começar como menina sexy, nem estar num programa de comédia, mas eu digo que o tempo de Deus é perfeito. Isso deu-me a oportunidade de ir para as novelas. Nunca é tarde para começar a fazer o que gostamos, eu sou um exemplo desses de ir a pouco e pouco, com constância e estudo. Depois vieram as novelas…

Sim, interpretei Matilde, em ‘Volteas pa’ que te enamores’. Foi uma transição para que as pessoas se dessem de conta do que eu era capaz. Pela primeira vez tirava a maquilhagem e mostravame como uma mulher de carne e osso. Mais de 40 mil pessoas seguem-na no @mariantoduque. Qual é o segredo?

Não imagina o quanto gosto de responder às pessoas que me escrevem. Saber que estou a provocar um sorriso em alguém fazme feliz. Eu não sabia que isto era assim, hipnotiza, mas à parte isso, sinto que já conheço os meus seguidores, há alguns que vejo na

rua e reconheço e outros de que às vezes sinto a falta. Que gostaria que Deus lhe dissesse quando a receber?

(Suspiro) Gostaria que não me recebesse ainda, mas há uma coisa que digo sempre: Deus manda-nos sinais, sempre que nos acontece algo, mando-nos o caminho bom e o caminho mau. Eu quero que me diga que fui feliz porque segui os sinais rumo ao caminho perfeito. Tem alguma experiência com a comunidade portuguesa?

José Vieira é o meu grande amigo desde o princípio, ‘matei tigres’ com ele que nem sabe… A primeira obra de teatro, quando nem sequer me considerava actriz, foi com ele, com sua irmã, Laura Vieira. Com Albi De Abreu, um companheiro maravilhoso e trabalhador, que vai no caminho da direcção e fico satisfeita ao saber que está a crescer e a alcançar as suas metas. Agora estou na novela com Aileen Celeste... Não sabe o que me divirto com essa louca, tornámo-nos bastante amigas, temos sempre histórias. Que mensagem deixa aos leitores do CORREIO?

Agora tenho um restaurante e tiro o chapéu aos portugueses. Uma das coisas que mais admiro neles é que estão em família, não só são trabalhadores como o fazem em família. Isso é bonito e contribui para o êxito deles. Também aproveito para deixar a disponibilidade para que nos convidem para o Centro Português. Para nós seria uma honra levar esta obra (teatro) para que desfrutem ela.!

Correio da Venezuela 409  

Edición 409

Correio da Venezuela 409  

Edición 409

Advertisement