Page 1

O jornal de comunidade luso-venezuelana - Caracas, 05 a 11 de Agosto de 2010

Depósito legal: 199901df222 - Publicação Semanal ano 10 - N.º 369 | Venezuela: Bs.F. 3,00 - Portugal: Euros 1,50

Carabobo prepara especialização em língua portuguesa

VII Jantar de Amigos do Clero no CP

Ao encontro assistiram mais de 30 sacerdotes acompanhados pelas suas comunidades, além das autoridades da Arquidiocese de Caracas, encabeçados pelo Urosa Savino | p.04

‘Pessoas’ chega ao teatro A obra baseada nos textos de Fernando Pessoa, que será apresentada no Teatro Luisela Díaz, reflecte, através da poesia, as vivências dos emigrantese | p.18

O projecto encontra-se na fase inicial, as entidades académicas e professores de economia e gestão estão a planear e a compilar toda a documentação pertinente para a apresentação formal à Conselho Nacional de Universidades | p. 03

Consulado abre inscrições para o prémio Luso Memória A iniciativa procura incentivar os jovens a praticar a escrita em língua portuguesa, para além de homenagear a comunidade luso-venezuelana | p. 32 pub

Farias planeia mudanças estratégicas para a “Vinotinto” | p31 I Encontro sobre Inclusão Social e Combate à Pobreza | p.32


2 editorial TAP: Uma companhia aérea portuguesa? A TAP é a companhia aérea portuguesa líder, com mais de 60 anos de trabalho ininterrupto. Em 2005, passou a fazer parte da Star Alliance, a maior sociedade global de companhias aéreas a nível mundial. Com o seu centro de operações em Lisboa, a companhia realiza actualmente voos para 64 destinos, distribuídos entre 30 países de África, América do Norte e do Sul. No caso da Venezuela, a TAP converteu-se numa das linhas aéreas mais procuradas pelos viajantes, pela relevância que tem a mesma para a comunidade portuguesa no país. Supõe-se que esta companhia aérea, que tanto deve à Venezuela por converter-se numa das rotas mais importantes a nível económico (ainda que tendo os preços mais altos do mercado, tem sempre uma grande ocupação), deveria preocupar-se com a comunidade, aproximando-se dela e apoiando-a nos seus projectos. No entanto, não entendemos como é que, para além dos serviços oferecidos, de resto esta empresa desvinculou-se da comunidade nos últimos meses. Um exemplo disso é a falta de sensibilidade para com os grupos folclóricos portugueses no nosso país, que mais do que os descontos procuram qualquer tipo de apoios minimos. No entanto a TAP e a sua administracao na Venezuela evidencia-se nos últimos tempos pela falta de sensibilidade ou carinho nesta nova faceta. Isto não quer dizer que não valorizemos a sua equipa de trabalho: Pelo contrário, elogiamos o esforço dos tradicionais funcionários da TAP que dia após dia demonstram mais eficiência e mística no seu trabalho ao lidar com situações tao adversas como as políticas da empresa, os mecanismos de segurança, etc, etc. Fazem muito, com poucos meios. No entanto, este tipo de situações levanta controversias e geram incompreensão na comunidade e são muitas as cartas recebidas na nossa redacção criticando este tipo de comportamentos. Não sabemos se é uma nova política a nível mundial, mas acreditamos que nem a Venezuela nem a comunidade lusa o merecem!

PUB

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

a semana Muito Bom

Bom

Mau

Muito Mau

Nesta secção não pretendemos distinguir apenas pessoas, mas também projectos e iniciativas em geral. Hoje elogiamos a iniciativa de homenagem à senhora Betty Rodrigues: Uma mulher que trabalhou grande parte da sua vida pelo associativismo, pelo clube e pela cultura portuguesa. Estendemos as nossas felicitações aos organizadores por romperem parâmetros e renderem uma homenagem em vida.

Elogiamos os avanços nas negociações entre a Universidade de Carabobo e o Conselho Nacional de Universidades para criar uma formação académica em língua portuguesa para a região. Uma iniciativa que revela a importância que o idioma ganhou na Venezuela e que confirma o seu potencial como língua estrangeira a nível internacional.

Repudiamos a violência que o venezuelano vive no seu dia-a-dia. Tal como reflectiu a edição de aniversário do diário El Nacional, no primeiro semestre de 2010, entraram mais de três mil cadáveres na morgue de Bello Monte. Fontes não oficiais revelaram que 2177 corpos deram entrada devido a homicídio, o que leva a comparar os números da violência na Venezuela com os de Ciudad Juárez.

Se bem è certo que em poucos casos as decisões tomadas pelas juntas directivas dos clubes são unilaterais e não têm em conta a opinião dos sócios, também é certo que nos centros sociais existem pessoas que só não deixam trabalhar. Isto converte-se em motivo de conflito e faz com que os clubes deixem de ser um sítio para confraternizar e que se convertam num sítio para críticas.

o cartoon da semana Sabias que o I Encontro sobre Inclusão Social e Combate à Pobreza vai ser realizado no Centro Português de Caracas?

É o local mais indicado para debater essa temática...


actual

05 a 11 DE AGOSTO de 2010 • correio de venezuela

3

Na passada terça-feira 2 de Agosto, nas páginas do diário ‘El Nacional’, extra-oficialmente se revelou que desde 1 de Janeiro até 31 de Julho de 2010, pelo menos 2.177 cadáveres entraram por homicídio, só na morgue de Bello Monte

COMUNIDADE I O projecto está na sua fase inicial

Especialização em Português na Universidade de Carabobo A proposta será apresentada ao Conselho Nacional de Universidades entre Outubro e Novembro Shary do Patrocinio shary.correio@gmail.com

A Universidade de Carabobo vai proporcionar uma especialização em língua portuguesa caso a proposta seja aceite pelo Conselho Nacional de Universidades. A informação foi avançada pelo vicereitor daquela universidade, José Ángel Ferreira. O projecto encontra-se na fase inicial, as entidades aca-

démicas e professores de economia e gestão estão a planear e a compilar toda a documentação pertinente para a apresentação formal à CNU, que se espera que aconteça entre os meses de Outubro e Novembro deste ano. O professor Ferreira adiantou que o programa de estudos é composto por nove matérias que se focam na história da literatura portuguesa, no protocolo europeu, na geografia portuguesa e brasileira, assim como no reforço da linguagem técnica de negócios, a fim de formar profissionais capazes de evoluir no campo laboral. “Um dos principais aliados comerciais da Venezuela é o Brasil, e a especia-

“O projecto encontra-se na fase inicial”, informou José Ángel Ferreira

lização em língua portuguesa representa uma boa oportunidade para aprofundar estas relações de negócios”, disse Ferreira, que estima que o pe-

ríodo de avaliação por parte da CNU será se de seis meses, uma vez entregue o plano. A duração do programa será de um ano e meio.

Tertúlia em homenagem a Betty Rodrigues Cantores animaram a noite com temas dedicados à vida e ao trabalho de Betty Andrea Guilarte Rincón aguilarte.correio@gmail.com

“Muitos anos de vida para ti Betty”, disse Vaz Fernandes, um dos cantores que acorreram à XIV Tertúlia Cultural “Para ti Betty” que se levou a cabo no Salão Nobre do Centro Português de Caracas no passado 30 de Julho. Familiares e admiradores da trajectória de Elizabeth Rodrigues (melhor conhecida como Betty) aguardavam nos arredores do recinto à espera da homenageada da noite. Dentro,

A Direcção da Cultura e o IPC de mão dada na organização da noite

o presidente do IPC, João da Costa, preparava a projecção audiovisual “Betty, uma vida

de imagens”, que dava inicio a uma jornada musical com as apresentações do Grupo Coral

do Centro Português, Betty de Castro, Carlos Orellana, Dexy Rebelo, Catarina Barbosa, o Quarteto do IPC, David Pinho, Alejandro Pereira e Liliana de Faria acompanha do grupo Danças e Cantares. Como “inexplicável” descreveu Betty, o que sentiu ao saber do acto que se levaria a cabo em sua honra. Recordou que no CP estabeleceu laços de fraternidade perduráveis até ao dia de hoje. “Teve uma participação primordial na vida associativa do Centro Português que no inicio localizava-se na Castellana”, recordou Da Costa no seu discurso de abertura no qual ele também destacou o papel de Rodrigues no IPC, onde se converteu em uma óptima conexão com a comunidade madeirense.

Estudantes receberam certificados Carlos A. Balaguera carabal@cantv.net

Após dois anos de estudos os alunos da Escola Hernâni Dos Santos receberam os diplomas que certificam os seus conhecimentos do idioma português. Um total de 20 alunos da instituição, pertencente ao Centro Social Madeirense e à Câmara Venezuelana Portuguesa recebeu os títulos das mãos do Cônsul Geral de Portugal em Valência, Arthur Monteiro, a presidente da Cavenport, Fátima Pontes, o presidente do Centro Social Madeirense, José Guido Pereira e o professor Manuel Alves de Oliveira. “A escola Hernâni Dos Santos iniciou-se há 11 anos nesta sede onde nos temos preocupado com o ensino do nosso idioma. Hoje estamos a conseguir a união das escolas de Maracay e Valência”, recordou Pontes durante o acto. Durante a sua intervenção, a presidente da Cavenport solicitou a validação dos diplomas outorgados no exterior. “Os nossos alunos desertam já que não conseguem que este diploma, selado pelo Consulado Geral, tenha reconhecimento em qualquer parte do mundo, neste momento nem na Venezuela nem em Portugal têm sabido valorizar este trabalho que temos desempenhado com muito esforço”. Perante a problemática Monteiro sugeriu: “Para poupar recursos as escolas de Valência devem organizar-se em apenas uma, seria a solução ideal, toda esta experiência devem aproveitá-la, como devem aproveitar a criação do convénio assinado com a Universidade de Carabobo e o Instituto Camões”.


4 venezuela Breves nacionais

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

SOLIDARIEDADE|O Cardeal Urosa Savino assistiu ao acto

› Sete anos reunidos pelo Clero no CP

1700 Vivendas foram afectadas em Sucre O ministro Tareck El Aissami, informou esta terçafeira que 1700 vivendas foram afectadas no estado Sucre, após a forte caída de precipitação que originaram a subida do rio Caribe. Estimou que foi afectado quase 805 do território da paróquia Arenas e cerca de 405 do município em geral.

Governo inaugurou fábrica

O governo inaugurou a fábrica de empacotar leite Catia II, paroquia Sucre, como parte das políticas para adiantar em matéria de segurança alimentar para satisfazer as necessidades do povo venezuelano. O vice-presidente da Republica, Elias Jaua, indicou que o produto que é empacotado em Catia II está destinado à distribuição da Mercal.

INTI confisca 700 hectares A reitora da universidade Central da Venezuela, Cecília Garcia Arocha, anunciou a expropriação de 700 hectares de terreno pertencentes á Estação Experimental San Nicolás, da faculdade de Agronomia da UCV, por parte do INTI. Este terreno tinha sido ocupado ilegalmente desde 2008 por um grupo de famílias.

Plano de segurança para o Metro

A partir de Setembro, um total de 400 funcionários da Policia Nacional estarão encarregados de resguardar os utilizadores do Metro de Caracas, como parte de um plano desenhado para reforçar a segurança das ditas instalações. Assim o informou o presidente do referido sistema de transporte subterrâneo, Victor Hugo Matute.

Representantes do clero estiveram presentes no evento

Sacerdotes e paroquianos marcaram presença para colaborar com os sacerdotes idosos Carla Salcedo Leal csalcedo.correio@gmail.com

Uma noite de gala, na qual os convidados principais foram a fraternidade e a solidariedade, teve lugar no salão Nobre do Centro Português de Caracas, a passado 29 de Julho, quando uma vez mais o clube abriu as suas portas aos assistentes do VII Jantar de Amigos do Clero. “Faz sete anos apresentou-se uma situação muito difícil com um sacerdote que se viu afectado por uma doença muita longa.

Após isso outro sacerdote comentou-me que devemos ajudar. Esse mesmo sacerdote, sugeriu ao Bispo nomear-me para atender às necessidades do clero”, comenta o padre Alexandre Mendonça, sobre o nascimento do Fundo de Solidariedade dos Ministros Ordenados, escritório que rege a sua fundação. Sete anos mais tarde continuou-se com a iniciativa, que pouco a pouco foi crescendo, com a finalidade de ajudar os sacerdotes que padecem enfermidades e que não têm seguro médico. Nesta oportunidade assistiram cerca de 1000 pessoas. “Isto transformou-se numa convivência muito linda entre os sacerdotes e os paroquianos. Muitos padres vendem entradas, más há

outros que preferem oferecer as entradas aos fiéis que mais colaboram na Igreja com eles”, comenta o padre Alexandre. Para poder reunir fundos, tudo o que se consome, conseguem-se graças a doações de diferentes empresas e pessoas da comunidade. Este ano o sacerdote que mais entradas vendeu foi o Padre Miguel Acevedo da Paróquia de São Pedro, o qual foi merecedor de um Blackberry, enquanto o Padre Jorge Flautero, da paróquia Vista Alegre, obteve o segundo lugar com uma passagem de ida e volta a Margarita.

Entrada Triunfal Ao jantar assistiram mais de 30 sacerdotes, além das autoridades da Arquidiocese

de Caracas, encabeçados pelo Cardeal Urosa Savino, cuja entrada no Salão despertou uma ovação de aplausos entre os quais se deixava ouvir a frase “Valente”. Em exclusivo o Cardeal concedeu umas palavras para a comunidade através do Correio, nas quais expressou a sua admiração pela colónia. “Desde que eu era um jovem sacerdote, encontrei em Caracas uma comunidade portuguesa muito activa e forte na Igreja, essa é uma bênção de Deus que eu agradeço muito”, comentou sua Eminência. “A mensagem tem de ser a mesma que levou o Papa há pouco tempo a Portugal, que é a de fortalecer a fé e seguir com o exemplo de Fátima de amor ao próximo”, concluio.


venezuela

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

Clubes|Centro Luso Venezuelano do Estado Vargas

Breves nacionais

26 Anos a difundir a cultura portuguesa em Vargas O clube encontrase numa etapa de recuperação na qual já se iniciaram algumas obras Carla Salcedo Leal csalcedo.correio@gmail.com

A 22 de Maio de 1984 nasce no estado a urbanização Weekend de Cátia La Mar, Departamento Vargas -para aquele tempo-, o Centro Luso Venezuelano do Estado Vargas, com a finalidade de abrir um espaço no qual pudessem conviver todos os portugueses que vivem no Litoral Central. Desde então, nesse pequeno canto do Vargas, centenas de pessoas mantêm as tradições portuguesas e lutam pela difusão do idioma de Pessoa.

Consulado Honorário de Barquisimeto é presidido por Pedro Ferreira.

Actualmente o Centro Luso de Vargas conta com 200 sócios activos, entre portugueses e luso descendentes, o qual se traduz numa quantidade de quase 800 utilizadores das instalações que em breve

serão remodeladas. A Direcção actual, encabeçada por António Fernandes Maya, aspirar realizar certas melhoras nas instalações do clube, para que os sócios se sintam mais cómodos, razão pela qual se

5

Tertúlia Academia da Espetada de Barquisimeto pôs em marcha a construção da muito esperada piscina, além do acondicionamento de algumas áreas recreativas e o planeamento da construção de um novo salão. Apresar das dificuldades das suas instalações, o centro conta com uma activa vida cultural, encabeçada pelo seu Grupo Folclórico, que há pouco tempo regressou da Madeira após ter participado em importantes eventos culturais, e no campo desportivo no qual destaca o futsal, actividade na qual participam umas 800 pessoas entre as categorias “compoticas” e veteranos. Proximamente irá dar-se inicio às aulas de sábado de português reconhecidas pelo Governo de Portugal, para as quais estarão abertas as inscrições até 31 de Agosto.

As Amigas da Academia da Espetada Barquisimeto reuniram-se em mais uma tertúlia, desta vez ao estilo havaiano, no Centro Atlântico Madeira Club. A direcção da associação aproveitou a oportunidade para manifestar a sua satisfação pelo trabalho realizado até ao momento e fez um apelo para que a pouco e pouco mais amigas contribuam para o projecto de beneficência da Academia.

PUB


6 venezuela

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

comunidade|Encontro na ilha

BCP dá as boas vindas na Madeira O banco Millennium BCP promoveu esta semana, na Madeira, um encontro com cerca de 300 pessoas, maioritariamente oriundas da Venezuela e com ligação à instituição bancária. O encontro serviu para dar as boas vindas aos emigrantes que, particularmente nesta altura do ano, regressam de férias à Madeira. Para o efeito, o Millennium providenciou a reabertura pontual da velha Quinta da Camacha, bem no centro daquela vila, que acolheu um autêntico arraial popular que duraria toda a tarde. Francisco Santos, Ivo Correia e outros quadros do Millennium aproveitaram para momentos de confraternização com a uma faixa importante dos clientes do banco, que acorreram à Camacha para uma tarde agradável, a que se asso-

ciaram as respectivas famílias. Por um dia, a Quinta da Camacha voltou a ser um lugar aprazível e cheio de vida, até porque não faltou a animação de grupos folclóricos, da Banda de São Lourenço e ainda de Jorge Canha e Márcio Amaro, num cenário com todos os ingredientes do arraial tipicamente madeirense.

O encontro serviu para dar as boas vindas aos emigrantes que regressam de férias à Madeira

Carlos Rodrigues reeleito presidente

Una velada para recordar jornadas benéficas

O presidente da instituição sem fins lucrativos espera continuar a colaborar com os portugueses Jean Carlos de Abreu deabreujean@gmail.com

A Casa Portuguesa Venezuelana de Carabobo, reelegeu Carlos Rodrigues como presidente. As eleições decorreram a 25 de Julho; a lista vencedora recebeu 340 votos, enquanto a lista liderada por Augusto Baptista teve 119 votos. Dos 1400 sócios inscritos na associação, 459 participaram nos comícios, tendo sido estes os votantes. O presidente reeleito disse que foi a primeira vez na história do clube que se realizaram umas eleições nas quais houve uma “grande” participação dos seus associa-

A lista vencedora recebeu 340 votos dos. “Faltaram vários afiliados na hora de exercer o direito de voto mas isso ficou a deverse ao facto de muitos deles se encontrarem de férias com os seus familiares”, sublinhou ainda Rodrigues. O presidente salientou o facto de ter recebido muitas felicitações.

No que diz respeito às eleições, Carlos Rodrigues diz que a eleição foi transparente. “Houve três mesas onde os sócios exerceram o seu direito ao voto e o acto foi observado pelos delegados, que estiveram sempre alerta para que não houvesse nenhuma irregularidade”.

Continuam as iniciativas em prol da comunidade Na passada segundafeira, 2 de Agosto no Hotel Montaña Suites em Caracas reuniram-se uma vez mais os compadres da Academia do Bacalhau, um dos vários temas destacados foi a importância dos jovens associaremse a esta academia, de forma a darem continuidade a um trabalho benéfico que tem

vindo a ser desenvolvido pela comunidade portuguesa na Venezuela. Falou-se ainda das festas e realizar este mês de Agosto nos Altos Mirandinos e em Guatire em prol da construção do Santuário de Fátima, onde mais uma vez se apelou à participação da comunidade.


venezuela

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Responsabilidade social é uma secção aberta para dar a conhecer aos leitores o trabalho que as grandes empresas fazem para além da vertente comercial.

TRABALHO|Alcaldia de El Hatillo

Constância atrai os mais jovens Fundação Hatillana de Atenção à Infância e à Família tem beneficiado a comunidade Andrea Guilarte Rincón aguilarte.correio@gmail.com

“Para Fundhainfa a família representa a nossa prioridade. Por isso somos pioneiros, executores e fornecedores de todos aqueles programas sociais que temos desenhado e desenvolvido desde a nossa Fundação para dar assistência social à comunidade hatillana”, disse a presidente da Fundação Hatillana de Atenção à Infância e à Família (Fundhainfa), Diana D’Agostino. Organização que funciona sob a coordenação da Alcaldia de El Hatillo à já nove anos. Apegados à dinâmica dos

Atè ao momento os Planos de Férias 2010 beneficiou mais de 400 crianças

venezuelanos e considerando a chegada da temporada de ferias a Fundação leva a cabo os Planos de Férias 2010, que até ao momento beneficiou mais de 400 crianças. D’Agostino assegurou que

7

esta é a segunda semana dos Planos de Férias 2010, os quais terão uma duração total de três semanas e estão dirigidos às crianças com idades compreendidas entre os 6 e 12 anos, provenientes dos secto-

res populares, urbanizações da jurisdição, filhos de empregados públicos do governo local, assim como também para as crianças que integram o Sistema de Orquestras Infantis núcleo El Hatillo, a Banda Municipal de Música El Hatillo e os pequenos que fazem parte das diversas ‘Casas Hogares’ que fazem vida no Município. O pessoal da fundação alista para o próximo 9 de Agosto o plano recreativo que beneficiara as crianças da zona rural de El Hatillo de maneira gratuita. Entre as actividades das que desfrutarão os mais pequenos destacam: as idas ao cinema e ao zoológico, circo, jogos ao ar livre, pintar, festas, trabalhos manuais, actividades culturais no Anfiteatro de El Hatillo.

Vento em popa Fundhainfa adianta também os trabalhos de Responsabilidade Social em outras áreas, com os projectos: 1. O Centro de Atenção Integral (CAIF) que oferece orientação e assistência terapêutica às crianças de poucos e médios recursos do Município El Hatillo. 2. Rota escolar, um programa pioneiro em transporte escolar gratuito para as crianças do Município que actualmente cobre 2700 viagens diárias. 3. Rota universitária que se leva a cabo graças ao convénio que assinou a Alcaldia, Fundhainfa e a Universidade Nueva Esparta. Unidades de transporte para a viagem diária dos estudantes e seu pessoal. 3. Sistema de orquestras juvenis e infantis, fundado com o propósito de motivar a comunidade infantil e juvenil para incentivar a comunidade escolar a participar na orquestra e conseguir a sua consolidação. PUB


8 publicidade

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010


venezuela

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

9

rumo às eleições 26 de setembro de 2010 Política|Comícios Parlamentares

Terminou a auditoria de cadernos eleitorais As organizações politicas candidatas assinaram a acta na qual foi rectificada a fidelidade dos dados Shary Patrocinio shary.correio@gmail.com

Sem nenhum tipo de observações terminou esta segunda-feira dois de Agosto a auditoria dos cadernos eleitorais, levada a cabo pelos técnicos do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) e pelas organizações com fins políticos. O director do Escritório Nacional de Participação Política, Luís Emílio Rondón, informou que a actividade se realizou entre 26 de Julho e 2 de Agosto, segundo o programa entregue às organizações com fins políticos.

Durante a jornada foram revistos 369 (1%) de cadernos de votação para verificar a exactidão dos dados contidos nos instrumentos impressos com a informação digital do Registo Eleitoral e da mesa definitiva. Na acta assinada pelos representantes das diferentes organizações candidatas ficou reflectido a fidelidade dos dados e não foram formuladas observações de nenhum tipo.

como altos funcionários da Organização das Nações Unidas e da organização dos Estados Americanos. Pela ONU virá o Secretário-geral Van Mi-Moon; o Presidente da Assembleia-geral, Allí Abusaran Tremí e o Alto-Comissário para os direitos humanos, Navanethem Pillay. Em nome da OEA será chamado o Secretário-Geral José Miguel Insulza; o Presidente da União Africana, Bingu

Acompanhamento Internacional O CNE aprovou na sua sessão desta terça-feira três de Agosto o Plano de Acompanhamento Internacional Eleitoral que se desenvolverá durante as próximas eleições. Prevê-se entregar 150 convites a representantes de organismos e autoridades eleitorais da América, África, Ásia e Europa, assim

modelo: Boletim de voto para a Assembleia Nacional

modelo: Boletim de voto para o parlamento lationamericano

Wa Mutharika; o Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, e Presidente do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, Além dos representantes do Parlamento Centro-Americano e dos parlamentos do MercoSur e da Comunidade do Caribe (Caricom). A presença dos convidados internacionais abarcará todo o território nacional.


10 venezuela

Encenador francês faz teatro a partir de Ode Marítima "Sozinho, no cais deserto, a esta manhã de Verão, olho prò lado da barra, olho prò indefinido, olho e contentome em ver, pequeno, negro e claro, um paquete entrando". É com estas palavras, que Fernando Pessoa coloca na boca do seu heterónimo, Álvaro de Campos, que começa o poema Ode Marítima, um dos únicos que o poeta viu publicados em vida e aquele que agora chega ao palco do Teatro Municipal de Almada pela mão de Claude Régy, um dos decanos do teatro francês. Na sua casa em Paris, num quinto andar de um edifício centenário, Claude Régy, 87 anos, conversou com o Diá-

rio de Notícias sobre as razões que o levaram a encenar a obra de Pessoa, sobre o teatro e a poesia, "a única coisa" que lhe interessa encenar, pois "só ela explora o que há de desconhecido na existência. E os poemas pessoanos têm uma profunda carga teatral", explica. Convidado, em 2009, pelo festival de teatro de Avignon, o encenador criou, a partir da Ode Marítima, um espectáculo que, segundo ele, "fala de um mundo onde o interior se mistura com o exterior, onde não há tempo nem espaço definidos, onde há uma convulsão de sensações que representavam um grande desafio colocar em cena".

Joaquim Marta Sousa à Academia Venezuelana da Língua

Nasceu em Portugal (Nogueira, 1940) e veio para Caracas ainda criança. Formouse em Direito e participou, desde muito jovem, na vida política do país de adopção, onde se dedicou igualmente à escrita, nomeadamente no campo da poesia e do ensaio. É venezuelano por naturalização. O seu primeiro livro – Anunciación – data de 1964,

e a ele seguiram-se vários outros, entre os quais Oscuro sol de los puertos (1998), Território privados (1999) e El río solitario (2004). Actualmente é professor aposentado da Universidade Simão Bolívar e acaba de ser eleito como Indivíduo de Número da Academia Venezuelana da Língua, com o qual prestigia a Comunidade residente na Venezuela.

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

1867 - Abolição da pena de morte

“Está pois a pena de morte abolida nesse nobre Portugal, pequeno povo que tem uma grande história (...) Felicito a vossa nação.Portugal dá o exemplo à Europa. Desfrutai de antemão essa imensa glória. A Europa imitará Portugal (...) A liberdade é uma cidade imensa da qual todos somos concidadãos”. Foi com estas palavras que o escritor francês Victor Hugo saudou a abolição da pena de morte em Portugal. Palavras justas e acertadas, já que com esta decisão o nosso país tomada uma decisão revolucionária, de vanguarda, em relação à pena capital, que foi, ao longo dos séculos, fonte de muitas mais injustiças do que actos de justiça. Aconteceu isto no tempo do rei D. Luís, precisamente no dia 1 de Julho de 1867,

quando esta pena, que já tinha sido abolida para os crimes políticos 15 anos antes, o foi para todos os crimes, excepto por traição durante a guerra. A proposta partiu do Augusto César Barjona de Freitas, ministro da Justiça, sendo submetida à discussão na Câmara dos Deputados. Transitou depois para a Câmara dos Pares, onde foi aprovada. Seria finalmente em 1911, um ano após a instalação da I República, que seria abolida para todos os crimes, incluindo os militares. Um estudo especializado informa que a última mulher a sofrer a pena de morte foi Luísa de Jesus. Uma jovem de 22 anos, cuja crueldade e mercantilismo maquivélico apontava contra os recém nascidos enjeitados, abandonados; por

serem ilegítimos, de pais incógnitos ou a recém-nascidos legítimos, mas de pais ignorados. Deixemos em paz esta Luísa de triste memória, se é que tanto merece, e continuemos para referir que a última execução conhecida da pena de morte em Portugal teve lugar no Algarve, no ano de 1846. No que se refere a crimes militares, a última execução terá ocorrido em França, na pessoa de um soldado do Corpo Expedicionário Português, condenado por espionagem. Em tempos mais recentes, num colóquio com motivo do primeiro centenário da data que aqui recordamos, duas grandes figuras da nossa culturas referiram-se deste modo a esse castigo. Miguel Torga afirmou que "A tragédia do homem, cadáver adiado, como lhe chamou Fernando Pessoa, não necessita dum remate extemporâneo no palco (...) Por isso, humanos que somos, exijamos de forma inequívoca que seja dado a todos os povos um código de humanidade. Um código que garanta a cada cidadão o direito de morrer a sua própria morte". Vergílio Ferreira falou deste jeito: "E acaso o criminoso não poderá ascender à maioridade que não tem? Suprimi-lo é suprimir a possibilidade de que o absoluto conscientemente se instale nele. Suprimi-lo é suprimir o Universo que aí pode instaurar-se, porque se o nosso "eu" fecha um cerco a tudo o que existe, a nossa morte é efectivamente, depois de mortos, a morte do universo".

Visite o nosso blogue! www.institutoportuguesdecultura.blogspot.com Informações em português, castelhano, inglês e francês. Actualizações diárias


05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

internacionais

11

Novo embaixador aposta Transparência Internacional nas relações culturais Corrupção |Em comunicado

critica Ministério da Justiça Alega que observações lusas foram "despropositadas e mal informadas" LUSA/CORREIO

A Transparência Internacional (TI) considerou, "despropositadas e mal informadas" as observações do Ministério da Justiça, que contestou o último relatório da organização e alegou que esta "não utiliza elementos solicitados às fontes oficiais". Em comunicado, a Transparência e Integridade-Associação Cívica, entidade portuguesa que integra a rede de contactos da TI, garante que para a elaboração do seu relatório anual a

TI utiliza, nomeadamente, "elementos solicitados às fontes oficiais", como estatísticas do Departamento Central de Investigação e Acção Penal e outros documentos oficiais, assim como análise documental dos relatórios de progresso da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico. A TI, organização não governamental sem fins lucrativos de luta contra a corrupção, com representação em mais de 90 países, elabora anualmente um relatório de progresso sobre o processo de implementação da Convenção sobre o Combate da Corrupção de Funcionários Públicos Estrangeiros em Transacções Comerciais Internacionais de 1997, vulgo Convenção da OCDE.

As relações entre Portugal e a China são tidas como excelentes

O novo embaixador de Portugal na China, José Tadeu Soares, considera que "há muito a fazer" no domínio cultural e planeia lançar uma reunião anual dos chineses que estudaram português ou que tiraram cursos em Portugal. Em declarações à Agência Lusa depois de ter apresentado, recentemente, as cartas credenciais ao presidente chinês, o novo embaixador

definiu para a sua missão diplomática objectivos de carácter político, económico e cultural. José Tadeu Soares constatou que as "relações entre Portugal e a China são excelentes", mas defende que no plano cultural "há muito mais para fazer e no domínio económico há uma luta a prosseguir" dado o défice da balança comercial entre os dois países a favor do gigante asiático.• PUB

A TI é uma organização não governamental sem fins lucrativos de luta contra a corrupção

CIMPOR vai duplicar produção de cimento Como resposta às necessidades do mercado daquele país africano LUSA/CORREIO

A Cimentos de Moçambique, detida pelo grupo português CIMPOR, vai duplicar a produção da fábrica na Matola, para cerca de um milhão de toneladas em 2011, como resposta às necessidades do mercado nacional. Moçambique tem assistido nos últimos anos a um aumento considerável de obras de grande envergadura, estando previstos diversos projectos do Governo e sector privado, como a construção das pontes sobre o Zambeze na cidade de Tete, MaputoKatembe e a Hidroeléctrica de Mpanda Nkuwa, na província de Tete.

O consumo de cimento irá atingir 1,5 milhão de toneladas em 2014

Segundo um estudo avançado pela Cimentos de Moçambique, a maior produtora nacional de cimento, o consumo daquele material irá atingir 1,5 milhão de toneladas em 2014, valor que deverá subir para 1,8 milhões de toneladas por ano, em 2018.•


12 história de vida

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

História de Vida |Nelson Coelho

“Deus deu-me alegrias, trabalho e responsabilidades” Shary do Patrocinio shary.correio@gmail.com

Entre a algazarra do concorrido restaurante Casa Portuguesa do estado Aragua aparece Nelson Coelho a saudar os amigos. Convidam-no de imediato a sentar-se e põem à sua disposição um copo com gelo. Ao ver-me, levanta a mão e diz: “Quando você disser começamos a entrevista.” O senhor Coelho é um dos muitos emigrantes portugueses no país, tendo chegado a terras venezuelanas há 57 anos, proveniente de Câmara de Lobos. Para além da roupa, nas suas malas trazia ilusões e os medos característicos de uma criança de 10 anos que enfrentava uma nova vida longe de casa. Os seus estudos primários foram continuados a partir dos 13 anos, idade em que se apaixonou pelo comércio e estabeleceu o seu próprio negócio em Caracas, inspirado pelas habilida-

des de vendedor do seu pai. “Montei uma ‘bodega’ com um primo que tinha 16 anos. Recordo-me que nos custou 500 mil bolívares, mas passado ano e meio, vendemos”, comentou, enquanto mexia o seu whisky com o dedo indicador. Em busca de melhores oportunidades de emprego, chegou a Maracay em 1959 e tornou-se encarregado do supermercado La Entrada, lugar que ocupou durante apenas dois anos, pois foi aberto um segundo negócio com a colaboração dos seus chefes, que lhe deram o capital. E ao que parece a ideia deu bons frutos, pois “aos 19 anos comprei o meu primeiro carro”.

Paixão solidária A algazarra do restaurante continua, ao fundo ouve-se o tema ‘Vuelve’, de Ricky Martín, e chega à mesa outro amigo do senhor Coelho. É servido outro whisky e o protagonista desta história divide vários dióspiros e ofe-

Nelson Coelho chegou a terras venezuelanas há 57 anos

rece a todos, inclusive aos que estavam sentados duas mesas mais à frente. Hoje em dia, falar de Nelson Coelho em Maracay é sinónimo de gentileza e solidariedade. É fundador do Lar Geriátrico Luso Venezuelano de Maracay e presidente fundador da Casa Portuguesa e da Academia do Bacalhau. A tudo isto reage sem grandezas. “A única coisa que quero é que Deus continue a dar-me saúde para continuar a trabalhar para a comunidade.” Com 67 anos de idade, a palavra que melhor o descreve é trabalho. Não é em vão que é dono da maior cadeia de armazéns da cidade, com 42 anos de existência, e referência entre taxistas e motoristas de autocarros na hora de indicar uma direcção. “Sempre gostei de quinquilharias e tenho muita habilidade para esse ramo”, afirma.

Família cresceu O senhor Coelho diz sentir-se português no sentido mais amplo da palavra, pois nasceu a 10 de Junho de 1943, dia em que se celebra Portugal, Camões e as Comunidades PortuguePUB

sas. Ainda que fale espanhol perfeito, confessa que continua a falar o seu idioma nativo. Está há mais de metade da sua vida com Catarina Nohemi Abreu, com quem se casou quando tinha 22 anos de idade. Para além de ser sua esposa, o senhor Coelho descreve-a como uma mulher incondicional que soube interpretar muito bem o seu sentimento de serviço à comunidade, através da presidência do Comité de Damas do lar. Desta união nasceram as pessoas mais importantes da vida de Nelson Coelho: Os seus filhos Nelson Adolfo, Diego José e Katy Nohemy, que por sua vez deram à família Coelho/Abreu três razões de vida ainda mais fortes: Daniel, Gabi e Kelly, campeã nacional de golfe. “Os meus netos significam tudo, sinto-me feliz por tê-los. Sou uma pessoa quase realizada na vida, tive tudo o que quis (…). Deus deu-me grandes alegrias, mas também muito trabalho e responsabilidades”, disse Nelson Coelho, minutos antes de fazer o brinde final com os seus amigos.

ENCONTRE O CORREIO DA VENEZUELA ATRAVÉS DOS SEGUINTES CONTACTOS Victor Vieira

Centro Portugués de Guayana

(0286) 962.6802 / (0414) 8776547

Puerto Ordaz - Edo. Bolívar

José E. De Abreu

Casa Portuguesa de Maracay

(0414) 345.6709

Maracay - Edo. Aragua

Trinidad Macedo

Antonio Dos Santos Carlos Balaguera

Programa radial "Así es Portugal"

Sandra Rodríguez Jorge Ruíz

Gabriel Ferreira Joao Nolasco

Carlos Marques

Fernando David Urbina Restaurant El Fogón

(0251) 262.8768 (0261) 755.7018 (0414) 341.2422

(0412) 434.5017 / (0412) 756.5448 Programa radial "Mocedades Portuguesas" Consulado de Portugal en Margarita

322.4246

(0414) 244.5611

(0414) 794.8239 (0274) 271.6658 (0414) 293.8170 (0261) 743.2142

Barquisimeto - Edo. Lara Maracaibo - Edo. Zulia

Valencia - Edo. Carabobo

La Victoria - Edo. Aragua

Los Teques - Edo. Miranda Los Teques - Edo. Miranda

Margarita - Edo. Nueva Esparta Mérida - Edo. Mérida

HIguerote - Edo. Miranda Prolongación Maracaibo


diáspora

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

Emigração|Controlar o sobrepeso

breves

Menos 215 mil saíram do país em cinco anos A média de 70 mil migrações anuais terá diminuído, no ano passado Tiago Rodrigues Alves Jornal de Notícias

Nos últimos anos, o número de cidadãos portugueses a trabalhar no estrangeiro terá diminuído em cerca de 215 mil. Já o movimento migratório para Angola subiu de 156 para 23 mil. Em 2009, havia quase um milhão de lusos a trabalhar por toda a Europa. Entre 2005 e 2009, cerca de 350 mil portugueses rumaram para fora de portas à procura de melhores oportunidades. Segundo o director do Observatório de Emigração, Simões Bento, no ano passado a média de 70 mil migrações anuais terá diminuído. E, se se contabilizarem os números totais de portugueses fora do país, há, hoje, menos 215 mil emigrantes do que em 2005. De acordo com os dados do Observatório, compilados pelo deputado Paulo Pisco, entre 2005 e 2008 a diáspora portuguesa ter-se-á reduzido em 215 mil emigrantes (vide caixa). Recentemente, a migração para Angola tem sido um fe-

O dinheiro enviado de Angola vem crescendo, e muito

nómeno surpreendente. Basta atentar no número de vistos emitidos por Luanda para portugueses. Em 2006 foram emitidos 156 vistos. No ano passado, 23 787 portugueses obtiveram autorização para trabalhar naquele país africano. Numa radiografia às migrações dentro da Europa, o Eurostat assinala que há 965 mil portugueses espalhados por 27 nações. É em França que se encontra o maior número de cidadãos lusos, cerca

de 492 mil. Naquele país a comunidade portuguesa é mesmo a maior comunidade dos 3,6 milhões de estrangeiros ali residentes. Os argelinos, com 477 mil, são o segundo grupo mais representativo. Os outros países europeus onde estão instaladas as maiores comunidades lusas são Suíça (183 mil), Espanha (140 mil) e Alemanha (114 mil), sendo que também há mais de 100 mil portugueses a residir no Reino Unido. Por outro lado, nos últi-

Preservação da memória

mos anos, o dinheiro enviado pelos emigrantes está em queda contínua. Segundo dados do Banco de Portugal, desde o ano de 2000 que as remessas anuais diminuíram em mais de um terço. Se em 2000 a diáspora portuguesa enviou para a sua terra natal 3459 milhões de euros, no ano passado apenas chegaram 2282 milhões. A crise económica terá aqui algum peso, mas os motivos reais estão a montante, afirmam os especialistas. Desde logo a diminuição do fluxo migratório e, por outro lado, o envelhecimento da diáspora e o crescente afastamento da segunda geração relativamente a Portugal. Ou seja, já não enviam dinheiro, pois não esperam vir para cá. Já o dinheiro enviado de Angola vem crescendo, e muito, tendo mesmo quintuplicado nos últimos cinco anos. Em 2004, as remessas enviadas foram de 20,6 milhões de euros, e no ano passado foram de 103,4 milhões. Esta subida permitiu que, no mesmo período de tempo, o saldo entre remessas enviadas e recebidas entre Angola e Portugal aumentasse dez vezes, de 9,5 milhões para 91,1 milhões.

O lançamento de uma estrutura para registar a memória de emigração e a criação em Portugal de uma “Cidade da Memória” ou “Casa da Memória”, como existe em países como a França, Israel ou os Estados Unidos, foram duas das reivindicações saídas, sábado, 31, da IV Convenção Mundial das Comunidades Portuguesas, que se realizou em Chaves.

Plenário do CCP adiado para 2011

Previsto para decorrer em Novembro, o plenário do Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP), adiado para Março ou Abril de 2011 por falta de orçamento. O anúncio foi feito pelo presidente daquele órgão e consulta do Governo em matéria de emigração.

Lusos devem integrar-se

A responsável pela Associação de Portugueses no Estrangeiro (APE) apelou aos emigrantes para que se integrem nos países de acolhimento a fim de que sejam ultrapassadas as diferenças culturais. José Machado explicou que “as comunidades portuguesas só conseguem afirmar-se se participarem na vida pública do país de acolhimento”.

Comunidades devem ajudar mais As comunidades portuguesas no estrangeiro devem ser envolvidas na promoção dos produtos e serviços portugueses para contribuírem de forma mais assinalável para a recuperação económica, defendeu, no sábado, o director do jornal “As Notícias”, publicado no Reino Unido, João Noronha. O contributo que as comunidades portuguesas podem dar ao crescimento da economia portuguesa foi o tema abordado pelo director, João Noronha,

na IV Convenção Mundial das Comunidades Portuguesas, em Chaves. Para Noronha, “este tema é, de certa forma, polémico, porque sabemos que não existe há anos desenvolvimento económico assinalável em Portugal”. Acrescentando que, “para além das remessas, não há qualquer contributo notável em termos económico-financeiro das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro”, o responsável afirmou que “não

existem quaisquer instituições de comércio, de investimento e de intercâmbio económico financeiro entre Portugal e os centros de emigração espalhados pelo mundo e vice versa”. Segundo Noronha, hoje já não é suficiente o valor das remessas enviadas pelos emigrantes, “é necessário envolver os emigrantes na promoção, divulgação e internacionalização de produtos, serviços e empresas na captação de investimentos estrangeiro para Portugal”.

13

Lusos no estrangeiro devem promover produtos e serviços do seu país


14 portugal

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

O submarino Tridente foi recebido, segunda-feira, 2, no Alfeite pelo chefe do Estado-maior da Armada (CEMA), uma compra do Estado português marcada por dois processos judiciais em Portugal, derrapagens financeiras e falhas na execução do contrato de contrapartidas

Breves País

Nove mortos nas praias em Julho Nove pessoas morreram nas praias portuguesas e os nadadores salvadores efectuaram 273 salvamentos em Julho, segundo informação divulgada no site oficial da Marinha. A grande maioria dos acidentes fatais decorreu em praias não vigiadas, sendo que em zonas marítimas morreram seis pessoas.

Oito vítimas mortais na “Férias seguras” Oito mortos e 36 feridos graves é o balanço provisório dos acidentes de viação registados na operação “Férias Seguras”, disse à agência Lusa fonte do comando operacional da GNR. Segundo dados preliminares, os acidentes causaram oito mortos e 36 feridos graves.

Defensor de Moura quer mais médicos O candidato à Presidência da República Defensor de Moura considerou que aumentar o número de vagas em Medicina é a única forma de resolver o problema da falta de médicos no país. “Não há outra maneira de resolver a falta de médicos que temos neste momento”, disse Defensor de Moura.

Genéricos estão mais baratos

O preço dos medicamentos genéricos baixou, com alguns “campeões de venda” a registarem diminuições de 50%. Esta nova baixa do preço dos genéricos resulta da aplicação do decretolei n.º 48-A/2010 de 13 de Maio e da portaria n.º 312A/2010 de 11 de Junho.

Madeira|Após o temporal de 20 de Fevereiro

Novo aterro do Funchal vai ter jardim e comércio Governo concede à APRAM poder para valorizar a zona. Câmara Municipal está a ser ouvida LUSA/CORREIO

A ‘capital’ da Região Autónoma da Madeira vai mesmo ter uma nova frente-mar, que será construída em toda a zona onde foi depositada a terra - cerca de 200 mil metros cúbicos de entulho - tirada das ribeiras após o temporal de 20 de Fevereiro. A decisão está tomada e foi publicada no Jornal Oficial da Região a 20 de Julho, após decisão do Conselho de Governo de 13 de Julho, que concede à Administração dos Portos da Madeira (APRAM) todo o poder de “valorização paisagística e urbanística do terrapleno” criado desde o cais do Funchal até à ribeira de Santa Luzia. A resolução publicada com o número 781/2010 reconhece que a “operacionalidade do Porto do Funchal ficou

Os entulhos, depositados na frente-mar do Funchal, vão lá ficar para valorizar a zona

afectada devido aos materiais aluvionares transportados pelas cheias das ribeiras para a zona baixa da cidade” e que a “remoção integral dos materiais depositados teria custos directos e indirectos, nomeadamente com o transporte e respectiva colocação em depósito, ou lançamento ao mar com as consequentes implicações ambientais”. Acresce que a “perda do efectivo valor económico dos materiais pela sua não utilização”, frisa a resolução.

Ora, como nenhuma destas soluções seria viável, só resta requalificar a zona, que actualmente continua a ter custos - duas areeiras continuam diariamente a retirar terra acumulada no fundo do mar e no futuro implicaria perdas financeiras ainda maiores, sem contar a ambiental. O Governo Regional diz que “os estudos indicam ser relevante” valorizar a zona, “considerado um projecto estratégico para o desenvolvimento do Porto e da cidade

do Funchal e apontam para a necessidade de rever o plano director do Porto do Funchal”. Tendo por base a necessidade de rever o plano, decorrente da resolução 150/2004, de 12 de Fevereiro de 2004, que obriga o Conselho de Governo a aprovar qualquer alteração nesse sentido, a decisão parece óbvia em dar ‘peso’ estratégico ao monte de entulhos no desenvolvimento do porto. A APRAM fica autorizada a desenvolver “todos os estudos necessários para a contenção de inertes e para a salvaguarda da operacionalidade do porto”, enquanto a Secretaria Regional do Equipamento Social desenvolverá “todos os estudos necessários para a valorização paisagística e urbanística do terrapleno” desde que com parecer favorável da APRAM. A empresa pública gestora das zonas portuárias da Região deverá, ainda, propor as alterações ao plano director e que será a entidade ‘concedente’ de “todas as construções e dos espaços comerciais que venham a ser executados”.•

Faleceu Bettencourt Resendes Antigo director do Diário de Notícias de Lisboa LUSA/CORREIO

O jornalista Mário Bettencourt Resendes, antigo director do Diário de Notícias, morreu segunda-feira, 2, aos 58 anos, na sequência de cancro, disse à Lusa fonte próxima da família. O jornalista faleceu no

Hospital Cuf Descobertas, tendo o seu corpo ficado em câmara ardente na Igreja de São João de Deus, em Lisboa. O funeral realizou-se no dia seguinte. Mário Resendes desempenhava a função de Provedor do Leitor do jornal Diário de Notícias (DN). Apesar de ter sido, nos últimos anos, um dos comentadores políticos mais presentes na televisão e na rádio, Mário Resendes

tornou-se conhecido por ser director do Diário de Notícias, cargo que ocupou no início da década de 90 e de onde saiu em 2003. Nasceu em 1952 em Ponta Delgada, Região Autónoma dos Açores, e começou a sua carreira no jornalismo em 1975, depois de ter sido “apanhado” pelo 25 de Abril quando estava no quinto ano do curso de Gestão de Empresas e Economia.•


Portugal

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

15

O Ministério da Educação vai aplicar no próximo ano lectivo “condicionamentos” na atribuição dos apoios financeiros a conceder às escolas de música do ensino privado, num quadro de “contenção orçamental” e “redução da despesa”.

Entrevista |Diz Pinto Monteiro

Breves política

“Tenho os poderes da Rainha de Inglaterra” Procurador Geral da República pede mais autonomia para o Ministério Público LUSA/CORREIO

Em entrevista ao Diário de Notícias de Lisboa, o Procurador-geral da República diz que “é absolutamente necessário que o poder político (seja qual for o governo e sejam quais forem as oposições) decida se pretende um Ministério Público autónomo, mas com uma hierarquia a funcionar, ou se prefere o actual simulacro de hierarquia”. No actual modelo, Fernando Pinto Monteiro afirma que o PGR “tem os poderes da Rainha de Inglaterra e os

procuradores-gerais distritais são atacados sempre que pretendem impor a hierarquia”. Pinto Monteiro sustenta ainda ser “preciso que, sem hesitações, se reconheça que o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público é um mero lobby de interesses pessoais que pretende actuar como um pequeno partido político” e que o poder político deve esclarecer esta questão de “forma inequívoca”.

Jorge Miranda diz que falta impor autoridade O constitucionalista Jorge Miranda considerou que o funcionamento da Procuradoria-geral da República “depende do modo como o próprio procurador impõe a sua autoridade” e recusou a necessi-

Investimentos no imobiliário caem mais de 50% no 1º semestre O investimento imobiliário em Portugal movimentou uma verba de 241 milhões de euros no primeiro semestre, o que representa menos de metade dos valores dos primeiros seis meses do ano passado, segundo a Cushman & Wakefield (C&W). De Janeiro a Junho de 2010 foram registados negócios de investimento em Portugal com um valor de 241 milhões de euros, menos de metade do registado no período homólogo, cerca de

600 milhões, o que, segundo a consultora imobiliária, é “um investimento inferior ao esperado para o primeiro semestre”. Ainda assim, Luís Rocha Antunes, diretor do departamento de investimento da C&W em Portugal, acredita que 2010 “pode vir a atingir valores superiores aos de 2009 ainda que modestos face à média dos últimos anos”, o que, acrescentou, dependerá da “evolução da economia mundial e nacional”.•

“Uma das crises de confiança mais graves” O vice-presidente do PSD Marco António Costa considerou que a Justiça “está a sofrer uma das crises de confiança mais graves” de sempre, acusando o PS de ser uma “força de bloqueio” ao recusar “reformas importantes” nesta área. “A Justiça está a sofrer uma das crises de confiança mais graves das últimas décadas”, acrescentou.

PCP quer impedir novos horários Pinto Monteiro diz que o “Sindicato dos Magistrados do Ministério Público é um mero lobby de interesses pessoais”

dade de reforço dos poderes do responsável máximo desta instituição. Em declarações à Lusa, em reacção à entrevista do PGR, o professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa voltou a defender uma re-

visão constitucional, de modo a prever que o procurador geral da República não possa ser exonerado, e propõe ainda que a Constituição Portuguesa passe a proibir actividades sindicais de juízes e procuradores do Ministério Público.•

Concorrência investiga três processos na área da Saúde A Autoridade da Concorrência está a investigar pelo menos mais dois processos na área da Saúde, para além da investigação à eventual concertação de posições dos laboratórios relativamente à cobrança de juros pelas dívidas dos hospitais. O pedido de esclarecimentos feito à Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), na mesma semana em que foi aprovada em assem-

bleia geral a resolução que avança para a cobrança de dívidas, é o último de, pelo menos, mais dois processos que estão em investigação pela equipa liderada por Manuel Sebastião. Os outros dois processos, os únicos publicamente conhecidos, dizem respeito a duas queixas interpostas pela Apifarma junto da Autoridade da Concorrência e que visam directamente a Associação Nacional das Farmácias.•

O PCP vai pedir a apreciação parlamentar do decreto-lei do Governo para alargar o horário das grandes superfícies, decisão que o partido considera “um golpe legislativo do Governo”. “Foi um autêntico golpe legislativo para liberalizar o que faltava”, considerou Agostinho Lopes, depois de um encontro com a Associação Comercial e Empresarial dos Concelhos de Oeiras e Amadora.

Esquerda acusa PSD de “número político” Os partidos de esquerda apelidaram de “número político” do PSD a tentativa de reunir a comissão permanente do Parlamento para discutir a execução orçamental, enquanto o CDS-PP queria alargar a discussão aos chumbos dos alunos. Para o líder da bancada do PS, Francisco Assis, “a consideração de que a presença do Governo era dispensável constitui a demonstração mais absoluta de que pretendia-se levar a cabo um número político de verão”.


16 portugal

correio de venezuela • 05 a 11 DE AGOSTO DE 2010

O volume de pagamentos aos beneficiários do Quadro de Referência Estratégica Nacional ultrapassou os 680 milhões de euros no segundo trimestre de 2010, um acréscimo de 25% face aos primeiros três meses do ano.

Breves economia

Incêndios|Registaram-se 8753 ocorrências de fogo

› 19346 hectares de floresta já foram destruídos

TAP bateu recordes nos primeiros 7 meses

A TAP transportou mais de cinco milhões de passageiros nos primeiros sete meses do ano, um número que representa um aumento de 5,9%, face ao período homólogo de 2009, e também um recorde no período em questão, anunciou a companhia aérea. “A companhia nacional atingiu 5.013.796 passageiros nos sete primeiros meses do ano, mais 5,9% do que em igual período do 2009”, informa a empresa.

Preços produção caem 0,1% em cadeia

Os preços da produção industrial em Portugal caíram 0,1% em Junho, face a Maio, subindo 3,7% em termos homólogos, segundo os dados agora divulgados pelo Eurostat. De acordo com o gabinete de estatísticas europeu, Portugal figura entre o grupo dos Estados membros que registaram quedas em termos mensais, depois da Irlanda, Dinamarca e Reino Unido.

Obras Públicas perdem 140 mil trabalhadores

O sector da construção em Portugal atravessa a mais prolongada crise dos últimos oito anos e contabiliza uma perda acumulada de 31% da produção e a eliminação de mais de 140 mil postos de trabalho. A conclusão é da FEPICOP, cujo inquérito semestral aos prazos de recebimento nas obras públicas revela que as dívidas dos municípios às empresas de construção ascendem a 830 milhões.

O maior número de ignições ocorreu durante o passado mês de Julho

embora os valores se mantenham bem abaixo da média dos últimos anos”, refere o documento.

LUSA/CORREIO

Os incêndios florestais registados em Portugal entre Janeiro e Julho deste ano destruíram 19346 hectares, entre povoamentos florestais (7919 hectares) e matos (11428 hectares), tendo o maior número de ignições ocorrido em Julho, anunciou a Autoridade Florestal Nacional (AFN). No período em análise registaram-se 8753 ocorrências de fogo (1390 incêndios florestais e 7363 fogachos), que resultaram na área ardida total de 19346 hectares,

O maior incêndio registado em Portugal desde o início do ano consumiu 2.441 hectares

segundo um relatório provisório da AFN, organismo do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.

“A onda de calor que se fez sentir essencialmente na última semana de Julho contribuiu para o acréscimo de área ardida registado, muito

Maior fogo entre Douro e Vouga O maior incêndio registado em Portugal desde o início do ano consumiu 2.441 hectares na última semana de Julho, na região entre o Douro e Vouga, de acordo com os dados actualizados pelo Concelho Europeu. Este incêndio ocorreu em São Miguel do Mato, com data de ignição registada a 26 de Julho, e dos 2.441 hectares consumidos 73% correspondiam a floresta de folha larga, 17% de floresta mista, 5% de arbustos e matos e 4,8% de terrenos agrícolas.•

Aumento da idade de reforma prejudica concelhos do interior LUSA/CORREIO

O aumento generalizado da idade de reforma vai prejudicar os concelhos do interior por atrasar o regresso às origens de quem teve que procurar emprego noutras cidades, alertou à agência Lusa o presidente da Câmara de Oleiros, José Marques. O aviso foi feito no dia em que o concelho abre portas a mais uma edição da Feira do Pinhal, em que a autarquia recebe 211 expositores e espectáculos musicais até 8 de agosto, num recinto no centro da vila. “Há o receio, da minha

parte e de todos os autarcas do interior, de que, com o aumento da idade de reforma, não regressem ao concelho tantas pessoas como estavam a regressar nos últimos anos”, referiu José Marques. O presidente da câmara estima que “mais de 90 por cento das pessoas destes concelhos que tenham o seu emprego nas cidades, principalmente em Lisboa, regressem às origens após a aposentação”. No entanto, a tendência de prolongamento da vida de trabalho “pode atrasar e prejudicar a vinda das pessoas para os locais onde nasceram

O maior incêndio registado em Portugal desde o início do ano consumiu 2.441 hectares

e onde têm as suas coisas”. “Nós temos a noção exacta das habitações que são usadas no fim-de-semana. Nessa alturas, a população

do concelho praticamente que duplica, sobretudo nesta época de verão”, realçou José Marques.•


portugal

05 a 11 DE AGOSTO de 2010 • correio de venezuela

17

As novas regras de atribuição e manutenção das prestações sociais de natureza não contributiva mudam, gerando ao Estado uma poupança de perto de 200 milhões de euros no próximo ano.

Educação |Isabel Alçada

Breves economia

Fim dos chumbos A Ministra da Educação deu a ideia. As reacções surgiram de todos os quadrantes LUSA/CORREIO

Numa entrevista publicada no Expresso, a ministra da Educação Isabel Alçada disse que a fórmula do chumbo “não tem contribuído para a qualidade do sistema”. E adiantou que “a alternativa é ter outras formas de apoio, que devem ser potenciadas para ajudar os que têm um ritmo diferenciado”, acrescentando que pondera alterar as regras de avaliação durante o seu mandato, apesar de pretender um consenso e um debate alargado no sector. As reacções não poderiam ser mais contraditórias, com sinais de apoio e outras declarações de total desacordo. A Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) considerou ontem que o fim dos chumbos em Portugal será a maior revolução na educação desde o 25 de Abril, dando o seu apoio à ideia da ministra da tutela.

“Isto é a maior reforma que pode ser anunciada em educação no nosso país, porque implica um outro conceito de escola. Uma escola que dá condições de trabalho aos professores e aos alunos para que as retenções sejam eliminadas. Sem muito trabalho não é possível chegar lá”, comentou à agência Lusa o presidente da Confap, Albino Almeida. A Confap mostra-se agradada com a ideia, lembrando que para a concretizar é necessário “dar mais autonomia às escolas” para trabalhar os currículos e adaptá-los aos alunos. O representante dos pais considera que a medida “nada tem de facilitismo e tem tudo de eficiência”, reconhecendo que é uma reforma que vai trazer “grandes desafios ao Ministério da Educação”. Posição contrária tem a Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação, que se mostrou ontem preocupada com a intenção da ministra, considerando-a “avulsa” e uma “acção de merchandisig”. “Ficamos preocupados com este tipo de anúncios que

Porto de Leixões obtém certificação de qualidade A Administração dos Portos do Douro e Leixões obteve certificação de qualidade para a totalidade do processo de transporte. “Pela primeira vez em Portugal, uma administração portuária obtém a ISO 9001:2008 para a totalidade do processo meio de transporte navio, integrando todas as actividades operacionais e de suporte associadas”, anunciou a APDL.

Segundo o comunicado, “a Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade, pela Lloyd’s Register, para a gestão do navio em porto, pilotagem, amarração, protecção e segurança, recolha de resíduos, mercadoria perigosa e hidrografia, permite demonstrar o compromisso do Porto de Leixões com a qualidade dos seus serviços e processos, visando a satisfação dos seus clientes”.

2,3 milhões de euros na defesa da floresta A indústria papeleira, que gere quase 6% da floresta nacional, gasta cerca de 2,3 milhões de euros por ano na defesa contra incêndios, segundo dados da associação do sector. As dez empresas associadas da CELPA, investiram uma média anual de 2,3 milhões de euros em acções de silvicultura preventiva. Isabel Alçada quer acabar em definitivo com as reprovações

parecem acções de merchandising em relação à educação. Uma medida destas, avulsa, sem haver um debate, não faz sentido”, declarou à Lusa Rui Martins, dirigente da CNIPE. Apesar de se mostrar disponível para este debate, a CNIPE diz que é necessário primeiro “criar uma base na escola pública que dê condições a que os alunos sejam inclusos”. Contra a intenção está também a Federação Nacional dos Professores (Fenprof), que alertou para o perigo de seguir o caminho do facilitismo e da deturpação das esta-

tísticas de sucesso escolar ao acabar com os chumbos no ensino. “Ou vai haver um forte investimento na educação, com mais apoios para os alunos e com programas adaptados, ou não vai ser assim e isso começa a preocupar-nos”, comentou Mário Nogueira O dirigente da Fenprof considera que é uma “incoerência” querer comparar os níveis de sucesso de Portugal com os países nórdicos sem um investimento no ensino, sublinhando que nos últimos dois anos 21 mil alunos “foram afastados da educação especial”.•

Falta de investimento na floresta nacional A Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente atribuiu os incêndios à falta de investimento na floresta, defendendo que o Programa de Desenvolvimento Rural “poderia ser o meio de combate” aos fogos. “Com um cenário severo de alterações climáticas não podemos esperar por um verão menos quente ou um inverno menos húmido e

propício ao desenvolvimento de vegetação. É preciso, sim, investir na floresta, na sua manutenção e preservação, ou seja, é necessário que o Proder entre em funcionamento”, sustenta. Afirmando que “desde o anterior Quadro Comunitário não há investimento na floresta nacional”, a ANEFA considera que “o Proder poderia ser o ‘meio de combate’ aos incêndios florestais”.

Montepio estima sinergia de 70 milhões de euros O presidente do Montepio, António Tomás Correia, revelou que, caso a Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre o Finibanco se concretize, daí resultarão sinergias de 70 milhões de euros que serão atingidas no prazo máximo de 18 meses. “Estimamos que as sinergias sejam atingidas até um prazo máximo de 18 meses e avaliamo-las em 70 milhões de euros”.

Iniciam obras de central de produção de electricidade

A ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, presidiu, segunda-feira, 2, à cerimónia de início das obras de uma central de produção de electricidade, através de resíduos sólidos, na empresa Valnor, responsável pela reciclagem de lixo no norte alentejano. Esta central junta-se às nove já existentes no sector empresarial do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território e que permitem a produção de energia para 112 mil famílias.


18 cultura agenda cultural

“Só para elas”

Escrita por Gennys Pérez e produzida por José Manuel Ascensao, regressa ao palco do Teatro Luísela Díaz de San Román a comédia “Sólo para ellas” (“Só para elas”). Nesta oportunidade, os actores Luis Nuso, Xavier Múñoz, Alexander Zambrano, Ángel David Días e Henry Licett irão dar vida a um grupo de amigos que se reúne para celebrar uma despedida de solteiro, na qual o noivo deverá ainda decidir se se vai casar ou não. A peça será apresentada às quintas, sextas e sábados, até 9 de outubro. As entradas estão à venda nas bilheteiras do teatro, nas lojas Esperanto ou em www.tuticket.com

Dinossauros em Caracas A partir de 12 de Agosto, os dinossauros vão invadir o terraço do Centro Comercial Cidade do Tamanaco para, que, cerca de 75 milhões de anos após o seu desaparecimento, pequenos e graúdos possam apreciar uma verdadeira experiência da era do Jurássico. Na exposição será possível encontrar várias atracções e cerca de 40 dinossauros robotizados de grande dimensão, assim como esqueletos e fósseis e áreas interactivas. A exposição estará aberta todos os dias, até Setembro, a partir das 10 da manhã. Os ingressos estarão à venda na bilheteira do centro.

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

TEATRO|‘Pessoas’ no Teatro Luisela Díaz

Histórias de emigrantes cheias de música e poesia

O público terão oportunidade de desfrutar de um espectáculo dedicado a Fernando Pessoa Andrea Guilarte Rincón aguilarte.correio@gmail.com

O grupo Encuadre Teatral, o Centro de Criação Artística TET, o Correio da Venezuela e o Chapéu da Esperança levam ao palco do Teatro Luisela Díaz o espectáculo de teatro musical ‘Pessoas’, dirigido por Katty Rubesz. Nos dias 15, 22 e 29 de Agosto, a partir das 11 da manhã, Alma Blanco, Nor-

ma Monasterios e Manuel Chourio recordam os poemas, textos e reflexões da figura mais representativa da poesia portuguesa, Fernando Pessoa. Letras do ‘Livro do desassossego”, ‘Cartas a Ophelia Queiroz’, ‘O regresso dos deuses’ e outras deleitarão o público assistente, numa mistura com os relatos de mulheres emigrantes que chegaram ao continente americano em busca de novas oportunidades. Os músicos Gonzalo Mendoza (guitarra acústica) e Rodolfo Aranguibel (percussão) acompanharão as actuações que irão reviver o engenho poético de Pessoa com peças como: ‘Homem

na cidade’, ‘Estranha forma de vida’, ‘Meu fado’, ‘Rua do capelão’, ‘Maria, a portuguesa’, ‘Maria Lisboa’ e ‘Lágrima’. A directora e dramaturga da obra, Katty Rubesz, diz que a montagem é uma homenagem à alma portuguesa e ao sentimento tornado canção, que se converteu em fado, numa poesia que ca-

tiva sem importar idiomas, continentes ou fronteiras. “Por isso o fado nos toca de perto, e ao descobri-lo, não se pode fazer nada menos do que sentir que sempre esteve ali, tão perto, tão dos portugueses e tão nosso, como de todo aquele que tenha uma emoção profunda”, disse Katty Rubesz.

“Venezuela” em fotografia A artista venezuelana Magdalena Ferré apresenta, a 5 de Agosto, a sua colecção de fotografias, intitulada “Venezuela”, que contém um grande número registos que mostra uma outra visão da dinâmica venezuelana. O acto inaugural terá lugar no restaurante Bucare do El Rosal, localizado no Centro Empresarial Galipán, Nível Miranda, a partir de 6:30 da tarde.

Um espectáculo dedicado a Fernando Pessoa.


cultura

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

“Oreves” arrecada fundos

Fundos para a tournée que têm previsto realizar por toda a Venezuela.

Esperam obter os recursos necessários para levar a sua nova obra teatral a todos os cantos da Venezuela Jean Carlos de Abreu deabreujean@gmail.com

Este domingo, 8 de Agosto, a partir das 5 da tarde até às 9 da noite, o grupo de teatro “Oreves” irá apresentar-se no Bar “El Rincón del Abuelo”, no município de Chacao, numa apresentação privada, com a finalidade de arrecadar fundos para a tournée que têm previsto realizar por toda a Venezuela. O director do grupo teatral, Nestor Pereira, assinalou que no dia do evento se venderão 50 entradas para quem es-

tiver interessado em ver a peça cómica “Ironia da vida”. “O espaço é reduzido, por isso, é que apenas essa quantidade de pessoas poderá desfrutar da obra. O custo do bilhete será de 60 bolívares”. Dessa forma, disse que a obra terá uma duração de 45 minutos e após a apresentação haverá a oportunidade de partilhar entre os actores e assistência. Pereira comentou que, além disso, irá mostrar-se uma cena da próxima montagem “Oreves”. “Já temos um programa previsto. A ilha de Margarita será a primeira cidade que visitaremos. Esperamos contar com o apoio da nossa comunidade portuguesa e dos nossos amigos, porque todos quem actuamos na obra, fazemo-lo por carinho à nossa profissão”, comenta.

‘Assim vejo Portugal’ há sete anos no ‘ar’ Maria Trinidad Xavier de Macedo

‘Assim vejo Portugal’ (no original, ‘Así veo a Portugal’) chegou ao seu sétimo aniversário graças à perseverança e dedicação de algumas pessoas que se encarregam de manter viva a cultura da comunidade portuguesa na Venezuela. O locutor, José Duarte, está à cabeça do projecto desde o início na emissora El Fuerte 100.5, na cidade de San Felipe, estado Yaracuy, entretendo não apenas os habitantes da região mas também a comunidade lusa que reside

no centro e ocidente da Venezuela. ‘Assim vejo Portugal’ tem na sua programação uma selecção musical de todos os géneros em português, notícias relevantes do que acontece em Portugal e na Venezuela, assim como notas desportivas dedicadas à comunidade lusa. Fernandes espera continuar a contar com o apoio do seu público, pois estabeleceu uma relação próxima com as pessoas através de chamadas telefónicas e mensagens no programa, transmitido todos os domingos das três às seis da tarde.

pensa verde

Teatro|Para realizar uma tournée pelo país

Uma solução para o lixo Carla Salcedo

Durante os últimos anos, o tema do lixo na Venezuela manteve-se entre os principais tópicos de queixas de diferentes comunidades. Mas para além do cumprimento das políticas públicas, podemos, nas nossas casas e locais de trabalho, contribuir para resolver o problema do lixo. Mais de metade do lixo que produzimos é reciclável, por isso é importante ter em conta a regra dos três ‘R’: Reciclar, Reduzir, Reutilizar. No que toca a esta norma, não se trata de limitar as actividades quotidianas, mas sim de apelar a um consumo necessário e responsável dos recursos, para além de dar-lhes uso suficiente. Existem algumas formas simples de contribuir para um bom ambiente e para a di-

19

minuição do lixo. Ao reciclar caixas de cartão ou embalagens que sejam feitas à base de papel, estamos a contribuir para a redução do corte de árvores, pois se reutilizarmos 100 quilos de papel, salvamos a vida a pelo menos sete árvores, que nos ajudam a captar o monóxido de carbono do ar. Se separarmos o lixo que geramos, com um contacto prévio com as entidades encarregues da recolha, prevenimos a contaminação dos solos. Usar embalagens reutilizáveis não só diminui gastos às empresas e ao nosso bolso como também evita uma série de processos que contaminam o ambiente com muita facilidade. Escolher recipientes de vidro em vez de plástico, ‘tetrapacks’ e alumínios será sempre uma boa opção. Na Venezuela há empresas que se dedicam à compra de materiais recicláveis como papel de jornal, livros velhos, garrafas, plásticos, etc. Lembre-se que cuidar hoje é preservar o futuro das novas gerações. PUB


20 cultura breves culturais

Toureiros pedem ‘liberdade’ Na primeira corrida realizada em Barcelona depois de os espectáculos com touros terem sido proibidos na Catalunha (a partir de 2012), os toureiros aproveitam, domingo, 1, para pedir respeito pela “liberdade” de assistir a eventos deste tipo. “Nós, profissionais da Tauromaquia, manifestamos a nossa rejeição à decisão do Parlamento catalão de proibir as corridas nesta comunidade. Pedimos o fim da manipulação política da festa, exigimos garantias do nosso direito ao trabalho e exigimos respeito pela liberdade individual”.

II Festival Pan-Amazônico A vontade de estabelecer diálogos entre a produção audiovisual dos nove países que compõem a Pan-amazônia foi o maior incentivo para a realização do Festival Pan-Amazônico de Cinema. Até 30 de Setembro, cineastas do Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guianas e Suriname podem inscrever documentários e ficções para as mostras competitivas do festival, que acontece de 3 a 7 de Novembro em Belém.

Gustavo Dudamel em digressão

O conceituado maestro, Gustavo Dudamel, tem previstos 31 concertos, em cinco países, onde dirigirá outras tantas orquestras, além da Sinfónica da Juventude Venezuelana Simón Bolívar. Estas actuações vão decorrer até 2011. E, durante este ano, a nova temporada será iniciada com a Filarmónica de Los Angeles, que inclui uma digressão por Espanha, Portugal, Alemanha, Reino Unido e França.

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

NOVOS talentos Um espaço aberto a todos aqueles jovens que se têm destacado em áreas como arte, medicina, estética e muitas outras actividade profissionais

Website|Blogspot especializado em música

“A Hora do Bagre”: Um espaço de fusão melódica Este jovem talento quer levar o seu projecto para fora da Venezuela Jean Carlos de Abreu deabreujean@gmail.com

Na comunidade portuguesa sediada na Venezuela existem jovens talentos que lutam, dia-a-dia, por elevar o nome da comunidade luso venezuelana. Henrique Do Couto Gonçalves é licenciado em Comunicação Social e locutor certificado. Este jovem jornalista é o criador do blogspot “A Hora do Bagre”, o qual nasceu com a inquietude de conhecer a profundidade do tema da música e todos os géneros. “Eu o 1997, fui colunista do jornal “Urbe”, onde tinham a coluna “Soou assim”.Dedicava-me a fazer críticas dos concertos das bandas locais ou estrangeiras”, indicou Henrique Do Couto. A sua experiencia dentro desse meio de comunicação alternativo fez com que a sua curiosidade pela música aumentasse. “No Urbe aprendi o que era jornalismo alternativo, o qual é uma maneira de fazer jornalismo, mas não é jornalismo”. Dessa forma, assinalou que a intenção de ter este blogspot “é para que as pessoas escutem, desfrutem a música e que não seja previsível. Quero que o público conheça outras coisas, que vejam a minha página e vejam algo diferente. “A Hora do Bagre” é o meu projecto profissional e pessoal, porque desejo que as pessoas escutem e leiam”. Acrescentou que este pro-

“A Hora do Bagre” nasceu de um grupo musical ao qual pertencia que se chamava “Os Bagretones”.

“A Hora do Bagre” no rádio

jecto o desenvolverá em outros campos, tanto dentro como fora da Venezuela. “Sou DJ. Nas apresentações que tenho tido, fundi ritmos que ninguém tinha imaginado. “A Hora do Bagre” rompe com os parâmetros normais da música, mas é agradável para o ouvinte”.

‘Melómano’ desde sempre Henrique Do Couto informou que sempre tem sido fanático da música. “Comprei livros sobre este tema que ninguém quer e que estão em

promoção. Estudei dois anos e meio de computação e foi quando entendi que não era o que eu queria e decidi ser Comunicador Social”. Este jovem ‘melómano’ comentou que lhe atrai o Blues e o Fado. “Critico Portugal, musicalmente, porque muitas das coisas que tenho escutado de lá carecem de sentido musical, salvo o grupo “Ala dos Namorados”, Carlos do Carmo, entre outros, os quais lidam com diferentes estilos musicais que muitos grupos e cantores não têm”.

Henrique Do Couto assegurou que em breve “A Hora do Bagre” estará no rádio e se escutará em todas as partes, “seja na Venezuela ou qualquer outro país. Quando me vá, levarei pouca roupa e muita música”. Igualmente comentou que entre os seus projectos está emigrar para outro país para fazer várias coisas que tem em espera na área profissional. “Fui produtor de rádio na Mega de Barquisimeto. De ali, tomei a decisão de certificar-me como Locutor e quero tirar “A Hora do Bagre” para a rádio”. Recomendou a todos os profissionais que acreditem no que fazem que não lhes interesse a opinião de terceiros. “Acredita nos teus projectos”.


gales

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

Banquetes

Gales

Salón Majestic

Orgulho da família Shary Do Patrocinio shary.correio@gmail.com

Terminados os estudos no Colégio José Vicente de Undar, Marlyn Carolina Sumares de Abreu celebrou o acontecimento no Salão Gales no dia 30 de Julho, sexta-feira. Marlyn recebeu, junto com os seus 35 companheiros, o título de Bacharel em Ciências, que representa o fim dos seus estudos secundários e o início de uma nova etapa no mundo universitário. No acto de condecoração estiveram presentes as entidades académicas do colégio, pais e representantes, a quem Marlyn agradeceu num sentido e emotivo discurso. Foi uma honra que recebeu também por ter-se destacado

como uma das melhores alunas. Marlyn, de 16 anos de idade, também ganhou um prémio escolar no âmbito das disciplinas de Castelhano e Literatura, pela evolução da história dos seus avós como emigrantes em terras venezuelanas. No que diz respeito aos seus estudos universitários, Marlyn coloca como opções Medicina, Medicina Veterinária e Análises Biológicas. Os pais, José Sumares e Mary Carmen de Abreu, assim como a irmã mais velha, Carmen Mariana, aproveitaram a oportunidade para expressar o seu orgulho por esta nova etapa na vida de Marlyn e a quem expressam os seus mais sinceros desejos de êxito e prosperidade no caminho que falta para percorrer.•

Marlyn recebeu, junto com os seus 35 companheiros, o título de Bacharel em Ciências.

Marlyn, que estudou no Colégio José Vicente de Undar

Os pais orgulhosos de Marlyn

21


22 opiniÃo Catarse ›

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

Dois países, duas realidades

N

ão restam dúvidas de que a Venezuela e Portugal caminham de mão dada devido à grande quantidade de interesses comuns aos seus governos e cidadãos. Porém, mais além destes interesses ou coincidências, a realidade é muito distinta daquela que pretendemos conhecer. Numa viagem recente ao ‘velho continente’, por motivo da Gala dos Prémios Talento, fiquei impressionado com uma conversa que era mantida entre um grupo de idosos que se encontravam sentados em frente da Catedral da cidade do Porto. Queixavam-se do aumento da insegurança e dos roubos com “navalhas”; lamentos que me inspiraram muita graça, pelo pude evitar alguns sorrisos. É motivo de sorrir? Realmente, não são. Mas penso que quando vens de um país em que todos os dias são assassina-

Sergio Ferreira

"É indispensável criar consciência para que seja possível criar uma Venezuela civilizada"

das pessoas com armas de fogo para roubar os seus pertences, aqueles roubos com “navalhas” não devem ser considerados “relevantes”. Se é certo que para os portugueses o aumento da insegurança é um problema a combater com urgência, creio que os venezuelanos já se acostumaram à violência como o pão-nosso de cada dia. Inclusivamente, atrevo-me a dizer que para nós já é algo normal, algo com o que temos de viver e ao que não devemos ter medo. Mas esta grande diferença de mentalidades não é apenas notória a este nível. São evidentes também em gestos ou atitudes tão simples como o de atravessar a rua, comer, andar, à missa e até apagar um cigarro. Alguém poderá questionar tudo isto e perguntará: Mas não se apaga um cigarro da mesma forma em qualquer parte do mundo? Não. A dife-

rença salta à vista se se tiver em conta que o venezuelano comum atira as beatas ao chão e deixa-as acesas, enquanto que o comum dos portugueses costuma procurar um cinzeiro ou um caixote do lixo, ou, no pior dos casos, apaga a beata com o sapato para depois a recolher com o fim de a colocar no lugar mais apropriado. São diferenças que nos permitem dar-nos conta do muito que ainda nos falta caminhar para chegar ao desenvolvimento, mas que, lamentavelmente, não podemos usar como ponto de comparação devido ao contraste nas estruturas de ambas sociedades. Ainda que não se possa alterar a mentalidade de 27 milhões de habitantes, é indispensável criar consciência para que seja possível criar uma Venezuela civilizada e más digna nas próximas décadas.

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Coordenação Sergio Ferreira Soares Jornalistas: Shary Do Patrocinio, Andrea Guilarte, Carla Salcedo António da Silva, Sergio Ferreira Soares, Victoria Urdaneta, Jean Carlos de Abreu Correspondentes: Edgar Barreto (Punto Fijo) Carlos Balaguera (Valencia-Maracay) Trinidad Macedo (Barquisimeto) Silvia K Gonçalves (Guayana) Sandra Rodriguez (La Victoria) Ricardo Santos (Margarita) Fernando Urbina (Higuerote) Colaborações: Raúl Caires (Madeira), Arelys Gonçalves Antonio López Villegas, Luís Barreira, Álvaro Dias, Luis Jorge, Ysabel Velásquez, Carlos Agostinho Perregil R. Administração: Gloria Cadavid Publicidade e Marketing: Carla Vieira Paginação: Elsa de Sá Correcção: Alexandrina Andrade

catarse

Assessoria Gráfica: Raimundo Capelo

Fotografia: Paco Garret Secretariado: Anaís Salazar

Guerra lenta e silenciosa

E

scutei o choro de uma mulher, talvez dos seus 45 anos, perguntava-se entre lágrimas; Porquê a mim? Porquê a ele? Depois não pude conciliar o sono. A quem choraria e porquê? O choro dilacerante de uma mãe quando perde um filho, tem um som diferente quando o levou os gangs, quando chegou uma bala perdida, quando não teve a oportunidade de dizer amo-te filho pela última vez. Este é o mesmo choro que cada dia invade os cantos da Venezuela, uma mãe, um pai, um irmão, não importa se é um amigo, o país está a chorara porque a violência arremata contra os seus filhos. Como não

Carla Salcedo Leal

10 homicídios só na área Metropolitana de Caracas

preocupar-se se aqui ninguém está isento? Há pouco tempo conheceuse através de um jornal de circulação nacional, que mais de 3000 corpos tinham entrado num total de 212 dias na morgue de Bello Monte, dos quais uns 2177 têm como causa de morte i homicídio. Isto traduzse em cerca de 10 homicídios diários só na área Metropolitana de Caracas, colocando o nosso país numa comparação danosa com a Ciudad Juárez, e que deixa a um lado o número de falecidos na guerra do Iraque, que desde o seu inicio registou pouco mais de 4000 mortos. Já ninguém está isento, nin-

Distribuição: Enrique Figueroa

guém está protegido. Falta de educação, perda de valores, descontrolo no porte de armas e a impunidade são apenas algumas das causas da situação que se vive na Venezuela, o que é bastante preocupante. E muitos dirão que com o facto de nos preocuparmos não resolvemos nada, mas a eles mesmos lhes pergunto. Como resolveremos esta situação quando a vida perdeu o valor numa cidade onde se vive uma guerra silenciosa? Oxalá tivesse a solução nas minhas mãos, talvez assim já não seria quotidiano ouvir o choro de uma mãe quando perde um filho por uns sapatos ou um carro.

Impressão: Editorial Melvin C. A Calle el rio con Av. Las Palmas Boleita Sur - Caracas Venezuela Endereço: Av. Principal Las Mercedes. Edif. Centro Vectorial (Banco Plaza). Pent House, Urb. Las Mercedes, Baruta - Caracas (Ao lado de CONAVI). Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: correio@cantv.net www.correiodevenezuela.com Tiragem deste número: 15.000 exemplares Fontes de Informação: Agência de Notícias Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa, de diferentes partes do Mundo.


cartas

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

Cartas

23

Favor enviar as suas cartas e comentários ao endereço electrónico: correio.venezuela@gmail.com

Nova imagem de Portugal?

Olá amigos do Correio

Queria dar os meus parabéns pelo trabalho realizado pelo vosso jornal no Consulado de Valencia que também é Venezuela. De facto parabéns duplos, um pela forma que abordaram o tema sem tabus, com honestidade e muito respeito por quem trabalha e parabéns também porque parece que agora se lembram que também existimos em Valencia como comunidade. Para bom entendedor muito palavras sobram e é o que neste caso nos põe a refletir a situação em que se encontra as instalações da casa institucional de todos os portugueses de Carabobo. Acaso as autoridades portuguesas na Venezuela de Portugal têm conhecimento desta situação? De ser certo acho uma pouca vergonha sobre tudo depois de saber as melhoras que sofreu o Consulado de Caracas e toda a sua envolvente consular. Acho oportuno também aproveitar o momento para pedir que não se esqueçam que além do bom serviço que merecemos todos, está em causa a imagem, diga-se a nova imagem de Portugal. Um Portugal moderno tecnológico e virado para os negócios internacionais. Assim não...

Adoro ler o vosso jornal e embora nunca tenha visitado o clube português em Macaracuay gostaria de deixar aqui uma reflexão a todos aqueles que se envolvem neste tipo de “polémicas” como as que li na semana passada. Acho um absurdo que uma situação de discordância por uma pequena obra cause tantos problemas. Agora pergunto quem se sente bem com este tipo de situações entre amigos e famílias que frequentam a mesma casa. Que mensagem dão aos seus filhos? Reflecti com a minha esposa em casa, em análise à carta que tratava do tema e a resposta dela foi directa e a resposta de creteza a da grande maioria das pessoas que passam ao lado deste tipo de situações e que relacionam este tipo de atitudes a pessoas sem ofício, pessoas que não tem nada que fazer na vida, a não ser atender e alimentar este tipo de controvérsia, etc ...“pessoas que não tem nada que fazer”…

Jose Manuel Ferraz

Mario J Freitas

inquérito

É um assunto sério...

Transmissão de jogos do campeonato

O futuro dos clubes, talvez um dos temas de maior importância na comunidade portuguesa na Venezuela e no mundo, mas que sem perceber o porquê, não se debate a sua importância, o futuro dos mesmos, porque pouco ou quase nada se escreve. Porque também a ausência de interesse por parte de todos os diplomatas, que com outra visão da emigração também teimam em fugir ao tema. ‘É um assunto sério’, acreditem... e basta ver exemplos de clubes, que pouco a pouco perdem identidade, originalidade e com ele o esforço de centenas de pessoas que deram alma ao associativismo a união, etc. Outros clubes já não existem por falta de políticas coerentes, falta de orientação, falta de sensibilidade , excessos de protagonismos… Mãos à obra !

E uma vez mais escrevo para denunciar a falta de interesse que a quem de direito deve ter pela ausência de transmissão dos jogos do campeonato de futebol de Portugal.Pergunta-se e de facto ninguém percebe uma situação como esta. Pergunto qual a diferença entre o futebol Alemão e o Português? Entre o futebol Italiano e o português? Pelo amor de Deus então porque não temos o direito como portugueses de poder seguir as nossa equipas de infância? Será por falta de audiência ? Não acredito....

Francisco Gomes

Manuel Silva

Nas férias, temporada na qual se oferecem diferentes actividades de espairecimento e diversão para as crianças, reactivam-se destinos turísticos e até se planificam viagens familiares ou simplesmente descansa-se. Que fará você de ferias? Vanessa Garcia Jornalista Nos últimos anos não tenho saído, excepto na primeira semana de Setembro que às vezes vou visitar os meus avôs em Valência pela altura dos seus anos. Nestas férias vou continuar a estudar inglês, vou ver a exposição de dinossauros que está no Sambil e no CCCT e espero reunir-me para um segundo reencontro com a minha promoção do colégio.

Ottoniel Rodrígues Administrador

Anabi Freitas Categoria Voz Cristal

Serão as melhores férias, dentro de quinze dias caso-me e vou de lua-de-mel a Miami Orlando. Aparte dos trâmites complicados de Cadivi, espero conhecer lugares muito bonitos e desfrutar muito ao lado da minha esposa. Uma vez de volta à Venezuela continuarei a trabalhar no meu negócio como tenho feito até agora.

Nestas férias farei os cursos que não tenho podido realizar por dedicar-me aos meus estudos profissionais que terminei em Julho. Cursos de idiomas, cozinha e programas gráficos para arquitectos. Além disso desejo iniciar actividades como a prática de Yoga e desfrutar das actividades recreativas normais como saídas ao cinema, passeios a parques, museus, praias.

Maria Angélica Figarella Economista Além de trabalhar, farei um percurso como sempre à Serra de São Luís, estado Falcón, e ficarei um fim-de-semana na pousada Don Aguedo Tours and Expedition. Além disso tenho pensado em visitar o município Falcón, especificamente a praia de Buchaco.


24 passatempos

correio de venezuela • 05 a 11 de agosto de 2010

Horóscopo

Carneiro (Março 21 a Abril 20)

Amor: A gentileza não figurará na sua agenda. Redobre a prudência. Trabalho: As coisas correm bem. Será bem-vindo onde quer que vá. Saúde: O seu estado físico reclamará um cuidado maior.

Caranguejo (Junho 22 a Julho 21)

Amor: Vários planetas enviamlhe influências contraditórias e de conflito. Trabalho: Conseguirá expressar-se com inteligência. Atingirá o alvo proposto. Saúde: A solidão é má conselheira.

Balança (Setembro 23 a Outubro 22)

Amor: Estimule uma saída especial com o seu par. Trabalho: Na metade do caminho. Sem poder retroceder nem avançar, as dúvidas atormentam-na (o). Saúde: Stress ao máximo.

Capricórnio (Dezembro 21 a Janeiro 20)

Amor: Agarre a felicidade que se encontra nos simples acontecimentos quotidianos. Trabalho: A sua criatividade permitirá transformar o velho em nova matéria. Saúde: Boa semana para controlar a sua saúde.

Sudoku

Touro (Abril 21 a Maio 20)

Amor: Decida-se a partilhar um serão romântico com o seu companheiro. Trabalho: Uma atitude empreendedora ajudará a conquistar oportunidades. Saúde: Refugie-se no seu lar para recarregar energias.

Leão (Julho 22 a Agosto 22)

Amor: Gozará em pleno de encontros amistosos. Trabalho: Alguém vai abordá-la (o) com uma ideia interessante para reverter uma situação pouco gratificante. Saúde: Sem alterações de importância esta semana.

Escorpião (Outubro 23 a Novembro 21)

Amor: Colaborará na organização da reunião familiar. Trabalho: Dia especialmente favorável para concretizar projectos que foi amadurecendo ao longo de algum tempo. Saúde: Semana com muita fatiga laboral.

Aquário (Janeiro 21 a Fevereiro 19)

Amor: Bom momento para recuperar vínculos de amizade. Trabalho: Se não vê de forma clara, peça ajuda. Nos negócios, os pontos confusos só levam a perdas económicas. Saúde: Uma tarde com amigos fará sorrir.

Nivel: Intermedio

Gémeos (Maio 21 a Junho 21)

Amor: Encontra-se cara a cara com a pessoa que a (o) desacreditou. Trabalho: Companheiros de trabalho reconhecerão os seus méritos. Não se detenha. Saúde: Sem mudanças relevantes ou de importância.

Virgem (Agosto 23 a Setembro 22)

Amor: Caprichos colocarão em perigo a continuidade de um romance prometedor. Trabalho: Contará com o apoio incondicional do sexo masculino. Saúde: Pproblemas devido a alterações do clima.

Sagitário (Novembro 22 a Dezembro 21)

Amor: Deixe de lado a sua conduta anárquica e organize uma reunião familiar. Trabalho: Conseguirá contactar alguém que lhe abrirá muito boas perspectivas. Saúde: marque consulta com um nutricionista.

Solução anterior

Peixes (Fevereiro 20 a Março 20)

Amor: Recuperará o gosto pela intimidade e combinará jogo com sedução. Trabalho: A procura de segurança converte-se em prioridade. Saúde: Cuidado com os seus pulmões.

Fotoflash

Ajudar ao próximo, sem distinção de raças Uma louvável missão nasceu no seio da comunidade lusitana; a criação de uma instituição com a capacidade de colaborar com os sacerdotes que fazem vida na Venezuela e em que algum momento se vêm desamparados economicamente, materializou-se das mãos do padre Alexandre Mendonça apoiado por um grupo de empresários portugueses. No último jantar Amigos do Clero, marcou presença no Centro Português de Caracas sua Eminência o Cardeal Jorge Urosa Savino, quem não só aplaudiu a iniciativa do sacerdote da Missão Católica Portuguesa mas também agradeceu a Deus pelo apoio que representa para a Igreja Venezuelana a comunidade lusa. Como disse o Cardeal hoje em dia “é necessário ser luz do mundo e sal da terra, e estar unidos na procura do bem do povo venezuelano”.


05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

Publicidade

25


26 saúde Saúde ao día

Dispositivo corrige tonturas devido a vertigens DizzyFIX é o nome do dispositivo que acaba de ser autorizado para tratar uma causa comum de tonturas provocadas por vertigens e que os pacientes poderão utilizar na sua própria casa. Trata-se de um tubo plástico que se adere a um chapéu de forma visível para quem o usa. À medida que a pessoa se move, o dispositivo também o faz.

Saliva de caracol marinho para acalmar a dor

Segundo investigadores da Universidade de Queensland, na Austrália, a saliva dos caracóis marinhos contém produtos químicos para que consigam apanhar as suas presas, substâncias que podem ser administradas para aliviar as formas mais graves de dor com uma eficácia similar à da morfina.

correio de venezuela  05 a 11 de agosto de 2010

GENES|Problema neurológico

Síndrome de Rett: Uma doença que afecta apenas meninas pa adequada à sua idade, enquanto que outras mostram um claro atraso ou incapacidade para tal. Segue-se um período de paragem ou regressão, durante o qual a menina perde o uso das capacidades manuais, substituindo-as por movimentos repetitivos e constantes das mãos. O desenvolvimento intelectual atrasa-se severamente e muitas meninas são diagnosticadas por erro como autistas ou com paralisia cerebral. O comportamento autista diminui com a idade.

Pode ser diagnosticada erroneamente como autismo ou paralisia cerebral Andrea Guilarte aguilarte.correio@gmail.com

A síndrome de Rett ataca quase exclusivamente meninas e pode ser diagnosticada erroneamente como autismo ou paralisia cerebral. Os estudos feitos sobre o tema associam muitos casos da síndrome a um defeito do gene MECP2. O gene encontra-se no cromossoma X, e como as mulheres têm dois cromossomas X, ainda que um tenha um defeito significativo, o outro cromossoma é suficientemente normal para que a criança sobreviva. Os varões nascidos com esta mutação não têm um segundo cromossoma X para compensar o problema, pelo

A síndrome foi descoberta em 1966

que o defeito geralmente ocasiona um aborto ou morte muito prematura. A doença foi descoberta em 1966 e afecta uma em cada 10 mil crianças. Os grupos onde esta doença são de famílias de certas regiões geográficas, incluindo Noruega,

Suécia e o norte de Itália.

Sintomas No início, a menina sentase e come com as mãos na sua idade normal, algumas usam palavras e combinações de palavras simples. Muitas começam a andar sós na eta-

Guerra à gordura localizada A.G.

Sítio na Net lança ‘fórum de fertilidade’

O sítio www. beautifulpeople.com, conhecido pelo serviço prestado a pessoas que procuram o amor, mas proibido a pessoas consideradas feias, lançou um ‘fórum de fertilidade’, um banco virtual de esperma e óvulos para quem desejar bebés bonitos, uma ideia defendida como "nobre causa" pelos promotores. O fórum está aberto ao público e os interessados em óvulos e esperma podem ver a informação que incluam os interessados em doar.

As ancas e parte lateral das coxas são um claro exemplo de zonas onde a gordura se pode acumular. Esta acumulação de adiposidade não afecta apenas as pessoas com excesso de peso, também se pode manifestar em mulheres magras, e a sua aparição pode dever-se a diversas razões: A parte hormonal, que faz com que certas mulheres sejam mais propensas a acumular gordura nesta zona; e também existe a parte hereditária, que tem um papel importante, já que de certa forma determina se uma pessoa será mais propícia a ter gordura nessa parte do corpo, dependendo dos seus antecedentes. Hoje em dia, graças à evolução da medicina estética, existem vários tratamentos

Muitas mulheres não conseguem eliminar certas adiposidades

que ajudam a melhorar a aparência das pernas, conseguindo uma figura mas torneada e harmoniosa. Um deles é a lipomassagem, uma

técnica não invasiva capaz de remodelar, redefinir e reafirmar a figura, queimando a gordura acumulada graças à activação dos ‘beta receptores’ das células através de uma massagem de sucção. Utilizando um aparelho de alta tecnologia, um sistema de última geração realiza uma massagem profunda da pele e do tecido subcutâneo, trabalhando sobre a flacidez, celulite e gordura localizada. Uma das vantagens deste método é que, uma vez activados os receptores, a pessoa continuará a queimar gordura desta área mesmo quando já não esteja a fazer o tratamento. Apesar dos excelentes resultados desta técnica, a mesma deve ser acompanhada por uma dieta sã e adequada a cada pessoa e também de alguma actividade física.

A cura Até agora, não existem fármacos que tenham conseguido, com êxito, melhorar os sintomas da síndrome, excepto a medicação para o controlo das convulsões. É recomendada a fisioterapia de forma o mais precoce e intensa possível para prevenir a rigidez e favorecer a mobilidade.

A doença das crianças azuis Especialistas a reúnem a partir de sexta-feira, dia 6, no XLIII Congresso Venezuelano de Cardiologia, no hotel Eurobuilding. Ali se vão discutir temas diversos, entre os quais a tetralogia de Fallot, um tipo de defeito cardíaco congénito que provoca baixos níveis de oxigénio no sangue, o que leva a que muitos recém-nascidos apresentem cianose, uma coloração azulada e púrpura da pele. O médico Angelo Sparano explica que durante a gravidez, alguns factores podem aumentar o risco deste problema, entre eles: O alcoolismo da mãe, diabetes, rubéola e outras doenças. Para consultar o programa completo do Congresso, pode visitar http://www.svcardiologia.org.


27 Breves Desporto ›

desporto

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

FUTEBOL|Supertaça Cândido Oliveira

Jesus: Benfica “está preparado” para o Porto Dragões e águias defrontam-se a sério em Aveiro, no próximo sábado Lusa/Correio de Venezuela

O treinador Jorge Jesus garantiu que o Benfica “está preparado” para o jogo de sábado com o FC Porto, da Supertaça de futebol, apesar de ter perdido com o Tottenham (1-0), na terceira edição da Eusébio Cup. “Tirando este jogo, que não conseguimos vencer, o Benfica fez grandes exibições e isso permite-me pensar que estamos em condições”, disse Jorge Jesus, na conferência de imprensa realizada após o jogo com a equipa inglesa. Questionado sobre se o “onze” escalado no primeiro

Um ‘clássico’ Porto-Benfica marca o arranque a época oficial 2010-11

tempo seria a base para embate com o FC Porto, Jorge Jesus limitou-se a dizer que nas suas primeiras opções “estão incluídos 13/14 jogadores”. “Quanto ao FC Porto, a história é diferente em termos de

objectivo. É verdade que, nos primeiros 45 minutos, lançámos os jogadores que têm jogado mais tempo, mas não é sinónimo que sejam eles a jogar com o FC Porto”, disse.

Sporting vende Miguel Veloso por nove milhões Helton: “Não vai ser um jogo de vida ou morte” O guarda-redes Helton manifestou a determinação do FC Porto de conquistar a Supertaça de futebol frente ao Benfica, mas desdramatizou o jogo de sábado e frisou que o desafio está longe de condicionar a época. “Todos os desafios são importantes durante a época. Não adianta imaginar que vai ser um jogo de vida ou morte. Queremos é a vitória, como sempre, e vamos fazer de tudo para que isso aconteça”, resumiu. O brasileiro defende que “não existem favoritos nestes jogos” entre os grandes do futebol português e garante que “a equipa já está preparada e agora está a melhorar para o próximo jogo”.

A SAD do Sporting informou ter celebrado um acordo com o clube Génova para a cedência definitiva dos direitos desportivos do Miguel Veloso, pelo montante de 9 milhões de euros. Num comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários, a SAD “leonina” dá ainda conta do “direito de receber 500 mil euros do Génova, caso este assegure o apuramento para a fase de grupos de uma competição da UEFA enquanto o jogador Veloso a si estiver vinculado”. O direito da SAD em receber “20% da mais-valia que se venha a verificar numa futura cedência do jogador a um terceiro clube, por valor igual ou superior a 10 milhões de euros”. PUB


28 DESPORTO Breves Desporto ERA investe três milhões em novo patrocínio à Liga

FUTEBOL|Apesar de derrota na Escócia

› Braga no

A empresa de mediação imobiliária ERA Portugal renovou o contrato com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, num investimento de 3 milhões de euros.O contrato envolve o patrocínio exclusivo e oficial dos árbitros nas competições profissionais.

Nacional “estraga” festa do Setúbal O Nacional da Madeira bateu, domingo, 1, o Vitória de Setúbal por 1-0, no Estádio do Bonfim, numa fraca partida de futebol, que serviu para apresentar o plantel dos sadinos para a época 2010/11.Os dois conjuntos proporcionaram um espectáculo pobre.

PUB

correio de venezuela  05 a 11 de agosto de 2010

‘play-off’ da Liga dos Campeões Após uma derrota por 2-1 no reduto do Celtic, na segunda “mão” da terceira préeliminatória LUSA/CORREIO DE VENEZUELA

O Sporting de Braga garantiu quarta-feira, um lugar no ‘play-off ’ de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, após uma “saborosa” derrota por 2-1 no reduto do Celtic, na segunda “mão” da terceira pré-eliminatória. Depois da vitória por 3-0 em casa, um golo do brasileiro Paulo César desfez as ilusões

dos escoceses, que durante a semana alimentaram a ideia de uma vitória por quatro tentos no Celtic Park. Um golo do inglês Gary Hooper no início da segunda parte ainda fez os adeptos voltarem a acreditar numa recuperação, mas a tarefa era hercúlea e a esperança de uma reviravolta não se materializou. O melhor que os escoceses conseguiram foi ganhar o jogo, graças a um cabeceamento certeiro do internacional mexicano Efrain Suarez. Como era de esperar, o Celtic começou o jogo a pressionar e criou inicialmente algumas situações perto da

Os bracarenses defenderam bem a vantagem de 3-0

baliza de Felgueiras, mas sem consequência. Foi preciso esperar pelos 20 minutos para a primeira verdadeira ocasião de perigo para o Sporting de Braga, que foi concretizada de cabeça por Paulo César, após um centro de Matheus. A equipa da casa tentou responder e aos 24 minutos Giorgios Samaras podia ter marcado para os “católicos”, na sequência de um canto, mas o re-

mate, dentro da grande área, passou ao lado. O golo animou os adeptos, que responderam em razoável número ao apelo para apoiar a equipa. A recompensa parcial chegou quando Efrain Juarez concretizou de cabeça um centro de Samaras. Chegou para vencer, mas para nada mais, já que o Sporting de Braga ainda ficou a liderar por 4-2.


desporto

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

29

ATLETISMO|Europeus de Atletismo

Maior comitiva de sempre regressa sem títulos Prestação dos 42 atletas ficou aquém das de Budapeste1998 e Helsínquia1994 LUSA/CORREIO DE VENEZUELA

A maior comitiva portuguesa de sempre em Europeus de atletismo ao ar livre chegou a Barcelona com 42 atletas e outros 20 elementos, mas despediu-se da Cidade Condal, no passado domingo 1, sem títulos e com resultados aquém de Budapeste 1998 e Helsínquia 1994. Com 19 presenças em eventos do género, Portugal conquistou o seu primeiro “ouro” em Atenas 1982, tendo

sempre conseguido pelo menos um título continental nas restantes seis edições, algo que desta vez não aconteceu. Pese as ausências do campeão olímpico do triplo salto, Nelson Évora, e da fundista Inês Monteiro, os números de medalhas e de “finalistas” subiu de um total de 20 para 24 e de 48 para 60, respectivamente. Os atletas lusos mantiveram as quatro medalhas conquistadas em Gotemburgo 2006, aproximando-se do número de “finalistas” de Helsínquia 1994, mas ficaram bastante longe dos dois títulos e seis pódios alcançados em Budapeste. Há 12 anos, na capital húngara, Portugal conquistou o

Os atletas lusos mantiveram as quatro medalhas conquistadas em Gotemburgo2006

“ouro” na maratona, por intermédio de Manuela Machado, e nos 10.000 metros, graças a António Pinto, num total de 34 atletas presentes, naquela que foi a sua melhor participação. Na altura, Rui Silva e Carla Sacramento e Fernanda Ribeiro, foram vice campeões, ao passo

que Susana Feitor chegou ao “bronze” nos 10 quilómetros marcha. Na última edição, Gotemburgo, a selecção portuguesa conquistou títulos continentais nos 100 e nos 200 metros, com Francis Obikwelu, além da “prata” de Naide Gomes,

e do “bronze” de João Vieira. Curiosamente, Naide Gomes e João Vieira reeditaram os feitos de há quatro anos na Suécia, tendo recebido na Catalunha a companhia de Jéssica Augusto e Sara Moreira, respectivamente terceiras nos 10 000 e 5000 metros. PUB


30 DESPORTO

correio de venezuela  05 a 11 de agosto de 2010

PUB

FUTEBOL|Venceu o Carabobo por 1-0

Conhecendo como sempre grandes portugueses que têm deixado a sua marca na nossa comunidade, com os seus labores associativistas, com o seu trabalho e deixado em alto o nome do nosso querido Portugal, Contacto Venezuela irá levar-vos a todos a história de vida do Sr. Aleixo Vieira. Quem com esforço e dedicação conseguiu alcançar as suas metas rodeado sempre de amigos os quais vêm em Aleixo uma pessoa de grande coração, este homem abriu-nos as portas da sua casa para partilhar todos os acontecimentos que marcaram a sua vida, desde as suas recordações em Portugal, os seus amigos, a sua família e até como depois de ser ajudante de empregado de mesa chegou a converter-se no fundador e Director do semanário Correio da Venezuela, entre outras actividades profissionais.

Boa pontuação do Esppor na pré-temporada

Conduzido por Sandra Rodríguez, “Contacto Venezuela” é transmitido quinzenalmente, as sextas-feiras, em três emissões. É produzido por Roteiro Filmes C.A., Produtora Nacional Independente que desde Novembro de 2007 é responsável do programa “Contacto Venezuela” para RTPI.

Sexta-feira às 5:00 p.m.

A selecção merengue manteve-se invicta nos jogos de preparação Carla Salcedo Leal csalcedo.correio@gmail.com

roteirofilms@gmail.com

Esta sexta-feira 06 de Julho, ‘ACADEMIA DE CAMPEONES’ seguindo os passos do futebol jovem na Venezuela, irá mostrar-te o Segundo Acampamento de férias organizado pelo Real Esppor Clube desde as instalações do Complexo Desportivo ‘La Guacamaya’ nas Mercedes. Com uma assistência de quase 500 meninos inscritos, incluindo a participação de atletas de diferentes estados do pais; todos eles comandados pelo professor Pedro Febles junto ao grande plantel de treinadores altamente capacitados e com amplia experiencia no futebol jovem, trabalham e esforçam-se dia-a-dia para crescer e alcançar o êxito num projecto que se iniciou desde o ano passado, com o objectivo de incentivar na infância a prática de futebol de forma recreativa, e por sua

Os encontros de pré-temporada do Esppor serão estendidos

vez, captar talentos para as suas categorias jovens. Tudo isto e muito mais poderão desfrutar esta sexta-feira às cinco da tarde (5 pm9 em ‘Academia de Campeones’ por Meridiano Televisión, os especialistas em desporto. Lembra-te junta-te ao nosso grupo no facebook e partilha dia-a-dia todos os acontecimentos do futebol jovem da Venezuela.

academiadecampeones@gmail.com

venezuelacontacto@gmail.com Av. Principal San Luis,Torre Mayupan, Piso 1, Ofic. 1-4, Urb. San Luis El Cafetal. Distrito CApital. Caracas-Venezuela. Zona Postal 1061

O estádio Misael Delgado converteu-se num truncado cenário para o encontro que disputaram os brancos da capital contra o Carabobo, num duelo no qual se destacou a rudeza de ambas as equipas e uma ampla lista de faltas, que foi encabeçada por sete expulsões, tendo que permitir que os expulsos fossem substituídos. O “Chita” levou ao campo Víctor Rivero, Yerson Payeno, Daniel Benítez, Luiyi Erazo, José Granados, Bremer Piñango, Andrés Camilo Ramírez; José Manrique, Javi Campos; Charlis Ortiz e

Christian Cásseres. Um ‘golaço’ de pontapé livre cobrado por “El Samurai”, Andrés Camilo Ramírez, no minuto 57, sentenciou o quinto triunfo consecutivo do onze merengue nos encontros de pré-temporada.

Pré-temporada de êxitos Até à data o Real Esppor Club participou num total de encontros contra Pelícanos de Vargas, o novo Atlético Venezuela, o Aragua F.C., a selecção do Distrito Capital e por último o Carabobo, com o qual se somam 13 golos anotados e apenas dois recebidos. Durante os encontros tem-se mantido um alinhamento base, entanto se provam os reforços e distintas estratégias de jogo. Os encontros de prétemporada do Esppor serão estendidos, a causa da suspensão do primeiro jogo contra o Mineros.

Reforço Internacional ao Esppor Carlos Rafael Gutiérrez sabe como marcar bons golos C.S.L

O argentino Carlos Rafael Gutiérrez, quem com os seus 21 anos é considerado como uma das jóias mais preciosas dos planteis de ‘Chacarita’ no seu país natal, é um dos novos ingressos que reporta o Real Esppor Club para esta temporada. Ainda que Gutiérrez chegou já há várias semanas e começou a trabalhar

imediatamente, teve que se separar do grupo por uma lesão muscular. Ainda que não é alto nem corpulento no campo mostra boa técnica que é a sua melhor carta de apresentação, sabe como marcar bons golos.


desporto

05 a 11 de agosto de 2010 • correio de venezuela

VINOTINTO|22 Jogadores mostram as suas melhores armas

Nova convocatória ‘Vinotinto’ perante o Panamá Carla Salcedo Leal csalcedo.correio@gmail.com

No próximo 11 de Agosto a selecção ‘Vinotinto’ viajará ao Panamá para disputar um encontro amigável contra os onze deste país, razão pela qual o director técnico da Venezuela, César Farias, realizou uma convocatória para 22 jogadores. Será a 9 de Agosto que os convocados se concentrarão em Caracas para partir para solo panamense. Deste apelo ressalta o regresso do internacional Juan Arango à selecção ‘Vinotinto’, a quem não se havia convocado este ano, além do bom grupo

de seleccionados entre os quais se destacam os merengues Luiyi Erazo, Ángel Chourio e José Luis Granados, além dos famosos Nicolas “Miku” Fedor e Salomón “O Animal” Rondón. Entre as novidades encontra-se o apelo do hispano venezuelano Dani Hernández e o mundialista Pablo Camacho. Após dar-se a conhecer a lista de convocados, surgiu uma controvérsia pela decisão que Jeffren Suárez tornou pública numa conferência de imprensa, onde deixou claro o seu desinteresse pela esquadra ‘Vinotinto’. A passado 2 de Agosto, Suárez foi convocado pela sub-21 de Espanha.

Posição

Convocados

Guarda-redes

Leo Morales (Estudantes de Mérida) Dani Hernández (Múrcia, Espanha)

Defesas

José Luis Granados (Real Esspor) Luiyi Erazo (Real Esppor) Roberto Rosales (Gent, Bélgica) Jaime Bustamante (Caracas FC) Julio Machado (Caracas FC) Oswaldo Vizcarrondo (Once Caldas, Colômbia) Juan Fuenmayor (Dptvo. Anzoátegui) Pablo Camacho (Caracas FC)

Meio-campo

Tomás Rincón (Hamburgo, Alemanha) Juan Arango (Borussia Mönchengladbach) Francisco Flores (CD Lara) Giácomo Di Giorgi (Dptvo. Anzoátegui) Franklin Lucena (Caracas FC) Ángel Chourio (Real Esppor) Ángel Flores (Mineros de Guayana)

Avançados

Yohandry Orozco (Zulia FC) Alejandro Moreno (Philadelphia Union, EUA) Giancarlo Maldonado (Chivas, EUA) Salomón Rondón (Málaga, Espanha) Nicolás Fedor (Getafe, Espanha)

PUB

31

Breves Desporto González fê-lo

Carlos González converteu-se no terceiro venezuelano a completar um simples, um duplo, um triplo e uma conexão de volta inteira no mesmo encontro. A façanha tornou-se magnífica quando no seu último turno, no bate sacou a bola do diamante, o que o fez subir todas as etapas.

Dhers de ouro O ciclista venezuelano, especializado em piruetas, Daniel Dhers, reconquistou o título nos X-Games ao impôr-se com 79 pontos na final da sua disciplina perante Dennis Enarson e Gary Young. O crioulo é pioneiro na criação de manobras radicais, as suas voltas de 360 graus, com diferentes níveis de dificuldade.

Vuvuzelas proibidas A Federação Internacional de Basquetebol informou que as vuvuzelas estarão proibidas no próximo Mundial que se iniciará a 28 de Agosto na Grécia, já que poderiam afectar a capacidade auditiva dos espectadores. As autoridades advertiram que de agora em diante todos os torneios com o aval da FIBA terão a mesma restrição. A selecção aspira chegar ao próxima Copa


O jornal da comunidade luso-venezuelana Caracas,

05 a 11 de Agosto de 2010

www.correiodevenezuela.com

Debate sobre a luta Abertas candidaturas para o contra a exclusão

COMUNIDADE|Iniciativa do Consulado Geral de Portugal

Prémio Luso Memória 2010 O galardão incentiva à literatura e ressalta a historia da comunidade luso-venezuelana

Jean Carlos de Abreu dabreujeande@gmail.com

Sergio Ferreira Soares sergioferreirasoares@gmail.com

O Consulado Geral de Portugal levará a cabo o concurso “Prémio Luso Memória 2010”: iniciativa que pretende premiar os trabalhos académicos e de investigação inéditos que resgatem a história da comunidade lusa na Venezuela. As candidaturas, que estão abertas para todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa e venezuelana residentes na Venezuela, terminam o dia 2 de Novembro de 2010. Ao Prémio, podem concorrer jovens que completem 35 anos de idade até ao dia 31 de Dezembro do ano a que respeita o prémio. Cada concorrente poderá apresentar um máximo de dois trabalhos. A ideia de criar este prémio literário, que se pretende PUB

Um grupo de analistas falará sobre como incluir na sociedade os menos privilegiados

O prémio incentiva a participação dos jovens

que seja atribuído anualmente pelo Consulado Geral de Portugal, tem como objectivos homenagear a comunidade portuguesa na Venezuela e preservar a memória da sua presença no país, além de incentivar a criatividade literária entre os jovens e o gosto pela escrita. Os interessados em participar, podem apresentar as suas candidaturas e desenvolver os

seus trabalhos em três grandes áreas: o associativismo luso venezuelano nas suas múltiplas expressões; a presença portuguesa na Venezuela em todos os domínios, designadamente na vertente cultural, económica, social e humanitária; figuras e personalidades da comunidade portuguesa que de forma pública ou anónima se destacaram pela sua actividade.

O Consulado Geral de Portugal em Caracas em conjunto com a Academia da Espetada de Caracas promovem o “I Encontro da Comunidade Portuguesa na Venezuela sobre Inclusão Social e Combate à Pobreza”, a qual terá lugar nos dias 13 e 14 de Novembro de 2010, no Centro Português (CP), em Caracas. Esta iniciativa está inserida no âmbito do Programa Nacional do Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social. Dessa forma, está previsto que assista o Presidente do Instituto da Segurança Social Portuguesa, que é também o Responsável Nacional do Ano Europeu de Combate à Exclusão Social e Presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento. Os objectivos do encontro são encorajar a participação

e o compromisso de todos os segmentos da comunidade para participarem na luta contra a pobreza e a exclusão social, privilegiar a participação e fomentar o testemunho as pessoas com experiência directa ou indirecta no combate à pobreza ou da exclusão social; mobilizar todos os intervenientes, já que, para haver progressos tangíveis, é necessário um esforço continuado a todos os níveis de governação; dar voz às preocupações e necessidades de todos quantos atravessam situações de pobreza e de exclusão social; motivar todos os cidadãos portugueses e estimular todas as organizações da rede associativa a participar na luta contra a pobreza e a exclusão social; ajudar a derrubar os estereótipos e a estigmatização da pobreza e da exclusão social; reforçar a solidariedade entre gerações e sectores diversos do tecido associativo com a finalidade de garantir o desenvolvimento sustentável e contribuir para a afirmação e empoderamento da Comunidade Portuguesa e das suas estruturas na Venezuela.

Correio da Venezuela 369  

Edición 369

Correio da Venezuela 369  

Edición 369

Advertisement