Page 1

O jornal de comunidade luso-venezuelana. - Caracas, 22 a 28 de Outubro de 2009

DEPÓSITO LEGAL: 199901DF222 - PUBLICAÇÃO SEMANAL ANO 09 - N.º 331 | VENEZUELA: BS.F. 2,00 - PORTUGAL: EUROS 1,50

Santuário de Los Teques já vai ‘a meio caminho’ Arraiais em 3 frentes por boas causas | p. 04 Ansa vai ao Indepabis defender empresários | p.11 Esppor sofre 3 derrotas seguidas | p.30

Empenho dos responsáveis e da população têm dado impulso importante para a concretização da obra | p. 03 PUBLICIDADE

Conselheiros à descoberta da Região Andina | p.32


2

Editorial 22 a 28 de Outubro de 2009

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

Actual

3

EM BENEFÍCIO DA RÉPLICA DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

A SEMANA

Um grande momento A insuficiência de meios para corresponder à crescente procura do ensino de Português na Venezuela, tem sido alvo de muitas referências no nosso jornal. No entanto na actualidade nota-se o empenho de algumas pessoas e instituições, que da importante contributo ao progresso significativo na procura de soluções e numa resposta efectiva a esta situação. É neste cenário que temos a obrigação de destacar, pela primeira vez na Venezuela, o facto de uma livraria se interessar pela publicação e pela venda de livros para o ensino de Português. Nada é fruto do acaso. Bem pelo contrário, este é o corolário da constante luta e entrega de muita gente. À memória vem-nos a figura por exemplo do falecido Ferdinando Soares, Daniel Morais como tambem tantos outros em plena vida e que nao nos atrevemos a mencionar para nao cair em injustiças. Também uma referência especial para os pais que, em casa, ensinam aos seus filhos aquilo que sabem do idioma natal. Enfim, uma série de contributos, com muitas dificuldades pelo caminho, mas felizmente com resultados à vista, fruto de muita perseverança. Mais recentemente, esta nobre causa foi reforçada com a incansável luta da actual Cônsul em Caracas. Sabemos que outros passos estão a ser dados no sentido de formar novos professores e com uma acção planificada. De louvar também o interesse que os actuais conselheiros da Comunidade têm dedicado ao assunto, o que poderá ser fundamental para não deixar cair a promessa da criação de condições para o funcionamento de uma universidade portuguesa na Venezuela. Acresce a tudo isto um pormenor essencial: o interesse dos mais jovens na aprendizagem do Português. Por isso, seria uma enorme irresponsabilidade que os mais velhos, sobretudo os que têm funções governativas ou de Estado, não aproveitassem a oportunidade para preservar o mais importante da cultura portuguesa, que é a Língua de Camões.

O jornal da comunidade luso-venezuelana

Muito Bom

Bom

Mau

Muito Mau

Em Caracas realizaramse três arraiais, todos com a finalidade principal de recolha de fundos para a construção de igrejas cristãs. Terrazas del Club Hípico, Guarenas e Los Teques foram as três localidades que meteram ‘mãos à obra’, lutando contra várias adversidades, mas sem desistir. Destaca-se o empenho que se nota pelas bandas de Los Altos Mirandinos. É assim que a obra avança!

A presença de Eusébio foi um marco na história da Comunidade na Venezuela. No último jantar, por exemplo, são dignas de registo tantas manifestações de carinho e de reconhecimento pelo prestígio do ‘Pantera Negra’. Por outro lado, também o Real Esppor e o Marítimo da Venezuela deram um exemplo de desportivismo, com ambos os responsáveis a pedirem apoios para se ajudarem mutuamente.

Alguns das atitudes exteriorizadas por Eusébio, não terão sido devidamente compreendidas. O que poderá ter falhado foi ao nível organizativo, aí sim, sendo da responsabilidade dos promotores desta excelente iniciativa a sensibilização do convidado e das inúmeras crianças que desesperaram pela presença do ‘Rei’. Alguns saíram defraudados e teria sido possível evitar essa frustração.

Passaram-se três semanas desde o encerramento dos Jogos Feceporven. Atletas e sócios dos clubes participantes estão compreensivelmente descontentes pelo atraso na divulgação das medidas disciplinares a aplicar perante os prevaricadores que prejudicaram os Jogos deste ano. Os clubes e atletas que tiveram comportamentos violentos nos jogos não poderão passar em claro porque estará em causa a continuidade dos Jogos.

O CARTOON DA SEMANA Eusébio e a sua prestigiosa carreira foram distinguidos nos últimos Jogos Feceporven... Então deve ter sido por isso que alguns saíram de Barquisimeto com um ‘olho à Benfica‛!

Terceiro arraial conta com adesão massiva Sergio Ferreira Soares sergioferreirasoares@gmail.com

N

o passado domingo, 18 de Outubro, foi celebrado o terceiro arraial nos Altos Mirandinos com a finalidade de reunir fundos para a construção da réplica do Santuário da Virgem de Fátima na Venezuela. Cerca de 5 mil pessoas assistiram ao evento, o qual contou com as tradicionais espetadas, bolos do caco e doces diversos, além de um amplo bazar para a venda de plantas, bordados e outros recordações; tudo doado por particulares e empresas para ser vendido em benefício do projecto. O arraial contou com a apresentação da cantora de salsa luso-descendente, Mireya Pereira, a qual, actualmente, ocupa os primeiros lugares das tabelas musicais na Venezuela, Curaçao e outras ilhas das Caraíbas. Também subiram ao palco o grupo Estrellas Lusitanas, seguido por Katherine Da Silva, Josue, o Grupo Folclórico do Estado Vargas e o agrupamento ‘Inspiración Gaitera’, que protagonizaram actuações que deleitaram o público presente. Devido à ausência de alguns

EVENTO LOGROU ANGARIAR 410.000 BS.F. PARA A CONSTRUÇÃO grupos e a pedido do público, Carlos Kanto animou o muito presente com algumas canões em espanhol e português. Os apresentadores anunciaram depois a intenção de nomear de 100 padrinhos voluntários que, mensalmente, darão um contributo de mil BsF durante um ano. Na primeira meia hora o apelo foi respondido. Mais de 30 pessoas inscreveram-se na lista para dar a sua colaboração mensal e assim tornar possível este grande sonho da comunidade lusitana na Venezuela. Ao terminar a noite, 60 pessoas já estavam a apadrinhar a construção, o que representará um contributo aproximado de 720.000 BsF no próximo ano. Segundo os organizadores do evento foram angariados 410.000 BsF, montante que permitirá avançar com a construção durante os próximos meses. ORGANIZAÇÃO OPTIMISTA Agostinho Goncalves, ad-

ministrador da Associação Civil Amigos da Virgem de Fátima, qualificou como “impressionante” a vontade das pessoas em ajudar. “Cada vez mais pessoas participam e mostram-se dispostas em dar o seu grão de areia. Ainda nos falta bastante para reunir, pelo que vamos continuar a promover eventos e a procurar patrocinadores”, explicou o representante da associação. O Alcalde do Município Carrizal, José Luis Rodríguez, apoiou mais uma vez esta iniciativa em prol da construção, cozinhando os bolos do caco e participando noutros aspectos do evento. Rodríguez, que ainda não tem data fixada para finalizar o seu mandato, assegurou sentir-se orgulhoso de ser luso-descendente e de poder ser parte de um projecto tão importante. Por seu turno, o representante da Igreja encarregado de acompanhar a construção do Santuário, o padre José António da Conceição, catalogou como “maravilhosa” a convocatória e a adesão da população a este terceiro arraial. Igualmente fez um apelo à comunidade para que continue a envolver-se ao nível espiritual e material com o projecto.

Mais de 5.000 pessoas participaram no evento.

O Alcalde de Carrizal tambem preparou bolos do caco á madeirense.

50% da réplica do Santuário de Fátima já pronto

PUBLICIDADE

Sergio Ferreira Soares

sergioferreirasoares@gmail.com

administrador da Associação Civil Amigos da Virgem de Fátima, Agostinho Gonçalves, referiu, no terceiro arraial de Los Altos Mirandinos, a obra está avançada em 50% e foram já arrecadados 7,5 milhões de Bs.F. Para a etapa final da construção são necessários aproximadamente 22,5 milhões de Bs.F, pois o interior da réplica requer materiais mais caros como o mármore, a madeira e

O A obra já avançou em cerca de 50% do projecto.

o cristal.

O SEGUINTE ARRAIAL DECORRERÁ NO DIA 31 DE JANEIRO DE 2010 EM LOS ALTOS MIRANDINOS

Gonçalves referiu que esperam terminar a construção da obra entre os meses de Maio e Outubro do ano 2010. Para isso têm planeada uma série de eventos que permitirá reunir os fundos necessários para a finalização do projecto.

No dia 9 de Novembro é levada a cabo a Ceia do Bacalhau no restaurante Frango, situado ao quilómetro 21 da auto-estrada Panamericana; e a 15 de Novembro realiza-se o Almoço Familiar no restaurante El Grande del Tuy de Charallave. O organizador fez um apelo à comunidade lusitana na Venezuela para que se preparem para o quarto arraial, que decorre a 31 de Janeiro de 2010 em Los Altos Mirandinos.


4

Venezuela

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO

Comunidade ajuda construção de igreja EM GUATIRE

Poucas pessoas no arraial Organizadores recolhendo donativos.

dosreis.andreina@gmail.com

O

dosreis.andreina@gmail.com

A

festa começou perto da uma da tarde do dia 18 de Outubro no Centro Sociocultural Virgem de Fátima em Guatire. Com música variada que incluía canções portuguesas, os presentes também desfrutaram da tradicional espetada e de bebidas como a sangria e a cerveja. Marcelo Gonçalves, membro do Comité Organizador desta celebração, comentou que a participação foi maior noutras ocasiões. A seu ver, tal ficou a dever-se ao facto de terem havido vários eventos no mesmo dia. A entrada era livre para todas as pessoas que quisessem assistir. A venda de comida foi a actividade através da qual se arrecadou dinheiro para continuar a construção do templo da Virgem de Fátima no sector de la Casona, Guatire. Segundo Gonçalves, são necessários

PUBLICIDADE

Banda Recreativa Madeirense.

42 polegadas.

Andreina de Abreu

Andreina de Abreu

oito ou nove milhões de bolívares fortes para terminar a igreja. “Estamos a trabalhar e esperamos não parar”, afirmou. Com uma média de quinze trabalhadores, deu-se início à segunda etapa da construção, que consistirá, primeiro, na fundação das colunas. O Comité planeia realizar uma ceia de Natal, ainda que não tenham local para o evento. Resta confirmar a data do convívio.

22 a 28 de Outubro de 2009

TEMA DA ÚLTIMA REUNIÃO FOI O HALLOWEEN

Tertúlia da Espetada ganha mais adeptas

s pratos, trompetes, tambores e flauta da Banda Recreativa Madeirense animaram o ambiente da festa de Fátima no passado domingo, dia 18 de Outubro. O terreno no qual será construída a igreja de La Navidad del Señor recebeu famílias inteiras da comunidade lusa. As pessoas participaram para poderem contribuir com a sua ajuda económica para a construção do templo. A festa teve início com um rosário, seguido de uma missa celebrada pelo padre António Aveijón, pároco da zona. Para finalizar as honras à padroeira de Portugal, levou-se a cabo uma procissão. Na festa após a missa não faltou o bolo do caco, a espetada, o vinho, bolachas e bolos. Uma bandeira de Portugal percorreu o local pelas mãos das pessoas que prepararam a festa. Enquanto isso, Emanuel Rodrigues, membro do comité organizador, dizia a partir do palco: “Puxem das carteiras”. A apresentação do grupo folclórico Dos Patrias envolveu todos os presentes, que, nos seus lugares, aplaudiam e entravam na dança. Com o objectivo de recolher fundos, foi ainda realizada um leilão de produtos portugueses doados pela comunidade e uma rifa que tinha como primeiro prémio um plasma de

A POUCO E POUCO O projecto de construir a igreja nasceu há três anos, em 2007, com a presença do cardeal Jorge Urosa e o bispo da zona, que nessa altura era monsenhor Nicolás Bermúdez. António Aveijón, pároco da La Navidad del Señor, está há 12 anos à frente desta paróquia, que foi fundada há 33 anos. No que diz respeito ao apoio dos lusitanos, expressou: “O contributo da comunidade portuguesa é um dos maiores que temos tido”. Comentou ainda que tudo começou a pouco e pouco e que planeiam continuar a organizar eventos para impulsionar a construção. Estão planeados até ao momento domingos familiares com venda de comida, rifas e bingos.

Terreno da igreja.

É preciso mais apoio económico Foi Aveijón que instituiu a festa de Fátima na Igreja de Santa Teresa. O sacerdote e Emanuel Rodrigues mencionaram que os elevados custos impedem que a construção avance com maior rapidez. Com um comité Organizador composto por seis pessoas, a Associação requer cerca de 1.300.000 bolívares fortes para construir o templo. Nesta altura, receberam apenas contribuições privadas por parte da comunidade portuguesa.

Silvia Karina Gonçalves

sergioferreirasoares@gmail.com

N As damas aproveitaram o “Halloween” para fazer uma tertúlia.

mensais que celebraram mais um aniversário em Outubro, ao que se seguiu o tradicional brinde com sangria. A presidente da Academia da Espetada de Caracas, Sílvia Henriques, disse sentir-se muito contente pois as tertúlias da Espetada estão a correr de vento em popa. “Desta vez batemos os objectivos de assistência: Eram esperadas 70 pessoas e apareceram 92.

Cada vez são mas as mulheres que querem fazer parte desta iniciativa”, contou, adiantando que já foi iniciada “a procura de um novo local para a realização da próxima espetada”. Para 16 de Novembro está programada a tertúlia da Espetada Hawaiana. Para mais informação aceda ao sítio da Internet http://www.academiaespetadacaracas.blogspot. com

5

Verbena em Guayana ajuda Seminário

silvigonk@gmail.com

a noite 19 de Outubro, um grupo de 92 mulheres luso-venezuelanas encontraram-se no restaurante Los Pilones de Este para levar a cabo a tertúlia da Espetada. Este evento, organizado pela Academia da Espetada, é realizado na terceira segunda-feira de cada mês com a finalidade juntar o útil ao agradável, ou seja, convívios de lazer complementados com a angariação de fundos para apoiar diferentes fins de beneficência. As convidadas chegaram às oito da noite, disfarçadas sob o signo do tema atribuído para este mês: Halloween. O jantar contou com espetada de frango e carne, acompanhadas por ‘yuca’ e salada. Posteriormente cantaram-se os parabéns às co-

Venezuela

COMITÉ DE DAMAS ORGANIZOU

Sergio Ferreira Soares

N

Este é o terreno onde será construído o templo.

O EVENTO TEVE LUGAR NO CENTRO SOCIOCULTURAL VIRGEM DE FÁTIMA

O jornal da comunidade luso-venezuelana

o passado domingo, dia 18 de Outubro, o Centro Português Venezuelano de Guayana (CPVG) foi sede da sexta verbena em benefício do Seminário Jesús Buen Pastor, situado nos arredores da cidade. O evento foi organizado pelo Comité de Damas, liderado por Judith Acosta. Participaram no evento as paróquias Virgem de Coromoto, San Buenaventura, San Pablo e San Pedro, Sagrada Família, Jesús Resucitado, Jesús de Nazareno, Virgen del Valle e Movimientos de Cursillos de Cristiandad Diócesis de Ciudad Guayana. O bispo da zona, Monsenhor Mariano José Parra, agradeceu o comité e a todos os membros do centro por ter cedido, pelo sexto ano conse-

O CPVG O LOCAL ESCOLHIDO PARA A REALIZAÇÃO DA VERBENA PARA ARRECADAR FUNDOS cutivo, as instalações do clube para levar a cabo o evento de arrecadar fundos em benefício dos seminaristas. Quem também participou foi o pároco que celebra as missas mensais no centro, o padre Miguel Ângelo, que foi protagonista de um concerto para todos os assistentes, em conjunto com outros grupos culturais e religiosos da zona. O CPVG sente-se orgulhoso por uma vez mais ter contribuído com este trabalho de beneficência; agradecendo principalmente a senhora Acosta pelos inúmeros esforços para levar a cabo a actividade. PUBLICIDADE


6

Venezuela

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

NA CIDADE DE MÉRIDA

II Congresso Internacional de Comunicação Social Sergio Ferreira Soares sergioferreirasoares@gmail.com

O Quem viaja para o exterior, parte muito preocupado com a sua bagagem.

NO AEROPORTO DE MAIQUETÍA

Passageiros reclamam abusos da GN Sergio Ferreira Soares sergioferreirasoares@gmail.com

T

êm sido repetidas as queixas das pessoas que viajam entre a Venezuela e Portugal, sobre o tratamento que as suas bagagens têm recebido por parte dos agentes da nacional e os inspectores de segurança do Aeroporto Internacional de Maiquetía Simón Bolívar. Malas partidas, orifícios feitos com agulheta, prendas desdruídas, são apenas algumas das reclamações que chegaram à nossa redacção. Ana Pereira, residente em Chacao, viajou recentemente a Portugal e teve a surpresa de ao voltar, no dia 16 de Setembro, os agentes da Guarda Nacional abriram-lhe as suas duas malas e destruíram duas bolsas de chá que havia comprado no seu país natal. “Não me importo que me tenham tirado o chá, mas parece-me uma falta de educação que nos detenham durante 30 minutos a abrirem-nos as nossas malas e a revistar tudo frente às

MALAS PERFURADAS E PRENDAS DESTRUÍDAS SÃO AS QUEIXAS MAIS COMUNS outras pessoas”, declarou a cidadã portuguesa residente no nosso país. Da mesma maneira, Sílvia Oliveira, uma jovem portuguesa residente em São Félix da Marinha, Portugal, explicou que ao chegar de volta a Portugal, encontrou as suas malas perfuradas por uma agulheta, que aliás abriu orifícios nas prendas que se encontravam no interior das mesmas. “As malas eram novas e chegaram danificadas. O pior foi que já nos tinham aberto as malas antes de entrarmos no avião e logo eles voltaram a revistá-las, fazendo estes orifícios. Segundo nos disseram os inspectores, fazem isto para introduzir câmaras nas malas e certificar-se que não há droga dentro”.

ERRATA

Ao contactar com o agente de tráfico da TAP Air Portugal da Venezuela, Pedro Pérez, obtivemos a informação de que a Guarda Nacional incrementou as suas inspecções aos voos portugueses nos meses de Julho e Agosto. Recorde-se que nos mês de Julho os agentes detiveram duas mulheres portuguesas que traficavam 11,5 kg de cocaína e em Agosto foram destruídos 380 kg de cristais de clorohidrato de cocaína, com destino a Portugal, na alfândega de Puerto Cabello. Pérez confirmou que a Guarda Nacional está a abrir orifícios com agulhetas nas malas dos passageiros, mandando as pessoas desembarcarem do avião para abrir as suas bagagens e inclusive passando os sacos várias vezes pelos aparelhos de raio x. O agente de tráfico do aeroporto de Maiquetía assegurou que nas últimas duas semanas diminuiram as demoras na saída dos voos de todas as linhas, pois os agentes da Guarda Nacional reduziram as revistas.

Foto errada. Na edição nº 330 cometemos um lapso com a imagem correspondente ao texto da página 9, na secção Venezuela. A imagem correspondia à réplica do Santuário da Virgem de Fátima no Carrizal e não ao Templo de Guatire. Pedimos desculpa aos leitores e a todos os visados.

II Congresso Internacional de Comunicação Social 100% Jornalismo – ‘COMUNICÁNDOTE 2010’ está marcado para 5 e 6 de Fevereiro de 2010, no Centro Cultural Tulio Febres Cordero, na cidade de Mérida. O evento vai abarcar oito áreas: jornalismo desportivo, acontecimentos, espectáculos, televisivo, corporativo e radiofónico, marketing e imprensa para o mundo cinematográfico e ferramentas para um óptimo desempenho no exercício do jornalismo. A ideia do 100% Jornalismo é que os participantes abordem as diferentes facetas da sua pro-

DIVERSOS PROFISSIONAIS DA AMÉRICA LATINA DEVERÃO PARTICIPAR NO EVENTO fissão, tendo em conta que actualmente os jornalistas devem preparar-se para mudanças vertiginosas em plena era da informação. Os preços das entradas no evento na segunda etapa de pré-venda, que durará até 7 de Novembro, oscilam entre os 350 Bs.F para os estudantes e 425 Bs.F para profissionais. Para mais informação visite http://www.comunicandote. com.ve.

DE 18 A 20 DE NOVEMBRO

4º Encontro de escolas de comunicação social

Magnalis Tavares Pérez magnalistavares@gmail.com

S

ob o tema ’50 anos de transformações na comunicação’, é levado a cabo no próximo mês de Novembro o quarto encontro nacional de Escolas de Comunicação Social, um encontro que decorre na Universidade Católica Andrés Bello. Esta reunião vai contar com a participação de professores de diferentes escolas do país, que irão debater diversas questões com os estudantes a 18, 19 e 20 de Novembro. Para participar, deverá fazer

NA UNIVERSIDADE CATÓLICA ANDRÉS BELLO um depósito de 160 Bs.F na conta corrente Bco. Mercantil 0105-0618-2416-1800-0411, em nome da Universidade Católica Andrés Bello. Depois deve preencher a ficha de inscrição disponível no site www. encuentrocomunicacion.org, ou enviar os dados do depósito (Nome, número de ficha, montante e data) para os endereços info@encuentrocomunicacion.org e yzambrano@ asterisco-ce.com

O jornal da comunidade luso-venezuelana

22 a 28 de Outubro de 2009

A BRIGADA CANINA TRABALHA PELA SEGURANÇA

Polícias com olfacto apurado

A

“C

ontribuir para a segurança dos cidadãos” é o objectivo da Brigada Canina da Polícia de Miranda, cuja nova sede foi apresentada aos meios de comunicação social. As novas instalações ficam situadas ao quilómetro 14 da Carretera Panamericana, onde é possível fazer um treino mais completo aos cães que prestam serviço na área policial. Esta mudança foi uma iniciativa da direcção da instituição que contou com o apoio da Associação Pro Defesa de Animais, APROA. Faz parte dos novos projectos que os 19 funcionários adjuntos e os 21 investigadores cumprirão nos próximos meses. A brigada destacou-se a cumprir patrulhamentos contínuos em diversas regiões mirandinas e com um programa de detecção do uso ilícito, consumo e distribuição de substâncias estupefaPUBLICIDADE

A Brigada Canina trabalha com a Associação Pro Defesa de Animais.

cientes e psicotrópicas.

REALIZAM EXIBIÇÕES EDUCATIVAS EM COLÉGIOS E INSTITUIÇÕES Para além disso, dão conferências, palestras de prevenção do delito, estão envolvidos em

projectos comunitários e exibições a nível educativo. Cristina Camilloni, presidente da APROA, afirmou que “conseguiu-se a construção de quatro canis para que os animais não estivessem amontoados” e sublinhou que o trabalho foi realizado em equipa, “a mão-deobra foram os próprios agentes”.

7

Autoridade deteve quadrilha que assaltava casas Agência Lusa

Victoria Urdaneta victoriaurdaneta@gmail.com

Venezuela

polícia venezuelana revelou, segundafeira, 19, que deteve uma quadrilha que assaltava as residências de utilizadores da rede social Facebook. Segundo o Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas, a quadrilha extraía informação das contas dos utilizadores, servia-se das fotos das casas e obtinha as direcções para roubar objectos pessoais, electrodomésticos e principalmente telemóveis, computadores, reprodutores de DVD e consolas de jogos. As autoridades revelaram também que identificaram vários integrantes de uma outra quadrilha, envolvida em assaltos múltiplos e simultâneos a edifícios residenciais no Leste de Caracas.

Segundo Luís Fernández, sub-director do Corpo de Investigações, os assaltantes usavam casacos de organismos de segurança e rádios de comunicação. Uma vez nos edifícios começavam por imobilizar os seguranças e entravam nas residências à procura de jóias, dinheiro, armas de fogo, computadores portáteis, blackberrys e outros telemóveis. “Temos funcionários dispersos em vários Estados e, nas próximas horas, vamos deter este grupo”, frisou aquele responsável. A quadrilha é suspeita de assaltar edifícios de Terrazas del Avila, Valle Arriba, Los Palos Grandes, Cumbres de Curumo, Las Mercedes, La Tahona, Prados del Este e El Cafetal, onde reside um importante número de empresários portugueses.


8 Venezuela

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

Organizam Semana do tradutor e do intérprete

D

e 26 a 30 de Outubro decorre a VII Semana do Tradutor e do Intérprete, no âmbito do 35.º aniversário da Escola de Idiomas Modernos, EIM, da Faculdade de Humanidades e Educação da Universidade Central de Venezuela – UCV. A maioria das actividades vão realizar-se no Auditório Tobías Lasser, na Faculdade de Ciências, Sala de Tradução, na Biblioteca Jean Catrysse, no

O

Inúmeras actividades terão o português como idioma central.

PROGRAMAÇÃO 26/ 10/ 2009 Intervenção de Cecilia García-Arocha, reitora da UCV; Luisa Teresa Arenas Salas, coordenadora da Unidade de Extensão; Vincenzo Piero Lo Mónaco, decano da Faculdade de Humanidades e Educação; Lucius Daniel, director da Escola de Idiomas Modernos; Jeniffer Lugo, presidente do Centro de Estudantes da EIM; Tatiana Lugo, chefe do Departamento de Tradução e Interpretação; Melva Márquez, Universidade de Los Andes, Mérida; e John Jairo Giraldo, director da Escola de Idiomas, Universidade de Antioquia, Colômbia.

Decorrem os concursos de Tradução, Conto e Poesia em Línguas Estrangeiras, Como Se Diz em… e Tradutores na História.

27/ 10/ 2009 Neste dia juntam-se Irma Brito, chefe da Unidade de Investigação; Geraldo de Carvalho, Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil; Cleusa Williams, professora de Interpretação de Português; interpretações em português dos estudantes Osyeilin González, Pamela Parra e Simón Franquis; Jaime Barres, director da revista La Cadena Multicolor, Cadena Carriles.

28/ 10/ 2009 A jornada começa com a conferência de Rohan A. Lewis, University of Technology, Jamaica: também vão intervir Dexy Galué, chefe da Cátedra de Estudos Linguísticos, EIM; e as conferencistas Ainoa Larrauri e Fátima da Silva, professoras de Tradução e Servio Tulio Benítez e Aurelena Ruiz, estudantes de Tradução. Para além destes, participam Miguel Sojo e Rosalba Ciancia, professores de Interpretação, junto com Liliana Pérez e Luis Aponte, estudantes de Interpretação. Outros conferencistas serão Claudia S. Sierich Georgi, presidente da Associação Ve-

nezuelana de Intérpretes de Conferência; César Mendoza e Dagmar Ford, Associação Civil Colégio Nacional de Tradutores e Intérpretes.

29/ 10/ 2009 Debate organizado pelo Grupo Ucevista de Debate e Acção Social e uma videoconferência com representantes de universidades de Colômbia, Chile e Venezuela. Celebra-se o Festival da Voz Estrangeira.

30/ 10/ 2009 Serão premiados os vencedores do I Concurso de

Tradutores na História, assim como os vencedores do concurso ‘Como se diz em…? ‘, organizado pela delegação da Comissão da União Europeia e coordenado por Edgardo Malaver, Departamento de Estudos Gerais, Adrianka Arvelo. Será realizado um simulacro de interpretação, sob a coordenação do Departamento de Tradução e Interpretação. O simulacro conta com a presença dos convidados internacionais Servio T. Benítez, Rohan Lewis, John Jairo Giraldo, numa jornada que inclui um concerto de música latino-americana e a apresentação do Quarteto de Câmara.

PARA PROMOVER O CD “RAIÇ/RAÍZ”

Roberto Leal canta no CP Sergio Ferreira Soares sergioferreirasoares@gmail.com

U

m dos cantores portugueses mais conhecidos de todos os tempos, Roberto Leal, está em terras venezuelanas para promover a sua mais recente produção discográfica intitulada “Raiç/Raíz”. A gravação deste disco levou aproximadamente dois anos e representa uma homenagem às suas raízes. A actuação de Leal vai ter como cenário o Salão Nobre

do Centro Português de Caracas, a qual será dividida com o venezuelano Josué. O evento será para 1.000 pessoas, a 23 de Outubro, a partir das nove da noite. CANTOR MUDA DE NOME António Joaquim Fernandes, melhor conhecido por Roberto Leal, nasceu a 27 de Novembro de 1951, em Macedo de Cavaleiros. Em 1962 emigrou para o Brasil. Uma vez e São Paulo, trabalhou como sapateiro e vendedor de doces. Depois

começou a procurar a sorte no mundo musical, convertendose num grande sucesso na década de 1970. O cantor já vendeu mais de 17 milhões de álbuns, tendo recebido 30 discos de ouro e cinco de platina ao largo dos seus 37 anos de carreira artística. O seu actual nome artístico surgiu por causa de alguns episódios que viveu. Quando estudava numa academia musical, chegava sempre à hora certa. Era atento nas aulas e chamavam-me o menino ‘Leal’”.

9

Galp e Petrobrás estudam parceria em Venezuela

A

Agencia lusa Centro Nacional de Tecnologias de Informação (CNTI) da Venezuela organizou um fórum para debater a importância do uso dos computadores portáteis portugueses nas escolas venezuelanas e sobre como massificar o uso dos softwares e sistemas livres. “O fórum marcará um arranque do que queremos que seja um projecto nacional de apoio ao programa Canaima educativo”, explicou o presidente do CNTI, Carlos Figueira. Segundo aquele responsável, o fórum terá lugar a 22 e

Venezuela

Agencia lusa

FÓRUM MARCA O ARRANQUE DE UM PROJECTO NACIONAL MACIÇO

SERÃO REALIZADOS QUATRO CONCURSOS E MAIS DE 20 WORKSHOPS COM ESPECIALISTAS Galpão n.7, entre outras localizações. A informação foi avançada por Arelys Lira, estudante da EIM, que participou em vários eventos com outros alunas, Susana Gonçalves e Osyelin Gonzélez. Para mais detalhes pode contactar a Universidade através do correio electrónico: ue.eim.ucv@gmail.com

22 a 28 de Outubro de 2009

Venezuela debate importância do uso do ‘Magalhães’

O EVENTO SERÁ NA UCV

Victoria Urdaneta Rengifo victoriaurdaneta@gmail.com

O jornal da comunidade luso-venezuelana

O fórum terá lugar na Universidade Bolivariana.

23 de Outubro, na Universidade Bolivariana. A iniciativa, disse, servirá para fomentar a criatividade e o desenvolvimento de conteúdos aplicáveis para o programa escolar. Também participarão profissionais em tecnologias de informação de vários países,

entre eles Argentina e Espanha. Na Venezuela, os computadores portugueses “Magalhães” assumiram a designação “Canaima”, evocando o parque nacional com o mesmo nome, situado no Estado Bolívar.

brasileira Petrobrás e portuguesa Galp estão em fase de negociações para “aprofundar a parceria” existente no Brasil a projectos na África e na Venezuela, disse o presidente da petrolífera brasileira. “Estamos a estudar parcerias para África e Venezuela”, adiantou José Sérgio Gabrielli, à margem da atribuição do grau de Doutor Honoris Causa ao geólogo Guilherme de Oliveira Estrella, actual director de Exploração e Produção da petrolífera brasileira. Em declarações aos jornalistas, o presidente da Petrobras avançou que em cima da mesa das negociações com a Galp estão projectos que a petrolífera brasileira tem em países africanos, como Angola, Senegal, Nigéria, Namíbia, Líbia, Tanzânia. Sérgio Gabrielli acrescentou que “é um namoro que demora tempo”, uma vez que, explicou,

As empresas estão em negociações

“é preciso fazer análise de viabilidade dos projectos e da localização”. Depois de uma reunião com o presidente da Galp, Ferreira de Oliveira, o presidente da Petrobras destacou que as duas empresas vão constituir uma ‘joint-venture’ para a área dos biocombustíveis, que deverá estar concretizada até ao final do ano. “A ideia é produzir nos dois países, mas primeiro é preciso plantar”, disse Sérgio Gabrielli. O Presidente da Galp, não quis “neste dia” comentar as conclusões da reunião com a

PUBLICIDADE

parceira brasileira.

Os portugueses e lusodescendentes destacam-se em diversas areas e profissoes. Nesta oportunidade vamos conhecer a historia de Flor Elena Goncalves, nascida em Ocumare del Tuy (Venezuela) mas de pai portugues, oriundo da freguesia de Campanario (Madeira). Reconhecida como uma das primeiras actrizes venezuelanas, Flor Elena tem participado em diversas series, novelas, films e pecas de teatro produzidas no seu pais natal. Sempre teve contacto com Portugal e com a sua familia, mas foi so o ano passado que teve o gosto e prazer de conhecer a terra do seu pai e avos. Um relato para nao perder… Conduzido pela jornalista lusodescendente Sandra Rodrigues, “Contacto Venezuela” é transmitido quinzenalmente, todas as sextas-

feiras, em três emissôes. Esta produzido por Roteiro Films C.A., Produtora Nacional Independente, que desde Novembro de 2007, é a responsável do programa “Contacto Venezuela” para RTPi. Através do endereço electrónico http://ww1.rtp.pt/multimedia/index. php?tvprog=17736 poderam ver o arquivo dos programas recentemente emitidos. VENEZUELA CONTACTO Sexta-feira, 23 de outubro de 2009 Hora venezuelana (ou de acordo com o fuso horário): 3:30 p.m. – 9:30 p.m.

Sexta Feira 5:00 pm

Meridiano TV


10 Reportagem

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

O jornal da comunidade luso-venezuelana

A promoção da actividade intergeracional faz do Clube Desportivo e Recreativo dos Prazeres não só um caso de sucesso desportivo - como comprovam os vários jovens campeões nacionais, através da prática da modalidade ‘rainha’, o badminton -, mas também na componente social vocacionada para a população mais adulta, motivando os mais idosos para uma melhor qualidade de vida, através da prática regular de actividade física. “Envolver a população” é uma das grandes motivações assumidas pelo dirigente do clube, Duar-

Política desportiva, apoios e destacamentos são elementos que carecem de explicação em Santana.

Estrela quer praceta DN MADEIRA

E

m redor de uma tábua de contraplacado, quatro homens de idade já avançada jogam às cartas, enquanto outros tantos, mais novos, motoristas de táxi por sinal, ‘queimam o tempo’ a apreciar o jogo, na expectativa de aparecer algum serviço. Estamos no sítio da Estrela, a principal centralidade da Calheta, entre o pequeno largo que serve de praça de táxis e aquela que é a única ‘bomba de gasolina’ que existe no concelho. É sobre o muro que divide a praça da estação de serviço, que se ‘equilibra’ a improvisada mesa de jogo. À volta desta, os homens de pé passam o tempo. Excepção apenas para Jesuíno Paulo, que por ser deficiente motor, está sentado no seu ‘triciclo’.

Curiosamente é o primeiro a reclamar por melhores condições... para os seus colegas. “Está a ver! É tudo em pé a jogar à bisca. Nem sequer tem um banquinho para a gente se jogar”, lamenta. Enquanto os colegas de jogo aprovam os reparos, Jesuíno manifesta desde logo o desejo. “Faz falta aqui uma praceta em condições para se jogar uma bisca”. Jesuíno Paulo, sem ‘papas na língua’ desfere uma crítica indirecta mas mordaz aos profissionais do volante que entretanto se esconderam para ‘não dar a cara’. “Aqui por fora ladram como cachorros. Quando aparece alguém [jor-

nalista] metem o rabo entre as pernas e fogem”, referiu. “Esses [idosos] cá não têm nada a perder” desabafou um dos ‘anónimos’. Estavam assim explicados os receios dos mais novos. Ainda assim um dos taxistas deixou escapar um lamento. “Não fazem nada aqui pela classe”. Sem se deixar levar por medos, Jesuíno, que é sapateiro “mas só em part-time” enquanto a ocupação principal “é jogar à bisca”, dizem os amigos, não se verga perante a possibilidade de sofrer consequências. “A mim ninguém me dá de comer”. Apesar da Estrela ser a principal centralidade do concelho ao nível do comércio e serviços, a falta de arranjo urbanístico no ‘coração’ do município é uma realidade bem visível. “Você vai à Ribeira Brava e à Ponta do Sol e pelo menos vê alguma coisa de jei-

11

ANSA reune con INDEPABIS Prazeres: Desporto intergeracional

A PRINCIPAL CENTRALIDADE DA CALHETA RECLAMA MELHORES EQUIPAMENTOS.

Reportagem

ENCERRAMENTO DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS

A Calheta é uma freguesia do concelho da que carrega o mesmo nome, na ilha da Madeira, com 23,47 km² de área e 3 105 habitantes (censos de 2001). Possuir uma densidade populacional de 132,3 hab/km². É uma das mais antigas freguesias da ilha da Madeira e foi uma das primeiras a ser explorada pelos primeiros colonizadores.

Orlando Drumond

22 a 28 de Outubro de 2009

to”, compara. Mais a Oeste, na única freguesia que destoa do tom ‘alaranjado’ do município mais fiel aos social-democratas, penetramos no denso nevoeiro que cobria literalmente os Prazeres. Junto à sede do clube local, Manuel Martins só reclama do custo de vida. “Não temos é dinheiro. Agora coisinhas assim para a gente poder se entreter, estamos mais ou menos”. Este motorista do clube diz-se satisfeito com o que a freguesia proporciona, para mais que “agora temos caminhos alcatroados”. Nas questões políticas, “desde que venha um que saiba mandar, é o que interessa. Para mim pode ser PSD, PS, CDS, ou qualquer partido. Seja de que partido for. Desde que saiba mandar e que atenda as pessoas com a devida atenção, está tudo bem”, sustenta.

te Anjo. O presidente da colectividade destaca a importância dos apoios públicos, como contributo para o êxito deste clube rural, nomeadamente as subvenções do IDRAM e da Câmara da Calheta. Lamenta, contudo, que da parte da Junta de Freguesia dos Prazeres, por uma questão pessoal entre os dois presidentes,

A

s autoridades venezuelanas encerraram mais de mil estabelecimentos comerciais, entre eles supermercados, talhos, padarias, stands de venda de veículos e lojas de peças de automóveis, alguns deles de empresários portugueses, por acção directa do novo instituto de defesa do consumidor. Preocupada com a situação, a ‘Associação Nacional de Supermercados e Autoserviços’ (ANSA) estabeleceu contacto imediato com o presidente do ‘Instituto para a Defesa das Pessoas no Acesso aos Bens e Serviços’ (INDEPABIS). Como corolário dessa diligência, o presidente do INDEPABIS vai receber, já esta sexta-feira, uma delegação da ANSA, para uma reunião onde os empresários terão oportunidade de transmitir as suas preocupações. Conforme foi acertado pelos mais altos representantes dos dois organismos - Eduardo Saman, por parte do estado, e Anacleto Teixeira, em representação da ANSA – a reunião de sexta-feira visa criar um elo de ligação que proporcione uma comunicação mais

EMPRESÁRIOS LEVAM PREOCUPAÇÕES AO NOVO INSTITUTO JÁ NESTA SEXTA-FEIRA eficaz e um aumento da sensibilização das partes em relação ao novo controlo e supervisão em defesa do consumidor. A iniciativa de aproximação partiu do presidente da ANSA face à preocupação crescente entre os empresários. Segundo Anacleto Teixeira, este primeiro contacto decorreu de maneira cordial e serviu para “relevar a importância da ANSA, mostrar o que fazemos, o número de pessoas que empregamos e a grande contribuição para o Estado venezuelano, através dos impostos e da importância da nossa organização no distribuição alimentar no dia a dia da Venezuela”. Os encerramentos que preocupam a ANSA tiveram lugar ao longo de três semanas na sequência de uma operação de fiscalização realizada pelo INDEPA-

não haja o devido reconhecimento institucional. Apesar das divergências, trabalho do presidente da

Faleceu António Azevedo Amaral

Junta na localidade, que

Carlos Marques

está de saída. “Se ele

prudentisnoble@hotmail.com

Duarte Anjo até elogia o

[Paulo Ferreira] se recandidatasse ganhava outra vez”, admite o dirigente desportivo. Entretanto, o clube remodelou o sótão do edifício sede, criando dois apartamentos para alugar e criar assim mais uma fonte de receita a juntar aos apoios públicos já mencionados.

A

ntónio Azevedo Amaral, chegou à Venezuela nos anos 60, natural de Ermesinde, Porto, com toda a sua juventude dedicou-se à área da construção. Faleceu aos 64 anos de idade, vítima de uma paragem respiratória, consequência de um câncro no pâncreas. Amaral, como era conhecido pela comunidade Luso-Ermesidense, construíu a maioria das obras das Irmãs Dominicanas, sendo uma das mais

importantes, a Unidade Educativa Colégio Nossa Senhora de Fátima, onde era apreciado pelo seu grande sentido de responsabilidade. Também foi um árduo colaborador das Festividades da Virgem de Fátima, sendo o Vice-presidente da Junta Organizadora 2005 – 2006. No mês de Maio passado, após muitos mal-estares físicos, foi-lhe diagnosticado um câncro no pâncreas que o consumiu progressivamente até falecer vítima de paragem respiratória, no dia 3 de Outubro. Deixa sete filhos, um deles menor de idade.

BIS para evitar a “especulação e usura”. Entre os estabelecimentos comerciais encerrados encontraram-se alguns de portugueses, que preferiram não fazer declarações sobre a medida aplicada pelas autoridades. Alguns padeiros manifestaram-se contrariados e insistiram que o preço máximo estipulado para a venda do pão não produz lucro e que para poderem manter o negócio aberto têm que oferecer outros produtos o que nem sempre resulta porque há uma mudança no comportamento das pessoas que estabelecem prioridades à hora de comprar. “Há queijos em que o preço também está regulado e entre comprar um doce (bolo) e queijo para o pão as pessoas optam pelo queijo”, explicou um comerciante à Agência Lusa, solicitando o anonimato. Segundo Valentina Querales, directora nacional de fiscalização do INDEPABIS, foram inspeccionadas 150 padarias e mais de 650 supermercados e talhos, 516 stands de veículos e 718 lojas e artigos de higiene pessoal e arti-

Aneclet Teixeira já reuniu com o presidente da INDEPABIS. gos de limpeza para o lar. Foram multadas e encerradas por 24 horas 110 padarias, 400 supermercados e talhos, 265 lojas de produtos de higiene pessoal e artigos de limpeza, 264 stands de veículos e 120 lojas de peças automóveis. “Estaremos atentos para continuar a combater a especulação, o sobre-preço, o açambarcamento e a usura que pretendam realizar os grande comércios”, sublinhou aquela responsável que precisou que as multas oscilam entre 100 e 5000 unidades tributárias (entre 1717 e 85 850 euros). PUBLICIDADE


12 História de Vida

22 a 28 de Outubro de 2009

CORREIO DA VENEZUELA

O jornal da comunidade luso-venezuelana

UMA BEBIDA QUE DESPERTA SENSAÇÕES

JOÃO PEREIRA

Vodka ‘a la carte’

Venezuelano de coração Victoria Urdaneta Rengifo victoriaurdaneta@gmail.com

A

Maria José de Navarro quis contar a história do seu pai, João Pereira, pela infinita gratidão que sente e para fazer-lhe a surpresa de ‘ler-se’ no Correio, “um semanário que tanto apoia a nossa comunidade”. João Pereira está a passar por um período de recuperação depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) “e estou certa de que ver a sua história no jornal vai trazer-lhe felicidade”, assegurou Maria José, deixando correr de seguida um caudal de recordações… “O meu pai nasceu a 26 de Dezembro de 1928 na Ponta do Pargo, na Madeira, onde tinha uma próspera mercearia familiar e vivia numa cómoda casa. Mas ele queria mais, desejava um novo horizonte, um lugar onde formar uma família e dar melhores oportunidades aos seus filhos”. Foi com essa motivação que chegou à Venezuela aos 20 anos de idade. “Instalou-se em Caracas e começou a trabalhar numa linha de autocarros”. Atrás do volante, acelerando triunfos e travando adversidades, conduziu todos os dias sem descanso, passou de um jovem solteiro a um sólido pai de família e pelo caminho também aprendeu a conhecer Caracas. “Para ele, saber a história, o nome e a localização de cada rua da capital venezuelana era uma questão de orgulho patriótico”, comentou a filha. O negócio foi melhorando a pouco e pouco. De tanto percorrer quilómetros e quilómetros, a vida deu-lhe uma grande prenda: Colocou no seu caminho Juana Bastidas de Pereira, oriunda do estado Trujillo, e junto com ela “construiu um belo lar com sólidos valores, e sobretudo com muito amor, tanto para o meu irmão, que PUBLICIDADE

ACELERANDO TRIUNFOS E TRAVANDO ADVERSIDADES, CONDUZIU PARA DAR O MELHOR A SUA FAMÍLIA infelizmente faleceu, como para as cinco filhas”. E assim como ele “aprendeu a percorrer as rotas de Caracas como a palma da mão”, ela assumiu a gastronomia lusitana de forma completa e de memória. “Todos ficam impressionados porque adora os pratos típicos e os costumes de Portugal como a melhor das portuguesas”, assegura Maria José, sorrindo com orgulho. João Pereira também tinha um restaurante. Trabalhava lá durante o dia e à noite conduzia um táxi, um Dodge Dark, com o qual trabalhou muito “para que todos pudéssemos estudar, desfrutar de uma boa casa e ter o que necessitávamos”. Depois de duas décadas na Venezuela, João Pereira e a esposa Juana viajaram até Portugal, mas de férias, “porque ele ama o seu país natal mas sempre disse que o seu lar era na Venezuela”. E assim como aos 20 anos viajou até esta “terra de graça”, 20 anos depois voltou a pisar o país de Camões. Vive há 20 anos em San Antonio de Los Altos, estado Miranda. “Durante toda a sua vida ajudou muitas pessoas, foi um pai exemplar e um trabalhador incansável”, tão incansável como em matéria de exercícios, “pois com 81 anos de idade praticava diariamente com os aparelhos que tem em casa”. Essa vitalidade continua a ser a sua bandeira e em plena recuperação ele luta com a mesma perseverança que o caracterizou durante a sua vida, com o amor que alimentou 57 anos de casamento, com a fé que uniu esta família.

22 a 28 de Outubro de 2009

Ferreira é especialista na prova de vinhos, azeite, rum e chocolate.

Agência Lusa o ouvir a palavra vodka, a maioria das pessoas relaciona-a com o fim das festas, reuniões sociais e com a vida nocturna. Rússia e Polónia partilham a vodka como bebida nacional, uma bebida destilada que ajuda a que os seus apreciadores suportem o clima com temperaturas abaixo de zero. Glória ferreira, especialista em provas de bebidas, diz que “a primeira coisa que há que entender é que a vodka é para beber fria”. Provar vo-

A

PUBLICIDADE

dka significa analisar sensorialmente a bebida para avaliar a sua qualidade. Entre texturas e aromas, a prova desta bebida é organoléptica, pois as sensações percebem-se através da visão, do gosto e do olfacto. Ferreira assinala ainda que uma vodka de boa qualidade não deixa hálito nem provoca ressaca. Esta é uma das ‘bondades’ deste líquido incolor. A maior parte das marcas de vodka é produzida a partir da fermentação de grãos. Apesar de ser uma bebida reconhecida internacionalmente, não há um registo certo da sua origem histórica. A importância da prova é entender que existe uma co-relação entre qualidade e preço. Regra geral, os produtos com maior número de filtrações e destilações têm melhor qualidade. TEMPERATURAS ABAIXO DE ZERO A vodka bebe-se pura. Para seleccionar as bebidas, elegem-se aquelas que tenham características em comum, como seja o número de desti-

lações e/ou ou filtrações, ou seu preço ou o seu país de origem. “Cada vodka tem um nariz”, afirmou Ferreira, explicando que a bebida não deve ser picante ao olfacto. Isso provocaria a recusa de quem está a provar o produto. Em segundo lugar, comprovar que o líquido é transparente, incolor e sem impurezas. Por último mas não menos importante, ser moderado. No que diz respeito a isso, Ferreira sublinhou que não se deveria provar mais de quatro tipos de vodka. “Começa a adormecer as papilas e a capacidade sensorial”, concluiu. A prova de vodka continua a ser, para Ferreira, uma “busca incessante”, ainda que fique muito por investigar para conseguir misturar esta bebida com a comida. Uma coisa é certa: A vodka é uma bebida que transmite sensações. QUERES SABER MAIS? Dúvidas, comentários ou sugestões? Ligue para Glória Ferreira através do telefone 0416-415-0572

Cultura

13

BREVES Telesur vai retransmitir em português para Palops A estação de televisão estatal venezuelana Telesur prevê iniciar, em breve, a transmissão de noticiários em língua portuguesa para a GuinéBissau, Angola e Moçambique, com parte do objectivo dos governos da África e América do Sul de impulsionar a cooperação sul-sul. Segundo a emissora, os noticiários vão ser retransmitidos localmente através das estações de televisão públicas daqueles países, após vários acordos bilaterais, entre eles um “memorando de entendimento” entre a Telesur e a televisão da GuinéBissau. Criada em 2005, com sede em Caracas, a Telesur é um canal de televisão informativo que emite em sinal livre e por satélite. Foi criada pelos governos da Venezuela, Argentina, Bolívia, Cuba, Equador, Nicarágua e Uruguai, e está especialmente orientada para a América do Sul. Além da América do Sul, é possível ver gratuitamente a sua transmissão na América Central e Caribe, Estados Unidos, Europa Ocidental, Norte da África e parte do Oriente Médio, e também através da Internet em www.telesur.net.


14 Cultura

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

O jornal da comunidade luso-venezuelana

22 a 28 de Outubro de 2009

Cultura

15

AGENDA CULTURAL

Sim Podemos!

Parguito, na ilha de Margarita.

Noite das Bruxas No dia 31 de Outubro, sábado, o Centro Marítimo de Venezuela e o Centro Português de Caracas realizam as conhecidas festas de Halloween. Pode participar a partir das sete da noite. Leve o seu melhor disfarce.

Victoria Urdaneta

N Os assistentes viveram uma experiencia enriquecedora sobre as comunidades judia e portuguesa.

INVESTIGADOR NÉSTOR GARRIDO

Conferência sobre judeus em Portugal Victoria Urdaneta Rengifo victoriaurdaneta@gmail.com

‘Q

uem é sábio? Aquele que aprende de todos os homens” é uma sábia frase que aparece no Tratado dos Princípios (em hebraico, Pirkei Avot) e que serviu de inspiração para a conferência sobre a presença judaica em Portugal, realizada a 17 de Outubro no salão nobre do Centro Português em Caracas. O evento foi organizado pelo Instituto Português de Cultura e o discurso esteve a cargo de Néstor Garrido, professor universitário, escritor, poliglota e director da Secretaria do Centro de Estudos Sefarditas de Caracas (órgão cultural da Associação Israelita de Venezuela) ao qual assistiram vários dos seus membros, como Juan F. Tobías e a esposa, Elsie Benoliel de Tobías. Esta foi uma enriquecedora oportunidade para aprender sobre a história que une as comunidades judia e portuguesa, pois segundo ensinou o erudito judeu Hilel, as portas do conhecimento devem abrir-se a todo aquele que queira escutá-lo e ainda que havendo diferenças, pode-se alcançar um objectivo comum, tal como ele demonstrou junto com outro erudito, Shamai, cujas escolas tinham opiniões distintas mas procuravam sempre o cumprimento das leis de Deus. Garrido descreveu famosos judeus portugueses que influenciaram a cultura universal (Fernando Pessoa, Baruch de Espinoza, Castelo Branco,

Néstor Garrido, escritor e professor universitário.

O INSTITUTO PORTUGUÊS DE CULTURA ESTREITA LAÇOS COM O CENTRO DE ESTUDOS SEFARDITAS Herberto Hélder, entre tantos outros), assim como a marca que esse povo deixou na Venezuela desde a sua chegada a Coro, Falcón, tendo como guia Joseph Curiel. Curiel ajudou economicamente na guerra da independência da Venezuela, assim como deu o seu contributo no campo de batalha de militares judeus como Benjamín Henríquez, Samuel Henríquez e Juan Bartolomé de Sola, entre muitas outras histórias. Destacou ainda as personalidades portuguesas que ajudaram o povo judeu, como Aristides de Sousa Mendes, que foi cônsul geral de Portugal em Bordéus, França, em 1940, “reconhecido

como ‘Justo entre as Nações’ por ter arranjado milhares de autorizações a milhares de judeus húngaros, ainda que contra as ordens expressas de Salazar”, acrescentou o professor. Sublinhou também o contributo do antigo Presidente da República Portuguesa, Jorge Sampaio (de ascendência judaica) que em 1996 realizou um acto histórico na Assembleia Nacional (presenciado pelos venezuelanos Amram Cohen e Paulina Gamus de Cohen), para apresentar desculpas em nome da nação pelo decreto de expulsão estabelecido há 500 anos, e começar, assim, uma nova etapa de irmandade. O professor João da Costa Lopes, em representação do IPC, contribuiu com várias intervenções, como a do Padre António Vieira, um dos pensadores e missionários mais influentes do século XVII, “que defendeu os judeus e por isso enfrentou as autoridades católicas em plena época da Inquisição”.

Uma grande notícia chegou com voz e melodia, porque a 15 de Outubro foi lançado o CD do Grupo Coral do Centro Português em Caracas. Esta produção discográfica é fruto de muitíssimo trabalho durante 14 anos, e por isso dá tanto orgulho aos seus 26 membros e ao seu director, Jesús Ochoa, o facto de poderem trazer o CD à luz do dia. Mas como disse Igor Stravinski (célebre maestro russo), “não basta ouvir a música, também há que vê-la”, e foi por isso que o grupo planificou (com admirável perseverança) uma digressão pela Europa, para que o público internacional pudesse ver o seu enorme talento e desfrutar dessas privilegiadas vozes. Esta digressão terá a duração de 24 dias, durante os quais o grupo irá visitar Portugal (continente e ilhas), França, Espanha, entre outros países. A digressão musical é uma das inúmeras metas que o Grupo Coral alcançou desde a sua fundação em 1995 (quando o director de Cultura do CP era José António Pires), com o apoio de Cândido de Andrade e da professora Ana Maria Fernandes. Já que mencionamos algumas personagens importantes para o desenvolvimento do grupo, também é justo destacar José Egídio Monteiro, que esteve na junta directiva quando se fez o relançamento do grupo, assim como Ana Stimac, que fez parte do êxito que representou o prémio obtido no primeiro Festival Interclubes, onde o CP se destaca como principal vencedor na história do concurso. Sublinhe-se ainda os nomes de José Carlos Rebelo, director de Cultura do CP e que está há 11 anos no Coral junto com a esposa, Dexy de Rebelo. Eles também foram peças valiosas no grande evento ‘La Cultura Somos Todos’ e apesar do trabalho que fazem, nunca querem aparecer nas notícias nem ficar com o protagonismo, preferem continuar esta coisa de ‘não saiba a tua esquerda o que faz a tua direita’, como escreveu Mateus, em 6:3, nas Sagradas Escrituras. E por falar na Bíblia, o grupo Coral ofereceu uma emotiva missa de agradecimento no CP e agora todo o grupo deve estar num avião pronto para começar um novo e belo capítulo. À conquista!

Cavenport na Expo Fedecámaras A secção de Carabobo vai ter um stand na Expo Fedecámaras 2009, a

‘Fados’, o filme Continua o Festival de Cinema Espanhol em Caracas. Uma das propostas é o filme do director de cinema Carlos Saura, que já realizou vários filmes onde o elemento musical é o prato forte. Cesária Évora, Mariza e Camané são alguns dos artistas que contaram o que significa o fado em Lisboa. A entrada geral custa 12 Bs.F. Poderá assistir ao filme na quinta-feira, 22, e sextafeira, 23, e no Celarg.

realizar-se de 1 a 9 de Novembro no Centro Sambil Valencia, a partir das nove da manhã.

Campeonato de Bodyboard

Grande Festa llanera

De 22 a 25 de Outubro realiza-se,

A banda de rock ‘Moonspell’ visita pela primeira vez nosso país.

Rock luso na Venezuela Anaís Castrellón Castillo anaiscastrelloncastillo@gmail.com

P

ela primeira vez na história, a banda de rock portuguesa Moonspell visitará a Venezuela para participar no ‘Encontro Gótico do Ano’, acompanhados da banda sueca Tiamat. Os Moonspell têm, quer no seu país natal quer em muitos outros países do mundo, uma grande projecção. Com efeito, o disco anterior, intitulado ‘Finisterra’, fê-los ganhar os MTV Awards europeus, na categoria de melhor banda portuguesa. O concerto terá lugar a 10 de Novembro no Teatro Municipal de Valencia, local que lhes permitirá promover o disco ‘Night Eternal’, seleccionado entre os 10 melhores discos de rockmetal de 2008, segundo vários meios especializados. CURIOSIDADE Um dado importante e curioso é que Aires Pereira, baixista da banda, é venezuelano. Nasceu na paróquia La Vega e em 1989 foi viver para Portugal, por isso este concerto marcará o seu reencontro com o país que o viu nas-

O ‘ENCONTRO GÓTICO DO ANO’ TERÁ COMO PROTAGONISTA A BANDA PORTUGUESA MOONSPELL cer. “Estou muito feliz por reencontrarme com a Venezuela, mais ainda para dar um concerto perante os meus irmãos venezuelanos”, disse o jovem. “Espero poder ter tempo suficiente para visitar vários lugares e desfrutar da comida venezuelana, cumprimentar amigos e fazer muitas coisas das quais sinto a falta”, referiu ainda. Por seu turno, os suecos Tiamat, que contam já com 21 anos de carreira, vêm à Venezuela apresentar a sua nova produção discográfica denominada ‘Amanethes. Os bilhetes para estes concertos têm um custo de 250 Bs. F. Para todos os que desejem passar um momento agradável, pode adquirir o bilhete de entrada por 350 bolívares fortes por pessoa. Para mais informação pode ligar para os números 0212-576-8126, 0212-515-8166 e 0424-137-5178.

No próximo sábado, dia 7 de Novembro, Turumo vai encher-se de música ‘llanera’, porque no Centro Marítimo de Venezuela, a grande festa ‘llanera’ fará ‘estragos’, e pode assistir a partir das seis da tarde.

Concerto junta Roberto Leal e Josué

pela quinta vez consecutiva na Venezuela, o Campeonato Mundial Bodyboard Pro Festival 2009, que conta com a presença de 150 atletas de vários países do mundo, entre eles Portugal. A sede do campeonato será a praia

O reconhecido cantor Roberto Leal pisará solo venezuelano na próxima sexta-feira, dia 23 de Outubro, para um concerto em conjunto com o cantor Josué. O evento terá lugar no Centro Português de Caracas e tem início previsto para as seis da tarde. Para comprar os bilhetes pode ligar para o telefone 0414.321.37.20.

PUBLICIDADE

Serteca La Urbina, C.A. Solicita:

Instalador de equipos de sonido y alarmas por negocio. Comunicarse al 242 0552/ Fax: 2413476

Con experiencia Entregar curriculum vitae en la siguiente dirección: Zona Industrial La Urbina, Calle 10 (al Lado del Arturo’s) Caracas - Venezuela


16 Funchal

22 a 28 de Outubro de 2009

CORREIO DA VENEZUELA

O jornal da comunidade luso-venezuelana

22 a 28 de Outubro de 2009

PUB

da Câmara ao serviço do munícipe

Novo autocarro para as actividades do município Em 2008, um novo e moderno autocarro com capacidade para 52 passageiros veio se juntar à sua frota de viaturas de transporte colectivo de passageiros da Câmara Municipal do Funchal, aumentando a capacidade de resposta da autarquia às crescentes solicitações dos funchalenses. Equipado com motor ecológico, caixa de velocidades automática, que proporciona um maior conforto e segurança dos passageiros e do condutor, o autocarro destaca-se pela qualidade dos materiais aplicados no seu interior, pelo ar condicionado (quente e frio) e equipamentos de imagem e som. O transporte colectivo constitui um bem essencial para a actividade do Município do Funchal, nesse sentido, a autarquia vai continuar a apoiar entidades e actividades que revelam um inerente e importante interesse público municipal. As viaturas municipais de transporte colectivo de passageiros são cedidas, a maioria das vezes, a estabelecimentos de ensino, colectividades de âmbito cultural, desportivo, lúdico, recreativo, instituições de solidariedade social e demais entidades sem fins lucrativos, desde que tenham sede no Município do Funchal. As viaturas encontram-se homologadas e os condutores habilitados para o transporte de crianças, de acordo com o Código da Estrada. RENOVAÇÃO DA FROTA DE VIATURAS LIGEIRAS Os encargos com a manutenção, as frequentes imobilizações, o conforto e o meio ambiente, estão as principais razões que levaram a Câmara Municipal do Funchal a abater as viaturas ligeiras com idade superior a 8 anos. Analisadas várias modalidades de aquisição, a melhor opção foi encontrada no Aluguer Operacional de Viaturas. Esta operação envolveu um total de 84 viaturas, que se encontram ao serviço da autarquia desde Dezembro de 2008. Para além das viaturas, o contrato estabelecido com as entidades locadoras, inclui o seguro, uma muda de pneus, as manutenções periódicas e uma viatura de substituição, utilizada quando os períodos de imobilização por avaria ou acidente, for superior a 48 horas. As viaturas antigas e de acordo com os procedimentos legais, foram abatidas e encontram-se a ser vendidas em hasta pública.

A

FORMAÇÃO PROFISSIONAL E CÍVICA O edifício dos Viveiros possui uma sala de formação devidamente equipada e com capacidade para 50 pessoas, onde decorrem as acções de formação tecnológicas, cívicas, a reunião anual de balanço e dos objectivos do Departamento de Parque de Máquinas e Viaturas, e a apresentação dos serviços aquando das visitas guiadas às instalações, entre outras actividades. Frequentemente são realizadas acções de formação, levadas a cabo pelos serviços do Município e por entidades externas, com vista ao desenvolvimento profissional e cívico dos funcionários da autarquia. OFICINAS ESTUDAM NOVOS EQUIPAMENTOS A experiência acumulada dos técnicos da autarquia nos equipamentos de recolha de resíduos sólidos tem permitido o redimensionamento de alguns equipamentos. O caso mais recente verificou-se nas dimensões e capacidade de carga da viatura designada por Bifluxo, que efectua porta-a-porta a recolha selectiva do vidro, plástico e metais. Com as alterações de características que foram feita, esta tornou-se numa viatura pioneira no País. As características das diferentes operações, os arruamentos, a capacidade de carga, o desenvolvimento tecnológico dos

17 PUB

Frota automóvel e equipamentos

funcionar desde Novembro de 1997, a ‘oficina’ da Câmara Municipal do Funchal (CMF), serviço responsável pela Reparação e Manutenção Mecânica de todos os equipamentos móveis da autarquia, incluindo os dos Bombeiros Municipais, está localizada numa área adjacente à Estação de Transferência dos Viveiros e garante as condições necessárias ao desenvolvimento da actividade dos restantes serviços As competências do serviço de Reparação e de Manutenção Mecânica da autarquia vão desde a gestão das oficinas, dos recursos humanos e dos equipamentos, realização de estudos de adequação, renovação de frotas, definição das características técnicas dos equipamentos novos, a organização de acções de formação à prestação de assessorias técnicas noutros serviços da CMF. Actualmente neste serviço existem 273 equipamentos, dos quais, 153 são viaturas de peso bruto inferior a 3,5 toneladas, 100 são viaturas peso bruto superior a 3,5 toneladas e 20 são máquinas de obras públicas.

Funchal

Instalações Ecológicas A política de separação dos resíduos desenvolvida pela CMF é também interna. Para a separação dos resíduos sólidos (indiferenciado/contaminados, papel/cartão limpos, embalagens/plásticos limpos, filtros de óleo/gasóleo e metais), produzidos nas oficinas de Reparação e de Manutenção Mecânica, assim como nos restantes serviços, foram idealizados e construídos dois ecopontos.

equipamentos, a redução dos meios envolvidos, são entre outras, devidamente estudadas, de forma a proporcionar a redução dos custos das respectivas operações: recolha de resíduos sólidos, lavagem dos contentores públicos, varredura mecânica, lavagem de arruamentos, desobstrução de sarjetas, transferência de resíduos sólidos para a Meia Serra, limpeza urbana, transporte de passageiros (ligeiros e pesados), viaturas dos Bombeiros Municipais e manutenção das infra-estruturas Municipais. Em fase de estudo encontra-se a transformação de três viaturas de recolha de resíduos sólidos urbanos, de forma a possibilitar a recolha de um novo resíduo, o resíduo orgânico. Com a recolha porta-aporta deste tipo de resíduos, perspectiva-se uma redução da quantidade dos resíduos indiferenciados, pelo que serão afectadas à recolha do resíduo orgânico, algumas das actuais viaturas. ESTÁGIOS PROFISSIONAIS E TRABALHOS COMUNITÁRIOS

Com as condições de trabalho existentes nas instalações das oficinas da CMF, têm sido realizados estágios profissionais, no âmbito da formação profissional na área da reparação automóvel, através do protocolo estabelecido entre a autarquia e a Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação – Serviço Técnico de Integração e Formação Profissional e Emprego Protegido de Deficientes. A prestação de trabalho a favor da comunidade, por indicação do Ministério da Justiça, tem decorrido nas oficinas do DPMV, também na sequência de um protocolo existente, com a Direcção Geral de Reinserção Social. O PE S O DE UMA I NT E NS A ACTIVIDADE Os veículos e equipamentos dedicados à remoção dos resíduos e da limpeza urbana são os que maiores desgastes apresentam, em virtude de um maior número de solicitações, comprovados pelos quilóme-

tros e horas de utilização. Mais de 60 por cento do orçamento destinado à manutenção e reparação mecânica é afectado a estes equipamentos, tal como acontece com os combustíveis. As operações de remoção de resíduos, de transferência e de limpeza urbana, funcionam a 100 por cento todo o ano, de Segunda-feira a Sábado, com início às 7 horas e prolongam-se até às 4 horas da madrugada. No ano de 2008 foram percorridos, por todos os veículos do Município do Funchal, 2.876.475 quilómetros, deste valor 45 por cento dizem respeito à frota afecta ao transporte dos resíduos sólidos, a que correspondeu um consumo de 742.360 litros de combustível, num total de 984.350 litros. A operacionalidade das viaturas e dos equipamentos, é conseguida com muito empenho, por parte dos profissionais envolvidos.

PUB


18 Portugal

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

O jornal da comunidade luso-venezuelana

22 a 28 de Outubro de 2009

A Associação Nacional de Proprietários (ANP) propôs a fixação de uma renda mínima de 50 euros para as cerca de 390 mil habitações com contratos anteriores a 1990, quando entrou em vigor o Regime do Arrendamento Urbano (RAU).

Programa do Governo discutido em Novembro

DN Madeira

discussão do programa do novo Governo de José Sócrates «provavelmente» só deverá ocorrer no início da primeira semana de Novembro, afirmou a porta-voz da conferência de líderes da Assembleia da República Em declarações aos jornalistas no final da reunião da conferência de líderes, que se prolongou por pouco mais de uma hora, Celeste Correia revelou que ainda não ficou agendada a discussão do programa do Governo. «Provavelmente só no início

DN Madeira

A

A

No ano passado, Portugal estava em 16º lugar.

QUEDA DO 16º PARA O 30º LUGAR NA LISTA DOS PAÍSES QUE MAIS RESPEITAM O AOS JORNALISTAS como a França, Itália e Eslováquia têm vindo a cair sistematicamente de posição no ranking, ano após anos”, frisou o secretário-geral da RSF, Jean-François Julliard. Os jornalistas continuam a ser ameaçados fisicamente em países como Itália e Espanha (44º lugar), mas a principal ameaça provém das novas leis que têm vindo a ser adoptadas, frisa a organização. “Muitas leis aprovadas

desde Setembro e 2008 comprometem o trabalho dos jornalistas”, afirma-se no relatório, onde se aponta o exemplo da Eslováquia, precisamente o país que mais caiu no ranking deste ano (do 7º para o 43º lugar), em grande parte por acusa de uma nova lei “que impõe o direito automático de resposta”. Já os EUA subiram do 40 para o 20º lugar, uma progressão explicada pelos RSF pelo “efeito Obama” Este ranking, divulgado anualmente, é elaborado com base em questionários a centenas de jornalistas e especialistas dos media. O país que lidera é a Dinamarca. Cuba, Irão, Eritreia estão entre os últimos.

DN Madeira

O

eurodeputado socialdemocrata Mário David exortou, terçafeira, 20, o escritor José Saramago a renunciar à cidadania portuguesa por se sentir “envergonhado” com as recentes declarações do Nobel da Literatura sobre a Bíblia. No sítio pessoal na Internet, o vice-presidente do Partido Popular Europeu (PPE),

eleito pelo PSD, escreveu hoje que José Saramago “há uns anos, fez a ameaça de renunciar à cidadania portuguesa. Na altura, pensei quão ignóbil era esta atitude. Hoje, peço-lhe que a concretize... E depressa!” “Tenho vergonha de o ter como compatriota! Ou julga que se lhe aceitam todas as imbecilidades e impropérios?”, questiona o eurodeputado.

da primeira semana de Novembro a Assembleia da República estará em condições para discutir o programa do Governo», declarou. Assim, a data da discussão do programa do Governo só será marcada na próxima reunião da conferência de líderes, agendada para dia 28 de Outubro. Nessa reunião, também já deverá estar presente o novo ministro dos Assuntos Parlamentares. Na reunião que decorreu ao início da tarde de terça-feira, 20, ainda esteve presente o ministro dos Assuntos Parlamentares cessante, Augusto Santos Silva.

Jovens à procura do emprego são vulneráveis

50% acreditam a situação irá continuar a piorar.

DN Madeira

Eurodeputado exorta Saramago a renunciar à cidadania lusa

19

A valorização do euro face ao dólar deverá dificultar as exportações, mas terá como vantagem a descida do preço dos produtos energéticos, principalmente do petróleo, consideram economistas ouvidos pela agência Lusa.

Portugal desce 14 posições na liberdade de imprensa organização Repórteres Sem Fronteiras considera que a liberdade de imprensa diminuiu este ano em Portugal, com uma queda do 16º para o 30º lugar na lista dos países que mais respeitam o trabalho dos jornalistas. Apesar de classificar Portugal como estando “em boa situação” face à liberdade de imprensa, a organização internacional afirma ter-se verificado uma queda de 14 posições na lista dos mais respeitadores da liberdade de imprensa, passando a estar ao mesmo nível da Costa Rica e do Malí. No ano passado, Portugal estava em 16º lugar, a par da Holanda, Lituânia e República Checa. “A Europa, que foi durante muito tempo um exemplo em matéria de respeito pela liberdade de imprensa”, recuou na lista, contabilizando apenas 15 países na lista dos 20 primeiros classificados, contra os habituais 18, sublinham os RSF. “É perturbante constatar que democracias europeias

Portugal

O

s jovens à procura do primeiro emprego e os trabalhadores precários ou com baixos salários são encarados pelos portugueses como os novos grupos vulneráveis à pobreza em Portugal, segundo um estudo divulgado terça-feira, 20. Estes são os resultados preliminares de um inquérito sobre “Percepções da pobreza em Portugal” realizado pela Amnistia Internacional Portugal em parceria com a Rede Europeia Anti-pobreza e o Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações do Instituto Superior de Economia e Ges-

tão da Universidade Técnica de Lisboa. O estudo foi feito a partir de uma amostra representativa de 1350 pessoas com 18 anos ou mais e de 19 freguesias seleccionadas aleatoriamente. NÃO ACREDITAM NA RECUPERAÇÃO Há uma percepção generalizada nos portugueses de que a pobreza está a aumentar e a maioria está pessimista e tem baixas expectativas quanto à capacidade de recuperar dessa condição, segundo o estudo. Um total de 77% dos portugueses inquiridos têm pouca ou nenhuma esperança na recuperação de situações de pobreza.

ALERTA DE FRANCISCO VAN ZELLER

Aumento salarial em 2010 requer “muita contenção” DN Madeira

EMPRESAS DEPENDEM DE SALÁRIOS BAIXO E, SE FECHAREM, FARÃO AUMENTAR O DESEMPREGO

Preocupados com os médicos cubanos Os 44 médicos cubanos contratados por Portugal para colmatar a falta de clínicos estão a exercer medicina geral e familiar sem a especialidade, o que preocupa sindicatos e Ordem dos Médicos. O Governo diz que há 800 portugueses na mesma situação. “A medicina geral e familiar não pode ser objecto de trabalho médico indiferenciado”, disse à Lusa o dirigente do Federação Nacional dos Médicos (FNAM) Mário Jorge Neves, que defende uma “fiscalização por parte da Ordem dos Médicos” deste tipo de situações. Questionado pela Lusa, o bastonário da Ordem dos Médicos, Pedro Nunes, reconheceu que a situação é preocupante e revelou que já alertou o Governo para esta matéria.

64,5 Tn de drogas e 1.153 homicidas

O

presidente da CIP, Francisco Van Zeller, defendeu terça-feira, 20, “muita contenção” no aumento dos salários em 2010 e alertou para o facto de existirem “muitos milhares” de empresas que dependem de salários baixo que, se fecharem, farão aumentar o desemprego. “A CIP diz que tem de haver muita contenção no aumento dos salários em 2010, pois este ano foi muito complicado, atípico, houve uma baixa da inflação muito grande ou mesmo a eliminação da inflação. Portanto, o argumento normalmente utilizado da subida de salários desaparece num ambiente muito difícil para as empresas que continuam a desaparecer”, disse o líder da Confederação da Indústria Portuguesa, em Lisboa. Francisco Van Zeller, que falava à margem do 8.º Seminário “Reflexão Estratégica - Grandes Marcas: Desafios e Oportunidades”, na Universidade Católica, referiu também que “aquela teoria que defende que se deve mudar de modelo salarial está certa, mas não é a meio de uma crise que se deve fazer”. “Temos que ver que existem muitos milhares de empresas que dependem de salários baixos, aquelas que exportam. Cerca de um quarto das exportações depende de salários baixos e nada disso [alteração do modelo salarial] se pode fazer muito rapidamente, leva

BREVES

O que é fundamental para melhorar o desempenho da economia é investir, diz Zeller.

tempo”, afirmou. Segundo Francisco Van Zeller, “neste momento, um aumento de salários desproporcionado no próximo ano iria fragilizar essas empresas. Se todos estivermos conscientes de que isso acontecerá e que as empresas são para fechar, então é uma política” que é assumida. “Então, vamos fechar algumas empresas aumentando muito os salários - o salário mínimo e os salários a toda a gente para fomentar o consumo nacional. A consequência são muito milhares de empresas a fechar e o desemprego, eventualmente, a subir para 15% a 16%, mas isto é uma atitude assumida”, sublinhou. A CIP considera que é preciso para 2010 “pensar duas vezes antes de aceitar”, destacando que são razões políticas que estão na base das pressões para que hajam aumentos salariais. “Tem de fazer o cálculo

económico do aumento dos salários, medirem-se as consequências, monitorizarem-se os efeitos e também arranjaramse compensações como se fez há quatro anos”, adiantou. Para a CIP os aumentos salariais de referência na casa dos 2,9% este ano, permitiram “um grande alívio para quem tem emprego”, embora houvesse um grande constrangimento por parte das empresas. De acordo com Francisco Van Zeller, não é o aumento salarial que induz o consumo de forma sustentável. “Se nós não produzirmos temos que importar e aumentamos, assim, o endividamento externo. O que é fundamental para melhorar o desempenho da economia é investir”, afirmou. “Penso que o novo Governo irá fazer o possível para conter o aumento dos salários, dada a situação financeira do país. A resposta é de contenção do aumento salarial”, acrescentou.

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária (PJ) apreendeu 64,5 toneladas de drogas duras e 5.000 armas de fogo, deteve 3.275 traficantes, 1.153 homicidas e 149 assaltantes de bancos, disse terça-feira, 20, o director nacional da instituição. O balanço foi feito por Almeida Rodrigues nas comemorações do 64.º aniversário da PJ, que decorreram em Vila Real. Segundo o responsável, nos últimos cinco anos, período a que se reportam os agraciamentos hoje entregues a 239 inspectores, a PJ apreendeu 64,5 toneladas de drogas duras, 129 toneladas de haxixe, 62 barcos, três aviões, 41 imóveis, 55 milhões de euros e quase 5.000 armas de fogo.

Tribunal Europeu dá “puxão de orelhas” O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou hoje o Estado Português por ter considerado difamatório o boneco que um habitante de Mortágua fez circular pelas ruas, aquando do Carnaval de 2004, e que representava o autarca local. Ricardo Silva tinha sido condenado pelo Tribunal de Santa Comba Dão, em Julho de 2006, ao pagamento de multa e de uma indemnização por difamação do presidente da Câmara de Mortágua, Afonso Abrantes, no Carnaval de 2004. O caso foi hoje apreciado por juízes europeus que consideram, por unanimidade, que o “episódio de sátira carnavalesca não era difamatório”.

Lugar “intermédio” na eficiência energética Portugal está numa posição “intermédia, razoável”, no Atlas Europeu do Carbono, hoje lançado no Porto e que mede os níveis de desempenho energético e ambiental de 19 países da Europa. “No quadro global da construção e reabilitação de edifícios, Portugal está numa situação intermédia, razoável. Ao nível legislativo, já fez o que tinha a fazer e começou logo a aplicar a legislação da certificação energética”, disse à agência Lusa Paulo Pinho. O professor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que liderou a equipa responsável pelo capítulo português do atlas, referiu que alguns países europeus ainda nem sequer terminaram a transposição para a legislação nacional das directivas comunitárias sobre eficiência energética dos edifícios.


20 Portugal

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

O défice do subsector Estado mais do que triplicou nos primeiros nove meses do ano para os 9.087,7 milhões de euros, comparativamente a igual período de 2008, indicou a Direcção-Geral do Orçamento (DGO).

O

presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, disse, em Luanda, que uma possível fusão da TAP com a brasileira TAM e a angolana TAAG é “um conceito com algum sentido”, mas que “ainda não é o momento para ser concretizado”. “Tem razões estratégicas, seria uma empresa muito forte, mas por enquanto é só um conceito que nasceu, não sabemos onde, mas na actual situação de mercado não vemos que seja o momento. Contudo, acho uma boa ideia”, afirmou o responsável à Agência Lusa. Em relação à reestruturação PUBLICIDADE

FERNANDO PINTO DEFENDE QUE SERIA CRIADA EMPRESA «MUITO FORTE» em andamento na TAAG, o empresário considerou que a TAP deu uma “pequena contribuição” na preparação do retorno da TAAG aos céus da Europa. Fernando Pinto disse que a companhia aérea angolana precisa “dar mais atenção aos detalhes” para a sua saída definitiva da “lista negra” da União Europeia. Em Julho de 2007, os aviões da TAAG foram proibidos de

22 a 28 de Outubro de 2009

Asociativismo

21

PRESERVANDO A CULTURA PORTUGUESA HÁ 32 ANOS

CSM tem novos projectos

TAP diz que fusão poderá fazer sentido DN Madeira

O jornal da comunidade luso-venezuelana

sobrevoar o espaço aéreo da Europa, depois de detectadas falhas no seu sistema de segurança por técnicos franceses, tendo apenas este ano voltado a voar parcialmente para a Europa, sendo Lisboa o único destino autorizado nesta fase de transição e onde a companhia faz uma profunda reestruturação. A TAP ajudou a empresa angolana a desenvolver o seu projecto, que tem como objectivo retomar os voos para a Europa. “Tivemos uma pequena participação, em tornar realidade esse objectivo da TAAG de voltar a voar para a Europa. E foi importante para nós,

Andreina de Abreu dosreis.andreina@gmail.com

O

Pinto diz que “ainda não é o momento para ser concretizada” a fusão.

na medida em que também se aprende quando se faz esse tipo de trabalhos”, disse Fer-

nando Pinto.

Revisão da Lei das Finanças Regionais aprovada DN Madeira

A

Assembleia Legislativa da Madeira aprovou terça-feira, 20, pela segunda vez, o projecto de proposta de lei à Assembleia da República de alteração à Lei das Finanças Regionais criada pelo Governo de José Sócrates em 2007. A iniciativa do Grupo Parlamentar do PSD-M teve desta vez os votos favoráveis deste partido, do PS-M, CDS/ PP-M, MPT-M e BE-M, a abstenção da CDU-M e o voto contra do PND-M. A primeira proposta de revisão foi votada em 2008 na Assembleia Legislativa da Madeira e teve, então, os votos favoráveis do PSD-M, do CDS/PP-M, do BE-M, da CDU-M e do MPT-M e a abstenção do PS-M e do PND-M. O primeiro pedido de alteração foi, no entanto, rejeitado pelo PS na Assembleia da República em Outubro de 2008, tendo, então, merecido a abstenção dos três deputados socialistas madeirenses e os votos a favor de toda a oposição. A actual Lei das Finanças Regionais foi aprovada em 2007 na Assembleia da República apenas pelo PS e com o

acordo dos então três deputados socialistas madeirenses. Terça-feira o pedido da sua alteração mereceu os votos favoráveis dos socialistas madeirenses, apesar do deputado do PS-M, Carlos Pereira, ter considerado o projecto de proposta de lei do PSD-M como “provocador, indecente, oportunista, incoerente, de desvario financeiro e demagógico”. O vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD-M, Jaime Filipe Ramos, defendeu que a reapresentação deste projecto era “uma forma de repor a justiça” ao lembrar que entre 2007 e 2009 a Madeira, por força daquela Lei, “perdeu 200 milhões de euros”.

Centro Social Madeirense (CSM) da cidade de Valencia, estado Carabobo, que foi coroado campeão dos jogos Feceporven 2009, celebra o seu 32.º aniversário, oferecendo à comunidade portuguesa um ponto de encontro entre a cultura lusitana e a venezuelana. Juan Pablo Veracruz, actual presidente do clube, comentou que a Associação se estava a preparar para as festas do seu aniversário. Espera-se que a 19 de Novembro seja entregue a condecoração ‘João Gonçalves Zarco’ a todas as personalidades e empresas. Para além disso, no seu mês de aniversário, o CSM aproveitará a ocasião para celebrar uma festa que também vai inPUBLICIDADE

O CENTRO SOCIAL MADEIRENSE REÚNE MAIS DE 2750 SÓCIOS cluir competições desportivas e convívio com os atletas para, no dia 20 do mesmo mês. Entre alguns dos projectos do clube encontra-se a conclusão da capela. Veracruz, há mais de sete anos à cabeça da junta directiva, explicou que falta colocar os bancos e fazer uns últimos arranjos. Uma fonte de soda e o salão de festas estão também por terminar. A fonte de soda terá um ambiente de tasca familiar, enquanto que o salão foi pensado para albergar cerca de 500 pessoas. Também já está terminada a estrutura para um salão de comida portuguesa.

João Pablo de Veracruz, presidente da junta directiva.

Fachada do Oratório Nossa Senhora do Monte.

Sementes madeirenses Tudo começou com uma conversação realizada nas instalações do Lar Lusitano de Valencia. César Andrade, Agostinho Henriques, Agostinho Nunes e Agostinho Pinto foram as quatro pessoas de origem madeirense que deram início essa conversação. A ideia que discutiram foi ganhando partidários, e assim se constituiu o grupo inicial. Cerca de 17 pessoas formam este grupo. Posteriormente, com o apoio de 60 portugueses provenientes da ilha da Madeira, decidiu-se fundar o Centro Social Madeirense de Valencia. O Clube constituiu-se formalmente a 17 de Novembro de 1978, data na qual se assinaram os Estatutos e Acta Oficial. A partir dessa data, o Centro Social Madeirense conseguiu fundir na sua sede a Venezuela e a ilha da Madeira, incluindo os seus descendentes.


22

Opinião

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

CHÁ, CAFÉ, LARANJADA Violência doméstica? Amigo do ‘Chá, Café, Laranjada’, sabe o que é violência doméstica? Escrevem muito sobre violência doméstica e não sabem nada disso. Violência doméstica agora nestes dias? Por favor!.. Lembro-me da minha mãe levar ‘porrada’ simplesmente porque a comida estava fria, ou porque o meu pai perdia dinheiro no jogo da melhada. E ninguém dizia nada e até o padre da igreja ficava calado... Violência doméstica nestes dias... Por favor!!!..

Marítimo regressa aos relvados? Alô... alô… ‘Chá, Café, Laranjada’, deu-me vontade de rir quando li no Correio da Venezuela “Marítimo regressa aos relvados”. Primeiro, aquele não é o Marítimo que eu conheci; segundo, jogam num campo de terra que se transforma em

O jornal da comunidade luso-venezuelana

Cartas:

lameiro cada vez que chove; e terceiro, falta ambiente Português no estádio. Chega-nos a nota de origem anónima que julgamos que não prejudica ninguém, por isso a sua publicação.

E pensar que éramos feliz e não o sabíamos…

Casa do Benfica

Amigos: ‘Chá, Café, Laranjada’ faz-me lembrar a minha infância e as anedotas do Raul Solnado. Também lembro-me de algumas terminologias que hoje em dia não se dizem e que alguém deveria não permitir esquecer... ‘Carrolaço’, ‘Zaragata’, ‘Porrada’, ‘bolachada nh’a vientas’, ‘batata no focinho, e ‘olho à Benfica’. Isto era o que mais se ouvia na escola. Em casa, a palavra que mais recordo era a da minha querida e falecida mãe a dizer: ‘Vou-te dar uma malha.’ E foi uma infância feliz...

Para quando, senhores do ‘Chá, Café, Laranjada’? Escrevo para quem faz parte da comissão fundada há anos para a criação da casa do maior clube Português. Preparem-se que este ano vamos ser campeões. Digo isto porque a última vez que se fez alguma coisa foi quando o Benfica foi campeão. Já era tempo. Outra nota chega via e-mail de Barquisimeto. Não será que o Eusébio era o ‘pavoso’ da selecção porque ele acompanha sempre a equipa e os resultados foram os que se viram? Enquan-

to esteve na Venezuela ganhámos os dois jogos e a Suécia até perdeu. Isto é uma brincadeira, mas que voam, voam… Viva o Eusébio, o maior. Ainda do Eusébio, que grande é esse senhor que mesmo depois de certa idade cobra 300.000 bs para que seja visto num jantar. Quando era mais novo, cobravam menos para vê-lo jogar.

Nota da França Amigos: Sabiam que ‘Chá, Café, Laranjada’ persiste no nosso imaginário colectivo devido ao humorista Raul Solnado? De facto, discos como ‘A Bombeiral da Moda’, ‘Guerra de 1908’, ‘Cabeleireiro de Senhoras’, ‘Fado Fadinho’, fizeramnos rir quando até isso quase era proibido em Portugal. Achei graça, leio o jornal na internet por isso escrevi de Paris. Viva o humor e o ‘Chá, Café, Laranjada’.

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Coordenação da Edição Andreina de Abreu Jornalistas: Magnalis Tavares, Andreína de Abreu, Anaís Castrellón Castillo, António da Silva, Sergio Ferreira. Correspondentes: Francisco Javier Figuera (Valencia) Carlos Balaguera (Maracay e Valencia) Carlos Marques (Mérida) Edgar Barreto (Punto Fijo) Trinidad Macedo (Barquisimeto) Valéria Costa (Margarita) Francisco Figuera (Valencia) Silvia K Gonçalves (Guayana) Sandra Rodriguez (La Victoria) Colaborações: Raúl Caires (Madeira), Arelys Gonçalves Antonio López Villegas, Luís Barreira, Álvaro Dias, Luis Jorge, Ysabel Velásquez

Queria saudar o jornal e dar os parabéns pelo que fazem. Também gostaria que alguém se interessasse em escrever sobre aquilo que mais caracterizou os portugueses na Venezuela, que foi o trabalho, o respeito e a família… Digo isto porque poucas vezes entrevistam pessoas Portuguesas que trabalham como ‘mesoneros’, pedreiros, motoristas de autocarros, serralheiros, mecânicos, etc... Ou por acaso não sabem que abundam Portugueses a desempenharem esses ofícios com muito orgulho e galhardia? A concluir, queria felicitar pelas notícias que dão todas as semanas sobre o futebol distrital onde participam três equipas Portuguesas - o Real Espport, a Central Madeirense e o Marítimo. Sou seguidor da bola e agora todas as semanas sou visitante obrigatório do Fray Luis de Caracas. Ali passo um dia de domingo bem passado…

Administração: Gloria Cadavid Publicidade e Marketing:

EUSÉBIO SEM PENA NEM GLÓRIA…

Q

uero expressar a minha mais profunda indignação em relação à postura do Sr. Eusébio. Tudo aconteceu na sede do Centro Português. Passavam duas horas da marcada e as crianças, ansiavam, impacientes, a chegada do convidado. Era grande o entusiasmo entre os jovens, fruto do que escutaram sobre a lenda da ‘Pantera Negra’ da boca dos seus pais. Eles só se limitaram a esperar como se fosse Cristiano Ronaldo. O protocolo de boas-vindas estava pronto para o agrado da ‘Pantera‘. Preparou-se um passadiço de jovens que entoavam o nome do convidado a toda voz: ‘Eusébio, Eusébio‘. Chegou o veículo e as crianças, emocionadas, elevaram o tom de voz e estenderam as suas mãos para tocar o ex-futebolista, enquanto que outros tentavam um autógrafo da lenda viva. Outros limitaram-se apenas a observar o ídolo dos seus pais. Para meu assombro, vi como se limitou a passar pelo meio do passadiço preparado pelos jovens sem mostrar um gesto de agradecimento de

Carla Vieira Paginação:

Rafael Gomes Director de Desportos do Centro Português

boas-vindas. Parecia incomodado com a situação: não sorriu, não comprimentau, não tratou de aproximar-se a os pequenos. Isto, não agradou a ninguém. Saiba, Senhor Eusébio: você não nos agradou. Os jovens não entendiam o que passava e limitaram-se a ir a zona destinada para a obtenção da assinatura de Eusébio, uma recordação inestimável. Após da assinar o livro de personalidades, eu disse-lhe que as crianças o esperavam para que lhes desse uma assinatura. O homenageado, com um tom prepotente, disse que queria sentar-se. E, quem creio é o seu manager, disse-me: “Já ouviu. Vai sentar-se e depois veremos quando é que vai dar autógrafos”. Neste ponto, não conseguia esconder o meu desconforto e impotência. Alguns pais limitaram-se a retirar os filhos da fila, com os olhos chorosos; outros tinham rostos de incompreensão por não ser merecedores de tal desplante. Ainda asim, um grupo de crianças ficou à espera até que ‘Pantera’ dignou-se a deixar-se fotografar com elas. Saiu por

pressões da parte dos organizadores, que viram o mal-estar reinante. Obviamente que o final da história não pode ser melhor que o começo. Observámos como Eusébio saiu e disse estar preparado para uma sessão de fotos, a qual ele deu a sua contagem pessoal “1,2,3”, até chegar a 10, disse: “Obrigado”, deu meia volta e voltou para a sala. Senti-me co-responsável, como director de desporto, por tê-los convocado para tal desplante por parte do convidado. Um grupo de adultos não entendia como podiam ter sido seguidores de uma pessoa que actuava desta maneira. Eu fiquei atónito e não entendia o porquê da situação. Tivemos de convencer as crianças que era preciso retirarmos porque já havia terminado o acto de apresentação. Esperemos que as crianças não vivam outro episódio assim. Eles esperaram pacientemente, não empurraram o convidado e limitaram-se a entoar o seu nome. Saiba uma coisa: Ficou-lhe grande o título de embaixador do Futebol Português. Triste capítulo final.

Cartas & Inquérito

23

Favor enviar as suas cartas e comentários ao endereço electrónico: correio.prensa@gmail.com

Motoristas de autocarros

Fernando R. dos Santos

22 a 28 de Outubro de 2009

Enganar as autoridades Portuguesas

Finalmente alguém à nossa altura

Parabéns... Que surpresa!

Lendo a vossa última edição e a nota acerca da chegada dos livros Portugueses, não me resta mais do que endereçar os meus mais sinceros parabéns pelo trabalho de “alerta” escrito no Correio há semanas pela jornalista Anais e onde o Sr. David Pinho denunciava falta de interesse do Estado nessa matéria. É sempre gratificante observar as respostas imediatas ao que está mal, e queria, através desta carta, dar os meus parabéns ao consulado de Portugal pelo interesse e pela dedicação que colocou no assunto. Emendar é de sábios e acho que devemos alertar as autoridades para o que está mal porque tenho a plena certeza que estão cheios de boa vontade, mas pecam por desconhecimento dos assuntos mais importantes. Também a esse respeito gostaria de dizer que na maioria das vezes quem tem a culpa somos nós, os emigrantes, que em vez de sermos sinceros com as autoridades Portuguesas, só pensamos em jantares, em festas e não dizemos as coisas de forma sincera e directa como o fez o Sr. David Pinho na entrevista. Parabéns ao jornal, ao Sr. David Pinho e à senhora Consulesa de Portugal pelo interesse no assunto.

Recebo todas as semanas o Correio da Venezuela no meu local de trabalho e a título de sugestão escrevo para pedir que nos informem mais sobre economia, finanças, etc. Saber como estão os bancos em Portugal e como está a economia do País, onde muitos de nós ainda têm alguma coisa que nos interessa. Gostaria também de felicitar o Consulado de Portugal em Caracas pela sua nova imagem. Finalmente parece que temos um cônsul, neste caso uma consulesa que está à altura dos portugueses da Venezuela. Gostei muito de ler o artigo que escreveu e tudo aquilo que fez até agora pela nossa comunidade. A terminar, gostaria de dar os meus parabéns à jornalista que escreve “Si podemos” pelo ânimo que emprega naquilo que escreve, que nos inspira a sentirmo-nos todos os dias mais orgulhosos de sermos Portugueses.

Parabéns pelo novo design da página Web. Acho que está mais fresca e muito mais prática de ler... Acho que deveriam abrir um espaço de Chat para os luso-descendentes que estão sempre atentos às notícias e ao dia-a-dia de Portugal na Venezuela… Rubina Fernandes

Roberto da Silva Ferreira

Elsa de Sá

Miguel P. Dias

Assessoria Gráfica: Raimundo Capelo Fotografia: Leo Merchán Paco Garret Secretariado: Heisi Mayor Distribuição: Enrique Figueroa Impressão: Editorial Melvin C. A Calle el rio con Av. Las Palmas Boleita Sur - Caracas Venezuela Endereço: Av. Principal Las Mercedes. Edif. Centro Vectorial (Banco Plaza). Pent House, Urb. Las Mercedes, Baruta Caracas (Ao lado de CONAVI). Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: correio@cantv.net URL: www.correiodevenezuela.com Tiragem deste número: 15.000 exemplares Fontes de Informação: Agência de Notícias Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa, de diferentes partes do Mundo.

Inquérito: De que outra forma se pode angariar dinheiro para a construção do templo de Fátima, em Terrazas del Club Hípico?

Alejandro Da Silva Comerciante

Sandra Freitas Lic. em Computação

Zacarías Freitas Comerciante

Alvaro Abreu Comerciante

“Costumo apoiar a realização de este tipo de obras. Creio que angariando entre todos os comerciantes luso-descendentes e indo de porta em porta se poderia obter mais dinheiro. Inclusivamente creio que se deveria envolver a comunidade venezuelana que também pertence à paróquia.”

“Toda a minha vida vim a estas festas. Apoio-as em 10 por cento. Defendo que não se deveriam realizar apenas durante o mês de Maio, mas sim durante todo o ano para que quando chegue Maio se possa celebrar com o que já foi recolhido.”

“É a primeira vez que venho a esta festa em Terrazas del Club Hípico. Esta festa precisa de mais gente. Apesar disso, eu colaboro, mas penso que há que angariar mais dinheiro. Sobretudo ir até às empresas privadas.”

“Desde há três anos que venho a esta festa. Desta vez encontrei-a um pouco mais ‘apagada’. Comentei há pouco que deveriam procurar uma forma de comprar um carro para rifá-lo como prémio. Desta maneira, as pessoas ficaram mais motivadas. Recomendaria também que se fizesse publicidade desta Igreja noutras paróquias.”


24

Passatempos

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

FOTOFLASH

Horóscopo Angelical Carneiro São Miguel Arcanjo acompanha-te. Peça-lhe, com uma vela azul, protecção para tudo o que empreenda esta semana. Certas energias negativas no seu ambiente. Realize em sua casa uma purificação com incenso, mirra, ‘estoraque’, carvão negro, cânfora e eucaliptos.

Gémeos O Anjo Cupido acompanha-a (o) esta semana, anunciando um novo ciclo no amor, começo ou reactivação de uma relação. Desfrute! Coloque uma vela rosa para acender ou manter a chama da paixão. Deixe de sacrificar-se no emprego pelos outros, trate de delegar responsabilidades.

Leão Anjo Lunar acompanha-a (o) esta semana, coloque uma vela prateada para que abra os seus canais intuitivos. Começa a melhorar a sua economia. Força para tomar decisões. Harmonizam-se as relações. Deixe o seu passado para trás e continue, viva o presente.

Balança O Hada da Abundância assiste-a (o) esta semana; coloque uma vela amarela para que ajude a melhorar as suas finanças. Ligue-se à energia com a energia do amor para que possa superar os seus conflitos emocionais. Trate de comunicar da melhor forma o que a (o) incomoda. Reze os salmos 62 e 23.

Sagitário

Um ‘benfiquista’ de berço Mário Oliveira nasceu em frente ao Estádio da Luz, em Lisboa, e com ele cresceu a paixão pelo clube. Em pequeno percorria dezenas de quilómetros em bicicleta para acompanhar o seu Benfica. Diz que só veste roupa interior vermelha e anda sempre de águia ao peito e até no pé (meias encarnadas). Para dormir tem uma inseparável fronha vermelha e que foi condição posta e aceite pela a esposa antes de casar. Esta é aliás uma tradição que vem do avô e já passou para a esposa venezuelana e os filhos. Ainda no capítulo dos adereços, o seu relógio também é alusivo ao clube, tal como a carteira e o boné. Trabalha num grande projecto de construção da Casa do Benfica na Venezuela para o qual sabemos que mais de 200 pessoas já subcreveram a iniciativa. Entre o respeito e a brincadeira até já escreveu o seu último desejo de vida: que um minuto antes de morrer o vistam de azul para que, segundo diz, seja mais um portista que vai para o céu... Mário é um homem de mangas arregaçadas, de muita pujança e tem um grande trabalho realizado no que toca à adquisição do terreno para construir a infra-estrutura. É um “doente” do Benfica mas sempre com respeito pelos outros clubes.

O Arcanjo Remiel dá-lhe força espiritual e firmeza para alcançar as suas metas. Cuide da sua saúde. Realize actividades onde possa relaxar e repor energias. Coloque uma situação numa balança para saber se lhe convém. Pedido ou anseio que vê cristalizado.

Aquário Notícia que lhe causa assombro. Cuide-se de brigas ou rupturas ao nível das relações. Coloque uma vela verde e peça ao Arcanjo Rafael pelo fim dos seus processos internos e protecção de doenças. Trate de descansar. Soluciona-se uma situação relacionada com dinheiro.

Por Julcris Silva

Touro Boas conversações, acordos que a (o) favorecem. O Anjo da Justiça Divina acompanha-a (o) esta semana. Coloque uma vela branca para que todas as situações se desenvolvam em seu favor. Mudanças positivas. Não conte os seus planos.

Caranguejo Procure um equilíbrio, para que pessoa harmonizar situações na sua vida. Coloque uma vela branca e uma verde juntas e peça ao Arcanjo Rafael e ao Arcanjo Gabriel para que a (o) assistam. Recria processos de infância que deve sarar. Cuide-se de energias negativas.

Virgem Esta semana é de reflexão, certas energias negativas movem-se em seu redor, trate de fazer uma limpeza espiritual. Peça ao Arcanjo Uriel com uma vela alaranjada para que a (o) ajude na sua missão ou propósito da vida. Proposta de um homem, pense nela com discernimento.

Escorpião Cuide dos seus pensamentos, recorde-se que tudo o que dá regressa a si em duplicado. Situações passadas que se repetem para que as sare. O Arcanjo Haniel dá-lhe prosperidade, evolução, harmonia e êxito, peça com uma vela dourada para que abra os caminhos da abundância e do bem-estar.

Capricórnio O Arcanjo Zadkiel acompanha-a (o) esta semana. Peça-lhe com uma vela cor de amora para que a (o) ajude a sarar o passado e mudar tudo o que é negativo. Deve organizar-se se se encontra disperso(a). É momento de superar as dificuldades e criar o seu futuro. Deixe as queixas de lado.

Peixes O Arcanjo Ragüel acompanha-a (o) esta semana. Coloque uma vela branca, medite e peça que lhe envie mensagens ou sinais, para que lhe seja revelado parte do plano divino que Deus tem para si. Abrem-se os caminhos do amor. Sonhos premonitórios. Protecção e força espiritual.

Para mais informação, contactem o telefone (0414)122-41-44 untoquedemagiayluz@gmail.com Orientadora espiritual, Tarotista-Renacedora-Ángeologa. Consultas de tarôt, oráculo dos Anjos, numerologia, terapias de renascimentos, limpezas ‘auricas’, ‘armonización’ e limpeza de casas e negócios.

Sudoku

O jornal da comunidade luso-venezuelana

22 a 28 de Outubro de 2009

Publicidade

25


26 Desporto

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

MUNDIAL 2010

Bósnia no caminho de Portugal DN Madeira

selecção portuguesa de futebol vai defrontar a Bósnia-Herzegovina num “play-off ” marcado para 14 e 18 de Novembro. À custa de um ataque demolidor (25 golos em 10 jogos), a Bósnia-Herzegovina foi segunda da Grupo 5, ficando atrás de uma demolidora Espanha (10 vitórias), campeã europeia em título, mas, surpreendentemente, à frente de selecções mais conceituadas, como a Turquia e a Bélgica. O ponto forte da equipa da ex-Jugoslávia é o seu ataque, o mais concretizador entre as equipas que atingiram o “playoff ” e o quarto melhor de toda a zona europeia de qualificação para o Mundial2010, na África do Sul. Edin Dzeko, que apenas falhou 10 minutos no apuramento, é a grande figura da selecção bósnia, treinada por Miroslav Blazevic, tendo apontado nove

golos na fase de apuramento.

zegovina cedeu pontos apenas

A

A selecção disputa dos jogos do “play-off” a 14 e 18 de Novembro.

Mas não é apenas o avançado do Wolfsburgo que marca na equipa bósnia, uma vez que o seu companheiro de equipa e estratega Zvjezdan Misimovic apontou cinco golos e Zlatan Muslimovic quatro, este último em apenas 228 minutos. Além das duas derrotas com a Espanha, a Bósnia-Her-

PONTO FORTE DA BÓSNIA É O ATAQUE, O MELHOR ENTRE AS EQUIPAS QUE ATINGIRAM O “PLAY-OFF”

quia. De resto, vitórias sobre as outras três selecções do grupo, com triunfos expressivos sobre a Bélgica (4-2), a Arménia (4-1) e a Estónia (7-0), com quem Portugal empatou a zero num particular no final da última temporada. O último encontro da fase de qualificação deixou, contudo, claras algumas deficiências defensivas da Bósnia-Herzegovina, que perdeu em casa por 5-2 com uma Espanhak, sem alguns titulares, como Xavi, David Villa ou Fernando Torres. A selecção bósnia, que nunca defrontou Portugal, é a segunda menos cotada do “playoff ”, ao ocupar a 42.ª posição do “ranking” da FIFA, à frente da Eslovénia (49.ª) e atrás de Ucrânia (22.ª) e República da Irlanda (34.ª).

em dois outros encontros, ao perder e empatar com a Tur-

Favorito na casa de apostas A casa de apostas online Bwin dá claro favoritismo a Portugal frente à Bósnia-Herzegovina no play-off de acesso ao Mundial2010. Os apostadores que invistam um euro no apuramento de Portugal recebem 1,20 euros, enquanto que o apuramento da Bósnia é retribuído com quatro euros por cada euro apostado. Nos restantes encontros do play-off da zona europeia, a França é claramente favorita face aos irlandeses, com uma retribuição de 1,30 euros contra 3,20 euros para a Irlanda. Os russos são favoritos face à Eslovénia, com 1,15 euros contra 4,75 euros. No Ucrânia-Grécia, curiosamente, não há favoritos, com ambas as selecções a renderem 1,85 euros por cada euro apostado.

GANHE PREMIOS! COM O PROGRAMA VICTORIA… Victoria, O programa de passageiro frequente da TAP! Como Membro Victoria, pode acumular rapidamente milhas no ar ou em terra – com a TAP e as companhias aéreas parceiras, bem como com hotéis, aluguer de automóveis, revistas, bancos, cartões de crédito, e muito mais. Bilhete-prémio Os Bilhetes - prémio são para si ou para uma pessoa à sua escolha e são válidos durante um ano, após a data de emissão. “Upgrade” para Classe Executiva Quem viajar com um bilhete tarifado em Classe Económica pode efectuar um “upgrade” para Classe Executiva. Viajar com a TAP significa desfrutar de uma vasta rede de benefícios.

Promoção De 01 de Outubro a 30 de Novembro de 2009, permitido a cada passageiro viajando desde e para CARACAS em classe turística 3 Malas de 23 kilos cada uma. (Total 69 Kilos)

27

22 a 28 de Outubro de 2009

3ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA PORTUGAL

SURFISTA LUSO-VENEZUELANO

Marítimo e Olhanense eliminados DN Madeira

A

3ª eliminatória da Taça Portugal jogou-se este 17 e 18 de Outubro, com os três grandes a golearem, seguindo em frente na competição. Da Liga Sagres ficaram pelo caminho o Marítimo e o Olhanense. O Benfica venceu por 6-0 o Monsanto, o FCP goleou o Sertanense por quatro bolas a zero e o Sporting saiu também vencedor do encontro com o Penafiel, 3-0. O Marítimo foi eliminado pelo Santa Clara, por 2-1, e o Olhanense vencido pelo Valenciano nas grandes penalidades. A Académica venceu o Portimonense por 2-1, o Vitória de Guimarães derrotou o Feirense por três bolas a zero e o Nacional saiu vencedor do encontro com o Varzim. O Sporting de Braga segue em frente na Taça de Portugal após vencer o Sporting da Covilhã por uma bola. O Paços

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Desporto

O jornal da comunidade luso-venezuelana

Justin Mujica garante vaga no ‘Rip Curl Pro Search’ DN Madeira

O O Marítimo voltou a ser eliminado prematuramente da Taça.

BENFICA, FC PORTO E SPORTING GOLEIAM ADVERSÁRIOS DE LIGAS SECUNDÁRIAS de Ferreira derrotou o Aljustralense por 3-1 e a União de Leiria derrotou o Merilense por 2-1. Na competição seguem o Belenenses, a Naval e o Rio Ave. O Vitória de Setúbal segue também em frente, depois

de ter derrotado o Atlético por 2-0, tal como o Leixões que venceu o Casa Pia, por 2-1. Da Liga de Honra passaram à eliminatória seguinte, para além do Santa Clara que venceu o Marítimo, o Freamunde, Oliveirense, Chaves, Fátima, Beira-Mar e o Gil Vicente. Da 2ª Divisão seguem em frente na Taça de Portugal o Camacha, Tirsense, Aliados Lordelo, União da Madeira, para além do Valenciano que eliminou o Olhanense.

surfista Justin Mujica, nascido na Venezuela mas de nacionalidade portuguesa, garantiu, no passado 18 de Outubro, uma vaga no Rip Curl Pro Search, após vencer as “qualificações” para a nona prova do Circuito Mundial ASP de surf. Mujica obteve o “wild card” ao vencer a competição entre 16 surfistas lusos na praia do Pico da Mota, nos Belgas, em Peniche, e vai integrar o lote de participantes da prova lusa, juntamente com os surfistas do “top-45”, tal como o português David Luís que, a convite da organização, substitui o francês Jeremy Flores, ausente por lesão. Esta dupla vai juntar-se a Tiago Pires, 23.º do “ranking” Mundial, ao brasileiro Bruno Santos, que, também

como convidado, venceu em 2008 o Billabong Pro Teahupoo, no Tahiti e ao australiano Owen Wright, ambos com “wild card”, na prova que vai decorrer na praia de Supertubos e cujo período de espera começa segunda-feira e se prolonga até 30 de Outubro. Apesar de calendarizado para 12 dias, o Rip Curl Pro Search, que inclui ainda a prova do Circuito Mundial feminino, requer apenas quatro dias efectivos de prova, seguindo o modelo competitivo tradicional, com etapa de repescagem. Além de Supertubos, a organização da única etapa “dinâmica” do circuito tem estrutura montada, em alternativa, na praia do Lagido e dispõe ainda de um camião de apoio para, em caso de o mar não ter condições para a prova, procurar outro destino a Norte do Baleal.


28

Desporto

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

EUSÉBIO, A “PANTERA NEGRA”

Sandra O. Rodriguez g. olgaria6@yahoo.com

“S

e não fosse jogador, tinha sido o melhor dançarino do mundo. Adoro a música e aprendi a dançar valsa, tango, de tudo um pouco”, destacou o Pantera Negra, que voltou à Venezuela para apadrinhar os XII Jogos Feceporven realizados este ano na cidade de Barquisimeto. A convite do seu amigo Manuel Farias, dirigente do Centro Luso Larense, Eusébio PUBLICIDADE

aceitou estar presente nesta iniciativa, que cataloga como agradável pois não se trata de uma competição a sério, são jogos de amizade, onde envolvem tanto a juventude como os mais velhos, sem distinção. “Estou bastante satisfeito, estão todos de parabéns, e ainda mais contente porque junto com os nossos portugueses, que sei como desfrutam e sofrem com o futebol, tive o privilégio de ver ganhar Portugal frente à Hungria. É uma grande satisfação”, destacou o reconhecido melhor jogador da Europa em 1965. Sobre a selecção portuguesa, sublinha que confia na equipa, que com certeza dará o seu melhor para estar no Mundial da África do Sul 2010.

Ao falar da presença dos luso-descendentes, dos novos valores que estão e têm saído do futebol português, não pôde deixar de pensar na sua experiência nos relvados. “Quando cheguei a Portugal tinha um contrato assinado com o Benfica por três anos e duzentos e cinquenta contos (cerca de mil euros). Posso dizer que tive muita sorte, porque já no primeiro ano, a equipa foi campeã e eu o melhor marcador. Acho que na vida nunca devemos olhar para atrás”, manifestou o Pantera Negra, como é conhecido. Apesar dos avanços tecnológicos, o futebol é sem dúvida um elo de ligação. E fora de Portugal, o fenómeno futebolístico procura também

22 a 28 de Outubro de 2009

ESCOLA MENOR ‘TALENTOS FRANCO RIZZI’

“Nunca devemos olhar para trás” DECIDIU TER A NACIONALIDADE PORTUGUESA PARA AJUDAR A BANDEIRA DO CLUBE ESCOLHIDO

O jornal da comunidade luso-venezuelana

4° Aniversário de TFR António Carlos da Silva F. magneticaudiovisuales@gmail.com

O

ex-capitão do CS Marítimo da Venezuela, Franco Rizzi, soprou recentemente as velas do quarto aniversário da sua escola de futebol, a qual já não é uma simples academia de âmbito local. É uma filial do Barcelona na Venezuela e no último foi responsável por uma série de conquistas que deixaram vem alto o nome deste país, ainda por cima além fronteiras. Eusébio: “Se não fosse jogador, tinha sido o melhor dançarino...”

unir as diferentes gerações. “Nascemos para o desporto, e sendo o futebol o desporto-rei, toda a gente gosta, porque até é o mais barato. É uma paixão que vai passando de geração em geração, criando adeptos de todas as idades”, destaca Eusébio. Ao falar do futuro, aponta

que vai , por isso, ao Estádio da Luz com frequência, adora ver e conversar com os jogadores. “Só ouvindo os mais velhos é que podes ser alguém neste desporto. E até chegar o tempo de ir para outro lado, vou estar sempre ligado ao futebol, ao meu Benfica e à minha Selecção”.

ACORDO COM O BARCELONA No início deste ano, a direcção da escola assinou um acordo com o FC Barcelona que adquiriu os direitos desportivos de qualquer jogador formado na academia venezuelana que pudesse interessar os técnicos do futebol de formação do clube onde joga Messi. Algumas das quase 350 crianças que, entre os 8 e os 14 anos, frequentam esta escola de aperfeiçoamento futebolístico, são jogadores de origem lusitana, o que

TFR premiou os talentos que se destacaram este ano.

facilita as suas possibilidades de poder ser transferidos para o conjunto da Catalunha e prosseguir as suas carreiras no competitivo futebol europeu. MAS TROFÉUS NO PALMARÉS A dupla conquista alcançada na Academy Cup de 2008, em Mérida, foi um prelúdio de outros títulos. Em 2009 caiu para a Academia o troféu da “Barcelona Premier Cup”, disputada na Catalunha, durante a

Semana Santa, e na que Alejandro Vieria, guardião luso-descendente de 11 anos de idade, arrecadou distinção de “Melhor guarda-redes”. Na “Costa Girona Cup”, a escola crioula conquistou dois sub-campeonatos e três prémios individuais para os seus futebolistas. Um ano deveras positivo e que enriqueceu o palmarés da academia.

Desporto

29

2010 com mais torneios e sede própria em El Hatillo O calendário competitivo da escola “culé” não se detém. Para o ano vai regressar a Mérida para defender o bi-campeonato. Em Janeiro, competirá na “Santiago Cup”, no Chile. Depois viajam com duas equipas, durante a Semana Santa, para Espanha. Um deles para defender o campeonato na “Barcelona Premier Cup” e outro se estrear na prestigiada “Mediterranean International Cup”, que na sua décima edição reunirá as equipas de formação de clubes como Inter, Arsenal, Real Madrid, Barcelona, Ajax e FC Porto. No capítulo institucional, projecta-se o início das obras de um ambicioso complexo desportivo que começará a ser construído na zona de El Hatillo. Este complexo terá uma extensão de 18 mil metros e contará com três campos de relva artificial: um com as medidas mínimas oficiais e outros dois adaptados à modalidade de futebol de sete. A obra contará também com o serviço de enfermaria, vestuários, balneários, cafetaria, estacionamento automóvel e um pequeno edifício de habitações. “Formando pessoas primeiro que futebolistas” é o lema de uma instituição que inclusivamente possui o seu próprio programa de televisão em sinal aberta, todos os sábados, a partir do meio-dia, no canal Meridiano TV.

PUBLICIDADE


30

Desporto

CORREIO DA VENEZUELA

22 a 28 de Outubro de 2009

CAPITALINOS SOMAN TRÊS DERROTAS

Real Esppor escorrega frente ao Zamora FC PRÓXIMO JOGO SERÁ NO DOMINGO, 25, ANTE O TRUJILLANOS NA CIDADE DE VALERA Magnalis Tavares magnalistavares@gmail.com

U

ma vez mais o Brígido Iriarte, em Caracas, engalanou-se para receber um jogo de futebol que tinha como protagonistas o Real Esppor Club e o Zamora FC. Ambas equipas necessitavam de uma vitória para escalar posições na tabela classificativa e entraram em campo, sob a arbitragem do carabobeno Paul Riera, com a promessa de deleitar, ou pelo menos era esse o objectivo, os mais de 500 espectadores que compareceram, no passado domingo, 18 PUBLICIDADE

Os barinenses aprofundaram o mau momento do Real Esppor.

de Outubro, nas instalações do estádio da capital. Desde os primeiros minutos, as duas equipas aproximaram-se da baliza do rival. No entanto, um golo madrugador que silencia estádios que chegou ao minuto 11, graças a

Moisés Galezo, quem não desaproveitou uma bola próxima da área para abater o guardião dos luso-espanhóis, Rafael Dudamel. Assim foram todos para o descanso. O ‘onze’ do Esppor sabia que devia fazer que o vento soprasse a seu favor. Assim o entenderam e o manifestaram nos potentes remates de Aguilar, Chourio, Herrera e Uribe, que encontraram uma muralha na baliza de Valdés. Com este resultado, os capitalinos somam três derrotas, três vitórias e três empates. Agora, no horizonte traçase a missão de trazer pontos na visita ao campo do Trujillanos FC, equipa que ocupa o quarto lugar da tabela com 16 pontos e que tem feito de Valera o seu forte de guerra. A partida será este domingo, 25 de Outubro, às quatro horas da tarde.

Mundial de Bodyboard conta com atletas lusos Anaís Castrellón Castillo anaiscastrelloncastillo@gmail.com

A

ilha de Margarita será novamente palco do Campeonato Mundial de Bodyboard, o IBA Venezuela 2009, que contará com a presença de 150 atletas de vários países, entre eles: Austrália, Japão, Nova Zelândia, Havai, Estados Unidos, Porto Rico, Aruba, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Alemanha, Marrocos, Equador, Brasil, Peru, Colômbia, Argentina, Chile, Uruguai e Portugal. O campeonato decorre de 22 a 25 de Outubro na praia

Parguito. O público poderá assistir às provas nas categorias profissionais Open Masculino, Open Feminino e Dropknee. Foi ainda criada a categoria pré-infantil para menores de 12 anos, com a finalidade de apoiar os futuros desportistas venezuelanos e conseguir a o aumento do interesse pelo surf. O evento terá um prémio para as três modalidades profissionais. No final do campeonato, a 25 de Outubro, começa a última Válida Nacional de Bodyboard no mesmo lugar, evento que definirá os campeões nacionais da Venezuela.

Os venezuelanos estão a ser preparados para competirem com os melhores.

O jornal da comunidade luso-venezuelana

22 a 28 de Outubro de 2009

Desporto

31

NO REGRESSO AO FUTEBOL PROFISSIONAL

Vitória histórica do Marítimo José De Bastos bastotes20@gmail.com

N

um longo caminho para reconstruir a sua historia, o Marítimo da Terceira Divisão conseguiu o seu primeiro triunfo. E não foi fácil. O Deportivo Colonia não ofereceu a derrota de graça, num compromisso disputado no campo número um do Fray Luis de León, em Las Mercedes. Após os primeiros minutos de parada e resposta, a primeira oportunidade do jogo surgiu para os que jogavam em casa. Ao minuto 22, um contra-ataque dirigido por Morey terminou com a bola a roçar o poste, após uma série de ressaltos entre ele e o guardião maritimista, David Blanco. Cerca do final do primeiro tempo foi a vez de o perigo surgir pelos pés do Marítimo. Remates de Rangel e Castro PUBLICIDADE

GOLO ANOTADO NO SEGUNDO TEMPO VALEU UM MERECIDO TRIUNFO AOS VERDE-RUBROS exigiram grande aplicação ao guardião do Colonia para evitar a inauguração do marcador. A BALANÇA INCLINOU A etapa complementar foi pendendo pouco a pouco a favor do Marítimo, que apesar do domínio não conseguia o caminho do golo. A ajuda acabou por vir do lado contrário. Aos 70 minutos de jogo, o avançado Belisario, foi expulso por acumulação de amarelos e assim deixou os lusitanos com mais um jogador em campo. Aos 75 minutos, a vantagem numérica transformouse em golo, após um centro

efectuado pelo lateral Fares, o qual foi dominado na área por Javier Rangel que aproveitou para inaugurar o marcador. O Marítimo manteve a posse de bola até ao apito final, gozando até de várias oportunidades para a ampliar a vantagem. Mas estas foram contidas pelo guardião rival Cásseres. Os últimos minutos do Colonia foram disputados com apenas nove jogadores, devido à saída por lesão Osorio, pouco tempo depois de o técnico ter efectuado a terceira substituição. O triunfo do Estrella Roja B no seu compromisso deixa os ‘cívico-militares’ na liderança do Grupo Central I, juntamente com o CALH, com 6 pontos, seguidos do Marítimo, com 4, Cachimbos 2 e Colonia 0. EMPATE NO IBÉRICO Na segunda jornada da 60ª

Directiva e jogadores reclamam mais apoio dos portugueses.

edição do Torneio Ibérico, o Central Madeirense empatou a uma bola no jogo disputado antes o complicado San Bernardino, após ter entrado a vencer uma semana atrás com um triunfo sobre o Pedagógico. O quadro lusitano mantém a liderança a meias com o San

Bernardino e o Las Américas, após o empate entre estes últimos 1-1 frente ao Cacrete. O Dorado celebrou os seus primeiros três pontos ao superar 3-2 ao Pedagógico, que ficou no sótão, enquanto que o Paraíso também chegou aos três pontos ao vencer por 2-0 o Redoma.


O jornal da comunidade luso-venezuelana Caracas,

22 a 28 de Outubro 2009.

www.correiodevenezuela.com

Saramago responde a criticas religiosas Agência Lusa

N Três dos conselheiros da comunidade viajaram a Táchira e Mérida.

Conselheiros em digressão Anaís Castrellón Castillo anaiscastrelloncastillo@gmail.com

L

uís Jorge dos Santos, António de Freitas e Maria Lourdes de Almeida, três dos conselheiros da comunidade portuguesa na Venezuela, deslocaram-se, nos dias 16, 17 e 18, às comunidades portuguesas de Mérida e Táchira com o objectivo de ouvir quais as necessidades da população, bem como outros comentários e sugestões que os portugueses residentes nestas zonas tinham a fazer. Segundo Luís Jorge dos Santos, “fomos ouvir as comunidades, pois esse é o nosso principal objectivo. Queremos uma aproximação porque nós estamos em Caracas e a comunidade que vive fora não teve a oportunidade de falar connosco, queremos conhecer as suas opiniões e inquietudes”. Para conseguir estabelecer esse vínculo, as comunidades daquelas duas zonas organizaram-se para apelar à participação massiva das pessoas. A primeira reunião teve lugar no hotel Pedragos, em Mérida, no dia 16 de Outubro, onde cerca de 60 pessoas participaram. Ali falou-se da criação da Casa Portuguesa de Mérida, do apoio aos grupos folclóricos, do ensino da língua portuguesa e da falta de pro-

Membros da comunidade Portuguesa aderiram ao encontro.

NOVAS VISITAS ESTÃO MARCADAS PARA O PRIMEIRO TRIMESTRE DO PRÓXIMO ANO fessores, do apoio a idoso carenciados (ASIC) e do apoio ao emigrante carenciado (ASEC), da demora no atendimento consular e na obtenção de documentos. No sábado, a reunião teve lugar em Vigía, onde também foram esclarecidas diversas dúvidas. No domingo, o encontro decorreu em San Cristóbal. A reunião levou-se a cabo nos terrenos da Casa Portuguesa do estado Táchira, onde esteve presente Armindo Ferreira, cônsul honorário

da localidade. As principais intervenções da comunidade foram para dar a conhecer as suas inquietudes no que diz respeito aos problemas na obtenção da nacionalidade portuguesa, a demora na obtenção de documentos dependentes dos serviços de identificação do registo civil e no atendimento, o percurso que têm que fazer para conseguir alguns documentos que somente podem ser emitidos no Consulado de Valência. Os conselheiros comprometeram-se a regressar no primeiro trimestre de 2010 para esclarecer novas dúvidas e dar resposta aos problemas que não foram cobertos nestes primeiros encontros.

um clima de grande controvérsia e forte constestação às suas críticas à bíblia e às religiões que a seguem, o prémio Nobel da Literatura José Saramago dá hoje uma conferência de imprensa em Lisboa para falar do seu novo livro, que originou a polémica. José Saramago apresentou domingo em Penafiel o seu novo livro, “Caim”, onde conta em tom irónico e jocoso a história do filho primogénito de Adão e Eva. Quase duas décadas após o escândalo provocado pela sua obra “O Evangelho segundo Jesus Cristo” (1991) - que leviou o gioverno do então primeiro-ministro Cavaco Silva a impedir que concorresse a um prémio literário euroepu - Saramago afirmou, em entrevista à Lusa, que “a Bíblia é um manual de maus costumes, um catálogo de crueldade e do pior da natureza humana”. “Na Igreja Católica não vai causar problemas porque os católicos não lêem a Bíblia, só a hierarquia, e eles não estão para se incomodar com isso. Admito que o livro possa in-

comodar os judeus, mas isso pouco me importa”, disse o Nobel português à Lusa. Mas Saramago enganouse e as críticas da hierarquia da Igreja Católica não se fizeram esperar, acusado-o de “ingenuidade confrangedora”, como fez o presidente da Conferência Episcopal, Bispo Manuel Clemente, ou de estar a protagonizar uma “operação de publicidade” e a usar um tom “ofensivo” que não fica bem a um Prémio Nobel, como disse o porta-voz da mesma instituição, padre Manuel Morujão. Também o líder religioso da comunidade judaica em Lisboa, rabino Eliezer di Martino, disse que o escritor “não conhece a Bíblia nem a sua exegese”, fazendo “leituras superficiais das narrativas da Bíblia”. No meio político, José Saramago colheu a crítica mais violenta até ao momento, proferida pelo eurodeputado do PSD Mário David, que falando em nome pessoal e assumindo-se católico não-praticante, disse ter “vergonha” de ser compatriota do escritor e convidou-o a renunciar à “cidadania” portuguesa.

Correio da Venezuela 331  

Edición 331

Correio da Venezuela 331  

Edición 331

Advertisement