Page 1

Edição nº 7 | 2016

APM Entrevista:

Política:

Dr. Nelson Franco, ortopedista de Taubaté, relata o perfil dos novos profissionais de Medicina e analisa as oportunidades de trabalho em nossa região.

Diretoria da APM se reúne com candidata à Prefeitura de Taubaté, e discute saúde pública do município. Confira!


ÍNDICE

Fachada da sede Regional Taubaté Foto: Gabriel da Silva

Rua Engenheiro Marcondes de Matos, 134 Centro - Taubaté /SP (12) 3632.3818 E-mail: taubate@apm.org.br Site: apmtaubate.com.br Facebook: AMP-Taubaté_Oficial

3

EDITORIAL

5

OPINIÃO

8

INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA

9

POLÍTICA

Dr. Camillo Soubhia Junior Dr. Paulo Pereira APM Taubaté investe em comunicação digital APM discute saúde pública com pré-candidata à prefeita

10

APM ENTREVISTA

12

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA

14

EVENTO

16

REGIONAL GUARATINGUETÁ

24

DIRETÓRIO ACADÊMICO BENEDICTO MONTENEGRO

26

DIVULGAÇÃO CLUBE DE BENEFÍCIOS APM

Mercado de trabalho para os novos médicos

Médicos recebem honraria de Câmara Municipal

DIRETORIA Presidente: Dr. Camillo Soubhia Junior Vice-presidente: Dr. Décio Henrique Rocha 1º Secretário: Drª. Luciana da Cruz Noia 2º Secretário: Dr. Gustavo Salgado Muragaki 1º Tesoureiro: Dr. Auro Fábio Bornia Ortega 2º Tesoureiro: Dr. Marcos Roberto Martins Diretor Social: Dr. José Paulo Pereira Delegado: Dr. Izac Alessandro B. de Souza CONSELHO FISCAL Titular: Dr. José Roberto Silva Miranda Titular: Drª. Maria Teresa Torres Frota Suplente: Dr. Oscar Cesar Pires Suplente: Dr. Régis Moreno Macri Suplente: Dr. Ailton Augustinho Marchi EXPEDIENTE Secretária APM: Denizi Morais Jornalista responsável: Ana Claúdia Bohler/ MTB: 57.484 Designer: Aline Gonzaga de Campos

Dr. Antonio Diniz Torres Esclarece-se que as colunas assinadas nesta publicação não condizem, necessariamente, com a opinião da diretoria da APM. Desta forma, fica registrado que as opiniões emitidas nos referidos textos são de exclusiva responsabilidade de seus autores.

Periodicidade: Bimestral Tiragem: 1000 exemplares Circulação: Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte | SP Impressão: Gráfica Resolução | Taubaté | SP


Foto: Reprodução

EDITORIAL

Dr. Camillo Soubhia Junior Presidente APM Regional Taubaté Dr. Camillo Soubhia Junior recebe Dr. Guido Palomba em evento na APM Taubaté

C

olegas, no dia 1º de julho, realizamos na APM Taubaté uma palestra com o psiquiatra forense Dr. Guido Arturo Palomba, médico com forte perfil crítico que discursou sobre o tema “Crime e Loucura”. Na ocasião, abordou os limites da personalidade humana, cujos desvios de comportamento remetem à criação de fantasias inimagináveis, as quais ocasionam crimes hediondos, muitos de repercussão na grande mídia. Sempre acreditamos que fatos como este estão longe do nosso modo de vida mas, de acordo com o que foi relatado, parece que a situação não é bem assim. Tratou-se de uma palestra de alto nível, assim como os colegas presentes. Os colegas Florisval Meinão, presidente da APM, Marun David Cury e João Sobreira de Moura Neto, diretores da Defesa Profissional da entidade, mostraram grande empenho em Brasília, no Congresso, juntamente com o senador Ronaldo Caiado (DEM), pela aprovação do Projeto de Lei 125/15 que reorganiza e simplifica o regime tributário do Supersimples. A proposta é para que as empresas médicas pertencentes à categoria com faturamento de até R$180.000,00 paguem 6% de Imposto de Renda. O projeto em questão modificou a tabela de alíquotas, na qual os médicos estão inseridos, reivindicando uma redução tributária significativa que em muito beneficia a classe médica usuária deste modelo de prestação de serviços.

Ainda nesta edição, abordaremos uma reunião promovida com a vereadora Pollyana Gama (PPS), que solicitou o encontro para que fosse discutido o atual estágio da prestação da saúde pública em Taubaté. Foi muito proveitoso este contato inicial, relatado na página 9, que mostra uma iniciativa da vereadora – possível candidata à prefeitura de Taubaté – de aproximação com a classe médica. Comunico, também, que iniciamos as reuniões com tratativas para o próximo Baile dos Médicos, a ser realizado em outubro. Caso você possua alguma ideia que possa valorizar este evento, informe-nos para que possamos atendê-la com atenção e respeito, de forma a aprimorar ainda mais esta tradicional confraternização médica. E não deixe para depois: divulgue e participe do Curso de Emergências Médicas organizado pela APM Taubaté, a ser realizado no início do mês de agosto em Campos do Jordão. Aulas práticas e teóricas serão ministradas por equipe de São Paulo. Há disponibilidade de 15 vagas, as quais deverão ser reservadas com urgência. Entre em contato com a nossa secretaria pelo telefone: (12) 3632-3818. Saúde!

3


INFORME PUBLICITÁRIO

APROVEITE O MOMENTO DE CRISE PARA REFLETIR SOBRE SEU PLANEJAMENTO FINANCEIRO Os momentos de turbulência econômica são sempre desafiadores. Ao mesmo tempo que trazem consequências desagradáveis, proporcionam um importante momento de reflexão sobre a organização financeira individual e familiar. Nesses momentos, normalmente vêm à tona as dificuldades de planejamento e a falta de proteção financeira para os imprevistos.

“Existem no mercado opções completas de seguros, com coberturas variadas para os casos de morte ou invalidez. Todas têm o objetivo maior de fortalecer a organização financeira e amparar o segurado e/ou seus dependentes no momento de dificuldade. E, para isso, é fundamental escolher uma seguradora sólida, que seja capaz de cumprir o que foi contratado pelo cliente”, destaca o gerente da Mongeral Aegon em São José dos Campos, Ângelo Neves.

Nesse cenário, os seguros de vida e os planos de previdência têm se mostrado ferramentas importantes para a organização doméstica. Essas soluções têm a Já a previdência privada é uma opção de planejamento capacidade de se adequar à realidade de cada família e para quem não deseja depender apenas da renda oferecida pelo INSS. Com os planos disponíveis oferecem mais proteção para o orçamento futuro. atualmente, é possível escolher um valor mensal e acumular ao longo do tempo uma reserva financeira. Uma das maneiras mais simples de analisar se um Ao se aposentar, o valor acumulado é pago ao cliente seguro pode fazer diferença no seu planejamento é na forma que ele optar, seja uma renda mensal, seja refletir sobre as perguntas a seguir: caso você precise em uma única parcela. parar de trabalhar, por causa de um acidente ou uma doença, o orçamento da sua família está preparado para absorver a perda da renda? Em caso de morte, seus Para conhecer mais ou solicitar uma consultoria dependentes têm capacidade de manter seus objetivos especializada para sua realidade financeira, entre em contato: (12) 3911-4005. ou o padrão de vida da família será impactado?


Dr. Paulo Pereira Diretor social APM Regional Taubaté

Q

uem nasceu na primeira metade do século passado já viu de tudo nesta vida. Mesmo quem nasceu na roça, longe de todas as informações, num tempo em que se ouvia falar da comunicação através da fumaça do índio. Rádio, telefone, jornal, etc., eram coisas só de ouvir falar. Com o tempo, tudo foi ficando mais fácil e as informações foram chegando. De repente, não se conseguia mais viver sem elas.

Depois, ouvia-se sobre um telefone que poderia ser usado na rua, dentro dos automóveis e no supermercado. Tudo parecendo ficção científica dos filmes do Flash Gordon.

No início, ainda eram precárias. Demorou muito para chegar o radiozinho de pilhas. Telefone era patrimônio de poucos: dos mais abonados e das firmas comerciais. A chegada da televisão revolucionou a comunicação brasileira, embora a disponibilidade de uma imagem muito suja e cheia de chuviscos reunisse aglomerados de pessoas nas portas das lojas, que esticavam os pescoços para conseguir visualizar (ou imaginar) na tela uma bola, um jogador e um gol. Pouco tempo depois, a televisão se incorporou aos eletrodomésticos indispensáveis, existindo em praticamente todas as casas.

Não sei bem se a dificuldade de se viver quando nada disto existia era maior ou menor com o que vemos agora, com tudo o que existe. Naquele tempo, não tinha e pronto. Agora tem demais e ainda não se dá conta de todas as tarefas. Além do que, os aparelhinhos vivem dando pane, dificultando, em muito, a vida dos pobres usuários. Mais ainda, os aparelhos se renovam da noite para o dia e, quem não consegue acompanhar, fica deslocado do grupo.

Também já se ouvia falar de um aparelho capaz de armazenar informações, o qual seria uma ferramenta maravilhosa, porém, seletiva, já que apresentava um custo muito alto e dificuldade de manejo, afinal, se tratava de um monstrengo muito grande e desajeitado. Na sequência, apareceram as antenas parabólicas.

De lá para cá, todos já conhecem. Hoje, faz-se necessário explicar a um neto que havia um telefone de teclas e que, para se falar num interurbano, havia a necessidade de marcar hora com muitas delas de espera.

É uma maravilha poder assistir ao vivo e a cores um jogo do Barcelona, acompanhar a entrega do Oscar e tomar conhecimento sobre os fatos que ocorrem no mundo todo. Aqui vale uma parada para meditação: Será que isso não está cansando e criando uma geração de loucos? Será que cada cidadão terá tempo para armazenar toda a informação que recebe? Não entendo nada disso, mas imagino que possa haver uma saturação que

Foto: Raquel Marques

OPINIÃO

causa prejuízos por criar neuroses e por atrapalhar o conhecimento que realmente seria necessário. Por outro lado, acho que as pessoas vão aprendendo a selecionar o que interessa e desprezando aquilo que passa a chamar de “lixo”. O difícil é saber o que é “lixo” e o que é útil. Quantas vezes deletamos uma mensagem e, depois, vemos que ela seria interessante? Pois bem, isso tudo que estou falando é o propósito desta revista que alguns colegas estão lendo. A APM Taubaté precisa se comunicar com os médicos da cidade. Ela quer oferecer apoio, cultura, lazer, conhecimentos científicos e muito mais à categoria. Procurando o caminho certo, cria esta publicação, na qual procura encaixar conteúdos agradáveis e interessantes na ânsia de atingir o público-alvo, que são os colegas médicos. O problema é que não estou certo de que todos recebem a revista e, recebendo, se a leem. Se não leem, de que adianta isso que estou escrevendo? Mas, sem desanimar e acreditando no impossível, continuaremos nos comunicando a espera de que, um dia, estejamos todos sintonizados nos mesmos objetivos e engrandecendo o nosso grupo. Vou parar por aqui, porque tenho muitas mensagens no Facebook e, se não vê-las logo, poderei me perder.

5


6


REGIONAL CAMPOS DO JORDÃO

20 DE AGOSTO – NEUROLOGIA A APM Regional de Campos do Jordão irá realizar, pelo sétimo ano consecutivo, o PROJETO ATUALIZE, uma parceria com a faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Todos os conferencistas são professores docentes das disciplinas da faculdade.

Prof. Wilson Sanvito 1 - Meningites: Visão Geral do Problema 2- Enxaquecas

17 DE SETEMBRO – REUMATOLOGIA Prof. Dalton Torigoe 1 - Artrite Reumatóide

Prof. Carlos Alberto Malheiros 2 - Gota: Atualização no Diagnóstico e Tratamento.

15 DE OUTUBRO - DERMATOLOGIA

TAXAS: Associados AMCJ e contratados PSF / Campos do Jordão são Isentos de pagamento Inscrição Anual: R$ 200,00 (R$ 25,00 por jornada) Inscrição Semestral: R$ 120,00 Jornada Individual: R$ 40,00 * Associados AMJ e Contratados PSF Campos do Jordão são isentos de pagamento

Profª Rosana Lazarini 1 - Reações Cutâneas Medicamentosas - Farmacodermias

Profª Thaís Proença 2 - Síndrome de Stevens Johnson e Necrolise Epidérmica Tóxica

19 DE NOVEMBRO – CLÍNICA MÉDICA Prof. Vidal Haddad 1 - Animais Peçonhentos da Região da Mantiqueira 2 - Dermatoses Consequentes às Picadas de Animais Peçonhentos

Local das Jornadas: Auditório do Hospital São Camilo Av. Agripino Lopes de Morais, 101 Vila Matilde - Campos do Jordão Informações: 12 3664-3705 (Falar com Priscila)

77


INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA

O Facebook é a rede de relacionamentos que mais cresce no mundo. Pessoas de diversas partes do planeta estão cada vez mais conectadas e interagem ativamente compartilhando histórias, dividindo particularidades, contestando episódios e mesclando opiniões. As empresas também adquiriram um espaço nesta ferramenta social através das “fanpages”, páginas comerciais que divulgam produtos e serviços, geram conteúdos úteis para o público-alvo, estabelecem contato com os consumidores, e investem esforços para agregar visibilidade à marca.

8

Da mesma forma, gerencia o website “www.apmtaubaté.com.br”. Recém-lançado, o novo portal abriga configurações modernas, que oferecem um layout “clean” e um acesso facilitado à informação. O visitante tem a oportunidade de conhecer a história da entidade, conferir a versão online da revista Médicos do Vale, e filiar-se à Associação de maneira prática, rápida e segura.

cação indispensável, e isso envolve grandes vantagens e benefícios para os associados. São canais que permitem promover e divulgar serviços, notícias, até mesmo de se relacionar com os filiados,esclarece Matheus.

Outra estratégia adotada pela APM Taubaté foi a criação de um perfil no Instagram (@apmtaubate), rede de compartilhamento de fotos e vídeos, que possibilita a implantação de uma linguagem mais leve e informal entre os usuários. A ferramenta possibilita uma interação direta com o público-alvo e aproxima as pessoas da instituição.

Aguardamos a sua visita!

Prestigie as nossas redes sociais.

Administrados pela Interativa Mix, agência de publicidade localizada em Taubaté, os canais de comunicação são monitorados com estratégia e planejamento. Matheus Santos, diretor comercial da empresa, explica que a internet tem crescido exponencialmente na última década e ultrapassado os meios tradicionais, como a imprensa escrita, o rádio e a televisão. Este fator implica na necessidade de estabelecer diretrizes modernas e eficazes, que atendam as necessidades do público. “Os canais online desenvolvidos para a APM Taubaté se tornam uma ferramenta de comuni-

Acompanhe o nosso site

Curta a nossa fanpage

Siga o nosso Instagram

www.apmtaubate.com.br

APM – Taubaté_Oficial

@apmtaubate

Foto: Divulgação

Considerando a notoriedade das mídias digitais e a importância de estreitar os laços com os internautas, a Associação Paulista de Medicina – Regional Taubaté tem investido em comunicação e tecnologia. No “Face”, está presente através da página “APM - Taubaté_Oficial”, na qual noticia as ações da instituição em prol da categoria médica, informa sobre os últimos acontecimentos, e anuncia palestras, cursos e congressos. “Buscamos divulgar publicações relevantes e bem estruturadas, que estimulem o interesse do público e contribuam para o fortalecimento do nome ‘APM’’, relata Dr. Camillo Soubhia Junior, presidente da APM Taubaté.


No dia 28 de abril, membros da diretoria da APM Taubaté se reuniram com a vereadora Pollyana Gama, na sede da entidade. Na ocasião, foi discutida a situação em que se encontra a saúde pública do município, e apresentadas propostas de melhorias. O tema mais polêmico do encontro foi o Pronto Socorro da cidade. Eram unânimes as opiniões de que o local apresenta graves problemas estruturais, os quais acarretam num deficitário atendimento aos doentes. Dentre as críticas mencionadas, estão a infraestrutura inadequada, o corpo clínico insuficiente, a falta de

(Hospital Regional de Taubaté)”, pontuou Dr. Paulo Pereira. Dr. Izac de Souza também opinou acerca da situação: “Há um acúmulo de doentes no Pronto Socorro, e se torna preciso ‘desafogá-lo’. Deve-se gerar investimento, otimizar o dinheiro e alojar melhor as pessoas”. Segundo o médico, a hotelaria hospitalar e o processo de desospitalização seriam eficientes alternativas para oferecer um ambiente agradável e humanizado para a recuperação dos pacientes.

A hotelaria hospitalar é uma tendência mundial que prioriza a contínua busca pela excelência e a qualidade do serviço prestado na acomodação do paciente e acompanhante. Já APM e representante do Legislativo taubateano a desospitalização é uma discutem sistema de saúde do município estratégia que busca gerar a diminuição da média de permanência dos doentes no espaço hospitalar, o que, consequentemente, acarreta no aumento do número de leitos oferecidos. Isto implicaria na redução de custos para os hospitais, sem prejuízos para as pessoas.

recursos, e a assistência inapropriada aos pacientes. Para o Dr. Izac de Souza, os atendimentos são insatisfatórios tanto no âmbito ambulatorial quanto nos casos mais graves, fator que transforma um paciente simples e barato em complicado e caro. A vereadora Pollyana também explanou, e citou que o local possui falhas conceituais na administração e na condução do planejamento. Mesmo diante das queixas, soluções diversas foram apresentadas. “Para que o Pronto Socorro não tenha o problema dos doentes serem internados em condições precárias, é necessário que haja uma retaguarda do hospital

Fotos: Ana Cláudia Bohler

POLÍTICA

Vereadora Pollyana Gama anuncia possível candidatura à Prefeitura de Taubaté

lar Socialista), revelou que pretende se candidatar à Prefeitura de Taubaté nas próximas eleições, que acontecerão no mês de outubro deste ano. Para a área da saúde, a pré-candidata alegou que é preciso somar forças de representatividade e amadurecer o sistema de saúde da cidade. Além disso, mencionou algumas ideias, como a intensificação dos trabalhos nas unidades do PSF (Programa Saúde da Família), a instalação de um sistema moderno e tecnológico de integração de dados dos prontuários médicos, e a educação aos alunos nas escolas sobre o que é ser saudável.

Outro assunto relevante, e que gerou um Estiveram presentes na reunião Dr. Caintenso debate, foi a possível construção millo Soubhia Junior, Dr. Paulo Pereira, de um hospital municipal em Taubaté. De Dr. Oscar César Pires, Dr. Flávio Salgaacordo com a vereadora Pollyana, o tema do, Dr. Izac de Souza e Loreny Caetano, deve ser analisado com seriedade, pois se gestora pública e membro da equipe trata de um grande empreendimento, no parlamentar da vereadora Pollyana. qual seria aplicado um grandioso Compareceram à reunião Dr. Oscar César Pires, investimento. “Construir um hosDr. Flávio Salgado, Dr. Paulo Pereira, Dr. Izac de pital é fácil, porém, o mais imporSouza, Dr. Camillo Soubhia tante é assegurar o seu sustento, garantindo um bom alojamento e uma quantidade suficiente de médicos que possam atuar diariamente”, declarou a parlamentar. Atuante no Legislativo taubateano há três mandatos, Pollyana Gama, do PPS (Partido Popu-

9


Q

ual é o perfil dos profissionais recém-formados em Medicina? Quais são as condutas adotadas por eles durante os atendimentos? Como estão as oportunidades de emprego oferecidas pela área médica? Estes e outros questionamentos motivaram a APM Taubaté a buscar compreender um pouco mais sobre o atual mercado de trabalho na área da saúde. A fim de sanar as nossas dúvidas, convidamos para um bate-papo um renomado ortopedista do município, o qual nos relatou pareceres particulares sobre a atuação dos novos médicos no exercício da profissão.

Dr. Nelson Franco Filho, 68 anos, é o nosso entrevistado. Natural de São Paulo, recorreu a Taubaté para realizar o sonho de se tornar médico e, em 1975, graduou-se pela FMT, Faculdade de Medicina do município. Dedicou os dois anos seguintes à residência médica e, logo depois, retornou à capital. Sete anos mais tarde, foi convidado a regressar às terras taubateanas para reorganizar pedagogicamente a disciplina de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade na qual estudou, a partir de então adquirida e gerida pela Universidade de Taubaté. Paralelamente, ficou incumbido de implantar o Serviço de Ortopedia no antigo Hospital Escola, hoje Hospital Universitário. A rotina atribulada fez com que optasse por deixar a capital e viesse viver no interior com esposa e filha. O volume de trabalho era inversamente proporcional ao montante de salário recebido. Lucrando pouco, optou por abrir um consultório e fez credenciamento com apenas dois planos de saúde. Por ser novo e recém-chegado à cidade, não possuía uma clientela fixa. Relatou que, por diversas vezes, passava

10

tardes e mais tardes estudando, sem atender um único paciente no consultório. Para aumentar o orçamento, assumiu plantões médicos e, ainda, lidava com responsabilidades no Hospital Escola. Foi um árduo início de carreira. Demorou dez anos para que pudesse consolidar a clínica e adquirir uma expressiva quantidade de clientes. Atualmente, Dr. Nelson Franco completa 40 anos de profissão e é considerado uma respeitável referência em ortopedia na região. Por manter um corriqueiro contato com residentes e jovens doutores, conhece o perfil destes novos profissionais. Identifica nos médicos recém-formados a paixão pela Medicina, mas sente a necessidade de uma maior dedicação à propedêutica. “Atuo como médico antigo, pois sou daquele tempo em que o exame físico era muito importante no atendimento. Hoje, vejo que o médico novo não examina; ele pede o exame e depois recorre ao resultado do laudo”, desabafa. E completa: “O paciente tem que ser examinado”. Dr. Nelson acredita que este perfil de atuação deve-se à massificação do trabalho. O acúmulo de atividades gera um desgaste físico muito grande, fator que compromete o ritmo de trabalho. “Os médicos almejam uma vida financeiramente confortável e, por isso, assumem diversos plantões nos hospitais por ser uma ocupação bem remunerada. Enquanto jovem, os compromissos são cumpridos com vigor, porém, com o passar dos anos, surge o cansaço, obstáculo que compromete a disposição para o trabalho”, explica o ortopedista. E complementa: “Mesmo cansados, os médicos não abandonam a jornada de plantão por temerem a redução do salário”. Diante da experiência adquirida nas quatro décadas de profissão, Dr. Nelson desaconselha os médicos a viverem somente de plantões, e orienta-

Foto: Reprodução

APM ENTREVISTA

Dr. Nelson Franco, ortopedista

-os a empreenderem, criarem novas oportunidades na área médica. Sobre o mercado de trabalho, o médico ressalta que as ofertas de emprego de hoje são bastante numerosas em relação ao passado. “Atualmente, o Vale do Paraíba possui, em toda a sua extensão, um complexo de hospitais, condição que não existia na minha época de recém-formado. Esta atual situação faz com que sempre haja vagas nos plantões e, com isso, o médico não fica sem trabalhar”, explica Dr. Nelson. Ainda segundo o ortopedista, o mercado está composto de grandes clínicas, as quais prestam atendimento a diversos convênios. Ao ingressar neste segmento, os novos doutores já possuem uma carteira de clientes pré-estabelecida, diferencial que pode ser considerado uma importante vantagem na captação e fidelização de pacientes. Por fim, o médico dá outro exemplo, o da medicina do trabalho, especialidade médica que tem sido amplamente adotada pelas empresas. Registramos publicamente o nosso agradecimento ao Dr. Nelson Franco pela disponibilidade do encontro e pelo relevante esclarecimento acerca das perspectivas de trabalho identificadas, atualmente, na área médica.


UNIMED TAUBATÉ

No início do mês de abril, o Diário Oficial da União notificou que a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) instaurou um novo período de direção fiscal na Unimed Taubaté.

acompanhamento “in loco” do desempenho econômico-financeiro da cooperativa, por um diretor da agência regulatória.

A cooperativa médica entrou em regime de direção fiscal, pela primeira vez, em fevereiro de 2015.

Por meio de nota divulgada no site, a Unimed Taubaté afirma que as atividades seguem acontecendo normalmente, sob responsabilidade da diretoria, e que os beneficiários serão atendidos regularmente.

O processo, que pode durar até um ano, consiste no

Prezados leitores, Disponibilizaremos, a partir desta edição, um espaço destinado à oferta de produtos e à busca de profissionais. É a oportunidade ideal para vender, alugar, comprar, trocar e contratar. A seção é exclusiva para médicos associados da APM, os quais poderão divulgar gratuitamente os seus anúncios.

Interessou-se? Entre em contato conosco! taubate@apm.org.br (12) 3632-3818

11


Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo Cremesp

O

Conselho Federal de Medicina (CFM) ressalta a importância e recomenda a participação de plantonistas presenciais nos Serviços de Urgência. A Maternidade não é diferente; é um Serviço de Urgência e Emergência no atendimento à gestante e às urgências ginecológicas da mulher.

Temos feito um levantamento das maternidades que não possuem plantonistas presenciais, a fim de tomar as providências cabíveis.

Nós da SOGESP (Associação de Obs-

tetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo) e Cremesp estamos realizando uma campanha para que esta recomendação seja seguida. Uma eclampsia, um Descolamento Prematuro da Placenta, e uma hemorragia uterina, como exemplos, levam rapidamente ao óbito materno e fetal, caso não forem prontamente atendidos por um obstetra plantonista presencial. O sistema de plantão de sobreaviso, nestes casos, é um perigo.

T

do médico em face das solicitações; e a atual relevância à questão da autonomia do paciente, no contexto de sua relação com o médico.

seu representante) não estiverem de acordo com os preceitos ditados pelo Código de Ética Médica, será seu direito deixar de levá-las em consideração. De qualquer maneira o médico registrará, em prontuário, as vontades que lhe forem comunicadas diretamente pelo atendido.

ambém conhecidas como “Testamento vital”, as Diretivas Antecipadas de Vontade correspondem ao conjunto de desejos, prévia e expressamente manifestados pelo paciente, sobre cuidados e tratamentos que quer, ou não, receber no momento em que estiver incapacitado de expressar, livre e autonomamente, sua vontade. Para disciplinar o tema, o Conselho Federal de Medicina (CFM) produziu a RES. 1995/2012, considerando, entre outros pontos, a necessidade de regulamentação sobre o tema, no contexto da ética médica brasileira; de disciplinar a conduta

12

Na prática, o profissional admitirá as Diretivas Antecipadas de Vontade nas decisões sobre cuidados e tratamentos daqueles que se encontram incapazes de se comunicar ou de expressar a sua vontade de maneira livre e independente. Colocará os desejos do paciente à frente de qualquer outro parecer não médico, inclusive, das intenções manifestadas pelos familiares. Por outro lado, se, pela análise do médico, as solicitações do paciente (ou do

Por: Dr. André Luis Ferreira Santos Delegado do Cremesp e Presidente da SOGESP / Regional Vale do Paraíba

Fonte: Site do Cremesp / Bioética


13


EVENTO

A noite do dia 30 de março foi marcada por muitas lembranças e grandes homenagens a um célebre anestesista de Taubaté, o Profº. Dr. Oscar César Pires. O médico foi contemplado com o Título de Cidadania Taubateana, honraria concedida a personalidades nascidas em outras cidades, mas que se instalaram em Taubaté e prestaram relevantes trabalhos à comunidade, colaborando de maneira efetiva para o crescimento e engrandecimento do município. O orador oficial da sessão e autor do projeto que concede a homenagem ao médico foi o vereador Douglas Carbonne (PCdoB), o qual testemunhou sobre a admiração pessoal que sente por Dr. Oscar. “Professor Oscar tem um currículo cheio de vitórias, trabalho e reconhecimento. O conheci como aluno no curso de Enfermagem e pude ver que, além de professor, é parceiro e amigo de todos”, declarou o parlamentar. E completou: “Além da questão pedagógica, nos ensinava que tínhamos que tratar o paciente como ser humano, com dignidade e com respeito”. O vereador destacou a notoriedade que Dr. Oscar representa para as esferas da saúde pública, educação e cidadania do município, e justificou a entrega da honraria. “É um gesto

14

singelo este decreto, mas faz com que o município reconheça a importância que o professor tem, e que vai entrar para a história da Câmara de Taubaté”, esclareceu Carbonne. Nascido em Caconde, interior de São Paulo, Oscar graduou-se em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (MG), e mudou-se para Taubaté em 1996, quando aceitou o convite para coordenar um serviço de residência médica de Anestesia no antigo Hospital Santa Isabel de Clínicas, hoje Hospital Regional do Vale do Paraíba. Mestre em Farmacologia e doutorando em Ciências pela USP, professor Oscar começou a lecionar no Departamento de Medicina a convite do então diretor, professor Jorge Kather. Prestou concurso, foi aprovado, e passou a ministrar aulas também para os cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia. Em 2014, Dr. Oscar foi eleito presidente da Sociedade Brasileira de Anestesiologia e, recentemente, foi nomeado diretor do IBB (Instituto Básico de Biociências). Outro cargo que ocupa nos dias atuais é o de Delegado do CREMESP (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo).

Vereador Douglas Carbone homenageia Dr. Oscar César Pires com entrega de Titulo de Cidadania Taubateana


Fotos: Câmara Municipal de Taubaté

Com o Título em mãos, a homenageada registra o momento acompanhada do esposo, Dr. Flávio Salgado, e Vereadora Maria Gorete Toledo

“Taubaté faz parte da minha vida há 20 anos, o que para mim é uma grande honra”, contou, emocionado, professor Oscar. E agradeceu: “Logo de início adotei Taubaté como minha terra e também fui abraçado com muito carinho por essa grande cidade. Como não ser grato e não ter compromissos eternos com uma cidade que me recebe com todas essas honrarias”. Outra personalidade da área médica que foi congratulada pelo Legislativo taubateano foi a Dra. Yasmin Shukair, na noite do dia 11 de maio. Natural de São Paulo, descendente de família árabe, enquanto criança sonhava em se tornar uma artista plástica. Já crescida, descobriu a vocação pela Medicina e radicou-se em Taubaté no ano de 1983. Graduou-se pela Universidade de Taubaté em 1988 e, três anos depois, concluiu residência médica em Cirurgia Geral, no antigo Hospital Santa Isabel de Clínicas. Em 1992, especializou-se em Cirurgia Oncológica e, a partir de então, constituiu carreira e compôs história na terra de Lobato. “A todo o tempo, Dra. Yasmin estava estudando, procurando livros, se mostrando interessada e, com isso, já demonstrava ser uma grande profissional. Sempre tratava a todos com jeitinho educado, com meiguice, comportamento que me fez admirá-la desde aquela época”, testemunhou a vereadora Maria Gorete Toledo (DEM), a qual era secretária do Centro de Estudo do hospital onde a homenageada estagiava. A vereadora, oradora da sessão e autora do projeto que concede a honraria à oncologista, ainda ressaltou em seu discurso a humanidade e o tratamento digno que a médica destina aos pacientes. “O estágio no Ambulatório

de Oncologia foi decisivo para que a Dra. Yasmin buscasse aprofundar os seus conhecimentos com foco para os casos do câncer de mama, e assim foi se aprimorando para dar o melhor de si às pacientes que necessitam não só do tratamento da doença, mas também do apoio psicológico.” Com uma rotina atribulada, Dra.Yasmin atua em clinica privada e atendimento do serviço público, realizando cerca de 560 consultas e 30 cirurgias por mês. Ademais, é idealizadora do evento anual “Estrela de Maria” e da palestra “Outubro Rosa”, além de ser presidente da “Casa Gesto”. “Há mais de 20 anos, minha trajetória nesta cidade tem sido registrada nos corredores de seus hospitais, em infindáveis horas nas salas de cirurgia, e em milhares de prontuários médicos, alguns com letras borradas com lágrimas de alegria ou de tristeza”, conta a homenageada. E revelou: “A luta contra o câncer tem norteado a minha vida como médica e como educadora. Se antes me bastava tratar, hoje me dedico à persistente conscientização sobre as armas que dispomos para o diagnóstico precoce e conhecimento das causas dessa terrível doença, que insiste em atravessar os séculos”. Ao final do discurso, a médica concluiu: “Procuro fazer o melhor por meus pacientes, dar um atendimento diferenciado. Devemos nos compor em prol a uma digna batalha pela saúde, pela vida, em um país onde muito é nos negado”. Os interessados em assistir os vídeos das solenidades, podem conferir o material na página da Tv Câmara Taubaté no Youtube.

15


Por: Dr. Antonio Diniz Torres Cardiologista

São muitas as cepas de uvas tintas e brancas, mas existem aquelas que são mais cultivadas e que, conseqüentemente, são mais utilizadas no processo de produção dos vinhos: a vinificação. Como exemplo de uvas tintas, citamos: Caber-

net Sauvignon, Pinot Noir, Merlot, Carmenere, Cabermet Franc, Touriga Nacional, Shirraz, e muitas outras; de uvas brancas, mencionamos: Chardonnay, Riesling, Sauvignon Blanc, Alvarinho, Semillon, Gewurztraminer, entre diversas. É interessante observar que a polpa das uvas é clara, independente da cepa ser tinta ou branca. O processo de vinificar as uvas é que vai determinar se o vinho será tinto ou branco. Durante a fermentação, as cascas e sementes vão fornecer os corantes e taninos necessários para a composição dos vinhos. A grande diferença no processo de vinificação é a duração do período em que o suco, produzido pela prensagem das uvas, permanece em contato com as cascas e sementes. No caso dos vinhos brancos, a separação entre o suco e o “bagaço” acontece após um período de aproximadamente 24 horas, no máximo. O enólogo pode realizar esta secessão imediatamente após a prensagem, ou após um tempo de descanso; a escolha é determinada de acordo com o resultado desejado. Nesta fase de produção dos vinhos, é importante um controle rigoroso da temperatura. Também é importante notificar que os vinhos brancos são fermentados em temperaturas abaixo dos 20ºC. Nos vinhos tintos, o contato do suco com as cascas e sementes é mais longo, perdurando, na grande maioria das vezes, de quatro a sete dias; a temperatura deve permanecer entre 20ºC e 30ºC. Já os vinhos rosés são produzidos com cepas de uvas tintas, e a coloração é estabelecida pelo tempo em que o mosto fermenta em contato com as cascas das uvas. Na elaboração dos vinhos, pode-se usar uma única cepa de uva, a qual dará origem a um vinho Varietal ou Mono Varietal. Já a mistura de duas ou mais cepas produzirá um vinho De corte ou Assemblage. As uvas mais conhecidas e utilizadas são as que melhor se adaptam aos diversos tipos de clima e solo. A partir da colonização das Américas, da África e Oceania, continentes chama-

16

dos de Novo Mundo, pela Europa, intitulada Velho Mundo, várias cepas de uvas viníferas encontraram solos propícios e desenvolveram um novo Terroir, condição que propiciou o Novo Mundo a produzir vinhos com características próprias, fator que impulsionou a produção dos vinhos Varietais. Como todo produto orgânico, não há dois vinhos iguais. Porém, os enólogos se dedicam a fazer com que cada cepa produza vinhos com características organolépticas capazes de demonstrar o melhor de cada tipo de uva, destacando as suas qualidades mais apreciadas. Quando se fabrica uma Assemblage, se deseja um resultado superior ao que seria obtido por um vinho produzido com um tipo isolado de uva. De certa forma, consegue-se destacar as qualidades mais apreciadas com um resultado mais previsível. O conhecido vinho Chateauneuf-du-Pape, na sua composição, permite treze variedades de uvas. Neste universo, tudo é permitido. Ao saborear um Varietal ou uma Assemblage, cada degustador vai eleger o seu favorito. O interessante seria permitir-se a apreciação de um roteiro sem fim, provando e captando o melhor que existe em cada uva, de cada região produtora. Como sempre digo, o melhor vinho é aquele que você gosta. Continue degustando e descobrindo o vinho. Que lhe seja uma novidade a cada taça. Se beber não dirija, pois in vino veritas e

in Aqua sanitas!

Foto: Google creative commons

O

mercado consumidor de vinho é crescente. Nos dias atuais, até a nomeação das uvas que compõem o produto é determinada no rótulo das garrafas; outrora, este dado não era disponibilizado.

Foto: Arquivo Pessoal

REGIONAL GUARATINGUETÁ


17


LITERATURA

Por: Charles Chaplin

Sinto muito, mas não pretendo ser um imperador. Não é esse o meu ofício.

Mais do que máquinas, precisamos de humanidade.

Não pretendo governar ou conquistar quem quer que seja.

Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura.

Gostaria de ajudar, se possível, judeus, o gentio, negros, brancos.

Sem essas duas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim.

A aviação e o rádio aproximaram-se muito mais.

Desejamos viver para a felicidade do próximo, não para o seu infortúnio.

A próxima natureza dessas coisas é um apelo eloqüente à bondade do homem, um apelo à fraternidade universal, à união de todos nós.

Por que havemos de odiar ou desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover todas as nossas necessidades. O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenenou a alma do homem, levantou no mundo as muralhas do ódio e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

18

Neste mesmo instante a minha voz chega a milhões de pessoas pelo mundo afora, milhões de desesperados, homens, mulheres, criancinhas, vítimas de um sistema que tortura seres humanos e encarcera inocentes. Aos que me podem ouvir eu digo: “Não desespereis!”.

os vossos atos, as vossas idéias e os vossos sentimentos.

A desgraça que tem caído sobre nós não é mais do que o produto da cobiça em agonia, da amargura de homens que temem o avanço do progresso humano.

Que vos fazem marchar no mesmo passo, que vos submetem a uma alimentação regrada, que vos tratam como um gado humano e que vos utilizam como carne para canhão.

Os homens que odeiam desaparecerão, os ditadores sucumbem e o poder que do povo arrebataram há de retornar ao povo.

Não sois máquina! Homens é que sois! E com o amor da humanidade em vossas almas.

E assim, enquanto morrem os homens, a liberdade nunca perecerá.

Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar, os que não se fazem amar e os inumanos.

Soldados! Não vos entregueis a esses brutais que vos desprezam, que vos escravizam, que arregimentam as vossas vida, que ditam

Soldados! Não batalheis pela escravidão! Lutai pela liberdade!


Fotos: Google Creative Commons

No décimo sétimo capítulo de São Lucas é escrito que o Reino de Deus está dentro do homem , não de um só homem ou um grupo de homens, mas dos homens todos. Estás em vós! Vós, o povo, tendes o poder, o poder de criar máquinas. O poder de criar felicidade. Vós, o povo, tendes o poder de tornar esta vida livre e bela, e fazê-la uma aventura maravilhosa. Portanto, em nome da democracia, usemos desse poder, unamo-nos todos nós. Lutemos por um mundo novo, um mundo bom que a todos assegure o ensejo de trabalho, que dê futuro à mocidade e segurança à velhice.

É pela promessa de tais coisas que desalmados têm subido ao poder. Mas, só mistificam.

Hannah, estás me ouvindo?

Não cumprem o que prometem. Jamais o cumprirão!

Vês, Hannah?

Os ditadores liberam-se, porém escravizam o povo.

Onde te encontres, levanta os olhos!

O sol vai rompendo as nuvens que se dispersam. Estamos saindo da treva para a luz.

Lutemos agora para libertar o mundo, abater as fronteiras nacionais, dar fim à ganância, ao ódio e à prepotência.

Vamos entrando num mundo novo, um mundo melhor, em que os homens estarão acima da cobiça, do ódio e da brutalidade.

Lutemos por um mundo de razão, um mundo em que a ciência e o progresso conduzam à ventura de todos nós.

Ergues os olhos, Hannah! A alma do homem ganhou asas e afinal começa a voar. Voa para o arco-íris, para a luz da esperança.

Soldados, em nome da democracia, unamo-nos.

Ergue os olhos, Hannah! Ergue os olhos!

19


Foto: Reprodução

ARTE

Em novembro passado, a Estadual APM publicou o livro “Acervo da Pinacoteca da Associação Paulista de Medicina”, em evento realizado em São Paulo.

nificativo acervo na Pinacoteca da APM, o qual exemplifica um roteiro histórico da época de formação e consolidação do movimento modernista brasileiro.

A publicação agrega reproduções fotográficas de 132 obras que compõe a coleção de arte da instituição, acompanhadas de legendas informativas e biográficas dos artistas, além de textos elaborados pelo crítico de arte Jacob Klihtowitz e pelo diretor Cultural da APM, Guido Palomba.

A Regional Taubaté foi contemplada com o recebimento de um exemplar da obra e, por isso, convida a todos os associados a visitarem a sede e apreciarem este rico material artístico. Estamos localizados na Rua Engenheiro Fernando de Matos, 134, no centro de Taubaté.

O livro, viabilizado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, contou com o patrocínio da Genzyme, uma empresa do grupo Sanofi. O apoio dos diretores da instituição, atrelado às colaborações dos próprios artistas, possibilitou reunir um sig-

Aqueles que desejarem conhecer pessoalmente as obras poderão comparecer à Pinacoteca da APM de segunda a sexta-feira, no período das 10h às 19h, situada na Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278, 8º andar, Bela Vista, SP.

Procissão, 1941 Óleo sobre tela - 50 x 65 cm Tarsila do Amaral

20

Idoru, 2008 Acrílica sobre tela - 190 x 150 cm Isabelle Ribot

Marinha com Barco, 1979 Óleo sobre tela - 50 x 65 cm Giancarlo Zorlini

Fonte: www.apm.org.br

Rosas das Roseiras do Eido, 1953 Óleo sobre tela - 48 x 40 cm Antonio Fernández

Paisagem, 1949 Óleo sobre tela - 50 x 65 cm Edgar Oehlmeyer


Auditório

Fotos: Interativa Mix

Sala de reuniões

rmet

o gou Espaç

Espaço gourmet

Auditóri

o

Sala de reuniões

21


EMPREENDIMENTO

A diretoria da Associação Paulista de Medicina honrou a palavra empenhada com os associados e médicos de São Paulo na eleição de 2014, e, no mês de maio, deu início à construção de um novo prédio na capital, no terreno utilizado anteriormente como estacionamento. Trata-se de uma grande vitória, pois a diretoria da instituição conseguiu manter o valioso patrimônio, que se encontrava ameaçado de desapropriação ou de ser destinado à construção de casas populares. A APM, inclusive, havia sido notificada de que o imóvel estava sendo subutilizado, e de que tramitava um projeto de lei que destinava terrenos da região, nesta situação, para fins sociais. Correndo contra o tempo, a diretoria protocolou um projeto para a construção do edifício, antes que a lei fosse promulgada. Não somente venceu a batalha como criou perspectivas alvissareiras para a APM, que passará a ter um patrimônio que se tornará uma fonte de renda sustentável e contínua.

Presidente da APM, Dr. Florisval Meinão, se se reúne com integrantes da diretoria para oficializar início dos trabalhos

tinado para serviços, uma parte designada para garagens, e outro setor com 117 unidades residenciais a serem utilizadas como nova fonte de recursos para a Associa-

O prédio a ser construído terá 19 andares, sendo um andar des-

Espaço ocupado por estacionamento abrigará edifício de 19 andares

“Nestes quatro anos de gestão, introduzimos profundas modificações administrativas, tornando a APM mais ágil e eficiente, com redução significativa de despesas, sem quaisquer prejuízos em nossa principal atividade: prestar serviços aos associados e defender o médico e a Medicina”, pontuou Dr. Florisval Meinão, presidente da APM. E completou: “Ao mesmo tempo, buscamos novas fontes de financiamento, aumentando as receitas, sem onerar o sócio no quesito mensalidade, que, no período, teve reajustes abaixo da inflação.” A construção está prevista para 20 meses e, portanto, deverá ser entregue por volta de janeiro de 2018. O custo total da obra será de R$ 32 milhões, sendo que, atualmente, há recursos suficientes para construir o prédio sem necessidade de recorrer a empréstimos ou de vender unidades.

Fonte: www.apm.org.br

Dr. Camillo Soubhia, presidente regional da APM, e demais

membros da Associação em evento de inauguração das obras 22

ção Paulista de Medicina. Isto faz parte de um ousado projeto para diversificar as fontes de receitas, reduzindo, assim, a dependência da contribuição associativa.

Fotos: Osmar Bustos


23


DIRETÓRIO ACADÊMICO BENEDICTO MONTENEGRO DABM

Neste primeiro semestre de 2016, as instituições que adotaram o FIES, sigla denominativa do Fundo de Financiamento Estudantil, têm passado por dificuldades, uma vez que o Ministério da Educação (MEC) determinou que, para a manutenção do financiamento, as universidades deveriam admitir alunos que tivessem sido aprovados unicamente pelo processo seletivo do FIES. Atualmente, o FIES seleciona os pré-candidatos às vagas de financiamento por meio de uma classificação feita a partir da média das notas obtidas pelos alunos que participaram do ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio. Devido ao fato de o processo pré-seletivo do FIES requerer apenas informações sobre a nota adquirida no Exame e o valor da renda familiar, alguns problemas surgiram em relação à situação acadêmica do aluno, uma vez que o sistema não exige que o candidato esteja matriculado em nenhum curso de ensino superior.

Foto: DABM

24

A partir disso, foram constatadas ambiguidades nas portarias do MEC, as quais fizeram com que os alunos entendessem que mesmo não prestando o vestibular promovido pelas instituições, teriam direito às vagas do curso escolhido caso fossem pré-selecionados pelo FIES. Posteriormente, uma portaria divulgada pelo Ministério (PORTARIA NORMATIVA Nº 13, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2015) passou a determinar que as instituições que participassem do FIES matriculassem os candidatos oriundos do ENEM, mesmo que estes não tenham prestado o vestibular estipulado pela instituição. Com isso, exigiu-se que a UNITAU (Universidade de Taubaté) matriculasse, no primeiro semestre deste ano, os alunos que não prestaram o vestibular da instituição, mas que tiveram direito às vagas devido às diretrizes do MEC. A Universidade alega que, devido ao fato de matricular os alunos que não prestaram o vestibular e foram pré-selecionados via FIES, ademais dos 60

alunos que foram aprovados pelo processo seletivo da instituição, a melhor solução seria diminuir o número de vagas oferecidas pelo vestibular tradicional, para que não houvesse um quadro de superlotação. Entretanto, nós, alunos, sabemos que o problema de superlotação existe desde que foi estabelecida a semestralidade do curso. A UNITAU se comprometeu a fazer inúmeras melhorias relacionadas ao assunto mas, até hoje, nada foi realizado. O Diretório Acadêmico Benedicto Montenegro, assim como outros diretórios e centros acadêmicos, deseja que o MEC regularize a situação e reformule os editais e manuais para a participação do processo seletivo do FIES, de forma a não determinar medidas que desvalorizem o vestibular tradicional dos cursos de Medicina. Por: Maria Julia Watanabe Presidente DABM

Membros da gestão 2016/2017


IOV, UMA REFERÊNCIA NACIONAL EM TRATAMENTO ONCOLÓGICO.

R. John Fitzgerald Kennedy, 856, Jardim das Nações, CEP: 12030-200, Taubaté - SP

Tel.: (12) 3426-9055 25


CLUBE DE BENEFÍCIOS APM

Há meses, o país é abatido por uma grave crise financeira que atinge a todas as parcelas da população. Desestabilização da cadeia produtiva, quebra de empresas nacionais, aumento da taxa de câmbio, queda na taxa de investimento, entre muitas outras interfaces, são consequências que interferem nas transações econômicas e na qualidade de vida dos brasileiros. Cumprindo o propósito de zelar pela categoria médica e oferecer benefícios

aos afiliados, a Associação Paulista de Medicina firmou parceria com dezenas de empresas para disponibilizar descontos em produtos e serviços selecionados. Entendemos que o período é de recessão, mas o bem-estar deve ser preservado.

LOCAÇÃO DE VEÍCULOS

Confira as condições diferenciadas para compra e desfrute destas vantagens!

Localização: Nacional

LAZER, ESPORTE E ENTRETENIMENTO

CASA E DECORAÇÃO

. A ESPORTIVA

. MEU MÓVEL DE MADEIRA

Loja virtual de artigos esportivos oferece 10% de desconto nas compras à vista ou em até 10x sem juros no cartão.

10% de desconto nas compras a prazo e 20% nas compras à vista. Localização: Nacional (Compra online)

CURSOS . MACKENZIE 15% a 30% de desconto, de acordo com a tabela disponível no site do clubapm. DESCONTÃO!

* O desconto (não cumulativo) será aplicado no carrinho de compras ao digitar o código promocional (APMDESCONT). Localização: Nacional (Compras Online). BILHETERIA.COM 10% a 50% de desconto na compra de ingressos para shows, teatro, circo, parque de diversões e passeios turísticos. DESCONTÃO!

Descontos especiais para associados e seus dependentes.

* Para validação do desconto, identifique-se como associado da APM e informe seu CPF diretamente no caixa. DESCONTÃO! Localização: Todas as unidades no Brasil SERVIÇOS

Localização: Consulte unidades

Localização: Nacional (Compras online) . WEB VIAGENS Descontos especiais para associados e seus dependentes. Localização: Nacional (Compras online)

. POLISHOP

26

Em parceria com a APM, a rede farmacêutica oferece aos associados descontos (não cumulativos) nas compras à vista: 30% para Medicamentos Genéricos; 20% para Demais Medicamentos / OTC; 5% para Perfumaria e Higiene Pessoal.

HOTÉIS E VIAGENS

. ELECTROLUX

Localização: Nacional

. DROGARIA SÃO PAULO

5% de desconto em pneus (Bridgestone, Firestone ou Seiberling das linhas de Passeio e Caminhonete) nas revendedoras Bridgestone do Estado de São Paulo.

. TAM

10% de desconto nas compras pelo site e loja física.

SAÚDE E BEM-ESTAR

. BRIDGESTONE

ELETRODOMÉSTICOS

Localização: Nacional (Compras online)

55% de desconto para locação de veículos populares, e 25% de desconto para as demais categorias. DESCONTÃO!

Localização: Nacional (Compras online)

Localização: São Paulo

Descontos de até 30% e parcelamento em até 10x sem juros. Frete grátis para todo o Brasil. DESCONTÃO!

. ALUGUE BRASIL

INFORMÁTICA . SONY VAIO Até 20% de desconto em produtos. Localização: Nacional (Compras online)

Entre em contato e conheça as outras promoções

www.apm.org.br/ clubedebeneficios clubedebeneficios@apm.org.br (11) 3188.4329/4370/4579 Clube de Benefícios Vantagens sem limites!


A APM Taubaté saúda a todos os amigos e associados pelas comemorações natalícias ANIVERSARIANTES DE JULHO 01 02 03 04 05 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 18 19 21 22 23 24 25 26 27 28 29

LUIZ ANTONIO MARADEI FREIXEDAS AURELIA CRISTINA CAMPOS PAIVA JULIANA ROBERTA FARIA RAMOS JULIANA SIERRA MELIN ABURJELI MARCIA MARIA ESTEVES MARTINS NUNES MURILO CESAR VARELLA ADRIANA FRANCA MORENO CARVALHO LAMARTINE CUNHA FERRAZ MARIANA BARGUIL DIGIGOV VILLELA SANTOS CARLA REGINA DE ALMEIDA MARCITELLI JOSE ARTHUR LESSA MARIA SYLVIA BORTOLETO BIANCA REZENDE LUCAREVSCHI JOSE ESTEFANO DE OLIVEIRA THYAGO FURTADO DE FREITAS TEREZINHA DE JESUS COUTINHO AYL GODINHO FILHO OLNEY FONTES RENATO LUCIO MACHADO LAIS HELENA B RIBEIRO SOUBHIA MARCELO GRANDINI SILAS DIRCEU PONTES MELLO MILENA ROSSI FERREIRA LACERDA DANIELA DIAS PAIVA PORTO LEMES FELIPE CAUDURO SALGADO SUELY DE OLIVEIRA SALAN ADRIANE HERCULANO DAMASIO JOAO EDUARDO DE CASTRO NOGUEIRA RODRIGO ANDRAUS DA SILVA DENILA VANESSA AIELLO DA SILVA JAMILE MARIA DE AGUIAR VARGAS THAIS IWAMOTO COLACIOPPO CARLA PEROZINI ROSSI DO CARMO ELIANE CRISTINA VASCONCELLOS TELMA REGINA MARIOTTO ZAKKA ERICA BUDAY DE OLIVEIRA MARNET JOSIANE AGUIAR ANDRADE BARONE ANTONIO JAVIER SALAN MARCOS LEANDRO CALIL CANFUR LUIZ FERNANDO R GONCALVES JOEL FERNANDEZ DE OLIVEIRA JULIANA FEIJO SANTOS RODRIGO DONALISIO DA SILVA HAMILTON ALVES BONNO LILIAN ROSA DAHER MACRI MARIANA ABRAHAM GOFFI

30 31

MARTA DARAKJIAN TAVARES ALVARENGA SIMOES GREGORIO LORENZO ACACIO TARSILA MARA FREZZATO MURAKAMI PINTO CHRISTINE ASSI FREIRE MARTINS GUILHERME DE FARIA PINHEIRO JORGE MIGUEL KATHER NETO MAURICIO CESAR DE MAMBELI BARROS TANIA APARECIDA RODRIGUES FERNANDES

ANIVERSARIANTES DE AGOSTO 01 02 03 04 05 07 08 09 10 12 13 15 16 17 18 19 20 21 23 24 26 27 29 30 31

BERENICE DI ANGELIS COELHO ELLEN BINOTTO DE CASTRO CAMILA RENATA MARCONDES MIRANDA NELSON PANNO VALISE BRUNA FARABULINI GODOY GIULIANA MAHFUZ CORREA HUGO DI DOMENICO CAROLINA MARDEGAN NATASSIA CEMBRANELLI AIELLO MARCOS FRANCISCO DIAS MARTINS SERGIO TAKASHI HIGUCHI DIMITRI MONTEIRO DE PAULA GUIRADO LUIZ ANTUNES REIGOTA CLAUDIO RUGGERI DIANA FERRAZ JUNQUEIRA LEANDRO CAMILLE SANTOS GAVINIER DENIS MARIOTTO SANTANA MICHELE DE FATIMA ARRUDA OLIVEIRA DE SOUZA JANE CRISTINA EBRAM ADLER LILIANA POZZI ELISANGELA MANFREDINI ANDRAUS DE LIMA MARIA SOCORRO ALENCAR AUREA REGINA RODRIGUES ANETE NATALINA COSENZA CESAR DE OLIVEIRA KEILA CRISTINA MARTINS SILVA MACEDO BRINER CASTELLI AZEVEDO BRUNO ARANTES MONTEIRO SERGIO LUIZ MOREIRA DA SILVA RAPHAEL AUGUSTO LENSKYTE HABENSCHUS BRAGA RICARDO NORBERTO TINEO RAFAEL NOGUEIRA FIGUEIREDO SILVIO ROBERTO RECHDAN DARICK MORAES SALIM ALI GABRIELA DA SILVA MORAIS TIAGO ARRUDA MAXIMO RAFAEL DE MOURA CAMPOS RICARDO DE BARROS RIBEIRO WELLINGTON MANFIO CORREA MARCO ANTONIO LUCIANO RAFAEL SPADA REBECHI

27


Revista APM Taubaté - 7ª edição  

Revista Associação Paulista de Medicina - Regional Taubaté - 7ª edição

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you