__MAIN_TEXT__

Page 1

Julho/Setembro de 2020 - edição nº 39

Prestação de contas

Polícia doa balanças apreendidas à UTI Neonatal do HSC

Pág. 3

Hospital recebe repasses de emendas diversas

Pág. 4

Hospital Santa Cruz disponibiliza, em seu site, um canal com o objetivo de informar a comunidade sobre as doações e os investimentos realizados na Instituição, prezando pela transparência Pág. 9


Divulgação

Editorial As restrições impostas para o enfrentamento à Covid-19 (Coronavírus) continuam impactando o dia a dia do Hospital Santa Cruz. Com isso, a presente edição do Informativo HSC será novamente online, evitando assim a circulação de material impresso na comunidade, como em salas de espera de hospitais, clínicas, consultórios, empresas e demais entidades. Em consequência à pandemia, a edição 39 do informativo dedica ainda espaço para notícias de doações da comunidade e repasses de emendas parlamentares, muitas delas com recursos destinados ao atendimento de casos de Covid-19. Os registros estão nas páginas 3, 4, 10 e 11. O suporte constante dos serviços e dos cursos da área da saúde da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) também se fazem presentes nas páginas 8 e 9. Mas apesar do ano atípico, que obrigou o Hopital a readequar sua estrutura e seus fluxos de atendimento, o Centro de Especialidades Médicas HSC firmou uma série de parcerias importantes, como a Imuniza Clínica de Vacinas e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS), Subseção Santa Cruz do Sul, e ainda lançou o Programa Amigo HSC Empresarial – Pessoa Jurídica, que oferece benefícios por meio de diferentes formas de contribuição mensal. O Centro também está constantemente ampliando sua oferta de especialidades e serviços e é destaque nas páginas centrais desta edição. Por fim, é importante ressaltar que o HSC continua desenvolvendo ações visando ao processo de Acreditação Hospitalar que a Instituição está participando junto à Organização Nacional de Acreditação (ONA), que certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente. As datas das consultorias e avaliações precisaram ser reagendadas devido à pandemia mas devem seguir até maio de 2021. Saúde a todos e uma boa leitura!

Colabore com o Informativo HSC. Opine, critique, dê sugestões ou participe com artigos e crônicas. O e-mail para contato é hsc@unisc.br.

HSC celebra Dia Mundial da Segurança do Paciente No dia 17 de setembro é comemorado o Dia Mundial da Segurança do Paciente, que este ano teve como tema Segurança do trabalhador de saúde: uma prioridade para a segurança do paciente. Para marcar a data, o Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente (Nigersp) do Hospital Santa Cruz, em parceria com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), promoveu atividades voltadas aos funcionários da Instituição. Durante o dia, integrantes do Núcleo passaram pelas unidades levando balas com frases relacionadas aos protocolos da segurança do paciente, parabenizando os funcionários pelo empenho em suas atribuições em prol do cuidado ao ser humano. Além disso, foram colocados cartazes e balões nos setores e a fachada do Hospital foi iluminada na cor laranja. Também foram disponibilizadas, gratuitamente, palestras online ofertadas pela Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente (Rebraensp), abordando diversos temas voltados para a segurança do trabalhador e do paciente ministrados por profissionais de todo o país. Mais informações sobre segurança do paciente no Hospital Santa Cruz podem ser obtidas acessando a página www.hospitalstacruz.com.br/ seguranca-do-paciente.

Expediente O Informativo HSC é uma publicação trimestral do Hospital Santa Cruz. Rua Fernando Abott, 174 - CEP: 96810-072 Santa Cruz do Sul/RS - Telefone: (51) 3713-7410.

Redação e Diagramação: Luciano Pereira Foto da capa: Junio Nunes

E-mail: hsc@unisc.br Site: www.hospitalstacruz.com.br

Comitê editorial Vilmar Thomé (diretor geral), Marcelo Zanettini Masella (diretor do corpo clínico), Egardo Orlando Kuentzer (diretor administrativo), Geraldo Richter (diretor técnico), Giana Diesel Sebastiany (diretora de ensino, pesquisa e extensão), Fernanda Ribeiro Gallisa (diretora de enfermagem), Eliane Hagemann Cauduro (gerente de controladoria) e Neijan Ercolani Konzen (gerente de hotelaria e serviços).

Coordenação Assessoria de Comunicação do HSC - Luciano Pereira, MTb 9234. Comercialização: Priscila Midon - Telefone: (51) 3713-7410 - E-mail: priscilamidon@unisc.br.

Apoio: Priscila Midon

Projeto gráfico: Case Marketing - Telefones: (51) 3056-2840 e 981640019 - E-mail: suzi@casemkt.com. Circulação: Online

pág. 02 EDITORIAL


Balanças de alta precisão apreendidas em operações da Polícia Civil contra o tráfico de entorpecentes serão usadas agora para ajudar a salvar vidas de pequenos pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Santa Cruz. A primeira delas foi entregue à direção da casa de saúde no dia 27 de agosto pelo delegado regional da Polícia Civil do Vale do Rio Pardo, Luciano Menezes. Segundo a médica plantonista da UTI Neonatal e Pediátrica do Hospital, Fabiane Rosa de Souza, as balanças de alta precisão serão fundamentais no preparo e dosagem mais precisa da alimentação dos bebês internados na UTI Neonatal. “As doses aplicadas de complemento nutricional no leite materno são tão pequenas a ponto de não ser possível pesar em balanças convencionais”, justifica. Conforme Fabiane, a balança repassada pela Polícia Civil tem capacidade de 0,1g - 500g. “Foi realizada a compra de outro equipamento no passado, mas muito instável para uso”, reitera. “A dose de complemento para um bebê em UTI pode chegar a 1 grama para cada 25ml de leite materno, e assim proporcionalmente, mas quem toma 10ml necessita de um valor fracionado, que não se con-

Luciano Pereira

Balanças apreendidas pela polícia são repassadas à UTI Neonatal do Hospital

segue mensurar em uma balança comum”, explica. A iniciativa de entrar em contato com Menezes partiu da médica, após ouvir uma reportagem na rádio sobre uma operação da polícia que prendeu traficantes e apreendeu vários materiais, entre eles balanças de alta precisão. Ela conta que fez contato com a direção do HSC, que encaminhou para a assessoria de projetos e captação de recursos da Instituição, responsável pela tramitação.

“Não imaginava que esse equipamento fosse tão útil para o hospital”, disse Menezes. “Que essa iniciativa possa servir de exemplo para outros hospitais e para outras delegacias de polícia”, destacou ele durante a doação. O delegado adiantou que, em breve, outra balança deve ser entregue ao HSC. Ao final, o diretor geral da Instituição, Vilmar Thomé, e o diretor administrativo, Egardo Kuentzer, entregaram um ofício de agradecimento a Luciano Menezes.

Delegacia Penitenciária doa 500 máscaras ao HSC O Hospital Santa Cruz recebeu, no dia 24 de setembro, a doação de 500 unidades de máscaras de proteção individual produzidas por apenadas do Presídio Estadual de Santa Cruz do Sul (PESCS) e do Presídio Estadual Feminino de Lajeado (PEFL). O material foi entregue pela equipe diretiva da 8ª Delegacia Penitenciária Regional (DPR) ao diretor geral da casa de saúde, Vilmar Thomé, que visitou a sede da delegacia acompanhado da assessora de projetos e captação de recursos da Instituição, Luiza Machado Lima Knak, do assistente de projetos e captação de recursos,

Evandro Leal Melo, e da coordenadora de relacionamento e serviços, Carolina Galan de Lima. No encontro a equipe do Hospital também apresentou o Projeto Revitaliza HSC, que tem como objetivo ampliar e restaurar as estruturas da Instituição com o auxílio da comunidade. Desde o mês de maio as apenadas do PESCS já produziram mais de 18 mil unidades de máscaras de proteção individual. No PEFL, foram mais de 28 mil. A produção segue os rigorosos critérios da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e o material utilizado é proveniente de doações da comunidade.

O trabalho prisional, além de dar uma formação profissional às pessoas presas e mantê-las ocupadas, possibilita a elas a remição da pena, além de, nesse caso, a satisfação de prestarem uma ação solidária, o que se enquadra dentro das políticas da Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Também propicia o retorno ao convívio social da população carcerária com possibilidades de se reenquadrarem no mercado de trabalho, ressignificando suas vidas.

COMUNIDADE pág. 03


O Hospital Santa Cruz recebeu, no início de julho, três repasses de emendas parlamentares para diferentes destinações. No dia 8, o deputado federal Marcelo Moraes (PTB) repassou emenda de bancada no valor de R$ 150 mil. Os recursos foram destinados para ações de custeio de média e alta complexidade da Instituição. Segundo a direção do Hospital, o valor representa a cobertura de 3 mil consultas ou 1.666 exames cardiovasculares. No mesmo dia, o HSC recebeu o repasse de emenda de bancada do deputado federal Heitor Schuch (PSB), no valor de R$ 500 mil. Estes recursos também foram usados para o custeio de média e alta complexidade e equivalem à cobertura de 360 diárias de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto ou 1.953 atendimentos de urgência e emergência. Já no dia 7 de julho ocorreu o repasse de emenda de Bancada Estadual no valor de R$ 100 mil, destinada para custear ações de enfrentamento à Covid-19. Com os recursos foram adquiridos medicamentos e materiais hospitalares e de proteção, além de itens de higiene e limpeza. Em agosto Moraes destinou mais R$ 1 milhão à Instituição e o deputado federal Danrlei de Deus Hinterholz (PSD) R$ 500 mil. Estes valores foram utilizados em ações de custeio da Unidade de Cuidados Respiratórios (Covid-19) do Hospital. O valor repassado por Danrlei representa a cobertura de 360 diárias de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, 504 diárias da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal ou 1.953 atendimentos de urgência e emergência. Já o repasse destinado por Moraes em agosto é equivalente a 720 diárias de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, 1.008 diárias da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal ou 3.906 atendimentos de urgência e emergência. Por fim, o Hospital Santa Cruz rece-

Fotos: Luciano Pereira

Hospital recebe repasses de emendas parlamentares diversas

beu, no dia 11 de setembro, o repasse de emenda parlamentar do deputado federal Ubiratan Sanderson (PSL), no va-

pág. 04 CAPTAÇÃO DE RECURSOS

lor de R$ 500 mil. Os recursos também foram destinados para ações de custeio no enfrentamento à Covid-19.


O Hospital Santa Cruz promoveu em agosto atividades com o objetivo de reforçar a campanha do Agosto Dourado, dedicada às ações de apoio, incentivo e conscientização sobre a importância do aleitamento materno. Em virtude da pandemia, as atividades deste ano tiveram que ser repensadas e adiadas. Mesmo assim, foram desenvolvidas ações na segunda quinzena de agosto, como a decoração da maternidade e distribuição de bombons e cartões personalizados às mães que deram à luz no Hospital e às que estavam com bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). A campanha que incentiva e valoriza ações de apoio à amamentação começou a ser idealizada em 1990, durante um encontro entre a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Na ocasião foi elaborado um documento, a Declaração de Innocenti, que tratava um apoio ao aleitamento materno, assinado pelos países participantes. Em 1991 fundou-se a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação e, no ano seguinte, foi criada a Semana Mundial do Aleitamento Materno, com a participação de aproximadamente 120 países. No Brasil, o Ministério da Saúde realiza desde 1999 atividades para celebrar, incentivar, apoiar e promover o aleitamento materno. O mês escolhido foi agosto e o nome da campanha ficou conhecido como Agosto Dourado, cor definida pela OMS por considerar o leite materno como “alimento ouro” para a saúde dos bebês. Segundo a médica pediatra rotineira da maternidade do HSC, Carolina Damasceno, “o Agosto Dourado desperta nas pessoas a curiosidade sobre o assunto, sendo uma oportunidade de disseminar informação de qualidade e conscientizar a todos”. Para a consultora em aleitamento materno e fonoaudióloga da Instituição, Isabel Berger, o leite materno favorece o vínculo afetivo entre mãe e

Priscila Midon

HSC realiza atividades alusivas ao mês da amamentação

bebê e é o alimento ideal até os seis meses de idade. “Ele supre todas as necessidades nutricionais e imunológicas, protegendo o bebê contra alergias e infecções e evitando problemas como desnutrição, diarreias, pneumonias, otites e meningites, além dos aspectos emocionais e econômico-sociais”, explica Isabel. As profissionais ressaltam ainda que o bebê alimentado com leite materno apresenta melhor desenvolvimento cognitivo, pois recebe nutrientes especiais no desenvolvimento do cérebro. Além disso, a sucção no seio materno promove adequado desenvolvimento dos músculos de ossos da face, reduzindo problemas futuros de fala, respiração e mastigação. “A amamentação é um dos melhores investimentos para a vida do bebê”, acrescenta Carolina. A enfermeira da maternidade do Hospital, Miriam Moron, reforça que para ter

sucesso no processo é necessário persistência, paciência e muita determinação. “Nesse delicado momento algumas dificuldades surgirão”, alerta. “Entretanto, é necessário um comprometimento e apoio de toda a família, assim como a informação e preparação são assuntos e ações que devem ser iniciados durante a gestação”, orienta a enfermeira. Conforme as profissionais, estar envolvidas neste processo de auxiliar mamães e papais nos primeiros dias se torna desafiador, pois, além das questões biológicas, é preciso olhar para a singularidade de cada mãe e compreender o momento que está sendo vivenciado. “A chegada de um recém-nascido em uma família é uma benção, tornando-se recompensador ajudar a mãe a se tornar capaz de nutrir seu filho, acolhendo seus medos, inseguranças e dificuldades e, no fim, ver o resultado desse trabalho no desenvolvimento das crianças”, avaliam.

CAMPANHA pág. 05


Pessoas jurídicas de qualquer ramo ou atividade podem disponibilizar aos seus funcionários e dependentes atendimento e descontos diferenciados no Centro de Especialidades Médicas do Hospital Santa Cruz. Para isso, basta aderir ao Programa Amigo HSC Empresarial – Pessoa Jurídica (http://amigohsc. com.br/), que oferece benefícios por meio de diferentes formas de contribuição mensal. Mediante adesão, os contribuintes usufruem de diversos benefícios e descontos, tais como consultas ambulatoriais particulares, exames por imagem no Centro de Diagnóstico e Intervenção por Imagem (CDII), exames laboratoriais, diárias de internação, medicamentos, serviços, procedimentos e materiais simples hospitalares, além de benefícios e descontos em mais de 70 estabelecimentos parceiros. Os exames, quando necessários, são encaminhados e agendados no próprio Centro de Especialidades. O local conta atualmente com as especialidades médicas de cardiologia, cirurgia cardíaca, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica reparadora, cirurgia vascular, clínica geral, dermatologia, gastroenterologia, gastropediatria, ginecologia/obstetrícia, infectologia, neurologia, oftalmologia, oncologia clínica, otorrinolaringologia, pediatria, pneumologia, psicologia, proctologia, urologia e traumato-ortopedia, além dos serviços de fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e odontologia. O Centro dispõe também da realização de exames de espirometria e de ECG, além do serviço de vacinação em parceria com a Imuniza Clínica de Vacinas. O atendimento no Centro de Especialidades ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, de forma eletiva, particular e mediante agendamento, na rua Marechal Deodoro 855, telefones 37137464 e 98057-2114 e site http://centrode especialidadeshsc.com.br. Mais informações pelo telefone (51) 3713-7493 e/ ou pelo e-mail amigohsc@unisc.br.

pág. 06 MANCHETE

Luciano Pereira

Centro de Especialidades Médicas disponibiliza o Amigo HSC Empresarial

Convênio com a OAB/RS oferece descontos em consultas e exames A Caixa de Assistência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS), Subseção Santa Cruz do Sul, e o Hospital Santa Cruz assinaram, no dia 13 de agosto, um convênio que confere descontos de 10% em consultas e serviços do Centro de Especialidades Médicas e em exames do Centro de Diagnóstico e Intervenção por Imagem da casa de saúde (CDII). O convênio é válido para todos os advogados inscritos na OAB e seus dependentes e é aplicado mediante a apresentação, pelo advogado e estagiário, da carteira da Ordem e, pelos dependentes, do cartão da CAA/RS acompanhado da carteira de identidade. O CDII dispõe dos exames de radiologia, mamografia, ultrassonografia, ecocardiografia e ecodoppler vascular, tomografia, ressonância magnética, medicina nuclear, entre outros. Já o Centro de Especialidades Médicas do HSC conta com 27 opções de consultas médicas e de serviços oferecidos de forma eletiva, ou seja, mediante agendamento prévio. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Para a presidente da OAB/RS Subseção Santa Cruz do Sul, Rosemari Hof-

meister, o Hospital Santa Cruz conta com uma estrutura completa para atender às necessidades da entidade. “Estamos muito felizes com essa aproximação entre a OAB e o Hospital”, disse. “Nosso sonho é transformar o Centro de Especialidades Médicas em um centro de referência para os nossos membros”, destacou Rosemari, que estava acompanhada da subdelegada da Caixa de Assistência da OAB/RS Subseção Santa Cruz do Sul, Vanessa Kehl Menchen. O diretor geral do HSC, Vilmar Thomé, agradeceu a confiança da OAB/ RS. “A nossa responsabilidade é grande”, apontou. “Uma parceria onde ambas as partes buscam a excelência em seus objetivos, a OAB em prestar a melhor assistência aos seus membros e nós em oferecer o melhor serviço aos usuários”, complementou Thomé. Também estavam presentes o diretor administrativo Egardo Kuentzer; o assessor administrativo do CDII, Felipe dos Santos; a assessora de projetos e captação de recursos, Luiza Machado Lima Knak; e a coordenadora de relacionamento e serviços da Instituição, Carolina Galan de Lima.


HSC e Imuniza também firmam convênio Luciano Pereira

O Centro de Especialidades Médicas do Hospital Santa Cruz e a Imuniza Clínica de Vacinas assinaram, no dia 14 de agosto, um convênio para oferecer o serviço de vacinação na casa de saúde. Com a novidade, cadastrados no Programa de Fidelidade Amigo HSC passaram a ter descontos exclusivos também nas vacinas disponibilizadas pela Imuniza. Os agendamentos para vacinação podem ser feitos por meio dos telefones (51) 3713-7464 e 98057-2114 ou pessoalmente no Centro de Especialidades do HSC. Para a proprietária da Imuniza, enfermeira Fernanda Bastos, a parceria tem como objetivo possibilitar mais um acesso às vacinas da Clínica Imuniza, oferecendo ainda mais praticidade e comodidade. “As iniciativas da Clínica Imuniza são sempre pensando no bem estar e na proteção da comunidade de Santa Cruz e região”, avaliou Fernanda.

MANCHETE pág. 07


A Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc), por meio do Hospital Santa Cruz, firmou, no dia 7 de julho, um convênio com a startup DokaLab CX - Experiências & Soluções Digitais, com a Copacabana Tecnologia da Informação e com a agência Respira Comunicação para o desenvolvimento e implantação de um software de monitoramento de sintomas fisiológicos junto aos profissionais que atuam no combate à Covid-19 na casa de saúde. O Projeto Linha de Frente tem como objetivo quantificar e qualificar as informações que definem o estado físico e mental de saúde do indivíduo, tais como fadiga operacional, risco infeccioso, ansiedade, depressão e síndrome do pânico. O sistema funciona como tele saúde ocupacional por meio da emissão de mensagens de alerta via WhatsApp, SMS, e-mail, slack e outros. O indivíduo, que não precisa estar doente, utiliza uma pulseira eletrônica inteligente por 24h, possibilitando a coleta do batimento cardíaco e de suas movimentações diurnas e noturnas, gerando relatórios e atualizações automáticas e sem limite no número de usuários. Os resultados são monitorados e permitem, assim, oferecer mais segurança aos profissionais. “Com a plataforma temos um armazenamento dos dados coletados pelas pulseiras, construindo um histórico de dados de cada usuário que se transforma em sua 'impressão digital'", explicou Rogério Augusto Pereira, diretor da DokaLab CX. “É o mais moderno e completo serviço de monitoramento preditivo. Um sistema de coleta de sinais biomédicos e análise inteligente para extração de informações relevantes aos profissionais da saúde a fim de avaliar objetivamente a equipe de trabalho”, acrescentou. Pereira reforçou ainda que o sistema nervoso autônomo desempenha um papel importante na regulação dos processos fisiológicos do organismo humano, tanto em condições normais quanto patológicas. “As variações de frequência

Luciano Pereira

Convênio permite monitorar sintomas fisiológicos em profissionais do HSC

cardíaca e transtornos no sono podem detectar a probabilidade de comprometimento da saúde e processos inflamatórios antes mesmo da instalação da doença”, disse. Segundo a sócia da Respira Comunicação, Janaína Machado, o projeto trabalha com criptografia de ponta a ponta e segurança da informação com acesso remoto e privativo seguindo os termos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), tudo em servidor e disponibilidade padrão AWS da Amazon. Para isso, a DokaLab conta com a parceria da startup de telemedicina Ez-Rest. “Esperamos que este seja apenas o início para grandes feitos”, ressaltou Janaína. “Visualizamos futuros projetos considerando que a inovação e tecnologia aliadas aos estudos e conhecimentos proporcionados pelo Hospital Santa Cruz só virão a aumentar a longevidade e a qualidade de vida das pessoas”. O convênio garante o monitoramento voluntário e gratuito por quatro meses ou durante o período da pandemia. Os profissionais serão selecionados pelos gestores e o acompanhamento será feito pela equipe do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Me-

pág. 08 DESENVOLVIMENTO

dicina do Trabalho (SESMT) da Instituição. O diretor administrativo do Hospital, Egardo Kuentzer, agradeceu à iniciativa da DokaLab. “Acreditamos no uso da tecnologia em prol da saúde e nos colocamos também à disposição dos parceiros do projeto”, salientou. A reitora da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e presidente da Apesc, Carmen Lúcia de Lima Helfer, destacou o uso da tecnologia a serviço do cuidado da saúde das pessoas, em especial àquelas que se dedicam a cuidar da saúde dos outros, e agradeceu o empenho de todos que se envolveram nessa parceria. “É uma área que queremos expandir cada vez mais, no desenvolvimento de tecnologias em prol da saúde, em parceria com empresas”, citou a reitora. Também estavam presentes na solenidade, representando o HSC, o diretor geral Vilmar Thomé, a diretora de enfermagem Fernanda Ribeiro Gallisa, o médico do trabalho Éder Gassen e a coordenadora de recursos humanos, Fernanda Haas. Pela Unisc participaram a diretora de inovação e empreendedorismo, professora Andreia Rosane de Moura Valim, e o coordenador do TecnoUnisc/Itunisc, professor Rafael Kirst.


Estudantes do último ano do curso de Fisioterapia da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) elaboraram um sistema que fornece pressão positiva aos pulmões, conhecido como EPAP em selo d´água. A sigla EPAP significa “pressão positiva ao final da expiração” (Expiratory Positive Airway Pressure) e promove a reexpansão de áreas pulmonares previamente colapsadas, sendo indicada a pacientes após quadro pneumômico ou de injúria pulmonar, como aquela subsequente à infecção pela Sars-CoV-2. O dispositivo é confeccionado com material de baixo custo em substituição às tradicionais máscaras de EPAP comercializadas, que muitas vezes apresentam-se com valor elevado. E com o objetivo de prover aos sobreviventes da Covid-19 uma recuperação domiciliar mais acelerada, os formandos do curso de Fisioterapia confeccionaram nove dispositivos, sob orientação da professora Dulciane Paiva. Os mesmos foram doa-

Divulgação

Fisioterapia da Unisc constrói e doa ao HSC sistema de reexpansão pulmonar

dos à Unidade de Cuidados Respiratórios do Hospital Santa Cruz, aos cuidados das fisioterapeutas residentes Litiele

Evelin Wagner e Solange Schio Lanza, do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde (PRMS) da Instituição.

HSC disponibiliza prestação de contas de 2020 O Hospital Santa Cruz está disponibilizando, em seu site, um canal de prestação de contas dos recursos recebidos pela Instituição ao longo de 2020. O objetivo, segundo o diretor geral da casa de saúde, Vilmar Thomé, é informar a comunidade sobre as doações e os investimentos realizados no Hospital, prezando pela transparência.

O canal pode ser acessado na página inicial do site www.hospitalstacruz. com.br. O conteúdo está dividido em quatro partes: Projetos Institucionais, com o Programa de Fidelidade Amigo HSC, o Projeto Bem na Tampa, o Programa Nota Fiscal Gaúcha e o Projeto do Lino; Emendas Parlamentares, com todos os recursos repassados por deputados e

senadores e a representação dos valores em cobertura de serviços e os materiais adquiridos; Doações do Rotary, do Lions, de outras entidades e via imposto de renda; e Convênios e Contratos, que reúne os repasses governamentais em níveis federal, estadual e municipal, o auxílio emergencial do Ministério da Saúde e as ações de enfrentamento à covid-19.

GERAL pág. 09


Luciano Pereira

Higiene de mãos ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

O Hospital Santa Cruz realizou ao longo do mês de setembro capacitações internas sobre a prática de higiene de mãos. A atividade foi desenvolvida pelas equipes da Segurança do Paciente - Meta 5, pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt) e pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) da Instituição. Na oportunidade, os colaboradores receberam um frasco de álcool gel com o slogan “Higienize suas mãos, evite doenças”, usado na capacitação e posteriormente para seu uso pessoal. Foram revisados os momentos oportunos e a técnica adequada para a higiene de mãos com qualidade. Conforme a enfermeira da CCIH, Eliane Krummenauer, responsável pelas capacitações, para orientar essa prática existem diretrizes de segurança do paciente que precisam ser aplicadas no dia a dia. Esses passos foram revisados com os colaboradores de todas as áreas da Instituição, em todos os turnos de trabalho, nos meses de agosto e setembro de 2020. Divulgação

Reunião Científica ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

A cirurgiã geral e do trauma Dóris Lazzarotto Swarowsky, professora do curso de Medicina da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e integrante do corpo clínico do Hospital Santa Cruz, foi uma das debatedoras da 19ª Reunião Científica do Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC), realizada de forma online na noite do dia 3 de agosto. O evento teve como tema Terapia abdominal com pressão negativa e fístulas enterocutâneas, com o médico cirurgião e secretário geral da Sociedade Brasileira de Atendimento Integral ao Politraumatizado (SBAIT), Marcelo Ribeiro. Doação I

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

O setor de Farmácia do Hospital Santa Cruz recebeu no mês de agosto a doação de propofol e dexmetomidina (sedativos) e fentanila (medicamento opióides), todos utilizados em cirurgias e intubação. As doações foram do Ministério da Defesa - Exército Brasileiro e recebidas pela equipe da Farmácia da Instituição. Luciano Pereira

Doação II ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

O Hospital Santa Cruz entregou, no dia 21 de setembro, um ofício de agradecimento à Bitencourt Corretora de Seguros pela doação de 3 mil unidades de frascos de álcool em gel, de 550 ml cada, em parceria com a empresa Mundial S.A. por meio da sua marca de produtos Impala. Os produtos serão utilizados nas ações de combate à Covid-19. A corretora foi representada no encontro por Eduardo Bitencourt e Marcos Kessler, recebidos no Hospital pelo diretor geral, Vilmar Thomé, pela assessora de projetos e captação de recursos da Instituição, Luiza Machado Lima Knak, e pelo assistente de projetos e captação de recursos, Evandro Leal Melo. Doação III ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

No dia 20 de agosto a direção da Bitencourt Corretora de Seguros também doou 74 livros infantis para a Pediatria do HSC, arrecadados pela equipe da empresa.

pág. 10 NOTAS


Luciano Pereira

Acreditação I

HSC apresenta compras com recursos do Sicredi A convite da direção do Hospital Santa Cruz, representantes da Cooperativa de Crédito Sicredi Vale do Rio Pardo visitaram a Instituição nesta segunda-feira, dia 10, para conhecer os equipamentos adquiridos com os recursos doados pela cooperativa via Fundo Social. O montante, no valor de R$ 114.804,00, foi utilizado na compra de três monitores multiparamétricos, três camas hospitalares elétricas especiais para UTI e três colchões, destinados para a Unidade de Cuidados Respiratórios (Covid-19) do HSC. De acordo com o presidente da Sicredi VRP, Heitor Álvaro Petry, desenvolver ações em conjunto com a comunidade faz parte da essência da Sicredi e do cooperativismo. “Historicamente nosso propósito é de ajudar, ainda mais em um momento tão delicado como o que estamos vivendo”, disse. “Temos certeza que os recursos foram aplicados da melhor forma”, salientou. Na oportunidade, o diretor geral do HSC, Vilmar Thomé, entregou um ofício de agradecimento a Petry e reforçou que todos os investimentos realizados durante o momento de pandemia serão incorporados à Instituição e, após esse período, seguirão à disposição da comunidade. “É uma contribuição generosa e sábia, que vai ao encontro das necessidades dos hospitais”, enfatizou Thomé. “São atitudes que servem de exemplo, com o envolvimento de todos, parceria e disponibilidade”, acrescentou. A diretora de Enfermagem do Hospital, Fernanda Ribeiro Gallisa, aproveitou o momento para explicar o funcionamento do monitor multiparamétrico e falar sobre a importância do equipamento no tratamento de pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Também estavam presentes, pelo HSC, o diretor administrativo Egardo Kuentzer e o assistente de projetos e captação de recursos, Evandro Leal Melo. A Sicredi estava representada ainda pelo vice-presidente Pedro Carlos Thessing, pelo diretor executivo Márcio Allgayer e pelo assistente de comunicação Felipe Siebert.

Com o objetivo de fortalecer o processo de Acreditação Hospitalar no HSC, foi realizado no dia 28 de agosto um encontro com os serviços terceirizados voltados aos processos assistenciais. Na ocasião estavam presentes laboratórios de análises clínicas, laboratórios de patologia e serviço de hemoterapia, juntamente com representantes da Assessoria da Qualidade, do Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente e da Assessoria Jurídica da Instituição. Os assuntos abordados no encontro foram o processo de gestão das ocorrências, notificações de eventos e não conformidades, além também da divulgação das políticas institucionais. A gestão de ocorrências atende aos requisitos estabelecidos pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e pela RDC Nº 36, de 25 de Julho de 2013, que institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde por meio da identificação, da análise, da avaliação, do monitoramento e da comunicação dos riscos no serviço de saúde, de forma sistemática. Segundo a ONA (2018), políticas são diretrizes gerais que expressam os parâmetros dentro dos quais as ações da Instituição e de seus integrantes devem se desenvolver, no cumprimento da missão para o alcance da visão. Devem ser coerentes com a ética e com os valores institucionais. Estas parcerias e comunicação objetivam o atendimento integral e humanizado aos pacientes proporcionando uma assistência qualificada e segura aos pacientes.

Acreditação II O Hospital Santa Cruz vem trabalhando intensamente em ações na busca da Acreditação Hospitalar ONA e, recentemente, movimentou esforços para otimizar e fortalecer o Plano de Alta Multidisciplinar. Inicialmente, o grupo formado por várias áreas como enfermagem, nutrição, farmácia, fisioterapia, serviço social, psicologia clínica e fonoaudiologia vem se encontrando para discutir e organizar a melhor forma de trabalhar para que o planejamento da alta do paciente seja ainda mais qualificada, instrutiva e com segurança. É uma ferramenta importante que se soma ao Plano Terapêutico Médico. O plano de alta é considerado o momento em que a equipe de saúde se reúne com o paciente e seu cuidador/familiar para realizar orientações referentes às áreas específicas relacionadas aos cuidados necessários e às técnicas de procedimentos, e também aos encaminhados de forma geral. Podem ser oferecidas tanto por escrito quanto verbalmente, sendo destinadas a recapitular as demandas e os cuidados que foram realizados durante a internação para a continuidade no domicílio. Tem como objetivos aumentar a capacidade do autocuidado, fortalecer a adesão ao tratamento, reduzir a frequência de hospitalizações e estreitar a comunicação entre o hospital e o cuidado fornecido aos pacientes. O encontro inicial foi abordado pela assessora técnica Rafaela Vedovelli, do projeto Qualificar.

INSTITUCIONAL pág. 11


Fotos: Luciano Pereira

Bolachas especiais dão mais sabor às tardes de sábado no HSC Bolachas caseiras produzidas por funcionárias da cozinha do Hospital Santa Cruz tem deixado mais saborosas as tardes de sábado dos pacientes internados na Instituição. A iniciativa tem como objetivos amenizar a ansiedade, confortar e incentivar os pacientes a enfrentarem os desafios da internação. As bolachas, que são acompanhadas de cartões com mensagens de otimismo, são direcionadas aos pacientes das alas de internação adulto. A cada sábado, as irmãs Ilsi Neumann (65) e Neli Müller (66) se dedicam ao lanche da tarde produzindo diferentes tipos de bolachas, como amanteigadas, de mel, de champagne, entre outras. Cozinheiras e responsáveis pela padaria do hos-

pág. 12

pital, após o trabalho na produção de pães e bolos elas ainda encontram tempo, paciência e dedicação para o preparo dos biscoitos. "Dá pra ver que elas fazem porque realmente gostam, não precisa nem pedir", contam as nutricionistas Carolina Antunes, Cinara dos Santos e Kelly Labres Figueiredo, do Setor de Nutrição e Dietética da Instituição. Quando Ilsi começou a trabalhar na padaria do HSC, há 38 anos, o costume de fazer biscoitos para os pacientes já existia em épocas de Páscoa e Natal. "A gente apenas deu continuidade", revela. Neli, com 41 anos de HSC e 29 na padaria, ressalta que a prática é um ato de carinho pelos pacientes. No café da manhã da maternidade também começaram a ser entregues, em

2020, bolachas em formato de coração com mensagens direcionadas às mães que deram à luz. “Nossas doceiras fazem parte da história do Hospital e estão sempre inovando para surpreender os pacientes”, elogia a gerente de hotelaria e serviços do HSC, Neijan Konzen.

Profile for Hospital Santa Cruz

Informativo Nº 39  

Informativo Nº 39  

Profile for ac_hsc
Advertisement