Page 1

Janeiro/Março de 2019 - edição nº 33

Acolhimento Iniciativa do centro cirúrgico da Instituição leva mais conforto e entretenimento aos pacientes pediátricos

Seja+HSC entrega premiação aos vencedores de 2018

Pág. 11

Centro Cirúrgico apresenta nova sala de espera

Pág. 5

Pág. 3


Fotos: Luciano Pereira

Editorial O personagem Lino e sua turma continuam colorindo o Hospital Santa Cruz e amenizando o medo e a ansiedade dos pequenos pacientes da Instituição. Agora eles fazem parte de um projeto idealizado dentro do bloco cirúrgico que arrecadou brinquedos para as salas de preparo e de recuperação e disponibiliza um carro estilizado usado no transporte das crianças até a sala cirúrgica. Na sala cirúrgica a criança é recepcionada com um banner infantil com ilustrações dos personagens Lino e Laila, como mostra a reportagem na página 3, ao lado. Esta foi uma das tantas iniciativas que o HSC tem implementado para atender de forma cada vez mais eficiente e resolutiva os pacientes que procuram os serviços da Instituição, além de oferecer mais conforto aos usuários e também aos familiares. Outra grande novidade nesse sentido foi a inauguração, em fevereiro, da nova sala de espera para acompanhantes do centro cirúrgico, ampliada e com muito mais conforto. Os detalhes estão na página 5 desta edição. Para que o Hospital possa estar sempre se modernizando e se reestruturando, são angariados recursos junto a emendas parlamentares da bancada gaúcha em Brasília e também em Porto Alegre, em especial de deputados da região. Também há campanhas institucionais, como o Amigo HSC, que dá direito a descontos em consultas ambulatoriais adulto, tanto na emergência como em diversas especialidades, internações e exames laboratoriais e de imagem, medicamentos e serviços em caráter particular. Também dispõem de opções de parcelamento e benefícios em mais de 70 estabelecimentos parceiros. Grupos de rotaries e lions também têm colaborado muito para a aquisição de móveis e equipamentos, assim como outras campanhas e doações da comunidade. Enfim, a presente edição também contempla diversas outras atividades de capacitação e desenvolvimento de funcionários e médicos da Instituição, como oficinas, cursos, treinamentos, jornadas e seminários, entre outros. A todos uma boa leitura! Colabore com o Informativo HSC. Opine, critique, dê sugestões ou participe com artigos e crônicas. O e-mail para contato é hsc@unisc.br.

Sala de Simulação - Os alunos do curso de Medicina da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) começaram a utilizar, no final de 2018, a nova sala de simulação junto à área acadêmica do Hospital Santa Cruz para treinamentos de cirurgias minimamente invasivas ou de videolaparoscopia. O espaço está localizado no laboratório de habilidades e a intenção, segundo a professora e cirurgiã Doris Lazaroto Swarowsky, é ampliar ainda mais o centro de treinamento.

Repasse - O Hospital Santa Cruz recebeu, no dia 27 de março, o repasse de R$ 150 mil referente a emenda parlamentar do deputado federal Henrique Fontana (PT). O recurso será aplicado na aquisição de equipamentos que serão utilizados em diferentes setores da Instituição. A entrega oficial foi feita ao diretor geral do HSC, Vilmar Thomé, pelo assessor Antônio Carlos Feijó Nunes, acompanhado do professor Luiz Augusto Costa a Campis, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

Expediente O Informativo HSC é uma publicação trimestral do Hospital Santa Cruz. Rua Fernando Abott, 174 - CEP: 96810-072 Santa Cruz do Sul/RS - Telefone: (51) 3713-7410.

Redação: Luciano Pereira

E-mail: hsc@unisc.br Site: www.hospitalstacruz.com.br

Comitê editorial Vilmar Thomé (diretor geral), Marcelo Zanettini Masella (diretor do corpo clínico), Egardo Orlando Kuentzer (diretor administrativo), Geraldo Richter (diretor técnico), Giana Diesel Sebastiany (diretora de ensino, pesquisa e extensão), Fernanda Ribeiro Gallisa (diretora de enfermagem), Eliane Hagemann Cauduro (gerente de controladoria) e Neijan Ercolani Konzen (gerente de hotelaria e serviços).

Coordenação Assessoria de Comunicação do HSC - Luciano Pereira, MTb 9234. Comercialização: Priscila Midon - Telefone: (51) 3713-7410 - E-mail: priscilamidon@unisc.br.

Diagramação: Luciano Pereira Apoio: Priscila Midon e Vanessa Back

Projeto gráfico: Case Marketing - Telefones: (51) 3056-2840 e 981640019 - E-mail: suzi@casemkt.com. Circulação: 1 mil exemplares

pág. 02 EDITORIAL


Um projeto iniciado no mês de março no Hospital Santa Cruz busca levar mais tranquilidade e entretenimento aos pacientes pediátricos que passam por procedimentos no centro cirúrgico da Instituição. Por meio de doações, diversos brinquedos são disponibilizados na sala de preparo e na sala de recuperação, além de dois carrinhos infantis que são utilizados para conduzir as crianças até o local da cirurgia. Na sala cirúrgica a criança é recepcionada com um banner infantil com ilustrações dos personagens Lino e Laila. O ambiente da sala de recuperação também foi decorado com ilustrações do livro do Lino para recepção das crianças no pós-operatório imediato, assim como os brinquedos que auxiliam no acolhimento. Estes materiais e brinquedos foram todos oriundos de doações, obtidas tanto pela professora e diretora de ensino, pesquisa e extensão do HSC, Giana Sebastiany, autora e criadora do Projeto Lino e Laila, como pela empresa Xalingo, que disponibilizou um dos carrinhos. A coordenadora de enfermagem do centro cirúrgico, enfermeira Carolini Oliveira da Silva, agradeceu o empenho das pessoas que colaboraram com a iniciativa. “Esperamos que o nosso maior objetivo, de acolher e diminuir o nervosismo das crianças e de seus pais, seja de fato concretizado”, aponta. Se depender do pequeno Miguel Wink,

Fotos: Luciano Pereira

Projeto do HSC visa tranquilizar as crianças no centro cirúrgico

de dois anos, o sucesso do projeto está garantido. Na manhã do dia 26 de março ele foi o primeiro paciente a usufruir do carrinho infantil para se deslocar da sala de preparo até a sala cirúrgica para um procedimento nas amígdalas. Para a mãe, Adriane Cegolini, foi uma ótima iniciativa do Hospital. “Ele ficou tranquilo, desde a sala de preparo, com os brinquedos, e depois com o carrinho”, elogia. “Ajudou muito, pois quando chegamos ele estava chorando, mas depois se acalmou”, conta a mãe. Miguel teve alta médica no dia seguinte.

EXTENSÃO pág. 03


As atividades beneficentes realizadas em 2018 pelo Lions Clube Santa Cruz do Sul – Aliança resultaram na aquisição de novos equipamentos para o Hospital Santa Cruz. No dia 11 de janeiro, uma comitiva entregou à área maternoinfantil da Instituição um babypuff de transporte e uma cama para os procedimentos de parto. De acordo com o presidente do Lions Aliança, Cássio Luís Luz, após avaliação das possibilidades do clube os materiais foram adquiridos em um investimento de mais de R$ 17 mil. “Nós sempre estamos abertos às entidades de Santa Cruz”, comentou. “É um prazer enorme poder ajudar e dar esse incentivo ao hospital”, disse. Ele acrescentou que o benefício acaba sendo revertido à comunidade, o que integra o objetivo da entidade. O montante foi fruto de atividades realizadas ao longo do ano, como os tradicionais chá das domadoras e galeto beneficente. As doações foram entregues às equipes do HSC. Conforme o diretor-geral do Hospital, Vilmar Thomé, os novos materiais possibilitam a continuação do trabalho de excelência realizado pelos profissionais. No local são realizados mais de 2 mil partos por ano. “Hoje Santa Cruz é

Priscila Midon

Lions entrega doações ao HSC

reconhecido como um dos municípios com a melhor saúde pública do Brasil, reflexo de um trabalho conjunto”, afirmou Thomé. Além de possibilitar qualificação e agilidade nos atendimentos, os novos equipamentos representam um diferencial. “A cama é a primeira com essa tecnologia no HSC”, afirmou a diretora assistencial Fernanda Gallisa. “Ela vai auxiliar a Instituição na continuidade dos trabalhos com foco no parto humanizado, uma das nossas políticas”.

O babypuff de transporte, por exemplo, é um equipamento portátil que tem a finalidade de auxiliar na reanimação neonatal. “Cerca de 10% dos recém-nascidos precisam de auxílio nas primeiras horas”, explicou a médica pediatra Luciana Cavalcante. “Esse equipamento de ventilação mecânica vai auxiliar a primeira respiração do bebê, o que representa evolução e melhoria no prognóstico”, concluiu a médica. (Fonte: Heloísa Poll, Gazeta do Sul)

O Rotary Club Santa Cruz do Sul realizou, no dia 12 de março, o repasse de R$ 5 mil ao Hospital Santa Cruz, recurso que foi arrecadado no Baile da Comenda Rotária. O cheque foi entregue pela presidente Nedi Weber Fontoura ao diretor geral da casa de saúde, Vilmar Thomé. Conforme o projeto apresentado pelo Hospital por meio de Edital de Chamamento Público, o recurso será utilizado na substituição de aparelhos de ar condicionado por novos modelos também como forma de redução do consumo de energia elétrica, contribuindo na diminuição de gases de efeito estufa. O prazo de execução do projeto é de três meses após a liberação dos recursos. Desde 2017 o HSC opera no merca-

Luciano Pereira

Hospital Santa Cruz recebe recursos do Rotary Club

do livre de energia, consumindo somente energia limpa e reduzindo, neste período, 83,42 toneladas de gás carbônico que eram jogados na atmosfera. Com a

pág. 04 CAPTAÇÃO DE RECURSOS

substituição dos aparelhos de ar condicionado mais antigos, a economia de energia será ainda maior e com uma menor produção de gás carbônico.


Hospital inaugura ampliação da sala de espera do centro cirúrgico Fotos:Luciano Pereira

O Hospital Santa Cruz realizou, no dia 14 de fevereiro, a cerimônia de inauguração da nova sala de espera do Centro Cirúrgico da Instituição. A obra teve início em outubro de 2018 com o objetivo de qualificar ainda mais o atendimento aos pacientes e de proporcionar um ambiente mais confortável aos seus acompanhantes e familiares. O custo total foi de R$ 129.079,43. A sala de espera do Centro Cirúrgico do HSC tem uma área de 100 metros quadrados, ambiente amplo e climatizado, com acomodações confortáveis, TV com canais por assinatura, WiFi, dois banheiros, sendo um deles com acessibilidade, espaço kids, máquinas de café e lanches, consultório para orientações médicas e uma recepcionista para orientações em geral. Ao todo são três ambientes de espera para pacientes particulares e de convênios, incluindo o Sistema Único de Saúde (SUS). O espaço também conta com uma sala para informações aos acompanhantes e familiares e três atendentes de recepção em turnos alternados. O horário de funcionamento será das 6h às 22h. A cerimônia contou com a presença do secretário de saúde do município, integrantes do Conselho Municipal de Saúde, médicos, direção e funcionários da casa de saúde, entre outras autoridades.

INFRAESTRUTURA pág. 05


Hospital Santa Cruz e Unisc formam turmas de residentes A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e o Hospital Santa Cruz realizaram, em fevereiro, as solenidades de certificação das turmas de residentes do Programa de Residência Médica e do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Instituição. Os eventos ocorreram no auditório do curso de Medicina, localizado junto à unidade acadêmica do Hospital, nos dias 22 e 27, respectivamente. O Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do HSC iniciou suas atividades em 2014 e formou sua quarta turma. A cada ano são oferecidas 20 bolsas por meio do Ministério da Saúde, distribuídas nas áreas de Nutrição (duas), Fisioterapia (quatro), Enfermagem (quatro), Farmácia (quatro), Psicologia (duas), Odontologia (duas), Educação Física (uma) e Serviço Social (uma). A duração do programa é de dois anos, com atividades desenvolvidas nas dependências do Hospital, da Unisc e da Secretaria Municipal de Saúde, parceiros na implantação do programa. Estavam presentes na solenidade de certificação a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Unisc, professora Andréia Rosane de Moura Valim, representando a reitora da Universidade e presidente da Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc), professora Carmen Lúcia de Lima Helfer, além das professoras Dulciane Nunes Paiva e Karine Vanessa Perez, coodenadora e vicecoordenadora, respectivamente, da Comissão de Residência Multiprofissional (Coremu). O HSC foi representado pelo seu diretor administrativo, Egardo Kuentzer, e pela diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão Giana Sebastiany. Já o Programa de Residência Médica do HSC conta com as especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Medicina de Família e Comunidade. A duração é de dois anos, com exceção de Ginecologia e Obstetrícia, que é três.

pág. 06 MANCHETE

Luciano Pereira

CONCLUINTES DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA Camila Schafer Francine Henn Simoni Lopes Peixoto Ramona Paula Fernandes Reckziegel Pedro Jackson Lima dos Santos Giovani Commanduli Robson Antonio Gonçalves Frederico Ribeiro Simch Augusto Faller Gustavo Lanzanova Dure

A solenidade de certificação da oitava turma de residentes médicos contou com a presença da professora e diretora de ensino, pesquisa e extensão do HSC, Giana Sebastiany, representando o Hospital, e do coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme), Marcelo Carneiro. Também estavam presentes a supervisora do Programa de Residência Médica em Cirurgia Geral, Dóris Medianeira Lazaroto Swarowsky; a supervisora do Programa de

Viliam Gustavo Weber Gabriel Freire Bruxel Aline Hepp Weber Frederico Bartz Noy Flavia Garcia de Garcia Horbach Anna Carolina Aurelio Peres Anna Carolina Nogueira Simch Jenifer Grotto de Souza Lisandra Aline Martinelli.

Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, Adriana Funk, e o vice-supervisor Leandro Luis Assmann; e a supervisora do Programa de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade, Izadora Joseane Borrajo Moreira. Entre os convidados estavam familiares e amigos dos residentes e funcionários do Hospital Santa Cruz. No dia 1º de março iniciaram as atividades das novas turmas de residentes do Hospital Santa Cruz.


CONCLUINTES DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE Divulgação

Educação Física - Caroline Lúcia Stulp Enfermagem - Bruna Leticia da Silva - Fernanda dos Santos Iochims - Marcia Olinda Aparecida Luft Farmácia - Evelin Wegner - Julia Luiza Kern - Luiz Eduardo Bulegon Brondani - Marina Gassen Fisioterapia - Bárbara da Costa Flores - Vanessa de Mello Konzen - Liana Pereira Barccelos - Cassiane de Mendonça Braz Nutricão - Jaqueline Faber Rech - Taismara Silveira Serviço Social - Carlos Stavizvki Junior

Odontologia - Bibiana Moreira Carvalho - Maiara Conrad Daniel

Psicologia - Luiza Franco Dias - Paola Ribeiro Amaro da Silveira

MANCHETE pág. 07


No dia 14 de março foi realizada a aula inaugural da 3ª edição do curso de extensão em Instrumentação Cirúrgica do HSC. A abertura contou com a participação da enfermeira do Serviço de Educação Permanente (SEP) da Instituição, Fernanda Salvi, da enfermeira coordenadora assistencial, Gilciane Bolzan Wansing, e da enfermeira coordenadora do centro cirúrgico, Carolini Oliveira, organizadoras do curso. A diretora de enfermagem da casa de saúde e coordenadora do curso, enfermeira Fernanda Ribeiro Gallisa, também falou aos alunos. Na aula inaugural foram abordadas informações referentes ao curso e realizada uma integração com os participantes. Para finalizar foi realizado um coffee break de acolhimento. O curso conta com 36 alunos e tem carga horária de 120 horas, divididas em aulas teóricas e

Divulgação

Curso de Instrumentação Cirúrgica do Hospital Santa Cruz tem aula inaugural

práticas que ocorrem entre os meses de março a julho de 2019, nas dependênci-

as da Instituição. Os ministrantes serão profissionais do próprio Hospital.

Processo de Enfermagem é implantado no HSC Após uma série de encontros de estudos, reuniões e capacitações, o Grupo de Enfermagem do Hospital Santa Cruz passou a contar, desde setembro de 2018, com a implantação integral do Processo de Enfermagem (PE), que é uma das ferramentas da efetivação da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). Na primeira fase do cronograma as alas São Francisco, Santo Antônio e Santa Clara, juntamente com a UTI Adulto, foram as pioneiras nesse processo. O PE é uma ferramenta metodológica utilizada para tornar a assistência de enfermagem sistemática, organizada em fases, com o objetivo de orientar o cuidado profissional de enfermagem e promover a qualidade na assistência prestada. Segundo a Resolução COFEN 358/2009, se organiza em cinco etapas: Coleta de dados de enfermagem (histórico de enfermagem e exame físico); Diagnóstico de enfermagem; Planejamento de enfermagem (prescrição de enfermagem); Implementação (cumprimento da prescrição de enfermagem) e Avaliação de enfermagem. A SAE e o PE são utilizados pelo serviço há alguns anos, sistematizando e formalizando a atuação e a importância do enfermeiro na assistência direta à beira do leito. É operacionalizado por meio das escalas de trabalho, fluxos, procedimentos operacionais padrão e a realização de algumas etapas do processo. Conforme os profissionais do Grupo de Enfermagem do HSC, o PE fundamenta-se na teoria das necessidades humanas básicas, de autoria da enfermeira Wanda de

pág. 08 ASSISTÊNCIA

Aguiar Horta, e tem como base o pensamento científico do enfermeiro, sendo meio para a aplicabilidade dos conhecimentos técnicos e humanos na assistência ao paciente. “Também caracteriza a prática profissional, auxiliando na determinação de prioridades para a tomada de decisões”, acrescentam. “Todo integrante da equipe de enfermagem é essencial na prestação de uma assistência com qualidade, livre de danos, garantindo a segurança do paciente”, definem. A implantação teve o apoio do Grupo de Estudos da SAE e do Setor de Desenvolvimento Organizacional (DO), pois todo o processo é informatizado via sistema MV/PEP. A próxima etapa do cronograma contemplará a área materno-infantil.


O Hospital Santa Cruz promoveu, nos dias 15 e 16 de abril, a 5ª Jornada de Controle de Infecção e Epidemiologia Hospitalar da casa de saúde, o 1º Seminário do Grupo de Tecnologia, Ensino e Segurança do Paciente Unisc/HSC (GTESP) e a 2ª Campanha do Abril pela Segurança do Paciente. As atividades foram realizadas na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e no auditório da unidade acadêmica do Hospital, com participação gratuita para profissionais e acadêmicos da área da saúde. O tema do primeiro dia foi A aventura da higienização das mãos na assistência à saúde, no auditório do Memorial Unisc, no campus de Santa Cruz do Sul. Após a abertura teve a mesa redonda A aventura da higienização das mãos: experiências e como melhorar a adesão, coordenada pelo médico infectologista Marcelo Carneiro, que é professor do curso de Medicina e do mestrado e doutorado em Promoção da Saúde da Unisc, coordenador da Comissão de Controle de Infecção e Epidemiologia do HSC e membro do Grupo de Tecnologia Ensino e Segurança do Paciente Unisc/HSC (GTESP). Marcelo também mediou o painel Higiene de mãos: artigos em destaque, com os debatedores Adália Pinheiro, enfermeira e subcoordenadora do Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente do HSC; Bárbara Spall, Eduarda Stopiglia Roth e Eduardo Signor Basso, acadêmicos de Medicina da Unisc; Eliane Krummenauer, enfermeira da Comissão de Controle de Infecção do HSC, integrante do GTESP Unisc/HSC e mestranda em Promoção da Saúde; Emanoel Severo, enfermeiro da Comissão de Controle de Infecção do Hospital Santa Cruz de Curitiba/PR; Janine Koepp, professora da Unisc e membro da Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente e do GTESP Unisc/HSC; e Rochele Mosmann Menezes, farmacêutica da Comissão de Controle de Infecção do HSC, integrante do GTESP Unisc/HSC e mestranda em

Luciano Pereira

HSC e Unisc promovem eventos sobre infecção e segurança do paciente

Promoção da Saúde na Unisc. Em seguida, o enfermeiro Emanoel Severo abordou a campanha Eu me comprometo a lavar as minhas mãos, que se repetiu também para os funcionários do HSC na manhã do dia 16, no auditório da área acadêmica localizado junto ao Hospital. Os eventos tiveram as parcerias da Comissão de Controle de Infec-

ção e Epidemiologia Hospitalar do HSC, do Grupo de Tecnologia Ensino e Segurança do Paciente Unisc/HSC, do Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente (Nigersp), dos cursos de Medicina, Farmácia e Enfermagem da Unisc e do curso de Mestrado e Doutorado em Promoção da Saúde da Universidade. Divulgação

Atualização - No dia 18 de abril um grupo de profissionais do Hospital Santa Cruz participou de uma Atualização em Estomaterapia e Úlceras de Pressão, promovida pela Unimed em Lajeado.

PESQUISA pág. 09


Divulgação

Bem na Tampa I ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

A Escolinha Diverkids doou cinco sacos (grandes) de tampinhas plásticas e mais de 20 garrafas pet contendo lacres metálicos para o projeto Bem na Tampa do Hospital Santa Cruz. A responsável pela nova escolinha parceira, Thais, disse que todos irão continuar juntando as tampas e lacres para ajudar na campanha. O Bem na Tampa consiste na coleta de tampas plásticas de qualquer tipo (refrigerantes, sorvete, creme dental, margarina, café, produtos de limpeza etc) e de lacres metálicos de latinhas para, com sua venda, reverter fundos para a casa de saúde, com prestação de contas periódica à comunidade. O objetivo é conscientizar a população de que esse material pode ser reciclado, diminuindo o lixo ambiental, além de contribuir com a perspectiva institucional de sustentabilidade. Bem na Tampa II

Priscila Midon

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

O projeto Bem na Tampa do Hospital Santa Cruz recebeu, no início de dezembro, uma doação de tampas arrecadadas em uma gincana realizada pela KNN Idiomas, de Santa Cruz do Sul. A escola foi representada por Rainer Santos e Luan Gomes. Segundo eles, a gincana beneficente (Camp Day Gincana – 1ª Edição) envolveu todos os alunos. Luciano Pereira

Aniversário beneficente ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

A Clínica Fisiovida StudioD, que também é parceira do Projeto Bem na Tampa, realizou em março uma festa de comemoração de 20 anos de atividades da empresa em Santa Cruz do Sul. O evento ocorreu na sede da Associação dos Docentes da Unisc (Adunisc), no dia 16. O valor arrecadado com a venda dos ingressos da festa foi revertido em materiais doados aos hospitais Santa Cruz e Ana Nery. A Fisiovida StudioD está localizada na rua Sete de Setembro, 219, térreo. O telefone é (51) 3715-9411. Segurança do Paciente

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

No dia 26 de fevereiro o HSC participou da reunião da Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente (Rebraensp) - Núcleo Vales, que ocorreu em Santa Cruz do Sul. Na ocasião a Instituição foi convidada a apresentar seu processo de implantação do método SBAR na UTI Adulto, com a passagem de plantão e da Nota de Transferência e Transporte do Paciente Interno. As enfermeiras Andréia Schubert de Carvalho, Greice de Souza Leal, Luisa Mantovani e a coordenadora de enfermagem das clínicas adultas, Maria Terres, contribuíram na apresentação. A Rebraensp é a estratégia de articulação e de cooperação técnica entre instituições direta e indiretamente ligadas à saúde e educação de profissionais em saúde, com o objetivo de fortalecer a assistência de enfermagem segura e com qualidade.

pág. 10 COMUNIDADE


Luciano Pereira

Segurança do Paciente - Meta 1 Segundo a Organização Mundial de Saúde - OMS, todos os anos centenas de milhares de pacientes sofrem danos ou morrem devido à falta de segurança em procedimentos médicos ou hospitalares. A partir destes resultados, o Núcleo de Segurança do Paciente, em conformidade com a Portaria 529/2013 e a RDC 36/2013, que institui as Ações para Segurança do Paciente, partilha as Seis Metas da Organização Mundial da Saúde com a finalidade de atuação para os eventos associados à assistência à saúde. A Meta 01 – IDENTIFICAÇÃO CORRETA DO PACIENTE é o primeiro passo para a Segurança do Paciente. A pulseira de identificação é um obstáculo para que se evite algum tipo de erro durante o cuidado prestado ao usuário. Ela contempla o nome completo, data de nascimento e o número de atendimento do usuário, reforçando a segurança do paciente. A partir do dia 25 de março de 2019 acrescentou-se mais algumas informações, como nome da mãe, nome social e código de barras. O uso desta pulseira é obrigatório dentro da Instituição e é responsabilidade de todos o conhecimento e comprometimento com a rotina de identificação correta do paciente. Caso identifique o não uso da mesma, dados apagados, ilegíveis e/ou incompletos, favor solicitar a colocação, substituição ou correção da mesma, evitando assim falhas no processo. A pulseira serve como identificação e deverá ser CONFERIDA por todos os profissionais no atendimento ao paciente, sempre que: dirigir-se ao paciente e antes de cada procedimento a ser executado – verificação dos sinais vitais, questionamentos, administração de medicamentos e/ou dietas, realização de exames, entre outros. Divulgação

Brigada de Emergência faz treinamento A Brigada de Emergência do Hospital Santa Cruz realizou, no dia 15 de dezembro, um treinamento prático de combate a incêndio. A atividade foi organizada e ministrada pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) do HSC na pista de treinamentos de uma indústria fumageira de Santa Cruz do Sul. Atualmente a Brigada de Emergência da Instituição conta com 57 brigadistas, divididos por pavimentos e turnos.

Seja+HSC entrega prêmios O Hospital Santa Cruz realizou, no dia 15 de março, a cerimônia de entrega de premiação aos setores que mais pontuaram em 2018 na primeira edição do programa de reconhecimento Seja+HSC. A iniciativa abrange funcionários de todo o Hospital com o objetivo de estimular a melhoria contínua por meio de ações que resultem na redução do número de acidentes de trabalho, na maior visibilidade sobre a importância do descarte correto de resíduos e na melhoria da organização dos setores da Instituição, estabelecendo critérios para o reconhecimento dos setores com melhores desempenhos. O Seja+HSC é dividido em três grupos de setores de acordo com suas características: Assistência, Apoio e Administrativo. Os setores com melhor desempenho dentro desta classificação são reconhecidos conforme pontuação do Programa de Qualidade 5S e meio ambiente, por meio de auditorias realizadas semestralmente, além da participação de todos os funcionários elegíveis nas capacitações programadas, não ocorrência de acidentes no setor durante o período de avaliação, conclusão dos planos de ação e iniciativas que melhorem o desempenho do processo financeiro da Instituição. São aceitas iniciativas sobre aspectos referentes a resíduo, energia e água, financeiro, segurança e trabalho em equipe. Todas as iniciativas são validadas mensalmente pela comissão avaliadora. A premiação se dá para os setores que apresentarem o melhor desempenho ao longo do ano, sendo dois em cada categoria. Os setores premiados com as primeiras posições também escolhem uma pessoa para ser reconhecida individualmente. Na área Assistencial, o primeiro lugar ficou com a Unidade Ambulatorial Acadêmica, seguida pela Maternidade. Na área de Apoio, o setor de Almoxarifado terminou o ano na primeira colocação, com a Farmácia Hospitalar Interna em segundo. O setor de Recursos Humanos foi o que mais pontuou na área Administrativa, com a Assessoria de Comunicação em segundo lugar. Os funcionários escolhidos pelos vencedores para a premiação individual foram Hiana Carvalho, Geolanda Flores e Dionise Conrad, respectivamente. Os certificados emoldurados foram entregues pelo diretor administrativo do Hospital, Egardo Kuentzer, e pelo engenheiro de segurança do trabalho Marcelo Schaefer.

RECURSOS HUMANOS pág. 11


Nos dias 12 e 13 de abril foi realizada na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) a 1ª Jornada de Emergência do Rio Grande do Sul, promovida pela Associação Brasileira de Medicina de Emergência (Abramede). O evento contou com renomados profissionais da área de medicina de emergência no Brasil, com destaque para os que integram o Hospital Santa Cruz e professores da Unisc, e teve como tema O Protagonismo da Equipe Multidisciplinar na Emergência. A jornada ocorreu no anfiteatro do bloco 18 do campus sede da Unisc e a programação contou com minicursos durante o dia e, à noite, com uma confraternização na Hbier Garten. No sábado foi realizada a Jornada, com mais de 300 participantes entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, técnicos em enfermagem, bombeiros, socorristas e acadêmicos da área da saúde. O evento expressa um conjunto de intencionalidades para os profissionais da área de emergência e visa ao fortaleci-

Divulgação

Abramede realiza na Unisc 1ª Jornada de Emergência

mento do compromisso com a melhoria da qualidade assistencial, além de congregar profissionais e estudantes da área de saúde interessados em aprimorar seus conhecimentos e fortalecer a construção

técnico-política do campo da emergência. A 1ª Jornada de Emergência teve o apoio do HSC, da Secretaria Municipal de Saúde, do curso de Enfermagem da Unisc, da Cristália e da Cervejaria Hbier.

O Hospital Santa Cruz programou algumas atividades para funcionários e pacientes na Semana de Páscoa. O Programa Equilibre-se - Qualidade de Vida, por exemplo, realizou oficinas de artesanato de Páscoa com os funcionários dos quatro turnos de trabalho da Instituição. Para os pequenos pacientes da UTI Neopediátrica e da Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e seus pais, a equipe multiprofissional das duas unidades promoveu, durante os encontros dos grupos Aconchego e Bebê a Bordo, a confecção de orelhinhas de coelho e uma sessão de fotografias com as crianças, postadas depois no perfil do HSC no facebook. Conforme a fonoaudióloga Isabel Berger, a fisioterapeuta residente Marciele Hopp e a psicóloga residente Valéria Nicolini, organizadoras da atividade,

pág. 12

Vanessa Back

Atividades marcam passagem da Páscoa

foi um momento para dividir experiências e buscar dar significado à primeira Páscoa dos filhos. Na Pediatria, o coelhinho deixou a cargo do Lino entregar os ninhos para

as crianças. No domingo de Páscoa, pacientes adultos também receberam bolachas personalizadas no café da manhã, confeccionadas na própria cozinha da Instituição.

Profile for Hospital Santa Cruz

Informativo Nº 33  

Informativo Nº 33  

Profile for ac_hsc
Advertisement