Page 1

VITRINNI 2017 Ano 3 | #11

ESPORTE NAS ALTURAS: SENSAÇÃO DE VOAR

VIAGEM UM TOUR PELAS FÁBRICAS E MUSEUS DE AUTOMÓVEIS NA EUROPA

SAÚDE CUIDADOS EM DIAS SECOS DO INVERNO

HELOISA LOSI

ARQUITETURA E INTERIORES

M AG A ZI NE


Imóvel a venda, em exposição no Residencial Lago Sul. Agende sua visita

CRECI: 1

www.ebermos 14

99683 1550

Rua Bartolomeu de Gusmão, 7 - 81 Bauru - SP fb.com/corretorebermoscheto


176057-F

scheto.com.br


Lokma Café 14 3243-3553 Alameda. Dr. Octávio Pinheiro Brisolla 19-48 Bauru|SP www.lokmacafe.com.br


sicredi.com.br

Fazer juntos para ter crédito com taxas justas.

Aqui no Sicredi, fazemos juntos. Oferecemos taxas justas porque acreditamos que os melhores planos são aqueles que saem do papel. Converse com a gente, faça uma simulação e contrate o crédito que você precisa.

Venha fazer junto com a primeira instituição financeira cooperativa do Brasil. Verifique se o crédito consultado cabe no seu orçamento. Crédito sujeito à análise e aprovação.

SAC Sicredi: 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala: 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi: 0800 646 2519.


pluralidade

Av. Getulio Vargas 30.47 Pq. Samambaia . Bauru SP (14) 3256.0626

www.formattodecor.com.br


IMÓVEL NA MELHOR LOCALIZAÇÃO?

PERSPECTIVA ILUSTRADA DA PISCINA

Na Bild, além de encontrar os melhores imóveis, você conta com a solidez de uma das maiores construtoras do interior de São Paulo.

Aptos. em lançamento ou em construção

PERSPECTIVA ILUSTRADA DA VARANDA

CENTRAL DE NEGÓCIOS: Av. Getúlio Vargas, 21 - 70

Entrada facilitada e parcelas flexíveis

1, 2, 3 ou 4 dorms.

PERSPECTIVA ILUSTRADA DA PISCINA

(14)3245-0062 vemprabild.com.br

Todos e quaisquer móveis, objetos de decoração, paisagens, vinculados com descritivo “perspectiva ilustrada” são meramente ilustrativos e não fazem parte do objeto do contrato. Na entrega do empreendimento, estas ilustrações, desenhos e modelos poderão apresentar diferenças. A vista apresentada nas imagens é meramente elucidativa, não sendo a fotografia exata do local do empreendimento. Intermediação: Creci/SP 20878J.


V I T R I N N I

# 1 1

S U M Á R I O 20

28

38

42

46

56

74

82

18

COLABORADORES

20

TURISMO

28

38

SAÚDE NO INVERNO

Viaje pela Europa e a história mundial do automóvel.

42

ORTODONTIA Sorrisos que mudam vidas!

ESPORTES AÉREOS

46

Um tour pela culinária exótica.

Equipe Vitrinni Magazine.

Tenha a sensação de voar.

Evite problemas causados pelo dias de tempo seco.

GOURMET

56

ESPECIAL: ARQUITETURA

74

IMAGEM E BELEZA

82

AURA PENDANT

Conheça projetos de Heloisa Losi Porque investir no visagismo para sua imagem pessoal? Emoções transformadas em joias.

E MAIS: VITRINNI PRODUTO, PRINCE ÓTICA, PÁG. 36 | VITRINNI PRODUTO, FORMATTO DECOR, PÁG. 66 | AUÁ ARQUITETOS, VILA PEDREIRA, PÁG. 68 VILLA NOVIA, PÁG. 76 | SANTA LOLLA, PÁG. 78 | PANDORA, PÁG. 80 | VALETES RECORDS, PÁG. 84 | FUNPICS, PÁG. 86 | VIDA E ARTE, PÁG. 88 LANÇAMENTO KZZA, PÁG. 90 | LANÇAMENTO CASA DESIGN, PÁG. 92 | VITRINNI SOCIAL, PÁG. 94

EXPEDIENTE DIRETORIA | Diretores editoriais: Alexandre Haralampidis e Maria Cristina D’Incao. | REDAÇÃO E ARTE | Coordenador de conteúdo: Alexandre Haralampidis. Redatorchefe: Fábio Barbosa. Estagiária de jornalismo: Yara Lombardi. Projeto gráfico e Edição de arte: Victor Pereira. Designer Assistente: Victor Lira. Conteúdo Web: Tamiris Tinti Volcean. Fotográfos: Alexandre Haralampidis, Celso Mellani, Eber Moscheto e Evelyn Miller. Colunista Social: Danny Pagani. | COMERCIAL | Atendimento: Danny Pagani. Anuncie na Vitrinni Magazine. Contatos: contato@revistavitrinni.com.br / dincao@revistavitrinni.com.br / (14) 9912-64424. Maria Cristina D’Incao e Alexandre Haralampidis.

16

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


CARTA AO LEITOR

A verdadeira Vitrine para leitores exigentes P ara leitores exigentes, essa é a verdadeira Vitrine de nossa cidade e região. Em mais uma edição, vamos a fundo quando o assunto é conteúdo variado e de qualidade. Já na décima primeira edição, sabemos o quanto nossa Vitrinni é querida e bem lida! Conhecemos a fundo nossos leitores e, dessa forma, selecionamos conteúdos diferenciados. Trazemos curiosidades quando o assunto é gastronomia exótica, viajamos além quando o assunto une paixão sobre quatro rodas e turismo, e voamos alto quando o assunto é bem estar e saúde. Sonhamos e realizamos no papel uma arquitetura aconchegante sob a assinatura da arquiteta Heloisa Losi. Com a ajuda da tecnologia, captamos emoções que valem ouro por meio do aplicativo aura pendant, e transformamos emoções em joias! Ainda falando sobre aplicativos, a renomada Valetes Records, consolidada no mercado musical, lança um facilitador para contratação de bandas em eventos. Confira essas e outras matérias, as quais pensamos, carinhosamente, em trazer nessa Vitrinni para você, nosso querido leitor.

CRISTINA D’INCAO - DIRE TORA VITRINNI MAGAZINE

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

17


C O L A B O R A D O R E S

V

I

T

R

1. Profissional de comunicação, gestão, criação e desenvolvimento de projetos. A Vitrinni hoje se concretiza com grande aceitação, superar a qualidade e surpreender as expectativas não é uma opção. ALEXANDRE HARALAMPIDIS DIRE TOR VITRINNI

2. Profissional das áreas de comunicação, marketing e relacionamento. Preza sempre pelo atendimento e pelo relacionamento para que o comercial aconteça naturalmente. CRISTINA D’INCAO DIRE TORA VITRINNI

I

N

N

I

I

5. Formada em Publicidade e Propaganda pela Faculdades Integradas de Bauru, atua há 6 anos com Comunicação e Marketing. Iniciou suas atividades na fotografia como Hobby na mesma época, profissionalizando-se há cerca de 3 anos. Fotógrafa da Revista Vitrinni desde Outubro de 2014 e também como atendimento desde Fevereiro de 2017.

VICTOR LEONARDO DESIGNER EDITOR DE ARTE

6. Jornalista e mestranda em comunicação pela Universidade Estadual Paulista, escritora e especialista em produção de conteúdos para plataformas digitais.

A

Z

I

N

E

1

2

3

4

5

6

7

8

J O R N A L I S TA E CORRESPONDENTE INTERNACIONAL

7. Victor Lira é profissional graduado em design gráfico pela Unesp, com experiência na área de branding, editorial, fotografia e gestão do design. VICTOR LIRA

4. Fábio Barbosa é jornalista formado pela USC (Universidade do Sagrado Coração – Bauru). Foi editor executivo da Record Paulista por 4 anos e também editor do SBT São Paulo por 2 anos.

8. Graduanda em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista, atua há 1 anos como redatora publicitária para conteúdos web e impresso.

FÁ BIO BA RBO S A

YA R A L O M B A R D I

J O R N A L I S T A M T B 5 5 . 76 6

E S TA G I Á R I A D E J O R N A L I S M O

VITRINNI

G

AT E N D I M E N T O E F O T Ó G R A FA

DESIGNER

18

A

DA NN Y PAGA NI

TA M I R I S T I N T I V O L C E A N

3. Victor é designer formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Além de se dedicar ao design editorial em diversas publicações, possui ampla experiência em design publicitário e fashion. Website: victorleosp.wix.com/victorleonardo

M

EDIÇÃO | 11


VIAGEM

TURISMO &

CARROS

Viaje pela Europa conhecendo fábricas, museus e até dirigindo modelos das maiores fabricantes de automóveis do planeta em um autódromo de Fórmula1. Por Fábio Barbosa

M

u it a s são a s opções de roteiros turísticos mundo afora, seja para conhecer belezas naturais, parques de diversão e temáticos, cidades e regiões históricas ou religiosas. Atrações para todas as faixas etárias e bolsos, é bom ressaltar. Uma opção de roteiro turístico diferenciada é o turismo automotivo, voltado para os amantes de automóveis, apaixonados por carros e pelas grandes e tradicionais montadoras automobilísticas. A Europa, com certeza, é um dos principais destinos desse segmento, pois abriga grande parte das maiores e mais tradicionais fabricantes de automóveis do planeta. Só na Alemanha, estão instaladas cinco das principais montadora s mundia is: Audi, BM W,

20

VITRINNI

Mercedes-Benz, Porsche e Volkswagen. A Itália, com as tradicionais Ferrari, Fiat, Lamborghini e Maserati, e a França, com a Bugatti, Citroen, Peugeot e Renault, também são ótimas opções para os aficionados por carros.

ALEMANHA

O tour automotivo pelo Velho Continente tem como ótima opção de início a Alemanha, pois nenhum outro destino no mundo reserva tantas atrações para os apaixonados por carros como este país. Como já dito anteriormente, a Alemanha abriga cinco das maiores montadoras do planeta, além de possuir uma dos principais autódromos hoje existentes, Nurburgring. Uma das mais tradicionais marcas alemãs, a Volkswagen, tem na pequena

EDIÇÃO | 11


TURISMO AUTOMOTIVO

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

21


VIAGEM

BMW Museum expõe modelos de carros novos e antigos.

Wolfsburg, cidade próxima a Frankfurt, a Autostadt, ou Cidade do Carro. Grande museu dedicado à marca, com vasto acervo de veículos, hotel, loja de souvenirs e a grande torre de vidro, edifício garagem em que ficam expostos modelos novos da montadora à espera dos proprietários. Uma grande vitrine, em que os veículos são transportados por braços mecânicos. Visitas podem ser agendadas pela internet (www.autostadt.de/en/start/ ). Não muito distante de Wolfsburg, em Dresden, fica uma das mais belas plantas da Volkswagen no mundo, a Fábrica de Vidro, com imponente estrutura e tecnologia de ponta na linha de produção, da qual saem modelos como Phaeton, CC e XL1. Informações sobre visitas no site www.glaesernemanufaktur.de/de/ der-besuch/buchungsanfrage. Em Munique, tradicionalmente conhecida pela Oktoberfest, fica a sede da BMW, com sua arquitetura inspirada em pistões de motor, em que o complexo BMW Welt reúne museu e fábrica da

22

VITRINNI

montadora, que pode ser visitado através do BMW Tour. O museu conta com modelos de carros e motos de várias épocas, com destaque para a área dedicada ao automobilismo, em que há uma Brabham de Fórmula 1 pilotada pelo brasileiro Nelson Piquet. O passeio pelas dependências da BMW pode ser agendado através do site www.bmw-welt.com/en/ visitor_information/guided_tours/. Diferente da metrópole Munique, a pequena Ingolstadt tem como grande, e única atração, a sede da Audi. No Audi Forum está a fábrica da montadora alemã, museu e loja com tudo que o fã da marca dos quatro anéis gostaria de levar pra casa como recordação. O imponente Audi Museu Móvel mostra as diferentes fases da montadora, os veículos e fatos mais importantes da marca. Informações sobre horários e valores de visitação podem ser consultadas no site www.audi.com/ foren/de/audi-forum-ingolstadt.html. Ainda na Alemanha, destaque para Stuttgart, casa das imponentes Porsche

Fotos: divulgação

BMW Welt: O edifício moderno e multi-funcional pode ser visitado por fãs da marca na cidade de München, Alemanha.

e Mercedes-Benz. Com arquitetura futurista, o museu da Porsche possui mais de 80 modelos raros e exposições temporárias, que contam a história da marca. Além de uma loja de souvenirs com muitas opções de lembranças, o visitante ainda tem a opção de dirigir diferentes modelos da montadora em tempos pré-determinados. Essa opção também está disponível em outras unidades da Porsche, como em Berlin e na Suiça. Informações no site: www.porsche.com/brazil/pt/ aboutporsche/porschemuseum/ A Mercedes-Benz possui um prédio com mais e 16 mil metros quadrados e nove andares para contar a sua rica história de 127 anos no mundo automobilístico. O acervo da montadora é um dos mais ricos entre os museus alemães, com direito até a uma sala com veículos utilizados em datas importantes na história

Estrutura da entrada da Porsche Centre em Stuttgart.

EDIÇÃO | 11


TURISMO AUTOMOTIVO

O Porsche Museum é responsável por proporcionar uma experiência inesquecível aos fãs da marca de luxo.

do país, como o modelo Classe G, transformado em Papamóvel, e um ônibus que transportou a seleção alemã de futebol, campeã mundial em 1974. Os modelos exibidos são frequentemente atualizados. Atualmente, estão em exposição uma SLK 55 AMG, do jogador alemão de futebol Lucas Podolski, e uma 190 E 2.3, do ator norte-americano Nicolas Cage. Mais no site www.mercedes-benz.com/ en/mercedes-benz/classic/museum/# A divisão de alto desempenho da Mercedes-Benz, a AMG, está bem próxima de Stuttgart, em Affalterbach, onde são produzidos os motores de todos os esportivos da marca, além de fornecer os propulsores da atual equipe campeã de Fórmula 1. Tours guiados podem ser agendados via internet para conhecer as dependências da empresa, incluindo seus laboratórios de testes e suas alas onde os técnicos da AMG montam cada motor automotivo artesanalmente, através do site www.mercedes-amg.com/ factorytour.php?lang=eng#overview.

EDIÇÃO | 11

Além das fábricas e museus das maiores montadoras do planeta, a Alemanha ainda reserva uma grande experiência para os amantes do automobilismo: dirigir em uma pista de Fórmula 1. Na pequena cidade de Nurburg, cerca de 100 km de Colônia, está o autódromo de Nurburgring, tradicional circuito que por muitos anos foi o palco da principal categoria do automobilismo em terras alemãs. Em um traçado que pode chegar a 23 km de extensão, é possível dirigir sem agendar horário ou qualquer outra burocracia (menos nas datas em que há eventos no autódromo) pagando taxas que variam de acordo com a quantidade de voltas que for dar, se está com carro próprio ou for alugar um por lá. Detalhes sobre preços e carros disponíveis no link www.nuerburgring-shop.de/fahraction/ touristenfahrten/nordschleife-2014.html

ITÁLIA

Outro país europeu que tem paixão pelo automobilismo é a Itália. Pensar

TOUR

ALEMÃO Frankfurt: está localizada a Cidade do Carro ou Autostadt, um museu dedicado à marca, com acervo de veículos, hotel e loja de souvenirs. Dresden: está localizada a Fábrica de Vidro, uma das mais belas plantas da Volkswagen no mundo. Munique: está localizada o complexo BMW Welt que reúne o museu e a fábrica da montadora. Ingolstadt: está localizada a sede da Audi que possui fábrica, museu e loja da marca. Nurburg: está localizado o autódromo de Nurburgring, tradicional circuito em terras alemãs.

VITRINNI

23


VIAGEM

24

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


TURISMO AUTOMOTIVO

Fotos: divulgação

em Itália é pensar em Ferrari, quando o assunto é automóvel, mas a terra da bota é também a casa de outras importantes marcas: Lamborghini e Maserati, sinônimos de modelos esportivos e velozes. É no norte da Itália, em Maranello, que fica a casa de uma das mais fascinantes e emblemáticas montadoras mundiais, a Ferrari. Os apaixonados pelo cavalo rampante podem conhecer a fábrica italiana, museu e autódromo exclusivo da montadora. A fábrica da Ferrai não é aberta à visitação, mas é possível conhecê-la através de um tour exclusivo oferecido pelo Museo Ferrari. Dentro de um micro-ônibus, os turistas podem conhecer a fachada histórica da fábrica de Maranello, inalterada desde 1947, a Ferrari Citadel, centro nervoso da montadora de veículos, por onde passam todos os modelos Ferrari, e o Circuito de Fiorano, onde são testados os carros da marca, inclusive a pré-temporada da equipe de Fórmula 1. Infelizmente, não são permitidas fotos, vídeos ou descer do ônibus dentro da estrutura da fábrica. No Museo Ferrari Maranelo os fãs da montadora terão contato com todos os modelos fabricados pela marca, sejam eles de rua ou de competição, como os Fórmula 1. Por 150 euros o visitante pode fazer um tour guiado pelo local, inclusive com opção de guias falando

O Museo Ferrari é destino certo para os fãs da marca.

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

25


VIAGEM

A marca Bugatti está no mercado há mais de cem anos.

No Museo Ferrari, modelos automobilísticos novos e antigos ficam em exposição para os apaixonados por carros.

Fotos: divulgação

português. Fundado em 1990, o Museo Ferrari realiza desde 2013 exposições temáticas que abordam diferentes fases da montadora italiana. Uma das grandes atrações do museu são os dois simuladores semiprofissionais disponíveis para quem quer sentir a emoção de pilotar um Fórmula 1 em circuitos que fazem parte da temporada da categoria, como Monza, Barcelona, Silverstone, Imola e Nurburgring.

O Museo Lamborghini aborda toda a história da marca.

26

VITRINNI

Extremamente reais, os simuladores contam com breves aulas de instrução dadas por um piloto ou técnico, que orientam como utilizar a “máquina”. Para aqueles que gostam mais da parte mecânica dos F1, o Museo Ferrari oferece a experiência de um Pit Stop, em que o visitante tem a oportunidade de realizar a troca de pneus devidamente cronometrada. O museu conta ainda com grande loja exclusiva da marca, com centenas de lembranças do “cavalinho rampante”, além de um café e restaurante. Informações sobre reservas e valores do “Mundo Ferrari” no site www. musei.ferrari.com. Também no norte do país está outra grande montadora automotiva italiana, a também veloz Lamborghini. Na pequena Sant’Agata Bolognese, próxima às cidades de Bolonha e de Modena, está a fábrica e também o museu da marca. O turista pode realizar visitas guiadas pela linha de produção da Lamborghini, uma experiência, segundo

a montadora, entre o artesanato hábil e a tecnologia de ponta. Através desse tour, o visitante acompanhará o passo a passo da montagem de modelos como o famoso Aventador. No museu, modelos que contam a história e evolução tecnológica da montadora. Informações sobre visitas no site www.lamborghini. com/en-en/experience/museum.

FRANÇA

Sede de grandes e tradicionais marcas, como Renault, Citroen e Peugeot, a França abriga também uma das montadoras de modelos mais exclusivos e velozes do planeta, a Bugatti. Próxima da divisa com a Alemanha, no leste francês, está a fábrica da Bugatti, em um prédio que lembra o próprio logo da marca, em que os carros exclusivos da montadora são feitos quase que artesanalmente. Apenas três modelos são montados por vez na planta, tudo para manter a perfeição e exclusividade. O local é chamado de Atelier pela empresa. O museu da Bugatti fica no Château St. Jean, antigo castelo da cidade de Molsheim. Lado a lado, tradição, modernidade e exclusividade de modelos como os potentes Veyron. A exclusividade Bughatti não se limita aos carros, os apaixonados pela marca contam com uma butique de produtos e roupas da marca. Detalhes no site http://www.bugatti. com/molsheim/molsheim-experience/.

EDIÇÃO | 11


AREZZO.COM.BR

AREZZO BAURU SHOPPING RUA HENRIQUE SAVI 15-55

CRUISECOLLECTION . 18


ESPORTE E LAZER

Nas

Alturas

Por esporte ou por lazer, algumas das modalidades proporcionam ao ser humano a indescritível sensação de voar

V

Por Fábio Barbosa

oar voar, subir subir, ir por onde for. Descer até o céu cair, ou mudar de cor. Anjos de gás, asas de ilusão e um sonho audaz feito um balão. No ar, no ar eu sou assim, brilho do farol. Além do mais amargo fim, simplesmente sol. Esse trecho da música “Sonho de Ícaro”, do cantor Byafra, exemplifica um dos grandes desejos da humanidade: voar. O nome da canção remete à história da mitologia grega, em que Ícaro e seu pai, Dédalo, construtor do labirinto em que o rei Minos aprisionava o Minotauro, conseguem escapar desse mesmo labirinto utilizando asas com penas dos pássaros coladas com cera. Antes de levantar voo, o pai recomendou a Ícaro que quando ambos estivessem voando não deveriam voar nem muito alto (perto do Sol, cujo calor derreteria a cera) e nem muito baixo (perto do mar, pois a umidade tornaria as asas pesadas). Entretanto, a sensação de voar foi tão estonteante para Ícaro que ele esqueceu a recomendação e se deixou subir tanto nos ares

28

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


ESPORTES AÉREOS

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

29


Foto: reprodução

Foto: reprodução

ESPORTE E LAZER

a ponto da previsão de Dédalo ocorrer. A cera derreteu e Ícaro perdeu as asas, precipitando-se no mar e morrendo afogado. Muitas são as práticas esportivas ou de lazer que elevam o homem aos céus. Balonismo, paraquedas, paraglider, voo a vela, entre outras, passam um pouco dessa sensação, que somente os pássaros conseguem ter em sua plenitude.

BALONISMO

Foto: reprodução

De acordo com os registros históricos, o primeiro voo de balão é do ano de 1783, na França, quando dois irmãos, Etienne e Joseph Montgolfier, realizaram um teste em um balão que levou a bordo alguns animais, que retornaram ao solo perfeitamente. Tudo isso, acompanhado pelo rei Luiz XVI e por toda a população parisiense da época. O primeiro voo tripulado tem registro de 1785, quando um francês e um americano atravessaram o Canal da Mancha. O brasileiro Júlio Cezar Ribeiro patenteou em Paris, em 1884, o dirigível

30

VITRINNI

Victória, o primeiro a voar contra o vento e em linha reta. No Brasil, Júlio não teve o mesmo sucesso. Santos Dumont utilizou-se do aprendizado que pesquisava para construir aeronaves e fez um balão de 186 metros quadrados com hélice, em 1888, que serviu de base para o famoso 14 Bis. O dirigível Zeppelin chegou a transportar mais de 10 mil pessoas, em voos comerciais pela Europa, nessa mesma época. O balão movido a ar quente foi inventado em 1953, pelo americano Ed Yost, que construiu um modelo de 230 metros cúbicos movido a maçarico. O primeiro voo livre foi realizado em 1960 com um balão de 800 metros cúbicos, cujo ar era aquecido pelo fogo alimentado pelo gás propano. O balonismo como esporte surgiu nesse período, com o primeiro campeonato sendo disputado em 1963. Dez anos mais tarde, foi realizada a primeira competição mundial da modalidade. No Brasil, o esporte surgiu com Victorio Truffi, que em 1970 fez o seu pri-

meiro voo na cidade de Araraquara (SP). A prática foi regulamentada em 1987, quando foi criada a Fundação da Associação Brasileira de Balonismo, que realizou o primeiro campeonato brasileiro em 1988. De acordo com a Confederação Brasileira de Balonismo (CBB), existem atualmente no mundo cerca de 15 mil balões, sendo que 11 mil estão nos Estados Unidos, 1500 na Inglaterra, 1200 na França e os demais espalhados pelo planeta. A CBB informa que no Brasil existem aproximadamente 200 balões, com 140 pilotos habilitados. É a Confederação Brasileira de Balonismo (www.balonismo.org.br) responsável por organizar as competições no país, como copas e campeonatos nacionais. Cidades paulistas como Rio Claro, Piracicaba e Cordeirópolis, além da goiana Anápolis, estão na programação oficial de competições da entidade em 2017. Já quem deseja apenas experimentar a

EDIÇÃO | 11


Foto: reprodução

Foto: reprodução

ESPORTES AÉREOS

MODALIDADES DE COMPETIÇÃO: PARAQUEDISMO Pilotagem de Velame: praticada com paraquedas menores e mais rápidos, onde a avaliação é feita no pouso julgando a velocidade, distância e precisão, em um circuito montado iniciando em uma superfície líquida e finalizando em terra.

emoção de passear pelos ares, encontra empresas especializadas na área em cidades como Campinas, Ribeirão Preto, Piracicaba, Boituva, Rio Claro, entre tantas outras. Basta pesquisar na internet que encontrará uma próxima a você. Os passeios podem ser realizados individualmente, em grupos ou casais.

PARAQUEDISMO

A maioria dos relatos históricos considera como início do paraquedismo por volta do ano 1306, quando acrobatas chineses saltaram de torres e muralhas com algo semelhante a um enorme guarda-chuva, com o objetivo de amortecer a queda no solo. Mas Leonardo da Vinci tem papel fundamental na cronologia do paraquedismo, pois foi ele que, em 1495, iniciou estudos baseados nos pássaros e inventou máquinas e equipamentos voadores. “Se um homem dispuser de uma peça de pano impermeabilizado, tendo seus poros bem tapados com massa de

EDIÇÃO | 11

amido e que tenha dez braças de lado, pode atirar-se de qualquer altura, sem danos para si”, disse o pesquisador. A primeira patente do paraquedas veio em 1783, com Sebastian Lenormand. Mas o primeiro paraquedista registrado no mundo foi Andre-Jacques Garnerin, que em 1797 realizou vários saltos, inclusive um com altura de oito mil pés, em Londres. Dois nomes disputam quem realizou o primeiro salto de paraquedas de um avião, em 1911: Grant Norton, que saltou com um paraquedas de seda dobrado em seus braços, e Capitão Albert Berry, que foi com um embalado em uma caixa de metal. O auge do paraquedismo mundial ocorreu em 2012, quando o austríaco Feliz Baumgartner fez o maior salto de paraquedas de todos os tempos, a uma altura de 39 mil metros, direto da estratosfera. Charles Astor trouxe o paraquedismo para o Brasil em 1931, ano em que iniciou um curso no aeroclube de São Paulo.

Formação em queda livre: praticada em grupo de 4 ou 8 atletas, onde é julgada a quantidade de formações, definidas pelos juízes, feitas em tempo determinado. Free Fly: praticada em um time de 2 atletas e um câmera, em que é avaliada a performance das formações em várias posições, como de cabeça para baixo por exemplo. Grandes Formações: o objetivo é realizar a formação com o maior número de atletas em queda-livre, buscando quebrar recordes. O atual Recorde Brasileiro é 103 paraquedistas juntos. Pouso de Precisão: Salto realizado com paraquedas maiores, em que o objetivo é pousar o mais próximo possível do alvo. Wing Suit: modalidade considerada nova, em que os saltos são realizados com macacões que inflam e formam uma grande “asa”.

VITRINNI

31


Dez anos depois, foi feito o primeiro salto coletivo na América do Sul, em Campo dos Afonsos (RJ), com 12 alunos de Astor. Em 1962 foi criada a Federação Brasileira de Paraquedismo, que, um ano após, deu lugar a União Brasileira de Paraquedismo, até se chegar, em 1975, a Confederação Brasileira de Paraquedismo (CBPq). Sediada em Boituva, interior paulista, a CBPq é responsável por organizar e vistoriar competições e cursos de paraquedismo em todo Brasil. No site da entidade (www.cbpq.org.br) há informações sobre campeonatos, cursos e também relação com todas as áreas de salto regulamentadas no país. De acordo com a CBPq, existem hoje no Brasil 4.280 paraquedistas ativos registrados na confederação. Um deles é Fabio Pelayo, 38 anos, Instrutor de Paraquedismo, Competidor e Membro do Comitê de Instrução e Segurança da CBPq. Há 22 anos praticando o esporte, Fábio já contabiliza 4500 saltos e alguns títulos, como campeão

32

VITRINNI

em 2008 e vice em 2009, 2010 e 2011 na categoria Pilotagem de Velame. Ele também representou o Brasil nos Mundiais de 2011 e 2012, em Dubai, tendo como melhor colocação o 15º lugar, garantindo vaga nos Jogos Mundiais “World Games 2013” em Cali, Colômbia. Fábio se considera um apaixonado pelo paraquedismo. “A emoção, adrenalina e superação de limites me motivaram a praticar o paraquedismo, em que qualquer pessoa com mais de 16 anos pode iniciar também. É um processo de evolução, onde o aluno se torna atleta e, se dedicando ao esporte, pode se tornar sim um competidor. Mas também pode ser apenas um lazer bem radical”, ressalta. Para ele, o paraquedismo tem evoluído nos últimos anos no Brasil. “O Brasil, já há alguns anos, tem realizado frequentemente competições nacionais nas principais modalidades e, desta forma, podendo enviar representantes para as competições internacionais”.

Cidade que abriga a sede da Confederação Brasileira de Paraquedismo, Boituva é considerada a capital nacional da modalidade. Milhares de pessoas vão até lá para experimentar pela primeira vez a sensação de um salto de paraquedas. Foi o que ocorreu com a advogada tributarista Emely Alves Perez. Ela, que mora em São Paulo, e um grupo de amigos foram motivados por um colega que tinha acabado saltar. “Eu sempre tive vontade de saltar, mas também sempre tive certo medo de altura, o que me deixava bastante receosa. Durante o aniversário de uma amiga, um dos amigos dela tinha acabado de voltar de um salto feito pela manhã e contou como tinha sido a experiência, enquanto ainda estava tomado por toda a adrenalina e sensação desse ‘desafio’. Eu e mais alguns outros amigos, que também tinham vontade de saltar, mas partilhavam do mesmo receio, fomos convencidos pela animação dele. Decidimos todos saltar no mesmo dia depois da injeção de ânimo e da ‘garantia´ de segurança”, conta Emely, que afirma ter pesquisado bastante sobre a empresa escolhida para realizar o salto. Apesar do medo inicial, a advogada ressalta a sensação única que o salto proporciona. “No caminho até Boituva, estava bem apreensiva porque, apesar da vontade de saltar, sabia que é um esporte de risco, embora os saltos sejam feitos com profissionais experientes. Não saíam da minha cabeça aquelas perguntas desencorajadoras: Você é tão jovem, vai se jogar lá do alto por que? E se não abrir o Foto: divulgação Gustavo Rosella

Foto: reprodução

ESPORTE E LAZER

Gustavo Rosella ‘decola’ para voo de parapente na cidade de Botucatu, interior de São Paulo.

EDIÇÃO | 11


ESPORTES AÉREOS

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

33


Foto: reprodução

ESPORTE E LAZER

Foto: divulgação Gustavo Rosella

paraquedas? E se acontecer alguma coisa?. Quando chegou minha vez, mal senti quando o instrutor nos jogou pra fora do avião. Estava de olhos fechados. Quando abri, me vi ali em queda livre e desfrutando de uma sensação única. Durou pouco, óbvio, mas o suficiente pra querer voltar a sentir tudo de novo. Depois da queda livre, o tempo que ficamos planando no ar foi maior e me fez ter um pouco de medo, mas agora, misturado com uma sensação de liberdade incrível, de um poder de voar pelo mundo afora e também de superação”.

Gustavo Rosella em um de seus voos na cidade de São Pedro, no interior de São Paulo.

34

VITRINNI

VOO LIVRE

Não menos radical que as modalidades anteriores, o voo livre é um voo não motorizado, em que são utilizadas apenas as térmicas (atividade térmica e do vento na camada atmosférica) para plainar no ar. Os mais populares são o parapente (ou paraglider) e a asa delta. Em 1948, o americano Francis Rogallo, que trabalhava na NACA, agência que antecedeu a NASA, criou e patenteou uma asa flexível, que tinha como objetivo criar uma aeronave simples e barata o suficiente para qualquer pessoa ter. Esta asa foi o equipamento precursor da asa delta e do parapente. O  voo livre atual teve início na Austrália com o engenheiro e inventor John Dickenson, que havia lido sobre a invenção de Rogallo e, inspirado, construiu a asa delta moderna em 1963, abrindo as portas para um novo esporte. Já o parapente teve início nos anos 1960, com o americano David Barish, que era consultor em aerodinâmica para a NASA, e desenvolveu um paraquedas com melhor desempenho de planeio e superfície única de tecido. Após vários testes, decolando da montanha Hunter, em

Nova Iorque, surge o esporte que na época era chamado de “slope soaring”. O francês Stephan Dunoyer realizou o primeiro voo livre do Brasil em 1974, no Rio de Janeiro, decolando de asa delta onde hoje fica o morro de São Conrado. No mesmo ano, ele fez saltos do Cristo Redentor. O primeiro campeonato brasileiro de voo livre foi realizado em 1975. No ano seguinte, foi fundada a Associação Brasileira de Voo Livre, atual Confederação Brasileira de Voo Livre, responsável pelas competições no país (www.abvl.net). O Brasil é um dos principais países do mundo para a prática do voo livre, devido ao fato de possuir muitas cidades com excelentes condições de prática da modalidade. Rio de Janeiro, Brasília, Quixadá (CE), Governador Valadares (MG), Andradas (MG), Atibaia (SP), São Pedro (SP) e Botucatu (SP) são algumas das localidades de renome internacional no esporte. Foi em Botucatu, no interior paulista, que o editor de imagens Luis Gustavo Aroeira Rosella, conheceu e se encantou por umas das modalidades do voo livre: o parapente. Ele e a esposa acompanharam uma competição na cidade e decidiram começar a praticar. “Foi muito legar ver as velas passando próximas a nós numa rampa a 300 metros do chão e depois subindo, chegando a mais de mil metros de altitude sem motor, imitando o voo dos urubus. Passamos a fazer aulas práticas e teóricas, pra entender um pouco de nuvens, condições climáticas e principalmente direção e velocidade do vento”, explica. Gustavo praticou o parapente por mais de cinco anos e atualmente deu uma pausa no esporte (mas não o abandonou, ele ressalta). Para ele, a adrenalina dos voos é apaixonante e viciante. “É uma experiência fantástica estar lá em cima conduzindo uma vela sem motor, só com o barulho do vento nos ouvidos e subindo cada vez mais, com as pernas penduradas às vezes a mais de mil metros de altura. É muito bom! A decolagem e o pouso são mais tensos, pois precisam de mais atenção, mas o voo em si é bem suave. É uma das melhores sensações que já tive.”

EDIÇÃO | 11


VITRINNI PRODUTO

DE APARELHO DE CORREÇÃO À ACESSÓRIO DE MODA

A Prince trabalha com as melhores marcas do mercado, sempre em busca de tecnologia, inovação e harmonia.

A

Viva sua beleza! A Prince Ótica oferece linhas de óculos escuros e de grau que combinam com cada estilo e personalidade.

36

VITRINNI

quilo que era considerado apenas um aparelho de correção, hoje é considerado um artefato imprescindível no mundo fashion. A Ótica Prince traz um tema que muitas vezes passa despercebido: o ÓCULOS. Há um tempo, o óculos de grau era considerado apenas um produto corretivo para deficiências visuais e sem nenhum valor estético. Era associado a uma aparência “sem graça”, já que a​s armações eram bem simples e sem nenhum diferencial fashion. Aos poucos, as pessoas que precisavam usar óculos começaram a procurar armações que trouxessem um ar mais estiloso, sem perder a confortabilidade. Sendo assim, as marcas passaram a se dedicar mais à qualidade técnica e visual de seus modelos, seguindo as tendências de mercado que mudam constantemente. Nos anos 40, por exemplo, o modelo popular entre as mulheres era a armação​ de “gatinho”, com as bordas mais angulosas e que inspiravam um ar intelectual.Já nos anos 70, os mais populares eram os de aro redondo, com curvas acentuadas para combinar com a estética da década. Com o segmento óptico completamente repaginado, novas marcas foram se lançando no mercado. Marcas que antigamente tinham apenas um propósito e um único segmento passaram a ampliar o seu trabalho focando na moda como principal atributo de seu negócio.

EDIÇÃO | 11


PRINCE ÓTICA Emporio Armani

Ray Ban

Viva sua beleza! Ray Ban

Ray Ban

Grande parte delas começou a se destacar no mercado e, até hoje, são conceituadas, como o caso da Ray Ban. Quem nunca teve um óculos da Ray Ban? Se você ainda não teve, pode ter certeza que um dia terá. É um clássico! O óculos é um acessório fundamental para compor o visual de todas as pessoas. Durante a década de 80, os estilistas perceberam essa importância e começaram a investir em parcerias com marcas conhecidas para lançarem as suas coleções de óculos. Agora as marcas não eram só sinônimo de roupas magníficas. Os óculos também estavam presentes para Dolce & Gabbana, Carolina Herrera, Prada, Dior, entre outras. As vitrines das óticas passaram a ficar cheias de armações incríveis assinadas por renomados estilistas. Até a famosa joalheria Tiffany & Co. entrou na jogada e começou a fazer parte desse nicho. São diversas armações para ocasiões formais e informais. O óculos passou a ser um acessório de moda cobiçado, fazendo com que até mesmo quem não precise usar queira o utilizar para dar um up no visual. Afinal, uma armação estilosa pode ser o diferencial para

EDIÇÃO | 11

A Prince Ótica oferece variedade de óculos escuros e de grau.

Emporio Armani

a transformação de uma roupa comum para um look bem descolado. Hoje, é comum que as pessoas possuam mais de um modelo de óculos de grau e solares. As cores e estilos variados auxiliam na composições de looks e combinações específicas para certas situações. Em uma situação mais formal, como uma reunião de trabalho ou um almoço com clientes, um óculos do modelo retangular, o famoso modelo “retrô e nerd”, é muito bacana, pois transmite seriedade e comprometimento. Pode ser em formato cilíndrico ou quadrado. Esse modelo de óculos é muito característico da marca Ray Ban e Fendi​nas cores preto e também em cores vibrantes. Os óculos de cores cítricas são uma boa pedida para o verão, enquanto os de cores mais quentes como vermelho e marrom, combinam com o look inverno. Outro modelo bastante popular é o modelo aviador, que antes era característico apenas em óculos de sol, mas que conquistou seu espaço entre as armações de grau. O modelo aviador garante dar um ar sutil e sofisticado, já que seu aro é bem fino e e pode ser encontrado em cores dourada e prata. Ao mesmo tempo, as

pessoas que utilizam esse modelo, procuram por um look jovial e leve, que se destaca quando combinado ao famoso jeans despojado e camiseta branca. A ótica Prince, com sua experiência de 30 anos de mercado, está sempre antenada nas novas tendências que vem surgindo. Possui em seu acervo diversas marcas renomadas como Armani, Tiffany, Ray Ban, Prada, Fendi e Roberto Cavalli, sempre buscando trazer variedade e qualidade aos clientes. Torne-se um também, siga a fanpage @ oticaprincebauru e fique por dentro de promoções, dicas e novidades.

SERVIÇO Rua Azarias Leite, 4-20, Bauru Telefone: (14) 3879-2189 WhatsApp: (14) 98803-9766 @oticaprincebauru @oticaprince_bauru

VITRINNI

37


VITRINNI SAÚDE

Saúde Cuidados com a saúde em dias frios: saiba como evitar problemas causados pelo tempo seco no inverno As temperaturas mais baixas e a escassez de chuva podem desencadear doenças respiratórias, além de prejudicar a qualidade da pele Da Redação

38

VITRINNI

D

urante as estações mais frias do ano, como outono e inverno, a umidade do ar fica mais baixa e as temperaturas em queda levam à diminuição da transpiração corporal. Por causa desse fator, a pele fica mais seca. Além disso, nesta época, é comum que algumas crises alérgicas apareçam, justamente pelo tempo seco e pela falta de umidade. Gripes, resfriados, crises de rinites, sinusite e bronquite são propícias a surgirem nestas estações. A pele do rosto e do corpo fica ressecada tornando-se esbranquiçada pela desnaturação da proteína durante o inverno. Doenças como Dermatite seborreica, Dermatite atópica, Psoríase e Ictiose vulgar, podem ser desencadeadas ou agravadas neste período. “No frio, ingerimos menos líquidos, tomamos banhos mais quentes e não utilizamos hidratantes adequadamente, removendo o manto lipídico que retém a umidade da pele provocando

EDIÇÃO | 11


SAÚDE NO INVERNO

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

39


Fotos: reproduções

VITRINNI SAÚDE

Foto: reprodução

um maior ressecamento de pele, tornando-a mais propícia para dermatites, infecções fúngicas e bacterianas”, afirma a médica dermatologista, Dra. Adriana Kono. A alimentação é fundamental para uma pele mais saudável e hidratada. É necessário o consumo de frutas, verduras, legumes e sementes, tais como laranja, limão, mexerica, morango, amêndoas, nozes, brócolis, repolho, cenoura, soja, entre outros. Estes alimentos contêm antioxidantes que neutralizam os radicais livres, promovendo assim o rejuvenesci-

40

VITRINNI

mento como melhora da elasticidade e hidratação da pele. “A alimentação saudável previne o envelhecimento e outros danos à saúde como a obesidade, hipertensão, dislipidemia e diabetes. É importante beber pelo menos 2 litros de água por dia, podendo também tomar chás, sucos e vitaminas, evitar banhos quentes e prolongados, não utilizar esponjas, não esfoliar a pele, utilizar um hidratante adequado diariamente após o banho e com a pele úmida, pois ocorre melhor penetração do creme e sempre reaplicar quando sentir a pele seca. É importante não se esquecer dos lábios, mãos, cotovelos, joelhos e pés, que podem ressecar muito com o frio”, recomenda a dermatologista, Adriana Kono. Alguns hábitos diários e saudáveis como a alimentação balanceada, hidratação e fotoproteção podem contribuir para a qualidade da pele durante o inverno, onde à atenção deve ser redobrada em relação aos cuidados necessários para que se previna o ressecamento, envelhecimento, rachaduras e dermatites. “O inverno é um excelente período para manter a pele saudável, pois consegui-

mos evitar a exposição solar. O clima é adequado para tratamento de manchas como sardas, melasma, cicatrizes de acne, rugas, estrias, poros abertos e ceratoses actínicas, que são lesões pré-cancerígenas. Os tratamentos mais indicados são o peeling, laser, microagulhamento, botox e preenchimento. Estes procedimentos promovem a harmonização facial, suavizando rugas com naturalidade”, destaca a dermatologista. O peeling químico é um tratamento rápido, acessível e eficaz para este período, pois promove uma esfoliação química e remodelação do colágeno. No peeling superficial, ocorre uma descamação fina que não atrapalha a rotina do paciente, podendo voltar às atividades diárias no dia seguinte. No peeling médio, ocorrem crostas escuras e a descamação completa acontece entre 7 a 15 dias. Já no peeling profundo, há necessidade de curativo ocorrendo à formação de crostas e exsudação, com a recuperação podendo levar até um mês. A indicação será de acordo com a necessidade de cada paciente. O preparo pré-peeling é importante para a pele reagir de forma mais rápida. O resultado é satisfatório, promovendo aspecto de pele saudável e com viço. Atenção às alergias Rinite e asma alérgicas são doenças respiratórias crônicas prevalentes na população brasileira. Portanto, vemos muitas pessoas sofrerem com estes sintomas no dia a dia, o que leva a limitações para atividades físicas, desempenho de suas funções no trabalho e escola, além de proEDIÇÃO | 11


Fotos: reproduções

SAÚDE NO INVERNO

Foto: reprodução

mover um sono ruim com muita sonolência diurna e irritabilidade. A preocupação se torna ainda maior nas estações do outono e inverno, pois o clima favorece para que haja um número maior de crises, acarretando piora dos sintomas, procura frequente de serviços médicos de emergência e riscos de complicações. O inverno é uma estação propícia para as exacerbações das alergias respiratórias. Alguns fatores responsáveis para as crises são: variação climática, o fato de permanecermos por mais tempo em ambientes fechados e aglomerados para evitarmos o frio, promovendo menor circulação de ar e maiores riscos da transmissão do vírus que circula em grande quantidade nesta época do ano. “Com a chegada do inverno aumentam as chances da gravidade das doenças alérgicas como rinite, asma, conjuntivite e dermatite atópica, devido à queda da temperatura e da umidade do ar. Essas mudanças climáticas alteram o funciona-

EDIÇÃO | 11

mento das vias aéreas, ressecando as mesmas e reduzindo os batimentos ciliares, diminuindo o fluxo sanguíneo e aumentando a resistência ao fluxo aéreo. As infecções virais são responsáveis por grande parte das exacerbações das alergias respiratórias”, explica a médica alergista-imunologista, Dra. Denise B. Borges. A exposição aos alérgenos ambientais também é um desencadeador para as crises e, portanto, são necessários cuidados contra os fungos, ácaros, poeira, pelos, saliva de animais domésticos, mofo, bolor, entre outros desencadeadores alergênicos. Roupas, cobertores e outros itens que são utilizados no frio, muitas vezes ficam guardados e acabam acumulando ácaros e fungos que estão na poeira. Ao utilizá-los, caso não sejam lavados, a poeira pode provocar o agravamento de crises alérgicas. “Devemos manter os cuidados básicos de higiene pessoal evitando a transmissão de vírus, assim como permanecer com a vacinação em dia, ou seja, a imunização anual contra inf luenza. Também é recomendado manter os cuidados de higiene ambiental para minimizar expo-

sição aos alérgenos como ácaros, fungos e epitélios de animais. É importante retirar para lavar e tomar sol toda a roupa de inverno, tanto de uso pessoal, como roupas de cama. Para os pacientes alérgicos, é importante manter higiene nasal com soro fisiológico e o tratamento profilático indicado pelo seu médico”, recomenda a alergista-imunologista. Atualmente existem tratamentos disponíveis para que o paciente alérgico não sofra tanto com as mudanças climáticas e variações sazonais. “O paciente deve ser avaliado pelo médico e será indicado o tratamento de acordo com os sintomas, considerando-se a gravidade e frequência dos mesmos. Pode ser indicado o tratamento para a crise aguda e mantido tratamento profilático para os casos de sintomas persistentes. Essa orientação é individualizada para cada caso. As doenças respiratórias alérgicas são doenças crônicas e não têm cura, mas com uma boa avaliação médica e tratamento adequado, é possível manter os sintomas controlados e garantir ao paciente uma boa qualidade de vida”, destaca a médica, Dra. Denise B. Borges. VITRINNI

41


SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

42

VITRINNI

Fotos: reprodução

A

busca pela beleza e aceitação social está presente desde a infância. A preocupação com a estética facial e com a aparência dos dentes, assim como com o impacto na autoestima das crianças e consequentemente na maneira como elas se relacionam e fazem amigos merece atenção. Nesse contexto, um bom alinhamento dos dentes nas arcadas é fundamental para um sorriso harmonioso, que por sua vez complementa a beleza facial de maneira impactante. Em um estudo publicado em 2013, crianças de 11 e 12 anos apontaram a aparência dos dentes como o fator número um responsável pelo bullying sofrido por elas. Espaçamentos nas arcadas, forma e cor dos dentes e dentes tortos ou apinhados ficaram a frente da força e peso das crianças. Baseado nesses dados, o tratamento ortodôntico além de promover um posicionamento mais adequado dos dentes para facilitar a mastigação e a higienização dos dentes, deixa o sorriso mais estético, contribuindo para diminuir as chances de bullying na infância. O impacto de um sorriso pode ir muito além das causas de discriminação sofridas na infância. Um estudo, publicado na revista de maior impacto na ortodontia, investigou a influência do sorriso harmonioso nas chances de arrumar emprego por meio de fotografias de pessoas, cujos sorrisos fora manipulados para apresentar

características ideais ou não. Os resultados mostraram claramente que pessoas responsáveis pela contratação em empresas preferiram candidatos com sorrisos esteticamente ideais, pois essas foram consideradas mais inteligentes. Nesse sentido, podemos inferir que indivíduos com dentes tortos ou com algum desvio da normalidade nas arcadas podem apresentar menos chances de contratação, o que chama a atenção para a beleza do sorriso

como um dos fatores importantes nas entrevistas de empregos. Quando as relações afetivas são consideradas, o sorriso ideal também coloca em vantagem as pessoas que procuram por um parceiro. Um outro estudo entrevistou 360 mulheres e homens solteiros na faixa etária de 18 a 25 anos de idade, questionando os entrevistados sobre suas preferências para se relacionar afetivamente. Um álbum contendo fotografias EDIÇÃO | 11


Fotos: reprodução

CHOCOLATE ODONTOLOGIA

AUTORA: ANA CLÁUDIA DE C F CONTI CROSP 48585 Graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP) Especialização em Ortodontia pela FOB-USP Mestrado e Doutorado em Ortodontia pela FOB-USP Aperfeiçoamento em Oclusão e Disfunção Temporomandibular Aperfeiçoamento em Ortodontia Preventiva e Interceptora pela Profis- Bauru Professora de Ortodontia na graduação e pós-graduação na Universidade do Sagrado Coração (USC-Bauru)

Foto: reprodução

de indivíduos com más oclusões simuladas foi apresentado aos entrevistados e o maior índice de rejeição foi obtido pelas fotografias com indivíduos com “dentes apinhados”. Isso reforça a ideia do impacto da estética do sorriso tanto nas relações profissionais quanto nas afetivas, demonstrando o quanto um sorriso harmonioso pode afetar a vida das pessoas. Tem se tornado cada vez mais importante os estudos que investigam as mudanças na qualidade de vida das pessoas, principalmente as mudanças que causam um impacto positivo. Portanto, quando uma modalidade de tratamento é proposta para um indivíduo, este deve questionar o quanto esse tratamento pode modificar sua vida. Nesse contexto também podemos discutir as diferentes modalidades de tratamentos odontológicos, principalmente os recursos que visam a melhora estética dos dentes. Nesse quadro se destaca a ortodontia, pois em muitos casos a correção da

posição inadequada dos dentes causa um impacto mais estético do que uma melhora nas funções como mastigação ou fonação. O impacto dessa melhora estética principalmente dos dentes anteriores, os dentes que mais aparecem ao sorrir, deve ser mensurado no bem estar do paciente. As más oclusões severas envolvendo os dentes anteriores tem um efeito negativo tanto emocionalmente quanto psicossocialmente na vida das pessoas. Esse fator deve ser considerado no tratamento ortodôntico, principalmente tentando entender a visão e percepção dos pacientes em relação a sua condição dentária, que muitas vezes difere da opinião e percepção do dentista. A influência da correção da má oclusão em pacientes adultos foi investigada. Um estudo com 102 pacientes adultos, de 18 a 65 anos de idade, revelou que o tratamento ortodôntico teve um impacto positivo na autoestima e na melhora da qualidade de vida dos pacientes. Os benefícios psicossociais decorrentes de um sorriso harmonioso associado a uma condição de saúde bucal são comprovados e merecem atenção. Esse dado, corroborado com muitas pesquisas, nos faz refletir sobre o alcance do tratamento ortodôntico, ampliando sorrisos, mudando vidas. CONTATO Clínica Mantenus Rua Bartolomeu de Gusmão, 7-70, Bauru/SP Tel.: (14) 3208-4846 | Cel.: (14) 99795-7795 Email: accfconti@uol.com.br

EDIÇÃO | 11

Autora de 71 artigos científicos nacionais e internacionais e capítulos de livros.

FONTES Al-Bitar ZB, Al-Omari IK, Sonbol HN, Al-Ahmad HT, Cunningham SJ. Bullying among Jordanian schoolchildren, its effects on school performance, and the contribution of general physical and dentofacial features. Am J Orthod Dentofacial Orthop 2013;144:872-8. Pithon MM, Nascimento CC, Barbosa GC, Coqueiro Rda S. Do dental esthetics have any influence on finding a job? Am J Orthod Dentofacial Orthop. 2014;146:423–429. Pithon MM, dos Santos CR, Lima Santos N de, Aguiar Sales Lima SO, da Silva Coqueiro R, dos Santos RL. Impact of malocclusion on affective/romantic relationships among young adults. Angle Orthod. 2015; Jul;86(4):638-43. Nascimento VC, Conti ACCF. Cardoso MA, Valarelli DP, Almeida-Pedrin RR. Impact of orthodontic treatment on self-esteem and quality of life of adult patients requiring oral rehabilitation. Angle Orthod. 2016 Sep;86(5):839-45.

Dra. Ana Cláudia Conti

VITRINNI

43


GOURMET

Culinaria

Exotica Da Redação

A

alimentação é algo vital para o ser humano. Mas nosso paladar é muito influenciado por fatores culturais. Se alimentar bem não depende só das necessidades físicas, mas também do contexto social. Existe muita história por trás das refeições em cada região do mundo. A cultura de um país, de uma região ou de um povo está intimamente ligada à culinária. Uma das coisas mais interessantes de se viajar  é conhecer novos pratos e provar a gastronomia local. Etnias diferentes possuem hábitos alimentares diferentes, cada país tem uma iguaria, cada cultura usa temperos e ingredientes que criam sabores únicos. O que é natural para uns, pode ser exótico ou nojento para outros. Para os brasileiros, certas comidas, como as que você verá a seguir, não são comuns, mas  são no mínimo curiosas e, acredite, todas apresentam algum valor nutricional. CHINA O ovo centenário é uma iguaria da culinária chinesa. O ovo (de pato, gan-

46

VITRINNI

so ou galinha) é enterrado várias semanas, ou meses, em uma mistura de argila, cinzas, sal, cal e amido de arroz. A gema do ovo fica com uma cor que varia entre o verde claro e o verde escuro, enquanto a clara pode ficar de marrom escuro a transparente. A gema é cremosa com um aroma acentuado, e possui um sabor que se assemelha ao queijo. A clara possui uma textura que se aproxima da clara cozida, mas possui pouco sabor. O vinho de cobra é um acompanhamento nas refeições chinesas. A cobra é colocada na garrafa e fica te “olhando” durante o jantar. Curiosidade: no Vietnã, o veneno de cobra é consumido até como remédio. Um dos pratos mais caros da culinária chinesa é a sopa de ninho de passarinho. Mas não de qualquer passarinho, apenas de uma andorinha asiática que faz seu ninho com a própria saliva. Os ninhos demoram 35 dias para ficar prontos e só são feitos na época do acasalamento. Por isso, só podem ser colhidos três vezes ao ano e normalmente só são encontrados em locais de difícil acesso, como monta-

EDIÇÃO | 11


CULINÁRIA EXÓTICA

Century egg EDIÇÃO | 11

VITRINNI

47


Fotos: reproduções

GOURMET

Century egg

Queijo pecorino

ITÁLIA Queijo pecorino italiano é um prato feito com leite de ovelha. Mas o mais chocante é que larvas de moscas fazem parte dos ingredientes. Elas fermentam o queijo que ele possa ser apreciado. Detalhe, o queijo deve ser consumido enquanto as larvas estão vivas, caso contrário, o alimento se torna altamente tóxico. INDONÉSIA Você pode até achar estranho, mas muita gente paga muito dinheiro para tomar um café feito das fezes de uma espécie de gato. O Kopi Luwak é um dos

Foto: reprodução

nhas rochosas. Por isso o preço da iguaria pode chegar a 100 dólares o quilo. Os ninhos são servidos cozidos em caldo de galinha e possuem uma textura gelatinosa. São ricos em nutrientes e sais minerais, além de ter valor medicinal para os chineses: acredita-se que o prato ajuda na digestão, no tratamento da asma, na libido, melhora a voz, na concentração e no sistema imunológico. Na China, as larvas do bicho da seda são fritas com cebola cortada e um molho grosso ou misturadas em omelete com ovos de galinha. Se você não curtir a textura tenra do recheio, também dá para comer a crisálida, a “embalagem” que envolve a larva, que parece uma casquinha crocante tipo um salgadinho. O prato também é consumido na Tailândia, onde faz parte alimentação de crianças nas escolas tailandesas.

Kopi Luwak

48

VITRINNI

cafés mais caros do mundo. Produzido na Indonésia, conta com a ajuda de um felino conhecido como Gato-de-Algália, um mamífero do mar Mediterrâneo. O café é produzido com grãos extraídos das fezes do  civeta, que ingere os grãos, mas a semente passa intacta pelo sistema digestivo do animal. São as bactérias e enzimas produzidas durante a digestão responsáveis pela qualidade do café. Mas calma: depois de expelidos, os grãos são cuidadosamente lavados e usados na preparação da bebida. VIETNÃ No Vietnã, filhotes de ratos são servidos grelhados com um molho especial, feito de gengibre, alho e também vinagre. BURMA Há quem diga que carne de morcego faz muito bem pra saúde. Nas montanhas da fronteira de Burma, no sudeste da Ásia, um dos pratos mais apreciados é a porção de morcegos fritos. A textura e o sabor lembram a carne de frango. Os morcegos que fazem parte do cardápio humano são os que se alimentam de frutas. Além da caçarola, um guisado com carne, vegetais e batatas, existe a sopa e a lasanha de morcego. Curiosidade: os apreciadores da carne de morcego acreditam que ela

EDIÇÃO | 11


CULINÁRIA EXÓTICA

Silkworm


Fotos: reproduções

GOURMET

Sopa de crocodilo

aumenta a potência sexual masculina e as chances de ter uma vida longa e feliz. TAILÂNDIA Pra quê canja, se você pode saborear uma deliciosa sopa de crocodilo? Basta dar um pulo na Tailândia e experimentar a iguaria. Os animais são alimentados somente com enguias japonesas por cerca de três anos até chegarem aos 30 quilos, só aí são abatidos. Quem experimentou diz que a textura se assemelha à do peixe.

FILIPINAS Se você estiver de férias nas Filipinas e te servirem um ovo de pato com um feto quase desenvolvido dentro, não vá chamar o garçom e dizer que sua comida está podre. Esse é um prato típico do país e recebe o nome de balut. O embrião é desenvolvido por 17 dias, (até o ponto de ter penas e bico) cozido e temperado ao molho de soja, vinagre, sal, suco de limão, pimenta-do-reino e coentro. Deve ser servido ainda na casca e, dizem, tem textura crocante por causa dos ossos e é muito saboroso, além de ter propriedades afrodisíacas.

Foto: reprodução

FRANÇA O país dos doces rebuscados, também é conhecido pelo scargot. Imagina um aperitivo de torrada com lesmas ao molho de cogumelos e gergelim. Para perder essa camada grossa da pele, as lesmas precisam ficar horas na água fervente e, consequentemente, morrem.

Balut

Scargot

50

VITRINNI

CINGAPURA Não se preocupe com o veneno do escorpião. Em Cingapura, ele é cozido antes de ser frito em óleo. As altas temperaturas do preparo desencadeiam uma reação química que neutraliza o veneno. Aí, é só engolir o bicho, inteiro mesmo, das garras até a cauda. A espécie preferida é o escorpião-negro, que é maior e tem menos veneno que o escorpião-marrom. Curiosidade: O escorpião é um prato admirado pela maioria dos povos asiáticos e é degustado como petisco. JAPÃO Fugu ou baiacu é um peixe venenoso pois tem muita tetrodotoxina, um veneno dez vezes mais forte que o cianeto. Para que a iguaria não mate ninguém, o chef retira uma bolsa perto das brânquias que contém o temido veneno. Depois, ele fura a bolsa e espalha sobre a carne do peixe uma pequena dose da toxina, para provocar um certo efeito alucinógeno em quem come. Curiosidade: por causa dos riscos da ingestão do alimento, os cozinheiros e chefs de restaurantes são exaustivamente treinados até ganharem o aval para preparar o fugu para consumo. Mesmo assim, cerca de 20 pessoas morrem por ano, intoxicadas pelo veneno do peixe!

EDIÇÃO | 11


CULINÁRIA EXÓTICA

Fugu


Fotos: reproduções

GOURMET

Carne de canguru

tece que aquilo não é só ficção. Os miolos dos primatas são servidos na África e em alguns países da Ásia. O prato é servido quase sempre cru, depois de limpo e temperado com vinagre ou limão. No entanto, o cérebro também pode ser servido ainda no crânio do animal vivo, mas a prática é condenada pelas sociedades protetoras dos animais.

não é venenosa e é a mais consumida no mundo por ser maior que as outras aranhas. A parte mais cobiçada é o abdômen, é lá que fica a maior parte da carne, na cabeça estão as vísceras e no restante do corpo não há muito mais o que comer.

ÁFRICA Os fãs de Indiana Jones provavelmente se lembram da cena em que o herói participa de um banquete com cérebro de macaco entre os pratos principais. Acon-

CAMBOJA No Camboja as aranhas são consideradas deliciosos petiscos e até convivem com os locais amigavelmente. Apesar de pavorosa, a caranguejeira ou tarântula

BRASIL

Foto: reprodução

AUSTRÁLIA Com certeza, é o país dos cangurus. O hábito de comer cangurus começou com os nativos australianos, que aproveitavam várias partes do animal. Hoje em dia, a carne é picada e cozida em vapor, com a adição de bacon, sal e pimenta. Não sobra nada: até o rabo é aproveitado para fazer sopa! O gosto é comparado ao da carne de avestruz, uma carne vermelha bem forte. Os pratos feitos com canguru são vendidos em mais de 900 restaurantes, desde pizzarias até serviços de quarto em hotéis cinco estrelas.

Farofa de formiga

CULINÁRIA Sim, até nosso país possui hábitos alimentares em algumas regiões um pouco diferentes. A farofa de formiga aparece no cardápio rural brasileiro. A variedade preferida é o içá ou saúva, uma formiga que, dizem, tem um gosto parecido com amendoim. Além de consumida em farofas, também pode ser torrada com tempero ou congelada. Como vários outros insetos, as formigas são ricas em proteína, têm baixo teor de gordura e alto teor de fósforo. Do outro lado do mundo, os chineses usam formigas para fabricar um vinho que é útil no tratamento de reumatismo e no fortalecimento dos músculos e ossos.

Petisco de aranha

52

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


VOCÊ PRECISA ENXERGAR OUTRAS POSSIBILIDADES

Pós com algo a mais.

13 16 Cursos

• Agrária: Gestão da Qualidade tecnológica e produtividade no setor Sucroalcooleiro.

• Educação:

• Saúde:

Estratégias Lúdicas

Atividades Físicas para grupos especiais e Personal trainer

• Comunicação:

Auditoria, Controladoria e Finanças

Design de Superfície MBA Marketing e Comunicação Produção de Moda: Do planejamento visual às mídias sociais

• Gestão:

Estética Clínica

Gestão Empresarial

Psicologia Infantil: Práticas Clínicas, Educacionais e Institucionais

Gestão Ambiental

• Tecnologia da Informação:

Gestão Integrada: Pessoas e Sistemas de Informação

MBA Engenharia de Software com ênfase em Aplicações Web e Mobile

A FIB PREPAROU UM PACOTE DE CONDIÇÕES ESPECIAIS. VEM! ESPERAMOS VOCÊ. facebook.com/fibbauru

www.fibbauru.br

F: 14 2109-6200

14 99822-3829


14 3204 - 5460 Av. GetĂşlio Vargas, 4-85 - Bauru|SP /alvoradamoveisbauru


14 3882-4089 | 3815-5197 | 99631-4309

R UA H UMB ERTO PINH EIRO MACHAD O, 75 PARQUE MARA JOARA, BOTUCATU


ARQUITETURA E INTERIORES

Heloisa Losi Arquitetura & Interiores FOTOS E VELY N MILLER

H

eloisa Losi é arquiteta, formada pela Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho - UNESP / Bauru. Atua há 25 anos como arquiteta e design interior em todo Brasil.

Em busca de constantes desafios, o escritório dedica-se à elabo-

ração de projetos focados na qualidade de vida por meio de soluções diferenciadas que transmitam conforto, segurança, bem-estar e sofisticação com criatividade, dinamismo e assertividade. Participou do programa JOGO DE CINTURA, da Globo, no quadro “QUERO MUDAR”. Desenvolveu o projeto urbanístico preliminar do Parque Tecnológico em parceria com a Prefeitura de Botucatu e a UNESP_Campus de Botucatu , aliança confirmada pela presença do secretario do Estado Geraldo Alckmin. Escreveu o capitulo do livro” Grandes Marcas Grandes Empreendedores” com o tema “Arquitetura e Marketing”, lançado em outubro de 2009 em Assis. Recebeu o Prêmio Internacional de Destaque Hunter Douglas, no ano de 2015 na cidade de Lisboa (Portugal) e no ano de 2016, em Amsterdã (Holanda) e no ano de 2017 em Taormina (Itália). Seus trabalhos já foram publicados em jornais e revistas de todo pais de grande repercussão nacional, como Espaço D, Casa Mix, Casa Vogue, Construir, Revista Alvo Leste, Revista Di Moveis, Revista Bom Dia entre outras revistas e jornais regionais.

56

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


HELOISA LOSI

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

57


Duplex

Duplex de 300m2 no interior de São Paulo. No pavimento

O revestimento 3D metalizado no espaço gourmet propor-

térreo temos a cozinha integrada a área social. Essa área so-

ciona movimento e conversa bem com a madeira e os outros

cial engloba o living, home theater, jantar e espaço gourmet.

materiais. Na suíte principal revesti todas as paredes com papel de parede que lembra o linho. Vários materiais se mis-

Para disfarçar alguns elementos estruturais eu optei em

turam harmonicamente como a madeira, a laca, a fibra na-

trabalhar com o boiserie em algumas paredes criando uma

tural (Málaca) na cabeceira, e toda parede que divide a suíte

linguagem humanística e elegante como podemos ver nas

do closet. O boiserie paginado disfarça a porta de correr no

fotos. Os nichos próximos ao suporte da tela foram proje-

mesmo revestimento.

tados para disfarçar uma enorme coluna estrutural, ficou um conjunto harmonioso. A tela é retrátil, quando abaixa-

A iluminação foi projetada para valorizar a funcionalida-

da, pode-se assistir por todos os ambientes. Outro material

de dos espaços e para criar ambientes cênicos, trazendo a

que optei em usar bastante é o Corian; está presente em to-

sensação de aconchego para o lar. Os vários efeitos lumi-

das as bancadas. No balcão gourmet projetei um nicho com

notécnicos foram automatizados permitindo várias cenas

ele pode ter várias utilizações, uma delas é gelar bebidas.

e controle total da iluminação.


Casa Zagho

Projetada com responsabilidade sustentável e cheio de de-

sim, devido ao terreno acidentado, consegui projetar um

talhes que remetem a lembranças do passado, a casa possui

ateliê na parte debaixo.

muitos traços de seus moradores, detalhes do seu dia a dia e principalmente de suas historias representado nos materiais

Pensando em sustentabilidade, toda a água do telhado é re-

utilizados e na decoração. Um deles sao os tijolos aparentes

colhida e levada para uma cisterna e reaproveitada na limpe-

em varios ambientes internos e externos. Esses tijolos foram

za dos pisos, manutenção das plantas e jardins, e descarga.

comprados de uma casa demolida no inicio do seculo. Na decoração, os objetos contam a história da família. Então, Os ladrilhos hidraúlicos foram produzidos sob encomenda

os restaurei e utilizei em todos os ambientes, como a mesa

pessoalmente, ou seja, desenho, cor.... Tudo previamente

do pai do proprietário, que era marceneiro. Hoje, ela embele-

pensado para compor com o contexto da casa. Eles formam

za o hall de entrada com objetos de época. E, assim, em cada

tapetes maravilhosos nos ambientes, os assoalhos são to-

cantinho, essa linguagem é representada e valorizada. Por

dos de madeira certificada. A integração dos ambientes

morarem em um residencial hípica, os apedrejos também

também foi uma solução para unir a família e amigos, as-

são muito valorizados, além do hobby por carros antigos.


Casa Spazio Verde

Projeto de uma residência com arquitetura neoclássica e

Boda, gastão debreix, Sérgio Rodrigues. No piso foi usa-

decór clássico, com toques contemporâneos, que fica den-

do o mármore Carrara, detalhes característicos do estilo

tro de um condomínio fechado. Foi projetada para família

como o corrimão em aço desenhado especialmente para

que gosta de receber os amigos e familiares. A paleta de

o casal,e as molduras em cimento embelezam e fortificam

tons claros foram o referencial, contrastando apenas com

o conceito. Uma grelha paisagística foi projetada contor-

alguns objetos, como a poltrona casco do Estúdio Lattoog,

nando todo beiral para não ter que utilizar as tradicionais

cadeira do Estúdio Mula Preta, peças do Moma, Kosta

calhas aparentes e assim não agredir a fachada.


PA R C E I R O S HELOISA LOSI Ana Paula Decorações Mina’s Pedras Construmarques

ENDEREÇO E C O N TAT O S Rua Coronel José Vitoriano Villas Boas, 382, Centro, Botucatu, CEP 18600 130 Telefones (14) 3882-4684 | 99735-9898 Whatsapp (14) 99735-9898 E-mails heloisa@heloisalosi.com.br heloisalosi@uol.com.br administracao@heloisalosi.com.br Facebook | Instagram @heloisalosi Site www.heloisalosi.com.br


VITRINNI PRODUTO

FORMATTO

DECOR

Além do custo benefício e de possuir as coleções da mais prestigiada e renomada gama de Designers do Brasil, a Formatto Decor ainda alia tendências de mercado com um atendimento de alto padrão e uma grande diversidade de produtos para sua escolha. Aproveite a pausa no seu dia e conheça alguns de nossos novos produtos:

1

Mesa de centro Onorata

3

Poltrona Sela

2

Poltrona Valeria

66

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


4

Poltrona e puff Graus

5

Sofá Lapinha

6

Mesa centro Magenta

7

Mesa jantar Flow

9

Cadeira Giovanna

8

Cadeira Guilherme

FORMATTO DECOR EDIÇÃO | 11

10

Cadeira Orlando

Showrrom: Avenida Getúlio Vargas, 30-47, Parque Samambaia, Bauru - São Paulo. Telefone: (14) 3256-0626 | www.formattodecor.combr

VITRINNI

67


ARQUITETURA E INTERIORES

AUÁ ARQUITETOS:

VILA PEDREIRA

Fotos: Alexandre Haralampidis

A

Vila Pedreira surgiu da premissa de conceber um projeto de custo médio, em um lote padrão, com materiais e sistemas construtivos convencionais, mas que apresentasse ganhos espaciais dos ambientes internos e otimização das áreas livres. A solução proposta foi a configuração da casa em dois volumes autônomos, implantados na porção oeste do terreno e orientados em leque para o sol nascente. No volume mais próximo à rua estão as áreas sociais: sala com pé direito duplo, cozinha integrada à sala e o mezani-

68

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


Fotos: Alexandre Haralampidis

CHOCOLATE AUÁ ARQUITETOS

“Vila Pedreira partiu de uma visão de que a arquitetura de qualidade não depende de circunstâncias extra-ordinárias para existir, mas surge a partir dos materiais de trabalho que se tem à disposição.” no-escritório; no volume do fundo estão os dois quartos, dispostos um acima do outro. As aberturas dos ambientes foram dispostas de forma a tirar proveito da localização do terreno na parte mais alta da cidade, proporcionando diversos enquadramentos da paisagem rural. Os dois volumes se conectam pela laje que percorre o limite oeste do lote EDIÇÃO | 11

e conforma a varanda de lazer envidraçada, aberta ao jardim resguardado entre volumes. Este jardim mais recluso integra-se de maneira natural à área livre à leste, proporcionando alternância e também continuidade de áreas mais resguardadas com outras visualmente conectadas ao exterior. Como o terreno natural sobe a partir da rua, a casa foi acomodada num platô de 1,50m de altura que se estende desde o fundo do lote até a calçada. Neste ponto configura-se um terraço para a rua, ao modo de algumas tipologias de residências antigas que fazem deste espaço um lugar de interface da casa com o logradouro e os passeios públicos, de onde se pode observar a paisagem e conversar com as pessoas que passam. A elevação de nível proposta evoca também outras características tradicionais como a escadaria de acesso que faz a transição entre áreas abertas e privadas. Desta forma, a posição do bloco social centralizado no VITRINNI

69


Fotos: Alexandre Haralampidis

ARQUITETURA E INTERIORES

FICHA

TÉCNICA Nome do projeto: Vila Pedreira Escritório: AUÁ arquitetos O AUÁ trabalha com projetos de uso público ou privado, em arquitetura e urbanismo, atuando da escala do objeto à escala da cidade: projetos urbanos, edifícios habitacionais e comerciais, casas, escolas, museus, espaços públicos, restauros, lojas, mobiliários. Da concepção à execução, cada projeto é pensado em suas especificidades, buscando soluções inovadoras, econômicas e humanas. Autores: Diogo Cavallari, Isadora Marchi, Paulo Catto, Victor Berbel Arquitetos Responsáveis: Diogo Cavallari, Isadora Marchi, Paulo Catto, Victor Berbel Equipe: Diogo Cavallari, Isadora Marchi, Paulo Catto, Victor Berbel Endereço: Rua Orlando Frascareli, 807, norte, Jardim Castelo, Pederneiras, São Paulo, Brasil Ano de conclusão da obra: 2017 Área total construída (m2): 145 Fotografia: Alexandre Haralampidis Website do fotógrafo: https://500px. com/alexandreharalampidis Outros colaboradores: Arcanjo Engenharia - Miguel Cernov Eng. Elétrico - Carlos Beltramini Neto Construtor - Fábio Pedreira Materiais utilizados: Laje painel, Bloco de concreto, Bloco cerâmico, Esquadrias de alumínio, Concregrama. Empresa / Produto

lote, circundado por um lado pela escadaria e por outro pela subida natural do terreno, faz com que ele funcione como rótula distribuidora dos percursos entre as áreas internas e também externas, reafirmando a importância dos momentos de lazer ao exterior. O projeto da Vila Pedreira buscou, enfim, maximizar as potencialidades de demandas e de condicionantes comuns, 70

VITRINNI

a partir de uma visão de que a arquitetura de qualidade não depende de circunstâncias extra-ordinárias para existir, mas surge a partir dos materiais de trabalho que se tem à disposição.

JS Portões | Loja Master | Marmoraria Pederneiras | Box São Vicente | MPM Estruturas Metálicas | Fantin Terraplanagem | Condec Premium | Bauru Lajes | Blocos e Blocos | Marcenaria Avante.

AUÁ Arquitetos Telefone: (14) 98174-3118 Website: www.auaarquitetos.com E-mail: contato@auaarquitetos.com

EDIÇÃO | 11


14 3234-9703 /mkm.menswear Al. Octรกvio Pinheiro Brisola, 19-54 Vl. Nova Cidade Universitรกria - Bauru|SP


ALLFENAS,

Fotos: divulgação Alfenas

VITRINNI PRODUTO

ESTILO QUE MARCA A

llfenas nasceu em 2013 fruto da parceria profissional entre dois jovens empresários de Bauru, Kelvyn Almeida e Breno Gomes, estudantes de design e administração de empresas, respectivamente. A ideia de criar uma marca partiu de Kelvyn que, à época da universidade, se deparou com os desafios do curso que incluíam

O Ator Márcio Kieling é um apreciador dos óculos Allfenas.

72

VITRINNI

produzir óculos com essa matéria-prima incomum, a madeira. Após desenvolver a técnica, ele se uniu ao Breno e, juntos, criaram a marca Allfenas, que transfere uma sensação particular com produtos inovadores e exclusivos. Para atingir seus objetivos, os jovens bauruenses tiveram que dar duro, tendo de dividir seu tempo entre faculdade, outros empregos e a marca. A primeira coleção da Allfenas contou com sete modelos de óculos de madeira e, apesar da quantidade de opções, deu o que falar e conquistou o coração do público! Esse sucesso não se dá apenas pelo estilo dos óculos, mas também pela história que os envolvem. O charme dos produtos Allfenas é mais antigo do que parece! Toda a classe e elegância dos materiais pode ser explicada pela sua origem: móveis de madeira antigos como cadeira de balanço, armários coloniais e outros. É isso mesmo, peças que estavam abandonadas ou iriam para o lixo são reaproveitadas e transformadas em produtos exclusivos nas mãos dos profissionais da Allfenas. Demais não é mesmo?

Sucesso na TV e nas redes sociais

O sucesso da marca se deve também às parcerias que os jovens empresários conseguiram firmar e que alavancaram a marca a patamares que nem os proprietários imaginavam que seria possível no início. O sonho se tornou real quando atores e atrizes globais passaram a usar espontaneamente os produtos da marca nas atuações na telinha, ampliando a divulgação e transformando a marca num item obrigatório no rol de acessórios daqueles que queriam mais estilo no seu dia a dia. Não é só na televisão que a Allfenas é destaque: no Facebook

EDIÇÃO | 11


ALLFENAS

Beleza & estilo! Allfenas oferece coleção de óculos e relógios diferenciados.

e no Instagram, já são mais de vinte e três mil seguidores da marca que ficam ligados para acompanhar as novidades e promoções lançadas semanalmente. Hoje, além de óculos - e já são mais de quinze modelos exclusivos - a marca também comercializa relógios e carteiras de madeira. A expansão da gama de produtos foi incentivada pela grande aceitação por parte do público que deseja algo diferente para compor seu look. Os óculos leves, estilosos e exclusivos e a união de valores como primazia pelo bom atendimento, compromisso com o cliente, integridade e respeito com os

EDIÇÃO | 11

consumidores fazem da Allfenas uma marca atual e forte no mercado da moda.

Você de Allfenas

Para conhecer os produtos de madeira da Allfenas, basta acessar a loja virtual e conferir os tamanhos, os modelos e também as cores dos óculos, relógios e carteiras disponíveis no endereço eletrônico www.allfenas.com.br.

Siga a marca no Facebook e Instagram: Fb-fb.com/allfenas/Instagram-@allfenas

VITRINNI

73


SAÚDE DOS FIOS

POR QUE VISAGISMO? Foto: reprodução

Hoje se fala tanto em visagismo, mas em que isso pode ajudar alguém? O que esperar de um profissional visagista?

V

Fotos: divulgação

isagismo é o estudo das linhas do rosto, forma de se comportar, personalidade, estilo de vida e, através desse estudo, identificar a imagem/impressão que se causa nas pessoas. E o melhor é que, com as técnicas do visagismo, através de corte, cor, maquiagem, penteado e estilo de roupas, pode-se mudar essa imagem de forma a se sentir mais belo e seguro. Expressando o que há no interior de cada um,criando um estilo próprio, sem se prender a padrões de beleza e imposições de moda e tendências

74

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


Foto: reprodução

ou usando ela a seu favor. Afinal, todos têm a sua beleza e o que é belo para um, pode não ser para outro. O profissional da beleza, que trabalha com os conceitos do visagismo, tem a consciência da importância da imagem pessoal e de como ela afeta o senso de identidade das pessoas. Adequando a imagem da pessoa ao que ela sente em seu interior, pode fazer com que finalmente se reconheça bela no espelho. Quando isso ocorre, os benefícios se estenderão a todas as áreas da vida.  Por outro lado, uma alteração feita sem consciência e conhecimento, mesmo que trazendo resultados estéticos positivos, pode fazer com que a pessoa não se reconheça mais. Portanto, criar uma imagem personalizada para os clientes, integrando e harmonizando o corte, a cor, o penteado e a maquiagem, e dessa forma

Foto: divulgação Studio M

Foto: reprodução

Foto: reprodução

STUDIO M

combater a uniformização da imagem, é o objetivo do profissional visagista. Para isso, considera cada trabalho como novo e único, sem soluções pré-concebidas, consultando cada cliente para saber mais a seu respeito: descobrir as necessidades, preferências, estilo de vida, características físicas e personalidade. Muitos profissionais se consideram visagistas, fato a se discutir, observando-se o uso de técnicas e não de conceitos. O verdadeiro visagista é um artista, pois usa as técnicas, transformando-as em conceito, através de métodos personalizados. “Visagismo é a arte de descobrir o que o cliente deseja expressar pela sua imagem” Philip Hallawell.

EDIÇÃO | 11

Marilene Rodrigues, cabelereira e proprietária do Studio M.

STUDIO M Endereço: Studio M Cabelo e Pele fica na rua Francisco Ministro Zani, 4-21, Vila Paraíso – Bauru Fones: (14) 3238 4874 / 99633-2992 98803-0446 / 98187-9016 Facebook.com/StudioM Instagram @studiomcabeloepele

VITRINNI

75


NOIVAS E FESTAS

VILLA NOVIA Fotos: Maikon Sahara

Localizada em área nobre de Bauru, Villa Novia apresenta novidades em primeira mão com grifes brasileiras e europeias

O

dia mais importante e exclusivo da vida de uma mulher merece uma preparação igualmente exclusiva. Há quase três anos no mercado, a Villa Novia se tornou referência em vestidos de noivas e festas em toda a região. As novidades sempre chegam à Villa Novia em primeira mão com grifes nacionais e europeias como Pronovias, Aire Barcelona, La Sposa e trás para noivas mais exigentes a marca das famosas LUCAS ANDERI. A loja multimarcas trabalha com os melhores fornecedores e traz inspirações nas principais feiras do setor, como a Barcelona Bridal Week, referência quando o assunto é casamento com desfiles e marcas exclusivas.

76

VITRINNI

Todos os detalhes são pensados com carinho. Os modelos estão dispostos no showroom de forma clara com opções para todas as noivas, atendendo as exigências específicas de cada uma delas. O atendimento é totalmente exclusivo e personalizado, inclusive com hora marcada. A loja se destaca por ter um caráter exclusivo. Cada modelo possui apenas uma unidade e quando a noiva escolhe, o vestido fica guardado até o casamento. “Nós criamos laços com a noiva, gostamos de participar da vida dela para tornar a escolha do vestido um momento realmente pessoal e significativo. Nosso ambiente é tranquilo para que ela se sinta bem à vontade. Estamos ao lado da noiva desde o primeiro atendimento até a entrega do vestido. É o principal vestido da vida dela e ela tem que ser tratada com todo carinho. É gratificante fazer parte deste sonho”, explica Wanessa Gonçalves, proprietária.

As noivas também encontram criações próprias feitas pela equipe de modelistas, costureiras e bordadeiras. Cada vestido é feito com carinho e delicadeza e tudo é produzido dentro de loja. A noiva recebe apoio total desde o desenvolvimento do modelo, passando pela escolha do tecido e provas do vestido até o dia da entrega. Entre as últimas tendências da bridal fashion podem-se destacar duas delas: vestidos em alfaiataria e com rendas arabescas. A noiva sai da loja com o visual completo, pode escolher acessórios como tiaras, grinaldas, coroas, pentes, brincos, véus, mantilhas, sapatos. Localizada em área nobre de Bauru, na zona sul, a loja também possui coleção de festa a pedido das noivas que já vestiram um modelo Villa Novia. O mesmo atendimento exclusivo é estendido a madrinhas, mães, avós e daminhas. Aliás, um dos maiores charmes das co-

EDIÇÃO | 11


Fotos: Maikon Sahara

VILLA NOVIA

leções fica por conta dos vestidos das daminhas, todos são personalizados e exclusivos. “Somos uma loja nova e que já se tornou referência em toda região. As pessoas nos procuram e vêm de longe para nos conhecer e isso é motivo de orgulho pra nós”, diz a empresária.

Rua José Climaítes, 1-09, Bauru (esquina com a Araújo Leite) (14) 3208-0988 | (14)99739-0988 villanovia.com.br instagram/villanovia facebook.com/villanoviabauru

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

77


Ficha técnica - Modelo: Carol Ribeiro | Fotógrafa: Nicole Heiniger | Stylist: Renata Correa | Beauty artist: Daniel | Hernandez | Fashion Film: Pedro Molinos | Instadrop: Paulo Raic

MODA E ESTILO

SANTA LOLLA Em cenários monocromáticos e com elementos de ginástica olímpica, a modelo Carol Ribeiro exibe os destaques da temporada pelos cliques de Nicole Heiniger

E

m tons de branco, vermelho e cinza, e elementos de ginástica olímpica, a Santa Lolla, marca brasileira de calçados e acessórios femininos, apresenta sua campanha de Verão 2018 estrelada pela top Carol Ribeiro. Entre argolas e traves, a modelo posou para as experientes lentes da fotógrafa Nicole Heiniger. As mesmas cores do cenário predominaram nas escolhas dos looks pensados pela stylist Renata Correa, que captou o clima athleisure trazido pela Santa Lolla para a temporada mais quente do ano. Em destaque estão as rasteiras, sandálias de salto com tiras e fechos que remetem a chockers, peças bicolores em preto e branco, e bolsas e mochilas com textura matelassê. A beleza idealizada pelo beauty artist Daniel Hernandez traz uma pele natural com aspecto corado e ar saudável, retratando bem a suavidade do verão brasileiro e a pegada clean da temporada. O cabelo preso, em rabo ou coque, arrematam a composição dos looks que exaltam os destaques da coleção. Nesta temporada, a Santa Lolla aposta novamente nos novos formatos de ex-

78

VITRINNI

tensão da campanha, o Fashion Film e os Instadrops. São peças produzidas para a veiculação digital e nas redes sociais, meios importantes de engajamento e aproximação do público-alvo. Respectivamente dirigidos por Pedro Molinos e Paulo Raic, são estrelados pela top Carol Ribeiro e pelo ginasta Júlio Cesar, que domina as argolas e as traves trazendo o dinamismo necessário na era digital.

Sobre a coleção

A primeira entrada da coleção de Verão da Santa Lolla tem como ponto alto o universo do esporte, que já se consagrou como um clássico das ruas. Cores blocadas, com foco no vermelho, a certeira combinação P&B, os grafismos e as linhas retas ganham destaque e vêm interpretados de diferentes formas, tendo o casual e a sofisticação como protagonistas: desde os saltos flare, mais grossos e pesados, até os sneakers e as flats, a ordem é esbanjar estilo sem abrir mão do conforto.

Sobre Santa Lolla

Há 13 anos no mercado, a marca de sapatos e acessórios femininos Santa Lolla

conta com mais de 130 franquias e está presente em mais de mil pontos de venda no Brasil. Fundada pelos irmãos Rubens, Vanessa e Fabio Martinez, a empresa trabalha com um time afiado de estilo e cria cerca de cinco coleções por ano, com aproximadamente sete mil itens e novos produtos. Ao longo de sua história, tornou-se uma das principais referências de moda no país, buscando sempre trazer em cada coleção modelos variados para contemplar os mais diversos estilos e gostos.

Santa Lolla Boulevard R. General Marcondes Salgado, 11-39 (14) 3222-3511 Santa Lolla Bauru Shopping Rua Henrique Savi 15-55 (14) 3214-7168 www.santalolla.com.br

EDIÇÃO | 11


JÓIAS E ACESSÓRIOS

PANDORA

A linha batizada de Corações de PANDORA traz joias inspiradas em formas geométricas.

Foto: divulgação Pandora

APRESENTA NOVA COLEÇÃO EM SETEMBRO

C

om 2 anos de sucesso em Bauru, a joalheria Pandora consegue unir a beleza do clássico com um toque de modernidade em cada peça. Dedicação, conceito e atenção nos detalhes são características presentes em cada peça com o selo Pandora de qualidade que, diaramente, conquistam clientes e admiradores. Com muita honra, parabenizamos a joalheria pelos seus 2 anos de história em Bauru! A joalheria dinamarquesa PANDORA apresenta uma série de anéis, brincos, colares, braceletes e charms inovadores em sua nova coleção, a Corações de Pandora. Tendo como ponto de partida formas geométricas e sempre misturando elementos clássicos com modernos, a marca atualiza sua vasta seleção trazendo peças elaboradas para essa temporada. Círculos, gotas e losangos permeiam as criações em uma combinação de diferentes texturas. O anel Gota Vazada envolve o dedo com um efeito minimalista, porém suntuoso. Isso porque esta peça com shape

80

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


vazado de gota é cravejada com zircônias cúbicas em toda a sua extensão. Já para quem busca opções statement e com pegada vintage, o anel Gota de Água Brilhante exibe uma zircônia também no mesmo formato, uma criação que se destaca pelo volume da pedra. O modelo também vem em tamanho menor para as mais discretas e compõe conjunto com brincos e charm do mesmo desenho. Outro highlight da coleção é a linha Brilho Real. Composto por colar e brincos em dois tamanhos diferentes, o set também busca inspiração nas gotas, que aparecem dessa vez aglomeradas em cascata. O modelo maior de brinco traz nada mais do que 408 zircônias cúbicas em sua estrutura articulada. Seguindo a linha minimalista e contemporânea, as peças Chevron são inspiradas na estampa de mesmo nome, conhecida pela sua forma gráfica V. A sub coleção é composta por anéis que trazem uma única ponta no formato da padronagem e vêm em três opções: liso, com textura, ou com zircônias. As peças podem ser usadas individualmente, ou juntas, criando um efeito mais moderno. A mistura do contemporâneo com o clássico fica evidente nas peças Linhas Radiantes, que explora losangos paralelos cravejados de zircônias, e nas peças PANDORA Signature, que brincam com círculos transpassados. Ambas as linhas contam com anéis, brincos, colares e charms. A marca também lança nessa coleção uma série de alianças discretas, mas que se destacam quando usadas em conjunto. O trio de anéis lisos, Corações de PANDORA, faz parte da linha carro chefe da coleção e vem em prata de lei, ouro 14k e PANDORA Rose. Uma versão dupla e cravejada com zircônias também aparece como opção para quem quer dar um toque de modernidade ao look. A linha acompanha brincos de argola no mesmo estilo.

Bracelete Evolution

17 anos após o lançamento do icônico bracelete PANDORA para charms, a joalheria se reinventa apresentando um modelo inovador. O bracelete Evolution

EDIÇÃO | 11

Foto: divulgação Pandora

PANDORA

vem em três tamanhos diferentes e segue apto para receber charms, mas se diferencia por ser rígido e semiaberto. A joia traz ponteiras lisas ou repleta de zircônias que se deslocam para possibilitar a inclusão de charms na peça, além de vir com dois separadores de silicone feitos para dividir o bracelete de acordo com as preferências de cada mulher. A coleção completa está disponível nas lojas PANDORA de todo o Brasil e no site da marca (www.pandorajoias.com.br).

Sobre a PANDORA

Fundada em 1982 em Copenhague, Dinamarca, a PANDORA desenha, fabrica e vende joias finalizadas a mão. A marca está presente em mais de 100 países nos seis continentes com aproxima-

damente 7.900 pontos de venda, incluindo mais de 2.100 concept stores e vendas através do seu e-commerce. A multinacional emprega mais de 21.200 pessoas ao redor do mundo, sendo 12.500 delas localizadas na Tailândia, onde as joias são fabricadas.

Pandora Bauru Shopping: R. Henrique Savi 15-55 - Vila Nova Cidade Universitária - Bauru/SP (14) 3214-1800

VITRINNI

81


TECNOLOGIA

EMOÇÕES QUE VALEM OURO Fotos: divulgações Guto Requena

Com a ajuda da tecnologia, é possível captar emoções e transformá-las em joias

E

se você pudesse tocar sua história de amor? E se pudesse mantê-la, literalmente, perto do coração? Se pudesse guardar pra sempre um objeto que o faça lembrar de um sentimento que só faz bem, de uma história marcante, ou de uma pessoa amada? Isso já é possível através do Aura Pendant, um aplicativo que capta emoções pra criar uma joia única de ouro impressa em 3D. O amor torna-se tangível, ganha uma forma e é possível vê-lo e também tocá-lo. Qualquer história de amor, entre companheiros, marido e mulher, pais e fi-

82

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


Fotos: divulgações Guto Requena

Fotos: divulgações Guto Requena

AURA PENDANT

lhos, amigos, etc., pode se transformar em uma joia. Trata-se de uma experiência de design, ciência e e-commerce que faz parte de um futuro onde cada objeto pessoal é repleto de significados. Num mundo cheio de objetos, o futuro do design está cada vez mais relacionado à possibilidade de criar formas através das emoções humanas. Quando você lembra a história de amor da sua vida, seu corpo inteiro reage fisicamente às suas emoções, desde os batimentos do coração até as bochechas rosadas. O processo de transformação do sentimento em joia acontece através de sensores que captam toda a emoção enquanto o cliente conta sua história de amor. O cliente faz parte de todo o processo de criação, o que ajuda a democratizar e desmistificar o uso de novas tecnologias digitais. Aura Pendant é uma start up de design e tecnologia que transforma as emoções de uma história de amor em joias. O app Aura Pendant, disponível na Apple Store, faz parte do Love Project, projeto que une moda, design e tecnologia e foi criado pelo Estúdio Guto Requena em parceria com a agência D3. Foram cinco anos de pesquisas, desenvolvimento e experimentos até encontrar a fórmula ideal. Desde 2013 o Love Project usa o conceito de sustentabilidade afetiva, e partiu da ideia de que quanto mais significado emocional um objeto tem, mais ele dura em nossas vidas. “O Aura Pendant, projeto que assino junto com a agência D3, sem dúvida é um dos nosso projetos mais desafiadores até hoje. Nosso desejo é que as pessoas posEDIÇÃO | 11

sam compartilhar suas grandes histórias de amor, transformando seus sentimentos em objetos de design”, afirma Guto Requena, diretor criativo do projeto. O primeiro passo é baixar o aplicativo. Depois, encontre um lugar calmo e tranquilo. Coloque o dedo indicador sobre a câmera do celular. Coloque os fones de ouvido, relaxe e conte sua história de amor. O aplicativo capta as emoções na sua voz e

mede seus batimentos cardíacos pelo dedo na câmera. Um design único vai surgir. Ao final, é possível escolher o material: ouro 18k ou rose. Com a tecnologia de impressão 3D, o pingente é fabricado e entregue na casa do cliente. A narração da história não fica salva, a privacidade de cada história é respeitada. Cada pingente é único e nunca será igual a outro, porque contém a emoção mais íntima de cada pessol. VITRINNI

83


MÚSICA E ENTRETENIMENTO

VALETES RECORDS LANÇA APLICATIVO Plataforma da gravadora bauruense busca agilizar contato entre músicos e contratantes para eventos

H Fotos: divulgação Valetes Records

á 10 anos no universo da música e do entretenimento, e sabendo das dificuldades que os jovens músicos têm em se colocar no mercado, a Valetes Records inovou e criou o aplicativo Valetes Entretenimento. Uma plataforma que tem como objetivo facilitar o contato entre os profissionais desse universo: artistas e contratantes. Nos últimos anos, com o surgimento de canais como YouTube e outras redes sociais, houve uma explosão de novos talentos musicais. Porém, a facilidade de exposição que a web proporciona nem sempre é a mesma para se contratar o artista, principalmente os mais novos no cenário musical nacional. É justamente isso que o Valetes Entretenimento se propõe a fazer. O App é bem simples de se usar por ambas as partes interessadas: músicos e contratantes. O artista instala a ferramenta, que está disponível na Itunes e Google Play (links abaixo), e preenche um cadastro com todas as informações solicitadas. Qualquer pessoa pode se cadastrar, sem a necessidade de ser um artista da Valetes Records. Basta ter um material de divulgação. Do outro lado, o contratante interessado observa as informações dos artistas em uma lista, analisa se gostou de algum

84

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


Fotos: divulgação Valetes Records

VALETES RECORDS

VALETES RECORD S

Criada em 2007, a Valetes Records se consolidou no mercado musical oferecendo serviços de gravação, mixagem e masterização de áudio profissional, marketing e produções publicitárias. A gravadora possui ainda estrutura totalmente planejada, 100% climatizada e dividida por setores distintos, com o objetivo de atender de forma VIP a necessidade de cada cliente. Em uma área nobre, de fácil acesso e com estacionamento próprio, a Valetes possui 486m2 distribuídos na seguinte ordem: Sala de Reunião, Sala Técnica, Sala de Captação, Sala de Ensaio e Cafeteria. Além de toda essa estrutura, a Valetes conta com equipamentos de alta qualidade e a experiência do produtor musical Emil Shayeb, vencedor de vários prêmios como Meus Prêmios Nick, em 2012, Vencedor Prêmio Jovem Brasileiro e duas indicações para o Prêmio Multishow de Música Brasileira.

e, pelo aplicativo mesmo, envia uma proposta. O músico recebe a solicitação e decide se aceita ou não, com a opção de fazer uma contraproposta. Caso cheguem a um acordo, a contratação é formalizada e o App indica uma plataforma para pagamento do serviço. Simples não?! Músico já experiente, o diretor da Valetes Records, Emil Shayeb, explica que a ideia do aplicativo surgiu a partir das dificuldades existentes em se vender um show. “Observamos que, de um tempo para cá, os artistas estavam encontrando grandes dificuldades. Mesmo depois de estar com o projeto pronto, reclamavam bastante que não conseguiam vender os shows. O Valetes Entretenimento busca ser um facilitador nesse processo.” EDIÇÃO | 11

Links para download do aplicativo:

Itunes: https://itunes.apple.com/us/app/ valetes-entretenimento/id1232313918?mt=8 Google Play: https://play.google.com/store/ apps/details?id=br.com.customtech.valetes&hl=pt_BR Redes Sociais: www.facebook.com.br/valetesentretenimentohttps://twitter.com/ValetesApp

Entre os artistas que já passaram pela gravadora, destaque para a banda Move Over, que teve grande destaque no programa Super Star, da Rede Globo. O jogador de basquete Larry Taylor, as cantoras Bia Lopes e Erikka (do single “Faz Cara de Rica”), além do apresentador da Mix TV, Caco de Castro, tiveram materiais produzidos na Valetes, que hoje conta em seu casting com nomes como Luciana Pires (MPB), Tadeu Alves (Sertanejo), Lucas Lionel (POP) e DJ TOM (Eletrônico).

www.valetes.com.br Facebook.com/EstudioValetes Twitter.com/ValetesRecords Instagram.com/valetesrecords YouTube.com/valetesrecords

VITRINNI

85


FESTAS E EVENTOS

FUNPICS UM JEITO DIFERENTE E DIVERTIDO DE REGISTRAR SUA FESTA OU EVENTO

86

VITRINNI

EDIÇÃO | 11


FUNPICS

Fotos: Maikon Sahara

EDIÇÃO | 11

uma. Ao sair da cabine, as fotos são impressas imediatamente com arte personalizada da festa. Com as mesmas funções da cabine, o totem fotográfico possui design igualmente inovador, porém mais compacto. Ideal para eventos de menor porte, ou espaço mais reduzido, sem perder a diversão e inovação de registrar imediatamente os momentos especiais. Tanto o totem quanto a cabine fotográfica possuem a opção de personalização exclusiva para o evento. Outro diferencial que a Funpics leva para sua celebração é o Instapics. Através do Instagram, uma hashtag exclusiva é criada para que todas as fotos do evento postadas na rede social com essa hastag apareçam em TVs e telões, além da possibilidade de impressão, sem a necessidade da cabine ou totem. Há ainda a possibilidade de se criar um filtro exclusivo da festa no Snapchat para os convidados curtirem no aplicativo. A Funpics pode atender a qualquer evento. Aniversários de todas as idades, formaturas, casamentos, batizados, além de eventos corporativos como feiras, exposições ou festas de final de ano.

Fotos: Maikon Sahara

Fotos: Maikon Sahara

C

om a chegada dos smartphones e tablets ficou muito mais fácil ter uma lembrança da festa de aniversário, casamento, batizado ou qualquer evento corporativo. O que antes só era possível com a presença de um fotógrafo, ou pelo menos uma máquina fotográfica, se tornou algo simples, normal. O que as pessoas ou empresas buscam atualmente é uma maneira diferente de registrar suas festas ou eventos, algo que fuja das tradicionais selfies. É essa a proposta da Funpics. Como o próprio nome sugere, uma maneira inovadora e divertida de se registrar momentos únicos e comemorativos. Através de cabines e totens, a Funpics permite que todos saiam do evento com uma lembrança fotográfica daquele momento especial. Uma empresa que começou pequena em 2013, através do ideal empreendedor dos jovens Caio Farias e Matheus Puga, e que hoje, após completar quatro anos, se tornou referência no segmento, com produtos e serviços diferenciados, e presente em três grandes cidades do estado de São Paulo: Bauru, Sorocaba e Ribeirão Preto. Entre os diferenciais da Funpics, está a cabine fotográfica com design inovador, que abrilhanta ainda mais sua festa ou evento. A cabine é totalmente automatizada, com orientações simples através de uma tela touch screen interna, que indica a sequência de fotos e o tempo de cada

FUNPICS www.funpics.com.br contato@funpics.com.br Bauru: (14) 3010-8220/ 99116-4243/ 99725-5385 Sorocaba: (15) 99116-5364 Ribeirão Preto: (16) 99611-3494 Facebook.com/FunpicsFotoCabine Instagram.com/funpicsfotocabine

VITRINNI

87


VIDA E ARTE

EXÓTICOS “É impossível contemplar a exuberância desses animais sem ser preso pela sua magia!” Por Regina Moscheto

A

riqueza de detalhes, a beleza das formas e a explosão de cores: tudo isso, somado à um temperamento doce e amigável, são as iguanas, belos animais exóticos. “Iguanas foram caprichosamente desenhadas, pintadas e presenteadas à natureza”, conta Regina Moscheto, artista plástica. Foi na admiração que nasceu a inspiração da mais nova série da profissional. Iguanas, corujas, araras, camaleões, entre outros animais, numa conjunção de traços minuciosos e cores vibrantes, que trazem as suas obras um visual sempre alegre e instigante.

INFORMAÇÕE S PA R A C O N TAT O REGINAMOSCHE TO@UOL.COM.BR FAC EB O OK .C OM/REGIN A .MOS C HE TO REGINAMOSCHE TO.COM.BR

88

VITRINNI


LANÇAMENTO

Fotos: Viníicius Fernandes

POR VITRINNI MAGAZINE

2

1

3

5

4

90

6

VITRINNI

7

EDIÇÃO | 11


Fotos: Viníicius Fernandes

01. Gustavo Camargo, Elder Matheus e Douglas Cury 02. Debora Svizzero Boni, Alexandre Haralampidis e Victor Berbel Monteiro 03. Monique Bordin e Andréia Figueiredo 04. Orlando Alves e Marilene Rodrigues 05. Gustavo Ribeiro

8

9

06. Camila Gimenes, Marcio Galli, Francine Cesario e Ricardo Almeida 07. Juliana Fournier e Mirelle Bittencourt 08. Breno Gomes, Eder Ramos, Kelvyn Almeida e Marcos Batista de Andrade 09. Priscila Cucci, Luciano Sementile, Jeane Fessel Bonort e Fernanda Elias Rinaldi 10. Danny Pagani, Maria Cristina D’Incao, Alexandre Haralampidis, Victor Leonardo e Fabio Barbosa 11. Camila Nogueira 12. Renata Forteza, Rachel Saveiro e Ana Santilli

10

13. Thaynara Garcez, Matheus Cardoso Rodrigues e Katia Cardoso 14. Maria Carolina Murari, Aline Turini e Maria Fernanda Murari

11 9

12

13

14

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

91


LANÇAMENTO

Fotos: Viníicius Fernandes

POR VITRINNI MAGAZINE

2

1

3

5

4

92

6

VITRINNI

7

EDIÇÃO | 11


Fotos: Viníicius Fernandes

01. Lucas Scarton Rodrigues, Kelvyn Almeira, Natalia Guedes e Breno Gomes 02. Claudine Gottardo, Mario Lauris Junior e Artemis Fontana 03. Marcia Martin e Fernanda Rossi Daré 04. Maria Cristina D’Incao e Rafaela Garmes 05. Gislaine Frederich Macegoza e Ricardo Macegoza

8

9

06. Mariela Cachulo e Rafael Grossi 07. Juliana Freitas e Danny Pagani 08. Eber Moschetto, Enilson Komono, Regina Moschetto, Noemi Yasuraoka, Maria Cristina D’Incao e seus filhos 09. Denise Del Matto D’Incao e Rosangela Gimenez 10. Yara Lombardi, Danny Pagani, Maria Cristina D’Incao, Alexandre Haralampidis e Victor Lira 11. Renan Shayeb Rissato, Cinthia Carrascosa Rissato, João Paulo Capobianco e Naur Solto

10

12. Marcio Bompean e Victor Val 13. Tati Camolese Tosi, Luciana Figueiredo, Erica Della Barba Amantini, Wanessa Gonçalves e Sandra Mattos

11 9

12

13

EDIÇÃO | 11

VITRINNI

93


V I T R I N N I

S O C I A L POR DANNY PAGANY

1

4

94

VITRINNI

2

3

5

6

7

8

EDIÇÃO | 11


SCHÜTZ DAY NA LOJA SANTO PÉ 1. Yara Della Barba, Luceli Toledo Martins e Erica Della Barba Amantini 2. Erica Della Barba Amantini, Sandra Mattos e Yara Della Barba 3. Fabíola Simão sendo desenhada INAUGURAÇÃO SAMPA RETRÔ 4. Michelle Ellias e Eduardo Dias

9

10

5. Marília Alvarenga, Victor Rocha e Aline Alvarenga 6. Dário Ambrizzi e Tatiane Padovan 7. Leco Ribas, João Cabreira e Isaac Ferraz 8. Gabriel Cabreira, João Cabreira, Benedito Meira e Margarete Meira INAUGURAÇÃO NOVA UNIDADE SICREDI 9. Ildo Wilde e Suzana Julião

11

12

10. Ricardo Viegas Berriel e Manfred Afonso Dasenbrock 11. Equipe Sicredi 2ª FEIRA DA CONSTRUÇÃO CIVIL - FIB 12. Fabiana Matos, Kátia Cardoso, Sérgio Luiz e Luciana Langone LANÇAMENTO COLEÇÃO PRIMAVERA/VERÃO AREZZO BAURU SHOPPING 13. Yara e Erica 14. Fernanda Mansano Ted e Natalia M. Svizzero

13 9

14

15. Carmem Mauad, Liege Travençolo, Erica, Tatiane Camolese, Ana Paula Atta Bombini e Paula F. Fonseca 16. Yara Magalhaes, Laura e Erica Della Barba, Karina e Paola Guizard

15

EDIÇÃO | 11

16

Vitrinni Social: Danny Pagani - Fotógrafa (14) 99108-3672 fb.com/dannypaganifotografia danny.pagani@gmail.com

VITRINNI

95


17

18

19

20

21

22

23 9

25

24

23

96

VITRINNI

26

EDIÇÃO | 11


REINAUGURAÇÃO BARBARA BOUTIQUE 17. Gustavo Barreto e Fabiana Neubern 18. Lucia Helena Deloroso, Gabrielly Souza, Fabiana Neubern, Bruno Andriato e Luiz Claudio Malandrino 19. Maria Teresa Camara Fabri e Richard Fabri, com seu filho. 20. Maurício Lopes, Fabiana Neubern e Sergio Cardoso

27 Foto: Vinícius Fernandes

21. Luiz Claudio Malandrino e Fabiana Neubern DIA DAS MÃES AREZZO 22. Sol Begnami e Yara Della Barba 23. Erica Della Barba Amantini 24. Erica Della Barba Amantini e Sandra Mattos LANÇAMENTO DE COLEÇÃO VERÃO CHICA BRASIL 25. Caio e Patricia Cobe 26. Alba Ligia Brodt Mendes e Patricia Coube

28

29

27. Família Coube ALVORADA 28. Leandro Barcellos, Shara, Terezinha e Vanissa Figueiredo LANÇAMENTO BOB STORE NA PEDÁGIO 29. Karla, Karina e Loulou Massa com a pequena Isadora 30. Giovana Lerin 31. Malu de Angelis e Loulou

30 9

32

EDIÇÃO | 11

31

33

32. Equipe Pedágio: Ladice Camargo, Elcia Cabrera, Mery Ellen Martins, Gustavo Barreto, Janaína Clementino e Patricia Jurado 33. Os Blogger Andrea Simonetti, Gustavo Barretto e Nayana Nunes

Vitrinni Social: Danny Pagani - Fotógrafa (14) 99108-3672 fb.com/dannypaganifotografia danny.pagani@gmail.com

VITRINNI

97


Profile for VTRNN Publicações

Revista Vitrinni #11  

Arquitetura, Arte, Moda, Turismo, Gastronomia, esporte e muito mais.

Revista Vitrinni #11  

Arquitetura, Arte, Moda, Turismo, Gastronomia, esporte e muito mais.

Advertisement