Issuu on Google+

Março 2014

Newsletter PV-FLUL Voluntariado na Faculdade de Medicina da ULisboa

NESTA EDIÇÃO… | Destaque Voluntariado na Faculdade de Medicina

| Ser estudante Técnicas de Concentração | Ser voluntário - cá

dentro Como posso ajudar um colega com deficiência auditiva?

| Ser voluntário - fora de portas Ofertas

| Ser voluntário Internacional SVE – Bulgária

| Agenda Cultural

Nós vamos lá estar!

Descobre a Faculdade de Ajudar e os projectos de Voluntariado da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina!

Programa de Voluntariado FLUL

Página 1 de 13


| VOLUNTARIADO NA FACULDADE DE MEDICINA Nesta edição, a equipa da Newsletter PV-FLUL foi descobrir os projectos de voluntariado da Faculdade de Medicina da ULisboa (FMUL): a Faculdade de Ajudar, um projecto desenvolvido pelos colaboradores da FMUL, e os projectos de voluntariado promovidos pela Associação de Estudantes, dirigidos aos alunos. Vem conhecê-los também!

| A Faculdade de Ajudar Faculdade de Ajudar é um projecto de voluntariado, no âmbito da Responsabilidade

Social,

aberto

a

toda

a

comunidade

da

Faculdade de Medicina. O projecto inicial tinha como objectivo oficializar algumas actividades na área do voluntariado que os colaboradores da Faculdade de Medicina vinham desenvolvendo informalmente, entre as quais, as Campanhas do Banco Alimentar Contra a Fome. Em 2011, a propósito do centenário da Faculdade, o grupo de voluntários cria o projecto Ser Solidário 100 Reservas, onde estabelece e desenvolve novos projectos como o Dia Solidário, em

parceria

ENTREAJUDA,

em

com que

a os

colaboradores se deslocam a instituições para desenvolver as

suas

acções

de

voluntariado. Algumas delas chegam a juntar cerca de 50 colaboradores.

Dia Solidário no Centro Social 06 de Maio, em 2013

As actividades

António Santos, colaborador da FMUL e voluntário da Faculdade de Ajudar O que diria a um futuro voluntário-colaborador? Que é importante envolverse porque cada vez mais é preciso que as organizações se envolvam em projectos de ajuda à comunidade […] e por fomentar o espírito de equipa e de pertença à organização. Em que projecto de voluntariado gostaria de participar? Não um projecto específico, mas um em que a organização tenha um tipo de intervenção útil.

De entre outros projectos desenvolvidos pelos voluntários, contamse as campanhas de recolha de sangue e de Registo de Dadores de Medula Óssea, os rastreios médicos, a recolha de material escolar e o Dia na Faculdade, dedicado aos mais pequenos. Entre as actividades agendadas para 2014, conta-se mais um dia de Ser Solidário, desta vez para auxiliar as actividades agrícolas do Instituto Superior de Agronomia. Para mais informações sobre a Faculdade de Ajudar, acede a este link. Página 2 de 13


| Voluntariado através da Associação de Estudantes Fomos visitar a AEFMUL, falámos com duas voluntárias e descobrimos os projectos destinados aos alunos da Faculdade de Medicina. Descobreos também!

PROJECTOS \Medicina Mais Perto: Moçambique - este projecto, que vai na III edição, foi criado por um grupo de alunos que se mobilizou no sentido de, na área da saúde, intervir junto da comunidade moçambicana. Para além de dar a conhecer aos voluntários outras realidades, permite que estes desenvolvam competências pessoais e técnicas. \Medicina Mais Perto: ilhas - tal com o Medicina Mais Perto: Moçambique, este projecto actua junto das populações das ilhas, onde durante 1 semana os voluntários desenvolvem, entre outras actividades, acções de saúde pública. \Best Buddy: neste projecto, o voluntário ou “melhor amigo”, durante 10 dias ou mais, está presente nas actividades das crianças internadas num serviço de Pediatria do Hospital Santa Maria.

Ana Coelho Silva - membro da Comissão Organizadora e Voluntária Medicina Mais Perto: Moçambique O que trouxe do projecto: muito mais do que aquilo que alguma vez levei. Trouxe sobretudo a lição de que não é por se ter pouco que se tem menos sonhos […] e a noção de ser tão pequena perante um mundo tão grande. A maior experiência adquirida: a partilha, o contacto e a intimidade ganha com a comunidade. Um projecto que ainda gostaria de fazer: voluntariado na área da educação. O voluntariado, numa palavra, é: “panalópia”, uma palavra para descrever muitas coisas e muitos sentimentos.

Ana Coelho Silva - Projecto Medicina Mais Perto: Moçambique

Teresa Campos - Membro da AEFMUL, área de Direitos Humanos, Acção Social e Ecologia e voluntária Um projecto que ainda gostaria de fazer: voluntariado em Estabelecimentos Prisionais. O impacto do voluntariado: A AE deve informar e sensibilizar porque contribui para a formação como médicos e como pessoas O voluntariado, numa palavra, é: visão e abertura

\Saúde e Companhia: através deste projecto, os estudantes contactam com idosos, onde os apoiam na área da saúde e lhes fazem companhia. \Outros projectos pontuais: entre eles, Bancos Alimentares, Recolhas de Medicamentos, Natal dos Semabrigo, Hospital dos Pequeninos. \Banco de Voluntariado: base de dados com ofertas de voluntariado de várias instituições.

Medicina Mais perto: Açores

Página 3 de 13


|SER ESTUDANTE A aula nunca mais acaba e já não tenho espaço para desenhos! Técnicas de Concentração

Concentração Dormes poucas horas? Saltas o pequeno-almoço? Falas com os colegas durante a aula, estás no facebook ou a mandar sms? Não tiras apontamentos? Sentes-te desconcentrado durante as aulas ou no teu estudo? O que podes fazer para estar mais concentrado?

Sabias que o Núcleo de Apoio ao Aluno da FLUL tem Apoio e Aconselhamento Psicológico? Para mais informações e marcações, podes consultar a página Apoio e Aconselhamento Psicológico ou contacta Núcleo de Apoio ao Aluno através dos seguintes contactos: Telf: +351 21 792 00 23 E-mail: naa@fl.ul.pt Horário de Atendimento: De 2.ª e 6.ª Feira das 10h às 13h e 3.ª e 5.ª Feira das 10h às 13h e das 14h00 às 16h00

Não tomar pequeno-almoço faz diferença?

 Apesar de ser um cliché que tomar o pequeno-almoço é essencial, a verdade é que falhares esta refeição pode provocar-te problemas de concentração.  Tomar um pequeno-almoço saudável é essencial para que tenhas energia logo de manhã, o que irá facilitar a tua atenção em aula e no estudo. ATENÇÃO: um pequeno-almoço com muita coisa pode não ser saudável. Procura fazer uma refeição com vitaminas, fibras e proteínas para começares bem o dia.

Durmo 7h por noite, chega? 

Não. Enquanto estudante o teu corpo precisa de pelo menos 9h de sono para recarregar baterias. O cansaço de uma noite mal dormida faz com que tenhas dificuldades em te concentrar, tenta criar hábitos saudáveis de sono ao te deitares cedo e teres uma boa rotina de descanso. Lembra-te: O teu cérebro não se irá conseguir concentrar se não tiver tido um bom descanso.

Fazer exercício físico pode ajudar?  Para além de ser bom para o teu corpo, o exercício físico é um amigo do teu cérebro.  Fazer exercício melhora a tua circulação sanguínea e o transporte de oxigénio para todos os órgãos, incluindo o cérebro. Uma oxigenação cerebral facilita a concentração e a memória, essenciais para o teu estudo.

Como posso melhorar a minha concentração?

Existem alguns exercícios que podes fazer para melhorar a tua concentração. Deixamos-te aqui uma sugestão. Necessitas de um artigo ou de uma página de um livro. Tenta escolher algo que não seja totalmente do teu agrado, o objetivo é treinar a tua concentração e a capacidade de memória. Imagina que escolheste um artigo. Pega num relógio ou cronómetro. Lê com atenção um parágrafo desse artigo, fixa-te sobretudo em duas a três frases do mesmo. No fim, cronometra 10 minutos e recorda-te de tudo o que fizeste no dia anterior, desde que acordaste até voltares para a cama. Quando os 10 minutos acabarem cronometra mais 10 minutos e tenta lembrar-te de todos os pormenores do artigo como o autor, o parágrafo, o contexto, o conteúdo e sobretudo das frases por ti selecionadas. Aponta quanto conseguiste recordar. Repete o exercício diariamente e vai comparando o teu desempenho. Boa sorte! Fonte: noticias.universia.pt

Página 4 de 13


 

Para melhorar a tua concentração podes fazer exercícios como a aeróbica, jogging, nadar ou simplesmente fazer caminhadas. Como diria Platão, “Mente sã em corpo são”.

Como desenvolver bons hábitos de sono

Cria objetivos para as tuas aulas/estudos

 

 Procura criar objetivos para as aulas e para o estudo.  Estares motivado para um objetivo em cada aula ou em cada sessão de estudo leva-te a estares concentrado para o atingires. Vai verificando se estás a cumprir ou não as tarefas necessárias para alcançar o teu objetivo. Não cries objetivos irrealistas, a desmotivação poderá ajudar a que não te consigas concentrar.

Ter um local de estudo adaptado 

 

Teres um copo de coca-cola na mesa de estudo faz-te perder a concentração? Retira-o de lá. Deves ter o teu local de estudo livre de qualquer tipo de distractores. O teu local de estudo deverá ter como único objetivo o desenvolvimento de atividades escolares e de estudo. Deve ser um local onde te sintas bem, com uma boa iluminação e confortável. Antes de começares a estudar, certifica-te que possuís todo o material de que precisas perto de ti e de que não irás ser interrompido. Este pequeno passo ajuda a que não percas a concentração.

Fontes: http://www.uc.pt/fctuc/ceip/metodos_estudo/atencao; http://www.wikihow.com/FocusMore-in-Class; http://www.howtoconcentrate.org/;

Não te percas noutras coisas, concentra-te nos teus objetivos e atingirás maior sucesso académico!

Os seus comentários e sugestões são bem-vindos! Envie-nos um e-mail para: naa@fl.ul.pt

Nem sempre é fácil conseguir criar ou cumprir hábitos saudáveis de estudo, sobretudo no Ensino Superior, devido à exigência dos trabalhos e do estudo. Ficam aqui algumas dicas e estratégias para melhorares os teus hábitos de sono: 

Começa por tentar dormir sempre nas mesmas horas;

Tenta manter os pés aquecidos, o desconforto corporal faz com que te custe adormecer;

Respeita o facto de o teu corpo precisar de pelo menos 8 a 9 horas de sono para recuperar energias;

Evita consumir bebidas estimulantes ou refeições pesadas depois das 18h, o teu organismo precisa de mais tempo para se ver livre delas;

Evita ter televisão ou computador no quarto e a presença de barulhos fortes, terás sempre mais dificuldade em adormecer e a tendência a deitar-te mais tarde;

Tem uma alimentação saudável e bebe muita água durante o dia, o teu corpo precisa dela para funcionar bem e dar-te uma noite tranquila;

Caso andes muito preocupado ou atarefado, aponta essas questões num papel e não as leves contigo para a cama; tentar dormir de cabeça ocupada não facilita o descanso. Se não podes fazer nada para resolver a situação, deixa-a para o dia seguinte;

Dorme num ambiente confortável, tranquilo e acolhedor e permite ao teu corpo dormir as horas que ele precisa;

Sempre que puderes dorme sem despertador; o facto de teres uma hora para acordar faz o teu corpo estar mais alerta e não dormes tão bem. Fonte: http://delecampio.com.br/

Página 5 de 13


|SER VOLUNTÁRIO – Cá dentro Como posso ajudar um colega com deficiência audtiva?

O contexto universitário é um desafio para todos os alunos, principalmente para aqueles cujo contexto não está adaptado, como é o caso dos alunos com deficiência auditiva (DA). A tua ajuda pode ser fundamental! Por isso…

Queres aprender Língua Gestual Portuguesa? Podes fazê-lo no Verão! A Associação Portuguesa de Surdos organiza anualmente um curso intensivo de Língua Gestual Portuguesa nos meses de Julho e Agosto com duração de 30 Horas.

Quando comunicas com um colega com deficiência auditiva, deves…. 

Se for necessário, chamar a sua atenção por acenar para ele ou tocar levemente no braço.

Colocar-te num local e posição em que o teu rosto esteja à vista e bem iluminado. Não lhe vires as costas enquanto estás a falar com ele.

Não tapar a boca.

Diz-se Surdo ou surdo-mudo?

Falar de forma clara e com um

Surdo! Não existem surdosmudos, como habitualmente se ouve. Os Surdos têm a mesma capacidade fonética de produzir sons com o aparelho fonador, contudo, e pelo facto de não ouvirem e só por essa razão, são considerados Surdos. Para além do factor biológico de possuírem cordas vocais e o aparelho fonador como qualquer outro ouvinte, os Surdos falam através das mãos e da expressão facial, que é a LGP.

ritmo pausado mas natural, com frases simples.

Não falar mais alto. Tal não o ajudará a ouvi-te melhor, pelo contrário, tornará mais difícil uma possível leitura labial.

Para mais informações visita a página da Associação através do endereço http://www.apsurdos.org.pt/ .

Ser expressivo! As pessoas com DA não podem ouvir mudanças súbtis de tom de voz que indicam sentimentos de alegria, tristeza, sarcasmo ou seriedade. Assim, as expressões faciais, os gestos e o movimento do corpo serão excelentes indicadores daquilo que desejas transmitir.

Se sentires que a comunicação não flui, recorre à escrita.

Se o colega surdo estiver acompanhado de um intérprete, dirije-te ao colega e não ao intérprete.

Diz-se língua ou linguagem gestual? Diz-se língua gestual, pois possui uma gramática e um vocabulário próprio e permite transmitir ideias, sentimentos, intenções, contar histórias, etc, tal como qualquer língua oral. Fonte: http://associacaosurdosaltaes tremadura.org/

Página 6 de 13


Nas aulas….

Oferece-lhe os teus apontamentos. O teu colega com DA

Alfabeto em Língua Gestual Portuguesa

não consegue concentrar-se no professor e escrever em simultâneo: desviar o olhar do professor para os slides pode perder matéria importante dada oralmente pelo professor.

Confirma se ele compreendeu bem informações importantes que foram dadas na aula, como por exemplo, data de testes ou trabalhos escritos, alterações de horários/salas, conceitos importantes, entre outros.

Caso vás apresentar algum trabalho em aula, fornece-lhe atempadamente

cópias

do

material

de

suporte

à

apresentação (ex. powepoint), e uma lista de terminologia que permitam ao colega ter um conhecimento prévio do conteúdo da apresentação.

Imagens de Francisco Goulão Fonte: http://profsurdogoulao8.no.sapo.pt/

Página 7 de 13


|SER VOLUNTÁRIO - Fora de Portas

Vem Vencer

Voluntariado RARÍSSIMAS O

Projecto

Associação

Marginal

Cultural

-

procura

aqui alargar o seu raio de acção no que diz respeito ao voluntariado. A todos os que já voluntariado ganharam

em o

voluntariado,

eventos

"bichinho" que

A Vem Vencer vai realizar nos próximos dias 22 e 23 de Março (Sábado e Domingo) uma acção de divulgação, o “Junta-te a nós”, no B planet em Coina (Barreiro).

fizeram e do

participem

em algo ainda mais importante. Apesar

de

ter

feito

variadíssimos eventos de carácter social, a Marginal, a partir de agora, tem o objectivo de criar um Banco de Voluntariado Social. Participem e ajudem quem precisa muito de todos nós! Evento: várias datas (em constante actualização) | Funções: apoio ao stand raríssimas Mais informações aqui.

Campanha de Recolha de Alimentos

Esta iniciativa pretende dar a conhecer a Associação, dar informação sobre as actividades e projectos, receber possíveis donativos, fazer a angariação de novos sócios e de inscrição de novos voluntários. As inscrições estão abertas e que podem ser feitas, através dos seguintes contactos: geral.vemvencer@gmail.com

Associação Coração Amarelo

A Delegação de Lisboa da Cruz Vermelha tem a oportunidade de uma nova recolha de alimentos nos supermercados na área de A anterior recolha possibilitou o apoio a cerca de 2 200 famílias, com

A Associação Coração Amarelo/Delegação de Lisboa precisa de voluntário para prestar Apoio a Idosos

grande necessidade destes bens e que abrange uma elevada

fazendo visitas domiciliárias.

Lisboa, nos próximos dias 5 e 6 Abril.

percentagem de crianças.

Mais informações aqui.

Para mais informações, contactar 21 30 30 360 ou dlisboa.voluntariado@cruzvermelha.org.pt

Página 8 de 13


Vamos limpar a Tapada! Na sequência do sucesso da 1ª edição

do

projecto

responsabilidade

social

ambiental

"VAMOS

TAPADA"

realizar-se-á

Voluntários EM'Força

de e

LIMPAR

A

a

edição nos próximos dias 21 e 22 de Março!

Esta

iniciativa

maioritariamente,

consiste, na

limpeza

Ajuda,

parque

Tapada

da

agrícola,

florestal

e

botânico

com cerca de 100 hectares, com

a

participação

de

Professores, Alunos, Investigadores e Não-Docentes e de todas as Escolas da Universidade de Lisboa e de qualquer cidadão que se queira associar como voluntário. Aceita o convite e inscreve-te aqui.

Voluntariado no Centro de Recuperação do Lobo Ibérico

A EM'Força, a equipa de corrida da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla, promove a sensibilização para esta doença através do Desporto. Na EM'Força, o voluntariado pode ser feito de várias formas: - apoiando a equipa de coordenação nas actividades desenvolvidas em conjunto com os atletas ou noutros contextos (distribuição de panfletos, angariação de novos atletas, entre muitas outras possibilidades); - Fotografando em eventos, como provas, treinos ou outras actividades - angariando fundos;

O CRLI possui um Programa de voluntariado destinado às pessoas maiores de 18 anos e interessadas na conservação da natureza e do lobo ibérico em particular. Actividades: Este Programa permite a participação nas actividades diárias do Centro, que incluem o apoio à alimentação dos animais, a verificação de bebedouros, a manutenção das infra-estruturas, a prevenção de incêndios, a limpeza dos cercados e da área do CRLI,

- apoiando os atletas nas provas em que participarem; - ou sugerindo a forma de voluntariado que mais o faria mover pela EM'Força. Para mais informações, consultar a página.

a observação dos lobos com vista à verificação do seu estado de saúde, o apoio à recepção e acompanhamento dos visitantes e o apoio ao trabalho administrativo. Para mais informações, consultar esta página.

Página 9 de 13


|SER VOLUNTÁRIO - Internacional Bulgária Situada no coração dos Balcãs, a Bulgária possui grande diversidade de paisagens, predominando, a norte, as vastas planícies das margens do Danúbio e, a sul, as montanhas Prato Típico e planaltos. A leste, a costa do Mar Banitsa Negro atrai turistas durante o ano Sobremesa preparada por muitas famílias búlgaras, inteiro. especialmente durante as férias e épocas festivas. É usual comer-se ao pequeno-almoço ou até mesmo como prato principal.

Fundada em 681, a Bulgária é um dos mais antigos Estados da Europa, sendo a sua história marcada pela situação geográfica na confluência da Europa com a Ásia. Cerca de 85% da população é constituída por cristãos ortodoxos e 13% por muçulmanos. A população de origem turca representa 10% e a de origem romanichel 3%.

A Bulgária é conhecida pela sua música popular, tendo até sido gravada uma canção pela Voyager Golden Record que foi depois enviada para o espaço pela NASA. Entre os búlgaros mais célebres destacam-se a filósofa Julia Kristeva, Elias Canetti, Prémio Nobel da Literatura, em 1981, e o escultor Christo Javachev (“Christo”), o criador de muitas esculturas de exterior pouco ortodoxas.

Descobre…. Veliko Tarnovo | Localizada na região central da Bulgária numa área ainda preservada, a pitoresca cidade de Veliko Tarnovo caracteriza-se pelas construções antigas que pairam sobre a ponta de um rochoso penhasco, de onde se avista o rio Yantra. Fonte: http://europa.eu/about-eu/countries/membercountries/bulgaria/index_pt.htm

Bulgária (Ref.: 4428) Data de início: 18-06-2014 Data de fim: 18-07-2014 Vagas: 1 Duração: 1 mes(es) Subsídio mensal (Dinheiro de bolso): 65 € Resumo: Outline the project environment for the suggested voluntary activities, including the local community where the project will take place (e.g. geographical, social and economical environment). If the host placement is located in a live-in community, please include the rules and conditions that apply also for the volunteer. The volunteers will be placed in the urban area, Bulgaria, where the festival takes place. They will be integrated into an intercultural environment of festival guests, participants and other volunteers. Perfil: - age: 18 -30 years old The volunteers we are looking for have to be (1) of nationality different than Bulgarian; (2) interested in music, art, cinema; (3) communicative and enthusaistic and (4) to have a free command of the English language. Tarefas: The volunteers will be involved mainly in administrative activities. The volunteers, who are responsible for the film programme and the film projections, will manage the audience flow, give away and check for passes, sell tickets, etc. The volunteers, who will be responsible for the information centre, will deal with registering people, providing information, distributing catalogues, the festival programme, tshirts, passes, etc.

Sabias que….

Para mais Informações sobre esta oferta:

Os Búlgaros abanam com a cabeça de baixo para cima para dizer «não» e inclinam-na de lado para dizer «sim».

http://sve.proatlantico.com/vagas/4428/

Os pratos típicos são à base de iogurte que, segundo a crença popular, assegura longevidade a quem o consome regularmente.

Página 10 de 13


Poesia em Pessoa - Inatel celebra Dia Mundial da Poesia Sábado, dia 22 de Março, celebra-se o dia Mundial da Poesia e a Fundação INATEL vai comemorar este dia ao prestar uma homenagem a um grande nome da poesia portuguesa – Fernando Pessoa. Às 15h no largo de São Carlos vai-se realizar uma concentração de pessoas. E apenas os pessoas terão acesso ao espetáculo no Teatro da Trindade. Sim, apenas pessoas que se caracterizem a rigor para o evento poderão assistir ao espetáculo, celebrar poesia na pele de Pessoa. Para mais informações: cultura@inatel.pt | t. 210 027 150 Fonte: Inatel

Escrever Escrever Gostas de escrever? Ao longo do mês de Março vãose realizar, em Lisboa, cursos de escrita (Edição de Textos, os 7 Pecados na escrita, escrever stand up comedy, entre muitos outros). Os dias e horas das aulas variam consonante o curso que escolheres. Não te acanhes, dá um saltinho a escreverescrever.com e tira todas as tuas dúvidas. Fonte: Agenda Cultural de Lisboa

Tolkian – Construtor de Mundos O Centro de História da Universidade de Lisboa em conjunto com o Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa vai realizar o II Seminário «Tolkien. Construtor de mundos...». O Seminário decorrerá no dia 27 de Março de 2014, no Anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. A entrada é livre, sendo de EUR 5 a inscrição para aqueles que desejarem diploma de participação. Para mais informações, poderão contactar o Secretariado do Seminário, através do email centro.historia@fl.ul.pt. Fonte: Faculdade de Letras

Página 11 de 13


Belém Art Fest 2014 Nos próximos dias 4 e 5 de Abril os museus da capital portuguesa (nomeadamente Mosteiro dos Jerónimos [Claustro], o Museu Nacional de Arqueologia, o Museu Nacional dos Coches e o Museu Coleção Berardo) vão ganhar vida a partir das 19 horas - concertos de bandas nacionais, workshops, exposições, dança, teatro e mostras de artesanato. Por 16€ para as duas noites, podes viver uma experiência cultural única. Para mais informações: Belém Art Fest

Autista por 2 minutos Gostarias de ter um vislumbre de como é ter uma mente autista? Dispensa apenas 2 minutos do teu tempo e vê o vídeo. Parte de ser é tentar perceber.

TED TALKS – ouvir as cores Ted Talks é um projeto sem fins lucrativos que visa difundir ideias. Na conferência que te apresentamos, Neil Harbisson, fala-nos sobre ouvir cores. Graças a um eyeborg Neil, cego de nascença, ao olhar para um quadro ouve uma sinfonia de cores. Neil comenta que quando começou a sonhar a cores, foi quando se começou a sentir um verdadeiro cyborg. Fonte: Ted.com

ULISBOA - Concerto da Primavera 2014 A Universidade de Lisboa celebra o seu Concerto de Primavera, no dia 25 de Março, pelas 21:30 horas, na Igreja da Graça. O concerto do Coro de Câmara da Universidade de Lisboa retoma a tradição de assinalar a acção da Universidade de Lisboa entre os séculos XIII e XVI, antes de se transferir para Coimbra no ano de 1537. Fonte: Cultura.ul.pt Página 12 de 13


Referências: Faculdade de Ajudar| Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina da ULisboa | Universia | Delecampio | wikihow | Universidade de Coimbra | howtoconcentrate.org| Associação Portuguesa de Surdos | Serviço de Voluntariado Europeu | Bolsa do Voluntariado | Marginal Voluntariado | Vem Vencer | Cruz Vermelha | Associação Coração Amarelo | Vamos Limpar a Tapada | Centro de Recuperação do Lobo Ibérico | EM’força | Inatel | Agenda Cultural de Lisboa | Belém Art Fest | Faith it | Ted.com | Francisco Goulão Elaborado por: Ana Galrão Lília Aguardenteiro Pires Lúcia Fonseca Sofia Santos Tatiana Martins Revisão: Andreia Querido Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Núcleo de Apoio ao Aluno | Programa de Voluntariado FLUL Tel.: 21 792 00 23 E-mail: voluntariadoflul@fl.ul.pt | naa@fl.ul.pt

Página 13 de 13


Newsletter PV-FLUL | Março 2014