Page 1

Relat贸rio Social 2012-2013

United Way Brasil


United Way Brasil

United Way Brasil www.unitedwaybrasil.org.br Conselho Deliberativo Andres Lopez, Owens-Illinois América Latina (Presidente) Miguel Alvarez, Owens-Illinois Brasil (Vice-Presidente) Alberto Carvalho, P&G; Anna Penido, Inspirare; Eduardo Queiroz, Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal; Fábio Cornibert, consultor; Fernando Paiva, Otima; Gabriela Onofre, P&G; John Julio Jansen, Dupont; José Magalhães Fernandes, Dover; José Varela, 3M; Marcelo Tambascia, 3M; Marcos Panassol, PwC; Marília S. Meneghisse, Ecolab; Mark Vogt, PwC Conselho Fiscal Haroldo Leite, Morgan Stanley Dean Witter; Raphael de Cunto, Pinheiro Neto Advogados Superintendente: Silvia Zanotti Magalhães Gerente Institucional: Paula Crenn Pisaneschi Analista de Comunicação e Mobilização de Recursos: Camila Pinheiro Analista de Voluntariado: Flávia Bellaguarda Coordenadora de Projetos: Cristiane Kanashiro Estagiários: Alex Julio da Silva Simão e Carolina Alves Redação e Edição: P&B Comunicação Fotos: Divulgação/UWB Projeto Gráfico e Diagramação: Patricia Benigno Girotto


Sumário Apresentação

p. 04

Carta

ao leitor

p. 06

Ações 2012

p. 08

Palavra

de beneficiado, voluntário e investidor

p.

13

Ações 2013

p.

14

Palavra

de beneficiado, voluntário e investidor

p.

19

Balanços Patrimoniais

p.

20

Organizações beneficiadas por programas e projetos da UWB - 2012-2013

p.

23

Empresas

p.

24

participantes


Executivos dedicam seu talento em prol da educação de crianças e jovens do Brasil


Apresentação Caro (a), No fim de 2011, fui convidado a participar do Conselho Latino-Americano da United Way, no qual, juntamente com executivos de grandes empresas, desenhei a estratégia de crescimento da instituição na América Latina. Em 2012, iniciei a aproximação da empresa que dirijo, a Owens-Illinois, com a United Way Brasil (UWB) e, finalmente, em 2013, assumi a presidência do seu Conselho Deliberativo. Nesses anos, entrei em contato com diversos executivos que dedicam sua experiência para o crescimento e o desenvolvimento da United Way nas comunidades onde suas companhias se encontram e percebi como é simples exercer minha liderança para melhorar as localidades nas quais operamos. O princípio de atuação da United Way, que é a união de lideranças empresariais, seus funcionários, voluntários e especialistas do terceiro setor, é capaz de gerar mudanças sustentáveis nos grupos mais desfavorecidos. Na minha experiência, pude ver o quanto os funcionários da minha empresa se orgulham de ser parte da solução dos problemas para a Primeira Infância e Juventude na cidade de São Paulo. Todos nós, juntos, contribuímos com nosso tempo e parte de nossos salários para viabilizar a melhoria da educação na região de Ermelino Matarazzo, no extremo leste da capital. Essa experiência sistematizada pela United Way já está sendo multiplicada para outros municípios do país, com o apoio de outras corporações. A atuação no Conselho me possibilitou exercer liderança de forma colaborativa, gerindo pelo exemplo e adaptando soluções do ambiente empresarial para o desenvolvimento das comunidades, além de conhecer melhor os problemas e as soluções das questões educacionais no Brasil. A convivência com especialistas no tema, professores de creches, jovens da periferia, crianças pequenas e os próprios funcionários da O-I em uma situação não diretamente relacionada ao dia a dia do trabalho trouxe para minha vida novos pontos de vista e abriu caminhos para pensar em novas saídas. Esse relatório irá descrever de forma sucinta os caminhos que a UWB percorreu nos anos de 2012 e 2013. Ele é um primeiro passo para conhecer um pouco do que fazemos. Nossos desafios ainda são muito grandes. Temos de buscar soluções locais para questões

04

Relatório Social 2012 | 2013


que preocupam o Brasil desde o Rio Grande do Sul até Manaus. E pregamos o aumento da atuação voluntária e da doação individual entre os brasileiros, um assunto complexo em um país onde a reputação do setor sem fins de lucro ainda é muito frágil. Para enfrentarmos tais desafios, precisamos crescer no Brasil. Por isso, gostaria de deixar aqui o meu convite para aqueles interessados em se unir a esse movimento global de busca de soluções para os problemas sociais em mais de 43 países. Se você está disposto a fazer a diferença para os mais vulneráveis, dedicando parte de seu talento para uma causa, a UWB é um bom lugar para estar.

Andres Lopez Presidente do Conselho Deliberativo da United Way Brasil

Relatório Social 2012 | 2013

05


Carta

ao leitor

Prezado (a), O biênio 2012-2013 foi de muitos avanços para a UWB. Aumentamos o total de diretamente beneficiados, passando de cerca de 5.733 em 2012, em 17 municípios, para mais de 10.402 em 2013, em 20 municípios. Mobilizamos R$ 1,6 milhão em uma rede de 3.000 investidores sociais pessoas físicas e 14 empresas em 2012. No ano seguinte, registramos R$ 1,5 milhão, com 3.100 investidores e 26 companhias. Nos nossos programas, começamos a preencher uma importante lacuna na agenda da Primeira Infância do país, que é a qualificação de famílias e professores para cuidar e educar crianças pequenas, de forma que elas possam alcançar seu pleno desenvolvimento. Enquanto pesquisas científicas apontam que a fase até os 6 anos é fundante e crucial, com muitas consequências na vida adulta, ainda é baixa, no Brasil, a porcentagem de docentes de creches e de pré-escola com nível superior. Ao mesmo tempo, após mais de uma década de mentorias para centenas de jovens, confirmamos que o contato desse público com o mundo empresarial é fundamental, porque o ajuda a entender melhor o universo do trabalho, o que o espera no futuro e para o que servem a escola e os conhecimentos teóricos a que tem acesso. A fim de aumentar tal impacto, focaremos nos próximos anos no desenvolvimento do projeto Rede de Empregabilidade, composto por empresas que oferecerão aos participantes oportunidades de emprego. Ao lado dos voluntários, confirmamos que o grande poder da UWB é a sua rede virtuosa de executivos e empresas motivados para melhorar suas comunidades. Por isso, temos nos firmado cada vez mais como uma mobilizadora de voluntariado dentro de corporações, e nisso consiste a nossa força. No nosso horizonte ainda se encontra o desafio de amadurecermos e sistematizarmos as metodologias dos nossos programas, para que consigamos realizar avaliações de impacto de uma forma mais expressiva e precisa. Outro aprimoramento necessário é ampliarmos nossa escuta às comunidades: ouvir mais seus atores nos permite entender melhor que mudanças de fato eles querem em suas regiões. É o que tem nos ensinado a

06

Relatório Social 2012 | 2013


convivência com diferentes grupos, em cidades do Amazonas, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Por fim, temos o compromisso de fazer crescer a UWB nos próximos anos, dados o volume de necessidades das crianças e jovens brasileiros e a importância e o respeito que a United Way já conquistou globalmente. Diante desse cenário, dobraremos os esforços para reunir mais empresários e executivos nessa grande rede do bem que conecta pessoas na construção de boas histórias.

Silvia Zanotti Magalhães Superintendente da United Way Brasil

Relatório Social 2012 | 2013

07


Ações 2012 Investimento em Educação Juventude 15 a 21 anos Programa Competências para a Vida

Primeira Infância 0 a 6 anos Programa Crescer Aprendendo

Voluntariado

Presença

3 AM (Manaus) 3 PR (Curitiba) 3 RS (Porto Alegre) 3 RJ (Queimados, Itatiaia, Seropédica, Rio de Janeiro) 3 SP (Campinas, Sorocaba, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Jacareí, Barueri, Itapetininga, Louveira, Suzano, Vinhedo)

08

Relatório Social 2012 | 2013


O Programa Crescer Aprendendo, inspirando no Born Learning, foi lançado em 2011 no Brasil como uma campanha de mobilização em meios de comunicação com foco no desenvolvimento infantil. Dados os resultados positivos obtidos, transformou-se, em 2012, em um programa de longo prazo e com mais apoiadores.

Ao longo do ano, nas iniciativas da UWB para a Primeira Infância, o Crescer Aprendendo formou professores, pais e voluntários no tema e promoveu atividades educativas e lúdicas com crianças, além de melhorias físicas em instalações de CEIs (Centros de Educação Infantil) e EMEIs (Escolas Municipais de Educação Infantil). Em encontros presenciais, educadores discutiram sobre o desenvolvimento físico e motor da criança, formação das estruturas cognitivas e afetivas, o papel da escola e dos cuidadores, a importância do brincar e a cultura organizacional nas famílias. Já os pais foram sensibilizados para, no dia a dia, integrarem o cuidar e o educar, visando ao desenvolvimento psicossocial dos pequenos. Eles ganharam um kit informativo com dicas práticas e um CD com histórias para usarem em casa. Nas mesmas instituições sociais beneficiadas, os voluntários construíram parques, bibliotecas e hortas orgânicas e participaram de atividades recreativas e educativas com crianças. Jovens com a mão na massa No campo de investimento na Juventude, o Programa Competências para a Vida, que contempla o projeto de Mentoria da UWB, levou conhecimento para voluntários e jovens, com conteúdo sobre educação financeira e profissional, língua inglesa, contabilidade, consciência cidadã e departamento pessoal. O objetivo é que brasileiros

entre 15 e 21 anos desenvolvam competências para a vida, a fim de alcançarem oportunidades profissionais, desenvolvimento de carreira, atividades empreendedoras e cidadania, realizando de fato seu potencial no mercado de trabalho e no lugar onde vivem. Habilidades empreendedoras também foram desenvolvidas em 119 jovens. Na parceria da UWB com a Ashoka e seu Programa Geração MudaMundo (GMM), que estimula o protagonosmo juvenil e a liderança na solução dos problemas dos lugares onde se vive, contou com a participação de 36 voluntários da Bombardier. Funcionários da Hershey’s do Brasil utilizaram a metodologia do curso Intel Aprender para promover a inclusão digital de jovens. Um levantamento inédito sobre as mentorias, realizado pela Move – consultoria especializada em avaliação, estratégia e desenvolvimento social –, entre abril e julho de 2012, com 127 jovens, demonstrou que, para 88% dos entrevistados, os cursos os ajudaram a iniciar a sua vida profissional e, na visão de cerca de 80%, a passagem pelo projeto melhorou seu interesse nos estudos. As porcentagens atestaram a importância dessa frente da UWB no despertar do jovem para uma vida profissional e acadêmica relevantes. A partir de 2012, a UWB passou a contratar jovens egressos das mentorias, como “pontos focais”. Eles são selecionados devido ao seu comprometimento com o curso, e suas tarefas consistem em acompanhar as aulas e realizar atividades administrativas, como cuidar da lista de presença da turma, da alimentação e do subsídio de transporte e enviar um relatório de atividades ao mês. Além disso, produzem conteúdo para abastecer o site da UWB.

4.312 crianças entre 0 e 6 anos, 800 pais e 554 professores e coordenadores, em 21 instituições de ensino. Os 230 voluntários pertenciam às empresas Avery Dennison, P&G e Ecolab. Em 2012, foram atingidas

A parceria técnica ficou a cargo da Fundação Abrinq - Save the Children. Relatório Social 2012 | 2013

09


Em 2012, atuaram como mentores

353 funcionários das companhias 3M, Hershey’s, Intel, Monsanto, Morgan Stanley,

beneficiaram 502 jovens ligados a cerca de 15 ONGs parceiras. Outros 119 jovens

P&G e PwC, que

participaram de projeto de empreendedorismo. Todos receberam certificados de participação.

10

Relatório Social 2012 | 2013


Lógica da gestão dos recursos Os recursos das diferentes empresas que investem na UWB, os grants, vindos de fundações e companhias de fora do Brasil, e o recurso aportado por funcionários das empresas associadas compõem o Fundo Comum. Ele custeia todos os programas de infância ou juventude, e, ao longo de cada ano, a UWB executa seus projetos nas regiões próximas a onde estão situadas as empresas investidoras. Essa lógica do fundo combina os variados investimentos em um grande montante total, aplicado na mesma direção, da educação de crianças e jovens, elevando o impacto das diferentes ações, e, ao mesmo tempo, contempla o investidor com iniciativas em sua localidade. Isso permite um acompanhamento bem próximo do uso do dinheiro, tanto pela empresa como por seus voluntários.

Grants e Campanha do Investidor Social

Em 2012, a UWB contou, por meio da United Way Worldwide, com grants de fundações e empresas localizadas no exterior, e os valores foram empregados na execução dos programas no Brasil, sobretudo em projetos-piloto, com testes de metodologias ou tecnologias sociais, posteriormente replicáveis. Enviaram recursos as matrizes Avery Dennison, Bombardier, GE, Halliburton e Metlife. Por meio da Campanha do Investidor Social, dezenas de colaboradores de escritórios da DuPont, Ecolab, Morgan Stanley, Owens-Illinois, Pinheiro Neto Advogados, PwC e P&G foram convidados, em 2012, pela UWB, a se tornarem investidores sociais. Essa campanha tem a função de despertar nos funcionários a noção de que eles, individualmente, podem fazer a diferença, como investidores e como voluntários, e que, se colaborarem, conseguirão mudar suas comunidades. A cada R$ 10 destinado pelo colaborador, a empresa contribui com mais R$ 10, sendo o valor

descontado da folha de pagamento ou da conta corrente do doador. Os recursos de grants e de campanhas com investidores pessoa física compõem, ao lado dos montantes das empresas, o Fundo Comum. Ele financia os diferentes projetos, executados próximo às instalações das companhias. Ao longo de 2012, voluntários das empresas também se mobilizaram em datas especiais, como o Dia Viva Unido (Ecolab, Morgan Stanley e PwC) e o Mês das Crianças (Owens-Illinois e P&G). Entregas de brinquedos, apresentações de palhaços e teatro para crianças e oficinas sobre profissões para jovens compuseram a programação, em escolas públicas ou organizações sociais parceiras da UWB. Nesse mesmo ano, a UWB passou a integrar a RNPI (Rede Nacional Primeira Infância), formada por 147 instituições, governamentais e não governamentais, que promovem e defendem os direitos dos brasileiros de 0 a 6 anos. A RNPI é autora do Plano Nacional da Primeira Infância, adotado pela UWB como referência para suas iniciativas no tema. Relatório Social 2012 | 2013

11


Conexões para a vida toda É nos primeiros anos de vida que há um alto número de conexões neurais por segundo. Elas são construídas pelas interações dos genes, do ambiente e das experiências na convivência com os adultos. Essas conexões fazem a “arquitetura” do cérebro e, segundo cientistas, geram reflexos na saúde, na aprendizagem e no comportamento na fase adulta do indivíduo. Crianças que vivenciaram adversidades nos primeiros três anos, como pobreza, maus tratos e baixa escolaridade materna, apresentam mais atrasos de linguagem ou no desenvolvimento cognitivo e emocional. Para responder a essa questão, as iniciativas da United Way Worldwide em diversos países já estão alinhadas a tais descobertas da ciência sobre a primeira fase da vida, fundamental para o desenvolvimento posterior. Trata-se do investimento social com mais retorno porque é levado pelo beneficiado para a vida inteira. Na América Latina, as UWs estão focadas em infância e educação, e a Primeira Infância se tornou uma grande plataforma regional. Aqui, pelo Programa Crescer Aprendendo, a UWB aceitou o desafio de criar novas soluções na educação dessa faixa etária, com o envolvimento direto de pais, educadores ou cuidadores e demais funcionários de creches e escolas públicas. Esse ganho de qualidade no atendimento aumenta as chances de a criança aprender e se desenvolver adequadamente, com ganhos futuros.

12

Relatório Social 2012 | 2013


Palavra de beneficiado, voluntário e investidor

‘‘

A parceria 3M-United Way, com foco no jovem, está totalmente alinhada à missão do Instituto 3M. Faço uma avaliação positiva desde 2012, pois observo a qualidade e a continuidade dos projetos, como em Ribeirão Preto (SP), o engajamento dos nossos funcionários nas iniciativas de voluntariado propostas e os ganhos para a comunidade. Tanto que incrementamos a parceria em 2013 e 2014, agregando mais ações.

‘‘ Maria Clarice do Amaral Salari, diretora da CEI Jardim São Joaquim, em São Paulo (SP)

José Varela, diretor presidente da 3M do Brasil

Os resultados do biênio superaram as expectativas. Percebemos grande melhora na autoestima das professoras. E as dicas sobre o cuidar, o educar e o amar foram essenciais às mães jovens. Ainda continuamos formando famílias e usando material do Crescer Aprendendo. As intervenções dos voluntários da Intel e P&G deram uma nova cara aos espaços e proporcionaram momentos inesquecíveis às crianças. A UWB conseguiu entrar na alma da nossa escola, iluminando o que já fazíamos de bom e reforçando nossas práticas com ações em parceria.

‘‘

Foram dois anos muito produtivos de atuação como voluntário da UWB, pois tive a oportunidade de traduzir, adaptar e colocar em prática dois projetos: o Student United Way e o Earn Your Future. Participei do planejamento e mobilização de outros voluntários, criação de budget, parcerias com escolas e seleção de jovens. O mais importante foi confirmar que sempre podemos fazer algo diferente para ajudarmos nossa juventude e que, quando acreditamos, de fato, em um projeto e o levamos adiante, sem nos prendermos às dificuldades, as chances de tudo dar certo são grandes.

Rafael Volpe, auditor contábil da PwC e voluntário

Relatório Social 2012 | 2013

13


Ações 2013 Presença

3 AM (Manaus) 3 PR (Curitiba) 3 RJ (Queimados, Itatiaia, Seropédica, Rio de Janeiro) 3 RS (Caxias do Sul)) 3 SP (Campinas, Sorocaba, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Jacareí, Barueri, Itapetininga, Louveira, Suzano, Vinhedo, Sumaré, Mairinque, Hortolândia)

Nas iniciativas da UWB para a Primeira Infância, o Programa Crescer Aprendendo continuou a formação de professores, pais e voluntários e a promoção de atividades com crianças, junto com melhorias físicas em instalações de CEIs (Centros de Educação Infantil) e EMEIs (Escolas Municipais de Educação Infantil). Diretores, coordenadores pedagógicos e professores de educação infantil participaram de formações sobre práticas educativas que levam em conta uma conexão positiva, dentro do ambiente das CEIs, entre necessidades afetivas, físicas e cognitivas das crianças de 0 a 3 anos e as produções culturais e sociais possíveis para o seu aprendizado. Voluntários participaram de teatro infantil, pintura de

14

Relatório Social 2012 | 2013

ambientes, montagem de brinquedoteca, biblioteca e horta orgânica, entre outras atividades. No campo de investimento na Juventude, o Programa Competências para a Vida, por meio do projeto Mentorias da UWB, prosseguiu levando conhecimento para voluntários e jovens, com conteúdos sobre educação financeira e profissional, língua inglesa, contabilidade e consciência cidadã. Em uma década de execução no Brasil, as mentorias têm colaborado para combater um grave problema: o país registra altas taxas de evasão escolar, e os jovens que abandonam os estudos são, em sua maioria, de famílias de baixa renda e têm menos chances no mercado formal de trabalho e de ascender socialmente.


Em paralelo, pelo projeto Mídias Digitais, a UWB beneficiou 90 jovens das ONGs Associação Cultural Comunitária Pró-Morato, Associação Programa Educar e Cepac Associação para Proteção das Crianças e Adolescentes. Como resultado, cinco deles foram contratados em agências de comunicação ou fundações na área de análise de conteúdo online.

Para isso, ele frequenta 12 encontros semanais que começam com um brainstorming. Em seguida, trava contato com gestão de risco, orçamento, desenvolvimento de serviço, comunicação e prática do projeto. A metodologia foi trazida ao Brasil pelo líder voluntário Rafael Volpe e adaptada por voluntários da PwC de Sorocaba, onde foi inicialmente testada.

Em 2013, a mentoria Student United Way, com origem nos Estados Unidos, completou dois anos no Brasil, beneficiando 177 jovens e 200 voluntários durante esse período. Sua principal diferença em relação às demais é que o jovem, sob motivação e orientação dos voluntários, tem de criar e executar um projeto prático e útil à sua comunidade.

Depois do piloto, várias empresas colocaram a proposta em prática, como 3M, Bombardier, DuPont, Monsanto, PwC e Votorantim, em diferentes municípios. Os jovens propuseram iniciativas de revitalização de cantos de leitura e de muros, palestras sobre meio ambiente, ações de reciclagem e doações de materiais e alimentos para população pobre, entre outras.

beneficiadas 6.417 crianças entre 0 e 6 anos, 2.500 pais e 620 professores e coordenadores, em 49 instituições de ensino e 7 postos de saúde. Os 392 voluntários pertenciam à Ecolab, GE,

Em 2013, foram

Hershey’s, Intel, Mapfre, Morgan Stanley, OwensIllinois e P&G. A parceria técnica ficou a cargo das equipes da Fundação Abrinq - Save the Children e do Instituto Avisa Lá. Ministraram aulas nas mentorias

612

funcionários da 3M, Bombardier, Dupont, Monsanto, Morgan Stanley, P&G e PwC, que

beneficiaram 688 jovens ligados a cerca de 15 ONGs parceiras. Outros 177 jovens participaram de projeto de mídias digitais, empreendedorismo e reforço escolar. Relatório Social 2012 | 2013

15


Grants e Campanha do Investidor Social A UWB também recebeu, via United Way Worldwide, grants de companhias e fundações de fora do país. Os valores foram empregados na execução dos programas no Brasil, principalmente em experimentações de novos métodos ou técnicas, possivelmente aplicáveis em escala no futuro. Matrizes que mandaram recursos: Bombadier, Caterpillar e Hershey’s. Por meio da Campanha do Investidor Social, dezenas de colaboradores de DuPont, Ecolab, Morgan Stanley, Owens-Illinois, Pinheiro Neto Advogados, PwC e P&G foram sensibilizados, em 2013, pela UWB, para passarem a investir no desenvolvimento de crianças e jovens de baixa renda e com oportunidades reduzidas.

A mobilização resultou em um aumento de recursos: dobrou o valor das doações provenientes de pessoas físicas dessas empresas. Os valores de grants e de pessoas físicas formam, junto com os montantes das empresas, o Fundo Comum, que custeia os diferentes projetos da UWB. Ao longo do ano, voluntários das empresas também continuaram a se mobilizar para beneficiar crianças e jovens em datas especiais, como o United Way Day of Action (Morgan Stanley), Mês das Crianças (Owens-Illinois, P&G e Timken) e Dia do Voluntariado (Ecolab). Atividades lúdicas, teatro, contação de histórias, reformas de espaços físicos e doação de brinquedos foram as principais ações em escolas públicas ou organizações sociais parceiras da UWB.

Movimento VIVA UNIDO A UWB acredita que ações voluntárias são fundamentais para transformar o cenário social do Brasil. Por isso, encoraja a atuação em rede por meio do Movimento VIVA UNIDO, que conecta as pessoas que querem contribuir com a educação de crianças e jovens por meio do conhecimento, tempo e recursos financeiros. Em 2012 e 2013, a UWB conectou dezenas de pessoas pelo voluntariado e pelo investimento social – que consistiu no aporte periódico de recursos financeiros por parte desses colaboradores. Pouco a pouco, profissionais engajados já têm optado pela combinação de voluntariado e investimento, potencializando assim tanto o seu investimento pessoal como os resultados positivos dos programas da UWB. Em complemento à doação do funcionário, as empresas associadas à UWB fazem o match, ou seja, dobram o valor do investimento em dinheiro de seus times.

16

Relatório Social 2012 | 2013


Relat贸rio Social 2012 | 2013

17


18

Relat贸rio Social 2012 | 2013


Palavra de beneficiado, voluntário e investidor

‘‘

Destaco a primeira avaliação estruturada com jovens egressos das mentorias, o Student United Way e a Consciência Cidadã, que contaram com nossos voluntários na concepção e adaptação de conteúdos, o aumento do suporte aos mentores e o melhor controle de indicadores. A diversidade de trocas com executivos das empresas, jovens e gestores de ONGs, todos convergindo para objetivos comuns, tem sido sempre relevante e enriquecedora.

” ‘‘

Edvaldo Gomes Magalhães, diretor da Associação Programa Educar, em São Paulo (SP)

‘‘

Mark Vogt, sócio da PwC, membro do Conselho e investidor social UWB

A proximidade com as empresas e seus colaboradores, uma expertise da UWB, é o grande aprendizado dessa parceria, sobretudo para os jovens das mentorias, que vivenciam pela primeira vez o mundo do trabalho. Pela relação construída desde 2007, fomos a instituição piloto para o projeto de mídias digitais em 2012. Deu tão certo que ele foi adotado por nós como mais uma via de trabalho permanente, e já há jovens contratados por grandes corporações para atuar com redes sociais e blogs.

Iniciamos o Programa de Voluntariado da O-I com 41 colaboradores no fim de 2012 e finalizamos 2013 com 238 voluntários contribuindo financeiramente e participando das atividades lúdicas ou de reformas. Atuei ativamente na convocação das lideranças O-I, para que incentivassem suas equipes, e na Campanha do Natal, presenteando crianças. Na experiência, descobri que ser voluntário requer a competência de colocar a serviço do outro aquilo que temos de melhor. A ação mais emblemática, com resultados de longo prazo no beneficiado, foi o curso IVP, que formou 24 jovens em desenvolvimento pessoal, profissional e financeiro, com o engajamento de 30 colaboradores.

Miguel Alvarez, presidente da Owens-Illinois Brasil, voluntário e vice-presidente do Conselho UWB

Relatório Social 2012 | 2013

19


Relatório

de Investimentos

2012-2013

BALANÇOS PATRIMONIAIS LEVANTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2013 (Em reais - R$, centavos omitidos) ATIVO

31/12/2012

31/12/2013

Caixa e equivalentes de caixa

136,265

63,564

Títulos e valores mobiliários

548,165

796,795

Impostos a recuperar

3,034

-

Adiantamentos

2,368

3,692

689,832

864,051

Imobilizado

5,611

7,396

Total do ativo não circulante

5,611

7,396

695,443

871,447

31/12/2012

31/12/2013

3,550

3,613

13,393

15,096

Contribuições e encargos a recolher

6,334

11,698

Impostos a pagar

1,318

1,530

Adiantamentos de doações

55,060

254,901

Total do passivo circulante

79,655

286,838

Total do passivo não circulante

144,500

187,097

PATRIMÔNIO SOCIAL

471,288

397,512

TOTAL DO PASSIVO E PATRIMÔNIO SOCIAL

695,443

871,447

CIRCULANTES

Total do ativo circulante NÃO CIRCULANTE

TOTAL DO ATIVO

PASSIVO E PATRIMÔNIO SOCIAL CIRCULANTES Contas a pagar Provisão para férias e encargos

NÃO CIRCULANTE

A United Way Brasil tem suas demonstrações financeiras auditadas desde 2001 pela Deloitte, uma das líderes de mercado no país.

20

Relatório Social 2012 | 2013


DEMONSTRAÇÕES DO (DÉFICIT) SUPERÁVIT PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2013 (Em reais - R$, centavos omitidos)

RECEITAS

31/12/2012

31/12/2013

Doações para programas de voluntariado e mentoria

846,933

801,143

Doações United Way Worldwide

567,373

276,731

Doações para uso específico

130,004

245,196

54,563

54,361

1,598,873

1,377,431

Programas, voluntariado e mentoria

(252,088)

(698,525)

United Way Worldwide

(567,373)

(276,731)

Uso específico

(130,004)

(245,196)

Despesas gerais

(242,600)

(230,755)

(1,192,065)

(1,451,207)

(406,808)

(73,776)

Receitas financeiras Total das receitas DESPESAS

Total das despesas

(DÉFICIT) SUPERÁVIT DO EXERCÍCIO

Relatório Social 2012 | 2013

21


DEMONSTRAÇÕES DOS FLUXOS DE CAIXA PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2013 (Em reais - R$, centavos omitidos)

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

31/12/2012

31/12/2013

(73,776)

406,808

3,344

4,977

(53,412)

(54,473)

(521,927)

(697,377)

(42,597)

(30,646)

3,034

(1,077)

(1,324)

38,085

63

3,550

Provisão para férias e encargos

1,703

(11,209)

Contribuições e encargos a recolher

5,364

(3,053)

212

(3,454)

721,768

189,051

127,646

(97,526)

(195,218)

157,497

(5,129)

-

(200,347)

157,497

(REDUÇÃO) AUMENTO DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

(72,701)

59,971

Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício

136,265

76,294

63,564

136,265

AUMENTO (REDUÇÃO) LÍQUIDA DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

(72,701)

59,971

Caixa líquido (aplicado nas) gerado pelas atividades de investimento

(72,701)

59,971

(REDUÇÃO) AUMENTO DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

(72,701)

59,971

Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício

136,265

76,294

63,564

136,265

(72,701)

59,971

(Déficit) superávit do exercício Ajustes por: Depreciações Receitas financeiras de títulos e valores mobiliários Apropriação ao resultado da conta de adiantamento de doações Constituição de provisão para riscos Impostos a recuperar Adiantamentos Variações nos passivos operacionais: Contas a pagar

Impostos a pagar Adiantamentos para projetos Caixa líquido gerado pelas (aplicado nas) atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO

Títulos e valores mobiliários Aquisição de imobilizado Caixa líquido (aplicado nas) gerado pelas atividades de investimento

Caixa e equivalentes de caixa no fim do exercício

Caixa e equivalentes de caixa no fim do exercício AUMENTO (REDUÇÃO) LÍQUIDA DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

22

Relatório Social 2012 | 2013


Organizações beneficiadas por programas e projetos da UWB - 2012-2013 Primeira Infância Abrigo Anália Franco Abrigo Infantil Monte Salém CCA Palmares CECI Pica-Pau Amarelo CEI Casa da Criança CEI Iracema Garcia CEI Jardim Bryan Biguinati CEI Jardim Catanduva CEI Jardim Dionísio CEI Jardim Dom José CEI Jardim Rebouças CEI Jardim São Bento Velho CEI Jardim São Joaquim CEI Jardim São Luiz I CEI Jardim São Luiz II CEI Jardim Souza CEI Jardim Umarizal CEI José Bonifácio CEI José Lourenço de Lima CEI Mina CEI Parque Figueira Grande CEI Parque Santo Antônio CEI Paulinoeva CEI Paulo e Admar CEI Profª Albertina Rodrigues Simon CEI Profª Leontina Lourenço CEI São Norberto CEI Ver. Cid Franco CEI Ver. Gumercindo de Padua Fleury CEI Verbo Divino CEI Vila Silvia Centro Pastoral Santa Clara CEU CEI Profª Yolanda de Souza Santalucia Clubinho Capela CMEI Alice de Souza Bruno

Creche Municipal Sandra Maria Ferreira Cotrim Creche N. Sra. das Graças Creche Sagrada Família Creche Santa Terezinha EDI Sra. Perciliana Pereira de Alvarenga EMEIF José Francisco Alves EMEIF Maria Aparecida Fraternidade Irmã Clara Fundação Abrinq - Save the Children Grupo Primavera Grupo Raios de Sol Instituto Avisa Lá Lar Batista Janell Doyle Lar Escola Cairbar Schutel

Juventude Ashoka Brasil Associação Cultural Comunitária Pró-Morato Associação Luta pela Paz Associação Obra do Berço Associação para Proteção das Crianças e Adolescentes - CEPAC Associação Programa Educar Casa Anjos Voluntários CIEE Campinas Corassol CPA (Centro de Profissionalização de Adolescentes) Pe. Bello EE Profª Maria de Oliveira Lellis Ito EMEF Maria Aparecida de Oliveira Ribeiro Formare Fundação Educar DPaschoal Instituto Dom Bosco JAM - Jacareí Ampara Menores Obra Social Santa Luzia Projeto Nova Vida Relatório Social 2012 | 2013

23


Empresas

24

Relat贸rio Social 2012 | 2013

participantes


Missão Mobilizar as capacidades humanas, financeiras e materiais das empresas, indivíduos e poder público, através do voluntariado, educação e geração de renda.

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO


VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

CONTRIBUA. UNA-SE. SEJA VOLUNTÁRIO. Av. Maria Coelho Aguiar, 215, Bloco E - 1º andar Centro Empresarial de SP - São Paulo - SP contato@unitedwaybrasil.org.br United Way Brasil

Tel.: +55 11 3748-9000

VIVA UNIDO

VIVA UNIDO

Relatório Social Bianual 2012- 2013 - United Way Brasil | Português  
Relatório Social Bianual 2012- 2013 - United Way Brasil | Português  
Advertisement