Issuu on Google+

balho neiro

Sábado e Domingo 260 180

22 E 23 DE FEVEREIRO DE 2014

ANO XIX - N0 2576 - R$ 1,00

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

www.tribunadovale.com.br

pios do NP

ACIDENTE

Corregedoria da PM quer saber se policiais ameaçaram testemunhas A c or re ge d or i a d a Pol í c i a Mi l it ar do Paraná está acompanhando a investigação interna aberta pelo comando do 2º Batalhão da PM para esclarecer as denúncias de um adolescente de 17 anos que acusa dois policiais de terem o ameaçado e agredido dentro da sua própria casa em Jacarezinho. O

jovem é a principal testemunha do acidente com uma viatura da PM que feriu gravemente o estoquista Fábio Júnior dos Santos, que teve a sua perna esquerda amputada. O capitão Heitor Felício quer saber se as supostas ameaças têm relação com o que o adolescente presenciou durante o acidente. f

CAFEEICULTURA

Grupo internacional conhece trabalho de produtoras de café do Norte Pioneiro

A organização das mulheres que lidam com o café na região de Santo Antonio da Platina vem despertando a atenção de diversas instituições, uma delas, a IWCA (Internacional Women´s Coffee Alliance) ou Aliança Internacional das Mulheres do Café – Brasil, que enviou representantes à região (foto) para conhecer de perto o trabalho das cafeicultoras, que são orientadas pelo Instituto Emater.  

f

O oficial passou a semana em Jacarezinho ouvindo testemunhas e policiais militares, assim como jornalistas que denunciaram o caso. O capitão também solicitou os áudios das entrevistas feitas com o adolescente, assim como exemplares com as reportagens publicadas pela imprensa.

PÁG. A5

HABITAÇÃO

Paraná quer construir mais cinco mil novas moradias rurais

AEN

Além de moradias, o programa de habitação do Paraná atende milhares de famílias com títulos de propriedade e regularização de áreas

O Governo do Paraná quer construir mais 5 mil novas casas junto ao Programa Nacional de Habitação Rural, desenvolvido em parceira com as prefeituras muni-

cipais e o Governo Federal. O avanço no programa de habitação rural no Paraná foi discutido ontem (21) em reunião entre o secretário da Agricultura e Abastecimen-

PÁG. A8

f

PÁG. A4

AMUNORPI

JACAREZINHO

Informatização facilita atendimento no Procon

to, Norberto Ortigara, e os presidentes da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Mounir Chaowiche, e da Emater Paraná, Rubens Ernesto Niederheitmann.

JIVAGO FRANÇA

Região terá 1ª Conferência Intermunicipal da Defesa Civil R e pre s e nt ant e s d a s 2 6 c i d a d e s d a Ass o ciação dos Municípios do Nor te Pioneiro (Amunor pi) se reuniram na manhã de ontem, na sede da associação, em Santo Antônio da Plat ina, com o

f

coordenador Regional da Defesa Civil de Londrina, major Ezequias de Paula Natal para tratar da 1ª Conferência Intermunicipal da Defesa Civil, marcada para o dia 12 de março.

PÁG. A3

LOCAL

Obras do PAC 2 já beneficiam moradores de três bairros f

PÁG. A3

EDITAL NA PÁGINA: A7

EM NOVO ENDEREÇO Informatização facilitou o consumidor a ter acesso a processos através do acesso virtual

Desde o início deste ano, a agência do Procon de Jacarezinho está informatizada. A tecnologia facilitou e agilizou o atendimento dos usuários que procuram o órgão. De seis de janeiro e até ontem, 21, foram registrados 5 3 0 at e n d i m e nt o s c om 1 3 pro c e s s o s

f

administrativos e outros 517 ainda em negociação. A agência do Procon e m Ja c a r e z i n h o r e c e b e d i a r i a m e n t e consumidores de toda região para reclamações de prestadores de ser viços, compras e vendas irregulares e demais queixas.

PÁG. A3

Tribuna do Vale em novo endereço A partir de segunda-feira, 24, o jornal Tribuna do Vale está em novo endereço. Redação, escritório e departamento comercial agora estão instalados em sua nova sede, na Travessa Audi, 35, no centro da cidade. O telefone 43 35344114 e o email tribunadovale@tribunadovale.com.br continuam os mesmos.


A-2 Atas & Editais PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA DECRETO NÂş. 071/2014 DispĂľe sobre a abertura de crĂŠdito adicional suplementar. O Prefeito Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, usando das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas pela Lei Municipal nÂş. 1.295, de 21 de fevereiro de 2014, D E C R E T A: Art. 1.Âş - Fica aberto ao Orçamento Geral do MunicĂ­pio um crĂŠdito adicional suplementar no valor de R$. 400.000,00 (quatrocentos mil reais), como segue: 06.03 – 10.301.0428.2.094 – SUBVENÇÕES SOCIAIS 3.3.50.43.00.00.00 – Subvençþes Sociais - FR 303... R$. 400.000,00 Art. 2Âş - Como cobertura ao crĂŠdito aberto no Artigo 1.Âş serĂĄ utilizado recurso proveniente do cancelamento total/parcial das seguintes dotaçþes do Orçamento vigente; 06.03 – 10.301.0428.1.247 – REFORMAR E AMPLIAR A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAĂšDE 4.4.90.51.00.00.00 – Obras e Instalaçþes - FR 303 R$. 300.000,00 06.03 – 10.301.0428.2.071 – CENTRO SOCIAL URBANO 4.4.90.52.00.00.00 – Equipamentos e Material Permanente – FR 303 R$. 100.000,00 Total R$. 400.000,00 Art. 3.Âş - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / PALĂ CIO DO PODER EXECUTIVO, aos 21 de fevereiro de 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AVISO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO OBJETO: Contratação de Empresas para Prestação de Serviços para Realização do Carnaval 2014 do MunicĂ­pio de Tomazina-Pr. O Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do ParanĂĄ, no uso de suas atribuiçþes legais, torna pĂşblico SDUDWRGRVRVHIHLWRVHÂżQVOHJDLVD+202/2*$d­2GRMXOJDPHQWRGD&RPLVVmR3HUPDQHQWHGH/LFLWDomR realizado em sessĂŁo de 14/02/2014, relativo Ă  Licitação – Modalidade PregĂŁo Presencial nÂş 11/2014, que adjudicou o objeto em destaque supra, em favor dos licitantes JJ Aluguel de Estruturas de Eventos Ltda., J +(PSUHVDGH9LJLOkQFLDH(ÂżFD]/RFDGRUD/WGD Valor R$ 102.900,00(cento e dois mil e novecentos reais). Junte-se ao procedimento; Publique-se;

TRIBUNA DO VALE SĂĄbado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

A RTIGO JoĂŁo Chiminazzo Neto

Endurecer sem perder a ternura... Bastou a certeza de que os denunciados matadores do cinegrafista vão ficar presos atÊ o julgamento para que a manifestação contra o aumento das passagens de ônibus, trens e barcas, no Rio de Janeiro, transcorresse pacífica. Os desordeiros, mesmo que estivessem presentes, não agiram pois deveriam ter a certeza de que seriam presos e poderiam ter problemas para sair da cadeia. Pena que tenha sido preciso morrer um inocente - que não era parte do conflito e estava ali cumprindo o seu dever de, como jornalista, informar a Nação - para que houvesse essa percepção, que deveria estar automaticamente implícita no pensamento da população e, principalmente, no quadro de obrigaçþes dos responsåveis pela manutenção da ordem e cumprimento das leis. Se as autoridades policiais e, principalmente, o Poder Judiciårio, não facilitarem a liberação daqueles que forem presos degenerando as manifestaçþes e danificando o patrimônio alheio, com certeza, os black blocs poderão, num futuro, se tornar apenas um grupo de manifestantes vestido de preto, e a sociedade estarå livre de suas mazelas. O mesmo tratamento deveria ser aplicado aos detidos por queimar ônibus e outros veículos, depredar pedågios, invadir e vandalizar propriedades, mesmo que façam parte dos ditos movimentos sociais. Hå de se compreender que os movimentos sociais e suas bandeiras podem ser legítimos, mas não são imunes ao cumprimento do ordenamento jurídico. Seus integrantes, antes de movimentadores sociais, são cidadãos e, como tal, devem ser responsabilizados por seus atos. É preciso ter consequências quando atacam repartiçþes, terminais de transporte, agências bancårias ou de veículos e quaisquer propriedades. O Estado tem o dever de reprimir suas açþes ilegais e entregå-los à Justiça para o devido processo legal. Contudo, da forma que tem ocorrido, com a liberação praticamente imediata dos baderneiros, eles sentem-se fortalecidos e incentivados a continuar. Para que a democracia brasileira sobreviva e conduza a sociedade à tão sonhada paz social, Ê preciso que os governos cumpram com suas obrigaçþes. Respeitem e ouçam e acatem o que dizem os movimentos sociais, mas não continue tolerando as depredaçþes, o fogo em veículos, as interrupçþes de vias públicas importantes e outras açþes cujo objetivo principal Ê provocar o caos...

TOMAZINA, 19 de fevereiro de 2014 GUILHERME CURY SALIBA COSTA PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO de Contrato NÂş 19 /2014 Contratado: Osmair Aparecido Faveri PregĂŁo Presencial NÂş: 11/2014 Objeto: Contratação de Empresas para Prestação de Serviços para Realização do Carnaval 2014 do MunicĂ­pio de Tomazina-Pr . VALOR R$: 72.000,00( setenta e dois mil reais ). VigĂŞncia: 60 dias Tomazina, 19 de fevereiro de 2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. EXTRATO de Contrato NÂş 20 /2014 Social dos Policiais Militares de SĂŁo Paulo) &RQWUDWDGR(ÂżFD]/RFDGRUD(33 PregĂŁo Presencial NÂş: 11/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIĂ Objeto: Contratação de Empresas para Prestação de Serviços para Realização do Carnaval 2014 do Portaria NÂş 029, de 10 de Fevereiro 2014. MunicĂ­pio de Tomazina-Pr . A Prefeita Municipal de AbatiĂĄ, Estado do ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas por Lei, VALOR R$: 14.300,00( quatorze mil e trezentos reais). considerando: VigĂŞncia:60 dias a) A necessidade imperiosa de manter o andamento dos serviços pĂşblicos; Tomazina, 19 de fevereiro de 2014  E $DXVrQFLDGHQ~PHURVXÂżFLHQWHGHPRWRULVWDVFRPDGHYLGDKDELOLWDomROHJDOQHFHVViULD PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA c) A impossibilidade de abertura de concurso pĂşblico para preencher as vagas necessĂĄrias; EXTRATO de Contrato NÂş 021 /2014 d) A prevalĂŞncia do interesse pĂşblico e a inexistĂŞncia de direito adquirido sobre regime jurĂ­dico; Contratado: J H Empresa de Vigilancia Ltda.. e) O permissivo legal previsto no art. 42 § 1Âş da Lei Municipal nÂş 262, de 18 de agosto de 2006. PregĂŁo Presencial NÂş: 11/2014 RESOLVE: Objeto: Contratação de Empresas para Prestação de Serviços para Realização do Carnaval 2014 do I – Atribuir ao servidor Wilson Domingues, pertencente ao grupo ocupacional Operacional, portador do CPF MunicĂ­pio de Tomazina-Pr . 474.964.019-00, lotado no Departamento de Obras, Viação e Urbanismo, a função de Motorista, a partir VALOR R$: 16.600,00( dezesseis mil e seiscentos reais). desta data. VigĂŞncia:60 dias II - Revogam-se as disposiçþes em contrĂĄrio. Tomazina, 19 de fevereiro de 2014 III - Registre-se e Publique-se. LEI NÂş. 1.295/2014 Gabinete da Prefeita, em 10 de Fevereiro de 2014. DispĂľe sobre a concessĂŁo de subvenção ao Hospital Nossa Senhora da SaĂşde e dĂĄ outras providĂŞncias. MARIA DE LOURDES FERRAZ YAMAGAMI A Câmara Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, Prefeita Municipal sanciono a seguinte Lei: Art. 1.Âş - Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a repassar ao Hospital Nossa Senhora da SaĂşde, no valor de R$. 400.000,00 (quatrocentos mil reais), a tĂ­tulo de subvenção social, destinado Ă  aquisição de materiais hospitalares e medicamentos. $UW ž  3DUD GDU FXPSULPHQWR DR TXH GLVS}H R DUW ž GD SUHVHQWH OHL ÂżFD DXWRUL]DGD D DEHUWXUD DR Orçamento Geral do MunicĂ­pio de crĂŠdito adicional suplementar atĂŠ o limite de R$. 400.000,00 (quatrocentos mil reais), como segue: 06.03 – 10.301.0428.2.094 – SUBVENÇÕES SOCIAIS 3.3.50.43.00.00.00 – Subvençþes Sociais - FR 303... R$. 400.000,00 Art. 3Âş - Como cobertura ao crĂŠdito autorizado no Artigo 1.Âş serĂĄ utilizado recurso proveniente do cancelamento total/parcial das seguintes dotaçþes do Orçamento vigente; 06.03 – 10.301.0428.1.247 – REFORMAR E AMPLIAR A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAĂšDE 4.4.90.51.00.00.00 – Obras e Instalaçþes - FR 303 R$. 300.000,00 06.03 – 10.301.0428.2.071 – CENTRO SOCIAL URBANO 4.4.90.52.00.00.00 – Equipamentos e Material Permanente – FR 303 R$. 100.000,00 Total R$. 400.000,00 Art. 4.Âş - Ficam alterados os Anexos I da Lei Municipal nÂş. 1.288, de 24 de janeiro de 2014 e II da Lei Municipal nÂş 1.207, de 20 de maio de 2013, de conformidade com o que dispĂľem os artigos 1Âş e 2Âş da presente Lei. Art. 5.Âş - Na execução da presente Lei deverĂĄ ser observado o que dispĂľe a legislação municipal que trata da matĂŠria. Art. 6.Âş - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / PALĂ CIO DO PODER EXECUTIVO, aos 21 de fevereiro de 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AVISO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO OBJETO: Contratação de empresas para ConcessĂŁo Onerosa de Espaço no Carnaval 2014 do MunicĂ­pio de Tomazina-Pr. O Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do ParanĂĄ, no uso de suas atribuiçþes legais, torna pĂşblico para WRGRVRVHIHLWRVHÂżQVOHJDLVD+202/2*$d­2GRMXOJDPHQWRGD&RPLVVmR3HUPDQHQWHGH/LFLWDomRUHDOL]DGR em sessĂŁo de 11/02/2014 Ă s 10:00hs, relativo Ă  Licitação – Modalidade PregĂŁo Presencial nÂş 010/2014, que adjudicou o objeto em destaque supra, em favor dos licitantes Osmair aparecido Faveri e R Thais Ribeiro . Valor R$ 6.700,00( seis mil e setecentos reais). Junte-se ao procedimento; Publique-se; TOMAZINA, 18 de fevereiro de 2014 GUILHERME CURY SALIBA COSTA PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO TERMO DE PERMISSĂƒO DE USO NÂş 01/2014 Contratado: Osmair Aparecido Faveri – Taquarituba - ME PregĂŁo Presencial NÂş: 10 /2014 Objeto: ConcessĂŁo Onerosa de Espaço no Carnaval 2014 do MunicĂ­pio de Tomazina-Pr . VALOR R$: 3.700.00( trĂŞs mil e setecentos reais ). VigĂŞncia: 05/03/2014 Tomazina, 18 de fevereiro de 2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO TERMO DE PERMISSĂƒO DE USO NÂş 02/2014 Contratado: R. Thais Ribeiro Ltda. PregĂŁo Presencial NÂş: 10/2014 Objeto: ConcessĂŁo Onerosa de Espaço no Carnaval 2014 do MunicĂ­pio de Tomazina-Pr . VALOR R$: 3.000,00( tres mil e reais). VigĂŞncia:05/03/2014 Tomazina, 18 de fevereiro de 2014

TRIBUNA DO VALE

O DiĂĄrio da nossa regiĂŁo - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo AntĂ´nio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor ResponsĂĄvel Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 Œ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

ImpressĂŁo: GraďŹ Norte FONE: 43 3420-7777

Circulação: Abatiå Œ Andirå Œ Arapoti Œ Bandeirantes Œ Barra do JacarÊ ŒCambarå Œ Carlópolis Œ Conselheiro Mairink Œ FigueiraŒGuapirama Œ Ibaiti Œ Itambaracå Œ Jaboti Œ Jacarezinho Jaguariaíva Œ Japira Œ Joaquim Tåvora Œ Jundiaí do Sul Œ Pinhalão Œ Quatiguå Œ Ribeirão Claro Œ Ribeirão do Pinhal Œ Salto do ItararÊ ŒSantana do ItararÊ Œ Santo Antônio da Platina Œ São JosÊ da Boa Vista Œ SengÊs Œ Siqueira Campos ŒTomazina Œ Wenceslau Bråz

Filiado a Associação dos Jornais Diårio do Interior do Paranå

* Os artigos assinados nĂŁo representam necessariamente a opiniĂŁo do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.



D

6XSHUiYLWÂżQDQFHLUR

D

6XSHUiYLW ÂżQDQFH


A-4 Cidades

TRIBUNA DO VALE Sábado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

Samp Fiat agora também em Jacarezinho

EMPREENDIMENTONova loja soma-se a uma rede que já está presente em Santo Antônio da Platina e Jacarezinho Gladys Santoro

Com uma solenidade na noite de sexta-feira, o empresário Celso Schmidt inaugurou uma nova concessionária Samp Fiat em Jacarezinho. A lojaestá localizada na avenida Brasil, 433, em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros. O evento reuniu os prefeitos de Jacarezinho Sérgio Eduardo Faria (DEM) e de Santo Antônio da Platina, Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM), vereadores e demais autoridades de toda a região, além de representantes da marca Fiat, como o gerente regionalEdivaldo Reche, o consultor de vendas GiulianoVolpato, e clientes do Norte Pioneiro. Segundo Celso Schmidt,

com a abertura da concessionária em Jacarezinho, clientes de 50 municípios da região ficam, a partir de agora, bem servidos. “Fundamos a primeira em Santo Antônio da Platina no ano de 1979. Em 1983, abrimos uma loja em Cornélio Procópio. Com isso, boa parte do Norte Pioneiro estava coberto pela marca Fiat, menos Andirá e Cambará. Agora, está completo. Atendemos uma região de cerca de 700 mil habitantes”, informou. Na sede da Samp Fiat de Jacarezinho estão disponíveis veículos novos e usados, além de peças e oficina. No local também pode-se encontrar pneus Pirelli. A empresa tem como gerente geral Walter Brandão e gerente administrativa, Alessandra Schmidt

Brandão. Antes da inauguração oficial, ocorrida na sexta-feira, a nova concessionária já havia sido apresentada à imprensa e às autoridades locais. “Além da geração de empregos, a Samp Fiat chegou a Jacarezinho com equipamentos de tecnologia de ponta”, garantiu Celso Schmidt. Em seu discurso de inauguração, Schmidt contou um pouco da história da Fiat, que segundo ele, foi fundada em 1899 na cidade de Torino, na Itália. “Fazem parte do grupo Fiat, as marcas Ferrari, Alfa-Romeu, Maserati, Chrysler, Jeep e Dodge. A Fiat também é proprietária da Juventus FC, time bastante popular na Itália”, contou. No Brasil, a Fiat é líder de Antônio de Picolli

Antônio de Picolli

Corre acom contr

JACAREZIN acusados co

Marco M

Com inauguração em Jacarezinho, Samp soma a terceira concessionária na região

mercado há 12 anos consecutivos. “Somos mais de 600 concessionárias e hoje somamos mais uma, a Samp Fiat de Jacarezinho”, comemorou acrescentando: “Atualmente, atuamos como concessionários de carros Fiat, sendo distribuidores da marca em toda a mesorregião do Norte Pioneiro, que vai do Rio Paranapanema até o Rio Tibagi. Também atuamos no mercado de moto e produtos da Honda, com lojas em Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, com representantes de todo o Norte Pioneiro”, contou. O empresário disse ainda, que o grupo empresarial à frente de todos os empreendimentos é familiar e que já está na segunda geração.

O Evento O prefeito de Jacarezinho Sérgio Eduardo de Faria, Dr. Sérgio (DEM), disse que instalação de uma concessionária da Samp Fiat é uma honra para Jacarezinho. “O Celso Schmidt não pode ser considerado um cidadão platinense, mas sim de todo o Norte Pioneiro, poisele atua em todas as cidades. Eu o conheço há mais de 30 anos, desde a época que cheguei a Jacarezinho”, contou. O gerente regional da FIAT no Paraná, Edivaldo Reche ressaltou que a Samp vem tendo altos índices de satisfação nas pesquisas realizadas. “Mensalmente enviamos aos clientes perguntas sobre o atendimento e temos a grata satisfação que obser-

var que a Samp está sempre acima da média de todo o Paraná”, informou. Para o vice-prefeito de Jacarezinho, José Carlos Molini,a Fiat vem se consolidando em todo o Norte Pioneiro com seu bom atendimento. “Sou bem atendido desde o meu primeiro carro. Sempre com atenção. Não me sinto como numa loja, mas sim entre amigos”, disse. O prefeito platinense Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM) parabenizou o empresário Celso Schmidt pela nova concessionária no Norte Pioneiro. “A Samp já está consolidada em Santo Antônio da Platina há mais de 30 anos. Isto mostra que é uma empresa dedicada ao bom atendimento à população”, comentou.

Autoridades, clientes e convidados prestigiaram a nova loja

Antônio de Picolli

Samp Fiat vai atender clientes do Norte, Norte Pioneiro e parte do Sul de São Paulo

HABITAÇÃO

Paraná quer construir mais cinco mil novas moradias rurais Da Agência Estadual

O Governo do Paraná quer construir mais 5 mil novas casas junto ao Programa Nacional de Habitação Rural, desenvolvido em parceira com as prefeituras municipais e o Governo Federal. O avanço no programa de habitação rural no Paraná foi discutido ontem (21) em reunião entre o secretário da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, e os presidentes da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Mounir Chaowiche, e da Emater Paraná, Rubens Ernesto Niederheitmann. O pedido formalizando a construção das casas será encaminhado ao Ministério

das Cidades. Conforme balanço apresentado pela Cohapar já foram construídas de 2011 para cá 11.513 habitações rurais no Paraná, superando a meta de construir 10 mil casas no meio rural, em quatro anos. Além disso, já estão em fase de projeto a construção de 2.191 casas e mais 3.087 unidades foram enviadas para análise na Caixa Econômica Federal, agente financiadora do programa, totalizando 16.791 moradias. “Temos uma demanda a ser atendida. Agora a nossa intenção é priorizar municípios que integrem as regiões Centro-Sul indo até o Norte Pioneiro”, diz o secretário da Agricultura e do Abasteci-

mento Norberto Ortigara. Na avaliação de Rubens Ernesto Niederheitmann as novas moradias ajudam ao agricultor a ter mais conforto e dignidade. “Isso é fundamental para que as famílias de pequenos agricultores permaneçam no campo e possam ter ainda uma melhor qualidade de vida”, afirma o diretor presidente da Emater. É a entidade que faz a escolha dos municípios e seleção dos beneficiários. Além disso a Emater faz a coleta da documentação pessoal e de posse das áreas e glebas rurais, auxiliando, ainda, na elaboração e execução técnica dos trabalhos sociais de apoio às famílias beneficiadas.

IBAITI

Polícia a m unição

Da R


TRIBUNA DO VALE

Cidades A-3

Sábado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

istração devendo o candidato se

Região terá 1ª Conferência Intermunicipal da Defesa Civil

Gladys Santor

SANTO ANTÔNIO DA PLATINADurante reunião de prefeitos, o diretor clínico da Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho apresentou o oncologista Norberto Paes Gladys Santoro

Representantes das 26 cidades da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) se reuniram na manhã de ontem, na sede da associação, em Santo Antônio da Platina, c om o c o ord e na d or R e gional da Defesa Civil de Londrina, major Ezequias de Paula Natal para tratar da 1ª Conferência Intermunicipal da Defesa Civil, marcada para o dia 12 de março. O major explicou a importância do encont ro e a n e c e s s i d a d e d a s prefeituras estruturarem a Defesa Civil em seus municípios, tanto na questão de socorrer com eficiência a população, em caso de desastres naturais, como também nos casos em que a prefeitura tem direito de receber recursos dos go-

contar da

vernos estadual e federal para recuperar a cidade. O major explicou que até o preenchimento dos formulários que relatam os estragos causados por chuvas, ventos, tempestades, tornados e outros fenômenos naturais, devem ser preenchidos de maneira correta para garantir o recebimento de recursos. A defesa civil também tem que saber identificar o tipo de ocorrência, ou seja, quando decretar estado de emergência ou de calamidade pública. O m aj or d i s s e ai n d a , que a Defesa Civil de Londrina está preparada para ajudar a região. “Caso uma calamidade aconteça em u m mu n i c ípi o d e n o s s a abrangência, temos condições de enviar alimentos para mil pessoas no mesmo dia da ocorrência. Portan-

to, precisamos trabalhar em conjunto, e com maior eficácia. Esses transtornos c o s tu m am a c onte c e r n o p er ío do d a noite ou em finais de semana. Nós, da co ordenação, estamos preparados para ajudar em qualquer situação, dia ou hora”, disse explicando que para isso, o entrosamento entre os órgãos deve ser afinado. Oncologia Ta m b é m n a r e u n i ã o entre as cidades da abrang ê n c i a d a A mu n o r p i , o diretor clínico d a Sant a Casa de Misericórdia de Jacarezinho, Ken Tokumoto apresentou aos presentes o o n c o l o g i s t a No r b e r t o de Souza Paes, que quer instalar um centro de oncologia nas dependências do hospit al, e atender a p opulação regional p elo Sistema Único de Saúde.

O médico explicou que já montou centros de oncologia em vários municípios referências. O último foi em Ourinhos. “Q ueremos fazer o m e s m o a qu i , e of e re c e r um ser viço de qualidade aos pacientes da região, re du z i n d o a s d i s t ân c i a s que hoje eles percorrerem

em busca de tratamentos em Curitiba e Londrina. Além caro, esse deslocamento é doloroso demais”, comentou o especialista. O presidente da Amunor pi, Guilherme Saliba Costa, prefeito de Tomazina, fez algumas perguntas sobre a parte operacional das prefeituras para a ma-

nutenção do centro. Segundo os médicos, os prefeitos serão orient a d o s d e c omo ag i r p or etapas. “Há varias etapas a s erem c umpridas para qu e p o ss amo s c a d ast r ar o c e nt r o n o M i n i s t é r i o da Saúde para podermos t r a b a l h a r c o m o S U S ”, explicaram.

IS.A. PLATINA

JACAREZINHO

Informatização facilita trabalho no Procon

Prefeitos e representantes de 26 cidades participaram da reunião ontem

Divulgação

Obras do PAC 2 já beneficiam moradores de três bairros

Divulgação

Valter Pereira, assessor do deputado André Vargas, visita obra do PAC 2 em Santo Antônio da Platina Da Assessoria

Moradores de toda a região estão procurando o Procon de Jacarezinho Da Assessoria

Jornada

Bolsaestágio

Bolsa auxíliotransporte

6

535,00

20,00

6

535,00

20,00

Desde o início deste ano, a agência do Procon de Jacarezinho está informatizada. A tecnologia facilitou e agilizou o atendimento dos usuários que procuram o órgão. De seis de janeiro e até ontem, 21, foram registrados 530 atendimentos com 13 processos administrativos e outros 517 ainda em negociação. A agência do Procon em Jacarezinho recebe diariamente consumidores da cidade e de outros municípios para reclamações de prestadores de serviços, compras e vendas irregulares e demais queixas. O órgão na cidade realiza constantemente atendimento para moradores de Ribeirão Claro, Cambará, Carlópolis, além de outras cidades como Santana do Itararé, Siqueira Campos e até Curitiba, onde recentemente uma consumidora teve problema com seu carro e procurou o Procon na cidade para resolver a questão com a concessionária. Apesar de existir o Procon em Santo Antônio da Platina,

alguns moradores da cidade, costumam procurar a agencia em Jacarezinho para resolução de problemas. Agora com a informatização, através do sistema DPC, os consumidores poderão ter acesso à consulta dos processos pela internet, por meio do site do Procon-PR (www.procon. pr.gov.br). Segundo a chefe de divisão do Procon em Jacarezinho, Maiara de Souza Guimarães, a informatização facilitou os processos públicos para o consumidor no acesso virtual. “Todo o processo era manual e levava mais tempo para realização. Agora o processo administrativo por meio do sistema informatizado, facilitou nosso trabalho e dos consumidores que não precisam vir até a agência para saber o andamento. Eles podem ver pelo próprio site”, afirmou Maiara. Ao abrir a página do Procon-PR, o consumidor terá uma opção na cor verde com o título “Serviços Consumidor”, onde poderá utilizar diversos serviços do órgão, entre eles, pesquisar a situa-

ção do processo por município. Em seguida, ele precisa apenas colocar o número do protocolo, o ano e o município onde registrou. Atendimento Ao todo, desde o dia do inicio da informatização, em janeiro, até esta sexta-feira (21), foram registrados 17 atendimentos para moradores de Cambará, 16 para os de Ribeirão Claro, seis para os de Carlópolis e um Santo Antonio da Platina. Dentre os bairros de Jacarezinho, a maior concentração de atendimento é de moradores do centro com 89 consultas neste período. Para moradores do bairro Aeroporto, foram realizados 51 atendimentos. A Vila Setti aparece em terceiro na lista com 30 atendimentos, seguido por Vila São Pedro com 28, Vila Scyllas com 22, Dom Pedro Filipack com 19, Vila Maria com 18, Jardim São Luiz com 14 e Jardim Panorama e Parque Bela Vista com 13 atendimentos cada. O restante dos bairros apresenta menos de 10 atendimentos cada um neste período.

Moradores dos Bairros dos bairros Álvaro de Abreu, Vila Ribeiro e Jardim Bela Manhã em Santo Antônio da Platina, comemoram a execução das obras de infraestrutura do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, do governo federal, viabilizado pelo deputado federal André Vargas (PT). O assessor do deputado federal André Vargas, Valter Antônio Pereira, visitou os três bairros contemplados com o PAC 2. “As obras do Jardim Bela manhã já

estão em fase de execução, moradores de duas ruas já foram beneficiados com o asfalto, galeria e calçadas e as demais ruas estão em andamento. As obras também já começaram na Vila Ribeiro e em seguida será a vez do conjunto Álvaro de Abreu”, disse o Assessor. O vice-presidente da Câmara Federal, deputado André Vargas (PT), comemorou a notícia. “O município deve receber investimentos de R$ 5,8 milhôes do PAC 2, que serão aplicados na construção de galerias pluviais, calçadas, sarjeta, meio-fio e pavimentação asfáltica nos bairros Álvaro de

Abreu, Vila Ribeiro e Jardim Bela Manhã”, falou o deputado. O deputado destaca que são muitos os investimentos federais na cidade, além das obras do PAC 2, três super creches e uma pista de skate estão em construção. Também será construída uma Unidade de Pronto Atendimento, UPA. Sem contar a agência do INSS inaugurada durante o ano de 2013. “Todas as obras estão ligadas a qualidade de vida dos moradores, são investimentos essenciais, que nós temos o orgulho de ter trabalhado junto e ajudado a conquistar”, comentou Vargas.

1ª pizza - Alunos do curso de pizzaiolo fizeram a primeira pizza nessa semana (foto) durante as aulas realizadas na carreta do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em Ribeirão Claro. O veículo de grande porte foi adaptado para se transformar em uma sala de aula itinerante e ficará no município por três meses, na rua Xavier da Silva, atrás da Igreja Matriz. A capacitação foi oferecida graças à parceria entre a prefeitura, Secretaria de Assistência Social, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e o Senac.O curso de 180 horas é gratuito e os alunos recebem bolsa de estudo mensal de R$ 2 por aula assistida para fazer o curso.


TRIBUNA DO VALE

A-6 Atas & Editais PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA EDITAL Nº 01/2014 Dispõe sobre a abertura de Teste Seletivo, para cadastro de reserva, destinado ao Desenvolvimento de Estágios na Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina.

O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: TORNAR PÚBLICO O presente Edital, destinado a abertura de inscrições para o Teste Seletivo da Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina n.º 001/2014 de Provas, para o preenchimento de vagas para a contratação de estagiários de nível Superior, Técnico (Educação Profissional e Pós Médio), Médio (Ensino Médio Regular e Educação Profissional de Nível Médio), para cadastro de reserva, para os diversos setores da Administração Pública Municipal, da Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina, na forma da Lei Municipal nº 689/2008, regulamentada pelo Decreto Municipal nº 409/2009, alterada pela Lei 790/2009, e nos termos da Lei Federal nº 11.788/2008.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. O Teste Seletivo será realizado sob a responsabilidade da Prefeitura do Município de Santo Antônio da Platina, obedecidas às normas deste Edital. 1.2. O Teste Seletivo destina-se a selecionar estudantes para estágios de complementação educacional em atividades acadêmicas compatíveis com o tipo de formação profissional, oportunizando ao candidato a vivência entre a teoria aprendida e a prática realizada na categoria estágio curricular não obrigatório. 1.3. Aos candidatos participantes na qualidade de pessoas com deficiência ficará assegurado o percentual de 10% (dez por cento) das oportunidades de estágio ofertadas por esta municipalidade, podendo concorrer em todos os níveis de ensino, desde que esteja cursando. 1.4. O presente procedimento seletivo terá validade de 01 (um) ano, a contar da publicação da homologação do resultado final, sendo facultada a prorrogação por idêntico período.

1.5. Os estagiários convocados estarão subordinados à Lei Municipal nº 689/2008, regulamentada pelo Decreto Municipal nº 409/2009, alterada pela Lei 790/2009, e a Lei Federal nº 11.788/2008. 1 1.6. O estagiário não terá, para qualquer efeito, vínculo empregatício com o Município, sendo regido pela Lei Federal n.º 11.788/2008 e pelo Decreto Municipal nº 409/2009. 1.7. Os candidatos classificados poderão ser convocados para firmar o termo de compromisso de estágio, de acordo com o interesse e conveniência da Administração Municipal e ainda conforme contido no subitem 7.12. 1.8 A realização do estágio dar-se-á mediante TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO, celebrado entre estagiário e esta municipalidade, com interveniência da Instituição de Ensino na qual o candidato encontra-se matriculado e desde que esta seja conveniada com o Agente de Integração, conforme disposto no Decreto Municipal nº 409/2009. 1.9. Será concedida bolsa auxílio e bolsa auxílio transporte, conforme Decreto nº 409/2009 alterado pelo Decreto nº 244/12, de 10/05/2012, constante no ANEXO III deste Edital.

Sábado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

3.8. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados. 3.9. Não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo do documento. 3.10. Por ocasião da realização das provas, o candidato que não apresentar documento de identidade original, na forma definida no subitem 3.7 deste edital, não poderá fazer as provas e será automaticamente eliminado do Teste Seletivo Público. 3.11. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 90 (noventa) dias, juntamente com qualquer dos documentos considerados como de identificação, dos quais já foram elencados neste Edital. 3.12. Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas. O candidato deverá observar rigorosamente os editais e os comunicados a serem divulgados no site www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br.

7.10. O horário de estágio será definido pela Administração devendo o candidato se adequar ao mesmo, sob pena de perda da vaga. 7.11. O estágio firmado com o candidato na qualidade de pessoa com deficiência não se submete ao limite máximo temporal previsto no subitem 7.9, podendo ser prorrogado até a conclusão do curso. 7.12. Será exigido do candidato convocado a execução do Termo de Compromisso de Estágio com interveniência obrigatória da Instituição de Ensino, sendo que o mesmo somente poderá iniciar suas atividades acadêmicas de estágio após a entrega do Termo devidamente assinado. 7.13. O candidato aprovado e convocado poderá desistir definitiva ou temporariamente da oportunidade de estágio, implicando a desistência temporária, em renúncia à classificação original e passando a posicionar-se em último lugar na lista dos (as) aprovados (as) do curso o qual estiver inscrito. 7.14. A desistência temporária contida no subitem 7.12, deverá ser formalizada mediante protocolo de requerimento de reclassificação, no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis a contar da data estipulada no edital de convocação. 7.15. O termo de estágio será rescindido nos termos do Decreto 409/2009, bem como, a critério da Administração, quando for constatado o estagiário não está desenvolvendo a contento suas atividades. 8. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

3.13. Não haverá segunda chamada para as provas, nem a realização das mesmas fora da data, do horário e do local predeterminados em edital ou em comunicado, seja qual for o motivo alegado. A ausência do candidato implicará na sua eliminação do Teste Seletivo. 3.14. Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos, nem a utilização de máquinas calculadoras, celulares, tablets, notebooks e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive códigos e/ou legislação. 3.15. A COMISSÃO ORGANIZADORA não se responsabilizará por perda ou extravio de qualquer objeto ocorrido durante a realização das provas. 3.16. O não comparecimento do candidato à prova objetiva implicará a sua eliminação do Teste Seletivo. 3.17. O candidato que usar de atitudes de desacato ou desrespeito com qualquer dos fiscais ou responsáveis pela aplicação da prova, bem como aquele que descumprir o disposto no item 3.14, deste Edital, será excluído do Teste Seletivo. 3.18. O candidato deverá transcrever as respostas da prova objetiva para a folha de respostas, que será o único documento válido para a correção da prova. O preenchimento da folha de respostas será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste edital e na folha de respostas. Em hipótese alguma haverá substituição da5 folha de respostas por erro do candidato. 3.19. As respostas às questões objetivas serão transcritas para o gabarito com caneta esferográfica com tinta preta ou azul, devendo o candidato assinalar uma única resposta para cada questão. 3.20. Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevido da folha de respostas. Serão consideradas marcações indevidas as que estiverem em desacordo com este edital ou com a folha de respostas dada ou campo de marcação não preenchido integralmente. 3.21. Não serão computadas, atribuindo-se nota zero às questões objetivas não assinaladas (em branco) na folha de respostas, assim como às questões que contenham mais de uma alternativa assinalada para a mesma questão (ainda que uma delas esteja correta), que contenha emenda, rasura e/ou alternativa marcada a lápis, ainda que legíveis, e quando a alternativa assinalada for a incorreta.

8.1 A inscrição do candidato implicará a aceitação das normas para o Teste Seletivo contidas nos comunicados, neste edital e em outros a serem publicados. 8.2. É de inteira responsabilidade do candidato, acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes a este Teste Seletivo, bem como de eventuais aditamentos e instruções específicas para a realização do certame.

8.5. Se, a qualquer tempo, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual, grafológico ou por investigação policial, ter o candidato se utilizado de processo ilícito, suas provas serão anuladas e ele será automaticamente eliminado do Teste Seletivo.

1.11. As ausências injustificadas serão descontadas da bolsa auxílio.

3.23. Os dois últimos candidatos a terminarem a Prova Objetiva, em cada uma das salas, deverão rubricar, juntamente com os fiscais, o envelope em que serão depositadas as provas realizadas e gabaritos.

8.6. Não serão fornecidos atestados, declarações, certificados ou certidões relativos à seleção, à classificação ou às notas de candidatos, valendo, para tal fim, a publicação na Internet, no endereço eletrônico www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br o resultado final e homologação do Teste Seletivo.

1.14. O Teste Seletivo será realizado na cidade de Santo Antônio da Platina/PR. 2. DAS INSCRIÇÕES 2.1. Os candidatos interessados em participar do teste seletivo, deverão ter a idade mínima de 16 anos completos, na data da inscrição, e estar devidamente matriculados e frequentando cursos nos níveis: Superior; Técnico (Educação Profissional e Pós Médio); Médio (Ensino Médio Regular e Educação Profissional de Nível Médio). 2.2. Antes de efetuar a inscrição, o candidato a estágio deverá conhecer o edital e certificarse de que preenche todos os requisitos exigidos. Uma vez efetivada a inscrição não será permitida, em hipótese alguma, a sua alteração.

2 2.3. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. 2.4. O pedido de inscrição que não atender às exigências deste Edital será cancelado, bem como anulados todos os atos dele decorrentes. 2.5. O pedido de inscrição poderá ser efetuado a partir das 09:00 horas do dia 26 de fevereiro até às 23:59 horas do dia 09 de março, somente via internet, no endereço eletrônico: www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br, que deverá ser devidamente preenchido pelo candidato. 2.6. As informações prestadas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, reservando-se a Prefeitura do Município de Santo Antônio da Platina, o direito de excluir do Teste Seletivo aquele que não preencher o formulário de forma completa e correta, bem como fornecer dados inverídicos ou falsos. 2.7. Para efetuar a inscrição é imprescindível o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) do candidato. 2.8. A Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina não se responsabiliza por solicitações de inscrições não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, falta de energia elétrica, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados. 2.9. É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou a via correio eletrônico ou encaminhado em desacordo com os prazos e condições previstos neste edital. 2.10. A homologação das inscrições será divulgada no dia 21 de março, a partir das 13:00 horas, no site www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br. 2.11. Os locais de realização das provas, bem como o ensalamento, serão divulgados pela Internet, no endereço eletrônico: www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br , a partir das 13:00 horas do dia 28 de março de 2013. 2.12. É de exclusiva responsabilidade do candidato conferir a homologação de sua inscrição. 2.13. É de exclusiva responsabilidade 3do candidato, a partir da data acima mencionada, tomar conhecimento do local, o horário e o endereço de realização da prova. 2.14. Não poderá inscrever-se o candidato que tenha estagiado pelo período igual ou superior a 01 (um) ano e 07 (sete) meses nesta municipalidade, nos casos de estágio curricular não obrigatório remunerado. 2.15. Não poderá ingressar no estágio, mesmo que aprovado e classificado, o candidato que tiver a conclusão de curso prevista por período inferior a 6 (seis) meses, ou estiver com curso concluso, quando da sua convocação no referido teste. 3. DA PROVA 3.1. A seleção dos candidatos se dará por meio de prova objetiva, contendo 30 (trinta) questões de múltipla escolha, com 10 (dez) questões de Língua Portuguesa, 05 (cinco) questões de Raciocínio Lógico, 05 (cinco) questões de Informática, 05 (cinco) questões de Conhecimentos Gerais e 05 (cinco) questões de Ética Profissional. 3.2. As questões serão elaboradas com base no conteúdo programático das provas, constantes no ANEXO I deste edital. 3.3. A prova está prevista para o dia 06 de abril de 2014, com início às 13:00 horas, em local a ser divulgado no endereço eletrônico: www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br 3.4. Os portões de acesso aos locais de realização da prova serão abertos às 12:00 horas e fechados às 12:45 horas, estando impedido, por qualquer motivo, de ingressar o candidato que chegar ao local de prova após o horário estipulado. 3.5. A prova será classificatória, todavia o candidato que zerar a prova será excluído do Teste Seletivo. 3.6. A duração da prova será de 03 (três) horas, sendo que o candidato deverá comparecer ao local de prova com 30 minutos de antecedência do horário estabelecido no subitem 3.4, munido de caneta esferográfica azul ou preta e documento de identidade original com foto. 3.7. Serão considerados documentos de identidade: RG; Passaporte Brasileiro; Certificado de Reservista; Carteira de Trabalho; Carteira Nacional de Habilitação com foto.

3.24. O gabarito da prova objetiva será disponibilizado na internet, no dia seguinte ao da realização da prova, às 17:00 horas, no endereço eletrônico www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br 4. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO 4.1. A nota em cada item da prova objetiva, feita com base nas marcações no gabarito de respostas, será igual a: 1 (um) ponto por questão, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas. 4.2. Será reprovado na prova objetiva e eliminado do Teste Seletivo o candidato que obtiver 0 (zero) pontos.

8.7. A Prefeitura do Município de Santo Antônio da Platina não se responsabiliza por quaisquer cursos, textos, apostilas e outras publicações referentes a este Teste Seletivo. 8.8. O Teste Seletivo disciplinado por este Edital tem validade de 01 (um) ano, a contar da data de publicação e homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Municipal. 10 8.9. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Teste Seletivo, nomeada pela Portaria nº 27/2014.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ, em 20 de fevereiro de 2014.

5. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE 5.1. Em caso de empate no resultado terá preferência o candidato que tiver: a) maior idade, persistindo o empate; b) cursando o período letivo mais avançado, persistindo o empate; c) maior nota na disciplina de Língua Portuguesa. 6. DOS RECURSOS 6.1. O candidato que desejar interpor recurso contra o gabarito provisório poderá fazê-lo pelo período de 24 horas de sua publicação, em documento endereçado e protocolizado junto à Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina. 6.2. O gabarito provisório divulgado poderá ser alterado, caso haja provimento de recursos interpostos, sendo que o resultado será modificado para todos. 6.3. O candidato deverá ser claro, consistente e objetivo em seu pleito. Recurso inconsistente ou intempestivo será preliminarmente indeferido.

JACAREZIN

Inform trabalh

PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

4.3. O candidato eliminado na forma do subitem 4.2 deste edital não terá classificação no Teste Seletivo. 4.4. A nota final no Teste Seletivo será a soma algébrica das questões que obtiverem 6 Edital nº 01/2014 acerto. 4.5. Os candidatos serão ordenados de acordo com os valores decrescentes da nota final no Teste Seletivo, obedecendo criteriosamente o curso informado no ato da inscrição.

Gladys S

8.4. Será excluído automaticamente do Teste Seletivo o candidato que: a) apresentar-se após o horário estabelecido, inadmitindo-se qualquer tolerância; b) não comparecer às provas, qualquer que seja o motivo alegado; c) não apresentar documento que bem o identifique, de acordo com o subitem 3.7; d) for surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução das provas; nº 01/2014 9 ou equipamento similar, Edital e) utilizar-se de livros, máquinas de calcular celulares, tablets, notebooks, netbooks e outros, dicionário, notas ou impressos que não forem expressamente permitidos ou que se comunicar com outro candidato; f) estiver fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação (bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie ou outros equipamentos similares), bem como de protetores auriculares; g) faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com as autoridades presentes ou com os demais candidatos; h) fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição ou em qualquer outro meio, que não os permitidos; i) recusar-se a entregar a folha de respostas ao término do tempo destinado para a sua realização; j) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal; k) ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas ou outros materiais não permitidos; l) descumprir as instruções contidas no caderno de provas e na folha de respostas; m) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido; n) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer fase do Teste Seletivo; o) não permitir a coleta de sua assinatura; p) fizer em qualquer documento, declaração falsa ou inexata; q) estiver portando armas, mesmo que possua o respectivo porte; r) apresentar documentos irregulares; s) não atender às determinações deste Edital.

3.22. Em nenhuma hipótese o caderno de provas será considerado para a pontuação do candidato.

1.13. Não será permitida a realização concomitante de mais de um estágio remunerado pelo mesmo candidato.

SANTO ANT reunião de p Santa Casa d apresentou

8.3. O candidato que porventura sentir-se mal durante a realização da prova, poderá interrompê-la até que se restabeleça no próprio local de realização da prova. Caso o candidato não se restabeleça em tempo hábil para terminar sua prova dentro do horário estabelecido, estará eliminado do Teste Seletivo.

1.10. As bolsas auxílio e auxilio transporte visam auxiliar a cobertura de despesas relacionadas ao estágio e transporte, ficando vedada a concessão de qualquer auxílio adicional, não possuindo qualquer natureza salarial.

1.12. A carga horária do estágio deverá ser de 30 (trinta) horas semanais, conforme Decreto nº 409/2009.

Regi Inte

ANEXO I Edital nº 001/2014 Conteúdo Programático LINGUA PORTUGUESA: Tempos verbais; Advérbio; Encontro consonantal; Encontro vocálico; Objeto direto e indireto; Interjeição; Interpretação textual; Adjetivo; Divisão silábica; Termos da Oração; Pronomes; Classificação gramatical. RACIOCÍNIO LÓGICO: Conjunto dos números naturais, inteiros e racionais; Sistema legal de medidas; Medidas de superfície e volume; Razões e proporções; Regra de três simples; Porcentagens; Equações e inequações do 1º grau e 2º graus; Sistemas do 1º grau; Funções do 1º e 2º graus; Juros simples e compostos; Interpretação de gráficos e tabelas. INFORMÁTICA: Conceitos de Internet e Intranet; Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e à Intranet; Conceitos e modos de utilização de ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa; Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática; Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações. CONHECIMENTOS GERAIS: Fatos da atualidade relacionados ao mundo, ao país e à região (noticiários de jornais, revistas, sites, tais como: educação, saúde, economia, esporte e política.) ÉTICA PROFISSIONAL: Ética profissional do servidor público municipal - art. 130 e art. 131 da Lei Municipal nº 02/93; Origem da Ética; Ética e as suas definições.

ANEXO II 11

6.4. Os recursos que forem encaminhados por via postal comum, via fax ou via correio eletrônico, não serão admitidos, nem analisados. 6.5. Não serão admitidos recursos relativos ao preenchimento incompleto, equivocado, em duplicidade ou incorreto do cartão-resposta, nem pelo motivo de resposta que apresenta rasura. 6.6. Não serão conhecidos os recursos interpostos fora do prazo estabelecido no item 6.1. 6.7. Em nenhuma hipótese serão aceitos pedidos de reconsideração ou de revisão de resultado de recursos ou recursos de recursos. 6.8. Não serão conhecidos os recursos cujo teor desrespeite a Comissão Organizadora serão preliminarmente improvidos. 7. DA HOMOLOGAÇÃO FINAL E DA CONVOCAÇÃO PARA O ESTÁGIO

7.1. Divulgado o resultado final, depois de transcorridos os prazos e decididos os recursos porventura interpostos, o Teste Seletivo Público será homologado pelo Prefeito Municipal. 7 O resultado e classificação final serão publicados no endereço eletrônico www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br 7.2. A aprovação no Teste Seletivo não gera direito à convocação e esta obedecerá rigorosamente à ordem de classificação por curso e ficará condicionada à comprovação de documentos, conforme disposto no Decreto Municipal nº 409/2009. 7.3. O candidato aprovado será convocado por meio de edital ou pelo endereço eletrônico indicado pelo aluno no ato de sua inscrição via internet, sendo que o edital será publicado no Diário Eletrônico do Município no site www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br 7.4. Terá o candidato convocado, o prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar da data do edital de convocação, para comparecer à Prefeitura Municipal para orientações quanto aos procedimentos e documentações necessárias para regularização do estágio. 7.5. No ato da contratação o candidato deverá estar munido dos seguintes documentos: 1. Declaração de frequência escolar (original); 2. Fotocópia do RG, CPF, Título de Eleitor; 3. Fotocópia da certidão de nascimento/casamento; 4. 01 (uma) foto 3x4; 5. Fotocópia do comprovante de endereço; 6. Atestado Médico Admissional (expedido pelo Médico do Trabalho da Prefeitura).

Edital nº 001/2014 CRONOGRAMA DE DATAS

Da Ass

1. INSCRIÇÕES: 9 A inscrição será a partir das 9:00 horas do dia 26 de fevereiro até as 23: 59 horas do dia 09 de março de 2014, somente via internet, no endereço eletrônico: www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br . 2. HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES:12 9 A homologação das inscrições será divulgada no dia 21 de março, a partir das 13:00 horas, no site www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br. 9 3. LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS E ENSALAMENTO: 9 Os locais de realização das provas, bem como o ensalamento, serão divulgados pela Internet, no endereço eletrônico: www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br. e no Quadro de Editais da Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina, a partir das 13:00 horas do dia 28 de março de 2014. 4. DATA DAS PROVAS: 9 A prova está prevista para o dia 06 de abril de 2014, com início às 13:00 horas, com fechamento dos portões às 12:45 horas, em local a ser divulgado no endereço eletrônico: www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br e no Quadro de Editais da Prefeitura Municipal. 5. GABARITO DAS PROVAS: 9 O gabarito da prova objetiva será disponibilizado na internet, no dia seguinte ao da realização da prova, a partir das 17:00 horas, no endereço eletrônico www.santoantoniodaplatina.pr.gov.br e no quadro de editais da Prefeitura Municipal. 6. RESULTADO: 9 Previsão do Resultado das Provas, a partir de 16 de abril de 2014. ANEXO III Edital nº 001/2014

7.6. A Prefeitura não se responsabiliza por informação de endereço eletrônico (e-mail) incorreto, incompleto, desatualizado ou com problemas de recepção. 7.7. É de responsabilidade do candidato manter seu endereço eletrônico (e-mail) atualizado para viabilizar os contatos necessários. 7.8. O não comparecimento dentro do prazo estabelecido no subitem 7.4, implicará a inabilitação do candidato para o Teste Seletivo, reservando-se ao Município o direito de convocar o próximo candidato da lista de classificação. 7.9. O tempo de duração do estágio será de no mínimo 6 (seis) meses e no máximo de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado, não podendo extrapolar 24 (vinte e quatro) meses de estágio, ficando a data de início do estágio a ser definida pela Administração.

13 Curso Superior Técnico - Educação Profissional e Pós-Médio Médio - Ensino Médio regular - Educação Profissional de Nível Médio * CR - Cadastro de Reserva

4

8



E-1

CR*

6

Bolsaestágio (R$) 535,00

E-2

CR*

6

535,00

20,00

E-3

CR*

6

441,00

20,00

Símbolo vagas

Jornada (horas)

Bolsa auxíliotransporte (R$) 20,00


inho

Santo

ais cinco urais

Cotidiano A-5

TRIBUNA DO VALE Sábado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

Corregedoria passa a acompanhar investigação contra policiais militares

ANTÔNIO DE PICOLLI

JACAREZINHOControle interno da PM quer saber se acusados cometeram abuso e violência contra testemunha Marco Martins

A corregedoria da Polícia Militar do Paraná está a c o mp a n h a n d o d e s d e o começo da semana a denúncia feita por um adolescente de 17 anos de que teria sido ameaçado com violência por dois policiais m i l it are s d e nt ro d a s u a própria casa. O adolescente é testemunha ocular de um acidente causado por u ma v i atu r a d a P M qu e deixou o estoquista Fábio Júnior dos Santos gravemente ferido durante uma desastrosa perseguição policial. Fábio teve a sua perna esquerda amputada.

O corregedor-geral da PM, tenente-coronel Ant ôn i o C a r l o s d o C a r m o designou o capitão Heitor Felício para acompanhar as investigações sobre o caso. O oficial esteve durante toda a semana em Jacarezinho e Santo Antônio da Platina onde ouviu p o l i c i ai s e t e s t e mu n h a s e nvolv i d a s , a s s i m c om o teve acesso a reportagens que abordaram o assunto. Além disso, o capitão também conversou informalmente com jornalistas que estão cobrindo o caso. D e ac ordo c om o c apitão, a partir do que foi colhido durante a semana

será elaborado um relatório que será entregue ao corregedor-geral, que pode ou não, passar a investigar diretamente a conduta dos p oliciais envolvidos nas denúncias. No entanto, o capitão deixou claro que a corregedoria também vai seguir o inquérito policial militar aberto para investigar o acidente que vitimou Fábio Júnior dos Santos. Na quarta-feira, 21, o aspirante Felipe Zanato Alves, designado para comandar a diligência preliminar sobre as denúnci as de ame aç a concluiu seu relatório. A medida tinha cinco dias para ser encerrada. Porém,

IBAITI

como a diligência não é conclusiva, os depoimentos de quatro policiais, do adolescente que acusa a PM e seu avô, foram incluídos do inquérito militar que investiga as causas do acidente. Todos os depoimentos são sigilosos. Ainda ontem, 13, o promotor de Justiça Hugo Napoli Leoni Cunha, confirmou através da assessoria de imprensa do Ministério Público do Paraná que abr iu u m pro c e d i m e nto investigatório para acomp an h ar as i nve st i g a ç õ e s da Polícia Militar, assim como o inquérito criminal aberto pela Polícia Civil.

Fábio Júnior dos Santos perdeu a perna em um acidente causado por uma viatura da Polícia Militar

CAMBARÁ

Grupo é surpreendido pela PM Polícia apreende armas e m unição após denúncia anônima embalando drogas para venda Da Redação

Um homem, não identificado pela Polícia Militar, foi preso na manhã de quinta-feira (20), por posse ilegal de arma de fogo, em Ibaiti. A prisão ocorreu depois de uma

denúncia anônima informando à polícia que o suspeito guardava armas de fogo na residência onde mora, e que também recarregava munições no local. Na casa os policiais encontraram duas espingardas de fabricação

artesanal, aparentemente calibre 36, segundo os PMs, além de vários artefatos como pólvora, chumbo e espoletas, usados para recarregar munições. Os objetos apreendidos e o proprietário foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

Luiz Guilherme Bannwart

Um grupo com sete pessoas, entre elas dois maiores, quatro adolescentes e uma criança com apenas 10 anos, foi detido pela Polícia Militar no final da manhã de quinta-feira (20), enquanto fracionava e embalava drogas para

a venda, em Cambará. A ação o correu p er to do meio dia, depois de uma denúncia anônima, em uma residência na rua Hermínio Haggi, na vila Ignez Hamze. Com o grupo a PM apreendeu um tablete de maconha que totalizou 101 gramas, que

segundo os policiais renderia aproximadamente 80 porções da droga, seis buchas do mesmo entorpecente prontas para a comercialização, uma balança de precisão, um canivete e R$ 47,25. Todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

ASSISTÊNCIA

Lar da Criança de Ribeirão Claro recebe veículo

Assessoria

Crianças e voluntários comemoraram a chegada do veículo Da Assessoria

O Lar da Criança Jesus Amigo, de Ribeirão Claro, recebeu na última quarta-feira (19) um veículo Corsa Classic ano 2002. O carro será utilizado para o transporte das crianças até centros médicos, consultórios e outras demandas atendidas pela entidade assistencial sem fins lucrativos. O veículo foi obtido junto ao deputado estadual Stephanes Junior (PMDB) pelo vereador Marcelo Baggio Molini (DEM). O prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV) participou da entrega do carro. Uma parcer ia entre o vereador e deputado estadualfoi firmada em 2013, mas

o automóvel foi liberado apenas nessa semana. Até o momento, o transporte das mais de 70 cr ianças atendidas pelo Lar era feito com veículos dos próprios voluntários. Com a chegada do Classic, crianças e voluntários ganham mais conforto para a realização do trabalho social. Segundo o vereador M a r c e l o B a g g i o Mo l i n i (DEM), esse era um sonho antigo da direção e voluntárias do Lar da Criança Jesus Amigo, entidade que existe há mais de 15 anos. “Tinha prometido conseguir um c ar ro p ara melhorar a estrutura do Lar da Criança e essa entrega é o c u mp r i m e nt o d e s s e compromiss o”, diss e. “O

deputado Stephanes Junior garantiu a inclusão de um veículo zero quilômetro na verba orçamentária, também para o Lar da Criança”, antecipou. “Assim que esse carro zero quilômetro chegar, o Classic entregue hoje será enviado para a Supercreche que será concluída pela prefeitura esse ano”, completou. O prefeito de Ribeirão Claro, Geraldo Maurício Araújo, parabenizou o vereador pelo benefício obtido em prol da entidade assistencial. “Parabéns ao Marcelo, um vereador atuante que tem se empenhado em trabalhar por Ribeirão Claro”, agradeceu. “Esse carro é fruto do trabalho dele”, concluiu.


nura...

mROHJDOQHFHVViULD

arĂĄ ÂŚ CarlĂłpolis ÂŚ Conselheiro Mairink ÂŚ riaĂ­va ÂŚ Japira ÂŚ Joaquim TĂĄvora ÂŚ JundiaĂ­ ÂŚ Salto do ItararĂŠ ÂŚSantana do ItararĂŠ ÂŚ a Campos ÂŚTomazina ÂŚ Wenceslau BrĂĄz

tigos assinados nĂŁo representam ecessariamente a opiniĂŁo do endo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Atas & Editais A-7

TRIBUNA DO VALE SĂĄbado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

VENDO CHĂ CARA COM CASA MISTA - 120M2, COM Ă GUA, LUZ, TELEFONE - TODA MURADA. VĂ RIAS Ă RVORES FRUTĂ?FERAS E PALMITO4000 MTS2- VALOR A COMBINAR- ACEITO CARRO. FONES 43- 3564-2769 OU 9658- 2630 (TIM)- FALAR COM IRACI - QUATIGUĂ - PR COMPANHIA DE HABITAĂ‡ĂƒO DO PARANĂ

EDITAL Nº 01/2014 – CHAMAMENTO PÚBLICO Objeto: Seleção de empresas do ramo da construção civil para apresentação de proposta para produção de empreendimento habitacional de interesse social, no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial - FAR, em diversos municípios do Estado do Paranå, relacionados no Anexo I do Edital. Data de Abertura: 07/03/2014 – 09:00h Local: Rua Marechal Deodoro, nº 1133 – 1º andar – Curitiba-PR Consulta e Retirada do Edital: www.cohapar.pr.gov.br Curitiba, 21 de fevereiro de 2014. Mounir Chaowiche Diretor-Presidente



ERRATA

Por um erro no setor da diagramação o Jornal Tribuna do Vale do dia 21 de fevereiro saiu com o o numero da edição errado onde consta edição nÂş 2570 o correto ĂŠ edição nÂş 2575 A Direção PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARĂ Errata Decreto 1466/2014 No Decreto nÂş 1466, de 13 de Fevereiro de 2014, publicado no jornal Tribuna do Vale, edição 2570, em 14 de Fevereiro de 2014, PĂĄg. A7, onde se lĂŞ: Art.1Âş - Fica o Executivo Municipal autorizado a realizar no OrçamentoPrograma do MunicĂ­pio de CambarĂĄ-Estado do ParanĂĄ, para o exercĂ­cio de 2014, um CrĂŠdito Adicional Suplementar no valor de R$ 75.000,00 (Setenta e Cinco Mil Reais), assim discriminado: 03 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAĂ‡ĂƒO 03.001 – DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO 04.122.1002.2070 – Manutenção do Departamento Administrativo 3.1.90.92.00.00 – Despesas de ExercĂ­cios Anteriores FR.000 75.000,00 Leia-se: Art.1Âş - Fica o Executivo Municipal autorizado a realizar no OrçamentoPrograma do MunicĂ­pio de CambarĂĄ-Estado do ParanĂĄ, para o exercĂ­cio de 2014, um CrĂŠdito Adicional Suplementar no valor de R$ 75.000,00 (Setenta e Cinco Mil Reais), assim discriminado: 03 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAĂ‡ĂƒO 03.001 – DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO 04.122.1002.2070 – Manutenção do Departamento Administrativo 3.3.90.92.00.00 – Despesas de ExercĂ­cios Anteriores FR.000 75.000,00 CambarĂĄ -PR, 21 de fevereiro de 2014. JoĂŁo Mattar Olivato - Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO DA PLATINA LEI NÂş. 1.296/2014 Autoriza a abertura de crĂŠdito adicional especial no Orçamento Programa vigente, bem como a compatibilização de programas e açþes correspondentes no PPA 2014-2017 e na LDO 2014. A Câmara Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1. Âş - Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a abrir ao OrçamentoPrograma do MunicĂ­pio, para o corrente exercĂ­cio, crĂŠdito adicional especial atĂŠ o limite de R$. 199.474,92 (cento e noventa e nove mil quatrocentos e setenta e quatro reais e noventa e dois centavos), assim discriminado: 06.003 – 10.301.0428.1.336 – UBS VILA CLARO 4.4.90.51.00.00.00 Obras e Instalaçþes – FR 303 R$ 85.898,51 4.4.90.51.00.00.00 Obras e Instalaçþes – FR 332 R$.113.576,41 Total R$. 199.474,92 Art. 2Âş. - Para cobertura ao crĂŠdito de que trata o artigo anterior, serĂŁo utilizados recursos provenientes de: D 6XSHUiYLWÂżQDQFHLURQD)RQWHGH5HFXUVRQDIRUPDGRGLVSRVWR no Art. 43, § 1Âş, inciso I da Lei Federal nÂş. 4.320/64 R$. 23.662,57 b. Excesso de arrecadação na Fonte de Recurso 332, na forma do disposto no Art. 43, § 1Âş, inciso II da Lei Federal nÂş. 4.320/64 R $ . 89.913,84 c. Resultante de anulação parcial de dotação do Orçamento vigente, na forma do disposto no Art. 43, § III, da Lei Federal nÂş. 4.320/64, como segue: 06.03 – 10.301.0428.2.071 – CENTRO SOCIAL URBANO 4.4.90.52.00.00.00 Equipamentos e Material Permanente – FR 303 R$. 85.898,51 TOTAL R$. 199.474,92 Art. 3.Âş - Ficam alterados os Anexos I da Lei Municipal nÂş. 1.288, de 24 de janeiro de 2014 e II da Lei Municipal nÂş 1.207, de 20 de maio de 2013, nos Programas, Açþes e Valores mencionados nos artigos. 1Âş e 2Âş da presente Lei. Art. 4Âş. - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / Paço Municipal Dr. Alicio Dias dos Reis, aos 21 de fevereiro 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA DECRETO NÂş. 72/2014 Autoriza a abertura de crĂŠdito adicional especial no Orçamento Programa vigente. O Prefeito Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, usando das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas pela Lei Municipal nÂş. 1.296, de 21 de fevereiro de 2014, D E C R ETA Art. 1. Âş - Fica aberto ao Orçamento-Programa do MunicĂ­pio, para o corrente exercĂ­cio, crĂŠdito adicional especial no valor de R$. 199.474,92 (cento e noventa e nove mil quatrocentos e setenta e quatro reais e noventa e dois centavos), assim discriminado: 06.003 – 10.301.0428.1.336 – UBS VILA CLARO 4.4.90.51.00.00.00 Obras e Instalaçþes – FR 303 R $ . 85.898,51 4.4.90.51.00.00.00 Obras e Instalaçþes – FR 332 R $ . 113.576,41 Total R$. 199.474,92 Art. 2Âş. - Para cobertura ao crĂŠdito de que trata o artigo anterior, serĂŁo utilizados recursos provenientes de: D 6XSHUiYLW ÂżQDQFHLUR QD )RQWH GH 5HFXUVR  QD IRUPD GR disposto no Art. 43, § 1Âş, inciso I da Lei Federal nÂş. 4.320/64 R$. 23.662,57 b. Excesso de arrecadação na Fonte de Recurso 332, na forma do disposto no Art. 43, § 1Âş, inciso II da Lei Federal nÂş. 4.320/64 R$. 89.913,84 c. Resultante de anulação parcial de dotação do Orçamento vigente, na forma do disposto no Art. 43, § III, da Lei Federal nÂş. 4.320/64, como segue: 06.03 – 10.301.0428.2.071 – CENTRO SOCIAL URBANO 4.4.90.52.00.00.00 Equipamentos e Material Permanente – FR 303 R$. 85.898,51 TOTAL R$. 199.474,92 Art. 3.Âş - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / Paço Municipal Dr. Alicio Dias dos Reis, aos 21 de fevereiro 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

MUNICĂ?PIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANĂ AVISO DE LICITAĂ‡ĂƒO - EDITAL PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 002/2014 - PROCESSO nÂş 2005/2014 OBJETO: Aquisição de combustĂ­veis de 1ÂŞ qualidade (Etanol, Gasolina Comum e Ă“leo Diesel) para auto-abastecimento dos veĂ­culos da Frota Municipal e Corpo de Bombeiros, no Sistema de Registro de Preços, a serem adquiridos conforme a necessidade, pelo perĂ­odo de 12 (doze) meses. VALOR MĂ XIMO ADMITIDO: R$ 1.674.086,00 (um milhĂŁo, seiscentos e setenta e quatro mil e oitenta e seis reais). ENCERRAMENTO: Protocolo atĂŠ as 09h00min, do dia 12/03/2014. ABERTURA: 12/03/2014, Ă s 09h30min na Prefeitura Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, na Praça N. S. Aparecida, s/nÂş. INFORMAÇÕES: A cĂłpia do Edital e demais informaçþes e elementos, encontram-se Ă  disposição dos interessados no endereço acima citado, no horĂĄrio comercial, das 08h30min Ă s 11h00min e da 13h00min Ă s 17h00min, telefone (43) 3534-8700 - 3534-8702 Fax: (43) 3558-1615 – e-mail: licitacao@santoantoniodaplatina.pr.gov.br Santo AntĂ´nio da Platina, 21 de Fevereiro de 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA PORTARIA NÂş 096/14 O Prefeito Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas por Lei e, de conformidade com o requerimento n° 002116/14 de 18/02/2014, resolve: I - PRORROGAR por 60 (sessenta) dias, o prazo para encerramento dos trabalhos da ComissĂŁo de Processo Administrativo Disciplinar nÂş 020/13, designada pela Portaria nÂş 770/13 de 06 de dezembro de 2013. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALĂ?CIO DIAS DOS REIS, em 19 de fevereiro de 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA PORTARIA NÂş 097/14 O Prefeito Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas por Lei, resolve: I - DESIGNAR a servidora LILIAN CRISTINA LEMES DE TOLEDO – SecretĂĄria Mun. de Educação, Esporte, Cultura e Recreação, para responder pelo Transporte Escolar atĂŠ a nomeação do novo Diretor. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALĂ?CIO DIAS DOS REIS, em 19 de fevereiro de 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA PORTARIA NÂş 98/14 O Prefeito Municipal de Santo AntĂ´nio da Platina, Estado do ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas por Lei, e de acordo com requerimento nÂş 001641/14 de 11/02/14, resolve: I - NOMEAR os servidores abaixo relacionados para compor a COMISSĂƒO ESPECIAL para regularização da documentação do imĂłvel com ĂĄrea de 1.658,26m², localizado no EdifĂ­cio PalĂĄcio do ComĂŠrcio – Objeto da MatrĂ­cula n° 5676, sito Ă  Rua Munhoz da Rocha esquina com a Rua Rui Barbosa, designada pela Portaria 107/13, como segue: 1GETĂšLIO H. C. CABRAL AMARAL em substituição a CINTIA ANTUNES DE ALMEIDA SILVA 2DIEGO CASAGRANDE em substituição a LUCIA H. TANKO DA ANNUNCIAĂ‡ĂƒO BIUSSI. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTĂ”NIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANĂ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALĂ?CIO DIAS DOS REIS, em 19 de fevereiro de 2014. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA DECRETO nÂş 841/2014 SĂšMULA: DispĂľe sobre homologação de licitação. PEDRO DE OLIVEIRA, Prefeito do MunicĂ­pio de Guapirama, Estado do ParanĂĄ, no uso de suas atribuiçþes legais, tendo em vista o parecer, julgamento e adjudicação promovidos pela Pregoeira, com referĂŞncia ao PregĂŁo Presencial sob nÂş 005/2014, que tem por objeto a CONTRATAĂ‡ĂƒO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE OXIGENIO MEDICINAL PARA HOSPITAL MUNICIPAL SĂƒO JOSÉ E UMIDIFICADOR DE AR PARA O ANO DE 2014. D/E/C/R/E/T/A/ Artigo 1Âş: Fica homologada a licitação de modalidade PregĂŁo Presencial sob nÂş 005/2014, que tem por objeto a CONTRATAĂ‡ĂƒO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE OXIGENIO MEDICINAL PARA HOSPITAL MUNICIPAL SĂƒO JOSÉ E UMIDIFICADOR DE AR PARA O ANO DE 2014 Artigo 2Âş: Em face da homologação estabelecida pelo artigo anterior, ÂżFDGHFODUDGDYHQFHGRUDGRFHUWDPHOLFLWDWyULRDVHJXLQWHHPSUHVD LOTE ĂšNICO para a empresa ISAC DIEGO DA ROSA ME pelo valor de R$ 69.490,00 (sessenta e nove mil quatrocentos e noventa reais). $UWLJR ž (P FRQVHT rQFLD ÂżFD FRQYRFDGD D SURSRQHQWH SDUD D assinatura do instrumento de contrato, nos termos do artigo 64, caput, da Lei 8.666/93, sob pena de decair o direito Ă  contratação, sem prejuĂ­zo das sançþes previstas no artigo 81. Artigo 4Âş: Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Guapirama (PR), 21 de fevereiro de 2014. PEDRO DE OLIVEIRA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANĂ EXTRATO DE CONTRATO NÂş. 005/2014 Partes: MUNICĂ?PIO DE BARRA DO JACARÉ/PR E A EMPRESA W P BRASIL LTDA.EPP, CNPJ/MF nÂş. 04.483.808/0001-28. Objeto: Fornecimento de Toners e Cartuchos Remanos Ă  Base de Troca Contas Dotaçþes: 330, 520, 580, 640, 700, 760, 970, 1130, 1440, 1460, 1780, 1850, 1910, 1940, 1960, 2030, 2070, 3000, 3080, 3510, 3540, 3590, 3610, 3630, 3720, 3880, pertencentes a diversos setores da administração, para o exercĂ­cio de 2014. Valor: R$ 20.334,00 (vinte mil, trezentos trinta quatro reais). PerĂ­odo: 12 (doze) meses. Data da Assinatura: 21/02/2014. Foro: Comarca de AndirĂĄ – PR EDIMAR DE FREITAS ALBONETI Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRĂƒO DO PINHAL DECRETO NÂş.004 /2014 Autoriza o FuncionĂĄrio PĂşblico Municipal MAURO FRANCSCON a responder interinamente o Setor de Tesouraria, e, dĂĄ outras providĂŞncias; O Prefeito do MunicĂ­pio de RibeirĂŁo do Pinhal, no uso de suas atribuiçþes e consoante o disposto no artigo 86, Inciso VII, da Lei Orgânica do MunicĂ­pio; DECRETA: ARTIGO 1Âş - Fica autorizado o Senhor MAURO FRANCISCON funcionĂĄrio pĂşblico municipal, inscrito no CPF. Sob nÂş. 473.011.209-15 e RG. nÂş. 3.751.800-0, nomeado pela Portaria nÂş. 018/2014 de 07 de fevereiro de 2014, admitido no cargo de SecretĂĄrio Municipal de Fazenda e Planejamento, para responder interinamente pelo Setor de Tesouraria deste MunicĂ­pio. ARTIGO 2Âş - Este Decreto entra em vigor nesta data, revogando-se disposiçþes contrĂĄrias. EdifĂ­cio da Prefeitura Municipal, em 20 de fevereiro de 2014. DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ Prefeito Municipal CĂ‚MARA MUNICIPAL DE QUATIGUĂ DISPENSA DE LICITAĂ‡ĂƒO NÂş 001/2014 TERMO DE RATIFICAĂ‡ĂƒO 5DWLÂżFRD'LVSHQVDGH/LFLWDomRQžQRVVHJXLQWHVWHUPRV CONTRATANTE: CĂ‚MARA MUNICIPAL DE QUATIGUĂ - PR. CONTRATADA: FERNANDO PEREIRA & CIA LTDA - EPP OBJETO:Aquisição de 09 (nove) cadeiras giratĂłrias modelo Diretor e 01 (uma) cadeira giratĂłria modelo Presidente, todas com assento e encosto em tecido na cor Preta, injetadas com espuma. VALOR:R$ 2.980,00 (dois mil novecentos e oitenta reais) FUNDAMENTAĂ‡ĂƒO LEGAL: Art. 24, Inciso II da Lei Federal n.Âş 8.666/93. QuatiguĂĄ, em 20 de fevereiro de 2014. CHRYSTIAN REIS GALVĂƒO COSER - PRESIDENTE EM EXERCĂ?CIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANĂ EXTRATO DE CONTRATO -01/2014 DATA DE ASSINATURA DA ATA: 21 de fevereiro 2014 CONTRATANTE: MUNICĂ?PIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: CLINICA MEDICA SCHEK S/S LTDA VALOR : R$ 10.300,00 ( dez mil e trezentos reais) mensal R$ 123.600,00 (cento e vinte trĂŞs mil seiscentos reais) anual OBJETO: CONTRATAĂ‡ĂƒO DE PROFISSIONAIS MEDICOS. PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANĂ EXTRATO DE CONTRATO -02/2014 DATA DE ASSINATURA DA ATA: 21 de fevereiro 2014 CONTRATANTE: MUNICĂ?PIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: DRL CLINICA DE SERVIÇOS MÉDICOS S/S LTDAEPP VALOR : R$ 25.150,00 ( vinte e cinco mil cento e cinquenta reais) mensal R$ 301.800,00 (trezentos e um mil reais oitocentos reais) anual OBJETO: CONTRATAĂ‡ĂƒO DE PROFISSIONAIS MEDICOS. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARĂ AVISO CONVOCAĂ‡ĂƒO DA POPULAĂ‡ĂƒO PARA AUDIĂŠNCIA PĂšBLICA DO 3Âş QUADRIMESTRE DE 2013. O Prefeito Municipal de CambarĂĄ - PR convida as autoridades, LĂ­deres ComunitĂĄrios, Representantes de Entidades, bem como o Povo em Geral, para participarem da audiĂŞncia pĂşblica das Metas Fiscais, do 3Âş Quadrimestre de 2013, em atendimento ao Art. 9 da Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, a qual serĂĄ realizada na Câmara Municipal de CambarĂĄ - PR, no dia 28 de Fevereiro de 2014 (Sexta-feira), a partir das 15:00 horas. CambarĂĄ, 21 de Fevereiro de 2014. JOĂƒO MATTAR OLIVATO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANĂ ERRATA -TERMO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO LICITAĂ‡ĂƒO MODALIDADE Tomada de preços NÂş 02/2014. OBJETO: AQUISIĂ‡ĂƒO DE TONERS E CARTUCHOS REMANOS A BASE DE TROCA. Em cumprimento ao disposto no art.109, parĂĄgrafo 1 da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, torna-se pĂşblico o resultado da licitação em epĂ­grafe, apresentando o vencedor pelo critĂŠrio Menor Preço; declarando-se como vencedora a empresa, W P DO BRASIL LTDA - por apresentar menor valor perfazendo um valor total de R$ 20.334,00 (Vinte Mil, Trezentos e Trinta e Quatro Reais). Paço Municipal JosĂŠ G. Pereira, Barra do JacarĂŠ/PR, em 20 de fevereiro de 2014. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANĂ PREGĂƒO SRP 003/2014 EXTRATO DA ATA-05/2014 DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 19 de fevereiro 2014 CONTRATANTE: MUNICĂ?PIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: FARMACIA CENTRAL DE GUAPIRAMA LTDA- ME VALOR: R$ 89.525.60 (oitenta e nove mil quinhentos vinte e cinco reais sessenta centavos) OBJETO: AQUISIĂ‡ĂƒO DE MEDICAMENTOS DE FARMACIA, DESTINADOS AO DEPARTAMENTO DE SAUDE DO MUNICIPIO DE GUAPIRAMA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARĂ DECRETO NÂş. 1469, DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014 O Prefeito Municipal de CambarĂĄ-Estado do ParanĂĄ, no uso de suas atribuiçþes que lhe confere a Lei Orgânica do MunicĂ­pio e autorização contida na Lei Municipal nÂş. 1.562, de 20 de Dezembro de 2013, em consonância com a Lei 4.320/64, DECRETA: Art.1Âş - Fica o Executivo Municipal autorizado a realizar no OrçamentoPrograma do MunicĂ­pio de CambarĂĄ-Estado do ParanĂĄ, para o exercĂ­cio de 2014, um CrĂŠdito Adicional Suplementar no valor de R$ 49.000,00 (Quarenta e Nove Mil Reais), assim discriminado: 03 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAĂ‡ĂƒO 03.001 – DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO 04.122.1002.2070 – Manutenção do Departamento Administrativo 3.3.90.92.00.00 – Despesas de ExercĂ­cios Anteriores FR.000 40.000,00 FR.510 4.000,00 FR.511 5.000,00 Total ................49.000,00 Art. 2Âş -Para dar cobertura ao crĂŠdito realizado no artigo anterior, serĂĄ feita a redução nas seguintes dotaçþes orçamentĂĄrias: 03 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAĂ‡ĂƒO 03.001 – DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO 04.122.1002.2070 – Manutenção do Departamento Administrativo 3.1.90.92.00.00 – Despesas de ExercĂ­cios Anteriores FR.000 40.000,00 FR.510 4.000,00 FR.511 5.000,00 Total ................49.000,00 Art. 3Âş - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. CambarĂĄ-Pr, 21 de fevereiro de 2014. JoĂŁo Mattar Olivato Prefeito Municipal


A-8 Geral

Sábado e domingo, 22 e 23 de fevereiro de 2014

TRIBUNA DO VALE

Grupo internacional conhece trabalho de produtoras de café do Norte Pioneiro

CAFEICULTURA IWCA conheceu onze grupos de mulheres cafeicultoras em 12 municípios do NP Da Assessoria

A organização das mulheres que lidam com o café na região de Santo Antonio da Platina vem despertando a atenção de diversas instituições, uma delas, a IWCA (Internacional Women´s Coffee Alliance) ou Aliança Internacional das Mulheres do Café – Brasil, que enviou representantes à região para conhecer de perto o trabalho das cafeicultoras, que são orientadas pelo Instituto Emater. Participaram da comitiva a presidente da instituição Josiane Cotrim Maciera, Danielle Pelosimi (tesoureira) e Cornelia Iag (produtora). Durante a visita, os representantes da IWCA conheceram

onze grupos de mulheres cafeicultoras criados nos municípios de Ibaiti, Figueira, Carlópolis, Joaquim Távora, Curiúva, Salto do Itararé, Tomazina, Pinhalão, Siqueira Campos, Jaboti e Japira. Eles também viram de perto a ação extensionista que leva atendimento técnico e social a elas. Os representantes da IWCA ainda conheceram a Associação de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (CENPP), que tem uma forte atuação junto aos produtores de café da região, incluindo as mulheres. De acordo com os extensionistas, os resultados dessa mobilização em torno da cafeicultura já podem ser observados. Com o apoio de Instituto Emater,

os agricultores puseram em prática algumas tecnologias e mudaram o modo de produzir café. Segundo o coordenador do grupo feminino, Otávio Luz, os técnicos ensinaram as práticas necessárias para se obter a certificação de produtor de cafés especiais”, contou acrescentando que os extensionistas capacitaram as mulheres para que elas pudessem participar de todo o processo de produção. “Além disso, as mulheres passaram a entender melhor como funciona o mercado, fazer novos negócios, agregar valor aos seus produtos, movimentando a economia regional”, complementou. . Josiane Cotrim Maciera, presidente do IWCA Brasil,

Presença feminina nas atividades cafeeiras A atuação dos extensionistas junto às produtoras de café não é nova. Há algum tempo, durante as visitas às propriedades, os técnicos detectaram a forte presença feminina à frente das atividades cafeeiras. Em abril do ano passado foi realizado o Primeiro Encontro de Mulheres Cafeicultoras da região. O evento teve a finalidade de incluir as mulheres nas discussões técnicas e políticas da atividade cafeeira, bem como valorizá-las. Na ocasião o Instituto Emater apresentou a proposta de formar grupos de trabalho com mulheres cafeicultoras. Segundo o coordenador do trabalho, Otávio Oliveira da Luz, o objetivo foi buscar uma integração maior das mulheres, ouvindo suas aspirações e planejando ações conjuntas. Para ele, até então a participação feminina em eventos técnicos era pequena, mas elas estavam presentes em todas as etapas produtivas da cadeia do café. “Essas mulheres, detalhistas, observadoras e disciplinadas, muitas vezes são as que manejam o terreiro de café, o lavador, o descascador e até o secador. Fazem de tudo para produzir um café que possa, realmente, ser classificado como especial”, afirmou. Para Otávio, como as mulheres pouco participavam das reuniões de grupos, associações e cooperativas, era preciso incentivar esse envolvimento. “Para isso, foi preciso mudar até o jeito extensionista de trabalhar”, comentou. A realização do encontro foi o início do trabalho. A organização do evento manteve contato com a IWCA, estabelecendo uma parceria. Durante o encontro, as mulheres conheceram o trabalho da instituição por meio dos depoimentos de Cornelia Margot Garmech Iag, produtora rural e de Camila Arcanjo, química e técnica em alimentos.

DIVULGAÇÃO

Corr polic Grupo de mulheres do Café com representantes da IWCA

elogiou a iniciativa do Instituto Emater. Para ela, a extensão rural está cumprindo o seu papel de forma mais ampla. “É muito gratificante ver as mulheres sendo assessoradas e acompanhadas pelos profissionais. E é impressionante a força do grupo das mulheres, que num período muito curto já se mostrou forte e organizado”, observou. Josiane destacou que esse trabalho valorizou a mão-de-obra feminina. “Muitas vezes as mulheres fazem um trabalho diário e nem elas percebem que são também responsáveis para o sucesso da atividade”, comentou. A presidente do instituto explicou, ainda, que o objetivo da IWCA é criar oportunidades para as mulheres e aumentar a sua rede de contatos. “Queremos oferecer treinamentos e capacitar essas mulheres produtoras. Fazer negócios e vender bem seus produtos. A associação é uma grande família e as mulheres são irmãs do café”, concluiu. Com ações como esta em San-

to Antônio da Platina, a Aliança dá voz e poder às mulheres na cadeia do café. “É uma forma dessas famílias terem vidas mais sustentáveis e significativas, além de encorajar e reconhecer a participação das mulheres construindo um futuro mais sustentável para as cafeicultoras e suas comunidades”, disse Josiane . Para Otávio Oliveira da Luz, os frutos desse trabalho foram alcançados graças aos técnicos que abraçaram a causa e acreditaram na proposta. Para este ano já foi definida uma programação de cursos que o Instituto Emater irá promover, fazendo assim com que o consumidor tenha ao seu alcance um café de qualidade, produzido com respeito ao meio ambiente e à família do cafeicultor. JAPIRA Em Japira os representantes da IWCA visitaram a propriedade de Jair e Leonete Barsoti. De uma área total de 8 hectares, 4,5 são ocupados pelo café e o casal se divide nas tarefas diárias. O

produtor comentou que a esposa o acompanha sempre nas reuniões do grupo e também nos eventos técnicos. “Ela está sempre presente nas discussões e decisões tomadas dentro da propriedade e na atividade cafeeira”, afirmou Jair. O produtor já adquiriu um secador de café, um microtrator e um terreiro. Neste ano, está se preparando para participar da certificação Fair Traide. Leonete comentou que a cafeicultura é uma atividade que dá muito trabalho, mas que juntos, o casal consegue tirar o sustento da família. “Meu envolvimento com a cafeicultura é antigo. Desde quando ainda era solteira. Aprendi a gostar do trabalho com o meu pai”, salientou. Atualmente, a produtora combina a herança do gosto pelo café com as novas tecnologias que vem aprendendo nos cursos promovidos pelo Instituto Emater. Uma forma de garantir que a cafeicultura continue presente e gerando renda em sua propriedade.

CAFEEICULT

Grupo inter trabalho d café do No

JACAREZINH

Informa atendim


Pdf2576