Page 1

Terça -feira

sição miliar

260 180

07 DE JANEIRO DE 2014

ntos para

m os água

ANO XIX - N0 2543 - R$ 1,00

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

www.tribunadovale.com.br

COMPARATIVO

Bombeiros registram queda de 20% nas ocorrências em 2013 Antônio de Picolli

Socorro à acidentes diminuiu 42%

Um balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina apontou uma queda de 20% nas ocorrências atendidas pela corporação em 2013, em comparação a 2012, tanto no município quanto nas cidades de sua abrangência no Norte Pioneiro. Foram 878 atendimentos no ano passado contra 1.098 em 2012. Uns dos motivos foi o reforço do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU, responsável pelo socorro de casos clínicos. Agressões e acidentes envolvendo meios de transportes tiveram queda de 42% e 30% respectivamente, enquanto os pré-hospitalares a redução foi de 36%. No entanto, o número de atendimento às ocorrências envolvendo vítimas de disparo de arma de fogo e afogamento teve aumento de 100% e 300% respectivamente. f

ESTADO

Fernanda Richa faz balanço de 2013

JUNDIAÍ DO SUL

Justiça deve decretar prisão de suspeito de matar moça Antônio de Picolli

A Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa fez um balanço das ações sociais do Governo do Estado em 2013. Ela também projetou desafios para 2014. “Estamos preparados para investir mais e com mais rapidez”, afirmou.

f

PÁG. A4

S.A.P

Rapaz baleado permanece em estado grave f

PÁG. A5

Polícia encontrou o corpo em uma plantação de soja no dia 31

PÁG. A5

O delegado Tristão Antônio Borborema de Carvalho, responsável pelas investigações sobre o assassinato da jovem Érica Gabriela da Silva Costa, 23, em Jundiaí do Sul, revelou ontem (6), que deve pedir à Justiça, a prisão de um suspeito do crime. Desde que o corpo foi encontrado em uma plantação de soja, no dia 31, a Polícia Civil recebeu várias denúncias sobre a identidade do autor do crime. Onze pessoas já foram ouvidas, entre elas amigos e conhecidos que estiveram com a moça na noite do dia 21 de dezembro, quando ela desapareceu. f

Divulgação

PÁG. A5

DICAS

Casas com piscina podem economizar água

Temperaturas elevadas provocam aumento no consumo de água e muitas vezes fazem com que as pessoas tenham atitudes que levam ao desperdício. Junto com banhos mais demorados, irrigação de jardins e lavagens de calçadas, o aumento do uso de piscinas particulares, principalmente as de plástico, podem contribuir para o desabastecimento em regiões de forte calor. Uma das dicas é, ao esvaziar a piscina, guardar a água descartada em baldes e reaproveita-la para lavar carros, quintais e calçadas. f

PÁG. A8

A YAZAKI DO BRASIL POSSUI VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, OS INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PROCESSO SELETIVO, DEVERÃO ENVIAR CURRÍCULUM PARA A EMPRESA NA RUA ARTUR CELESTINO DA SILVA, 600, FAZENDA BOI PINTADO.


A-2 OpiniĂŁo

“

TRIBUNA DO VALE Terça-feira 07 de janeiro de 2014

“

A maior certeza, no entanto, Ê que temos pela frente um novo calendårio e que, todos nós, cidadãos, precisamos trabalhar com determinação em busca de nossos ideais� Editorial

Um dos desígnios dos Globalistas Ê o da implementação de uma moeda única à escala planetåria, facto que transforma os Países em Naçþes pårias, sobretudo as de Economia dÊbil�

A RTIGO

E DITORIAL

Ayrton Baptista *

Para que 2014 seja um ano bom...

Depois de receber e transmitir os votos de paz, progresso e tudo de bom, tradicionais nessa Êpoca, chegamos a 2014. Simbolicamente, temos em mãos, um ano novinho para correr atrås do sucesso pessoal e da evolução da sociedade. E 2014 Ê um ano que promete. Terå a Copa do Mundo, realizada aqui no Brasil que, se bem administrada, poderå deixar um residual de desenvolvimento para as cidades-sede e atÊ render lucro real e econômico ao nosso país do futebol. No segundo semestre, virão as eleiçþes de presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Oportunidade única para o insatisfeito mudar aquilo que o incomoda e para o satisfeito manter o quadro atual. A maior certeza, no entanto, Ê que temos pela frente um novo calendårio e que, todos nós, cidadãos, precisamos trabalhar com determinação em busca de nossos ideais. Como não somos os detentores do poder, Ê importante a atenção permanente para as oportunidades que podem surgir à nossa frente para estudar, trabalhar e interagir com a sociedade. Só dessa forma Ê que conseguiremos transformar em realidade pelo menos uma parte daqueles votos que, não só por força do håbito, mas esperançosos, transmitimos e recebemos por ocasião do Natal e do Ano Novo. Todas as nossas açþes têm de carregar um objetivo e uma lógica pois, do contrårio, poHORà RIO DE FECHAMENTO

22:10

derĂŁo se voltar contra nossos prĂłprios interesses e, em vez de melhorar, tornar pior a nossa vida. Apesar do clima de esperança propiciado pelas festas, vivemos um tempo de crise social, onde o povo diz odiar os polĂ­ticos e estes fazem de conta que nĂŁo ouvem o clamor popular. HĂĄ meses, a desobediĂŞncia civil levou Ă s manifestaçþes e ao quebra-quebra. Todo dia aparece escândalo novo na ĂĄrea da administração pĂşblica. Os roubos, assaltos, mortes e acidentes de trânsito denunciam e atestam a falĂŞncia da segurança pĂşblica. A economia nacional dĂĄ sinais de debilidade. O atendimento Ă  saĂşde ĂŠ precĂĄrio e a educação insuficiente. Quando se inicia uma nova etapa, todos nĂłs temos o dever de pensar, analisar e escolher o que ĂŠ, na nossa opiniĂŁo, o melhor. Se, nas prĂłximas eleiçþes – em outubro – cada eleitor pelo menos souber quem ĂŠ o candidato a quem vai dar o seu voto, jĂĄ teremos avançado bastante. A grande massa nĂŁo pode continuar manobrada pelos marqueteiros, que a levam a votar nos bafejados pelo poder econĂ´mico, que podem fazer a melhor propaganda. “O futuro depende daquilo que fazemos no presenteâ€? – jĂĄ dizia Mahatma Gandhi, o pacificador e libertador da Ă?ndia. O povo brasileiro, com a força do voto e de atitudes conscientes, se quiser, (ele, sĂł ele!) pode mudar o futuro do nosso paĂ­s...

C HARGE

chargeonline.com.br

NESTA EDIĂ‡ĂƒO TEM

08 PĂ GINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIĂƒO - POLĂ?TICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGĂ“CIO

Arthur Teixeira

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

PREVISĂƒO PARA HOJE

260 180

A Seca de calor humano Jå são três da manhã e parece que o sol permanece esquentando meus aposentos. São quase 36 graus cÊlsius, e minhas pernas ainda estão inchadas com tanto calor que o dia fez. Na TV somente passa as tristezas que ågua leva, em enchentes de outros estados. Aqui, nem mesmo uma gota se dispþe a cair. Jå são quatro da manhã, meu sono parece que virou pó, assim como estão nos móveis por tanto tempo de secura do tempo. Na estação de rådio AM, somente os resumos dos resumos dos mesmos noticiårios da TV, e as velhas músicas que retratam o sertanejo sofredor da peste da seca, do semiårido nordestino brasileiro. No verão, lembro-me dos tempos de infância: meu pai e eu sentados no quintal de nossa humilde casa, no sítio, onde os ventos traziam toda a inocência e o frescor da honestidade, tranquilidade e muito amor. Ah, quanto calor humano, quanto calor do tempo que agora não volta mais. Meu saudosismo não se cansa e me faz lembrar de meu avô, que todo Janeiro este camponês tentava me passar a importância das chuvas, nesta Êpoca, para o bom plantio no ano todo. Era quente, muito quente, mas as chuvas traziam ainda mais calmaria e um futuro de bonança. Realmente bons tempos. São cinco da manhã, meu despertador tocarå as oito em ponto, não posso passar. As reuniþes de trabalho começam com muita pressão por mais e mais metas a cumprir, chovendo ou fazendo sol. O calor aumentarå ainda mais, e a pressão arterial pode subir aceleradamente, no mesmo ritmo que sol escaldante farå lå fora. São cinco e quinze, preciso me recolher, mas ainda fica no meu íntimo a esperança de que o sol brilharå ainda mais e que virão as chuvas da calmaria humana, para abrandar tantos desamores que nós seres da terra aprendemos no calor do dia-a-dia. Viva o verão. Felippe Toneti Ê músico, cronista, e analista de projetos de uma multinacional.

'HFODUDPRVSDUDGHYL

352&RP

GHFRQWULEXLomRGHVHUYLGR

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Artur Rosa Teixeira

O preço do abandono da polĂ­tica econĂ´mica em 2013 O ano de 2014 marca o fim formal do Resgate Financeiro e a consequente partida da Troika. Algumas cabecitas desinformadas ou formatadas jĂĄ estĂŁo para aĂ­ a dizer que a Austeridade tambĂŠm vai embora... Ledo engano! A Austeridade, ĂŠ infelizmente como a Toyota‌ Veio para ficar. O Capital Financeiro irĂĄ continuar a expropriar a riqueza daqueles que trabalham e irĂĄ, porque o gigantesco buraco que abriu na Economia Mundial, nĂŁo estĂĄ e nem vai estar tapado pelos tempos mais prĂłximos. Estamos convencidos que nunca estarå‌ O resto sĂŁo falĂĄcias para iludir incautos. Os “Senhores dos Mercadosâ€?, acolitados por polĂ­ticos apĂĄtridas, criaram a Austeridade para gerar ativos que compensem as perdas financeiras que todo o Sistema Financeiro Internacional teve em resultado da excessiva especulação com produtos de Engenharia Financeira de alto risco. Os ditos Reguladores do Mercado, os Bancos Centrais (FED, BCE, etc.), sabem que qualquer Bolha Especulativa, mais cedo ou mais tarde, dĂĄ o berro‌ Mais, sabem que as flutuaçþes financeiras nas principais praças de Capital Especulativo, Wall Street e na City Londrina, nĂŁo dependem da “mĂŁo invisĂ­velâ€? do mercado‌ TĂŞm quem as manipule‌ Todavia fecham os olhos e permitem, com a conivĂŞncia de Governos corrompidos, toda a espĂŠcie de veleidades aos “mercadores de moeda desmaterializada e contrafeitaâ€?, como ĂŠ de facto o Capital Especulativo. NinguĂŠm sabe o valor do prejuĂ­zo e se calhar, nem convĂŠm saber‌ Contudo hĂĄ quem afirme que o montante dos chamados ativos tĂłxicos ultrapasse a soma dos PIBs dos USA e da Europa. Um valor astronĂłmico‌ Um dos desĂ­gnios dos Globalistas ĂŠ o da implementação de uma moeda Ăşnica Ă escala planetĂĄria, facto que transforma os PaĂ­ses em Naçþes pĂĄrias, sobretudo as de Economia dĂŠbil. A moeda, num sentido mais lato, como qualquer mercadoria estĂĄ tambĂŠm sujeita Ă  lei de Oferta e Procura. Significa que o seu valor depende da sua quantidade no mercado. A abundância de moeda tem como consequĂŞncia a perda de valor unitĂĄrio; pelo contrĂĄrio, a escassez, aumenta-lhe esse valor. Por outro lado, a moeda tem a particularidade de sĂł poder ser produzida por uma Ăşnica entidade. Atualmente, no caso da UniĂŁo Europeia, compete ao Banco Central Europeu, que mais nĂŁo ĂŠ que um Cartel dos grandes Bancos Privados Europeus, a emissĂŁo do Euro em exclusivo. Anteriormente cada PaĂ­s emitia a sua prĂłpria moeda e fazia-o de acordo com as suas necessidades. O monopĂłlio da moeda dĂĄ a quem a produz um poder extraordinĂĄrio sobre a Sociedade. Permite manipular a Economia em função dos interesses do Cartel BancĂĄrio, os quais nĂŁo sĂŁo obviamente coincidentes com o bem geral de um Povo, embora certos polĂ­ticos e economistas procurem escamotear esse facto. Esse poder de manobra torna-se mais facilitado quando o dinheiro em circulação, como o Euro, tem uma origem extranacional. Tal como o agricultor que, para manter um preço expectĂĄvel da sua produção, provoca uma aparente escassez, queimando uma parte dela, o Cartel BancĂĄrio controla a emissĂŁo de moeda e a taxa de referĂŞncia de modo a garantir que o valor unitĂĄrio da mesma nĂŁo se deteriore. Permita inclusive,

TRIBUNA DO VALE O DiĂĄrio da nossa regiĂŁo - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo AntĂ´nio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor ResponsĂĄvel Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

pela escassez, gerar a necessidade de CrĂŠdito. É aqui que se entronca toda a problemĂĄtica da DĂ­vida Soberana os Estados. Portugal, embora tenha potencialidades, raramente teve uma Economia sustentĂĄvel, pelo que a sua Balança Comercial foi quase sempre deficitĂĄria. A contrastar com o nĂ­vel de vida baixo da população, as Elites, quer a monĂĄrquica, quer a republicana, nĂŁo se coibiam de “viver Ă grande e Ă  francesaâ€?‌ como aliĂĄs ainda acontece. As DĂ­vidas Soberanas antigas tiveram sobretudo origem nesse facto. No livro “Portugal na Bancarrota – Cinco sĂŠculos de HistĂłria da DĂ­vida Soberana Portuguesaâ€?, de Jorge Nascimento Rodrigues, citando o historiador Adriano Vasco Rodrigues, podemos ler o seguinte: “Das Flandres exportavam-se para Portugal pergaminhos, lanças, chumbo, redes, cordas do Barbante, saleiros de prata, guardanapos, vestuĂĄrio de linho e veludo, pratos de estanho e de latĂŁo, tapeçarias de Arras, pinturas, esculturas e obras de arte, iluminuras, livros impressos, papel de impressĂŁo, instrumentos musicais, chapĂŠus eclesiĂĄsticos e civis, botas e instrumentos litĂşrgicosâ€?. Grande parte destas importaçþes, como se constata, sĂŁo bens de luxo, que obviamente nĂŁo se destinavam ao consumo popular‌ Claro que esses bens eram pagos com moeda de ouro e prata, em crĂŠditos obtidos junto de prestamistas nacionais e estrangeiros. Outra conclusĂŁo, ĂŠ o facto do nosso PaĂ­s ter sido sempre pobre em manufaturas para consumo prĂłprio e exportação Tal parece-nos devido Ă  fraca iniciativa do Capital Nacional, mais propenso ao ComĂŠrcio que Ă  IndĂşstria‌ Com a perda das colĂłnias, a Globalização dos mercados, o advento da Produção em Escala e a adesĂŁo ao Euro, a Economia portuguesa ficou ainda mais vulnerĂĄvel e a sua Balança Comercial, tendencialmente deficitĂĄria, agravou-se, aumentando a dependĂŞncia de importaçþes e logo de crĂŠdito para pagar as mesmas, tal como no passado, pelo que vivemos sobretudo uma penĂşria de moeda. A DĂ­vida PĂşblica Bruta de 2012 e 2013, segundo dados da Pordata, ultrapassou a fasquia mĂ­tica dos 200 mil milhĂľes de Euros. O ano de 2013 deverĂĄ fechar nos 220 mil milhĂľes de Euros. A este ritmo, e com uma Economia a crescer Ă s dĂŠcimas de centĂŠsimas, nĂŁo nos espantarĂĄ que no final do presente ano aquela dĂ­vida esteja prĂłximo dos 260 mil milhĂľes de Euros. Ora para quem acreditava que a Troika iria pĂ´r um travĂŁo na Divida Soberana, atĂŠ porque o seu programa se chama Programa de Resgate Financeiro, bem pode “tirar o cavalo da chuvaâ€?‌ Pior ĂŠ que toda essa dinheirama nĂŁo ĂŠ para o investimento pĂşblico, mas para pagar dĂ­vidas vencidas, serviço da dĂ­vida, dĂŠfices das parcerias pĂşblico privadas, rendas e o “diabo a quatroâ€?‌ DaĂ­ que haja quem diga que “as dĂ­vidas nĂŁo sĂŁo para pagar, mas para gerirâ€?. O ex- Primeiro-ministro JosĂŠ SĂłcrates apenas esqueceu-se de dizer, ou nĂŁo se esqueceu‌ que as dĂ­vidas sĂŁo para ir pagando com os rendimentos do Trabalho. Eis porque a Austeridade ĂŠ para continuar. Artur Rosa Teixeira (artur.teixeira1946@gmail.com)

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 Œ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

ImpressĂŁo: GraďŹ Norte FONE: 43 3420-7777

Circulação: Abatiå Œ Andirå Œ Arapoti Œ Bandeirantes Œ Barra do JacarÊ ŒCambarå Œ Carlópolis Œ Conselheiro Mairink Œ FigueiraŒGuapirama Œ Ibaiti Œ Itambaracå Œ Jaboti Œ Jacarezinho Jaguariaíva Œ Japira Œ Joaquim Tåvora Œ Jundiaí do Sul Œ Pinhalão Œ Quatiguå Œ Ribeirão Claro Œ Ribeirão do Pinhal Œ Salto do ItararÊ ŒSantana do ItararÊ Œ Santo Antônio da Platina Œ São JosÊ da Boa Vista Œ SengÊs Œ Siqueira Campos ŒTomazina Œ Wenceslau Bråz

Filiado a Associação dos Jornais Diårio do Interior do Paranå

* Os artigos assinados nĂŁo representam necessariamente a opiniĂŁo do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

FRQWtQXRHHÂżFLHQWHGDVD


o

Cotidiano A-5

TRIBUNA DO VALE Terça-feira 07 de janeiro de 2014

Bombeiros registram queda de 20% nas ocorrências em 2013 SEGURANÇAFiscalização e conscientização são fatores preponderantes apontados para a redução nos índices Luiz Guilherme Bannwart

O Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina divulgou o balanço das ocorrências atendidas pela corporação em 2013, no município e nas cidades de sua abrangência no Norte Pioneiro. Foram 878 atendimentos em 2013 contra 1098 em 2012. Em alguns casos, como atendimento à gestantes, por exemplo, a redução foi de 100%, motivado pelo início da atuação do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), responsável pelos casos clínicos. Os casos de agressões e acidentes envolvendo meios de transportes tiveram queda de 42% e 30% respectivamente, enquanto nos pré-hospitalares a redução foi de 36%. No entanto, o número de atendimento às ocorrências envolvendo vítimas de disparo de arma de fogo e afogamento teve aumento de 100% e 300%

respectivamente. O sargento do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina, Luiz Souza, atribuiu a queda nas ocorrências à intensificação das fiscalizações de trânsito e à conscientização, e alertou os banhistas sobre os cuidados nos balneários durante a temporada de verão. As operações realizadas pelas policias militar, rodoviária estadual e federal vêm dando bons resultados. “Os motoristas estão mais conscientes quanto às suas responsabilidades, o que contribuiu bastante na redução das ocorrências. Por outro lado, vale orientar os turistas sobre os cuidados com a água, já que o número de afogamentos triplicou na região”, disse salientando: “É importante procurar locais adequados para se banhar, e evitar pontos de pesca, onde a profundidade é grande e dificulta o salvamento. O ideal é entrar na água em pontos rasos

Luiz Guilherme Bannwart

Sargento Luiz Souza do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina

e na companhia de mais pessoas, e jamais entrar na água para tentar recuperar objetos”. Outra combinação proibida, segundo o sargento, é entrar na água após ter ingerido bebida alcoólica. “Os reflexos

diminuem e a probabilidade do banhista se afogar aumenta consideravelmente”, alertou. O chefe dos socorristas também orientou sobre a importância na avaliação da(s) vítima(s) para acionar o res-

gate adequado. “É importante que a população saiba diferenciar os atendimentos prestados pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu para que a vítima seja atendida com eficiência. Casos clínicos devem ser aten-

didos pelo Samu através do telefone 192. Já em casos de acidentes, traumas e buscas, o resgate deve ser feito pelo Corpo de Bombeiros através do telefone de emergência 193”, concluiu.

JUNDIAÍ DO SUL

S.A.PLATINA

Vítima de tentativa de homicídio Suspeito de matar garota permanece em estado grave pode ter prisão decretada Luiz Guilherme Bannwart

Thiago da Silva foi atingido por disparos Luiz Guilherme Bannwart

Ainda é considerado grave o estado de saúde de Thiago Camargo Pereira da Silva, 25, vítima de tentativa de homicídio, na noite do dia 2, no jardim Santo André, em Santo Antônio da Platina. Silva foi atingido por cinco tiros que o acertaram na cabeça, no pescoço e tórax. Ele foi socorrido pelo Corpo

de Bombeiros e encaminhado em estado grave ao Hospital Nossa Senhora da Saúde, onde passou por cirurgia. Em seguida o paciente foi transferido com risco de morte à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho, onde permanece internado. A enfermeira chefe da unidade, Pâmela Regina do

Santos, disse por telefone na tarde de ontem, 6, que apenas a família está autorizada a receber informações sobre o paciente. O delegado da 38ª Delegacia Regional de Polícia, em Santo Antônio da Platina, Tristão Borborema de Carvalho, informou que a polícia deve cumprir o mandado de prisão do suspeito nas próximas horas.

SEGURANÇA

Polícia Civil fiscaliza venda de fogos de artifício Das Agências

Com a coordenação da Delegacia de Explosivos, Armas e Munições (Deam), policiais civis de todo o Estado realizam desde dezembro uma megaoperação que visa fiscalizar a venda e o armazenamento clandestinos de fogos de artifício, muito utilizados nas festas de Natal e Réveillon.

Somente nas fiscalizações em Curitiba, Região Metropolitana e no Litoral foram apreendidos 300 quilos de fogos de artifício nos últimos dias. “A operação segue, principalmente no interior e no Litoral, pois agora teremos o Carnaval e com ele a utilização de artifícios pirotécnicos volta crescer”, explica o delegado titular da Deam, Alfredo Dib Júnior.

Dib explicou que todo o trabalho feito no Paraná é orientado pela Deam, responsável por fiscalizar este tipo de produto por parte da Polícia Civil. “Com apoio de policiais do Cope e o trabalho dos nossos policiais aqui da Deam, apreendemos cerca de duzentos quilos de fogos de artifício somente em Curitiba e região”, contou.

Luiz Guilherme Bannwart

O delegado Tristão Antônio Borborema de Carvalho, responsável p elas investigações sobre a morte da jovem Érica Gabriela da Silva Costa, 23, em Jundiaí do Sul, revelou no início da tarde de ontem (6), que deve pedir à Justiça, a qualquer momento, a prisão de um suspeito do crime. Desde que o corpo foi encontrado em uma plantação de soja, localizada na entrada do bairro Matida, por volta das 12 horas do dia 31, a Polícia Civil recebeu várias denúncias sobre a identidade do autor do crime. Tristão de Carvalho informou que até à tarde de sexta-feira, onze pessoas já haviam sido ouvidas, entre elas amigos e conhecidos que estiveram com a vítima na noite em que ela desapareceu, e alguns suspeitos, que negaram qualquer tipo de envolvimento no crime. Conforme o delegado, a participação de mais de uma pessoa no assassinato

Arquivo

Corpo de Érica Costa foi encontrado em uma plantação

da jovem ainda não está descartada. A vítima desapareceu na noite do dia 21 de dezembro depois de sair de casa, no bairro Vila Rural, para ir a um baile no município.

O corpo foi encontrado por um morador – atraído pelo mau cheiro nas proximidades da residência – já em avançado estado de decomposição e com marcas de violência.

LEVANTAMENTO

Polícia Federal registra recorde de apreensão de drogas em 2013 Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) informou ontem, (6) que alcançou, em 2013, recorde de apreensão de cocaína, maconha e bens de grandes organizações criminosas especializadas em tráfico de drogas. De acordo com nota da PF, no ano passado, foram apreendidas mais de 256 toneladas de drogas, sendo 35,7 toneladas

de cocaína e 220,7 toneladas de maconha. Até 10 de dezembro de 2013, foram apreendidos também R$ 80,1 milhões em bens. Segundo o comunicado, o aumento das apreensões está relacionado à desarticulação de grandes organizações criminosas especializadas em tráfico de drogas e à maior presença da PF nas fronteiras. Balanço do órgão indica

que houve aumento expressivo nas operações, sobretudo de combate à corrupção e desvio de recursos públicos, que passaram de 218 em 2008 para 289 no ano passado. Em 2011, as apreensões de cocaína totalizaram 24,4 toneladas e, em 2012, 19,8 toneladas. No caso da maconha, as apreensões passaram de 174,1 toneladas em 2011 para 111,2 toneladas em 2012.


ativa ho

TRIBUNA DO VALE

Política A-3

Terça-feira 07 de janeiro de 2014

Deputado diz que região precisa de incentivos para se desenvolver

Antônio de Picolli

REGIÃOTercilio Turini sugere duplicação das rodovias, redução de impostos para atrair novas indústrias e mais atenção do governo do Estado Luiz Guilherme Bannwart

O deputado estadual Tercilio Turini (PPS) esteve em visita no Norte Pioneiro na última semana de 2013 e disse que é preciso incentivos diferenciados por parte do governo estadual para que a região se desenvolva. O deputado também comentou sobre os benefícios à população com a instalação de um campus da Universidade Federal do Paraná (UFPR) no Norte Pioneiro, previsto para ser oficialmente anunciado ainda no primeiro trimestre deste ano. Crescer, desenvolver e viver melhor! É o que defende o parlamentar à população da região. Para ele, “o Norte do Paraná é forte e contribui muito para o desenvolvimento do Estado, e por isso merece muito mais”.

O deputado assegura que o Norte Pioneiro é a única região que não foi contemplada pelo governo no programa Paraná Competitivo, criado para fomentar o desenvolvimento das empresas. “Em todo o estado são R$ 20,7 bilhões de investimentos, dos quais R$ 6,9 bilhões estão destinados à Região Metropolitana de Curitiba, R$18,5 milhões para Londrina e simplesmente nenhum centavo para o Norte Pioneiro” explanou. “A região Norte não tem portos e no Norte Pioneiro não existe aeroportos, fatores que impedem a instalação de grandes indústrias por aqui. É preciso incentivo diferenciado para que se tenha um desenvolvimento uniforme”, defende o parlamentar, que sugere como incentivo, a duplicação das rodovias para es-

Tercilio Turini cobra incentivo diferenciado do governo estadual para a região

coamento da safra e redução nos imposto para instalação de indústrias, entre outros. Formado em medicina e professor acadêmico em Londrina, Turini acredita no crescimento da região com a instalação do campus da

Universidade Federal do Paraná (UFPR) em uma das três cidades que pleiteiam o investimento do governo federal. “Independente da cidade escolhida, a região irá se transformar. As mudanças econômicas serão enormes.

São empresas investindo nas cidades, a construção civil que se impulsiona ainda mais, e o mais importante, a população terá atendimento diferenciado na área da saúde com a chegada de novos profissionais”, prevê o deputado.

Turini afirmou que o curso de Medicina será instalado no Norte Pioneiro, porém, disse ainda não saber qual das cidades (Santo Antônio da Platina, Bandeirantes e Cornélio Procópio) receberá o campus.

TCE

CAMBARÁ

João Mattar diz que se depender Nova Fátima deve reiniciar da prefeitura, asilo não fecha pagamento de inativos Antônio de Picolli

Prefeito João Mattar diz que aporte financeiro à entidade consta no orçamento de 2014 C.Roberto Francisquini

O prefeito de Cambará João Mattar Olivato (PSB), declarou que o Asilo de Cambará permanecerá na ativa, pelo menos no que se refere à prefeitura. Ele apresentou documentos que atestam que os repasses federais vêm sendo efetuados corretamente e afirmou que a prefeitura continua apoiando, dentro das possibilidades, com outras ações. De acordo com o prefeito, o aporte financeiro de R$ 5 mil mensais, apresentado na reunião do PPA – Plano Plurianual, está no orçamento para este ano e deve ser votado na Câmara de Vereadores em fevereiro, depois do recesso parlamentar. “Tudo que foi acordado

com o Asilo será cumprido, no entanto, temos uma legislação a ser respeitada e é o que nós estamos fazendo”, disse João Mattar Mattar evitou polemizar as declarações feitas por Antônio Carlos Michelato, presidente do Asilo, que demonstrou preocupação com o funcionamento do Asilo por falta de apoio. “O Carlito tem razão em se preocupar com o asilo, porém foi desnecessário criar um clima ruim na cidade ao dar as declarações à imprensa. Tudo que foi acordado com o Asilo será cumprido, no entanto, temos uma legislação a ser respeitada e é o que nós estamos fazendo” disse o prefeito. “Pelo menos no que diz respeito à parte que cabe

a prefeitura, nosso asilo permanecerá a atender os nossos velhinhos com dignidade” enfatizou João Mattar. O prefeito explicou que este primeiro ano de seu mandato foi um período difícil e atribuiu ao orçamento apertado às dificuldades enfrentadas em 2013. Por outro lado, o prefeito demostrou otimismo com as possibilidades que surgirão com o orçamento de 2014. “Vamos incrementar todos os serviços de atendimento à população cambaraense de forma consciente e respeitando o erário público e, o nosso asilo, está inserido neste contexto. O que estiver ao alcance da prefeitura será feito para manter a instituição em pé”, finalizou Mattar.

Divulgação

Da Assessoria

Caso não reestabeleça o pagamento de seis servidores inativos e pensionistas, o município de Nova Fátima (Norte Pioneiro) pode ficar sem a certidão liberatória do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). O documento é essencial para celebração de transferências e investimentos com recursos públicos. Decisão da Primeira Câmara do TCE aprovou Tomada de Contas Extraordinária (Processo nº 283000/03) e fixou prazo de 15 dias, a contar da data de publicação do Acórdão, para que a Prefeitura fundamente o porquê de seis servidores, aposentados, terem os benefícios anulados por um decreto municipal. Os ser vidores Iraci de Mata Facco, Carlos Fonteque, Dirce Gonçalves Ribeiro, Estela Aparecida de Lima Roque Silva, Ivo Mendes e Mauro Roque Silva estariam em situação de desamparo legal, conforme avaliou o TCE. Houve

Nova Fátima pode ficar sem certidão liberatória

suspensão dos registros de inativação destes servidores, junto à previdência local, sem a transferência dos encargos e respectivas assistências ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). “Eram servidores do município, que labutaram pela municipalidade, tendo dispendido sua força de trabalho em nome do poder público municipal pelo tempo necessário e suficiente para o gozo de uma inatividade remunerada. Realidade essa desconsiderada pelo muni-

cípio e que salta aos olhos de qualquer observador, ainda que acrítico”, observou o relator da Tomada de Contas, conselheiro Durval Amaral. Respondem pela situação José Delanhol (gestões 2001/2004 e 2005-2008) e Ni ls on Xavier (gest ão 2009/2012). Ambos podem recorrer. Os prazos para interposição de recursos às decisões do TCE são contados após a publicação do acórdão no Diário Eletrônico do TCE, veiculado de segunda a sexta-feira, no site do Tribunal.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Inscrições para concurso do Tecpar terminam nesta terça AEN

Termina hoje, 7, o prazo para inscrição do concurso público oferecido pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). As vagas são para os cargos de Assistente e Técnico e Analista, em diversas funções, entre elas Assistente Administrativo, Técnico em Desenvolvimento Tecnológico e Analista de Comunicação e Mercado. O Tecpar vai contratar 69 profissionais que possuem

ensino médio, técnico ou superior completos. O resultado será válido por dois anos, prorrogável por igual período. As inscrições devem ser feitas pela internet. Os salários iniciais variam entre R$ 1.760,51 a R$ 4.617,78, conforme o cargo e a escolaridade dos admitidos. O investimento com a inscrição é de R$ 60,00 e 80,00 para os cargos de níveis médio e técnico, e R$ 100,00 para os cargos de nível superior. As provas serão objetiva, discur-

siva e de redação, realizadas na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em Curitiba, em 26 de janeiro de 2014, com início às 8h30 e término às 13h30. A data, horário e ensalamento das provas serão divulgados até o dia 15 de janeiro. Mais Detalhes sobre o concurso, como as vagas oferecidas e as regras de isenção da taxa, estão disponíveis no edital, publicado na internet, no site www.pucpr. br/concursos ou www.tecpar.br.


TRIBUNA DO VALE

A-6 Esportes

Terça-feira 07 de janeiro de 2014

AtlĂŠtico inicia semana na expectativa por fico de Ronaldinho GaĂşcho

EXPECTATIVA Â?Ronaldinho GaĂşcho recebe por meio das redes sociais pedidos de atleticanos e de torcedores do Besiktas para escolher seu clube UOL

De volta ao batente depois de um período de folga, a diretoria do AtlÊtico-MG voltou a trabalhar ontem, e tem como primeiro desafio a definição sobre o futuro de Ronaldinho Gaúcho. A expectativa Ê que o presidente Alexandre Kalil se reúna com Roberto Assis, irmão e representante do meia. Sem contratado desde 31 de dezembro, Ronaldinho virou alvo da imprensa da Turquia, que anunciou na semana passada que o Besiktas fez nova proposta pelo camisa 10 atleticano. Assis, que esteve no clube turno, era esperado no Brasil no domingo para resolver o destino do irmão. Durante o Mundial de Clubes, Kalil disse que a reunião

com Assis duraria meia hora. Segundo o dirigente, o acordo para a renovação do contrato dependia de Ronaldinho, que chegou a se manifestar, mais de uma vez, o desejo de permanecer mais uma temporada no clube mineiro. As especulaçþes sobre o interesse do Besiktas deixaram a torcida atleticana preocupada com a possibilidade de Ronaldinho nĂŁo renovar o contrato. Ao retornar do perĂ­odo de folga, Kalil se mostrou cauteloso e disse que o AtlĂŠtico nĂŁo farĂĄ loucura para manter o meia por mais uma temporada. “Depende muito mais do Ronaldinho querer ficar do que o AtlĂŠtico. NĂŁo vamos jogar cinco, seis anos fora por um jogador, que eu gosto, que ele gosta de mim, todos

Depu de in

REGIĂƒOÂ?Ter sugere dupl rodovias, re impostos pa indĂşstrias e do governo

Luiz Guilherme Ban

Ronaldinho virou alvo da imprensa da Turquia, que anunciou que o Besiktas fez nova proposta ao jogador

gostam, mas não vamos jogar fora�, afirmou o dirigente na última sexta-feira, em entrevista a Rådio Itatiaia. De acordo com os jornais turcos, Assis recebeu a proposta do Besiktas e pediu um prazo para decidir o futuro do irmão. No domingo, a imprensa da Turquia noticiou que o clube

turco tem trĂŞs concorrentes na briga por Ronaldinho. AlĂŠm do AtlĂŠtico, Palmeiras e GrĂŞmio estariam no pĂĄreo. A favor do AtlĂŠtico conta o fato de Ronaldinho ser bastante identificado com a torcida. Torcedores atleticanos se manifestaram, atĂŠ mesmo durante o Mundial de Clubes, tentando

sensibilizar o meia, que ouviu pedido, em coro, durante os jogos: “fica, Ronaldinho!â€? AlĂŠm da situação de Ronaldinho, a diretoria tem outras pendĂŞncias a resolver, como o tĂŠrmino dos contratos de JĂşnior CĂŠsar, que estĂĄ nos planos do tĂŠcnico Paulo Autuori e deve renovar, e do experiente

Gilberto Silva. O clube terĂĄ de resolver ainda o destinos de jogadores que retornaram de emprĂŠstimos. Entre eles estĂŁo os volantes Fillipe Soutto, que trabalhou com Autuori no Vasco, e Serginho, o meia Renan Oliveira e os atacantes Leonardo e AndrĂŠ. AntĂ´nio de Picolli

Â?MARATONA

Atleta de Santo AntĂ´nio participa pela 12ÂŞ vez da corrida de SĂŁo Silvestre Luiz Guilherme Bannwart

Pela 12ÂŞ vez consecutiva, o atleta JosĂŠ Ferreira de Andrade, 70, o “ZĂŠ Ferreiraâ€?, como ĂŠ popularmente conhecido pelos platinenses, disputou a

maratona internacional de São Silvestre, realizada na manhã do dia 31 de dezembro, em São Paulo. O atleta, platinense de coração, concluiu os 15 quilômetros da 89ª edição da maratona

- em que mais de 30 mil pessoas participaram - com tempo de 1h17. Na manhĂŁ do dia 22, Ferreira conquistou o trofĂŠu de primeiro lugar - em sua categoria - na corrida de SĂŁo

Â?CAMBARĂ

JoĂŁo Mat da prefe

Silveira, em Barueri. A prova, tradicional por servir como preparação aos atletas que disputam a maratona de São Silvestre, tem sete quilômetros de percurso e foi concluída em 35 minutos pelo atleta.

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUĂ -ESTADO DO PARANĂ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS NÂş 58/2013 PMQ PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 51/2013-SRP CONTRATANTE: MunicĂ­pio de QuatiguĂĄ, Estado do ParanĂĄ. DETENTORA: F J Santos Suprimmentos Ltda.-EPP. OBJETO: Registro de preços visando futuras e eventuais aquisiçþes de cartuchos com Toners (remanufaturados) para as impressoras HP LASER P1102W/M1212NF-CE285A, de todos os setores pertencentes Ă estrutura municipal. TIPO: Menor preço. PARĂ GRAFO ĂšNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitaçþes. VIGĂŠNCIA: Esta ata de Registro de Preços terĂĄ sua vigĂŞncia iniciada em 30 de dezembro de 2013 e tĂŠrmino em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nÂş 8.666, de 21 de junho de 1993, e alteraçþes, na Lei Federal nÂş 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nÂş 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nÂş 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 30 de dezembro de 2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUĂ -ESTADO DO PARANĂ PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAĂ‡ĂƒO NÂş 19/2013 AVISO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO E ADJUDICAĂ‡ĂƒO Processo Administrativo nÂş 89/2013 Expirado o prazo recursal, torno pĂşblico a homologação e a adjudicação do objeto do presente processo Ă empresa: Empresa fornecedora: BARBOSA & LIECHOCKI LTDA.-ME. CNPJ/MF: 09.271.485/0001-22 Objeto: Aquisição de produtos tais como material educativo (folders, cartazes, cartilhas, faixas, banners), material de expediente HQYHORSHVWLSRRÂżFLRHHQYHORSHVVDFR HEORFRVUHFHLWXiULRVYLVDQGR Ă  organização da assistĂŞncia farmacĂŞutica.a Valor Global: R$ 4.748,00 (Quatro mil e setecentos e quarenta e oito reais) Embasamento: Artigo 24, incisos II, da Lei Federal nÂş 8.666/93 e alteraçþes. QuatiguĂĄ-PR, Gabinete do Prefeito, em 31 de dezembro de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal

SINDICATO RURAL PATRONAL DE RIBEIRĂƒO DO PINHAL Ă“rgĂŁo Sindical de 1ÂşGrau Reconhecido em 13/10/67 Rua SĂŁo Paulo, 658 - Fone/Fax: (43)3551-1410 – CEP 86490-000 RibeirĂŁo do Pinhal – ParanĂĄ – e-mail: sindipatronalrp@ hotmail.com EDITAL DE CONVOCAĂ‡ĂƒO ELEIÇÕES SINDICAIS Sindicato Rural de RibeirĂŁo do Pinhal Pelo presente Edital, faço saber que no dia 12 de fevereiro de 2014 no perĂ­odo de 8:00 Ă s 17:00 horas, na Sede desta entidade (Rua SĂŁo Paulo, NĂşmero 658- Centro), serĂĄ realizada Eleição para composição da Diretoria, Conselho Fiscal e Delegados Representantes ao Conselho da Federação da Agricultura do Estado GR3DUDQiDTXHHVWiÂżOLDGDHVWDHQWLGDGHEHPFRPRGRVVXSOHQWHV relativo ao mandato do perĂ­odo de 15 de março de 2014 Ă  15 de PDUoRGHÂżFDQGRDEHUWRRSUD]RGH TXLQ]H GLDVSDUDR Registro de chapas, que ocorrerĂĄ a partir do primeiro dia Ăştil posterior Ă  publicação do Aviso Resumido do presente Edital. O requerimento, acompanhado de todos os documentos exigidos para o registro, serĂĄ dirigido ao Presidente da entidade, podendo ser assinado por qualquer dos candidatos componentes da Chapa. A Secretaria da entidade funcionarĂĄ no perĂ­odo destinado ao Registro de Chapas, no horĂĄrio de 8:00 Ă s 17:00 horas. A impugnação de candidaturas deverĂĄ ser feita no prazo de 05 (cinco) dias, a contar da publicação do edital de registro de chapas. Caso nĂŁo seja obtido quorum em primeira convocação, a eleição em segunda convocação serĂĄ realizada no dia 21/02/2014 e, nĂŁo conseguindo quorum na segunda convocação, a terceira convocação, serĂĄ realizada no dia 06/03/2014. RibeirĂŁo do Pinhal, 06 de janeiro de 2014. _________________ Ciro Tadeu Alcântara Presidente

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUĂ -ESTADO DO PARANĂ AVISO DE LICITAĂ‡ĂƒO PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 01/2014-SRP Objeto: Registro de preços visando futuras e eventuais aquisiçþes de alimento infantil em pĂł e suplementos alimentĂ­cios para a Secretaria Municipal de SaĂşde e Saneamento. Tipo: Menor preço. PerĂ­odo Contratual: 12 (doze) meses. Credenciamento: 21/01/2014 das 08h00min Ă s 09h00min. Abertura: ApĂłs credenciamento. Informaçþes sobre a retirada do edital atravĂŠs do site: www. quatigua.pr.gov.br, ou atravĂŠs do e-mail: licitacao@quatigua.pr.gov.br. QuatiguĂĄ-PR, Sala de Licitaçþes, em 06 de janeiro de 2014. Gilvan de Oliveira – Pregoeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUĂ -ESTADO DO PARANĂ PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAĂ‡ĂƒO NÂş 20/2013 AVISO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO E ADJUDICAĂ‡ĂƒO Processo Administrativo nÂş 90/2013 Expirado o prazo recursal, torno pĂşblico a homologação e a adjudicação do objeto do presente processo Ă  empresa: Empresa fornecedora: CASA DO DOLE LTDA. CNPJ/MF: 10.901.427/0001-14 Objeto: Aquisição de material de acondicionamento e embalagem para a farmĂĄcia da unidade bĂĄsica de saĂşde, visando Ă  organização da assistĂŞncia farmacĂŞutica. Valor Global: R$ 1.985,00 (Um mil e novecentos e oitenta e cinco reais) Embasamento: Artigo 24, incisos II, da Lei Federal nÂş 8.666/93 e alteraçþes. QuatiguĂĄ-PR, Gabinete do Prefeito, em 31 de dezembro de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal

JosĂŠ Ferreira com trofĂŠu e medalha de provas disputadas na Ăşltima semana de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIà – PARANĂ AVISO DE LICITAĂ‡ĂƒO O MUNICĂ?PIO DE ABATIà – ESTADO DO PARANĂ TORNA PĂšBLICO QUE FARĂ REALIZAR LICITAĂ‡ĂƒO NA MODALIDADE PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 001/2014, QUE TEM POR OBJETO “AQUISIĂ‡ĂƒO DE GĂŠNEROS ALIMENTĂ?CIOS, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAĂ‡ĂƒO, CULTURA E ESPORTES, PROGRAMA DE ERRADICAĂ‡ĂƒO DO TRABALHO INFANTIL – PETI, PROGRAMA DE PROTEĂ‡ĂƒO SOCIAL BĂ SICA DO GOVERNO FEDERAL, DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAĂ‡ĂƒO, SECRETARIA MUNICIPAL DE SAĂšDE PĂšBLICA E DEPARTAMENTO DE OBRAS, PĂšBLICAS, VIAĂ‡ĂƒO E URBANISMO, PARA O EXERCĂ?CIO DE 2014, COM VALOR MĂ XIMO DE R$ 151.105,80 (CENTO E CINQUENTA E UM MIL CENTO E CINCO REAIS E OITENTA CENTAVOS)â€?. AS PROPOSTAS (ENVELOPES “Aâ€?) E DOCUMENTAĂ‡ĂƒO DE HABILITAĂ‡ĂƒO (ENVELOPES “Bâ€?) SERĂƒO RECEBIDAS PELO PREGOEIRO E EQUIPE DE APOIO ATÉ AS 09:00 (NOVE) HORAS DO DIA 20 (VINTE) DE JANEIRO DE 2014, [20/01/2014], NO EDIFĂ?CIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIA – PARANĂ , SITUADO Ă€ AVENIDA JOĂƒO CARVALHO DE MELLO, NÂş 135 – ABATIA – PR. A ABERTURA DOS ENVELOPES “Aâ€? E “Bâ€? OCORRERĂ NO DIA 20 (VINTE) DE JANEIRO DE 2014, [20/01/2014], Ă€S 09:00 (NOVE) HORAS NO EDIFĂ?CIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIA – PARANĂ , SITUADO Ă€ AVENIDA JOĂƒO CARVALHO DE MELLO, NÂş135 – ABATIA – PR. A Ă?NTEGRA DO EDITAL E OUTRAS INFORMAÇÕES PODERĂƒO SER OBTIDAS NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIĂ , NO ENDEREÇO ACIMA MENCIONADO, EM HORĂ RIO DE EXPEDIENTE DAS 8:00 Ă€S 11:30 E DAS 13:00 Ă€S 16:30 HORAS E PELO TELEFONE (43) – 35561545 OU PELO SITE DO MUNICĂ?PIO WWW.ABATIA.PR.GOV.BR. EDIFĂ?CIO DA PREFEITURA DO MUNICĂ?PIO DE ABATIĂ , ESTADO DO PARANĂ , EM 06.01.2014. MARIA DE LOURDES FERRAZ YAMAGAMI PREFEITA SÉRGIO HOSOUME PREGOEIRO

C.Roberto Franci


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE Terça-feira 07 de janeiro de 2014

Fernanda Richa: É preciso estar perto das pessoas

AEN

Bom 20%

SEGURANÇA conscientiza preponderan para a reduç

Luiz Guilherme Ba

BALANÇOFernanda Richa diz que burocracia para os trâmites legais precisa ser simplificada para que as ações sejam mais eficientes Secretária de Estado da Família e Desenvolvimento, Fernanda Richa AEN

A Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa fez um balanço das ações sociais do Governo do Estado em 2013. Ela também projeta desafios para 2014. “Estamos preparados para investir mais e com mais rapidez”, diz ela Em entrevista para a Agência Estado de Notícias, ela falou sobre política, conquistas, avanços e carências a serem solucionadas. 1- Como a senhora avalia o ano de 2013 para a Secretaria da Família e Desenvolvimento Social? FR: Foi um ano de trabalho árduo, mas avançamos significativamente. Entre as grandes conquistas para a política de assistência social do nosso Estado está a implantação do Piso Paranaense de Assistência Social. O benefício é um valor repassado mensalmente para os municípios, que terão mais autonomia para investir em ações de proteção social básica e especial dentro dos Centros de Referência de Assistência Social, os Cras, e dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social, os Creas. 2- A assistência social demanda ações rápidas e emergenciais. O que tem sido feito para que este trabalho tenha agilidade e não sofra com a burocracia? FR: Os trâmites burocráticos precisam ser simplificados para que nosso Estado consiga levar assistência para quem mais precisa.

Temos uma grande vitória, que foi a regulamentação de repasses fundo a fundo. O mecanismo é muito simples. O Estado tem o Fundo Estadual de Assistência Social e os municípios têm seu Fundo Municipal de Assistência Social, totalmente regulamentado por lei. O recurso pode ser transferido diretamente de um fundo para outro. É claro que os casos são específicos, como em situação de calamidade pública e outros serviços de proteção à família e até para pagamento de profissionais que trabalhem na área de assistente social. Logo que implantamos este mecanismo, foram repassados R$ 3 milhões para 78 municípios atingidos pelas chuvas e desastres naturais. Outros convênios também já estão sendo realizados dessa forma. 3- E quanto ao programa Família Paranaense? FR: Com a mudança nas gestões municipais, tivemos que começar do zero em muitos municípios. Mas nossos comitês regionais estavam fortalecidos e preparados para a empreitada. Além disso, tivemos todo um processo burocrático para aprovar a lei que torna o benefício do Programa Família Paranaense permanente. Processo que precisávamos enfrentar para poder tornar realidade a transferência de renda para as famílias. Mais uma etapa vencida. Desde 10 de dezembro, as famílias passaram a receber uma complementação financeira, que

chamamos de Renda Família Paranaense. São beneficiadas 93 mil famílias de 397 municípios. O investimento inicial é de R$ 2,9 milhões e em 2014 serão R$ 44 milhões. 4- Como funciona o Renda Família Paranaense? FR: O que fizemos foi incorporar a transferência mensal de renda como forma de complementação de benefício financeiro às famílias em situação de pobreza, que, mesmo sendo beneficiadas pelo programa Bolsa Família, ainda não superaram a situação de vulnerabilidade e risco social. Com o Renda Família Paranaense, o governo estadual está elevando a linha de extrema pobreza no Estado para R$ 80,00 per capita. A linha utilizada pelo governo federal é de R$ 70,00. O valor que cada família recebe é variável e calculado com base nas informações do Cadastro Único e da Folha de Pagamento do Bolsa Família. É diferente de uma família para outra. O valor médio do benefício estadual para as famílias é de R$ 40,00. O valor mínimo estabelecido por família é de R$ 10,00, podendo chegar até o teto máximo de R$ 150,00. 5- Como essas famílias estão recebendo o Renda Família Paranaense? FR: Por enquanto, o saque está sendo feito com o cartão do Bolsa Família. Simples: a pessoa chega para sacar o benefício como sempre, no mesmo lugar, mesmo cartão,

mesma senha e a complementação estará lá e poderá ser retirada. Nos próximos três meses, a família receberá um novo cartão com a indicação de que é beneficiada também pelo Renda Família Paranaense. Mas no extrato que as famílias recebem mensalmente já está notificado qual o valor repassado pelo Estado do Paraná e pela União. 6- Existe algum acompanhamento para ver se estas famílias estão melhorando de vida? FR: Sim. A base do programa Família Paranaense é justamente esta. É a diferença entre os outros programas de combate à pobreza e o que estamos colocando em prática aqui no Paraná. Estamos cuidando das famílias, olhando suas fragilidades de forma personalizada e olhando para cada integrante, o pai, a mãe, o filho, a avó. É um trabalho de rede que envolve mais de 18 secretarias de Estado e órgãos públicos estaduais e municipais. Funciona de forma simples. As equipes treinadas que estão nos Cras, que são mais 547 em todo Paraná, identificam as famílias em situação de extrema pobreza. Esta família passa a fazer parte do programa. Mas para isso, é feito todo um planejamento que passa por capacitação profissional, saúde, moradia, educação, para que a família possa começar caminhar com suas próprias pernas. São metas que têm que ser cumpridas pelos dois lados. E tem prazo, dois anos. Tem porta de entra-

da e de saída. A família tem que aceitar fazer este acordo, esta parceria conosco. 7- A senhora tem um exemplo prático? FR: Vários. Uma das ações que têm trazido um resultado muito gratificante é feita pela Fomento Paraná, que está dando condições de a família se tornar empreendedora e começar seu negócio. É o microcrédito Paraná Juro Zero, que financia de R$ 300 a R$ 4 mil. O valor pode ser parcelado em 10 ou 20 vezes. Sem juros. Tem o caso de uma família que vendia uma pequena produção de leite, mas não conseguia melhorar a renda porque o dinheiro não dava nem para cobrir as despesas. Com o crédito, eles compraram mais uma vaquinha e um refrigerador para o armazenamento. Pode parecer pouco, mas isso representou uma mudança significativa na vida deles. Significou a oportunidade da independência. Para ajudar, a vaquinha ainda veio prenha e logo o rebanho da família da dona Beatriz vai aumentar. Quem sabe, mais para frente, ela até se interesse pela produção de queijo? As possibilidades surgem. Estas famílias estão recebendo apoio em todas as áreas, estão tendo a oportunidade de escrever uma nova história. Este trabalho é gratificante e estamos começando colher os primeiros frutos. 8- O saldo de 2013, então, é positivo? FR: Foi muito positivo.

Além do trabalho estratégico dentro do gabinete, estive frequentemente perto da população, nos municípios das mais diversas regiões. É preciso estar perto das pessoas para saber se elas estão sendo atendidas. O Governo do Estado é municipalista, voltado para ações que acontecem nas cidades, que é onde as pessoas estão. É assim que demonstramos nosso respeito pelas pessoas. 9- Para 2014, o que se pode esperar? FR: Agora que organizamos e ajustamos nossas ferramentas de trabalho, estamos preparados para investir mais e com mais rapidez. A reivindicação dos municípios para que participássemos com aplicação de mais recursos na área social foi antiga. Já avançamos bastante mas, sem dúvida, em 2014 estaremos em uma situação próxima da ideal. Somente no Fundo Estadual de Assistência Social conseguiremos ampliar os recursos de R$ 25 milhões em 2012 para R$ 127 milhões em 2014. É uma grande conquista 10 - Quais os projetos prioritários para o próximo ano? FR: Nosso grande desafio continua sendo trabalhar incessantemente com o programa Família Paranaense para cumprir nossa meta de tirar 100 mil famílias da extrema pobreza até o fim de 2014. Nós acreditamos em programas que ofereçam formas de a família alcançar sua autonomia por meio do trabalho. É para isso que trabalhamos fortemente em todo Paraná.

S.A.PLATIN

Vítima d perman

Luiz Guilherme Ba

RELIGIÃO

Jacarezinho prepara Festa do Padroeiro São Sebastião Da Assessoria

A Igreja Nossa S enhora Imaculada C onceição – Catedral de Jacarezinho - já iniciou os preparativos para as festividades do “Dia de São Sebastião”, Padroeiro do municipio. A data será comemorada no dia 20 de janeiro, mas as atividades começam a par tir de 11, sábado. Até o dia 19 (domingo), have r á nove nas to dos os dias. Além dos dias 11, 12, 18, 19 e 20, c om qu e r m e s s e . No d i a 1 2 , h av e r á a l m o ç o c o m churrasco e leilão de gado. No dia 19 um bingo com show de prêmios (moto 0 km, R$ 1 mil e três prêmios de R$ 500). A programação do dia 20 de janeiro começa logo cedo. Às 9 horas

haverá Santa Missa com carreata e benção dos carros. O almoço será “ M i n e i r o” n o s a l ã o a o lado da Catedral e às 19 horas a Santa Missa e Pro cissão. “É muito imp or t ant e à p ar t i c ip a ç ã o de toda a sociedade neste evento”, disse o padre Rodolfo durante as missas. O prefeito de Jacarezinho S érgio Eduardo de Far i a, Dr. S érg io, também ressaltou que a Ig re j a ve m re a l i z and o um grande trabalho de preparação para o dia. “ E s t a m o s a c o mp a n h a n do as movimentações da Paróquia desde o final de 2013. Parabenizo a todos da equipe”, ressalta. História de São Sebastião Ele teria chegado a Roma através de carava-

nas de migração. S ebastião era um soldado que se alistou no exército romano por volta de 283 d.C com a única intenção de reforçar o coração dos cristãos, enfraquecido diante das tor turas. Três anos dep ois , a su a c onduta branda para com os pr isioneiros cr ist ãos levou o imperador a julgá- l o s u m ar i am e nte c om o traidor. A s entença s eria execução por meio de flechas. Foi dado como m or to e at i r a d o n o r i o, porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e s o cor r ido apres entou-se novamente diante do Imp e r a d or qu e ord e nou então fosse espancado até a morte. Seu corpo foi jogado no esgoto público de Roma.

Divulgação

SEGURANÇ

Polícia C venda d

Das Ag

Festa ao padroeiro está sendo preparada na Catedral


Atas & Editais A-7

TRIBUNA DO VALE Terça-feira 07 de janeiro de 2014

eira

humano

analista de projetos de

arĂĄ ÂŚ CarlĂłpolis ÂŚ Conselheiro Mairink ÂŚ riaĂ­va ÂŚ Japira ÂŚ Joaquim TĂĄvora ÂŚ JundiaĂ­ ÂŚ Salto do ItararĂŠ ÂŚSantana do ItararĂŠ ÂŚ a Campos ÂŚTomazina ÂŚ Wenceslau BrĂĄz

tigos assinados nĂŁo representam cessariamente a opiniĂŁo do endo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

VENDO CHĂ CARA COM CASA MISTA - 120M2, COM Ă GUA, LUZ, TELEFONE - TODA MURADA. VĂ RIAS Ă RVORES FRUTĂ?FERAS E PALMITO4000 MTS2- VALOR A COMBINAR- ACEITO CARRO. FONES 43- 3564-2769 OU 9658- 2630 (TIM)- FALAR COM IRACI - QUATIGUĂ - PR

VENDE-SE ESTERCO DE GRANJA CONTATO: (043)9606-0708 FALAR: ROMEU EXTRAVIO DE NOTA FISCAL 'HFODUDPRVSDUDGHYLGRV¿QVRH[WUDYLRGHQRWD¿VFDOGHSURGXWRU rural nº 25, em nome de Paulo Zava , do Sitio São Paulo , do Bairro Taquaralzinho , do Município de Santo Antonio da Platina - PR, CAD/ 352&RPHVVDSXEOLFDomR¿FDVHPYDORUFRPHUFLDO Santo Antonio da Platina, 06/01/2014. a)Paulo Zava . PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ PORTARIA nº 263/2013. O Prefeito Municipal de Barra do JacarÊ, Estado do Paranå, no uso de suas atribuiçþes legais, e considerando o artigo 15 §I a VI da Lei Municipal nº 376 de 04/12/010, que dispþe sobre o Plano de Cargos e Salårios dos Servidores Públicos Municipais de Barra do JacarÊ que dispþem sobre o enquadramento dos atuais servidores efetivos: RESOLVE: Art. 1º - Reenquadrar a partir de janeiro/2014, o servidor efetivo desta municipalidade, em nova faixa de vencimento do cargo – progressão na tabela de vencimentos, conforme abaixo:

LICITAĂ‡ĂƒO MODALIDADE “PREGĂƒO PRESENCIAL NÂş 044/2013â€?. PREFEITURA DO MUNICIPIO DE ABATIà – PR RESULTADO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO E ADJUDICAĂ‡ĂƒO O MunicĂ­pio de AbatiĂĄ – Estado do ParanĂĄ torna pĂşblico a homologação do procedimento licitatĂłrio em epigrafe e adjudicação do objeto, sendo “AQUISIĂ‡ĂƒO DE COMBUSTĂ?VEL PARA O ABASTECIMENTO DOS VEĂ?CULOS E MĂ QUINAS DESTA MUNICIPALIDADE, PARA O EXERCĂ?CIO DE 2014, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAĂ‡ĂƒO, CULTURA E ESPORTES, SECRETARIA MUNICIPAL DE SAĂšDE PĂšBLICA, SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PĂšBLICAS, VIAĂ‡ĂƒO E URBANISMO, SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTĂŠNCIA SOCIAL, CONSELHO TUTELAR E GABINETE DA PREFEITAâ€?, tendo como vencedoras as empresas O. V. DOS SANTOS & FERRARI LTDA, estabelecida na Avenida JoĂŁo Carvalho de Mello nÂş 205, centro, cidade de AbatiĂĄ, Estado do ParanĂĄ, inscrita no CNPJ sob nÂş 75.948.158/0001-97, vencedora do item 01 CombustĂ­vel Diesel com valor unitĂĄrio de R$ 2,44 (dois reais e quarenta e quatro centavos), Total de R$ 534.848,00 (quinhentos e trinta e quatro mil oitocentos e quarenta e oito reais) e VIEIRA & GARCIA LTDA estabelecida na Avenida Iguaçú nÂş 07, centro, Cep 86.460-000, Cidade de Abatia, Estado do ParanĂĄ, inscrita no CNPJ sob nÂş 04.983.784/0001-76, vencedora do item 03, combustĂ­vel gasolina, com valor unitĂĄrio de R$ 3,02 (trĂŞs reais e dois centavos), Total de R$ 183.314,00 (cento e oitenta e trĂŞs mil trezentos e quatorze reais). Abatia – ParanĂĄ, aos vinte e trĂŞs dias do mĂŞs de dezembro do ano de 2013. MARIA DE LOURDES FERRAZ YAMAGAMI PREFEITA MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIĂ LEI NÂş 590/2013. SĂşmula: Fixa normas para o transporte de trabalhadores e dĂĄ outras previdĂŞncias. FAÇO SABER que a Câmara Municipal de Abatia, Estado do ParanĂĄ, APROVOU, e eu Prefeita Municipal, SANCIONO a seguinte LEI: Art. 1Âş: O MunicĂ­pio de Abatia, Estado do ParanĂĄ, considerando a necessidade de gerar empregos e promover o desenvolvimento social, poderĂĄ disponibilizar transporte dos trabalhadores atĂŠ o limite de 200 (duzentos) quilĂ´metros. Art. 2Âş: O condutor do veĂ­culo a ser utilizado nĂŁo poderĂĄ ser remunerado pelo setor da educação. Art. 3Âş: O veĂ­culo que farĂĄ o transporte dos trabalhadores deverĂĄ estar segurado. $UWž2FXVWRPHQVDOGRWUDQVSRUWHVHUiÂż[DGRSRU'HFUHWRGD3UHIHLWD Municipal, nĂŁo podendo ser inferior a R$40,00 (quarenta reais) por passageiro, atĂŠ 100 (cem) quilĂ´metros; e nĂŁo inferior a R$ 60,00 (sessenta reais) por passageiro, atĂŠ 200 (duzentos) quilĂ´metros, ambos incluindo ida e volta.. 3DUiJUDIRĂ’QLFRÂą&DGDYHtFXORSRVVXLUiXPPRQLWRUUHVSRQViYHOÂżFDQGR este isento do custo mensal do transporte. Art. 5: Os valores poderĂŁo ser reajustados, mediante decreto da Prefeita Municipal, pelo INPC / IBGE (Ă?ndice Nacional de Preços ao Consumidor). $UWž$GLVSRQLELOL]DomRGHWUDQVSRUWHGHTXHWUDWDRDUWžGHVWDOHLÂżFD condicionado a limite mĂĄximo da lotação de cada veĂ­culo. Art. 7Âş: EstĂĄ lei entrarĂĄ em vigor na data da sua publicação. Gabinete da Prefeita, aos 20 de dezembro de 2013. Maria de Lourdes Ferraz Yamagami Prefeita Municipal

SERVIÇO AUTĂ”NOMO MUNICIPAL DE Ă GUA E ESGOTO ABATIà – PARANĂ PORTARIA NÂş 01/2014 O Diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto - SAMAE de AbatiĂĄ - ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas: RESOLVE: I - CONSTITUIR uma comissĂŁo composta pelos servidores Claudinei Aparecido Machado – RG nÂş5.435.289-1, Marcos Muniz Batista – RG nÂş7.309.234-5 e Paulo Pedrozo – RG nÂş2.119.831, para procederem no recebimento de equipamentos, bens e serviços em geral, objeto de licitação nas modalidades de carta convite, tomada de preço, concorrĂŞncia pĂşblica e pregĂŁo, durante o perĂ­odo de Janeiro/2014 Ă Dezembro/2014, sendo a comissĂŁo presidida pelo servidor Claudinei Aparecido Machado. II - Ficam como substitutos os servidores: Marcos Leandro de Oliveira RG nÂş7.090.620-1, EdnĂŠia de Oliveira Pedroso Assolari RG nÂş3.304.881-5 e Aristeu Pereira Pedroso JĂşnior RG nÂş4.057.429-8. III - Revogam-se as disposiçþes em contrĂĄrio. IV - Publique-se. Gabinete do Diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto de AbatiĂĄ – Estado do ParanĂĄ, aos 03 de janeiro de 2014. Dilson Evangelista do Nascimento/Diretor do Samae PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARĂ PORTARIA No 001/2014 O ExcelentĂ­ssimo Senhor JoĂŁo Mattar Olivato, Prefeito Municipal de CambarĂĄ, Estado do ParanĂĄ, usando de suas atribuiçþes, que lhe sĂŁo conferidas por lei, RESOLVE Art. 1Âş Conceder Licença-PrĂŞmio por assiduidade a servidora MARIA CLEIDE FLORIANO COSTA, RG 3.551.400-7, ocupante do cargo de AGENTE OPERACIONAL II, por um perĂ­odo de 06 (seis) meses, a contar de 02 de janeiro de 2014 e termino em 01 de julho de 2014, em conformidade com a Lei nÂş 1.191/2001, Art. 102. Art. 2Âş Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se, 1RWLÂżTXHVH Cumpra-se. Gabinete do Prefeito Municipal de CambarĂĄ, Estado do ParanĂĄ, em 06 de Janeiro de 2014. JOĂƒO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARĂ

CÂMARA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA DEMONSTRATIVO DE DIà RIA CONCEDIDA - MÊS DE DEZEMBRO DE 2013. O Presidente da Câmara Municipal de Guapirama – Estado do Paranå, no uso de suas atribuiçþes, para dar cumprimento a Lei Nº 302/2012, fica publicada a relação de diårias concedidas no mês de dezembro de 2013.

Art. 2Âş - O vencimento bĂĄsico de cada servidor efetivo do Quadro de Pessoal do MunicĂ­pio de Barra do JacarĂŠ, serĂĄ correspondente Ă nova Estrutura do Plano de Cargos e SalĂĄrios, art. 15 itens I a IV e anexo V da Lei nÂş 376/2010, que dispĂľe sobre o Plano de Cargos e SalĂĄrios da Prefeitura Municipal de Barra do JacarĂŠ. Art. 3Âş - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogando as disposiçþes em contrĂĄrio. Registre-se e Publique-se. Prefeitura Municipal de Barrado JacarĂŠ, em 31 de dezembro 2013. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ DECRETO NÂş 798/2013. DATA: 31 de dezembro de 2013. SĂšMULA: DispĂľe sobre exoneração por aposentadoria por tempo GHFRQWULEXLomRGHVHUYLGRUD&DUJR(IHWLYRTXHDEDL[RHVSHFLÂżFDHGi outra providencias. O Prefeito Municipal de Barra do JacarĂŠ, Estado do ParanĂĄ, no uso de suas atribuiçþes legais, e considerando o art.45 (V), a ConcessĂŁo de Aposentadoria Tempo de Serviço de Professor – EspĂŠcie 57, benefĂ­cio nÂş 151.209.121-6 da PrevidĂŞncia Social conforme OfĂ­cio nÂş 14.022.050/494/2013 e requerimento protocolados sob nÂşs 0179 e 0180 em 26/12/2013: DECRETA: ArtÂş 1Âş - Fica EXONERADA do quadro de servidores pĂşblicos municipais, a partir de 01/01/2014, a SrÂŞ LUIZA APARECIDA DA CUNHA, portadora de cĂŠdula de identidade RG nÂş 3.104.256-9 e inscrita no CPF nÂş 464.298.089-04, cargo efetivo de Professora, nomeada desde 22/05/1991. ArtÂş 2Âş - Revogam-se as disposiçþes em contrĂĄrio. EdifĂ­cio da Prefeitura Municipal, em Barra do JacarĂŠ, aos 31 dias do mĂŞs de dezembro de 2013. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI Prefeito Municipal CĂ‚MARA MUNICIPAL DE CAMBARĂ PORTARIA NÂş 01/2014 O ExcelentĂ­ssimo Sr. JoĂŁo Antonio Tinelli, Presidente da Câmara Municipal de CambarĂĄ, Estado do ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhes sĂŁo conferidas pelo Regimento Interno e CONSIDERANDO a necessidade de manutenção do funcionamento FRQWtQXRHHÂżFLHQWHGDVDWLYLGDGHVGHVWD&DVDGH/HLVGXUDQWHRPrV de janeiro de 2014, RESOLVE I – Suspender fĂŠrias regulamentares de 30 (trinta) dias, referentes ao perĂ­odo de 06 de janeiro de 2014 a 04 de fevereiro de 2014, concedidas por meio da Portaria nÂş 16/2013, do servidor LUĂ?S CARLOS CHAGAS, em razĂŁo da imperiosa necessidade do serviço. II – O perĂ­odo relativo Ă s fĂŠrias, ora suspensas, referentes ao perĂ­odo aquisitivo de 1Âş de agosto de 2012 a 31 de julho de 2013, serĂĄ concedido de acordo com a conveniĂŞncia da Administração. III – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposiçþes em contrĂĄrio. Registre-se. Publique-se. Cumpra-se. Gabinete da PresidĂŞncia da Câmara Municipal de CambarĂĄ, Estado do ParanĂĄ, em 03 de janeiro de 2014. JoĂŁo Antonio Tinelli Presidente PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA TERMO DE HOMOLOGAĂ‡ĂƒO E ADJUDICAĂ‡ĂƒO DO PROCESSO LICITATĂ“RIO – TOMADA DE PREÇOS 003/2013. Expirado o prazo recursal e com base nas razĂľes invocadas pelos membros da comissĂŁo permanente de licitação, que recomenda a adjudicação do objeto da licitação supramencionada para a firma vencedora CONSTRUTORA C.A.S. LTDA , no valor de R$ 28.860,00 (vinte e oito mil oitocentos e sessenta reais) HOMOLOGO o procedimento licitatĂłrio TOMADA DE PREÇOS 003/2013, ADJUDICANDO-O ao licitante supra mencionado, para que produza seus jurĂ­dicos e legais efeitos. Guapirama, em 06 janeiro de 2014 PEDRO DE OLIVEIRA PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARĂ ERRATA É a presente errata para correção de erro da redação do decreto nÂş 1454, datado de 19 de Dezembro de 2013 e publicado na data de 20 de Dezembro de 2013. ONDE SE LĂŠ : 3391.13.00.00.00 – Obrigaçþes Patronais FICA CORRIGIDO E LĂŠ SE: 3191.13.00.00.00 – Obrigaçþes Patronais CambarĂĄ -PR, 06 de Janeiro de 2014. JOĂƒO MATTAR OLIVATO Prefeito Municipal

EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIĂ RIA ConcessĂŁo de DiĂĄria: 008/2013 - Processo Administrativo: 012/2013 BeneficiĂĄrio: Jusandro Bubna Cargo: Presidente NĂşmero de DiĂĄrias: 01 SaĂ­da: 04/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: Curitiba - PR Atividade desenvolvida: Visita ao Gabinete do Deputado Estadual Luiz Claudio Romanelli para entrega de Requerimento solicitando recursos para a implantação de uma ‘Estação de exercĂ­cios fĂ­sicos ao ar livre’, bem como a implantação de uma ‘Quadra poliesportiva, com grama sintĂŠtica’ no municĂ­pio de Guapirama – PR. Valor: R$ 200,00 (duzentos reais).

EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIĂ RIA ConcessĂŁo de DiĂĄria: 009/2013 - Processo Administrativo: 013/2013 BeneficiĂĄrio: Denis Frank Rodrigues Cargo: Vereador NĂşmero de DiĂĄrias: 01 SaĂ­da: 04/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: Curitiba - PR Atividade desenvolvida: Visita ao Gabinete do Deputado Estadual Luiz Claudio Romanelli para entrega de Requerimento solicitando recursos para a implantação de uma ‘Estação de exercĂ­cios fĂ­sicos ao ar livre’, bem como a implantação de uma ‘Quadra poliesportiva, com grama sintĂŠtica’ no municĂ­pio de Guapirama – PR. Valor: R$ 200,00 (duzentos reais). EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIĂ RIA ConcessĂŁo de DiĂĄria: 010/2013 - Processo Administrativo: 014/2013 BeneficiĂĄrio: Vanderlei Aparecido Eziquiel de Souza Cargo: Vereador NĂşmero de DiĂĄrias: 01 SaĂ­da: 04/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: Curitiba - PR Atividade desenvolvida: Visita ao Gabinete do Deputado Estadual Luiz Claudio Romanelli para entrega de Requerimento solicitando recursos para a implantação de uma ‘Estação de exercĂ­cios fĂ­sicos ao ar livre’, bem como a implantação de uma ‘Quadra poliesportiva, com grama sintĂŠtica’ no municĂ­pio de Guapirama – PR. Valor: R$ 200,00 (duzentos reais).

EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIĂ RIA ConcessĂŁo de DiĂĄria: 011/2013 - Processo Administrativo: 015/2013 BeneficiĂĄrio: EdĂŠsio Antonio de Oliveira Cargo: Vereador NĂşmero de DiĂĄrias: 01 SaĂ­da: 04/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: Curitiba - PR Atividade desenvolvida: Visita ao Gabinete do Deputado Estadual Luiz Claudio Romanelli para entrega de Requerimento solicitando recursos para a implantação de uma ‘Estação de exercĂ­cios fĂ­sicos ao ar livre’, bem como a implantação de uma ‘Quadra poliesportiva, com grama sintĂŠtica’ no municĂ­pio de Guapirama – PR. Valor: R$ 200,00 (duzentos reais).

EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIĂ RIA ConcessĂŁo de DiĂĄria: 012/2013 - Processo Administrativo: 016/2013 BeneficiĂĄrio: Tomaz Bubna Junior Cargo: Vereador NĂşmero de DiĂĄrias: 01 SaĂ­da: 04/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: Curitiba - PR

Atividade desenvolvida: Visita ao Gabinete do Deputado Estadual Luiz Claudio Romanelli para entrega de Requerimento solicitando recursos para a implantação de uma ‘Estação de exercĂ­cios fĂ­sicos ao ar livre’, bem como a implantação de uma ‘Quadra poliesportiva, com grama sintĂŠtica’ no municĂ­pio de Guapirama – PR. Valor: R$ 200,00 (duzentos reais).

EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIĂ RIA ConcessĂŁo de DiĂĄria: 013/2013 - Processo Administrativo: 017/2013 BeneficiĂĄrio: Pedro Scatambuli Cargo: Vereador NĂşmero de DiĂĄrias: 01 SaĂ­da: 04/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: Curitiba - PR Atividade desenvolvida: Visita ao Gabinete do Deputado Estadual Luiz Claudio Romanelli para entrega de Requerimento solicitando recursos para a implantação de uma ‘Estação de exercĂ­cios fĂ­sicos ao ar livre’, bem como a implantação de uma ‘Quadra poliesportiva, com grama sintĂŠtica’ no municĂ­pio de Guapirama – PR. Valor: R$ 200,00 (duzentos reais).

EXTRATO DE PAGAMENTO DE DIà RIA Concessão de Diåria: 014/2013 - Processo Administrativo: 018/2013 Beneficiårio: Jusandro Bubna Cargo: Presidente Número de Diårias: ½ (meia) Saída: 05/12/2013 Retorno: 05/12/2013 Destino: CornÊlio Procópio - PR Atividade desenvolvida: Representação da Câmara Municipal na reunião sobre o Pacto das Antenas, promovido pela ACAMPAR. Valor: R$ 75,00 (setenta e cinco reais).

Guapirama, 31 de dezembro de 2013.

JUSANDRO BUBNA Presidente da Câmara



SERVIÇO AUTĂ”NOMO MUNICIPAL DE Ă GUA E ESGOTO ABATIĂ - PARANĂ RESOLUĂ‡ĂƒO NÂş 01/2014 O Diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto - SAMAE de AbatiĂĄ - ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas: RESOLVE: Art. 1Âş - Estabelecer os valores das diĂĄrias para o exercĂ­cio de 2014 aos servidores e diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto – SAMAE de AbatiĂĄ – Estado do ParanĂĄ. Art. 2Âş - Reajustar os valores das diĂĄrias, conforme a tabela abaixo com VXDVFODVVLÂżFDo}HVHYDORUHVÂżFDQGR assim constituĂ­das: IPara deslocamentos que exigir diĂĄria alimentação R$85,00(Oitenta e cinco reais). IIPara deslocamentos a cidade com atĂŠ 300 mil habitantes R$255,00(Duzentos e cinquenta e cinco reais). IIIPara deslocamentos a cidade acima de 300 mil habitantes R$340,00(Trezentos e quarenta reais). § 1Âş - As demais regulamentaçþes, seguem a Lei nÂş 200/2005. Art. 3Âş - A presente resolução entrarĂĄ em vigor a partir de 02/01/2014, revogando as disposiçþes em contrĂĄrio. Gabinete do Diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto de AbatiĂĄ – Estado do ParanĂĄ, aos 03 de janeiro de 2014. Dilson Evangelista do Nascimento/ Diretor do Samae SERVIÇO AUTĂ”NOMO MUNICIPAL DE Ă GUA E ESGOTO ABATIà – PARANĂ PORTARIA NÂş 02/2014 O Diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto SAMAE de AbatiĂĄ - ParanĂĄ, no uso das atribuiçþes que lhe sĂŁo conferidas: RESOLVE: I - NOMEAR, os servidores Marcos Muniz Batista, RG nÂş 7.309.234-5, Marcos Leandro de Oliveira, RG nÂş 7.090.620-1 e Claudinei Aparecido Machado, RG nÂş 5.435.289-1, para comporem a comissĂŁo de licitação da Autarquia no perĂ­odo de Janeiro/2014 Ă Dezembro/2014, sendo a comissĂŁo presidida pelo servidor Marcos Muniz Batista. II - Fica como substitutos os servidores: Aristeu Pereira Pedroso Jr, RG nÂş 4.057.429-8 e Paulo Pedrozo, RG nÂş 2.119.831. III – Revogam-se as disposiçþes em contrĂĄrio. IV Publique-se. Gabinete do Diretor do Serviço AutĂ´nomo Municipal de Ă gua e Esgoto de AbatiĂĄ – Estado do ParanĂĄ, aos 03 de janeiro de 2014. Dilson Evangelista do Nascimento/Diretor do Samae


A-8 Especial

Terça-feira 07 de janeiro de 2014

TRIBUNA DO VALE

Paraná terá R$ 58 mi para aquisição de alimentos da agricultura familiar

EDUCAÇÃOSomente em 2013, foram adquiridos no total 26.952 toneladas de alimentos para as 2,5 mil escolas, incluindo as escolas de educação especial, entre elas as Apaes AEN

Os agricultores familiares poderão vender mais alimentos para as escolas da rede estadual. Em 2014, o Governo do Estado ampliou para R$ 58 milhões os recursos para a compra de alimentos para a merenda escolar de 1,5 milhão de alunos. Em 2010 foram destinados R$ 3 milhões, em 2013 saltou para R$ 32 milhões e neste ano R$ 58 milhões. “O Paraná deu um grande salto na qualidade da alimentação escolar e virou referência no país. Hoje quase metade dos alimentos que chegam para nossos alunos vem da agricultura familiar. Isso é muito além do que exige a lei”, ressaltou o governador Beto Richa. O vice-governador e secretário estadual da Educação, Flávio Arns, ressaltou que o Paraná é o único estado do Brasil que cumpre a meta de comprar 30% da alimentação escolar da agricultura familiar. “O Paraná deu um salto quantitativo impressionante na compra de alimentos sem

Divulgação

agrotóxicos. Em 2011, eram adquiridos nove toneladas de alimentos orgânicos. Hoje, são mais de 2.500 toneladas de alimentos da agricultura orgânica em nosso estado. Isso significa que nossos alunos estão se alimentando mais e melhor”, disse. MERENDEIRA Beatriz Martins de Oliveira, do Colégio Estadual Arnaldo Busatto, de Foz do Iguaçu, trabalha como merendeira há quase três anos. “Quando comecei a trabalhar grande parte dos alimentos era enlatado. Agora recebemos alimentos frescos, como frutas, verduras e pães e os alunos adoram a comida. É uma empolgação a hora do lanche”. Toda a semana, as escolas recebem dos agricultores familiares frutas, sucos, hortaliças, leite, panificados, produtos de origem animal e os minimamente processados, como mel, doces, geleias, arroz, feijão, canjica, fubá, macarrão e molho de tomate. Somente em 2013, foram adquiridos no total 26.952 toneladas de alimentos para as 2,5 mil escolas, incluindo as

Hoje, são mais de 2.500 toneladas de alimentos da agricultura orgânica distribuídas no Estado

escolas de educação especial, entre elas as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes). Desse volume,

BALANÇO

11.779 toneladas são alimentos da agricultura familiar, sendo 2.219 toneladas de orgânicos. “Esse crescimento nos in-

vestimentos significa uma garantia da qualidade na alimentação dos estudantes e também uma melhoria significativa da

renda entre os agricultores”, disse a diretora de Infraestrutura e Logística da Secretaria da Educação, Márcia Stolarski.

SANEAMENTO

Copel bate recorde de Dicas podem ajudar investimentos em melhorias donos de imóveis com piscina a gastar menos água Da Assessoria

A Copel fez investimentos de R$ 5,3 bilhões de 2011 a 2013, um recorde na história da companhia. Foram obras de novas usinas de geração, linhas de transmissão, subestações, fibra óptica e melhorias na rede de distribuição de energia elétrica em todas as regiões do Paraná, onde a Copel atende mais de 10 milhões de pessoas. A principal obra foi a Usina de Mauá, inaugurada em dezembro de 2012, com investimento de R$ 1,7 bilhão, em parceria com a Eletrosul. Construída entre Telêmaco Borba e Ortigueira, no rio Tibagi, a usina tem capacidade de 363 megawatts, energia suficiente para atender 1 milhão de pessoas. Na área de geração de energia, também foi inaugurada a Pequena Central Cavernoso 2, com investimento de R$ 120 milhões. Ela fica no rio C avernos o, entre Virmond e Candói, e tem capacidade de 19 megawatts. A Copel iniciou, com a Neoenergia, a construção da usina Baixo Iguaçu, entre Capanema e Capitão Leônidas Marques, no rio Iguaçu. O investimento será de R$

1,5 bilhão, com 30% de participação da Copel. Na área de transmissão de energia, foram construídas linhas importantes, como a ligação entre as subestações Foz do Iguaçu e Cascavel, concluída em 2011. O empreendimento, com 116km de extensão, teve investimento de R$ 100 milhões. Outras novas linhas importantes são Umuarama/ Cascavel Oeste; Umuarama/ Guaíra; Curitiba Oeste; Londrina/Figueira. DISTRIBUIÇÃO – desde 2011, a Copel investiu de forma consistente no setor de distribuição, que fornece energia aos paranaenses. Foram construídas novas subestações em várias cidades, como Curitiba, São José dos Pinhais, Arapongas, Foz do Iguaçu, Tunas do Paraná, Guaratuba, Mandirituba, Prudentópolis, Maringá, Londrina, Ibaiti, Barbosa Ferraz, Marialva, União da Vitória, Paulo Frontin, Arapoti, Toledo, Chopinzinho e Santa Helena. Também foram ampliadas as subestações Olímpico, em Cascavel, e Mercês, em Curitiba. O setor de distribuição concluiu ainda novas linhas de alta tensão, como

Visão óptica e relojoaria. As melhores marcas, atendimento de qualidade e profissionais de primeira!

(43) 3534-6233 Santo Antônio da Platina-PR

Bom 20%

a linha entre as subestações de Altônia e Guaíra. O litoral do Paraná recebeu um investimento recorde de R$ 55 milhões. O maior investimento, de R$ 26 milhões, foi na instalação de 22km de cabos de energia subaquáticos na região de Guaraqueçaba para atender às ilhas da região. Entre as obras também estão a modernização das subestações de Antonina e de Morretes, além de melhorias da rede elétrica em Paranaguá, Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná. A Copel melhorou ainda o atendimento aos clientes, instalando 256 novas agências e postos de serviço em 2011, garantindo assim postos em todas as cidades do Paraná em que atua. Nos últimos anos, a companhia conquistou prêmios imp or t antes, como o de melhor prestadora de serviços de energia elétrica da América L atina (Prêmio Cier 2012). No mesmo ano, ficou em primeiro no Prêmio Abradee, da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica. A companhia também foi escolhida a melhor empresa do setor elétrico pela Revista IstoÉ Dinheiro.

ESTADO

Fernanda Richa faz balanço de 2013

Sanepar

f

PÁG. A4

S.A.P

Rapaz balead permanece em estado grave

A água das piscinas pode ser reutilizada na lavagem de carros Da Assessoria

Temperaturas elevadas provocam aumento no consumo de água e muitas vezes fazem com que as pessoas tenham atitudes que levam ao desperdício. Junto com banhos mais demorados, irrigação de jardins e lavagens de calçadas, o aumento do uso de piscinas particulares, principalmente as de plástico, podem contribuir para o desabastecimento em regiões de forte calor, como o Norte do Estado e Litoral. Além de afetar o abastecimento, a conta de água também pode surpreender os proprietários destes imóveis. No caso das residências com piscina, a Sanepar alerta os moradores sobre a importância das manutenções constantes para manter a qualidade da água e orienta para que a complementação do nível da piscina seja realizada fora dos horários de pico. “O ideal é que as piscinas sejam enchidas antes das 10 horas da manhã ou à noite, depois das 22 horas, fora dos horários de consumo elevado”, explica o gerente da

Sanepar no Litoral, Romilson Gonçalves. Ele destaca que a água de uma piscina de 5 mil litros seria o suficiente para abastecer uma família de até quatro pessoas por 15 dias. “Se um proprietário de um imóvel que tenha uma dessas piscinas esvaziá-la todos os dias, é óbvio que o abastecimento poderá ser prejudicado para outras famílias vizinhas. Economizar água nessas situações é muito mais do que agir de maneira sustentável, é ser solidário com outros moradores que não têm as mesmas atitudes”, reforça Romilson. DICAS DE ECONOMIA - De acordo com o químico industrial e gerente da Sanepar, Agenor Zarpelon, no caso das piscinas plásticas há duas dicas essenciais para quem quiser contribuir e evitar desperdícios. Uma delas é cobrir a piscina quando ela não estiver sendo utilizada. “Além de evitar que sujeiras caiam na água, também evita-se que a incidência da luz solar provoque a eutrofisação, processo que provoca a proliferação de algas na água e também a aparição

de outras bactérias”, explica. Cobrir a piscina também evita que ela se transforme em foco do mosquito transmissor da dengue (Aedes aegypti). A outra dica é não descartar todos os dias a água destas piscinas, evitando o gasto excessivo com a reposição da água. Para manter a qualidade desses reservatórios, o morador pode adicionar uma colher (das de sopa) de água sanitária comum para cada metro cúbico de água, o equivalente a mil litros. O processo pode ser repetido uma vez a cada quatro dias, mantendo a água numa condição adequada por até 20 dias, se não for suja com terra ou areia, o que pode obrigar o morador a fazer a troca. É importante que os moradores também reutilizem a água. “Os moradores devem adotar a prática do reuso. Quando houver necessidade de descarte, o ideal é que a água dessas piscinas seja armazenada em baldes e bacias para depois ser reutilizada na lavagem de carros e calçadas, em vez de gastar novamente água tratada para essas atividades”, recomenda Zarpelon.

f

PÁG. A5

Pdf2543  

TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2543

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you