Page 1

cmyb

Terça-feira 190 110

09 DE JULHO DE 2013

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

ANO XVII - N0 2427- R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

MÁ GESTÃO?

Cai em 28% número de associados da Acesap

Atualmente, apenas 287 comerciantes fazem parte da Associação Comercial e Empresarial de Santo Antônio da Platina (Acesap). Segundo informações não confirmadas pela diretora de Agronegócio da entidade, Andreia Vaz, o número de associados na gestão anterior era 400. A dire-

tora admite, apenas, que houve uma queda. Se os números realmente forem estes, a associação já perdeu 28% dos filiados. “Não é possível saber se realmente havia 400 associados porque faltam muitos documentos relativos à gestão anterior”, explicou. A falta de informações foi o que motivou

CHUVA

Milho safrinha tem quebra de 15% na produtividade

Antônio de Picolli

Chuvas afetaram principalmente qualidade do milho

o atual presidente Santiago Garcia Neto a pagar R$ 5 mil por uma auditoria realizada pelo contador Mário Henrique Negrisoli, que constatou diversas irregularidades ocorridas na gestão do empresário Silvio Pacheco Medeiros, que presidiu a entidade entre 2009 a 2011.  PÁG. A4

POLÍCIA

Violência marca final de semana na região Final de semana foi violento na região. Somente em Santo Antônio da Platina houve duas tentativas de homicídio: a primeira ocorreu na sexta-feira, com um garoto de 15 anos, que depois de espancado quase até a morte, teve pés e mãos amarrados e em seguida, foi jogado dentro do Ribeirão Boi Pintado. O adolescente foi retirado da água duas

horas depois por dois bombeiros, que o levaram ao hospital. Ao descobrirem que o garoto ainda estava vivo, os criminosos tentaram invadir a casa de saúde para matá-lo. Ainda na sexta-feira, no Aparecidinho 2, um homem de 24 anos levou quatro facadas, e em Ribeirão Claro, durante a Fescafé, um rapaz foi esfaqueado no rosto.  PÁG. A5

RIBEIRÃO CLARO

Traficante preso com crack e cocaína

Antônio de Picolli

Movimentação suspeita na casa de Ivan vinha sendo monitorada pela polícia

Ivan Antônio Candido Diniz, 31, foi preso em flagrante na noite de sábado com 370 gramas de cocaína e 15 gramas de crack, além de dinheiro. Com ele, também foram detidos sua companheira e um primo. Eles estavam sendo monitorados após denúncias sobre venda de drogas na rua Osvaldo Amaral de Oliveira, na área central de Ribeirão Claro.  PÁG. A5

PROTESTO

Começa operação tapa buracos no Monte Real O milho safrinha foi a lavoura mais prejudicada na região pelo excesso de chuvas do mês passado, quando se iniciava a colheita. Segundo o economista do Departamento de Economia Rural (Deral), José Antonio Gervásio, a quebra pode ser de 15% na produtividade. Com uma área de 77 mil hectares, a produção prevista para a região era 411 mil toneladas, mas o número deve cair para 358 mil toneladas.  PÁG. A8

Milagre? Um caso apontado como milagre em Joaquim Távora chamou a atenção na tarde de ontem. Uma criança com problemas pulmonares, dada como morta pela equipe logo após o parto apresentou sinais vitais quando funcionários da funerária chegaram para buscar o corpo. Segundo informações, o garoto estava em um cesto na capela do Hospital Lincoln Graça, e teria mexido uma das perninhas. A criança foi levada para incubadora e encaminhada para a UTI em Londrina, onde permanece estável. Mais detalhes na edição de amanhã.

Após um protesto dos moradores do distrito Monte Real em Santo Antônio da Platina, na semana passada, a prefeitura iniciou ontem, a operação tapa buracos nas ruas do bairro. A estrada de acesso à comunidade vai receber verbas do governo do Estado para recuperação da pavimentação de dois quilômetros da via. A informação é do deputado Pedro Lupion (DEM).  PÁG. A4

EDITAL NA PÁGINA: A6

C. MAIRINCK Cidade vai sediar Semana Missionária 

PÁG. A8

GALINHA PINTADINHA

Mães dizem que show infantil foi enganação

Um grupo de mães que levou seus filhos para assistirem ao show da Galinha Pintadinha no domingo, em Santo Antônio da Platina, está revoltado. Elas dizem que a apresentação não tem nenhuma relação com o trabalho original do personagem, além da imitação ser mal feita e custar caro. Elas prometem procurar hoje a polícia para denunciar. Para piorar a situação, a produção do espetáculo pode ter usado indevidamente o nome do grupo Magazine Luíza.  PÁG. A4

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Todas as atenções se voltam agora para os critérios que a Assembleia Legislativa utilizará para fazer a indicação. Se técnico, como recomenda a importante função, ou político, como tem sido nos últimos tempos.” Lucélia Lecheta

Terça-feira, 09 de julho de 2013

O brasileiro é conhecido por ser conformado por natureza. O que houve, então, para sairmos em manifesto pelas ruas nos últimos dias? O aumento da tarifa? Acho uma justificativa pouco prováve”

A RTIGO

E DITORIAL

Ademar Batista Pereira *

Preços administrados

As tarifas de transporte coletivo, energia, água e saneamento estão entre os chamados “preços administrados”, aqueles que dependem de autorização governamental para serem fixados e reajustados. Nessa situação estão os bens e serviços fornecidos diretamente pelo governo por meio de empresas estatais (a exemplo da energia, da água e da gasolina) e os fornecidos por empresas privadas mediante concessão pública (a exemplo do transporte coletivo e da coleta de lixo). Em todos esses casos, e uma série de outros, tanto o estabelecimento do preço inicial quanto o reajuste anual dependem de autorização da prefeitura, do governo estadual ou do governo federal. Em grande parte, tais bens e serviços são fornecidos à população por meio de monopólios estatais ou monopólios naturais operados pelo setor privado, razão por que seus preços não podem ser livres, pois não há competição capaz de impedir abusos. Portanto, nesses casos, preço é responsabilidade do poder público. Entretanto, o preço ou a tarifa de determinado bem ou serviço fornecido por uma das formas referidas acima não resulta de uma decisão política aleatória, mas sim de cálculo econômico que leve em consideração os investimentos iniciais, os custos de operação, os investimentos de reposição e o lucro necessário para remunerar o capital e financiar o crescimento e a modernização da empresa ofertante. Se a tarifa de transporte coletivo – ônibus ou metrô – for fixada de maneira correta no início da operação, a cada ano em que os combustíveis e os salários dos empregados da companhia forem reajustados, o equilíbrio econômico-financeiro da empresa somente será mantido se as tarifas forem reajustadas na medida necessária para cobrir os novos custos. O valor da tarifa não deriva apenas dos custos de operação e da remuneração dos investimentos, mas depende também da eficiência do sistema de circulação e de boa gestão operacional do serviço. Um sistema mal-estruturado e uma gestão perdulária devem ser combatidos sempre – para isso, é preciso que o poder público tenha competência para resolver os problemas de circulação (em geral de responsabilidade dos municípios e dos estados) e capacidade de controle e fiscalização das operadoras dos serviços. HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

O poder público deveria ainda adotar a transparência total em relação ao funcionamento dos serviços e à planilha de custos, a fim de que os usuários diretos e a população em geral pudessem acompanhar e entender as razões do valor das tarifas e de seus reajustes. Esse é um dos motivos que deixam a população revoltada, pois, em geral, as tarifas e seus reajustes são fixados pelo poder público em negociações com as operadoras dos serviços sem a participação dos usuários. Dado o baixo grau de confiança na ética dos políticos, a falta de transparência é um estopim para a descrença e o protesto. Os vários reajustes feitos nas tarifas de transporte coletivo Brasil afora e depois revogados diante da pressão das ruas (em São Paulo, aumentos no pedágio também foram descartados) ou eram corretos e tecnicamente necessários, ou resultavam de conchavos entre governo e empresas para explorar os usuários. Se os reajustes eram corretos e se destinavam a absorver elevações salariais e aumentos de custos de operação, as revogações vão impor prejuízos às operadoras. Nesse caso, várias questões ficarão no ar. Quem pagará os prejuízos? Como ficarão as tarifas no futuro diante dos aumentos salariais nas novas datas-base? Que confiança um futuro investidor terá em governos que descumprem contratos? O Brasil tem um histórico de problemas causados à própria população quando prefeitos, governadores e União, por populismo eleitoral ou para frear a inflação, não autorizam reajustes de preços e tarifas. O exemplo mais recente foi a recusa da presidente Dilma em concordar com o reajuste dos preços dos derivados de combustíveis, quando deveria fazê-lo. A agonia financeira que a Petrobras vive até hoje e a perda de valor da companhia são efeitos deletérios que levarão muitos anos para ser corrigidos. As vozes mais responsáveis devem alertar os manifestantes e a população em geral que os protestos não podem ser usados para promover a destruição financeira das operadoras dos serviços, pois isso não é do interesse de ninguém. Dos governantes, deve ser exigida transparência das contas e das informações requeridas para a compreensão do problema e das medidas que se fizerem necessárias.

C HARGE

chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

08 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGÓCIO

Ademar Batista Pereira

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

Por que protestamos?

O brasileiro é conhecido por ser conformado por natureza. O que houve, então, para sairmos em manifesto pelas ruas nos últimos dias? O aumento da tarifa? Acho uma justificativa pouco provável. Da última vez que tivemos um movimento dessas proporções foi pelo fim da ditadura e depois com os caras pintadas em nome do impeachment do presidente Collor. Naquele tempo, muitas lideranças e até a própria imprensa chamavam o povo para a grande movimentação. Agora, após conquistarmos muitos direitos, podemos falar e escrever o que quisermos. Por parte do governo e do modelo democrático de gestão vimos a criação de diversas bolsas-auxílio, aumento do crédito para compras, os impostos parecem ter diminuído para aumentar as vendas e o consumo. Mas, então, por que protestamos? Tenho um palpite: as pessoas estão se dando conta que o modelo de gestão pública do nosso país está falido. Neste modelo de democrático que vivemos, pagamos impostos nos municípios e o dinheiro vai todo para Brasília para o governo central definir o que é melhor para o Brasil. Este mesmo modelo permite que cada governante eleito - seja presidente, governador ou prefeito - não poupe recursos para cargos de confiança, mordomias, etc. Neste caso, a conta não fecha e aí faltam recursos para a saúde, educação e segurança. Esse modelo de democracia faz dos políticos eleitos donos de seus mandatos. Ao povo que os elegeu não sobram grandes recursos para tirá-los do poder. Podemos comparar a administração dos 5 mil municípios brasileiros a administração de um condomínio e, logo veremos que os números não fazem muito sentido. Com um prefeito e 9 vereadores que recebem salários incompatíveis com a média de salário da sua cidade e que colocam em seus gabinetes amigos e parentes, faltam recursos para manter o básico. Sobra burocracia e incompetência e falta o mínimo de cuidado com o dinheiro público. Trata-se de um modelo de gestão pública que penaliza o empresário, que não oferece um mínimo de qualidade em qualquer serviço, especialmente nos mais essenciais, como saúde, educação e segurança. Sim, precisamos mudar o modelo, mas por onde começar? Devemos começar por: A) alterar a lei de organização de partidos, para que o partido seja organizado nas bases. Que não exista mais a executiva provisória nos partidos, que todas sejam executivas eleitas e com mandato, das municipais a nacional, alterando a ordem de formação: as municipais elegem a estadual, as estaduais elegem a nacional. B) fazer uma reforma fiscal, em que a maioria dos recursos arrecadados fiquem nos municípios, redistribuindo as funções. C) reforma política com voto distrital, não permitindo mais de duas eleições para o mesmo cargo no legislativo. D) limitar o número de vereadores e cargos de confiança nas diversas esferas do governo, especialmente nos pequenos municípios. *Ademar Batista Pereira ‒ Diretor da Escola Atuação, presidente da FEPEsul (Federação dos Estabelecimentos Particulares de Ensino da Região Sul) e articulista do site www.esominhaopiniao.com.br.

PREVISÃO PARA HOJE

190 110

A RTIGO Lucélia Lecheta *

Por novos critérios na escolha de conselheiro do Tribunal de Contas

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Joaquim Severino *

Urubu na rota da Dilma Azar dos grandes mesmo é quando o urubu de cima faz caca na cabeça do urubu de baixo. Isso é muito difícil de acontecer, mas está acontecendo com a Dilma do topete caído. Parece urucubaca. A realidade é que a cada movimento seu, nestes últimos tempos, resulta em gol contra. Não bastasse a crise terrena que está fazendo com que a aceitação da presidenta situe-se próximo ao nível da traseira de sapo, rés ao chão, há também, agora, o fantasma da crise aérea. Quando se deu a conhecer que a presidenta costuma dar ordens para que o Aerolula desloque-se sem turbulência, abriu-se a caixa de pandora. Como se sabe o Aerolula é o

Por que protestamos?

avião do governo brasileiro no qual Dilma faz suas viagens, nacionais e internacionais. A Dilma que achava que podia tudo passou a exigir turbulência zero nos seus voos. Pobre do comandante e sua tripulação se o avião chacoalhasse, com ou sem “cumulus ninbus”. Como a Dilma achava que podia tudo, os presidentes do Senado e da Câmara Federal passaram a achar que p o diam quas e tudo, inclusive requisitar e viajar em aviões da Força Aérea Brasileira e transportar seus familiares e quase familiares, como é o caso de noivas, para o que bem entendessem, desde casamentos até partidas de futebol, desde o longínquo Rio Grande do

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

Norte até o Maracanã. E o que é pior, isso ocorria enquanto nas ruas a população bradava contra a corrupção e todo tipo de outros desvios. Que tristeza. Restou a Dilma o consolo predileto do Lula ao afirmar que “se os outros fazem, não somos diferentes”. Ainda sobre o tema aviação e se não bastasse, o presidente boliviano Evo Morales, coleguinha bolivariano da Dilma, ficou retido em Viena sob suspeita de estar dando carona a fugitivo americano. De novo, tema para sai justa da presidenta. Por último e não menos embaraçoso para Dilma está o tema do retorno do Paraguai ao Mercosul, que não aceita a Venezuela como membro e muito me-

nos como presidente rotativo do bloco. Vai ser um parto de ouriço eriçado. E como se diz que para quem está no inferno não custa dar um coice no diabo, o ex-bispo Lugo, presidente paraguaio deposto pelo congresso e que deu origem a todo esse “imbróglio” do Mercosul, acaba de ser eleito senador e, também, alvo de manifestação das secretárias do congresso por temerem assédio sexual do ex-bispo que fazia da sacristia o seu “mocó”. * Joaquim Severino ‒ Diretor Presidente da empresa Agrária Engenharia e Consultoria S/A e Professor de Política Agrícola da Universidade Federal do Paraná (19732010) escreve nesta coluna desde 1992.

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Encerrado o prazo para inscrição à vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná, grande número de candidatos está submetendo seus nomes à avaliação da Assembleia Legislativa do Paraná, responsável pela escolha. Entre eles, há contadores, advogados, deputados, professores, administradores e outros. Todas as atenções se voltam agora para os critérios que a Assembleia Legislativa utilizará para fazer a indicação. Se técnico, como recomenda a importante função, ou político, como tem sido nos últimos tempos. Assim como nos tribunais de justiça a exigência básica para um juiz, desembargador ou simples assessor é a formação em Direito, conselheiros dos tribunais de contas de todo o país deveriam, como pré-requisito, ser graduados em Ciências Contábeis, o único curso que prepara pessoas para entender de informações financeiras e patrimoniais, capacitando-as a avaliar com competência a contabilidade dos órgãos públicos, como manda a Lei de Responsabilidade Fiscal e as recentes Normas Brasileiras de Contabilidade Pública. Mais: como se trata de função eminentemente técnica, a seleção deveria ser por concurso público. É verdade que esse sistema de escolha está definido na Constituição e haveremos de incluir a pauta na reforma da Carta, mas os deputados paranaenses já podem antecipar o desejo da sociedade, começando a sepultar a prática abominável da indicação por corporativismo e outras razões escusas, fazendo a coisa certa. O momento é de mudanças. O fim das indicações políticas nos tribunais de contas é uma das bandeiras que os movimentos sociais de rua não podem deixar de abraçar. A medida pode ajudar a reduzir as tantas formas de corrupção que minam os cofres oficiais. Queremos efetiva e ampla transparência nas contas públicas! * Lucélia Lecheta é presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 09 de julho de 2013

A partir desta lei estamos criando metas para que no Brasil se estabeleça uma cultura de boas práticas na iniciativa privada” João Arruda

A RTIGO Lucélia Lecheta *

Exegeta, Apócrifo, Berith Há cerca de dez anos, iniciei uma "cruzada" em busca do pensamento não católico, procurando entender a fé alheia. Até que tive uma grande evolução e um bom diálogo com os que não são católicos. Porém, nos últimos anos, tornei-me impaciente e ranzinza contra a arrogância de muita gente ignorante que se denomina pastor. Quando querem pregar para mim, de cara pergunto qual era a nota de português na Escola, não converso com quem tirava menos que 9,0 (de 10,0), não suporto mais gente metida a "expert" e que não entende uma oração simples; depois recito algum trecho do Novo Testamento no original, em grego, e pergunto qual a tradução em português, se acertar, eu o escuto, sempre temos algo a aprender com quem realmente sabe. E quem mais sabe que o próprio Papa? Neste mês de julho teremos mais uma oportunidade fantástica para receber e conhecer melhor o Papa Francisco. Em su a f u nç ão de p astor, o Pap a t amb ém orienta e explica a Palavra de Deus presente na Bíblia. Em uma palavra própria, ele faz a exegese da Palavra, e por isso é o exegeta. Exegese é uma palavra grega, exégesis, que significa explicação. Em "teologuês", é a arte de entender o sentido de algum texto, em especial da Bíblia. Para fazer isso, o exegeta precisa estudar línguas, história, filosofia, arqueologia, etc. Para a interpretação da Bíblia para além dos seus textos isolados, usamos outra palavra grega, Hermenêutica (hermeneuen). E para o entendimento de alguns conceitos bíblicos são necessários algumas palavras próprias como as expostas antes. Seguem alguns desses conceitos. A própria palavra Bíblia é uma palavra que significa coleção de livros. Daí usarmos o termo Apócrifo que é uma palavra grega, apókryphos, que quer dizer oculto, e é aplicado ao livro que não lido em público, por algum motivo qualquer. Ou seja, não é um livro Canônico, pois canônico era o livro usado nos cultos públicos. Livro canônico é considerado Palavra de Deus inspirada. Cânon, do grego kanón, caniço, que significa medida, em sentido figurado, regra ou norma de vida. Cânon significa também catálogo, donde cânon bíblico. Outros termos associados é o Protocanônico que designa o livro que sempre pertenceu ao cânone ou catálogo e o Deuterocanônico, não aceito inicialmente, mas depois entrou definitivamente no cânone sagrado. Também do grego, próton significa primeiro e déuteron, segundo. E quanto à autoria, usa-se o termo amanuense, que é aplicado a uma pessoa que escreve o que é ditado por outra, sem colocar algo de próprio. É o datilógrafo daqueles tempos. A Bíblia é dividida em dois Testamentos, o Antigo e o Novo. Isso se deve aos judeus usarem a palavra Berith, que significa aliança, para expressar sua relação com Deus, designam os livros da Aliança. Já nos séculos III e II a. C., quando se traduziu a Bíblia hebraica para o grego, em Alexandria, traduziram Berith por diatheke, que significa disposição, pois entendiam que quem faz uma aliança é um igual, mas quem faz uma disposição é o Senhor. Assim os livros sagrados de Israel foram chamados livros da "diatheke" ou da disposição (de Deus em favor dos homens). Ao traduzirem "diatheke" para o latim, os cristãos usaram o vocábulo "testamentum", disposição que se torna válida em caso de morte do testador. A palavra "testamentum" mostrou-se correta já que ficou constatada a disposição de Deus em favor dos homens que se fez válida com a morte de Cristo. Mario Eugenio Saturno (cienciacuriosa.blog. com) é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano.

Richa corta R$ 200 milhões nas despesas ECONOMIA Nos próximos meses, Richa deve anunciar reforma administrativa mais ampla

Assessoria

O governador Beto Richa determinou uma redução de R$ 200 milhões, no mínimo, nas despesas de custeio do Estado nos próximos seis meses. A decisão foi formalizada ontem por decreto. O decreto estabelece um corte de 25% no orçamento de todas as áreas de governo, principalmente para gastos com energia, combustível, telefonia, viagens, material de consumo, limpeza e conservação, vigilância, entre outros serviços de terceiros. Richa destacou que nenhum serviço essencial para a população - como saúde, educação e segurança pública - será afetado pelo corte orçamentário. “Trata-se de uma medida de austeridade que deve ser cumprida por todos, sem que haja descontinuidade nos serviços prestados aos paranaenses”, afirmou. Defensoria - O governador disse ainda que a redução de gastos é uma resposta às dificuldades impostas pela queda das transferências federais ao Paraná. “Estamos readequan-

Richa ressaltou que a estrutura do governo vai se esforçar para atender demandas da sociedade

do o nosso orçamento, pois já deixamos de receber mais de R$ 1 bilhão da União”, lembrou. Richa ressaltou que a estrutura do governo estadual vai fazer este esforço também para atender demandas da sociedade. Com a economia nas despesas de custeio, será possível, por exemplo, nomear os aprovados no concurso da Defensoria Pública. O secretário-chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes, explica que as secretarias e autarquias já estão informadas da necessidade de corte nas despesas. O principal corte será na frota de veículos. Cerca de R$ 174 milhões deixarão de ser gastos na aquisição de novos veículos. Haverá redução no número de carros de representação. Outros R$ 12 milhões serão economizados com o cance-

lamento das horas extras em serviços não essenciais. O decreto determina ainda redução de R$ 8,3 milhões em despesas de viagem (diárias e passagens) e de R$ 6 milhões no gasto com energia elétrica, água e esgoto e telefonia fixa e móvel. Stephanes lembra que o governo firmou uma parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) para fazer um diagnóstico dos gastos de custeio do Estado, apontar problemas e sugerir soluções. “Com esta parceria a expectativa é reorganizar os processos, permitindo uma economia inicial que pode chegar a R$ 81 milhões”, disse o secretário da Casa Civil. Redução de gastos * O governo vai economizar R$ 200 milhões até o final do ano em despesas de custeio. * Serão R$ 6 milhões em

energia elétrica, água e esgoto, e telefonia fixa e móvel. * Mais R$ 8,3 milhões serão suprimidos em despesas com viagens (passagens e diárias). * R$ 174 milhões serão economizados na gestão e aquisição de veículos. Com cortes de carros de representação. * Haverá também uma redução de R$ 12 milhões em horas extras. * Está em andamento parceria com o Movimento Brasil Competitivo, que estima uma economia de R$ 81 milhões. * Nos próximos meses está prevista uma reforma administrativa mais ampla. * Todos esses esforços estão sendo feitos também para atender as demandas da sociedade. Um exemplo é a nomeação de aprovados no concurso da Defensoria Pública o mais breve possível.

PLENÁRIO

Senado aprova Lei Anticorrupção; João Arruda presidiu a Comissão da Câmara Da Assessoria

O plenário do Senado aprovou nesta sexta-feira (4), o PL 6.826/10, também conhecida como Lei Anticorrupção, que estabelece punições para empresas que cometem crimes contra a administração pública, como fraude a licitações ou tentativas de suborno de agentes públicos, entre outros. A proposta chegou a Casa após uma série de audiências públicas promovidas pela Comissão Especial da Câmara Federal, sob a presidência do deputado João Arruda (PMDB-PR). A aprovação da lei foi necessária porque atualmente só há punição para os funcionários e dirigentes das empresas envolvidas em atos de corrupção, mas não para as corporações em si, como pessoas jurídicas. A nova lei vai prever punições como multas, que vão variar de 0,1% a 20% do faturamento bruto anual da empresa. "A partir desta lei estamos criando metas para que no Brasil se estabeleça uma cultura de boas práticas na iniciativa privada”, destacou João Arruda, lembrando que a comissão que presidiu realizou aproximadamente 10 audiências públicas nas principais regiões do país. “Nós falamos muito da corrupção do agente público, do agente político, do servidor público, mas não falamos daquele que

Deputados Arruda e Zarattini (PT-SP), presidente e relator da Comissão Especial

corrompe", disse. Penalidades - A lei, assim que for sancionada pela presidente Dilma Rousseff, vai criar penalidades administrativas e civis para empresas ou empresários que lesam o patrimônio público. "As penas são rigorosas e as multas duras de até 20% do faturamento de cada empresa, no caso de atos de corrupção, para que as pessoas tenham medo”, frisou João Arruda. E completou: “Do jeito que está hoje, vale mais a pena desviar dinheiro público e ter que pagar um bom advogado, ainda tendo lucro, do que fazer a coisa certa, prestar um bom serviço". Além diss o, lembra João Arruda, as empresas

Do jeito que está hoje, vale mais a pena desviar dinheiro público e ter que pagar um bom advogado, ainda tendo lucro, do que fazer a coisa certa, prestar um bom serviço”

corr uptoras poderão ser condenadas judicialmente a f i c are m i mp e d i d a s d e receber qualquer tipo de financiamento, subsídios,

subvençõ es, do açõ es ou empréstimos de órgãos ou empresas públicas – como os bancos, por exemplo. Contexto - O projeto é iniciativa do Poder Executivo, enviado ao Congresso durante o governo do então presidente Lula, e recebeu algumas alterações na Câmar a d o s D e put a d o s . A aprovação corrobora com a agenda adotada pelo Poder Legislativo para atender às demandas das últimas manifestações, entre elas o combate à corrupção. Como a matéria não foi modificada no Senado em relação ao texto da Câmara, ela segue agora para sanção presidencial. (Com informações da Agência Brasil)


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 09 de julho de 2013

Número de associados da Acesap cai 28% com nova diretoria MÁ GESTÃO? Entidade passa por ajustes e contas da gestão anterior não serão aprovadas. Resultado de auditoria também não será revelado Maurício Reale

A diretora de Agronegócio da Associação Comercial e

Empresarial da cidade (Acesap), Andreia Vaz admitiu na tarde de ontem, 8, que houve uma queda no número de associados da instituição depois que a nova diretoria assumiu emmarço de 2012. Atualmente 287 associados fazem parte da entidade, mas o número estimado antes dos novos diretores assumir - em março de 2012 - era de 400. “Não é possível saber se realmente havia 400 associados porque faltam muitos documentos relativos à gestão anterior”, explica, mas ela credita a queda no número de associados à concorrência de outras empresas no mercado que oferecem os mesmos serviços da Acesap, principalmente relativo à taxa de consulta de cadastro de clientes como o Serviço de Proteção ao Consumidor (SPC) aos lojistas. A falta de informações foi

o que motivou o presidente Santiago Garcia Netoa pagar

Não é possível saber se realmente havia 400 associados porque faltam muitos documentos relativos à gestão anterior”

R$ 5 mil por uma auditoria realizada pelo contador Mário Henrique Negrisoli, que constatou diversas irregularidades ocorridas na gestão do empre-

 GALINHA PINTADINHA

sário Silvio Pacheco Medeiros, que presidiu a entidade entre 2009 a 2011. Segundo a diretora, ainda este mês a diretoria vai publicar um comunicado informando que as contas relativas à gestão anterior não serão aprovadas, porém, o resultado da auditoria não será divulgado. “Qualquer associado terá acesso ao documento, mas a diretoria decidiu não divulgar detalhes e também ainda não está decidido se haverá abertura de processo para ressarcir possíveis prejuízos causados pelas irregularidades”, informou. Segundo um integrante da diretoria anterior – que pediu para não ser identificado – a nova diretoria assumiu a entidade com R$ 78 mil em caixa, mas Andreia alega que o extrato revela apenas o valor que estava na conta corren-

te e diz que faltaram outras informações sobre dívidas e operações realizadas durante a gestão de Medeiros. “Não poderíamos aprovar as contas de quatro anos de gestão com base apenas num extrato”, justificou a diretora. De acordo com o diretor, a entidade foi entregue com todas as Certidões Negativas de Débitos (CND) em dia. Além disso, ele diz que atualmente a entidade atrasa alguns pagamentos, coisa que jamais aconteceu na gestão anterior. Andreia alega que a entidade está seguindo orientações do contador que realizou a auditoria e que foi necessário enxugar o quadro de funcionários para reduzir a despesa. Segundo ela, a associação arrecada R$ 16 mil em média e, com os ajustes, a contas começam a fechar com saldo positivo.

Campanhas Alguns integrantes da gestão anterior também criticam as campanhas promocionais realizadas em datas comemorativas. Eles dizem que atualmente a Acesap promove no máximo duas campanhas por ano e alegam que anteriormente eram realizadas pelo menos sete. Já a diretora de Agronegócio da entidade, Andreia Vaz, afirma que são realizadas quatro grandes campanhas por ano, no dia das mães, dia dos pais, dia das crianças e Natal. “Inclusive no Natal sorteamos um carro zero quilômetro. Havia anos que a Acesap não oferecia um prêmio assim”, justifica. O presidente da entidade, Santiago Garcia Neto foi procurado pela reportagem, mas a informação era de que ele estaria em Curitiba e que não poderia ser localizado.

 S.A. PLATINA

Show com personagens infantis Após protesto, prefeitura inicia obras de tapa buraco no Monte Real pode virar caso de polícia Arquivo pessoal

Apresentação da Galinha Pintadinha contou com apenas três personagens Marco Martins e Luiz Bannwart

Uma série de apresentações do personagem infantil Galinha Pintadinha pode terminar na polícia. Um g r up o d e m ã e s qu e compraram ingresso e foram assistir aos shows reclamam que o espetáculo vendido não tem nenhuma re l a ç ã o c om o t r a b a l h o original do personagem. Segundo as mães, as apresentações – que aconteceram no domingo em três sessões – nada mais é do que uma imitação mal feita da marca. As mães prometem pro c u r a r h oj e a p o l í c i a para denunciar. Uma das pessoas que reclama que foi enganada é Elaine Andrade, que alega já ter assistido ao show original da Galinha Pintadinha e por isso resolveu comprar o ingresso e levar seu filho. “Comprei o ingresso acreditando se tratar de um espetáculo bem montado, com todos os personagens da turma. Quando cheguei lá vi três pessoas ve s t i d a s e m roup a s qu e apenas imitavam os personagens”, denuncia. Segundo Elaine, os pais qu e l e v ar am s e us f i l ho s ao Centro de Eventos de Santo Antônio da Platina foram induzidos a pagar por ingressos no valor de R$ 20 para ver um plágio. “Vou exigir meus direitos”, disse. Segundo a mãe, ela

a i n d a t e nt o u c o nv e r s a r com a produção do espetáculo para protestar, mas foi orientada por um dos responsáveis a “procurar os seus direitos”. Parceria Par a compl ic ar ai nd a mais a situação, a produção do espetáculo Galinha Pintadinha pode ter usado indevidamente o nome do grupo Magazine Luíza. Os ingressos para as sessões trazem o nome e o slogan da rede de lojas e anuncia a empresa como se fosse e l a a r e s p o n s áv e l p e l a s apresentações. A gerência da filial do Magazine Luiza em Santo Antônio da Platina justifica que apenas fechou uma p arc e r i a d e publ i c i d a d e com a empresa Camila Maiara Masurek – Organização de Evento e Circo e que não tem nenhuma relação direta com a organização do evento. D e acordo com o gerente Cr ist iano R ib eiro, a empresa que produz o show usou o nome e a marca Magazine Luiza em seus impressos sem sua autorização. O gestor Marcos Rogério da Silva informou que vai encaminhar a denúncia ao departamento jurídico do grupo em Brasília. As apresentações também tiveram o apoio cultural da Prefeitura de Santo Antônio da Platina, através do Departamento Munici-

pal de Cultura. De acordo com a prefeitura, a participação no espetáculo se resumiu apenas à cessão do Centro de Eventos. Outro lado O responsável legal pela e mpre s a C am i l a Mai ar a Masurek – Organização de Evento e Circo, André da Silva Neto disse que tem autorização para explorar a marca em todo o Brasil. Sobre a qualidade do show, Silva Neto disse que a falta de um esp aço ade quado para as apresentações impediu que sua trupe pudesse fazer um show com 12 bailarinos e todo o seu equipamento de luz e som. O representante da empresa também justif icou que tem autorização das lojas Magazine Luiza para usar a marca em seus impressos e publicidade, mas não explicou se a liberação tem o conhecimento da direção do grupo ou apenas da gerência das lojas onde se apresenta. Silva Neto também justificou que teve um prejuízo de mais R$ 8 mil com as apresentações em Santo Antônio da Platina, mas mesmo assim está disposto a ressarcir todas as pessoas que se sentiram lesadas. Segundo ele, basta que os pais que levaram seus filhos à apresentação o procurem pelo telefone 43 9929 1579 para receber o dinheiro pago pelos ingressos.

Obras de recuperação nas ruas do Monte Real devem durar uma semana Aline Damásio

A Secretaria de Obras de Santo Antonio da Platina deu início ontem ao trabalho de recuperação das ruas do distrito do Monte Real. O serviço é resultado de uma reivindicação dos moradores feita através de um protesto que fechou por cinco horas a rodovia PR-092 na semana passada. A operação ‘tapa buraco’ teve início nas principais ruas do distrito, com a limpeza do barro

acumulado nas vias e lavagem da praça. Segundo o diretor do departamento de obras, Marcelo Eleutério, outras melhorias também estão previstas para a comunidade. “Estamos esperando a chegada do material, mas na próxima semana a previsão é de que sejam instaladas galerias para escoamento da água da chuva”, anunciou. Na semana passada, o deputado estadual Pedro Lupion (DEM) anunciou a disposição de verbas do governo do Esta-

do para a reforma asfáltica na estrada de acesso ao Monte Real. Segundo o parlamentar, o bairro será beneficiado com recursos para recuperação de dois quilômetros da estrada que dá acesso ao distrito. De acordo com Eleutério, a secretaria de obras aguardará as verbas do governo do estado para as obras na estrada. “Se os recursos estaduais não forem liberados a prefeitura mesmo deve dar início ao serviço”, afirmou.

 LONDRINA

Jacarezinhense fica em terceiro em Corrida de Rua Da Assessoria

A atleta de Jacarezinho Leila Aleixo de Oliveira, mais uma vez representou bem a cidade se classificando em terceiro lugar no Circuito Sesc Caminhada e Corrida de Rua de Londrina.. Leila completou a prova de 10 quilômetros com o tempo de 46 minutos e seis segundos. A prova foi disputada no domingo (7) às 7h30. O atleta Pedro Savaris também participou da corrida. A corredora tem o apoio do Departamento Municipal de Esportes de Jacarezinho, que sempre auxilia os atletas

Leila Aleixo de Oliveira ficou em terceiro lugar em prova de 10 km

para as disputas na região. “Agradeço novamente ao departamento que sempre nos ajuda. Também aproveito

para agradecer o treinador Paulo Sérgio de Souza e o professor Adriano Paxeco”, finalizou.


Cotidiano A-5

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 09 de julho de 2013

Fim de semana violento tem três tentativas de homicídio na região

Luiz Gulherme Bannwart

INSEGURANÇA Garoto é amarrado e jogado dentro de ribeirão em S.A da Platina; um foi esfaqueado no Aparecidinho 2 e outro na Fescafé, em Ribeirão Claro Celso Felizardo e Luiz Bannwart

O f i m d e s e mana foi marcado por muita violência na região. Os crimes, sem ligação, começaram na sexta-feira. Em Santo Antônio da Platina, um garoto

de 15 anos teve as mãos e os pés amarrados e foi jogado dentro do Ribeirão Boi Pintado, no Jardim Altvater. Cerca de uma hora

Já fazia duas horas que ele estava na água poluída, com vários cortes e pouca roupa. Além do risco de infecções, ele também já estava entrando em hipotermia, e poderia morrer de frio”

depois, no Aparecidinho 2, um homem de 24 anos levou quatro facadas. Na madrugada de domingo,

em Ribeirão Claro, durante a Fescafé, um rapaz foi esfaqueado no rosto. O caso mais chocante, do garoto jogado no ribeirão, tem ligação com o tráfico de drogas. Por volta das 19 horas, três homens levaram o adolescente até uma mata na margem do ribeirão e o espancaram, inclusive com pauladas na cabeça. O rapaz foi amarrado e ficou apenas com a cabeça para fora d’água. Tamanha crueldade seria castigo de traficante por uma dívida de drogas, contou o menino enquanto recebia os primeiros atendimentos dentro da ambulância dos Bombeiros. De acordo com os soldados dos bombeiros Wilson e Alex Junior, caso o socorro demorasse pouco mais o garoto não sobreviveria. “Já fazia duas horas que ele estava na água poluída, com vários cortes e pouca roupa. Além do risco de

Garoto de 15 anos precisou de escolta no hospital após ameaças de traficantes

infecções, ele também já estava entrando em hipo-

Dois foram esfaqueados Antônio de Picolli

Luiz Gulherme Bannwart

Agressor Arthur Lopes foi preso durante a Fescafé

Tavares levou quatro facadas no Aparecidinho

Uma briga durante a Fescafé, em Ribeirão Claro, terminou com um jovem esfaqueado na madrugada de domingo. Anderson Augusto da Costa de Morais, morador de Jacarezinho, levou uma facada no rosto e precisou ser encaminhado ao hospital local. Ele foi submetido a suturas no rosto e passa bem. O agressor, Arthur de Castro Lopes, 23, morador de Joaquim Távora, foi preso por uma equipe da Rotam do 2º Batalhão da Polícia Militar e encaminhado para a delegacia de Ribeirão Claro. A faca utilizada no crime foi apreendida ainda com marcas de sangue.

Fernando Tavares, de 24 anos, ficou gravemente ferido depois de ser esfaqueado por volta das 19 horas da sexta-feira, no bairro Aparecidinho 2, em Santo Antônio da Platina. Os bombeiros contaram quatro dois golpes nas costas e dois na nuca. Com muita perda de sangue, Tavares foi encaminhado para o Pronto Socorro Municipal. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o crime. O principal suspeito é um adolescente bastante conhecido pelos policiais, inclusive por outra tentativa de homicídio. O motivo do crime ainda está sendo apurado.

 RIBEIRÃO CLARO

termia, e poderia morrer de frio”, contou o soldado Alex Junior. Em s eguida, a vít ima foi encamin hada p ara o Hospit a l Noss a S enhora da Saúde. Ele permaneceu internado até a tarde de sábado, quando recebeu alta. Porém, durante este período, dois policiais militares d a 4 ª C omp an h i a d o 2 º Batalhão da Polícia Militar tiveram que permanecer no hospital após uma tentativa dos criminosos de invadir o hospital para matar o adolescente. O pai do menino, Antôn i o C arl o s Bi a z i m , contou que dois homens passaram em frente do hospital, durante a madrugada, e disseram que voltariam para “terminar o serviço”. Drama Biazim lembrou que o drama começou quando o filho morava com a mãe em Joaquim Távora. Lá ele se envolveu com as drogas. O garoto mora com o pai

 S.A.PLATINA

 INVESTIGAÇÃO

PM prende traficante Polícia encontra indícios de com 370 g de cocaína que incêndio foi criminoso Jivago França

Policiais da Agência Local de Inteligência (ALI) do 2º Batalhão da Polícia Militar prenderam na noite de sábado, dia 6, em Ribeirão Claro, um homem acusado de tráfico de drogas. Ivan Antônio Candido Diniz, 31, foi preso em flagrante com 370 gramas de cocaína, 15 gramas de crack, além de dinheiro que a polícia acredita que seja de venda de drogas. Junto com Ivan, os militares ainda detiveram sua companheira e um primo. Após diversas denúncias sobre a venda de drogas na rua Osvaldo Amaral de Oliveira, na área central de Ribeirão Claro, os militares da ALI fizeram monitoramento e constataram a prática do tráfico de drogas. Na noite de sábado, pouco depois das 19 horas, os policiais monitoravam o local quando avistaram Ivan chegar até a casa em um VW Golf. Segundo os policiais, ele entrou na casa e em seguida foi até um terreno baldio, de onde minutos depois saiu,

e entrou novamente no carro junto com sua companheira e seu primo. No momento em que deixavam as proximidades da casa foram abordados e revistados. Na revista pessoal os militares não encontraram nada, mas escondido no painel do carro, os militares encontraram 18 buchas de cocaína e quatro pedras de crack. Com apoio das equipes da Rádio Patrulha e do Canil/Rotam, os policiais fizeram buscas na casa e no terreno baldio ao lado, onde Ivan entrou. De acordo com o boletim de ocorrências, no terreno, os militares encontraram um recipiente plástico transparente com sete buchas grandes de cocaína. Ao todo foram apreendidos 370 gramas de cocaína e 15 gramas de crack. No quarto do homem foram encontrados R$ 1.567,00, supostamente fruto do tráfico de drogas. Ivan recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia da cidade juntamente com sua companheira, seu primo, dinheiro apreendido e as drogas.

há quatro meses. Durante todo este tempo, os dois são ameaçados de morte por traficantes que além de viciarem o filho, também o coloram no tráfico. “Já pro c u re i d ive rs a s vezes o Ministério Público para pedir proteção e o internamento do meu filho, mas a resposta é que preciso aguardar, que o menino precisa querer a ajuda. No estágio que ele está jamais vai quer ser internado, precisa ser à força. Na última semana atiraram em mim, m a s e r r a r a m . Ve j o q u e vamos morrer aguardando a Justiça agir”, lamentou o pai desesperado. Depois de receber alta, o garoto foi levado para casa de parentes. Segundo a famí lia, o adoles cente está com ferimentos por todo o corpo, mas a parte mais atingida foi a cabeça. Apesar da gravidade dos ferimentos, não há risco de morte.

Luiz Gulherme Bannwart

Celso Felizardo e Luiz Bannwart

Foragido da 38ª DRP é recapturado

Luiz Guilherme Bannwart

O depoimento de um vizinho que disse ter visto dois garotos correndo logo após as primeiras chamas tomarem uma casa na rua Antônio Bernardes, no Jardim São Cristovam, em Santo Antônio da Platina, na noite de domingo, reforçam a hipótese de que o incêndio tenha sido criminoso. A Polícia Civil investiga o caso. José Rogério da Costa, 47 anos, pode ser peça fundamental para esclarecer o caso. Segundo o que relatou à polícia, ele tinha chegado em casa havia poucos minutos quando o fogo começou. Em seguida, ao checar o quintal, se deparou com os dois garotos, os quais ele não conseguiu identificar. “Tinha acabado de chegar do trabalho e estava deitado descansando. Senti o cheiro de fumaça e, quando abri a janela, vi dois rapazes deixando o local correndo. Ainda gritei com eles”, contou o vizinho bastante assustado. O Corpo de Bombeiros chegou ao local logo após o fogo começar e evitou que as chamas atingissem as casas vizinhas. No entanto, não teve como evitar a

Dois garotos foram vistos deixando a casa após início do in cêndio

destruição. Apenas dois cômodos de alvenaria não foram atingidos. O único morador da casa não estava na hora do incêndio. Ele chegou depois do ocorrido. Um fato que chamou a atenção dos policiais é que meses

atrás, um incêndio criminoso destruiu uma casa aos fundos do imóvel atingido neste domingo. Na época, o envolvimento dos moradores com o tráfico de drogas foi cogitado e poderia ter motivado o crime.

Paulo de Souza Pereira, 19, foi preso pela Polícia Militar na tarde de sábado, em Santo Antônio da Platina, após uma denúncia anônima. De acordo com a Polícia Militar, o foragido estava assistindo televisão em casa, na Vila Ribeiro, quando foi surpreendido pela equipe. Pereira estava foragido do setor carcerário da 38ª Delegacia Regional de Polícia, desde a madrugada do dia 16 de junho, quando em companhia de outros 10 presos, arrebentou uma pilastra de concreto e fugiu da unidade prisional. Até o momento, nove presos já foram recapturados pela polícia. Dos onze fugitivos, ap enas R afael Ferreira Bento, o Salgadinho, e Gilvan Bezerra de Lima permanecem foragidos. Qualquer informação que possa levar a polícia aos criminosos pode ser feita anonimamente pelos telefones 190, 181 ou (43) 3534-1011.


A-6 Atas & Editais AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 327.13 Objeto: LOTE ÚNICO: UNIDADE 1 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Astorga; UNIDADE 2 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Bela Vista do Paraíso; UNIDADE 3 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Cornélio Procópio; UNIDADE 4 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Joaquim Távora; UNIDADE 5 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Quatiguá. Recursos: Próprios. Preço máximo admitido: R$ 931.712,04. Prazo de Execução: 210 dias calendário. Disponibilidade do Edital: de 10/7/2013 até às 17h15 de 26/8/2013. Abertura da Licitação: 15h do dia 27/8/2013. Informações complementares: Podem ser obtidas na Sanepar à Rua Engenheiros Rebouças, 1376 - Curitiba/PR, Fones (41) 33303910/3330-3128, fax (41) 3330-3174/3330-3200, ou pelo site http://licitacao.sanepar.com.br/.

AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 327.13 Objeto: LOTE ÚNICO: UNIDADE 1 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Astorga; UNIDADE 2 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Bela Vista do Paraíso; UNIDADE 3 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Cornélio Procópio; UNIDADE 4 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Joaquim Távora; UNIDADE 5 – Elaboração de Projeto de Engenharia e Projetos Executivos para melhorias da Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Água do município de Quatiguá. Recursos: Próprios. Preço máximo admitido: R$ 931.712,04. Prazo de Execução: 210 dias calendário. Disponibilidade do Edital: de 10/7/2013 até às 17h15 de 26/8/2013. Abertura da Licitação: 15h do dia 27/8/2013. Informações complementares: Podem ser obtidas na Sanepar à Rua Engenheiros Rebouças, 1376 - Curitiba/PR, Fones (41) 33303910/3330-3128, fax (41) 3330-3174/3330-3200, ou pelo site http://licitacao.sanepar.com.br/.

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL AVISO DE RERRATIFICAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 006/2013 – SRP OBJETO: reparos de construção civil em estabelecimentos da rede pública estadual – Região de Wenceslau Braz. RETIFICA-SE: DATA DE ABERTURA: 15 de julho de 2013, às 14:00 (quatorze horas). MOTIVO: Compatibilização do cronograma da Comissão. Ratificam-se os demais itens do Edital. Curitiba, 05 de julho de 2013. Comissão Especial de Licitação Resolução Conjunta SEED/SEAP/SEIL – Nº 006/2012

COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ A COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ – COHAPAR, torna público que REQUEREU ao IAP, a renovação da Licença de Instalação para implantação do empreendimento C.H. Res. Nova América da Colina I – Distrito de Cedro (1ª Etapa), com 18 unidades, localizado no município de Nova América da Colina, Estado do Paraná. (LI 4505) COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ A COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ – COHAPAR, torna público que REQUEREU ao IAP, a renovação da Licença de Instalação para implantação do empreendimento C.H. Residencial Ribeirão do Pinhal II (7ª Etapa/ 2ª Fase), com 45 unidades, localizado no município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná. (LI 3577)

COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ A COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ – COHAPAR, torna público que REQUEREU ao IAP, a renovação da Licença de Instalação para implantação do empreendimento C.H. Residencial Urai I – Cruzeiro do Norte (1ª Etapa), com 14 unidades, localizado no município de Uraí, Estado do Paraná. (LI 4403)

COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ A COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ – COHAPAR, torna público que REQUEREU ao IAP, a renovação da Licença de Instalação para implantação do empreendimento C.H. Residencial Urai I (3ª Etapa / 1ª Fase), com 16 unidades, localizado no município de Uraí, Estado do Paraná. (LI 4811)

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ PORTARIA Nº. 183/2013. O Prefeito Municipal de Barra do Jacaré, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e considerando o resultado final do Concurso Público Edital nº 01.01/2011 de 13/04/2011, realizado em 29/05/2011, homologado pelo Edital nº 08.01/2011 de 20/06/2011, Edital de convocação nº 42.01/2013 de 04/06/2013 e considerando rigorosamente a ordem de classificação: RESOLVE: Art. 1º - NOMEAR a partir de 08/07/2013, o Srº MARIO LOPES PINHEIRO, portador de CTPS nº 76972/00056-PR, de cédula de identidade RG nº 8.112.906-1 SESP/PR, inscrito no CPF/MF nº 041.324.259-59, para exercer a função de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA, em virtude de ter sido habilitado em Concurso Público (3º colocado), com carga horária de 20 horas semanais, sob o Regime de Trabalho Estatutário e Regime Previdenciário RGPS, nível C, conforme art.17 e anexo IV do Quadro de Carreira e Salários do Magistério Público Municipal. Art. 2º - O servidor admitido no caput do art. 1º será submetido a Estágio Probatório, de acordo com o item 10.7 das disposições gerais do Edital 01.01/2011, podendo haver rescisão do contrato de trabalho por conduta tipificada como falta grave ou por insuficiência de desempenho, verificadas em processo com direito a ampla defesa e ao contraditório. Art. 3º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Prefeitura a Municipal de Barra do Jacaré, 08 de julho de 2013. Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira 09 de julho de 2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ TERMO DE POSSE Aos oito dias do mês de julho do ano de 2013, compareceu à este Departamento de Administração, da Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré - PR, para tomar posse, o Srº. MARIO LOPES PINHEIRO, portador de cédula de identidade RG nº 8.112.906-1 SESP/PR, nomeado nos termos da Portaria nº. 183/2013 de 08/07/2013, em virtude de aprovação (3º lugar – Cargo de Professor de Educação Física) em Concurso Público, nos termos do Edital nº. 01.01/2011, Homologado conforme Edital nº. 08.01/2011 de 20/06/2011, publicado no Jornal Tribuna do Vale Edição nº 1.921 em 21/06/2011, para exercer o Cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA, em jornada de trabalho de 20 horas semanais, convocado através do Edital nº 42.01/2013 de 04/06/2013. Declarou estar em dia com as exigências legais necessárias para assumir as responsabilidades do cargo, que não sofreu penalidades administrativas em outras funções públicas e de boa conduta. Prometeu ser fiel à causa pública, cumprir, fazer cumprir e observar as leis e regulamentos em vigor e a ser exato no cumprimento dos deveres do cargo que hoje assume. E, para constar, eu Valdir Garcia Gebim, lavrei o presente termo que vai assinado por mim, pelo Srº Prefeito Municipal e pelo empossado. Barra do Jacaré, em 08 de julho de 2013. Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal Valdir Garcia Gebim Cargo Escriturário – Resp Deptº RH Mario Lopes Pinheiro Servidor PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 291/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de acordo com o ofício nº 607/13-Secretaria Municipal de Educação, protocolado sob nº 009812/13, em 03/07/13, decreta: Art.1º - Fica REVOGADO, a partir da data da expedição, o Decreto nº 275/13 de 12 de junho de 2013. Art.2º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 05 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANÁ AVISO DE REVOGAÇÃO DO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade Tomada de Preço 021/2013 O Município de Barra do Jacaré, Estado do Paraná, torna-se público a revogação do Edital de Licitação Tomada de Preço 021/2013, abertura marcada para às 14:00 horas do dia 16/07/2013, que tinha como objeto a elaboração de Plano Municipal de Saneamento Básico. Informações pelo fone Fax - 43-35371212 ou pelo pmbj@uol.com.br. Paço Municipal José Galdino Pereira, em 08/07/2013. _____________________________ ADENILSON SILVA Presidente da CPL

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 438/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com of. 020/13 –Departamento de Industria e Comércio, protocolo nº 009573/13 de 01/07/13, resolve: I - DESIGNAR o servidor GENILDO JOSÉ LUIZ SIQUEIRA, ocupante do cargo de Auxiliar de Serviços Públicos, Regime Estatutário deste Município, para responder como Agente de Crédito do Banco do Empreendedor do Programa Bom Negócio Paraná, no Município de Santo Antônio da Platina, a partir desta data. II – REVOGAR a Portaria 552/12 de 03 de outubro de 2012. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 04 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA DECRETO Nº 742/2013 SÚMULA: Exonera servidor Público do Município e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Guapirama, no uso das atribuições legais, nos termos do Inciso VII do Artigo 69 da Lei Orgânica do Município e de acordo com a Lei Municipal nº 270/2011, Art. 112 § 1º. DECRETA Art 1º - Fica exonerado a pedido o senhor VANDERLEI GREGORIO DE OLIVEIRA, brasileiro, casado, residente e domiciliado em Guapirama – Pr., portador da Cédula de Identidade RG nº 8.644.923-4 SSP/PR, inscrito no CPF/MF sob o nº 000.496.589-21, do cargo comissionado de CHEFE DE GABINETE, a partir de 09 de Julho de 2013. Art 2º - Fica revogado o Decreto nº 117/2007 de 16/07/2007, este Decreto entra em vigor nesta data. Edifício da Prefeitura de Guapirama, Estado do Paraná, aos 08(oito) dias do mês de Julho do ano de 2013. Pedro de Oliveira Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA PORTARIA Nº 038/2013 O cidadão PEDRO DE OLIVEIRA, Prefeito Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, nos termos do Inciso VII, do Artigo 69, da Lei Orgânica do Município, RESOLVE Art. 1º - Fica exonerado a pedido o servidor VANDERLEI GREGÓRIO DE OLIVEIRA, brasileiro, casado, residente e domiciliado em Guapirama, Estado do Paraná, portador da Cédula de Identidade RG nº 8.644.9234, inscrito no CPF/MF sob o nº 000.496.589-21, da representação como usuário do Município de Guapirama junto ao SICONV- Portal de Convênios, a partir de 09 de Julho de 2013. Art. 2º - Fica revogada a Portaria nº 085/2008 de 22/10/2008. A presente portaria entra em vigor nesta data. Edifício da Prefeitura Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, aos 08(oito) dias do mês de Julho de 2013. PEDRO DE OLIVEIRA Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº. 293/2013 Dispõe sobre a abertura de crédito adicional suplementar no Orçamento Programa vigente. O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 4º, § 1º da Lei Municipal nº. 1.185, de 20 de dezembro de 2012, decreta: Art. 1. º - Fica aberto ao Orçamento-Programa do Município, para o corrente exercício, crédito adicional suplementar no valor de R$. 310.000,00 (Trezentos e dez mil reais), assim discriminado: 02.001 – 04.122.0021.2.002 – GABINETE DO CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$ 4.000,00 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 5.000,00 02.002 – 04.122.0021.2.003 – CHEFIA DE GABINETE 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$ 2.000,00 02.003 – 04.122.0021.2.004 – ASSESSORIA JURIDICA 3.3.90.36.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Física – FR 000 R$ 10.000,00 02.004 – 04.122.0032.2.215 – COORDENADORIA DE CONTROLE INTERNO 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$ 500,00 02.008 – 04.122.0021.2.009 – PROCON 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 2.000,00 03.009 – 04.122.0021.2.220 – DIVISÃO DE INFÓRMATICA 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo – FR 000 R$ 1.000,00 04.001 – 04.123.0030.2.059 – GABINETE DO SECRETARIO DA FAZENDA 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 20.000,00 05.001 – 04.122.0021.2.224 – PROCURADORIA MUNICIPAL 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 11.000,00 06.001 – 10.301.0428.2.070 – GABINETE DO SECRETARIO MUNICIPAL DE SAÚDE 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 303 R$ 3.000,00 06.003 – 10.301.0428.2.071 – CENTRO SOCIAL URBANO 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo – FR 303 R$ 10.000,00 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 303 R$ 50.000,00 06.003 – 10.301.0428.2.074 – CAPS – CENTRO DE ATENDIMENTO PSICO SOCIAL 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 495 R$ 20.000,00 06.003 – 10.301.0428.2.092 – SETOR DE FARMACIA 3.3.90.32.00.00 – Material, Bem ou Serviço para Distribuição – FR 303 R$ 40.000,00 06.003 – 10.301.0428.2.311 – PRONTO DE SOCORRO MUNICIPAL 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 303 R$ 40.000,00 07.001 – 08.122.0486.2.097 – GABINETE DO SECRETARIO DE ASSISTENCIA SOCIAL 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$ 1.000,00 10.003 – 04.121.0323.2.228 – DEPARTAMENTO DE PROJETOS E CONVENIOS 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$ 500,00 10.011 – 15.452.0325.2.020 – LIMPEZA PUBLICA 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 40.000,00 10.012 – 15.451.0323.2.022 – FROTA MUNICIPAL 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo – FR 000 R$ 50.000,00 TOTAL R$. 310.000,00 Art. 2. º - Para dar cobertura ao crédito aberto no Artigo 1.º, serão utilizados recursos provenientes do cancelamento parcial da seguinte dotação do Orçamento vigente: 02.007 – 05.153.0166.2.008 – JUNTA DO SERVIÇO MILITAR E TIRO DE GUERRA 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$500,00 03.009 – 04.122.0021.2.220 – DIVISÃO DE INFÓRMATICA 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 8.000,00 06.003 – 10.301.0428.2.071 – CENTRO SOCIAL URBANO 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo – FR 495 R$20.000,00 06.003 – 10.301.0428.2.094 – SUBVENÇÕES SOCIAIS 3.3.50.43.00.00 – Subvenções Sociais – FR 303 R$140.000,00 07.001 – 08.122.0486.2.097 – GABINETE DO SECRETARIO DE ASSISTENCIA SOCIAL 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 15.000,00 08.009 – 27.812.0224.2.134 - DIRETOR DE ESPORTES E RECREAÇÃO 3.3.90.14.00.00 – Diárias – Pessoal Civil – FR 000 R$2.000,00 10.011 – 15.452.0325.2.020 – LIMPEZA PUBLICA 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo – FR 000 R$10.000,00 10.013 – 17.512.0447.1.034 – ABASTECIMENTO DE AGUA 4.4.90.51.00.00 – Obras e Instalações – FR 000 R$59.500,00 10.014 – 26.782.0534.1.047 – ESTRADAS VICINAIS 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo – FR 000 R$15.000,00 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica – FR 000 R$ 40.000,00 TOTAL R$. 310.000,00 Art. 3º. – Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE D0 PREFEIT0 MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / Paço Municipal Dr. Alicio Dias dos Reis, aos 05 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO -Prefeito Municipal eep PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ EXTRATO DO PRIMEIRO TERMO ADITIVO DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SOB Nº 055/2012 DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/2012. CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE ABATIÁ – PR. CONTRATADA: MAFRE VERA CRUZ SEGURADORA S/A. OBJETO: PRORROGAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA SEGURO DE VEÍCULOS. VALOR R$ 7.080,00 (SETE MIL E OITENTA REAIS). VIGENCIA: DE 27/06/2013 A 27/06/2014. ABATIÁ – ESTADO PARANÁ, EM 26 DE JUNHO DE 2013. MUNICÍPIO DE ABATIÁ (PR). MARIA DE LOURDES FERRAZ YAMAGAMI – PREFEITA MUNICIPAL CONTRATANTE

MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N°124/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO N° 46/2013 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. CONTRATADA: V.S.COSTA & CIA LTDA OBJETO: O Objeto do Processo Licitatório, que deu origem a presente Ata é o registro de preços de Registro de Preços para a Aquisição de materiais descartáveis e para curativos, destinados a Secretaria Municipal de Saúde, Unidades Básicas de Saúde e Pronto Socor ro Municipal, a serem adquiridos conforme a necessidade, pelo período de 12 (doze) meses, conforme quantitativo, especificações e detalhamentos consignados no Pregão Eletrônico nº 46/2013, que juntamente com a proposta da DETENTORA, para todos os fins de direito, obrigando as partes em todos os seus termos, passam a integrar este instrumento, independentemente de transcrição.

Lote

Item

Quant.

Unidade

10 33 59 85 132

1 1 1 1 1

120,0 10,0 15,0 15,0 60,0

UN UN UN UN UN

Especificação ASPIRADOR DE PONTA RÍGIDA BALANÇA ANTROPOMÉTRICA ADULTO FOCO DE LUZ PORTÁTEIS OTOSCÓPIO - C/ ESPECULOS TERMOMETRO - MAX. E MIN.

Marca/Modelo Lac Medical Balmak Metal Solution MD- Mark II Incoterm

Valor Unitário 19,00 539,00 202,90 220,00 30,00 TOTAL

Valor Total 2.280,00 5.390,00 3.043,50 3.300,00 1.800,00 15.813,50

VIGÊNCIA: A ata de registro de preços terá sua vigência iniciada na data da sua publicação, que se estenderá pelo período de 12 (doze) meses. DATA: 04 de julho de 2013. MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANÁ CONCORRÊNCIA Nº 003/2013 - PROCESSO Nº 463/2013 - AVISO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Torna publica a Homologação e Adjudicação do Procedimento Licitatório Modalidade Concorrência sob o nº 03/2013 que tem como objeto a Permissão de Uso para exploração a título precário e oneroso, de 03 (três) quiosques, de propriedade do município, destinados exclusivamente ao comércio de gêneros alimentícios de lanchonete, sorveteria, bomboniere e floricultura, instalados no Calçadão Manuel Arrabaça Ribeirette, conforme Lei Municipal nº 725/2008; na forma de locação mensal, à(s) empresa(s): Nome do Fornecedor QUIOSQUE CNPJ Valor Mensal GUIMARAES, BUENO & CIA LTDA - PASTEL DO PAULO 5 04.864.692/0001-77 3,2 URMs ALEXANDRA VICENTE 00498595951 3 18.277.425/0001-08 4 URMs PATRICIA FALK VIEIRA DE GODOI 04924658944 2 17.702.103/0001-04 3,67 URMs Santo Antônio da Platina, 10 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal


Atas & Editais A-7

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira,09 de julho de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 294/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de acordo com o ofício nº 217/13-Secretaria Municipal de Assistência Social, protocolado sob nº 009930/13, em 05/07/13; CONSIDERANDO a necessidade de avaliar e propor diretrizes para a implementação da Política de Assistência Social do Município; DECRETA: Art. 1º – Fica Convocada a IX CONFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL a ser realizada nos dias 25 e 26 de julho de 2013, na Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, tendo como tema central: “Gestão e Financiamento para a efetivação do SUAS;” Art. 2º - As despesas decorrentes da aplicação deste Decreto correrão por conta de dotação própria do orçamento do órgão municipal de assistência social; Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 05 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/2013 DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais RESOLVE: I – HOMOLOGAR a deliberação do PREGOEIRO e EQUIPE DE APOIO, conforme consta do Processo do Pregão Presencial nº 27/2013, para “aquisição de 08 (oito) carrinhos para coleta de lixo, a serem utilizados na limpeza de vias públicas do município”. II – ADJUDICAR o item 01, com valor global de R$ 2.760,00 (Dois mil e setecentos e sessenta reais), em favor da Empresa: Shini-Indústria e Comércio de Plásticos Ltda.-EPP, inscrita no CNPJ/MF nº 54.086.012/0001-00. Quatiguá-PR, Gabinete do Prefeito Municipal, em 04 de julho de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL ADITIVO VI AO CONTRATO Nº 33/2011 Partes: Município de Quatiguá e a empresa Innovare Construtora Ltda-ME. Objeto: Conclusão de construção de uma escola/Programa Próinfancia. Alteração: Prorrogação da vigência do contrato original por mais 95 (noventa e cinco) dias, expirando-se em 28 de agosto de 2013. Data: 28 de maio de 2013. Luis Fernando Dolenz – Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 29/2013-SRP RESULTADO DE JULGAMENTO E CLASSIFICAÇÃO Objeto: Registro de preços visando à contratação de empresa especializada para futura e eventual prestação de serviços de mão de obra de oficina mecânica em geral, para tratores agrícolas e veículos leves e pesados pertencentes à frota municipal. O pregoeiro, Gilvan de Oliveira, no uso de suas atribuições, e em cumprimento ao disposto no art. 109, parágrafo 1º da Lei Federal nº 8.666/93, atualizada pela Lei Federal nº 8.883/94, tendo em vista a habilitação das empresas proponentes participantes do certame em epígrafe, informa a quem possa interessar que se dá como feita a intimação do ato de julgamento da habilitação e da proposta, tornando-se público o resultado da mesma e a respectiva classificação, abrindo-se a partir desta data o prazo recursal previsto na legislação vigente: Lote nº 01 – Tratores Agrícolas

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 13/2013 Processo Administrativo nº 50/2013 Objeto: contratação de empresa especializada em consultoria em Telefonia (Fixa e Móvel), com objetivo de verificar e realizar análise comparativa dos valores cobrados pelas operadoras de linhas Fixas e Móveis, bem como acompanhar e realizar levantamento da necessidade de novas Linhas Telefônicas para Prefeitura Municipal de Quatiguá, e elaboração de Edital compreendendo a montagem e acompanhamento do processo licitatório e demais prestações de serviços relacionados à área de Telefonia do Município. Empresa contratada: K1 – Comércio de Equipamentos de Informática e Telefonia Ltda-ME. CNPJ/MF: 09.334.487/0001-13 Valor: R$ 3.720,00 (Três mil e setecentos e vinte reais). Embasamento: Art. 24, Inciso II, da Lei de Licitações nº 8.666/93 Data: 04 de julho de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ DECRETO N.º 037/2013, de 06 de junho de 2013. A Prefeita Municipal de Abatiá, Estado do Paraná, usando das atribuições legais, com base na Lei Federal nº 4.320/1964 e na Lei Municipal nº 559/2012 de 12 de dezembro de 2012. D E C R E TA: Art. 1º. - Fica aberto no Orçamento Geral do Município Crédito Adicional Suplementar no valor de R$ 49.250,00 (quarenta e nove mil duzentos e cinquenta reais), conforme descrito abaixo: 04 – Secretaria de Obras Públicas, Viação e Urbanismo 001 – Departamento de Obras Públicas, Habitação e Urbanismo 15.452.0403.2.018 – Manutenção do Almoxarifado e Serviços Gerais 0052 - FR 000 – 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo R$ 15.000,00 05 – Secretaria da Saúde 001 – Fundo Municipal de Saúde 10.301.0502.2.023 – Manutenção da Saúde Pública 0072 - FR 303 – 3.3.90.32.00.00 – Material de distribuição gratuita R$ 20.000,00 05 – Secretaria da Saúde 001 – Fundo Municipal de Saúde 10.301.0502.2.024 – Manutenção dos Serviços de Transporte da Saúde 079 - FR 303 – 3.3.90.39.00.00 – Outros Serv. de Terc. – Pessoa Jurídica R$ 1.000,00 05 – Secretaria da Saúde 001 – Fundo Municipal de Saúde 10.304.0507.2.028 – Manutenção da Vigilância Epidemiológica 0091 - FR 303 – 3.1.90.11.00.00 – Vencimentos e Vantagens Fixas R$ 5.000,00 0092 - FR 303 – 3.1.90.13.00.00 – Obrigações Patronais R$ 1.100,00 06 – Secretaria de Educação, Cultura e Esportes 001 – Departamento de Ensino 12.364.0609.2.040 – Manutenção do Transporte de Universitários 0136 - FR 000 – 3.3.90.39.00.00 – Outros Serv. de Terc. – Pessoa Jurídica R$ 1.150,00 08 – Secretaria de Assistência Social 003 – Fundo para Infância e adolescência 08.243.0802.6.055 – Programa de erradicação do trabalho infantil-PETI 0185 - FR 000 – 3.3.90.30.00.00 – Material de consumo R$ 3.000,00 0185 - FR 730 – 3.3.90.30.00.00 – Material de consumo R$ 3.000,00 Art. 2º – Para dar cobertura aos créditos abertos no artigo anterior, serão indicados os seguintes recursos: - Excesso de arrecadação: R$ 3.000,00 (três mil reais), da fonte de recurso 730; - Anulação de Dotação: 03 – Administração Geral 001 – Departamento de Administração 28.843.0000.11 – Resgates de Dívidas Fundada e Contratual 0035 - FR 000 – 4.6.90.71.00.00 – Principal da Dívida Contratual Resgatado R$ 18.000,00 05 – Secretaria da Saúde 001 – Fundo Municipal de Saúde 10.301.0502.2.023 – Manutenção da Saúde Pública 0074 - FR 303 – 3.3.90.39.00.00 – Outros Serv. de Terc. – Pessoa Jurídica R$ 27.100,00 06 – Secretaria de Educação, Cultura e Esportes 001 – Departamento de Ensino 12.364.0609.2.040 – Manutenção do Transporte Universitário 0135 - FR 000 – 3.3.90.39.00.00 – Outros Serv. de Terc. – Pessoa Jurídica R$ 1.150,00 Art. 3º. – Este Decreto entrará em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Abatiá, Estado do Paraná, aos 06 dias do mês de junho do ano de 2013. Maria de Lourde Ferraz Yamagami Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 436/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de conformidade com o requerimento n° 009775/13 de 03/07/2013, resolve: PRORROGAR por 60 (sessenta) dias, o prazo para encerramento dos trabalhos da Comissão de Processo Administrativo Disciplinar nº 005/13, designada pela Portaria nº 292/13 de 06/05/2013. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 04 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

1ª colocada

Empresa: Valdeci Francisco Gonçalves-ME

R$ 10.840,00

2ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 10.940,00

3ª colocada

Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME

R$ 11.140,00

Lote nº 02 – Veículos Leves 1ª colocada 2ª colocada

Empresa: Ocimar Ribeiro Lourenço-ME Empresa: Claudio de Oliveira 01633633900

R$ 25.550,00 R$ 25.700,00

3ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 25.900,00

4ª colodada

Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME

R$ 26.500,00

Lote nº 03 – Veículos (microônibus/ônibus escolares) 1ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 11.676,00

2ª colocada

Empresa: Valdeci Francisco Gonçalves-ME

R$ 11.776,00

3ª colocada

Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME

R$ 12.176,00

Lote nº 04 – Veículos Pesados (caminhões Mercedez Benz/F-4000/F600 1ª colocada

Empresa: Valdeci Francisco Gonçalves-ME

R$ 36.880,00

2ª colocada

Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME

R$ 36.950,00

3ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 39.800,00

Lote nº 05 – Veículos Pesados (caminhões Ford Cargo Basculante Trucado) 1ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 9.348,00

2ª colocada

Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME

R$ 9.400,00

3ª colocada

Empresa: Valdeci Francisco Gonçalves-ME

R$ 9.800,00

Lote nº 06 – Veículos vans (Fiat Ducato/Kia Besta/Mercedes Benz Sprinter/Renault Master 1ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 23.580,00

2ª colocada

Empresa: Claudio de Oliveira 01633633900

R$ 23.650,00

3ª colocada

Empresa: Ocimar Ribeiro Lourenço-ME

R$ 25.186,00

Lote nº 07 – Veículos utilitários (veículos Toyota Bandeirantes) 1ª colocada Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME 2ª colocada Empresa: Valdeci Francisco Gonçalves-ME 3ª colocada Empresa: Claudio de Oliveira 01633633900

R$ 12.798,00 R$ 12.850,00 R$ 14.688,00

Lote nº 08 – Veículos (microônibus/ônibus) 1ª colocada

Empresa: Edinei Consolin 51570807949-ME

R$ 18.396,00

2ª colocada

Empresa: Helio Recevoto 30687705991-ME

R$ 18.450,00

Quatiguá-PR, Sala de Licitações, em 08 de julho de 2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 290/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com requerimento nº 009778/13 de 03/07/2013, decreta: Art. 1º - Fica EXONERADO, a pedido, a partir de 04 de julho de 2013, o servidor MARCO TULIO BATISTA DO PRADO, ocupante do cargo em comissão de Diretor do Departamento de Engenharia – Símbolo CC-02, Regime Estatutário deste Município, nomeado em 11 de janeiro de 2013, através do Decreto 027/13. Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 03 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 437/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com of. 020/13 - Departamento de Industria e Comércio, protocolo nº 009573/13 de 01/07/13; CONSIDERANDO o Art. 85-A da Lei Complementar nº 123/06 e Art. 3º da Lei Municipal 682/08; RESOLVE: I - DESIGNAR o servidor GENILDO JOSÉ LUIZ SIQUEIRA, ocupante do cargo de Auxiliar de Serviços Públicos, Regime Estatutário desta Prefeitura Municipal, para a função de Agente Municipal de Desenvolvimento do Município de Santo Antônio da Platina. II - O Agente Municipal de Desenvolvimento é parte indispensável para a efetivação no município de um ambiente mais favorável aos pequenos negócios, sejam urbanos ou rurais, com seu trabalho focado na promoção da regulamentação e implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas – Lei Complementar N°123-06. III - A função de Agente de Desenvolvimento caracterizar-se-á pelo exercício de articulação das ações públicas para a promoção do desenvolvimento local e territorial, mediante ações locais ou comunitárias, individuais ou coletivas fundamentadas nos pequenos negócios e sob supervisão do Comitê Municipal da Lei Geral das MPEs – Micro e Pequenas Empresas, o qual poderá, inclusive, nomeá-lo secretário executivo. IV - O Plano Anual de Trabalho do Agente de Desenvolvimento obedecerá ao planejamento efetuado pelo Comitê Municipal da Lei Geral das MPES – Micro e Pequenas Empresas, de acordo com as prioridades de implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas no município, sendo que, entre suas obrigações, deverá; • Sensibilizar e mobilizar as lideranças locais no setor público, privado e lideranças comunitárias que possam colaborar com o trabalho; • Auxiliar na consolidação e participar ativamente do Comitê Municipal da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas; • Coordenar a Sala do Empreendedor, quando implantada, juntamente com o Comitê Municipal Gestor das MPEs – Micro e Pequenas Empresas; • Participar de cursos de formação e aperfeiçoamento ligados às suas funções, bem como se integrar à Rede de Agentes (regional, estadual ou nacional), para manter-se atualizado e proativo; • Atuar como elo entre o Comitê e o Governo Municipal, principalmente no que concerne aos contatos com as secretarias e agentes públicos, a fim de provocar participação e agilizar solicitações; • Manter registro organizado de todas as suas atividades; e • Auxiliar o poder público municipal no cadastramento e engajamento dos empreendedores individuais. V - REVOGAR a Portaria 407/12 de 10 de julho de 2012. VI – A presente Portaria entrará em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 04 de julho de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

GILVAN DE OLIVEIRA Pregoeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 022/2013 O Prefeito Municipal de Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz, usando de suas atribuições legais, e Considerando a lei nº. 1.375/2008, datada em 22 de outubro de 2008; DECRETA: ART. 1º. Fica aprovado o Loteamento RESIDENCIAL CATUAÍ de propriedade de J.F. INCORPORAÇÃO LIMITADA – ME, inscrito no CNPJ. Nº. 15665347/0001-20, com sede na Rua João Rodrigues de Oliveira, 158, nesta cidade, de Um Lote de Terreno Urbano com área de 10.960m². Partindo do marco 0-pp (ponto de partida) que se encontra na rua Ver. Feliciano Nogari, a uma distância de 57,8 metros da rodovia Pr-218, segue-se com azimute 72,31° e distância de 145,4 metros confrontando com lote do Sr. Aroldo Nunes de Oliveira, até encontrar o marco 1; deste com azimute 138,95° e distância de 37,2 metros confrontando com o lote do Sr. João Batista da Silva, até encontrar o marco 2; deste com azimute 122,75° e distância de 28,2 metros confrontando com o lote do Sr. Benedito Osório Carvalho da Silva, até encontrar o marco 3; deste com azimute 117,51° e distância de 63,6 metros confrontando com o lote do Sr. Benedito Osório Carvalho da Silva, até encontrar o marco 4; deste com azimute 256,52° e 136,4 metros confrontando com os lotes 01,02,03 e 04 quadra 113, com a rua Ver. Lauro Martins Ribeiro e com os lotes 01 e 02 da quadra 114, até encontrar o marco 5, deste com azimute 349,66° e distância de 32,1 metros confrontando com rua Pedro C. Pinto, até encontrar o marco 6; deste com azimute 322,89° e distância de 7,5 metros confrontando com a rua Pedro C. Pinto, até encontrar o marco 7; deste com azimute 282,81° e distância de 102,7 metros confrontando com a rua Ver. Feliciano Nogari, até encontrar o marco 0-pp, onde se deu o início e o fim deste levantamento. ART. 2º. Fica autorizado o Setor de Cadastro, Tributação e Fiscalização à proceder o cadastramento dos lotes referente ao empreendimento J.F. INCORPORAÇÃO LIMITADA – ME; ART. 3°. Quanto ao lançamento do Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU/TSU, fica como base de cálculo o INPC- Índice de Preço Consumidor dos últimos 12 (doze) meses para o exercício de 2014; ART. 4º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ribeirão do Pinhal, 08 de julho de 2013. DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ - Prefeito Municipal DO - ESTADO DO PARANÁ PODER JUDICIÁRIO JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ CARTÓRIOPODER DA VARA CÍVEL E ANEXOS DA COMARCA DE CARTÓRIO DA VARA CÍVEL E ANEXOS DA COMARCA DE RIBEIRÃO DO PINHAL EDITAL DE CITAÇÃO EDITAL

RIBEIRÃO DO

DE CITAÇÃO

PRAZO 30 DIAS

PRAZO 30 DIAS

O Excelentíssimo Doutor Rodrigo Luiz Berti, MM. Juiz de Direito desta Única Vara Cível e Doutor Anexos da Rodrigo Luiz Berti, MM. O Excelentíssimo Comarca de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, no Juiz legais, de Direito desta Única Vara Cível e Anexos da uso de suas atribuições etc...

Comarca de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, no

FAZ SABER, a todos quantos este edital de citação, expedido nos autos de AÇÃO uso de suas atribuições legais, etc... CAUTELAR DE SUSTAÇÃO DE PROTESTO autuada neste Juízo sob nº 000012461.2013.8.16.0145, em que figura como requerente LUIZ CARLOS ALVES e como requerido CIRUSUL COMÉRCIO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS LTDA,de comcitação, endereço em local FAZ SABER, a todos quantos este edital expedido nos autos de AÇÃO incerto e não sabido, virem ou dele tomarem conhecimento, que pelo presente CITA o requerido CAUTELAR DEDE SUSTAÇÃO DE PROTESTO autuada CIRUSUL COMÉRCIO IMPLANTES ORTOPÉDICOS LTDA, do inteiro teor daneste petição Juízo sob nº 000012461.2013.8.16.0145, queo mesmo, figura nocomo requerente LUIZ CARLOS inicial dos autos, bem como, em para que prazo de 15 (Quinze) dias, querendo contestar ALVES e como requerido aCIRUSUL ação desde queCOMÉRCIO por intermédio deDE advogado, ficando cienteORTOPÉDICOS de que, não contestadaLTDA, a ação com endereço em local IMPLANTES presumir-se-ão como verdadeiros os fatos alegados na inicial ( CPC art 285 e 319 do CPC). incerto e não Não sabido, oua dele tomarem conhecimento, que pelo OBSERVAÇÃO: sendo virem contestada presente ação no prazo legal, presumir-se-ão aceitospresente CITA o requerido pelo requerido como verdadeiros DE os fatos articulados pelaORTOPÉDICOS autora. E para que chegue CIRUSUL COMÉRCIO IMPLANTES LTDA,ao do inteiro teor da petição conhecimento todos os interessados ninguém alegar ignorância expediu-se presente inicial dosdeautos, bem como, epara quepossa o mesmo, no prazo de 15o (Quinze) dias, querendo contestar edital, que será publicado na forma da Lei e afixado no átrio do Fórum, nesta cidade e Comarca de a ação desde que por intermédio de advogado, ficando ciente de que, não contestada a ação Ribeirão do Pinhal, 09 de abril de 2013. Eu __________,Andressa Edvirgen Guarneri Ferreira Regalio - Escrivã, que ocomo digitei everdadeiros subscrevo. presumir-se-ão os fatos alegados na inicial ( CPC art 285 e 319 do CPC).

OBSERVAÇÃO: Não sendo contestada a presente ação no prazo legal, presumir-se-ão aceitos pelo requerido como verdadeiros os fatos articulados pela autora. E para que chegue ao conhecimento de todos os interessados e ninguém possa alegar ignorância expediu-se o presente Rodrigo Luiz Berti edital, que será publicado na forma da Lei e afixado Juiz de Direitono átrio do Fórum, nesta cidade e Comarca de Ribeirão do Pinhal, 09 de abril de 2013. Eu __________,Andressa Edvirgen Guarneri Ferreira Regalio - Escrivã, que o digitei e subscrevo.

Rodrigo Luiz Berti Juiz de Direito

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 28/2013-SRP RESULTADO DE JULGAMENTO E CLASSIFICAÇÃO Objeto: Registro de preços visando à contratação de clínica especializada para futura e eventual prestação de serviços de fisioterapia. O pregoeiro, Gilvan de Oliveira, no uso de suas atribuições, e em cumprimento ao disposto no art. 109, parágrafo 1º da Lei Federal nº 8.666/93, atualizada pela Lei Federal nº 8.883/94, informa a quem possa interessar que se dá como feita a intimação do ato de julgamento da habilitação e da proposta, tornando-se público o resultado da mesma e a respectiva classificação: 1ª Colocada: CLÍNICA DE FISIOTERAPIA RODRIGUES ALVES S/S-ME.....R$ 61.200,00 Quatiguá-PR, Sala de Licitações, em 05 de julho de 2013. GILVAN DE OLIVEIRA - Pregoeiro


cmyb

A-8 Geral

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 09 de julho de 2013

Chuvas causam quebra de 15% na produção do milho safrinha

Antônio de Picolli

SAFRAManejo e aplicação de fungicidas podem evitar prejuízos nas lavouras de trigo Aline Damásio

As chuvas intermitentes que atingiram o Paraná no mês passado causaram prejuízos às lavouras de inverno no Norte Pioneiro, principalmente as safras de milho e trigo. Em pleno início de colheita, o milho safrinha foi o mais prejudicado com o tempo ruim e pode ter uma quebra de 15% na produtividade. Com uma área de 77 mil hectares, a produção do milho safrinha prevista para região era 411 mil toneladas, mas com as constantes chuvas acumuladas no fim do mês de junho este número deve sofrer uma redução e cair para 358 mil toneladas.

Os prejuízos do milho devem ser observados principalmente na qualidade dos grãos, segundo explica o economista do Departamento de Economia Rural (Deral), José Antonio Gervásio. “Como ainda é início de colheita é muito difícil avaliar os prejuízos reais da chuva. Os danos devem ser mais visíveis às lavouras que estão em fase de amaduramento das espigas, pois a umidade pode afetar a qualidade dos grãos”, avalia. A produtividade esperada para o milho safrinha na região é de 4,5 mil quilos por hectare. Outra cultura tradicional de inverno, o trigo também corre o risco de sofrer consequências na produção devido às chuvas. Segundo Gervásio, a maior

preocupação dos produtores deve ocorrer na fase de formação dos cachos do trigo. “Os triticultores agora devem dar início a aplicação de fungicidas para evitar o surgimento de ferrugem devido à umidade. Mesmo tomando todos os cuidados necessários na lavoura, a avaliação real de prejuízos só poder ser feita na hora da colheita”, explica o economista. A área plantada de trigo na região é de 36 mil hectares com produção esperada de 117 mil toneladas. A produtividade do grão deve chegar a três mil quilos por hectare. Mesmo com as chuvas constantes registradas em junho, a avaliação de especialistas do setor é que a safra

FETEXAS

Missa Texana lota Catedral de Jacarezinho

Catedral estava decorada a caráter e fieis lotaram a igreja Da Assessoria

As comemorações para a Fetexas 2013, começaram no último final de semana. A tradicional Missa Texana abriu as atividades na noite de sábado, 6, na Catedral Diocesana de Jacarezinho. O prefeito Sérgio Eduardo de Faria, Dr. Sérgio, e a primeira dama, Silvia Scarpelini de Faria participaram da Missa que reuniu milhares de pessoas. Esta foi a 13ª edição da Missa Texana, que tradicionalmente acontece na semana que antecede a Fetexas. A igreja estava decorada no estilo texano, e um narrador de rodeios abriu a celebração contando uma história sobre a devoção à Nossa Senhora Aparecida - padroeira dos peões de rodeio- e do Brasil. O prefeito agradeceu a presença de todos e destacou que este ano as festividades contam com a parceria da Associação Comercial e Empresarial de

Jacarezinho (ACIJA) e do Conjunto Amador de Teatro (CAT). Programação Entre os dias 11 e 14 haverá o Circuito Brahma de Rodeio com 30 montarias em Touro. Também no Centro de Eventos acontece nos dias 12 e 13 a Etapa Norte Paranaense de MotoCross. As informações estarão no site www.fetexas.com.br. Na abertura da programação artística, no dia 11 de julho, acontecerá o show da dupla João Bosco e Vinicius. Eles se conheceram em 1991 com 10 anos de idade cada, na cidade de Coxim. Dois anos mais tarde participaram de um Festival de Canção, como adversários, e terminaram empatados em segundo lugar. Com o incentivo de familiares formaram a dupla que atualmente é sucesso em todo o país. Na sexta-feira, dia 12, o Trio Bravana subirá ao palco do Centro de Eventos. Allan, Bruno e

Thiago são amigos de infância na cidade de Americana (SP). O primeiro sucesso foi a música “Mãe to na balada”, lançada no início de 2012. O Trio possui vários sucessos como: “3 amigos”, “Me chama para beber”, “No parada sem parar” e o lançamento nacional em 2013, “Quem tá apaixonado aí”. No sábado, dia 13 , o palco será da dupla Jad e Jefferson. Os amigos Gerson e Wilton escolheram ser Jad e Jefferson que são dois ex-lavradores que têm em comum a origem humilde na zona rural. Até os 16 anos não haviam saído do campo, cresceram ouvindo o pai, avô e os tios animando as noites da família e dos amigos. Entre os sucessos estão: “Eutrepsemia (Doença de gato), “Nóis capota mais num breca”, “A turma do zóio roxo”, “Saco de ouro”, entre outras. No encerramento da festa, dia 14, o grupo Forfun cantará seus sucessos no Centro de Eventos de Jacarezinho. É uma banda do Rio de Janeiro formada no ano de 2001. No início da carreira o som era influenciado por bandas de pop punk da Califórnia, como o Blink 182 e o Green Day. Desde 2008, com o lançamento de seu segundo disco a música está mais ligada a ritmos latinos, africanos e jamaicanos unindo os elementos eletrônicos, mas tudo sem deixar de lado o contato com o rock.

CLIMA

Volume de chuvas em junho bateu recorde dos últimos 30 anos Aline Damásio

O volume registrado de chuvas no mês passado registrou recorde no Norte Pioneiro com precipitação de 131 milímetros, segundo informou o Instituto de Meteorologia Simepar. O volume é o dobro do previsto para junho, que registra média histórica de 66 milímetros. De acordo com o meteorologista do Simepar Samuel Braun, as chuvas intensas no mês de junho são incomuns, mas não estão atreladas a

nenhum fenômeno climático. “Junho normalmente é um mês seco, mas fatores como sistema de nebulosidade se mantiveram em cima do estado durante todo o mês, aglomerando chuva por vários dias”, explicou. No ano passado a região também foi atingida por intensas chuvas com uma média de 333 milímetros ao longo de junho e julho segundo informou o meteorologista. Neblina A pre vis ão do temp o para o longo desta semana

é de temperaturas amenas e tempo estável. O alerta dos meteorologistas é com as neblinas que têm ocorrido, principalmente, nas partes mais altas da região logo no início da manhã. “A neblina é comum devido à umidade do ar e seu principal problema é a visibilidade no trânsito. Como não há como prever sua intensidade, a melhor orientação é que os motoristas dirijam com cuidado principalmente no início da manhã, quando a neblina é mais intensa”, orienta Braun.

Chuvas afetaram principalmente qualidade do milho, que está em plena fase de colheita

de grãos seja recorde em todo estado. Na última semana a Secretaria de Agricultura do Paraná (SEAB) divulgou que

a expectativa para todo estado é que sejam colhidas 38,2 milhões de toneladas de grãos entre as safras de verão e de

inverno 2012/13, uma produção recorde e que representa um crescimento de 23% sobre o ano anterior.

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

Conselheiro Mairinck vai sediar Semana Missionária

Grupo Águia já está se preparando para a Semana Da Assessoria

Uma semana antes da Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá de 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro, com a presença do Papa Francisco, a diocese de Jacarezinho escolheu o município de Conselheiro Mairinck para sediar a Semana Missionária, de 16 a 22, que também ocorrerá em todas as dioceses brasileiras. Será um evento com atividades pastorais e integração entre a Igreja brasileira e do mundo. Cada paróquia se comprometeu enviar três jovens, que receberão formação missionária com o Padre Luiz Fernando de Lima. O perfil do missionário é que tenha vivencia paroquial, com idade entre 14 a 30 anos, e tenha disponibilidade para a semana toda; o dormitório será em casas de família. Na Semana Missionária serão feitas visitas nas casas, bênção às pessoas, Missas Votivas e mapeamento paroquial

(realidade social e sacramental) e vivencia comunitária. O Grupo de Jovem Águia tem se preparado para acompanhar os missionários, juntamente com os membros de pastorais e movimentos. Na Terça-feira (16/07) será a Missa de Acolhida dos Missionários (19h30min), presidida pelo Padre Luciano Enes (Setor Juventude da Diocese), na quarta-feira (17/07) das 9h até 12h, o Padre Luiz Fernando realizará a Formação para os Jovens. As visitas nas casas serão das 14h até 17h. A missa será às 19h30 com Padre Luiz Fernando (Reitor do Seminário de Filosofia) com tema sobre o valor dos sacramentos na vida do cristão. Na quinta-feira, 18, o padre Luiz Fernando prossegue na parte da manhã com Formação Missionária (9h até 12h), na parte da tarde as visitas prosseguem. E às 19h30, o padre Marcelo Souza (Ação Evangelizadora) preside Santa Missa

com bênção das Famílias. Na sexta-feira, 19, será o dia todo de visitas nas casas. Com Santa Missa Vocacional às 19h30 com o padre José Claret (Pároco de Conselheiro Mairinck). Sábado, 20, de manhã será a Evangelização das Crianças (9h) na paróquia. E às 19h30, a Santa Missa de Envio com o bispo Diocesano Dom Antonio Braz Benevente. Quem se interessar em compor o grupo na Semana Missionária pode entrar em contato com a diocese pelo email: diaconia.comunicacao@ gmail.com ou entre em contato com o Padre Luciano Enes. A Jornada Mundial da Juventude vai ser um encontro com os jovens do mundo inteiro. Os estrangeiros estarão espalhados pelas dioceses de todo o Brasil para participar da Semana Missionária, que foi acolhida pela CNBB, como tempo de promoção da evangelização juvenil nas Dioceses.

Visão óptica e relojoaria. As melhores marcas, atendimento de qualidade e profissionais de primeira!

(43) 3534-6233

Santo Antônio da Platina-PR

cyan magenta yellow black


Pdf2427  

TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2427

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you