Issuu on Google+

cmyb

Terça-feira 250 120

21 DE MAIO DE 2013

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

ANO XVII - N0 2394 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

S.A.PLATINA

Polícia Civil abre inquérito para apurar morte de bebê

Luiz Guilherme Brandani

A Polícia Civil de Santo Antônio da Platina abriu inquérito para apurar a morte de um bebê de dois meses de idade, ocorrida no início deste mês, no Pronto Socorro de Santo Antônio da Platina. A mãe Stefanie de Oliveira, 18, acusa a médica plantonista de negligência. No sábado, 18, ela,

VIOLÊNCIA

e Juliele dos Santos, 19, que também perdeu uma criança de 2 anos em situação semelhante, no mês passado, aproveitaram a passeata alusiva ao Dia Nacional de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e pediram ao prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto que intercedesse por elas investigando as denúncias de negligência no PS.  PÁG. A5

PR-431

Discussão deixa um Jovem cai de moto e morto a facadas em Ibaiti morre atropelado por Van

O sexto homicídio do ano em Ibaiti aconteceu no sábado, causado por uma discussão. José Odair de Oliveira, 35 anos, o Frangão é acusado de ter matado a facadas Renato de Souza Sene, 25 anos, no distrito do Campinho. Eles estavam em uma confraternização entre colegas de serviço quando se desentenderam. Segundo testemunhas, Oliveira esperou a festa terminar e, quando Sene deixava a casa, desferiu-lhe duas facadas no peito.  PÁG. A6

A van vinha na pista contrária e não teve como evitar o atropelamento; Jean morreu na hora

AGRICULTURA

Instituto Emater faz 57 anos e apresenta inovações O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, participou da comemoração dos 57 anos do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater Paraná, que fez a primeira videoconferência, a partir de Curitiba, para as 21 unidades regionais existentes no interior do Estado. Na região, a data foi comemorada na antiga Faculdade de Filosofia (hoje, parte da Universidade Estadual do Norte do Paraná- Uenp) campus de Jacarezinho, e contou com o secretário Municipal de Agricultura de Jacarezinho, João Paulo Carretero. Na ocasião foi lançado o programa Emater do Futuro.  PÁG. A8

INVESTIMENTO

Jean Jonathan Pereira, de 18 anos, caiu de sua moto em uma curva da PR-431, na noite de sábado. Tudo indica que ele se perdeu na curva. Com a queda, acabou sendo atropelado por uma Van. O acidente foi registrado pelos bombeiros pouco depois das 23 horas, próximo ao trevo de Jacarezinho, sentido Cambará.  PÁG. A6

ABUSO

Governo lança Nova confecção gera mais empregos em Ribeirão Claro campanha

contra violência infanto-juvenil 

Aberta a apenas dois meses, a confecção Estrela de Davi já gerou 27 novos empregos diretos em Ribeirão Claro. A meta é chegar aos 60 até o final deste ano, com incentivos oferecidos pela prefeitura de Ribeirão Claro. A locação de um imóvel maior dará condições de aumento de produção e contração de pessoal.  PÁG. A5

JACAREZINHO

Encontro Regional de Bandas e Fanfarras

PÁG. B1

EDITAL NA PÁGINA: B2

O Sesc Jacarezinho e a prefeitura municipal promoveram no domingo, o 11º Encontro Regional de Bandas e Fanfarras em Jacarezinho. O evento levou milhares de pessoas à Praça Rui Barbosa. A abertura aconteceu na noite anterior, com a apresentação da Filarmônica Orquestra Show no Conjunto Amadores de Teatro (CAT). A Banda Musical Ecoart de Chavantes (SP) foi o destaque das apresentações.  PÁG. A5

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Problemas maiores, muito maiores, se concentraram no interior sem estradas, sem ferrovias, sem armazéns.” Editorial

Terça-feira, 21 de maio de 2013

A rigidez do conjunto de leis trabalhistas permite negociar apenas dois direitos: o salário e a participação nos lucros e resultados. Esta rigidez pretende dar sustentação ao mercado de trabalho” Susana Falchi

E DITORIAL

Votação relâmpago Na undécima hora, faltando poucas horas para uma volta à estaca zero, o Brasil ganhou um novo marco regulatório para a atividade portuária com a aprovação e conversão em lei da Medida Provisória 595 – a MP dos Portos. Venceu o governo da presidente Dilma Rousseff, que submeteu o Congresso a uma maratona histórica de sessões madrugueiras e conseguiu, apesar do esforço da oposição e do uso de todos os truques regimentais possíveis, acabar por fazer poucas e não essenciais mudanças no texto original proposto pelo Executivo. Em princípio, o histórico embate que resultou na aprovação da MP é motivo de satisfação, na medida em que a nova lei coloca o país em um patamar mais moderno no que diz respeito à atividade portuária. Com ela, o setor se abre à participação e à competição privada o que, na prática, deve resultar na melhoria da eficiência operacional dos terminais e, por conseguinte, na inserção do país em maior escala no vasto mundo das trocas comerciais internacionais. É verdade que a MP foi submetida a um duro combate, não apenas no âmbito parlamentar, mas por parte também de muitos outros segmentos da sociedade – políticos, empresariais e de trabalhadores. Senadores reclamaram – com razão – da forma como a votação foi conduzida, uma verdadeira “votação relâmpago”. A Casa chegou a ser comparada pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) a uma “fábrica de salsichas” devido ao ritmo frenético da HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

votação. Até Renan Calheiros, presidente do Senado, reconheceu o atropelo e garantiu que a Casa não irá apreciar nenhuma outra medida provisória que vier com menos de sete dias da Câmara Federal. “Essa anomalia institucional não vai continuar. Ela apequena o Senado”, afirmou. Também levantaram-se suspeitas quanto a supostas intenções de favorecimento de grupos, da mesma forma como, por motivos ideológicos, se levantaram bravamente os que nela enxergaram apenas um pretenso e nocivo viés privatista. Ao final, porém, prevaleceu não só a vontade oficial mas, sobretudo, a certeza de que o novo marco, ainda que imperfeito ou incompleto, veio para o bem. Entretanto, o debate em torno da MP teve outros méritos que não podem ser desconhecidos. O primeiro deles é de ter tornado ainda mais evidente que não é somente a nossa histórica deficiência no setor portuário responsável pelas graves mazelas de que padecem os setores produtivos do país. Muito antes de a produção nacional chegar à beira do cais para tomar o destino final da exportação, há outros gargalos logísticos a serem resolvidos. Problemas maiores, muito maiores, se concentraram no interior sem estradas, sem ferrovias, sem armazéns. A tal ponto que, frequentemente, dados incontestáveis demonstram que, embora sejamos capazes de produzir soja (apenas para citar um exemplo) a um custo cerca de 50% inferior às

C HARGE

chargeonline.com.br

lavouras norte-americanas, o produto brasileiro chega aos portos já com a sua lucratividade corroída totalmente pelo alto custo dos meios de transporte. E, portanto, enfrentando imensa dificuldade de competição. Logo, o novo marco regulador dos portos, embora seja um fator favorável à melhoria da competitividade do Brasil nos mercados mundiais, não pode ser encarado como uma panaceia capaz de dar por resolvido totalmente o gargalo que nos impede de aproveitar melhor o enorme potencial produtivo do país. Há os outros problemas que, para ser solucionados, merecem soluções talvez semelhantes às aplicadas para os portos – isso é, pelo incentivo à participação privada na construção da infraestrutura necessária. Além da conhecida ineficiência gerencial da máquina oficial, há de se reconhecer também a incapacidade financeira dos governos de investir na medida adequada para suprir as premências mais urgentes. Por isso, assim como a nova legislação dos portos convoca a iniciativa privada para participar da sua modernização, não há alternativa visível no horizonte que não indique o mesmo caminho para permitir a expansão rodoviária e ferroviária, apenas para citar dois dos modais mais imprescindíveis. Vencida a etapa do setor portuário, cujos frutos ainda demorarão a ser colhidos, espera-se agora maior agilidade e efetividade do governo para superar os demais gargalos.

A RTIGO

NESTA EDIÇÃO TEM

Susana Falchi *

22 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGÓCIO

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - AGRONEGÓCIO - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 08 B 01 B 02 - 07 B 08

3º CADERNO - ATAS & EDITAIS

C 01 - 06 C 01 - 06

Aos 70 anos, CLT engessa relações de trabalho

PREVISÃO PARA HOJE

250 120

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Dr. Paulo Mendonça*

Toda a criança é um gênio em potencial (16)

No artigo anterior escrevi sobre a possibilidade de codificarmos a nossa carga genética através de nossos aprendizados culturais e também da possibilidade de podermos transferir esses conhecimentos aos nossos descendentes. Hoje explicarei de forma simplificada como isso pode acontecer conforme muitas pesquisas em andamento. O cortisol, principal hormônio do estresse crônico, é produzido no córtex das glândulas suprarrenais em resposta a um conjunto de ações cerebrais. O cortisol tem a capacidade de ligar e desligar regiões específicas da nossa carga genética particularizando em cada um, características próprias de respostas aos diversos estressores – cada um de nós passa a responder a um mesmo evento perigoso de forma diferente. A carga genética continua a mesma, mas as expressões genéticas ficam diferenciadas – umas mais e outras menos ativas. Esse fenômeno acontece além da genética, ou seja, na epigenética – o liga e desliga de trechos da carga genética. Quando a fêmea de um animal engravida, incluindo-se a mulher, a produção de cortisol da mãe passa

para o feto através da placenta. Conforme o nível de estresse que vive na sociedade na qual habita, a mãe tem uma concentração aumentada ou diminuída desse hormônio. Portanto a carga genética de sua cria vai ser codificada adaptando-se ao ambiente no qual a mãe vive. A mãe, dessa forma, passa para sua cria as defesas emocionais que ela terá que ter para sobreviver naquele habitat onde teoricamente nascerá. Muitas células tronco de todo o organismo vão adquirindo codificações semelhantes, logo as respostas físicas e emocionais aos fenômenos ambientais serão semelhantes. Após o nascimento essa codificação tende a continuar durante a vida toda, mas com intensidade cada vez menor. Dessa forma podemos explicar como na vida adulta os espermatozoides e óvulos transmitem para seus descendentes as potencialidades personalizadas incorporadas geneticamente pelas suas células tronco. Importante entendermos que não somente o cortisol participa desse mecanismo, mas uma série de outros hormônios e substâncias presentes no orga-

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

nismo. Isso também pode se dar através de substâncias existentes na natureza, ou seja, características minerais e contaminantes do solo, dos vegetais e animais que nos servem de alimento, do ar que respiramos, dos venenos e produtos tóxicos existentes em determinado meio etc. Nos lobos temporais do cérebro existem dois núcleos de massa cinzenta chamados amígdalas cerebrais. Eles são os responsáveis pela sensação de medo. Próximo às amígdalas estão os hipocampos, estruturas muito importante para a formação da memória e outros fenômenos que acontecem no aprendizado. Essas duas estruturas trabalham em estreita harmonia otimizando os aprendizados relacionados às defesas de cada indivíduo objetivando a sua sobrevivência. Conclui-se, portanto, que a maior parte do aprendizado está vinculada a sobrevivência. Esse fenômeno talvez seja o principal diferenciador das facilidades herdadas de cada um frente ao aprendizado – uns são mais atentos para umas coisas e outros para outras. Esses conhecimentos nos fazem

pensar mais sobre a medicalização das nossas crianças frente ao aprendizado. A medicalização excessiva conduzida por alguns profissionais de saúde nos informa o quanto inúmeros esclarecimentos ainda são necessários para esses profissionais, pois se trata de informações científicas muito recentes ainda não incorporadas na maioria das escolas médicas. Não sou radicalmente contra essa conduta, mas temos que ser mais cautelosos analisando caso por caso. A modificação medicamentosa do perfil de aprendizado de uma criança fora de sintonia com sua epigenética estaria prejudicando o seu futuro? O metilfenidado (Ritalina e Concerta) é um exemplo atual dessa situação. Raramente eu o prescrevo, mas de uma forma muito criteriosa. Acredito que cautelosamente o laboratório fabricante da Ritalina possivelmente tenha suspenso a sua distribuição, frente à preocupação com os desvios nas suas indicações, prejudicando inclusive crianças que realmente necessitam usá-la. *Paulo Mendonça ‒ Neurologista de Santo Antônio da Platina

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

No ano em que a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) completa 70 anos, uma importante reflexão sobre a relação de trabalho no Brasil se faz necessária. Quanto a lei garante os direitos trabalhistas para os cidadãos e quanto ela “engessa” a relação da empresa com o trabalhador? Nós, brasileiros, aprendemos a acreditar somente nas garantias da lei, pelo menos na área trabalhista. Se analisarmos a Constituição de 1988, na Carta Magna, a palavra direito é usada 76 vezes enquanto a palavra dever aparece apenas quatro vezes. A palavra produtividade ocorre duas vezes e eficiência apenas uma vez. Na CLT temos quase mil artigos, um grande festival de direitos, sem a mínima correspondência com as obrigações e deveres. O Brasil insiste em aplicar um conjunto complexo de leis e de atos administrativos e jurisprudenciais às diferentes realidades do mercado de trabalho. Profissionais altamente qualificados, com alta renda, que têm todas as condições de proteções nos campos de saúde e previdência social, estão legalmente impedidos de estabelecer com seus empregadores regras de seu trabalho, que sejam diferentes do que rege a CLT. O mesmo ocorre com as pessoas que desejam trabalhar em regimes diferentes das jornadas estabelecidas em lei. Os profissionais ficam impedidos, mesmo que desejarem, de serem remunerados, sistemática e habitualmente por aquilo que produzem e não pela sua jornada de trabalho. A rigidez do conjunto de leis trabalhistas permite negociar apenas dois direitos: o salário e a participação nos lucros e resultados. Esta rigidez pretende dar sustentação ao mercado de trabalho, onde a economia concorrencial é bem diferente da economia monopolista. Nela, o verdadeiro dono dos postos de trabalho é o consumidor. Se este não atendido com preço, qualidade e prazo, as empresas fecham suas portas e os trabalhadores perdem seus empregos, até mesmo os que são tutelados pela lei. Isso significa que as empresas modernas não têm outra saída senão serem eficazes no atendimento das necessidades de seus clientes. E, para tal, precisam contar com colaboradores qualificados, satisfeitos e atendidos nas suas aspirações individuais, como por exemplo, trabalhar com a liberdade que melhor atenda as suas necessidades, sejam elas com relação à jornada de trabalho ou com relação à sua produtividade. Este modelo atendeu as expectativas da sociedade industrial na primeira metade do século passado, mas que é inaplicável à atual sociedade do conhecimento. O próprio conceito de empregado deveria passar por uma revisão, considera-se empregado o individuo que trabalha para outra pessoa, recebendo ordens, com base em um contrato na qual se estabelece a relação de subordinação. Nos dias atuais, cada vez mais há a demanda por profissionais especializados que atuam com liberdade na execução de suas atividades. E foi esta a razão que levou muitos países desenvolvidos a tratar estes profissionais como “contratados independentes”. Não seria este um caminho possível para o Brasil? Tratar as relações de trabalho contextualizadas em seus diferentes ambientes e qualificações? *Susana Falchi é CEO da HSD Consultoria em Recursos Humanos Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013

Reinserimos o nosso Estado na agenda de empreendedores nacionais e internacionais e vivemos o maior ciclo de industrialização da história do Paraná” Beto Richa

P anorama Regional Cruzada contra os jornais Em mais uma entrevista a um site que se ocupa em atacar sistematicamente esta Tribuna, o prefeito de Pinhalão, Claudinei Benetti (DEM), continua em sua cruzada no sentido de atingir, principalmente este jornal, mas por tabela, todos os demais veiculos impressos que circulam na região. Ele acusa especificamente dois jornais de superfaturamento nas publicações oficiais.

De quebra, ele atinge seus colegas prefeitos, que estariam sendo coniventes com essas supostas irregularidades. Demonstrando total desconhecimento, diz que esta Tribuna estaria cobrando quatro reais para publicar atos da prefeitura de Cambará. Um desrespeito ao prefeito João Mattar, que realizou licitação, com preço equivalente à metade que acusa o prefeito de Pinhalão.

Retaliação Toda essa ira se deve ao fato desta Tribuna publicar denúncias de irregularidades na administração de Benetti. Apesar de reconhecer que o jornal falou a verdade quando sua esposa usou carro do setor de saúde para ir ao cabeleireiro em Santo Antônio da Platina, ele reclama de uma segunda matéria sobre uso irregular de caminhões da prefeitura na fazenda do irmão do prefeito Hermas senador O conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), Hermas Eurides Brandão, pai do deputado estadual Hermas Junior, com sua aposentadoria prevista para o início de 2014, vem sendo apontado como um nome forte do PSB a uma das vagas ao Senado da república. Ele chega aos 75 anos em pleno vigor físico e mental e com energia de sobra para representar nosso estado no Congresso Nacional. Brandão pai tem dito que após deixar o TCE pretende dedicar-se aos negócios. Ele possui um mega empreendimento turístico em Ribeirão Claro, mas pouca gente que o conhece acredita que ele trocará a agitação que cerca a política pela vida bucólica às margens da represa se Xavantes. Estrada aberta Com uma longa carreira política, Hermas Brandão é uma das figuras mais conhecidas da politica paranaense. Nesse aspecto ele tem todas as estradas abertas a um eventual projeto político desta magnitude. Lupion e Pedro Claro Notinha: Em recente visita ao gabinete do Deputado Estadual Pedro Lupion, o prefeito de Santo Antônio da Platina, Pedro Claro, esteve na capital do Estado para participar de várias audiências com secretários estaduais. Sempre acompanhado do deputado Pedro Lupion, o chefe do executivo municipal reforça sua parceria com o parlamentar. Gleisi depende de Dilma Como já tinha dito, recentemente, a jornalistas do Paraná, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, reafirmou ao IG que a candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ao governo do Paraná, depende da presidente Dilma Rousseff. -- Acho que a Gleisi tem chances de ganhar lá. Mas ainda é preciso conversar com a presidenta para que ela seja liberada. Se não tiver problema para a presidenta que ela seja liberada, acho que é a melhor opção para o Paraná, disse o ministro, Apesar de concordar que a “reeleição dá muita força para quem está no cargo”, Paulo Bernardo não aposta no governador Beto Richa. O governo lá não está tão bem. Não tem políticas reconhecidas ou marcas identificadas pela população, disse. Títulos cancelados A Justiça Eleitoral cancelou 1.354.067 títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições. No Paraná foram cancelados 59.817 títulos. O prazo para regularização expirou no dia 25 de abril. Do total de 1.514.621 títulos passíveis de regularização, 155.663 ou 10,27% foram regularizados, segundo o TSE. Segundo a legislação, o eleitor que tiver o título cancelado ficará excluído da participação no pleito e, sem a prova de que exerceu o voto, justificou a falta ou pagou a respectiva multa, poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição. A irregularidade também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado. Próximo passo O TSE informa que quem não regularizou o título a tempo e constatar que teve seu documento cancelado deverá, a partir de agora, procurar um cartório eleitoral para normalizar a situação. O eleitor poderá reativar o título, inclusive com o mesmo número do que foi cancelado, após apresentar um documento de identificação e um comprovante de residência e preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE), além de pagar eventuais multas a fim de ficar quite com a Justiça Eleitoral e obter novamente o seu direito ao voto.

Jacarezinho pode ter Centro Regional de Especialidades

SAÚDEAtendimentos serão feitos no mesmo local com instalações modernas e adequadas aos programas oferecidos Assessoria

Maurício Reale

O assessor do deputado Hermas Brandão Júnior, o Herminhas (PSB), Ismael Carvalho afirmou, na sexta-feira, 17, que o secretário de estadual de Saúde, Michele Caputo Neto prometeu incluir no orçamento de 2014 a verba para a construção do Centro Regional de Especialidades (CRE) onde será concentrada a realização de exames, consultas e pequenas cirurgias ambulatoriais. Este ano serão construídos sete CREs no Estado e dois já funcionam. Segundo a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) para que as verbas destinadas às construções dos Cres sejam liberadas é necessário a aprovação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) que tem a função de definir regras para de gestão compartilhada junto ao Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a assessoria do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (Cisnorpi), atualmente o consórcio já oferece atendimento prioritário por meio de programas como o Rede Mãe Paranaense, que acompanha gestantes de alto risco e de risco intermediário; Rede de Atenção

Caputo Neto garante a Herminhas verba no orçamento para construção do CRE

à Saúde Mental, voltado a pacientes que necessitam de terapia e avaliação clínica, auxilio medicamentoso e terapias com Psicólogas; Rede de Atenção à Hipertensão Arterial, Diabetes e Doença Renal, que oferece Atendimento Multiprofissional através de Projetos Elaborados por meio de projetos como o Projeto Dia Doce, que consiste em melhorar a qualidade de vida de pacientes portadores de diabetes tipo I - pessoas que nascem ou desenvolvem

Diabetes na fase infantil ou adolescência e são totalmente dependentes de insulina para sobreviver e também como o projeto Pró-Rim destinados à pacientes com propensão à Doença Renal Crônica em especial Hipertensiva e Diabética de acordo com a avaliação do médico Nefrologista, reduzindo os riscos de diálise e hemodiálise posteriores. Estes pacientes são atendidos por uma equipe multidisciplinar que tem por objetivo proporcionar ao paciente um

plano terapêutico para que ele se torne responsável pela melhora significativa da saúde através do uso adequado da medicação, alimentação balanceada, exercícios físicos regulares e terapias individuais e em grupo. De acordo com a assessoria, a construção do CRE vai melhorar a qualidade do atendimento aos pacientes do SUS, já que os pacientes serão atendidos no mesmo local com instalações modernas e adequadas aos programas oferecidos.

INTERNACIONAL

Richa apresenta o Paraná na Câmara de Comércio e Indústria da Rússia AEN

O governador Beto Richa fez ontem, (20/05) uma apresentação das potencialidades do Paraná na Câmara de Comércio e Indústria da Federação da Rússia, em Moscou. Ele destacou que o Estado autorizou estudos para a formação de Parcerias Público-Privadas (PPP) para a modernização de rodovias e avalia possibilidades de ação semelhante na área de terminais portuários e gasoduto Richa disse que a PPP é um mecanismo já utilizado por vários governos no Brasil em razão da baixa capacidade de estados e municípios de realizar grandes projetos. “O Paraná está aberto a novos investimentos e estimula o empreendedor com uma moderna política de incentivos e garantia de segurança jurídica”, disse Richa. Richa destacou que o Paraná

Segundo Richa, programa já atraiu mais de R$ 20 bilhões em investimentos

está entre os cinco estados brasileiros no ranking de geração de riquezas e é um dos maiores produtores nacionais na área agropecuária, além de contar com o principal porto exportador de alimentos do Brasil. “Queremos uma economia cada vez mais diversificada, mas sempre valorizando o potencial natural do nosso Estado para o agronegócio”, afirmou o governador.

Indústria - O perfil industrial paranaense apresentado por Richa mostra que o parque fabril estadual é composto, principalmente, por empresas dos ramos da agroindústria, petroquímica, metalmecânica, madeira, papel e celulose e construção civil. “A indústria do Paraná vive em constante atualização e nos últimos 18 meses apresenta produção crescente”, disse.

O governador afirmou que nos últimos dois anos o Estado conseguiu atrair R$ 20 bilhões em novos investimentos industriais por meio do Programa Paraná Competitivo. “Reinserimos o nosso Estado na agenda de empreendedores nacionais e internacionais e vivemos o maior ciclo de industrialização da história do Paraná”, enfatizou Beto Richa.

CNM

Lançado o hotsite da 16ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios Da Assessoria

A 16.ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios está marcada para o período de 8 a 11 de julho. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançou ontem, 20, o hotsite do evento. Os gestores municipais de todo o Brasil podem acessar

informações, programação, histórico de vídeos e imagens, fazer downloads e conferir as notícias relacionadas à Marcha. Na página principal do hotsite, a CNM disponibiliza a contagem regressiva para o encontro. A contar desta segunda-feira, faltam apenas 48 dias. Está disponível tam-

bém um link para inscrições e o destaque para o tema principal: O desequilíbrio federativo e a crise nos Municípios. Na carta de Convocação, o presidente Paulo Ziulkoski assinala: “[...] em decorrência do desequilíbrio das relações federativas, o País está sendo levado ao estrangulamento das políticas públicas. Ao mesmo

tempo em que se aumentam as demandas da população e se repassam para os Municípios as competências para atendê-las, os recursos continuam concentrados na esfera federal”. Assim como no ano passado, a Marcha em 2013 ocorrerá no Royal Tulip Brasília Alvorada Hotel.


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013

Domésticos querem R$ 900 para trabalhar de segunda a sexta

REIVINDICAÇÕESPatrões já receberam pedidos; próximo passo é discutir as contrapropostas Folha online

O Sindoméstica-SP (Sindicato das Empregadas e Trabalhadores Domésticos da Grande SP) entregou a pauta de reivindicações da categoria ao sindicato patronal. Ess e é o primeiro pass o para definir a convenção coletiva dos domésticos, que determinará algumas regras de pagamentos e de benefícios das empregadas. O documento foi protocolado na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na terça-feira e pede piso salarial de R$ 900 para os domésticos, valor acima do salário mínimo regional de São Paulo, de R$ 755. Os patrões já receberam os pedidos. A presidente do Sedesp (sindicato dos patrões), Margareth Carbinato, diz que o próximo passo das negociações é fazer uma assembleia com os empregadores para discuti-los e, então, apresentar uma contraproposta. “Ainda está em fase de ne go c i a ç ã o.” A re u n i ã o, m a rc a d a p a r a o d i a 2 7 , pode ser adiada, já que o

sindicato patronal diz que é preciso mais tempo para discutir com os empregadores. Para a convenção coletiva começar a valer, é preciso que os dois sindicatos entrem em um acordo. Alan Balaban, advogado trabalhista, diz que a

a convenção coletiva serve para dar direitos aos empregados e deveres aos patrões no caso do que não está na lei”

convenção coletiva ser ve para dar direitos aos empregados e deveres aos patrões no caso do que não está na lei. Se os empregadores não respeitarem a convenção, os domésticos poderão ir à Justiça. Direitos como horas ex-

tras e jornada de 44 horas semanais já estão valendo. Outros, porém, precisam de regulamentação, como FGTS, demissão sem justa causa, seguro-desemprego e adicional noturno. Veja abaixo a proposta do Sindoméstica-SP de piso salarial para cada atividade: Atividade Piso (em R$); Doméstico 900; Copeira 1 . 0 0 0 ; B ab á ( 1 c r i an ç a ) 1.000; Babá (2 crianças ou mais) 1.300; Cuidador de idosos 1.300; Cozinheira 1.500; Motorista 1.500; B abá enfermeira 1.600; Governanta 3.000; Caseiro 2.500. O que já está valendo - Salário mínimo, respeitando o valor estabelecido em cada Estado; 13º salário; Adicional noturno; Hora extra; Jornada de no máximo 44 horas semanais e, no máximo, 8 horas diárias; Des cans o mínimo de 11 horas entre duas jornadas de trabalho; Descanso semanal mínimo de 24 horas; Para jornada de até 6 horas, inter valo mínimo de 15 minutos; para jornada superior a 6 horas, intervalo mínimo de uma hora;

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 243/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com ofício nº 184/2013 DPS, protocolo nº 007219/13 em 10/05/13, decreta: Art. 1º - Fica outorgada, com base no artigo 17, § 3º, da Lei Orgânica do Município – Resolução nº 01/90, a Permissão de Uso Gratuita e a Título Precário do Bem Móvel abaixo descrito à ASSOCIAÇÃO DE BAIRRO VILA RICA, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ sob nº. 86.878.105/000163, com sede nesta cidade e comarca, na Rua Alexandre Guimarães, nº 71, Vila Rica, doravante denominada Permissionária, neste ato representado por seu presidente, Sr. Lidair Pereira, brasileiro, casado, RG nº. 1.585.946 SSP/PR, CPF nº 237.329.709-49 residente e domiciliado em Santo Antônio da Platina - PR, na Rua Alexandre Guimarães, nº 71, Bairro Vila Rica. Nº DE REGISTRO PATRIMONIAL DESCRIÇÃO 20.571 ROÇADEIRA LATERAL, A GASOLINA, COM ALÇA, MARCA NAKASHI, MODELO L430-K Art. 2º – O bem acima descrito destina-se exclusivamente para utilização na conservação das áreas verdes localizadas no bairro Vila Rica. Art. 3º - A Permissionária ficará responsável pela manutenção e conservação do bem, devendo mantê-lo em perfeitas condições de uso e não lhe dando destinação diversa da acima especificada. Art. 4º - A presente Permissão de Uso não gera privilégios nem direitos sobre o bem e poderá ser revogada a qualquer tempo, a critério do Município, sem qualquer indenização à Permissionária. Art. 5º - Revogada a Permissão de Uso, ficará a Permissionária obrigada a restituir o bem em perfeitas condições, ressalvado o desgaste natural ocasionado pelo tempo. Art. 6º – O descumprimento da finalidade ou das responsabilidades assumidas acarretará, automaticamente, a revogação da Permissão de Uso. Art. 7º - A Permissão de Uso terá vigência até 31 de dezembro de 2014. Art. 8º - Os casos omissos serão resolvidos pela autoridade competente. Art. 9º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 17 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANÁ DISPENSA POR JUSTIFICATIVA Nº 0374/2013 - PROCESSO Nº 436/2013 - AVISO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Torna publica a Homologação e Adjudicação do Procedimento Licitatório Modalidade Dispensa por Justificativa sob o nº 0374/2013 que tem como objeto a Locação de 01 imóvel urbano, localizado na Rua Rui Barbosa, nº 567 – Ed. Palácio do Comércio, 1º andar, Sala 101, centro, a fim de manter as instalações do PROCON local, pelo período de 36 (trinta e seis) meses ; à (s) empresa (s): Nome do Fornecedor CNPJ Valor LEO MONTANHEIRO 326.802.019-49 14.112,00 Santo Antônio da Platina, 20 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal

Auxílio-creche e pré-escolar para filhos e dependentes até 5 anos de idade; Seguro contra acidentes de trabalho; Licença-maternidade de quatro meses. A proposta veda diferenças de salários entre domésticos do mesmo empregador e proíbe a discriminação salarial de deficientes Direitos que precisam s er regulamentados - FGTS: 8% sobre a remuneração. Falta definir o modelo de pagamento; Demissão sem justa causa: falta definir se a multa será de 40% do FGTS; Seguro-desemprego: serão cinco parcelas, mas falta a publicação da regra; Adicional noturno: de 20% sobre a hora trabalhada das 22h às 5h. A hora noturna tem 52min30seg. Falta definir em que situação será computado para trabalhadores que dormem no trabalho; Creche e pré-escola para os filhos de até 5 anos: falta definir quando passará a valer; Salário-família pago ao dependente: precisa de definição da Previdência; Seguro contra acidente do trabalho: precisa de definição da Previdência PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 244/13 Outorga de Permissão de Uso, Gratuito, a título precário, à CLINITRAN-CLINICA DO TRANSITO S/S LTDA., de bens móveis do Município de Santo Antônio da Platina. O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com ofício nº 188/2013 DPS, protocolo nº 007216/13 em 10/05/13, decreta: Art. 1º - Fica outorgada a CLINITRAN – CLINICA DO TRANSITO, de Santo Antônio da Platina, Paraná, inscrita no CNPJ: 10.760.081/0001-81, com sede na Rua Pedro Claro de Oliveira, nº. 111, Vila J. Mascaro, neste ato representado pelo seu sócio administrador José Roberto Cabral Cavalcante, brasileiro, casado, portador da cédula de identidade RG sob nº. 1.224.831-8, e inscrito no CPF/MF sob nº. 233.821.399-87, residente e domiciliado à Rua Vinte de Agosto, nº. 345, Jardim São Francisco, nesta cidade e comarca, com base no artigo 17 § 3º. – da Resolução nº. 01/90 – Lei Orgânica do Município – a Permissão de Uso, Gratuita, a Título Precário dos Bens Móveis abaixo descritos, até 31 de dezembro de 2014, podendo ser prorrogado por acordo entre as partes. Art. 2º. – Especificação dos bens cedidos: Número da Placa Descrição do Item Estado de Conservação 711 Armário de madeira, com 02 portas cor mogno, medindo 1,60 x 1,00 x 0,43 Bom 958 Cadeira estofada, tipo giratória, cor azul Bom 2280 Mesa de madeira, padrão cerejeira, com 02 gavetas, medindo 1,25 x 0,75 x 0,74 Bom 2313 Mesa de madeira, padrão cerejeira com 03 gavetas, medindo 1,25 x 0,75 x 0,74 Bom 10745 Arquivo de aço, c/ 04 gavetas, cor cinza. Bom 14026 Carteira escolar conjugada, cor verde-claro. Bom 14028 Carteira escolar conjugada, cor verde-claro Bom 14034 Carteira escolar conjugada, cor verde-claro Bom 14040 Carteira escolar conjugada, cor verde-claro Bom 14052 Carteira escolar conjugada, cor verde-claro Bom 17590 Bebedouro Bom 18395 Arquivo de aço com 04 gavetas. Bom 20311 Cadeira Executiva Gir. com BC Bom 20312 Cadeira Executiva Gir. Com 50 mm com costura a base e gás. Bom Art. 3º – A Permissionária fica obrigada a fazer a manutenção dos bens móveis acima especificados, nos moldes da legislação vigente com o acompanhamento do Diretor de Patrimônio do Município, devendo estes estar sempre em boas condições de uso, zelando a Permissionária por sua conservação. Art. 4º. – O descumprimento da finalidade ou da responsabilidade assumida, pelo contrato da Permissão de Uso, acarretará automaticamente, a revogação da Permissão. § 1º - A presente Permissão não gera privilégios nem direitos sobre os Bens Móveis ora permitidos, a qual ficará condicionada à possibilidade de revogação a qualquer tempo, e a faculdade do Poder Público, resolve-la sem qualquer indenização à Permissionária. § 2º - Revogada a permissão de uso, a qualquer tempo, ficará a Permissionária obrigada a restituir os Bens Móveis permitidos, a título precário, nas condições das melhorias estabelecidas sem ressarcimento e entregues ressalvado o desgaste natural pelo tempo de uso. Art. 5º - Caberá à permissionária a responsabilidade da manutenção e conservação dos Bens Móveis especificados, advindos do uso e a que der causa, enquanto perdurar a Permissão de uso. Art. 6º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 17 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANÁ DISPENSA POR JUSTIFICATIVA Nº 0373/2013 - PROCESSO Nº 435/2013 - AVISO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Torna publica a Homologação e Adjudicação do Procedimento Licitatório Modalidade Dispensa por Justificativa sob o nº 0373/2013 que tem como objeto a Contratação do Consórcio Intermunicipal de Saúde – CISNORPI, para a realização de cirurgias eletivas de média complexidade junto ao Hospital Regional do Norte Pioneiro, destinadas a população que se encontra na fila de espera por tais cirurgias, pelo período de 12 (doze) meses; à (s) empresa (s): Nome do Fornecedor CNPJ Valor CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO NORTE PIONEIRO00.476.612/0001-55 96.000,00 CISNORPI Santo Antônio da Platina, 20 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013

Mães protestam por morte de bebês em Pronto Socorro

Luiz Guilherme Brandani

S.A.PLATINAPolícia Civil abre inquérito para apurar negligência médica em morte de menino de dois meses Aline Damásio

Mã e s e f a m i l i a re s d e duas crianças que faleceram no Pronto Socorro do Hospital Nossa Senhora da Saúde fizeram uma manifestação na porta da prefeitura de Santo Antonio da Platina na tarde do último sábado, 18, reivindicando providências ao prefeito Pedro Claro de Oliveira. O grupo aproveitou a passeata alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes para protestar por justiça. L i d e r a v a o m o v i m e nt o, a d ona d e c as a Ste f an i e Si mone de Olive i ra, 18, mãe de um bebê de dois meses que faleceu no início deste mês, doze horas após receber alta do pronto socorro municipal. A auxiliar de produção Juliele dos Santos, 19 anos, reclamava a morte da filha de dois anos, no início de abril, após passar por dois atendimentos no pronto socorro. De acordo com as famílias, a falta de profissionais competentes no PS coloca a vida dos pacientes em risco, principalmente das

 INCENTIVO

crianças. As mães alegam despreparo até mesmo nos p r o c e d i m e nt o s b á s i c o s . “Minha filha sequer chegou a ser examinada pela

Este parecer deve ser feito por outro médico especializado, que irá analisar os prontuários de atendimento, ficha clínica e os medicamentos que foram aplicados no garoto e constatar se a conduta adotada no caso foi correta”

médica. Nas duas vezes que foi atendida só receitou remédio para dor, não pediu nenhum exame e nem me or ientou para pro c urar um p ediat ra”, des abafou Juliele. Ela conta que só se manifestou sobre o caso

após descobrir a morte semelhante do filho de Stefanie. “Fiquei chocada com a morte da minha filha e sabia que havia alguma coisa errada, mas tomei coragem de protestar ao saber que não estava sozinha nesta situação”, relatou. As mães contest avam ai nd a a c ondut a prof is sional dos médicos plantonistas do PS e cobraram do prefeito a investigação d o s c a s o s . Pe d r o C l a r o prometeu empenho do poder executivo para averiguar as mortes e punir os culpados. Inquér ito p olici a l irá apurar negligência médica O delegado chefe da 38ª Delegacia Regional de Polícia, Tristão Borborema de Car valho abriu inquérito no caso do menino de dois m e s e s qu e f a l e c e u d o z e horas após receber alta do pronto socorro municipal, em Santo Antonio da Platina. O filho de Stefani Si mone d e Olivei ra, 1 8 , foi atendido no dia 5 deste mês pela plantonista do PS Fabíola Felix Tanko com fortes dores abdominais. O menino foi me dic ado e liberado. Na manhã do dia seguinte Stefani levou

o filho novamente à emergência com dificuldades para respirar e sinais de convulsão. O bebê foi atendido pela mesma médica e i nter nad o, mas ve i o a f a l e c e r m i nut o s d e p oi s . A mãe registrou boletim de o cor rênci a e prestou queixa à polícia acusando a médica de negligência, j á q u e o b e b ê f o i at e n d i d o, m a s l i b e r a d o s e m nenhuma prescrição pela plantonista. De acordo com o delegado, tanto os familiares da criança quanto a médica e enfermeiros envolvidos no caso já foram ouvidos e a ficha clínica da criança integrada ao inquérito. Carvalho afirma que será feita uma requisição de um parecer médico legal que irá avaliar se houve erro médico no caso. “Este parecer deve ser feito por outro médico especializado, que irá analisar os prontuários de atendimento, ficha clínica e os medicamentos que foram aplicados no garoto e constatar se a conduta adotada no caso foi correta. Só com a avaliação deste out ro prof issiona l p o d e re m o s c ons t at ar s e houve erro”, declarou. Se

Juliele e Stefanie pedem de investigação de mortes dos filhos

for provado que houve erro médico, a plantonista pode responder pelos crimes de negligência, imp erícia e imprudência. O secretário de saúde Alexandre Levatti relata que teve conhecimento do caso e disse que colocará a pasta à disposição das investigações, mas que não pode tomar nenhuma medida em relação ao aten-

dimento dos profissionais d o pront o s o c or ro. “O s médicos são contratados e cabe a eles responderem p e l o at e n d i m e nt o. E s t e caso deve ser levado pela família ao Conselho Regional de Medicina, que é quem avalia a conduta dos profissionais. Só poderíamos agir se houvesse o envolvimento de algum servidor”, afirma.

 JACAREZINHO

Confecção gera novos Público prestigia Encontro empregos em Ribeirão Claro Regional de Bandas e Fanfarras Da Assessoria

A confecção Estrela de Davi, instalada há cerca de dois meses em Ribeirão Claro já gerou 27 empregos diretos e pretende chegar a 60 funcionários até o final de 2013. O otimismo e a tendência de crescimento se baseiam no apoio recebido pela prefeitura, através da lei de incentivo à indústria número 245/2006. A locação de um imóvel maior dará condições de aumento de produção e contração de pessoal, limitadas hoje pela falta de espaço físico. O s eg u nd o p ass o é a construção de um barracão de grandes proporções com capacidade de abrigar 300 trabalhadores, unindo os serviços de confecção e o lançamento de uma marca própria. A mudança está sendo planejada para ocorrer em médio prazo, mas é considerada determinante para a empresa, que sonha em disputar espaço com as grandes fábricas têxteis do país. Prefeitura e Estrela de Davi assinaram um protocolo de intenções para a cessão de um imóvel de 860 metros quadrados. A construção de uma unidade no distrito industrial foi uma proposta do prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV) para a geração de emprego e renda no município. Além da confecção, o chefe do executivo firmará protocolo de intenções com outras duas indústrias de grande porte que se instalarão em Ribeirão Claro. Willian Felipe, 21 anos,

Apresentação atraiu população para a rua Da Assessoria

Prefeito assina protocolo de intenções

realizou o sonho do primeiro emprego registrado com salário mensal fixo. “Trabalhava na colheita de café, mas não tinha lucro”, lembra. Sobre as mudanças na qualidade de vida, ele enumera as facilidades trazidas pelo novo emprego. “Estou tranquilo, posso comprar minha roupa, minhas coisas, ajudo em casa”, disse. De acordo com o chefe administrativo, Bruno Henrique Barcílio, a prefeitura tem dado todo o suporte necessário para o crescimento da empresa. “O prefeito tem nos apoiado desde o início e temos planos arrojados d e c re s c i m e nt o p ar a o s próximos meses”, adiantou.

“Atualmente temos 27 funcionários, todos de Ribeirão Claro, só não temos mais p orque o imóvel já est á pequeno”, avaliou. “Muitas pessoas nos procuram, já temos uma lista com 70 nomes de interessados em trabalhar conosco”, completou. Para o prefeito Maurício, esse é apenas o início da expansão empresarial no município, que de ve tornar o distrito industrial pequeno diante de tantos interessados em abrir unidades. “Nossa projeção é que em pouco tempo vai faltar espaço, teremos que pro c urar um novo lo ca l para dar continuidade ao projeto de incentivo às empresas”, concluiu.

O 11º Encontro Regional de Bandas e Fanfarras, realizado no último domingo (19) em Jacarezinho, contou com presença de grande público. As apresentações aconteceram a partir das 9h30 na Praça Rui Barbosa no centro da cidade. O evento, que é promo-

vido pelo SESC Jacarezinho, em parceria com a Prefeitura Municipal, contou com apresentações de dez bandas e fanfarras. O objetivo do encontro é estimular a criação de Fanfarras, incentivar as corporações musicais e contribuir para o desenvolvimento do pensamento cívico, autodisciplina e civismo, necessários à formação integral

do cidadão. A abertura do evento aconteceu na noite anterior, sábado (18), com a apresentação da Filarmônica Orquestra Show no Conjunto Amadores de Teatro (CAT). Dentre as bandas e fanfarras que se apresentaram, o destaque foi para a Banda Musical Ecoart de Chavantes (SP) que abriu o evento e fez o público pedir bis. Luiz Guilherme Brandani

COMBATE AO ABUSO INFANTIL O Conselho Municipal de Proteção à Criança e Adolescente de Santo Antonio da Platina promoveu no último sábado, 18, uma passeata em celebração ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A passeata contou com a participação de alunos, professores, profissionais de saúde e da população em geral e encerrou as atividades alusivas a data. Também houve a entrega de prêmios aos alunos participantes do concurso cultural sobre o tema, promovido na rede municipal e estadual de saúde.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira 21 de maio de 2013

Homem é morto com duas facadas no Campinho; assassino está preso IBAITIEste é o sexto homicídio no ano registrado em Ibaiti; polícias Civil e Militar farão reunião para abordar aumento da violência

Divulgação 2º BPM

Celso Felizardo

A Polícia Militar prendeu na manhã de domingo, em Ibaiti, José Odair de Oliveira, 35 anos, o Frangão. Ele, que já tinha mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio, é acusado de ter matado a facadas Renato de Souza Sene, 25 anos, durante uma discussão na noite de sábado, no distrito do Campinho, em Ibaiti. Este é o sexto homicídio no ano registrado em Ibaiti. Eles estavam em uma confraternização entre colegas de serviço quando começou a discussão. Segundo testemunhas, Oliveira esperou a festa terminar e, quando Sene deixava a casa, desferiu-lhe duas facadas no peito. Os amigos da vítima acionaram os socorristas do Samu, porém Sene não resistiu aos ferimentos e

morreu ainda no Campinho. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Jacarezinho. Na manhã do dia seguinte, as equipes da Agência de Inteligência Local e de Radiopatrulhas da 3ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar foram até o distrito atrás do autor do homicídio, que segundo informações, também morava lá. Quando chegaram à casa indicada, familiares de Oliveira disseram que ele não estava e que não sabiam do paradeiro, porém após negociações, os policiais conseguiram o endereço de Oliveira, em Ibaiti. Poucos minutos depois, os policiais prenderam Oliveira e com ele encontraram uma faca com bainha de couro, lâmina de aproximadamente 15 centímetros e com vestígios de

sangue. Em seguida, o acusado admitiu que a arma foi usada na morte de Sene. Oliveira, que já tinha um mandado de prisão preventiva por tentativa de homicídio expedido pelo Poder Judiciário da Comarca de Ibaiti, foi encaminhado para a 37ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) junto com a faca. Violência O assassinato engrossa a assustadora estatística de violência em Ibaiti. Somente no primeiro trimestre, foram registrados cinco homicídios e um latrocínio no município. Este é o sexto homicídio do ano, o que corresponde a mais de um por mês, onde os assassinatos dificilmente passavam de três no ano. O delegado-chefe da 12ª Subdivisão Policial, com sede em Jacarezinho, Marcos Fontes, adiantou que fará uma

José Odair de Oliveira tinha mandado de prisão por tentativa de homicídio

reunião com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Mi-

litar, tenente-coronel Antônio Carlos de Morais, para discutir

ACIDENTE

HOMENAGEM

Jovem morre atropelado ao cair de moto na PR-431

Coronel Diniz recebe honraria máxima da PM

Jivago França

S.A.PLATINA

Diniz foi comandante do 2º BPM até a promoção, no ano passado Celso Felizardo

Jean Pereira bateu de frente com uma Van e morreu no local Portal JNN

Jean Jonathan Pereira, de 18 anos, morreu no fim da noite de sábado depois de cair da moto em uma curva da PR-431 e ser atropelado por uma Van. O acidente foi registrado pelos bombeiros pouco depois das 23 horas, próximo ao trevo de Jacarezinho, sentido Cambará. Segundo os policiais rodoviários estaduais que estavam

no local, tudo indica que Jean se perdeu na curva quando retornava de Cambará para Jacarezinho. No sentido contrário, seguia uma Van que não teve como evitar o atropelamento. Com o choque, o jovem teve morte instantânea com perda de massa encefálica. O condutor da Van, que não teve o nome revelado, contou logo após o acidente que quando viu o jovem deslizan-

do pela pista não teve tempo de evitar o choque. “Ele veio muito rápido, não tive tempo de evitar. Foi uma fatalidade que nunca queria que tivesse acontecido”, afirmou. Amigos de Jean que estavam no local e, ainda não acreditavam no fato, contaram que ele foi até Cambará e retornava para casa. Ele era morador da Vila São Pedro em Jacarezinho. Antônio de Picolli

RECUPERADA - Uma moto Honda Dream, furtada em Santo Antônio da Platina na sexta-feira, foi recuperada pela Polícia Militar na noite de sábado, no bairro Aparecidinho I. Uma equipe da PM se deslocava para uma solicitação de perturbação de sossego, quando avistou um homem conduzindo a moto sem capacete. Ao avistar a viatura, o suspeito abandou o veículo(sem placa) e fugiu a pé. A equipe realizou buscas, mas o condutor da moto não foi encontrado. O veículo foi encaminhado para o pátio da 38ª Delegacia Regional de Polícia (Luiz Guilherme Brandani).

O ex-comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, em Jacarezinho, coronel Aírton Sérgio Diniz, que hoje é comandante do 3º Comando Regional da Polícia Militar, em Maringá, recebeu na sexta-feira, em Curitiba, a

Uma grande parcela desta homenagem eu devo aos anos de trabalho no 2º Batalhão, em Jacarezinho. Agradeço a toda a população e, em especial, aos colegas militares da região”

medalha Coronel Sarmento, maior honraria concedida pela corporação e que leva o nome do patrono da PM. A medalha é concedida anualmente a militares e civis que se destacaram no trabalho em favor da segurança pública do Estado.

o aumento da violência em Ibaiti.

Diniz, que se disse muito honrado em receber a medalha do patrono, destacou a importância dos anos que permaneceu no Norte Pioneiro. “Uma grande parcela desta homenagem eu devo aos anos de trabalho no 2º Batalhão, em Jacarezinho. Agradeço a toda a população e, em especial, aos colegas militares da região”. Além de Diniz, outros 10 militares e 19 civis, entre eles o procurador-geral do Ministério Público do Paraná, Gilberto Giacoia, ex-profess or da Universidade Estadual do Norte d o Pa r a n á ( U E N P ) , e m Jacarezinho. “Assim como o coronel Sarmento que foi um construtor da paz, todos nós devemos construir boas ações, o que significa promover políticas públicas, cidadania e segurança para a melhoria da nossa sociedade”, disse Flávio Arns. O coronel Joaquim Antônio de Moraes Sarmento foi reconhecido patrono da Polícia Militar do Paraná por ter dedicado sua vida à corporação e pela luta na “Guerra do Contestado”, em 1912. Morreu em 21 de abril de 1934, Dia de Tiradentes, patrono de todas as polícias do Brasil. (Com AEN).

PM cumpre mandado e prende autor de furtos

A Equip e de Moto ciclistas da Polícia Militar cumpriu mandado judicial na tarde de ontem e prendeu Dênis Barbosa da Silva, 18 anos, acusado de vários furtos, principalmente de arrombamentos na região do Jardim Colorado, em Santo Antônio da Platina. Ele estava na escadaria da Vila Sete, à margem da BR-153, próximo de onde mora com um cachimbo de crack. Há quase um mês, Dênis chegou a ser detido com produtos de furto. Na época, ele pediu para ser preso, porque estaria recebendo várias ameaças de morte, porém foi ouvido e liberado na 38ª Delegacia Regional de Polícia.

ANDIRÁ

Rapaz é baleado na Vila Santa Inês Um rapaz foi baleado na madrugada de domingo, e m And i r á . Jo s i mar Silvério da Silva, 21 anos, que confess ou est ar f umando maconha próximo da linha do trem, na Vila Santa Inês, foi atingido na região do quadril. Ele foi atendido por socorristas do Samu e encaminhado para o hospital. Silva contou que duas pessoas passaram em uma moto e o g ar up a at i rou contra ele. A vítima disse não saber quem poderia ter cometido o crime. A Polícia Civil investiga o caso.


PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL TRIBUNA DO VALE - ESTADO DO PARANÁ Terça-feira, 21 de maio de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL EDITAL DE CLASSIFICAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO – MODALIDADE PREGÃO Nº: 016/2013. Eu Fayçal Melhem Chamma Junior, Pregoeiro Oficial do Município de Ribeirão do Pinhal – Paraná comunico a quem possa interessar, que o procedimento licitatório, visando a contratação de empresa especializada para execução de serviços de retífica de motor com fornecimento de peças novas para a Pá Carregadeira W20B (MOTOR MERCEDES 366), conforme solicitação do Departamento Rodoviário, foi realizado na data de 25/03/2013 com início às 13h30min, na modalidade licitatória Pregão Presencial, registrado sob o número 016/2013, e que, após a realização do certame, decidi classificar como ganhadores dos lotes disputados as empresas abaixo especificadas: LOTE 01

EMPRESA VENCEDORA

CNPJ

VALOR R$

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO Auto Peças Joãozinho Ltda ME 14.341.562/0001-03 DO PINHAL 6.000,00 Ribeirão do Pinhal, 27 de março de 2013. - ESTADO DO PARANÁ Fayçal Melhem Chamma Junior

Pregoeiro Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL EDITAL DE CLASSIFICAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO – MODALIDADE PREGÃO Nº: 017/2013. Eu Fayçal Melhem Chamma Junior, Pregoeiro Oficial do Município de Ribeirão do Pinhal – Paraná comunico a quem possa interessar, que o procedimento licitatório, visando a contratação de empresa especializada no fornecimento de gêneros alimentícios, materiais de limpeza, higiene e utensílios, para a Secretaria de Assistência Social, foi realizado na data de 27/03/2013 com início às 09h30min, na modalidade licitatória Pregão Presencial, registrado sob o número 017/2013, e que, após a realização do certame, decidi classificar como ganhadores dos lotes disputados as empresas abaixo especificadas: LOTE 01 02 03 04 05

EMPRESA VENCEDORA CNPJ VALOR R$ JAIR TOZO JUNIOR & CIA LTDA EPP 02.859.385/0001-72 8.084,15 JAIR TOZO JUNIOR & CIA LTDA EPP 02.859.385/0001-72 2.424,27 FABIANA MOREIRA DANTAS & CIA LTDA 04.700.750/0001-27 18.236,23 JAIR TOZO JUNIOR & CIA LTDA EPP 02.859.385/0001-72 3.798,31 JAIR TOZO JUNIOR & CIA LTDA EPP 02.859.385/0001-72 2.633,00 Ribeirão do Pinhal, 28 de março de 2013. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL EDITAL DE CLASSIFICAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO – MODALIDADE PREGÃO Nº: 018/2013. Eu Fayçal Melhem Chamma Junior, Pregoeiro Oficial do Município de Ribeirão do Pinhal – Paraná comunico a quem possa interessar, que o procedimento licitatório, visando a contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção, licenciamento de uso, e suporte técnico operacional e presencial do sistema equiplanos, para utilização no executivo municipal, foi realizado na data de 27/03/2013 com início às 13h30min, na modalidade licitatória Pregão Presencial, registrado sob o número 018/2013, e que, após a realização do certame, decidi classificar como ganhador do lote disputado a empresa abaixo especificada:

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL - ESTADO DO PARANÁ -

LOTE 01

EMPRESA VENCEDORA CNPJ VALOR R$ CIM – Contabilidade Inf.Municipal S/C Ltda 81.130.767/0001-37 57.600,00 Ribeirão do Pinhal, 28 de março de 2013. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL EDITAL DE CLASSIFICAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO – MODALIDADE PREGÃO Nº: 019/2013. Eu Fayçal Melhem Chamma Junior, Pregoeiro Oficial do Município de Ribeirão do Pinhal – Paraná comunico a quem possa interessar, que o procedimento licitatório, visando a contratação de empresa especializada no fornecimento de pneus e acessórios novos tidos como de primeira qualidade e aprovados pelo Órgão Controlador da Categoria (INMETRO, etc.), para diversos departamentos e secretarias do município, a serem utilizados durante o Rua Paraná 983foi– Caixa Postal: 15 de – CEP: 86.490-000 – Fone: (43)35518300 - Fax: (43) 35518313. exercício de 2013, realizado na data 28/03/2013 com início às 08h30min, na modalidade licitatória Pregão E-mail: pmrpinhal@uol.com.br Presencial, registrado sob o número 019/2013, e que, após a realização do certame, decidi classificar como ganhadores dos lotes disputados as empresas abaixo especificadas:

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL - ESTADO DO PARANÁ -

LOTE 01 02 03 04 05 06

EMPRESA VENCEDORA CNPJ DISTRIBUIDORA VEICULAR LTDA 07.262.218/0001-63 DISTRIBUIDORA VEICULAR LTDA 07.262.218/0001-63 AUTO POSTO ANAVIAR LTDA 03.036.406/0001-12 DISTRIBUIDORA VEICULAR LTDA 07.262.218/0001-63 DISTRIBUIDORA VEICULAR LTDA 07.262.218/0001-63 DISTRIBUIDORA VEICULAR LTDA 07.262.218/0001-63 Ribeirão do Pinhal, 01 de abril de 2013. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal

VALOR R$ 138.174,00 504,00 1.050,00 7.958,00 36.298,00 101.342,00

MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANÁ

INEXIGIBILIDADE Nº 014/2013 PROCESSO Nº 417/2013 -–AVISO ADJUDICAÇÃO- EFax: HOMOLOGAÇÃO Rua Paraná 983 – Nº Caixa Postal: -15 – CEP: 86.490-000 Fone:DE (43)35518300 (43) 35518313. Torna publica a Homologação e Adjudicação do Procedimento Licitatório Modalidade Inexigibilidade sob o nº 014/2013 E-mail: pmrpinhal@uol.com.br que tem como objeto a contratação de empresa especializada e exclusiva para prestação de serviços mecânicos e aquisição

de peças originais para os Micro-Ônibus AVY 9719, AVY 9723 e ARE 8113 da marca Volkswagem, pertencentes a Secretaria Municipal de Educação, a serem adquiridos conforme a necessidade, pelo período de 12 (doze) meses; à (s) empresa (s): Nome do Fornecedor CNPJ Valor SERVOPA CAMINHOES LTDA 00.298.749/0001-67 85.000,00 Santo Antônio da Platina, 20 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA No 185/2013 O Excelentíssimo Senhor João Mattar Olivato, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, que lhe são conferidas por lei, R E S O L V E: Art. 1º Exonerar, a pedido, a partir desta data, a servidora VERA JUSSARA BURGHI, admitida em 09/07/2012, portadora da CTPS nº 5545609 Série 001, RG nº 9.247.347-3-SSP/PR, ocupante do cargo efetivo de BIBLIOTECARIO. Art. 2º- A presente Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se, Notifique-se, Cumpra-se. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 20 de Maio de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO - PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ Conselho Municipal de Assistencia Social ASSISTÊNCIA SOCIAL - Barra do Jacaré – Paraná Lei de Criação nº 18/95 de 06 de Dezembro de 1995 Rua Paraná 983 – Caixa Postal: 15 RESOLUÇÃO – CEP: 86.490-000 – Fone: (43)35518300 - Fax: (43) 35518313. 002/2013 - CMAS E-mail: pmrpinhal@uol.com.br SÚMULA – Aprova o Reordenamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social de Barra do Jacaré – Paraná, no uso de suas atribuições que lhe confere a Lei Municipal nº18/95, de 06/12/1995, e, considerando a deliberação da Plenária realizada em 20 de maio de 2013. RESOLVE: Art. 1º- Aprova as diretrizes do Reordenamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), conforme foi pactuado na Comissão Intergestores Tripartite- CIT e deliberado pelo Conselho Nacional de Assistência Social- CNAS. Art. 2ª – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Barra do Jacaré, 20 de maio de 2013. Elenice Dutra Alboneti - Presidente do CMAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ – ESTADO DO PARANÁ RATIFICAÇÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 04/2013 Nº Processo: 044/2013. Objeto: Materiais e Serviços para Revisão da Máquina Motoniveladora da marca Komatsu (500 horas). Total de Itens Licitados: 06 un. Fundamento Legal: Art. 25º, Inciso I e II da Lei nº 8.666 de 21/06/1993. Justificativa: Para atender as necessidades do Setor Rodoviário e assegurar o termo de garantia junto aoParaná fornecedor. cação em 20/05/2013. Edimar de Freitas Prefeito -Municipal. total: R$ Rua 983 Ratifi – Caixa Postal: 15 – CEP: 86.490-000 – Fone:Alboneti. (43)35518300 Fax: (43)Valor 35518313. 2.275,57. Contratada: VIANMAQ EQUIPAMENTOS LTDA, CNPJ-01.631.022/0001-12.

E-mail: pmrpinhal@uol.com.br

Atas & Editais A-7 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 017/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de conformidade com o requerimento nº 6826/13 de 03/05/2013, resolve: I – CONVOCAR o candidato abaixo relacionado, aprovado no Concurso Público Municipal, homologado através do Decreto nº 139/10, de 12 de maio de 2010, para comparecer na Divisão de Recursos Humanos desta Prefeitura Municipal, no prazo de 03 (três) dias, contados da data da publicação, como segue: RELAÇÃO DOS CONVOCADOS Cargo: AUXILIAR DE SERVIÇOS PÚBLICOS 1. DIRCE APARECIDA DE OLIVEIRA ZANETTE II – O candidato convocado deverá comparecer munido dos seguintes documentos: 1. Certidão constando que, em exercício da função pública, não sofreu penalidade por prática de atos desabonadores. 2. 02 (duas) fotos 3 x 4; 3. CTPS; 4. Fotocópia autenticada do RG, do CIC, do PIS/PASEP, da CTPS, do Título de Eleitor (com comprovante de votação na última eleição), da Certidão de Nascimento (se for solteiro), ou de Casamento (se for casado), do comprovante de escolaridade, da Carteira da Ordem de Classe, do Certificado de Reservista ou de quitação com o Serviço Militar (se for do sexo masculino e menor de 45 anos), da Certidão de Nascimento dos filhos (se os possuir); 5. Atestado de saúde expedido pelo Órgão Municipal de Saúde. 6. Declaração de acúmulo ou não, de emprego, cargo ou função pública nas esferas municipal, estadual ou federal; 7. Declaração de que não percebe proventos de aposentadoria do Regime Próprio da Previdência Social, em atendimento ao disposto no § 10, do Artigo 37 da Constituição Federal e da Emenda Constitucional nº 20/98. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 16 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 313/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, CONSIDERANDO o Processo de Sindicância nº 004/09, instaurado pela Portaria nº 384, de 28 de julho de 2009; CONSIDERANDO o art. 182, da Lei 02/93 e Parecer Jurídico 536/2013; RESOLVE: I – DETERMINAR à Secretaria de Planejamento, Serviços e Obras Públicas que faça levantamento da situação do Loteamento Jardim Altvater, especificando o que o Município realizou de infraestrutura, o que falta para concluir da infraestrutura por parte do município, e caso já esteja concluída, certificar a conclusão e informar quem realizou, e outras informações que julgar necessárias. II – DETERMINAR ao Departamento de Patrimônio que Arquive provisoriamente os autos deste Processo até a realização do levantamento, sendo que, após, será deliberado a respeito das providências quanto à regularização da situação dos imóveis e a propositura da Ação de Ressarcimento. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 13 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 323/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de conformidade com o requerimento nº 007323/13, de 14/05/13 – Departamento Mun. de Arquitetura, resolve: I - DESIGNAR os servidores abaixo relacionados para, sob a presidência do primeiro, compor uma COMISSÃO ESPECIAL para os Estudos Prévios de Impacto de Vizinhança, Construções Irregulares na Área Urbana e nas áreas de Prevenção Ambiental, como segue: 1. DIEGO CASAGRANDE - Diretor do Dep. de Arquitetura e Urbanismo 2. CINTIA ANTUNES DE ALMEIDA DA SILVA – Advogada do Município 3. ELCIO BAPTISTA DE ALMEIDA – Diretor do Dep. de Planejamento 4. ELIANI DE FÁTIMA SIMÕES – Secretária Mun. de Agricultura e Meio Ambiente 5. JANDERSON ANTÔNIO FIGUEREDO - Fiscal de Obras e Posturas GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 16 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 238/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com requerimento nº 007118/13 de 09/05/2013, decreta: Art.1º - Fica alterado o item 9 - Representantes das Entidades de Turismo, do Decreto nº 217/13 CONSELHO MUNICIPAL DO TURISMO, como segue: 9. Pablo Vecchia Luzia Turismólogo Art.2º - Revogam-se as disposições em contrário GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 16 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 239/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo como o ofício nº 179/13- Departamento de Patrimônio e Segurança, protocolado nesta prefeitura sob nº 006772/13 em 02/05/13, decreta: Art.1º - Fica alterada a descrição do bem constante no Decreto 072/13 de 04 de fevereiro de 2013 Permissão de Uso outorgada à ASSOCIAÇÃO PARA TRANSPORTE DOS ESTUDANTES DE SANTO ANTONIO DA PLATINA À OURINHOS - ATESAP, como segue: ONIBUS MARCA/MODELO SCANIA K112 33S, COMBUSTÍVEL DIESEL, RENAVAN Nº 52.114.840-5, ANO/MODELO 1987/1987, CHASSIS Nº 9BSKC4X2BH3455309, PLACA AHU 9270 – PATRIMÔNIO Nº 16443; Art.2º - Revogam-se as disposições em contrário GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 16 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 240/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, e de acordo com o requerimento nº 006965/13 em 06/05/13- Hospital Nossa Senhora da Saúde, decreta: Art. 1º. – Fica outorgada ao HOSPITAL NOSSA SENHORA DA SAÚDE de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, inscrito no CNPJ sob nº. 81.161.697/0001-84, localizado na Praça São Benedito nº 251, com base no artigo 17 § 3º. - da Resolução nº. 01/90 – Lei Orgânica do Município - a Permissão de Uso, Gratuita, a Titulo Precário, pelo prazo de 3 (três) anos, podendo ser prorrogado por acordo entre as partes, do Bem Móvel do Município patrimoniado sob nº. 20.297, com a seguinte descrição: AUTOCLAVE 300 LT SPEEDY BAUMEER A VAPOR adquirido da empresa Comércio de Materiais Médicos e Hospitalares Macrosul Nota Fiscal nº 480442, através do Pregão nº. 078/2008. Art. 2º. - A Permissionária, obriga-se a utilizar o bem móvel descrito no artigo anterior, exclusivamente no Hospital Nossa Senhora da Saúde, ficando única e exclusivamente por sua conta e risco toda a responsabilidade pertinente aos danos a que der causa em relação ao Bem Permitido, ficando também desde já ciente de qual a empresa que o Município adquiriu o Bem Móvel, para não alegar ignorância quanto à reposição de peças e/ou garantia do mesmo. Art. 3º. – A Permissionária fica obrigada a repor peças e/ou restaurar referido Bem Móvel, bem como fazer a manutenção nos moldes da legislação vigente específica, devendo o Bem Móvel Patrimoniados sob nº. 20.297 estar sempre em excelentes condições de uso, sendo responsável por todos e quaisquer reparos e eventuais danos a ele causado, bem como a terceiros, zelando por sua boa aparência e conservação. Art. 4º.- O descumprimento da finalidade ou da responsabilidade assumida, pelo Contrato de Permissão de Uso, acarretará, automaticamente, a revogação da Permissão. § 1º. - A presente Permissão não gera privilégios nem direitos sobre o Bem Móvel Permitido, e tem como condição a possibilidade de revogação a qualquer tempo, tendo em vista ser referido Bem Móvel, para fins de utilização em benefício da população do Município de Santo Antônio da Platina/PR, e a faculdade do Poder Público resolve-la sem qualquer indenização à Permissionária. § 2º.- Revogada a permissão de uso, a qualquer tempo, ficará a Permissionária obrigada a restituir o bem móvel permitido, a título precário, nas condições das melhorias estabelecidas sem ressarcimento e entregues, ressalvado o desgaste natural pelo tempo e uso. Art. 5º. – Caberá à permissionária a responsabilidade pelo pagamento de todos os encargos incidentes sobre o Bem Móvel Permitido, advindos do uso e a que der causa, enquanto perdurar a Permissão de Uso. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 16 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO - Prefeito Municipal


cmyb

A-8 Região

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013

Emater completa 57 anos e lança novo programa

AGRICULTURA Emater do Futuro visa modernizar as atividades agrícolas no Estado; na região, o instituto atende 23 municípios Da Assessoria

O Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) está completando 57 anos de atividades e visa à modernização dos trabalhos desenvolvidos. Para comemorar a data, o instituto está lançando o programa Emater do Futuro, que segundo o gerente regional Maurício Castro Alves, será desenvolvido também no Norte Pioneiro.

Na semana passada, o diretor presidente do Emater, Rubens Ernesto fez uma palestra sobre os 57 anos que foi transmitida a todo o Estado, e contou com a presença do secretário Estadual de Agricultura, Norberto Ortigara, do deputado estadual Pedro Lupion e do deputado federal Abelardo Lupion. Na região, a comemoração aconteceu na antiga Faculdade de Filosofia (hoje, parte da Universidade Estadual do Norte

do Paraná- Uenp) campus de Jacarezinho, e contou com o secretário Municipal de Agricultura de Jacarezinho, João Paulo Carretero, o chefe regional da Secretaria da Família, Antônio Carlos de Almeida, o Tomate, chefe regional da SEAB (Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento), Fernando Emmanuel, a chefe regional do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Rosa Maria, o presidente do Sindicato Rural Patronal, Eduardo Quintanilha, e repre-

CAMBARÁ

Nova Iluminação será 25% mais econômica

Instituto lança programa Emater do Futuro

sentantes de entidades regionais e funcionários do Emater. Pa r a o S e c r e t á r i o d e Agricultura de Jacarezinho, a modernização viabiliza melhorias dos serviços prestados. “A equipe na região vem realizando um ótimo trabalho com os parceiros e também agricultores. Esta inovação só tem a melhorar ainda mais os serviços prestados”, analisou Carretero.

Norte Pioneiro A regional da Emater atende 23 municípios e conta com 65 funcionários e mantém parceria com as prefeituras. “É um novo planejamento estratégico. A sociedade cobra e estamos modernizando. É preciso a contratação de novos técnicos, reciclagem de tecnologia e ampliar parcerias”, comenta Maurício Castro Alves. Ele destacou que são atendidas

aproximadamente 8 mil famílias no Norte Pioneiro através da Agricultura Familiar. O gerente regional ainda explica que há vários projetos nas áreas de café, leite, frutas e oleiculturas. “Estamos num novo desafio com a aprovação da Lei Estadual que coordena a Assistência Técnica de Extensão Rural e iremos por em prática esta ação”, concluiu Alves.

BRIGADA

Roberto Francisquini

Alunos fazem simulação de incêndio em Ribeirão Claro

Novas lâmpadas deixam a cidade mais clara e garantem maior segurança Roberto Francisquini

A prefeitura municipal de Cambará iniciou esta semana o processo de substituição das lâmpadas nas principais vias da cidade. As novas lâmpadas refletem maior luminosidade e ainda garantem uma economia de 25%.

De acordo com o prefeito João Mattar (PSB), a primeira etapa visa concluir toda a extensão da Avenida Brasil e em seguida será a vez da rua Dr. Genaro Resende e outras vias do comércio. A praça Dr. Miguel Dinizo também recebeu iluminação nova e o chafariz voltou a

Estudantes receberam orientações sobre situações de risco funcionar. Da Assessoria A medida agrada a poOs alunos recebem orienpulação. “A nova iluminação tações periódicas sobre proestá deixando nossa cidade Estudantes da Escola Mu- cedimentos em situações mais bonita, o tom amare- nicipal Zuleika David Chamlado aliado com nossa terra mas Cassar e do Colégio Estavermelha deixava a cidade dual Professor Joaquim Adrecom aspecto de suja, agora ga de Moura participaram está muito melhor” disse o de um treinamento contra morador Paulo Dias, que incêndio na última semana. O tirava fotos com a família no exercício faz parte do prograchafariz. “Agora dá gosto de ma Brigada Escola – Defesa trazer a família para passear Civil na Escola, promovido na praça” acrescentou. pelo governo do Paraná. GesO prefeito pretende em tores de escolas passaram por curto prazo solucionar o pro- uma capacitação de 16 horas blema de iluminação pública em 2012 e precisam realizar em toda a extensão do muni- simulações de acidentes, in- de risco ou emergência em cípio e informou que as vias cêndios ou tragédias naturais, sala de aula e aprimoram o também já estão recebendo quando os estabelecimentos aprendizado durante as duas recapes asfalticos e operação de ensino precisam ser com- simulações feitas anualmentapa buraco. pletamente evacuados. te. Segundo a direção das

São informações importantes para a segurança dos alunos e uma exigência do estado”

duas escolas, os estudantes estão prontos para agir diante de emergências, desastres naturais ou provocados. A diretora do Colégio Estadual Professor Joaquim Adrega de Moura, Rosângela Ferreira Amadeu, é a gestora da brigada, que conta ainda com uma pedagoga e um professor. Segundo a diretora, os alunos matriculados pela Escola Municipal Zuleika David Chammas Cassar, que funciona no mesmo prédio, também participam das capacitações e exercícios práticos. “São informações importantes para a segurança dos alunos e uma exigência do estado”, concluiu.

Visão óptica e relojoaria. As melhores marcas, atendimento de qualidade e profissionais de primeira!

(43) 3534-6233

Santo Antônio da Platina-PR BONS RESULTADOS - O paratleta Luciano Murilo de Almeida Anacleto, 33 anos, de Pinhalão, trouxe duas medalhas de prata do Circuito Regional Centro-Leste Caixa Loterias, disputado este fim de semana em Uberlândia (MG). Anacleto que é deficiente visual, sem visão do olho direito e apenas 20% do esquerdo, figura entre os dez melhores paratletas do país na classe T13 e busca índice para o Circuito Nacional Paraolímpico, que será disputado no fim do ano. Ele, que disputou nas categorias 800; 1,5 mil e 5 mil metros rasos, aparece na foto ao lado da instrutora Jô Sabbag.

cyan magenta yellow black


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013

Geral

B-1

www.tribunadovale.com.br

Campanha visa combater violência infanto-juvenil FAMÍLIAAs atividades atingirão todo o Paraná e tem como objetivo fortalecer as redes de proteção AEN

O governador em exercício Flávio Arns e a secretária estadual da Família e Desenvolvi-

mento Social, Fernanda Richa, apresentaram ontem, (20/05), a campanha Viva a Infância, criada em conjunto com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança

e do Adolescente (Cedca), para estimular a sociedade a enfrentar as situações de violência contra crianças e adolescentes. A primeira ação da cam-

panha aconteceu no último sábado, quando o “Homem Nu” da Praça de 19 de Dezembro, no centro de Curitiba, amanheceu vestido com uma camiseta gigante, com a mensagem Viva a Infância. A estátua de oito metros de altura é um dos mais conhecidos monumentos da capital. Todas as iniciativas da campanha foram apresentadas durante ato marcado para o Palácio Iguaçu, além da assinatura de protocolo de intenções com instituições dos setores e bares e hotéis.

As atividades e campanha atingirão todo o Paraná e tem como objetivo fortalecer as redes de proteção e, principalmente, chamar a atenção da sociedade sobre as situações de violência que podem acontecer e de como é possível combatê-las. Os recursos para a realização da campanha é do Fundo Estadual da Infância e da Adolescência (FIA). Segundo a secretária Fernanda Richa, a ideia é ter uma campanha que gere o engajamento de toda sociedade e ganhe o apoio popular. “É necessário desconstruir padrões e mostrar que a violência contra a criança e o adolescente não é normal e nem pode ser tolerada. Por isso, ela tem a função de alertar sobre o problema, gerar reflexão, indicar caminhos e incentivar a denuncia”, explica.

A campanha será realizada em duas fases, durante sete meses, e mobilizará toda a rede de proteção da Criança e do Adolescente no Paraná. Na primeira parte, o adulto é colocado no lugar da criança para mostrar o tamanho da covardia que é a violência contra elas. Já na segunda fase, recorrendo a uma linguagem mais alegre, o foco é mostrar a importância de crianças e adolescentes crescerem em um ambiente seguro. Ação realizada na Praça de 19 de Dezembro, que incluiu um cenário montado ao redor - um banco, um chinelo e um cinto em escala gigante -, mostra a proporção que uma criança tem frente a um adulto. A ideia é criar uma atmosfera em que todos fiquem pequenos e indefesos - como uma criança - frente a uma agressão.

49% das notificações de violência no Estado são contra crianças

Monumento “Homem Nu”, amanheceu com uma camiseta com os dizeres: Viva a Infância

Segundo dados da Secretaria da Saúde, de 2009 até o início de maio de 2013 foram registrados no Paraná cerca 21,5 mil notificações de violências. Deste total 49% são de violências contra crianças e adolescentes. A análise mostrou que o tipo de violência mais característico em crianças e adolescentes é a negligência ou o abandono - tanto em meninos quanto em meninas – chegando a 48% do total dos casos notificados no último ano. A violência sexual ocupa a

segunda colocação, principalmente contra meninas. Na terceira colocação está a violência física, cuja maior incidência é contra os meninos. No último ano o número de notificações de violências contra crianças e adolescentes cresceu significativamente. O aumento, no entanto, não está relacionado ao aumento da violência, mas sim a uma sensibilização maior dos profissionais do setor saúde em relação ao tema. Em 2010 foram 48,6 %- 1,6 mil casos registrados -, em 2011 o nú-

mero baixou para 43,2% - 2,3 mil notificações - e em 2012 o índice ficou em 56,1% - aproximadamente 7,2 mil ocorrências-.Outras informações: www.vivaainfância.com.br Notificações de todas as formas de violência - 2010 - 3. 192 notificações (29% - crianças [0 a 11 anos] e 19,6% - adolescentes [12 a 17 anos]); 2011 – 5.515 notificações (21,2% crianças e 22% adolescentes); 2012 - 12.860 notificações (56,12% crianças e adolescentes, sendo que 30,2% contra crianças e 22% adolescentes).

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais VENDE-SE TERRENO

COM ÁREA DE 360M2, RUA WENCESLAU BRAZ , Nº 158 – CENTRO - SANTO ANTÔNIO DA PLATINA –PR

CONTATO (43) 9681-3004

SÚMULA A empresa J. CHAMMAS & CIA LTDA, localizada na Rua Cel. Emilio Gomes, nº 953 - Centro, nesta cidade de Ribeirão Claro/PR, inscrita no CNPJ nº 80.723.638/0001-90, torna-se pública a Licença de Operação nº 8013, com validade até 26/04/2017, fornecida pelo Instituto Ambiental do Paraná – IAP. Ribeirão Claro/PR, 17 de maio de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 245/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: CONSIDERANDO os despachos exarados no requerimento nº 2013/04/005391, de 09 de abril de 2013, DECRETA: Art. 1º - Fica a cota referente à PENSÃO TEMPORÁRIA, concedida através do Decreto nº 150/11, de 19/04/2011 à beneficiária KAROLINA DINIZ FERREIRA, na qualidade de menor sob guarda do ex-servidor do município, Senhor OSMAR NUNES DINIZ, falecido em 03/04/2011, REVERTIDA para a Senhora SUELI BENTO LEMOS, na qualidade de cônjuge convivente, beneficiária da PENSÃO VITALÍCIA, de acordo com o artigo 237, inciso II da Lei Municipal 02/93. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 17 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

JUIZO DE DIREITO DA COMARCA DE CAMBARÁ -PARANÁ EDITAL DE PRAÇA COM PRAZO DE CINCO (05) DIAS Pelo presente se faz saber a todos, que será levado à arrematação em primeira e segunda praça, os bens de propriedade dos executados MICHELATO ALIMENTOS LTDA, ANTONIO CARLOS MICHELATO E LUIZ CELSO MICHELATO. PRIMEIRA PRAÇA:- DIA 28/MAIO/2013, ÀS 14:00 horas, por preço não inferior ao valor da avaliação, para venda a quem mais der. SEGUNDA PRAÇA:- DIA 12/JUNHO/2013, ÀS 14:00 horas, pelo maior lanço que oferecido, desprezado o valor da avaliação, ressalvando-se a hipótese de preço vil. LOCAL: Espaço Cultural Nilza Furlan, localizado na Avenida Brasil, 1192. PROCESSO: Autos de Execução de Título Extrajudicial nº 206/2000 em que é exeqüente BANCO BAMERINDUS DO BRASIL S/A BENS:-a) “ um terreno urbano, com área total de 112,00 m², situado no centro desta cidade, titular das demais características estampadas na matrícula n. 4.070 do CRI local.Características: O terreno supra identificado possui topografia regularmente plana(corrigida sobre declive lateral, em degraus), praticamente todo ocupado pela benfeitoria edificada sobre o mesmo, que possui portas de acesso pelas Ruas Major Barbosa e Alambari, bem como dos imóveis adiante descritos nos itens “b” e “c”, salietando estar fisicamente unificado a estes imóveis. Avalio este imóvel em R$ 28.000,00(vinte e oito mil reais). b) “ um terreno urbano, com área total de 336,00 m², situado no centro desta cidade, titular das demais características estampadas na matrícula n. 4.071 do CRI local.”Características: O terreno supra identificado possui topografia regularmente plana(corrigida sobre declive lateral), praticamente todo ocupado pela benfeitoria edificada sobre o mesmo, bem como dos imóveis descritos nos itens “a” e “c” , salietando estar fisicamente unificado a estes imóveis. Avalio este imóvel em R$ 84.000,00 (oitenta e quatro mil reais). c) “ um terreno urbano, com área total de 512,00 m², situado no centro desta cidade, titular das demais características estampadas na matrícula n. 4.072 do CRI local.” Características: O terreno supra identificado possui topografia regularmente plana(corrigida sobre declive lateral), praticamente todo ocupado pela benfeitoria edificada sobre o mesmo, bem como dos imóveis outrora descritos nos itens “a” e “b” , salietando estar fisicamente unificado a estes imóveis. Avalio este imóvel em R$ 128.000,00(cento e vinte e oito mil reais). II – BENFEITORIA(edificada sobre os imóveis descritos nos itens I/a, b, c) Uma edificação em alvenaria, adequada para armazenagem/atividades coletivas, com área total construída aproximada de 960,00 m², coberta com telhas de barro, sem forração interna, predominantemente com piso em concreto, assinalando alguns perímetros com piso em assoalho, possuindo um sanitário. Considerando os aspectos gerais da benfeitoria, tais como condições do reboco, piso, pintura, cobertura, atribuo a mesma o regular/ comprometido estado de uso e conservação, com janelas quebradas e outras deteriorações superficiais na alvenaria, posto que ressalvados isolados eventos de armazenagem de bens de refugo, as atividades normais em referida benfeitoria foram encerradas há mais de 30 anos. Avalio esta benfeitoria em R$ 144.000,00(cento e quarenta e quatro mil reais). Tendo em vista a situação supra narrada, qual seja, da condição de unificação física entre os imóveis descritos nos itens “a, b, c”, fica o conjunto(imóveis + benfeitoria) avaliado em R$ 384.000,00(trezentos e oitenta e quatro mil reais), ou ainda, considerando o potencial econômico de cada imóvel com sua respectiva parcela de benfeitoria, ficam também avaliados em: Imóvel I/a + parcela de benfeitoria de 11,6666% = R$ 44.800,00; Imóvel I/b + parcela de benfeitoria de 35% = R$ 134.400,00; Imóvel I/c + parcela de benfeitoria de 53,3334% = R$ 204.800,00; III – MÓVEIS(MÁQUINAS/EQUIPAMENTOS) 1) – um expandidor marca Tecnal, modelo EXP-250, tipo n. 203/91, série S, pesando 4.230 kilos(plaqueta n. 1153) acionado por motor marca Búfalo de 125 CV, 1175 RPM(plaqueta n. 1366) e redutor do expander(plaqueta n. 1154), incluindo condicionador horizontal, medindo 0,70 metors e 3.080 metros de comprimento(plaqueta 1151, acionado por motor de 10 CV) – plaqueta 1365, e redutor marca CESTARI(plaqueta n. 1152), com transportador de rosca helicoidal marca Tecnal(n. 20), modelo FK 250, série A, n. 023/91, medindo 2,60 metros de comprimento da rosca 14 polegadas, para a alimentação do condicionador(plaqueta n. 1364) e redutor marca CESTARI(plaqueta n. 1150), em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este expandidor em R$ 55.099,87(cinquenta e cinco mil, noventa e nove reais e oitenta e sete centavos); 2) – um secador horizontal para germe de milho marca Tecnal, modelo T S H N-250, série 04/85, tipo A,com capacidade para 150 TON/24 H, constituído por módulos de 2,4 netris cada e uma única esteira de aço inoxidável plaqueta n. 1155, acionado por motor elétrico de 1,5 CV, e polos (plaquetas n. 1370), e redutor marca CESTARI(plaqueta n. 1156), incluindo dois ventiladores acionados por dois motores elétricos de 10 CV, 4 polos e 2 ventiladores acionados por 2 motores elétricos de 7,5 CV, 04 polos(plaquetas n. 1371 e 1376), 04 aquecedores de ar por troca térmica com vapor saturado, 4 ciclones separadores de pó, além de um transportador de rosca helicoidal, coletor de pó, aconado por motor elétrico de 1 CV, 0 polos; 01 transportador de rosca helicoidal para descarga do secador plaqueta 1163, e 2 transportadoreds

de rosca helicoidal (plaquetas n. 1166 e 1170; 01 válvula dosadora(plaquetas n. 1157 a 1162, 1164, 1165, 11678 a 12169 e 1171), em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este secador em R$ 77.139,82 (setenta e sete mil, cento e trinta e nove reais e oitenta e dois centavos); 3) um transportador de corrente tipo redler, marca TECNAL, modelo RD 200, n. 113/86, série A, medindo 6,60 M de comprimento, largura da corrente 7”, com caixa medindo 20 X 40 CM de altura(plaqueta n. 1172), aconado plor motor marca WEG de 1 CV(plaqueta n. 138) e redutor(plaqueta n. 1173) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este transportador de corrente em R$ 5.509,99(cinco mil, quinhentos e nove reais e noventa e nove centavos); 4) um elevador métalico de canecas marca TECNAL, modelo E-300, medindo 28 m de altura, inteiriço do duto 80X32 em plaqueta n. 1174, acionado por motor de 5 CV(plaqueta n. 1382) e redutor marca CESTARI(plaqueta n. 1175) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este elevador em R$ 11.019,97(onze mil, dezenove reais e noventa e sete centavos); 5) um transportador de corrente tipo redler marca TECNAL, modelo R-200, série n. 058/91 tipo A, medindo 9,60 m de comprimento, com caixa medindo 20 x 40 CM de altura(plaqueta n. 1181), acionado por motor marca WEG de 3 CV (plaqueta 1385) e redutor marca CESTARI(plaqueta 1182) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este transportador de corrente em R$ 5.509,99(cinco mil, quinhentos e nove reais e noventa e nove centavos); 6) um transportador de corrente tipo redler marca TECNAL, modelo R-200, série n. 058/91 tipo A, medindo 9,10 m de comprimento, com caixa medindo 20 x 40 CM de altura(plaqueta n. 1183), acionado por motor marca WEG de 3 CV (plaqueta 1386) e redutor marca CESTARI(plaqueta 1184) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este transportador de corrente em R$ 5.509,99(cinco mil, quinhentos e nove reais e noventa e nove centavos); 7) um painel de comando do expandidor, com 02 portas, medindo 1,25 x 1,90 m de profundidade (Plaqueta n. 1367), incluindo 01 – cubículo com botoeira, para o redutor marca Varimot(plaqueta n. 1368), 01 cubíbulo com botoeira(plaqueta 1369) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este painel em R$ 11.019,97(onze mil, dezenove reais e noventa e sete centavos); 8) um transportador de corrente tipo redler marca TECNAL, para alimentação do extrator, medindo 20 m de comprimento, da rosca 7”, com capacidade para 10 T/H, plaqueta n. 1185, com caixa medindo 20x30 de altura, acionado por motor marca WEG de 05 CV(plaqueta 1387) e redutor marcas CESTARI(plaqueta n. 1186) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este transportador de corrente em R$ 11.019,97(onze mil, dezenove reais e noventa e sete centavos); 9) – um extrator de células rotativas TER-08, construído em aço carbono, com capacidade para 240 TON/24 H, medindo 5,30 m de altura do corpo 5,10 M, composto de 12 células conjugadas que giram em torno de um eixo vertical, tendo cad uma delas os fundos formados por chapas e telas em aço inoxidável, montadas sobre comportas articuláveis deslizantes sobre roletes em pista circular até o ponto de descarregavel(plaqueta 1196), incluindo moenda metálica para alimentação do extrator(plaqueta n. 1187), rosca dosadora, medindo 2,10 de comprimento da rosca 9, para alimentação do extrator(plaqueta 1188) acionada por motor marca WEG de 2 CV(plaqueta 1390) e redutor marca CESTARI(plaquetas 1189), eclusa tipo DR 250-E plaqueta n. 1190, acionada por motor marca WEG de 2 CV – plaqueta 1391, e redutor marca CESTARI(plaqueta 1191), 02 ciclones EX 3 e EX4(plaquetas n. 1192 e 1193); 02 tanques EX 6 e EX7(plaquetas n. 1194 e 1195, de cantadores rotor acionado por moto-redutor e variador de velocidade motor marca WEG de 1 CV(plaqueta n. 1392; redutor marca CESTARI(plaqueta n. 1197) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este extrator em R$ 198.359,54(cento e noventa e oito mil, trezentos e cinquenta e nove reais e cinquenta e quatro centavos); 10) – um transportador de corrente tipo redler marca TECNAL(DT-1), inclinado medindo 16 m de comprimento da rosca 7”, com caixa medindo 20 x 40 cm cde altura, para a alimentação do DT(plaqueta n. 1198) acinado por motor marca WEG DE 7,5 CV(plaqueta 1393) e redutor marca CESTARI (plaqueta 1199) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este transportador de corrente em R$ 8.264,98(oito mil, duzentos e sessenta e quatro reais e noventa e oito centavos); 11 – um ciclone de pó marca TECNAL (DT-4), modelo GTCDT, construído em chapa preta 3/16, com eixo central de gases, montado sobre mancais de rolamentos e dotados de raspadores de alumínio com rosca extratora para remoção do inoxidável AISI 304, montado sobre o DT (plaqueta n. 1200) acionado por motor marca WEG de 1,5 CV, e polos(plaquetas n. 1394) e redutor CESTARI(plaqueta n. 1201), em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este ciclone em R$ 8.264,98(oito mil, duzentos e sessenta e quatro reais e noventa e oito centavos); 12 – um dissolventizador marca TECNAL, modelo TDT n. 123/86, série 1935, com capacidade para 250 T/H, plaqueta n. 1202 constituído de 1 cilindro vertical de 1,60 m 9,30 m de altura, dividido em 6 pisos, aquecidos a vapor saturado (10 KG/CM2), com teste hidráulico a 20 kg/cm2, equipado com 01 válvula eclusa para a vedação dos gases entre o dissolventizador e o extrator, 01 redutor de velocidade modelo RV-50(plaqueta 1203), com omtor marca WEG de 40 CV, 6 polos(plaqueta 1395), 01 transportador de rosca helicoidal(saída do DT) medindo 1,80 m de comprimento, da rosca 9”(plaqueta 1204) acionado por motor marca WEG de 2 CV(plaqueta n. 1396) e redutor marca CESTARI(plaqueta 1205); - dispositivos automáticos(pneumático/ mecânico) que ocntrola o nível de carga do TDT e comanda a saída do material, em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este dissolventizador em R$ 143.259,67(cento e quarenta e três mil, duzentos e cinquenta e nove reais e sessenta e sete centavos); 13 - um transportador de corrente tipo redler marca TECNAL, inclinado, construído em chapas pretas perfiladas, com cabeçotes equipados com selos de anel e gaxeta, medindo 15 m de comprimento, com caixa medindo 20 x 30 cm de altura, com capacidade para 10t/h, para alimentação da politizadora, a prova de gases(plaqueta n. 1206), acionado por motor de 5 CV, 4 polos e redutor marca CESTARI(plaqueta 1207) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este transportador de corrente em R$ 8.264,98(oito mil, duzentos e sessenta e quatro reais e noventa e oito centavos); 14 – 01 tanque de mis cela medindo 2,30x2,30x1,10, construído em chapas de aço carbono(plaqueta 1208) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este tanque em R$ 1.653,00 (hum mil seiscentos e cinquenta e três reais); 15 – 01 Bomba da miscela n. 1, marca DARKA(plaqueta 1533), acionada por motor marca WEG de 3 CV, 1.740 RPM(plaqueta 1398) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 330,60(trezentos e trinta reais e sessenta centavos); 16 – uma bomba da miscela n. 2 marca HERO, tipo H-100-C, série 4605, ano 89, plaqueta n. 1210, acionada por motor marca WEG de 10 CV, 1.760 RPM, plaqueta 1399, em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 3.305,99 (três mil, trezentos e cinco reais e noventa e nove centavos); 17 – uma bomba da miscela n. 3 marca HERO, tipo H-65, sérei 2639, ano 85(plaqueta 1211), acionada por motor marca WEG de 5 CV, 1.740 RPM(plaqueta 1400) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 2.754,99 (dois mil, setecentos e cinquenta e quatro reais e noventa e nove centavos); 18 - 01 Bomba da miscela n. 4, marca DARKA(plaqueta 1212), acionada por motor marca WEG de 3 CV, 1.740 RPM(plaqueta 1401) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 440,80(quatrocentos e quarenta reais e oitenta centavos); 19 - 01 Bomba da miscela n. 1, marca DARKA(plaqueta 1213), modelo CS-4-M-9, tipo C, acionada por motor marca WEG de 3 CV, 1.740 RPM(plaqueta 1398) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 440,80(quatrocentos e quarenta reais e oitenta centavos); 20 – uma motobomba marca KSB, modelo megaflow 50-160-K, montada sobre base metálica BD-0502, através de acoplamento Megagloy E-97, com motor elétrico triáfiso marca WEB de 6W, 2 polos 3.500 rpm, 220/760 V, 60 HZ, a prova de explosão, vazão da bomba 15 m³/h, altura manométrica 35 mca, com selo mecânico John Crane(plaqueta 1214), acionada por mtor marca WEB de 6 CV, 3.480 rpm(plaqueta 1403) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta motobomba em R$ 3.305,99 (três mil, trezentos e cinco reais e noventa e nove centavos); 21 – 01 bomba n. 9 marca DARKA, tipo CA 21/2, série 1215(plaqueta 1215), acionada por motor marca WEG de 1 CV(plaqueta 1404) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 220,40 (duzentos e vinte reais e quarenta centavos). 22 - uma motobomba marca KSB n. 10, com base metálica BS-0501, acoplamento E-82, com motor elétrico de 2 CV, 4 polos a prova de explosão, vazão da bomba 153 m/h, altura manométrica, 13,8 mca, selo mecânico John Crane e protetor de acoplamento padrão KSB OP-360212 (plaqueta n. 1216) acionada por motor marca WEG de 2 CV, 1.715 rpm(plaqueta 1405) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta motobomba em R$ 1.653,00 (hum mil seiscentos e cinquenta e três reais); 23 – uma bomba da miscela n. 11, marca DARKA(plaqueta 1217), acionada por motor marca WEG de 1 CV, 1.730 rpm(plaqueta 1406) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 165,30 (cento e sessenta e cinco reais e trinta centavos); 24 – uma bomba da miscela n. 12, marca HERO, série 5542/85,ano 88(plaqueta 1529) acionado por motor marca WEG de 1 CV, 1.730 rpm(plaqueta n. 1407) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 1.653,00 (hum mil seiscentos e cinquenta e três reais); 25 – uma motobomba marca KSB n. 13, marca Megachem 32 -125, com base BS-0501-B, acoplamento E-82, com motor 5 CV, 2 polos, a prova de explosão, vazão da bomba 15 m³/h, altura manométrica 25 mca, selo mecânico John Crane e protetor de acoplamento padrão KSB OP-359942 (plaqueta 1219) acionada por motor

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013 marca WEG de 3 CV(plaqueta n. 1408) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta motobomba em R$ 1.653,00 (hum mil seiscentos e cinquenta e três reais); 26 – uma bomba n. 14 marca DARKA(plaqueta 1220),acionada por motor marca WEG de 0,5 CV, 1740 rpm, em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 165,30 (cento e sessenta e cinco reais e trinta centavos); 27 – uma motobomba marca KSB n. 15, modelo Meganon 32 -200, com base BS0501-B, acoplamento E-97, com motor 4 CV, 4 polos, a prova de explosão, vazão da bomba 15 m³/h, altura manométrica 18,7 mca, selo mecânico John Crane e protetor de acoplamento padrão KSB OP-304119 (plaqueta 1221) acionada por motor marca WEG de 4 CV(plaqueta n. 1410) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta motobomba em R$ 1.653,00 (hum mil seiscentos e cinquenta e três reais); 28 – uma bomba n. 16 marca HERO, modelo H-40-C, série 4901(plaqueta 1222), acionada por motor WEG de 3 CV, 1740 rpm(Plaqueta 1441) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 1.873,40 (hum mil oitocentos e setenta e três reais e quarenta centavos); 29 – uma bomba n. 17 marca HERO, modelo H-320, ano 85(plaqueta 1223), acionada por motor WEG de 2,5 CV, 1710 rpm(Plaqueta 1412) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 1.763,20 (hum mil setecentos e sessenta e três reais e vinte centavos); 30 – uma bomba de engrenagem n. 18, ½” (plaqueta 1224), acionada por motor WEG de 1,5 CV, 1710 rpm(Plaqueta 1413) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 495,90 (quatrocentos e noventa e cinco reais e noventa centavos); 31 – uma bomba de engrenagem n. 23, ½” (plaqueta 1225), acionada por motor WEG de 5 CV, 1740 rpm(Plaqueta 1425) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 440,80 (quatrocentos e quarenta reais e oitenta centavos); 32 – uma bomba(plaqueta 1226), acionada por motor de 2 CV, 4.320 rpm, em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 165,30(cento e sessenta e cinco reais e trinta centavos); 33 – uma bomba n. 25 marca HERO, modelo H-800, série 2845, ano 95 (plaqueta n. 1227), acionada por motor marca WEG de 25 CV(plaqueta 1416) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 4.132,49(quatro mil, cento e trinta e dois reais e quarenta e nove centavos); 34 – uma bomba n. 26 marca HERO, modelo H-800, série 0264 (plaqueta n. 1228), acionada por motor marca WEG de 25 CV(plaqueta 1447) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio esta bomba em R$ 4.132,49(quatro mil, cento e trinta e dois reais e quarenta e nove centavos); 35 – um conjunto de separadores e recuperadores de gases marca TECNAL(plaquetas 1229 a 1233), composto por: um recuperador de gases cilíndrico, vertical, para absorção com óleo solvente impregnado no ar de escape da instalação, metálico, soldado ao arco elétrico, equipado com flanges, boca de inspeção e anéis de hasing de polipropileno(DF-2); um trocador de calor tubular, para troca térmica entre óleo e vapor, com carcaça em aço-carbono e tubos de aço(DIN 2441), capacidade 5 m²(AQ-5); um trocador de calor de placas em aço inox, para esfriar o óleo mineral, para troca térmica entre óleo e água, capacidade 200 1/h(EF-1); um evaporador de gases do óleo – coluna para separação de hexano do óleo de absorção metálica, soldada ao arco elétrico, equipada com flanges, bocas de inspeção e anéis de hasing em porcelana(DF-3); um separador de gases construído em aço-carbono equipado com glanges de ligação(DF-1); um rotâmetro marca OMEL, nº 138479, para medição do fluxo na alimentação do óleo mineral do DF-3(plaqueta 1236) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este conjunto de separadores e recuperadores de gases em R$ 22.039,95(vinte e dois mil, trinta e nove reais e noventa e cinco centavos); 36 – um conjunto de refrigeração de líquidos marca TECNAL(plaqueta 1234) para esfriar o óleo mineral a temperatura de 12º, trabalhando por condensação a água ae esfriamento do óleo por evaporação do freon 12, sendo o conjunto montado sobre base metálica e composta por: um compressor de gás Freon 12, modelo UR 5000, série B, n. 116/85(plaqueta 1235), acionado por motor marca WEG de 3 CV, 1.150 rpm(plaqueta n. 1420); um condensador com tubos em aço inox AISI304(plaqueta 1241 CD-5); um evaporador com tubos DIN2440; demais acessórios necessários ao perfeito funcionamento do conjunto, em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este conjunto de refrigeração em R$ 16.529,96(dezesseis mil, quinhentos e vinte e nove reais e noventa e seis centavos); 37 – 04(quatro) condensadores marca TECNAL, sendo os espelhos, fundos abaulados e flanges em aço a carbono e os tubos e chicanas em aço inoxidável 304 (plaquetas n. 1237 a 1240), com as seguintes superfícies de troca térmica: CD1: 70 m²; CD2: 100 m²; CD3: 15 m²; CD4: 10 m², em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este conjunto de condensadores em R$ 33.059,92(trinta e três mil, cinquenta e nove reais e noventa e dois centavos); 38 – um conjunto composto por três separadores de solvente marca TECNAL(plaqueta n. 1242), retangulares verticais(DC1, DC2 e DC3) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este conjunto de separadores de solvente em R$ 9.917,98(nove mil, novecentos e dezessete reais e noventa e oito centavos); 39 – um conjunto composto por 02 tanques marca TECNAL(plaqueta 1243), retangulares verticais, para os separadores DC1 e DC2, em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este conjunto de tanques em R$ 11.019,97(onze mil, dezenove reais e noventa e sete centavos); 40 – um aquecedor à vapor direto marca TECNAL, para a separação do solvente da água(plaqueta n. 1244 – AP2) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este aquecedor em R$ 551,00 (quinhentos e cinquenta e um reais); 41 – um conjunto de destilação marca TECNAL(plaquetas 1245 a 1250), composto por três conjuntos para evaporação, na seguinte forma: 1º estágio(um aquecedor AQ-1 cilíndrico, vertical, construído em aço carbono e com tubos em aço inox, sendo o aquecimento feito através dos vapores do dissolventizador, capacidade 50m³; um separador de líquidos EV-1, construído em aço carbono, com câmara onde a miscela é pulverizada, trabalhando sob vácuo, sem aquecimento, evitando a formação de espuma); 2º estágio(dois aquecedores AQ-2 e AQ-3 cilíndricos, verticais, construídos em aço carbono e com tubos em aço preto DIN-2448, sendo o aeucimento feito através de vapor de baixa pressão (2kg/cm²), aproveitado do falsh, capacidade 20 m² cada um; um separador de líquidos EV-2); Módulo terminador com pré aquecedor AQ-4 e EV-3, construído em chapa de aço carbono, inclusive peças internas e flanges, com corpo cilíndrico dotado de serpentina externa para aquecimento a vapor. No cabeçote superior da coluna encontra-se um dispositivo para a separação dos fluídos e evitar o arraste de espuma. O vapor é injetado diretamente no cabeçote inferior, trabalhando em contracorrente com o óleo, que junto com o sistema laminar e de vácuo da coluna, assegura eficiência ao processo. Capacidade do aquecedor 6,7 m², em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este conjunto em R$ 55.099,87 (cinquenta e cinco mil noventa e nove reais e oitenta e sete centavos); 42 – 02(dois) condensadores de vapor marca TECNAL (plaquetas 1251 e 1252 – DG-3 e P/AQ-6) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio cada condensador em R$ 6.611,98, perfazendo o total de R$ 13.223,96 (treze mil duzentos e vinte e três reais e noventa e seis centavos); 43 – um tanque para miscela (TG-2) marca TECNAL, cilíndrico, vertical, medindo 1,60 m e altura 3,10 m(plaqueta 1253), incluindo rotâmnetrol para medição do fluxo na alimentação da miscela (plaqueta 1254) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este tanque em R$ 4.407,99(quatro mil quatrocentos e sete reais e noventa e nove centavos); 44 – um ventilador marca TECNAL, modelo VAP-400 (plaqueta 1255) com rotor em aço inox e sistema de vedação através de selo mecânico, vácuo em H2O, acionado por motor marca WEG de 3 CV, 3.500 rpm à prova de explosão(plaqueta 1421) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio este ventilador em R$ 3.305,99(três mil trezentos e cinco reais e noventa e nove centavos); 45 – 02(dois) tanques marca TECNAL, para depósito de solvente, com capacidade para 17.000 litros cada (plaquetas n. 1257 e 1258) , em regular estado de conservação e funcionamento. Avalio cada tanque em R$ 5.509,99, perfazendo o total de R$ 11.019,98 (onze mil, dezenove reais e noventa e oito centavos). Portanto, ficam os equipamentos avaliados em R$ 760.819,04(setecentos e sessenta mil oitocentos e dezenove reais e quatro centavos). AVALIAÇÃO TOTAL: R$ 1.144.819,04 (um milhão cento e quarenta e quatro mil oitocentos e dezenove reais e quatro centavos). BÉBITO:- R$ 4.823.738,40 (quatro milhões oitocentos e vinte e três mil setecentos e trinta e oito reais e quarenta centavos). ONUS: consta sobre os bens imóveis penhora nos autos de Execução Fiscal nº 10/2008 movido pelo Banco Central do Brasil. RECURSO PENDENTE: não há. INTIMAÇÃO: Fica desde logo intimados das datas designadas os executados MICHELATO ALIMENTOS LTDA, na pessoa de seu representante legal, ANTONIO CARLOS MICHELATO E LUIZ CELSO MICHELATO, bem como suas esposas, se casados forem, caso não sejam encontrados para sua intimação pessoal. Dado e passado nesta Cidade e Comarca de Cambará, Estado do Paraná, aos seis dias do mês de maio do ano dois mil e treze (06/05/2013). Eu,__________(Roberto Lúcio Cia Rodrigues Vilar), Escrevente, que subscrevo.RENATO GARCIA Juiz de Direito


TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE CAMBARÁ Av. Brasil, 1229 – Centro – Caixa Postal n. 4 – CEP 86390-000 – Fone/fax (43) 3532 1717 ciacivel@brturbo.com.br EDITAL DE CITAÇÃO, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS O Doutor RENATO GARCIA, MM. Juiz de Direito da Comarca de Cambará, Estado do Paraná, que pelo mesmo CITA possíveis interessados, ausentes, incertos e desconhecidos, da propositura perante este Juízo dos autos de USUCAPIÃO sob nº. 000035215.2013.8.16.0055, proposto por WALDIR DE CAMARGO e sua esposa EDNA TIRONI DE CAMARGO, tratando de: Um terreno localizado de frente para a Rua A, medindo 60,17 m, Do lado direito de quem olha do terreno para a Rua A, confronta com a Rua D, medindo 64,32 m, Do lado esquerdo de quem olha para a rua A, confronta com a Rua E, medindo 59,89 m. Aos fundos do terreno confronta com Waldir de Camargo, medindo 60,00 m. A propriedade descrita abrange uma área de 3.726,060 m2, referindo-se aos lotes 59 a 69 da quadra 09 do Jardim Eldorado”, para que, querendo, no prazo de 15 dias, contados da data do vencimento do prazo acima estipulado, apresentem contestações ao presente feito, por intermédio de advogado. ADVERTÊNCIA: Não sendo contestada a ação, se presumirão aceitos pelo réu, como verdadeiros os fatos articulados pelo autor (arts. 285 do CPC). E para que chegue ao conhecimento de todos, mandou expedir o presente edital que será afixado no lugar de costume e publicado na forma da lei. Dado e passado nesta cidade e Comarca de Cambará/PR, aos vinte e quatro dias do mês de abril do ano dois mil e treze (24/04/2013). ROBERTO LUCIO CIA RODRIGUES VILLAR Escrevente Juramentado Autorizado Portaria 19/2011 Conselho Municipal da Saúde de Ribeirão do Pinhal – Pr Resolução nº 04/2013, de 16 de maio de 2013, do Conselho Municipal de Saúde de Ribeirão do Pinhal – Pr . Dispõe sobre as conclusões acerca do Relatório Anual de Gestão do Órgão Executor da Saúde do Município de Ribeirão do Pinhal – Pr, na forma SARGSUS relativas ao exercício 2012. O Pleno do Conselho Municipal da Saúde de Ribeirão do Pinhal – Pr, em reunião ordinária realizada no dia 16/05/2013, no uso das prerrogativas conferidas pela Lei Federal nº 8.080 de 19/09/1990, Lei Federal nº 8.142 de 28/12/1990 e pela Lei municipal nº 1,311/06 que revogou a Lei nº 889/1991. RESOLVE: Art. 1º - aprovar o Relatório Anual de Gestão do Órgão Executor da Saúde do Município de Ribeirão do Pinhal – Pr, na forma SARGSUS relativas ao exercício 2012. Ribeirão do Pinhal em 16 de maio de 2013. Marcos Pinto de Miranda PRES. DO C.M. SAUDE DE RIB. DO PINHAL Homologo a Resolução do Conselho Municipal de Saúde de Ribeirão do Pinhal de nº 04/2013 de 16/05/2013, nos termos do parágrafo 2º do artigo 1º da Lei Federal nº 8.142 de 28/ 12/1990. Nadir Sara Melo Fraga Cunha SECRETÁRIA MUNICIPAL DA SAÚDE PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA PORTARIA N° 017/2013 SÚMULA: Designam os servidores municipais para comporem a Comissão de Recebimento e Liquidação de materiais e serviços, objetos de compras e licitações do Município. O Prefeito Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, nos termos do artigo 69, inciso IX da Lei Orgânica do Município, RESOLVE: Art. 1° - Designar os servidores abaixo qualificados, para comporem a Comissão de Recebimento e Liquidação de materiais e serviços, objetos de compras e licitações do Município de Guapirama. DIEGO DE OLIVEIRA, Servidor Comissionado, inscrito no CPF sob n° 061.833.649-40, juntamente com demais servidores responsáveis por cada um dos Departamentos de Administração Interna: - Gabinete do Prefeito, Secretaria Geral: Vanderlei Gregório de Oliveira; - Divisão de Recursos Humanos: Leila de Oliveira Morais; - Divisão de Expediente e Serviços Gerais: Diego de Oliveira; - Divisão de Tesouraria: Ronieri Morelin; - Divisão de Contabilidade: Giovana de Oliveira Siqueira; - Divisão de Tributação: Ângela Soares de Oliveira; - Departamento de Licitações: Paula Regina de Oliveira e - Divisão de Controle de Patrimônio Público: Solange Brandelik Choma; DIEGO DE OLIVEIRA, Servidor Comissionado, inscrito no CPF sob n° 061.833.649-40, para o caso específico de abastecimento da frota municipal, aquisição de peças automotivas, materiais de expediente, limpeza e gêneros alimentícios (com exceção de padaria e açougue) juntamente com demais servidores: - Divisão de Obras, Serviços Rodoviários e Urbanismo: Edson Ferreira Lima; - Divisão do Fundo Municipal de Saúde e Saneamento Básico: Sueleide Maria Landes Carvalho; - Divisão de Educação e Cultura: Vanessa Mendes Góes; - Escola Municipal São Roque: Leni Jesus de Oliveira; - Centro Municipal de Educação Infantil Tia Bila: Lislene Fogaça Alves; - Biblioteca Cidadã: Leni Jesus de Oliveira; - Divisão de Esportes: Amarildo Aparecido Gabriel; - Departamento de Agricultura: Hélcio Chagas de Oliveira; - Divisão de Assistência Social, do Fundo Municipal de Assistência Social e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente: Dulcilene Pires Cardoso; - Conselho Tutelar: Verali de Fátima Rodrigues; - Centro de Atendimento à Criança e ao Adolescente: Veronice Ferreira Lima Carrapeiro; DANIELA DUTRA DA SILVA, servidora pública efetiva, inscrita no CPF sob n.º 068.481.569-90, para o caso específico de publicações no Órgão Oficial de Publicação do Município. EDSON FERREIRA LIMA, servidor público efetivo, inscrito no CPF sob nº 486.014.389-20, para a Divisão de Obras de Serviços Rodoviários e Urbanismo; SUELEIDE MARIA LANDES CARVALHO, servidora comissionada, inscrita no CPF sob n° 650.332.309-30, para a Divisão do Fundo Municipal de Saúde e Saneamento; ELISSON CÉLIO ALMEIDA, servidor público efetivo, inscrito no CPF sob n.º 023.349.699-82, para o caso específico de medicamentos, materiais hospitalares; JOSÉ LUIZ MARTINI SORRENTINO, servidor público efetivo, inscrito no CPF sob n.º 919.697.279-34, para o caso específico de materiais odontológicos e/ou JACKSON MADUREIRA AIMONE, servidor público efetivo, inscrito no CPF sob n.º 023.046.979-50; VANESSA MENDES GÓES, servidora publica efetiva, inscrita no CPF sob n° 028.879.469-94, para a Divisão de Educação e Cultura; LENI JESUS DE OLIVEIRA, servidora pública efetiva, inscrita no CPF sob n.º 562.621.839-49, para a Escola Municipal São Roque; LISLENE FOGAÇA ALVES, servidora pública efetiva, inscrita no CPF sob n.º 650.342.799-91, para o Centro de Educação Infantil Municipal Tia Bila; AMARILDO APARECIDO GABRIEL, servidor comissionado, inscrito no CPF sob nº 026.839.329-01, para a Divisão de Esporte; HELCIO CHAGAS DE OLIVEIRA, servidor público efetivo, inscrito no CPF sob nº 050.831.528-00, para o Departamento de Agricultura; DULCILENE PIRES CARDOSO, servidora pública efetiva, inscrita no CPF sob n° 454.493.769-87, para a Divisão de Assistência Social, Divisão do Fundo Municipal de Assistência Social e Divisão do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente; VANDERLEI GREGÓRIO DE OLIVEIRA, servidor comissionado, Chefe de Gabinete e Gerente Municipal de Convênios e Contratos - GMC, portador da RG n° 8.644.923-4, inscrito no CPF sob n° 000.496.589-21, para o acompanhamento de convênios de contrato de repasse; Art. 2° - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições contrárias; PUBLIQUE-SE NOTIFIQUE-SE CUMPRA-SE Edifício da Prefeitura Municipal de Guapirama, aos 17 dias de Maio de 2013. PEDRO DE OLIVEIRA Prefeito Municipal

Atas&Editais B-3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA No 184/2013 O Excelentíssimo Senhor João Mattar Olivato, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, que lhe são conferidas por lei, R E S O L V E: Art. 1º Exonerar, a pedido, a partir desta data, a servidora MARIA DENIZE BORGES, admitida em 28/07/2000, portadora da CTPS nº 97022 Série 056, RG nº 7.509.600-3-SSP/PR, ocupante do cargo efetivo de AGENTE OPERACIONAL FEMININO. Art. 2º- A presente Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se, Notifique-se, Cumpra-se. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 20 de Maio de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N. º 06/2013 (Resumo para fins de publicação) A PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI, Estado do Paraná, torna público que fará realizar licitação, conforme segue: 1 - MODALIDADE: Tomada de Preço nº. 06/2013. TIPO DE LICITAÇÃO: Menor Preço Global. 2 – 0BJETO: Contratação de empresa especializada para aplicação de cursos de artesanato destinados aos programas assistenciais da Secretaria Municipal de Assistência Social. 3 - ABERTURA DOS ENVELOPES: Dia 04/06/2013 às 13h30min na Prefeitura Municipal de Jaboti. 4 – INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES: Demais informações junto ao setor de Licitação da Prefeitura Municipal de Jaboti, no horário das 08h00minh às 16h00minh. Edifício da Prefeitura Municipal de Jaboti, 15 de maio de 2013. João Antonio Juventino de Siqueira, Presidente da Comissão de Licitação PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL = P O R T A R I A 034/2013= O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito Municipal de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e na forma da Lei. RESOLVE: PRORROGAR por mais 30 (trinta) dias, a pedido da comissão Processante nomeada pela portaria nº 024/2013, composta pelos Senhores Jackson Fructuoso Mello Coelho – Presidente, Marcelo Corinth – Secretário, e Jaime Fernando Mendes – Membro, a conclusão do Processo Administrativo Disciplinar 03/2013, onde figura como sindicado o Sr. Sebastião Luiz de Carvalho, aduzindo que consequentemente fica prorrogado no mesmo prazo a suspensão das funções laborais do sindicado. REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, aos vinte dias do mês de Maio do ano dois mil e treze. Gabinete do Prefeito. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO ABATIÁ - PARANÁ EDITAL DE CONVOCAÇÃO N.º 02/2013 O Diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – SAMAE de Abatiá, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, CONVOCA, o Sr. WILLIAN CUSTODIO NOGUEIRA - CPFMF.093.036.629-89 e RG.10.832.267-5 SSP-PR, aprovado em 1º lugar no concurso nº01/2013 para assumir a vaga no cargo de Auxiliar de Operação e Manutenção, o Sr. RAFAEL PEIXOTO MARTINS CPFMF.055.627.979-41 e RG.8.571.354-0 SSP-PR, aprovado em 1º lugar no concurso nº01/2013 para assumir a vaga no cargo de Contador e o Sr. JOÃO ANTONIO SARTORI JÚNIOR CPF-MF.024.263.649-71 e RG.6.210.634-4 SSP-PR, aprovado em 1º lugar no concurso nº01/2013 para assumir a vaga no cargo de Advogado, para comparecerem nesta Autarquia no prazo de 10 (dez) dias, a contar da data de publicação deste ato, munidos dos documentos especificados no Edital n.º 01/2013, cujo resultado foi homologado através da Portaria 11/2013 de 03 de Maio de 2013 . O não atendimento à referida convocação significará sua desistência, na qual se fará a convocação de outro aprovado em ordem de classificação. Abatiá/Pr, 20 de maio de 2013. Dilson Evangelista do Nascimento/Diretor JUIZO DE DIREITO DA COMARCA DE CAMBARÁ –PARANÁ. EDITAL DE PRAÇA COM PRAZO DE CINCO (05) DIAS. Pelo presente se faz saber a todos, que será levado à hasta pública o bem de propriedade dos executados CONSELVAN & SANTOS LTDA – ME, ANTONIO CONSELVAN E CIBELE DOS SANTOS CONSELVAN.PRIMEIRA PRAÇA: DIA 28/MAIO/2013, ÀS 14:00 horas, por preço não inferior ao valor da avaliação, para venda a quem mais der.SEGUNDA PRAÇA: DIA 12/ JUNHO/2013, ÀS 14:00 horas, pelo maior lanço que oferecido, desprezado o valor da avaliação, ressalvando-se a hipótese de preço vil.LEILOEIRO OFICIAL:- Airton Queiroz, cuja comissão em caso de adjudicação será de 2% sobre o valor da avaliação, em caso de arrematação 5% sobre o valor do bem, a ser pago pelo arrematante e em caso de remição 2% sobre o valor da avaliação a ser pago pelo executado.LOCAL: Espaço Cultura, localizado na Avenida Brasil, 1192.PROCESSO: Autos de Execução de Título Extrajudicial nº 870/2010 em que é exeqüente BANCO DO BRASIL S/A.BEM: 1)- um terreno urbano com área total de 287,59m2 identificado como lote 06 da quadra 02 do Jardim Morada do Sol, com frente para a rua Nelson Bonacin, pelos fundos com o lote 5, por um dos lados com o lote 07 e pelo outro lado com a Rua A, referido imóvel possui topografia irregularmente plana, parcialmente calçada em concreto, ao redor das benfeitorias edificadas, murado na frente e lateral esquerda, enquanto que aos fundos são delimitados pelas próprias benfeitorias edificadas e sem qualquer marco divisório com o lote vizinho de 07, contendo benfeitorias, constante de edificação em alvenaria, coberta com telhas, com área total de 65,00m2, adequada para atividades comerciais, objeto da matricula nº 1260 do CRI local, avaliado em R$ 102.551,63; 2)- um terreno urbano com área total de 314,30m2, identificado como lote 07 da quadra 02, do Jardim Morada do Sol, com frente para a Rua Nelson Bonacin, referido imóvel possui topografia irregularmente plana, parcialmente calçada em concreto, ao redor das benfeitorias edificadas, murado na frente e lateral direita, enquanto que aos fundos são delimitados pelas próprias benfeitorias edificadas e sem qualquer marco divisório com o lote vizinho de 06, contendo benfeitorias, constante de edificação em alvenaria, coberta com telhas, com área total de 140,00m2, adequada para atividades comerciais, objeto da matricula nº 6694 do CRI local, avaliado em R$ 129.394,96. DEPOSITÁRIO:- O bem encontrado em poder do executado Antonio Conselvan.DÉBITO:- R$-68.724,47 (sessenta e oito mil, setecentos e vinte e quatro reais e quarenta e sete centavos).AVALIAÇÃO:- R$ 231.946,59 (duzentos e trinta e um mil, novecentos e quarenta e seis reais e cinqüenta e nove centavos). ONUS: consta penhora em favor do próprio exeqüente.RECURSO PENDENTE: não há.INTIMAÇÃO: Ficam desde logo intimados das datas designadas os executados CONSELVAN & SANTOS LTDA-ME, na pessoa de seu representante legal, ANTONIO CONSELVAN E CIBELE DOS SANOS CONSELVAN, caso não sejam encontrados para suas intimações pessoais.Dado e passado nesta Cidade e Comarca de Cambará, Estado do Paraná, aos seis dias do mês de maio do ano dois mil e treze (06/05/2013). Eu, (a)(Roberto Lúcio Cia Rodrigues Vilar), Escrevente, que subscrevo. RENATO GARCIA. Juiz de Direito. MUNICÍPÍO DE CAMBARÁ – PR AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 21/2013 O MUNICÍPIO de CAMBARÁ, torna público processo licitatório na modalidade Pregão Presencial, do tipo menor preço por lote, para REGISTRO DE PREÇOS DE DIVERSOS SERVIÇOS PARA A FROTA MUNICIPAL. O Edital completo poderá ser retirado pessoalmente, mediante o recolhimento de taxa de R$20,00, no Departamento de Compras e Licitações, situado na Avenida Brasil, nº 1.082, Paço Municipal, Cambará PR ou requisitado, gratuitamente, pelo e-mail: prefeituramunicipalcambara@ gmail.com A entrega e abertura dos envelopes serão realizadas no dia 04/06/2013, às 09h45m. Cambará,, 17 de maio de 2013. NÁGILA GRUBA VIEIRA Pregoeira

PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA PORTARIA N.º 055/2013 O senhor Guilherme Cury Saliba Costa, Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E: Conceder a pedido, a servidora MARIA LUCIA DE OLIVEIRA SANTOS, portadora do RG nº 6.644.915-7 PR e da CTPS nº 031288 série 00050 PR, Licença do cargo de Auxiliar de Serviços Gerais I, para tratar de assuntos particulares, pelo prazo de 02 (dois) anos, sem remuneração (Artigo 105 da Lei Municipal nº 12/97 – Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Tomazina), a partir de 16 de maio de 2013. CUMPRA-SE - REGISTRE-SE - PUBLIQUE-SE Gabinete do Prefeito Municipal de Tomazina, em 17 de maio de 2013. GUILHERME CURY SALIBA COSTA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA PORTARIA N.º 056/2013 O senhor Guilherme Cury Saliba Costa, Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E: Conceder a servidora ANETTE ROLIM DE MOURA, portadora do RG nº 5.505.901-2 PR, adicional de insalubridade, de acordo com o item “a”, parágrafo 2º, Artigo 88 da Lei Municipal nº 12/97 – Estatuto dos Servidores Municipais de Tomazina, pelo exercício de suas funções em área insalubre no Departamento Municipal de Saúde, com efeito retroativo a 02 de maio de 2013. CUMPRA-SE - REGISTRE-SE - PUBLIQUE-SE Gabinete do Prefeito Municipal de Tomazina, em 20 de maio de 2013. GUILHERME CURY SALIBA COSTA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL LEI Nº 1.582/2013 SÚMULA: “Autoriza a concessão de bem imóvel público para a Empresa FÁTIMA APARECIDA DA SILVA – ARTEFATOS DE FERRO, e dá outras providências”. A Câmara Municipal de Ribeirão do Pinhal aprovou. E, eu Dartagnan Calixto Fraiz, prefeito municipal sanciono a seguinte Lei: Artigo 1º. Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a conceder à empresa denominada FÁTIMA APARECIDA DA SILVA – ARTEFATOS DE FERRO, pessoa jurídica de direito privado inscrita no CNPJ sob o nº. 80.248.834/0001-50, com sede na Avenida Silveira Pinto, nº. 1423, centro, na cidade de Ribeirão do Pinhal – Estado do Paraná, CEP: 86.490-000, o direito real de uso de bem imóvel público consistente em um lote de terreno urbano com metragem de 1.125m² (mil cento e vinte e cinco metros quadrados), situado na Rodovia PR 218 – saída para Jundiaí do Sul, devidamente registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Ribeirão do Pinhal – Estado do Paraná, sob a matrícula nº. 10.304. Parágrafo único: Este bem deterá características suficientes para a instalação de uma empresa do setor Indústria e Comércio de Artefatos de Ferro - Serralheria. Artigo 2º. Esta concessão de direito real de uso tem a finalidade de promover o progresso do pólo industrial Municipal e a geração mínima inicial de 08 (oito) empregos aos trabalhadores do Município de Ribeirão do Pinhal – Estado do Paraná. Artigo 3º. Poderão ser concedido à empresa Concessionária as prerrogativas constantes na Lei de Incentivo Industrial Municipal sob o nº. 1454/2010. Artigo 4º. A concessão será pelo prazo de 20 (vinte) anos, permitindo-se a prorrogação por termo aditivo ao contrato, desde que haja interesse público do Município de Ribeirão do Pinhal. Artigo 5º. As despesas decorrentes com aplicação da presente Lei correrão por conta de dotações orçamentárias consignadas no orçamento vigente. Artigo 6º. O favorecido deverá, no prazo de 120 (cento e vinte) dias a contar da publicação da presente Lei, dar inicio a construção de imóvel visando instalar a empresa, sendo que todas as benfeitorias introduzidas ficarão incorporadas ao imóvel sem qualquer direito a indenização ou retenção. Artigo 7°. A concessão à empresa em questão será efetivada com cláusulas de inalienabilidade, impenhorabilidade e imprescritibilidade, com o escopo de emprego fiel do bem imóvel em sua finalidade inicial, sendo imprescindível a inclusão de tais cláusulas no contrato de concessão. Artigo 8º. Em caso de não inicio das obras no prazo a que alude o artigo 6°, de não manutenção da quantidade de empregos previstos no artigo 2º da presente Lei ou de qualquer hipótese de descumprimento do contrato da qual resulte a desnaturalização do interesse público que autoriza esta concessão, a mesma poderá ser revogada, retornando o imóvel para o Poder Público Municipal independentemente de indenização. Parágrafo único: Ressalvadas as hipóteses de rescisão unilateral previstas no caput, em caso de rescisão unilateral antes do término do contrato é assegurado ao particular o direito à indenização de prejuízos que vier a sofrer. Artigo 9º. Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, em 20 de maio de 2013. GABINETE DO PREFEITO DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ -prefeito municipalPREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 16/2013. SÚMULA:- Abertura de Crédito Adicional Suplementar, com recursos de remanejamento de dotações orçamentárias. O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito do Município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e em especial a Lei nº. 1562/2012 de 23 de outubro de 2012; decreta: ARTIGO 1º - Fica aberto no orçamento vigente um Crédito Adicional Suplementar com Recursos remanejamento de dotações orçamentárias, no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), nas seguintes dotações orçamentária: Órgão- 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. Unidade- 001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. Projeto/Atividade- 12.361.0005.2038 – Manutenção da Secretaria de Educação. Conta de Despesa- 01880 – 0.1.000.00000 - 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 2.000,00 (dois mil reais). ARTIGO 2º - Servirá como recursos para o custeio do presente Crédito Especial, o remanejamento das dotações que seguem: Órgão- 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. Unidade- 001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. Projeto/Atividade- 12.361.0005.2038 – Manutenção da Secretaria de Educação. Conta de Despesa- 01920 – 0.1.000.00128 - 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 2.000,00 (dois mil reais). ARTIGO 3º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, em 18 de abril de 2013. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 21 de maio de 2013

Social

E-mail: social@tribunadovale.com.br

Marcelo Rossi/Open Fest

Evento No sábado, 11, foi realizado no Clube Caravela um delicioso jantar em comemoração ao Jubileu de Prata da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Carlópolis. Durante o evento houve apresentação dos alunos, sorteio de uma moto e varias homenagens para professores, incluindo o primeiro presidente da APAE, Marcos dos Santos Fagundes

Pensamento

Arquivo Pessoal

Quanto mais difícil é a subida, mais bonita é a vista lá de cima. (Autor Desconhecido)

Trança A espinha de peixe é um modo diferente e exótico de fazer a tradicional trança, trazendo maior destaque ao visual. Segundo a hair stylist Manuela Carvalho, da TRESemmé, o penteado é tendência confirmada para a temporada outono/inverno de 2013. Famosas como Blake Lively, Kim Kardashian, Rihanna e Vanessa Hudgens, entre outras, apostaram no look e arrasaram. A diferença para a trança tradicional é que, nesta, o cabelo é dividido em apenas duas mechas ao invés de três.

Hambúrguer Caseiro Ingredientes: 2 fatias de pão de fôrma sem casca, 600g de carne moída, 2 colheres (sopa) de cebola ralada,1 ovo, Sal e pimenta-do-reino a gosto, Farinha de trigo para empanar, 1 ovo para empanar, Farinha de rosca para empanar, Óleo para fritar, 1 xícara (chá) de molho de tomate temperado (comprado pronto), 150g de queijo mussarela ralado para polvilhar. Modo de preparo: Umedeça as fatias de pão com água e aperte com as mãos para tirar o excesso. Coloque em uma vasilha, adicione a carne, a cebola, o ovo, sal e pimenta e amasse com as mãos até ligar. Divida em 4 porções e modele hambúrgueres altos. Passe pela farinha de trigo, pelo ovo batido e na farinha de rosca. Frite, aos poucos, em óleo quente até dourar. Escorra em papel-toalha e coloque em uma travessa. Cubra com o molho e polvilhe com o queijo. Leve ao forno alto, preaquecido, por 15 minutos ou até o queijo derreter e sirva em seguida. (Guia da Cozinha)

Registro

Decoração de Casamento Os centros de mesa estão entre os protagonistas da decoração do casamento e, se você mesma for responsável por providenciá-los, pode até oferecê-los como mimo para os convidados. Um dica são as velas em cachepós de vidros com grãos de café e fitinha de cetim para enfeitar. Os grãos de café ainda ajudam a perfumar o ambiente quando as velas são acesas (UOL)

Neste belo retrato a mamãe Bruna e o papai Fernando são só sorrisos ao lado da filha Laura, de apenas 3 meses. A família reside em Santo Antônio da Platina

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries

Saúde e bem estar físico, boa apresentação pessoal são temas em alta nestas últimas semanas. Mas hoje você pode se dedicar a atividades mais sutis como arte, meditação ou trabalho voluntario em entidades humanitárias. Boa comunicação com os mais próximos.

Touro

Conte com uma boa reserva de energia e boa disposição para continuar a batalha por mais espaço em sua vida! Além disso, a inspiração vem forte, reunindo você a outros eu pensam e sentem a vida de forma semelhante. Para uma maior estabilidade neste objetivo, busque mais informações.

Gêmeos

Seu poder de comunicação encontra agora um ponto bem alto! Como se andasse com uma parabólica na mente, você capta e dissemina informações com tanta facilidade quanto rapidez. Linguagens, traduções e interpretação da vida em alta. Conexões poderosas com arte, moda e marketing.

Câncer

Equilíbrio entre espirito e instinto facilitam suas decisões e posicionamento em qualquer campo e setor. Bater um papo com um amigo próximo pode ser revelador. Você se sentirá mais seguro se checar informações. Boa expressão e analise. A vida flui bem melhor hoje.

Leão

Com a vida social bem movimentada nos últimos dias, os convites não param de chegar! Mas hoje fique atento a um deles, pois este colocará em marcha uma aspiração central pra você. Bons contatos com entidades e ONGs. Mantenha um olho aberto na sua reputação e carreira.

Virgem

Com a Lua em seu signo e em ótimo aspecto com o Sol em Touro, o dia se anuncia positivo e enriquecedor. O contato com pessoas queridas será fácil, e com os poderosos também. Aliás, entre eles você conta com apoios também. Toque adiante um projeto de viagem ou publicação.

Libra

Decisões de hoje terão impacto em seus próximos meses - como você conta hoje com um bom reforço astral, vá adiante! Importante também manter a modéstia e a diligencia no trabalho, pois sua carreira exigirá mais de você hoje. Estudos e papos sobre viagens e estudos são positivos.

Escorpião

Se você quer um bom dia para se consultar com um especialista renomado, fazer um acordo importante com um sócio ou engatar uma parceria de trabalho, este dia chegou! Aproveite para iniciar a aproximação ou selar um contrato. Uma relação amorosa estável será reforçada.

Sagitário

Sol e Lua em ângulo protetor reforçam trabalho duro e adesão a realidade, favorecendo consolidação da carreira e destaque social. Mas para que tudo isto seja realidade, é essencial que você focalize o lado prático. Mercúrio e Netuno proveem de imaginação e desenvoltura verbal.

Capricórnio

Areje a mente, capricorniano! Invista em informações, técnicas práticas de concentração mental, saúde. Quando notar um pensamento ruim, pense no seuoposto para exercitar o cérebro. Será um dia lindo para o amor, o namoro e os relacionamentos afetuosos em geral.

Aquário

Te m p o d e c o n solidar atitudes construtivas no ambiente familiar - melhore as relações conversando sobre os problemas, Mercúrio vai ajudar você a soltar a língua sem ferir corações. O amor pode estar bem perto de você - por exemplo numa reunião de escola!

Peixes

Boa conexão com o parceiro ou sócio eleva suas chances de acertar - sem asperezas e discussões cansativas - uma estratégia correta para ampliar os negócios em comum. Assuntos relacionados a universidades, estrangeiros, estudos e publicações caminham de vento em popa.

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE EDIÇÃO Nº 2394