Page 1

cmyb

Terça-feira 250 120

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

07 DE MAIO DE 2013

AGRICULTURA

Plano Safra terá linha de crédito 

PÁG. B1

JACAREZINHO

Quatro são presos com drogas 

PÁG. A6

ANO XVII - N0 2384 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

CENSURA

Benetti quer amordaçar imprensa regional

Em entrevista à rádio Vale do Sol FM, de Santo Antônio da Platina, na manhã de ontem, o prefeito de Pinhalão, Claudinei Benetti (PSD), falou de seu relacionamento com a imprensa da região e, sem citar nomes, criticou a Tribuna do Vale por veicular denúncias contra sua administração. Para amordaçar a imprensa da região, ele disse

que vai propor a criação de um jornal bancado pelos 26 prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro. Dessa forma, ele investe contra os quatro pequenos jornais da região, inclusive seu órgão oficial e a Tribuna do Vale, numa forma de asfixiar as empresas, que, na sua visão, ficariam inviáveis.  PÁG. A3

JULGAMENTO

20 anos depois, mulher é condenada pela morte do marido

Luiz Guilherme Brandani

SEM PROVAS

Pedro Claro volta a desmentir Benetti

Ainda durante entrevista à emissora Vale do Sol, o prefeito de Pinhalão Claudinei Benetti tornou a afirmar que enviou caminhões de sua prefeitura para retirar pedras em Santo Antônio da Platina a pedido do prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto, porém, ele foi novamente desmentido pela assessoria de Pedro Claro, que reafirmou, na tarde de ontem, que não pediu nada emprestado à prefeitura de Pinhalão. Benetti não tem como provar a sua versão, já que não existe documento solicitando o serviço.  PÁG. A3

RIB. CLARO

Irmã da vítima acompanhou julgamento

O Tribunal do Júri da Comarca de Santo Antônio da Platina condenou na tarde de ontem, a seis anos e seis meses de prisão a ré Elenice Aparecida de Souza Fustinoni, por ter matado seu marido a facadas no dia 11 de abril de 1993. Ela foi julgada a revelia, pois está desaparecida desde a época do crime.  PÁG. A6

PÁG. A5

SIQUEIRA CAMPOS

SEM UTI ADULTA

Gestantes de risco são encaminhadas para outras cidades

Prefeito torna a pedir posto da PRE

Assaltante ferido em confronto está na UTI Guilherme Diniz e Betty Goi

Antônio de Picolli

Recém-nascidos de risco contam com UTI neonatal, mas as gestantes não

Maike Peri foi baleado durante assalto em Siqueira Campos

A falta de uma Unidade de Terapia Intensiva adulta no Hospital Regional do Norte Pioneiro, tem feito com que as gestantes consideradas de alto risco sejam encaminhadas para hospitais de fora, geralmente, de Londrina. No HR só funciona a UTI neonatal.  PÁG. A5

ARAPOTI

EDITAL NA PÁGINA: B2

Câmara adere a caminhada contra violência 

PÁG. A3

Baleado em um confronto com a polícia, Maike Peri, 20 anos, está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Jacarezinho sob escolta policial. Ele fazia parte de uma quadrilha de assaltantes e levou dois tiros no peito na tarde de sábado, em Siqueira Campos. 

PÁG. A6

DIA DAS MÃES

Preços e promoções são atrativos do comércio O Comércio de Santo Antônio da Platina deixou as campanhas coletivas de lado e disputam os consumidores com preços e promoções diferenciados. Lojistas esperam que as vendas se aqueçam a partir de quarta-feira.  PÁG. A8

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Caso aprovado, o projeto, entre outras coisas, garantiria a Dilma um incremento de 26% no tempo da propaganda eleitoral gratuita, fazendo com que a petista abocanhasse 61% do tempo total de propaganda diária na tevê e no rádio.” Editorial

Terça-feira, 07 de maio de 2013

Vê-se que qualquer semelhança com as medidas e contramedidas protagonizadas por Legislativo e Judiciário, em aparente disputa pela primazia do poder, não é mera coincidência e desafia, em escala planetária, estados e sociedades nas escolhas de seus destinos.”

A RTIGO

E DITORIAL

Dr. Paulo Mendonça *

Eliminar adversários Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo menos 27 novos partidos estão em formação no Brasil. Enfrentam duríssima batalha para conseguir registro definitivo para lhes dar condição de participação nas disputas eleitorais. Uma das exigências é obter uma lista de adesões de pelo menos 0,5% do total de eleitores que participaram do último pleito para a Câmara Federal em pelo menos nove estados, além de assinaturas de no mínimo 0,1% dos votantes nos demais estados. Apesar de tais dificuldades, afora esses 27 que tentam chegar lá, já há no país 39 partidos aptos a participar de eleições – um evidente exagero levando-se em conta que, em grande parte, não chegam a representar correntes expressivas de pensamento. Pelo contrário, formam grupelhos muitas vezes interessados em servir como lucrativos balcões de negócios envolvendo os tempos da programação eleitoral gratuita em rádio e televisão que cedem às grandes e ricas legendas. Entre os que buscam constituir-se há, porém, dois que, pelo menos em tese, seriam representativos de segmentos importantes da sociedade brasileira. Um deles é a Rede Sustentabilidade, pela qual luta a ex-ministra e ambientalista Marina Silva, preferida por 20% dos brasileiros que votaram na última eleição para a Presidência da República. Embora alicerçada na frágil figura pessoal de sua líder, a agremiação que pretende fundar parte de um ideário que, sem dúvida, atrai a simpatia de vasta camada da população. Outra das legendas em formação resulta da fusão do PPS com o PMN que, juntos, formariam uma bancada suficienHORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

temente expressiva no sentido de somar os tempos a que têm direito na propaganda gratuita e destiná-los a um candidato que venha a concorrer contra a pretensão de Dilma Rousseff de se reeleger presidente. No caso, supõe-se, o apoio seria dado ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), que a cada dia reforça sua intenção de disputar a Presidência. Surgiriam, assim, além do previsível Aécio Neves (PSDB), mais dois contendores – Campos e Marina – para se confrontar com Dilma Rousseff e, quem sabe, levar a disputa a um até agora impensável segundo turno. Trata-se de um risco que o PT, ao que tudo indica, prefere evitar – daí o esforço que ainda desenvolve para criar inibições para as novas agremiações, como a de torná-las inaptas a acessar recursos do fundo partidário e de ganhar tempo nos horários eleitorais –limitações previstas em um projeto apresentado na Câmara Federal. Caso aprovado, o projeto, entre outras coisas, garantiria a Dilma um incremento de 26% no tempo da propaganda eleitoral gratuita, fazendo com que a petista abocanhasse 61% do tempo total de propaganda diária na tevê e no rádio. Por enquanto, a tramitação do projeto foi suspensa por decisão liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF, mas uma decisão final ainda depende de novos pronunciamentos tanto do Supremo quanto da própria Câmara Federal. Que prevaleça o senso jurídico – ainda que este acabe por reconhecer como legítimas as restrições que se quer impor – mas nunca o casuísmo petista de eliminar adversários no “tapetão”.

C HARGE

chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

22 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGÓCIO

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - AGRONEGÓCIO - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 08 B 01 B 02 - 07 B 08

3º CADERNO - ATAS & EDITAIS

C 01 - 06 C 01 - 06

Jessé Torres Pereira Junior

PREVISÃO PARA HOJE

250 120

Toda a criança é um gênio em potencial (14) No artigo passado falei sobre os sintomas das crises convulsivas nas crianças. Nesse falarei sobre os sintomas nos adolescentes e adultos. Muitas vezes são semelhantes às crises infantis, mas por outras com características próprias: (1) Uma sensação de encontrar-se em um lugar estranho, apesar de conhecer o local. (2) Uma sensação de já ter vivido uma experiência, ou visto um filme, ou já ter estado em um local, apesar de nunca ter vivido ou estado realmente. (3) Uma sensação de sentir um cheiro estranho sem motivo aparente ou enxergar luzes ou bolas escuras sem na realidade existirem. (4) Tonturas rotatórias ou falta de equilíbrio, muitas vezes ditas como sendo labirintite. (5) Um simples movimento ou dormência, sem motivo aparente, sentido em qualquer parte do corpo, como num dedo, face, pálpebra etc. (6) Alucinações visuais ou auditivas diversas, como por exemplo, ter a impressão de ver as coisas muito longe ou muito perto, ou ainda de formas diferentes da realidade, de ouvir sons distorcidos etc. (7) Escurecimentos da visão muitas vezes diagnosticados erradamente como pressão baixa. (8) Sensação de pisar no vazio ou de se encontrar flutuando. (9) Sensação que o corpo ou um de seus membros encontra-se crescendo ou diminuindo. (10) Períodos com distúrbios na fala ou no entendimento do que escuta. (11) Movimentos mastigatórios ou outros automatismos como uma pessoa estivesse fazendo alguma coisa sem motivo aparente. (12) Perder-se na rua em local conhecido. (13) Crises de taquicardia (palpitação), sem motivo aparente. (14) Crises de “Enxaqueca” etc. Importante saber que qualquer uma das crises parciais acima citadas, pode desencadear a crise convulsiva generalizada, quando a pessoa cai, se bate, tem excesso de salivação etc. (crise secundariamente generalizada). O não tratamento correto dessas formas mais simples de crise pode determinar uma futura evolução para a forma generalizada. Outrossim, o tratamento correto exige inicialmente a identificação das possíveis causas e seus tratamentos além do controle das crises com anticonvulsivantes relativamente específicos para cada tipo de crise. *Dr. Paulo Mendonça ‒ Neurologista de Santo Antônio da Platina.

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Jessé Torres Pereira Junior *

No momento em que a admissibilidade da PEC 33/2011 pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados abre imensa polêmica entre Judiciário e Legislativo, é pertinente lembrarmos a evolução histórica da separação de poderes. Foi proposta por Montesquieu no século XVII e ingressou no Novo Mundo quando se tornaram independentes as colônias inglesas na América, no século XVIII. Palavras da Constituição da Virginia (20/06/1776): “Os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário deverão ser sempre separados e distintos entre si.” A Constituição de Maryland (11/11/1776) acrescenta: “Nenhuma pessoa no exercício de funções em um desses poderes as-

Revisitando a teoria da separação dos poderes

sumirá ou se desincumbirá de deveres em qualquer dos outros.” Daí à fórmula dos artigos 2º e 60, § 4º, III, da Constituição brasileira de 1988, são 236 anos: “São poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário (...) Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir: ... III – a separação dos Poderes”. Portanto, a tripartição dos poderes continua sendo cláusula pétrea. Porém, em que termos? A divisão hermética é obsoleta. “Onde quer que exista o sistema de freios e contrapesos não há separação absoluta”, pondera atualizada doutrina (Eoin Carolan, The New Separation of Powers, Oxford University

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

Press, março de 2009). Haveria uma fórmula/doutrina institucional universal? O poder político governamental pode ser definido e se esgota na trindade dos três poderes? Não há divergência relevante entre os modernos compêndios quando sumariam a evolução da teoria da separação e lhes identificam sete objetivos históricos: evitar a tirania; estabelecer equilíbrio entre os poderes; assegurar que toda lei sirva ao interesse público; estimular a eficiência governamental; prevenir a prevalência da parcialidade; elevar o teor de objetividade e generalidade das leis; e impor a prestação de contas a todos os agentes estatais. A complexa sociedade contem-

porânea vem percebendo a insuficiência desses objetivos, embora bem articulados, para sustentar uma doutrina institucional universal. Hoje, o exercício da governabilidade é complexo e intrincado. Não se amolda mais ao figurino dos séculos XVII a XIX e boa parte do século XX. Do debate sobre a teoria da separação dos poderes vêm resultando premissas ajustadas aos novos tempos, destacando-se: o Estado é uma construção colaborativa; os cidadãos são sujeitos de direitos e obrigações políticas em face do Estado; a separação de poderes deve conduzir à organização de instituições estatais que atuem para assegurar que as decisões governamentais levem em

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

conta os interesses coletivos e individuais; as instituições devem estar predispostas a suportar as divergências e a admitir que nenhum dos poderes tem o monopólio do que é interesse público; o novo modelo da separação de poderes busca extrair a unidade da divergência; o interesse público constitucionalizado nas políticas públicas exige administração responsiva às necessidades e aspirações coletivas e individuais; o novo perfil da separação de poderes reclama um processo de coordenação participativa que os aproxime entre si, afastadas disputas personalistas e vedados expedientes sigilosos; no estado democrático, o exercício do poder

político é um processo permanente de colaboração coordenada entre as instituições, cujo núcleo deve ser a governabilidade. Vê-se que qualquer semelhança com as medidas e contramedidas protagonizadas por Legislativo e Judiciário, em aparente disputa pela primazia do poder, não é mera coincidência e desafia, em escala planetária, estados e sociedades nas escolhas de seus destinos. Que as façam com sabedoria e prudência, esperam os cidadãos na dupla qualidade de eleitores e jurisdicionados. *Jessé Torres Pereira Junior, desembargador, é professor-coordenador da Pós-Graduação de Direito Administrativo da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro.

Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

Uma mobilização desta importância, que aborda os prejuízos da violência infantojuvenil, deve ganhar a atenção de todos. Não poderíamos ficar de fora” Luis Carlos Moreira

P anorama Regional Comemorar o que? Na última sexta-feira, dia 3 de maio, comemorou-se o vigésimo aniversário da adoção pela Organização das Nações Unidas (ONU), do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. O tema é louvado e debatido no mundo inteiro, inclusive em países como a China e Cuba, cujos governos mantêm a sociedade sob um torniquete implacável, impedindo qualquer tipo de manifestação que revele o exercício da livre expressão do pensamento. Em nosso microcosmo,

nesse pedacinho de terra chamado Norte Pioneiro, lamentavelmente o exercício da liberdade de imprensa e de pensamento é prática arriscada. Não se tem o hábito de conviver com a diversidade de opiniões. O poder gosta de exaltar a liberdade de imprensa e pensamento, desde que eles combinem com sua forma de pensar. Dá para contar nos dedos das mãos quem é o profissional de imprensa ou veículo que atua com independência editorial.

Pressão e omissão A população acompanha o embate entre o prefeito de Pinhalão, Claudinei Benetti (PSD) e esta Tribuna. Ele resolveu jogar para cima do jornal todo o poder que tem ou pensa possuir. Tudo porque tivemos a coragem de denunciar uso indevido de veículos da prefeitura em benefício pessoal. Interessante que, ao invés de recebermos apoio da imprensa, que por tabela também é agredida, percebemos o silêncio dos colegas e, para piorar, a constatação de que alguns pegam carona no conflito, tirando vantagem ou aproveitando para atingir a concorrência. Nova lambada Ontem o prefeito de Santo Antônio da Platina, Pedro Claro de Oliveira Neto, desmentiu o prefeito de Pinhalão, Claudinei Benetti, afirmando ser fantasiosa a versão o envio de dois caminhões para terras platinenses teria atendido a um pedido da administração do demista. Contra Interlocutores ligados ao prefeito de Tomazina, Guilherme Saliba Costa, presidente da Amunorpi, informam que ele é categoricamente contra a criação de um jornal da associação, mas que respeita iniciativas neste sentido de qualquer colega. Mas se passa é outra história. Nova pesquisa na praça O informante não guardou o nome do instituto, mas revela que, por telefone, foi sondado sobre as eleições do ano que vem. Foi questionado sobre em quem votaria ao governo do Estado e, além do governador Beto Richa, a lista incluía os nomes do senador Roberto Requião, dos ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, do ex-governador Orlando Pessuti, do empresário Joel Malucelli, e do secretário do Desenvolvimento urbano, Ratinho Júnior. A pesquisa vai além. Uma das perguntas é se Requião, com 71 anos, teria “condições” de disputar novamente o governo do Estado, e sobre a possibilidade dele apoiar a petista Gleisi Hoffmann. Além de sondar a disputa pelo Senado, a pesquisa mede, também, a rejeição dos pré-candidatos. Revisão suspensa O desembargador Carvilio da Silveira Filho, do Tribunal de Justiça, concedeu liminar ao mandado de segurança impetrado pelo Sindicato dos Servidores Civis da Assembleia Legislativa do Paraná suspendendo os trabalhos da Comissão Especial criada pelo presidente da Casa, deputado Valdir Rossoni, para rever o enquadramento dos servidores feito em 2.005. Ao conceder liminar, o desembargador vislumbrou a possível ofensa ao artigo 54 da Lei 9784/99, uma vez que a revisão está sendo feita fora do prazo decadencial de cinco anos, previsto na lei. Prestação de contas Das 208 entidades estaduais e municipais obrigadas a encaminhar suas prestações de contas anuais (PCAs), referentes ao exercício de 2012, ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) até o último dia 30, 37 - ou 17,8% do total - não cumpriram a determinação. De acordo com a Lei Orgânica do TCE, estão sujeitos a multa de R$ 691,13 os gestores que não apresentarem, no prazo definido, as PCAs das entidades que dirigem. Nos termos do Artigo 235 do Regimento Interno do Tribunal, as entidades em falta estão sujeitas a tomada de contas ordinária. Entre as entidades municipais inadimplentes, quatro iniciaram o processo de encaminhamento, mas não o concluíram (um consórcio intermunicipal e três empresas de economia mista); outras 25 não haviam nem começado o procedimento (15 consórcios, sete empresas de economia mista e três empresas públicas). Entre as estaduais, sete estavam com o processo inconcluso (três autarquias, duas empresas de economia mista, uma pública uma entidade de regime especial) e apenas uma não havia iniciado: A Empresa Paranaense de Classificação de Produtos (Claspar) Com Roseli Abrão, de Curitiba

Claudinei Benetti quer calar jornais da região MORDAÇAPrefeito de Pinhalão, reagindo contra denúncias, sugere criação de jornal da Amunorpi, que reune 26 cidades Benedito Francisquini

Numa longa entrevista, com duração de mais de 30 minutos, concedida na manhã de ontem no programa do radialista Paulo Cesar Tiri Gomes, da rádio Vale do Sol FM, o prefeito de Pinhalão, Claudinei Benetti (PSD), depois de discorrer sobre o programa de piscicultura que lidera na região, instado pelo comunicador, falou de seu relacionamento com a imprensa da região e, sem citar nomes, criticou a Tribuna do Vale por veicular denúncias contra sua administração, disse que vai propor a criação de um jornal bancado pelos 26 prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro. Com a justificativa que um jornal oficial da Amunorpi iria promover economia de cerca de R$ 300 mil por mês para as 26 prefeituras, ele investe contra os quatro pequenos jornais da região, inclusive seu órgão oficial e esta Tribuna, uma forma de asfixiar as empresas mantenedoras, que, na sua visão,

ficariam inviáveis. Esta é a velha prática da censura econômica, ao estilo de repúblicas bolivarianas como Venezuela e mais abaixo Argentina, que sufocam os jornais e TVs ditos de oposição, com leis e medidas econômicas restritivas, causando a falência de empresas de comunicação. Poucos ou nenhum dos jornais dos Norte Pioneiro teriam condições de sobreviver sem publicações oficiais. Na visão tacanha e absolutista de políticos como Benetti, para que as empresas de comunicação continuem prestando esse serviço, os veículos têm que se submeter à sua vontade. Vale ressaltar que Benetti não é caso único. O prefeito de Andirá, por exemplo, ao ser denunciado nesta Tribuna por ter sido flagrado comprando drogas de traficantes, suspendeu as publicações oficiais do município no jornal e cancelou o contrato. Entidades representativas da imprensa na América Latina tem denunciado o crescimento vertiginoso de ações governamentais e de grandes

grupos empresariais para calar a imprensa, sem contar atos de violência como assassinatos de jornalistas, intimidações e atentados contra redações e oficinas de jornais. Claudinei Benetti, além da censura econômica, usa ainda o método da pressão, tentando criar um factoide de que a Tribuna do Vale teria atuado em sua prefeitura por quatro anos ou mais, superfaturando os preços para publicações oficiais. Para dar uma roupagem de credibilidade às suas aleivosias, ele informou que protocolaria junto ao Núcleo de Trabalho do Ministério Público, sediado em Santo Antônio da Platina, um pedido de investigação para apurar a atuação da empresa que controla o jornal. Benetti quer usar o mesmo MP que o investiga em irregularidades na prefeitura que administra. Um dos crimes, o uso de carro do Departamento de Saúde da Prefeitura de Pinhalão, para ir ao cabeleireiro em Santo Antônio da Platina, pela primeira dama Suzana Benetti, denunciado por esta

Tribuna, foi assumido como verdadeiro pelo próprio prefeito na entrevista que deu na rádio. E reconheceu que o jornal divulgou a verdade que veiculou o fato. O segundo caso, uso de caminhões da prefeitura beneficiando uma propriedade rural do irmão do prefeito, em Santo Antônio da Platina, foi classificado como ataque pessoal por que ele seria candidato a deputado federal. Mais uma vez o prefeito usa a mesma imprensa que quer calar para mentir. A pedra transportada pelos caminhões de sua prefeitura foi levada para o interior da fazenda e não usada para cascalhar um trecho da rodovia por onde passariam ônibus escolares. Na ânsia de revidar as notícias que lhe são negativas, Benetti se complica e causa constrangimentos a seus colegas prefeitos. Se existe superfaturamento nas publicações, isso quer dizer que a maioria dos prefeitos da região estaria sendo conivente ou até participante de ações que poderiam ser classificadas como criminosas!

SEM PROVAS

Pedro Claro volta a desmentir Benetti

Antônio de Picolli

Maurício Reale

O prefeito de Santo Antônio da Platina, Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM) reafirmou, por meio da sua assessoria, na tarde de ontem, que não pediu nada emprestado à prefeitura de Pinhalão. A resposta veio em decorrência da entrevista concedida pelo prefeito de Pinhalão Claudinei Benetti (DEM), na manhã de ontem numa rádio de Santo Antônio da Platina, quando, mais uma vez, o gestor afirmou que os caminhões da sua prefeitura que transportaram pedras para a propriedade de Arley Benetti, irmão do prefeito, no município platinense, fizeram o serviço a pedido da prefeitura platinense. O prefeito de Pinhalão voltou a dizer que os veículos fizeram o serviço para ajudar na manutenção da estrada rural que dá acesso à propriedade onde dez crianças usam o transporte escolar. “Não há nenhum ofício requerendo o tal empréstimo e, além disso, o funcionário da prefeitura (Maurílio Loyola de Souza, responsável pela diretoria do departamento de Serviços Rurais) foi exonerado

Caminhão da prefeitura de Pinhalão é carregado com pedras por máquina da prefeitura platinense

assim que o prefeito ficou sabendo da sua participação no caso”, explicou o chefe de gabinete da prefeitura platinense, José Antônio da Silva. Na ocasião, Souza afirmou Arley Benetti teria oferecido transporte, caso a prefeitura fornecesse as pedras para serem usadas na manutenção da estrada, porém, o ex-diretor só ficou sabendo que os caminhões eram da prefeitura de Pinhalão quando eles já esta-

vam transportando o material. Irregularidade Além do transporte do material ter sido feito sem a permissão da prefeitura de Santo Antônio da Platina, as pedras foram retiradas de uma pedreira desativada sem a permissão da diretoria de Meio Ambiente. Segundo asecretária de Agricultura, Eliani Simões, que também acumula a diretoria de Meio Ambiente, a pedreira que fica no bairro Álvaro de Abreu,

está desativada e a diretoria só autoriza a retirada de pedras que já estejam no chão por meio de ofício. Não foi o que aconteceu. Quando a diretora chegou ao local flagrou uma máquina carregadeira da prefeitura platinense retirando pedras da encosta do morro. A manobra provocou um deslizamento na encosta que não chegou a ferir os funcionários nem causar danos materiais.

MOBILIZAÇÃO

Câmara Municipal adere Caminhada em combate à violência infanto-juvenil Da Assessoria

Em sua 20ª edição, a Caminhada Mundial para o Desenvolvimento tem como tema o combate à violência contra crianças e adolescentes. Em Arapoti, o evento organizado pela Escola Rafael Ribeiro de Lara (APAE) e pelo Programa de Atendimento à Criança e ao Adolescente (PACAA) pretende reunir na próxima

sexta-feira (10) mais de 1,8 mil participantes. Durante a concentração, que acontece às 8h30 em frente ao Restaurante Refúgio, haverá a distribuição de senhas que serão depositadas ao longo do percurso de quatro quilômetros. O objetivo é arrecadar fundos através de repasses feitos por empresários holandeses, doados proporcionalmente ao número de

participantes e de quilômetros percorridos. Ao longo da Rua Telêmaco Carneiro, no centro de Arapoti, por onde passará a Caminhada, estarão expostos cartazes produzidos por crianças e adolescentes da rede pública e particular de ensino, com frases e imagens de conscientização sobre o tema. Assim como outras instituições e setores da sociedade civil do município, a Câmara

de Arapoti também aderiu à campanha e será representada por seus servidores e vereadores durante a Caminhada. O Presidente da Casa, Luis Carlos Moreira (PV), já confirmou presença. “Uma mobilização desta importância, que aborda os prejuízos da violência infanto-juvenil, deve ganhar a atenção de todos. Não poderíamos ficar de fora”, afirmou.


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

Mais de 100 municípios já definiram aplicação de recursos a fundo perdido GOVERNOO programa atende municípios com até 50 mil habitantes; prefeitos e moradores decidem onde os recursos devem ser aplicados AEN

O Governo do Estado já recebeu projetos de 109 municípios interessados em acessar recursos a fundo perdido do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM), lançado em abril pelo governador Beto Richa, conta com R$ 150 milhões para atender c i d a d e s c om até 5 0 m i l habitantes. As propostas já apresentadas somam R$ 40 milhões. O PAM conta com verbas que a Assembleia Legislativa está devolvendo para o Estado. Cada município receberá entre R$ 300 mil e R$ 550 mil, de acordo com o número de habitantes. “O principal a sp e c to d e ste pro g r am a é que os prefeitos e a população devem definir em conjunto onde serão aplicados os recursos. Um processo democrático em que prevalece a vontade popular”, afirma Richa. A necessidade maior das prefeituras são obras de reurbanização, recape asfáltico, melhoria de parques de máquinas, construção de barracões para instalação de fábricas, reforma e ampliação de escolas e unidades de saúde. “Esse novo jeito de repassar recursos é hoje

uma realidade no Paraná”, disse o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior. O prefeito de Miraselva, João Marcos Ferrer, disse que seu município pediu R$ 300 mil do PAM e já realizou audiência pública com os moradores para definir a apli-

(03/05) vai acessar R$ 400 mil do programa. “Vamos comprar um ônibus novo para transporte de estudantes e um caminhão de lixo”, disse o prefeito N i c o l a u Mu n i z Ju n i o r. Outro município onde Richa cumpriu agenda foi Rio Bom, que também confirmou interesse pelos recursos a fundo perdido. O município pode acessar R$ 300 mil. Cafeara também já decidiu onde aplicar os recursos do PAM. “Iremos ampliar e reformar a unidade de saúde e pavimentar a Vila Mercantil”, disse o prefeito Os cimar Jos é Sperandio, durante o encontro com o governador Beto Richa na última quinta-feira. “Isso vai favorecer toda a nossa população”, afirmou Sperandio. Infraestrutura - Diversas cidades decidiram aplicar o recurso em obra de infraestrutura viária, muito demandada pela população. É o caso de Porecatu, que tem 15 mil habitantes e receberá R$ 350 mil do governo, por meio do programa. O dinheiro, segundo o prefeito Walter Tenan, será aplicado em recapeamento asfáltico por toda a cidade. Mesma decisão de Centenário do Sul, com 11 mil habitantes.

Esse programa dá uma grande oportunidade para as pessoas interferirem na realidade de seus municípios”

cação dos recursos. Ele quer construir três salas de aula na escola municipal Monteiro Lobato, fazer recape na rua Doutor Olavo Ferreira e a reforma do clube municipal para atender a terceira idade. “Parta um município pequeno como o nosso, com escassez de recurso, é um programa importantíssimo”, disse o prefeito. Mauá da S erra, com 8,5 mil habitantes, onde o governador Beto Richa e s t e v e n e s t a s e x t a - fe i r a

Beto Richa lançou o programa de apoio aos municípios em abril

Segundo o prefeito Luiz Nicásio, o recurso do PAM será usado para recape asfáltico de diversas ruas da cidade. Pavimentação asfáltica, com construção de galerias e meio fio é também o investimento definido por Marilândia do Sul. C om 9 mil habitantes, a cidade re c eb e r á R $ 3 3 0 m i l d o programa. “O dinheiro é importante e a forma de definir os projetos tam-

03/05/13

CÂMBIO

03/05/13

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Alta: 0,30%

55.488 pontos

Volume negociado: R$ 9,94 bilhões 54.963 54.252 54.887 55.910 55.321 55.488

EURO

Baixa: 0,02% Compra Venda

Alta: 0,34% Compra Venda

Var. maio: +0,37% R$ 2,0085 R$ 2,0095

DÓLAR PTAX (Banco Central) Baixa: 0,01% Compra Venda

Alta: 0,36% Compra Venda

DÓLAR PARALELO

25/04

26/04

29/04

Ações Petrobrás PN Vale PNA BMFBovespa ON ItauUnibanco PN Bradesco PN Oi ON MMX Mineração ON B2W Varejo ON

30/04

02/05

03/05

% -1,24 +1,42 +1,70 +1,38 +0,61 -5,36 -3,18 +3,17

R$ 20,00 32,20 14,40 33,70 32,95 5,30 2,13 12,05

14.973,96 6.521,46 8.122,29 3.912,95

+0,96 +0,94 +2,02 +1,40

BOLSAS NO MUNDO Dow Jones Londres Frankfurt Paris

%

OURO - BM&F 03/05

var. dia R$ 94,50 /grama

IR

-1,56%

MAIO

BASE (R$) Até 1.710,78 De 1.710,79 até 2.563,91 De 2.563,92 até 3.418,59 De 3.418,60 até 4.271,59 Acima de 4.271,59

Alíquota % isento 7,5 15 22,5 27,5

Parc. a deduzir 128,31 320,60 577,00 790,58

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 171,97 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.710,78 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2013 - A segunda parcela do Imposto de Renda decla-

rado em 2013 irá vencer em 31/05. Para pagamento até o vencimento há juros Selic de 1,00% MÊS Fev/12 Mar/12

TAXA SELIC 0,49% 0,55%

MÊS Abr/12 *Mai/12

TAXA SELIC 0,61% 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Var. maio: +0,36% R$ 2,57 R$ 2,77

OUTRAS MOEDAS X REAL

Var. maio: 0,00% R$ 1,96 R$ 2,14

Iene Libra esterlina Peso argentino

DÓLAR TURISMO Estável Compra Venda

Var. maio: -0,06% R$ 2,6339 R$ 2,6348

EURO TURISMO

Var. maio: +0,38% R$ 2,0088 R$ 2,0093

Estável Compra Venda

R$ 0,0203 R$ 3,13 R$ 0,39

US$ 1 É IGUAL A:

Var. maio: 0,00% R$ 1,950 R$ 2,110

Iene Libra esterlina Euro

99,11 0,6426 0,7626

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC-DI (FGV)

nov 0,54 0,60 0,54 0,68 0,94 -0,03 0,25 0,16 0,45 0,33

dez 0,74 0,79 0,69 0,78 0,40 0,68 0,66 0,74 0,66 0,16

jan 0,92 0,86 0,88 1,15 0,79 0,34 0,31 0,00 1,01 0,65

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

mar 1,0677 1,0631 1,0829 1,0824

abr 1,0722 1,0659 1,0806 1,0797

municípios”, disse ele. Califórnia também receberá R$ 330 mil. A prefeita Ana Lúcia Mazeto Gomes disse que está conversando c om ve re a d ore s e a c o munidade para definir a prioridade de investimento dos recursos. “Assumimos o município em situação de dificuldade, com dívidas, programas parados. Esse recurso é uma verdadeira benção”, disse a prefeita.

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

bém. A população precisa participar”, disse o prefeito Pedro Sérgio Mileski. Máquinas – Para Novo It a c o l o m i , c o m 2 , 8 m i l habitantes, o repasse é de R$ 300 mil. O prefeito Roberto Munhoz disse que a prioridade é dotar o município de um parque de máquinas. “Esse programa dá uma grande oportunidade para as pessoas interferirem na realidade de seus

mai 1,0730 -

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

fev 0,52 0,60 0,68 0,22 0,46 0,29 0,20 0,09 0,33 0,60

mar 0,60 0,47 0,49 -0,17 0,52 0,21 0,31 0,12 0,72 0,50

abr 0,55 0,28 0,15 -

ano 2,05 1,94 2,58 1,47 1,78 0,98 0,81 0,21 2,07 1,76

12m 7,22 6,59 6,51 5,37 7,30 7,97 8,78 6,16 7,18

OUTROS INDICADORES mar BTN + TR 1,570040 TJLP (%) 5,00 Sal. mínimo 678,00 FGTS (%) 0,2466 TAXA SELIC ANUAL: 7,50%

PREVIDÊNCIA

abr 1,570040 5,00 678,00 0,2466

mai 1,570040 5,00 678,00 -

COMPETÊNCIA ABRIL

Vencimento: empresas 20/5 e pessoas físicas 15/5. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 678,00 (R$ 74,58) e R$ 4.159,00 (R$ 457,49), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 678,00 (R$ 135,60) e R$ 4.159,00 (R$ 831,80), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 678,00 (R$ 135,60) a R$ 4.159,00 (R$ 831,80). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 4.159,00 (R$ 457,49) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: desconto de 11% sobre as jurídicas, até R$ 4.159,00 (R$ 457,49). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 4.159,00. 4) Aut. especial: sobre R$ 678,00, recolhe 5% (donas de casa, Lei 12.470/2011) ou 11% (demais especiais), mas a aposentadoria é por idade.

Salários até 1.247,70 de 1.247,71 até 2.079,50 de 2.079,51 até 4.159,00

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 54,24 81,36 135,60

R$ máx 457,49 499,08 956,57

SALÁRIO FAMÍLIA - MAIO/2013 Salário de até R$ 646,55 Salário de R$ 646,55 a 971,78

R$ 33,16 R$ 23,36

POUPANÇA, TR

LOTES - ATACADO

Poupança antiga: depósitos até 03/05/12 Nova poupança: dep. a partir de 04/05/12

POUP. ANTIGA

NOVA POUP. Índice

ano 2,02 2,53

12 m 6,25 6,20

fev mar 0,4134 0,4134

abr 0,4134

mai 0,4273

% 0,00 0,00

ano 0,00 0,00

12 m 0,07 0,02

TR MÊS Abril/13 Maio/13 Período 27/3 a 27/4 28/3 a 28/4 1/4 a 1/5 2/4 a 2/5 3/4 a 3/5 4/4 a 4/5 5/4 a 5/5 6/4 a 6/5 7/4 a 7/5 8/4 a 8/5 9/4 a 9/5 10/4 a 10/5 11/4 a 11/5 12/4 a 12/5 13/4 a 13/5 14/4 a 14/5 15/4 a 15/5 16/4 a 16/5 17/4 a 17/5 18/4 a 18/5 19/4 a 19/5 20/4 a 20/5 21/4 a 21/5 22/4 a 22/5 23/4 a 23/5 24/4 a 24/5 25/4 a 25/5 26/4 a 26/5 27/4 a 27/5 28/4 a 28/5 1/5 a 1/6 2/5 a 2/6

SOJA - saca 60kg

% 0,50 0,50

Abril/13 Maio/13

POUP ANTIGA 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000

POUP NOVA 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273 0,4273

TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

CUB PARANÁ Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 MAR ABR %m %ano %12m Paraná 1.083,96 1.086,25 0,21 1,03 8,42 Norte 1.018,86 1.013,26 -0,55 -1,23 3,64 Noroeste 1.058,44 1.060,80 0,22 1,07 7,26 Oeste 1.075,44 - 0,47 0,77 7,47

SAL. MÍNIMO - PARANÁ Grupo 1 R$ 882,59 Trab.s na agricultura. Grupo 2 R$ 914,82 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

03/05/13

Grupo 3 R$ 949,53 Trab. produção de bens e serviços industriais Grupo 4 R$ 1.018,94 Técnicos nível médio. *Valores válidos de maio/2013 a abril/2014

PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg R$ 58,50 56,00 54,50 54,50 55,00 54,50

SEM -1,7% 0,9% -0,9% 0,0% 0,0% -0,9%

30 d. 0,0% 1,8% 0,9% 0,9% 1,9% 0,9%

26,30 22,00 21,00 23,00 22,50 22,50

5,2% 0,0% 2,4% 7,0% 2,3% 0,0%

6,5% -4,3% -4,5% -2,1% 0,0% 2,3%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel

R$ 45,30 45,00 45,00 44,50

SEM 4,1% 4,2% 4,2% 3,5%

30 d. -0,4% 0,0% 0,0% 0,0%

INDICADORES CEPEA/ESALQ PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

R$ 785,35 98,76 303,14 200,75

DIA 0,08% -1,00% 0,34% -0,92%

MÊS 0,13% -0,51% 3,71% -0,66%

1- preço médio no MS, unidade de 8 a 12 meses; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra peso (453 gr), posto SP Capital.

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

PREÇO AO PRODUTOR Produto

03/05/13

unidade

média var. var. var. PR - R$ diária 7 dias 30 dias SOJA saca 60 kg 51,27 0,5% -0,1% -1,1% MILHO saca 60 kg 19,41 -0,3% -0,5% -4,1% TRIGO saca 60 kg 39,08 0,4% 0,4% -2,3% FEIJÃO CAR. saca 60 kg 223,06 0,0% 4,9% 15,3% BOI GORDO arroba, em pé 97,55 0,0% -0,4% -0,4% SUÍNO kg, vivo 2,60 0,0% -3,0% -11,0% FRANGO kg, vivo 1,86 -1,1% -3,6% -11,0% CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg 275,55 0,1% -0,7% -0,5% CAFÉ kg, em coco 4,41 0,2% -1,1% 0,2% Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preços nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

C.Proc. R$ 50,50 19,00 38,00 99,00 2,50 270,00 4,35

Jacar. R$ 50,50 19,00 94,00 2,30 1,90 280,00 4,30

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA Cont. mai/13 jul/13

03/05/13 MILHO

- US$cents por bushel (27,216 kg)

FECH. 1.455,00 1.387,25

*DIF. 1 SEM. 14,00 1,7% 15,00 0,5%

1 MÊS 5,4% 2,2%

417,80 406,50

-0,80 0,30

Cont. mai/13 jul/13

FECH. 699,50 661,25

*DIF. 1 SEM. 2,00 8,6% -0,75 6,7%

1 MÊS 9,0% 4,9%

TRIGO - US$cents por bushel (25,4 kg)

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg) mai/13 jul/13

- US$cents por bushel (25,4 kg)

0,0% 0,4%

5,0% 3,0%

mai/13 jul/13

711,25 721,00

-7,50 -7,50

3,3% 4,1%

2,1% 2,8%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ Cont. mai/13 jul/13

- US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 140,30 140,90

*DIF. 1 SEM. 1,35 4,8% 1,45 5,2%

1 MÊS 0,6% -0,8%

03/05/13 ALGODÃO

- US$cents/libra peso (0,453 kg)

Cont. mai/13 jul/13

FECH. 84,72 86,43

*DIF. 1 SEM. 0,89 3,0% 0,75 2,6%

1 MÊS -5,0% -4,7%

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) MILHO - R$/saca 60 kg

SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg Cont. jul/13 nov/13

FECH. 30,18 27,09

*DIF. 1 SEM. -0,04 1,8% 0,00

MÊS -4,1%

-0,03 -0,11

-0,1% -0,7%

BOI GORDO - R$/arroba mai/13 jun/13

97,01 96,75

03/05/13

Cont. mai/13 jul/13

FECH. 25,50 25,40

*DIF. 1 SEM. -0,06 5,2% 0,02 5,3%

MÊS 0,4% -0,4%

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) 0,5% 0,7%

mai/13 jul/13

163,70 172,00

1,05 1,90

5,6% 5,3%

-0,5% 3,2%


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

HR precisa de UTI para realizar cirurgias obstetrícias de alto risco SAÚDEDiretor geral afirma que documentos serão enviados para a Sesa em aproximadamente 8 dias Maurício Reale

O diretor geral do Hospital Regional do Norte Pioneiro (HR) César Santucci afirmou, na tarde de ontem, que a instituição precisa da instalação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta para realizar cirurgias obstetrícias de alto risco. Atualmente apenas as cirurgias de risco intermediário podem ser realizadas e as pacientes consideradas de alto risco são encaminhadas pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde (Cisnorpi) para hospitais próximos, geralmente em Londrina. Ap e s a r d e a i n d a n ã o possuir a UTI, o diretor revelou que, ontem, os mé-

dicos precisaram realizar uma cirurgia de alto risco de forma emergencial, pois concluíram que não havia temp o p ara enc amin har uma paciente a outro hospital. A operação foi realizada com sucesso. Santucci disse que o HR é uma referencia regional nas cirurgias obstetrícias de risco intermediário e que deve se tornar também uma referencia nas cirurgias de alto risco quando a UTI estiver funcionando. “O presidente do Cisnorpi, João Mattar, não mede esforços para a instalação da UTI”, afirmou. O projeto para a instalação da UTI depende de dois orçamentos relativos a parte hidráulica e elétrica –

Antônio de Picolli

Santucci diz que presidente do Cisnorpi não mede esforços para implantar UTI

que deve ser concluído em aproximadamente oito dias

 S.A.PLATINA

Bebê morre após receber alta de pronto socorro

Antônio de Picolli

– para ser encaminhado à Secretaria Estadual de Saú-

de (Sesa) que encaminhará o projeto para licitação da

obra da construção da área onde a UTI será instalada. Os equipamentos que serão utilizados na UTI já estão no HR há dois anos. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo, a intenção do governo é instalar a UTI já no segundo semestre deste ano. Em média são realizados 80 partos por mês em pacientes que também são acompanhadas durante a gestão por médicos do HR. A instituição também atende entre 500 e 550 casos por mês de gestantes que apresentam algum problema durante a gestação. “Nosso plantão funciona 24 horas e atende qualquer gestante da região”, ressaltou.

 JACAREZINHO

Criado comitê para auxiliar Pequenas e Micro Empresas Assessoria

Bebê de dois meses foi sepultado na tarde de ontem sob comoção dos familiares Aline Damásio

Um bebê de dois meses faleceu na manhã de ontem menos de doze horas após receber alta do pronto socorro municipal, em Santo Antonio da Platina. A mãe da criança registrou boletim de ocorrência e acusa o hospital de omissão de socorro, já que o bebê foi atendido, mas liberado sem nenhuma prescrição pela médica de plantão. Familiares de Stefani Simone de Oliveira, 18, mãe do bebê, relataram que o caso foi levado à polícia pela negligência do pronto socorro ao liberar a criança sem nenhuma prescrição médica ou exame laboratorial para verificar seu estado de saúde. “Levei a Stefani (mãe) e o bebê antes do meio dia ao PS, pois ele chorava e gemia muito de dor. Chegando lá a médica de plantão só deu um supositório e liberou o bebê

dizendo que era só um problema abdominal”, relata a amiga da família, Talita Adriano da Silva. A criança foi atendida por volta das 13horas do último domingo na casa de saúde e foi liberada pela médica de plantão. Na manhã de ontem o bebê deu entrada novamente no hospital com crise convulsiva e veio à falecer logo depois. “Nós vimos a situação que estava a criança, ela tinha dificuldades para respirar, não estava bem para ir para casa, foi por isso que retornamos aos hospital, pena que foi tarde demais”, relatou Talita. Segundo a enfermeira chefe do PS, que não quis se identificar, o atendimento ao bebê teve procedimento normal. “A criança foi atendida aqui com dores abdominais. foi medicada e liberada, pois não apresentava febre e nem registrava outros sintomas. Essa manhã (ontem), a mãe retornou

com a criança que já apresentava crise convulsiva e foi prontamente atendida, mas não resistiu”, disse a enfermeira. Segundo o enfermeiro chefe do hospital Marcos Paulo de Oliveira, o laudo da morte do bebê foi assinado pelo médico plantonista do Hospital Nossa Senhora da Saúde e aponta broncoaspiração (afogamento por leite) como causa da morte. “Não estava no meu plantão, mas tive a informação de que o bebê foi internado pela manhã já em estado grave. A mãe pediu por socorro no quarto dizendo que a crianças estava em convulsão e tentamos socorrê-lo de todas as maneiras”, disse. O bebê de dois meses foi sepultado na tarde de ontem sob forte comoção da família, que alegou que irá acionar o hospital judicialmente pela morte da criança.

Funcionários e representantes de entidades criaram comitê Da Assessoria

Funcionários da Prefeitura de Jacarezinho e representantes de entidades do município se reuniram na última semana para criar um comitê para auxiliar a execução da Lei das Pequenas e Micro Empresas. Outro ponto destacado é a estruturação da “Sala do Empreendedor”. Funcionários da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio farão treinamento para atender no local. A reunião aconteceu nas dependências da Associação Comercial e Empresarial de Jacarezinho (ACIJA). O programa é uma iniciativa do SEBRAE/PR que visa contribuir para que as pequenas

empresas usufruam de benefícios como a simplificação no recolhimento de impostos, desoneração tributária, simplificação do processo de abertura de empresas, alteração e encerramento de empresas, facilidade de acesso ao crédito e ao mercado, preferência em compras governamentais, estímulo à inovação tecnológica, incentivo ao associativismo e regulamentação do empreendedor individual. O prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo de Faria, o Dr. Sérgio (DEM), destacou que é importante a participação de todas as entidades jacarezinhenses. “Queremos auxiliar as pessoas a sair da informalidade e ter sua pequena ou micro empresa legalizada”,

ressaltou. O Índice de Desenvolvimento para Micro e Pequenas Empresas (ID-MPE), lançado pelo Sebrae/PR, em parceria com o Instituto Brasileiro de Produtividade e Qualidade (IBQP) é um dos balizadores utilizados no Programa de Desenvolvimento Local. O ID-MPE avalia o estágio de evolução do ambiente empresarial, institucional e de mercado nos municípios. Para o Secretário Municipal de Indústria e Comércio, Homero Pavan, o comitê se reunirá quinzenalmente para debater iniciativas para auxiliar a geração de empregos registrados e a formalização de pequenos e micro empresários.

CONTRATA: INSTRUTOR PARA ATUAR EM SANTO ANTÔNIO DA PLATINA/PR: Código: INST/2013 _ _ _ _ _ _

Cursando Nível Superior; Credenciamento no DETRAN/PR para ministrar cursos especializados; Experiência em atividades de treinamento; Domínio de informática (Windows e Pacote Office); Domínio de recursos instrucionais e técnicas didático-pedagógicas; Domínio de técnicas de avaliação de resultados de treinamento;

Informações adicionais: *Carga horária semanal de 44 horas; *Disponibilidade para viagens; *Trabalho em escalas de finais de semana. O processo seletivo terá as seguintes etapas: avaliação curricular, prova de conhecimentos específicos e entrevista final. Interessados enviar currículo até o dia 10/05/2013, para o e-mail: sestsenatcurriculos@gmail.com ou entregar na portaria deste jornal. Se pessoa com deficiência, aprovada no Processo, terá prioridade na contratação, conforme previsto no artigo 93 da Lei 8.213/91. No entanto, será imprescindível apresentação de laudo médico conclusivo do enquadramento no Decreto nº 3298/99 ou Certificado de reabilitação profissional emitido pelo INSS. Esse processo seletivo terá validade de 24 meses a partir da data do anúncio.

Solidariedade - Integrantes do grupo Embaixada Corinthians Platinense estiveram no último domingo no Asilo São Francisco de Assis, em Santo Antonio da Platina, numa visita solidária em homenagem ao Dia das Mães. Os torcedores promoveram um café da tarde junto aos idosos e também fizeram a distribuição de rosas às mães residentes no asilo. A ação faz parte de uma campanha realizada em todas as embaixadas corinthianas do país.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira 07 de maio de 2013

Assaltante baleado continua internado em estado grave

CONFRONTOQuadrilha presa em Siqueira Campos fez nove assaltos violentos na região; três se entregaram e foram presos Guilherme Diniz e Betty Gois

Celso Felizardo

Maike Peri, 20 anos, continua internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Jacarezinho sob escolta policial. Porém, segundo a equipe médica, não corre risco iminente de morte. Ele fazia parte de uma quadrilha de assaltantes e levou dois tiros no peito em confronto com a polícia, na tarde de sábado, em Siqueira Campos. Outros três comparsas, Antônio

Moacir de Oliveira, 33 anos, Ruan Bilek Massaneiro, 20 anos, e Junior Aparecido Sanches, 24 anos, se entregaram e foram presos. Segundo informações do Serviço de Inteligência (P2) da Polícia Militar, a quadrilha que agia na região há dois meses, praticou nove assaltos violentos em Santo Antônio da Platina, Ribeirão do Pinhal, Quatiguá, Salto do Itararé, Siqueira Campos, Wenceslau Braz e Joaquim Távora. Armados, eles mantinham as vítimas

em cárcere privado e roubavam a casa. Sanches, que era foragido da cadeia de Santo Antônio da Platina, teria recrutado o restante da quadrilha em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, para fazer os assaltos no Norte Pioneiro. “Ele, que já conhecia bem a região, passava informações para os outros assaltantes, como rotas de fuga, horários propícios”, explicou o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Antônio Guilherme Diniz e Betty Gois

Antônio Oliveira, Ruan Massaneiro e Junior Sanches se entregaram

Maike reagiu e foi alvejado duas vezes no peito; está na UTI em Jacarezinho

Carlos de Morais. A quadrilha usava como base a casa da mãe de Antônio Oliveira, na Rua Benjamim Constant, no bairro Jardim Ambiental, em Siqueira Campos. Com a informação de que eles fariam um assalto na cidade e estariam a bordo de um carro GM Vectra, com placas de São José dos Pinhais, as equipes policiais montaram vigilância em todo trajeto entre Jaguariaíva e Siqueira

JULGAMENTO

GOLPE

Campos. Uma equipe seguiu o carro até a casa da mãe de Oliveira. Em seguida, os policiais cercaram a casa. Dois deles saíram e foram presos. O terceiro foi preso dentro da casa. Por último, Maike, saiu correndo pelos fundos, se embrenhou em um matagal e, ao perceber que estava sendo seguido pelos policiais, sacou um revólver calibre 32 e atirou. Os policiais revidaram e o atingi-

ram duas vezes. O Samu foi acionado e, em ação rápida, conseguiu encaminhar o rapaz para a Santa Casa de Siqueira Campos, onde permaneceu até ser transferido para Jacarezinho. Dentro do carro da quadrilha, os PMs encontraram mais dois revólveres calibre 38. Os acusados confessaram a autoria dos roubos e foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Siqueira Campos.

Mulher que matou marido é Telefonia lidera ranking condenada vinte anos depois de tentativas de fraudes Luiz Guilherme Brandani

Agência Brasil

De janeiro a março deste ano, a cada 15 segundos, um consumidor brasileiro foi vítima de tentativa de fraude com documentos ou dados pessoais roubados por criminosos, que recorrem a essa estratégia para conseguir crédito sem ter de pagar pelo dinheiro obtido ou para tirar vantagem em um negócio sob falsa identidade. Levantamento feito pela Serasa Experian identificou 507.546 ações do gênero, número 5,14% maior que o registrado em igual período de 2012, quando houve 482.756 tentativas de fraudes. A maioria das tentativas no primeiro trimestre deste ano, ou 39%, ocorreu no setor de telefonia, com 195.894 casos. Com o uso de documentos falsos ou roubados, os

golpistas compram linhas de celulares para obter endereço e comprovar residência, por meio de correspondência. Dessa forma, o criminoso pode abrir contas em bancos e conseguir talões de cheques, cartões de crédito e até efetuar empréstimos bancários em nome de outras pessoas. A pesquisa mostra que houve uma mudança no comportamento dos criminosos. No primeiro trimestre do ano passado, o principal alvo dos ataques eram vítimas lesadas pelo setor de serviços, que passou para o segundo lugar representando 30% das ações ou 154.005 casos. Na mira estão negócios com seguradoras, construtoras, imobiliárias e serviços como pacotes turísticos, salões de beleza entre outros. Já o setor de bancos e finan-

ceiras ocupa a terceira posição com 106.514 tentativas de fraudes, o equivalente a 21% do total e, em seguida, aparece no ranking o varejo com 2% do total, ou 8.540 casos. Nesta última ação é comum a compra de aparelhos eletrônicos (TV, aparelho de som etc.) deixando a conta para a vítima. De acordo com a Serasa Experian, as maiores vítimas são consumidores que tiveram documentos roubados. Os criminosos também se aproveitam da falta de cuidado de usuários da internet, que registram dados pessoais sem verificar a idoneidade e a segurança dos sites. Diante disso, a empresa recomenda que ao ser roubado, perder ou ter um documento extraviado o consumidor cadastre a ocorrência, gratuitamente, na base de dados da Serasa Experian.

JACAREZINHO Irmã da vítima, Márcia Fustinoni acompanhou júri com o marido, Pedro Domingues Luiz Guilherme Brandani

Vinte anos depois, o Tribunal do Júri da Comarca de Santo Antônio da Platina, condenou na tarde de ontem, a seis anos e seis meses de prisão pelo crime de homicídio simples consumado, a ré Elenice Aparecida de Souza Fustinoni. Em 11 de abril de 1993, à época com 22 anos, Elenice matou o esposo, Tarcizio Fustinoni, dois anos mais velho, com dois golpes de faca que o atingiram no coração. A vítima, que estava com o filho no colo, chegou a ser socorrida com vida, mas morreu enquanto era submetida a uma cirurgia. Segundo os autos, a mo-

tivação teria sido ciúmes. Depois de flagrar o esposo beijando (no rosto) e abraçando uma vizinha, Elenice deu início à discussão que resultou no crime. Fato declarado pela própria ré em seu depoimento, dias após, em uma delegacia de Curitiba. Desde então, Elenice nunca mais foi vista. Após a conclusão do inquérito, a Justiça expediu o mandado de prisão e tentou de todas as formas localizar Elenice para que o julgamento fosse marcado, mas sem sucesso. Apenas em 2008, com a mudança no código penal, a Justiça pode finalmente julgar a ré mesmo sem a sua presença. Depois de ouvirem

o Promotor de Justiça Leônidas Silva Neto, representando o Ministério Público, pedir pela condenação, e o advogado Júlio Cezar Correa Gomes, nomeado para a defesa, os jurados decidiram por unanimidade pela condenação de Elenice. No entanto, o fato da sentença lida pela Juíza Maristela Andrade de Carvalho, ter sido inferior a oito anos, possibilita a prescrição da pena. Para a irmã da vítima, Márcia Regina Fustinoni, que assumiu os dois filhos do casal, hoje com 22 e 24 anos, a condenação só será completa com a prisão de Elenice. “Que a justiça seja feita. O crime não pode ficar impune”, cobra.

Polícia Militar prende quatro por tráfico de drogas

Divulgação

Celso Felizardo

Um rapaz de 19 anos foi preso com 25 pedras de crack e uma porção de maconha na tarde de domingo, em Jacarezinho. Luiz Eduardo de Oliveira, o João Porco, já era conhecido no meio policial e segundo os policiais, estava vendendo a droga na Rua Santa Catarina, Vila São Pedro. Com ele foi encontrado R$ 30,00 em dinheiro trocado. No mesmo dia, a PM prendeu também Moisés Nogueira, 22 anos, o Chicão. Ele foi abordado na Rodoviária, na Avenida Brasil e foi preso com uma porção de maconha. Chicão tinha mandado

PMr reforçou operação contra o tráfico de drogas na cidade

de prisão em aberto. Outros dois rapazes também foram

presos com pedras de crack na Vila Silas.


TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 21/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Patricia Dezordi - Informática – ME. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 17/2013SRP DECLARAÇÃO DE PROCESSO LICITATÓRIO FRACASSADO Itens Fracassados Luis Fernando Dolenz, Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições conferidas por Lei, DECLARA para os devidos fins como FRACASSADOS os itens nºs 07 e 08, referente ao processo licitatório em epígrafe, cujo objeto é o registro de preços visando futuras aquisições de combustíveis, lubrificantes, aditivos, filtros, extintores e produtos automotivos, destinados aos veículos da frota municipal. Quatiguá-PR, em 06 de maio de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 219/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e, de acordo com o ofício nº 22/13 - UCI, protocolado sob nº 000597/13 de 15/01/2013, e CONSIDERANDO a Recomendação Administrativa nº 16/2012, do Núcleo Regional de Trabalho de Proteção ao Patrimônio Público do Norte Pioneiro; CONSIDERANDO o Parecer da Procuradoria Municipal, exarado no Ofício nº 22/13-UCI, do Coordenador da Unidade de Controle Interno, protocolado sob nº 0597/13, em 15/01/13; CONSIDERANDO o § 1º do Art. 2º da Lei Complementar nº 137/2011, que dispõe sobre a obrigação de veiculação de atos administrativos praticados pelos Poderes Executivo e Legislativo municipais, incluindo as respectivas administrações diretas e indiretas, que importem em realização de despesas públicas, tais como: a) as aquisições e locações de bens móveis e imóveis; b) as doações, cessões e operações financeiras de qualquer natureza; c) a admissão, nomeação, demissão, exoneração e aposentadorias de servidores e empregados públicos, incluídos os comissionados; d) atos relacionados à contratação de fornecedores e prestadores de serviços, incluindo os respectivos editais de licitação; e) atos relacionados à gestão fiscal. CONSIDERANDO que o Município de Santo Antônio da Platina, possui Diário Oficial Eletrônico, hospedado no sitio eletrônico www. santoantoniodaplatina.pr.gov.br, de fácil acesso à população, com Certificação Digital; RESOLVE: I – DETERMINAR que seja efetuada a publicidade através do Diário Oficial Eletrônico do Município de Santo Antônio da Platina – Estado do Paraná, não só dos atos constantes do art. 2º, § 1º, da Lei Complementar nº 137/2011, como, também, de todas as Portarias, Decretos, Instruções Normativas, Compras Direta, sem prejuízo de outros a serem identificados. II – DETERMINAR a veiculação através do Portal da Transparência dos seguintes dados, sem prejuízos de outros a serem identificados: Informações Financeiras (Movimentação Diária e Acumulada): a. Receitas (lançamentos e arrecadação); b. Despesas (empenhos, liquidações, pagamentos, por ordem cronológica e fonte de recurso); c. Credores. Informações Administrativas (Movimentação Diária e Acumulada) a. Contratos; b. Licitações (inclusive dispensa e inexigibilidade; em andamento e já realizadas; editais; empresas chamadas e efetivamente participantes; ata de julgamento; decisões; contratos administrativos; aditivos); c. Fornecedores; d. Produtos; Gastos com Pessoal (Movimentação Mensal) III – DIVULGAR através do link Contas Públicas, o que segue: a. Relatórios Resumidos da Execução Orçamentária e Relatórios de Execução Fiscal, de acordo com o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (nos prazos fixados); b. Relatórios contábeis mensais: Demonstrativo da Receita e Despesa segundo as Categorias Econômicas (Anexo 1, da Lei nº. 4.320/64); Receita segundo as Categorias Econômicas (Anexo 2, da Lei nº. 4.320/64); Despesa segundo as Categorias Econômicas (Anexo 2, da Lei nº. 4.320/64); Despesa por Programa de Trabalho (Anexo 6, da Lei nº. 4.320/64); c. Relatórios contábeis anuais: Balanço Financeiro (Anexo 13, da Lei nº. 4.320/64); Balanço Patrimonial ((Anexo 14, da Lei nº. 4.320/64); Demonstrativo das Variações Patrimoniais (Anexo 15, da Lei nº. 4.320/64); d. Orçamentos municipais: POA – LDO – LOA (anual e alterações); e. Relatórios das contas bancárias (diário); f. Patrimônio do Município – Móveis e Imóveis (anual e alterações): local em que se encontram e se estão em funcionamento ou uso; g. Relação de Obra em andamento (mensal): cronograma da obra; empresa que a está executando e responsável pela sua fiscalização; h. Diárias Concedidas a Funcionários (diário): constando o valor liberado, motivo e data da viagem; i. Transferências Voluntárias recebidas (diário): órgão repassador, objeto e valor; j. Transferências Voluntárias concedidas (diário): entidade recebedora, objeto e valor; k. Relação de Funcionários Públicos Concursados (mensal): lotação, local em que o funcionário deve trabalhar, horário de expediente e responsável pela supervisão; l. Relação de Funcionários Públicos não concursados (cargos em comissão, terceirizados, temporários e outros) (mensal): lotação, local em que o funcionário deve trabalhar, horário de expediente, responsável pela supervisão e função efetivamente exercida pelo funcionário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 03 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 17/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Acosta Quadri & Cia Ltda - ME. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013.

Atas & Editais A-7 PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 19/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Andipel Papelaria Ltda. – ME. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 292/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: NOMEAR os servidores NAPOLEÃO VIANA, JOSÉ RICARDO ARRUDA E SILMARA NALESSO LEVATTI, para, sob a Presidência do primeiro, comporem a Comissão de Processo Administrativo Disciplinar nº 005/13, para apuração de fatos pertinentes ao servidor objeto da denúncia contida no Ofício nº 083/13-UCI, bem como despacho da Assessoria Jurídica contido no requerimento nº 006244/13 de 23/04/13. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 06 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO ADITIVO I À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 88/2012-PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 38/2012 CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Ocimar Ribeiro Lourenço-ME. OBJETO: O presente Termo Aditivo tem por objeto a dilatação do prazo da vigência da Ata de Registro de Preços nº 88/2012, oriunda do Pregão Presencial nº 38/2012, por mais 55 (cinqüenta e cinco) dias, expirando-se em 11 de junho de 2013. DATA: 17 de abril de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 17/2013SRP AVISO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO Expirado o prazo recursal torna-se pública a homologação do procedimento licitatório em epígrafe e a adjudicação do objeto às seguintes empresas: Objeto: registro de preços visando futuras aquisições de combustíveis, lubrificantes, aditivos, filtros, extintores e produtos automotivos, destinados aos veículos da frota municipal. EXTINORPI EXTINTORES DO NORTE PIONEIRO LTDA-EPP. Itens: 1, 4, 5, 6, 11, 13 e 15 Valor Total: R$ 991,50 (novecentos e cinqüenta e um reais e cinqüenta centavos). EXTIMPEL EXTINTORES PLATINENSE LTDA.-EPP. Itens: 2, 3, 9, 10, 12 e 14. Valor Total: R$ 2.943,00 (dois mil e novecentos e quarenta e três reais). MARIA INÊS VALE & CIA LTDA. Itens: 16, 17 e 18. Valor Total: R$ 556.400,00 (quinhentos e cinqüenta e seis mil e quatrocentos reais). DIEGO DE GOUVEIA-ME. Itens: 19, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 28, 31, 35, 36, 41, 42, 44, 53, 55, 58, 60, 64, 66, 68, 70, 72, 74, 76, 79, 81, 83, 85, 89, 91, 93, 95, 97, 100, 102, 104, 106, 108, 110, 113, 115, 117, 119, 121, 123, 125, 127, 129, 130, 133, 135, 137, 139, 141, 143, 145, 147, 149, 151, 153, 155, 157, 159, 161, 163, 165, 167, 169, 171, 173, 175, 177, 179, 181, 183, 185, 188 e 190. Valor Total: R$ 72.504,42 (setenta e dois mil, quinhentos e quatro reais e quarenta e dois centavos). VALDECI FRANCISCO GONÇALVES-ME. Itens: 20, 27, 29, 30, 32, 33, 34, 37, 38, 39, 40, 43, 45, 46, 47, 48, 49, 50, 51, 52, 54, 56, 57, 59, 61, 62, 63, 65, 67, 69, 71, 73, 75, 77, 78, 80, 82, 84, 86, 87, 88, 90, 92, 94, 96, 98, 99, 101, 103, 105, 107, 109, 111, 112, 114, 116, 118, 120, 122, 124, 126, 128, 131, 132, 134, 136, 138, 140, 142, 144, 146, 148, 150, 152, 154, 156, 158, 160, 162, 164, 166, 168, 170, 172, 174, 176, 178, 180, 182, 184, 186, 187 e 189. Valor Total: R$ 133.623,80 (cento e trinta e três mil, seiscentos e vinte e três reais e oitenta centavos). Quatiguá-PR, Gabinete do Prefeito Municipal, em 06 de maio de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO ADITIVO I À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 87/2012-PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 38/2012 CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Edinei Consolin 51570807949-ME. OBJETO: O presente Termo Aditivo tem por objeto a dilatação do prazo da vigência da Ata de Registro de Preços nº 87/2012, oriunda do Pregão Presencial nº 38/2012, por mais 55 (cinqüenta e cinco) dias, expirando-se em 11 de junho de 2013. DATA: 17 de abril de 2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ – PARANÁ Extrato de Contrato nº. 78/2013, Licitação Modalidade Tomada de Preço nº. 10/2013. Partes: O MUNICÍPIO DE BARRA DO JACARÉ – ESTADO DO PARANÁ, CNPJ nº 76.407.568/0001-93 e a empresa C.A.L. VICENTE NUTRICAO ANIMAL-ME, CNPJ nº 08.846.841/0001-26. Objeto: Fornecimento de substrato Florestal e Mudas de Arvore da espécie OITI. Valor: R$ 5.080,00(Cinco mil e oitenta reais) Dotação Orçamentária: As despesas decorrentes à execução deste contrato, ocorrerá por conta das seguinte dotação:2300 e 2370. Duração: 06 meses a partir da assinatura. Data da Assinatura: 06 de Maio de 2013. Foro: Comarca de Andirá/PR Barra do Jacaré, em 06 de maio de 2013. Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA Lei nº 1.196, de 15 de abril de 2013 “Denomina rua nesta cidade”. A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei, de autoria do Poder Legislativo Municipal: Art. 1º - Fica denominada Rua João de Melo Cardoso, a atual Rua 06 no Conjunto Residencial João Furtado dos Santos. Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / Paço Municipal Dr. Alício Dias dos Reis, aos 15 de abril de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 20/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Laura Botteri Garms – ME. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 15/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Lettech Indústria e Comércio de Equipamentos de Informática Ltda. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 17/2013SRP CONVOCAÇÃO O Secretário Municipal de Gestão Administrativa, Finanças e Planejamento, Senhor Álvaro Simonetti Fonseca Filho, no uso de suas atribuições CONVOCA, o (s) representante (s) legal (is) das empresas abaixo relacionadas, a comparecer na sede da Prefeitura Municipal de Quatiguá, situada na Avenida Dr. João Pessoa, nº 1.300, Centro, para assinatura da Ata de Registro de Preços, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis. EMPRESA: EXTIMPEL EXTINTORES PLATINENSE LTDA.-EPP. EXTINORPI EXTINTORES DO NORTE PIONEIRO LTDA-EPP. DIEGO DE GOUVEIA-ME. MARIA INÊS VALE & CIA LTDA. VALDECI FRANCISCO GONÇALVES-ME. Quatiguá-PR, em 06 de maio de 2013. ÁLVARO SIMONETTI FONSECA FILHO Secretário Municipal de Gestão Administrativa, Finanças e Planejamento PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 222/13 O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, decreta: Art.1º - Ficam delegados, a partir de 07 de maio de 2013, à Senhora SUMARA BERNARDI ALVES, Diretora do Departamento de Recursos Humanos, as funções administrativas pertinentes ao Departamento de Gestão, no tocante à expedição de: Alvarás, Certidões, etc, pelo período em que a Senhora Silvana Domingues Almeida Chagas, se encontrar afastada por atestado médico. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 06 de maio de 2013. PEDRO CLARO DE OLIVEIRA NETO Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 16/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: F. J. Santos Suprimentos Ltda - ME. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013.


cmyb

A-8 Região

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

Maurício reforça pedido por posto da Polícia Rodoviária SEGURANÇAAutoridades políticas estariam trabalhando para levar a base a outro município do NP Da Assessoria

O prefeito de Ribeirão Claro, Geraldo Maurício Araújo (PV) reforçou o pedido pela construção de um posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), no trecho da PR151 entre Ribeirão Claro e Chavantes – SP. O chefe do executivo esteve em Curitiba na última semana, onde se reuniu com o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), Nelson Leal Junior e representantes da PRE. O posto é uma reivindicação iniciada após a concessão da portaria 095/2010, que limitou o tráfego de caminhões com mais de 16 metros de

comprimento e 45 toneladas de Peso Bruto Total Combi-

Tem muito político que diz morrer de amores por Ribeirão Claro, mas faz de tudo para atrapalhar o progresso e o desenvolvimento da cidade”

nado (PBTC). Para fazer valer a portaria publicada pelo en-

tão secretário de Estado dos Transportes, Rogério Tizzot, a fiscalização feita pela PRE é considerada fundamental. Já foram instaladas placas de advertência, mas o município ainda aguarda o início da construção do posto. A portaria visa conservar o asfalto da rodovia, insuficiente para o tráfego de veículos pesados. Além do auxílio na manutenção da rodovia, a polícia ajudaria a coibir crimes praticados na cidade, fuga de criminosos foragidos que usam a estrada como rota para chegar ao estado de São Paulo, inibir o tráfego de veículos sem documentação e motoristas desabilitados. A prefeitura já possui o terreno

DIA DAS MÃES

Lojistas apostam em promoções para atrair consumidores

Às vésperas do Dia das Mães, comemorado neste domingo, 12, o comércio não tem demonstrado muito entusias-

A economia em geral não está tão satisfatória em nenhum setor, mas no Dias das Mães o gasto é inevitável. Estamos otimistas com as vendas, principalmente feita aos clientes de outras cidades, eles são grande parte do nosso movimento e aguardados com grande expectativa pelos lojistas”

mo, com poucas promoções e sem campanha chamativa. O clima tímido causa surpresa, já que o Dia das Mães é considerado a segunda data mais

lucrativa para os lojistas. Em Santo Antonio da Platina, as vitrines contam com pequenas propagandas, mas a aposta é que o movimento se intensifique ao longo dessa semana. “Hoje em dia os consumidores da própria cidade já tem sua loja de preferência, por isso acho que diminuiu aquele clima de propaganda antes de datas importantes, como acontecia a anos atrás. A aposta hoje é em produtos de qualidade e bons preços, com isso as propagandas ficam um pouco de lado”, avalia a empresária Adriana Aparecida Albertoni. Para a empresária Marcilene da Silva, proprietária de uma loja de presentes, o m ov i m e nt o d e ve r á s e intensificar esta semana. “E st amos no come ço de mês ainda, os clientes estão aguardando o recebimento do salário para gastar com o presente das mães. Para atrair o consumidor antecipadamente, é necessário investir em mercadorias bonitas de qualidade e com preço acessível”, diz. A vendedora Lucilene Silva conta que a maioria dos clientes tem frequentado as lojas apenas para pesquisar preço. “Os que entram na loja e fazem a compra são os clientes de

dentro das especificações exigidas pelo DER para a construção da base. Segundo o vereador Marcelo Baggio Molini, que acompanhou o prefeito na viagem a Curitiba, lideranças políticas estariam manobran-

do nos bastidores para levar o posto da Polícia Rodoviária para outro município. “Tem muito político que diz morrer de amores por Ribeirão Claro, mas faz de tudo para atrapalhar o progresso e o desenvolvimento da cidade”,

afirmou. “As pessoas precisam ser mais sinceras e transparentes em suas intenções para com o município”, completou. “A vontade do prefeito Maurício e dos vereadores é trabalhar por Ribeirão Claro sempre”, concluiu.

INTERATIVIDADE

Emater promove encontro de Mulheres do Café do NP Da Assessoria

Aline Damásio

Produtos chamativos e disputa de preços estão entre apostas dos lojistas para o Dia das Mães Aline Damásio

Posto da Polícia Rodoviária ajudaria a coibir fugas rumo ao estado de São Paulo

outras cidades. A maioria dos consumidores f ixos, aqui de Santo Antonio da Platina, deixa a compra para a última hora, esperando p or pre ços mel hores ou promoções”, relata. Na avaliação do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santo Antonio da Platina (Acesap), Santiago Garcia Neto, os clientes de cidades vizinhas são os que devem mov iment ar o comércio platinense. “A economia em geral não está tão satisfatória em nenhum setor, mas no Dias das Mães o gasto é inevitável. Estamos otimistas com as vendas, principalmente feita aos clientes de outras cidades, eles são grande parte do nosso movimento e aguardados com grande expectativa pelos lojistas”, afirma. Em Santo Antonio da Platina, a Acesap está promovendo a campanha ‘Mãe Meu Maior Presente é Você’ com sorteio de cinco mil reais em prêmios, distribuídos em vale compras no valor de mil reais para cada cliente sorteado. A campanha também irá sortear mais cinco cadernetas de poupança, no valor de R$200 reais cada uma. Neste sábado, as lojas da cidade estarão abertas até às 17h.

Duzentas e cinquenta mulheres envolvidas com a produção de café na região de Santo Antonio da Platina se reuniram, no dia 30 de abril, no primeiro Encontro de Mulheres do Café, realizado em Ibaiti. A principal intenção dos organizadores foi valorizar o trabalho das mulheres nas propriedades familiares que têm a cafeicultura como principal atividade. O encontro foi promovido pelo Instituto Emater/SEAB, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ibaiti, e contou com a participação de lideranças municipais e representantes da Aliança Internacional das Mulheres do Café (IWCA Brasil). O prefeito Roberto Regazzo destacou a importância do trabalho das mulheres para o sucesso da cafeicultura, já que elas estão presentes em todas as atividades desenvolvidas nas propriedades rurais. O gerente regional do Instituto

Emater de Santo Antonio da Platina, Mauricio Castro Alves, afirmou que o evento faz parte do esforço da extensão rural para implementar o desenvolvimento da cafeicultura. “Nossa visão está focada no fortalecimento da mulher e sua maior participação nas decisões que determinam o futuro da propriedade. Daremos continuidade a esse trabalho com ações mais específicas, formando grupos de mulheres cafeicultoras, buscando maior integração, ouvindo suas aspirações e planejando ações conjuntas”, ressaltou. A produtora Elenice Ribeiro, de Carlópolis, gostou da iniciativa. Foi a oportunidade que ela teve para conversar sobre o trabalho que desenvolve com o marido no sítio da família e descobrir como pode ser melhorada. Silvana Nunes, de Ibaiti, observou que um dos aspectos mais interessantes do encontro foi descobrir as causas da

falta de qualidade do café. Agora, ela acredita que pode melhorar a qualidade final do grão. Vera Lúcia Frasquetti, de Pinhalão, produtora de cafés especiais, elogiou a organização do encontro. Para ela, a iniciativa reconhece a importância das mulheres e deve fazer parte de um movimento para levar mais qualificação técnica para quem trabalha com o café Cíntia Mara Lopes de Souza, extensionista de Pinhalão, falou durante o encontro sobre a participação da mulher na cadeia produtiva do café. “Através de méritos próprios, as mulheres começam a disputar a sua participação na tomada de decisões. Não há mais como negar que a participação delas não seja essencial para o desenvolvimento da cafeicultura da agricultura familiar. Portanto, é necessário reconhecer e valorizar a sua importância, buscando a partir daí mais qualificação”, observou.

AGRICULTURA

Alerta Geada para a cafeicultura paranaense já está em operação AEN

Começou a operar ontem, (6) o “Alerta Geada”, serviço do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e Instituto Tecnológico Simepar voltado à proteção de lavouras novas de café no estado. As previsões podem ser obtidas pelo telefone (43) 3391-4500 e, gratuitamente, na internet (www. iapar.br e www.simepar.br). Na página do Iapar também é possível fazer o cadastro para receber o alerta por correio eletrônico ou torpedo – Short Message Service (SMS) – no celular. Desde 1995, quando foi implantado, o “Alerta Geada” vem evitando prejuízos com a recomendação de medidas que reduzem os riscos, sempre iminentes, nesta época do ano. A adoção das recomendações é uma decisão do produtor, mas a pesquisa comprova que o custo é compensador. O agricultor recebe os avisos a tempo de adotar as medidas de proteção. Ao detectar a aproximação de massas de ar frio com intensidade capaz de provocar danos à cafeicul-

tura, é emitido o que os pesquisadores chamam de pré-alerta, com 48 horas de antecedência; confirmadas as condições, após 24 horas, é feito um aviso afirmativo, informa a meteorologista Ângela Beatriz Costa. As técnicas de proteção são bem conhecidas e utilizadas pelos cafeicultores paranaenses. A partir do disparo de alerta, a recomendação é enterrar completamente as mudas de até seis meses de idade; viveiros devem ser protegidos com cobertura vegetal ou de plástico – lembrando que, em ambos os casos, a proteção deve ser removida tão logo cesse o risco de geada. Já nas lavouras de plantas maiores, de seis meses a dois anos, a técnica adequada é cobrir apenas o tronco com terra, prática que deve ser feita imediatamente e mantida até o final do inverno. O economista Paulo Franzini, da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Seab), calcula que o cafeicultor desembolse R$ 800 por hectare para fazer o enterrio e desenterrio das mudas com até seis meses. Já o chegamento

e retirada de terra nas plantas de idade entre seis meses e um ano custa em torno de R$ 370 por hectare. Ainda segundo Franzini, a implantação de uma lavoura de café custa em torno de R$ 10 mil por hectare. Além do prejuízo financeiro, a perda de mudas atrasa a formação da lavoura. Estima-se que o Paraná tenha hoje cerca de dois mil hectares de cafeeiros com idade inferior a seis meses. Isso equivale a 10 milhões de plantas vulneráveis, expostas ao frio. Sem as medidas preventivas previstas no sistema de alerta, o prejuízo pode ser grande. Embora dirigido ao parque cafeeiro paranaense – distribuído pelas regiões norte, noroeste e parte do oeste do estado –, pesquisadores e profissionais da assistência técnica vêm observando que outros setores também utilizam as informações do “Alerta Geada” para orientar suas atividades, como a produção de hortaliças, construção civil, área de turismo e eventos e a indústria e comércio de vestuário.

cyan magenta yellow black


cmyb

Geral

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

B-1

www.tribunadovale.com.br

Plano Safra terá linha de crédito para armazenagem AGRICULTURA Governo vai incentivar a construção de armazéns para estocagens de grãos

FAEP

As filas quilométricas de caminhões carregados de grãos parados nas estradas devido à falta de infraestrutura fizeram o governo se mexer para evitar novos problemas no ano que vem. Para acabar com os engarrafamentos após

a colheita, o Ministério da Agricultura decidiu criar uma linha de financiamento para estocagem na safra 2013/14, que será anunciada no Plano Safra, no fim de maio ou início de junho. O Ministério da Fazenda ainda não definiu se será criada uma nova linha ou se a opção de contratação será incluída em uma já existente. A linha para construção de armazéns vai trazer juros compatíveis com o do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), que é de 3,5% no segundo semestre deste ano. No caso de cooperativas, o juro será o mesmo, mas com limite de contratação maior. O valor limite de con-

tratação maior para cooperativas vai permitir quer os pequenos produtores estoquem seus produtos enquanto esperam preços melhores para a venda. O principal benefício logístico de silos compartilhados será a construção das estruturas em locais estratégicos, com boa infraestrutura. “De nada adianta vários produtores construírem seu próprio armazém se ele fica longe do asfalto e é difícil retirar a produção de lá. Armazéns centralizados, com bom acesso logístico, fazem mais sentido”, disse u ma fonte e nvolv i d a na elaboração da medida. Além da armazenagem, outro destaque do plano

EDUCAÇÃO

Ribeirão Claro terá curso de graduação a distância Da Assessoria

Um convênio entre a prefeitura de Ribeirão Claro e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) disponibilizará cursos de graduação a distância no município. A notícia foi dada pelo reitor João Carlos Gomes em reunião com o prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV), o vereador Marcelo Baggio Molini (DEM) e o diretor-executivo do Consórcio Intermunicipal para Desenvolvimento da Bacia do Paranapanema (G5), Romulo Santana, em Ponta Grossa, na semana passada. A graduação será oferecida em modo de Ensino a Distância (EAD), com reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Atualmente, a universidade localizada nos Campos Gerais oferece sete cursos nessa modalidade de ensino, incluindo Administração Pública, Educação Física, Geografia, História, Letras, Matemática e Pedagogia. Uma comissão da UEPG virá ao município e região para realizar um estudo com

objetivo de determinar o curso que melhor atenderá as necessidades da população. Segundo o vereador Marcelo Baggio Molini, a reitoria da universidade se colocou à disposição da prefeitura e a abertura do primeiro curso deverá acontecer em breve. Segundo o prefeito Maurício, a ideia é criar um polo de Ensino a Distância da UEPG em Ribeirão Claro, para a abertura de cursos de graduação, de forma se-

melhante aos que foram implantados em Ibaiti e Bandeirantes. “Queremos capacitar a população para atender a demanda de mão de obra das empresas que estão se instalando em Ribeirão Claro”, explicou. “A universidade promoverá um vestibular para os novos alunos”, completou. “Quem quiser ingressar em um curso superior poderá fazer isso sem a necessidade de se deslocar para outros municípios”, concluiu.

Arrastão arrecada mais de 10 mil peças O “arrastão” da Campanha do Agasalho Espalhe Calor 2013 realizado no sábado (4) em Jacarezinho, arrecadou mais de 10 mil peças de roupas. O evento contou com a participação dos atiradores do Tiro de Guerra 05/007 e servidores municipais da Secretaria de Assistência Social e demais secretarias da Prefeitura Municipal. No próximo sábado (11), será realizado um novo “arrastão” pelos bairros de Jacarezinho com o intuito de arrecadar mais peças de roupas que serão

deve ser a redução das taxas de juro dos financiamentos, que hoje estão em 5,5%. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) encaminhou uma proposta de 4,75%, valor considerado muito baixo pela Fazenda. Hoje, trabalha contra a redução a alta da inflação e a perspectiva de aumento da taxa Selic.

O Ministério da Fazenda está calculando qual o impacto de uma eventual redução das taxas pode trazer ao Tesouro. “Os dados serão apresentados à presidente Dilma Rousseff, que dará a palavra final”, afirmou uma fonte que participa da elaboração do Plano Safra. Além disso, o anúncio do plano safra trará o detalha-

mento da Assistência Técnica de Extensão Rural (Ater), anunciada pela presidente Dilma Rousseff no lançamento do plano safra 2012/13 em junho de 2012. A agência terá uma estrutura enxuta. Ela fará a gestão das empresas que contratarão profissionais para prestar serviço de assistência técnica nas propriedades.

W. BRAZ

Estádio municipal está sendo reformado

Reitor (gravata) enviará comissão para definir cursos oferecidos

CAMPANHA DO AGASALHO

Jacarezinho

Silos compartilhados podem ser opção para armazenagem

destinadas as famílias carentes do município. Segundo a presidente do Provopar municipal e primeira dama, Silvia Scarpelini, a Unimed Norte Pioneiro irá auxiliar na campanha com doação de 100 cobertores. A abertura do “arrastão” aconteceu com solenidade em frente à Prefeitura de Jacarezinho às 13 horas de sábado (4). O prefeito Sérgio Eduardo Emygdio de Faria, o Dr. Sérgio e o Secretário Municipal de Assistência Social Sidnei Ferreira discursaram para os presentes sobre a campanha e em seguida todos saíram para o arrastão.

“Sábado continuaremos com o arrastão para conseguir arrecadar mais peças de roupas e agasalhos para ajudar os jacarezinhenses”, enfatiza Sidnei Ferreira. Do dia 4 ao dia 15 as doações podem ser feitas nos pontos de arrecadação, como Provopar, Bancos, Colégios, Paróquias, Corpo de Bombeiros, Correios e Faculdades. A entrega para as famílias cadastradas será feita nos dias 15, 16 e 17 de maio no antigo Studio 84, na rua Dom Fernando Taddey, 991 no centro da cidade, das 8 horas às 11h30 e das 13h às 17 horas.

Entre as obras, está sendo construída a casa do zelador Da Assessoria

A prefeitura de Wenceslau Braz está investindo em melhorias no Estádio Municipal Presidente Vargas. O secretário da Secretaria municipal de Esportes, Lazer e Turismo, Altivo Heleno Dias explicou que os serviços são necessários por conta do tempo que o local não recebe melhorias. A reforma inclui a construção da casa do zelador, reforma e pintura das arquibancadas, restauração das gramíneas, bem como a construção de novos banheiros e vestiários (masculino e feminino). “Nesta etapa inicial estamos cons-

truindo a casa do zelador, os banheiros, vestiários e recuperando o gramado. Nos próximos dias licitaremos a compra dos postes e do alambrado. A reforma tem previsão de ser entregue na primeira quinzena de junho” informou Dias. O secretário de Obras, José Gentil Gomes disse que diversos operários trabalham no local desde o dia 15 de abril e que a entrega do serviço será o mais rápido possível. “A reforma no estádio Presidente Vargas está sendo feita com recursos próprios. Essa era uma das preocupações do prefeito Taidinho que sempre incentivou a prática de esportes”, disse. O secretário ainda res-

salta que as obras de pavimentação da Vila Verde já estão concluídas, restando apenas a sinalização com faixas de pedestres e placas informativas que serão feitas no local. “A melhoria vai facilitar o fluxo de veículos e de pedestres daquela comunidade. Outra benfeitoria que está sendo executada na Vila Verde, são as obras de esgoto e a conclus ão está prevista para o final de junho”, reiterou Gomes, lembrando que dentro de algumas semanas licitará a aquisição do semáforo central, que será implantado no cruzamento das ruas Barão do Rio Branco com a Expedicionários.

Visão óptica e relojoaria. As melhores marcas, atendimento de qualidade e profissionais de primeira!

(43) 3534-6233

Santo Antônio da Platina-PR

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais

A Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR - torna público que recebeu do Instituto Ambiental do Paraná - IAP - a LICENÇA DE INSTALAÇÃO (5.736 – com validade 18/03/2015) para a implantação Sistema de Esgotamento Sanitário de Japira – PR (ETE; EEE01; EEE-02; LRE; INT; RCE; EMI ).

A Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR - torna público que recebeu do Instituto Ambiental do Paraná - IAP - a LICENÇA DE INSTALAÇÃO (8.099 – com validade 13/03/2015) para a ampliação Sistema de Esgotamento Sanitário de Ibaiti – PR (ETE-BOM BASTOR; EEE-Stº Antº de Padua; LRE; INT; RCE; EMI ).

A Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR - torna público que requereu, do Instituto Ambiental do Paraná - IAP – a LICENÇA DE OPERAÇÂO - para a ampliação Sistema de Abastecimento de Agua de Cornélio Procópio - ampliação de Estação de Tratamento de Agua (ETA). Localizada no município de Cornélio Procópio - PR.

A Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR - torna público que requereu, do Instituto Ambiental do Paraná - IAP – a renovação LICENÇA DE INSTALAÇÃO (3.569 – com validade 02/09/2013) - para a implantação Sistema de Esgotamento Sanitário de Pinhalão Implantação de Estação de Tratamento de Esgoto (E.T.E.); Estações Elevatórias de Esgoto (E.E.E-01; E.E.E.-02); Linha de Recalque; Interceptores; Coletor Tronco; Coletores e Rede Coletora de Esgoto; Emissário Final de Lançamento de Efluente. Localizadas no município de Pinhalão - PR.

A Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR - torna público que requereu, do Instituto Ambiental do Paraná - IAP – a renovação LICENÇA DE INSTALAÇÃO (3.400 – com validade 02/09/2013) - para a ampliação Sistema de Esgotamento Sanitário de Siqueira Campos - Implantação de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE); Estações Elevatórias de Esgoto (EEE-01), Linha de Recalque; Interceptores; Coletor Tronco; Coletores e Rede Coletora de Esgoto; Emissário Final de Lançamento de Efluente. Localizadas no município de Siqueira Campos - PR.

A Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR - torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná - IAP - a RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE INSTALAÇÃO (L.I. 4.699) para a implantação Sistema de Esgotamento Sanitário de Curiúva - implantação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Estação Elevatória de Esgoto (EEE-01); Linha de Recalque; Interceptores; Coletor Tronco; Coletores e Rede Coletora de Esgoto; Emissário Final de Lançamento de Efluente. Localizadas no município de Curiúva - PR.

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL RESOLUÇÃO Nº001/2013 O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL – PR, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFERIDAS POR LEI Nº1.349/2007, RESOLVE: Art. 1º: Nomear a Comissão Organizadora para Eleição do Conselho Tutelar 2013; Ana Maria Costa Martinez Carlos Alexandre Braz; Lucia Helena Nogari Moreira; Lucilei Rosa Lopes; Marluce M. P. Coutinho; Art. 2º: Esta resolução entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Ribeirão do Pinhal, 26 de abril de 2013. MARLUCE M. P. COUTINHO Presidente do CMDCA PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ DECRETO Nº 762/2013 SÚMULA: Constitui o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS. O Prefeito Municipal de Barra do Jacaré, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais: DECRETA Art. 1º - Fica constituído o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS, criado pela Lei nº 333/2009, conforme se especifica a seguir: PRESIDENTE João Tochifumi Miyao REPRESENTANTE DA EMATER Antonio Carlos Rossin (Secretaria Executivo) REPRESENTANTERS DA COMUNIDADE RURAL Adilson de Freitas Aguiar Giovani Senci João Batista Bortolini Egidio de Almeida Muchagata Ângelo Carlos Toledo José Gualiume Douglas Henrique Dutra Inácio Kenji Nagita Nelson Peres João Batista Lameu REPRESENTANTE DO EXECUTIVO Pedro Luiz Branco REPRESENTANTE DO LEGISLATIVO MUNICIPAL Leo Zanatta REPRESENTANTE DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL Nelza Aparecida Pereira Dutra REPRESENTANTE DO COMÉRCIO LOCAL Anéssimo Palmeira Calixto REPRESENTANTE DA IGREJA Helio Rosa da Costa REPRESENTANTE DA COOPERATIVA LOCAL Alessandro Rossi Art. 2º - Revogadas as disposições em contrario, este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Paço Municipal José Galdino Pereira, 03 de Maio de 2013 Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal ANEXO III – EXTRATO DE PUBLICAÇÃO DE TERMO DE COMPROMISSO O Instituto Ambiental do Paraná – IAP torna público que, em 29.04.2013 firmou Termo de Compromisso com o Sr. Carlos Roberto Zucco, CPF 279.718.309-63 objeto do Procedimento Administrativo protocolado sob o nº 11.822.456-6 referente ao AIA nº 108300, pelo qual se compromete a realizar a regularização da área de Reserva Legal Imóvel Fazenda Bocaina (Fazenda Porto Feliz), registro sob número 677 no CRI de Ribeirão Claro-PR, entre as coordenadas UTM X 0631443 UTM Y 743.4484, com prazo de 90 dias a partir da data da assinatura. CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL RESOLUÇÃO Nº002/2013 O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL – PR, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, CONFERIDAS POR LEI, RESOLVE: Art. 1º: Aprovar o Termo de Aceite e Compromisso do cofinanciamento federal por meio do Piso Básico Variável, para oferta do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculos; Art. 2º: Esta resolução entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Ribeirão do Pinhal, 06 de maio de 2013. JOSÉ ROBERTO DA SILVA - Presidente do C.M.A.S

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA No 176/2013 O Excelentíssimo Senhor João Mattar Olivato, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições, que lhe são conferidas por lei, considerando a realização de Concurso Público Municipal através do Edital nº 001/2012, em conformidade com o Decreto nº 1267/2012 de 03/05/2012, considerando rigorosamente a ordem de classificação, RESOLVE I- Chamar o candidato, aprovado no Concurso Público, para exercer sua função. FISCAL CLASS. NOME RG 04 NILTON CUSTODIO 19.338.607 V- No ato da nomeação o candidato deverá apresentar os seguintes documentos: 1- Duas fotos 3 X 4 recentes; 2- Cópia autenticada do RG, do CPF, do PIS/PASEP, do Título de Eleitor (com comprovação de votação na última eleição), da Certidão de Nascimento (se for solteiro), ou de Casamento (se for casado), do Certificado de Reservista ou de quitação com o Serviço Militar (se for do sexo masculino e menor de 45 anos), da Certidão de nascimento dos filhos menores de 14 (quatorze) anos (se os possuir), da(s) Carteira(s) de vacinação dos filhos menores (quando exigidas). 3- Certidão negativa de antecedentes criminais expedida pelo órgão competente da região de seu domicílio. 4- Comprovante da escolaridade ou requisitos exigidos, conforme consta dos itens 1.1.2 a 1.31.2 do Edital de Concurso Público nº 001/2012. VI- Fica estipulado o prazo de 72 (setenta e duas) horas, para que os candidatos se apresentem e confirmem a aceitação dos cargos, de acordo com o item 9.3 do Edital de Concurso Público nº 001/2012. VII- Caso não compareçam, ou, comparecendo, não confirmarem a aceitação, serão considerados desistentes e perderão, conseqüentemente, o direito às vagas, de acordo com o ítem 9.4.1 do Edital de Concurso Público nº 001/2012. O presente ato entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se,Notifique-se,Cumpra-se. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 06 de Maio de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA No 175/2013 Instaura Sindicância e designa comissão para apuração dos fatos. JOÃO MATTAR OLIVATO, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Artigo 1º- DETERMINAR a instauração de SINDICÂNCIA, para apurar possíveis irregularidades praticadas pelo servidor Edson Claudino de Sena, Diretor do Departamento de Turismo, nos termos do expediente administrativo n. 2055/2013, tipificadas no artigo 131, inciso XIII, estando sujeito a pena prevista no artigo 147, inciso XIII, ambos da Lei 1191/2001. Artigo 2º - Para cumprimento ao disposto no artigo anterior, a Comissão Sindicante será composta pelos servidores indicados pela Portaria 94/2013. Artigo 3º - A Comissão, ora constituída, terá o prazo de 60 (sessenta) dias, a partir da data da publicação desta Portaria, para concluir a apuração dos fatos, dando ciência a Administração Superior, nos termos da Portaria n. 94/2013. Artigo 4º - Para bem cumprir as suas atribuições, a Comissão terá acesso a toda documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como deverá colher quaisquer depoimentos e demais provas que entender pertinentes. Parágrafo Único – Aplicam-se aos termos constantes desta Portaria, o contido no artigo 3º da Portaria n. 94/2013. Artigo 5º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Registre-se. Publique-se. Cumpra-se. Prefeitura Municipal de Cambará, 06 de Maio de 2013. João Mattar Olivato Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA TERMO DE RATIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DO PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 010/2013. Em razão do parecer emitido pela procuradoria jurídica do município, RATIFICO o parecer, ora apresentado, e HOMOLOGO a referida dispensa, nos termos do artigo 26 da Lei 8.666/93, para que produza seus jurídicos e legais efeitos, que tem por objeto a CONTRATAÇÃO, EM CARÁTER DE URGÊNCIA, DE MÉDICO PELO PERÍODO DE 180 DIAS. Guapirama, em 06 de maio de 2013 PEDRO DE OLIVEIRA PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA PORTARIA N.º 053/2012 O senhor Guilherme Cury Saliba Costa, Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E: Revogar a pedido, a Portaria nº 032/2013 que concedeu a servidora ROSANE RIBEIRO DO VALE, portadora do RG nº 4.515.850-0 PR e da CTPS nº 11202 série 00028 PR, Licença do cargo de Assistente Administrativo I, para tratar de assuntos particulares, fixando seu retorno à atividade profissional a partir de 02 de maio de 2013. CUMPRA-SE - REGISTRE-SE - PUBLIQUE-SE Gabinete do Prefeito Municipal de Tomazina, em 02 de maio de 2013. GUILHERME CURY SALIBA COSTA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA PORTARIA N.º 054/2013 O senhor Guilherme Cury Saliba Costa, Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E: Nomear ANETTE ROLIM DE MOURA, portadora do RG nº 5.505.901-2 PR, para o cargo de “Odontólogo”, seguindo classificação obtida no Concurso Público nº 001/2011 e existência de vaga, sob o Regime Jurídico Estatutário, a partir de 02 de maio de 2013, percebendo como vencimento mensal o estipulado no Nível 13, Classe A do Anexo IV da Lei Municipal nº 162/2005 de 04.02.2005, com lotação no Departamento Municipal de Saúde. CUMPRA-SE - REGISTRE-SE - PUBLIQUE-SE Gabinete do Prefeito Municipal de Tomazina, em 02 de maio de 2013. GUILHERME CURY SALIBA COSTA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA No 177/2013 O Excelentíssimo Senhor João Mattar Olivato, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições, que lhe são conferidas por lei, RESOLVE Art. 1º - Revogar a Portaria nº 073/2013 de 07 de Fevereiro de 2013, que concedeu Licença Prêmio por assiduidade ao servidor Eurico Francisco de Oliveira Filho, pelo período de 06 (seis) meses, a contar de 07 de fevereiro de 2013 e término em 06 de agosto de 2013, em razão de pedido formulado pelo servidor. Art. 2º - Considerando que a licença prêmio foi cumprida pelo período de 03 (três) meses, fica determinado ao departamento de RH, que anote o período restante para que seja usufruido nos termos do parágrafo único do artigo 102 da Lei 1.191/2001. Art. 3º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se,Notifique-se,Cumpra-se. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 06 de Maio de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO - PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº 33/2013 A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – CPL do MUNICIPIO DE BARRA DO JACARÉ - ESTADO DO PARANÁ, RESOLVE: HOMOLOGAR o procedimento licitatório na modalidade Tomada de Preços nº 33/2013, tipo menor preço por item, destinada a aquisição de Substrato Florestal e Mudas de Arvore da espécie OITI e assim ADJUDICAR o objeto do lote 1, itens 1 e 2 sendo este licitado em favor da empresa C.A.L. VICENTE NUTRIÇÃO ANIMAL ME, CNPJ Nº 08.846.841/0001-26, a qual cotou a proposta mais vantajosa, no valor de R$ 5.080,00 (Cinco mil e oitenta reais).Barra do Jacaré, 06 de Maio de 2013. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI - ADENILSON SILVA PÁGINA: 1 DE Prefeito Municipal - presidente da CPL 06/05/2013 14:3

Prefeitura Mun.Santo Antonio da Platina - PR Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo do Resultado Nominal Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social Janeiro a Dezembro 2012/Bimestre Novembro-Dezembro RREO - ANEXO VI(LRF, art. 53, inciso III)

R$ 1,00 SALDO

DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA

DÍVIDA CONSOLIDADA (I) DEDUÇÕES(II) Disponibilidade de Caixa Bruta

Em 31/Dez/2011

Em 31/Out/2012

Em 31/Dez/2012

(a)

(b)

(c)

17.613.652,68

16.114.774,31

17.782.253,56

8.143.393,92

8.964.345,37

8.505.984,00

11.221.876,72

11.877.518,33

9.331.856,53

Demais Haveres Financeiros

-

(-)Restos a Pagar Processados (Exceto Precatórios) DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA(III)=(I-II)

-

-

3.078.482,80

2.913.172,96

825.872,53

9.470.258,76

7.150.428,94

9.276.269,56

-

RECEITA DE PRIVATIZAÇÕES(IV)

-

-

PASSIVOS RECONHECIDOS(V)

14.450.828,05

13.437.196,15

15.440.568,85

DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA(VI)=(III+IV-V)

-4.980.569,29

-6.286.767,21

-6.164.299,29

PERÍODO DE REFERÊNCIA RESULTADO NOMINAL

Até o Bimestre

No Bimestre

(c-a)

(c-b) VALOR

122.467,92

DISCRIMINAÇÃO DA META FISCAL

-1.183.730,00

VALOR CORRENTE

META DE RESULTADO NOMINAL FIXADA NO ANEXO DE METAS FISCAIS DA LDO P/O EXERCÍCIO DE REFERÊNCIA

-

REGIME PREVIDENCIÁRIO SALDO DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA

Em 31/Dez/2011

Em 31/Out/2012

Em 31/Dez/2012

DÍVIDA CONSOLIDADA PREVIDENCIÁRIA(VII)

-

-

DEDUÇÕES(VIII)

-

-

-

Disponibilidade de Caixa Bruta

-

-

-

Investimentos

-

-

-

Demais Haveres Financeiros

-

-

-

(-)Restos a Pagar Processados

-

-

-

PREVIDENCIÁRIA(IX)=(VII-VIII)

-

-

-

PASSIVOS RECONHECIDOS(X)

-

-

-

DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA(XI)=(IX-X)

-

-

-

DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA

FONTE: PRONIM RF - Responsabilidade Fiscal, 06/Mai/2013, 13h e 55m.


Atas&Editais B-3

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ LEI Nº 568/2013. SÚMULA: Altera e reorganiza a Lei Municipal nº 556, de 31.10.2012, que trata do Plano de Cargos e Carreiras do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – SAMAE e dá outras providências. A Prefeita do Município de Abatiá, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, faz saber a todos os habitantes deste Município, que a Câmara de Vereadores aprovou e ela sanciona a seguinte Lei: Art. 1º. Altera-se o anexo I da Lei Municipal nº 556, de 31.10.2012, referente ao Quadro de Cargos e Remuneração de Provimento Efetivo, para extinguir o Cargo de Operador de Máquinas, e criar o Cargo de Técnico em Saneamento, conforme consta do anexo I desta Lei. Art. 2º. Altera-se o anexo IV da Lei Municipal nº 556, de 31.10.2012, referente ao Quadro de Cargos Efetivos - Classes e Estágios, extinguindo o Cargo de Operador de Máquinas e criando Cargo de Técnico em Saneamento, conforme consta do anexo II desta Lei. Art. 3º. Altera-se o anexo VII da Lei Municipal nº 556, de 31.10.2012, referente à Descrição dos Cargos Efetivos e Comissionado, extinguindo as atribuições do Cargo de Operador de Máquinas e criando as atribuições do Cargo de Técnico em Saneamento, conforme consta do anexo III desta Lei. Art. 4º. Permanecem inalteradas as demais disposições da Lei Municipal nº 556, de 31.10.2012. Art. 5º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Gabinete da Prefeitura Municipal de Abatia, Estado do Paraná, aos 06 dias do mês de maio do ano de 2013. Maria de Lourdes Ferraz Yamagami - Prefeita LEI Nº 568/2013. ANEXO I QUADRO DE CARGOS E REMUNERAÇÃO DE PROVIMENTO EFETIVO DENOMINAÇÃO ATUAL

CARGO ANTERIOR

Auxiliar de Serviços Gerais

02

Auxiliar de Operação e Manutenção

06

CARGOAT UAL 02

06

CARGA HORÁRIA

GRUPO OCUPACIONAL

40 horas

SALÁRIO ATUAL R$

Operacional

40 horas

684,06

Operacional

872,43

Prefeitura Mun.Santo Antonio da Platina - PR Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo Simplificado do Relatório Resumido da Execução Orçamentária Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social Janeiro a Dezembro 2012/Bimestre Novembro-Dezembro LRF, Art. 48 - Anexo XVIII

R$ 1,00

BALANÇO ORÇAMENTÁRIO

No bimestre

01

01

40 horas

Operacional

1.135,37

Até o bimestre

RECEITAS Previsão Inicial da Receita

-

Previsão Atualizada da Receita

-

61.652.667,98 66.475.313,88

Receitas Realizadas

9.894.538,55

54.802.316,27

Déficit Orçamentário

-

Saldos de Exercícios Anteriores(Utilizados para Créditos Adicionais)

-

0,00

Dotação Inicial

-

61.602.667,98

Créditos Adicionais

-

7.450.710,79

Dotação Atualizada

-

69.053.378,77

DESPESAS

Despesas Empenhadas

11.747.763,38

53.166.622,71

Despesas Executadas

10.207.394,18

53.166.622,71

10.207.394,18

49.380.333,61

Liquidadas Encanador

PÁGINA: 1 DE 3 06/05/2013 14:33

Inscritas em Restos a Pagar Não Processados

3.786.289,10

Superávit Orçamentário Oficial Administrativo

03

Contador

01

03

35 horas

Administrativo

1.635.693,56

1.727,15

DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO 01

35 horas

Administrativo

1.950,00

No bimestre

Despesas Empenhadas

11.747.763,38

53.166.622,71

Despesas Executadas

10.207.394,18

53.166.622,71

10.207.394,18

49.380.333,61

Liquidadas Advogado

01

01

08 horas

Técnico

1.000,00

Técnico em Saneamento

00

01

35 horas

Técnico

1.200,00

Operador de Máquinas

01

Até o bimestre

Inscritas em Restos a Pagar Não Processados

3.786.289,10

RECEITA CORRENTE LÍQUIDA - RCL

Até o bimestre

Receita Corrente Líquida 00

40 horas

Operacional

872,43

QUADRO DE CARGOS EXTINTOS

52.386.944,63

RECEITAS E DESPESAS DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA

No bimestre

Até o bimestre

Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos

Denominação

Número de Cargos

Receitas Previdenciárias Realizadas(IV)

Operador de Máquinas

01

Despesas Previdenciárias Executadas(V)

0,00

0,00

PÁGINA: 2 DE 3 0,00 06/05/2013 14:33

Liquidadas

CARGO

LEI Nº 568/2013. ANEXO II QUADRO DE CARGOS EFETIVOS – CLASSES E ESTÁGIOS CLASSES PADRÃO LIMITES/CLASSE

Auxiliar de Serviços Gerais

ESTÁGIO

01

Auxiliar de Operação de Manutenção

02

Encanador

03

Técnico em Saneamento

04

Oficial Administrativo

05

Contador

06

Advogado

07

A B C D E F G H

De I a V De I a V De I a V De I a V De I a V De I a V De I a V De I a V

LEI Nº 568/2013. ANEXO III DESCRIÇÃO DOS CARGOS EFETIVOS E COMISSIONADOS TÉCNICO EM SANEAMENTO DESCRIÇÃO DO CARGO Grupo Ocupacional: Técnico Grau de Instrução: Ensino Médio Completo cumulado com Curso Técnico em Química Ou Saneamento e Registro no Conselho de Classe e CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Categoria AB. Sumário: Manipula soluções químicas e aparelhos laboratoriais, coleta material para efetuar análises e responsabiliza-se pelas operações de controle da água e esgoto. TAREFAS E RESPONSABILIDADES TÍPICAS a) b) c) d)

e) f) g) h)

Manipula soluções químicas, selecionando a aparelhagem e o material adequados, efetuando dosagens e preparando reagentes para obter os meios necessários às diversas análises laboratoriais; Prepara vidrarias e diversos aparelhos de laboratório, calibrando-os e promovendo a assepsia dos mesmos para assegurar a realização das análises dentro dos padrões de qualidade exigidos; Coleta e efetua análises físico-químicas e bacteriológicas de água realizando exames e testes específicos, através de instrumentação adequada para obter controle de qualidade, dentro dos parâmetros de potabilidade estabelecidos; Realizar o controle das propriedades físico-químicas da água, de acordo com os padrões e orientações vigentes, tais como Ph, cloro, Flúor, Cor, Turbidez, Coliformes Totais, Termotolerantes e Heterotróficas, para determinar o tratamento adequado, bem como manipular soluções químicas para obter os meios necessários para estas análises; Responsabilizar-se pela operação e manutenção de diversos equipamentos e aparelhagens, promovendo os consertos e reparos, sempre que necessário; Assinar relatórios técnicos, laudos analíticos e emitir pareceres relacionados às atividades operacionais (água e esgoto) desenvolvidas pela Autarquia, vinculados ao seu registro de classe; Verificar Resoluções, Leis e Decretos relacionados ao controle de água e esgotos; Demais serviços correlatos e inerentes ao cargo.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA - PARANA EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO REFERENTE AO CONTRATO 144/2012 - PMJT PREGÃO PRESENCIAL N.º 046/2012 – PMJT PARTES: MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA e J DOS SANTOS NETO PAPELARIA LTDA. OBJETO: De conformidade com as especificações e quantidades constantes no Pregão Presencial 046/2012 e contrato 144/2012 firmado em 26/10/2012, documentação que passa a fazer parte integrante deste contrato, como se nele estivesse integral e expressamente reproduzida. REEQUILIBRIO ECONOMICO: De comum e tempestivo acordo, conforme Art. 65, “d”, por força deste Aditivo Contratual referente ao reequilíbrio econômico- financeiro dos itens 11 e 14, ficando mantidas as demais condições. FORO: Comarca de Joaquim Távora, Estado do Paraná. Joaquim Távora, 26 de Abril de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO ADITIVO I À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 89/2012-PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 38/2012 CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Hélio Recevoto 30687705991-ME. OBJETO: O presente Termo Aditivo tem por objeto a dilatação do prazo da vigência da Ata de Registro de Preços nº 89/2012, oriunda do Pregão Presencial nº 38/2012, por mais 55 (cinqüenta e cinco) dias, expirandose em 11 de junho de 2013. DATA: 17 de abril de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 18/2013 PMQ PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2013-SRP CONTRATANTE: Município de Quatiguá, Estado do Paraná. DETENTORA: Sander Rogério Pereira - Suprimentos de Informática - ME. OBJETO: Registro de preços visando futuras aquisições de cartuchos Ink Jet e Toners (remanufaturados). TIPO: Menor preço por item. PARÁGRAFO ÚNICO: A DETENTORA obriga-se a fornecer os produtos ao CONTRATANTE, de acordo com suas solicitações. VIGÊNCIA: Esta ata de Registro de Preços terá sua vigência iniciada em 24 de abril de 2013 e término em 23 de abril de 2014, com integral observância na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e alterações, na Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, no Decreto Municipal nº 22, de 24 de fevereiro de 2006 e no Decreto Municipal nº 40, de 10 de maio de 2006. DATA: 24 de abril de 2013.

0,00 Prefeitura Mun.Santo Antonio da Platina - PR Inscritas em Restos a Pagar Não Processados Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo Simplificado do Relatório Resumido da Execução Orçamentária Resultado Previdenciário (VI)=(IV-V) 0,00 Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social Janeiro a Dezembro 2012/Bimestre Novembro-Dezembro LRF, Art. 48 - Anexo XVIII RESULTADOS E PRIMÁRIO BALANÇONOMINAL ORÇAMENTÁRIO TOTAL

Meta Fixada no

Resultado Apurado

Anexo de Metas

Até o Bimestre

No bimestre 7.570.039,73

Fiscais da LDO (a)

464.574,52

0,00

% em Relação a Meta R$ 1,00 Até o bimestre 5.585.555,87 1.519.909,34

(b)

(b/a)

Resultado Nominal

0,00

-1.183.730,00

Resultado Primário

-4.085.738,04

4.185.448,06

RESTOS A PAGAR POR PODER E MINISTÉRIO PÚBLICO

0,00

Inscrição

-102,44

Cancelamento

Pagamento

até o bimestre

até o bimestre

3.976.784,67 Prefeitura Mun.Santo Antonio da Platina - PR 253.644,26 3.492.625,66 Poder Executivo 3.976.784,67 Relatório Resumido da Execução Orçamentária 253.644,26 3.492.625,66 Poder Legislativo 0,00 0,00 Demonstrativo Simplificado do Relatório Resumido 0,00 da Execução Orçamentária 3.593.255,06Social 210.930,26 2.092.930,21 RESTOS A PAGAR NÃO-PROCESSADOS Orçamentos Fiscal e da Seguridade Poder Executivo 3.593.255,06 210.930,26 2.092.930,21 Janeiro a Dezembro 2012/Bimestre Novembro-Dezembro

Saldo a Pagar PÁGINA: 3 DE 3

06/05/2013 14:33 230.514,75

RESTOS A PAGAR PROCESSADOS

Poder Legislativo

0,00

0,00

230.514,75 0,00 1.289.394,59 1.289.394,59

0,00

0,00

LRF, Art. 48 - Anexo XVIII

R$ 1,00

BALANÇO ORÇAMENTÁRIO DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO

No bimestre

AtéAnuais o bimestre Limites Constitucionais

Valor Apurado

% Mínimo a

% Aplicado Até o

Até o Bimestre

Aplicar no Exercício

Bimestre

MÍNIMO ANUAL DE 25% DAS RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS 25%

NA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO Liquidadas

8.647.859,30

21,21

76.129,90

0,19

Inscritos em Restos a Pagar Não Processados MÍNIMO ANUAL DE 60% DO FUNDEB NA REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO

60%

COM EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Liquidadas

8.696.257,70

99,27

0,00

0,00

Inscritos em Restos a Pagar Não Processados RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO E DESPESAS DE CAPITAL

Valor apurado até o bimestre

Receitas de Operações de Crédito Despesa de Capital Líquida PROJEÇÃO ATUARIAL DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA

Exercício

Saldo Não Realizado 0,00

6.779.128,30

7.833.628,36

11.131.635,63

10º Exercício

20º Exercício

35º Exercício

Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Receitas Previdenciárias (IV)

0,00

0,00

0,00

0,00

Despesas Previdenciárias (V)

0,00

0,00

0,00

0,00

Resultado Previdenciário (IV-V)

0,00

0,00

0,00

0,00

RECEITA DA ALIENAÇÃO DE ATIVOS E APLICAÇÃO DOS RECURSOS

Valor apurado até o bimestre

Receita de Capital Resultante da Alienação de Ativos

30.960,00

-30.960,00

0,00

0,00

Aplicação dos Recursos da Alienação de Ativos Valor Apurado DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE

Até o Bimestre

Saldo a Realizar

Limite Constitucional Anual % Mínimo a

% Aplicado Até o Bimestre

Aplicar no exercicio Despesas Próprias com Ações e Serviços Públicos de Saúde

6.829.954,16

15%

6.679.337,29

Liquidado Inscritos em Restos a Pagar Não Processados

150.616,87

DESPESAS DE CARÁTER CONTINUADO DERIVADAS DE PPP

Valor Apurado no Exercício Corrente

Total das Despesas/RCL (%)

FONTE: PRONIM RF - Responsabilidade Fiscal, 06/Mai/2013, 13h e 58m. Nota: Durante o exercício, somente as despesas liquidadas são consideradas executadas. No encerramento do exercício, as despesas não liquidadas inscritas em restos a pagar não processados são também consideradas executadas. Dessa forma, para maior transparência, as despesas executadas estão segregadas em: a) Despesas liquidadas, consideradas aquelas em que houve a entrega do material ou serviço nos termos do art. 63 da Lei 4.320/64; b) Despesas empenhadas mas não liquidadas, inscritas em Restos a Pagar não processados, consideradas liquidadadas no encerramento do exercício, por força do art. 35, inciso II da Lei 4.320/64.

16,75


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 07 de maio de 2013

Social

E-mail: social@tribunadovale.com.br

Arquivo Pessoal

Rodrigo Oliveira Foto e Stúdio

Parabéns

Felicidades

Muitas felicidades para João Henrique Rocha de Oliveira que no último dia 04 completou seu 4º aniversário. Ele recebe os parabéns da mamãe Juniele e demais familiares

Luana Soares de Souza comemorou na última quinta-feira, dia 02, aniversário de 14 anos. As felicitações para a bela vêm dos pais Sueli Soares da Silva e Luiz Ezequiel de Souza e dos fotógrafos e amigos Rodrigo e Loreta. Feliz Aniversário!

Reflexão

Fernanda Diniz/ TV

Seja como o Sol: Que não espera lucros, nem elogios, nem fama... Simplesmente brilha (Autor Desconhecido)

Cortinas As cortinas são importantes para deixar o quarto mais aconchegante. Oferecem privacidade, escurecem o ambiente para você dormir melhor ou não acordar com o sol batendo na janela, além de, em alguns casos, ajudar a deixar o quarto mais quentinho. As cortinas para cada cômodo são variadas e para decidir qual o melhor modelo, você deve pensar em como é a decoração de sua casa e combinar a cortina com os elementos de cada ambiente.

Noivas Laços são enfeites clássicos que ajudam a dar sofisticação ao vestido de noiva, sem chamar atenção. Para as noivas que não querem apostar em tecidos ou texturas muito inovadoras, uma peça cuja estrela central é um laço pode ser uma maneira simples e eficaz de acertar. Fora que o acessório é bastante romântico e, dependendo do arranjo até dá um toque de antiguidade ao look. Só é necessário não usar mais de um laço no vestido, para o visual não ficar over ou cafona.

Passeio Em momento de descontração, na última semana, a turma de platinenses coordenada pela guia turística Irene Pimenta, posa para o click na cidade mineira de Poços de Calda

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries Pique lá em cima, assim como o estresse, já que a Lua entra em seu signo aumentando a sensibilidade, e fica juntinho do nervoso Urano, que gosta de inventar moda! Canalize em atividades criativas. Diminua a exposição publica, aproveite pra ficar mais consigo mesmo.

Gêmeos Os caminhos estão cheios de perigos hoje pra você - é bom andar por ai com mais cuidado, pois você pode se acidentar se acaso der rédea solta a distração. Sobretudo não teime, e capriche, com muito esmero, na finalização de tarefas pendentes. Ser realista é uma boa saída agora.

Leão Emocional coletivo agitado, impulsionando atos de ódio e agressividade, melhor ficar bem longe! Você ficará sabendo de alguma novidade sobre processo judicial, publicação, viagem ou relação com estrangeiro ou exterior. Termine logo suas tarefas pra poder curtir a vontade.

Libra Difícil se programar quando alguém muda radicalmente de planos! Permaneça fluido, aberto a surpresas nas relações e no planejamento. Compromissos ou pressões familiares impedem um pouco o livre fluxo da paquera, do namoro. Seu amor terá comportamentos difíceis. Releve!

Sagitário Considerações de ordem financeira podem atrapalhar seu julgamento - até onde você pode se dar um presente? Competições e cursos são fontes de alegrias e vitorias, excitação e estimulo, mas ai também é preciso ter recursos, materiais e outros. No amor, rivalidades.

Aquário Clima elétrico e imprevisível a sua volta, capaz de atrapalhar seu pensamento. Vale meditar, apostando em atividades mais tranquilas e construtivas. Em casa, um dia de recolhimento. Apuro na nutrição, na apresentação, na beleza ambiente irão atrair quem ama. Intimidade.

Touro Mercúrio e Marte em seu signo enviam julgamento solido e persistência para abrir seus caminhos neste começo de semana. Ambos estão em boa posição no ceu, anunciando vitória em campos difíceis, aprofundamento em algum campo mental e a renovação emocional.

Câncer Viradas inesperadas no trabalho, devido a intervenção de fatores além da sua vontade controlar. Você se fecha em copas? Será pior. Tente fluir, sem achar que as novidades são ruins. Altos e baixos nas relações familiares. As amizades fornecem ajuda, apoio e conforto.

Virgem Saturno e Netuno começam a se harmonizar por um tempo no céu, sinalizando um sonho de entendimento de amor, de projetos em comum que finalmente podem decolar. Informe-se sobre os planos de seu amor, e de seus parceiros de trabalho. Some forças, junte esperanças.

Escorpião Comece a semana devagar, respeitando seu ritmo! Além de um dia de surpresas, a boa vontade geral será artigo raro! Mudanças eventuais na rotina não terão impacto em sua disposição se você permanecer aberto aos imprevistos, sendo elástico consigo e com outros também.

Capricórnio Pegue leve com o pessoal de casa! Hoje é o pior dia da semana pra forçar a mão e impor suas vontades a eles. Solte um pouco, permita algumas liberdades, algum caos domestico, incorpore mudanças nos horários. Ideias criativas e sensatas, anote o que lhe vier a mente.

Peixes Sono inconstante e disposição nervosa - a distração é um fantasma que ronda hoje! Tire o tempo que precisar para se alinhar. Compromissos pesados e atividades rotineiras devem ser evitados, pois você não estará com sua atenção em detalhes, minucias, logica etc. No amor, quase tudo é possível.

cyan magenta yellow black

TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2384  

07 DE MAIO DE 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you